Page 1

Manual de aplicação da Marca Vale Maio 2010 – Versão 1,4


Sumário

As novidades Introdução Estratégia 1.1 Nossa missão, visão e valores 1.2 Posicionamento da Marca 1.3 Atributos da Marca 1.4 Atributos da Marca – tom e modo 1.5 Arquitetura da Marca Elementos essenciais 2.1 A Marca Vale 2.2 Versões da Marca 2.3 Aplicação sobre fundos 2.4 Arejamento e tamanho mínimo 2.5 Posição da marca 2.6 Exemplos de aplicação 2.8 Uso de nomes na forma de texto 2.9 Marca – usos incorretos 2.10 Paleta de cores 2.11 Tipografia 2.12 Tipografia – como usar 2.13 Tipografia – usos incorretos 2.14 Imagens – uma visão geral 2.15 Imagens de pessoas 2.16 Imagens de produto 2.17 Estilo das imagens 2.18 Imagens – usos incorretos 2.19 Ilustração 2.20 Supergráficos 2.21 Supergráficos – visão geral 2.22 Supergráfico principal – versões 2.23 Supergráfico principal – cores 2.24 Supergráfico principal – ampliação 2.25 Supergráfico principal – uso com imagens 2.26 Supergráfico principal – exemplos de aplicação 2.27 Supergráfico principal – usos incorretos

2.28 2.29 2.30 2.31 2.32 2.33

Supergráfico modular – cores Supergráfico modular – a repetição Supergráfico modular – ampliação Supergráfico modular – uso de imagens Supergráfico modular – uso alternativo Supergráfico modular – usos incorretos

Sistema visual 3.1 Elementos do Branding Vale 3.2 Aplicando os elementos 3.3 Aplicando os elementos – exemplos 3.10 Sistema visual – usos incorretos Apêndice 4.1 Componentes do nome do arquivo da Marca 4.2 Versões da Marca – Vale 4.3 Componentes do nome do arquivo dos supergráficos 4.4 Supergráfico principal – versões 4.5 Supergráfico de repetição da paisagem dinâmica – versões 4.6 Glossário de termos de branding


As novidades

Em novembro de 2007 lançamos a Marca Vale e a nova identidade visual. Com as experiências vividas por todos ao longo desse tempo, surgiram dúvidas e novas situações. Refletimos sobre todas as considerações e perguntas recebidas. Esse manual atualizado é o resultado dessa reflexão. Ele traz os ajustes que se tornaram necessários e pretende esclarecer todas as questões colocadas. Esperamos que ele seja uma importante ferramenta para fortalecer e unificar a expressão de nossa identidade visual. As principais novidades: Marca - O uso preferencial da Marca Vale é sobre fundo branco, ainda que seja permitida também a sua aplicação sobre fundos claros. - Eliminação da Marca Vale 3D.

Paleta de cores - Mais flexibilidade no uso das cores terciárias.

Tipografia - Orientações sobre uso de cor e estilo de fontes.

Supergráficos - Apresentação preferencial dos supergráficos. - Criação do supergráfico modular para aplicações específicas: muito horizontais e/ou quando a repetição se faz necessária. - Definição de regras claras sobre como e quando os supergráficos devem ser usados. - Novos arquivos de arte-final.

Imagens - Ampliação da gama de imagens a serem utilizadas, sempre enfatizando os benefícios que os nossos produtos trazem. - Melhor definição do estilo e o conteúdo que essas imagens devem ter.


Introdução

Para garantir a consolidação da nossa imagem devemos trabalhar orientados pela marca e pelos valores que ela representa, todos os dias. As manifestações da Marca Vale são um reflexo direto de quem somos nós. Quando a nossa comunicação é bem trabalhada, de forma consistente, reforçamos a nossa imagem de empresa global, que prima pela qualidade e pela excelência. Não é só o que dizemos, mas também como nos expressamos: o design, o tom de voz, as imagens, as cores e a tipografia. As regras que esse manual traz são a base para a nossa comunicação. Elas explicam e definem os elementos básicos do nosso sistema visual – e sua correta utilização – para garantir a consistência do nosso “look & feel” e uma linguagem coesa, alinhada com a estratégia da nossa marca.


EstratĂŠgia


Nossa missão, visão e valores

Nossa visão, missão e valores são importantes pois eles unem todos nossos empregados com um único objetivo. Através deles podemos focalizar no que precisamos para nos desempenhar como uma empresa. Nossos valores nos guiam a aliar nosso comportamento que nos permite trabalhar com eficiência e efetivamente em direção à nossa visão.

Nossa missão

Uma missão expressa um objetivo claro e inspirador que a empresa tem. Ele funciona como um direcionador sobre como os negócios devem ser conduzidos.

Ser a maior empresa mineradora do mundo e superar a reconhecida excelência nos padrões de pesquisa, desenvolvimento, implementação e operações de negócios

Uma visão expressa a descrição do que a empresa quer alcançar no futuro. Valores definem a filosofia da empresa de como o negócio deve ser conduzido, servem como guia para tomada de decisões e para guiar como agimos.

ESTRATÉGIA

Transformar recursos minerais em riqueza e desenvolvimento sustentável Nossa visão

Nossos valores

Ética e transparência Excelência de desempenho Espírito desenvolvimentista Responsabilidade econômica, social e ambiental Respeito à vida Respeito à diversidade Orgulho de "Ser Vale"

1.1


Posicionamento da Marca

Muito mais que uma frase de efeito ou um slogan, o posicionamento da Vale é a base, o fundamento para a elaboração de toda a comunicação e funciona como um filtro em todas as tomadas de decisão relacionadas à nossa marca. Ele declara quem somos nós e o que representamos. Mostra como – e por quê – somos diferentes dos nossos concorrentes; e transmite o benefício que proporcionamos a nossos clientes, empregados e acionistas. O posicionamento da nossa marca traduz o espaço singular que desejamos ocupar, com exclusividade, nas mentes dos nossos diversos públicos.

ESTRATÉGIA

Ingredientes essenciais para nossa vida diária A Vale é uma mineradora pioneira que trabalha com paixão, descobrindo e transformando os recursos minerais com responsabilidade. Nosso espírito dinâmico leva à nossa incessante pesquisa pelos ingredientes essenciais que fazem parte da nossa vida e estão presentes em produtos de uso diário. Nós fazemos um esforço contínuo para contribuir com o desenvolvimento dos nossos empregados, das comunidades onde atuamos, de clientes, acionistas e investidores para ajudar o mundo a imaginar e alcançar um futuro melhor.

1.2


Atributos da Marca

Os atributos da marca apóiam nosso posicionamento, expressam o espírito e a personalidade da Marca Vale e refletem nossas ações e nosso comportamento. Os atributos da marca também sugerem possíveis abordagens/caminhos para a comunicação da nossa marca – tanto visual quanto verbalmente. É importante observar que um material de comunicação pode não contemplar todos os atributos, ou mesmo, intencionalmente, pode reforçar apenas um. Mas não pode, jamais, contrariá-los: esta é a meta. Nota: Nunca repita em textos os atributos da marca de forma literal.

Integração com a comunidade

Respeito à diversidade cultural

Como empresa que considera a responsabilidade sócio ambiental essencial para o futuro da humanidade, temos o compromisso de fazer um esforço contínuo para que as comunidades cresçam e se desenvolvam de forma justa e sustentável.

Nossa enorme diversidade cultural nos permite ter sensibilidade para entender diversas culturas e lidar com situações que requerem uma postura flexível e cooperativa em prol de uma boa convivência.

Busca permanente Nosso espírito dinâmico, questionador e persistente estimula nossas constantes buscas por respostas e pela melhor forma de fazer as coisas.

Disciplina focada Nossas ações e decisões na área financeira são baseadas em estudos e análises minuciosas que objetivam a geração de valor para nossos acionistas e crescimento para melhor atender nossos clientes.

Confiável Somos comprometidos com o desenvolvimento de nossos empregados, com a geração de valor para nossos acionistas, somos um fornecedor sério e focado na melhor relação entre qualidade e entrega para nossos clientes e promovemos um clima de diálogo com as comunidades das quais participamos.

ESTRATÉGIA

1.3


Atributos da Marca – tom e modo

As características visuais correspondentes são uma elaboração dos atributos da nossa marca e tangibilizam e informam o nosso tom e o nosso modo aos nossos diversos públicos.

ESTRATÉGIA

Atributos da Marca

Características visuais correspondentes

Integração com a comunidade

Acolhedor, afável e envolvido com o público, e não impessoal ou sentimental demais

Busca permanente

Energético, otimista e cheio de idéias novas, e não monótono ou com promessas demais

Respeito à diversidade cultural

Atencioso, de espírito aberto e colaborador, e não arrogante e resistente ao novo

Disciplina focada

Inteligente, firme e objetivo, e direto ao assunto, e não complicado demais e repetitivo

Confiável

Sincero, autêntico e agradavelmente direto, e não artificial ou falso

1.4


Arquitetura da Marca

A arquitetura de marca estrutura as diversas maneiras que a Vale tem para se comunicar com o mercado; e regulamenta o uso das marcas e dos nomes em nosso portfolio de negócios. O diagrama ao lado mostra como o nome legal, a marca, os nomes institucionais, unidades operacionais e projetos estão organizados; e como devem ser apresentados ao mercado. O uso de uma só identidade ajuda a construir uma imagem mais consistente e confiável para a nossa marca em todos os negócios Vale e seus mercados. E colabora para que o objetivo da nossa comunicação (mostrar a Vale como uma empresa global e próxima, coerente e moderna) seja atingido. Nota: Mais informação de como utilizar os nomes em texto e layouts está no manual de publicação. Nota: A arte-final da Marca pode ser obtida no Portal da Marca da Vale, contate um profissional de Comunicação se tiver dúvidas.

ESTRATÉGIA

Nome legal

Companhia Vale do Rio Doce

Use a razão social da nossa empresa só em documentos que peçam legalmente a sua presença (por exemplo, contratos, acordos, faturas, papelaria e notas de direitos autorais). Nota: A razão social pode variar dependendo da região e subsidiária.

Marca

A Marca Vale é a expressão preferencial da marca para todos os públicos. Nota: Vale é nosso nome de comunicação. Nenhum outro nome deve ser usado em seu lugar.

Unidades operacionais, institucionais e nomes de projetos

Carvão Valer – Educação Vale Reserva Natural Vale Porto de Tubarão Projeto Moatize

Apresente unidades operacionais e nomes institucionais na forma de texto. Não abrevie os nomes. Nota: Nomes devem combinar com o texto que os envolve ou seguir a diretriz estabelecida para aplicação específica.

1.5


Elementos essenciais


A Marca Vale

A Marca Vale representa uma empresa única, global e de origem brasileira, destacando a sua singularidade.

Marca Vale

O símbolo da marca (um monograma “V”) transmite conceitos visuais como: paisagem, descoberta, mineração e é alusivo a um movimento circular que remete ao infinito – força, elegância e o aspecto humano em uma única expressão. Os dois componentes da marca (o Símbolo Vale e o Logotipo Vale) têm posição fixa, proporção e relações que não podem ser alterados em hipótese alguma. Nota: Os nomes das unidades operacionais da Vale, linhas de negócios, programas, projetos, produtos e serviços não podem ser ligados diretamente à Marca Vale.

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Símbolo Vale

Logotipo Vale

2.1


Versões da Marca

O uso consistente da Marca Vale é fundamental para que possamos construir uma imagem sólida, ganhar visibilidade e reconhecimento, e destacar a Vale de seus concorrentes.

Marca em cores (preferência)

A integridade da marca deve ser respeitada sempre: ela não pode ser condensada, alongada ou alterada de maneira alguma. Qualquer modificação torna o significado da marca confuso e, logo, diminui o seu impacto. Marca em cores É a versão preferencial da Marca Vale, com o Verde Vale, o Amarelo Vale e o Cinza Vale. E deve ser usada sempre que possível.

Marca em preto com retícula

Marca em preto com retícula Deve ser usada, preferencialmente, em materiais impressos a uma cor (preto) como jornais, por exemplo. Marca monocromática Deve ser aplicada quando houver a necessidade de um cor sólida (marca a traço) para atender às necessidades de produção como fax, alto relevo, hot stamping, corte especial, etc.

Marca monocromática em positivo (em preto)

Marca monocromática em negativo (em branco)

Nota: A arte-final da Marca pode ser obtida no Portal da Marca da Vale, contate um profissional de Comunicação se tiver dúvidas.

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.2


Aplicação sobre fundos

O diagrama mostrado aqui é uma referência para a escolha da versão certa da Marca Vale, quando aplicada sobre fundos de diversas tonalidades.

Marca em cores: ajuste o fundo, se for necessário, para garantir bom contraste e facilidade de leitura. 0 a 30%

O uso preferencial da Marca Vale em cores é sobre fundo branco. Mas ela pode ser aplicada sobre fundos de cor quando o valor de cor do fundo estiver entre 0% e 30%, depois da conversão para a escala do cinza. A marca em preto com retícula deve ser usada também quando o valor da cor de fundo estiver entre 0% e 30%, depois da conversão para a escala do cinza.

50%

70%

30%

50%

70%

Marca em preto com retícula 0 a 30%

Em materiais impressos a uma cor (preto) a marca monocromática em positivo deve ser usada quando o fundo estiver entre 0% e 50%; e a marca monocromática em negativo (em branco) deve ser usada quando o fundo estiver acima de 50%, depois da conversão para a escala de cinza. Nota: Qualquer exceção de aplicação da Marca Vale deverá ser autorizada por um profissional de Comunicação.

30%

Marca monocromática em positivo (em preto)

Marca monocromática em negativo (em branco)

0 a 50%

50 a 100%

30%

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

50%

70%

2.3


Arejamento e tamanho mínimo

A área de arejamento envolve e protege a marca, evitando a interferência de outros elementos, como títulos, textos, imagens e margens dos materiais impressos. O arejamento indicado é a área mínima. Sempre que possível, o espaço livre em torno da marca deve ser maior que o arejamento mínimo. Tamanho preferido A Marca Vale deve ser ampliada ou reduzida proporcionalmente (sem distorção) para atender às necessidades específicas de cada peça de comunicação.

x/2

x

20mm (0,79")

x/2

x/2

Tamanho mínimo

Em materiais impressos em formatos padrão, como um papel A4, a marca deve ser aplicada, preferencialmente, com 20 mm (0,79") de altura. 20mm (0,79")

Tamanho mínimo O tamanho e a perfeita legibilidade da Marca Vale devem ser sempre observados no momento da reprodução. Para preservar a clareza e garantir a qualidade da reprodução impressa, a marca nunca deve ser aplicada com menos de 20 mm (0,79") de largura.

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.4


Posição da marca x/2 mínimo

A Marca Vale deve estar sempre posicionada na margem direita ou esquerda das peças de comunicação, preferencialmente na parte superior direita. Mas também pode ser aplicada na parte superior esquerda ou na parte inferior, à direita ou à esquerda.

x/2 mínimo

x/2 mínimo

x/2 mínimo

x preferência

x

x

Em casos especiais em que o espaço horizontal for limitado, ou quando a visibilidade máxima for exigida, a marca pode estar justificada. A escolha da melhor posição deve considerar e privilegiar a importância da marca e a perfeita clareza na sua leitura. E preservar sempre a área mínima de arejamento. Nota: É desejável que haja sempre um espaço maior que o mínimo indicado, acima e abaixo da Marca Vale. Nota: A Marca deve ser usada somente uma vez numa aplicação com a exceção de painéis. Contate um profissional de Comunicação para obter aprovação.

x preferência

Justificado (alinhado às margens direita e esquerda)

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Alinhado (às margens esquerda e direita)

2.5


Exemplos de aplicação

Os exemplos a seguir mostram o uso correto da Marca Vale em cores. Nota: Esses exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito ilustrativo.

NOME DO PRÉDIO BUILDING NAME

Marca em cores no kit de imprensa

Marca em cores em sinalização

Marca em cores em capacete (se tiver uma lanterna na frente, a Marca pode ser colocada no lado)

Marca em cores em banner de patrocínio

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.6


Exemplos de aplicação

Os exemplos a seguir mostram o uso correto da Marca Vale nas versões em preto com retícula e monocromática.

Fax 01 mês, 200X

Nota: Esses exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito ilustrativo.

Para (to): Empresa (at):

Qui vel illum dolore eu feugiat nulla

De (from): Ref: Fax:

Em caso de erro de transmissão disque (000) 000 0000 Página: 1/x

Inicie a digitação aqui.

Vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent dio dig nissim qui blandit praesent Odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim.

Marca em preto com retícula em anúncio de jornal

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Nome Legal (se necessário) Endereço Código Postal Cidade UF País T. 00(00) 000 0000 F. 00(00) 000 0000

Formulário de fax usando Marca monocromática em positivo (em preto)

Marca monocromática em negativo (em branco) sobre garrafa Verde Vale

2.7


Uso de nomes na forma de texto

O nome Vale pode ser usado em associação com nomes de instituições. No entanto, no contexto do branding, descrições genéricas, unidades operacionais e produtos (por exemplo, jurídico e níquel) não devem estar associados ao nome Vale. Nomes descritivos devem combinar com o texto em que aparecem, ou seguir a diretriz estabelecida para a aplicação específica (como, por exemplo, sinalização, capa de brochura ou cartões de visitas). Os critérios para o uso de tratamento diferenciado de tipografia:

VALER - EDUCAÇÃO VALE

A educação faz parte do nosso negócio

John Smith

Diretor Valer - Educação Vale Companhia Vale do Rio Doce Av. Graça Aranha, 26 20030-900 Rio de Janeiro RJ Brasil T. 55 (21) 1234 5678 C. 55 (21) 1234 5678 F. 55 (21) 1234 5678 john.smith@vale.com

1. Exemplo de nome de entidade legal e institucional na forma de texto

• Minérios, por exemplo, carvão, níquel, manganês. • Nomes de unidades operacionais, como por exemplo, mina, porto ou fábrica, mas não projetos. • Instituições, como por exemplo, a Valer – Educação Vale, Fundação Vale e Instituto Ambiental Vale.

Nota: Esses exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito ilustrativo.

2. Exemplo de tratamento diferenciado de tipografia

A Vale considera o respeito ao meio ambiente um componente essencial de sua estratégia de sustentabilidade, buscando equilibrar a proteção ambiental com o desenvolvimento econômico. Para tanto, possuímos uma Política de Meio Ambiente, na qual os nossos compromissos com o aspecto ambiental são claramente explicitados.

3. Este exemplo mostra o uso do nome Vale em um texto

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.8


Marca – usos incorretos

A aplicação correta da Marca Vale preserva a sua integridade e garante a sua perfeita leitura. Qualquer modificação na marca, altera o seu significado, confunde o leitor e diminui o seu impacto. 1. NÃO alongue ou altere a marca de maneira alguma. 2. NÃO recrie ou altere o logotipo. 3. NÃO mude as cores da marca. 4. NÃO aplique a marca sobre fundos que não permitam a sua perfeita leitura. 5. NÃO desrespeite o arejamento, ainda que com slogans ou nomes institucionais. 6. NÃO use a marca em 3D ou com fios de contorno (outline). 7. NÃO aprisione a marca em boxes ou caixas de cor. 8. NÃO separe o símbolo do logotipo ou altere as suas relações e proporção. 9. NÃO use a Marca Vale no meio de um texto.

VALE 1

2

3

Sim, é possível. 4

5

6

Lorem ipsum

7

MARCA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

8

dolor

9

2.9


Paleta de cores

A paleta de cores é um componente fundaCores primárias mental do nosso sistema visual. Parte essencial da identidade da Vale. Verde Vale As cores primárias da Paleta de Cores Vale são o Verde Vale e o branco: o Verde Vale deve ser sempre a cor predominante em nossa comunicação e, junto com o branco, forma a base da nossa linguagem visual (look & feel).

Branco

Pantone® 328 C CMYK (C -superfície brilhante) 100 10 55 10 RGB 0 126 122 Hex #007E7A Pantone® 328 U CMYK (U - superfície fosca) 100 20 60 00

O Amarelo Vale e o Cinza Vale, presentes na marca, são as cores secundárias da paleta. Muito importantes também, elas podem ser usadas da mesma maneira que as cores primárias, porém, com menos freqüência. As cores terciárias foram escolhidas para agregar energia e enriquecer a nossa linguagem visual. Elas servem de apoio para as cores primárias e secundárias; e devem ser usadas, de maneira menos freqüente, com critério e bom senso. No entanto, as cores terciárias têm uma aplicação específica – e muito importante – nos supergráficos, como será mostrado mais adiante.

Cores secundárias Amarelo Vale Pantone® 124 C CMYK (C) 00 30 100 08 RGB 237 177 17 Hex #ECB11F

Cinza Vale Pantone® Cool Gray 9 C CMYK (C) 00 00 00 65 RGB 116 118 120 Hex #747678

Pantone® 7406 U CMYK (U) 00 20 100 05

Pantone® Cool Gray 9 U CMYK (U) 00 00 00 65

Cores terciárias

O esquema de áreas de cor desta página serve como referência para a proporção do uso das diversas cores da Paleta de Cores Vale. Nota: É preciso ter atenção para escolher a cor correta para papéis brilhantes ou foscos. Nota: As amostras das cores da paleta devem ser solicitadas ao Departamento de Comunicação e serão a referência para garantir o melhor resultado na reprodução. CORES / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Campo Claro Vale Pantone® 3965 C CMYK 10 00 100 00 RGB 227 222 43 Hex #E3DE2D

Campo Vale

Superfície fosca Pantone® 3965 U CMYK 10 00 95 00

Pântano Vale

Pantone® 399 C CMYK 10 00 100 40 RGB 160 154 52 Hex #A09935

Pântano Claro Vale Pantone® 5793 C CMYK 05 00 30 20 RGB 230 223 184 Hex #E6DFB8

Superfície fosca Pantone® 3975 U CMYK 00 00 92 32

Superfície fosca Pantone® 5793 U CMYK 00 00 15 15

Oceano Vale

Pantone® 7473 C CMYK 70 00 40 00 RGB 0 158 111 Hex #049E70

Oceano Claro Vale Pantone® 542 C CMYK 50 15 00 00 RGB 128 168 217 Hex #80A8D9

Superfície fosca Pantone® 7473 U CMYK 68 00 45 00

Uncoated Pantone® 2915 U CMYK 50 00 00 00

Superfície fosca Pantone® 314 U CMYK 85 00 05 35

Floresta Vale

Pantone® 5773 C CMYK 25 00 45 30 RGB 128 142 96 Hex #818E60

Floresta Clara Vale Pantone® 565 C CMYK 25 00 15 00 RGB 181 218 210 Hex #B5DAD2

Superfície fosca Pantone® 5767 U CMYK 20 00 40 25

Superfície fosca Pantone® 565 U CMYK 20 00 13 00

As cores mostradas nesta página e em todo o manual não foram avaliadas pela Pantone®, Inc para precisão e talvez não sejam compatíveis com os padrões da PANTONE. Consulte publicações atuais da PANTONE para cor precisa. PANTONE é de propriedade da Pantone, Inc.

Pantone® 7469 C CMYK 90 25 10 40 RGB 0 95 125 Hex #06607E

2.10


Tipografia

A tipografia é um elemento-chave no sistema visual e as fontes tipográficas escolhidas proporcionam padrões gráficos exclusivos para a Vale, o que traz personalidade e singularidade para a comunicação. Em todas as peças de comunicação impressas da Vale devem ser usadas apenas as fontes PMN Caecilia e Myriad Pro. Nenhuma outra é permitida. A exceção fica por conta das aplicações abertas em Microsoft® Word e PowerPoint®, que devem ser construídas com a fonte Arial. Myriad Pro e PMN Caecilia estão disponíveis para compra em: Linotype http://www.linotype.com FontShop http://www.fontshop.com Adobe http://www.adobe.com/type/

PMN Caecilia abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKMLNOPQRST 1234567890$%&(.,: ‘’ “ ”/ !?) Os usos preferenciais são PMN Caecilia Light, Roman e Bold

Myriad Pro abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKMLNOPQRST 1234567890$%&(.,: ‘’ “ ”/ !?) Os usos preferenciais são Myriad Pro Light, Regular, Semibold e Bold

Arial abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKMLNOPQRST 1234567890$%&(.,: ‘’ “ ”/ !?) Os usos preferenciais são Arial Regular e Bold

TIPOGRAFIA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.11


Tipografia – como usar

Os exemplos dessa página mostram o uso indicado para cada uma das Fontes Tipográficas Vale: a PMN Caecilia tem uma função mais gráfica e deve ser utilizada em títulos e chamadas, caracterizando os materiais Vale; a Myriad Pro tem excelente legibilidade e deve ser usada em textos corridos, privilegiando a informação. Os layouts criados para os materiais de comunicação devem ser, antes de tudo, simples e bastante arejados, aproveitando os espaços em branco e usando o mínimo possível de variações de cor, fonte, alinhamento, etc. Algumas regras básicas: • Estabelecer sempre uma hierarquia clara paras as informações, usando as fontes e seus diferentes pesos, tamanhos, cores e posição na página. • Usar chamadas, citações e outros recursos de texto para separar informações e criar um resultado visual mais interessante. • O texto deve ser sempre alinhado apenas à esquerda, nunca justificado. • Para perfeita legibilidade use 100% de preto para o corpo do texto. O Cinza Vale pode ser usado quando tiver pouco texto ou texto de tamanho grande.

DIPSUSCI EXERO

Erosto ercill augiat et vel ut facipit Lesectet lobore tat lumsandit alit ametummy nos nonseniat prat. Vulla faccum diam quat accum iuscing enim ex esequat aliquis aliquam numsan utpating esequat ip exer auguer augue vulla amet praessisl ut am, quamcortie magna faci et vel in velenisl delit aliquam, commolorem non hent adio exeraessisi euis esendigna faccummy niatum ipsusto odolessendre dolorpero ero commy nostionse dolore et prat. Na facipit augait lor sum eugait, quatis dipsusci exero eugiam ipit vel dipsum nullummy nulla facipis adiamco nsequisse dunt iriure te modio et, vel irit, commolesse dunt velit vel irit, quametumsan hendit alit estrud tatetum dolore dolorem alit at il dolore euipit del el dolessi. Erosto ercilluptat delit augiat, venisl utpatet.

Lesectet lobore tat lumsandit alit ametummy nos nonseniat prat. Vulla faccum diam quat accum iuscing enim ex esequat aliquis aliquam numsan utpating esequat ip exer auguer augue vulla amet praessisl ut am, quamcortie magna faci et vel in velenisl delit aliquam, commolorem non hent adio exeraessisi euis esendigna faccummy niatum ipsusto odolessendre dolorpero ero commy nostionse dolore et prat. Na facipit augait lor sum eugait, quatis dipsusci exer

Accum iuscing enim ex ut pating esequat ip exer auguer augue.

Use PMN Caecilia para títulos ou citações.

Gvel eum esequam, sism dolorer cilit, volendit incinci

Accum iuscing enim ex esequat aliquis aliquam numsan utpating esequat ip exer auguer augue vulla amet praessisl ut am, quamcortie magna faci et vel in velenisl delit aliquam comm.

Lesectet lobore tat al hent lumsandit Lesectet lobore tat lumsandit alit ametummy nos nonseniat prat. Vulla faccum diam quat accum iuscing enim ex esequat aliquis aliquam numsan utpating esequat ip exer auguer augue vulla amet praessisl ut am, quamcortie magna faci et vel in velenisl delit aliquam, commolorem non hent adio exeraessisi euis esendigna faccummy niatum ipsusto odolessendre dolorpero ero commy nostionse dolore et prat. Na facipit augait lor sum eugait, quatis dipsusci exero eugiam ipit vel dipsum nullummy nulla facipis adiamco nsequisse dunt iriure te modio et, vel irit, commolesse dunt velit vel irit, quametumsan hendit alit estrud tatetum dolore dolorem alit at il dolore euipit del el dolessi. Erosto ercilluptat delit augiat, venisl utpatet.

Lesectet lobore tat lumsandit alit ametummy nos nonseniat prat. Vulla faccum diam quat accum iuscing enim ex esequat aliquis aliquam numsan utpating esequat ip exer auguer augue vulla amet praessisl ut am, quamcortie magna faci et vel in velenisl delit aliquam, commolorem non hent adio exeraessisi euis esendigna faccummy niatum ipsusto odol essendre dolorpero ero commy nostionse dolore et prat. Na facipit augait lor sum eugait, quatis dipsusci exero eugiam ipit vel dipsum nullummy nulla facipis adiamco nsequisse dunt iriure te modio et, vel irit, commolesse dunt velit vel irit, quametumsan hendit alit estrud tatetum dolore dolorem alit at il dolore euipit del el dolessi. Erosto ercilluptat delit augiat, venisl utpatet.

Para descritivos de nomes institucionais, use Myriad Pro Regular em caixa alta.

Et ea adipsus cipsum erit vero euipisi. Ciliquis atie veliquamet illa ad tatue te te feum quam velendit nis nim illan heniat inciduis dolore diam quis eum volesent ut lore te feu feu feugait dolortis nostrud modigna feuis nulla consequ amcore ex ex enibh ea commy nulput autpatum iuscipismodo dolor illuptatet

Use Myriad Pro para o corpo do texto, legendas ou rodapé, e use Myriad Pro Condensed para textos legais.

Para subtítulos ou destaques do texto use Myriad Pro Semibold ou Bold. Ao usar caixa alta observe se a clareza da leitura não é afetada. Nunca use caixa alta em mais do que cinco palavras.

Nota: A Arial deve ser usada em aplicações abertas produzidas em Microsoft® Word e PowerPoint®.

TIPOGRAFIA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.12


Tipografia – usos incorretos

Gvel eum esequam, sism dolorer cilit 1

Gvel eum esequam, sism dolorer 2

Gve Gvel eum esequam, sism dolorer cilit volendit incinci

5

m

u

4

3

le

Gv sis el eu m m do lor eseq er ua cil m, it

Gvel eum esequam, sism dolorer

,

1. NÃO acrescente sombras. 2. NÃO use títulos ou textos centralizados. 3. NÃO faça o alinhamento à esquerda em diagonal. 4. NÃO use qualquer texto em diagonal. 5. NÃO use Myriad Pro para os títulos. 6. NÃO aplique textos em forma de curva. 7. NÃO justifique nem alinhe os textos à direita.

am

O uso correto das fontes tipográficas ajuda a reforçar os conceitos da Marca Vale. Por isso mesmo:

e s e qu

6

Gvel eum esequam, sism dolorer cilit

7

TIPOGRAFIA / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.13


Imagens – uma visão geral

A fotografia é uma forma de comunicação universal, usada para contar histórias, emocionar e conectar as pessoas; e podemos escolher as mais diversas imagens para diferentes mensagens e propósitos. Na comunicação Vale, devemos tentar focar em imagens do dia-a-dia, com pessoas e produtos, que mostrem como os ingredientes que a Vale descobre e transforma estão presentes na nossa vida, assim como os benefícios que eles trazem. Como regra geral, as imagens devem estar, sempre que possível, acompanhadas de mensagens que proporcionem o entendimento da relação entre os ingredientes Vale e os benefícios que eles geram. Todas as imagens utilizadas devem ser de altíssima qualidade, e precisam também estar alinhadas aos atributos da Marca Vale: Integração com a comunidade Acolhedor, afável e envolvido com o público, e não impessoal ou sentimental demais. Busca permanente Energético, otimista e cheio de idéias novas, e não monótono ou com promessas demais. Respeito à diversidade cultural Atencioso, de espírito aberto e colaborador, e não arrogante ou resistente ao novo. Disciplina focada Inteligente, firme e objetivo, e não complicado demais e repetitivo. Confiável Sincero, autêntico e agradavelmente direto, e não artificial ou falso. IMAGENS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Pessoas Uma situação de companheirismo, diálogo e colaboração, que emociona e mostra o benefício do trabalho da Vale.

Produto Uma situação do dia-a-dia mostrando um produto no qual os ingredientes da Vale são essenciais.

Nota: Estes princípios se aplicam tanto para materiais impressos quanto para vídeos e filmes. Nota: Os exemplos de imagens utilizadas neste manual são ilustrativas e não aprovadas para utilização. 2.14


Imagens de pessoas Use secundariamente, em páginas internas ou publicações mais funcionais Trabalho/ interno

As pessoas que devem aparecer em nossas imagens podem ser empregados que trabalham em nossas operações, pessoas do mundo dos negócios ou gente de qualquer lugar do planeta, que se beneficia com o resultado do nosso trabalho.

<

Podemos ter uma grande variedade de imagens de pessoas, para contar histórias ricas e Operações – Energético, direto e focado cheias de significados em nossos materiais de comunicação, sem esquecer de destacar sempre a presença e a importância dos produtos gerados a partir dos ingredientes essenciais que produzimos e transformamos. Imagens relacionadas ao benefício dos nossos produtos devem ser usadas em posições de maior visibilidade (capas de brochuras, cartazes etc). Imagens internas e de trabalho têm uso secundário e dão suporte e contexto para Operações – Direto e firme as imagens destacadas.

Use em áreas mais visíveis, como capas e posters

>

Benefício/ externo

Pesquisa – Simples, cuidadoso e focado

Responsabilidade social – Otimista, cordial e autêntico

Negócios – Colaborador, cordial e autêntico

Respeito cultural – Diversidade e comunidade

Negócios – Cooperativo e focado

Comunidade – Autêntico

Ao fotografar pessoas ou escolher imagens para os materiais Vale, é importante observar: • O trabalho da Vale beneficia pessoas do mundo todo e esta diversidade deve estar refletida nas imagens. • As pessoas devem ser autênticas, modernas e cordiais e devem estar confortáveis e relaxadas ao serem fotografadas. • Em um grupo, as pessoas devem estar interagindo, compenetradas e expressando confiança, nunca posando para a câmera.

IMAGENS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Operações – Firme, direto e dedicado

Nota: Em nossas imagens, as pessoas devem expressar pelo menos um dos atributos da Marca Vale, de maneira forte e convincente.

2.15


Imagens de produto Use secundariamente, em páginas internas ou publicações mais funcionais Ingrediente/ bruto

Os produtos que aparecem em nossas imagens vão desde ingredientes em estado bruto até produtos industrializados, presentes no dia-a-dia das pessoas, para os quais os nossos ingredientes são essenciais. Podemos usar uma grande diversidade de imagens de objetos e produtos em nossa comunicação sem, no entanto, deixar de destacar os benefícios que resultam do nosso trabalho.

<

Use em áreas visíveis, como capas e posters

>

Utilização/ benefício

Material bruto – Autêntico, honesto e simples

Produto – Simples, detalhado e focado

Ferro, Potássio – carrinho de supermercado, fertilizante – Otimista, cordial e autêntico

Operações – Direto, focado e inesperado

Produto – Preciso, claro e simples

Ferro, Alumínio, Cobre – carros, aparelho odontológico e jogos eletrônicos – Acessível

Logística – Firme e energético

Produto – Simples e autêntico

Ferro, Carvão – trem, energia elétrica – Seguro e firme

Imagens relacionadas ao benefício dos nossos produtos devem ser usadas em posições de maior visibilidade (capas de brochuras, cartazes etc). Imagens de materiais brutos têm uso secundário e dão suporte e contexto para as imagens destacadas. Ao fotografar ou escolher imagens para os materiais Vale, é importante observar: • O foco é o objeto, mas a composição deve remeter à vida, seja através de um corte dinâmico e surpreendente ou de uma perspectiva exclusiva, mostrando a interação do homem com o objeto. • O produto em destaque deve ser sempre acessível e de alta qualidade, sem ser extravagante ou luxuoso demais. • Se forem usadas, as fotos de produtos Vale devem estar num contexto em que outras imagens (ou um texto) ilustrem a transformação dos minérios da Vale em produtos presentes no nosso dia-a-dia. IMAGENS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.16


Estilo das imagens

Quando as imagens têm um mesmo estilo e as mesmas mensagens, a comunicação é unificada e ganha consistência. Três conceitos-chave, claramente relacionados aos negócios e ao posicionamento Vale, devem ser expressos em nossas imagens: simplicidade, surpresa e escala. Ao fotografar ou selecionar imagens, é necessário observar: • As imagens deve ter uma perspectiva autêntica, editorial. • As imagens devem compor um momento único e dinâmico no tempo, como uma cena de um filme.

Simplicidade

Surpresa

Escala

As imagens simples são fortes, possuem uma certa lógica, transmitem confiança e expressam claramente os benefícios que o nosso trabalho traz.

Trabalhamos com a descoberta, logo as nossas imagens devem ter um conteúdo real e genuíno; porém com uma perspectiva diferente, inusitada, surpreendente.

A partir da imensidão dos recursos da terra, produzimos pequeninos grão, que são usados em microchips ou em aviões. Expressões extremas e justaposição de imagens em escalas contrastantes são impressionantes e verdadeiras em nosso trabalho.

• As imagens devem ter uma composição dinâmica, sem que necessariamente um elemento predomine; algumas figuras ou objetos podem ser recortados. • Cada imagem deve apresentar uma situação simples, clara e de fácil entendimento. • As imagens devem ter qualidade: contraste adequado, profundidade, saturação de cores correta, etc. • A luz deve ser natural, não artifical ou fria.

IMAGENS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Seleção de modelo

Uso de imagens com o supergráfico

As pessoas devem ser espontâneas e simples, mostrando energia, paixão e otimismo. Sem fazer pose. Sem passar artificialidade. Devem ter prazer na descoberta e interagir com o meio ambiente ou, quando em grupo, com outras pessoas.

É necessário que a foto escolhida tenha contraste suficiente com o branco que fica acima da margem superior do supergráfico principal. Imagens com áreas brancas ou com fundos que não permitem um bom corte ou contraste com a área branca devem ser evitadas.

2.17


Imagens – usos incorretos

É muito importante que as imagens utilizadas sejam escolhidas de acordo com os critérios estabelecidos, para que a comunicação tenha consistência e transmita o valor verdadeiro do nosso trabalho para os nossos diferentes públicos. Ao fotografar ou selecionar imagens é necessário observar que imagens em desacordo com os valores da Marca Vale devem ser evitadas, ou seja: 1. NÃO use clichês ou imagens posadas. 2. NÃO use imagens que não tenham uma perspectiva natural. 3. NÃO use cenários artificiais ou de fantasia. 4. NÃO use imagens que tenham as cores de um concorrente. 5. NÃO use modelos ou cenários exageradamente dramáticos nem claramente posados. 6. NÃO use mais de uma imagem nas capas de brochura.

IMAGENS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

1

2

3

4

5

6

2.18


Ilustração

O recurso da ilustração pode ser usado em materiais de comunicação interna ou em peças dirigidas a comunidades, em casos onde não é possível utilizar imagens ou quando elas não são a melhor maneira de transmitir a mensagem desejada. É proibido o uso de ilustrações tipo cartoon em materiais de comunicação externa, ou mesmo em peças de comunicação interna que fiquem expostas em locais aos quais o público externo tenha acesso, porque: • Este recurso não é alinhado com o posicionamento e os atributos da Marca Vale, como os conceitos de sensibilidade cultural, respeito, disciplina etc;

Exemplo de ilustração usada para comunicações internas.

• Em diversas partes do mundo, a ilustração tipo cartoon é vista como um recurso não profissional e remete a diferentes associações, sendo facilmente mal interpretada; • As ilustrações tipo cartoon geralmente não têm uma linguagem e um estilo próprio e diferenciado. Nota: Ilustrações nunca devem ser usadas em combinação com os supergráficos.

IMAGENS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.19


Supergráficos

O recurso do supergráfico com a paisagem dinâmica da Vale é uma poderosa extensão da Marca Vale. Ele cria uma linguagem visual consistente e diferenciada em todas as aplicações, um “look & feel” exclusivo e alinhado com o posicionamento e os atributos da marca. O supergráfico é um elemento forte, expressivo, que remete aos conceitos de natureza e movimento. Transmite segurança; e mostra a linha do horizonte, geralmente associada com descoberta, transformação, perspectiva e otimismo.

SUPERGRÁFICOS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.20


Supergráficos – visão geral

Existem duas versões dos supergráficos: Supergráfico principal • Tem uso preferencial e deve ser usado sempre que possível em aplicações de maior apelo e importância. • Tem quatro versões, criadas para trazer variedade e flexibilidade de aplicação. • Deve ser sempre aplicado de modo que a arte-final sangre na base e nas margens esquerda e direita.

Vel illumo Accumsan in lobortis at venenatis a nunc en lobortis venenatis a nunc. Accumsan in lobortis at venenatis

• Pode ter texto aplicado na forma inferior. Supergráfico principal

• Pode ser combinado com imagem e, nesse caso, ela deve seguir o seu recorte, assumindo o limite da forma superior do supergráfico. • Tem cinco opções de paletas de cor.

Praesent qui vel illumo dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent dio dig nissim qui blandit praesent.

Supergráfico principal com imagem

Erose accumsan et iusto odio dig nissim

Supergráfico modular • Usado apenas em casos de exceção: aplicações muito horizontais, onde o supergráfico principal não pode ser utilizado. • Deve ser aplicado de modo que a sua artefinal sempre sangre nas margens esquerda e direita. • O módulo se encaixa perfeitamente e pode ser repetido o quanto for preciso para cobrir o espaço horizontal. • Tem cinco opções de paletas de cor. SUPERGRÁFICOS / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Odio dignissim qui blandit . Praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat . Nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla. Feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat . Nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Odio dignissim qui blandit . Praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui. Odio dignissim qui blandit . Praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat . Nulla accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Supergráfico modular

Nota: O recurso do supergráfico deve ser usado com pertinência e critério, nunca apenas como um elemento decorativo, para evitar a sua banalização. 2.21


Supergráfico principal – versões

Existem quatro versões do supergráfico principal e o uso alternado dessas variações surpreende e agrega dinamismo e personalidade à comunicação. Cada versão tem múltiplas possibilidades de ampliação e redução, para poder se adequar à grande diversidade dos materiais de comunicação da Vale. E, em materiais impressos, devem sempre ser aplicados com sangramento. Nota: Cada versão está disponível em cinco paletas de cor, uma delas em tons de preto, para materiais impressos a uma cor (preto). Versão A

Versão B Área preferencial para corte

Versão C

SUPERGRÁFICO PRINCIPAL / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Versão D

2.22


Supergráfico principal – cores

As cinco paletas de cor apresentadas aqui, aplicadas às quatro versões do supergráfico principal, com suas múltiplas possibilidades de ampliação e redução, criam um grande leque de opções para as peças de comunicação da Vale. E uma linguagem visual exclusiva, um “look & feel” único. O uso alternado das várias paletas de cor traz o elemento surpresa, cria dinamismo e possibilita a clara diferenciação de materiais essencialmente distintos. Para criar essas paletas de cor, as Cores Primárias Vale foram combinadas com as cores terciárias, de maneira específica e determinada, sempre preservando os conceitos de natureza, movimento e segurança.

1

2

As opções de cor (sempre da parte superior para a parte inferior do supergráfico principal):

5

Cinza: para exemplos apenas de uma cor.

1. Campo Claro Vale / Campo Vale / Verde Vale 2. Oceano Claro Vale / Oceano Vale / Verde Vale 3. Pântano Claro Vale / Pântano Vale / Verde Vale 4. Floresta Clara Vale / Floresta Vale / Verde Vale 5- Tons de cinza Nota: Para maiores detalhes sobre as cores, consulte a página da paleta de cores (item 2.19). 3

SUPERGRÁFICO PRINCIPAL / ELEMENTOS ESSENCIAIS

4

2.23


Supergráfico principal – ampliação

A ampliação proporcional do supergráfico principal, seja qual for a versão escolhida, deve seguir alguns princípios: • O supergráfico principal deve estar centralizado na peça, a partir do corte sugerido para cada versão. • Para ser ampliado, o supergráfico principal deve estar apoiado na base do layout criado.

x

,25x mín O supergráfico principal está no seu tamanho mínimo quando a altura da forma verde ocupa 25% da altura total da peça gráfica.

• A arte-final fornecida para cada supergráfico principal já possui áreas laterais preferenciais para corte, e não pode ser alongada, em hipótese alguma. • Existe um tamanho mínimo de aplicação e um tamanho máximo de ampliação, baseados na relação entre a área de Verde Vale e o espaço em branco da peça em questão, preservando também o arejamento da Marca Vale. Estes limites não podem ser desrespeitados. Nota: Escalas mínima e máxima foram estabelecidas para manter o equilíbrio correto da cor, do campo branco e do arejamento da Marca Vale.

O supergráfico principal está no seu tamanho máximo. quando a sua maior altura atinge a área de arejamento da Marca Vale. área de arejamento

max

SUPERGRÁFICO PRINCIPAL / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.24


Supergráfico principal – uso com imagens

O supergráfico principal pode ser usado em combinação com imagens, quando isso for desejado e pertinente, para aumentar ainda mais a sua gama de possibilidades e o poder da comunicação.

Princípios

Para isso, alguns princípios devem ser respeitados: 1. Posicione o supergráfico principal na base da peça, centralizado, a partir do corte sugerido para a versão escolhida. 2. Em função da peça e da imagem, ajuste o tamanho da forma superior (cor mais clara) seguindo os critérios de ampliação (página anterior). 3 Coloque a imagem dentro da forma (do supergráfico). 4. Aplique um filtro Multiply na forma intermediária.

1

2

3

Aplicações

Notícias

Vel illumo eu feugiat nulla Accumsan in lobortis at venenatisnunc nullam tincidunt.

Informativo bimestral das ações da Vale em | Congonhas | nº 15 - ano 3 - Edição 00

Nota: A forma Verde Vale permanece inalterada, sem imagem; mas pode receber textos, dentro de um certo limite. Nota: Antes da produção ou escolha de imagens, a seção Imagens desse Manual deve ser consultada. Uma cidade de muitas histórias Usina e educação

Alojamento

Capacitação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla scelerisque

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla scelerisque

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla scelerisque

Página 3

Páginas 6 & 7

Página 8

Boletim de informações

SUPERGRÁFICO PRINCIPAL / ELEMENTOS ESSENCIAIS

Accumsan in lobortis at venenatis a nunc en lobortis at venenatis a nunc. Accumsan in lobortis at venenatis a nunc en lobortis at venenatis a nunc.

Banner horizontal

2.25


Supergráfico principal – exemplos de aplicação

Uma vez que o tamanho de cada elemento, assim com a proporção existente entre eles, é fundamental para a clareza da mensagem, a solução é tirar partido da flexibilidade para chegar aos mais diversos resultados. Os exemplos ao lado mostram como usar o supergráfico principal em peças com formatos e características bem diferentes. Vel illumo eu feugiat nulla Accumsan in lobortis venenatisnunc nullam tincidunt nunc varius auctor. Quisque lectus mi, accumsan.

Nota: O supergráfico principal deve aparecer apenas uma vez em cada aplicação. Nota: O supergráfico principal foi criado para funcionar na maioria das aplicações: em casos de exceção (layouts extremamente horizontais), o supergráfico modular (veja a seguir) deve ser utilizado.

Illumo lectus nulla

Accumsan in lobortis at venenatis.

Mala direta

Capa de brochura

Sodales id erat quisque lectus mi accumsan

Sodales id erat. Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at venenatisnunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor. Quisque lectus mi, accumsan in lobortis at venenatis a nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor. lobortis at venenatis.

Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at nullam tincidunt, nunc in varius auctor. Quisque lectus mi, accumsan in lobortis at venenatis a nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor. lobortis at venenatis.

Poster Supergráfico principal em seu tamanho máximo

SUPERGRÁFICO PRINCIPAL / ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.26


Supergráfico principal – usos incorretos

Para que o supergráfico principal seja aplicado de maneira correta, é fundamental que apenas a arte-final fornecida seja utilizada; e que as regras de aplicação sejam conhecidas.

Boreetum ilis dignisl ullutem dit ing eratet, qui blan veros augait, volorercin ver sed te er sis nulla adit, conulla faciliq uisissim

A integridade do supergráfico principal – e seus elementos de paisagem dinâmica – deve ser sempre respeitada:

Ming ex enim ipit praesecte do Lore essim quat et, vendionsed do dipsumsan ut ad dolobor am verostrud mod tie dit auguer ipis autpati onulla facipit aute erosting et adit irit nit veros nulla facipsummod tem quis et adit, venisim zzriusci euis aut el utat adit wis augait lute dolorperci eumsandrem vel incilit, sum iureetum zzrilis auguero core molute do ea ad tem vulla alis alisi. Duis acin ulla feumsan utpatum in henim nim vel doloreet nostisi tatu tatumsandrem zzrilis nosto ercipit ullum ip et, sustin hent ing eummodiam mmodiam do diam vel ea feuissed te modit augiat in ex essit, suscilit

1. NÃO use o supergráfico principal nas páginas internas de nenhum material. 2. NÃO amplie demais o supergráfico, desrespeitando o arejamento da Marca Vale. 3. NÃO deforme o supergráfico principal. 4. NÃO crie ou acrescente efeitos, como linhas, sombras ou 3D ao supergráfico principal. 5. NÃO rotacione o supergráfico principal. 6. NÃO modifique os cortes sugeridos para as quatro versões do supergráfico principal nem deixe de fazer o sangramento na base, na forma Verde Vale, e nas laterais. 7. NÃO aplique o supergráfico principal sobre fundo de cor.

Ud del dio od ex ero core magnim vulluptat iureet nit aut at. Duis del dolorercing euipit utat do con esendre tationu llametum volor sit velent autat.

Veros

Ut augait adionse quisciniam zzriurerci ent ullutat adipit adit irillum dolorem et nisci ex erate dolore faccum dolestie eu facil euipiscing euip esequatet, qui blam zzrilit eraestie dignim duis acing et dolobore d delisl li l exer sum d dolent l veriurem nim

Ectet nonsect nonsectum nullut velisi Ut dolumsan ut dionsed molum ent praesequipis autat, si tem in velenibh etue tat. Lor sequatuerit, summy nulla feuissim nulla feuguero conulput nummy nullan erat nit utpat, suscilit loreration hendre vel ilit verci esequi eliquat vel dolum zzrilitUd doleniam doluptat. Ommy niat velessi tem vendiatuero consend ipisis eu feugiam, quam diam, si blandionsed tat alisi tat, sequi. Delit ut luptatuero odignim quis ad

tat. Loboreet Lobor ationsectem dolestisim nostie ostie feuis amcorem deliquatum ad mod tat. tat Rit ipisl del iurem ipisl inciduipit nos aliquat, sequam, quam. Dolorpero dit at in ut nosto consequam dio diam inim verostie er irilis do doloree tumsandre diat ex ex esequis cilisse ndrero erosto dolummy nummodo lortionullam iusto conse diat alit wis aute do.

Vel illumo

1

3

SUPERGRÁFICO PRINCIPAL / ELEMENTOS ESSENCIAIS

laorperiusto consequat lam, consecte dolobore tin unum Illam quam, vel dolortionse voluptat. It numsan utat ipit at, quisl dolum do od exero corero odignim inim volenismod euis numsandiat autat.

2

4

5

6

7

2.27


Supergráfico modular – cores

As cinco paletas de cor apresentadas aqui, aplicadas ao supergráfico modular, criam um leque de opções para as peças de comunicação da Vale. O uso alternado das várias paletas de cor traz o elemento surpresa, cria dinamismo e possibilita a clara diferenciação de materiais essencialmente distintos. Para criar essas paletas de cor, as Cores Primárias Vale foram combinadas com as cores terciárias, de maneira específica e determinada, sempre preservando os conceitos de natureza, movimento e segurança.

1

2

As opções de cor (sempre da parte superior para a parte inferior do supergráfico modular). 1. Campo Claro Vale / Campo Vale / Verde Vale 2. Oceano Claro Vale / Oceano Vale / Verde Vale

3

3. Pântano Claro Vale / Pântano Vale / Verde Vale 4. Floresta Clara Vale / Floresta Vale / Verde Vale 5- Tons de cinza 4

Nota: Para maiores detalhes sobre as cores, consulte a página da paleta de cores (item 2.19).

5

Em cinza: A paleta em tons de cinza deve ser utilizada apenas em materiais impressos a uma cor/preto. SUPERGRÁFICO MODULAR/ ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.28


Supergráfico modular – a repetição

Uma vez que o supergráfico modular foi criado para casos especiais, com muito espaço horizontal, onde o supergráfico principal não se aplica, ele é intencionalmente longo. Além disso, ele foi concebido de maneira que a sua extremidade final se encaixa perfeitamente na extremidade inicial de sua própria repetição, possibilitando que a forma resultante tenha a extensão necessária para a aplicação, sem que haja deformação da paisagem dinâmica que ela contém.

Um módulo

Nota: O supergráfico modular sangra apenas nas laterais, nunca no topo ou na base.

Três módulos repetidos

SUPERGRÁFICO MODULAR/ ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.29


Supergráfico modular – ampliação

O supergráfico modular pode ser ampliado proporcionalmente para se adequar às necessidades de cada peça. E, a partir do seu limite de ampliação (ou quando for a melhor solução para o layout), deve ser repetido.

Arejamento ,3x

max ,3x

Existe um tamanho mínimo de aplicação e um tamanho máximo de ampliação, baseados na relação entre a altura do supergráfico modular e da peça em questão. Estes limites não podem ser desrespeitados.

x

Arejamento ,3x Altura máxima 30% A altura do supergráfico modular não pode ser maior do que 30% da altura da peça em que ele está aplicado.

O supergráfico modular deve manter sempre, no mínimo, um arejamento com a altura igual à sua, para cima e para baixo. Quando apenas um módulo é aplicado, ele Arejadeve estar centralizado na peça. Se a arte-final mento ,1x fornecida já possui áreas laterais, preferenciais para corte e não pode ser alongada, em hipótese alguma. Nota: O supergráfico modular pode ser corta- min ,1x do nas laterais, para permitir o sangramento.

x

Arejamento ,1x Altura mínima 10% A altura do supergráfico modular não pode nunca ser menor do que 10% da altura da peça em que ele está aplicado.

SUPERGRÁFICO MODULAR/ ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.30


Supergráfico modular – uso de imagens

Em relação ao uso combinado de imagens o supergráfico modular funciona de forma bem diferente (em relação ao supergráfico principal) e tem duas finalidades importantes. A primeira é usar as imagens para reforçar a noção de profundidade, um conceito inerente ao supergráfico modular.

Erose accumsan et iusto odio dig nissim

Praesent qui vel illumo dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent dio dig nissim qui blandit praesent.

Nesse caso, as duas formas superiores do supergráfico modular devem ganhar transparência e passar sobre (overlay) a imagem que, por sua vez, deve ser sempre uma imagem de perfil. O segundo caso acontece quando o supergráfico funciona como um delimitador de uma área com imagens.

Odio dignissim qui blandit . Praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat . Nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla. Feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat . Nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Odio dignissim qui blandit . Praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui. Odio dignissim qui blandit . Praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat . Nulla accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Banner horizontal com imagem de perfil

É importante notar que o supergráfico modular nunca pode cortar/atravessar imagens. Nota: As três formas do supergráfico modular devem estar sempre visíveis.

Erose accum san et iusto

Odio dignissim qui blandit . Praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat . Nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla. Feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui

Feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla eros et accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. Vel illumo eu feugiat .

Odio dig nissim qui blandit praesent dio dig nissim qui blandit est praesent.

Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent et iusto odio dig nissim qui blandit praesent et iusto odio dig nissim qui blandit praesent. et iusto odio dig nissim qui blandit praesent.

Banner horizontal com área delimitada de imagens

SUPERGRÁFICO MODULAR/ ELEMENTOS ESSENCIAIS

2.31


Supergráfico modular – uso alternativo

O exemplo ao lado mostra o supergráfico modular aplicado num formato que requisita horizontalidade extrema. É importante lembrar que o supergráfico modular deve aparecer apenas uma vez em cada peça/contexto, sempre que possível com força e intensidade. Uso de exceção: O supergráfico modular pode ser usado, excepcionalmente, em cabeçalhos de convites e banners eletrônicos, sites etc, uma vez que estes formatos não permitem o sangramento na base, logo, o uso do supergráfico principal.

SUPERGRÁFICO MODULAR/ ELEMENTOS ESSENCIAIS

x x arejamento mínimo 2.5x

O arejamento mínimo deve ser ”x“ entre a base do símbolo e parte superior do supergráfico modular.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla scelerisque tellus nec lectus. Sed aliquet mauris suscipit libero. Suspendisse laoreet blandit risus. Donec cursus. Aenean dignissim varius lorem. Ut ante. Vivamus hendrerit viverra magna. Nullam id mi sit amet libero sodales lobortis. Mauris pharetra vulputate leo. Nunc venenatis tortor eu dui. Fusce tellus quam, imperdiet et, consectetuer nec, bibendum non, magna. Morbi sollicitudin. Proin sed metus. Nullam a justo bibendum lacus condimentum tempor. Curabitur est dolor volutpat et condimentum ut accumsan ac

O cabeçalho de um convite eletrônico está construído com o supergráfico modular porque o supergráfico principal não pode ser aplicado aqui (não há como fazer o sangramento na base).

2.32


Supergráfico modular – usos incorretos

Para que o supergráfico modular seja aplicado de maneira correta, é fundamental que apenas a arte-final fornecida seja utilizada; e que as regras de aplicação sejam conhecidas. A integridade do supergráfico modular – e seus elementos de paisagem dinâmica – deve ser sempre respeitada: 1. NÃO aplique imagens no interior do supergráfico modular. 2. NÃO utilize o supergráfico modular sobre imagens ou fundos complexos. 3. NÃO comprima ou alongue o supergráfico modular: use mais de um módulo quando necessário. 4. NÃO rotacione o supergráfico modular. 5. NÃO use o supergráfico modular com sangramento na base ou na parte superior. 6. NÃO aplique o supergráfico modular fora dos limites mínimo e máximo permitidos. 7. NÃO use mais de um supergráfico modular em um mesmo layout. 8. NÃO aplique o supergráfico modular sobre fundos de cor. 9. NÃO deforme ou use partes do supergráfico modular.

Praesent qui illumo eu feugiat ulla erose accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent.

1

Aprenda mais sobre nossos benefícios

3

4

5

Dignissim qui blandit praesent qui.

Dignissim qui blandit praesent qui.

Vel illumo eu feugiat nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent Odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Vel illumo eu feugiat nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent Odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Fiscisus portum dignissim qui

Metilus pactus dignissim qui

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla sollicitudin nonummy leo. Proin ultrices placerat ligula. Duis quis metus. Nulla euismod suscipit massa.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla sollicitudin nonummy leo. Proin ultrices placerat ligula. Duis quis metus. Nulla euismod suscipit massa.

Proin leo justo, blandit vitae, posuere nec, sodales id, erat. Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at, venenatis a, nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor, nunc eros ultrices nibh, et varius nisl magna nec magna. Quisque at nibh.

Proin leo justo, blandit vitae, posuere nec, sodales id, erat. Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at, venenatis a, nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor, nunc eros ultrices nibh, et varius nisl magna nec magna. Quisque at nibh.

Aliquam ut arcu vehicula neque fermentum porttitor. Suspendisse mi metus, placerat eu, tincidunt a, pellentesque eget, turpis. Morbi vestibulum neque sit amet libero. Vestibulum tristique vehicula purus. Phasellus felis orci, congue ut, gravida non, varius nec, est. Phasellus eleifend ipsum et turpis. Phasellus quis eros eget arcu fermentum fermentum. In dictum gravida nisl. Donec massa erat, pulvinar id, placerat a, blandit eu, felis. Nam sit amet risus gravida tellus vestibulum tristique. Donec consectetuer. Vestibulum quis enim.

Aliquam ut arcu vehicula neque fermentum porttitor. Suspendisse mi metus, placerat eu, tincidunt a, pellentesque eget, turpis. Morbi vestibulum neque sit amet.

Fiscisus portum dignissim qui Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla sollicitudin nonummy leo. Proin ultrices placerat ligula. Duis quis metus. Nulla euismod suscipit massa. Proin leo justo, blandit vitae, posuere nec, sodales id, erat. Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at, venenatis a, nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor, nunc eros ultrices nibh, et varius nisl magna nec magna. Quisque at nibh.

9

6

SUPERGRÁFICO MODULAR/ ELEMENTOS ESSENCIAIS

2

7

8

2.33


Sistema visual


Elementos do Branding Vale

Juntos, os elementos essenciais do Branding Vale criam uma linguagem visual consistente, única e de reconhecimento imediato para todos os nossos materiais de comunicação. O objetivo é proporcionar uma experiência consistente e memorável, em todo o universo Vale, que esteja perfeitamente alinhada com o posicionamento e os atributos da Marca Vale.

PMN Caecilia

Títulos e Chamadas

2

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKMLNOPQRST 1234567890$%&(.,: ‘’ “ ”/ !?)

Os elementos essenciais são: 1

1. Marca 2. Cores 3. Tipografia 4. Imagens 5. Supergráficos 6. Linguagem 7. Princípios do layout Os exemplos das páginas seguintes mostram como os elementos essenciais podem ser usados juntos e como eles possibilitam uma linguagem dinâmica e flexível, tanto no aspecto funcional quanto no criativo.

Myriad Pro

Texto corrido e notas Nit voluptat consequis delit

Branding Vale

Non heniam, sumsan ulla accum

Lore essim quat et, vendionsed do dipsumsan ut ad dolobor am verostrud mod tie dit auguer ipis autpati onulla facipit aute erosting et adit irit nit veros nulla facipsummod tem quis et adit, venisim zzriusci euis aut el utat adit wis augait lute dolorperci eumsandrem vel incilit, sum iureetum zzrilis auguero core molute do ea ad tem vulla alisi. Duis acin ulla feumsan utpatum in henim nim vel doloreet nostisi tatumsandrem zzrilis nosto ercipit ullum ip et, sustin hent ing eummodiam do diam vel ea feuissed te modit augiat in ex essit, suscilit Velisit lore elit

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKMLNOPQRST 1234567890$%&(.,: ‘’ “ ”/ !?) 3

Lore allamn aut dipit

Nim delit pulluptatin Ut dolumsan ut dionsed molum ent praesequipis autat, si tem in velenibh etue tat. Lor

sequatuerit, summy nulla feuissim nulla feuguero conulput nummy nullan erat nit utpat, suscilit loreration hendre vel ilit verci esequi eliquat vel dolum zzrilit. Ud doleniam doluptat. Ommy niat velessi tem vendiatuero consend ipisis eu feugiam, quam diam, si blandionsed tat alisi tat, sequi. Delit ut luptatuero odignim quis ad tat. Loboreet

ationsectem dolestisim nostie feuis amcorem deliquatum ad mod tat. Rit ipisl del iurem ipisl inciduipit nos aliquat, sequam, quam. Dolorpero dit at in ut nosto consequam dio diam inim verostie er irilis do doloree tumsandre diat ex ex esequis cilisse ndrero erosto dolummy nummodo lortionullam iusto conse diat alit wis aute do erciliquis aliquat Iquat. Ommy nibh et alit acil dolor sum velesed tet

Consed

06

07

7

Ingredientes essenciais para nossa vida diária

4

6

5 ELEMENTOS DO BRANDING / SISTEMA VISUAL

3.1


Aplicando os elementos

Existe uma gama enorme de aplicações e as mais diversas necessidades de comunicação. Para encontrar a melhor solução em cada caso, os elementos – e a maneira como serão aplicados – podem variar bastante: desde uma simples identificação (básica e direta) até um material descritivo (com muita informação).

<

IDENTIFICAÇÃO

CONTEÚDO

>

Lorem

Como mostram os exemplos ao lado, o uso correto dos elementos pode criar uma linguagem única e consistente para todos os tipos de aplicação.

Non heniam, sumsan ulla accum

Versim at quipit

Lore essim quat et, vendionsed do dipsumsan ut ad dolobor am verostrud mod tie dit auguer ipis autpati onulla facipit aute erosting et adit irit nit veros nulla facipsummod tem quis et adit, venisim zzriusci euis aut el utat adit wis augait lute dolorperci eumsandrem vel incilit, sum iureetum zzrilis auguero core molute do ea ad tem vulla alisi.

100 50 0 ‘06

‘08

Duis acin ulla feumsan utpatum in henim nim vel doloreet nostisi tatumsandrem zzrilis nosto ercipit ullum ip et, sustin hent ing eummodiam do diam vel ea feuissed te modit augiat in ex essit, suscilit

Faccum alis Ut dolumsan ut dionsed molum ent praesequipis autat, si tem in velenibh etue tat. Lor sequatuerit, summy nulla feuissim.

Lorem ipsum dolor sit amet consectetuer adipiscing

Nulla feuguero conulput nummy nullan erat nit utpat, suscilit loreration hendre vel ilit verci esequi eliquat vel dolum zzrilit. Ud doleniam

doluptat. Ommy niat velessi tem vendiatuero consend ipisis eu feugiam, quam diam, si blandionsed tat alisi tat, sequi. Delit ut luptatuero odignim quis ad tat. Loboreet ationsectem dolestisim nostie feuis.

Lorem ipsum dolor

Identificação Simples aplicação da Marca Vale, cores limitadas e tipografia funcional.

ELEMENTOS DO BRANDING / SISTEMA VISUAL

Apelo visual Uso do supergráfico principal com imagem, mensagem simples, cores e tipografia criam um “look & feel” com grande apelo visual.

Conteúdo Uso de cores, tipografia e imagens para que o conteúdo informativo mostre também a personalidade da Marca Vale.

3.2


Aplicando os elementos – exemplos

Os exemplos ao lado mostram materiais em que o nome ou a Marca Vale estão claramente identificados, proporcionando o imediato reconhecimento e criando familiaridade. Materiais desse tipo devem ser apenas informativos. As aplicações abrangem: - Papel timbrado - Cartão de visita - Assinatura de e-mail

Nome da cidade, 00 de mês de 0000 Senhor Nome Nome Razão Social Nome da Rua, 000 00000-000 Cidade UF Ref.: Modelo para digitação

Prezado Senhor, Esta é um exemplo das normas de digitação de toda a correspondência da Vale.

Nota: Os exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito de ilustrar.

O primeiro terço da correspondência deve ser ocupado pela data, razão social, especificações pessoais, endereçamento e referência, iniciando-se a 25mm da borda superior do papel. O texto da correspondência deverá ser composto em alfabeto Arial, corpo 11 pt, caixa alta e baixa, com entrelinha 13 pt. Utilizar alinhamento à esquerda, a 25 mm da borda esquerda do papel. Somente siglas e títulos podem ser digitados em maiúsculas. Para separar e caracterizar os parágrafos, utiliza-se espaço de entrelinhas. Não se deve cortar palavras. Recomenda-se que a linha do texto termine aproximadamente 15 mm da borda direita do papel. O final do texto deve terminar no mínimo a 35 mm da borda inferior do papel. De forma geral, estas normas de digitação são válidas para a execução de cartas, memorandos, circulares, facsimile, relatórios, etc. Para ser colocado em envelope tipo ofício, o papel de carta deve ser dobrado em três partes iguais. Atenciosamente,

Nome Sobrenome Cargo

Nome Legal (se necessário) Endereço Código Postal Cidade UF País T. 00 (00) 0000 0000 F. 00 (00) 0000 0000

John Smith Diretor Departamento de Comunicação Vale Av. Graça Aranha, 26 20030 900 Rio de Janeiro RJ Brazil T. 55 (21) 1234 5678 M. 55 (21) 1234 5678 F. 55 (21) 1234 5678 john.smith@vale.com

Assinatura de e-mail

EXEMPLOS / SISTEMA VISUAL

3.3


Aplicando os elementos – exemplos

Os exemplos ao lado mostram materiais em que o nome ou a Marca Vale estão claramente identificados, proporcionando o imediato reconhecimento e criando familiaridade. Materiais desse tipo devem ser apenas informativos. Essas aplicações geralmente acontecem num contexto em que existem outros elementos, que podem competir visualmente com elas. Por isso elas devem ser imediatamente reconhecidas como materiais Vale. As aplicações abrangem: - Banner/faixa para ginásio - Placa de sinalização Nota: Os exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito de ilustrar.

NOME DO PRÉDIO BUILDING NAME

EXEMPLOS / SISTEMA VISUAL

3.4


Aplicando os elementos – exemplos

Nesta página, dois exemplos de materiais que têm a necessidade de mais apelo visual, para atrair o olhar e capturar a atenção do público: eles têm a marca, mas também têm alguma mensagem e elementos visuais. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.

As aplicações abrangem: - Banners - Poster Nota: Os exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito de ilustrar.

O uso do supergráfico principal valoriza a peça e cria destaque para a mensagem.

Usando o supergráfico principal ampliado para ocupar os três banners, aqui tratados como uma peça só.

EXEMPLOS / SISTEMA VISUAL

3.5


Aplicando os elementos – exemplos

Nos exemplos ao lado a questão é o conteúdo, a informação; e aqui a clareza e a objetividade (sem abrir mão da personalidade) são muito importantes. A ausência do supergráfico proporciona maior destaque para o conteúdo e os recursos do design devem ser explorados com o objetivo de informar/comunicar bem seja atingido. Para criar áreas de cor/boxes, quadros ou gráficos, use formas simples, como por exemplo quadrados e retângulos com cantos retos, círculos ou triângulos.

Boreetum ilis dignisl ullutem dit ing eratet, qui blan veros augait, volorercin ver sed te er sis nulla adit, conulla faciliq uisissim Ming ex enim ipit praesecte do Lore essim quat et, vendionsed do dipsumsan ut ad dolobor am verostrud mod tie dit auguer ipis autpati onulla facipit aute erosting et adit irit nit veros nulla facipsummod tem quis et adit, venisim zzriusci euis aut el utat adit wis augait lute dolorperci eumsandrem vel incilit, sum iureetum zzrilis auguero core molute do ea ad tem vulla alisi. Duis acin ulla feumsan utpatum in henim nim vel doloreet nostisi tatumsandrem zzrilis nosto ercipit ullum ip et, sustin hent ing eummodiam do diam

vel ea feuissed te modit augiat in ex essit, suscilit laorperiusto consequat lam, consecte dolobore tin unum Illam quam, vel dolortionse voluptat. It numsan utat ipit at, quisl dolum do od exero corero odignim inim volenismod euis numsandiat autat. Ud del dio od ex ero core magnim vulluptat iureet nit aut at. Duis del dolorercing euipit utat do con esendre tationu llametum volor sit velent autat. Ut augait adionse quisciniam zzriurerci ent ullutat adipit adit irillum dolorem et nisci ex erate dolore faccum dolestie eu facil euipiscing esequatet.

Aprenda mais sobre nossos benefícios

Veros

Ectet nonsectum nullut velisi Ut dolumsan ut dionsed molum ent praesequipis autat, si tem in velenibh etue tat. Lor sequatuerit, summy nulla feuissim nulla feuguero conulput nummy nullan erat nit utpat, suscilit loreration hendre vel ilit verci esequi eliquat vel dolum zzrilitUd doleniam doluptat. Ommy niat velessi tem vendiatuero consend ipisis eu feugiam, quam diam, si blandionsed tat alisi tat, sequi. Delit ut luptatuero odignim quis

ad tat. Loboreet ationsectem dolestisim nostie feuis amcorem deliquatum ad mod tat. Rit ipisl del iurem ipisl inciduipit nos aliquat, sequam, quam. Dolorpero dit at in ut nosto consequam dio diam inim verostie er irilis do doloree tumsandre diat ex ex esequis cilisse ndrero erosto dolummy nummodo lortionullam iusto conse diat alit wis aute do

A diagramação deve ser arejada, explorando o branco e o uso predominante do Verde Vale. As cores secundárias e terciárias da Paleta de Cores Vale devem ser usadas de modo econômico, para criar um sentido de leitura, gerar Cores, imagens e tipografia ajudam a criar uma linguainteresse ou destacar títulos, frases etc. gem visual dinâmica e forte.

Dignissim qui blandit praesent qui.

Dignissim qui blandit praesent qui.

Vel illumo eu feugiat nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent Odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Vel illumo eu feugiat nulla eros et. Accumsan et iusto odio dig nissim qui blandit praesent Odio dignissim qui blandit praesent qui vel illumo eu feugiat nulla.

Fiscisus portum dignissim qui

Metilus pactus dignissim qui

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla sollicitudin nonummy leo. Proin ultrices placerat ligula. Duis quis metus. Nulla euismod suscipit massa.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla sollicitudin nonummy leo. Proin ultrices placerat ligula. Duis quis metus. Nulla euismod suscipit massa.

Proin leo justo, blandit vitae, posuere nec, sodales id, erat. Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at, venenatis a, nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor, nunc eros ultrices nibh, et varius nisl magna nec magna. Quisque at nibh.

Proin leo justo, blandit vitae, posuere nec, sodales id, erat. Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at, venenatis a, nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor, nunc eros ultrices nibh, et varius nisl magna nec magna. Quisque at nibh.

Aliquam ut arcu vehicula neque fermentum porttitor. Suspendisse mi metus, placerat eu, tincidunt a, pellentesque eget, turpis. Morbi vestibulum neque sit amet libero. Vestibulum tristique vehicula purus. Phasellus felis orci, congue ut, gravida non, varius nec, est. Phasellus eleifend ipsum et turpis. Phasellus quis eros eget arcu fermentum fermentum. In dictum gravida nisl. Donec massa erat, pulvinar id, placerat a, blandit eu, felis. Nam sit amet risus gravida tellus vestibulum tristique. Donec consectetuer. Vestibulum quis enim.

Aliquam ut arcu vehicula neque fermentum porttitor. Suspendisse mi metus, placerat eu, tincidunt a, pellentesque eget, turpis. Morbi vestibulum neque sit amet.

Fiscisus portum dignissim qui Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nulla sollicitudin nonummy leo. Proin ultrices placerat ligula. Duis quis metus. Nulla euismod suscipit massa. Proin leo justo, blandit vitae, posuere nec, sodales id, erat. Quisque lectus mi, accumsan in, lobortis at, venenatis a, nunc. Nullam tincidunt, nunc in varius auctor, nunc eros ultrices nibh, et varius nisl magna nec magna. Quisque at nibh.

As informações são comunicadas de maneira direta, com clareza.

As aplicações abrangem: - Páginas internas de uma publicação - Boletim informativo interno Nota: Os exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito de ilustrar.

EXEMPLOS / SISTEMA VISUAL

3.6


Aplicando os elementos – exemplos

Apelo visual

Muitas vezes é necessário que se tenha soluções de identificação, apelo visual e conteúdo numa mesma peça ou local. Isso acontece, geralmente, em publicações, site, estandes promocionais e ambientação de espaços

Identificação

Conteúdo

Lorem

Quando usar mais de uma imagem em um layout, tenha cuidado para que cada idéia, e sua importância hierárquica apóie os objetivos das mensagens. As aplicações abrangem: - Brochuras

100 50 0 ‘06

‘08

Duis acin ulla feumsan utpatum in henim nim vel doloreet nostisi tatumsandrem zzrilis nosto ercipit ullum ip et, sustin hent ing eummodiam do diam vel ea feuissed te modit augiat in ex essit, suscilit

Nota: Preferencialmente, use o supergráfico uma vez em cada aplicação. Nota: Os exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito de ilustrar.

Versim at quipit

Non heniam, sumsan ulla accum

Lore essim quat et, vendionsed do dipsumsan ut ad dolobor am verostrud mod tie dit auguer ipis autpati onulla facipit aute erosting et adit irit nit veros nulla facipsummod tem quis et adit, venisim zzriusci euis aut el utat adit wis augait lute dolorperci eumsandrem vel incilit, sum iureetum zzrilis auguero core molute do ea ad tem vulla alisi.

Faccum alis Ut dolumsan ut dionsed molum ent praesequipis autat, si tem in velenibh etue tat. Lor sequatuerit, summy nulla feuissim. Nulla feuguero conulput nummy nullan erat nit utpat, suscilit loreration hendre vel ilit verci esequi eliquat vel dolum zzrilit. Ud doleniam

Lorem ipsum dolor sit amet consectetuer adipiscing

doluptat. Ommy niat velessi tem vendiatuero consend ipisis eu feugiam, quam diam, si blandionsed tat alisi tat, sequi. Delit ut luptatuero odignim quis ad tat. Loboreet ationsectem dolestisim nostie feuis.

Lorem ipsum dolor 06

Capa

Páginas de miolo

© 2008 Vale All rights reserved

Contra capa

EXEMPLOS / SISTEMA VISUAL

3.7


Aplicando os elementos – exemplos

Muitas vezes é necessário que se tenha soluções de identificação, apelo visual e conteúdo numa mesma peça ou local. Isso acontece, geralmente, em publicações, site, estandes promocionais e ambientação de espaços.

Apelo visual

Conteúdo

Identificação

As aplicações abrangem: - Estande Nota: Não use o supergráfico da paisagem dinâmica muitas vezes no mesmo exemplo. Nota: Os exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito de ilustrar.

Descubra

EXEMPLOS / SISTEMA VISUAL

Ferro

Carvão

Manganês

Níquel

Aliquis ad te magna conullandio odolore consectem iriure feu feugiat velis am in eu feuis nulpute do essequis adipit, consecte delesed delessim nostie dip esendignim zzriure essim digniam dit nulla consequat wisit del dolorti smodoloreet, consectem il ilis dolendreet venim iniamcommy nim delit nullam, consed dunt dolum dolorem do dolobor aut aut vel ut eraeseq uationse dolor aliquis aliquamcommy nonsed min ut dolorperosto eraestis

Cummodio coreet, quiscinibh enit, sit lut nosto eum qui esecte ming estion vel dolor suscipsum et, quate mod eugait pratet vent vel ing et dolutem vel euipsuscil ut atet dunt velit at, summodolore eugue vel dolor suscil diat. Os nonse eugiat in hendio dio od magna feuisim zzrit dip ea commodo lendit ut alis ad magna faciliq uissism oloreet uerostie velit at. Duisl utet wisl ulla amcommy nummy nos eumsan veriurem dolortisl utatet prat lobortie doloreetue core consequatem volessit lorerci lluptat. Tisl dolenibh ea adio consequis am il ea alit lum endreet nullan velit vulla conullam velit, sed.

Aliquis ad te magna conullandio odolore consectem iriure feu feugiat velis am in eu feuis nulpute do essequis adipit, consecte delesed delessim nostie dip esendignim zzriure essim digniam dit nulla consequat wisit del dolorti smodoloreet, consectem il ilis dolendreet venim iniamcommy nim delit nullam, consed dunt dolum dolorem do dolobor aut aut vel ut eraeseq uationse dolor aliquis aliquamcommy nonsed min ut dolorperosto eraestis

Cummodio coreet, quiscinibh enit, sit lut nosto tto ssum eum qui esecte ming estion vel dolor suscipsum et, quate mod eugait pratet vent vel ing et dolutem vel euipsuscil ut atet dunt velit at, O summodolore eugue vel dolor suscil diat. Os nonse eugiat in hendio dio od magna feuisim ssim zzrit dip ea commodo lendit ut alis ad magna agna ag faciliq uissism oloreet uerostie velit at. Duisl uisl uis utet wisl ulla amcommy nummy nos eumsan ee eetue veriurem dolortisl utatet prat lobortie doloreetue core consequatem volessit lorerci lluptat. Tisl sl dolenibh ea adio consequis am il ea alit lum endreet nullan velit vulla conullam velit, sed.

3.8


Aplicando os elementos – exemplos

Muitas vezes é necessário que se tenha soluções de identificação, apelo visual e conteúdo numa mesma peça ou local. Isso acontece, geralmente, em publicações, site, estandes promocionais e ambientação de espaços.

Apelo visual

Conteúdo

Portal da Marca da Vale

http://www.vale/brandcenter News

Portal da Marca da Vale

http://www.vale/brandcenter

Google

English Version

Idioma

Quem somos nós

As aplicações abrangem: - Portal da Marca

Google

News

Acesso rápido

Como nós nos comunicamos

Recursos da Marca

Passe o mouse sobre a imagem para descobrir como os materiais que a Vale descobre estão no seu dia-a-dia.

Sua conexão com a Marca da Vale Bem vindo ao Portal da Marca da Vale! Aqui você vai achar todos os recursos você precisa para aprender quem somos, como nos expressamos, o que estamos fazendo agora.

Nota: Não use o supergráfico da paisagem dinâmica muitas vezes no mesmo exemplo.

Clique aqui para entrar

Usuários de Moçambique, cliquem aqui para fazer o login Lembre minha localização para não precisar selecionar novamente na próxima vez.

Nota: Os exemplos são esquemáticos e têm apenas o propósito de ilustrar.

Mapa do site | © 2008 Vale

Mapa do site | © 2008 Vale

Página de log in

EXEMPLOS / SISTEMA VISUAL

Home page

3.9


Sistema visual – usos incorretos

Para que o sistema visual seja corretamente aplicado e alcance os seus objetivos de comunicação, é fundamental conhecer bem os elementos essenciais e as regras de aplicação aqui descritas, assim como fazer uso apenas das artes-finais fornecidas. 1. NÃO crie formas no layout para poder aplicar a Marca Vale sobre fundo branco. 2. NÃO use o supergráfico apenas como elemento decorativo. 3. NÃO use o supergráfico com ilustração. 4. NÃO combine mais de uma imagem com o supergráfico principal. 5. NÃO use o supergráfico em páginas internas. 6. NÃO repita o supergráfico muitas vezes numa mesma aplicação .

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.

Sodales id erat quisque lectus

1

2 Boreetum ilis dignisl ullutem dit ing eratet, qui blan veros augait, volorercin ver sed te er sis nulla adit, conulla faciliq uisissim

Helping you to care for your loved ones

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.

Ming ex enim ipit praesecte do Lore essim quat et, vendionsed do dipsumsan ut ad dolobor am verostrud mod tie dit auguer ipis autpati onulla facipit aute erosting et adit irit nit veros nulla facipsummod tem quis et adit, venisim zzriusci euis aut el utat adit wis augait lute dolorperci eumsandrem vel incilit, sum iureetum zzrilis auguero core molute do ea ad tem vulla alisi. Duis acin ulla feumsan utpatum in henim nim vel doloreet nostisi tatumsandrem zzrilis nosto ercipit ullum ip et, sustin hent ing eummodiam do diam vel ea feuissed te modit augiat in ex essit, suscilit laorperiusto consequat lam, consecte dolobore tin unum Illam quam, vel dolortionse voluptat. It numsan utat ipit at, quisl dolum do od exero corero odignim inim volenismod euis numsandiat autat. Ud del dio od ex ero core magnim vulluptat iureet nit aut at. Duis del dolorercing euipit utat do con esendre tationu llametum volor sit velent autat. Ut augait adionse quisciniam zzriurerci ent ullutat adipit adit irillum dolorem et nisci ex erate dolore faccum dolestie eu facil euipiscing esequatet, qui blam zzrilit eraestie dignim duis acing et dolobore delisl exer sum dolent veriurem nim quat. Dui blandig nisisit lobor am vulluptat, cor sendiam dolorero dignibh enisl enis alissequi tet alit am aliqui blaor sum vullam iuscillaore dolorem dolorpe rostis acipis ad dionsenim iuscidui blaorer sed et, con ercin henibh eugiamet praessi. Ut ut luptat. Ut dolumsan ut dionsed molum ent praesequipis autat, si tem in velenibh etue tat. Lor sequatuerit, summy nulla feuissim nulla feuguero conulput nummy nullan erat nit utpat, suscilit loreration

3

4

Descubra

hendre vel ilit verci esequi eliquat vel dolum zzrilitUd doleniam doluptat. Ommy niat velessi tem vendiatuero consend ipisis eu feugiam, quam diam, si blandionsed tat alisi tat, sequi blaore veliquis nisissequisl iliquipis dolore min euis nit dunt erat velesequat in hent pratem velessim do consequis eugiat. Nim inim dit la facillaor suscilit veliqui blaorper amet, vercilit wis nostie conullaore verit wisit praese feui tetueros nonulla feugait alissed do ent nullam quat nit lorper ing essendigna faccum nulla feu feugue tatum veliquat volorero commolore diamet acillan dreetum dolutet velendrem zzrit vullam ip ea acillam eummolor alis augue conse ming ero odolorem irit num ing eugue dolorpe riustrud tem vel in ut nosto doloborem del erosto commy nostrud dolent nostrud magna feu faciduissi. Andreri uscillam dignis atue magniat. Delit ut luptatuero odignim quis ad tat. Loboreet ationsectem dolestisim nostie feuis amcorem deliquatum ad mod tat. Rit ipisl del iurem ipisl inciduipit nos aliquat, sequam, quam dolorpero dit at in ut nosto consequam dio diam inim verostie er irilis do doloree tumsandre diat ex ex esequis cilisse ndrero erosto dolummy nummodo lortionullam iusto conse diat alit wis aute do erciliquis aliquat. Iquat. Ommy nibh et alit acil dolor sum velesed tet lum veliqua mcorem zzriusc iliquamet wisci bla consed eu feugue

5

Ferro

Carvão

Manganês

Níquel

Aliquis ad te magna conullandio odolore consectem iriure feu feugiat velis am in eu feuis nulpute do essequis adipit, consecte delesed delessim nostie dip esendignim zzriure essim digniam dit nulla consequat wisit del dolorti smodoloreet, consectem il ilis dolendreet venim iniamcommy nim delit nullam, consed dunt dolum dolorem do dolobor aut aut vel ut eraeseq uationse dolor aliquis aliquamcommy nonsed min ut dolorperosto eraestis

Cummodio coreet, quiscinibh enit, sit lut nosto eum qui esecte ming estion vel dolor suscipsum et, quate mod eugait pratet vent vel ing et dolutem vel euipsuscil ut atet dunt velit at, summodolore eugue vel dolor suscil diat. Os nonse eugiat in hendio dio od magna feuisim zzrit dip ea commodo lendit ut alis ad magna faciliq uissism oloreet uerostie velit at. Duisl utet wisl ulla amcommy nummy nos eumsan veriurem dolortisl utatet prat lobortie doloreetue core consequatem volessit lorerci lluptat. Tisl dolenibh ea adio consequis am il ea alit lum endreet nullan velit vulla conullam velit, sed.

Aliquis ad te magna conullandio odolore consectem iriure feu feugiat velis am in eu feuis nulpute do essequis adipit, consecte delesed delessim nostie dip esendignim zzriure essim digniam dit nulla consequat wisit del dolorti smodoloreet, consectem il ilis dolendreet venim iniamcommy nim delit nullam, consed dunt dolum dolorem do dolobor aut aut vel ut eraeseq uationse dolor aliquis aliquamcommy nonsed min ut dolorperosto eraestis

Cummodio coreet, quiscinibh enit, sit lut nosto tto ssum eum qui esecte ming estion vel dolor suscipsum et, quate mod eugait pratet vent vel ing et dolutem vel euipsuscil ut atet dunt velit at, Os summodolore eugue vel dolor suscil diat. O ssim nonse eugiat in hendio dio od magna feuisim agna ag zzrit dip ea commodo lendit ut alis ad magna uisl utet uis faciliq uissism oloreet uerostie velit at. Duisl wisl ulla amcommy nummy nos eumsan eetue ee veriurem dolortisl utatet prat lobortie doloreetue sl core consequatem volessit lorerci lluptat. Tisl dolenibh ea adio consequis am il ea alit lum endreet nullan velit vulla conullam velit, sed.

6

USOS INCORRETOS / SISTEMA VISUAL

3.10


ApĂŞndice

3.11


Componentes do nome do arquivo da Marca Identificador O prefixo “Vale” distingue a arte final Vale de outros arquivos. Cores Existem sete versões da Marca. c = cores papel brilhante cu = cores em papel fosco 4c = impressão em quadricromia para superfície brilhante 4cu = impressão em quadricromia para supefície fosca gs = em preto com retícula k = todo preto w = todo branco Extensões do arquivo .eps = arquivo vetor, para uso em exemplos impressos .jpg = RGB, para uso em exemplos oficiais, como por exemplo, Microsoft® Word ou PowerPoint®; o menor tamanho em 150 dpi. (pontos por polegada)

Identificador

Extensões do arquivo

Vale_c.eps Cores c = cores em papel brilhante uc = cores em papel fosco 4c = impressão em quadricromia para superfície brilhante 4cu = impressão em quadricromia para supefície fosca gs = em preto com retícula k = todo preto w = todo branco

Nota: A arte-final da Marca pode ser obtida no Portal da Marca da Vale, contate um profissional de Comunicação se tiver dúvidas.

APÊNDICE

4.1


Versões da Marca – Vale Versão

Nome do arquivo

Explicação

vale_c.eps vale_cu.eps vale_c.jpg

Arquivos Vector, formato EPS Composto de : Verde Vale, Amarelo Vale, Cinza Vale Use em todos materiais impressos a cores

vale_gs.eps

Arquivos Vector, formato EPS Composto de : Cinza Vale Use em materiais impressos em uma cor

vale_k.eps

Arquivos Vector, formato EPS Fornecidos em preto para impressão em fundos claros Use em materiais para impressão em uma cor

vale_w.eps

Arquivos Vector, formato EPS Fornecidos em branco para impressão em fundos escuros Use em materiais de impressão de uma cor

APÊNDICE

4.2


Componentes do nome do arquivo dos supergráficos Identificador

Identificador Vale Formato L = para o supergráfico principal TL = para o supergráfico modular Opção Existem 4 variações separadas de forma rotuladas – A-D.

Formato

Opção

Variação de cores

Tipo de cor Extensão do arquivo

Vale_L_A_field_c.ai L = supergráfico principal TL = supergráfico modular

A B C D

field (campo) forest (floresta) sea (oceano) marshland (pântano) gray (cinza)

c = brilhante u = fosco

Variação de Cores Existem cinco variações de cores. Tipo de cor Arte final é criada para ser usada com papel brilhante e fosco usando cores em Pantone. Extensão do arquivo .ai = arquivo em vector Adobe Illustrator Nota: A arte-final dos supergráficos pode ser obtida no Portal da Marca da Vale, contate um profissional de Comunicação se tiver dúvidas.

APÊNDICE

4.3


Supergráfico principal – versões Versão A

Versão B

Versão C

Versão D

Vale_L_A_field_c.ai

Vale_L_B_field_c.ai

Vale_L_C_field_c.ai

Vale_L_D_field_c.ai

Vale_L_A_sea_c.ai

Vale_L_B_sea_c.ai

Vale_L_C_sea_c.ai

Vale_L_D_sea_c.ai

Vale_L_A_marshland_c.ai

Vale_L_B_marshland_c.ai

Vale_L_C_marshland_c.ai

Vale_L_D_marshland_c.ai

Vale_L_A_forest_c.ai

Vale_L_B_forest_c.ai

Vale_L_C_forest_c.ai

Vale_L_D_forest_c.ai

Vale_L_A_gray_c.ai

Vale_L_B_gray_c.ai

Vale_L_C_gray_c.ai

Vale_L_D_gray_c.ai

Opções de cores (da parte superior do supergráfico para parte inferior): Vale_L_A_field_c.ai Vale Light Field (Campo Claro Vale) Vale Field (Campo Vale) Vale Green (Verde Vale) Vale_L_A_sea_c.ai Vale Light Sea (Oceano Claro Vale) Vale Sea (Oceano Vale) Vale Green (Verde Vale) Vale_L_A_marshland_c.ai Vale Light Marshland (Pântano Claro Vale) Vale Marshland (Pântano Vale) Vale Green (Verde Vale) Vale_L_A_forest_c.ai Vale Light Forest (Floresta Clara Vale) Vale Forest (Floresta Vale) Vale Green (Verde Vale) Vale_L_A_gray_c.ai K = 20% K = 50% K = 80% Nota: Para maiores detalhes sobre as cores, consulte a página da paleta de cores (item 2.19).

APÊNDICE

Em cinza: A paleta em tons de cinza deve ser utilizada apenas em materiais impressos a uma cor/preto. 4.4


Supergráfico de repetição da paisagem dinâmica – versões Opções de cores (da parte superior do supergráfico para parte inferior): Vale_TL_field_c.ai Vale Light Field (Campo Claro Vale) Vale Field (Campo Vale) Vale Green (Verde Vale) Vale_TL_sea_c.ai Vale Light Sea (Oceano Claro Vale) Vale Sea (Oceano Vale) Vale Green (Verde Vale)

Vale_TL_field_c.ai

Vale_TL_sea_c.ai

Vale_TL_marshland_c.ai Vale Light Marshland (Pântano Claro Vale) Vale Marshland (Pântano Vale) Vale Green (Verde Vale) Vale_TL_forest_c.ai Vale Light Forest (Floresta Clara Vale) Vale Forest (Floresta Vale) Vale Green (Verde Vale) Vale_TL_gray_c.ai K = 20% K = 50% K = 80%

Vale_TL_marshland_c.ai

Vale_TL_forest_c.ai

Nota: Para maiores detalhes sobre as cores, consulte a página da paleta de cores (item 2.19).

Em cinza: A paleta em tons de cinza deve ser utilizada apenas em materiais impressos a uma cor/preto.

APÊNDICE

4.5


Glossário de termos de branding

Atributos da marca Os atributos da marca apóiam nosso posicionamento, expressam o espírito e a personalidade da Marca Vale e refletem nossas ações e nosso comportamento. Identidade da marca Os elementos visíveis podem ser usados para identificar uma empresa, um produto ou serviço (marca, símbolo, configuração de produto, prestação de serviço e embalagem). Imagem da marca O conjunto completo de percepções sobre uma organização, um produto e prestação de serviço, desenvolvem por meio de comunicações e experiência, incluindo as características “humanas” distintas de uma personalidade da marca (por exemplo, cordial e afável, forte e confiável). Personalidade da marca A atribuição de traços da personalidade humana à característica de uma marca. Estes traços informam o comportamento da marca por meio de materiais de comunicação e de pessoas que representam a marca. Posicionamento da marca Proporciona a plataforma fundamental para as comunicações, refletindo a proposta de valor da marca, e abrange: • definição – como a marca é definida • diferenciação – o que torna a marca especial • disponível – o benefício distribuído aos clientes Estratégia da marca É um plano a longo prazo para a marca, incluindo a determinação dos públicos prioritários e a compreensão do que aqueles públicos precisam saber sobre a marca e experiência de marca.

APÊNDICE

Co-branding Uma relação de branding em que duas ou mais marcas aparecem juntas. Endosso O ato de alavancagem de uma marca aumenta o valor visível da outra Marca. “Aprisionamento” Um relacionamento estabelecido entre a marca ou símbolo e outro elemento gráfico ou visual. Marca Uma combinação do símbolo e do logotipo que representa uma marca. Mensagens As informações que são mais relevantes aos públicos prioritários; o conteúdo para comunicações que defenda o posicionamento da marca. Afirmação do posicionamento Proporciona a plataforma fundamental para comunicações, refletindo a proposta do valor da marca. Símbolo Um elemento não-tipográfico que representa algo diferente ou representa uma idéia abstrata ou conceito. Identidade visual ou elementos essenciais de design Os elementos visíveis usados para identificar uma empresa, um produto ou serviço (nome, marca, símbolo, paleta de cores, tipografia, configuração de produto, prestação de serviços e embalagem) Sistema visual É um método planejado de identificação abrangendo o uso do nome da marca, a marca, paleta de cores, tipografia secundária e “visual e percepção” gráficos da marca aplicados a extenso grupo representativo de meios de comunicação para criar uma apresentação coerente da marca. 4.6

Vale Brand Guidelines  
Vale Brand Guidelines  

Vale Brand Guidelines

Advertisement