Lusinews n.º 52

Page 1

JULHO 2020 • Edição Trimestral n.º 52

MAIS DE MEIO MILHÃO DE EUROS EM RESPONSABILIDADE SOCIAL

Grupo entrega apoios a instituições sociais e de saúde

EM FOCO | 14

SETOR AVÍCOLA É ATRATIVO PARA JOVENS EMPRESÁRIOS UM DIA COM | 20

AS EQUIPAS DA RACENTRO APETECE | 25

ABRIU A ÉPOCA OFICIAL DOS CHURRASCOS. DICAS PARA FAZER OS MELHORES CHURRASCOS EM SUA CASA. 1


14

Em foco

Setor Avícola atrai cada vez mais jovens empresários Entrevista a Pedro Freire, Produtor Avícola.

ÍNDICE

6

A abrir

Mais de meio milhão de euros para apoiar instituições sociais, de saúde e a educação

12

A abrir

Zoopan lança Hidrogel

20

Um dia com

Equipa da Racentro

COORDENAÇÃO EDITORIAL Paulo Gaspar Tatiana Vivilde

19

CONTEÚDOS Grupo Lusiaves TIRAGEM 2.000 exemplares Distribuição gratuita SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS Zona Industrial da Zicofa Lote 4 Cova das Faias 2415-314 Marrazes - Leiria Telefone: 244 843 250 E-mail: comunicacao@grupolusiaves.pt www.grupolusiaves.pt

Por acreditar nisto Presidente do hospital de Leiria

24

Apetece

Piquenique à Portuguesa

2


POR FALAR NISSO

RESPONSABILIDADE E COMPROMISSO COM AS COMUNIDADES

A

pandemia que atravessa a nossa sociedade não pode ser a da indiferença ou da exclusão social. No Grupo Lusiaves procurámos estar ainda mais atentos, durante esta fase, às necessidades dos nossos colaboradores e das comunidades onde estamos presentes. Tomámos medidas excecionais para apoiar e lidar com esta crise. Sendo esta uma situação que exige de todos os atores uma resposta rápida, a nossa Responsabilidade Social tem-se manifestado no compromisso com as comunidades, nomeadamente através do apoio à sua saúde e bem-estar.

O mundo foi atingido sem pré-aviso e esta situação deixa, a cada um de nós, a missão social de nos protegermos e de proteger o próximo. Essa missão revela-se na forma como, nesta crise, as empresas mantêm em dia os compromissos com os seus trabalhadores e respetivas famílias…

Decidimos investir no apoio efetivo ao Hospital de Leiria, onde garantimos o financiamento para a adaptação das salas hospitalares existentes, com o objetivo de criar salas melhor preparadas no tratamento de doentes infetados por COVID-19 e também contribuímos para o investimento em monitores médicos para os ventiladores já existentes e adquirimos ventiladores. No Hospital da Figueira da Foz doámos ventiladores e, para além dos apoios na área da saúde, o Grupo tem procurado garantir alimentos e outros serviços aos mais carenciados, no âmbito de programas camarários ou de associações de utilidade pública, no sentido de ajudar estas instituições a manterem-se na linha da frente e no auxílio a toda a população. O mundo foi atingido sem pré-aviso e esta situação deixa, a cada um de nós, a missão social de nos protegermos e de proteger o próximo. Essa missão revela-se na forma como, nesta crise, as empresas mantêm em dia os compromissos com os seus trabalhadores e respetivas famílias. A nossa prioridade máxima é garantir a maior segurança para todos e, por esse motivo, o Grupo implementou em fevereiro, o seu plano de contingência. Distribuímos máscaras reutilizáveis aos colaboradores, garantimos viseiras e outros Equipamentos de Proteção Individual que normalmente já utilizam, para que todos possam utilizá-las nos seus atos profissionais, mas também nas suas deslocações a supermercados ou nos transportes e garantimos a formação e consciencialização das nossas equipas. Aos nossos colaboradores apelamos, todos os dias, para que cumpram e apelem também ao cumprimento dos procedimentos de higiene e segurança. É importante que todos tenham noção que, por enquanto, a única vacina disponível para este vírus é a responsabilidade de cada um. Estamos muito satisfeitos com o trabalho e sentido de responsabilidade das nossas equipas, que nos tem permitido trabalhar todos os dias em segurança, mas esta pandemia não nos permite descuidos. Manifesto da nossa responsabilidade é também a contínua aposta em investimento e apoio ao negócio dos nossos produtores integrados. Este ano continuamos a apostar no Programa “Dá Asas Ao Teu Negócio”, dando um apoio fundamental a jovens empreendedores num dos setores com maiores oportunidades de futuro. Atualmente este Grupo tem cerca de 500 produtores integrados que beneficiam de trabalhar neste modelo, nomeadamente do facto de saberem que todas as oscilações de preços sejam de frangos, sejam de matérias primas são suportadas pela empresa, e que em situações de crises, sociais ou económicas esta parceria funciona de uma forma muito segura. Avelino Gaspar Presidente do Conselho de Administração

3


PANORAMA

UMA VISÃO GLOBAL Lusiaves lança frango congelado peça-a-peça em embalagem de abertura e fecho fácil A pensar na praticidade, a Lusiaves acaba de lançar a nova gama de Frango Congelado às partes com tecnologia IQF (Individually Quick Frozen). Este produto foi ainda embalado numa embalagem com abertura e fecho fácil que permite voltar a fechar. A Solução IQF, que a Lusiaves agora apresenta, é uma técnica de congelamento rápido que congela as suas peças de frango favoritas uma a uma, evitando a congelação do produto em bloco. Este produto permite ao consumidor descongelar e consumir apenas a quantidade que necessita. A embalagem aliada a esta técnica, por ser muito prática também, permite manter a qualidade e frescura do produto e garante que não há desperdício alimentar.

Encontro Nacional de Estudantes de Economia e Gestão recebe apoio do Grupo Lusiaves O Grupo Lusiaves patrocinou o Encontro Nacional de Estudantes de Economia e Gestão organizado pelos estudantes de Economia e Gestão do Politécnico de Leiria, o Grupo esteve presente no Teatro José Lúcio da Silva, entre os dias 27 de fevereiro e 1 de março. A representante dos Recursos Humanos, Sílvia Carmona, presenteou os estudantes com pipocas e deu a conhecer o Grupo aos jovens talentos da área de gestão de todo o país.

Comave homenageia colaborador na hora da reforma Jorge Nazaré chegou à Comave em 1992, 28 anos depois despediu-se dos seus colegas numa merecida homenagem organizada pela empresa. No passado mês de maio, Jorge cumpriu os últimos dias de trabalho na empresa como encarregado de armazém. Antes de dar inicio à sua merecida reforma foi surpreendido pela Direção que, num gesto de agradecimento pelos anos de dedicação e trabalho, lhe entregou um presente para mais tarde recordar.

4


PANORAMA

1000 refeições diárias para a famílias carenciadas

Campogrill reforça gama de hambúrgueres e lança novo pakaging

o Grupo Lusiaves, através do Projeto Mimo, dá apoio a duas casas da Associação CrescerSer, que acolhe temporariamente crianças que são retiradas judicialmente aos pais, e assegura anualmente o fornecimento dos ingredientes base para confeção de refeições diárias para cerca de 200 pessoas. Desde então, foram anualmente entregues à CrescerSer mais de 130000 pães, mais de 600 dúzias de ovos, mais de 2.250 frangos, mais de 2.000 kg de arroz, mais de 11.640 litros de leite, mais de 27.000 iogurtes e cerca de 6.500 kg de batatas.

Com a imagem totalmente renovada, os hambúrgueres da Campogrill passam a estar disponíveis também na variedade de porco. A gama de hambúrgueres da Campogrill oferece agora o total de 6 variedades: hambúrguer de porco e porco XL, hambúrguer de aves, hambúrguer de frango, hambúrguer de peru e de bovino. Todas as caixas trazem 10 unidades.

Com a mais recente crise, criada pelo vírus COVID-19, o apoio foi ampliado à Porta Solidária, uma iniciativa que oferece, gratuita e anonimamente, o serviço de sopa, pão e uma refeição ligeira aos sem-abrigo do Porto e a todas as pessoas que necessitem. Esta ajuda veio colmatar uma necessidade sentida pela associação Porta Solidária que, nesta conjuntura, viu os pedidos de ajuda subirem de 140 para 600 refeições diárias.

O novo packaging, com uma imagem mais actual, traz uma embalagem de cartão e saquetas individuais por cada unidade, foi pensado para todas as famílias garantindo a qualidade e a frescura do produto.

O Projecto Mimo reúne várias empresas em torno de causas sociais e, face ao contexto actual de pandemia, está a oferecer alimentos para cerca de 1.000 refeições diárias, que são entregues em instituições de solidariedade, bem como nas casas de 75 famílias, referenciadas por essas instituições.

Colaboradores reúnem-se online para desejar feliz aniversário à empresa Lusiaves SA Colaboradores de todas as unidades do Grupo juntaram-se no dia 14 de Abril numa vídeoconferência com o objetivo de cantar os parabéns à empresa Lusiaves SA. A pandemia por COVID-19 obrigou muitos colaboradores a irem para teletrabalho, contudo o distanciamento físico aumentou a necessidade de proximidade nas equipas e no dia de aniversário da empresa Lusiaves, de uma forma espontânea os colaboradores organizaram-se para cantar os parabéns à empresa, online.

Vídeos pedagógicos ajudam a prevenir o contágio por COVID-19 Em colaboração com a equipa da Qualidade e os responsáveis de Higiene e Segurança o Grupo Lusiaves criou e partilhou com os colaboradores 5 vídeos pedagógicos que explicam as regras e boas práticas para diminuir o risco de contágio de vírus. Os vídeos, legendados em português e inglês, foram disponibilizados nas TVs dos refeitórios das unidades dos Grupo e no workplace no sentido de alertar os colaboradores para a necessidade de cumprir as regras e dos riscos.

5


A ABRIR

Grupo Lusiaves reforça reponsabilidade social durante a pandemia

Mais de meio milhão de euros para apoiar instituições sociais, de saúde e a educação Ventiladores, financiamento de salas de recuperação, donativos e bens alimentares.

o Grupo garantiu o financiamento para a adaptação das salas hospitalares existentes, com o objetivo de criar salas melhor preparadas no tratamento de doentes infetados por COVID-19 e garantiu também financiamento para investir em monitores médicos para os ventiladores já existentes.

6

O

Grupo Lusiaves, líder ibérico do setor

Apoios à Saúde

avícola, tem uma política de cidada-

A Saúde está sempre em primeiro lugar

nia responsável, assumindo sempre

e neste sentido o Grupo Lusiaves decidiu doar

um compromisso com as comunidades onde

ventiladores ao Hospital Distrital da Figueira

está presente. Perante o atual cenário de

da Foz, concelho onde o Grupo nasceu, e ao

pandemia, o Grupo reforçou esse compro-

Hospital Santo André em Leiria, melhorando

misso social apoiando, até ao momento, com

a resposta a doentes que sejam internados

mais de 550.000 euros diversas áreas, nomea-

nestas instituições. Em Leiria, o Grupo tam-

damente a saúde, a educação e as famílias

bém garantiu o financiamento para a adap-

em maior vulnerabilidade social. Este apoio

tação das salas hospitalares existentes e de

reflectiu-se principalmente nas comunidades

monitores médicos para os ventiladores do

onde o Grupo está presente, segundo Avelino

hospital. Este apoio teve o objetivo de criar

Gaspar, Presidente do Grupo Lusiaves “A res-

salas melhor preparadas para receber doen-

ponsabilidade do Grupo Lusiaves para com

tes infectados por COVID-19.

as comunidades locais faz parte do seu ADN desde sempre e é uma responsabilidade que não se esgota nos gestos solidários ou nas doações, mas também na garantia de maior segurança para todos os nossos colaboradores.”

Em Novembro, o Grupo Lusiaves já havia anunciado a doação de 150.000 Euros, para a expansão da unidade de pneumologia do Hospital de Leiria.


A ABRIR

Entrega de bens Alimentares reforçada durante a pandemia Para além dos apoios na área da saúde, o Grupo Lusiaves tem contribuído, de forma regular, na distribuição de alimentos para pessoas e familias em vulnerabilidade social. Em Leiria, por exemplo, o Grupo respondeu prontamente e de forma ativa aos pedidos de apoio da instituição InPulsar com a oferta de frangos e sempre mediante as necessidades da associação. A associação InPulsar garantiu uma resposta social e de emergência às necessidades dos seus utentes durante a pandemia, nomeadamente: na realização de compras para quem estava em isolamento através da lista do utente (estas compras foram pagas pelos utentes porque incluía alimentação e medicamentos); e na entrega de comida a cerca de 70 agregados familiares que já estavam referenciados pela Câmara Municipal de Leiria. Estes agregados usufruíam anteriormente da assistência da associação Reefood, que durante o momento da pandemia não conseguiu prestar este serviço. Desta forma, através do contacto realizado pelos técnicos da InPulsar ao Grupo Lusiaves, foi possível fazer chegar a melhor proteína de carne às famílias que mais precisaram dela. Miguel Xavier, Presidente da Associação InPulsar, fez questão de deixar o seu agradecimento ao Presidente do Grupo Lusiaves enviando uma mensagem onde reflecte a "absoluta gratidão e agradecimento ao Senhor Comendador Avelino Gaspar pela sua generosidade, disponibilidade e empenho com a Associação InPulsar neste grandioso combate contra a exclusão, a pobreza e a falta de alimentos que se abateu em maior número nos residentes do nosso concelho e também do nosso país devido à pandemia criada pelo vírus COVID–19. Pequenos gestos podem ser geradores de grandes mudanças e graças ao Grupo Lusiaves conseguimos levar algum conforto a muitas famílias do concelho onde se

Pequenos gestos podem ser geradores de grandes mudanças e graças ao Grupo Lusiaves conseguimos levar algum conforto a muitas famílias do concelho onde se incluem crianças e pessoas mais velhas.

incluem crianças e pessoas mais velhas."

7


A ABRIR

Diminuir as diferenças sociais no acesso

agrupamento, sendo dez os alunos que,

à educação

neste momento, vão beneficiar desta oferta.

Com o encerramento das escolas no dia 13

Pequenos gestos podem ser geradores de grandes mudanças e graças ao Grupo Lusiaves conseguimos levar algum conforto a muitas famílias do concelho onde se incluem crianças e pessoas mais velhas

março todos tiveram que se reinventar e gerir a situação. Empresas, professores, famílias e acima de tudo as crianças tiveram que criar novas formas de seguir em frente. As escolas foram obrigadas a adaptarem-se após o encerramento "forçado" e, neste sentido, o Agrupamento de Escolas dos Marrazes, na freguesia onde está sediado o Grupo Lusiaves, contactou o Grupo apresentando as suas necessidades, nomeadamente as de responder, de forma imediata, às crianças que não possuíam computador e, que por esse motivo, ficariam em desvantagem sem acesso ao modelo de ensino à distancia adotado nesta época. O Grupo ofereceu dez computadores portáteis ao Agrupamento. Esta entrega de material informático tem o objetivo de

O Grupo Lusiaves orgulha-se de poder contribuir para um futuro mais risonho promovendo a formação dos Homens e Mulheres de amanhã

8

Grupo Lusiaves, “Esta ação enquadra-se nos valores de responsabilidade social do Grupo Lusiaves. Acreditamos que estes computadores vão ajudar a diminuir as assimetrias sociais.” Logo que já não sejam necessários a estes alunos, os computadores serão colocados à disposição de outros, por forma a rentabilizar

o apoio recebido, constituindo-

-se assim uma bolsa de empréstimo que vai suprir as necessidades que vão surgindo. A entrega do material informático realizou-se na biblioteca da Escola Básica nº 2 de Marrazes, sede do Agrupamento, mediante todas as regras de segurança.

continuar a garantir o acesso dos alunos, que

O Grupo Lusiaves orgulha-se de poder con-

se encontram em situações de vulnerabilida-

tribuir para um futuro mais risonho promo-

de social, ao ensino à distância diminuindo

vendo a formação dos Homens e Mulheres

as diferenças sociais.

de amanhã, e não faltam exemplos que

Jorge Brites, Diretor do AEM refere que “O Agrupamento de Escolas de Marrazes é composto por 2000 alunos e cerca de 150

Segundo Paulo Gaspar, Administrador do

encontram-se em situação de vulnerabilidade social e educativa, não tendo acesso informático aos conteúdos escolares”. Com a ajuda do Grupo Lusiaves foi possível reduzir o número de situações sinalizadas pelo

podemos destacar no âmbito desse apoio à educação, como foi também a oferta de uma televisão, às filhas de Raghu e Sital Sharma, dois colaboradores do Grupo Lusiaves. A situação foi assinalada nos Recursos Humanos da empresa, pela professora primária das crianças, e a oferta permitiu que as meninas mantivessem o contacto com o ensino através da telescola.


9


A ABRIR

Missão alimentar Portugal em total segurança

Vamos continuar também a ajudar as instituições de saúde com equipamentos e donativos para ajudarmos a minimizar os impactos e poupar vidas. Somos e seremos socialmente responsáveis. Vê aqui a publicação no Linkedin https://bit.ly/33e4SK4

10

desde o início de fevereiro temos sido muito

Durante o Estado de emergência os colabora-

exigentes e responsáveis com o nosso plano

dores do Grupo Lusiaves também quiseram

de contingência. Teremos sido dos pri-

mostrar a sua solidadriedade com os portu-

meiros a implementar medidas e vamos

gueses e procuram, sem reservas, manter-

continuar a fazer tudo, mas tudo o que es-

-se na linha da frente, em total segurança a

tiver ao nosso alcance sem nos pouparmos

assegurar que os melhores produtos e o me-

a esforços ou custos…” aproveitanto

lhor frango não ia faltar nas prateleiras. Neste

a oportunidade para referir que a empresa

sentido e a confirmar este espírito e motiva-

reforçou o seu apoio e compromisso de res-

ção, os colaboradores gravaram um testemu-

ponsabilidade​social junto das comunidades

nho em vídeo, que publicaram na página do

onde está presente “…vamos continuar

Linkedin onde destacam o espírito de missão

também a ajudar as instituições de saúde

e os cuidados com a segurança alimentar

com equipamentos e donativos para aju-

e das pessoas.

darmos a minimizar os impactos e poupar

Quem não ficou indiferente a este gesto foi o Presidente do Grupo que deixou uma mensagem nas redes sociais “… fico muito sensibilizado, agradecido e reconhecido por todos estes testemunhos dos nossos colaboradores que representam o sentimento geral de todos os colaboradores com quem vou falando. Muito obrigado a todos pelo esforço e dedicação, pois todos sabem, que

vidas. Somos e seremos socialmente responsáveis.” Num gesto de agradecimento a toda a equipa e de alerta para todos os portugueses, o Grupo publicou na imprensa um anuncio publicitário com o titulo "Continuamos Consigo, Há 34 anos sem parar" passando a mensagem "Está nas suas mãos colaborar, por si, por nós, por todos".


11


A ABRIR

Zoopan celebra 40 anos com inovação

Gel hidroalcoólico contribui para prevenir o risco de contágio por COVID-19 No ano em que assinala 40 anos de história a empresa Zoopan, uma empresa do Grupo Lusiaves, lança um novo produto de higienização de mãos.

O

PANDERM POWER é um novo pro-

Experiência na proteção em caso de sur-

40 anos de soluções e inovação

duto de higienização de mãos pro-

tos e doenças

A Zoopan, que celebra este ano o seu 40º

duzido pela Zoopan. Trata-se de

A Zoopan tem no mercado outras soluções

aniversário, cria valor na área da saúde,

uma inovação desta empresa que a coloca

desinfetantes, como é exemplo o VIROCID,

mais especificamente, nos campos de medi-

na linha da frente na disponibilização de so-

um poderoso desinfetante de amplo espetro

cina veterinária e nutrição oferecendo neste

luções higienizantes.

que é eficaz contra vírus (incluindo PRRS,

mercado uma ampla variedade de produtos

Gumboro, FebreSuína, Aujeszky), bactérias

e serviços. É-lhe reconhecido o mérito de ter

(Incluindo bactérias formadoras de esporos

sido a primeira empresa portuguesa a obter

difíceis de matar) e fungos. Trata-se de um

a certificação de “Boas Práticas de Fabrico”

desinfectante eficaz na gripe aviária, pes-

(GMP) no mercado veterinário e distingue-se

te suína africana, coronavírus, parvovírus,

no mercado nacional pelas suas representa-

doença de newcaste, entre outras.

ções e inovações de produtos. Iniciou a ex-

Segundo Ricardo Santos, diretor geral da empresa "nesta fase de pandemia, a Zoopan colocou a sua especialização e o seu conhecimento técnico ao serviço de toda a população Portuguesa e não apenas dos seus clientes habituais. Trabalhámos afincadamente para sermos mais um elo no combate à COVID-19, para a proteção dos Portugueses e para tornar Portugal independente dos mercados externos.” Solução 100% Nacional Desenvolvido e produzido 100% em Portugal, o Panderm Power é um gel hidroalcoólico porque contém 70% de álcool e peróxido de hidrogénio e apresenta uma viscosidade ajustada à correta dispersão nas mãos e uma secagem rápida, deixando uma sensação de hidratação na pele. Este produto foi desenvolvido seguindo todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) no sentido de ser um produto português que está disponível no mercado para combater o risco de contágio por COVID-19 e outros. Neste momento, a Zoopan optou por colocar o produto à venda em embalagens de 500 ml e de 5 Litros, e estão a ser estudadas outras quantidades.

12

portação em 1998 e está no Grupo Lusiaves desde 2015.


A ABRIR

Votos de uma Páscoa segura

3800 pacotes de amêndoas distribuídos por todo o Grupo Nos últimos dias que antecederam a semana pascal, por todas as unidades do Grupo Lusiaves, foram distribuídas as tradicionais amêndoas de Páscoa. Este ano, as amêndoas foram acompanhadas de uma mensagem especial assinada pelo Presidente do Grupo.

P

or tradição, mesmo para os que não são religiosos, a Páscoa é um período para pensar na caminhada, para nos

renovarmos e para agradecermos, foi com este espirito que este ano o Grupo Lusiaves garantiu a entrega de 3800 pacotes de amêndoas, um por cada colaborador. A acompanhar estas saborosas amêndoas seguiu uma carta assinada pelo presidente, um sinal do seu apreço e gratidão pelo trabalho desenvolvido e que alertou para a ne-

cessidade de todos se manterem ativos e em segurança nesta fase de pandemia. Os embaixadores locais, de todo o Grupo, garantiram a distribuição dos 3800 pacotes de amêndoas e a entrega em mão da mensagem do Presidente do Grupo.

"Fazemos tudo, mas mesmo tudo, o que estiver ao nosso alcance para vos proteger. Estamos juntos nesta missão. Por isso, volto a reforçar que todos temos que nos proteger nos nossos atos sociais e todos temos que nos proteger nos nossos atos profissionais. Contem comigo, como eu conto com todos vós. Será assim que vamos ganhar esta “guerra”. Votos de uma Páscoa segura." Avelino Gaspar

13


EM FOCO

Grupo Lusiaves apoia a avicultura

Setor avícola é atrativo para jovens empresários

14


EM FOCO

As vantagens de investir no setor avícola

Programa "Dá Asas Ao Teu Negócio" apoia novos empresários avícolas O Grupo Lusiaves lançou em 2017 o Programa “Dá Asas Ao Teu Negócio”, este programa, de apoio a jovens empreendedores, de um dos setores com maiores oportunidades de futuro, consiste numa parceria com o Banco BPI e em oferecer as ferramentas necessárias para os jovens iniciarem o seu negócio no setor avícola com garantias de rentabilidade extremamente interessantes.

Até março de 2020 o Grupo Lusiaves integrou cerca de 10 produtores avícolas através deste e outros apoios que tem ao seu dispor.

C

omo empresa integradora, o Grupo

tadas pela empresa, e que em situações de

Lusiaves garante aos seus produto-

crises, sociais ou económicas esta parceria

res integrados o fornecimento dos

funciona de uma forma muito segura.

principais fatores de produção e, posteriormente o escoamento garantido do produto final, mediante um contrato efetuado. Através deste apoio ao investimento, o Grupo Lusiaves fornece a matéria prima, os pintos, a sua alimentação, responsabiliza-se pela assistência técnica e veterinária e, compromete-se com o escoamento do produto final, os frangos, que serão abatidos nos seus matadouros. Tudo isto traz muita confiança ao empreendedor e à banca porque elimina o risco do investimento. Este setor goza ainda de apoios disponíveis da parte do PRODER e existem casos de apoios que vão até aos 60% a fundo perdido garantindo a capacidade de amortização desse investimento a 6 anos.

Até março de 2020 o Grupo Lusiaves integrou cerca de 10 produtores avícolas através deste e outros apoios que tem ao seu dispor. Na entrevista que se segue podemos ler o testemunho de Pedro Freire, um jovem empreendedor que decidiu apostar neste setor e contou com o apoio do Grupo Lusiaves. Jovem empresário investe na produção avícola com o apoio do grupo lusiaves Pedro Freire, tem 36 anos e é um jovem investidor no setor avícola, com formação em proteção civil e uma especialização em segurança e saúde no trabalho, mas foi na produção avícola que resolveu apostar toda a sua capacidade de gestão. Há 5 anos, Pedro decidiu investir no setor avícola e contou com o apoio do Grupo Lusiaves

Atualmente, este Grupo tem cerca de 500

para dar esse passo, recorrendo ao progra-

produtores integrados que gozam dos vá-

ma “Dá asas ao teu negócio”. Atualmente,

rios benefícios de trabalhar neste modelo,

é um produtor integrado deste Grupo e tem

nomeadamente do facto de saberem que

na sua exploração uma capacidade de pro-

todas as oscilações de preços sejam de fran-

dução instalada superior a 900 000 frangos

gos, sejam de matérias primas são supor-

por ano.

15


EM FOCO

Do pequeno negócio de família a um investimento altamente

Tomada a decisão de me dedicar por completo à produção aví-

tecnológico

cola, resolvi que gostaria de realizar um investimento de acordo

Desde que nasceu, Pedro conviveu com a produção avícola no

com a minha visão e os meus objetivos. E tinha várias premissas

seio da sua família. Foi este o negócio que sempre acompanhou

para o fazer, nomeadamente: 1) encontrar um terreno longe da

junto do seu pai e onde teve a oportunidade de assistir à evolu-

floresta, onde não houvesse risco de incendio ou este fosse dimi-

ção do próprio setor. Recorda-se de que quando tinha dez anos,

nuto; 2) Um espaço que me permitisse ter margem de crescimen-

em 1991, o pai realizou um investimento num pavilhão avícola,

to no futuro; e 3) um local onde os veículos pesados pudessem

que à imagem do que conhecemos hoje seria muito arcaico.

ter acesso sem qualquer problema. Portanto, estas eram as pre-

Mais tarde, em 1998, a família voltou a investir na remodelação

missas base que decidi reunir para avançar com o meu projeto.

do mesmo pavilhão introduzindo, nessa altura, as caldeiras de aquecimento a gás e sistemas de ventilação automáticos. Já em 2013, Pedro apoiou a família na concretização de um projeto que submeteram ao PRODER, foi com este projeto que aprofundou a parte técnica dos equipamentos e as vantagens que a evolução tecnológica trouxe para a produção “lembro-me de estar na faculdade e ao fim de semana ter de vir a casa para resolver problemas técnicos dos pavilhões, fui o suporte na transição de um sistema mais arcaico em que se fazia tudo à mão, espalhar ração, abrir janelas etc…” recorda Pedro sobre a fase em que se tornou um grande apoio ao negócio da família.

Como surgiu a possibilidade de investir no setor Avícola? Em 2015, com a abertura do novo quadro comunitário do PDR 2020 decidi olhar para a área como um negócio, como uma oportunidade de investimento numa área que já conhecia e onde poderia ser uma mais valia por toda a experiência já acumulada.

Como foi o processo para a realização desse investimento? porque fases passou? Comecei por tentar encontrar locais para a instalação, inicialmente foi muito difícil porque os PDMS têm muitas condicionantes para este tipo de indústria, mas contei com o apoio do Município que canalizou esforços para me ajudar a encontrar os terrenos. Assim que identifiquei e consegui comprar o primeiro terreno, tive de negociar com os proprietários à volta desse mesmo terreno para conseguir a área necessária às expectativas do meu investimento. Em Portugal, há muitos minifúndios o que dificulta ainda mais o processo. Após todo o processo de aquisição de terrenos, fiz o projeto de instalação que, aliás, cheguei a adaptar, pois inicialmente tive a ideia de fazer dois pavilhões e acabei por fazer um terceiro. Fiz a comunicação ao Município e dei início ao processo de candidatura do PDR 2020. O processo de decisão e aprovação da candidatura ao PDR 2020 demorou cerca de um ano. O passo seguinte foi o financiamento do projeto.

16


EM FOCO

Foi nesta fase que contou com o apoio do Grupo Lusiaves? Sim. Nesta fase já sabia quanto ia gastar na execução do projeto, qual o valor de apoio do PDR 2020, conhecia os meus capitais próprios e qual o montante que teria de recorrer à banca e é nesta fase que entra o apoio do Grupo Lusiaves. Decidi submeter o projeto ao programa “Dá asas ao teu negócio “do Grupo Lusiaves, e através de uma análise muito rigorosa e apertada por parte deste Grupo, fui informado que o mesmo tinha viabilidade para podermos estabelecer uma parceria. Como se operacionalizou este apoio? Inicialmente celebrei um contrato de exclusividade com o Grupo Lusiaves, que me permitia ter a garantia que toda a produção era absorvida por esta empresa. A título pessoal este contrato também me deu mais confiança/segurança para seguir em frente com o projeto. o Protocolo entre o Grupo Lusiaves e o BPI permite aos produtores o financiamento para o investimento com condições muito atrativas, nomeadamente acesso a taxas de juro mais baixas. Com a experiência do Grupo Lusiaves e o suporte financeiro do BPI foi possível obter o montante necessário para iniciar a construção. No meu caso foram cerca de 6 a 7 meses até fecharmos todo o processo. Destaco a proatividade do Grupo Lusiaves em estabelecer este protocolo entre a banca e os produtores que permite a efetiva concretização dos projetos, contribuindo para o desenvolvimento local e nacional. E de que forma é que o protocolo de produtor integrado é vantajoso? Existem várias vantagens: Ciclos de produção regulares, estabilidade nos preços praticados, apoio técnico/sanitário dos bandos, rigor no cumprimento das regras de bem-estar animal e medidas de biossegurança, partilha de conhecimento ao nível daquilo que são as melhores técnicas de produção, para obtermos um produto de alta qualidade. Além disso é frequente eu dizer que temos em conjunto “mentes irrequietas”, estamos em constante evolução, a forma de fazer hoje não é necessariamente a mesma de amanhã, considero esta dinâmica muito positiva. Quais são os seus objetivos no Futuro face ao investimento? Pretendo adquirir mais ferramentas digitais que permitam aumentar o controlo e monitorização, para tornar as decisões na exploração mais eficientes; quero ainda apostar em novas máquinas que permitam rentabilizar o quotidiano da exploração

Uma exploração Inteligente: A exploração de Pedro Freire é constituída por três pavilhões avícolas, cada um com uma área útil de 2000m2 e destina-se à engorda de aves. Trata-se de pavilhões inteligentes, de última geração, com soluções Fancon e Roxell. Com uma capacidade de produção por ciclo de 129 000 animais, esta exploração está preparada com as melhores condições técnicas disponíveis para a garantia do bem-estar animal. Conta com controlo absoluto do clima, pesagem de silos e pesagem de animais. Todos estes sistemas tecnológicos permitem ter a rastreabilidade on time da instalação. “Os nossos softwares de controlo permitem-nos saber o que está a acontecer e guardam o histórico para nos permitir análises fidedignas” Refere Pedro Freire.

e o melhoramento dos pavilhões, bem como dos espaços envolventes e vou continuar a apostar na formação, tanto pessoal como dos meus colaboradores.

17


18


POR ACREDITAR NISTO

SOLIDARIEDADE EM TEMPO DE CRISE

Licínio de Carvalho Presidente do Concelho de Administração do Centro Hospitalar de Leiria

“Este vírus que nos enlouquece” é o título do mais recente livro de um escritor, francês, contemporâneo, de referência. O COVID-19 chegou a todos nós, a todos os países e regiões à velocidade da globalização, não tendo este fenómeno da globalização sido capaz de manter os benefícios da mesma e evitar os efeitos perversos como é este caso. Se ainda não nos tínhamos recomposto das consequências da última crise (financeira primeiro e económica depois…), a todos os níveis e particularmente no setor da saúde, com contração do investimento e com dificuldade de reorganização geral das instituições de saúde, em função do sub-financiamento, da emigração de quadros, etc., estamos a ser confrontados com esta pandemia bastante se-

No final do ano passado, a Lusiaves tinha celebrado um protocolo com o CHL disponibilizando 150.000,00€ para diferenciação e ampliação do Serviço de Pneumologia, iniciativa em execução e reforçada com o propósito específico do combate ao COVID-19.

vera e de progressão rápida da doença, que está a mudar os nossos

No final do ano passado, a Lusiaves tinha celebrado um proto-

hábitos e a nossa coreografia social.

colo com o CHL disponibilizando 150.000,00€ para diferenciação

Os efeitos de curto prazo são devastadores: quebras no PIB, no consumo e no investimento na casa dos 2 dígitos que empurrará, também, o desemprego para valores percentuais acima dos 10%. Não obstante estes efeitos e as naturais implicações que terão na sociedade, em particular as estruturas de resposta, como os hospitais, terão que manter-se como instâncias de tratamento e de

e ampliação do Serviço de Pneumologia, iniciativa em execução e reforçada com o propósito específico do combate ao COVID-19. Acrescentou, por isso, no apoio ao CHL, 2 ventiladores, entre outro equipamento e uma verba adicional de 56.000,00€ para dotar o centro hospitalar de 3 quartos com pressão negativa, aptos a tratar doentes internados com infecções graves, sendo uma resposta necessária não apenas para o COVID-19 mas para outras patologias,

salvaguarda para a sociedade. Esta ligação forte, cúmplice e indis-

como é o caso da tuberculose pulmonar.

sociável entre os serviços de saúde e a comunidade conheceu, de

Esta iniciativa tem sido replicada por mais empresas e empresários

forma indiscutível, um desenvolvimento enorme. A proximidade com a sociedade civil ficou muito evidenciada na espontânea e pronta disponibilidade que muitos manifestaram para com o CHL. Empresários, empresas, instituições, clientes, fornecedores, particulares, autarquias, associações… todos convergiram no sentido da ajuda aos profissionais e ao centro hospitalar para o apoio e suporte aos desafios postos pela pandemia. Apesar disso, este espírito de colaboração com o CHL já existia antes da pandemia.

da nossa região, que vamos dando conta cada vez com mais intensidade. É muito gratificante e estimulante receber da nossa comunidade um “abraço de solidariedade” desta natureza, que ajudará, claramente o CHL a melhorar a sua estrutura, a sua performance, e no final a cumprir melhor a sua missão de servir cada vez mais e melhor os nossos doentes. À Lusiaves, em especial, o nosso obrigado.

19


UM DIA COM…

Equipa da Racentro

O início de toda a cadeia de valor está aqui

20


UM DIA COM…

M

iguel Loureiro Administrador do Grupo Lusiaves e responsável pela Racentro, descreve a empresa como uma das maiores fábricas de rações do pais e das mais

evoluídas do setor em Portugal “Somos uma equipa unida e focada em atingir os melhores resultados. Estamos no início de toda a cadeia de valor do Grupo Lusiaves. A nossa missão é produzir alimentos nutricionalmente equilibrados, seguros, sustentáveis e a um preço competitivo.”

A nossa missão é produzir alimentos nutricionalmente equilibrados, seguros, sustentáveis…

Recursos Humanos e Segurança e Saúde no Trabalho Estas duas áreas são essenciais para o apoio diário aos colaboradores. Por um lado, a Ana, técnica de Recursos Humanos na Racentro, garante todos os processos inerentes à gestão de pessoas, nomeadamente a marcações de férias, controlo de relógios de ponto, integração de novos colaboradores e processamento salarial. Por sua vez, o Evaristo, Técnico de Segurança e Saúde no Trabalho, participa diariamente na identificação, avaliação e controlo dos riscos profissionais, associando a este processo a gestão e implementação do plano detalhado de prevenção e proteção da saúde dos trabalhadores.

Qualidade e Segurança Alimentar A Patrícia, técnica no Departamento de Qualidade e Segurança Alimentar, assegura o cumprimento das boas práticas de higiene e de fabrico, acompanha a operação no dia-a-dia, garante o registo e controlo da qualidade e segurança alimentar de acordo com os planos definidos. Apoia o departamento de compras de modo a cumprir com o aprovisionamento de algumas matérias-primas, subsidiárias, material administrativo e de SST.

21


UM DIA COM…

Sala de Controlo Todo o processo de produção é realizado de forma automática e gerido pela equipa de operadores. Diariamente, esta equipa monitoriza e intervem a partir da sala de controlo, na produção para garantir o cumprimento dos standarts de qualidade dos produtos. Esta unidade tem uma capacidade instalada de produção mensal de cerca de 60.000 toneladas de ração.

Motoristas Esta equipa garante que todos os dias os produtos da Racentro chegam aos criadores, e mantem o abastecimento de matérias-primas necessárias. No total, são transportadas cerca de 80.000 toneladas de ração e matérias-primas por mês.

Recepção de Matérias-primas O processo de receção e análise das matérias primas que chegam à Racentro é muito exigente. Sempre que chega um camião, a Salete e os seus colegas de equipa procedem à recolha de amostras que são minuciosamente analisadas. Quando se verifica que estão de acordo com os padrões de qualidade exigidos é dada a autorização e indicação à viatura para se dirigir a um dos pontos de carga. Área Comercial e Logística A Equipa Comercial da Racentro é composta pela Teresa e pelo David, juntos garantem o contacto com o cliente externo assegurando a visibilidade e colocação dos produtos da Racentro nas superfícies comerciais. A Teresa garante ainda a gestão do Departamento de Logística, apoiando esta equipa na gestão das necessidades de abastecimentos às explorações avícolas do Grupo Lusiaves (próprias e integradas). A Equipa de logística atribui as encomendas realizadas pelas quintas aos motoristas, e planeia os levantamentos da matéria-prima necessária à produção.

22


UM DIA COM…

23


APETECE

Campogrill

Prepare um piquenique à portuguesa É Verão, o tempo está fantástico e o que apetece mesmo é estar em plena harmonia com a natureza, que tal um piquenique? A marca Campogril sugere os produtos ideais para levar na cesta e fazer bonito.

O

s piqueniques fazem parte do ima-

estruturas de apoio para piquenique (me-

O material que não pode faltar

ginário da nossa infância e entu-

sas, casas de banho, fonte de água...).

Mala térmica, toalha comprida, esteira para

siasmam miúdos e graúdos. Podem

passar o dia a "piquenicar" ou simplesmente fazer um piquenique no intervalo ou no fim da praia, em muitos dos fantásticos parques de merendas que existem por este nosso Portugal. Escolha o local O local importa por isso escolha um espaço agradável, parques, matas, jardins, serra ou praia, desde que seja de fácil acesso, com muitas sombras, poucas melgas, seguro para as crianças e preferencialmente com

24

O que levar dentro da cesta? Os Salgadinhos Campogrill ficam sem-

colocar no chão, copos, talheres e pratos, guardanapos e saco para o lixo.

pre bem seja como entrada ou de reforço

Divirta-se!

para picar durante o dia: opte pelos rissóis,

Prepare jogos para os mais novos e também

as chamuças ou as maravilhosas empadas

para os adultos, porque não? Colocar a leitu-

de frango ou pato;

ra em dia ou apenas desfrutar da companhia

Prepare sandwiches de queijo, fiambre e chourição Campogrill; Para saborear prepare algumas fatias de presunto Campogrill e uma caixa com melão.

dos amigos, relembrando histórias antigas e conhecendo as novas, por entre sorrisos e gargalhadas!


Lusiaves

Abriu a época oficial dos churrascos

Dicas para fazer os melhores churrascos em sua casa Se acha que preparar um bom churrasco diz respeito apenas a assar a carne, então está a perder muito do que a ocasião tem para oferecer. Aqui vai um guia de como pensar um churrasco do início ao fim.

U

m churrasco é considerado por muitos um evento e não uma refeição, é um momento ideal para reunir as

sugestão de apresentação

sugestão de apresentação

APETECE

pessoas mais queridas e criar, como bom anfitrião, um momento gastronómico servindo as melhores e mais saudáveis iguarias de carne grelhada. Como estamos no verão e já se pensa na dieta, a Lusiaves sugere-lhe a gama "Churrascada à Portuguesa", à base de carne de aves, para servir e degustar devagar e sem pressa. Salsichas de aves, churrascada de aves com coxa de frango, salsicha longaniza e espetada de peito de frango, asas de frango temperadas com molho picante. Existem alguns cuidados básicos a ter em conta no momento de fazer o seu churrasco, para que ele seja um verdadeiro sucesso.

15 minutos, assim, elas vão selar a superfície e evitar que seu interior fique ressequido.

Separámos aqui as principais dicas para fazer

Lembre-se dos acompanhamentos

o seu!

Um bom acompanhamento de churrasco

Vá além do sal grosso no tempero É possível ousar e explorar outros temperos que podem dar certo. Em vez de sal, opte por limão, pimenta preta e caril ou sumo de laranja e mostarda. Use a técnica certa para assar a sua churrascada É possível garantir a maciez, suculência e sabor das peças. O ideal é colocar as carnes bem próximas da brasa por um período de 5 a

não se deve sobrepor ao sabor da carne. Ele precisa ser o complemento perfeito para aquele alimento específico. Comece com uma salada, espetadas de ananás, cebola e pimento, arroz basmati, couscous ou quinoa. Prepare alguns molhos para as carnes Pode escolher servir a sua churrascada acompanhada de molhos específicos. Um clássico é o vinagrete, que deixa a carne mais saborosa e picante. Também pode escolher servir um saboroso molho de chimichurri.

25


TOME NOTA

BENEFÍCIOS SER+ VANTAGENS PARA A FAMÍLIA GRUPO LUSIAVES LAZER E BEM-ESTAR

SAÚDE E BEM-ESTAR

ALIMENTAÇÃO

Your Hotel & Spa

Future Health Biobank

Loja Mais Sabor

Oferta de 10% de desconto e do acesso à piscina exterior, uma oferta exclusiva para colaboradores, na compra do menu Picnic para duas pessoas (mínimo) no valor de tabela 45€. Mais informações: comunicacao@grupolusiaves.pt

Desconto de 20% em relação à tabela fixa, no serviço de Criopreservação de Células Estaminais do Sangue e/ou tecido do Cordão Umbilical, utilizando o processamento com volume reduzido, o método mais avançado até à data.

Desconto de 10% para colaboradores do Grupo Lusiaves. Não acumula com campanhas ou promoções.

DESPORTO E BEM-ESTAR

LAZER

EDUCAÇÃO

Fitness Hut

Centro de Interpretação Batalha de Aljubarrota

Wall Street English

Alcobaça

Grande Lisboa, Norte, Sul de Lisboa e Centro Anuidade de 24€ e pagamento semanal de 5,50€, sem compromisso anual (mínimo 1 mês). Acesso a todos os clubes e a todas as aulas de grupo, em horário total. Oferta de 2 bebidas HUT20 por treino e de 1 consulta de nutrição a cada 2 meses. Condições extensíveis a 3 elementos do agregado familiar. Adesão exclusivamente no link: http://bit.ly/fitnesshut-lusiaves.

Lisboa

Porto de Mós, Leiria

Oferta de Voucher de entrada no Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota, com validade até 30/07/2020. Solicitação dos vouchers através do endereço: comunicacao@grupolusiaves.pt.

Leiria / Grijó / Marinha das Ondas Oliveira de Frades / Azambuja

35 centros no Norte, Centro e Sul do país - Desconto de 10% na matrícula e mensalidades para uma pessoa. - Desconto de 15% na matrícula e mensalidades para duas ou mais pessoas. Cursos de Inglês, Market Leader e Preparação para Exames Cambridge (C1 Advanced, B1 Preliminary, B2 First) e IELTS, TOEFL e PTE-A. O horário é flexível, entre as 10h30 e as 21h30 de segunda a sexta, e das 10h às 14h aos sábados. Todos os interessados nas condições deverão enviar email para info@wsenglish.pt .

Conhece todos os Benefícios Ser+ https://airtable.com/shrsAyYYkZ3tg48UP

26


OPORTUNIDADES

TALENTO PROCURA-SE

CONSTRUÇÃO E PROJETOS

Candidata-te: recrutamento@grupolusiaves.pt

Projetista Leiria

O teu forte é o desenho técnico e adoras projetar. Tens knowhow suficiente para que o teu edifício seja o mais sustentável e económico possível? Então és a pessoa que queremos para fazer parte da nossa equipa. Procuramos um Projetista Sénior para reforçar os nossos quadros. Funções a desempenhar: • Executar projetos de arquitetura ou de especialidades; ( preferencialmente Industriais e Armazéns). • Projectos de estabilidade de estruturas metálicas, betão armado, Projectos de redes de água, esgotos e redes pluviais • Projectos de acústica e térmica • Projectos de redes de gás • Projectos de Segurança Contra Incêndio Perfil: • Licenciatura em Arquitectura / Engenharia Desenhador Técnico • Experiência mínima entre 5 a 10 anos e preferencialmente inscrito na respectiva Ordem dos Engenheiros • Excelentes conhecimentos de desenho técnico e Auto Cad e CYPE e Office • Capacidade de organização e sentido de responsabilidade • Espírito de equipa

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

CONSTRUÇÃO AUTO

Técnico de frio Leiria

És a pessoa ideal para cuidar da cadeia de frio dos nossos bens alimentares, assegurando a sua correta conservação em estrada nos nossos veículos? Responsabilidades: • Instalação e manutenção preventiva e correctiva na área climatização / refrigeração Perfil do candidato: • Pró-activo e autónomo; • Disponibilidade imediata; • Certificado em Gases fluorados; • Conhecimentos de Hidráulica; • Conhecimentos de eletricidade; • Carta de condução (obrigatório); • Experiência no ramo auto em manuseamento de frio (preferencial).

Técnico SHT

Viseu e Oliveira de Frades Se gostas de garantir a segurança no trabalho bem como as medidas para minimizar os acidentes laborais esta função é para ti! Procuramos alguém organizado e com foco nos procedimentos de higiene e segurança. Funções a desempenhar: • Desenvolver processos de avaliação de riscos profissionais; • Acompanhar a implementação de medidas corretivas e de atividades de prevenção / proteção contra riscos para a segurança e saúde no trabalho; • Colaborar nos processos de informação e formação dos trabalhadores e demais intervenientes nos locais de trabalho; • Realizar auditorias de higiene e segurança em diversas unidades de negócio; • Elaborar medidas de autoproteção e acompanhar a implementação das existentes; • Colaborar na identificação e implementação das obrigações legais no âmbito da higiene e segurança no trabalho; • Assegurar a organização da documentação necessária à gestão da prevenção na empresa; Perfil pretendido: • Licenciatura em Engenharia, Gestão Industrial, Segurança e Higiene no Trabalho; • CAP de Técnico de Segurança e Higiene no Trabalho (nível V); • Conhecimentos da norma OHSAS 18001; • Domínio de ferramentas informáticas, na óptica do utilizador; • Disponibilidade imediata.

COMERCIAL

Comercial de rações para animais

Viseu/Castelo Branco/Litoral a Norte de Aveiro Com o foco na produção de alimentos nutricionalmente equilibrados, seguros, sustentáveis e a um preço competitivo, a Racentro tem como foco principal criar valor e aumentar a rentabilidade dos negócios dos seus clientes. Procuramos por ti para promover a venda. Principais funções: • Acompanhar e gerir a carteira de clientes existente tendo em vista a sua fidelização; • Efetuar prospeções de mercado identificando novas oportunidades de negócio; • Apresentar propostas comerciais adequadas às necessidades dos clientes; • Identificar e reportar a atividade da concorrência • Apresentar relatórios periódicos de atividade Perfil: • Licenciatura em Gestão, Produção Animal, Zootécnia, Veterinário, Marketing ou experiência na área das vendas; • Conhecimentos do mercado de rações ; • Conhecimentos de técnicas de vendas e relacionamento com clientes ; • Boa capacidade de organização e dinâmica pró-ativa, com capacidade de argumentação e de criar empatia com o cliente; • Disponibilidade imediata.

TRANSPORTES

Motorista de Pesados Leiria

Esta é uma função muito importante na nossa empresa, vem ajudar-nos a manter o nosso serviço de excelência que permite os nossos clientes receberem a sua mercadoria sempre a tempo e horas. Funções a desempenhar: • Preparar o serviço de transporte verificando a documentação necessária, o veículo e o equipamento acessório; • Distribuição/entregas de produtos zelando pela sua integridade física e térmica desde o ponto de carga até ao destinatário final, garantindo o cumprimento do plano definido pelas Operações e os standarts de serviço pré-definidos como cliente; • Conduzir veículos automóveis para o transporte de mercadorias, respeitando as regras de segurança de trânsito e de acondicionamento da carga; • Preencher toda a documentação relativa ao serviço. Perfil pretendido: • Habilitações mínimas ao nível do 9º ano; • Detentor de carta de pesados; • Detentor de CAM (obrigatório); • Disponibilidade de horários e deslocações; • Polivalente, Proactivo, Responsável; • Disponibilidade imediata.

MANUTENÇÃO AUTO

Mecânico de automóveis Oliveira de frades

Se adoras mecânica de automóveis esta vaga é para ti! Procuramos ajuda para detetar avarias mecânicas e arranjá-las. A nossa equipa espera por ti! Vem trabalhar com um grupo de profissionais experientes. Funções a desempenhar: • Detetar as avarias mecânicas; • Afinar, reparar, montar e desmontar os órgãos de automóveis e de outras viaturas; • Executar outros trabalhos de assistência e manutenção relacionados com mecânica automóvel. Perfil: • Escolaridade mínima obrigatória; • Experiência profissional mínima de 3 anos na área como mecânico; • Carta de Condução; • Disponibilidade imediata.

27


28