Page 1

Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

207

Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013 | Nº - Ano 8 www.jornalznorte.com.br - Distribuição GRATUITA

Z

Alavanca lança Condomínio Página 08 Paris


Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 Ă 14 de Agosto de 2013

Z


Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

207

Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013 | Nº - Ano 8 www.jornalznorte.com.br - Distribuição GRATUITA

Primeiro Emprego

Z

Alavanca lança Condomínio Página 08 Paris

McDonald’s abre 400 vagas para Primeiro Emprego em Sorocaba. Rede procura pessoas com dinamismo e facilidade para trabalhar em equipe e não exige experiência anterior. Na Zona Norte serão abertas duas novas unidades da Rede.

5ª Ampliação do Hospital UniPágina 10 med Sorocaba

Página 03

Unidade do McDonald’s em construção na Avenida Itavuvu

Ello Poste Padrão inaugura na Página 20 Zona Norte


Z Norte

2

Muitas vagas de Emprego para os Jovens P

ara fazer frente à expansão prevista no segundo semestre, quando irá inaugurar quatro novos restaurantes em Sorocaba, o McDonald’s abriu processo seletivo para o preenchimento de 400 novas vagas de emprego. Para concorrer, basta preencher a ficha de inscrição em qualquer dos um dos McDonald’s da cidade ou encaminhar o currículo para o e-mail talentos@somcdonalds.com.br. Para trabalhar no McDonald’s o candidato deve ter no mínimo 16 anos e ter concluído o Ensino Básico. Para o período noturno, deve ser maior de 18 anos. Características como dinamismo, boa fluência verbal, facilidade para trabalhar em equipe e para lidar com o público, são diferenciais para quem deseja iniciar uma carreira profissional na rede que é líder no Brasil no segmento de refeições rápidas. Com 91 % de seu quadro de funcionários formado por jovens com até 25 anos, a empresa não exige experiência anterior, por isso representa uma importante porta de entrada para quem busca seu primeiro emprego

EXPEDIENTE

Norte

www.jornalznorte.com.br Eleito o Melhor Jornal de Bairro de Sorocaba Concurso Jornalístico e Publicitario da Prefeitura Municipal de Sorocaba nos anos de 2010/2011 Muito mais Jornal

3 edições por mês

Z

A.A. Alves Editora ME CNPJ: 11.391.242/0001-70

Novo escritório: Avenida Itavuvu, 1541 Jd. Maria Antônia Prado Cep: 18076-005 Sorocaba/SP

Diretoria

Fernando de Araujo Silva fernando@jornalznorte.com.br cel (15) 7813.9934 ID NEXTEL: 113*51640 Angela Aparecida Alves angela@jornalznorte.com.br cel (15) 7813.1444 ID NEXTEL: 113*2714 MSN fernandoarau@hotmail.com gezinha_ge@hotmail.com

diretoria@jornalznorte.com.br redacao@jornalznorte.com.br comercial@jornalznorte.com.br musa@jornalznorte.com.br leitor@jornalznorte.com.br

(15) 3418.5285

comercial@jornalznorte.com.br As matérias e artigos assinados não representam necessariamente a opinião desse jornal, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Charge da Edição

Z

formal e uma carreira. Chegou a Hora de você arrumar o seu primeiro emprego, e o melhor de tudo, na nossa região. Boa Sorte aos candidatos! E lançamos hoje a Coluna “Área do Leitor”, onde nossos leitores terão “voz”. Aqui eles poderão reclamar, elogiar, dar sua opinião e caso queriam reclamar de alguma empresa, produto, poderão fazê-lo, através de nosso site ou fanpage e depois serão publicadas na edição impressa, e o mais importante... Escutaremos sempre os dois lados da questão! Sempre a serviço da Zona Norte. Participem! Tenham todos uma ótima leitura! Equipe Jornal Z Norte.

Oi estou aqui para elogiar esse Plaza Shopping Itavuvu tão pertinho de casa, sim eu moro bem de frente de vocês, mais ou menos 15 anos e esse empreendimento veio para valorizar nossa região que está crescendo cada vez mais! Por trabalhar fora também a 15 anos e ter 03 filhos criados aqui, que hoje já são adolescentes, nós sempre fazemos tudo por aqui, dificilmente saímos daqui se podemos resolver ou comprar por aqui. Hoje então com vocês aqui fazemos tudo mesmo! Compras no supermercado, o presente de ultima hora, matar a fome, passear com a família e agora então com as atrações de “vidro” muito bom, vocês estão de parabéns, eu sempre recomendo,. indico, ai de quem falar mal do “meu shopping” (é desse jeito que me refiro ao Shopping Plaza Itavuvu, meu Shopping kkkk). Mas hoje aconteceu algo muito triste e gostaria de compartilhar com vocês, quem sabe vocês podem me ajudar... Em maio eu comprei um relógio da marca Champion na loja ”Sion joias em prata”, na hora da compra fui muito bem atendida. A um mês atrás o relógio parou, como a dona da loja já tinha me falado que eles não davam garantia na bateria e somente no relógio, tanto que tenho a garantia do relógio de 01 ano, bem ela já tinha me informado que a garantia não cobria a bateria, eu fui em um estabelecimento de confiança e pedi para trocar a bateria, o que infelizmente não adiantou mesmo assim o relógio não funcionou, ou melhor funcionou por 01 ou 02 dias, ou seja, não era a bateria e sim o relógio, como eu estava no meio de uma preparação de uma festa de aniversário da minha filha e com a confiança que não teria problema algum com a loja eu esperei passar o aniversário da minha filha para ir a loja expor o problema, o que eu fui fazer hoje +/- 03 meses depois. Cheguei na loja “Sion” fui bem atendida, falei o que tinha acontecido, a dona da loja não estava, a mãe da dona pediu para outra funcionaria ligar para a dona e por fim o que elas me falaram foi pra ligar na Champion, pois a garantia é da Champion e não da loja e elas não podia fazer nada!! Eu expliquei que eu tinha acabado de comprar, a menos de 03 meses, queria uma ajuda, afinal não foi barato eu estou até pagando ainda no meu cartão de credito e mal usei e já parou, sei lá uma ajuda, elas enviarem pra autorizada, eu deixava o relógio com elas, o importante era elas darem a atenção pra cliente do mesmo jeito que me deram pra vender.. e nada somente o olhar de desprezo e ligue para a Champion... tentei argumentar varias vezes a atenção delas e nada.. Eu sou uma pessoa super calma e infelizmente elas conseguiram me deixar nervosa, sai de lá me arrependendo amargamente de um dia ter entrado

na loja delas!!! Por eu morar de frente ao Plaza, sou conhecida por varias lojistas, encontrei uma delas e contei o que tinha acontecido e ela achou um absurdo, entrei em outra também que vende relógios, eu cheguei e perguntei qual era o procedimento da loja dela se tivesse acontecido isso com uma cliente dela (eu ainda não tinha contado que tinha acontecido comigo) ela me informou que ela abriria um relatório e enviaria para a Champion com o relógio e eu aguardaria a resposta! Era isso que eu queria ATENÇÃO. A outra amiga que eu tinha encontrado me falou que no caso dela ela teria duas opções trocava para a cliente e depois mandava para a Champion ou enviava para a Champion e a cliente esperaria o retorno, mas nunca mandar a cliente se virar, pois ela ia querer segurar a cliente, afinal eu acabei de comprar, não faz anos e está na garantia de 01 ano. Eu cheguei em casa e liguei na Champiom, eles me pediram para enviar o relógio e a garantia para eles, só que eles ficam em São Paulo e eu terei que gastar com o correio, problema que a loja poderia fazer e ganhar uma cliente satisfeita e não uma cliente revoltada... Favor vocês poderiam me ajudar? Ou pelo menos orientar aos lojistas, ou melhor aos lojista não pois para muitos eu contei o que aconteceu e todos me apoiaram, mas para a dona dessa loja “Sion”, não só tratar bem na hora da compra mas também na hora do problema, pois isso pode afugentar clientes que podem trazer mais clientes com o elogio dos produtos e a atenção... Desculpe pelo desabafo, mas me senti na obrigação de alertá-los do mal lojista no momento que deveria ter bons lojistas para atrair mais clientes e não deixa-los nervosos como fiquei, eu sai tão nervosa que sai explodindo da loja e não sorrindo onde todos podiam ver a minha insatisfação.... e vocês fazendo de tudo para atrair clientes com tantas atrações.. Bem o Plaza Itavuvu ainda é meu vizinho, amo fazer compras, comer e passear com a família em um lugar tão familiar e bom! Mas naquela loja não entro nunca mais e não indico para ninguém. Evelin Salazar

Resposta da Loja Sion:

Informamos que entramos em contato com a cliente para resolvermos esta questão da melhor forma possível.Trabalhamos sempre baseados na excelência no atendimento, de acordo com os princípios legais e de ética e seguindo orientações do código de defesa do consumidor. Todas as jóias que vendemos na loja possuem garantia permanente e caso haja algum problema, na hora recolhemos a peça para troca/conserto e limpeza. Decidimos no mês de Maio começar a trabalhar com relógios desta marca que oferece a garantia de 1 ano, pela fábrica. Foi nosso primeiro caso de problema com o relógio

e seguimos as orientações passadas pelo fornecedor Champion, que nos orientou que, no caso de problemas no funcionamento o próprio cliente deveria entrar em contato com a assistência técnica e eles orientariam a forma de postagem do produto para conserto e que o mesmo deveria ser enviado junto com a garantia e cupom fiscal fornecidos para o cliente. Esta inclusive foi uma orientação passada por todas as outras marcas de relógio quando iniciamos a pesquisa para escolher o fornecedor e também fizemos uma pesquisa com outras joalherias da região para confirmar o procedimento adotado. Optamos pela Champion pelo ótimo custo-benefício apresentado, relógios com garantia e com preço mais acessível que as outras marcas. Como informado, nossa intenção é sempre trabalhar de forma correta e ética e estar aperfeiçoando a cada dia. Desta forma, entramos em contato com o Procon para pedir orientações no procedimento nestes casos, para estarmos sempre em conformidade e atender da melhor forma possível o consumidor e cobrar também o atendimento necessário do fornecedor. A informação passada foi que a Champion não pode cobrar o frete, caso o produto esteja dentro dos 90 dias de garantia legal. Desta forma, iremos interceder, recolher o produto e a loja se prontificará a entrar em contato direto com a Champion, inclusive para alinhar os procedimentos e orientações passadas para que não tenhamos problemas em futuras ocorrências. Ressalto ainda que, todas as funcionárias já foram orientadas neste novo procedimento, como mesmo foi dito pela própria cliente, apesar do caso de ontem, tanto no momento da venda quando retornou para informar do problema com o produto, procuramos atender da melhor forma possível. Não toleramos o mau atendimento. Todas as colaboradoras (vendedoras e gerente) estavam seguindo uma orientação passada pelo fornecedor o que infelizmente não atendeu a expectativa da cliente a deixando insatisfeita. Estamos trabalhando para que isto não ocorra novamente. Atenciosamente, Iasmim Stefoni Proprietária Sion Jóias em Prata O Jornal Z Norte trará em suas próximas edições, o desdobramento dessa reclamação, até a solução completa.


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z Norte

3

Primeiro Emprego na Zona Norte

McDonald’s abre 400 vagas para Primeiro Emprego em Sorocaba. Rede procura pessoas com dinamismo e facilidade para trabalhar em equipe e não exige experiência anterior.

P

ara fazer frente à expansão prevista no segundo semestre, quando irá inaugurar quatro novos restaurantes em Sorocaba, o McDonald’s abriu processo seletivo para o preenchimento de 400 novas vagas de emprego. Para concorrer, basta preencher a ficha de inscrição em qualquer dos um dos McDonald’s da cidade ou encaminhar o currículo para o e-mail talentos@somcdonalds.com.br. Para trabalhar no McDonald’s o candidato deve ter no mínimo 16 anos e ter concluído o Ensino Básico. Para o período noturno, deve ser maior de 18 anos. Características como dinamismo, boa fluência verbal, facilidade para trabalhar em equipe e para lidar com o público, são diferenciais para quem deseja iniciar uma carreira profissional na rede que é líder no Brasil no segmento de refeições rápidas. Anualmente, o McDonald’s investe R$ 40 milhões em treinamento e capacitação pessoal e é reconhecida como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil. Com 91 % de seu quadro de funcionários formado por jovens com até 25 anos, a empresa não exige experiência anterior, por isso representa uma importante porta

de entrada para quem busca seu primeiro emprego formal e uma carreira. Nos restaurantes McDonald’s de Sorocaba, por exemplo, 95% dos atuais gerentes começaram na empresa como atendentes de lanchonete. . “Nós priorizamos a mão de obra local, oferecendo oportunidades de emprego a jovens e criando condições de crescimento profissional e aperfeiçoamento pessoal”, comenta o empresário Claudio Costa, franqueado operador do McDonald’s na região de Sorocaba. Como empregador o McDonald’s foi duplamente reconhecido recentemente. A revista ÉPOCA e o Instituto Great Place to Work ® (GPTW) elegeram pela décima quarta vez o McDonald´s como a Melhor Empresa para Trabalhar no Brasil. O McDonald’s ficou entre as 25 primeiras neste ano na lista das 100 Melhores Empresas para Trabalhar, no ranking das companhias com mais de mil funcionários. Com isso, a empresa está na lista das empresas que estão há mais tempo entre as melhores do país. Além disso, a rede é uma das empresas brasileiras que mais reúnem jovens e que mais cresceram em oportunidades de trabalho.


4

Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z

Reforma Administrativa reduz cargos comissionados e 6 Secretarias

J

á está na Câmara Municipal o projeto de lei do prefeito Antonio Carlos Pannunzio que promove a reforma administrativa da Prefeitura de Sorocaba. A iniciativa reduz o número de secretarias municipais de 21 para 15, bem como os cargos comissionados de 240 - quando da celebração do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público para 188, além de valorizar o servidor público com a ampliação do número de cargos em comissão exclusivos para os que ingressaram na Prefeitura por concurso público. A reforma administrativa vai possibilitar à Prefeitura uma economia anual de R$ 29 milhões, recursos que serão revertidos em obras e serviços. “Trata-se, antes de tudo, de iniciativa que visa à melhoria do processo gerencial da administração municipal tendo em vista a necessidade de reestruturar a Administração Pública Municipal com a adoção de secretarias municipais e órgãos equiparados, modernizando a gestão e preparando-a para os desafios atuais e do futuro”, afirma o prefeito na mensagem que acompanha o projeto encaminhado à Câmara para a análise dos vereadores. Na noite desta terça-feira (6), o prefeito recebeu 14 vereadores no gabinete do 6º andar do Paço Municipal para explicar a eles o projeto da reforma administrativa. A modernização da estrutura administrativa e a agilidade são necessárias e se dão por meio das propostas apresentadas. Vale lembrar que a Prefeitura tem um número de funcionários perto de 10 mil e uma série de demandas crescentes envolvendo diretamente a população que vive em Sorocaba (superior a 600 mil pessoas), bem como a flutuante que aqui trabalha ou vem atraída pelo comércio, indústria e prestadores de serviços. O serviço de Saúde, por exemplo, está regionalizado em três regiões: Zonas Oeste, Sul/

Leste e Norte. As questões da área tem, agora, encaminhamento para a solução por meio de divisões de apoio mais próximas da população. “O Município deve primar pela eficiência e qualidade dos serviços de saúde à população e hoje se fala muito em ‘humanização’ da saúde, em questão de política pública, sempre visando à integralidade, à universalização, ao aumento da equidade e à incorporação de novas tecnologias e especialização dos saberes”, ainda destaca Pannunzio na mensagem enviada aos vereadores. A redução do número de secretarias não irá significar prejuízos para a realização dos serviços. A fusão das secretarias - o que permite economia de recursos -, manterá todos os serviços. Inclusive o projeto prevê a criação de oito cargos de secretários-adjuntos para a atuação nas áreas e divisão das tarefas das secretarias dentro da estrutura administrativa. Conforme Pannunzio, com a reforma administrativa “segue o objetivo permanente de aprimorar o funcionamento da Administração Municipal”. O projeto da reforma administrativa prevê inclusive a criação de secretarias extraordinárias, ou seja, quando a situação no Município justificar essa necessidade de ter montada uma estrutura para atuar especificamente em uma determinada área e tão logo haja a solução, a estrutura será desmontada. A modernização também se dará em relação à transparência da Administração. O projeto da reforma administrativa vai criar a Corregedoria Geral do Município (CGM), vinculada ao próprio prefeito e com a atribuição de realizar correições nos órgãos e entidades da Administração Pública Direta, Indireta, Autárquica e Fundacional, visando à promoção dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, economicidade e publicidade dos atos de gestão, bem como da probidade dos agentes públicos.

Integrada pela 1ª e 2ª Câmaras Correicionais e o Centro de Análise de Informações e Assistência Técnica, a Corregedoria Geral do Município irá apurar conduta funcional dos agentes públicos, acompanhar e examinar os trabalhos de órgãos que executam atividades de controle interno, além de fiscalizar reajustes de preços de contratos e participar da organização do Portal da Transparência Municipal, em sítio eletrônico, zelando pela veracidade e coerência de dados e informações. Com a reforma administrativa a estrutura da Prefeitura ficará a seguinte: Gabinete do Poder Executivo; Corregedoria Geral do Município; Secretaria da Administração (Sead); Secretaria da Cultura (Secult); Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet);

Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedeso); Secretaria da Mobilidade e Desenvolvimento Urbano e Obras (Semob); Secretaria da Educação (Sedu); Secretaria de Esportes e Lazer (Semes); Secretaria da Fazenda (SEF); Secretaria de Governo e de Segurança Comunitária (SEG); Secretaria do Meio Ambiente (Sema); Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária (Sehab); Secretaria de Negócios Jurídicos (SEJ); Secretaria de Planejamento e Gestão (SPG); Secretaria da Saúde (SES); Secretaria de Serviços Públicos (Serp). Continuam ainda o Saae, Urbes - Trânsito e Transportes, Empresa Municipal Parque Tecnológico de Sorocaba (EMPTS) e a Fundação de Seguridade dos Servidores Públicos Municipais (Funserv), além do Fundo Social de Solidariedade (FSS).


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 Ă 14 de Agosto de 2013

Z Norte


Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z

Parte integrante da edição nº 207 do Jornal Z Norte 09 à 14 de Agosto de 2013

Prefeitura entrega novos prédios para Educação C

om área construída de 5.335 m², em dois pavimentos, a Prefeitura de Sorocaba entrega oficialmente nesta sexta-feira (9), às 11h, a escola municipal “Professor José Carlos Florenzano”, do Jardim Santa Esmeralda. A unidade conta com 20 salas de aulas e capacidade para 1.260 alunos de pré-escola (4 anos) até o Ensino Fundamental I (10 anos), do bairro e também comunidades vizinhas. Construída exclusivamente com recursos do município, foram investidos R$ 7.400.521,58 no prédio que conta ainda com: salas de informática, multimeios, laboratório de Ciências, biblioteca, sala Oficina do Saber, sala de atividade coletiva, pátio coberto, sanitários (inclusive acessível), diretoria, coordenação, almoxarifado, sala dos professores e área de serviços (cozinha, despensa, refeitório, depósitos e vestiários), além de quadra poliesportiva coberta. Nos próximos dias, a Prefeitura também faz a entrega oficial do Centro de Educação Infantil (CEI 93) do Wanel Ville e o Centro de Educação Infantil (CEI 100), do Jardim

Pacaembu. A primeira unidade educacional tem 1.118,48m² de área construída, distribuídos em: 2 salas para creche I, 2 salas para creche II, 2 salas para creche III e outras 2 que funcionam como pré-escola, solário, sala de informática, uso múltiplo, pátio coberto e playground. A unidade também conta com ambiente administrativo (diretoria, secretaria, professores, almoxarifado e sanitários), além de refeitório, cozinha, despensa, lactário, depósito, lavanderia e sanitários/vestiários. Já o CEI 100 tem 745,41m² de área construida, distribuída por: berçário, creche I, II e III, solário, pátio coberto, playground e sanitários, além das áreas administrativas (diretoria, secretaria, professores, almoxarifado, sanitários) e serviços (cozinha, despensa, lactário, refeitório, depósito, lavanderia, sanitários/vestiários). Outra obra que deverá ser entregue nos próximos dias é a Escola Estadual da Vila Barão, construída em parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado. A unidade conta com área construída de 2.575,80m², divididos em quatro pavimentos. São 12

salas de aula, salas de: leitura, informática, uso múltiplo, pátio coberto e sanitários; sala de diretoria, coordenação, professo-

res, almoxarifado e sanitários; cozinha, despensa, refeitório, depósito, sanitários/ vestiários. Foto: Zaqueu Proença/PMS


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z Norte

7

Roteiro Educador volta a receber alunos da rede municipal U

ma aula viva sobre a cidade, seus monumentos e personagens que construíram a sua história. Desde esta segunda-feira (5), alunos de todas as escolas em Tempo Integral (Fundamental e Médio), da rede municipal, retomaram as visitas do Roteiro Educador. O programa desenvolvido pela Secretaria municipal da Educação está beneficiando aproximadamente 15 mil estudantes de 6 a 16 anos. A retomada dos passeios integra a agenda comemorativa pelos 359 anos de Sorocaba e desta forma, esta semana, os espaços visitados pelos estudantes são: monumento a Baltasar Fernandes, Mosteiro e Espaço Cultural São Bento (Museu da Energia), Casarão de Brigadeiro Tobias, Museu Histórico e Jornal Cruzeiro do Sul. Na próxima sexta-feira (8), cerca de 600 alunos das escolas municipais “Leonor Pinto Thomaz, Achilles de Almeida, Flávio de Souza Nogueira e Edward Fru Fru Marciano da Silva”, assistirão à palestra: “Domitila de Castro, Dom Pedro I e Rafael Tobias de Aguiar - A Marquesa de Santos na historiografia e na literatura brasileira”, proferida pelo professor Geraldo Bonadio. Conforme cronograma da Secretaria da

Educação, com o início das atividades o roteiro atenderá todas as escolas públicas de Ensino Fundamental e Médio, beneficiando aproximadamente 15 mil alunos neste ano. Ao todo são 40 espaços educadores, devidamente sinalizados pela Prefeitura, que recebem os estudantes. Com o Roteiro Educador, os próprios públicos, entidades e monumentos históricos da cidade se transformam em espaços educadores, recebendo crianças e adolescentes da rede municipal de Ensino. Consiste numa verdadeira viagem pela história da cidade, personagens e seus monumentos. Consta da grade curricular e as visitas são monitoradas, pré-agendadas e, durante a viagem de ida, o professor conta a história ou descreve sobre o local a ser visitado. Para melhor aproveitamento, em sala de aula e antes de acompanhar os alunos em cada passeio, o professor se prepara para repassar uma boa informação e conhecimento da história da cidade, os personagens e a representação sociocultural, bem como a importância dos pontos a serem visitados dentro do conceito de Cidade Educadora.

Foto: Arquivo/PMS


Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z

Parte integrante da edição nº 207 do Jornal Z Norte 09 à 14 de Agosto de 2013

Alavanca lança Condomínio Paris, o primeiro com selo “Casa Azul” da Caixa

Residencial de R$ 100 milhões constitui a primeira fase de um megacomplexo, que dará origem ao novo bairro Ville de France, a menos de um minuto do Campolim.

N

aquele que já está sendo considerado o maior lançamento imobiliário do ano, a Construtora Alavanca apresentou, na noite da última quinta-feira (01/08), o Condomínio Paris. O residencial é a primeira fase do megacomplexo Ville de France, que dará origem a um bairro inteiro da cidade e o primeiro da região - e um dos dez do país - a ter o selo “Casa Azul”, categoria Ouro, da Caixa Econômica Federal. Localizado a menos de um minuto do Campolim, às margens da Rodovia Raposo Tavares, a implantação do residencial foi cuidadosamente planejada para proporcionar bem-estar, conforto e hábitos de vida sustentáveis aos moradores, além de preservação da natureza. Para tanto, o projeto atende, além dos todos os itens obrigatórios do selo, mais 12 de livre escolha. São seis torres, com 456 apartamentos de 52 m², cada, totalizando um investimento de R$ 100 milhões, em uma ampla área de 13 mil m², sendo 2,5 mil deles independentes, destinados ao lazer. Os apartamentos têm acabamento de alto padrão e seus projetos visam à total ocupação dos espaços. A grande distância entre as torres é outro dos muitos diferenciais, que permite privaci-

dade, ventilação, iluminação privilegiada e grande economia de energia aos condôminos. Destaca-se, ainda, no quesito segurança, com sensores infravermelhos e monitoramento de câmeras 24 horas, por dia, sem falar do recuo, entre a portaria e a rua, para acomodar até 12 veículos de visitantes, simultaneamente, evitando acidentes e melhorando o fluxo. “Esta é mais uma grande realização da Alavanca, resultado de seus 40 anos de experiência, com foco em qualidade, tecnologia e absoluto respeito ao cliente”, destacou Fernando Stecca Filho, fundador da empresa, ao lado dos também diretores, Fernando Stecca Neto, Cláudia Stecca e Elias Stefan Júnior.

Cristina Stecca, Cláudia Stecca e Maria Fernanda Stecca Stefan

Fernando Stecca Neto, Marcos Atalla e Alexandre Oliveira

Gabriela Chinelatto e Fernando Castanho Stecca Júlia Castanho Stecca

Geraldo Caiuby e Fernando Stecca Filho

Camila Stecca Stefan, Elias Stefan Júnior, Maria Fernanda Stecca Stefan, Cláudia Stecca, Cristina Stecca e Fernando Stecca Neto

Fernando Stecca Filho apresenta oficialmente o Condomínio Paris aos convidados


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 Ă 14 de Agosto de 2013

Z Norte

9


10

Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z

Unimed Sorocaba comemora o fim das obras da quinta ampliação do seu hospital

N

a noite de 2 de agosto, dirigentes, conselheiros e cooperados da Unimed Sorocaba receberam autoridades e convidados para inaugurar as novas alas construídas com a quinta ampliação do Hospital “Dr. Miguel Soeiro”. Segundo o presidente da cooperativa, José Francisco Moron Morad, foram gerados 302 novos postos de trabalho e investidos cerca de 50 milhões de reais em obras e na aquisição de equipamentos e mobiliários, muitos deles importados. Esse aporte financeiro foi feito integralmente

Eduardo Martins, José Francisco Moron, Eudes de Freitas Aquino, Paulo Hungaro, Antônio Carlos Pannunzio, José Francisco Martinez, José Rabello e Miguel Soeiro Filho

com recursos próprios da cooperativa médica sorocabana. NOVIDADES ANTECIPADAS José Francisco Moron Morad, diretor presidente da Unimed Sorocaba disse que foram dois anos de muita expectativa pela conclusão dos trabalhos. “A partir de agora, temos 205 leitos operacionais, 183 deles exclusivos para internação. Este crescimento incorpora mais de 7.000 metros quadrados à área já existente, perfazendo um total de mais de 20.000 metros quadrados.” Moron antecipou outros avanços: “Já estão em fase adiantada e, em breve, serão entregues obras que dobrarão a capacidade instalada da UTI infantil; novas salas de recuperação adulto e infantil da Emergência, 71 novas vagas de estacionamento e a Unidade de Atendimento no Plaza Shopping Itavuvu, que será inaugurada em setembro. Moron revelou que já foram iniciados os estudos para ampliar a UTI Adulto, construir mais salas cirúrgicas, ampliar a área de coleta do laboratório e de mais leitos na quimioterapia. AUTORIDADES Entre diversas autoridades presentes compareceram o prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio; o diretor presidente da Unimed do Brasil, Eudes de Freitas Aquino, o diretor presidente da Central Nacional Unimed, Mohamad Akl, o diretor presidente da Federação das Unimeds do Estado de São

Paulo, Luiz Roberto Dib Mathias Duarte, o diretor presidente da Unimed Santos e diretor presidente da Federação Intrafederativa Sudeste Paulista, Raimundo Viana de Macedo; o diretor presidente da Unimed Seguros, Rafael Moliterno Neto e o assessor de recursos próprios da Unimed do Brasil Rodolfo.

Jane Maria Rocha Moron e José Francisco Moron Morad (Diretor Presidente da Unimed Sorocaba)

Eduardo Martins Marques, José Francisco Moron Morad, Eudes de Freitas Aquino, Paulo Hungaro Neto e José Augusto Rabello Júnior


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z Norte

Sorocaba tem 49 casos de SRAG por Influenza confirmados em 2013 D

este total, foram identificados 39 casos causados pelo vírus Influenza A/H1N1 e dez pelo vírus Influenza B. Segundo o Boletim Epidemiológico divulgado pela Área de Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES) nesta quinta-feira (8), até o dia 3 de agosto, foram

confirmados 49 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Influenza na cidade. Deste total, foram identificados 39 casos por Influenza A/H1N1 e dez por Influenza B. Neste período, foram registrados dez óbitos por SRAG causada pelo A/H1N1 e um por SRAG causada por Influenza B.

A SES volta a alertar a população sobre os cuidados a serem tomados para evitar não só a SRAG, mas todas as doenças de transmissão respiratória. Para prevenir estas doenças, são indicadas as seguintes medidas: higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar; depois de usar o banheiro, antes de comer, antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz; evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas, como corrimão, bancos, maçanetas; evitar proteger a tosse e o espirro

11

diretamente com as mãos, utilizando preferencialmente lenço de papel descartável; manter hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividade física. Pessoas com síndrome gripal devem evitar contato direto com outras pessoas, aglomerações e ambientes coletivos. A SES recomenda ainda às pessoas que apresentarem os sintomas de síndrome gripal (febre, coriza, dor de garganta, falta de ar) para que evitem a automedicação e procurem imediatamente os serviços de saúde para o correto diagnóstico e tratamento.


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 Ă 14 de Agosto de 2013

Z Norte

12


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z Norte

4 dicas para manter o seu cabelo com uma aparência jovem

Aprenda truques que ajudam a preservar a saúde dos fios e deixar os cabelos sempre bonitos

Q P

uando começamos a sofrer com os efeitos do envelhecimento, a pele logo emite os primeiros sinais e já nos mostra que é preciso investir em cuidados especiais. or outro lado, os seus cabelos não apresentarão rugas, mas também podem mudar de aspecto como um alerta dos sinais da idade. Em geral, o processo de envelhecimento dos cabelos começa a acontecer por volta dos 30 anos. Fios pálidos, finos ou repletos de frizz

indicam que os cabelos podem precisar de cuidados especiais. Dica #1: Não exagere no shampoo Os shampoos são cosméticos que têm como principal objetivo eliminar os resíduos dos fios. No entanto, junto com a sujeira vão as substâncias que dão brilho e evitam a quebra dos cabelos. Por esse motivo, prefira shampoos hidratantes ou que ajam na proteção da cor, pois eles agridem menos os fios

13

PRISCILA ASSUAGA CONTATO: madamepenha@gmail.com Madame Penha - Beleza e Estética Avenida Itavuvu, 2780

Dica #2: Tenha cuidados especiais com os cabelos molhados A fragilidade dos fios aumenta quando o cabelo está molhado. Por isso, os especialistas não recomendam esfregar a toalha nos cabelos para retirar a umidade, já que o atrito pode agredir as madeixas. Dica #3: Use o secador e a chapinha com moderação Fios pálidos e ressecados podem indicar o uso inadequado de secadores, chapinhas e outros tipos de modeladores que utilizam o calor para alterar a aparência dos fios. A dica para proteger seus fios é usar um protetor térmico antes de manipular os cabelos. Dica #4: Proteja sua cor O segredo para ter cabelos coloridos sempre jovens e bonitos está no rótulo dos produtos. Procure evitar cosméticos que listem o álcool entre os cinco primeiros ingredientes da fórmula, já que ele promove o ressecamento dos fios.


Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z

O Dia do Advogado é comemorado no Brasil em duas datas distintas: 19 de maio e 11 de agosto

I

sso porque em 19 de maio é a data do padroeiro da profissão, Santo Ivo, que viveu 50 anos, de 1253 a 1303. O rapaz era de família humilde e aos 14 anos se interessou no curso de direito. Quando profissional, sua escolha foi trabalhar nas áreas de direito civil e canônico, defendendo os direitos das pessoas que não tinham meios de pagar por esses serviços. Já a data de 11 de agosto surgiu como homenagem aos profissionais da advocacia, devido à criação do primeiro curso de direito do Brasil, através da Faculdade de Direito de São Paulo, em 1º de março de 1828, com um decreto assinado por D. Pedro I. A segunda faculdade do curso foi implantada em Olinda. Em homenagem

à criação da 1ª faculdade, comerciantes de restaurantes começaram a custear as despesas dos estudantes que frequentavam seus estabelecimentos. Com isso, instituiuse o “dia do pendura”, onde os estudantes não precisariam pagar suas contas. Porém, com o passar dos anos, o número de alunos nos cursos aumentou muito, causando prejuízos aos comerciantes, motivo pelo qual deram fim à brincadeira. Mas em 1930, no Largo do São Francisco, estudantes voltaram com a brincadeira e ainda comem, bebem e saem sem pagar suas contas. O profissional formado em direito pode atuar em duas áreas: na advocacia, trabalhando na defesa dos interesses de seus

clientes, e na área jurídica, prestando concursos públicos para os cargos de promotor de justiça, delegado, juiz, procurador, dentre outros. Ao terminar a graduação, os formandos devem tirar a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que lhes outorga o exercício da profissão. No direito existem várias áreas para se trabalhar, pois aparece dividido de acordo com o círculo de necessidades das relações humanas, uma vez que tem como objetivo organizar a vida da sociedade. Para isso, foram criados os códigos processuais, que retratam as normas, os direitos e deveres dos cidadãos em cada uma das áreas, podendo ser penal, civil, constitucio-

nal, administrativo, tributário, trabalhista, internacional, digital, ambiental, de direitos intelectuais, de arbitragem internacional, público e privado. A área mais recente é a do direito digital, conferindo as responsabilidades de quem trabalha com o uso da informática e “as relações entre usuários, agentes e fornecedores, como provedores de internet, empresas de software, bancos e lojas virtuais”. A área de arbitragem internacional “lida com disputas comerciais e fiscais entre países ou empresas e instituições de diferentes nações”. Uma área que está em grande evidência é a do direito ambiental, cuidando da preservação do meio ambiente através das relações do homem com a natureza.


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z Norte

Ação Popular Neles!

Supersalários pagos pela Prefeitura de Sorocaba contrariam a Lei e beneficiados têm de devolver o que receberam

P

erdoem o mau jeito, mas poderiam vocês, leitores do Jornal Z Norte, informar, por favor, quanto recebem de salário? Evidentemente que não. A remuneração de cada um, tanto quanto outras informações relacionadas à intimidade da pessoa só a ela dizem respeito e são invioláveis. A regra, entretanto, comporta exceção, quando se trata de cumprir o princípio da transparência. Para quem ainda não sabe, os ganhos dos ocupantes de cargos públicos devem ter sua remuneração (e vantagens incorporadas) divulgada. Em tempos de mídia digital, o meio adequado para que isto ocorra são os sites hospedados na internet por instituições (Prefeituras, Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas, Câmara dos Deputados, Tribunais de Justiça, empresas públicas, autarquias, fundações, etc.). Foi o que aconteceu há poucos dias em nossa Sorocaba quando saiu, enfim, a lista dos vencimentos de todos os servidores públicos lotados na administração. E, claro, as informações surpreenderam a tantos quantos delas tomaram conhecimento. Para começar, nada menos do que quase 30 funcionários (o número pode ser maior) apresentaram salários maiores do que o do prefeito. São valores que oscilam entre R$ 30 e R$ 40 mil, conforme noticiado pela imprensa. A questão, caríssimos leitores, envolve mais do que a soma exagerada anotada nos contracheques dos favorecidos. Os valores estão, sim, acima do que a lei permite, já que a Constituição estabelece

um teto para os ganhos. Existe, de fato, uma hierarquia salarial (se assim podemos chamar) que prevê que nenhum servidor público pode ganhar mais do que recebe um ministro do Supremo Tribunal Federal (algo em torno de R$ 25 mil por mês). Como, então, explicar que, aqui em Sorocaba, e no resto do Brasil, ocorram tamanhas distorções? A explicação local dada aos jornais que acompanharam o caso foi de que os dados levaram em conta adicionais recebidos pelos titulares dos “supersalários”, como férias. Perguntar não ofende: teria sido coincidência que todos os contemplados estivessem, quando da divulgação da lista, em férias? Todos os quase 30? A Lei da Transparência que a Prefeitura com atraso decidiu cumprir, manda que as informações disponibilizadas sejam detalhadas. Logo, se ao tornar públicos os fatos, o Município agiu em desacordo com a norma em vigor, a história é outra. O que importa fixar desse episódio, é que a existência comprovada de funcionários que ganham salários maiores do que o do prefeito da cidade, e maiores do que o de ministros do Supremo Tribunal Federal enseja o ingresso com a medida legal correspondente: a ação popular. Datada de 1965, portanto há quase 50 anos, ela estabelece, já em seu artigo 1º: “Art. 1º Qualquer cidadão será parte legítima para pleitear a anulação ou a declaração de nulidade de atos lesivos ao patrimônio da União, do Distrito Federal, dos Estados, dos Municípios”. A ação é a alternativa para que as irre-

gularidades sejam corrigidas, e para que os valores pagos a mais sejam devolvidos aos cofres públicos. Nada mais a falar. Nem é preciso. Até a próxima edição

Dia do Advogado

15

DR. RONALDO BORGES

OABSP - 79.448 CONTATO: ronaldo@ronaldoborges.adv.br


16

Z Norte

Dia do Advogado

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Trajetória do Trabalho Infantil

Z

Ineficácia do Estado

C

onforme os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem mais de quatro milhões de brasileiros com idade entre 5 e 17 anos que trabalham, dos quais 30% têm uma jornada semanal superior a 40 horas. Tais dados nos fazem refletir a respeito do drama do trabalho infantil no Brasil, na medida em que entre nós, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, “é dever da família, da comunidade, da sociedade e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade, à convivência familiar e comunitária”, garantia que também se encontra expressa no artigo 227 da Carta de 1988. Mas infelizmente, esse dever não tem sido cumprido, pois, ainda temos, apesar de avanços, muitas crianças fora da escola sendo explorada como mão-de-obra, inclusive em atividades perigosas e ilícitas. Segundo os dados divulgados pelo Censo Demográfico de 2000/2010 do IBGE, apesar de ter diminuído 13,44% na faixa etária de 10 a 17 anos, o trabalho infantil especificamente entre crianças de 10 a 13 anos teve expressivo aumento na última década. Entre as atividades mais complicadas de se debelar estão o trabalho infantil precário, como o doméstico, lixões, agricultura familiar, comércio informal urbano, produção familiar dentro do próprio domicílio, exploração sexual comercial de crianças e adolescentes, narcotráfico. Nesses casos, muitas vezes há uma ambiguidade entre o trabalho infantil e o local de vivência das crianças ou há relação com atividades ilícitas, o que torna o enfrentamento mais complexo. Como se tem conhecimento a prevenção e eliminação do trabalho infantil no Brasil, teve início na década de 90 até meados dos anos 2000, que foi marcada pela retirada de crianças e adolescentes das cadeias formais de trabalho. Nos dias de hoje, o país enfrenta um novo desafio para manter o ritmo de queda

Lourenço Fernando Santos

Advogado Trabalhista Membro da Comissão Trabalhista OAB/ SP- SOROCABA OAB/SP 282641 email: santos.lourenco@aasp.org.br Avenida Itavuvu-1439- Sorocaba-SP TEL. (15) 3031-4555

do trabalho infantil, pois, as formas de trabalhos são piores, e o poder público tem mais dificuldade de alcançar. Para tanto, estudiosos acenam que se adote política pública eficaz de combate ao tráfico de entorpecentes e de pessoas, com resgate de menores e adolescentes que são explorados por traficantes, recuperando-se aqueles que infelizmente estão hoje nas ruas vítimas do vício das drogas, especialmente da chaga do craque, não com internação compulsória provisória como se fossem criminosos, mas com tratamento integral do qual deve participar a família. Não podemos deixar que nossas crianças e adolescentes sejam capturados por aqueles que sem qualquer compromisso social ou humanitário as exploram. Ações como o Bolsa Família contribuem para manter a criança na escola, mas não são suficientes, pois, por muito menos garantem o interesse dos alunos na sua própria formação, ainda não raro eles fazerem um cálculo que lhes parece racional, deixando uma escola que, a seu ver, não os levará a lugar nenhum porque não considera sua realidade. Em verdade a necessidade de sobreviver no curto prazo fala mais alto. Por conseguinte, o Estado não consegue lhe mostrar algo além do horizonte, contudo, muitos menores optam pelos convites sedutores da criminalidade. Mas não só antes, a pobreza era um dos determinantes do trabalho infantil, hoje conta com uma parcela de adolescentes que não trabalha para garantir a sobrevivência de suas famílias, mas para obter bens de consumo, como tênis e roupas de marca. As aspirações materiais desses jovens não são supridas por sua família, o que

contribuem ao ingresso no mercado de trabalho, na maioria das vezes em empregos precários e informais, já mencionados anteriormente, e ainda a busca de inclusão social, autonomia e independência econômica. O jovem que ingressa de forma prematura no mercado de trabalho precário, consequentemente, terá comprometidos o seu desenvolvimento como criança e adolescente. Como é de saber global há movimentações no Congresso Nacional para diminuir a idade mínima legal para se trabalhar no país como alternativa à “criminalidade”, paralelamente, é de extrema necessidade investir em uma educação eficaz que preparem as crianças e os adolescentes, só assim terão a possibilidade em serem

protagonistas de suas próprias histórias, e não peças de reposição. FONTES: www.trt15.jus.br, www.mte.gov. br, http://oglobo.globo.com/amanha/trabalho-infantil, Valentin Carrion, Editora Saraiva, 2011, Edição 36ª.


Z

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Z Norte

Os símbolos da Justiça e seus significados Várias imagens são utilizadas como símbolos da Justiça. No Direito, a personificação da justiça como uma jovem equilibrando a “Balança da Verdade e da Justiça” remonta à deusa Maat (filha de Rá, o deus Sol), e mais tarde a Isis, outra deusa da mitologia egípcia. Através dos tempos, outras imagens somaram-se a imagem da deusa para reforçar os significados dos símbolos da justiça. Os símbolos da Justiça sintetizam a idéia máxima do direito: todos são iguais perante à lei. Os símbolos da Justiça recorrentes Espada – A imagem da Espada representa coragem, força, regra e ordem. Significa a razão de forma clara e a força necessária para que os objetivos de justiça sejam alcançados. Balança – Representa a igualdade, o equilíbrio e a ponderação. Aqui, o significado máximo é de que a justiça precisa ser igualitária, sem pender para nenhum lado envolvido, de forma as decisões aplicadas pela lei sejam justas e honestas. Deusa de olhos vendados – Geralmente é uma imagem da deusa romana Justitia, que equivale à deusa grega Diké. No Direito, esta imagem muito presente nos símbolos da Justiça reafirma a intenção de que o tratamento da justiça deve ser igualitário para todos, sem nenhuma distinção ou tratamento diferenciado. Ao mesmo tempo, revela que a justiça

busca a imparcialidade e ser objetiva em suas decisões. Como diz a afirmativa: “Todos são iguais perante à lei”. Assim, como a Justiça está com seus olhos vendados, suas decisões são livres de interferências, resolvendo as questões de maneira clara e somente de acordo com as leis. Na imagem original, não havia a venda. Porém, através de uma interferência do povo alemão, surgiu a imagem com a venda, presente até os dias de hoje na maioria das representações e símbolos da Justiça em todo mundo. Deusa de olhos abertos e sem venda – Este símbolo deve ser interpretado como a necessidade no Direito de impedir que qualquer detalhe importante para a aplicação da lei não seja levado em conta. Ou seja, trata-se de uma questão de obter um julgamento a partir de todos os pontos de vistas. A força dos símbolos da Justiça reunidos Assim, os símbolos da Justiça juntos representam uma grande metáfora, repleta de significados. A Justiça sem a espada para determinar e impor sua aplicação é um organismo sem força. Por sua vez, a Justiça sem o equilíbrio da balança é pura força bruta, irracional e sem lógica. Da mesma maneira que sem a venda nos olhos sua imparcialidade fica comprometida. Cada um completa o outro elemento para que as decisões da Justiça sejam as mais justas, sempre

Dia do Advogado 17


18

Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 Ă 14 de Agosto de 2013

Z


Z 19

www.jornalznorte.com.br www.jornalznorte.com.br

Sorocaba Sorocaba || 09 09 àà 14 14 de de Agosto Agosto de de 2013 2013

Z Norte

Social

Angela Alves

angela@jornalznorte.com.br

Agência TABU: O clássico e o novo em um só lugar Ana Lúcia Christofoletti e Antônio Guilherme Moron

O artista plástico e grafiteiro Will Ferreira fez um intervenção durante a noite

Hernando Moreno e Paloma Moreno

Francisco Romero Neto, Marcos Aidar e Carlos Taraboreli

Momento da apresentação do vídeo conceito da Agência Tabu

A agência TABU surge para unir o velho/novo com o novo/velho e criar uma combinação de ousadia e equilíbrio que trazem resultado. Tem no DNA a certeza de que a comunicação pode sempre ter um tom criativo, mesmo aquelas mais conservadoras. E isso vale para grandes campanhas veiculadas em mídias tradicionais ou não tradicionais, redes sociais, endomarketing, PDV, design, branding ou porta de banheiro. Para isso, possui uma equipe multidisciplinar nas áreas de planejamento de comunicação, atendimento, criação, redação, design, ilustração e mídias on e off line. Sob o comando dos diretores de criação Marcel Pazini e Hernando Moreno a TABU entra para o mercado publicitário cheia de gás para ir muito além dos Jobs do dia a dia. Todos aqui são criativos de alma e coração a fim de encontrar novas soluções e oportunidades aos clientes. Nós não paramos nunca! Seja qual for o seu tabu, nós estamos dispostos a criar soluções, quebrar barreiras e manter o sucesso. Venha tomar um café com a gente!

Equipe de profissionais da agência


20

A

Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 à 14 de Agosto de 2013

Ello Poste Padrão inaugura nova loja na Zona Norte

Ello Poste Padrão, referência no setor em várias cidades da região, agora está também com instalações na Zona Norte de Sorocaba. A inauguração ocorreu recentemente e as operações já estão a pleno vapor. A ideia é implantar a mesma qualidade dos serviços já prestados na loja de São Roque, em atividade há três anos. “É um trabalho personalizado que fazemos e que não é oferecido em todos os estabelecimentos do setor”, afirma o empresário Dimas Franco Sobrinho sobre a nova unidade. “Eu moro em Sorocaba e já tenho uma loja em São Roque. Foi quando surgiu a oportunidade de montar a loja, aqui”. Araçariguama, Ibiúna e Alumínio já são cidades atendidas pela loja de São Roque. Com a nova instalação, além de Sorocaba, outras cidades da região também terão os serviços da Ello. “A nossa ideia é crescer cada vez mais. Com a nova loja, vamos atender também Itu, Porto Feliz e Iperó”, ressalta Dimas. “Um dos nossos diferenciais é a oferta de visita técnica”, conta. A aposta do novo negócio também diz respeito ao forte crescimento da Zona Norte da cidade, por isso, a escolha da Rua Atanásio Soares, ao lado da Itavuvu, um dos mais importantes corredores comerciais de Sorocaba. “Pelo planejamento

da cidade, a tendência é cada vez que ela cresça mais. É uma região de grandes oportunidades”, complementa. Os produtos são vendidos montados e equipados, e em alguns casos, já com as burocracias com a companhia de eletricidade sanadas. As formas de pagamento também podem ser negociadas. Há desconto no pagamento a vista, além de ser aceito cartão de crédito e cheque na transação. “É uma empresa qualificada e com muitos atributos positivos, como a entrega rápida e agendada, ótimos preços e produtos competitivos. Se a pessoa tem um orçamento, basta trazer para a gente, que cobrimos”, afirma a gerente Darlene Santos. “Outro diferencial é que nós trabalhamos também com a indústria e não só com residência. Trabalhamos com posto primário, cabine simplificada, rede para condomínio, locação para caminhão munk, por exemplo. Ou seja, o trabalho vai muito além do poste”, lembra. O horário de atendimento da Ello é das 8h às 17h30, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 13h, no sábado. A Ello Poste Padrão fica na Rua Atanásio Soares, 2.670, Jardim Maria Antonia Prado, telefone (15) 3035.1779.

Z


Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 Ă 14 de Agosto de 2013

Z


Z Norte

www.jornalznorte.com.br Sorocaba | 09 Ă 14 de Agosto de 2013

Z

Jornal Z Norte - 207ª Edição (09 à 14/08/2013)  

Jornal com 3 edições por mês, distribuido gratuitamente na Zona Norte de Sorocaba. Edição de 09 à 14/08/2013. Visite nosso site: www.jornalz...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you