Page 1

TRÂNSITO

70 mil

nas ruas FERNANDO LEVINSKI

Frota de veículos atinge número Página 8 recorde em Bento BENTO GONÇALVES, QUARTA-FEIRA, 1º DE MAIO DE 2013 – ANO 46 – N°2921 – R$ 3,00 – www.jornalsemanario.com.br

Interdição do Presídio Sindicatos comemoram dia dedicado ao trabalhador Página 9

Susepe quer prorrogar prazo para adequações MARCELO MACIEL

SERVIDOR ALTERADO

Confusão e tumulto no PA 24 Horas Página 17

Promotor Gilson Medeiros realizou vistoria no presídio de Bento Gonçalves após solicitar desativação da casa prisional

Promotoria denuncia condições insalubres

Risco de fuga de detentos é iminente

Página 16 e Editorial


2

Opinião

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

EDITORIAL SEDE Wolsir A. Antonini, 451 Bairro Fenavinho - Caixa Postal 126 95 700.000 - Bento Gonçalves - RS ESCRITÓRIO CENTRAL Mal. Deodoro, Centro, 101 Galeria Central - Sala 501 DIRETOR PRESIDENTE HENRIQUE ALFREDO CAPRARA DIRETORES ANA INÊS FACCHIN HENRIQUE ANTÔNIO FRANCIO GERENTE ADMINISTRATIVO Mateus Mezzaroba GERENTE VENDAS Felipe Dall’Igna

JORNALISTA RESPONSÁVEL HENRIQUE ALFREDO CAPRARA Registro Prof. DRT 3321 CHEFE DE REDAÇÃO ROGÉRIO COSTA ARANTES SECRETÁRIA DE REDAÇÃO Zélia Ferreira REPÓRTERES Estefania V. Linhares Fernando Levinski Josiane Ribeiro Jussara Konrad Kátia Casagrande Marcelo Maciel Mariana Maioli Noemir Leitão Rodrigo Bergsleithner DIAGRAMADORES Jonas Brum Juliano Camerin Pricila Piccini Robson Berlatto Oliveira COLUNISTAS/COLABORADORES Adelgides Stefenon Alini Pegoraro Antônio Frizzo Assunta De Paris Denise Da Ré Eliane Zanluchi Flávio Luís Ferrarini Getulio Lucas de Abreu Itacyr Giacomello Taise Agostini Valnil Jr.

GERENTE Luiz Everson Inácio

EVENTOS Rainha Indústria e Comércio Mérito Grandes Líderes Campeões da Preferência Talentos

FALE COM A GENTE Telefones: Central/Fax: 3455.4500 Escritório Centro: 3452.2186 Rádio - Estúdio: 3455.4530 Rádio - Coordenação: 3455.4535 Circulação: 3452.2686 / 8408.4644 / 3455.4500 E-mails: classificados@jornalsemanario.com.br jornal.semanario@italnet.com.br radio@radiorainha.fm.br Sites: www.jornalsemanario.com.br www.radiorainha.fm.br Somos filiados à ADJORI / RS Este jornal não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados e não devolve originais que não foram publicados. Representante em Porto Alegre Grupo de Diários Rua Garibaldi, 659, Conjunto 102 Centro - POA - Fone: (51) 3272.9595 e-mail: fernanda@grupodediarios.com.br

Semanário na Internet Siga-nos no Twitter: @jsemanario Curta a fan-page: on.fb.me/jsemanario

Leia também no nosso site: www.jornalsemanario.com.br

Solução política O pedido de desativação do atual Presídio Estadual de Bento Gonçalves, aloiado à exigência de construção da nova casa prisional é mais um – e apenas o mais recente – ingrediente na receita explosiva que envolve a superlotação da penitenciária localizada no centro da cidade há 50 anos, e que se junta ao novo pedido de interdição, cujo prazo dado pela Justiça para as adequações que poderiam atendê-las não deverá ser cumprido. Ao contrário, faltando exatos dez dias para o encerramento do período, o que deve acontecer é um pedido de prorrogação do tempo para que a prisão possa realizar as melhorias exigidas. Às condições precárias da penitenciária, à inseA situação é estarrecedora, mas gurança dos moradores é preciso ter em mente que nem da vizinhança e à aua interdição ou a desativação do sência de uma definição presídio serão soluções definitivas. para a construção de um novo presídio na cidade, somam-se agora questões de saúde pública, como a iminência de um surto de tuberculose entre os detentos, por exemplo. O mais novo episódio confirma a situação insustentável que transforma o local em um barril de pólvora há pelo menos cinco anos e que exige uma resposta imediata dos governos de todas as esferas – municipal, estadual e federal. É inadmissível que a população de Bento – mesmo a carcerária – precise conviver com uma realidade que assusta e provoca repulsa. Ao governo municipal, há que se cobrar vontade política para

AntônioFrizzo

exigir uma definição, seja pela construção da casa prisional com recursos do governo estadual ou com recursos federais, seja pelo estabelecimento de uma Parceria Público-Privada. Do Estado, a cobrança recai em torno de uma definição do projeto, de uma vez por todas, para que se evite o que ocorreu há pouco, quando os recursos da União foram retomados porque não houve a construção em tempo hábil. Finalmente, do governo central deve ser cobrada a mão firme que, ao mesmo em que conceda recursos, exija a realização da obra. A penitenciária, que já ficou interditada entre março e dezembro de 2008, com resultados que envolveram inclusive o aumento da criminalidade nos anos seguintes, ainda sofre com a superlotação, com o risco de incêndio, com a falta de saneamento básico e segurança epidemiológica. Hoje, a situação é estarrecedora. Mas é preciso ter em mente que nem a interdição ou a desativação do presídio serão soluções definitivas. Há cinco anos, a malfadada interdição da penitenciária mais serviu para o incremento da criminalidade no município – por conta da transferência dos presos e da troca de informações entre eles em outros presídios do estado – do que para amenizar o problema. O que precisamos é uma solução política. Neste sentido, pouco foi feito de concreto para mudar a realidade que amplia a sensação de insegurança na área central da cidade a cada vez que tiros são ouvidos e uma movimentação não usual de policiais interrompe a rotina, em frequentes tentativas de fuga. Ao contrário, o problema somente cresceu. É preciso cobrar.

Antônio Frizzo

antoniofrizzo@italnet.com.br

Até quando? É absolutamente inacreditável o que está acontecendo. A Rodovia (?) São Vendelino – ERS-470 – está virada num chapéu velho totalmente roto. Tentaram fazer uma operação tapa-buracos. O resultado é a “inhaca” que se vê ali: protuberâncias, valas, desníveis e afins, desde Bento Gonçalves até Carlos Barbosa. A sinalização é uma bela “m”, literalmente, porque está anos luz abaixo de “péssima”. Já no que se refere aos acessos – que, inadvertida e erroneamente – alguns chamam de “trevo”, o que constatamos são verdadeiras armadilhas prontas para vitimar pessoas. O acesso pela Rua Antônio Michelon é algo que inexiste em qualquer país sério do mundo. O trevo que deve ser acessado pelos que vêm do Vale dos Vinhedos em direção a Bento Gonçalves está muito além do que se pode chamar de “escândalo”, “vergonha”, “absurdo”. É muito mais do que isso tudo junto: é descaso, desrespeito, ofensa à vida e à inteligência das pessoas, usuários pagadores de impostos. O mais inacreditável nisso tudo é o MARASMO, a INDOLÊNCIA, o “DEIXA ASSIM” de parte de nossos políticos de toda a região. A rodovia São Vendelino é acessada por todos os municípios e esses “trevos” estão matando gente de todas as raças, sexos, nacionalidades, estado civil, profissão, religião, etc, mas, pelo jeito, não estão matando a mãe dos responsáveis, daqueles que deveriam resolver ou

brigar pela solução. Não tenho dúvidas de que o MINISTÉRIO PÚBLICO poderia ajudar – e muito – na solução. Para isso, bastaria a população acioná-lo, por escrito, com ABAIXO ASSINADOS por significativo número de pessoas. O MP, assim, poderia mover algum tipo de ação na justiça visando determinar aos governantes que resolvam esse escândalo que mata pessoas, chamadas “rodovias da serra”. Por que algum vereador não assume a tarefa de colher essas assinaturas? Por que TODOS os vereadores não fazem isso? Afinal, assessores eles têm em número abundante para colocar a campo. Farão isso? Assumirão essas ações que a comunidade anseia? Talvez sim, esperemos. Mas que façam ANTES que novas mortes aconteçam e, como se sabe, dificilmente as mortes NÃO serão das mães, pais ou irmãos daqueles a quem cabe diretamente a solução disso tudo. Serão os nossos familiares a perecer nessas rodovias do “descaso explícito”. E há, também, ruas da nossa cidade que estão matando. Esta semana morreu um cidadão que havia caído num buraco no Bairro Santa Marta, depois de vários dias hospitalizado. Quem será responsabilizado por esta morte? Ou será mais uma atribuída ao “acaso”, à “imprudência” da vítima? Esperamos respostas de quem de direito. Para todas as mortes provocadas pelo descaso de nossas chamadas “autoridades competentes”.


Opinião 3

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Painel Parcerias por direitos FOTOS DIVULGAÇÃO

Senac com vagas abertas O Senac de Bento está com vagas abertas para o Pronatec: Auxiliar de cozinha: início 14 de maio – 17 vagas Libras: início 6 de maio – 9 vagas Espanhol: início 7 de maio – 8 vagas Recepcionista: já iniciada – 2 vagas Para fazer a matrícula basta comparecer ao Senac Bento Gonçalves com o CPF, RG e a carteira de trabalho. Para estudantes é necessária a apresentação de comprovante de matrícula. Requisitos: idade mínima de 15 anos e ensino fundamental incompleto.

O que funciona em Bento hoje

Aconteceu na segunda-feira, 29 de abril, uma reunião entre o Setor Pedagógico da 16ª CRE e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígena (Neabi), do IFRS. O objetivo do encontro foi estabelecer uma parceria

com as escolas da rede estadual para trabalhar com os alunos e professores o tema “Direitos Humanos e Diversidade Cultural”, vindo ao encontro dos projetos da Seduc-RS. A parceria se dará através

do Neabi do IFRS através do Cine Clube, onde duas sessões de filmes e documentários serão exibidos por mês, no próprio IFRS. Também serão exibidas duas sessões nas próprias instituições de ensino.

Não consideramos que o dia 1º de maio seja um dia de festa, mas é um dia de luta ITAJIBA SOARES LOPES, PRESIDENTE DO SINDICATO DOS TRABALHADORES DAS INDÚSTRIAS DE CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DE BENTO GONÇALVES, SOBRE O FERIADO DO DIA DO TRABALHO

Bento-gonçalvense é o 3º Guri Farroupilha do estado Novamente Bento Gonçalves e o CTG Gaudério Serrano, do bairro São Roque, têm entre seus jovens um representante da cultura gaúcha a nível estadual. A prova disso é a conquista do título durante o 25º Entrevero de Peões do RS, realizado nos dias 18, 19 e 20 de abril, em Panambi. Nesta edição do disputado evento, o jovem Leonardo Gustavo Finato Rossatto, de 16 anos, conquistou o título de 3º Guri Farroupilha do Rio Grande do Sul. O eleito foi representando o CTG que pertence à 11ª Região Tradicionalista (RT).

TrêsPontos... Quem você acha que levará a Copa Farroupilha, neste domingo?

As empresas de transportes Bento e Santo Antônio terão horários de domingo. A coleta de lixo será somente nos bairros Licorsul, Vale dos Vinhedos, São Valentim, São João, Cohab, Salgado, Borgo, Barracão, Eucaliptos e Vinhedos; lixo orgânico à partir das 7h. No Shopping L’América, a praça de alimentação será aberta das 10h às 22h, as lojas das 14h às 20h e o supermercado estará fechado. No Shopping Bento, o horário será de domingo. Os bancos, mercados, correios e as UBSs estarão fechados.

Entrega de tablets Mais professores efetivos do Ensino Médio estão recebendo os tablets educacionais. Nesta semana, os profissionais de Carlos Barbosa, São Valentim do Sul, Coronel Pilar e Bento Gonçalves estão fazendo o curso de operacionalização dos equipamentos, que já foram entregues ontem aos professores do Colégio Estadual Landell de Moura.

Adeus ao MSN Ontem, dia 30 de abril, chegou ao fim uma das maiores histórias de amor de todos os tempos. Na América do Norte isso já havia ocorrido, mas no Brasil ainda estamos ouvindo os últimos suspiros do MSN Messenger. E certamente ele vai deixar saudades. Não teremos mais winks ou emoticons animados. A sua tela não vai mais balançar quando algum amigo quiser chamar a sua atenção. É o fim de uma era, não há como resumir isso tudo de outra forma. Adeus!

“Acho que o Juventude será “Espero que seja o Inter, o vencedor, porque tem porque o colorado tem uma equipe bem equilibrauma equipe bem mais da. Além disso, a dupla Greconsistente e apta a ven-Nal tem outras pretensões, cer o Gauchão. A qualientão está na hora da Serra dade do time do Dunga é vencer o Gauchão”. Zidemar Petry, 44 mais avançada do que a dos clubes do anos, Sargento Militar, morador do bairro interior”. Alini Castro, 22 anos, frentisFenavinho. ta, moradora do Loteamento Bertolini.

A pergunta que não quer calar Bombeiros estão adotando o “dura Lex”, “sed Lex”, tolerância zero na fiscalização e “fechado”, “fechado”, “fechado”. Como a lei não mudou, quer dizer que antes as autoridades eram negligentes ou tolerantes na aplicação? Envie a sua sugestão de pergunta pelo e-mail redacao@jornalsemanario.com.br

“O time do Inter vence com facilidade. Apesar de eu ser gremista, vejo o time do Dunga muito melhor estruturado e com uma equipe mais qualificada sob todos os aspectos”. Gilberto Roa, 54 anos, autônomo, morador do bairro Humaitá.


4

Política

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Entrevista Isaura Zandonai, presidente do Sindiserp

“O Estado de Greve no funcionalismo permanece” RODRIGO BERGSLEITHNER

Rodrigo Bergsleithner

N

a semana passada, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserp) realizou a segunda assembleia geral do funcionalismo durante as negociações do dissídio deste ano, que decidiu pela rejeição ao reajuste de 3% apresentado pela prefeitura e decretou estado de greve. Até ontem, os servidores mantiveram a solicitação de reajuste de 21,75% para recompor perdas salariais, mas a nova proposta acena para um cronograma de pagamento ao longo do ano, com 11,75% agora e duas parcelas de 5% a serem pagas em agosto e novembro. Na noite de ontem, os servidores do funcionalismo estiveram reunidos na sede do Sindiserp para debater sobre a oportunidade de uma audiência com o prefeito Guilherme Pasin para debater o assunto. Em entrevista ao Semanário, a presidente Isaura Zandonai diz que o Sindiserp apresentou o que acha justo em termos de negociação de aumento salarial. Jornal Semanário – Por que a categoria pediu 22% e depois 11,75%, mais duas parcelas de 5%? Este é um percentual que nunca foi dado... Isaura Zandonai – A assembleia é soberana em suas decisões, definindo a pauta de reivindicação da categoria no processo de negociação. O sindicato apresentou os percentuais necessários para se atingir o salário mínimo para o funcionalismo: 11,75%, e, para atingir o valor do Piso Nacional do Magistério é de 22,5%. Com estes dados, a categoria entendeu ser justo que este percentual fosse para todos e de acordo com este entendimento a assembleia resolveu parcelar a reivindicação, entendendo estar colaborando com o governo, já que o mesmo coloca as dificuldades encontradas no início da gestão. Este é um percentual nunca solicitado pela categoria e nunca dado por nenhum governo, mas é

Nosso objetivo é que o prefeito faça o convite ao Sindiserp e que sejamos recebidos por ele, não por um secretário ou outro representante do governo o percentual que garante aumento mínimo para o funcionalismo atingir um mínimo de dignidade (alguns reais acima do salário mínimo nacional e para os professores atingirem o piso nacional da categoria). JS – Qual foi o principal motivo de rejeição sobre os 3%? Isaura – A assembleia entendeu que o funcionalismo público não pode abrir mão do seu direito de receber o mínimo que a lei maior determina, não pode aceitar a desvalorização e não é justo que o mesmo arque em seu salário com as consequências dos atos dos governantes. JS – O Estado de Greve permanece por quanto tempo? Isaura – Em nossa última audiência, dia 22/04, fomos

recebidos pelo secretário de Governo, César Gabardo, e do secretário-adjunto da administração, Rafael Paludo, e pelo advogado da procuradoria Fernando Basso. Apresentaram a proposta de 3% dizendo que não havia mais negociações. Rejeitadas as propostas e negadas novas negociações, a categoria fica em “estado de greve” até que o Executivo apresente percentuais de reajustes justos para a categoria. Hoje, a diretoria do sindicato se reúne para decidir o rumo e as atividades a serem feitas devido ao Estado de Greve. Comparando com os demais municípios, tendo como base magistério, Nível II, somente Flores da Cunha e Nova Pádua ganham menos e funcionários administrativos correspondendo ao E-3, Bento está abaixo de todos.

JS – Já existe previsão ou expectativa para algum encontro com o prefeito Guilherme Pasin? Isaura – Nosso objetivo é que o prefeito Guilherme Pasin faça o convite ao Sindiserp e que sejamos recebidos por ele, não por um secretário ou outro representante do governo. Gostaríamos de debater o assunto de forma democrática, diretamente com o Chefe do Executivo. Quando recebemos a proposta, sentamos e conversamos com o secretário de Governo, César Gabardo. Porém, em nenhum momento, tivemos a oportunidade de debater a questão diretamente com o prefeito Pasin. É isto que desejamos neste momento, sentar e definir a situação de uma forma direta. redacao@jornalsemanario.com.br

REAJUSTE

Uma das mais fracas propostas Se a prefeitura não ampliar a proposta de reajuste além da atual oferta de 3%, este será o quarto pior índice de reajuste conquistado pelos servidores públicos municipais de Bento Gonçalves, desde o ano de 2001. Nos últimos 12 anos, com exceção de 2001 e 2005, quando não houve correção dos salários, caso aprovado, seria o segundo pior resultado, e em sequência, só seria melhor que o 1,86% conferido no ano passado, alegadamente definido em consequência de uma falha de entendimento sobre as implicações do período eleitoral. Os 21,75% solicitados pelo Sindiserp, em três parcelas, para repor alegadas perdas salariais e garantir todos os salários acima do mínimo nacional, ao final do ano, representariam o maior índice já negociado, disparado, até agora: quase 10% a mais que os 12% concedidos em 2009, no primeiro ano da gestão de Roberto Lunelli (PT). Período em que a negociação recuperou os 4,05% perdidos para a inflação dos quatro anos anteriores e rendeu um ganho real de 7,89% acima da inflação anual. De acordo com o sindicato, a proposta para a negociação salarial tem base nas perdas acumuladas desde 2001, quando os servidores, sem reajuste, viram o salário encurtar 9,44% diante da inflação. O poder de compra ainda caiu 8,74% em 2002, iniciando uma recuperação nos dois anos seguintes. Mesmo assim, os quatro anos do último mandato de Darcy Pozza (PP) resultaram em uma perda salarial de 16,58% ante a inflação oficial do período. No governo de Alcindo Gabrieli (PMDB), somente em 2006, o reajuste dado aos servidores foi acima da inflação anual, e o ano inaugural do mandato também foi de reajuste zero. No saldo do governo anterior, o funcionalismo conquistou 12,03% de aumento real, descontada a inflação do período.


Quarta-feira, 1ยบ de maio de 2013

5


6 Opinião

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

EmDebate

Rogério Costa Arantes rogerio@jornalsemanario.com.br

Intervenção comunitária O início do projeto de policiamento comunitário em Bento esteve ameaçado, e, em grande parte, só saiu por força da insistência do comandante do 3º BPAT, major José Paulo Marinho junto ao prefeito Guilherme Pasin. A questão é que havia dúvidas sobre a possibilidade de cumprir com o compromisso do pagamento do auxílio-aluguel de R$ 600 para os 18 soldados que compõem os seis núcleos comunitários da BM. Com a concorrência de Cruz Alta, que pretendia levar o projeto para lá – e, consequentemente, todas as viaturas e todos os equipamentos destinados ao projeto. A intervenção de Marinho foi providencial. Uma semana depois da implantação dos núcleos, já existe a certeza de que a constante presença dos soldados nas ruas dos bairros, antes um fenômeno raro, amplia consistentemente a sensação de segurança da população. O sistema ainda está em adaptação, mas é preciso fortalecê-lo, tanto na parte que cabe à comunidade quanto a que toca às autoridades policiais. Hoje, os policiais comunitários ainda precisam ser deslocados para operações, o que não é o ideal. Com o advento dos novos soldados, é impossível que essa necessidade acabe.

Em Destaque Hoje, a Brigada Militar só existe com o apoio da comunidade Major José Paulo Marinho, comandante do 3º BPAT, reafirmando que o apoio da população é a razão da existência da corporação e fundamental para a eficácia do trabalho.

TRANSPARÊNCIA AMEAÇADA Superlotação e saúde pública Mesmo que o prazo para as adequações solicitadas pela Justiça para que o presídio de Bento não sofra uma nova inervenção se encerre apenas no dia 10 de maio, os promotores Gilson Borguedulff Medeiros e Alécio Silveira Nogueira ajuizaram, na segunda-feira, 29 de abril, uma ação civil pública pedindo a desativação da casa prisional e a construção da nova penitenciária. A ação exige que, em 60 dias, seja aberta a licitação, e que o Estado destine recursos para a obra. Ainda que a superlotação e a ausência das condições necessárias para o abrigo dos presos exijam uma nova estrutura, conforme revelam os promotores, difícil imaginar que o novo presídio saia do papel por decreto. O fato é que é preciso pressionar para que o Estado tome as providências e desarme a bomba-relógio que há anos ameaça a tranquilidade da população. Para isso, a ação do MP cai como uma luva. Hoje, o presídio abriga cerca de 275 apenados, pouco menos que o dobro da capacidade, hoje calculada em 145 pessoas. Quando a prisão foi interditada a primeira vez, a pedido do MP, em 2008, a superlotação batia em 305 apenados para uma capacidade de 120 vagas. Mas não é só a superlotação que preocupa. O atual presídio já é tratado como um caso de saúde pública: conforme um relatório da Vigilância Sanitária, desde outubro de 2012, dezenas de casos de tuberculose estão sendo investigados.

Cargas e audiência Terminou ontem o prazo para que a população participasse com sugestões na consulta popular sobre o trem regional através do site do Ministério dos Transportes. Embora não haja ainda informações sobre a participação, o ministério espera colher subsídios e novas informações sobre o projeto de implantação de um veículo leve sobre trilhos (VLT) que percorrerá a distância entre Bento e Caxias, passando por Garibaldi, Carlos Barbosa e Farroupilha, transportando passageiros. O resultado da consulta será apresentado juntamente com o projeto durante audiência pública em Caxias que será realizada na segunda-feira, 6 de maio. Pelo menos uma das sugestões recebidas pelo ministério – e que será, certamente, alvo de debates na audiência caxiense – já é conhecida: a intenção de estabelecer também o transporte de cargas através do modal ferroviário. O lobby dos contrários é grande, mas algumas entidades regionais, como a Cics Serra, defendem a ideia com veemência.

Não bastassem os problemas que se acumulam nos serviços públicos de Saúde, com a carência de médicos nas UBSs e a procura maior por atendimento no PA 24 Horas que gera transtornos no pronto atendimento, agora a suspeita de que o governo municipal não deverá continuar as obras para implantar o hospital público é uma péssima notícia, que não pode se confirmar.

Passados 120 dias de mandato, fica difícil encontrar mais pontos positivos do que negativos na recém-iniciada legislatura. Medidas impopulares, como a rejeição da segunda sessão ordinária semanal, e a tentativa de transferir para o meio da tarde o horário da única sessão existente, pegaram mal diante dos eleitores. Deram um recado de falta de transparência e democracia. O esvaziamento da CPI da Fenavinho, num teatro que não serviu para nada, é outro ponto negativo. Agora, são os próprios vereadores a querer barrar a capacidade de fiscalização inerente à função. Na segunda-feira, a tropa de choque de Pasin agiu para barrar o pedido de informações encaminhado pela bancada do PT que solicitava a relação dos cargos de comissões, estagiários e terceirizados que atuam no Executivo. Ops, caiu aqui: se a prefeitura já não publica suas contas, não caberia mesmo ao Legislativo torná-las públicas? Ou não? Então, porque impedir que a prefeitura encaminhe as informações? A quem interessa esconder o que se passa no Paço Municipal?

Crescimento na contramão A presidente do Sindmóveis, Cátia Scarton, comemora o resultado do Projeto Orchestra Brasil nas exportações. A iniciativa, uma parceria do sindicato com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), obteve um crescimento de 10,3% nas exportações entre janeiro e março em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado é ainda mais expressivo porque as exportações brasileiras de acabamentos, acessórios, componentes, químicos, tecnologia serviço de design para a indústria moveleira caíram 8,3%.

Ponto Aos poucos, as liminares que garantem às concessionárias das praças de pedágio a continuidade dos contratos até o fim do ano vão caindo. Na semana passada, a Justiça derrubou a medida que impedia o encerramento do contrato em Lajeado. Esta semana, foi a vez da praça de Santa Cruz. Chegará antes do final do ano a hora do encerramento do contrato do polo de Caxias? E, consequentemente, a extinção da praça de Farroupilha? Ironia, não fosse trágico: no dia dedicado ao trabalhador, o Dieese calcula que o salário mínimo do brasileiro deveria ser de R$ 2.674,88. Isso lá em janeiro. Ou seja,quase quatro vezes maior que os R$ 678 em vigor no país desde aquela data. O cálculo foi feito com base na Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgada pelo órgão em fevereiro. Depois que um empresário caxiense apareceu entre os suspeitos detidos na Operação Concutare, que investiga crimes ambientais, crescem as suspeitas de que mais gente aqui da Serra esteja envolvida. Hoje, cerca de 70 mil veículos circulam nas ruas de Bento. Em média, no ano passado, 15 novos carros ganharam as ruas a cada dia. Em uma cidade que cresceu desordenadamente, e que não viu esse crescimento ser acompanhado por mudanças estruturais importantes, não é à toa que, a cada dia, o trânsito da cidade enfrente mais problemas. Este ano apresenta uma redução nessa média. Nos três primeiros meses, são 11 carros que chegam às ruas a cada dia. Nenhum alento para o secretário de Mobilidade Urbana, Mauro Moro. O presidente do CIC/BG, Jordano Zanesco, foi eleito em abril para o Conselho Superior da Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (Federasul). O primeiro encontro será na quarta-feira, 8.


Política 7

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Câmara nega pedido de informações Em uma atitude não muito corriqueira, a maioria dos vereadores bento-gonçalvenses negaram, na sessão ordinária realizada na segunda-feira, 29 de abril, a aprovação de um pedido de informações sobre as contratações da prefeitura. A solicitação, encaminhada pela bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), pedia o encaminhamento ao Legislativo de uma relação dos cargos de comissões, estagiários e terceirizados. Apenas a bancada petista e o vereador Jocelito Tonietto (PDT) votaram a favor. O requerimenbto foi rejeitado com 11 votos contrários. Aprovação A aprovação de maior destaque na sessão foi em relação aos R$ 300 mil de repasse para a Secretaria de Saúde, com o objetivo de liquidar o saldo negativo da administração passada.

Legislativo

Gratificação aos concursados Servidores da Câmara de Vereadores receberão incentivo salarial após a aprovação de Projeto de Lei RODRIGO BERGSLEITHNER

Rodrigo Bergsleithner

O

Projeto de Lei nº 7/2013 que adita a lei complementar nº 134/2013, foi aprovado em votação única e em regime de urgência, na segunda-feira, 29 de abril. O PL altera a tabela de vencimento dos cargos de provimento efetivo da Câmara Municipal de Vereadores. De acordo com a Mesa Diretora da Câmara, o projeto foi encaminhado após a realização de “estudos qualificados sobre o tema”, que culminaram na elaboração do projeto, visando o aperfeiçoamento da legislação que rege o quadro de serviços efetivos da Casa Legislativa. O PL foi aprovado em unanimidade pelos vereadores. A Mesa Diretora, autora do Projeto de Lei, informou que é indiscutível a necessidade de buscar um sistema no quadro,

Vereadores aprovaram o reajuste ao funcionalismo da Casa

priorizando a valorização profissional e evitando o constante abandono da função pública, principalmente dos que ingressam por meio de concurso público. Além disso, o Projeto de Lei salienta a necessidade de buscar o aperfeiçoamento dos servidores, com a partici-

pação em cursos, seminários e em demais eventos oferecidos por órgãos públicos. “São os casos das participações em cursos no Tribunal de Contas do Estado (TCE), Delegações de Prefeituras Municipais (DPM) e Instituto Gamma de Assessoria a Órgãos Públicos (Igam), além de

outras entidades de consultoria”, disse o presidente da Câmara de Vereadores, Valdecir Rubbo. Segundo a Mesa Diretora da Casa Legislativa, este investimento é necessário para evitar o abandono de funções, eis que existe um grande índice de servidores que buscam uma melhor remuneração em outros órgãos públicos e na iniciativa privada. A proposta pretende de outro lado, buscar uma uniformidade com os cargos de funções passageiras, no caso, os cargos providos em comissão, que quase sempre ocupam patamares bem superiores de remuneração daqueles que fazem carreira na atividade pública. Com o reajuste, os salários dos servidores variam entre R$ 680,82 e R$ 3.410,08. redacao@jornalsemanario.com.br


8

Geral

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Tráfego

Frota ultrapassa 70 mil veículos Em 2012, a média em Bento Gonçalves foi de 15 novos veículos por dia. Em 2013, já são 1.045 registrados na cidade Rodrigo Bergsleithner

O

município de Bento Gonçalves é apontado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) como uma das maiores frotas de veículos do Rio Grande do Sul. Com 107.278 habitantes, a cidade conta hoje com 70.226 veículos, já contabilizando os registros realizados no primeiro trimestre deste ano. Em 2012, Bento Gonçalves fechou o ano com 69.181 veículos. Destes, 42.904 são automóveis e 8.101 caminhonetes e camionetas. Entre motocicletas, motonetas e ciclomotores são 11.062 registrados.

O município conta com 4.198 caminhões, 2.198 reboques e semireboques, 566 ônibus e microônibus e 87 tratores (de roda, esteira e misto), além de 66 outros exemplos de veículos. De acordo com o responsável pelo Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA) de Bento Gonçalves, Gerson Tadeu Vivan, até o dia 31 de março deste ano foram registrados 1.045 veículos. Em todo o ano passado, foram 5.504 registros. “O aumento de veículos em Bento Gonçalves tem diversos motivos. Primeiramente, por questão econômica o usuário adquire um carro pelo simples fato de

FERNANDO LEVINSKI

São 70.226 veículos circulando pelas ruas de Bento Gonçalves

haver a redução de juros e a facilidade de financiamento e de fazer o pagamento. Em segundo instante, por questão

geográfica, eis que este sobe e desce na cidade faz com que a vida de pedestre fique dificultada. E até mesmo pela

questão pessoal, onde é muito melhor ter um veículo do que depender de carona ou ônibus”, disse. Até o término do ano passado, o Rio Grande do Sul contava com 5.376.302 veículos, sendo 3.305.134 automóveis, 550.216 caminhonetes e camionetas, 1.033.842 motos, 243.366 caminhões, 181.801 reboques e semireboques, 50.219 ônibus, 6.498 tratores e 5.226 outros tipos de veículos. No ano passado, a média de registro em Bento Gonçalves foi de 15 veículos por dia. Neste ano, a média é de 1,6 veículos. redacao@jornalsemanario.com.br

A frota de veículos no estado Carlos Barbosa Caxias do Sul Farroupilha Flores Da Cunha Garibaldi Gramado Guaporé Monte Belo do Sul Novo Hamburgo Passo Fundo Santa Tereza São Vendelino Vila Flores Veranópolis

(em unidades)

15.639 263.964 37.938 18.900 20.671 21.418 12.985 1.520 136.254 101.824 756 1.389 2.142 14.394 FONTE:PROCERGS


Geral 9

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

AEROCLUBE

Projeto de reforma deverá ser concluído em 15 dias RODRIGO BERGSLEITHNER, ARQUIVO

Dia do Trabalho

Sindicatos de Bento destacam conquistas Três entidades ressaltam a necessidade da diminuição da jornada de trabalho Fernando Levinski

A

Retirada de pedreira está incluída no projeto de reforma do local

O projeto da reforma do Aeroclube de Bento Gonçalves deve ser concluído em aproximadamente 15 dias afirma o presidente Flávio Savaris. Após a finalização, o documento segue para a prefeitura, onde será analisado e possíveis erros serão corrigidos. Somente após esta etapa, o projeto será licitado. Entre as alterações previstas no local, estão o aumento da pista e a demolição de uma pedreira que fica nas proximidades para que seja construído um pátio para abrigar aeronaves. Além disso, estão previstas a adequação do local para funcionamento noturno e drenagem entre outros pontos.

O custo da obra será de aproximadamente R$ 2,5 milhões. O tempo de duração das reformas será de cerca de sete meses. Para o presidente do aeroclube, após a conclusão das obras, Bento terá condições de receber voos regionais. “Não ficaremos nas mesmas condições que Caxias, mas nos igualaremos com cidades como Santo Ângelo, Santa Maria e Pelotas”, afirma. Savaris também acredita que, pelo potencial econômico de Bento, o recebimento de voos vindos de outras partes do estado poderá colaborar ainda mais para o desenvolvimento da cidade.

pós um confronto de trabalhadores, policiais e empresários na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, em 1886, o dia 1 de maio se tornou feriado em vários países para celebrar o Dia do Trabalho. Desde então a data é celebrada com festa e ações, principalmente por parte dos sindicatos. Em Bento, pelo menos três entidades que representam trabalhadores – o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves (Stimmme), presidido por Elvio de Lima, o Sindicato dos Empregados no Comércio de Bento Gonçalves (SEC), representado por Orildes Lottici, e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção e do Mobiliário

de Bento Gonçalves (Sitracom), cujo presidente é Itajiba Soares Lopes – celebram a data. Cada sindicato destaca conquistas distintas. O presidente do Stimme destaca a participação de mulheres na diretoria: “Empossamos quatro mulheres, o que corresponde a 20% da diretoria”, revela. Orildes detalha que entre as conquistas do SEC estão a consolidação das estruturas físicas e de recursos humanos do sindicato, desta maneira, a presidente afirma que foi possível melhorar o atendimento e dar andamento as reivindicações da categoria. Além disso, no âmbito nacional ela destaca a regulamentação da categoria comerciaria. Já o presidente do Sindicato das Indústrias de Mobiliário e Construção enfatiza que as principais conquistas da enti-

dade estão o vale-transporte e avanços em dissídios. Um ponto em comum na pauta de cobranças dos três sindicatos está a redução na jornada de trabalho. Sitracom e Stimmme destacam a busca para a fixação de uma jornada de 40 horas semanais. A presidente do SEC revela dificuldades nesta questão, pois, de acordo com Orildes: “Ainda estamos distantes desta possibilidade devido o compromisso do Estado para com o capital e não para com o trabalho”, conclui. Entre os outros pedidos dos sindicatos estão auxílio creche e alimentação, diminuição no valor do transporte para o Sec, piso nacional para funcionários para o Stimmme, além da melhora de condições de trabalho para o Sitracom. geral1@jornalsemanario.com.br


10

Quarta-feira, 1ยบ de maio de 2013


Geral 11

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

GRIPE

Doses seguem sendo aplicadas até 10 de maio A enfermeira Elisandra Navarini aproveitou o primeiro dia de prorrogação da campanha contra a gripe para levar o filho Bernardo, de 1 ano e 2 meses, para receber a dose. Como, há alguns dias, o pequeno estava com febre, ela preferiu não vaciná-lo antes. Na mesma ida à Unidade Básica de Saúde (UBS) Central, Elisandra, que também não se sentia bem nos dias anteriores, aproveitou essa nova etapa, que vai até 10 de maio, para ser vacinada. Ao atuar como profissional da área de saúde, ela está entre os grupos considerados prioritários, que continuam sendo o foco das imunizações. Como a meta de atingir 80% não foi cumprida em municípios como Bento Gonçalves, a secretaria de Saúde do Estado anunciou a prorrogação da campanha. Segundo o enfermeiro coordenador do setor de imunizações, Maichel Manfredini, até quinta-feira, 25, 72% do total do público-alvo receberam as doses. Foram 16.196 mil pessoas imunizadas, destes, 2.164 eram doentes crônicos. Os idosos, com 67% de doses aplicadas, e as gestantes, com 63%, ficaram abaixo da meta. Enquanto isso, as puérperas (mulheres em pós-parto de 45 dias) superaram os 100%. Nos próximos dias da campanha, o foco continua sendo a imunização dos grupos de risco. Conforme Manfredini, as doses não estão liberadas para a população em geral. Público-alvo Podem se vacinar gratuitamente na rede pública pessoas

Para que a prevenção comece desde cedo Atividades de conscientização também são realizadas em escolas de Bento FOTOS FRANCINE BOIJINK

Francine Boijink

O O primeiro dia de prorrogação da campanha foi segunda, 29

com 60 anos ou mais, gestantes, mulheres em período pós-parto de 45 dias, profissionais da saúde, crianças de seis meses a menores de dois anos (é preciso levar carteira de vacinação) e portadores de doenças crônicas não transmissíveis (devem levar uma prescrição médica com o nome da doença ou a categoria de risco a que pertence). A vacina, que protege contra os vírus Influenza H1N1, H3N2 e Influenza B, continua sendo aplicada nas 23 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. O horário de funcionamento desses locais é de segunda à sexta-feira, das 7h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min. Estado e país O Rio Grande do Sul, conforme informações da secretaria de Saúde, é o estado com a maior adesão no país, totalizando 74,1%. A meta foi atingida por 236 municípios, que devem continuar aplicando as doses até acabarem os estoques. No Brasil, até a quarta-feira, 24, segundo o Ministério da Saúde, foram vacinados 47,6% da população que faz parte dos grupos prioritários.

Dados da vacinação Crianças com mais de seis meses e menos de dois anos de idade Trabalhadores da área de saúde Gestantes Puérperas (mulheres em período pós-parto de até 45 dias) Idosos

Aids

Vacinados até Meta de dia 20 dia 25 imunização 1.522 990 1.508 1.191

2.498

2.272

416

596

760

176

248

125

7.248

9.182

11.012 FONTE: SMS

s alunos de três turmas da 7ª série do Colégio Estadual Dona Isabel, de Bento Gonçalves, tiveram a oportunidade de participar de uma atividade diferente na tarde da sexta-feira, 26. Uma equipe de profissionais do Serviço de Atendimento Especializado (Sae) e do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) foi até a instituição de ensino para compartilhar conhecimentos sobre a prevenção da Aids. Segundo a enfermeira e coordenadora do Sae/CTA, Adriana Cirolini, além de escolas, as visitas também são realizadas em empresas e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Para ela, os encontros com os adolescentes são uma forma de esclarecer dúvidas que podem ser tabus e que acabam não fazendo parte das conversas entre a família. Uma das principais questões trabalhadas é a importância das relações com responsabilidade. A perspectiva é de que o aprendizado ultrapasse o âmbito escolar, e que seja compartilhado também na casa dos alunos. Ao observar o comportamento dos estudantes, segundo a coordenadora pedagógica Beatriz Ecker, percebeu-se a necessidade de desenvolver atividades com o foco voltado à sexualidade, também pela importância da prevenção iniciar nessa faixa etária. E a gurizada parece ter aprovado, tanto que Beatriz ressalta a atenção e o envolvimento nas atividades desenvolvidas. “Valeu a pena. Sentimos que eles realmente demonstraram interesse, e quando eles dão retorno é porque valeu.”, comemora. Uma das participantes foi Tamara Miranda Rustick. A estudante de 12 anos afirma que gostou das atividades desenvolvidas em sala de aula. “Eu achei bem interessante porque a gente não conhecia muito”,

Colégio Dona Isabel recebeu atividades de prevenção da Aids

avalia. Ela comenta também que aprendeu bastante com as perguntas que eram feitas pelos colegas. Os números Conforme dados do relatório da Vigilância Epidemiológica da secretaria de Saúde de Bento Gonçalves, entre 1986 e 2011, foram registrados, a cada ano, cerca de 12 novos casos de pessoas com AIDS, o que totaliza 318 notificações no município. Desses, a grande maioria, são pessoas de 30 a 39 anos e com relacionamentos heterossexuais. Para a psicóloga do Sae, Cassiane Venturini, a prevenção se torna, nesse caso, uma questão mais psicológica do que intelectual. “A população está consciente, mas nega no sentido de que, o HIV nunca vai acontecer comigo”, diz. Além disso, nessa faixa etária, algumas relações duradouras fariam com que houvesse mais confiança no parceiro e assim, a prevenção não ficasse em primeiro lugar. Ainda segundo o relatório, mesmo com os homens representando o maior número de casos, houve uma feminização da doença com o passar dos anos. Na década de 90, eram 23 homens para 10 mulheres com Aids. Na primeira

década de 2000, a proporção equivalia a 16 homens para cada 10 mulheres. Enquanto que no início da década de 2010, eram 14 homens para cada 10 mulheres com a doença. Quanto ao crescimento do número de mulheres, a coordenadora do Sae/CTA comenta que essas relações se dão com parceiros fixos e elas não fazem parte do grupos das profissionais do sexo. Pelos dados divulgados no relatório, as relações sexuais são a principal forma de transmissão do HIV, com 63,5% e, em média 22,6% admitiu o uso de drogas. Além disso, entre 2005 e 2009, as taxas de infectados no município ultrapassaram os números registrados no Rio Grande do Sul e no país. Em Bento, os três primeiros casos de Aids foram registrados nos anos 80. Conforme a enfermeira e coordenadora do Sae/CTA, Adriana Cirolini, em 2012, na região, foram registrados cerca de 260 pacientes que estavam em uso de terapia antirretroviral. O número cumulativo é inferior aos 318 casos do relatório de Bento, em função de óbitos, transferência de cidade e abandono de tratamento dos pacientes. geral3@jornalsemanario.com.br


12

Economia

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Desaposentação

GESTÃO DA QUALIDADE LUCINARA MASIERO, DIVULGAÇÃO

Projeto de lei irá beneficiar segurados Aposentados que ainda trabalham poderão ter aposentadorias recalculadas Kátia Casagrande

A

Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou o Projeto de Lei n° 91/2010 que permite a desaposentadoria de trabalhadores que cumpriram o tempo de serviço, optaram pelo descanso, mas voltaram ao mercado de trabalho. Caso seja aprovado e sancionado o projeto, a Lei n° 8.213, de 24 de julho de 1991, permitirá que o segurado aposentado possa solicitar o cancelamento da aposentadoria e requerer outra em seu lugar, segundo o advogado Paulo Antônio Gabbardo. “Considerando para o cálculo da nova renda mensal inicial o acréscimo de tempo de contribuição que tenha efetuado”, acrescenta. Em princípio, o aposentado não perderá nada, desde que as novas contribuições sejam com valor mensal igual ou superior à aposentadoria cancelada. Pela legislação atual, isso só é possível com a devolução dos valores recebidos pelos aposentados, estando pendente de julgamento, no Supremo Tribunal Federal (STF), ação em sentido contrário. De acordo com o advogado, o custo para requerer a desaposentação já teria sido pago pelos próprios segurados à Previdência Social durante os períodos

Exemplo Um trabalhador que se aposentou com 35 anos de contribuição e 60 de idade, em janeiro de 2010, com média salarial de R$ 1 mil recebeu uma aposentadoria de cerca de R$ 874. Considerando os reajustes, teria hoje um benefício de R$ 1,016 mil. Se deixasse para se aposentar hoje, com mais três anos de contribuição e de idade, e se sua média salarial continuasse em R$ 1 mil, o benefício seria de R$ 1,038 mil. Se o mesmo trabalhador tivesse reajustes salariais idênticos aos concedidos pelo INSS, sua média salarial seria de quase R$ 1,2 mil. Caso pedisse hoje a aposentadoria, com essa média salarial, 38 anos de contribuição e 63 anos de idade, seu benefício seria de cerca de R$ 1,3 mil. trabalhados após a concessão da aposentadoria a ser substituída, e serão considerados como salários de contribuição nos novos cálculos de aposentadoria. Tanto o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) quanto o Poder Judiciário seguem a legislação atual, não podendo aplicá-la ou interpretá-la de maneira

diversa. Dessa forma, “somente com a aprovação e sanção do referido Projeto de Lei ou com o julgamento pelo STF sem a exigência de devolução dos valores recebidos é que os segurados aposentados poderão requerer a desaposentação”, complementa Gabbardo. Para ele, o aposentado deve ter o acompanhamento de um profissional especializado na área previdenciária durante o procedimento, para não ter o risco de sua renda mensal ser reduzida com o projeto. Benefícios A regra vale para os trabalhadores que se aposentarem por tempo de contribuição, idade ou, nos casos de aposentadoria especial, para quem trabalhou em condições prejudiciais à saúde ou à integridade física, e determina o recálculo da aposentadoria considerando todo o tempo de trabalho. Somando o tempo da primeira aposentadoria com aquele após a concessão do benefício, além do cálculo de nova renda mensal. O projeto prevê que o aposentado que ainda trabalha tenha direito a um recálculo do benefício, considerando as novas contribuições. geral4@jornalsemanario.com.br

Pierry afirma que desafios podem ser superados com apoio

PGQP pode melhorar resultado empresarial Os resultados das empresas que utilizam sistemas de gestão são, em média, 22% melhores que os daquelas que não usam ferramentas. A afirmação foi do secretário-executivo do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), Luiz Ildebrando Pierry, durante palestra-almoço promovida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) na segunda-feira, 29 de abril. Pierry defendeu o que, segundo ele, é o tripé que sustenta o crescimento organizacional: excelência da gestão, inovação e certificação profissional. Para justificar a inclusão das empresas, ele apresentou casos de sucesso empresarial a partir da adoção do modelo de gestão pautado pela PGQP, que atua há 21 anos no estado. Além disso, o palestrante falou para o empresariado sobre processos de qualificação na gestão, capazes de aperfeiçoar resultados, aumentar lucros e

agregar valor ao nome da empresa. “Não basta sermos donos de um bom planejamento se não o colocarmos em prática. Boa vontade, por si só, não basta”, assegurou o secretário-executivo do programa. Para ele, os empresários enfrentam desafios voltados à necessidade de inovação, em um cenário cada vez mais competitivo e com um nível de exigência crescente dos consumidores. Por isso, defende a adoção de programas de planejamento que podem capacitar os gestores e permitir identificar onde cada empresa pode melhorar. Para apresentar os programas oferecidos, o coordenador da Comissão Técnica do PGQP, Victor Seger, ocupou a tribuna do CIC. Bento tem uma relação muito próxima com o PGQP: o Comitê Regional foi o primeiro do programa, instalado ainda em 1994. Depois de uma temporada sem atividades, desde o ano passado ele recebe o apoio do CIC.

EVOLUÇÃO

Tacchini em busca da ISO 31000 O Hospital Tacchini organizou a Comissão de Gestão de Riscos Assistenciais, que é integrada por profissionais de áreas diferentes, com o objetivo de conquistar a certificação do ISO 31000. Menos de 10 hospitais brasileiros conquistaram este objetivo. A comissão tem realizado reuniões a cada 15 dias para avaliar procedência, efetividade e conveniências dos produtos hospitalares lançados no mercado ou os itens que são oferecidos pelos fabricantes que

possam ser padronizados para o uso dos médicos ou do próprio hospital. Esta comissão também trabalha para identificar se estes produtos possuem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), vinculação ao Ministério da Saúde, especificidade e custo do produto. Fazem parte desta comissão, a Comissão de Controle de Qualidade de Materiais e Medicamentos, além de profissionais de controle de infecção hospitalar, controle de supri-

mentos, representantes de especialidades médicas e outros. Normas Estas análises são feitas por alguns representantes dos médicos e técnicos do hospital. Quando o produto é aprovado, a comissão determina as normas e as instruções para utilização. Um acompanhamento é feito para identificar possíveis falhas durante a utilização, o que não ocorreu até o momento.


Bairros

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

13

Planalto

Escritora e alunos lançam livro Uma coletânea de poemas ilustrados mostra a boa qualidade da leitura feita por estudantes de escola Landell de Moura DIVULGAÇÃO

Noemir Leitão

O

livro O Vale da Vida, é fruto de muito trabalho e perseverança de um grupo de adolescentes apaixonados pela arte, e que vislumbram nas aulas de Literatura a oportunidade de expressar-se livremente. Ele faz parte do projeto Despertando Talentos na Sala de Aula. Com o incentivo da escritora e professora Ritamar Invernizzi, o processo estendeu aos intervalos, nos quais os alunos dos 1º anos do Ensino Médio do Colégio Estadual Landell de Moura, do bairro Planalto, trocavam ideias e sonhos. O trabalho iniciou em meados de junho de 2012 e se concretizou em abril deste ano. O projeto tinha a finalidade de proporcionar aos jovens expressarem-se de modo sau-

Professora e escritora Ritamar Invernizzi apresentou seu trabalho, que deverá ser apreciado em aula

dável, sério e prazeroso, ocupando dessa forma o tempo ocioso que, muitas vezes, seria desperdiçado ou mal-administrado. Estimulando os talentos individuais, procuraram mostrar aos jovens que todos têm utilidade em um mundo

que prega o materialismo e o individualismo. “Aprendemos que a arte nos torna cúmplices, nos une de tal forma que as diferenças de estilo desaparecem diante da razão maior que nos aproxima, a inspiração”, salienta a escritora.

O livro veio confirmar que “as aparências enganam e a emoção aproxima”. “Basta um único gesto, olhar ou palavra para a arte se transformar em abraços e sorrisos, o verdadeiro sentido da vida”, acredita. Os alunos que participaram

do projeto de escrever um livro de poesias foram: Anderson de Mello, Bruno Antunes, Everton Savi, Francine Foresti, Jennifer da Silva, Luis Gustavo Castilhos, Mariele Lerin, Pétra de Toni, Rosmari Ramos, Bhrenda dos Santos, Bruna P. Mendes, Bruna R. dos Santos, Guilherme Marodin, Josemar M. dos Santos, Karen Manara, Tiago A. Ribeiro e Willian da Silva. O grupo contou com o apoio do colunista do Semanário Itacir Luis Giacomello e de César Augusto Modena diretor do Senai/Cetemo. O livro foi editado e lançado no dia 12 de abril, no auditório do próprio Colégio Landell de Moura, com a presença dos pais, da comunidade escolar e direção da escola. bairros@jornalsemanario.com.br


14

Quarta-feira, 1ยบ de maio de 2013


Interior & Região

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

15

Faria Lemos

Famílias terão água encanada Obras na rede de água irão beneficiar muitos moradores, em um trabalho organizado pela Corsan e secretaria da Agricultura CARINA FURLANETTO, DIVULGAÇÃO

Noemir Leitão

L

evar água de qualidade para as famílias do interior é uma das prioridades da administração municipal. A prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura, retomou as obras de construção de novas redes de distribuição de água nos distritos do município, que estavam paralisadas deste outubro do ano passado. Ao todo, são cerca de quase 10 mil metros de redes assentadas até o momento neste ano, que beneficiam cerca de 300 famílias. Os trabalhos são realizados em parceria com a Companhia Rio Grandense de Saneamento (Corsan). Alguns trabalhos foram retomados ainda no mês de janeiro, como é o caso da linha

Comunidades no interior terão novas redes de água e esgoto, beneficiando diversos locais

Santo Antônio da Paulina, no distrito de Faria Lemos, onde a instalação de 300 metros de rede beneficia 16 famílias. Outras obras foram reiniciadas apenas em março, após o

período da safra da uva, para minimizar os impactos nas estradas do interior. Dos trabalhos retomados em março, já foram concluídas a construção de boa parte da

rede na linha Eulália, com extensão de 1,2 mil metros, e a ligação de água ente os poços PT5 e Imaculada, na Alcântara, totalizando 300 metros. Nas linhas Ferri e Dema-

ri cerca de 7,7 mil metros de tubos já foram assentados. A previsão é que os trabalhos sejam finalizados no próximo mês. Para a conclusão da obra, ainda restam 3 mil metros de tubulação. De acordo com o secretário de Desenvolvimento da Agricultura, Thompsson Didoné, as obras são importantes para solucionar os problemas que os moradores do interior enfrentavam em períodos de estiagem. Novos projetos para futuras redes de água no meio rural estão sendo elaborados. Além do assentamento de novas redes, também foram realizadas substituições de tubulação para evitar problemas de vazamento. Foi o caso da Linha Burati, onde os 400 metros de rede foram recolocados. interior@jornalsemanario.com.br

SANTA TEREZA

PINTO BANDEIRA

Imagem recebe restauração completa

Escola prepara os projetos

Depois de um bom tempo sem receber reparos, a imagem de Santa Teresa D’Ávila, esculpida por Paolo Balbinot no ano de 1891, foi restaurada por completo e recebeu uma nova remodelação para os fiéis da cidade. A santa recebe o carinho de muitas pessoas, e está na prefeitura municipal para exposição, inclusive com fotos em painel de como era anteriormente e agora totalmente restaurada pelo artista Marcelo Glanert, que realizou o trabalho neste ano. Os vestígios originais foram mantidos, apenas a parte do rosto e corpo, que estavam sendo consumidas por cupins e pelo próprio tempo, recebeu atenção. Muitos fiéis sabem a história de Santa Teresa e os milagres que ela fez. O padre Tadeu Antônio Libardi, disse que ficou orgulhoso do belo trabalho feito

Imagem restaurada pelo artista plástico Marcelo Glanert

em prol da restauração da imagem da santa, que é a padroeira do município.

Com 304 alunos divididos em três turnos, a Escola Estadual de Ensino Médio Professor José Pansera, de Pinto Bandeira, começa a preparar os projetos para o decorrer de 2013. Segundo a diretora do estabelecimento de ensino, Marisa Ferrari Guizzo, as propostas para ampliar o projeto sobre o meio ambiente serão definidas ainda em abril, uma vez que falta concretizar o apoio com empresas que ajudam a escola no decorrer do ano. “Estamos aguardando uma definição da parceria que realizamos no ano passado, para dar sequência aos nossos projetos deste ano”, disse. A entidade conta com um quadro de 34 pessoas, entre professores e funcionários, e incentivará todas as promoções que serão realizadas durante o ano letivo. Uma das promoções foi o bingo que ocorreu no salão paroquial no sábado, e que arrecadou recursos, que serão

FOTOS NOEMIR LEITÃO

Estudantes deverão ter sequência dos trabalhos em 2013

aplicados na entidade. No dia 11 de maio, ocorrerá uma homenagem às mães, com uma missa e uma programação toda especial. A escola também irá organizar sua festa junina, em julho, com muitas atrações. Na escola José Pansera, uma das

ações que os alunos realizam é a busca por uma escola ainda melhor na concretização da cidadania, e desde o jardim de infância até o 3º ano do ensino médio, as tarefas são práticas e consideradas fundamentais para o desempenho e crescimento dos estudantes.


16

Polícia

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Presídio interditado

Susepe quer prorrogação de prazo Demora em processo licitatório, entrega de material e análise das obras necessárias, farão órgão entrar com o pedido na Justiça MARCELO MACIEL

Marcelo Maciel

A

DIVULGAÇÃO

Superintendência Regional de Serviços Penitenciários (Susepe) pretende pedir a prorrogação do prazo de 30 dias dado pela Justiça para realizar as melhorias no Presídio Estadual de Bento Gonçalves. A exigência de licitação para aquisição de alguns equipamentos e a demora na entrega de materiais são alguns dos fatores que devem levar o órgão a tomar esta atitude. De acordo com o diretor do presídio, Volnei Zago, até o momento foi feita apenas a troca dos extintores. As demais exigências precisam da liberação de recursos da Susepe e, em alguns casos, existe a necessidade da realização de processo licitatório. Além disso, há dificuldade em encontrar luzes de emergência, outra exigência do Corpo de Bombeiros. Zago revela que também foi solicitada uma análise técnica dos profissionais da Coordenadoria Regional de Obras, mas

MP entra com ação contra o Estado

Troca do sistema elétrico das celas e a colocação de luzes de emergências são alguns dos problemas

não há previsão de quando isso deva ocorrer, devido à demanda de trabalho do órgão, principalmente nos atendimentos às escolas estaduais. O diretor da casa de detenção adianta que a Susepe irá aguardar até a próxima semana para

decidir se entrará com o pedido de prorrogação. “Temos que analisar se haverá tempo hábil para que todas as alterações sejam realizadas dentro do prazo”. Para o Promotor de Justiça Gilson Medeiros, um parecer do Ministério Público sobre a

prorrogação acontecerá somente após uma análise criteriosa do processo e desde que a Susepe realmente demonstre a intenção de fazer as recuperações exigidas pelo Corpo de Bombeiros. geral2@jornalsemanario.com.br

O que solicita o MP Que o Judiciário determine a imediata inclusão de previsão orçamentária das despesas necessárias para a construção do novo presídio. Que seja determinado um prazo de 60 dias, após a notificação judicial, para que seja aberta licitação. FONTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

Promotor Gilson Medeiros

Os Promotores de Justiça de Bento Gonçalves Gilson Borguedulff Medeiros e Alécio Silveira Nogueira ajuizaram, nesta segunda-feira, 29 de abril, uma Ação Civil Pública pedindo que o Estado do Rio Grande do Sul desative o atual presídio da cidade e construa outro novo. Em caráter liminar, a ação solicita que o Judiciário determine a imediata inclusão de previsão orçamentária das despesas necessárias para a construção da casa prisional e que, em 60 dias, seja aberta licitação. A área para o novo prédio já foi disponibilizada pelo município. Na ação, os Promotores de Justiça sustentam que, diante da superlotação e ausência das condições necessárias para a regular execução da pena, conforme a legislação vigente, é necessária uma nova estrutura. Segundo o documento, ao longo do tempo, o estabelecimento tem sido palco de fugas, motins, rebeliões e incêndios, que colocam em risco a comunidade e geram insegurança no entorno. Além disso, o promotor Gilson Medeiros destaca as condições insalubres do local, o risco de contágio de doenças e a falta de ventilação nas celas.


Polícia 17

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Adolescente portando maconha

24 Horas

ANTÔNIO SÉRGIO/DIFUSORA, ESPECIAL

Na noite da segunda-feira, 29 de abril, por volta das 23h30min, um adolescente de 16 anos foi abordado no bairro Conceição, próximo à igreja, por policiais da Brigada Militar (BM) que realizavam um patrulhamento de rotina. Durante o procedimento de revista ao adolescente, os policiais localizaram no bolso do rapaz uma porção de maconha. O adolescente desobedeceu às ordens e resistiu à prisão, tornando necessário o uso de algemas para contê-lo.

Mulher é agredida pelo próprio filho Uma mulher de 44 anos foi agredida pelo seu filho, de 27 anos, na residência onde moram, no bairro Aparecida. De acordo com o Boletim de Ocorrência, o rapaz, que é usuário de drogas, agrediu a mãe, que, para se defender, revidou às agressões. Esta não foi a primeira vez em que a mulher registrou ocorrência contra seu filho. Ela solicitou medidas protetivas e o afastamento do acusado do lar. O fato ocorreu no sábado, 27.

Morre idoso que caiu em buraco O idoso de 74 anos que havia caído em um buraco de aproximadamente dois metros de profundidade, no bairro Santa Marta, no dia 20 de março, morreu no domingo, 28 de abril, às 3h47min, no Hospital Tacchini. Reinaldo Ferreira Canabarro estava internado em estado grave, desde o acidente.De acordo com informações da BM no dia do acidente, a falta de sinalização do local, onde obras estavam sendo realizadas por uma empresa teria ocasionado a queda do idoso. Canabarro foi sepultado no domingo à tarde, no Cemitério Parque Jardim do Vale. Na época, ele foi resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Tacchini.

Veículo furtado de concessionária Por volta das 6h30min da manhã da segunda-feira, 29 de abril, uma Pajero foi furtada de uma revenda de automóveis localizada na rua Olavo Bilac, no bairro Cidade Alta, em Bento Gonçalves. A loja possui câmeras de monitoramento e a Brigada Militar (BM) tenta localizar o(s) suspeito(s).

Brigada Militar chegou ao local para amenizar o clima de tensão após vereador ter sido agredido

Tratamento desumano provoca confusão Agressões verbais, físicas, choro, gritos, houve de tudo no PA 24 Horas Rodrigo Bergsleithner

U

m número aproximado de 50 pessoas aguardavam o atendimento no Pronto Atendimento 24 Horas, no bairro Botafogo, na tarde da segunda-feira, 29, quando por volta das 16h15min, a atitude de um servidor provocou tumulto: Ele foi acusado de estar debochando dos usuários que esperavam há horas para serem atendidos. O vereador Moacir Camerini (PT), presidente da Frente Parlamentar da Saúde da Câmara de Vereadores, compareceu no local após ser comunicado do ocorrido por algumas pessoas e alegou ter sofrido agressão do segurança. “Estive no Pronto Atendimento 24 Horas para entender o que estava acontecendo. Fui impedido por um servidor da segurança de falar com o enfermeiro responsável. Fui empurrado para fora do Pronto Atendimento por este guarda da segurança. Ele me deu uma chave de braço e me levou para fora. Os pacientes avançaram contra ele e impediram que eu sofresse uma agressão mais séria”, conta o vereador. “Estou aqui há duas horas sentado, com o tornozelo quebrado, aguardando o atendimento, e simplesmente solicitei ao guarda que conseguisse uma cadeira para eu poder escorar a minha perna. Ele não me aten-

deu e ainda disse que a cadeira servia somente para ele poder sentar”, disse Valmor Pazini, 42 anos, morador de Pinto Bandeira. A vereadora Neilene Lunelli (PT), que esteve acompanhando o colega Camerini no Pronto Atendimento, considera um absurdo haver um comportamento deste tipo por parte de um servidor. “Há pessoas aqui que estão à espera de atendimento desde o turno da manhã, e no meio da tarde ainda não foram atendidas. Isto já é um absurdo. Agora, além de ficarem nervosas por estarem nesta situação, não podem ser tratadas desta forma”, disse. O enfermeiro responsável pelo Pronto Atendimento, Vilson Fontanela, que estava no local no momento do ocorrido, disse que, às segundas -feiras, o movimento é atípico, o que gera uma espera de três ou mais horas pelo atendimento. “Não presenciei a situação que ocorreu, mas a comunidade tem o direito de solicitar explicações, porém, de forma adequada e ordeira”, disse. Aguardando o atendimento durante quatro horas, Josiane Dias da Costa, de 23 anos, moradora do Barracão, disse ser muito triste presenciar crianças gritando de dor e ainda ter de ver cenas de briga em um local onde todos necessitam de atendimento médico. “O

vereador Moacir Camerini entrou aqui querendo falar com o enfermeiro responsável. O guarda o impediu, o pegou com força pelo braço e saiu empurrando ele porta afora. O guarda se exaltou. Levou o vereador para fora, ameaçando-o. Antes disso, este cidadão da segurança ficou fazendo piadinhas dizendo que aqui era um circo e que nós éramos os palhaços. Ele deu em cima de algumas mulheres e ainda disse que iria trazer cafezinho de casa para vender para as pessoas que aqui aguardam o atendimento. No meio à confusão, uma criança caiu e ele passou por cima”, relatou Josiane. A jovem Kelly Felippi, de 25 anos, que reside no bairro Humaitá, disse que chegou às 9h da manhã para ser atendida e ficou no atendimento até às 16h. “Quando vi, o guarda estava empurrando uma pessoa para fora. Ele ainda ficou fazendo piadas dizendo que gostava de ver a gente sentado aqui e ainda se passou contra algumas mulheres”, disse. Contraponto A respeito do episódio, tentamos ouvir, sem sucesso, o secretário municipal da Saúde, Roberto Miele. redacao@jornalsemanario.com.br

Drogas apreendidas em casas noturnas Uma operação da Polícia Civil da 8ª Região Policial, denominada Vídeo Jóquei, apreendeu, na sexta-feira, 27 de abril, em Caxias do Sul e Farroupilha, LSD, Ecstasy, Maconha, Skunk, balança de precisão, Cocaína, celulares, notebooks e R$ 1,6 mil. Foram cumpridos 16 mandantos de busca e apreensão e cinco autos de prisão em flagrante, duas prisões preventivas e a apreensão de um veículo Fiat Uno Way. Segundo o delegado Endrigo Veiga Marques, a ação visa coibir a venda destas drogas em casas noturnas e festas raves, consumidas e traficadas por jovens. Foram cinco meses de investigação supervisionada pelo núcleo de inteligência da 8ª Região Policial e coordenada pela 3ª Delegacia de Polícia de Caxias do Sul. O efetivo empregado foi de 70 agentes e delegados.

Assaltantes presos no bairro Licorsul Na manhã de ontem, às 7h, no bairro Licorsul, a polícia militar realizou a prisão de duas pessoas, de 24 e 30 anos, que haviam assaltado um estabelecimento comercial. Os indivíduos, que estavam portando arma branca, renderam o proprietário de um estabelecimento, onde trancaram a vítima no banheiro e roubaram dinheiro e cigarros.

Varal incendiado no bairro Santa Helena Na tarde da segunda-feira, 29 de abril, por volta das 16h30min, um morador do bairro Santa Helena comunicou à polícia que o varal de roupas de sua residência fora incinerado, vindo a ser controlado por um vizinho. O morador registrou Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Trio é preso com 18Kg de drogas O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) realizou a apreensão de 18 quilos de droga (maconha e cocaína) na ERS240, no quilômetro 13, no Rincão do Cascalho, nas proximidades do pedágio de Portão, na madrugada de ontem. Na oportunidade, três jovens oriundos do município de Sapiranga foram presos e encaminhados à Polícia Federal. As drogas foram escondidas no interior de um veículo Golf, que era usado pelo trio.


Esportes

18

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

Futsal Série Ouro

ESTADUAL DE RÚGBI

BGF vence a segunda consecutiva e é quinto

Farrapos atropela o Charrua no clássico

Time do técnico Vaner Flores goleou a ADS por 6 a 2 e agora enfrenta a Afusca FOTOS MARCELO MACIEL

Marcelo Maciel

O

Bento Gonçalves Futsal (BGF) conseguiu sua segunda vitória consecutiva na competição e consolida sua recuperação no Estadual Série Ouro. Com a goleada de 6 a 2 sobre a ADS no sábado, 27 de abril, o time do técnico Vaner Flores alcança a quinta colocação na competição, com seis pontos. Apesar das dificuldades fora de quadra, os jogadores do BGF aos poucos vão assimilando o jeito de jogar proposto por Flores. Contra a ADS, foi mais um primeiro tempo impecável, com vitória parcial de 3 a 0, gols de Foppa, duas vezes, e Ronaldo. Na segunda etapa, Pelé fez o quarto. A ADS descontou com Tiagalo e Fosca, mas Carlão e Paulo Renato deram números finais à partida em 6 a 2. Neste sábado, 4, o BGF vai até Cachoeirinha para um confronto direto contra a Afusca, que foi goleada por 8 a 1 pela a Alaf. Quem vencer, permanece na zona de classificação. Também será a chance do time de Bento mostrar que as duas primeiras derrotas foram apenas um acidente de percurso no campeonato. esporte@jornalsemanario.com.br

Time de Bento Gonçalves não deu chances ao da capital e fez 42 a 20

BGF do ala Pelé reencontrou o caminho das vitórias na competição

Classificação e jogos Classificação Equipes P J V E D 1) Alaf Lajeado 12 4 4 0 0 2) Cachoeira Futsal 10 5 3 1 1 3) AGSL 8 5 2 2 1 4) ADS Sananduva 7 4 2 1 1 5) Bento Futsal 6 4 2 0 2 6) Afusca Cachoeirinha 6 5 2 0 3 7) AES Sobradinho 4 4 1 1 2 8) Asaf Santo Ângelo 2 5 0 2 3 9) Assaf Santa Cruz 1 4 0 1 3 Regulamento - Os jogos serão em turno e returno, com os cinco primeiros avançando para a próxima fase,. Os quatro últimos disputam um torneio para definir os dois rebaixados para a Série Prata em 2014. Resultados 5ª rodada Lajeado 8 x 1 Afusca AGSL 4 x 1 Santa Cruz BGF 6 x 2 ADS Sananduva Cachoeira 6 x 3 Asaf

6ª rodada Assaf x AES Sobradinho Asaf Santo Ângelo x Alaf ADS Sananduva x AGSL Afusca Cachoeirinha x BGF FONTE: FEDERAÇÃO GAÚCHA DE FUTSAL

O Farrapos segue sem adversários no Estadual de Rúgbi. No sábado, 27 de abril, o time do técnico Carlitos Baldassari venceu o Charrua, seu principal rival na competição, por 42 a 20, garantindo a liderança isolada e uma invencibilidade de mais de 50 semanas. O time bento-gonçalvense iniciou a partida impondo seu ritmo de jogo com certa superioridade nas formações fixas (scrums), impedindo que o Charrua conseguisse estabelecer seu jogo. Com isso, o primeiro tempo terminou em 18 a 0. Na segunda etapa o Farrapos

continou pontuando, fazendo 23 a 0, mas permitiu uma reação impressionante do Charrua. O time da capital chegou a encostar no placar, diminuindo a desvantagem para apenas seis pontos: 23 a 17. Porém, a equipe do técnico Carlitos Baldassari se reencontrou em campo e voltou a abrir vantagem, fechando a partida em 42 a 20. Com esta vitória, o Farrapos mantém a liderança do campeonato e é o único invicto na competição. No sábado, 4, a equipe recebe o Novo Hamburgo, novamente em Bento Gonçalves.

COPA DO BRASIL

Inter enfrenta o Santa Cruz hoje em Recife O Internacional faz, hoje à noite, a partir das 22h, o jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. O adversário será a equipe do Santa Cruz, no Estádio do Arruda, em Recife. A partida terá transmissão pela RBS TV. Para o jogo de hoje, o técnico Dunga não contará com o meia D’Alessandro, que está suspenso. Em seu lugar, o treinador está em dúvida se joga Vitor Júnior ou Otávio. Airton, que sentiu uma lesão no tornozelo no jogo contra o Veranópolis, está confirmado. Se vencer por dois ou mais gols de diferença, o Inter evita o jogo de volta contra o time nordestino. Já o Santa Cruz está empolgado para o jogo de hoje. Ga-

rantido nas finais do Campeonato Pernambucano, o time do técnico Marcelo Martelotte conta com o apoio do torcedor para surpreender o Internacional. A diretoria reduziu o preço dos ingressos e espera 60 mil pessoas empurrando o Coral de Pernambuco. O experiente atacante Dênis Marques é uma das armas do Santa Cruz para garantir vantangem no confronto contra o Colorado. Por outro lado, não contará com o atacante Jefferson Maranhão e o volante Luciano Sorriso. O Internacional deve entrar em campo com Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Airton, Williams, Fred e Vitor Júnior (Otávio); Forlán e Leandro Damião.


Esportes 19

Quarta-feira, 1º de maio de 2013

ESTADUAL MÁSTER

Bento vence mais uma e Esportivo só empata ANTONIO SERGIO DE OLIVEIRA, DIVULGAÇÃO

Futsal

Campeonato Distrital inicia nesta sexta-feira Competição terá 12 equipes, e primeira rodada será em São Valentim FOTOS MARCELO MACIEL

Marcelo Maciel

A

Bento Máster conquistou a segunda vitória e está na liderança

A segunda rodada do Campeonato Estadual de Máster aconteceu no final de semana, com uma vitória e um empate dos times de Bento Gonçalves. O Esportivo ficou no 0 a 0 com o Lajeado em sua estreia na competição. Já o Bento

venceu a segunda consecutiva. Desta vez a vitória foi contra o Juvenil de Garibaldi por 3 a 0. Nos outros jogos da rodada, o Guarany de Venâncio Aires goleou o Serrano de Carlos Barbosa por 4 a 0. O Bento é o líder do Grupo B, com seis pontos.

LIBERTADORES DO NORDESTE

Rosário-PB segue 100% na competição

pós muitas prorrogações, vai começar oficialmente o calendário de competições esportivas de Bento Gonçalves. A abertura será na sexta-feira, 3 de maio, na comunidade de São Valentim, com o Campeonato Distrital de Futsal. Os jogos iniciam às 19h30min. De acordo com o titular da Secretaria Municipal da Juventude Esporte e Lazer (Semjel), Gustavo Sperotto, foi definida na sexta-feira, 26 de abril, a empresa responsável pela arbitragem para as competições municipais, permitindo assim que os campeonatos fossem iniciados. Além do Distrital de Futsal, no sábado, 4 de maio, inicia a Copa Amizade, antiga Copa Só Amigos. O Campeonato Distrital contará com a participação de 12 equipes e promete ser bastante competitivo. Algumas equipes, como o São Pedro e a Paulina se reforçaram e querem acabar com a hegemonia de São Valentim e Barracão, que decidiram os últimos dois campeonatos, com um título para cada time.

Equipe do São Valentim defende o título e busca o bicampeonato

Equipes e jogos Distrital de Futsal 2013 Chave A Cruzeiro da Sertorina Cruzeiro da Leopoldina Linha Paulina Santa Lúcia São Pedro Vale Aurora

Chave B Linha Alcântara Barracão Busa Linha Eulália São Valentim Tuiuty

1ª Rodada 3/5 - São Valentim 19h30min Linha Eulália x Alcântara 20h30min Vale Aurora x Cruzeiro Sertorina 21h30min São Valentim x Barracão

2ª Rodada 10/5 - São Pedro 19h30min Santa Lúcia x Cruzeiro Leopoldina 20h30min Tuiuty x Busa 21h30min São Pedro x Linha Paulina FONTE: SEMJEL

esporte@jornalsemanario.com.br

LIBERTADORES DA AMÉRICA Rosário, do artilheiro Tiago (E), fez 3 a 1 na Malharia Universal

Grêmio enfrenta o Santa Fé

O Rosário de Pinto Bandeira segue imbatível na 14ª Copa Libertadores do Nordeste. No domingo, 28 de abril, venceu o clássico contra a Malharia Universal por 3 a 1. Os gols foram marcados por Diógenes, de pênalti, e Tiago, duas vezes. Luiz Fernando descontou para a Malharia. Com o resultado, o time do técnico João Nogueira garantiu o primeiro lugar do Grupo B, com 15 pontos. No domingo, 4, o Rosário recebe o Progresso, em Pinto Bandeira, enquanto a Malharia vai até Nova Petrópolis enfrentar o Linha Brasil.

O Grêmio inicia hoje, a partir das 19h30min, sua luta para chegar às quartas de final da Copa Libertadores da América. O adversário é a equipe colombiana do Independente de Santa Fé. A partida terá transmissão somente pelo canal Fox Sports. Este é o jogo de ida das oitavas de final. Por isso, o tricolor quer garantir uma vantagem confortável para o jogo de volta, quando irá enfrentar, além dos colombianos, a altitude de 2.650 metros de Bogotá. Para alcançar o objetivo, o Grêmio conta com o retorno do meia Elano,

Resultados Grupo A Independente 1 x 2 Prad./Ipê Nova Roma 4 x 5 Morro Ferroviário 11 x 2 Cavaleiros Grupo B Vacaria 1 x 1 Progresso Malharia Universal 1 x 3 Rosário Leão 3 x 2 Planalto Classificação Grupo A - 1) Ferroviário, 15; 2) Pradense, Morro e Az de Ouro, 7. Grupo B - 1) Rosário-PB, 15; 2) Malharia Universal, 9; 3) Progresso, 8.

DIVULGAÇÃO

Meia Elano é o reforço do tricolor para vencer os colombianos hoje

recuperado de lesão. Porém não terá Zé Roberto, suspenso, e também o técnico Wanderlei

Luxemburgo, que levou um gancho de seis jogos pela confusão no jogo contra o Huachipato.


www.jornalsemanario.com.br

A Edição

BENTO GONÇALVES

32 páginas

Quarta-feira

1º DE MAIO DE 2013

Primeiro caderno .................... 20 páginas Classificados .......................... 12 páginas

ANO 46

N°2921

R$ 3,00

NOEMIR LEITÃO

FUTSAL SÉRIE OURO

BGF volta a vencer e estaria classificado Página 18

FARIA LEMOS

Comunidade ganhará rede de água encanada

Poesia na sala de aula Alunos do 1º ano do Colégio Landell de Moura lançam livro de poemas sob a supervisão da professora e escritora bento-gonçalvense Rita Invernizzi Página 13

Página 15

ENTREVISTA / ISAURA ZANDONAI

Presidente do Sindiserp avalia Estado de Greve Página 4

Colunistas ANTÔNIO FRIZZO

ROGÉRIO COSTA ARANTES

Inacreditável

Caso de saúde pública

Até quando a população serrana terá que conviver com estradas esburacadas, mal-sinalizadas e sem conservação? Opinião / 2

Mesmo com um novo pedido de desativação e mais prazo para o presídio, o problema não se resolverá por decreto Em Debate / 6

Editorial

Solução política pede intervenção de governos para resolver impasse do presídio

Profile for Jornal Semanário - Bento Gonçalves - RS

01052013 - Jornal Semanário - Edição 2921 - Bento Gonçalves  

01052013 - Jornal Semanário - Edição 2921 - Bento Gonçalves

01052013 - Jornal Semanário - Edição 2921 - Bento Gonçalves  

01052013 - Jornal Semanário - Edição 2921 - Bento Gonçalves

Advertisement