Page 1

7º Feirão de Imóveis da Zona Norte acontece em Março e é oportunidade para concretizar o sonho da casa própria

alzoeste.com.br

3 de Janeiro de 2017

Pág. 11

OESTE

Prometeu... 04

Sorocaba | 13 de Janeiro de 2017 | Nº - Ano 1 www.jornalzoeste.com.br - Distribuição GRATUITA

Carro da Urbes é fotografado em fast-food Pág. 03

Novo governo descumpre promessa de campanha e UPHs continuam com atendimento por faixa de idade

Pág. 08

Vereadores preveem mais pressão popular na Câmara Pág. 08


POLÍTICA

www.jornalzoeste.com.br

2

Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

Medida que “travou” reforma de Crespo “nasceu” A reforma com intuito de obstruir iniciativas de Pannunzio

Editorial

G

overnabilidade é importante e ninguém pode negar. A presença de cargos comissionados também é relevante para a administração publica, evidentemente, dependendo da circunstância. Com relação a reforma administrativa proposto pelo prefeito José Crespo, o contexto ainda carece de esclarecimento. A fala de que a criação de mais de cem cargos não gerará custos adicionais aos cofres públicos tem explicações aquém do que a população merece. É uma matemática que não bate, conforme o posicionamento de várias pessoas ligadas ao setor público, incluindo integrantes do antigo governo. Ao que tudo indica, diversos vereadores aparentaram estar com dúvidas sobre o tema, incluindo quem votaria a favor. Caso o projeto seja aprovado, o que pode acontecer ainda esse mês, em breve saberemos se houve, de fato, economia. Afinal, o momento de crise financeira e de recessão ainda não passou e mesmo que tivesse passado, o zelo com dinheiro deve prevalecer a qualquer tempo. Jornal Z Oeste

EXPEDIENTE www.jornalzoeste.com.br

A Voz da Zona Oeste!

EDIÇÃO QUINZENAL Iperó Comunicação - CNPJ: 22.989.691/0001-30 Av. Itavuvu, 3373 - Piso L2 - Lj 2067 (Shop. Cidade) - Jd. Santa Cecília - Cep: 18078-005 Sorocaba/SP

Jornalista Responsável Marcel Scinocca - MTB 62046SP

Diretoria Fernando de Araujo Silva redacao@jornalzoeste.com.br cel (15) 98128.7921 Angela Aparecida Alves comercial@jornalzoeste.com.br cel (15) 98144.9091 As matérias e artigos assinados não representam necessariamente a opinião desse jornal, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores

(15) 3418.5285

comercial@jornalzoeste.com.br redacao@jornalzoeste.com.br Tiragem: 20 mil exemplares

redacao@jornalzoeste.com.br

A

reforma administrativa do prefeito José Crespo (DEM) foi retirada de pauta na quinta-feira (12) por falta da elaboração de parecer da Comissão de Obras. Francisco França (PT) e Fausto Peres (Podemos) não deram o parecer e, regimentalmente o projeto não pode seguir. O fato é que até 2014, não havia a necessidade de parecer de todos os membros da Comissão, como é atualmente. A mudança teria ocorrido para obstruir iniciativas do ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio. A declaração foi dada pelo vereador Irineu de Toledo (PRB). A iniciativa de mudança no regimento interno foi do vereador Marinho Marte (PPS), atual secretário de Crespo. O então vereador Crespo assinou favoravelmente a mudança no regimento. “Mudou para que? Mudou para obstruir algumas pautas aqui, na época do Pannunzio. “É o efeito bumerangue”, afirma Irineu. Após a votação, Irineu afirmou que espera que ocorra mudanças no Regimento Interno da Casa. Caso não haja por parte de outro vereador e da Mesa Diretora, Irineu afirmou que ele mesmo protocolará a iniciativa de mudança. Para ele, foi obstrução de pauta. “Estamos em recesso e a população veio aqui para entender o projeto e, no entanto, foi retirado de pauta. Não era assim”, insiste. “É preciso alterar o regimento, voltar como era antes”, afirma.“Se o Rodrigo Manga não pedir essa alteração, eu vou pedir”, declara. França, porém, defendeu a medida e justificou. “Na verdade é uma prerrogativa nossa, das comissões, e eu faço parte da Comissão de Obras e esse projeto tem que passar por essa comissão obrigatoriamente. Tanto eu como o vereador Fausto entendemos que esse projeto chegou na Casa há 48 horas. É impossível que um projeto dessa envergadura ser discutido, debatido e analisado em 48 horas. Nós queremos entender como se cria mais de 150 cargos e faz redução de custo”, explica. Fausto Peres também comentou a retirada. “Não foi prejudicado e não dava para votar o projeto. Iria ser enquadrado da mesma forma que foi o anterior e iria prejudicar todos os vereadores que votassem a favor. Não demos um parecer porque não tivemos tempo para

Foto: Fernando Araujo / Jornal Z Oeste

de Crespo

Marcel Scinocca

discutir o projeto”, destaca. Após a retirada A vereadora Iara Bernardi (PT), que votaria contra a iniciativa e propôs audiência pública para discutir mais o projeto, comentou a situação. “Gostaria que o prefeito tivesse pauta positiva pra cidade, e não pauta negativa como essa. Isso é o que a população espera”, relata. Já o vereador J.P. Miranda (PSDB) diz que o projeto é necessário para garantir a governabilidade do prefeito e conta que o Crespo convidou os vereadores para uma reunião quando explicou o plano detalhadamente, por conta disso, ele explica que não vê necessidade de uma audiência. “Mas respeito o posicionamento da Iara”, completa. Hudson Pessini (PMDB) também comentou a retirada. “Achei sensacional. Para entender o projeto precisa de tempo e o projeto precisa de alguns ajustes”, diz. “Uma pessoa com ensino fundamental no mercado de trabalho não conseguiria um salário de R$ 4 mil”, ressalta. “Precisávamos ter votado esse projeto hoje. Não poderíamos deixar de debater a importância desse projeto, não só pela economia direta que ele vai dar de mais de R$ 5 milhões é mais do que isso. É um novo modelo de gestão”, avalia Fernando Dini (PMDB), líder do governo na Câmara. “Continuamos engessados. É um prejuízo para todos”, diz. “Faz parte de um movimento democrático. Não posso dizer que o partido está rachado”, conclui ao ser questionado sobre vereadores que votariam

contra o projeto. “A cidade tem que andar e ela não funciona sem o cargo comissionado”, defendeu o vereador Vanderlei Diogo (PRP). A plateia do plenário ficou lotada para a votação e houve a participação de vários movimentos. “Somos totalmente contra esses cargos. A cidade tem hoje muitos problemas para se resolver e vemos isso com muita indignação. É um custo de R$ 75 milhões que poderiam ser usados em outras áreas”, destaca Silvio José, do Fórum Popular de Saúde. Presidente Rodrigo Manga (DEM) avaliou a sessão. “Foi importante essa extraordinária, porque aprovamos projetos de interesse da população. Quanto ao projeto do prefeito, ele pode, no recesso, convocar outra extraordinária. Com relação as audiências públicas propostas eu considero que é muito positivo. Foi, apesar de tudo, uma sessão tranquila”, exalta.


RÁPIDAS

www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

Carro da Urbes é fotografado em fast-food Marcel Scinocca redacao@jornalzoeste.com.br

U

ma das viaturas que pertence a Urbes, autarquia que gerencia o trânsito e o transporte na cidade, foi fotografada em um fast-food na região da Avenida Afonso Vergueiro. A situação foi registrada na segunda-feira (9) por volta das 19h.

Fiscalizar pode Vereadores da Comissão de Saúde da Câmara de Sorocaba e a Mesa Diretora da Casa fizeram um arrastão nas UPHs da cidade. A visita surpresa registrou uma série de irregularidades nas unidades de saúde e o caso será levado ao Executivo

Lanchinho A autarquia confirmou que o veículo fotografado faz parte de sua frota e “na ocasião era conduzido por um agente de trânsito. O profissional, durante seu turno, tem direito a 15 minutos de intervalo, contudo, não deve utilizar veículos oficiais para fins particulares”, destaca a autarquia. Ainda segundo a ‘empresa municipal’, o caso está sendo apurado e serão aplicadas as medidas disciplinares cabíveis. “Tal procedimento é absolutamente incompatível com a função desempenhada”, acrescenta.

Foto: Fernando Araujo / Jornal Z Oeste

Mas... No entanto, durante a fiscalização três carros da Câmara foram flagrados em local de vaga rápida e em desconforme com a legislação. Os veículos ficaram mais de quinze minutos e não estavam com ‘pisca’ ligado, mesmo com indicação de placas que regulamentam o estacionamento. O Legislativo, através da Assessoria de Imprensa, afirmou que comentaria o caso somente nesta sexta-feira.

Multa De acordo com a urbes, trata-se de uma

infração de trânsito grave, com acréscimo de 5 pontos na carteira e multa de R$ 195,23. “A Urbes, além da Guarda Civil e da Policia Militar, realiza rotineiramente fiscalização em toda a cidade, com o objetivo de inibir o cometimento de infrações dessa natureza”, diz a autarquia. Os munícipes também podem solicitar a presença de agentes de trânsito através do telefone 118, com atendimento 24 horas por dia. Almoço no paço A campanha eleitoral passou e a eleição também. Já a amizade de José Crespo e Renato Amary, não. Recentemente, o atual do chefe do Executivo e o ex-prefeito foram fotografados almoçando no gabinete do prefeito.

3

Fiscal sumiu! O Facebook tinha até tempos atrás, digase até o fim da gestão do ex-prefeito tucano Antonio Carlos Pannunzio, uma página cujo nome era “Fiscal Sorocabano”. Passado o período eleitoral e iniciada a nova gestão, pesquisas na mesma rede social indicam que o fiscal sumiu. Aparentemente, o fiscal não era de outro ninho.

Fim da parceria? Um dos últimos decretos assinados pelo exsecretário de administração Roberto Juliano diz respeito a revogação de decretos de 2008 e 2014. O decreto cessava uma portaria que colocou a disposição da Câmara Municipal de Sorocaba uma funcionária do Executivo. Continuo na base Após a sessão extraordinária aonde foi retirado de pauta o projeto de reforma administrativa do prefeito José Crespo (DEM), Péricles gravou um vídeo no qual afirma que votaria contrário ao projeto naquele momento, mas que continua na base aliada e que a atitude não era uma afronta ao partido.


4

www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

Novo governo descumpre promessa de campanha e UPHs continuam com atendimento por faixa de idade Marcel Scinocca redacao@jornalzoeste.com.br

Crespo durante entrevista aonde prometeu fim do atendimento seletivo nas UPHs

ver. Se o problema é falta de médico, vamos contratar mais médico”, garantiu novamente. Crespo discorreu mais sobre a situação. “Por que o atual prefeito não fez? Não sei explicar isso. Mas veja: as cidades da região contratam médicos entre si. Em Salto, pertinho de Itu, tem médicos de Sorocaba atuando lá. Por que nós podemos chamar se nós não tivermos médicos suficientes. Vamos chamar pagando bons salários. Quero que os médicos da região venham para Sorocaba”, conclui. Toda a fala do prefeito está registrada em vídeo. Nada mudou A reportagem do Z Oeste esteve na Unidade Pré-Hospitalar da Zona Norte nesta quinta-feira (12). Funcionários do local informaram que o atedimento continuava sendo apenas para adultos e que não havia qualquer conversa no sentido de mudanças para que no local também ocorra atendimento pediátrico. Ainda na quinta-feira, a reportagem do Z Oeste questionou o Executivo sobre o porquê não houve a mudança conforme a promessa. Outro questionamento enviado diz respeito sobre como está o processo para que o atendimento nessas unidades de saúde deixe de ser por faixa de idade. A reportagem também quis saber qual a nova previsão para que ocorra atendimento adulto na UPH da Zona Oeste e de

Foto: Fernando Araujo / Jornal Z Oeste

O

governo de José Crespo (DEM) completa treze dias nesta sextafeira (13) com dez dias úteis de atividades. Nesse período venceu o prazo para que as unidades pré-hospitalares da cidade, nas regiões oeste e norte, deixassem de atender por idade ou faixa etária. Essa mudança foi promessa de campanha do chefe do Executivo, que deu prazo de uma semana, após assumir a prefeitura de Sorocaba, caso eleito. As declarações foram dadas por Crespo em 17 de outubro quando deu entrevista ao Jornal Z Norte, que pertence ao mesmo grupo que edita o Jornal Z Oeste, durante campanha do segundo turno. Quando pedido prazo para que a mudança ocorresse, Crespo não titubeou. “Vou definir agora esse caso. Não havia pensado. Uma semana está bom para você?”, questionou o então candidato Crespo ao responder. “E dá para fazer. Eu tenho acompanhado isso, lamento a decisão disparatada que o atual governo tomou. Em uma semana, todos vão voltar como era antes”, enfatizou. “Não é nenhuma novidade esse aspecto, não. Vão voltar a atender adultos, crianças e idosos. Isso pode acontecer em uma semana. Ai você me pergunta: e os médicos? Vamos correr atrás remanejando todos os médicos”, garantiu. “Eles (médicos) também estão desmotivados. Essa situação de só atender crianças na Zona Oeste e adulto na Zona Norte, isso gerou desacato e, infelizmente, a classe médica que esteve na vanguarda desse atendimento também sofreu com isso”, lembrou durante a entrevista. Crespo ainda continuou quando dito pelo interlocutor que houve até morte, possivelmente, pela situação de seleção de pacientes por faixa de idade. “Pois é. Em uma semana as UPHs vão atender todas as pessoas. Claro que os problemas decorrentes disso nós vamos correr atrás e vamos resol-

criança na UPH da Zona Norte. Mesmo com a promessa de uma semana, em resposta, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Sorocaba divulgou nota onde afirma que “o prefeito assumiu o compromisso de retomar o atendimento tanto de adultos quanto de crianças nas UPHs e vai realizá-lo. É

importante lembrar que o governo começou há apenas 12 dias. Portanto, é demasiado excessivo dizer que o compromisso não foi cumprido. Sobretudo porque todos os esforços estão sendo feitos para que o atendimento em questão seja realizado.”


www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

5


6

www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

Nomeação de Marinho Marte como Vitor Lippi destina verba para secretário viola lei federal, diz OAB Hospital Infantil de Sorocaba

A

nomeação de Marinho (PPS) como secretário de negócios jurídicos da Prefeitura de Sorocaba viola lei federal e que os atos assinados por ele deverão ser anulados. A informação é da própria entidade, cujo presidente, Marcio Rogério Dias, protocolou nesta terça-feira (10) pedido para que o vereador deixe de exercer o cargo em 48 horas. O oficio protocolado nesta terça-feira é direcionado ao prefeito José Crespo (DEM) e noticia que a nomeação de Marinho Marte como secretário de Negócios Jurídicos violou o artigo 1º, inciso II e art. 29, da Lei Federal nº 8.906/94 (Estatuto da Advocacia e da OAB – EAOAB), vez que o secretário exerce cargo de direção jurídica, atividade privativa de advocacia e, portanto, só poderia ser exercida por advogado regularmente inscrito na OAB. Segundo informou o presidente da OAB/ Sorocaba, Marinho Marte foi inscrito na Ordem, mas teve sua inscrição cancelada porque passou a exercer atividade incompatível com a advocacia e até a presente data não requereu o restabelecimento da inscrição e, por isso, não pode exercer qualquer função que seja típica de advocacia, tal como a de secretário de negócios jurídicos. O ofício ressalva que a OAB/Sorocaba tem o dever institucional, nos termos do Estatuto da Advocacia, de adotar providências, destacando, ainda, que não se trata de qualquer

GPACI atende crianças de Sorocaba e região e receberá verba para compra de um tomógrafo

O

ressalva quanto a capacidade, competência e probidade do secretário Marinho Marte, reconhecendo os relevantes serviços por ele prestados à sociedade sorocabana no exercício da atividade parlamentar por diversos mandatos seguidos, o que denota sua aprovação popular. Em nota, a entidade “adverte que os atos praticados pelo Secretário deverão ser tidos por nulos e sua manutenção no exercício de atividade, reservada à advocacia, poderá ensejar medidas judiciais por parte da Ministério Público e até mesmo do Conselho Seccional da OAB/SP.” A Prefeitura de Sorocaba comentou através de uma nota. “Em relação à nota divulgada pela OAB, regional de Sorocaba, a Secretaria de Negócios Jurídicos desta Prefeitura informa que tomou conhecimento, mas que ainda não houve tempo hábil para que o assunto fosse analisado tecnicamente em seu teor e que, só após essa avaliação, é que poderá ser emitida uma posição oficial.”

deputado federal Vitor Lippi conseguiu indicar para o orçamento deste ano do Ministério da Saúde, o valor de R$ 1.2 milhão para a compra de um novo tomógrafo para o GPACI – Hospital de Referência Infantil na cidade de Sorocaba. “Junto com o deputado Jefferson Campos nós conseguimos indicar essa emenda, e o hospital já reformou uma área para receber este importante equipamento”, afirmou Lippi. A expectativa é de que a emenda parlamentar seja disponibilizada ainda este ano. Mais Saúde – Vitor Lippi encerrou o segundo ano de mandato com R$ 16 milhões indicados para a área da saúde de Sorocaba e região. A verba será utilizada para a construção de uma nova policlínica na Zona Norte da cidade, uma nova unidade do Corpo de Bombeiros com atendimento do SAMU de urgência e emergência, e ainda: realização de cinco mil cirurgias de cataratas em pacientes do Banco de Olhos de Sorocaba, além da construção de sete novas unidades de saúde em cidades vizinhas.


www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

7

Eletrosol comemora 26 anos de comprometimento com o consumidor e com o Meio Ambiente A

empresa Eletrosol, já conhecida por prezar o bom atendimento e ter a preocupação com o meio ambiente, comemora em janeiro os 26 anos de atividades em Sorocaba. A comemoração se deve pelo sucesso da empresa mesmo em tempos de crise. O empresário Sérgio Marcondes conta que um dos motivos desse sucesso é o comprometimento da equipe, especialmente quando o assunto é o consumidor. “Não adianta estar no mercado. Precisa ter um bom atendimento”, relata. E no mês de aniversário, a Eletrosol convida os clientes a aproveitarem diversas ofertas. Todos os dias terão produtos com superdescontos e alguns deles terão um preço especial durante todo o mês. O cliente pode ter a garantia de bom preço, facilidade de pagamento, bom atendimento e amplo estacionamento de cortesia. A loja possui o diferencial de um grande estoque de produtos à pronta entrega que é gratuita para Sorocaba e região, além de contar com profissionais altamente capacitados para oferecer o melhor atendimento. Meio Ambiente O empresário aproveitou o aniversário da Eletrosol para enfatizar os compromissos com o meio ambiente. Sergio citou o descarte correto das lâmpadas para evitar a contaminação destacando a forma correta que os materiais

devem ser descartados, enfatizando que o local é um desses locais. “Quem não tem condição de fazer esse descarte, pode vir até a Eletrosol, comprar suas novas lâmpadas e deixar as velhas que a Eletrosol se encarrega do descarte correto”, lembra. Crise Sérgio também falou sobre a crise financeira que ainda atinge o país. De acordo com Sérgio, o momento é crítico e acredita que ainda este ano haverá reflexo de 2016. Ele também afirma que a gestão da empresa foi eficiente, o que demandou de poucas mudanças, especialmente no quadro de funcionários. Homenagem póstuma O proprietário Sérgio Marcondes aproveitou para prestar uma homenagem em nome de todos da equipe à Carlos Alberto Ribeiro, um dos idealizadores da Eletrosol. Carlos faleceu recentemente. Ele tinha 69 anos e foi quem deu a ideia do ramo de atividade da empresa. Carlos trabalhou por sete anos na Eletrosol e, inclusive, se aposentou quando atuava na empresa. “Ele foi de imensa importância para a concretização da empresa. Devemos muito a ele”, diz Sérgio. Sobre a Eletrosol Especializada em materiais elétricos de bai-

Empresário Sérgio Marcondes xa e média tensão, a Eletrosol foi fundada em Janeiro de 1991, sendo a maior da cidade e uma das maiores do interior de São Paulo. Atualmente, são mais de 6.000 m² que inclui todos os produtos do setor, entre eles abraçadeiras, cabos, chuveiros, eletrodutos, ferramentas, fitas, fusíveis, luminárias, reatores, sensores, terminais, lâmpadas e interruptores. Os colaboradores da empresa passam por treinamentos constantes. Esses treinamentos podem ser externos, com fornecedores, por exemplo, e interno, que trata de segurança e das visões da Eletrosol. A Eletrosol, que aceita todos os cartões de

crédito e débito, fica na Rua Santa Rosália, nº 228, no Alem Linha. O telefone para contato é o 15 3219-5555.


8

www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

Guilherme Maganhato redacao@jornalznorte.com.br

D

epois de seus primeiros dias de mandato, os novos vereadores da Câmara de Sorocaba preveem um clima amistoso no plenário - mas também de muito trabalho. Mesmo com o início conturbado, graças à sessão extraordinária que votaria o projeto de lei de reforma administrativa, enviada pelo prefeito José Crespo (DEM) e retirado de pauta, a maioria dos parlamentares expressaram um clima tranquilo, mas preveem pressão popular, já que, de acordo com eles, muitas reivindicações já foram feitas, principalmente sobre recapeamento de ruas, remédios e mais médicos. Além disso, todos os vereadores ouvidos pela reportagem - apenas o Dr. Helio Brasileiro (PMDB) e Antonio Silvano Jr (PV) não foram encontrados, além de JP Miranda (PSDB), que ainda não havia sido empossado - ressaltaram que farão fiscalização assídua ao Executivo, mesmo os que compõem a base do prefeito. Vitão do Cachorrão (PMDB) ressaltou que as demandas populares aumentaram muito, já que ele atuava como líder comunitário há 12 anos, e que pretende realizar visitas externas toda semana. Fernanda Garcia (Psol) considera sua adaptação positiva e pretende trabalhar os cinco eixos propostos pelo candidato

Raul Marcelo, do seu partido. Já Renan Santos (PCdoB), disse que fará uma oposição sensata ao executivo, analisando projetos, e que votará a favor de iniciativas que, em sua análise, serão de benefício à população. No entanto, o parlamentar definiu seus primeiros dias na Câmara como frenético, mas que está se habituando aos ritos e trâmites da Casa. O novato mais votado para o mandato 2017-202, Péricles Régis (PMDB) disse que as responsabilidades aumentaram desde que assumiu. O ex-policial militar disse que tinha conhecimento sobre o desemprego, mas que se surpreende ao receber tantas demandas. Suas prioridades enquanto vereador, segundo ele, será de não deixar ninguém que procure seu gabinete sem resposta, mesmo que seja um não. Para Hudson Pessini (PMDB), ser empossado foi a cereja do bolo, em que entre os ingredientes são os anos de vida pública que exercia antes do mandato. Enquanto vereador, ele garantiu que irá fiscalizar tanto o Executivo como os próprios companheiros, já que é o diretor da Comissão de Economia da Câmara. Uma de suas primeiras ações foi promover o corte de TV a cabo em todos os gabinetes. Fausto Peres (PTN) também destacou o aumento nas demandas, e disse que vai priorizar as áreas de esporte e cultura.

Foto: Marcel Scinocca / Jornal Z Oeste

Vereadores preveem mais pressão popular na Câmara

Rafael Militão (PMDB) era educador físico antes de assumir como suplente de Marinho Marte, que assumiu a secretaria de Negócios Jurídicos na Prefeitura. Otimista, ele admitiu que precisará da ajuda de companheiros vereadores, além de seus assessores, para que desempenhe um bom trabalho. Retornos Além destes, outros dois vereadores retornaram à Câmara depois de um pe-

ríodo sem ocupar o posto. São eles João Donizeti (PSDB) e Iara Bernardi (PT). O tucano afirmou ter gostado da renovação pela qual a Casa passou pois, na opinião dele, isso trará ideias novas para a cidade. Já Iara foi mais pessimista quanto aos próximos anos, criticando a atuação de Crespo quando foi diretor da Urbes. A vereadora comparou o governo de Crespo com as administrações tucanas passadas, mas destacou que terá atuação fiscalizadora durante o mandato.


www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

9

Crespo se reúne com moradores do Jd. dos Eucaliptos Guilherme Maganhato redacao@jornalznorte.com.br

F

oi para cumprir uma promessa de campanha, segundo palavras do próprio prefeito José Crespo (DEM), ele e sua equipe de secretários estiveram durante a tarde de sábado (7), em reunião com moradores do Residencial Jd. dos Eucaliptos, no Wanel Ville. A promessa havia sido feita em setembro do ano passado, durante campanha eleitoral. Aproximadamente cem moradores estiveram no local, onde foram armadas tendas. O único secretário que não estava presente foi Werinton Kermes, chefe da pasta de cultura, que teria passado por uma cirurgia recentemente. A maior parte dos moradores reivindicaram à Prefeitura a regularização dos apartamentos. Ali moram 496 famílias, em apartamentos populares, construídos em 2000. A zeladora Júlia Camargo, de 44 anos, estava na reunião e mora ali desde o início “Trouxe até um caderno para anotar as respostas que a Prefeitura vai dar. Queremos a regularização daqui”, destaca. O prefeito trouxe a equipe de secretários para que cada demanda apresentada fosse direcionada ao setor correto. A maioria das reivindicações feitas foram sobre a manutenção pública, como, por exemplo iluminação, pintura dos apartamentos e mobilidade, especialmente no caso de Maurício Almeida, 55 anos, que é portador de necessidades especiais. “Também vou reivindicar mais médicos no posto do bairro, e horário de funcionamento ampliado. Muitos trabalham durante o dia e não podem vir”, reclama. O discurso do prefeito e sua equipe durante toda a reunião, no entanto, não foi de promessas, mas de comprometimento. Outros funcionários da Prefeitura acompanharam o encontro e ficaram a cargo de anotar nomes e telefones de cada um que fizesse uma reivindicação, além de encaminhar o pedido às secretarias correspondentes. “Isso não significa que todos os problemas serão resolvidos. Podem levar dias, meses ou anos”, ressaltou Crespo, durante o discurso. As únicas respostas imediatas foram

Dívida do Jardim dos Eucaliptos com o Saae é de R$ 8,5 milhões, diz autarquia a respeito da regularização e de uma feira livre noturna no bairro. Sobre a primeira solicitação, o secretário de Negócios Jurídicos, Marinho Marte, informou que haverá uma reunião no dia 23 de janeiro com um representante da empresa EMGEA, de Brasília, que é ligada à Caixa Econômica Federal e dará as orientações a respeito da regularização. Já sobre a feira, o secretário de Abastecimento e Nutrição, Alexandre Hugo, informou que já há um estudo para a implantação da feira em uma rua do bairro e que, caso tudo ocorra como planejado, em sessenta dias a feira estaria implantada. Depois do encontro, a equipe da Prefeitura foi para outra reunião, no jardim Belmejo.

Guilherme Maganhato redacao@jornalznorte.com.br

E

m reunião do prefeito José Crespo (DEM), com equipe de secretários e moradores do Jardim dos Eucaliptos, no Wanel Ville, a Prefeitura de Sorocaba divulgou que a dívida com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) é de R$ 8,5 milhões, de acordo com estudo feito pela autarquia. O residencial é constituído por apartamentos populares, construídos em 2000. Por não ser regularizado, de acordo com os moradores, não há o pagamento de contas de água, o que teria acumulado a dívida. O levantamento foi feito pelo diretor do Saae, Ronald Pereira da Silva. Segundo o prefeito Crespo, um estudo será realizado para determinar o que deve ser feito desta dívida. “Esta dívida provavelmente seja impagável”, declara, já que a Prefeitura teria dificuldades em cobrar os inadimplentes, pois o relógio de consumo é instalado em cada bloco. “Talvez a gente deva caminhar, em casos como esse, caso a dívida seja considerada impagável, para uma lei municipal, não isentando, mas permitindo a cobrança de valores menores. É uma possibilidade. A válvula pode ser que, através da Câmara,

esta área seja declarada uma zona de interesse social. É uma figura jurídica moderna, que configura que aqui são famílias de baixa renda, e, portanto, que não tem condições da pagar, e aí quem sabe possa se conseguir um desconto bastante grande para deixar a dívida pagável. Isso permitiria que a população como um todo, no rateio dos seus tributos, ajudem a pagar essa dívida”, explica. Em suma, a ideia do prefeito, que ainda está em fase de estudos, é criar um projeto de lei que transfira esta dívida para o orçamento da cidade, ou seja, sendo pago através da arrecadação de impostos. A principal dificuldade em resolver o problema é a falta de regularização dos apartamentos. De acordo com o secretário de Negócios Jurídicos, Marinho Marte, uma equipe da Prefeitura vai se reunir com a Empresa Gestora de Ativos (Emgea), ligada à Caixa Econômica Federal, no dia 23 de janeiro, para verificar como regularizar a área. A reunião ainda teve a presença de aproximadamente cem moradores, que tiveram a oportunidade de fazer outras reivindicações, como segurança, mobilidade e melhorias na saúde.


10

www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

Associação realiza reunião e eventos para renovar o espírito de trabalho em comunidade

A

Associação de moradores, com a parceria da “União para o Bem”, realizou no domingo (8) mais uma edição da reunião mensal entre os moradores de Piazza di Roma, Jd. Tulipas, Arco Iris, Verde Vale, Central Parque, Colonial e Adjacências, que visa uma participação mútua da população para melhorias nos bairros, com um projeto intitulado “Vizinhança Solidária”. Várias atividades foram desenvolvidas no decorrer do dia. O evento é aberto a todos e ocorre sempre no primeiro domingo do mês. No dia seguinte (9), ocorreu reuniões com o Secretário de Esportes, Bira, com o Secretário do Meio Ambiente, Jessé Loures, e com o Professor da UFSCar André Cordeiro. As discussões giraram em torno

do projeto do “Parque Linear Piazza di Roma”. Estão sendo realizados levantamentos de custos e parcerias para que o projeto seja concretizado. No próximo dia 19, às 14h, será realizada na sede da Associação o início dos trabalhos. Um curso de liderança comunitária também está sendo planejado. Terá parceria com a UFSCar para fazer um curso de extensão deste assunto. Os presentes puderam acompanhar, por meio das reuniões, o andamento dos projetos, do resultado das reuniões e renovaram o espírito de trabalho em comunidade. A Associação está localizada na Rua Carlos Tomereli de Souza, 35, Jardim Piazza di Roma.


CAPA

8 6 10

www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

11

Parte integrante da edição nº 04 do Jornal Z Oeste

13 de Janeiro de 2017

7º Feirão de Imóveis da Zona Norte acontece em Março e é oportunidade para concretizar o sonho da casa própria O

7° Feirão de Imóveis da Zona Norte vem mais uma vez para concretizar o sonho da casa própria. Ofertando casas, apartamentos e terrenos, o Feirão, que já é tradicional na cidade, traz preços exclusivos para o evento, uma grande oportunidade para quem quer conquistar seu imóvel em um período instável na economia nacional, mas que já mostra sinais de recuperação em 2017. Com reajuste abaixo da inflação e com uma série de incentivos, o período é, ao contrário do que se possa pensar, ideal para as melhores negociações. O Feirão conta ainda com oportunidades únicas de financiamento, visando trazer aos visitantes uma chance real de investimento. O aumento de condomínios e apartamentos em nossa cidade traz ao visitante uma extensa variedade de localidades e tipificações de imóveis. Tudo isso para quem deseja deixar o aluguel e fazer de 2017 um ano de conquistas e realizações. O evento ocorrerá nos dias 10, 11 e 12 de março, no piso L2 do Shopping Cidade. “Res-

salto que em momentos da economia como este que estamos vivendo, ainda como reflexos do ano passado, salvo as exceções, é o melhor período para se efetivar compras de imóveis. Sabemos que imóvel é um investimento altamente seguro e neste momento quem quer comprar está com a vantagem, com o poder da negociação”, diz Angela Alves, que é organizadora do evento. “As expectativas da economia para este ano já são mais positivas. É óbvio que queremos que ocorra essa melhora, mas com o aumento da procura existe a possibilidade de que os preços possam aumentar. Por isso, pode ser mais vantajoso comprar agora”, explica a organizadora. Histórico A primeira edição do evento ocorreu em 2012. A partir da segunda edição, o evento passou a ser realizado no Shopping Cidade. Em todas as edições do Feirão, que é um dos mais tradicionais da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), há a participação das principais empresas do ramo na cidade.

Stands Vários expositores já confirmaram a participação. Essa é também uma oportunidade para quem deseja deslanchar os negócios na

área imobiliária. Para saber mais informações ligue para (15) 3418-5285 ou (15) 98144-9091, e-mail: feirao@jornalznorte.com.br, falar com Angela Alves.


14

www.jornalzoeste.com.br Sorocaba, 13 de Janeiro de 2017

Jornal Z Oeste - 4ª Edição (13/01/2017)  

Jornal QUINZENAL, distribuido gratuitamente na Zona Oeste de Sorocaba. Edição de 13/01/2017. Visite nosso site: www.jornalzoeste.com.br - Jo...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you