Page 1

MINISTrOS DA SADC ABOrDAM eSTrATÉGIA De COMBATe À FOMe

ASSeMBLeIA NACIONAL APrOVA LeI DA VIDeOVIGILÂNCIA O secretário de Estado do Interior, Salvador Rodrigues, disse que este instrumento possibilitará manter com maior eficiência a manutenção da ordem e tranquilidade públicas. A proposta de lei estabelece o regime jurídico da autorização da instalação e utilização do sistema de vigilância com câmaras de vídeo para captação, gravação e tratamento de imagens. P.8

O Conselho de Ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) analisou nesta Terça-feira, em Dar es Salaam (Tanzânia), a implementação de políticas e a estratégia para combater a fome por via da industrialização. P.9

Director: José Kaliengue

www.opaís.co.ao e-mail: info@opaís.co.ao @Jornalopaís facebook/opaís.angola

O DIÁRIO DA NOVA ANGOLA Edição n.º 1565 Quarta-feira, 14/08/2019 Preço: 40 Kz

DR

ANGOLA CONTrATA BANCO MUNDIAL PArA PrIVATIzAr 195 eMPreSAS eCONOMIA. O Executivo contratou o

Banco Mundial (BM) como consultor estratégico para o processo de privatização de 195 empresas, 32 das quais estão classificadas como empresas de referência nacional. P.18

Alunos do internato do Soyo pagam ‘Não se alarga a base tributária em tempo de crise’ 18 mil Kz para despesas mensais

Show emprestado ao Belenenses de Portugal

● Professor de Macroeconomia, Yuri

● O internacional angolano,

Quixina afirma que o aumento de impostos em tempo de crise acentua as dificuldades das famílias e das empresas. Nesta edição do Economia Real, o economista defende ainda a privatização total das empresas a investidores externos. P.19

● Desde 2016 até Abril do corrente ano que os alunos do Instituto Médio Politécnico do Soyo, na província do Zaire, participavam com um valor de 10 mil Kwanzas por mês, ao que lhes foi acrescentado mais oito mil. Segundo o director daquela instituição estatal, Alfredo Adelino, o valor, que considera simbólico, serve para pagar algumas despesas, como de água, luz, alimentação, roupa de cama e limpeza. P. 10

e AINDA NO CArTAz: Projecto “Peça do Mês” dá maior dinamismo ao Museu Nacional de Antropologia

Faculdade de Letras da UAN presta tributo à professora Amélia Mingas

Finalistas do “Top dos Mais Queridos 2019” conhecidos hoje

formado no 1º de Agosto, assinou contrato de cinco anos com o Lille de França, mas nesta temporada foi emprestado ao Belenenses de Portugal, com a promessa de regressar no final da época. P. 26


eM FOCO

2

O PAÍS Quarta-feira, 14 de A gosto de 2019

Parceiros de África formalizam compromissos para resolução da segurança alimentar e nutricional em parceria com a União Africana, líderes de quatro agências multilaterais, o Banco Africano de Desenvolvimento, a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (IFAD) e o Banco Mundial, convocaram uma reunião de alto nível a 5 e 6 de Agosto em Kigali, Rwanda, com parceiros de desenvolvimento no primeiro Diálogo de Líderes para a Segurança Alimentar de África (AFSLD) DR

O

evento centrou-se em formas concretas destinadas a reforçar e acelerar o apoio aos programas de segurança alimentar em África e a ajudar a agricultura africana a adaptar-se às alterações climáticas através de um aumento das parcerias e da coordenação. O sector agrícola da África Subsahariana subiu mais rapidamente do que em qualquer outro lugar do mundo, tendo registado uma taxa de crescimento do PIB agrícola de 4,6% entre 2000 e 2018. Mas cerca de 20% da população de África (256 milhões de pessoas) depara-se com uma grave insegurança alimentar. A situação está a agravar-se por causa dos impactos negativos das alterações climáticas e dos conflitos. Eventos climáticos extremos, tais como

secas e cheias, tornaram-se mais frequentes e prolongados, levando à diminuição da capacidade produtiva da terra e à perda de capital natural. Para além disso, os agricultores enfrentam vários riscos climáticos significativos, sobretudo em sistemas de agricultura de sequeiro e de produção pecuária. O efeito líquido é que a produção de alimentos per capita está a baixar face a uma população em rápido crescimento, reduzindo a disponibilidade e a acessibilidade aos alimentos para uma parte significativa da população. O número de pessoas sub-alimentadas na maior parte das sub-regiões está a aumentar desde 2014 e, se esta tendência se mantiver, os ganhos conseguidos a tanto custo nos últimos anos, perder-se-ão. Com a presença de mais de 250 decisores de alto nível, incluindo

28 ministros de todo o continente, laureados com o Prémio Nobel, especialistas técnicos ilustres em África e representantes de alto nível de organizações internacionais, tais como a União Africana, as Comunidades Económicas Regionais (CER), agências das Nações Unidas, o Grupo Consultivo para a Investigação Agrícola Internacional (CGIAR), parceiros de desenvolvimento bilaterais e personalidades iminentes, o AFSLD terminou com um Comunicado Conjunto, instando os parceiros de desenvolvimento a reforçar os seus esforços de coordenação com vista a melhor apoiar os países a acelerarem o progresso para os seus objectivos colectivos de segurança alimentar e nutricional conforme previsto no Programa Integrado para o Desenvolvimento da Agricultura em África (CAADP).

Reconhecendo a urgência da situação, os parceiros do AFSLD concordam em intensificar a sua colaboração, incluindo o planeamento e programação conjuntos, co-financiamento e financiamento paralelo e actividades conjuntas de análise e aconselhamento para resolução das questões de segurança alimentar no contexto de alterações climáticas. Também decidiram comprometer apoio financeiro e técnico adequado à dimensão do desafio da segurança alimentar, utilizar o seu poder de convocação para alavancar financiamento destinado à adaptação dos sistemas agrícolas e alimentares de África às alterações climáticas e realizar revisões conjuntas regulares do portefólio para avaliar o progresso registado nas medidas de ordem técnica, institucional e política acordadas. A nível técnico, irão ajudar a adaptar a agricultura de África às alterações climáticas, a expandir o acesso dos agricultores a tecnologias inteligentes em termos de clima e a mercados formais de bens e produtos alimentares e apoiar investimentos na agro-indústria e criar sistemas alimentares eficazes que possam mitigar a fome e proporcionar um rendimento inclusivo e oportunidades de subsistência. A nível institucional, acordaram aprofundar a colaboração com a UA, as CER, os governos nacionais, o sector privado, organizações do sector privado e as comunidades científicas e do conhecimento para ajudar a harmonizar abordagens e produções, reduzir a duplicação e aumentar o impacto em escala. Por último, a nível de políticas, irão ajudar os países africanos a alinhar as suas políticas agrícolas nacionais com as metas de adaptação às alterações climá-

ticas e prestar-lhes-ão assistência no que toca a implementar políticas e programas inteligentes em matéria de clima para a segurança alimentar a nutricional. “Ao deslocar-se do ponto de produção até à mesa dos consumidores, há uma grande quantidade de alimentos que simplesmente se perdem. E acima de tudo, estamos a produzir menos do que somos capazes. Não podemos culpar apenas as mudanças dos padrões climáticos. Os agricultores africanos eram pobres antes de presenciarmos e reconhecermos as alterações climáticas como um factor. Portanto, há muitos problemas que precisamos de solucionar ao mesmo tempo, sem procurarmos uma desculpa num caso ou noutro. Não nos podemos dar ao luxo de continuar assim e este ponto é indiscutível. Melhorar o ambiente favorável à agricultura é algo que podemos controlar inteiramente. Aumentar a produtividade agrícola é essencial para erradicar a fome e a sub-nutrição. Mas não é na segurança alimentar que paramos. Queremos um continente que seja verdadeiramente próspero em todos os sentidos da palavra. A agricultura é sem dúvida a base da prosperidade de África. Esta é a maior ambição que temos de impor a nós próprios como desafio a alcançar. Devemo-lo às gerações vindouras”, disse o presidente do Rwanda, Paul Kagame. Por sua vez, a embaixadora Josefa Sacko, comissária da União Africana para a Economia Rural e Agricultura, disse que a organização a que pertence “acredita firmemente que as parcerias são importantes para se implementar a agenda CAADP com vista a alcançar as metas e objectivos de Malabo, incluindo a erradicação da fome até 2025”.


3

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

BM, IFAD e FAO ACreDITAM NO POTeNCIAL AFrICANO

“A

os nossos parceiros e acreditamos que podemos obter impactos que são muito superiores aos que as organizações individuais conseguem alcançar trabalhando separadamente”. Por seu lado, o presidente do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola, Gilbert Hougbo, atirou: “É essencial aumentar a coordenação porque há necessidade de tomar medidas a muitos níveis, desde a resolução das lacunas nas grandes infra-estruturas à transferência de conhecimentos, tecnologias e financiamento inovadores a nível de comunidade e até mesmo de família. O IFAD está comprometido em continuar a trabalhar com os seus parceiros no sentido de capacitar os pobres rurais e os mais

poiar os esforços na agricultura africana e adaptá-la às alterações climáticas irá exigir uma abordagem abrangente. Esta reunião tornou muito claro que temos de trabalhar em conjunto para aumentar o acesso à tecnologia dos agricultores, em especial das mulheres, com vista a facultar um melhor financiamento e a assegurar que a agricultura é parte da solução para as alterações climáticas. E temos de o fazer urgentemente”, disse o vice-presidente do Banco Mundial para a Região África, Hafez Ghanem, acrescentando que “esperamos aumentar a coordenação e a colaboração com AF_CI_Jornal_260x180mm.pdf

1

29/07/19

“Esperamos aumentar a coordenação e a colaboração com os nossos parceiros e acreditamos que podemos obter impactos que são muito superiores aos que as organizações individuais conseguem alcançar trabalhando separadamente”

vulneráveis e de assegurar que os pequenos proprietários agrícolas e os empreendedores na área agrícola possuem o capital, conhecimento e apoio de que precisam para ter êxito — e impulsionem uma maior segurança alimentar e desenvolvimento económico em simultâneo”. Já Maria Helena Semedo, a directora-geral adjunta da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), acredita que “políticas inteligentes terão de criar e suportar condições favoráveis aos investimentos em sistemas alimentares e agrícolas sustentáveis num clima em alteração. Existem imensas oportunidades para informar e apoiar políticas com conhecimento, evidências e as ferramentas necessárias. A FAO acredita que temos muito para oferecer, em colaboração com os nossos parceiros, para fazer avançar esta agenda em

África. Estamos determinados a dar as mãos aos nossos principais parceiros para oferecer os recursos técnicos e financeiros de que dispomos para uma parceria transformativa e impactante em questões relacionadas com a segurança alimentar num clima em fase de mudança”. “A própria existência de Diálogo de Líderes para a Segurança Alimentar em África mostra que a vontade, o desejo e o impulso para transformar a agricultura africana são fortes. O Banco Africano de Desenvolvimento continuará a trabalhar com os parceiros de desenvolvimento para responder aos desafios alimentares e nutricionais do continente”, disse o director para a Agricultura e Agro-indústrias do Banco Africano de Desenvolvimento, Martin Fregene.

15:20 PUB

S O Ç E PR ISO A I C E ESPÊS DE AGOST

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

NO M

DIA 31

E D N A R G TEIO SOR AL FIN AG TA - T E HABILI

ANHAR

G ESM OAS 1 VAI A 2 PES

PA R P E T O W Noites). A CHAotel 4 Estrelas (2 n

+ . Viagem Meia pensão

1 JMBOOXETRA150cZc K BAJA 0 0 0 . 2 0 0 RT Ã O K E R O EM CA

EM TODAS

ERO

AS LOJAS K

17 E 24 DIAS 3, 10, DE AGOSTO

SORTEIO SEMAHNAAL GAN

00ERKOZ 100C.A0 RTÃO K EM

Faz compras no Kero e habilita-te a ganhar um prémio fantástico! Recebes um cupão por cada compra de valor igual ou superior a 10.000AKZ Preenche os teus dados, coloca o cupão na tômbola Sorteio “8º Aniversário Kero” e já está! Pronto para ganhar um prémio fantástico! Boa Sorte VER REGULAMENTO DOS SORTEIOS EM LOJA.

APOIO


4

DeSTAQUeS eM FOCO. PÁG. 08 Assembleia Nacional aprova lei da videovigilância

o editorial SOCIeDADe. PÁG. 10 Alunos do internato do Soyo pagam 18 mil Kz para despesas mensais

CArTAz. PÁG. 14 Projecto “Peça do Mês” dá maior dinamismo ao Museu Nacional de Antropologia

eCONOMIA. PÁG. 18 ENSA,SA a

primeira empresa na Bolsa de Valores

O PAÍS Q uarta-feira, 14 d e A gosto d e 2 019

HOJe:

e tanto jovem sem o que fazer...

O

8 5,2

Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, em Luanda, necessita de pelo menos 600 nadadores-salvadores para vigiar as 54 praias da capital angolana. Até agora há apenas 162. Estamos em pleno Agosto, próximo já da abertura da época balnear, daqui a um mês. Ou seja, estamos outra vez prestes a ver pessoas a morrer no mar, nas praias, por falta de socorro. Terá este socorro de ser prestado apenas por bombeiros ou salvadores ligados ao Ministério do Interior? Talvez não. Talvez o Estado devesse aproveitar jovens desocupados, ou mesmo estudantes que se entregassem a esta tarefa aos fins-desemana, dando-lhes a devida formação, claro. É o que se faz noutras partes do mundo e, assim, além de salvar vidas em perigo, garantia-se ocupação temporária a vários jovens, no país inteiro.

os números do dia

Casos suspeitos de paralisia flácida aguda (poliomielite) foram registados de Janeiro a Julho do corrente ano, pelas autoridades sanitárias do CuanzaNorte

Milhões de euros são os lucros que o BIC Cabo Verde adquiriu no ano passado, segundo dados apresentados pela administração daquela unidade bancária aos seus clientes esta semana

200 400

Das mil vagas para professores disponíveis para o concurso público da Educação deste ano, em Malanje, serão destinadas a professores do ensino especial

Autocarros, que se encontravam estacionados no Porto do Lobito, na província de Benguela, começaram a ser distribuídos para as dezoito províncias do país para transporte público

o que foi dito MUNDO . PG. 22 Pompeo diz que tempo para agir contra o Irão está a acabar

As províncias do Moxico, Lunda-Sul e Lunda-Norte vão beneficiar, nos próximos tempos, de energia eléctrica a partir da barragem de Laúca” João Baptista Borges Ministro da Energia

Prosseguem contactos entre os dois países para a realização de um Fórum empresarial em Angola, a fim de permitir maior conhecimento do mercado nacional” Augusto da Silva Cunha Embaixador de Angola no Ghana

entendemos que este documento não deve ser banalizado, tendo em conta as orientações da entidade reguladora internacional no sentido de restringir o acesso aos passaportes diplomáticos e de serviço” José Bamoquina zau Secretário de Estado do Interior


O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

5 e assim... José Kaliengue Director

Atenção aos dedos

Hoje no online de O PAÍS leia a entrevista com o apresentador do Fala Angola, Salú Gonçalves, e encontre algumas respostas sobre o programa líder de audiências no país

S

www.opais.co.ao Goma (rDC) Profissionais de Saúde verificam a temperatura de um homem como parte da triagem de suspeitos de terem contraído o Ebola antes de entrar no Hospital Geral.(DR)

o que vai acontecer Futebol Os clubes do Gira-

bola Zap preparam a disputa da primeira jornada, prova que começa neste fim-desemana, segundo a Federação Angolana de Futebol (FAF). O 1º de Agosto, tetra campeão nacional, motivado com o resultado obtido na primeira mão das eliminatórias de acesso à Liga dos Campeões, regressou hoje aos trabalhos. O Petro de Luanda, que também venceu fora de casa, trabalha focado na conquista do Campeonato Nacional, uma vez que o título lhe foge há dez anos. Sem esquecer que o seu arqui-rival, o 1º de Agosto, continua a somar

economia A elevação do peso do turismo no Produto Interno Bruto (PIB), a formação de quadros dotados de valências técnicas para a prestação de serviço de qualidade, despertar o interesse dos consumidores nacionais para o usufruto dos recursos e belezas naturais do país perfilam entre os principais temas de abordagem do 1º Congresso sobre Hotelaria e Turismo que a capital do país acolhe de 26 a 29 de Setembro. A constatação faz parte das deliberações da primeira reunião da Comissão Preparatória do evento, realizada, Quinta-feira última, na sede da Associação dos Hotéis e Resorts de Angola (AHRA).

Teatro O grupo Amazonas

Teatro estreia a peça “Alembamento da Cantina”, no dia 18 deste mês, na Liga Africana, em Luanda. A peça narra, segundo o director do colectivo, Chance Elchadai, a história de uma jovem (personagem Cantina), que cheia de ambições, contraiu o alembamento com o cidadão maliano, de nome Mamadou, na busca de melhores condições de vida. No decorrer da convivência, aponta que Cantina começou a sentir dificuldades no relacionamento, por causa dos hábitos culturais distintos. Os amantes das artes cénicas aguardam a exibição com muita expectativa

encontro Prossegue, em Luanda, capital da República de Angola, o Fórum das Organizações da Sociedade Civil da SADC. O encontro realiza-se no âmbito da iniciativa Great Green Wall (GGWI), programa Pan-Africano que tem liderado acções da sustentabilidade na gestão das terras secas em África, para responder aos desafios do combate à degradação dos ecossistemas. O programa visa combater a pobreza e construir a resiliência para as alterações climatéricas, acesso aos serviços básicos da água, Saúde, Educação e segurança alimentar

egundo o ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, o processo de privatização de empresas deve ser um meio para alcançar níveis de competição e de eficiência adequadas na gestão empresarial em Angola e na economia. Tudo certo, teoricamente. E é como se deseja, aliás. Cá para mim, o Governo não tem alternativa, se quiser mesmo pôr a economia a mexer, mas sobretudo se quiser livrar de encargos “não produtivos”. Contudo, e nestas coisas em que quem vende está numa situação difícil, o normal será o Governo confrontar-se com regateios para que ofereça as joias a preço de nada, e os dedos também, daí que se deve convocar toda a inteligência e preparar planos B e C, para que o Estado não fique a perder, ainda que a Governação tenha um aparente ganho, temporário. Um pacote com quase duzentas empresas a privatizar é muito grande. Eé demasiado grande quando é apresentado com um prazo relativamente curto, mas sem uma estimativa de arrecadação financeira. Eu, pelo menos, ainda não ouvi nada sobre o montante a embolsar pelo Estado, espero ser o único. Por outro lado, nisto do risco de se ficar sem os dedos também, numa fase em que os ricos angolanos estão a ser desbaratados, muitos justamente, há ainda a preocupação sobre as mãos que tomarão posse das empresas, algumas com valor estratégico absoluto. Ficarão em mãos estrangeiras? Ficará o Estado com a acção de ouro ou voto de qualidade? Poderá o “Zé Povinho” adquirir acções? É que privatizar também deve pressupor democratizar a economia.

e também...

Basquetebol A Selecção Nacional prossegue a preparação, no Torneio que decorre na China, palco do Mundial que acontece de 31 de Agosto a 15 de Setembro próximo em oito cidades

Dia do Cardiologista brasileiro - 14 de Agosto Cardiologista é o profissional da especialidade médica que cuida do diagnóstico e do tratamento de doenças e disfunções relacionadas com o coração e a circulação sanguínea. O objectivo desta data também é consciencializar a população sobre os cuidados que precisam manter com a saúde para evitar problemas no coração. As pessoas com histórico de familiares que sofreram enfartes devem fazer check ups regulares com os seus cardiologistas para evitar “surpresa” desagradável. Para actuar como cardiologista, o profissional deve ter concluído o curso de medicina numa instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação e Ciência) e, posteriormente, fazer uma especialização na área de cardiologia.


6 Media Nova, S.A Presidente do Conselho de Administração Filipe Correia de Sá Administradores executivos Luís Gomes Paulo Kénia Camotim Propriedade : Socijornal Depósito Legal: Nº 244/2008 Contribuinte: 5417015059 Nº registo estatístico: 48058

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

NO TeMPO DO KAPArANDANDA

Director Geral de Publicações: José Kaliengue jose.kaliengue@opais.co.ao

OPAÍS

Director: José Kaliengue Sub-Director: Daniel Costa, daniel.costa@opais.co.ao Chefe de Redacção: Eugénio Mateus, eugenio.mateus@opais. co.ao Grande repórter: André Mussamo andre.mussamo@opais.co.ao Editorias : Política: Ireneu Mujoco ireneu.mujoco@opais.co.ao (Editor) Sociedade: Paulo Sérgio paulo.sergio@opais.co.ao (Editor) Romão Brandão romao.brandao@opais.co.ao (Sub-editor) Economia Luís Faria (Coordenador-Editor) luis.faria@opais.co.ao Desporto: Sebastião Félix sebastiao.felix@opais.co.ao (Editor) Mário Silva mario.silva@opais.co.ao (Sub-editor) Cartaz: Jorge Fernandes jorge.silva@medianova.co.ao (Sub-editor) Redacção: Norberto Sateco, Alberto Bambi, Augusto Nunes, Rila Berta, Miguel Kitari, Domingos Bento, Neusa Filipe, Afrodite Zumba, Milton Manaça, Antónia Gonçalo, Maria Teixeira, Iracelma Kaliengue, Patrícia Oliveira, Stela Cambamba, Zuleide de Carvalho (Benguela),Brenda Sambo, Maria Custódia, Kiameso Pedro e Adjelson Coimbra. Arte: Ladislau Bernardo (Coordenador) Valério Vunda (Coordenador adjunto)Lourenço Pascoal, Annette Fernandes, Nelson da Silva e Francisco da Silva. Fotografia: Carlos Moco (Editor), Daniel Miguel (Sub-editor), Pedro Nicodemos, Jacinto Figueiredo, Carlos Augusto, Virgílio Pinto, Lito Cahongolo (repórteres fotográficos), Rosa Gaspar e Yuri dos Santos (Assistentes de Departamento) Revisão: António Setas Agências: Angop, AFP, Reuters, Getty Images

Assistentes de Redacção: Antónia Correia, Rosa Gaspar, Inês Monteiro e Sílvia Henriques Impressão e acabamento: DAMER, S. A. Luanda Sul, Edifício Damer Distribuição: Media Nova Distribuição Tel: +244 943028039 Distribuidora@medianova.co.ao pontodevenda@medianova.co.ao Assinaturas: Juelson Paim Tel: +244 945 501 040 Bruno.Pedro@medianova.co.ao Online: Venâncio Rodrigues (Editor)Isabel Dalla e Ana Gomes Sítio Online: www.opais.co.ao Contactos: info@opais.co.ao Tel: 914 718 634 -222 003 268 Fax: 222 007 754 Sede: Condomínio ALPHA, Talatona- Luanda. Tel: 222 009 444 República de Angola

Comercial e Marketing: Senda Costa 922682440 Vladimir Teixeira email: comercial@medianova.co.ao Tiragem: 15 000 exemplares

14 de Agosto 1945 O marechal francês

Henri Petain foi condenado à morte por ter colaborado com as forças nazis invasoras (a sentença foi, posteriormente, comutada em prisão perpétua)

1992

14 de Agosto Morreu o juiz norteamericano John Sirica, aos 88 anos, um dos protagonistas do caso Watergate

2006

14 de Agosto Os jornalistas da Fox News, Steve Centanni e Olg Wiig, foram sequestrados na Faixa de Gaza (Palestina)

CArTA DO LeITOr

Triste conduta do agente DANIEL MIGUEL/ARQUIVO

Director do jornal O PAÍS, obrigado pelo espaço que me concede. Gosto muito do vosso título, embora não se agrade a gregos e a troianos. Foi com profunda preocupação que tomei conhecimento da morte de um cidadão, por um agente da Polícia Nacional, a tiro, no Bairro Palanca, em Luanda, nos últimos dias. Alega-se que, segundo a notícia que li e correu nas redes sociais, questões passionais estiveram na base. Para mim, é uma situação delicada, porque o agente acusado tem responsabilidades sociais acrescidas. Digo isto porque ele é um dos garantes da ordem e tranquilidade públicas onde quer que seja. O caso, ao provar-se ser passional, não quero ser psicólogo, mas o homem não devia fazer isso. A sociedade, tal como as relações humanas têm

regras, portanto não fica muito bem partir para a violência ou tirar a vida do outro por esta razão. As relações entre casais, quando as coisas não vão bem, há sinais evidentes, logo é preferível partir para outra. E mais, há, como se diz na brincadeira em Angola, mas é um facto que, à luz do censo populacional, há mais mulheres

do que rapazes. Umas mais educadas que as outras, mas, penso que cada um deve escolher melhor com quem quer ficar. A atitude do agente acusado mancha o bom nome da Polícia Nacional, uma vez que é um órgão com fins imaculados. Deste modo, espero que se apurem os factos e se pesarem sobre o agente, que seja

responsabilizado civil e criminalmente. Isto vai permitir regular a sociedade em muitos aspectos. Do Namibe, de onde vos escrevo, muitos jovens e agentes estão indignados com a atitude do cidadão em causa.

escreva para o Jornal OPAÍS através do e-mail info@opais.co.ao ou ligue para estes contactos Tel: 222 003 268 Fax: 222 007 754

Adérito Milonga Namibe


POLÍTICA

8

O PAÍS Quarta-feira,1 4d eA gostod e2 019

Assembleia Nacional aprova Lei da Videovigilância Os deputados da

Assembleia Nacional aprovaram, ontem, por unanimidade, a proposta de Lei da Videovigilância

a privacidade das pessoas, porquanto a captação há de limitarse apenas a imagens e sons na via pública . Destacou a questão da segurança pública como sendo fundamental para a tranquilidade dos cidadãos, o que passa pela adopção de medidas tecnológicas, de forma a dar resposta às técnicas modernas. Salvador Rodrigues acrescentou que a garantia dos direitos e liberdades fundamentais dos cidadãos só será materializada se estiverem reunidas as questões de segurança para o seu exercício. Em relação às imagens e sons captados, Salvador Rodrigues precisou que só serão levadas em consideração aquelas que tiverem indícios de práticas que contradizem a convivência e as normas legais.

Secretario do Estado do Interior, Salvador Rodrigues

Maria Custódia

O

diploma, submetido para o debate na especialidade, contou com 183 votos favoráveis, nenhum contra e nenhuma abstenção. Na ocasião, o secretário de Estado do Interior, Salvador Rodrigues, disse que este instrumento possibilitará manter com maior eficiência a ordem e tranquilidade pública. A proposta de lei que estabelece o regime jurídico da autorização da instalação e utilização do sistema de vigilância, com câmaras

de vídeo para captação, gravação e tratamento de vídeos, “vai permitir manter a segurança pública, a prevenção e o combate à criminalidade urbana violenta, o terrorismo, tráficos de órgãos de seres humanos, tráfico de droga e garantir a melhoria da circulação rodovi-

ária”, sublinhou Rodrigues, para quem os actuais níveis de criminalidade e as ameaças de acções terroristas em África impõem estes instrumentos. Aquela alta patente do Ministério do Interior esclareceu que a instalação de câmaras não visa invadir

Jovens protestam contra o gradualismo geográfico na Assembleia Nacional Um grupo de jovens afectos a movimentos cívicos manifestou-se

ontem de fronte da sede do Parlamento angolano contra a aprovação do pacote legislativo autárquico Maria Custódia

O

s mais de trinta jovens exibiam manuais de leis e solicitavam uma maior inclusão na implementação das autarquias locais, realizando-as em todos os municípios. O representante da organização “Plataforma Cazenga em Acção”, Cambolo Tchaca, precisou que o protesto teve por finalidade influenciar os representantes do

povo no Parlamento “a não votar a favor do gradualismo geográfico e de outras irregularidades” sobre o processo autárquico. A manifestação, apesar de ser descrita como sendo pacífica, foi “contida” pela Policia Nacional, não tendo sido registado qualquer incidente. “Sou munícipe do Cazenga, temos muitos problemas, desde a delinquência, falta de iluminação, drenagem e fome, não quero que o nosso município continue parado no tempo”, disse um dos manifes-

tantes que teme que o seu município venha a ser excluído devido ao gradualismo geográfico. O jovens manifestantes acreditam nas autarquias como um processo para o desenvolvimento de qualquer comunidade, mas quando se viola o direito do cidadão dentro da perspectiva de uma democracia participativa, contribuir torna-se “funesto”. “Houve saques, ninguém prestava contas e não queremos que isto volte a acontecer. Estamos a preparar o futuro do país e acredita-

“Lei de Videovigilância deve respeitar as liberdades e direitos dos cidadaos” Deputado do MPLA, Luís Domingos disse que o sistema de videovigilância em acção poderá ajudar a repor o sentimento de segurança dos cidadãos e de todos aqueles que escolherem este país pamos que tal plano passa pelas autarquias”, disse. Os manifestantes apelaram aos “senhores deputados e órgãos do poder Executivo para que façam alguma coisa para este povo que já sofreu demais”. De referir que a manifestação foi convocada pela Plataforma Cazenga em acção e vários activistas sociais do país. Antes desta manifestação, há algumas semanas, foram entregues várias cartas, com destaque para o Presidente da Repú-

ra viver. O uso deste sistema em muitos países do mundo reflecte a vantagem para a segurança das pessoas, disse o parlamentar. Já o deputado da UNITA Raúl Danda reconhece a importância e a pertinência da aprovação desta lei face às actuais ameaças de acções terroristas. Entretanto, o também vice-presidente do “Galo Negro” disse esperar na especialidade um debate mais profundo, no sentido se evitar que a implementação destas câmaras poder vir a lesar liberdades e direitos fundamentais dos cidadãos. “Espero que haja responsabilidade das pessoas que manuseiam este equipamento, que se abstenham de brincadeiras e façam coisas sérias”, alertou. O deputado da CASA-CE Makuta Nkondo entende que este sistema deve ser usado não só nas estradas, mas também contemplar os postes de transporte de energia, por causa da vandalização destes bens públicos. Por último, o lider do Partido de Renovação Social (PRS), Benedito Daniel, questionou a eficácia destes sistema, por haver muitos bairros suburbanos sem electricidade. “Se assim não acontecer poderão correr o risco, com este sistema, de expulsar os criminosos dos centros urbanos para os meios rurais”, rematou. blica, João Lourenço, líderes dos grupos parlamentares e ao presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, no sentido de reverem a questão do gradualismo geográfico, “mas não recebemos nenhuma resposta”, disseram. A Assembleia Nacional acabou de aprovar definitivamente, na sessão de ontem, o projecto da Lei Orgânica sobre o Funcionamento e Organização das Autarquias Locais, bem como sobre a Tutela Administrativa. JACINTO FIGUEIREDO


O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

9

Ministros da SADC abordam estratégia de combate à fome DR

O Conselho de Ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) analisou nesta Terça-feira, em Dar es Salaam (Tanzânia), a implementação de políticas e a estratégia para combater a fome por via da industrialização

A

reunião, que teve também como objectivo a preparação para a 39ª Cimeira dos Chefes de Estado da SADC, passou em revista a situação na RDC e no Zimbabwe e o desemprego da juventude nos países membros. A estratégia de industrialização da SADC, adoptada em Abril

de 2015, visa alcançar uma economia mais avançada e a transformação tecnológica a nível nacional e regional que permita acelerar o crescimento através do desenvolvimento industrial. O ministro da Economia e Planeamento, Manuel Neto da Costa, chefiou a delegação angolana ao encontro do Conselho de Ministros da SADC, integrada pela secretária de Estado pa-

ra o Orçamento e Investimento Público, Aia Eza Nacília Gomes da Silva. A 39ª Cimeira Ordinária dos

Tem como objectivo promover o crescimento e o desenvolvimento económico sustentável, combater a pobreza, aumentar a qualidade de vida dos povos da região, bem como prover auxílio aos mais desfavorecidos

Chefes de Estado e de Governo da SADC, que acontece de 17 a 18 do mês corrente, deverá ratificar e aprovar os documentos, resoluções e propostas analisadas e discutidas durante os encontros de peritos e no Conselho de Ministros. A organização é composta por Angola, África do Sul, Botswana, República Democrática do Congo (RDC), eSwatini (antiga Swazilândia), Lesotho, Madagáscar, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Seychelles, Tanzânia, Zâmbia, Zimbabwe e Comores, país localizado na África do Leste, admitido no órgão em Agosto de 2018, durante a 38ª Cimeira da SADC realizada na Namíbia, tornandose assim o 16º (décimo sexto) Estado Membro. Criada a 17 de Agosto de 1992,

em Windhoek, a SADC é uma organização inter-governamental dedicada à cooperação e integração sócio-económica, bem como à cooperação em matérias de política, defesa e segurança dos países da região Austral. Tem como objectivo promover o crescimento e o desenvolvimento económico sustentável, combater a pobreza, aumentar a qualidade de vida dos povos da região, bem como prover auxílio aos mais desfavorecidos. A Tanzânia vai assumir a presidência rotativa do organismo regional por um período de um ano, pelo que o Presidente, John Magufuli, que ocupa presentemente a vice-presidência da SADC, ascenderá à liderança, em substituição do seu homólogo da Namíbia, Hage Geingob.


SOCIeDADe

10

O PAÍS Quarta-feira, 14 de A gosto de 2019

Alunos do internato do Soy 18 mil Kz para despesas m Desde 2016 até Abril

do corrente ano que os alunos do Instituto Médio Politécnico do Soyo, na província do Zaire, participavam com um valor de 10 mil Kwanzas por mês, ao que lhes foi acrescentado mais oito mil. Segundo o director daquela instituição estatal, Alfredo Adelino, o valor, que considera simbólico, serve para pagar algumas despesas, como a água, luz, alimentação, roupa de cama e limpeza

entrevista de Maria Teixeira enviada ao Soyo fotos de Virgílio Pinto

O

Instituto Médio Politécnico do Soyo, na província do Zaire, atende cerca de 1.025 alunos, destes, 237 são do sexo feminino, e 126 internos. Dos 126 internos, 26 são meninas e o restante são rapazes, provenientes de várias províncias do país. “Acontece que dentro da conjuntura em que nos encontramos, temos tido dificuldades em disponibilizar o que o aluno tem de en-

contrar no internato, como água, luz, alimentação, roupa de cama e limpeza. Tudo isso são custos que tentamos minimizar com uma comparticipação que de 2016 a Abril deste ano era de 10 mil Kz”, contou. Desde Agosto do corrente ano que conversaram com os encarregados de educação e aumentaram mais oito mil Kwanzas ao valor inicial cobrado para as despesas. Alfredo Adelino salientou que o que o aluno encontra no internato é uma bênção, porque é apenas uma ajudinha que seus encarregados têm dado, para o bem dos seus educandos. Ainda assim, o responsável con-

Gostaríamos que o Ministério dos Petróleos e a Sonangol nos apoiassem. Nós estamos a formar técnicos para as indústrias petrolíferas

sidera ser um valor baixo, mas que ajuda, e que não pode ser considerado como uma propina e sim uma comparticipação. Aos 14 anos já podem entrar no instituto Quanto ao ingresso na instituição, Alfredo Adelino explicou que o aluno não paga nada, apenas deve solicitar uma vaga, principalmente os que vêm doutras províncias. Se tiverem a possibilidade de o colocar, esse aluno entra. Segundo a cronologia da instituição, os alunos entram com 14 ou 15 anos e com 21 anos terminam. Só pode ser interno a partir dos 14 anos. “Neste ano recebemos me-

ninos com 14 anos que parece terem 12 e a sua adaptação no princípio foi difícil, porque é a primeira vez que abandonam os lares dos pais e, também, porque encontraram os “veteranos”, então isso assusta-os, mas são situações que conseguem ultrapassar”, disse. Para Alfredo Adelino, o aluno do internato é um estudante com muita pressão e a ausência que sente dos pais, bem como a falta de diversão, que muitas vezes não tem, fazem com que o mesmo seja um pouco rebelde. “Aquilo que ele não tem aqui dentro procura lá fora, então há sempre esses problemas de tentar fugir da instituição. Nós temos


O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

yo pagam mensais Alfredo Adelino, director do Instituto Politécnico do Soyo,

Helena Vavela, de 17 anos, aluna do 2º ano do curso de Electrónica, Automação e Instrumentação,

esse problema, porque quando se criou a escola não se levou muito em consideração a parte de segurança, a pensar que seria como numa escola para adultos e não haveria problemas de fuga”, contou. Alunos criam condições para fugirem do internato De acordo com o responsável, a vedação é de arame, que ao ser empurrado, desmorona. Então, os alunos vão criando furos que facilitam a fuga. “A nossa guerra é esta de poder colocar alvenaria, mas os valores que estão a pedir são muito altos. Já pedimos apoio aos encarrega-

Manuel Komba de 17 anos de idade, do curso de Perfuração e Produção Petrolífera

11

dos de educação, mas também a conjuntura do país não é boa. Mas estamos a lutar juntos com os pais para ver se ainda este ano alcançamos essa meta”, disse. Quanto ao consumo excessivo de álcool, explicou que as crianças têm sempre um jeito de driblar tudo o que se cria em matéria de segurança para poderem levar algo para o interior da instituição. Por essa razão, não consegue afirmar se consomem ou não dentro da instituição, porque dificilmente se registam casos do gênero, mas um ou outro problema de que tomam conhecimento e impõem medidas sérias. Um internato com 24 quartos só para os rapazes O internato do Instituto Médio Politécnico do Soyo possui 24 quartos só para rapazes, cada com quatro camas e um quarto de “infantário”, onde são colocados os mais novos, que tem 10 camas. Igualmente seis quartos para as meninas, com cinco camas. O instituto possui ainda 23 salas contando com as oficinas e laboratórios, das quais 14 são de aulas. Uma biblioteca apenas razoável por falta de livros das áreas de formação e não só. “Gostaríamos que o Ministério dos Petróleos e a Sonangol nos apoiassem. Nós estamos a formar técnicos para as indústrias petrolíferas, mas nunca vimos esse apoio da própria Sonangol, estamos a formar quadros nesta área e nunca fomos tidos nem achados. Temos tido apoio de algumas empresas petrolíferas que estão aqui no Soyo”, esclareceu. Contou ainda que, apesar de pouco apoio, algumas empresas têm-lhes proporcionado visitas constantes a fim de os os alunos interagirem e mostrarem o que aprendem sobre o processamento de gás. Entretanto, 86 alunos do curso de Produção Petrolífera tiveram um estágio, com todo o equipamento de segurança e até fizeram um seguro pessoal contra acidentes em todas as condições graças a SOMOIL, que tinha assinado um contrato com a instituição. “Infelizmente este ano estamos a tentar ver se um grupo entra também, mas ainda não tivemos feedback por parte dessa instituição, por isso gostariamos que Ministério dos Petróleos e Minas e a própria Sonangol nos olhassem como vêem o Instituto do Sumbe. Nós também somos uma escola que forma técnicos na área das indústrias extrativas”, apelou.

“Não é fácil viver num internato, mas acostumamo-nos” Helena Vavela, proveniente da provincia de Cabinda, de 17 anos, aluna do 2º ano do curso de Electrónica, Automação e Instrumentação, disse que não é fácil viver no internato, mas com o tempo acostumou-se. A jovem estudante conta que entrou aos 15 anos no internato e teve muitas dificuldades de adaptação, porque era a primeira vez que deixava a família para estudar, e ainda mais estudante numa outra província, por essa razão ainda sente saudades. Apesar de estar a estudar, salientou que nunca foi seu sonho fazer esse curso. “Eu fui obrigada pelos meus pais a fazer este curso, mas aos poucos vou gostando do que vejo. O meu sonho foi sempre fazer Comunicação Social e ser jornalista. A estudante garantiu que tem sido boa a relação de alunos com professores e outros dirigentes têm mostrado preocupação com os estudantes internos, uma vez que muitos pais vivem distante e os filhos sentem-se abandonados. Por sua vez, o estudante Manuel Komba, de 17 anos de idade, do curso de Perfuração e Produção Petrolífera, ao contrário da sua colega, disse ser o curso dos seus sonhos, porque desde pequeno teve vocação para as engenharias e teve sempre a tendência de pesquisar cursos relacionados. Conta que a família nunca o influenciou na escolha do curso e depois de terminar o médio, no próximo ano, dará continuidade do mesmo curso numa universidade, para aprofundar mais os conhecimentos e ganhar experiência para poder transmitir e ajudar no desenvolvimento do país. “Aqui temos tido a oportunidade de entrar em laboratórios e observar as máquinas e projecções que nos mostram como correm os trabalhos dentro e fora do mar, mas temos tido poucas aulas práticas e isso pode criar algumas dificuldades”, disse.


12

SOCIeDADe

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

Autoridade sanitária de Malanje reforça prevenção contra ébola em Massango DR

Cidade de Malanje, no município sede (com o mesmo nome)

No âmbito do alerta de emergência feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS), uma equipa de especialistas da Saúde deslocou-se ao posto fronteriço de Ngola Paz, na comuna de Kingenge, município de Massango, para reforçar os mecanismos de prevenção do vírus Ébola no território angolano

Miguel José em Malanje

N

o local foi entregue o equipamento de biossegurança e meios de rastreio para a triagem do vírus Ébola, num exercício que estender-se-á a outros postos ao longo da fronteira com a República Democrática do Congo (RDC), segundo a chefe do departamento da Saúde Pública, Yolanda Mota.

Com isso, a autoridade sanitária da província de Malanje procura reforçar as medidas de segurança para a prevenção do Ébola e outras endemias, no sentido de evitar que essa epidemia, que assola a vizinha RDC, se propague para o território angolano através das regiões limítrofes de Massango e Marimba. “Os técnicos foram capacitados por duas sessões a nível da província e estão orientados a fazer réplicas, principalmente para os dois

municípios fronteiriços”, afirmou a responsável. Porém, garantiu que, basicamente, em termos de formação e preparação logística, está tudo bem avançado, restando apenas o reforço das acções de sensibilização junto das populações e intensificação da vigilância epidemiológica. Campanhas de prevenção Tendo em atenção o fluxo de circulação de pessoas na divisão geográfica entre a Angola e Congo

Democrático, o administrador do município de Massango, Luís João José, afirmou que, com a entrega do equipamento de biossegurança e meios de rastreio, a sua administração vai melhorar o trabalho de prevenção, aprofundar aspectos de interacção com os munícipes e, fundamentalmente, a formação dos agentes zeladores sobre a prevenção da epidemia. Para tal, exortou ao envolvimento de todos os actores sociais da sua circunscrição administrativa, principalmente as autoridades tradicionais, os líderes comunitários e as forças da ordem, com a missão de, junto das populações, procederem a campanhas de sensibilização como prevenção da epidemia que grassa no território vizinho. Por sua vez, o chefe das operações da unidade fronteiriça de Ngola Paz, Bernardo André Massango, disse que com o material entregue, vai garantir a vigilância de qualquer suspeita do vírus Ébola e doravante serão realizadas sessões de mobilização das populações. De igual modo, referiu que a sua Unidade de Guarda Fronteira (UGF) vai redobrar a vigilância das movimentações diárias, de entradas e saídas das pessoas que ao longo do seu posto fronteiriço circulam nos dois sentidos. Enquanto isso, o director municipal da Saúde, Adão Ngola Muta, declarou que o município não tem registado nenhum caso de ébola, porquanto debate-se apenas com outras enfermidades, lideradas pela malária, traumatismos resultantes de acidentes de trabalho no campo e doenças respiratórias agudas. O município de Massango está situado no Norte da província de Malanje, dista 252 quilómetros da capital, tem 7 899 km² de superfície e cerca de 41 mil habitantes. É limitado a Norte pela província do Uíje, a Este pela RDC, a Sul pelos municípios de Marimba e Kalandula, e a Oeste pela comuna de Kuale. É constituído pelas comunas de Massango, Kihuhu e Kingenge. Até 1975 a vila designava-se Forte República.

A sul-africana e a cocaína

Cidadã detida por tráfico de Cocaína

U

ma cidadã de nacionalidade sul-africana foi detida no Aeroporto Internacional, em Luanda, acusada de estar envolvida no tráfico de cocaína, segundo a Polícia Nacional (PN). Na posse da acusada terá sido encontrada uma quantidade de 3,8 kilos de cocaína colocada em três embalagens em forma de cinta. Segundo a PN, a detenção ocorreu quando a cidadã desembarcou em Luanda do voo DT-748 proveniente do Estado de São Paulo, no Brasil. Tentou dissimuladamente colocar as três embalagens em forma de cinta, o que terá despertado a atenção dos agentes em serviço. A suposta infractora já se encontra a contas com a Justiça para os devidos procedimentos legais. Importa referir que a Direcção Nacional de Combate ao Narcotráfico deteve, só no primeiro semestre deste ano, 38 pessoas acusadas de envolvimento no tráfico e consumo de cocaína e outras 23 por crack. Nas detecções de cocaína, a maioria apanhada em flagrante delito, estão 36 homens e três mulheres e no que diz respeito ao crack encontram-se a contas com a justiça 23 cidadãos nacionais, todos eles do sexo masculino. A maior parte da droga apreendida no país é proveniente da República Federativa do Brasil, com destino muitas vezes para a Namíbia e a África do Sul.


CArTAz seu suplemento diário de lazer e cultura

Projecto “Peça do Mês” dá maior dinamismo ao Museu Nacional de Antropologia O projecto a “Peça do Mês”, que assinala o 3º ano consecutivo de exposição, tem vindo a dar um maior dinamismo ao Museu Nacional de Antropologia, no que se refere a visitas e diversidade do conteúdo antropológico, em Luanda

Actualmente no país, entre os povos que ainda trajam o modo tradicional, as vestes repartemse por dois tipos principalmente: vestes usuais e de hierarquia, tendo em conta os diferentes grupos etno-linguísticos.

DR

Pesquisas No que diz respeito à peça em exposição, de acordo com o Departamento de Investigação Cientifica do museu, os povos da África Tropical, diferente de outras regiões, só mais tarde preocuparam-se com o vestuário e, na sua época, no interior de Angola, observa-se ainda a existência de grupos humanos em estado praticamente de nudez, verificando-se, nestes primórdios, a existência de vestes de pudor, como as pequeníssimas tangas, os tampiços ou “cache-sexe”. Por motivos de ambiente e matéria-prima, uma distinção rigorosa entre os tipos de vestes era particularmente observável de um grupo para outro, de acordo com os seus sistemas económicos de vida, como os de plantadores, caçadores e criadores. Segundo consta, para o vestuário, contribuíram em grande escala os tecidos de fibra de palmeira e de algodão de manufactura nativa. Também outros artigos e produtos foram empregues nos vestuários, tais como liberes ou entrecascas de árvores preparadas e pele de animais. A entrecasca ou tecido liberino foi o primeiro pano usado pelos povos plantadores e a pele de animal foi vestuário típico dos caçadores e dos criadores de gado. É de realçar também que usavam pele de animais selvagens e domésticos, como as peles e os estomago de bois devidamente preparados.

D

Antónia Gonçalo esde a implementação do projecto, em 2016, movimentou o acervo do museu com a exposição de mais de 30 peças, entre elas “O Pensador” “Ndemba”, “Kiela”, “Kikondi”, “Mulondo” e “Cihongo” (Txihongo), “Kijinga”, Heholo”, “Mintadi, Mufuka”, “Mukwale e o “Mulondo branco”, “Onga” e “Amuleto de jingongo”, visando divulgar os fragmentos existentes no museu. O projecto tem ainda como objectivo propagar, na sociedade, a sua importância como património cultural e nacional, função social, discrição, origem e cativar os cidadãos que visitem o espaço. Para o director do museu, Álvaro Jorge, o projecto tem agregado um valor acrescido ao museu do ponto de vista da diversidade e do conteúdo antropológico. O responsável realçou que do ponto de vista estatístico, aumentou o número de visitantes do museu e tem sido uma referência obrigatória, sobretudo para os estudantes. “Várias vezes vejo um grupo de alunos a pesquisarem, a interessaremse um pouco mais sobre a peça exposta, que já faz parte do currículo escolar dos mesmos. Os professores mandam estes para o Museu, a fim de inteirarem-se

sobre a peça em exposição”, explicou. Por seu turno, avançou que pretendem dar maior ênfase ao projecto, que segundo ele, a intenção era de prevalecer durante um ano, mas devido ao seu impacto, garantiu a sua continuidade. Peça em exposição Para o mês em que se assinala o 3º ano de exposição, está exposta a peça “Lambako”, fragmento que é usado por mulheres pertencentes ao grupo etnolinguístico Nyaneka-Humbi, cingido aos rins para a cobertura da parte frontal. A peça, também conhecida como “Tapa-sexo”, é feita com pele de animal de cor castanha e preta, suspensa num cinto de couro. A pele é cortada de forma desordenada, de modo a formar uma espécie de folhos (tiras de tecido franzido ou com pregas que se aplicam em peças de roupas) e amaciadas com óleo ou manteiga.

Os professores mandam os alunos para o Museu, a fim de inteirarem-se sobre a peça em exposição” Álvaro Jorge


O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

15

Finalistas do “Top dos Mais Queridos 2019” conhecidos hoje DR

Como é norma do concurso, apenas 10 músicas passam à final, cuja gala acontece extraordinariamente a 26 de Setembro e não a 5 de Outubro como é de praxe

A

organização da presente edição do “Top dos Mais Queridos”, uma iniciativa da Rádio Difusão Nacional de Angola (RNA), dá a conhecer esta tarde durante uma cerimónia, os dez mais votados da primeira fase do concurso, em acto a decorrer na sua sede, em Luanda. O certame vai juntar individualidades ligadas à música e deve-

Kyaku Kyadaff, vencedor da última edição do Top dos Mais Queridos

rá ser realizado o sorteio para definir a posição dos 10 artistas no cupon de voto e em todo material de marketing do concurso. De acordo com a organização, a cerimónia servirá igualmente de lançamento da segunda fase de votação do concurso, que nesta fase envolverá apenas os 10 finalistas mais votados na fase anterior. O acto de consagração do “Mais Querido” edição 2019 acontece no

dia 26 de Setembro, uma Quinta-feira, às 21 horas, no Centro de Conferências de Belas, aqui na cidade de Luanda. O “Top dos Mais Queridos” é um evento anual criado com o intuito de promover a música angolana e elevar a cultura, e a arte. Teve início em 1982, por impulso de um grupo de jovens radialistas munidos de um grande incentivo e motivação profissional na celebração do dia da Radiodifusão Nacional de Angola, a 5 de Outubro. Este ano o concurso vai homenagear “Cantares da terra”, sendo que o ano passado a organização prestou tributo ao estilo e aos percursores da Kizomba. Kyaku Kyadaff com a canção “Monica” conquistou o troféu no ano passado, ao passo que o músico Pedrito continua a ser o mais titulado com três conquistas em 1982, 1985 e 1986 com as canções, “Senhor Director”, “Canarinho” e “Realidade”, respectivamente.

SENADIAC junta agentes autorais para esclarecimentos no Museu de História Natural O encontro visa aprimorar o arranque da implementação das medidas de políticas e dos mecanis-

mos instituídos, para a materialização efectiva da protecção da propriedade intelectual, por via do sistema dos direitos de autor e conexos

O

Ser v iço Nacional dos Direitos de Autor e Conexos (SENADIAC),órgão de gestão do Sistema Nacional dos Direitos de Autor e Conexos (SNDAC) realiza uma sessão alargada de esclarecimento e de concertação com os agentes públicos e privados intervenientes no SNDAC, que terá lugar no Auditório do Museu Nacional de História Natural, às 10 horas do dia 15de Agosto, em Luanda. Enquadrado no âmbito da divulgação das medidas de políticas públicas e dos mecanismos instituídos pelo Executivo, para a protecção e gestão dos direitos de autor e conexos, o objectivo principal contínua a ser o de aprimorar o arranque da implementação das medidas de políticas e dos mecanismos instituídos, para a materialização efectiva da protecção da proprie-

dade intelectual, por via do sistema dos direitos de autor e conexos, bem como debruçar sobre o «Seminário Nacional sobre a protecção e gestão dos direitos de autor e conexos», a realizar-se nos dias 25 e 26 de Setembro do corrente ano, na Escola Nacional de Administração e Políticas Públicas (ENAPP). O seminário em referência, que se destina aos agentes públicos e privados intervenientes no SNDAC, terá uma dimensão internacional uma vez que contará com a participação da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), que colabora na organização do evento, bem como de responsáveis e especialistas em direitos de autor e conexos do Brasil, Cabo Verde e Portugal, na condição de palestrantes. O SENADIAC reitera em nota chegada à esta redacção, para exprimir a sua gratidão aos agentes do SNDAC que se têm dignado em

DR

comparecer e participar nos encontros de esclarecimentos e de concertação, sob sua égide, exortando-os a continuarem nessa senda, bem como apela aos demais agentes interessados na temática a juntarem-se a estas iniciativas, co-

mo uma das formas de juntos poder-se reflectir e discutir as melhores formas e vias para a prossecução e consecução dos objectivos e fins pretendidos. Além das instituições e organizações participantes nos encontros

tidos nos dias 10 de Junho, 17 de Julho e 31 de Agosto, do ano em curso, poderão igualmente participar outros interessados, bem como os que, por qualquer razão, não puderam participar nos encontros realizados anteriormente.


16

CArTAz

O PAÍS Quarta-feira,1 4d eA gostod e2 019

Homenagem

Faculdade de Letras da UAN presta tributo à professora Amélia Mingas A Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto (FLUAN) cumpre o doloroso dever de comunicar o passamento físico da Professora Doutora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas, ocorrido dia 12 de Agosto de 2019, na Clínica Girassol, em Luanda, por doença.

A

Professora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas, de 79 anos de idade, natural de Luanda, licenciada em Filologia Germânica pela Universidade de Lisboa e Doutorada em Linguística Aplicada pela Universidade de Paris V - René Descartes, em Paris, França, foi uma cidadã culta, exímia professora e linguista angolana, defensora acérrima das línguas angolanas e da língua portuguesa. O seu passamento físico representa um vazio e uma perda irreparável para a Faculdade de Letras da UAN. Como docente, a Doutora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas foi Professora Titular desde 2011, equivalente hoje a Professora Catedrática, e exerceu as funções de Decana da Faculdade de Letras da UAN, de Outubro de 2010 a Agos-

to de 2015. Durante o seu mandato, criou, em 2011, os Cursos de Mestrado em funcionamento na Faculdade de Letras da UAN. Nos cursos de graduação e pósgraduação, leccionou a cadeira de Linguística Bantu no curso de Licenciatura em Línguas e Literaturas Africanas e nos cursos de Mestrado em Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa. Entre outras funções exercidas, a Professora Doutora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas foi Directora do Instituto de Línguas Nacionais (ILN), órgão do Ministério da Cultura, Chefe de Departamento de Língua Portuguesa, no ISCED de Luanda, onde criou os Cursos de Mestrado em Ensino da Língua Portuguesa e Ensino das Literaturas de Língua Portuguesa, Directora Executiva do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP) da Comu-

nidade dos Países de Língua Portuguesa, em Cabo Verde, de 28 de Outubro de 2006 a 18 de Outubro de 2010, em representação do Estado Membro de Angola, Coordenadora dos cursos de Mestrado em Línguas Angolanas e Literaturas em Línguas Angolanas e regente do curso de Licenciatura em Línguas e Literaturas Africanas da Faculdade de Letras. A Professora Doutora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas foi uma mulher de grande envergadura, uma personalidade forte com convicções fi rmes e um modelo de grande mulher angolana e africana. Para a Faculdade de Letras da UAN, a Professora Doutora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas deixa vivo o legado intelectual, moral, cultural e histórico da imprescindível necessidade da valorização do nosso património cultural angolano através

das línguas e literaturas orais de Angola. A Doutora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas foi Professora Efectiva da Faculdade de Letras até à sua morte. A Direcção da Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto em nome de todos os docentes, estudantes e dos funcionários não-docentes da Universidade Agostinho Neto, curva-se perante a memória da Professora Doutora Amélia Arlete Dias Rodrigues Mingas e apresenta à família enlutada as suas mais sentidas condolências.

HABILIDADeS

PrOJeCTO

MODA

CHANTAGeM

Namorado de Rita Pereira surpreende com novo “talento”

Comic Con 2019: mais três artistas confirmados

Georgina Rodríguez dá nas vistas ao usar vestido com transparências

Ex-marido de Amy Winehouse ameaça mostrar fotos secretas da artista

Guillaume Lalung decidiu revelar publicamente o “talento” para a música num vídeo hilariante ao lado do artista Nelson Freitas. O namorado da actriz Rita Pereira provou, novamente, ter um excelente sentido de humor e estar sempre pronto para uma brincadeira. Nelson Freitas e um amigo em comum tocavam guitarra enquanto cantavam o tema “Baby can I hold you”, de Tracy Chapman, quando Guillaume Lalung decidiu participar. O cómico momento foi gravado e partilhado na conta de Instagram do basquetebolista francês. “Eu consigo cantar”, escreveu. O casal e o filho, Lonô, estão a desfrutar de uns dias de férias em Vilamoura.

O actor norte-americano Todd Stashwick e o actor português Joaquim de Almeida são as mais recentes presenças confirmadas no Comic Con Portugal que se realiza de 12 a 15 de Setembro no Passeio Marítimo de Algés. Outro dos artistas em destaque será o ilustrador de banda-desenhada, o braileiro Greg Tocchini. Além de actor, Todd Stashwick - que conhecemos do talk show de Conan O’Brian ou da série 12 Macacos - é produtor, encenador, professor, escritor e co-criador de Banda Desenhada. Nascido em Chicago, estudou teatro e começou a carreira a fazer comédia de improvisação.

Georgina Rodríguez marcou presença na gala solidária do Unicef, que decorreu em Porto Cervo, Itália, e destacou-se com um vestido com transparências. A namorada do jogador de futebol Cristiano Ronaldo partilhou uma fotografia e um vídeo, na conta de Instagram, nos quais mostrou o visual escolhido para a cerimónia. Georgina usou um vestido preto decotado, com transparências e aplicações brilhantes, do estilista Roberto Cavalli. Optou por uma maquilhagem natural, o cabelo solto e jóias Chopard, marca que representa. O filho mais velho do internacional português, Cristianinho, acompanhou a modelo até àquela localidade.

O ex-marido de Amy Winehouse, Blake Fielder-Civil, ameaçou colocar à venda fotos nunca antes vistas da cantora. “Tenho muitas fotos inéditas da Amy e eu”, afirmou ao jornal The Sun, revelando ainda estar a planear escrever uma autobiografia. “Vou contar tudo o que aconteceu e falar sobre a família, especialmente sobre Mitch [Winehouse]”, pai de Amy. Fonte próxima da família de Blake já comentou as intenções deste, apelidando-o de “desprezível” e “hipócrita”.

Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto, em Luaanda aos 13 de Agosto de 2019

UM AJUSTE DE CONTAS

Depois de ficar preso durante vários anos, por um crime que não cometeu, após ser solto, luta contra uma doença terminal, mas quer vingança contra aqueles que o injustiçaram.

Kilamba Sala 2 13H00 – 15H30 – 18H00 – 20H30 – 23H00 Nova Vida Sala 3 13H00 – 15H30 – 18H00 – 20H30 – 23H00 Talatona Sala 8 13H50 – 16H40 – 19H10 – 21H30

CINEMAX Exibicao 09-15_5x15.indd 2

8/6/19 2:20 PM


eCONOMIA

18

O PAÍS Quarta-feira,1 4d eA gostod e2 019

Angola recorre a consultoria do BM na privatização das empresas O executivo contratou o Banco Mundial (BM) como consultor estratégico para o processo de privatização de 195 empresas, no qual, 32 estão classificadas como empresas de referência nacional DR

Brenda Sambo

A

informação foi avançada pelo ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel

Nunes Júnior. Segundo o ministro de Estado, Manuel Nunes Júnior, que falava ontem, na conferência de privatizações apresentada ontem à imprensa, a contratação do Banco Mundial surge dada a complexidade de todo este processo e o facto de se tratar de uma instituição com uma grande experiência internacional no domínio das privatizações. O ministro referiu que a alienação dos activos do Estado, no âmbito do programa, vai obedecer a diferentes modalidades e procedimentos, pelo facto de o programa fazer parte de um processo mais amplo de restruturação do sector empresarial público. Com isso, de acordo com o governante, o Estado pretende promover a iniciativa privada e também garantir que ali onde o Estado estiver presente seja eficiente e acrescente valor ao processo de criação de riqueza no país. Manuel Nunes explicou que o processo de privatizações envolve empresas públicas e outras de domínio público, domiciliadas no país ou no estrangeiro, em que o Estado detém, directa ou indirectamente uma participação no seu capital social. “ Com este processo de privatização, um conjunto de activos do Estado que se encontram paralisados ou a funcionar abaixo da sua capacidade, poderão, com uma gestão de melhor qualidade, melhorar a sua eficiência e contribuir de modo mais efectivo para o aumento da produção nacional”, referiu. Desta feita, prosseguiu ,“ poderá aumentar o emprego para a substituição de importações e diversificação das

Manuel Nunes Júnior, ministro de Estado para a Coordenação Económica

ENSA,SA a primeira empresa na Bolsa de Valores

S exportações, no âmbito do PRODESI. Segundo o governante, neste processo o Estado terá o papel de órgão regulador e coordenador da dinâmica de desenvolvimento do país, para o sector privado ser o motor do crescimento económico de Angola O Programa será levado a cabo tendo em conta as melhores práticas internacionais e sempre na base da legislação angolana. Por outro lado, entende que o aumento da quota de mercado para a produção nacional de bens e serviços, é um factor crítico pata a sustentabilidade, quer das finanças públicas quer das contas externas do país. “Com o aumento da produção nacional, as empresas criarão mais valor para a economia e a sua contribuição para as receitas tributárias do país será cada vez maior”, tendo acrescentado

O Estado pretende promover a iniciativa privada e também garantir que ali onde o Estado estiver presente seja eficiente e acrescente valor ao processo de criação de riqueza no país

que “As empresas nacionais terão mais ganhos e a sua contribuição tributária será maior. Daí a ligação entre o aumento da produção nacional e a melhoria das finanças públicas”, Acrescentou que, com o aumento da produção nacional, muitos produtos que hoje são importados deixarão de o ser e outros passarão mesmo a ser exportados, assegurando ganhos nas contas externas, com melhoria da Balança de Pagamentos. Reforçou que para o efeito, o país terá de acabar com esta grande dependência da economia num só produto, que gera hoje cerca de 95% dos recursos externos do país e mais de 70% de toda a receita tributária de Angola. “O nosso objectivo é edificar em Angola uma economia baseada num crescimento forte e sustentado”, avançou.

eg u ndo u ma fonte de OPAÍS, do conjunto das 195 empresas, 32 são consideradas empresas de referência Nacional. Desta apenas sete seguirão o procedimento Oferta Pública Inicial (OPI) e uma iniciará o processo de privatização durante o ano de 2019. A ENSA Seguros de Angola SA, considerada empresa de referência nacional, é a única a ser inserida no processo de privatização, em 2019, mediante o procedimento OPI na Bolsa de Valores. A privatização será parcial e a percentagem da alienação será definida oportunamente pelo TPE. Como se pode observar no programa, são 195 empresas activas a privatizar entre 2019 e 2022 através dos procedimentos de Oferta Pública Inicial em Bolsa de Valores (OPI) ou IPO usada no mercado internacional leilão em Bolsa (LD) e o Concurso Publico (CP).


eCONOMIA reAL

análise económica

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

19

Não se alarga a base tributária em tempo de crise” O professor de Macroeconomia, Yuri Quixina, afirma que o aumento de impostos em tempo de crise acentua as dificuldades das famílias e das empresas. Nesta edição do Economia Real, o economista defende ainda a privatização total das empresas a investidores externos ARQUIVO

Mariano Quissola / Rádio Mais

A

Faculdade de Direito da UAN e o MAT realizaram a IIª conferência sobre Autarquias Locais, onde você foi um dos prelectores. Pode, em resumo, falar-nos sobre as características económicas de uma autarquia? Fiz uma incursão sobre os debates em torno do pacote legislativo autárquico. Entretanto, o debate deve ser também económico, porque não há sucesso autárquico sem economia. O maior flagelo que desequilibra as sociedades é o desemprego e a criação do emprego só é possível se os empreendedores tiverem espaço para operar e gerar crescimento económico.

Há uma questão lhe foi colocada, relativa à possibilidade de as autarquias virem a ser detentoras de empresas. Pode responder? Eu sou privatista e fico feliz quando me deparo com processos sobre privatizações, por via dos quais será permitido ao país cuidar da Educação e da Saúde das crianças e dos velhos. É da livre iniciativa que se cria riqueza. O comportamento da administração central não deve ser transportado para as autarquias, sob pena de ser um enorme fiasco. “As crises económicas são precedidas de crises de valores”, foram as suas palavras na conferência... A economia é comportamento. Se do ponto de vista social a sociedade estiver mal, isso terá efeito na economia. Aconteceu com todos os países que tiveram crise económica e financeira. A derrocada. No pico da crise de valores, há sempre uma crise económica. E a crise económica é o instrumento para restaurar a crise de valores. Portanto, o meu maior medo é que a crise termine sem a restauração dos valo-

O ministro das Finanças justifica que a medida visa manter funcionais o Estado e a coesão social. Colhe? A funcionalidade do Estado depende da redução das despesas. A cobrança de novos impostos não resolve a sangria. O problema é que o governo está a gastar muito e precisa de alimentar esse monstro e pagar dívida. O governo tem de reduzir o número de funcionários públicos, é uma das formas de reduzir despesas. E como entender o discurso do alargamento da base tributária? Não se alarga a base tributária em tempo de crise económica. Isso é matar a galinha que dá ovos de ouro. O povo.

res. Mas isso depende também da quimioterapia, aquilo que Friedman chamava ‘fazer chorar a economia’. Foi divulgada a lista de 195 empresas que serão privatizadas. É isso que você sempre defendeu. Sim. Isso vem provar que a nossa economia era do Estado. O Estado tem mais de 200 empresas. Mas fico feliz por ver a lista, porque Angola só se desenvolve se a economia for feita por privados. Defendo que haja transparência nas informações sobre o processo. O grande desafio agora é ‘vender o peixe’. Para mim, seria melhor que a totalidade das empresas fossem vendidas a investidores externos, para garantir a entrada de divisas na economia. Empresários do Chinguar pediram maior incentivo da classe ao novo governador. Entre as preocupações, consta a dívida pública. Foi um encontro de apresentação do novo governador e aprovei-

taram apelar ao governador para o pagamento das dívidas que o Estado tem com a classe empresarial. Por sua vez, o governador comprometeu-se a intervir junto das Finanças para resolver o problema. Mas isso vem, uma vez mais, justificar que o mercado é o Estado. A AIPEX registou 165 propostas de investimento. É disso que o país

Seria melhor que a totalidade das empresas fossem vendidas a investidores externos”

necessita, para sair da crise. É bom, apesar de serem intenções e apenas 41 dos projectos terem sido efectivados. Mas a questão que se coloca é que esses investimentos ficam quase todos em Luanda. Até os investidores estrangeiro já sabem que Luanda é o melhor local para investir. Aumento do imposto sobre o IRT e subsídio de natal passa a ser taxado. Que implicações sobre o tecido social do país? Brutal! Aumenta encargo do povo. As pessoas já tinham um plano familiar sobre o décimo terceiro, subsídio de Natal e outros rendimentos, isso tira mais dinheiro do bolso do cidadão. O governo continua a gastar para além das suas necessidades e continua a obrigar o povo a pagar a conta. Se tivéssemos habilidade para negociar com o FMI teríamos alterado esse quadro. Mas o problema da economia de Angola não são os impostos, são os gastos. Estamos a gastar sem qualidade.

Não é a Sonangol? A Sonangol também tem dívida, tem um desequilíbrio financeiro brutal. Não pode ser a galinha de ovos de ouro. A melhor galinha é o povo, são as famílias e as empresas. A um ente que cria imposto, você lhe aumenta o imposto! O governo está a gastar mais do que o que tem e está mesmo a gastar mal. Reforma estrutural consiste em reduzir os custo das empresas.

SUGeSTÃO De LeITUrA Título da obra: Lições de Confúcio para a Carreira e Negócios Autor: Enrique Benito Ano de lançamento: 2009 FrASe PArA PeNSAr: “O bem que o estado pode fazer é limitado; o mal, infinito. O que ele nos pode dar é sempre menos do que nos pode tirar”, Roberto Campos, economista brasileiro


MerCADOS

Libor USD 6 Meses

Mercado TAXA DE JURO Taxas de Juro Taxa BNA Libor USD 6M Libor GBP 6M Libor JPY 6M Euribor 6M Luibor 6M

Cot. 12/08/19 15,500% 2,052% 0,796% -0,050% -0,396% 14,710%

∆ Diária (p.p) 0,000 0,006 -0,001 -0,001 -0,004 -0,030

2,085 2,060 2,035 2,010 6/Ago

Mercado ACCIONISTA Índices Accionistas Cot. 12/08/19 Dow Jones (EUA) 25 897,71 S&P 500 (EUA) 2 883,09 FTSE 100 (Inglaterra) 7 226,72 IBovespa (Brasil) 101 915,20 CSI 300 (China) 3 699,10 Nikkei 225 (Japão) 20 684,82

∆ Diária (%) -1,483 -1,218 -0,374 -2,001 1,805 0,444

Cot. 12/08/19 358,3970 1,1212 1,2078 105,3300 15,2975 3,9851

Cot. 12/08/19 54,93 58,57 1 505,30 17,07 2,11 258,50

∆ Diária (%) -0,320 0,107 0,374 -0,341 0,292 1,081

∆ Diária (%) 0,789 0,068 0,581 0,827 -0,661 -0,154

Luibor Taxas BNA Luibor O/N Luibor 1 Mês Luibor 3 Meses Luibor 6 meses Luibor 9 meses Luibor 1 Ano

10/Ago

26.490 26.160

∆ Diária (p.p) 0,000 0,000 -0,040 -0,030 -0,040 -0,060

Mercado Accionista Os índices Dow Jones (EUA) e S&P 500(EUA)reduziram1,5%e1,2%ao fixarem-se em 25.897,71 e 2.883,09 pontos, respectivamente, reflexo das incertezas sobre a evolução das tensões comerciais entre os EUA e a China.

BreVeS

eUA adiarão tarifas sobre alguns produtos da China O governo dos Estados Unidos vai adiar a aplicação de tarifas de 10% sobre alguns produtos chineses, incluindo laptops e celulares, que deveria entrar em vigor no próximo mês, disse o gabinete do representante de Comércio dos EUA nesta terça-feira. Outros produtos cujas tarifas serão adiadas até 15 de dezembro incluem “com-

putadores, consoles de videogames, certos brinquedos, monitores de computadores e alguns itens de vestuário e calçados”, disse a representação de Comércio em comunicado. Um grupo separado de produtos também será excluído, “com base em saúde, segurança, segurança nacional e outros fatores”, completou.

25.830 25.500 5/Ago

7/Ago

9/Ago

11/Ago

Mercado Cambial Alibraeoeuroapreciaram0,4%e0,1% ao situarem-se em 1,2078 e 1,1212 USD por unidade da moeda. A intensificação das tensões comerciais entre os EUA e a China penalizou a cotação do dólar.

1,124 1,122 1,120 1,118 6/Ago

8/Ago

10/Ago

12/Ago

Brent C rude F ut. 59,8 58,2

Mercado de Matérias-primas Os ajustes nas expectativas dos investidores contribuíram para a valorização do crude. O preço do WTI e do Brent fixou-se em 54,93 e 58,57 USD/barril um aumento de 0,8% e 0,1%, respectivamente.

56,6 55,0 6/Ago

8/Ago

10/Ago

12/Ago

Luibor 1 Ano Cot. 12/08/19 13,50 14,43 14,47 14,71 15,23 15,82

Mercado Interbancário A Libor USD 6 meses aumentou 0,6 p.b., ao fixar-se em 2,052%. O aumento da inflação homóloga em 0,2 p.p., para 1,8% em termos homólogos em Julho poderá ter contribuído para o aumento da Libor.

12/Ago

EUR / USD

Mercado DAS COMMODITIES Commodities WTI Crude Fut. Brent Crude Fut. Gold 100 Oz Fut. Prata Fut. Gás Natural Fut. Cobre Fut.

8/Ago

Dow Jones (EUA)

Mercado CAMBIAL Taxas de Câmbio USD/AKZ EUR/USD GBP/USD USD/JPY USD/ZAR USD/BRL

1 9

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

Luibor As taxas de juro no mercado interbancárioreduziramnageneralidade das maturidades, com excepção das taxas Overnight e a 1 mês que mantiveram-seem13,5%e14,43%.,respectivamente.

15,94% 15,86% 15,78% 15,70% 6/Ago

8/Ago

10/Ago

12/Ago

Trump pediu a PM do Japão para comprar produtos agrícolas O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu diretamente ao primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, para comprar produtos agrícolas que valem “uma quantia enorme”, relatou a agência de notícias Kyodo nesta terça-feira, citando fontes japonesas e norte-americanas não identificadas. Japão e EUA concordaram em buscar um acordo comercial bilateral amplo em setembro, na tentativa de superar divergências sobre tarifas impostas à carne bovina e ao setor automotivo, disse o diário de negócios Nikkei no início deste mês.

Trump pediu que o Japão comprasse produtos específicos, como soja e trigo, noticiou a Kyodo, acrescentando que a solicitação foi separada do esboço das atuais tratativas comerciais entre Washington e Tóquio. O governo japonês estudará uma resposta, segundo a Kyodo, e uma proposta aventada foi comprar os produtos agrícolas como ajuda alimentar para países africanos. A compra seria de várias centenas de milhões de dólares, aí incluídos os custos de transporte, disse a Kyodo.


MUNDO

22

O PAÍS Q uarta-feira,1 4d eA gostod e2 019

Pompeo diz que tempo para agir contra o Irão está a acabar O secretário de estado americano alertou que o tempo para esmagar o Irão está a acabar. Para ele, o Irão está fraco mas, daqui a 15 meses, o embargo de armas sobre o país chegará ao fim.

M

Secretário de Estado americano, Mike Pompeo

ike também ressaltou que após o fim do prazo, o líder das Forças Quds da Guarda Revolucionária do Irão, Qasem Soleimani, voltaria a po-

der fazer viagens internacionais. O relógio está a andar. O tempo que sobra até ao termo do embargo de armas imposto pela ONU ao Irão e a proibição de viajar de Qasem Soleimani está a terminar. Exortamos os nossos aliados e parceiros a aumentar a pressão so-

bre o regime até ele parar com o seu comportamento desestabilizador. A postagem de Pompeo gerou as mais diversas reacções. Alguns usuários da rede criticaram o governo iraniano através de saudações ao ex-xá Reza Pahlavi. Até mesmo manifestantes de Hong Kong apoiaram a mensagem do secretário de Estado. No entanto, outros usuários condenaram a mensagem de Pompeo dizendo que, se os Estados Unidos não tivessem saído do acordo nuclear com o Irão, “não teria havido nenhum problema”. Outros ainda disseram que os EUA estavam claramente preocupados com a possibilidade de o Irão ser capaz de se de-

Pentágono teria utilizado carrapatos como arma biológica, diz político norte-americano

O

deputado norte-americano Chris Smith continua a solicitar uma investigação sobre um possível experimento do Pentágono relativo ao uso de insectos como arma biológica. Segundo o representante, o Pentágono teria realizado o experimento entre 1950 e 1975, utilizando carrapatos para desenvolver a doença do Lyme e utilizá-la como arma biológica, acção que pode ter exposto norte-americanos à doença. “Deixe que o IG [Gabinete do Inspector-Geral] decida isso e que ponha isso de parte para sempre, caso seja de facto uma fábula, se não for verdade”, afirmou Smith à Task & Purpose. Smith também introduziu uma emenda (116-19) à Lei de Autorização de Defesa Nacional, onde consta que o inspector-geral do Depar-

tamento de Defesa “deve verificar se o Departamento de Defesa realizou experimentos com carrapatos e outros insectos para criar uma arma biológica entre 1950 e 1975”. A guerra biológica envolve a utilização de toxinas biológicas ou bactérias, vírus ou fungos para atingir os humanos, animais ou plantas durante um conflito. Caso seja provado que o Departamento de Defesa realizou experimentos com carrapatos e outros insectos como armas biológicas,

o inspector-geral deve apresentar um relatório ao Comité de Serviços Armados dos EUA, descrevendo “o escopo do experimento” e se “os carrapatos ou insectos utilizados no experimento foram libertados fora de qualquer laboratório por acidente ou projecto experimental”. A doença do Lyme, transmitida por carrapatos surgiu de forma misteriosa nos EUA, em 1950. Actualmente, a doença afecta mais de 300 mil norte-americanos por ano.

fender da agressão americana, e que a “ameaça” era inteiramente imaginária. Os EUA têm feito esforços no campo político para a formação de uma coligaçãoção internacional

“Não teria havido nenhum problema”

destinada a “policiar” o estreito de Ormuz. No entanto, alguns aliados tradicionais do país têm recusado enviar forças para o golfo Pérsico. As tensões entre Teerão e Washington aumentaram logo após a saída dos EUA do acordo nuclear com o Irão em 2018. Além disso, nos últimos meses foram registrados ataques contra petroleiros no golfo Pérsico. Os EUA acusam o Irão de estar por trás desses ataques. Por sua vez, o Irão teve um dos seus petroleiros apreendido em Gibraltar pelo Reino Unido. Enquanto iss o, o país persa também apreendeu navios no estreito de Ormuz sob a alegação de que estes estariam a contrabandear petróleo.

Candidato da oposição na Argentina chama Bolsonaro de “racista, misógino e violento”

O

candidato da oposição de centro-esquerda à Presidência da Argentina, Alberto Fernández, que no Domingo obteve uma esmagadora vantagem sobre o actual presidente liberal, Mauricio Macri, nas eleições primárias do país, criticou na Segunda-feira o presidente Jair Bolsonaro, a quem classificou de “racista, misógino e violento”. As declarações foram feitas horas depois de Bolsonaro ter dito que o Brasil poderia ver uma onda de imigrantes a fugirem da Argentina se políticos de esquerda vencerem as eleições presidenciais de Outubro, o que é uma forte possibilidade, depois do resultado que conquistaram nas primárias de Domingo sobre Macri. “Com o Brasil, teremos uma relação esplêndida. O Brasil sempre será nosso principal sócio. Bolsonaro é uma conjuntura na vida do Brasil, como Macri é uma conjuntura

na vida da Argentina”, disse Fernández numa entrevista ao programa “Corea del Centro”, da emissora Net TV. “Agora, em termos políticos, eu não tenho nada a ver com Bolsonaro. Comemoro enormemente que fale mal de mim. É um racista, um misógino, um violento... O que eu pediria ao presidente Bolsonaro é que deixe Lula livre e pediria que se submeta a eleições com Lula em liberdade”, acrescentou, em referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o ano passado condenado por corrupção na operação Lava Jato. Na entrevista, Fernández também criticou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que classificou como um bom líder para o seu país, mas não para o mundo. O “Frente de Todos”, de Fernández, que tem como candidata a vice a ex-presidente Cristina Kirchner, conseguiu no Domingo 47,66% dos votos contra 32,09% do “Juntos pela Mudança”, de Macri.


23

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

DR

Activistas do clima atiram tinta vermelha à embaixada do Brasil em Londres

xxxx

Activistas do clima lançaram tinta vermelha à embaixada brasileira em Londres, nesta Terça-feira, para protestar contra os danos à floresta amazónica e ao que chamaram de violência contra os povos indígenas que lá vivem.

D Polícia britânica prende um dos activistas brasileiros do clima

ois activistas do Extinction Rebellion subiram a uma superfície de vidro na entrada da embaixada, e outros dois e atingiram as janelas. Marcas de mãos de tinta vermelha podiam ser vistas por toda a fachada, assim como slogans que di-

ziam “Sangue indígena: nenhuma gota a mais” e “Pela floresta”. O Extinction Rebellion, que criou tumulto na região central de Londres por diversas semanas neste ano, disse que o protesto visava desafiar o governo brasileiro por causa de “abusos de direitos humanos sancionados pelo Estado e ecocídio”. O grupo acrescentou que o pro-

testo foi organizado para coincidir com uma marcha de mulheres indígenas em Brasília, nesta Terça-feira, e que acções semelhantes estavam a ocorrer nas embaixadas do Brasil no Chile, em Portugal, na França, na Suíça e na Espanha. A embaixada brasileira em Londres não pôde ser contactada de imediato para comentar.

Aeroporto de Hong Kong suspende embarques, e líder critica “pânico e caos”

V

ôos que partiam de Hong Kong sofreram transtornos pelo segundo dia nesta Terça-feira, criando uma confusão ainda maior na ex-colónia britânica, enquanto o seu mercado de acções atingia uma baixa de sete meses, e a sua líder disse que a cidade foi levada a um estado de “pânico e caos”. Dez semanas de protestos cada vez mais violentos abalaram o pólo financeiro asiático, e milhares se ressentem do que vêem como uma erosão das liberdades e da autonomia sob o controlo chinês. Os protestos, que nesta semana a China comparou com terrorismo, representam um dos maiores desafios ao presidente Xi Jinping desde que ele tomou posse, em 2012. As operações de check-in foram suspensas às 16h30 locais desta Terça-feira, um dia depois de uma ocupação inédita no aeroporto, enquanto milhares de manifestantes vestidos de preto lotavam o terminal, gritando, cantando e erguendo cartazes. “Parem um minuto para olhar para a nossa cidade, nosso lar”, dis-

se a executiva-chefe, Carrie Lam, com voz embargada, numa conferência de imprensa no complexo da sede de governo, fortificado por barricadas de 1,8 metro de altura repletas de água. “Podemos suportar que ela seja levada ao abismo e vê-la fazer-se em pedaços?”, questionou. Os protestos começaram como uma oposição a um projecto de lei, hoje suspenso, que teria permitido que suspeitos fossem extraditados para a China continental, mas tornaram-se um clamor mais abrangente por democracia.

“Desculpem pelo inconveniente, estamos a lutar pelo futuro do nosso lar”

“Desculpem pelo inconveniente, estamos a lutar pelo futuro do nosso lar”, dizia o cartaz de um manifestante presente no aeroporto. Os manifestantes afirmam estar a combater a erosão da fórmula “um país, dois sistemas”, que garante alguma autonomia a Hong Kong desde que a China a recebeu de volta do Reino Unido em 1997. Eles querem que Carrie renuncie. Ela disse que permanecerá no cargo. “Minha responsabilidade vai além desta sequência de protestos em particular”, disse ela, acrescentando que a violência colocou o território num estado de “pânico e caos”. “Eu, como executiva-chefe, serei responsável por reconstruir a economia de Hong Kong, por me engajar o mais amplamente possível, por ouvir o mais atentamente possível as queixas do meu povo e tentar ajudar Hong Kong a seguir em frente.” Enquanto ela falava, o índice de referência da bolsa de valores local, o Hang Seng, atingia uma baixa de sete meses, perdendo mais de 2% do valor e arrastando mercados de toda a Ásia.

Os manifestantes não desarmam em Hong Kong


ACTUAL

24

O PAÍS Quarta-feira, 14 d e A gosto d e 2 019

Ébola “não é mais incurável”, ensaio clínico no Congo mostra que drogas aumentam a sobrevivência Os cientistas estão mais perto de serem capazes de curar a mortal febre hemorrágica do Ébola, depois que duas drogas experimentais mostraram taxas de sobrevivência de até 90% num ensaio clínico na República Democrática do Congo DR

D

uas drogas experimentais - um coquetel de anticorpos chamado REGN-EB3 desenvolvido pela Regeneron e um anti-corpo monoclonal chamado mAb114 - serão agora oferecidos a todos os pacientes infectados com a doença viral do surto em curso na República Democrática do Congo (RDC). As drogas mostraram resultados “claramente melhores”, de acordo com o Instituto Nacional

de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA (NIAID), num teste de quatro tratamentos potenciais, sendo conduzidos durante o segundo maior surto de Ébola na história, entrando agora no seu segundo ano na RDC. As drogas melhoraram as taxas de sobrevivência da doença de dois outros tratamentos testados - ZMapp, fabricado pela Mapp Biopharmaceutical e Remdesivir fabricado pela Gilead Sciences - e esses produtos serão descartados agora, disse Anthony Fauci, um dos pesqui-

Jactos russos afastam avião da Otan que tentou se aproximar de aeronave que levava ministro

sadores dos testes clínicos. A agência disse que 49% dos pacientes no ZMapp e 53% no Remdesivir morreram durante o estudo. Em comparação, 29% dos pacientes em REGN-EB3 e 34% em mAb114 morreram. Jean-Jacques Muyembe, director-geral do Instituto Nacional de Pesquisas Biomédicas do Congo, na RDC, que liderou o estudo, disse que os resultados significam que “a partir de agora, não vamos mais dizer que o Ébola é incurável”.

J

actos de combate russos afastaram um avião de guerra da Otan depois de este ter tentado aproximar-se da aeronave em que estava o ministro da Defesa do país, Sergei Shoigu, sobre águas neutras no Mar Báltico, informou a agência de notícias Tass. O avião voava de Kaliningrado para Moscovo e um repórter da Tass estava a bordo, segundo a reportagem.

“Esses avanços ajudarão a salvar milhares de vidas”, disse aos repórteres. Anthony Fauci, director do NIAID, também disse que os resultados foram “muito boas notícias” para a luta contra o Ébola. A agência disse que, dos pacientes que foram trazidos para os centros de tratamento com baixos níveis de vírus detectados no sangue, 94% dos que receberam REGN-EB3 e 89% de mAb114 sobreviveram. Em comparação, dois terços dos pacientes que receberam Remdesivir e quase três quartos no ZMapp sobreviveram. O Ébola espalhou-se no Leste do Congo desde Agosto de 2018, num surto que já matou pelo menos 1.800 pessoas. Os esforços para controlá-lo foram dificultados pela violência das milícias e por alguma resistência local à ajuda externa. Um vasto surto de Ébola na África Ocidental de 2013 a 2016 tornou-se o maior do mundo, quando se espalhou pela Guiné, Libéria e Serra Leoa, e matou mais de 11.300 pessoas. O teste de tratamento do Congo, que começou em Novembro do ano passado, está a ser realizado por um grupo de pesquisa internacional coordenado pela Organização Mundial de Saú-

de (OMS). Mike Ryan, chefe do programa de emergências da OMS, disse que as descobertas positivas do estudo foram encorajadoras, mas não seriam suficientes, por si só, para acabar com a epidemia. “A notícia hoje é fantástica. Isso dá-nos uma nova ferramenta para a nossa caixa de ferramentas contra o Ébola, mas não vai parar o Ébola, por si só ”, disse. Jeremy Farrar, director da instituição de caridade para a saúde global Wellcome Trust, também elogiou o sucesso das descobertas do estudo, dizendo que elas “salvariam vidas sem dúvida”. “Quanto mais aprendemos sobre esses dois tratamentos (...) mais nos aproximamos de transformar o Ébola de uma doença aterrorizante em algo que é evitável e tratável”, disse ele num comunicado. “Nós nunca vamos nos livrar do Ébola, mas devemos ser capazes de impedir que esses surtos se transformem em grandes epidemias nacionais e regionais.”Cerca de 681 pacientes em quatro centros de tratamento separados no Congo já foram incluídos no estudo clínico de tratamento do Congo, disse Fauci. O estudo pretende inscrever um total de 725 pessoas. A decisão de abandonar dois dos medicamentos de teste foi baseada em dados de quase 500 pacientes, disse ele, que mostrou que aqueles que receberam REGN-EB3 ou mAb114 “tiveram uma chance maior de sobrevivência em comparação com os participantes nos outros dois”. Os dois medicamentos promissores são feitos a partir de anti-corpos Ébola - uma proteína produzida pelo sistema imunológico para se defender contra a infecção. O produto da Regeneron é um coquetel de três anti-corpos Ébola, enquanto o mAb114 é um anti-corpo único desenvolvido por cientistas do NIAID.

DR


TeMPO

PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

25

Fonte: INAMET

PREVISÃO DO TEMPO *** 3 DIAS *** PARA AS PRINCIPAIS CIDADES Válida de 14 a 16 de Agosto de 2019 Ê Ê

INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGOA E GEOFÍSICA - CENTRO NACIONAL DE PREVISÃO DE TEMPO (CNPT) Ê

Ê

PREVISÃO DO TEMPO *** 3 DIAS *** PARA AS PRINCIPAIS CIDADES, válida de 14 a 16 de Agosto de 2019Ê Data 14/ 08/ 2019

CIDADE

Mín

Máx

Data 15/ 08/ 2019

Estado do Tempo

Mín

Máx

18

27

Data 16/ 08/ 2019

Estado do Tempo

Mín

Máx

18

27

Estado do Tempo

LUANDA

18

27

Céu pouco nublado/ neblina matinal, chuvisco.

CABINDA

21

28

Céu nublado pela manhã/ neblina, chuvisco.

21

27

Céu nublado pela manhã/ neblina.

21

27

Céu nublado pela manhã/ neblina.

SUMBE

18

23

Céu parcialmente nublado, neblina.

20

24

Céu nublado pela manhã/ neblina.

20

24

Céu nublado pela manhã/ neblina.

CAXITO

19

31

Céu nublado pela manhã/ neblina.

20

30

Céu nublado pela manhã/ neblina.

20

30

MBANZA CONGO

17

32

Céu nublado pela manhã/ neblina.

18

31

Céu parcial nublado, neblina.

18

30

UIGE

15

26

Céu nublado pela manhã/ neblina.

17

26

Céu nublado pela manhã/ neblina.

17

26

NDALATANDO

17

31

Céu nublado pela manhã/ neblina.

18

30

Céu nublado pela manhã/ neblina.

18

30

Céu nublado pela manhã/ neblina.

MALANJE

15

29

Céu nublado pela manhã/ neblina.

16

29

Céu nublado pela manhã/ neblina.

16

29

Céu nublado pela manhã/ neblina.

DUNDO

24

31

Céu nublado pela manhã/ neblina.

20

31

Céu nublado pela manhã/ neblina.

20

31

Céu parcialmente nublado a limpo.

SAURIMO

15

31

Céu pouco nublado a limpo

18

32

Céu pouco nublado a limpo

18

32

Céu pouco nublado a limpo

BENGUELA

19

28

Céu nublado pela manhã/ neblina.

20

25

Céu nublado pela manhã/ neblina.

20

25

Céu pouco nublado a limpo

HUAMBO

06

28

Céu limpo

08

30

Céu limpo

09

30

Céu limpo

CUITO

14

28

Céu limpo

15

30

Céu limpo

15

30

Céu limpo

LUENA

12

24

Céu limpo

10

28

Céu limpo

10

29

Céu limpo

LUBANGO

14

29

Céu limpo

14

27

Céu limpo

16

27

Céu limpo

MENONGUE

13

28

Céu limpo

11

30

Céu limpo

11

30

Céu limpo

MOÇÂMEDES

16

25

Céu nublado pela manhã/ neblina.

13

24

Céu nublado pela manhã/ neblina.

14

24

Céu nublado pela manhã/ neblina.

ONDJIVA

13

33

Céu limpo

15

32

Céu limpo

15

32

Céu limpo

Céu pouco nublado, neblina.

Das 18 horas do dia 13 às 18 horas do dia 14 de Agosto de 2019. Províncias de Cabinda, Zaire, Bengo, Luanda, Uíge, Malanje, Cuanza-Norte, Cuanza-Sul, Lunda-Norte, Lunda-Sul: Céu pouco ou parcialmente nublado, apresentando-se nublado pela madrugada e manhã. Possibilidade de ocorrência de nevoeiro ou neblina matinal em alguns municípios das províncias de Luanda, Cabinda, Zaire, Uíge, Malanje, Cuanza Sul, Cuanza Norte e Lunda Norte. Possibilidade de ocorrência de chuva fraca ou chuvisco em alguns municípios das províncias de Luanda, Cabinda e Zaire.

Céu parcial nublado, neblina.

Céu parcial nublado, neblina.

reGIÃO CeNTrO: Províncias de Benguela, Huambo, Bié e Moxico Céu pouco nublado ou limpo, tornando-se nublado ao entardecer. Muito nublado pela manhã ao longo da faixa do litoral.

Céu parcial nublado, neblina. Céu parcial nublado, neblina.

reGIÃO SUL: Províncias do Namibe, Huíla, Cunene e Cuando Cubango Céu pouco nublado ou limpo, tornando-se nublado ao entardecer. Muito nublado pela manhã ao longo da faixa do litoral. Possibilidade de ocorrência de nevoeiro ou neblina matinal em alguns municípios da província de Namibe.

A Meteorologista: Urssula Gonçalves. Luanda, 13 de Agosto de 2019 Aeroporto Internacional 04 de Fevereiro, Rua 21 de Janeiro – Tel.: 949320641 – Luanda. Site: http://www.inamet.gov.ao; emails: geral@inamet.gov.ao / geral.inamet@angola-portal.aoÊ

TeMPO NO MAr Fonte: INAMET

BOLETIM METEOROLÓGICO PARA A NAVEGAÇÃO MARÍTIMA 1. SITUAÇÃO GerAL ÀS 18:00 TU DO DIA 13 De AGOSTO De 2019: Circulação de Sudoeste fraca entre os paralelos 4°S a 6°S, circulação de Sudeste-Sul fraca a moderada entre os paralelos 6°S a 12°S, e circulação de Sul moderada a forte entre os paralelos 12°S a 18°S. NACIONAL DEAGOSTO METEOROLOGIA GEOFÍSICA - INAMET 2. PreVISÃO VÁLIDA ATÉ AS 18:00INSTITUTO TU DO DIA 14 De DeE2019: Centro Nacional de Previsão do Tempo

PARA A NAVEGAÇÃO MARÍTIMA metrosMETEOROLÓGICO de altura no extremo Sul da região maritima do Namibe, Entre 3. Aviso: Ondas maxímas até 3.8 BOLETIM os paralelos 16°S a 18°S. 1. SITUAÇÃO GERAL ÀS 15:00 TU DO DIA 12 DE AGOSTO DE 2019: Circulação de Sudoeste, fraca á moderada entre os paralelos 4°S a 12°S (Cabinda,Zaire,Bengo,Luanda e Cuanza sul) Circulação de Sudoeste/Sudeste, moderada á forte entre os paralenos 12°S a 18°S(Benguela e Namibe). 2. PREVISÃO VÁLIDA ATÉ AS 18:00 TU DO DIA 13 DE AGOSTO DE 2019: AVISO: VENTOS FORTES DE ATÉ 26 NÓS (48 Km/h) E ONDAS MAXIMAS DE 4.5 METROS DE ALTURA NA REGIÃO MARITIMA DAS PROVÍNCIAS DE BENGUELA E NAMIBE ENTRE OS PARELOS 12°S a 18°S.

REGIÃO

ESTADO DO TEMPO

VENTO

(ATÉ 200 MILHAS DA COSTA)

Cabinda (4°S – 6°S) Zaire, Bengo, Luanda e Cuanza-Sul (6°S – 12°S) Benguela (12°S – 14°S) Namibe (14°S – 18S)

ALTURA DA ONDA (METROS)

ESTADO DO MAR

DIRECÇÃO FORÇA (KT) Chuvisco

Chuvisco

Chuvisco

Parcialmente nublado

VISIBILIDADE HORIZONTAL (KM)

Sudoeste

Até 10

Até 2.1

Pouco agitado

Moderada a boa (Superior a 7)

Sudoeste

12 á 14

2.1 á 2.9

Muito agitado

Moderada a boa (Superior a 7)

Sudoeste

Até 16

Até 3.5

Muito agitado

Moderada a boa (Superior a 7)

Sudeste

Até 26

Até 4.5

Muito grosso

Moderada a boa (Superior a 8)

DeSCrIÇÃO SINÓPTICA DAS 18:00 TU DO DIA 13/08/2019 ÀS 18:00 TU DO DIA 14/08/2019. O anticiclone de Santa Helena, com pressão central de 1020hPa, estendese em toda a região marítima de Angola, influênciando assim o padrão e a intensidade do vento, assim prevê-se ondas maximas até 3.8 metros de altura para a região marítima de Namibe. Para as regiões marítimas de Cabinda, Zaire, Bengo, Luanda, Cuanza Sul e Benguela prêve-se ondas maximas até 3.3 metros de altura. Visibilidade fraca devido a possibilidade de ocorrência de nevoeiro ou neblina matinal. CArTA DO VeNTO MÁXIMO e DA ALTUrA DA ONDA MÁXIMA PreVISTA Os contornos a cores indicam a altura máxima da ondulação e os contornos em tom cinza indicam os possíveis incrementos das vagas devido à influência do vento local.


DeSPOrTO

26 DR

O PAÍS Quarta-feira,1 4d eA gostod e2 019

Embaixadores angolanos regressam ao país DANIEL MIGUEL/ARQUIVO

O Atleta angolano, Show, no momento em que assinava o contrato com o Lille de França

Show emprestado ao Belenenses de Portugual

1º de Agosto e o Petro de Luanda, representantes angolanos nas Afrotaças, regressaram ontem ao país, depois dos triunfos na Tanzânia e no Lesotho, em jogos de acesso à Liga dos Clubes Campeões. Em Zanzibar, os militares venceram, na primeira mão, o KKMKM por 2-0,

ao passo que o Petro de Luanda, no Lesotho, vergou o Matlama pelo mesmo resultado. Mesmo com o Girabola Zap à espreita, os dois clubes angolanos já pensam no jogo de resposta no dia 23 e 25 do corrente mês. Em declarações à imprensa, o técnico do 1º de Agosto, Ivo Traça, mostrou-se confiante no jogo de resposta.

Leões de Cabinda preparados DR

O internacional angolano, que assinou contrato com o Lille de França para cinco temporadas, vai jogar no futebol português. Segundo informações do clube francês, se der cartas vai regressar nas transferências de Inverno Sebastião Félix

O

médio ofensivo angolano Show, que assinou recentemente contrato de cinco temporadas com o Lille de França, reforça o Belenenses de Portugal. Por esta razão, os jornais desportivos do Velho Continente avançam que o atleta começa a treinar hoje. Show, 20 anos, confessou aos mais próximos que vai trabalhar para merecer a confiança do técnico e dos seus colegas no futebol português. O Lille de França e o Belenen-

ses têm vários acordos, por isso, se der cartas regressa depois da primeira volta. É ponto assente que continua a ser “vigiado” pela equipa técnica do clu-

SHOW, antes de rumar para a França, jogou no 1º de Agosto, onde foi campeão do Girabola Zap. Confiante, promete dar cartas em Portugal

be francês, segundo a imprensa desportiva local. O internacional angolano, no CAN 2019 que o Egipto acolheu recentemente, deu cartas no meio campo. Aliás, na Liga dos Clubes Campeões Africanos foi dos melhores na sua posição, sobretudo no jogo frente ao Esperánce de Tunis, na Tunísia. Aém de Show, o Lille emprestou também para o Belenenses Hervé Koffi, Imad Faraj e Hakim Ouro-Sama. As idades dos jogadores em questão estão abaixo dos 26 anos, logo são uma aposta para o clube nas transferências de Inverno.

Sporting de Cabinda (verde) vai lutar pela permanência na prova

P

a ra o Gi rabola 2019/2020, o Sporting de Cabinda contará com 28 atletas, segundo a direcção. Por esta razão, oito jogadores estão a regularizar os pendentes administrativos na Federação Angolana de Futebol (FAF). Com este plantel, o Sporting de Cabinda entra para

a prova para permanecer na primeira divisão. Aliás, antes da pré-época, a direcção enfrentou alguns problemas fi nanceiros para suportar as despesas ao longo da prova. Na primeira jornada do Campeonato Nacional, que começa esta Sexta-feira, defronta o Recreativo do Libolo do Cuanza-Sul.


27

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

DANIEL MIGUEL/ARQUIVO

Palanquinhas realizam estágio na Turquia

O antigo futebolista José Luis Brown, campeão mundial pela Argentina em 1986, morreu aos 62 anos, vítima de doença de Alzheimer, anunciou nesta Segunda-feira o Estudiantes de La Plata, clube do qual era um dos maiores símbolos. “Este é um dia de grande tristeza para a família ‘albirroja’. O nosso guerreiro José Luis Brown deixou-nos. A sua memória e o seu amor ao clube permanecerão para sempre”, indica a conta oficial no Twitter do Estudiantes de La Plata, que o antigo defesa representou durante oito anos.

A

Selecção Nacional de futebol em sub-17, que prepara o Mundial da categoria no Brasil, a decorrer de 26 de Outubro a 17 de Novembro, vai realizar um estágio pré-competitivo na Turquia em Setembro próximo. Em solo turco, segundo a Federação Angolana de Futebol (FAF), os pupilos de Pedro Gonçalves vão medir forças com o Chile e a Argenina. A trabalhar por enquanto em Luanda, o combinado nacional vai jogar hoje com a equipa sub20 da Academia de Futebol de Angola (AFA). Na sessão de treinos, ontem, a Selecção Nacional, em duas horas, trabalhou o sistema defensivo e o ofensivo. Cambila,Vicente, Geovane, Orlando e André (Guarda-Redes), Tony, Mimo, Luciano, Porfirio, Pablo, Gege, Afonso, Nelo, Caly e Tchoconbongue (Defesas), Litinho, Maestro, Zine, Gerónimo, Beny, Nelinho, Domingos, António e Obede (Médios), Zito Luvumbo, Capita, Cisco, Abdul, David, Elano, Bruno de Castro, Cláudio e Tino (Avançados) são os atletas convocados pelo seleccionador nacional Pedro Gonçalves. DR

José Luis Brown enluta futebl argentino

Ténis espera por dias melhores no país

Ténis angolano conta com apoio da Federação Internacional

A

ngola vai, ainda este ano, beneficiar de apoio técnico da Federação Internacional de Ténis (ITF), afirmou ontem a representante da instituição para a região 5,Tapiwa Mussunga. A tswanesa não precisou datas, mas garantiu que antes do final do ano Angola irá beneficiar de apoio técnicodesportivo, fundamentalmente para os projectos de formação. Falando à imprensa, no final de uma audiência concedida pela ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, afirmou

A responsável disse que o apoio inicial será virado para a formação de novos monitores e depois surgirão outros de âmbito financeiro e material

que a sua visita ao país está associada ao bom estado de desenvolvimento do ténis, espelhado em relatórios enviados por Angola. Actualmente, Luanda, Cabinda, Namibe, Benguela, Huila e Lunda-Norte são as províncias que mais trabalham ao nível dos escalões de base. A responsável disse que o apoio inicial estará virado para a formação de novos monitores e depois surgirão outros de âmbito financeiro e material. Em Luanda, desde a noite de Segunda-feira, Tapiwa Mussunga visitou a sede do Comité Olímpico Angolano (COA).

Kyle Lowry falha Mundial da China

Murray volta aos torneios com derrota

rui Costa fica em quarto na 1.ª etapa da Burgos

O base Kyle Lowry, do actual campeão da NBA, Toronto Raptors, anunciou esta semana que não poderá defender os Estados Unidos no Mundial de basquetebol que a China acolhe de 31 de Agosto a 15 de Setembro próximo por conta de uma lesão no pulso. Lowry foi submetido a uma cirurgia no pulso esquerdo.

Sete meses depois de operar o quadril, o tenista escocês Andy Murray regressou às competições com uma derrota, nesta Segundafeira, na primeira ronda no Masters 1000 de Cincinnati (Estados Unidos). Murray, 32 anos, foi superado pelo francês Richard Gasquet num duplo 4-6.

O ciclista português Rui Costa (UAE-Team Emirates) foi ontem quarto classificado na primeira etapa da Volta a Burgos (Espanha), a qual teve vitória do italiano Giacomo Nizzolo (Team Dimension Data). Rui Costa cumpriu os 162 quilómetros da etapa, com início e meta em Burgos, em 3:39.22 horas.

Barcelona e PSG reunidos em França O Barcelona e o Paris Saint-Germain estiveram, nesta Terça-feira, reunidos na capital francesa, com Neymar a ser o único ponto na mesa de negociações, mas não houve acordo. Garantiu o Sport que as posturas das duas equipas estão bastante afastadas. O PSG está inflexível no que toca às exigências para com os catalães: 100 milhões de euros e os direitos desportivos de Coutinho e Nélson Semedo. O Barça até aceita colocar o extremo brasileiro no negócio, mas não quer libertar o lateral luso, oferecendo Ivan Rakitic no lugar. Além disso, os catalães querem receber Ney por empréstimo esta temporada, com uma opção obrigatória de compra entre 80 e 100 milhões de euros que se activaria para 2020/21. Neymar, de resto, esteve nos últimos dois dias no Algarve, à espera de saber o futuro enquanto jogador.


CLASSIFICADOS emprego

28

O PAÍS Q uarta-feira, 14 de A gosto de 2019

imobiliário

ENCARREGADO EXECUTOR

Em acabamentos ˇ Pedreiro Canalizador Electricista Ladrilhador Tˇcnico de Frio Estucador Pintor e aplica Tecto Falso, Pladur e Sancas com gavetas Em acabamentos

ENCARREGADO EXECUTOR

ˇ Pedreiro OBS: DISPONÍVEL A NÍVEL NACIONAL

Canalizador

Electricista Cont: 933 781 255 

Ladrilhador Tˇcnico de Frio Estucador Pintor e aplica Tecto Falso, Pladur e Sancas com gavetas

OBS: DISPONÍVEL A NÍVEL NACIONAL

Cont: 933 781 255 

ALUGA-SE Um espa• o com 24x24 no km-14/A com muro, quarteir‹ o F-6 lote S/N¼ em Viana. Contacto: 912 211 171

Vende-se

 

J.L.F

CANALIZAÇÃO & PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

   

Especialista em Servi�o de Canaliza��o   Executamos Servi�o de Ponta com material de alta  qualidade  e  durabilidade  como:  Material  PPR,  Multicamada, Galvanizado, Politileni e muito mais.   Executamos: Tubagem Sistema de �gua Quente e  Fria.   Sistema de Gravidade em reservat�rio de �gua e  combust�vel.     Tamb�m fazemos manuten�ı es com Contrato em  piscinas,  Col�gio, &Escrit�rios,  Unidades  CANALIZAÇÃO PRESTAÇÃO DE Industriais,  SERVIÇO Hot�is,  Restaurantes,  Resid�ncia,  Condom�nios  como: desentupimos canos, eliminamos infiltra�ı es,  montamos  electrobomba  com  sistema  de  filtro,  termo-acomulador, hidromassagem e Loi�a Sanit�ria.   Especialista em Servi�o de Canaliza��o    

J.L.F

.Um terreno de 15 hectares na entrada do I colo-I-bengo (Catete) no valor de: 5.000.000,00 AOA.   .Uma Moradia na zona verde Benfica T6 Suítes, incluindo   um escrit— rio, quintal vasto garagem, uma cozinha e   lavandaria com W.C   .Sal‹ o de festa bem equipado com cozinha e W.Cs bem localizado rua com bom estacionamento. Um centro de saœ de, com seis (6) enfermaria uma farm‡ cia com parque de estacionamento localizado no Benfica zona verde  

Executamos Servi�o de Ponta com material de alta  OBS: Disponível a nível Nacional qualidade  e  durabilidade  como: AOMaterial  RAPIDEZ, QUALIDADE E EFICÁCIA TRABALHOPPR,    Para mais informa• › es ligar para: 923301059 Multicamada, Galvanizado, Politileni e muito mais.   Executamos: Tubagem Sistema de �gua Quente e  Fria.   Sistema de Gravidade em reservat�rio de �gua e VENDA combust�vel.   De terrenos Tamb�m fazemos manuten�ı es com Contrato em  piscinas,  Col�gio,  Escrit�rios,  Unidades  Industriais,  Hot�is,  Restaurantes,  Resid�ncia,  Condom� de nios  20/30 e 20/15 como: desentupimos canos, eliminamos infiltra�ı bemes, localizados montamos  electrobomba  com  sistema  de  filtro,  no benfica e no termo-acomulador, hidromassagem e Loi�a Sanit�ria.   11 de novem   

Telef: 918 717 526 

OBS: Disponível a nível Nacionalbro a partir de

RAPIDEZ, QUALIDADE E EFICÁCIA AO TRABALHO 550.000,00kz.

Tel: 946 111 603 / 992 103 443

Telef: 918 717 526 

diversos


29

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

emprego

imobiliário

diversos

J.L.F

CANALIZA‚ Ì O & PRESTA‚ Ì O DE SERVI‚ O

Especialista em Serviço de Canalização Executamos Serviço de Ponta com material de alta qualidade e durabilidade como: Material PPR, Multicamada, Galvanizado, Politileni e muito mais. Executamos: Tubagem Sistema de água Quente e Fria. Sistema de Gravidade em reservatório de água e combustível. Também fazemos manutenções com Contrato em piscinas, Colégio, Escritórios, Unidades Industriais, Hotéis, Restaurantes, Residência, Condomínios como: desentupimos canos, eliminamos infiltrações, montamos electrobomba com sistema de filtro, termo-acomulador, hidromassagem e Loiça Sanitária. hidromassagem e Loiça Sanitária.

OBS: Disponível a nível Nacional OBS: Disponível a nível Nacional RAPIDEZ, QUALIDADE E EFICÁCIA AO TRABALHO RAPIDEZ, QUALIDADE E EFICÁCIA AO TRABALHO

Telef: 918 717 526 VENDE-SE 3 Residências, T4 cassenda a kz 57.000.000, no condomínio sussego t4 c/ piscina a kz: 36.000.000, No talatona t2 a kz 25.000.000 telef. 914819680

ENCARREGADO EXECUTOR Em acabamentos ƒ Pedreiro Canalizador Electricista Ladrilhador TŽ cnico de Frio Estucador Pintor e aplica Tecto Falso, Pladur e Sancas com gavetas OBS: DISPONê VEL A Nê VEL NACIONAL

Cont: 933 781 255

VENDA 5 casas T3 Zango 3 Akz 2.800.000. Moradia T4 Camama quintal para 2 carros 3.500.000. Vivenda T4 22 milhões J.do Éden. Negociar. Telf.923532124

ALUGA-SE Armazém pronto a entrar sito no Bairro Dengerreux, Talatona sem intermediários e negociado directamente como proprietário. contacto 922696457

FOTÓGRAFO discreto e sério para todo tipo de trabalho fotográfico, books, nudes, reportagens, festas, etc. Ligue e aproveite os preços: 928 816 383

VENDE-SE Hyundai Elantra, Toyota Fortuner, Hyundai Tucson, Grande I10 0KM, Hyundai Santa Fé. Telefone: 924915793. Aproveite preços de ocasião.

TEMOS os trajes académicos que você procura e merece. Becas, traje completo e todo tipo de acessórios. Ligue 937568061 ou Visite JustArrived no facebook.

ALUGA-SE uma casa de um Quarto, Sala e Cozinha sita no Bairro Patriota. Está a ser muito procurado porque não interessa intermediários. T: 937052129

IOGURTE caseiro feito a pensar no seu bem estar e natural como só você e sua família merece. Fale com a Cláudia e delicie-se. Ligue 923 624 545 e bom apetite.

SPA AFRO MILA esteticista manicure e pédicure, extensão de pestanas, emagrecimento, preparação de noivas, depilação, massagem e maquilhagem. T. 937038551

TEMOS para a sua disposição o seguinte: diaristas, empregadas Domésticas (internas), governantas baby sitter. Confiança e profissionalismo. T. 947421241

SERVIÇOS com missão de organizar a sua empresa na Contabilidade, Fiscalidade e RH. Somos Kustus, Lda, 947104139, 934887991, 912791252. Ligue.

TEMOS softwares para gestão de colégio Universidade, hospitais igrejas e farmácias. A tecnologia ao seu dispor T.9915633 41/934764898

ELDOURADO Centro de estética. Encontre aqui os produtos que vão deixar o seu cabelo lindo e invejável. Tel: 915 754 442 /940 952 192

VENDO Apto T3 4º andar, condomínio seguro água e luz 24/24 via Expresso próx.Patriota pronto a entrar 23milhões s/intermediários e a discutir. T. 923868627

VENDE-SE 2 apartamentos no cassenda T2 a kz:18.000.000, T1 a 13.500.000, casa T3+2 Anexos, no Calemba 2, a kz: 8000.000, telf. 923532124

VENDE-SE dois (2) com as dimensões 30x15m, bem localizado, em área habitacional, nas imediações do Zango 3 e a sua espera. Ligue. Tel: 923490878

VENDE-SE terrenos c/quintal 22x17 estrada camama Kz 10.000.000, kikuxi 100x50, kz 35.000.000, Funda 5 hectares (1) a kz 14.000.000, telf.994470058

ARRENDA-SE 4ºandar porta 50 na Joaquim Kapango nº24, Sala, 3 quartos, wc, cozinha, varandas, agua/luz. 300mil/mês discutíveis. Ligue 923133373/991133363

VENDO terreno no Camama totalmente documentado. O mesmo tem uma área de 10 hectares podendo servir de um projeto imobiliário. T. 924687568

VENDE-SE 2 Terrenos c/ quintal 3 hectares no porto seco a kz.500.000.000, na mutamba rua da missão (777 m2) kz 1.402.500.000,Telef.914819680

ARRENDA-SE 4 Quartos, pagamento1 suite 1 Sala, cozinha, pagamento a pronto um ano e garantia de permanência conforme contrato. T. 926 217 759

VENDEMOS toalhas de banho, lençóis, cortinas, sapatenis Converse, pastas do fardo novo e Namíbia c/ entrega grátis no Kilamba. Ligue 992185473/925509906

SERVIÇOS de Assistência técnica, manutenção, reparação e instalação para o seu gerador. Ligue e do resto cuidamos nós. Aproveite. T. 925087288

TÉCNICO profissional de IT, trata também de Reparação de todo tipo de computador a om preço e com qualidade contacto:942938170 ou 997882448

ESPAÇOS COMERCIAIS e escritórios Projeto de arquitetura, design de interiores, Fiscalização da obra, seleção de matérias. Tel: 929 853 997

VENDE-SE Terreno 30/15 17Milhões de Kwanzas Negociável com todos os documentos. Nova Vida, Cambambe 1, Belas, Kilamba Kiaxi 946367265

VENDE-SE um terreno com uma área de 5.583,86 m2, na Rua da ponte molhada junto ao condomínio Cajueiro (Caju). Contactar: 923511569

ALUGAMOS quartos mobilados com wc maculusso por diárias/ mensalidades a preços baixos. Quartos 8000/10000 dia. mês 120000/150000. T. 923724212

FAIRPLAY, LDA Registo viaturas cartórios notários conservatórias constituição de empresas taxas de circulação seguros. www.fairplay.co.ao, T 912390899

CABELEIREIRAS Tabita e Neusa. Ajudamos a ser você a próxima a ser copiada na beleza voom que se apresentar. Marque já. 923020444 / 925604623

MOBILIÁRIOS de escritório, consumíveis,materiais gastáveis, etc. Ligue e mantenha o seu escritório em dia. T. 912324072/923 439485/222714136

PRESTAMOS SERVIÇOS de contabilidade, fiscalidade, auditoria financeira. Contacte-nos já 931967208/990287948 e maubeconsultoria.auditoria@gmail.com

VENDE-SE um terreno na Mutamba ao lado da Igreja dos Remédios já com plano de massa para a construção de um prédio de 7 andares. 946 548 228

VENDE-SE um terreno com uma área de 48.129 m2 (5 Hectares). Avenida Fidel de Castro (via expressa). Aguarda-se a sua ligação para o 923511569

ALUGA-SE uma casa de um quarto, sala, cozinha e 1 quarto de banho, bairro asfaltado e em boas condições, luz e água. Ligue. T. 924 118 212

FAÇO maquilhagem ao domicílio para todo tipo de eventos, pinturas em festas infantis e gestantes. paulapatricia1995@hotmail. com. Tel. 995015881

ENVIAMOS a sua encomenda a todas as Províncias de Angola desde documentos, cheques, mercadorias, 912324072 / 923 439485 / 222714136

BOLOS Gracy Andrade. Temos os nossos modelos e feitios mas ainda esperamos sempre pelo seu bomm gosto e fazemos o q desejar. T. 912599218

PARA SI elaboração de plano de negócios, estudo de viabilidade, gestão de crédito e RH. Ligue 931967208 / 990287948 e maubeconsultoria.auditoria@gmail.com

VENDO terreno situado em Benfica Zona Verde, 20X30, já vedado com uma carrada de areia e brita. Está bem localizado e tem fácil acesso. 934640904

VENDE-SE residência c/ 2 quartos sala cozinha wc água e luz. Garagem mosaicada p/ 3 viaturas. Talatona. Akz. 27milhões. Telf. 994470058/923532124

ALUGA-SE um quarto com cozinha e casa de banho (suite) na samba, na segunda entrada depois do centro de saúde da samba. Com água e luz. 991 946 430

MASSAGEM pela Pura Essência - Estética e Beleza também ao domicílio para o seu relaxe e ainda limpeza de rosto e depilação. 931750739/915361228

CLÍNICA DE ESTÉTICA Beaute Noire. Temos pra si Lipoaspiração sem corte. Emagreça com saúde, agende já a sua. T. 943 805 325 / 912 140 440

EFETUAMOS Pulurização, colocamos gel e tratamos da desratização. Livre-se desse mauestar. Endereço: Centralidade do Sequele. T: 912941242/945626834

DNA VIAGENS. Tratamos vistos para o mundo inteiro e assim realizar os seus sonhos. Faça já o contactos pelo 937 985 863 ou 916 865 926. Boa Viagem.

VENDE-SE várias casas no Zango 3, em optimas condições de habitabilidade e em espaço muito bem situado. Ligue para ir ver e adquirir...T: 924127518

VENDO T3 c tanque de água em espaço 20X30 vedado, Benfica Zona Verde, uma rua depois da Shoprite. Kzs 3.500.000,00 negociável. Ligue: 924 066 986

HOSPEDARIA com 24 suites, toda mobilada, situada a 3 minutos do aeroporto 4 de Fevereiro para VENDER OU ALUGAR A 4.000.000 AKZ/mês 923119002

MASSAGEM oferecida ao domicílio. Faça já a sua marcação. Ligue 923315929 / 990315929 e relaxe com o profissionalismo e a atenção da Yasmin Massagens.

DECORAÇÃO, Pintura, estuque, Papel de Parede, Aplicação das Sancas Ladrilho e Montagem de Sanefa. Centralidade do Sequele T: 922789954

PRESTAMOS serviços de manutenção de ar condicionado para garantir o seu bem estar em ambiente agradável e saudável. T. 99238 886 / 923394027

PROGRAMAÇÃO de chaves codificadas, GPS, alarmes, reparação de comando de viaturas tudo feito pensando na sua segurança. Telefone: 924915793

VENDE-SE um espaço em Cacuaco com dimensão 15/20 ao preço de 2.800.000,00 preço negociável. pronta entrega, legalizado. Ligue: 923416361

VENDE-SE Casa 3 Quartos Sala Cozinha Wc água e luz. Quintal p/4 viaturas K. Kiaxi por trás Hospital Geral. Akz 14 milhões Telf. 994470058/923532124

ARRENDA-SE Apart. T3+1 Kilamba, no B, 3º Andar, nunca habitado, prédio com elevador, A/C em toda casa. 90000/mês negociáveis. 948119522/928118211

ELETRICIDADE mais Inst-CCTV, Construção Civil, Ins-video porteiro para a sua comodidade e segurança. Délcio Fernandes, T: 925393895/912995164

SALGADOS Rissóis de Peixe e Camarão, Pasteis de Massa Terra, Coixinhos, Croquetes Peixe e Carne e Enroladinhos. C.do Sequele T:912361612/935467939

DRA. Consultoria Auditoria, Executamos serviços de contabilidade geral e finanças. Apareça e teremos a honra de o ajudar. Ligue 921433489 ou 914758495

MOTORISTA disponível para serviço variado com profissionalismo, pontualidade e confiança. Endereço: Centralidade do Sequele. T: 947973787

VENDE-SE um terreno de 20m X 20m (400 m2) Rua AL 15 Talatona por de trás da Embaixada da África do Sul, Contactar: 923511569

VENDA terrenos 50x40 beira da estrada futungo Akz 34 Milhões. Mutamba 777m2 Akz 1.300.000.000. Baleizão 1.475m2 Akz 2.080.000.000. Telf. 914819680

ALUGUER de salas e espaços abertos para cerimónias civil por 50.000Kzs incluindo o quarto de preparação para a noiva, decoração e o cocktails. T. 939589326

HML EVENTOS, Salão de festas com buffet e decoração incluídos no serviço. Estamos no Futungo, na rua do CCB. T.: 935689053 / 995275106

DEVINE SERVIÇOS não procure mais por babas (internas ou externas) lavadeiras, engomadeiras diaristas e cozinheiras. Tel: 998095589

VENDEMOS Peças e acessórios de carro na metade do preço do mercado. Faça já o seu contacto e garanta a sua viatura em bom estado. Tel: 936848407

MASSAGENS para si. Tradicional, shiatsu e dreno linfática. Ao domicílio entre as 10 e as 16h30. Ligue Massagens do Castelo 945855854


OPINIÃO 31

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

BeLArMINO VAN-DÚNeM

A SADC quer a industrialização mas tem outros dossiers

A

39º Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da SADC que irá decorrer na Tanzânia, 16 anos depois do país ter acolhido uma cimeira regional decorrerá sob lema da industrialização, mas terá outros assuntos bastante pertinentes que, entre sábado e domingo próximos, os Chefes de Estado e de Governo terão que esgrimir argumentos para fazer vincar as suas posições. No caso concreto de Angola, a abordagem da crise económica e fi nanceira talvez seja o dossiê que será mais desconfortável para a delegação angolana uma vez que durante o briefi ng, quer em privado ou mesmo em assembleia é praxe informar como andam as coisas e as respectivas acções para, no mais curto prazo de tempo se ultrapassar a situação. Por outro lado, a questão da adesão à Zona de Comércio da SADC também estará em cima da mesa e desta vez talvez seja vez. Um assunto que esteve em voga no inicio do ano, mas que actualmente pouco ou nada se fala oficialmente. É necessário reconhecer que foram desenvolvidas várias acções técnicas para esse fi m, nomeadamente o desarmamento da pauta aduaneira. Sobre este assunto, eu tenho escrito vários artigos e confesso ser um entusiasta da adesão por razões de acomodação diplomática e também factuais e/ou técnicas. O dossiê da zona de comércio livre é da alçada do executivo, mas o parlamento angolano também tem sido um dos principais impulsionadores da transformação do Fórum Parlamentar da SADC em Parlamento regional. Segundo fontes que participaram nas reuniões técnicas, houve uma espécie de consenso relativamente a necessidade de se fazer essa transição. Resta saber qual será o

posicionamento dos Chefes de Estado e de Governo que têm a competência de aprovar as decisões vinculativas da organização, uma vez que me parece razoável que os Ministros apenas endossem esse parecer dos técnicos por se tratar do desejo de um órgão de soberania. A questão do parlamento regional implicará uma revisão da constituição de alguns países, mormente a constituição angolana, uma vez que a luz da mesma, quem dirige a política externa é o Chefe do executivo, cabendo ao parlamento a aprovação de alguns actos da sua exclusiva competência, mas os mesmos são sempre de iniciativa do executivo, ou seja, o parlamento só aprova se lhe for solicitado. Mas este é um assunto que merecerá a sua abordagem caso a proposta seja aprovada. Claro, não seria mal nenhum, tendo em conta a maior abrangência em termos de sensibilidade politica dos parlamentos nacionais e o facto terem capacidade legislativa a favor dos povos da região. Por outro lado, a sanção que os EUA e a União Europeia impuseram ao Zimbabué e à alguns dos membros do governo daquele país também mereceram uma abordagem, tendo a região condenado tal acto. Este é daqueles assuntos que nos remete para uma reflexão profunda do direito internacional. Se por um lado é necessário ter solidariedade para com um determinado parceiro, por outro é imperioso respeitar os princípios da política externa de cada Estado para que se possa exigir a reciprocidade. O realismo nas relações internacionais ensina que o inimigo do meu amigo pode ser meu amigo, os Estados não devem agir com base na indução, mas com o objectivo de realizar os seus objectivos de medio e longo prazo. Portanto, nesses

casos, tratando-se de parceiros importantes, o ideal seria apelar, solicitar que exista dialogo entre as partes e não condenar propriamente. O Sahara Ocidental também é outro dossiê que a SADC faz questão de colocar na sua agenda como princípio. O Reino de Marrocos não parece disposto a realizar o referendo, apesar de algum aligeiramento nas acções contra os nativos daquela região. O Reino de Marrocos já voltou a integrar a União Africana apesar daquela organização reconhecer de forma explicita a autodeterminação do povo do Sahara Ocidental. Neste caso me parece existir algum consenso entre a maioria dos Estados, com a excepção de alguns que são influenciados pela diplomacia marroquina. O lançamento da Zona de Comércio Livre Continental Africana pela UA é um sinal claro que a maioria dos Estados africanos tem consciência da necessidade de se intensificar o ritmo do processo de integração económica regional. Mas todas estatísticas demostram que o comércio intra-regional e continental em África é quase inexistente e as poucas trocas comerciais existentes tanto em termos de importação como de exportação são dominadas pela África do Sul. Portanto, a industrialização dos Estados pode ser a chave para uma maior interdependência entre os Estados da SADC, mas a implementação da estratégia regional de industrialização com base nas vantagens comparativas e complementares é crucial. Se cada Estado implementar o seu plano de industrialização interno sem olhar para os projectos dos restantes 15 Estados da região, apenas serão criadas economias paralelas e concorrentes e desta forma não se faz integração económica regional.


ÚLTIMA

32

O PAÍS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

Tribunal condena assassino de crianças

PR exonera ViceGovernador do Cuanza Sul

DR

O

Presidente da República, João Lourenço, exonerou, nesta Terça-feira, Joaquim Ricardo de Almeida Júnior, do cargo de ViceGovernador da Província do Cuanza Sul para o Sector Político, Social e Económico.

AGT quer levar os serviços próximo dos contribuintes

AGT cria postos fiscais nos municípios fronteiriços A Administração Geral Tributária (AGT) está a estudar a possibilidade de expansão das repartições fiscais nos municípios fronteiriços da Sétima Região Tributária, anunciou ontem o seu administrador, José Leiria.

A Noutro decreto, segundo uma nota da Casa Civil, o Presidente da República nomeou Emília Cambundo Tchinawalile António Salles Camuhoto, para o cargo de Vice-Governadora da Província do Cuanza Sul para o Sector Político, Social e Económico.

o falar à imprensa, após o encontro que manteve com o governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, o administrador da AGT disse que o assunto está a ser estudado pelos técnicos da Sétima Região Tributária, que engloba as províncias do Moxico, Lunda-Sul e Lunda-Norte. Explicou que o propósito é levar o fisco mais próximo dos contribuintes, e isso envolve custos como a contratação de pessoal e a construção de infra-estruturas fiscais, entre outros desígnios. José Leiria lembrou que ao nível da Sétima Região Tributária existem quatro repartições fis-

cais, número considerado ínfimo, tendo em conta a quantidade de contribuintes existentes, cujo número não precisou. Sem adiantar os valores arrecadados anualmente, disse que a Sétima Região Tributária tem cumprido com as metas de arrecadação de receitas, pois o desafio é alargar a base tributária, incentivando as pessoas a pagarem impostos. Durante a visita de três dias à província, a delegação da AGT, proveniente de Luanda, vai visitar e reunir com os técnicos das repartições fiscais da Sétima Região Tributária da região leste do país.

Chefe de Estado tswanês chega a Luanda

O

Presidente da República do Botswana, Mokgweetsi Masisi, chegou, na tarde desta Terça-feira, a Luanda para uma visita oficial de 48 horas a Angola, no quadro de consultas bilaterais com o seu homólogo João Lourenço. No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o Chefe de Estado do Botswana recebeu cumprimentos de boas-vindas do ministro da Defesa de Angola, Salviano Sequeira, do governador de Luanda, Luther Rescova, e do secretário de Estado das Relações Exteriores, Téte António.

De acordo com o programa da visita, na Quarta-feira (dia 14), Mokgweetsi Masisi será recebido em audiência, no Palácio Presidencial da Cidade Alta, pelo Presidente João Lourenço, estando o regresso a Gaberone previsto para o final da tarde desse mesmo dia. Nesta visita, o presidente Mokgweetsi Masisi faz-se acompanhar dos ministros da Defesa, dos Negócios Estrangeiros e do Ambiente, entre outros altos funcionários do Governo do Botswana. Angola e Botswana mantêm relações diplomáticas desde 1975,

tendo assinado, em Fevereiro de 2006, um Acordo Geral de Cooperação. Ambos países são membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), que procura consolidar as bases para formar uma zona de comércio livre. Além destes dois Estados, integram a SADC a África do Sul, Comores, Namíbia, Tanzânia, República Democrática do Congo, Ilhas Maurícias, Ilhas Seychelles, Malawi, eSwatini, Leshoto, Madagáscar, Moçambique, Zâmbia e Zimbabwe.

Tribunal de Saurimo dá pena máxima a assassino de crianças

O

Tribunal Provincial da Lunda-Sul condenou ontem, Terça-feira, Nelson Txihama, a 24 anos de prisão, pelo assassinato de quatro crianças, que ocorreu a 30 de Outubro de 2018, em Saurimo. Na leitura da sentença final, a juíza de Direito, Teresa Massolo, disse que o réu cometeu homicídio qualificado, por motivos passionais. Explicou que antes de cometer o crime, o réu convidou as vítimas para o acompanharem ao rio, tendo, durante o percurso, executado o seu intento. Segundo a magistrada, o réu não apresentou distúrbio men-

tal, nem prova de qualquer outra patologia que influenciassem na sua decisão. O Tribunal Provincial da Lunda Sul condenou ainda o réu a pagar 80 mil Kwanzas de taxa de justiça e uma indemnização de 6 milhões de Kwanzas a favor dos familiares das vítimas. Por seu turno, Eva Maria, um dos parentes das quatro vítimas, disse não estar de acordo com a decisão do acórdão, afirmando que deviam ser mais anos para desencorajar a prática de crimes do género. Explicou que o valor a ser indemnizado não trará de volta os filhos perdidos, visto que a vida é um bem precioso.

DR

Presidente do Botswana, Mokgweetsi Masisi

Angola e Botswana estão também envolvidos no projecto turístico transfronteiriço Okavango/Zambeze, partilhado ainda pela Namíbia, Zimbabwe e Zâmbia, num total de 278 mil quilómetros quadrados de perímetro para a prática comum do ecoturismo. Esse projecto regional destina-se também à preservação e gestão partilhada dos recursos naturais, sendo que Angola possui a segunda maior parcela do projecto, com 87 mil quilómetros quadrados, atrás da Zâmbia, que disponibilizou 97 mil quilómetros quadrados.

Profile for OPAÍS

Jornal OPaís edição 1565 de 14/08/2019  

ANGOLA CONTRATA BANCO MUNDIAL PARA PRIVATIZAR 195 EMPRESAS www.opais.co.ao

Jornal OPaís edição 1565 de 14/08/2019  

ANGOLA CONTRATA BANCO MUNDIAL PARA PRIVATIZAR 195 EMPRESAS www.opais.co.ao

Advertisement