Issuu on Google+

GRANDES CRAQUES METRO

> TÍMIDO FORA DE CAMPO, O ESPANHOL INIESTA É REFINADO COMO POUCOS COM A BOLA NOS PÉS E O CÉREBRO DA ATUAL CAMPEÃ

O GÊNIO DISCRETO

DO MUNDO PÁGS. 28 E 29

ABC Sexta-feira, 16 de maio de 2014 Edição nº 1.108, ano 5 MÍN: 14°C MÁX: 26°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.metrojornal.com.br | leitor.abc@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro sunny

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Crise na indústria acaba com 4.300 empregos hazy

showers

Alerta. Levantamento da Fiesp mostra que setor vive momento delicado no ABC, principalmente por causa da estagnação nas vendas das montadoras de veículos. Sindicato espera intervenção federal no mercado, mas especialistas dizem que situação pode piorar PÁG. 02

PROTESTOS TERMINAM EM CONFUSÃO

Dia de manifestações foi pacífico o tempo todo, mas no fim chegaram os black blocs: aí a bagunça começou PÁG. 03

Peixe passa pelo Princesa do Solimões Santos derrota equipe amazonense por 4 a 2 e agora pega o Londrina pela Copa do Brasil PÁG. 31

Scarlett Johansson agora é um ET que devora homens Em ‘Sob a Pele’, que estreia hoje nos cinemas, estrela usa a sensualidade para enganar os terráqueos RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

PÁG. 10

Black blocs ateiam fogo em lixo em SP para montar barricada contra a PM em protesto contra a Copa; ao menos 20 manifestantes foram detidos | PAULO WHITAKER/REUTERS


1 FOCO

Luiz Argôlo

Deputado pode ser cassado

O Conselho de Ética da Câmara instaurou ontem dois processos por quebra de decoro parlamentar contra o deputado Luiz Argôlo (SD-BA). Argôlo foi flagrado em escutas telefônicas conversando com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal durante a operação Lava Jato. Ele também é suspeito de ter tido contas pagas por Youssef e recebido dinheiro do doleiro no apartamento funcional da Câmara.

|02|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Indústria da região demitiu 4.300 neste ano Crise. Com parte da produção parada e funcionários de licença nas montadoras, setor automotivo puxa saldo negativo no emprego. Especialistas acreditam em ano ruim para a economia do ABC e reflexos em mais setores A indústria do ABC demitiu desde o início do ano 4.300 trabalhadores. Os dados são da Fiesp/Ciesp (Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) e foram divulgados ontem. As análises por período são todas negativas para a região e na visão dos economistas indicam crise econômica. Em abril, foram fechadas 1.290 vagas. No acumulado dos 12 meses, já chegamos a saldo negativo de 12.050. Indústrias ligadas ao setor automotivo estão no centro das demissões. A previsão para os próximos meses é ainda pior por conta das licenças remuneradas concedidas para funcionários de montadoras como Volkswagen, Scania e Mercedes-Benz. Cerca de 5 mil trabalhadores estão sendo afastados das fábricas por conta da redução da produção. Economistas ouvidos pela reportagem apontam como causas a crise cambial argentina, principal compradora e veículos do país, o aumento do preço dos veículos com o fim da redução do IPI e o endividamento da população. As demissões e licenças

no setor automotivo trazem reação negativa em cadeia para a região. “O trabalhador da indústria que está perdendo o emprego é o que ganha os maiores salários. Era ele quem consumia no ABC também e não fará mais isso”, disse o economista e professor da USCS (Universidade Municipal de São Caetano), Leandro Prearo. O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC espera que o governo federal anuncie em breve pacote de medidas para ajudar o setor automotivo. Entre as ações, redução ou congelamento do valor do IPI e abertura de crédito para financiamento em bancos públicos. O coordenador do Observatório Econômico da Metodista, Sandro Maskio, afirma que o desafio é como formular essas políticas num momento de inflação elevada. “O governo está preocupado com o aumento do consumo. É possível que se anuncie algum estimulo mais voltado para o mercado externo”, disse. VANESSA SELICANI

Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

“Todo o setor ligado a produção de veículos sente os reflexos da redução da produção. O sindicato tem mais força apenas nas montadoras” SANDRO MASKIO, DIRETOR DO OBSERVATÓRIO ECONÔMICO DA METODISTA

“Estamos em crise. As indústrias automotivas estão paradas. Nosso produto não está mais competitivo no exterior. Tudo converge para as demissões”

Montadoras deram licença para funcionários | CARLOS CASAES/A TARDE/FUTURA PRESS

Desempenho Saldo de emprego nas indústrias até abril, segundo Fiesp/Ciesp

-700

STO. ANDRÉ, MAUÁ, R. PIRES E R. G. DA SERRA

-1.600 DIADEMA

-1.450

-550

SÃO BERNARDO

SÃO CAETANO

Mercado imobiliário tem pior trimestre

Dólar + 0,58% (R$ 2,22)

Euro + 0,12% (R$ 3,03)

PAULO FRANCINI, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE PESQUISAS E ESTUDOS ECONÔMICOS DA FIESP E CIESP

LEANDRO PREARO, ECONOMISTA E PROFESSOR DA USCS

METRO ABC

Cotações

Bovespa - 1,02% (53.856 pts)

“Não esperamos grandes novidades e há de ser um ano morno em termos de desempenho da indústria, que deve ter desempenho medíocre”

Santo André e São Caetano foram as únicas com lançamentos | TIAGO SILVA/METRO ABC

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.abc@metrojornal.com.br 011/3528-8582 COMERCIAL: 011/4122-0501

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

O setor imobiliário registrou neste ano o pior primeiro trimestre para vendas e lançamentos dos últimos tempos. O balanço foi divulgado ontem pela AcigABC (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC). Foram lançadas apenas 312 unidades no período. Em 2011, melhor período para o setor, foram 1.589. No ano passado, 944. Além disso, apenas Santo André e São Caetano registraram lançamentos. As

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor de Arte: Vitor Iwasso Metro ABC. Editor-Executivo: Marcelo Camargo (MTB: 33.618) Editor de Arte: Eli de Souza Filho. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva

outras cidades zeraram em novos imóveis. O setor vendeu no período 1.345 unidades, ante 1.828 nos mesmos meses de 2013 e 1.427 em 2012. No último trimestre de 2013, o setor comemorava recorde de 4.198 imóveis vendidos no ABC. Apesar dos resultados ruins, a queda na região foi menor que na capital em comparação às vendas. Entre 2013 e 2014, a redução foi de 57% em São Paulo e de 26% no ABC. METRO ABC

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Avenida Rebouças, 1585, Pinheiros, CEP 05401-909, São Paulo, SP, Brasil. Tel.: 011/3528-8500. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Alunas fazem fila para participar das atividades oferecidas na oficina | TIAGO SILVA/METRO ABC

|03|◊◊

Equilíbrio de prato é um dos exercícios praticados | TIAGO SILVA/METRO ABC

Vovós se arriscam no picadeiro do Circo Escola Piruetas. Instituição voltada a crianças abre as portas para receber também o público idoso O Circo Escola de Diadema abriu suas portas para um público não tão comum no picadeiro. Mulheres com mais de 60 anos ganharam aulas exclusivas para a faixa etária. A escola circense começou suas atividades em 2010, mas com os anos ganhou o carinho de toda a comunidade. As aulas para idosas começaram de maneira informal, depois que a equipe percebeu a presença constante das mulheres ao redor do circo. “As oficinas iniciaram com seis mulheres que

faziam caminhada no entorno. Um dos nossos professores percebeu isso e começou um trabalho de atividades corporais com as idosas, que logo evoluiu para a prática circense”, contou a coordenadora do Circo Escola, Viviane Tapia. A iniciativa foi crescendo, com a adesão cada vez maior da comunidade. As oficinas são realizadas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h, e cada turma tem hoje em dia 50 alunos. “Nossa capacidade total é de 216 pessoas, mas temos uma lista de espera de

120. Abrimos as matrículas só de semestre em semestre. A demanda é surpreendente”, afirmou Viviane. A professora conta que muitos dos idosos chegam para as aulas com depressão, problemas de coração e pressão alta.“Hoje até mesmo o posto de saúde aqui da região acaba encaminhando pacientes para gente. Os idosos melhoram com as aulas”, contou Viviane. A coordenadora diz que as aulas não oferecem riscos aos idosos. “Os exercícios são pensados para a faixa

O ministro da Saúde e ex-secretário da cidade, Arthur Chioro, participará da inauguração. Ainda em São Bernardo, ele visitará o Hospital de Clínicas Municipal José Alencar para acompanhar o funcionamento. METRO ABC

Serviço Circo Escola Diadema avenida Afonso Monteiro da Cruz, 259. Jardim União Telefone: 4044-5263

Aos 83 anos, Dona Enedina é fã do pula-pula Um exemplo de boa aluna do Circo Escola é Dona Enedina Maria de Queiroz, que participa da oficina desde o início, em 2012. Com 83 anos, é a mais idosa da turma. Ficou sabendo das aulas por intermédio de amigas que estavam matriculadas no curso. Um dia,

decidiu experimentar e não parou mais. “Eu gosto muito de lá. Antes de frequentar as aulas, eu vivia muito doente, sentia dor no corpo todo, minha pressão era alta. Mas agora me sinto bem melhor”, contou. Enedina foge das aulas de equilíbrio, mas é fã declarada do pula-pula. “Eu sempre faço as atividades na cama elástica, é bem legal. O exercício de dança também é bem fácil de fazer”, disse METRO ABC

Consumo. Cesta básica fica 0,49% mais barata

Saúde. Montanhão ganha unidade básica Os moradores do Montanhão, em São Bernardo, passam a contar a partir de amanhã com UBS (Unidade Básica de Saúde). Esta será a 33ª unidade da cidade e beneficiará 16 mil pessoas que moram nos bairros Cafezais, Parque Selecta 1, Baraldi, Pica-Pau e Montanhão.

etária deles, da mesma forma que pensamos as atividades para os outros grupos da escola individualmente. Um dos nossos professores é formado em educação física e isso faz com que ele adapte melhor os exercícios para a terceira idade.” METRO ABC

Acrobata

Região não tinha UBS |TIAGO SILVA/METRO ABC

A cesta básica ficou mais barata nesta semana para os moradores do ABC. Pesquisa da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) indica redução de 0,49%. O conjunto de produtos que era vendido em média por R$ 464,75 caiu pa-

ra R$ 462,45. A diferença de R$ 2,30 foi puxada principalmente pelo grupo dos hortigranjeiros, que retraiu 3,51%. Entre os itens pesquisados, apenas o alimentício teve alta de 0,46%. O vilão da semana voltou a ser o tomate, que saltou de R$4,69 para R$7,68 o quilo. METRO ABC

Tomate é vendido a R$ 7,68 o quilo | MARIO TAMA/GETTY IMAGES


|04|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Dia de protestos acaba em quebra-quebra A FAVOR “Sou a favor dessas manifestações desde que não haja violência. Acho que os motivos são justos” JOSÉ DE SOUZA, 54, PINTOR

“O Brasil tem suas prioridade e o futebol não é uma delas. Temos que pensar em educação e saúde” ROSEMEIRE DE SOUZA, 45, ADVOGADA

“O movimento reivindica o que o povo precisa há anos, que é moradia e educação” MAX CAMARA, 32, ANALISTA DE COMÉRCIO EXTERIOR

“O governo não administrou bem os gastos com a Copa do Mundo” CARLOS SANTOS, 25, TÉCNICO DE INFORMÁTICA

“O dinheiro deveria ter sido investido no que precisamos, o que não inclui a Copa do Mundo” WAGNER DE FREITAS, 42, EMPRESÁRIO

CONTRA

Contra a Copa. Atos fecharam as marginais. Black blocs depredaram bancos e lojas

“Deveriam ter protestado quando o Brasil foi escolhido, não agora” RONALDO QUINTO, 38, TAXISTA

O paulistano enfrentou ontem um dia de protestos em todas as regiões da cidade. As manifestações, que começaram às 7h, foram pacíficas. Mas, no início da noite, com a chegada dos black blocs, a rua da Consolação se transformou em uma praça de guerra. Após depredarem agências bancárias, carros, lojas e placas de sinalização, 20 mascarados foram presos com coqueteis molotov e martelos nas mochilas. Um grupo começou a jogar pedras e lixeiras contra os policiais, na altura da rua Matias Aíres. Os PMs revidaram com tiros de balas de borracha e bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo. Uma policial e um fotógrafo foram feridos. O ato, que começou na avenida Paulista, reuniu 1,2 mil pessoas e foi organizado pelo Comitê Popular da Copa, MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e MPL (Movimento Passe Livre). Com medo do quebra-quebra, comerciantes da região fecharam as portas. A ViaQua-

“A Copa vai acontecer de qualquer jeito. Só estão prejudicando a população” ANDREA GONÇALVES, 40, ANALISTA FINANCEIRA

PM bloqueia a Consolação para impedir o avanço dos manifestantes | ANDRÉ PORTO/METRO

tro também decidiu fechar o acesso da estação Paulista da linha 4-Amarela do metrô. Segundo a concessionária, um grupo de manifestantes tentou invadir o local para promover atos de vandalismo. A polícia conseguiu dispersar os manifestantes por volta das 20h. Pouco depois, um pequeno grupo voltou a se reunir de forma pacífica em frente ao estádio do Pacaembu. Protestos pela cidade A série de protestos causou transtornos aos paulistanos durante todo o dia. As manifestações bloquearam as marginais e pelo menos outras

oito vias. Os atos foram organizados pelo MTST e duraram aproximadamente 3 horas. O movimento prometeu novos protestos para a próxima quinta-feira e deu um ultimato à prefeitura: legalizar as ocupações de áreas até o dia 12 de junho, início da Copa. Por volta das 13h, um grupo com cerca de 5 mil professores municipais em greve protestou em frente à sede da Secretaria Municipal da Educação, na Vila Mariana. Depois, eles seguiram para a sede da prefeitura, no viaduto do Chá, bloqueando o sentido centro da avenida 23 de Maio. METRO

“Já está tudo pronto para o mundial. Esses atos só nos atrasam diariamente” BRUNO TALY, 21, SECURITÁRIO

“Essas manifestações prejudicam a imagem do país lá fora” PEDRO DOS SANTOS, 35, PROFESSOR

Policial Militar ficou ferida durante confronto | ANDRÉ PORTO/METRO

“Sempre tem quebraquebra nesses atos. Toda vez é a mesma coisa. Sou dono de comércio e sei como isso pesa no nosso bolso” RODRIGO SILVA, 58, COMERCIANTE

Outras 12 cidades também tiveram manifestações

Manifestantes em avenida de Belo Horizonte | FREDERICO HAIKAL/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

A série de protestos contra a realização da Copa do Mundo no Brasil se espalhou por pelo menos 12 cidades do país, mas a adesão aos atos ficou abaixo do esperado. No Rio de Janeiro, a manifestação contra a Copa terminou em confronto entre mascarados e a PM, que usou bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para conter o grupo. A passeata, que reuniu cerca de mil pessoas, começou pacífica, por volta das 16h, na Central do Brasil, e seguiu para a frente do prédio da prefeitura, com um grupo de cerca de 100 black blocs à frente. Por volta das 19h30, houve um princípio de confusão quando manifestantes mascarados cercaram PMs, que foram xingados. Meia hora depois, quando a maioria dos manifestantes já havia se dispersado, um

grupo de black blocs começou a correr entre os carros e ônibus, na contramão da Presidente Vargas, rumo à Candelária, deixando os motoristas em pânico. Em Brasília, a manifestação contra a Copa foi pacífica e atraiu apenas 200 pessoas. O grupo se reuniu na rodoviária do Plano Piloto pouco antes das 18h, gritando palavras de ordem contra a FIFA e os governos federal e do DF. Em Porto Alegre, cerca de 300 manifestantes se reuniram às 18h no centro da cidade e caminharam até a frente da sede prefeitura da capital gaúcha. O protesto contra a Copa no centro de Belo Horizonte reuniu cerca de 600 pessoas, segundo a PM, Não houve confrontos. A passeata, que teve a participação de diversos movimentos, durou três horas

Jovens carregam o mascote da Copa no Rio de Janeiro | ERBS JR./FRAME/FOLHAPRESS

No Espírito Santo, professores da rede pública, em greve desde abril, e outros servidores saíram às ruas de Vitória, no final da manhã, para pedir melhores condições de trabalho e salário. A passeata seguiu rumo ao Palácio Anchieta, sede do governo estadual, onde os manifestantes in-

terditaram o trânsito completamente por uma hora, deixando o fluxo bastante prejudicado em várias vias. Em Fortaleza, no Ceará, uma manifestação em defesa do passe livre no transporte coletivo também teve confrontos entre estudantes e policiais militares. METRO


ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Seis viram réus no caso Riocentro

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

MAIS UMA MP É APROVADA COM ‘CONTRABANDOS’. Des-

“CERTAMENTE NÃO DARÃO SEU SUOR E OS VOTOS QUE TÊM.”

tinada a regulamentar o Inovar-Auto, programa de desenvolvimento tecnológico automotivo, a Medida Provisória 638 foi enxertada com dez “contrabandos” na comissão mista do Congresso, presidida pelo senador Gim Argello (PTB-DF). A comissão acolheu emendas sem qualquer pertinência com o tema original da MP, como a mistura de álcool à gasolina e a reabertura do Refis para devedores do fisco.

AÉCIO NEVES (PSDB) SOBRE OS PARTIDOS QUE INTEGRAM A BASE DE APOIO DO GOVERNO DILMA

MP CARTA BRANCA. Apenas um artigo da Medida Provisória 638 trata do programa Inovar-Auto, outros 12 artigos tratam de assuntos estranhos ao texto original. NEM ELE ESCAPA. Um “contrabando” da MP “regulariza” terrenos ocupados irregularmente por entidades religiosas no DF, onde Gim Argello disputará reeleição. LÁ, COMO CÁ. Ao visitar o

vice-presidente Michel Temer, o chanceler William Hague contou que seu governo também enfrentou protestos, nas ruas, pelos investimentos nas Olimpíadas de Londres, capital da rica Inglaterra.

Michel Temer | MASTRANGELO REINO/FOLHAPRESS

TV SKAF. A Justiça Eleito-

ral autorizou o pré-candidato do PMDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf, a aparecer em comerciais de TV da Fiesp.

COPA DAS URNAS. As manifestações “contra a Copa” foram lideradas por entidades mais interessadas nas próximas eleições. Tipo Força Sindical, que tucanou. CASO DE POLÍCIA. Carlos Alberto Oliveira Andrade, dono da Caoa-Hyundai, dispensada de pagar R$ 1 bilhão em impostos por ano, foi condenado na 12ª Vara Cível de São Paulo por falsificar o documento que usou para “provar” que havia pago dívida de R$ 181,3 milhões junto ao banco Santos. Corrigida, a dívida é hoje de R$ 800 milhões. A polícia abriu inquérito.

PODER SEM PUDOR

Novo domicílio O economista Marlan Rocha, a pedido de Leonel Brizola, foi às barrancas do rio São Francisco para tentar organizar os diretórios do PDT na região. Marlan chegou em Barreiras (BA), e foi ao encontro do getulista e ‘coronel’ Aluízio Mármore: - Seria oportuno que os se-

|05|◊◊

nhor organizasse um encontro com os velhos dirigentes getulistas da região. Exibindo um sorriso maroto, o velho cacique concordou: - Certo, certo. Está combinado! Então, amanhã cedo eu pego você e vamos ao cemitério. Estão todos lá.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

A Justiça Federal no Rio de Janeiro aceitou denúncia do Ministério Público Federal e vai iniciar ação penal contra seis acusados de participação no atentado à bomba no Riocentro, em 1981. Cinco são oficiais do Exército e um é delegado. Um dos réus é o general Newton Cruz, ex-chefe do SNI. Eles serão julgados por

tentativa de homicídio doloso, associação criminosa, transporte de explosivos, favorecimento pessoal e fraude processual. O plano previa a explosão de várias bombas durante um show com 20 mil pessoas em comemoração ao Dia do Trabalho, em 30 de abril de 1981. Na ocasião, um dos artefatos explodiu no Puma

que levava os dois militares que executavam o atentado, provocando a morte do sargento Guilherme Pereira do Rosário e ferimentos no capitão Wilson Machado. É a primeira vez que o caso será analisado como crime pela Justiça Comum. Na decisão, a juíza Ana Paula Vieira de Carvalho alegou que, embora os suspei-

tos sejam militares, “não estavam no exercício de atividade militar”, o que levaria o caso para a Justiça Militar. Essa é a terceira investigação do caso. Os outros dois inquéritos foram arquivados pelo Supremo Tribunal Militar em 1981 e 1999. O Exército não se pronunciou sobre a decisão da Justiça. METRO RIO


|06|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Após saques, tanques ocupam ruas do Recife Paralisação. Roubos e homicídios deixam população em pânico. Pressionados pela Justiça, policiais e bombeiros decidem encerrar greve Após 11 homicídios e uma onda de saques no terceiro dia de greve dos policiais militares e bombeiros de Pernambuco, tanques do Exército ocuparam as ruas do Recife para fazer o policiamento ostensivo. Na madrugada de ontem, tropas começaram a desembarcar no Estado depois que o governador João Lyra Neto (PSB) solicitou ao governo federal a ajuda de homens da Força Nacional de Segurança Pública e do Exército, para substituir os grevistas. Desde o início da paralisação, o clima na capital e em outras cidades pernambucanas foi de pânico generalizado. Lojas, escolas e instituições públicas fecharam as portas. A cidade de Abreu e Lima, região metropolitana do Recife, foi o epicentro da onda de arrastões, saques e homicídios. Até o final da tarde,

oito pessoas foram presas, três adolescentes apreendidos e sete homicídios foram registrados. Fim da paralisação Ontem, após uma assembleia em frente ao Palácio Campo das Princesas, sede do governo estadual, os grevistas optaram por encerrar a paralisação. A decisão ocorreu mesmo com o Estado mantendo a proposta inicial feita à categoria: reajuste de 14,55% em junho (acertado em 2011), incorporação da gratificação por “atividade de risco operacional” ao salário quando militar for para reserva, ajustes nos critérios de promoção e melhorias na assistência médica e no hospital da PM. Inicialmente, policiais e bombeiros exigiam aumento salarial de 50% para cabos e soldados e de 30% para ofi-

ciais, entre outras reivindicações. Hoje, um soldado da PM de Pernambuco recebe salário de R$ 2, 4 mil. No entanto, o retorno às atividades foi decidido após uma avaliação da escalada da violência no Estado e por causa do risco da aplicação de uma multa de R$ 100 mil por dia imposta pela Justiça a associações da categoria em caso de descumprimento da ordem de retorno ao trabalho. Durante a assembleia, policiais e bombeiros criticaram a decisão do comanda de greve de orientar o retorno às atividades. Muitos gritavam que os líderes do movimento afrouxaram por medo da Justiça. O governo de Pernambuco informou que só considerará a paralisação encerrada quando os militares retomarem suas atividades integralmente. METRO

Loja de calçados foi saqueada em Abreu e Lima, região metropolitana do Recife | BOBBY FABISAK/JC IMAGEM/FOLHAPRESS

Madrasta de Bernardo e amiga Com ‘volume morto’, nível do tentaram forjar álibi, diz polícia Cantareira subirá para 26,4% Registros telefônicos obtidos com exclusividade pela Band revelam que Graciele Ugolini, madrasta de Bernardo Boldrini, de 11 anos, e sua amiga, Edelvânia Wirganovicz, simularam álibis para despistar a polícia. Elas são suspeitas de matar a criança com uma injeção letal. O crime correu no dia 14 de abril, no interior do Rio Grande do Sul. A troca de mensagens, que faz parte do inquérito, foi divulgada ontem durante o programa Café Com Jornal. Em uma delas, Graciele tenta forjar a visita a um antigo namorado e que a amiga a teria acompanhado.“Oi amiga, aqui está um stress, tudo caindo em cima de mim. Estão investigando tudo. Vamos dizer a verdade, que saímos com teu carro para ir ver aquele meu antigo rolo.” E Edelvânia responde: “fica calma comadre.” A Band também teve acesso a dois depoimentos que levaram a polícia a apontar a participação do

Bernardo Boldrini foi assassinado no dia 14 de abril | DIVULGAÇÃO

pai da vítima, Leandro Boldrini, no crime. Em um deles, Carlos Petri, amigo da família, afirma que o pai nunca se preocupava com o paradeiro do menino, que chegava a ficar um dia inteiro fora de casa. No segundo, o pediatra da vítima, José Sartori, afirmou que Bernardo era tratado de forma negligente desde os três anos e que

imitava o comportamento do cachorros da casa para receber atenção de Leandro. Anteontem, a Promotoria apresentou denúncia contra quatro suspeitos da autoria do crime. Além de Graciele, Leandro e Edelvânia, foi incluído Evandro Wirganovicz. Irmão de Edelvânia, ele é acusado de ocultação de cadáver. BAND

A Sabesp iniciou ontem a captação do “volume morto” do sistema Cantareira na represa Jacareí, no interior paulista. A previsão é de que o nível de armazenamento das represas suba cerca de 18% a partir de hoje, passando de 8,2% para 26,4%. Serão utilizados 182,5 bilhões de um total de 400 bilhões de litros da reserva. A água deve chegar às torneiras dos moradores da Grande São Paulo a partir de domingo. Um evento com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), do secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Mauro Arce, e da diretora-presidente da Sabesp, Dilma Pena foi organizado para inaugurar o sistema de captação. A medida servirá para abastecer a região metropolitana por período estimado de 10 meses. Caso as chuvas sejam suficientes para abastecer o sistema, a captação do “volume morto” será suspensa. Alckmin disse que a economia de água na Grande São

R$ 80 mi é o valor gasto pelo governo nos dois meses de obra para instalação das bombas de captação do “volume morto”.

Bombas de captação flutuantes na represa Jacarei, em Joanópolis, no interior de São Paulo | LUIS MOURA/FOLHAPRESS

Paulo chegou a 84% dos clientes da Sabesp no início deste mês. Em relação à cobrança de multa de 30% para quem aumentar o consumo, o governador disse que a proposta ainda está em análise na Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo) e não tem data para entrar em vigor. Qualidade da água

A presidente da Sabesp afirmou que o tratamento da água do “volume morto” será o mesmo dado à dos reservatórios e seguirá os padrões exigidos pelo Ministério de Saúde. “A qualidade é fiscalizada diariamente por laboratórios certificados”, disse Dilma. A qualidade da água é alvo de inquérito no MP (Ministério Público). METRO


ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Poroshenko. Pesquisa indica vitória de magnata em eleição na Ucrânia Uma pesquisa divulgada ontem na Ucrânia apontou que o magnata Petro Poroshenko deverá ser o vencedor no primeiro turno da eleição presidencial do país marcada para 25 de maio. Poroshenko, que apoiou o levante pró-Europa responsável por derrubar em fevereiro o presidente Viktor Yanukovich, apoiado pelo Kremlin, tem o apoio de 54,7% dos eleitores, segundo o levantamento. O governo interino de Kiev espera que a eleição do novo presidente traga estabilidade política, após cinco meses de distúrbios, incluindo a anexação da Crimeia pela Rússia e uma violenta rebelião separatista no leste do país. Crianças A Agência da ONU para a Infância (Unicef) disse ontem que crianças “estão sendo arrastadas para a violência na Ucrânia”. Em um comunicado, o organismo se disse “seriamente preocupado

{MUNDO}

Mortes em mina levam a onda de atos

Assessor de Erdogan agride manifestante e gera revolta

O acidente em uma mina de carvão na Turquia, que matou ao menos 283 pessoas, provocou uma onda de protestos em várias cidades turcas ontem. Cinco dos maiores sindicatos do país, todos ligados à oposição, convocaram uma greve geral para ontem e pediram que os cidadãos vestissem roupas pretas ou utilizassem um laço preto em sinal de solidariedade com as vítimas. Uma das manifestações, em Izmir, reuniu cerca de 20 mil pessoas. A polícia usou canhões de água e gás lacrimogêneo. Em Soma, equipes de resgate ainda tentavam al-

A revolta da população aumentou ontem depois que Yousef Yerkel, um assessor do premiê turco Recep Tayyip Erdogan, agrediu um manifestante em Soma. Yerkel acompanhava Erdogan em uma visita à cidade onde fica a mina e foi fotografado agredindo um homem caído. Ele confirmou que agrediu o manifestante e disse que daria explicações “em breve”. De acordo com testemunhas, dois soldados turcos haviam detido o homem depois que ele chutou um carro da comitiva oficial. Yerkel teria se aproximado e chutado o homem “três ou quatro vezes”. A imagem da agressão foi reproduzida nas redes sociais e causou revolta. METRO

Revolta. Cinco dos maiores sindicatos da Turquia convocaram greve geral no país após morte de 283 mineiros em Soma

Poroshenko saúda apoiadores em Konotop | MYKOLA LAZARENKO/REUTERS

com a instabilidade no país e com as consequências na vida das crianças”. De acordo com a nota, a Unicef está investigando relatos sobre mortes de crianças em Odessa, no sul da Ucrânia. Um incêndio na semana passada matou 40 pessoas na cidade. A entidade também denunciou o envolvimento de menores em protestos violentos no país e dificuldades no acesso à saúde e à educação, especialmente em relação à interrupção de campanhas de vacinação. METRO

|07|◊◊

Manifestantes viraram viatura em distrito de Istambul | CEVAHIR BUGU/REUTERS

cançar partes da mina de carvão ontem, enquanto diminuíam as esperanças de encontrar vivos os cerca de 100 mineiros ainda retidos. Enterro coletivo Ontem, mais de cem túmu-

los foram cavados para um enterro coletivo no principal cemitério de Soma. Alto-falantes anunciaram os nomes dos mortos. Nenhuma autoridade do governo compareceu. METRO

Assessor de Erdogan agride homem em Soma | MEHMET EMIN AL/REUTERS


|08|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Varejo tem maior queda para março desde 2003 Perda de fôlego. Comércio registrou recuo de 1,1% no mês passado em relação a igual período do ano passado. Inflação e juros elevados tiveram impacto no resultado

Vendas de veículos caem 16% e são as piores desde 2008 | RENATO ARAÚJO/ABR

Em meio a um cenário de inflação e juros elevados, o consumo começou a perder força no final do primeiro trimestre do ano. As vendas no comércio varejista recuaram 0,5% em março na comparação com o mês anterior, primeira queda no ano. Na comparação com o mesmo mês de 2013, as vendas caíram 1,1%, a maior retração para o mês desde 2003 (-11,4%), segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No acumulado do trimestre, as vendas cresceram 0,4% em relação ao quarto trimestre de 2013, quando a expansão havia sido de 1,1% sobre o período anterior. O calendário também influenciou diretamente no resultado das vendas, somando-se à economia mais

morna, ao crédito mais restrito e aos preços em alta. “Em março tivemos dois efeitos: o Carnaval e menos dias úteis. Além disso, a Páscoa em 2013 foi em março e esse é um período de vendas fortes. A base era mais forte”, destacou a economista do IBGE Aleciana Gusmão. Cinco das oito atividades pesquisadas no varejo restrito tiveram queda na comparação mensal, sendo a principal influência negativa a queda de 1% em hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo. A queda acontece diante de preços em patamares elevados. As vendas de veículos, motos, peças e partes recuaram 0,6% ante fevereiro, mas sobre um ano antes caíram 16%, recuo mais intenso desde novembro de 2008

(-20,3%). Isso ocorreu, segundo o IBGE, devido ao IPI mais alto dos veículos no período. Há um ano o Banco Central vem elevando os juros básicos da economia, hoje a 11% ao ano, para segurar a al-

ta dos preços. Mas já deu indicações de que deve optar pela manutenção da Selic na reunião deste mês, movimento que ganha força com o enfraquecimento das vendas varejistas. METRO COM AGÊNCIAS

Maiores retrações em março Variação mensal sobre o mesmo período do ano passado

-16%

VEÍCULOS E MOTOS, PARTES E PEÇAS

-7,3%

,VESTUÁRIO E CALÇADOS

-8,2%

LIVROS, JORNAIS, REVISTAS E PAPELARIA

-4,9%

EQUIPAMENTO E MATERIAL PARA ESCRITÓRIO


2 CULTURA

Harrisson Ford

‘Blade Runner 2’

O ator foi convidado a reprisar o papel de Rick Deckard na sequência do clássico de ficção científica de 1982, que não tem previsão de estreia.

|10|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Scarlett vive ET devorador de homens em ‘Sob a Pele’ Em cartaz. Diretor Jonathan Glazer fala sobre a ficção científica que mostra a atriz em sua primeira cena de nu frontal Levou mais de uma década para o diretor britânico Jonathan Glazer conseguir fazer “Sob a Pele”, produção atualmente em cartaz que mostra um alien predador, interpretado por Scarlett Johansson, seduzindo e destruindo homens solitários na Escócia. Há algo de hipnótico na forma não-verbal de narrar a história, baseada no livro homônimo do holandês Michel Faber. “Você se compromete com o olhar alienígena. Ela só fala quando é essencial, quando está fisgando alguém”, explica o diretor. Ele conta que precisou tatear bem a personagem ao lado de Johansson. “Foi uma luta. Você não está falando ‘dela’, mas de uma coisa. Como fazer isso?” Segundo Glazer, o fato de

ter uma mulher – e não um homem – como o ET fez com que o filme tivesse várias leituras sobre política de gênero tanto pelo viés misógeno quanto feminista. “Não há nada de errado com esse debate. As pessoas têm opiniões e é assim que deve ser, sobre esse filme ou qualquer outro. Eu realmente não acho que é um filme misógeno. A câmera não é, nem mesmo as cenas de nudez.” Ele se refere aos momentos que renderam o primeiro nu frontal da atriz no cinema e causaram alvoroço quando foram divulgadas nas redes sociais pouco antes do lançamento do filme. Glazer defende a opção. “Você tem um senso de que Scarlett está no controle de tudo. É algo deserotizado”, conclui. METRO

Filme com Jonhasson foi acusado de misoginia | DIVULGAÇÃO


|12|

{CULTURA}

Garoto prodígio

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Perfil. Com menos de 30 anos, o carioca Jô Bilac se consolidou como um dos mais prolíficos e interessantes dramaturgos do país, atualmente com duas peças em cartaz em São Paulo O teatro paulistano descobriu nos últimos meses o que o Rio já percebera há tempos: aos 29 anos, Jô Bilac é o dramaturgo contemporâneo da vez. Durante esse período, foi raro ter momentos em que não houvesse peça sua em cartaz por aqui. Atualmente dois de seus textos dividem as atenções do público: “Popcorn – Qualquer Semelhança É Mera Coincidência” (2012) e “Cucaracha” (2012), com o grupo carioca Teatro Independente, do qual Jô faz parte. No trabalho dele, crítica de costumes, drama burguês e questões sobre o fazer artístico se misturam, em geral, com humor ácido e sensibilidade, em peças que valorizam o poder da palavra. Tal salada o transformou em um dramaturgo cobiçado por nomes como Ângela Vieira e Lucélia Santos, que encenaram respectivamente seus textos “O Matador de Santas”

“Penso na palavra como uma provocação, para trazer um subtexto indizível. Usá-la é como pôr lenha na fogueira para acender o público.” JÔ BILAC, DRAMATURGO

(2010) e “Alguém Acaba de Morrer Lá Fora” (2011). O sucesso – que lhe rendeu diversos prêmios, entre os quais um Shell de melhor autor, em 2010, por “Savana Glacial” – não apagou sua veia underground, alternada com produções de apelo mais pop. Segundo ele, cada novo projeto depende das parcerias estabelecidas. “Cada encontro tem uma natureza diferente. O que determina o momento é a empatia artística e humana. É um trabalho muito íntimo escrever teatro”, diz ele. Jô nasceu no Rio, mas cresceu em Madri. A vocação para a escrita surgiu de uma necessidade. “Uma das formas de aprender português era es-

crevendo. Para mim, isso era um prazer, uma diversão, um atravessamento”, afirma. Influência de Nelson Daí poderia ter saído um romancista caso Nelson Rodrigues não tivesse aparecido pelo caminho. “Com 16 para 17 anos, vi ‘A Mulher sem Pecado’ e fiquei impactado. Já tinha visto teatro antes, mas aquela montagem me marcou pela força do diálogo. Entendi ali o teatro não só como entretenimento, mas como força política, no sentido de fazer o outro refletir. Fiquei fascinado com essa ideia.” Na falta de um curso de dramaturgia, ele começou a estudar atuação na Escola de

Teatro Martins Pena, no Rio. “Conheci os autores na biblioteca, mas foi fundamental me aproximar dos atores para descobrir como eles pensam os personagens e o espaço, para perceber a construção de dentro para fora”, diz ele. Aos 19 anos, veio o primeiro reconhecimento: uma menção honrosa em dramaturgia do Teatro Carlos Gomes, do Rio, por “Sangue na Caixa de Areia”. Dois anos depois, em 2006, fez “Bruxarias Urbanas”, sua primeira montagem profissional. A partir daí não parou mais, revezando-se entre atuação e direção. “O teatro é cada vez mais, para mim, onde podemos rever nossa própria história e nossa condição humana. Esse paradoxo entre vida e morte me move muito”, conclui. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Jô Bilac nasceu no Rio, mas cresceu em Madri

| THADEU NOGUEIRA/DIVULGAÇÃO


|14|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

O Metro indica

Mostra

Música de Chuteiras. A exposição, idealizada pelo jornalista Marcelo Duarte, vai relembrar canções que fizeram sucesso em épocas de Copa do Mundo, como a música cantada por Carmen Miranda para a Seleção de 1938. No Sesc Pompeia (r. Clélia, 93, tel.: 3871-7700). De ter. a sáb., das 11h às 21h; dom. e feriados, das 10h às 20h. Grátis. Até 13/7.

Show

Os Últimos Românticos da Rua Augusta + Frank Jorge. A banda paulistana recebe o músico gaúcho, integrante do cultuado grupo Graforreia Xilarmônica e também Os Cascavalletes. Na Confraria NossaCasa (r. Belmiro Braga, 202, Vila Madalena). Hoje, às 23h. R$ 20.

Balé no Cinema

‘Marco Spada’ . A montagem marca o fim das temporada clássica em cartaz na telona, com apresentação do Ballet de Bolshoi. Na rede UCI (www.ucicinemas.com. br). Amanhã, às 17h; dom., às 14h. R$ 60.

Teatro

‘Maldito Benefício’. A peça de Leonardo Cortez conta a história de um jogador de futebol que sofre uma contusão e precisa deixar seu sonho de lado. No CCSP (r. Vergueiro, 1.000, Paraíso, tel.: 3397-4002). Estreia hoje. Sex. e sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 20. Até 29/6.

Paulo Vilhena e Thaila Ayala em “(Des)Encontros” | DIVULGAÇÃO

Em busca do amor

TV. Curta-metragem nacional ‘(Des)Encontros’ estreia amanhã na Sony e dá origem a mais quatro episódios com histórias que envolvem jovens casais O espaço para a produção nacional na TV paga ganha mais uma atração a partir de amanhã, às 19h30, no canal Sony, com a estreia do curta-metragem “Des(Encontros)”. Dirigido por Rodrigo Bernardo, o filme – quase todo gravado em

Santos – traz a história de Lara (Thaila Ayala) e Gael (Paulo Vilhena), dois jovens feitos um para o outro e que, mesmo vivendo em mundos muito próximos, ainda assim não se conhecem. Para dar continuidade ao projeto, foram criados ou-

tros quatro episódios que mostram relacionamentos entre casais: o dos amigos apaixonados um pelo outro, mas que não se entregam (“Arthur e Diana”, dia 24/5), o do mulherengo que se apaixona por uma garota indomável (“André e Jú-

lia”, no dia 31/5), o do casal de jornalistas que vive com o ego entre eles (“Patrícia e Luís”, em 7/6), e o da tradicional história do cara que se passa de rico para conquistar uma mulher (“Elisa e Godofredo”, dia 14/6). METRO


|16|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Sobre as coisas ausentes Literatura. Carola Saavedra traz os conflitos familiares e o impacto dessas relações nas personalidades em seu novo romance Um pai, um filho, e milhões de coisas a serem ditas. “O Inventário das Coisas Ausentes” traçado por Carola Saavedra parece um desafio pessoal para o leitor. Listar o que deveria, mas não está lá. O centro da narrativa são conflituosos relacionamentos em família e o reflexo disso tudo. O drama central mostra o reencontro de um pai marcado pela brutalidade da ditadura militar e do filho escritor depois de muitos anos sem se falar. Carola é considerada uma das grandes promessas de sua geração de escritores. Em sua sexta obra pu-

“O INVENTÁRIO DAS COISAS AUSENTES” CAROLA SAAEDRA CIA DAS LETRAS, R$34,50

CAROLA SAAVEDRA

blicada, leva no currículo o prêmio de melhor romance em 2008 pela Associação Paulista dos Críticos de Arte com “Flores Azuis”, obra pela qual foi finalista também do Prêmio Jabuti e São Paulo de Literatura. As indicações foram recebidas novamente em 2010 com “Paisagem com Dromedário”. Seus livros já foram traduzidos na Alemanha, França e chegam este ano nos Estados Unidos. A autora é chilena e chegou ao Brasil aos três anos. Vive hoje no Rio de Janeiro, onde é também tradutora. Em “O Inventário das Coisas Ausentes”, traz um pouco de sua história pessoal para os personagens. “A história do avô de Nina, cineasta ateu que se converte à religião depois de uma cura milagrosa, é baseada, sob alguns aspectos, na vida do meu avô. É claro que ao passá-la para a ficção eu inclui uma série de situações que nunca existiram”, conta. Carola conversou sobre seu trabalho com o Metro. Leia ao lado os principais trechos. VANESSA SELICANI METRO ABC

Escritora fala sobre a nova obra e o processo de criação Como surgiu o livro? Há muito tempo queria contar a história de um pai e um filho que se reencontram depois de muitos anos sem se falar. Eu sabia algumas coisas sobre o pai (que havia sido preso e torturado durante a ditadura, que tinha grandes dificuldades de relacionamento), e muito pouco sobre o filho. A partir dessa ideia fui desenvolvendo, paralelamente, as demais histórias.

Carola é chilena, mas veio para o Brasil aos 3 anos | DIVULGAÇÃO

“Eu te amo, diz o texto. Talvez entre o eu te amo e o amor propriamente dito haja um espaço intransponível. Talvez o tempo que passa. Mas não apenas. Talvez um inevitável desencontro. Essa incoerência. Leio o texto como se fosse parte de um romance. Talvez seja isso, e quando o amor acaba resta apenas a ficção.” TRECHO DO ROMANCE “O INVENTÁRIO DAS COISAS AUSENTES”

Festa. Espaço de artes em SA Transporte. Fundação comemora aniversário O Gambalaia Espaço de Artes e Convivência (rua das Monções, 1.018, Bairro Jardim) comemora quatro anos de existência. O local celebra o aniversário neste sábado com muitas atrações. A festa começa às 19h com a abertura da exposição “Foto Ideal”, de Damara Música

Pedro Altério e Bruno Piazza cantam em SBC O Teatro Elis Regina (av. João Firmino, 900, Assunção), em São Bernardo,

Bianconi. Paralelamente, o público poderá se apresentar no palco entre os shows dos artistas convidados. As atrações incluem Moral & Bons Costumes, Corda de Guaiamum com Alcedo Codeceira, Clara Valente, entre outros. A entrada é gratuita, a partir das 17h. METRO ABC recebe neste domingo a apresentacão dos cantores Bruno Piazza e Pedro Altério. O show ainda conta com canções de Breno Ruiz, Dani Black e Pedro Viáfora. A apresentação é gratuita e começa às 19h. METRO ABC

Pró-Memória traz mostra

A Fundação Pró-Memória, junto do Museu Histórico Municipal, em São Caetano, abre a exposição “Transporte no Início do Século Passado”. A mostra conta com réplicas artesanais de diversos meios de transporte. Todas as peças foram produzidas por Décio Caparroz. A mostra fica aberta para visitação até o dia 30 de maio no Museu Histórico Municipal (rua Maximiliano Lorenzini, 122, Bairro Fundação), de segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 13h. A entrada é gratuita. METRO ABC

A família é um tema central para você? Neste livro, sim. Ao contrário dos romances anteriores, onde a família nunca aparece, como se os personagens fossem órfãos. Desta vez, quis trabalhar com o tema da origem, traçar uma espécie de genealogia dos personagens. A ideia principal é que sim, somos resultado (também) dessa herança, e me refiro aí não tanto à genética, mas à herança social, cultural. Somos resultado (entre outras coisas) das histórias que perpassam a nossa família, dos medos, amores e escolhas dos antepassados. Uma herança que carregamos para

o resto da vida. Por isso relações familiares são tão estáticas, difíceis de mudar. O conceito do que é o amor aparece em algumas histórias. Para você, o que é o amor? Acho que tendemos a confundir amor com paixão. Na paixão, gostamos do outro porque ele corresponde ao nosso ideal. O outro é fascinante, perfeito, ou seja, irreal. Por isso, quando se transforma num relacionamento, muitas vezes acabamos nos decepcionando. Já o amor é sempre apesar de’. Conhecemos o outro, sabemos não somente das qualidades, mas também dos defeitos, e mesmo assim continuamos amando. O amor é um pacto diário, todos os dias acordamos, olhamos para a pessoa ao nosso lado e nos decidimos por continuar ali, junto a ela. Como você projeta sua carreira internacional? Meus livros começam a ser traduzidos agora. A publicação no exterior é sempre uma boa experiência porque amplia o número de leitores. E afinal é o que o escritor mais quer, ser lido.

S. Caetano recebe projeto de samba neste mês O Sesc São Caetano (rua Piauí, 554, Santa Paula) oferece neste mês uma programação voltada ao samba. No projeto “Sesc São Caetano apresenta Samba”, a unidade traz toda sexta-feira um convidado para realizar um show homenageando o ritmo musical. Neste final de semana, a iniciativa recebe a cantora Tereza Gama, que canta vários sucessos do gênero, como “Sorriso Negro”, “Roda do Partideiro”, “Barracão é Seu” e outras composições assinadas por mestres como Paulinho da Viola e Clementina de Jesus. No dia 23, quem canta no Sesc é “Verônica Ferria-

Verônica Ferriani é uma das atrações da programação | DIVULGAÇÃO

ni e Mania de Samba”, grupo que interpreta canções de seu primeiro álbum homônimo. O CD traz covers de artistas como Jair Rodrigues, Moska, Martinho da Vila, entre outros. No dia 30, a programa-

ção é encerrada com show de Nereu Mocotó, que traz seu samba rock para São Caetano. Todos os shows acontecem às 20h. Os ingressos custam entre R$ 15 e R$ 7,50. METRO ABC


ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

|17|◊◊

Suzy Rêgo encarna advogada histérica em espetáculo Teatro. Comédia “Divórcio” apresenta atriz interpretando personagem vingativa e esperta

Inicialmente papel de Cecília não era de Suzy Rêgo | DIVULGAÇÃO

Mauá recebe neste final de semana a comédia de costumes “Divórcio” com os atores Suzy Rêgo e José Rubens Chachá. A peça será apresentada no Teatro Municipal de Mauá no sábado e domingo, às 21h e 19h, respectivamente. A peça conta a história de Cecília e Jurandir, um ex-casal de advogados que se reencontra por conta de uma disputa judicial. No caso, os dois participam de uma ação de divórcio entre um jogador de futebol e uma aspirante a celebridade. O ponto interessante na situação é que as queixas apresentadas pelos clientes são as mesmas que um fazia do outro antes de se separarem. Cecília, en-

tão, se vê obrigada a defender o seu cliente utilizando os argumentos que seu ex-marido tanto reclamava na relação dos dois. Para Suzy, interpretar Cecília é um grande desafio, uma vez que a personagem é o completo oposto da atriz. “Ela é uma mulher que só pensa em trabalho, nunca quis ser mãe, sempre pensou na carreira e foi muito bem-sucedida profissionalmente. Ela é brilhante no trabalho, mas a vida afetiva dela é um caos. Isso foi muito cobrado pelo Otávio Martins (diretor da peça), traçar esse perfil nela e explorar isso”, contou a atriz. Nas palavras de Suzy, interpretar uma mulher sem papas na língua, vingativa, histérica, instintiva e estres-

sada foi motivo de muita alegria e reconhecimento. “Me sinto muito feliz quando alguém me espera após o fim do espetáculo para comentar o quanto consegue se identificar com o perfil implacável da minha personagem”, disse a atriz. Quem vê Suzy no palco, entregue ao papel, nem imagina que a personagem inicialmente nem era sua. “Fiz uma novela chamada “Amor Eterno Amor” com o Otávio, que fazia meu irmão na trama. Na ponte aérea entre Rio-São Paulo, ele me contava dos projetos dele, e entre eles estava a peça. A Cecília ia ser interpretada por outra atriz, mas um dia ele me ligou e disse ‘Você sabe a história inteira do espetáculo, só

falta dizer sim para entrar no elenco’.” A peça também conta com a atuação dos atores Pedro Henrique Moutinho e Renata Brás. Os ingressos podem ser encontrados na bilheteria do teatro e também nos sites Bilheteria Express (bilheteriaexpress. com.br) e Compre Ingresso (www.compreingressos. com). O preço varia entre R$ 50 e R$ 25. METRO ABC Serviço No Teatro Municipal de Mauá (rua Gabriel Marques, 353, Vila Noêmia). Sábado (17), às 21h e domingo (18), às 19h. Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada)


|18|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{VARIEDADES}

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Esclarecimento

DANIEL BORK

A Prefeitura de Santo André, através da Secretaria de Administração e Modernização gostaria de, em contraposição à matéria veiculada na edição de 14 de maio, afirmar categoricamente que foram tomadas todas as medidas preventivas necessárias para garantir a segurança dos funcionários e munícipes que circulam pelo Paço Municipal, como por exemplo: isolamento do prédio; recuperação da estrutura da caixa d’água; e retirada das placas soltas que ofereciam risco de cair. Também gostaríamos de reiterar que todos os trâmites legais para a contratação das obras estão sendo cumpridos, baseados nos princípios da ética e responsabilidade fiscal dentro do prazo estipulado através de laudo técnico. Revisões e adiamentos são justificados pela necessidade de garantir o melhor e mais seguro serviço pelo menor preço.

DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

COSTELINHA SUÍNA COM MOLHO BARBECUE

Cruzadas

Barbecue é uma palavra em inglês que significa “churrasco”. O termo “barbacoa” era usado pelos nativos da América Central para designar a carne assada sobre brasas, num buraco no chão. O molho é utilizado no preparo e para o acompanhamento de carnes em churrasco. Geralmente tem sabor picante e adocicado e as variações incluem o uso de vinagres, melaços e pimentas.

PREFEITURA DE SANTO ANDRÉ

INGREDIENTES 4 quilos de costelinha suína em peça 2 colheres (sopa) de sal 2 rolos de papel celofane para churrasco Para o Molho Barbecue: 1 colher (sopa) de sal 1 xícara (chá) de açúcar mascavo 1 xícara (chá) de vinagre branco 2 xícaras (chá) de catchup 1 xícara (chá) de mostarda 1 xícara (chá) de molho inglês

www.metrojornal.com.br

2 xícaras (chá) de cebolas grandes picadas 2 colheres (sopa) molho de pimenta

VOCÊ JÁ VISITOU O SITE DO METRO HOJE?  Acesse metrojornal.com.br e confira as reportagens em andamento que estão na área “Faça o Metro de Amanhã” na nossa página inicial. 

Para o Palmito Assado na Manteiga: 2 palmitos pupunha 1 colher (café) de sal 100 gramas de manteiga amolecida ½ xícara (chá) de ervas frescas picadas (alecrim, tomilho, manjericão e orégano)

Aqui, você irá além dos comentários. Sua participação vai nos ajudar no desenvolvimento de reportagens que também serão publicadas – com a sua assinatura – na versão impressa do Metro. Para falar com a redação:

leitor.abc@metrojornal.com.br

Modo de Preparo: Lave os pupunhas, corte-os ao meio no sentido longitudinal, polvilhe sal, espalhe a manteiga, as ervas e leve ao forno médio (180º) por aproximadamente 1 hora ou até que fique macio. Reserve aquecido. Abra o papel celofane em cima de uma assadeira, disponha a costelinha com a parte da carne voltada para cima e os ossos para baixo. Distribua os ingredientes do molho por cima, um por vez e espalhe com uma colher. Envolva a carne pelo menos 6 vezes, amarre as pontas com um barbante para não escorrer o tempero e leve ao forno quente (160º) por aproximadamente 4 horas. Na sequência, faça um rasgo no papel celofane com o auxílio de uma tesoura em toda a extensão da carne, no sentido longitudinal. Volte ao forno para dar àquela douradinha gostosa por mais cerca de 30 minutos ou até que você se sinta confortável com a cor que deseja. Sirva com os palmitos.

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 9h, na Band

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

Período especial para exercitar sua autoexpressão, seja com atividades culturais, vivências em grupo ou hobbies que sirvam como terapia.

A Lua rege as emoções e em seu signo torna você mais espontâneo do que já é. Evite exagerar em exigências e dramas.

Momento especial para retomar assuntos que envolvam familiares. Algumas lembranças serão vividas de forma especial na vida afetiva.

Os temas que envolvam crenças, espiritualidade e outros apelidados de “zen” tomarão sua atenção e farão muito bem.

Propensões para tratar parcerias de maneira mais intensa. Mudanças serão mais frequentes no rumo de alguma que possua.

Boa ocasião para conversas com pessoas que há tempos não convive ou deve uma visita. Librianos sabem agradar e surpreender socialmente.

Dia positivo para projetos e contatos que envolvam inovações. Novas ideias estão favorecidas para serem colocadas em prática.

Gestos prestativos e atitudes simples farão diferença em momentos de conquista ou para retomar hábitos especiais na vida afetiva.

Momento propício para identificar gastos com o que não tem tanta utilidade e mesmo repensar objetivos materiais.

Os assuntos profissionais recomendam ponderação para que decisões não sejam tomadas por envolvimento emocional.

Período mais propenso para se dedicar a interesses culturais, estudos, planos para viagens e contatos à distância.

afetivo.

Há tendências para esclarecer segredos e assuntos pendentes com quem têm mais convivência e vínculo

Soluções


ICA M: ELE SI ND

“Eu adoraria ver esse show. O disco é demais! Eu era pequena e me lembro de minha mãe sempre colocar esse disco para tocar.”

Theatro Municipal

TETÊ ESPÍNDOLA

Karina Buhr Karina terá trabalho nessa Virada. às 21h de sábado ela participa do evento interpretando Secos & Molhados no Sesc Consolação. Depois, dá uma descansada e logo sobe ao palco na madrugada. “Nem vou dormir”, comenta a cantora.

separação de idades, e em contato com a natureza e com os animais. Foi nesse mesmo ambiente que Fernanda, e agora suas filhas, foram criadas. “Percebi que ali havia uma semente. Há anos existe um trabalho de formação de cidadania, de respeito pelo outro a partir do respeito à infância, que merecia ser mais conhecido”, explica. Produzido ao longo de

DOMINGO

Palco Líbero Badaró

04H

Elza Soares

DOMINGO

15H

“Nunca vi um show dele. Eu o escutei muito mesmo, desde quando eu era pequena. E tem um monte de hits que a gente sabe cantar.” KARINA BUHR

Guilherme Arantes 00H

quatro anos, Fernanda filmou cerca de 500 horas de material bruto, entre imagens dos pequeninos, todos entre meses de vida e sete anos, até reuniões de pais e declarações da idealizadora da Te-Arte, Thereza Soares Pagani. Lançado oficialmente no ano passado, o filme foi eleito pelo público da Mostra de Cinema de São Paulo como o melhor documentário do festival. “Esse foi um roteiro que tentou mostrar os caminhos que as pessoas passam para romper certos paradigmas, e isso mexeu com os espectadores de algum modo”, comenta a diretora. METRO

Theatro Municipal

Confira a programação completa da Virada Cultural no site do Metro Jornal www.metrojornal.com.br

SÁBADO

Palco Líbero Badaró

Rosanah

Como uma deusa, ela chega à Virada para um show “pra cima, para animar o público.” Essa é a promessa de Rosanah. Ela revelou ainda que vai chamar pessoas para subir ao palco. “Vai ser um grande karaokê!”, comenta.

SÁBADO

Palco Arouche

21H

:

Palco Rio Branco

ICA

09H

IND

SÁBADO

Cinema. Documentário mostra o dia a dia de uma escola em São Paulo Falar sobre educação no Brasil é um tema delicado, que merece muitos debates. Um deles foi criado pela diretora e roteirista Fernanda Heinz Figueiredo no documentário “Sementes do Nosso Quintal”, documentário em cartaz na cidade. A obra é focada na escola Te-Arte, um espaço que ensina as crianças de forma lúdica, com brincadeiras, sem

Palco Luz

ELA

Um grupo de jovens tem usado o Facebook para combinar roubos e furtos na Virada Cultural deste fim de semana. De acordo com reportagem publicada no site da revista “sãopaulo”, da “Folha de S.Paulo”, a comunidade Virada Cultural Vila Curuçá tinha mais de 200 membros e muitos deles se manifestaram comentando como fariam os assaltos. Alguns chegaram até a escrever que “se reagir eu arranco logo a alma”. Em entrevista coletiva na apresentação da Virada, o prefeito Fernando Haddad afirmou que o policiamento desse ano será reforçado, com 3.700 policiais militares e 1.800 guardas civis metropolitanos. METRO

21H

09H

A tão aguardada Virada Cultural chega a sua décima edição a partir das 18h deste sábado. Ao todo serão mais de mil atrações espalhadas pela cidade até às 18h de domingo. A maior concentração de shows, no entanto, acontece mesmo na região central de São Paulo. O Metro Jornal conversou com seis artistas que estarão no evento. Eles contaram como serão as apresentações e ainda deram dicas de shows imperdíveis que vão rolar no final de semana. A organização do evento incluiu de última hora uma apresentação no Palco Júlio Prestes, às 3h, em homenagem a Jair Rodrigues, que morreu no último dia 8, aos 75 anos. Não foram divulgados quais artistas estarão no tributo. METRO

A VIRADA A da

Guizado

Atenção! Jovens usam Facebook para combinar roubos na Virada

Lançado em 1979, o álbum “Tetê e o Lírio Selvagem” é a primeira aparição nacional de Tetê, ao lado dos irmãos Alzira, Geraldo e Celito. Eles revivem esse momento agora, revisitando o disco na íntegra.

SÁBADO

ICA :

RÉGIS DAMASCENO, GUITARRISTA

Tetê Espíndola

DOMINGO

ND

“Essa apresentação é a do ‘On the Corner’, do Miles Davis. O show tem muitos temas do trompetista, mas abre espaço para improvisações.”

Almir Guineto

:

Palco Rio Branco

Palco São João

Virada Cultural. Seis artistas que estarão no evento deste fim de semana contam ao Metro Jornal qual será o show imperdível deste fim de semana. E você, já fez seu roteiro?

“Ele é irmão de um ex-integrante do Originais, o Chiquinho. Tenho um carinho muito grande pelo Almir e esse é um show que quero ver.” BIGODE

Palco Luz

05H

ICA

03H

23H

A apresentação, com repertório de sambas-enredo e samba-rock, terá na música “Filosofia de Quintal” uma homenagem a Mussum (1941-1994).

DOMINGO

IND

DOMINGO

SÁBADO

Originais do Samba

ELA

ICA M: ELE SI ND

Uriah Heep

ICA M:

Dessa vez a banda cearense revisita o clássico álbum do Pink Floyd, “Dark Side of the Moon”, mas avisa que um novo trabalho estará pronto no segundo semestre.

“Apesar de só ter o guitarrista da formação original, essa é uma banda cujas músicas fizeram a minha cabeça quando era novo.” NASI

ND

Cidadão Instigado

Palco Júlio Prestes

18h

ELE SI

Com uma história recheada de brigas, o Ira! reservou para a Virada o reencontro entre Nasi e Edgard Scandurra. Esse será o primeiro show do quarteto e eles prometem que agora a fase é de paz e amor.

SÁBADO

VIR D

Ira!

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

ELA I

|20|

Crianças da Te-Arte em ‘Sementes do Nosso Quintal’ | DIVULGAÇÃO

Peninha

“Esse é um show mais sério. Peninha é um compositor muito querido e suas músicas são gravadas por artistas de todos os estilos. O público vai curtir.” ROSANAH SÁBADO

19H

Palco Arouche


+ PLUS

Vai surfar? Leve uma prancha sustentável FOTOS: PROJETO PRANCHA ECOLÓGICA/DIVULGAÇÃO

De bem com a natureza. Não são apenas as tradicionais, e não ecológicas, que servem para curtir uma boa manobra Já pensou em entrar no mar e pegar onda em cima de um shape de garrafas PET? A princípio, pode parecer estranho, e até trabalhoso, mas isso não impediu o surfista gaúcho Jairo Lumertz de criar o Projeto Prancha Ecológica, que tem como meta ensinar crianças a confeccionar pranchas e a reutilizar materiais para praticar o esporte. A ideia nasceu no Havaí, quando o brasileiro vivia por lá, mas foi colocada em prática em 2007, em Garobapa, Santa Catarina, com a ajuda de sua namorada e parceira, Carolina Scorsin. O que começou com palestras ministradas em escolas e praias da região se tornou um sucesso e logo o projeto estava passeando pelas águas salgadas de várias cidades, inclusive Santos. “Fazer uma prancha com garrafas pet mostra que o nosso lixo tem valor”, diz Lumertz. “E quando ensinamos isso para uma criança, fica mais fácil entender qual é a importância da reciclagem e de cuidar do futuro do planeta”.

Reciclagem

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

COMPORTAMENTO

|22|

Só para divertir De acordo com o surfista, um shape desse tipo é mais

Velocidade é menor, mas não impede manobras

Material é resistente ao peso dos adultos

Shapes fazem sucesso entre a criançada

lento que os tradicionais, normalmente produzidos com resina de poliuretano e poliéster insaturado, ou de poliestireno com resina epóxi, que causam danos ao meio ambiente. No entanto, o objeto pode garantir bons momentos de diversão. “Não serve para altas manobras, mas dá para aproveitar as ondas menores”, conta Lumertz. Ele aproveita para

alertar que, ao brincar com uma prancha de garrafas, as crianças devem usar coletes e ter a supervisão de pais e instrutores de surf. O custo de um shape de PETs é de cerca R$ 50, sendo que o valor é para compra de materiais de apoio. “As garrafas normalmente conseguimos em doações”. Para uma criança, 30 delas são necessárias, já para

um adulto de até 85 kg, é preciso 41. E olha que eles adoram. “É lego de gente grande”, diz. Já bem conhecido nos litorais sul e sudeste, o projeto agora foca o nordeste. “Não conseguimos ir até essa região por falta de recursos, mas estamos em busca de patrocínio”, afirma o surfista. “Apesar das dificuldades, acreditamos de coração e sabemos que vale a pena continuar”. METRO

SAIBA MAIS:

www.facebook.com/ ProjetoPranchaEcologica www.agavehunter.com.br

“Fazer uma prancha com garrafas pet, mostra que o nosso lixo tem valor” JAIRO LUMERTZ, SURFISTA E IDEALIZADOR DO PROJETO Madeira de agave vira prancha CAPIM FILMES/DIVULGAÇÃO

OUTROS PROJETOS

Jairo exibe suas criações

O surfista paranaense Marcelo Ulysséa também resolveu inovar e pensar na natureza: ele faz pranchas com madeira de agave seca. Além de ser um artigo mais exclusivo, o shape também evita o desmatamento florestal, pois as plantas já estão mortas quando são recolhidas.

Dono da empresa de pranchas Agave Hunter Wood Blanks, ele aprendeu a técnica na Califórnia, assim como outro surfista brasileiro, o carioca Thomas Scott, que também utiliza o agave e o muriti para criar shapes artesanais que causam pouco impacto ambiental. METRO

FAÇA A SUA PRANCHA Passo a passo Material para adulto (se for criança, diminuir o número de garrafas para 30) • 41 garrafas de 2 litros • 4 tubos de PVC 25 mm, 1,5 metros cada • 1/2 kilo de gelo seco • 1 tubo de cola PUR 501 da marca Kleiberit • 1 folha de lixa 80 • 1 tesoura • 1 rolo de fita transparente • 1 folha de EVA ou plástico de forro Como fazer Lave bem as garrafas, retire os rótulos e deixe secar. Coloque a medida de uma tampinha de gelo seco em 23 delas, que serve para pressurizar e endurecê-las, e depois feche todas com força. Corte os fundos e as bocas de 18 garrafas e lixe as partes que serão coladas umas nas outras. São essas garrafas que serão usadas para conectar as inteiras. O ideal é montar 3 fileiras com 9 garrafas e 2 fileiras com 7 garrafas, sendo que as maiores vão na parte central e as menores na borda da prancha. Dica: monte por partes para que a cola pegue bem e deixe secar por no mínimo 2 horas. Logo depois, esquente um pouco os canos de PVC para que formem a curva da prancha e cole-os entre as fileiras. Deixe secar por ao menos 12 horas. Para finalizar, cole o EVA ou o plástico de forro na parte em que o surfista vai ficar de pé e as quilhas. E boas ondas!


3 ESPORTE

Palavra do Mano

“Temos de controlar esse nível de ansiedade, pois é como se fosse uma estreia em um torneio importante” MANO MENEZES, TÉCNICO DO TIMÃO, SOBRE A PARTIDA CONTRA O FIGUEIRENSE. TIME TREINA HOJE E SÁBADO NO ITAQUERÃO

|24|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Corinthians inaugura Itaquerão no domingo Chegando. Alvinegro estreia na casa própria diante do Figueirense e pode voltar à liderança Demorou, mas finalmente o Itaquerão abrirá suas portas, pela primeira vez, para uma partida oficial. Neste domingo, às 16h, o palco de abertura da Copa do Mundo receberá Corinthians e Figueirense, lanterna do Campeonato Brasileiro, pela 5ª rodada da competição. Para a partida, foram vendidos cerca de 40 mil entradas. No Mundial o estádio alvinegro terá capacidade para 68 mil torcedores. Depois de dois eventos-testes (visita de 5 mil crianças ao estádio, dia 26 de abril, e um jogo entre ex-atletas, no último dia 10), o estádio fará a primeira atividade com o “padrão Fifa”.

Isso significa que os procedimentos de logística planejados para a Copa do Mundo já serão executados. No domingo haverá o primeiro teste do chamado “Expresso Copa”, operado pela CPTM. A partir das 13h, trens sairão da estação Luz rumo a Itaquera sem paradas, em tempo estimado de 19 minutos. No fim do jogo, o mesmo acontecerá no sentido contrário por duas horas. Não haverá bolsões para carros. A partir do dia 20, a arena passa para a administração da Fifa. O estádio será o palco de seis partidas na Copa: Brasil x Croácia (12/6, abertura do torneio), Uruguai x Inglaterra (19/6), Holanda x Chile (23/6), Coreia do Sul x Bélgica (26/6), um jogo das oitavas de final (1º/7) e uma semifinal (9/7). METRO

Arena começa sua história no domingo | RODRIGO COCA/FOTOARENA

Por pouco

Estádio quase foi interditado O Ministério do Trabalho impediu ontem que o Itaquerão não fosse interditado. Em visita feita ao estádio na manhã de ontem, o Ministério Público do Trabalho cogitou pedir que as obras, já em estágio final, fossem paralisadas. Os problemas encontrados são relativos à segurança no setor das arquibancadas provisórias. No entender do Ministério do Trabalho, porém, não há nada que justifique a interdição. No dia 29 de março, o operário Fabio Hamilton da Cruz morreu quando sofreu uma queda no setor. Outros dois trabalhadores morreram em novembro de 2013 durante a instalação de uma peça. Também ontem, houve manifestação no entorno do estádio (leia mais nas páginas 4 e 5). METRO


28 |28|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

ESPORTE {EDITORIA}

Na Seleção

95 11 jogos

gols

Com 30 anos, Iniesta ainda tem fôlego para chegar a mais uma Copa do Mundo

Cerebral. Herói da única conquista da Fúria em Copas, Iniesta é o dono do meio de campo espanhol e esperança para o time repetir a dose no Brasil

O craque

O craque é empreendedor. Em 2011, ele se tornou o maior acionista do Albacete, clube que o revelou

tímido Quando ele está com a bola, é como se todo o resto parasse, como se tudo estivesse em câmera lenta. Jogo com ele desde que temos 15 anos e nunca, jamais, o vi jogar mal” FERNANDO TORRES, ATACANTE DO CHELSEA E DA SELEÇÃO ESPANHOLA

Se a Espanha é a atual campeã do mundo, é graças a ele. Quase todas as jogadas de ataque da Fúria passam por seus pés. Decisivo, frio, habilidoso. Tudo isso é Andrés Iniesta, meia-atacante do Barcelona e da Seleção Espanhola. Tímido fora de campo, Iniesta passa longe do perfil de outros atletas badalados, que a cada semana publicam fotos de carrões ou de cortes de cabelo diferenciados. Em seus perfis nas redes sociais, tudo o que se vê são fotos em treinos, jogos, com companheiros de clube e com a família. A mais inusitada, digamos assim, é a imagem de rosas sobre uma Bílbia, publi-

cada no dia 23 de abril em homenagem a São Jorge, santo padroeiro da Catalunha. Se, fora dos holofotes Iniesta parece ter menos do que seus 1,70m, dentro de campo o meia-atacante vira um gigante. Que o diga os espanhóis após 2010. Aos 30 anos, o camisa 6 da equipe vermelha chega à terceira Copa. Em 2006, na Alemanha, praticamente não jogou: entrou em campo apenas uma vez, diante da Arábia Saudita, na primeira fase do torneio. Mal sabia que quatro anos depois ele iria escrever o destino de um país mais conhecido pela fama de “amarelão” do que pelas glórias.

O chute de direita de Iniesta deu o título da Copa à Espanha em 2010

Até o discreto Iniesta soltou o grito após a conquista do Mundial


ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DEABC, MAIOSEXTA-FEIRA, DE 2014 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br www.metrojornal.com.br

ESPORTE

29 {EDITORIA}

|28|◊◊ |29|◊◊

O craque teve uma lesão no joelho esquerdo em janeiro. Mas se recuperou em menos de um mês

Em sua terra natal, Fuentealbilla, o jogador pode caminhar pela “calle Andrés Iniesta”, rua que ganhou seu nome após a Copa de 2010

No Barcelona Desde 2002 no profissional do clube catalão, Iniesta superou em 2014 a marca das 500 partidas

Estrela de cinema?

506 jogos

50 gols

Tudo

Entre 2012 e 2013, Iniesta participou de dois filmes. Foi dublador em um e até arriscou aparecer na telona em outra produção

joia?

Na comédia “Quem matou o Bambi?”, o jogador fez uma ponta interpretando a si mesmo

Iniesta, camisa 6, ergue a taça na África do Sul em 2010

Na animação “Piratas Pirados”, ele deu voz ao personagem Albino (ao lado)

Antes de se tornar herói, o jogador do Barcelona era apenas mais um. Mas uma peça fundamental na reconstrução espanhola no futebol, que começou em 2008. Com Iniesta como um dos principais nomes da equipe, ao lado do companheiro de Barcelona Xavi Hernández, a Fúria foi campeã da Eurocopa disputada na Áustria e na Suíça. Veio a Copa do Mundo na África do Sul. Em vez de apenas mais um reserva, Andrés, então com 26 anos, era um dos protagonistas. Na decisão, foi o cara. Foram apenas dois gols no Mundial. Um deles, comum, mas decisivo: na vitória por 2 a 1, sobre o Chile, na primeira fase. Já o outro cravou a estrela dourada que os espanhóis ostentam acima do escudo há quatro anos, já na prorrogação da batalha contra os holandeses no estádio Soccer City, em Johannesburgo. Ele também entrou na seleção

Para chegar bem à Copa no Brasil, o jogador terá de superar um baque sofrido na vida pessoal em março deste ano. Grávida de sete meses, a esposa Anna Ortiz perdeu em março o bebê que o casal esperava. Seria o segundo filho da família Iniesta.

Iniesta com a esposa Anna Ortiz e a filha Valeria

montada pela Fifa dos melhores jogadores do Mundial. Não parou por aí. Em 2012, os ibéricos conquistaram a Europa novamente. Massacraram os italianos por 4 a 0 na decisão e conquistaram o caneco do torneio disputado entre a Polônia e a Ucrânia. Iniesta foi eleito o melhor atleta da competição. Mas na Copa das Confederações, em 2013, naufragou diante dos brasileiros, anfitriões, assim como todo o time espanhol. As mágicas ficaram para o Mundial.

Do Albacete para o mundo Nascido em Fuentealbilla no dia 11 de maio de 1984, Iniesta começou a carreira no Albacete, time da província em que nasceu. A chegada ao Barcelona aconteceu aos 12 anos, em 1996. Em outubro de 2002, sob o comando do holandês Louis Van Gaal, o jovem Iniesta iniciava a carreira no time principal. Ele só iria se firmar na equipe na temporada 2004/2005, com outro holandês como treinador, Frank Rijkaard. Camisa 8? Ainda não. O número que o consagrou no Barcelona – na Espanha, ele troca com o companheiro de clube Xavi Hernández e veste a 6 – só passaria às suas costas a partir da temporada

2007/2008, quando o atacante francês Ludovic Giuly deixou o Camp Nou. Antes disso, Iniesta usava o número 24. E não faltaram títulos. Se com a Seleção Espanhola chegou ao topo do mundo e da Europa, defendendo o Barcelona o meia-atacante conseguiu conquistas semelhantes. Só da Liga dos Campeões foram três (2005/2006, 2008/2009 e 2010/2011), além de duas Copas do Mundo de Clubes da Fifa (2009/2010 e 2011/2012), e seis campeonatos espanhóis. Ele ele ainda tentará o título nacional deste ano. O futebol do tímido Iniesta não tem encantado somente os espanhóis. Por duas vezes, o jogador do Barcelona ficou entre os três melhores do planeta. Em 2010, foi eleito o segundo melhor atleta do mundo, perdendo a Bola de Ouro da Fifa para o companheiro de time Lionel Messi. Em 2012, ele ficara atrás de Messi e do português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. METRO

A timidez de Iniesta pode ser conferida nas fotos que o jogador publica nas redes sociais. Na maioria, está lá um “joinha” sem jeito


|30|

ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Azarões. França tenta seu primeiro bom resultado em Copas sem Zidane. Já a Suíca, com geração promissora, quer surpreender no Grupo E

Cotação em baixa Quando Zidane acertou uma cabeçada em Materazzi, no último ato de sua gloriosa carreira, o camisa 10 encerrava o ciclo mais vitorioso da Seleção Francesa. Sem o craque, os franceses perderam a final da Copa de 2006 para a Itália nos pênaltis e caíram no Mundial seguinte ainda na primeira fase. Responsável por erguer a taça de campeão em 1998, Didier Deschamps comanda agora um time que ainda busca o seu ápice e ganha confiança para jogar no Brasil. O fato de não ter sido cabeça de chave comprova o momento claudicante dos franceses. A alma do time e a esperanças de bons resultados recaem no meio-campo, com Ribéry, terceiro melhor jogador do mundo, e Paul Pogba, melhor atleta do último Mundial Sub-20. Em seu terceiro Mundial seguido, a Suíça tenta fugir do estigma de equipe retranqueira, que carrega desde os anos 1930 e que atingiu o topo em 2006, quando o país foi eliminado da Copa sem sofrer gol. O time de Ottmar Hitzfeld se mostra diferente, mais equilibrado e com a capacidade de atacar e defender, podendo surpreender. Apostando na velocidade pelos lados, o Equador tenta a façanha de avançar às oitavas de final, como em 2006. Já Honduras chega ao seu terceiro Mundial para não dar vexame. METRO

FRANÇA Participações em Copas:

12

Seleções

Técnico:

Grupo E

Didier Deschamps Esquema tático:

Ribéry foi eleito o terceiro melhor jogador do mundo em 2013

4-5-1

Lloris

Todo so

Varane

Debuchy

os ogSuíça j x Equador s

Sakho Matuidi

(15/6 - 13h, Brasília)

França

x

Honduras

Valbuena

(15/6 - 16h, Porto Alegre)

Suíça

x

Pogba

França

(20/6 - 16h, Salvador)

Honduras

x

Equador

Equador

x

França

x

Suíça

Evra Cabaye

Ribéry

Benzema

(20/6 - 19h, Curitiba)

(25/6 - 17h, Rio de Janeiro)

Honduras

(25/6 - 17h, Manaus)

EQUADOR

SUÍÇA Participações em Copas:

HONDURAS

Participações em Copas:

8

2

Participações em Copas:

2

Ottmar Hitzfeld

Reinaldo Rueda

Esquema tático:

Esquema tático:

Schar

Paredes

Rodriguez Inler Behrami

Erazo

Beckeles Ayovi

Valladares

Noboa Montero Caicedo

García E. Valencia

Figueroa

Espinosa

Castillo

Shaqiri

Seferovic

4-4-2

Bernárdez

Achilier

A. Valencia

Dzemaili

J. Palácios comanda o time hondurenho

Valencia carrega os equatorianos nas costas

Senderos

Xhaka

Esquema tático:

Domínguez

Benaglio Shaqiri é um dos jovens talentos suíços

Luis Fernando Suárez

4-4-2

4-5-1

Lichtsteiner

Técnico:

Técnico:

Técnico:

Izaguirre Palácios Garrido

J. Palácios Costly


ABC, SEXTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Sem Damião, Peixe garante vaga na Vila Copa do Brasil. No segundo jogo sem o camisa 9, ataque alvinegro funciona bem e time avança para a terceira fase do torneio O Santos, definitivamente, não está sentindo falta de Leandro Damião. No segundo jogo sem o camisa 9, o Peixe venceu o Princesa do Solimões-AM por 4 a 2 e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. O próximo rival será o Londrina – o primeiro jogo será no Paraná. No último jogo na Vila Belmiro antes da parada para a Copa do Mundo, o Peixe não decepecionou. A vantagem de ter vencido no jogo de ida – 2 a 1 em Manaus –, não acomodou o Peixe, que abriu o placar com Gabriel, aos 18 minutos. Cicinho ampliou em seguida. Michell Parintins descontou ainda na etapa inicial. Clayton He-Man fez gol contra e deixou a situação

42 SANTOS

PRINCESA

Nova direção Licenciado do cargo desde agosto do ano passado por motivos de saúde, o presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro renunciou ontem ao cargo. Odílio Rodrigues, que já vinha dirigindo o clube interinamente, assume a presidência. METRO

Na Espanha. Barcelona e Atlético disputam o título Barcelona e Atlético de Madrid decidem entre si quem será o campeão espanhol. As equipes se enfrentam amanhã, às 13h (de Brasília), no Camp Nou. O jogo marca a 38ª e última rodada do torneio. Para o Atlético levantar o troféu é necessário apenas um empate. A equipe da capital espanhola lidera a competição com 89 pontos, três a mais do que o Barça. Greve

ainda melhor para o Peixe no início da 2ª etapa. Deurick diminuiu para o Princesa, mas Thiago Ribeiro deu números finais ao confronto.

Cicinho e Gabriel (7) comemoram gol na Vila Belmiro

| LUCAS BAPTISTA/FUTURA PRESS

|31|◊◊

Os catalães precisam vencer. Assim, conquistam a taça por causa do saldo de gols. Neymar deve ser a novidade no Barcelona, após um mês fora por conta de uma lesão no pé esquerdo. Adeus a Puyol Capitão mais vitorioso da história do Barcelona, o zagueiro Puyol, 36, anunciou ontem o fim da carreira. Ele ficou 15 anos no clube. METRO MMA

Jogos do Brasileiro são adiados

‘Vou arrancar a cabeça de Aldo’

A greve da PM de Pernambuco adiou dois jogos do Brasileiro – uma da Série A e outro da B. Náutico e Vasco não poderão jogar amanhã, assim como Sport e Bahia, marcado para domingo. O duelo foi remarcado para o dia 4 de junho. Leia mais na página 10. METRO

Próximo desafiante ao cinturão peso-pena de José Aldo, Chad Mendes está ansioso pela revanche do próximo dia 2 de agosto, em Los Angeles, no UFC 176. “O nosso duelo vai ser uma guerra e eu vou entrar lá para arrancar a cabeça dele”, disse o americano. METRO



20140516_br_metro abc