Page 1

Após divulgação de áudio, Secretaria da Saúde rebate temores de Padre Flávio

alznorte.com.br

0 de Março de 2018

Pág. 08

Na Surdina! 432

Sorocaba | 30 de Março de 2018 | Nº - Ano 13 www.jornalznorte.com.br - Distribuição GRATUITA

Mais de 100 mil eleitores deixam de fazer biometria e TRE volta a atender no Shopping Cidade Sorocaba até 9 de maio Pág. 04

Ao contrário do divulgado, Urbes já começou a multar motoristas por videomonitoramento desde a manhã de quinta-feira (29)

Pág. 10

Coop Itavuvu reinaugura Sala de Relacionamento e abre as portas para a comunidade Pág. 05


2

www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Março de 2018

Título de cidadão sorocabano a Bolsonaro sai de pauta e Goela abaixo vereador Luís Santos afirma não ter autorizado a retirada; projeto deve ser votado na quinta-feira (05) S

Editorial

im, leitores, a fiscalização de trânsito por câmeras de videomonitoramento já voltou e nós temos de aceitar, gostando ou não. Apesar das tentativas da Câmara de barrar o projeto, não adiantou – nós estamos sendo vigiados, em um raio de um quilômetro de cada uma das 67 câmeras na cidade. A decisão é liminar, portanto ainda cabe recurso. Mesmo assim, agora não é a hora de olhar para o outro, mas para si. Sermos vigiados de maneira tão insistente causa desconforto, mas, infelizmente, isso acontece porque alguns motoristas não sabem se comportar no trânsito. Claro, não se pode generalizar, mas no fundo, sabemos que alguns motoristas desrespeitam a lei de trânsito. A população sorocabana já vinha engolindo goela abaixo as imprudências, agora vai ter de engolir suas consequências.

EXPEDIENTE www.jornalznorte.com.br

A Voz da Zona Norte!

EDIÇÃO SEMANAL A.A. Alves Editora ME - CNPJ: 11.391.242/0001-70 Av. Itavuvu, 3373 - Piso L2 - Lj 2067 (Shop. Cidade) - Jd. Santa Cecília - Cep: 18078-005 Sorocaba/SP

Jornalista Responsável Guilherme Maganhato - MTB 81565/SP

Diretoria Fernando de Araujo Silva fernando@jornalznorte.com.br cel (15) 98128.7921 Angela Aparecida Alves angela@jornalznorte.com.br cel (15) 98144.9091 As matérias e artigos assinados não representam necessariamente a opinião desse jornal, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores

(15) 3418.5285

comercial@jornalznorte.com.br redacao@jornalznorte.com.br Tiragem: 20 mil exemplares

Guilherme Maganhato

guilherme@grupozcomunica.com.br

D

esde que o vereador Pastor Luís Santos (PROS) apresentou, na última semana, o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) dando título de cidadão sorocabano ao deputado federal e pré-candidato à presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, diversas manifestações, inclusive nas redes sociais, foram contra e a favor da homenagem. A votação do PDL (que, ao contrário de outras proposituras, não precisa ser discutida e votada duas vezes) estava marcada para esta terça-feira (3), mas a pauta foi retificada e o projeto não será mais votado. Procurado, o autor da proposta diz não ter autorizado a retirada. O presidente da Câmara, vereador Rodrigo Manga (DEM), explicou que havia assinado a pauta com a inclusão do projeto, mas que com a repercussão negativa, pediu que se trabalhasse internamente, entre a Secretaria Geral e os assessores de Luís Santos, para que o projeto pudesse ser retirado. “Foi conversado com a chefia do gabinete dele [Luís Santos] e eles entenderam que tudo bem”, afirma. O proponente da homenagem deve, nos próximos dias, conversar com os colegas vereadores sobre o projeto. Isto porque alguns deles se manifestaram contra o projeto, inclusive Renan Santos (PCdoB), que, em sua página oficial no Facebook, criou um evento convidando pessoas para protestarem contra a aprovação da homenagem na terça-feira no plenário.

“Não sei de nada” No entanto, o vereador Luís Santos afirmou que não autorizou que seu projeto saísse da pauta. O pastor evangélico disse não saber que a homenagem estava pautada e que ninguém havia conversado com ele sobre a retirada. “Não se pode mais votar projeto polêmico nesta Casa? A discussão serve justamente para isso”, ressalta. Já Rodrigo Manga afirmou que, para não haja mais uma retificação da pauta, o projeto deve ser discutido na quinta-feira (5).


RÁPIDAS

www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Março de 2018

3

Mais uma polêmica: Pastor Luís Santos propõe moção de apoio a jogadora de vôlei que é contra a participação de transexuais em campeonato Guilherme Maganhato guilherme@grupozcomunica.com.br

N

a semana passada, o vereador Pastor Luís Santos (PROS) provocou polêmica ao apresentar um Projeto de Decreto Legislativo para dar o título de cidadão sorocabano ao deputado federal e pré-candidato à presidência, Jair Messias Bolsonaro. Agora, o parlamentar criou outro debate, ao apresentar um projeto para conferir moção de apoio à jogadora de vôlei Ana Paula Rodrigues Henkel, que critica abertamente a participação de Tiffany Abreu no Campeonato Brasileiro de Voleibol Feminino, a Superliga. Tiffany é a primeira transexual a atuar em uma partida de elite do esporte, e teve sua participação autorizada pela comissão médica da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Discussão Fernanda Garcia (PSOL) e Renan Santos

(PCdoB) manifestaram-se contra o projeto. Renan, ainda, citou a intenção de homenagear Bolsonaro, afirmando que, se caso o título fosse aprovado, encaminharia um Projeto de Lei “ou para acabar com isso, ou para dar limites, de alguma maneira. Eu já havia alertado isso quando aprovamos o título para o [João] Dória. Isso é um proselitismo político”, destacou em seu discurso. O projeto foi aprovado em primeira discussão, sob os vivas de Luís Santos. “Não entendi” Causou estranheza em alguns vereadores o retorno à ordem do dia na Câmara um projeto de 2012, do então vereador Marinho Marte, obrigando que secretários municipais, no ato de sua posse, comprovassem terem residência fixa em Sorocaba. O projeto havia sido aprovado em primeira discussão, à época, mas muitos vereadores não entenderam porque retornou, mesmo

sem a presença do autor do projeto na Casa. Com os sinais de que ele seria rejeitado, o projeto foi retirado de pauta, para que fosse discutido novamente quando Marinho atuar como vereador novamente. Deitou, tem que rezar Se antes o dito era “ajoelhou, tem que rezar”, agora a posição mais adequada parece ter mudado. Isto porque, na última semana,

o vereador Vitão do Cachorrão (MDB) divulgou em suas redes sociais fotos deitado, rezando, em uma ponte de madeira do bairro Nova Esperança. Além de diversas piadas, quem demonstrou irritação com a atitude foi Iara Bernardi (PT). “Você tem que implorar as coisas, agora? Que cena era aquela?”. Já o parlamentar, afirmou que a reivindicação é antiga, por isso tomou a atitude.


4

www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Março de 2018

Mais de 100 mil eleitores deixam de fazer biometria e TRE volta a atender no Shopping Cidade Sorocaba até 9 de maio Guilherme Maganhato guilherme@grupozcomunica.com.br

Q

uem estiver no grupo dos 106 mil eleitores que, até o último dia 23 de março, deixou de fazer o cadastramento biométrico obrigatório, terá até o próximo dia 9 de maio para regularizar a situação. E para atender a esta fatia da população, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) vai manter o esquema especial de atendimento. A partir do dia 2 de abril, o posto do TRE no Shopping Cidade Sorocaba volta a funcionar.

O atendimento vai acontecer de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, através de distribuição de senhas – ou seja, não será possível agendar o atendimento. Dez guichês estarão em operação e a expectativa é de que 300 pessoas sejam atendidas diariamente. “Esses eleitores devem correr aos postos de atendimento para regularizar essa pendência”, reforça João Lima, chefe do Cartório Eleitoral. Além do Shopping Cidade Sorocaba, o TRE vai atender aos munícipes na sede dos cartórios eleitorais, na praça da Maçonaria, no Mangal, no Poupatempo e no Shopping Iguatemi Esplanada, além do ônibus itinerante, que estará no shopping Pátio Cianê, também a partir de 2 de abril. 20% Ainda de acordo com João Lima, os 106 mil eleitores que não fizeram o cadastro biométrico a tempo correspondem a

20% do eleitorado sorocabano. “Não há um levantamento atualizado sobre quais regiões estes eleitores estão, mas a última vez que fizemos essa pesquisa, constatamos que metade eram da Zona Norte”, explica. O prazo estabelecido para que o eleitor regularize sua situação eleitoral é uma data nacional, que compete não só aos que não fizeram o cadastramento biométrico, mas todo aquele que não está quite com a Justiça Eleitoral. “Quem não fez o cadastramento, o título já está em processo de ser cancelado. O eleitor deixa de ter um título regular, então não pode participar de concurso público, contrair empréstimo em bancos, ou tirar o passaporte, por exemplo. Algumas empresas, ainda, contratam apenas quem esteja com sua situação regular”, lembra. “Caso a situação não seja regularizada até 9 de maio, o eleitor não poderá votar, e só vai conseguir normalizar a situação depois das eleições”. Voto facultativo João também informa que aqueles dos

quais o voto não é obrigatório – jovens de 16 e 17 anos, analfabetos e maiores de 70 anos – o cadastramento biométrico não é obrigatório. “Porém, se não fizer, não vai conseguir votar este ano. O nome não vai estar no caderno de votação. Mas estes não sofrem as restrições”. O chefe do cartório também destaca que não há multa para quem não tiver a situação irregular por causa do cadastramento biométrico. “O eleitor só paga multa se deixou de votar e não justificou”. O Shopping Cidade Sorocaba fica na avenida Itavuvu, número 3.373, no Jardim Santa Cecília. O posto de atendimento do TRE fica no piso L3.


www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Março de 2018

5

Coop Itavuvu reinaugura Sala de Relacionamento e abre as portas para a comunidade Guilherme Maganhato guilherme@grupozcomunica.com.br

E

streitar ainda mais os laços com a comunidade local: este é o objetivo da Cooperativa de Consumo (Coop) Itavuvu, ao reinaugurar, nesta semana, sua Sala de Relacionamento. Nela, a comunidade ao redor do supermercado poderá usufruir de palestras e cursos em diversas áreas, como culinária, artesanato, economia criativa, entre outros. “A ideia é que seja um ponto de apoio para instituições e associações da Zona Norte. Temos um ciclo de palestras, com um calendário extenso”, ressalta Augusto César Joaquim, o gerente da loja. A Sala foi reinaugurada porque passou por uma reforma, que contemplou nova pintura, instalação de ar-con-

dicionado, além da aquisição de novos equipamentos, principalmente para a cozinha. “A loja toda passou por uma reforma, tanto nos bastidores, como para os clientes. O maior investimento foi na cadeia de frios. As geladeiras foram modernizadas e, por uma orientação da Vigilância Sanitária, agora todas elas têm portas”. Chef renomado E para a reestreia da sala, cerca de 20 clientes da Coop Itavuvu foram convidadas a terem uma aula especial com o chef Arthur Sauer, ganhador da primeira edição do reality show Cozinha Sob Pressão, exibido no SBT. Natural de Santo André (SP), o chef tem um restaurante na cidade natal e priorizou, para a aula na Coop, receitas que pudessem ser feitas em casa. “A gente coloca um nome bonito para a mesma coisa. Por exemplo: a gente usa a batata asterix, e não a batata inglesa: o valor delas é o mesmo, mas uma tem mais água, é boa para purê e a outra tem mais amido, então é melhor para fritar. São diferenças sutis, que você pode ensinar. Geralmente a dona de casa está acostumada com aquele ingrediente”, explica.“Às vezes, com diferenças sutis, você chega em receitas legais”. Na ocasião, Ar-

thur ensinou três receitas: polenta mole com ragú de fraldinha e creme de queijo; espaguete vermelho com ragú de linguiça e pesto de manjericão; e fondant. As receitas estão disponíveis em nosso site www.jornalznorte. com.br. Arthur destaca, ainda, que a profissionalização é ideal para que se alcancem bons resultados na cozinha. “É uma profissão que você pode aprender com a experiência, só que na profissionalização, primeiro você pega toda a base, para depois escolher que caminho seguir. Geralmente a dona de casa não abre o horizonte, e a formação profissional faz isso”. Para ter mais informações sobre a programação da Sala de Relacionamento da Coop, basta ligar para o número 0800 772 2667, ou procurar o balcão de informações da loja. A Coop Itavuvu fica na Avenida Itavuvu, 3799.


6

www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Março de 2018

Casos de roubo, furto de veículos e estupro de vulnerável aumentam em fevereiro Guilherme Maganhato guilherme@grupozcomunica.com.br

N

úmeros divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do governo do Estado mostram que, em fevereiro, o número de ocorrências registradas por estupro de vulnerável e roubo aumentaram, se comparado com janeiro deste ano. As ocorrências de estupro de vulnerável aumentaram de 12, em janeiro, para 15 em fevereiro, enquanto o total de roubos, que em janeiro foram 206, em fevereiro foram 231. O número de furto de veículos também aumentou, de 114 em janeiro, para 150 em fevereiro. Já os outros indicadores tiveram diminuição. Dentro da estatística de roubos, 41 veículos sofreram esse tipo de ação em janeiro, e outros 46 em fevereiro. No mês passado, ainda, um roubo de carga foi registrado. Já em relação aos estupros, apesar da ocorrência envolvendo pessoas em vulnerabilidade (menores de 14 anos ou com alguma deficiência), o número de ocorrências de estupro envolvendo vítimas fora dessas condições diminuiu de oito em janeiro, para dois em fevereiro.

Outros indicadores que aumentaram foram os números de homicídio culposo (quando não há intenção de matar), sendo três em janeiro e quatro em fevereiro, de tentativa de homicídio (três em janeiro e cinco em fevereiro) e lesão corporal culposa por acidente de trânsito, com 66 ocorrências em janeiro e 73 em fevereiro.

Outras diminuições Outros índices apresentaram queda em relação a janeiro. No mês passado, foram duas ocorrências de homicídio doloso (quando há a intenção de matar), sendo uma por acidente de trânsito. O número de lesão corporal dolosa diminuiu de 162 para 147 e o de furtos (excluindo o número de furtos de veículos) diminuíram de 642 para 566. No ano passado Se compararmos os números apresentados pela SSP com fevereiro do ano passado, percebemos que a maioria das ocorrências aumentou. Naquela época, foram 128 registros de lesão corporal dolosa (contra 146 neste ano), além de outros 67 casos de lesão corporal cul-

posa por acidente de trânsito, contra 73 em 2018. O número total de estupros também foi maior: 17 neste ano e dez no ano passado, sendo que, em 2017, foram sete casos de estupro de vulnerável, contra 15 em 2018. O roubo de veículos também aumentou (46 neste ano, contra 40 ano passado), furtos (566 este ano, contra 475 no ano passado) e o furto de veículos (150 este ano, 91 ano passado). Diminuíram os casos de homicídio doloso e roubo.

Explicações Questionada, a SSP informou que “as polícias Civil e Militar realizam operações conjuntas para coibir os crimes contra o patrimônio. O Comando de Policiamento do Interior 7 (CPI-7) realiza ações preventivas desenvolvidas por policiais da Força Tática, Radiopatrulhamento, Ronda Escolar, Policiamento Comunitário e Rocam”. Ainda segundo a nota, 847 criminosos foram presos, 154 veículos foram recuperados e 35 armas ilegais foram retiradas de circulação. “Quanto aos roubos é importante dizer que na região de Sorocaba os roubos caíram 8,4% nos dois primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo

período do ano passado”. Já sobre o aumento nos casos de estupro, a SSP esclareceu que “o Estado é pioneiro no aprimoramento de políticas de segurança no combate à violência sexual e de gênero. São Paulo conta com 133 Delegacias de Defesa da Mulher (DDM) – o que representa 35,8% de todas as DDMs do país”.


www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Marรงo de 2018

7


8

www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Março de 2018

Após divulgação de áudio, Secretaria da Saúde rebate temores de Padre Flávio N Guilherme Maganhato

guilherme@grupozcomunica.com.br

o último fim de semana, o padre Flávio Miguel Júnior, atual interventor do hospital da Santa Casa de Misericórdia, divulgou um áudio, de pouco mais de quatro minutos, alertando sobre um possível surto do vírus influenza H3N2, uma mutação do H1N1. A mensagem, que foi intensamente compartilhada, causou medo em grande parte da população, por isso, a Secretaria de Saúde (SES) divulgou uma nota para tentar acalmar a população e informar sobre as ações que já estão sendo preparadas para evitar a proliferação da doença. Segundo Daniela Malaquias, chefe da Seção de Vigilância Epidemiológica, não há casos da doença na cidade, e que, segundo o Ministério da Saúde, a campanha de vacinação começa em 16 de abril. “Em 2017, os grupos de risco eram Idosos acima de 60 anos, crianças com mais de 6 meses e menores de 5 anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, trabalhadores de saúde, povos indígenas, portadores de doenças crônicas e professores da rede pública e particular. Agora,

o grupo ainda não foi divulgado, mas pode ser o mesmo”, explica ela. Daniela ainda explica que a vacina tem validade de um ano, portanto, quem se imunizou no ano passado, vai precisar procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) este ano novamente. “Essa vacina confere proteção aos vírus H1N1, H3N2 e a flu B, por isso é muito importante que todos se vacinem. No ano passado, por exemplo, nós tivemos um bom alcance, mas quando olhamos para os grupos isolados, só atingimos a meta nos idosos, que é histórico. Ou seja: a vacina estava disponível, mas não havia procura”. O informe do Ministério da Saúde, segundo Daniela, deve ser divulgado no fim desta semana. Vacina amarela A SES aproveitou, ainda, para lembrar a população da importância da vacinação contra a febre amarela, que ainda acontece. “No começo do ano, nós tivemos muita procura, mas Sorocaba ainda não era uma área de risco, por isso nem todas as UBSs forneciam. Agora, nossa cidade é considerada área de risco, a vacina está em todas as 32 unidades, mas a procura

é muito baixa”, destaca. Até o momento, quatro casos da doença foram diagnosticados na cidade, todos importados. “O vírus ainda está circulando. Eu sugiro que as pessoas evitem viajar até uma área de mata, mas se a pessoa realmente vai, é preciso se vacinar no máximo dez dias antes”. Prevenção Já para se prevenir contra o vírus influenza, Daniela lembra que é preciso deixar os ambientes arejados e sempre lavar as mãos. “O álcool em gel só funciona se as mãos já estiverem limpas. Quando espirrar, é importante tampar o nariz com o antebraço e evitar aglomerações”. Já para a febre amarela, além da vacina, é preciso tomar cuidados para que o mosquito aedes aegypti não se prolifere. “Nossa cidade tem um índice larvário alto, então é preciso tomar todos os cuidados, como tampar as caixas d’água, não deixar água acumular em pneus, garrafas e vasos de planta”. Não há data definida para o término da vacinação contra a febre amarela. Na Câmara Já na sessão da Câmara desta terça-fei-

ra (27), os parlamentares dividiram opiniões a respeito da divulgação do áudio. Presidente da Comissão de Saúde da Casa, o vereador Renan Santos (PCdoB) se mostrou preocupado com a atitude da Prefeitura. “Temos a informação de que eles estão atrasados em relação à prevenção do vírus e a Comissão já encaminhou um requerimento pedindo explicações. “O padre está preocupado, e com razão, afinal ele é o gestor da santa casa. Acabam caindo lá os problemas de endemias, os problemas de saúde. O áudio foi oportuno, porque prevenir é melhor do que remediar”, ressalta.


www.jornalznorte.com.br

Setor de Serviços é o que mais contrata e Comércio o que mais demite em fevereiro D

e acordo com o número do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o setor de Serviços foi o que mais contratou e o Comércio foi o que mais demitiu em Sorocaba, durante o mês de fevereiro. Os dados, disponibilizados nesta semana, mostram ainda que, pelo menos nestes dois setores, o resultado no ano passado foi melhor. Em fevereiro deste ano, a Indústria admitiu 974 novos profissionais, enquanto demitiu 938 – criando, então, 18 novas vagas. Os Serviços Industriais de Utilidade Pública contratou 17, mas demitiu 5, contabilizando 12 novas vagas criadas e, na Construção Civil, foram 530 novas contratações na Construção Civil, contra 471 demissões, gerando 59 novas vagas. Já o setor de Administração Pública gerou 146 novos postos de trabalho, já que 168 pessoas foram admitidas e 22 foram demitidas. O setor de Serviços foi o que mais contratou. Só no mês de fevereiro, foram 3.044 admissões, contra 2.639 demissões, gerando 405 novas vagas de emprego.

Já com números negativos ficaram os setores de Agropecuária, com 21 contratações e 25 demissões, e o Comércio, que teve 1.468 contratações e 1.660 demissões, resultando no fechamento de 192 vagas. A Extrativa Mineral não contratou nem demitiu. No total, em Sorocaba, foram criadas 444 novas vagas de trabalho, resultado de 6.222 admissões e 5778 demissões, um acréscimo de 0,24% sobre o total de empregos formais.

e 879 foram demitidas. A Construção Civil admitiu 463 pessoas, mas demitiu 578, fechando 115 vagas. A Administração Pública havia contratado somente 22 novos profissionais, e demitido sete, gerando apenas 15 vagas e a Agropecuária que, em 2017, admitiu 18 mas demitiu 32, fechando 14 vagas. A Extrativa Mineral teve os mesmos números e o setor de Serviços Industriais de Utilidade Pública também, já que contratou 18 e demitiu seis.

No ano passado Os setores de Comércio e Serviços tiveram resultados melhores em fevereiro de 2017. Segundo os dados do CAGED, o Comércio sorocabano demitiu menos, já que contratou 1.403 profissionais, mas demitiu 1.561, fechando 158 vagas. Já o setor de Serviços contratou mais em 2017 do que em 2018. No ano passado foram 705 novas vagas, sendo 3.185 contratações e 2.480 demissões. Já os outros setores foram melhores neste ano, em comparação com fevereiro do ano passado. Enquanto neste ano a Indústria contratou, no ano passado nove vagas foram fechadas, já que 870 pessoas foram contratadas

Reflexos Para o presidente da Associação Comercial de Sorocaba (ACSO), José Alberto Cépil, o baixo rendimento no comércio ainda é reflexo dos desligamentos de colaboradores temporários, contratados no final do ano passado. “A partir de março, com a retomada do crescimento econômico, esse cenário começa a mudar. O aumento das contratações em outros segmentos certamente irá refletir na categoria, que também inicia seu calendário de datas comemorativas. Na Páscoa, por exemplo, esperamos um aumento de até 5% nas vendas em relação ao ano passado”, analisa.

Sorocaba, 30 de Março de 2018

9

Prefeito concede reajuste de 3% aos funcionários públicos R

econhecendo o valor do funcionalismo público, o prefeito José Crespo concederá, conforme proposta original da Prefeitura de Sorocaba, um reajuste de 3% aos servidores públicos municipais, retroativo ao mês de janeiro de 2018. Para chegar a este percentual, inúmeras reuniões para a negociação foram realizadas desde o final de 2017 envolvendo secretários municipais e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba (SSPMS). De acordo com o secretário de Recursos Humanos (Serh), Osmar Thibes, o reajuste será repassado aos servidores municipais em folha complementar na próxima quarta-feira (4). Serão beneficiados cerca de 12 mil funcionários da Prefeitura, Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Urbes – Trânsito e Transportes, Fundação de Seguridade Social (Funserv) e Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), além de em torno de 3 mil inativos, entre aposentados e pensionistas.


10

www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Março de 2018

Ao contrário do divulgado, Urbes já começou a multar motoristas por videomonitoramento desde a manhã de quinta-feira (29) Guilherme Maganhato guilherme@grupozcomunica.com.br

A

o contrário do que foi divulgado durante a semana, a Urbes – Trânsito e Transportes já está aplicando multas por videomonitoramento na cidade. Isto porque, segundo a Prefeitura, a liminar concedida para que a medida voltasse a ser praticada determinou que a fiscalização já começasse, e não em 30 dias, como foi divulgado pela própria autarquia. São 67 câmeras, espalhadas por toda a cidade. A lei que suspendeu a ação de fiscalização era do vereador Francisco Martinez (PSDB), mas foi considerada inconstitucional, por isso a Justiça concedeu a liminar. Além da decisão judicial, ainda segundo informações do Paço, o Conselho Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo (Cetran), emitiu, em 5 de março, um parecer favorável à fiscalização. Mesmo com a aplicação imediata das multas, a Urbes, a partir de segunda-feira (2), informa que será feita uma ação de orientação junto aos motoristas para alertar sobre o retorno da medida. Histórico Em dezembro do ano passado, o prefeito José Crespo (DEM) publicou um decreto em que regulamentava a fiscalização através das câmeras e logo depois, o vereador Francisco Martinez (PSDB) apresentou um Projeto de Lei (PL) para que a fiscalização não

continuasse. O PL, mesmo inconstitucional, foi aprovado e enviado para sanção do prefeito, no entanto, como a propositura não foi sancionada nem vetada, ela voltou para a Câmara, e o presidente da Casa, vereador Rodrigo Manga (DEM), sancionou e publicou a lei. À época, segundo os vereadores, o prefeito teria afirmado que não ingressaria na Justiça. Reações A Câmara reagiu mal à atitude do prefeito. O vereador Irineu Toledo (PRP), que é líder do Executivo na Casa, demonstrou surpresa com a atitude. “Eu acho que tem que ser o seu sim, sim, e o seu não, não. Agora, se a Prefeitura quer isso, então seria preciso fazer uma reunião”. Já Francisco Martinez lembrou que havia sugerido, quando defendia seu projeto no ano passado, sugeriu que as câmeras fossem usadas de forma mais didática. “Era melhor que fossem dadas advertências antes da multa”, ressalta. O vereador Anselmo Neto (PSDB) aproveitou para pedir ao vereador Manga, que é do mesmo partido do prefeito, que tentasse dialogar mais. “Se o senhor [Manga] ligar lá para falar só com ele [Crespo], o senhor vai conseguir”. Em resposta, Manga afirmou que vai trabalhar em favor da população. E a população? As pessoas ouvidas pela reportagem estão com as opiniões divididas a respeito da aplicação das multas através das câmeras. Luigi Paes de Carvalho, de 20 anos, acredita que devem haver exceções para a fiscalização. “Eu acho que se a multa for aplicada para as pessoas que dirigem mexendo no celular, por exemplo, é certo. Agora, para quem mexe no GPS, não deveria ser multado”, ressalta o ferrador, de 20 anos, morador do Jardim Casa Branca. Paulo Vinícius Alves, 28 anos, que é motorista por aplicativo, também pondera. “Por um lado eu acho bom, em termos de trânsito, porque alguns ficam

despercebidos por causa do celular. Mas para mim vai atrapalhar, porque às vezes preciso mexer no celular para iniciar uma viagem e ver a rota do passageiro”, reclama o morador do Parque São Bento. O comerciante Rodrigo Silva, de 31 anos, não aprova a medida. Ele é motociclista, e estava com a viseira do capacete aberta no momento da entrevista. “Nesse calor, não dá para andar com ela fechada, mas posso ser multado”. Cleberson Rezende, de 36 anos, também lamentou a possibilidade das multas por videomonitoramento.“Não acho legal, mas vamos ter que seguir ao pé da letra. Eu, mesmo, trabalho muito pelo celular, vendo contratos e endereços de clientes”, ressalta o técnico em TV a cabo, morador do Jardim Itanguá. Já a arquiteta Renata Perez, de 26 anos, está preocupada com a questão da segurança. “Eu acho péssimo, porque parar em semáforos de madrugada é bem complicado”, ressalta. No entanto, Patrícia Torejani, de 39 anos, acha a medida válida. “Tem muita gente que faz coisa errada e não tem guarda de trânsito suficiente para multar. As pessoas só sentem quando colocam a mão no bolso. Quem fizer o certo, não vai ser prejudicado”, defende a massoterapeuta.

Os pontos de videomonitoramento são:

01 - Pça. Dom Tadeu Strunck 02 - Juscelino Kubitschek X Pereira Inácio 03 - Juscelino Kubitschek X Barão de Tatuí 04 - Pça. 09 de julho 05 - Pça. Lions 06 - Dom Aguirre X Hélio Monzoni 07 - Dom Aguirre X Ponte Salomão 08 - Av. São Paulo X Padre Madureira 09 - Av. São Paulo X Constantino Senger 10 - Ponte Franscico Delosso 11 - Dom Aguirre - TSP 12 - Cesário Mota X Pça Carlos de Campos 13 - XV de Novembro X Barão do Rio Branco 14 - Álvaro Soares X Souza Pereira 15 – Comendador Pereira Inácio X Washington Luis 16 - Antonio C. Comitre X Pedro Molina 17 - Barão de Tatuí X Salvador Correia 18 - Antonio C. Comitre X Washington Luis 19 - Afonso Vergueiro X Pça Bandeira 20 - Afonso Vergueiro X Prof. Toledo 21 - Afonso Vergueiro X Eugenio Salerno 22 - Gal. Carneiro X Ana Augusto 23 - Gal. Carneiro X Bento M. Ribeiro 24 - Gal. Carneiro X Conego t. 25 - Viaduto dos Ferroviários 26 - Hermelino Matarazo - Pça. Pedro de Toledo 27 - Com. Oeterer X Princesa Isabel 28 - Hermelino Matarazo X Jaromiro Blazeck 29 - Com. Oeterer X J. J. Lacerda 30 - Washington Luis X Juvenal de Campos 31 - Mercado Municipal - Relógio 32 - Padre Luiz X Sete de Setembro 33 - Itavuvu X Ipanema 34 - Gal. Carneiro (DPP sul) 35 - Izoraida M. Peres X Carlos E. Sigueira 36 - Itavuvu X Vicente Paes Filho 37 - Itavuvu X Atanázio Soares 38 - Itavuvu X Area de Transferência 39 - Ipanema X Schleiffer 40 - Ipanema X Alameda Votuporanga 41 - Ipanema X Área de Transferência 42 - Izoraida M. Perez X Augusto Lipel 43 - Itavuvu X Ary Annunciato 44 - Praça Rotary 45 - J. J. Lacerda X Osvaldo Cruz 46 - Washington Luiz X Bento M. Jequitinhonha 47 - Dom Aguirre (Praça Rotaract) 48 - Dom Aguirre X Pedro A. Cabral 49 - Carlos R. Mendes X Sadrac Arruda 50 - Armando Pannunzio X Santa Cruz 51 - Armando Pannunzio X Getúlio Vargas 52 - Afonso Vergueiro X Humberto de Campos 53 - Av. Brasil (Uniten) 54 - Adhemar de Barros X Maciel Baião 55 – Rua João Ribeiro de Barros (Parque das Águas) 56 - Dom Aguirre X Praça Lions/hélio Monzoni 57 - Dom Aguirre X Sérgio Labarca 58 - Dom Aguirre X Ubirajara 59 - Dom Aguirre X Fernando santos 60 - Dom Aguirre X Marilda de Oliveira 61 - Dom Aguirre X Praça Olinda Alves Mandes 62 - Dom Aguirre X João Gabriel 63 - Dom Aguirre X pista de skate 64 - Dom Aguirre X Ponte Dom José Melhado 65 - Av. São Paulo (Jd. Bandeirantes) Eng. Carlos R. Mendes X Três de Março 67 - Éden / Área de Transferência


www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Marรงo de 2018


www.jornalznorte.com.br Sorocaba, 30 de Marรงo de 2018

Jornal Z Norte - 432ª Edição (30/03/2018)  

Jornal SEMANAL, distribuido toda sexta-feira, gratuitamente na Zona Norte de Sorocaba. Edição de 30/03/2018. Visite nosso site: www.jornalzn...

Jornal Z Norte - 432ª Edição (30/03/2018)  

Jornal SEMANAL, distribuido toda sexta-feira, gratuitamente na Zona Norte de Sorocaba. Edição de 30/03/2018. Visite nosso site: www.jornalzn...

Advertisement