Issuu on Google+

R$ 7,00

Alegria em casa

Paixão pela dança é demonstrada em cada passo, gesto e olhar

Ano 1 – 2012 – nº 1

emoção à flor da

pele

Academias de ballet surpreendem o público e levam a plateia ao delírio

Os preparativos Veja como cada escola se preparou para fazer seu espetáculo de final de ano


Editorial

Para guardar de recordação Esta é a primeira edição especial da revista NA MOCHILA. Surgiu a partir da ideia de registrar momentos importantes, como os grandes espetáculos anuais promovidos pelas escolas de dança da cidade. Durante meses, professores e alunos se preparam para a grande apresentação. Cenários, coreografias, figurinos, trilha sonora... tudo bem pensado e planejado para ser um grande acontecimento. Os fotógrafos e cinegrafistas registram tudo, mas o que acontece com grande parte dos espetáculos é que eles ficam na memória apenas de quem os presenciou. Por isso a NA MOCHILA fez aqui um registro na sequência de cada espetáculo das academias parceiras deste projeto, para

que nenhum detalhe seja esquecido. Espero que você aproveite este presente que foi feito com muito empenho e dedicação. Entregue-se a esta leitura para reviver ou conhecer cada espetáculo e guarde com carinho esta nossa publicação, pois o tempo passa, e o que fica guardado são nossos grandes tesouros. Boa leitura! Lucy De Miguel Editora lucy@editoravetor.com.br

índice

04 14 19 22 30 34

Os preparativos

06

Academia Spaço Alfa Madame Blazé

Escola de Dança Isadora Duncan Aconteceu no Reino de Órion

18

Escola de Dança Isadora Duncan O show deve continuar

Escola de Dança Isadora Duncan A pastora das estrelas

20

Escola de Dança Isadora Duncan Quando a vida fica mais especial

Escola de Dança Fernando Vasconcelos – Brega e Chique

26

Academia ELS Quem é você no mundo encantado?

Studio de Dança Carla Marques Marmagia

32

Academia Patrícia Toledo Sítio do Pica Pau Amarelo

Contatos

Na Mochila - Especial Espetáculos | 3


Preparativos

Nos

Veja como as academias de dança se organizam para que suas apresentações surpreendam o público e sejam um grande sucesso

bastidores

E

scolha do tema, das músicas, coreografias, cenários, figurinos e mais um montão de detalhes que quem está na plateia sequer imagina como tudo foi organizado. Algumas academias começam a pensar no tema que será trabalhado logo no início do ano, para que tenham tempo suficiente até que tudo esteja pronto por volta de novembro ou dezembro.

João Rampim

É o caso da Escola de Dança Isadora Duncan. O “trio” formado por Carla Espinosa, Giovana Consorti e Uéslley Paganeli começou a pensar no espetáculo “Aconteceu no Reino de Órion” logo no início de 2011. Eles se basearam no filme “O mundo imaginário do Dr. Parnassus” de onde tiraram a ideia de que cruzando um espelho é possível encontrar vários mundos. Eles se reuniam toda semana para elaborar a história e o espetáculo. “Para a criação de cada ato levamos em média três dias”, conta Carla. “O espetáculo de 2010 foi sensacional, daí tivemos que criar algo ainda melhor para 2011”, diz Uéslley, que junto com as amigas pensou em tudo: desde o cenário, figurinos, até as músicas. Já as coreografias ficaram por conta dos professores de cada modalidade.

Paulo Fotos Shonfelder

Galpão de fábrica Na Academia Spaço Alfa, a preparação do espetáculo Madame Blazé foi em tempo recorde. Tudo começou em setembro, para as apresentações que aconteceram em dezembro. Foram confeccionados mais de 600 figurinos para um total de 300 bailarinos. Os cenários também foram feitos dentro da própria academia, com exceção do balcão do bar onde as bailarinas dançaram. “Nossos ensaios foram feitos no galpão da fábrica onde estava o balcão, pois ele era muito grande e não cabia na escola. Parecia até aqueles filmes americanos de dança”, conta Cláudia Guerreiro. Outra inovação do espetáculo foi a participação especial de três atores profissionais em stand up comédia. “Tudo foi pensado para ser um verdadeiro show”, comenta a professora.

4 | Na Mochila - Especial Espetáculos

Marmelada de banana Patrícia Toledo, que já participou de um episódio do Sítio do Pica Pau Amarelo quando criança, fez um resgate à infância. Os integrantes da peça não só dançaram, mas fizeram uma interpretação dos personagens tão famosos, divertindo e surpreendendo o público. Para chegar ao resultado final, Patrícia fez uma pesquisa sobre os figurinos e as músicas para todas as idades. E para vestir os 100 participantes, foram www.namochila.com 


João Rampim

Neto Tuareg

Vale a pena sonhar! Na Academia ELS, a interação entre as diferentes modalidades deu uma graça ao espetáculo e mostrou que atividade física, seja ela qual for, tem tudo a ver com arte e cultura. A apresentação contou não só com os alunos de dança, mas também de ginástica, musculação e Artes Marciais. Todo mundo se empenhou ao máximo para representar o tema “Quem é você no mundo encantado?”. A professora e bailarina Elisabete Lopes Soares conta que a inspiração para o espetáculo veio de seu filho. “A alegria de estar no palco, de ver uma aluna feliz e de realizar o sonho de muitos é que me faz continuar dançando, coreografando e dirigindo espetáculos”. Foram seis meses de preparo, e tudo saiu conforme o planejado, com muita empolgação no palco e na plateia.

É chique ser brega Dançar é uma arte para o professor e dançarino Fernando Vasconcelos. Há 20 anos convivendo com a dança, ele conta que antes de qualquer espetáculo a adrenalina corre solta, pois é um momento de muita apreensão. Mas depois que a música

Sidney Photos

começa e os participantes vão se apresentando, o corpo relaxa e tudo dá certo. Na apresentação de 2011, Fernando quis uma interação ainda maior com o público: alternando apresentações chiques com os cantores bregas, não houve quem ficasse parado (e calado) com as imitações de artistas famosos, como Chacrinha, Gretchen, Sidney Magal, entre outros. “Tivemos ainda uma preocupação de não deixar que nenhum integrante aparecesse mais do que o outro, por isso os ensaios foram bem intensos, para que mesmo as pessoas com mais dificuldades pudessem brilhar no palco”, conta Fernando.

João Rampim

confeccionados 130 figurinos. Bailarina e professora há 27 anos, Patrícia Toledo se empolga em falar sobre seu espetáculo. “O mais gratificante foi ver o sorriso dos meus alunos durante e após a apresentação. Isso não tem preço!”.

Por um mundo melhor O espetáculo do Studio de Dança Carla Marques foi preparado durante um ano, sendo os primeiros oito meses para a parte técnica da dança e os outros quatro dedicados aos ensaios. Como pedagoga, a professora Carla Marques, bailarina há 30 anos, gosta de transmitir mensagens que conscientizem as pessoas sobre a importância de preservar o planeta. E, desta vez, o tema escolhido foi o mundo marinho, a preservação dos nossos mares e oceanos. Sucesso total. Proprietária da academia de dança há 7 anos, Carla diz que faz tudo com muito amor e isso se reflete nos alunos e no público que assiste aos seus espetáculos. “O amor é o que me move. O gostar de ensinar, o envolvimento. Idealizo algo e posso transmitir em movimentos, em dança. E isso é mágico!”. Carla também desenvolve, anualmente, o espetáculo “Dança Amiga”, uma ação beneficente que está em sua terceira edição e a cada ano ajuda uma nova instituição. Na Mochila - Especial Espetáculos | 5


Academia Spaço Alfa

Grande produção marca o primeiro espetáculo da academia, com direito a anjos de todas as hierarquias, caveiras e corujas dançantes, além de muito talento e inspiração

Divina

O

musical começa no Lounge Madame Blazé, onde trabalha Divina, uma “faz tudo”, que durante a trama vai descobrir que a vida dura de faxineira pode ser transformada com a ajuda dos anjos! Dois vigaristas fazem de tudo para esconder uma mala cheia de dinheiro – que fora roubado do Lounge – pedindo ajuda até mesmo num convento de freiras. Em meio ao enredo muito coisa acontece, envolvendo desde os seres celestiais até caveiras, fantasmas, corujas e até dos que “já se foram”. O espetáculo apresentado pela Spaço Alfa reuniu uma plateia de mais de duas mil pessoas, divididas em seis apresentações no Teatro Municipal Teotônio Vilela, em Sorocaba, nos dias 17 e 18 de dezembro de 2011.

Conspiração fotos João Rampim

O espetáculo teve início com uma apresentação de vídeo dance das dançarinas do Lounge Madame Blazé, mostrando toda a sua graça e energia.

Na apresentação do ballet clássico, toda a hierarquia angelical, envolvendo Pingos de Luz, Serafins, Querubins, Arcanjos,Tronos e Principados se mobiliza para ajudar Divina neste resgate. 6 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


Ao ouvir que os bandidos precisam encontrar um lugar para esconder a mala de dinheiro roubada do Lounge, sem muitos pudores a protagonista Divina pede ajuda aos anjos. Ela quer resgatar este “tesouroâ€? para conseguir resolver os seus problemas financeiros. Na Mochila - Especial EspetĂĄculos | 7


Academia Spaço Alfa

Após o auxílio celestial, Divina se disfarça de freira e consegue entrar no convento como Clara das Neves, a nova regente do coral das irmãs. Enquanto isso, um dos bandidos diz ao outro que enterrou a mala no cemitério localizado atrás do convento, só que não se lembra o local exato.

Neste cenário horripilante, muita coisa acontece. Os fantasmas se divertem ao ritmo do sapateado americano, bem como as caveiras com seu remeleixo.

Ainda no sapateado americano, os olhares sorrateiros dos gatos (e das gatas) mostram que lugar de bandido, definitivamente, não é no cemitério. 8 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


E o perigo vai ficando ainda maior. Com a apresentação do videodance, ao som de Beyoncé, ninguém está ali para brincadeira!

Em meio ao terror, aparecem as noivas cadáveres, num show de street dance cheio de energia e talento.

De repente, um exército de corujas, também no street dance, surge para aterrorizar ainda mais aqueles bandidos.

Na Mochila - Especial Espetáculos | 9


Academia Spaço Alfa

Ainda no cemitério, até mesmo os mortos resolveram sair de suas tumbas para ajudar a protagonista e atrapalhar ao máximo a vida dos dois vigaristas. E olha que a ajuda veio de famosos que já se foram, como Michael Jackson, Frank Sinatra, Amy Winehouse, Fred Mercury e Elvis Presley.

10 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


O sapateado irlandês representou os conflitos da protagonista, que não sabia ao certo se ficava com o dinheiro ou se o deixava para o convento.

Divina cumpre o seu dever de ganhar o concurso com o coral do convento e mostra a sua verdadeira personalidade honesta. Consegue resgatar a mala de dinheiro e descobre que é a verdadeira herdeira do Lounge Madame Blazé. Na Mochila - Especial Espetáculos | 11


Informe publicitário

Spaço Alfa

inova e

surpreende

mais uma vez

P

Cisne Negro Para fortalecer ainda mais o quadro de professores, a Spaço Alfa contratou a professora e bailarina Carla Cesnik, que tem a certificação máxima da Royal (Teaching Certificate) e uma experiência de 18 anos como docente na escola Cisne Negro de São Paulo. Carla iniciou seus estudos de ballet aos 7 anos de idade nesta mesma escola, onde leciona e também desenvolve o trabalho de capacitação de novos professores. “Além de dar aulas para nossos alunos, a Carla também está capacitando nosso quadro de profissionais, formando novos professores na metodologia e preparando-os para exames e diplomação. Nosso objetivo é proporcionar uma constante atualização da técnica, para oferecer aos alunos o que há de melhor na arte da dança”, explica Paula Tomazella, sócia-proprietária da Spaço Alfa. O método da Royal é uma referência no ensino de Ballet, complementando a educação dos alunos por meio da dança, desenvolvendo o ritmo, a coordenação e a musicalidade, além de corrigir a postura através dos exercícios físicos. 12 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 

Fotos Shutterstock e divulgação

ara marcar as comemorações de um ano em atividade, a escola de dança Spaço Alfa trouxe o que há de melhor no ensino de Ballet Clássico: o sistema de ensino Cisne Negro, que tem como base a Royal Academy of Dance, de Londres. A metodologia, difundida em mais de 80 países, traz para os alunos a aprendizagem, o desenvolvimento e o aprimoramento técnico e artístico do melhor ballet do mundo.


Certificação Pela sua formação e experiência profissional, a professora Carla Cesnik será, dentro da Spaço Alfa, a responsável pelos exames internos da Royal Academy of Dance, certificando os alunos nesta metodologia internacional. Vaganova Além da metodologia inglesa, a Spaço Alfa também oferece aulas no método Vaganova (russo) coordenadas pela professora Ismênia Rogick, que teve grande participação na Companhia de dança Ballet Stagium, de São Paulo. Estrutura Contando com salas climatizadas amplas e modernas instalações, a Spaço Alfa também oferece cursos de sapateado americano, street dance, dança irlandesa, jazz, breaking, vídeodance, musicalização e teatro. “Somos mais do que uma escola de dança, pois queremos estimular a difusão da arte e da cultura”, diz Cláudia Guerreiro, professora e sócia-proprietária.

Para as pequenininhas A arte do ballet se aprende desde cedo. A Spaço Alfa oferece aulas para crianças a partir dos 2 anos e meio, com as turmas de Baby Class e Baby Tap, em uma sala apropriada para o ensino infantil. Dance, dance As aulas de videodance ensinam as coreografias baseadas em clipes de artistas pop, como Shakira e Beyoncé, com técnica e muito charme.

Rua Caracas, 492 | Campolim Sorocaba – SP | Fone: (15) 3346-1266 www.spacoalfa.com.br

Na Mochila - Especial Espetáculos | 13


Escola de Dança Isadora Duncan

Aconteceu no de

Reino Órion

C

om um elenco de 76 bailarinos, de 14 anos até a melhor idade, a Escola Educativa de Dança Isadora Duncan realizou seu espetáculo anual nos dias 26 e 27 de novembro de 2011, no Teatro Municipal Teotônio Vilela, de Sorocaba. A história fantástica e cheia de magia, que mistura a nobreza ao mundo dos cavalos-marinhos, escaravelhos, camaleões, duendes, calopsitas e outros seres encantados, conseguiu prender a atenção do público até chegar ao surpreendente final: o resgate da princesa Lana, filha do plebeu Miguel com a princesa Helena, que morre ao dar à luz. Para que o amor entre os personagens acontecesse, Miguel faz um pacto com Asmodeus,

14 | Na Mochila - Especial Espetáculos

fotos Paulo Fotos Shonfelder

o fiel conselheiro do rei, mas que na verdade era um ser audacioso, sombrio e de caráter duvidoso. Após 10 anos, o vilão volta ao reino para cobrar sua dívida e raptar o maior tesouro: a princesa Lana. Durante as duas horas da apresentação, o público foi surpreendido com a beleza dos cenários, que transportavam a um verdadeiro mundo da imaginação. Além do castelo, onde a história começa com o baile de máscaras e ocorre o encontro de Miguel e Helena, outros ambientes surgem diante do atento público – um verdadeiro transporte ao deserto, ao fundo do mar, a uma caverna vulcânica, até chegarem ao Vale da Brisa Encantada e à sala de Espelhos. www.namochila.com 


Para que o resgate seja feito e o feitiço quebrado, Miguel tem que passar por vários desafios e resgatar as pedras que representam os quatro elementos da natureza. A filha vai deixando rastros por onde passa. E é nesta aventura que a história vai conquistando a atenção da plateia, num espetáculo fascinante.

Dez anos após a morte de Helena, chega o dia do aniversário de Lana. Asmodeus, o vilão feiticeiro, aparece para tirar a alegria do reino e rapta a garotinha, transportando-a através de um grande espelho. Miguel os segue e vai parar no deserto, em uma grande tempestade de areia, onde encontra também seres perigosos, como os escaravelhos, os camaleões, mas é salvo pelas efígies que adoravam a deusa Bastet.

A deusa explica ao pai da garotinha que ele está em um mundo paralelo criado por Asmodeus, e que para aniquilar o mago, Miguel deve juntar as pedras que representam os quatro elementos da natureza. Bastet entrega a ele a pedra Olho de Tigre, que representa o elemento Terra, e então surge um novo mundo, só que desta vez no fundo do mar. Na Mochila - Especial Espetáculos | 15


Escola de Dança Isadora Duncan

Em busca da filha, Miguel se depara com seres marinhos, como águas vivas, cavalos-marinhos, estrela do mar e conchas. No fundo do oceano, ele recebe a pedra que representa o elemento Água, e novamente é transportado para um novo ambiente.

Em um mundo escuro, Miguel se depara com seres que habitam uma caverna vulcânica, como morcegos, escorpiões, até conseguir recuperar a pedra que representa o elemento Fogo, em uma luta com a serpente.

16 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


Confiante de que está cada vez mais perto de sua filha, Miguel é transportado para o mundo encantado dos duendes e elfos. No caminho, é atingido por uma revoada de calopsitas, até encontrar as borboletas imperiais, guardiãs da pedra que representa o elemento Ar.

Ao reunir as quatro pedras, Miguel enfrenta o vilão em uma batalha pelo resgate da filha e com o poder das pedras destrói Asmodeus, fazendo sua maldade refletir contra ele mesmo. De volta ao castelo, Miguel torna-se novamente um plebeu, mas recebe o perdão real por ter trazido a filha de volta.

Na Mochila - Especial Espetáculos | 17


Escola de Dança Isadora Duncan

O show deve O espetáculo juvenil da Academia Isadora Duncan reuniu 72 bailarinos em duas apresentações: no dia 05 de novembro de 2011, em Votorantim, e em 27 de novembro, no Teatro Municipal de Sorocaba.

continuar

fotos Paulo Fotos Shonfelder

Com apresentações de ballet Clássico, Neoclássico, sapateado, street dance e dança de salão, os integrantes contaram a história de uma garota obesa que sonhava tornar-se uma bailarina – e que acreditava ser a melhor. O problema é que ela só atrapalhava suas colegas de dança. Após passar por várias fases de evolução, a bailarina aprende realmente a arte da dança e ganha um novo corpo, muito mais ágil e saudável.

18 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


A pastora das

O espetáculo infantil, que contou a história de uma índia pastora de estrelas, aconteceu nos dias 5 e 27 de novembro, envolvendo 62 crianças de 2 a 10 anos.

estrelas

O espetáculo mostrou a história de uma das estrelas que foge das demais e vai parar em uma aldeia de camponeses. Lá, ela não consegue fazer amigos e passa a viver triste, sem saber como voltar para o céu. Mas a sorte da estrelinha muda quando a pastora desce para resgatá-la e descobre que o motivo da fuga foi porque a estrela se achava muito pequena e sem importância. Até que aprende que não importa o tamanho ou o quanto cada um consegue “brilhar”, porque todos têm o seu valor.

Na Mochila - Especial Espetáculos | 19


Escola de Dança Isadora Duncan

vida especial

Quando a fica mais

Academia integra deficientes intelectuais através da dança

fotos Paulo Fotos Shonfelder

Desenvolver habilidades, trabalhar a coordenação e a auto-estima, e ainda com a inclusão por meio da arte e da cultura são alguns dos objetivos das diretoras da Academia Isadora Duncan, Dóris Rodrigues Garcia e Denise Rodrigues da Silva, quando tratam com pessoas portadoras de necessidades especiais.

20 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


Em um ambiente totalmente adaptado e acolhedor, cerca de 20 crianças e adolescentes mais que “especiais” frequentam semanalmente a academia e adquirem conhecimento e técnicas que contribuem tanto para o seu desenvolvimento, como para o convívio social com outras crianças e adolescentes. “Aqui ninguém é diferente. Todos podem dançar e interpretar. Ainda que haja limitações, a comunicação através da arte é universal e democrática, por isso ensinamos que devemos respeitar as diferenças e conviver com elas”, diz a professora Denise, que trabalha há 30 anos com esse público e se orgulha de ver sua evolução.

A integração é tão importante que todos participam igualmente dos espetáculos, tanto infantil quanto juvenil, e dão um show à parte com tanta simpatia, talento e animação. Na Mochila - Especial Espetáculos | 21


Escola de Dança Fernando Vasconcelos

O Brega e Chique Dança de Salão é o destaque da apresentação desta escola, que se dedica aos ritmos, em especial ao Tango, há oito anos em Sorocaba

espetáculo da Escola de Dança Fernando Vasconcelos teve uma forma original para “não cansar” a plateia, por isso alternou as apresentações: uma música chique e outra brega. A apresentação aconteceu nos dias 29 e 30 de outubro de 2011, no Teatro Pedro Salomão (Escola Getúlio Vargas) e reuniu um elenco de 60 dançarinos. A dança de salão tem um caráter democrático e não importa a quem se destina. No espetáculo da Escola de Dança Fernando Vasconcelos havia dançarinos de 14 a 74 anos, todos com o mesmo entusiasmo e talento para a dança. Uma mescla de Tango, Anos 80, Fox Trot, Soltinho, Ginástica Rítmica, Valsa, Samba, Forró, Bolero, Salsa, Jazz e Milonga marcou as noites deste grandioso espetáculo. Quem assistiu, garante que foi impossível ficar sentado sem sentir a energia da apresentação. Teve até quem se animou e dançou um pouquinho na plateia...

fotos Sidney Photos

A valsa se destaca pelos movimentos de braços entrelaçados ao nível da cintura, deixando assim o contato mais próximo entre os parceiros. 22 | Na Mochila - Especial Espetáculos

O Tango surpreende e encanta pelas coreografias ousadas e de tirar o fôlego. www.namochila.com 


A alegria do Soltinho encanta com saltos e movimentos que levam o público à loucura.

O Tango exige muita atenção dos dançarinos, pois, as coreografias pedem muita técnica e disciplina.

Os anos 80 foram marcados por fortes nomes do gênero musical, que embalavam a pista de dança e que depois imortalizaram o brega no Brasil.

O Fox Trot é uma dança muito elegante e o ritmo musical leva o nome de seu inventor, o ator norte-americano Harry Fox.

A Ginástica Rítmica combina os movimentos corporais da ginástica aos movimentos de dança como ballet e dança teatral, transformando-se assim em uma dança alegre com elementos de modalidade olímpica, como a corda, arco, bola ou fitas.

O samba, que tem suas raízes africanas, chegou ao Brasil e encontrou a ginga e a alegria que só o povo brasileiro tem, tornando-se assim um símbolo nacional. Na Mochila - Especial Espetáculos | 23


Escola de Dança Fernando Vasconcelos

O Forró é a dança típica do nordeste brasileiro, porém tem influência direta das danças de salão da Europa. Aqui no Brasil, é um dos ritmos preferidos para quem gosta de animação.

O bolero nasceu na Inglaterra, passando por França e Espanha, traduz a leveza do par pelo salão e expressa cumplicidade e amor do casal.

Os admiradores do Tango ficaram encantados com o resultado da coreografia, já que a dança é complexa e exige dos dançarinos muito treino e constante aperfeiçoamento.

O Tango mescla o drama, a paixão, a sensualidade, a agressividade, onde a mulher é sempre submissa ao homem, que conduz a dança.

A salsa é uma mescla de ritmos afro-caribenhos, porém o movimento que trouxe essa modalidade latino-americana começou em Nova Iorque, quando um grupo de jovens músicos começou mesclar sons e ritmos que traduzissem o sabor contagiante “latino-americano.” É a dança com sabor, que transmite sensualidade e paixão. 24 | Na Mochila - Especial Espetáculos

A valsa surgiu na Áustria e na Alemanha e era dançada pela elite da época, que se encantava com os movimentos por ela apresentados. www.namochila.com 


O Tango Argentino surgiu na Argentina em meados do século XIX. Era a dança dos marginalizados, depois foi dançado somente por homens, e depois só em bordéis por pessoas elitizadas. Hoje a dança conquistou o mundo com seu ritmo mágico e lendário.

O Jazz nasceu da cultura negra, quando das viagens dos navios negreiros da África para os Estados Unidos, os negros que não morriam de doenças eram obrigados a dançar para manterem a saúde.

O Samba conquistou tanto os brasileiros que hoje é uma das principais manifestações culturais populares do país.

A Milonga originou-se na Andaluzia (Espanha), mas no século XIX tornou-se popular nos subúrbios de Montevidéu e Buenos Aires. Traduz emoções fortes, como o amor e o ódio.

A Dança de Salão é a dança social, de casais, que mantém a postura clássica e ereta. Originou-se nos bailes das cortes reais da Europa, tomando forma na corte do Rei Luis XIX da França.

O Tango de Salão é uma tendência de estilo do tango, assim como a Milonga. É livre, traduzindo apenas a agressividade, a paixão, o amor, o ódio e outros sentimentos marcantes. É um tango apaixonado por natureza. Na Mochila - Especial Espetáculos | 25


Academia ELS

“Quem é você no mundo

encantado?”

Alunos de dança, ginástica, artes marciais e musculação se reúnem em um espetáculo que mostra que criatividade e talento estão em todos os lugares

I

fotos João Rampim

magine um espetáculo reunindo super-heróis e vários personagens de histórias infantis. Com este tema, a Academia ELS realizou seu tradicional espetáculo de final de ano, nos dias 10 e 11 de dezembro, no Teatro Municipal Teotônio Vilela, em Sorocaba. Crianças, jovens e adultos fizeram as apresentações em todas as modalidades oferecidas pela academia, que contou com a participação de alunos de

dança, artes marciais, ginástica e musculação, tudo preparado com muito afinco pela professora Elisabete Lopes Soares. A magia do mundo encantado entrou em cena com diversos personagens colorindo o palco e alegrando a plateia, quando então se fez a pergunta: Será que existem todos esses personagens na vida real? E se existir, que personagem é você no Mundo Encantado?

Acima, Tarzan e Jane num pas de deux. Abaixo, a Liga da Justiça no jump.

26 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


Acima, uma reflexão para o Rei Leão. Ao lado, a Bela Adormecida depois do beijo. E logo abaixo, da esquerda para direita, Cinderela nos tempos de hoje e Artes Marciais com o Dragon Ball.

Na Mochila - Especial Espetáculos | 27


Academia ELS

Acima, Branca de Neve e as bruxas da vida real. À esquerda a dança que faz as princesas viajarem e à direita, o Jazz adulto representado pelas Fionas. Abaixo, a representação da Inocência do Chapeuzinho Vermelho.

28 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 


Studio de Dança Carla Marques

Marmagia

Espetáculo é inspirado nos cuidados com o meio ambiente e traz mensagem de preservação do planeta

J

á imaginou fazer uma viagem ao fundo do mar e conhecer os tesouros nele habitados? Pois foi esta a história do espetáculo apresentado no dia 13 de novembro de 2011, no Teatro Municipal Teotônio Vilela, em Sorocaba, pelos 70 integrantes do Studio de Dança Carla Marques. A produtora e professora Carla Marques, conta que o

fotos Neto Tuareg

enredo mostra a amizade entre a princesa do mar e uma garotinha aqui da Terra. Após se conhecerem, a princesa do mar e a menina iniciam uma linda jornada pelo fundo do oceano, em meio aos peixes, siris, conchas, sereias, água viva, polvo, tubarão, pérolas, estrela do mar, caracol, peixe palhaço, entre outros.

Mariana conhece a princesa do mar, que a leva às profundezas do oceano em uma linda aventura. A menina fica encantada com o que conhece, e isso fará com que se torne uma defensora da natureza, para transmitir ao mundo afora tudo o que vai aprendendo nesta jornada.

30 | Na Mochila - Especial Festivais

www.namochila.com 


Crianças, jovens e adultos se revezam no palco durante as duas horas do espetáculo. Mariana mergulha ainda mais e conhece outros mistérios, como cavalos-marinhos, golfinhos brincalhões, algas dançantes e os polvos sapateadores.

Na beleza do oceano, surgem as estrelas do mar. Em seguida, um grupo de dançarinos mostra todo o colorido que há no fundo do mar. No final, os integrantes surpreendem a plateia apresentando a união que há entre todas as espécies do mundo marinho.

Na Mochila - Especial Festivais | 31


Academia Patrícia Toledo

Sítio do Pica Pau

Amarelo A

Espetáculo resgata o sentimento da infância e faz uma homenagem a Monteiro Lobato fotos João Rampim

diretora e bailarina Patrícia Toledo preparou algo diferente para a sua apresentação de final de ano, que aconteceu nos dias 03 e 04 de dezembro de 2011, na Usina Cultural “Etore Marangone”, em Sorocaba. “Queria algo que trouxesse felicidade para meus alunos, algo para resgatar o sentimento do sítio e que fosse uma homenagem à Monteiro Lobato”, diz. Assim, 100 integrantes da academia, entre crianças,

jovens e adultos, encenaram o Sítio do Pica Pau Amarelo, resgatando todos os personagens que fizeram parte da infância, tanto dos dançarinos, quanto da plateia. Na apresentação, Dona Benta diz ter uma surpresa para as crianças, que na verdade são as histórias delas mesmas. E assim, a peça foi encenada e dançada contando a história de todos os personagens, desde quando eles chegaram ao Sítio.

Na coreografia Jardim Encantado, ao estilo livre, o Grilo, as Flores, Abelhas, Borboletas e o Jardineiro dançam a música “Nosso Jardim”, de 1957.

Tia Anastácia terminando de fazer a boneca Emília, ao som de “Emília, boneca-gente”

Teatro com os personagens do Sítio. 32 | Na Mochila - Especial Festivais

No estilo sapateado, a coreografia do Pedrinho, suas amigas e o Saci, ao som de Jota Quest. www.namochila.com 


Ao som de Cássia Eller, as crianças dançam Street Dance, encenando a Cuca com suas Bruxinhas. O ballet clássico teve coreografia da Narizinho, ao som de Lucinha Lins. Ainda no Ballet Clássico, a coreografia da Fadinha Tambelina. No estilo Ballet Clássico, as crianças interpretam a despedida do Anjo da asa quebrada, ao som de Something Good.

Todos os estilos de dança juntos dão vida à invasão das bonecas Emília no Sítio, ao som de Pato Fu.

Abaixo, teatro da Iara com o Curupira e a coreografia dos peixinhos.

Na Mochila - Especial Festivais | 33


Parceiros

Conheça as academias parceiras da revista NA MOCHILA – Especial ESPETÁCULOS: Academia Spaço Alfa Rua Caracas, 492 Campolim– Sorocaba – SP (15) 3346 1266 www.spacoalfa.com.br

Escola Educativa de Dança Isadora Duncan Rua Virgilio de Melo Franco, 91 Trujillo – Sorocaba – SP (15) 3233-5119

A revista NA MOCHILA – Especial Espetáculos – é uma publicação anual, com distribuição dirigida nas escolas e academias de dança da cidade de Sorocaba.

Ano 1 – nº 1 – Maio 2012

Diretoria Executiva: Lucy De Miguel e Cassiano Ricardo Cantero

Academia ELS Rua Aparecida, 626 Jd. Santa Rosália – Sorocaba – SP (15) 3233 5786 www.academiaels.com.br

Diretoria de Novos Projetos: Marcus de Oliveira Pinto (marcus@editoravetor.com.br) Redação e Produção: Carina Alves e Lucy De Miguel Fotos: João Rampim, Paulo Fotos Shonfelder, Sidney Photos e Neto Tuareg Arte, diagramação e tratamento fotográfico: Cristina Saito e Josemara Nascimento

Academia Patrícia Toledo Rua Santos Severo Scapol, 141 Jd. Gonçalves – Sorocaba – SP (15) 3227 3932 acapatriciatoledo@hotmail.com

Escola de Dança Fernando Vasconcelos Rua Dr. Arlido Luz, 152 Jd. Santa Rosália – Sorocaba – SP (15) 3016 6344 dancafernandovasconcelos@gmail.com

Departamento Comercial: Marcus Oliveira, Rosana Caruso e Edilaine Strób Jornalista responsável: Lucy De Miguel (MTB: 24.662) Impressão: Rip Editores Gráficos Vetor Comunicação e Editora – Rua Braz Laino, 305 – Jd. Emilia – Sorocaba – SP – Cep: 18031-030 – Fone: (15) 3211-0999. Para anunciar: comercial@editoravetor.com.br.

Studio de Dança Carla Marques Rua XV de Agosto, 10 Jd. Iguatemi – Sorocaba – SP (15) 3016 2351 carla.pmarques@ig.com.br

Para ver mais fotos e conhecer mais sobre os espetáculos, acesse o hotsite: www.namochila.com/espetaculos 34 | Na Mochila - Especial Espetáculos

www.namochila.com 



Revista NA MOCHILA - especial ESPETÁCULOS