Page 1

Ano 22 - Número 240 - 28 de Fevereiro de 2014

Boletim Interno da

Província

Paraná - Santa Catarina Província São Lourenço de Brindes dos Frades Menores Capuchinhos do Paraná e Santa Catarina - Brasil / Cúria Provincial - Rua Alcides Munhoz, 190 Caixa Postal 18.833 - CEP 80840-980 - Curitiba-PR - Brasil - Tel.: (41) 3335-23230 /Fax: (41) 3335-1087 - e-mail: cpcapuchinhosprsc@terra.com.br

A ALEGRIA DO ENCONTRO COM O SENHOR

A

tualmente, as pessoas estão mais próximas fisicamente por causa das facilidades da pós-modernidade, tais como, o crescimento das cidades, meios de locomoção, oferta de trabalho, possibilidade de aquisição de bens, meios de informação e tantos outros e também pela percepção dos sentidos, como, ver, ouvir e sentir constantemente está diante de outras pessoas. Isto é bom, mas, muitas vezes, não há interação por causa da pressa nos afazeres, do cansaço, preocupações, insensibilidade, antipatia, violência e por outros fatores. Pelo que aprendemos, a pessoa humana é relação. Constantemente está diante de realidades que, de alguma forma, a influencia, desperta reações para interagir. Por razões que cada pessoa poderá apresentar com suas justificativas, não se relaciona, não interage. Outras pessoas se abrem e sentem-se atraídas a parar e a interagir. Celebramos no dia 2 de fevereiro a festa da Apresentação do Senhor no Tempo de Jerusalém por Maria e José. Esta festa é chamada também a festa do “encontro” ou das

“luzes” e também a Igreja convida todos os batizados a rezarem pela vida consagrada. É a festa do Senhor que se encarnou por amor a todos nós. Seguindo a tradição religiosa de seus pais, Jesus foi apresentado no Templo e foi exaltado por Simeão e por Ana, mas também Maria recebeu a profecia de que “uma espada de dor traspassará tua alma” (Lc 2,35). Ana não se conteve diante do Menino Deus e “agradecia a Deus e falava do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém” (Lc 2, 38). O encontro de Maria, José, Simeão, Ana e o Menino Deus nos leva a notar que “a cena nos mostra o entrelaçamento de três gerações: Simeão segura nos braços o menino Jesus, em Quem reconhece o Messias, e Ana é apresentada no gesto de louvar a Deus e de anunciar a salvação a quem esperava a redenção de Israel. Estes dois anciãos representam a fé, como memória” (Papa Francisco, discurso, 26.10.2013). À luz da cena evangélica, consideramos a vida consagrada como um encontro com Cristo: é Ele que vem até nós, trazido por Maria e José, e somos nós que vamos até Ele, guiados pelo Espírito Santo. Mas, no centro está Ele, é Ele que move tudo, é Ele que atrai ao Templo, à Igreja, onde podemos encontrá-Lo, recebê-Lo e também abraçá-Lo. Jesus vem ao encontro dos batizados e chama-os para segui-lo como seus consagrados que, estando no mundo, partilham a vida com as pessoas através da vivência dos valores do Reino de Deus e de serviços por amor a Ele, renunciam às comodidades que o mundo possa oferecer, empenhando-se radicalmente na vivência do Seu Evangelho na pobreza,

obediência e castidade. Diz a oração da Coleta da missa pelos religiosos (Missal Romano pág. 894): “Ó Deus, que inspirais e levais a termo todo bom propósito, guiai os vossos servos e servas no caminho da salvação. E dai, aos que tudo deixaram por vosso amor, seguir o Cristo e renunciar ao mundo, servindo a vós e a seus irmãos e irmãs, com espírito de pobreza e humildade de coração”. Nós nos consagramos ao Senhor por amor e queremos chegar à salvação seguindo o exemplo de Jesus Cristo, que foi obediente ao Pai, viveu na pobreza e tudo fez por amor a Ele até a morte na cruz. Como consagrados devemos cumprir fielmente os votos que fizemos a Deus e servi-lo de coração sincero. Isso se realizará através da comunhão com os irmãos e irmãs, no exercício da caridade e na prática das boas obras, mostrando-nos, em toda parte, autênticas testemunhas de Cristo. A Igreja exorta a todos os batizados que rezem pela vocação à vida consagrada, o que faz através das celebrações litúrgicas. Nossa oração, como religiosos, deverá se estender na prática do dia a dia mediante a realização concreta de cremos e assumimos como consagrados ao Senhor. Façamos ecoar, nas realidades onde vivemos, o que acreditamos, assumindo-o diante de Deus na sua Igreja. Temos o nosso jeito de nos encontrar com o Senhor e com o povo de Deus vivido e ensinado pelos freis que nos antecederam e se santificaram. Que isso se realize e produza os frutos desejados pelo Senhor. Curitiba, 25 de fevereiro de 2014. Frei Cláudio Sérgio de Abreu, OFMCap Ministro Provincial

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 9


Boletim Interno da

Província TRANSFERÊNCIAS

NOTÍCIAS DA ORDEM

Com o objetivo de dar continuidade à vida e à missão dos freis como Província São Lourenço de Brindes, apresento a relação dos freis com seus respectivos serviços nas fraternidades em que irão viver e servir a partir deste ano de 2014. Neste ano temos a graça de contar com mais seis freis professos simples e oito noviços, e agradecemos ao Senhor pelo “sim” destes jovens. Aos freis professos perpétuos transferidos, e que assumiram novos serviços, a gratidão a Deus pela generosidade e alegria de servir ao Senhor.

CÚRIA GERAL - VIII CPO Quem participa – “São membros do Conselho Plenário da Ordem: o Ministro Geral, os Conselheiros Gerais e os delegados das Conferências dos Superiores Maiores com certa proporcionalidade estabelecida pelo Ministro Geral com o consenso de seu Conselho (Const 143,4). Os delegados não devem ser necessariamente escolhidos entre os membros das Conferências dos Superiores Maiores (Estatuto, CPO, 3). Quais, quando e o que dizem os CPOs: Foram celebrados sete Conselhos Plenários. Estas são as datas e os respectivos temas e lugares: 1. 04-24/10/1971 - Quito, Equador: Vida fraterna, pobreza e minoridade;. 2. 18/02-09/03/1973 - Taizé, França: A vida e a prática da oração na Ordem; 3. 29/08-22/09/1976 - Mattli, Suíça: A vida e a atividade missionária; 4. 02-31/03/1981 - Roma, Itália: A formação para nossa vida; 5. 28/08-28/09/1986 - Garibaldi-RS, Brasil: A nossa presença profética no mundo, vida e atividade apostólica; 6. 07/09-01/10/1998 - Assis, Itália: Viver a pobreza em fraternidade; 7. 01-22/03/2004 - Assis, Itália: A nossa vida em minoridade; 8. 26/10-21/11/2015 - Assis, Itália: A graça de trabalhar.

Almirante Tamandaré-PR - Frei José Ferreira da Silva: Vigário local e paroquial, professor. Capinzal-SC - Frei Emerson José Orane: Pároco e ecônomo. Curitiba-PR - Santuário São Leopoldo Mandic - Frei Messias Vicente Rodrigues - Cursos e retiros. Joinville-SC - Noviços: Paraguaios: 1. Andrés Gustavo Bogarin (Vileta-PY); 2. Héctor David Perez Rojas (Asunción-PY); 3. Marcelo Adrián Lezcano Mereles (San Lorenzo-PY); Brasileiros: 4) José Ramos Neto (CuritibaPR); 5. Lucas Vicente (Joinville-SC); 6. Simão José da Silva Júnior (Florianópolis-SC); 7. Victor Hugo Fantin Bitancourt (Londrina-PR); 8. Michael Douglas de Matos Ferreira (Curitiba-PR). Londrina-PR - Frei Marcos Reginaldo Forcato: Secretariado das Missões, orientador espiritual dos Pósnovíços e pároco. Pos-noviços: Frei Everton Teodoro da Silva: 1º ano teológico PUC, coordenador regional e local do SAV; Frei Helionilto Gomes Júnior: 1º ano teológico na PUC. Ponta Grossa-PR: Convento Bom Jesus - Pós noviciado Frei João Batista Ferreira: Ecônomo, responsável pelo Centro Histórico e pela Horta Comunitária, Assistente Regional da OFS/PR e Local; Pós-noviços: Curso Filosófico 1º ano no IFITEME: Frei Kleber Moresco; Frei Luíz Felipe Camargo; Frei Mário Aparecido Gonçalves; Frei Sílvio Diogo Ferro (ajuda ao Centro Vocacional Provincial). Ponta Grossa-PR - Paróquia Bom Jesus - Frei Ivo Lazzarotto: Guardião, vigário paroquial; Frei Luizinho Marafon: Ecônomo, pároco, responsável pela fábrica de Artigos Religiosos Luz de Maria e Boletim Interno da Província; Frei Atílio Galvan: Vigário paroquial e local. Ponta Grossa-PR - Imaculada Conceição - Frei Valdir Possamai: Guardião, Administrador paroquial, ecônomo, assistente da OFS. Curitiba, 24 de fevereiro de 2014. Frei Cláudio Sérgio de Abreu, OFMCap Ministro Provincial

Nova Custódia - A Casa de Presença do Malaui foi elevada à Custódia aos 15 de fevereiro de 2014. Nova Província - As Províncias de Veneza e de Trento (Itália) serão unificadas aos 3 de março de 2014, criando-se uma única Província de Veneza. Comissão de JPE - Estes os freis fazem parte da Comissão “Justiça, Paz e Ecologia”: Frei James Donegam (Província de Nova Iorque-Nova Inglaterra), Frei DarwinFrancisco Orozco (Custódia do Equador), Frei John Corneli Sulley (Província da Tanzânia), Frei Henrik Clsowski (Província de Cracóvia) e Frei Jacob Babicham Kaniyarasseril (Província de Krist Jyoti - Índia). Constituições - O texto original das novas Constituições é em língua italiana. Por isso, foi nomeada a seguinte comissão para a redação, leitura e correção do mesmo texto italiano: Frei Ermano Ponzalli (Província Toscana), Frei Lucas Bianchi e Frei Roberto Pasolini (Província Lombarda) e Frei Lucas Casalicchio (Província Romana). Jerusalém - Às 10h de 02/02/2014, foram consagrados o altar e a igreja da casa da Cúria Geral, com o título “Eu sou a Luz do mundo”. O rito de consagração foi presidido por Dom William Hanna Shomali, vigário episcopal para Jerusalém e Palestina.

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 10


Boletim Interno da

Província PARAGUAI: CUSTÓDIA SÃO LEOPOLDO MANDIC

Pesquisa - Para completar a pesquisa para a publicação de livro sobre São Francisco e a Liturgia, Frei Mariosvaldo Florentino viajou à Itália logo após as aulas que deu na Schola Fratrum em Hidrolândia-GO. Hospedouse na Cúria Geral até o dia 17 de fevereiro. Além da pesquisa, Frei Mariosvaldo esteve em San Giovanni Gemini para conferência à florescente fraternidade da OFS. Aos 14 de fevereiro visitou também o Santuário São Leopoldo Mandic, em Pádua, Itália. Profissões Perpétuas - No dia 01/03/2014, às 9h30 na paróquia Menino Salvador do Mundo, em Trinidad, durante a celebração eucarística, os Freis Osvaldo Leguizamón e Ramón Arévalos farão sua Profissão Perpétua. Aspirantado - Na fraternidade de Pastoreo, um grupo de 11 jovens estão iniciando o aspirantado na Custódia e que são os seguintes: Em Pastoreo: Aspirantes: 1. Ernesto David González Aponte (Colonia Indepencia; Nasc. 05/05/1993); 2. Ernesto David González Aponte (Colonia Independência; Nasc. 16/07/1991); 3. Mário Daniel Benítez Cano (Caaguazu; Nasc. 22/06/1995); 4. Osvaldo Daniel Ayala Fletias (Concepción; Nasc. 16/10/1991); 5. Milner Osvaldo Ortiz Villalba (Ciudad del Este; Nasc. 08/02/1996); 6. Mariano Ramón Barrios Galiano (Villarrica; Nasc.: 02/02/1991); 7. José Manuel Aguilera Fernández (Lambaré; Nasc. 21/03/1987); 8. Eduardo Miguel Dominguez (José Leandro Oviedo; Nasc. 18/08/1990) Outros quatro jovens pediram também para iniciar em nossa vida. Como eles já terminaram cursos universitários, estão residindo e vivendo na fraternidade São Pio, em Assunção, e são estes: 1. Juan Ramirez Ortiz (Ciudad del Este); 2. Hermínio Hortiz (Missiones); 3. Bruno Mizdraje (Corrientes, Argentina); 4. Gustavo Irala (Fernando de la Mora). Despede-se do Paraguai - Frei Walter José Mitz chegou ao Paraguai a 01/03/2003. Foram 10 anos e 10 meses de permanência missionária na Custódia. Aos 07/01/2014, da fraternidade de Pastoreo, Frei Walter fez belo agradecimento a todos os freis e ao povo de Deus que pôde servir nestes anos. Retornando à Província, ele assumiu o encargo de ser vice-mestre dos aspirantes na fraternidade Santo Antônio, em Butituba-PR. Missão da Família Franciscana 2012-2014 - A Família Franciscana do Paraguai de 18 a 26 de janeiro completou a terceira e última etapa da programada Missão no lugar chamado “25 de Dezembro”, no Departamento de São Pedro. Neste ano, participaram 97 missionários, provenientes de diversos Institutos. Entre eles, havia 6 sacerdotes. De nossa Custódia, estiveram presentes os Freis: Tomás Sosa, Alfo Rafael e mais 12 pré-postulantes e aspirantes. O Custódio Frei Mariosvaldo Florentino esteve presente na preparação e na missa de envio, com substancio-

sa mensagem. Em seguida, a fraternidade missionária se distribuiu nos 5 setores da paróquia São Baltazar. Ao todo, 30 comunidades receberam a presença dos missionários. Celebrações comunitárias, casamentos e outros atos religiosos preencheram os dias de Missão. Esse movimento missionário franciscano cresceu bastante e os responsáveis pensam em atingir, aproximadamente, os departamentos de Itapuá ou Caazapá.

IRMÃOS QUE VOLTARAM À CASA DO PAI

Ricardo Basso - Aos 31/01/2014, faleceu Ricardo Basso, pai do Frei Pedrinho Basso residente em Céu Azul. Ricardo tinha 81 anos e sofreu muito com o Alzheimer e outras consequências. Foi sepultado no dia 01/02/2014, as 15h, no cemitério da capela N. Sra. do Perpétuo Socorro, paróquia São Lourenço do Oeste-SC. O Vigário Provincial Frei Rivaldo Vieira e outros freis estiveram presentes aos funerais. Maria Terezinha Colle Alviero - Às 21h de 21/02/2014, faleceu, no hospital Santa Terezinha de Joaçaba-SC, Maria Terezinha Colle Alveiro, irmã do Frei Nelvio David Colle. Maria Terezinha tinha 76 anos, mulher muito religiosa e devota de Nossa Senhora, era casada com Gomercindo Alveiro. Completariam 60 anos de casados aos 08/04/2014. Deixa no luto o esposo, 8 filhos, 16 netos e 3 bisnetos. O sepultamento foi realizado no dia 22/02/2014 no cemitério de Jaborá-SC. Com Frei Nelvio David viajou também Frei Itamar José Angonese. Veneza - Na Província-mãe de Veneza, faleceu no dia 01/02/2014, Frei César Cattarossi, 90 anos. O vigário provincial, Frei Roberto Tadiello, presidiu as exéquias, celebradas na igreja dos capuchinhos em Bassano del Grappa, às 10h de 04/02/2014. CENTRO FRANCISCANO DE ESPIRITUALIDADE A Província Capuchinha de São Paulo oferece alguns retiros nesse Centro, localizado em Piracicaba-SP. Para se informar: Tel. (19)3422-5302 e site www.centrofranciscano.org.br

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 11


Boletim Interno da

Província FORMAÇÃO INICIAL

ASPIRANTES À VIDA CAPUCHINHA No dia 2 de fevereiro de 2014, dia da Apresentação do Senhor, dez jovens vocacionados se apresentaram diante de Deus e dos freis capuchinhos, no Convento Bom Jesus em Ponta Grossa-PR, para iniciarem seu tempo de “Aspirantado”. A apresentação se deu durante a celebração eucarística, às 10h, presidida pelo Ministro Provincial Frei Cláudio Sérgio de Abreu e concelebrada por vários freis. Também participaram da mesma, familiares dos jovens aspirantes e membros do Serviço de Animação Vocacional (SAV) das paróquias Imaculada Conceição e Senhor Bom Jesus. No rito de apresentação cada jovem leu seu pedido feito de próprio punho para ser admitido ao Aspirantado, sendo aceito e acolhido pelo Ministro Provincial. No final da celebração Frei Alessandro Mário Farinasso, mestre dos Aspirantes, juntamente com os Freis: Valter José Mitz, vicemestre, Itamar José Angonese e Pedrinho Brondane, membros da fraternidade formadora, entregaram uma imagem do “Menino Jesus” a cada aspirante, em sinal da etapa que irão vivenciar, denominada de “Tempo da Encarnação”, onde cada um é desafiado a acolher Jesus em seu coração sendo sua manjedoura no mundo de hoje. Os jovens aspirantes à vida capuchinha são: Alex Gonzaga da Silva (Santo Antônio da Platina-PR); Carlos Alberto Zaleski Junior (Cascavel-PR); David Naime Fioravante (Siqueira Campos-PR); Edson Antonio Cordeiro (Herval d´Oeste-SC); Eliandro Schneider (São Lourenço do Oeste-SC); Marco Aurélio de Lara (Ponta Grossa-PR); Marcus Vinicius de S. Nunes (Florianópolis-SC); Rondinele Augusto Teixeira Passos (Curitiba-PR); Tarcísio Rodrigues Macedo Rosa (Ponta Grossa-PR) e João Kleber Nogueira (Siqueira Campos-PR). Aos jovens aspirantes desejamos perseverança e dedicação nesta bela e fascinante jornada rumo à doação total de si mesmo a Deus na vida capuchinha.

ESCOLA VOCACIONAL FREI RICARDO DE VESCOVANA No dia 6 de fevereiro, desse ano, a Escola Vocacional Frei Ricardo de Vescovana em Céu Azul-PR, acolheu novos jovens e adolescentes que se integraram ao grupo de outros cinco jovens que já residiam na casa dos freis. Juntos, eles realizarão uma caminhada formativa de amadurecimento humano, afetivo e espiritual e aprofundarão os valores cristãos e franciscanos, procurando realizar um sincero discernimento vocacional em suas vidas. Para orientá-los no caminho formativo a Escola Vocacional conta com os Freis: Pedrinho Basso, mestre dos seminaristas, Luis Antonio Ceriolli, Pároco e guardião; Pascoal Benedetti, vigário paroquial e Carlos Alberto Gozzi, vigário paroquial. Todos os freis integram a fraternidade formativa e colaboram juntamente com a comunidade de Céu Azul, na formação dos 13 jovens que nesse ano formarão o grupo de formandos da Escola Vocacional.

Os jovens são: Paulo Henrique de Oliveira Moreira (Mauá da Serra-PR); Kater Vinicius dos Santos (GuaraciPR); Jose Luiz de Almeida (Siqueira Campos-PR); Davi A. da Silva (Salto do Itararé-PR); André Luis Souza (ItapoáSC); Diego Rafael do Amaral (Guarapuava-PR); Bruno Fabiano Lira (Santa Helena-PR); Gustavo Antônio S. Trevisol, Gustavo Gabriel Sandri, Guilherme Miguel Sandri e Paulo Daniel Pereira Matias (Almirante Tamandaré-PR); Franscismar Floriano de Oliveira (Ponta Grossa-PR) e Victor Rafael Ribeiro Pereira (Siqueira Campos-PR). Rezemos pela perseverança e amadurecimento vocacional de cada um destes jovens corajosos, que com alegria, responderam sim ao chamado de Deus em suas vidas. ORDENAÇÃO PRESBITERAL DE FREI EVERTON No dia 8 de fevereiro de 2014, na Igreja Matriz Santo Antônio de Pádua, na cidade de Santo Antônio da Platina-PR, Frei Everton Henrique Sicogna Jiupato, foi ordenado presbítero da Igreja pela imposição das mãos do senhor bispo, Dom Frei Cláudio Nori Sturm, bispo da Diocese de Patos de Minas-MG.

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 12


Boletim Interno da

Província A celebração iniciou às 19h30 e foi concelebrada por inúmeros freis provindos do Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Bahia; padres das Paróquias Santo Antônio de Pádua e Santa Filomena de Santo Antônio da Platina e o Pároco da Paróquia Sagrados Corações de Londrina, Pe. Cesár. Também participaram da celebração pessoas das comunidades Nossa Senhora Aparecida e Santo Antônio de Londrina-PR, das cidades de Ponta Grossa, Céu Azul-PR e também de São Lourenço do Oeste-SC. Estavam presentes inúmeros familiares de Frei Everton, provindos de diversas localidades e a querida comunidade platinense que acolheu aos freis e visitantes com carinho e alegria. Os pais de Frei Everton, senhor Valdeci e senhora Lenir estavam emocionados e felizes por entregarem de coração, seu único filho a Deus. Comentaram: “é uma honra e grande alegria ter um filho sacerdote e ainda mais capuchinho”. Um belo testemunho de autênticos pais cristãos. Não menos feliz e emocionado estava Frei Everton que expressou sua gratidão a Deus, ao senhor bispo, ao Ministro Provincial Frei Cláudio, a seus formadores, às pessoas que o ajudaram na longa caminhada e, de modo especial, a seus pais que sempre o apoiaram e rezaram pela sua perseverança e felicidade. Após a celebração de ordenação, todas as pessoas presentes foram recepcionadas na quadra da Igreja matriz para um saboroso coquetel preparado pela comunidade platinense. CELEBRAÇÃO DA PRIMEIRA MISSA No domingo, dia 9 de fevereiro de 2014, às 9h30, Frei Everton presidiu suas primícias sacerdotais na mesma Igreja Matriz. Em uma belíssima celebração, concelebrada por vários freis e pelos padres das paróquias Santo Antônio de Pádua e Santa Filomena, juntamente com o povo de Deus que lotou a igreja. Frei José Aparecido Tosta proferiu a homilia a seu afilhado Frei Everton, o qual transmitiu quatro louváveis e imprescindíveis conselhos para quem quer ser um autêntico e santo servo do Senhor: “Que a beleza do seu sacerdócio não seja o balançar das rendas e dos ricos brocados de ouro de suas vestimentas litúrgicas, mas sim o resplandecer da presença do Cristo ressuscitado em sua face.” “Que o seu sucesso pastoral não seja as curas, libertações e milagres vazios, mas sim o grande amor do Cristo Bom Pastor por suas ovelhas vivido através de você”. “Que sua pregação não se baseie por prestígios

pessoais e midiáticos mas sejam sempre a voz do Cristo profeta”. “Que a luz de sua celebração litúrgica não esteja na quantidade de velas colocadas sobre o altar, mas sim a presença misteriosa, porém real do Cristo Ressuscitado”. Após a celebração e os devidos cumprimentos, foi servido um delicioso churrasco, preparado com muito carinho pelas lideranças da comunidade platinense, na quadra da Igreja Matriz. SCHOLA FRATRUM Entre os dias 19 a 31 de janeiro desse ano, a Conferência dos Capuchinhos do Brasil (CCB), realizou a segunda etapa da Schola Fratrum, uma escola para formação de formadores capuchinhos. Participaram da etapa 21 freis capuchinhos provindos das diversas circunscrições (regiões onde os freis estão presentes) espalhadas pelo Brasil.

Da Província do Paraná e Santa Catarina participaram três freis: Luiz Carlos da Silva, João Batista Ferreira e Alessandro Mário Farinasso, todos integrantes da formação inicial para a vida capuchinha. Os temas estudados na segunda etapa foram: “O perfil do jovem na atualidade” ministrado por frei Rubens da Mota, integrante da equipe de psicólogos da CRB Nacional; “Juventudes e sexualidade”, também ministrado pelo mesmo assessor; “Liderança e dinâmicas de grupo”, orientada por Frei Evaldo Freitas da Província do Rio Grande do Sul; “Acompanhamento Personalizado”, por Frei Sérgio Dal Moro, Conselheiro Geral dos Freis Capuchinhos e “São Francisco de Assis e a Liturgia” ministrado por Frei Mariosvaldo Florentino, Custódio da Custódia São Leopoldo Mandic no Paraguai. Mais do que conteúdos e métodos aprofundados nas áreas humana, franciscana e espiritual a Schola Fratrum quer ser um meio facilitador de formação vivencial, de troca de experiências entre os freis formadores e futuros formadores, assim como entre os freis integrantes das fraternidades formadoras ou a todo frei, mesmo que não atue diretamente na formação, mas que deseja aprofundar sua vida franciscana capuchinha e atualizar sua forma de ser Frei Capuchinho na sociedade atual.

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 13


Boletim Interno da

Província FORMAÇÃO INICIAL JOINVILLE-SC - Segundo Noviciado

Os Freis: Renan Moretti da Provincial e Osvaldo Leguizamon da Custódia fizeram o segundo noviciado na fraternidade São Francisco de Assis em Joinvlle de 2 a 31 de janeiro de 2014. Frei Evandro Ap. de Souza fez a abertura no dia 02/01/2014) e Frei Idacir Henrique da Silva, mestre dos noviços, ficou responsável para acompanhar os dois pósnoviços nesse período profundo de vida de oração, estudo, trabalho e vida em fraternidade. Os dois pós-noviços ajudaram na bênção dos carros no dia 03/01/2014 em nosso convento e paróquia N. Sra. das Mercês, em Curitiba. No dia seguinte retornaram a Joinville para continuar as atividades do segundo noviciado. O dia era dividido em duas partes: pela manhã, trabalho manual; à tarde, tempo de estudo, silêncio, retiro e reflexão. Diariamente, à tardinha, os dois com Frei Idacir se reuniam para a partilha sobre os temas estudados. Os freis eram motivados a olhar e confrontar o texto com o que estavam vivendo em nossas fraternidade e a buscar sempre mais os valores de nosso carisma. Diariamente participavam da missa conventual e da oração das horas, com contemplação e oração mental em fraternidade, dos dias de deserto, adorações ao Santíssimo, retiros e silêncio. Refletiram especialmente sobre estes principais temas: a vida fraterna, a vocação, a formação para nossa vida, a vida de oração e penitencial; a vida de pobreza, obediência e castidade; a minoridade, o valor do trabalho. Esses valores eram encontrados na Palavra de Deus, nas Fontes Franciscanas, nas Constituições e nos CPOs. O Ministro Provincial Frei Cláudio de Abreu visitou-os aos 24/01/2014, incentivando-os a bem aproveitarem desse especial momento de reflexão. Os dois pós-noviços agradecem esse “período de graças e bênçãos” e esperam “colher os frutos e assumir por toda a nossa vida esses valores que a fraternidade capuchinha nos oferece”.

XVI CAPÍTULO PROVINCIAL Começa a caminhada.... Carta e questionário - Aos 07/02/2014, a secretaria provincial, em nome do Presidente da Comissão Précapitular Frei Rivaldo Vieira, enviou a todos os freis da Província o seguinte: Primeiro questionário para o XVI Capítulo Provincial e Carta do Presidente da Comissão Précapitular. A carta indica estes principais pontos: 1. Ler e avaliar as Conclusões Capitulares de 2011; 2. Debater em fraternidade e responder individualmente; 3. Devolução: até 15/03/2014. No questionário constam duas perguntas: 1. Quais pontos precisam ser tratados no XV Capítulo Provincial? Justifique a resposta. 2. Quais assuntos você acha que não devem entrar em discussão no XVI Capítulo Provincial? As respostas são individuais e não da fraternidade.

ANIVERSARIANTES

Parabéns! “A fé é o maior poder do mundo; e pode ser teu”.

Papa João XXIII

2/2 Frei Manoel Braz da S. Noite 3/2 Frei Edson Caliton Guedes 4/2 Frei Antônio Pereira dos Santos 8/2 Frei Marcus Augusto G. Miranda 13/2 Frei Mariosvaldo Florentino 15/2 Frei José Vitalino Galvan 22/2 Frei Américo Vazatta 23/2 Frei Dom José Gislon 25/2 Frei Pascoal Benedetti 27/2 Frei Marco Antônio M. Avelar

Felicidades!

Frei Renan Moretti

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 14


Boletim Interno da

Província NOTÍCIAS DAS PARÓQUIAS E FRATERNIDADES MERCÊS Inauguração de parte da obra Às 19h30 de 20/2/2014, foi inaugurada a loja da Niponsul-IPAS em nossa quadra das Mercês, ao lado do convento. Na inauguração estavam presentes somente convidados, entre os quais se contavam alguns de nossos freis. Concretamente, os trabalhos da construção se prolongaram do final de 2010 até o presente momento. A segunda parte da construção com salas para aluguel está em sua fase final de acabamento. BUTIATUBA-PR Retiro anual: primeiro grupo Feitas as inscrições, 33 freis de nossa Província participaram do primeiro grupo de retiro, realizado em Butiatuba-PR, de 27 a 31 de janeiro de 2014. Frei Almir Guimarães, frade menor (OFM) que reside em PetrópolisRJ, foi o orientador, que selecionou estes temas para reflexão e meditação: 1. Às portas do retiro; 2. O mistério do silêncio; 3. O Cristo de nossa vida; 4. A vida religiosa; 5. Reflexão em grupos sobre o tema “Corações contritos”, seguido de plenário; 6. Oração e meditação; 7. O mistério da fraternidade; 8. Leitura de mensagem do Ministro Geral Frei Mauro Jöhri sobre a contribuição dos capuchinhos na evangelização, seguido de plenário. Além das palestras, houve estes outros momentos: 1. Adoração ao Santíssimo; 2. Celebração penitencial com possibilidade de confissões; 3. Partilha sobre a vida de oração. O retiro terminou aos 31/01/2014, com as vésperas, às 16h30. No final, houve agradecimentos com mensagens do Ministro Provincial Frei Cláudio de Abreu e do Vigário Provincial Frei Rivaldo Vieira. Com a bênção final, o primeiro grupo de retiros foi encerrado às 17h30. Como quase é normal, as avaliações do retiro tiveram suas variações. Nem tudo agrada totalmente a todos. Consideradas as respostas dos participantes, em linhas gerais, predominaram estes pontos de vista: - A temática foi julgada boa, oportuna, provocadora, atual e questionadora. - Os participantes consideram o assessor como sábio, prudente, prático, preparado e que conduziu bem o retiro, dando bom exemplo de vida. - Os momentos de oração mereceram elogios: bons, ótimos, bem organizados e preparados. Destacaram-se a Adoração, a animação do Ofício e das Missas, a celebração penitencial e o canto dos salmos. “Como é gratificante ver os freis novos que conduzem tão bem a liturgia”. - Quanto ao silêncio, o assessor levou-o a sério e proporcionou momentos de recolhimento. Houve bons

avanços, embora o objetivo do silêncio total durante todos os dias poderia ter sido melhor. - Os aspectos do ambiente, alimentação e organização foram bem avaliados. A reforma de uma parte do prédio, em andamento, não provocou dificuldades. OFS Regional-PR Frei João Batista Ferreira, residente no convento Bom Jesus em Ponta Grossa é o assistente espiritual regional da OFS do Paraná. Com o Ministro Regional da OFS Devanir Reis da Silva e ou coordenador do segundo distrito Marcos Vinicios, participou destas atividades em 2013: 1. Capítulos eletivos: da fraternidade Santa Clara em Céu Azul-PR em 01/05/2013; da fraternidade Frei Tomás de Celano em Foz do Iguaçu-PR em 02/06/2013; da fraternidade Frei Leão em Campo Mourão-PR em 16/11/2013). 2. Encontros e visitas pastorais e fraternas à fraternidade São Leopoldo Mandic em Irati-PR no dia 23/06/2013 à fraternidade Monte Alverne em GuarapuavaPR no dia 21/07/20130; à fraternidade Frei Eurico de Mello em Ponta Grossa-PR no dia 27/07/2013; esta fraternidade ainda não está juridicamente constituída; à fraternidade Bom Jesus em Ponta Grossa-PR no dia 28/08/2013; Frei João Batista Ferreira é também assistente local desta fraternidade; à fraternidade Sant'Ana em Ponta Grossa-PR no dia 28/07/2013). NOTA: Os freis da Província são assistentes espirituais de 20 fraternidades da OFS e 3 fraternidades da Jufra. Frei João Batista Ferreira assistente regional da OFS no Paraná; Frei Mauro César Nogueira assistente regional em Santa Catarina e Frei Evandro Ap. de Souza assistente regional da Jufra. Os Frades Menores (OFM) são assistentes de 3 fraternidades; os Frades Menores Missionários(FMM) de 2 fraternidades; os frades conventuais (OFMConv); um sacerdote diocesano é assistente da OFS em Campo Mourão-PR. CAPINZAL-SC Festa do Padroeiro - Freis e comunidade paroquial de Capinzal-SC celebraram no dia 26/01/2014 a festa do Padroeiro São Paulo Apóstolo, na área de lazer Dr. Arnaldo Favorito. A missa solene teve a participação de todos os freis da fraternidade, dos fiéis e das 62 representações das capelas com faixas, banners e cartazes. Às 13h, iniciaram-se as atrações musicais, comandadas pelo comunicador da Rádio Capinzal, Márcio Pedro Martinazzo. Entre os momentos animados da festa, houve a tradicional Ação entre Amigos, com a entrega de cinco prêmios aos melhores colocados.

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 15


Boletim Interno da

Província Durante a festa aconteceu também o momento de despedida de Frei Valdir Possamai administrador da paróquia que, depois de seis anos, foi transferido para outra fraternidade e paróquia. Foi apresentado também Frei Vanderlei Aparecido Sanches e anunciada a chegada do novo pároco, Frei Emerson José Orane. UMURAMA-PR Catequese - No relatório anual, a catequese de nossa paróquia afirma que houve momentos marcantes, como, reuniões mensais, semana catequética, retiros com os pais e catequistas, missa da catequese, participação na novena do padroeiro e outros atividades correlatas. O grupo de teatro (GTSFA) ofereceu momentos emocionantes. Outros grupos eclesiais também ofereceram apoio e carinho à catequese. E a Pastoral diz animada: “Venham fazer parte desse grupo!” Pastoral Carcerária – A Pastoral Carcerária da paróquia quer promover e desenvolver cidadania dos presos, de seus familiares e dos egressos do sistema prisional. Para isso a Pastoral presidiu visitas celebrativas e, nas segundas-feiras, sempre se faz esta visita. Além das celebrações e visitas ao ambiente prisional, há celebrações na igreja matriz com este mesmo objetivo. Bons palestristas, ao longo de 2013, apresentaram temas, com discussões sobre as necessidades do detentos e como ajudá-los. OFS - A fraternidade OFS da paróquia, em 2013, prosseguiu com seus encontros formativos, retiros, confraternização e, no final do ano, recebeu outras 9 fraternidades para, juntos, refletirem “A alegria de Francisco inspirada no irmão fraterno”. Novos pedidos de agregação estão aparecendo. Em 2014, A OFS participará das Santas Missões Populares. Santas Missões Populares - Devidamente preparados, os participantes das Santas Missões Populares terão a abertura da Semana Missionária aos 05/03/2014 (quartafeira de Cinzas), na Igreja matriz. Os setores missionário foram muito bem preparados em 2013. Os missionários partirão, de dois em dois, para visitar todas as famílias católicas dos setores. As atividades pastorais estão bem programadas e todos oram para que o Espírito Santo seja o animador de todas as ações missionárias. CRUZEIRO DO OESTE-PR Informativo Região 44 (n. 2, 16 pág.) O segundo número do “Informativo Região 44”, foi lançado em fevereiro. É um informativo especial totalmente dedicado às várias religiões do município. Também neste número, foi publicada boa mensagem de nossa paróquia de Cruzeiro do Oeste (pág. 12-13) sobre a apresentação do Menino Deus ao Templo, com aplicações práticas. Aprecem os anúncios das Missões Populares (26-30/03/2013, e o 13º Acampamento no limite com Cristo (1-4/03/2014), no bairro Cafeeiros.

FREI VICENTE ARTUSO, OFMCap Teologia em Porto Velho-RO De 7 a 14 de fevereiro de 2014, Frei. Vicente Artuso ministrou curso intensivo de Teologia da Graça no Seminário Maior João XXIII da Arquidiocese de Porto Velho, Rondônia. O curso destinou-se aos alunos do 4º ano de teologia. Esta ajuda missionária faz parte do convênio feito pelo curso de Teologia da PUC-Londrina, com a arquidiocese de Porto Velho. Há grande carência de professores para a formação dos futuros presbíteros. O seminário de Porto Velho terá ajuda de outros professores de Teologia da PUCPR, durante o ano de 2014. O objetivo do curso foi aprofundar a antropóloga teológica no tratado da graça. Para ajudar no aprofundamento do tema, Frei Vicente indicou 16 livros e mais documentos dos últimos papas. FREI ILDO PERONDI e FREI VICENTE ARTUSO EM ROMA Curso intensivo – Frei Vicente Artuso e frei Ildo Perondi participaram de um Seminário sobre o Pentateuco, promovido pelo Instituto Bíblico, em Roma, de 20 a 25 de janeiro de 2014. O Seminário era destinado a ex-alunos do Bíblico e professores do Pentateuco, e estavam presentes alguns dos antigos professores e das maiores autoridades em Bíblia. Entre os participantes, 110 no total, havia biblistas de quase todas as regiões do mundo. O grupo brasileiro era composto de 11 biblistas, o segundo maior, depois dos italianos. Além de participar do Seminário, o contato com as bibliotecas e livrarias foi muito importante para ver as novidades que estão sendo publicadas na área bíblica e, para Frei Ildo, a coleta de bibliografia para sua tese. FREI PEDRO CESÁRIO PALMA, OFMCAP Novo livro – Frei Pedro Cesário Palma, atual pároco da igreja N. Sra. das Mercês em Curitiba-PR, acaba de lançar este seu novo livro: Pedras no Caminho – Como Lidar com as Adversidades da Vida (Gráfica S. Leopoldo Mandic Ltda., Curitiba-PR, Santa Felicidade, 2014, 168 pág.). O livro é dividido em cinco capítulos: I – A morte da pessoa querida; II – A doença; III – A violência; IV – O envelhecimento; V – As perdas da vida. O autor se propôs escrever um livro: prático, vivencial, simples, profundo, empático e proativo. E deu estes conselhos: “Ler o livro devagar, de coração aberto e disposto a administrar as pedras do caminho, disposto a ajudar os outros a lidar e superar as pedras do seu caminho”. Há também três apreciações do livro, feitas por uma parapsicóloga, um professor e orientador espiritual e uma catequista. Frei João Daniel Lovato fez longa e precisa apresentação do livro, feito em “estilo bem acessível, vivencial, simples, profundo” descrevendo “assuntos de todos os caminhos e dos caminhos de todos”.

Boletim interno da Província do Paraná e Santa Catarina 16

bip_240_fevereiro2014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you