Page 1

PREÇO: R$3,00

5

SEGURANÇA Mês de Setembro registra diminuição de roubos e furtos na cidade

2

SOLIDARIEDADE Conheça o que é e como funciona o “Brechó” da GVVS – Grupo Voluntário Vigilante da Saúde.

10

FILOSOFIA Saiba o que disse o Prof. Mario Sérgio Cortella, em palestra realizada no último dia 30 no Centro de Convenções.

Omovimento Jornal

Edição Nº 6457 | Pirassununga, SP, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 | www.omovimento.com.br

Nova Delegada Titular

Dra. Tatiane Parizotto passou a ocupar o cargo no lugar do Dr. Franciso P. de O. Lima, promovido para o 1o. Distr. Policial de Limeira. Página 5

Reunião discute medidas de segurança na região da avenida Newton Prado

Mais trabalhadores registrados

Pirassununga registra aumento de trabalhadores empregados: de janeiro a setembro, o saldo positivo foi de 2.161 postos de trabalho a mais, segundo o MTE. Página 3

Sessões da Câmara poderão ser acompanhas em vídeo pela internet A partir de 7 de novembro as sessões e audiência poderão ser vistas pelo Youtube. Página 4

Pesca em Cachoeira de Emas foi permitida por apenas um dia A Câmara Municipal de Pirassununga realizou, na quinta-feira (26), no Plenário Dr. Fernando Costa, reunião com autoridades do município para discutir medidas de segurança para as Avenidas Newton Prado e Felipe Boller Júnior. Página 4

Falsos fiscais do Procon

Novos acadêmicos tomam posse amanhã Mais quatro personalidades pirassununguenses passarão a ocupar cadeiras na APLACE. Página 9

Independente FC faz aniversário com homenagem a torneio histórico Campeonato Patriarca Mário Ferrarezzi foi lembrado com festa. Página 2

Depois de sete meses, a pesca voltou a ser liberada legalmente, mas foi suspensa pelo período de piracema. Página 6

Dizendo-se fiscais, indivíduos visitam comerciantes induzindo a compra de exemplares do Código de Defesa do Consumidor. Página 4


Omovimento Jornal

Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

2

Esporte DUPLA CELEBRAÇÃO

Independente FC faz aniversário com homenagem a torneio histórico Campeonato Patriarca Mário Ferrarezzi foi lembrado com festa Fotos: Fábio Mello

Fábio Mello Da Redação

Uma grande festa foi realizada na manhã de domingo (29), no estádio Armando Boito, do Independente Futebol Clube (IFC). Com boa presença de público, foram realizadas duas comemorações distintas, mas com grande valor histórico: uma delas foi a de 79 anos do “Vermelhinho da Vila” (IFC) e outra de homenagem ao lendário Torneio Patriarca Mário Ferrarezzi de Futebol. Apesar da chuva, a reunião contou com vários atletas que fizeram história no Independente. Na ocasião, também

foram convidados jogadores e dirigentes que participaram do torneio que foi disputado desde 1979 até 1994 e foi um dos

principais campeonatos esportivos da cidade. Todos os presentes receberam homenagens, troféus e diplo-

mas da organização. Fotos históricas foram divulgadas no telão e a emoção foi nítida devido às lembranças do torneio

BENEFÍCIO

Equipe de brechó voluntário comemora conquistas Grupo Voluntário Vigilante da Saúde arrecada verbas para auxílio da Santa Casa Foto: Divulgação / GVVS

Da Redação

“A solidariedade é um dos pontos fortes da população de Pirassununga”. A opinião é da equipe que dirige um brechó voluntário, organizado pelo Grupo Voluntário Vigilante da Saúde (GVVS), cujos recursos arrecadados são destinados à Santa Casa de Misericórdia da cidade, para diversos setores e benfeitorias. Dentre as almejadas aquisições para a melhoria dos tratamentos dos pacientes atendidos pela Santa Casa, uma das mais importantes realizações do grupo do brechó foi a doação de um respirador, para a ala da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), que custou mais de R$ 30 mil, e que já foi instalado e está em funcionamento. Parte do dinheiro para a compra deste aparelho foi arrecadado na venda dos artigos doados ao brechó pela po-

Voluntários do GVVS celebram os 20 anos do grupo e fazem doação de equipamento de R$ 30 mil para a Santa Casa

pulação Pirassununguense. Aberto em maio de 2014, o brechó “Tudo de Bom” arrecada e vende objetos doados com a finalidade de comprar materiais que possam ser destinados a melhoria da estadia dos pacientes do SUS na manutenção dos quartos, enxoval para bebês, roupas de cama,

Foto da semana

banho e vestimentas, cadeiras de rodas, macas, equipamentos direcionados a “salvar vidas e amenizar todo o sofrimento dos pacientes”, como dizem os voluntários do GVVS. “A vontade de colaborar, de ajudar, de dividir alegrias, aliviar sofrimentos e de melhorar a qualidade da vida

Foto: João Neto

em comum, a conquista deste aparelho e de tantos outros é um motivo de muito orgulho e que incentiva na busca incansável de outras conquistas. Solidariedade, responsabilidade e compaixão são sentimentos essencialmente humanos e virtudes cívicas”, afirma Maria Isabel Lopes de Souza, uma das voluntárias do brechó. “Ao nos preocuparmos com a vida dos outros, ao nos empenharmos por causas de interesse social e comunitário, estamos estabelecendo laços de solidariedade e confiança recíproca que nos protegem em tempos difíceis e tornam a sociedade de Pirassununga mais integrada e nós seres humanos melhores”, diz a voluntária. Na comemoração dos 20 anos de existência do GVVS, a equipe do brechó comemora as conquistas do trabalho em conjunto, bradando que a parceria é muito importante, pois “enquanto a Santa Casa tiver apoio da sociedade com doações para o brechó, e as equipes do artesanato e da costura continuarem a produzir itens para a arrecadação de fundos, a solidariedade continuará existindo”. O brechó “Tudo de Bom” fica ao lado do laboratório da Santa Casa e funciona todas as terças e quartas-feiras das 13h às17h.

que tinha como curiosidade a disputa em um gramado, mas com bola de futebol de salão. Também estiveram presentes nas comemorações o prefeito municipal Ademir Lindo, os secretários municipais José Lourenço Marinho (Esportes), Willian Ponciano (Comércio e Indústria), Priscila Sampaio (Direitos Humanos e Cidadania) e também o deputado federal Fernan-

do Capez (PSDB). O evento foi organizado pelo desportista Carlos Alberto Finochio Borges, o Bodinho, o vereador Leonardo Francisco Sampaio de Souza Filho, o presidente do IFC Marcelo Iseppe e do empresário Bruno Oliver. A cerimônia se encerrou com uma partida de futebol envolvendo os masters do Independente FC e da SE Palmeiras.

Omovimento Jornal

O Jornal O Movimento circula semanalmente na cidade de Pirassununga. As matérias assinadas são responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião do Jornal e seus diretores.

EXPEDIENTE

Diretor Editorial: André Marangon (Mtb 42.393/SP). Diretor Administrativo: Evandro Denzin (Mtb 39.413/SP). Depto Comercial: (19) 9 9163 1572 E-mail redação: redacao@omovimento.com.br

Impresso na Grafica Stillo | Pirassununga | Telefone: (19) 3055 3399

Chuvas garantem que o leito do Mogi Guaçu volte ao normal. Para as aves, alimentação garantida com os peixes iniciando a piracema.

Rua Id Jorge Facuri, 365 Polo Industrial Guilherme Muller Filho Pirassununga, SP | Telefone: (19) 3562 8858

PLANTÃO DO ASSINANTE: Se o seu jornal não for entregue até 8h do sábado, Ligue: (19) 3562-2014 ou (19) 9619-0155. Fale com Carlos Eduardo ou Fábio (19) 99255-9929 das 9h às 16h


Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

3

Omovimento Jornal

Cidade CAGED

Pirassununga registra aumento de trabalhadores com carteira assinada Números foram divulgados pelo Ministério do Trabalho na semana passada O Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, divulgou no início do mês de outubro os dados relativos ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged dos municípios brasileiros. Em Pirassununga, os números de janeiro a setembro se mostraram favoráveis, com saldo positivo no geral de 2.161 de variação. Foram 6.820 admissões e 4.569 demissões com 16.712 empregos formais registrados em 1º de janeiro com 4.334 estabelecimentos cadastrados. Já somente no mês de setembro, foram 1.396 admissões e 1.012 desligamentos – avariação de 284. Para o secretário de Comércio e Indústria, William Ponciano, o fato mostra uma recuperação após uma forte crise financeira. “É um motivo de grande alegria. Não é uma surpresa porque estamos trabalhando muito e Pirassununga tem se destacado na nossa região em matéria de vagas de emprego. Também tem se destacado em pessoas na formalidade. São dados de empregos formais, mas temos uma grande gama de pessoas que trabalham de forma informal e não foram cadastradas. Por isso na realidade esses dados devem ser

Foto: Divulgação

também um pouco de culpa do governo, já que uma nota fiscal do governo é 24% do valor do serviço. Para se ter uma construtora é muito caro. Há uma necessidade de rever essa carga tributária. É preciso trabalhar na legalidade, mas também sobreviver”. Confira os dados gerais do Caged: De Janeiro a Setembro Perfil do Município – Geral Admissões: 6.820 Desligamentos: 4.659 Número de empregos formais (1º de janeiro): 16.712 Total de estabelecimentos: 4.334 Variação absoluta: 2.161

maiores”, disse. Alguns setores chamam a atenção como Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca, com 2.579 admissões e 1.038 desligamentos, uma variação 1.541. “E isso foi justamente no ano em que se proibiu a pesca em Cachoeira de Emas. Pirassununga tem uma grande área rural e sabemos o que tem sido feito para que as vagas aumentem a cada dia”, disse Ponciano. Já no comércio houve um

equilíbrio entre admissões (1.343) e desligamentos (1.298), com uma variação final de 45 no ano e 1.239 estabelecimentos. “O comércio sempre teve essa variação. Não só apenas demissões por problemas, às vezes são casos específicos. Acredito que o comércio da cidade está indo para um bom caminho. Já vi pessoas comprando mais e visitando mais lojas, mas a gente precisa ter estratégias constantes para ter

o comércio cada vez mais forte. Hoje, o comerciante precisa também apostar na venda online e em suas propagandas”. O ramo da Construção Civil também apresentou números curiosos. De acordo com o Caged foram apenas 179 contratações e 138 demissões (variação de 41). “Isso é normal porque esses são dados oficiais de pessoas que são registradas. A construção civil talvez seja o segmento de mercado que tenha mais pessoas na informalidade. É

No mês de setembro Admissões: 1.396 Desligamentos: 1.012 Número de empregos formais (1º de janeiro): 16.712 Total de estabelecimentos: 4.334 Variação absoluta: 284 Comércio Admissões: 1.343 Desligamentos: 1.298 Número de empregos formais (1º de janeiro): 4.262 Total de estabelecimentos: 1.239 Variação absoluta: 45 Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca

Admissões: 2.579 Desligamentos: 1.038 Número de empregos formais (1º de janeiro): 1.686 Total de estabelecimentos: 1.141 Variação absoluta: 1.541 Serviços Admissões: 1.323 Desligamentos: 1.243 Número de empregos formais (1º de janeiro): 5.229 Total de estabelecimentos: 1.570 Variação absoluta: 80 Indústria de transformação Admissões: 1.310 Desligamentos: 859 Número de empregos formais (1º de janeiro): 5.006 Total de estabelecimentos: 226 Variação absoluta: 451 Construção Civil Admissões: 179 Desligamentos: 138 Número de empregos formais (1º de janeiro): 244 Total de estabelecimentos: 142 Variação absoluta: 41 Administração Pública Admissões: 83 Desligamentos: 80 Número de empregos formais (1º de janeiro): Total de estabelecimentos: 5 Variação absoluta: 3

ABRE E FECHA

Prefeitura reabre apenas na próxima segunda-feira Comércio e bancos funcionam normalmente hoje (3) Da Redação

Em virtude do Dia de Finados, ocorrido ontem (2), o prefeito Ademir Lindo assinou o Decreto Municipal nº 7.001, de 30 de outubro de 2017, que estende o feriado também para hoje (3), em ponto facultativo. Isso significa que todos os serviços municipais relativos

à Prefeitura estarão parados até a próxima segunda-feira (6), quando retornam em horário comercial, cujo expediente segue das 8 às 17h. O funcionamento das seções municipais prestadoras de serviços abrange o Paço Municipal, SAEP, secretarias, Unidades de Saúde, CEM, escolas municipais e creches – que permanecem

fechados hoje (3). O Pronto Socorro atende sem interrupção durante todo o feriado. A Guarda Municipal vai atender em forma de plantão permanente, inclusive no fim de semana. A coleta de lixo funciona normalmente em todos os dias. A Feira Livre também segue o calendário normal.


Omovimento Jornal

Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

4

Polícia NOVIDADE

Atividades da Câmara serão transmitidas via Youtube A partir de 7 de novembro sessões e audiências podem ser vistas pelo canal na Internet Da Redação

A Câmara Municipal de Pirassununga lança, a partir do próximo dia 7 de novembro, o seu canal oficial no Youtube, portal de vídeos da Internet, que reunirá todas as transmissões ao vivo

das sessões ordinárias e extraordinárias e audiências públicas promovidas pela instituição. Essas atividades já são transmitidas, ao vivo, pelo Câmara Net, disponível no site da Câmara. Com a transmissão feita pelo Youtube de forma gratuita, o

objetivo é ampliar os meios de acesso aos trabalhos desenvolvidos pelo legislativo, dando-lhes ainda mais transparência e visibilidade, uma vez que uma das vantagens do canal é não só a facilidade de acesso por meio de diferentes plataformas,

como celulares e tablets, mas também a possibilidade de armazenamento de conteúdos antigos realizados pela instituição. “Esse é um projeto que eu já tinha proposto em outras legislaturas para outros presidentes”, disse o presidente

da Câmara, vereador Leonardo Francisco Sampaio de Souza Filho (PSDB), o Leo. “Sempre vi a questão com bons olhos por aproximar a população da Câmara Municipal, melhorando a comunicação com a sociedade e com a imprensa.”

Para acompanhar os trabalhos dos vereadores, basta acessar o Câmara Net, link localizado no site da Câmara de Pirassununga (www. camarapirassununga.sp.gov. br), e haverá redirecionamento automático para o canal da instituição no Youtube.

DEBATE

Reunião discute medidas de segurança na região da avenida Newton Prado No início do próximo ano deverá ser realizado outro encontro Da Redação

A Câmara Municipal de Pirassununga realizou, na noite de quinta-feira (26), no Plenário Dr. Fernando Costa, reunião com diversas autoridades do município para discutir medidas de segurança para as avenidas Newton Prado e Felipe Boller Júnior. Solicitado pelos vereadores Edson Sidinei Vick (Pros), Luciana Batista (Pros) e Paulo Rosa (PSD), o encontro teve como pano de fundo o episódio envolvendo a morte de um jovem na

região, em setembro deste ano, após ser agredido por um grupo de adolescentes. Compuseram a mesa da reunião, presidida pelo vereador e presidente da Câmara, Leonardo Francisco Sampaio de Souza Filho (PSDB), a secretária municipal de Direitos Humanos, Maria Priscila Sampaio de Souza, que representou o prefeito Ademir Lindo, a delegada titular do município, Tatiane Cristina Parizotto, o delegado de polícia, Mauricio Miranda de Queiróz, o secretário municipal de segurança pública, Paulo Tannus, e a

ALERTA

Procon informa comerciantes sobre atuação de falsos fiscais Eles induzem a adquirir exemplar do Código de Defesa do Consumidor Fábio Mello Da Redação

A Fundação Procon de Pirassununga publicou na sua página oficial do Facebook um comunicado alertando para um possível tipo de golpe contra comerciantes do município. De acordo com a publicação, “pessoas não autorizadas estão se passando por fiscais do Procon e induzindo comerciantes a comprarem exemplares do CDC – Código de Defesa do Consumidor sob pena de multa”. O Procon de Pirassununga informa que “não realiza venda de nenhum tipo de código ou qualquer material”.

A venda do código de defesa do consumidor não é crime, mas se passar por fiscal do Procon e tentar fazer a venda sob ameaça é. Pirassununga não foi a única cidade a sofrer com esse tipo de golpe. Na região de Campinas, fornecedores e prestadores de serviços em geral ficaram alertas para possíveis falsos funcionários do órgão. O golpe incluía também, a venda do Código de Defesa do Consumidor (CDC). A lei federal nº 12.291/10 determina que todo estabelecimento comercial e de prestação de serviço é obrigado a disponibilizar exemplar do Código de Defesa do Consumidor para consulta dos consumidores. O descumprimento pode gerar multa. O exemplar do código de defesa do consumidor pode ser impresso gratuitamente a partir do site do Palácio do Planalto (http://www.planalto.gov.br) ou mesmo adquirido em uma livraria.

subtenente PM Rose Elaine Canhadas, que representou o capitão da Polícia Militar, Neymar Pereira dos Santos. Segundo o vereador Paulo Rosa, um dos idealizadores do encontro, “está na hora de o poder público tomar frente disso para que a gente possa envolver cada vez mais a sociedade nesse assunto”. “Em Pirassununga, eu vejo algumas ações voltadas, por exemplo, para os idosos, porém a gente não escuta nada sobre a questão da juventude. Isso já faz um tempo e é culpa de todos nós, poder público, Poder Executivo, que é quem tem o poder de realizar as ações voltadas diretamente para esse público”, disse. O secretário Paulo Tannus mencionou algumas ações que já foram tomadas no passado na região da avenida Newton Prado, como, por exemplo, a instalação de placas “É proibido estacionar” na área que compreende a Vila Militar. “Aquilo já começou a dar um resultado grande, diminuindo a baderna que existia naquele pedaço. Porém, começou a haver algumas reclamações e o Executivo voltou atrás”, disse Tannus. A vereadora Luciana rebateu: “A questão da placa é importante, mas é secundária. Até porque esse público não tem carro. Placa não vai conter a violência.” De acordo com a secretaria Maria Priscila, os problemas envolvendo os jovens na atualidade decorrem em grande medida do fato de muitas famílias terem “terceirizado” a educação dos filhos, em especial no que se

Foto: Divulgação

Agentes de segurança estiveram presentes no Legislativo

refere à questão da transferência de valores. “Foi dito aqui que muitas vezes os pais não sabem o que fazer com os jovens e por isso os liberam. A gente tem que pensar que muitas vezes são os adolescentes que não sabem o que fazer com seus pais e, por isso, eles [os adolescentes] vão, porque essas brigas estão dentro de casa”, explicou. Segundo a secretária, pouco mais de 800 adolescentes e jovens são atendidos hoje pelas políticas públicas do município através de projetos do contraturno escolar e da secretaria de Esportes. “Mas [isso] é nada, é muito pouco diante dos problemas que vêm se apresentando e diante dos jovens que temos que alcançar nesse sentido”, reconheceu ela, adiantando que a administração atual está estu-

Informamos ao CPF 430.052.628- XX, que realizamos diversas tentativas de contato, sem qualquer obtenção de êxito, pedimos que V. Sa. Compareça, impreterivelmente até o dia 08/11/2017 à Unimed (Rua Joaquim Procópio de Araújo, nº 3178- Centro, Pirassununga /SP, falar com Liliane) para a regularização de seu contrato de assistência à saúde nº 328.5111.000012.00-0, sob pena de ser o mesmo extinto.

dando a viabilização de um espaço para que os adolescentes possam desenvolver algumas atividades. O delegado Maurício, por sua vez, sugeriu a realização de encontros periódicos entre as diversas autoridades do município com o intuito de extrair ações para contornar os problemas relacionados à juventude. “Esse problema de jovem na rua com bebida e droga é, infelizmente, um mal mundial e não tem uma fórmula mágica para resolver. Sugiro que sejam programadas reuniões de trabalho ao longo do dia, durante a semana, com as forças que podem ter qualquer tipo de atuação e dali tirar ações”, falou o delegado. A sugestão foi bem recebida pelos presentes. Segundo o presidente da Casa, vereador Leo, “a ideia é que a gente possa estar se organizando

entre as autoridades e vendo a possibilidade de fazer reuniões paralelas às que a gente tem feito aqui, no sentido de que ações possam ser colocadas em prática”. Na plateia, a servidora pública Deise Lozano chamou atenção para a necessidade de haver empenho de todos em resolver a questão. “Tudo que foi dito aqui hoje é muito válido, mas se não houver um empenho maior não dos que estão aqui, que já estão comprometidos, mas daqueles que deveriam estar, porque eu tenho visto nos últimos tempos, principalmente depois do que aconteceu com o menino Guilherme, muita gente levantando a bandeira dizendo que luta pela juventude e que me decepcionou porque eu tinha certeza que estaria aqui hoje”, disse a servidora.

Informamos ao CPF 430.052.638-XX, que realizamos diversas tentativas de contato, sem qualquer obtenção de êxito, pedimos que V. Sa. Compareça, impreterivelmente até o dia 08/11/2017 à Unimed (Rua Joaquim Procópio de Araújo, nº 3178- Centro, Pirassununga /SP, falar com Liliane) para a regularização de seu contrato de assistência à saúde nº 328.5111.000013.00-6, sob pena de ser o mesmo extinto.


Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

5

Omovimento Jornal

Polícia ESTATÍSTICA

R$ 3 MIL

Roubos e furtos diminuem em Pirassununga em setembro

Dupla assalta lanchonete da avenida Painguás Polícia Civil afirma que já identificou um dos suspeitos

Dados fazem parte de estudo da Secretaria de Segurança de SP Fábio Mello Da Redação

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo divulgou na semana passada os dados criminais estatísticos das cidades paulistas relativos ao mês de setembro. Pirassununga se manteve na média tradicional, com ligeira queda para os casos de roubo e furto, mas ainda assim bem abaixo de outros municípios da região. Segundo a pasta, em setembro não houve caso de homicídio e nem mortes causa-

das por acidentes de trânsito (continua ainda em nove óbitos). Houve registro de uma tentativa de homicídio e 30 de lesão corporal dolosa. Isso significa que a morte do adolescente em decorrência de agressões sofridas em uma briga generalizada na Avenida Newton Prado, no início do mês de setembro foi considerada lesão corporal seguida de morte – e não homicídio. Já quanto aos acidentes de trânsito, em setembro houve poucos casos, apenas 18 – a segunda menor média do ano, sendo maior apenas que no

mês de maio quando foram registrados oito acidentes. Vale ressaltar que pelo segundo mês consecutivo a média de acidentes com vítimas é menor do que 20 no município (em agosto foram 19). No quesito roubos, Pirassununga teve o registro de apenas sete casos em setembro – terceiro menor índice do ano, superado apenas por maio (5 casos) e julho (2 casos). Não houve casos de roubo de veículo e nem de carga. Os furtos apresentaram também uma queda sendo registrados 56 ocorrências. Nestes casos levam-se em conside-

ração desde a subtração de carteiras e celulares até invasões de residências. No total, foram cinco veículos subtraídos (quatro carros e motos foram recuperados). Na produtividade policial, as forças de segurança registraram 16 ocorrências de porte de entorpecente e 15 de tráfico de drogas no mês de setembro. Duas armas de fogo que estavam em situação irregular foram apreendidas. Em relação às prisões, foram no total 34 pessoas presas, sendo 21 delas em flagrante. Um total de 55 inquéritos policiais foram instaurados.

MUDANÇA

Dra. Tatiane Parizotto é a nova delegada titular Já Dr. Francisco foi promovido para assumir distrito policial em Limeira Desde a semana passada, Pirassununga tem a Dra. Tatiane Cristina Parizotto no cargo de delegada titular do município. A publicação da portaria no Diário Oficial do Estado aconteceu na edição da terça-feira, dia 25 de outubro, e desde então ela assumiu o posto do Dr. Francisco Paulo de Oliveira Lima, que foi promovido e para o 1º Distrito Policial de Limeira. “Me sinto honrada pela indicação de meu delegado seccional em assumir essa nova etapa da minha vida profissional. Teremos muitos desafios pela frente. Fico feliz pela promoção do Dr. Francisco, foi uma surpresa pra gente, mas nosso seccional precisou dele e acabei assumindo sua função”, afirmou

em entrevista ao programa Mesa Redonda. Há 10 anos na Polícia Civil – nove deles em Pirassununga – Dra. Tatiane comenta que além de delegada titular, também continua nas funções da Delegacia de Defesa da Mulher – DDM. “Em setembro desse ano fez 10 anos que entrei para a Polícia Civil do Estado de São Paulo e agora em janeiro fará nove anos que estou em Pirassununga. Comecei em São Bernardo do Campo, passei por Limeira e depois Pirassununga”, comentou. O objetivo agora é manter o mesmo ritmo de trabalho do Dr. Francisco. Com as mudanças, Pirassununga conta agora com os delegados Dra. Tatiane (titular), Dr. Maurício Miranda de Queiroz e

Foto: Fábio Mello

Uma lanchonete situada na avenida Painguás foi palco de um assalto durante a noite de domingo (29). Foram roubados R$ 3 mil e, na fuga, um dos bandidos efetuou disparos de arma de fogo. Ninguém ficou ferido na ação. As investigações já se iniciaram e a Polícia Civil tem a identificação de um dos suspeitos. O boletim de ocorrências informa que a Polícia Militar foi acionada ao local logo após o assalto e um comerciante de 32 anos disse que dois indivíduos – um deles armado com um revólver Taurus cromado calibre 38 de cano curto – chegaram e realizaram a abordagem já

anunciando o assalto. Logo na sequência, os ladrões subtraíram a quantia de R$ 3 mil que estava no local. Ainda segundo a vítima, enquanto um deles pegava o dinheiro, o outro (que estava com o rosto coberto por uma camiseta) ficou na porta, indicando onde o comerciante guardava os valores no estabelecimento. Após realizarem o roubo, os ladrões fugiram. O outro proprietário do local tentou abordá-los, mas sem sucesso. O bandido armado efetuou dois disparos em direção à vítima, que por sorte não foi atingida. Todos se abrigaram e os ladrões conseguiram fugir. (FM)

OPERAÇÃO

Polícia Civil e GCM capturam dois foragidos da Justiça Eles eram procurados por tráfico de drogas e violência doméstica Da Redação

Nova delegada assumiu o cargo na última semana

Dr. João Fernando Batista. “Nós vamos manter a gestão que Dr. Francisco trouxe pra gente, não vai haver muitas mudanças. Sou mais de rua.

Não sou tão administrativa quanto Dr. Francisco era. Mas agora terei que me dedicar um pouco mais à administração”, finalizou. (FM)

Mais uma operação da Polícia Civil em conjunto com a Guarda Civil Municipal de Pirassununga aconteceu nesta segundafeira (30). Por determinação da delegada titular Dra. Tatiane Cristina Parizotto, a ação ocorreu logo no início da noite e resultou na captura de dois foragidos da Justiça. Os policiais e GCMs rumaram para a Zona Leste da cidade (Vila Santa Teresinha) à procura de um foragido, pintor de 20 anos, condenado à pena de um ano e oito meses de reclusão no regime semiaberto, por cometimento de tráfico de drogas ocorrido em 2015. Assim que o rapaz chegou em sua residência foi alcançado pela equipe que lhe deu voz de prisão. O capturado foi conduzido para a cadeia de triagem local, aguardando

vaga em presídio que contenha regime semiaberto. Na sequência da operação, os agentes de segurança tomaram rumo para o Jardim Veneza, desta vez à procura de mais um foragido da Justiça, ajudante geral de 28 anos, sobre o qual pesava mandado de prisão preventiva com validade até 2025, decorrente de violência doméstica ocorrida neste ano. Os policiais logo avistaram o procurado em sua residência onde foi detido e preso. Mais uma vez foi conduzido à presença da autoridade Policial Dra. Tatiane, a qual determinou sua condução para a cadeia pública local, à disposição da Justiça. Trabalharam na operação a delegada de polícia titular Dra. Tatiane, o investigador de polícia Domingos e o Guarda Civil Municipal Edmilton sob a supervisão do Sub Comandante da GCM Boldrini.


Omovimento Jornal

Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

6

Geral DE VOLTA

Após sete meses, pesca volta a ser regulamentada em Cachoeira de Emas Determinação, porém, valeu por um dia devido ao início da piracema Fábio Mello Da Redação

Há sete meses atrás, uma notícia deixava preocupado pescadores, comerciantes e moradores do Distrito de Cachoeira de Emas. Desde o dia 20 de março foi aplicado um dispositivo normativo mais restritivo, que na prática

proibia a pesca no trecho do rio Mogi Guaçu em qualquer modalidade, praticamente em todo o principal ponto turístico da cidade. A decisão foi derrubada na última terçafeira (31), quando os Ministérios da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e o do Meio Ambiente publicaram no Diário Oficial da União a

Faleceu no dia 29 de Outubro de 2017 em Pirassununga/SP. Sra. Terezinha dos Santos Teixeira, aos 65 anos. Era Casada com o Sr. Osmar Rafael Teixeira. Deixa os filhos: Cleusa e Osvaldo, netos e demais parentes. Residia no Sitio Santo Amaro - Cachoeira de Emas – Pirassununga/SP. Sepultada no Cemitério Municipal de Pirassununga – SP. Faleceu no dia 30 de outubro de 2017 em Pirassununga/SP. Sr. José Aparecido Scaggion, Idade 84 anos. Viúvo da Sra. Leonor Bertin Scaggion. Deixa os filhos Daniel e Roberval, noras, netos e demais parentes. Residia a Rua São João, Jardim Santa Rita – PirassunungaSP. Sepultado no Cemitério Municipal de Pirassununga. Faleceu no dia 30 de outubro de 2017 em Pirassununga/SP. Sr. José Carlos Pereira de Araújo, Idade 75 anos. Casado com a Sra. Odete Mistieri Bezerra de Araújo. Deixa os filhos Divani, Ariana e Marcio, genros, netos e demais parentes. Residia no Sitio Santa Lucia, Cachoeira de Emas – Pirassununga-SP. Sepultado no Cemitério Municipal de Pirassununga. Faleceu no dia 01de Novembro de 2017 em Pirassununga/SP. Sra.Raimunda Merantina de Carvalho - aos 59 anos. Era Filha de Raimundo Jose de Carvalho e Merantina Alves de Carvalho. Deixa os filhos: jose Almeida,Edna.Fabio,Sandro,noras, netos e demais parentes. Residia na Rua Major Jose Alves de Moraes - Jardim Bela Vista – Pirassununga/ SP. Sepultado no Cemitério Municipal de Pirassununga – SP. Faleceu no dia 01 de Novembro de 2017 em Pirassununga/SP. Sra.Maria da Costa Nascimento - aos 101 anos. Era Viuva de Agricio Jose do Nascimento. Deixa os filhos: Carlos e Vera, netoe bisneto e demais parentes. Residia na Rua Arcangelo Magro- Jardim Italia – Pirassununga/SP. Sepultado no Cemitério Particular de Pirassununga – SP.

Rua da Saudade, 1255 - F. 19 3561-1657 (em frente à Igreja São Benedito)

portaria interministerial que estabelece medidas de ordenamento pesqueiro para o rio Mogi Guaçu na região de Cachoeiras de Emas. Até então, valia a determinação do Ministério Público de Pirassununga, com base em um parecer da Advocacia Geral da União, que emitiu despacho fundamentando a revogação da Portaria 129/02 - IBAMA (norma específica para Cachoeira fomentadora do turismo) e aplicação da Instrução Normativa 26/09 também do IBAMA (norma genérica e protetiva para todos os corpos d’agua interligados com a bacia do rio Paraná incluindo o Rio Mogi Guaçu). Com essa determinação, todos os pescadores tinham que obedecer um novo espaço para suas atividades, respeitando uma área de 1,5 km a partir da barragem no rio Mogi Guaçu. Após muitas autuações e orientações por conta da Polícia Militar Ambiental, a norma deixou de vigorar.

Foto: Divulgação

Reunião de pescadores e autoridades para a discussão da liberação da pesca no rio Mogi Guaçu: eles poderão voltar a pescar normalmente após o período da piracema

Pesca permitida durou apenas um dia

Os amantes da pesca tiveram apenas a terça-feira (31) para poder praticar a atividade, após a liberação da pesca. Isso porque entrou em vigor na quarta-feira (1º) o defeso da reprodução natural dos peixes na Bacia Hidrográfica do rio Paraná, denominado “piracema”. Com isso, vale a Instrução Normativa nº 25/2009 do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA e a pesca estará proibida até 28 de fevereiro de 2018. A Policia Militar Ambiental desencadeará em toda sua área de circunscrição a “Operação Piracema”, visando a prevenção e repressão das infrações ambientais de pesca irregular. Com isso, a pesca fica proibida nas lagoas marginais; a menos de 500 m de confluências e desembocaduras de rios, lagoas, canais e tubulações de esgoto; até 1.500 m a montante e a jusante das barragens de reservatórios de empreendimento hidrelétrico, e de mecanismos de transposição de peixes e até 1.500 m a montante e a jusante de cachoeiras e corredeiras.

Isso fez com que muitos pescadores retornassem ao rio Mogi Guaçu durante a última terça-feira (31). O período de pescaria, porém, foi curto, já que passou a valer desde o dia 1º de novembro o defeso da reprodução natural dos peixes, denominado “piracema”, com a proibição da pesca. Isso significa que a atividade está proibida até o dia 28 de fevereiro de 2018. Assim que o período terminar, volta a valer o que era antes, ou seja: a pesca fica proibida no rio Mogi Guaçu, região de Cachoeira de Emas apenas no trecho compreendido entre os 750m a montante da barragem, no marco referencial conhecido como “rede elétrica” ou “linhão”, até os 40m a jusante da “ponte velha”. Luta política Desde quando foi divulgada a proibição, atendendo ao apelo da população, muitas foram as solicitações por conta de políticos. A Câmara Municipal fez uma moção de repúdio junto aos ministérios envolvidos. O deputado federal Nelson Marquezelli (PTB) trabalhou em Brasília para a liberação. Foi feito também pedido para o deputado federal Wanderley Macris (PSDB). Benefício econômico De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Agricultura, Valdir Rosa o retorno da pesca traz um grande benefício à economia e turismo do local. “É impressionante o número de pescadores amadores que recebemos durante a semana toda. Não só de Cachoeira de Emas, mas de toda a região. O prejuízo nos últimos sete meses foi muito grande com relação ao turismo e aos comerciantes. Nós sabemos que durante a semana muitos comércios dependiam desses turistas que passam o dia em Cachoeira de Emas. Não teremos mais esse prejuízo o ano que vem”, disse.


Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

7

Omovimento Jornal

Geral ESPORTE

Equipe de natação do Clube Pirassununga participa de competição Fotos: Divulgação

Classificados GERAL

2 carros. Tratar: Pedro – (19) 9 82226190. [2027]

VENDO MOTOR PARA PORTÃO AUTOMÁTICO de correr com controle remoto. Usado mas em perfeito estado. Preço do novo é de mil reais, o meu sai por R$500! Tratar com Evandro: 9 9163-1572.

IMÓVEIS

VENDO ROÇADEIRA COSTAL (japonesa), 52cc, 3.0HP, na caixa, ótimo preço. Tratar: 9 9759-0552. [2703]

Da Redação

A equipe de natação do Clube Pirassununga, participou de mais uma etapa UNAMI de natação no sábado dia 21/10 na cidade de Santa Bárbara D´Oeste. Os resultados individuais foram os seguintes: Odete Wegmuller Barbuto – 1º lugar 25 costas e 1º lugar 25 livre – categoria 85+ Waldecila Guelli – 2º lugar 25 costas e 2º lugar 25 livre – categoria 75+

Maria Aparecida Istilli Maestrello – 4º lugar 25 costas e 5º lugar 25 livre – categoria 65+ Nilvanda O´Connell – 4º lugar 25 costas e 2º lugar 25 livre – categoria 40+ Celso Yoshikawa – 7º lugar 25 costas - 5º lugar 25 livre - categoria 60+ Roberto Bruno – 3º lugar 25 costas e 1º lugar 25 livre – categoria 60+ Daniel Mateus O’Connell - 2º lugar 50 costas - 4º lugar 50 peito – 4º lugar 100 costas - categoria 40+

Adriano Franco da Silveira – 7º lugar 50 borboleta e 6º lugar 50 peito - 5º lugar 50 livre – categoria 50+ Luiz Carlos Morgilli - 2º lugar 100 costas - 4º lugar 50 peito - 3º lugar 100 livre – categoria 50+ Revezamentos: 4x25 medley feminino 2º lugar categoria 240+: Waldecila Guelli, Odete Wegmuller, Maria Maestrello e Nivanda O´Connell 4x25 medley masculino

3º lugar categoria 240+: Roberto Bruno e Celso Yoshikawa 4x50 medley masculino 4º lugar categoria 200+: Daniel O’ Connell, Adriano Franco da Silveira e Luiz Carlos Morgilli 4x25 livre misto 1º lugar categoria 280+: Roberto Bruno e Celso Yoshikawa, Maria Maestrello e Odete Wegmuller 4x25 livre misto 1º lugar categoria 240+: Nilvanda e Waldecila Guelli Total de medalhas: 14, sendo 2 de ouro, 7 de prata e 5 de bronze.

INDICADOR PROFISSIONAL DENTISTAS

VENDO APARELHO PARA MASSAGEM nas costas. R$2550. Tratar: 35611155. [27] VENDO SHAMPOOZEIRA PARA CARRO Aspo. Preço a combinar. Tratar: 3561-1155. [27]

IMÓVEIS VENDE-SE

ALUGA-SE

CASA COMERCIAL, à rua Coronel Jermias J. Almeida, 43, ao lado da Av. Newton Prado. Tratar com Dagmar: 9 9784-3499. [25-28/10] OPORTUNIDADE ÚNICA casas mobiliadas para locação mensal na Cachoeira de Emas. Tratar: 9 9784 8548 ou (19) 35821483 [2027]

TERRENO VENDE-SE

VENDO TERRENO de 268m2, na Av. Prudente de Moraes, 1484. R$135 mil. Tratar: Luiz Mancin, (19) 3561-1979 [06132027].

VEÍCULOS

CASA NA VILA SANTA TEREZINHA, com três dormitórios, com uma suíte, dois banheiros, área de serviço fechada, com edícula, três vagas em garagem, com guarda-roupas embutidos em dois dormitórios. [2703]

COMPRO ONIX ano 2013. Tratar: 3561-2515.

CASA RES. CONDOMINIO DO LAGO, com 184m2, 3 quartos suite, sala, cozinha, área gourmet, garagem para

DOMÉSTICA E DIARISTA: ofereço serviços, com referência. Recado para Miriam: 9 9955-3377 ou 3562-8157

SERVIÇOS

ADVOGADOS

Av. Painguás 691 - F.: 3561-2515

Veículos com garantia, procedência, IPVA 2017 pago, financiados

MÉDICOS

ASSESSORIA

FIAT UNO Vivace, ano 2015, cor vermelha, básico. UNO Vivace, ano 2013, cor cinza, básico. UNO MILLE, ano 2004, cor cinza. ...................................................... CHEVROLET ASTRA ADVANTAGE, 2007, cor cinza. Completo. ASTRA CONFORT 2005, completo, cor preta. AGILE LTZ 1.4, 2011, completo, prata. ...................................................... VOLKSWAGEN UP!, ano 2017, cor branco, completo. ......................................................

RENAULT CENIC, ano 2003, cor preta, completa ...................................................... PEUGEOT 207 HB ACTIVE HATCH 1.4 Ano 2014 – completo, cor preta. ...................................................... KIA SOUL– 4 PORTAS – MOTOR 1.6 Completo – ANO 2011 - Preta ...................................................... TOYOTA ETIOS 1.3 XS – ano 2013, cor vermelho, completo. ...................................................... HONDA CIVIC LX, ano 1998, cor cinza, completo.

EDITAIS DE PROCLAMAS Distrito de Cachoeira de Emas

Thomas Nosch Gonçalves, Oficial Registrador, do Registro Civil das Pessoas Naturais do Distrito de Cachoeira de Emas, Município e Comarca de Pirassununga/SP, na forma da lei pretendem se casar e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº I, III , IV e V, do Código Civil

Faço saber que pretendem converter a união estável em casamento conforme artigo 8º da Lei 9.278/96 EDUARDO SARDELLA DA SILVA e IVY RODRIGUES GONÇALVES, para o que apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nºs I, III, IV e V, do Código Civil brasileiro. O habilitante é natural de Brasília - DF,de estado civil divorciado, nascido a 14 de outubro de 1979, de profissão militar, residente neste distrito, à Avenida Paulo Furlan, 1847, Cachoeira de Emas, filho de OSNI EDUARDO DA SILVA, nacionalidade brasileira, 63 anos, nascido na data de 15 de julho de 1954 e de ARGENID LEITE SARDELLA DA SILVA, residentes e domiciliados em Niteroi-RJ.A habilitante é natural de Pirassununga - SP, de estado civil solteira, nascido a 15 de março de 1988, de profissão do lar, residente neste distrito, à Avenida Paulo Furlan, 1847, Cachoeira de Emas, filha de JOÃO PAULO GONÇALVES, nacionalidade brasileira, falecido em Brasília-DF na data de 25 de julho de 2015 e de ISABEL CRISTINA BATISTA RODRIGUES GONÇALVES, nacionalidade brasileira, 50 anos, nascida na data de 1 de junho de 1967, residente e domiciliada a rua dos Andradas, nº 1263, apartamento 42, Rosário. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei. Lavro o presente para ser fixado no Registro Civil no lugar de costume e publicado no Jornal O Movimento. Distrito de Cachoeira de Emas, Município de Pirassununga/SP, 1º de novembro de 2017. Thomas Nosch Gonçalves - Oficial Titular


Omovimento Jornal

Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

8

Opinião Espaço Jurídico

Especial

Ana Lúcia Teche espacojuridico@omovimento.com.br

Walber Gonçalves de Souza Professor e membro das Academias de Letras de Caratinga e Teófilo Otoni

Descontos nas faturas pela interrupção de serviços

Os políticos estão acabando com o Brasil

No caso de existência de vícios relativos à prestação de serviços que os tornem impróprios ao consumo, o artigo 20 do Código de Defesa do Consumidor é claro ao dispor sobre a responsabilidade dos prestadores pela reparação dos danos causados, possibilitando aos consumidores a exigência do abatimento proporcional do preço. Assim, diante da interrupção do fornecimento de energia, telefone ou internet, as empresas devem compensar os vícios de fornecimento através do desconto na fatura. Apesar do abatimento ser um direito do consumidor, ele não é aplicado automaticamente. O usuário deve entrar em contato com a empresa, relatar a situação e solicitar o abatimento do valor, devendo sempre anotar os protocolos de atendimento, que serão utilizados como prova contra eventual alegação de inexistência de vício. Com relação à conexão da internet, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) exige que, em caso de interrupção da conexão por tempo superior a 30 minutos, a prestadora desconte, proporcionalmente, do valor total, o tempo que o cliente foi afetado pela ausência do fornecimento do serviço, sendo tal desconto efetuado na próxima fatura mensal. A mesma regra se aplica para os serviços de telefonia. No caso de o abatimento do valor não ser efetuado automaticamente, o consumidor deverá entrar em contato novamente com a prestadora, Anatel ou com o PROCON da cidade em que reside.

Viver sem política é algo impensável. É nítido a necessidade de um grupo de pessoas para gerir as coisas públicas, que dedicam alguns anos da sua vida para gerenciar os espaços públicos nas suas mais diversas formas e dimensões. Assim sendo, é preciso que pessoas com espírito público se dediquem à administração pública. A arte de governar para o bem comum não é uma questão de opção, é uma necessidade. Já diria o filósofo Aristóteles, o ser humano é um animal político. Mas o triste é que não é isso que estamos vendo acontecer no nosso país. Em todas as instâncias administrativas verifica-se justamente o contrário. Sabemos que seria injusto dizer que não há ninguém sério, comprometido, que honre realmente sua função eletiva. Mas estas pessoas são a minoria, não encontram espaço para atuar, e acabam não tendo o apoio da própria população que prefere o tapinha nas costas e serem enganadas pelos politiqueiros de sempre. O que de fato estamos presenciando é uma classe política que está saqueando as riquezas da nação através de atos corruptos, de favorecimento lícito e ilícito, de desmandos que favorecem e ampliam aqueles que se beneficiam das benesses do poder. Nossos políticos só pensam em si, muitos acabam se revelando verdadeiros larápios, lobos em pele de cordeiro. Demonstram não possuir espírito público, nem governam com um projeto de nação, mas sim com um pro-

Se a interrupção do serviço de internet acarretar algum dano ao cliente, como a entrega de um documento importante no trabalho, o consumidor poderá ingressar judicialmente, em face da empresa, com um pedido de indenização, desde que possua prova inequívoca do dano e sua extensão. Nos casos de interrupção de energia elétrica, existe uma determinação para que seja feita uma compensação, através do desconto na fatura mensal, mediante reclamação do consumidor dentro do prazo de até 60 dias, após a interrupção do serviço. Para o desconto, o consumidor deverá entrar em contato com a empresa responsável para atestar a interrupção e solicitar a compensação dos valores. Caso haja reclamação registrada e o problema não tenha sido resolvido, o consumidor deverá entrar em contato com a ouvidoria da distribuidora, e se o problema persistir, poderá registrar sua reclamação na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) ou procurar o PROCON de sua cidade. Os valores a serem descontados nos casos de interrupção de energia elétrica variam conforme o caso, de acordo com os indicadores de qualidade disponibilizados pela Aneel. Em qualquer situação de lesão ao direito do consumidor, e esgotadas as tentativas de resolução na esfera extrajudicial, é possível socorrer-se do Poder Judiciário, munido de provas que afirmem o direito pretendido, com a finalidade de ressarcimento pelos prejuízos sofridos.

Poesia na Terceira Idade Martha de Oliveira Malinverni

Na lâmina, o essencial uma partícula de vida cromossomo ao natural tanta história ali contida sexo, linhagem, filiação um céu puro, sem segredos um arco íris atrevido no horizonte refletido Olhos, lentes, microscópios fazem-no transparente forma, cor, sua posição permitindo a ilustração

jeto de usurpação das coisas públicas. Estão preocupados simplesmente em manter-se no poder, custe o que custar e enriquecer, independente se isto gere um quadro de morbidez social. Os políticos do Brasil, em sua grande maioria, são monstros, pessoas desumanas, que não se importam com o sofrimento alheio, pelo contrário se favorecem dele. São bandidos transfigurados de mocinhos, por isso ampliam leis dúbias que favorecem os seus desmandos. Continuam mantendo um país de miseráveis, de analfabetos, de criminosos, onde falta o básico para a população. Os exemplos que vêm do Congresso Nacional são os piores, nossos representantes vendem tudo: vendem a honra, vendem a consciência, vendem a sua própria dignidade, se é que eles têm ou se importam com isso, pelo visto não. Conseguem se comportar piores que marginais, pois tramam na calada da noite suas barbáries e seus crimes contra a nação. Nossos políticos, mesquinhos que são, estão acabando com o nosso país. Se eles são a cópia fiel do povo brasileiro, como defendem muitos, coitados daqueles que não se encaixam neste perfil, pois podem perder a esperança. Mas prefiro acreditar que não e manter a esperança, mesmo descrente. Parece um paradoxo, na verdade é, mas se há luz no fim do túnel, com estes políticos que aí estão não consigo enxergá-la. Ano que vem quem sabe as coisas começam a mudar!

Cromossomo e Vida exibem na tela o cenário aspecto hereditário pais, avós, antepassados histórico ali cravado Desvenda-se através da lente o mistério ali latente farta e rica engrenagem se lê, se vê na paisagem Veem meus olhos, veem os teus nesses entrelaçamentos: Esta é a engenharia de DEUS!

Consoantes Reticentes

Marcelo Sguassábia Publicitário e Colunista consoantesreticentes@omovimento.com.br

Saudações, pobres mortais

Criônica: processo de preservação em baixas temperaturas de humanos que não podem mais ser mantidos vivos pela medicina contemporânea, supondo-se que a reanimação seja possível no futuro. Errou. Essa não é mais uma ficção envolvendo congelamento de cadáveres que a evolução científica consegue trazer de volta à vida num futuro distante. Enquanto cadáver congelado eu mantenho-me lúcido e pensante, tenho consciência do que quis que fizessem comigo e da minha condição de hibernante por tempo indefinido. Não respiro, meu coração não pulsa, mas o cérebro funciona e a memória permanece tão intacta quanto todos os órgãos do meu corpo, inerte e imerso em nitrogênio líquido. A primeira e desesperadora constatação é ter perdido a noção de quanto tempo se passou do óbito até aqui. Tudo é um breu à minha volta, provavelmente há décadas. Talvez séculos. Não o presumível breu da cápsula fechada, pois minha visão e todos os demais sentidos estão inoperantes. É a escuridão interna, o apagão generalizado do organismo, à exceção do cérebro. Ninguém sabe dessa faculdade dos criogenizados, pois ninguém ja-

mais foi criogenizado e voltou à vida para dizer como foi a experiência. Tudo indicava que a atividade cerebral, como as demais funções vitais, cessava com o procedimento criônico. Não consideravam a possibilidade do eterno estado de alerta dos neurônios. O sono não existe por não haver cansaço. E mesmo que o pânico em vivenciar o nada me fizesse optar pelo suicídio eu não conseguiria cometê-lo, pois qualquer movimento é impossível. A cabeça poderia até dar a ordem, mas o corpo não obedeceria. Eu teria que estourar o crânio nas paredes da cápsula e torcer para que os miolos espatifados me libertassem enfim dessa odiosa lucidez. Mas não posso me mover. Quanto mais eu desejo não pensar, mais eu me desobedeço. São raros os “gaps” de consciência, parecem durar segundos, quando tenho a felicidade de experimentá-los. Você, que me lê sabe-se lá em que ponto do tempo, estranhará o fato deste texto poder ter sido escrito, considerando-se a minha permanente imobilidade e a impossibilidade de comunicação. Mas são impressões de um período do qual já estou liberto. Um testemunho, reconstituído, de uma agonia que já foi. Me descongelaram. Vivo para sempre.

263) Professor, qual lado você ficará?

Agora não tem jeito, você deve decidir de qual lado vai ficar. A ideologia de gênero veio como um trator sobre todos nós. Depois do que chamou de manifestação de arte do grupo Santander, depois da exposição do homem nu junto de crianças, depois de incursões de grandes empresas e da rede globo defendendo a sexualidade entre crianças, o que você professor vai fazer, o que vai ensinar? Em Minas uma escola deu tarefas escolares para crianças falarem sobre sexo entre homens, falar sobre sexo oral e anal e muito mais. Com a cartilha da base nacional curricular do MEC você não terá muitas opções. A bíblia nos ensina a respeitar as leis e as autoridades, exceto em casos onde estas se contradizem com as leis de Deus, e quando isto acontecer você terá que decidir em qual lado vai ficar. Há muitas professoras que mesmo não sendo cristãs não apoiam esta ideologia, mas como se defenderão sem bases, sem apoio, sem Deus? Quero propor aos professores um Workshop para explicarmos a luz da bíblia como Deus vê esta situação, entender aonde chegará diante destas mudanças. Para isto peço a manifestação dos professores interessados em participar deste trabalho, pode ser feito por e mail e assim podemos marcar data e local, creio que um sábado à tarde ou noite é suficiente para debatermos e explicar o assunto. Deixo claro que respeitamos todas as posições e somos a favor da liberdade de expressão e de fé, mas não podemos ser obrigados a receber aquilo que vai contra nossa fé e nossos princípios. Nossa lei proíbe a pedofilia, mas por outro lado vemos nosso projeto de educação incentivando orgias entre nossas crianças. É hora de nos levantar e defender nossos filhos. Junte se a nós e que Deus nos abençoe, em nome de Jesus.

Para saber mais sobre a Palavra de Deus, sugestões ou criticas, escrevanos. pastoragnaldo@terra.com.br, luzevidaemcristo@terra.com.br ou face book pastor Agnaldo Banin Agostinho (019-996475432). IGREJA LUZ E VIDA EM CRISTO – Rua Luiz Fernando Andrielli 925 Jardim Bandeirantes- culto sextas às 19h30 - domingos às 8h e 18h e Escola Bíblica às 9 horas.


Omovimento

Pirassununga, sexta-feira, 21 de abril de 2017 www.omovimento.com.br

2B

Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

AGENDA DE EVENTOS ATÉ DIA 9 DE NOVEMBRO

PIRASSUNUNGA 03/11 - (Sexta-Feira)

Bodeguita – Zé e os Cara (Pirassununga), Samba, 22h Pub77 – New AC/DC (Campinas) (foto), AC/DC Cover, 22h

04/11 - (Sábado)

Bodeguita – Bem Johnson (Ribeirão Preto), Pop/Rock, 23h 05/11 - (Domingo)

Centro Com. Eunice Alves Rosa - Feira de Artes e Artesanato, 9h Centro Cultural Dona Belila - Domingueira na Fepasa, Sertanejo e Forró, 10h Praça Central - Corporação Musical Pirassununguense, 19h45 09/11 - (Quinta-Feira)

Grupo Cidade Simpatia – Tarde Recreativa, 14h

LEME 03/11 - (Sexta-Feira)

Lissão – Rhinodanger (Brotas) (foto), Rock And Roll, 20h30

9

Omovimento Jornal

Teatro

‘Os Três Apelos’, neste domingo, no Municipal Israel Foguel Colaborador

Neste domingo (5), às 19h30, no Teatro Municipal “Cacilda Becker”, estará sendo apresentado o espetáculo “Os Três Apelos”. Composto por poemas e contextualizado aos temas Espiritualidade, Humanismo e Ecologia, o espetáculo participa do I Concurso de Teatro Amador da Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis (Amorc). "Os Três Apelos" narram os momentos de reflexão e meditação de um buscador da verdade, durante três noites em que se harmoniza com seu “Eu Interior” e ouve os “Chamados” (apelos) de sua “Alma” para a conscientização a respeito da regeneração da humanidade.

O primeiro chamado é à espiritualidade, o segundo ao humanismo e o terceiro à ecologia. A apresentação é poética, mística e revestida de simbolismo. Os chamados são uma referência ao manifesto intitulado “Appellatio Fraternitatis Rosae Crucis”, que tem por objetivo celebrar o quadringentésimo aniversário da publicação do "Fama Fraternitatis", manifesto fundador da Ordem Rosacruz no plano histórico, publicado em 1.614 na Alemanha, na França e na Inglaterra. O espetáculo de Pirassununga foi selecionado dentre 25 inscritos de todo o país, figurando entre os cinco melhores, e ainda concorre com outros nove, das seguintes cidades: São Paulo, Guarulhos, Sumaré, Osasco, Rio

Foto: Divulgação

de Janeiro, Brasília, Salvador, Ibiquera/BA, e Belo Horizonte. O vencedor fará uma apresentação no Teatro Guaíra, em Curitiba, durante

a Convenção Nacional Rosacruz 2018. Ingressos a R$ 5,00 em prol do Pronaos Rosacruz Pirassununga.

Aplace empossa novos acadêmicos amanhã Foto: Divulgação

ZeroBar – Magu (Pirassununga) Rock And Roll, 21h Bar do Sodinha - Repertório Nacional (Leme), Pop/Rock Acústico, 21h Sinhô Barriga – Villa Bagagge (Ribeirão Preto), Sertanejo e DJ Fran Bellessia, 23h 04/11 - (Sábado)

Clube Idade de Ouro – Meire e Edson (São José do Rio Pardo), Banda de Baile, Valsa, Bolero, Sertanejo, Forró, 20h Empyreo – Waire Carneiro (Araras), Rock Performance, 20h ZeroBar – Serjão e o Bando, Rock And Roll, 21h Zero Grau – Rogério Teixeira (Pirassununga), O Melhor da MPB, 21h Bar do Sodinha - Trio Marula (Leme), O Melhor da MPB, 21h Santa Lua – Santa Open: Atrações musicais 'Kleber & Rafael', 'Ramon & Rodolfo', 'Lenon & Renan' e 'Tácio Bastos’, Sertanejo, 23h 05/11 - (Domingo)

Clube Idade de Ouro – Meire e Edson (São José do Rio Pardo), Domingueira Sertanejo e Forró, 18h 08/11 - (Quarta-Feira)

Tribunal – Danilo Dudu (Ribeirão Preto), Acustic Rock, 21h 09/11 - (Quinta-Feira)

Kaiowas – Realejo (Leme), Ritmos Variados, 20h30

A Academia Pirassununguense de Letras, Artes, Ciências e Educação (Aplace) realiza amanhã (4), no salão nobre da Escola Estadual Pirassununga, uma sessão solene que se convencionou chamar de Esplendor e que está em sua 17ª versão, em que dará posse em seu quadro a quatro novos acadêmicos, recentemente eleitos. Os novos titulares da Aplace que serão empossados são: Cássio Picinato Gomes da Silva, José Atalla Elmôr Filho, Maria Elisa Granchi Fonseca e Reinaldo Zerbetto. Cássio Picinato Gomes da Silva, nascido em Ribeirão Preto, é revisor linguístico de trabalhos acadêmicos; docente em Língua Portuguesa e Língua Estrangeira Moderna – Inglês,

pela Secretaria Estadual de Educação de São Paulo; é professor de Redação e Literatura Brasileira pelo CPM/Smartz (2016) e autor do livro “Sentimentos, poesias e pensamentos”, da editora All Print. José Atalla Elmôr Filho, nascido em Pirassununga, fez mestrado em Empreendimentos Imobiliários na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), em São Paulo e é aposentado do banco Bradesco. Nas Artes, começou a se interessar por desenho e pintura ainda quando adolescente com o artista Wanderley José Martelli. Depois, teve aulas de pintura com Antonio Garcia Pascoal, em São Caetano do Sul; com José Falconi Filho, em São Paulo; e participou de

workshop com Alexandre Reider e Carmelo Gentil. Maria Elisa Granchi Fonseca, nascida em Pirassununga, é uma das duas brasileiras a ter a certificação internacional (título de Practitioner) pela Universidade da Carolina do Norte; é coordenadora geral do Centro de Estudos e Desenvolvimento do Autismo e Patologias Associadas (Cedap), da Apae de Pirassununga, desde 1992; é professora universitária em diversos cursos de pós-graduação, é coordenadora dos cursos de pós-graduação nas áreas de Autismo e Políticas de Inclusão do Infoco (Curitiba/PR) e atua em consultoria e atendimento clínico desde 1992. Reinaldo Zerbetto, nascido em Pirassununga, bacharelou-se

no curso superior em Publicidade e Propaganda na Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp). Iniciou suas atividades profissionais bem cedo. Aos doze anos de idade, trazendo no sangue o DNA fotográfico de sua família, Reinaldo começou a trabalhar no laboratório fotográfico de seu pai, Rubens Zerbetto. É fotógrafo, vídeo maker, diretor de filmagem e publicitário. Os novos acadêmicos ocuparão as cadeiras de que são patronos, respectivamente, Manoel Jacintho Vieira de Moraes, Mário Collazzi D’Elia, Joaquim do Marco e Célio Manuel Vieira. O início da solenidade, que será presidida pelo acadêmico Israel Foguel, está marcado para às 20 horas.


Omovimento Jornal

Pirassununga, sexta-feira, 3 de novembro de 2017 www.omovimento.com.br

10

Social CASA CHEIA

Mario Sérgio Cortella promove palestra no Centro de Convenções Assunto abordado foi o tema de seu novo livro: “Por que fazemos o que fazemos?” Fábio Mello Da Redação

Na noite da segunda-feira (30), o Centro de Convenções Prof. Dr. Fausto Victorelli recebeu a palestra do professor, filósofo, escritor e educador Mario Sérgio Cortella. Um grande público compareceu para acompanhar a apresentação que teve como tema “Por que fazemos o que fazemos?”, título de seu mais novo livro. A obra é dividida em vinte capítulos e aborda questões como a importância de ter uma vida com propósito, a motivação em tempos difíceis, os valores e a lealdade – a si e ao seu emprego. Antes da sua palestra, o professor Cortella atendeu à imprensa local e comentou assuntos diversos. Um deles foi a motivação de seu novo título.

“Nós precisamos de uma vida que tenha propósito. Não se deve viver de modo automático e robótico sem uma consciência clara daquilo que se faz. A noção de uma vida com propósito exige que cada um de nós seja capaz de pensar as razões pelas quais fazemos o que fazemos. Em relação a nossa família, comunidade, carreira, capacidade de patrimônio, presença política dentro da cidadania. É uma grande pergunta sobre as razões e não sobre os senões. Eu quero refletir sobre as razões que nos levam a fazer aquilo que fazemos”, afirmou. Lixo na urna Outro assunto comentado pelo filósofo foi a política no país. Sempre convidado para integrar mesas de debate em emissoras de rádio (Rede CBN) e televisão (TV

Foto: Fábio Mello

Cultura, entre outras), Cortella afirma que o tempo é de esperança, mas alertou quanto às escolhas que são feitas nas eleições. “Nós não temos nenhum tipo de recuo histórico em relação ao que se vive hoje. Ao contrário. O maior risco que nós temos é das pessoas terem um pouco daquilo que a gente chama de ‘políticofobia’. Isto é, temerem tanto o mundo da política que ele acabaria ficando nas mãos daqueles que não merecem. Minha maior preocupação hoje é o desinteresse ou até o nojo que alguns têm pelo mundo da política, quando o que a gente precisa é descartar aquilo que não presta e guardar e levar adiante aquilo que presta. Em todos os anos que têm eleição, como em 2018, eu sempre digo que se você não quiser lixo em tua cidade, não coloque

lixo na urna. Eu não tenho nenhuma desesperança, ao contrário, eu vivo uma alegria cívica. Nunca nosso país pôde enxergar com tanta nitidez como funciona o mundo público e privado. A luz foi acesa, não dá para apagá-la novamente e fingir que não viu”. Filosofia para as massas Em suas palestras, Cortella sempre arrastou multidões de admiradores. Isso se tornou um fenômeno interessante, que é a difusão da filosofia, em que assuntos e pensamentos até então desconhecidos são colocados para o público. O escritor acredita que tem uma missão de instigar o pensamento dos presentes em suas palestras. “A filosofia que eu entendo adequada para partilhar é aquela que seja humanitária, acima de tudo. Muitas vezes se entende a filosofia como algo absolutamente fora da compreensão e isso não é verdade. Ela não pode ser banalizada e nem ser tornada simplória, mas entendo que minha tarefa é torna-la simples, jamais simplória. Isto é, acessível para que as

pessoas tenham a filosofia como uma de suas ferramentas para escavar o mundo e nele compreender o melhor daquilo que não está na superfície”, comentou. Paródias A popularidade de Cortella é até então inédita para um professor e filósofo no Brasil. Tanto que vários programas humorísticos (como o Pânico na TV, da Rede Bandeirantes) e canais do You Tube se utilizam de sua imagem para criação de novos personagens. O pensador agradeceu às homenagens e disse que tudo valoriza ainda mais o seu trabalho. “A gente tem hoje uma coisa curiosa no Brasil que são filósofos ‘pops’. Há alguns anos você só seria pop se es-

tivesse no campo da celebridade artística, ou do esporte, ou portador de muito recurso financeiro. Hoje, quando alguém vai para o campo da sátira é muito divertido, porque toda caricatura é uma homenagem e toda piada que não desrespeita é acima de tudo algo que afaga. Há muitos jovens nos canais digitais que fazem a imitação do modo como eu falo, daquilo que eu digo. Eu me divirto imensamente com isso, porque quem pra isso chegou, precisou antes ter acesso a outras coisas que fossem menos humoradas. É uma coisa muito alentadora, em um país que durante décadas não tinha seus professores como populares. Mas foi o mundo digital quem criou isso”.

Edição de 03/11/2017  
Advertisement