Issuu on Google+

| By: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores | 2012

Designer de Comunicação | Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores | 2010

Luís Baptista | 5018

Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores lbaptista@hdfaro.min-saude.pt ext. 11 114


Este relatório está ordenado de acordo com a conclusão dos projetos. Logo não se encontra paginado, devendo seguir a numeração dos projetos.


Índice 00 Introdução 01 CCI 02 Vinil para o púlpito do auditório 03 Gripe A_banners 04 Neonatologia_Congresso 2010 05 Aviso pisos do Hall 06 Proposta de aquisição 07 Personalização jippe_Guiné 08 Tuberculose Pulmonar 09 Go TIC 10 Cirurgia da Mama_Março

37 Fisioterapia 38 Consulta de Ortopedia_sinalização 39 Curso Intensivo de Laparoscopia e Histeroscopia 40 Curso de Doenças Auto-Imunes 41 Senhas de Ceia 42 Violência Doméstica 43 4ª Jornada Integrar para Incluir 44 Mundialito de Futebol Feminino 45 Semana Mundial do Aleitamento Materno 46 Um Dia com a ANDROLOGIA

11 Placa de perigo de explosão

47 Formulário Sugestão-Reclamação_Gabinete Sim -Cidadão

12 Dia Mundial da Voz

48 Desenho Estilizado Hospital 30 Anos

13 Banner neonatologia

49 Nesta Instituição Existe Livro de Reclamações

14 Banner pediatria

50 Cartazes Semana Mundial de Aleitamento Materno

15 Informação passagem não autorizada

51 Páginas 230-232 livro 30 anos

16 Relatório de contas 2009

52 Dia Nacional de Luta Contra a Dor e Dia Mundial de Paliativos

17 2º Semana de Não-Violência 18 Serviços de Saúde Ocupacional 19 Marcadores_Voluntários do Hospital de Faro 20 Cartaz AVC 21 Dia Mundial do Enfermeiro 22 Voluntários 23 Suplemento 2010 24 Guia de acolhimento _Serviço de pneumologia 25 Dia Mundial da Criança 26 Workshop Placenta 27 Unidade de Terapêutica da Dor 28 Manual de Enfermagem 29 Política de Segurança e Saúde no Trabalho do Hospital de Faro, E.P.E 30 Cartaz Gripe Sazonal 31 Organograma Hospital de Faro 32 Workshop_Um caminho para a Qualidade 33 folheto Hospital de Dia 34 Requalificações Ambulatório Azulejos lavatórios e wc 35 IV Curso de Gastrenterologia Práctica 36 Documentos Fonte de Risco

53 Advanced Practicum Livro 54 Feira 2010 55 Apresentação Hospital de Faro 56 Intervenção Comunitária em Saúde Mental 57 Capa Livro_Hospital de Faro_30 anos_Uma Vida de Afectos 58 Dia Mundial da Diabetes 59 II Curso de Actualização e Tratamentos em Emergência e Urgência 60 Relatório Senhas de Ceia 61 Dia Internacional de Sensibilização para a Prematuridade 62 Cartaz_Protocolos 63 Missão Sorriso 2010 64 Copa 65 Apresentação Movimento Assistencial 2006-2010 66_Animação Prematuridade 67 Recolha de Materiais para as Crianças 68 Lançamento do Livro Comemorativo 30 anos 69 Icone Sistema de Gestão de Riscos Clínicos 70 Natal 2010 71 Lotação 147


Relatório Design 2010 00 Introdução

00 Introdução De forma a apresentar o trabalho desenvolvido, na área do design de comunicação, do gabinete de comunicação, construí este documento que compila as memórias descritivas dos diferentes projetos. Para além destes trabalhos, foram iniciados trabalhos referentes ao manual de identidade corporativa (Manual de normas do logotipo, layout de documentação institucional, fardamentos, sinalética, cartões de visita, entre outros). Desta forma, pretende-se uma maior consolidação da identidade corporativa do Hospital de Faro, criando uma uma imagem forte e que transmite os valores da instituição. Faro, 19 de janeiro de 2012.

Luís Baptista | 5018

Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores lbaptista@hdfaro.min-saude.pt ext. 11 114


Informação para visitantes

A visita é importante para a recuperação do seu familiar ou amigo. Colabore na sua defesa e na dos outros utentes seguindo estes conselhos: O que deve fazer:

O que não deve fazer:

• Lavar as mãos com água e sabão ou desinfectante: • Antes e depois da vista à enfermaria/quarto; • Após utilizar a casa de banho; • Após tocar em equipamentos contaminados; • Após tocar no nariz ou na boca; • Antes de ajudar o seu familiar / amigo a comer e beber;

• Mexer nos dispositivos que o seu familiar/amigo tem para o ajudar na recuperação (algália, sistema de soro e outros) nem nos pensos;

• Sentar-se nas cadeiras e nunca nas camas; • Colocar um penso nas feridas abertas; • Controlar as crianças que estiverem consigo para adoptarem um comportamento correcto; • Caso o quarto / enfermaria onde o seu familiar está internado tenha uma placa identificativa à porta (cor de laranja, azul ou verde), pergunte ao enfermeiro de serviço qual o comportamento a seguir e cumpra rigorosamente as instrucções.

• Visitar o seu familiar / amigo caso esteja constipado; tenha tido diarreia ou vómitos, mal-estar de estômago ou intestinos, (proceda à visita depois de estar sem sintomas durante 48 horas); • Trazer crianças para a visita, especialmente bebés, porque são mais vulneráveis a germes; • Colocar objectos em cima das camas e mesa-decabeceira ou outro mobiliário das enfermarias; • Partilhar objectos do seu familiar / amigo com os outros doentes da enfermaria; • Trazer muitos objectos para o hospital, pois a sua acumulação à volta das camas ou em cima das mesas-de-cabeceira impede uma boa limpeza e desinfecção; • Visitar outros utentes após ter estado com o seu familiar/amigo.

Obrigado pela sua colaboração. Comissão de Controlo de Infecção


Relatório Design 2010 01 CCI 22 janeiro

01 CCI De forma a informar os visitantes/utente sobre a conduta a adoptar no momento da vista, a comissão de controlo e infeção hospitalar (CCI), concebeu os conteúdos a transmitir. Após avaliação por parte do conselho de administração, foram contruídos 1 cartaz e 1 folheto informativos. Estes materiais foram impressos na Gráfica Comercial e dristribuídos na portaria principal e nos pisos com internamento.


Relatório Design 2010 02 Vinil para o púlpito do auditório 10 fevereiro

02 Vinil para o púlpito do auditório Solicitado pelo Centro de Formação, Investigação e Conhecimento (CFIC), por Ricardo Pedro, responsável do auditório, foi criado o desenho para colocar no púlpito. O desenho foi impresso em vinil autocolante e aplicado na zona destinada para o efeito, no púlpito. A impressão foi feita pela Koisaskomideias e a aquisição seguiu via aprovisionamento.


Relatório Design 2010 03 Gripe A_banners 10 feveriro

03 Gripe A_banners De forma a auxiliar o gabinete de informática, foi solicitado pelo Dr. Paulo Simões, a converção dos banners sobre vacinação da Gripe A, enviados pelo Ministério da Saúde, de modo a serem publicados no site institucional. Para tal foi necessária a total reconstrução dos banners visto a qualidade apresentada ser demasiado baixa, impedindo a correta legibilidade dos banners.


Congresso da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais e Pediátricos

Uma Década a Crescer

Emergências Pediátricas Ventilação em Pediatria Aleitamento Materno Nidcap Infecção associada aos Cuidados de Saúde Novas abordagens em Neonatologia

Auditório da Escola Superior de Saúde de Faro 4, 5 e 6 de Março de 2010


Relatório Design 2010 04 Neonatologia_Congresso 2010 10 fevereiro

04 Neonatologia_Congresso 2010 Contactados pela unidade de neonatologia do Hospital de Faro, a enfermeira Elsa Silva solicitou apoio a nível gráfico para a concepção dos materiais do Congresso da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais e Pediátricos: Uma Década a Crescer, assinalando o 10º aniversário da unidade. Foi construído um cartaz e um programa com base nas fotografias disponibilizadas pela Enf.ª,. Estas fotografias foram tiradas no serviço de UCIN, e esta fotografia foi escolhida, por representar os cuidados prestadaos ao prematuro, e por ser das poucas com qualidade suficientemente boa para ser utilizada ( todas as outras fotografias ou identificavam diretamente a criança ou estavam desfocadas, tremidas, demasiado granuladas ou pixelizadas). Após o envio das propostas, nunca mais fui contactado pelo serviço, para a confirmação dos materiais, até perto da altura do evento, em que apresentaram o cartaz original.


Gastrenterologia

Obstetrícia

Ortopedia Nasc. Ortopedia Poente

Oncologia Nefrologia

Pediatria Medicina 2

Cirurgia Nasc.

Cardiologia Medicina 1

Ginecologia Obstetrícia (cesariana)

Bloco de Partos Cirurgia Poente

Gastrenterologia Ortopedia Nascente Ortopedia Poente Pediatria Medicina 2 Cardiologia Medicina 1

Obstetrícia Oncologia Nefrologia Cirurgia Nascente Ginecologia Obstetrícia (cesariana) Bloco de Partos Cirurgia Poente


Relatório Design 2010 05 Aviso pisos do Hall 12 fev

05 Aviso pisos do Hall Solicitado pela Eng.ª Ana Frutuoso, foi criado um cartaz informativo (A4), para a formação de filas para as visitas na portaria principal, indicando os pisos e os serviços neles implementados. A organização da lista reflete a forma como a distribuição dos serviços é feita pelos nossos profissionais na portaria. Foram criadas 2 filas, 1 verde e 1 azul. De forma a reforçar a formação de filas, foram colocados corrimões nas escadas de forma a direcionar as visitas, e ainda colocadas faixas com as cores das filas, na parte da frente dos degraus. Posteriormente foram colocados 2 suportes em acrílico por cima de cada uma das filas (A3), com os pisos e serviços. Este acréscimo, reflete ainda alterações na disposição das filas, estando agora os postos de atendimento na portaria mais equilibrados.


Exmos. Senhores Missão Sorriso Companhia do Texto Rua Cidade de Rabat, 7 1500-158 Lisboa Sua Referência

Sua Comunicação

Nossa Referência

Data 04/02/2010

Na resposta indicar a “nossa referência”. Em cada ofício tratar só de um Assunto.

Assunto: Proposta de aquisição para Blocos de Notas – campanha “Requalificar para Humanizar”. Sem prejuízo dos esforços desenvolvidos em prol do bem-estar e conforto dos utentes que acorrem aos nossos serviços, a verdade é que o ambiente hospitalar é, por natureza, frio e despersonalizado, características ainda predominantes em alguns serviços do nosso Hospital. É precisamente com o intuito de contrariar esta situação que surge o projecto “Requalificar para Humanizar”, cujo objectivo é dotar os espaços hospitalares de uma nova “alma”, mais quente, mais acolhedora, capaz de tornar mais aprazível ou menos penosa a quase sempre indesejada permanência no Hospital. A iniciativa tem por base a venda de materiais personalizados e devidamente identificados, cuja receita reverte integralmente para a requalificação de espaços hospitalares que se considere que, por força das suas características específicas, carecem de uma intervenção humanizadora. Este ano as receitas serão canalizadas para a consulta externa de pediatria, numa solução que permita ampliar a sala de espera ou dotar aquele espaço de equipamentos que tornem a espera para a consulta mais aprazível. É neste sentido que temos o grato prazer de convidar V. Ex.ª a participar neste projecto, adquirindo os nossos blocos de notas que serão acompanhados de um saco personalizado e de um folheto identificativo dos objectivos da campanha. Para tal, basta preencher o formulário em anexo e remetê-lo via fax para o 289 891 159 ou por correio dirigido a: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores, Hospital de Faro E.P.E. Rua Leão Penedo 8000 – 386 Faro Gratos pela V/ colaboração, Com os melhores cumprimentos, O Conselho de Administração ____________________________ (Ana Paula Gonçalves)


Relatório Design 2010 06 Proposta de aquisição 19 Fevereiro

06 Proposta de aquisição No âmbito da campanha Requalificar para Humanizar, criada pelo gabinete e comunicação, concebi o layout para as carta-oficio sobre esta temática.


Relatório Design 2010 07 Personalização jippe_Guiné 9 de Março

07 Personalização jippe_Guiné No âmbito da ajuda humanitária, onde se levou material clínico para a Guiné, organizada pela Dr.ª Ana Lopes e com o apoio do conselho de administração e de diversos serviços da instituição, concebi os desenhos para personalização do jippe da Dr.ª. Os desenhos foram concebidos para impressão em vinil e foram aplicados à viatura.


Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores

Folheto Informativo

Conteúdos elaborados por: Enfª. Carla Nazário Enfª. Susana Guerreiro Com a colaboração de: Enfª. Fátima Antunes Grafismo: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores | HF

O que é a Tuberculose Pulmonar?

As visitas dos doentes com TP não devem:

É uma infecção contagiosa causada pelo bacilo de Koch (bactéria).

. Permanecer muito tempo no quarto do doente;

Normalmente esta infecção acontece quando o organismo está enfraquecido e as defesas imunológicas são vencidas. Como se transmite? A Tuberculose Pulmonar (TP) é transmitida de uma pessoa para outra. Quando o doente infectado fala, espirra, tosse ou escarra lança para o ar um grande número de gotículas onde se encontram os bacilos de Koch, podendo infectar outras pessoas através da inspiração dos bacilos. No entanto, nem todas as pessoas que entram em contacto com os bacilos da Tuberculose Pulmonar adquirem a doença. Quando os bacilos inalados durante a inspiração alcançam os pulmões podem surgir 3 situações: 1. O indivíduo que inalou os bacilos consegue eliminálos dos pulmões através das suas defesas naturais; 2. Após a inalação dos bacilos, estes podem permanecer inactivos dentro do organismo por longos períodos de tempo - Tuberculose Latente. Significa que o individuo se encontra infectado pelo bacilo mas não tem sintomas, não se encontrando doente; 3. O bacilo ultrapassa e vence as barreiras naturais, causando a doença.

. Comer os alimentos/ingerir as bebidas que se encontram no quarto do doente; . Beijar o doente; . Levar a máscara para fora do serviço. O que fazer após ter alta do serviço de pneumologia? . Cumprir com o tratamento para a Tuberculose Pulmonar até ao fi, mesmo que se sinta melhor. Se abandonar o tratamento, o bacilo pode ficar novamente activo; . Realizar os exames necessários; (O tratamento e os exames são gratuitos.)

. Ir a todas as consultas que lhe são marcadas (fora e dentro do Hospital de Faro); . Pedir à administrativa do serviço a declaração médica para isenção da taxa moderadora (válida durante o tratamento); . Não fumar nem ingerir bebidas alcoólicas; . Ter em atenção que os medicamentos para a tuberculose podem alterar a eficácia da pílula e da metadona, entre outros; . Informar o médico ou enfermeiro sempre que surjam algumas alterações. A família deve ter em conta que em sua casa já não é necessário ter alguns cuidados, tais como: . O uso de máscara; . Separar copos, talheres, pratos e outros utensílios.


Relatório Design 2010 08 Tuberculose pulmonar 23 de março

08 Tuberculose pulmonar Com base na solicitação das enfermeiras Carla Nazário e Susana Guerreiro ao gabinete de comunicação, desenvolvi um folheto informativo sobre a tuberculose pulmonar. Esta proposta foi enviada para as enfermeira mas, nunca houve uma resposta.


O que é?

Projecto que integra um conjunto de acções de formação, segmentadas por Grupos Profissionais, focadas no desenvolvimento de competências técnicas e comportamentais, complementadas por prática nas ferramentas de TIC.

Objectivos

→Melhorar a qualidade, segurança e eficiência dos serviços de saúde prestados no Hospital; →Promover formas de trabalho mais eficientes e efectivas; →Melhorar a comunicação organizacional e inter-pessoal; →Melhorar a capacidade de gestão dos recursos afectos às respectivas áreas de intervenção; →Melhorar o relacionamento e o trabalho em equipa; →Promover a aprendizagem e o desenvolvimento pessoal ao longo da vida.

Estrutura Formativa

4 grandes módulos: Trabalhar Melhor; Gerir Melhor; Comunicar Melhor; Aprendizagem e Desenvolvimento Pessoal.


Relatório Design 2010 09 Go TIC 22 março

09 Go TIC Com vista à formação dos funcionários do Hospital de Faro, do ponto de vista das competências básicas na área da informática, o gabinete de comunicação e o centro de formação criaram a iniciativa Go Tic. Para esta iniciativa concebi o logotipo e corrigi os cartazes concebidos pela Dr.ª Daniela Martins Nogueira.


Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores

CIRURGIA DA MAMA

-1-


Relatório Design 2010 10 Cirurgia da mama_março 29 Março

10 Cirurgia da mama março_29 Março No contexto da disponibilização de informação personalizada a utentes mastectomizadas, após a cirugia, a Fis. Ana Paula Ferreira, solicitou a construção de uma brochura com os conteúdos desenvolvidos pelo serviço de medicina fisica e de reabilitação. Esta brochura de 8 páginas utiliza desenhos realizados por uma colega do serviço de MFR, tendo sido manipulados digitalmente. A impressão deste material é continua sendo impressos 125 exemplares de cada vez. Este material está ainda disponivel no site da instituição.


Relatório Design 2010 11 Placa de perigo de explosão 25 de março

11 Placa de perigo de explosão Devido ao alerta dado pela Dr.ª Ana Lares à Eng.ª Ana Frutuoso do aparecimento de pontas de cigarro junto das botijas de ar comprimido na parte de trás do edifício do ambulatório, foi detetada a necessidade de colocar uma placa de aviso de perigo de explosão. Foi pedido orçamento à Koisaskomideias, e o restante processo foi encaminhado pelos SIE e pelo serviço de aprovisionamento.


16 Abril

Rastreio às Perturbações Vocais

9h00 | 12h30

Dependente de Marcação*

Organização: |Sector de Terapia da Fala do Serviço de Medicina Física e Reabilitação |Serviço de Otorrinolaringologia

*Inscrições Limitadas Marcações nos dias 12, 13, 14 e 15 de Abril, entre as 9h00 e as 13h30 através do

289 002 002


Relatório Design 2010 12 Dia Mundial da Voz 12 de abril

12 Dia Mundial da Voz No contexto das comemorações do Dia Mundial da Voz (11 VOZ 4 abril_relatório de 2009), os serviços de terapia da fala e de otorrinolaringologia organizaram um Rastreio às perturbações da voz no Hospital de Faro. Desta forma construí uma imagem baseada no símbolo do dia, utilizando um coração e a úvula. As cores utilizadas no coração refletem o interior da boca. O lettering foi baseado no cartaz desenvolvido pela Dr.ª Daniela Nogueira na concepção do cartaz de 2009. Para esta iniciativa concebi os seguintes materiais: Cartaz; Folheto de divulgação; Folheto informativo; Banner site (175x175px)


Relatório Design 2010 13 Banner neonatologia 13 abril

13 Banner neonatologia No contexto da divulgação do Congresso da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais e Pediátricos: Uma Década a Crescer (04 Neonatologia_Congresso 2010) criei o banner a publicar no site (175x175px).


Relatório Design 2010 14 Banner pediatria 13 abril

14 Banner pediatria No contexto do 3º Colóquio da Associação dos Amigos da Pediatria criei o banner (175x175px) para divulgação no site.


Passagem n達o Autorizada


Relatório Design 2010 15 Informação passagem não autorizada 28 abril

15 Informação passagem não autorizada Solicitado pelo Sr. Pereira, criei um cartaz de passagem não autorizada a colocar nas áreas restritas a utentes, no edificio das consultas externas.


Relatório de Gestão e Prestação de Contas|2009


Relatório Design 2010 16 Relatório de contas 2009 29 de Abril

16 Relatório de contas 2009 No contexto da uniformização da imagem institucional, criei a paginação e grafismo do Relatório de Gestão e Prestação de Contas |2009. O relatório foi coordenado pelo Dr. Francisco Serra, e o responsável pela complilação da informação foi o Dr. Paulo Teixeira. O projeto, iniciado em janeiro, sofreu atrasos significativos na recolha da informação e na revisão dos conteúdos. A imagem gráfica do documento foi realizada no prazo de 2 semanas, conforme estipulei. No entanto, mesmo após a conclusão do documento, foram necessárias alterações no documento.


Relatório Design 2010 17 2º Semana de Não-Violência 7 maio

17 2º Semana da Não-Violência No âmbito da realização da 2º Semana da Não-Violência (17 1ª Semana da Não Violência 22 maio_relatório de 2009), por solicitação da Psi. Helga Nunes, concebi os materiais gráficos da iniciativa. Para esta iniciativa concebi os seguintes materiais: Cartaz; Folheto (programa); Banner para site (175x175px).


Não Conformidades/ Situações detectadas

Responsabilidade

Observações

Medidas correctivas

Prazo

1-Cilindros (balas) de gás armazenados em desacordo com as instruções do fabricante em diversos locais, nomeadamente:

Deverão ser armazenados de acordo com as instruções do fabricante (em anexo).

1.1-Traseiras edifício das consultas externas.

•Local arejado ou ventilado, protegido das intempéries

Fotografia

Exemplo:

•Fechado à chave

1 mês

•Protegido de temperaturas iguais ou superiores a 50º C •Protegido das intempéries •Cilindros cheios e vazios armazenados em separado •Ver medida correctiva acima

1.2-1º andar (junto ao monta-cargas) da entrada poente do mesmo edifício.

•Deverá ser retirado do local pois está a obstruir tomada de água. SIE

1 semana

1.4- Traseiras da casa mortuária.

1.3- Terraço junto ao corredor de acesso à Hemodiálise.

Os cilindros que estão no exterior são provenientes da serralharia.

Deverão ser armazenados de acordo com as instruções do fabricante (em anexo).

Deverá ser retirado SIE com urgência.

1 semana

SIE

Imediato

2- Equipamento recreativo (junto ao depósito de gás); o depósito comporta risco de explosão, pelo que se deve proceder à deslocalização do espaço de recreio para local com mais segurança.

Na impossibilidade da sua mudança, sugerese o tapamento da área de forma a ocultar o referido equipamento, uma vez que “fere seriamente” a imagem de Segurança que a Organização passa para o exterior. 2 meses

SIE

2

4- A conduta de água da rede de incêndio localizada a poente do edifício das consultas externas apresenta sinais de deterioração, com vestígios calcáreos nas ligações/uniões 3- Na entrada poente (R/chão) do edifício das consultas externas, dado o desnível existente entre pavimentos há o risco de queda ao mesmo nível.

Deverá ser alvo de intervenção/manutenção dada a necessidade imperiosa de responder de forma eficaz quando solicitada Deverá ser pintada faixa a cor forte (vermelho ou outra) no pavimento que está a nível SIEsuperior para alertar os trabalhadores/utentes do risco existente.

SIE

2 semanas

1 semana

5- Nas traseiras da casa de madeira de apoio às actividades de jardinagem, há o risco de queda a nível diferente, uma vez que o desnível entre a cota de pavimento e o “muro” existente é mínimo (0,20 m no ponto mais crítico).

Em alternativa pode-se efectuar a plantação de espécie arbustiva que crie barreira natural.

Deverá ser colocada protecção na envolvente do muro para protecção dos trabalhadores. Sugere-se a continuação da vedação existente ou em alternativa a colocação de protecções resistentes. 1 mês

SIE

3

7- A entrada do contentor de costura junto às oficinas encontrava-se obstruída.

6- No terraço junto ao corredor de acesso à Nefrologia/Hemodiálise, verifica-se que o pavimento se encontra partido, havendo o risco de queda ao mesmo nível. SIE

Não deverão ser colocados obstáculos na zona de acesso ao contentor. Dado que o local é utilizado pelos trabalhadores, há necessidade de intervenção urgente no sentido de reparar o pavimento. O local SIE não deverá ser de acesso a trabalhadores não autorizados; deverá ser colocada sinalização a impedir o acesso.

8- Nas traseiras do edifício das condutas externas, o acesso de viaturas para a carga/descarga dos cilindros de gás encontra-se deteriorado.

Imediato

1 mês

O pavimento deverá ser reparado

SIE

2 meses 4

IMP 03

Data: 07/05/2010

O técnico _______________________

O Coordenador ________________________ 5


Relatório Design 2010 18 Serviços de Saúde Ocupacional 7 Maio

18 Serviços de Saúde Ocupacional Por solicitação do Dr. António Cavaco, do serviço de saúde ocupacional, auxiliei na preparação do relatório de risco.


Ser Voluntário Ser Voluntário É desfiar As contas dum rosário De emoções Onde a fé e o amor Estão bem patentes Ser voluntário É dar de si De alma e coração É ver Em toda a gente Um seu irmão É sentir Que nada é indiferente Ser voluntário É saber descobrir Em cada olhar O que querem saber, Mas tardam perguntar É fazer de mensageiro Onde a mensagem Interligando a família E o doente, dá a ambos Mais coragem Ser voluntário É estar disponível Estar presente É atender solícito Ao doente Que enternecido Lhe pede assim, Fique um pouco mais Ao pé de mim.

Ser voluntário É ser-se milionário De tanto benfazer De tanto receber Pois muita gente Não percebe Que é no dar Que se recebe Ser voluntário É ser homem ou mulher Com letra grande É estar presente Sem que alguém o mande É ser respeitador Ser respeitado Pois quem muito ama Decerto é amado Ser voluntário É estar Sempre pronto a judar É saber Por palavras confortar É saber Dar de si Antes de em si pensar Ser voluntário É semear o dom da paciência É sentir em sua consciência Respeito pelo sofrimento vário Assim, A pouco e pouco vamos dando Assim, Vamos também dignificando O que é, ser voluntário. Henriqueta Amaral 2ºcurso de Voluntariado


Relatório Design 2010 19 Marcadores_Voluntários do Hospital de Faro 12 maio

19 Marcadores_Voluntários do Hospital de Faro No contexto do 9º Curso de Voluntariado no Hospital de Faro, concebi, por solicitação da Dr.ª Ermelinda Gago, 1 marcador para livros com 1 poema de Henriqueta Amaral, do 2º curso de voluntariado. Estes maracadores foram impressos internamente em cartonina de 300gr mate. Foram impressos 50 marcadores.


AVC

INTERVENÇÃO DO FISIOTERAPEUTA NA REABILITAÇÃO PÓS O Acidente Vascular Cerebral (AVC) define-se como um défice neurológico súbito, com duração superior a 24h, de origem presumidamente vascular. A lesão cerebral é causada pela interrupção do porte sanguíneo, mais comummente causado por enfarte (85%) e menos frequentemente por hemorragia (15%). Ambos podem provocar lesão do tecido encefálico. O AVC é a maior causa mundial de incapacidade. (1) O Fisioterapeuta “(…) actua em conformidade com a indicação clínica, pré diagnostico, diagnóstico (…) cabendo-lhes conceber, planear, organizar, aplicar e avaliar o processo de trabalho no âmbito da respectiva profissão, com o objectivo da promoção de saúde, da prevenção, do diagnóstico, do tratamento, da reabilitação e da reinserção. (Ministério da Saúde Decreto de Lei nº 564/99 21 Dezembro Artigo 3º) O objectivo principal da fisioterapia é possibilitar que os doentes atinjam os seus níveis óptimos de função no que diz respeito à eficácia e eficiência do movimento. (2)

Fisioterapeuta Pesquisa dados relevantes:

História Clínica Antecedentes Pessoais Exames complementares de diagnóstico

Avalia: Mobilidade Tónus Sensibilidade Coordenação Equilíbrio Marcha Comunicação

Registo da informação

Cognição

Em função da avaliação e dos seus resultados, são identificados os objectivos e delineado o plano de intervenção

Neuroplasticidade

Sistema Nervoso Central Tronco Centros Cerebral Superiores Output

Medula espinhal

Músculo

(1)

Quais as estratégias de intervenção e os seus objectivos:

Estímulo

Input

Receptor

Acção

PROPRIOCEPTIVIDADE

Proprioceptividade

• Mobilização – Promover a reorganização funcional por meio da estimulação e do uso do lado afectado. Evita-se o desuso aprendido dos membros hemiplégicos e a má adaptação dos padrões de movimento; (3) • Treino de transferências de peso/ Equilíbrio - controlar a estabilidade dinâmica fazendo com que o paciente se movimente dentro de uma determinada postura sem perder o equilíbrio; (3) • Treino de Controlo Postural - manter uma postura firme assim como o alinhamento postural e a posição dentro da base de apoio; (3) • Treino de Marcha - praticar habilidades locomotoras funcionais voltadas à tarefa. (2) (3)

A técnica de facilitação aplicada tem em conta o conceito de

Movimento Normal.

“(…) numa tentativa de conseguir um movimento mais económico e eficiente numa determinada tarefa e é específica para cada indivíduo.” (2)

Diferentes desafios cada vez mais complexos para atingir Padrões Normais de Movimento /Funcionalidade

Lado plégico

Lado não plégico

Segundo Berta Bobath, quando o paciente melhora temos de modificar algo; quando o paciente permanece estacionário temos de modificar algo; quando o paciente piora temos evidentemente de modificar algo. Isto significa que durante o tratamento ou uma serie de tratamentos estamos constantemente a alterar algo nas nossas técnicas de tratamento.(4) Bibliografia: (1) PORTER, S; “Dicionário de Fisioterapia”; Editora Lusodidacta; 2009; (2) EDWARDS, S; “Fisioterapia Neurológica”; Editora Lusociência; 2ª edição; 2004; (3) O´SULLIVAN, S; SCHMITZ, T; “Fisioterapia- Avaliação e Tratamento”; Editora Manole; 4ª Edição; (4) Peth, B; “Experiencias com el Concepto Bobath- Fundamentos, tratamientos y casos” ; 2ª Edição; Buenos Aires; Madrid: Editora Medica Panamericana; 2006 Elaborado por: Ana Rita Guerreiro – Aluna 4º ano curso Fisioterapia da Escola Superior de Saúde Jean Piaget Algarve; Sob orientação de: Vítor Henriques - Fisioterapeuta do Hospital de Faro, E.P.E.


Relatório Design 2010 20 Cartaz AVC 12 Maio

20 Cartaz AVC Por solicitação do Fis. Vitor Henriques, concebi o cartaz (714,8x914,8mm) de Intervenção do Fisiterapeuta na Reabilitação Pós - AVC. Os conteúdos e fotografias foram disponibilizados por Ana Rita Guerreiro, aluna no 4º ano curso Fisioterapia da Escola Superior de Saúde Jean Piaget Algarve, sob orientação de: Vítor Henriques, Fisioterapeuta do Hospital de Faro, E.P.E.


Relatório Design 2010 21 Dia Mundial do Enfermeiro 12 Maio

21 Dia Mundial do Enfermeiro Solicitado pela Enf.ª diretora M.ª Filomena Martins, concebi uma imagem de comemoração do Dia Mundial do Enfermeiro, no dia 12 de maio. A imagem foi enviada para todos os enfermeiros da instituição e representa uma lâmparina, o símbolo da enfermagem.


Relatório Design 2010 22 Voluntários 17 maio

22 Voluntários_17 maio No contexto do 9º curso de voluntariado no Hospital de Faro, por solicitação da Dr.ª Ermelinda Gago, adaptei o layout do diploma para entregar à Dr.ª. Desta forma a entrega dos diplomas é gerida pelo serviço de voluntariado.


Relat贸rio Design 2010 23 Suplemento 2010 17 maio

23 Suplemento 2010 De forma ao Hospital de Faro estar presente no suplemento, a imagem foi adaptada para um novo tamanho. (29 suplemento 28x20 14 julho_relat贸rio 2009)


Guia de Acolhimento

Serviço de Pneumologia

Outras informações. Para qualquer esclarecimento e/ou dúvidas não se esqueça que tem ao seu dispor uma equipa multidisciplinar .

Director do Serviço Dr. Ulisses Brito Enfermeiro Chefe Aníbal Mendes Folheto elaborado por: Enf.ª Carla Nazário Enf.ª Susana Guerreiro Grafismo: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores | H.F.

Rua Leão Penedo 8000-386 Faro

Serviço de

Pneumologia

Tel.: 289 891 188 Fax: 289 891 189 www.hdfaro.min-saude.pt Director de Serviço: Dr. Ulisses Brito

BEM VINDO AO SERVIÇO DE PNEUMOLOGIA DO HOSPITAL DE FARO Este guia serve para lhe dar a conhecer melhor este serviço hospitalar e as suas normas de funcionamento.

REFEIÇÕES

Horário das visitas

As refeições são servidas no seguinte horário:

Pode permanecer junto do doente e diariamente 1familiar/ acompanhante significativo entre as 13:00 e as 20:30.

Estamos preparados técnica e humanamente para lhe proporcionar um ambiente seguro e tranquilo.

08:30 – 09:00 • Pequeno almoço 13:00 – 13:30 • Almoço 16:30 – 17:00 • Lanche 19:00 – 19:30 • Jantar 22:00 – 22:30 • Ceia

Estrutura do serviço

Notas importantes:

O serviço de Pneumologia tem capacidade para 22 camas e é constituído por: Ao entrar para o serviço agradecemos que informe o enfermeiro sobre: • A medicação que está a tomar em casa; • Datas de exames (TAC, R-X, Ecografias), tratamentos (Quimioterapia, Radioterapia, Hemodiálise), consultas ou cirurgias programadas.

• Os doentes que se encontram em quartos de isolamento devem comer no quarto, os restantes doentes podem comer nas enfermarias ou nas mesas que se encontram no corredor; • Aos doentes diabéticos é-lhes fornecida uma refeição ligeira cerca das 11:00.

Visita social: Dias úteis - 3 familiares/ visitas das 19:30 às 20:30; Fins-de-semana e feriados - 3 familiares/visitas das 16:00 às 20:00. Para os doentes que se encontram em quartos de isolamento pode permanecer junto do doente 1 familiar/visita: Dias úteis: 19:30 às 20:30; Fins-de-semana e feriados: 16:00 às 20:00. Não é permitida a entrada de crianças com idade inferior a 12 anos.

• Aos doentes diabéticos é-lhes fornecida uma refeição ligeira cerca das 11:00.

As suas visitas devem: • Cumprir os horários e o número de visitas estipulado;

Para um maior conforto durante o internamento pode:

Informação clínica/enfermagem aos familiares

• Seguir as orientações dos profissionais do serviço; • Falar em voz baixa e evitar fazer barulho;

Trazer artigos de higiene pessoal, pijama, roupão e chinelos;

O horário destinado à informação médica varia de acordo com o médico responsável pelo doente e encontra-se afixado na porta de entrada e quadro de informação.

Trazer livros ou revistas;

A informação de enfermagem é dada diariamente durante

• Lavar as mãos ao entrar e sair da enfermaria (não sentar nas camas/ cadeirões dos doentes de forma a evitar infecções).

Trazer televisão (se achar necessário), rádio, leitor de música, computador e telemóvel, assumindo inteira responsabilidade por esses equipamentos; Trazer água, fruta e outros alimentos, desde que sejam autorizadas pelo médico(a); Solicitar ao enfermeiro responsável/administrativa para realizar ou receber chamadas no telefone do serviço.

o horário das visitas ou telefonicamente das 10:00 às 21:00.

• Respeitar a privacidade dos outros doentes;


Relatório Design 2010 24 Guia de acolhimento _Serviço de pneumologia 20 maio

24 Guia de acolhimento _Serviço de pneumologia Com base na solicitação das enfermeiras Carla Nazário e Susana Guerreiro ao gabinete de comunicação, desenvolvi um guia de acolhimento do serviço de pneumologia. Esta proposta foi enviada para as enfermeira mas, nunca houve uma resposta.


Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia

Serviço de Ginecologia / Obstetrícia


Relatório Design 2010 25 Dia Mundial da Criança 1 junho

25 Dia Mundial da Criança No contexto das comemorações do Dia da criança o Hospital de Faro ofereceu às crianças nascidas neste dia um cabaz com produtos para o bebé. Desta forma, criei uma etiqueta de felicitação para colocar no cesto.


Reuniões de Actualização em Medicina Materno Fetal

Workshop 1 - A placenta

14 de Junho de 2010

Auditório do Hospital de Faro Directora: Dr.ª Olga Viseu


Relatório Design 2010 26 Workshop Placenta 4 junho

26 Workshop Placenta No âmbito do Workshop 1 - A Placenta, organizado para as Reuniões de Atualização em Medicina Materno Fetal, corrigi o folheto de divulgação criado por um conhecido do serviço de Ginecologia/Obstetrícia.


245,5 cm

150 cm

120 cm

30 cm


Relatório Design 2010 27 Unidade de Terapêutica da Dor 7 junho

27 Unidade de Terapêutica da Dor Solicitado pela Enf.ª Ana Margarida Dias, concebi um papel de parede para a sala de terapia da dor e um cartão de contacto, para entregar ao utente. O cartão foi implementado com o apoio de um entidede externa mas, o papel de parede ficou parado devido ao elevado custo da impressão.


Relatório Design 2010 28 Manual de Enfermagem 8 junho

28 Manual de Enfermagem Solicitado pela Enf.ª diretora Maria Filomena Martins, concebi a imagem para a capa do Manual do Sistema de Classificação de Doentes em Enfermagem. A ideia assenta na engrenagem de pessoas, funcionando todas em conjunto para um único objectivo.


Política de Segurança e Saúde no Trabalho do Hospital de Faro, E.P.E. CIRCULAR INFORMATIVA Nº. 57/10 • De: 28.04.2010

A melhoria contínua das condições de segurança e de saúde no trabalho promove o bem-estar dos profissionais, melhora as suas aptidões, favorece a qualidade dos cuidados de saúde prestados e a segurança do doente. A Política de Segurança e Saúde no Trabalho do Hospital de Faro, E.P.E. visa e prossegue:

• O desenvolvimento de um ambiente de trabalho seguro e saudável; • O controlo dos riscos profissionais; • A prevenção dos acidentes e das doenças decorrentes do trabalho; • A promoção da saúde; • O reforço da cultura de prevenção; • A planificação e organização da prevenção dos riscos profissionais num sistema coerente. O Serviço de Saúde Ocupacional (SSO) do Hospital de Faro, E.P.E. desenvolverá o sistema de gestão de saúde e segurança no trabalho, visando a melhoria contínua na prevenção dos riscos profissionais e na promoção da saúde e da segurança dos trabalhadores.

Pl’O Conselho de Administração

(Ana Paula Gonçalves)


Relatório Design 2010 29 Política de Segurança e Saúde no Trabalho do Hospital de Faro, E.P.E 8 junho

29 Política de Segurança e Saúde no Trabalho do Hospital de Faro, E.P.E Respondendo à solicitação do serviço de saúde ocupacional, concebi o layout para a circular informativa n.º 57/10 de 28.04.2010, referente às política de segurança e saúde no trabalho. Esta circular/cartaz para além de publicada na intranet, foi distribuída pela instituição e colocada nos painéis de informação.


GRIPE SAZONAL 2010-2011 PROGRAMA DE VACINAÇÃO PROFISSIONAIS DO HOSPITAL DE FARO, EPE

INSCRIÇÕES: De 1 de Julho a 23 de Agosto de 2010 Disponível na Intranet o Impresso para Inscrição no Programa de Vacinação

CONTACTOS: SERVIÇO DE SAÚDE OCUPACIONAL Extensão 41 120 ou pelo Telefone 289 001 935


Relatório Design 2010 30 Cartaz Gripe Sazonal 15 junho

30 Cartaz Gripe Sazonal Por solicitação do serviço de saúde ocupacional, concebi o cartaz de divulgação do programa de vacinação da gripe sazonal, para profissionais do Hospital de Faro.


Relatório Design 2010 31 Organograma Hospital de Faro 23 junho

31 Organograma hospital de Faro De forma a puder ser utilizado em apresentações do Hospital, tratei do organograma, criado para o Relatório de Gestão e Prestação de Contas | 2009 (16 Relatório de contas 2009_29 de Abril) para que pudesse ser utilizado em apresentações digitais.


Workshop

Um Caminho para a Qualidade

Apresentação do projecto de implementação do modelo da EFQM em curso no Hospital de Faro: • Principais objectivos; • Metodologia; • Pontos críticos; • Próximos passos. Conhecer, experiências internacionais de acreditação do Modelo EFQM aplicadas ao contexto hospitalar, nomedamente: • Oportunidades e pontos críticos; • O processo de implementação em meio hospitalar; • Resultados.

9h00- SESSÃO DE ABERTURA

O processo de qualidade no Hospital de Faro Dr. Franciso Serra - C.A. Hospital de Faro

9h30 - CONFERÊNCIA

Estado de situação actual do Projecto de implementação do Modelo EFQM no Hospital de Faro Dr. Ernest Sarrias - Gesaworld S.A.

10h00 – MESA REDONDA

A construção de um Plano de Qualidade num hospital. Francesc Cots - Responsável de qualidade Hospital do Mar - Barcelona Implementação da gestão por processos com base no modelo EFQM Dra. Mónica Ballester -Responsável de qualidade Hospital Universitario Germans Trias y Pujol (H. universitário público) Adaptação do Modelo EFQM ao contexto dos hospitais públicos Dr. José Campuzano – Responsável de qualidade Hospital Villadecans (H. público)

DATA: 16 Julho de 2010 HORÁRIO: 9h00-13h00 LOCAL: Auditório do Hospital de Faro

Debate

12h30 - SESSÃO DE ENCERRAMENTO Dr. Francisco Serra (Hospital de Faro) Dr. Ernest Sarrias (Gesaworld S.A.)


Relatório Design 2010 32 Workshop_Um caminho para a Qualidade 12 de julho

32 Workshop_Um caminho para a Qualidade No âmbito do Workshop Um Caminho para a Qualidade, desenvolvi os seguintes materais gráficos: Cartaz (programa) Convite (programa) Wallpaper


Hospital de Dia Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental

“Reabilitar para (re)integrar na Doença Mental” Público-Alvo: • Consulta Externa; • Internamento; • Atendimento de Serviço de Urgência Psiquiátrica.

Para cada utente é definido um plano individual terapêutico, que corresponde à identificação dos principais: • Objectivos (curto/médio prazo); • Necessidades; • Problemas. O plano terapêutico inclui actividades clínicas e ocupacionais (individuais e de grupo). A intervenção no Hospital de Dia não deverá exceder os três meses. Objectivos gerais • O Hospital de Dia é um serviço que tem como objectivo a prestação de cuidados de saúde, visando a recuperação e a reabilitação em regime de dia. • Pretende-se desenvolver competências que facilitem a diminuição de sintomas e a integração familiar e social, que conduzam ao bem-estar bio-psicosocial de cada utente.


Relatório Design 2010 33 folheto Hospital de Dia 13 julho

33 Folheto Hospital de Dia Por solicitação do hospital de dia do DPSM, foi construí um folheto informativo a distribuir ao familiar do utente.


Desenho 4: Colocação de três Colunas com azulejos 60cm X 30cm na Vertical.


Relatório Design 2010 34 Requalificações Ambulatório Azulejos lavatórios e wc 16 de julho

34 Requalificações Ambulatório Azulejos lavatórios e wc Por solictação do serviço de instalações e equipamentos (SIE), eu e a Prof.ª Maria Caeiro criámos uma solução para as paredes por trás dos lavatórios presntes nos quartos de internamento nos pisos 4 e 5 do edíficio do ambulatório. A colocação dos azulejos não estava contemplada no pano do arquiteto mas, foi necessária de modo a evitar o contacto da água diretamente com a parede, para além de ser mais fácil de limpar. As intervenções da minha parte, em conjunto com a Prof.ª Maria Caeiro, no edificio do ambulatório, foram: Escolha de azulejos para as casas de banho, salas de arrumos, despejos e outras salas ligadas à logistica dos serviços; Escolha de azulejos nas enfermarias; Escolha de azulejos para salas de trabalho ( sala de gessos, sala de eletroterapia) Escolha das cores dos linóleos a colocar nos pavimentos, Escolha das cores para portas, lambrins; Escolha da pedra a colocar no pavimento nos halls dos pisos 4 e 5.


Vilamoura 1deOut.2010 Dilemas comuns na doença gastro-duodenal AINEs, Inibidores da COX2 Erradiação de HP Anti-agregação plaquetária Doença funcional do aparelho digestivo Cancro Digestivo Estratificação do Risco Rastreio de CCR Doença hepática Avaliação clínica e laboratorial Hepatites víricas Cirrose hepática e transplante hepático Anemias Diagnóstico diferencial Contributo da endoscopia Cirurgia da obesidade Indicações, complicações e resultados Terapêutica biológica nas doenças inflamatórias crónicas

Local:

Hotel Dom Pedro Golf (Forum)

(Versão preliminar) Organização: Serviço de Gastrenterologia do Hospital de Faro Secretariado/inscrições: Tlf: 289 002 050 Fax: 289 891 211 e-mail: mmgoncalves@hdfaro.min-saude.pt


Relatório Design 2010 35 IV Curso de Gastrenterologia Práctica 28 julho

35 IV Curso de Gastrenterologia Práctica No contexto do IV Curso de Gastrenterologia Prática, promovido pelo serviço de gastrenterologia e organizado pelo Dr. Horácio Guerreiro, concebi um cartaz preliminar de divulgação, comum programa gene´rico do evento. A versão final deveria ter sido concebida por um laboratório, de acordo com expresso pelo Dr. Horáricio. No entanto, devido à recusa de última hora do laboratório, adaptei o cartaz para definitivo e construí o programa do evento.


Relatório Design 2010 36 Documentos Fonte de Risco 2 agosto

36 Documentos Fonte de Risco Por solicitação do Dr. António Cavaco, do serviço de saúde ocupacional, auxiliei na preparação de um modelo para o relatório de risco.


Dia Mundial da Fisioterapia Excelência na atitude Fisioterapia

by: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores

Um exercício em contexto multidisciplinar

“Conhecimentos partilhados não substituem competências específicas: São complementares”. Fisioterapia | Hospital de Faro, E.P.E.

8 de Setembro | 2010


Relatório Design 2010 37 Fisioterapia 6 agosto

37 Fisioterapia Por solicitação do serviço de fisioterapia, concebi o cartaz, o programa e o wallpaper do evento de comemoração do Dia Mundial da Fisioterapia, com o tema “Excelência na atitude”. Para a construção destes materiais, o serviço disponibilizou fotografias das suas atividades, que foram tratadas digitalmente. O simbolo da fisioterapia foi reconstruído num formato vetorial e usado como máscara nas fotografias. Quanto à cor predominante do cartaz (lettering), foi utilizado o azul do simbolo da fisioterapia original.


CONSULTA DE

ORTOPEDIA


Relatório Design 2010 38 Consulta de Ortopedia_sinalização 3 agosto

38 Consulta de Ortopedia_sinalização De forma a orientar o utente para a nova localização temporária da consulta de ortopedia, no 3º piso do edificio central, junto à UCIP, a Eng.ª Ana Frutuoso solicitou-me a concepção de um cartaz com uma seta a indicar a consulta. Para a construção deste cartaz foram utilizados elementos de sinalética dos alunos do curso de design.


Curso Intensivo de

Laparoscopia e Histeroscopia

Organização: SPG-SPEG Secção Portuguesa de Endoscopia Ginecológica Presidente:Fátima Faustino; Secretário:Margarida Martinho; Tesoureiro:Luís Ferreira Vicente Serviço de Ginecologia e Obstetrícia – Hospital de Faro, E.P.E Angela Ferreira; Ana Casquilho; Eunice Capela; Susana Maia

29 e 30 de

Outubro


Relatório Design 2010 39 Curso Intensivo de Laparoscopia e Histeroscopia 9 agosto

39 Curso Intensivo de Laparoscopia e Histeroscopia Organizado pelo serviço de obstetrícia/ginecologia e pela SPG-SPEG, foi-me solicitada a construção dos materiais gráficos para o Curso Intensivo de Laparoscopia e Histeroscopia, realizado no Hospital de Faro. Para a construção dos materiais foi utilizada uma imagem de baixa qualidade, disponibilizada pelo serviço, que após algum tratamento digital foi inserida no cartaz, no folheto programa/inscrição e nos cartões de identificação dos inscritos para o curso.


Objectivo: Formação dos médicos na avaliação, diagnóstico e tratamento dos doentes

Duração do curso: 8 horas Destinatários: Médicos Local: auditório do Hospital de Faro Inscrições junto do Centro de Formação, Investigação e Conhecimento, até 17 de Setembro de 2010.

22 e 23 de Setembro

14:00-18:30 Organização:

Unidade de Doenças Auto-imunes

Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores

Curso de Doenças Auto-imunes


Relatório Design 2010 40 Curso de Doenças Auto-Imunes 10 Agosto

40 Curso de Doenças Auto-Imunes Organizado pela Unidade de Doenças Auto-imunes, foi solicitada a colaboração do gabinete de comunicação na construção dos materiais gráficos e na divulgação do evento. Para este curso desenvolvi os seguintes materiais: Cartaz; Programa; Layout para certificado; Wallpaper; Template para apresentação power-point.


Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Nº Mec. _____

Nº Mec. _____

Data:__/__/__

Data:__/__/__

Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Nº Mec. _____

Nº Mec. _____

Data:__/__/__

Data:__/__/__

Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Nº Mec. _____

Nº Mec. _____

Data:__/__/__

Data:__/__/__

Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Senha de Ceia Serviço de Cardiologia

Nº Mec. _____

Nº Mec. _____

Data:__/__/__

Data:__/__/__


Relatório Design 2010 41 Senhas de Ceia 1 Setembro

41 Senhas de Ceia Solicitado pela Dr.ª Ana Paula Gonçalves, foram construídas senhas de ceia, destinadas aos funcionários a exercer funções no período da noite. Para este projeto foram criadas 5 senhas, por serviço, de cores diferentes. Desta forma as senhas são rotativas mensalmente. As senhas são pedidas pela Eng.ª Maria Cavaco, impressas internamente e cortadas no serviço de reprografia.


Relatório Design 2010 42 Violência Doméstica 17 Setembro

42 Violência Doméstica No seguimento das ações de formação da Intervenção Integrada em Violência Dméstica na Região do Algarve, a DREAL organizou um seminário no auditório muicipal de Olhão. Desta forma, concebi uma variação dos cartazes das ações de formação, com o fundo branco e o simbolo verde (negativo dos cartazes das ações).


s a s d a a n r o 4 J

1 2 a i m o s s Tri Epilepsia cia Adolescen Dislexia para a Saude Educacao Sexual na Escola Educacao 6 de Novembro de 2010 Universidade do Algarve Campus da Penha

Outros Apoios:

ARS Algarve Município de Loulé Município de Alcoutim Município de Lagos Município Vila do Bispo Município de Faro Cetano Baviera Montepio Águas do Algarve Organização:

Colaboração:

Apoio:

Inscrições: Secretariado da APATRIS 21 Rua Actor Nascimento Fernandes, nº 1 - 1º Tel.| Fax: 289 823 979 e-mail: geral@apatris21.com www.apatris21.com

| By: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores | HF

Intervir para Incluir


Relatório Design 2010 43 4ª Jornada Integrar para Incluir 8 setembro

43 4ª jornada Integrar para Incluir Numa ação de colaboração entre a Apatris 21 e o Hospital de Faro, concebi os materiais gráficos das 4ª Jornadas Intervir para Incluir. Para este evento utilizei uma imagem de um banco de imagens gratuito, e construí os seguintes materiais: Cartaz de divulgação; Programa/inscrição (folheto) Programa/mensagem da direção (brochura) Layout para certificado.


MUNDIALITO DO HOSPITAL DE FARO

Futsal-feminino

29/09/2010 a 26/11/2010

Dia

Setembro

Outubro

Novembro

Urgência Pediátrica x Ort Nascente1 Bloco Operatório x UCISU2

1 2

1-A/2-B

3

1-B/2-A1 1-C/2-D2 Medicina II x Consulta Externa

5

1-D/2-C

6

Cardiologia x Psicologia1 Nefrologia x Ort Poente2

8

Bloco Partos x Ortopedia Nascente1 Cirurgia Poente x UCISU2

9

1- Meia Final

10

2- Meia Final Urgência Pediátrica x Consulta Externa

12 13

Medicina I x CS Vila Real1 Bloco Operatório x Psicologia2

15

Bloco Partos x Medicina II1 Cirurgia Poente x Cardiologia2

17

1-Final Ortopedia Nascente x Consulta Externa

19 CS Vila Real x Ort Poente1 UCISU x Psicologia2

20 Bloco de Partos x Urgência Pediátrica 21 22

Bloco de Partos x Urgência Pediátrica 2 CS Vila Real x Nefrologia1 Cirurgia Poente x Bloco Operatório2

26

Nefrologia x Medicina I Jantar Convívio

Cons Externa x Bloco Partos 28 29

Urgência Pediátrica x Medicina II1 Bloco Operatório x Cardiologia2

Psicologia x Cirurgia Poente1 Ortopedia Poente x Medicina I2


Relatório Design 2010 44 Mundialito de Futebol Feminino 13 setembro

44 Mundialito de Futebol Feminino Numa iniciativa proposta por enfermeiras do hospital ao conselho de administração, foi autorizado um Mundialito de Futsal - feminino. Desta forma, foram corrigidos graficamente os materiais criados pela enfermeira que organizou o evento. Os materiais corrigidos não foram aceites pela enfermeira, pois não estavam de acordo com os seus critérios estéticos.


Relatório Design 2010 45 Semana Mundial do Aleitamento Materno 15 setembro

45 Semana Mundial do Aleitamento Materno No contexto da organização da Semana Mundial do Aleitamento Materno, foi construída uma faixa de 600x100cm. A impressão da faixa foi da responsabilidade da organização do serviço.


UM DIA COM A

ANDROLOGIA 9 e 10 Outubro 2010

Hotel Baleeira, Sagres

08.30| Abertura Secretariado 09.30| Sessão de Abertura Dr. José Neves, Director do Serviço de Urologia do Hospital de Faro, Vice-Presidente da SPA 09.45| Moderador Dr. José Neves, Director do Serviço de Urologia do Hospital de Faro, Vice-Presidente da SPA

Avaliação e Tratamento do Doente Com Disfunção Eréctil Dr. Miguel Rodrigues, Interno Urologia, Hospital de Faro. 10.15|

DE e Doença Cardiovascular

Dr. Aníbal Coutinho, Chefe do Serviço de Urologia, Hospital de Faro

10.45| Discussão 11.00| Coffe Break 11.30| Moderador Dr. José Neves, Director do Serviço de Urologia do Hospital de Faro, Vice-Presidente da SPA

Alterações da Ejaculação

Dr. Pedro Gomes, Assistente Urologia, Hospital de Faro 12.00|

Doenças sexualmente Transmissíveis Dr. Marco Dores, Interno Urologia, Hospital de Faro

13.00| Almoço 14.45| Moderador Dr. Rocha Mendes, Director do Serviço de Urologia do Hospital Curry Cabral, Presidente da SPA

Hipogonadismo – Início Tardio Diagnóstico Consequências – Tratamento

Prof. Lafuente Carvalho, Chefe de Serviço de Urologia, Hospital de Santo António 15.15|

15.45|

Infertilidade – Factor Masculino

Dr. Luís Ferraz, Chefe de Serviço e Director do Serviço de Urologia, Hospital de Gaia

Tamanho do pénis… Interessa

Dr. Gilberto Rosa, Assistente Urologia, Hospital de Faro

16.15| Discussão 16.45| Encerramento Dr. Rocha Mendes, Director do Serviço de Urologia do Hospital Curry Cabral, Presidente da SPA 17.00| Fim dos Trabalhos


Relatório Design 2010 46 Um Dia com a ANDROLOGIA 24 Setembro

46 Um Dia com a andrologia. No âmbito da realização do evento Um Dia com a Andrologia, revi graficamente o cartaz do evento e inseri o programa no cartaz.


Reclamação/Sugestão/Elogio Processo N.º________

Identificação do Utente *Nome _______________________________________________________________ *Nº B.I. ou C.C._________________ Morada ____________________________________________________________ **Passaporte_________________ Localidade__________________________________________________________ *Código-Postal________ - ______ Data de Nascimento_____/____/____

*Telefone _______________

Nota: *Campos de preenchimento obrigatório, para que não seja considerado anónimo. **Preenchimento por cidadãos estrangeiros

Situação Profissional

Empregado

Desempregado

Reformado

Outro

Sistema de Saúde

S.N.S.

A.D.S.E.

Outros

Desejo apresentar a seguinte Reclamação/Sugestão/Elogio, respeitante ao Serviço:________________ em:___/___/___

Assinatura*

____________________________________________________________________________

(Utente)

Data:

___/___/___


Relatório Design 2010 47 Formulário Sugestão-Reclamação_Gabinete Sim -Cidadão 27 Setembro

47 Formulário Sugestão-Reclamação_Gabinete Sim -Cidadão Solicitado pela Dr.ª Cristina Fé Santos, concebi o formulário de Reclamação/Sugestão/Elogio, a distribuir junto das caixas para o efeito.


Relatório Design 2010 48 Desenho Estilizado Hospital 30 Anos 27 Setembro

48 Desenho Estilizado Hospital 30 Anos De forma a simplificar a veículação da imagem dos 30 anos do Hospital de Faro, tratei de construir um ficheiro com a imagem vetorial do hospital. Deste modo, é mais fácil alteração da cor do desenho, assim como da sua distribuição quando solicitado.


Nesta Instituição Existe Livro de Reclamações.


Relatório Design 2010 49 Nesta Instituição Existe Livro de Reclamações 28 setembro

49 Nesta Instituição Existe Livro de Reclamações Solicitado pelo Sr. Pereira, concebi com base no letreiro original do livro de reclamações um cartaz a indiar que existe livro de reclamações na instituição.


Semana Mundial do Aleitamento Materno

Semana Mundial do Aleitamento Materno

Apenas 10 Passos! O Caminho Amigo Dos Bebés

Apenas 10 Passos! O Caminho Amigo Dos Bebés

Ter uma política de promoção do aleitamento materno é… Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, transmitida a toda a equipa de saúde.

Informar todas as grávidas sobre as vantagens do aleitamento materno.

Dar formação a toda a equipa. Treinar toda a equipa de saúde para a implementação da norma.

Na consulta pré-natal o aleitamento materno deverá ser discutido protegendo a grávida da propaganda sobre substitutos do leite materno.

Ajudar as mães a iniciarem o aleitamento materno na 1ª hora. Promover o contacto pele-a-pele entre mãe e bebé após o nascimento.

Apenas

Semana Mundial do Aleitamento Materno

Semana Mundial do Aleitamento Materno

10 Passos! O Caminho Amigo Dos Bebés

Apenas 10 Passos! O Caminho Amigo Dos Bebés

Mostrar às mães como amamentar e manter a lactação.

Praticar alojamento conjunto.

Demonstrar às mães como posicionar e segurar o bebé, os sinais de uma boa pega, e onde conseguir ajuda especializada após a alta.

Permitir que a mãe e bebé permaneçam juntos 24 horas por dia.

Não dar ao recém-nascido outro alimento ou líquido.

Dar de mamar sempre que o bebé queira.

Os profissionais de saúde devem compreender esta medida e cumprir o código internacional de marketing de substitutos de leite materno ao qual Portugal aderiu em 1981.

Amamentar em horário livre (no mínimo 8 a 12 vezes nas 24 horas) esvaziando uma mama passando depois para a outra se necessário.

Semana Mundial do Aleitamento Materno

Apenas

10 Passos! O Caminho Amigo Dos Bebés

Não dar tetinas ou chupetas às crianças amamentadas. Os profissionais devem cumprir esta medida adoptando estratégias promotoras do aleitamento materno, e incentivar as mães a segui-las.

Encorajar a criação de grupos de apoio. Informar as mães e família dos apoios existentes na comunidade: Cantinhos da amamentação; Cuidados de saúde primários; Grupos de mães.


Relatório Design 2010 50 Cartazes Semana Mundial de Aleitamento Materno 30 Setembro

50 Cartazes Semana Mundial de Aleitamento Materno No seguimento da Semana Mundial de Aleitamento Materno, concebi, conforme solicitado, 5 cartazes com os 10 pontos sobre o aleitamento materno. As minhas propostas foram recusadas, por associarem diretamente os bebés aos cartazes, tema´tica que a organização quis evitar. Desta forma, foram utilizados os cartazes originais.


HOSPITAL DISTRITAL DE FARO

Quadro 6

Orgãos Administrativos ao longo da história Ano

Designação

Personalidade

1977

Comissão Instaladora

Presidente Dr. Manuel Soares Cabeçadas

Obs:

Engenheiro Hospitalar Eng.º José António Romana Coutinho Representante Empresa Construtora HDF Eng. Jerónimo Lopes Vieira Administrador do Hospital Dr. Vítor Paulo Gonçalves Ribeiro Paulo Enf. Maria Graziela Pereira Pinto 1878

Comissão Instaladora

Medicina Dr. Fernando Esteves Franco Director Clínico Dr. Raul Ribeiro dos Santos Direcção Enfermagem Enf. Eugénia Tavares Belo Direcção Enfermagem Enf. Maria Graziela Pereira Pinto Engenheiro Hospitalar Eng. José António Romana Coutinho Representante Empresa Construção HDF Eng.º Jerónimo Vieira Lopes Administrador do Hospital Dr. Vítor Paulo Gonçalves Ribeiro Paulo

1979

Comissão Instaladora

Presidente Dr. Fernando Esteves Franco Administrador do Hospital Dr. Vítor Paulo Gonçalves Ribeiro Paulo Director Clínico Dr. Raul Ribeiro dos Santos Enfermagem Enf.ª Maria Graziela Pereira Pinto

1981

Conselho de Gerência

Presidente Dr. Fernando Esteves Franco Direcção Enfermagem Enf. Mário Teresa Palma Engenheiro Hospitalar Eng. José António Romana Coutinho Administrador do Hospital Dr. Vítor Paulo Gonçalves Ribeiro Paulo Director Clínico Dr. Raul Ribeiro dos Santos

230

Comissão Instaladora Definitiva


Relatório Design 2010 51 Páginas 230-232 livro 30 anos 11 Outubro

51 Páginas 230-232 livro 30 anos No seguimento da construção do livro Hospital de Faro 30 anos Uma Vida de afectos, pelo jornalista Neto Gomes, a par com os meus colegas de gabinete, prestei auxílio na recolha fotográfica de elementos de jornais e na digitalização de fotografias (57_ Capa livro_Hospital de Faro_30 anos_Uma Vida de afectos). Prestei ainda auxilio na extração de elementos das páginas 230-232.


| By: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores | HF

Dia Internacional de Anestesiologia

Imagens: Welcome

Dia Internacional de Anestesiologia O serviço de Anestesiologia, do Hospital de Faro E.P.E., associa-se às comemorações que decorrem um pouco por todo o país através de uma exposição de cartazes que apresenta as áreas de intervenção dos anestesiologistas. É celebrado, também, o dia 15 de Outubro como o Dia Nacional de Luta Contra a Dor e no dia 16 de Outubro, o Dia Nacional dos Cuidados Paliativos. O Serviço de Anestesiologia do Hospital de Faro, situa-se no 4º piso do bloco principal, é composto por um grupo dinâmico de anestesiologistas creditados que diariamente se empenham em transformar a anestesiologia numa área de excelência ao serviço dos utentes.

Hospital de Faro, E.P.E. Tel: 289 891 100 | Fax: 289 891 159 E-mail: administracao@hdfaro.min-saude.ptl Rua Leão Penedo, 8000-386 Faro www.hdfaro.min-saude.pt


Relatório Design 2010 52 Dia Nacional de Luta Contra a Dor e Dia Mundial de Paliativos 13 Outubro

52 Dia Nacional de Luta Contra a Dor e Dia Mundial de Paliativos No contexto das comemorações do Dia internacional de Anestesiologia, foi solicitado pela Dr.ª Sandra Gestosa a criação de um cartaz (434,8x608,8mm) informativo de apresentação do serviço aos utentes. Com a coincidência do Dia Internacional de Anestesiologia com o decorrer da feira de Faro, o serviço de anestesiologia foi convidado a participar numa iniciativa no stand institucional. Para a iniciativa construí um folheto sobre o Dia Internacional de Anestesiologia e um boletim de avaliação de risco operatório.


O Santiago Nasceu!! Advance Practicum

Federação Internacional de NIDCAP Elsa Silva Rita Buéri


Relatório Design 2010 53 Advanced Practicum Livro 14 Outubro

53_Advanced Practicum livro No decorrer do estudo sobre nidcap realizado pela Enf.ª Elsa Silva, foi-me solicitado a elaboração do layout e paginação do livro “O Santiago Nasceu!!!”. Este livro apresenta o estudo elaborado no decorrer do tratamento ao Santiago, um bebé prematuro que nasceu no Hospital de Faro e que, com a colaboração dos pais, foi aplicado o método Advance Practicum. Os conteúdos e fotografias foram concebidos pela Enf.ª Elsa Silva e Rita Buéri.


Serviço de Imuno-hemoterapia • Remodelação das salas de colheita.

| By: Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores

• Remodelação do secretariado de atendimento ao publico. • Requalificação de toda a área laboratorial.

Serviços Farmacêuticos • Deslocalização integral para novas instalações. • Apetrechamento de todas as áreas com novo equipamento. • Instalação do Kardex (gestão do medicamento).

Salas de formação • Requalificação das salas de formação. • Colocação de parede amovível com isolamento acústico. • Colocação de tectos falsos. • Aquisição de mobiliários.

Hospital de Faro., E.P.E. Rua Leão Penedo 8000-386 Faro Estacionamentos • Criação de novas áreas de estacionamento para utentes e profissionais.

Telf.: 289 891 100 Fax: 289 891 159 E-mail: administracao@hdfaro.min-saude.pt

Requalificação das áreas assistenciais www.hdfaro.min-saude.pt

Melhoramos espaços a pensar em Si


Relatório Design 2010 54 Feira 2010 14 Outubro

54 Feira 2010 No contexto da feira de Faro, o Hospital de Faro marcou presença na zona reservada a instituições. Ainda a decorrer as comemorações dos 30 anos do hospital, foram utilizados os mesmos materiais do ano anterior. Foi feita uma correção no pop-up, com uma faixa de vinil. Para além da atualização dos materiais para a feira, a montagem do stand foi realizada por mim e pelo Dr. Márcio Fernandes.


Hospital de Faro

Enquadramento Com uma área total de 46.500 m2, o complexo hospitalar é composto por um bloco principal, orientado a Sul, com 8 pisos, divididos em áreas poente e nascente. Nele estão situados todos os Serviços de Internamento, com 442 camas de adultos, 50 pediátricas e 40 berços para recém-nascidos. Neste edifício estão ainda localizados os Serviços de Urgência, o Bloco Operatório, a Medicina Física e Reabilitação, a Anatomia Patológica, a Radiologia, a Esterilização Central, o Serviço de Sangue, o Laboratório de Análises, o Serviço de Dietética, o Serviço Social, a Central Telefónica, a Farmácia bem como a Cozinha, o Refeitório, a Lavandaria, a Capela, o Auditório, as Oficinas e os Armazéns. Num outro edifício do complexo hospitalar encontram-se instalados a Administração e os restantes serviços administrativos.

Enquadramento

Enquadramento

Dispõe de um Serviço de Urgência Polivalente que engloba a Urgência Geral, a

As Consultas Externas estão localizadas num outro edifício, que se encontra a

Urgência de Ginecologia e Obstetrícia e a Urgência Pediátrica. O Internamento está estruturado por especialidades clínicas.

funcionar desde 2004 em disposição paralela à do edifício principal, permitindo o estudo e seguimento dos doentes referenciados pelos Centros de Saúde, pelos Serviços do Internamento e também pelo Serviço de Urgência. No topo do

Dispõe ainda de Unidades de Cuidados Neonatais e Pediátricos, de Cuidados

mesmo está situado um heliporto para dar resposta aos casos emergentes.

Intensivos Polivalente e de Cuidados Intensivos Coronários. No âmbito do tratamento das doenças cardiovasculares o Hospital encontra-se apetrechado com uma Unidade de Hemodinâmica e uma Unidade de Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC). Recentemente, e em reforço das competências na área da saúde maternoinfantil, o Centro de Diagnóstico Pré–Natal foi dotado de novas instalações e equipamentos.

Num edifício independente estão ainda instalados o Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental e respectivos serviços de apoio, assim como o Internamento do Serviço de Pneumologia, os quais formam actualmente um único núcleo hospitalar situado junto à Escola Superior de Saúde de Faro.


Relatório Design 2010 55 Apresentação Hospital de Faro 20 Outubro

55 Apresentação Hospital de Faro Solicitado pelo conselho de administração foi concebida uma apresentação em power point da apresentação do hospital.


Moderador: Directora Clínica do Hospital de Faro I – Interrogadores Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Faro, E.P.E.; Coordenador da Segurança Social do Algarve; Presidente das Câmaras Municipais do Algarve; Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Faro, Albufeira, Silves, Tavira,Vila Real de Santo António, Loulé; Coordenador da ACES Algarve; Delegado de Saúde Pública dos Centros de Saúde do Algarve II – Interrogados Dr. Ricardo França Jardim Terap.ª Cláudia Catalão Enf.ª Paula Arvela Terap.ª Eduarda Tavares Dr.ª Ana Cristina Trindade Terap.ª Luísa Meireles Terap.ª Carla Ferreira Terap.ª Nancy Ribeiro Dr. João Pedro Luz Dr.ª Marisa Calado Enf.ª Susana Paz Assistência: Parceiros Sociais

Profissionais do Hospital de Faro


Relatório Design 2010 56 Intervenção Comunitária em Saúde Mental 21 Outubro

56 Intervenção Comunitária em Saúde Mental No âmbito do evento Intervenção Comunitária em Saúde Mental, foi solicitado pelo T.O. António Duarte a elaboração do cartaz de divulgação.


Hospital Distrital de Faro 30 Anos de Hist贸ria Uma Vida de Afectos

Neto Gomes


Relatório Design 2010 57 Capa Livro_Hospital de Faro_30 anos_Uma Vida de Afectos 22 Outubro

57 Capa Livro_Hospital de Faro_30 anos_Uma Vida de Afectos No seguimento da elaboração do livro comemorativo dos 30 anos do hospital (51_Páginas 230-232 livro 30 anos_11 Outubro), fui convidado pelo jornalista Neto Gomes a construír a capa para o livro. A imagem utilizada na capa, foi a construída e usada no decorrer dos 30 anos do hospital.


Relatório Design 2010 58 Dia Mundial da Diabetes 3 Novembro

58 Dia Mundial da Diabetes Solicitado pela Dr. Laura Nunes, o gabinete de comunicação auxiliou na divulgação do evento e na construção dos materiais gráficos. Para este evento construí: Cartaz; Folheto.


II Curso de Actualização e Treino em Emergência e Urgência de Ginecologia e Obstetrícia Semana de 8 a 12 de Novembro de 2010

Responsável: Ivone Lobo

Co-responsável: João Alves

Assistente Graduado Ginecologia/Obstetrícia

Interno do 4º ano do Internato de Ginecologia/Obstetrícia

Subespecialidade de Medicina Materno Fetal Responsável do Sector de Obstetrícia e Bloco de Partos

Formadores: Marta Sobral, João Alves, Leonor Ferreira, Carolina Oliveira


Relatório Design 2010 59 II Curso de Actualização e Tratamentos em Emergência e Urgência 5 Novembro

59 II Curso de Actualização e Tratamentos em Emergência e Urgência Visto o CFIC não ter conseguido dar resposta a todos os cursos a decorrer nesta altura, o conselho de administração solicitou a colaboração do gabinete de comunicação na elaboração dos materiais gráficos do II Curso de Actualização e Tratamentos em Emergência e Urgência. Para este curso construí dois livros que compilaram todas as apresentações dos diversos formadores. Esta compilação gerou um livro de 32 páginas (Formação Pré Curso_Suporte básico de Vida_Suporte Avançado de Vida ) e um de 328 páginas (II Curso de Actualização e Treinamento em Emergência em Ginecologia e Obstetricia). Visto o serviço de reprografia não ter capacidade de resposta para a reprodução de 150 cópias deste volume num espaço de tempo relativamente pequeno e visto que o recurso a centros de cópias no exterior ser uma solução muito cara, foram adquiridos flash disks e distribuídos os manuais por meios digitais.


Tabela exemplo: Último pedido efectuado por Maria Cavaco no dia 19/10/2010 Cardiologia

84

Bom dia Luís,

Medicina I

84

Medicina II

75

Segue o pedido de senhas até ao dia 15 de Novembro para a maioria dos serviços.

Pediatria

87

Ortopedia Nascente

87

Ortopedia poente

66

Obstetrícia

78

Bloco Partos

198

UCINP

138

Urologia

66

Cirurgia Poente

68

Bloco Operatório

132

Nefrologia

46

Oncologia

46

UCIP

116

Urgência

512

UAVC

87

UCISU

135

Raio X

66

Os serviços de Nefrologia, Oncologia, Cirurgia Poente, AVC, Gastro, Pediatria, Ortop. Nascente, Fogueiro, Portaria e Telefonista, já está pedido até ao final do mês de Novembro. Só preciso das senhas para a semana na 2ª Feira. Quando tiveres pronto avisa para eu ir buscar. Obrigada Maria

Neste processo é necessário fazer um arredondamento entre o número de senhas e o número de folhas, sendo que o total de senhas por serviço deve ser um múltiplo de 8, de forma a diminuir o desperdício de papel.

Tabela de consumo de papel entre 1 de Setembro a 8 de Novembro de 2010. Papel

Sobras de resma de 500 folhas 184 78 39 131 0 432

Utilizadas

Gastrenterologia

81

Azul Verde Rosa Amarelo Branco Total

Fogueiro

13

Total de senhas impressas (8 por página): 12 184

Telefonista

13

Portaria

13

Urgência Pediátrica

Senhas solicitadas: 2431 Senhas impressas: 2512 Folhas utilizadas: 314

140

316 422 416 369 0 1523


Relatório Design 2010 60 Relatório Senhas de Ceia 8 Novembro

60 Relatório Senhas de Ceia Visto o processo de aquisição de senhas estar a ser um estorvo por vários motivos (41 Senhas de Ceia_1 Setembro), construí um relatório a anexar à informação criada em conjunto com a Eng.ª Rosa Nobre, onde se apresentam as deficiências neste processo e as possiveis soluções.


Relatório Design 2010 61 Dia Internacional de Sensibilização para a Prematuridade 15 Novembro

61 Dia Internacional de Sensibilização para a Prematuridade Numa iniciativa de colaboração entre Hospital de Faro e Associação dos Amigos da Pediatria, de forma a assinalar o Dia Internacional de Sensibilização para a Prematuridade, a UCIN solicitou ao gabinete de comunicação auxilio da divulgação do evento e a construção dos materiais gráficos. Para este evento construí um cartaz de divulgação e um folheto informativo.


Para profissionais do Hospital de Faro

Hospital de Faro promove protocolos comerciais

Saiba onde pode beneficiar

para benefício dos seus profissionais

Automóveis Bancos Bricolage, Construção e Jardins Cabeleireiros e Centros de Estética Diversos Ginásios e Health Clubs Hotéis Infantários, Creches, Jardins de Infância Livrarias e Papelarias Museus e Galerias de Arte Moda Mobiliário e Decoração Ópticas Perfumarias Parques Temáticos Restauração Saúde e Bem-Estar Turismo e Viagens

Com o objectivo de proporcionar vantagens económicas aos seus profissionais, o Hospital está a desenvolver esforços no sentido de estabelecer protocolos comerciais com diversas empresas da região, os quais se irão traduzir em descontos e/ou benefícios na aquisição de bens e serviços a terceiros.

Saiba mais aqui


Relatório Design 2010 62 Cartaz_Protocolos 17 Novembro

62 Cartaz_Protocolos No âmbito da celebração de protocolos comerciais entre o Hospital de Faro e diversas entidades exteriores, que se traduzem em beneficios para os nossos profissionais. Para este projeto do gabinete de comunicação, construí um cartaz de divulgação e um banner para a intranet e um para o site. Estes banners direcionam o visitante/funcionário para a área no site dos protocolos comerciais.


VOTE

no projecto do Hospital de Faro

“Sempre a Gerar Sorrisos” Com o projecto “Sempre a Gerar Sorrisos” procuramos melhorar a qualidade e a eficácia dos serviços prestados no serviço de obstetrícia, promovendo a humanização do parto hospitalar, com benefícios para as futuras mães e crianças. Objectivo: Assegurar uma melhor vigilância materno-fetal ante-parto e intra-parto com equipamentos inovadores, para o bem-estar das futuras mães e crianças.

Vote em:

www.missaosorriso.continente.pt


Relatório Design 2010 63 Missão Sorriso 2010 17 Novembro

63 Missão Sorriso 2010 No seguimento da candidatura a representar o Hospital de Faro à Missão Sorriso (49_Missão Sorriso_19 novembro), foram divulgados os materiais gráficos de incentivo ao voto no projeto da instituição. Para esta divulgação foram utilizados os mesmos materiais do ano anterior, tendo sido necessário atualizar alguns conteúdos. Para este evento foram concebidos: Cartaz de divulgação; Folheto de divulgação; Banner site (direciona diretamente para o projeto da instituição no site da Missão Sorriso)


Exemplo: Frase de Vinil com/sem acrĂ­lico

64.7cm

126cm


Relatório Design 2010 64 Copa 17 Novembro

64 Copa Com o intuito de construír uma sala de refeições para os funcionários, foi cedido um espaço contíguo ao bar opção, no 3º piso do edifício central. Neste espaço os profissionais podem trazer a sua própria comida, lava-la, aquece-la no micro-ondas instalado na sala, e são dadas condições para o despejo de resíduos e lavagem da loiça. Desta forma, o conselho de administração pediu-me para que coopera-se com a Eng.ª Rosa Nobre, responsável pela área hoteleira - serviço de alimentação, no sentido de com o menor orçamento possivel, montar este espaço. Para a operacionalização do espaço, concebi o padrão de azulejos a colocar na zona de lavagem e confeção de alimentos. Foi adquirido um novo balcão em inox, visto os SIE terem utilizado o balcão da fotografia no serviço de ortopedia. Procedeu-se à pintura do espaço e das cadeiras, ao arranjo do ar condicionado e foi criado o plano de disposição de mesas e cadeiras.


URGÊNCIAS 160.000 145.462 140.000

Evolução do Movimento Assistencial 2006-2010

134.671

134.557

136.195

120.000

111.291

100.000

80.000 Nº Urgências

60.000

40.000

20.000

0 2006

2007

2008

2009

2010

2010: dados acumulados até ao 3º trimestre

DOENTES SAÍDOS

CONSULTAS MÉDICAS

25.000

20.000

250.000

19.306

19.801

19.641

19.966

200.216

200.000

200.967

169.578

161.665

158.889

15.092

15.000

150.000

Nº Doentes Saidos

Nº consultas médicas

10.000

100.000

5.000

50.000

0

0 2006

2007

2008

2009

2010

2006

2010: dados acumulados até ao 3º trimestre

SESSÕES HOSPITAL DE DIA 35.000 31.640 30.000

31.516

28.735

25.000 21.357 20.000

19.794

Nº Sessões 15.000

10.000

5.000

0 2006

2007

2008

2009

2010

2010: dados acumulados até ao 3º trimestre

2007

2008

2009

2010

2010: dados acumulados até ao 3º trimestre


Relatório Design 2010 65 Apresentação Movimento Assistencial 2006-2010 18 Novembro

65 Apresentação Movimento Assistencial 2006-2010 Solicitado pelo conselho de administração, concebi a apresntação digital (power point) do movimento assistencial do Hospital de Faro.


Relatório Design 2010 66_Animação Prematuridade 19 Novembro

66_Animação Prematuridade No seguimento das comemorações do Dia Internacional de Sensibilidade para a Prematuridade (61_Dia Internacional de Sensibilização para a Prematuridade_15 Novembro), foi solicitado pela UCIN a concepção de uma animação com as fotos tiradas no serviço das crianças tratadas pelos profissionais do serviço.


Relatório Design 2010 67 Recolha de Materiais para as Crianças 29 Novembro

67 Recolha de Materiais para as Crianças Solicitado pela Psi. Helga Nunes e pela Ed. Rosa Machado, foi pedida a colaboração do gabinete de comunicação para a divulgação e construção de um cartaz de divulgação de uma campanha de recolha de materiais para crianças carenciadas. Esta iniciativa conta com a organização da Associação de Amigos da Pediatria do Hospital de Faro e a colaboração do Hospital de Faro.


Relatório Design 2010 68 Lançamento do Livro Comemorativo 30 anos 9 Dezembro

68 Lançamento do Livro Comemorativo 30 anos No contexto das comemorações da conclusão do livro de homenagem aos 30 anos do Hospital de Faro, foi organizada uma inauguração solene que contou com a presença da ministra da saúde Ana Paula Sampaio, e com a presença dos homenageados no livro. O gabinete de comunicação divulgou o evento, tendo eu construído os seguintes materiais: Cartaz; Convite; Wallpaper.


Relatório Design 2010 69 Icone Sistema de Gestão de Riscos Clínicos 13 Dezembro

69 Icone Sistema de Gestão de Riscos Clínicos Afim de lançar a plataforma do Sistema de Gestão de Riscos Clínicos, montada na plataforma de e-learning da instituição, foi solicitado pela Dr.ª Gabriela Peixoto a construção de um ícone para a plataforma. Foi criada uma primeira versão com as iniciais SGRC mas, optou-se posteriormente por fazer um simbolo só com as iniciais “SG”. Este icone está atualmente em vigor e encontra-se em todos os desktops da instituição.


“O Hospital de Faro E.P.E. deseja-lhe um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo”

A Enfermeira Directora Maria Filomena Martins “ O Conselho de Administração do Hospital de Faro E.P.E. deseja-lhe um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo”

“O Serviço de Imuno-Hemoterapia do Hospital de Faro E.P.E. deseja-lhe um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo”

“O Hospital de Faro E.P.E. deseja-lhe um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo”


Relatório Design 2010 70 Natal 2010_15 Dezembro

70 Natal 2010 Com o objectivo de felicitar os nossos utentes de imuno-hemoterapia e as entidades que colaboram com o hospital (56 Natal 2009_16 dezembro_relatório 2009), criei um desenho para o postal de natal de 2010. O desenho foi impresso na parte de trás dos inteiros postais de comemoração dos 30 anos do Hospital de Faro (35 Postal e selo 30 anos_3 setembro_relatório 2009). Desta forma, visto a taxa do postal já estar paga o envio dos postais foi “gratuito”. Para além dos postais impressos foram construídos postais digitais.


39

37

38

1

4

7

10

13

16

19

22

25

28

31

2

5

8

11

14

17

20

23

26

29

32

35

3

6

9

12

15

18

21

24

27

30

33

36

34


Relatório Design 2010 71 Lotação 16 Dezembro_arq

71 Lotação Solicitado pela Dr.ª Carla Faim Pessoa, prestei auxílio na identificação, nas plantas dos pisos, das camas nos internamentos das diversas especialidades dos pisos 4, 5, 6, 7 e 8 do edificio central.



Hospital de Faro relatorio de Design 2010