Page 1

Diariamente na internet - www.ultimanoticia.com.br

Catas Altas Catas Altas terá conversão das redes aéreas de iluminação públicas para redes subterrâneas de distribuição de energia, além de projetos de iluminação cênica. Página 8.

28 de maio a 10 de junho de 2021 - Edição 215 - R$ 1,00

Proprietários de lotes sujos e carros abandonados na mira da Prefeitura Alexandre Caldeira/UN

A Prefeitura de João Monlevade está intensificando a fiscalização dos lotes sujos e dos veículos abandonados nas vias públicas. As informações sobre os imóveis estão sendo reunidas em um banco de dados e os proprietários dos terrenos serão notificados para a limpeza das áreas. Proprietários de veículos foram notificados e tiveram dez dias para regularizar a situação. Páginas 3 e 4.

Estágio A Cenibra está com as inscrições abertas para o Programa de Estágio 2021/2022. O objetivo é atrair talentos dos mais diferentes perfis. Há vagas disponíveis para o escritório da empresa em Nova Era. Página 7.

Educação Até o dia 31 deste mês a Vale está com as inscrições abertas para o Programa Jovem Aprendiz 2021. O programa tem duração de dois anos. Há vagas nas cidades de Barão de Cocais e Itabira. Página 6.

As aulas das escolas municipais de Rio Piracicaba retornarão no próximo dia 7. A volta acontecerá de forma híbrida, ou seja, revezando entre momentos na escola e em casa. Página 5.

A gente ama o verão, mas também somos fãs dos dias frios e do aconchego que eles nos proporcionam! Para deixar este período ainda mais gostoso criamos receitas que são como um abraço apertado! Aguardamos você. bubbleacai.com

Av. Wilson Alvarenga, 1591, Carneirinhos, João Monlevade/MG


Cidade/Opinião

28/05 a 10/06/2021 - Pág. 2

Editorial

Fiscalização e mudança de hábito Não é preciso andar longas distâncias para encontrar pela cidade de João Monlevade lotes sujos e veículos abandonados. O cenário se repete nos bairros centrais e nos mais distantes, e parece já fazer parte do cotidiano dos monlevadenses. Neste mês a Prefeitura anunciou a intensificação das medidas de fiscalização e a notificação dos proprietários com veículos e lotes em situação irregular. Neste momento, em que nossa atenção está voltada para o perigo que representa o covid-19, não podemos esquecer que

muitos casos e até mortes por dengue poderiam ser evitados se todos os terrenos baldios fossem mantidos limpos e se veículos não ficassem abandonados na vias públicas. O alerta, portanto, está sendo feito pelas autoridades, resta agora acreditar que as pessoas irão de fato se conscientizar. Será? Tudo é uma questão cultural e de hábito, que não se adquire da noite para o dia. Porém, se a iniciativa do município persistir, e não houver seletividade nas notificações, é possível que em um futuro breve tenhamos um cenário diferente.

Pesquisa da Prefeitura e UAB aponta interesse por cursos técnicos Sugestão é por Segurança do Trabalho, Enfermagem, Administração e Recursos Humanos A Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Educação e do Polo de Apoio Presencial da Universidade Aberta do Brasil (UAB), realizou entre os dias 18 e 20 de maio uma pesquisa de demanda com o objetivo de ofertar cursos técnicos gratuitos no município. A pesquisa apontou o interesse da comunidade pela formação em Segurança do Trabalho, Enfermagem, Recursos Humanos e Administração. No formulário havia também opções como Análises Clínicas, Edificações, Estética, Mineração, Recursos Humanos e Saúde Bucal, que foram menos votados. A pesquisa on-line contou com a participação de 1.457 pessoas e demonstrou que 70% dos interessados pelos cursos são de João Monlevade e o restante das cidades de Itabira, Bela Vista de Minas, Nova Era, Rio Piracicaba, São Domingos do Prata, Dionísio, Santa Bárbara, São Gonçalo do Rio Abaixo, Alvinópolis e Barão de Cocais. A consulta também apontou que 75,5% dos que preencheram o formulário já concluíram o Ensino Médio e os demais ainda estão cursando. Segundo a coordenadora do pólo UAB de João Monlevade, Érica Valadares Cotta, após coletar as informações de todos os municípios interessados (não é somente João Monlevade que participa do levantamento), a Universidade Federal de Viçosa (UFV) vai buscar os recursos junto ao Ministério da Educação (MEC) para implantação dos cursos. Ela lembra que a oferta dos cursos técnicos se dará somente com a liberação de verba pelo Governo Federal. EAD – Os cursos técnicos serão gratuitos e oferecidos na modalidade à distância (podendo ter 20% da carga horária presencial) para alunos matriculados a partir do 2º ano do Ensino Médio ou para aqueles que já concluíram o Ensino Médio em qualquer época.

Câmara regulamenta atuação da Comissão de Participação Popular A partir de agora, o cidadão será ouvido pela comissão que irá buscar soluções para os problemas apresentados Flávio Lial/AcomCMJM

De acordo com o presidente da Comissão de Participação Popular, Marquinho Dornelas (PDT), os membros do grupo têm se reunido desde o início do ano a fim de buscar alternativas para que a população tenha voz no Legislativo

A partir de agora qualquer pessoa que deseja ser ouvida na Comissão de Participação Popular da Câmara Municipal de João Monlevade pode solicitar o direito junto à Secretaria da Casa. A medida foi regulamentada por meio da Resolução 323/2021, da Mesa Diretora, após requerimento da Comissão. O direito à participação nas reuniões da Câmara é previsto na Tribuna Popular durante as reuniões ordinárias que, atualmente, está suspensa devido à pandemia. A Tribuna Popular pode ser usada por representantes de entidades, associações, conselhos municipais, entre outros. Agora esse direito também

será concedido ao cidadão comum. Para que isso ocorra é necessário solicitar à Secretaria da Casa um formulário que deve ser preenchido com os dados pessoais e um breve relato sobre o problema que será apresentado. O documento também ficará à disposição no site da Câmara para que o interessado possa imprimi-lo e preenchê-lo para, posteriormente, entregá-lo à Secretaria. A Comissão de Participação Popular irá se reunir com os cidadãos inscritos (limitado a três por reunião) na quarta semana de cada mês, sempre às quintas-feiras, às 16 horas.

Na ocasião, a Comissão irá convidar Secretários Municipais, Conselhos, Comissões Permanentes da Casa ou outros órgãos relativos ao tema que será abordado para acompanhar os relatos dos solicitantes. Após ouvir as demandas, a Comissão irá encaminhar aos setores competentes um ofício requerendo esclarecimentos ou a solução do problema. De acordo com o presidente da Comissão de Participação Popular, Marquinho Dornelas (PDT), os membros do grupo têm se reunido desde o início do ano a fim de buscar alternativas para que a população tenha voz no Legislativo.

Após esses encontros, os parlamentares solicitaram à Mesa Diretora a regularização dessa participação. “A Casa do povo precisa receber o povo. Há muitos anos a Comissão de Participação Popular não estava atuante. Nós, membros da Comissão, buscamos uma alternativa para que o cidadão comum também possa ser ouvido”, explicou Marquinhos, que ainda ressaltou o quão importante é a participação da população de forma mais efetiva nos trabalhos da Câmara. “As engrenagens precisam funcionar. Acredito que o trabalho coletivo é a chave para que isso ocorra”, afirmou.

Sedese aprova trâmites para instalação da nova sede do CAT/Sine A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) deu parecer positivo para a mudança de endereço da unidade do Centro de Apoio ao Trabalhador/Sistema Nacional de Emprego (CAT/ Sine) de João Monlevade. A nova sede do Sine será instalada na Incubadora de Empresas, no bairro Belmonte. O local passa por adequações para atender às determinações do órgão gestor, que exige, entre outros requisitos, espaço adequado para atendimento, banheiros de fácil acesso ao público, placa de identificação e acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. O prazo de conclusão é o final do mês de maio, quando os atendimentos serão restabelecidos.

Elisângela Bicalho/AcomPMJM

Representantes da Prefeitura e da Acimon alinham parcerias

Parceria Além dos investimentos em melhorias nas instalações da Incubadora de Empresas, a Secretaria Municipal de Planejamento vem alinhando parceria com entidades visando atrair novos negócios e impulsionar o desenvolvimento econômico do município.

“A parceria da Prefeitura e da Acimon já rende frutos, com empresas se preparando para se instalarem ali, bem como o CAT/Sine, que atende aos trabalhadores não só de Monlevade, mas de outros municípios. Após a conclusão das obras de adaptação, que são

exigidas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), esse importante serviço será retomado de forma imediata. São avanços constantes que garantem uma boa colheita no futuro”, declarou o secretário de Planejamento, Fabrício Lopes.

Contatos:

Diretora Geral

contato@ultimanoticia.com.br / (31) 98959-1000

Dervania Vial

www.ultimanoticia.com.br Publicado desde 2013.


Cidade

28/05 a 10/06/2021 - Pág. 3

Setor de Fiscalização faz mapeamento de lotes vagos para notificar donos para limpeza A Prefeitura de João Monlevade, por meio do Setor de Fiscalização e Posturas, com orientação da Procuradoria Jurídica do município, está mapeando todos os lotes vagos da cidade para inclusão num banco de dados. As informações são importantes para identificar os proprietários dos terrenos, que devem ser notificados para a limpeza das áreas, como

estabelece o Código de Posturas do município. Já foram fotografados todos os lotes dos bairros Paineiras, Campos Elíseos e Nova Aclimação. Os próximos bairros a serem mapeados são o Belmonte e o Metalúrgico. Identificado o proprietário, ele é notificado para regularizar a área, com a retirada do mato ou entulho e cercamento do terreno.

Passado o prazo, a notificação pode evoluir para multa, que vai de 2 a 20 UFPJM (Unidade Fiscal da Prefeitura de João Monlevade). Cada unidade equivale a R$ 233,92. Na hipótese do dono do terreno não ser identificado, a Prefeitura de João Monlevade pode intervir na limpeza e cobrar judicialmente o valor gasto ao proprietário.

Denúncias Por dia, o Setor de Posturas recebe de cinco a sete reclamações de lotes sujos. Denúncias sobre terrenos com mato, lixo ou entulho podem ser repassadas pelos telefones: (31) 9 9489-3893 ou 3859-2571.

Prefeitura de João Monlevade investe em melhorias na iluminação Pista de caminhada do bairro Baú e praça às margens da BR-381 são beneficiadas Regiane Ferreira/AcomPMJM

Ambulante que jogou lixo na rua é multado Cumprindo o que determina o Código de Posturas de João Monlevade, fiscais do Setor de Fiscalização multaram na quinta-feira (20) um vendedor ambulante que jogou lixo na avenida Getúlio Vargas, no bairro Carneirinhos. A atitude do homem, que foi flagrada, filmada e divulgada em redes sociais, teve grande

repercussão. A multa aplicada ao ambulante é no valor de 1 UFPJM (Unidade Fiscal da Prefeitura de João Monlevade) - que corresponde a R$ 233,96. O vendedor foi orientado e advertido que, caso reincida na ação, poderá ter que pagar nova multa correspondendo ao dano causado.

Comerciantes orientados Após o episódio, os agentes do Setor de Fiscalização e Postura estão visitando todos os comércios alertando para que os lojistas não coloquem sacos

com lixo nas calçadas fora do horário da coleta dos caminhões. Sacolas nas ruas podem ser rasgadas e o material ficar espalhado pelas ruas.

Administração municipal reestrutura rede de frios Município comprou sete câmaras frias para solucionar problemas enfrentados desde 2018 Sérgio Henrique Braga/AcomPMJM

Obras na pista de caminhada do bairro Baú tiveram início nesta semana

A prefeitura de João Monlevade segue com a melhoria na iluminação pública do município. Depois da modernização do parque iluminotécnico da avenida Castelo Branco, agora a Prefeitura, por meio das secretarias de

Serviços Urbanos e Planejamento e Desenvolvimento Econômico, realiza melhoramento na pista de caminhada do bairro Baú. Os serviços começaram nessa terça-feira (25). Todas as lâmpadas de va-

por de sódio serão substituídas pelas de led. A mudança vai gerar mais segurança e bem-estar para a população e principalmente para quem usa a pista para a prática de esportes. Hoje, a grande reclamação é que há

muitas lâmpadas apagadas na região. A troca das luminárias tem valor estimado em R$ 148 mil e é proveniente da Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (Cosip).

no bairro Teresópolis, também terá o parque iluminotécnico revitalizado. No lo-

cal serão instalados 22 postes iguais aos equipamentos colocados na avenida Castelo

Branco. A melhoria também é proveniente da Cosip e está orçada em R$ 105 mil.

ça Rodrigo Cota Bastieri. O chefe do Executivo ressaltou que a intenção da administração municipal é intensificar cada vez mais o trabalho de iluminação pela cidade. “É um compromisso e um reforço importante que

assumimos. A troca das lâmpadas ajuda nas ações voltadas para a segurança pública, promovem mais bem-estar à população e é, de fato, um redutor da criminalidade”. Já o vice-prefeito completou que a nova iluminação

valoriza os espaços urbanos, tornando os locais mais atrativos. “Vamos deixar João Monlevade mais bonita e incentivar as pessoas a visitarem as praças e pistas de caminhada com a família”, finalizou.

Praça Rodrigo Cota Bastieri Nos próximos dias, a praça Rodrigo Cota Bastieri, que fica às margens da BR-381,

Visita O prefeito de João Monlevade, Dr. Láercio Ribeiro (PT) e o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Fabrício Lopes (Avante), visitaram, logo no início das obras, a pista do bairro Baú e a pra-

Prefeitura adquiriu sete novas câmaras frias para atender o município

A Prefeitura de João Monlevade comprou sete câmaras frias para reestruturação da sua rede de recebimento e conservação de vacinas. Os refrigeradores foram adquiridos em março e entregues à Prefeitura na segunda quinzena de maio. São quatro freezers de 280 litros, com valor unitário de R$ 11.600, e três de 140 litros, com valor unitário de R$ 9.600. Ao todo a Prefeitura investiu R$ 75.200 na reestruturação da sua rede de frios. Desde o início de 2018 que o Município enfrenta problemas para cumprir as metas de vacinação de rotina, devido à falta de câmaras frias nos postos de saúde. Antes

da aquisição, João Monlevade tinha apenas quatro freezers, o que limitava o número de salas de vacinação. Com a vacinação contra a Covid-19, a situação ficou insustentável. A coordenadora da Vigilância em Saúde (Visa), Viviane Ambrósio, falou sobre a importância da compra dos freezers para o setor. “A aquisição das câmaras era uma necessidade mesmo antes da vacinação contra Covid-19. A chegada dos equipamentos não só vai ajudar na vacinação contra o coronavírus, como também melhorar a aplicação das demais vacinas nos postos de saúde”, concluiu Viviane Ambrósio.


Cidade

28/05 a 10/06/2021 - Pág. 4

Prefeitura de João Monlevade faz operação para retirada de carros abandonados das ruas A Prefeitura de João Monlevade, por meio do Setor de Trânsito e Transporte (Settran), realizou na segunda-feira (17), uma operação para retirar veículos que foram abandonados pelos proprietários nas ruas da cidade. Equipes do Settran, com apoio da Polícia Militar, participaram da ação. O levantamento dos carros abandonados foi realizado no início do mês. Quatro

proprietários de veículos foram notificados e tiveram dez dias para regularizar a situação. No entanto, passado o prazo, apenas dois donos dos veículos cumpriram a determinação de retirar os automóveis das ruas. Um segue no prazo para acatar a deliberação e o outro não atendeu à ordem do Settran. Foram apreendidos três carros que estavam estacio-

Divulgação/AcomPMJM

nados em frente a um posto de combustível, no bairro Belmonte. Os veículos foram rebocados para o pátio credenciado do Detran. Os automóveis estavam servindo de esconderijos para usuários de drogas, além de acumular água que poderia servir de criadouro do mosquito aedes Aegypt – transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Denúncia A população pode ajudar ao Settran denunciando os proprietários que mantém carros e outras sucatas estacionadas

nas ruas da cidade. O telefone para informações é o 38514430 e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Uma equipe do órgão faz a vistoria no local informado pelo denunciante e notifica os proprietários dos veículos. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 3851-4430 de segunda a sexta-fera

Deputado “Caixa” destina R$ 250 mil para João Monlevade

Prefeitura de João Monlevade conclui muro de arrimo da rua Campos Altos Regiane Ferreira/AcomPMJM

Recursos foram intermediados pelo ex-candidato a vereador, Gladevon Costa Heverton Elias/AcomPMJM

Obra no bairro Metalúrgico foi concluída nesta semana

Encontro entre Gládevon Costa e o prefeito Dr. Laércio Ribeiro (PT)

João Monlevade foi contemplada com R$ 250 mil em emendas parlamentares do deputado estadual Mario Henrique “Caixa” (PV) para investimentos em Saúde e Educação. A verba foi intermediada pelo ex-candidato a vereador, Gládevon Costa (Podemos). Os recursos já foram aprovados no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e constam no orçamento de 2021. Em reunião com o prefeito Dr. Laércio Ribeiro (PT) na tarde de terça-feira (18), Gláde-

von Costa informou que os recursos estarão disponíveis para o município a partir de junho. “Não fui eleito a vereador em João Monlevade, mas tenho trabalhado muito para melhorar a qualidade de vida dos munícipes”, disse Gládevon Costa. O prefeito Dr. Laércio Ribeiro (PT) agradeceu o ex-candidato a vereador pelo empenho na busca de recursos. “Durante a campanha, o Gládevon esteve do nosso lado. Encerrado o período eleitoral e mesmo não sen-

do eleito, ele tem sido um grande aliado e parceiro da nossa administração”, disse o prefeito que também agradeceu o comprometimento e esforço do deputado Mário Henrique em destinar verbas estaduais para João Monlevade. Conforme acordado com a Prefeitura, R$150 mil serão destinados para obras na Escola Estadual João XXIII, no bairro Loanda, e os R$ 100 mil restantes serão investidos para a Atenção Primária no setor de Saúde.

A Prefeitura de João Monlevade concluiu nesta semana a construção de um muro de arrimo na rua Campos Altos, no bairro Metalúrgico. Os serviços foram essenciais para contenção de um barranco que cedeu. O problema persistia desde janeiro de 2020.

Para execução da melhoria, a família do senhor Aurílio Gonçalves Dias, 67 anos, precisou deixar a residência e morar temporariamente em casa cedida pela Prefeitura de João Monlevade. Isso porque corria o risco do barranco desabar em cima da morada. Agora, a família voltou para sua

antiga casa. “Gostei muito do serviço e agora estou voltando sem medo”, disse Aurílio Gonçalves. As obras do muro de arrimo custaram R$ 55.588,82 e foram executadas pela BTZ Engenharia e Consultoria Eireli-ME. O montante é proveniente de recursos próprios.


Região

28/05 a 10/06/2021 - Pág. 5

Incêndio destrói prédio de UPA que nunca foi inaugurada, em Itabira Um incêndio na tarde do último domingo (23), destruiu uma edificação inicialmente projetada para abrigar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Fênix, em Itabira. O prédio estava abandonado desde abril de 2015, quando foi dado como entregue, mesmo sem ter sido concluído. O incêndio teve início por volta das 15h30. De imediato, o Corpo de Bombeiros foi acionado pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec). Os militares, com apoio do Grupo Estratégico de Segurança da Vale e de caminhões-pipas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), conseguiram controlar as chamas cerca de duas horas depois, mas, infelizmente, a edificação ficou completamente destruída. O prédio do Programa Saúde da Família e da Farmácia

de Minas, localizado logo ao lado da estrutura destruída pelo fogo, não sofreu danos. Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde, tão logo autorizado pelo Corpo de Bombeiros, retirou vacinas e outros insumos que estavam acondicionados no local. A edificação destruída pelo incêndio foi construída entre 2014 e 2015, com estrutura de módulos, ao custo de R$ 4,1 milhões, com recursos do Governo Federal. A estrutura foi dada como concluída, mesmo tendo sido entregue sem sistema de energia elétrica ou qualquer equipamento necessário para atendimento em saúde. Posteriormente, órgãos como o Conselho Municipal de Saúde e a Câmara Municipal de Vereadores conduziram investigações que apontaram para problemas estruturais que impediam o uso do prédio como uma UPA.

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) realizada pela Câmara de Vereadores de Itabira em 2018 citou relatório da arquiteta Rosangela Maria dos Santos, produzido em 2017, na qual aponta que “inconformidades arquitetônicas, predominantes na edificação implantada para o funcionamento de uma UPA, representam riscos para a segurança dos trabalhadores, para eficácia da limpeza nas superfícies dos diversos ambientes e consequentemente para os usuários dos serviços oferecidos”. O mesmo relatório aponta que a UPA possuía problemas de acessibilidade, no sistema de ar condicionado, no aspecto construtivo que impedia a devida limpeza das superfícies, ausência de rede de esgoto adequada, no revestimento do piso e no fluxo e setorização dos ambientes. A atual administração da

Prefeitura de Itabira fazia estudos para uma nova utilização do prédio, já que as características e o modelo construtivo impediam o uso para uma Unidade de Pronto Atendimento. Qualquer alteração, no entanto, dependia de autorização do Governo Federal, já que a obra foi custeada com recursos da União. Ao mesmo tempo, há uma investigação em curso, iniciada pelos órgãos de controle após a CPI realizada pela Câmara de Vereadores. O prefeito Marco Antônio Lage determinou a abertura imediata de um procedimento investigativo que apure todo o histórico da obra, desde a contratação, passando pela execução e até o abandono dos anos passados, que resultou em um desperdício de dinheiro público. O município também colaborará com as investigações policiais que irão apurar o incêndio.

Pesquisa revela uma comunidade escolar dividida entre a segurança em saúde e o retorno as atividades presenciais Nívia Martins/PMSGRA

Prefeitura de Barão de Cocais substitui cerca de 80 braços de iluminação Divulgação/AcomPMBC

Cerca de 80 trocas de braços de iluminação foram realizadas

A Prefeitura de Barão de Cocais, por meio da Secretaria de Obras e Saneamento, segue executando a instalação de lâmpadas convencionais em bairros e distritos do município. A mudança contribui para aumentar o alcance e a qualidade da iluminação pública e, dessa forma, garantir mais segurança ao cidadão. Atualmente, foram realizadas a troca de aproximadamente 25 braços e luminárias em Boa Vista, 25 no distrito de Cocais e 30 instalações nos bairros: Andaime, Garcia, Lagoa, Leão XIII, Santo Antônio, Santa Cruz, Ponte Paixão e outros. Os próximos locais que serão contemplados com a substituição são Varginha II e nas Chácaras II e III. Os trabalhos estão sendo executados pela empresa Freitas e Morais Construtora LTDA. A previsão para que as trocas de lâmpadas sejam finalizadas é de aproximadamente um mês. “Com planejamento, estamos ampliando a iluminação do município que além de oferecer mais segurança, será fundamental para a qualidade de vida e bem-estar dos cocaienses,” disse o secretário Douglas Pena.

Rio Piracicaba retorna com aulas presenciais da rede municipal em junho

Enquanto o retorno não é definido escolas se preparam para atender protocolos de distanciamento

A Secretaria de Educação de São Gonçalo do Rio Abaixo realizou uma pesquisa com a comunidade escolar para saber a opinião sobre a volta às aulas presenciais no sistema híbrido, ou seja, alternando entre aulas presenciais e remotas, via internet. Entre as famílias de estudantes de São Gonçalo 51,3% desaprovam a implantação e 48,7% aprovam o Sistema Híbrido ou semipresencial. Dos 890 familiares pesquisados, 457 optam pela continuidade das aulas remotas e 433 pelo Sistema Híbrido. Mesmo entre os que aprovam a implantação, esses condicionam o retorno a vacinação. Outros pais querem o retorno por não terem condições de ajudar seus filhos nas atividades escolares. Entre as justificativas dos que aprovam o sistema há a

de que as aulas presenciais são essenciais para o aprendizado do aluno. Muitos acreditam que é necessário adaptar-se ao novo sistema e que a forma semipresencial aguçará o interesse do aluno. Também a pesquisa realizada entre os profissionais de educação segue o mesmo equilíbrio entre implantar ou não o sistema. O resultado entre profissionais da educação ficou entre 56,5% a favor do Sistema Híbrido e 43,5% contra a modalidade. Dos 209 pesquisados, 91 disseram “não” e 118 profissionais disseram “sim”. Porém, foram vários os relatos de que concordavam, porém, com ressalvas como: a vacinação dos profissionais de educação e o cumprimento de protocolos que garantam a segurança em saúde dos envolvidos no processo edu-

cacional. Na semana passada, a secretária de Educação, Lucinda Imaculada de Barcelos Santos atendeu o convite do presidente da Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, Diego José Ribeiro (PDT), e do líder de governo Gladston Marcelo de Castro (PDT) e apresentou aos vereadores o plano de retorno às aulas, na modalidade de ensino híbrido. Na ocasião ela destacou que o retorno é optativo e não elimina a obrigatoriedade dos Planos de Estudos Tutorados (PETs), pois é este que é considerado para o cômputo da carga horária do aluno. Esclareceu ainda, que o retorno presencial dos alunos ocorre mediante à classificação do município na Onda Amarela com total observância às determinações dos ór-

gãos competentes de Saúde, Protocolos Sanitários específicos para cada instituição escolar e ausência de Decreto restritivo no município. Lucinda ressaltou que a comunidade escolar deve estar ciente dos benefícios e riscos de cada estratégia de aprendizagem: virtual, híbrida e presencial. “O retorno às aulas presenciais no contexto da pandemia da COVID-19, não será uma retomada de onde paramos, o retorno exigirá um plano de ações em diversas frentes e demandará intensa articulação e contextualização da realidade do município, reforçou”. A prefeitura também está providenciando a licitação da merenda escolar e a contratação do transporte escolar, ou seja, planejando o retorno presencial das aulas.

A Secretaria Municipal de Educação de Rio Piracicaba comunicou aos pais e responsáveis o retorno híbrido das aulas municipais para os alunos de Educação infantil (PRE I e II) e ensino Fundamental. Neste momento os alunos do berçário, maternal e educação especial não retornam. O retorno consiste em momentos presenciais na escola e momentos remotos em casa. O retorno presencial é facultativo, o que significa que não é obrigatório que a criança frequente a escola, a vaga estará garantida e o responsável poderá escolher entre o modelo presencial ou não presencial. O retorno ocorrerá em forma de revezamento dos alunos com a frequência de 2 dias presenciais e 3 dias remotos por semana. É necessário que os pais ou responsáveis procurem as unidades escolares dos seus filhos para autorizarem ou não esse retorno. Confira o cronograma do retorno gradual das escolas municipais: 07/06 CEMEI Dona Rita Martins (PRE I / PRE II) CEMEI Mickey (PRE I / PRE II) CEMEI Pingo de Gente (PRE I / PRE II) E.M. Murillo Garcia Moreira (PRE I / PRE II) E.M. Sebastião Araújo (PRE I / PRE II) E.M. João Nogueira Rezende (todos os alunos) 14/06 E.M. Murillo Garcia Moreira (1º ao 5º ano) E.M. Córrego São Miguel (1º ao 5º ano) E.M. Bernardo Ferreira Guimarães (1º ao 5º ano) E.M. Sebastião Araújo (1º ao 5º ano) 21/06 E.M. Murillo Garcia Moreira (6º ao 9º ano) E.M. Córrego São Miguel (6º ao 9º ano) E.M. Bernardo Ferreira Guimarães (6º ao 9º ano)


Geral

28/05 a 10/06/2021 - Pág. 6

Débitos com a Cemig poderão ser pagos durante visita dos eletricistas da empresa para corte Companhia vai permitir o pagamento por meio de cartões de crédito e débito no ato do corte da energia para evitar a suspensão do serviço Clientes em débito com a Cemig poderão realizar o pagamento das faturas em atraso no momento em que os eletricistas estiverem em visita para efetuar o desligamento da energia. O pagamento será feito exclusivamente pela máquina nas modalida-

des de cartão de débito ou crédito, sendo que esta última poderá ser dividida em até 12 vezes sem juros. De acordo com o gerente de Arrecadação e Adimplência da Cemig, Wellington Cancian, é importante que o cliente saiba exatamente

o débito que possui com a companhia. “A opção permitirá aos nossos clientes solucionarem a pendência antes do desligamento. Recomendamos a consulta dos débitos pelo nosso aplicativo, disponível para smartphones android e

Divulgação

IOS. Dessa forma, o cliente vai saber com exatidão o valor do débito e poderá fazer a transação com a máxima segurança. A consulta também pode ser feita pelo WhatsApp, no número 31-3506-1160 na opção ‘Meus débitos’”, explica.

Atenção para evitar golpes e outras modalidades de pagamento Wellington Cancian também destaca que os eletricistas da Cemig estarão sempre identificados com crachás e uniformes da companhia ou de empresas contratadas e portarão uma máquina de pagamentos

via cartão da marca Getnet, que conta com aplicativo próprio desenvolvido pela Cemig para o recebimento dos valores devidos. “Os nossos eletricistas estão devidamente uniformizados e usando crachás

de identificação funcional. Antes de realizar o pagamento, o cliente deve conferir na tela da máquina se consta corretamente o CNPJ da Cemig, que é o 06.981.180.000116. Este número também consta na

fatura, portanto, é só comparar para ter absoluta certeza de que está pagando para a Cemig. Em caso de qualquer dúvida, o cliente também pode ligar para o telefone 116”, explica Cancian.

Vale abre cerca de 1.000 vagas para Jovem Aprendiz 2021 Estão abertas até 31 de maio, as inscrições para o Programa Jovem Aprendiz 2021. Ao todo, serão cerca de 1.000 vagas distribuídas entre os estados de Minas Gerais, Pará, Bahia, Maranhão, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. O programa é uma das principais portas de entrada para a Vale e tem o objetivo de ampliar as possibilidades de crescimento profissional e inserção qualificada de jovens no mercado de trabalho.

Podem se candidatar ao processo seletivo pessoas de 18 a 22 anos que tenham concluído o Ensino Médio. Os candidatos só poderão se inscrever para vagas no estado onde residem, mesmo em locais em que o trabalho seja 100% remoto, e ter disponibilidade para trabalhar pelo período de 6h. As inscrições podem ser feitas pelo site www.vale. com/oportunidades. O programa tem duração de até dois anos, período em que os selecionados terão

acesso a conteúdos teóricos e práticos de capacitação para atuar nas áreas de eletromecânica industrial, operação de equipamentos e serviços administrativos. Ao longo do processo, os jovens contam com acompanhamento junto aos orientadores técnicos da Vale, ao final, recebem um certificado de conclusão do programa. Para a gerente global de Atração de Talentos da Vale, Mira Noronha, programas como esse são extremamente

importantes, pois costumam ser a porta de entrada para o jovem ingressar em uma grande empresa. "Sabemos o quanto a primeira oportunidade de trabalho em uma grande empresa, como a Vale, pode marcar positivamente a vida de um jovem, além de trazer uma transformação social, econômica e educacional profunda. Queremos estar ao lado deles neste momento tão importante que é o primeiro emprego", reforça.

evitar que vieses inconscientes influenciem a escolha dos candidatos e promover uma seleção baseada na avaliação de potencial e capacidade de realização futura. A seleção será dividida em seis etapas, todas eliminatórias. As fases incluem inscri-

ções e avaliações, dinâmica de grupo, painel com gestores e gestoras, exames médicos admissionais e divulgação de resultados. Todas as etapas do processo devem ser acompanhadas pelo site. O Programa Jovem Aprendiz inclui também oportu-

nidades para pessoas com deficiência e, para eles, não existe limite de idade. A Vale estimula fortemente a inscrição de pessoas com deficiência, de acordo com sua política de promover a inclusão e valorizar a diversidade.

Cemig desenvolveu um aplicativo para o recebimento nas máquinas Getnet

USP oferece gratuitamente videoaulas com matérias do ensino médio Marcelo Camargo/AB

Processo seletivo Todo o processo será online e às cegas até a última etapa. Este é um método de seleção no qual informações como gênero, etnia, idade, faculdade, endereço, estado civil, deficiências, entre outras, são omitidas durante o processo seletivo. O objetivo é

Benefícios Os selecionados terão direito a bolsa-auxílio, assistência médica, seguro de vida, transporte e programa de assistência ao empregado. Além disso, o programa oferece vale-alimentação e refeição na fase prática.

Serviço Programas Jovem Aprendiz 2021 Inscrições: 17 a 31 de maio de 2021 Cerca de 1.000 vagas para estados de MG, PA, BA, MA, ES, MS e RJ. Inscrições em www.vale.com/oportunidades

Confira essa e outras oportunidades em: ultimanoticia.com.br

A Universidade de São Paulo (USP) está disponibilizando gratuitamente videoaulas com conteúdo de matérias do ensino médio por meio da plataforma A USP te Espera (http://auspteespera.prg.usp. br/). Originalmente pensado para auxiliar na adaptação dos alunos ingressantes nos cursos de graduação da instituição, o material está disponível para qualquer pessoa que se interesse pelo conteúdo, como estudantes do ensino médio. “A ideia é oferecer aos alunos ingressantes a possibilidade de rever e reforçar alguns assuntos que serão muito utilizados nos cursos de graduação, antes mesmo que eles comecem as frequentar as aulas”, disse o pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat. “Embora o projeto faça parte do Programa de Acolhimen-

to da Pró-Reitoria, direcionado ao aluno ingressante, é importante destacar que o conteúdo é aberto e as videoaulas podem ser muito úteis e interessantes para os alunos veteranos e também para os estudantes do ensino médio”, acrescentou. O conteúdo foi desenvolvido por professores da USP, em parceria com a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). No momento, a plataforma oferece apenas videoaulas das disciplinas de matemática, física, química, e biologia. Quando estiver completa, serão oferecidas videoaulas das oito disciplinas que compõem a Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio (BNCC): matemática, física, química, biologia, português, histórica, geografia e inglês.


Geral

28/05 a 10/06/2021 - Pág. 7

CENIBRA abre inscrições para o Programa de Estágio 2021/2022 As vagas disponíveis são para as cidades de Nova Era, Belo Oriente e Guanhães

Banco do Povo pede ajuda da Câmara para voltar a operar, em Itabira Divulgação/AcomCMI

Banco do Povo foi criado em 1999 e busca ajuda para voltar a operar

Estão abertas as inscrições para o Programa Profissional do Futuro – Estágio CENIBRA 2021/2022. O objetivo é atrair talentos dos mais diferentes perfis que desejem trabalhar em uma empresa cujo propósito é transformar o dia a dia das pessoas por meio da tecnologia e da sustentabilidade. As vagas disponíveis são para a Fábrica e os escritórios em Belo Oriente (MG), Guanhães

(MG) e Nova Era (MG). O processo seletivo será 100% virtual. Serão ofertadas vagas para cursos técnicos e de graduação, com atuação nas áreas Industrial, Florestal e Administrativa. O início do estágio será em julho deste ano, com duração de até dois anos. Haverá vagas extensivas a pessoas com deficiência. Poderão participar do processo os estudantes matri-

culados no curso durante o período de contrato de estágio, com formação prevista entre julho e dezembro de 2022, preferencialmente. Os interessados deverão ter disponibilidade para estagiar 30 horas semanais. Para se candidatar, o estudante deve acessar https:// cenibra.gupy.io, ler o Regulamento e escolher a vaga pela qual tem interesse. Após a inscrição, os candi-

datos serão submetidos às etapas de avaliações, quando receberão testes personalizados por meio da plataforma e serão identificados de acordo com os perfis de maior aderência à cultura da Empresa. Posteriormente, os classificados entrarão na fase de pré-seleção e serão entrevistados via videoconferência. Os aprovados passarão pelas etapas de documentação e contratação.

Benefícios A CENIBRA oferece diversos benefícios, tais como: bolsa auxílio-estudante, transporte seletivo para as cidades da região, uniforme, seguro obrigatório e alimentação. Ao longo do estágio, será disponibilizada aos estudantes uma série de treinamentos do Programa de Desenvolvimento da Universidade Corporativa CENIBRA (UCC), o que favorecerá a ampliação dos conhecimentos, novas habilidades e atitudes e promoverá o crescimento pessoal e profissional.

Prefeitura de Nova Era cria Projeto de Lei Família Acolhedora A Prefeitura Municipal de Nova Era enviou para a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei Família Acolhedora, que consiste em dar um lar provisório para crianças e adolescentes vítimas de violência ou abuso em suas residências. As famílias que se cadastrarem para prestarem o Serviço de Família Acolhedora deverão obedecer a requisitos, são eles: - Integrar a faixa etária entre 21 (vinte e um) a 55 (cinquenta e cinco) anos de idade, sem restrições quanto ao estado civil, gênero ou orientação sexual; - Declarar por meio de documento, a ser apresentado pela equipe de referência do serviço, o não interesse na adoção da criança ou do adolescente participante do Serviço de Família Acolhedora; - Ter anuência dos membros da família maiores de 18 (dezoito) anos de idade, por meio de declaração a ser fornecida pela equipe de referência do serviço; - Residir no município há pelo menos um (01) ano; - Ter disponibilidade de tempo e demonstrar interesse em oferecer cuidado, afeto e proteção às crianças e aos adolescentes; - Não possuir antecedentes criminais; - Não estar respondendo a processo judicial criminal; - Não possuir comprometimento psiquiátrico e dependên-

cia alcoólica ou de substâncias psicoativas; - Possuir residência em condições de habitabilidade, com segurança e salubridade; e - Não estar inscrita no Cadastro Nacional de Adoção; As inscrições para as famílias serão realizas por meio do Centro de Referência de Assistência Social de Nova Era (CRAS). As famílias que acolherem uma criança/adolescente receberão um subsídio financeiro no valor de 50% do salário mínimo atual por criança/adolescente. Quando se tratar de criança ou adolescente, que necessitar de cuidados especiais e se encontrar em situação de acolhimento familiar, a equipe responsável pelo serviço avaliará a possibilidade de acréscimo de 25% sobre o valor referenciado, mediante apresentação de atestado de comprovação. Além disso, o período máximo que essas crianças/adolescentes poderão ficar em estado de acolhimento é de dois anos. Esse projeto é importante para demonstrar que a Prefeitura Municipal de Nova Era quer priorizar e dar suporte às crianças e adolescentes que são vítimas de violência e abusos domésticos, fazendo com que elas sejam acolhidas de forma responsável.

Com dívidas e sem dinheiro para emprestar, a Associação de Crédito Popular de Itabira (Banco do Povo) enfrenta um período difícil e solicitou ajuda da Câmara Municipal de Itabira para tentar se reerguer. Na quarta-feira (19), o presidente da instituição, João Torres, esteve reunido com o presidente do Legislativo itabirano, Weverton Leandro Santos Andrade “Vetão” (PSB). “O Banco do Povo tem 22 anos, foi criado em 1999. No entanto, está sem capital para operar, uma vez que sempre dependemos de aporte e parcerias como BDMG e o município. É necessário neste momento ter uma volta de visão sobre a importância dele no aporte”, comentou João Torres. Em 22 anos de existência,

o Banco do Povo de Itabira emprestou milhões de reais a mais de mil itabiranos com negócios nos mais diversos segmentos. “O Banco do Povo pode trazer benefícios para a população, justamente para aquele empreendedor que está iniciando a trajetória, aqueles que estão enfrentando essa crise. A Câmara, em nome dos 17 vereadores está se dispondo a ajudá-los naquilo que for possível e preciso”, ponderou Weverton Vetão. O encontro contou ainda com a participação de representantes da Interassociação de Bairros de Itabira, Câmara de Dirigentes Lojistas, Ordem dos Advogados do Brasil e Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita).

Pessoas que tiveram dengue são propensas a ter sintomas da covid-19 Estudo feito por pesquisadores brasileiros mostrou que pessoas que tiveram dengue têm mais propensão a desenvolverem sintomas da covid-19, caso sejam contaminadas pela doença. A pesquisa, divulgada no último dia 6, é baseada na análise de amostras sanguíneas de 1.285 moradores da cidade de Mâncio Lima (AC), na região amazônica. O trabalho, coordenado pelo professor da Universidade de São Paulo (USP) Marcelo Urbano Ferreira, e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de S. Paulo (Fapesp), foi publicado na revista Clinical Infectious Diseases. “Relatamos um risco aumentado de covid-19 clinicamente aparente entre as pessoas da região amazônica com infecção prévia por dengue, com importantes implicações para a saúde pública”,

diz a conclusão da pesquisa publicada. As amostras de sangue utilizadas no estudo foram coletadas em dois momentos e comparadas: em novembro de 2019 e novembro de 2020. O material foi submetido a testes capazes de detectar anticorpos contra os quatro sorotipos da dengue e também contra o novo coronavírus. “Por meio de análises estatísticas, concluímos que a infecção prévia pelo vírus da dengue não altera o risco de um indivíduo ser contaminado pelo SARS-CoV-2. Por outro lado, ficou claro que quem teve dengue no passado apresentou mais chance de ter sintomas uma vez infectado pelo novo coronavírus”, disse à Agência Fapesp, Vanessa Nicolete, pesquisadora do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, e uma das autoras do artigo.


Turismo

28/05 a 10/06/2021 - Pág. 8

Catas Altas é contemplada com Programa Luz no Patrimônio Catas Altas e Mariana (no distrito de Santa Rita Durão) são as primeiras cidades mineiras contempladas com o Programa Luz no Patrimônio, coordenado pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) e pelo Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG). O programa busca requalificar a paisagem urbana dos centros, núcleos históricos e bens protegidos em Minas Gerais, por meio da conversão das redes aéreas de iluminação pública existentes para redes subterrâneas de distribuição de energia, além de projetos de iluminação cênica em edifícios tombados. Nesta mês, foram assinados dois termos de compromisso entre o Iepha-MG e a Vale que garantem, entre outras ações, o início da execução do projeto, previsto para o mês de junho. Os termos são consequência de medida compensatória. “O projeto, eixo estruturante da transversalidade entre Cultura e Turismo no go-

Alexandre Caldeira/UN

verno de Minas, irá retirar a poluição visual dos nossos centros históricos com o cabeamento subterrâneo. Em conjunto com a iluminação cênica, vai promover ampla revitalização das nossas cidades e distritos barrocos. A Ideia central do projeto, em parceria com a Cemig e iniciativa privada, é revitalizar, dar luz à beleza do nosso patrimônio histórico, promovendo Minas como destino cultural no cenário nacional e internacional”, destaca Leônidas Oliveira, secretário de Estado de Cultura e Turismo.

Cooperação Para a realização do programa Luz no Patrimônio, foi firmado um Acordo de Cooperação Técnica entre Cemig, Secult e Iepha-MG, para elaboração de projeto básico e orçamento dos projetos executivos e obras para cada localidade, a partir da indicação das áreas de intervenção acordadas com administrações públicas de cada município.

O programa busca requalificar a paisagem urbana dos centros, núcleos históricos e bens protegidos em Minas Gerais

A ação deve se constituir enquanto um importante vetor de promoção e integração de outras ações de preservação e fomento cultural, social e econômico das áreas revita-

lizadas, fortalecendo a apropriação dos espaços públicos pelos visitantes, e potencializando as cidades como destinos turísticos. Para Felipe Cardoso Vale

Pires, presidente do Iepha-MG, o Luz no Patrimônio “vai trazer maior visibilidade aos núcleos históricos que temos em Minas, assim como aos monumentos. Em

função dessas novas instalações, o projeto ganha uma dimensão cênica, mas também amplia a visibilidade e segurança dos monumentos e das obras”, afirma.

Profile for Jornal Última Notícia

Jornal Última Notícia  

Edição 215

Jornal Última Notícia  

Edição 215

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded