Soul Brasil Issue 116

Page 1

FREE

For advertising and article marketing opportunity

(424)206-0538

Editor’s Letter / Carta do Editor

Something is wrong in America. Well, and is not only about the Silicon Valley Bank collapsed in March 2023 after a surreal 48 hours in which a bank run and capital crisis forced California regulators to close it down. But I go futher and talk about it as this is the second-largest failure of a financial institution in US history.

The crisis began when SVB announced that it sold a bunch of securities at a loss and that it planned to shore up its balance sheet by selling $2.25 billion in new shares. Many startups and Venture Capital firms that use the bank panicked, and began to advise companies to withdraw their money.

The bank’s stock cratered the day after, pulling many other banks down with it, and just couple days later, a Friday morning trade in their shares had been halted. “SVB’s condition deteriorated so quickly that it couldn’t last just five more hours,” wrote Better Markets CEO Dennis M. Kelleher. “That’s because its depositors were withdrawing their money so fast that the bank was insolvent, and an intraday closure was unavoidable due to a classic bank run.”

Many people are worried about this failure leading to a domino effect that would create a similar situation to the 2008 recession. However, many experts state that the idiosyncratic situation of the bank should prevent that from becoming the case. SVB is relatively unknown to the broader public but was one of America’s top 20 commercial banks. The bank was specifically partnered heavily with venture-backed tech and healthcare companies, which drew deposits out of the bank. The very rough road that Big Tech has seen in the past year has hit them harder than other institutions.

Massive attacks and deaths including of children, mental health crisis, opioid and amphetamine addiction, etc. Something is definitely wrong with this country.

TO CONTACT US

By phone/whatapp: 1(424)206-0538

By email: info@soulbrasil.com

By mail: 10480 National Blvd #208 Los Angeles, CA 90034

ADVERTISING INFO/MEDIA KIT

www.soulbrasil.com/advertise-info

SOUL BRASIL TEAM / CONTRIBUTORS

Editor in Chief: Lindenberg Junior.

Copy Editor: Giovanni DaSilva.

Writers: Lindenberg Junior, Lara Lanna e Julia Melim.

Contributor Writer: Tyler Baker

Translators: Amanda Peter and Miguel Albanez.

Photographer: Claudia Passos.

Videographers: Andrei Litinov and Nicolas Sophia.

Video Presenters: Amanda Peter and Mariana Rodrigues.

Art & Design: Thiago Padilha

Webmaster: Alexandre Loyola.

Administration: Magali da Silva.

Social Media: Isabella Felicetti and Magali DaSilva.

OUR MISSION

Inform and educate our readers as well as build relations and networking with Brazilians, Brazilian culture lovers and the conscious living community. Also, offering exposure to the products and services of our advertisers and partners.

DISTRIBUTION/CIRCULATION

In June 2022 we completed 20 years on the road and since the last issue of 2015, we stop printing large quantities and distributing the magazine for free. Since then we are working with printing on demand company and started to charge a flat fee for the printed cost. We still print 500 magazines with each issue but our power of outreach with no doubt is through different and innovative digital platforms such as the flip digital format with ISSUU, the eBook format in PDF. Together, with each issue, we expect a total outreach of approximately 35 to 45 thousand readers worldwide, with more readers located in California

SUPPORT US

Use your purchase power with our advertisers and sponsors. They support us and you will help us supporting them! Let they know you are a Soul Brasil reader and supporter, and that you have seen their AD or message in our pages.

SOUL BRASIL MAGAZINE IS PUBLISHED BY KISUCCESS PUBLISHING

All rights reserved. Advanced written permission must be obtained from Soul Brasil magazine or Kisuccess Publishing for the contents. The opinions and recommendations expressed in articles are not necessarily those of the publisher. Copyright 2002-2022 Soul Brasil magazine and Kisuccess Publishing.

We produce web content daily! Check our exclusive articles on our website: www.soulbrasil.com JOIN US ON SOCIAL MEDIAS
We offer different options using different platforms and tools.
4 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com
Lindenberg Junior

ChatGPT Experience is the Latest In-Demand Job Qualification and Will Impact Recruiting and Hiring

In 2022 the hottest new job experience was in Web3; this year, it appears to be ChatGPT, but experts say that may change. The new intelligence artificial tool just emerged in late 2022 but already had adoption among employers. A recent survey from the career site Resume Builder found that out of 1,000 U.S. business leaders, 90% say that ChatGPT experience is a beneficial skill for job seekers.

Business owners and leaders as well as human research professionals are already putting the skills into play. Almost half of employers report using the tool, and a third say they plan to begin incorporating it into their workflow. In an interesting article in Fortune Magazine, Stacie Haller, chief career advisor at Resume Builder says “The biggest thing that surprised me is how quickly people were jumping on and endorsing it”. Digging deeper into the data helps shed light on

leaders’ high adoption rate. Eightyfive percent of survey respondents are under 44, signaling that many younger managers, or “the people who grew up in technology,” are adopting the tool.

Many of the job descriptions that now list ChatGPT qualifications are software developer and engineering roles. According to respondents, writing code remains the top use case for ChatGPT, followed by copywriting, content creation, and customer support. For those wondering if the loudening call for ChatGPT experience is just a fad, “It’s too early to say something” said the chief career advisor at Resume Builder. But the trend is on and professionals and companies will try to move forward during 2023/2024.

If you’re considering listing ChatGPT experience as a qualification for open roles, move slowly and be thoughtful about which roles will actually adopt the

tool. The chief career adviser added “If the people understand how it fits into a company’s mission for the betterment of everybody as a whole, it might calm people down, so they don’t just think their jobs are being replaced”.

On the other hand, many recruiting/ hiring managers are using the tool to write and improve their candidate outreach messaging, job descriptions and recruitment marketing content, and inclusive, generate appropriate interview questions. Yes, it sounds like crazy talk, but the technology innovation is faster than ever and we are always with our eyes open to share trend news with our readers as well helping them through our other website/service www.kisuccess.com and part of Soul Brasil family. Under the theme Trends/Technology at www. soulbrasil.com you can find other articles about business and career innovation (in portuguese).

Career/Carreiras
6 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

10 Alternativas para Desapegar e Fazer $$$ Extra nos Estados Unidos

Se você é uma dessas pessoas que corta o máximo possível de despesas e compras, mas ainda assim, por algum motivo, ainda vive apertada, talvez esse artigo possa te ajudar com um pequeno impulso extra para quebrar o ciclo de dívidas.Com o avanço da tecnologia existem no mercado, e principalmente nos Estados Unidos, aplicativos ou sites que facilitam a sua vida no sentido de transformar itens que você possui, mas não deseja mais, em dinheiro. Seja um aparelho eletrônico, um acessório ou uma roupa usada (até mesmo um vestido de noiva), etc.

O melhor de tudo é que você pode fazer isso sem gastar muito tempo e com muita praticidade. Copilamos uma lista com os melhores aplicativos e sites que facilitam o processo de venda e compra de itens usados, e alguns, específicos para certos tipos de usados.

1) Letgo – www.we.letgo.com

Um aplicativo que permite comprar e vender praticamente qualquer coisa virtualmente e de forma gratuita. Ele conecta compradores e vendedores sem fornecer informações pessoais de contato, pois você pode usar o bate-papo próprio do aplicativo para discutir as

especificações dos itens e negociar preços. Além disso, para ter ainda mais segurança antes de prosseguir com uma venda, você pode verificar os perfis dos usuários para ver se eles foram verificados e se eles têm avaliações (reviews) positivas. No Letgo, as transações são feitas pessoalmente. Por isso, se recomenda o encontro em lugares público e durante o dia para garantir a segurança.

pelo aplicativo, por meio de um depósito direto ou solicitando um cheque.

3) The RealReal –www.therealreal.com

2) Poshmark – www.poshmark.com

Esse é o lugar perfeito para vender roupas, sapatos e acessórios de marca usados (mas conservados). Basta criar um perfil e adicionar algumas fotos de cada item que deseja vender, juntamente com uma descrição e preço. A criação da conta é gratuita, mas você tem que pagar uma taxa quando a venda é feita. Existe uma pequena taxa fixa para vendas abaixo de US$15, e que sobe para 20% em qualquer coisa vendida acima desse preço. Os ganhos são depositados em sua conta e você pode sacar a qualquer momento seja

Vender artigos de luxo por consignação ficou bem mais fácil graças a sites como o RealReal, especializados em revender marcas de estilistas sofisticados. Como acontece com a maioria dos consignadores, o site fica com uma parte da venda, mas você pode ganhar até 85% do preço de venda. A grande vantagem é que você não tem muito trabalho – eles tiram fotos de seus produtos, definem preços, monitoram cada venda e enviam os produtos para os compradores. O site também toma medidas extras para autenticar cada item, o que cria confiança na compra e aumenta a probabilidade de venda.

4) Mercari – www.mercari.com Aqui você vende praticamente qualquer coisa e sem a preocupação

Living in the U.S/Vida nos EUA (1) 8 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

de se encontrar pessoalmente com os compradores, pois todas as vendas são enviadas para os compradores por serviço postal. A Mercari também elimina a dor de cabeça do envio já que eles tem uma parceria com a UPS – se você levar seu item vendido para uma loja local da UPS, um associado irá embalá-lo e enviá-lo para você, eliminando o incômodo de encontrar a caixa do tamanho certo, gerar uma etiqueta de envio, etc. A criação da conta é gratuita, mas a Mercari cobra uma comissão fixa de 10% sobre vendas concluídas.

Este aplicativo usa o GPS do seu celular para alcançar compradores dentro de sua área residencial. Os compradores podem fazer uma oferta ou entrar em contato para saber mais detalhes por meio do recurso de bate-papo no aplicativo. Quando chegar a hora de fazer um acordo, use a ferramenta “safe exchange area location” do app para localizar delegacias de polícia próximas e marcar um encontro para a entrega. Se preferir, a 5miles também oferece uma opção de pagamento e envio online. O aplicativo permite a exibição dos produtos por vídeo, além de facilitar o compartilhamento deles via Facebook, Twitter, SMS ou e-mail.

lidar com peças grandes, pesadas ou frágeis. O preço mínimo dos produtos listados é US $25, os pagamentos são via PayPal, e há um período de 48 horas para devolução. O Chairish também permite confirmar que o pagamento está sendo processado quando um item é sinalizado como entregue, e fornece mecanismos para ajudar a impulsionar as vendas com mais rapidez.

Alguns itens são comprados diretamente pelo site, enquanto outros são consignados. O ThredUp pega uma parte dos lucros de cada item vendido. Seus ganhos são depositados na sua conta ThredUp e você pode usá-los como crédito em outras roupas usadas ou sacar via Paypal ou cartão de débito pré-pago.

9) StillWhite – www.stillwhite.com

Um mercado online de decoração e design onde você pode vender decoração vintage, móveis, peças de arte e acessórios para a casa. O aplicativo permite que você combine com o comprador para que ele busque a compra pessoalmente, e te ajuda a coordenar envios para revendedores – o que pode ser complicado ao

7)

Uma plataforma específica para quem deseja comprar e vender eletrônicos como smartphones, laptops, videogames e muito mais. Cada produto publicado é analisado e verificado por uma equipe de suporte para garantir que atenda aos padrões da empresa – e no caso dos telefones, que estejam prontos para serem ativados na operadora escolhida no momento da venda. Para isso, as fotos são usadas para verificar se o dispositivo corresponde à descrição e os números de série são analisados para garantir que o dispositivo não foi declarado como perdido, roubado ou colocado na lista negra. Na hora de despachar sua venda, você pode enviar os itens ou entregar pessoalmente.

8) ThredUp – www.thredup.com

Este consignador de roupas virtual é uma mão na roda para ganhar dinheiro com roupas usadas! O site se encarrega de tirar fotos, listar e gerenciar vendas. Tudo o que você precisa fazer é solicitar uma “Clean Out Bag”, ou seja, uma sacola que você preenche com quantas peças de roupa e acessórios couber. Em seguida, você envia a sacola de volta com a etiqueta pré-paga fornecida pela ThredUp.

O custo médio de um vestido de noiva nos Estados Unidos é de US$1.600. Sabendo que a maioria das noivas não usará o vestido branco novamente, vendê-lo online pode ajudar a recuperar parte do custo original. O StillWhite te ajuda nessa empreitada, e oferece duas opções de venda. A padrão, por uma taxa de US$20 inclui análises ao vivo e quatro fotos, e a premium, que por US$30, dar espaço publicitário na página inicial, direito a até oito fotos e um vídeo do vestido. Para economizar, você pode ganhar um cupom, então sempre verifique antes de pagar.

10) CardCash – www.cardcash.com

E por ultimo um site diferente dos outros citados e que a ideia surgiu com os cerca de US$3 bilhões de cartões-presente que não são usados a cada ano. Embora nos EUA seja bem popular se dar um “giftcard”, às vezes as pessoas que recebem não conhecem ou não gostam de certas marcas ou estabelecimentos. A boa notícia é que essa pessoa pode transformar esses cartões-presente em dinheiro por meio do CardCash que oferece até 92% do valor do cartão ou permite trocá-lo por outro varejista de sua preferência por até 9% a mais. O preço de venda depende da popularidade do cartão-presente.

5) 5MILES – www.5miles.com 6) Chairis – www.chairish.com Swappa – www.swappa.com
Living in the U.S/Vida nos EUA (1) Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com 9

How to Be Absolutely Joyful and Bring Out the Best in Others

Everyone has something that makes them unique and special, something that makes them stand out from the crowd. But not everyone knows how to find their unique talents. What is sad is that some people assume that they are not as good as others and their self-esteem is going to falter as well. If you want to bring out the best in others we will try to help you by reminding five facts to have in mind.

BE GENEROUS

To start, you need to be generous. Give others your time and energy. Even more importantly, give them the benefit of the doubt. Believe in them, even when they fail or stumble and struggle to believe in themselves. It takes no talent to believe in someone who is already reaching their goals and knocking down all the walls. The hard thing is to see some of the talents that are buried deep inside someone, especially when that person doesn’t even know that talent is there.

BE OPEN-MINDED

Talent can take a lot of different forms and it can bring someone into unusual situations. Many of the most talented

people you may meet throughout your life will be completely different than you. For example, maybe you like to have things quiet and this person likes to be loud and outgoing. The greatest talent in seeing the best in others is to get past some of your own biases. Kick that to the curb and see what a difference it makes.

BE CLEAR

When you want to bring out the best in others, your role is to be clear and interact with other people. If you want to do this, you need to collaborate, foster talent, and be there for the other person. You don’t have to be the most capable or the smartest or the best person in the room. You just need t be clear and ready to listen and learn along the way. Let the other person know that you value them and would like to be there for them as they learn more about their talents as well.

BE PERSISTENT

It is never easy when it is time to foster talent. The other person can get discouraged and often distracted. They can come to rely on you to do most of the work, rather than taking on the initiative

and using some of their talents and skills. This is natural because finding talent can be difficult and some people may get discouraged. Your goal is to be persistent with them and not let them give up at all. You can be there to help others, but your job is not to do the work for them. With some good persistence, you will be able to help them reach their goals and they will be proud that they put in the work themselves.

BE PRESENT

You need to pay attention and be present to spot the talent in other people. You need to be able to find some of the smallest clues because most people don’t know their talents and so will not show them off to you in the process. You have to be curious to learn more about that person and then be present enough to show that you care and want to be there for them as well. The greater your ability to pay attention, the more talent you can find for other people.

To bring out the best in someone is to create the circumstances where someone exhibits his or her best qualities, which are usually strength, kindness, patience, or courage.

Art of Living/Arte de Viver (1)
10 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

Brasileiros Residentes no Exterior Também Podem Resgatar o “Dinheiro Esquecido” no Banco Central do Brasil

Gostariamos de lembrar que no final de fevereiro de 2023, o Banco Central do Brasil mais uma vez abriu o sistema para consultas de possíveis quantias esquecidas em instituições financeiras. Além de moradores do Brasil - e até pessoas já falecidas - empresas e brasileiros que vivem no exterior também podem resgatar valores.

De acordo com o BC, juntos, cerca de 38 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de empresas têm cerca de R$ 6 bilhões a receber. Os saques das quantias poderão ser feitos a partir do dia 7 de março de 2023. Para isso, os beneficiários devem acessar o sistema do Banco Central e solicitar o resgate dos valores. O site para conferir: www.valoresareceber.bcb.gov.br.

De acordo com o BC, somente nos três primeiros dias de reativação de buscas - entre 28 de fevereiro e 2 de marçoforam computados mais de 15 milhões de acessos. Destes, 4 milhões tiveram resultados positivos e detectaram saldo a resgatar - o que representa 27% do

total. Outras 11 milhões de acessos (73%) não revelaram recursos a sacar.

BRASILEIROS NO EXTERIOR

O que muitos não sabem é que quem está no exterior também pode ter direito aos saques. Segundo o BC, todo cidadão brasileiro que tiver quantias a receber tem direito ao resgate. Esses beneficiários também devem conferir a possibilidade no Sistema de Valores a Receber (SVR) do Banco Central (BC) e, se confirmada a condição, solicitar o resgate do “dinheiro esquecido”.

O dinheiro será depositado em qualquer conta no Brasil com chave Pix cadastrada, mas também é possível receber os valores mesmo nos casos em que o residente no exterior não tiver mais conta ativa no Brasil. Não possuindo conta ou caso o titular não tenha chave Pix, o residente no exterior deve contatar a instituição financeira e combinar uma forma alternativa.

EMPRESAS

Além de pessoas físicas, diversas empresas também têm valores para resgatar. Conforme balanço

do BC, cerca de 2 milhões de CNPJs registram valores esquecidos. Entre as companhias, estão grandes empresas como Americanas, a Havan e até gigantes como o McDonald’s e a Apple.

Além de empresas, instituições bancárias também registram dinheiro represado. É o caso de três grandes bancos privados do país: Bradesco, Itaú e Santander

O QUE ACONTECE CASO AS QUANTIAS NÃO FOREM RESGATADAS?

Aqueles que por algum motivo não podem resgatar os valores não precisam ficar preocupados em ter seus recursos utilizados pelas instituições financeiras. Conforme informou o Banco Central, os recursos permanecem guardados pelas instituições até que, em algum momento, o resgate seja feito.

“Nesse período, eles [os valores] podem sofrer atualização monetária ou de descontos previstos em lei, em norma do Sistema Financeiro Nacional ou em contrato”, informou o BC.

Community/Comunidade (1)
12 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

G o o g l e : Only One Year

From “Total Disruption”?

We We believe you have already hear about Chat GPT (OpenAI) as it is taking the world by storm and this new techlology is associated with microsoft and incorporated into the search engine Bing by microsoft. By the other hand, It seems that Google has finally announced their competitor to OpenAI and Microsoft. The new chatbot tool, named “Bard”, has been unveiled by Google in february as its next step into the AI chatbot world.

Google CEO Sundar Pichai stated in a February blog post that Bard would be opened up to “trusted testers” before being released to the general public “in the coming weeks.

“Bard seeks to combine the breadth of the world’s knowledge with the power, intelligence and creativity of our large language models,” Pichai wrote. “It draws on information from the web to provide fresh, high-quality responses.”

The announcement comes at a precarious time for Google, as its core product (online search) faces its most significant risk in years. With the release of ChatGPT, many have touted its use as a search engine to far exceed Google, and that’s only one part of what it can do.

The overwhelming attention that ChatGPT garnered when released supposedly caused a “code red” for

Google management. In a tweet last year, Paul Bucheit, one of the creators of Gmail, forewarned that Google “may be only a year or two away from total disruption” due to the rise of AI.

As you also may already know, Google rival Microsoft has already announced billions more of investment into ChatGPT creator OpenAI and has spoken openly about the implementation of the AI into its products, including its own search engine Bing. Google also announced that AI-powered tools will soon begin rolling out into its flagship search engine.

Technology/Tecnologia (1) 14 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

Cidades Brasileiras e Americanas Entre es Mais Perigosas do Mundo

Ataxa de criminalidade de uma região interfere, e muito, na qualidade de vida da população, na economia e no que se refere a atrair turistas para o local. Com o objetivo de auxiliar na implementação de melhorias de segurança pública, um estudo anual lista as cidades do mundo que apresentam os índices de criminalidade mais alarmantes. Das 50 cidades apontadas, 38 fazem parte da América Latina, sendo 10 brasileiras.

O ranking foi elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal. A mais nova lista, divulgada em 2023. Os dados refletem a taxa de homicídios por 100 mil habitantes durante o ano de 2022. Do total de cidades analisadas, a maioria está localizada no México, seguido pelo Brasil, Estados Unidos, Colômbia, África do Sul e Honduras.

Das 50 cidades, 17 estão localizadas no México; no Brasil, 10; nos Estados Unidos, 7; na Colômbia, 6; na África do Sul, 4; em Honduras, 2, e uma em Porto Rico, Haiti, Equador e Jamaica, respectivamente.

BRASIL

No Brasil, das 10 cidades referenciadas, nove se localizam no Nordeste e uma no Norte do país. Mossoró (RN) é a cidade brasileira com maior índice de criminalidade e ocupa a 11ª posição na lista mundial. O município contabilizou 167 homicídios em uma população de apenas pouco mais de 264 mil habitantes (63,21%).

Também entram no ranking os municípios de Salvador (Bahia); Manaus (Amazonas); Feira de Santana (Bahia); Vitória da Conquista (Bahia); Natal (Rio Grande do Norte); Fortaleza (Ceará); Recife (Pernambuco); Maceió (Alagoas); e Teresina (Piauí).

AMÉRICA LATINA

Como mencionado acima, 38 das 50 cidades mais perigosas do mundo se localizam na América Latina. O México, em ênfase, é o país que apresenta o maior índice de criminalidade, registrando 30.968 homicídios em 2022.

Em 2022, nove das 10 cidades mais violentas do mundo eram mexicanas: Colima, Zamora, Ciudad Obregón, Zacatecas, Tijuana, Celaya, Uruapan, Juárez e Acapulco. Segundo a ONG responsável pelo relatório, pelo menos quatro cidades da Venezuela ainda não foram incluídas “por falta de informações minimamente confiáveis”.

ESTADOS UNIDOS

O EUA também aparece no ranking anual. De acordo com o estudo, Nova Orleans, no estado de Louisiana, se encontra entre as 10 cidades mais violentas do mundo, ocupando a 9ª posição.

no Planeta
Earth Watch/De Olho
16 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com
New Orleans tem o apelido de “Big Easy” e é conhecida por sua culinária e seu Mardi Gras”. No entanto, ficou classificada como a cidade mais perigosa dos EUA.

• Cartões de Visita e Postcards • Door Hangers e Flags • Todo Tipo de Flyers • Cardápios e

• Vários Tipos de Banners • Magneto Para Carros • Preparação de Artes
EDDM Full Services www.kisuccess.com/printing PRECISA DE SERVIÇOS GRÁFICOS? Nos ligue sem compromisso: (424) 206-05385 Nós podemos te ajudar aqui nos EUA! DO BRAZA BRAZILIAN FOOD VOCÊ CONHEÇE O NOVO DO BRAZA? ESTAMOS DE CARA NOVA E COM NOVOS PRODUTOS! ATENDEMOS WHOLE SALE E ENCOMENDAS PARA EVENTOS. WWW.DOBRAZA.COM events@dobraza.com
os novos produtos temos a coxinha com menos gluten, feita com massa de mandioca e
verdadeiro catupiry!
619-3001832 CONTATO:
Brochuras
Dentre
o
Visite nosso site:

Brazilian Bunco: 10 Anos de Diversao e União

Para muitos brasileiros, iniciar uma nova vida em um país estrangeiro pode ser desafiador, principalmente quando envolve desenvolver laços de amizade em uma terra com pessoas de costumes tão diferentes.

Cris nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro. Apesar de já ter tido uma experiência nos EUA durante a adolescência - quando veio ao país para cursar o High School na Carolina do Sul, em 1994 - ela só se mudou definitivamente para o país em 2004, um ano após conhecer seu marido, que é americano.

“Eu sempre tive uma família muito grande no Brasil, muito unida. Meu marido é filho único e os pais dele não moram perto daqui. Então eu cheguei nos Estados Unidos e já sabia que eu não ia ter muita família, que eu ia ficar meio sozinha”, ela relata.

filhos e cada uma já começou a fazer as suas próprias coisas”, explica.

De acordo com Cris, além da mudança de rotina das integrantes, a intensa migração dos usuários do Orkut para o Facebook fez com que, com o tempo, o grupo Brasileiras na Califórnia fosse amornando até se desfazer. Apesar disso, o núcleo de amizades entre as mulheres permaneceu.

Cristina Irion viveu essa realidade quando se mudou para San Diego. Acostumada com a rede de amigos e uma família calorosa, Cris decidiu burlar a solidão na nova terra criando um grupo com outras brasileiras que vivem a mesma realidade. Em “noites de jogos” uma vez por mês, as mulheres dançam, compartilham risadas e experiências, além de matar a saudade das comidas típicas do Brasil.

Para formar novas amizades, Cris Irion conta que teve a ideia de procurar outras brasileiras nas redes sociais. “Eu criei um grupo, naquela época era no Orkut, chamado Brasileiras na Califórnia. A gente se encontrava, fazia uns almoços, churrasco na praia e viajava juntos. Era um grupo muito legal e os maridos também faziam parte. Mas as mulheres então começaram a ganhar

Sem se deixar abater pelo fim de sua primeira tentativa, Cris chegou a integrar outros grupos de brasileiras ao longo dos anos, inclusive dedicados a encontros de mães e filhos. Segundo ela, a prática de se unir a pessoas para criar boas experiências faz parte da sua própria personalidade.

Community/Comunidade (2)
Grupo de brasileiras realizam encontros mensais para se divertir e compartilhar experiências em San Diego, Califórnia.
18 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

NOITE DE BUNCO

Em 2012, Cris foi convidada para substituir temporariamente uma integrante de um grupo que se reunia uma vez por mês para jantar e jogar bunco - famoso jogo de dados. Além de brasileiras, o grupo também englobava americanas. “Eu sabia que seria uma ótima oportunidade para encontrar com amigas brasileiras que vem de background similar ao meu e vivem vidas parecidas com a minha. Poderíamos desfrutar de uma noite juntas depois de um dia cansativo de trabalho, filhos, casa e todas as responsabilidades e desafios que todas temos”, diz Cris.

Com a experiência, a brasileira decidiu formar um novo grupo do zero, dessa vez apenas com outras mulheres do Brasil. Assim, elas poderiam se sentir à vontade em falar português e se expressar livremente com “aquela alegria que só nós brasileiros temos”.

O grupo Brazilians Buncocomeçou em março de 2013 e em 2023 completa dez anos. Algumas das integrantes Cris já conhecia, outras ingressaram após saber da iniciativa pelo “boca a boca”. Durante a noite de jogos, a anfitriã (em formato de rodízio) é responsável por abrir a casa e cozinhar. As demais trazem bebidas e o dinheiro para jogar bunco.

“Eu costumo dizer que o jogo nunca foi o motivo pelo qual a gente se encontra,

e mais uma ‘desculpa’ para manter o compromisso. Se tirar o jogo, o grupo perde a dedicação. Existe alguma psicologia por trás do jogo que faz as pessoas se comprometerem”, explica Cristina Irion.

Cris conta que, ao todo, são 12 membros que se reúnem uma vez por mês na casa de uma das integrantes. Destas, 7 são membros oficiais, ou seja, estão sempre nas reuniões. Há ainda uma seleção de membros “substitutas”, que são convidadas sempre que é preciso para completar a dúzia de membros em cada encontro.

Para a Daniela Taratusky, que participa ocasionalmente dos encontros como substituta desde 2015, a noite de bunco é mais do que apenas se reunir para jogar um jogo de dados. “É um evento mensal que nos ajuda a esquecer os problemas da vida e nos conecta com outras mulheres. Todas temos saudades da família, da comida e da música do Brasil. E por algumas horas nos transportamos para um lugar mágico, onde o Brasil existe em San Diego”, declara.

RESISTIR A UMA PANDEMIA

Em datas especiais, como o aniversário de formação do grupo, as mulheres costumam fazer encontros ainda mais animados. Além disso, se vestem elegantemente de preto na ocasião. Por conta da pandemia, as mulheres permaneceram um ano e meio sem se encontrar. Após o período de interrupção, elas se sentiram preparadas para retornar aos encontros de uma forma especial.

Já para Jane Ceron, membro oficial do grupo, manter contato frequente com essas mulheres se torna uma terapia. “Nossos encontros de bunco são mais que momentos de lazer e descontração. Criamos um elo de amizade forte, somos uma família! Afinal, são 10 anos de convivência e muitas alegrias”, relata a participante.

CONFIRA AS MULHERES QUE FAZEM PARTE DO GRUPO:

Cristina Irion (fundadora)

Livia Alaimo (oficial)

Denise Martins (oficial)

Jane Ceron (oficial)

Larissa Letteriello (oficial)

Marcela King (oficial)

Luciana Getchell (oficial)

Grasiela Gama (substituta)

Georgia Chait (substituta)

Gabriela Tezin (substituta)

Carine Lemos (substituta)

Beatriz Lindstrom (substituta)

Sonja Mattos (substituta)

Daniela Moehlecke (substituta)

Daniela Taratusky (substituta)

Carla Ahmadian (substituta)

Patricia Swift (substituta)

Daniela Picoli (substituta)

Cristina Romero (substituta)

Carolina Miranda (substituta)

Licia Manier (substituta)

Community/Comunidade (2)
Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com 19

Let’s Talk About Business, Partners and Influencers

Many new business owners get so excited at the thought of starting their own profitable company online that they do not look before they leap. They come up with what they think is a great new idea and start to try to sell it without doing proper market research to determine demand and what customers in their niche are willing to pay for products.

While other new business owners go to the opposite extreme and steer clear of certain top-earning niches because they think there is too much competition.

GETTING IT JUST RIGHT

One of the best ways to put yourself head and shoulders above the competition even in a crowded niche is to link yourself with key companies and influencers. This way you can offer new products and services, increase your authority in your

niche, and earn more income all at the same time. The easiest and most effective ways to accomplish this are through: Joint Venture Partnerships and Strategic Partnerships.

With Joint Venture you can do reciprocal marketing and split the proceeds. Sometimes that split is 50/50; other times one partner may get more. There are many creative ways to arrange partnerships. The one constant is that it must be a winwin for both partners!

Strategic Partnerships can be formed online or offline in a similar way. Partner with anyone who is not a direct competitor but sells complementary products and services. For example, if you sell wedding gowns, partner with other local merchants who can provide any of the other items commonly required for weddings, such as flowers, formal wear, limos and so on.

LOOK FOR THE OBVIOUS

One other useful way to find local partners is to offer an interesting workshop or talk at your local Chamber of Commerce. Usually, they will do all the marketing and promotion for the talk. You just need to deliver a great presentation and continue to build your reputation.Those who get to meet you in this way might just want to partner with you, or know someone who does.

Online networking is great, but don’t overlook the obvious opportunities to forge relationships within the community, especially if you have a brick and mortar store and service.Remember every business and entrepreneur is judged by the company they keep. Form relationships with the top movers and shakers in your niche with outstanding reputations and see what a difference it can make to your profits.

Business/Negocios
20 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

Vários Restaurantes nos EUA Estão se Apaixonando pelo Modelo de Assinatura “A La Netflix”

Os consumidores nos Estados Unidos já estão dispostos a pagar taxas de assinatura mensal por serviços de streaming e ração para animais, entre outras coisas, mas não para comer de seus restaurantes favoritos. Bem, pelo menos até pouco tempo atrás. É que agora alguns restaurantes estão experimentando cada vez mais o modelo de assinatura como forma de garantir receita estável e mais visitas de clientes. Alguns chegam a oferecer bebidas ilimitadas ou entrega gratuita a uma taxa mensal, enquanto outros oferecem um aperitivo favorito a cada visita.

Eles estão seguindo uma tendência: a média de um americano que faz malabarismos para ter esse tipo de modelo de consumo passou de 4,2 em 2019 para com 6,7 em 2022 de acordo com o Rocket Money, um aplicativo de finanças pessoais.

Por US$130 por mês, os assinantes do Gravitas Supper Club recebem um “three-course meal” para dois no takeout (comida para levar). Lembrando que o Gravitas mudou para comida para viagem durante a pandemia, mas viu a demanda diminuir quando a sala de jantar foi reaberta. A ideia do Supper Club manteve o restaurante na pandemia e passou a ser um bom negócio depois.

A sofisticada rede chinesa P.F Chang’s também viu uma oportunidade de aumentar os pedidos para viagem com seu plano de assinatura. Lançado em setembro de 2022 por US$$6,99 por mês, os membros recebem entrega gratuita, entre outras vantagens. El Lopo, um bar de San Francisco cobra US$89 por mês por US$100 em créditos para refeições ou US$175 por mês por US$200 em créditos. A cada novo membro eles oferecem uma bebida grátis no bar.

A famosa rede Taco Bell também aderiu e inventou o seu Taco Lovers Pass de US$10 que permite que os assinantes recebam um taco todos os dias durante um mês. O passe foi introduzido em janeiro de 2022 e renovado em outubro do mesmo ano. A rede está pensando em novas maneiras de tornar a oferta mais valiosa para os consumidores. Seguindo a Taco Bell, uma assinatura pode dar um serviço mais rápido e tambem desbloquear itens exclusivos do menu.

No final de 2020, o SheWolf, um restaurante italiano sofisticado em Detroit, começou a enviar aos assinantes uma caixa de massas, molhos e outras guloseimas por US$80 por mês. Mas quando a sala de jantar reabriu totalmente, seis meses depois, deu muito trabalho a logística de juntar centenas de caixas. Ainda assim, a SheWolf está mantendo um pé no espaço do modelo de assinatura.

A rede de bakery Panera, por sua vez, tinha quase 40 milhões de membros em seu programa de fidelidade no início de 2020, mas queria convencêlos a aparecer com mais frequência. Por isso, lançou um programa de assinatura que oferecia café e chá ilimitados por US$8,99 por mês. Os clientes começaram a vir várias vezes por semana, e cerca de um terço das vezes que eles vinham compravam comida.

Em 2022 a Panera expandiu o modelo de assinatura e desde então, os membros podem pagar US$11,99 por mês ou US$119,99 por ano para bebidas quentes e frias ilimitadas. Assinantes anuais também recebem entrega gratuita.

O fato é que os donos de negócios devem sempre estar atentos a tecnologia e inovação ou ao que podemos chamar de inovação disruptiva. Em 2023 e 2024 será crucial. Hoje, as transformações são tão rápidas que às vezes nem nos damos conta. Por fim, lembramos da importância de se ter um time de marketing ou um parceiro dentro desse nicho para ajuda e/ou consultoria. A internet, os dispositivos móveis, as novas gerações e as diferentes crises fazem com que sempre estejamos pensando em inovar para continuar a atrair clientes.

Trends/Tendências
22 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

Learn to Empathize More for Less Anxiety and Stress

We have talking about stress in different ways through the years and how you need to take it seriously as in many cases though, stress can quite literally kill you. It’s believed that more than 75% of all trips to the emergency room in the U.S are stressrelated. So the next time a friend tells you “stress is killing him”, you might want to take that statement seriously.

For a number of reasons, you can benefit from stressing less and relaxing more often. If that sounds like something you’d enjoy, just learn to empathize more.

HOW EMPATHY LEADS TO LESS STRESS AND DEPRESSION

An empathetic person can place themselves in the emotional experience of someone else. That’s the first part of empathy. The part of the empathetic process some people forget is responding in a way that’s helpful.

You see a coworker has a huge workload. She’s stressing out and you know there’s no possible way she can hit a proposed deadline. You communicate to her that even though her productivity is excellent and she’s a great worker, you don’t know how she’s going to get everything done.

You just paid her a compliment. You saw her emotions were frazzled and she wasn’t in a good place mentally. So you said something nice about her ability on the job.

The next thing you can do after you identify with her situation is to provide assistance. Offer to help her tackle some of her responsibilities. When you do, your coworker will thank you. She’ll experience less stress, and science tells us that you’ll also have less stress, anxiety and depression.

When you learn to recognize that someone else is experiencing negative emotions, you want to help. This is the

response for most people. What also happens is that you subconsciously recognize that you’re not in that situation. You can understand your coworker’s emotional stress, but you aren’t experiencing the same thing yourself.

Empathy can help you see past the many differences people have. It helps you move past prejudice or bias. These are negative emotions. They can produce a stress response in your body. Empathy doesn’t allow that to develop. Empathy makes people happier in their relationships and even more successful at work.

The reason we succeeded: We mastered working together - and we managed that not only because we learned to understand what other people were saying…but because we developed an astonishing ability to understand what other people were feeling. In short, we learned empathy. The benefits of empathy are well-documented and impressive.

Art of Living/Arte de Viver (2)
24 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

Anfetaminas e Opióides:

A Nova Crise de Saúde Pública nos Estados Unidos

Por Lindenberg Junior

Existe uma crise de saúde pública que mata centenas de milhares de pessoas nos EUA por dia e não se trata da pandemia e Covid mas sim de overdose de drogas e particularmente opióides e metanfetamina. Mas muitos médicos e pacientes não estão usando os devidos tratamentos. Essas pessoas que morrem não estão tendo a devida atenção, temos um problema de saúde pública e soluções negligenciadas.

Alguns dos problemas são específicos do vício. Mas outros são mais abrangentes. A obesidade e as condições de saúde mental também costumam ser subtratadas. As temporadas de gripe e flu são consistentemente piores do que deveriam ser porque poucas pessoas recebem suas vacinas anuais. Embora o uso excessivo de cuidados de saúde pelos americanos frequentemente receba atenção, o sub-uso também é um problema em muitas situações.

Frequentemente, as pessoas, incluindo os médicos americanos, têm medos exagerados sobre as desvantagens de alguns tratamentos, especialmente os mais novos. Com a Covid, os médicos se preocupam com as interações de Paxlovid

com outras drogas – um problema real, mas em grande parte administrável. Com a dependência de opioides, os pacientes cometem o erro de pensar em um medicamento prescrito, como a buprenorfina, como apenas mais uma droga, embora possa salvar suas vidas.

Os sintomas de abstinência de anfetaminas, incluindo depressão, não são facilmente resolvidos com outros tipos de drogas. Portanto, enquanto inúmeras pessoas enfrentam a necessidade de diminuir ou parar rapidamente, enfrentamos uma possibilidade real de um desastre de saúde pública em uma escala nunca vista desde a crise dos opioides prescritos que começou há uma década atrás.

Existem preocupações com a contaminação de “estimulantes” de rua, incluindo pílulas falsificadas, sendo misturadas com fentanil, criando o risco de overdose de opióides. O fato é que os Estados Unidos enfrenta uma grave crise no quesito anfetaminas-opióides-fentanil e que resulta na morte de milhares de pessoas, em sua maioria jovens.

A natureza fragmentada do sistema de saúde americano também torna mais fácil que muitos desses problemas passem despercebidos. O governo federal às vezes exacerbou o problema. Até 2022, os médicos precisavam passar por um treinamento especial e obter uma isenção para poder prescrever buprenorfina, o medicamento para dependência de opióides. Ao mesmo tempo, as autoridades federais falharam em fazer cumprir as leis que exigiam que as seguradoras cubrissem o tratamento para dependentes químicos.

Mais de 100.000 pessoas morrem a cada ano de overdose, principalmente de opióides, de acordo com o CDC e dados de fevereiro de 2023. Isso é mais alto do que o número de mortes por armas de fogo e acidentes de carro combinados. Embora medicamentos como a metadona e a buprenorfina possam reduzir drasticamente as mortes entre os pacientes dependentes de opióides, apenas cerca de um quarto das pessoas que poderiam se beneficiar desses tratamentos os recebem.

Living in the U.S/Vida nos EUA (2)
26 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

The Journey from Canada to Brazil to Sapucai and a Better Understanding About Rio’s Carnaval Parade

The Rio Carnaval, the biggest show on earth! Those words played again and again in my mind as I started the long journey from Canada to Brazil. A few weeks prior to the long flight I had learned I was awarded a press accreditation to shoot the 2023 edition of the Rio Carnaval at the iconic Sapucai as part of a partnership with Soul Brasil Magazine and Aninha Malandro, CEO of the International Samba Congress. This was a big surprise to all involved, since accreditation by LIESA (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) is a very competitive process.

I had first visited Rio in 2016 with my wife Cecilia Ferreyra, an Argentine who is crazy about Samba and part of the International Samba Congress team. That year we watched the parade together from the bleachers. Suffice is to say we were blown away by the magnitude of the endeavor, the vibrance, the dance, the sound, the enormity of what is one of the greatest

community cultural celebrations we had ever witnessed.

Since then, both my personal and artistic interest in the history and meaning of Carnaval, but more specifically of Samba, has increased dramatically. I have attended and shot Samba Congresses in Brazil, Toronto,

and Los Angeles as part of the work of my nonprofit organization, Tyler Baker Photography. I have done portrait and promotional shoots with many talented Samba dancers from both Brazil and North America. I have developed a greater understanding of the ‘drum orchestra’ nature of the bateria, and of the polyrhythmic

Life Experience/Experiencia de Vida
28 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

nature of the Samba step. More importantly, I have learned of the history of the dance and its genesis in the ongoing struggle of the African diaspora in Brazil. I have increased my appreciation of the richness of this art form, which goes well beyond glitter and feathers to encompass many different styles such as samba no pe, samba de gafieira and samba de malandro.

Seven years later, and now confronted with the opportunity to actually be a photographer at the epicenter of Carnaval, I was unsure what to expect. Furthermore, I felt mixed emotions due to a self-imposed pressure to bring all of this to bear in my image making, aiming to create connected and informed images as the parade unfolded. In the end, my emotions and expectations were brushed aside the moment I entered the avenue and heard the excitement of the crowds and the beats of the bateria! The Rio Carnaval is an overwhelming and intoxicating experience, irrespective of the vantage point… it takes over the moment the drumming starts!

Outside the sapucai, the escolas get ready to parade in the “concentration”, including 5 enormous and very creative floats each in addition to 2400- 3000 people organized with different and amazing costumes in groups called “alas”, many lead by musas and musos wearing stunning outfits that

reflect the theme chosen for that year (enredo). Believe or not, each escola must complete the parade in less than 55 minutes (omg?). While there is much stress and last-minute effort taking place in the concentration, once the time is up, all is forgotten and the unbounded joy of parading, of celebrating each escola, of singing their “samba-enredo”, of being moved to dance by meaningful messages in the lyrics and the powerful beats of the baterias was something beautiful to see. It was particularly moving to see the Ala’s of the Baianas, representing the African roots and the meaning of Carnaval as a true celebration of AfroBrazilian culture, spirituality and traditions. It was very interesting to see the presence of foreigners parading with the schools, many of them in prominent places such as queens or musas.

It may not be well known to all visitors to the Rio Carnaval that the “escolas de samba” parading every night are judged, with results released the afternoon of Ash Wednesday (Carnaval

Life Experience/Experiencia de Vida
Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com 29
Photographer Tyler and wife Cecilia

is always scheduled for the weekend prior to the start of Lent). It may be even less well known that the judging criteria does not encompass the entire parade of each escola, only 5 mandatory components that do not include dancing by the Queen of Bateria or the alas de pasistas (professional samba dancers).

It was also interesting to observe the audience response. On Friday and Saturday nights I spent a lot of my time in front of the Portela Camarote in Sector 3, just before the area where the judges’ booth is situated. Talk about a discerning audience! What received the most applause and cheering was insightful. Queens and Musas that samba enthusiastically were cheered, those who limited themselves to a beat or so were not. Themes on floats that spoke to community and social issues were well received. The audience mirrored the energy that the participants exhibited.

The experience as an accredited photographer was not without its challenges… the noise makes the translate app almost useless and communication difficult for those of us not fluent in Portuguese, the tightness of the space with all the people and the limited access that we had. It is not easy. It feels a little like drinking from a fire hose, all the sound, the color the movement

the support staff for the escolas managing, encouraging, and pressing their people to sing louder, to tighten up their drumming or to pick up their parading pace. That said, while frustrating from a photography perspective, the personal experience of being on the ground, surrounded by the vibrations and the power of the baterias, is not something I will ever forget.

Moreover, I was left with many unanswered questions and desires for greater understanding: why are samba dancing by passistas and queens not valued in the scoring? How will the Rio Carnaval retain its soul and meaning as a reflection and celebration of Afrobrazilian culture and resilience with an ever increasing number of foreigners who pay to parade? What is the place for women leadership of an event that mirrors the male-dominated governance structure of soccer teams? Some of my explorations in partnership with Aninha will be the topic of our next installment.. stay tuned!

Life Experience/Experiencia de Vida
30 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

Claudia Passos - photographer @ 310-5929198

• Absolutely delicious Cakes, Sweet & Smooth Treats: Cherry Blossom, Walnut Heart, Chocolate Balls aka "Brigadeiro", Grape Bombon and more.Great for All occasions!!! • Party Decorations

Rentals: Tabletop accesories & Portable Table folding. Please contact Ana Rognerud @ (310) 600-5187

Personal Autonomy: Strengthening your Ability to Be Independent

Being independent and practicing personal autonomy has its advantages, like having no one to answer to but yourself. It encourages you to become self-aware while taking in the big picture. So, you’re not just focused purely on your needs, but you recognize that you’re part of a thriving community, with certain responsibilities, privileges, and freedoms.

WHAT IS PERSONAL AUTONOMY?

There are several ways to describe personal autonomy, from being free to follow your heart to having a sense of determination and self-endorsement. Yet, the simplest explanation is that personal autonomy is your ability to act on your interests and core values. Having that drive to keep you on track makes it easier to live on your own terms and live according to your desires and personal beliefs rather than being goaded to conform to someone else’s beliefs.

Yet, at the same time, personal autonomy requires a high degree of responsibility. You have to make informed decisions and learn how to back them up and take ownership of things when anything goes wrong. It also means that you’re able to manage yourself and take initiative when needed. It’s all about getting things done consistently without needing anyone to remind you.

HAVE INITIATIVE

Having personal autonomy means trying new things. They don’t have to be big things; they can even be trying that new coffee spot you’ve been eyeing for a couple of weeks. Then, step by step, you’ll be able to go on to larger tasks. For example, you can try getting ahead start on a work presentation earlier in the week to avoid having to deal with that dreaded deadline looming overhead.

You could also show initiative at work by taking on additional tasks or doing a bit of research on your own regarding a certain project. Initiative doesn’t have to be at work only. Why not take up a DIY project you’ve been wanting to try out? How about volunteering several hours a week at a local shelter or soup kitchen?

GET ORGANIZED

To actually become independent, you need to learn how to organize and manage your time and money. Luckily, dozens of life-saving apps can help you do just that. Start by writing down all the things you do during a typical workday. Then, expand it to a whole week and

eventually to an entire month. Don’t forget to schedule how long each task or activity takes.

Also, remember to include any chores, errands, appointments, or sports events going on during that time. An independent person is capable of efficiently mapping out their schedule. They’ll also be able to remove or postpone certain tasks if things get too hectic.

BE RESPONSIBLE

Responsibility is knowing what you have to do, getting it done on time, and taking credit for your hard work. But that is the cheerful side of responsibility. You’ll know you’ve made it when you feel that you’re on top of your game and everyone is singing your praises.

Yet, it’s not always so bright and cheery, especially when you have to muster up the courage to hold yourself accountable instead of coming up with excuses or blaming others when things don’t go as planned. Let’s be honest here, sometimes that can be easier said than done. Admit that you were wrong about so-and-so or that you failed to meet certain deadlines, and you’ll instantly feel better. Then, you’ll be able to move on from that and work towards fixing what needs to be fixed.

How Can Personal Autonomy Strengthen your Ability to Be Independent? Let’s look at some ways it can help boost your independence.
Art of Living/Arte de Viver (3)
32 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com

Spotify DJ: A Inteligência Artificial Que Decide O Que Você Vai Ouvir

Teria chegado o fim da era dos programas musicais de rádio, onde você apenas sintetiza em uma emissora e recebe uma seleção de músicas? Ou então estamos cada vez mais próximos de extinguir a profissão dos DJs? (Sim, aqueles que animam nossas festas). Essa é uma possibilidade após o mais recente lançamento do Spotify: o Spotify DJ.

A ferramenta, lançada no dia 22 de fevereiro (2023*) promete conhecer tão bem seus usuários que pode escolher o que tocar somente ao apertar um botão . Essa lista de reprodução é personalizada com base em seus hábitos de escuta. O próprio Spotify descreve o recurso como um “DJ IA no seu bolso” que “conhece você e seu gosto musical tão bem que pode escolher o que tocar para você”.

A lista de músicas feita pela IA é infinita, mas permite que os usuários pulem faixas ou troquem de gênero ou artista. É com base nesse feedback que o recurso melhora a experiência dos ouvintes e seleciona melhor as músicas recomendadas. A seleção também engloba faixas atuais e antigas, sugerindo novos artistas de que você possa gostar ou levando-o de volta a faixas que você gostou anteriormente.

Com isso, o recurso tem o potencial de transformar o Spotify em uma experiência passiva e descontraída para aqueles momentos em que os usuários não querem ditar ao Spotify o que transmitir a seguir. Além disso, os usuários também podem se despreocupar em mexer na interface da plataforma em busca de uma playlist.

COMO USAR O RECURSO DJ SPOTIFY

Até a publicação deste artigo, o DJ está disponível apenas em inglês para assinantes do Spotify Premium nos EUA e no Canadá. Para acessar o recurso, basta acessar seu Feed de Música na página inicial do aplicativo do Spotify (disponível para IOS e Android). A partir daí, basta tocar em “Play” na opção de DJ, que começará a reproduzir as faixas, acompanhadas de um breve comentário.

FIM DOS LOCUTORES?

Como nos tradicionais programas radiofônicos, o DJ Spotify ainda fornece informações interessantes sobre a faixa, o álbum ou o artista em reprodução por meio de uma voz criada por IA. Essa voz artificial é alimentada pela tecnologia da Sonantic AI , uma startup que o Spotify comprou no ano passado.

De acordo com o Spotify, as palavras que o DJ reproduz são criadas a partir de uma mistura de fontes, incluindo uma sala de escritores cheia de “especialistas em música, especialistas em cultura, curadores de dados e roteiristas”.

Essa tecnologia de IA generativa fornecida pela OpenAI – Isso mesmo, a mesma empresa que tem revolucionado o mercado de Inteligência Artificial com o ChatGPT, que já abordamos anteriormente em alguns artigos. Apesar de bastante recente, especialistas musicais já apontam que o recurso é um meiotermo entre uma estação de rádio tradicional – onde não há um controle sobre o que será transmitido – e uma playlist meticulosamente organizada.

Ainda está cedo para saber se a ferramenta terá um número considerável de adeptos, tendo em vista que muitos podem não se sentir à vontade com uma voz sintética, por exemplo. Há ainda a questão do Spotify já colecionar diversas tentativas de diversificar, o que tornou sua navegabilidade confusa. Vamos ver se um DJ feito por IA pode anular esse ruído.

Music/Música Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com 33

Neurolink/Brainchip de Elon Musk Enfrenta Revés

No mês de março, os reguladores dos EUA rejeitaram a oferta de Elon Musk de testar chips cerebrais em humanos, citando muitos riscos de segurança. A empresa de Musk, Neuralink, tem procurado iniciar testes em seres humanos para impulsionar a tecnologia de chip cerebral. A empresa, fundada em 2016, não havia solicitado permissão ao FDA até o início de 2022 – a agência havia rejeitado anteriormente acordo com funcionários e ex-funcionários.

Essa rejeição não foi relatada anteriormente, mas em sua decisão sobre o pedido da Neuralink o FDA deu a eles dezenas de questões que precisavam ser abordadas antes dos

testes em humanos. Um ano após a decisão, a Neuralink ainda está trabalhando nessas “preocupações”.

A empresa do bilionário não divulgou os detalhes de seu pedido, rejeição ou extensão das preocupações. Como empresa privada, nos Estados Unidos não é necessário divulgar essas interações regulatórias aos investidores.

A rejeição, no entanto, aumenta as apostas e a dificuldade de se obter a aprovação. A FDA diz que aprovou apenas cerca de dois terços de todos os pedidos de testes em humanos para dispositivos na primeira tentativa nos últimos três anos. Quando um dispositivo chega

à segunda revisão, isso aumenta para 85%. Apesar disso, a grande maioria das empresas desiste completamente após a terceira tentativa.

Muitos dentro da indústria de tecnologia esperavam esse confronto entre Musk e o FDA há algum tempo. Experts dessa indústria já imaginavam que a batalha seria árdua e longa. Um ex-diretor do programa de engenharia neural do NIH dos EUA, Kip Ludwig, chegou a dizer que a Neurolink não parece ter a mentalidade e a experiência necessárias para colocar isso no mercado nem tão cedo. Existe muita controvérsia sobre o assunto e estaremos de olho.

Technology/Tecnologia (2) 34 Soul Brasil Magazine © • Issue 116 • March 15 / April 2023 • Year 20 • www.soulbrasil.com
Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.