Page 1

w w w. m e t r o p o l e j o r n a l . c o m . b r

Quarta-feira

Presidente: Ary Leonel da Cruz

Richa inaugura novo viaduto da BR-277 em Campo Largo » O governador Beto Richa

inaugurou nesta terça-feira (26) o novo viaduto da BR-277, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A passagem vai facilitar o tráfego entre os bairros Gabiroba e Lagoa e evitar a formação de cons-

tantes congestionamentos na rodovia. O viaduto é uma das obras que compõem o novo contorno da BR-277, que inclui a duplicação de 11 quilômetros da rodovia que corta o município. Página 3

Governador Beto Richa inaugura o novo viaduto sobre a BR-277, km 118 em Campo Largo

Começa hoje a 21ª Feira do Peixe Vivo » Tradicional na

Página 6

Ecocidadão Paraná trará avanços para a reciclagem em Colombo » A Prefeitura de Colombo e o Provopar Estadual firmaram parceria ontem, 26, para trazer ao município o Programa Ecocidadão Paraná, uma ação que trará benefícios tanto aos catadores quanto ao meio ambiente. O programa atua não

Foto Divulgação/PMSJP

cidade, a Feira do Peixe Vivo acontece todos os anos, durante a Semana Santa, e tem como objetivo principal, além de gerar renda aos piscicultores locais que participam de programas da secretaria, integrar a população da cidade. Tilápia, Carpa Capim e Bagre Jundiá são algumas das espécies que poderão ser encontradas na feira.

Diário de Circulação Nacional

Foto: Ricardo Almeida / ANPr

Ano 14 | Nº 3271 | 27 de março de 2013

somente na parte ambiental, como também na questão cultural e até de saúde, já que o Ecocidadão Paraná auxiliará na forma como os catadores trabalham na coleta e separação do material reciclável. Página 4

Pinhais promove 1ª etapa do circuito Open de Vôlei de Praia 2013 A feira movimenta o comércio de pescados durante a Semana Santa

Richa repassa Páscoa tem PSC mantém apoio a equipamentos de expectativa de boas pastor acusado de saúde a municípios vendas no Paraná homofobia e racismo

Paixão de Cristo será encenada no BioParque

Página 8

Página 8

Página 13

ção da integração esportiva entre os atletas e o estímulo à prática da modalidade na cidade, além de melhorar a aptidão física dos participantes, entre outras coisas. As inscrições para a disputa, sempre em duplas, serão abertas na próxima segunda-feira (1) e seguem até às 17 horas do Página 9 dia 17 de abril.

SJP recebe Torneio Internacional de Futsal

Foto Divulgação/PMSJP

» O tradicional espe-

táculo da Paixão de Cristo do grupo Lanteri será realizado este ano no BioParque, no bairro Uberaba, devido às obras na Pedreira Paulo Leminski, palco da encenação desde 1991. A apresentação acontece às 19 horas da sexta-feira (29). O ingresso será a doação de um quilo de alimento não perecível, que será distribuído a instituições assistenciais.

Página 2

» A Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Semel) e do Departamento de Esportes e Lazer (Depel), realiza, no dia 20 de abril, o circuito Open de Vôlei de Praia 2013 do município. O evento, que contará com as categorias Aberto Masculino e Feminino, busca a promo-

O torneio da Divisão de Elite (1ª divisão) sendo disputado por 12 seleções

» O torneio tem o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer da Prefeitura de São José dos Pinhais, e conta com os times sul americanos Club Estrella de Boeda e River Plate, e os times Coritiba e São José dos Pinhais Futsal/SEMEL. O ingresso para assistir o torneio é 1 quilo de alimento não perecível. Página 14


2

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

De altos e baixos O sobe e desce do efeito gangorra confunde a maioria dos analistas da economia brasileira. Sabe-se, de maneira leiga, apenas por um olhar mais crítico e realista da questão, que a retomada tão desejada ainda está distante. E a razão é simples: a interminável crise internacional. Mas, o sempre competente e insuspeito Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) avalia que a economia brasileira está em momento de "recuperação cíclica". De acordo com a Carta de Conjuntura , o ciclo atual é "bem distinto" do observado em outros anos e isso pode atrapalhar a previsibilidade política-econômica. "Isso tem implicação em política [macroeconômica] importante porque torna essa tarefa mais complicada do que seria em ciclo típico", disse o coordenador do Grupo de Estudos em Conjuntura, Fernando Ribeiro. Como exemplo, citou o impacto na taxa básica de juros, a Selic, que está em 7,25% ao ano. "Em um ciclo típico, neste momento, o país estaria reduzindo o juro, como aconteceu em outros momentos. Na recuperação, você joga o juro para baixo para impulsionar a economia. Hoje, a gente tem a taxa de juro baixa e, por conta da pressão inflacionária, o Banco Central reconheceu que não há espaço para novas quedas, talvez, tenha necessidade em um aumento [da taxa]", explicou. O economista destaca que, apesar das pequenas taxas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), nos últimos meses, não há aumento do desemprego, da inflação e queda da atividade nos setores da economia. "Há alguma desaceleração do consumo, mas mais discreta que em outros ciclos", diz a carta. "Difícil prever o que vai acontecer daqui para frente. Quando o ciclo é típico existe uma história, mais ou menos, padrão, que explica o que acontece na queda e na recuperação. Não é esse o caso", reforçou Ribeiro. O lado baixo da gangorra mostra um indicador preocupante. O Índice de Confiança da Indústria (ICI), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas, caiu 1,5% em março, ao passar de 106,6 pontos (em fevereiro) para 105. O indicador que classifica a percepção da indústria de transformação sobre a economia mostra que esse foi o pior nível desde setembro do ano passado. No trimestre terminado em março, a sondagem com 1.212 empresas mostrou desalento do setor em relação ao presente. O Índice da Situação Atual (ISA) teve redução de 1,4% com 104,2 pontos. Já na projeção para os próximos três meses, embora o Índice de Expectativas (IE) tenha caído 1,6% com 105,9 pontos, o nível está acima da média histórica (103,2 pontos), revelando que os empresários acreditam em melhora. Para 21,6% dos consultados, a situação atual é boa ante 24,6% que tinham essa mesma avaliação em fevereiro. Entre os que classificam como fraca houve um aumento de 10,3% para 15,2%. Na apuração sobre a produção para os três meses seguintes, 36,5% responderam que acreditam em aumento, mantendo-se estável. Em sentido oposto, a proporção do que esperam uma queda nas atividades aumentou de 4,7% para 8,4%. O levantamento mostra ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) ficou estável em 84,1%.

AB Notícias

abnoticias@abcom.com.br (41) 3014-6764

MAIS FERROVIAS Atendendo as exigências do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), será desenvolvido e concluído no próximo mês um estudo para a construção de uma nova ferrovia. A obra integrará o estado do Mato Grosso do Sul com o Porto de Paranaguá, passando pelas cidades de Cascavel e Guarapuava. Três diferentes rotas serão apresentadas pelo estudo.

DESTAQUE Graças aos investimentos na produção de avicultura, o Norte Pioneiro alcançou um crescimento cinco vezes maior que as outras regiões do estado. A região contribui com 50,4 bilhões de reais na economia paranaense, sendo 20% oriundo da avicultura. O norte pioneiro atingiu um aumento no Valor Bruto de Produção de 19% entre 2010 e 2011, contra a média de 4,7% das outras regiões.

EXPORTAÇÕES O primeiro bimestre de exportações do estado começou em alta. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, houve uma alta de 14% em relação ao primeiro bimestre do ano anterior. Ao todo, as exportações paranaenses movimentaram 2,52 bilhões de dólares, sendo 1,45 bilhão advindos do agronegócio. Já as importações sofreram uma queda de 11% no mesmo período. Os números refletem o bom momento da economia estadual.

CONSUMO Uma recente pesquisa intitulada “Sentimento em relação à compra de novos produtos”, da Nielsen, revelou que entre os povos da América Latina, os brasileiros são os mais dispostos a pagar mais por novos produtos. A pesquisa revelou também que a estratégia da amostra grátis atrai cerca de 45% dos consumidores. As novidades mais atrativas são produtos do setor de higiene pessoal, alimentos e bebidas e produtos de limpeza.

INÍCIO DA SAFRA A abertura oficial da safra 2013/ 2014 de cana-de-açúcar da Região Centro-Sul do país acontecerá no Paraná. O encontro acontecerá na cidade de São Pedro do Ivaí, centro-norte do estado, e contará com a presença de governantes e empresários do segmento. O evento, que acontece dia 5 de abril, também oficializará o programa “caminhos alternativos do agronegócio paranaense”.

FESTIVAL DE TEATRO Mantendo-se há anos como o maior festival de teatro do país, começa o Festival de Teatro de Curitiba. A abertura oficial é com a peça “Homem Vertente”, produção argen-

tina. O festival acontece até o dia 7 de abril. Sua programação conta com cerca de 32 peças principais e mais de 360 no subgrupo Fringe, que se caracteriza pelo teatro popular e de rua. Para mais informações o site www.festivaldecuritiba.com.br pode ser consultado.

ESTRADAS Utilizado para o escoamento de grãos oriundos de cooperativas, o trajeto com cerca de 22 quilômetros que une as cidades de Pinhão e Reserva, região dos Campos Gerais, deve receber asfaltamento. A obra, além facilitar o acesso dos municípios à Santa Catarina, ainda barateará o custo de frete, já que eliminará um trajeto atualmente utilizado de mais de 100 quilômetros.

NOVO TESTE Um teste que diagnostica a tuberculose em apenas 90 minutos será implementado da rede pública de saúde. O investimento é de 12,6 milhões de reais, e será direcionado a 30 municípios que concentram 60% dos casos da doença. Além de ser mais preciso que o teste usado atualmente, o novo supera também no quesito rapidez, pois no exame tradicional o diagnostico da doença leva cerca de 90 dias.

PEIXE VIVO Com a chegada da Páscoa e da Sexta-Feira Santa, Londrina se prepara para a tradicional Feira do Peixe vivo. A feira acontece até o dia 29, além da praça central, acontece também nos distritos de São Luiz e Guaravera. O evento conta com mais de 15 toneladas de peixes, de diferentes espécies como tilápia, pacu, bagre, carpa e matrinxã.

NA TELONA A cidade de Irati irá para as telonas. Isso porque fará parte de um documentário sobre as cidades que possuem o DDD42. Com foco nas atrações turísticas da região e tão pouco conhecidas no resto do estado, as gravações fazem parte do projeto “Cidades Históricas e Turísticas do Paraná” do jornalista e também iratiense, Jeff Reinholds. Outras cidades participaram do projeto, como Guarapuava, Ponta Grossa e União da Vitória.

ESPETÁCULO A cidade de Centenário do Sul, norte do estado, será palco, pela quarta vez, da Encenação da Paixão de Cristo. O evento ocorre no dia 29 de março às 21h na Igreja Matriz. O elenco conta com a participação de aproximadamente 100 pessoas. A apresentação é gratuita, porém o evento estará arrecadando alimentos não perecíveis para ajudar um asilo.

CCJ aprova projeto que trata de plano de cargos e salários da educação básica Por Sandra C. Pacheco Com uma emenda corretiva apresentada pelo relator, deputado Nereu Moura (PMDB), foi aprovado nesta terça-feira (26) pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa o projeto de lei complementar nº 03/ 2013, de autoria do Poder Executivo, alterando a Lei complementar nº 123, de 09/09/2008, que institui o plano de cargos, carreiras e vencimentos do quadro de funcionários da educação básica da rede estadual. Também com emenda substitutiva assinada pelo relator, deputado Pastor Edson Praczyk (PRB), pelo líder do Governo, deputado Ademar Traiano (PSDB), e pelo deputado Péricles de Mello (PT), foi aprovado o projeto de lei nº 71/ 2013, igualmente oriundo do Poder Executivo, autorizando a transformação do Hospital Regional Wallace Thadeu de Mello e Silva em Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, que passa a integrar a Universidade Estadual de Ponta Grossa, mantendo, porém, na nova designação, a homenagem a Mello e Silva. Emendas Apenas uma das quatro emendas de plenário e de comissões deixou de ser votada na sessão: a apresentada pela Comissão de Ecologia e Meio Ambiente ao projeto de lei nº 070/12, de autoria do deputado Hermas Brandão Júnior (PSB), tornando obrigatório o uso de películas ou selos flutuantes em tanques ou depósitos de armazenamento de combustíveis e produtos químicos. As demais foram aprovadas, entre elas a de plenário ao projeto de lei nº 634/12, do Tribunal de Justiça do Estado, que trata dos vencimentos dos cargos do grupo ocupacional superior de apoio especializado do quadro de pessoal da Secretaria daquela Corte. Tanto o projeto de lei nº 572/ 12, do deputado Leonaldo Paranhos (PSL), obrigando a exibição de filme publicitário de combate ao uso de drogas antecedendo as sessões de cinema, quanto o projeto de lei nº 525/12, do deputado Dr. Batista (PMN), prevendo a exibição de filmes publicitários e educativos com informações para crianças e adolescentes contra a pedofilia e a exploração sexual, foram rejeitados. O projeto de lei nº 651/12, do deputado licenciado Luiz Eduardo Cheida (PMDB), proibindo a pulverização aérea com qualquer produto agrotóxico para qualquer finalidade, teve parecer contrário do relator, deputado Wilson Quinteiro (PSB). Mas não chegou a ser votado porque o deputado Elton Welter (PT) pediu vistas. O mesmo ocorreu com o projeto de lei nº 07/ 13, do deputado Pedro Lupion (DEM), estabelecendo prioridade na tramitação dos procedimentos judiciais que tenham como objetivo a adoção de menores. Praczyk deu parecer contrário, argumentando que o Estatuto da Criança e do Adolescente já trata do assunto, mas o deputado Fernando Scanavacca (PDT) pediu vistas. Pedido de vistas do deputado Ademar Traiano também adiou a votação do projeto de lei nº 04/13, do deputado Pedro Lupion, alterando a Lei nº 15.128/2006 e estabelecendo novas diretrizes ao programa de combate à violência contra a mulher. A matéria teve parecer favorável do relator, deputado Péricles de Mello.

PSC mantém apoio a pastor acusado de homofobia e racismo Agência Brasil Brasília - Apesar da pressão de movimentos socais pedindo a renúncia do deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, o PSC manteve o apoio ao parlamentar acusado de homofobia e racismo. Em nota, o vice-presidente do PSC, pastor Everaldo Pereira, disse que, se for preciso, convocará "100, 200, 300, 500 ou mais manifestantes" para defender Marco Feliciano. Na nota, o partido cobrou solidariedade do PT e do governo Dilma Rousseff, já que o PSC faz parte da base do governo. "Respeitosamente, quero pedir que as lideranças dos partidos nesta Casa respeitem a indicação do PSC e peçam a seus militantes que protestem de maneira respeitosa. Não fazemos ameaças, mas se fosse preciso convocar 100, 200,

300, 500 ou mais militantes que pensam como nós, também convocaríamos, mas o PSC é pela paz e harmonia. Queremos o entendimento", diz trecho da nota do PSC lida pelo pastor Everaldo Pereira depois da reunião da bancada do partido na Câmara. No documento, o partido faz referência a condenação de petistas na Ação Penal 470, o chamado mensalão, e acrescenta que Marco Feliciano é um deputado ficha limpa. "Se ele tivesse sido condenado pelo Supremo [Tribunal Federal] nem indicado seria. Feliciano é um deputado ficha limpa, tendo, então, todas as prerrogativas para estar na presidência da Comissão de Direitos Humanos", pontuou o PSC. O partido lembrou o apoio dado ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff. "Apoiamos o seu governo [Lula] e estivemos juntos na reeleição, em 2006.

Fábio Rodrigues Pozzebom Abr

Editorial

Deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) Veio 2010 e o PSC apoiou Dilma", lembrou o partido. O vice-presidente do PSC fez referência à indicação da ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, que o partido rejeitou. "A senhora Eleonora Menicucci defende o aborto. Nós protesta-

mos, mas não fomos xingar a ministra. Protestamos porque temos o direito de expor nossa opinião, mas respeitosamente", disse o PSC em relação aos protestos contra Feliciano. "O PSC defende a vida, a família e os direitos humanos de todos, inclusive das minorias".


| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

3

Richa inaugura novo viaduto da BR 277, em Campo Largo O governador Beto Richa inaugurou nesta terçafeira (26) o novo viaduto da BR-277, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A passagem vai facilitar o tráfego entre os bairros Gabiroba e Lagoa e evitar a formação de constantes congestionamentos na rodovia. O viaduto é uma das obras que compõem o novo contorno da BR-277, que inclui a duplicação de 11 quilômetros da rodovia que corta o município. "Campo Largo era dividida. Agora, está integrada. Sempre passei por essa rodovia e presenciei inúmeros acidentes que agora deixarão de acontecer", afirmou Richa. Foram gastos R$ 7,6 milhões somente no novo viaduto, com trabalhos de terraplanagem, fundações, colocação de pilares e lançamento das vigas para a estrutura. No total, a concessionária CCR RodoNorte, investe R$ 70 milhões no novo

contorno. "Com diálogo, antecipamos em dois anos esta obra e retomamos outras nas rodovias concessionadas, que vão trazer mais segurança e mobilidade aos paranaenses", disse o governador. O trecho compõe o principal corredor do transporte agrícola do Paraná, por onde passam cargas das maiores regiões produtoras do Estado em direção ao Porto de Paranaguá. "Definimos juntos com o governo estadual que essa obra era essencial para o Paraná. Resolvemos um enorme gargalo", ressaltou Silvio Marchiori, diretor-presidente da CCR RodoNorte. VIADUTO Para os moradores dos bairros Guabiroba e Lagoa, o viaduto reduz o tempo gasto para a transposição da rodovia e dá mais segurança aos usuários. A obra vai interligar a Travessa Pioto com a Rua Agostinho Mocellin, na altura do quilômetro 118 da BR-277.

De acordo com a concessionária, no ano passado cerca de 170 acidentes foram registrados no trecho, onde passam aproximadamente 50 mil veículos todos os dias. "Uma obra importante para o município. Acidentes serão evitados, vidas serão preservadas", afirmou o prefeito Affonso Portugal Guimarães. Acompanharam o governador os secretários José Richa Filho (Infraestrutura e Logística) e Ratinho Junior (Desenvolvimento Urbano). "Mais uma meta que buscávamos e foi atingida. Além de toda segurança e mobilidade que dará, esta obra faz com que novas empresas já comecem a despertar o interesse para se instalarem aqui", destacou Richa Filho. Mário Benato, empresário e morador do bairro Guabiroba, comemorou a construção do novo viaduto, que considera como uma obra pensada mais na

Foto: Ricardo Almeida / ANPr

O viaduto é uma das obras que compõem o novo contorno da BR-277, que inclui a duplicação de 11 quilômetros da rodovia que corta o município

Governador Beto Richa inaugura o novo viaduto sobre a BR-277, km 118 em Campo Largo

parte humana do que na rodoviária, por ter calçadas em ambos os lados. "Tínhamos uma dificuldade enorme para atravessar. Muitos acidentes aconteceram aqui. Uma obra importantíssima, não só para o bairro, mas para a cidade como um todo", destacou. CONTORNO Além do novo viaduto, o novo contorno de Cam-

Deputados aprovam isenção de ICMS para diesel do transporte público metropolitano Por Nádia Fontana Os deputados aprovaram, na sessão plenária da Assembleia Legislativa desta terça-feira (26), o projeto de lei nº 70/13, do Poder Executivo, que dispõe sobre a isenção de ICMS nas operações internas com óleo diesel utilizado na prestação de serviços de transporte público coletivo urbano e metropolitano integrado de passageiros. A proposição, que passou em primeira discussão com 43 votos favoráveis, tramita na forma de substitutivo geral, estendendo para todas as cidades com mais de 150 mil habitantes do estado essa isenção de ICMS. A proposta original, encaminhada pelo Governo, garantiria, inicialmente, o benefício de uma tarifa de ônibus mais barata apenas à Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Porém, após diversos debates, o líder do Governo, deputado Ademar Traiano (PSDB), anunciou que recebeu aval do governador Beto Richa para estender o benefício para outras regiões, e apresentou o substitutivo aprovado na semana passada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Esse substitutivo aplica a isenção do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) aos municípios maiores, com grande fluxo de passageiros no sistema de transporte coletivo. De acordo com Traiano, "o governador demonstrou sensibilidade ao ouvir as ponderações dos deputados e autorizar um substitutivo de amplo interesse social, que vai beneficiar com subsídio, além de Curitiba e sua Região Metropolitana, as cidades de Cascavel, Foz do Iguaçu, Ponta Grossa, Maringá, Guarapuava, Paranaguá, Londrina, São José dos Pinhais e Colombo". Segundo o ele, serão beneficiadas, direta ou indiretamente, mais de seis milhões de pessoas, o que corresponde a 60% da população do Paraná. Para custear essa ajuda o Estado vai abrir mão de R$ 30 milhões em arrecadação do ICMS. Já na sessão desta terça-feira diversos deputados anunciaram a intenção de apresentar emendas à matéria, estendendo esse benefício a outras regiões do Paraná. A deputada Luciana Rafagnin, líder da bancada do PT, informou que os parlamentares da base oposicionista estão elaborando uma emenda para garantir a isenção do ICMS a municípios com mais de 50 mil habitantes. Também o deputado Gilberto Martin (PMDB) confirmou que pretende encaminhar uma emenda assegurando esse mesmo benefício aos municípios com mais de 80 mil habitantes. LEITURA Também nesta sessão foi apro-

vado, em primeira discussão, o projeto de lei nº 51/13, de autoria do Poder Executivo, instituindo o Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura do Paraná (PELLL). A proposição tem a finalidade de desenvolver e assegurar estratégias permanentes de planejamento, apoio e articulação para a execução de ações voltadas para o fomento da produção e circulação do livro, da leitura e da literatura. São seus objetivos, em consonância com o Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), diagnosticar, incentivar e promover ações na área do livro, leitura e literatura tendo em vista a democratização do acesso ao livro e à formação de mediadores para o incentivo à leitura, entre outros. No documento enviado ao Poder Legislativo o governador Beto Richa informa que "transformar o Paraná num estado de leitores é uma das principais diretrizes orientadoras de políticas públicas nas áreas de cultura e educação". Igualmente, em primeira discussão, passou o projeto de lei nº 48/12, do Governo, autorizando o Poder Executivo a custear as despesas dos conselheiros integrantes do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e do Conselho Estadual de Assistência Social; e o de nº 25/13, do deputado Gilson

BR-376, entre Ponta Grossa e Apucarana. No trecho de 231 quilômetros serão investidos cerca de R$ 1,2 bilhão nos próximos sete anos. Também estão em andamento a duplicação da BR277, entre Medianeira e Matelândia, na região Oeste. No último dia 14, o governador Beto Richa anunciou a duplicação de mais 14 quilômetros da mesma rodovia, na entrada de Cascavel. As obras serão realizadas pela EcoCataratas, que estuda toda a duplicação da via até Foz do Iguaçu. Fazem parte do pacote de investimentos já anunciados pelas concessionárias a construção do contorno de Mandaguari e a duplicação do trecho entre Jandaia do Sul e Apucarana.

André Vargas "Porto de Paranaguá é do Brasil" Sessão plenária que votou a isenção do ICMS para o diesel do transporte coletivo de Souza (PSC), concedendo o título de Cidadão Honorário do Paraná ao pastor Irineu Rodrigues, presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular de Curitiba. Por outro lado, o projeto de lei nº 306/12, de autoria do deputado Antonio Anibelli Neto (PMDB), que estava em segunda discussão, recebeu emenda do próprio autor, com apoio de outras parlamentares, e retorna à CCJ para nova apreciação. Essa proposição reforça a exigência legal para que as farmácias e drogarias no Paraná afixem nos seus estabelecimentos placas com indicação do nome do farma-

cêutico responsável, sua fotografia e respectivo registro junto ao Conselho Regional de Farmácia (CRF). A emenda estende essa exigência aos farmacêuticos substitutos e assistentes. E o projeto de lei nº 639/12, do Tribunal de Justiça, foi retirado de pauta por dez sessões, atendendo a requerimento assinado pelo presidente Valdir Rossoni (PSDB). No final da sessão, ao anunciar a pauta de votações de quarta-feira (27), o presidente da Assembleia lembrou que ela foi antecipada para o período da manhã, e terá início às 10 horas.

Leopoldo Meyer destaca a aprovação da licenciatura obrigatória para professor de Educação Física na educação Básica A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou recentemente a proposta que exige licenciatura em Educação Física para o professor que ministrar a disciplina na educação básica. Atualmente, essa exigência não consta da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - Lei 9.394/96), apesar de a disciplina ser componente curricular obrigatório na educação básica. "Pode ser prejudicial ao desenvolvimento da coordenação motora das crianças em tão importante idade de crescimento se as aulas de Educação Física forem ministradas por profissionais não habilitados", justifica Leopoldo Meyer. Segundo Meyer, pelo texto aprovado os Estados e Municípios terão o prazo de cinco anos para implementar, de forma gradual, a nova medida.

po Largo terá duas trincheiras, uma ponte, a modernização de dois viadutos já existentes e duas rotatórias. As obras estão gerando 1.600 empregos diretos e indiretos. As obras devem ser finalizadas neste ano, segundo Marchiori. "Temos negociado todas as demandas de melhoria da infraestrutura rodoviária com as concessionárias. Disse que iria despolitizar este assunto e estamos cumprindo nossos compromissos com os paranaenses", disse o governador Beto Richa. O secretário Richa Filho disse que a retomada das conversações com as concessionárias está permitindo a realização de obras que vão solucionar alguns dos principais gargalos logísticos do Paraná. Um dos exemplos é a duplicação da

Deputado Leopoldo Meyer, da Comissão de Educação

Ao participar da audiência pública na comissão mista sobre a MP 595/2012, que incentiva a abertura dos portos à iniciativa privada, o primeiro-vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), disse que o porto de Paranaguá não é somente do município e nem somente do Paraná, mas sim do Brasil. André Vargas defende o sistema de abertura dos portos brasileiros à iniciativa privada como forma de modernizar o sistema. "A questão em debate é para oferecer uma gestão mais aberta e eficiente, onde de fato ocorra o processo de modernização, com a diminuição do custo Brasil", defende. "A proposta em debate é para um novo modelo de porto, onde o estado não é o dono. O governador do Paraná defende manter as coisas como estão. O porto de Paranaguá em nada será prejudicado", complementou. André Vargas disse ainda que com a aprovação da MP, o porto de Paranaguá vai aumentar a sua eficiência e consolidar a parceria com o governo federal. O parlamentar disse ainda que o debate maior acontece por haver uma divisão entre os governadores que querem manter o controle político dos portos. "Nós não temos interesse nesse controle político, mas, na modernização do sistema e na sua gestão administrativa.Para que o Brasil possa exportar e importar mais, com eficiência e a

consequente redução do custo Brasil". O parlamentar participou da reunião no Senado Federal, com a Ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. DIREITO DOS TRABALHADORES Com relação à especulação de que com a aprovação da MP 595/2012 haveria demissões, André Vargas foi categórico ao afirmar que recebeu quase todas as Federações, Confederações e Centrais Sindicais para discutir a questão. "Temos administrado a possibilidade concreta de não haver qualquer alteração para os trabalhadores que atuam no setor", garantiu. Para Vargas, o que está claro é a possibilidade de contratação dos outros terminais que surgirão a partir da aprovação da MP. "Não vejo receios de demissão por parte dos trabalhadores", concluiu. Medida Provisória (MP) 595/2012 - Cria novas regras para a exploração dos portos, modificará definitivamente o setor e dará condições para atender a demanda crescente de cargas, que registrou aumento de 80% entre 2001 e 2012, quando foram movimentadas 904 milhões de toneladas nos terminais brasileiros. Segundo o ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), José Leônidas de Menezes Cristino. (João Ricardo, de Brasília - com informações da Agência Senado)


| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Crédito: João Senechal/PMC

4

Prefeita Beti Pavin firma parceria para a implantação de programa com o Provopar Estadual

A diretora do Provopar Estadual, Ana Maria Ghignone e a prefeita Beti Pavin conversam sobre o Programa Ecocidadão Paraná

Prefeitura de Colombo firma parceria com o Provopar Estadual Convênio vai melhorar as condições de trabalho, saúde e a renda dos catadores Aconteceu nesta terça-feira (26) a reunião que firmou a parceria entre a Prefeitura de Colombo e o Provopar Estadual (Programa do Voluntariado Paranaense), vinculado à Secretaria da Saúde e Bem-Estar Social do Estado. A reunião contou com representantes dos dois órgãos e a parceria vai trazer para o município o Programa Ecocidadão Paraná, uma ação que trará benefícios tanto aos catadores quanto ao meio ambiente. Segundo explicou a diretora de Qualificação Profissional e Geração de Renda

do Provopar Estadual, Ana Maria Ghignone, o programa atua não somente na parte ambiental, como também na questão cultural e até de saúde, já que o Ecocidadão Paraná auxiliará na forma como os catadores trabalham na coleta e separação do material reciclável. “O principal objetivo é retirar o catador do trabalho realizado nas ruas e mantê-lo dentro de espaços adequados para a separação do material. Desta forma ele deixa de ser catador e passa a atuar como separador do lixo reciclável, evitando o depósito deste material em

casa, melhorando suas condições de trabalho e saúde”, explicou Ana Maria. O acúmulo dos materiais recicláveis em domicílio pode atrair vetores, como ratos, e por consequência causar doenças graves, como a leptospirose. Início imediato e melhoria de renda Para evitar este tipo de situação, e melhorar a renda do profissional de reciclagem, a prefeita Beti Pavin determinou o início imediato dos trabalhos de identificação da situação atual do município com relação à reciclagem de materiais. Este levantamento será realizado

pela Secretaria de Meio Ambiente e pelos técnicos do Provopar, para que se identifique a forma mais rápida e eficaz de implementar o Ecocidadão Paraná em Colombo. “Desta forma nós poderemos assessorar as cooperativas de catadores desde a coleta até a comercialização do material reciclável. Isto vai aumentar a vida útil dos aterros sanitários e possibilitar ainda novas formas do uso industrial do resíduo depositado neste local”, informou a diretora do Provopar. Além disto, o Programa também vai melhorar consideravelmente a qualidade de vida

dos trabalhadores que atuam na coleta seletiva de lixo. Para completar, a diretora Ana Maria em consenso com a prefeita Beti Pavin enfatizaram que a maior preocupação é fazer com que os catadores “deixem de trabalhar de forma isolada e passem a atuar em associações, pois terão melhores condições de trabalho e preço justo para o material coletado”. Para a reunião estiveram presentes as assessoras do Provopar Estadual e o secretário municipal de Meio Ambiente, José Carlos Moretes do Amaral e equipe.

Cras Roça Grande apresenta as atividades para a população São oferecidos oficinas e projetos para todas as idades, desde os jovens até os idosos

Vice prefeito Ademir Goulart e autoridades prestigiam o evento

Souza. Para completar a acolhida e a apresentação dos trabalhos, os responsáveis pelo Cras realizaram um sorteio de brindes e ofereceram um lanche para os participantes. Estavam presentes o vice prefeito, Ademir Goulart, o secretário de Obras e Viação, Angelo Betinardi, o administrador da Regional Osasco, Angelo Alberti, os vereadores Waldirlei Bueno e Vagner da Viação, o padre Marcos e a comunidade em geral. Mais informações sobre as atividades e projetos podem ser obtidas pelo telefone 3666.6305.

Crédito: João Senechal/PMC

cou. Oficinas como pintura em tecido, manicure, EVA, aula de informática e os programas para os adolescentes Projovem, Atitude e o Bombeiro Aprendiz estão sendo realizados no Cras. Já para a melhor idade, a região disponibiliza Centros de Convivência onde o pessoal participa de bailes, passeios, podem consultar com um Geriatra, entre outros. “Aqui é um espaço para a família de Colombo onde pais, filhos e os avós são parceiros em tudo o que realizam, que aqui seja a extensão da casa de todos, tendo um ambiente sadio em casa e no Cras também”, disse a secretária da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva

Crédito: João Senechal/PMC

Na tarde de terça-feira, 26, a comunidade da região do Roça Grande pôde conhecer os trabalhos e as políticas públicas que serão desenvolvidas no Centro de Referência de Assistência Social - CRAS Roça Grande, neste ano de 2013. Atividades para todas as idades, desde os jovens até os idosos foram apresentadas. Na oportunidade, a coordenadora do Cras, Márcia Cristina Marques, apresentou a equipe de trabalho e quais as oficinas que estão disponíveis, bem como as atividades para a terceira idade. “As nossas atividades diárias são para oferecer desde um momento de descontração até uma capacitação”, expli-

Público presente conheceu as iniciativas do Cras Roça Grande

Secretária da Ação Social e Trabalho, Maria Souza sorteia brindes


5

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Metró ole Variedades Sorria, mesmo que seu sorriso seja triste, pois mais triste que um sorriso triste é a tristeza de não saber sorrir.

Nebulosidade variável com pancadas de chuva

Máx. 23º Mín. 15º

Dia 28: Mín. 12º e Máx. 24º Dia 29: Mín. 10º e Máx. 23º Dia 30: Mín. 10º e Máx. 24º

TOME NOTA / TOME NOTA / TOME NOTA PROGRAMAÇÃO DE CINEMA Pudim de Leite que não vai ao Forno Ingredientes: 2 latas de leite condensado 2 caixinhas de creme de leite 1 xícara (chá) de leite 1 envelope de gelatina em pó sem sabor 2 colheres (sopa) de açúcar para caramelar a fôrma Modo de Preparo: Hidrate e dissolva 1 envelope de gelatina em pó sem sabor em 1 xícara (chá) de leite. Num liquidificador coloque 2 latas de leite condensado, 2 caixinhas de creme de leite e a gelatina já hidratada e dissolvida no leite e bata bem até formar uma mistura homogênea. Transfira esta mistura para uma fôrma de pudim caramelada com 2 colheres (sopa) de açúcar e leve para gelar por +/- 3 h. Desenforme e sirva em seguida OBS.: Se quiser mais calda, numa panela coloque 1 xícara (chá) de açúcar e deixe derreter e ficar com cor de caramelo. Despeje 1 xícara (chá) de água, deixe o caramelo dissolver e chegar no ponto de calda grossa (10 minutos). Espere esfriar antes de jogar sobre o pudim. DICA 1: Mantenha as caixinhas de creme de leite na geladeira para que quando você for utilizá-las seu aproveitamento seja total. Quando você abrir a caixinha, o creme de leite vai estar firme e sairá todo de uma vez, sem precisar ficar raspando a embalagem. DICA 2: Se quiser acelerar o endurecimento do pudim coloque por 1 h o pudim no freezer e depois transfira para a geladeira. DICA 3: Não aqueça o fundo da fôrma para desenformar o pudim, apenas passe uma faca levemente aquecida na lateral do pudim para ajudar a soltá-lo. Depois, vire a fôrma sobre o prato de servir e desenforme.

Basílica e Comunidade Católica Shalom promovem Retiro de Semana Santa De 29 de março, Sexta-Feira da Paixão, até o dia 31, a Comunidade Católica Shalom em parceria com a Catedral Basílica de Curitiba realizam o Retiro de Semana Santa. O retiro acontece no Cenáculo Arquidiocesano e traz o tema “Nós conhecemos o amor que Deus nos têm, pois cremos nele” (I Jo 4,16). Na sexta-feira e no sábado o retiro se inicia às 8h30 e termina às 13 horas, e no domingo, às 14 horas, com término previsto às 17 horas e a Santa Missa. A entrada é franca. Mais informações pelo telefone da Comunidade Shalom: (41) 3024-6670 - atendimento das 14 horas às 22 horas. O Cenáculo Arquidiocesano fica na R. Mateus Leme, 1 - São Francisco. Telefone - (41) 33234190. Paralamas do Sucesso no Guairão: Ingressos à venda Trinta é o nome do projeto que os Paralamas do Sucesso preparou para comemorar seus 30 anos de carreira, contados a partir do lançamento do disco Cinema Mudo. A turnê chega a Curitiba no dia 11 de maio, sábado, às 21 horas, no Guairão (Praça Santos Andrade s/nº). Com direção de Claudio Torres e José Fortes, os Paralamas preparam um show inédito onde interpretam canções de artistas fundamentais na formação do som da banda nestes 30 anos: Led Zeppelin, The Clash, The Police, Jorge Ben, Gilberto Gil e Lulu Santos, dentre outros, além dos principais sucessos dos Paralamas. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Teatro Guaira ou pelo site www. tguaira.pr.gov.br. O espetáculo é uma parceria Planmusic e Verinha Walflor.

Pressão alta na gravidez aumenta o risco de doenças crônicas, diz estudo

Possuir semelhanças Com intimidade

Construiu a Arca (Bíblia)

Imaginar; fantasiar Jet (?), astro de filmes de aventuras

Criança, no Candomblé (bras.)

Sílaba de "grego" Várzea

U N O S

95

HQ de Luís Fernando Veríssimo Nise da (?), psiquiatra brasileira

Perda da memória Prefixo de "antipatia" Hora (símb.) Saudação esotérica

Sílaba de "canal"

Comissão de Valores Mobiliários

Caro; dispendioso Remédio anti-Aids

Olhei Conjunção aditiva (Gram.) Fertilizar (o solo)

Pontaria, em inglês

Caça leve de ataque, exportado pela Embraer

1.110, em romanos

(?) Toledo, comediante brasileiro

Designa o jagunço no Nordeste (?)-book, livro publicado na internet Associação Brasileira de Imprensa (sigla)

A emissora dos videoclipes

Primata que não suporta o cativeiro Richard Nixon, pivô do Watergate

Júbilo; exaltação

Solução M O E D A A M E R I C A N A

BANCO

(?) Barbosa: a Águia de Haia

A M U A N N O S A S I C V O B A R U A S A R R I

5) Qual dessas personagens foi interpretada por Lucinha Lins na novela “Vidas Opostas”? a) Joana b) Erínia c) Ísis d) Lúcia

É a mais usada no comércio Únicos; internasingulares cional

M C O O A M A R G R E E I R M N E H R O S A D U E A B R E A B I L E G

4) Cidinha e Leda eram personagens de quais atrizes na novela “Perigosas Peruas” que foi exibida pela Globo? a) Nair Bello e Sílvia Pfeifer b) Vera Fischer e Bianca Byington c) Vera Fischer e Nair Bello d) Vera Fischer e Sílvia Pfeifer

Líder revolucionário do México

G R E A N D E I L V A A L N E T I M C M X V A

3) Miriam foi personagem de Gabriela Duarte em qual dessas produções? a) “Eterna Magia” b) “Vidas Opostas” c) “Sete Pecados” d) “Malhação”

© Revistas COQUETEL 2007 Forma Veículo O nome da Fase oficiais do para letra que da indusnão ante- trialização crianças Exército (sigla) pequenas cede o "B" do café

Proteção de jardins

T E M I L S I A N O A Z A P A M T A

2) Na novela “Páginas da Vida”, qual dessas atrizes interpretou Nanda, a filha de Marta, personagem vivida pela atriz Lília Cabral? a) Grazi Massafera b) Danille Winits c) Fernanda Vasconcellos d) Marjorie Estiano

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br

3/aim — amx. 5/idear. 6/moagem. 7/oneroso. 8/silveira.

1) Como se chamava a personagem da atriz Raquel Nunes, na minissérie “Rei Davi”, que foi ao ar pela Rede Record? a) Tirsa b) Risca c) Abiatar d) Selima

Um novo estudo desenvolvido pela Oulu University Hospital, na Finlândia, descobriu que qualquer caso isolado de aumento na pressão arterial na gravidez - e não somente a pré-eclâmpsia ou eclampsia - podem favorecer casos futuros de condições crônicas, como doenças cardiovasculares, insuficiência renal crônica e diabetes. Os resultados foram publicados em fevereiro na revista Circulation. O trabalho analisou o período prénatal de 10.314 mulheres grávidas inscritas no estudo Northern Finland Birth Cohort 1996 e acompanhadas depois do nascimento durante 40 anos em média. Uma pressão arterial normal foi definida como 145/95mm Hg. Os estudiosos notaram que um terço das mulheres estudadas tiveram pelo menos uma medição de pressão acima do especificado durante a gestação. Comparadas com as mulheres que mantiveram a pressão arterial normal durante a gravidez, as mulheres que tiveram alguma alteração ou sofreram préeclâmpsia tiveram um risco de 14% a 100% maior de desenvolver doenças cardiovasculares ao longo dos 40 anos de estudo, além de serem de duas a cinco vezes mais propensas a morrer em decorrência de um infarto. O risco de hipertensão foi de 1,6 a 2,5 vezes maior, enquanto o de diabetes foi de 1,4 a 2,2 vezes maior do que as mulheres que não sofreram alterações na pressão arterial durante a gravidez. Além disso, as chances de as participantes com pressão alta na gravidez sofrerem de insuficiência renal crônica também foi de 1,9 a 2,8 maior. De acordo com os pesquisadores, mesmo as mulheres que tiveram a pressão normalizada depois do nascimento do filho ainda correm esses riscos. Eles afirmam que os resultados mostram que mesmo incidentes isolados de pressão alta durante a gravidez merecem a atenção dos médicos, além de acompanhamento para a prevenção das doenças citadas na pesquisa.

(Respostas: 1- b / 2-c / 3-c / 4-d / 5-c)


6

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Começa nesta quarta a 21ª Feira do Peixe Vivo Além de encontrar peixes frescos com preços bem abaixo do mercado o consumidor pode escolher entre levá-lo vivo ou já limpo para casa

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento promove nesta quarta (27) e quinta feira (28) a 21ª Feira do Peixe Vivo de São José dos Pinhais. Tradicional na cidade, a Feira do Peixe Vivo acontece todos os anos, durante a Semana Santa, e tem como objetivo principal, além de gerar renda aos piscicultores locais que participam de

programas da secretaria, integrar a população da cidade. Tilápia, Carpa Capim e Bagre Jundiá são algumas das espécies que poderão ser encontradas na feira. Estes peixes são resultado dos programas de incentivo da Prefeitura Municipal aos pequenos produtores. Todo ano os piscicultores de São José dos Pinhais recebem sub-

sídio da Prefeitura para a aquisição de alevinos e contam com o auxílio técnico dos profissionais da Secretaria de Agricultura e da EMATER nas suas criações. Prefeitura oferece toda estrutura física e suporte para a realização da feira. Para participar os produtores devem oferecer para venda no mínimo 300 quilos de peixe e

Instituto de Pesos e Medidas divulga resultados da "Operação Páscoa 2013" O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (IPEM) divulgou nesta terça-feira (26) os resultados da "Operação Páscoa 2013", que fiscalizou chocolates e pescados para verificar o peso dos produtos, o aspecto formal da indicação quantitativa na embalagem e os brindes contidos nos ovos de chocolate comercializados no Estado. O objetivo é garantir maior segurança ao cidadão, principalmente às crianças, na hora de adquirir o produto. Realizada em todo o Estado, pela sede do IPEM em Curitiba e pelas regionais de Londrina, Maringá, Cascavel e Guarapuava, a Operação Páscoa verificou 681 itens. Outros 188 foram examinados nos laboratórios do IPEM. A Operação lavrou 36 autos de infração devido ao fato de a quantidade não estar condizente com o indicado na embalagem do produto. Isso representou 4,14% do total de irregularidades. ANTECIPADO Este ano o IPEM iniciou a fase de coleta das amostras para conferência em dezembro do ano passado, fazendo um trabalho junto aos fabricantes, pois naquele período os produtos ainda estavam em fase de produção. O objetivo foi antecipar a checagem do produto antes que fosse para a área de venda do comércio. De acordo com o presiden-

te do IPEM do Paraná, Rubico Camargo, os fiscais do Instituto realizam avaliações preliminares nos locais de revenda e exames finais nas indústrias. Nesta etapa foram verificados 681 itens. Também foram coletados 188 itens que seguiram para os laboratórios do IPEM para a realização dos exames periciais. "Os exames realizados nos itens de chocolate são para verificação do peso declarado na embalagem e, também, conferir se os brindes contidos nos produtos PRODUTO

seguem as especificações permitidas para a idade, segundo as regras do Inmetro, sendo obrigatória a presença da certificação", explica Rubico. A Operação Páscoa também verificou a conformidade com os padrões de qualidade dos brindes colocados dentro dos ovos. O peso desses brindes deve ser descontado da pesagem total do chocolate. "O brinquedo é um produto certificado pelo Inmetro e só pode ser comercializado se tiver a marca de certiMARCA

Balas de goma tipo americana frutas sortidas Gomets Chocolate branco Laka Moeda chocolate branco berço Makrobom Chocolate cookies Aplauso Neugebauer Balas de banana com chocolate Joice Banana com chocolate ao leite Duschlle Chocolate branco com recheio sabor chocolate Tortuguita Chocolate recheado com wafer Bis Xtra Pão Páscoa Frutas Big Bombom recheado caramelo e nougat Milky Way Chocolate ao leite aerado Suflair Chocolate ao leite com avelãs Talento Bombom com caramelo e amendoim Snickers Chocolate Neugebauer Chocolate aerado ao leite Bubbly Chocolate ao leite com crocante Diamante Negro Chocolate Arcor Chocolate amargo com amêndoas Talento Bombom rech. Com flocos e chocolate Chokito

ficação, o que garante que o objeto passou por todos os ensaios de qualidade e não representa risco em potencial à criança", disse o presidente do IPEM. O descumprimento desses critérios pelas empresas pode acarretar em multa. Se forem detectadas irregularidades, será lavrado um auto de infração. O proprietário, após o recebimento, terá um prazo de dez dias para apresentar defesa junto ao órgão. Foram reprovados os seguintes produtos:

UNIDADES UNIDADES DES VERIFICADAS REPROVADAS 5 2 5 5 13 2 13 2 13 10 13 12 13 1 32 9 13 13 32 5 12 5 3 5 5 1 20 5 13 20

INDICAÇÃO VALOR NOMINALENCONTRADO 120g 117g 25g 22g 120g 119g 100g 99g 250g 234g 100g 91,9g 18g 17,7g 55g 51,2g 52,3g 130g 100g 52,7g 130g 110g 70g 160g 90g 32g

50,8g 126,8g 99,4g 50,4g 128g 105g 59,2g 154,1g 89,4g 30,7g

Entre os pescados, que também são fiscalizados nesta época devido ao alto consumo de produtos similares, foram reprovados os seguintes artigos: PRODUTO MARCA UNIDADES UNIDADES INDICAÇÃO VALOR DES VERIFICADAS REPROVADAS NOMINALENCONTRADO Camarão 7 Barbas congelado Fama Pesca 13 13 500g 359,7g Filé de peixe Panga sem pele congelado Leardini 13 12 1.000g 955g Camarão congelado e descascado 7 Barbas Costa Sul 13 13 500g 418,4g Filé de Congrio Rosa congelado Blouberg 13 13 500g 417,8g Filé de Merluza congelado Nave Pesca 13 13 1.000g 845g Filé de peixe Abadejo congelado Costa Sul 13 13 1.000g 909g Camarão vermelho sem cabeça congelado Penha Pescados 13 13 1.000g 811g Filé de peixe Abadejo congelado Vitalmar 13 13 1.000g 806g Filé de peixe Polaca do Alasca sem pele Costeira 13 13 1.000g 876g

Profissionalização para atendimento profissional Foto: CMSJP

ficarem responsáveis pela pesca e transporte do pescado. Além da qualidade do peixe fresquinho, os preços praticados na Feira do Peixe Vivo são abaixo dos encontrados no mercado. Em média o quilo do pescado terá o custo de R$ 9,50, com a limpeza também sendo praticada no local a um custo de R$ 1,50. A Secretaria Municipal de Agricultura estima que este ano devam ser comercializadas cerca de 10 toneladas de peixes. A feira será localizada na Praça do Verbo Divino, ao lado da Câmara Municipal de São José dos Pinhais. As atividades têm inicio às 9 horas da manhã e permanecem durante todo o dia. Além da comercialização de peixes vivos, filés de Tilápia fresco e congelado serão vendidos na feira. Uma praça de alimentação, com barraquinhas que fazem parte da Feira Livre de São José, também será instalada no local.

Cesar Luiz Schlipake, vice-presidente da Aciap A gestão 2013-2014 da Associação Comercial de São José dos Pinhais (Aciap) tem como meta a profissionalização interna dos serviços para melhor atendimento aos associados. O plano estratégico desenvolvido com apoio dos diretores é baseado na aplicação de uma gestão profissional em todos os segmentos. O planejamento, em execução, prioriza basicamente uma grande reestruturação dentro da associação, incluindo reorganização do quadro de funcionários, de serviços, como o SCPC, implantação de novos serviços e fortalecimento da relação entre Aciap, entidades parceiras e associados. Se a Associação Comercial chegará, ano que vem, aos seus 50 anos de atividade, somente com a busca pela qualidade total é que se garantirá a posição de que a instituição é uma das principais entidades empresariais do Brasil. A reestruturação interna que estamos desenvolvendo tem como objetivo a conquista de modelos de gestão como o Cinco S e certificação ISO 9.001. Considero que somente com metas desafiadoras teremos o incentivo necessário para o envolvimento dos funcionários, diretores, coordenadores e integrantes das Câmaras Setoriais e Conselho Deliberativo. Convido aos associados que contribuam com suas críticas e sugestões para o crescimento da Aciap.

FALECIMENTOS  Nelson José Lima, 56 anos. Sepultamento hoje, às 9 horas, no Cemitério Caminho do Céu.  Francisco Kruk, 82 anos. Sepultamento hoje, às 11 horas, no Cemitério Memorial da Vida.  Adenilson de Souza Melo, 34 anos. Sepultamento hoje, às 10 horas, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim. Serviço Funerário Municipal - São José dos Pinhais Rua Ângelo Zem, 55 Centro - Fone : 3382 1271


7

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

TR, POUPANÇA E TBF TR MENSAL % dez jan 0,00 0,00

Copel fez investimento recorde de R$ 1,87 bilhão no ano passado O setor em que a Copel mais investiu no Estado foi na Distribuição, área encarregada do fornecimento de energia elétrica, com a aplicação de R$ 778 milhões A Companhia Paranaense de Energia (Copel) fez investimentos de R$ 1,87 bilhão em 2012, um recorde na história da empresa. Conforme balanço divulgado nesta terça-feira (26/ 03), o volume de recursos investidos pela estatal no ano passado foi R$ 103 milhões maior do que em 2011. O setor em que a Copel mais investiu no Estado foi na Distribuição, área encarregada do fornecimento de energia elétrica, com a aplicação de R$ 778 milhões. Entre as principais obras a empresa destaca as novas subestações em Curitiba, Londrina, Maringá, União da Vitória, Prudentópolis, Ibaiti e Paulo Frontim. Em 2012, a Copel chegou a quatro milhões de ligações elétricas, levando energia a mais de 10 milhões de paranaenses. “Também foram feitas melhorias na rede elétrica urbana em todas as regiões do Estado”, afirma o presidente da companhia, Lindolfo Zimmer. Na área de telecomunicações, o investimento foi de R$ 79,9 milhões, com destaque para a conclusão da rede de fibra óptica da Copel, que atingiu todos os 399 municípios, tornando o Paraná o primeiro estado brasileiro 100% digital. No setor de geração, destacam-se em 2012 investimentos

de R$ 220 milhões para as conclusões das obras das usinas Mauá e Cavernoso 2. A primeira foi inaugurada pelo governador Beto Richa em dezembro passado. Cavernoso 2 será inaugurada ainda no primeiro semestre. BALANÇO A receita operacional líquida da Copel foi de R$ 8,5 bilhões em 2012, 9,7% maior do que no ano anterior. O lucro líquido foi de R$ 726 milhões, 38% menor do que em 2011. O principal impacto no lucro líquido foi relacionado aos efeitos do 3º Ciclo de Revisão Tarifária, cujos ajustes no balanço patrimonial da Copel Distribuição, conforme determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), causaram perdas líquidas de R$ 236,6 milhões - que resultou em redução tarifária média percebida pelo consumidor de 0,65%. Também contribuíram para o resultado negativo no lucro líquido a adequação à Resolução Aneel nº 474/12, que determinou o alongamento da vida útil dos ativos de energia; o movimento de ativos e passivos regulatórios não reconhecidos; e a adesão de 790 empregados ao Programa de Sucessão e Desligamento Voluntário (PSDV) ao longo de 2012.

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama) emitiu nesta terça-feira (26), em Brasília, a licença para a dragagem de aprofundamento do Porto de Paranaguá. O documento permite que o governo federal, através da Secretaria de Portos, inicie imediatamente o processo licitatório para a contratação do serviço. “Minha primeira determinação de governo foi a realização da dragagem dos berços de atracação do porto de Paranaguá, para que ele voltasse a ser competitivo e fossem eliminadas as constantes perdas de cargas que o Paraná vinha sofrendo”, disse o governador Beto Richa. “Já finalizamos duas obras de dragagem somente neste governo e esta licença é a comprovação do trabalho árduo que temos feito para tornar os portos de Paranaguá e Antonina cada vez mais com-

APPA Arquivo

Ibama emite licença ambiental para dragagem do Porto de Paranaguá

Draga chinesa no Porto de Paranaaguá

petitivos e eficientes”, afirmou Richa. Essas duas obras foram feitas com recursos do Estado. De acordo com o secretário de infraestrutura e logística, José Richa Filho, o governo do Estado tem feito um trabalho intenso junto aos órgãos federais em Brasília para conseguir emitir as licenças necessárias para realiza-

ção de obras no Porto. “Herdamos uma relação com o governo federal bem complicada e hoje temos um bom trânsito junto aos órgãos licenciadores. Cumprimos as demandas que nos foram passadas, atendemos os pré-requisitos e agora estamos aptos a realizar mais esta importante obra de dragagem dos Portos”, disse.

OBRA Com a dragagem de aprofundamento, o Canal da Galheta – que dá acesso aos portos de Paranaguá e Antonina – passará a ter 16 metros de profundidade e a bacia de evolução, 14 metros. Parte da obra será paga com recursos federais já destinados ao Porto de Paranaguá através do PAC 1, no valor de R$ 53 milhões. De acordo com o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, a licença foi obtida mediante um árduo trabalho de toda a equipe de técnicos da Appa. “Foi uma vitória importante. Mas seguimos trabalhando para a obtenção da licença de instalação, que permitirá o início os trabalhos de aprofundamento propriamente ditos. Com a licença que foi emitida hoje, o governo federal está apto para dar início á licitação do serviço”, explica Dividino.

fev 0,00

mar 0,00

ano 0,00

12 m 0,10

POUPANÇA MENSAL % dez jan fev 0,50 0,50 0,50

mar 0,50

ano 1,51

12 m 6,27

ÍNDICES DIÁRIOS Período 1/3 a 29/3 1/3 a 30/3 1/3 a 31/3 1/3 a 1/4 2/3 a 2/4 3/3 a 3/4 4/3 a 4/4 5/3 a 5/4 6/3 a 6/4 7/3 a 7/4 8/3 a 8/4 9/3 a 9/4 10/3 a 10/4 11/3 a 11/4 12/3 a 12/4 13/3 a 13/4 14/3 a 14/4 15/3 a 15/4 16/3 a 16/4 17/3 a 17/4 18/3 a 18/4 19/3 a 19/4 20/3 a 20/4 21/3 a 21/4

TR 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000

TBF 0,4984 0,4984 0,4984 0,4984 0,5074 0,5328 0,5682 0,5759 0,5711 0,5656 0,5163 0,5246 0,5509 0,5863 0,5529 0,5563 0,5489 0,4985 0,5114 0,5371 0,5770 0,5354 0,5988 0,5354

CONSTRUÇÃO em % dez jan fev CUB/PR 0,23 0,18 0,26 CUB (fevereiro/2013): R$ 1.079,94

Poupança 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134

ano 0,44

12 m 8,15

FAJ-TR / TR-FATOR

24/3 25/3 SELIC Fev/12 Mar/12 Abr/12 Mai/12 Jun/12 Jul/12 Ago/12

2,76809740 2,76809740

0,75% 0,82% 0,71% 0,74% 0,64% 0,68% 0,69%

0,01240190 0,01240190

Set/12 Out/12 Nov/12 Dez/12 Jan/13 Fev/13 * Mar/13

0,54% 0,61% 0,55% 0,55% 0,60% 0,49% 1,00%

* No mês corrente o valor da Selic é sempre 1,00% IR - NOVEMBRO * IR 2012: A ultima parcela do IR 2012 vence em 30/11. Para pagamento desta parcela há juros Selic de 6,00%. ** Para pagar atrasado um tributo cujo vencimento foi no mesmo mês, será cobrada a Selic do mês corrente (1,00%). Para atrasos que extrapolem o mês em curso, será cobrada taxa equivalente à soma da Selic dos meses em atraso, mais multa. PREVIDÊNCIA Competência: JANEIRO As empresas têm prazo para pagar até 20/2 e as pessoas físicas até 15/2. A partir desses prazos há multas de 4% a 100%, além de juros pela taxa Selic. EMPRESÁRIO/EMPREGADOR Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 678,00 (R$ 74,58) e R$ 4.159,00 (457,49), através de GPS. AUTÔNOMO 1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 678,00 (R$ 135,60) a R$ 4.159,00 (R$ 831,80). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% até o máx. de R$ 4.159,00 (R$ 457,49) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 4.159,00 (R$ 457,49). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 4.159,00. FACULTATIVO

OPINIÃO

Vagner Jaime Rodrigues

ASSALARIADOS

Cuidados com o Imposto de Renda enquanto o futuro não vem No futuro não muito distante, os brasileiros terão apenas de validar a declaração do Imposto de Renda, que será preparada pela própria Receita Federal. Porém, enquanto esse leão cibernético não vem, é necessário que cada contribuinte elabore proativamente o seu documento anual de prestação de contas ao fisco. Na elaboração desse trabalho, cujo prazo de entrega é 30 de abril, é preciso muito cuidado. Há mudanças inseridas na declaração das pessoas físicas que requerem todo o zelo no exercício de preenchimento. Atenção especial aos detalhes contidos nos itens relativos aos pagamentos feitos e doações realizadas. Esse detalhamento todo introduzido pela Receita Federal relativo às informações passadas nas declarações feitas pelas empresas às quais os consumidores e usuários de serviços fizeram seus pagamentos ao longo do ano, complica a vida das pessoas físicas e pode resultar no aumento do número de peixes contribuintes capturados pela malha fina do Leão. De fato, o questionamento por parte do fisco perante os contribuintes pessoas físicas cresce na mesma proporção em que se vai tornando mais complexa a legislação. Atualmente, diversificam-se as regras de tributação sobre operações de aplicações financeiras, investimentos em participações societárias, vendas de bens imóveis e móveis e doações, dentre outras operações diversas. Assim, ao preencher a declaração, seja qual for o modelo, simplificado ou não, devemos nos certificar de que a legislação está sendo aplicada corretamente e que a declaração, eventualmente errada, não acabará gerando dissabores para o contri-

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 678,00 (R$ 135,60) e R$ 4.159,00 (R$ 831,80), através de carnê.

buinte pessoa física. O problema é que a maioria dos cidadãos não tem conhecimento para avaliar os quesitos legais de cada transação financeira ou de consumo que efetuaram e se a maneira como lançam isso em sua declaração estão em conformidade com as normas e a legislação. São incertezas e dúvidas que sempre surgem na preparação e entrega da declaração anual. Diante dos riscos, sempre que possível é importante contar com a assessoria de profissionais capacitados, não só na hora de prestar contas ao Leão, mas durante todo o ano, na análise de cada operação que resulte em tributação. Com isso, seriam significativamente mitigados os riscos e, o que é muito importante, otimizadas as restituições quando estas são pertinentes e racionalizado o montante dos impostos a serem recolhidos. Muitas vezes, por desconhecimento, paga-se mais do que o devido e se recebe menos do que o justo! Assim, enquanto o futuro não chega, trazendo declarações prontas do Imposto de Renda, apenas para serem validadas pelos contribuintes, é preciso fazer com eficácia a lição anual de nossa prestação de contas à Receita Federal. Como já pagamos impostos demais no Brasil, é necessário fazer isso direito, porque ninguém merece a malha fina. Vagner Jaime Rodrigues é mestre em contabilidade, professor universitário, sócio da Trevisan Gestão & Consultoria e da Efycaz Trevisan – Aprendizagem em Educação Continuada. E-mail: jaime.rodrigues@tgec.com.br

Salário Contribuição (R$) Até 1.247,70 De 1.247,71 até 2.079,50 De 2.079,51 até 4.159,00

Alíquota 8,00% 9,00% 11,00%

EMPREGADOS DOMÉSTICOS Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 54,24 81,36 135,60

SALÁRIO FAMÍLIA – MARÇO/2013 Salário de até R$ 646,55 Salário de R$ 646,55 a 971,78

R$ máx 457,49 499,08 956,57

R$ 33,16 R$ 23,36

OUTROS ÍNDICES BTN + TR TJLP Sal. Mínimo FGTS UPC

Dez 1,570040 5,50 622,00 0,2466 22,31

Jan 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

IR – TABELA DE MARÇO Desconto na fonte e carnê-leão Base (R$) Alíquota Até 1.710,78 isento 1.710,79 a 2.563,91 7,5% 2.563,92 até 3.418,59 15,0% 3.418,60 até 4.271,59 22,5% Acima de 4.271,59 27,5%

Fev 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Mar 1,570040 5,00 678,00 0,2466 22,31

Dedução – R$ 128,31 R$ 320,60 R$ 577,00 R$ 790,58

Deduções: a) Assalariados: 1) - R$ 171,97 por dependente; 2) - pensão alimentícia; 3) - contribuição à Prev. Social; 4) - R$ 1.710,78 por aposentado a partir de 65 anos; 5) - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carnê Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.


8

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Governador repassa equipamentos de saúde para 68 municípios

Chocolate faz mal e pode intoxicar os cães

Em dezembro, Richa entregou 55 conjuntos de aparelhos para melhorar a atenção básica de saúde nos municípios paranaenses

Governador Beto Richa e o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, durante a entrega dos equipamentos mais qualidade nas unidades dos muO governador Beto Richa entreos conjuntos para as Unidades de nicípios beneficiados, evitando que as gou nesta terça-feira (26/03) equipaSaúde foram: Anahy, Bituruna, pessoas precisem se deslocar para mentos para reforçar o atendimento Califórnia, Conselheiro Mairinck, Code saúde em 68 municípios realizar exames e consultas. "O Paraná ronel Vivida, Foz do Jordão, Francisco paranaenses. Entre os materiais eshoje é um Estado mais saudável", disAlves, Iguati, Itapejara do Oeste, Ivaí, se o governador. "Conseguimos alcantão 19 conjuntos de aparelhos para Laranjal, Munhoz de Melo, Pontal do estruturação de Unidades de Saúde çar avanços significativos agindo sem Paraná, Quarto Centenário, Quedas medir esforços", afirmou. da Família que estão sendo implando Iguaçu, Rio Branco do Ivaí, São tadas no Estado. Também foram enO governador citou a redução de João do Caiuá, São Miguel do Iguaçu 21% na mortalidade materna, a amtregues 16 aparelhos de raio-x e 200 e Tomazina. pliação no número de transplantes, o computadores. Em dezembro, o governador ensuporte financeiro para hospitais Os conjuntos são compostos de tregou 55 conjuntos de aparelhos para municipais e filantrópicos, com o pro65 itens, incluindo consultórios melhorar a atenção básica de saúde odontológicos, mesas clínicas, balangrama HospSus, e a melhoria da rede nos municípios paranaenses. Até ças, autoclaves, pinças e armários, de urgência e emergência em várias re2014, o governo estadual pretende giões do Paraná. Ele destacou ainda os entre outros equipamentos necessáconstruir, reformar e ampliar 400 Uniinvestimentos na área de saúde, que rios para garantir atenção adequada dades de Saúde da Família. Já foram atingem 12% do orçamento do Estaaos pacientes. entregues 68 novas unidades e outras do, conforme determina a Emenda 29. Richa afirmou que os novos equi107 estão em construção. "Somos pamentos garantem atendimento de Os 19 municípios que receberam parceiros dos municípios", disse.

"Não basta construir uma unidade de saúde ou hospital, também temos que investir em custeio e, principalmente, em equipar essas unidades", destacou o secretario de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto. Ele informou que mais 70 conjuntos estão sendo adquiridos e serão repassados para cidades ainda não atendidas. "Temos um governo municipalista, que reforça a atenção básica a saúde onde as pessoas mais precisam", disse Caputo Neto. Ele adiantou que no início do próximo mês o governador Beto Richa lança o Programa Paraná Urgência, que vai disponibilizar R$ 210 milhões para custear atendimentos de emergências. RAIO X Os 16 aparelhos de raio-x repassados pelo Estado foram adquiridos com recursos de emendas de parlamentares. O investimento chega a R$ 1,26 milhão. " Os municípios beneficiados são: Bela Vista do Paraíso, Foz do Iguaçu, Jaguapitã, Matelândia, Paiçandu, Paranavaí, Pinhão, Piraí do Sul, Roncador, Salto do Lontra, Santa Maria do Oeste, São Jorge do Patrocínio, São Miguel do Iguaçu, Tamarana, Toledo e Tomazina. COMPUTADORES Os computadores são do Programa de Expansão da Estratégia Saúde da Família, do Ministério da Saúde. O Paraná definiu os municípios beneficiados pelo fator de correção de desigualdades regionais e o número de equipes cadastradas para atuação na Saúde da Família. Ao todo 39 municípios receberão computadores. Acompanharam a entrega de equipamentos o secretário de Estado do Meio Ambiente, Luiz Eduardo Cheida; os deputados estaduais Ademar Traiano, Nelson Luersen, Doutor Batista, Nelson Justus, Nereu Moura, Evandro Junior, Alexandre Cury, Rose Litro, Nelson Garcia, Duílio Genari, Leonaldo Paranhos, Alceu Maron, Fernando Scanavaca, Teruo Kato, Jonas Guimarães e Pedro Lupion; prefeitos e outras autoridades.

Especialistas alertam que chocolate causa riscos cardíacos em cães

Chocolate branco, preto, com passas ou com avelã: é duro resistir a essas gostosuras, principalmente em época de Páscoa. Mas é bom deixar as guloseimas longe dos cães e gatos. Segundo a médica veterinária do Hospital Veterinário Pró Vita Rhea Cassuli Lima dos Santos, o chocolate contém um conservante, a teobromina, que intoxica os cães, provocando um aumento na frequência cardíaca. "A teobromina é um conservante que está presente no cacau, e é bem tóxico para os cães, como se fosse um veneno. Os gatos também são sensíveis, mas os cachorros acabam sofrendo mais. Vale lembrar, também, que a gordura e o açúcar presentes no chocolate predispõem à gastrite, pancreatite e gastroenterite", explica a veterinária. O conservante estimula o sistema nervoso central e pode causar tremores musculares, acelerar a frequência cardíaca e ter efeito diurético. "Em muitos casos, os cães chegam bem desidratados. Os sinais podem começar de seis a dez horas depois da ingestão. O animal pode demonstrar bastante sede, vômito, diarreia e ficar bem inquieto", lembra a veterinária. Segundo Rhea, quanto mais escuro o chocolate, maior a quantidade de teobromina. Mas ela esclarece: os chocolates brancos são tão perigosos quanto os demais. "O cuidado deve ser o mesmo, porque o chocolate branco tem mais gordura". A intoxicação por teobromina varia de paciente para paciente, e é relacionado mais à sensibilidade do cão do que em relação à dose oferecida. "Alguns animais têm reação negativa já com uma dose pequena, outros não. Então, varia bastante", acrescenta a veterinária. Para os donos que não querem deixar o pet passar a Páscoa sem um chocolate, vale lembrar que em pet shops existem chocolates específicos para os cães, que são isentos de cacau e teobromina, e com quantidade mais baixa de açúcar. Caso seu cão "roube" um chocolate sem você ver e passe mal, leveo imediatamente a um médico veterinário, para que se diminuam os efeitos colaterais. "Se não houver um médico por perto, mantenha o animal bem hidratado. Mas caso comece com vômito, retire a comida e a água e leve ao veterinário o quanto antes. É um caso grave e precisa ser avaliado por um profissional", resume Rhea.


| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Centro Cultural entra na rota do Festival de Teatro de Curitiba Na edição de 2013, além de sediar algumas apresentações, foram selecionados quatro espetáculos teatrais de Pinhais para compor o Festival

Viúva porém Honesta para Jovens – será umas das peças apresentada no festival

Mais uma vez Pinhais estará presente no Festival de Teatro de Curitiba. Entre os dias 26 de março e 07 de abril acontece a maior vitrine de teatro do cenário brasileiro. A mostra Fringe, que chega a sua 16ª Edição terá entre as suas mais de 374 peças vindas de todo o Brasil, quatro espetáculos saídos do Centro de Treinamento dos Atores de Pinhais. Os espetáculos apresentados pelos alunos do Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann são: “Salveme quem Puder ” do Turmashow com direção de Arnaldo Silveira e Direção Musical de Cintia Bender, “Viúva porém Honesta – Para jovens” adaptação do original de Nelson Rodrigues, “A transa é...” texto e direção de Arnaldo Silveira e “Trifuks e Trapaças”sob a direção de Edgard Assumpção. Além das peças, o Teatro do Centro Cultural entrou na rota do evento e será palco de algumas apre-

sentações do Festival. Segundo o Secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Ricardo Pinheiro conseguir trazer os espetáculos do Festival de Teatro é muito importante para o município. “Nós já participamos há algum tempo da mostra e ter peças representadas, além de um espaço adequado para receber os espetáculos, mostra que Pinhais está sendo vista e reconhecida, e isso se deve a um investimento muito grande que é realizado na área cultural”, complementa Ricardo Pinheiro. O Centro Cultural é um espaço multifuncional, que comporta diversas áreas da cultura. O teatro abriga muitas vertentes artísticas, desde dança, teatro, apresentação de música entre outras. Confira a Programação: Salve-me quem Puder dias 27, 29 e 30 de março as 21:00 no Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann – Rua 22 de Abril 305

– Centro de Pinhais. Viúva porém Honesta para Jovens dias 28, 31 de março e 1º de abril às 21:00 no Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann – Rua 22 de Abril 305 – Centro de Pinhais. A Transa é... dias 2 e 3 de abril às 20:00 no Centro

Cultural Wanda dos Santos Mallmann – Rua 22 de Abril 305 – Centro de Pinhais. Trifuks e Trapaças dias 06 de abril às 18:00 horas e 07 de abril às 11:00 horas, no Teatro AMORC - Auditório H. Spencer Lewis – Bacacheri – Curitiba.

9

Obras do Governo Federal vão melhorar integração entre Pinhais e Curitiba Através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - Mobilidade - Copa 2014, a integração entre Pinhais e Curitiba será facilitada. O investimento é de cerca de R$ 12 milhões do Governo Federal. A obra na Avenida da Integração, se estende por 5,145 quilômetros que contempla recapeamento, calçamento e iluminação novos, drenagem, ciclovias, paisagismo e estacionamento. Nesta segunda-feira (25), o governador Beto Richa acompanhado do secretário do Desenvolvimento Urbano – Sedu, Ratinho Junior visitaram as obras em Pinhais e enfatizou a importância do investimento do Governo Federal para a melhoria da infraestrutura na Região Metropolitana. “Esse investimento não é só para Copa do Mundo. Este é um dos legados da Copa”, afirmou o governador Beto Richa. “É uma obra importante para a cidade de Curitiba e para toda a região metropolitana”, disse o governador. A vice-prefeita de Pinhais, Marli Paulino também visitou a obra. Para ela o bom momento que vive o município favorece a todos que vivem e visitam Pinhais. “Toda esta região do bairro Atuba foi bastante beneficiada com importantes obras de infraestrutura que ocorreram nos últimos anos. Agora, com este inves-

timento do Governo Federal, acredito que a região terá ainda mais desenvolvimento”, salientou. OBRA A requalificação inicia na confluência das ruas Santa Madalena Sofia Borat com José Zgoda, no Bairro Alto, e se estende até a Avenida Jacob Macanhan, em Pinhais. No trecho Avenida Santa Madalena - Avenida da Integração serão duas faixas de tráfego em sentidos opostos, com vias alargadas para facilitar o fluxo. A ponte do Rio Atuba será trocada por uma nova, mais alta e larga. “Com isso, não haverá riscos de enchentes e também vai agilizar a travessia de veículos”, explica Sandro Setim, diretor técnico da Comec. MARINGÁ Outro trecho importante da revitalização da Via Radial de Integração será na Avenida Maringá, em Pinhais. Será construída uma segunda via, numa extensão de 370 metros (entre as ruas Francisco E. G. Pereira e Euclides da Cunha Pereira). Assim, o trecho ganhará quatro faixas de tráfego, duas em cada sentido. ••••••••••••••••• Na foto abaixo, governador Beto Richa e o secretário da Sedu, Ratinho Júnior foram recepcionados na obra em Pinhais pela Vice-prefeita, Marli Paulino

Pinhais promove 1ª etapa do circuito Open de Vôlei de Praia 2013 A Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Semel) e do Departamento de Esportes e Lazer (Depel), realiza, no dia 20 de abril, o circuito Open de Vôlei de Praia 2013 do município. O evento, que contará com as categorias Aberto Masculino e Feminino, busca a promoção da integração esportiva entre os atletas e o estímulo à prática da modalidade na cidade, além de melhorar a aptidão física dos participantes, entre outras coisas. As inscrições para a disputa, sempre em duplas, serão abertas na próxima segunda-feira (1) e seguem até as 17 horas do dia 17 de abril. A participação dos

atletas será gratuita e efetivada mediante cadastro no site da Prefeitura Municipal e entrega da documentação no Depel ou via e-mail. Os inscritos deverão fornecer nome e sobrenome, bem como informar a cidade que representarão, telefones de contato e endereço eletrônico, para viabilizar a comunicação antes da competição. Mas fique ligado: as vagas serão limitadas a 20 duplas por naipe. Segundo o regulamento da competição, os embates serão realizados em eliminatórias simples ou duplas, dependendo da quantidade de inscritos. As chaves serão distribuídas aleatoriamente e mediante sorteio. Apenas os atletas regularmente inscritos participarão do evento.

As inscrições serão gratuitas e poderão ser realizadas a partir da próxima segunda-feira (1) até as 17 horas do dia 17 de abril

Ao final das partidas, as duplas classificadas até a quarta colocação serão agraciadas com a entrega de troféus. As equipes femininas e masculinas de Pinhais com a melhor pontuação ao final do circuito serão convidadas a representar o município

nos Jogos Abertos do Paraná de 2013. Mais Para tornar o evento completo, a Semel também levará, ao local da disputa, as atrações do projeto Espaço Comunidade. A iniciativa, que percorre vários pontos

da cidade ao longo do ano, disponibilizará atividades recreativas, esportivas e de lazer para toda a família. Além disso, conforme o regulamento do Pinhais Open de Vôlei de Praia, o evento terá outras duas etapas ainda este ano, nos dias 31 de agosto, na praça Fábio Túlio, e 23 de novembro, na praça 19 de Dezembro. Inscrições A ficha de inscrição para o I Pinhais Open de Vôlei de Praia já está disponível no site www.pinhais.pr.gov.br, no caminho: Secretarias e Órgãos > Cultura, Esporte e Lazer > Serviços do Lazer > Pinhais Open de Vôlei de Praia > Inscrição. O documento de cadastro deve ser preenchido, impresso e efetivado com a entrega

no Departamento de Esporte e Lazer (Depel) ou mediante submissão via email. O procedimento deverá estar completo até as 17 horas do dia 17 de abril. O Depel fica na rua 11 de Junho, s/nº, no Centro da Cidade (Ginásio Poliesportivo Tancredo de Almeida Neves). O endereço de e-mail para o envio da documentação de inscrição, para quem assim optar, é o andre.lima@pinhais.pr.gov.br. Serviço O I Pinhais Open de Vôlei de Praia será realizado, como já dito, no dia 20 de abril. O evento será promovido na Praça Boa Esperança, no bairro Pineville, a partir das 8 horas da manhã. Mais informações nos telefones (41) 3912-5640 e (41) 3912-5250.


10

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

QUATRO BARRAS

PIRAQUARA

Conferência Municipal das Cidades acontece amanhã em Quatro Barras

Ações ambientais marcam o Dia Mundial da Água Município tem 94% do seu território caracterizado como área de manancial e é conhecido como a Capital da Água

Frans Rodrigues/Arquivo

Barragem Piraquara II, uma marca da chamada “Capital da Água”

nas um litro de óleo pode contaminar um milhão de litros de água. Além disso, ele causa a impermeabilização do solo, podendo contribuir para que ocorram enchentes; cria uma fina camada sobre a água impedindo a oxigenação, acarretando danos à fauna e à flora aquáticas; parte do óleo adere às paredes da tubulação de esgoto e absorve outras substâncias, provocando entupimentos, vazamentos e diminuindo a vida útil dos mesmos. Na última sexta-feira (22), aconteceu o plantio e reposição de 29 Ipês, brancos e amarelos, na Avenida Getúlio Vargas, no Centro da cidade. A arborização urbana exerce funções ecológicas como purificação do ar pela fixação de poeiras e gases tóxicos e pela reciclagem de gases através dos mecanismos fotossintéticos; melhoria do microclima da cidade, pela retenção de umidade do solo e do ar e pela geração de sombra, evitando que os raios solares incidam diretamente sobre as pessoas; in-

fluência no balanço hídrico, favorecendo a infiltração da água no solo e provocando e evapotranspiração mais lenta; redução na velocidade do vento; abrigo à fauna, propiciando uma variedade maior de espécies e influenciando positivamente para um maior equilíbrio das cadeias alimentares e diminuição de pragas e agentes vetores de doenças; amortecimento de ruídos. A arborização traz ainda benefícios estéticos pela adição de cores ao cenário urbano. No sábado (23) aconteceu uma Blitz Ambiental ao longo da Rua Atílio Pedão e às margens do Rio Itaquí, na divisa com o município de São José dos Pinhais. Durante a ação foi feita a remoção dos resíduos e a destinação correta, colocação de placas “Proibido jogar lixo”, plantio de espécies 100 mudas de árvores nativas, a fim de recompor a Área de Preservação Permanente que deve existir ao longo do rio, e orientação aos moradores quanto à correta destinação

dos diferentes resíduos. Desta ação, além da Secretaria de Meio Ambiente, participaram também servidores da Secretaria de Infraestrutura, alunos do Colégio Suíço, de Pinhais, e a Transresíduos, empresa responsável pela coleta de resíduos em Piraquara. O despejo de resíduos sólidos a céu aberto ainda é uma pratica comum no município, principalmente em terrenos baldios, fundos de vale e áreas de preservação permanente (APP), causando sérios danos ambientais e à saúde pública, devido à contaminação hídrica pela decomposição dos resíduos (inclusive, adição de metais pesados ao solo) e proliferação de vetores (como ratos e baratas). Por isso, esta data deve servir para uma reflexão e conscientização sobre a importância de cuidar da água e como todas as atitudes com relação ao meio ambiente influenciam na qualidade da água e na qualidade de vida das pessoas.

Conferência vai debater necessidades e apontar áreas para novos investimentos

LAPA

Professores e alunos participam de curso de vôlei Professores e acadêmicos de Educação Física do município da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, participaram da Clínica do Mini Vôlei na última sexta-feira (22). O evento realizado pelo Departamento de Esportes da Lapa e pelo Instituto Compartilhar aconteceu durante dois períodos. A primeira parte, pela manhã, foi realizada no auditório da Secretaria de Educação. Os mais de 50 participantes acompanha-

ALMIRANTE TAMANDARÉ

Prefeitura faz lançamento do Pro Jovem Trabalhador

Prefeito Aldnei Siqueira participou do lançamento do programa penhamos. E compromisso com as pessoas. Responsabilidade e compromisso. Duas palavras de significado abrangente e de extrema importância. Quando cada um de nós age com responsabilidade e com compromisso colhemos como resultado o progresso e o desenvolvimento. E é exatamente isso que nós queremos para nossa cidade e para cada um de nossos habitantes: progresso e desenvolvimento”, afirmou o prefeito Aldnei Siqueira.

Segundo o entendimento desta administração, quando se fala em desenvolvimento e progresso, se fala em desenvolvimento social, pessoal, cultural e financeiro. “A realização de todos é, justamente, o motivo de nossa realização”, completa o prefeito. “Este lançamento hoje marca uma pequena contribuição que damos à nossa sociedade. Muitas outras já demos início e muito mais temos programado. Este é apenas o início”, con-

CURSOS O conteúdo da oferta dos cursos de qualificação profissional deverá ser elaborada com base na seguinte relação de arcos ocupacionais: administração, construção e reparos, metalmecânica, serviços pessoais (beleza e estética). Cada arco engloba áreas de atuação diversas. Para administração, são quatro áreas: arquivador, almoxarife, contínuo (office-boy/ office-girl) e auxiliar administrativo. Na área da construção e reparo, são: ladrilheiro, gesseiro, pintor e reparador (revestimento), além de eletricista de instalações (edifícios), trabalhador da manutenção de edificações, instalador-reparador de linhas e aparelhos de telecomunicações, instalador de sistemas eletrônicos de segurança (módulo II). Quem optar pela metalmecânica, terá como opções: serralheria, funilaria industrial, auxiliar de promoção de vendas e assistência de vendas (automóveis e autopeças). Com relação a serviços pessoais, os cursos são de: manicura/pedicura, depilador, cabeleireiro e maquiador.

ram aulas teóricas de voleibol com os professores do Instituto. Na parte da tarde, as aulas foram práticas e os participantes estiveram no Ginásio Poliesportivo Raul Siqueira, realizando diversas atividades relacionadas à iniciação do voleibol. Após as oito horas do curso, os professores e estudantes de Educação Física receberam um certificado comprovando a participação na Clínica de Mini Vôlei.

Divulgação/PML

clui Aldnei Siqueira.

Divulgação/PMAT

Preparar o jovem para o mercado de trabalho e para ocupações alternativas geradoras de renda são os principais objetivos do ProJovem Trabalhador. Os participantes recebem a formação mais bolsa auxílio. Na noite da última segundafeira (25), o prefeito Aldnei Siqueira fez o lançamento do Programa para Almirante Tamandaré. O objetivo da ação de qualificação é estimular e fomentar a geração de oportunidades de trabalho, negócios, inserção social, bem como promover a visão empreendedora, com posterior colocação no mercado de trabalho de 30% dos jovens qualificados. O prefeito Aldnei lembra que é por meio de programas como o ProJovem que se busca a reinserção dos jovens do município no contexto profissional, oferecendo a eles uma oportunidade de desenvolvimento humano e exercício efetivo da cidadania. “Porque fazemos isso? Há quem se pergunte e há quem nos pergunte. E nós, com franqueza respondemos: por duas simples razões. Responsabilidade e compromisso”, defende o prefeito. “Responsabilidade com o papel que, como gestores públicos desem-

vir de base para a abertura de novos programas e financiamentos que contemplem os municípios. A Secretaria de Obras e Infraestrutura, que organiza o evento, reforça a importância da participação da comunidade neste debate. O evento vai ocorrer às 14h do dia 28, no auditório da Secretaria Municipal de Educação. No encontro, também serão eleitos os delegados que representarão Quatro Barras na etapa estadual. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (41) 3671-8841.

Josiany Ohde/PMQB

A água sempre foi fundamental à vida, tanto dos homens, quanto de animais e plantas. Desde os primórdios o homem sempre ocupou territórios próximos a rios e mares para garantir sua sobrevivência através da pesca e da agricultura. Mas o crescimento desordenado das cidades, o uso indiscriminado de água, sua exploração agressiva e descontrolada, gerou uma crise socioambiental, criando problemas sociais, econômicos e ambientais, retratados na falta de saneamento básico, na poluição hídrica, na derrubada de matas, na expansão agropecuária, na urbanização e industrialização, na ocupação de áreas de mananciais para abastecimento público. Como um ato de conscientização pela importância da água, foi declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU), pela resolução A/RES/ 47/1993, o dia 22 de março com sendo o “Dia Mundial da Água”, de acordo com as recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento contidas no capitulo 18 da Agenda 21. Em Piraquara, pelo Dia Mundial da Água e para comemorar o grande potencial hídrico da cidade, já que 93% de seu território é caracterizado como área de manancial, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, realizou várias ações ao longo da semana. Essas ações tiveram como principais objetivos promover melhoria da qualidade ambiental, da saúde pública e do aspecto paisagístico local. Na quinta (21) aconteceu uma ação educativa de orientação para comerciantes da feira gastronômica, orientando sobre a correta destinação do óleo de cozinha usado. Este óleo, quando lançado indevidamente, seja na pia da cozinha, no lixo, no vaso sanitário, nos ralos ou até mesmo no solo, causa sérios prejuízos ao meio ambiente: ape-

Será realizada nesta quinta-feira (28) a 5ª Conferência Municipal das Cidades em Quatro Barras, onde serão debatidas e apontadas as necessidades nos bairros, nas áreas de habitação, transporte, pavimentação, saneamento, mobilidade urbana e planejamento territorial. Os temas estarão dentro de seis eixos, sendo que dois deles serão escolhidos para serem enviados à Conferência Estadual. Conforme a demanda coletiva, estas propostas serão encaminhadas à etapa nacional, que poderá ser-

Clínica do Mini Vôlei foi realizado na semana passada na Lapa


| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

PREFEITURA DE COLOMBO Estado do Paranå Aviso de Licitação Concorrência Pública Nº. 001/2013 Objeto: Contratação de empresa especializada para execução de obra sob regime de empreitada por preço global, visando a construção da Praça do Esporte e da Cultura PEC 3000 m² - na Rua Professora Otilia de Souza Ferrarini, 855, Maracanã, Colombo, Plano de Trabalho 0363.446-46/2011, à rea do Terreno 11.460,37m², à rea a ser Construída 1.018,83m², conforme projetos, memoriais descritivos e quantitativos estabelecidos no anexo XII do edital. Data: 2 de maio de 2013, Às 19:00 Horas. Local de Abertura: Escola Municipal Heitor Villa Lobos, localizada a Rua Angelina Cavalli, 292, Jardim Adriana, Colombo, Paranå – CEP 83.408-510. Preço Måximo: Constante do Edital. CritÊrio de Julgamento: Menor Preço Global. O Edital e seus anexos estarão disponíveis no sitio (www.colombo.pr.gov.br/licitacoes) e na sede da Prefeitura do Município de Colombo, Secretaria Municipal de Administração – Divisão de Licitaçþes, sito a Rua XV de Novembro, 105 – Centro – Colombo – fone: 41-3656- 8080, no horårio das 08:00 horas à s12:00 horas e das 13:00 horas as 17:00 horas. Colombo, 26 de março de 2013. Izabete Cristina Pavin Prefeita Municipal

EBADIVAL - E. BAGGIO DISTRIBUIDORA DE T�TULOS E VALORES MOBILIà RIOS LTDA. CNPJ. 89.784.367./0001-57 DEMONSTRAÇÕES DE RESULTADO EXERC�CIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011 (EM MILHARES DE REAIS)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011 (EM MILHARES DE REAIS) Ativo

Passivo e patrimĂ´nio lĂ­quido

Nota explicativa Ativo circulante Disponibilidades 2.2 Títulos e valores mobiliårios 2.4 7tWXORVGHUHQGD¿[D   5HODo}HVLQWHU¿QDQFHLUDV Pagamentos e recebimentos a liquidar Depósitos no Banco Central Operaçþes de crÊdito Operaçþes de crÊdito - Setor privado (Provisão para crÊditos de liquidação duvidosa) Outros crÊditos Titulos e Valores a Receber Imposots a Recuperar Ativo permanente Imobilizado de uso 2XWUDVLPRELOL]Do}HVGHXVR  'HSUHFLDo}HVDFXPXODGDV 

2.5

2012 1.403 772 631  -

2011 1.310 243 1.067  -

9 9      

Total do ativo

8 8   

1.412

1.318

Nota explicativa

2012 189

2011 109

4

189

109

 9

 9

Passivo circulante Outras obrigaçþes Cobranças e arrec. de tributos e assemalados Carteira de câmbio )LVFDLVHSUHYLGHQFLiULDV Sociais e estatutårias Diversas



PatrimĂ´nio lĂ­quido Capital: 'HGRPLFLOLDGRVQRSDtV Reservas de capital 5HVHUYDGHOXFURV



1.223

1.209













Total do passivo e patrimĂ´nio lĂ­quido

1.412

1.318

As notas explicativas da administração integram o conjunto das demonstraçþes contåbeis. DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO L�QUIDO (EM MILHARES DE REAIS) Capital social realizado

Reservas de capital

1.055

 -

Saldos em 30 de junho de 2012 'LVWULLEXLomRGH/XFUR Lucro lĂ­quido do semestre Saldos em 31 de dezembro de 2012

 1.055

Objeto:

Valor:

Embasamento Legal: Data

1138161- Dispensa 22/2013. Município de Colombo/PR, Empresa Folha da Manhã SA Assinatura do Jornal "Folha de São Paulo" pelo período de 12 meses para a assessoria de Imprensa e Divulgação e Gabinete do Prefeito. O valor måximo da dispensa serå de R$ 807,90 (oitocentos e sete reais e noventa centavos). Artigo 24 – Inciso II - Lei nº. 8.666/93. 26/03/2013

Extrato do Empenho N° Empenho: Data: Valor do Empenho: Dispensa n°: Contratado: Contratante: Objeto:

Ă“rgĂŁo ResponsĂĄvel:

1986/2013 26/03/2013 R$ 807,90 (oitocentos e sete reais e noventa centavos) 22/2013 Empresa Folha da Manhã SA Prefeitura Municipal de Colombo Assinatura do Jornal "Folha de São Paulo" pelo período de 12 meses para a assessoria de Imprensa e Divulgação e Gabinete do Prefeito. Gabinete do Prefeito

PORTARIA Nº 169/2013 A PREFEITA MUNICIPAL DE COLOMBO, Estado do Paranå, no uso de suas atribuiçþes que lhe são conferidas por Lei, RESOLVE: I –Designar, o Servidor Público Municipal MARCEL RENE TODESCO WELDT, RG nº 5.179-272-6, para atuar como auditor na folha de pagamento dos servidores da Secretaria Municipal da Saúde. Dê-se publicidade, Paço Municipal de Colombo Em 25 de Março de 2013. IZABETE CRISTINA PAVIN Prefeita Municipal

'HVSHVDVGDLQWHUPHGLDomR¿QDQFHLUD Operaçþes de captação no mercado Operaçþes de emprÊstimos, cessþes e repasses Provisão para crÊditos de liquidação duvidosa



5HVXOWDGREUXWRGDLQWHUPHGLDomRÂżQDQFHLUD

ExercĂ­cio 2012 2011 421 462     -

-



421

Outras receitas (despesas) operacionais 5HFHLWDVGHSUHVWDomRGHVHUYLoRV 'HVSHVDVGHSHVVRDO  2XWUDVGHVSHVDVDGPLQLVWUDWLYDV 'HVSHVDVWULEXWiULDV  2XWUDVUHFHLWDVRSHUDFLRQDLV Outras despesas operacionais

    

(354)           

(289)   

 

 



Resultado operacional ,PSRVWRGH5HQGDH&RQWULEXLomR6RFLDO Lucro (prejuĂ­zo) semestre/exercĂ­cio



67    47

173  

115

462

DEMONSTRAÇÕES DOS FLUXOS DE CAIXA EXERC�CIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011 (EM MILHARES DE REAIS)

  

 1.223

182     168

2012

ExercĂ­cio 2011

Fluxos de caixa das atividades operacionais Variação no semestre

-

-

1.055

  -

(14)

(14) Lucro (prejuĂ­zo) lĂ­quido ajustado

Saldos em 31 de dezembro de 2011 $MXVWHGH([HUFtFLR$QWHULRU 'LVWULEXLomRGH/XFURV /XFUROtTXLGRGRH[HUFtFLR Saldos em 31 de dezembro de 2012

  1.055

Variação no exercício

-

Saldos em 31 de dezembro de 2010 $XPHQWRGH&DSLWDO

848     1.055

$MXVWHGH([HUFtFLR$QWHULRU 'LVWULEXLomRGH/XFURV /XFUROtTXLGRGRH[HUFtFLR Saldos em 31 de dezembro de 2011 Variação no exercício

154      168

-

14

14

174

228   

1.250   

       154

 

 

 1.209

    -

-

1.209   

 1.223

(174)

(74)

1. Contexto operacional A Ebadival E. Baggio Distribuidora de TĂ­tulos e Valores MobiliĂĄrios tem como objetivo DGLVWULEXLomRGH7tWXORVH9DORUHV0RELOLiULRVGH5HQGD)L[DHRSHUDo}HVGHFkPELR com moedas estrangeiras. 2. Principais prĂĄticas contĂĄbeis As prĂĄticas contĂĄbeis adotadas para a contabilização das operaçþes e para a elaboração das demonstraçþes contĂĄbeis emanam da Lei das Sociedades por $o}HV  /HL Qž  VHQGR DGRWDGDV SHOD SULPHLUD YH] QR H[HUFtFLR GH  DV DOWHUDo}HV LQWURGX]LGDV SHOD /HL Qž  H 0HGLGD 3URYLVyULD Qž  SRVWHULRUj/HLQžDVVRFLDGDVTXDQGRDSOLFiYHOjVQRUPDVHLQVWUXo}HV do Conselho MonetĂĄrio Nacional - CMN, do Banco Central do Brasil - BACEN e do ComitĂŞ de Pronunciamentos ContĂĄbeis - CPC. Os pronunciamentos contĂĄbeis jĂĄ DSURYDGRVSHOR%$&(1VmR5HVROXomRQž5HGXomRDRYDORUUHFXSHUiYHO GHDWLYRV5HVROXomRQž'HPRQVWUDomRGRĂ€X[RGHFDL[D5HVROXomRQž 'LYXOJDomRGHSDUWHVUHODFLRQDGDVH5HVROXomRQž3URYLVmR passivos contingentes e ativos contingentes. Atualmente nĂŁo ĂŠ possĂ­vel estimar quando o BACEN irĂĄ aprovar os demais pronunciamentos do CPC, tampouco se sua utilização serĂĄ de forma prospectiva ou retrospectiva. Portanto, nĂŁo ĂŠ possĂ­vel estimar os efeitos da utilização plena dos CPCs nas demonstraçþes contĂĄbeis do Banco. 2.1. Apuração do resultado O resultado ĂŠ apurado de acordo com o regime de competĂŞncia, que estabelece que as receitas e despesas devem ser incluĂ­das na apuração dos resultados dos perĂ­odos em que ocorrerem, sempre simultaneamente quando se correlacionarem, LQGHSHQGHQWHPHQWH GH UHFHELPHQWR RX SDJDPHQWR $V RSHUDo}HV FRP WD[DV SUHÂż[DGDV VmR UHJLVWUDGDV SHOR YDORU GH UHVJDWH H DV UHFHLWDV H GHVSHVDV correspondentes ao perĂ­odo futuro sĂŁo apresentadas em conta redutora dos UHVSHFWLYRV DWLYRV H SDVVLYRV$V UHFHLWDV H GHVSHVDV GH QDWXUH]D ÂżQDQFHLUD VmR contabilizadas pelo critĂŠrio pro rata dia. $V RSHUDo}HV FRP WD[DV SyVÂż[DGDV RX LQGH[DGDV D PRHGDV HVWUDQJHLUDV VmR atualizadas atĂŠ a data do balanço. 2.2. Disponibilidades 'LVSRQLELOLGDGHVVmRUHSUHVHQWDGRVSRUFDL[DVHHTXLYDOHQWHVGHFDL[DHPPRHGD nacional e moeda estrangeira, cujo vencimento das operaçþes seja igual ou inferior DGLDV $SOLFDo}HVLQWHUÂżQDQFHLUDVGHOLTXLGH] As operaçþes compromissadas realizadas com acordo de livre movimentação. 2V GHPDLV DWLYRV ÂżQDQFHLURV VmR UHJLVWUDGRV DR FXVWR GH DTXLVLomR DFUHVFLGR dos rendimentos auferidos atĂŠ a data do balanço, deduzidos de provisĂŁo para desvalorização, quando aplicĂĄvel. 2.4. TĂ­tulos e valores mobiliĂĄrios 'H DFRUGR FRP D &LUFXODU Qž  GH  GH QRYHPEUR GH  H UHJXODPHQWDomR FRPSOHPHQWDUHPGHMXQKRGHRVWtWXORVHYDORUHVPRELOLiULRVSDVVDUDP D VHU FODVVLÂżFDGRV FRQIRUPH D LQWHQomR GD DGPLQLVWUDomR HP WUrV FDWHJRULDV HVSHFtÂżFDVWtWXORVSDUDQHJRFLDomRWtWXORVGLVSRQtYHLVSDUDYHQGDHWtWXORVPDQWLGRV atĂŠ o vencimento. (PGHGH]HPEURGHD'LVWULEXLGRUDSRVVXLWtWXORVFODVVLÂżFDGRVFRPRWtWXORV disponĂ­veis para venda, os quais estĂŁo registrados ao custo de aquisição acrescido GRVUHQGLPHQWRVÂżQDQFHLURVLQFRUULGRVDWpDGDWDGREDODQoRHDMXVWDGRVDYDORUGH mercado. 2.5. Ativo permanente 2 DWLYR LPRELOL]DGR HVWi GHPRQVWUDGR DR FXVWR FRUULJLGR PRQHWDULDPHQWH DWp  GH GH]HPEURGH FRPELQDGRFRPRVVHJXLQWHVDVSHFWRV 'HSUHFLDomR GR LPRELOL]DGR SHOR PpWRGR OLQHDU FRP EDVH HP WD[DV DQXDLV TXH FRQWHPSODPDYLGD~WLOHFRQ{PLFDGRVEHQVVHQGRRLPRELOL]DGRGHXVRHGLÂżFDo}HV HTXLSDPHQWRVGHSURFHVVDPHQWRGHGDGRVHVLVWHPDVGHFRPXQLFDomR. 2.6. Outras obrigaçþes Demonstrados por valores conhecidos ou calculĂĄveis, incluindo, quando aplicĂĄvel, os encargos apurados em base pro rata dia e as variaçþes monetĂĄrias ou cambiais incorridas. 2V SDVVLYRV GHFRUUHQWHV GH REULJDo}HV OHJDLV  ÂżVFDLV H SUHYLGHQFLiULDV WrP VHX reconhecimento, mensuração e divulgação das contingĂŞncias ativas e passivas e REULJDo}HVOHJDLVHIHWXDGRVGHDFRUGRFRPRVFULWpULRVGHÂżQLGRVQD5HVROXomRQž GR&01  $SOLFDo}HVLQWHUÂżQDQFHLUDVGHOLTXLGH] Aplicaçþes em operaçþes compromissadas TĂ­tulos e Valores MobiliĂĄrios Total 4.

2012

2011

 631

 1.067

Outras obrigaçþes - Diversas Provisão para pagamentos a efetuar

2012  189

2011  109

5. Patrimônio líquido 5.1 Capital social 2&DSLWDO6RFLDOHVWiUHSUHVHQWDQGRSRUTXRWDVHPH TXRWDVHPLQWHLUDPHQWHVXEVFULWDVHLQWHJUDOL]DGDVQRYDORUQRPLQDOGH5 FDGDSHUWHQFHQWHVDRVVyFLRVGRPLFLOLDGRVQR3DtV 5.2 Distribuição de resultados A Ebadival tem como política a distribuição anual de resultados atendendo a GLVSRQLELOLGDGH¿QDQFHLUDGHFRPXPDFRUGRGRVTXRWLVWDV 6. Imposto de Renda e Contribuição Social (PGHGH]HPEURGHHRVVDOGRVGHSURYLVmRSDUD,PSRVWRGH5HQGD e Contribuição Social são os seguintes: 2012  20

IRPJ e CSSL Total

7. Risco operacional $SROtWLFDGHULVFRRSHUDFLRQDOGD,QVWLWXLomRWHPFRPRREMHWLYRGHÂżQLUGLUHWUL]HVSDUD a implantação e disseminação da cultura para gestĂŁo do risco operacional, em todos os nĂ­veis da Instituição, estabelecendo papĂŠis e obrigaçþes para cumprir os objetivos traçados pela Diretoria. 3HODFDUDFWHUtVWLFDGHVXDVDWLYLGDGHVD,QVWLWXLomRDSUHVHQWDULVFRRSHUDFLRQDOEDL[R em razĂŁo de suas atividades. (PGHMXQKRGHIRLSXEOLFDGRRQRYRDFRUGRGD%DVLOpLD ,, FRQWHQGRD H[LJrQFLD GH DORFDomR GH FDSLWDO SDUD R ULVFR RSHUDFLRQDO 1R %UDVLO D 5HVROXomR QžHPLWLGDSHOR%$&(1VHJXLQGRDVGLUHWUL]HVHVWDEHOHFLGDVSHOR&01HP GHMXQKRGHWHYHFRPRGHÂżQLomRDSRVVLELOLGDGHGHRFRUUrQFLDGHSHUGDV UHVXOWDQWHVGHIDOKDGHÂżFLrQFLDRXLQDGHTXDomRGHSURFHVVRVLQWHUQRVSHVVRDVH VLVWHPDVRXGHHYHQWRVH[WHUQRV O gerenciamento de risco operacional deve prever:  ,GHQWLÂżFDomR DYDOLDomR PRQLWRUDPHQWR FRQWUROH H PLWLJDomR GR ULVFR operacional;  'RFXPHQWDomR H DUPD]HQDPHQWR GH LQIRUPDo}HV UHIHUHQWHV jV SHUGDV associadas ao risco operacional;  (ODERUDomR FRP SHULRGLFLGDGH PtQLPD DQXDO GH UHODWyULRV TXH SHUPLWDP D LGHQWLÂżFDomRHFRUUHomRWHPSHVWLYDGDVGHÂżFLrQFLDVGHFRQWUROHHGHJHUHQFLDPHQWR do risco operacional;  5HDOL]DomR FRP SHULRGLFLGDGH PtQLPD DQXDO GH WHVWHV GH DYDOLDomR GRV sistemas de controle de riscos operacionais implementados;  (ODERUDomRHGLVVHPLQDomRGDSROtWLFDGHJHUHQFLDPHQWRGHULVFRRSHUDFLRQDO ao pessoal da Instituição, em seus diversos nĂ­veis, estabelecendo papĂŠis e responsabilidades, bem como as dos prestadores de serviços terceirizados;  ([LVWrQFLDGHSODQRGHFRQWLQJrQFLDFRQWHQGRDVHVWUDWpJLDVDVHUHPDGRWDGDV para assegurar condiçþes de continuidade das atividades e para limitar graves perdas decorrentes de risco operacional;  ,PSOHPHQWDomR PDQXWHQomR H GLYXOJDomR GH SURFHVVR HVWUXWXUDGR GH comunicação e informação. 8. Riscos de mercado &RPRREMHWLYRGHFULDUXPDHVWUXWXUDFRPSDWtYHOFRPDQDWXUH]DHDFRPSOH[LGDGH GRV SURGXWRV VHUYLoRV H DWLYLGDGHV GH LQYHVWLPHQWR H VHQGR GHÂżQLGR FRPR ULVFR de mercado com a possibilidade de ocorrĂŞncia de perdas resultantes de falha QD PHGLomR H QDV SROtWLFDV GH LQYHVWLPHQWR GD ,QVWLWXLomR HVWD GHÂżQLomR LQFOXL R ULVFR DVVRFLDGR j LQDGHTXDomR RX GHÂżFLrQFLD QRV SURFHVVRV GHFRUUHQWHV GDV atividades desenvolvidas pela Instituição ao respeito da atuação no mercado ÂżQDQFHLUR D 'LUHWRULD IRUPDOL]RX RV SDUkPHWURV SROtWLFDV SULQFtSLRV H Do}HV D VHUHPLPSOHPHQWDGDVPHGLDQWHD5HVROXomRGD'LUHWRULD1ƒTXHLQVWLWXLXD estrutura e a polĂ­tica de gerenciamento de risco de mercado. 9. Risco de crĂŠdito A gestĂŁo dos riscos de crĂŠdito Ebadival envolve: o conhecimento prĂŠvio e profundo do cliente, a coleta de documentação e de informaçþes necessĂĄrias para a anĂĄlise FRPSOHWD GR ULVFR HQYROYLGR QD RSHUDomR D FODVVLÂżFDomR GR JUDX GH ULVFR D concessĂŁo do crĂŠdito, as avaliaçþes periĂłdicas dos nĂ­veis de risco, a determinação das garantias e dos nĂ­veis de provisĂľes necessĂĄrias. TambĂŠm sĂŁo levados em FRQVLGHUDomR DV FRQGLo}HV GH PHUFDGR R SHUÂżO GRV FOLHQWHV VHX KLVWyULFR GH desempenho junto Ă Ebadival e perspectivas econĂ´micas.

DIRETOR DIRETOR

ELANIE BAGGIO BIZINELLI

DIRETORA

EVANA BAGGIO PORTUGAL

DIRETORA

JOSEPH ERNEST GARDEMANN FILHO

CRC PR 39.853/O-5

31/12/2011 14.514.633,39 226.025,70 18.372,17 6.799.027,47 6.045.297,61 1.139.113,78 285.691,15 1.105,51 3.834.041,29 3.665.513,50 168.527,79

PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Adiantamento contrato de câmbio Obrigaçþes fiscais e sociais Faturamento antecipado Outras contas a pagar Juros sobre capital próprio Adiantamento de clientes Dividendos PATRIMÔNIO L�QUIDO Capital social Reserva de lucros TOTAL DO PASSIVO 29.774.008,46 18.348.674,68 As notas explicativas integram o conjunto de demonstraçþes financeiras

31/12/2012 18.965.718,14 3.898.940,78 12.329.803,35 146.422,77 1.041.604,72 671.176,00 611.939,61 230.495,56 35.335,35 10.808.290,32 800.000,00 10.008.290,32 29.774.008,46

31/12/2011 8.744.885,79 2.423.150,77 4.036.292,66 347.849,31 1.069.512,01 353.000,00 497.739,77 17.341,27 9.603.788,89 800.000,00 8.803.788,89 18.348.674,68

LUCROS

TOTAIS

LEGAL 98.053,52 -

RESERVA DE LUCROS CONTINGĂŠNCIAS 8.114.611,12 -

ACUMULADOS 608.465,52

9.012.664,64 608.465,52

800.000,00

30.423,28 128.476,80

560.700,97 8.675.312,09

(30.423,28) (17.341,27) (560.700,97) 1.239.836,78

(17.341,27) 9.603.788,89 1.239.836,78

(61.991,84) (35.335,35) (1.142.509,59) -

(35.335,35) 10.808.290,32

61.991,84 1.142.509,59 9.817.821,68

190.468,64

As notas explicativas integram o conjunto de demonstraçþes financeiras NOTAS EXPLICATIVAS DA DIRETORIA ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/12/2012 E 31/12/2011 01. Contexto Operacional A BRASILMAD EXPORTADORA S/A iniciou com suas atividades em 10/07/1997, empresa de sociedade anônima de capital fechado, tendo como objeto a comercialização de madeiras no mercado interno e externo como EXPORTADORA. 02. Apresentação das Demonstraçþes financeiras a) As demonstraçþes financeiras foram feita de acordo com as pråticas contåbeis adotadas no Brasil, com base em um plano de contas em formato compatível com os princípios de contabilidade e com a norma legal brasileira, visando atender às necessidades de informação da administração da Companhia, que tem como objetivo a harmonização com as normas internacionais de contabilidade. b) As demonstraçþes financeiras de 31/12/2012 e 31/12/2011 estão apresentadas em reais. 03. Principais pråticas contåbeis adotadas a) Os ativos e passivos circulantes estão representados pelos seus valores de realização e liquidação. b) Os estoques estão demonstrados ao custo mÊdio de aquisição ou produção e não excedem os seus custos de reposição ou valores de realização. c) Os investimentos relevantes em controladas e coligadas são avaliados pelo mÊtodo de equivalência patrimonial, com base em balanços na mesma data. d) O imobilizado estå demonstrado pelo custo de aquisição reduzido por depreciação acumulada calculadas considerando a vida útil efetiva dos bens. e) Os demais ativos e passivos estão apresentados ao valor de custo ou realização, incluindo, quando aplicåveis os rendimentos e as variaçþes monetårias. f) Ajuste a valor presente – A sociedade não apresentou ativos ou passivos não circulantes, sequer ativos e passivos circulantes que em seu conjunto provocassem ajustes relevantes se aplicadas os procedimentos previstos na Resolução CFC n° 1.151 de 23 de janeiro de 2009. g) Valor recuperåvel de ativos - A sociedade avaliou seus ativos monetårios e não monetårios, não tendo detectado nenhuma perda de recuperação para seus bens, os quais se apresentam em sua totalidade por valores iguais ou inferiores ao que são capazes de produzir de caixa líquido, pela sua venda ou sua utilização. h) Os Juros sobre Capital Próprio foram calculados conforme o art. 9o da Lei 9.249/95, (§ único do art. 1º da IN SRF nº 41/98), perfazendo um total de R$ 528.208,39. 04. Investimentos 31/12/2012 Em Reais

31/12/2011 Em Reais

Brasil Florestal Ltda.

3.634.957,48

3.665.513,50

Total

3.634.957,48

3.665.513,50

436   -

1.067   -

Aumento (Diminuição) nos subgrupos do passivos operacionais Relaçþes interdependência 2XWUDVREULJDo}HV  

80 

-109  

Caixa liquido proveniente das atividades operacionais

717

&RPSUDGHDWLYRLPRELOL]DGR  %DL[DVGRDWLYR,PRELOL]DGR  Aumento de investimentos Caixa lĂ­quido usado nas atividades de investimento

    (3)

 

 (1)

Aumento de capital 'LVWULEXLomRGHOXFURV   &DL[DOtTXLGRXVDGRQDVDWLYLGDGHVGHÂżQDQFLDPHQWR 

     

 

 

529

920

 

 

Aumento das disponibilidades

1.141

0RGLÂżFDomRQDSRVLomRÂżQDQFHLUD Disponibilidades 1RLQtFLRGRSHUtRGR 1RÂżQDOGRSHUtRGR

 

 

Aumento das disponibilidades

529

(292)

As notas explicativas da administração integram o conjunto das demonstraçþes contåbeis.

RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos administradores do Ebadival E. Baggio Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliårios Ltda. Curitiba - PR ([DPLQDPRV DV GHPRQVWUDo}HV FRQWiEHLV GD Ebadival E. Baggio Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliårios Ltda., que compreendem o balanço patrimonial HPGHGH]HPEURGHHDVUHVSHFWLYDVGHPRQVWUDo}HVGRUHVXOWDGR GDV PXWDo}HV GR SDWULP{QLR OtTXLGR H GRV ÀX[RV GH FDL[D SDUD R VHPHVWUH ¿QGR naquela data, assim como o resumo das principais pråticas contåbeis e demais notas H[SOLFDWLYDV Responsabilidade da administração sobre as demonstraçþes contåbeis A administração da Distribuidora Ê responsåvel pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstraçþes contåbeis de acordo com as pråticas contåbeis adotadas no Brasil aplicåveis às instituiçþes autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessårios para permitir a elaboração de demonstraçþes contåbeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Responsabilidade dos auditores independentes 1RVVDUHVSRQVDELOLGDGHpDGHH[SUHVVDUXPDRSLQLmRVREUHHVVDVGHPRQVWUDo}HV contåbeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de H[LJrQFLDVpWLFDVSHORVDXGLWRUHVHTXHDDXGLWRULDVHMDSODQHMDGDHH[HFXWDGDFRP o objetivo de obter segurança razoåvel de que as demonstraçþes contåbeis estão livres de distorção relevante. 8PD DXGLWRULD HQYROYH D H[HFXomR GH SURFHGLPHQWRV VHOHFLRQDGRV SDUD REWHQomR de evidência a respeito dos valores e divulgaçþes apresentados nas demonstraçþes contåbeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstraçþes contåbeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e a adequada apresentação das demonstraçþes contåbeis da Instituição para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não SDUDH[SUHVVDUXPDRSLQLmRVREUHDH¿FiFLDGRVFRQWUROHVLQWHUQRVGREDQFR8PD auditoria inclui tambÊm a avaliação da adequação das pråticas contåbeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contåbeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstraçþes contåbeis tomadas em conjunto. Opinião Em nossa opinião, as demonstraçþes contåbeis referidas acima apresentam DGHTXDGDPHQWHHPWRGRVRVDVSHFWRVUHOHYDQWHVDSRVLomRSDWULPRQLDOH¿QDQFHLUD da Ebadival E. Baggio Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliårios Ltda. em GHGH]HPEURGHHRGHVHPSHQKRGHVXDVRSHUDo}HVHRVVHXVÀX[RV GHFDL[DSDUDRVHPHVWUH¿QGRQDTXHODGDWDGHDFRUGRFRPDVSUiWLFDVFRQWiEHLV adotadas no Brasil, aplicåveis às instituiçþes autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

PAULO SÉRGIO TUFANI CONTADOR CRC 1 SP 124.504/O-9-S-PR

SOCIAL 800.000,00 -

800.000,00

4  

BDO RCS AUDITORES INDEPENDENTES SS CRC 2SP013846/O-1

DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO L�QUIDO EM 31/12/2012 E 31/12/2011 VALORES EM REAIS

SALDOS EM 31/12/2010 Lucro líquido do exercício Destinaçþes: Reserva legal Dividendos propostos Reserva para contingência SALDOS EM 31/12/2011 Lucro líquido do exercício Destinaçþes: Reserva legal Dividendos propostos Reserva para contingência SALDOS EM 31/12/2012

2 



&XULWLEDGHMDQHLURGH

ERNESTO BAGGIO JOSÉ CARLOS BAGGIO

BALANÇOS PATRIMONIAIS ENCERRADOS EM 31/12/2012 E 31/12/2011 VALORES EM REAIS

CAPITAL

183 

$FUHGLWDPRV TXH D HYLGrQFLD GH DXGLWRULD REWLGD p VXÂżFLHQWH H DSURSULDGD SDUD fundamentar nossa opiniĂŁo.

Senhores acionistas: De acordo com as disposiçþes legais e estatutårias, submetemos à apreciação de V.Sas., as Demonstraçþes Contåbeis relativas ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2012. Outrossim, colocamo-nos à disposição dos Senhores Acionistas, para quaisquer eslarecimentos. Curitiba, 22 de Março de 2013.

TOTAL DO ATIVO

201 

Ênfase 10. Outros Assuntos ‡ $(EDGLYDOQmRSRVVXLRSHUDo}HVFRPSDUWHVUHODFLRQDGDV ‡ $(EDGLYDOQmRSRVVXLFRQWLQJrQFLDV

CNPJ: 01.968.283/0001-22

31/12/2012 25.967.670,66 174.922,93 19.372,79 15.212.415,80 9.374.400,90 1.186.419,09 139,15 3.806.337,80 3.634.957,48 171.380,32



(Aumento) Diminuição nos subgrupos do ativos operacionais $SOLFDoRHVLQWHU¿QDQFHLUDVGHOLTXLGH]  7LWXORVHYDORUHVPRELOLDULRV  Outros crÊditos

2011  58

RELATĂ“RIO DA DIRETORIA

ATIVO CIRCULANTE Caixa e bancos Aplicaçþes financeiras Contas a receber - clientes Estoques Adiantamentos a fornecedores Impostos a recuperar Outros crĂŠditos NĂƒO CIRCULANTE Investimentos Imobilizado

/XFUR SUHMXt]R OtTXLGR  Ajustes: Depreciação e amortização $MXVWHGH([HUFtFLR$QWHULRU

(41)

BRASILMAD EXPORTADORA S/A

SĂšMULA DE LICENÇA DE OPERAĂ‡ĂƒO A Cia Magnetron IndĂşstria e ComĂŠrcio de Componentes torna pĂşblica que recebeu do IAP, a Licença de Operação, com validade atĂŠ a data de 14/03/2017 para fabricação de materiais elĂŠtricos e eletrĂ´nicos para veĂ­culos automotores exceto baterias, a ser desenvolvida na Alameda Arpo, nÂş 750-E, Ouro Fino, SĂŁo JosĂŠ dos Pinhais/PR.

  

Total

NOTAS EXPLICATIVAS DA ADMINISTRAĂ‡ĂƒO Ă€S DEMONSTRAÇÕES CONTĂ BEIS EM 30 DE JUNHO DE 2012 E 2011 (EM MILHARES DE REAIS)

Processo NÂş: Partes:

5HFHLWDVGDLQWHUPHGLDomRÂżQDQFHLUD 5HVXOWDGRGHWtWXORVHYDORUHVPRELOLiULRV 5HVXOWDGRGHFkPELR 

As notas explicativas da administração integram o conjunto das demonstraçþes contåbeis.

Lucros acumulados

As notas explicativas da administração integram o conjunto das demonstraçþes contåbeis.

Extrato de dispensa de licitação.

11

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

05. Imobilizado Saldos em 31/12/2012 Contas

Custo Corrigido

Depreciação Acumulada

Valores LĂ­quidos

79.662,29

(77.459,92)

2.202,37

1.558,40

MĂłveis e utensĂ­lios

69.855,84

(51.513,67)

18.342,17

22.839,51

284.050,15

(138.087,17)

145.962,98

139.124,82

10.348,83

(5.476,03)

4.872,80

5.005,06

443.917,11

(272.536,79)

171.380,32

168.527,79

MĂĄquinas e equipamentos Total

DEMONSTRAĂ‡ĂƒO DOS RESULTADOS DOS EXERCĂ?CIOS ENCERRADOS EM 31/12/2012 E 31/12/2011 VALORES EM REAIS 31/12/2012 31/12/2011 RECEITA BRUTA DE VENDAS 93.540.703,95 57.980.576,59 Impostos e deduçþes de vendas (6.096.356,55) (1.326.754,38) RECEITA OPERACIONAL LĂ?QUIDA 87.444.347,40 56.653.822,21 Custo dos produtos vendidos (83.187.815,61) (54.099.437,92) LUCRO BRUTO 4.256.531,79 2.554.384,29 Despesas de vendas/administrativas (1.035.917,56) (920.161,53) Receitas ( - ) despesas financeiras (1.266.205,94) (704.545,33) LUCRO OPERACIONAL 1.954.408,29 929.677,43 Despesas ( - ) receitas nĂŁo operacionais (62.490,38) (29.121,58) RESULTADO ANTES DO IMPOSTO DE RENDA 1.891.917,91 900.555,85 CSLL (178.962,65) (83.670,97) IRPJ (473.118,48) (208.419,36) LUCRO LĂ?QUIDO DO EXERCĂ?CIO 1.239.836,78 608.465,52 LUCRO LĂ?QUIDO POR AĂ‡ĂƒO 1,54980 0,76058 As notas explicativas integram o conjunto das demonstraçþes financeiras DEMONSTRAÇÕES DOS FLUXOS DE CAIXA EM 31/12/2012 E 31/12/2011 VALORES EM REAIS 31/12/2012 31/12/2011 Fluxo de caixa proveniente das operaçþes Lucro lĂ­quido do exercĂ­cio 1.239.836,78 608.465,52 Ajustes para reconciliar o lucro do exercĂ­cio com recursos provenientes de atividades operacionais Depreciação 55.420,26 57.641,25 Baixa do ativo permanente 4.234,36 Resultado da equivalĂŞncia patrimonial 96.556,02 29.121,58 Total 1.396.047,42 695.228,35 (Aumento) redução de ativos Contas a receber - clientes (8.413.388,33) (763.991,81) Estoques (3.329.103,29) (2.959.907,01) Adiantamentos de fornecedores (47.305,31) 6.449,38 Impostos a recuperar 285.552,00 136.429,96 Outros 1.105,51 14.921,61 Total (11.503.139,42) (3.566.097,87) (Aumento) redução de passivos Fornecedores 1.475.790,01 81.355,22 Tributos e contribuiçþes sociais (201.426,54) (114.808,64) Adiantamento de clientes 202.588,27 (39.437,42) Outros 336.170,08 (51.161,74) Total 1.813.121,82 (124.052,58) Recursos lĂ­quidos provenientes das operaçþes (8.293.970,18) (2.994.922,10) Atividade de financiamentos Juros sobre capital prĂłprio 114.199,84 325.715,98 Dividendos propostos (35.335,35) (17.341,27) Adiantamento contrato de câmbio 8.293.510,69 3.061.565,66 Total 8.372.375,18 3.369.940,37 Total de ingressos de Recursos 78.405,00 375.018,27 Atividade de investimentos Imobilizado (62.507,15) (59.220,04) Investimento (66.000,00) (273.500,00) Variação lĂ­quida de caixa e equivalentes (50.102,15) 42.298,23 Caixa e equivalentes no inĂ­cio do exercĂ­cio 244.397,87 202.099,64 Caixa e equivalentes no final do exercĂ­cio 194.295,72 244.397,87 Variação lĂ­quida de caixa e equivalentes (50.102,15) 42.298,23 As notas explicativas integram o conjunto das demonstraçþes financeiras

31/12/2011 Valores LĂ­quidos

Computadores e perifĂŠricos VeĂ­culos

MARISA BERNARDINO DE ALBUQUERQUE CONTADORA CRC 1 SP 143.624/O–T/PR

06. Instituiçþes Financeiras Adiantamentos de contrato de câmbio totalizam em Reais, conforme segue: Descrição Valor em R$ Banco Itaú S/A 3.729.911,70 Banco do Brasil S/A 5.841.983,36 Banco Bradesco S/A 2.757.908,29 Total 12.329.803,35 07. Provisão para Imposto de Renda e Contribuição Social Provisþes calculadas com base no Lucro Real a alíquota de 15% e adicional de 10% para IRPJ no montante de R$ 473.118,48 e a alíquota de 9% para CSLL no montante de R$ 178.962,65. 08. Política de Dividendos Os dividendos foram calculados conforme rege o Estatuto da Companhia, disponibilizando aos acionistas o montante de R$ 35.335,35. 09. Capital Social O capital social na data do balanço Ê de R$ 800.000,00, representado por 800.000,00 açþes ordinårias nominativas, no valor de R$ 1,00 (um real) cada. 10. Reserva Legal Foi constituída em 31 de dezembro de 2012, mediante a apropriação de 5% do lucro líquido do exercício, em conformidade com o disposto no artigo 193 da Lei das Sociedades Anônimas. 11. Reserva para Contingência O lucro remanescente após as destinaçþes, foram alocados para a conta Reserva de Lucros para Contingência, de modo que a decisão de reter os recursos seja para suportar eventuais efeitos de instabilidades econômicas e riscos da atividade. 12. Partes relacionadas A Sociedade efetuou transaçþes com a Sociedade controlada Brasil Florestal Ltda. 13. Eventos subsequentes Dentro do processo de convergências das pråticas contåbeis adotadas no Brasil para as Normas e Padrþes Internacionais de Contabilidade (IFRS), a Sociedade segue avaliando os potenciais efeitos relativos a essas medidas e quais poderão ter impacto nas demonstraçþes financeiras dos próximos exercícios.

DEMONSTRAÇÕES DOS VALORES ADICIONADOS EM 31/12/2012 E 31/12/2011 VALORES EM REAIS 31/12/2012 31/12/2011 1. RECEITAS 93.574.769,59 57.980.576,59 Receita de revendas mercado interno 83.152,46 63.509,71 Receita de revenda mercado externo 93.457.551,49 57.917.066,88 NĂŁo operacionais 34.065,64 2. INSUMOS 89.748.778,94 55.864.375,01 Custo das mercadorias vendidas mercado interno 69.162,53 60.181,40 Custo das mercadorias vendidas mercado externo 83.118.653,08 54.039.256,52 Devoluçþes 6.085.991,36 1.319.979,41 Impostos incidentes sobre vendas 10.365,19 6.774,97 Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 464.606,78 438.182,71 3. VALOR ADICIONADO BRUTO 3.825.990,65 2.116.201,58 4. RETENÇÕES 55.420,26 57.641,25 Depreciação, amortização e exaustĂŁo 55.420,26 57.641,25 5. VALOR ADICIONADO LĂ?QUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE 3.770.570,39 2.058.560,33 6. VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANFERĂŠNCIA 2.765.313,73 2.180.819,16 Resultado de equivalĂŞncia patrimonial 96.556,02 29.121,58 Receitas financeiras 2.861.869,75 2.209.940,74 7. VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR 6.535.884,12 4.239.379,49 8. DISTRIBUIĂ‡ĂƒO DO VALOR ADICIONADO 5.296.047,34 3.630.913,97 Pessoal e encargos 475.319,56 408.169,09 Impostos, taxas e contribuiçþes 40.570,96 16.168,48 ProvisĂŁo de CSLL 178.962,65 83.670,97 ProvisĂŁo de IRPJ 473.118,48 208.419,36 Despesas bancĂĄrias 3.599.867,30 2.373.726,19 Juros s/ capital prĂłprio 528.208,39 540.759,88 Lucros Retidos/PrejuĂ­zo de ExercĂ­cio 1.239.836,78 608.465,52 As notas explicativas integram o conjunto das demonstraçþes financeiras NIVALDO DZYEKANSKI Diretor

ALESSANDRA DZYEKANSKI Diretora

GELSON LUIS GOMES DE CAMPOS CRC-PR 027274/O-0 CPF 451.203.159-68


12

PUBLICAÇÕES LEGAIS/ NACIONAL

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Renault apresenta 22ª edição do Festival de Teatro de Curitiba O mais importante evento das artes cênicas do País estreia hoje na Ópera de Arame

EDITAL DE PROCLAMAS TABELIONATO E REGISTRO CIVIL DE SANTA QUITÉRIA. Av. N. Sra. Aparecida, 305, loja 13, Seminário – CEP: 80.440-000. Tel: (41) 3342-7372 Fax: (41) 3343-2333 – CURITIBA -PR Faço saber que pretendem casar-se e apresentarem os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro: TIAGO SABINO SCOLARI e KAMILLA FERNANDES DE ARAUJO RENO ALBINO BRANCO JUNIOR e ROSELENE TABALDI DE QUADROS Sabendo alguém de qualquer impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de quinze dias. O referido é verdade e dou fé. Curitiba, 26 de Março de 2013. CID ROCHA JÚNIOR OFICIAL

JUÍZO DE DIREITO DA SÉTIMA VARA CÍVEL – Cartório da 7ª Vara Cível – Av. Cândido de Abreu, 535 – 4º andar. Comarca de Curitiba – Estado do Paraná. Dra. Katya de Araújo Carollo – Escrivã. Eduardo Mattana Carollo – E. Juramentado. Carlos Ostrowski Junior – E. Juramentado. EDITAL DE INTIMAÇÃO DE R2 ASSESSORIA DE COBRANÇA E SERVIÇOS EDUCACIONAIS LTDA., ATRAVÉS DE SEU REPRESENTANTE LEGAL, COM O PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, NA FORMA ABAIXO: Edital de INTIMAÇÃO do Requerido R2 ASSESSORIA DE COBRANÇA E SERVIÇOS EDUCACIONAIS LTDA, através de seu Representante Legal, atualmente em lugar incerto, para que, no prazo de 10 (dez) dias, contados após o decurso do prazo do edital, apresente os seguintes bens em Juízo: “50 (CINQUENTA) ESTAÇÕES PENTIUM III 700, MEMÓRIA 128 HD 20 GB, DRIVE 1.44, KIT MULTIMÍDIA, PL REDE 3 COM, PL FAX 56 K, PL VÍDEO 4 MB, MONITOR 15º SVGA, TECLADO E MOUSE; 01 (UM) MICRO SERVIDOR COMPAQ PENTIUM III 800, MEMÓRIA 256 MB, PL VÍDEO 08 MB AGP, DRIV 1.44, GRAVADOR CD ROMM, PL REDE 3 COM, 2 HD HOT SWAP 30GB, GABINETE, UNIDADE BACK UP 30 GB, GABINETE, UNIDADE BACK UP 30GB, MONITOR 15º SVGA, TECLADO E MOUSE; 02 (DOIS) HUB PLANET 16 PORTAS 10/100”, nos autos de Ação RESCISÃO CONTRATUAL C/C PERDAS E DANOS COM PEDIDO DE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA, sob nº 182/2002, tramita na 7ª Vara Cível de Curitiba, sito na Av. Cândido de Abreu, 535, 4º Andar, Centro Cívico, movida por BRADESCO LEASING S/A – ARREDAMENTO MERCANTIL, em que alega o seguinte: “Através do Contrato de Arrendamento Mercantil nº 855/222500 celebrado em 10.04.2001 e seu Instrumento Particular de Re-Ratificação a autora arrendou à ora ré, os bens a seguir descritos: “50 (cinqüenta) Estações Pentium III 700, memória 128 HD 20 GB, drive 1.44, kit multimídia, PL rede 3 COM, PL fax 56 K, PL vídeo 4 MB, monitor 15” SVGA, teclado e mouse”. “01 (um) Micro Servidor Compaq Pentium III 800, memória 256 MB, PL vídeo 08 MB AGP, drive 1.44, gravador CD Room PL rede 3 COM, 2 HD Hot Swap 30 GB, gabinete, unidade back up 30 GB, monitor 15” SVGA, teclado e mouse”. “02 (dois) Hub Planet 16 portas 10/100”. A Arrendatária, por sua vez, recebeu os bens acima descritos em perfeitas condições de funcionamento e sem defeitos, conforme Termo de Recebimento e Aceitação do referido contrato que foi convencionado pelo prazo de 36 (trinta e seis) meses, obrigando-se a arrendatária a pagar durante a vigência do mesmo, contraprestações de R$ 5.208,24 (cinco mil, duzentos e oito reais e vinte e quatro centavos) e VRG de R$ 624,95 (seiscentos e vinte e quatro reais e noventa e cinco centavos), corrigidos na forma estipulada contratualmente. Ocorre que a Arrendatária deixou de cumprir com o pactuado, estando a dever as parcelas vencidas desde 10.10.2001 (amortizou parte da mesma) e 10.11.2000, sendo que o débito até a parcela e VRG vencidos em 10.01.2002 atingia o montante de R$ 179.378,18 (cento e setenta e nove mil, trezentos e setenta e oito reais e dezoito centavos) além dos encargos pactuados e, com o inadimplemento, a Autora tem o direito de ver declarada a rescisão do contrato, com a retomada dos bens arrendados como dispõe a cláusula XII, itens 1 e 2, cujo valor será abatido do débito contratual. Outrossim, a demora na solução na lide poderá causar dano de difícil ou até mesmo impossível de reparação, posto que a Arrendatária poderá proceder à ocultação dos bens arrendados, que se tratando de bens móveis o uso, má conservação e desgaste natural do tempo, depreciam consideravelmente o seu valor, principalmente levando-se em conta tratar-se de equipamentos de informática, além de estar se utilizando dos mesmos sem nada a pagar desde 10.10.2001 e 10.11.2001, gerando prejuízo à Autora que não consegue recuperar o capital empregado na aquisição dos bens. Ademais, poderá ainda, a Arrendatária, para propiciar abuso no direito de defesa, protelar o desfecho da lide, que o tornará inócua a prestação jurisdicional se concedida somente ao final do feito. Sendo assim, o valor estipulado de perda deve compreender, necessariamente, à soma das parcelas do contrato como se este tivesse sido integralmente cumprido, do qual será abatido o valor apurado com a venda dos bens e, evidentemente, as parcelas adimplindas pela ré”. DESPACHO DE FLS. 357: “I. Defiro o requerimento de fl. 356 para citação do requerido por edital. Expeça-se edital de citação, com prazo de 30 (trinta) dias. II. Cientifique-se a parte de que fica condicionada a citação por edital à apresentação de minuta, no prazo de 10 (dez) dias, conforme determina o Código de Normas da Corregedoria Geral da Justiça, em seu item 5.4.3.1. III. Após retirar o edital, deverá a parte autora comprovar que procedeu à publicação do mesmo em jornal local, conforme dispõe o artigo 232, III do Código de Processo Civil. IV. Intime-se. Curitiba, 19 de Novembro de 2012. (a) Carla Melissa Martins Tria – Juíza de Direito”. E para que chegue ao conhecimento de todos e ninguém no futuro alegue ignorância, expedi o presente edital, que será publicado e afixado no lugar de costume (art. 232, II e III). Curitiba, 28 de Fevereiro de 2013. E Eu, (a) (Katya de Araújo Carollo) Escrivã, que o fiz digitar, conferi e subscrevo. (SOB MINUTA). (a) JOÃO LUIZ MANASSÉS DE ALBUQUERQUE FILHO – Juiz de Direito.

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DISTRITAL DO BOQUEIRÃO RUA MAL. FLORIANO PEIXOTO, Nº 5636, HAUER, CEP: 81630-000. CURTIBA – PARANÁ Faz saber que pretendem se casar: BRUNO HENRIQUE PORTES e VANUZA FERNANDA JES (Serviço Distrital do Pinheirinho, Curitiba, Paraná) RODRIGO CASSARA FLORES e DENISE WISOCZYNSKI PATRICIO DA SILVA RAFAEL ERNANI NASS e LÚCIA DE FATIMA SOUZA ERIEL FORVILLE DE ANDRADE e HELOISA PACHECO BRAGA JOÃO BATISTA XAVIER DE SOUZA e JOZEANE CLAVELINA DE ANDRADE ÉDER PINHEIRO DA SILVA e ALINE THOMÉ DE LARA LUIZ HENRIQUE FORTES PEREIRA e KELLY MONIQUE SENDECKI CLAUDIO MARCOS ASSOLARI e NICLÉIA LUZ DIONATA ROBERTO DIAS e CAROLINI PRISCILA TOTTI JULIO CEZAR DA CRUZ CORDEIRO e ADRIANA LUIZA LOPES DOS SANTOS WELINGTON GUSTAVO FREIRE e SUSAN IRIYODA SILDO ANTONIO CHAVES e ANA PAULA DE ALMEIDA JULIANO CÉSAR FOLADOR e CAMILA FERNANDA RIGONI WELLINGTON FERREIRA e VIVIANE OLIVEIRA DA SILVA ALESSANDRO ALTOBELLI VELOSO GONÇALVES e LUCIANE ARENDT MENDES RODRIGO FRANCISCO DE ALMEIDA e SILVANA MAIA LEANDRO LIMA DA SILVA e MARIA ANA CLAUDIA DA COSTA VIEIRA EVERTON FERREIRA FIGUEIREDO e JULIANA APARECIDA FERREIRA PAULO DOS SANTOS e LILIANE BENACIO GILSON FIORINI SCHUNEMANN e KATIA REGINA PALOMA Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei e no prazo de quinze dias. Curitiba, 26 de Março de 2013. WALDOMIRO BAPTISTA NETO OFICIAL

A capital dos paranaenses vai respirar cultura a partir de hoje, quando começa oficialmente a 22ª edição do Festival de Teatro de Curitiba, o maior do gênero no País. O evento, que já entrou para o calendário brasileiro como um dos mais importantes eventos da área cultural, vai tomar ruas, praças e palcos da cidade. Renault e Itaú apresentam esta edição do festival, que vai até o dia 7 de abril reunindo espetáculos de diversos gêneros e formatos para adultos, jovens e crianças, em espaços tradicionais, alternativos ou ao ar livre. Durante o festival, clientes Renault terão 50% de desconto na compra de até 4 ingressos por sessão de cada espetáculo. Basta apresentar o documento do veículo e o documento de identidade em qualquer apresentação da Mostra 2013 e do Fringe (mediante disponibilidade de ingressos). A ação está inserida na estratégia da empresa e seu objetivo de tornar a marca cada vez mais conhecida e próxima da sociedade, através da promoção de eventos culturais e artísticos. “O crescimento da marca está diretamente ligado à evolução do Brasil e dos brasileiros, daí o apoio a ações culturais de qualidade. Especialmente neste caso do Festival de Teatro de Curitiba, de extrema relevância para as artes cênicas do País”, explica o Presidente da Renault do Brasil, Olivier Murguet. O Instituto Renault também participará do evento com a promoção de ações sociais. Em uma sessão especial do espetáculo “Nostalgia”, peça que homenageia tradição circense

nacional, para cada ingresso vendido um outro será doado para entidades atendidas pelo Instituto. A sessão acontecerá no Teatro Positivo, no dia 4 de abril. A iniciativa faz parte do “eixo Transformar”, um dos pilares do Instituto Renault, que tem por objetivo contribuir para a melhoria da qualidade de vida e dar condições de desenvolvimento pessoal, profissional, social e geração de renda para a comunidade local, especialmente naquelas localizadas em Curitiba e região, onde a Renault está instalada. Renault na cenacultural brasileira Desde que instalou sua fábrica em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, em 1998, a Renault está cada vez mais presente no dia a dia dos brasileiros. A mar-

EDITAL DE PUBLICAÇÃO DE SENTENÇA. O DR. FERNANDO AUGUSTO FABRICIO DE MELO, MM. JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DA QUARTA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC. F A Z S A B E R a todos quantos o presente virem ou dele conhecimento tiverem, que perante este Juízo e Cartório tramitou a Ação de Curatela sob n.º67/2005 em que é requerente LEONILDA IOLANDA AVELLEDA CHORNOBAY e requerido LUIS AUGUSTO AVELLEDA CHORNOBAY, brasileiro, solteiro, nascido em 04/12/1965, filho de Omiliano Chornobay e Leonilda Iolanda Avelleda Chornobay, residente na Rua Cel. Amazonas Marcondes, n°699, nesta Capital, na qual foi proferida a r.sentença de fls. 181/182, determinando a interdição do Requerido LUIS AUGUSTO AVELLEDA CHORNOBAY, declarando-o incapaz de exercer pessoalmente os atos da vida civil, nos termos do artigo 1.767, I do Código Civil e 1.183, parágrafo único, do Código de Processo Civil, (Causa: esquizofrenia paranóide, de caráter crônico e permanente), nomeandolhe Curadora, Leonilda Iolanda Avelleda Chornobay. DADO E PASSADO, nesta cidade e Comarca de Curitiba, aos trinta dias (30) dias do mês de outubro do ano de 2012. Eu (a) (Bruna C. Montagner) Auxiliar juramentada, que o fiz digitar e subscrevo. (a).Fernando Augusto Fabrício de Melo. Juiz de Direito Substituto.

JUÍZO DE DIREITO DA NONA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – PR. Av. Cândido de Abreu, 535, 5º Andar, Ed. Montepar, Centro Cívico. Telefone 041-3254-7773. EDITAL DE CITAÇÃO DE CELL MANIA TELEFONIA E ELETRONICOS LTDA., por seu repr. legal, GILBERTO MARTINS BORGES e LINCON LOPES – PRAZO DE 20 (VINTE) DIAS: A DOUTORA CRISTINE LOPES, MMa. JUÍZA DE DIREITO SUBSTITUTA DA COMARCA DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, NO USO DAS ATRIBUIÇÕES QUE LHE SÃO CONFERIDAS POR LEI, FAZ SABER a todos quanto o presente Edital virem, ou dele conhecimento tiverem, em especial aos Executados, CELL MANIA TELEFONIA E ELETRONICOS LTDA., por seu repr. legal, CNPJ/MF n. 07.802.803/ 0003-70, GILBERTO MARTINS BORGES, CPF/MF n. 474.120.549-53 e LINCON LOPES, CPF/MF n. 024.211.449-06, ambos atualmente em lugar incerto e não sabido, nos autos de EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL N. 2065/2009, que lhe move BANCO BRADESCO S/A, cuja inicial, em síntese, aduz o seguinte: “O exeqüente é credor dos executados pelo valor total de R$ 149.093,79 (cento e quarenta e nove mil, noventa e três reais, setenta e nove centavos), atualizados até 14/10/2009, acrescida de correção monetária de acordo com a Lei n. 6899/81 e juros de mora de 1% ao mês, mais custas processuais e honorários advocatícios no percentual de 10%, de origem de Cédulas de Crédito Bancário, firmadas em 29/ 06/2009, emprestando aos executados o valor de R$ 136.980,00 (cento e trinta e seis mil, novecentos e oitenta reais). Deferida a citação e devidamente expedido mandado, várias foram as diligências via oficial de justiça, porém sem êxito, sendo inclusive expedidos ofícios aos Órgãos a fim de apurar o atual paradeiro do executado, restando todas infrutíferas.” Assim, através deste edital é feita a competente CITAÇÃO EDITALÍCIA DE CELL MANIA TELEFONIA E ELETRONICOS LTDA., por seu repr. legal, GILBERTO MARTINS BORGES e LINCON LOPES, para que, para que no prazo de três (03) dias, pague(m) a quantia reclamada, que fluirá a partir do esgotamento do prazo de vinte dias contados da primeira publicação do presente edital, acrescido das cominações legais. Fica(m) cientificado(s) de que, independentemente de penhora, deposito ou caução, poderá(ao) opor(em) embargos a execução, no prazo de 15 dias. Anote-se também que, se os embargos forem manifestamente protelatórios, o juiz aplicará a parte devedora multa no valor de 20% do valor da execução. Ficam ainda fixados honorários advocatícios em 10% do valor do débito, os quais serão reduzidos pela metade em caso de integral pagamento do débito no prazo de 03 (três) dias, conforme previsto no art. 652-A, parag. único do CPC. O presente será publicado e afixado na forma da Lei. Curitiba, 15/03/2013. Eu, (a), Paulo Sérgio Machado D’Ávila, Escrevente Juramentado, que o digitei e subscrevi por determinação judicial. (a) CARLOS ROMANEL Escrivão Por aut. do MM. Juiz de Direito - Portaria n.º 01/13.

FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – PARANÁ/ CARTÓRIO DA 16ª VARA CÍVEL. Av. Cândido de Abreu, 535, 8º Andar, Ed. Fórum Cível, Centro Cívico – CEP: 80530906/ Fone-fax: (41) 3254-7870. EDITAL DE INTIMAÇÃO DA FIEL DEPOSITÁRIA ELAIR RODRIGUES DA SILVA, COM PRAZO DE VINTE (20) DIAS. EDITAL DE INTIMAÇÃO DE ELAIR RODRIGUES DA SILVA, inscrita no CPF nº 394.156.279-72, que atualmente encontra-se em lugar incerto e não sabido, fiel depositária dos bens penhorados nos autos 1110/1996 de AÇÃO DE DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO C/C COBRANÇA, autos nº 1110/1996, em que é autora SOCIEDADE BENEFICENTE UNIÃO DOS CHAUFFEURS, e requerida ELAIR RODRIGUES DA SILVA – FIRMA INDIVIDUAL, a qual tramita perante esta 16ª Vara Cível da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba-PR, para que no prazo de vinte e quatro (24) horas, entregue os bens móveis penhorados (e constantes do Auto de Penhora de f. 129 dos autos) ou deposite o seu equivalente em dinheiro, sob pena de ser decretada a prisão civil pelo prazo de até um ano. Valor dos bens: R$ 1.470,00 (mil, quatrocentos e setenta reais), em fevereiro/2008. O prazo de 24 (vinte e quatro) horas iniciarse-á após o decurso do prazo de 20 (vinte) dias da publicação deste edital. Curitiba, 9 de julho de 2010. Eu,_, Taka Sonehara, Escrivã, que o fiz digitar e subscrevi. RENATO LOPES DE PAIVA – Juiz de Direito.

ca, que cresce com o País, dá apoio ao festival, cuja relevância cultural e transformadora tem feito história nas artes cênicas brasileiras. As ações em prol da cultura nacional se multiplicam. Em 2012, por exemplo, a Renault firmou os direitos de naming rights do Expo Renault Barigui, um centro de exposições instalado no principal parque de Curitiba, o Parque Barigui. Na cidade de São Paulo, acordo semelhante foi feito recentemente com a principal sala de espetáculos musicais de projeção internacional da capital, que passou a se chamar Teatro Renault (antigo Teatro Abril). Momento especial para a Renault Uma das marcas que mais crescem no mercado

automotivo brasileiro pelo terceiro ano consecutivo, a Renault passa por um momento especial no Brasil, que já se tornou o segundo maior mercado da empresa, ficando atrás somente da França. Em 2012, por exemplo, a Renault bateu recorde de vendas e alcançou crescimento quatro vezes superior à da média brasileira. O sucesso é fruto de uma estratégia pautada na renovação e ampliação de produtos, na expansão da rede comercial – que hoje já conta com mais de 235 concessionárias – e no aumento da capacidade produtiva instalada. A partir deste ano, a produção anual saltará de 280 mil para 380 mil carros, graças à recente obra de ampliação do Complexo Ayrton Senna, fruto de um investimento de R$ 500 milhões.


| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

13

Paixão de Cristo este ano será encenada no BioParque O tradicional espetáculo da Paixão de Cristo do grupo Lanteri será realizado este ano no BioParque, no bairro Uberaba, devido às obras na Pedreira Paulo Leminski, palco da encenação desde 1991. A apresentação acontece às 19 horas da sexta-feira (29). O ingresso será a doação de um quilo de alimento não perecível, que será distribuído a instituições assistenciais. A Urbs vai colocar uma linha especial de ônibus gratuita na Praça Rui Barbosa, fazendo a ligação direta, sem paradas no percurso, com o BioParque. O primeiro ônibus no sentido BioParque sairá às 14h30 – os seguintes sairão conforme a demanda do público. Fiscais da Urbs estarão na Rui Barbosa liberando ônibus a ônibus. O último sairá às 18h30. O retorno dos ônibus para a Praça Rui Barbosa começa às 21 horas. A Prefeitura orienta a população para que utilize somente os ônibus gratuitos para ir ao BioParque, porque não haverá estacionamento no local. A Setran irá divulgar até quarta-feira (27) as orientações do trânsito e da movimentação dos pedestres na região do BioParque. A montagem do Lanteri,

encenada há 35 anos, envolve mais de 1.200 profissionais e apresenta de forma dinâmica as principais passagens da vida de Jesus Cristo. Entre as cenas retratadas estão o batismo, o sermão da montanha, a cura do cego, a ressurreição de Lázaro, o apedrejamento da mulher adúltera, a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, a Santa Ceia, a Crucificação e a Ressurreição de Cristo. Para dar vida às cenas, o grupo espalha som e luz pelos diferentes palcos, além de acrescentar vários efeitos especiais. ESPETÁCULOS NOS BAIRROS Praças e espaços comunitários de vários bairros de Curitiba vão abrigar na Sexta-Feira Santa mais sete espetáculos que revivem a Paixão de Cristo. As encenações acontecem no Bairro Novo, Abranches, Pinheirinho, Xaxim, São Braz e Santa Quitéria. No Pinheirinho, haverá espetáculos em dois locais. Os grupos teatrais foram selecionados por meio de edital da Fundação Cultural de Curitiba e receberam apoio financeiro para as montagens, dentro da proposta de valorizar as tradições populares.

No corre-corre da volta para casa e entre um ônibus e outro, muitos transeuntes pararam na noite desta segunda-feira (25) para observar o que se via de longe: a Curitiba antiga e a atual projetadas no alto da parede do edifício Vila Rica, na Praça Rui Barbosa. A projeção de 40 fotos em homenagem aos 320 anos da capital iniciou com imagens do Largo da Ordem em 1906, das ruas da década de 20, das praças Garibaldi e 19 de Dezembro dos anos 30, até chegar à atualidade com a Ópera de Arame, Parque Tanguá, Jardim Botânico e a Praça Osório repleta de tendas das tradicionais feiras da cidade. O preto e o branco se misturaram ao colorido contemporâneo na projeção, que também homenageou, neste mês da mulher, as curitibanas trabalhadoras, com imagens de atendentes de balcão do passado e de profissionais da atualidade, entre as quais mestres de obras, guardas municipais e agentes comunitárias. “É uma emoção participar deste momento, que vai ficar marcado para sempre”, diz a síndica do edifício Vila Rica, Valnete Martineli Merlo. O prédio também tem suas histórias - foi, du-

Em documento encaminhado à Caixa Econômica Federal (CEF), a Prefeitura de Curitiba solicitou o cancelamento do financiamento para a remodelação da Avenida Cândido de Abreu. A obra integrava o conjunto de sete ações da Matriz de Responsabilidade do município para a Copa do Mundo FIFA 2014. A Prefeitura tomou essa decisão porque alterações no projeto tornaram a obra cinco vezes mais cara, o que acarretaria numa contrapartida, para o município, 83 vezes maior do que o previsto originalmente. Além disso, não haveria mais tempo hábil para entregar a obra pronta para a Copa do Mundo. No contrato assinado em setembro de 2010, a obra estava avaliada em R$ 5.157.894,74 e o financiamento da CEF tinha o valor de R$ 4.900.000,00. A contrapartida da Prefeitura de Curitiba seria de R$ 257.894, 74, o equivalente a cerca de 5% do valor total da obra. O projeto, contudo, não tinha o detalhamento necessário. Em maio de 2012, quando o projeto executivo foi detalhado, o custo da obra subiu para R$ 14.200.000,00. As intervenções previam nova pavimentação da via e instalação de passeios, pontos de parada de transporte coletivo, terraplenagem, sinalização horizontal e vertical, sinalização semafórica, novas galerias de drenagem, iluminação convencional e modernização da sinalização semafórica. Meses depois, a atual administração municipal concluiu que, além das intervenções já previstas, seriam necessárias obras de drenagem nas duas extremidades da rua e também a instalação de distribuição de energia subterrânea para iluminação da via, que não tinham sido previstas. Com essas novas alterações, o valor final da obra seria elevado para R$ 26.242.000,00. Desta forma, o financiamento da CEF permaneceria em R$ 4.900.000,00, mas a contrapartida da Prefeitura de Curitiba subiria para R$ 21.342.000,00. Além disso, já não haveria tempo hábil para entregar a obra pronta para a Copa do Mundo de 2014. “Não temos como arcar com esses valores e tampouco conseguiríamos cumprir os prazos legais previstos na Matriz de Responsabilidade. E investir mais de R$ 26 milhões em 900 metros de uma única avenida, é algo que nos faz pensar uma, duas, vinte vezes. Por isso, a melhor decisão foi pedir a rescisão do contrato de financiamento”, disse o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Sérgio Póvoa Pires.

Jader Rocha/SMCS

Projeções fotográficas movimentam a Praça Rui Barbosa

Elevação dos custos faz Prefeitura cancelar remodelação da Cândido de Abreu

No corre-corre da volta para casa e entre um ônibus e outro, muitos transeuntes pararam na noite desta segunda-feira (25) para observar o que se via de longe: a Curitiba antiga e a atual projetadas no alto da parede do edifício Vila Rica, na Praça Rui Barbosa

rante décadas, a moradia da poetisa Helena Kolody. Como um túnel do tempo, as fotos provocaram a emoção e o saudosismo de quem viveu a Curitiba do passado e a reação de surpresa dos

mais jovens. A projeção fotográfica foi prestigiada pelo prefeito Gustavo Fruet, pela viceprefeita e secretária municipal do Trabalho e Emprego, Mirian Gonçalves, pelo

presidente da Câmara Municipal, Paulo Salamuni, pelo diretor-geral de Itaipu Binacional, Jorge Samek, pelos secretários de Comunicação, Gladimir Nascimento, e do Abastecimento, Aldo Fernando Klein Nunes, pelo presidente do Ippuc, Sérgio Pires, pelo administrador da regional da matriz, Maurício Figueiredo Lima Neto, entre outros. O roteiro da projeção de fotos em homenagem aos 320 anos de Curitiba continua nesta terça (26), na regional de Santa Felicidade, e quarta-feira (27), na regional do Pinheirinho, sempre às 19 horas. As fotos são, principalmente, do acervo da Fundação Cultural de Curitiba e fazem um resgate histórico da capital das décadas de 20 a 60. Algumas pertencem à coleção Anita Strebel, fotógrafa que registrou a Curitiba do século 20. O passado e o presente de Curitiba são expostos alternadamente, relembrando também as mulheres em seus ofícios de antigamente e em seus novos e diferentes postos de trabalho. São 40 imagens, projetadas em paredes, na dimensão de uma tela de cinema. Para assistir, basta dar uma pausa na caminhada pelas ruas da cidadania e aproveitar.


14

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

São José dos Pinhais recebe Torneio Internacional de Futsal O torneio tem o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer da Prefeitura de São José dos Pinhais, e conta com os times sul americanos Club Estrella de Boeda e River Plate, e os times Coritiba e São José dos Pinhais Futsal/ SEMEL. No São José dos Pinhais

Futsal/SEMEL, o treinador Ederson Lima, o Gaúcho, fará um trabalho com o objetivo de reposicionar a equipe no cenário paranaense, e revelar novos talentos que possam defender o município nos próximos anos e colocá-lo na Chave de Ouro do Futsal Paranaense. O ingresso

para assistir o torneio é 1quilo de alimento não perecível. PROGRAMAÇÃO · Dia 26/03/2013 - 1ª rodada Horário: 19h30min - Cerimonial de Abertura Jogo 1 - 19h45min - Club Estrella de Boeda x River Plate Jogo 2 - 21hrs - São José dos Pinhais Futsal/SEMEL x Coritiba FC · Dia 27/03/2013 - 2ª rodada Jogo 3 - 19h45min Coritiba FC x Adversário Jogo 1 Jogo 04 - 21hrs - São José dos Pinhais Futsal/SEMEL x Adversário Jogo 1 · Dia 28/03/2013 - 3ª rodada Jogo 5 - 19h45min - Perdedor Jogo 1 x Perdedor Jogo 2 Jogo 6 - 21hrs - Vencedor Jogo 1 x Vencedor Jogo 2.

Torneio Internacional de Futsal teve início ontem à noite no Ginásio Ney Braga

Rio de Janeiro vence Campeonato Brasileiro de Voleibol Juvenil Feminino em SJP No último sábado (23), o Ginásio Ney Braga foi palco da final da final entre Rio de Janeiro e Minas Gerais. O time carioca venceu por 3 sets a zero e levou o principal torneio da categoria. O Campeonato Brasileiro de Voleibol Juvenil Feminino é disputado por jovens nascidas de 1995 em diante. O torneio da Divisão de Elite (1º divisão) foi disputado por 12 seleções de diferentes Estados do Brasil. A seleção do Paraná ficou em 6o lugar e as seleções de Tocantins e do Distrito Federal foram rebaixadas. No total, foram disputados 33 jogos entre os dias 18 e 23 de março, no Ginásio Ney Braga. Segundo o Secretário de Esporte de São José dos Pinhais, Thiago Buhrer, o evento é reflexo da filosofia de trabalho do Prefeito Luiz Carlos Setim em prol da promoção do esporte e de competições de nível estadual e nacional. "O tor-

neio foi um sucesso e ficamos lisonjeados em sediálo. Nossa expectativa é que São José dos Pinhais receba mais eventos dessa grandeza. Além de ser mais um incentivo ao esporte para a população, é um grande prestígio para a cidade", disse o secretário que ressaltou que ficou satisfeito com o sucesso do evento.

Secretário de Esportes, Thiago Bührer, com atletas do voleibol

Equipe são-joseense é vice campeã da Taça Paraná A equipe de basquetebol feminina sub 17 conquistou no último fim de semana o vicecampeonato da Taça Paraná, campeonato disputado em Foz do Iguaçu. Também participaram da competição as equipes de Londrina, Toledo, Goioerê, Clube El Coati (Argentina) e Foz do Iguaçu. A equipe são-joseense venceu o Londrina (45 X 37),

Toledo (72 X 33) e o Clube El Coati (43 X 33), perdeu para o time da casa por 62 X 72 e venceu a última partida contra o Goioerê por 51 X 32. Além do vice-campeonato, a atleta Estefani Maria Demori Marcondes foi eleita pelos técnicos e árbitros o destaque da Competição. A equipe de São José dos Pinhais é composta pelas atle-

tas Estefani Marcondes, Maria Julia Ananias, Camila de Paula, Natalia Borges, Andressa Del Santo, Abia Dantas, Mariana Saar, Karulini de Souza, Vitoria Ligia, Marina Sabatke, Fernanda Miranda e Aline Gomes. A comissão técnica é composta pelo técnico Adilson Carlos Novak Junior e Doalcei Domingues, assistente técnico.


| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Artigo

Lucro Imobiliário: saiba Um tempo para como declarar seu IR em 2013 renascer

Primeiramente, o contribuinte deve baixar o programa “Ganho de Capital 2012” do site da Receita Federal do Brasil e fazer ali o cálculo do imposto. O programa já está preparado para proceder ao desconto do lucro imobiliário de 5% por ano que o imóvel tenha pertencido ao contribuinte até 1988, além do que o programa ainda aplica outros dois outros fatores de redução de lucro, o que alivia a falta de atualização monetária dos valores dos imóveis na declaração desde 1996. Na apuração do Ganho de Capital (Lucro Imobiliário), nas vendas dos imóveis realizadas ao longo do ano-calendário de 2012, o programa disponibilizará automaticamente o valor a ser recolhido de Imposto de Renda Pessoa Física, à alíquota de 15% e disponibilizará ainda a possibilidade da emissão do DARF (Documento de Arrecadação Federal), que deverá ser recolhido obrigatoriamente até o último dia útil do mês subseqüente ao da realização da venda. Portanto, o IR calculado sobre o lucro apurado na venda de imóvel, no momento da entrega da declaração pela inter-

net, já estará totalmente recolhido e este lucro será considerado como rendimento sujeito a tributação exclusiva/definitiva. No momento do preenchimento do formulário da Declaração para posterior transmissão pela internet, cujo prazo se encerrará em 30/04/2013, o contribuinte deverá importar os dados contidos do programa “Ganho de Capital 2012” e automaticamente todas as informações serão transportadas para a Declaração na Ficha “Ganhos de Capital – Bens Imóveis”, bem como o lucro imobiliário será transportado para a Ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”, linha 02. Após a importação dos dados do programa “Ganho de Capital 2012”, o contribuinte deverá providenciar a baixa do imóvel vendido na Ficha “Bens e Direitos”, antes fazer a transmissão pela internet. Outra questão a ser observada no momento do preenchimento do programa “Ganho de Capital 2012”, será relativamente às quatro situações de isenções do lucro imobiliário que são:

1) Na venda do único imóvel por valor de até R$ 440 mil, desde que o contribuinte não tenha feito outra venda de imóvel nos últimos cinco anos. 2) Na venda de imóvel por até R$ 35 mil (considerado pequeno valor) - o limite é mensal e vale para a soma obtida com a venda de um ou mais imóveis. 3) Na venda de imóvel adquirido até 1969 - nesse caso, há redução de 100% do lucro. 4) Na venda de imóvel residencial quando todo o produto da venda é usado na compra de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias. O contribuinte pode vender um e comprar mais de um imóvel ou vender mais de um e comprar um ou mais imóveis. O uso parcial do produto da venda na aquisição implica o pagamento de imposto sobre o lucro na proporção da parcela não utilizada. Nessas 4 situações de isenção elencadas, no momento do preenchimento do formulário da Declaração para posterior transmissão pela internet, cujo prazo se encerrará em 30/04/ 2013, o contribuinte deverá importar os dados contidos do

programa “Ganho de Capital 2012” e automaticamente todas as informações serão transportadas para a Declaração na Ficha “Ganhos de Capital – Bens Imóveis”, bem como o lucro imobiliário com isenção será transportado para a Ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”, linha 4. Após a importação dos dados do programa “Ganho de Capital 2012”, nesta situação de isenção, o contribuinte deverá providenciar a baixa do imóvel vendido na Ficha “Bens e Direitos”, antes fazer a transmissão pela internet. O contribuinte que fez doação de imóvel também precisa verificar se ficou sujeito ao imposto de ganho de capital. “A doação é isenta de IR se o imóvel for entrar na declaração do beneficiário pelo mesmo valor pelo qual era informado na declaração do doador. Se o beneficiário quiser atualizar o valor do imóvel em sua declaração, o doador terá de pagar imposto sobre a diferença dos valores, fazendo também o preenchimento do programa “Ganho de Capital 2012” e todas as demais operações acima elencadas.

Produtos para trabalho em altura recebem selo de Conformidade do INMETRO Máxima proteção para o setor de construção civil brasileiro. O INMETRO já iniciou seu processo de certificação para produtos utilizados no trabalho em altura. A primeira empresa a receber a certificação é do Paraná, o que torna o estado o único no Brasil autorizado a utilizar o selo de conformidade conforme a Portaria n° 388/2012 em seus Cinturões e Talabartes. A Altiseg, especializada em segurança em altura, é a primeira empresa do país a ter em sua linha de produtos Cintos e Talabartes em conformidade com a Portaria INMETRO. A linha certificada foi intitulada “MÁXIMA”, justamente pela alta qualidade, segurança e tecnologia encontrada em seus produtos. A primeira certificação saiu após seis meses da publicação da portaria INMETRO nº 388/

2012, publicada em 24/07/ 2012, que se refere à avaliação da conformidade para os componentes dos equipamentos de proteção individual (EPI) para proteção contra quedas com diferença de nível – Cinturão de Segurança, Dispositivo Travaqueda e Talabarte de segurança. Que teve como principal objetivo eliminar riscos de acidentes por causa de falhas de produtos não conformes. “A Altiseg sempre teve o propósito de solucionar os problemas relacionados a trabalhos em altura e a desenvolver sistemas de proteção contra quedas. O selo representa para nós o reconhecimento da qualidade de nosso produto no mercado brasileiro de altura”, diz a diretora da Altiseg, Patrícia Santos. Mais do que uma conquista para a empresa que está há 25 anos no mercado, a Altiseg reconhece sua positiva contribui-

ção para os usuários dos equipamentos de proteção contra quedas. “O selo de conformidade oferece maior credibilidade e confiabilidade ao trabalhador, pois a partir da publicação desta portaria, será obrigatória a adequação e padronização da qualidade dos equipamentos a começar pelos fabricantes. Os produtos serão fiscalizados e testados periodicamente através de órgãos competentes, contribuindo desta maneira para uma concorrência saudável e maior segurança, onde os maiores beneficiados serão os trabalhadores que executam o trabalho em altura”, complementa a responsável pelo sistema de gestão da qualidade da Altiseg, Fernanda Neves. Os produtos que já possuem o selo de conformidade são: Cinturão de Segurança e Talabarte de Segurança, que são utilizados como Equipamentos de

Proteção Individual (EPI) para proteção contra quedas com diferença de nível. A certificação dos produtos foi realizada pelo Instituto Falcão Bauer da Qualidade, que é um Órgão Certificador de Produto acreditado pelo INMETRO e que possui o maior escopo em certificação de produtos do país. Os prazos para as empresa se adequarem a Portaria Inmetro n° 388/2012 e adquirir o selo de conformidade, são: Fabricantes e Importadores (fabricação): a partir de 24 de janeiro de 2014. Fabricantes e Importadores (comercialização): a partir de 24 de julho de 2014 Comercialização p/ Distribuidores e Revendedores: a partir de 24 de julho de 2015

Adelino Venturi O advento da Páscoa (do hebraico Pessach),tem um significado de entendimento fácil, mas fundamental para a existência humana. É o tempo do renascimento. É a maior festa da Cristandade Católica. Os cristãos católicos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação. Os judeus comemoram a libertação e fuga de seu povo escravizado no Egito. A festa tradicional, segundo as concepções católica e ortodoxa, associa a imagem do coelho, um símbolo de fertilidade, e ovos pintados com cores brilhantes, representando a luz solar, dados como presentes. Para as crianças (e também muitos adultos), a Páscoa é tempo de comer muito chocolate. O simbolismo pascal do renascimento tem, neste momento, um significado de grande relevância. A Igreja Católica vive um tempo de renovação. A eleição do papa Francisco tem um significado muito especial. Ele representa a esperança de uma nova era, a esperança de recuperação dos valores da nossa civilização; que são os valores da fraternidade e solidariedade; que são cristãos, mas adotados pelas demais religiões e, assim, são valores universais. O papa Francisco tem um histórico de humildade e simplicidade. Ele é um jesuíta exemplar, um religioso com uma visão de mundo distante dos cenários de guerra e de violência; de abuso da ética e da moral; de pessoas e instituições corruptas; de desconsideração e desprezo pela própria raça humana. A Igreja Católica - e as demais que atuam em favor do humanismo - tem papel estrutural na formação moral das pessoas. No tempo de Francisco, a nossa cidade também tem seu quinhão de satisfação. É Francisco o nosso novo bispo diocesano.

E porque somos todos crédulos, professamos a fé como valor humano fundamental, o tempo de Francisco deve ser visto como um tempo de bom augúrio, o tempo da boa nova, o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, porque ele cumpre seu calvário e renasce no tempo da Páscoa. O renascer em nossa cidade é, também, a demonstração de carinho da nossa gente pelas crianças, em particular por aquelas em condições de deficiência. São as nossas crianças da APPAM, a associação dos pais e amigos das crianças portadoras de mielomeningocele, e da APAE, a associação dos pais e amigos dos excepcionais. Existem, também, crianças carentes asssistidas por pessoas e entidades de grande mérito. Para saudar a todas essas pessoas, escolhemos a grande benemérita social, a dona Lizete Caldeira, do Grupo Arco-íris. Estamos todos envolvidos com a alama e o sentimento humanista de Francisco, o nosso papa e o nosso bispo. E todos iluminados pelo Francisco dos pobres, dos animais e da natureza, o jovem maravilhoso, São Francisco de Assis. Uma Feliz Páscoa a todos os nossos leitores. Adelino Venturi é professor, empresário e membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial, Industrial, Agrícola e de Prestação de Serviço (Aciap), de São José dos Pinhais


4

| Quarta-feira, 27 de março de 2013 |

Cofeci ganha ação que assegura a realização de avaliações imobiliárias aos corretores de imóveis Após anos consecutivos de tramitação, o Sistema Cofeci-Creci ganhou, em última instância, o processo que assegura aos corretores de imóveis a atribuição legal de realizar avaliações imobiliárias em todo o território brasileiro. “Com a decisão final do Poder Judiciário não há mais o que discutir. A Resolução Cofeci nº 957/2006, depois aperfeiçoada com a Resolução Cofeci nº 1.066/2007, que a substituiu, não pode mais ser contestada judicialmente. Seu conteúdo assegura aos corretores de imóveis a emissão de avaliações imobiliárias. O texto está plenamente em vigor e não há mais o que discutir sobre a competência ou não da nossa categoria para exercer essa atividade. Após uma longa batalha jurídica nos tribunais brasileiros, está ratificado: somos e estamos aptos a prestar mais esse serviços à sociedade brasileira”, informa o presidente do Sistema Cofeci-Creci, João Teodoro da Silva. O reconhecimento desta atribuição dos corretores de imóveis, entretanto, teve sempre a oposição sistemática dos profissionais das áreas da engenharia e de seus órgãos corporativos e reguladores, como relembra o vice-presidente da Avaliações Imobiliárias do Sistema Cofeci-Creci, Luiz Fernando Barcellos. Segundo Barcellos, ações judiciais eram propostas em diferentes estados da federação, impugnando “laudos de avaliação” produzidos por corretores de imóveis e contestando ser esta uma atribuição legal da categoria. “Ao longo dos anos, decisões divergentes somaram-se nos dois sentidos, a favor e contra os pareceres emitidos por corretores de imóveis, sem a formação de jurisprudência”, explica Barcellos. Agora, com a decisão proferida em última instância, o duelo judicial chega ao final, com a vitória dos corretores de imóveis.

O artigo 3º da Lei nº 6.530/1978, que regulamenta a profissão de corretor de imóveis, determina: “Compete ao Corretor de Imóveis exercer a intermediação na compra, venda, permuta e locação de imóveis, podendo, ainda, opinar quanto à comercialização imobiliária”. Assim, cabe a interpretação de que é também atribuição do profissional imobiliário “Opinar quanto à comercialização imobiliária”, proferindo avaliações mercadológicas. Em 2006, após uma profunda e meticulosa análise da fundamentação legal que embasava a argumentação dos engenheiros para justificar sua reivindicação de exclusividade na atribuição de avaliar bens, o Sistema Cofeci-Creci, na gestão de João Teodoro da Silva, decidiu entrar na briga para valer. Instituiu por Resolução a função de avaliador imobiliário, criou o CNAI (Cadastro Nacional dos Avaliadores de Imóveis) e foi à Justiça, sempre que necessário, para defender a categoria. Em 2006, a Carta de Foz do Iguaçu, ao final do XXI Congresso Nacional dos Corretores de Imóveis – XXI CONACI, registrou a edição da Resolução que deu início à regulamentação definitiva da atividade de avaliador de imóveis aos corretores: “A avaliação imobiliária por corretores de imóveis, atividade cuja regulamentação foi proposição constante da Carta de Natal, do XX CONACI, realizado em junho de 2004, e do I CONSIM – Congresso Sul Imobiliário, de maio de 2005, foi objeto da Resolução COFECI nº 957/2006, que dispôs sobre a competência do Corretor de Imóveis para a elaboração de parecer técnico de avaliação mercadológica. Esta resolução, publicada três dias antes do início do XXI CONACI, terá sua vigência iniciada em 28 de agosto de 2006 e foi recebida com entusiasmo por todos os congressistas”. Para complementar a iniciativa,

o Cofeci determinou que, para avalizar bens, o profissional imobiliário deve se submeter a um curso específico. Somente após essa complementação na formação profissional, o corretor de imóveis pode se inserir no CNAI – o cadastro de profissionais aptos a realizar avalizações de imóveis chancelado pelo Cofeci. A procura por cursos de qualificação em Avaliação de Imóveis para corretores é crescente e o conteúdo dos trabalhos produzidos atinge nível cada vez mais alto. Com a credibilidade e confiabilidade das avaliações mercadológicas emitidas por corretores e a divulgação feita pelo Cofeci, crescem o número de acessos ao CNAI, que já disponibiliza uma relação com mais de dez mil avaliadores, em todo o território brasileiro. O acesso a essas informações é gratuito, no sítio do Conselho Federal: www.cofeci.gov.br. “Agora, buscaremos junto à Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT incluir nas normas da série NBR 14653 a avaliação mercadológica de imóveis como uma das modalidades de avaliação, e o corretor de imóveis legalmente inscrito no CNAI como o profissional habilitado a realiza-las”, antecipa Barcellos. “Essa foi uma vitória muito relevante para os corretores de imóveis, o mercado imobiliário e toda a sociedade brasileira. Foram mais de seis anos contínuos de ações, recursos, agravos, embargos... Finalmente temos assegurada à nossa categoria mais uma atividade profissional. Finalmente temos o reconhecimento da nossa competência e legitimidade em mais uma atribuição”, finaliza o presidente João Teodoro. A íntegra da decisão pode ser conferida na sentença final do (Processo TRF1 nº 0010520-92.2007.4.01.3400).

metropole27-3-13  

metropole27-3-13

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you