Page 1

Em fase de teste, Urbes inova com novo sistema de bilhetagem no transporte coletivo

alznorte.com.br

1 de Agosto de 2018

Pág. 09

454

Sorocaba | 31 de Agosto de 2018 | Nº - Ano 13 www.jornalznorte.com.br - Distribuição GRATUITA

Blogueira de Sorocaba inaugura

cozinha estúdio

Em dia de prefeito, Manga lança projeto, assina decreto, entrega doações e recebe reclamações no 6º andar do Paço

Pág. 06

Pág. 10


www.jornalznorte.com.br

2

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

Editorial Um dia de tranquilidade

O

mandato relâmpago de Rodrigo Manga (Dem) na Prefeitura de Sorocaba, extensamente divulgado pela imprensa, inclusive pelo Jornal Z Norte, demonstrou algo que a sociedade almeja e que parece cada dia mais difícil: que a paz reine na Administração Municipal. Foram pouco mais de 24 horas de calmaria, após semanas e mais semanas de confusões inexplicáveis geradas pela chefia do Poder Executivo local. Somente nesta semana, Crespo teve que lidar com funcionários descontentes da Secretaria de Educação, que tiveram uma alteração em sua jornada de trabalho que os diferenciou, a pior, de todos os outros funcionários públicos com formação semelhante, quebrando o princípio da isonomia. Não contente, o prefeito conseguiu desagradar pais, alunos e funcionários de uma das mais tradicionais escolas municipais da cidade, a Achilles de Almeida, ao remover sua diretora há 5 anos. O Z Norte divulgou com exclusividade a história, que acabou com uma decisão da Justiça em favor da profissional, dentre outros motivos, por desrespeito à Lei Eleitoral. A atitude do prefeito mostrou decisões unilaterais que complicam a relação entre servidores, a própria Secretaria de Educação, e os pais e alunos, evidentemente os principais afetados. E o clima de beligerância que havia com o Legislativo agora se voltou aos funcionários públicos, inexistindo o diálogo. Quem sofre com essa situação é Sorocaba, que viveu uma quinta-feira sem polêmicas. Não há motivos para que esse modo de agir do Executivo Municipal continue. Isso faz mal para todo mundo.

EXPEDIENTE www.jornalznorte.com.br

A Voz da Zona Norte!

EDIÇÃO SEMANAL A.A. Alves Editora ME - CNPJ: 11.391.242/0001-70 Av. Itavuvu, 3373 - Piso L2 - Lj 2067 (Shop. Cidade) - Jd. Santa Cecília - Cep: 18078-005 Sorocaba/SP

Diretoria

Fernando de Araujo Silva fernando@jornalznorte.com.br cel (15) 98128.7921 Angela Aparecida Alves angela@jornalznorte.com.br cel (15) 98144.9091 As matérias e artigos assinados não representam necessariamente a opinião desse jornal, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores

(15) 3418.5285

comercial@jornalznorte.com.br redacao@jornalznorte.com.br Tiragem: 20 mil exemplares

CPI da Merenda entrega relatório final para Polícia Federal em São Paulo

J

á está nas mãos da Polícia Federal e do Tribunal de Contas da União (TCU) o relatório da CPI da Merenda, que apurou um esquema de corrupção envolvendo agentes públicos da Prefeitura de Sorocaba nos governos de Antonio Carlos Pannunzio e José Crespo. A vereadora Iara Bernardi (PT), presidente da CPI da Merenda, esteve nesta segunda-feira (27), nas sedes dos dois órgãos em São Paulo, onde entregou cópias do relatório final da CPI, encerrada em 9 de agosto. Na sede da Polícia Federal, Iara se reuniu com a delegada Melissa Maximino Pastor (da Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros - Delecor), responsável pela Operação Prato Feito, que investiga os desvios de verba pública em esquemas criminosos em dezenas de prefeituras. Já no TCU, o relatório foi protocolado e, com base nele, será aberto um processo específico, que posteriormente será anexado ao que já tramita. “De posse desses dados, PF e TCU adotarão as medidas que lhes couberem, somando-se às que o Ministério Público Federal irá adotar, uma vez que já protocolamos nosso relatório lá também” afirmou a vereadora. Para Iara, a CPI da Merenda em Sorocaba ofereceu dados e provas cabais sobre crimes, desvios e infrações cometidos no âmbito dos processos de escolha e gerenciamento das empresas fornecedoras de merenda escolar, bem como no gerenciamento do próprio sistema de preparo e distribuição da merenda. O que diz o relatório A CPI da Merenda, em seu relatório final, denuncia a existência de um elaborado esquema de corrupção envolvendo agentes políticos e as empresas que atuaram em Sorocaba nos governos Pannunzio e Crespo. Foram apontados 11 suspeitos de agir contra o interesse público, entre eles o atual prefeito de Sorocaba, José Crespo (DEM), o ex-prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), e os ex-secretários Alexandre Hugo de Moraes, Flaviano Agostinho de Lima e Roberto Juliano. A CPI, que investigou os contratos de for-

necimento de merenda nos anos de 2016 e 2017, chegou à conclusão de que os indícios apontam para o favorecimento de empresas prestadoras do serviço nos processos licitatórios, e a falta de fiscalização dos produtos oferecidos à merenda escolar. Presidida pela vereadora Iara Bernardi (PT), com o vereador Péricles Régis (MDB) como relator, a CPI concluiu que a falta de descontos dos gêneros alimentícios da agricultura familiar, que motivaram a criação da comissão, ocorria desde o ano de 2016, quando dois contratos emergenciais foram realizados com a empresa Apetece. Por conta disso, a CPI afirma que a Prefeitura deve cobrar da empresa o valor de R$ 1.734.451,15. O relatório indica que o problema não foi mera casualidade. Uma das evidências foi a indicação, ainda no governo Pannunzio, segundo depoimento da nutricionista Renata Falcato, de apenas uma escola para ser visitada, cuja merenda “coincidentemente” era de responsabilidade da empresa Apetece. O relatório questiona se “dentre milhares de escolas no Estado de São Paulo a indicação do governo recaiu justamente numa escola cuja empresa responsável pelo fornecimento da merenda foi a mesma contratada meses depois, através de um contrato emergencial”. O relator da CPI, vereador Péricles Régis, afirmou que essa contratação chamou a atenção durante a apuração dos fatos. “Eles decidiram fazer o processo emergencial e no dia seguinte a empresa já tinha todos os funcionários prontos? É, no mínimo, estranho”, analisou. A presidente da comissão, vereadora Iara Bernardi (PT), destaca que a mudança realizada em 2016 no modelo de contrato da merenda, prevendo o pagamento pela quantidade de pratos servidos, o “prato feito”, possibilita as irregularidades constatadas e impossibilita a fiscalização. “Eles não tinham controle do que ia para a mesa, da qualidade dos produtos. Ficava mais fácil suprimir um item, não pagar direitos trabalhistas, burlar de todas as formas” explicou.

Segundo Iara, o esquema de prato-feito com afrouxamento da fiscalização possibilitava que as empresas cobrassem um valor mais barato do que o modelo anterior, porém aumentando o próprio lucro, em detrimento da qualidade do alimento fornecido aos alunos. “Nós não conseguimos afirmar se alguém se beneficiava com esse esquema diretamente, além das empresas, mas vamos fornecer todos os dados para a Polícia Federal, que tem mais instrumentos para a adequada investigação”, disse a vereadora. Ela aponta a mudança na forma de fiscalização, que foi transferida da Secretaria de Educação para a de Administração, ainda no governo Pannunzio. “Eles tiraram a fiscalização das nutricionistas e funcionários da educação, e deixaram nas mãos e um funcionário da administração, deslocado da guarda municipal, sem nenhuma experiência em merenda. E o resultado foi a qualidade horrível que vimos”, denunciou Iara Bernardi, que afirmou ter recebido, durante os depoimentos, a informação de que funcionárias da Educação sofreram assédio moral. A CPI recebeu depoimentos de 31 pessoas e analisou uma série de documentos, inclusive com a colaboração de uma auditoria especializada e da Polícia Federal. O relatório foi aprovado com 7 votos. Apenas o vereador Anselmo Neto (PSDB) se absteve, alegando impedimento e que seu voto poderia colocar a CPI em suspeição, por tem um primo seu como uma das testemunhas. Também foram apontados crimes que teriam sido praticados pelos envolvidos, como falsidade ideológica, falsa identidade, corrupção passiva, falso testemunho, prevaricação, tráfico de influência, corrupção ativa, fraude em processo licitatório e na execução do contrato, atrasos intencionais na abertura de editais e assédio moral. Por conta disso, o relatório final da CPI recomenda a mudança do modelo, entre outras sugestões de melhorias para a prestação do serviço.


Discurso relaxante O longo discurso do prefeito José Crespo (Dem) na transmissão de cargo ao vereador Rodrigo Manga (Dem), não conseguiu animar os parlamentares da Câmara Municipal. João Donizetti (PSDB), Iara Bernardi (PT) e Fausto Peres (Podemos), por diversos momentos, protagonizaram cenas como a flagrada pela reportagem do Jornal Z Norte. Iara chegou a ficar de olhos fechados por alguns segundos em determinado momento. João Donizetti, além dos bocejos, saiu antes do término para atender uma ligação e não voltou. Fausto Peres ficou entretido conversando. O discurso durou 17 minutos e 49 segundos, praticamente metade de toda a cerimônia, que contou com outros 9 discursos, uma oração e a assinatura. Até a imprensa teve que achar fatos, como os expostos acima, para ficar atenta.

RÁPIDAS

Iara e Lilian ‘indelicadas’ O único momento de tensão na cerimônia de posse ocorreu entre a vereadora Iara Bernardi (PT) e a primeira-dama da cidade, Lilian Crespo. A petista, em seu discurso, provocou Crespo, afirmando que esperava que ele viajasse muito mais vezes para fora da cidade. Não se sabe se ela queria que ele buscasse mais recursos ou ficasse longe de Sorocaba. Pois a esposa de Crespo não fez por menos, e quando teve a oportunidade de discursar, após dar boa tarde aos presentes, lançou um olhar para Iara, afirmando que a parlamentar poderia ficar tranquila, porque o prefeito iria muito mais vezes do que já foi para Brasília. Também não se sabe se a primeira-dama fez uma promessa ou uma ameaça.

Martinez e Anselmo protestam por diretoras Os vereadores José Francisco Martinez e Anselmo Neto, ambos do PSDB, protestaram na sessão desta quinta-feira (30) do Legislativo contra a atitude da Prefeitura de buscar na Justiça a ampliação da carga horária dos servidores que atuam no Suporte Pedagógico. Martinez chegou a jogar um áudio gravado por José Crespo, falando ser “fake news” a redução. Anselmo então fez uma ponderação que tirou risos das funcionárias que protestavam por lá: “Vamos acreditar que

o prefeito não sabia que entraram com esta ação. Então, vamos pedir ao nosso prefeito Manga que dê ordem para retirar essa ação, que o Crespo nem vai saber”. Os parlamentares são os autores da lei que reduz a carga horária, junto com o vereador afastado Marinho Marte (PPS). Vídeo sobre ‘notícias falsas’ com ‘notícias falsas’ O prefeito Crespo gravou um vídeo na quarta-feira, divulgado pela página oficial da Prefeitura, dizendo que veículos de comunicação e páginas na internet divulgavam notícias falsas sobre a mudança no horário de trabalho no cargo de auxiliar de educação. A mudança ocorreu, como o Jornal Z Norte divulgou em primeira mão, apenas

www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

3

para os cargos de suporte pedagógico, que são diretores de escola, vice-diretores, supervisores de ensino e orientadores pedagógicos. Em determinado momento do vídeo, o prefeito afirma que a redução de carga horária ocorreu no início do seu governo. Porém, para causar confusão em quem assiste, ele omitiu o fato de que a redução ocorrida, aprovada pela Câmara Municipal apesar de veto do Executivo, foi exatamente dos cargos que agora foram atingidos, e não para auxiliares de educação, como dá a entender a gravação. Essa lei é de abril de 2014. Ao fim, Crespo afirma que para ficar bem informado, o cidadão deve acessar os canais oficiais da Prefeitura. Mas é necessário filtrar melhor as tais “fake news”.


4

www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

Justiça concede liminar e diretora volta à escola Achilles de Almeida; Mães coletam 890 assinaturas e dizem que luta ainda não acabou Lincoln Salazar

lincoln.salazar@grupozcomunica.com.br

O

juiz André Luis Adoni, da Vara da Fazenda Pública de Sorocaba, determinou que a diretora Eliane Ortiz volte a dirigir a Escola Municipal Achilles de Almeida. Mesmo com a decisão, em caráter liminar, um grupo de mães de alunos entregou um abaixo-assinado, com 890 assinaturas, ao prefeito em exercício Rodrigo Manga (Dem) nesta quintafeira (30). A diretora foi removida pela Secretaria de Educação da escola nesta semana, segundo ela por retaliação por não participar do desfile de aniversário da cidade, o que causou comoção entre os pais de alunos e uma manifestação na tarde de terçafeira, em frente à unidade escolar. O abaixo-assinado, entregue em mãos pelas mães representa a vontade da comunidade daquela escola, segundo a organizadora do grupo, Sileny Boldrin. “Os pais admiram e aprovam a administração da Elaine, que desde que assumiu a direção da escola, contribuiu muito em melhorias. Ela tem um amor enorme pelos alunos, pela escola e pela equipe, se preocupa com todos. A escola se transformou nos últimos 5 anos”, relatou Sileny. Ela afirmou que a decisão da Justiça tem caráter liminar e, por isso, pode ser derrubada. “Nossa luta continua. Não podemos esmorecer, mesmo com a decisão favorável da Justiça”. Em seu despacho, o juiz afirmou que diante dos “contornos de ilegalidade do ato de transferência da impetrante (diretora), presentes os requisitos legais, DEFIRO A

LIMINAR, a fim de determinar a suspensão do ato administrativo que determinou a transferência”. Ele ainda determinou a “manutenção de seu exercício na unidade em que se encontrava lotada, até final solução da causa”. O juiz André Adoni apontou ainda que a decisão da Prefeitura descumpriu a Lei Federal 9.504/97, pois a remoção ocorreu nos dentro dos três meses antecedentes à eleição, o que é proibido. Para o magistrado, analisando o ofício enviado à diretora tem ausência de motivos para a transferência, o que destoa, “aparentemente, o princípio da impessoalidade, intimamente relacionado ao interesse público, que, sabidamente, norteia a administração pública”. Entenda o caso A decisão da Prefeitura de Sorocaba de remover a diretora da Escola Municipal Achilles de Almeida, Elaine Ortiz Souza, revoltou pais de alunos. Segundo documentos obtidos com exclusividade pelo Jornal Z Norte, a diretora foi removida sem justificativa e a decisão não foi aprovada pela Supervisora de Ensino responsável. Em outro documento, a diretora afirma que foi uma remoção compulsória e unilateral do prefeito José Crespo, por não ter participado do desfile de 15 de Agosto. A Prefeitura de Sorocaba ainda não se manifestou sobre o ocorrido ao Z Norte. Segundo fontes ligadas à escola, o motivo da remoção da diretora seria uma retaliação ao fato da Achilles de Almeida não ter participado do desfile comemorativo ao aniversário de Sorocaba. Procurada pela reportagem, a diretora informou que

não pode se manifestar, por decisão da Secretaria de Educação. O comunicado oficial, assinado pelo secretário de Educação Mário Bastos, foi encaminhado à Supervisora de Ensino, Aparecida Gutierres. Nele, o titular da Sedu não informa o motivo da remoção e afirma que a diretora, a partir do dia 27/08/2018 (segunda-feira), passaria a atuar na Escola Municipal Prof. José Osório de Campos Maia Almeida, no Parque Bertanha. No documento, a supervisora afirmou não ser favorável à atitute. “Discordo da decisão tomada. À disposição para novos esclarecimentos”, escreveu. No mesmo documento, a diretora Elaine Ortiz comunicou a Prefeitura também discordar da decisão que, segundo ela teria apurado junto à Secretaria de Educação, seria unilateral do prefeito José Crespo. No texto, ela informa que consultou os professores e funcionários da escola e que a não participação no desfile de aniversário seria pela falta de instrumentos, roupas e

ensaios da fanfarra. O Jornal Z Norte teve acesso ao documento elaborado na data, com a votação dos professores e funcionários. Ainda no documento, a diretora afirma que a Secretaria de Educação foi avisada com antecedência da ausência da escola no desfile. Segundo fontes da escola, o cancelamento do projeto Musicalização, desde o início de 2018, não permitiu que a escola fizesse ensaios com a fanfarra. Em entrevista ao Jornal Z Norte, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, Salatiel Hergesel, acusou a administração municipal de perseguição ao funcionalismo público. “Esse é mais um caso. Uma diretora exemplar, reconhecida em toda a Rede, e vem uma remoção destas. Isso dias depois de uma decisão do governo contrária aos diretores, vice-diretores, supervisores de ensino e orientadores. Essa administração prova mais uma vez que não respeita os servidores municipais”, disse.


www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

5

Sorocabano que transferir veículo ao município pode ter desconto no IPTU O

prefeito José Crespo regulamentou a lei municipal nº 11.636, de 14 de dezembro de 2017, que dispõe sobre desconto no IPTU (Imposto sobre a Propriedade Territorial e Predial Urbana) na transferência de domicílio ou residência de veículos automotores. Com isso, o cidadão que tem carro com placa de outra cidade vai ganhar desconto no IPTU ao fazer a transferência do veículo para Sorocaba. O incentivo fiscal visa aumentar a arrecadação aos cofres públicos municipais e, consequentemente, reverter esses valores em investimentos na saúde, na educação, entre outras áreas, beneficiando a população sorocabana. Após arrecadado, 50% do valor pago de IPVA fica no Município e a outra metade é de domínio do Governo do Estado. O projeto de lei foi de autoria do vereador Fausto Peres. O desconto calculado no IPTU do ano seguinte vai se referir exatamente aos valores pagos a título de taxa de transferência e emplacamento dos seus veículos. A medida vale

para carros, caminhonetes, ônibus, caminhões, tratores e motocicletas. Para obter o benefício, o cidadão deverá estar em dia com o IPTU e fazer a transferência do emplacamento de veículos para o Município até o dia 20 de novembro do mesmo ano. Os veículos transferidos devem estar registrados em nome dos próprios moradores e contribuintes beneficiários, ou no de seus dependentes, todos residentes no mesmo endereço e inscritos no cadastro imobiliário do Município; e protocolar na Prefeitura o requerimento até o dia 30 de novembro do ano de sua transferência. Para protocolar o requerimento de desconto, o contribuinte deverá apresentar, dentro do prazo legal, os seguintes documentos: cópia do comprovante da efetivação da transferência do(s) veículo(s) para o Município até o dia 20 de novembro do exercício corrente; cópia de documento pessoal com foto, indicando número de CPF e RG do requerente; cópia do comprovante de endereço para o qual o veí-

culo foi transferido; cópia do comprovante de pagamento integral do recolhimento das taxas de transferência e de emplacamento; cópia da capa do carnê de IPTU contendo o número da inscrição cadastral do imóvel objeto do pedido de desconto, ou outro documento que possibilitem a identificação do respecti-

vo imóvel. Mais informações podem ser obtidas no decreto municipal nº 23.978, de 21 de agosto de 2018, que foi publicado na página 16 do Jornal do Município de segunda-feira (27), ou ainda pela Central de Atendimento da Prefeitura de Sorocaba através do link: http:// www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/.


6

www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

CAPA

Em dia de prefeito, Manga lança projeto, assina decreto, entrega doações e recebe reclamações no 6º andar do Paço Lincoln Salazar

lincoln.salazar@grupozcomunica.com.br

P

or pouco mais de um dia, o vereador Rodrigo Manga (Dem) assumiu o governo de Sorocaba. Ele recebeu o cargo de José Crespo na tarde de quarta-feira (29), e cumpriu o expediente no 6º andar do Palácio dos Tropeiros nesta quinta (30), em função de viagem do titular do cargo ao Rio de Janeiro, para tratar de assuntos ligados a obras de infraestrutura. Crespo retorna nesta sexta-feira (31) à Chefia do Executivo. O ato de posse, que ocorreu no sexto andar do Paço Municipal, contou com a presença do secretariado de Crespo, de vereadores e familiares e amigos de Rodrigo Manga (Dem). O ato não seria obrigatório, pela ausência ser inferior a 15 dias, mas o prefeito afirmou que a medida foi um gesto para demonstrar a harmonia com o Poder Legislativo. “Temos uma relação muito boa com o Legislativo. Cerca de 90% de minha vida pública foi atuando no Poder Legislativo. Por isso, este é um gesto de reconhecimento; de demonstrar essa harmonia em prol de nossa cidade, que é o bem maior”, destacou o prefeito, que também elogiou a atuação do agora prefeito em exercício Rodrigo Manga. Manga teve um dia agitado nesta quintafeira. A agenda começou às 9 horas, quando lançou o Projeto Feira Limpa, uma parceria da Prefeitura de Sorocaba, por intermédio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Nutrição, com o Sindicato dos Coletores de Lixo de Sorocaba. Representantes do sindicato e da empresa CSA estiveram presentes. O Feira Limpa tem o objetivo de integrar o Projeto Feira Amiga, já desenvolvido pela pasta, dando maior ênfase à limpeza das feiras, através da conscientização dos próprios feirantes. Os trabalhadores da coleta de lixo presentes na reunião com o prefeito em exercício relataram vários problemas, especialmente o descarte de casca de palmito, que

possuem espinhos, colocando em risco a segurança dos coletores. Outro problema levantado pelos coletores diz respeito aos veículos que começam a trafegar pela via tão logo a feira se encerra, colocando em risco a vida dos coletores que estão varrendo o local e recolhendo o lixo. Durante a reunião com os coletores, o prefeito em exercício Rodrigo Manga assinou o decreto instituindo o Programa Feira Limpa, que terá, entre suas ações, a conscientização dos feirantes sobre a necessidade de descartar corretamente os resíduos; o fechamento das ruas da feira pelo prazo de duas horas após seu término para que os coletores possam limpar o local com segurança; e uma parceria com a iniciativa privada para desenvolver essas campanhas, como a distribuição de sacos de lixo para os feirantes. O vereador Rafael Militão (MDB), presidente da Comissão de Agricultura, participou do evento representando o Legislativo. Depois, às 10h30, Manga assinou um decreto possibilitando convênio entre a Prefeitura de Sorocaba e instituições de ensino para a realização de estágio nas diversas secretarias da municipalidade. O decreto se inspira em projeto de lei do vereador Hélio Brasileiro (MDB), que previa o estágio não remunerado de profissionais de saúde, especialmente enfermeiras, nas creches do município, com o objetivo de desenvolver um trabalho preventivo de saúde com as crianças matriculadas, por meio do atendimento de puericultura. Por ter sido declarado inconstitucional, por vício de iniciativa, o vereador achou por bem não levá-lo adiante. Como ação do prefeito em Exercício, as escolas e faculdades poderam procurar a Prefeitura e se cadastrar, assim que foram publicados os editais de chamamento público das áreas diversas. Ainda durante a manhã, ele recebeu um grupo de mães da escola Achilles de Almeida, que foram entregar um abaixo-assinado contra a remoção da diretora da unidade. O

prefeito em Exercício almoçou no gabinete do Paço Municipal com lideranças religiosas, incluindo o padre Flávio Miguel Jorge, gestor da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba. Na sequência, Manga recebeu empresários, que fizeram a doação de 20 ventiladores e uma televisão por meio do programa “Parceiro da Cidade”. A lei nº 252/2015 é de autoria do prefeito em exercício Rodrigo Manga, enquanto vereador, e foi criada com o objetivo de incentivar a iniciativa privada a contribuir voluntariamente com o município e a população. Depois do encontro, o prefeito em exercício foi até a unidade acompanhado do secretário de Comunicação e Eventos, Eloy de Oliveira, e da secretária adjunta da Saúde, Kely Squetini, para receber oficialmente a doação do empresário Jandailson Cândido, do Shopping Granja Olga, e do pastor Jaílson Andrade, da Igreja Catedral da Adoração, e repassá-las à secretária adjunta e ao coordenador da UPH da Zona Norte, Márcio Guimarães Santos.

Caso de doadores de medula O último compromisso oficial do prefeito em exercício foi com o sorocabano Thiago Wilfer. O caso dele mobilizou muitos voluntários, que foram até São Paulo no último fim de semana para fazer o cadastro como doadores de medula, mas também evidenciou o baixo limite da cota de coleta de sangue para doadores em Sorocaba. O limite de 200 cadastros mensais, estabelecido pela Secretaria de Estado de Saúde, causou revolta nos familiares de Thiago. Sorocaba só tem 3,2 mil doadores cadastrados, para uma cidade de quase 700 mil habitantes. Após a reunião, da qual participaram Marina Wilfer, esposa de Thiago, grupos de doadores, o presidente da Câmara e da Comissão de Saúde, vereador Renan Santos (PCdoB), ficou agendada uma reunião com as autoridades, o prefeito José Crespo e o secretário estadual de Saúde, Marco Antonio Zago, no início da próxima semana (com dia ainda a ser confirmado).


www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

7


8

www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

O seu problema são as drogas? Então o CADQ responde: 1 - Sou um viciado e preciso de ajuda para parar de usar drogas? Como devo fazer? O Centro de Atenção ao Dependente Químico (CADQ) é uma alternativa para você que quer deixar o mundo das drogas. É uma iniciativa pioneira, com sede em Sorocaba, voltada ao apoio ao dependente químico, por meio de atividades e palestras preventivas. Para saber mais detalhes, ligue ou mande mensagem para o Whatsapp (15) 99829-4624. 2 - Uso drogas só de vez quando, mesmo assim não consigo parar. Isso é normal? Não há uma margem de risco aceitável quando o assunto são as drogas. A dependência química é uma doença da alma e da mente. O mais difícil é admitir isso e que a pessoa precisa de ajuda. E a força de vontade é o fator mais importante para uma mudança de vida. Nesse sentido, as ações do CADQ estão alicerçadas em dar esse encorajamento ao usuário, com base em princípios de fé e perseverança, sempre em busca de uma melhor qualidade de vida, é claro, longe das drogas. 3 Como a pessoa se tornar um viciado em drogas? Engana-se quem pensa que o traficante é o responsável por iniciar uma determinada pessoa no vício das drogas. Geralmente, o primeiro contato com entorpecentes ocorre na juventude, feito por meio de supostos amigos ou conhecidos. E o álcool costuma ser a porta de entrada na dependência química,

depois vêm as demais drogas ilícitas, principalmente a maconha, a cocaína e o crack. 4 - O vício de cocaína, de maconha ou de crack tem cura? Não importa que tipo de droga a pessoa usa, seja ela lícita ou ilícita, há sempre a possibilidade de cura, desde que a pessoa esteja disposta a isso. No CADQ, o mais importante é a recuperação, e os caminhos para isso são apresentados ao longo de palestras às segundas e quintas-feiras, às 19h. O tratamento completo tem duração de nove meses. 5 - Meu filho é viciado em drogas e não sei o que fazer para ajudá-lo? Para buscar apoio e começar a agir, a família não deve esperar que o usuário peça ajuda ou manifeste interesse, pois pode ser tarde demais. Então, venha para o CADQ e participe você mesmo das atividades. A família do usuário é parte fundamental no processo de desintoxicação. Tratar a família, como um todo, é um dos diferenciais do CADQ. A equipe do CADQ vai ensinar como se comportar em determinadas situações dentro e fora de casa, e também a forma correta de encorajar e ajudar seu filho ou outro parente a aceitar o tratamento. 6 - Como as palestras do CADQ ajudam a pessoa a largar das drogas? O CADQ é um lugar onde a pessoa pode trabalhar os sentimentos, criar novas amizades, assumir responsabilidades, falar das dificulda-

des para obter felicidade e estabelecer metas que deem a ela novos rumos. Basta seguir as dicas que serão apresentadas. Em cada encontro semanal é enfocada uma temática diferente e sugeridas ações para serem realizadas no dia a dia, baseadas, sobretudo, em conceitos de fé, perseverança e amor. 7 - Não consigo ficar longe das ruas e acabo recaindo. Volto a beber, fumar maconha e usar drogas em geral. O que fazer nestes casos? Pensando nisso, além das palestras semanais à noite, o CADQ oferece ao dependente químico e ao seu familiar uma série de atividades complementares que são oferecidas ao longo do dia, de segunda a sábado. Tudo é gratuito. Há desde cursos profissionalizantes, a aulas de música e atividades esportivas, tudo para manter a pessoa longe das ruas e por consequência, do mundo das drogas. 8 - Dependência química e, sobretudo o vício em crack, é coisa de pobre? Não! Fumar maconha, ingerir bebida alcoólica, fumar crack ou cheirar cocaína, como qualquer outro tipo de dependência química, são vícios que afligem pessoas da sociedade em geral, independente de gênero, classe social, raça ou idade. Trata-se de uma epidemia que destrói vidas. è preciso uma união de forças para combater esse mal e o CADQ está fazendo um trabalho de encorajamento, apoio e tratamento desses usuários.

9 - Qual a melhor forma de largar das drogas? Basta acreditar em Deus e posso mudar de vida? Não existe uma fórmula mágica para abandonar o vício, mas sim depende de uma série de fatores e mudanças pela qual a pessoa precisa passar. E a religiosidade é apenas uma delas. O trabalho desenvolvido pelo CADQ está baseado num sistema terapêutico alicerçado em princípios cristão e conceitos de fé. Não importa a religião, mas sim despertar na pessoa a fé e confiança de que pode mudar de vida. Fazer a pessoa acreditar que não está sozinha nessa jornada e que é possível vencer esse mal, inclusive com a crença em um Ser superior. 10 – Como faço para ser atendido no CADQ? O atendimento é gratuito, em sua sede na Avenida Afonso Vergueiro, 1.558, no Centro de Sorocaba. O contato pode ser feito ainda pelo telefone (15) 3232-2822 ou via Whastapp: (15) 99829-4624.


www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

9

Em fase de teste, Urbes inova com novo sistema de bilhetagem no transporte coletivo A

Urbes – Trânsito e Transportes, por meio das empresas concessionárias, está realizando a atualização do Sistema de Bilhetagem Eletrônica de Sorocaba, que inclui os equipamentos do tipo validadores embarcados e nos bloqueios dos terminais e os equipamentos de comercialização nas bilheterias dos terminais, Casas do Cidadão e nos demais pontos de venda agregando novos serviços e comodidade aos usuários do transporte coletivo. Projetado para facilitar o gerenciamento da rede de transportes públicos, o novo sistema de bilhetagem possibilitará o planejamento inteligente das necessidades de mobilidade de Sorocaba. Os novos equipamentos têm capacidade de leitura de tíquete (QR Code), um código impresso no comprovante da passagem, que o usuário utilizará para embarcar nos ônibus, substituindo o atual “Cartão Unitário”, também poderão utilizar o Smartphone como meio de pagamento do cartão unitário. O objetivo é propor modernidade ao sis-

tema, regulamentar os postos de vendas e inibir falhas, propondo mais eficiência no transporte público de Sorocaba, dessa forma será possível incorporar ao sistema de pagamento e validação outras ferramentas contra fraudes, como a biometria facial, integrando soluções complexas que abrangem até mesmo o serviço de gerenciamento da frota de ônibus de uma cidade. A bilhetagem se transforma assim em algo muito maior e indispensável à vida do transporte coletivo urbano, deixando para trás os tempos em que era simplesmente um sistema moderno de se pagar a passagem. O novo sistema está em fase de instalação e homologação, ocorrendo de forma gradativa para não impactar nas viagens dos usuários, bem como na comercialização dos passes. Diariamente, circulam nos terminais cerca de 120 mil passageiros, sendo 80 mil no Terminal Santo Antônio e 40 mil no Terminal São Paulo. E ao mês a Urbes realiza mais de 4 milhões de viagens.


10

www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

Blogueira de Sorocaba inaugura cozinha estúdio

Tatiana Romano, do blog e canal ‘Panelaterapia’, põe em prática projeto que reúne estúdio com espaço para cursos e eventos

A

pós cinco anos gravando os vídeos do canal no mesmo lugar, Tatiana Romano, idealizadora do blog e canal “Panelaterapia”, inaugurou no último dia 22, no Espaço Boulevard Vila, em Sorocaba, sua primeira cozinha estúdio, espaço que, além de cenário, reunirá cursos e eventos exclusivos para quem adora comer bem. O evento, que contou com a presença de mais de 100 convidados, entre influenciadores da cidade e região, assim como outras personalidades de Sorocaba, teve o apoio das marcas que já investem em publicidade do “Panelaterapia”, como Britânia Eletrodomésticos, Nespresso, Paganini Gastronomia e Maxxi Ovos, além de empresas locais que realizaram uma parceria pontual para a festa como a Poptrix, Florisnéia, Jordão Veículos e Márcia Locações. O Grupo AA, que hoje administra três unidades das lojas New Móveis na cidade, foi quem projetou e modulou todo o espaço. Segundo Tatiana, a cozinha estúdio é um projeto que surgiu com a intenção de regionalizar o blog, nacionalmente conhecido e acompanhado por mais de dois milhões de seguidores em todas as redes sociais. “Pelo fato de o meu trabalho ser via internet, ele

sempre teve uma grande abrangência, mas eu sentia falta de ter um espaço físico para receber os seguidores, as marcas parceiras e as pessoas que gostam de cozinha. Nada mais justo do que escolher a cidade que me acolheu tão bem há 15 anos para dar início a tudo isso”, conta Tatiana, nascida em Presidente Prudente (SP), mas sorocabana de coração. Tatiana acredita que o bom relacionamento com o público é o que envolve todo o trabalho do “Panelaterapia”, que passa por diferentes gerações e realidades de famílias. Hoje, o blog, que abrange um público de diferentes faixas etárias, conta com mais de 460 mil seguidores no Instagram, mais de dois milhões no Facebook e quase um milhão no Youtube. Do blog, surgiram três livros, sendo “Panelaterapia: Receitas para Aproveitar o Feriado” a obra mais recente.


www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018


www.jornalznorte.com.br

Sorocaba, 31 de Agosto de 2018

Jornal Z Norte - 454ª Edição (31/08/2018)  

Jornal SEMANAL, distribuido toda sexta-feira, gratuitamente na Zona Norte de Sorocaba. Edição de 31/08/2018. Visite nosso site: www.jornalzn...

Jornal Z Norte - 454ª Edição (31/08/2018)  

Jornal SEMANAL, distribuido toda sexta-feira, gratuitamente na Zona Norte de Sorocaba. Edição de 31/08/2018. Visite nosso site: www.jornalzn...

Advertisement