Page 1

SAIBA TUDO SOBRE O MAIOR SOFTWARE GRÁFICO BASEADO EM VETORES

corel DRAW X3

GUIA do DESIGNER

GRÁFICO

MELQUIZEDEQUE de ARAÚJO BARROS


Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

2


PREFÁCIO A Corel acertou em cheio nessa nova versão do seu consagrado software de ilustração vetorial, o CorelDRAW X3. Com novos recursos de edição e os novos aperfeiçoamentos de criação de gráficos baseados em vetores, as suas ilustrações vão ganhar um alto nível de perfeição e realismo. Realismo é o que este software alcançou no decorrer dos anos em que atua na industria de gráfica e no setor de design gráfico. Hoje é tão real o uso do CorelDRAW nas agencias digitais e de design que quase não se ouve falar do seu maior concorrente, ou melhor, do seu único concorrente, o Illustrator da Adobe. Mas pra que usar outro software se o CorelDRAW é completo? Esta é uma pergunta que só os profissionais de design sabem responder. É por esse motivo que este material foi desenvolvido, para lhe proporcionar segurança, conforto e principalmente, a certeza de que você conseguirá ser capaz de criar a arte gráfica que quiser. Se esta for a primeira que você tem contato com o CorelDRAW X3 recomende-lhe que comece a leitura do primeiro capítulo, pois este livro foi desenvolvido para que você desenvolvesse gradativamente o domínio das ferramentas e dos poderosos recursos gráficos do CorelDRAW. Agora se você já é um usuário experiente, não há recomendação de leitura, eu só posso desejarlhe que escolha um assunto de sua preferência e comece a ler. Este livro é do iniciante ao especialista em design, neste material eu demonstro experiências vividas em sala de aula e em projetos gráficos desenvolvidos por mim. Mas caso você busque apenas uma atualização aconselho que leia os capítulos 5, 6 e 7. Espero que todos que se apoderem deste material tenha um bom proveito e que ele lhe seja muito útil.

Melquizedeque Barros Instrutor.melquizedeque@hotmail.com Designer e Programador Visual

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

3


ÍNDICE

CAPITULO 1 – Introdução     

Interface .......................................................... 7 Configurando página......................................... 14 Configurando o software ................................... 16 Salvando um arquivo ........................................ 23 Abrindo um arquivo .......................................... 25

CAPITULO 2 – Ferramentas    

Ferramentas Ferramentas Ferramentas Ferramentas

de de de de

desenho................................... 27 edição...................................... 29 efeitos ..................................... 34 pintura..................................... 35

CAPITULO 3 – Desenhando   

Criando os primeiros desenhos .......................... 36 Tutoriais .......................................................... 41 Exercício prático ............................................... 48

CAPITULO 4 – Aplicando Efeitos   

Ferramentas de efeitos ..................................... 51 Perspectiva ...................................................... 57 Power-clip ........................................................ 58

CAPITULO 5 – Trabalhando com Texto   

Texto Artístico .................................................. 59 Texto em parágrafo .......................................... 60 Dicas e truques sobre texto ............................... 61

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

4


CAPITULO 6 – Organizando Objetos    

Agrupando e desagrupando .............................. 66 Combinando e separando.................................. 67 Alinhando e distribuindo.................................... 68 Soldando e aparando ........................................ 70

CAPITULO 7 – Edição de Vetores   

Convertendo em curva ...................................... 75 Ferramenta bezier ............................................ 75 Ferramenta forma ............................................ 76

CAPITULO 8 – Ilustrações 

Criando ilustrações sofisticadas ......................... 80

CAPITULO 9 – Pintura de Vetores 

Ferramentas de Preenchimento ......................... 89

CAPITULO 10 – Imagens BITMAP 

Edição de imagens digitais ................................ 94

CAPITULO 11 – Design para web   

Criando um layout ............................................ 97 Configurando o site .......................................... 99 Exportando o site ............................................. 101

CAPITULO 12 – 3d   

Ferramenta extrusão ........................................ 103 Desenho formas 3d .......................................... 105 Ilustração 3d .................................................... 106

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

5


CAPITULO 13 – Impressão   

Preparando um documento para impressão........ 112 Configurando a impressão ................................. 113 Publicação de projetos gráficos ......................... 114

CAPITULO EXTRA – Projeto gráfico de publicidade   

Planejamento ................................................... 116 Processo .......................................................... 116 Arte final .......................................................... 116

TECLAS DE ATALHO

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

6


SUITE DE APLICATIVOS GRÁFICOS

CorelDRAW X3

O CorelDRAW é um aplicativo de design gráfico intuitivo que proporciona aos designers uma experiência de trabalho agradável. O programa foi desenvolvido para atender às demandas dos profissionais de design. Quer você trabalhe com propaganda, impressão, publicação, sinalização, xilogravura ou manufatura, o CorelDRAW oferece as ferramentas necessárias para se criar ilustrações vetoriais precisas e criativas, além de layouts de página com aparência profissional. O CorelDRAW é um programa de desenho vetorial bidimensional para design gráfico pertencente à Corel. É um aplicativo de ilustração vetorial e layout de página que possibilita a criação e a manipulação de vários produtos, como por exemplo: desenhos artísticos, publicitários, logotipos, capas de revistas, livros, CDs, imagens de objetos para aplicação nas páginas de Internet (botões, ícones, animações gráficas, etc) confecção de cartazes, etc. O CorelDRAW surgiu em 1989, apenas em inglês. Em 1995, surgiu a primeira versão em 32 bits (CorelDRAW 6). Dois anos depois surgiu a primeira versão para computadores Macintosh. No ano seguinte, foi lançada a primeira versão para Linux. Em 2003, surgiu a versão 12 que está preparada para o Windows XP. Sendo que a última versão criada no início de 2006 se denomina corel X 3 ("X" em algarismos romanos = 10 + 3 = versão 13). Tem como concorrentes diretos principais, os programas Adobe Illustrator e Macromedia Freehand, em ambiente software proprietário, já em software livre o Inkscape.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

7


CAPITULO 01 O design gráfico é uma forma de comunicação visual. É o processo de dar ordem estrutural e forma à informação visual, trabalhando frequentemente a relação de imagem e texto. Podendo ser aplicada a vários meios de comunicação, sejam eles impressos, digitais, audiovisuais, entre outros. O profissional que realiza esse tipo de função é o designer gráfico. No entanto, mesmo existindo uma formação específica para essa área, vários tipos de profissionais atuam como designers gráficos notoriamente os publicitários especializados em design gráfico assim como lustradores e artistas gráficos. Tradicionalmente os princípios do design gráfico estavam ligados a um formalismo e o funcionalismo. Atualmente, com o desenvolvimento da internet e da teoria do design de informação, há uma preocupação maior com a informação e o papel do usuário no design gráfico.

Introdução NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Interface - Configurando Página - Configurando o Software - Salvando um Arquivo - Abrindo um Arquivo

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

8


INTERFACE É com a interface de um software com que fazemos o primeiro contato, seja num livro, na web ou em um datashow. A interação Software/Usuário vai depender totalmente da interface gráfica desse software. A interface gráfica é justamente a forma como as ferramentas, menus, botões e demais elementos visuais da interface nos é apresentada. Se uma interface é difícil de Entender, logicamente será difícil de interagir com ela e faze-la funcionar. Quando iniciamos o CorelDRAW pela primeira vez nos é mostrada uma janela de Boas Vindas que também nos permite dar inicio á uma determinada tarefa no Corel. A opção NOVO nos permite criar um arquivo em branco pronto para se trabalhar. Usado Recentemente abre o ultimo arquivo criado ou editado no Corel. Se você quer abrir um arquivo que está em alguma pasta, cd ou qualquer outra mídia, clique na opção ABRIR. Novo Baseado em Modelo abre um modelo para que você possa usar em seu trabalho.

Figura 1.1 – Janela Boas Vindas

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

9


Figura 1.2 – Interface do CorelDRAW X3

O CorelDRAW X3 possui uma interface amigável que torna a produção de um projeto gráfico eficiente, eficaz e confortável. A barra de menu é organizada e nomeada por tipos de tarefas que o CorelDRAW X3 pode executar, dessa forma fica fácil praticar um determinado procedimento, é só procurar a solução no menu que lhe ofereça tal suporte. Algumas opções de determinados menus ficam desativados, isso acontece porque é necessário que um ou mais objetos estejam selecionados. É o caso da opção Agrupar e desagrupar.

LISTA DE MENUS CONFIRA AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE CADA MENU. INTERFACE 1. Arquivo - contém opções para criação e edição de arquivos. 2. Editar - contém opções para editar objetos, gráficos que estejam selecionados. 3. Exibir - contém opções para exibição de recursos para auxiliar na criação ou na edição de um determinado desenho. 4. Layout - contém opções para trabalhar com páginas. 5. Organizar - contém opções para organização dos objetos na página ou área de colagem. 6. Efeitos - contém efeitos para aplicara aos desenhos. 7. Bitmap - contém opções para edição de foto imagens digitais. 8. Texto - permite trabalhar com texto. 9. Ferramentas - exibe, oculta ou personaliza uma ferramenta. 10. Janela - permite gerencias as janelas de todos arquivos abertos, caso haja mais de um aberto. 11. Ajuda - fornece suporte ao usuário do coreldraw x3.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

10


BARRA DE FERRAMENTAS PADRÃO UM ATALHO RÁPIDO PARA OS PRINCIPAIS RECURSOS DE UM ARQUIVO DO COREL

Figura 1.3 – barra de ferramentas padrão

A barra de ferramentas padrão já é um caso à parte, ela não depende de objetos selecionados (*) para exibir suas opções ativas, isso porque ela é uma barra de atalhos para os comandos mais comuns e mais usados no CorelDRAW, como: NOVO e etc. A barra de ferramentas padrão também esta classificada e dividida por tipos de tarefas, como edição de arquivos e de ações executadas pelo usuário.

BARRA DE PROPRIEDADES COM ELA SE OBTEM MAIS QUE O ESPERADO EM UM PROJETO GRÁFICO

Figura 1.4 – barra de ferramentas propriedades [mostrando as propriedades de um bitmap]

Se a barra de ferramentas padrão é um caso à parte, então a barra de propriedades é um caso especial, e muito especial, isso porque ela é uma barra de ferramentas contextual, ou seja, ela sempre vai exibir alguma coisa diferente a cada ferramentas selecionada. isso é muito útil para se trabalhar criando ou editando gráficos vetoriais, pois quanto mais recursos você tiver à sua disposição mais possibilidades você terá para criar. A cada ferramentas selecionada a barra de propriedades exibirar opções para se trabalhar melhor com a ferramentas ou objeto selecionado, mas caso não haja nenhuma ferramenta de desenho ou um próprio desenho selecionado,

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

11


a barra de propriedades mostrará opções para configurar a página de desenho do software. Muitos profissionais da área de design perdem em desempenho por não observar e usufruir bem dos ricos recursos gráficos que a barra de propriedades pode oferecer.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

12


PALETA DE CORES O PRINCIPAL RECURSO DE PINTURA PARA AS PRINCIPAIS MÍDIAS DE DISTRIBUIÇÃO

Figura 1.5 – palatas de cores

As paletas são cores são as principais responsáveis pela coloração e pela pintura de objetos desenhados no Corel, mas há uma regra para se usar uma determinada paleta de cor, isso acontece porque existem hoje diversas mídias e cada uma dessas mídias usa uma tecnologia diferente para exibir e reproduzir suas cores. um exemplo disso é a web. se você fizer algum gráfico para web use a paleta RGB (Red, Green e Blue) e nunca a CMYK, use a paleta CMYK para artes gráficas impressas, pois a maioria das impressoras já trabalham como o modo de cor CMYK (Cian, Magenta, Yelow e Black).

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

13


JANELAS DE ENCAIXE PARA OBTER RECURSOS EXTRAS NA CRIAÇÃO DE UM PROJETO GRÁFICO

Figura 1.6 – janela de encaixe DICAS

As janelas de encaixe são recursos que estão se aprimorando a cada versão do CorelDRAW, e só quem tem a ganhar somos nós, usuários. As janelas de encaixe são painéis acoplados ao lado direito da tela do programa, a finalidade de uma janela de encaixe varia de acorda com a própria janela, uma das maiores novidades do Corel versão 13 é uma janela de encaixe chama de DICAS. sua função é dar dicas e suporte de como o usuário pode usar uma determinada ferramenta. Para ver a janela de DICAS em ação de um clique em qualquer ferramenta e leia o que ela exibirá, nesse recurso a Corel acertou em cheio.

CAIXA DE FERRAMENTAS O PRINCIPAL INSTRUMENTO DE TRABALHO NO CORELDRAW Finalmente, a tão esperada caixa de ferramentas. Ela a responsável por permitir que a criatividade de um designer ultrapasse os seus próprios limite, se é que existe limites para a imaginação. A caixa de ferramentas do CorelDRAW X3 é completa, e se não existir uma ferramentas capaz de produzir um resultado é só combinar algumas outras ferramentas com um pouquinho que criatividade que o resultado sai rapidinho. A caixa de ferramentas esta dividida em ferramentas de desenho, ferramentas de edição, de efeito e de pintura.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

14


Figura 1.7 – caixa de ferramentas

Algumas ferramentas podem conter uma pequena seta preta no canto inferior direito do botão, essa seta indica que ali existe um menu desdobrável contendo outras ferramentas com funções semelhantes a ferramenta exibida em primeiro plano. Para exibir as ferramentas ocultas clique e segure o botão do mouse sobre a seta

CONFIGURANDO A PÁGINA É importante fazer a configuração da página antes de iniciar qualquer trabalho artístico no Corel. Deixar para configurar a página na hora da impressão pode causar erros e a necessidade de editar toda a arte novamente. Para abrir a janela Opções clique no menu ferramentas e depois em opções. Na lista do lado esquerdo da janela clique em Documento, em seguida clique em Página e por fim clique em Tamanho. Todas as possíveis alterações referente ao tamanho da página será exibida ao lado direito da janela Opções.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

15


Figura 1.8 – janela opções [tamanho da página]

Você pode ainda configurar a organização visual da página, ou seja, o layout. Clique na opção layout e escolha dentre os vários modelos de layouts prontos que o CorelDRAW X3 oferece. Estas opções de layout de páginas são muito usadas na criação de livros, apostilas e etc.

Figura 1.9 – janela opções [layout da página]

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

16


A criação de etiquetas é similar a de configuração da página. Clique na opção etiqueta para selecionar um tipo de etiqueta na lista abaixo. Para saber que tipo de etiqueta você deve configurar no CorelDRAW consulte a embalagem das etiquetas que você adquiriu na papelaria. Caso não exista na lista da janela opções do Corel é possível configurar uma etiqueta.

Figura 1.9 – janela opções [etiquetas]

CONFIGURANDO A ÁREA DE TRABALHO Se você é um usuário nativo do illustrator e está se aventurando em conhecer o CorelDRAW não precisa se preocupar. O CorelDRAW X3 pode fazer com que você se sinta como se estivesse no Adobe Illustrator. Para isso clique na primeira opção da lista da janela opções “Área de Trabalho”. Existem 3 opções de área de trabalho: 1. Adobe Illustrator 2. Área de Trabalho padrão 3. MS Office

Escolha a opção Adobe Illustrator e em seguida clique no botão OK.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

17


Figura 1.10 – janela opções [área de trabalho]

AREA DE TRABALHO DO ADOBE ILLUSTRATOR FAÇA O CORELDRAW FUNCIONAR COM A INTERFACE MAIS USUAL PARA VOCÊ Para retornar à interface do CorelDRAW X3 clique no menu ferramnetas e em seguida na opção personalização. Observe que antes clicamos em opções e agora em personalização. Alguns recursos podem mudar de local, mas não se preocupe, isso se dá à diferença entre Corel e Illustrator. É possivel também configurar a área de trabalho movendo as barras de ferramentas e as janelas de encaixe para obter uma interface mais amigável e depois salvar a área de trabalho personalizada por você.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

18


Figura 1.11 – CorelDRAW com a interface do Adobe Illustrator

CONFIGURANDO CONFIGURANDO AS FERRAMENTAS APRENDA A GERENCIAR AS FERRAMENTAS DO CORELDRAW É possível configurar as barras de ferramentas do COrelDRAW de forma à oculta-las ou exibilas. Para ocultar uma barra de ferramenta desmarque a sua opção clicando no nome da ferramenta desejada. Para exibir uma barra de ferramentas oculta faça o mesmo procedimento, mas preste atenção se a opção da ferramenta que você pretende exibir esta marcada, pois se estiver você estará ocultando ao invés de estar exibindo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

19


Figura 1.12 – janelas opções [configurando a barra de comandos]

CONFIGURANDO A BARRA DE MENU CRIE SEU PRÓPRIO MENU E ADICIONE OS COMANDOS QUE VOCÊ QUISER Você também pode configurar cada menu da barra de menu adicionando ou removendo botões, teclas de atalhos para os botões e ainda pode alterar a aparência de cada botão da barra de menu. Você ainda pode criar um menu com o seu proprio nome e adicionar ao seu menu o botão ou a ação que você desejar.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

20


Figura 1.13 – janelas opções [guia geral]

Na guia teclas de atalho é possível atribuir combinações de teclas para acionar um comando de um determinado menu. Para isso, selecione um comando de um menu e na opção nova tecla de atalho de um clique e aperte qualquer tecla, em seguida clique no botão atribuir. Se desejar excluir uma tecla de atalho selecione-a na lista teclas de atalho atuais e em segui clique no botão Excluir. Uma dica interessante é que você pode imprimir todas as teclas de atalhos do CorelDRAW X3. Clique em exibir tudo e em seguida no botão Imprimir.

Figura 1.14 – janelas opções [guia teclas de atalho]

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

21


TECLAS DE ATALHO O PODER DE UMA TECLA DE ATALHO As teclas de atalho proporcionam mais velocidade no desenvolvimento de um projeto gráfico. quanto mais cliques você puder poupar mais rapidez vai alcançar com a prática das teclas de atalho. Uma dica importe é você atribuir teclas de atalho para as ações mais usadas no CorelDRAW X3.

ALTERANDO A APARÊNCIA DA BARRA DE MENU FAÇA MENUS COM À SUA CARA Nesta guia Aparência é possível atribuir um novo nome para um comando ou menu, assim como também é possível alterar a aparência do ícone do comando ou do botão. É importante saber que uma vez alterada as propriedades de um botão é irreversível a sua alteração. Mas vale tentar criar um menu totalmente personalizado com o seu nome e com os comandos mais usados por você.

Figura 1.15 – janelas opções [guia aparência]

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

22


TURBINANDO O CORELDRAW X3 PARA OBTER MAIS DESENPENHO DURANTE O TRABALHO É possível fazer o CorelDRAW trabalhar em seu desempenho máximo. Para turbinar seu CorelDRAW clique na opção memória e no campo uso de memória você pode digitar um valor acima do padrão especificado pelo próprio programa. Um bom uso de memório poderá fazer o CorelDRAW trabalhar mais leve e é claro mais rápido. Quanto mais memória você liberar para o uso do CorelDRAW melhor será o seu desempenho, mas lembre-se. que o aumento de memória para o Corel poderá comprometer o desempenho de outros programas que estejam abertos. Então se você configurou metade da memório do computador para o CorelDRAW é melhor que só trabalhe com ele aberto.

Figura 1.16 – janelas opções [MEMÓRIA]

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

23


SALVANDO ARQUIVOS Salvar um arquivo do CorelDRAW significa grava-lo ou armazena-lo no computador ou em qualquer outra mídia para eventuais alterações e edições. O processo para se salvar um arquivo é muito simples. 1. Clique no menu arquivo. 2. Clique na opção Salvar. 3. Na janela Salvar Desenho escolha uma pasta para armazenar seu arquivo do Corel no campo Salvar em, depois digite um nome para esse arquivo no campo Nome do arquivo. 4. Clique no botão Salvar. Pronto seu desenho está armazenado.

Figura 1.17 – janelas SALVAR desenho

Saiba que um arquivo de desenho feito no CorelDRAW X3 só pode ser aberto no CorelDRAW X3. Embora exista uma maneira de converte-lo para uma versão inferior como CorelDRAW 12, 11 ou 10, mas mesmo assim esta conversão também só pode ser feita pelo CorelDRAW X3. Apesar de versões inferiores a versão 13 do Corel não possam abrir seus arquivos, o CorelDRAW X3 pode abrir editar com facilidade arquivos de todas versões inferiores. É importante saber que se você abril um arquivo da versão 10 do CorelDRAW na versão CorelDRAW X3, o Corel X3 pedirá para salva-lo na versão 13, isso se você tiver feito alguma alteração.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

24


ARMQZENAMENTO DICAS E TRUQUES QUE VALEM SABER O CorelDRAW é programado para criar cópias de segurança de um arquivo a cada vez que você faz uma alteração e a salva. Caso você perca acidentalmente o arquivo original á só usar o arquivo de cópia de segurança que é criado na mesma pasta do arquivo original. Lembre-se, não é você que cria os arquivos de cópia de segurança, é o CorelDRAW.

CONVERTENDO PARA UMA VERSÃO INFERIOR 1. Na janela Salvar de um clique no botão Drop-down da opção versão. 2. Clique para Escolher uma versão inferior a versão 13 do CorelDRAW. 3. Clique no botão Salvar.

Faça isso sempre que pretender transportar seus desenhos para outro computador, pois nunca se sabe que versão nós podemos encontrar!

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

25


ABRINDO ARQUIVOS Há duas maneiras de abrir um arquivo do CorelDRAW. A primeira é: 1. 2. 3. 4.

De um clique no menu arquivo Clique na opção Abrir... Na janela abrir localize a pasta onde está salvo o seu arquivo e selecione-o Clique no botão Abrir

Figura 1.18 – janela Abrir Desenho

A segunda maneira de abrir um arquivo do CorelDRAW é pela janela de Boas Vindas que aparece sempre que eu abro o CorelDRAW X3. Essa segunda maneira de abrir um arquivo pela janela Boas Vindas só lhe será útil se seu arquivo foi alterado recentemente, desta forma ele permanecerá na lista dos últimos arquivos editados da janela Boa Vindas.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

26


Últimos arquivos editados que poderão ser abertos

Figuras 1.19 – janela Boas Vindas

FORMATO DO ARQUIVO DO CORELDRAW TEM A EXTENÇÃO *.cdr O CorelDRAW independente de sua versão gera um arquivo com extenção *.cdr acrônimo de CorelDRAW. Uma extensão determina qual o formato de um arquivo, e pelo formato desta extensão é possível identificar qual foi o software que o gerou. Abaixo esta uma lista com os principais formatos de arquivos e seus respectivos softwares baseados em vetor.

SOFTWARE

EXTENSÃO

CorelDRAW Illustrator InDesign Photoshop AutoCAD Fireworks FLASH

.cdr .ai .indd .psd .dwg .png .fla

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

27


As ferramentas do CorelDRAW X3 serão seus instrumentos de trabalho, então quanto mais instrumentos de trabalho você tiver em suas mãos mais possibilidades você também terá para desenvolver um projeto gráfico a nível profissional. Mas não basta apenas obter o máximo de ferramentas possível, é preciso ter pleno domínio da ferramenta. O domínio de uma ferramenta inclui: Saber pra que serve uma determinada ferramenta, Saber como manipular esta ferramenta, Saber a que tipo de tarefa gráfica esta ferramenta se aplica e Saber a que condições posso aplicar a ferramenta. Muitos usuários do CorelDRAW acabam cometendo erros alterando de forma acidental o seu desenho. Porque isso acontece? Porque ele não o pleno domínio das ferramentas e acabam usando uma ferramenta para fazer uma tarefa ou um efeito para o qual ela não foi desenvolvida. As ferramentas do CorelDRAW são muito poderosas, a prova disso é que você será possível criar formas gráficas sofisticadas e complexas com apenas uma ferramenta.

CAPITULO 02

Ferramentas

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Ferramentas de desenho - Ferramentas de edição - Ferramentas de efeitos - Ferramentas de pintura

28


Figuras 2.1 – cubo desenhado com a ferramenta RETANGULO.

Observe o desenho acima. Ele foi criado com a ferramenta Retângulo, esse desenho é formado por três formas geométricas denominado vetor.

Terminologia e conceitos do CorelDRAW Antes de começar a utilizar o CorelDRAW, familiarize-se com os termos a seguir. Termo objeto

desenho

gráfico vetorial

bitmap janela de encaixe

menu desdobrável texto artístico texto de parágrafo

Descrição Um elemento de um desenho, como uma imagem, forma, linha, texto, curva, símbolo ou camada O trabalho criado no CorelDRAW: por exemplo, arte-final personalizada, logotipos, pôsteres e boletins informativos. Uma imagem gerada a partir de descrições matemáticas que determinam a posição, o comprimento e a direção em que as linhas são desenhadas Uma imagem composta de grades de pixels ou pontos Uma janela que contém os comandos disponíveis e as configurações relevantes para uma ferramenta ou tarefa específica. Um botão que abre um grupo de ferramentas ou itens de menu relacionados. Um tipo de texto ao qual você pode aplicar efeitos especiais, como sombras. Um tipo de texto ao qual você pode aplicar opções de formatação e que pode ser editado em grandes blocos.

Sobre gráficos vetoriais e bitmaps Os dois principais tipos de gráfico são os vetoriais e os bitmaps Os dois principais tipos de gráfico são os vetoriais e os bitmaps. Os gráficos vetoriais são compostos de linhas e curvas e gerados a partir de descrições matemáticas que determinam a posição, o comprimento e a direção na qual as linhas são desenhadas. Os bitmaps, também conhecidos como imagens por

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

29


rastreio, são compostos de minúsculos quadrados denominados pixels; e cada pixel é mapeado para um local na imagem e tem valores numéricos de cor. Os gráficos vetoriais são ideais para logotipos e ilustrações por serem independentes de resolução, além de poderem ser dimensionados para qualquer tamanho ou impressos e exibidos em qualquer resolução, sem perder os detalhes e a qualidade. Além disso, é possível produzir contornos aguçados e definidos com gráficos vetoriais. Os bitmaps são excelentes para fotografias e pinturas digitais já que reproduzem bem as gradações de cor. Os bitmaps são dependentes da resolução, ou seja, representam um número fixo de pixels. Ao mesmo tempo em que apresentam uma qualidade boa no seu tamanho real, podem ser exibidos de forma irregular ou perder qualidade de imagem quando são dimensionados, ou exibidos ou impressos em uma resolução uperior à original.

Caixa de Ferramentas Conheça os tipos de Ferramentas do CorelDRAW X3

Ferramentas de Desenho e de Edição de desenho

Ferramentas de Efeitos de imagens Vetoriais e Bitmaps

Ferramentas de Pintura para imagens vetoriais

Figuras 2.2 – caixa de ferramentas

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

30


FERRAMENTAS DE DESENHO As ferramentas de desenho são as que permitem criar e desenvolver gráficos vetoriais e depois se necessário edita-los para atingir um resultado satisfatório. Para selecionar uma ferramenta é só dar um único clique na ferramenta desejada.

Menus desdobráveis para criar desenhos Exibem ferramentas ocultas da mesma categoria da ferramenta selecionada. Um menu desdobrável é um botão que abre um grupo de ferramentas ou itens de menu relacionados. Para identificar o menu desdobrável localize uma pequena setinha preta localizada no canto inferior direito de uma ferramenta. Clique na setinha e se abrirá o menu desdobrável exibindo mais ferramentas que estavam até então ocultas. Menu desdobrável

Editar forma

Ferramenta Cortar

Descrição Permite acessar as ferramentas Forma, Pincel borrar, Pincel áspero e Transformação livre Permite acessar as ferramentas Cortar, Faca, Borracha e Excluir segmento virtual Permite acessar as ferramentas Zoom e Mão

Zoom

Curva

Ferramentas inteligentes

Retângulo

Elipse

Objeto

Perfect Shapes™

Permite acessar as ferramentas Mão livre, Bézier, Mídia artística, Caneta, Polilinha, Curva com 3 pontos, Conexão interativa e Dimensão Permite acessar as ferramentas Preenchimento inteligente e Desenho inteligente Permite acessar as ferramentas Retângulo e Retângulo com 3 pontos Permite acessar as ferramentas Elipse e Elipse com três pontos Permite acessar as ferramentas Polígono, Estrela, Estrela complexa, Papel gráfico e Espiral Permite acessar as ferramentas Formas básicas, Formas de seta, Formas de fluxograma, Formas de banner e Formas de legenda

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

31


Ferramenta Seleção Ferramenta Forma (F10) Ferramenta Cortar Ferramenta Zoom (Z) Ferramenta Mão Livre (F5) Ferramenta Preenchimento Inteligente Ferramenta Retângulo (F6) Ferramenta Elipse (F7) Ferramenta Polígono (Y) Ferramenta Formas Básicas Ferramenta Texto (F8) Ferramenta Mistura Interativa Ferramenta Conta-Gota Ferramenta Contorno Ferramenta Preenchimento Ferramenta Preenchimento Interativo (G) Figuras 2.3 – caixa de ferramentas (ferramentas de desenho e de edição)

Ferramentas

Descrição A ferramenta Seleção permite selecionar e dimensionar, inclinar e girar objetos. A ferramenta Forma permite editar a forma dos objetos. A ferramenta Pincel borrar permite distorcer um objeto de vetor arrastando ao longo de seu contorno. A ferramenta Pincel áspero permite distorcer o contorno de um objeto de vetor arrastando ao longo de seu contorno. A ferramenta Transformação livre permite transformar o objeto utilizando as ferramentas Rotação livre, Rotação de ângulo, Escala e Inclinação. A ferramenta Cortar permite remover áreas indesejadas dos objetos. A ferramenta Faca permite cortar objetos. A ferramenta Borracha permite remover áreas do desenho. A ferramenta Excluir segmento virtual permite excluir as partes de objetos entre

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

32


interseções. A ferramenta Zoom permite alterar o nível de ampliação na janela de desenho. A ferramenta Mão permite controlar que parte do desenho fica visível na janela de desenho. A ferramenta Mão livre permite desenhar segmentos de linha únicos e curvas. A ferramenta Bézier permite desenhar curvas, um segmento de cada vez. A ferramenta Mídia artística oferece acesso às ferramentas Pincel, Espalhador, Caligráfica e Pressão. A ferramenta Caneta permite desenhar curvas, um segmento por vez. A ferramenta Polilinha permite desenhar linhas e curvas no modo de visualização. A ferramenta Curva com 3 pontos permite desenhar uma curva definindo os pontos inicial, final e central. A ferramenta Conexão interativa permite unir dois objetos por uma linha. A ferramenta Dimensão permite desenhar linhas de dimensão verticais, horizontais, inclinadas ou em ângulo. A ferramenta Preenchimento inteligente permite criar objetos a partir de áreas contornadas para então aplicar um preenchimento a esses objetos. A ferramenta Desenho inteligente converte as pinceladas à mão livre em formas básicas e curvas suavizadas. A ferramenta Retângulo permite desenhar quadrados e retângulos. A ferramenta Retângulo com 3 pontos permite desenhar retângulos em um ângulo. A ferramenta Elipse permite desenhar elipses e círculos. A ferramenta Elipse com 3 pontos permite desenhar elipses em um ângulo. A ferramenta Polígono permite desenhar estrelas e polígonos simétricos. A ferramenta Estrela permite desenhar estrelas perfeitas. A ferramenta Estrela complexa permite desenhar estrelas complexas que apresentam lados com interseção. A ferramenta Papel gráfico permite desenhar uma grade de linhas, similar à de um papel quadriculado. A ferramenta Espiral permite desenhar espirais simétricas e logarítmicas. A ferramenta Formas básicas permite escolher entre um conjunto de formas, incluindo hexagrama, um rosto sorridente e um triângulo retângulo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

33


A ferramenta Formas de seta permite desenhar setas com diversas formas, direções e número de pontas. A ferramenta Formas de fluxograma permite desenhar símbolos de fluxograma. A ferramenta Formas de banner permite desenhar objetos de fita e formas de explosão. A ferramentas Formas de legenda permite desenhar legendas e etiquetas. A ferramenta Texto permite digitar palavras diretamente na tela como texto artístico ou de parágrafo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

34


FERRAMENTAS DE EFEITOS As ferramentas são ferramentas interativas que criam efeitos visuais que deixam seus gráficos vetoriais mais realistas e sofisticados e ainda permite ao designer configurar os resultados do efeito de acordo com suas necessidades. Também é possível combinar vários efeitos interativos em um único desenho vetorial. Para aplicar um efeito à um desenho vetorial é preiciso selecionar o desenho e em seguida clicar na ferramenta de efeito desejada. A que tipo de imagens os efeitos as ferramentas podem se aplicar? Imagens Bitmap:

-Ferramenta transparência interativa -Ferramenta Sombreamento interativo -Ferramenta Envelope interativo Imagens Vetoriais:

-Todas as ferramentas. Texto:

Todas as ferramentas.

Ferramentas de efeitos

Descrição A ferramenta Mistura interativa permite misturar dois objetos. A ferramenta Contorno interativo permite aplicar um contorno a um objeto. A ferramenta Distorção interativa permite aplicar a um objeto uma distorção do tipo Empurrar ou Puxar, Zíper ou Torcer. A ferramenta Sombreamento interativo permite aplicar um sombreamento a um objeto. A ferramenta Envelope interativo permite distorcer um objeto arrastando os nós do envelope. A ferramenta Extrusão interativa permite aplicar a ilusão de profundidade a objetos. A ferramenta Transparência interativa permite aplicar transparências aos objetos.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

35


FERRAMENTAS DE PINTURA As ferramentas de pinturas são as ferramentas que permitem colorir os desenhos vetoriais. Existem dois tipos de áreas que você pode atribuir cor. Um é o preenchimento que corresponde a área interna do desenho, a outra é o contorno que corresponde a linha que forma e circunda todo o desenho. Para atribuir cor sólida (cores puras sem efeitos) ao preenchimento de um desenho vetorial faça o seguinte:

1- Selecione o desenho. 2- Clique com o botão esquerdo do mouse na cor que deseja pintar o desenho. Para atribuir cor ao contorno de um desenho vetorial faça o seguinte:

1- Selecione o desenho 2- Clique com o botão direito do mouse na cor desejada. Qual a diferença entre o botão esquerdo e o botão direito do mouse? Botão esquerdo Botão direito

– pinta o preenchimento de um desenho vetorial

– pinta o contorno de um desenho vetorial

Ferramentas de Pintura

Descrição A ferramenta Conta-gotas permite selecionar e copiar propriedades de um objeto na janela de desenho, como preenchimento, espessura de linha, tamanho e efeitos. A ferramenta Lata de tinta permite aplicar propriedades do objeto, como preenchimento, espessura de linha, tamanho e efeitos, a um objeto na janela de desenho após a seleção dessas propriedades com a ferramenta Conta-gotas. A ferramenta Contorno permite definir as propriedades de contorno. A ferramenta Preenchimento permite definir as propriedades de preenchimento. A ferramenta Preenchimento interativo permite aplicar vários preenchimentos. A ferramenta Preenchimento de malha interativo permite aplicar uma grade de malha a um objeto.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

36


Neste capitulo aprenderemos a criar nossos primeiros desenhos vetoriais baseados nas ferramentas mais simples de desenho. Também aprenderemos a observar as opções mostradas pela barra de ferramentas propriedades, dessa forma, poderemos obter resultados mais satisfatórios. Leia este capítulo com bastante atenção, pois no tutorial a seguir você colocará em prática o que aprenderá agora.

CAPITULO 03

Desenhando NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Criando os primeiros desenhos - Tutoriais - Exercício prático

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

37


Criando os primeiros desenhos Criar desenhos no CorelDRAW é tarefa fácil, o difícil é obter o resultado desejado para uma ilustração profissional. Vamos começar.

Para criar qualquer desenho faça o seguinte:

Clique na ferramenta de desenho que deseja trabalhar (pode ser qualquer uma). De um clique, segure o botão do mouse e arraste em um local qualquer na área do CorelDRAW, você verá que foi criado um desenho (de acordo com a ferramenta escolhida). Para desenhar quadrados, círculos, polígonos e linhas perfeitas é só manter a tecla Ctrl do seu teclado pressionada enquanto você desenha. Cada ferramenta que você selecionar irá mostrar opções na barra de propriedades, essas opções variam de ferramenta para ferramenta, ou seja, cada ferramenta possui suas próprias opções que permite editar o desenho criado. Mas existem algumas opções que estão sempre presentes na barra de propriedades independente da ferramenta selecionada. Veremos cada uma delas agora. As opções que veremos agora servem para os desenhos feitos com as ferramentas:             

Mão livre Retângulo Elipse Polígono Estrela Estralas Complexas Formas básicas Formas de seta Formas de fluxogramas Formas de banner Formas de legendas Texto

1

2

3

4

5

6

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

7

8

38


1. 2. 3. 4.

5. 6. 7. 8.

Mostra as coordenadas da posição do desenho dentro da página Mostra as medidas da largura e da altura do desenho Mostra a porcentagem da dimensão do desenho Este cadeado serve para trancar a opção de porcentagem, isso é útil quando você quer digitar um valor para a largura e usar o mesmo valor para a altura. Mostra o ângulo de rotação para o desenho Serve para espelhar um desenho na posição horizontal ou vertical Serve para especificar uma espessura para a linha que contorna o desenho Converte um desenho em curvas.

Agora veremos as opções exclusivas para cada desenho Ferramenta Retângulo

É possível arredondar as pontas dos retângulos e dos quadrados. Para isso faça o seguinte: - Clique na ferramenta retângulo - Clique, segure o botão e arraste para desenhar um retângulo (se você manter o botão Ctrl do seu teclado pressionado enquanto desenha verá que foi criado um quadrado).

Para arredondar os quatro quantos do quadrado acima é preciso digitar um valor para a curva que os cantos terão. Observe quatro opções existentes na barra de propriedades:

Digite 50 nos quatro campos acima e você verá que o seu quadrado ficará como o desenho abaixo. O pequeno cadeado ao lado das quatro opções serve para travar esses campos. Ou seja, se o cadeado estiver travado é só digitar 50 em apenas um dos quatro campos e apertar Enter no teclado e você verá que os quatro cantos do desenho ficaram arredondados. Mas se o cadeado estiver destravado então Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

39


apenas o canto correspondente ao campo que você atribuiu o valor ficará arredondado.

Uma outra forma de arredondar os cantos de um retângulo ou quadrado é usando a ferramenta forma. Ferramenta elipse

Uma característica exclusiva da ferramenta elipse é transformar um circulo ou uma elipse em aspecto de torta ou de arco. Para isso faça o seguinte: - clique na elipse. - clique e arraste para desenhar uma elipse (se você manter a tecla Ctrl pressionada verá que criou um circulo).

Observe na barra de propriedades os três botões abaixo: - o primeiro mantém a aparência de um circulo. - o segundo muda para a aparência de uma torta. - o terceiro deixa o circulo apenas em forma de arco mantendo o seu contorno.

É possível ainda aumentar ou diminuir o tamanho da torta ou do arco. Para isso faça o seguinte: - clique na ferramenta elipse. - desenhe um circulo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

40


- clique no botão do meio que está na barra de propriedades (torta). - digite um valor qualquer para a torta no campo ângulos iniciais e finais mostrado na figura abaixo.

- seu desenho ficará como a figura abaixo.

0

Ângulo inicial 0

0

Ângulo final 270

Ferramenta polígono

As opções exclusivas do polígono são mais simples assim como também são mais interessantes. Para observar as opções de um polígono faça o seguinte: - clique na ferramenta polígono - clique a arraste para desenhar um polígono (Ctrl para criar um polígono perfeito com todos os lados iguais).

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

41


- com o polígono selecionado observe a opção na barra de propriedades numero de pontos ou lados no polígono. Se você digitar um valor 3 verá que o pentágono se transformou em um triangulo.

É importante observar que esta mesma opção estará também presente para as ferramentas estrelas e estrelas complexas. Ferramenta papel gráfico

A ferramenta papel gráfico também tem suas opções exclusivas, são elas: - clique na ferramenta papel gráfico - antes de criar o desenho digite o numero de colunas e o numero de linhas que deseja criar para a tabela.

- clique e arraste para desenhar a sua tabela.

Ferramenta espiral

As opções da ferramenta espiral estão no mesmo espaço da barra de propriedades. - clique na ferramenta espiral - observe as opções da ferramenta espiral mostrada na figura abaixo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

42


- digite um valor no campo revoluções da espiral, este valor 4 representa a quantidade de voltas que a espiral dar.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

43


Tutoriais Tutoriais TODO O PODER DA ILUSTRAÇÃO AGORA ESTÁ EM SUAS MÃOS. Nos tutoriais a seguir iremos aprender a criar ilustrações como a que está ao lado. Leia atentamente cada etapa da criação da bola. Existem alguns recursos que não mencionei neste capítulo que são os efeitos interativos, qualquer dúvida leia o capítulo 4 Aplicação de efeitos.

Tutorial 1 Bola de Futebol com aspecto 3d

Passo 1 Com a ferramenta polígono desenhe um polígono de 6 lados. Para desenhar um polígono perfeito pressione Ctrl para manter os 6 lados do polígono iguais.

Passo 2 Depois que desenhar o polígono de 6 lados clique no menu editar e em seguida clique na opção duplicar para criar uma cópia idêntica do desenho. Posicione essa cópia bem ao lado do original. Crie 5 copias.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

44


Passo 3 Depois de criar a primeira fileira de polígonos faça o seguinte. Selecione todos os cinco polígonos e clique no menu editar, em seguida posicione a segunda fileira logo abaixo da primeira. Crie mais duas copias da primeira fileira de polígonos e os posiciona um abaixo do outro até obter o resultado ao lado.

Passo 4 Após organizar as quatro fileiras uma abaixo da outra e hora de colorir, selecione o primeiro e pinte de preto clicando na cor preta da paleta de cores. Em seguida pinte o quarto polígono de preto deixando dois polígonos em branco. Repita para as fileiras de baixo. Pinte o primeiro e o quarto deixando sempre dois em branco.

Passo 5 Crie um circulo em cima dos polígonos. Com o circulo selecionado clique no menu efeitos e em seguida clique na opção lentes.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

45


Passo 6 Após você clicar na opção lentes no menu efeitos aparecerá a janela de encaixe ao lado. Selecione a opção olho de peixe e marque as opções congelado e ponto de vista.

Passo 7 Pronto, sua bola ficará como a figura ao lado. Agora você pode excluir todos os polígonos que você criou. Mas antes de excluí-los clique na bola e mova ela para uma outra área da página e em seguida delete os polígonos.

Passo 8 Clique na bola e em seguida no menu organizar e depois na opção desagrupar tudo. Clique em uma área livre para tirar a seleção e tente cuidadosamente clicar no contorno da bola para selecionar a bola. Quando selecionar clique na cor preta para pinta-la como a figura ao lado.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

46


Passo 9 Com a bola selecionada e pintada de preto, é hora de atribuir um efeito chamado de transparência. Com a bola preta selecionada Clique na ferramenta transparência interativa e em seguida clique na parte inferior direito da bola e arraste o cursos para cima e para a esquerda até chegar na metade da altura da bola. A sua bola ficará como a bola ao lado. Selecione tudo e em seguida clique no menu organizar e depois na opção agrupar.

Passo 10 Para finalizar a ilustração da bola é hora de aplicar outro efeito chamado de sombra. Clique na ferramenta sombra interativa e em seguida na parte inferior do desenho e arraste para cima e para a direita, quando ficar igual a figura ao lado solte o botão do mouse e confira o resultado. Para aumentar ou diminuir o tamanho de seu desenho use a ferramenta seleção.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

47


Tutorial 2 Logo marca com aspecto vidro

Passo 1 Para este segundo tutorial usaremos apenas quatro ferramentas: elipse, texto, mistura interativa e transparência interativa. No próximo capitulo veremos todas as ferramentas de efeitos interativos do CorelDRAW X3.

Passo 2 Observe bem as figuras que compõem esta ilustração, ao total são oito: 1. Um circulo grande 2. Uma elipse grande 3. Uma elipse média 4. Uma elipse bem pequena 5. Um texto 6. Um retângulo na vertical 7. Um retângulo na horizontal 8. Um retângulo com 45º de inclinação. Faça todos os desenhos que você ver ao lado.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

48


Passo 3 Pinte o circulo grande de vermelho e a elipse grande de branco. Seu desenho ficará como a figura ao lado.

Passo 4 Selecione a elipse grande de cor branca e em seguida de um clique na ferramenta transparência interativa. Clique na parte superior da elipse e arraste ate a metade da elipse branca em seguida solte o botão do mouse.

Passo 5 Pinte a elipse média de vermelho e a elipse pequena de branco. Em seguida clique na ferramenta mistura interativa, agora clique na elipse branca e arraste o cursor até a elipse vermelha, quando a aparência dos dois desenhos mudar solte o botão do mouse.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

49


Passo 6 Esse será a aparência das duas elipses depois de aplicar o efeito de mistura interativa. Agora selecione essas duas elipses e coloque-as na parte inferior do circulo grande.

Passo 7 Esta deve ser a forma como deve esta seu desenho. Agora escreva um texto com o nome Claro, coloque a cor do texto de branco e posicione o texto no centro do seu desenho.

Passo 8 Para finalizar desenhe 3 retângulos; um na posição vertical, outra na posição horizontal e o ultimo na diagonal com uma inclinação de 45º. Pronto sua ilustração está pronta. Pratique mais vezes a criação deste tutorial até pegar prática suficiente para aplicar esses efeitos em outras ilustrações.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

50


EXERCÍCIO AGORA É HORA DE PRATICAR E CRIAR. 1- Quais e quantas ferramentas foram usadas para criar o desenho abaixo?

2- Quantos desenhos foram necessários para criar a ilustração abaixo?

3- Faça a ilustração abaixo:

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

51


4- Observe bem o ambiente abaixo e tente descrever os procedimentos para criá-lo como se fosse um tutorial passo-a-passo.

Professor mel qui zedeque

5- Com base nos procedimento que você criou para descrever o ambiente acima, tente agora reproduzi-lo como se estivesse lendo um tutorial.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

52


CAPITULO 04 Os efeitos do CorelDRAW servem para dar um toque especial a aparência do seu trabalho artístico. Neste capitulo abordaremos as ferramentas de efeitos e alguns truques espertos para tirar melhor proveito do que o CorelDRAW tem para oferecer. Então vamos começar. É importante observar bem as opções mostradas na barra de propriedades, dessa forma é possível dar um resultado mais satisfatório a uma arte. Outro aspecto muito importante é conhecer bem as ferramentas e o tipo de efeito que cada uma delas proporciona.

Aplicando Efeitos NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Ferramentas de Efeitos - Perspectiva - Power-clip

Algumas ferramentas de efeitos não funcionam em imagens bitmap, mas todas servem para as imagens vetoriais. A seguir criei uma lista com as ferramentas que funcionam com imagens bitmap e com imagens vetoriais. Neste capitulo não falaremos da ferramenta extrusão interativa, abordaremos sobre ela no capitulo 9 onde aprenderemos sobre desenhos 3d.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

53


Imagens bitmap

- ferramenta sombreamento interativo - ferramenta envelope interativa - ferramenta transparência interativa Imagens vetoriais

-

ferramenta ferramenta ferramenta ferramenta ferramenta ferramenta ferramenta

mistura interativa contorno interativo distorção interativa sombra interativa envelope interativa extrusão interativa transparência interativa

Ferramentas de efeitos TODA ELEGANCIA AO DISPOR DE UM ÚNICO CLIQUE DO MOUSE. Começaremos nossa relação de efeitos interativos pela seqüência que é mostrada pelo CorelDRAW X3 quando clicamos no menu desdobrável das ferramentas interativas.

Mistura interativa Para misturar dois objetos, clique e arraste o mouse do primeiro objeto para o segundo. Para desenhar um caminho à mão livre para a mistura, mantenha pressionada a tecla Alt.

O primeiro objeto é o objeto inicial da mistura e o segundo objeto é o objeto final. O cursor é alterado quando posicionado sobre um objeto que pode ser usado em uma mistura.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

54


• Para ajustar simultaneamente a distância e a progressão de cores para a mistura, mova o controle deslizante. • Para usar o controle deslizante a fim de ajustar individualmente a distância e a progressão de cores para a mistura, clique duas vezes nas alças do controle deslizante e mova essas alças.

Contorno interativo interativo Para contornar um objeto, clique nele e arraste a alça inicial em direção ao seu centro (para criar um contorno interno) ou na direção oposta ao seu centro (para criar um contorno externo).

• Para ajustar o número de etapas e o grau de deslocamento no contorno, mova o controle deslizante. • Para alterar a cor da borda do contorno, arraste uma cor da paleta de cores para a alça em forma de losango. • Para alterar a cor do preenchimento do contorno, arraste uma cor da paleta de cores para a alça em forma de quadrado.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

55


Distorção interativa Para aplicar um efeito de empurrar, clique no botão Distorção Empurrar e puxar na barra de propriedades e arraste o mouse até estar satisfeito com o grau de distorção empurrar. • Para aplicar um efeito de puxar, clique no botão Distorção Empurrar e puxar na barra de propriedades e arraste o mouse para a esquerda até estar satisfeito com o grau de distorção puxar.

• Para aplicar um efeito de zíper, clique no botão Distorção Zíper na barra de propriedades e arraste o mouse para determinar a amplitude do efeito de zíper.

• Para aplicar um efeito de torcer, clique no botão Distorção Torcer na barra de propriedades e arraste o mouse em círculos em torno do objeto. Quanto mais perto estiver da borda do objeto, mais impressionante será o efeito. Se você clicar e arrastar a partir do centro do objeto, o efeito de torcer será mais sutil.

• Para alterar o centro de distorção, arraste a alça de posicionamento em forma de losango para um novo local. • Para ajustar o número de pontos em uma distorção zíper, mova o controle deslizante. Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

56


Sombreamen Sombreamento interativo Para adicionar um sombreamento, clique no objeto e arraste o mouse do primeiro objeto para onde deseja colocar a sombra.

• Para alterar a perspectiva do sombreamento, arraste a alça inicial. • Para alterar a direção do sombreamento, arraste a alça final. • Para ajustar a opacidade do sombreamento, mova o controle deslizante. • Para alterar a cor do sombreamento, arraste uma cor da paleta de cores para a alça final.

Envelope interativo Para aplicar um envelope a um objeto selecionado, escolha um dos modos a seguir na barra de propriedades e clique no objeto:

• Modo Envelope em linha reta — cria envelopes com base em linhas retas, adicionando perspectiva aos objetos • Modo Envelope em arco simples — cria envelopes com a forma de arco simples de um lado, dando aos objetos uma aparência côncava ou convexa • Modo Envelope em arco duplo — cria envelopes na forma de S em um ou mais lados

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

57


• Modo Envelope sem restrição — cria envelopes em formato livre, o que permite alterar as propriedades dos nós e adicionar e excluir nós • Para modelar o envelope, clique e arraste um nó.

Transparência interativa Para aplicar uma transparência a um objeto, selecione o objeto com a ferramenta Transparência interativa e, em seguida, clique e arraste o mouse pelo objeto.

A aparência da transparência varia de acordo com o local em que você clica primeiro, a direção e a distância em que arrasta. • Para definir onde deseja começar a transparência, arraste a alça inicial. (Por padrão, a alça inicial é branca.) • Para definir onde deseja terminar a transparência, arraste a alça final. (Por padrão, a alça final é preta.) • Para ajustar a progressão da transparência, mova o controle deslizante.

• Para alterar a intensidade da transparência, arraste uma cor da paleta de cores para a alça final. Quanto mais clara for a cor, mais opaca será a transparência resultante.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

58


Perspectiva TODA ELEGANCIA AO DISPOR DE UM ÚNICO CLIQUE DO MOUSE. Perspectiva de dois pontos

Um efeito criado pelo aumento ou diminuição do comprimento de dois lados de um objeto para criar a impressão de que o objeto está distanciando-se em duas direções. Perspectiva de um ponto

Um efeito criado quando se aumenta ou diminui o comprimento de um lado de um objeto para criar a impressão de que vai diminuindo em uma direção.

Você pode criar um efeito de perspectiva encolhendo um ou dois lados de um objeto. Esse efeito faz com que o objeto pareça estar se distanciando em uma ou duas direções, criando, assim, uma perspectiva de um ponto ou uma perspectiva de dois pontos. É possível adicionar efeitos de perspectiva a objetos e grupos de objetos. Você pode adicionar também um efeito de perspectiva a objetos vinculados, como contornos, misturas e extrusões, e a objetos criados com a ferramenta Mídia artística. Não é possível adicionar efeitos de perspectiva a texto de parágrafo, bitmaps ou símbolos. Para Aplicar perspectiva de um ponto Aplicar uma perspectiva de dois pontos

Clique em Efeitos > Adicionar perspectiva. Pressione Ctrl e arraste um nó. Clique em Efeitos > Adicionar perspectiva. Arraste os nós na parte externa da grade para aplicar o efeito desejado.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

59


PowerClip TODA ELEGANCIA AO DISPOR DE UM ÚNICO CLIQUE DO MOUSE. O CorelDRAW permite colocar objetos vetoriais e bitmaps, como fotos, no interior de outros objetos ou recipientes. O recipiente pode ser qualquer objeto, por exemplo, texto artístico ou um retângulo. Quando você coloca um objeto em um recipiente maior do que o recipiente, o objeto, denominado conteúdo, é cortado para se ajustar à forma do recipiente. Isto cria um objeto PowerClip. É possível criar objetos PowerClip mais complexos colocando-se um objeto PowerClip dentro de outro objeto PowerClip para produzir um objeto PowerClip aninhado. Você pode também copiar o conteúdo de um objeto PowerClip para outro objeto PowerClip. 1 Selecione um objeto. 2 Clique em Efeitos > PowerClip > Colocar em recipiente. 3 Clique no objeto que deseja utilizar como recipiente.

Para criar um objeto PowerClip aninhado, mantenha pressionado o botão direito do mouse, arraste o objeto PowerClip para dentro de um recipiente e clique em PowerClip dentro.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

60


Há dois tipos de texto que você pode adicionar a desenhos — texto artístico e texto de parágrafo. O texto artístico pode ser usado para adicionar linhas curtas às quais pode ser aplicada uma grande variedade de efeitos, como sombreado. O texto de parágrafo pode ser usado para corpos maiores de texto que têm maiores requisitos de formatação. Você pode adicionar tanto texto de parágrafo quanto texto artístico diretamente na janela de desenho. Você pode adicionar texto artístico ao longo de um caminho fechado ou aberto. Você pode também ajustar textos existentes, artístico e de parágrafo, a um caminho.

CAPITULO 05

Trabalhando Com texto NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Texto Artístico - Texto em parágrafo - Dicas e truques sobre texto

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

61


Texto Artístico TEXTO USADO GERALMENTE PARA CRIAR PEQUENAS FRASES. Para adicionar texto artístico

• Clique em qualquer parte da janela do desenho usando a ferramenta Texto e digite.

Dica rápida para criar e editar texto:

• Para inserir um texto no ponto de inserção, digite. • Para definir um ponto de inserção, aponte o cursor para ele e clique. • Para selecionar um texto, clique e arraste o mouse sobre ele. • Para alterar a fonte do texto selecionado, escolha uma nova fonte na caixa de listagem Lista de fontes na barra de propriedades. • Para mover-se por um texto, clique nele e use as teclas de seta ou o mouse. • Para alterar o espaçamento do texto selecionado, clique na ferramenta Forma

Texto de Parágrafo TEXTO USADO EM GRANDES BLOCOS E QUANTIDADES COMO, CARTAS E DOCUMENTOS. Ao adicionar texto de parágrafo, é necessário primeiro criar uma moldura de texto. Por padrão, as molduras de texto de parágrafo permanecem do mesmo tamanho, independente de quanto texto contenham. Qualquer texto que passe pela borda inferior direita da moldura de texto fica oculto até que se amplie ou se vincule a moldura de texto a outra moldura de texto. Você pode ajustar o texto a uma moldura, o que automaticamente ajusta o tamanho em pontos de texto, de modo que o texto se ajuste perfeitamente à moldura.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

62


Para adicionar texto de parágrafo Para Adicionar texto de parágrafo

Proceda da seguinte forma Clique na ferramenta Texto . Arraste na janela de desenho para dimensionar a moldura de texto de parágrafo e digite. Clique na ferramenta Texto. Mova o ponteiro sobre o contorno do objeto e clique no objeto quando o ponteiro mudar para um ponteiro de Inserir no objeto. Digite dentro da moldura. Selecione o objeto usando a ferramenta Seleção e clique em Organizar > Separar texto de parágrafo dentro de um caminho. Clique em Ferramentas > Opções. Na lista de categorias, clique duas vezes em Texto e clique em Parágrafo. Ative a caixa de seleção Expandir e diminuir molduras de texto de parágrafo para ajustar o texto.

Adicionar texto de parágrafo dentro de um objeto Separar uma moldura de texto de parágrafo de um objeto Ajustar automaticamente molduras de texto de parágrafo para encaixar o texto

Para formatarmos o texto é necessário observar as opções da barra de propriedades.

1

2

3 4 5 6

7 8 9

1. Fonte

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

63


2. Tamanho da fonte 3. Negrito 4. Itálico 5. Sublinhado 6. Alinhamento 7. Marcadores 8. Numeração 9. Capitular 10. Formatar texto

Dicas e truques sobre texto Além de todos os efeitos interativos que você pode aplicar a um texto ainda é possível aplicar outros efeitos como, perspectiva e powerclip. Mas tudo vai depender muito da criatividade do designer e da necessidade de criação de uma arte, seja ela uma simples logomarca ou mesmo um complexo anuncio ou banner.

1ª dica – texto ajustado a um caminho - crie uma frase qualquer com a ferramenta texto.

- em seguida faça uma linha curva ou meio circulo com a ferramenta elipse.

- agora selecione o texto e clique no menu texto, depois clique na opção ajustar texto ao caminho, o seu cursor mudará de forma, aponte o cursor na linha curva e de um clique e confira o resultado.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

64


- para apagar a linha que fica junto com o texto é só clicar no menu organizar e em seguida clicar na opção separar texto. De um clique em uma área livre para tirar a seleção e em seguida clique na linha curva para seleciona-la, agora aperte delete no seu teclado.

2ª dica – texto com perspectiva 3d - crie um texto e depois duplique este texto para criar uma copia dele.

- selecione um dos textos e em seguida de um clique na ferramenta envelope interativa. Faça as alterações como mostra a figura abaixo.

- selecione o outro textos e em seguida de um clique na ferramenta envelope interativa. Faça a mesma alterações, mas desta vez o contrário como mostra a figura abaixo.

- para finalizar junte os dois textos e crie um outro desenho para usar na ilustração desta logomarca.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

65


1º truque – texto com sombra interna - crie um texto qualquer, de preferência uma fonte mais larga e espessa como arial black

- crie um desenho plano, pode ser um circulo, um retângulo ou um quadrado.

- posicione o texto em cima do desenho criado a pouco. Clique no menu organizar em seguida aponte na opção formato e depois de um clique em verso menos frente.

- pinte este desenho e em seguida aplique o efeito de sombra nele.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

66


2º truque – texto com aspecto de vidro - crie um texto qualquer que seja bem grande.

- duplique este texto para criar uma copia dele. - coloque um texto sobrepondo o outro, o texto de cima coloque branco e o de baixo uma cor qualquer.

- agora faça uma linha curva e coloque-a bem no meio dos dois textos. Selecione a linha curva e o texto branco, clique no menu organizar > formato > frente menos verso. Isso fará com que o texto branco seja dividido ao meio pela linha curva. - clique novamente no menu organizar agora de um clique na opção separar curva. Repare que se nós dividimos o texto brando em duas partes será possível apagar somente a parte de baixo sem afetar a parte de cima. - comece a apagar a parte de baixo do texto branco. Selecione todas as partes de cima em seguida pressione os botões do teclado Ctrl+D. Este comando serve agrupar desenhos.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

67


- aplique um efeito de transparência a parte branca e uma sombra a parte do texto que esta em baixa da branca.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

68


Existem muitos recursos legais para facilitar na organização de sues trabalhos artísticos. Ter noção de gerenciamento e organização faz você atingir um alto nível de precisão e exatidão na hora de criar, principalmente se você estiver trabalhando no desenvolvimento de um desenho técnico como uma planta, uma peça mecânica ou hidráulica. O primeiro recurso que nos ajuda muito na organização e principalmente no alinhamento de desenhos são as linhas guias. Para criar uma linha guia basta dar um clique na régua e arrastar para mover uma linha guia para a página. Quando uma linha guia está vermelha é porque ela esta selecionada. Para excluíla é só apertar o botão delete no teclado enquanto ela estiver selecionada. Uma forma mais rápida de selecionar mais de uma linha guia é clicar no menu editar > selecionar tudo > linhas guias.

CAPITULO 06

Organizando objetos NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Agrupando e desagrupando - Combinando e separando - Alinhando e distribuindo - Soldando e aparando

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

69


Agrupando e desagrupando Uma utilidade em agrupar é impedir que desenhos sejam alterados por descuido. Agrupar desenhos pode ser muito legal, desde que se saiba o motivo pelo qual se esta agrupando vários desenhos. Agrupar significa que vários desenhos ficaram organizados como se fizessem parte de uma classe. Tudo que se alterar e aplicar em um desenho será aplicado a todos do mesmo grupo. Ex: se você aplicar uma sombra a um grupo de desenhos todo os desenhos do grupo ficaram com o efeito de sombra. - Para agrupar vários desenhos faça o seguinte:

- Selecione todos os desenhos e em seguida clique no menu organizar > agrupar (Ctrl+G). - Para desagrupar vários desenhos já agrupados faça o seguinte:

- Selecione o grupo e em seguida clique no menu organizar > desagrupar (Ctrl+U). O que significa desagrupar tudo?

Significa que você pode criar três grupos de desenhos: um com três quadrados, um com três círculos e outro com três triângulos e depois de criar estes três grupos você pode agrupa-los. Ou seja, você terá um grupo de três grupos. Se você desejar desagrupar os três grupos e os três objetos de cada grupo é só usar a opção desagrupar tudo. E não haverá mais grupo nenhum.

Combinando e separando Recurso muito legal para criar desenhos com o interior vazado. Combinar significa pegar dois desenhos sobrepostos de forma que um está totalmente inserido em outro e fazer com que a área do desenho menor vire uma área vazada, ou seja, totalmente oca. Para combinar desenhos faça o seguinte:

- Crie um circulo grande e em seguida crie um quadrado dentro dele.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

70


- Selecione os dois desenhos e em seguida clique no meu organizar > combinar (Ctrl+L). Agora pinte este desenho com qualquer cor e confira o resultado.

Repare que a parte correspondente ao quadrado não é mais um desenho é uma área vazada, oca do circulo maior.

Separa um desenho é fazer exatamente o contrário do efeito combinar. - Para separar um desenho faça o seguinte:

- Selecione o desenho combinado e em seguida clique no menu organizar > separar curva (Ctrl+K).

Alinhando e distribuindo Recurso usado no alinhamento de desenhos para obter precisão na organização Alinha é fazer com que os objetos desenhados sejam organizados à uma linha imaginária na posição horizontal ou vertical. - Para alinha vários desenhos faça o seguinte:

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

71


- Selecione todos os seus desenhos e em seguida clique no menu organizar > alinhar e distribuir > alinhar e distribuir.

- Na janela que aparece escolha a opção à esquerda.correspondente ao alinhamento vertical e clique em aplicar.

Opções para o alinhamento horizontal Opções para o alinhamento vertical

- observe que os três desenhos estão alinha dos à esquerda do desenho maior que é o quadrado.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

72


Distribuição é fazer com que todos os desenhos fiquem eqüidistantes, ou seja, tenha a mesma distancia entre si. - Para fazer a distribuição entre vários objetos faça o seguinte: - Selecione todos os objetos e em seguida clique no menu organizar > alinhar e distribuir > alinhar e distribuir.

- Na janela que aparece clique na guia distribuir. Em seguida clique na opção espaçamento.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

73


- Repare que agora a distancia entre os três desenhos é igual.

Soldando e aparando Recurso usado para criar formas personalizadas e especificas em ilustrações. Soldar é um recurso que funde, uni dois ou mais objetos em apenas um. As cores a as propriedades aplicadas a essa fusão serão do primeiro objeto a ser criado. Ex.: Crie um quadrado azul e um circulo amarelo e posicione os dois como mostrado abaixo.

Agora selecione os dois desenhos, clique no menu organizar > formato > soldar.

Observe que os dois desenhos se fundiram e agora estão azuis.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

74


O recurso de aparagem é usado para subtrair áreas desenhos que estejam sobre posto (em cima de outro desenho) ou sobe posto (em baixo de outro desenho). - Para aparar um desenho faça o seguinte:

- Crie dois desenhos de forma que um fique sobrepondo o outro como mostrado na figura abaixo.

- Selecione os dois desenhos e em seguida clique no menu organizar > formato > frente menos verso.

- Agora use o outro recurso que é verso menos frente da opção formato do menu organizar.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

75


Os gráficos vetoriais são compostos de linhas e curvas e gerados a partir de descrições matemáticas que determinam a posição, o comprimento e a direção na qual as linhas são desenhadas. Os bitmaps, também conhecidos como imagens por rastreio, são compostos de minúsculos quadrados denominados pixels; e cada pixel é mapeado para um local na imagem e tem valores numéricos de cor. Os gráficos vetoriais são ideais para logotipos e ilustrações por serem independentes de resolução, além de poderem ser dimensionados para qualquer tamanho ou impressos e exibidos em qualquer resolução, sem perder os detalhes e a qualidade. Além disso, é possível produzir contornos aguçados e definidos com gráficos vetoriais.

CAPITULO 07

Edição de Vetores NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Convertendo em curva - Ferramenta Bezier - Ferramenta Forma

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

76


Convertendo em curvas ALTERANDO A OFRMA DE UM DESENHO VETORIAL Um objeto de curva tem nós e alças de controle, que podem ser usados para alterar sua forma. Um objeto de curva pode ser de qualquer forma, inclusive uma linha reta ou curva. Os nós de um objeto são os pequenos quadrados exibidos no contorno do objeto. A linha entre dois nós é denominada segmento. Os segmentos podem ser curvos ou retos. Cada nó tem uma alça de controle para cada segmento de curva a ele conectado. As alças de controle ajudam a ajustar a curva de um segmento. A maioria dos objetos desenhados no CorelDRAW não são objetos de curva, com a exceção de espirais, linhas Bezier e linha à mão livre. Portanto, para personalizar a forma de um objeto ou objeto de texto, recomenda-se convertê-lo em um objeto de curva. Porque converter um desenho vetorial em curvas?

A resposta é simples, digamos que você quer desenhar uma forma, e para fazer essa forma não existe uma ferramenta especifica que a desenhe. A solução é fazer um outro desenho e converte-lo em curva para então alterar sua forma até atingir a forma do desenho desejado. Para converter um desenho em curva faça o seguinte:

- selecione o desenho, clique no menu organizar > converter em curva (Ctrl+Q).

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

77


Um texto também pode ser convertido em curva. A vantagem de converte texto em curva é a possibilidade de ter total controle sobre a forma tipográfica da fonte podendo deixá-la de qualquer jeito. A desvantagem é que o texto deixa de ser texto e passa a ser um objeto vetorial de curva.

Ferramenta BEZIER Todo o pode da ilustração no domínio de uma única ferramenta. A ferramenta Bezier é a mais poderosa do arsenal do CorelDRAW X3 porque ela dá mais controle e domínio as curvas de Bezier do que qualquer outra ferramenta. Curvas de Bezier são um tipo especial de curva definida e controlada matematicamente com pontos chamados de nó e alças de controle. Bezier é a única ferramenta que cria linhas já convertidas em curvas dispensando a necessidade de ter que converter um desenho depois de criado para um desenho em curva. Para desenhar com a ferramenta Bezier faça o seguinte: DESENHANDO LINHAS RETAS

- de um clique na ferramenta Bezier. - clique em um local qualquer na área do CorelDRAW e repare que foi criado um ponto azul. Esse ponto se chama nó. - clique em outro local qualquer e veja que o primeiro ponto foi ligado ao segundo por meio de uma linha reta. Essa linha é chamada de trajetória.

DESENHANDO LINHAS CURVAS

- de um clique na ferramenta Bezier. - clique em um local qualquer na área do CorelDRAW e repare que foi criado um nó. - clique em outro local qualquer e arraste o cursor do mouse e veja que o primeiro ponto foi ligado ao segundo por meio de uma linha curva.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

78


É possível desenhar caminhos fechados, para isso é preciso dar um clique no primeiro ponto criado e você verá que a ferramenta criará uma linha ligando o primeiro nó a o ultimo nó criado no desenho.

Ferramenta FORMA Nada seria possível modelar se não houvesse maneira de dominar a forma. Se a ferramenta Bezier é a mais poderosa, a ferramenta Forma é a mais importante. Podemos dizer que uma foi feita para a outra, que uma é a continuação da outra e que sem a outra uma não poderia ser útil em absolutamente nada.

A ferramenta forma é a única que interage com a Bezier e com todas as outras ferramentas de desenho baseadas em vetores. Porque? Faça um desenho e em seguida clique na ferramenta forma e tente editar o desenho criado que você vai entender o que eu digo! Ela é a única que pode alterar a forma de um vetor, essa é a razão por ela se chamar de ferramenta forma. Mas antes de começarmos a usar a ferramenta forma, temos que entender mais sobre os nós e sobre as trajetórias de um desenho em curva. É possível mudar os nós de um objeto de curva para um desses quatro tipos:

• • • •

cúspide Suave Simétrico Linear

As alças de controle de cada tipo de nó funcionam de forma diferente. Os nós cúspides permitem criar transições aguçadas, como cantos e ângulos aguçados, em um objeto de curva. Você pode mover cada alça de controle em um nó cúspide de forma independente, alterando apenas a linha em um dos lados do nó.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

79


Alça de controle

Nó cúspide

Com nós suaves, as linhas que passam pelo nó se transformam em curvas, produzindo transições suaves entre os segmentos de linha. As alças de controle de um nó suave estão sempre diretamente opostas uma à outra, mas podem estar a distâncias diferentes do nó.

Nó suave

Os nós simétricos são semelhantes aos nós suaves. Eles criam uma transição suave entre segmentos de linha, mas também permitem dar a mesma aparência de curva às linhas em ambos os lados de um nó. As alças de controle de nós simétricos são diretamente opostas uma à outra e se encontram à mesma distância do nó.

Nó simétrico

Os nós de linha permitem modelar objetos de curva alterando a forma de seus segmentos. Você pode transformar um segmento curvo em reto ou vice-versa. Transformar um segmento reto em curvo não altera a aparência do segmento, mas exibe alças de controle que podem ser movidas para alterar a forma do segmento.

Nó linear

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

80


Para converter uma linha reta em linha curva faça o seguinte:

- Faça um desenho com a ferramenta Bezier

- Clique na ferramenta Forma

- Clique com o botão direito do mouse na linha do desenho feito com a ferramenta Bezier. E repare as opções que aparecem disponíveis no menu de contexto. Clique na opção Em curva.

Adiciona um novo nó

Converte a linha reta em uma linha curva curva Converte em cúspide Converte em suave Converte em simétrico

Prática A HORA DA VERDADE. Observe bem o desenho abaixo e tente responder:

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

81


a) quantos nós existem neste vetor? b) quais são os tipos de nós usados para criar este vetor? c) qual a quantidade mínima de nós necessária para criar este vetor? d) desenhe um quadrado, um circulo e triangulo. Agora transforme os três em um coração. Não esqueça de converte-los em curva!

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

82


CAPITULO 08 Construir uma ilustração pode ser fácil assim como também pode ser muito difícil, tudo vai depender de três fatores: - Conhecimento da ferramenta - Criatividade - Objetivo da ilustração Antes de abordamos os três temas acima vamos saber o que é uma ilustração. Uma ilustração pode ser uma paisagem que você criou ou vetorizou, pode ser um ambiente tridimensional ou mesmo uma peça ou produto. Mas em essência uma ilustração é a forma ou objetivo de construir um conjunto de imagens que serviram para exibição com a finalidade de anunciar, vender ou simplesmente ilustrar (mostrar). A ilustração pode ser uma imagem fictícia ou um projeto para se tornar realidade no futuro. Uma dica para se construir uma ilustração de sucesso é se perguntar o porque da criação dessa ou daquela ilustração, seja qual for o motivo, nunca esqueça de uma coisa, que ilustrar não é para qualquer um, mas para aqueles que tem inteligência e criatividade. Por isso não deixe ninguém dizer que ilustrar é perda de tempo.

Ilustrações NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Criando ilustrações sofisticadas

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

83


Conhecimento da ferramenta É HORA DE TESTAR OS SEUS CONHECIMENTOS. O conhecimento da ferramenta é um fator que representa 49% de toda a capacidade de criar uma ilustração, isso se não for maior. É o conhecimento que vai decidir qual ferramenta será usada para criar um efeito visual para sofisticar a ilustração. Para obter conhecimento técnico é preciso muito estudo e dedicação, é por esse motivo que coloquei um pequeno teste neste capítulo, para avaliar seus conhecimentos adquiridos no CorelDRAW X3.

TESTE TESTE OS SEUS CONHECIMENTOS O teste a seguir não lhe reprovará no curso, muito pelo contrário, ele lhe mostrará o que você precisa estudar mais, treinar mais para se aperfeiçoar. Boa Sorte! 1ª – Quantas ferramentas existem no CorelDRAW X3?

2ª – Quantas ferramentas permitem criar vetores?

3ª – Quantas ferramentas permitem editar vetores?

4ª – Quantas ferramentas permitem dar efeitos a vetores?

5ª – Quantas ferramentas permitem pintar e colorir vetores?

Lembre-se o intuito deste teste é avaliar o quanto você conhece o Programa gráfico que você usa para criar suas ilustrações.

CRIATIVIDADE NÃO É SÓ OS POETAS, FILÓSOFOS QUE PRECISAM DE INSPIRAÇÃO. A criatividade corresponde aos outros 49% da capacidade de criar uma ilustração. É a criatividade quem vai dizer como será a arte gráfica. Se a

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

84


criatividade não der as coordenadas conhecer as ferramentas será em vão. Entende? Então, vamos definir o que é a criatividade. Você sabe? A criatividade pode ser traduzida como; criação em atividade mental. Mas, como desenvolver a criatividade? Você costuma sentir tristeza, raiva ou alegria com freqüência? NÃO! Amenos que algo provoque estas emoções! Com a criatividade é a mesma coisa. Para senti-la é preciso alimentá-la, incentivá-la para que ela cresça e se desenvolva. Então o meu conselho é este. Faça aquilo que desperta criatividade em você!

TESTE TESTE OS SEUS CONHECIMENTOS O teste a seguir não lhe reprovará no curso, muito pelo contrário, ele lhe mostrará o que você precisa estudar mais, treinar mais para se aperfeiçoar. Boa Sorte! 1ª – Que tipo de ilustração você faria com esta imagem?

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

85


FOTO, MELQUIZEDEQ UE BARROS (PAI)

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

86


OBJETIVO DA ILUSTRAÇÃO CONHECIMENTO DA FERRAMENTA + CRIATIVIDADE = MAMÃO COM AÇUCAR. O objetivo da ilustração é só o que vai incentivar a criatividade e colocar em prática o conhecimento das ferramentas por isso ele representa 2%. A razão do objetivo da ilustração representar tão pouco é que não se precisa ter motivo para ilustrar, até quando você não tiver o que fazer vai querer ilustrar alguma arte só pelo prazer de criar e desenhar. Mas neste terceiro tópico eu preparei uma surpresa para você! Um tutorial ensinado passo-a-passo a arte de vetorizar. A seguir eu criei uma lista muito útil que pode lhe servir na hora de querer criar uma ilustração. A sua ilustração pode servir para: - Banners - Anúncios - Comerciais - Panfletos - Outdoors - Faixas - Canalizações

VETORIZAÇÃO A ARTE DE CONVERTER TUDO EM VETOR Vetorizar nada mais é que converter ou transformar uma imagem digital (bitmap) em uma imagem vetorial. A vantagem dessa conversão é poder editar totalmente o vetor de acordo com uma necessidade. Hoje em dia os softwares gráficos convertem imagens digitais em imagens vetoriais num piscar de olhos, mas nem sempre o resultado é satisfatório. O fato de poder converter manualmente é a idéia de ter controle total sobre cada etapa da vetorização de vai do contorno até a pintura. Mostrarei duas formas de vetorizar a mesma imagem, uma automática pelo próprio CorelDRAW e a outra manualmente. VETORIZAÇÃO AUTOMÁTICA - Importe uma imagem bitmap para o CorelDRAW (Ctrl+I) - Depois de importada, selecione a imagem e clique no botão rastrear bitmap na barra de propriedades.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

87


- Observe que há sete opções de rastreio de imagens bitmap clique em linha artística.

imagem bitmap original antes da vetorização

imagem bitmap após a vetorização

Observe que o único ponto fraco da vetorização automática pelo CorelDRAW X3 é quanto ao efeito de gradiente. Repare no display do celular vetorizado.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

88


VETORIZAÇÃO MANUAL A técnica usada para vetorizar manualmente é chamada de seguindo a linha, ela consiste em contornar cada parte da imagem com uma ferramenta de desenho vetorial. Abaixo esta uma imagem vetorial que foi contornada com a ferramenta Bezier.

imagem vetorial, contorno de uma imagem bitmap.

TUTORIAL DE VETORIZAÇÃO TODOS OS SEGREDOS DESTA MÁGICA SERÃO REVELADOS NESTE TUTORIAL Pra começar escolha uma imagem fácil e na medida que você praticando e desenvolvendo habilidade vá escolhendo imagens mais difíceis e complexas. Neste tutorial iremos vetorizar a logomarca da NIKE. Passo 1 – vetorização

- importe a logomarca da nike para o CorelDRAW X3 - escolha uma ferramenta de desenho, recomendo-lhe que use a ferramenta Bezier. - escolha um ponto para começar, de um clique e tente contornar a imagem como mostra a figura abaixo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

89


Passo 2 – Ajuste das curvas

- Após contornar toda a imagem é hora de ajustar o contorno que nós criamos. - Use a ferramenta forma para converter as linha retas em linhas curvas.

Passo 3 – Pintura do vetor

- Ao final exclua a imagem bitmap. - Selecione a imagem vetorial e use os recursos gráficos que você desejar para pintar e colorir.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

90


Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

91


Neste capitulo aprenderemos a usar as ferramentas de preenchimento. Essas ferramentas são responsáveis por grande parte do resultado satisfatório no visual de toda arte gráfica desenvolvida no CorelDRAW. Porque um desenho não seria nada se não houvesse cores para defini-lo como tal.

CAPITULO 09

Pintura de Vetores NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Ferramentas de Preenchimento

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

92


FERRAMETAS DE PREENCHIMENTO OS EFEITOS GRÁFICOS MAIS SURPREENDENTES ESTÃO AQUI. Começaremos agora a abordar o resultado de cada ferramenta de preenchimento, algumas são bem extensas e por esse motivo só falaremos do tipo de efeito que ela proporciona, você poderá testar e aplicar cada efeito como bem entender, fica a seu critério.

CAIXA DE DIÁLOGO COR DE PREENCHIMENTO Este tipo de preenchimento é muito utilizado quando o designer precisar uma cor e esta cor não está presente em nenhuma paleta de cor. Isso é muito comum acontecer, então não se espante, pois é possível gerarmos nossas próprias cores uniformes. Para aplicar um preenchimento uniforme faça o seguinte:

- clique no menu desdobrável da ferramenta preenchimento e em seguida clique na ferramenta caixa de diálogo cor de preenchimento. - aparecerá a janela abaixo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

93


- Na guia Modelos escolha o modo de cor no campo Modelo clicando na setinha que aponta para baixo (drop-down), você pode escolher entre os diversos modos de cores como RGB e CMYK. - Na barra lateral que parece um arco-íris de cores clique no ponto deslizante e arraste-o até a cor desejada, no quadro à esquerda escolha a tonalidade que precisa para colorir. - Agora é só clicar no botão OK.

CAIXA DE DIÁLOGO PREENCHIMENTO GRADIENTE O preenchimento gradiente é o mais conhecido e o mais usado por todos os designers. Em essência um gradiente é um efeito de fusão de duas ou mais cores de forma gradativa e suave ou não onde as cores se misturam. O preenchimento gradiente é uma progressão suave de duas ou mais cores que adiciona profundidade a um objeto. Existem quatro tipos de preenchimentos gradientes: linear, radial, cônico e quadrado. Um preenchimento gradiente linear flui em linha reta ao longo do objeto, um preenchimento gradiente cônico cria a ilusão de luz atingindo um cone, um preenchimento gradiente radial se irradia a partir do centro do objeto e um preenchimento gradiente quadrado é dispersado em quadrados concêntricos a partir do centro do objeto. É possível aplicar preenchimentos gradientes predefinidos, preenchimentos gradientes de duas cores e preenchimentos gradientes personalizados aos objetos. Os preenchimentos gradientes personalizados podem conter duas ou mais cores, que podem ser posicionadas em qualquer local da progressão do preenchimento. Após criar um preenchimento gradiente personalizado, você pode salvá-lo como predefinido. Para aplicar um preenchimento de gradiente faça o seguinte:

- Clique no menu desdobrável da ferramenta preenchimento e em seguida clique no botão da ferramenta caixa de preenchimento gradiente. - Aparecerá a janela abaixo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

94


- No campo Tipo escolha o modo de efeito gradiente que será usado. Existem quatro são eles: 1. 2. 3. 4.

Linear Radial Quadrado Cônico

- No campo mistura de cores é possível escolher as duas cores que se fundirão para formar o gradiente. No botão De: é possível escolher a primeira cor e no botão para escolha a segunda cor. - O ponto médio é onde podemos intensificar mais uma tonalidade de cor do que outra é só clicar no ponto deslizante e arrasta-lo para um dos lados. - Ao terminar de configurar o seu efeito gradiente de um clique no botão OK. CAIXA DE DIÁLOGO PREENCHIMENTO DE PADRÃO Você pode preencher objetos com preenchimentos de padrão de duas cores, totalmente coloridos ou de bitmap. Um preenchimento de padrão de duas cores é composto somente das duas cores escolhidas. Um preenchimento de padrão totalmente colorido é um gráfico vetorial mais complexo que pode ser composto de linhas e preenchimentos. Um preenchimento de padrão de bitmap é uma imagem bitmap cuja complexidade é determinada pelo seu tamanho, resolução e profundidade de bits.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

95


Para aplicar um preenchimento de padrão faça o seguinte:

- Clique no menu desdobrável da ferramenta preenchimento e em seguida clique no botão da ferramenta caixa de preenchimento de Padrão. - Aparecerá a janela abaixo.

- Escolha uma das opções entre 2 cores, totalmente colorido e bitmap. - Ao lado no pequeno quadrado onde é possível visualizar o efeito escolhido de um clique e escolha um estilo para o preenchimento. - Escola uma cor para a opção frente clicando no botão. - Escolha outra com para a opção verso. - Agora clique no botão Ok e confira o resultado do efeito.

CAIXA DE DIÁLOGO PREENCHIMENTO DE TEXTURA Um preenchimento de textura é um preenchimento gerado aleatoriamente que pode ser utilizado para conferir aos objetos uma aparência natural. O CorelDRAW oferece texturas predefinidas e cada textura possui um conjunto de opções que você pode alterar. Você usa cores de qualquer modelo de cor ou paleta para personalizar preenchimentos de textura. Os preenchimentos de Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

96


textura só podem conter cores RGB, entretanto, outros modelos e paletas de cores podem ser usados como referência para seleção de cores. Para aplicar um preenchimento de textura faça o seguinte:

1. Selecione um objeto. 2. Abra o menu desdobrável Preenchimento e clique no botão Caixa de diálogo Preenchimento de textura. 3. Selecione uma biblioteca de texturas na caixa de listagem Biblioteca de texturas . 4. Escolha uma textura na lista Textura.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

97


Os bitmaps são excelentes para fotografias e pinturas digitais já que reproduzem bem as gradações de cor. Os bitmaps são dependentes da resolução, ou seja, Apresentam um número fixo de pixels. Ao mesmo tempo em que apresentam uma qualidade boa no seu tamanho real, podem ser exibidos de forma irregular ou perder qualidade de imagem quando são dimensionados, ou exibidos ou impressos em uma resolução superior à original.

CAPITULO 10

Imagens BITMAP NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Edição de imagens BITMAP

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

98


EDIÇÃO DE IMAGENS BITMAPS ELAS SÃO AS IMAGNES DIGITAIS. Quando você converte um gráfico vetorial em um bitmap, pode aplicar efeitos especiais do aplicativo CorelDRAW, que não estão disponíveis para gráficos vetoriais ou objetos. Quando se converte o gráfico vetorial, é possível selecionar o modo de cor do bitmap. Um modo de cor determina o número e o tipo de cores que compõem o bitmap, de forma que o tamanho do arquivo também é afetado. Ao converter um gráfico vetorial em um bitmap, você pode especificar configurações como simulação, suavização de serrilhado, impressão sobreposta de preto, transparência do fundo e perfil de cores. Converter gráficos vetoriais em bitmaps 1 Selecione um objeto. 2 Clique em Bitmaps > Converter em bitmap. 3 Escolha uma resolução na caixa de listagem Resolução. 4 Escolha um modo de cor na caixa de listagem Modo de cor. 5 Ative qualquer uma das seguintes caixas de seleção:

• Simulado — simula um número maior de cores do que as que estão disponíveis. Esta opção está disponível para imagens de 256 cores ou menos. • Impressão sobreposta de preto sempre — evita espaços entre objetos pretos e objetos subjacentes ao imprimir com impressão sobreposta de preto, sempre que esta for a cor superior • Aplicar perfil ICC — aplica os perfis do International Color Consortium para padronizar as cores entre dispositivos e espaços de cor • Suavização de serrilhado — suaviza as bordas do bitmap • Fundo transparente — torna o fundo do bitmap transparente Para importar um bitmap 1 Clique em Arquivo > Importar. 2 Escolha a pasta na qual o bitmap está armazenado. 3 Selecione o arquivo. Para vincular a imagem ao desenho, ative a caixa de seleção Vincular bitmap externamente. 4 Clique em Importar.

5 Clique onde desejar colocar o bitmap.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

99


Aplicar efeitos especiais a bitmaps É possível aplicar uma ampla variedade de efeitos especiais a bitmaps, como efeitos tridimensionais (3D) e artísticos. Para aplicar um efeito especial

1 Selecione um bitmap. 2 Clique em Bitmaps, escolha um tipo de efeito especial e clique em um efeito. 3 Ajuste as configurações do efeito especial. Ajustar cor e tom rapidamente no Lab de ajuste de imagem O Lab de ajuste de imagem permite corrigir a cor e o tom da maioria das fotos de forma rápida e fácil. É possível acessar o Lab de ajuste de imagem clicando em Bitmaps > Lab de ajuste de imagem. Ainda é possível fazer mais ajustes às imagens digitais. O menu Efeitos > Ajustar está repleto de recursos de ajustes e correção de cor para fotografias.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

100


O design para web consiste em construir e desenhar páginas para websites. O designer só terá que se preocupar com três coisas, a primeira é a interface de usuário, a segunda é a interface de navegação e a terceira é a funcionalidade do website. Interface de usuário A interface de usuário é o que vai permitir a compreensão e a comunicação entre usuário e website. É com a interface de usuário com quem o internauta faz o primeiro contato. Na interface de usuário estão inclusos o layout e o esquema de cores que compõem o site.

CAPITULO 11

Design para Web NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Criando um layout - Configurando o site - Exportando o site

Interface de navegação A interface de navegação é a maneira como o internauta vai navegar pelo website, por isso além de simples, legível e agradável ela tem que ser interativa assim como a interface de usuário. Funcionalidade A funcionalidade é a forma como o website funciona, se é que ele vai funcionar. Não adiante inserir imagens e gráficos de aspectos e características interativas se a sua funcionalidade não existe. Um exemplo de pouca funcionalidade são os ambientes e os gráficos 3d estáticos. O usuário sempre espera uma animação ou uma interatividade por mais simples que seja em ambientes 3d.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

101


Criando um LAYOUT PRINCIPIOS BÁSICSO PARA O DESIGN NA WEB. Criar um layout para um website pode ser tarefa difícil, cansativa e estressante principalmente se você nem sabe ao menos o que vai colocar no site. Abaixo segue uma lista de pergunta que você pode se fazer na hora de criar um layout. - Que tipo de website estou criando? - Que tipo de informações vão conter neste website? - Quais são essas informações? - Qual é o publico alvo que este website quer atingir? É de extrema importância que o layout tenha uma aparência e cores agradáveis para que o visitante não tenha pressa se sair e tenha vontade de voltar. Lembre-se de usar a paleta de core RGB do CorelDRAW X3. CRIE UM LAYOUT COMO O MOSTRADO NA IMAGEM ABAIXO www.minhaempresa.com.br

NOME da empresa LTDA home

suporte

serviços

bem vindo à minha EMPRESA a minha empresa é a melhor neste ramo, é por isso que somos líderes no mercado a mais de 50 anos.

conheça o que a minha empresa de tem de melhor para oferecer! - O MELHOR WEBSITE DA NET - OS MELHORES TÉCNICOS EM SUPORTE - AS MELHORES VANTAGENS NOS SERVIÇOS - A MELHOR ESTRUTURA QUE UMA EMPRESA PODE TER

empresa

- O MELHOR ATENDIMENTO PARA LHE OUVIR

contato

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

E se você não gostou pode mudar nossa maneira de trabalhar.

102


Para iniciarmos a criação do layout devemos primeiro configurar a página do arquivo. Faça o seguinte para configurar a página do arquivo:

- clique na ferramenta seleção e em seguida clique em uma área livre do CorelDRAW para tirar a seleção de qualquer objeto do arquivo. - altera o tipo de página de A4 para Página da web (760x420) Observe que ao lado esquerdo do layout criado existem cinco botões. Esses botões permitem a navegação pelo website. A página inicial (home) já está criada, resta agora criar as quatro páginas restante seguindo o mesmo padrão de layout. Para criar as demais páginas do website faça o seguinte:

- clique no menu Layout > Inserir Página... não esqueça de marcar a opção paisagem para conservar a página na horizontal

- depois de criada a página, altera o nome dela para o mesmo nome do botão seguinte suporte. - repita o processo mais três vezes para as páginas serviço, empresa e contato. - copie o layout da primeira página do arquivo e cole-o nas páginas que você acabou de criar, em seguida altere o conteúdo de cada página de acordo com o tipo de página.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

103


www.minhaempresa.com.br

NOME da empresa LTDA home

suporte

serviços

bem vindo à minha EMPRESA a minha empresa é a melhor neste ramo, é por isso que somos líderes no mercado a mais de 50 anos.

conheça o que a minha empresa de tem de melhor para oferecer! - O MELHOR WEBSITE DA NET - OS MELHORES TÉCNICOS EM SUPORTE - AS MELHORES VANTAGENS NOS SERVIÇOS - A MELHOR ESTRUTURA QUE UMA EMPRESA PODE TER

empresa

- O MELHOR ATENDIMENTO PARA LHE OUVIR

contato

Layout da página

E se você não gostou pode mudar nossa maneira de trabalhar.

Conteúdo da página

Tenha cuidado para não repetir o conteúdo da primeira página nas páginas demais, repita apenas a parte do layout que á os botões e a barra superior no topo do layout. Fique a vontade para escolher um esquema de cor para o layout deste website.

Configurando o WEBSITE DANDO FUNCIONALIDADE AOS BOTÕES DENAVEGAÇÃO. Nós podemos atribuir dois comportamentos aos botões, são: efeitos e ações. Para atribuir um efeito a um botão faça o seguinte:

- Selecione os elementos que compõem um botão do website.

home

- Clique no menu Efeitos > Efeitos de Ativação > Criar efeitos de ativação. - Aparecerá uma barra de ferramentas chamada Internet. Clique no botão editar efeito de ativação.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

104


- Observe que na guia onde havia as páginas agora há três botões: NORMAL, SOBRE e CLICADO. NORMAL é o estado do botão do website enquanto ele não sofrer nenhuma

ação. SOBRE é um estado em que o cursor do mouse passará em cima do botão,

neste estado sobre o botão pode mudar de cor, tamanho ou forma, tudo vai depender da necessidade do designer que está criando. CLICADO é o estado que o botão vai assumir quando o internauta clicar no

botão com o cursor do mouse. Então o nosso botão sofrerá três alterações: a primeira que é o estado normal, a segunda que é sobre e a terceira que clicado. Vamos lá! - Copie o botão da página normal e em seguida de um clique na página sobre e cole-lo. - Altere a cor do botão que você acabou de colar na página sobre. - Copie o botão da página sobre e em seguida de um clique na página clicado. - Cole o botão na página clicado e em seguida mude sua cor outra vez.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

105


- Quando terminar de colar o botão nas três páginas normal, sobre e clicado é hora de testar esse botão. Clique no botão visualizar efeitos de ativação que esta na barra de ferramentas internet. - Agora passe o cursor do mouse sobre o botão e depois de um clique para testá-lo. É preciso repetir este processo para os outros quatro botões restantes do website.

Exportando o WEBSITE FASE FINAL DA CRIAÇÃO DE WEBSITE. Para que o site funcione quando for exportado é necessário atribuir as ações aos botões que nós criamos. Para atribuir uma ação faça o seguinte:

- Clique no primeiro botão do site para selecioná-lo - Clique no botão endereço de internet que fica na barra de ferramentas internet e selecione a opção topo da pagina 1. Isso fará com que quando clicarmos no botão home este botão nos leve para a primeira página do website. - Repita este procedimento para todos os botões. Agora é hora de publicar o website, clique no menu arquivo > publicar na web > HTML.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

106


Agora é só dar um clique no botão OK para exportar o website. Depois de exportado é criado um arquivo do tipo html com o ícone do internet Explorer, de um duplo clique neste ícone para visualizar como ficou seu website. A técnica usada pelo CorelDRAW é a de fatiamento. Todas as fatias são colocadas dentro de uma pasta chamada de imagens.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

107


3d é a área da computação gráfica que cuida da geração de objetos em três dimensões exibidos em espaços bidimensionais, como a tela do micro. O pixel (ponto na tela) de duas dimensões tem três propriedades: posição, cor e brilho. O pixel 3d agrega um quarto atributo, a profundidade, que indica a localização do ponto num eixo Z, imaginário. Combinados os pontos 3d formam uma superfície de três dimensões, chamada textura, que dá a idéia de volume, e mostra o grau de transparência do objeto.

CAPITULO 12

3D NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Ferramentas Extrusão - Desenhando formas 3d - Ilustração 3d

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

108


FERRAMENTA EXTRUSÃO CRIANDO DESNHOS 3D AUTOMATICAMENTE. É possível fazer com que os objetos pareçam tridimensionais criando extrusões vetoriais. Você pode criar extrusões vetoriais projetando pontos a partir de um objeto e unindo-os para criar uma ilusão tridimensional. O CorelDRAW também permite a aplicação de extrusões vetoriais a um objeto de um grupo. Após criar uma extrusão, você pode copiar ou clonar seus atributos para um objeto selecionado. Clonar e copiar transfere os atributos de extrusão de um objeto com extrusão para outro. As configurações de extrusão clonadas, no entanto, não podem ser editadas independentemente do mestre. Preenchimentos com extrusão Você pode aplicar preenchimentos a toda uma extrusão vetorial ou às superfícies com extrusão de uma extrusão vetorial. É possível cobrir cada superfície individualmente com o preenchimento ou distribuir o preenchimento para que ele cubra o objeto inteiro como uma colcha, sem quebras no padrão ou na textura.

Iluminação Você pode aprimorar as extrusões vetoriais aplicando fontes de luz. É possível adicionar até três fontes de luz para projeção em direção ao objeto com extrusão, com intensidade variável. Quando não precisar mais de fontes de luz, você pode removê-las. Pontos de fuga É possível criar uma extrusão vetorial em que as linhas da extrusão convergem em um ponto de fuga. O ponto de fuga de uma extrusão vetorial pode ser copiado para outro objeto de modo que ambos os objetos pareçam rebaixados na direção do mesmo ponto. Para criar uma extrusão vetorial 1 Abra o menu desdobrável Ferramentas interativas e clique na ferramenta Extrusão interativa . 2 Escolha um tipo de extrusão na caixa de listagem Tipo de extrusão na barra de propriedades. 3 Selecione um objeto.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

109


4 Arraste as alças de seleção do objeto para definir a direção e a profundidade da extrusão.

Para alterar a forma de uma extrusão vetorial Para Girar uma extrusão

Alterar a direção de uma extrusão

Alterar a profundidade de uma extrusão

Arredondar os cantos de um retângulo ou quadrado com extrusão

Proceda da seguinte forma Selecione um objeto com extrusão. Clique no botão Rotação de extrusão na barra de propriedades. Arraste a extrusão na direção desejada. Usando a ferramenta Extrusão interativa , clique em uma extrusão. Clique no ponto de fuga e arraste para a direção desejada. Usando a ferramenta Extrusão interativa , clique em uma extrusão. Arraste o controle deslizante entre as alças de vetor interativas. Abra o menu desdobrável Editar forma e clique na ferramenta Forma . Arraste um nó do canto ao longo do contorno do retângulo ou quadrado.

DESENHANDO FORMAS 3D CRIANDO DESNHOS 3D MANUALMENTE. É possível criar desenho 3d com personalização, sofisticação profissionalismo de um designer de verdade. Minha dica é que você comece a se preocupar em fazer a forma plana do desenho como se estivesse vendo-a de perfil, de fronte ou do alto.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

110


Faça a seguinte forma plana abaixo

Este é um circulo combinado com outro circulo menor

Agora aplique o efeito de extrusão.

Este é o resultado da imagem anterior.

Ilustração 3D CRIANDO DESNHOS 3D MANUALMENTE. Um efeito usado e que pode ser gerado manualmente sem a necessidade de uma ferramenta é a perspectiva. A seguir iremos criar uma ilustração 3d sofisticada e fácil.

TUTORIAL CRIANDO DESNHOS.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

111


Passo 1 – o Ambiente

- Altera a posição da página para paisagem e crie um retângulo do tamanho da página - Diminua o tamanho do retângulo em 50%

- Duplique este retângulo duas vezes e deixe-o como mostrado na imagem abaixo

- Converta o retângulo superior e o inferior em curva. E usando a ferramenta forma deixe-os como a imagem abaixo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

112


- Observe que seu desenho já ganhou profundidade. Passo 2 – Os objetos

- Vamos cria uma janela, precisaremos das seguintes formas:

- Agora junte tudo como mostrado abaixo

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

113


- Agora é posicionar a janela no local certo.

- Vamos criar uma mesa. Faça uma elipse e em seguida duplique esta elipse organizando-as como mostrado abaixo.

- Faça oito retângulos e organize-os em pares. Cada par de retângulos formará uma perna da mesa. Os dois pares internos precisam ser menores que os dois pares externos para respeitar a perspectiva

- Selecione o retângulo direito de cada par e de uma inclinação a ele. Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

114


- Este é o resultado

Você pode aperfeiçoar sua ilustração como desejar. Mas lembre-se de sempre respeitar a perspectiva do ambiente 3d.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

115


Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

116


CAPITULO 13 No aplicativo CorelDRAW, é possível imprimir uma ou mais cópias do mesmo desenho. Você pode especificar o que irá imprimir e qual parte de um desenho devem ser impressas. Por exemplo, é possível imprimir objetos vetoriais, bitmaps, texto ou camadas que forem selecionados.

Impressão NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Preparando um documento para impressão - Configurando a impressão - Publicação de projetos gráficos

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

117


Preparando um documento para impressão impressão Antes de imprimir um desenho, você pode especificar as propriedades da impressora, inclusive tamanho do papel e opções do dispositivo. Para definir as propriedades da impressora 1 Clique em Arquivo ` Imprimir. 2 Clique na guia Geral. 3 Clique em Propriedades. 4 Defina as propriedades na caixa de diálogo. Para imprimir seu trabalho 1 Clique em Arquivo ` Imprimir. 2 Clique na guia Geral. 3 Escolha uma impressora na caixa de listagem Nome . 4 Digite um valor na caixa Número de cópias. Para agrupar as cópias, ative a caixa de seleção Agrupar. 5 Ative uma das seguintes opções: • Documento atual — imprime o desenho ativo • Página atual — imprime a página ativa • Páginas — imprime as páginas especificadas • Documentos — imprime os documentos especificados • Seleção — imprime os objetos que você selecionou É possível preparar um trabalho de impressão especificando o tamanho, posição e escala. A colocação em ladrilho de um trabalho de impressão imprime áreas de cada página em folhas de papel separadas que podem ser montadas como se fossem uma única folha. Por exemplo, coloque em ladrilho um trabalho de impressão que seja maior do que o papel da impressora. Se a orientação de um trabalho de impressão for diferente da orientação especificada nas propriedades da impressora, uma mensagem irá solicitar o ajuste da orientação do papel do dispositivo de impressão. Desative esse aviso para que a impressora possa ajustar a orientação do papel automaticamente.

Configurando a impressão Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

118


Para especificar o tamanho e a posição de um trabalho de impressão 1 Clique em Arquivo ` Imprimir. 2 Clique na guia Layout. 3 Ative uma das seguintes opções: • Como no documento — mantém o tamanho da imagem como está no documento • Ajustar à página — dimensiona e posiciona o trabalho de impressão para ajustá-lo à página impressa • Reposicionar imagens — permite reposicionar o trabalho de impressão escolhendo uma posição na caixa de listagem Visualizar trabalhos de impressão É possível visualizar um trabalho para mostrar como aparecerão, no papel, a posição e o tamanho do trabalho de impressão. Para uma visualização detalhada, aplique mais zoom a uma área. É possível visualizar a maneira como as separações de cores aparecerão quando impressas. Aumenta-se a velocidade da visualização de uma impressão ocultando-se os gráficos. Antes de imprimir um trabalho, é possível visualizar um resumo dos problemas de um trabalho de impressão para detectar possíveis problemas de impressão. Por exemplo, é possível examinar o trabalho de impressão atual procurando por erros de impressão, possíveis problemas de impressão e sugestões para resolver esses problemas. Para visualizar um trabalho de impressão •Clique e m Arquivo ` Visualização de impressão. Você pode visualizar rapidamente um trabalho de impressão na caixa de diálogo Imprimir clicando em Arquivo ` Imprimir e clique no botão Mini visualizar .

Para aumentar a página de visualização 1 Clique em Arquivo ` Visualização de impressão. 2 Clique em Exibir ` Zoom. 3 Ative a opção Porcentagem e digite um valor na caixa.

Publicação de projetos gráficos Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

119


Você pode usar o Assistente de preparação para bureau de serviços para orientá-lo durante o processo de envio de um arquivo para um bureau de serviços. O assistente simplifica processos como a criação de arquivos PostScript e PDF; reunindo as diferentes partes necessárias para a produção de uma imagem e copiando a imagem original, arquivos de imagem incorporados e fontes para um local definido pelo usuário. É possível imprimir um desenho para um arquivo, permitindo que o bureau de serviços envie o arquivo diretamente para o dispositivo de saída. Se não tiver certeza sobre as configurações a serem escolhidas, consulte o bureau de serviços. Você pode incluir uma folha de informações do trabalho com todas as configurações de pré-impressão especificadas. Para utilizar o assistente de preparação para bureau de serviços 1 Clique em Arquivo ` Preparar para bureau de serviços. 2 Ative uma das seguintes opções: • Reunir todos os arquivos associados a esse documento • Escolher um perfil fornecido por seu bureau de serviços As configurações do arquivo PDF para o bureau de serviços são idênticas às configurações do PDF para pré-impressão. Para criar um perfil de bureau de serviços, é necessário o utilitário Criador de perfis do bureau de serviços, do qual se pode fazer uma instalação personalizada com o CorelDRAW. Salvar documentos como arquivos PDF Um documento pode ser salvo como um arquivo PDF. Um arquivo PDF pode ser visualizado, compartilhado e impresso em qualquer plataforma, desde que os usuários possuam o Adobe Acrobat, Adobe® Reader® ou um leitor compatível com PDF instalado em seus computadores. Um arquivo PDF também pode ser carregado em uma intranet ou na Web. Também é possível exportar uma seleção ou um documento inteiro para um arquivo PDF. Quando você salva um documento como arquivo PDF, pode escolher entre diversos estilos de PDF predefinidos, que aplicam configurações específicas. Por exemplo, com o estilo PDF para a Web, a resolução das imagens no arquivo PDF será otimizada para a Web. Você pode também criar um novo estilo de PDF ou editar um estilo predefinido. As configurações de segurança de arquivos PDF não são salvas com os estilos de PDF. Para salvar um documento como um arquivo PDF. 1 Clique em Arquivo ` Publicar em PDF. 2 Na caixa de listagem Estilo PDF, escolha uma das seguintes opções: Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

120


• PDF para distribuição de documento — cria um arquivo PDF que pode ser impresso em uma impressora a laser ou de mesa e é adequado para distribuição de documentos em geral. Este estilo permite a compactação de imagens de bitmap JPEG e pode incluir marcadores e hyperlinks. • PDF para edição — cria um arquivo PDF de alta qualidade destinado a impressoras ou copiadoras digitais. Este estilo ativa a compactação LZW, incorpora fontes e inclui hyperlinks, marcadores e miniaturas. Ele exibe o arquivo PDF com todas as fontes, todas as imagens em alta resolução e hyperlinks, permitindo a edição posterior do arquivo. • PDF para pré-impressão — ativa a compactação de imagem de bitmap ZIP, incorpora fontes e preserva opções de cores exatas, melhor para impressão final de alta qualidade. Consulte o bureau de serviços para saber que configurações eles preferem. • PDF para a Web — cria arquivos PDF destinados à exibição on-line, para serem distribuídos por correio eletrônico ou publicados na Web. Este estilo ativa a compactação de imagem de bitmap JPEG, compacta textos e inclui hyperlinks. • PDF/X-1a — permite a compactação de imagem de bitmap ZIP, converte todos os objetos em CMYK e preserva opções de cores exatas. Este estilo contém as configurações básicas para a pré-impressão e é o formato padrão utilizado para distribuição de publicidade. • PDF/X-3 — este estilo é um super conjunto do PDF/X-1a. Permite tanto dados CMYK como não CMYK (como Lab ou Tons de cinza) no arquivo PDF. 3 Localize a pasta na qual deseja salvar o arquivo. 4 Digite um nome de arquivo na caixa Nome do arquivo.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

121


CAPITULO EXTRA

Projeto gráfico De Publicidade NESTE CAPÍTULO VOCÊ APRENDERÁ: - Planejamento - Processo - Arte Final

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

122


Projeto gráfico gráfico de Publicidade Este projeto gráfico tem como principal objetivo avaliar o que o aluno desenvolveu no decorrer do seu curso, colocando em prática tudo o que ele aprendeu com o software gráfico CorelDRAW X3.

Planejamento O planejamento consiste em coletar informações para o desenvolvimento do projeto gráfico. Essas informações vão de dados escritos até imagens. O planejamento é responsável pela elaboração de um roteiro ou procedimento para concluir o projeto, este procedimento deve ser seguido a risca, ao pé da letra. Por esse motivo deve ser bem elaborado para na hora do processo não existir erros na execução do projeto.

Processo O processo é a parte prática, é a parte da execução do planejamento, é no processo que você usará os dados coletados no planejamento para criar o projeto gráfico.

Arte final A arte final é o ultimo ajuste no projeto gráfico. É o fechamento do arquivo para impressão ou publicação. Pode ser também uma revisão para corrigir eventuais erros que tenham passado despercebidos.

Curso de design gráfico – módulo 1 – CorelDRAW X3

123

Apostila de coreldraw x3 autor, melquizedeque  

CorelDraw X3