Page 1

PANORAMA TAQUARA, 12 DE MAIO DE 2017 • Nº 2327 • 16 PÁGINAS • WWW.JORNALPANORAMA.COM.BR • R$ 2,00

Kátia Melo Fotografia

Nesta sexta-feira, é comemorado o Dia Mundial do Enfermeiro. Domingo, é o Dia das Mães. Assinalando as datas, Panorama conta a história de Carina Cristina Iaronka, 36 anos, enfermeira e mãe de Alice. A atenção e o zelo com os pacientes, reproduzidos no dia a dia da maternidade.

Susepe oferece terreno do Presídio em permuta para iniciativa privada

Cristiano Vargas

Página 7

Com as condições precárias do Presídio de Taquara, órgão do governo do Estado quer negociar terreno em troca da construção de nova unidade. Anúncio foi feito durante reunião em que entidades da segurança divulgaram suas reivindicações.

Página 6

PF combate fraude em Taquara Página 12

TAQUARA Tire as suas dúvidas sobre os novos CEPs. A relação completa está nesta edição do Panorama

Depois de caminhão derrubar sinaleira em Taquara, EGR fechou retorno da rodovia no acesso a Parobé. Administração de Taquara anunciou conserto do semáforo ainda neste final de semana, assumindo os custos da reforma.

Páginas 4 e Central

Página 5

Prefeitura bancará novo semáforo na ERS-115


2

ABERTURA

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

CAIXA POSTAL 59 Contribua com seu artigo. Envie para editoria@jornalpanorama.com.br O texto deve conter no máximo 1500 caracteres

A importância de um bom resgate

Na prática jornalística do dia a dia, repórteres estão acostumados a conviver com acidentes de trânsito. No domingo passado, tive uma situação diferenciada pessoalmente, embora muito parecida com o meu ofício. Como parte da cadeira de introdução à fotografia, do curso de Publicidade e Propaganda das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), fiz, junto com todos os demais colegas e o professor Mateus Portal, a cobertura fotográfica para um simulado de acidente de trânsito que movimentou o entroncamento das ERSs 115 e 239, no domingo à tarde. Foi um momento para reafirmar a importância de um bom trabalho de resgate nos casos de acidentes. A simulação foi promovida através de um curso de extensão realizado na Faccat durante o final de semana, dentro da graduação de enfermagem oferecida pela instituição de ensino. No sábado, já ocorreram simulações dentro do campus e, no domingo, a simulação ampliada, na rodovia, mostrando como seria o resgate real de uma colisão envolvendo um ônibus e dois carros, tendo, também, a presença de fogo entre os elementos a serem combatidos pelos socorristas. O “acidente” em questão foi atendido pelo Corpo de Bombeiros de Taquara, que teve apoio de profissionais de outras regiões, bem como pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Exército, Polícia Rodoviária, Brigada Militar, entre outras corporações. Todos demonstraram aos alunos do curso de extensão da Faccat como deve ser feito o atendimento a múltiplas vítimas, os procedimentos necessários, e como lidar em um ambiente de extrema tensão. Cobrir acidentes de trânsito pode até ser uma rotina para repórteres. Mas, aquele ambiente de simulação, em plena 115, me fez lembrar de um acidente real registrado naquela rodovia, em 2013, e, para mim, o mais trágico daqueles que já enfrentei na atividade jornalística. Trata-se da ocasião em que um caminhão literalmente passou por cima de sete veículos, e deixou quatro pessoas mortas. Pela gravidade daquele acidente, é importantíssimo registrar o trabalho de socorristas, que foram decisivos em salvar o maior número de vidas possível. A cobertura da simulação reforçou o quanto estes profissionais, de saúde e de resgate, precisam ser valorizados pela sociedade – e pelos governos (se bem que, ultimamente, esperar por isso anda difícil). E, também, com uma ponta de tristeza, relembrou que, no caso real da 115, passados quase quatro anos da tragédia, nenhuma decisão final está tomada pelo nosso moroso Judiciário brasileiro. Vinicius Linden, jornalista, de Taquara

Envie colaborações ao Panorama pelo Whatsapp. 9961.4400

EDITORIAL

A audiência da segurança A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa realizou, na Câmara de Vereadores de Taquara, no último dia 4, uma audiência pública para tratar dos índices de violência que atormentam o dia a dia da sociedade. Na ocasião, cada um dos órgãos relacionados à área pôde expor as suas necessidades, que serão encaminhadas pela Assembleia ao governo do Estado. É de se saudar que este encontro tenha resultado em divulgações práticas, como a que fez a Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) divulgando a possibilidade de parceria com a iniciativa privada para novos presídios. Mas, também é imperativo ressaltar que esta audiência precisará ter efeitos práticos no futuro. Para quem acompanha estes debates legislativos, ir a uma audiência pública pode até soar meio frustrante, pois são várias reuniões, em que, em várias ocasiões, o resultado

prático fica de lado. Mas, estes debates sempre acabam gerando uma discussão importante para a sociedade ou revelando algo que estava sendo negociado nos bastidores. Por isso, é relevante que a Assembleia tenha trazido este debate à Câmara de Taquara, que também merece o reconhecimento por ter abraçado o evento e realizado, convidando a comunidade para a discussão. No debate, as tradicionais queixas dos órgãos de segurança pública, como a Brigada Militar e a Polícia Civil, no tocante à falta de efetivo. É um problema aumentado nos últimos anos, em que muitos policiais, temendo redução de direitos previdenciários, acabaram buscando a sua aposentadoria. O déficit atual de policiais da Brigada é o maior da história, situação igual a da Polícia Civil. O governo acena com a possibilidade da nomeação de novos policiais, para os próximos meses, mas informa, desde já, que não serão DIvulgação

FECHAMENTO DE FÁBRICA A Calçados Only(foto), de Três Coroas, encerrou suas atividades, nesta semana. A empresa foi fundada em 1973, iniciando suas atividades em um pequeno galpão, em que fabricava 30 pares de cepas de madeira ao dia, contando com apenas três funcionários. Atualmene, a Only ocupava uma área de 3.670 metros quadrados. A informação do fechamento foi confirmada pelo Sindicato dos Sapateiros de Três Coroas, que não repassou mais detalhes nesta quinta-feira. Cerca de 80 funcionários teriam sido demitidos com o fechamento da companhia.

O DIA D É AMANHÃ

Registro da simulação de acidente realizada em Taquara

SCHAAN ADVOGADOS ASSOCIADOS S/S JOSÉ FERNANDO SCHAAN GAYSITA PAHL SCHAAN

OAB/RS nº 2.641 OAB/RS nº 6.094

GAYSITA SCHAAN RIBEIRO OAB/RS nº 31.724 LUCAS PAHL SCHAAN NÚÑEZ OAB/RS nº 88.998

ESCRITÓRIO: Rua Pinheiro Machado, nº 1287 Centro - Taquara Fone/fax: (51) 3542-1264

O próximo sábado será o dia D de mobilização da campanha deste ano de vacinação contra a gripe. O público-alvo são os idosos, crianças de seis meses a quatro anos, trabalhadores da saúde, gestantes e mulheres até 45 dias após o parto, que são os grupos mais vulneráveis aos quadros graves e complicações da doença. A vacina estará disponível até o dia 26 deste mês. Postos de saúde da região trabalharão nos turnos manhã e tarde para atender à população.

Agradecimento Eu, Leonardo Rodrigues, leia-se Padaria Mi Lambo, quero fazer uma homenagem ao meu anjo da guarda, cujo nome é RICARDO JOAQUIM MÜLLER, e que há um ano quiz me defender durante um assalto ocorrido na padaria de nossa família. Agradeço, rezo e peço a Deus para cuidar dele, pois ele foi uma pessoa generosa, humilde, gentil e de riso marcante. Descanse em paz!

supridas todas as vagas imaginadas. Para Taquara, por exemplo, foi anunciada, na audiência pública, a destinação de dois novos agentes para a Delegacia de Polícia. Um dos pontos mais importantes da discussão na Câmara foi ressaltado pelo promotor de Justiça de Taquara, Leonardo Giardin de Souza, e pelo delegado regional Heliomar Franco. Falta, no Rio Grande do Sul e, até mesmo, no Brasil, uma política integrada de segurança pública, que distribua competências à União, Estado e municípios, e que estas metas possam ser cobradas dos órgãos federativos. Além disso, nunca é demais bater nesta tecla, uma revisão do sistema carcerário e penal brasileiro, estabelecendo trabalho para detentos, penas mais pesadas para crimes bárbaros e diminuição da infinita possibilidade de recursos que protelam, às vezes sem fim, o cumprimento das condenações impostas.

CAIXA ABRE NESTE SÁBADO

As agências de Igrejinha, Parobé e Taquara da Caixa Econômica Federal estarão abertas neste sábado, das 9 às 15 horas, para o atendimento à população visando o saque do FGTS inativo. O governo federal realizará, neste mês, o pagamento para os trabalhadores nascidos nos meses de junho, julho e agosto. Segundo a Caixa, o atendimento é exclusivo para o pagamento de contas vinculadas ao FGTS, solução de dúvidas, promoção de acertos no cadastro dos trabalhadores e emissão de senha do Cartão Cidadão. Como uma forma de incentivar a economia, o governo liberou, neste ano, o saque de contas inativas do FGTS para os trabalhadores, em pagamentos que iniciaram no mês de março.

REAJUSTE NA CONTA DE ÁGUA Todos os clientes dos municípios do Vale do Paranhana atendidos pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) terão reajuste na tarifa de água. A reposição será de 4,17% em Taquara. Já em Igrejinha, Parobé, Três Coroas, Rolante e Riozinho, o aumento chega a 4,75%. Os novos valores entram em vigor a partir do dia primeiro de junho.

MANIFESTAÇÃO POR ANDRIELY

Familiares e amigos de Andriely Gonçalves farão uma homenagem em memória à jovem, vítima de atropelamento na avenida Sebastião Amoretti, no feriado de Corpus Christi, em 2013, em Taquara. A menina, na época com 10 anos, e a avó Maria Elvira Rodrigues foram atingidas por um automóvel dirigido por um jovem. O ato acontecerá no dia 30 deste mês, às 14 horas, próximo ao entroncamento da ERS-239 com a 020, ponto em que houve o acidente. No ano passado, o Tribunal de Justiça do Estado determinou a requalificação do caso, que passou de homicídio previsto no Código Penal para homicídio de trânsito, classificado no Código de Trânsito Brasileiro, cuja pena é de dois a quatro anos. Maria Elvira clama por uma decisão do Judiciário. “Quero Justiça. Foi uma vida que se foi embora, não pode ficar sem punição”. A avó convida os ex-colegas e professores de Andriely para participarem do momento.

PANORAMA

Fundado em 27/9/1975

Editado pela EMPRESA JORNALÍSTICA GAÚCHA LTDA. Inscrição Estadual: 141/0071666 - CNJP: 88.279385/0001-19 Rua Rio Branco, 1006 - Fone: 3542.2288 - Taquara/RS - CEP: 95.600-000

Jornalismo: editoria@jornalpanorama.com.br Publicidade: publicidade@jornalpanorama.com.br Direção: direcao@jornalpanorama.com.br Diretor: Olavo Carlos Wagner Editores: Inge Dienstmann | Vinicius Linden Impressão: Grupo Editorial Sinos

Circulação às sextas-feiras em Taquara, Parobé, Igrejinha, Três Coroas, Rolante e Riozinho (Vale do Paranhana). Fechamento comercial quartas ao meio-dia.


SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

3

Ghesla expande seu conceito em ótica, jóias e relógios e abre terceiro endereço em Taquara No começo de maio inaugurou no centro de Taquara a Ghesla Prime, uma loja que oferecerá ao público armações de grau e solares das marcas mais celebradas e tecnologia de ponta em lentes. A empresa assumiu as instalações onde funcionou a Óptica Bonatto, com o objetivo de implantar ali um serviço que se diferencie das outras duas unidades Ghesla já existentes na cidade – a Ótica Popular, da rua Guilherme Lahm, que privilegia preços mais acessíveis em óculos também de boa qualidade, mas nas linhas mais econômicas, e semi-joias; e a matriz - Ótica e Relojoaria Ghesla,

que comercializa relógios e óculos de marcas consagradas, além de jóias, semi-jóias e perfumaria internacional. O grupo de negócios da família Ghesla teve origem com a primogênita Neiva que iniciou a trabalhar no segmento em 1976, como funcionária de estabelecimento do ramo. No começo dos anos 80 já montou loja própria, e desde 1985 mantém a matriz na Júlio de Castilhos, em frente à praça central de Taquara. Na mesma época passou a contar com a ajuda da irmã Noeli, hoje sócia no negócio e gerente da Ótica Polular. A composição familiar conta com a parceria do sobrinho

João, responsável agora pela gerência da nova Ótica Ghesla Prime. As três unidades Ghesla trabalham com todos os principais cartões de crédito, parcelando em até 10 vezes, e também com crediário próprio em até oito vezes. No pagamento à vista os descontos variam de 10 a 15 por cento. “Em qualquer das nossas lojas, a linha mestra é encantar o cliente pelo atendimento e pelas opções de pagamento que atendem a todos os perfis, além, é claro, dos produtos que oferecem qualidade e beleza, com garantia, em todas as faixas de preços” – resumiu Neiva.

Ótica e Relojoaria Ghesla – Rua Júlio de Castilhos, 2768 Fone 3542.1928

Ótica Popular – Rua Guilherme Lahm, 1351 – Fone 3179.2428

Ótica Ghesla Prime – Rua Júlio de Castilhos, 2555 Fone 3542.1140

Linha de perfumaria internacional completa a gama de produtos na loja matriz.


4

TAQUARA

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

Divulgação/Magda Rabie

Tire as dúvidas sobre os novos CEPs de Taquara Os Correios anunciaram, na semana passada, a criação de Códigos de Endereçamento Postal (CEPs) específicos para cada logradouro em Taquara, e não mais um único para todo o município. Jornal Panorama contatou a Assessoria de Comunicação dos Correios (Ascom) para tirar dúvidas sobre o funcionamento dos novos números. Confira as respostas:

Secretário Luiz Hennemann recebe as chaves dos veículos do vice-prefeito Hélio Cardoso Neto

Secretaria de Obras recebe dois caminhões A administração municipal de Taquara recebeu, na última sexta-feira, dois caminhões basculantes para integrar a frota da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos. A aquisição ocorreu por licitação, em um total de R$ 405.700,00. O prefeito Tito Livio Jaeger Filho destacou que, apesar da crise, o Executivo segue atuando na busca de melhorias. A chave dos caminhões foi passada ao secretário de Obras e Serviços Urbanos, Luiz Leonel Hennemann, pelo vice-prefeito, Hélio Cardoso Neto. “Mesmo com os contratempos, temos que continuar o trabalho em prol da comunidade, e estes caminhões vieram para nos dar um alento, não será suficiente para suprirmos todas as nossas demandas, mas nos ajudará a seguirmos adiante”, observa o vice-prefeito.

Por que houve a abertura de novos Códigos de Endereçamento Postal para Taquara? A criação de Códigos de Endereçamento Postal (CEPs) específicos para cada logradouro do perímetro urbano de Taquara tem o objetivo de melhorar a qualidade do tratamento e da distribuição de correspondências no município. A triagem realizada por CEP garante maior eficiência ao processo operacional dos Correios. A implantação de CEPs por logradouro ocorre em cidades onde a população urbana é superior a 50 mil habitantes e a entrega de correspondências é realizada por um Centro de Distribuição Domiciliária, como acontece em Taquara. Além disso, é considerado o fluxo de objetos entregues pelos Correios no município. Como eles funcionam? O CEP atualmente utilizado no Brasil é composto de oito dígitos, divididos em duas partes, uma de cinco algarismos e outra de três, separadas por um traço. Da esquerda para a direita, os números indicam a região, sub-região, setor, subsetor, divisor de subsetor e identificadores de distribuição (logradouro, código especial, unidades de Correios ou caixas postais comunitárias). O objetivo principal é orientar e acelerar o encaminhamento, o tratamento e a distribuição de objetos de correspondência, por meio da sua atribuição a localidades, logradouros, unidades dos Correios, serviços, órgãos públicos, empresas e edifícios. Se o Código Postal estiver errado, as correspondências e encomendas demandam mais tempo para serem devidamente separadas e entregues. Há, ainda, a possibilidade de algum objeto ser entregue em endereço indevido.

Que benefícios isso tratará para a comunidade? O CEP tem a finalidade de racionalizar os métodos de separação dos objetos postais por meio da simplificação de fases dos processos de triagem dentro dos Correios. Assim, o serviço se torna mais ágil e ganha maior precisão ao ser prestado. Como funcionará para as compras feitas antes do dia quatro de maio, mas que ainda não chegaram ao destino? As encomendas com o CEP antigo serão entregues normalmente. O antigo CEP (95600-000) terá validade por quanto tempo? O período de transição pode variar em cada município. Por enquanto, apenas as postagens de telegrama e de Sedex não poderá ser realizada com o uso do antigo CEP. Para os demais serviços, os Correios aguardam que a população atualize seus cadastros com o novo CEP em todos os órgãos com os quais têm relacionamento, como bancos, operadoras de telefonia, lojas, etc. Essa atualização é muito importante para agilizar o processo operacional dos Correios e, consequentemente, para que a população possa contar com serviços de maior qualidade. Há algum prazo para que as pessoas se adaptem aos novos CEPs? Se sim, qual? Os Correios contam com a colaboração da população para que no menor prazo possível todos atualizem os seus cadastros. Porém, como foi dito, a Empresa entende que há um prazo de transição para que a população se acostume a utilizar o novo CEP e, principalmente, atualize os seus cadastros. MAIS: na página central desta edição, confira a relação completa dos novos CEPs.


TAQUARA

Lorival da Rosa volta ao comando da Secretaria de Segurança e Trânsito Ex-titular da pasta de Captação de Recursos, no primeiro mandato do prefeito Tito Lívio Jaeger Filho (PTB), Lorival da Rosa (PT) está retornando ao comando da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito. Na gestão do ex-prefeito Délcio Hugentobler (PDT), Lorival foi titular da diretoria de Trânsito. Nesta volta ao setor, tem como primeira missão resolver o problema de um retorno fechado na ERS-115 (veja matéria complementar), mas também quer solucionar entraves no estacionamento rotativo e busca assegurar maior fluidez ao trânsito. No tocante à segurança pública, defende o trabalho em parceria com as corporações para melhorar os indicadores. Lorival destaca que, à frente da Captação de Recursos, atuou acompanhando algumas questões de trânsito, uma vez que buscava verbas para melhorias na área, como recursos para pavimentações. Sua principal meta neste retorno à pasta, é garantir melhores condições de trânsito à comunidade. O secretário

pontuou, em entrevista na quarta-feira ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, que o desafio é complexo, pois a frota atual do município é superior a 30 mil veículos para uma população de quase 60 mil habitantes, o que gera quase um veículo a cada dois moradores. Além disso, a existência de vários órgãos públicos que têm suas sedes regionais em Taquara, em especial do Judiciário, também provoca aumento da demanda de veículos circulando pelo município. O secretário enfatizou que, na questão do estacionamento na zona azul, a ideia é fazê-lo funcionar de forma efetiva como um sistema rotativo. Para tanto, estão sendo estudadas medidas de conscientização da comunidade de que os valores têm que ser pagos e que a legislação prevê multas. A ideia, segundo ele, não é arrecadatória, mas sim de organização do trânsito. Lorival disse que também entrará em estudo possível ampliação do estacionamento. No tocante às deman-

das da comunidade para melhorias, destacou que serão estudadas em parceria com o Conselho Municipal de Trânsito. Para este órgão, Lorival quer estudar o seu regulamento, a fim de propiciar maior participação da comunidade. O secretário enfatizou que, a longo prazo, Taquara deverá voltar a estudar a implantação de sistemas como o binário em ruas como Tristão Monteiro, Rio Branco, Guilherme Lahm, Marechal Floriano e Pinheiro Machado, mesmo assim essa não é uma das pautas iniciais. Quanto a obras de pavimentação, Lorival informou que a Prefeitura está finalizando um levantamento técnico a ser encaminhado ao Ministério Público e à Justiça. Este estudo foi solicitado pela Promotoria em ação judicial em que foi determinada liminar para paralisar as obras de asfalto em Taquara. A ideia, após o término deste levantamento, segundo Lorival, é demonstrar a possibilidade de realizar os asfaltamentos, liberando as obras, inclusive para as quais já existem re-

Foto: Vinicis Linden

Lorival quer assegurar mais fluidez ao trânsito de Taquara

cursos assegurados, como as ruas Miguel Bauer e Pinheiro Machado (trecho da rua Picada Gravatá até a avenida Sebastião Amoretti). No que se refere à segurança pública, o secretário enfatizou que, embora seja um compromisso do governo do Estado, uma vez que a maior parte dos órgãos estão ligados à administração gaúcha, a prefeitura é parceira. Está em estudo a destinação de recursos obtidos via emenda parlamentar para a aquisição de novos equipamentos de videomonitoramento, a fim de ampliar este sistema em Taquara.

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

5

Prefeitura bancará reforma de semáforo na ERS-115 Na entrevista que concedeu à Rádio Taquara, o secretário Lorival da Rosa teve que abordar um entrave na área de trânsito que surgiu nesta semana e gerou manifestações da comunidade nas redes sociais. Trata-se do fechamento de um retorno no acesso a Parobé pela ERS-115, junto ao entroncamento da rodovia com a rua Tristão Monteiro. Lorival disse que a Prefeitura bancará o conserto do semáforo do local, com vistas à liberação do retorno. O problema foi provocado por um acidente, registrado no último dia 4. Um caminhão derrubou o semáforo da rodovia. Com isso, no final de semana, os sinais ficaram desligados, o que causou confusão no trânsito. Lorival contou que, desde o primeiro dia à frente da pasta, já passou a administrar junto à Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) uma solução para o problema. Acontece que, segundo o secretário, a EGR entende que o conserto do semáforo cabe à prefeitura. A administração, por sua vez, defende que como a rodovia possui pedágio, a EGR é que precisa consertar o equipamento. Lorival disse que, mesmo assim, a Prefeitura decidiu bancar o conserto da sinaleira, o que estava sendo providenciado ainda nesta semana. Com a reposição do semáforo, o bloqueio no retorno, que Lorival ressaltou ser provisório, será retirado. O secretário pediu compreensão da comunidade, uma vez que são necessários alguns procedimentos burocráticos para que o conserto possa ser realizado. Lorival enfatizou que, após a realização da reforma, a Prefeitura discutirá junto à EGR os custos do trabalho e a quem cabe pagar pelo conserto. Nesta quinta-feira, o secretário informou ao Panorama que o conserto do semáforo deverá ser realizado ainda neste final de semana. A previsão da Prefeitura é liberar o retorno trancado ainda no sábado. Para o conserto, a administração remanejou equipamentos, comprou novos dispositivos e aproveitou parte do semáforo derrubado.


6

TAQUARA

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

COMUNIDADE EVANGÉLICA Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil “Então peço que me deem a grande satisfação de viverem em harmonia, tendo um mesmo amor e sendo unidos de alma e mente” (Filipenses 2.2).

Amigos do Panorama! Transcrevo uma mensagem encontrada, certa vez, num Castelo Forte. “Um casal mudara-se para um bairro muito tranquilo. Na primeira manhã que passaram na casa, a mulher reparou, através da janela, que uma vizinha estendia lençóis no varal e comentou com o marido: - Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo. O marido observou calado. Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher repetiu o comentário com o marido. - Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos. Se eu a conhecesse melhor, perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas. E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal. Passado algum tempo, a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos e, empolgada, foi dizê-lo ao marido: - Ela aprendeu a lavar as roupas. E o marido respondeu: - Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela. A humildade é uma importante receita para os desafios de viver em harmonia. Esta é a recomendação de Paulo aos filipenses. Assim fez Jesus, ao humilhar-se a ponto de ser sacrificado, sofrer, morrer e ressuscitar em nosso lugar. Tudo depende da janela pela qual observamos os fatos. Jesus oferece seu perdão e seu exemplo para que possamos viver melhor com nossos semelhantes.” Amém. Pastor Valmor Haag

PROGRAMAÇÕES Sexta-feira, 12: Encontro de pais e padrinhos, às 20 horas, na Igreja da Paz; Sábado, 13: Culto no Lar OASE, às 15 horas, e na Santa Rosa, às 15 horas; Tarde legal com crianças, às 15 horas, no Dorothea; Encontro de Jovens, às 19h30min, no Dorothea. Domingo, 14: Culto na Igreja da Paz, às 9 horas, com Batismo e participação do Coral do Louvor. Dias 20 e 21: Evangelização na Igreja da Paz com o tema “É possível viver e servir com esperança num mundo cheio de dor e decepção?” Dia 24, quarta: Palestra com representantes da ABRASUS de Porto Alegre (Associação Brasileira em defesa dos Usuários do Sistema de Saúde). Será na Igreja da Paz, às 14 horas, com convite aberto. Dia 28 de maio: Dia da Igreja em Gramado, Inscrições na secretaria da comunidade. Saída às 7h.

Susepe quer permutar terreno e construção de presídio com empresários Abalado por uma fuga recente de detentos, o Presídio Estadual de Taquara teve problemas reconhecidos por agentes da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe). O tema foi tratado em audiência pública, na Câmara de Vereadores de Taquara, na última quinta-feira, promovida pela Comissão Especial da Segurança Pública da Assembleia Legislativa. Na ocasião, o delegado penitenciário regional, Sandro Soares de Oliveira, anunciou a intenção da Susepe de permutar o terreno que sedia o presídio com a iniciativa privada em troca de outro local e de um prédio novo. Em seu pronunciamento na audiência, o delegado destacou que a atual sede do Presídio, no Morro do Leôncio, ocupa uma área de três hectares, avaliada em cerca de R$ 4 milhões. Sandro explicou que está

trabalhando junto ao secretário estadual de Segurança, Cézar Schirmer, para que esta área seja permutada com algum empresário interessado em receber o terreno em troca da construção de um presídio maior, com cerca de 500 vagas, em outro local. “Se tivéssemos um presídio com esta capacidade, atenderíamos toda a região”, enfatizou o delegado penitenciário. Sandro disse que empresários interessados devem procurar o administrador local do presídio, que poderá dar andamento à proposta junto ao governo do Estado. No tocante ao funcionamento do Presídio, são 162 detentos no regime fechado, quando a capacidade é 58, e 87 no semiaberto, mas as vagas da estrutura são de 60. O prédio também é considerado deficitário, de 1953, com poucas reformas realizadas até hoje. Segundo o delegado, estão sendo feitas opera-

ções cotidianas no combate ao crime dentro do estabelecimento. Quanto à fuga recém registrada, Sandro disse que acabou facilitada pela falta de um muro, que começou a ser construído apenas neste ano, com a conquista, pela casa prisional, de uma verba junto à Vara de Execuções Penais de Novo Hamburgo. O delegado explicou que cinco pilares básicos são levados na gestão do presídio: educação, apoio familiar, assistência religiosa, disciplina e trabalho. No tocante ao trabalho prisional, citou convênios mantidos com as prefeituras de Igrejinha e Taquara para a utilização de detentos do regime semiaberto em serviços de manutenção nos municípios. São 14 detentos em Taquara e 11 em Igrejinha. O delegado destacou, também, a necessidade de videomonitoramento para o Presídio, a fim de controlar os acessos ao estabelecimento.

Audiência acolheu reivindicações dos demais órgãos de segurança A audiência pública realizada na Câmara de Vereadores também discutiu o funcionamento dos demais órgãos de segurança. Brigada Militar, Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias (IGP) apresentaram a situação dos órgãos ao deputado Ronaldo Santini, presidente da Comissão da Assembleia, que prometeu levar o tema para discussão junto ao governo do Estado. Segundo o parlamentar, esta é função da Comissão, que está percorrendo o Rio Grande do Sul a fim de colher as reivindicações. O presidente da Câmara de Vereadores de Taquara, Telmo Vieira, abriu o encontro destacando a preocupação da comunidade com a falta de contingente nas corporações policiais. O prefeito de Taquara, Tito Lívio Jaeger Filho, disse que a administração tem feito o possível para manter parcerias e quer continuar trabalhando desta forma, visando a ampliar os sistemas de câmeras e o policiamento com viaturas. Defendeu a necessidade de o Estado atentar mais fortemente ao efetivo de Taquara da Brigada Militar, uma vez que a corpo-

ração precisa ceder policiais para o acompanhamento do Presídio Estadual. O major João Ailton Iaruchewski, comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar (32º BPM), responsável pela unidade de Taquara da Brigada, enfatizou números da segurança pública relacionados a este ano, com a queda em indicadores de assaltos no município. Citou a realização da operação Avante e disse que, diante do baixo efetivo, que é um problema da corporação em todo o estado, é preciso trabalhar com estratégias de gestão para melhorar os resultados. Titular da Delegacia de Polícia Regional de Gramado, responsável pela Polícia Civil em Taquara, o delegado Heliomar Franco criticou a falta de uma política de segurança pública para o Rio Grande do Sul ao longo dos anos. Em relação a Taquara, disse que a principal necessidade da Delegacia de Polícia é a renovação do efetivo. Hoje, um dos principais problemas é a falta de vagas no presídio, devido à interdição da cadeia taquarense, o que faz com que presos fiquem por vários dias nas celas da

Vinícius Linden

Poucas pessoas da comunidade acompanharam audiência da Câmara sobre a segurança pública

DP. Heliomar anunciou que, em junho, haverá a distribuição de novos policiais que estão em curso junto à Polícia Civil e dois serão destinados a Taquara. O delegado regional ainda enfatizou a necessidade de se estabelecer uma verba mensal para a manutenção da DP, que hoje inexiste, bem como a recomposição do efetivo e a luta pela desinterdição do presídio. Também se manifestou sobre a Polícia Civil o representante do Sindicato dos Inspetores e Escrivães (Ugeirm), Fábio Monteiro, que destacou o fato de os

agentes fazerem o que é possível, diante das condições de trabalho. “Hoje, vejo a população chegar preocupada à delegacia”, ressaltou. A audiência ainda teve a participação do diretor do Instituto Geral de Perícias (IGP), Paulo Ricardo Ost Franck, que ressaltou as medidas tomadas pelo órgão para diminuir o tempo das perícias. O promotor de Justiça de Taquara, Leonardo Giardin de Souza, fez uma enfática manifestação saudando a abertura de uma discussão sobre a segurança, pois, segundo ele, falta uma política pública

para a área no estado. Destacando que, atualmente, a população vive uma situação de terror social, o promotor disse que o poder público se agiganta em áreas que não deveria, criticando o Estatuto do Desarmamento, que impediu a sociedade de contar com armas. “De uma realidade não podemos nos afastar, estamos em guerra”, concluiu o promotor.

As íntegras das manifestações da audiência pública estão disponíveis em áudio no site do Jornal Panorama.

SÍNTESE DOS PROJETOS EM TRAMITAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES DE TAQUARA * Projetos apresentados na sessão ordinária de segunda-feira, 8 de maio. - PROJETO DE LEI NÚMERO 64, de autoria da Prefeitura de Taquara: concede bonificação salarial aos agentes comunitários de saúde de Taquara. - PROJETO DE LEI NÚMERO 65, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Lions Clube a instalar totem comemorativo aos 100 anos de atuação em âmbito mundial. - PROJETO DE LEI NÚMERO 66, de autoria da Prefeitura de Taquara: prorroga o prazo de contratação temporária do servidor para o cargo de Farmacêutico. - PROJETO DE LEI NÚMERO 67, de autoria da Prefeitura de Taquara: prorroga o prazo de contratação temporária de servidores previsto em lei municipal. - PROJETO DE LEI NÚMERO 68, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a doar bens móveis inservíveis à Escola Estadual de Ensino médio Willybaldo Bernardo Samrsla (Ciep). - PROJETO DE LEI NÚMERO 69, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a repassar até R$ 20 mil para a Associação Recanto Galponeiro para a

realização do 11º Festejos Farroupilhas do Paranhana. - PROJETO DE LEI NÚMERO 70, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a firmar convênio com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) para obras de pavimentação asfáltica (aprovado em sessão extraordinária na quarta-feira, 10 de maio). * Projeto aprovado na sessão ordinária de segunda-feira, 8 de maio. - PROJETO DE LEI NÚMERO 62, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a doar um condicionador de ar split para a Brigada Militar. * Projeto rejeitado na sessão ordinária de segunda-feira, 8 de maio. - PROJETO DE LEI NÚMERO 35, de autoria do vereador Régis Souza (PMDB): dispõe sobre a criação de critérios para a venda de tinta spray em Taquara.


Duplamente amor O amor é visto por muitos como definição para a maternidade. A mesma palavra cabe à enfermagem, cujo profissional necessita dedicar atenção e zelo ao trato com o paciente. Hoje, dia 12, é Dia Mundial do Enfermeiro e no domingo será o Dia das Mães. Jornal Panorama traz uma reportagem especial com uma representante em essência destas duas datas.

Ser mãe e enfermeira:

7

Parto cercado por profissionais amigos

dois sonhos que se tornaram realidade Quando criança, Carina Cristina Iaronka, hoje aos 36 anos, lembra-se de brincar de bonecas e seringas. A atividade recreativa era o sinal para a vocação à enfermagem, área que sempre a encantou. Outra certeza, segundo ela, era a maternidade. Juntamente com o marido André Luiz Homem, com quem está casada há seis anos, planejou o nascimento da Alice, hoje com quatro anos. A trajetória profissional de Carina começou como balconista em uma farmácia, de onde tirava o salário para pagar o curso Técnico em Enfermagem. Após, batalhou para conseguir custear a faculdade de Enfermagem, na qual se formou pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), em 2008. Fazia dois meses que tinha concluído a primeira especialização, em Estratégia de Saúde da Família, na Universidade de Ciências da Saúde de Porto Alegre, quando Alice nasceu. À época, Carina trabalhava apenas na Base do SAMU de Taquara. “Sonho realizado, é a coisa mais maravilhosa que tenho na vida. É o conhecimento do amor verdadeiro, um coração que bate fora do teu peito”. A segunda pósgraduação está realizando em Emergência Adulta e UTI Adulta, pelo Hospital Moinhos de Vento. Este é o primeiro ano da Alice na escola, que passa as manhãs na companhia da avó Célia. A mãe diz transmitir a mesma formação humana que teve quando criança. Até os sete anos, Carina ficou em casa, sob os cuidados da genitora. Quando está com a filha, diz brincar e conversar sobre

PANORAMA SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

Arquivo pessoal

Durante a gestação da Alice, Carina trabalhava na base do SAMU do Hospital Bom Jesus, serviço pelo qual é a responsável técnica. O parto foi feito em Taquara, por profissionais que eram também conhecidos e amigos de Carina, no dia 8 de fevereiro de 2013. “Foi muito agradável, e com o carinho dos

colegas”, comenta. A enfermagem, para ela, “é amar, cuidar das pessoas com o melhor. Fazer por elas sempre o que tu gostarias que fizessem por ti. É uma escuta, porque às vezes a pessoa só precisa de atenção. É fazer a gestão de uma equipe, para que trabalhem da melhor maneira”, elucida.

Equilibrando as funções

Carina e o marido André planejaram o nascimento da filha Alice

o dia. “Tento fazer com que não falte amor em nenhum momento”, pontua. À tarde, ao fim da aula, a enfermeira busca a filha e tenta planejar atividades para as duas. A maternidade ajudou Carina a ser uma profissional melhor. “Antes, não sabia como é a dor da mãe que traz o filho para ti (no hospital). Tu atendes bem, porque nos propomos a dar o melhor, mas para saber tu tens que viver”, conta, ao ressaltar da empatia que pôde criar com outras mulheres. A principal semelhança entre a enfermagem e a maternidade apontada por Carina é o zelo para com o outro. A maior recompensa para ela é a gratidão e satisfação dos pacientes, que agradecem com sorrisos e afeto. “Ser mãe é uma coisa sem explicação. E trabalhar com o cuidado não tem preço. Isso é emocionante. É como se o paciente fosse um filho”, comenta.

Foto: Katia Melo Fotografia

As horas vagas são limitadas e acontecem geralmente em finais de dias e de semana, mas Carina diz aperfeiçoar da melhor maneira para aproveitar a companhia da filha, como em brincadeiras ou em parques. A atividade profissional exige que ela esteja sempre atualizada. “Não podemos parar, precisamos seguir estudando e trabalhando”, comenta. Ela, que atualmente coordena a Emergência do Hospital São Francisco de Assis, reforça o incentivo na área pela qualificação e valorização do profissional. A enfermeira também fala sobre a importância do apoio do grupo de trabalho, de observar os colegas na mesma sincronia. “A equipe faz a enfermagem ser melhor”, enfatiza, ao comentar ser necessário ter carinho e dedicação para trabalhar na área. “Tu és um pouco mãe no teu ambiente de trabalho, porque tu tens o paciente, que também tem problemas e precisa de ajuda”, completa. Hoje é Dia do Enfermeiro e no sábado da próxima semana será o do Técnico em Enfermagem. Neste período, Carina lembra que o Hospital de Parobé realiza a Semana da Enfermagem, com palestras e eventos aos profissionais em atuação.

Foto: Cristiano Vargas

Maternidade tornou Carina uma profissional melhor A pequena é a alegria em casa


Na Era do Vinil O melhor do flash back!

de segunda a sábado a partir das 13hs.

Na Era do Vinil

de segunda a sábado a partir das 13hs.

8

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

Prazer ouvir Prazer de de ouvir

www.fm91.com.br

www.fm91.com.br TAQUARA - LISTA DOS NOVOS CÓDIGOS DE ENDEREÇAMENTO POSTAL (CEPs)

*Relação fornecida pelos Correios

UNIDADES DOS CORREIOS 95600-970 AC Taquara Rua Tristão Monteiro, 1232 – Centro Caixas Postais – 001 a 245 95600-972 CDD Taquara Rua Rio Branco, 1881 – Jardim do Prado Bairros Centro Cruzeiro do Sul - C Sul Eldorado Empresa Fogão Gaúcho - F Gaúcho Ideal Jardim do Prado - Jd Prado KM 4 Medianeira Morro da Cruz - Mro Cruz Morro do Leôncio - Mro Leôncio Mundo Novo - M Novo Nossa Senhora de Fátima - N Sra Fátima Petrópolis Picada Francesa - P Francesa Recreio Ronda Sagrada Família - S Família Santa Maria - Sta Maria Santa Rosa - Sta Rosa Santa Terezinha - Sta Terezinha Tucanos

CRECI 21775

LOGRADOUROS 95607-654 Abilio Eltz - r - M Novo 95601-266 Abilio Hugentobler - r - C Sul 95611-024 Acácias, das - al - S Família 95604-002 Accácio Belmiro Wagner - r - Ideal 95613-114 Adalberto Pereira dos Santos - r - Eldorado 95600-086 Adelino Eduardo Barth, Doutor - até 3019/3020 - r - Centro 95611-004 Adelino Eduardo Barth, Doutor - de 3021/3022 a 3479/3480 - r - S Família 95611-142 Adelino Eduardo Barth, Doutor - de 3481/3482 ao fim - r - Mro Cruz 95605-280 Adelino Rodrigues - r - Medianeira 95612-748 Adelmo Trott - r - Sta Maria 95609-122 Ademar Bühler - r - Sta Rosa 95611-210 Adenir Bristotti da Silva - r Mro Cruz 95612-060 Adolfo Faedrich - r - N Sra Fátima 95607-704 Adolfo Fernandes da Silva - r - M Novo 95603-064 Adolfo Knauth - r - Sta Terezinha 95612-322 Adolfo Vicente Foscarini - r - F Gaúcho 95603-096 Adriano Martins Philereno - r - Sta Terezinha 95609-810 Advogados, dos - r - Sta Rosa 95603-488 Aeronáutica, da - r - Empresa 95611-010 Afonso Kist, Padre - até 249/250 - r - S Família 95611-134 Afonso Kist, Padre - de 251/252 ao fim - r - Mro Cruz 95603-100 Agenor - tv - Sta Terezinha 95611-312 Agricultores, dos - r - KM 4 95613-032 Airton da Rosa - r - Eldorado 95603-032 Alagoas - r - Sta Terezinha 95611-020 Albano Emydio Eltz - r - S Família 95609-116 Albano Möller - r - Sta Rosa 95609-438 Albino Boes - r - Sta Rosa 95603-212 Albino Ebling - av - Sta Terezinha 95603-250 Albino Ebling - av - Empresa 95603-790 Albino Ebling - av - Ideal 95605-010 Albino Ebling - av - Medianeira 95600-096 Albino Lehnen - r - Centro 95603-160 Alcenira Nunes - r - Sta Terezinha 95609-432 Alcides Amoretti - r - Sta Rosa 95613-106 Alcides Leal da Rosa - r Eldorado 95607-136 Alcides Levino Bauer - r Petrópolis 95613-036 Alex Sandro da Rosa - r Eldorado 95607-714 Alexandre Vargas - r - M Novo 95607-790 Alfredo Caloni - r - M Novo 95613-110 Alfredo Emílio Ferrari - r Eldorado 95607-132 Alfredo Felipe Kraemer - r Petrópolis

95603-324 Alípio da Silva Rocha - r Empresa 95604-028 Almiro Alfredo Groess - r Ideal 95603-318 Almiro Nunes Medeiros - r Empresa 95604-022 Alziro Dillenburg - r - Ideal 95603-648 Alziro Honório de Mattos - até 499/500 - r - Empresa 95603-266 Alziro Honório de Mattos - de 501/502 ao fim - r - Empresa 95609-066 Amália Antônia Czermack - r - Sta Rosa 95603-108 Amapá - r - Sta Terezinha 95603-092 Amazonas - r - Sta Terezinha 95604-014 Ana Emília Berg Godinho r - Ideal 95604-006 Análio Feijó Borges - r - Ideal 95601-150 André Rebechi - r - C Sul 95603-636 Andreas Haiml - r - Empresa 95607-578 Angelo Bizarro Bossle - r Tucanos 95607-650 Angelo Bizarro Bossle - r - M Novo 95609-130 Angelo Valentini - r - Sta Rosa 95611-130 Angenor Pires Carneiro - r Mro Cruz 95601-570 Anita Barok de Souza - r - C Sul 95607-176 Anita Garibaldi - até 539/540 - r - Petrópolis 95607-016 Anita Garibaldi - de 541/542 a 889/890 - r - Petrópolis 95600-158 Anita Garibaldi - de 891/892 ao fim - r - Mro Leôncio 95611-104 Antena, da - r - Mro Cruz 95600-222 Antônio Benfica de Assis - r Mro Leôncio 95603-650 Antônio da Patrulha, Santo r - Empresa 95607-116 Antônio Galvão - r - Petrópolis 95609-002 Antônio Hahn - r - Sta Rosa 95609-006 Antônio Lehn - r - Sta Rosa 95605-258 Antônio, Santo - r - Medianeira 95609-080 Aparicio Candido Teixeira - r - Sta Rosa 95609-756 Aposentados e Pensionistas, dos - r - Sta Rosa 95603-326 Argentina - r - Empresa 95609-746 Aristides Severo de Oliveira r - Sta Rosa 95603-524 Arlindo Cândido Rangel - r Empresa 95612-324 Arlindo Smaniotto - r - F Gaúcho 95607-476 Armindo Eugênio Boher - até 699/700 - r - Tucanos 95607-570 Armindo Eugênio Boher - de 701 ao fim - lado ímpar - r - Tucanos 95607-572 Armindo Eugênio Boher - de 702 a 1050 - lado par - r - Tucanos 95607-600 Armindo Eugênio Boher - de 1052 ao fim - lado par - r - M Novo 95600-090 Arnaldo da Costa Bard - até 3009/3010 - r - Centro 95611-014 Arnaldo da Costa Bard - de 3011/3012 ao fim - r - S Família 95607-758 Arno Faiock - r - M Novo 95613-100 Arsenor José Homem - r Eldorado 95613-080 Arthur José Wallauer - até 2789/2790 - r - Eldorado 95613-128 Arthur José Wallauer - de 2791/2792 ao fim - r - Eldorado 95604-000 Assis Brasil - r - Ideal 95603-530 Assunção - r - Empresa 95605-268 Astrogildo Antônio da Silva - r - Medianeira 95607-036 Atlântica - tv - Petrópolis 95605-266 Augusto, Santo - r - Medianeira 95609-124 Auto João Muratore - r - Sta Rosa 95612-006 Ayrton Senna da Silva - r - N Sra Fátima 95603-104 Bahia - até 459/460 - r - Sta Terezinha 95603-048 Bahia - de 461/462 ao fim - r - Sta Terezinha 95605-276 Balduino Anildo Dreger - r Medianeira 95600-194 Balduino Ermel - r - Mro Leôncio 95609-748 Bancários, dos - r - Sta Rosa 95607-180 Bandeirantes - r - Petrópolis 95600-534 Barbosa Lessa - r - Jd Prado 95603-634 Belmiro Kehl - r - Empresa

95600-118 Bento Gonçalves - até 2449/2450 - r - Centro 95600-102 Bento Gonçalves - de 2451/2452 ao fim - r - Centro 95607-160 Boa Esperança - r - Petrópolis 95603-628 Bolívia - r - Empresa 95607-172 Bom Jesus - r - Petrópolis 95603-532 Brasília - r - Empresa 95603-016 Breno Oswaldo Ritter - r - Sta Terezinha 95603-140 Breyer - tv - Sta Terezinha 95603-534 Buenos Aires - r - Empresa 95600-542 Caí - r - Jd Prado 95607-128 Caiçara - r - Petrópolis 95603-420 Cambará do Sul - r - Empresa 95603-630 Cantuário Abelardo Britto - r - Empresa 95603-372 Carazinho - r - Empresa 95607-084 Carlos Belinzoni - r - Petrópolis 95603-188 Carlos Chagas - r - Sta Terezinha 95605-260 Carlos Huf Filho - r - Medianeira Taquara RS – Taquara Logradouro 4 95612-008 Carlos Kroeff - até 2199/2200 - r - N Sra Fátima 95612-072 Carlos Kroeff - de 2201/2202 ao fim - r - N Sra Fátima 95611-302 Carlos Nunes - r - KM 4 95600-228 Carlos Sander - até 1499/1500 - r - Mro Leôncio 95600-350 Carlos Sander - de 1501/1502 a 2059/2060 - r - Recreio 95600-316 Carlos Sander - de 2061/2062 ao fim - r - Recreio 95607-120 Carlos Sperb - r - Petrópolis 95605-040 Carlos Von Koseritz - r Medianeira 95612-320 Carolina Brodbeck - r - F Gaúcho 95611-318 Carteiros, dos - r - KM 4 95605-042 Casemiro de Abreu - r Medianeira 95612-752 Cassandra Fritscher - r - Sta Maria 95601-322 Castro Alves - r - C Sul 95603-040 Catarina, Santa - r - Sta Terezinha 95603-060 Ceará - r - Sta Terezinha 95605-262 Celeste Domingos Souza - r Medianeira 95603-480 Cesar Antonio Bauer - r Empresa 95603-316 Chile - r - Empresa 95612-700 Cincinato Cardoso - r - Sta Maria 95609-740 Comerciários, dos - r - Sta Rosa Cônego - Veja pelo nome seguinte Coronel - Veja pelo nome seguinte 95601-346 Cristino Souza - r - C Sul 95609-110 Cristóvão Colombo - r - Sta Rosa 95609-132 Cristóvão, São - r - Sta Rosa 95600-474 Cruze - tv - Jd Prado 95603-310 DAER, do - r - Empresa 95600-514 Daniel Viana Barbosa - r - Jd Prado 95607-788 Darcy Ribeiro - r - M Novo 95600-226 Darcy Uflacker Brack - r - Mro Leôncio 95601-326 Dassow - r - C Sul 95613-120 Dauto Inácio dos Santos - r - Eldorado 95603-156 David Canabarro - r - Sta Terezinha 95607-576 David Schein - r - Tucanos 95601-282 Dezenove de Março - r - C Sul 95600-152 Dezessete de Junho - até 2135/2136 - r - Mro Leôncio 95600-116 Dezessete de Junho - de 2137/2138 a 2449/2450 - r - Centro 95600-106 Dezessete de Junho - de 2451/2452 ao fim - r - Centro Diaconiza - Veja pelo nome seguinte 95603-132 Diniz, Coronel - até 669 - lado ímpar - r - Sta Terezinha 95607-168 Diniz, Coronel - até 530 - lado par - r - Petrópolis 95607-000 Diniz, Coronel - de 532 a 990 lado par - r - Petrópolis 95603-000 Diniz, Coronel - de 671 a 989 lado ímpar - r - Sta Terezinha 95600-154 Diniz, Coronel - de 991/992 ao fim - r - Mro Leôncio

Aluguel Compra e Venda Adm. Condomínios

Júlio de Castilhos, 2572 ► CEP: 95600-100 Fone: 3542.1674

lado par - r - Mro Leôncio 95600-018 Federação - de 1903 a 2451 lado ímpar - r - Centro 95600-020 Federação - de 2082 a 2450 lado par - r - Centro 95600-070 Federação - de 2452 ao fim lado par - r - Centro 95600-068 Federação - de 2453 ao fim lado ímpar - r - Centro 95609-128 Felipe Albino Schirmer - r Sta Rosa 95603-072 Felipe Ebling - r - Sta Terezinha 95603-128 Felipe Marx - r - Sta Terezinha 95611-016 Felipe Werb Filho - r - S Família 95600-270 Fernando Ferrari - av - Mro Leôncio 95600-300 Fernando Ferrari - av - Recreio 95600-570 Fernando Ferrari - av - Jd Prado 95600-600 Fernando Ferrari - av - Ronda 95612-460 Fernando Ferrari - av - Sta Maria 95607-080 Fischer - tv - Petrópolis 95603-424 Flavio da Silva Mariano - r Empresa 95600-120 Flores, Coronel - r - Centro 95605-138 Flores da Cunha - até 1599/1600 - r - Medianeira 95607-768 Flores da Cunha - de 1601 a 2199 - lado ímpar - r - M Novo 95607-766 Flores da Cunha - de 1602 a 2200 - lado par - r - M Novo 95607-486 Flores da Cunha - de 2201/2202 ao fim - r - Tucanos 95607-124 Floriano, Marechal - até 499/500 - r - Petrópolis 95607-044 Floriano, Marechal - de 501/502 a 851/852 - r - Petrópolis 95600-110 Floriano, Marechal - de 853/854 a 1349/1350 - r - Centro 95600-032 Floriano, Marechal - de 1351/1352 a 1949/1950 - r - Centro 95600-470 Floriano, Marechal - de 1951/1952 a 2099/2100 - r - Jd Prado 95600-550 Floriano, Marechal - de 2101/2102 ao fim - r - Jd Prado 95607-112 Florisbela Torres - r - Petrópolis 95604-024 Francisco Alves - r - Ideal 95603-208 Francisco de Assis Dias - r Sta Terezinha 95612-590 Francisco de Paula Godinho Neto - r - Sta Maria 95605-142 Francisco de Paula, São - r Medianeira 95600-458 Francisco Emílio Muller - r - Jd Prado 95612-744 Francisco Freitas - r - Sta Maria 95607-778 Francisco Holmer - r - M Novo 95607-092 Frederico Jacobus Junior - r - Petrópolis 95603-642 Frederico Westphalen - r Empresa 95612-026 Fridolino Freiberger - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95612-312 Fridolino Freiberger - lado par - r - F Gaúcho 95607-072 Fritz Anna - r - Petrópolis 95600-024 Frota, General - até 2425/2426 - r - Centro 95600-072 Frota, General - de 2427/2428 ao fim - r - Centro 95601-338 Gabe - r - C Sul 95600-108 Gaspar Martins - r - Centro 95603-152 Gasparina Martins de Paiva - r - Sta Terezinha General - Veja pelo nome seguinte 95605-146 Germano Albino Rick - r Medianeira 95607-140 Germano Ehrensperger Filho - r - Petrópolis 95605-134 Germano Paiva - lado ímpar r - Medianeira 95607-764 Germano Paiva - lado par - r - M Novo 95603-492 Germano Riegel - r - Empresa 95604-026 Getúlio Vargas - r - Ideal 95607-188 Glaucus Saraiva - r - Petrópolis 95603-084 Goiás - r - Sta Terezinha 95609-078 Gomercinda Martins Gonzaga - r - Sta Rosa 95603-112 Guanabara - r - Sta Terezinha 95601-318 Guarací - r - C Sul RS – Taquara Logradouro 5

95605-272 Guaranis - r - Medianeira 95601-334 Guilherme Kassner - r - C Sul 95607-108 Guilherme Lahm - até 499 lado ímpar - r - Petrópolis 95607-100 Guilherme Lahm - até 480 lado par - r - Petrópolis 95607-056 Guilherme Lahm - de 482 a 800 - lado par - r - Petrópolis 95607-052 Guilherme Lahm - de 501 a 799 - lado ímpar - r - Petrópolis 95600-104 Guilherme Lahm - de 801/802 a 1299/1300 - r - Centro 95600-076 Guilherme Lahm - de 1301/1302 a 1749/1750 - r - Centro 95600-478 Guilherme Lahm - de 1751/1752 a 2049/2050 - r - Jd Prado 95600-538 Guilherme Lahm - de 2051/2052 ao fim - r - Jd Prado 95612-250 Gustavo Lauck - r - F Gaúcho 95601-490 Harder, Pastor - r - C Sul 95609-500 Haroldo Candemil Valim - r - Sta Rosa 95607-780 Helga Rosa Klein Marmitt - r - M Novo 95613-130 Helio Pereira da Silva - r Eldorado 95600-324 Henrique Bauermann - até 1949/1950 - r - Recreio 95600-454 Henrique Bauermann - de 1951/1952 a 2529/2530 - r - Jd Prado 95600-490 Henrique Bauermann - de 2531/2532 a 2909/2910 - r - Jd Prado 95612-010 Henrique Bauermann - de 2911/2912 ao fim - r - N Sra Fátima 95607-482 Henrique Dias - r - Tucanos 95607-702 Henrique Dias - r - M Novo 95600-304 Henrique Jacob Volkart - r Recreio 95607-060 Henrique Vidal Kohlrausch - r - Petrópolis 95600-530 Hermann Schafke, Pastor - r - Jd Prado 95612-088 Hermann Schafke, Pastor - r N Sra Fátima 95612-720 Homero Severo Pinto, Pastor - r - Sta Maria 95607-478 Honório Lemos - r - Tucanos 95607-712 Honório Lemos - r - M Novo 95604-004 Hugo Arnhold - r - Ideal 95613-108 Hugo Fischer - r - Eldorado 95607-028 Humberto Castelo Branco - r - Petrópolis 95607-474 Idelfonso Pinto - r - Tucanos 95607-716 Idelfonso Pinto - r - M Novo 95601-074 Ignacinha Thomaz Rauber r - C Sul 95612-732 Igrejinha - r - Sta Maria 95612-314 Ilda Dillemburger - r - F Gaúcho 95603-312 Imbé - r - Empresa 95601-162 Inocente Fernandes do Amaral - r - C Sul 95609-010 Interact Club de Taquara - r - Sta Rosa 95611-028 Ipês, dos - al - S Família 95603-616 Iraí - r - Empresa 95609-068 Irma Bangel Huff - r - Sta Rosa 95601-314 Isabel, Princesa - r - C Sul 95609-072 Isolina Maria da Rosa - r - Sta Rosa 95600-094 Ivo Borges - r - Centro 95605-250 Ivo Raymundo - r - Medianeira 95607-786 Jacob Altenhofen - r - M Novo 95600-162 Jacob Grun - lado ímpar - r Mro Leôncio 95600-124 Jacob Grun - lado par - r Centro 95603-180 Janira da Silva Rangel - r - Sta Terezinha 95603-438 João Adalberto Wichmmann - r - Empresa 95603-624 João Antônio da Silva - r Empresa 95607-012 João Arthur Scheffel - r Petrópolis 95607-156 João Bayer - até 529/530 - r - Petrópolis 95607-008 João Bayer - de 531/532 a 899/900 - r - Petrópolis 95600-160 João Bayer - de 901 ao fim lado ímpar - r - Mro Leôncio 95600-128 João Bayer - de 902 ao fim lado par - r - Centro 95611-012 João Brussius - r - S Família 95607-196 João Carlos Lehn - r - Petrópolis 95612-112 João Edgar Scheffel - r - N

No coração amoroso das mães, encontramos conforto e segurança para todas as horas.

Feliz Dia das Mães.

VIACAVA IMÓVEIS www.viacavaimoveis.com.br

Dom - Veja pelo nome seguinte Dona - Veja pelo nome seguinte 95607-480 Dorico Ferreira Paiva - r Tucanos 95603-638 Dorothea Schaefke - r Empresa Doutor - Veja pelo nome seguinte 95607-520 Edgar Keller - r - Tucanos 95600-062 Edmundo Saft, Doutor - até 3179 - lado ímpar - r - Centro 95600-064 Edmundo Saft, Doutor - até 3070 - lado par - r - Centro 95611-074 Edmundo Saft, Doutor - de 3072 a 3600 - lado par - r - S Família 95611-072 Edmundo Saft, Doutor - de 3181 a 3401 - lado ímpar - r - S Família 95612-024 Edmundo Saft, Doutor - de 3403 a 3599 - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95612-370 Edmundo Saft, Doutor - de 3601 a 4579 - lado ímpar - r - F Gaúcho 95611-100 Edmundo Saft, Doutor - de 3602 a 3980 - lado par - r - Mro Cruz 95611-230 Edmundo Saft, Doutor - de 3982 ao fim - lado par - r - Mro Cruz 95611-560 Edmundo Saft, Doutor - de 4581 ao fim - lado ímpar - r - KM 4 95613-118 Edvino Loth - r - Eldorado 95607-782 Ejo Macedo - r - M Novo 95612-018 Ella, Dona - r - N Sra Fátima 95612-096 Eloi Fernando Volkart - r - N Sra Fátima 95607-518 Eloy Teresinha Carniel Schein - r - Tucanos 95601-370 Emílio Badermann - r - C Sul 95603-076 Emílio Dreyer - r - Sta Terezinha 95612-016 Emílio Kautzmann - r - N Sra Fátima 95600-084 Emílio Lúcio Esteves, General - r - Centro 95609-062 Emílio Lúcio Esteves, General - r - Sta Rosa 95611-018 Emílio Lúcio Esteves, General - r - S Família 95601-366 Empresa, da - r - C Sul 95603-484 Empresa, da - r - Empresa 95603-328 Equador - r - Empresa 95600-554 Erechim - r - Jd Prado 95612-014 Érica, Dona - r - N Sra Fátima 95600-358 Erna Volkart - r - Recreio 95600-354 Ernesto Alves - até 1899/1900 - r - Recreio 95600-402 Ernesto Alves - de 1901 a 2459 - lado ímpar - r - Jd Prado 95600-012 Ernesto Alves - de 1902 a 2460 - lado par - r - Centro 95600-482 Ernesto Alves - de 2461 a 2857 - lado ímpar - r - Jd Prado 95600-034 Ernesto Alves - de 2462 a 3070 - lado par - r - Centro 95612-000 Ernesto Alves - de 2859 a 3069 - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95612-022 Ernesto Alves - de 3071 ao fim - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95611-068 Ernesto Alves - de 3072 ao fim - lado par - r - S Família 95607-760 Ernesto Bergold - r - M Novo 95600-014 Ernesto Negrini - r - Centro 95601-354 Ernesto Robinson - r - C Sul 95601-082 Erothildes Gonzaga Rangel - r - C Sul 95600-526 Ervino Bach - r - Jd Prado 95613-124 Ervino Haag - r - Eldorado 95603-056 Espírito Santo - até 649/650 r - Sta Terezinha 95603-004 Espírito Santo - de 651/652 ao fim - r - Sta Terezinha 95611-214 Estácio de Sá - r - Mro Cruz 95609-076 Estevão Caetano Fontes - r - Sta Rosa 95613-050 Euclides Masera - r - Eldorado 95603-068 Eulália Fialho de Vargas - r Sta Terezinha 95600-232 Evaristo, Coronel - lado ímpar - r - Mro Leôncio 95600-022 Evaristo, Coronel - lado par - r - Centro 95612-190 FACCAT - av - F Gaúcho 95603-148 Farrapos - até 695/696 - r Sta Terezinha 95603-164 Farrapos - de 697/698 ao fim - r - Sta Terezinha 95600-758 Federação - até 1299/1300 - r - Ronda 95600-366 Federação - de 1301 a 1901 lado ímpar - r - Recreio 95600-234 Federação - de 1302 a 2080 -

viacava.imoveis Ernesto Alves, 2331 ► CEP: 95600-012 Fone: 3541.3003

Tristão Monteiro, 2399 - CEP: 95600-502 - Fone 3541.3838


SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

9

Tradição e Credibilidade

TAQUARA - LISTA DOS NOVOS CÓDIGOS DE ENDEREÇAMENTO POSTAL (CEPs)

*Relação fornecida pelos Correios

Sra Fátima 95607-708 João Emílio Diehl - r - M Novo 95609-742 João Ferreira de Souza Netto - r - Sta Rosa 95600-126 João Godinho - r - Centro 95607-784 João Goulart - r - M Novo 95600-192 João Hugo Kroeff - r - Mro Leôncio 95607-770 João Kuplick - r - M Novo 95609-760 João Luiz Nicolini - r - Sta Rosa 95612-640 João Manoel Correa - r - Sta Maria 95604-020 João Nicolau Dillenburg - r - Ideal 95607-706 João Paulo Bossle - r - M Novo 95600-028 João Pinto, Coronel - até 2469/2470 - r - Centro 95600-078 João Pinto, Coronel - de 2471/2472 ao fim - r - Centro 95600-156 João Renck - r - Mro Leôncio 95601-070 João, São - r - C Sul 95601-078 João Simão Thomaz - r - C Sul 95601-330 Joaquim Nabuco - r - C Sul 95609-430 Jorge Alberto Petersen - r Sta Rosa 95600-566 José Avelino Ostermann - r - Jd Prado 95601-250 José Bangel - r - C Sul 95612-712 José Bonifácio - r - Sta Maria 95613-034 José Carlos da Rosa - r Eldorado 95601-254 José Dias da Silva - r - C Sul 95607-700 José Gonçalves Neves - r - M Novo 95612-004 José Júlio Müller - r - N Sra Fátima 95604-018 José Lauro Rauber - r - Ideal 95600-466 José Loureiro da Silva - r - Jd Prado 95605-282 José Luiz da Costa - r - Medianeira 95609-126 José Muller Neto - r - Sta Rosa 95607-752 José Raymundo - r - M Novo 95613-082 José Rosa de Borba - r Eldorado 95612-108 José Theomar Lehnen - r - N Sra Fátima 95611-212 Jovino Vitorino da Silva - r Mro Cruz 95605-130 Jozsef Cseke, Vereador - r Medianeira 95605-284 Júlia, Madre - r - Medianeira 95600-754 Júlio de Castilhos - até 149/150 - r - Ronda 95600-220 Júlio de Castilhos - de 151 a 2149 - lado ímpar - r – Mro Leôncio 95600-190 Júlio de Castilhos - de 152 a 2150 - lado par - r - Mro Leôncio 95600-030 Júlio de Castilhos - de 2151 a 2449 - lado ímpar - r - Centro 95600-122 Júlio de Castilhos - de 2152 a 2450 - lado par - r - Centro 95600-080 Júlio de Castilhos - de 2451 ao fim - lado ímpar - r - Centro 95600-100 Júlio de Castilhos - de 2452 ao fim - lado par - r - Centro 95607-772 Júlio Leitensdorf - r - M Novo 95607-088 Júlio Ostermann - r - Petrópolis 95607-032 Júlio Petersen - r - Petrópolis 95603-258 Juvêncio Francisco da Silva r - Empresa 95603-526 La Paz - r - Empresa 95613-054 Lagoa Vermelha - r - Eldorado 95609-074 Lenira de Andrade Feix - r Sta Rosa 95612-040 Leonardo Altmeyer - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95612-038 Leonardo Altmeyer - lado par - r - N Sra Fátima 95612-318 Leonel de Moura Brizola - r - F Gaúcho 95604-016 Leopoldo Conrado - r - Ideal 95607-472 Leopoldo Vivaldo Gelinger r - Tucanos 95611-146 Liane Born Burgel, Professora - lado ímpar - r - Mro Cruz 95611-002 Liane Born Burgel, Professora - lado par - r - S Família 95604-010 Liberdade Nelson Mandela - r - Ideal 95605-256 Lidia Wanda Halmel Letti - r - Medianeira 95603-536 Lima - r - Empresa 95600-088 Lothar de La Rue - r - Centro 95601-350 Lothar Reinehr - r - C Sul 95613-104 Luci Schmith, Diaconiza - r Eldorado

95603-254 Ludwig - até 209/210 - tv Empresa 95603-184 Ludwig - de 211/212 ao fim tv - Sta Terezinha 95609-750 Luiz Alfredo Schafer - r - Sta Rosa 95603-614 Luiz Antônio Rodrigues da Luz, Pastor - r - Empresa 95612-100 Luiz Capovila - r - N Sra Fátima 95612-704 Luiz Carniel, Doutor - r - Sta Maria 95603-306 Luiz de Carvalho - r - Empresa 95607-754 Luiz Rangel - r - M Novo 95611-008 Maceió - r - S Família Madre - Veja pelo nome seguinte 95600-230 Manoel José de Medeiros Bedeco - r - Mro Leôncio 95603-044 Manoel Oscar Kelsch - r - Sta Terezinha 95603-088 Maranhão - r - Sta Terezinha 95600-510 Marcelino Ramos - r - Jd Prado Marechal - Veja pelo nome seguinte 95611-306 Maria Irene Kroef Bangel r - KM 4 95603-314 Maricás, dos - r - Empresa 95609-758 Marina da Cunha Scheffel r - Sta Rosa 95611-006 Martin Lutero - lado ímpar r - S Família 95611-138 Martin Lutero - lado par - r - Mro Cruz 95603-632 Mascarenhas de Moraes - r - Empresa 95603-052 Mato Grosso - r - Sta Terezinha 95607-510 Max Badermann - r - Tucanos 95605-254 Medianeira - até 569/570 - r - Medianeira 95605-270 Medianeira - de 571/572 ao fim - r - Medianeira 95609-830 Médicos, dos - r - Sta Rosa 95607-104 Melvin Jones - r - Petrópolis 95609-752 Metalúrgicos, dos - r - Sta Rosa 95603-322 México - r - Empresa 95600-370 Miguel Bauer - até 2051 lado ímpar - r - Recreio 95600-010 Miguel Bauer - até 1702 lado par - r - Centro 95600-400 Miguel Bauer - de 1704 a 2050 - lado par - r - Jd Prado 95600-574 Miguel Bauer - de 2052 ao fim - lado par - r - Jd Prado 95600-320 Miguel Bauer - de 2053 ao fim - lado ímpar - r - Recreio 95603-428 Miguel Frutuoso da Costa r - Empresa 95611-064 Miguel, São - r - S Família 95607-024 Milton Teixeira Brodbeck - r - Petrópolis 95603-020 Minas Gerais - r - Sta Terezinha 95603-364 Miraguaí - r - Empresa 95607-020 Moinhos de Vento - r Petrópolis 95603-528 Montevidéo - r - Empresa 95611-310 Motoristas, dos - r - KM 4 RS – Taquara Logradouro 6 95607-750 Mundo Novo - até 499/500 - r - M Novo 95607-774 Mundo Novo - de 501/502 ao fim - r - M Novo 95611-316 Municipários, dos - r - KM 4 95609-436 Myrtes Amoretti Bizarro - r - Sta Rosa 95603-522 Nelcio José Fagundes - r Empresa 95609-502 Nelson Darcy Blauth - r - Sta Rosa 95600-082 Nelson Renck - até 3009/3010 - r - Centro 95611-022 Nelson Renck - de 3011/3012 ao fim - r - S Família 95603-262 Nelson Wilhelms - r - Empresa 95603-270 Nerci Correia dos Santos - r - Empresa 95607-370 Nercílio Armindo Schein - r - Tucanos 95609-340 Nercílio Armindo Schein - r - Sta Rosa 95600-308 Nestor Paulo Hartmann, Professor - r - Recreio 95603-204 Neusa Goulart Brizola - r Sta Terezinha 95607-574 Neves, Coronel - r - Tucanos 95607-776 Neves, Coronel - r - M Novo

95603-192 Nilo Dias - r - Sta Terezinha 95607-756 Nivaldo Altmeyer - r - M Novo 95612-756 Noeli Klain, Professora - r Sta Maria 95603-422 Nonoai - r - Empresa 95609-504 Ody Valério Maciel - r - Sta Rosa 95601-258 Oito de Março - r - C Sul 95603-426 Olaria - r - Empresa 95607-164 Olavo de Carvalho Freitas - r - Petrópolis 95603-308 Olimpio Candido da Silva - r - Empresa 95611-066 Olinda Muller - até 999 - lado ímpar - r - S Família 95612-030 Olinda Muller - até 2000 lado par - r - N Sra Fátima 95612-032 Olinda Muller - de 1001 a 1999 - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95612-116 Olinda Muller - de 2001/2002 ao fim - r - N Sra Fátima 95609-060 Olivier de Oliveira Paz - r Sta Rosa 95603-436 Orlando Krummenauer - r - Empresa 95601-342 Orosolino Gonzaga da Rosa - r - C Sul 95612-020 Oscar Bauermann - r - N Sra Fátima 95609-004 Oscar Helberto Natus - r Sta Rosa 95607-152 Oscar Linden - r - Petrópolis 95600-562 Oscar Martins Rangel - av Jd Prado 95612-080 Oscar Martins Rangel - av - N Sra Fátima 95612-150 Oscar Martins Rangel - av - F Gaúcho 95612-450 Oscar Martins Rangel - av Sta Maria 95613-000 Oscar Martins Rangel - av Eldorado 95613-360 Oscar Martins Rangel - av - P Francesa 95607-200 Oscar Waldemar Haubrich r - Petrópolis 95609-012 Osmar Alvício Stein - r - Sta Rosa 95603-644 Osmar Schaeffer - r - Empresa 95612-104 Osmindo Alfredo Dietrich - r - N Sra Fátima 95609-134 Osório, General - r - Sta Rosa 95603-028 Ostermann - tv - Sta Terezinha 95603-640 Osvaldo Aranha - até 1599/1600 - r - Empresa 95603-612 Osvaldo Aranha - de 1601/1602 ao fim - r - Empresa 95600-506 Osvaldo Brandão - r - Jd Prado 95612-558 Osvaldo Brandão - r - Sta Maria 95611-510 Osvaldo Fredolino Schnorr - bc - KM 4 95613-190 Osvaldo Fredolino Schnorr bc - P Francesa 95612-708 Osvaldo Martins Rangel - r - Sta Maria 95603-620 Oswaldo Cruz - até 799/800 - r - Empresa 95603-434 Oswaldo Cruz - de 801/802 ao fim - r - Empresa 95603-520 Oswaldo de Souza - r Empresa 95609-016 Otalibio Antônio da Silva - r - Sta Rosa 95613-112 Otto Lamb - r - Eldorado Padre - Veja pelo nome seguinte 95603-654 Palmeira das Missões - r Empresa 95603-330 Paraguai - r - Empresa 95603-120 Paraíba - r - Sta Terezinha 95603-036 Paraná - r - Sta Terezinha 95612-740 Parobé - r - Sta Maria 95609-188 Pascoalina Amoretti Faedrich, Professora - lado ímpar - r - Sta Rosa 95611-300 Pascoalina Amoretti Faedrich, Professora - lado par - r - KM 4 95603-360 Passo Fundo - r - Empresa Pastor - Veja pelo nome seguinte 95609-434 Paulo Gonzaga - r - Sta Rosa 95603-008 Paulo, São - r - Sta Terezinha 95613-116 Pedro Adriano de Oliveira r - Eldorado 95603-626 Pedro Aluizio Arnhold - r Empresa 95600-016 Pedro Bremm, Cônego - até

Em Taquara, na Júlio de Castilhos, 2232 Fone: 3542 2255 - CEP: 95600-122

99/100 - r - Centro 95600-404 Pedro Bremm, Cônego - de 101/102 ao fim - r - Jd Prado 95607-440 Pedro Emílio Martins - r Tucanos 95600-362 Pedro Fernando Volkart - r - Recreio 95612-716 Pedro II, Dom - r - Sta Maria 95612-036 Pedro José Müller - até 1699 - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95612-028 Pedro José Müller - até 1700 - lado par - r - N Sra Fátima 95612-120 Pedro José Müller - de 1701 ao fim - lado ímpar - r - N Sra Fátima 95612-310 Pedro José Müller - de 1702 ao fim - lado par - r - F Gaúcho 95601-262 Pedro Oscar Schuck - r - C Sul 95600-312 Pedro Ritter - r - Recreio 95603-080 Pernambuco - até 699/700 r - Sta Terezinha 95603-024 Pernambuco - de 701/702 ao fim - r - Sta Terezinha 95603-618 Peru - r - Empresa 95603-136 Piauí - r - Sta Terezinha 95603-144 Picada Gravatá - até 1701 lado ímpar - r - Sta Terezinha 95605-090 Picada Gravatá - até 1700 lado par - r - Medianeira 95607-722 Picada Gravatá - de 1702 a 2250 - lado par - r - M Novo 95607-184 Picada Gravatá - de 1703 a 2249 - lado ímpar - r - Petrópolis 95607-192 Picada Gravatá - de 2251 ao fim - lado ímpar - r - Petrópolis 95607-470 Picada Gravatá - de 2252 ao fim - lado par - r - Tucanos 95612-034 Pinheirinhos, dos - r - N Sra Fátima 95607-148 Pinheiro Machado - até 549/550 - r - Petrópolis 95607-040 Pinheiro Machado - de 551/552 a 899/900 - r - Petrópolis 95600-114 Pinheiro Machado - de 901/902 a 1339/1340 - r - Centro 95600-026 Pinheiro Machado - de 1341/1342 a 1699/1700 - r - Centro 95600-462 Pinheiro Machado - de 1701/1702 a 2039/2040 - r - Jd Prado 95600-558 Pinheiro Machado - de 2041/2042 ao fim - r - Jd Prado 95611-026 Pinheiros, dos - al - S Família 95600-450 Portela, Tenente - r - Jd Prado 95607-064 Primeiro de Maio - r Petrópolis Princesa - Veja pelo nome seguinte Professor - Veja pelo nome seguinte Professora - Veja pelo nome seguinte 95611-314 Professores, dos - r - KM 4 95603-124 Propício Castro da Cunha - r - Sta Terezinha 95601-286 Quatro de Maio - r - C Sul 95600-196 Quinze de Novembro - r Mro Leôncio 95603-610 Quito - r - Empresa 95607-724 Rainelso Fernando Spindler - r - M Novo 95613-102 Reinoldo Jaeger - até 2779/2780 - r - Eldorado 95613-126 Reinoldo Jaeger - de 2781/2782 ao fim - r - Eldorado 95609-180 Reis - até 499/500 - tv - Sta Rosa 95611-170 Reis - de 501/502 ao fim - tv - Mro Cruz 95601-494 Ricardo Olm - r - C Sul 95600-098 Rio Branco - até 1199/1200 - r - Centro 95600-074 Rio Branco - de 1201/1202 a 1639/1640 - r - Centro 95600-486 Rio Branco - de 1641/1642 a 1999/2000 - r - Jd Prado 95600-518 Rio Branco - de 2001/2002 a 2699/2700 - r - Jd Prado 95612-550 Rio Branco - de 2701/2702 ao fim - r - Sta Maria 95603-116 Rio de Janeiro - r - Sta Terezinha 95600-546 Rio Grande - r - Jd Prado 95612-728 Rio Grande do Sul - r - Sta Maria 95612-724 Riozinho - r - Sta Maria 95611-060 Rita, Santa - r - S Família 95603-200 Roberto Bonito - r - Sta Terezinha 95603-300 Roberto Halmel - r - Empresa 95609-070 Roberto Landell de Moura r - Sta Rosa

95611-062 Roberto Missel - r - S Família 95603-334 Rockfeller - r - Empresa 95609-064 Rodolfo Czermack - r - Sta Rosa 95600-494 Rodolfo Dietschi, Professor - r - Jd Prado 95607-762 Rodolfo Von Ihering - r - M Novo 95609-120 Rogério Michel - r - Sta Rosa 95603-652 Rolante - r - Empresa 95611-320 Romeu Ritter dos Reis, Professor - r - KM 4 95601-358 Rondon, Marechal - r - C Sul 95607-204 Rosa, Santa - até 2909 - lado ímpar - r - Petrópolis 95607-290 Rosa, Santa - até 2910 - lado par - r - Tucanos 95609-000 Rosa, Santa - de 2911 a 3369 - lado ímpar - r - Sta Rosa 95609-196 Rosa, Santa - de 2912 a 3560 - lado par - r - Sta Rosa 95609-192 Rosa, Santa - de 3371 a 3999 - lado ímpar - r - Sta Rosa 95609-570 Rosa, Santa - de 3562 a 4640 - lado par - r - Sta Rosa 95611-370 Rosa, Santa - de 4001 ao fim - lado ímpar - r - KM 4 95609-754 Rosa, Santa - de 4642 ao fim - lado par - r - Sta Rosa 95611-304 Rotaract Club - r - KM 4 95612-316 Rotary Club - r - F Gaúcho 95607-710 Rudi Lindenmayer - r - M Novo 95613-122 Ruy Carlos Bender - r Eldorado 95603-176 Ruy Gaspar da Silva - r - Sta Terezinha Santa - Veja pelo nome seguinte 95607-484 Santarém - lado ímpar - r Tucanos 95607-720 Santarém - lado par - r - M Novo Santo - Veja pelo nome seguinte São - Veja pelo nome seguinte 95609-744 Sapateiros, dos - r - Sta Rosa 95603-700 Sarandi - lado ímpar - r Ideal 95603-656 Sarandi - lado par - r Empresa 95600-112 Sebastião Amoretti - av Centro 95600-150 Sebastião Amoretti - av Mro Leôncio 95600-750 Sebastião Amoretti - av Ronda RS – Taquara Logradouro 7 95601-440 Sebastião Amoretti - av - C Sul 95603-168 Sebastião Amoretti - av - Sta Terezinha 95603-302 Sebastião Amoretti - av Empresa 95607-004 Sebastião Amoretti - av Petrópolis 95609-184 Sebastião Amoretti - av - Sta Rosa 95611-000 Sebastião Amoretti - av - S Família 95611-190 Sebastião Amoretti - av Mro Cruz 95611-250 Sebastião Amoretti - av KM 4 95611-610 Sebastião Bristotti - r - KM 4 95612-420 Sebastião Bristotti - r - F Gaúcho 95613-030 Sebastião Bristotti - r Eldorado 95603-646 Seberi - r - Empresa 95603-430 Selivio Haack - r - Empresa 95609-112 Selivio Herrmann - r - Sta Rosa 95603-012 Sergipe - r - Sta Terezinha 95601-270 Sete de Agosto - r - C Sul 95603-196 Sete de Setembro - até 449/450 - r - Sta Terezinha 95603-172 Sete de Setembro - de 451/452 a 1049/1050 - r – Sta Terezinha 95601-000 Sete de Setembro - de 1051 ao fim - lado ímpar - r - C Sul 95600-850 Sete de Setembro - de 1052 ao fim - lado par - r - Ronda 95611-308 Silvana Iribarry - r - KM 4 95601-158 Simão João Thomaz - r - C Sul 95601-498 Soely Bergold - r - C Sul 95604-008 Sonia Leda Scheffel - r - Ideal 95603-432 Tabajara - r - Empresa

Sebastião Amoretti, 2911 - CEP: 95609-84 - Fone 3542.6027 Pinheiro Machado, 1137 - CEP: 95600 -114 - Fone 3541.3853

95605-278 Tapajós - r - Medianeira 95612-068 Tarcísio Fialho de Vargas - r - N Sra Fátima Tenente - Veja pelo nome seguinte 95607-096 Theobaldo Fleck, Coronel - r - Petrópolis 95600-522 Theodoro Ritter - r - Jd Prado 95607-076 Tiradentes - r - Petrópolis 95605-044 Tomé, Padre - até 599/600 r - Medianeira 95605-274 Tomé, Padre - de 601/602 ao fim - r - Medianeira 95612-736 Três Coroas - r - Sta Maria 95601-278 Três de Maio - r - C Sul 95612-076 Três Passos - tv - N Sra Fátima 95601-502 Treze de Maio - até 399/400 - r - C Sul 95601-310 Treze de Maio - de 401/402 a 701/702 - r - C Sul 95601-154 Treze de Maio - de 703/704 ao fim - r - C Sul 95607-068 Tristão Monteiro - até 749 lado ímpar - r - Petrópolis 95607-250 Tristão Monteiro - tv Tucanos 95609-250 Tristão Monteiro - tv - Sta Rosa 95609-008 Tristão Monteiro - até 750 lado par - r - Sta Rosa 95600-092 Tristão Monteiro - de 751/752 a 1249/1250 - r - Centro 95600-066 Tristão Monteiro - de 1251/1252 a 1609/1610 - r - Centro 95600-498 Tristão Monteiro - de 1611 a 1989 - lado ímpar - r - Jd Prado 95612-002 Tristão Monteiro - de 1612 a 1990 - lado par - r - N Sra Fátima 95600-502 Tristão Monteiro - de 1991 a 2649 - lado ímpar - r - Jd Prado 95612-064 Tristão Monteiro - de 1992 a 2650 - lado par - r - N Sra Fátima 95612-554 Tristão Monteiro - de 2651/2652 ao fim - r - Sta Maria 95612-594 Urbano Alves dos Santos - r - Sta Maria 95605-380 Urbano Schein - r - Medianeira 95607-850 Urbano Schein - r - M Novo 95603-304 Ursulina Castro - r - Empresa 95603-320 Uruguai - r - Empresa 95600-060 Venâncio Aires - até 1559 lado ímpar - r - Centro 95611-070 Venâncio Aires - até 1560 lado par - r - S Família 95612-012 Venâncio Aires - de 1561/1562 a 2129/2130 - r - N Sra Fátima 95612-084 Venâncio Aires - de 2131/2132 ao fim - r - N Sra Fátima 95603-332 Venezuela - r - Empresa VEREADOR - VEJA PELO NOME SEGUINTE 95609-014 Vicente Belotto - r - Sta Rosa 95603-368 Vicente Dutra - r - Empresa 95600-224 Vicente Luiz Ferreira - r Mro Leôncio 95605-264 Victor Hugo Raymundo - r Medianeira 95611-460 Vila Verde - r - KM 4 95607-516 Vinte e Cinco de Novembro - r - Tucanos 95601-274 Vinte e Dois de Julho - r - C Sul 95607-512 Vinte e Oito de Junho - r Tucanos 95607-514 Vinte e Quatro de Junho - r - Tucanos 95604-012 Vitorino, General - r - Ideal 95605-252 Waldemar da Silva Luz - r Medianeira 95601-362 Waldo Reihener - r - C Sul 95603-622 Waldomiro de Mello - r Empresa 95607-048 Wilhelms - tv - Petrópolis 95612-092 Wilibaldo Bernardo Samrsla - r - N Sra Fátima 95609-118 Willy Heidrich - r - Sta Rosa 95607-718 Wilma Krumennauer - r - M Novo 95609-114 Wilson Aguiar - r - Sta Rosa 95607-792 Wilson Ferreira - r - M Novo 95607-144 Xangrilá - r - Petrópolis 95605-286 Zeferino Vicente Neves Filho - r - Medianeira


10

PAROBÉ

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

TRE julgará na terça candidatura de Feller

Tribunal reprova contas de Cláudio Silva e impõe débito de R$ 296 mil

PAROBÉ - A expectativa no meio político de Parobé está voltada para decisão que será tomada, na próxima terça-feira, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A corte marcou para esta data o julgamento da candidatura de Irton Bertoldo Feller (PMDB), mais votado no pleito do ano passado, mas que não pôde assumir o cargo de prefeito devido à rejeição do seu registro como candidato. A decisão do TRE, entretanto, pode não ser definitiva, uma vez que, do posicionamento, caberá recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a ambas as partes do processo, tanto Feller, se derrotado, como a Diego Picucha (PDT), autor da ação, caso o peemedebista tenha sucesso no julgamento. Feller teve a sua candidatura rejeitada ainda no ano passado, pela Justiça Eleitoral de Taquara. O pedido foi feito pelo adversário e, mesmo não tendo ingressado com a ação, o Ministério Público emitiu parecer favorável à negativa do registro, que foi aceita pelo juiz Juliano Fonseca, responsável pela análise em primeira instância. Feller recorreu ao TRE, mas acabou perdendo o recurso pela corte, que manteve a inelegibilidade. O ex-prefeito, então, recorreu ao TSE, que, por decisão do ministro-relator Herman Benjamin, anulou a sentença de primeira instância, entendendo-a como mal fundamentada. O ministro mandou ser emitida nova sentença, o que foi feito no final do ano passado pelo juiz Juliano. O magistrado de primeira instância voltou a aceitar os argumentos de que Feller está inelegível por conta da reprovação de suas contas quando foi diretor-presidente da Companhia Riograndense de Artes Gráficas (Corag). Desta decisão, Feller interpôs recurso, que será julgado agora pelo TRE. Na corte, o novo parecer da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) é contrário à candidatura de Feller. Em recente entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, Feller se manifestou a respeito da rejeição de contas quando foi presidente Corag, o que motiva o indeferimento de sua candidatura. Segundo o ex-prefeito, desta rejeição, chegou a ser proposto um processo penal contra ele, em que, depois da primeira audiência, o próprio Ministério Público pediu a sua absolvição e a exclusão da ação. Além disso, Irton disse que, em um inquérito civil que apurou o caso, a Promotoria concluiu não haver indícios de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito contra ele, e, portanto, não promoveu nenhuma ação de improbidade. Por este motivo, Feller sustenta que, se não houve ação de improbidade, não estão configurados os requisitos previstos na lei da Ficha Limpa para impedir uma candidatura. Enquanto não há uma decisão final da Justiça Eleitoral em relação ao pleito de 2016 em Parobé, o Executivo segue sendo comandado pelo presidente da Câmara de Vereadores, Moacir Jagucheski (PPS), que se licenciou da função legislativa para exercer o cargo de prefeito interino.

PAROBÉ – Em julgamento realizado no dia 18 de abril, mas que veio a público na semana passada, a 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE) reprovou a prestação de contas do ex-prefeito de Parobé Cláudio Silva (PT) referente ao ano de 2015. Por encontrar uma série de irregularidades, os conselheiros do TCE ainda determinaram multa de R$ 1,5 mil e a devolução de R$ 296.044,97. O ex-prefeito tem direito a recurso desta decisão ainda dentro do próprio Tribunal de Contas. O relator do processo foi o conselheiro-presidente da 1ª Câmara, Cezar Miola. Segundo ele, o trabalho foi bastante extenso, e foram encontradas uma série de erros pela audi-

Arquivo/Panorama

Ex-prefeito Cláudio teve gestão de 2015 analisada pela corte de contas

toria técnica na gestão da Prefeitura de Parobé relacionadas a 2015. Miola enfatizou que o ex-prefeito apresentou sua defesa e anexou documentos tentando afastar os apontamentos que motivaram a rejeição das contas. Problemas em diárias, contratos e outras

situações motivaram a imposição de débitos ao ex-prefeito (confira detalhamento no quadro). No mesmo voto, Miola determinou outras medidas à atual administração de Parobé, visando a corrigir as situações apontadas. O relator ainda aprovou as contas de Irton Feller (PMDB) como vice-prefeito de Parobé no exercício de 2015. O voto de Miola foi seguido por unanimidade pelos integrantes da Câmara. Nesta semana, o processo ainda estava sendo transcrito no sistema do TCE, mas Panorama conseguiu consultar detalhes dos apontamentos por meio do parecer do Ministério Público de Contas. Após não ter mais possibilidade de recurso junto ao TCE, o parecer relacio-

nado às contas de Cláudio Silva será encaminhado para julgamento pela Câmara de Vereadores de Parobé. Se for mantida a decisão do Tribunal pelo Legislativo, o petista pode incorrer na lei da Ficha Limpa, que proíbe a disputa de candidatos que tenham tido contas reprovados desde que os atos motivadores da rejeição sejam considerados de improbidade administrativa.

A reportagem do Panorama contatou o ex-prefeito Cláudio Silva, na segunda-feira, o qual informou que estava em compromissos em Porto Alegre até a quarta-feira. Neste dia, Panorama tentou contato novamente, mas não foi obtido retorno.

A devolução de valores determinada ao ex-prefeito Cláudio Silva (PT), no montante de R$ 296.044,97, diz respeito aos seguintes apontamentos: • Pagamento de diárias em quantidade superior ao necessário para participação nos eventos motivadores dos deslocamentos. • Contratação de empresa para prestação de serviços médicos em postos de saúde com pagamentos, em janeiro de 2015, superiores ao número de horas comprovadas de serviços prestados. • Ausência de comprovação de serviços prestados por empresa contratada para o serviço de portaria. “A proposta vencedora do certame não considerou o número mínimo de trabalhadores para a execução do serviço. Constatou-se que nem mesmo as quantidades de trabalhadores previstas no contrato prestaram os serviços. Verificou-se também descontrole e falta de fiscalização sobre o contrato pelos servidores designados para tal

• Apresentar em 60 dias medidas e prazos para a implantação de rede coletora de esgoto cloacal. • Corrigir em 180 dias problemas verificados na estrutura dos setores tributário e de controle interno.

atribuição”, afirma a auditoria do TCE. • Contratação de empresa para serviço de segurança no Festejando Parobé, de 12 a 26 de maio de 2015, sem a apresentação de comprovantes suficientes da prestação efetiva do serviço. • Contratação de empresa para corrigir falhas em obra de escola sem a tomada de medidas judiciais ou extrajudiciais para a reparação dos danos causados pela construtora que fez o serviço. • Ausência de base legal para o pagamento à ex-prefeita de indenização de férias vencidas e não usufruídas de 2007 a 2011. • Deficiência na prestação de contas de convênio com o Hospital de Parobé de janeiro a outubro de 2015.

• Implementar medidas corretivas para a adequação dos valores das diárias, realização de concurso público para advogado e aprimorar a prestação de contas de convênio com o hospital.


REGIONAL Divulgação

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

Faccat realizará vestibular de inverno no dia 4 de junho TAQUARA - O vestibular de inverno das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) acontecerá dia 4 de junho, às 13h30min, no campus. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 2 de junho, mediante pagamento da taxa de R$ 30,00. As provas abrangem conhecimentos de Redação, Língua Portuguesa e Conhecimentos Gerais, com vagas para os cursos de Direito, Design, Superior de Tecnologia em Jogos Digitais, Enfermagem, Turismo, Pedagogia, Superior de Tecnologia em Gestão Comercial, Administração, Negócios Internacionais, Marketing, Engenharia de Produção, Publicidade e Propaganda, Re-

Três Coroas em Festa segue até o domingo TRÊS COROAS - Começaram na terçafeira as comemorações do aniversário de 58 anos do município, com a realização da 17ª Três Coroas em Festa. Nesta sexta-feira, a partir das 20h30min, iniciam os shows musicais, com destaque para o cantor Jéf, às 21 horas, e para a dupla Rodrigo & Callegari, às 23 horas. Amanhã, as apresentações de escolas acontecem a partir das

14 horas, com entrada franca. Às 21 horas, tocará o três-coroense Porthos Olinto e, às 23 horas, a banda The Travellers. Já no domingo, as atividades começam com um passeio ciclístico, às 8 horas, com saída na Praça Affonso Saul. A principal atração deste dia será o show com a banda Chimarruts, a partir das 18 horas. Os ingressos custam R$ 5,00 todos os dias.

lações Públicas, Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade, Ciências Contábeis, Matemática, Psicologia, Letras, Sistemas de Informação, Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet, História e Fisioterapia. A Faccat oferece vários benefícios para os acadêmicos, como financiamento próprio; FIES; convênios com empresas e entidades; desconto de 40% para quem tiver mais de 45 anos de idade, exceto nos cursos diurnos; desconto de 50% para as licenciaturas aos sábados; estágios; Banco de Talentos; e seguro desemprego (três meses de isenção das mensalidades), caso o acadêmico perca o emprego.

Novo asfalto melhora acesso à Boa Esperança ROLANTE - Devem ser concluídas até o final de junho as obras de asfaltamento (foto) do acesso à localidade de Boa Esperança, em Rolante. Segundo o engenheiro responsável pela fiscalização, Silmar Melo, já foram executados 65% dos trabalhos. A pavimentação foi viabilizada através de convênio entre o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e a Prefeitura, em um investimento de R$ 4,72 milhões, sendo R$ 3,77 milhões do governo gaúcho e R$ 956 mil da administração municipal.

Divulgação/Edna Cardoso

Soberanas do evento, Gabriela Cruz, Vitória Melo e Estéfani Casarin

11


12

POLÍCIA

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

TRÁFICO - A Polícia Civil de Taquara prendeu, no último dia 5, por volta de 16h30min, Alexandre Souza da Silva, 39 anos. Segundo a Polícia, o acusado foi detido em seu estúdio de tatuagem, na rua Guilherme Lahm, no Centro. No local, os agentes localizaram quantidade de maconha, quantia em dinheiro e um telefone celular. Segundo a Polícia, na residência do suspeito, no bairro Cruzeiro do Sul, foram apreendidos mais alguns tijolinhos de maconha, uma base de plástico com resquícios da mesma droga e, nos fundos do imóvel, havia um pé de maconha com aproximadamente um metro de altura. A Polícia informou que o acusado estava sendo investigado há dois meses por conta de denúncias. A operação realizada na sextafeira foi denominada Estigma. O homem foi autuado em flagrante na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) de Taquara.

Polícia Federal combate crimes previdenciários em Taquara TAQUARA - A Polícia Federal (PF) informou que, em parceria com a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária do Ministério da Fazenda, deflagrou, na manhã de ontem, a Operação Inço. O trabalho visa a combater fraudes em vínculos empregatícios e benefícios, como seguro desemprego e previdenciários. Policiais federais cumpriram dois mandados de busca e apreen-

são, em Taquara e Sapiranga. Em nota, a PF informou que a investigação iniciou em 2016 e constatou a utilização de várias empresas para inserção de informações falsas em sistemas oficiais, com o objetivo de embasar os benefícios fraudulentos, cujo prejuízo estimado supera R$ 500 mil. "Os investigados cooptavam pessoas com carteira de trabalho e sem vínculo

empregatício atual para viabilizar as fraudes", afirma a PF. Segundo os agentes, o material apreendido será submetido à análise dos policiais federais e analistas previdenciários, em busca de outras empresas utilizadas para a prática dos crimes. Não foram divulgados nomes dos locais em que os mandados foram cumpridos nos dois municípios da região.

Operação Caíque prende três pessoas em Parobé PAROBÉ - Policiais da Delegacia de Polícia (DP) de Igrejinha, com apoio das delegacias da 2ª DPR de Gramado, deflagraram a “Operação Caíque”, em Parobé, na manhã de terça

OBITUÁRIO Falecimentos comunicados pela Rádio Taquara de 04/05/2017 a 11/05/2017

05/05 - Theobaldo Petry, 93 anos. Cemitério Evangélico Martin Lutero de Igrejinha. 07/05 - Iraci Teresinha Silveira, 77 anos. Cemitério da Vila Teresa em Rio da Ilha. 08/05 - Maria da Graça de Souza, 63 anos. Cemitério Municipal de Taquara. 09/05 - Affonso Hahn, 87 anos. Cemitério do Bairro Santa Rosa em Taquara. 10/05 - Adamacildo Domingos de Medeiros, 75 anos. Cemitério Municipal de Taquara. 11/05 - Délcio Hugo Kirsch, 66 anos. Cemitério dos Flesch – km 17 em Rolante.

feira. Na ocasião, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, prisão preventiva e mandado de apreensão de adolescente infrator. De acordo com o delegado Ivanir Luiz Moschen Caliari, a operação foi efetuada em face de prática de homicídio doloso mediante disparo de arma de fogo, cometido no bairro XV de Novembro de Igrejinha no dia 4 de abril. Na ocasião, Edson Rodrigo Neves da Rosa, o Dinho, foi executado com um disparo de arma de fogo na cabeça, crime praticado supostamente em face de uma dívida não paga decorrente de compra de maconha, no valor de R$ 250,00. Segundo o delegado Caliari, após

É com muito amor no coração que diariamente relembramos do homem especial que foste. Teu exemplo de pureza, lealdade, honestidade, amor e dedicação nos proporcionaram a honra e o privilégio de sermos tua esposa, tuas filhas, teus genros, tua neta e teus netos, tendo a oportunidade de compartilhar contigo os melhores momentos de nossas vidas. Resta gratidão ao Senhor por ter concedido-nos o homem maravilhoso que foste, que és e que sempre serás para nós. É através do teu legado e ensinamentos que nos inspiramos a sermos cada dia pessoas melhores, mais fortes, mais felizes e amorosas, da mesma forma que tu foste conosco. Em memória de Elaor Apollo no segundo ano de falecimento.

Em operação que investigou homicídio, policiais apreenderam quantidades de drogas

um mês de investigações, apurou-se que o crime foi cometido com participação de um indivíduo, de 18 anos, e de um adolescente, de 16 anos. Durante as diligências na casa do adolescente, foram encontrados 65 porções de maconha envolvidas em embalagem com os dizeres “Melhor droga do mercado”, um tijolo de maconha pesando 241 gramas, uma balança

de precisão, valores em dinheiro e um estojo de revólver calibre .38. Já o adulto foi localizado e preso em sua casa, sendo que no quarto de seu pai foi encontrado um revólver calibre .38, fato que redundou na prisão em flagrante do genitor do investigado por posse ilegal da arma de fogo. Os nomes dos envolvidos no crime não foram divulgados pela Polícia Civil.

Homem é agredido pelo irmão em Taquara TAQUARA - A Polícia Civil investigará caso registrado como tentativa de homicídio por volta de 1h30min de segunda-feira, no bairro Mundo Novo, em Taquara. Segundo o registro, os policiais militares foram acionados para uma ocorrência de agressão, e encontraram a vítima, um homem de 36 anos, com vários ferimentos deitado em uma cama. O homem foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o Hospital Bom Jesus. Segundo as informações apuradas pelos policiais, a agressão teria sido feita pelo irmão da vítima.

Divulgação/PC

Acusado de assaltos é preso TAQUARA - Em ação conjunta realizada pela Polícia Civil de Igrejinha e Taquara, na manhã de segunda-feira, foi preso Paulo Cesar Silva de Moraes (foto acima), 39 anos, por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Também foi cumprido contra o acusado mandado de prisão preventiva pela prática de assalto. O homem foi detido em Taquara. Segundo o delegado Ivanir Luiz Moschen Caliari, titular da Delegacia de Polícia de Igrejinha, Paulo havia cometido um crime de roubo em Igrejinha no dia 29 de março, ocasião em que assaltou uma imobiliária, vindo a agredir gravemente a vítima, que permaneceu em UTI devido às lesões sofridas. Este fato resultou na decretação da prisão preventiva pela Justiça de Igrejinha. Já o delegado Luis Carlos Aguiar de Abreu, titular da DP de Taquara, informou que sua equipe de investigações já vinha monitorando os passos do suspeito, existindo prévias apurações de crimes por ele promovidos em Taquara. Durante a operação, a polícia informou que Paulo foi flagrado por agentes, em sua casa, no bairro Santa Teresinha, na posse de arma de fogo, celular, valores em dinheiro, uma balança de precisão para pesar drogas e aproximadamente 100 gramas de cocaína. Foi providenciado auto de prisão em flagrante por tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo qualificada pela numeração suprimida e da prisão preventiva por roubo em Igrejinha.


esporte

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

13

Taquarense disputará mundial de Jiu Jitsu na Califórnia APF vence de virada TAQUARA - Maria Dulce a taquarense representará o Uruguaianense na Prata Von Rosenthal, taquarense, a IBJJF. Precisa embarcar 25 anos, técnica contábil e instrutora na Essence Jiu Jitsu no Instituto Vitória, faixa azul, representará Taquara em uma competição mundial, em Long Beach, 40km de Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos. Em 2017, a aluna dos professores Fábio Jr. Marcos, Alex Tchaka e Michel Maia conquistou bons resultados dos mais de sete anos de prática. Já disputou três primeiras etapas da Copa Prime (campeonato gaúcho), promovido pela Federação Gaúcha de Jiu Jitsu, FGJJ, conquistou três pesos e dois absolutos. Foi vice-campeã peso no campeonato europeu de jiujitsu, em 2016, organizado pela International Brazilian Jiu Jitsu Federation, IBJJF. Lutou no Floripa Open, em Florianópolis, destacando-se como campeã nas categorias peso e absoluto. No Campeonato Brasileiro

Dulce (ao centro) durante disputa em competição estadual

promovido pela CBJJ, em São Paulo, conquistou o terceiro lugar na categoria peso, em competição que teve mais de seis mil atletas inscritos. Depois de sete etapas do Campeonato Gaúcho, ficou no ranking geral feminino por todas as faixas. Foi preciso conquistar primeiro lugar no estado para fazer parte da seleção prime, equipe gaúcha que disputa os campeonatos mundiais. “Ganhei a

UTFF campeã em torneio amistoso TAQUARA - A União Taquarense de Futsal Feminino foi campeã do sexto Mini Torneio Entre Amigos, organizado pela GK Eventos Esportivos, em Novo Hamburgo, no último domingo. A competição intitulada Mini Torneio tem como foco a participação de equipes iniciantes, mas a cada edição o nível técnico das equipes vem aumentando. Neste ano, foram 12 equipes participantes. As vencedoras avançaram para a disputa da semifinal que ficou entre Universidade Católica X UTFF, e a equipe taquarense aproveitou oportunidade frente ao gol e venceu por 1x0. A final foi entre UTFF 2X0 Falsianes/Império, a partida foi bem disputada, mas com melhor toque de bola e aproveitando bem as chegadas à frente, a equipe da UTFF obteve melhor resultado.

passagem porque sou uma das TOP Ranking da FGJJ, agora estou na reta final. Ganhar o campeonato mundial significa fechar com chave de ouro a faixa, você é a melhor do mundo, é bem difícil, super concorrido.” No fim do mês, Dulce vai para a Califórnia. Ela disputará o maior campeonato do mundo no esporte: a World 2017. O evento acontecerá de 31 de maio até 4 de junho, e

dias antes, pois são feitas muitas conexões, horas de viagem e diferença no fuso horário. “Estou preocupada se vou conseguir arrecadar a grana para participar, precisarei de dinheiro para a alimentação e transporte lá dentro da cidade. O Adilson Rodrigues, diretor do instituto, está me ajudando muito a arrecadar recursos para conseguir ficar lá. Fico muito feliz por ser destaque no jiu jitsu feminino a nível nacional, demonstrando bons resultados a ponto de conseguir a vaga para a disputa deste importante confronto. Tudo isso seria pouco provável sem a ajuda do Instituto Vitória, da Shitaya Kimonos, Toko Tintas, Espaço Corpo e Mente, Nitro Suplementos, HIT, KNN idiomas e o fisioterapeuta Tiago Dienstmam.” Contato para apoio pelo telefone 99508.6832 ou pelo Face da Dulce.

Igrejinha garante vaga na próxima fase da Segundona IGREJINHA – O Esporte Clube Igrejinha venceu o PRS de Garibaldi, jogando no município do adversário, na noite de quarta-feira, pelo Campeonato Gaúcho Segunda Divisão. A quinta vitória do tricolor do Vale do Paranhana manteve o time na terceira posição do grupo B, com 15 pontos, garantindo vaga na próxima fase da competição. A equipe ainda tem mais três jogos até o final da primeira fase. A próxima partida será em casa, na segundafeira, às 19h, contra o Nova Prata, lanterna da chave, com apenas dois pontos em oito jogos. A disputa aconteceria no sábado, mas foi transferida em razão do deslocamento de policiais para o Três Coroas em Festa e operações do POE, culminando com a falta de agentes para o reforço no estádio.

PAROBÉ - Os protagonistas dos dois disputados jogos nas finais do Estadual Série Bronze de 2016, Associação Parobeense de Futsal (APF) e Uruguaianense voltaram a se enfrentar no último sábado, agora pela Série Prata. O time de Parobé teve que encarar 12 horas de viagem para o confronto, realizado em São Borja. A equipe de Uruguaiana cumpria suspensão e, por isso, não pôde mandar o seu jogo em casa, tendo que transferir para o ginásio do município vizinho. Apesar dos tumultos registrados na final do ano passado, desta vez, tudo correu tranquilamente. A partida também marcava a estreia do treinador Francisco, que assumiu o APF em substituição a Canca, na semana passada. O técnico teve pouco tempo para trabalhar durante a semana e, além disso, viroses e resfriados afetaram o elenco. Três atletas não conseguiram viajar para São Borja.

No jogo, a APF começou falhando e permitindo que o adversário abrisse 2 a 0 antes da metade do primeiro tempo. A reação parobeense começou antes do término da primeira etapa, com Maninho descontando no placar. No segundo tempo, a APF voltou dona da partida. Willian Cunha assinalou o empate da APF, que virou com Saraiva, autor do terceiro e quarto gols do time parobeense. Até a quarta-feira, a APF estava como líder da Série Prata, posição que foi perdida na quarta-feira para a ADCH, que venceu jogo atrasado contra o ASSAF da primeira rodada, por 10X3. O time da APF volta a campo neste sábado, às 20 horas, no Ginásio Décio Francico da Costa, em Parobé. Será o primeiro jogo em casa da equipe, uma vez que, na primeira rodada, a APF, embora tenha tido o mando de campo, teve que transferir o jogo para Rolante devido à realização do Festejando Parobé.

Taquara Interior tem jogo com WO TAQUARA - Seguem sendo realizadas as disputas da Copa Taquara Interior de Futebol Sete, com quatro equipes participantes na categoria livre. No último domingo, os resultados foram Padilhano 3 x 3 Flamengo e Santa Cruz 2 x 0 Black Tiger. O time do Santa Cruz bateu o adversário por WO, uma vez que o Black Tiger não compareceu. No próximo domingo, haverá a quarta rodada, com os seguintes confrontos, no campo do Flamengo: Black Tiger x Santa Cruz e Padilhano x Flamengo. Os jogos têm início às 14 horas.

PANORAMA

CLASSIFICADOS CAPÃO DA CANOA - Apto. 1 dorm. amplo, mobiliado e decorado, andar alto, living 2 ambientes, sacada c/ churrasqueira, cozinha, área de serviço, banho social.150 mil. Aceita carro e camionete. Cód. 2847. F: 984363594 (Whats) c/ Adriana. Cr.51620. CAPÃO DA CANOA – Apto. 2 dorm., 1 suíte, banho social, living 2 ambientes c/ amplo terraço c/ churrasqueira, cozinha e copa, área de serviço. 240 mil. 24 x e recebe carro de menor valor. Cód. 1639. F: 98436-3594 (Whats) c/ Adriana. Cr.51620.

CLARO TAQUARA SELECIONA VENDEDOR (A) Com experiência em vendas de planos de celulares e TV por assinatura. Enviar currículo para o e-mail: sportsat@netwizard.com.br Rua Guilherme Lahm, 1277 Sala 4 - Fone 99134.9090

COMUNICADO Extravio de bloco rural de Holdin Huff, de número P088 145741. Não se responsabiliza pelo uso indevido das mesmas. Taquara, 12/5/2017

ALICE

EDITAL DE CASAMENTOS ELIZABETH MARTINI, registradora do Registro Civil das Pessoas Naturais e Especial de Taquara-RS. Faz saber que pretendem se casar: 1) JOELCI PIRES DE OLIVEIRA e ROMILDA CORRÊA DA SILVA, 2) JEFERSON AYRES DA LUZ REBÉS e TATIANA SIQUEIRA, 3) JAIR HEINSOHN e MARLISE LORRUAMA MARTINS, 4) MAGNO PATRICIO ABREU DE OLIVEIRA e ANDREZA PEREIRA MONTTI e 5) DAVID WELLINGTON MACHADO DA SILVA e STHEFANI BOEIRA DA SILVA. Quem souber de algum impedimento, que oponha-o na forma da lei. DADO e PASSADO nesta cidade de Taquara-RS. Aos dez (10) dias do mês de maio (05) de dois mil e dezessete (2017). Rua Rio Branco, nº 1145 - Sala 104. Panorama, 12 de abril de 2017.

imóveis

CRECI 20.749-j

PAROBÉ: TAQUARA: J. de Castilhos, 2663 J. Mosmann, 265 Fone: 3541.0400 Fone: 3543.6588 E-mail: aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

LOCAÇÕES PRÉDIO COMERCIAL COM 600 M2 NA RUA CARLOS SANDER, BAIRRO RECREIO R$ 4.000,00 + ENC. CÓD. 4615 - Apto. amplo no bairro Centro c/ 2 dormitórios, sala c/sacada, cozinha, lavanderia, banheiro social, c/garagem R$ 700,00 + encargos. Cód 6326 - Sala Comercial na Rua Júlio de Castilhos, c/190 m2 e 1 banheiro R$ 6.500,00 + encargos. Cód. 4821

VENDAS CASA ALV. EM ÓTIMO PADRÃO, COM 2 DORM., SENDO 1 SUÍTE C/ CLOSET, COZ./SALA DE JANTAR INTEGRADAS, SALA DE ESTAR, BANHO AUX., EDÍCULA, GÁS CENTRAL, GRADES, MURADO, PISCINA, GAR. P/3 CARROS, E QUIOSQUE C/CHURR. R$ 470.000,00 (3899) - Casa Alvenaria, Centro, com 323,88m², 3 dormitórios, suíte, sala de estar, peças amplas, garagem. Terreno 12x51m² R$ 750.000,00 (2559) - Casa Alvenaria, Sta. Rosa. c/ 161m², 3 dormitórios, suíte, sala de estar, cozinha, garagem p/3 carros. R$ 250.000,00 (5003) - Apto. Duplex - J.do Prado c/ 3 dormitórios, suíte, peças amplas, garagem 2 carros, e pátio. R$ 240.000,00 (4977) - Apto. Petrópolis - c/ 2 dorm., sala de estar e jantar, coz., lav. R$ 120.000,00 Traga seu IMÓVEL para LOCAR e VENDER na Alice Imóveis!

AQUI

Imobiliária Conveniada


14

Diet

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

Divulgação

Festival Into The Wild será neste sábado A contagem regressiva já começou. A primeira edição do festival Into The Wild irá culminar em uma celebração musical, além de reunir arte e sustentabilidade. O evento acontece neste final de semana, a partir das 15 horas de sábado até as 5 horas do domingo, no sítio Eros Centro de Eventos, em Parobé. O festival terá mais de dez atrações diferentes, com um cardápio musical composto por diversos estilos, inclusive uma banda vinda diretamente da Colômbia. Um dos organizadores, Aduan Vieira, afirma que o objetivo da primeira edição é “apoio à difusão e à circulação de bandas independentes e autorais,

estimular a formação de plateias para diferentes estilos do gênero da música brasileira, regional e internacional, além de promover intercâmbio cultural entre os músicos, artistas, produtores e público geral do Rio Grande do Sul e Brasil.” Dependendo do sucesso da edição, os organizadores pretendem manter o evento acontecendo no primeiro sábado de cada mês. O requisito para tocar no festival exige que a banda tenha no mínimo 50% do repertório autoral. O edital publicado para a inscrição das bandas recebeu 110 pedidos de participação no Into The Wild, somente da região.

“A cena musical independente do Vale do Paranhana é diversificada, apresenta bandas de todos os estilos, do samba, MPB ao Trash Metal. Significa que temos diversas possibilidades para todos os gostos, o que é muito importante”, considera Aduan. Além da música, o festival reúne expressões culturais de arte, culinária e moda, com participação da tenda de comida vegana Quatro & Vinte e do Brechó 1900. Para transporte dos interessados, há ônibus saindo de Três Coroas, Igrejinha, Taquara e Parobé. Os ingressos podem ser comprados a R$ 10,00, no local, que fica na rua Arthur DJ Dienstmann, 2360.

18:00 - Black Sheep (Gravataí) 19:00 - Algicidas (Igrejinha) 20:00 - Sidartas (Rolante) 21:00 - Casaco Preto (Taquara) 22:00 - Vaphla (Taquara) 23:00 - Gosma Pink (Sapiranga)

Plínio Zíngano Do meu tuíter @Plinio_Zingano – Nunca houve uma “greve geral”. Se houvesse, não saberíamos os acontecimentos da “greve geral”. A imprensa também estaria parada. Sacou?

A vida vegetal Há alguns dias, olhei um programa na tevê, abordando a vida das árvores. Não sobre a existência em si desses vegetais, mas sobre sua vida, digamos, social. Admito, parece uma declaração chocante as árvores terem vida social. Com “vida social”, nossa imaginação poderia pensar em festas promovidas por elas; ou em reuniões para discutir alguma coisa. Fica bem claro ser uma coisa impossível, devido à sua aparente imobilidade tópica: árvores não saem de um lugar voluntariamente. Tal tipo de vida social, parece-me, é prerrogativa do reino animal, embora não consiga imaginar como isso se daria entre, por exemplo, os ornitorrincos. O que, absolutamente, não significa sua inexistência. Independente destas considerações, acredito na existência desse tipo de vida, não só no referente às árvores como, de maneira geral, a todos as outras formas do reino vegetal. Para não passar por um daqueles sonhadores crentes em supravidas, o que de fato, definitivamente, não sou, pergunto a cada leitor: você tem ou conhece alguém que tenha “mão para plantar”? Você tem ou conhece alguém com o dom de falar com as plantas e ser ouvido por elas? Pois é, estamos cheios de histórias comoventes focadas neste assunto. Há plantinhas, até, tratadas com música da melhor qualidade já produzida pelo espírito humano, ouvindo

Bach, Mozart, Vivaldi e quantos mais! Eu próprio, das poucas habilidades das quais possa me gabar, ter mão para plantar é uma. As plantas sentem o meu – modéstia à parte – bom coração e nascem viçosas para alegrar meus parcos jardins, às vezes reduzidos a uma simples floreira, como é, hoje, o “jardim da vovó Caime”, adorado pela Betina, minha neta. Sim, existe muita vida além dessa que, automaticamente, vem à nossa lembrança quando mencionamos a palavra. Os vegetais fazem parte do conceito geral. Isso significa: quando nos colocamos em defesa de uma espécie, estamos preterindo outras. O mesmo vale para os reinos. Ao defendermos um, estaremos, em última análise, agredindo outro (inclusive, o mineral). Lamentavelmente, não existe a sonhada grande harmonia entre os seres do planeta. Para a sobrevivência de uma unidade, outra será sacrificada. Se alguém pensar em não comer carne para proteger a vida de um animal, não há problema, ninguém tem nada a ver com isso. Porém, algo deverá ser ingerido para a manutenção de sua vida. Provavelmente, um vegetal que, como vimos, também é um ser vivo. Voltando aos ornitorrincos, não esqueçam: é um mamífero cujos machos produzem um veneno de efeitos dolorosíssimos, permanecendo ativo por meses!

Banda parobeense Puta Madre se apresentará em festival

Roseli Santos

00:00 - Puta Madre (Parobé) 01:00 - 69 Enfermos (Colômbia) 02:00 - Akage (Sapiranga) 03:00 - El Justiciero (Campo Bom)

Divulgação

Para as não mães O Dia das Mães é, comprovadamente, o evento de maior movimento e consumo no comércio, depois do Natal. Sinto um certo desconforto nessas datas, seja pelo bombardeamento massivo da mídia ou pela imposição do que quer que seja, em nome do “politicamente correto”, que causa constrangimento maior ainda aos que não se ajustam a essas demandas. Especialmente no Dia das Mães, paira no ar e subliminarmente sempre aquela certa “obrigação” de dar presente e de “reconhecer” o que elas fizeram e fazem por nós, o que é “politicamente correto”, mas nem sempre recíproco ou verdadeiro, e muito menos necessário. Há quem valorize mãe e pai e avós e tios e filhos e sobrinhos todos os dias e, nem por isso, se sente nessa condição de ter que dar provas materiais e concretas disso, nessa ou em outras datas comemorativas. Mas hoje eu também gostaria de lembrar daquelas mulheres que abdicaram da maternidade por opção. Simplesmente não querem filhos e, nem por isso, deixam de gostar de crianças e de amar suas próprias mães. Gente estranha, para alguns, sensata para outros, mas sempre vistas com uma certa desconfiança por quem fica matutando e tentando achar uma explicação para tal disparate, como se alguma coisa tivesse saído errado com essas criaturas. Me incluo na tribo das estranhas ou sensatas ou esquisitas. Nunca quis ter filhos e, por isso mesmo, morrerei na condição de esposa, irmã, tia e filha, sem nunca ter sentido falta da maternidade. Isso faz uma diferença, especialmente quando o bate -papo das amigas, algumas já avós, gira em torno da prole ou quando alguém te questiona o porquê de tal decisão ou quando ainda pensam que há tempo para “corrigir” essa trajetória, quem sabe adotando ou utilizando os modernos recursos da medicina. E haja argumentos para justificar o injustificável a quem sonha ou já sabe a dor e a delícia de ser mãe, mas que considera “incompleta” uma mulher que abdica dessa condição. Plenamente realizada na minha “não maternidade”, de comum acordo com meu marido, que também pensa da mesma maneira, tenho pelas crianças, pelos animais e pelos demais seres humanos (com exceção de alguns raros exemplares da espécie que é melhor nem citar) grande amor e carinho, reconhecido e dedicado, também, a essas abnegadas mães que fazem das tripas coração para ver seus filhos felizes e realizados. E é para as mães, as não mães e para as que pensam em um dia ser mães que eu dedico a crônica de hoje, em homenagem ao dia delas, enfim, que transcorre no domingo, mas que pode ser comemorado a qualquer hora, simplesmente porque somos mulheres e carregamos na alma a essência do amor universal gerado pela mãe natureza.

Irmãos Rômulo e Gabriel Vettorazzi, com Gabriel Schneider, estão iniciando as gravações do novo trabalho

Naye retorna aos estúdios para gravação de novo EP TRÊS COROAS - A banda de reggae três-coroense Naye está retornando aos estúdios depois de um hiato de dois anos. Sem nome definido, as gravações do novo trabalho estão acontecendo no home estúdio de Gabriel Santos, que assinará a produção da banda de pop reggae. Serão seis músicas, algumas guardadas para a surpresa de seus fãs, porém outras delas o músico Gabriel Vettorazzi deixou escapar: Vem, Pra ficar bem, Pra te ter e Bote fé. "Em 2015, lançamos um single cha-

mado Vem, que irá fazer parte do novo EP", contou. O power trio formado pelos músicos Gabriel (voz e violão) com o seu irmão Rômulo Vettorazzi (contrabaixo) e Gabriel Schneider (bateria e voz) é a formação atual da Naye. Para Gabriel, “estamos muitos felizes com o resultado, e acreditamos que nossos fãs, amigos e o público em geral terão mais uma banda com composições autorais para curtir.” Para quem quiser ouvir o som de lançamento, pode acessar http://vai.la/sjtX.


SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017

Por Vanessa Wagner

Perfil

15

Orlando

FERNANDA ASSUNÇÃO MARTINS

Lazer e Compras Saída 12/09 8 noites

É dona de casa, tem 40 anos, filha de Joselino de Assunção e Edith Assunção. Mãe de Bernardo, Maria Eduarda e Manuela, casada há 20 anos com Luis Rodrigo Reis Martins. Voluntária em atividades beneficentes destinadas ao Lar Padilha.

3542.1307 3541.3127

DIA DAS MÃES Homenageando minha mãe, desejo aos leitores da coluna um domingo especial na companhia daqueles que amamos.

Quais são as lembranças marcantes sobre sua história? Lembro da minha infância no Paraguai, em Assunção. Minha família é do Sul, mas vivíamos nos mudando, houve época em que senti vontade de morar perto da família inteira, sempre vínhamos passar os natais aqui com meus avós, tios e primos em São Francisco de Paula.

Vanessa Wagner e Inge Dienstmann MODA FESTA Nova campanha do Lulus Atelier mostra que elegância está ao alcance de todos os manequins. A marca conta agora com um maior acervo de modelos e busca atender todos os tamanhos, valorizando cada corpo com uma peça especial. O atelier atende suas clientes apenas com horário previamente agendado pelo telefone 51 99290.7512 com João, na rua Carlos Kroeff, nº 2216, em Taquara.

Informe publicitário

Conte-nos de sua relação com Taquara: Sempre sonhava que quando minhas crianças fossem grandes, queria morar no mesmo lugar. Compramos apartamento no Edifício Prátika em 2001, moro até hoje ali. Meu sonho era criar vínculo, conhecer os pais dos amigos dos meus filhos. Queria que eles tivessem a estabilidade que não tive na infância, Taquara é minha cidade amo esse lugar, gosto da localização, gostamos muito daqui. Minha filha foi embora para Passo Fundo no início do ano, mas ela sente falta, vem todo final de semana. Meu filho adora ir passar os finais de semana em nosso sítio no Rio da Ilha. O que você gosta na sua personalidade? Que sou curiosa, gosto de desafios, como por exemplo, depois de anos voltei a estudar inglês. Às vezes é complicado, mas precisamos nos permitir.

Fabiana Soares, Luciana Soares, Malú Rosa, Manuela Rosa, Juciane Andrade, Amanda Pretto, Raquel Rosa, Sibila Liskoski e Maria Teresa Farias vestem Lulus Atelier

Como você se define enquanto mãe? Casamos em 96, não tivemos lua de mel, fomos viajar sozinho a primeira vez em 2006, fomos para Santa Catarina. Sempre ficou bem claro que precisaria ser muito dedicada pelo bem dos meus filhos. Muitas vezes, nos grupos femininos que participo, as mulheres falam suas profissões, psicóloga, advogada, médica, tenho orgulho de dizer que sou: mãe. Cada um dos meus filhos tem uma personalidade diferente, sou encantada por eles, o Bernardo é mais tranquilo, a Duda é super decidida e a Manu é minha pequena, muito atenciosa. Priorizo pelo bem estar deles e procuro conversar, entender e explicar os pontos de vista, de maneira tranquila, numa roda de chimarrão falamos muita coisa construtiva.

DIA DAS MÃES

O que gosta de fazer no tempo livre? Passear com a família, passar os domingos no sítio em Rio da Ilha. Você pratica algum exercício físico, faz terapia, cuida da alimentação para ter mais sucesso profissional e pessoal? Fazia corrida há uns anos, mas parei. Fazia muito bem para minha cabeça e corpo, acredito que a atividade física não é apenas questão de estética, porém, sou um pouco resistente na prática. Mas gosto de ir à academia, das aulas de inglês, dos passeios e viagens que faço com a família e amigos. Um temor: que aconteça algo a meus filhos. Um filme: Porto Seguro. Um prato: lasanha. Uma personalidade: Madre Teresa de Calcutá. O que você gosta de ouvir: sou eclética, ouço MPB, Legião Urbana, Paralamas do Sucesso.

FAMÍLIA Therezinha Neves com as netas Luciana Muller Ody e Trícia Neves Levy e as bisnetas Malu Kohlrausch Coelho, Isabela Muller Ody, Lia Neves Levy e Helena Azeredo Atti

Churrascaria

VITÓRIA II desde 1990 3523.4357 | Parobé

Nas compras de qualquer valor, você receberá um cupom para responder uma pergunta. “O QUE LÚCIA MODAS SIGNIFICA PARA VOCÊ?” A melhor resposta ganhará um vale-compras no valor de R$ 300,00. Rua Marechal Floriano, 1396 Taquara Fone 3542.3776 f Lucia Modas Boutique

Deixe uma mensagem aos leitores do Panorama: Uma oração: “Senhor tu podes todas as coisas, tu podes conceder-me a graça que tanto almejo! Cria senhor as possibilidades para a realização do meu desejo...”

O melhor do flash back! Na Era do Vinil de segunda a sábado a partir das 13hs.

Prazer de ouvir

www.fm91.com.br


PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2017 | WWW.JORNALPANORAMA.COM.BR

TAQUARA – A caixa misteriosa desta semana mexeu com o imaginário dos cozinheiros amadores do MasterChef Brasil, da TV Bandeirantes. Os participantes tiveram que preparar pratos usando como ingrediente principal miúdos de boi, entre cérebro, coração, fígado, pênis, rim, testículos ou tripa. Mas a prova seguinte, a da eliminação, foi a melhor para a personal trainer de Taquara Taíse Spolti, 27 anos, que encantou aos jurados na sobremesa com especiarias típicas da culinária da região Norte. A primeira prova da noite ganhou a companhia da chefe Paola Carosella, que preparou um miolo à milanesa e purê de couve-flor. Os participantes se desdobraram para agradar ao paladar dos jurados, mas a maioria acabou no teste de eliminação, orientado pelo renomado cozinheiro Thiago Castanho, considerado um dos mais inovadores chefes brasileiros pelo The

Carlos Reinis/Band

Sobremesa de Taíse conquista paladar de jurados do MasterChef

Personal sendo avaliada por Paola Carosella

New York Times. No meio desta prova, um acidente com Vitor Bourguignon, 26 anos, desestabilizou os participantes. Mas o candidato recebeu a oportunidade de retornar ao combate e concluir o prato, elogiado pelos jurados. Taíse preparou um bolo de chocolate e cumaru embebido na cachaça de jambu. “Está gostoso seu bolo, macio, temperado, bem feito. Você saiu do óbvio” avaliou Henrique Fogaça, que criticou o fato de fugir da temática Norte. Erick Jacquin rebateu, e dis-

se que “a cozinha do Norte não é tão conhecida pela sobremesa, já que é bem limitada. Então, para mim, é o bolo do buffet infantil de Belém do Pará. Eu adorei esse bolo. Poderia comer até o final”, destacou o chefe francês, que recebeu um “eu te amo” da Taíse. O gaúcho Douglas Holler, de Ivoti, deixou o programa, após receber críticas pelos pratos apresentados. Agora, 14 competidores seguem na disputa pelos R$ 200 mil do prêmio, além de curso na escola francesa Le Cordon Bleu.

2327  
2327  
Advertisement