Page 1

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

RIO DE JANEIRO Sexta-feira, 19 de janeiro de 2018 Edição nº 1.786, ano 8

O QUE NOS FAZ

HUMANOS?

MÍN: 21°C MÁX: 39°C

www.metrojornal.com.br | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_RJ

MORGAN FREEMAN BUSCA RESPOSTAS EM ‘THE STORY OF US’, NOVA SÉRIE DO NATIONAL GEOGRAPHIC PÁG. 12

Veículo invade areia de Copacabana e mata bebê

Atropelamento aconteceu ontem, por volta de 20h30

Pânico na orla. Veículo desgovernado atravessou o calçadão da praia atropelando pedestres. Motorista foi encaminhado para a delegacia e alegou sofrer de epilepsia. Mais de 10 pessoas ficaram feridas; criança de 8 meses chegou a ser socorrida, mas não resistiu PÁG. 02

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

FOTOS: REPRODUÇÃO/BANDNEWS FM

Cabral é transferido Policiais apreendem para prisão em Curitiba 19 fuzis na via Dutra

Michel Temer nega ter recebido propina

Justiça aceitou pedido do MP após evidências de regalias ao ex-governador nas cadeias do Rio PÁG. 03

Presidente responde às 50 perguntas do inquérito sobre suposta ajuda a setor portuário PÁG. 06

Ao todo, 60 armas foram encontradas no carro de um sargento do Exército; militar foi preso PÁG. 02


02|

1 FOCO

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Carro invade calçadão de Copacabana Zona sul. Motorista foi levado para a delegacia do bairro. Um bebê morreu Um carro, modelo Hyundai HB20, atravessou o calçadão e invadiu a faixa de areia de Copacabana, na zona sul, por volta das 20h30 de ontem. O caso ocorreu na altura da rua Figueiredo Magalhães, um dos pontos com maior concentração de pessoas da orla. De acordo com o comandante do 19º BPM (Copacabana), coronel Angelotti, um bebê de oito meses foi atropelado, chegou a ser levado à UPA da rua Tonelero, no bairro, mas não resistiu. Antônio de Almeida, de 41 anos, conduzia o veículo. De acordo com relatos, quando saiu do carro, o motorista quase foi linchado. Ele foi encaminhado para a 12ª DP (Copacabana), mas alegou que sofre de epilep-

Bombeiros prestaram atendimento na orla do bairro | REPRODUÇÃO/BANDNEWS FM

sia e, por isso, não conseguiu evitar o acidente. Mais de dez feridos foram levados para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, na zona sul. De acordo com o Corpo de Bombeiros, vítimas também foram para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. O contador Magno Moraes, de 35 anos, estava jogando vôlei na praia no momento em que o carro invadiu o calçadão. “Ouvimos um barulho muito alto. Logo depois, deu para ver

cadeiras voando e pessoas feridas”, contou. “Cheguei a pensar que pudesse ser até um atentado terrorista. Foi aterrorizante ver aquelas pessoas caídas no chão, crianças gritando. Todos chorando”, relatou Pedro Aragon, 50 anos. O veterinário passava pela região na hora do atropelamento. O atendimento a alguns feridos foi feito no local. Policiais começaram a fazer a perícia ainda na noite de ontem para esclarecer o ocorrido. METRO RIO

Presídio em Rondônia

Rogério 157 O traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157 (foto), vai ser transferido para a Penitenciária de Porto Velho, em Rondônia, mesma unidade onde o Nem da Rocinha cumpre pena em regime fechado. O pedido para que o criminoso fosse para um presídio fora do Rio foi feito pela Secretaria de Estado de Segurança e pelo Ministério Público estadual. A transferência foi autorizada pela Justiça de Rondônia. Atualmente, o traficante, preso no início de dezembro do ano passado, está na Penitenciária Laércio da Costa Pellegrino, em Bangu 1, unidade de segurança máxima no Complexo de Gericinó, na zona oeste. Ainda não há informações de data para a transferência do criminoso.

Militar do Exército foi detido com fuzis em flagrante | DIVULGAÇÃO/ PRF

Desarme. Militar é detido com 19 fuzis em ação na Dutra Dezenove fuzis do modelo AK47 e calibre 7.62, e 41 pistolas de diversos calibres foram apreendidas na Rodovia Presidente Dutra, na divisa entre os Estados do Rio e São Paulo, ontem, durante operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme). O material estava com o segundo-sargento do Exército Renato Borges Maciel, 40 anos. A ação ocorreu através de levantamento de dados do serviço de inteligência da PRF, da DESARME e do Exército Brasileiro. Os policiais conseguiram abordar o veículo suspeito e prender em flagrante o militar, que vinha da cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, onde ele era lotado há 17 anos. Ele já era suspeito de traficar armamento e vinha sendo investigado. Segundo os agentes, o mi-

litar estava fardado e intimidou os policiais dizendo que estava a serviço militar. “Ele tentou ludibriar a fiscalização dizendo que estaria prestando um serviço para um comandante”, disse Rafael Alvim, superintendente substituto da PRF-RJ. Prejuízo de R$ 2,5 milhões Além das armas, foram apreendidas munições, carregadores e cocaína. Segundo Rafael Alvim, a apreensão é uma das maiores já realizadas pela PRF e representa um prejuízo de R$ 2,5 milhões para o crime organizado. Ainda de acordo com a polícia, a maioria do armamento apreendido é de origem estrangeira. A ação também faz parte da operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais do Estado. METRO RIO E BAND

Melhor caminho

Jacarezinho. Febre amarela. Sobe para 13 Operação com o número de casos no Estado Forças Armadas tem vazamento O novo boletim divulgado pe- bate à febre amarela comePoliciais civis, PMs e militares das Forças Armadas organizaram uma operação, ontem, no Jacarezinho, na zona norte, e em favelas vizinhas para localizar os responsáveis pela morte do delegado Fábio Monteiro, na sexta-feira passada. Mas a própria Polícia Civil já reconhece que houve vazamento de informações sobre a ofensiva contra o crime na região. Durante operação, 20 pessoas foram levadas para a delegacia. METRO RIO

la Secretaria de Estado de Saúde confirmou que já são 13 os casos de febre amarela comprovados no Estado do Rio. De acordo com o texto, agora são quatro mortes em decorrência da doença: duas em Valença, no sul fluminense; uma em Miguel Pereira, na mesma região; e uma em Teresópolis, na Região Serrana. Novamente, vários postos que prestam o serviço na capital registraram filas e confusão ontem. Inicialmente prevista para o mês que vem, as doses fracionadas para o comFALE COM A REDAÇÃO leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL:021/2586-9570

O Metro Jornal circula em 21 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Espírito Santo e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

çam a ser aplicadas na quinta-feira que vem. A decisão foi tomada pelo Ministério da Saúde e os governos do Rio e de São Paulo. O objetivo é conter o avanço da doença nos dois Estados. Quem deverá ser contemplada pela iniciativa, anunciada ontem, é a população entre 2 e 59 anos que não foi vacinada, mulheres não vacinadas que estejam amamentando crianças maiores de 6 meses, e idosos com mais de 60 anos que ainda não foram imunizados. METRO RIO

Confira as interdições programadas de acordo com o Centro de Operações da Prefeitura do Rio (www.cor.rio): • Maracanã. Para o jogo do Fluminense, o entorno do Maracanã terá interdições amanhã. Das 15h às 21h, ficam fechadas: rua Prof. Eurico Rabelo, entre a avenida Maracanã e a av. Prof. Manoel de Abreu; rua Visconde de Itamarati, entre a rua São Francisco Xavier e a rua Prof. Eurico Rabelo; rua Isidro de Figueiredo, entre a rua Prof. Eurico Rabelo e a rua São Francisco Xavier, e uma faixa da pista

sentido Centro da Radial Oeste, entre o portão 1 do Maracanã e o Museu do Índio. Das 18h45 às 21h, haverá bloqueio da pista sentido Centro da av. Prof. Manoel de Abreu, entre a rua Dona Zulmira e a Radial Oeste.

Informações do Rio em tempo real

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente:Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe:Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial:Rogério Domingues. Diretora Financeira:Sara Velloso. Gerente Executivo:Ricardo Adamo. Editor-Executivo de Arte:Vitor Iwasso. Metro Jornal Rio de Janeiro. Editora-Executiva:Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte:Cláudia Lorena. Gerente Comercial:Tatiana Vilela Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral:Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo:Rodolfo Schneider.

Filiado ao

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A, CNPJ 07.780.914/0001-61. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 1º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. O Metro Jornal Rio de Janeiro é impresso pelo Parque Gráfico da Infoglobo. Tel: 21/2534-9579 (comercialpg@infoglobo.com.br)


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

03|

Cabral é levado para Curitiba Lava Jato. Juízes Sérgio Moro e substituta de Bretas autorizaram transferência a pedido do Ministério Público, que coletou evidências de que o ex-governador tinha regalias nas duas prisões por onde passou: Bangu e Benfica. Defesa vai recorrer

FRASES

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), preso há mais de um ano pela Lava Jato, foi transferido ontem à noite para Curitiba (PR). Para pedir à Justiça a mudança de custódia, o MPF (Ministério Público Federal) apresentou dois relatórios com evidências de que o ex-chefe do Executivo do Estado teve regalias nos dois presídios por onde passou no Rio: o Complexo de Gericinó (antigo Bangu) e a Cadeia Pública José Frederico Marques (Benfica), onde estava até ontem. O pedido foi autorizado pelo juiz Sérgio Moro e ratificado pela juíza Caroline Vieira Figueiredo, substituta de Marcelo Bretas, juiz da Lava Jato no Rio, que está de férias. Cabral passou a noite de ontem na sede da PF (Polícia Federal) e deve ir hoje para o Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde está a maioria dos presos da Lava Jato.

“É de interesse público retirá-lo [Cabral] do Estado do Rio de Janeiro para romper ou dificultar seus contatos com os anteriores parceiros criminosos.” JUIZ SÉRGIO MORO, EM DESPACHO

No Rio, Cabral tinha até seguranças uniformizados na prisão | REPRODUÇÃO

“Mantendo-o [Cabral] no Rio de Janeiro, constituirá um verdadeiro desafio às autoridades prisionais ou de controle prevenir a ocorrência de irregularidades e privilégios”, escreveu o juiz Sérgio Moro, em despacho. A defesa diz que vai recorrer da decisão em segunda instância, já que o STJ (Superior Tribunal de Justiça) e o STF (Supremo Tribunal Federal) estão em recesso. “Os fatos que embasaram ambas as decisões datam de outubro

de 2017. Quer dizer, se não havia urgência em outubro, nem em novembro, nem em dezembro, por que de repente descobriram uma urgência agora em janeiro, às vésperas de um interrogatório dele e justamente quando os tribunais superiores estão fechados?”, questionou Rodrigo Roca, advogado de Cabral. As regalias Cabral foi preso em novembro de 2016. Em Bangu 8, na zona oeste, o MP-RJ apontou

Em Curitiba, ficará em uma cela como essa | HEULER ANDREY / ARQUIVO METRO JORNAL

que o ex-governador “recebeu visitas fora de dias e horários permitidos, inclusive no início da madrugada; manteve segurança pessoal privada, por agentes uniformizados; beneficiou-se da livre circulação de diversos itens, inclusive com a remessa de dinheiro para fora do presídio”. Em novembro de 2017, ele foi levado à cadeia de Benfica, na zona norte, onde, segundo o MP-RJ, as benesses continuaram: “fornecimento de alimentação por restaurantes,

a entrada de objetos em embalagens opacas e lacradas, a instalação de purificadores de água, a existência de colchões de padrão superior, eletrodomésticos e equipamentos de ginástica e a falta de fiscalização das quantias em espécie portadas pelos acautelados”. “Ele [Sérgio Cabral] foi chefe de Estado. Ele não será chefe de cadeia. O preso em questão privatizou aquela unidade prisional”, afirmou o promotor Matheus Pinaud. METRO CURITIBA E RIO

“Sérgio Cabral, mesmo encarcerado, continua se valendo de sua influência política para praticar crimes.” PROCURADOR DELTAN DALLAGNOL, DO MPF

“Nós entendemos que esse é um momento inapropriado para decidir isso, porque os tribunais superiores ainda estão no período de recesso.” RODRIGO ROCA, ADVOGADO DE CABRAL


04|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

BRUNA PRADO/METRO RIO

MARCELO MISAILIDIS Com proposta de atrair novos públicos para o Carnaval carioca, a Beija-Flor de Nilópolis tenta conquistar seu 14o título do Carnaval com enredo crítico, que condena a corrupção, a intolerância e as mazelas sociais

‘TEMOS MEDO DE TUDO’ FOTOS: BRUNA PRADO /METRO RIO

“A ideia era buscar um veículo para contar uma história que tivesse correlação com o mundo e o momento em que vivemos.”

Selminha e Claudinho Sorriso defendem a bandeira da escola há 23 anos

“O Carnaval é a principal referência cultural da cidade e do país e tem que ser entendido com essa importância.”

Raissa de Oliveira é a rainha de bateria RICARDO BORGES/FOLHAPRESS

Por que optaram por um enredo crítico? A ideia era buscar um veículo legal para contar uma história que tivesse uma correlação com o mundo e o momento em que vivemos hoje. Vivemos em um período em que temos medo, por exemplo, da nossa cidade. Temos medo de sair na rua, de ficar doente e parar na fila de um hospital, sem ter condições de ser cuidado, temos problema com a insegurança, com relação à educação. É um problema, em grande escala, social. Como o desfile será estruturado? Peguei a obra do “Frankenstein”, da Mary Shelley, que está fazendo 200 anos. E o argumento da obra é a tradução do que vivemos hoje: a ambição desmedida em diversos níveis – não só na política –, o abandono social e até mesmo a questão ecológica. E o resultado entre a ambição

Qual o objetivo das mudanças na escola? A partir de uma conversa com o Gabriel, nós pensamos que uma das ques-

tões era tentar mexer na dinâmica do espetáculo, para que atraísse o público jovem. Essa questão da renovação de plateia é importante não só para o Carnaval, mas para todas as áreas da arte, sobretudo eruditas. É importante renovar o público, porque, senão, o Carnaval estaciona com as nossas gerações.

História

Ficha-técnica

e o abandono: a intolerância, desde racismo à xenofobia. E aí a gente fecha o enredo com uma redenção, uma proposta que envolva um desejo de esperança.

Fundada em 1948, a BeijaFlor de Nilópolis é a maior escola de samba da Baixada Fluminense, tendo conquistado 13 títulos no Grupo Especial. Conhecida como “Deusa da Passarela”, a agremiação conquistou o seu primeiro título em 1976, liderada por Joãozinho Trinta. De lá para cá, se tornou a maior vencedora da Marquês de Sapucaí, inaugurada em 1984.

Nº componentes: 3.400 Número de alegorias: 6 Número de alas: 36 Mestre-sala e porta-bandeira: Claudinho e Selminha Sorriso Intérprete: Neguinho da Beija-Flor 6ª a desfilar na segunda-feira (12/02), entre 2h40 e 3h30

MARCELO MISAILIDIS, AUTOR DO ENREDO DA BEIJA-FLOR

Como conseguir isso? É fundamental que se desperte o interesse dos jovens através de um espetáculo que tenha dinâmica, que faça com que ele acompanhe o desfile todo. Como nos últimos anos as comissões de frente têm sido os momentos esperados, tudo está presente no início do desfile. A partir daí, o desfile vai ganhando uma cadência que perde o interesse do jovem. Então, a minha ideia foi criar um projeto que desse a possibilidade de que as alegorias despertassem, ou, pelo menos, mantivessem o clímax. Os cortes das verbas pela prefeitura atrapalham? Isso tem sido um adversário de todo mundo. O arrocho financeiro da prefeitura, a sinalização de patrocínio do governo federal, que não está se concretizando, a paralisação da Cidade do Samba. O Carnaval é a principal referência cultural da cidade e do país e tem que ser entendido com essa importância e respeito. Não é um evento para poucos esbanjarem muito. Trata-se de uma grande manifestação cultural. Em lugar nenhum do mundo, há um espetáculo dessa dimensão. Ele ser encarado como um ambiente de extravagâncias é um absurdo. Pelo contrário: dá empregos a vários chefes de família e mexe com a economia da cidade de uma forma concreta. METRO RIO

RE DO

PAULO CAMPOS/FOLHAPRESS

-E SAMBA

BEIJA-FLOR DE NILÓPOLIS

N

Nenhuma outra escola de samba venceu tantos Carnavais, no século 21, quanto a Beija-Flor de Nilópolis. Entre 2001 e 2017, foram sete títulos no Grupo Especial – mais de 1/3 de todos os campeonatos ocorridos no período. Mas, se em time que está ganhando não se mexe, na agremiação a renovação é considerada prioridade. Aos 80 anos, o patrono Anísio Abraão David se envolve cada vez menos no dia a dia da azul e branco e cede espaço para o filho, o estudante de administração Gabriel David. Sob o comando de um jovem de 20 anos, a Beija-Flor pretende passar por uma grande transformação, a começar pela logomarca, a fim de conquistar novos públicos para o maior espetáculo da Terra. No primeiro ano da nova fase, a escola aproveita a efeméride dos 200 anos do lançamento do romance “Frankenstein”, de Mary Shelley, para desenvolver o enredo crítico “Monstro é Aquele Que Não Sabe Amar”, de autoria de Marcelo Misailidis, que conversou com o Metro.

‘MONSTRO É AQUELE QUE NÃO SABE AMAR. OS FILHOS ABANDONADOS DA PÁTRIA QUE OS PARIU’

SOU EU… ESPELHO DA LENDÁRIA CRIATURA UM MOSTRO… CARENTE DE AMOR E DE TERNURA O ALVO NA MIRA DO DESPREZO E DA SEGREGAÇÃO DO PAI QUE RENEGOU A CRIAÇÃO REFÉM DA INTOLERÂNCIA DESSA GENTE RETALHOS DO MEU PRÓPRIO CRIADOR JULGADO PELA FORÇA DA AMBIÇÃO SIGO CARREGANDO A MINHA CRUZ A PROCURA DE UMA LUZ, A SALVAÇÃO! ESTENDA A MÃO MEU SENHOR POIS NÃO ENTENDO TUA FÉ SE OFERECES COM AMOR ME ALIMENTO DE AXÉ ME CHAMAS TANTO DE IRMÃO E ME ABANDONAS AO LÉU TROCA UM PEDAÇO DE PÃO POR UM PEDAÇO DE CÉU

GANÂNCIA VESTE TERNO E GRAVATA ONDE A ESPERANÇA SUCUMBIU VEJO A LIBERDADE APRISIONADA TEU LIVRO EU NÃO SEI LER, BRASIL! MAS O SAMBA FAZ ESSA DOR DENTRO DO PEITO IR EMBORA FEITO UM ARRASTÃO DE ALEGRIA E EMOÇÃO O PRANTO ROLA MEU CANTO É RESISTÊNCIA NO ECOAR DE UM TAMBOR VÊM VER BRILHAR MAIS UM MENINO QUE VOCÊ ABANDONOU OH PÁTRIA AMADA, POR ONDE ANDARÁS? SEUS FILHOS JÁ NÃO AGUENTAM MAIS! VOCÊ QUE NÃO SOUBE CUIDAR VOCÊ QUE NEGOU O AMOR VEM APRENDER NA BEIJA-FLOR

Compositores: Di Menor BF, Kiraizinho, Diego Oliveira, Bakaninha Beija Flor, JJ Santos, Julio Assis e Diogo Rosa


06|

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

DEPUTADOS CONDICIONAM REFORMA A QUEDA DE JUROS. Para apoiar a

reforma da Previdência, deputados governistas estão exigindo medidas “compensatórias” populares, como a redução dos juros e lucros bancários. “É um escândalo o que acontece no Brasil”, diz o vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (MDB-MG), inconformado com os juros, considerados os mais elevados do sistema financeiro mundial, que garantem lucros recordes aos bancos.

“NÃO ESTAMOS COLOCANDO NINGUÉM FORA.” MINISTRO CARLOS MARUN (GOVERNO) SOBRE OS POSSÍVEIS CANDIDATOS A PRESIDENTE

JUROS CRIMINOSOS. A in-

flação do Brasil em 2017 ficou em 2,95%, mas os bancos cobraram em média mais 323% de juros no cheque especial, por exemplo.

USURA EM CARTÕES. Os

juros nos cartões de crédito são ainda mais criminosos: em média, 333% foram impostos aos brasileiros, em 2017. E já foi pior.

Deputado Fábio Ramalho (MDB) | MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

DÁ CÁ, TOMA LÁ. Para Fábio Ramalho, com o fim dos privilégios dos bancos, cujos lucros batem recorde, haverá apoio para acabar regalias no setor público.

CHEGA. A posição de Fábio Ramalho, que não é isolada, fez o governo tomar a iniciativa de negociar com os bancos a redução dos juros. AFIF DIZ QUE HÁ CONSENSO CONTRA O VETO AO REFIS. O presidente do

Sebrae Nacional, Guilherme Afif, reuniu-se com 25 entidades de representação empresarial e parlamentares para articular apoio à derrubada do veto do presidente Michel Temer (MDB) à Lei do Refis, que refinancia dívidas tributárias de pequenas e microempresas. Já são 208 os deputados favoráveis à derrubada do veto. Segundo estima o Sebrae, sem o Refis 600 mil empresas terão de fechar as portas.

ATÉ NA LAVA JATO. “Grandes empresas, até enroladas na Lava Jato, foram beneficiadas com o Refis. Como se explica isso? Cadê a isonomia?”, questiona Afif.

PODER SEM PUDOR

Entrevista de emprego Após o suicídio de Getúlio Vargas, em 1954, o vice Café Filho assumiu o cargo e logo nos primeiros dias chamou o amigo Rubem Braga: - Preciso de você! - Café – respondeu o genial cronista – você viCOM ANDRÉ BRITO E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

rou presidente, está bem empregado, a vida arrumada. Quem precisa sou eu. Estou duro, desempregado, precisando trabalhar. Ganhou o emprego de adido cultural à embaixada do Brasil em Santiago.

Em defesa, Temer nega benefício ao setor portuário Decreto. Em resposta à investigação do STF, defesa do presidente fala em ‘relação institucional’ com empresários e diz que Rocha Loures não era autorizado a pedir dinheiro em seu nome O presidente Michel Temer recorreu 37 vezes à palavra “não” e 11 vezes a “nunca” para negar irregularidades na edição do decreto de portos. A defesa entregou ontem ao STF (Supremo Tribunal Federal) respostas às 50 perguntas formuladas pela Polícia Federal no inquérito que apura favorecimento à empresa Rodrimar, com atuação no Porto de Santos. Temer é investigado por corrupção e lavagem de dinheiro e afirmou que manteve apenas relação institucional com empresários do setor. “Não tenho e jamais tive nenhuma relação com o setor portuário diversa das que mantive como parlamentar, vice-presidente e presidente da República com os setores empresariais”, afirmou. O decreto ampliou os

“Nunca solicitei que o sr. Rodrigo Rocha Loures recebesse recursos de campanha ou de qualquer outra origem em meu nome”, disse. Temer admitiu encontro com Antônio Celso Grecco, presidente da Rodrimar – também investigado no inquérito –, mas numa festa de aniversário e que jamais tratou sobre concessão.

Temer foi ontem a SP buscar apoio à reforma da Previdência

prazos de concessão de portos de 25 anos para 35 anos – renováveis por mais 35 anos – em contratos assinados após 1993. Favores Temer também negou ter dado orientação ao ex-assessor

| FRAMEPHOTO/FOLHAPRESS

Rodrigo Rocha Loures para negociar pontos do decreto ou para obter benefícios. Em conversas gravadas no âmbito da delação da JBS, Loures fala com o presidente sobre o tema e depois repassa a informação para Ricardo Mesquita, diretor da Rodrimar.

Agressividade O presidente também critica a agressividade de algumas perguntas feitas pela PF. “Reitero a agressividade, o desrespeito e, portanto, a impertinência, por seu caráter ofensivo, também dessa questão, tal como das anteriores”, reclamou. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Caixa

MPF nega que tenha pedido prisão antecipada de Lula O Ministério Público Federal se pronunciou sobre o suposto pedido de prisão antecipada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no julgamento do recurso no TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) na quarta-feira. O procurador regional da República, Mauricio Gerum, não formalizou e não vê razões de formalizar qualquer pedido em relação à prisão cautelar do ex-presidente. Gerum esclarece que, em caso de condenação, qualquer medida relativa ao cumprimento da pena seguirá o andamento normal da execução penal, “não havendo razões para precipitá-la”. O TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4a Região) não havia se manifestado até o início da noite de ontem sobre o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de juntar novos documentos ao processo que será

Brigada Militar faz segurança do prédio do TRF4 | FERNANDO TEIXEIRA/FUTURA PRESS

julgado na próxima quarta. Os documentos se referem a uma decisão da 2a Vara Cível de Brasília que determina a penhora do tríplex do Guarujá, em São Paulo, para o pagamento de dívidas da empreiteira OAS. Atos contra Lula O movimento Vem Pra Rua confirmou ontem protes-

tos contra Lula em 42 cidades. Os atos estão marcados para as 18h da véspera do julgamento. Lotação de hotéis Pelo menos 50 mil pessoas são aguardadas em Porto Alegre para acompanhar o julgamento. Vários hotéis da cidade registram lotação máxima. METRO POA

Partidos querem manter indicados na vice-presidência Mesmo com a mudança na forma de escolher vice-presidentes da Caixa, os partidos informaram ao Palácio do Planalto que querem seguir sugerindo indicações. O Conselho de Administração do banco se reúne hoje para aprovar o novo estatuto e tirará do presidente da República o poder de escolha dos nomeados. Isso preocupa Michel Temer, que teme debandada de apoio à reforma da Previdência. Por suspeitas de corrupção quatro vice-presidentes foram afastados e poderão até ser demitidos pelo conselho na próxima semana. Eles foram alçados aos cargos a partir de apadrinhamento de políticos do PRB, PP, PR e MDB. METRO BRASÍLIA


08|

REAJUSTE INFLAÇÃO (INPC)

SEM GANHO REAL 12

6,78%

8 4 0

SALÁRIO MÍNIMO

8,84%

11,68% 11,28%

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

6,58% 6,48%

2,07% 1,81%

5,56%

6,23%

2014

2015

2016

2017

2018

R$ 724

R$ 788

R$ 880

R$ 937

R$ 954

Gás de cozinha terá reajuste trimestral

FONTE: DIEESE

Salário mínimo. Força Sindical vai à Justiça contra aumento abaixo da inflação A Força Sindical e o Sindicato Nacional dos Aposentados informaram ontem que ingressaram com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no STF (Supremo Tribunal Federal), para que o governo reveja o reajuste do salário mínimo. Em 2018, o valor do salário mínimo foi reajustado em 1,81%, para R$ 954. O índice ficou abaixo da inflação medida pelo INPC, de 2,07%, pelo segundo ano consecutivo. “O salário mínimo 2017 também ficou defasado, uma vez que o reajuste foi de 6,48% e as perdas inflacionárias chegaram a 6,58%. As

perdas nos dois últimos anos contabilizam 0,36%”, afirmam as entidades em nota. O Ministério do Planejamento admitiu, no dia 11, que o reajuste ficou abaixo da inflação, mas disse que a diferença de R$ 1,78 será compensada em 2019. Segundo a pasta, a diferença de R$ 1,41 na correção de 2017 foi levada em conta em 2018. A lei determina o reajuste do mínimo com a reposição das perdas inflacionárias conforme o INPC somado ao PIB de dois anos anteriores. Como o PIB de 2016 ficou negativo, é considerado apenas o INPC. METRO

Seu bolso. Petrobras revisa política e reduz preço nas refinarias em 5% a partir de hoje. Com metodologia anterior, que previa ajustes mensais, cotações dispararam 70% desde junho A Petrobras decidiu revisar a sua política de preços de gás de cozinha em botijões de até 13 kg às distribuidoras, após uma disparada das cotações em quase 70% desde junho passado. Ao anunciar ontem a revisão, a empresa informou já uma queda de 5% do valor nas refinarias a partir de hoje. A nova política continuará a ter como referência o preço do butano e propano comercializado na Europa, acrescido de margem de 5%. Os reajustes, no entanto, passarão a ser trimestrais, em vez de mensais, com vigência no dia 5 do início de cada trimestre, e a apuração das cotações internacionais e do câmbio será pela média dos 12 meses anteriores, e não mais pela variação

CRONOGRAMA PERÍODO DE VIGÊNCIA

DATA PREVISTA DO REAJUSTE

PERÍODO DE APURAÇÃO DAS MÉDIAS DE REFERÊNCIA

1º tri/2018

19/1/18

1 a 12/1/2018

2º tri/2018

5/4/18

6 meses anteriores

3º tri/2018

5/7/18

9 meses anteriores

A partir do 4º tri/2018

Dia 5 do início de cada trimestre

12 meses anteriores

FONTE: PETROBRAS

mensal. Além disso, as elevações superiores a 10% terão que ser autorizadas pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços da Petrobras, formado pelo presidente da companhia, Pedro Parente, e os diretores Financeiro e de Refino e Gás Natural. Também será criado um mecanismo de compensação que permitirá comparar os

preços praticados segundo a nova política e os preços que seriam praticados de acordo com a metodologia anterior. “Foi uma decisão estritamente empresarial, porque essa volatilidade causava impactos, como por exemplo, o uso de substitutos ao gás, inclusive com um certo risco [ao consumidor]”, disse Parente. Após a redução que entra

WhatsApp lança aplicativo para pequenas empresas

Propostas serão apresentadas nos próximos dias, diz ministro |

U M./REUTERS

Sem o FGTS. Governo estuda alternativa para recapitalizar a Caixa, afirma Meirelles A equipe econômica vai apresentar nos próximos dias alternativas para capitalizar a Caixa sem recursos do FGTS. Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, entre as possibilidades estão a venda de carteiras de crédito a outras instituições, de modo que o banco estatal se concentre no financiamento imobiliário, e a transferência de dividendos pagos à União. “A capacidade da Caixa deve ser preservada para continuar emprestando onde de-

ve, que é a construção de mais moradias”, disse Meirelles após gravar entrevista ao programa Canal Livre, da TV Bandeirantes. “Talvez não seja necessário entrar nessa discussão do FGTS”, acrescentou. O uso de recursos do FGTS para socorrer a Caixa passou a ser questionado após as suspeitas de corrupção que levaram ao afastamento de quatro vice-presidentes do banco. Segundo Meirelles, a medida só será adotada se não houver riscos para o fundo. METRO

O WhatsApp lançou ontem um aplicativo para pequenas empresas. Segundo a empresa, que pertence ao Facebook, o WhatsApp Business estará disponível em Android e será completamente gratuito. O aplicativo já pode ser baixado na Google Play na Indonésia, Itália, México, Reino Unido e EUA. No Brasil, o lançamento deve ocorrer nas próximas semanas. iPhones mais lentos

App deve ser lançado nas próximas semanas no país | DIVULGAÇÃO/WHATSAPP

Processadores da Intel

As empresas poderão criar um perfil empresarial com informações como descrição comercial, e-mail, endereço físico e website. Também será possível enviar respostas automáticas, além de receber estatísticas sobre mensagens. “Mais de 80% dos pequenos negócios na Índia e no Brasil dizem que o WhatsApp os ajuda a se comunicar com clientes”, afirma a empresa. METRO Após rebaixamento

em vigor hoje, o preço médio de gás sem tributos comercializado nas refinarias da Petrobras será equivalente a R$ 23,16 por botijão. Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, ressaltou Parente, suas revisões podem ou não se refletir no preço ao consumidor, dependendo dos repasses feitos por distribuidoras e revendedores. No ano passado, o preço botijão de gás subiu 16% para o consumidor, segundo a inflação medida pelo IPCA, que ficou em 2,95%. De acordo com dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o valor médio cobrado no Brasil atingiu R$ 67,28 na última semana, variando entre R$ 45,00 e R$ 115,00. METRO

Simples. MEI tem até segunda para pagar débitos Termina na próxima segunda-feira, dia 22, o prazo para MEIs (microempreendedores individuais) regularizarem seus débitos na Receita Federal. Quem não fez nenhum pagamento dos tributos nos três últimos anos e está com as Declarações Anuais do Simples Nacional (DASN-SIMEI) atrasadas poderá ter o CNPJ cancelado a partir de terça-feira, dia 23. METRO Poupança não muda

Usuário poderá desabilitar função

Correção reduz desempenho

Tesouro volta a captar no exterior

CMN altera forma de cálculo da TR

Tim Cook, diretor-executivo da Apple, disse à “ABC News” que a próxima atualização do iOS vai permitir que os donos de iPhones desabilitem o recurso de redução do desempenho do processamento dos aparelhos, adotado pela empresa para evitar a degradação das baterias. A versão de testes da atualização deve ser liberada a desenvolvedores em fevereiro. METRO

A Intel admitiu que a solução liberada para corrigir falhas de segurança em seus chips fazem os computadores reiniciarem e chegam a reduzir o processamento de algumas máquinas em até 25%. As atualizações de firmware para corrigir as falhas Meltdown e Spectre já chegaram a 90% dos computadores vendidos nos últimos cinco anos. METRO

O Tesouro Nacional fez ontem a sua primeira captação externa do ano, uma semana após o Brasil ter sua nota de crédito rebaixada pela Standard & Poor’s. O governo captou US$ 1,5 bilhão na reabertura do título Global 2047, com taxa de 5,6% ao ano e spread de 271 pontos básicos acima dos títulos de referência dos Estados Unidos. METRO

O CMN (Conselho Monetário Nacional) mudou o método de cálculo da TBF (Taxa Básica Financeira), que compõe a Taxa Referencial, mas sem alterar a remuneração da poupança. A TBF segue hoje as taxas dos CDBs e RDBs prefixados. A partir de 1º de fevereiro, a base de dados para a formação da TBF será composta por taxas de títulos do Tesouro Nacional. METRO


10|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

May cria ministério para solitários do reino Pioneirismo. Premiê atende a recomendação de comitê criado pela deputada Jo Cox, assassinada em 2016 por extremista de direita

Tracey Crouch (destaque) coordenará ações contra a solidão | PIXABAY E FACEBOOK

O governo da britânica Theresa May nomeou ontem, pela primeira vez na história, uma “ministra da solidão” para atender a nove milhões de pessoas, como jovens e idosos, que vivem sozinhos no país ou sofrem de solidão. “Quero enfrentar esse desafio pela nossa sociedade e para que todos nós possamos agir para combater a solidão enfrentada pelos mais velhos, pelos cuidadores, por aqueles que perderam seus entes amados – pessoas que não têm ninguém para conversar ou compartilhar seus pensamentos e experiências”, declarou May. A primeira-ministra indicou a deputada Tory Tracey

13,8% é a parcela da população britânica, atualmente de 65,6 milhões, que convive com a solidão, diz a Cruz Vermelha Crouch, de 42 anos, para o cargo de subsecretária da Solidão, que definiu o problema social como um “desafio geracional”. Crouch, que já tinha sido ministra de Esportes e Sociedade Civil, irá trabalhar em conjunto com o Comitê da Solidão, órgão do governo que já existia, e com ONGs (organizações não governamentais)

e empresas com iniciativas contra o problema, segundo a “Ansa”. Especialistas da área de saúde dizem acreditar que o impacto da solidão pode ser equivalente ao de fumar 15 cigarros por dia, provocando demência, pressão alta e mortalidade prematura. O Comitê da Solidão foi estabelecido pela ex-deputada Jo Cox, assassinada em 2016 por um fanático da extrema-direita uma semana antes da votação para o “Brexit”. “Jo Cox tinha reconhecido a vastidão do problema, em nível nacional, e havia se colocado para ajudar todos os afetados”, disse May. METRO

Chile. Francisco celebra casamento dentro de avião O papa Francisco celebrou ontem o casamento dos comissários de bordo Paula Podest Ruiz, de 39 anos, e Carlos Ciuffardi Elorriga, 41 anos, durante viagem de avião entre Santiago e Iquique. O casal havia contado ao papa que eram casados no civil, mas a cerimônia religiosa planejada em Santiago não aconteceu porque a igreja havia sido gravemente danificada no terremoto ocorrido em 2010. Eles pediram que o pontífice apenas abençoasse o

casamento, mas então o papa teve uma sugestão diferente. “Vocês querem que eu case vocês?”, perguntou ao casal. “Aqui?”, responderam, surpresos. O papa disse sim e realizou uma breve cerimônia na parte dianteira do avião. Um executivo da linha aérea foi a testemunha oficial, e um documento foi assinado por um bispo chileno a bordo. Após Iquique, Francisco embarcou para o Peru, etapa final da viagem, que termina no domingo. METRO

Na telinha

Livro polêmico sobre Trump vai para a televisão “Fogo e Fúria – Por Dentro da Casa Branca de Trump”, o explosivo livro de Michael Wolff sobre os bastidores do governo Donald Trump, será adaptado para a TV. Publicado em 5 de janeiro, a obra, que vendeu 28 mil cópias na primeira semana, caracteriza Trump como instável, inepto e despreparado para ser presidente. METRO EUA

Casal que prendeu 13 filhos pode pegar perpétua O casal detido por manter seus 13 filhos presos em casa na Califórnia recebeu ontem acusações por tortura, abuso infantil e outros crimes. Se forem condenados por todas as acusações, David Turpin, de 57 anos, e sua mulher, Louise Turpin, 49 anos, podem pegar até 94 anos de prisão ou prisão perpétua. METRO Austrália

Drone salva dois banhistas que se afogavam

Carlos (paletó azul, à esquerda) e Paula: bênção matrimonial papal no ambiente de trabalho | OSSERVATORE ROMANO / REUTERS

“No ano de 2014, a ABRADECONT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO CONSUMIDOR E TRABALHADOR, em defesa dos interesses dos consumidores e visando à satisfação dos clientes do Rock in Rio, ajuizou Ação Civil Pública em face de Rock World S.A. e Ingresso.com, em razão de reclamações pela diiculdade de aquisição dos “Rock in Rio Cards” comercializados naquele ano. O presidente dos EUA, DoMesmo não admitindo qualquer falha na prestação de serviços a IIngr nald Trump, revelou na noiIngresso.com e a Rock World, com a referida Ação Civil Pública te da última quarta-feira em mente, trabalharam conjuntamente para aprimorar a qualidade os ganhadores de seu “Prêmio Fake News” (Notícias na comercialização de ingressos para o maior festival da música do Falsas). Trump anunciou os “ganhadores” através do mundo. Seguindo as sugestões da ABRADECONT, a Ingresso.com e o ranking foi die a Rock World efetuaram modiicações no processo de compra de Twitter, vulgado no site do Comitê ingressos, que resultaram na redução do tempo de espera e, con- Nacional Republicano. A lista inclui os princisequentemente, aprimoraram tanto o processo de compra como o pais jornais e redes de noatendimento aos consumidores, o que será mantido para as tícias, como “The New York Times”, “The Washington próximas edições”.

Um drone resgatou ontem dois banhistas em uma praia. Salva-vidas ligaram o aparelho, o fizeram chegar até onde estavam os banhistas e soltaram uma “cápsula de resgate” na água, onde ela se expandiu para que os homens pudessem agarrá-la e nadar até a areia. A operação é inédita no mundo. METRO Norte da Europa

Trump revela ‘Prêmio Fake News’ da mídia Post” e “CNN”, todos conhecidos alvos do presidente. Os “ganhadores” foram anunciados horas após dois influentes senadores republicanos – Jeff Flake e John McCain – criticarem o presidente por desacreditar na imprensa livre. O economista ganhador do prêmio Nobel Paul Krugman, que escreve artigos para o jornal “The New York Times”, ficou no topo da lista”. METRO

Tempestade ‘Friederike’ mata ao menos oito Pelo menos oito pessoas morreram ontem por causa da passagem da tempestade “Friederike”, com ventos de até 200 quilômetros por hora, pelo norte da Europa. As vítimas são da Alemanha (4), Holanda (3) e Bélgica, onde uma mulher morreu esmagada pela queda de uma árvore sobre seu carro. METRO


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{ESPECIAL O SOM DA PRAIA}

11|

No embalo da estação O Som da Praia. Realizado pela rádio Alpha FM (94,9), evento chega ao seu segundo fim de semana, no quiosque Clássico Beach Club, no posto 2 da praia da Barra da Tijuca. Shows de jazz e de Leo Jaime vão agitar o público no local

Leo Jaime vai brindar cariocas e turistas com show amanhã | DIVULGAÇÃO:

Muita diversão e música boa com um cenário paradisíaco de pano de fundo. O evento O Som da Praia Alpha FM (94,9) chega hoje ao seu segundo fim de semana, no quiosque Clássico Beach Club, no posto 2 da praia da Barra da Tijuca. Com atrações gratuitas, o público poderá curtir desde aulas de yoga até show do cantor Leo Jaime, que se apresenta amanhã, às 18h. “Fim de tarde, na praia, todo mundo alegre e curtindo. Eu vou só fazer o fundo musical, porque a praia, o povo e o verão já são os protagonistas. É muito bom tocar nestes ambientes”, disse o músico. Antes de Leo Jaime, quem vai tomar conta do palco é a banda de jazz Los Vitaleros. O grupo entra em ação na noite de hoje, a partir das 20h. “Eu gostaria de convidar o público para participar desse evento com a gente. O convite é para que as

Hoje e amanhã!

“Tocarei as músicas mais conhecidas e alguma novidade. E, claro, aquelas que tocam na Alpha FM.” LEO JAIME, MÚSICO

pessoas venham se divertir”, destacou Andreia Santiago, vocalista da banda. A cantora adiantou ainda que o show desta noite vai contar com o tempero do verão carioca: “As pessoas vão poder dançar e interagir de uma forma bem descontraída, como é o espírito do público do Rio, que é descontraído, caloroso e acessível. A expectativa é que seja um show animado e dançante”. O Som da Praia Alpha FM é uma realização do Grupo Bandeirantes de Comunicação, com patrocínio da Univeritas e da Cultura Inglesa. METRO RIO

Às sextas-feiras, das 17h às 21h, e sábados, das 9h às 19h. No quiosque Clássico Beach Club (avenida do Pepê, 1.014, posto 2 da praia da Barra da Tijuca). • Hoje: 17h: DJ 20h: Chef Ronaldo Canha, do restaurante Quadrucci, e show de jazz com a banda Los Vitaleros • Amanhã: 9h: Aula de yoga 10h: Treino funcional 12h às 16h: Spa com massagem (o horário deve ser agendado no próprio local) 14h às 18h: DJ 17h: Live Painting com Marcio Swk 18h: Show de Leo Jaime

+ ESPECIAL

Saúde

Treino funcional Amanhã, o evento O Som da Praia Alpha FM (94,9) vai contar com um treinamento funcional a partir das 10h, nas areias da praia da Barra da Tijuca. A atividade é gratuita e monitorada por professor especializado.


12|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

2

Humanidade norteia série de entrevistas

CULTURA

Morgan Freeman. Ator americano viaja pelo mundo para buscar histórias sobre questões existenciais na atração

‘O Mecanismo’

Lava Jato Foi divulgado ontem pela Netflix o primeiro trailer da série ‘O Mecanismo’, produção do serviço de streaming que é baseada na Operação Lava Jato e dirigida por José Padilha (‘Tropa de Elite’). A produção é estrelada por Selton Mello (na foto), que interpreta um delegado da Polícia Federal que usará todos os meios possíveis para prender um político corrupto, interpretado por Enrique Diaz. As cenas foram gravadas no Rio, em São Paulo e Brasília. A estreia é em 23 de março.

Depois de emprestar seu carisma para apresentar diferentes modos de pensar a existência de Deus, o ator Morgan Freeman volta a se dedicar a uma série em torno de questões que norteiam a vida humana. Em “The Story of Us” (algo como “a história de nós”), que estreia amanhã, às 22h30, no canal pago NatGeo, ele volta a viajar o mundo em busca de histórias capazes de responder algumas perguntas: Que forças mantêm os seres humanos unidos? O que é a sociedade e para onde estamos indo? O que temos em comum uns com os outros? Cada um dos seis episódios encontra possíveis caminhos em um tema específico. As diferentes noções de liberdade, paz, amor, equidade so-

cial, poder e rebelião – assim como interpretadas por culturas distintas ao redor do planeta – são as condutoras das histórias que Freeman encontra pelo caminho. Assim, conhecemos desde um casal de idosos paquistaneses que casou por obrigação e se manteve junto ao relato de um soldado afegão que sobreviveu a seis horas de ataque contínuo. Esse mosaico de tramas de anônimos é costurado também por entrevistas com nomes conhecidos, como o ex-presidente americano Bill Clinton, o presidente da Bolívia, Evo Morales, e a guatemalteca Rigoberta Menchú, ativista pelos direitos indígenas premiada com o Nobel da Paz (1992). METRO

Astro entrevista de anônimos a celebridades, como Bill Clinton | DIVULGAÇÃO

Som engajado no Circo

Aos 80 anos, Elza Soares canta no Circo | MARCOS HERMES/DIVULGAÇÃO

Diferentes gerações da música brasileira se juntam para levar ao Circo Voador uma festa de exaltação da cultura negra. Hoje e amanhã, a casa de show, na Lapa, será o palco do SambaRap Festival, que contará com Elza Soares, Karol Conka, Emicida, a bateria da Império Serrano e o Jongo da Serrinha. A programação será aberta, hoje, com duas cantoras de gerações diferentes, mas igualmente poderosas: Karol

“Adoro o palco e me sinto mais viva em todos os shows, mas no Circo é mágico. Mergulho naquela história.”

Não perca! No Circo Voador (rua dos Arcos, Lapa. Tel.: 25330354). Hoje e amanhã, às 22h. R$ 100 (ingressorapido. com.br). 18 anos.

ELZA SOARES, CANTORA

Conká, de 31 anos, e Elza Soares, de 80. “O público me revigora. E, para abrir o ano, não teria lugar melhor e público mais quente”, afirma Elza.

Amanhã, o evento será dedicado a influência da cultura africana na arte brasileira, com Emicida, Império Serrano e Jango da Serrinha. METRO RIO

O Metro indica

Pré-Carnaval Banda de Ipanema. Bloco de mais de cinco décadas faz o primeiro ensaio do ano em Ipanema. Concentração na praça General Osório. Amanhã, às 15h. Livre. Verão Utopia. O bloco Fogo e Paixão traz clássicos da música brega, de nomes como Sidney Magal e Rosana. No Armazém 6 (av. Rodrigues Alves, 1.794, praça Mauá. Tel.: 25164857). Amanhã, às 22h. R$ 80 (bilheteriadigital.com). 18 anos.

Show Atento aos Sinais. Ney Matogrosso, aos 76 anos, chega ao Rio com seus figurinos exuberantes. No Km de Vantagens Hall (av. Ayrton Senna, 3.000, Barra da Tijuca. Tel.: 2156-7300). Sáb., às 22h. R$ 80 a R$ 320. Tributo ao Rei do Pop. Cover do Michael Jackson, Rodrigo Teaser apresenta hits do cantor, como “Billie Jean” e “Thriller”. No Km de Vantagens Hall (av. Ayrton Senna, 3.000, Barra da Tijuca. Tel.: 2156-7300). Dom., às 19h. R$ 100 a R$ 150. Livre.

Musical Bibi - Uma Vida em Musical. Tributo à atriz e cantora Bibi Ferreira. No teatro Oi Casa Grande (av. Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon. Tel.: 2511-0800). Qui. e sex., às 20h30; sáb., às 17h e 21h; dom., às 19h. R$ 50 a R$ 150. 10 anos. Até 1/4.

Exposição Ex Africa. Mostra expõe um panorama da cultura africana. No Centro Cultural Banco do Brasil (rua Primeiro de Março, 66, Centro. Tel.: 3808-2020). Qua. a seg., das 9h às 21h. Grátis. Até 26/03.


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

‘Caravanas’. O Metro foi conferir o show da turnê nacional de Chico Buarque, que se apresenta no Rio de Janeiro até fevereiro No meio de tanta pirotecnia visual dessa era de redes sociais, polarização de discursos e sendo arrastados a contragosto na montanha-russa dos descalabros na política, embarcar no show “Caravanas”, de Chico Buarque, é um alento. No palco do Vivo Rio até 4 de fevereiro, com a turnê que já passou por Belo Horizonte e ainda vai para São Paulo, Chico fala através das músicas num misto de sutileza e vigor, elegância e despudor, romance e muita dor. Não dá para dizer que o tempo não passou para Chico. Aos 73 anos, em seu banquinho e violão, ele se apoia no que tem de melhor: as letras de “Gota D’água” (1975) ou “Geni e o Zepelim” (1978) e as novas do CD lançado no ano passado, em que tem parceria até com o neto, Chico Brown, em “Massarandupió” (2017). A cenografia com helicoidais

{CULTURA}

13|

Programe-se!

Guardem os celulares e aproveitem a caravana

No Vivo Rio (av. Infante Dom Henrique, 85, Flamengo. Tel.: 2272-2901). Qui., às 21h30; sex., às 22h; sáb, às 21h; dom., às 20h. R$ 240 a R$ 490. 18 anos. De hoje a 28/01 e de 1o a 4/02.

Com chapéu de malandro do sambista Wilson das Neves, morto no ano passado, Chico até se arrisca como passista | LEO AVERSA/ DIVULGA/CÃO

de Helio Eichbauer mesclada à luz de Maneco Quinderé preenchem o ritmo elegante e sossegado do show. Por isso, guardem os celulares. Vivenciando o show Tanto registro não supera a emoção de se deixar levar pela controversa “Tua Cantiga” (com Cristóvão Bastos, 2017) – que gerou debate contra o machismo porque ele propõe na letra largar a mulher para ficar com a amante. Ou embarcar na beleza de “Moça

do Sonho” (com Edu Lobo, do musical “Cambaio”, de 2001), ambas do CD “Caravanas”. Se mesmo assim você resolver gravar incessantemente com flash do alto dos balcões do Vivo Rio, tenha certeza de que seu vídeo vai ficar de péssima qualidade. Faça como a moça da mesa de trás, que respondeu à amiga, melhor posicionada, se ela queria que tirasse fotos: “Não, prefiro vivenciar o show.” Fora dos palcos desde 2011, quando fez “Chico”, o

cantor parece estar se divertindo, apesar da falta do baterista Wilson das Neves (1936 – 2017), morto em agosto e que foi substituído por Jurim Moreira, ainda no disco. Com o chapéu de malandro do sambista, Chico até se arrisca como passista na homenagem em “Grande Hotel”, de autoria dos dois (1997). Se fica ruborizado ao ouvir um sonoro ‘casa comigo’ da plateia, o cantor ainda dribla feliz a própria fragilidade indo de um lado ao outro do palco num to-

car de ponta de dedos com a turma alvoroçada do gargarejo, louca por selfies. Comentários políticos No show, tem apoio seguro ainda do maestro Luiz Claudio Ramos, de Bia Paes Leme (teclado e vocais), conta com o suingue de Chico Batera (percussão), além de João Rebouças (piano), Jorge Helder (contrabaixo) e Marcelo Bernardes (flauta e sopros). Sem comentários políticos do artista, o público não

se aguenta e manda um sonoro ‘Fora, Temer’, já no final do show, sucedido por um ‘Volta, Chico’ para o bis. Ao que ele brinca: “Achei que era ‘Volta, Temer’ e ‘Fora, Chico’”. No mais, o recado está dado na letra de “Caravanas” (2017), crítica aos embates das diferentes classes sociais nas areias de Copacabana, em que “suburbanos tipo muçulmanos do Jacarezinho” são agressivamente despachados dali. “Filha do medo, a raiva é mãe da covardia”, canta. Então, larga a rede social e curte a vida real nessa caravana. Um porém: na saída do Vivo Rio, a bagunça da oferta de táxis, em fila tripla engarrafando tudo e com paredão de motoristas estilo aeroporto gritando por passageiros, merecia um ordenamento. ANA LÚCIA DO VALE METRO RIO


14|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Furtos na Sáenz Peña Os furtos na Praça Sáenz Peña não cessam. Na segunda-feira, enquanto ia para o trabalho, em plena luz do dia (12h), um pivete entrou pela porta traseira do ônibus e roubou o celular de uma mulher. O motorista até tentou fechar a porta antes de ele sair, mas esses meninos são extremamente rápidos. E não foi a primeira vez que eu vi um episódio desse acontecendo naquela movimentada região da Tijuca. O policiamento precisa ser urgentemente reforçado.

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

COSTELINHA COM LARANJA E FAROFA DE BACON

Cruzadas

MATHEUS PEREIRA – RIO DE JANEIRO, RJ

Bolha na Bovespa? Como pode a bolsa de valores de São Paulo ter ultrapassado os 80 mil pontos, se a recuperação econômica segue em marcha lenta? Neste momento, investir na Bovespa (B3) é como fazer um aposta: a qualquer momento, o mercado pode perceber que os papéis estão sobrevalorizados e, assim, provocar uma venda em massa de títulos. Seria exagero dizer que o cenário atual é de bolha, mas eu não colocaria minha mão no fogo. Prefiro ficar na boa e velha renda fixa!

INGREDIENTES 1 quilo de costelinha de porco em ripas Suco e raspas de 1 laranja 1 colher (sopa) de mel 3 colheres (sopa) de molho de soja 1 colher (sopa) de mostarda 1 colher(café) de colorau 1 cebola picada em pedaços médios 4 dentes de alho amassados Sal, azeite e pimenta

-do-reino a gosto Para a farofa: 1 xícara (chá) de farinha de mandioca 1 pimenta dedo-de-moça picada e sem sementes ½ pimentão vermelho picado ½ cebola picada 3 colheres (sopa) de manteiga 100 gramas de bacon processado e frito Sal, cheiro verde a gosto

ARIANA MARTONI – RIO DE JANEIRO, RJ

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia.

Modo de preparo Para a Costelinha: Acomode a costelinha em um recipiente e coloque todos os ingredientes do tempero sobre ela, espalhe bem e deixe marinando de 3 a 4 horas. Transfira todo o conteúdo do recipiente para a panela de pressão, e cozinhe na pressão de 20 a 25 minutos, o tempo pode variar de acordo com o tamanho da costelinha.

Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

OPCIONAL - Caso você queira as costelinhas bem douradas, pode levar ao forno por aproximadamente 15 minutos a 250 °C. Para a Farofa: Coloque o bacon sem o couro em um processador, e bata até que vire uma pasta. Regue uma frigideira antiaderente com azeite ou óleo vegetal e refogue o bacon, mexa sempre para que não grude no fundo da panela, vá mexendo até virar uma farofa de bacon bem douradinho. Transfira para uma peneira e deixe escorrer o excesso de gordura, na sequência, forre um prato com papel absorvente, coloque a farofa de bacon no papel, cubra-o com mais papel e aperte para seca-la. Refogue a cebola e os demais ingredientes da farofa, coloque o bacon e por último a farinha de mandioca, acerte os temperos e sirva com a costelinha.

Sudoku

Rendimento: 4 porções Tempo de preparo: 5 horas Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 9h, na Band

Horóscopo

Astrólogo de Plantão www.astrologo.blog.br

Por: Guilherme Salviano

guisalviano@gmail.com

Vivências em grupo auxiliarão o trabalho. Período especial para mais envolvimento diante de convívios sociais e retomada de amizades.

Momento para esclarecimentos em algum tipo de sociedade que possua. Na vida amorosa, decisões esclarecerão assuntos antigos.

Há tendências para mudanças nas relações de trabalho e na maneira de lidar com elas. Estudos e temas culturais tomarão empenho extra.

Há tendências para se preocupar de maneira mais intensa com projetos a longo prazo. Cuide para não apressar algo para antes da hora.

Uma atenção especial à saúde e ao corpo será bem-vinda, seja de maneira preventiva ou para amenizar desgastes recentes.

Este é um momento de mais atenção para não se exceder no consumo ou em ambições materiais. Fase benéfica para parcerias.

Os temas culturais, estudos e que despertam o intelecto sempre fazem bem aos geminianos e preencherão positivamente o fim de semana.

As divulgações e a expansão de contatos estarão favorecidas no trabalho. Também são boas as tendências para obter reconhecimento.

Com a Lua em seu signo, um momento diferente diante de grupos e situações sociais marcará o fim de semana e mesmo as amizades.

Boas chances para revelações de antigos assuntos com quem tem vínculo afetivo. Evite interferir demais nos problemas de certas pessoas.

Assuntos importantes diante de familiares tomarão sua dedicação para esclarecimentos. Tenha mais cuidado ao expor certas opiniões.

Dedicação especial com crenças, espiritualidade, terapias ou atividades que revigorem suas energias fará muito bem.

Soluções


16|

3 ESPORTE

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Derrota sem público Campeonato Carioca. Com portões fechados, Vasco cria poucas oportunidades e é superado pelo Bangu na estreia da Taça Guanabara. Em momento político conturbado, Conselho Deliberativo se reúne hoje para definir o novo presidente

02 VASCO

BANGU

Com portões fechados em São Januário, o Vasco foi derrotado ontem pelo Bangu, por 2 a 0, pela primeira rodada do Campeonato Carioca. Vivendo um momento político complicado, com eleição marcada para hoje, o Cruz-maltino foi apático em campo e não conseguiu superar a equipe da zona oeste. Mesmo com o domínio da partida na etapa inicial, o Vasco errou muitos passes e criou poucas chances. O castigo pa-

ra o futebol pouco criativo veio aos 41 minutos, quando Rodney abriu o placar. No segundo tempo, o time comandado pelo técnico Zé Ricardo buscou a reação, mas continuou errando muitas jogadas. Em vantagem no placar, o Bangu voltou a marcar aos 37 minutos, quando o atacante Anderson Lessa aproveitou contra-ataque e deu números finais ao confronto. Antes de terminar o jogo, o meia Nenê ainda foi expulso. O goleiro Martín Silva disse que os jogadores não estão satisfeitos com a atual fase política do clube. “Estamos incomodados. Não ficamos sabendo das coisas. Não sabíamos se tinha jogo hoje, se

tem passagem (para a estreia da equipe na Copa Libertadores, dia 31, contra o Universidad de Concepción, no Chile). Isso dói. Estamos dando o máximo, estamos sendo profissionais, mesmo com salários atrasados. Continua passando o tempo e não temos respostas”, lamentou o atleta. Eleição ocorre hoje O Conselho Deliberativo do Vasco se reúne hoje, às 20h, para definir quem será o novo presidente do clube. A chapa “Sempre Vasco Livre”, liderada por Julio Brant, que venceu a eleição realizada entre os sócios no ano passado, é a favorita para assumir o comando do Cruz-maltino. METRO RIO

Nenê foi expulso nos minutos finais do duelo | DELMIRO JUNIOR/PHOTO PREMIUM/FOLHAPRESS

Maracanã recebe o Clássico Vovô x FLUMINENSE

Desabafo

“Fui pego de surpresa com a dispensa. Mais pelo prazo, pelo o dia que foi. Foi o que me deixou mais magoado. Faz parte o clube querer ou não contar mais com o seu trabalho. Faltou respeito, faltou ética e eles foram sem profissionalismo. Do Marcelo Teixeira e do presidente Pedro Abad. Falo pela maneira que foi. Eu, hoje, não sento mais com eles. Com eles, não há conversa. Abel me ligou lamentando, dizendo que a decisão era da diretoria. A gente se conhece desde 2011, ele é franco e direito. Ele ligou após o fato ocorrido e disse que não sabia de nada. Eu acredito na palavra dele. A gente tem bom relacionamento.” DIEGO CAVALIERI, GOLEIRO QUE FOI DISPENSADO PELO FLUMINENSE

Último duelo foi vencido pelo Tricolor por 2 a 1 | ALEXANDRE LOUREIRO/GETTY IMAGES

R$ 20 BOTAFOGO

O Campeonato Carioca mal começou e um duelo de gigantes já vai agitar o fim de semana. Pela segunda rodada do grupo C da Taça Guanabara, Fluminense e Botafogo se enfrentam amanhã, às 17h, no Maracanã. Após estreias que pouco agradaram os torcedores tricolores e alvinegros, as duas equipes voltam a campo sonhando com uma temporada melhor do que a do ano passado. O clássico, que é conhecido como Vovô, é o mais an-

é o preço do ingresso mais barato – meia nos setores norte e sul. O ingresso mais caro custa R$60 – inteira no setor misto. tigo do Brasil e o terceiro mais antigo da América do Sul – atrás apenas de Peñarol e Nacional, e Newell’s e Rosário Central. Contudo, apesar do passado de glórias, o presente das equipes tem preocupado as suas respectivas torcidas. Após um ano de 2017 repleto de altos e baixos, desde a boa campanha na Copa Libertadores até o fim de Cam-

peonato Brasileiro abaixo do esperado, o Botafogo estreou na Taça Guanabara com um empate em 2 a 2 contra a Portuguesa, no estádio Nilton Santos. Para o duelo de amanhã, o Glorioso pode contar com o atacante Leandro Carvalho, reforço que foi regularizado ontem. Já o Fluminense, que perdeu para o Boavista por 3 a 1 na quarta-feira, com uma equipe repleta de jovens, deverá ter todos os titulares à disposição. Pelo menos essa é a expectativa do técnico Abel Braga. “Conto com todo mundo, até os jogadores que chegaram. Clássico complicado, já entramos com a obrigação de pontuar”, afirmou o treinador. METRO RIO Ranking da Fifa

Anderson Varejão chega ao Flamengo para ‘realizar sonho’ O Flamengo apresentou ontem o seu novo reforço para a temporada. O jogador, porém, não veio para compor o elenco do futebol. O pivô Anderson Varejão, que estava na NBA (Liga Americana de Basquete) nos últimos 16 anos, chegou para reforçar o time comandando pelo técnico José Neto, atual líder do NBB (Novo Basquete Brasil). “Gostaria de agradecer ao Flamengo pela confiança e pelo carinho. Estou che-

gando muito motivado, com muita vontade de jogar. Não vejo a hora de entrar em quadra. Eu, que sou torcedor do Flamengo, estou realizando um sonho. Não tenho como mensurar a ansiedade que estou de jogar logo, integrar o grupo e somar”, afirmou o astro de 35 anos. A estreia do atleta, contudo, ainda não foi confirmada. Existem três datas possíveis: dia 27 deste mês, no clássico contra o Vasco, ou

Brasil aparece em segundo lugar

no início do próximo mês. A equipe encara o Campo Mourão no dia 1 e o Paulistano no dia 3. Todos os jogos serão na Arena Carioca 1. Fla joga hoje na Copinha Em busca de uma vaga na semifinal da Copa São Paulo de Juniores, o Flamengo encara hoje o Avaí, às 21h30. No domingo, pelo Campeonato Carioca, o Rubro-negro enfrenta a Cabofriense, às 20h15, na Ilha do Urubu. METRO RIO

Anderson Varejão vai jogar com a camisa 17 | DIEGO MARANHÃO/FUTURA PRESS

A Seleção Brasileira começa o ano da Copa do Mundo da Rússia na segunda colocação do ranking da Fifa, atualizado ontem. O time de Tite só está atrás da Alemanha, que ocupa a primeira colocação desde setembro, quando ultrapassou o Brasil. Um dos principais favoritos ao título, o time alemão soma 1.602 pontos, contra 1.483 da equipe brasileira. Portugal e Argentina vêm logo atrás. METRO

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1786  

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1786 Data: 19/01/2018

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1786  

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1786 Data: 19/01/2018

Advertisement