Page 1

foto pedro junior / leia

Leia REVISTA

Editora Leia Edição 74 04 de Setembro de 2010 R$3,00

leiatudo.com

nem tão cidades

ultrapassado Alguns profissionais de Cachoeiro ainda resistem ao desenvolvimento tecnológico e mudança de postura da sociedade e mantém seus negócios funcionando como antigamente


02 > Leia,04 de Setembro de 2010


Leia REVISTA

índice

Da redação:

Que a cidade é feita e tocada por pessoas no anonimato, isso não é novidade. Mas alguns dão até orgulho para o município, porque aconteça o que acontecer, mude o que mudar, eles continuam ali, insistentes em seus ofícios, seja lucrativo ou não. E vivem bem, feliz. Em paz consigo. A Revista Leia desta semana destaca alguns profissionais, mas não na intenção de valorizá-los, apenas, até porque merecem mesmo esse destaque e, sim, para que eles sirvam de exemplos, principalmente, para esse bando de políticos que usam a máquina administrativa para se beneficiar. Lógico que tem exceção. O poder corrompe. Fácil. E às vezes parece que não tem mais jeito. Besteira. Tem sim. Quando um sapateiro recebe uma pessoa com sorriso no rosto e conta feliz da vida que seus dois filhos estão no ensino superior, renasce a esperança que nem todos são iguais. Gananciosos e insaciáveis pelo poder. Não só o econômico, mas aquele de estar em evidência, ocupando espaços. Ou então quando um barbeiro está no mesmo ponto há mais de trinta anos e sorri ao dizer que é conhecido pelo apelido, porque quase ninguém sabe seu nome; e continua lá, cortando cabelos e barbas, sem pressa de ver a vida passar. Os valores para essas pessoas são outros. Cada um age da maneira como quer, faz o que quiser, e esse é o direito de todos: a liberdade. A única coisa que o indivíduo não tem direito é de controlar o que o outro vai pensar a seu respeito. Seja pobre, ou muito rico, as atitudes têm de ser coerentes com o discurso. E até vale mudar de discurso no decorrer da vida, mas quando se muda o discurso para se beneficiar financeiramente fica feio. E os personagens da matéria dessa semana dão uma aula de coerência entre o discurso e a prática, sem sede pelo poder, ainda que isso lhes custe alguns ônus, nem tão onerosos assim.

Filipe Rodrigues

Leia REVISTA

DIRETOR EXECUTIVO Jackson Júnior (jacksonjr@revistaleia.com) REPÓRTER Filipe Rodrigues (filipe@revistaleia.com) FOTÓGRAFO Pedro Junior (pedrojojunior@terra.com.br)

Saúde

A importância de uma vida saudável e os riscos de usar esteróides anabolizante

16

COLUNISTAS Cristiane Feu, Bruno Reis Marcos Jacob, Pedro Junior e Wellington Santiago ARTICULISTAS Romário Vargas, Wilson Márcio Depes, Marcos Jacob e Izabel Lacerda GERENTE COMERCIAL Marcos Tristão (marcos@revistaleia.com) COMERCIAL Viviane Bize (viviane@revistaleia.com) DIAGRAMAÇÃO E ARTE Jackson Júnior

Cultura Escultura de Roberto Carlos em mármore branco

19

Coluna W Formatura e tudo da sociedade de Cachoeiro

22

IMPRESSÃO E FOTOLITO GrafBand - Gráfica e Editora 28 3526-2750 TIRAGEM 5.000 exemplares PERIODICIDADE SEMANAL Edição n°74, 04 de Setembro de 2010

Revista Leia Cachoeiro de Itapemirim - ES Rua Ludário Fonseca, n°54 CEP 29 305-520 Tel.: 28 3521-1019 E-mail revistaleia@hotmail.com Site: www.leiatudo.com

26

Paladar

Aprenda o trunfo dessa sobremesa que conquistou o paladar brasileiro

+ conteúdo em leiatudo.com

Escreva para nós: vale crítica, elogio, sugestão. Não deixe de enviar também seu nome completo e telefone cartas@revistaleia.com


foto pedro junior / leia

Perfil

Luciano Nemer (gerente Citröen)

P

essoa tranqüila, humilde e trabalhadora. Assim é Luciano Nemer, novo gerente da Citröen Riviera, em Cachoeiro. Apesar de estar a pouco tempo na reven-

dedora, Luciano é bastante conhecido no Sul do Estado, principalmente, por ser um dos proprietários da Nemer Veículos, empresa familiar com mais de 40 anos no mercado. Sua experiência, agora,

será utilizada em favor da marca, que pretende crescer em participação no mercado regional 50% nos próximos 24 meses. Ele é casado e tem três filhos. Cachoeirense, estudou no Tio Patinhas, Cristo Rei, Faccaci,

Leiatudo.com verão: epidemia de dengue

moda

tendências e oportunidades

O Ministério da Saúde alerta que, para o verão de 2010/2011, dez Estados brasileiros apresentam risco muito alto de enfrentar epidemia de dengue, nove Estados têm risco alto dentre eles o Espírito Santo. www.leiatudo.com

Em sua terceira edição, o Vitória Moda Show trouxe novas tendências e apontarou caminhos para a moda brasileira, além de debater assuntos relacionados a estilo, produção e mercado. A indústria do vestuário e acessórios no Espírito Santo movimenta em torno de 1.300 empresas, incluindo micro, pequenas e médias, localizadas em diversos municípios. www.leiatudo.com

acervo digital

Acesse as edições digitais da Revista Leia (http://issuu.com/leia)

04 > Leia,04 de Setembro de 2010

informação no twitter Siga a Revista Leia no twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Sul do ES (twitter.com/revistaleia)


FDCI e, atualmente, na Unes. Começou a trabalhar em 1984 e já em meados de 1986 ingressou no ramo automotivo. Vinte e quatro anos depois decidiu variar um pouco e aceitou o desafio de trabalhar com exportação de rochas ornamentais. Mas em 2008 deixou esse segmento e voltou a trabalhar exclusivamente com revenda de carros. Esse ano, mais precisamente no mês de julho, aceitou mais um desafio: gerenciar a Riviera. Em entrevista para a Revista Leia, Luciano fala de seus projetos e sua atual fase. Como está sendo essa nova empreitada na sua vida? “Ainda é muito recente, mas até agora tem sido tudo muito positivo. A gente trabalha com pessoas profissionais e competentes, além de ser uma marca já consolidada no mercado. Tem sido motivador e desafiador”. Qual foi o motivo preponderante para aceitar o convite de trabalhar na Citröen? “O ser humano vive de desafios e encaro essa nova fase como desafio. Além disso, a Riviera, agora, tem um gestor de Cachoeiro, que trabalha conhecendo a comunidade”. Hoje, o que o senhor encara como principal desafio? “O desafio não é só buscar a excelên-

‘‘

O ser humano vive de desafios e encaro essa nova fase como desafio...

cia no serviço, mas avançar na participação do mercado e aperfeiçoar a metodologia de trabalho, onde o cliente tem total atenção e sai satisfeito ao adquirir um veículo”. É muito diferente trabalhar com revenda de carro semi-novo a carro zero? “São duas situações distintas. Mas por trás da venda do carro zero existe uma marca de ponta, de vanguarda, que é a Citröen, onde a inovação é a marca registrada, além da tecnologia e acessibilidade. São conceitos de inovação, sem que os carros fiquem inacessíveis. Carros com aerodinâmica, revolucionários”.

O gerente da Citröen anda com qual carro? “Escolhi o C4 Pallas, por ser um veículo que traduz a mentalidade de Creative Technology e por ser o melhor custo benefício”. Andar de Citröen é “status quo”? “(Risos). Com certeza. São carros com designe inovador, com conforto e imponentes. Mas a Citröen consegue conciliar todas essas qualidade, sem onerar em preço, deixando os carros financeiramente acessíveis”. O que Cachoeiro pode esperar de novidade para os próximos dias? “No dia 14 de setembro vamos lançar um veículo que veio para estabelecer um novo conceito na linha cross. Trata-se do AirCross. Um carro que vem com GPS de fábrica, um visual impressionante e ideal para sua aventura diária, painel contendo bússola e dois inclinômetros. O exclusivo Sistema de Navegação MyWay com GPS integrado é o único na categoria. Sistema de áudio/CD compatível com os arquivos MP3/WMA e Kit Viva-voz Bluetooth® com comandos no volante e porta USB e entrada para iPod. Tecnologia do computador de bordo e do piloto automático com regulador e limitador de velocidade. Sensor de chuva , faróis com acendimento automático e função follow-me”.

twittou-se

especializada

Eu sempre quis ter corpo de atleta. Agora, graças ao Ronaldo, eu tenho!

delegacia para morte de mulheres

@webbercoutinho

A Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo anunciou, nesta quinta-feira, a criação da primeira delegacia do País especializada em investigar assassinatos de mulheres. A unidade deve começar a funcionar na próxima semana. www.leiatudo.com

errata

Na edição n°73, na cobertura do coquetel da empresa Topázio, José Antônio não é proprietário da Revista Styllus como foi colocado e sim César Magalhães e Rosemeri Oliveira

A Mega Sena, nada mais é que uma forma de o governo cobrar um novo imposto das pessoas com poucos conhecimentos sobre estatística

@eduardocarlette

feira do mármore Bacana ver na revista uma parte da feira que pouca gente mostra, que é a de artesanato e da tecnologia. O evento é muito mais que rochas. No ano que vem a Feira deve ficar ainda melhor. De: Graciane Ribeiro

O custo do Congresso Nacional (Senado e Camara) é o segundo maior do mundo. Nada melhor do que viver em um país rico... @adilsonneves 04 de Setembro de 2010, Leia

> 05


Romário Vargas

v e n d a s

Troque o queijo por um ovo Romário Vargas é palestrante e consultor, graduado em administração de empresas e em MBA Executivo e Marketing pela FGV.

Será que eles já pensam que são o McDonald’s ou o Bob’s ou outros grandes estabelecimentos no mercado?

H

á poucos dias, levei minha filha de dez anos de idade para lanchar em um quiosque aqui em Cachoeiro, onde ela pediu um determinado lanche e solicitou que retirasse o queijo. Não sou muito chegado nesses lanches e nem nos do McDonald’s da vida, porém, para fazer companhia a ela, solicitei um mais simples e pedi que acrescentasse um ovo, em troca do queijo que ela não quis. Para a minha surpresa recebi um “não pode”, com uma ênfase tão eloquente, que fiquei perplexo e só consegui dizer que não queria mais o lanche. Só não cancelei o da minha filha, porque já era tarde e ela não teria paciência de ir para outra lanchonete. Será que eles já pensam que são o McDonald’s ou o Bob’s ou outros grandes estabelecimentos no mercado? Estes grandes do mercado, quando começaram, fizeram muitas coisas a pedido do cliente, pois para crescer e aparecer é preciso fazer certas concessões para ter o nome divulgado boca a boca. Já contei este caso para dezenas de parentes e amigos em Cachoeiro. Estou escrevendo este artigo falando do caso. Só não cito o nome, pois a proprietária é muita amiga da minha esposa e, se ela estivesse lá, não iria negar o meu pedido.

Casos como esse, infelizmente, são corriqueiros por aí, em todos os seguimentos do mercado. Outra coisa muito simples, e que aconteceu comigo várias vezes, já faço isso para testar mesmo, são as lanchonetes de caldo de cana e pastel. Costumo dar duas goladas no copo de caldo de cana e soliticar ao atendente um “chorinho”, que é aquele restinho que fica no vasilhame e normalmente é negado. Tem alguns que negam de maneira branda, explicando que não é norma da empresa. Outros que o “não” é tão expressivo que até assusta o “freguês”. Quando alguém lhe pedir algo tão simples, como esses citados acima, atenda com grande satisfação, pois com isso sua empresa será falada também com grande entusiasmo e outras pessoas irão consumir seus produtos, fazendo com que você tenha mais lucro, mesmo sendo generoso no atendimento aos pedidos de seus clientes. Quanto custa um simples ovo? Fiz uma pesquisa e consegui um valor. Em média trinta centavos. Qual o prejuizo por não trocar o queijo por um ovo? Prejuizo nenhum, até pelo contrário, pois o queijo é mais caro. O grande prejuizo mesmo é que eu e minha filha, provavelmente, não iremos mais lá e o comentário que já fizemos para dezenas de pessoas.

Outros artigos em > leiatudo.com/romario

06 > Leia,04 de Setembro de 2010


Economia e Negócios

“Equilibrar é saber tirar o melhor de cada um dos lados.”

por Marcos Jacob economia@revistaleia.com

Comercio de fim de ano Os levantamentos que tentam antever o comportamento do consumidor sugerem que o fim do ano será dos melhores para o comercio e a indústria do país. A combinação de inflação em queda, emprego e renda em alta, crédito mais forte e a taxa Selic estabilizada, trouxe de volta as intenções de compra de bens imóveis. No índice de confiança do consumidor da fundação Getulio Vargas, o plano de aquisição dos bens duráveis pelo consumidor surpreendeu a instituição. Chama atenção nessa pesquisa o interesse por veículos e móveis. Pelo sim, pelo não, é bom estarmos prevenidos e atentos para esse final de ano, que pode trazer boas surpresas para o comercio.

Encontro de empresários

Estreitar relacionamentos é o grande diferencial de nossos tempos. Investir em ações que tem o foco neste objetivo, e a razão da realização mensal do Encontro de Empresários. Acreditamos que esta idéia é uma atitude positiva, visto que a ação já está em sua 5ª edição. Nossos apoiadores, Acisci, Unimed Sul Capixaba, Sicoob Sul, Platine Jóias e Cola Veículos sempre presentes levando informações e sugestões para os nossos convidados. O evento e uma realização da coluna Economia e Negócios, da Revista Leia e vem ai com novidade para o final do ano. No registro a gerente de marketing da Itapemirim, Paula Mirinha, ao lado do Fiat 500.

Nova loja FORM

Comprovadamente, a diretoria da Form investe em novas idéias e atitudes ousadas para atender o mercado feminino. Nesta quarta-feira, foi inaugurada mais uma loja Form no Shopping Sul: a Form Soulier, com foco nos calçados e bolsas. As empresarias, Marluci e Daniele recepcionaram seus convidados com um coquetel bastante concorrido. Valorizando sempre os clientes o foco da noite foi apresentar a nova loja e seus produtos. Parabéns as empreendedoras, que pelo desempenho e gestão nas outras lojas, a Form Soulier tem tudo para ser um grande sucesso. No registro, Daniele Martins e Marluci Eiras, ao lado de Cristina Passabom da Briefing.

Mulher valoriza carro seguro e potente

A importância do marketing

A cada dia as empresas investem mais em Markentig, mostrando a importância desta ferramenta para divulgação de produtos, serviços e imagem das empresas. Os 30 maiores anunciantes do Brasil aplicaram R$ 7,14 bilhões em marketing em 2009, segundo informações do relatório anual IBOPE Monitor. “A ascensão de novas classes sociais no Brasil, a fragmentação de novas mídias e a criação de novas categorias de produtos, que o brasileiro desconhecia até então, vai pressionar para cima os investimentos de marketing cada vez mais”, afirma José Roberto Martins, da Globol Brands. Para os empresários é importante definir suas estratégias e buscar profissionais no mercado que conheçam e tenham experiências dessa ferramenta, porque ela mal aplicada é um dano irreparável. No registro o superintendente do Sicoob, Francisco Reposse Júnior, o diretor da Unimed Vitória, Dr. Paier e o gerente comercial, Eclézio Bragança, recebendo o Prêmio Recall de Marcas.

Ao contrario do que as montadoras sempre apostaram, que as mulheres na hora de comprar um carro queriam um bom designer e quantidade de acessórios, a recente pesquisa da Sophia Mind, do Grupo Bolsa de Mulher, mostra que a indústria automotiva tem pela frente um novo perfil de consumidoras. Os itens, segurança e potencia são mais importantes para elas. Segurança e potencia estão relacionados a controle e poder, o que de certa forma reflete a mudança do papel da mulher na sociedade. E a gente acha que sabe de tudo. Fique atento! O mercado muda tão rapidamente que se você não prestar atenção, alguém ocupa o seu lugar.

04 de Setembro de 2010, Leia

> 07


As voluntárias da caridade de São Vicente de Paulo realizaram mais uma edição do Chá da Vovó, que este ano chega a sua 31ª. O evento aconteceu no dia 2 deste mês, no Caçadores Carnavalesco Clube, e contou com desfile de Ignez Casagrande, som ambiente de Jercílio Cypriano. O comércio também colaborou com a realização do evento, sorteando brindes e a grande novidade deste ano foi o sorteio de 20 metros de granito. Metal Nobre, Óticas Cachoeiro, A Mestiça, Belas Artes, Flecha Branca, Doce Lar, Cherry Calçados, Pemagran, Padaria Brasil, Le Chocolatier e Andrea’s Gold, fizeram questão de participar do Chá da Vovó, que deixou grande expectativa para a edição do ano que vem.

31ª Chá da Vovó

2

08 > Leia,04 de Setembro de 2010


04 de Setembro de 2010, Leia > 09


Veículos

A versão aventureira Adventure tem faixas lateria redesenhadas, novas molduras para o paralamas, inscrição do modelo na grade cromada e vem com todo o conteúdo da Sporting, além de volante de couro e bloqueio diferencial Locker como opcionais

Nova Idea 2011

A

mudanças no design

minivan Idea, da Fiat, passou por reestilização para estrear os novos motores da família E.torQ, que já chegaram a outros modelos da marca, como o Palio, Punto, Doblò, Siena e Strada. De design, a Idea ganhou frente totalmente nova. Destaque para os faróis inclinados com dupla parábola e que invadem o paralamas. O capô tem dois vincos profundos em forma de V e a grade foi redesenhada. Na traseira, as lanternas reestiliza-

Interior do Idea Essence 1.6

10 > Leia,04 de Setembro de 2010

das ganharam luzes de LEDs. A tampa do porta-malas também mudou e a área envidraçada vai até a extremidade da carroceria. A maçaneta de abertura da tampa deu lugar a um pequeno recorte e a placa foi para o para-choque. Nas laterais, a novidade fica por conta dos espelhos retrovisores, que ficaram maiores e receberam indicadores de direção com LEDs. As saias também se destacam. A família Idea agora conta com quatro versões de acabamento, cada uma com suas

peculiaridades. As versões ELX e HLX deixam de existir e dão lugar à Attractive, Essence e Sporting, alinhando a minivan à nomenclatura dos modelos da marca. A versão esportiva topo de linha Sporting tem motor 1.8 litros 16V, que gera 132 cv de potência, e vem de fábrica com saias aerodinâmicas, aerofólio, rodas de liga-leve escuras aro 16, ar-condicionado, faróis com máscara negra, rádio MP3 e retrovisores elétricos. Como opcional oferece freios ABS e sensor de ré.

Detalhe do retrovisor do Idea Sporting

Interior do Idea Adventure


Lanรงamento do novo Idea na Fiat Cola em Cachoeiro de Itapemirim fotos Fabricio Simonato

04 de Setembro de 2010, Leia

> 11


Wilson M. Depes

p o l í t i c a

A volta ao júri Wilson Márcio Depes é Advogado e professor universitário, na cadeira de Direito Tributário, há mais de 20 anos. É também jornalista profissional e escritor, tendo publicado dois livros

O

ntem, tive oportunidade de retornar ao Tribunal do Júri, que foi presidido pela jovem juíza Daniela Pellegrino de Freitas Perin Lobato. Um júri tranqüilo, oportunidade em que o promotor Ronald Lopes, em face de ausências de provas suficientes, optou pelo pedido de absolvição do acusado, um pobre palhaço de circo. Bom, mas o texto aí de cima é só uma introdução para ressaltar, devidamente, que o Tribunal de Justiça é uma das instituições mais democráticas e duradouras que a sociedade brasileira soube preservar. É própria sociedade julgando seus pares. Nem mesmo as mais ferrenhas ditaduras encostaram um dedo sequer nela, em virtude de sua grandiosidade de importância social. E olha que os movimentos para extingui-lo são anuais. É preciso dizer, a pretexto de mergulhar na história, que o júri foi apontado, outrora, como instituição democrática

Não cabe aqui, por conseguinte, qualquer crítica, mas o voto individual me parece bem mais humanista.

destinada a substituir os magistrados profissionais das justiças régias do ancien regime, que se curvavam às ordens dos dinastas no Estado de Direito. Guarda, até hoje, a sua origem mística e democrática, muito embora ao ser criado, retratasse o espírito prático e clarividente dos anglo-saxões. Evidente que, com aperfeiçoamento cultural da sociedade, a instituição do júri, numa relação de causa e efeito, sairá ainda mais fortalecida. Eu, que sempre defendi a permanência da instituição, sinto-me muito à vontade para atuar no referido tribunal, pois sinto que cada um dos sete jurados possui o seu julgamento próprio. Diferentemente dos tribunais togados onde, na maioria das vezes, os magistrados julgam acompanhado o voto do relator. Não cabe aqui, por conseguinte, qualquer crítica, mas o voto individual me parece bem mais humanista. O retorno ao júri me traz essa sensação de respirar democracia, de eliminação do tecnicismo e fortalecimento da sociedade plural e participante do processo de formar uma nova sociedade.

Outros artigos em > leiatudo.com/wilson

12 > Leia,04 de Setembro de 2010


Política e Bastidores

David Loss é competente

divulgação

politica@revistaleia.com

Fim das especulações

Ao que parece, não há mesmo lugar para o puro e simples legislador, que cumpre sua função de ofício, criando leis e fiscalizando, somente. Ser um bom vereador não é suficiente. David Loss, como presidente, não deixou a desejar, apenas desempenhou o que era de sua competência, sem preocupação com articulações de bastidor e preocupação de ocupar espaços. Aí... Rodou da presidência. Mas continua vereador. Ainda bem.

Quem acreditava que a relação entre o governador Paulo Hartung e seu antigo possível sucessor Ricardo Ferraço estaria abalada não tem mais que se preocupar. Cerca de quatro mil pessoas compareceram em evento no clube Álvares Cabral, Vitória, para acompanhar a consolidação do apoio de Hartung ao candidato a senador Ferraço. Em seu discurso, o governador declarou apoio a Ricardo e pediu que as pessoas multiplicassem seu voto, por meio de parentes, amigos e de grupos sociais. “Use um adeLeia Mais sivo no carro, converse com seus vizinhos coluna Política e e amigos. Temos de multiplicar o voto nesBastidores ta reta final”, solicitou Paulo Hartung. leiatudo.com/politica

divulgação

Bastos em campanha Na última terça-feira, a caminhada de Alexandre Bastos, candidato a Deputado Estadual (PSB) começou bem cedo. Às 5h, o candidato esteve em visita a uma empresa de transporte coletivo em Cachoeiro, onde foi recebido com muito carinho pelos funcionários que já se preparavam para o início de mais um dia.

Moulon indignado

Nova diretoria A título de informação, a nova diretoria da Câmara Municipal de Cachoeiro, que vai tomar posse em 1º de janeiro: presidente Júlio Ferrari (PV); vice-presidente Professor Léo; primeiro secretário Roberto Bastos (PMN); Tenente Moulon (PV), segundo-secretário; Também foram eleitos o próximo ouvidor geral (José Carlos Ama­ral), o ouvidor racial (Alexandre Bastos) e o corregedor (Tenente Moulon).

O vereador Tenente Moulon (PV) ficou tão indignado na última sessão que chegou a socar por várias vezes a tribuna da Câmara, causando espanto em quem acompanhava seu discurso. Depois, no grande expediente, pediu desculpas pela maneira como se expressou, mas manteve o discurso de indignação, por conta do descaso com seus pleitos, por parte do Executivo. Está “de saco cheio” da demagogia e fisiologismo.

na câmara, eleição para presidente vai movimentar os bastidores do Legislativo durante essa semana

+ conteúdo em leiatudo.com

04 de Setembro de 2010, Leia

> 13


Cidades

40 anos Barbeiro Tuti está a quase 40 anos trabalhando na rua Bernardo Horta

A cidade que não muda

Surgem os avanços tecnológicos, mas alguns resistem ao desenvolvimento e mantém a tradição em Cachoeiro Filipe Rodrigues

I

r ao sapateiro em pleno século XXI parece até brincadeira. Sobram opções de tênis e sapatos, que se tornam cada vez mais descartáveis,

14 > Leia,04 de Setembro de 2010

portanto, consertar, às vezes, nem passa pela cabeça. Mas esse não é um pensamento generalizado. Muita, mas muita gente, ainda hoje, procura esse tipo de serviço

para dar um jeitinho no calçado que perdeu apenas a sola. Quem garante é Aloilson Feu, sapateiro há mais de 20 anos. Ele trabalha no mesmo local, na rua Bernardo Horta, próximo ao Ministério doTrabalho, e viu seu serviço ficar conhecido no Sul do Espírito Santo. A Sapataria do Feu acumula sandálias femininas, tênis, sapatos e todo tipo calçado, cada um com sua história e necessidade. Contar quantos já foram consertados é missão quase impossível, afinal, são mais de duas décadas de profissão. “São milhares e milhares, não da nem para fazer uma média”, comentou Feu. Antigamente, a procura ainda era maior. Hoje, a qualidade dos tênis e sapatos ajuda. “Os calçados estragam com mais facilidade. Não se faz mais sapato e tênis como antigamente”, acrescentou Feu. E dessa maneira ele sustenta sua família, tendo o privilégio de ver seus dois filhos cursando ensino superior. Apesar de tanto tempo de profissão, Feu não pensa em parar. “Comecei a trabalhar muito novo, na Itapuã. Depois de concluir o segundo grau e fazer curso de relações humanas, decidi ingressar no ramo autônomo, como sapateiro”, revelou. A Sapataria do Feu continua no mesmo lugar, numa pequena porta com uma prateleira lotada de sapatos antigos e, ao que parece, aconteça o que acontecer, Feu estará ali, pronto para atender a mais uma pessoa. Barbearia para os homens Muito embora a televisão tenha apresentado um novo estereótipo de homem, apontando ícones metrossexuais, a maioria ainda prefere procurar um bom e “velho” barbeiro para manter a aparência em dia. E nesse assunto, Daniel Machado é especialista: nada menos que 39 anos de profissão. Alguns devem estar se perguntando quem é esse Daniel Machado. Trata-se do “Seu Tuti”, que trabalha na rua Bernardo Horta durante todo esse tempo. A arte de cortar cabelos e barbas ele aprendeu com o pai. Tuti é nascido em Afonso Cláudio, foi criado em Barra de São Francisco, mas veio para Cachoeiro


fotos pEDRO JUNIOR

25 anos

Deuclécio, da Multi Caldo, serve o tradicional enroladinho a mais de 25 anos

A tradição é tanta, que a lanchonete chega a vender, em dias de bom movimento, mais de 600 enroladinhos

ainda jovem, quando começou a trabalhar. Hoje, no auge de seus 66 anos, cultiva e mantém amizades, grande parte delas nascidas em seu local de trabalho. O tradicional enroladinho com caldo de cana É difícil encontrar um cachoeirense que não tenha ao menos uma vez na sua vida experimentado o enroladinho com caldo de cana na lanchonete Multi Caldo, na rua 25 de março, ao fundo da galeria onde também funciona a Cacau Show. Quem ainda não o fez, fica a dica. Segundo o proprietário do local, Del-

clécio Antônio Conterine, centenas de pessoas consomem o enroladinho por dia. “Tem dia que chegamos a vender mais de 600 enroladinhos”, enfatizou Delclécio. Figura conhecida por toda Cachoeiro e incentivador do esporte local, Delclécio revelou que a receita ele herdou do antigo dono da lanchonete, um rapaz de Muqui. “O local existe há mais de 40 anos. Eu estou aqui há cerca de 25 anos e aperfeiçoando o enroladinho”, disse. Para atender essa enorme demanda, Delclécio disse que chega a trabalhar 12 horas por dia. “Começamos a assar os primeiros salgados já as 6h30 da manhã e só

paramos às 19h. Não podemos deixar de atender ninguém”, comentou. A estrutura do local, apesar de ter mudado um pouco, continua basicamente a mesma. “Não posso parar tudo e reformar. Como iriam ficar aqueles que compram todo dia?”, ponderou Delclécio. Mas uma única coisa faz falta ao paladar de quem é adepto do enroladinho: a maionese caseira. Por questões de segurança, a prefeitura orienta a todos os estabelecimentos que não utilizem a maionese caseira. Ela, por sua vez, era fiel aliada do enroladinho, mas não ao ponto de fazer tanta falta. Afinal, o salgado, por si só, já é suficiente para agradar a todos.

20 anos Sapataria do Feu funciona há mais de 20 anos

04 de Setembro de 2010, Leia

> 15


Saúde

Não vale tudo para ficar “sarado” Ostentação da aparência e culto ao corpo tem levado jovens ao consumo de anabolizantes, causando estrago na própria saúde

Filipe Rodrigues

A

queles caras fortões, cheios de saúde, esbanjando músculo, ou, então, aquelas mulheres saradonas, que chamam a atenção por onde passam, despertam, no mínimo, a curiosidade em seres humanos “meros mor16 > Leia,04 de Setembro de 2010

tais”. Alguns demoraram uma vida inteira para esculpir o corpo de forma quase perfeita, diminuindo para bem próximo de zero o teor de gordura no organismo. Outros, por sua vez, utilizam métodos mais rápidos, no entanto, bem perigosos: o uso de esteróides anabolizantes.

Para o professor de educação física Marcelo Maleque, da academia Forma, esse é um problema de saúde pública. “Sou completamente contra o uso de anabolizantes e encaro isso como o uso de qualquer outra droga, porque causa dependência, principalmente psicológica,


fotos pedro junior / leia

Possíveis problemas causados pelo uso de anabolizantes: Calvície; Hipertrofia da próstata; Acne; Agressividade; Hipertensão; Limitação do Crescimento (os esteróides anabólicos podem interromper o processo de crescimento); Aumento do Colesterol; Virilização em Mulheres(crescimento de pêlos na face, engrossamento da voz, hipertrofia do clitóris e amenorréia); Ginecomastia (excessivo desenvolvimento dos mamilos em indivíduos do sexo masculino); Dores de Cabeça; Impotência e Esterilidade; Insônia; Hepatotoxidade (quase todos os esteróides causam lesão no fígado); Problemas de Tendões e Ligamentos (muitas vezes o aumento da força é desproporcional à capacidade de adaptação dos tendões e ligamentos)

O professor Marcelo orienta seus alunos a nunca utilizar qualquer tipo de anabolizante: vida saudável e muito exercício

inclusive, sendo, em alguns casos, até injetada no organismo”, comentou Marcelo. Como tem experiência de 15 anos, Marcelo percebe quando alguém está utilizando anabolizante. “Tem mais de 50 maneiras de notar quando uma pessoa está usando remédios. As mais visíveis são o aumento de massa corporal em um curto espaço de tempo; pele mais oleosa; e o temperamento mais agitado ou agressivo”, revelou o professor. Na academia onde é instrutor, Marcelo garante que não há nenhum aluno utilizando esse tipo de método para “ficar mais forte”. “Quando as pessoas querem parar de utilizar é que nos procuram, ou, então, quando querem iniciar de forma correta, porque aqui não é um meio apropriado para essa prática”, enfatizou o professor. Para ele, o problema do uso de anabolizantes é “real, imediato e está cada vez mais fácil e rápido adquirir esses produtos, porque não é preciso lidar com trafi-

cantes ou marginais, e, sim, com pessoas comuns, de profissão e rotina normal”. Marcelo acredita que uma das maneiras de convencer o jovem a não utilizar essa “droga” é com acompanhamento da família. “Os pais precisam entender que a academia onde o filho está malhando deve ser conhecida por eles, assim como a escola onde estuda e o local onde faz natação, por exemplo. Afinal, os pais são os responsáveis por dar capacidade aos filhos de discernir entre o bom e o ruim”, acrescentou. Boa forma com saúde “Quem começa a utilizar anabolizantes, chega a tomar doses todos os dias. É possível que o indivíduo só malhe após ingerir esse tipo de droga. Os resultados são catastróficos”, acrescentou Marcelo. Chega a ser óbvio afirmar que uma

Na academia Forma o pessoal rala bastante para manter o corpo sarado e abomina o uso de remédios para acelerar o crescimento da massa corporal

boa forma não está ligada a uso de anabolizantes. Para ter o corpo sarado, entre outras coisas, basta ter disciplina, tanto na alimentação, quanto na prática de exercícios físicos. “A pessoa gasta muito mais dinheiro por mês comprando anabolizante do que investindo em acompanhamento profissional. É uma escolha que eu, particularmente, não entendo”, ponderou Marcelo. Dependência O anabolizante causa dependência como qualquer outro tipo de droga. Essa, no entanto, é muito mais psicológica do que física. “Um jovem começa a ganhar espaço e ser aceito em grupos que antes não era, porque está com aparência mais forte e isso pode fazer com que ele se sinta inseguro, caso perca esse estereotipo”, enfatizou Marcelo.

04 de Setembro de 2010, Leia

> 17


saúde

O superitendente do HECI, Wagner Medeiros Junior, fala da importância da nova ala de internação

HECI entrega apartamentos modernos e amplos

O

Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) inaugurou na quarta-feira(01/09), a sua nova ala de internação, localizada no sétimo andar do prédio. São nove leitos privativos que asseguram o objetivo de dar maior conforto e bem - estar ao usuário e aos familiares que procuram a unidade para tratamento. A solenidade contou com a presença da diretoria do Heci, do superintendente regional de Saúde, Jathir Moreira e colaboradores do hospital. Também esteve presente ao evento, o secretário municipal de Meio

Da esquerda para direita: Dr. Marinho, Pastor Carlos Aranha, Pastor Honório, Adivaldo, José Affonso e Wagner.

18 > Leia,04 de Setembro de 2010

Ambiente, Delandi Macedo, o diretor-clinico José Zago Pulido. A nova ala tem acabamento e mobiliários de alta qualidade, além de equipamentos. Encontram-se também cama elétrica, tevê em cores, Split (ar-condicionado), mesas e cadeiras modernas e confortáveis. Outro ponto importante nessa nova ala é o aquecedor solar. O superintendente do HECI, Wagner Medeiros, disse que este novo espaço representa mais um ciclo do processo de evolução do hospital. “Temos cerca de 1,2 mil funcionários e um corpo clínico competente. Com certeza, com esta união

Corredores largos e bem iluminados ganharam telas que tornam o ambiente mais humanizado

e respeito, chegaremos ainda mais longe diante de nossas conquistas”. Já o presidente do Conselho Deliberativo do Heci, José Afonso, enalteceu toda a equipe do e elogiou as modernas instalações, relembrando o esforço e empenho para iniciar a construção do prédio ainda em 1999. “Cachoeiro merece essa valorização da vida”, finalizou. Além da inauguração dessa nova ala, o Hospital Evangélico também trabalha nas ampliações da Radioterapia (com a chegada do novo acelerador linear), da cozinha e refeitório, e hemodinâmica (com nova sala de exame). Essas obras estão em andamento.

Modernas instalações e leitos elétricos


fotos pedro junior / leia

Cultura

Artista reproduz o “rei” em mármore branco, numa escultura que pesa mais de mil e quinhentos quilos Filipe Rodrigues

Q

A escultura, feira por Angêla Borelli, demorou quase três anos para ficar pronta e reproduz pôster de Roberto Carlos

música e arte juntas

uando se fala em Cachoeiro de Itapemirim é inevitável não pensar em duas coisas: Roberto Carlos e o mármore. Como fazer para unir as duas? A artista plástica Ângela Borelli viu essa possibilidade em um pedaço enorme e retangular de rocha, que para a maioria não teria utilidade alguma, mas para ela serviu de matéria-prima da escultura do “rei”. Foram quase três anos, em um trabalho que exige muita paciência, técnica e bom gosto. Hoje, a escultura já está pronta e não tem um destino definido. Pela qualidade e a beleza, não deve demorar muito para ser vendida, inclusive, para estrangeiros. A preferência da artista, no entanto, é que essa obra fique em Cachoeiro. “São duas culturas da cidade, reunidas numa só peça, e seria interessante se o próprio município valorizasse e adquirisse para expor aos moradores e turistas”, comentou Ângela. A escultura foi executada em escala humana e demonstra a evolução da arte plástica de Cachoeiro. “Com essa escultura do Roberto Carlos, podemos afirmar que o município atingiu a maioridade nas artes plásticas”, afirmou o também artista Valdieri Martin. Apesar de ser de outro município – São João da Boa Vista, interior do Estado de São Paulo – Ângela está há 19 anos em Cachoeiro e se orgulha de poder contribuir para a cultura local. “Precisamos valorizar o que é da terra e registrar isso de alguma forma”, acrescentou a artista. Os detalhes na jaqueta, nas mãos e nos olhos demonstram o cuidado ao confeccionar a obra, que mereceria até ficar em exposição em algum local público. Mas a artista alerta: “por se tratar de mármore branco é mais aconselhável que fique em local coberto, para não encardir a pedra”. “Um grupo de empresários poderia se reunir e fazer um mutirão para adquirir a obra. Em seguida, colocá-la em exposição. Todo mundo sairia ganhando, principalmente o município”, comentou Valdieri. 04 de Setembro de 2010, Leia

> 19


Cristiane Feu

Notícias sobre Moda, Beleza, Decoração e Saúde

Contato: 28 9274 0899 leiatudo.com/olharfashion twitter @olharfashion

apresenta seu novo espaço

fotos divulgação

Cachoeiro de Itapemirim ganha novidade em calçados e assessórios com a inauguração da Form Soulier, no primeiro piso do Shopping Sul. As empresárias Marluci Eiras e Danielle Martins recepcionaram seus convidados com o lançamento da mais nova opção sofisticada e versátil de ambiente singular. A loja é exclusiva para o público feminino, mas os homens são clientes especiais para presentear suas musas. A Form Soulier é um luxo impactante. Você deve conferir:

Cristina, Marluci, Danielle, Marilha Fraga (Arquiteta da loja Form Soulier), Marianna e Sandra

20 > Leia,04 de Setembro de 2010


fotos pedro junior

04 de Setembro de 2010, Leia

> 21


wellington.santiago@gmail.com / 28 9935 6138

Na última semana Lucas Moura comemorou com festa arrasa quarteirão sua graduação em Engenharia de Produção pela Faesa. Digamos que foi uma das festas individuais de formatura mais badaladas que eu já fui. Todos os detalhes foram conduzidos para que a noite especial fosse perfeita, e tudo deu certo. Lílian E Ricardo Rabinovitch além de felizes, muito por sinal, estavam também orgulhosos por mais esta vitória do filho. O cenário da festa foi o Hotel Radisson em Vitória, que transformou seus salões internos numa super pista de dança e suas varandas em um lounge chique. Na lista amigos imprescindíveis do Rio, Minas, Cachoeiro e de Vitória.

Divulgação

A formatura de Lucas Moura

RABINOVITCH com a formatura O registro é quase que suficiente para expressar a alegria e felicidade de LÍLIAN e RICARDO ocasião muito especial. E eles uma ar comemor para especiais amigos com especial noite uma Foi LUCAS. filho de seu o seus convidados. quarteirã arrasa festa com receberam porque ver, estavam elegantérrimos como vocês podem

Atrações Especiais

Momento Especial

Elegância Familiar

Pabmar 20 anos

Em festa de jovem o que predomina são as músicas para dançar, por este motivo Lucas Moura fez questão de importar do Rio a DJ Michelle Moulom residente na Boox e de Sampa o VJ do Clube Royal para cuidar dos vídeos. Para prestigiar os locais Rodrigo Abelha também desfilou seu set bem animadinho, diga-se de passagem.

Toda aquela emoção que toma conta da gente em momentos de realização de sonhos era visível nos olhos de minha amiga Lílian, que viu o filme de sua vida passar várias vezes durante toda a noite. O que era sonho virou realidade. Ela merece toda a felicidade do mundo, e terá.

Se no convite para a festa de Lucas o traje pedido foi passeio completo, os anfitriões deram um belo exemplo. Lilían estava lindíssima num Diane Von Furstenberg, Ricardo elegantérrimo de Ermenegildo Zegma e Lucas chique num Ricardo Almeida. Uma verdadeira aula de elegância e bom gosto.

Na próxima semana darei mais detalhes com fotos, no entanto não posso deixar passar sem comentar, sobre a festa animada que Teca e Ademir fizeram junto com suas filhas Arádia, Ariele e Ariane para comemorar os 20 anos da empresa Pabmar. Foi um balacobaco daqueles.

Divulgação

Eu sempre gostei destas duas amigas queridas pelo carinho e respeito que me dedicam. São mulheres vitoriosas e que não pensam duas vezes antes de arregaçar as mangas e partir para um novo desafio. O da vez é a linda loja Vivace que inauguraram no Shopping Sul.

22 > Leia,04 de Setembro de 2010

Divulgação

O Grupo Pabmar comemorou 20 anos com festa arrasa animada e um stand caprichado na Cachoeiro Stone Fair. Eles merecem todo o sucesso porque plantaram sucesso trabalho e determinação. No registro estão CARLOS CASTEGLIONE, ARIELE, PAULO HARTUNG E TECA BINOTTI.


Divulgação

A Camacol reabriu suas portas, totalmente repaginada, apresentando um espaço mais amplo e moderno. Ela que é uma das mais prestigiadas lojas de material de construção da cidade, possui credibilidade e o respeito de seus concorrentes. No registro estão os responsáveis por todo este sucesso, JURANDA, JOSÉ, TIBÉRIO, GIULIA e MAGDA.

Metal Nobre Desire

Outro evento que marcou a semana e que logo estará aqui na coluna, porque foi uma das festas mais elegantes do ano, é o casamento de Janaína Pimentel e Scandar Nemer, realizado em Vitória. Estava tudo lindo, clássico e chique. Sem contar nas presenças de grandes celebridades sociais do Estado. Um luxo.

Depois de inaugurada com festa linda, a nova loja do Shopping Cachoeiro já é um sucesso. A novidade é a promoção que está no hot site e que premiará com um super kit Melissa o scrap book mais criativo. Visite a página e informe-se para participar.

Divulgação

Casamento Chique

No último dia 31 de agosto foi comemorado o Dia do Nutricionista, e para marcar a data a Santa Casa de Cachoeiro preparou uma homenagem para suas profissionais, que por sinal formam um time de beldades. São elas CAMILA CANZIAN, GINA LAENDER, LUIZA, minha querida amiga MARIA AMÉLIA GRAFANASSI e CAMILA MONTOVANELE.

Shopping Sul Colection

Nova Camacol

No dia 23 de setembro acontece no Shopping Sul um super desfile com os lançamentos da coleção de verão. Será uma noite bem bacana no Unimed Hall. A grande atração é o ator global Max Fercondini, para alegria da mulherada. A coluna estará presente para cobrir tudo.

Meu amigão Tibério Bermond reinaugurou sua loja Camacol completamente repaginada. Está mais bonita, ampla e moderna e com um belíssimo show room. Para marcar este fato ofereceu um delicioso café da manhã e foi prestigiado pelos mais importantes arquitetos da cidade. Ele merece todo o sucesso, afinal é um empreendedor.

Vivace

Minhas amigas lindonas Landa Davi e Rita Rocha abriram uma boutique estilosa e moderninha no Shopping Sul. o espaço que é lindo e possui luminárias no teto que são meu xodó é dedicado a moda feminina com roupas bacanas e acessórios idem. Vale uma visita para entender do que estou falando. 04 de Setembro de 2010, Leia

> 23


24 > Leia,04 de Setembro de 2010


Sociedade Foz promove mais concurso Na próxima sexta-feira (11), 16 escolas públicas e particulares de Cachoeiro de Itapemirim apresentam novos projetos de educação ambiental relacionados ao saneamento básico. É a mostra do Programa “Boas Práticas em Saneamento Básico” da Foz do Brasil. Os melhores trabalhos vão ser publicados e distribuídos para todas as unidades de ensino do Estado em 2011. O evento é aberto para educadores e representantes das unidades de ensino, das 8h ao meiodia, na sede da Foz, na Ilha da Luz. Mais informações: 2101-3377.”

Foi realizada dos dias 24 ao 27 do ultimo mês, a I Wine Tasting do Espaço D.O.C. A primeira Feira de Vinhos do sul do Estado superou as expectativas e a família D.O.C comemora o grande sucesso.

Havaianas A Sandálias Havaianas lança na coleção 2010/2011 uma linha em parceria com três grafiteiros brasileiros, o resultado são três sandálias contemporâneas e autorais. Atualmente, vários grafiteiros renomados ganham visibilidade pelos seus trabalhos autênticos e artísticos, como é o caso dos paulistanos Finók, Chivitz e Minhau. Os novos modelos também poderão ser conferidos na loja de Cachoeiro, que fica no Shopping Cachoeiro, primeiro piso.

Novo Idea No último dia 2, a Cola Veículos lançou o Novo Idea. Agora, o cliente pode escolher entre sete versões na nova gama do Fiat Idea: são três motorizações (Fire 1.4, E.TorQ 1.6 16V e 1.8 16V), quatro níveis de acabamento (Attractive, Essence, Sporting e Adventure) e dois câmbios – mecânico de cinco marchas ou Dualogic® Automático –, atendendo sempre às necessidades do consumidor com o melhor custo-benefício.

Internacional O violinista João Felipe da Fraga está embarcando para sua primeira turnê internacional, junto a Orquestra Sinfônica Jovem Mariuccia Iacovino de Campos dos Goytacazes - RJ, que representarão o Brasil no Festival DEL SOL.

Em evento social da Newport Steel para seus clientes no último sábado, dia 28 de agosto, a Rochativa em parceria com esta empresa, realizou pelo terceiro ano consecutivo mais uma campanha de arrecadação de leite, onde obteve-se grande êxito.

Paulo Victor, da Rede Gazeta, reuniu seus familiares na fazenda, no norte do ES, para comemorar seu aniversário. Além dos amigos, seus familiares Risa, o tio Alex, as tias Cassia e Lucinha e o seu pai Nelson Hespanha

Jaraguá Sabino, presidente do Jaraguá Tênis Clube, tem mandado bem em sua gestão. Também, pudera, está amparado e cercado por muita gente boa. Quem ganha é o associado. 04 de Setembro de 2010, Leia

> 25


Paladar

Receita Petit Gâteau INGREDIENTES 250g de manteiga sem sal 250g de chocolate meio amargo 5 ovos inteiros 5 gemas 165g de açúcar 100g de farinha de trigo 5g de café solúvel instantâneo 15ml de água quente manteiga para untar 5g de açúcar de confeiteiro para enfeitar sorvete de creme para acompanhar preparo Panzanella 1. Derreta a manteiga com o chocolate em banho-maria. Reserve.

2. Numa batedeira, bata os ovos inteiros e as gemas com o açúcar e junte a farinha. Retire a mistura da batedeira e adicione o chocolate e o café dissolvido na água batendo com o batedor de arame até escurecer a massa. Leve à geladeira.

famoso

o saboro so petit gâteau é um de choco bolinho late com casca cr ocante e recheio cremoso

Renda-se a esta tentação

P

etit gâteau, fondant de chocolate, bolo quente de chocolate, catarata de chocolate. São vários os nomes dados a um pequeno bolo de chocolate, servido quente e que libera uma calda rica e negra ao ser cortado. Talvez seja esse o grande trunfo dessa sobremesa que cativou o coração dos brasileiros nos últimos anos, obviamente aliado ao sorvete de creme e, eventualmente, a algum detalhe extra, adicionado pelos mais criativos. O

petit gâteau é um bolo simples, elaborado, basicamente, com farinha de trigo, manteiga, ovos, açúcar e chocolate em barra. Quando o bolo é levado ao forno, algumas reações químicas interessantes acontecem e transformam a massa no objeto de desejo de qualquer aficcionado por chocolate. Basicamente, o que acontece é o seguinte: durante o processo de elaboração da massa, minúsculas bolhas de ar são aprisionadas no creme de ovos. Quando levada ao forno e, com o au-

3. Na hora de servir, unte 12 forminhas de 9 cm de diâmetro com muito pouca manteiga e asse no forno a 250 graus, de 4 a 5 minutos. Desenforme imediatamente, polvilhe com o açúcar de confeiteiro e sirva com 1 bola de sorvete de creme.

mento da temperatura interna, as bolhas de ar se expandem, fazendo com que todo o restante do bolo suba. Como a temperatura do forno é extremamente alta (200 a 220°C) e, como o processo de cozimento acontece de fora para dentro (das bordas para o centro), a porção da massa que está em contato com a fôrma recebe, de imediato, uma quantidade enorme de energia em forma de calor. Este calor gelatiniza o amido da farinha, que é um elemento de estrutura do bolo e ajuda a mantê-lo firme. Da mesma forma, as proteínas do ovo coagulam e se tornam firmes o suficiente para suportar o peso de todo resto da massa.

VINHOS EXCLUSIVOS COM DESCONTOS IMPERDÍVIES

+ vinhos recomendados

+ receita acompanhamentos

Sarlot Reserva Tannat Roble

Filé à parrilla

Vinho Premium, pertencente aos grandes vinhos do Uruguai. Um belo vinho, tudo o que um tannat pode ter e mais um pouco. Totalmente pronto a degustar, taninos maduros, muita harmonia num vinho que é cremoso e aveludado na boca. Uns dos Top Ten da 1ª Wine Tasting. Onde encontrar: ESPAÇO D.O.C VINHOS E DELI 28-3511-5314 espacodoc@espacodoc.com.br

26 > Leia,04 de Setembro de 2010

INGREDIENTES

1 e 1/2 kg de contrafilé ou filé 1 dente de alho Sal e pimenta a gosto 1 colher (sopa) de tomilho 1 copo de vinho tinto 4 colheres (sopa) de azeite Batata frita a gosto 1 pé de alface Modo de preparo Temperar a peça inteira do contrafilé com alho socado, o sal, a pimenta, o tomilho e meio copo de vinho. Espalhar o azeite e deixar marinar de um dia para outro. No dia seguinte, injetar na carne, com uma se-

ringa limpa, mais 4 colheres de vinho. Colocar na grelha durante 18 minutos de cada lado, pincelando de vez em quando com o líquido da marinada. Servir a carne fatiada com batata frita e salada de alface.


04 de Setembro de 2010, Leia

> 27


28 > Leia,04 de Setembro de 2010

Revista Leia  

Edição nº 74

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you