Page 1

Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

1


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

2

Língua de trapo

EDITORIAL A tarefa dos prefeitos Governantes em inicio de mandato, tem boas razões para alardear a penúria de seus orçamentos. A eles convêm preparar o eleitorado para o descumprimento das promessas de campanhas e, quando possível, culpar os antecessores pelas frustrações que estão por vir. Nas duas primeiras semanas de mandatos, o que se observa nas prefeituras em que este O Repórter circula, é visível a preocupação dos prefeitos eleitos, a exceção de Campo do Tenente e Fazenda Rio Grande, onde o interino Márcio Wozniack foi eleito pelo voto da população e Jorginho Quege conduzido para um segundo mandato, Já nas demais prefeituras, como Mandirituba, Quitandinha, Agudos do Sul e Tijucas do Sul, os novatos estão tomando ciência dos problemas, mas já colocam em prática os programas de governo. Em Piên, Loir Dreveck, eleito, acabou sendo morto poucos dias antes de assumir. O vice, Livino Tureck, foi o empossado. A reportagem de O Repórter esteve nos primeiros dias deste ano, visitando as prefeituras e o quadro, em todas, praticamente é o mesmo. Os novatos, por meio de suas assessorias, dizem que estão tomando conhecimento da situação financeira dos caixas e, a maioria, diz que a situação não é nada boa e, muitas das promessas de campanha, terão que esperar algum tempo. Indiferente a situação, a população anseia por melhorias, especialmente na saúde, já que cem por cento dos eleitos, prometeram melhorar o setor, que está carente em todo o Brasil. Se você entrevistar um prefeito eleito lá do norte do Brasil, vai ouvir dele que a saúde está sucateada, etc e tal. Em nossa região não é diferente e grande parte sonha criar o chamado consórcio da saúde, onde as prefeituras investiriam num hospital que atenderia a população regional. Piên tem um grande hospital, com ótima estrutura, mas que pode melhorar, caso algumas especialidades sejam implantadas no local. Mas custear isso é o grande problema e criando o consórcio, seria vital para o pleno funcionamento do hospital. O Repórter, como sempre fez, vai acompanhar todas as gestões municipais e deseja que os prefeitos eleitos e reeleitos possam fazer uma boa administração e que o povo, seja o alvo principal. Não se tem notícia de que nenhuma prefeitura, por decisão do gestor, tenha decretado estado de calamidade financeira. Esperamos que este caminho não seja necessário e que a crise seja vencida pelos eleitos.

CNPJ: 177737010001 66 O Repórter Gráfica e Editora Rua Manacá, 85 Fazenda Rio Grande / PR jornalor@gmail.com www.oreporterpr.com.br

Até o final deste ano, o governador Beto Richa promete entregar 13 grandes obras, investimento de R$ 110 milhões, gerenciadas pela Paraná Edificações. Entre as obras prometidas, a nova delegacia de polícia de Fazenda Rio Grande, que foi anunciada há mais de cincos anos. Diz o Foca. Antes tarde do que nunca! Na prefeitura de Fazenda Rio Grande, o prefeito Márcio Wozniack dispensou um grupo grande de comissionados. Alguns nomes inimagináveis constaram da “listona” e, claro, chiaram muito. Todas as funções gratificadas foram cortadas e outros barnabés tiveram o salário melhorado. Uns sorrindo e outros bufando. E os cortes aconteceram em todas as prefeituras da região. Afinal os alcaides se viram obrigados a reduzir despesas para o pleno funcionamento da máquina administrativa. Julinho do Pesque acabou sendo escolhido para presidir o legislativo de Fazenda Rio

O Policial Batista tentou ser presidente, vice, primeiro secretário, segundo secretário do legislativo fazendense e não conseguiu nenhuma das funções da mesa. Diz o Foca, que ao final da sessão em que ocorreu a votação, o vereador ficou P da Vida ao perder todos os cargos pretendidos. Em Piên, a informação de que diariamente chegam pessoas à prefeitura e dizem que o prefeito assassinado Loir Dreveck tinha prometido um cargo na “barrosa”. Claro, todos estão voltando para casa do jeito que chegaram. Sem emprego! É o fim da picada! O presidente da câmara de

vereadores de Agudos do Sul, Jesse Zoellner disse que vai usar as mídias para propagar as ações dos vereadores. Uma das metas do presidente, que tem apenas 20 anos, será transmitir ao vivo as sessões ordinárias. Mostra que está disposto a promover um bom trabalho. Estamos na torcida! A ex-vereadora Larissa Martins, que decidiu não disputar a eleição, agora virou secretária. Ela está no comando da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Agudos do Sul. Os agricultores esperam um bom trabalho de parte da Larissa, pois aguardam ações nas comunidades rurais. Belo exemplo. A prefeita reeleita de Colombo, Bete Pavin (PSDB) decidiu reduzir o próprio salário, do vice e de seus secretários em 20%, para enfrentar a crise financeira que vive o município. Outra decisão foi cancelar a tradicional “Festa da Uva”, que aconteceria entre 9 e 12 de fevereiro. As informações são do Bem Paraná.

MIÚDAS 1- apesar de empossados em 1º de janeiro, todos os vereadores de legislativos do Brasil estão em férias. Com um detalhe: estão ganhando normalmente, sem suar a camisa. O carguinho bão hein; 2- muitos cabos eleitorais ainda esperam ansiosos ser chamados para uma função pelas prefeituras da região; 3- o Foca está de olho nos vereadores novatos, pois quer saber se realmente vão cumprir o que prometeram em campanha; 4- tem candidato a vereador em Fazenda Rio Grande, que na campanha atacava desmedidamente os oponentes e agora estão almoçando juntos em restaurantes da cidade. Morro e não vejo tudo; 5- as altas temperaturas na região, tem levado muita gente a se refrescar em rios, lagoas e piscinas. O Corpo de Bombeiros alerta para os perigos, pois neste período aumenta o número de óbitos por afogamentos. Boa semana a todos e todas!

Diretor de Jornalismo Pedro E. Silva

DEPARTAMENTO COMERCIAL Sebastião Ribeiro (41) 99719 9444

ADMINISTRAÇÃO Jhessika Patrícia da Silva

colaboradores Márcio Camargo Hermes Hildebrand Barbosa Júnior Carlos Forville

TELEFONES (41) 3608-0255 / 99679-6053

Grande. Se for feita uma análise detalhada do papel do vereador na campanha, a presidência foi um prêmio para o edil, pois foi ele que criou uma Comissão Especial de Inquérito para cassar o candidato a prefeito, vereador Nassib Hammad, que se apresentava como forte candidato. As denúncias, de certa forma, foram fundamentais no resultado da eleição!

DIAGRAMAÇÃO Pedro E. Silva IMPRESSÃO Press Alternativa Tiragem desta edição 7.000 Exemplares

circulação Fazenda Rio Grande Curitiba Mandirituba Agudos do Sul Pinhais Piraquara São José dos Pinhais Tijucas do Sul Quitandinha Campo do Tenente

As matérias assinadas bem como mensagens publicitarias não expressam necessariamente a opinião do jornal

Jornal Filiado a Associação dos Jornais e Revistas do Interior do Paraná

“Uma associação forte, mídia transparente“


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

3

Quer economizar de verdade... vem pra cá!

Ofertas validas para este fim de semana

Contra Filé com osso

17,98

kg

Pernil Suíno com osso

8,98

kg

Cenoura 0,99 kg

Limão

2,99 kg

Beterraba 0,69 kg

14/01/2017

Acém

sem osso 13,69 kg

Frango

inteiro

3,99

kg

Batata escovada 0,69 kg

Tomate

0,99 kg

Morango 3,99 bj

Granito sem osso 13,98

kg

Picadão bovino com osso 10,98

kg

Feijão Preto T1 Caldo do campo 1kg 4,69 un

Geladinho

quero s mais c/40un

4,99 pc

Moída

Bife Palha 17,98

Segunda

10,98

kg

Café Caboclo

Farinha de trigo Anniela 5kg

500gr

7,98 un

7,98

Suco Nutrinho 0,59

kg

un

Cerveja Brahma 350ml c/18un

33,98cx

un

Cerveja

Kuat 2lt

SubZero 350ml

3,49 un

1,89

un

Venha conhecer nossa sessão de

Material Escolar Tem tudo que você precisa com excelentes preços

*Parcelamos suas compras de material escolar nos cartões *Excelentes descontos para pagamento a vista.

**Venha conferir!


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

4

Jovens no poder Presidente do Legislativo de Agudos tem apenas 20 anos Da Redação

Num esforço de renovar os quadros na política, partidos apostaram em candidaturas jovens na eleição de outubro passado. Na visão da maioria dos representantes de siglas, ao colocar jovens na disputa por cargos eletivos, a intenção foi melhorar a representação dos mandatos com novas propostas e ideais. “O jovem tem grandes propostas, novas ideias e é boa esta inovação nos legislativos e mesmo nas prefeituras”, opinou o governador do Paraná, Beto Richa. Prova disso, que partidos conseguiram eleger jovens candidatos com esse perfil em alguns municípios da região, jovens foram os mais votados. O trabalho de investir nos jovens faz parte de uma iniciativa dos partidos de gerar novas lideranças, engajadas em aperfeiçoar e atualizar a qualidade da política brasileira. E, como consequência, essa melhoria traz benefícios para as comunidades, através de um jeito novo de governar em parceria com a população. Em meio a essa proposta, os jovens eleitos recorrem à tecnologia como forma de fazer divulgações inovadoras e sustentáveis. Em Agudos do Sul, está o mais jovem vereador do Brasil e que foi eleito presidente da Câmara de Vereadores do município. Jesse Zoellner, 20 anos, acaba de ser aprovado pelo Detran e recebeu a carteira de habilitação e em suas mãos estão decisões importantes, que permitirão o progresso no município. Eleito presidente, sua primeira decisão

foi mudar o horário da sessão. Por meio de decreto legislativo, as sessões, então realizadas às 9 horas da manhã das segundas-feiras, serão realizadas às 19 horas. “Sessão às 9 da manhã não tem sentido, pois o povo não participa. No período noturno, queremos a presença da comunidade participando e nos auxiliando em nossas decisões”, comenta Jesse, que garante muitas mudanças no legislativo do município. Ele observa que dos nove vereadores, apenas dois foram reeleitos. “Esta mudança veio das urnas e se houve renovação ampla é porque o povo queria ver gente nova no legislativo. A população pode ter certeza de que trabalharemos por ela e lutaremos por melhorias para a cidade”, finaliza o presidente. Ainda na região, foram eleitos vereadores bastante jovens, como Felipe Machado, de Mandirituba, com apenas 22 anos. O presidente do legislativo da cidade é Guilherme Chupel, com 25 anos. Ainda na região, foi eleito Gustavo Vicentin, de Campo do Tenente, que tem 21 anos. Apesar da pouca idade, os vereadores contam que decidiram aceitar o desafio de enfrentar uma campanha eleitoral para incentivar e mostrar que os jovens podem ocupar um espaço na política. “Tenho 22 anos, mas a experiência do meu pai Machadinho, que foi prefeito de Mandirituba, nos permite garantir um trabalho exemplar em beneficio da população da nossa cidade”, sintetiza Felipe.

Jesse Zoellner: juventude aliada a experiência de vida


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

5

Quitandinha e Agudos do Sul

Mulheres ocupam cargos importantes em prefeituras Da Redação

O mundo é das mulheres. Independente de a afirmativa ser verdadeira ou não, o fato é que cada vez mais, as mulheres conquistam postos de destaque e comando em todas as esferas sociais, e agora mais do que nunca, especificamente na política. Na região de circulação deste O Repórter, duas mulheres foram eleitas prefeitas. Maria Julia Socek Wojcik em Quitandinha e Luciane Maira Teixeira em Agudos do Sul. Ambas escolheram mulheres para comandar a maioria das secretarias. Na administração municipal de Quitandinha, foram designadas para funções do primeiro escalão, três mulheres. Carmem Moura Santos comanda a Secretaria de Saúde, Edinete Resner a Ação Social e Jaqueline Ribas a pasta da Educação. Já em Agudos do Sul, são cinco mulheres. Lorena Teixeira da Luz é secretária de Administração e Finanças, Kátia Carvalho da Saúde, Durcília Nossol a pasta da Educação, Larissa Martins comanda a secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Nanci Feliz de Melo a Ação Social. Diego Teixeira é o secretário de Obras. A primeira prefeita eleita de Quitandinha, Maria Julia, disse que não tem nada contra os homens, mas a mulheres escolhidas são extremamente competentes e que cumprirão com profissionalismo as funções. “Ter uma cota de mulheres participando do governo municipal é um avanço. Com as novas comandantes das pastas, vamos avançar mais, e todos os setores do governo ficarão atentos”, opina a prefeita Maria Julia. Maria Julia escolheu três mulheres para ocupar secretarias


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

6

Por: Márcio Camargo

Carlinhos do Eliza toma posse e reassume o compromisso de trabalhar pelo povo de Pinhais

Por: Márcio Camargo

Honestidade, humildade, coragem e muita força de vontade, são algumas características do menino pobre que um dia sonhou em ajudar aqueles que tinham menos do que ele, esse é Carlinhos do Eliza, hoje vereador de Pinhais, a cidade que escolheu para viver, trabalhar e constituir família. A posse como edil aconteceu no ultimo dia 1º de janeiro, Carlinhos não escondia a emoção em poder assumir o seu mandato de fato, já que ele havia sido vereador na legis-

Vereador Carlinhos durante juramento no Legislativo

latura passada por três meses, uma vez que era suplente de Rosa Maria que hoje é vice prefeita, e na ocasião havia assumido a secretaria de administração na gestão do prefeito Luizão. Carlinhos do Eliza fez questão de agradecer primeiramente a Deus, sua família, seu patrão Cristovão, com quem trabalha a quase vinte anos, e a todos aqueles que o ajudaram a chegar a câmara municipal de Pinhais. Ainda em seu discurso ele reiterou sua única promessa de

campanha, trabalhar incansavelmente pelo povo, e pela cidade de Pinhais. Carlinhos também foi alvo de denuncias caluniosas, as quais o entristeceram muito, mas como ele mesmo sempre disse, Deus sabe da verdade, e eu vou provar minha inocência. E foi justamente o que aconteceu, com inocência provada Carlinhos do Eliza, o terceiro vereador mais votado de Pinhais, com 1670 votos pode então assumir sua cadeira.

O bem vence o mal e Pioco é empossado vereador de Pinhais Alem de vencer a eleição nas urnas, Pioco teve ainda que vencer outra batalha, dessa vez contra os invejosos de plantão que tentaram de todas as formas lhe tomar a vaga conquistada com muito trabalho. Alvo de denuncias infundadas, teve que provar que não devia nada do qual foi acusado, foram varias noites sem dormir até que a justiça fosse feita, disse o Edil. Pioco descobriu que uma das denuncias foi feita por um vereador que não se reelegeu em Pinhais, e a outra por um candidato derrotado em Piraquara, que provavelmente foi usado como massa de manobra de outro vereador derrotado também em Pinhais. Nos dois casos a justiça entendeu que nada foi provado e por isso Pioco poderia ser empossado, o que aconteceu no dia 1º de janeiro. Em seu discurso, com muita humildade que é sua marca registrada, ele agradeceu as pessoas especiais que o ajudaram a se eleger com a segunda maior votação de Pinhais, 1742 votos. Com um trabalho social muito forte a mais de 20 anos, o agora vereador reiterou o compromisso de continuar trabalhando muito pelo bem do povo da nossa cidade.

Pioco promete atuação na Câmara


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

7

A nova cara da Câmara de Pinhais

Saiba quem são os novos VEREADORES Por: Márcio Camargo

Tomaram posse no ultimo dia 1º de janeiro os novos vereadores de Pinhais, a renovação da casa de leis foi uma das maiores do Brasil, dos 17 legisladores apenas 6 conseguiram a reeleição, outros 6 não foram candidatos por algum motivo, como os casos de Rosa Maria que se elegeu vice prefeita, e Marcia Ferreira e Passarinho que foram candidatos a prefeitura mas foram derrotados, e outros 5 foram candidatos a reeleição mas acabaram derrotados nas urnas. No dia 1º de janeiro ainda houve a eleição da mesa executiva para o biênio 2017/2018. Que ficou da seguinte forma:

Marcinho

Polaco do Perola

Professora Cineia

Tavinho

Airton

VOTOS 1.448 Partido PDT

VOTOS 884 Partido PPS

VOTOS 857 Partido PROS

VOTOS 927 Partido PT

VOTOS 1.291 Partido PSC

Arnaldo do Vizinho Solidario

Binga

Carlinhos do Elisa

Cecilia Padovan da Saúde

Dirceu da Aposentadoria

VOTOS 738 Partido PROS

VOTOS 2.097 Partido PPS

VOTOS 1.670 Partido PT

VOTOS 880 Partido PDT

VOTOS 1.045 Partido PSD

Marcinho – Presidente. (PDT) Jane Carteira – 1ª Vice – presidente. (PR) Polaco do Perola – 2º Vice – presidente. (PPS) Professora Cinéia – 1ª Secretaria. (PROS) Tavinho – 2ª Secretaria. (PT)

Filho

Jane Carteira

Pioco

Renan Ceschin

Vinicius

Zé Francisco

Leandro do Zezinho

VOTOS 796 Partido PDT

VOTOS 1.434 Partido PR

VOTOS 1.742 Partido PSDC

VOTOS 1.350 Partido PSC

VOTOS 754 Partido PTC

VOTOS 842 Partido PMDB

VOTOS 1.232 Partido PMDB


8

Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

Piên

Livino prega um governo de paz Da Redação

Nestas duas primeiras semanas a frente da prefeitura de Piên, o prefeito Livino Turek diz que vem conhecendo a estrutura organizacional da prefeitura e, em paralelo, promovendo as primeiras ações visando levar benfeitorias a comunidade. Ele foi eleito como vice, mas assumiu a função após o assassinato de Loir Dreveck, morto em uma emboscada na primeira quinzena de dezembro. “Infelizmente aconteceu essa tragédia e prometo honrar o nome do nosso companheiro Loir, que desejava um trabalho de melhorias para a nossa população. Assim será e peço para as equipes de trabalho e a própria população para que nos auxiliem nesta empreitada”, ponderou o governamente. Livino destaca que conduzirá a cidade de Piên com determinação e o objetivo será lutar por uma cidade melhor. “Assumimos o compromisso de promover o bem-estar social, políticas públicas que compreendam todo o município, incluindo todas as classes sociais, credos e atividades econômicas. Unir nossa cidade com um só objetivo: a paz,

que tanto precisamos e pode ser restaurada em nossa cidade sim. Com a colaboração de todos, colocaremos nossa cidade nos eixos e já temos uma base para começar este trabalho, pois não podemos deixar de falar sobre a herança que o prefeito Gilberto Dranka deixou, com muitos projetos em andamento com a construção de várias obras, a modernização da estrutura administrativa da prefeitura. Tudo isso contribui para que possamos continuar um trabalho de desenvolvimento para Piên”, destaca. Livino sabe da importância e da responsabilidade em conduzir o município em um momento tão delicado e observa que não vai fugir do compromisso que assumi perante toda a sociedade de Piên. “Enquanto houver energia e Deus em meu coração, estarei disposto. como sempre estive, para com cada pienense”. Ele lembra das promessas de campanha, com implantação de um novo Distrito Industrial, de mais ações envolvendo o esporte e a cultura na cidade, a evolução da educação, aumentando os

índices que medem a qualidade do ensino municipal, atender com respeito e dignidade aqueles que necessitam dos serviços de saúde, auxilio aos agricultores para que continuem sendo grandes empreendedores, além de zelar para o bem-estar daqueles que necessitam do amparo da Assistência Social. “Estamos acompanhando desde meados de novembro a situação da prefeitura, através de reuniões, conversas entre a equipe de funcionários, onde recolhemos todas as informações e dados para que estejamos em sintonia com o desenvolvimento das atividades realizadas pela prefeitura que hoje tem nosso comando. A intenção é garantir que os serviços públicos não parem, junto a uma equipe competente e comprometida. Peço aos nossos servidores públicos o mesmo comprometimento e profissionalismo que realizaram suas atividades nos últimos anos. Juntos, vamos garantir, dentro das leis que regem nosso país, estado e município, os direitos que merecem, sempre observando o bom andamento das atividades desempenhadas

pelos mesmos. À classe política de nossa cidade, temos pedidos especiais. União, responsabilidade e compromisso. Vamos mostrar à cidade de Piên e para toda a região que continuamos sendo a pequena cidade com grandes objetivos, conquistas, um povo ordeiro, cordial e pacífico. Estamos dispostos a colaborar, ouvir e dialogar sempre e em todas as situações com todos, sempre respeitando a garantia da promoção da qualidade de vida de nossa população e as leis que regem a administração pública”. Livino destaca que Loir, durante anos de trabalho na prefeitura, deixou um legado de comprometimento com o povo e as ações dele (Loir) serão lembradas. Seu nome ficou marcado em nosso município e, a cada momento de nossos próximos dias, estaremos em busca da justiça dos homens. Deixo aqui minha solidariedade, meus sentimentos e também o ombro amigo à família e o desejo de que, em menor tempo possível, as autoridades policiais descubram o autor desta brutalidade”, finalizou Livino Turek.


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

9

m z

Prefeito Livino junto ao ex Gilberto Dranka que comandou PiĂŞn por 8 anos


10

Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

11

Família de Loir confia no trabalho da polícia para elucidar crime Da Redação

O delegado Sérgio Luiz Alves, de Rio Negro, que está no comando das investigações da morte do prefeito eleito de Piên, Loir Dreveck, afirma que os trabalhos estão evoluindo. Ele destaca que não pode ainda dar detalhes do trabalho da Polícia Civil. “As investigações estão bem adiantadas”, sintetiza o delegado Sérgio. Dreveck foi baleado duas vezes na cabeça no dia 14 de dezembro na rodovia PR281, que liga Piên a São Bento do Sul, em Santa Catarina. Ele chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu e morreu três dias depois. Desde a ocasião, a delegacia de Rio Negro cuida do caso junto com uma equipe do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). “Todas as pessoas importantes estão sendo ouvidas e as diligências são realizadas em seu tempo. O que sabemos é que o crime foi bem planejado e que os autores tomaram muitos cuidados. Sobre a investigação em si, eu não posso dizer absolutamente

nada. Nós conhecemos vários casos tristes, em que as pessoas acabaram falando demais e nada foi resolvido”, pondera o policial. Um dia após o enterro do prefeito eleito, o Cope afirmou que uma das linhas de investigação sobre o assassinato seria crime político, hipótese que ainda não foi descartada ou comprovada pela polícia. A família tem procurado colaborar com as investigações. Um parente que pediu para não se indentificar disse ao O Repórter que espera que o responsável ou mandante do crime seja identificado e responsabilizado pelo ato criminoso. “Torcemos para que este crime seja logo solucionado e não caia no esquecimento. O Loir não merecia ser morto de forma covarde, pois era uma pessoa de bem e se dava bem com todos. Não acredito que foi morto cruelmente por ter sido eleito prefeito. Bom, vamos torcer para que a polícia esclareça logo este crime”, comenta.

População durante o sepultamento de Loir Dreveck


12

Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

quitandinha

Câmara de Vereadores terá primeiro concurso da história do município Da Redação

O presidente da Câmara de Vereadores de Quitandinha, Carlinhos Moura (PSC), anunciou a proposta de concurso público para cinco cargos. Advogado, contador, técnico em administração, informática e serviços gerais. De acordo com Carlinhos, este será o primeiro concurso público da história do legislativo. “Assumimos a presidência há poucos dias, mas já estamos viabilizando a realização de um concurso. Ainda não temos data para as inscrições e nem da prova, mas isso vai acontecer muito em breve”, anuncia Carlinhos, que atua na área de educação há 18 anos. Carlinhos Moura foi o quinto mais votado na eleição de outubro de 2016, mas é vereador desde agosto de 2014, quando assumiu a função de vereador com a morte do titular José Alfredo Gonzaga Neto, morto em acidente na BR-116. Desde

que assumiu a vaga, Carlinhos sempre procurou fazer um trabalho voltado para a população. Reeleito e eleito presidente do Legislativo, Carlinhos acentua que a câmara será independente e não um departamento da prefeitura. “Aqui são nove vereadores, cada um com sua ideologia, mas procuraremos contribuir com a prefeitura Maria Julia, mas sem ser uma espécie de departamento da prefeitura. Este legislativo será independente, mas coerente com os anseios da população. Prefeitura é prefeitura e câmara é câmara”, pondera o presidente. Sobre o momento econômico em que passa o País, Carlinhos destaca que o legislativo trabalha no limite e que não existem gastos excessivos. “Não temos onde cortar gastos, pois a receita serve para as reais necessidades desta casa de leis”, finaliza. Carlinhos Moura anuncia mudanças e concurso no Legislativo


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

13


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

14

Fazenda Rio Grande reforça a área de Segurança Da Assessoria

Policiais militares fazem patrulhamento a pé no comércio

A segurança em Fazenda Rio Grande ganhará um novo reforço nas próximas semanas. Com a formatura de mais policiais no Estado, o município receberá mais 17 novos policiais militares nos próximos dias. Este número, porém, pode chegar a 23 policiais em uma segunda etapa. O anúncio foi feito durante o evento que marcou a troca de comando da PM em Fazenda Rio Grande,

ao qual o 1º Tenente Deiverson Ribeiro substituiu o Tenente Alessandre no comando da Polícia Militar em Fazenda Rio Grande. Entre as prioridades do novo comandante está a continuidade de parcerias entre as autoridades ligadas à defesa social, como as ações preventivas que estão sendo realizadas nos bairros e nas áreas centrais. O prefeito Marcio Wo-

zniack afirma que este reforço é mais um avanço no combate à criminalidade. “Estamos atentos às nossas demandas em relação à necessidade de garantir mais segurança para nossa população, felizmente seremos atendidos nessa solicitação e com isso damos mais tranquilidade às famílias”, avaliou. Na opinião do secretário da Defesa Social, Tony Silva, não apenas troca de comando, como a che-

gada de novos policiais mostram a importância de Fazenda Rio Grande dentro do estado. “Temos realizado operações conjuntas com as polícias militar e civil em todas as áreas da cidade e com a chegada dos novos policiais poderemos ampliar ainda mais essas ações, assim como dar mai tranquilidade para toda a população”, comentou.

Especial Por: Wilson Luiz

Cadeia não é spa! Às vezes quem escreve o que pensa, quem tem a oportunidade de expressar uma opinião passa por pessoa chata, mas meu povo, tudo tem um limite e o limite da tolerância faz tempo que acabou em relação ao sistema carcerário brasileiro. Primeiro porque nosso modelo de prisão não recupera ninguém, presídios hoje são escolas do crime e antro de perdição em drogas. Segundo grande fator é que se eu quero comer preciso trabalhar duro porque não há quem me sustente, mas bandido e vagabundo não precisa trabalhar porque você trabalha para sustentar eles. Sim amigo leitor, é mais ou menos assim: Você é vítima de um crime, a polícia vem e prende o criminoso. Você sustenta lá dentro da cadeia o sujeito que atentou contra você. Lá dentro da cadeia ele tem direitos, inclusive a possibilidade e travar conflito com outros bandidos e acaba morrendo. Então vem alguns órgãos “preocupados” com o bem estar dos bandidos e suas famílias e entram com uma representação para que o Estado indenize a família dos bandidos com um detalhe: O dinheiro é o seu, aquele que você repassou ao Estado fruto do seu trabalho. Sim, é isso, o Estado é responsável pela segurança dos presidiários e se acontecer algo com eles há direito a indenização. Não amigo, você não leu errado e nem imaginou errado, o Estado é responsável pela segurança do bandido e não da sua, tanto que se morrer um membro da sua família vítima de um crime você não será indenizado, só família de bandido que recebe. Sabem as vezes a raiva é tanta que dá vontade de chutar o balde, xingar meio mundo mas não resolve porque nosso sistema é errado. Presídio além de antro de crime e drogas não é tão ruim assim, lá dá para fazer festinha de aniversário, festinha de ano novo, receber visita íntima, beber cachaça, fumar, marmitex, banho de sol, tudo isso bancado pelos trouxas que levantam 6:00h da manhã dando o couro no serviço para ganhar sustento de forma honesta. Às vezes pode ser meio superficial esse pensamento mas na minha humilde opinião presídio tem que se auto sustentar, isto é, privatiza “a bagaça” e pronto. Tem quem diga que a lei não permite, de fato não permite, então muda a lei e coloca os vagabundos para trabalhar. Presídio produz, parte fica com o administrador, parte vai para a família do presidiário, parte pode ficar com o presidiário para o cigarro dele, e o resto para manutenção da estrutura. Desonera a administração do Estado, haverá presidiário aprendendo um ofício, desonera quem trabalha para sustentar vagabundo, gera riqueza afinal haverá produção, e ainda pode-se estudar uma forma de diminuir a pena daquele que trabalhar certinho. Eu não acho que preso tenha que sofrer, mas cadeia não é spa, cabeça vazia oficina do diabo, então tem que ocupar aquela gente lá. Aqui fora eu tenho direitos e obrigações, e eles lá só direitos?


Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

segurança

Desempregados são enganados por falsos anúncios de emprego Da Redação

Empresa estatal precisa de cem pessoas, sem experiência, para tal vaga. Estes anúncios são comuns nas redes sociais, principalmente no facebook. Isso tem levado centenas de pessoas, todos os dias, para as agências do trabalhador, espalhadas pelo País. Uma das que fica lotada todos os dias, é a de Fazenda Rio Grande. Segundo os responsáveis, o movimento quadriplicou nos últimos dias. Irani Santos, secretária do Trabalho, destaca que o escritório local recebe em média de 500 a 600 pessoas por dias, a maioria indagando sobre vagas não anunciadas pelo

órgão. “Somos muitos questionados sobre esses informativos que circulam nas redes sociais, deixado até o pessoal da agência em uma situação complicada porque, na verdade, são sites que oferecem vagas, mas que querem, na verdade, dar cursos, com custos mensais e tudo mais. Essas informações sobre trabalhar em grandes empresas chamam muito atenção, mas o trabalhador tem que entender que nem sempre são verídicas”, disse Irani em entrevista a Banda B. Em diversas locais como ponto de ônibus, terminais e postes de ilu-

minação panfletos anexados prometem vagas de emprego em empresas conceituadas como: Coca-Cola, Kraft Foods, Caixa Econômica Federal (CEF), Souza Cruz, entre outras. Entretanto, as informações levam até empresas que oferecem cursos profissionalizantes pagos e sem a garantia real das vagas. “O alto índice de desempregado faz com que esse tipo de empresa seja procurada, e muitos chegam aqui na agência do município achando que temos essas vagas, acaba que os funcionários são agredidos verbalmente, achando que eles estão

escondendo essas vagas”, descreveu. Irani finaliza ainda com um alerta aos trabalhadores que, muitas vezes, têm passagens de ônibus contadas e podem perder tempo com falsas promessas. “Essas ofertas enganosas podem fazer ele gastar um dinheiro que não tem, saindo de madrugada, perdendo tempo para o que não existe. É importante que haja denúncias e alertas quando se deparar com esses tipos de vagas”. As denúncias podem ser feitas diretamente na Agência do Trabalhador de Fazenda Rio Grande, que tem autonomia junto ao Ministério do Trabalho.

15

João 3;16 O Fato. Quando lemos e ouvimos esse versículo em qualquer lugar da entender que um Deus deu seu filho por amor pela humanidade através desta atitude de Deus, dando seu filho em sacrifício vivo por sua criação. Porque foi necessário João 3 16 acontecer? porque o homem foi destituído da Glória dele; por causa que todos pecaram, e o Salário do pecado e a morte. A Criação do homem foi com o propósito de uma Nova Geração de Adoradores porque os céus a onde habita os anjos e os Anciões adoro sem questionar Deus quando houve a revolução de Lúcifer uma terça parte do céu entra contra Deus e Deus fica meia hora de silêncio e cria um novo Anjo, chamado Miguel que o seu significado quer dizer não há ninguém igual a Deus, depois disso, o projeto João 3 e 16 começa a ser pronunciado quando Deus inicia reforma Universal e começa agir Gênesis 1 do capítulo 2 e 3 de Gênesis o homem era preparado para viver logicamente mas caiu e pegou e ele recebeu o salário do pecado que é a morte Deus jamais perdeu o controle ele é o próprio controle em Gênesis 3:15 ele faz a promessa de João 3 16 ele não queria e não quer que perecemos ele quer que o Adore em espírito e verdade isso quer dizer nesta vida e espírito. João 3 16 veio para pagar a dívida do Éden aonde o homem contrariou Deus e comeu do fruto do bem do mal após as ação do homem ele se tornou Independente de suas atitudes e o “livre-arbítrio” João 3;16 é a oportunidade da humanidade se arrepender e reconhecer, que João 3;16 não é uma história uma fábula é sim um fato com validade eterna, ela te garante uma vida após a morte quando eu leio ou ouço reflito se João 3;16 faz parte da minha vida e digo mais sem João 3;16 estaremos condenado para sempre. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça mas tenha a vida eterna (João 3;16). Viva essa Realidade coloque esse Versículo em Sua Vida Hoje. Aceite JESUS como seu senhor é Salvador.


16

Fazenda Rio Grande, 13 de janeiro de 2017

O repórter 318 web  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you