Page 1

Revista Digital

BAIRRO HORTO

UM BAIRRO VISTO COM OUTROS OLHOS

4ยบ SEMESTRE- ARQUITETURA E URBANISMO


Editorial Aline Bezerra Acadêmica de Arquiterura e Urbanismo Marcelo Rodrigues Acadêmico de Arquiterura e Urbanismo

Maria Georgya Acadêmica de Arquiterura e Urbanismo

Maria Ingrid

Acadêmica de Arquiterura e Urbanismo

Maria Karolyny Acadêmica de Arquiterura e Urbanismo

Wendell Fernandes Acadêmico de Arquiterura e Urbanismo

Orientação Professora Celina Izar Arquiteta e Urbanista


A Equipe


Local da intervenção

O mesmo possui um número bastante crescente de moradores, tendência esta a aumentar á cada ano e é considerado o maior ponto turís co da cidade.

Tendo como atração principal a estátuado Padre Cicero, figura de grande carisma religioso, que empresta sua biografia ao local.


Local da intervenção

Área do Bairro Local da intervenção


O bairro

O perímetro do bairro tem visão privilegiada de toda a cidade e adjacências, graças a sua topografia.

Por ser um ponto turís co, a cada ano cresce o número de devotos que visitam o monumento.

Porém, foi observado que é um bairro desprovido de qualquer

po de planejamento urbano,

tendo em vista que não é um problema apenas para os visitantes, e sim uma problemá ca constante para a população local e vizinhança, pois a maioria das edificações são residenciais. Vale ressaltar também, que a tendência da população que ali mora, tende a aumentar.


Morfologia do Bairro O Bairro do Horto é considerado rural, podemos observar isso no mapa de cheios e vazios abaixo, onde a maioria das áreas do bairro é ocupada por sitio, ou campos, (natureza). E somente a parte central do bairro é construída.


Morfologia do Bairro Desta área construída citada anteriormente, localizada no centro do bairro, sua maioria são de propriedades privadas e residenciais, onde apenas três pontos são publicas, A estátua, a igreja e uma quadra de esportes.


Morfologia do Bairro

Como podemos observar na legenda, a evolução do bairro deu-se primeiramente na Av. Padre Jesus flor, (arredores da estátua.) Espalhando -se pelos seus arredores, formando a rua Juazeiro do norte por exemplo. Crescendo então até a entrada do bairro, na Av. José de melo e também Av. Leandro Bezerra,(local escolhido para intervenção.)


Morfologia do Bairro É um bairro predominantemente residencial, com casas de baixo gabarito, e alguns vazios.


Morfologia do Bairro

As Vias do bairro são em ruas em sua maioria estreitas, dificultando a circulação de ônibus e outros veiculos de grande porte.


Área de atuação

Está compreendida entre as Av. Leandro bezerra e o início da Av. José de Melo, nos dias comuns este local é usado de forma normal pelos moradores do bairro e adjacência.

O perímetro da Av. Leandro Bezerra passa pelo projeto de revitalização em função da chegada do anel viário.

Após a avenida ser reformada, a população passou a fazer um maior uso da área, como por exemplo, pra cando exercícios sicos no local, porém, uma grande problemá ca neste aspecto é a falta de conforto térmico, pois a região além de receber muita insolação, não há vegetação para gerar sombra suficiente para que os pedestres possam transitar confortavelmente.


Área de atuação O local já é u lizado pela população para a prá ca de esportes e eventualmente, para a prá ca de exercícios sicos, como a caminhada. De modo que pode-se observar a carência quanto a um espaço bem planejado, onde as pessoas possam desfrutar de uma infraestrutura de qualidade e sem riscos.

A avenida possui uma calçada de 4.5 m de largura em boas condições, onde haveriam mobiliários urbanos. A solução para essa área seria a construção de um parque para a população, pois a avenida Leandro Bezerra possui um terreno amplo e vazio em quase toda a sua extensão.

A área em questão é desprovida de mobiliário urbano,iluminação adequada, arborização, sinalização, adaptação ao cadeirante e pontos de ônibus. Oque impossibilita sua melhor u lização por parte da população, não só local, como também para o turismo que tanto frequenta as imediações.


Área de atuação

A ciclovia ali existente, localiza-se erroneamente entre as vias. É

m a l

p r o j e t a d a ,

a s s i m

c o m o

toda a área para o trânsito de pedestres. Não existe condições de se realizar um passeio, por exemplo, ao meio dia, com o sol á pico, pois não existe nenhum po de proteção contra a radiação em todo o perímetro.

É quase inviável u lizar o serviço de transporte público, pois apenas 2 ônibus circulam pela região e não existe pontos fixos de ônibus. Existe ai, falha do poder público.


Área de atuação


interv

De modo a agregar valores e intensiďŹ car o a priorização de cada ambiente de lazer, assim como


venção

fluxo no ambiente em questão, obje vamos o o pedestre, seja ele portador de deficiência ou não.


intervenção

Corte


intervenção

Priorizando a iluminação do local, a segurança (contendo 4 postos policiais espalhados por todo o seu perímetro),

Arborização (para se puder desfrutar de um ambiente mais agradável termicamente)


Natureza


intervenção

Adaptado completamente ao cadeirante, com rampas em seus acessos .

Implementação de ponto de ônibus na sua centralidade.


Trรกfego

Pedestres em seguranรงa

Exercitar-se


Planta Humanizada


intervenção


Permanecer Nos quiosques haverá a venda de comidas tipicas, lanches, e também artesanato regional.

Para a permanência, foi pensado em vários quiosques, agrupados em um só volume, para que haja um relação entre a população independente do quiosque q esteja.

Conversar e Sentar-se

A distribuição de bancos de praça foi feita por toda a área, oferecendo conforto e criando locais de encontro entre as pessoas. Outro ponto de descanso são as amplas copas das arvores, onde as pessoas deleitam-se sob sua sombra.


VISITE SEU BAIRRO


Revista du dezemb 01 12 2016 final  

Revista de estudo academico de desenho Urbano para intervenção no bairro do Horto em Juazeirodo Norte - CE

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you