__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

OCELEIRO Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

Desde 1992 - Ano XXIX - EDIÇÃO 1675s Campos Novos-SC, Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 s www.jornalceleiro.com.br

Desde 1992

1

s R$ 2,00

Pág. 13

SAÚDE

Os desafios para a implantação da UTI em Campos Novos. Pág. 05

EMPRESARIAL

140 ANOS Ex-prefeito, Melzi Cavazolla, fala sobre política.

Pág. 06

Max Líder entrega Certificados Destaque 2020. Págs. 08 e 09

AGRONEGÓCIO

Campos Novos terá 38ª Feira do Terneiro e da Terneira. Pág. 15


OC

COTIDIANO

Editorial

“Depois do orgulho vem a derrota”

P

rovavelmente alguns leitores deste jornal devem conhecer este provérbio. Ele está contido na Bíblia. Não precisa de explicação, mais claro impossível, ele só reforça o preço que se paga por manter uma atitude altiva e arrogante. De que contexto estamos tratando? Este provérbio se aplicaria bem a muitos casos, mas dessa vez vamos aplicar ao setor empresarial, assunto de nossa matéria de capa. Foi escolhido um tema oportuno para nossos dias. Enfrentamos uma crise financeira que se arrasta há anos e transcendeu com a pandemia. O cenário exigiu: Mudanças, renovação, evolução e muito conhecimento. A crise afetou em cheio os empresários. Alguns continuaram de pé, outros não. Alguns perderam o emprego e outros criaram seus próprios negócios. Alguns ouviram as necessidades do mercado, outros permaneceram no mesmo lugar. “Eu só sei fazer desse jeito, não preciso de ajuda, não vou gastar com publicidade, não preciso de mentoria, não vale a pena”. Quantas ‘frases feitas’ atrapalharam empresários e empreendedores que se fecham para o novo e descartam novas perspectivas! Encaram como gasto o que poderia ser um enorme investimento. Com uma visão curta eles não enxergam as crises como oportunidade de aprendizado. Lamentavelmente, devido a atitudes orgulhosas, alguns estão fadados ao fracasso. Deixe o orgulho de lado. Seja humilde e busque ajuda. Talvez o seu modo de fazer tenha dado certo há anos, mas hoje já não serve mais. Não mantenha um compromisso com o erro, aprenda com ele e seja um empreendedor e profissional de sucesso. Por: Priscila Nascimento, Jornalista

Jornal

OCELEIRO Fundado em 25 de Junho de 1992

COMUNICAÇÃO O CELEIRO EIRELI CNPJ: 12.188.377/0001-03

Diretor: Wilhiam Rodolfo Peretti Diagramação/Arte: Wilhiam Rodolfo Peretti - RP: 0006221/SC Jornalista: Priscila Nascimento - RP: 0002761/PA Rua: Valentin Suzin, 1056, Bairro Bom Jesus Campos Novos - Cep: 89620.000

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

ARTIGO

Direito Ambiental Extensão Faixa Não Edificável O assunto já foi objeto de publicação nesta coluna (em novembro/2018) onde afirmei que os Tribunais estariam aguardando uma definição sobre a extensão da APP (Area de Preservação Permanente) em cursos d’água – em especial para o fim de edificação em meio urbano, pois diretamente ligado a atividade econômica e desenvolvimento urbano das cidades, hoje em franca e acelerada evolução edilícia. A definição se deu a respeito da dúvida em se reconhecer o direito à construção em 30 (trinta) metros ou 15 (quinze) metros em áreas urbanas consolidadas, levando-se em consideração o previsto no art. 4º, I, da Lei nº 12.651/2012 (equivalente ao art. 2º, alínea ‘a’, da revogada Lei 4.771/1965), cuja largura varia de trinta (30) metros para as faixas marginais onde o curso d´água seja de menos de 10 metros de largura (podendo chegar a 500 metros), ou ao recuo de quinze (15) metros determinado no art. 4º, caput, III, da Lei nº 6.766/1979 (Lei do Parcelamento do Solo Urbano). No último dia 28 de abril (portanto, quarta-feira da semana passada) o Superior Tribunal de Justiça decidiu – no Tema 1010 em recursos repetitivos (vinculando assim demais decisões em todo o País), com a seguinte redação: “Na vigência do novo Código Florestal (Lei 21.651/2012), a extensão não edificável das faixas marginais de qualquer curso d’água, perene ou intermitente, em trechos caracterizados como área urbana consolidada, deve respeitar o que disciplinado pelo art. 4º, caput, I, “a”, “b”, “c”, “d” e “e”, a fim de garantir a mais ampla proteção ambiental a esses espaços territoriais especialmente protegidos e, por conseguinte, à coletividade.” Ou seja, aplicação das disposições do Código Florestal que, em cursos d’água com largura até 10 metros, a área não edificável deverá ser de 30 metros e não mais de 15 como vinha sendo aplicado em alguns casos, tanto por Órgãos Ambientais como por entendimento do próprio TJSC, em muitas de suas decisões. Com curso d’água em largura maior que 10 metros, a área não edificável também aumenta. De tal sorte que a tese que foi levantada pelo Ministério Público de Santa Catarina buscou privilegiar a aplicação irrestrita dos parâmetros previstos no Código Florestal às áreas urbanas, de ocupação consolidada ou não, inseridas em APPs, na fiscalização ambiental, nos licenciamentos e nos alvarás de construção. Diante da controvérsia, o STJ chegou a determinar a suspensão dos processos que tramitavam acerca do tema em todo o território nacional. Com a decisão de hoje, agora, os processos que estavam suspensos no TJSC devem voltar para julgamento, já com base no novo entendimento. Ocorre que, a decisão – em “juridiquês” – não modulou os efeitos do julgado. Traduzindo – não disse se serão somente para os casos futuros, entendendo-se, assim, que também se aplica aos casos pretéritos, o que trará evidente risco de demolição para muitos empreendimentos que foram – inclusive – aprovados por Órgãos Ambientais. Para sintetizar – “durma com um barulho desses”.

Por: Fabrício Carvalho Especialista em Direito Ambiental Advogado OAB/SC 15.269

Julgamento não emociona Nesta sexta-feira (7), o futuro político de Santa Catarina estará em jogo quando o Tribunal Especial de Julgamento do Impeachment analisa de forma final a denúncia de crime de responsabilidade contra o governador Carlos Moisés da Silva no caso da compra dos 200 respiradores da Veigamed. Apesar de extremamente relevante para o Estado, o julgamento não emociona. À exceção de três ou quatro parlamentares, a maioria dos deputados da Alesc não manifestou apoio claro a um lado ou a outro, na tribuna, ou nas redes sociais. Da mesma forma, não há movimentos nas ruas para saída ou permanência de Moisés ou Daniela Reinehr. E não dá para colocar na conta pandemia: houve manifestações pró-Bolsonaro no último sábado - e que ignoraram o processo de impeachment. A disputa tem acontecido nos bastidores, com tentativas de ações aqui e ali, mas de forma discreta. A eleição de desconhecidos em 2018 criou essas novas figuras políticas, que não geram paixões, nem a favor, nem contra.

PREFEITOS POR MOISÉS Nas últimas semanas, prefeitos do PSD do Oeste e do MDB no Vale do Itajaí declararam apoio a Moisés, em um dos poucos posicionamentos públicos sobre o assunto. As manifestações têm a influência de Eron Giordani e João Rodrigues (PSD), no primeiro caso, e de Jerry Comper (MDB), no se-

gundo. O apoio a Moisés é pontual e diz mais sobre a recusa a Daniela do que à preferência pelo governador afastado. Também pode ser entendido como um movimento para enfraquecer Gelson Merisio (PSDB) e Jorginho Mello (PL), que auxiliaram a governadora interina na construção do governo.

• MOISÉS não é Wilson Witzel, o governador cassado do Rio de Janeiro, embora alguns tentem achar paralelos. Ambos foram eleitos na onda de 2018, mas Moisés se mostrou mais humilde e centrado, sossegou no seu espaço. Witzel fez o contrário. Pesa ainda que Santa Catarina não é Rio de Janeiro.

Circulação: Abdon Batista, Brunópolis, Campos Novos e Vargem. Contato: (49) 9 8828.2224 PARCEIROS: >Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). >Associação Empresarial, Rural e Cultural Camponovense(Acircan). >Membro da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori)

MURICI BALBINOT/ARQUIVO

2

05/2021

• ENQUANTO o Estado não decide quem fica no

Executivo até o final de 2022, pautas importantes vão ficando para trás. Um exemplo é a reforma da Previdência, que estava sendo negociada antes de todo imbróglio político. O socorro às empresas é outro exemplo do que caminha a passos lentos.

Impressão: Gráfica Araucária/Lages-SC Tiragem: 1.000/Exemplares/Semana

Edição: 039

Contatos: Redação: redacaooceleiro@gmail.com Comercial: oceleirocomercial@gmail.com Financeiro: oceleirofinanceiro@gmail.com

jornalismo@adjorisc.com.br

Jornalista responsável: Murici Balbinot

As colunas e artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião do jornal.


Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Horóscopo Semanal Áries

20/03 a 20/04 A sua evolução profissional terá por base a experiência, mas também o empenho que demonstra. No plano afetivo: Não peça aos outros aquilo que não pode dar. Tente ser autocrítico e analise as situações com clareza. De forma tranquila e sem dramas, defina um pouco melhor os sentimentos que nutre pelo ser amado.

Gêmeos 21/05 a 20/06

Terá todas as forças do seu lado para promover bons resultados da sua atividade profissional. No plano afetivo: Sobretudo os nativos do sexo feminino sentirão uma forte dose de autoconfiança para tomar decisões que há muito ansiavam. Preveem-se novos encontros amorosos, mas igualmente a possibilidade de rupturas. Serão dias muito quentes neste aspecto, as questões deverão ser bem ponderadas.

Leão 21/07 a 22/08 Nem sempre encontrará uma boa recepção das suas ideias. Seja paciente e persistente. No plano profissional e material: Abrem-se novos horizontes neste campo que não devem ser destituídos do seu valor. Analise profundamente cada proposta e tome decisões. Exponha as suas ideias de forma brilhante e aguarde os acontecimentos pacientemente.

Libra 23/09 a 22/10 Mantenha sempre viva a esperança de uma vida repleta de amor, afeto, ternura e felicidade. No plano afetivo: Admita os seus erros ou falhas com quem partilha os seus dias. Não queira ser dono da razão quando ela não existe. Compense o ser amado da melhor forma, uns dias de férias inteiramente dedicados ao bem-estar comum seria o ideal.

Sagitário

22/11 a 21/12 Esta semana terá que exercer uma ação mais direta e forte sobre a evolução dos acontecimentos. No plano afetivo: A influência da conjuntura, no plano sentimental, torna-se algo negativo, uma vez que pode levá-lo longe de mais nas exigências e imposições relacionais. Não complique as coisas.

Aquário 21/01 a 18/02 A conjuntura traz esta semana compensações e benefícios que são inteiramente merecidos. Prepare com rigor novas atividades ou investimentos. No plano profissional e material: Tende em ambiente profissional a perder um tanto o controle de si mesmo, faça por refletir um pouco mais. Possibilidade de surgir uma nova proposta de trabalho.

Touro

21/04 a 20/05

A família dará toda a segurança e conforto necessários para o seu bem-estar. No plano afetivo: Cuidado com relações meramente físicas, pois só conseguirá um desgaste psicológico e não encontrará realmente o que deseja. O seu desejo de ternura e afeto não será alcançado. Tome as decisões certas, nas horas certas sem qualquer hesitação.

Câncer

OC

VARIEDADES

3

Coluna de Moda Por: Ana Kantovick Contatos em redes sociais: Instagram: @anakantovick Facebook: Ana Kantovick Site: anakantovick.wordpress.com - (49) 998238633

21/06 a 21/07 Excelentes notícias vão trazer-lhe maior confiança para a execução das suas tarefas. No plano profissional e material: Seja arrojado e corajoso nos novos desafios. Apresente ideias inovadoras e acrescente-lhes um toque de originalidade. Esteja confiante no sucesso. Seja fiel aos planos economicos que traçou, faça uma gestão com pormenor.

Virgem

23/07 a 22/09 A paixão com que tende a envolver as suas atuações levam-no tentar realizar os seus sonhos. No plano profissional e material: Vai se sentir repleto de energia e vigoroso para abraçar novas tarefas e seguir com os seus projetos em frente. Aproveite ao máximo esta boa onda para no campo financeiro fazer investimentos a longo prazo.

Escorpião 23/10 a 21/11 Um convite para um almoço especial poderá ajudar a ampliar uma amizade. No plano afetivo: Aproveite os ventos de mudança. Pondere bem todas as decisões importantes e os prós e os contras dessas mesmas mudanças. Um novo amor pode surgir e trazer uma nova dinâmica ao seu dia a dia. Viva com alegria, procure a felicidade.

Capricórnio 22/12 a 20/01 Aproveite as boas influências desta conjuntura para tomar iniciativas e pôr os seus planos em prática. Não se dedique apenas a uma coisa na sua vida, é necessário que disperse as suas atenções em várias direções. No plano profissional e material: Pode surgir a oportunidade dum trabalho suplementar, em termos financeiros só vai ter benefícios.

Peixes

19/02 a 19/03 Deverá fazer um esforço para controlar todas as suas energias que estarão exaltadas e poderão mesmo ser a causa para algumas reações inesperadas. No plano profissional e material: Apesar de algumas contrariedades no setor profissional, conseguirá contornar todos os obstáculos e reverter as situações a seu favor. Fonte: http://www.portalangels.com/

LOOKS ADULTOS COM ROSA Nós sempre temos mais dificuldades na hora de montar looks cheios de cor, e como rosa não é diferente. Aliás, com o rosa temos o adicional de nos sentirmos infantis ou “delicadas” demais. Mas, vou te mostrar que existem infinitas possibilidades para o rosa aparecer no seu look sem infantilizar. Comece pelo corte. Peças com cores delicadas precisam de um acabamento e tecidos impecáveis. Ainda, quando usar rosa, lembre-se de escolher peças “mais adultas”, que revelem um ar de maturidade, como por exemplo, ternos, blazer e alfaiataria no geral. Outro truque supermoderno é misturar o rosa com outras cores vibrantes, como por exemplo, o verde ou o laranja. E ainda, usar produções neutras, sóbrias e elegantes, que harmonizem o ar juvenil da cor. Confira algumas inspirações para aderir ao PINK MOOD sem medo de errar!


4

COMUNIDADE

OC

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

ACIRCAN e Prefeitura de Campos Novos assinam termo de colaboração para instalação da Incubadora Tecnológica *Fotos e Informações: ASCOM - ACIRCAN

A incubadora de empresas é uma forma de estimular o empreendedorismo, fortalecendo e preparando as pequenas empresas com o intuito de fazê-las sobreviver no mercado. O sonho de implantar uma incubadora de empresas em Campos Novos está se tornando realidade, por meio de uma parceria entre a Associação Empresarial Camponovense – ACIRCAN, Prefeitura Municipal de Campos Novos e atuação da Câmara Técnica, do DEL (Programa de Desenvolvimento Local). É um local que abriga esses negócios, oferecendo estrutura capaz de estimular, fornecer e agilizar a transferência de resultados de pesquisa para atividades voltadas à produção. No dia 26 de abril foi assinado o termo de colaboração da incubadora tecnológica de inovação camponovense, entre a prefeitura representada pelo prefeito Sílvio Alexandre Zancanaro e a ACIRCAN representada pelo presidente Ilceu Luiz Machado - Coutinho. “Esta é a primeira parte, onde compreende toda a constituição, a montagem e o regramento dessa incubadora” afirmou o prefeito Zancanaro. As instalações da incubadora serão no prédio do

Prefeito de Campos Novos e Presidente da Acircan em visita ao Polo Inovale

Agiliza. “E para isso nós já estamos em tratativas, o projeto das salas deverá ser apresentado para nós em um prazo de 60 a 90 dias, e estaremos realizando ainda este ano a contratação da reforma do local para termos este centro de inovação e tecnologia dentro do nosso município” explicou Zancanaro. Que completou informando que já existem empresas que demonstraram interesse em serem incubadas. O presidente da Associação Empresarial – ACIRCAN Ilceu Luiz Machado – Coutinho, destacou que este projeto deve ser um marco na sua gestão. Além de projetos voltados ao agronegócio a incubadora estará aberta

para os mais diversos ramos de inovação que tenham interesse em participar assim que o edital for lançado. Coutinho informou que visitas técnicas estão sendo realizadas com objetivo de conhecer outros projetos de incubadoras na busca de conhecimento para auxiliar no planejamento em Campos Novos. A equipe técnica composta por representantes da ACIRCAN e da prefeitura de Campos Novos, estiveram no município de Luzerna, que tem um projeto destaque em Santa Catarina; em Joaçaba no Polo Inovale e também conhecendo a incubadora no município de Fraiburgo. De acordo com Coutinho as pró-

ximas visitas técnicas previstas são para Lages e Blumenau. “Isso tudo para obtermos ideias além de conhecer a melhor forma de organização porque vamos inovar e trazer o melhor para Campos Novos”, afirmou. A partir de agora os tramites burocráticos serão realizados pela equipe da ACIRCAN, entre eles a formação do CNPJ, estatuto, regimento interno e seleção da equipe que vai trabalhar na Incubadora, por meio de processo seletivo. Etapas que serão seguidas conforme cronograma estabelecido pela associação empresarial. Coutinho destaca que a ideia da incubadora surgiu desde o seu primeiro mandato como presidente da ACIRCAN. Ideia que foi de encontro ao projeto do Prefeito Silvio Alexandre Zancanaro e desde então as conversas de alinhamento seguiram até chegar ao momento de execução efetiva deste grande projeto. “Resolvemos então unir as forças e desta forma surgiu a parceria da incubadora com investimento público/privado. A incubadora do município de Campos Novos é fundamental para dar oportunidade para os empresários, aos jovens que vai fortalecer a economia do município”, finalizou Coutinho.


Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

GERAL

5

Os desafios para a implantação da UTI em Campos Novos Com 98% das obras física prontas, ainda faltam alguns detalhes para que a Unidade comece a funcionar. Desde que a conclusão da parte física da UTI foi anunciada, a população camponovense aguarda o funcionamento desta unidade que é uma grande conquista para a região. Mas qual o mês, dia e hora que irá funcionar de forma efetiva? Não sabemos. Nem mesmo o diretor Vinicius Serena sabe precisar uma data, mas acredita que seja nos próximos meses. Se tudo já está encaminhado e as obras estão 98% prontas, o que falta para iniciar o trabalho? Existem alguns desafios, como questões burocráticas e repasse de recursos que impedem que o projeto ande no tempo desejado. Em entrevista, o diretor do Hospital Dr. José Athanázio falou sobre este importante momento e os desafios que vem causado ansiedade e preocupação nos bastidores do Hospital. A pandemia, as questões referentes a crise no Governo do Estado de Santa Catarina e outras questões burocráticas tem sido uma pedra no sapato da concretização da UTI. Vinicius Serena admite as dificuldades e lamenta que tenha que ser assim, afinal este é um desejo antigo da população. “Estamos vivendo este sonho da UTI há muito mais de dois anos, na verdade são mais de 30 anos que há o desejo de uma Unidade de Terapia Intensiva. Na parte física faltam alguns detalhes para a liberação e entrega da obra por parte da construtora e para a liberação da Vigilância Sanitária. Essa semana iremos receber os equipamentos. Temos algumas demandas atrasadas junto ao Governo do Estado que estamos tentando resolver há algum tempo. Buscamos soluções para que haja a liberação dos recursos. Encaminhamos as licitações e compras para equipamentos, mas precisa ter a liberação dos recursos. São caminhos que precisam acontecer”,

declara Vinicius. Por ser uma obra realizada com recursos oriundos de vários poderes, o diretor afirma que a contra partida do Poder Público Municipal está em dias. E os esforços estão sendo feitos para resolver os problemas pendentes. A comunicação com parlamentares e com o setor de saúde do estado está acontecendo para agilizar os processos, conforme afirma Vinicius. “Os tramites da parte do município de Campos Novos e da Regional de Saúde sempre foram seguidos. Entendo que deve haver uma fila de convênios a ser estabelecida. Estamos em contato direto com o deputado Romildo Titon e com a equipe da secretária estadual de Saúde Carmen Zanotto para que haja a liberação o quanto antes. Estamos na expectativa de que nessa semana possamos evoluir dentro do esperado”. O diretor prossegue dizendo que, paralelo as obras físicas, ainda existem outros trâmites referentes a demais etapas. “Buscamos convênios para compra de equipamentos, contratação de profissionais, habilitação dos leitos junto ao Governo do Estado. Queremos logo ter a obra entregue, os equipamentos montados e a equipe preparada para atuar e proporcionar melhores condições de saúde, que é nosso objetivo principal”, completa. Mesmo sem uma resposta definitiva sobre a data de inauguração da UTI, Vinicius diz que a população deve estar ciente dos acontecimentos. “Temos que dar esta satisfação para a comunidade. Executamos tudo que é preciso para que as coisas aconteçam de forma célere e correta. É difícil prever uma data porque dependemos de muitos fatores. Nós também estamos ansiosos quanto a isso. No que depender de nós não irá demorar mais que o necessário. Entendemos a população”. Atualmente a inauguração tem

*Foto: Priscila Nascimento/O Celeiro

sido o foco das dúvidas e atenção dos veículos. No entanto, por trás dessa etapa de conclusão, entrega e funcionamento da UTI há uma imensa lista de coisas que precisam ser avaliadas pela direção do Hospital, e essa é também uma das preocupações do diretor. “Nos preocupamos em ter a viabilidade necessária que uma UTI precisa. Hoje temos uma série de demandas que temos que atender junto aos órgãos fiscalizadores e de inspeção, além das demandas financeiras e orçamentarias. Queremos que a UTI atenda as necessidades de saúde pública e que tenha uma gestão eficiente sem onerar os cofres públicos e não cause impactos no orçamento dos municípios. Esta preocupação faz parte deste desejo de cuidar da vida das pessoas”, desabafa. Para contribuir com o andamento da UTI e do hospital, os convênios estão sendo feitos para garantir o recebimento de mais recursos. “Temos bons convênios adiantados com outros municípios. Da parte da UTI existem algumas tratativas que precisamos ser afinadas. Os planos de saúde também são muito importantes para a manutenção da UTI. Precisamos olhar para o setor de faturamento sem descartar nenhuma das frentes. Devemos olhar com atenção para esta porta de entrada aberta, pois a nossa região tem uma

série de carências na saúde”, disse Vinicius. Consciente de que a UTI irá aumentar a demanda, o diretor garante que o hospital está preparado para o futuro. Para isto o hospital conta com os atuais profissionais e com os novos que serão contratados. Com obras iniciadas recentemente, o setor de Imagem do hospital também é de grande importância para o hospital. O diretor afirma que a obra vai causar uma grande transformação no hospital. “Construiremos uma laje de 200 metros quadrados oportunizando um espaço nobre. Serão meses de mais obras”, adiantou.

Hospital Dr. José Athanázio

UTI

A ‘menina dos olhos’ de Campos Novos, o hospital Dr. José Athanázio é estimado por toda população, e por isso as cobranças são sempre constantes. Estabelecido na era Imas, o protocolo de Classificação de Risco ainda não foi bem aceito por muitos e continua causando reclamações no Hospital. Vinicius defende a utilização da classificação, justificando que esta é uma medida técnica, e não uma decisão aleatória. “Nós seguimos protocolos de acordo com a Classificação Brasileira de riscos. Não é um protocolo criado por nós. Existem critérios técnicos que identificam a urgência de cada caso”, diz ele ressaltando a importância de a população entender a medida. Em constante evolução, o hospital logo mais irá focar no setor de maternidade. O setor receberá o investimento fruto das emendas impositivas do Poder Legislativo. “O projeto sofreu algumas modificações que em breve serão apresentadas. As mudanças ocorreram devido o hospital visualizar o aumento no número de leitos. Aqui na região eu garanto que não teremos um atendimento mais humanizado para a chegada de uma nova vida”, conclui o diretor.


OC

6

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Melzi Cavazolla O ex-parlamentar assumiu o desafio quando o município ainda era o segundo com maior extensão territorial de Santa Catarina. O encontro de Melzi Cavazzola com a equipe do jornal ‘O Celeiro’ aconteceu em um lugar já bem conhecido pelo entrevistado: a antiga Prefeitura Municipal de Campos Novos, que hoje abriga a Casa da Cultura. Um lugar familiar trouxe ainda mais memórias que Melzi contou como se tivessem acontecido ontem. Mas fora em 1963 que iniciara sua vida na política em Campos Novos quando foi eleito vereador e logo em seguida foi escolhido para ser o prefeito de Campos Novos. Ele relembra cheio de orgulho o voto de confiança depositado num gaúcho que chegou ao município com vinte anos de idade e aqui está até hoje. Confira nossa entrevista para mais uma sessão ‘Quem Conta a História’ em comemoração aos 140 anos de Campos Novos. “Se tiveres oportunidade de ser útil na vida, não se torne um simples espectador. Eis o fruto do nosso trabalho”. Sorridente ele recita a frase que consta na placa de inauguração do Paço Municipal de Campos Novos, ou seja, a Prefeitura Municipal, idealizada pelo arquiteto Dirceu Carneiro, na gestão do então prefeito Melzi Cavazzola, que decidiu mudar o endereço da administração municipal para o espaço que permanece até hoje. Com uma foto em mãos ele comprova o que falava: que Ulysses Guimaraes, político famoso por sua oposição a ditadura, esteve presente no dia da inauguração do novo espaço no ano de 1976.

Ex-prefeito, fala sobre trajetória política em Campos Novos *Foto: Priscila Nascimento/O Celeiro

Melzi Cavazzola, ex-prefeito de Campos Novos

Como este riograndense, nascido em Antônio Prado, veio parar em Campos Novos e assumiu tamanha autoridade no município? Ele volta um pouco no tempo e conta como tudo começou. Aos 19 anos, ao ler um jornal, viu um anúncio de emprego em uma das serrarias em Santa Catarina. A oferta era boa, então aos 20 anos ele chegou aqui para administrar uma grande serraria. As madeiras extraídas chegavam a diversos estados e para escoa-las eram necessárias boas estradas. Os pedidos aos administrados não eram ouvidos, daí surgiu a ideia de envolverem-se na política, conforme Melzi conta. “Os madeireiros reclamavam da estrada do interior para escoamento. No inverno era terrível porque os carros atolavam. Os madeireiros fizeram um movimento para eleger como prefeito Dejandir Dalpasqua-

le, um político que apoiaria as demandas da classe. Ele ganhou e atendeu os madeireiros dando atenção as estradas. Para substituir o Dejandir, foi eleito o chefe de gabinete Nelson Serpa. Neste mesmo ano, em 1969, aos 26 anos, eu me candidatei a vereador e fui presidente da Câmara de Vereadores”. Após a entrada na vida política, logo Melzi constituiu família e fixou morada no município. Com o regime militar a maioria dos partidos foram extintos. Em Campos Novos só haviam dois partidos, o Arena, que defendia o regime militar, e o PMDB, que era o partido de oposição. Após o mandato do Nelson Serpa foi a vez de Melzi, único candidato do PMDB. “A lei permitia que cada legenda tivesse três candidatos. Eu fui o único candidato do partido e enfrentei os outros três que eram Umberto Calgaro, Edson Ubaldo e Falavino Ferreira. Eu ganhei a eleição somando o voto dos três juntos. Tive 698 votos”, gaba-se com alegria do grande feito. Na época o território de Campos Novos compreendia vários outros municípios, sendo o segundo maior em extensão. Entre muitos desafios Melzi Cavazolla relata que era difícil gerir um território tão

grande, com uma população com cerca de 50 mil habitantes. Além disso, ele citou o fato de muitos cidadãos acharem que o prefeito pode e deve fazer tudo. “No interior o prefeito recebe todo tipo de solicitação. As pessoas não tem noção de que o prefeito só pode fazer o que é autorizado”, desabafa, porém, este pensamento parece não ter mudado com o tempo. Outra situação que Melzi compara é a relação entre município e estado, no qual ele afirma não ter recebido apoio financeiro. “Os municípios só recebiam atenção se pertencessem a corrente política do governador. Fiquei quatro anos e nunca recebi um convênio para ter qualquer recurso”, relata. Quanto a relação com o Governo Federal ele relembrou que os prefeitos realizaram um movimento para melhorar a BR 470, e foi ele quem conversou com presidente Ernesto Geisel para fazer a solicitação que foi atendida. Melzi afirma que sua gestão foi muito marcante e significativa para o desenvolvimento local. Além da construção do prédio da Prefeitura de Campos Novos ele cita o engajamento na busca pela rede de esgoto no município e na infraestrutura de estradas e algumas melhorias no Hospital Dr. José Athanázio. Ele presenciou a transição da vocação econômica do município, que passou da extração da madeira para a agricultura e pecuária. Inclusive foi em um dos anos de seu mandato que a Coopercampos iniciou os trabalhos. Enquanto atuava como prefeito municipal, aos finais de semana ele estudava e conseguiu concluir sua formação em Direito. Após formado se dedicou ao direito e atuou por anos como consultor jurídico. Ao lembrar de sua história ele resume seu sentimento em gratidão. “Aqui eu não tinha ninguém. Mas as pessoas me acolheram, me aceitaram e permitiram que eu as representasse. Sou feliz e grato por isso. Eu tenho muito carinho por Campos Novos. Aqui formei minha família”, conclui Melzi.

Quando a mudança é para melhor, vale a pena. Mude para o Sicoob. Central de Atendimento Sicoob Atendimento 24h Capitais e regiões metropolitanas: 4000-1111 Demais localidades: 0800 642 0000 Ouvidoria Sicoob: Atendimento seg. a sex. de 8h às 20h 0800 725 0996 www.ouvidoriasicoob.com.br | Deficientes auditivos ou de fala: 0800 940 0458 Demais serviços de atendimento www.sicoob.com.br


Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

PUBLICIDADE

7


8

OC

EMPRESARIAL

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Max Líder entrega Certificados Destaque 2020 Evento aconteceu em Campos Novos seguindo todos os protocolos contra a propagação da Covid-19. O Instituto de Pesquisa Max-Lider realizou na última quarta-feira (28), a entrega dos Certificados Destaque 2020 às Empresas, Personalidades e Imprensa que se destacaram no município no ano. Os premiados foram escolhidos pela população em pesquisa de Opinião Pública realizada nos dias 24 a 27 de Novembro de 2020 efetuada no comércio local. A Max-Lider Pesquisas Eventos é especializada em pesquisa de mercado, política e empresarial e atua nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Segundo Lucenir Carlos Thomaz, Diretor de Pesquisa, e Pedro Paulo Weber, Consultor de Vendas a pesquisa também é realizada via telefone, nas empresas e residências de Campos Novos. Foram entregues em

média 154 questionários que foram respondidos classificando assim as empresas, personalidades e imprensa que mais se destacaram no ano de 2020. A Cerimônia de entrega do prêmio aconteceu no Restaurante Minami Gastronomia com um delicioso jantar respeitando todos os protocolos para a não propagação da Covid-19, para o registro das fotos dos ganhadores foi feito o distanciamento social. Algumas empresas não puderam se fazer presentes, mas também foram premiados em outras categorias, são elas: Serviço de Segurança e Vigilância Destaque: Casa da Segurança, Comércio, Instalação e Equipamentos de Segurança Residencial e Comercial Destaque: Casa da Segurança, Diretora de Rádio Destaque: Kely Moreira Niles. No evento o jornal ‘O Celeiro’, também foi premiado como Jornal Regional Impresso de Maior Circulação e Jornal Local Mais Lido Destaque.

Confira os registros das Empresas, Personalidades e Imprensa que se destacaram em Campos Novos: *Fotos: Agradecimento Especial - Foto Imagem

Clínica Infantil Minha Essência

Imobiliária Imobiliária Mais Nova Casa

Autopeças e Oficina Mecânica para Automóveis

Clínica De Radiologia

Comércio de Veículos Seminovos Nova Era Veículos

Laboratório de Análises Clínicas e Bioquímica

Face Digital Radiologia Odontológica

Autopeças Gomes

Laboratório Gavazzoni Dr.ª Cristiane Gavazzoni


Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

EMPRESARIAL

9

*Fotos: Agradecimento Especial - Foto Imagem

Clínica Médica - Centro De Estética Face/Corpo

Minha Essência

Escola De Inglês Fisk Centro de Ensino

Barbearia Caballero Barbearia

Arquiteta e Interiores Thainá Horn

Comércio Que Mais se Destaca Autoshow

Comércio de Veículos Novos Autoshow

Clínica Odontológica Excelence Odontologia Avançada

Foto Destaque Foto Imagem

Salão De Beleza Studio Heck

Comércio de Bijouterias Frandy Biju

Financeira Viva Soluções Financeiras

Floricultura Destaque Flor & Ser

Clínica Veterinária e Pet Shop Mania de Bichos

Clínica De Fisioterapia Revitalle

Professor, Empresário Artístico e Escola de Música

Ótica Óticas Carol

Vendedora Michele Milcheski

Corretor De Imóveis Álison Cézar de Souza

Jornalista Oséias Inácio da Silva

Restaurante por Kg e de Comidas Típicas

Locutor FM

Site Destaque Portal Correio Camponovense

Fisioterapeuta Joseane Carvalho Boing

Médica Veterinária Letícia Wazny Silveira Alvares

Rádio FM Rádio Simpatia 105,5

Rodrigo Luiz Toledo Maciel ‘Rodrigão’

Marcos Moraes

Restaurante Minami


10

OC

ESPORTE

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Camponovenses são destaques no atletismo Competidores participaram do Campeonato Estadual em Timbó-SC No último sábado, dia 1º de maio, a comitiva esportiva de atletismo de Campos Novos esteve participando do Campeonato Estadual Adulto de Atletismo, que aconteceu na cidade de Timbó, no Vale do Itajaí. O município foi representado pelos atletas Daniel Silva, detentor do recorde absoluto estadual nos 800m, Tiago Mecabô e Wagner Juan Inácio, além do professor Éliton Márcio Zanoni. Os atletas participaram das provas de 800m, 1500m, 3000m com obstáculos e 10000m. De acordo com o Secretário de Esportes e Lazer, Raffael Queiroz de Carvalho, o atleta Camponovense Israel

Tiago Mecabô está aguardando a convocação para o Campeonato Sul-Americano de Atletismo, que irá acontecer em Buenos Aires (Argentina), no qual ele irá representar a Seleção Brasileira. Ele irá participar também do Troféu Brasil, que irá acontecer no estado de São Paulo. Tanto o Troféu Brasil quanto o Campeonato Sul-Americano serão as principais provas para que o atleta Camponovense busque o índice para participação nas Olimpíadas. O prefeito Silvio Alexandre Zancanaro destacou o orgulho de todo o investimento que a administração municipal dedicou ao esporte da cidade, depois de tantos anos esquecido. Mesmo em meio a pandemia, a cidade continuou olhando para o esporte e agora está colhendo os frutos.

*Foto e Informações: ASCOM/PMCN

Confira os excelentes tempos e colocações

•Daniel Silva u2º na prova de 1500m: Tempo 3:52,26 u2º na prova de 800m: Tempo 1:50,67 •Israel Tiago Mecabô u1º na prova de 3000m com obstáculo: Tempo 9:08,00 u3º na prova de 10000m: tempo 31:24,32 •Wagner Juan Inácio u7º na prova de 1500m u5º na prova de 3000m com obstáculos

Israel Tiago Mecabô, Daniel Silva, Wagner Juan Inácio e Eliton Zanoni

*Esta publicação preencheu o espaço de Meia Página. Cumprindo a Lei nº 4517/2019 esta publicação custou para a Administração Municipal o valor de R$ 759,31 (Setecentos e Cinquenta e Nove Reais e Trinta e Um Centavos)

Colabore no controle da pandemia da COVID-19, ainda precisamos manter os cuidados.

- Use a máscara - Lave regularmente as mãos - Evite aglomerações Mas não deixe a prevenção de outras doenças de lado. - Mantenha uma alimentação saudável - Pratique atividade física regular - Hidrata-se (mínimo 3 copos de água diários) - Durma bem

Cuidar da saúde do próximo

também é cuidar de si! vargem combate do

coronavírus


Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

PUBLICIDADE

Juntos escolhemos pelo crescimento da nossa região.

Resultado total de 2020:

R$ 28,6 milhões R$ 8,12 milhões de Distribuição de Resultados

R$ 1,2 milhões

pagos em juros ao capital dos associados

R$ 316 mil reinvestido

em projetos social e R$ 610 mil destinados a entidades hospitalares da região

Em tempos desafiadores, trabalhamos juntos e conquistamos resultados positivos para os nossos associados e para as comunidades onde atuamos. Em 2020 você fez a diferença junto com a gente. Sabe por quê? Porque você confiou no nosso trabalho para cooperar com a sua vida financeira e ao mesmo tempo você contribuiu para que pudéssemos ajudar outras pessoas em nossa região. Hoje na Sicredi Altos da Serra SC/RS somos mais de 69 mil associados e estamos presentes em 26 municípios com 30 agências, e as assembleias da nossa cooperativa comprovaram, que temos muitos protagonistas em nossas comunidades, pois juntos escolhemos pelo crescimento da nossa região.

Confira nosso Relatório Anual 2020

Confira mais informações nas redes sociais da Sicredi Altos da Serra RS/SC

11


12

OC

ESTADO

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

A RCN é veiculada semanalmente em 40 jornais de Santa Catarina e vista por mais de 600 mil pessoas

Em SC, 20 mil estão sem previsão para segunda dose da vacina Municípios aceleraram primeira aplicação e faltaram doses; governo vai pedir novo lote Com a redução na entrega de doses da vacina Coronavac contra a Covid-19, milhares de catarinenses ficaram sem previsão para receber a segunda aplicação do imunizante. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) está buscando informações junto aos 295 municípios para saber quantas pessoas receberam a Coronavac e onde há falta de estoque para realizar a cobertura. A pasta estima em cerca de 20 mil pessoas em todo o Estado. As informações estão sendo apuradas pelas regionais de saúde. Após ter o quantitativo exato, a SES

CRISTIANO ANDUJAR/PMF

vai pedir ao Ministério da Saúde uma complementação de doses da Coronavac a fim de garantir a segunda aplicação para essas pessoas. O pedido deve acontecer até o final da semana e as remessas enviadas na sequência. O problema foi causado

Fiesc cobra concessões Diante do corte de R$ 136 milhões previstos para obras federais no Estado em 2021, o presidente da Federação das Indústrias de SC (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, cobrou a realização de concessões e privatizações. Segundo ele, o valor que sobrou para Santa Catarina - pouco mais de R$ 100 milhões - corresponde a 14% do que o Estado precisa por ano para garantir o mínimo de infraestrutura.

Comércio catarinense I As compras de Dias das Mães devem registrar um aumento na participação do comércio virtual. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC (Fecomércio/SC). O estudo aponta que o percentual de consumidores que vai adquirir o presente pela internet será de 19%. Aumento relevante na relação com 2019 (3,8%) e 2020 (12%).

Comércio catarinense II Outra pesquisa da Fecomércio/SC, desta vez sobre os impactos das vendas de Páscoa, apontou que o consumidor está mais propenso a comprar após a crise de 2020. O estudo mostrou que, entre os catarinenses que planejavam comprar um presente para a data, 88% realmente compraram, contra 72,4% de 2020. A taxa de desistência caiu de 27,6% (2020) para 12% (2021).

DIVULGAÇÃO

Grãos têm nova alta Os preços dos principais grãos da produção catarinense encareceram novamente em abril. Segundo dados da Epagri, a saca de 60kg de milho teve preço médio no atacado de R$ 102,34 no período, alta de 12,5% frente aos R$ 90,93 de março. Já a soja valorizou menos: 1,6%. O preço médio pela saca passou de R$ 175,18, em março, para R$ 178,04, em abril. Nos dois casos, o valor é o maior da história.

pela aceleração da primeira aplicação. Muitos municípios adiantaram a imunização de idosos acima de 60 anos, sem reservar as doses de segunda aplicação para idosos acima de 65 anos e outros grupos prioritários. Segundo o superintendente de Vigilância

em Saúde da SES, Eduardo Macário, o problema aconteceu também em outros estados. Entre essas 20 mil pessoas, muitas já completaram os 28 dias de intervalor sugerido pela fabricante. "É preciso que quando chegarem as doses as pessoas vão se vacinar, mesmo com atraso de um, dois, cinco dias, isso não vai prejudicar a produção dos anticorpos ou gerar perda de potência", afirmou Macário. No início da semana, o Estado até recebeu novas doses, mas dos laboratórios Pfizer e AstraZeneca: todas para primeira aplicação.

RCN - 625 | rcnonline.com.br

Sicoob é segundo colocado em atendimento presencial no país Em abril, o Sicoob conquistou a segunda colocação em atendimento presencial do país entre as instituições financeiras. No ranking, o Banco do Brasil é o primeiro, com 4.380 pontos de atendi-

mento físico. O Sicoob está logo atrás, com 3.480. Em cinco anos, o número de agências do Sicoob cresceu 40%, uma média de 8% ao ano, enquanto outras instituições reduziram em até 25%.

ASSINE JORNAL O CELEIRO E RECEBA TODA QUINTA-FEIRA SEU EXEMPLAR. ENTRE EM CONTATO CONOSCO: (49) 9 8828.2224


Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

CAPA

13

Empresas devem repensar forma de atuação para permanecer no mercado atual Com clientes cada vez mais exigentes e um mercado passado por constantes mudanças, empresários precisam se adequar a atual realidade. Consultorias podem ser úteis para colocar empresas nos trilhos do sucesso. Aumento do conhecimento, mais opções e um novo olhar sobre o mercado faz com que os clientes se tornem mais seletivos quanto as suas escolhas. Atualmente ‘o preço baixo’ não é o único chamariz para atrair e fidelizar consumidores. Os donos do próprio negócio precisam sair da sua zona de conforto para se atualizar e agradar o público. A junção de qualidade, atendimento e imagem são ingredientes imprescindíveis para se destacar e fazer a diferença. A necessidade de mudar o comportamento frente ao público é urgente, portanto requer ações rápidas. Que medidas devem ser adotadas pelos empresários? A equipe do jornal ‘O Celeiro’ conversou com a coach pessoal e empresarial, Magna Regina, que presta consultoria para que empresas melhorem sua imagem, atendimento e rentabilidade. Magna desenvolveu o Programa ‘Pessoas, Empresas e Negócios’ através do Instituto Humaniza com a finalidade de prestar apoio aos empresários e empreendedores. Após observar novas realidades no mercado, a coach montou uma equipe que visualiza todas as necessidades das empresas. Mas o mercado mudou mesmo? O que há de diferente? Magna explica: “Antigamente as pessoas abriam uma porta e esperavam o cliente chegar, e esperavam de qualquer jeito. Hoje tudo mudou. A empresa abre a porta e vai até o cliente e na sua melhor forma, com a

sua melhor imagem, com o melhor argumento e maior carinho. As empresas que atendem de qualquer jeito já não agradam mais os clientes. Nem todos os clientes buscam preços, eles buscam qualidade no atendimento”. Os empresários estão aprendendo da pior forma que quem não tem competência não permanece no mercado. As empresas que entendem as mudanças e se adaptam a migração estão se mantendo, sofrendo sim, mas estão conseguindo se manter e se organizar para o futuro. Quais os benefícios de buscar ajuda profissional? “O diferencial que as pessoas procuram, é oferecido por nossos treinamentos. A empresa precisa estar a serviço do cliente, quem está sentado esperando o cliente chegar está fadada ao fracasso. Quem quer ter competitividade e lucratividade tem que ter uma boa aparência, um atendimento diferenciado e ações diferentes. Não importa o nível socioeconômico dos clientes eles merecem ser bem atendidos. Os clientes precisam se sentir acolhidos pelos funcionários. Nosso programa é voltado para pessoas, empresas e negócios. Acreditamos que os negócios são gerados através de pessoas e só acontecem por causa delas. Os administradores precisam mudar e se adaptar aos clientes, que hoje exigem um novo posicionamento das empresas”, enfatiza Magna. Visto que os negócios são formados por pessoas (clientes, funcionários e empresários), é preciso investir nelas dentro e fora da empresa. Mas que áreas podem e devem ser trabalhadas? Magna relata a função de cada profissional que atua no projeto. “Nossa equipe é multidisciplinar. Temos uma consultora de imagem e estilo que cuida da imagem e aparência das pessoas dentro das empresas

*Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Magna Regina, coach pessoal e empresarial,

para projetar a imagem que o empresário deseja comunicar. Há um diretor de projetos e consultor de negócios que trabalha com a construção do plano de negócios e da gestão de qualidade dentro das empresas. Há um designer de produtos e marca que faz a análise do desenho da marca. Uma consultora de finanças e inteligência financeira que analisa números e resultados, os gastos e despesas ou se há fuga de recursos visando a lucratividade e economia. Uma profissional que trabalha com organização de ambientes e energização. Há também um advogado do Direito Empresarial que cuida da parte de contratos para evitar que o empresário tenha alguma ação trabalhista lá na frente”, explicou a coach. Para os novatos que começaram a empreender após a crise financeira ocasionada pela pandemia, a profissional aconselha os mesmos a se preparar para lidar com os negócios, pois ser funcionário é bem diferente de ser patrão. “Uma ex-

celente depiladora nem sempre será uma excelente empreendedora. Ela precisará entender de finanças, de contratos, terá que contratar, demitir, gerar folha de pagamento e pagar as contas. No mercado estamos com bons profissionais que resolveram empreender. Estas pessoas tem uma necessidade muito maior e o risco dessas pessoas não conseguirem se manter devido a falta a experiência é grande”, pondera. Para acessar a esse arsenal de informações o empresário pode entrar em contato com o Humaniza para solicitar um encontro gratuito. Neste primeiro momento os profissionais precisam entender qual a situação atual da empresa e o estado desejado para que possam organizar um plano de ação. Depois seram decididas as mudanças e prioridades do empresário. “O que ele investe neste trabalho ele terá em lucratividade, e poderá ver o retorno”, garante Magna. Para saber mais do Projeto ‘Pessoas & Empresas’, entre em contato através do site: www.pessoaseempresas. com/.


14

REGIÃO

OC

EDITAL DE CONVOCAÇÃO A DIRETORIA EXECUTIVA DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL COMUNITÁRIA CAMPONOVENSE-ASCUCCA, na pessoa de seu presidente Sr. OZORIO GOMES DE CAMPOS, nos termos dos artigos 10, 11, “a”, c/c 13 e 37, e demais regras do Estatuto Social da Entidade aplicáveis, convoca todos os seus membros associados para participar das ASSEMBLÉIAS GERAIS aprazadas para o dia 15 de maio de 2021, Ordinariamente às 15:00 horas, em primeira convocação e, não havendo quórum estatutário, às 15:30 horas, em segunda convocação, e Extraordinariamente as 16:00 horas em primeira convocação ou 16:30 horas em segunda convocação, a serem realizadas na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Papel e Papelão de Campos Novos - SITRIPEL, sido na rua Cel. Lucidoro, nº 696, nesta cidade, para tratar da seguinte ORDEM DO DIA: Ordinariamente: 1 – Prestação de Contas; Extraordinariamente: 1 - Eleição dos novos membros da Diretoria Executiva, do Conselho Fiscal e do Conselho de Ética, podendo ser inscritas as chapas até àquela data ou, inexistindo inscrições, será composta a mesma dentre os membros presentes, que serão empossados na mesma ocasião, deliberandose, em segunda convocação, conforme Estatutos. Ressalta-se que as entidades civis, sócias da ASCUCCA, deverão se fazer representar munidas com documento interno comprobatório (Ata de Posse) devidamente registrado e, recaindo a representação em pessoa diversa do Presidente, deverá estar munido de Carta de Indicação/Representação, assinada por aquele. Publique-se internamente, por meio eletrônico e durante a programação da emissora 104,9 FM. Campos Novos, 06 de maio de 2021. Ozorio Gomes de Campos - Presidente

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

uVargem

Avenida Marcos Ross recebe capa asfáltica *Fotos e Informações: ASCOM/Vargem

Projeto faz parte do montante de obras que estão sendo realizadas em Vargem para melhorias da segurança no trânsito. O trecho da Avenida Marcos Ross, que teve sua pavimentação retomada no início do mês de abril, recebeu a capa asfáltica na última semana. O projeto também incluiu a construção de passeios e das redes de água e esgoto. A ordem de serviço para a retomada das obras foi assinada em 08 de abril pela Prefeita Milena Lopes, no valor de R$ 128.609,69 (cen-

to e vinte e oito mil reais e seiscentos e nove reais e sessenta e nove centavos). Iniciada em 2020, a pavimentação contempla parte da Avenida Marcos Ross e após os prazos regimentais necessários mediante o abandono da obra pela empresa vencedora da licitação, a ordem de serviço para retomada foi assinada no mês de abril, posterior ao novo processo licitatório e na última semana, o trecho recebeu o asfalto. “Teremos ainda mais segurança e qualidade de vida para a nossa população”, destacou a prefeita.

uAbdon Batista

Galeria dos Ex-Prefeitos é inaugurada em Abdon Batista *Fotos e Informações: Ascom/PMAB

Galeria foi inaugurada na tarde da sexta-feira (30/04).

Cumprindo a Lei, 4517/19, esta publicação custou para a Administração Municipal o valor de R$ 367,70 (Trezentos e Sessenta e Sete Reais e Setenta Centavos).

O ato solene aconteceu na prefeitura e contou com a presença de prefeito Dile, vice Cleito, presidente da câmara de vereadores, ex-prefeitos, familiares e contempla a programação da semana do município, alusiva aos 32 anos de aniversário de Abdon Batista. Tendo em vista que muitas são as personalidades que contribuíram para o desenvolvimento e progresso do município, a realização da Galeria simboliza a valorização da história política abdonense, de autoria do Prefeito Dile. De acordo com Dile, é uma satisfação poder eternizar no prédio da prefeitura uma simples homenagem aos agentes que fizeram a história do município. “É de uma maneira simples mais

significativa que implantamos essa Galeria na prefeitura. Temos como objetivo homenagear quem tanto lutou e trabalhou para o desenvolvimento político no município, assim como sempre vai existir uma grande gratidão por todos que caminharam juntos”, salienta o prefeito.

A galeria é composta pelos Retratos: uSantin Palavro Júnior: Mandatos: 1990-1992 e 1997-2000; uFredolino Mattos: Mandatos: 1993-1996 e 2001-2004; uLuiz Antonio Zanchett: Mandatos: 2005-2008 e 2009-2012; uLucimar Antonio Salmoria: Mandatos: 2013-2016 e 2017-2020; uPrefeito Interino Elmar Marino Mecabo: Mandato 19 de Dezembro de 2013 à 27 de Junho de 2014.


Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

OC

AGRONEGÓCIO

15

Campos Novos se prepara para a 38ª Feira do Terneiro e da Terneira Com o preço dos animais em alta, produtores aguardam com expectativa para realização do evento em formato online. Inscrições dos animais encerraram antes do prazo. Há quase quarenta anos o Sindicato dos Produtores Rurais realiza a Feira do Terneira e da Terneira, um dos carros chefes da entidade devido o retorno financeiro e visibilidade que traz a produção agropecuária de Campos Novos. Este ano, em sua 38ª edição, o atual presidente do Sindicato, Luiz Sergio Gris, comemora o sucesso da feira. Em entrevista, o presidente contou que as inscrições terminaram antes do prazo e que a expectativa para o evento está muito grande. Foram inscritos cerca de 600 animais para comercialização em formato virtual. Gris garante a qualidade dos animais fruto de muito trabalho dos produtores para oferecer o melhor. Os produtores rurais estão ansiosos para a realização do evento que ocorrerá no dia 15 de maio, as 13h30, no Parque de Exposições Leônidas Rupp, com realização da Leiloeira Pampa Remates e transmissão da Mang Mídia. Gris acredita que a Feira será uma das maiores. As inscrições se encerraram

quase quinze dias antes do prazo, fato não esperado pelo presidente. “As mangueiras estão lotadas. Este ano foi surpreendente porque nos últimos anos levava de quatro a cinco dias para fechar, este ano encerramos quase quinze dias antes do evento”. Um dos motivos de tanta expectativa é o bom momento da carne que está valorizada. “Os preços dos animais estão altos e os produtores estão numa expectativa muito boa de comercializar estes animais com preços significativos. Convidamos os pecuaristas e produtores rurais para que observem a qualidade dos animais de Campos Novos e possamos ter uma grande feira e uma boa comercialização com valores significativos que tragam rentabilidade ao produtor e consequentemente retorne ao município”, estendeu o convite. Charolês, Simental, Redford, Bradford, Angus são algumas das raças predominantes na região que estarão disponíveis. Pioneiro na realização do evento online, Campos Novos está cada vez mais empenhado em se destacar neste setor. Desde a pandemia o Sindicato realizou alguns eventos neste novo formato e com a experiência adquirida tem trabalhado na evolução da plataforma. “Nos reinventa-

*Foto: Priscila Nadcimento/O Celeiro

Presidente do SPRCN, Luiz Sergio Gris

mos, buscamos melhorar a transmissão para diminuir o delay para que o produtor possa ter uma resposta rápida aos interessados”, afirma Gris, acrescentando que os eventos online estão permitindo uma abrangência maior e mais acesso a pessoas em qualquer localidade. “Na modalidade virtual ficou fácil ver os leilões. Neste formato a abrangência aumentou bastante. Do próprio celular é possível que alguém dê um lance. Isso reflete no aumento dos preços. O evento presencial ficava limitado as pessoas que estavam no recinto, agora comercializamos para diversas regiões”,

completou. Gris exalta a atuação dos produtores para tornar o evento uma tradição local reconhecida em todo o estado. “São 38 anos de história ajudando o produtor a comercializar seus animais. Todo ano é um desafio novo, agora muito mais do que nos outros visto que a modalidade dos leilões está modificada. A qualidade dos animais é grande. Estamos muito satisfeitos com o suporte que o produtor dá ao sindicato e fazemos o possível para retribuir promovendo um evento seguro para trazer o que ele almeja. Nós somos os organizadores apenas, mas este leilão é do produtor de Campos Novos. O show é dos produtores”, declarou. Para a realização do evento o Sindicato efetuou algumas melhorias nas mangueiras e na pista. A internet também passará por manutenção para garantir uma boa transmissão. Sabendo do potencial do evento, Gris acredita em uma boa arrecadação. “Estamos vindo numa ascendência ano a ano de faturamento em razão do aumento do preço da carne. Não sabemos quanto vamos faturar, mas a expectativa é que chegue aos 2 milhões de reais em comercialização”, concluiu.

Copercampos lança desafio “Zero Covid” aos funcionários Mês de maio será usado para sensibilizações sobre a saúde e segurança. A Copercampos, por meio da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA e Setor de Segurança e Medicina do Trabalho, lançou para o mês de maio, o desafio “Zero Covid” aos funcionários. Durante o mês, ações de sensibilização serão realizadas em toda a cooperativa. Na tarde desta sexta-feira, 30 de abril, a campanha foi lançada com a distribuição de um kit de prevenção contra a doença. Na oportunidade, o Diretor

Presidente, Luiz Carlos Chiocca, o Diretor Vice-presidente Claudio Hartmann, o Presidente da CIPA Vinícius Sá, juntamente com a secretária da CIPA Vanusa Fagundes, e o Técnico de Segurança do Trabalho, Edson Farias Varela, iniciaram a entrega dos produtos. Esta ação, além de comemorar o dia do trabalhador, data lembrada neste sábado, 1º de maio, busca também sensibilizar os profissionais quanto as medidas preventivas e orientações para evitar o contágio e a propagação do novo coronavírus. entrega foi realizada na UBS da matriz, Posto de Combustíveis e Setor de

*Foto e Informações: Ascom/Copercampos

Vendas. A partir da próxima semana, todas as unidades e setores devem receber o kit. Além desta campanha, a Copercampos também fará em maio, a Campanha Maio Amarelo, onde a CIPA desenvolve-

rá diversas ações a fim de sensibilizar os funcionários para um trânsito mais seguro. “Cuide-se! Nossa missão é preservar a vida, afinal, sua família lhe espera em casa todos os dias”.


16

PUBLICIDADE

OC

Quinta-feira, 06 de Maio de 2021 . www.jornalceleiro.com.br

Profile for Jornal O Celeiro

1675  

Jornal 'O Celeiro', edição 1675 de 06 de maio de 2021.

1675  

Jornal 'O Celeiro', edição 1675 de 06 de maio de 2021.

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded