Page 1

ESTE É O FIM F D DO #SQN... MUNDO! #SQ NASA DESMENTE PREVISÃO DE QUE UM METEORO GIGANTESCO ATINGIRIA A TERRA GIG TERR HOJE PÁG. 10

NÃÃÃÃ

CURITIBA

ÃÃÃÃO

OOOO!!!

Quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017 Edição nº 1.447, ano 6 MÍN: 16°C MÁX: 30°C

www.metrojornal.com.br | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_CTB

PF prende 27 por fr fraude com bolsas da UFPR Escândalo. Duas servidor servidoras liberaram R$ 7,35 milhões a pessoas sem vínculo com a universidade entre 2013 e 2016. Uma só beneficiária recebeu R$ 739 mil no período. Órgãos de fiscalização criticaram ‘controle mínimo’ para conter o esquema. Ex-reitor depôs à PF PÁG. 04

Faxinas começaram há duas semanas

| PEDRO RIBAS / SNCS

Lavagem da XV será feita todo mês Outras áreas do anel central de Curitiba também terão limpeza periódica, segundo prefeitura PÁG. 03

Passagem maior evitará greve, diz presidente da Urbs

GUERRA DO PARAGUAI Furacão empata em 3x3 com o Capiatá em casa e preocupa torcida

PÁG. 18

Maior destaque da partida, Gedoz observa com a torcida atleticana um dos gols do time paraguaio. Resultado terá que vir fora de casa | GERALDO BUBNIAK / FOLHAPRESS

Aumento seria para cobrir os salários dos funcionários e aliviar o fundo do transporte PÁG. 02


1 FOCO

Eleições 2018

Primeiro candidato Ciro Gomes, 59, lançará hoje pré-candidatura à presidência da República nas eleições de 2018. O candidato será apresentado durante evento promovido pelo PDT: “O próximo passo: um desafio chamado Brasil”. Será a terceira vez que Ciro entra na disputa presidencial. Em 1998, ficou em 3º lugar; e, em 2002, foi o 4º mais votado.

Cotações Dólar - 0,94% (R$ 3,067) Bovespa + 1,89% (67.975 pts) Euro - 0,68% (R$ 3,241) Selic (13,00% a.a.)

Salário mínimo (R$ 937)

02|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Aumento da passagem evitará greve, diz Urbs Transporte. Presidente da Urbs falou ontem a vereadores e disse que aumento cobrirá salários de motoristas. Decisão do TCE sai hoje A Comissão de Serviço Público da Câmara Municipal recebeu ontem o presidente da Urbs, José Antonio Andreguetto, para ouvir explicações sobre o aumento da passagem de ônibus em Curitiba. Uma decisão cautelar do TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) divulgada na segunda-feira determinou a volta ao preço anterior (de R$ 3,70), mas a prefeitura recorreu e manteve o valor em R$ 4,25. Hoje o TCE avalia em plenário a cautelar e pode definir uma punição contra a prefeitura. Convidado à Câmara para esclarecer o caso, o presidente da Urbs defendeu que o aumento vai trazer uma folga para o fundo de transporte da Urbs, que estaria ‘falido’. “O reajuste servi-

rá evitar uma possível greve dos funcionários por falta de pagamento do vale”, disse. Os motoristas e cobradores pediram, neste ano, um aumento de 15% nos salários. Por enquanto a Urbs faz suas projeções levando em conta um reajuste de 6% – equivalente à inflação do período. O índice vai ser definido apenas no final deste mês, mas o reajuste será retroativo para o início de fevereiro. Além dos salários, a Urbs destaca que quer renovar a frota. “Queremos 270 novos ônibus circulando e comprar 24 novos biarticulados”, disse Andreguetto. Disputa Em 2013 a Câmara realizou uma CPI para investigar o

54% é quanto as prefeituras podem gastar com salários dos seus funcionários. Caso ultrapassem esse limite, ele são obrigadas a reduzir em pelo menos 20% os gastos com comissionados e funções de confiança. determina que elas demitam funcionários comissionados. Caso essas demissões não surtam efeito, elas podem demitir servidores não estáveis, e depois os estáveis. Os demais municípios que extrapolaram o chamado limite prudencial da LRF estão proibidos de pagar horas extras, de darem aumentos e fazerem contratações. METRO CURITIBA

FALE COM A REDAÇÃO leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9191

O Metro Jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Espírito Santo e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

TCE avalia hoje volta da tarifa para R$ 3,70

| ARQUIVO METRO / RODRIGO F LEAL

Projeto de lei pode excluir Odebrecht de obra de R$ 7,7 bi

Crise. 64 municípios já estão no limite de gastos Desde o começo de 2017, o TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) já emitiu 64 alertas para que municípios do interior do Estado contenham seus gastos com o funcionalismo. Os primeiros alertas foram divulgados em 10 e 23 de janeiro. Já ontem foi publicada uma nova lista, com mais 43 município do interior. O problema está se agravando com a crise financeira. Curitiba ainda não recebeu nenhum alerta, mas a prefeitura já admitiu que corre o risco de extrapolar o limite determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Das 43 prefeituras alertadas ontem, 13 estão em situação mais grave, por ultrapassarem o limite de 54% das suas receitas em gastos com salários. Assim, o TCE

transporte coletivo em Curitiba. A conclusão foi de que itens deveriam ser retirados do cálculo da tarifa – caso do imposto de renda e contribuição social das empresas, do seguro em caso de acidentes (Segbus), de gastos com vigilância de terminais de ônibus e de recursos do fundo assistencial de motoristas e cobradores. O relatório foi enviado ao Ministério Público, mas na última semana foi arquivada a investigação, que concluiu que não há indícios de irregularidades na licitação feita em 2010. Ontem o vereadora Noemia Rocha (PMDB) citou a CPI e qualificou o aumento de ‘abusivo’. “Eu participei da CPI e estudei o relatório do vereador Bruno Pessuti (PSD)”, destacou. METRO CURTIBA

A CCJ (Comissão de Constitiuição e Justiça) da Assembleia Legislativa aprovou ontem um projeto de lei para que a Odebrecht possa sair do consórcio que ganhou a concorrência para a duplicação da PR-323. Uma lei estadual em vigor proíbe que o consórcio vencedor mude de comando em um prazo de três anos, mas a emenda aprovada ontem passa a liberar a troca. Em tese, uma nova empresa ou as atuais integrantes do consórcio poderiam assumir o projeto. O consórcio reúne ainda a Tucumann, Goetze Lobato e América Empreendimentos Em 2014 a obra de 207 km no interior do Estado foi orçada em R$ 7,7 bilhões. O consórcio ganhou a PPP (Parceria Público Privada), mas devido aos problemas legais da Ode-

PPP assinada em 2014 foi afetada pela Lava Jato | DIVULGAÇÃO/ ANPR

brecht não cumpriu o contrato, o que motivou um pedido de cancelamento do acordo, feito pelo governo do Estado. O projeto de lei aprovado ontem foi assinado pelo deputados Fernando Scanavaca (PDT) e Jonas Guimarães (PSB). Scanavaca diz que o objetivo é dar início às obras.

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Jornal Curitiba. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Editora de Arte: Priscila S. Belavenute. Gerente Comercial: Christian Tabaka Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera.

“Em função do que tem acontecido no país a empresa líder do grupo está praticamente inadimplente. É preciso mudar a composição (societária) para dar início às obras”, afirmou. O texto corre em regime de urgência e o presidente da CCJ, deputado Nelson Justus (DEM), convocou a reunião extraordinária de ontem para discutir exclusivamente a medida. Já o líder do governo, Luiz Cláudio Romanelli (PSB), sinalizou que o governo pode vetar a lei, caso venha a ser aprovada em plenário. “Poderá o poder executivo não sancionar essa lei, se considerar que ela altera uma regra do Direito Adminitrativo e cláusulas do contrato que foi assinado pela empresa vencedora”. METRO CURITIBA Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O Metro Jornal Curitiba é impresso na Gráfica Press Alternativa Ltda / Alm. Tamandaré/PR A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

‘Política da água com sabão’ veio para ficar Asseio. Faxinas iniciadas há pouco mais de duas semanas em praças e logradouros públicos, principalmente no anel central, serão permanentes em Curitiba. Rua XV será limpa todo mês Os 25 varredores da prefeitura com um caminhão-pipa de água reutilizada e sabão neutro serão vistos pelo menos uma vez por semana durante a noite/madrugada curitibana na região central, onde o piso de petit pavé é predominante e o fluxo de pessoas intenso. As operações de limpeza iniciadas no último dia 31 no calçadão da Rua XV e que já passaram por outros espaços (veja abaixo) seguirão um calendário permanente. “No final deste mês vamos fazer um balanço do locais que faltam e definir a periodicidade, relacionando a área e o tempo para limpar – poderá ser uma vez a cada 30, 45 ou 60 dias”, explicou o diretor do departamento de limpeza pública da prefeitura, Edelcio Marques dos Reis. O único local com calendário definido no momento é a Rua XV, que receberá uma faxina mensalmente – as próximas serão nos dias 3 de março e 7 de abril. “Essa equipe do período noturno já tem seus serviços comuns de varrição, de lavar o pátio da rodoferroviária, as feiras-livres. Estamos otimizando esse trabalho, que deve ser feito em dois dias na semana. É água, sabão e muito arroz e feijão na vassoura”, disse Reis. BRUNNO BRUGNOLO METRO CURITIBA

03|

Rede Estadual. Volta às aulas tem novo embate entre professores e Seed Como forma de protesto sobre a hora-atividade, vários professores da rede estadual de ensino deram aulas de 30 minutos, ontem, no 1º dia letivo do ano, em vez dos 50 minutos previstos. Segundo a APP-Sindicato, no tempo restante das aulas foi organizado um espaço de debate com os estudantes sobre a pauta da categoria, a educação pública no Estado e a reforma da Previdência. Em resposta ao protesto, a Seed (Secretaria de Estado da Educação) orientou as regionais de ensino para lançarem a falta aos professores que não cumprirem a carga horária semanal e das atividades curriculares. Mesmo com a ameaça de desconto, a APP disse que a manifestação deve conti-

nuar uma vez por semana até o próximo dia 15 – data de greve geral da categoria. “Atribuir falta a professores que estão na escola? Os alunos não foram dispensados, a não ser os que não tiveram aula por falta de professor”, declarou a secretária Educacional da APP-Sindicato, professora Walkíria Olegário Mazeto. Devido ao atraso na distribuição das aulas (em virtude de decisões judiciais), algumas escolas ficaram sem professores ontem e os estudantes tiveram que voltar para casa, tanto em Curitiba quanto no interior, porque os professores temporários não tiveram suas aulas distribuídas. A Seed informou que este processo será feito ainda nesta semana. METRO CURITIBA

Último local a receber a faxina foi a praça Santos Andrade, durante a noite de terça e a madrugada de ontem | PEDRO RIBAS/SMCS

A limpar

Já limpos Desde o último dia 31: Ʉ JıÑa_ȩ Calçadão entre a Rua Presidente Faria e a Praça Osório Ʉ GĤÑÞÑ#åĒåĤėĨė7ÑĤģıåĨȩ E a parte de trás do Paço da Liberdade, também conhecido como a Praça Borges de Macedo Ʉ GĤÑÞÑSÿĤÑáåĒĮåĨȩ O Marco Zero da capital Ʉ ÑĮåáĤÑČÑĨāČÿÝÑȩ E seu entorno, nos calçadões

das ruas José Bonifácio e Saldanha Marinho Ʉ SĤÑĺåĨĨÑ8åĨĮėĤáå ÑĨĮĤėȩ Entre as ruas do Rosário e São Francisco, local de vários pontos de ônibus e estações-tubo Ʉ GĤÑÞÑJıÿÑĤÜėĨÑȩ No terminal a céu aberto e na regional matriz Ʉ GĤÑÞÑNÑĒĮėĨĒáĤÑáåȩ Do Teatro Guaíra até a UFPR

8ėÝÑČåĒáÓĤÿėáåĨĮÑĨåȿ đÑĒÑȦåĒĮĤåþėĉåÒĒėÿĮåå ÑđÑĒþÕáåđÑáĤıûÑáÑȨ Ʉ GĤÑÞÑ/ėÕėÔĒáÿáėȩ No entorno do Belvedere e das ruínas de São Francisco Ʉ GĤÑÞÑ#ÑĤÿÜÑČáÿȩ Ao redor do Relógio das Flores Ʉ 2ÑĤûėáÑ=Ĥáåđȩ Do Cavalo Babão/Igreja do Rosário até a Rua Barão do Serro Azul

Fila por emprego na RMC Milhares de pessoas formaram filas desde a noite de terça para o processo seletivo, ontem, de 250 vagas no Max Atacadista de São José dos Pinhais, unidade em construção que deve ser inaugurada ainda neste 1º semestre. | GERALDO BUBNIAK


04|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Fraude tirou R$ 7,35 mi de bolsas de pesquisa da UFPR Corrupção. Depósitos de até R$ 48 mil por mês eram feitos a pessoas sem vínculo com a universidade. Instituições criticam ‘falta de controle’ A PF (Polícia Federal) prendeu ontem 27 pessoas por suspeita de uma fraude que desviou pelo menos R$ 7,35 milhões de bolsas de pesquisa na UFPR (Universidade Federal do Paraná) de 2013 a 2016. No grupo estão 25 beneficiários do dinheiro – um não foi encontrado e outro teve a prisão revogada por motivos de saúde – e duas servidoras da UFPR que liberavam a verba. As prisões são temporárias, com prazo de cinco dias. Outros oito funcionários da UFPR tiveram que prestar depoimento. Esses beneficiários, segundo a PF, chegaram a receber R$ 48 mil em um só mês, enquanto as bolsas legítimas raramente superam R$ 5 mil. Nenhum deles é ligado à UFPR. “[São] ajudantes de cozinha, dona de salão de be-

Beneficiária chegou a receber quase R$ 48 mil em um mês | REPRODUÇÃO

leza, gente que não tem nenhum tipo de vínculo com a universidade”, diz João Manoel Dionísio, auditor do TCU (Tribunal de Contas da União) que iniciou da investigação com uma auditoria. As servidoras presas, Conceição Mendonça e Tânia Catapan, trabalham na PRP-

PG (Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação) e estão há mais de 30 anos na UFPR. Segundo a investigação, ambas têm amigos próximos entre os beneficiários. Há uma grande diferença entre a que mais recebeu recursos (R$ 739 mil) e o que menos recebeu (R$ 17,4 mil).

A PF investiga se eles eram os destinatários finais do dinheiro ou seriam ‘laranjas’ do esquema. “Tudo é possível. É possível que eventual beneficiário teve os dados utilizados, mas há indicativo de que ele recebeu em conta bancária da qual era titular”, diz o delegado Felipe Hayashi. Questionadas pelo TCU sobre que os documentos referentes aos bolsistas, Conceição e Tânia informaram que os papéis se deterioraram devido a um vazamento na sala onde estavam guardados. O Metro Jornal não obteve contato com as defesas delas. Os beneficiários prestaram depoimento ontem. Alguns, como um advogado e uma vendedora de joias, disseram que prestaram serviços a Conceição e não sabiam da origem do pagamento.

‘Controles mínimos’ A PF, o TCU e a CGU criticaram os mecanismos internos da UFPR para detectar os desvios. “Se os controles mínimos fossem exercidos pela administração da UFPR, fraudes grosseiras como essa não passariam”, disse o delegado Igor Romário de Paula, da PF. Reitor da universidade de 2008 a 2016, Zaki Akel Sobrinho foi intimado a depor ontem e rebateu as afirmações. “De parte da universidade, eu posso assegurar que temos inúmeras formas de controle e sempre trabalhamos, nos oito anos que fui reitor, com transparência, com controle social e abertura da universidade”, afirmou. RAFAEL NEVES

‘QG da Lava Jato’ é retirado e reconstruído Um acampamento de apoio à Lava Jato na praça frente à sede da Justiça Federal do Paraná,no bairro Ahú, em Curitiba, foi desmontado na manhã de ontem pela prefeitura. À tarde, porém, os ativistas que o construíram – em março de 2016 – negociaram a permanência no local mediante adequação às leis de urbanismo. Ainda ontem já havia novas instalações no local. | GERALDO BUBNIAK / FOLHAPRESS

RS teve caso parecido em dezembro Em dezembro do ano passado, oito pessoas foram indiciadas por um desvio de R$ 5,8 milhões em bolsas no Rio Grande do Sul. Na lista estão três professores e duas servidoras da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e uma professora da Unisinos. O esquema era muito parecido com o da UFPR: bolsistas sem nenhum vínculo com as instituições recebiam os recursos. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

Apreensões. Polícia acha R$ 2,5 mi em cigarros e R$ 1 mi em maconha Duas ações separadas, uma da Polícia Civil e outra da PRF (Polícia Rodoviária Federal), apreenderam R$ 2,5 milhões em cigarros contrabandeados e R$ 1 milhão em maconha. A apreensão de maconha foi feita pela Denarc (divisão de Narcóticos) na manhã de ontem. Na PR-182, entre os municípios de Toledo e Vera Cruz do Oeste, os policiais descobriram um caminhão parado no acostamento por

UFRGS

problemas mecânicos, cujo motorista disse que estava levando uma carga de trigo. Na revista, porém, os agentes descobriram vários tabletes de maconha escondidos debaixo do trigo. Já a PRF apreendeu 500 mil caixas de cigarro na tarde de ontem na BR-277 em Cascavel, também no Oeste do Estado. O produto contrabandeado seria levado para Ponta Grossa, segundo o motorista. METRO CURITIBA

Cigarros foram apreendidos em Cascavel | DIVULGAÇÃO / PRF

Operação NFL

5 policiais são presos por cobrar propinas de recém-detidos O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) prendeu ontem 5 policiais e mais um homem que se fazia passar por policial em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. A ‘Operação NFL’ – em alusão às iniciais dos nomes de três dos envolvidos – descobriu que eles cobravam propina de criminosos recém-detidos para “aliviar” a situação criminal deles, adulterando as circunstâncias da prisão. Em um dos casos, um homem que havia sido preso por tráfico teve registrada uma infração por uso de entorpecentes após subornar os policiais. Em outra ocasião, os agentes pediram R$ 40 mil para deixar de anotar um segundo crime pelo qual um homem havia sido preso, para que a situação dele perante à Justiça fosse amenizada. METRO CURITIBA


06|

Substituto O presidente Michel Temer quer decidir na próxima semana o novo ministro da Justiça. O ex-ministro do STF Carlos Velloso é o mais cotado. O peemedebista confirmou o encontro de uma hora com o jurista. METRO BRASÍLIA

OUT/16

10,3 POSITIVO 6,7 NÃO SABE FEV/17

31,5 16,1

Maior no governo Temer

27,3

Maior no governo Dilma

24,2

46,8

Está maior

39,9

Igual

23,7

Legislativo Judiciário

4,2 10,9

Sim

Não

5,7

91

Sim

Não

89,3

10,7

Impacto da Lava Jato na corrupção 33,3

Igual nos três poderes Executivo

Empresários

19,4 10,2

AÉCIO NEVES (PSDB) MARINA SILVA (REDE) BRANCO/NULO INDECISOS

28,6% 28,3% 31,9% 11,2%

LULA (PT) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

42,9% 19,0% 29,3% 8,8%

Vai acabar

MARINA SILVA (REDE) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

34,4% 16,8% 35,2% 13,6%

Vai diminuir muito Vai diminuir um pouco Vai continuar igual

LULA (PT) MARINA SILVA (REDE) BRANCO/NULO INDECISOS

32,8% 13,9% 12,1% 12,0% 18,6% 10,6%

2º TURNO:

11,1

Onde há mais corrupção

34,1% 13,1% 39,9% 12,9%

58,6 25,1

População em geral

Conhece a Lava Jato

Percepção geral da corrupção

AÉCIO NEVES (PSDB) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

SOUBERAM

FEV/17

Algum partido livre de corrupção 40,1

Igual nos dois governos

LULA (PT) AÉCIO NEVES (PSDB) BRANCO/NULO INDECISOS

13,2 NÃO

Outros

Combate à corrupção

Menor

APROVAM

16,9

Políticos 48,8

Maior no governo Dilma Maior no governo Temer

24,4

Maiores corruptos

Igual nos dois governos

LULA (PT) MARINA SILVA (REDE) AÉCIO NEVES (PSDB) JAIR BOLSONARO (PSC) BRANCO/NULO INDECISOS

DESAPROVAM

51,4

OUT/16

Percepção sobre corrupção governos Dilma e Temer

31,8% LULA (PT) 12,1% MARINA SILVA (REDE) 11,7% JAIR BOLSONARO (PSC) GERALDO ALCKMIN (PSDB) 9,1% 5,3% CIRO GOMES (PDT) 1,0% JOSUÉ ALENCAR (PMDB) 17,1% BRANCO/NULO 11,9% INDECISOS

62,4

31,7 13,6 12,6

CENÁRIO 1

44,1 NEGATIVO 38,9 REGULAR

CENÁRIO 2

36,7 36,1

POPULARIDADE DO PRESIDENTE

CENÁRIO 3

AVALIAÇÃO DO GOVERNO

30,5% 11,8% 11,3% 10,1% 5,0% 3,7% 16,3% 11,3%

LULA (PT) MARINA SILVA (REDE) JAIR BOLSONARO (PSC) AÉCIO NEVES (PSDB) CIRO GOMES (PDT) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

CENÁRIO 1

Perspectivas Quase metade da população ouvida considera que a corrupção é igual tanto no governo Temer quanto no governo Dilma Rousseff. A projeção para os próximos seis meses é de manutenção do atual cenário nas áreas de emprego, renda mensal, saúde e educação. Na segurança pública, a perspectiva, contudo, é de piora, para 46,6% dos entrevistados. METRO BRASÍLIA

Popularidade do presidente Michel Temer e do governo despencam. Abaixo os principais resultados da pesquisa CNT/MDA:

CENÁRIO 2

Caso seja confirmado no STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes será voto decisivo para evitar ou obrigar a União a pagar uma ação no valor de R$ 870 milhões que envolve 58 mil processos. A ação prevê que a administração pública seja responsável pelo pagamento de dívidas de prestadoras de serviços contratadas e que fiquem inadimplentes. O julgamento foi suspenso ontem, empatado em 5 votos a 5, e só será retomado com a posse do novo ministro. Última a votar, a presidente do STF, Cármen Lúcia, foi provocada por Marco Aurélio a desempatar o caso. “Ando tão pouco minerva ultimamente”, justificou. Moraes será sabatinado na próxima terça-feira na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e depois a indicação será levada ao plenário do Senado para votação secreta.

Eleições 2018 A pesquisa também fez simulações para a corrida presidencial do próximo ano. Na consulta espontânea, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva te-

ve um salto de 11,4% para 16,6% nas intenções de voto. O petista também lidera todos os cenários de primeiro e segundo turnos, independentemente dos adversários: 42,9% a 19%, contra o atual presidente Michel Temer (PMDB); 38,9% a 27,4% contra Marina Silva (Rede); e 39,7% a 27,5% se o candidato for Aécio Neves (PSDB). O tucano vence nos cenários contra Temer e Marina. A fundadora da Rede só venceria na disputa contra o atual presidente da República. Jair Bolsonaro (PSC) teve índices entre 11,3% a 12% nos cenários de primeiro turno, mas o levantamento não simula uma eventual presença no segundo turno.

ELEIÇÕES 2018

CENÁRIO 3

Empate. Moraes decidirá ação milionária

O presidente Michel Temer viu a popularidade, já baixa, ruir nos últimos quatro meses. Pesquisa do Instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgada ontem aponta aumento de 11 pontos percentuais na avaliação pessoal negativa do peemedebista em fevereiro, na comparação com outubro do ano passado. Só 24,4% o aprovam. O desempenho do governo também apresentou piora na avaliação de ruim e péssimo – que aumentou de 36,7% a 44,1%. Os que classificam a gestão como ótima ou boa caíram de 13,6% para 10,3%. “A situação envolvendo a popularidade é muito crítica. Mas, por outro lado, tem uma base política muito forte no Congresso Nacional. Provavelmente, essa é a questão que mais sustenta o governo, o que poderá ajudar nas reformas”, analisou o presidente da CNT, Clésio Andrade.

LADEIRA ABAIXO

CENÁRIO 4

METRO BRASÍLIA

Pesquisa CNT. Presidente vê desaprovação subir 11 pontos percentuais. Avaliação negativa do governo também cresce. Na projeção de 2018, Lula derrota todos os adversários

CENÁRIO 5

O Psol e a rede anunciaram que entrarão com recursos no STF (Supremo Tribunal Federal) contra a decisão do ministro Celso de Mello que garantiu a posse de Moreira Franco na Secretaria-Geral da Presidência. Com isso, o caso terá que voltar a ser julgado, desta vez pelo plenário. Os partidos sustentam que a nomeação foi um pretexto para ‘proteger’ Moreira com o foro privilegiado, uma vez que ele é citado como beneficiário de propinas da Odebrecht. Mello negou ter havido ‘desvio de finalidade’ na decisão. O Psol pedirá que seja debatida a contradição da liberação de Moreira Franco com a proibição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de virar ministro da Casa Civil do governo Dilma, decisão tomada por Gilmar Mendes.

Temer tem rejeição de 62%

CENÁRIO 6

STF. Partidos vão recorrer contra Moreira

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

4,9 28,5 39,6 23,6

FONTE: PESQUISA DO INSTITUTO MDA ENCOMENDADA PELA CNT (CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRANSPORTES) FEITA ENTRE 7 E 11 DE FEVEREIRO COM 2.002 PESSOAS DE 138 MUNICÍPIOS DE 25 UNIDADES DA FEDERAÇÃO

39,7% 27,5% 25,5% 7,3%

38,9% 27,4% 25,9% 7,8%

Supremo mantém prisão de Cunha Por 8 votos a 1, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu ontem manter na prisão o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A defesa apresentou recurso contra a decisão de dezembro dada por Teori Zavascki, morto no mês passado, contrária à liberdade. Relator da Lava Jato, Edson Fachin manteve o entendimento do ex-ministro e afirmou que a reclamação não é instrumento adequado para o pedido, uma vez que ainda existem recursos pendentes na Justiça Federal do Paraná e no STJ (Superior Tribunal de Justiça). “O recurso é inapto à decisão. É prematura a manifestação desse STF sobre o tema antes de esgotadas instância antecedentes”, afirmou. Acompanharam o voto os ministros Roberto Bar-

“Não estamos julgando o acusado, muito embora já crucificado pela opinião pública. A provisória tornou-se uma regra atropelando o rito do processo-crime”, protestou.

Cunha está preso desde outubro

| PAULO LISBOA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

roso, Luiz Fux, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Cár-

men Lúcia. Apenas Marco Aurélio votou pela concessão de ha-

beas corpus e fez uma crítica ao que chamou de ‘excessos’ de prisão provisória.

Aneurisma A defesa de Cunha reclamou que o pedido de prisão não apresenta novidades e que o juiz Sérgio Moro usou os argumentos rejeitados pelo STF para negar o pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, quando ele ainda era deputado. O advogado Ticiano Figueiredo fez críticas também ao tratamento dado à notícia de que seu cliente tem um aneurisma. “Foi usado como um reality show macabro”, avaliou. METRO BRASÍLIA


08|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

Nova repatriação passa na Câmara Câmara. A pedido dos governadores, valores repassados aos Estados aumentam. Com alteração, texto voltará a ser analisado pelo Senado A Câmara aprovou ontem o projeto que reabre o prazo para regularização de bens e recursos mantidos ilegalmente no exterior. O texto foi aprovado por 303 votos a favor, 124 contra e 7 abstenções. Como houve mudança, a proposta volta a ser analisada pelo Senado. O relator, Alexandre Baldy (PTN-GO), alterou as alíquotas a serem pagas para legalização: 15% de imposto e 20,25% de multas. Os senadores propuseram 17,5% para multas e 17,5% para impostos. “A mudança vai equalizar o imposto e manter o resultado final de 35%”, justificou. A repatriação foi tratada como tema prioritário da reunião dos governadores, ocorrida na residência oficial do governador do DF, uma vez que parte dos recursos serão distribuídos entre os Estados e municípios. No ano passado, o primeiro programa de regularização de ativos no exterior, concluído em 31 de outubro de 2016, permitiu uma arrecadação de R$ 46,8 bilhões. A previsão da nova edição do projeto é de arrecadar R$ 16,2 bilhões. O prazo de vigência será de quatro meses, 30 dias após a publicação da lei. Polêmica Um destaque proposto pelo PCdoB e aprovado pelo plenário tirou do texto a permissão para que parentes

Fórum dos governadores se reuniu em Brasília | MARCELO CAMARGO/ABR

Novo texto Veja como ficou a nova proposta de repatriação Ʉ GĤÑŀėȩ Será aberta uma janela de 120 dias para a regularizar recursos não declarados mantidos no exterior até 31 de outubro de 2016. Ʉ ĒÿĨĮÿÑȩ A regularização extingue pena por crimes como sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ʉ GÑĤåĒĮåĨȩ A Câmara tirou do

de políticos possam repatriar valores. O artigo havia sido incluído pelos senadores, numa manobra patrocinada pelo líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR). Como o texto volta ao Senado, poderá haver nova re-

texto a autorização de adesão ao programa de cônjuges e parentes de políticos, que havia sido incluída na votação do Senado. Ʉ _ÑČėĤåĨȩ Sobre o valor regularizado implicará um imposto de 15% mais uma multa de 20,25%. Ʉ åĨĮÿĒėáėĤåÝıĤĨėȩ Os Estados e municípios terão 46% do valor arrecadado com multa. O imposto é dividido pela metade com a União.

viravolta nessa polêmica. Pauta Os governadores pedem também a votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que cria novas regras para pagamento de precatórios. METRO BRASÍLIA

Cabral teria regalias na prisão Cardápio próprio, colchão diferenciado, gelo, refrigerante, jornais e até um cooler dentro da cela. Essas são algumas das regalias que o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), preso na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, conhecida como Bangu 8, usufrui diariamente. A denúncia é de um ouvinte da BandNews FM, que esteve detido no local e revelou, com exclusividade, detalhes sobre a rotina do político. Segundo ele, que pediu para não ter a identidade revelada, os privilégios se estendem aos comparsas de Cabral. “Todas as manhãs, ele recebe na cela dele dois sacos de gelo e muita água mineral. Is-

so aí é um luxo. Chegava refrigerante para eles também. Eu via porque sempre pedia o jornal para ler, porque eles têm diariamente, outro luxo. Cada preso da cela dele tem um cooler e até carne eu vi lá. Todos os dias, ele não come a comida da cadeia”, relatou. Banho de sol livre Ainda segundo o ouvinte, Cabral fica fora da cela quase que o dia inteiro: “Eles têm acesso à academia, uma biblioteca e o banho de sol deles é livre. Quando nós íamos para o banho de sol, que era sempre por volta das 10h, 10h30, e tinha uma hora e meia de duração, aí eles ficavam trancados nas celas.”

A Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) negou as mordomias. A pasta ressaltou ainda que a unidade prisional é fiscalizada constantemente pelo Ministério Público e pela Vara de Execuções Penais, que não identificaram irregularidades. Cabral está preso desde novembro, quando foi deflagrada a Operação Calicute, desdobramento da Lava Jato no Rio. Ele é acusado de cobrar propina no valor de 5% de todos os contratos celebrados com o governo do Estado. O ex-governador se tornou réu pela quarta vez, acusado de ter praticado 184 vezes o crime de lavagem de dinheiro. METRO RIO COM BANDNEWS FM


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

FGTS: abril deve ser o mês com mais saques Contas inativas. No período, 26% poderão retirar o dinheiro do fundo. Quem não sacar até 31 de julho perde direito ao resgate Os aniversariantes de março, abril e maio são maioria (26%) entre os titulares de contas inativas do FGTS com direito a sacar os recursos. Com isso, um volume maior de saques deve ocorrer em abril, a partir do dia 10, segundo a Caixa. Maio e julho também serão meses de grande movimentação. Os saques autorizados a partir de 12 de maio (aniversariantes de junho, julho e agosto) e de 16 de julho (aniversariantes de setembro, outubro

Agências abriram ontem com duas horas de antecedência | JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS

e novembro) representam 25% das contas inativas, cada um. Já os nascidos entre janeiro e fevereiro, que representam 16% das contas, poderão sacar já a partir de 10 de março. Trabalhadores que fazem aniversário em

dezembro, que poderão sacar a partir de 14 de julho, têm apenas 8% das contas. Mais de 30 milhões de pessoas têm saldo possível de ser sacado. O montante total é de R$ 43 bilhões. A Caixa reforçou ontem que a janela para saque das

contas inativas do FGTS vai de 10 de março a 31 de julho. Depois desse prazo, valerão as regras normais para saque, em casos como demissão sem justa causa, aposentadoria e aquisição de moradia própria. Dessa forma, os primeiros beneficiados, aqueles que nasceram entre janeiro e fevereiro, terão mais de quatro meses para resgatar o dinheiro. Já os que nasceram em dezembro terão apenas o mês de julho. As agências da Caixa abriram ontem duas horas mais cedo para esclarecer dúvidas dos trabalhadores. O horário continua estendido hoje e amanhã. Além disso, 1.891 agências funcionarão em um sábado por mês até julho, com exceção de abril (18 de fevereiro, 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho). METRO

09|

Mercados. Dólar fecha em R$ 3,067 e Bolsa atinge o maior nível em cinco anos O dólar recuou 0,94%, a R$ 3,0670 na venda, menor patamar de fechamento desde 18 de junho de 2015 (3,0588 reais). Na véspera, a moeda norte-americana já havia ido abaixo de R$ 3,10. O dia foi marcado pelo otimismo dos investidores em relação ao cenário político no Brasil e por nova atuação do Banco Central no mercado de câmbio. Ajudou também no movimento de queda do dólar o ingresso de recursos no país, parte dele para aplicação em Bolsa. Nas casas de câmbio, o dólar turismo era negociado, por volta das 19h20, entre R$ 3,20 e R$ 3,30, em espécie, e entre R$ 3,35 e R$ 3,40, no cartão pré-pago, segundo o site Melhor Câmbio. Com os ganhos de ações de bancos entre as principais influências positivas e em sessão marcada por vencimento de opções, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subiu 1,89%, a

0,94% foi o recuo do dólar ontem, menor patamar de fechamento desde 18 de junho de 2015 67.975 pontos. Foi o maior patamar de fechamento desde 14 de março de 2012 (68.257 pontos). Na terça-feira, o ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu manter Moreira Franco como ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, devolvendo a prerrogativa de foro ao peemedebista, que já foi citado em delações na operação Lava Jato. A decisão foi vista pelo mercado como demonstração de força do governo do presidente Michel Temer e que pode facilitar a aprovação de importantes reformas, como a da Previdência, segundo a Reuters. METRO


10|

Reprodução do “2016 WF9” feita pela Nasa | NASA/JPL-CALTECH

Fique calmo! Nasa afirma que mundo não vai acabar hoje Depois dos maias arriscarem uma data em 2012, a nova promessa de fim do mundo é russa. E não tem nenhuma ligação com a frágil relação política do país com outras nações. O novo messias da catástrofe tão temida por muita gente é o astrônomo russo Dyomin Damir Zakharovich. Em entrevista publicada em janeiro pelo jornal inglês “Daily Mail”, o cientista cravou: o mundo acaba no dia 16 de fevereiro (hoje!). A cena prevista pelo russo não é novidade para as telas de cinema. Um meteoro atinge o oceano, gera ondas gigantes e dizima a vida na Terra. Zakharovich afirmou ao jornal que um corpo celeste de cerca de 1 quilômetro de diâmetro, batizado de “2016 WF9’’ e monitorado pela Nasa, está em rota de colisão com a Terra nesta data. Se o astrônomo real-

mente existe, não há registros precisos. Perfis falsos surgiram nas redes sociais ironizando sua profecia. Mas o mais curioso é que o “2016 WF9” realmente está em órbita. A Nasa afirma em seu site monitorá-lo desde novembro do ano passado. A agência espacial americana diz, porém, que não há motivos para realizarmos nossos últimos desejos antes do fim do mundo. O mais perto que esse possível cometa passará da Terra será no dia 25 deste mês, a uma distância de 51 milhões de quilômetros. “A trajetória de 2016 WF9 é bem nítida e o objeto não é uma ameaça à Terra”, esclarece a Nasa. O “burburinho” chegou aos cientistas brasileiros. A SAB (Sociedade Astronômica Brasileira) emitiu uma nota sobre o tema, onde concluiu: “não há fundamento científico para a notícia.” METRO

‘CHANCE É 1 EM 100 MILHÕES DE ANOS’ Astrônomo da UFRJ explica por que não há possibilidade de um meteoro cair hoje Thiago Signorini Gonçalves coordena também a comunicação da SAB (Sociedade Astronômica Brasileira). O mundo vai acabar amanhã (hoje)? Por que a SAB publicou nota sobre o tema? Vimos muita coisa circulando nas redes sociais e resolvemos esclarecer. Não há chances disto acontecer. O asteroide, ou talvez um cometa escuro e sem cauda, que foi descoberto em 27 de novembro de 2016, com diâmetro estimado entre 0,5 e 1,0 km, completa uma volta em torno do Sol a cada 1.780 dias ou 4,8 anos e passará em seu ponto mais próximo à Terra no dia 25

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

de fevereiro, a cerca de 51 milhões de km, o que equivale a um terço da distância entre a Terra e o Sol. Qual a chance de um meteoro um dia realmente atingir a Terra? Não há riscos. Às vezes, acontece de recebermos meteoritos, que são pedaços de rocha e quase nunca causam danos. Em escalas maiores, sim, acredita-se que os dinossauros foram dizimados desta forma. Mas a chance é de um meteoro a cada 100 milhões de anos. Há várias redes no mundo inteiro monitorando os corpos celestes. Num futuro próximo, isso não ocorrerá. METRO

Trump ataca agências de inteligência após vazamentos na mídia Sem provas. Em meio a novas reportagens sobre a relação entre EUA e Rússia, presidente disse ontem que FBI e NSA entregam informações sigilosas de forma ilegal para os jornais A divulgação de novas interceptações de ligações telefônicas entre russos e membros do governo Donald Trump levou o presidente norte-americano a atacar as agências de inteligência do país. Utilizando novamente sua conta pessoal no Twitter, ele afirmou que FBI e NSA são responsáveis por vazar informações sigilosas de forma ilegal para a imprensa. “O verdadeiro escândalo aqui é que a informação confidencial é dada ilegalmente pela ‘inteligência’ como doces. Muito antiamericano!”, tuitou. Trump aproveitou para criticar também os principais jornais do país. “Informação é dada ilegalmente aos ineficientes @nytimes e @washingtonpost pelas agências de inteligência (NSA e FBI?). Assim como a Rússia faz.” As acusações, feitas sem provas pelo presidente, acontecem após nova reportagem do “New York Times” sobre ligações telefônicas entre membros da campanha presidencial de

Trump e autoridades de alto escalão russo no ano anterior à eleição. De acordo com o jornal, as agências de inteligência americanas tentaram descobrir se a campanha de Trump estava ao lado dos russos no ataque cibernético ao Comitê Nacional Democrata, o que não foi comprovado. As ligações interceptadas entre russos e americanos levaram a saída de Michael Flynn nesta semana do cargo de conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos. Senadores republicanos afirmaram ontem que querem investigação aprofundada sobre o tema e cogitam a convocação de Flynn para depor no Congresso. “A Rússia precisa pagar um preço quando se trata de interferir na nossa democracia e em outras democracias, e qualquer pessoa de Trump que trabalhou com os russos de uma forma inaceitável também precisa pagar um preço”, disse ontem o senador Lindsey Graham, da Carolina do Sul. METRO

Coreia do Norte. Polícia prende mulher suspeita de participar de assassinato A polícia da Malásia deteve ontem uma mulher com documentos de viagem do Vietnã e disse estar procurando outros estrangeiros suspeitos de ligação com o assassinato do meio-irmão do líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un. As informações são da agência Reuters A suspeita é que duas agentes norte-coreanas mataram Kim Jong Nam envenenado no aeroporto da Malásia. Membros do governo de Pyongyang passaram horas ontem tentando convencer autoridades malaias a desistir de fazer autópsia em Nam, o que foi negado. A mulher de-

Nam pode ter sido envenenado | JOONGANG ILBO/REUTERS

tida no mesmo aeroporto foi identificada por imagens gravadas por câmeras de segurança. O meio-irmão vivia na China e era crítico à dinastia de Kim Jong Un. METRO

Netanyahu e Trump se encontraram ontem na Casa Branca | KEVIN LAMARQUE /REUTERS

Presidente dos EUA fala em estado único em Israel O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o premier de Israel, Benjamin Netanyahu, se reuniram ontem pela primeira vez desde que o republicano foi eleito. O conflito entre israelenses e palestinos foi tema central entre os líderes. “Os Estados Unidos vão incentivar a paz e um grande acordo para isso”, disse Trump. EUA

Diferentemente de discursos passados de outros presidentes norte-americanos, ele não defendeu a criação de dois Estados na região. “Por muito tempo, pensei que a solução de dois Estados era a mais fácil. Mas, honestamente, se Israel e os palestinos estão felizes, eu estou feliz com o que eles escolham.” METRO Califórnia

Senado libera arma para pessoa com problemas mentais

Famílias retornam para área de represa

O Senado dos Estados Unidos aprovou ontem a suspensão de uma norma que impedia que 75 mil pessoas com problemas mentais comprassem armas de fogo. A medida será encaminhada ao presidente Donald Trump, que deve assinar sua aprovação. A norma foi criada por Barack Obama em 2012, após o tiroteio na escola Sandy Hook, em Newtown, Connecticut. Na ocasião, Adam Lanza, um jovem de 20 anos com distúrbios, matou 27 pessoas.

Moradores de Oroville, na Califórnia, nos Estados Unidos, começaram ontem a retornar para suas casas após evacuação provocada pelo risco de rompimento na represa mais alta do país. A ameaça foi reduzida após manobras para se consertar o problema. METRO

METRO

Cerca de 200 mil pessoas tiveram de recorrer a abrigos BECK DIEFENBACH/REUTERS


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

+

11|

Up! Run x Mobi. Comparamos os dois compactos leves para saber quem é o melhor na cidade. Confira!

DUELO PESO

PENA

MOTOR Empate técnico

Up! Run chega com visual mais esportivo

de quem vai atrás. No carro da VW os ocupantes traseiros conseguem ir com as pernas fechadas e melhor acomodação para dois adultos e, no máximo, uma criança. Já no Mobi, com as pernas abertas somente dois adultos se acomodam. O Up! também é maior no porta-malas: 285 litros ante 215 litros do Mobi. A pobreza do acabamento é equivalente em ambos. Nada de acolchoados ou materiais agradáveis ao toque. É tudo plástico duro. Os arremates do Up! são ligeira-

Linhas acentuadas chamam a atenção no Mobi

mente melhores. Destaque para o painel pintado e partes do interior das portas na cor da lataria do veículo como no velho Fusca. Porém, o design interno do Mobi é mais moderno. A posição de dirigir de ambos agrada, sendo que o Up! passa a impressão de ser mais alto. Ao volante, o Up! com seu motor de três cilindros vibra bem mais em baixas rotações. Nas arrancadas, como são menos picos sonoros em cada giro do motor, ao tirar o pé da embreagem tem-

se impressão de que a rotação é menor, mas ele parte numa boa e logo o motorista se acostuma com essa característica dos três cilindros. Já a versão testada do Mobi é equipada com o motor de quatro cilindros e é mais suave, porém, o desempenho é sensivelmente inferior. Vale destacar que a Fiat demorou, mas lançou uma versão do Mobi, a Drive, com motor três cilindros. No consumo a diferença é grande. Embora o Mobi seja menor que o Up! os dois são classificados em cate-

gorias diferentes. O Up! entra como um subcompacto brigando com Uno e Palio, enquanto o Mobi ficou como microcompacto junto ao Fiat 500 e Picanto. Resultado: o modelo da VW ficou com nota “A” em sua categoria e o Fiat também, mas se estivessem juntos nos subcompactos, o Mobi ficaria, no máximo, com “B”, quando considerado o motor com quatro cilindros. Saiba mais em por Boris Feldman

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Quer comprar um carro pequeno e adequado para o trânsito das grandes cidades? O comparativo que fizemos entre o Fiat Mobi com o Volkwagen Up! pode te ajudar a encontrar a resposta. O combate coloca frente a frente dois modelos com menos de uma tonelada. De um lado, o Up! Run, com comprimento de 3,60 m e pesando 910 kg. Do outro, o Fiat Mobi Like On, quatro centímetros menor e 23 kg mais pesado. Ambos são versões intermediárias de seus modelos. Apesar do visual esportivo, o Up! Run tem a mesma mecânica que os irmãos com motor 1.0 da família. As diferenças estão nas rodas em liga cor grafite, faixas laterais, faróis e lanternas escurecidas. Por dentro, teto preto e assentos com forração decorada com faixas. No Mobi, o destaque está nas linhas vincadas com ângulos marcantes da carroceria, que conferem um ar mais robusto. Um contraste com a suavidade do Up! O Up! leva vantagem por dentro, embora o Mobi seja apenas quatro centímetros menor, no entre-eixos, ou seja, no espaço destinado aos ocupantes, o compacto da Fiat, 12 cm mais curto, tem menos espaço para os joelhos

{MOTOR}

Recheio tímido O recheio de ambos é tímido, com ligeira vantagem para o Mobi. Os dois modelos vêm com direção assistida, sistema que reduz o esforço ao dirigir (no Up! é elétrica, e no Mobi hidráulica), e apenas dois cintos com três pontos no assento traseiro, além de ar-condicionado, computador de bordo e rodas em liga. O Up! tem três encostos de cabeça, enquanto o Mobi só tem dois. O Fiat tem sistema de som com viva-voz bluetooth e sensores de estacionamento traseiros.


2 CULTURA

metrojornal.com.br

Que susto! O ator Harrison Ford, 74, escapou de um acidente com seu avião privado na noite da última segunda. Ele tentava aterrissar no aeroporto de John Wayne, na Califórnia, quando errou a pista e quase atingiu um avião da American Airlines.

12|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Busca pelas origens guia trama de ‘Lion’ Estreia hoje. Baseado em história real, filme narra jornada de menino que procura sua família biológica 25 anos após se perder dela na Índia O drama retratado em “Lion – Uma Jornada para Casa”, que estreia hoje, é desses que imploram para se tornarem filme. Baseado em uma história real, ele apresenta elementos que agradam ao público mainstream: há uma criança carismática, a busca dela por seu lugar no mundo, uma missão aparentemente impossível e um desfecho para apaziguar corações. Revelado em “Quem Quer Ser um Milionário?” (2008), Dev Patel vive a versão adulta de Saroo, um menino de um pobre vilarejo indiano que se perde da família após dormir em um trem que o leva para o outro lado do país. Sem falar a língua domi-

INDICADO A MELHOR Ʉ Filme Ʉ Ator coadjuvante (Dev Patel) Ʉ Atriz coadjuvante (Nicole Kidman) Ʉ Roteiro adaptado Ʉ Fotografia Ʉ Trilha sonora original

nante, sem documentos e sem qualquer forma de contato com a família, ele acaba vagando pelas ruas até ir a um orfanato e ser adota-

do por um casal australiano interpretado por Nicole Kidman e David Wenham. Vinte e cinco anos depois, Saroo se vê impelido a buscar suas origens e, com a ajuda de ferramentas da internet, tenta rastrear sua família. Dirigido por Garth Davis, o filme é cheio de boas intenções, mas carece de ritmo. O primeiro ato empolga com a espontaneidade do ator-mirim Sunny Pawar diante das adversidades, mas a segunda parte deixa a desejar ao não acertar o tom do drama vivido pelo protagonista. O que salva “Lion” é a sensação de acompanhar uma história incrível – e saber que ela é real. METRO

Dev Patel vive Saroo, que usa a internet para rastrear sua mãe | DIVULGAÇÃO

Três estreias de Oscar Indicados ao prêmio da Academia chegam em massa aos cinemas

‘Minha Vida de Abobrinha’

1

Filmado com técnica stop motion, na qual bonecos são manipulados quadro a quadro, a animação francesa narra a história de Abobrinha, um garoto que, após perder a mãe, se muda para um orfanato.

A princípio hostil, o lugar e seus habitantes vão se revelar uma família amorosa, com a qual Abobrinha vai amadurecer.

INDICADO A MELHOR Ʉ Longa de animação

2

‘Um Homem Chamado Ove’ O longa do sueco Hannes Holm põe o foco sobre o aposentado e viúvo Ove (Rolf Lassgård), que, amargurado, não vê mais sentido na própria vida. Tudo muda quando

‘‘Eu não Sou seu Negro’

3

O documentário de Raoul Peck trata da questão racial nos EUA ao dar forma ao último projeto do escritor James Baldwin (19241987), que se propunha a fazer uma narrativa pessoal da vida e da morte de

três grandes amigos seus: Medgar Evers, Malcolm X e Martin Luther King Jr.

INDICADO A MELHOR Ʉ Documentário em longa-metragem

INDICADO A MELHOR Ʉ Filme estrangeiro Ʉ Maquiagem e cabelo

uma família de imigrantes se torna vizinha dele, dando vazão a uma improvável amizade.


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

13|

Cinemateca traz obra sobre ‘Lolo’ Cornelsen Documentário. Estreia amanhã longa que conta a história de vida e obra do engenheiro, arquiteto e jogador de futebol que ficou conhecido como ‘Homem Asfalto’ Estreia amanhã na Cinemateca de Curitiba o documentário “Homem Asfalto’, sobre a vida do engenheiro e arquiteto - e jogador de futebol - Ayrton ‘Lolo’ Cornelsen. ‘Lolo’, como é conhecido, está com a casa e ateliê abertos para receber o público que quiser conhecer seu local de trabalho e ouvir pessoalmente suas curiosas histórias, das 14h às 16h. O documentário foca na carreira de Cornelsen, agora com 94 anos, no Brasil e no exterior, mas também retrata o período em que era jogador de futebol, quando chegou a passar pelos clubes Coritiba e Atlético Paranaense, incluindo conquista de títulos. Em paralelo com a carreira de jogador,

Arquiteto e engenheiro também foi jogador de futebol | DIVULGAÇÃO

Cornelsen graduou-se em dois cursos simultaneamente: arquitetura e engenharia civil. O longa, dirigido por Marcelo Gomes, recebe o

título de ‘Homem Asfalto’ por conta do apelido que Cornelsen recebeu quando foi diretor do Departamento de Estradas e Rodagens do Paraná, entre o final dos

anos 1950 e início dos anos 1960. Nesse período, foi responsável pela pavimentação de mais de 400 Km de rodovias que interligaram o Estado do Paraná. Além disso, estruturou cidades nascentes com planos diretores e foi responsável pela Rodovia do Café, da Estrada da Graciosa e pelo ferry-boat de Guaratuba. Cornelsen também construiu o carreira no exterior, projetando casas, clubes, hospitais, escolas, campos de golfe e hotéis em países da Europa, África, América do Norte e do Sul. A estreia é às 20h de hoje, na Cinemateca (R. Carlos Cavalcanti, 1174). A entrada é gratuita. METRO CURITIBA

Funkeiro irá apresentar principais sucessos | DIVULGAÇÃO

Show. Mc Marcinho dá as caras em ‘Funk Retrô’ Acontece hoje, na Shed Western Bar, a festa ‘Special Funk Retrô’ com o show do Mc Marcinho. O show promete apresentar os maiores sucessos do funk a partir das 23h. A casa sertaneja dá lugar ao baile Funk Retrô para receber um dos maiores destaques do movimento funk dos anos 1990. Dono de hits como “Glamurosa”, sucesso absoluto que completa 14 anos em 2017, Mc Marcinho traz no repertório todos os seus sucessos. O funkeiro nasceu em Duque de Caxias (RJ), e começou a carreira no rap e

funk no ano de 1994. Desde então, foram sete CD’s e dois DVD’s lançados. Os ingressos para o evento custam a partir de R$60 (feminino) e R$120 (masculino) com meia-entrada para estudantes. Valores de R$30 (feminino) e R$60 (masculino) com nomes na lista amiga, válida até 0h30, no evento oficial do Facebook:https:// www.facebook.com/ events/222362491560757/. As reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 3343-4467. Mais informações sobre a programação pelas redes sociais da Shed (Facebook e Instagram). METRO CURITIBA


14|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Na ponta do lápis

Promessas e desilusões O prefeito Greca foi eleito com a esperança de administrar a cidade de modo que seja bom para a população, mas até agora só está provando que não é cumpridor de suas promessas. Medidas impopulares estão amargando cruelmente o bolso dos mais pobres, como o aumento repentino e considerável da tarifa de transporte coletivo. O policiamento e a fiscalização nas casas noturnas têm acarretado prejuízos a comerciantes. Há uma caça aos vendedores ambulantes que estão nas ruas buscando sobrevida a seus familiares numa situação caótica de desemprego e recessão. Na campanha, o prefeito prometeu mundos e fundos a seus munícipes de todas as classes. Agora, ele só reclama de contas em vermelho da prefeitura. Será que essas reclamações procedem, ou é jogo politico para nos enganar e nos iludir de que não há verbas para cumprir todas promessas? Muitas promessas são as responsáveis pela sua eleição, como o Grande Tatuquara. No ano passado, nos prometeu a inauguração da UPA do bairro, além da construção de um terminal de ônibus e de um restaurante popular. Como acreditar que essas promessas serão cumpridas, diante de tantas ações que desagradam a população que mais precisa do braço do poder público?

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

TEM PROBLEMAS DE GRANA? ACERTE A VIDA... E SUMIRÃO!

Cruzadas

Problema$$$? Mais de duas décadas de experiência como coach financeiro me levaram a constatar: a quase totalidade dos problemas financeiros não são eminentemente financeiros. Trata-se de problemas que têm suas causas nas mais diversas áreas da vida prática, e a falta de abordagem adequada resulta em consequências negativas para a vida como um todo, daí se refletindo também na vida financeira. O problema financeiro está muito mais para “consequência” em si do que para “causa”: se a raiz das questões da vida for identificada e tratada, os problemas financeiros serão naturalmente encaminhados. Gastos descontrolados. Sabemos que nossa vida é limitada, tanto no tempo quanto no espaço. O fato é que vivemos em um mundo em que tudo é finito e limitado. A única forma responsável de lidar com estas limitações, de não ser dominado e engolido por elas, é realisticamente enxergá-las, reconhecê-las, e daí refletir, usar nossa inteligência e capacidade de análise para fazer boas escolhas e então contorná-las. Só assim será possível ter uma vida plena, realizada, uma vida de abundância em meio à natural escassez que nos cerca. Isso vale para todas as áreas da vida, vale também para os gastos.

CÉLIO BORBA – CURITIBA

Dívidas imprudentes. Cada um deve aprender a viver com o que é seu, privando-se daquilo que não, e ainda encontrando meios de viver bem e feliz. Tem gente que não aceita esta realidade e, entre ingenuidade e gula descomedida, quer avançar no que é de outros. O mercado, sempre ávido de bons negócios, produziu a oferta “perfeita” para este tipo de vivente: dinheiro alugado! Mas custa caro demais... Nesta linha, boa parte da propaganda das instituições financeiras vendeu uma mentira prontamente comprada pelos afoitos: viver alugando dinheiro como estilo de vida... é normal! Não é.

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia. Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br

Investimentos escassos. Por que ninguém esvazia a geladeira comendo tudinho no mesmo dia em que volta do supermercado? Oras, parece ridículo usufruir hoje de algo mais que a correta medida, apenas para amanhã ficar sem nada! Em várias outras áreas da vida, porém, este mesmo raciocínio de bom senso é ignorado. Vive-se queimando a vela nas duas pontas, sacando contra o futuro para maximizar satisfação no presente. A vida não está sujeita a emergências que podem lhe pedir dinheiro? E nossos sonhos, que exigem grana pronta?! Sábios resolvem tudo isso antes: com bons investimentos!

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Economista com MBA em Finanças (USP), atua como orientador de famílias e educador em empresas (Metodologia PROFE®). Comentarista econômico do Grupo Bandeirantes de Rádio e TV, é autor de “Os 10 Mandamentos da Prosperidade” e dirige o site www.educarparaprosperar.com.br.

Horóscopo

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

O momento é indicado para pesquisas e cautela antes de decisões financeiras. Dia propício para se dedicar a crenças e temas espirituais.

junto a familiares.

Cuide para que a atenção aos problemas de outras pessoas não tire o foco dos seus assuntos. Solidariedade é importante, mas com bom senso.

O envolvimento com estudos, leitura, atividades culturais e temas diferentes que façam bem ao intelecto fará muito bem ao seu dia.

A dedicação a novos círculos sociais tende a ser mais intensa. Ocasiões que envolvam amizades e grupos farão bem ao dia.

Momento para valorizar o que tem e evitar consumismo com interesses apenas pela aparência ou por falsa impressão de eficiência.

Atente-se para que a dedicação com suas obrigações cotidianas não impeça os momentos especiais da vida afetiva.

Tendências a resgatar lembranças especiais e a retomar assuntos afetivos, esteja solteiro (a) ou mesmo se for comprometido (a).

Momento propício para esclarecer pendências jurídicas, assim como burocracias que envolvam temas materiais e negociações.

sempre bem-vindos.

Período de atenção dobrada para evitar críticas e esclarecer equívocos nas relações. Gestos prestativos são

Às vezes expressar sentimentos é necessário para que a pessoa amada ou a atual paquera não tenha que adivinhar tudo o que você gosta.

O empenho a assuntos domésticos será mais frequente, tanto para ajustes do lar quanto para questões

Tenha mais atenção com seu ritmo para não sobrecarregar a mente, o corpo e a saúde. Terapia, temas espirituais e exercícios farão bem.

Soluções


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

15|

{CULTURA} GETTY IMAGES

‘EU ME CONCENTREI NA PAIXÃO DOS PERSONAGENS’

Rock

Renan Zonta sobe ao palco com nova banda DIVULGAÇÃO

Banda se apresenta pela primeira vez

ROBERT ZEMECKIS Cineasta americano fala sobre ‘Aliados’, no qual Brad Pitt tenta provar que sua mulher, vivida por Marion Cotillard, não é uma espiã nazista DIVULGAÇÃO

Em “Aliados”, que estreia hoje, Robert Zemeckis dirige a história de dois espiões (Brad Pitt e Marion Cotillard) que se apaixonam durante uma missão em plena Segunda Guerra Mundial. Eles se casam e se mudam para Londres. Pouco depois, o personagem de Pitt é informado que sua mulher pode ser uma espiã nazista. Ele se recusa a acreditar e, mesmo em meio a dúvidas, fará tudo para provar a inocência da amada. Que desafios você buscou ao fazer um filme de guerra concentrado nos personagens, e não nas batalhas? O fato no qual mais me concentrei foi o de esses personagens estarem completamente apaixonados um pelo outro. Eu sempre voltava a eles. Todo o aspecto visual do filme tinha que falar disso. O personagem de Pitt está tão apaixonado que se con-

mo. A imagem começa a ficar cada vez mais claustrofóbica. No início do filme, tudo é amplo, panorâmico, e essa perspectiva se fecha ao longo da história.

Atores protagonizam trama ambientada na Segunda Guerra

vence da inocência dela. Sim. Ele sente uma necessidade desesperada de provar isso, mas essa é uma missão quase impossível. Ele começa a perceber que está delirando quando coloca a si mesmo e outras pessoas em perigo. Os personagens não falam muito, é a câmera que revela a psicologia deles... Definitivamente. O que pedi ao meu câmera foi que o mundo daquele casal começasse a se fechar nele mes-

Houve algo especialmente divertido de fazer no filme? É sempre divertido ver essas cenas quando estão prontas, mas elas nunca são exatamente divertidas de se fazer. Você faria outro filme de guerra, dessa vez com cenas elaboradas de batalha? A verdade é que esta é uma ótima história. Não me importo com a época na qual ela se passa. Sigo o que serve à trama e aos personagens. Se houver uma história incrível que se passe na Guerra Civil, vou fazer. MATT PRIGGE METRO INTERNACIONAL

Estreias no cinema

‘A Cura’

‘Eu, Olga Hepnarová’

[EUA/Alemanha, 2016], de Gore Verbinski. Com Dane Dehaan e Mia Goth. Um homem viaja aos Alpes suíços para buscar seu chefe, que deveria estar em um instituto terapêutico. Ao chegar, percebe que algo estranho está acontecendo e que seu chefe desapareceu.

[Rep.Tcheca/Pol/Esl/França, 2016], de Tomas Weinreb e Petr Kazda. Com Michalina Olszanska. Exibido no Festival de Berlim em 2015, o longa narra a vida de Olga Hepnarová, jovem lésbica e solitária que foi a última mulher a ser executada na Tchecoslováquia, em 1973, após atropelar um grupo de pessoas em Praga.

‘John Wick – Um Novo Dia para Matar’ [EUA, 2016], de Chad Stahelski. Com Keanu Reeves, Bridget Moynahan e Ian McShane. Motivado por um pacto de sangue, John Wick deixa a aposentadoria e viaja para Roma para ajudar um amigo a derrubar uma organização internacional que deseja controlar um clã de assassinos.

O novo grupo paranaense, ‘RZ’ se apresenta hoje em show de estreia no Crossroads. A banda de rock tem a frente um dos destaques do The Voice Brasil 2016, o paranaense Renan Zonta. Além de Zonta nos vocais, o grupo conta com músicos experientes, como o guitarrista Jeff Dom, o baixista Leo Beltrão e o baterista Ximbal. O repertório promete sucessos das bandas Van Halen, Megadeth, Scorpions Metallica, Led Zeppelin, AC/DC, Deep Purple e muito mais. As entradas custam R$20 (feminino) e R$25 (masculino). Das 21h até às 23h, o valor da entrada é revertido em consumação. O Crossroads fica na Av. Iguaçu, 2310. METRO CURITIBA

Cinema

Lágrimas e risos no Festival de Cinema de Berlim “Insyriated” e “The Other Side of Hope” são dois filmes sobre a Síria, e causaram lágrimas e risos no Festival Internacional de Cinema de Berlim. Um deixa você preso e impotente, no meio de uma guerra civil, e o outro usa o humor para retratar como é começar uma nova vida na Europa depois de escapar do mesmo conflito. O primeiro foi rodado quase inteiramente dentro das paredes de um apartamento que se torna parecido a uma prisão para Oum Yazan, uma mãe determinada a sobreviver a uma guerra. “The Other Side of Hope”, do diretor finlandês Aki Kaurismaki, utiliza a comicidade para retratar as experiências vividas em Helsinque pelo postulante a asilo sírio Khaled, que decide continuar no país ilegalmente depois que seu pedido é rejeitado. METRO


16|

3 ESPORTE

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

A noite começou um tanto assustadora para o Real Madrid. Com menos de 10 minutos de jogo, perdia por 1 a 0 para o Napoli, no primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões, em pleno Santiago Bernabéu. Mas nada como contar com estrelas inspiradas e um brasileiro no auge de seu futebol para reverter o placar e vencer, por 3 a 1. Aos 8 minutos, Hamsik deu passe entre os zagueiros madrilenhos para Insigne, que avançou e aproveitou Navas adiantado. Ele chutou colocado e surpreende o goleiro. Dez minutos depois Carvajal fez um lindo cruzamento para a área, de trivela, e Benzema cabeceou firme para empatar. Cristiano Ronaldo não marcou – e não foi por falta de chances –, mas se destacou nos 90 minutos com belos passes e assistências perfeitas que deixavam seus companheiros na cara do gol, como foi no tento marcado por Tony Kross, na virada por 2 a 1, na segunda etapa. O melhor surgiu minutos depois. James é desarmado dentro da área, e a bola sobe, indo na direção de

Liga dos Campeões. Real Madrid sai atrás no placar, mas com gols de Benzemá e Kross, e um golaço de Casemiro, vence o Napoli por 3 a 1 El Pibe deixa hotel em Madri | SERGIO PEREZ/REUTERS

Quem fez um

golaço? Casemiro comemora seu golaço com a torcida do Real | F JUAN MEDINA/REUTERS

Casemiro. O brasileiro pega de primeira, na veia, e marca um lindo gol. A partir daí foi uma sequência de gols claros perdidos pelos espanhóis, que não deram espaço para a reação dos italianos. Os dois clubes voltam a se encontrar no dia 7 de março, quando o Napoli recebe o Real MAdrid no es-

tádio San Paolo precisando vencer, pelo menos, por 2 a 0. Se o placar de ontem se repetir, a disputa vai para os pênaltis. Massacre alemão No outro jogaço de ontem, o Bayern de Munique não tomou conhecimento do Arsenal e aplicou uma sonora goleada de 5 a 1 no rival in-

Carpegiani ganha reforço e tem baixas para clássico

Aquele 1%

Neymar Após a derrota por 4 a 0 do Barcelona diante do PSG, Neymar postou uma mensagem: “Enquanto houver 1% de chance, teremos 99% fé”

O Coritiba confirmou ontem mais um jogador para a temporada: o meia Daniel, que chega por empréstimo do São Paulo. O atleta de 23 anos iniciou na base do Cruzeiro e teve maior destaque no Botafogo entre 2013 e 2014. Ele já treina com o grupo, mas ainda não foi registrado e não deve estar à disposição para o Atletiba de domingo, às 17h, na Arena. Para o clássico, Carpegiani tem duas baixas certas, o volante Alan Santos e o atacante Rildo, ambos machucados. O lateral esquerdo Wiliam Matheus, que ainda não estreou, dificilmente terá condições. Já o meia Yan, que sofreu uma entorse de tornozelo contra o Foz é dúvida. A boa notícia para o treinador é que o volante Jonas

Após briga. Maradona é interrogado

glês. O primeiro tempo até foi equilibrado, terminando em 1 a 1, com gols de Robben e Alexis Sánchez. Porém, na segunda etapa, só deu o time alemão. Lewandovski fez 2 a 1 e o brasileiro Thiago Alcântara brilhou, marcando outros dois. Deu tempo ainda de Müller marcar um no final do jogo. METRO

Diego Maradona foi interrogado no Hotel Mirasierra Suites, após supostamente agredir a sua noiva, Rocío Oliva, informou a agência EFE, baseada em relatos dos policiais. Ele foi à Espanha para acompanhar o jogo entre Real Madrid e Napoli. A denúncia partiu do diretor do hotel após a própria Rocío ir à recepção reclamar da agressividade do ex-jogador. Policiais e médicos não encontraram lesões físicas em nenhum deles e nenhuma queixa foi prestada. “Foi apenas uma discussão e ela pediu outro quarto”, disse o Pibe. METRO

Trabalho. Depois da folga, Tricolor mira maratona Após 43 dias seguidos de atividades, o elenco do Paraná folgou pela primeira vez no ano nesta segunda e terça-feira. Ontem, o time voltou aos treinamentos com foco na mini maratona que vai enfrentar nos próximos dias. Serão três partidas em seis dias: no domingo, às 17h, contra o PSTC, pelo Paranaense e depois dois jogos pela Primeira Liga, às 19h15

de terça-feira frente ao Londrina fora de casa e às 19h45 de sexta, contra o Figueirense, na Vila Capanema. “Uma sequência assim faz com que a gente utilize todos os recursos do elenco. Por isso, nossos trabalhos são voltados sempre ao conjunto, sem distinção de titulares ou reservas”, afirmou o técnico Wagner Lopes. METRO CURITIBA

Técnico deve manter o esquema tático com três atacantes | DIVULGAÇÃO/CORITIBA

está recuperado, participou do treino de ontem no Couto Pereira e tem chances de fazer sua estreia domingo. Um provável Coxa no clássico tem: Wilson; Werley, Walisson, Juninho e Carlinhos; Edinho (Jonas),

Matheus Galdezani e Ruy; Henrique Almeida, Kleber e Neto Berola. Os 4.233 ingressos do Verdão começam a ser vendidos a partir das 10h de hoje para os sócios na internet. METRO CURITIBA

Time treinou em dois períodos ontem no Ninho da Gralha | DIVULGAÇÃO/PARANÁ


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

17|

Botafogo sai em vantagem Libertadores. Botafogo vence o Olimpia por 1 a 0 com golaço de Pimpão de bicicleta. Vaga será decidida na semana que vem, no Paraguai Faltam apenas 90 minutos para o torcedor do Botafogo saber se estará na fase de grupos da Libertadores da América. Ontem à noite, com 30 mil pessoas no estádio Nilton Santos, o Botafogo superou o Olimpia por 1 a 0. Na próxima quarta-feira, no Paraguai, o Glorioso joga por um empate ou derrota por um gol de diferença, desde que marque ao menos um gol fora de casa. Antes de a bola rolar, a dúvida era se o meia Montillo estaria em campo. O argentino, que se recupera de problemas musculares na coxa direita, até começou a partida, mas foi substituído por João Paulo com 13 minutos de jogo. A troca esfriou uma pressão inicial que quase resultou em um gol. O Botafogo não encontrou facilidade no ataque. Ainda que não seja um ti-

10 BOTAFOGO

OLIMPIA

“É um jogo de 180 minutos. Fizemos uma vantagem, mas não podemos se apegar nela.” BRUNO SILVA, VOLANTE ALVINEGRO

me brilhante, o Olimpia tem determinação defensiva e segurou o empate com sofrimento até o fim do primeiro tempo. Aos 36, depois de um lateral cobrado na área, a bola sobrou para Rodrigo Pimpão. O atacante acertou uma linda bicicleta e abriu o placar. Além de Montillo, o Botafogo também perdeu Bruno Silva por problemas

musculares. No intervalo, ele deixou o campo para a entrada de Guilherme. Com a vantagem e o nítido cansaço dos jogadores, o time tentou utilizar a velocidade da dupla Pimpão e Camilo para armar os contra-ataques. Porém, foram poucas as vezes que a equipe conseguiu armar chances claras de gol. Roger até teve oportunidades de marcar, mas falhou praticamente na pequena área. O fim foi um sufoco só. O Olimpia pressionou, aproveitando o recuo do Botafogo. O jovem zagueiro Marcelo mostrou segurança novamente e ajudou o time a conseguir um extremamente importante para o Glorioso. Se avançar, o Alvinegro ficará no grupo com o atual campeão Atlético Nacional-COL, o Barcelona de Gayaquil-EQU e o Estudiantes-ARG. METRO RIO

De bicicleta, Rodrigo Pimpão fez o único gol da vitória alvinegra no estádio Nilton Santos

| VITOR SILVA/SSPRESS/BOTAFOGO


18|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Empate elétrico na Arena Libertadores. Em jogo com duas viradas, Atlético fica no 3x3 com o Capiatá em casa e terá que se superar para avançar na competição O Atlético sofreu para empatar em 3x3 em um jogo frenético ontem contra o Deportivo Capiatá, na Arena da Baixada, e terá que se superar no Paraguai na semana que vem se quiser chegar à fase de grupos da Libertadores. O Furacão contou com uma bela atuação do meia Felipe Gedoz, que marcou dois gols do time na bola parada, e com o oportunismo de Pablo, mas vacilos da defesa no jogo aéreo comprometeram o resultado. Na próxima quarta, às 21h45, o Furacão precisará vencer fora para se classificar. Empates em 0x0, 1x1 ou 2x2 darão a vaga aos paraguaios, 3x3 leva a decisão aos pênaltis e empates por mais gols favorecem o Atlético. Antes da Libertadores, o time de Paulo Autuori deve entrar mais uma vez com os reservas para o duelo contra o Coritiba no domingo às 17h. O clássico será na Arena.

3 3

Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley ; Otávio e Lucho (João Pedro ); Pablo, Gedoz (Matheus Rossetto) e Nikão; Grafite Técnico: Paulo Autuori

ATLÉTICO

Medina; Bonet , Jorge Paredes , Ortigoza, Néstor González ; Noguera (Ruiz), Eduardo Ledesma; Alexis González , David Mendieta (Monges); Julio Irrazabal, Gamarra (Pérez). Técnico: Diego Gavillán

CAPIATÁ

Ʉ #  ėČĨȩ Gedoz 20’/1ºT e 13’/2ºT, Noguera 44’/1ºT; Gonzáles 7’ e 43’/2ºT; Pablo 40/2ºT Ʉ ĤÜÿĮĤÑûåđȩ Daniel Fedorczuk (URU)

O jogo A partida foi elétrica desde o início, e o Rubro-negro logo se impôs. O prêmio veio aos 20’: Gedoz cobrou falta com categoria, a bola desviou na barreira e morreu no ângulo do gol paraguaio. Aos poucos o Capiatá cresceu no jogo e, aos 44’, a displicência resultou numa “tabelinha de cabeça” na área, que terminou com gol de Noguera. Na volta dos vestiários, o Rubro-negro, nervoso, sofreu o gol da virada logo aos 7’a: Em falta cobrada na área,

González apareceu e fez 2x1. Em desespero, o Atlético foi salvo por Gedoz. Ele acertou um chute que bateu na mão de Bonet e, no pênalti, empatou a partida. A torcida se animou aos 15’, quando Paredes foi expulso por falta em Grafite. Aos 40’, o time fez 3x2 em uma pancada de Pablo, mas a defesa voltou a se abrir e González fechou o placar aos 44’. RAFAEL NEVES METRO CURITIBA

Weverton lamenta um dos três gols sofridos no jogo, que complicam o Furacão | JOKA MADRUGA / FUTURA PRESS


CURITIBA - QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017


20170216_br_metro curitiba  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you