Page 1

moda

Metal Nobre apresenta coleção Outono/Inverno

sociedade

A colunista Flávia Teixeira em sua estreia na Leia

RAFAEL DUARTE

Nº 150

10 de março 2012

R$ 3,00

www.revistaleia.com

o cotidiano DOS diretores A Revista Leia traz uma reportagem especial, demonstrando o cotidiano e os desafios impostos nesse ambiente tão plural, citando experiências de sucesso na cidade, através dos exemplos de uma instituição pública de nível fundamental, e outra privada de nível médio.


02 > Leia,10 de Marรงo de 2012


Da Redação Na edição dessa semana, trouxemos ao nosso dileto leitor matérias distintas e de suma importância sobre Cachoeiro e sua sociedade. Além disso, notícias relacionadas à política, sociedade, comportamento, gastronomia, entrevista, moda, cultura e outras reportagens especiais, também compõe a pauta rica e diversa que você só encontra aqui na Revista Leia. Social com conteúdo de verdade. Sem esquecer que nessa semana comemora-se o Dia Internacional da Água e também o Dia da Escola, seu semanário fiel assume a responsabilidade ecológica de sua linha editorial e traz uma matéria interessante sobre o tema hídrico, da mesma forma em que rende homenagem a toda comunidade escolar (professores, gestores, pais e alunos), através de uma matéria especial alusiva a questão. Confira também informações curiosas sobre o carro da Google que está rodando em Cachoeiro. Saiba o que ele faz por aqui. Além disso, você ainda poderá apreciar outros artigos e a coluna Bastidores do advogado Wilson Márcio Depes. Por fim, desejamos as boas vindas à nova colunista social, Flávia Teixeira, que aceitou nosso desafio e estará agregando seu talento e imprimindo sua marca conosco daqui para a frente. A redação lhe saúda fraternamente, confiante no sucesso que sua luz irradia. No mais, boa leitura e que a graça e a paz do Eterno esteja com todos!

índice DIRETOR EXECUTIVO Jackson Júnior (jacksonjr@revistaleia.com) REPÓRTER Sávio Resende (savio@revistaleia.com) Thiago Viana (thiagoviana.es@gmail.com)

25

FOTÓGRAFOS Rafael Duarte

Tecnologia

Google Street Views traz Cachoeiro de Itapemirim em 3D para o mundo

COLUNISTAS Flávia Teixeira, Cristiane Feu, Wilson Márcio Depes e Marcos Jacob ARTICULISTAS Romário Vargas, Wilson Márcio Depes, Helder Caldeira e Izabel Lacerda GERENTE COMERCIAL Marcos Tristão (marcos@revistaleia.com)

Economia

Encontro de empresárias

07

política

Moda

Form realiza coquetel badalado

12

A pesquisa da Futura e as próximas eleições

COMERCIAL Adriana Almeida FINANCEIRO Nayara Tristão DIAGRAMAÇÃO Paulo Henrique IMPRESSÃO e CTP Gracal Gráfica e Editora TIRAGEM 5.180 exemplares PERIODICIDADE SEMANAL Edição n° 150 10 de Março de 2012

26

Paladar

Prático, gostoso e sem muitas complicações, o risoto é uma ótima alternativa ao arroz e feijão de todo dia

+ conteúdo em revistaleia.com

Revista Leia Cachoeiro de Itapemirim - ES Rua Ludário Fonseca, n°54 CEP 29 305-520 Tel.: 28 3036-2010 E-mail revistaleia@hotmail.com Site: www.revistaleia.com

Escreva para nós: vale crítica, elogio, sugestão. Não deixe de enviar também seu nome completo e telefone cartas@revistaleia.com


perfil

entrevistas foto: rafael duarte

Liliane Moulin / Empresária

I

nspirado ainda na Semana da Mulher, o perfil dessa semana contempla a figura da empresária Liliane Carreiro Moulin. Nascida em Cachoeiro de Itapemirim, aos 41 anos de idade, é dona das lojas Hi-Lo, no Shopping Sul e Shopping Cachoeiro. É formada em Tecnologia em Pro-

cessamento de Dados com especialização em Educação, área onde atuou durante 17 anos, como professora de cursos técnicos e superiores na área de Informática. Entretanto, sua paixão sempre foi moda. Depois de formada, foi trabalhar como analista de sistemas. Como não houve identificação na área, resolveu abrir

uma loja em Guarapari. Durante 7 anos trabalhou vendendo roupas de linho Braspérola, fabricadas por sua mãe, Alice Moulin. Mas voltou para Cachoeiro devido a doença do seu pai, o saudoso Zion Moulin. Durante mais 7 anos trabalhou na área educacional, para depois se dedicar novamente ao mercado da moda.

online revistaleia.com o site da leia é o lugar para você opinar e participar gastronomia em alta no es

Alta gastronomia a preços acessíveis. Essa é a proposta do festival “Espírito Santo Restaurant Week”, que segue até o dia 18 de março com a participação de 41 estabelecimentos de sete municípios do estado. São servidos cardápios completos com entrada, prato principal e sobremesa, com duas opções à escolha do cliente.

divulgação

es Restaurant Week

Uma exposição inédita com dinossauros em tamanho real promete encantar crianças, jovens e adultos em Vitória, no Espírito Santo. As réplicas são dinossauros robôs gigantes montados cenograficamente como se estivessem vivos, com som e movimento. A “Expo Mundo Jurássico” vai até domingo (11) e fica no estacionamento externo do Shopping Vitória.

exposição de réplicas de dinossauros Siga a revista na internet acervo digital issuu.com/leia

04 > Leia,10 de Março de 2012

no twitter @revistaleia

no facebook /revistaleia


A Hi-Lo foi idéia do marido Ronald, que hoje a ajuda na administração financeira da loja. Todo o restante fica por conta de Liliane: compras, vendas, gerência da loja e da equipe. Trabalho dobrado agora com a inauguração de outra loja no Shopping Cachoeiro. Sempre muito ativa, adora trabalhar, sem deixar de reservar um tempinho para ela e para a família: o marido Ronald, a filha Bárbara e o enteado Carlos Eduardo. A malhação é sagrada, mesmo com todos os compromissos. Liliane também adora ler, ir ao cinema, ouvir música, dançar. Aliás, a dança é uma das suas grandes paixões. Quais as principais tendências para as coleções Out/Inv 2012? Para quem gosta de manter o guarda roupas sempre atualizado, as novas tendências do inverno 2012 são bem marcantes. O eterno clássico preto e branco está em alta; a cultura indígina americana traz peças com ares boêmios, franjas, estampas típicas, bem despojado; em contraste voltam os looks combinados, peças mono print, ou seja, os conjuntinhos estão em alta; os vestidos longos continuam, mas o grande destaque são os mullets (mais curtos na frente e longos atrás). Para os tecidos, diversas estampas e texturas: brocado, renda, pedraria, veludo, couro, peles, paetês, lurex e, claro, o animal

twittou-se

@marvio

@anamarchetti

Siga-nos @revistaleia

Qual o segredo para sobreviver no mercado de vestuário em Cachoeiro? Cachoeiro é referência em moda no estado. Temos aqui as melhores griffes do país e consumidores de bom gosto. Acredito que o segredo seja acompanhar as tendências de consumo, buscando sempre trazer novidades, satisfazendo as expectativas dos clientes com bom gosto, qualidade e bom atendimento. Quais as principais dificuldades enfrentas pelas mulheres de negócios? Nossa maior dificuldade ainda é conciliar os diversos papéis que assumimos. Nossa competência já foi reconhecida pelo mercado de trabalho, mas exercer os papéis de mãe, esposa, mulher e dona de casa, juntamente com a dedicação à carreira é um desafio diário que temos que enfrentar.

capa

Diretor do Guimarães Rosa, Davi Loss com seus alunos Foto: RAFAEL DUARTE

No mundo da moda estar bem vestido não significa pagar caro. Se buscarmos novas opções, veremos que existem no mercado uma variedade muito grande de produtos com qualidade similar e com preços diferenciados. Qual o diferencial oferecido pela Hi-Lo para atrair os clientes? Quando resolvi montar a Hi-Lo, minha principal preocupação era trazer as principais tendências para Cachoeiro, aliando moda à praticidade. Ninguém hoje quer uma roupa para usar apenas uma vez e ficar guardada no armário, a roupa tem que ser versátil. E claro que esse trabalho só é possível com uma boa equipe treinada para conhecer o produto que vendemos e oferecer, a cada dia, um atendimento melhor. Procuramos sempre aprimorar o relacionamento com os clientes pois queremos que cada um seja mais que isso, seja um amigo da Hi-Lo.

Qual o perfil dos consumidores de Cachoeiro? O consumidor de Cachoeiro é exigente e deve ser mesmo. Temos muias opções na cidade, em vários ramos de atividade. As pessoas buscam principalmente qualidade, mas aliada a um bom atendimento e preços acessíveis.

Como o crescimento e a maior visibilidade do Shopping Sul podem ajudar nos negócios? O crescimento do Shopping Sul proporciona um incremento negocial condizente com o já destacado posicionamento do mesmo como bom e agradável ambiente de negócios e lazer, contribuindo para uma maior geração de renda não só para os logistas mas também para os municípios do sul do estado.

Ssangyong, Changan e Haima

ensaio

A partir de 2014, veículos das marcas chinesas Changan e Haima e da coreana Ssangyong podem começar a ser fabricados no Brasil. O presidente da Brasil Montadora de Veículos, assinou um protocolo de intenção com o governo do Espírito Santo para erguer uma fábrica na cidade de Linhares.

Prestes a completar 27 anos, Alessandra mantém tudo em cima com uma rotina diária de musculação. No passado, ela fez ioga e jogou vôlei profissional por 5 anos. A bela faz parte do quadro de participantes do Casa Bonita 4.

Importadora planeja fábrica

Sou a favor de um ESTADO LACTA que distribua ovos de Páscoa no Judiciário e nas reparticões. Cardiologista quando quer saber se o sujeito ta com as coronárias desentupidas mesmo manda logo pro banco!Se voltar é por que ta tudo ok!

print, que dá destaque às cobras. A cor da estação é o marrom, acompanhado do azul, vinho, mostarda e verde musgo. Um inverno democrático, para todos os gostos.

multi show

10 de Março de 2012, Leia

> 05


Romário Vargas v e n d a s

Romário Vargas é palestrante e consultor, graduado em administração de empresas e em MBA Executivo e Marketing pela FGV.

C

Extermine o “Pac” de sua empresa

omo é traumático verificar que a grande maioria das empresas, notadamente o comércio varejista, está fazendo vendas sem observar o que realmente o cliente quer comprar e, muito menos, porque o cliente está comprando. A grande maioria ainda vende coisas, ou seja, roupa, sapato, sandália, geladeira, fogão, carne, carro, refeição e outras coisas mais. Isso não faz nenhuma diferença e, ainda, não causa impacto em nenhum cliente. Você tem que vender excelente atendimento, estilo de vestir bem, liberdade e conforto para os pés, enfim, você tem que vender benefícios pessoais sempre. Hoje, o grande diferencial, em um mercado cada vez mais competitivo, com produtos e serviços cada vez mais iguais - e as pesquisas provam isso - está no atendimento, com profissionais bem treinados para atender excelentemente bem a quem quer comprar. É raro você entrar em um estabelecimento e ser bem atendido. Mais raro ainda ser atendido com excelência, aonde o cliente vai com a decisão de compra de um determinado produto, o que chamamos de item principal, e sai da loja com outros produtos, o que chamamos de itens adicionais, graças àquele profissional que a empresa investiu para participar de um treinamento de atendimento ao cliente e vendas. Certa ocasião, estávamos dando um treinamento de excelência no atendimento ao cliente no IBGL, em Vitória, e uma profissional de vendas de uma empresa do Rio de Janeiro que se instalou no Espírito Santo, fez uma observação interessante com relação ao atendimento da maioria dos profissionais. Ela disse que há um “PAC” na maioria das empresas que

ela está prospectando e até mesmo nas empresas que ela fez compras particulares e para a empresa. Fiquei curioso em saber o significado do “PAC”, afinal de contas, essa é a sigla do Governo, que até tem uma mãe Dilma. Ela disse que aqui no Espírito Santo, o PAC significa: “Péssimo Atendimento Capixaba”. Lógico, há exceções eu diria, mas, infelizmente, como Capixaba que sou, fui obrigado a concordar com ela, até porque por experiência de ser um consumidor e também pelo fato de fazer “cliente oculto” em empresas que treinamos os funcionários, para verificar se aquilo que ensinamos foi absorvido ou até mesmo para detectar necessidade de um treinamento mais específico, de acordo com as anomalias verificadas. Em todos os Estados e Cidades Brasileiras em que trabalhei e morei, como no Nordeste, Rio de Janeiro, Paraná, Distrito Federal e Espírito Santo, observei uma variação muito grande com relação aos investimentos na qualificação dos profissionais de atendimento ao cliente e vendas e aqui não é diferente, mas quando uma empresa resolve colocar alguns funcionários da equipe para fazer o primeiro treinamento, logo depois, quer colocar os demais, simplesmente porque os resultados positivos de aumento nas vendas foram imediatos. Precisamos transformar esse “PAC – Péssimo Atendimento Capixaba” ou o Carioca, o Mineiro, o Paranaense, o Paulista, o Cearense, o Pernambucano e outros em: “PEAC – Programa de Excelência no Atendimento ao Cliente” e para que isso ocorra, é necessário investir em treinamentos para suas equipes e exterminar, de uma vez por todas, o mal atendimento aos Clientes.

Outros artigos em > leiatudo.com/romario

06 > Leia,10 de Março de 2012

Encontro de Empresárias O charme e a competência das empresárias cachoeirenses abriu com chave de ouro a temporada do almoço de negócios de 2012

O

encontro aconteceu na última quarta-feira, dia 7, no Bom Gosto, e foi especial em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Homenagens, distribuição de brindes e sorteios de diversos mimos marcaram a tarde. Um grande número de empresárias de diversos seg-


economia e negócios mentos da cidade compareceu ao evento, que contou inclusive com a presença da primeira dama Auxiliadora Casteglione. Durante o encontro, num clima descontraído e informal, os empresários se manifestaram e colocaram sugestões e opiniões sobre diversos assuntos. No próximo mês, mais um grupo será convidado a partici-

por Marcos Jacob economia@revistaleia.com

par dessa reunião que já virou referência para o setor empresarial. O encontro tem o apoio da Acisci, Escritório Sérgio Soares, Cola Veículos, Sicoob Sul, Unimed Sul Capixaba, Orient, Buffet Bom Gosto e do programa Parraro na TV. A realização é da Coluna Economia e Negócios da Revista Leia e cobertura fotográfica do HG2 Stúdio.

Leia Mais coluna Economia e Negócios revistaleia.com/economia 10 de Março de 2012, Leia

> 07


Wilson M. Depes

g e r a l

Viver do passado? Wilson Márcio Depes é Advogado e professor universitário, na cadeira de Direito Tributário, há mais de 20 anos. É também jornalista profissional e escritor, tendo publicado dois livros

A busca da história real, às vezes, é tido como um mero registro de saudosismo

P

ermiti aos meus poucos leitores que tirassem, digamos, umas férias. Recomeço minha crônica e a coluna política aí do lado. Quem se habitua ao jornalismo, mesmo exercendo outra atividade febricitante como é a advocacia, quando se afasta fica faltando um pedaço, como diria Djavan. Um fato que chama a minha atenção é que os cronistas andam assustados com os fatos – e sua divulgação – que acontecem muito rapidamente. E isso pode deixar a abordagem defasada e requentada. Ponderaria o leitor: mas, por outro lado, não faltaria assunto ou notícias. É verdade. Só que uma bela amiga vem reclamando, com insistência, que “tá tudo muito, muito superficial”. Será? Os jornalões, por exemplo, entraram na era da síntese. Quer dizer, em sendo tudo muito rápido e os acontecimentos múltiplos, as notícias obedecem a um padrão das redes sociais. Jogo rápido. Você fica mais informado, porém sem reflexão sobre o fato. Essa reflexão e a contextualização dos mesmos demandam um tempo, uma espécie de decantação. É possível fazê-la?

Sei não. Penso que minha amiga tem razão: tá tudo muito superficial. Mas temos que nos habituar com um mundo inteiramente novo. Vou citar um exemplo para explicar melhor o raciocínio. A Mirian Leitão, com quem convivi em “O Diário” e “A Gazeta”, em Vitória, na década de 70, fez uma bela matéria sobre o assassinato, através tortura, do ex-deputado Rubens Paiva. Foi na Globonews. Ninguém, no escritório, sabe quem é Rubem Paiva. Que pena. Mas dá pra contar e todo mundo presta atenção na história. Mas aí vem uma amiga, no face, e me acusa de ser um saudosista e viver do passado. Ainda bem, penso eu, que ela não é filha do Rubens e não teve o pai assassinado pela repressão, com a boca amarrada no cano de descarga de um automóvel. A busca da história real, às vezes, é tido como um mero registro de saudosismo. E isso, parece, absolve os torturadores. Lamentavelmente. O assassinato do Rubens é uma história mal contada e a família, até hoje, espera o corpo para poder enterrar... É isso minha amiga do face.

Outros artigos em > revistaleia.com/wilson

08 > Leia,10 de Março de 2012


politica ´

e bastidores

por Wilson Márcio Depes wmarciodepes@gmail.com

A pesquisa e as próximas eleições

A pesquisa que o jornal A Gazeta divulgou, encomendada ao Instituto Futura, mostra uma realidade incontestável para o mais comum dos mortais: Ferraço é o principal candidato a prefeito. Ostenta, hoje, 46,5 das intenções de votos na opção estimulada, ou seja, quando o eleitor tem à sua disposição os nomes dos candidatos. O índice de rejeição não é significativo em relação aos outros candidatos (13%), pois o prefeito Casteglione ostenta 26%. Mas poder-se-ia argumentar: na eleição passada Ferraço era o franco favorito. Mas a história é outra. O novo – mote da eleição – foi testado e aparece hoje em terceiro lugar. Em síntese: Ferraço tem hoje uma posição mais sólida. Inclusive levando em conta a rejeição do prefeito.

A situação do prefeito O prefeito cravou 15.5 pontos percentuais na pesquisa estimulada. O discurso de Casteglione se funda exatamente num possível sucesso da administração daqui pra frente para recuperar a posição. Isso porque a pesquisa lhe oferece um sinal de que a população começa a aceitar seu governo. Para fortalecer essa perspectiva, está mandando publicar, comparativamente, pesquisa anterior onde aparece com número menor. Quer dizer: estaria crescendo. É aquela velha história da força da máquina administrativa. Mas a outra justificativa, que “não pensei ainda em eleição”, chega às raias do patético.

Camilo fora

A pesquisa mostra o grande empresário da Itapemirim, deputado Camilo Cola, inteiramente fora do páreo. Uma evidência de que sua candidatura a prefeito pelo PMDB não passa de um balão de ensaio. Ficou apenas 7.8 por cento. Amigos próximos dizem que ele teria afirmado que apoia Ferraço. Ferraço é padrinho da atual namorada do empresário, Ana Luzia Borges, viúva do ex-deputado Luiz Borges, amigo de Ferraço.

Aposta

O vice-prefeito pa Barros, por exem stor Braz plo, confessa a amigos que ac redi de votos. O PT en ta numa divisão saia o raciocínio que os votos de de Glauber não irão Ferraço, caso o jovem deputado para desis da candidatura. Esses votos derra ta mariam no Palácio Bern Será? Glauber se ardino Monteiro. posta criticamen te contra a admin istração, embora possa tomar seu cafezinho no Palácio. Outro também que estará fora do páreo, com 7.0, é Abelzinho Santana. O deputado Glauber acabou em absorver, por inteiro, o discurso de renovação. O médico, que demonstrou ser bom de voto na eleição para deputado federal, está se preparando para ser candidato à Assembleia Legislativa?

Abelzinho também

Grande revelação A grande surpresa – a palavra surpresa não é a adequada -, mas a pesquisa traz uma revelação que deixou o mercado político atônito: o deputado estadual Glauber Coelho, com 21.6, ocupa o segundo lugar. O que se esperava, num primeiro momento, é que Glauber estivesse bem posicionado, mas não a frente de Casteglione. Ele colocou 6 pontos na frente do prefeito. Quando Ferraço não aparece, Glauber bate em Casteglione com 20 pontos na frente.

Leia Mais Política e Bastidores revistaleia.com/politica

Maior rejeição (I)

A pesquisa aponta, também, na espontânea, a violenta rejeição do prefeito Casteglione: cravou 30.8. O prefeito justifica que tal rejeição se diluirá com as obras que serão executadas, “pois nosso orçamento garante a recuperação”. Porém, que conhece pesquisa sabe que esse é a pior informação que um candidato pode ter. Exatamente porque é difícil de reverter, ou seja, ele está lutando contra rejeição e não eleitor indiferente.

Mais rejeição (II)

A maior rejeição, na estimulada, é do ex-prefeito Roberto Valadão - 47.2. Mas ele justifica que perdeu “o contato com os eleitores” e que “não será mais candidato”. Mas detém, ao que se presume, o controle do Diretório Municipal do PMDB. Deve ficar com Ferraço em busca de um futuro apoio para ser candidato a deputado estadual.

[Curtinhas] O secretário de segurança, Henrique Herkenhoff, está precisando urgentemente fazer uma dieta. #### A coluna volta a ser publicada normalmente, a partir desta edição. #### Como diz o juiz Loius Brandeis, “a luz do sol é o melhor desinfetante”. #### Glauber Coelho ouvindo os amigos. #### Até a próxima. 10 de Março de 2012, Leia > 09


As lojas

Metal Nobre do Shopping Cachoeiro e Shopping Sul apresetaram a coleção outo

foto: rafael duarte

10 > Leia,10 de Março de 2012


ono/inverno com peças exclusivas e lindas. O coquetel de lançamento foi um sucesso!

Shopping Sul - 1° Piso 28 3517-8084 | Shopping Cachoeiro - 1° Piso 28 3521-5590 | www.lojasmetalnobre.com.br

10 de Março de 2012, Leia

> 11


R IE L U O S M R O F E M FOR fotos lusmara soeiro

especialmente escolhida pa ta da a foi r, lhe Mu da al ion ac ern Int Dia Dia 08 de marรงo -

12 > Leia,10 de Marรงo de 2012


12 0 2 O N R E V N /I O N O OUT

tรฃo chegando nas lojas. es e qu es ad vid no as em tar en res ap er uli ara a Form e Form So

Shopping Sul - 1ยบ Piso (28) 3522-4892

Shopping Sul - 1ยบ Piso (28) 3521-0443 10 de Marรงo de 2012, Leia

> 13


~

educacao

´

ensino em cachoeiro rafael duarte

Oficina da Vida

Comemorando o Dia da Escola nesse 15 de março, a Revista Leia traz uma reportagem especial sobre o tema, demonstrando o cotidiano e os desafios impostos nesse ambiente, citando experiências de sucesso na cidade Thiago Viana

A

palavra “Escola” vem do grego skholê, que significava precisamente “descanso, repouso, lazer”, pois, na Grécia antiga, só quem tinha tempo livre, ou seja, não possuia obrigações com o trabalho braçal, podia se dedicar aos exercícios físicos e mentais repassados pelos filósofos da época. Mas se antes o acesso à escola era restrito e aristocrático, hoje em praticamente todo mundo ele é um direito universal garantido por lei aos povos. Durante a infância e a adolescência, depois da família, a escola é o primeiro grupo social a que pertencemos. Ela é importante porque nos ensina desde cedo a interagir com as pessoas, permtindo que conheçamos novos comportamentos, gerando assim, uma consciência sólida de respeito e compreensão sobre o diferente. Um local de convivência privilegiado, onde surgem amizades e amores eternos. Fora isso, a escola também é fonte de conhecimento e educação, tanto formal quanto informal, além de um espaço único para desenvolver o protagonismo juvenil por parte dos estudantes. Sua função social é servir enquanto referência para cada fase que a vida inicial exige do aluno. 14 > Leia,10 de Março de 2012

Diretor do Guimarães Rosa, Davi Loss, divide o mérito dos bons resultados da escola com os alunos

No Brasil, a educação num modo geral ainda é insatisfatória. Porém, nos últimos anos, temos evoluído em algumas áreas, principalmente, no que tange ao número de ingressantes e formandos no ensino superior, na diminuição do analfabetismo, da evasão escolar, na construção e ampliação de novas unidades de ensino, em todos os níveis, entre outros avanços. Esse resultado é fruto de um inédito número de investimentos realizados pelo governo federal, todavia, ainda insuficientes para à excelência de ensino que um país can-

didato a desenvolvido necessita. Superando obstáculos, promovendo a educação Em Cachoeiro, a maior escola municipal da rede localiza-se no bairro Jardim Itapemirim, e chama-se Galdino Theodoro da Silva. Estivemos por lá conversando com a diretora Áurea Regina Légora, que nos apresentou dados impressionantes: ela é responsável por nada menos que 967 alunos, 66 professores e 105 servidores. Como gestora, ela cuida da


parte administrativa e do patrimônio da escola, e ainda conta o apoio de uma equipe pedagógica dedicada para desenvolver outros projetos específicos, nas disciplinas junto aos alunos. Segundo ela, “o maior desafio é trazer a comunidade para dentro da escola”, porque muitos pais ficam distantes do processo educacional dos filhos. Outra questão preocupante, “é a evasão escolar fruto da inserção prematura de jovens no mercado de trabalho”. São estudantes menores de 14 anos que interrompem os estudos para labutar, buscando suprir anseios materiais do presente, em detrimento de oportunidades futuras. Outra questão preocupante é a violência no ambiente escolar. Ela se manifesta de variadas formas, e geralmente tem ligação com o tráfico e uso de drogas, ou com a prática do bullyng. Nesse sentido, campanhas preventivas, de conscientização, são desenvolvidas visando neutralizar esses problemas antes que eles surjam. Para o Professor Léo, que leciona naquela unidade e também é vereador no município, “só o comprometimento e o amor dos profissionais envolvidos no contexto escolar é capaz de alterar a realidade. E isso vem acontecendo aqui.” Na iniciativa privada, o exemplo da escola Guimarães Rosa é um orgulho para Cachoeiro a nível de estado. Primeira colocada na redação do ENEM e sexta na classificação geral no Espírito Santo, a instituição mescla tradição com modernidade. Seu diretor desde a fundação é o conhecido Davi Alberto Loss, que já foi secretário municipal de educação, professor e diretor da FDCI, da antiga FAFI,

Áurea Regina Légora é diretora da EMEB Galdino Theodoro da Silva e busca fazer a diferença

do Liceu, e atualmente é vereador. Para ele, o sucesso e os resultados alcançados pelo Guimarães Rosa ao longo dos anos são fruto de uma visão pedagógica diferenciada que, historicamente, embora seja um colégio particular, a escola nutre: educação não é um produto comercial qualquer, e só ganhar dinheiro não pode ser o objetivo principal. Outro fator importante é a cobrança da escola em relação a produção dos alunos e a confiança mútua que é estabelecida entre as partes. A valorização do quadro docente é outra virtude fundamental. Sempre atualizada, a escola Guimarães Rosa vem gradualmente modificando seu material didático, tendo em

Professor Léo, que está vereador em Cachoeiro, com seus alunos da rede municipal de educação

vista o enfraquecimento dos vestibulares e o fortalecimento do Novo Enem, como passaporte ao ensino superior. Valorizando mais as ciências humanas e a redação, a metodologia hoje praticada busca desenvolver nos alunos uma visão crítica acerca do mundo, fomentando neles a capacidade de interpretação dos fatos que os rodeiam, ao contrário da lógica nociva que obrigava antes os vestibulandos a decorar fórmulas, datas e nomes pouco úteis. A escola do futuro De acordo com muitos especialistas, o conceito de escola no Brasil irá se alterar drasticamente nos próximos anos. Isso porque com o advento do pré-sal e outros fatores que sustentarão a expansão econômica do país nas próximas décadas, cada vez mais será preciso oferecer formação direcionada para atender às demandas do mercado por mão-de-obra qualificada. Nesse sentido, potencializar as habilidades a partir da vocação do estudante, será uma regra inevitável à escola do futuro. Será uma questão de otimizar processos, ou seja, não perder mais tempo com aquilo que não será utilizado. Ao mesmo tempo, é consenso entre os educadores a necessidade de uma formação geral mínima, abordando humanas, exatas, linguagens e biomédicas. E uma coisa não inviabiliza a outra. 10 de Março de 2012, Leia

> 15


16 > Leia,10 de Marรงo de 2012


10 de Marรงo de 2012, Leia

> 17


18 > Leia,10 de Marรงo de 2012


10 de Marรงo de 2012, Leia

> 19


sociedade

FLÁVIA TEIXEIRA flavia@revistaleia.com

divulgação

Cegonha O amigo e publicitário Serginho Grillo e sua esposa Grazielle estão vibrantes com a chegada da mais nova integrante da família, Pietra, que significa “reservada, equilíbrio”. Ela chega para abrilhantar ainda mais essa família, na companhia de sua irmã Sophia. Quem também espera a cegonha é a minha querida amiga Danielle Hercolano e seu esposo Gonçalo. O casal está na expectativa de saber se é menino ou menina.

Gourmet

Franquia

Dress To

A famosa terça gourmet dos amigos Vanderson Liberatore, Eduardo Carlette, Nelson Campos, Diego Perin e Scandar Nemer recomeça na próxima semana. Nelson Filho será o anfitrião e promete um cardápio surpresa. Vandinho já pensa em lançar um “guia culinário” com as receitas da terça gourmet. Além de saborear delicioso prato, aproveitam para colocar a conversa em dia.

Minha queridíssima Marluce Eiras, mulher empreendedora e ousada, vai lançar nos próximos meses uma nova franquia no Shopping Sul. Representa uma marca internacional que será anunciada nos próximos dias. Marluce que já possui três lojas em Cachoeiro e uma em Castelo, surpreende a cada dia com seu espírito empreendedor. Desejo sucesso neste seu novo desafio!

Cintia Vargas apresentou ontem durante todo o dia a coleção outono inverno 2012. Neste inverno 2012, a menina dress toma partido das cores, pega emprestado peças masculino, mistura ícones retrôs e brinca de se vestir. Esta é uma coleção para se esquecer das regras de certo e errado e criar uma atitude única de quem conhece a moda e se diverte com ela. As referências aos anos 60 aliadas elementos gráficos da Pop e Op-Ar.

Carla Buaiz (Designer de jóias), Isabella Cagnin (Lojas Sacarpabella), Carlos Roberto Corradi (Consultor de moda da marca Carmen Steffens) durante coquetel de lançamento da coleção Outono/Inverno

20 > Leia,10 de Março de 2012

O empresário Alexandre Tavares e sua namorada Thalita Altoé prestigiando o evento de lançamento da nova S10 na CVC Cachoerio


Na noite do último dia 08, dia Internacional da Mulher, a sociedade cachoeirense prestigiou as lojas Maria Maria, Scarpabella, Metal Nobre e Form que lançaram suas coleções outono inverno no Shopping Sul. Lindas mulheres desfilaram pelos corredores do Shopping com certeza valorizando ainda mais seu dia. Não faltou mulher bonita em busca dos melhores looks e marcas apresentadas. Aliás, as lojas não economizaram para agradá-las com Buffet requintado, Dj e muito pró-seco.

Almoço Na última quarta-feira (07), a coluna Economia e Negócios da Revista Leia, realizou o primeiro almoço do ano de 2012. As mulheres predominaram no evento em comemoração ao “Dia Internacional da Mulher”. Cerca de 120 mulheres prestigiaram o almoço no Buffet Bom Gosto distribuindo beleza e elegância.

divulgação

Shopping Sul

Mulheres lindas se reuniram para o chá de panela de Maíra Teixeira. Ana Paula Clara caprichou na organização da festa. A programação teve até carreata!

Sicoob Sul O Sicoob Sul realizou ontem (09/03) sua Assembléia Administrativa. O evento aconteceu em alto estilo no Unimed Hall. Muito cooperado presentes para acompanhar o sucesso da cooperativa. O presidente Rubens Moreira, está feliz da vida com o grande momento que vive o Sicoob Sul.

José Braz Neto e Wander Tavares durante o evento de lançamento da nova S10. No melhor estilo country, receberam amigos e clientes na CVC Cachoeiro em noite badalada

Caiu na Rede

“Parabéns nesse novo desafio Flávia, tá linda hein”

Camila Del Esposte parabenizando a nova colunista da Revista Leia, Flávia Teixeira via Facebook

Elúsia Câmara e sua irmã Selma, responsáveis pela produção da colunista, são excelentes profissionais. No final do mês, Elúsia estará participando da Feira Internacional da Beleza Hair Brasil 2012

Ketel One Party A The One vai movimentar a pista com este evento que acontece hoje a partir das 22h00. O Dj David Rocha vai tocar as melhores músicas do momento. A The One já se tornou referência em entretenimento na cidade e com certeza vai faltar espaço. 10 de Março de 2012, Leia

> 21


By

Cristiane Feu Olhar Fashion - Qualidade de vida em primeiro lugar

Contato: 28 9919-0049

22 > Leia,10 de Marรงo de 2012

leiatudo.com/olharfashion - twitter @olharfashion


10 de Marรงo de 2012, Leia

> 23


24 > Leia,10 de Marรงo de 2012


cidade

tecnologia rafael duarte

Cachoeiro em 3D para o mundo O trabalho deve durar mais três semanas, e todos os bairros serão contemplados, bem como, o conjunto de rodovias que dão acesso à cidade Thiago Viana

Q

uem andou pelas ruas de Cachoeiro nessa semana, a pé ou de carro, notou que um veículo curioso trafegava pelas ruas da cidade, cheio de parafernalhas e todo plotado com a marca da empresa americana Google. Trata-se de um trabalho de captação de imagens que está sendo realizado no município, visando atualizá-lo no Google Maps, totalmente mapeado em 3D. Quando finalizado, o serviço Street Views será gratuito e estará disponível aos usuários na internet. Tudo começou lá atrás com o pioneiro Google Earth, que oferecia de graça imagens do mundo inteiro pela internet, ainda com pouca definição e somente por um ângulo. A proposta foi evoluindo, se tornando rentável e a Google Maps resolveu investir ainda mais, criando o Google Street View, recurso que disponibiliza vistas panorâmicas de até 360° na horizontal e 290° na vertical, permitindo aos usuários que vejam partes de algumas regiões do mundo, seja do nível alto de uma sacada de prédio, ou mesmo do próprio solo, sempre com imagens de excelência. Desde que foi lançado em 2007, nos Estados Unidos, ele já se expandiu por outros países como: Itália, Inglaterra, França, Austrália, Japão, entre outros. No Brasil, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Curitiba já

2013

A previsão é que logo no início de 2013, Cachoeiro esteja aberta em 3D para o mundo. Quando finalizado, o serviço Street Views será gratuito e estará disponível aos usuários na internet.

estão a disposição de navegadores que pretendam conhecer suas ruas e avenidas a partir de um clique. Além disso, o Google Street View também mostra fotos tiradas em áreas de pedestres, ruas estreitas e outros lugares que não podem ser acessados por carros. Nesses casos, são utilizadas as Google Bikes. Em Cachoeiro, um Captiva equipado com quinze câmeras, um laser de afastamento, mais uma antena poderosa que envia informações por satélite de forma instantânea, vem fotografando e registrando em dezenas de HD’s, muitos terabytes de nossa realidade cotidiana. O trabalho deve durar mais três semanas, e todos os bairros serão con-

templados, bem como, o conjunto de rodovias que dão acesso à cidade. No Espírito Santo, a região metropolitana já foi mapeada e os municípios nortistas de Linhares, Colatina e São Mateus também o estão sendo agora. O critério estabelecido para prioridade das cidades escolhidas gira em torno da importância econômica das mesmas. A previsão é que logo no início de 2013, Cachoeiro esteja aberta em 3D para o mundo. Até lá, haverá ainda um processo demorado junto as imagens, de seleção, de nomeação, assim como o de garantir o anonimato das pessoas flagradas. A Google promove essas ações de olho no crescente e promissor mercado brasileiro de pubicidade on line, apostando à médio-prazo em um serviço onde ela mantém o monopólio. Vale ainda ressaltar, que tal preferência do consumidor revelada em acessos, justifica-se pela qualidade, considerando a inferioridade do produto oferecido por sua principal concorrente. 10 de Março de 2012, Leia

> 25


Paladar

frutos do mar

Divulgação

Receita Risoto de frutos do mar Ingredientes

6 camarões pistola; 100 g de vôngole; 100 g de marisco sem casca; 100 g de polvo; 100 g de lula; 300 g de molho de tomate; Sal e pimenta a gosto; 1 folha de louro; 1 xícara (chá) de vinho branco; 1 colher (sopa) de ervas finas picadas; (tomilho, alecrim, manjericão e salvia); 1 xícara (chá) de azeite extra virgem; 500 g arroz arbóreo (italiano); ½ cebola picada; 1 colher (sopa) de alho triturado; ½ litro de água fervente Modo de preparo:

Tempere os frutos do mar com sal e pimenta a gosto, leve à frigideira ao fogo por 5 minutos. Separadamente, leve uma panela ao fogo com azeite extra virgem, alho e cebola, deixando dourar bem. Acrescente arroz, folha de louro, vinho branco, sal e pimenta a gosto, sempre mexendo para não grudar. Espalhe a água fervendo e deixe cozinhar por cerca de 5 a 8 minutos, acrescente os frutos do mar já grelhados, as ervas finas, o extrato de tomate ou tomate sem pele em cubos e coloque mais um pouco de água. Deixe cozinhar até que fique cremoso. Desligue o fogo e acrescente a manteiga, o sal e a pimenta a gosto.

Delicie-se com risoto rático, gostoso e sem muitas complicações, o risoto é uma ótima alternativa ao arroz e feijão de todo dia. Quer fazer um jantarzinho diferente? Basta ter vinho branco na geladeira, caldo de legumes, carne ou galinha e arroz arbóreo:

P

pronto. Versátil, a base do risoto aceita qualquer coisa que esteja sobrando na geladeira: de salsicha à salmão. Com uma boa dose de queijo, o prato fica ainda mais saboroso. Confira uma receita e ataque de chef na sua cozinha. O risoto é uma receita prática que aceita

+ receitas entradas

Bamberg Altbier

Costela no bafo

Fabricada sazonalmente em Votorantim (SP), é avermelhada, com colarinho cremoso e de boa duração, é amarga, com sabores de pão, malte e caramelo. ‘Essa cerveja vai bem com queijos azuis, pratos gordurosos, carnes vermelhas temperadas e salsichas condimentadas’.

INGREDIENTES Costela; Sal grosso; Ervas provence; Papel celofane; Papel alumínio; Cebolas; Shoyu; Mel; Feijão preto; Farinha de mandioca Modo de preparo Limpe a costela cuidadosamente retirando todo o sebo e excesso de gordura. Tempere com sal grosso e ervas provence, enrole em 12 voltas de papel celofane, mais 8 de papel alumínio, e coloque para assar em combustão lenta na churrasqueira a bafo. A temperatura deve ser de

Restaurante Ferrari’s

diversos tipos de ingredientes, atendendo aos mais variados paladares.

Divulgação

+ cervejas artesanal

“O risoto atende aos mais variados paladares...”

85°C a 100°C para não ressecar a carne. O tempo de cozimento é de 22 a 24 horas. Prepare cebolas glaciadas no shoyo e mel ,salada de rúcula, feijão preto e farinha de mandioca para acompanhar.

Preços especiais para empresas Self-Service de Segunda a Sábado

Av. Cristiano Dias Lopes, 05 - Gilberto Machado - Em frente a Rodoviária - 28 3517-7410

26 > Leia,10 de Março de 2012


10 de Marรงo de 2012, Leia

> 27


28 > Leia,10 de Marรงo de 2012

Revista Leia  

Edição nº 150

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you