Page 1

ANO I

Nº 14

23 DE FEVEREIRO DE 2007

PALAVRA

VASOS PERFEITOS DE DEUS A nossa história é formada por momentos, tanto bons, quanto ruins. Independente de lembrarmos ou não deles, cada um é uma marca que fica gravada em nossa alma. Somos moldados constantemente a fim de nos adaptarmos a este mundo e vivermos em harmonia entre os outros. Muitos de nós somos feridos ainda na infância, seja por rejeição ou por momentos traumáticos, e acabamos nos tornando pessoas com sérias dificuldades de convívio social, com tendências a vícios, a rebeldia, e todo tipo de conduta que sabemos ser errada. Em contrapartida, quando somos bem estimulados, nos tornamos pessoas convictas, com uma grande auto-estima e todo tipo de virtude. No entanto, na maioria dos casos somos uma grande mistura desses dois extremos. 1

Na Bíblia, somos comparados a vasos feitos de barro , sendo Deus o Oleiro que nos molda. O nosso caráter é o contorno deste vaso. Quando nos achegamos ao Senhor, somos como vasos moldados conforme a nossa própria vontade, segundo referências que escolhemos durante nossa caminhada. Em sua maioria, essas referências são familiares bem sucedidos, artistas famosos, cantores, sábios, escritores, filósofos, etc. No entanto, chegamos cheios de feridas, rachaduras, buracos e falhas na estrutura. Isso, vindo na maioria das vezes da rejeição que sofremos durante toda vida, seja por causa das fraquezas, defeitos fisicos, nomes diferentes, intolerância dos pais, relacionamentos frustrados e uma série de outras coisas, que acontecem desde o momento em que estamos no ventre de nossas mães até o dia de hoje. Quando Jesus Cristo diz que para vermos o reino de Deus é 2 necessário nascermos de novo , Ele fala exatamente a respeito de nos deixar sermos moldados por Deus, segundo a vontade Dele, e não a nossa. O novo nascimento se refere ao ato de se arrepender da velha natureza e deixar que Deus nos quebre 3 para fazer tudo novo , ou seja, deixar que Ele construa um novo vaso, só que desta vez, sendo Jesus Cristo o único referencial para moldura. É desta maneira que o caráter do Senhor é forjado em nós, de modo que não somos mais nós que 4 vivemos, mas sim Cristo em nós . Quando um Oleiro vai moldar um vaso, primeiro ele pega o barro e o amassa bem amassado, para que este fique fácil de se moldar, e em seguida, joga água no barro para começar a moldagem. No prato giratório, começa o trabalho e o vaso começa a tomar forma. Caso algo saia errado e este vaso se estrague no meio do processo, é necessário começar tudo de novo. Quando o vaso finalmente está pronto, o Oleiro coloca-o no forno para que seja forjado e fortalecido. Assim é também com nossas vidas. Muitas vezes, Deus tem que nos “amassar” para começar a 5 moldar o nosso caráter e derramando da Sua água viva , que é o Espírito do Senhor, Ele nos prepara para a moldagem. Quando falhamos no meio do caminho, às vezes é necessário 6 recomeçar tudo de novo , até que somos levados ao fogo para 7 purificação e fortalecimento. A necessidade de amassar o barro antes de começar a obra é extremamente importante, pois caso esta etapa seja mal feita e bolhas de oxigênio e outras impurezas permaneçam dentro da massa, isso pode causar um grande estrago. Isso porque, quando o vaso é levado ao forno, uma grande explosão pode ocorrer devido a estas impurezas, perdendo-se então todo o trabalho. Por isso, Deus tem muito zelo enquanto nos prepara; e quando não nos deixamos moldar conforme a vontade Dele, podemos ficar na “casa do oleiro” durante anos, antes de sermos enviados para a obra.

Usando de um exemplo mais contemporâneo, podemos comparar nossa caminhada com Deus a um carro na estrada. Quando nascemos de novo, Deus pede que entreguemos o nosso “carro velho”, cheio de falhas mecânicas, desalinhado, desbalanceado, com pneus careca, e todo tipo de falhas, para que Ele nos dê um carro novo, mais potente, com vidro elétrico e todo tipo de virtudes. Mas por incrível que pareça, muitos de nós não queremos abrir mão dos nossos “fusquinhas”. E quando finalmente conseguimos abrir mão do velho para receber o novo, entramos num processo ao qual temos que abandonar os 8 velhos hábitos . 9

Quando recebemos Jesus em nossos corações devemos 10 desejar o puro leite espiritual , como crianças recém-nascidas e temos que abandonar velhas práticas e nos livrar dos pecados. O pecado é como furo no tanque do nosso carro. Não importa a quantidade de combustível que colocamos que o tanque se esvazia. Exemplo disto, é que muitas vezes ao pisarmos fora da igreja já estamos de novo sem combustível espiritual e cometendo todo tipo de atrocidades que vão totalmente contra a vontade de Deus. Nossas vidas ficam estagnadas e não conseguimos avançar na estrada do Senhor. Se não bastasse isso, muitas vezes, ao invés de colocarmos gasolina premium no carro novo (o puro leite espiritual), colocamos combustível adulterado, que pode ser comparado à religiosidade e aos falsos ensinamentos. Assim como o vaso no forno explode por causa de impurezas, o combustível adulterado no carro também pode causar um grande estrago quando este estiver a todo vapor, podendo desde engasgar até fundir o motor. 11

Deus está em busca de verdadeiros adoradores , que o adore conforme a Sua vontade e não a própria. Deus não quer que o adoremos e o sirvamos conforme achamos que devemos fazê-lo, mas sim como Ele deseja. Deus é espirito 12 e se importa que o adoremos em espírito e em verdade . Ele quer nos moldar para que sejamos perfeitos, assim como Ele 13 14 é . Ele quer homens e mulheres perfeitos em Cristo , adoradores verdadeiros que fazem a vontade do Pai e que 15 se deixam moldar com facilidade . Abandonemos então o pecado e fechemos as brechas no “tanque”, para que o 16 Senhor nos encha com o Seu Santo Espírito , lembrando 17 sempre que Ele não põe vinho novo em odres velhos . Isso tudo para que a face do Senhor Jesus resplandeça sobre a 18 nossa . (1) Is 64:8 | (2) Jo 3:3 | (3) Ap 21:5 | (4) Gl 2:20 | (5) Jo 4:10 | (6) Jr 18:4 | (7) Nm 31:23 | (8) Tt 2:12 | (9) Rm 10:9 | (10) 1Pe 2:2 | (11) Jo 4:23 | (12) Jo 4:24 | (13) Mt 5:24 | (14) Cl 1:28 | (15) Rm 9:20 | (16) Ef 5:18 | (17) Mt 9:17 | (18) Nm 6:25

PRÓXIMOS ANIVERSARIANTES 26/02 - Juliana Coutinho Paiva

(11) 9942-2719

26/02 - Romildo C Coutinho Júnior

(62) 8418-0944

07/03 - José Roberto Lima

(11) 8117-7197

13/03 - Henrique Alves da Cruz

(62) 9263-8531

18/03 - Marize Coutinho do Patrocínio (62) 8422-1803 22/03 - 100 ANOS - Maria Coutinho

(62) 3218-2255

04/04 - Camlia Junqueira Coutinho

(62) 3541-3741

25/04 - Daniela Cunha Coutinho

(62) 8408-6850

25/04 - Edna de Carvalho Coutinho

(62) 9971-4500

Beto, Mário e Netto - 1983

TESTEMUNHOS DA QUINZENA

ROMILDO COUTINHO NETTO É com alegria que escrevo neste jornalzinho. Queria testemunhar um pouco do que o Senhor amado tem feito em minha vida, porque Ele é bom. Fui cheio pelo Espírito Santo de Deus num acampamento que fui neste Carnaval, e veio sobre mim o dom de línguas. Já tenho desfrutado da edificação que traz a oração em línguas e tenho sido afiado pelo Espírito. Tenho recebido força e o motor não é mais 1.0, mas 2.0 com 16 válvulas. Aleluias! E isso é para a glória Dele, porque definitivamente não fui eu quem fiz coisa alguma, a não ser levantar as mãos ao alto e receber. Neste acampamento, um irmão que eu não conhecia teve uma visão onde eu segurava uma espada em uma mão e o escudo em outra. Isso também foi uma alegria para mim, que tenho orado em cima daqueles versículos que falam da armadura de Deus na carta de Paulo aos Efésios (Ef 6:10-18). Deus tem me consolado muito. Queria testemunhar também que aqui em casa temos experimentado a paz de Cristo nos relacionamentos. Eu que não conseguia passar um dia sem julgar alguém, hoje olho para o meu próprio umbigo, como o nosso Senhor nos ensinou no sermão do monte (Mt 7:1-5). Isso é maravilhoso porque tenho aprendido a ser tolerante com todos e o fruto disso é a paz. Paz porque não recebo a medida que dou para o outro. Jesus disse que seríamos julgados na medida em que julgarmos os outros. Uma coisa maravilhosa: “A misericórdia triunfa sobre o juízo” (Tg 2:13). Se formos misericordiosos com os outros, isso também é uma prova de que temos recebido a misericórdia de Deus, porque ninguém consegue ficar muito tempo sendo misericordioso com todo mundo, não é? Tudo isso é maravilhoso e uma graça de Cristo, que morreu como um criminoso na cruz, por causa do nosso crime. O sangue derramado tem poder para purificar, transformar, perdoar, alegrar e vencer todas as coisas que são contra os propósitos de Deus. Deus usou muito o Mário para me ensinar isso. Não tanto por palavras (quase nada por palavras, na verdade nada por palavras), mas por vida! Ele não olhava para os lados como eu, estava apaixonado pela verdade que há em Cristo, ou seja, pelo próprio Cristo em nós, vivo, que se manifesta com todo tipo de bom fruto: alegria, paz, paciência, amor, mansidão etc. Não há pregação que vença um testemunho vivo; ou seja, alguém que brilha a luz de Cristo. Alegrome muito com tudo isso porque eu tenho recebido desta porção de alegria, porque eu tenho recebido uma misericórdia que eu não sabia dar, um amor que eu nunca tive em mim mesmo, uma Graça que eu nunca tive. Esta Graça não é humana, mas é do alto. “Porque vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie” (Ef 2:8). A graça me salvou e me mantém na presença de Deus. O que eu fiz para merecê-la? Que bondade minha é digna desta graça? Que beleza em mim me torna apto para receber a Cristo? Nada, ninguém, zero. Inclusive o que nos arruína é justamente a nossa bondade, a nossa justiça, a nossa beleza, quando estas nos impedem de nos aproximarmos ajoelhados na presença de Deus (Jesus veio para os doentes e pecadores - Lc 5:32). Parece loucura, mas os pecadores são os mais felizes desta Terra, porque estes experimentam a graça de Deus. Quero agradecer ao Senhor maravilhoso pela grande graça que recebi: a graça da salvação, a graça de me tornar santo, a graça de conhecer a verdade, a graça de vencer o pecado e o mundo. Aleluia, glorioso Jesus amado!!!

FemC14  

26/02 - Juliana Coutinho Paiva (11) 9942-2719 26/02 - Romildo C Coutinho Júnior (62) 8418-0944 07/03 - José Roberto Lima (11) 8117-7197 13/0...