Issuu on Google+

Propostas e questões levantadas pelos deputados eleitos das turmas OA1-7 e OA1-8, do 4.º ano

Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Municipal, Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal, Senhores Vereadores, Senhores Presidentes da Junta de Freguesia, Caros colegas deputados, Minhas Senhoras, meus Senhores.

Considerando que:  Nos dias de hoje é extremamente importante a preocupação com a poupança e o ambiente; PROPOMOS:

A substituição das lâmpadas atuais, da via pública, por lâmpadas LED, nos locais onde ainda persistem as de maior consumo. Esta proposta baseia-se no facto de estas lâmpadas terem como principais vantagens a longa durabilidade e elevada redução no consumo de energia, que pode chegar até 90%. Além disso, são mais ecológicas, já que não possuem metais pesados na sua composição.

Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


As lâmpadas LED proporcionam uma maior economia de energia, contribuem para a preservação do meio ambiente e, além disso, como os led possuem uma grande vida útil, a sua substituição é mais demorada, o que gera uma quantidade menor de resíduos a serem descartados. Tal facto é sem dúvida um contributo para uma maior qualidade do meio ambiente. Mesmo sabendo que o investimento inicial para a execução desta proposta se reveste de um grande esforço financeiro, tal acabará por ter um retorno com o passar do tempo, devido à durabilidade do LED, não sendo necessário a sua troca constante. A maior compensação será indubitavelmente a melhoria do ambiente urbano.

Turma OA1-7

Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


1.ª Questão:

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal,

Sabendo que:  O saneamento básico é um conjunto de procedimentos adotados numa determinada região que visa proporcionar uma situação higiénica saudável para os habitantes;  Que nos dias de hoje o saneamento é uma parte das nossas casas;  Que em várias zonas da nossa cidade, nomeadamente no lugar de Vilar, não existe rede pública de saneamento básico

QUESTIONAMOS: Para quando a construção do saneamento básico que cubra a totalidade da freguesia de Oliveira de Azeméis?

Turma OA1-7

Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


2.ª Questão:

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal,

Sabendo que:  Apenas um litro de óleo é capaz de poluir cerca de um milhão de litros de água, ou seja, o equivalente à quantidade média consumida por uma pessoa durante 14 anos;  Que se o óleo for despejado diretamente no esgoto habitacional, o seu tratamento encarece cerca de 45%;  Que a poluição causada pelo óleo na água prejudica a oxigenação, podendo extinguir plantas e peixes do ecossistema;

QUESTIONAMOS: Por que razão não existem ainda oleões junto dos ecopontos da nossa cidade de modo a que os óleos sejam reciclados e tratados, prevenindo a poluição das águas?

Turma OA1-7

Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Municipal, Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal, Senhores Vereadores, Senhores Presidentes da Junta de Freguesia, Caros colegas deputados, Minhas Senhoras, meus Senhores.

Considerando que:  As competências das autarquias na área do ambiente têm vindo a aumentar;  Que as políticas ambientais de uma autarquia assumem cada vez mais importância para o bem-estar dos seus munícipes;  Que a qualidade da vida urbana depende do papel decisivo dos atributos dos espaços públicos e da capacidade de valorização dos seus elementos ambientais;  Que a valorização ambiental é uma mais-valia para o desenvolvimento urbano;  Que saúde e meio ambiente são áreas intimamente interligadas, não sendo possível prevenir e proteger a saúde individual e coletiva sem cuidar do meio ambiente;  Que existem no município áreas e problemas ambientais que merecem

um

acompanhamento

responsável

desta

Assembleia, nomeadamente a inexistência de uma rede de

Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


saneamento básico que cubra as necessidades de toda a freguesia de Oliveira de Azeméis;  Que a falta de saneamento básico propicia a contaminação e proliferação de doenças;  Que o saneamento básico é um conjunto de procedimentos adotados numa determinada região que visa proporcionar uma situação higiénica saudável para os habitantes;  Que os esgotos a céu aberto são uma realidade inaceitável nos dias que correm, em que a sustentabilidade ambiental é uma preocupação de todos nós;  Que existe em Oliveira de Azeméis, perto da Capelinha de Cidacos uma fossa que corre a céu aberto, por entre terrenos baldios, contaminando a zona habitacional com um cheiro nauseabundo;

PROPOMOS:

Que a Câmara Municipal garanta o saneamento de forma a extinguir a fossa que corre a céu aberto junto da Capelinha de Cidacos, proporcionando aos seus habitantes uma qualidade de vida mais agradável e uma maior proteção no que concerne aos riscos de contaminação dos terrenos, da água, de um ar mais respirável e da não propagação de micro organismos.

Turma 0A1-8 Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


1.ª Questão:

Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Municipal, Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal, Senhores Vereadores, Senhores Presidentes da Junta de Freguesia, Caros colegas deputados, Minhas Senhoras, meus Senhores.

Atendendo a que:  No centro da cidade as pessoas deixam os sacos do lixo na rua para serem recolhidos pelos competentes serviços;  Que muitas vezes os sacos são rasgados pelos animais, nomeadamente cães e gatos, espalhando o lixo pelo chão;  Que o aspeto de sacos nas ruas não é o mais agradável para quem nos visita,

QUESTIONAMOS: Por que motivo não existem mais contentores nas ruas da cidade?

Turma 0A1-8

Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


2.ª Questão: Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Municipal, Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal, Senhores Vereadores, Senhores Presidentes da Junta de Freguesia, Caros colegas deputados, Minhas Senhoras, meus Senhores.

Atendendo a que:

 Existem na freguesia de Oliveira de Azeméis alguns terrenos aparentemente abandonados, sem qualquer tipo de cuidados de limpeza,  Que os silvados que crescem nesses terrenos não são limpos, potenciando risco de incêndio;  Que os incêndios são um flagelo que todos os anos nas épocas de maior calor consomem uma parte significativa da nossa floresta, aumentando os níveis de poluição do ar,

 QUESTIONAMOS: Que mecanismos tem a autarquia para se certificar da limpeza da mata e terrenos abandonados, onde crescem grandes silvados que potenciam o risco de incêndio?

Turma 0A1-8 Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


3.ª Questão: Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Municipal, Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal, Senhores Vereadores, Senhores Presidentes da Junta de Freguesia, Caros colegas deputados, Minhas Senhoras, meus Senhores.

Atendendo a que:  O conceito de qualidade do ambiente urbano é visto à luz de dois aspetos muito importantes: os aspetos de bemestar ambiental, onde se engloba a saúde, a segurança pública e o conforto humano, e a utilização dos recursos ambientais (do espaço físico, ecológico, social, económico, político e institucional);  Que os parques infantis se enquadram neste conceito de qualidade do ambiente urbano,

QUESTIONAMOS: Por que motivo o parque infantil junto à Escola Superior de Enfermagem em vez de ter sido desmontado por estar em mau estado de conservação, não foi reconstruído de forma a permitir às crianças brincarem ao ar livre, até porque o espaço envolvente permitiria a criação de uma zona verde de qualidade?

Turma 0A1-8 Professoras Márcia Tavares e Manuela Rodrigues


Políticos de Palmo e Meio