Page 1

OCELEIRO Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

R

Desde 1992 - Ano XXIX - EDIÇÃO 1693s Campos Novos-SC, Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 s www.jornalceleiro.com.br

1

s R$ 2,00

Págs. 06 e 07

POLÍTICA

Reforma Tributária: Pagaremos menos impostos? Pág. 04

EMPRESARIAL

AGRONEGÓCIO

Destaque nacional, SUV Taos chega a Auto Elite Campos Novos. Pág. 09

Copercampos superou em agosto faturamento de 2020. Pág. 10

140 ANOS

Quem conta a História: Cleusa Perini Burguer fala sobre RFCC. Pág. 11


2

OC

COTIDIANO

Editorial

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

colunistas

Conseguimos!

‘Os desafios para a implantação da UTI’, ‘Fundação lança edital para compra de equipamentos para a UTI’, ‘Governador repassa R$ 2,5 milhões para equipar UTI’, “Administração inicia instalação de mobiliário na UTI’, ‘Finalização das obras da UTI está confirmada para abril’. Estas foram apenas algumas manchetes do jornal O Celeiro a respeito da Unidade de Terapia Intensiva que seria inaugurada no município. Este era um sonho de mais de trinta anos. Nesta semana o jornal traz enfim a notícia da inauguração. Campos Novos possui a tão sonhada unidade que vai trazer mais esperança para a população. É motivo de alegria este feito. Não é sobre política, ou sobre mais recursos ou visibilidade ao município, esta foi uma conquista humana. Ter este espaço de atendimento mais especializado e avançado oferece alento para quem tem um familiar doente ou para quem precisa passar por um procedimento cirúrgico complexo. Ter um hospital completo é uma garantia de que a população estará bem assistida quando precisar. Esta conquista é fruto de investimentos que retornaram à população. Este foi o sonho da população. Mas ainda há alguns passos a serem dados para consolidar definitivamente este espaço. O Ministério da Saúde autorizou a habilitação dos leitos apenas para uso de pacientes com Covid-19. Provavelmente será mais um desafio que será superado. O momento agora é de comemoração. Os casos diminuem, mas a Covid-19 ainda tem feito muitas vítimas, portanto a UTI será útil para salvar muitas vidas. Mais de 500 mil pessoas morreram no Brasil vítimas deste vírus. Em Campos Novos foram 114 óbitos. Os avanços na saúde possivelmente teriam impedido algumas dessas mortes. Agora é hora de olhar para o futuro e vislumbrar as pessoas que infelizmente precisarão desses atendimentos, e o quanto ele vai fazer a diferença em Campos Novos e na região. A UTI é no município, mas quem também ganha é Vargem, Abdon Batista, Zortea, Monte Carlo e demais municípios da região. Todos tem motivos para comemorar porque conseguiram realizar um grande sonho! Por: Priscila Nascimento, Jornalista

Coluna de Moda

Pessoas & Empresas O impacto do Sistema Eneagrama na gestão de conflitos da Empresa ‘ Relações humanas na empresa talvez seja a matéria que mais dá “pano para a manga” nas reuniões de liderança, nos setores de RH e na área de gestão de conflitos. E por que isso impacta tanto as empresas? Por vários motivos: 1. Porque rouba tempo. Os funcionários Brasileiros gastam cerca de 90 horas anuais com conflitos mal resolvidos; 2. Porque gera rotatividade, absenteísmo, conflitos entre membros das equipes e isso afeta o faturamento, a lucratividade e produz desgaste emocional que, no fim das contas, faz decair a qualidade de vida na empresa. Hoje, cada vez mais o discurso versa em torno da humanização nas empresas e a qualidade de vida no trabalho está em debate. Mas quando falamos em qualidade de vida, obrigatoriamente estamos falando de boas relações na equipe que é decorrência de um sistema emocional equilibrado e do profundo e verdadeiro autoconhecimento de cada membro da equipe. Sim, os conflitos externos sempre são decorrência de conflitos internos. E aí entra o Sistema Eneagrama 360® como uma ferramenta potente que pode identificar pontos, características e comportamentos disfuncionais entre os membros da equipe, a partir da qual, a empresa tem condições de criar políticas de solução e de gerenciamento das situações conflitantes. O Sistema Eneagrama 360® é uma ferramenta baseada em conceitos filosóficos, matemáticos e emocionais que foi trazida para o ocidente por George Ivanovich Gurdjieff e foi sistematizada enquanto ferramenta (teste de personalidade) por Khristian Paterhan Condes. Esse Sistema parte de um questionário e a partir das respostas, a ferramenta gera gráficos que revelam qual dos três centros é mais desenvolvido: mental, emocional ou físico, ou seja, o centro do criar, imaginar e planejar; o centro de se motivar ou não para colocar em prática os projetos e as ideias planejadas e o centro do fazer, propriamente ditas. O Sistema Eneagrama 360® revela porque algumas pessoas tem ideias, mas não executam, porque algumas executam só o que são orientadas e porque algumas criam projetos e não se motivam para executá-los. Há uma tendência nas empresas a deixar de lado questões como essa já que a pandemia afetou as vendas em muitas delas e além disso estão sobrecarregadas com impostos, falta de mão de obra qualificada e conflitos, no entanto, é o momento exato de se pensar em soluções que realmente façam a diferença e blindem nossas empresas.

Por: Ana Kantovick Contatos em redes sociais: Instagram: @anakantovick Facebook: Ana Kantovick Site: anakantovick.wordpress.com - (49) 998238633

As cores da Primavera Hello mulherada, como vocês estão? Estamos entrando em um novo momento fashion, estação nova, novos ares e para comemorar, nesta edição vamos falar de cores. Você sabe quais são as cores que vão bombar nas próximas estações? A primavera virá carregada de cores vibrantes, estampas de flores miúdas e muitas, muitas listras. Mas quais são as cores que vão estar nestas produções e como usá-las de maneira adequada? As chamadas cores da primavera são bem diferentes daquilo que estamos habituados para esta época do ano. Nada de tons pastéis ou cores mais neutras, as cores da primavera são fortes e vibrantes. Pink, verde, lilás e la-

ranja são as predominantes e o interessante será criar produções bicolores e que combinem as tonalidades entre si. O resultado? Uma estação cheia de energia e que promete produções para qualquer fashionista se apaixonar. Para compor o visual, peças com detalhes naturais, como a palha, acessórios mega coloridos, resinas, acetato e sapatos confortáveis. Looks monocromáticos também continuam em alta e prometem conquistar cada vez mais espaço com o avanço dos dias mais quentes. Experimente as misturas de cores e crie visuais modernos e cheios de personalidade!

Por: Magna Regina Coach Empresarial Empreendedora Presidente do Instituto Humaniza Contato: (54) 9977-2062

09/2021

Jornal

OCELEIRO R

Fundado em 25 de Junho de 1992

COMUNICAÇÃO O CELEIRO EIRELI CNPJ: 12.188.377/0001-03

Diretor: Wilhiam Rodolfo Peretti Diagramação/Arte: Wilhiam Rodolfo Peretti - RP: 0006221/SC Jornalista: Priscila Nascimento - RP: 0002761/PA Impressão: Gráfica Araucária/Lages-SC Tiragem: 1.500/Exemplares/Semana

Circulação: Abdon Batista, Brunópolis, Campos Novos e Vargem. PARCEIROS: >Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). >Associação Empresarial, Rural e Cultural Camponovense(Acircan). >Membro da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori)

Rua: Valentin Suzin, 1056, Bairro Bom Jesus Campos Novos Cep: 89620.000

Contato: (49) 9 8828.2224


al ter nati va Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

PUBLICIDADE

3


4

OC

POLÍTICA

Ano 1 Edição 10 Setembro / 2021

Notícias ALESC Obras em BRs estão entre os projetos enviados à Alesc

O

Governo protocolou um pacote de projetos que devem começar a tramitar na Assembleia nos próximos dias. Cabe destaque para a proposta, bastante aguardada pelos deputados, que autoriza o aporte de R$ 115 milhões para obras de rodovias federais. A migração de servidores efetivos para o regime de previdência complementar e a permissão para o parcelamento de dívidas de ICMS também estão incluídos nos projetos.

Alesc inicia revisão do Código Ambiental

Trabalho remoto deve ser regulamentado

Entidades ligadas à agricultura e ao meio ambiente terão 30 dias para enviar propostas de aperfeiçoamento do Código Estadual do Meio Ambiente. Depois de receber as sugestões a Alesc vai promover audiências públicas pelo estado. A prioridade do Parlamento é proteger o meio ambiente e diminuir a burocracia para o setor produtivo.

Comissão aprova projeto que estabelece normas para o trabalho remoto, utilizando os recursos de tecnologia e de comunicação. O desempenho do servidor será medido pelo cumprimento de metas e prazos, precisando exercer a jornada em expediente normal, com controle de frequência por ferramenta digital. O projeto segue em tramitação.

Animal em condomínio é legal

Site orienta mulheres vítimas de violência

Deputados acataram o projeto que permite a presença e o trânsito de animais domésticos em condomínios de SC. Na prática, cria-se uma norma estadual para evitar que donos de pets precisem recorrer à justiça para garantir o direito de abrigarem seus bichinhos. A medida levou em consideração as manifestações de protetores de animais.

Já está no ar a página do Observatório da Violência contra Mulher (www.ovm.alesc. sc.gov.br). O objetivo é oferecer orientações sobre denúncias e dados que colaborem com políticas públicas. No site estão os endereços de conselhos e redes de proteção municipais, telefones para denúncias e registros de boletim de ocorrência virtual.

FOTO DA SEMANA foto: Bruno Collaço/AGÊNCIA AL

apoio | O site passará por constantes atualizações com objetivo de integrar dados e divulgar os serviços de enfrentamento e acolhimento. Ele é o “coração do observatório”.

www.alesc.sc.gov.br

@assembleiasc

(48) 99960-1127

As colunas e artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião do jornal.

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Reforma Tributária: Pagaremos menos impostos? *Imagem: Divulgação

As propostas para a reforma têm como finalidade simplificar e facilitar o sistema tributário brasileiro. Prolixa, complexa e ultrapassada, assim alguns definem o atual Sistema Tributário Brasileiro. Desde o início da gestão do Governo Federal fala-se sobre a necessidade de reformas nos sistemas. A reforma tributária é uma das mais comentadas, gerando a expectativa de que haja mais facilidade e a cobrança de menos tributos. As Propostas de Emendas à Constituição (PEC) formuladas, pelo menos em tese, tem como objetivo simplificar e facilitar o Sistema Tributário visando o crescimento e produtividade do país. Atualmente, existem três propostas principais para a reforma tributária no Brasil. Uma é de autoria da Câmara dos Deputados (PEC 45/2019), outra é do Senado Federal (PEC 110/2019) e a última do Governo Federal (PL 3887/2020). A Câmara dos Deputados e o Senado Federal instalaram, em fevereiro de 2020, a Comissão Mista da Reforma Tributária para unificar as duas propostas do Congresso Nacional (PEC 45/2019 e PEC 110/2019). De que forma a Reforma Tributária pretende simplificar o sistema? As proposições estão alinhadas quanto ao objetivo de racionalizar a tributação sobre a produção e a comercialização de bens e a prestação de serviços. Ambas propõem a extinção de uma série de tributos, consolidando as bases tributáveis em dois novos impostos. A ideia do Governo Federal é eliminar alguns tributos como o PIS, Confis, IPI, ICMS e ISS, onde seria cobrado apenas o Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS). Com estas mudanças o governo acredita que aumentaria a competividade das empresas. O especialista em contabilidade, Fernando Semin, comentou sobre a importância desta atualização no sistema tributário, principalmente em relação ao valor elevado de impostos que é pago. “O brasileiro paga muitos impostos. Nós pagamos em impostos até agosto mais de R$ 1,7 trilhão, o que equivale aproximadamente a 35% do PIB nacional, apenas em tributos”, afirma. Para ele faz muito sentido que o quanto antes seja aprovada esta reforma, porque além das mudanças na questão de impostos a lei deverá ser simplificada, por exemplo, hoje apenas a legislação do Pis e Confins tem mais de duas mil páginas. São leis extensas e com muitas brechas que geram muitos entendimentos, devem ser repensadas e modificadas para facilitar o dia a dia do brasileiro, seja ele empreendedor ou consumidor final. Não será possível explanar todas as propostas, porém, uma das mais comentadas é a relacionada a tributação do Pis/Confins. O que vai mudar com a reforma? Semin explica: “Hoje o Pis/Cofins, a alíquota dos dois impostos juntos é 3,65% nas empresas de lucro

Fernando Semin

presumido. Essa alíquota é muito maior do que imaginamos. É paga na indústria, na distribuição e na loja. Para o consumidor significa que ele está pagando muito mais imposto. Ele pensa que só paga 3,65%, mas na verdade é muito mais que isso. Com a Reforma Tributária eles querem diminuir o imposto, a alíquota vai aumentar, mas o imposto pago será apenas em cima do lucro. Por exemplo, um produto que o distribuidor pagou R$ 100, 00 será vendido por R$ 120,00, ou seja, o imposto de 12% pela IBS apenas será cobrado sobre os R$ 20, não sobre os R$ 120,00. Quando chegar na loja o vendedor venderá por R$ 160,00, ele vai pagar o imposto sobre os R$ 40,00, não sobre os R$ 160,00. O produto tem a taxa de 12%, mas a alíquota acaba sendo mais justa. O objetivo da reforma é simplificar essa situação propondo uma regra para todo mundo. Na logica o imposto é pago só pelo lucro, hoje o imposto de 3,65% em cima de todo o valor, se aprovada a reforma vai ser só sobre o lucro. A ideia é enxugar para que chegue ao consumidor a um preço mais acessível”. Outra importante proposta advinda da reforma é a diminuição dos tributos cobrados na folha de pagamento. “O intuito de diminuir o tributo é incentivar a geração de mais empregos. Hoje é pago cerca de cerca de 40% em cima da folha de pagamento”, afirma. Ainda há um imbróglio envolvendo os setores políticos nesta questão, são muitas cláusulas, ramificações de leis, e assuntos dentro deste mesmo tema que precisam ser acordados, como a questão do Imposta de Renda para pessoa física, um ponto que tem sido muito questionado. Na Câmara dos Deputados alguns acordos foram firmados e o texto base foi aprovado pela maioria. Agora segue para o Senado, logo em seguida para análise e sanção do presidente. Espera-se que mais rápido possível se chegue a um acordo que beneficie a todas as classes.


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

A administração municipal retoma Programa Saúde na Escola

Projeto é realizado atrravés da Secretaria Municipal de Saúde, com enfoque na saúde bucal. A Prefeitura de Campos Novos retomou em agosto a realização do programa ‘Saúde na Escola’, o objetivo do programa é levar o dentista e auxiliar da unidade de saúde executar procedimentos nas escolas cadastradas dos bairros. Durante a ação os alunos da rede municipal são atendidos com avaliação odontológica e aplicação de flúor, além de outras ações. A participação do dentista na atenção de saúde é essencial para prevenção de doenças, agregando nos cuidados a saúde do usuário junto aos demais profis-

sionais. “Em relação ao Programa Saúde na Escola, foi feito orientação de higiene, escovação, aplicação de flúor nas crianças e distribuição de kits de higiene do CEIM José Carlos Pisani. É um programa para contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde”, enfatizou Carolina da Cass Mecabô, dentista e coordenadora de saúde bucal. O público do programa envolve estudantes da educação básica e são várias ações realizadas. Na parte da odontologia é a avaliação e aplicação de flúor que o programa solicita. Cada dentista do seu posto atende as escolas cadastradas do seu bairro. Porém realizamos escova-

ção e entrega de kits de higiene também. “Esses kits estão doados pela prefeitura. Antes, por causa da pandemia, não podíamos realizar as atividades coletivas, por isso não explorávamos esse programa. Já iniciamos pela Escola José Carlos Pisani, o Caio, aqui no Santo Antônio e já estamos também levando para as escolas do interior, como já ocorreu na Escola André Rebouças, na Barra do Leão”, informou o prefeito Silvio Alexandre Zancanaro. Na Escola José Carlos Pisani, a dentista Juliana Schlager Calgaro e a auxiliar Sônia da Aparecida Antunes Telles prestaram os serviços de higiene. Já na Escola André Rebouças, a dentista Bruna Gardini e a auxiliar Cleudes Maria Flores. As atividades serão realiza-

SAÚDE

5

*Fotos e Informações: ASCOM/PMCN

das nas escolas municipais tanto da cidade, quanto do interior do município que foram cadastradas no programa. Para o alcance dos objetivos e sucesso do Programa Saúde na Escola é de fundamental importância compreender a educação integral como um conceito que compreende a proteção, a atenção e o pleno desenvolvimento da comunidade escolar. Para promoção e prevenção de saúde bucal, são ofertados os seguintes procedimentos em nossas unidades de saúde: uLimpeza dentária; uRestaurações; uCirurgias; uAtendimento de emergências; uAtendimento infantil; uEscovações supervisionadas;

*Esta publicação preencheu o espaço de Meia Página. Cumprindo a Lei nº 4517/2019 esta publicação custou para a Administração Municipal o valor de R$ 759,31 (Setecentos e Cinquenta e Nove Reais e Trinta e Um Centavos)


6

OC

SAÚDE

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

UTI é inaugurada em Campos Novos *Fotos: Wilhiam Peretti/O Celeiro

Após longos anos de espera município conta com uma UTI. A noite desta sexta-feira (04) foi muito especial para a população camponovense. A tão sonhada Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Dr. José Athanázio, foi inaugurada. A solenidade de inauguração contou com a presença de inúmeras personalidades políticas da esfera municipal, estadual e federal, incluindo o Secretário Estadual de Saúde, André Mota. Foi uma noite de muitas emoções pela conquista de um espaço significativo para a melhoria da saúde no município e região. A união de investimentos tornou possível a concretização deste trabalho. Neste primeiro momento a UTI será habilitada apenas para fins de tratamento da Covid-19. Há muitos anos a UTI era um sonho para os camponovenses que começou a se tornar realidade quando a atual gestão assumiu o Executivo do município. Os leitos estarão disponíveis para atender os 7 municípios da Amplasc, a Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Cata-

rina, que conta com uma população superior a 60 mil pessoas. O valor investido na obra física de construção da UTI totaliza R$ 1.439.620,97, com recursos próprios da administração municipal, em mais de 360 metros quadrados de área, abrigando 10 leitos de UTI. Na aquisição dos equipamentos da UTI, foram investidos mais de R$ 2.000.000 entre recursos próprios do município e convênio com o Governo do Estado.

A Neta de Dr. José Athanázio, filha de Enéas Athanázio esteve no evento, falou do legado da família para a saúde e foi homenageada pela administração

O Prefeito Silvio Alexandre Zancanaro relembrou tudo que foi vivido até que esse momento importante se concretizasse. “Há pouco mais de 4 anos, ter uma UTI em Campos Novos era um sonho praticamente inalcançável. O Hospital apresentava sérios danos na estrutura física, as instalações colocavam em risco a saúde dos pacientes e dos profissionais, as condições de trabalho eram precárias. A inconformidade com a situação despertou

o desejo de fazer pela população camponovense aquilo que ela merece, ter uma infraestrutura hospitalar de alto nível. Era necessário reformar por completo. Revitalização externa e interna, inclusive humanizar o atendimento”, declarou. Esta é uma conquista coletiva. Aqui tivemos muitas mãos, braços e corações que ajudaram nesta conquista. O Hospital se preparou financeiramente em busca de autonomia. Estamos prontos para salvar vidas. Há um planejamento do hospital para usar esses leitos.”, declarou. O diretor-técnico da Fundação Hospitalar Dr. José Athanázio, Dr. Euclides Dall’oglio Junior, fez um panorama histórico, desde a criação da primeira Unidade de Terapia Intensiva no Brasil, até chegar nas instalações do Hospital de Campos Novos, que há pouco mais de 4 anos eram precários e sem condições de um atendimento digno à população. O secretário de saúde, André Mota, reforçou que esta inauguração é importante não só para a região, mas para todo o estado de Santa Catarina, haja vista que a o Governo do Estado teve o interesse em colaborar

O Secretário de Estado da Saúde, André Motta, visitou a estrutura junto com os Deputados Neodi Sareta, Geovania Sá, Romildo Titon, vereadores da região, prefeitos, secretários de saúde e outras autoridades

ABRACE CADA MOMENTO DA VIDA COM LIBERDADE E SEGURANÇA.

SEGURO VIDA MULHER Central de Relacionamento Sicoob Seguros - Atendimento 24 horas - Capitais e regiões metropolitanas: 3004-9816 - Demais localidades: 0800 595 1020 Ouvidoria: 0800 725 0996 - de segunda a sexta, das 8h às 20h - ouvidoriasicoob.com.br | Deficientes auditivos ou de fala: 0800 940 0458 - de segunda a sexta, das 8h às 20h. Seguro de Vida Mulher: plano garantido por Sicoob Seguradora de Vida e Previdência S.A. CNPJ 26.314.512/0001-16. Processo Susep 15414.901289/2016-67.

Somos feitos de valores.

Campos Novos


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br para que outras UTIs também fossem ativadas em outros municípios como forma de melhorar a estrutura da saúde. “Este foi um trabalho feito a tantas mãos. Montamos no estado de Santa Catarina 1100 leitos de UTI e aqui em Campos Novos são dez leitos. Assim vamos rodar as filas cirúrgicas e trazer especializações novas. Nossa missão é trazer serviços de qualidade para perto do cidadão”, garantiu o secretário. A partir deste mês a UTI já será utilizada, a maioria dos médicos, inclusive intensivista já foram contratados para atuar na unidade. O hospital Dr. José Athanázio também já se prepara para a volta das cirurgias ainda em setembro. “Temos um levantamento de cirurgias que poderão ser feitas, entramos na fase de contratação dos médicos. Agora em setembro iniciaremos os procedimentos mais complexos. Queremos voltar a ser referência em cirurgia. Ortopedia, oftalmologia, cirurgia geral e ginecologia são algumas das especialidades.

Habilitação Geral Segundo a Portaria do Ministério da Saúde de número, 1.816 de 3 de agosto de 2021, foram autorizadas em caráter excepcional e temporário os leitos de Unidade de Terapia Intensiva para atendimento exclusivo dos pacientes com Covid-19. Porém, com a estrutura física construída no Hospital Dr. José Athanázio a expectativa é de o espaço seja habilitado para uso geral e permanente. Sobre o futuro da UTI para habilitação geral, o prefeito confia que logo poderá haver esta mudança. “Temos a intenção e a necessidade de que isto ocorra. Hoje se abre uma grande porta para evoluir nos projetos que temos para o hospital”, completou. Durante a semana o prefeito deverá comparecer a Florianópolis para se reunir com o secretário estadual de saúde. O prefeito foi corroborado pelo médico Euclides que confirmou a intenção. “Com esta estrutura Campos Novos está habilitada para outros fins. Há questões burocráticas que já estamos analisando e viabilizando”, afirmou. O prefeito informou sobre todo empenho que foi feito para que a UTI fosse construída durante este período de pandemia: “Nós aportamos recursos de outras secretarias para implantar a UTI. Poderíamos ter feito como alguns municípios da região que se negaram em ampliar os seus leitos, pois não tinham o credenciamento. Campos Novos fez o contrário, nós salvamos vidas”. A unidade será muito importante para este momento, mas com a queda de casos de Covid-19 ela deverá ter um propósito maior. Portanto se faz necessária a intermediação para que a UTI continue em funcionamento após a pandemia. “Temos pressa de fazer isso, nós vamos pensar além do Covid-19, vamos pensar nas cirurgias que podemos trazer, na ocupação que podemos dar para o hospital trazendo mais especialistas”, completou.

OC

SAÚDE

7

Secretário Estadual de Saúde André Motta fala dos avanços da saúde no estado André Motta, falou com a imprensa sobre a política hospitalar em Santa Catarina e outros assuntos As habilitações das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) ocorreram em diversos municípios do estado para uso de pacientes com Covid-19 além disso, muitas outras ações foram tomadas pelo Governo do Estado e Administrações municipais. Após a pandemia algumas serão continuadas, outras deverão ser analisadas. “Estamos discutindo em todas as regiões do estado a vocação das unidades hospitalares e dos serviços complementares para que as regiões sejam as mais autossuficientes possíveis em oferta de serviço em saúde. Uma vez definido o papel de cada hospital em caráter complementar aos outros hospitais iremos em busca de habilitação, isto significa custeio. Foram solicitados a necessidade de habilitar as UTIs e revisar leitos ofertados durante a pandemia. O melhor estado no enfrentamento da Covid-19 é Santa Catarina com menor taxa de letalidade”, afirma o secretário. A pandemia exigiu mais investimentos na saúde que trarão benefícios em longo prazo mesmo após pandemia, acredita o secretário. “Estamos acrescentando unidades hospitalares e dobrando o custeio da política hospitalar. Quando falo isso eu também estou falando em mais ofertas de cirurgias eletivas. Estamos propondo a rede prestadora de serviços 18 meses em 6. Ou seja, pacientes que entraram na fila nos 18 meses

Ancré Motta assinou documenbto solicitando a habilitação dos leitos de Covid e revisão de leitos

da pandemia devem sair em seis meses. Este um desafio. Estamos trazendo condições, recursos financeiros, precisamos agora diminuir o sofrimento das pessoas. Tínhamos 810 leitos SUS no início da pandemia. Construímos 1100 leitos e garantimos os custeios aos que não foram habilitados. Nosso planejamento é que desses, 500 permaneçam para trazer a alta complexidade”, acredita André Mota. O secretário ressaltou que mesmo com as dificuldades encontradas no inicio do governo, muito foi e vem sendo feito tanto no combate a pandemia, quanto na promoção de saúde. “Herdamos uma dívida bilionária e pagamos no primeiro ano. Estamos trabalhando não apenas no tratamento da pandemia. O estado trabalha para trazer a regionalização de acesso as pessoas nas dezessete regiões do estado”, diz. Como forma de melhorar ainda mais a saú-

de, André destaca a importância de atualização da Política Hospitalar. “Uma das ações do estado é a releitura das Política Hospitalar Catarinense. Até 2018 nós repassávamos R$ 80 milhões por ano para as Unidades hospitalares filantrópicas, e a partir de 2019 pagamos R$ 305 milhões por ano, obviamente em troca de ofertas de serviços. Estamos reestruturando esta política porque entendemos que a pandemia nos trouxe várias lições, nós precisamos fazer mais e melhor, e estar mais próximo do cidadão. Ela vai colocar mais dezenas de hospitais dentro deste processo, são 117 no momento, mas iremos aumentar este quantitativo. Estamos discutindo valoração de serviços novos e aportes hospitalares para dobrarmos o custeio da nossa política hospitalar”, finalizou. André Mota reconheceu a importância da parceria entre as Secretarias de Saúde e os Hospitais para a estruturação dos serviços em Campos Novos, e reafirmou o apoio do estado nas ações. Para ele o esforço, empenho e dedicação devem continuar, com ou sem pandemia. Ele enxerga um novo momento a frente, mas reforça que o avanço na saúde deve ser constante. Com a implantação da UTI registra-se um salto importante que leva o município a outro patamar e possibilita conquistas. O benefício desta UTI será a médio e longo prazo. A população espera que a UTI possa se fixar permanentemente no município e venha a salvar muitas vidas.


8

EMPRESARIAL

OC

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Acircan lança Programa de Treinamento para gestores (PGVE) *Foto e Informações: ACIRCAN

Ter um empreendimento de sucesso requer mais do que talento, é preciso capacitação para alcançar uma gestão eficaz. Como alavancar os resultados dos negócios? Não existe formula mágica para isso, o que existe é muito trabalho aliado a um conhecimento que quando colocado em prática pode gerar frutos duradouros para a empresa. As mudanças vivenciadas pela sociedade exigem um novo posicionamento dos empresários e de sua equipe. Para se manter de forma competitiva no mercado é preciso sair do comum e fazer diferente. Pensando no futuro das empresas, a Acircan está trazendo para Campos Novos o Programa de Gestão e Vivencia Empresarial (PGVE), voltado para o desenvolvimento gerencial visando alavancar os resultados de seus negócios. A capacitação estratégica é uma parceria com a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina - FACISC, Fundação Empreender e a UniSociesc, sob a coordenação do Presidente Ilceu Luiz Machado, Presidente da ACIRCAN. Este programa abordará conceitos, diversas ferramentas de gestão e estu-

do, além de contar com o depoimento de gestores de sucesso. O conhecimento oferecido e a troca de experiências promoverá um intercâmbio renovador aos empresários que buscam melhores resultados. A grade curricular do programa inclui o estudo Liderança e Metas, Gestão de Pessoas, Inteligência Comercial, Estratégia

Empresarial, Gestão Financeira, Inovação nas Organizações, Modelos de Tomada de Decisão, Sustentabilidade do Negócio. Todo esse conhecimento será repassado por profissionais renomados com experiência de atuação no mercado nacional e internacional. Dentre os inúmeros desafios e di-

ficuldades na vida de um empreendedor, a gestão pode ser uma das mais difíceis. Além da execução diária do oficio, é preciso estabelecer uma boa vivência com as pessoas. Lidamos melhor com os números, as máquinas ou com seres humanos? É possível lidar bem com todos os recursos no meio empresarial. Que tipo de líder você é? Como é o planejamento financeiro de sua empresa? Que diferenciais sua empresa oferece? A tomada de decisões é bem pensada ou é na base do impulso? Estar a frente de uma empresa requer mais do que talento e vontade, é preciso estratégias inteligentes e elaboradas. Grandes gestores não chegaram ao sucesso por acaso ou porquê tiveram sorte, tudo foi obra de empenho, planejamento, conhecimento e determinação. O PGVE será um diferencial para quem quer se destacar no mercado e ser um líder. O programa está previsto para o início de Outubro na modalidade In Company, com vagas limitadas. Serão 08 encontros realizados durante oito meses, sendo duas aulas realizadas em um único mês. Interessados podem agendar sua visita através do telefone (49) 3544-0812 ou pelo e-mail atendimento@acircan.com.br.


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

EMPRESARIAL

9

Destaque nacional, SUV Taos chega a Auto Elite Campos Novos *Foto: Wilhiam Peretti/O Celeiro

O modelo está disponível em sete cores e nas versões Highline e Confortline. Quem é apaixonado pelo mundo automotivo sabe que hoje em dia um bom automóvel deve ter muito mais do que um motor potente. O desejo atual é aliar potencia, estilo e tecnologia num único veículo. A Volkswagen acompanha todas as tendências da área e está sempre pensando nas necessidades e nas demandas deste mercado. Um de seus últimos lançamentos é o SUV Taos, um carro moderno que oferece design, inteligência artificial, conectividade, muito espaço, conforto, potência e segurança. Lançado recentemente, a máquina foi destaque nacional pela Revista Quatro Rodas sendo eleito como a Melhor Compra. Em Campos Novos o modelo, que pode ser encontrado nas versões Highline e Confortline, está disponível na concessionaria autorizada Auto Elite. O consultor de vendas da Auto Elite, Gênesis Lorenzi, falou sobre algumas funcionalidades e vantagens do veículo. “O Taos tem uma aparência inovadora, ele é muito mais tecnológico. É um SUV bem mais leve e mais econômico

comparado aos atuais SUV. É um carro para quem busca segurança, por exemplo, ele vem com 6 airbags. Possui Câmbio com seis velocidades, motor de 150 CV e porta malas de 498 litros”, explica Genesis. Disponível em sete cores, a Auto Elite oferece ainda três revisões gratuitas para quem adquirir o Taos agora. Veículo Utilitário Esportivo por definição, os SUVs caíram no gosto das pessoas e hoje se tornaram populares e queridos. O Taos tem como característica marcante a sua silhueta robusta que não

deixa dúvidas quanto a sua versão SUV. Mas ele entrega muito mais: “Sua frente elevada que, juntamente com as fortes linhas angulars no para-choque, conferem a ele um design dinâmico e ágil. Como principal novidade, ele estreia a nova assinatura noturna da marca que conecta os faróis com uma linha de luz de LED que percorre a grade de um lado ao outro. Nas laterais destacam-se as caixas de roda "quadradas" com os cantos arredondados e para-choques "musculosos", que realçam e aumentam a sensação de força

do modelo. Ao mesmo tempo, a precisão e o comprimento das suas linhas lhe conferem um aspecto elegante e nos permite perceber o tamanho do modelo, tornando-o um veículo ideal para a família”, garante o fabricante. Confira outras características do SUV Taos: Painel de instrumentos digital programável 10,25"; Sistema multimidia “VW Play" tela de 10,1"; Sistema KESSY - acesso ao veículo sem o uso da chave e botão para partida do motor; Sistema Start-Stop com reaproveitamento da energia de frenagem; Volante multifuncional em couro com shift paddles; 6 airbags (2 frontais com desativação do lado do passageiro, 2 laterais nos bancos dianteiros, 2 de cortina); Alerta sonoro e luz de advertência para cintos de segurança dianteiros e traseiros não colocados; Assento de criança ISOFIX (dispositivo p/fixação de 2 cadeiras de crianças no banco traseiro); Cinto de segurança automático de três pontos para o banco traseiro central e laterais; Detector de fadiga; Detector de pedestre; Detector de ponto cego; 3 anos de Garantia. Na Auto Elite você pode conhecer mais detalhes sobre o veículo e ainda fazer um Test Drive.


10

OC

AGRONEGÓCIO

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

DB Genética Suína e Copercampos inauguraram UDG em Campos Novos

Unidade de Disseminação de Genes já está em funcionamento. Inaugurada na última semana, a unidade conta com 200 reprodutores com o mais alto valor genético da DB Genética Suína, que devem produzir anualmente 300 mil doses de sêmen. O projeto da central é para 400 reprodutores e produção de 600 mil doses/ano. A UDG da DB Genética Suína conta com a máxima tecnologia e padrões de qualidade, seguindo o programa DGA DB - Difusão Genética Avançada. As obras foram finalizadas em abril deste ano. Logo após, a unidade recebeu os animais vindos da Dinamarca para iniciar a produção. A UDG conta com machos terminadores avôs e bisavôs, e a produção de sêmen deve atender a todo o sul do Brasil. A parceria da DB Genética Suína com a Copercampos iniciou em 2019, com a produção de fêmeas comerciais na Granja Ibicuí, também em Campos Novos. A unidade que conta com 3.200 matrizes também receberá sêmen da nova UDG. “O alto índice genético dos animais importados, garantirá uma melhora do rebanho suíno da Copercampos e também do Brasil”, garante o Gerente Agroindustrial Lúcio Almeida. A UDG foi construída em uma área isolada, com barreira sanitária e instalações visando o bem-estar animal, garantindo qualidade e segurança no processamento das doses, que serão utilizadas pelos produtores de suínos. “Com esta UDG, nós da Copercampos, que contamos com uma granja multiplicadora da DB Genética Suína e

também os clientes da empresa, teremos acesso a mais alta tecnologia genética em suínos, que possibilitará a todos, elevar sua produtividade e rentabilidade com a suinocultura. Com foco em bem-estar animal, e ambiente todo climatizado, os animais terão conforto para produzir sêmen de excelência”, ressalta Lúcio. Para o Diretor Presidente da DB Genética Suína Décio Bruxel, fundador da empresa, a UDG permitirá com que o produtor produza animais de altíssima qualidade. “A genética DanBred permite ao produtor uma alta produtividade com animais de excelente performance, ótimo rendimento de carne, resultando então, em um maior retorno econômico. Nós estamos muito contentes com mais essa parceria, e também de atender os associados da Copercampos e clientes do sul do Brasil. A DB Genética Suína se sente muito grata em auxiliar no desenvolvimento desta atividade. Vamos produzir aqui sêmen de alta qualidade com animais de primeira linha”, ressalta Décio Bruxel. O Diretor Presidente da Copercampos, Luiz Carlos Chiocca, destaca que este investimento é uma continuidade da parceria com a DB Genética Suína. “Iniciamos a parceria com a produção de fêmeas e agora temos uma Unidade de Disseminação de Genes. É uma unidade de alta qualidade, toda automatizada que levará o nome de Campos Novos para todo o Brasil. A DB Genética Suína é uma grande parceira, conta com animais de excelência em genética e nós temos agora aqui em nossa região, animais de alta linhagem para elevar a qualidade do rebanho de suínos de todo o sul do país”, comenta.

Copercampos supera em agosto, faturamento de 2020 com recorde de receitas

*Foto e Informações: ASCOM/Copercampos

Cooperativa atingiu R$ 2,3 bilhões de receitas nos primeiros oito meses do ano. Meta de R$ 3 bilhões deve ser superada. O agronegócio não para e a Copercampos auxilia o agricultor a prosperar. Com isso, a cooperativa também cresce. Nesta parceria e união, de trabalho e respeito diário, a Copercampos registra ano após ano, melhores resultados em expansão e também em faturamento. Atualmente, são mais de 70 unidades em diversas áreas, diversificando atividades e estando cada vez mais próxima do associado. Se em 2020 a cooperativa registrou faturamento recorde de 2.268.041.737,98 superando pela primeira vez, a marca dos R$ 2 bilhões, já em agosto, a Copercampos superou as cifras do ano anterior. Nos oito meses deste ano, a cooperativa atingiu receita de R$ 2.394.468.721,10. Nos 31 dias de agosto, a cooperativa quebrou também o recorde de maior receita mensal, com mais de R$ 612.678.370,81 milhões. Para o Diretor Presidente Luiz Carlos Chiocca, estes resultados já expressivos são reflexo da valorização dos cereais, aumento de vendas de sementes,

insumos e produtos nas lojas, supermercados e posto de combustíveis, além dos resultados do setor agroindustrial. “Todas as áreas da cooperativa apresentaram crescimento em vendas. Isso é o mais importante. Não é apenas a valorização dos cereais que impactam nesse resultado, mas sim, o incremento em vendas para atingirmos o faturamento. Nosso objetivo é de superar a marca de R$ 3 bilhões e estamos trabalhando com todos os associados e funcionários para superar esse resultado”, ressalta Chiocca. Nos últimos anos, os resultados são expressivos em faturamento e ampliação na área de atuação da cooperativa. A Copercampos investe em novas fronteiras agrícolas e leva, além de sua marca e produtos confiáveis, conhecimentos e soluções aos agricultores, a fim de possibilitar ganhos ao setor agropecuário. “Não paramos de investir mesmo diante da pandemia. Esse também é o papel da Copercampos, auxiliar o produtor em todos os momentos e estamos ampliando a área de atuação, além de estarmos investindo em ampliações de unidades. Hoje, por exemplo, temos obras em execução em cinco unidades, além de construção de duas novas, em Água Doce/SC, e Ibiraiaras/RS”, comentou ainda Chiocca.


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

11

Alegria e realização movem o trabalho de Cleusa Perini Burger a frente da Rede Feminina Presidente por três mandatos seguidos, Cleusa falou sobre os desafios que enfrentou antes de conhecer a entidade. Cleusa Maria Perini Burguer, natural da Barra do leão, interior de Campos Novos, quando menina nutria o sonho de ser enfermeira. O tempo passou e não conseguiu realiza-lo, porém, a motivação de ajudar o próximo permaneceu dentro de si, e ela conseguiu se realizar quando passou a fazer parte da Rede Feminina de Combate ao câncer de Campos Novos. É impossível não relacionar seu nome a entidade, são dez anos de envolvimento, dedicação e muitas conquistas. Para ela conhecer a Rede foi um divisor de águas, pois o contato com o próximo e oportunidade de apoiar outras mulheres trouxe ainda mais sentido a sua vida. No ‘Quem Conta a História’ dessa semana é a presidente da Casa Rosa, Cleusa Perini Burguer, que vai relatar sua trajetória e o início da Rede Feminina em Campos Novos. Filha de agricultores, ela recorda sua infância na pacata e tranquila Barra do Leão, onde foi ensinada desde cedo a fazer as atividades do lar, o que incluía aprender artesanato. Além de prendada, Cleusa também gostava de estar envolvida com a comunidade atuando em grupos de jovens de sua época. “Eu gostava de estar com as pessoas”, diz. No interior ela morou até 1983, ano em que casou com o marido Edson Burguer, e veio viver em Campos Novos onde teve os filhos Edson e Andrei. Ela lembra bem a Campos Novos que conheceu logo que se mudou. “Quando eu cheguei aqui tudo era bem diferente de

*Foto: Priscila Nascimento/O Celeiro

Cleusa Perini Burguer

hoje, não tinha esse comércio grande. Não havia toda essa movimentação. Era um tempo bem pacato, mas era muito bom”, conta. Apesar de não ter realizado o sonho de ser uma enfermeira instrumentista, Cleusa era feliz cuidando da família, e junto com o marido ela empreendeu alguns negócios de sucesso. Em 2001 eles abriram a Torre de Pizza, a segunda pizzaria do município. Em 2006, quando o marido se aposentou, eles decidiram mudar para a cidade de Cascavel, onde também abriram uma pizzaria. Porém, após cerca de três anos, eles decidiram retornar a Campos Novos, pois o esposo de Cleusa havia adoecido. Em 2009 ele veio a óbito. Foi um período muito difícil para Cleusa que acabou entrando em depressão. Em 2011 a Rede Feminina de Combate ao Câncer foi inaugurada. Cleusa nunca havia ouvido falar sobre a entidade, mas logo que foi inaugurada, ela re-

cebeu o convite para fazer uma visita. “O Núcleo Feminino da Copercampos fundou a Rede Feminina. Daí uma amiga me convidou para conhecer a Rede. Quando eu conheci o trabalho que era feito lá eu me apaixonei. Nos primeiros dias eu já estava totalmente envolvida. Eu fui entendendo o propósito da Rede e sua importância para o município. Eu me envolvi nesta causa de coração. Eu gosto de estar envolvida em causas que acredito.”, relata. O convite inesperado trouxe a Cleusa um novo sentido, e desde então ela se dedicou a entidade lutando pela causa das mulheres com câncer. Logo seu trabalho foi reconhecido e após alguns anos ela foi indicada para a presidência da Casa Rosa. Foi um desafio que ela relutou em aceitar. “No começo eu fiquei com medo, eu disse que não. Numa visita da presidente estadual Marines Matos eu pensei melhor sobre isso e decidi aceitar o papel. Hoje estou há três mandatos como presidente”. Durante este tempo foram muitas conquistas e muito trabalho em prol das usuárias da rede. A marca registrada da entidade é o brechó que funciona desde sua criação para ajudar na manutenção da casa. Sobre os resultados do trabalho, Cleusa lista alguns: “Uma das primeiras ações que realizamos foi o Chá da Rede para arrecadar fundos, mas tínhamos muito gastos. Depois decidimos realizar o Bingo, um evento tradicional que se consolidou na entidade. Através da realização dos bingos nós compramos uma luva de drenagem e o aparelho. Foi uma conquista muito grande, ficamos muito emocionadas. Tudo que fazíamos era pensando nas

nossas pacientes”, comemora. Neste último ano a Rede conseguiu uma conquista muito maior que foi a doação de um terreno para construção da casa própria. Cleusa não tem dúvidas de que todo o esforço valeu a pena quando percebe a importância do trabalho prestado pela Rede no município. Este serviço voluntário tem dado o suporte que essas mulheres doentes precisam e que não receberiam de outra forma. “Nós fazemos este trabalho gratuitamente com muito amor e carinho. O município precisa da gente para dar esse suporte e apoio para as mulheres. Não é a mesma coisa você chegar na rede e chegar num posto de saúde, até a acolhida é diferente”, explica. Além disso, a Rede Feminina exerce um papel educativo que é reconhecido na comunidade “Participamos dos mutirões realizados pela Secretaria Municipal de Assistência Social e levamos para as comunidades informações. Nós cuidamos da auto estima delas, emprestamos perucas, damos as luvas de drenagem e o sutiã para quem não tem prótese”, acrescenta Cleusa. Campos Novos tem dado passos importantes no desenvolvimento da saúde, e entidades do terceiro setor, como a Rede Feminina tem contribuído significativamente para isso. Cleusa afirma com convicção que a entidade lhe deu a oportunidade de ser útil para outras pessoas. Certamente a entidade também foi um presente na vida de muitas mulheres que enfrentam o câncer e encontram na Casa Rosa o acolhimento que tanto precisaram. Para o futuro Cleusa enxerga mais conquistas para oferecer sempre o melhor para as usuárias.


12

PUBLICIDADE

OC

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Profile for Jornal O Celeiro

1693  

Jornal 'O Celeiro', Edição 1693 de 09 de Setembro de 2021

1693  

Jornal 'O Celeiro', Edição 1693 de 09 de Setembro de 2021

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded