Page 1

Fevereiro 2014 N.º 192 • 39.º ano

Assentos aquecidos em um teleférico vaivém: novidade mundial no teleférico 150-ATW Piz Val Gronda em Ischgl, Tirol. São especiais também o design e funcionalidade. Por exemplo, as cabines têm assentos na parede e ao centro. Pág. 6

10-MGD ainda mais potente para La Tovière França, estação de esqui Tignes/Espace Killy. Pág. 8

Mais visitantes de longa duração graças ao novo teleférico Impulso para o turismo no município de Blatten, na Suíça Central. Pág. 10

Novos teleféricos nos Alpes do Allgäu Novas construções permitem tarifa coletiva. Págs. 12-15

Agora, Vail e Whistler tem um sixpack A instalação é um passo importante para o desenvolvimento contínuo. Págs. 16-19

Caracas: novo teleférico na rede pública de transportes Cabletren Bolivariano liga o subúrbio Petare ao metro. Pág. 20

Ampliação da assistência ao cliente Doppelmayr A sucursal Doppelmayr Russia se mostra eficaz. Pág. 22

35 teleféricos da Doppelmayr para os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi/ Krasnaya Polyana Págs S 2-5


Grupo Doppelmayr/Garaventa

2

35 Teleféricos Doppelmayr para as Olimpíadas de Inverno 35 teleféricos da Doppelmayr operam no inverno de 2013/14, na região Krasnaya Polyana, no Cáucaso russo.

E

m 2007, a Rússia foi eleita para a organização dos Jogos Olímpicos de Inverno. Isso deu início a um enorme boom econômico em toda a região. Ainda antes da atribuição dos Jogos Olímpicos de Inverno, a Doppelmayr já construía em Sochi, mas a atribuição funcionou como um motor turbo, fazendo avançar os trabalhos de construção.

Em Sochi encontram-se os estádios para as competições em pavilhão, em Krasnaya Polyana decorrerão as competições na neve. Ambos os centros de desporto estão interligados por um estrada moderna e uma linha ferroviária completamente nova. Desafios logísticos enormes

Os desafios logísticos na construção do teleférico foram elevados. Visto que centenas de empresas trabalham simultaneamente na Os Jogos Olímpicos de Inverno terão lugar, região, foi necessário um planejamento cuimais precisamente, em duas localidades: dadoso para evitar obstruções. Além disso, na cidade de Sochi e nas montanhas de em 2013, tiveram aqui lugar as corridas de Krasnaya Polyana. esqui da Taça do Mundo. Nesse período, os Dois Centros Olímpicos


Grupo Doppelmayr/Garaventa

3

Crescimento contínuo

A

trabalhos tinham de considerar os eventos desportivos. E, adicionalmente, também a observação das medidas de segurança abrangentes consumiu muito tempo. Para não haver atrasos, foi necessário um planejamento especialmente cuidadoso, mas igualmente flexível, dos processos de trabalho. Nesta situação ficou comprovado o know-how logístico da Doppelmayr. Todos os desafios foram superados na perfeição e com bravura. Paisagem de alta montanha de perder o fôlego: O Cáucaso na área olímpica de Krasnaya Polyana

Como parceiro do ÖOC (Comité Olímpico da Áustria) e da Casa Austríaca de Tirol, a Doppelmayr sublinhou o seu afeto pelos desportos de inverno.

Doppelmayr/Garaventa instalou, no ano fiscal de 2012/13, um total de 97 teleféricos para 84 clientes, entre eles a parte maior dos teleféricos para a região olímpica em Krasnaya Polyana, onde já estão em serviço 35 instalações da Doppelmayr; aos quais se juntarão mais cinco durante o ano de 2014. Com as instalações para os Jogos Olímpicos de Inverno, a Doppelmayr não somente comprovou ser líder em inovação tecnológica no setor de teleféricos global, como também se demarcou com uma série de sistemas de componentes sistêmicos para outras regiões turísticas e, entre outros, com teleféricos usados para o trânsito urbano. Mas, mesmo com todo o sucesso com teleféricos urbanos e teleféricos para o transporte de material a granel e de volumes, uma coisa é certa: o mais importante mercado para teleféricos é e continuará sendo o dos teleféricos de montanha e, especialmente, o dos para a prática de esqui. Em tudo o mundo, os clientes depositam grande confiança no desempenho do grupo Doppelmayr. E isso é obrigação, desafio e incentivo para continuar desenvolvendo inovações técnicas adequadas para o mercado, oferecendo uma performance de topo na logística.

Michael Doppelmayr

Receitas por regiões Doppelmayr/Garaventa 2012/13 795 milhões EUR • mais 27 porcento, comparado com 2011/12

CEI, CEE 15%

Resto do mundo 30%

EUA, Canadá 11%

Áustria, Alemanha 18%

Suíça, França, Itália 26%


Grupo Doppelmayr/Garaventa

4

Novidades a nível mundial 3S para os Jogos Olímpicos de Inverno As duas estações de esqui Psehkako e Rosa Khutor são acessadas por dois sistemas 3S, com um total de três seções.

É

nas altas montanhas que se encontram não somente a partida mas também a chegada das competições de esqui. Para disponibilizar as capacidades de transporte necessárias, em todas as condições climáticas, foram desenvolvidas soluções muito inovadoras com custos eficientes. Os locais das provas olímpicas têm que ser sempre acessíveis – a Doppelmayr garante isso Assim, o Comité Olímpico Internacional (COI) requer que, para os atletas e os seus veículos de equipe, os locais das provas sejam acessíveis em qualquer altura. Cumprir com este requerimento em Rosa Khutor não era nada fácil. Porque o alargamento da única estrada de acesso

Rosa Khutor Lift C

existente teria sido extremamente dispendioso, com grandes obras de construção. Primeiro 3S do mundo de duas seções com passagem A Doppelmayr veio resolver este problema e construiu um teleférico 3S que não somente transporta pessoas mas também veículos ligeiros e minibus. Os dados técnicos do teleférico são: • Primeiro teleférico 3S do mundo de duas seções com passagem (novidade ao nível mundial) • 4.500 p/h (recorde mundial) • 54 unidades de cabines para 30 pessoas e 25 cabines para veículos • Comprimento inclinado 3,2 km • Diferença de altura 690 m


Grupo Doppelmayr/Garaventa

Dois recordes mundiais para a 3S Laura Gazprom Também a 3S Laura Gazprom, na estação de esqui Psekhako, apresenta dados de performance impressionantes: • Velocidade de 8,5 m/s (Recorde mundial para teleféricos 3S) • Comprimento inclinado 5,4 km (Recorde mundial para teleféricos 3S) • 5 apoios • 3.000 p/h • 43 unidades de cabines para 30 pessoas • 1.100 metros em altura

9 teleféricos tipo telecabine acopláveis Além disso, existem na região olímpica nove teleféricos tipo telecabine acopláveis da Doppelmayr. Quatro deles encontram-se na estação de esqui Psekhako, cinco em Rosa Khutor. As telecadeiras distribuem-se como se segue: • Psekhako – duas 6-CLD, duas 4-CLD, duas 4-CLF • Rosa Khutor – uma 6-CLD, três 4-CLF.

5

35 teleféricos da Doppelmayr em Krasnaya Polyana Numerosas novidades ao nível mundial: • O teleférico 3S mais rápido • O teleférico 3S mais longo • Teleférico S3 com duas seções com passagem Três sistemas 3S 4 telesquis

4 telesquis A estação de esqui não foi projetada somente para os Jogos Olímpicos de Inverno, por isso foram construídas também pequenas instalações. São operadas três telecadeiras na estação de esqui Psekhako e uma em Rosa Khutor.

6 teleféricos fixos

22 sistemas acopláveis


Grupo Doppelmayr/Garaventa

Teleférico vaivém com assentos aquecidos em Ischgl O 150-ATW Piz-Val-Gronda E5 é o primeiro vaivém do mundo com assentos aquecidos. Mas esse teleférico também é extraordinário em outros aspetos: as cabines são produtos especiais do melhor, seja relativo à qualidade de acabamento, seja no que diz respeito ao visual.

O

teleférico vaivém foi a variante de teleférico que mais protegia a paisagem nesta região: foi possível limitar a localização dos pilares a somente dois locais. Os cabos de energia e de dados foram integrados nos cabos portadores, o que tornava obsoleta a construção de um canal de cabos. Para as entregas de material até à estação do vale foi possível usar as vias existentes, com excepção dos cabos portantes com um peso de 100 t. Para os últimos 1.500 m, os cabos portantes tinham de ser desenrolados das bobines e puxados pelo terreno. Não foram construídas vias para os locais dos pilares e para a estação da montanha, todo o material e equipamento foi transportado por helicóptero.

Hannes Parth (à esquerda), Markus Walser, a diretoria da Silvrettaseilbahn: Conforto, design e proteção da paisagem foram os critérios mais importantes durante o planejamento e execução. As cabines têm mais assentos do que o habitual em teleféricos vaivém; além disso, são aquecidos. 150-ATW Piz-Val-Gronda E5 Capacidade de transporte

1.300 p/h

Tempo de viagem

5,4 min

Velocidade de marcha • Passagem pelos mastros

7 m/s

• Distância livre entre mastros

12 m/s

Veículos

2

Comprimento inclinado

2.453 m

Altura da estação da montanha 2.295 m Diferença de altura

517 m

Apoios

2

Acionamento 620/1.820 kW

Vale

Peso tensor do cabo de tração Montanha Cabo portador, retentor fixo

Vale


Grupo Doppelmayr/Garaventa

8

Cabine gôndola para 10 pessoas La Tovière para Tignes Na estação de esqui Tignes, um teleférico tipo cabine para 10 pessoas, da mais nova geração, veio substituir um 10-MGD, com ano de construção de 1985. Ambos os teleféricos são da Doppelmayr.

O

antigo 10-MGD Aéroski tinha somente lugares em pé. Graças a seus lugares sentados, o novo teleférico tipo cabine para 10 pessoas, La Tovière, é mais confortável, além de ser mais rápido e muito resistente ao efeito do vento: pode ser operado sem problemas até uma velocidade do vento de 90 km/h. O traçado ficou inalterado, as estações foram completamente renovadas. A estação das gôndolas, completamente automática, encontra-se na estação da montanha. O novo teleférico acessa o pico da montanha La Tovière, com uma altura de 2.700 m. A partir das encostas do Tovière acessa-se o Vale d´Isère.

Estação de esqui famosa em todo o mundo Tignes é um município nos Alpes franceses. A vila faz parte da Espace Killy, uma das maiores estações de esqui do mundo (89 tele-esquis com uma capacidade de transporte de 150.000 p/h, 300 km de pistas, 55.000 camas para hóspedes). A região é tão ampla que se pode desfrutar da natureza pura, seja no inverno, seja no verão. Em 1992, a Espace Killy foi local das provas de esqui freestyle dos Jogos Olímpicos de Inverno, e em 1996, do campeonato mundial de esqui freestyle.


Grupo Doppelmayr/Garaventa

10-MGD La Tovière Capacidade de transporte

3.300 p/h

Tempo de viagem

5,0 min

Velocidade de marcha

6,0 m/s

Gôndolas

70

Intervalo

11 s

Comprimento inclinado

1.820 m

Altura da estação da montanha

2.700 m

Diferença de altura

605 m

Apoios

16

Acionamento

Montanha

Retentor

Vale

9


Mais "Camas quentes" em Blatten Em dois anos seguidos, a Garaventa construiu dois teleféricos pesados na região de turismo constante de BlattenBelalp, no cantão suíço Valais a 8-MGD Blatten-Chiematte. Devido aos modernos teleféricos aumenta o número de visitantes diários, mas também, e especialmente, o de turistas semanais.

O

novo 8-MGD dá acesso direto aos tele-esquis na Chiematte. Aí se pode fazer o traslado para a cadeia de telecadeiras para a zona superior da estação de esqui, ou se pode usar os tele-esquis perto da escola de esqui e do "país das bruxas" para as crianças, ou ainda a pista de esqui de fundo. Antigamente tinha que se descer do teleférico vaivém para estes elevadores de esqui, e subir de novo na vinda. Duas estações do vale em um andar superior de um prédio de escritórios Controlar os fluxos de passageiros foi especialmente importante para os responsáveis da Belalp Bahnen. A solução ideal foi encontrada em um novo prédio de quatro andares, no local do antigo prédio administrativo da Belalp Bahnen. No último andar encontram-se, lado a lado, as plataformas

do teleférico vaivém e do teleférico tipo telecabine. Nos andares inferiores estão alojados os escritórios da Belap Bahnen, o posto de turismo, a escola de esportes na neve, e o Belalp Alpin Center para produtos de desportos na neve, a agência de correios e uma loja de artigos de desporto. A estação da montanha do teleférico vaivém está integrada em um prédio de dois andares. Graças ao fato de ser semelhante a uma encosta, as entradas e saídas e a estação do teleférico vaivém encontram-se no andar superior, com acesso ao mesmo nível das pistas, estando a estação disposta em um ângulo reto, relativo ao eixo do teleférico. O andar inferior, também acessível ao nível do solo, é usado como loja de artigos de desporto com aluguel de esquis. Ao lado encontram-se os pontos de venda e escritórios de contato ao público da Belap Bahnen, da agência de turismo Blatten-Belalp e da escola de esporte na neve. N.° 192 • Fevereiro 2014


Stefan Jossen, Gerente da Belalp Bahnen: "A Garaventa é um parceiro competente e fiável. Foram encontradas boas soluções, em todos os aspetos, e foi possível resolver problemas sem complicações e profissionalmente. Podermos trabalhar com parceiros assim é, para nós, uma verdadeira alegria."

Complemento ao teleférico vaivém Blatten-Belalp Já no inverno de 2012/13, a Garaventa modernizou o 70-ATW Blatten-Belalp. Os dois teleféricos têm tarefas diferentes. O teleférico vaivém é usado na operação de verão e acessa a aldeia turística Tschuggen, através da estação intermediária. Uma vez que em Belalp não circulam automóveis, não existem estradas públicas. "E, por isso, precisamos de um teleférico de cabines grandes", assim explica Stefan Jossen, gerente da Belalp-Bahnen. Contudo, como não foi possível aumentar a capacidade de transporte nesse teleférico, foi decidida a construção de um teleférico tipo telecabine potente para a estação de esqui. O teleférico tipo telecabine acessa diretamente aos elevadores de esqui na Chiematte, onde se pode fazer o traslado para a cadeia de telecadeiras para a zona superior N.° 192 • Fevereiro 2014

da estação de esqui, ou se pode usar os tele-esquis perto da escola de esqui e o "país das bruxas" para as crianças. Antigamente tinha que se descer do teleférico vaivém para estes elevadores de esqui, e subir de novo na vinda. 8-MGD Blatten-Chiematte Capacidade de transporte 2.000 p/h Tempo de viagem

6,4 min

Velocidade de marcha

6,0  m/s

Gôndolas

42

Intervalo

18 s

Comprimento inclinado

1.892 m

Altura da estação da montanha

2.058 m

Diferença de altura

721 m

Apoios

13

Acionamento

Berg

Retentor

Tal

Klaus Zurschmitten, presidente do conselho de administração da Belalp Bahnen AG: "A renovação do teleférico vaivém e a nova construção do teleférico tipo telecabine são resultados do documento estratégico do Conselho de Administração. Neste documento definimos o objetivo de aumentar a garantia de neve, de adaptar as capacidades de transporte às necessidades atuais e de gerar mais camas quentes." A capacidade de neve artificial foi aumentada em 2010. Graças à elevada capacidade de transporte do novo teleférico tipo telecabine, os longos tempos de espera na estação do vale pertencem ao passado. A vila turística Blatten-Belalp tornou-se mais atrativa, tanto para os visitantes diários como para os turistas semanais, uma vez que também foi construído um prédio de estacionamento, em simultâneo com o novo teleférico tipo cabine, estando agora disponíveis 700 estacionamentos em Blatten. Além disso, no Natal de 2014, será inaugurada a nova aldeia turística Reka, com 250 camas e uma previsão de 50 000 pernoitas/ano.

Alusivo à bem conhecida Corrida de Bruxas anual e ao recém construído país das bruxas para as crianças, foram desenhadas quatro cabines sob a forma de casinhas de bruxa. (Elas estão ativas durante toda a época.)


Teleférico Ossi-Reichert 8-MGD

6-CLD-B "Gipfel6er"

1.ª seção

2.ª seção

Capacidade de transporte p/h

2.000 

2.000

2.400

Tempo de viagem em min

4,5 

3,4

4,0

Velocidade de marcha em m/s

6,0 

6,0

5,0

Veículos

37

28

50

Intervalo em s

14,4 

14,4

9,0

Comprimento inclinado em m

1.294 

924

1.008

Altura da estação da montanha em m

1.174

1.308

1.408

Diferença de altura em m

285

134

237

Apoios

9

6

10

Acionamento

Montanha

Vale

Vale

Retentor

Vale

Vale

Vale

Teleférico tipo telecabine e bubble para 6 pessoas em Ofterschwang Na estação de esqui Ofterschwang/Gunzesried foram substituídos três elevadores de esqui antiquados por teleféricos modernos da Doppelmayr.

E

m vez da telecadeira de dois assentos de Gunzesried e do tele-esqui "Ossi-Reichert", foi construído um teleférico tipo telecabine para 8 pessoas, com duas seções e estação de telecadeiras na estação intermediária. As duas seções podem ser operadas de forma independente. O tele-esqui para o pico (ano de construção 1970) foi substituído por um teleférico para 6 pessoas, um terço mais comprido. Na estação do vale estão alojados o acionamento e a garagem de telecadeiras. O teleférico acessa o ponto mais alto da estação de esqui (1.400 m), pouco abaixo do pico de Ofterschwanger Horn. Os bubbles azuis são únicos no Allgäu.

Rainer Hartmann, Hanspeter Schratt, gerentes da Bergbahnen Ofter-schwang-Gunzesried: "Mas vemos simultaneamente impulsos positivos para toda a região turística Allgäu."


Bolsterlang: Bubble para 6 pessoas em vez de tele-esqui Na região do teleférico Hörnerbahn de Bolsterlang, o telesqui para o Weiherkopf foi substituído por uma telecadeira para seis pessoas, com Bubbles cor-de-laranja. Entre os telesquis "Dorflift" e "Angerlift" existe agora um elevador de disco adicional, que alivia especialmente o Dorflift como meio de transporte para o teleférico 6-MGD Hörnerbahn.

O

6-CLD-B com apoio central para os pés e fecho manual vem substituir o telesqui de 43 anos, com uma extensão de 1.200 m. Devido ao seu comprimento e forte inclinação, ele foi considerado por praticantes de snowboard e esquiadores cientes de conforto como bastante cansativo. O traçado fica praticamente igual. As cadeiras com as coberturas fechadas manualmente são estacionadas em um trilho de parada com teto ou em uma estação construída ao lado da estação do vale. Para evitar danificações, elas estão equipadas com distanciadores de borracha. O estacionamento com as coberturas fechadas permite uma rápida colocação em serviço das telecadeiras de manhã. O teleférico Weiherkopfbahn, a norte da estação intermediária do teleférico Hörner-

bahn, faz o trajeto de 1.310 m para o ponto mais alto da estação de esqui, a uma altura de 1.665 m. Tanto se chega à estação do vale mediante o Hörnerbahn, um teleférico tipo cabine da Doppelmayr, de 2001, com duas seções, como mediante a telecadeira dupla Stuibeneck. O Hörnerbahn é o meio de transporte e de retorno para o topo, o elevador de esqui Stuibeneck também se encontra no centro da estação de esqui. A estação de esqui dispõe de um total de seis telecadeiras. Tarifa de esqui conjunta com o vizinho As novas telecadeiras não somente aumentam a atração da estação de esqui, mas também permitem a oferta de uma tarifa de esqui conjunta com a estação de N.° 192 • Fevereiro 2014


6-CLD-B Weiherkopf

1-SL Tellerlift

Capacidade de transporte

2.500 p/h

Capacidade de transporte

719 p/h

Tempo de viagem

3,9 min

Tempo de viagem

2,0 min

Velocidade de marcha

5,0 m/s

Velocidade de marcha

2,0 m/s

Cadeira

54

Aparelho de suspensão

56

Intervalo

8,6 s

Intervalo

5,0 s

Comprimento inclinado

1.056 m

Comprimento inclinado

280 m

Altura da estação da montanha 1.665 m

Altura da estação da montanha 940 m

Diferença de altura

355 m

Diferença de altura

50 m

Apoios

10

Apoios

4

Acionamento

Montanha

Acionamento

Vale

Retentor

Vale

Retentor

Vale

esqui adjacente Ofterschwang. Também nesta estação, a Doppelmayr instalou uma nova 6-CLD-B. Devido às novas construN.° 192 • Fevereiro 2014

ções e modificações dos teleféricos espera-se, em Bolsterlang, um aumento nas dormidas.

Wilfried Tüchler, gerente da sociedade Bergbahn: "O antigo elevador de esqui Weiherkopf era um elevador curvado comprido e já não era atual, especialmente para pais com crianças. O elevador de esqui da aldeia não é usado somente pelas escolas de esqui e por esquiadores mais fracos, mas também serve como meio de transporte para a parte superior da estação de esqui, fazendo com que ocorressem, frequentemente, tempos de espera prolongados. O elevador de disco adicional garante agora um alívio". A colaboração com a Doppelmayr foi "ótima" e é "considerada por ambas as partes como construtiva e proveitosa".


Six-Pack rápido para Whistler

Scott Brammer • Coast Mountain Photography

O novo High-Speed-Six-Pack da Doppelmayr entrou em serviço na estação Whistler, substituindo o querido "Harmony Express", uma telecadeira para 4 pessoas.

O

terreno Harmony faz parte dos terrenos mais usados da estação de esqui. O terreno estende-se da caldeira de montanha "Symphony Amphitheatre", situado no meio, entre a aldeia e o pico, e com um acesso muito bom por telecadeiras, até à estação de esqui do glaciar, oferecendo descidas com todos os graus de dificuldade.

Maior facilidade para o pessoal de operação Também é muito apreciado que, graças a nova garagem de cadeiras na estação do vale, a telecadeira possa ser colocada em serviço mais rapidamente, e que as cadeiras entrem na estação do vale livre de neve, todas as manhãs.

N.° 192 • Fevereiro 2014


Com 33 km² e 200 pistas, a estação de esqui Whistler-Blackcomb é a maior da América do Norte, com neve garantida, mesmo muita neve (mais de 11 m de neve por ano!) e extremamente variada. Os dois montes de esqui Whistler e Blackcomb estão conectados por um teleférico 3S da Doppelmayr, "Pico-a-Pico" que, com uma extensão de 3 km, mantém o recorde mundial na distância entre mastros para teleféricos 3S.

N.° 192 • Fevereiro 2014

6-CLD Harmony 6 Express Capacidade de transporte Tempo de viagem Velocidade de marcha Sessel Intervalo Comprimento inclinado Altura da estação da Diferença de altura Apoios Acionamento Retentor

3.600 p/h 6,0 min 5,1  m/s 118 6,0 s 1.729 m 2.107 m 535 m 19 Montanha Vale

Dave Brownlie, presidente e Chief Executive Officer: Um passo importante para o desenvolvimento da estação de esqui Whistler-Blackcomb.


Grupo Doppelmayr/Garaventa

18

Um 6-Pack para Vail Com a colocação em serviço da 6-CLD Mountaintop Express, com entrada de 90 graus e esteira transportadora, a estação de esqui Vail, Colorado, consolidou sua fama como sendo uma das mais modernas nos EUA.

G

raças à elevada capacidade de transporte, evitam-se tempos de espera. A telecadeira começa no centro da estação de esqui e acessa um pico de 3.400 m. Ela vem substituir uma telecadeira para 4 pessoas da Doppemayr, de 1985. O traçado está ligeiramente deslocado. Vail é uma das mais conhecidas e maiores estações de esqui de tudo o mundo. Está situada nas Rocky Mountains, entre 2.500 e 3.500 m, em ambos os lados de uma cordilheira. O lado da frente da estação de esqui é ideal para principiantes e avançados. No lado da montanha afastado da vila encontram-se as lendárias "Back Bowls", descidas de neve sem árvores, cheias de

variações longe das pistas principais, e o "Blues Sky Basin"; estas zonas são muito populares entre os esquiadores mais ambiciosos. Mas também aqui existem várias pistas preparadas para esquiadores que procuram uma prática menos extrema. "Semáforos" indicam o melhor caminho A boa distribuição dos esquiadores é assegurada por painéis de exibição em pontos estratégicos. Estes painéis ajudam na escolha das pistas atualmente menos concorridas: luz amarela significa que a telecadeira está totalmente ocupada, luz verde significa uma viagem sem problemas.

N.° 192 • Fevereiro 2014


Grupo Doppelmayr/Garaventa

19

Clyde Wiessner, chefe da Vail Lift Maintenance e dirigente na execução do novo 6-Pack, já construiu, entre 1990 e 1991, cinco telecadeiras com a Doppelmayr, na estação de esqui Keystone. Ele considera o aumento do conforto como sendo a principal vantagem do Mountaintop Express: "Criamos, na estação do vale, mais espaço para a condução dos usuários, e além disso, juntamente com o acesso lateral de 90 graus da esteira transportadora, conseguimos um aumento significativo da capacidade de transporte."

Em Vail, existem 32 elevadores de esqui (16 deles são instalações High-Speed) e dois teleféricos tipo cabine como meios de transporte para a estação de esqui. A capacidade de transporte total é de cerca de 60.000 pessoas/hora, o comprimento é de 40 km no total, e o comprimento das pistas é de quase 200 km; com 6 km, Riva Ridge é a mais longa descida de Vail. Centro de vila sem automóveis O centro do Vail Ski Resort é uma zona pedonal. Na vila, existe uma rede de ônibus gratuita, sendo, por acaso, a maior rede de ônibus elétricos-híbridos dos EUA.

6-CLD Mountaintop Express Capacidade de transporte 3.600 p/h Tempo de viagem

4,3 min

Velocidade de marcha

5,1 m/s

Cadeira

92

Intervalo

6,0 s

Comprimento inclinado

1.306 m

Altura da estação da montanha

3.432 m

Diferença de altura

338 m

Apoios

15

Acionamento

Montanha

Retentor

Vale

O grupo de empresas Vail Resorts

Para que também esquiadores e praticantes de snowboard menos experientes percebam facilmente como se faz o acesso corretamente, a Doppelmayr forneceu uma animação computorizada, exibida nonstop em grandes telas de vídeo na estação do vale. N.° 192 • Fevereiro 2014

A Vail Resorts, Inc. opera quatro estações de esqui no Colorado (Vail Ski Resort, Beaver Creek Resort, Keystone Resort, Breckenridge Ski Resort), três em Lake Tahoe (Kirkwood Mountain Resort, Northstar California, Heavenly Mountain Resort), uma estação de esqui no Utah (Canyons Resort em Park City), uma no Minnesota (Afton Alps), e uma no Michigan (Mount Brighton), bem como um resort de verão em Wyoming e vários hotéis de luxo nos Estados Unidos da América.


Grupo Doppelmayr/Garaventa

"Cabletren Bolivariano" em Caracas A 14 de agosto de 2013, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, colocou a primeira fase do funicular urbano "Cabletren Bolivariano" em andamento. O funicular serve de meio de transporte para duas linhas de metrô. Esta primeira seção tem um comprimento de 850 m e três estações.

O

Cabletren Bolivariano está integrado na rede da empresa de transportes municipal Metrô de Caracas. O horário de funcionamento é das 5:30 às 22 h. O funicular funciona sobre trilhos de inclinação ligeira, apoiado por 68 apoios de concreto, a uma altura de 8 m a 15 m, por cima do altamente frequentado Petare-Highway – uma autovia de seis faixas para a cidade Guarenas, a este de Caracas. A autovia descreve uma larga curva na margem norte da cidade de Petare, há muito absorvida pela cidade de Caracas.

CLS Cabletren Bolivariano Capacidade de transporte

3.000 p/h

4 trens

com 4 carruagens cada

Passageiros/Trem

232

Comprimento do trajeto

2 km

Velocidade máx

13 m/s

Tempo de parada nas estações

30 a 60 s

Tempo de viagem entre estações finais

7,3 min

Estações

5

Acionamentoe

Estação intermediária

Na seção entre as estações "Petare" e "5 de Julio" operam, em modo vaivém, dois trens completamente automáticos, com quatro carruagens cada. Na configuração final, o Cabletren Bolivariano juntará duas linhas de metrô, com duas composições de trem: a linha de metrô 1 e a nova linha de metrô 5. As duas linhas têm uma distância de 2 quilômetros entre si. A conclusão do trajeto completo está projetada para 2015. Muitas vantagens O Cabletren Bolivariano é um funicular de transporte de pessoas do sistema "Doppelmayr Pinched Loop". Neste sistema estão instaladas, entre as estações, seções de cabo de tração independentes entre si, às quais são acoplados os veículos. Logo que o trem pára, ele é desacoplado de um cabo e acoplado ao seguinte cabo. N.° 192 • Fevereiro 2014


N.° 192 • Fevereiro 2014


Grupo Doppelmayr/Garaventa

22

Acompanhamento completo por parte da Doppelmayr-Russia Em 2011, a Doppelmayr instalou a representação de assistência técnica "Doppelmayr Russia" na cidade de Adler, na vizinhança da cidade olímpica Sochi. Ela foi projetada para o acompanhamento a longo prazo dos clientes na Rússia e em outros estados CEI.

A

Doppelmayr-Russia dispõe de um estoque de sobressalentes muito variado. Aqui, os clientes da região CEI podem obter componentes de teleféricos de forma rápida e sem burocracias. A Doppelmayr trata da organização, da determinação da melhor possibilidade de solução, até à logística de envio e a montagem dos sobressalentes. Assistência técnica especial para a Olimpíada Para os Jogos Olímpicos foram tomadas precauções especiais com pessoal adicional, e criado um estoque abrangente de peças de desgaste, engrenagens e acionamentos, para todas as eventualidades.

Cursos abrangentes para os técnicos Independentemente da situação atual em Sochi, a Doppelmayr estabelece uma organização de treinamento adaptada às particularidades dos estados CEI. Não são usados somente os módulos individuais dos cursos, como Acionamentos, Cabos, Controles, etc., mas também técnicos generalistas que dominam a operação de sistemas inteiros de teleféricos: assim, a Doppelmayr organiza treinamentos práticos e teóricos de várias semanas com chefes de operações experientes, que normalmente acompanham teleféricos com funções sensíveis de transporte. Futuramente, estes chefes de operações também serão usados em treinamentos em outras partes do mundo.

Grupo do curso em Krasnaya Polyana, em novembro de 2013, com os dirigentes Sergey Nikolaevich Reshetnikov (exterior, à esq.), Sergey Viktorovich Volkov (terceiro a contar da esq.) e Anton Yurjevich Bartenev (décimo, a contar da esq.). N.° 192 • Fevereiro 2014


Grupo Doppelmayr/Garaventa

A assistência técnica Doppelmayr: Versada, confiável, preventiva O que conta é a execução rápida e competente dos serviços de manutenção e assistência técnica. A assistência técnica da Doppelmayr está preparada para todas as situações! • Ensaio de material • Verificação de equipamentos de estações • Análise e manutenção de grampos de acoplamento no local • Manutenção de veículos e conjuntos de cabos • Assistência técnica para baterias de rolos • Controle de apoios, mastros e fundações dos mesmos • Verificação da segurança de cabos • Polias de cabo, apoios de polias de cabo • Freio de segurança/freio de operação • Agregados hidráulicos • Assistência de eletrotecnia

23

Os comentários de clientes: "A Doppelmayr reagiu rapidamente ao nosso pedido. Os treinamentos foram adaptados especialmente ao nosso pessoal e às nossas instalações. Uma assistência técnica legal, rápida e competente!" – Sergey Nikolaevich Reshetnikov, vice-diretor da Rosengineering Exploitation "Os treinamentos foram administrados por chefes de operações competentes e experientes, com vários milhares de horas de operação – assim, nenhuma pergunta ficou sem resposta." – Sergey Viktorovich Volkov, diretor geral da RosеEngineering Exploitation "O treinamento teórico foi sempre focado. Os treinamentos práticos ensinaram todos detalhes das instalações. Estamos orgulhosos em ter instalações únicas no mundo e por pertencermos a uma equipe que pode contribuir para o sucesso dos Jogos Olímpicos." – Anton Yurjevich Bartenev, chefe de operações 3S Rosa Khutor

Treinamento de clientes – aprender, saber, aplicar. A Doppelmayr não aposta somente em técnicos especializados, mas também no know-how de técnicos generalistas experientes. Em cima, os dois chefes de operações Robert Horntrich (esq.) e Panos Karamertzanis (dir.) que sabem perfeitamente como unir a prática à teoria e que ensinam conhecimentos-base em mecânica, forças, condução, estacionamento, execução de conceitos de salvamento, etc.

Hermann Schwarzenbacher, diretor da Doppelmayr-Russia com sede em Adler (perto de Sochi), também foi chefe de operações durante largos anos. Seu credo: "As pessoas que trabalham diariamente na instalação devem estar familiarizadas com a técnica, conhecendo os processos de seu teleférico. Oferecemos o nosso apoio e acompanhamento." N.° 192 • Fevereiro 2014


Grupo Doppelmayr/Garaventa

24

3S Koblenz: Chanceler impressionada

Funicular hoteleiro muito frequentado em Praga

Ministro do Turismo venezuelano

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou o teleférico de Koblenz, acompanhada por Michael Fuchs (presidente do Círculo Parlamentar de Pequenas e Médias Empresas da Fração Parlamentar da CDU/CSU). O teleférico foi construído para a Bundesgartenschau 2011 e, entretanto, estabeleceu-se como meio de transporte municipal popular.

Em 3 milhões de viagens, o famoso teleférico vermelho, situado no 5.º distrito de Praga, Smíchov, transportou 12 milhões pessoas. O funicular une dois prédios e instalações de lazer do hotel NH Praga, na montanha Mrázovka. Trata-se de um funicular com traçado parcial em túnel e outro sob apoios da Doppelmayr, de 1996, com oito lugares sentados e quatro em pé.

O Ministro do Turismo Andrés Izarra, do Ministerio del Poder Popular para el Turismo, Venezuela (camisa clara, centro da imagem) visitou a fábrica de produção da Doppelmayr, em Wolfurt, no verão de 2013. A seu lado, sua vice-ministra, Sr.ª Zenndy Barrios. A Doppelmayr/Garaventa realizou e está realizando vários projetos de teleféricos turísticos e urbanísticos na Venezuela.

Diversão esquiando com Skippy Olha, Skippy, um carro voador!

Olá crianças! Aqui estou eu de novo! Agora estou na Rússia, perto da cidade de Sochi, onde terão lugar os Jogos Olímpicos de Inverno. A Doppelmayr construiu aqui 35 novas instalações de teleféricos. Entre estas instalações há vários recordes mundiais, como, por exemplo, um teleférico que pode transportar tanto pessoas como carros. Este é um novo teleférico, que transporta tanto pessoas como também carros para a montanha!

Legal, para mim é já o meu vencedor olímpico!

Proprietário e editor: Doppelmayr Seilbahnen GmbH, 6922 Wolfurt / Österreich • Redação e produção: WIR Public Relations Wolfgang Wagenleitner, Weißacherg. 19, 6850 Dornbirn / Österreich • www.wirpr.at • wir@doppelmayr.com N.° 192 • Fevereiro 2014

Wir 201401 por doppelmayr  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you