Page 1

PÁGINA 1

PUBLICAÇÃO DIRIGIDA AO MERCADO DE INFORMÁTICA / SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / www.latinmediapublishing.com

varejistas mercado PRIMEIRO EVENTO DA DISTREE NA AMÉRICA LATINA GEROU ÓTIMOS NEGÓCIOS E É VISTO COMO SUCESSO PELOS PARTICIPANTES O Brasil foi o país escolhido para sediar a DISTREE, empresa especializada em eventos para o mercado de informática, em 2011. Realizado em um hotel magnifico no litoral de São Paulo, o evento reuniu 46 expositores fabricantes e mais de 70 empresas distribuidoras, além dos retailers, que foram fundamentais para o bom desempenho dos três dias de feira. O evento foi divido em “reuniões 1 a 1”, palestras diversas sobre o cenário mundial de informática, produtos inovadores e muito mais. O evento também realizou o Latam Channel Academy 2011, que premiou as melhores marcas do canal em uma votação online. Entre os ganhadores, destacaram-se Targus, na categoria de acessórios e Lenovo, na categoria de pc´s.

AIRLIVE CONTA PROQUE SEUS PRODUTOS ESTÃO GANHANDO FORÇA NO MERCADO BRASILEIRO Com soluções completas para rede e preocupados em oferecer produtos e serviços de qualidade, a AirLive comemora bom desempenho de vendas e comenta sobre suas novas linhas e oportunidades que estão surgindo para quem quer fazer bons negócios.

SALVADOR BORIA, CEO DA MIAMI MICRO, EXPLICA COMO NASCEU A EMPRESA E QUAIS SÃO OS PLANOS ATÉ DEZEMBRO A revista D&M Brasil entrevistou o executivo para saber como a empresa está estruturada atualmente, quais os produtos que são novidades e sobre a marca própria da MME, Cherry Eletronics, que tem ganhado visibilidade na América Latina. E, contou também sobre o bom desempenho de vendas com os produtos da LOWEPRO, que teve um crescimento de 100% nos últimos três meses.


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 2

SUMÁRIO p4 Carta ao leitor / Destaques do mês

p 21 Office PaperBrasil Escolar 2011 recebe mais de 34 mil profissionais do setor p 11 Buy Digital intensifica ações com a marca Feel Electronics Empresa apresenta bom desempenho no mercado e espera um crescimento superior a 30% até o término do ano.

p6 PROFISSIONAL OU SEMIPROFISSIONAL?

S taff Maior feira do segmento de produtos e serviços para escritórios, papelarias e escolas chega a sua 25° edição em grande estilo. .

Diretora Editorial Natalia P. Meyer natalia@latinmediapublishing.com Departamento Comercial Claudia Armellino claudia@latinmediapublishing.com Coordenação Geral Verónica Torres Falco sales@latinmediapublishing.com Diretora de Arte Carla Carpossi carla@latinmediapublishing.com Redação

Fernanda Beziaco redacao@distribuidoresemercado.com +55 11 8091-5391

varejistas mercado

Colaboradores Jaqueline Cabral jaqueline@latinmediapublishing.com Jean Garnier Jean.p.garnier@gmail.com

p 21 Líder entre o público joven na Europa aposta no mercado latinoamericano

Rodrigo Jordy Tiago Amaral Rodrigo Almeida Ronildo Pimentel Administração

p 12 América Latina recebe DISTREE pela primeira vez e o Brasil é o país escolhido para o evento p8 AirLive apresenta produtos e resultados para o mercado brasileiro

p 10 Mais de 20 anos de sucesso da Bluetech

p 22 Produtos inovadores da C3 Tech chegam ao mercado

p 19 Falamos com Salvador Boria, CEO da Miami Micro Export

Carregador portátil e carregador de pilhas alcalinas são duas das novidades lançadas pela empresa.

Impressão Van Moorsel Andrade & Cia Ltda. São Paulo, Brasil comercial@vanmoorsel.com.br (+55 11) 2764 5700

não se responsabiliza por quaisquer opiniões aqui expressas, quer como artigo, notícia ou informe publicitário. Distribuidores & Mercado Brasil Av.Paulista, 2202 - cj 66 – São Paulo +55 11 3795-8210 Distribuidores & Mercado e uma produção de:

p 10 SMS corporativo é alvo de pirataria Aumento na demanda dos serviços móveis estimula tráfego irregular de mensagens de texto, alerta especialista do setor.

Matéria-prima Rua Álvaro Alvim, 31 Grupo 301 - Centro Rio de Janeiro - RJ - Brasil F 55 21 2510 4890

p 22 Loch apresenta novas soluções HDMI p 20 AComo seria uma máquina automática de vendas?

Fabricante de produtos audivisuais anuncia a disponibilidade de seus cabos HDMI v1.4 e HDMI v1.4 PRO III

Latinmedia Publishing, Inc., publicações para América Latina. 8424 NW 56th Street Suite MVD 039906 Miami, FL 33166, USA F (+1 305) 260 6436 www.latinmediapublishing.com


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 3


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 4

Carta ao leitor

Olá leitor,

fabricantes pelo mercado de TI brasileiro.

da AirLive, que tem ganhando visibilidade

a edição de setembro está um tanto di-

Então, se você é distribuidor, não perca tem-

no Brasil. E, muito mais para você ler e ficar

ferente das outras, por vários motivos. O

po e vá direto a nossa matéria de capa, com

por dentro do que acontece no mercado de

primeiro deles é que em setembro faz 10

a cobertura especial do evento.

informática. Excepcionalmente nesta edição, não publicaremos a nossa seção Happy Hour,

anos das quedas das torres gêmeas e nos sentimos impelidos a compartilhar com vo-

Ainda nesta edição, você poderá ver um

mas não fique triste, em outubro estamos de volta.

cês uma das homenagens feitas às vitimas

distribuidor e uma revenda de destaque, a

do 11/09. Além disso, este mês participamos

Buy Digital e a Bluetech, ambas com históri-

de um evento que foi um grande sucesso – a

co de crescimento por aqui e que podem ser

DISTREE – que realiza sua primeira edição no

ótimas oportunidades para fazer negócios.

@revistadmbrasil. Utilizem este canal para

Brasil. Esta rodada de negócios proporciona-

A coluna de Rodrigo Jordy vai falar sobre as

enviar suas sugestões e críticas.

da pela DISTREE, recebeu diversos executivos

câmeras fotográficas profissionais e semipro-

do canal de informática, muitos deles de

fissionais. Apresentamos também uma ma-

Abraços,

fora do país. Durante os três dias de feira,

téria sobre produtos interessantes que são

Fernanda Beziaco

foi possível perceber o grande interesse dos

distribuídos pela Coletek e sobre os produtos

Diretora de redação

Não esqueça de nos seguir no twitter:

Destaques do mês 11/09

Para prestar homenagem àqueles que perderam parentes e amigos a revista Nesta edição nosso destaque do mês Distribuidores & Mercado publica essas será diferente. Será dedicado aos 10 duas imagens, que comoveram o mundo anos do atentado às torres gêmeas, após 10 anos. World Trade Center, em Manhattan, NY, Estados Unidos.

Já o Orkut, que era o maior site de relacionamento no Brasil, registrou 20 milhões de usuários, ou 64%. ✱✱✱

100 milhões de usuários

O ataque que matou quase 3 mil pessoas é lembrado com tristeza. Onde antes havia dois edifícios imponentes, hoje existe um memorial (9/11 Memorial), uma grande estrutura, onde jorra água, simbolizando o choro derramado pelas vitimas e no centro, para onde a água escorre, um grande vácuo, simbolizando o vazio que não poderá ser nunca preenchido.

Outra rede que não para de crescer é Confira mais imagens do memorial 9/11 o Twitter, que atingiu a marca de 100 milhões de usuários ativos. Esse número no site: www.911memorial.org é mundial e foi divulgado pelo blog oficial da rede. Mais da metade destes usuários ✱✱✱ utilizam o Twitter todos os dias.

Durante todo o mês de setembro todas as emissoras de tv, seja canal aberto ou fechado, preparam programas especiais sobre este dia que não marcou apenas os Estados Unidos, mas causou grande comoção em todo o mundo.

"Agora qualquer pessoa pode se inscrever no Google+ (não é mais necessário ter um convite)”, Vic Gundotra, Vice Presidente Sênior de Engenharia. A rede social do Google sai de fase beta e agora poderá ser acessado por qualquer usuário.

Orkut na sombra

A rede social Orkut está cada vez mais apagada e perdendo usuários para o Facebook de Mark Zuckerberg. Segundo o IBOPE Nielsen Online, em agosto o Facebook atingiu 30,9 milhões de usuários, o que representa 68,2% dos internautas no trabalho e em domicílios.

✱✱✱

Google + aberto para todos


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 5


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 6

Profissional ou Semiprofissional?

Por Rodrigo Jordy, criador do blog Foto Fácil (fotofacilrj.blogspot.com) e colunista do site Resumo Fotográfico (www.resumofotografico.com).

Todos os dias eu recebo uma verdadeira

nomenclatura "profissional" e "semi". Pra

E as compactas que não são avançadas?

Quais são as DSLR de entrada? Os modelos

enxurrada de e-mails perguntando pela câ-

quem está começando a se interessar pelo

Aquelas automáticas, as mais básicas em

mais baratos como: Canon T1i, T2i, T3 e T3i e

mera ideal e vejo que ainda é muito difícil

mundo da fotografia isso só atrapalha.

que é preciso apenas apontar e disparar, sem

as Nikon D3000, D31000, D5000 e D5100 só

necessidade de nenhum ajuste. Já consegui-

para o blog alcançar o seu objetivo. Percebi que isso não vai ter fim, mas vou continuar

Esse conceito de profissional e semi não

mos subdividir as compactas em avançadas e

fazendo a minha parte, afinal, o princípio

segue uma regra padrão, não existe uma

básico de ter aberto este espaço aqui é aju-

norma internacional que defina quais mode-

dar as pessoas a encontrarem a câmera ideal

los fazem parte de uma categoria ou outra.

e o primeiro pensamento deve ser o seguin-

Até os fabricantes usam regras diferentes

e a forma que eu uso é de separar as DSLR

te: Cada um tem a sua própria câmera ideal,

para isso então, se nem eles se entendem,

de entrada e as avançadas. Outra forma é

nem sempre o que é bom pra mim é bom

pra que a gente vai se meter nisso? Não é

separar as câmeras com sensor APS-C (com

também para você.

mais fácil distinguir uma compacta de uma

fator de corte ou crop) e as full frame, e

DSLR? Até porque hoje em dia, já existem

como fazer isso? As APS-C possuem sensor

as câmeras EVIL e o sistema Micro 4/3 super

com pouco mais que a metade do tamanho

bem sucedido no exterior (e que me agrada

do fotograma de filme. As full frame são as

muito). Em que categoria essas câmeras

que possuem sensor do tamanho do fotogra-

entrariam: Pro ou semi?

ma de filme, 35mm e teoricamente possuem

para ficar nas duas maiores potências da fo-

uma qualidade absurdamente alta, quase

tografia. Já os modelos top destas marcas, as

nada de densidade de megapixels.

séries 1D e 5D da Canon e D3 da Nikon po-

Para mim, profissional é toda câmera que

automáticas, ficou claro isso? E as DSLR, é possível subdividílas? Claro,

você usa a trabalho e consegue lucro com ele.

dem ser consideradas profissionais e custam

Logo, minha compacta Canon SX1 é profissio-

caríssimo, ou seja, só recomendadas a quem

nal, mas isso é apenas momentâneo pois no

trabalha mesmo com fotografia e já tem seu

futuro ela deixará de ser profissional pra mim.

lugar garantido no mercado de trabalho.

E por falar em compactas, isso já diminuiu muito, mas ainda tem gente chamando as

A mensagem que eu gostaria de passar

prosumer de semiprofissionais. Canon SX30,

é a seguinte: Quando forem pesquisar por

Sony HX100, Panasonic FZ40, Pentax X90,

câmeras, em vez de procurarem saber se é

as conversas que tenho diariamente com os

Nikon P500, Canon G12, Panasonic LX5, Fuji

profissional ou semi, procurem saber do que

admiradores do blog é a seguinte: Não

S4000, Olympus XZ1, Samsung EX1... nenhu-

necessitam. Não comprem câmera pelo sta-

tenho dinheiro pra comprar uma profissional

ma dessas é semiprofissional, são compactas

tus, nem pelo tamanho, nem para dizer que

então vou comprar uma semi. Outra per-

avançadas e por que avançadas? Porque pos-

tem uma profissional ou semi, mas sem saber

gunta que é feita quase sempre: Eu quero

suem os controles manuais que nos permitem

manuseá-la direito. Procurem o que irá suprir

a câmera X, ela é profissional ou semi? Se-

extrair o máximo de qualidade que a câmera

as suas necessidades, e cada um tem necessi-

gundo pensamento: Não se prendam a essa

pode nos proporcionar.

dades diferentes.

Um comentário que sempre acompanha


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 7


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 8

AirLive apresenta produtos e resultados para o mercado brasileiro Marca do grupo OvisLink Corporation de Taiwan foca sua atuação na qualidade de suas soluções e serviços para conquistar novos clientes. de segurança. Ambos os rádios são de alta

conexões. Isso garante um serviço de Internet

potência (26dBm) para cobertura de longas

sem interrupções para casa ou escritório. As

distâncias. Outra novidade: pode-se instalar o

funções Multi-Mode permitem que o Air3G

rádio 1 como “WDS bridge” para aumentar

funcione como AP, cliente wireless, wireless

a cobertura wireless, e o rádio 2 como ponto

bridge ou repetidor wireless.

de acesso para conectar clientes laptops ou smartphones wi-fi em grandes centros co-

Oportunidades

merciais, lojas e hotéis. “A marca AirLive, da OvisLink Corp.

N.Power: alta potência e conexão

Taiwan, está num processo de crescimento no

a longas distâncias

mercado da América Latina, sendo hoje um dos seus principais focos de ações e investi-

“AirLive ampliou muito sua linha de produ-

AirLive G.Duo

de serviços e revendedores já conhecem al-

mais completo, no entanto sempre manten-

guns de nossos produtos (alguns conhecem

do o foco em produtos de alta confiabilida-

como a marca OvisLink) mas o importante

de e com recursos diferenciados”, afirma

é que é unânime a relação da marca com

Bittencourt.

produtos de alta qualidade, isso o mercado já sabe”, explica Bittencourt. “A empresa

Taiwan, recebeu certificação da Agência NaEm 2001, a

mento em recursos locais. Muitos provedores

tos, e hoje é um provedor de soluções muito

cional de Telecomunicações (Anatel). O WL-

O novo roteador AirLive N.Power com

ampliou muito sua linha de produtos, e hoje

5460AP está posicionado no topo da prefe-

potência máxima de saída de 2 Watts (com

é um provedor de soluções muito mais com-

rência de milhares de usuários. “WL-5460AP

antena 3dBi, 1 watt sem antena), porta USB

pleto, no entanto sempre mantendo o foco

2.0 para compartilhar arquivos via FTP, SSID

em produtos de alta confiabilidade e com

sido uma ótima escolha para muitos provedo-

Múltiplo, POE passivo, controle de banda, e

recursos diferenciados”, comenta.

tifuncional no mundo, e em 2005 anunciou

res de soluções para instalações Wireless. O

mais de uma centena de recursos mais popu-

o primeiro AP multifuncional de 5Ghz para

Airlive WL-5460AP v2, versão atualizada do

lares da AirLive para produtos wireless. Desta

WISP (Wireless Internet Service Providers). As

produto da OvisLink Corp. Taiwan confirma

forma, graças às suas funcionalidades, torna-

soluções da AirLive ganharam grande reputa-

uma vez mais seu compromisso com a expan-

se um aparelho perfeito para construir WLANs

ção no mercado de produtos para redes Wi-

são da marca no Brasil”, diz Bittencourt.

(Wireless Local Area Networks), por exemplo,

AirLive lan-

em hotéis, locais públicos, escolas e hospitais.

Fi no Brasil desde 2003, com inovações em equipamentos como os modelos WL,1120AP,

Dois rádios em um único

Possui ainda suporte PoE que permite sua

WL-5460AP, entre outros.

equipamento

instalação longe da fonte de alimentação.

AirLive-N.Power

é um dos nossos carros-chefe no Brasil e tem

çou o primeiro ponto de acesso wireless mul-

oferece 2000MW ou 2 Watts de potência de

que compreende roteadores Wireless-N

mais recente da AirLive, também responde

saída com a antena incluída 3dBi (1000 mW

com características especiais: alta potência

à várias necessidades de conectividade wi-

ou 1 Watt de saída sem antena). Isso significa

(N.Power), ampla cobertura em acesso 3G

reless. Com 2 rádios operando nos padrões

que você pode cobrir uma área 10 vezes em

(Air3G), dual-radio (G.Duo) e dual-band

802.11b/g em um único equipamento, ali-

comparação com soluções similares.

(A.Duo, AirMaxDUO), entre outras. “Nossos

mentação PoE e suporte a vários modos de

roteadores suportam múltiplos modos de

operação, pode funcionar como um roteador

Air3G: Roteador de amplo alcance

operação, função WPS que estabelece cone-

e como um ponto de acesso num único equi-

para redes 3G

xões seguras instantaneamente, APs de alta

pamento. É a solução ideal para provedores

potência de sinal wireless (até 2 watts),

de acesso wireless ou de telecomunicações

roteadores dual-radio / dual-band, entre

como um CPE de 2 caminhos, reduzindo as-

mente pela Anatel, o Brasil já conta com

muitos outros diferenciais”, comenta José

sim o custo de implantação, possuindo ainda

27,9 milhões de equipamentos 3G (21,2

Bittencourt, Gerente de Território Brasil da

múltiplos modos de operação para diferentes

milhões de celulares WCDMA e 6,6 milhões

AirLive OvisLink Corporation Taiwan.

ambientes de aplicação. Os WISP podem ins-

de modems móveis). O Router/AP Air3G

talar um radio para ligação em antena exter-

tem uma porta USB 2.0 para compartilhar

WL-5460AP, o produto de melhor

na (outdoor), e outro radio em modo AP para

a conexão com a Internet, fornecida pelo

resultado em vendas da AirLive

conexões a clientes interiores (indoor). Além

dispositivo USB 3G. Ele também oferece uma

no Brasil

disso, são usados pelos instaladores de redes

porta WAN para compartilhar a conexão

que também integram a tecnologia sem fio

ADSL ou cable modem. Desta forma, as co-

para o serviço de Internet hotspot ou integra-

nexões WAN e 3G podem alternar automa-

ção de vigilância IP para monitoramento

ticamente quando ocorre falha de uma das

Conforme números divulgados recente-

AirLive Air3G

Recentemente o AirLive WL-5460AP, campeão de vendas no Brasil da Ovislink Corp.

AirLive WL-5460AP

N.Power é o primeiro roteador Wireless-N que Além do WL-5460AP, o G.Duo, inovação

A empresa possui uma linha de produtos


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 10

Mais de 20 anos de sucesso da Bluetech

A empresa já possui e-commerce? Hoje possuímos dois sites com focos diferenciados: o site www.bluetechcomputadores.com.br, que está focado na comercialização de computadores e notebooks. Possui um configurador, onde o cliente monta o equipamento de acordo com a sua necessidade. E o www.bluetech.com.br, que é o

Por Fernanda Beziaco

nosso site institucional, que também conta

Revenda tradicional de São Paulo comenta seus resultados e expectativas para 2012.

com a comercialização de partes e peças. Este está passando por uma reformulação, que deverá ser concluída no começo de

A revista Distribuidores & Mercado quer

sonalizados “on-demand”, agregando vários

comprar nossos equipamentos pagando com

aproximar você, distribuidor, das revendas

outros produtos, como notebooks, impresso-

o cartão BNDES.

e varejistas que tem histórias de sucesso no

ras, monitores e conectividade.

O volume de faturamento tem superado Tem projetos para 2012?

mercado brasileiro. Este é o caso da Bluetech,

2012.

os anos anteriores? Qual é a média de crescimento?

revenda que surgiu em 1990 e se mantém

Qual foi sua avaliação sobre o desem-

sólida e com planos de crescimento. Entrevis-

penho de vendas no primeiro semestre

pamentos compactos com saída HDMI, para

tamos Edson Souza, executivo de marketing

deste ano?

atender clientes do mercado de Midia In-Door ,

dial, nosso faturamento atingiu o menor vo-

TVs corporativas e Midia Players. Já possuímos

lume desde a fundação de empresa. Com o

clientes em nossa carteira com este perfil.

decorrer dos anos, novos produtos e foco em

e vendas da Bluetech, confira:

No primeiro semestre de 2011 lançamos dois computadores que são, na verdade,

Conte para nós um pouco da história da

Mini-Pcs Compactos que consomem pouca

Bluetech.

energia. São produtos ecologicamente cor-

A Bluetech surgiu durante a reserva de

retos, uma tendência de mercado. Com isso,

Estamos preparando uma nova linha de equi-

nichos de mercado diferenciados, o faturaComo funciona a equipe de vendas?

mento atual quase atinge os níveis pré-crise.

Hoje, possuímos dois núcleos de atendi-

mercado para produtos de informática em

conseguimos crescer 22% em vendas em

mento, que se dividem entre vendedores

1990. Era um projeto piloto dentro de um

relação ao semestre anterior.

internos e externos, treinados e afinados com

Busca novos parceiros distribuidores? Estamos constantemente em busca de

as necessidades de mercado. Os vendedores

novos produtos e tecnologias. Nosso mer-

Quais são as expectativas até o fim do ano?

internos atendem à demanda de clientes via

cado é bastante dinâmico e competitivo.

Devemos manter esta taxa de crescimen-

grande fabricante de microcomputadores para atender à demanda de clientes corpo-

Em 2008, devido à crise econômica mun-

telefone, MSN, e-mail e chat no nosso site.

Participamos com frequência de exposições,

dores diferenciados, tais como configurações

to, pois no segundo semestre fizemos uma

Ao identificarmos clientes com projetos espe-

workshops e congressos, para estarmos sem-

específicas e personalização da marca do

parceira com o Banco Nacional do Desen-

cíficos, nós os encaminhamos ao time exter-

pre atualizados com as principais tendências

cliente (O&M) nos equipamentos. Hoje, man-

volvimento, por identificarmos uma parcela

no. Com isso, entendemos o que realmente

mundiais e alinhados com a politica comer-

temos componentes de equipamentos per-

considerável de nossos clientes que desejam

o cliente deseja e necessita.

cial de nossos distribuidores.

Sobre o projeto

rativos, que, na época, buscavam computa-

SMS corporativo é alvo de pirataria Aumento na demanda dos serviços móveis estimula tráfego irregular de mensagens de texto, alerta especialista do setor. O aumento na demanda por serviços mó-

corre o risco de não ser entregue, além de

veis trouxe também, fraudes e pirataria às

danos judiciais, inclusive com órgãos regu-

mensagens de texto, prejudicando todos os

lamentadores no Brasil, como a Anatel. Para

envolvidos no processo de envio e recebimen-

Crisleine esse tipo de problema tem ocorrido

to. Quem alerta é Crisleine Pereira, diretora do

devido ao aumento de mensagens de texto

Comunika, empresa homologada de tecno-

no mercado corporativo, o que despertou

logia móvel, que levanta a bandeira contra o

o interesse de empresas ilícitas que deturpam

tráfego irregular de SMS. Segundo Crisleine,

o mercado com preços baixos, qualidade ruim

brokers internacionais, (empresas de tecnolo-

o setor mais prejudicado é o corporativo,

e procedência duvidosa.

gia móvel estrangeira), ou seja, a mensagem

onde as empresas utilizam a ferramenta para se comunicar com colaboradores e clientes de

A especialista alerta para alguns cuidados

é enviada por um caminho mais longo e sem

O portal www.smspirata.com.br consis-

confirmação de entrega. “Essa prática, além

te em alertar empresas, usuários e operado-

forma espontânea, ou seja, o usuário recebe

na prevenção, destacando primeiramente

de ser ilegal, não garante qualidade ao servi-

ras móveis sobre fraudes em mensagens de

gratuitamente no celular. “Isso facilita a ação

a homologação junto às Operadoras de te-

ço, uma vez que, sem conexão direta com as

texto. Dentro do portal, constam informa-

de fraudadores, pois conseguem driblar as

lefonia móvel. “É importante verificar se a

operadoras nacionais, não há como certificar

ções sobre a importância da homologação,

operadoras e também o governo no recolhi-

empresa está autorizada a atuar no mercado

as mensagens entregues, lidas ou recebidas”,

penalidades, portabilidade e também as

mento de impostos”, alerta. Para as empresas

com respaldo das Operadoras. Só dessa forma

complementa. “Nossa preocupação é alertar

vantagens de segurança. “Abrimos também

que contratam SMS Pirata, na maioria das ve-

é possível checar se há conexão segura, ou

e engajar pessoas e empresas sobre essa prá-

um canal para responder dúvidas e receber

zes desconhecendo os riscos, os prejuízos são

seja, um tráfego saudável do conteúdo da

tica irregular”, conclui Crisleine, chamando a

denúncias. É importantíssimo iniciativas

muitos, como por exemplo, má qualidade no

mensagem”, esclarece. Outro cuidado é que

atenção para o projeto do Comunika: “DIGA

como esta, para assegurar a credibilidade

serviço, falta de suporte técnico, a mensagem

algumas empresas fazem o envio de SMS por

NÃO AO SMS PIRATA”, lançado em 2010.

do setor”, afirma Crisleine.


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 11

Buy Digital intensifica ações com a marca Feel Electronics Por Fernanda Beziaco

Empresa apresenta bom desempenho no mercado e espera um crescimento superior a 30% até o término do ano. nossa marca Feel Electronics e à participação

satisfatório”, explica. Até o final do ano, Isis

buidora de produtos de tecnologia, fundada

na feira Eletrolar, onde mostramos ao merca-

comenta que a empresa espera crescer em um

compreende televendas, vendedores externos

no início de 2006 em São Paulo, começou

do este novo mix. Os produtos lançados tive-

ritmo muito bom e, o investimento em marke-

e representantes. E, apesar de não terem um

suas operações trazendo produtos de grandes

ram excelente aceitação no mercado, fazendo

ting será fundamental para alcançar os obje-

e-commerce, este projeto está nos ideais da

empresas para o mercado brasileiro, como

com que o giro dos mesmos fossem bastante

A Buy Digital, empresa importadora e distri-

Hoje, a equipe comercial da Buy Digital

tivos. “A empresa investirá quantitativamente

empresa em médio prazo. “Nosso desejo é

Kodak, Lexar, Simple Tech, Sony, Verbatim,

em marketing, fazendo com o que a marca

chegar onde o distribuidor não consegue”,

Polaroid, entre outros. A empresa detém a

Feel Electronics ganhe maior participação no

diz Isis. Para finalizar, Gomes comenta que

marca Feel Eletronics, que está presente no

mercado, além de expressividade em outras

a empresa vem superando suas expectativas

país desde 2008, atuando nos principais vare-

praças como Belém, Bahia e Rio de Janeiro,

de crescimento ano a ano. Isto se deve as

jos. Esta marca é exclusiva da Buy Digital, que

além é claro da habitual praça de São Paulo.

estratégias comercias, logísticas e marketing

emprega alta tecnologia em seus produtos,

Esperamos com isto um ganho ainda maior

que foram e são adotadas, contribuindo para

para proporcionar satisfação aos usuários de

do que tivemos no primeiro semestre, com

o crescimento sólido. Além das parcerias que

componentes e acessórios.

um crescimento superior a 30%”, esclarece a

estão se consolidando. “Somos uma empresa

executiva.

que acredita no mercado brasileiro e, em seu forte potencial de consumo. As empresas a

Segundo Isis Gomes, gerente de marketing da Buy Digital, a avaliação do primeiro se-

Para 2012 a Feel Eletronics deve se apro-

cada dia tem se inovado em sua forma de

mestre do ano foi mais do que positiva. “No

ximar mais do consumidor final, com isso a

atuação e distribuição, e nós desejamos fazer

primeiro semestre tivemos números que nos

empresa pretende evidenciar o valor e quali-

parte disto com elas”, conclui.

surpreenderam, tanto em volume quanto em

dade da marca. Além disso, tem projetos para

valores. Claro que parte deste desempenho

o Trade, com o objetivo de estreitar relaciona-

está fortemente ligado ao aumento do mix da

mentos e parcerias.

Para saber mais, visite: www.buydigital.com.br.


varejistas mercado

América Latina recebe DISTREE pela primeira vez e o Brasil é o país escolhido para o evento

SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 12


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 13

Por Fernanda Beziaco

Três dias de oportunidades no litoral de São Paulo movimentaram os executivos do canal de TI de 13 a 15 de setembro. O Brasil foi o selecionado para receber a DISTREE EVENTS, empresa francesa especia-

nós preparamos uma matéria especial, que você poderá ler nas páginas a seguir.

lizada em gestão de eventos focados para o mercado de tecnologia da informação.

Nós dividimos a matéria em três partes: primeira, as palestras; segundo, os produtos

Com mais de dez anos de experiência no

e pessoas; e, terceiro, o Latam Channel.

ramo, a companhia tem realizado eventos de sucesso em diversos países e, em 2011, che-

Se você não pode participar, esperamos

ga ao nosso país com força total para ofere-

que esta leitura traga a você todas as infor-

cer aos participantes momentos de interação

mações que precisa para sentir vontade de

e com um apelo para os negócios muito for-

vir ao próximo e, se você esteve presente,

te. E, negócios é a palavra que pode resumir

esperamos que você possa se encontrar no

os três dias de evento, que reuniu executivos

conteúdo e, quem sabe, descobrir coisas

do mercado de informática no Hotel Sofitel

que não teve a chance de conhecer durante

Jequitimar, localizado no Guarujá, litoral sul

dos três dias.

de São Paulo. Os patrocinadores e apoiadores do Para você saber um pouco de tudo que aconteceu na DISTREE América Latina 2011,

evento, foram Intel, Microsoft, Kaspersky, Port, GDATA, GfK e Abradisti.

varejistas mercado


varejistas mercado

Como entrar no mercado brasileiro?

SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 14

Durante quarenta e cinco minutos, Fred

@Intel

Opinião de quem participou

mostrou acessórios de diversas marcas, Go Pro, Lifeproof, Fitbit, Concept Green,

Fernando Martins, gerente geral da Intel

“Nunca participei da DISTREE em outros

Neato Robotics e o Phone Halo. Todos estes

para o Brasil, contou um pouco sobre a se-

países, porém já participei muito do Latin

ciently & Effectively” - Este foi o tema da

tinham apelos diferentes e inovadores,

gunda geração dos processadores Intel Core

Channel e eles tem similaridades. Porém,

palestra ministrada pelos executivos Mariano

causando bastante curiosidade nos partici-

e um pouco sobre o desempenho da Intel no

a DISTREE é mais funcional. O modelo de

Gordinho, Vladimir França e José Bublitz Ma-

pantes do evento.

mercado em 2011.

reunião 1 a 1 é interessante. O evento gerou

“How to Enter the Brazilian Market Effi-

contatos bons para nós, mas, em termos de

chado, da Abradisti (Associação Brasileira de Distribuidores de TI). Como o próprio nome

High-Tech Market Trends 2012 - GfK

produtos, ainda precisa evoluir. Temos que ter o pé no chão. Muitos fabricantes acham

sugere, a palestra foi cercada pela questão como entrar no mercado brasileiro de forma

Para mostrar os números incríveis que

que o Brasil é muito fácil de vender, mas não

a América Latina tem gerado, o dr. Rudi

é do dia pra noite, é um processo. Com tudo,

Aunkofer da GfK, trouxe gráficos bem com-

o evento foi muito profissional e foi melhor

pletos e atualizados do cenário atual e as

que o esperado”, Eduardo Villas Boas, diretor

conhecimento de mercado, ofereceu aos

previsões para o próximo ano, que são extre-

executivo da MOVE 1

participantes uma ideia bem clara sobre o

mamente positivas.

eficiente e efetiva. Abordando aspectos como estratégia e

comportamento do mercado nacional.

Fernando Martins, gerente geral da Intel Brasil otimista com os resultado do ano

“É a primeira edição da DISTREE aqui, mas já conhecia o evento de outros países.

Fresh!

@Microsoft

Conseguimos fazer aproximação com alguns fornecedores novos e uma sinergia melhor

Uma das palestras oferecidas pela DISTREE

Dana Manciagli, gerente geral de vendas

com outros canais do mercado. Este modelo

em parceria com a Sightline Group´s foi a

OEM da Microsoft, contou os planos da Mi-

de evento é muito utilizado lá fora e é bem

Fresh: A First Look at New Technology, onde

crosoft para vender não apenas seu software,

funcional, gera bastante oportunidades de

vários produtos foram apresentados por Fred

mas computadores.

negócios”, Carlos Roberto Stahelin, gerente

Brown, representante da empresa.

Fred Brown, representante da Sightline Group´s apresenta o que é "Fresh"

comercial da Seccon – Manhattan.

Dr. Rudi Aunkofer da GfK apresenta números do desempenho do mercado

Dana Manciagli, gerente de vendas OEM da Microsoft – aprendendo com os clientes


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 15

“Achei o evento interessante, tivemos

outros 50% está divido para os outros países

muitas oportunidades de negócios, muitas

”, Florence Belli, gerente de desenvolvimento

reuniões. Gostei dos produtos, mas acho

de negócios da Port Designs.

varejistas mercado

que está cada vez mais difícil de encontrar algo realmente inovador, os que estiveram

“Achamos o evento muito interessante,

em destaque na DISTREE foram bons”, Ga-

muito bem organizado, aproveitamos o

briel Gonzales, gerente comercial da Tech

tempo todo. Teremos resultados bons das

Data-UY.

reuniões que fizemos aqui”, Eloisa Armand Urgon, gerente comercial da Diverol - UY.

“Eu já conhecia este evento da Europa, é um evento muito diferente porque os clientes e vendedores podem estar juntos todo momento, nas reuniões, no almoço, no café, então você cria uma relação muito boa. E, o evento reuniu pessoas de toda a América Latina, em vez de ter que viajar várias vezes e para vários países, em três dias conseguimos resultados ótimos e em um único lugar. Vamos participar com certeza do próximo evento e o mercado brasileiro representa para nós 50% de nossas ações na América Latina e o

"O evento teve êxito total. Todo mundo ficou muito feliz, tanto distribuidores, como varejo, rettails, fabricantes, todo mundo adorou o formato do evento. Já começaram a fechar negócios", Fernando Coratella, gerente de contas do Brasil para DISTREE EVENTS.

Fernando Coratella, Tawfik Djafari e Farouk Hemraj felizes com o sucesso do evento


varejistas mercado

SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 16

24 produtos em 60 segundos para convencer!

Elecom leva o primeiro prêmio da apresentação das mãos de Twafik Djafari, Diretor Regional da América Latina para a DISTREE EVENTS

Categoria Inovação 60 segundos para convencer Esta foi uma das ações promovidas pela DISTREE para apresentar aos participantes os produtos que os expositores mostraram durante o evento. Quase como uma brincadeira, os fabricantes tinham apenas um minuto para fazer uma apresentação e eram votados pela audiência. Duas categorias foram avaliadas, inovação e design. Além disso, os fabricantes também

Palmas da plateia para o mouse da Manhattan

Elecom e seu super teclado arrancou muitas risadas dos participantes

foram votados por sua performance no palco durante a apresentação de seu produto. De uma forma muito divertida e atrativa, os participantes puderem conhecer os acessórios e oferecer sua opinião a respeito deles através de notas de 1 a 10. Na categoria Inovação, os que receberam maior pontuação foram: Elecom, Edifier, Port e Lifeproof, e na categoria Design foram: IRIS, Concept Green, Promate e Kaspersky. Os ganhadores da noite foram Elecom e

Scanner da Plustek - apesar do sotaque difícil deu pra entender

Edifier e um alto falante pequeno mas potente

Cirkuit Planet, ao estilo Jamaica, com produtos distribuídos para a plateia

Port Designs, mala para notebook, proteção em cena

Energy Sistem, o radio falou para a plateia

LifeProof e a capa protetora de iPhone, a prova d'água, quedas e palhaçadas!

Kaspersky, que os participantes escolheram como os melhores produtos e apresentações. A Elecom, apresentou o Bluetooth Foldable Keyboard, um teclado dobrável e muito prático. E, a Kaspersky mostrou o antivírus Internet Security 2012, que oferece uma proteção interessante para usuários de smartphones. Ser criativo foi fundamental para atrair a atenção dos convidados que assistiam, de luvas de box a super heróis, tudo foi válido para garantir uma boa apresentação.

Na categoria inovação, quem ganhou foi a Elecom e, na categoria design, ganhou a K aspersk y. A mel h or performance no palco também foi para Elecom, que dominou a cena com seu "super heroi"

Pocketbook, e-book com super bateria

Depois de ganhar o primeiro prêmio, com melhor Inovação de produto, a Elecom também ganha de melhor performance


varejistas mercado

SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 17

As melhores apresentações: Elecom, Port, Kaspersky, Lifeproof e Concept Green

Categoria Design

Scanner portátil rápido e leve da I.R.I.S. cartões de visita scanneados no palco

fones de ouvidos potentes

TRENDnet - produtos excelentes para conexão

WD - HD externo para armazenar tudo o que for necessário

eScan – antivírus para pegar os maliciosos que nos pegam desprevenidos

Honest Technology e o conversor VHS to DVD

Concept Green – carregador para tudo!

base para carregar o iPhone com teclado embutido

Wireless - uma necessidade constante

base para carregar celulares, diferente e prática

kaspersky, segurança para o celular!

apoio para iPad com teclado embutido, acessórios para Apple estão sempre em alta

carregador de pilhas ecologicamente correto da IGO

Tablet da Point of View acalma todo mundo em menos de um minuto, segundo Fabio Lo

Na categoria Design, quem levou a melhor foi a Kaspersky


varejistas mercado

SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 18

Premiação e jantar de gala fecham a noite do evento Para concluir o evento, depois de mais um dia inteiro de reuniões e negócios bem interessantes, a DISTREE convidou a todos

Veja aqui as categorias e os ganhadores:

PCs: International Retail Vendor of the Year -

para o jantar de gala oferecido pelos patroci-

Lenovo

nadores. Durante o jantar houve a premiação

Digital Lifestyle:

do LATAM Channel Academy: 2011 Awards, que foi realizado em uma votação online, com os participantes presentes.

Targus recebe prêmio na categoria acessórios

Pablo de Paula da Elgin recebe prêmio junto com a fabricante Canon

Targus ganha prêmio na DISTREE 2011

Retail Vendor of the Year - Apple

Accessories: Retail Vendor of the Year – Targus

Frederic Simard da Distree entrega troféu a Mariano Munõz da Targus

Mariano Gordinho, vice presidente da Officer, recebe prêmio do fabricante

Mariano Munoz, diretor comercial da Targus para América do Sul e América Central, rece-

Imaging: Retail Vendor of the Year - Canon

Storage: Retail Vendor of the Year - WD

Printing: Retail Vendor of the Year – HP

Home Networking: Retail Vendor of the Year - D-Link

sórios para notebooks, Targus recebe mais

para notebooks, mouses, hubs, entre outros produtos da marca.

“Estamos muito felizes pelo reconhecimenPertencente a OvislinkCorp. de Taiwan, a

prêmio Academy Awards, da DISTREE 2011.

esforço e trabalho feito nos últimos 13 anos

marca especializada em equipamentos de rede

que trabalho na Targus", comenta Munõz.

também esteve presente no evento. Segundo

liderança no mercado de acessórios.

José Bittencourt, Brazil Manager da AirLive, grupo Anovati que vende a linha de mochilas

Mobile: Retail Vendor of the Year – BlackBerry

TVs: Retail Vendor of the Year - Samsung

Pauta Distribuidora recebe prêmio do fabricante

um prêmio nesta categoria. Desta vez foi o

dade no Brasil e no mundo e, continua na

Retail Vendor of the Year – Microsoft

Equipe WD feliz em receber o prêmio de armazenamento

to de nossos clientes, acho que isso marca o

No Brasil, o maior distribuidor de Targus é o

Software:

Tawfik Djafari, da Distree, entrega prêmio do fabricante para José Bublitz

AirLive marca presença na DISTREE

A Targus mantém seu histórico de quali-

Retail Vendor of the Year – Microsoft

José Bublitz Machado, presidente da SND recebe prêmio pelo fabricante

beu das mãos de Frederic Simard o troféu. Marca já consagrada por sua linha de aces-

Games:

o evento foi importante para os distribuidores conhecerem mais e melhor a marca.

O PRÓXIMO EVENTO DA DISTREE AINDA É UMA SURPRESA, MAS O GRANDE SUCESSO DO EVENTO AQUI NO BRASIL JÁ GERA ESPECULAÇÕES ENTRE OS PARTICIPANTES E ENTRE AQUELES QUE NÃO PUDERAM P A R T I C I P A R , M A S QU E J Á DEMONSTRAM INTERESSE EM VIR AOS PRÓXIMOS. ENQUANTO ISSO, NÓS AGUARDAMOS!


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 19

Falamos com Salvador Boria, CEO da Miami Micro Export Em plena mudança para sua nova sede de 10 mil m². Como nasceu a Miami Micro Export? Decidimos abrir a Miami Micro Export há 12 anos, partindo do conceito de solução

mundo. Todos somos ganhadores, por isso

Qual a estrutura atual da equipe

Lowepro reportou um crescimento de 100%

dizemos: Conecte-se ao futuro com a Miami

da MME?

nos últimos três meses.

Micro Export.

A Miami Micro Export e seu grupo de empresas em Miami, California e Nova York,

participativa. A ideia era que nosso portfolio Que linhas distribuem e para quais

é composta por 72 pessoas, entre diretores,

mas ficamos ainda mais felizes por ver a

territorios?

executivos de atendimento ao cliente, logísti-

satisfação dos clientes.

Nós temos filiais em varios países, como

ca e administração. O que um cliente que quer trabalhar

Peru, Colombia, Venezuela, América Central, inclusive Miami.

Também compém a familia a fábrica Cherryelectronics, que é nossa marca própria,

Lowepro nasceu da demanda dos nosso clientes. Em uma busca de soluções integrais gerais na distribuição de cameras Samsung, Sony, Nikon, percebemos um nicho para Lowepro. este ano, no primeiro semestre, anunciamos o melhor da distribuição da AOC, Lowepro com sua linha de malas, a entrada da divisão de memorias Micro SD da Samsung, televisores 3D da Samsung, discos rigidos da Samsung e o portfolio da Cherry com a chegada do Table Zhikra

de clientes (nossos parceiros de negocios)

Estamos muito felizes com a distribuição,

com MME deve fazer? Muito simples, basta entrar em contato

onde temos mais pessoas atendendo, afim

com algum de nossos executivos em qual-

de melhorar a nossa estrutura de atendimen-

quer dos pontos mencionados.

to ao cliente. Atraves do nosso site: Desta forma, temos uma pirâmide que se

www.miamimicroexport.com ou

torna uma ótima opção para nossos parceiros

via telefone, em nosso call center.

na hora de decidir suas compras, pois temos as soluções certas e no tempo apropriado.

Também é possível ir diretamente ao nosso escritorio em Miami ou em nossa fábrica,

Vamos falar sobre a LOWEPRO.

www.cherryelectronics.com.

Lowepro nasceu da demanda dos nosso clientes. Em uma busca de soluções integrais

Quais são as novidades que podemos

gerais na distribuição de cameras Samsung,

esperar da MME até o fim do ano?

Atualmente distribuimos produtos da

Sony, Nikon, percebemos um nicho para

Samsung, AOC, Lowepro, Msi, Canon,

Muitas surpresas. Já este ano, no primeiro

Lowepro. Cada cliente busca uma mala, seja

semestre, anunciamos o melhor da distribui-

20 anos de mercado. O tempo mostrou que

Seagate, Net, Niko, Son, Apple, entre outras.

para viagens de negocios, seja para turismo,

ção da AOC, Lowepro com sua linha de ma-

estavamos certos e, hoje, cada cliente nosso

Algumas dessas para toda América Latina e

ou para esportes. Nós deviamos ter uma

las, a entrada da divisão de memorias Micro

tem acesso as fabricas mais renomadas do

para outros países.

resposta adequada. Então, encontramos na

SD da Samsung, televisores 3D da Samsung,

aproveitasse nossa experiencia de mais de

A Miami Micro Export e seu grupo de empresas em Miami, California e Nova York, é composta por 72 pessoas, entre diretores, executivos de atendimento ao cliente, logística e administração. Também compém a familia a fábrica Cherryelectronics, que é nossa marca própria, onde temos mais pessoas atendendo, afim de melhorar a nossa estrutura de atendimento ao cliente.

Salvador Boria, Presidente CEO de Miami Micro Export

Lowepro a melhor qualidade, que é o que os

discos rigidos da Samsung e o portfolio da

clientes merecem e querem.

Cherry com a chegada do Table Zhikra.

Mas, tivemos um premio adicional quando

Nós poderiamos usar a revista toda para

começamos com LowePro, nós encontramos

contar tudo o que fizemos no primeiro se-

malas para notebooks, para lentes de came-

mestre, o que for chegando, vamos contan-

ras, para filmadoras e outros. Nossa divisão

do para vocês.


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 20

Como seria uma máquina automática de vendas? Por Tiago Amaral, consultor de marketing especializado em empresas de TI. Escreve sobre comunidades e colaboração em www.1mais1maiorque2.com.br.

Parece algo difícil de imaginar, mas é jus-

Alimentação das oportunidades:

tamente o que algumas novas ferramentas propõem: transformar sua área de marketing

Muitas vezes, os possíveis clientes ainda não

numa máquina. Esta máquina, porém, não

estão prontos para adquirir seu produto. Eles

substitui sua equipe de marketing, o que ela

estão apenas pesquisando as opções ou “na-

faz é aumentar sua capacidade de converter

morando” seu produto. Mas em algum mo-

oportunidades em vendas, colocando-a no

mento ele pode se converter em um cliente

centro deste processo.

valioso. Por isso, é importante conhecer seus

Vamos fazer um exercício e tentar imagi-

interesses e manter um contato periódico por

tradicional. Isso permitiria aprimorar as ações

Automation. É uma tendência importante

meio de e-mails, redes sociais e outros canais.

nos meios mais eficientes, o que aumentaria

e vale a pena estar atento a ela. Já existem

a efetividade das futuras campanhas.

ferramentas online que realizam todas estas

nar como funcionaria esse “dispositivo de vendas”. Ele precisaria ser alimentado com

Integração com a equipe de

informações adequadas e oportunas que aju-

vendas:

dem seu cliente a tomar melhores decisões de compra. Esta informação poderia ser um

Um dos mecanismos mais importantes é

funções, mas os custos ainda não são muito E então, conseguiu visualizar essa máqui-

acessíveis. Além disso, criar as campanhas,

na? A boa notícia é que ela está disponível

desenvolver os materiais de comunicação,

à praticamente qualquer empresa. As peças

operar a ferramenta e integrá-la com o CRM

artigo num blog, um folheto baixado em seu

o que conecta as campanhas de marketing

necessárias para criá-las são gratuitas ou

é um processo trabalhoso e que demanda a

site ou até mesmo um vídeo publicado na

com a equipe de vendas. Por meio de um

muito baratas: redes sociais, blogs, ferra-

participação de profissionais especializados.

página de sua empresa no Facebook. Além

sistema de pontuação, a máquina identifica

mentas de e-mail marketing, CRM. Porém,

disso, o desempenho do nosso dispositivo de

se o cliente tem grandes chances de fechar

alimentar e operar esta máquina é bastante

marketing imaginário seria “lubrificado” com

o negócio e, por meio de uma integração

trabalhoso. Demanda tempo e uma integra-

a pretensão de criar grandes campanhas.

uma base de clientes existentes. Quanto mais

com o CRM, avisa aos vendedores que o lead

ção muito próxima entre profissionais das

Concentre-se em um assunto específico é vá

completa essa base, melhor o funcionamento

é "quente". Esta pontuação é configurável.

áreas de marketing, vendas e TI.

construindo sua audiência, ao mesmo tem-

da nossa máquina.

Por exemplo, se um cliente clica num link publicado na rede social da sua empresa, em

Com o tanque cheio de combustível, po-

seguida visita o site e preenche um formulá-

demos ligar a máquina. A partir daí, ela faria

rio para participar de um seminário online, é

todo o trabalho de gerar oportunidades de

uma dica que o cliente realmente quer co-

negócios, enviar aos clientes em potencial

nhecer mais sobre você.

informações de acordo com seus interesse, e avisar à sua equipe de vendas quando

Mensuração dos resultados

um cliente está "pronto" para receber uma ligação.

Como nossa máquina cuida de todo o processo de marketing até o fechamento

Vamos olhar mais de perto as principais peças dessa máquina:

da venda, é possível entender melhor como cada uma das atividades de marketing impacta nos resultados. Daria para identificar a

Geração de oportunidades de

eficiência de cada um dos canais, seja o site,

negócios:

e-mail, blog, redes sociais ou publicidade

Ou leads, para usarmos um termo mais chique. Por meio de uma integração do seu site com seus canais nas mídias sociais (blog, página no Facebook, YouTube, Twitter etc) sua base de possíveis clientes vai crescendo à medida em que sua audiência aumenta. Mas isso só vai funcionar se o combustível for de alta qualidade, isto é, se os materiais criados por sua empresa realmente forem interessantes e chamarem a atenção de seus clientes. Quanto mais eles ajudarem seus clientes durante o processo de compra, mais rápido a máquina funciona e sua audiência cresce.

Uma sugestão é começar pequeno, sem

po em que vai acertando o desempenho da A atividade de automatização de processos de marketing já tem um nome: Marketing

máquina. É um trabalho que exige paciência e persistência, mas que dá resultados.


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 21

Office PaperBrasil Escolar 2011 recebe mais de 34 mil profissionais do setor Maior feira do segmento de produtos e serviços para escritórios, papelarias e escolas chega a sua 25° edição em grande estilo. Portugal, Estados Unidos, Angola, República

cadernos e que a qualidade e criatividade de

beu 34.421 profissionais do setor, sendo

lançamentos do período de volta às aulas e

Dominicana, Costa Rica, Equador, Guatema-

nossos produtos são competitivas no merca-

15.410 visitas de compradores nacionais e

também de outros segmentos que não de-

la, México e Honduras. A ação faz parte do

do internacional”.

internacionais. Principal referência para este

pendem de sazonalidade, como suprimentos

Graphia, projeto de estímulo às exportações

mercado, a Office PaperBrasil Escolar ante-

de informática e materiais de escritório. Mui-

da indústria gráfica desenvolvido em parceria

cipou as tendências em modelos, estampas,

tas empresas expositoras comemoraram os

com a Apex-Brasil.

materiais e licenciamentos que vão ditar o

negócios fechados no pavilhão e, principal-

comportamento dos consumidores nos próxi-

mente, os contatos e visitas agendadas que

Ricardo Fonseca, da área de Negócios

mos meses.

vão gerar vendas para os próximos meses.

Internacionais do Graphia, considera que o

Ao longo de quatro dias, o evento rece-

A feira mais uma vez foi responsável pelos

Uma das novidades desta 25ª edição foi a setorização das empresas expositoras de acordo com a categoria de produtos: Escolares/Office; Papelaria em Geral; e Pastas/ Mochilas/Acessórios.

resultado da ação foi excelente. “Nas rodaNa avaliação de Abdala Jamil Abdala,

A exemplo das edições anteriores, a

das entre fabricantes e os compradores con-

Segundo a gerente de Negócios da Francal

presidente da Francal Feiras – promotora

Office PaperBrasil Escolar recebeu um grande

vidados foram fechados negócios efetivos”.

Feiras, Wanira Salles, a mudança foi aprova-

da Office PaperBrasil 2011 –, o objetivo de

número de importadores vindos de todos

A presença do Graphia na feira também

da pelos lojistas que visitaram a feira. “Todos

movimentar os negócios do setor para o

os continentes, especialmente da América

aumentou o interesse de mais empresas do

com quem conversamos disseram que a se-

próximo ano foi alcançado. “As feiras de

Latina, para fazer negócios com as empresas

setor gráfico para integrar o projeto.

torização facilitou o planejamento e otimizou

negócios caminham cada vez mais para uma

brasileiras. Para Fonseca, outro benefício de trazer

visitação qualificada. Quase 45% do total de visitantes desta edição foi de compradores,

seu tempo no pavilhão”.

Para estimular ainda mais este intercâmbio,

estes estrangeiros para conhecer a feira foi

A gerente avalia que, para uma primeira

ou seja, público orientado para a realização

a Abigraf-Nacional trouxe para a feira 11

colocá-los em contato com todo o mix de

experiência, o resultado foi satisfatório, e que

de negócios. O resultado foi a satisfação dos

distribuidores e lojistas de grande porte de

produtos para papelaria. “Eles constataram

muitos poucos ajustes serão necessários para

expositores”.

países considerados estratégicos para o setor:

que o Brasil é mais que um país produtor de

a próxima edição.

Líder entre o público joven na Europa aposta no mercado latinoamericano A CANYON apresenta novas linhas para o primeiro trimestre de 2012 e se prepara para a conquista de novos clientes. CANYON, a marca Europeia líder em aces-

A CANYON e suas edições limitadas tem o

e desenho de marca, a CANYON introduziu

Para garantir um fornecimento eficiente

sórios para o público jovem, está se posicio-

estilo do consumidor. Este principio está no

as “Edições Limitadas”, dando o ponta pé

de produtos, a CANYON tem uma rede de

nada no mercado Latinoamericano com ob-

coração da empresa e das atividades diarias

inicial com a linha “GRAFFITTI” e, em 2011

escritórios de vendas estabelecida em mais

jetivo de se tornar a mais “cool” da América.

em nivel mundial.

lançaram as edições “STRIPES” ou listras,

de 80 países e centros de distribuição com

“RISING SUN” ou sol nascente e “GREEN

uma localização estratégica na China, Finlan-

Criando uma nova cultura que oferece uma personalidade única, é por excelencia uma marca com estilo alegre, jovem e dinâmico.

A gama de produtos é desenvolvido com o

LINE” ou linha ecológica, e já estão traba-

dia, República Checa e Dubai. Contam tam-

compromisso de oferecer um excelente dese-

lhando para o primeiro trimestre de 2012

bém com equipes de controle de qualidade,

nho e com estilo exclusivo, a preços competi-

com a edição “X-RAY” ou “Raio X”.

que se encontram na China e Taiwan, para

tivos e sem comprometer a qualidade.

asegurar que os produtos cumpram todos os requisitos necessários.

Dentro desta grande variedade, encontramos cabos, acessórios, jogos, fones de

Fundada em 2003, a CANYON é uma das

ouvido, mouse’s, webcams e muito mais. Os

marcas com crescimento mais veloz no mer-

produtos estão divididos em três segmentos

cado tecnológico da Asia e na região EMEA

principais: Linha Regular, Linha Esportiva e a

(Europa, Oriente Médio e África). Continu-

série Platino, linha corporativa.

ando sua expansão no começo de 2010, a CANYON se establece no mercado Latinoa-

Gerardo Hernández, Managing Director

Em 2010, afim de manter o impulso e fortalecer sua reputação como estilo de vida

mericano, tendo sua base de operações em Miami, USA.


SÃO PAULO - BRASIL / SETEMBRO 2011 / ANO 3 / NÚMERO 28 / PÁGINA 22

Produtos inovadores da C3 Tech chegam ao mercado Carregador portátil e carregador de pilhas alcalinas são duas das novidades lançadas pela empresa A C3 Tech, marca da fabricante de produtos de informática Coletek, lança o mais

netbooks, iPad & iPhone, smartphones, GPS,

processador que checa a carga e avalia se

entre outros.

ainda podem ser reutilizadas.

novo integrante da família de carregadores, o Charger Pro UC-8000. Projetado para ser

“O Charger Pro vem ao mercado para fa-

O tempo médio de carregamento de uma

o melhor da categoria, o carregador conta

cilitar o cotidiano de quem precisa de mobi-

pilha alcalina é de cerca de quatro horas

com alta potência na alimentação, possui

lidade e ao mesmo tempo busca praticidade.

aproximadamente. É importante salientar

capacidade de 8.000mAh podendo fornecer

O usuário pode utilizá-lo para carregar um

que os dois modelos permitem a carga de

de 2 a 3 horas a mais de autonomia para

equipamento enquanto trabalha em um ar-

pilhas individualmente, ou seja, uma única

notebooks, e aproximadamente 5 a 7 horas

quivo de documentos, navega na web, ouve

pilha pode ser carregada, o que difere de

para o iPad.

música ou assiste a um vídeo”, diz Charles

muitos equipamentos no mercado que sem-

Blagitz, Gerente de Marketing da Coletek.

pre exigem o uso aos pares.

Um dos grandes diferenciais do produto é o carregamento inteligente,

A empresa também traz ao Brasil dois novos

Outro fator diferencial é a possibilidade de

não permitindo a sobrecarga

modelos de carregadores de pilhas, inclusive

se misturar os tipos de pilhas durante a car-

do aparelho conectado a

para pilhas do tipo alcalinas. Os dispositivos

ga, ou seja, pode-se carregar simultaneamen-

ele. Suas múltiplas saídas

regeneram a carga das pilhas alcalinas e pos-

te pilhas do tipo NiCd ou NiMH e pilhas al-

permitem a carga de vá-

sibilitam sua reutilização até 20 vezes, depen-

calinas, em qualquer ordem.Os carregadores

rios equipamentos, sendo

dendo da qualidade e tempo de uso.

são compatíveis com pilhas tamanhos AA ou AAA, sejam elas recarregáveis ou alcalinas.

compatível com a maioria dos dispositivos móveis do mercado, como notebooks,

Os modelos, que suportam duas ou quatro pilhas simultaneamente, possuem um micro-

Mais informações, acesse: www.c3t.com.br.

Loch apresenta novas soluções HDMI Fabricante de produtos audivisuais anuncia a disponibilidade de seus cabos HDMI v1.4 e HDMI v1.4 PRO III velocidades de até 100Mbps”, destacou

Compativel com 24 bit de profundidade

audio e video, anunciou a disponibilidade de

Loch, fornecedor mundial de soluções para

Montãnez. “Em resumo, em um equipamen-

de cor.

seus novos cabos HDMI.

to conectado com novos cabos Loch HDMI, oferecemos ao televisor, o video, o som, o

“Os cabos Loch HDMI apresentam melhorias em comparação as versões anteriores.

controle e a conexão a internet com um cabo só”, conclui o executivo.

Agora, além de enviar video e audio em alta definição, também pode enviar dados e

Sobre a Loch USA A Loch foi fundado em 2005 nos Estados Unidos e possui uma ampla gama de pro-

A Loch apresenta também a linha de cabos

dutos audiovisuais de alto nivel tecnológico.

videos em 3D”, explica Richard Montãnez,

HDMI 1.4 PRO III, para uso profissional, com

Suas ofisicas centrais estão em Miami, Flori-

director comercial para USA e América Latina

uma apresentação melhor, malha dupla e

da. A Loch trabalha com uma linha completa

da Loch e completou, “também melhoramos

espessa de cobre que permite uma conexão

de suportes para TVs, projetores, monitores,

o suporte de cores e a compatibilidade com

mais segura.

cabos HDMI, telas de proteção e alto faltan-

Full HD”.

tes ideal para aderencia a parede, entre ou-

Especificações técnicas: “Outro ponto de destaque é a qualidade

tras soluções. A empresa tem pessoas especializadas no desenvolvimento de tecnología

de audio. Atualmente, tem um canal de re-

Conector de contato de ouro de 24 k;

e fabricação de soluções de audio e video e,

torno de audio que requer menos cabos para

100% cabo triplo blindado;

tem mais de 5 anos, em constante expansão,

proporcionar um sistema de som envolvente

Compatível com conteúdo 3D;

inovação e qualidade. A companhia ofrece

e conectado ao televisor. Os cabos Loch HDMI

Canal Ethernet;

a seus clientes soluções competitivas. Mais

v1.4 tem conexão Ethernet incorporada com

Canal de retorno de audio;

informações, visite: www.lochusa.com.


Latin America

“Obrigado” aos nossos patrocinadores e parceiros para tornar DISTREE América Latina em um grande sucesso!! 40 varejistas 90 distribuidores

47 fornecedores de IT & CE 1100 reuniões um-a-um

13 paises representados 10 bilhões de dolares de receitas combinadas

PATROCINADORES PLATINIUM

PATROCINADORES GOLD

PATROCINADORES SILVER

PATROCINADORES FORNECEDORES

Patrocinadores do EVENTO

Patrocinadores MEDIA

the

Salva a data – DISTREE América Latina 2012 13-15 de Setembro de 2012, Brasil www.distree-latam.com


Distribuidores e Mercado - #28 Setembro 2011 - Latinmedia Publishing  

Distribuidores e Mercado - #28 Setembro 2011 - Latinmedia Publishing

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you