Page 1

O Celeiro

O Celeiro

1

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

QUINTA-FEIRA, 19 de Outubro de 2017 . Campos Novos, SC . Ano XXV - R$ 4,00 , EDIÇÃO 1501

www.jornalceleiro.com.br

Reforma trabalhista vigora em novembro

uSaúde É preciso falar sobre o câncer de mama orienta mastologista. >Pág. 07

uPág. 08 e 09

u“O Celeiro da Cultura” Caderno especial da 40ª Romaria de Nossa Senhora Aparecida. >CADERNO

uAgronegócio INPEV regional apresenta números do Sistema Campo Limpo. >Pág. 23

Foto: Wilhiam Peretti/O Celeiro

Sindicalistas iniciam tratativas para convenções coletivas e manifestam preocupação com alterações na CLT.


2

Cotidiano

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

Editorial

A Reforma Trabalhista Apesar de todos os conflitos políticos que estamos vivenciando no país, a reforma trabalhista avançou no Congresso Nacional e vigora em menos de um mês, em 13 de novembro. Sob a análise de sindicalistas, a reforma é prejudicial aos trabalhadores, justificando-se que a nova legislação que alterou mais de 100 artigos da CLT, acaba com direitos históricos conquistados a base de muita luta pela classe trabalhadora. Já alguns especialistas na área trabalhista avaliam que se o projeto é bom ou ruim, dependerá da análise do contexto sócio econômico atual e sob qual perspectiva que se adotará o julgamento. Na prática, analisam eles, a reforma reduz as verbas sindicais e a atuação dos sindicatos, mas de certa forma reconhece um fato social, o de que as partes contratuais, na relação de trabalho são conscientes de seus direitos e obrigações e, sobretudo, tem relação de dependência uma da outra para sobreviver e vencer num mercado extremamente competitivo e exigente. Outro aspecto avaliado é que a lei passará a reconhecer o que acontece no mundo real, prevendo o que já não é tão novo, mas faz parte do cotidiano dos trabalhadores. É importante que trabalhadores e empregadores estejam atentos às mudanças e busquem a melhor forma de

aplicabilidade. Fato é que especialistas, empresas, sindicatos, trabalhadores e, principalmente, a Justiça do Trabalho, ainda precisarão de mais tempo que 120 dias para se adaptar à nova legislação, aprovada em julho. Há vários pontos polêmicos na nova legislação e a principal expectativa é sobre como os juízes do trabalho julgarão a partir de novembro. Todas essas mudanças na lei entram em vigor ao fim de quatro meses e vão atingir todos os contratos de trabalho. Os acordos coletivos já fechados continuam valendo e aí poderão ser alterados ao fim do prazo do acordo com base nas novas regras. Mas, se as partes quiserem, podem renegociar as condições a qualquer tempo com base na nova lei. A expectativa do governo é que as mudanças legais aqueçam o mercado de trabalho e permitam a abertura de novas vagas. Por outro lado, a reforma é vista pela Justiça do Trabalho e pelos sindicatos como uma forma de precarização do trabalhador ao reduzir direitos e fragilizar as relações entre patrão e empregado. Nesta edição nossa reportagem esclarece alguns pontos da reforma. Confira na página 08 e 09.

Coluna de Moda Por: Bethania Marin Nº 117 Contatos em redes sociais: Instagram: @bethania_marin, Blog: www.bethaniamarin.com, E-mail: contato@bethaniamarin.com, Facebook:https://www.facebook.com/sitebethaniamarin.

Como usar salto com calça A calça é aquela peça essencial no closet e a mais clássica de todas! Com o passar dos anos, novos modelos foram surgindo e hoje já existe uma grande diversidade da peça, indo da mais básica para aquela mais glam e cheia de detalhes! Outro clássico e que divide opinião entre as mulheres é o salto alto e ame ou odeie, uma coisa é certa: ele deixa qualquer produção mais elegante! E como o verão está chegando, aqui vai uma combinação super style e versátil: salto alto + calça. Seja para o dia ou à noite, é aquela combinação que não tem erro. O salto você que escolhe e com a calça também não há regra, fica bem desde uma skinny até boyfriend, jeans ou de tecido. E se o look for neutro, use um sapato colorido para destacar!

Por Antônia Claudete Martins - Editora Chefe

Programe-se: uPalestra com o Governador O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), confirma palestra em Campos Novos nesta quinta-feira, 19, às 19h30min com o Governador João Raimundo Colombo. O Governador falará sobre o momento econômico do Brasil e as conquistas de Santa Catarina. A palestra acontece no Clube Aqua Camponovense.

uMostra de Dança A Academia Biodinâmica trás a Campos Novos a XV Mostra de Dança. Dia 18 de Novembro às 19h30 no Clube Aqua Camponovense. Ingressos: R$ 5,00.

Jornal

O CELEIRO

Fundado em 25 de Junho de 1992 CNPJ: 12.188.377/0001-03 Caixa Postal: 96 CEP: 89620-000 - Campos Novos/SC Redação: redacaooceleiro@gmail.com Comercial: oceleirocomercial@gmail.com Financeiro: oceleirofinanceiro@gmail.com Skype: jornaloceleiro - Facebook: OCeleiro.cn Edição Digital/Issu: http://issuu.com/jornaloceleiro

EXPEDIENTE

CIRCULAÇÃO

Diretor: Alexandre Alvadi Di Domenico Editora Chefe: Antonia Claudete Martins - 0002305SC Repórter: Bruna Regina Fagundes Assinaturas: Ana Carolina Pereira Diagramação/Arte: Wilhiam Rodolfo Peretti Fechamento da edição: às terças-feiras à tarde

Abdon Batista, Brunópolis, Campos Novos, Celso Ramos, Ibiam, Monte Carlo, Vargem e Zortéa.

Impressão: Gráfica Araucária/Lages-SC Tiragem: 1.500/Exemplares/Semana

O Celeiro

Fone: (49) 3541-0597

As colunas e artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião do jornal.

Associado à Associação Catarinense de Jornais Periodicidade Verificada pela Abrajori Brasília (ACJ) Associação Empresarial, Rural e Cultural Camponovense(Acircan) Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).


O Celeiro

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

Publicidade

3


4

Geral

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

O Celeiro

Artigo

O sopro da vida (Carta aos suicidas) Por Cleyton Luiz Silva Filósofo A vida é como um balão furado em que nos esforçamos intensamente para que ele mantenha-se cheio, soprando e soprando incansavelmente. Mesmo assim, o balão continuará vazando. A boa vida consiste em fluxo constante de “ar”. Sopre! E quanto mais ar perder, mais sopre! O bem estar é a sensação de que o balão está enchendo mais que esvaziando, enquanto o sofrimento é a percepção de que o balão está mais esvaziando do que sendo enchido. Envelhecemos pela perda de fôlego, por cansarmos de continuar soprando e vendo o ar esvair. O balão irá esvaziar! Essa é a única certeza. No entanto, a mesma certeza que temos de que ele irá esvair nos faz

entender que soprar nos faz bem. Sopre! A depressão faz você parar de soprar ao saber que esse balão está esvaindo! Então Sopre! Este é o jogo da vida, um jogo mortal e desafiador! Sopre! É o que podemos fazer. Soprar, mesmo vendo o balão vazando, mesmo sabendo que nem sempre teremos fôlego, mas sabendo que o balão só faz sentido enquanto está cheio! Sopre e ria do ar que está esgotando! Não faz sentido soprar um balão furado... Mas não faz sentido algum ter um balão e não enchê-lo. Então, sopre!

Curtas

Rematrículas online estão abertas nas escolas estaduais

As 1.073 unidades escolares da Rede Pública Estadual iniciaram na segunda-feira, 16, as rematrículas online para os alunos que já frequentam a escola. Até o dia 26 de outubro, os responsáveis podem confirmar as informações disponíveis no site rematricula.sed.sc.gov.br e garantir a vaga no Ensino Fundamental e Médio e nos Centros de Educação Profissional (Cedup). “A rematrícula é a intenção da vaga para o ano seguinte na unidade escolar. O cadastro que aparecerá na tela para conferência refere-se ao ano de 2017 e permite fazer a atualização das infor-

mações. A conferência e a validação dos pedidos de renovação serão feitas pela escola”, explica a diretora de Gestão da Rede Estadual, Marilene Pacheco. Para auxiliar pais e alunos no preenchimento esta disponível o Manual da Rematrícula para 2018. A rede estadual de ensino oferece vagas para Ensino Fundamental Anos Iniciais e Anos Finais, Ensino Médio e educação profissionalizante. No Ensino Médio, é possível escolher entre: Regular, Inovador (ProEMI), em Tempo Integral (EMITI), Integrado a Educação Profissional (EMIEP) ou Magistério.


O Celeiro

Variedades

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

Coluna Semanal

Nossa História em Fotos

Cuidados com Pets

Foto: Benito Zandoná

Os irmãos Carlinhos, Ernesto, Valdira e Ubiratãn Rupp. Você possui uma foto antiga? Participe do “Nossa História em Fotos”! Envie por e-mail para: oceleirocomercial@gmail.com

Receita da Semana Nuvem de Queijo

5

Ingredientes u250 g de queijo minas padrão; u1/2 xícara de queijo parmesão ralado; u1/2 xícara de requeijão; u3 colheres (sopa) de polvilho doce; u3 colheres (sopa) de farinha de trigo; u2 colheres (sopa) de azeite; usal a gosto; u3 claras; uóleo quente;

Vanessa Barcarolo Médica Veterinária - CRMV-SC 5411

Tumor de Mama em Cadelas e Gatas Tumor é todo crescimento anormal de uma parte do corpo. Um tumor pode ser benigno ou maligno, este último denominado câncer. O Tumor de mama é o tumor mais comum entre cadelas e gatas. Em felinos a probabilidade de malignidade é mais de 80% a 90%; já em cães, é de 50% a 60%, sendo que nos machos pode ocorrer, mas é menos comum. O uso de meios contraceptivos comumente utilizados em cadelas e gatas não castradas aumenta muito a chance de ter esse tipo de doença, ou seja, o nódulo é gerado por uma indução hormonal (vacinas anti-cio) que nada mais são que hormônios. Quanto mais hormônio circulante, mais a predisposição de um câncer de mama. Da mesma forma que em humanos, deve-se adotar uma rotina de contato e palpação das mamas, para se investigar se há ou não, a presença de pequenas bolinhas (nódulos). Ressalta-se que quando o tumor é maligno geralmente observa-se o crescimento rápido dos nódulos. Os principais sintomas observados são: dores, inchaço ou aumento das mamas, presença de secreções, caroços na região das mamas ou próximos a ela. Identificado o tumor, o proprietário deve procurar um médico veterinário que irá solicitar exames (raio x, e exame de sangue). Na maioria dos pacientes é indicado o tratamento cirúrgico (amastectomia que é a retirada das mamas), numa cadeia inteira (unilateral) ou as duas cadeias (total). Quanto mais cedo descobrir a doença, menos agressiva é a cirurgia. Em alguns casos é necessário associar cirurgia e remédios quimioterápicos, sendo que esse tratamento, assim como ocorre nos humanos, pode causar quedas de pêlo, enjôos, diarreia e vômito. A melhor forma de prevenção é a castração, cujo procedimento deve ser realizado o mais cedo possível, ou seja, antes do primeiro cio, o que pode reduzir em 0,5% a chance da ocorrência de tumor de mama.

VOCÊ TEM UMA RECEITA FAMOSA? Participe do “Receita da Semana” Envie para: oceleirocomercial@gmail.com

Modo de Preparo Em uma tigela, misture queijo minas padrão, queijo parmesão ralado, requeijão, polvilho doce, farinha de trigo, azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto; Mexa bem até incorporar bem todos os ingredientes; Bata as claras em neve e acrescente à mistura da tigela; Em uma panela, com óleo quente, despeje colheradas da massa, formando as nuvens de queijo; Frite até dourar. Fonte: Tudo Gostoso

Como Fazer

Dica de Leitura

O Livro dos Significados Akapoeta Antes aprisionadas na formalidade dos dicionários, palavras como girassol, Deus, sonho, tatuagem, cafuné e muitas outras são libertadas por João Doederlein que assina com o pseudônimo Akapoeta neste seu primeiro livro. Elas são repensadas a partir das experiências pessoais do autor, de vinte anos, e de sua geração, mesclando romantismo bem resolvido, paixão, isolamento e um dia a dia que respira tecnologia e cultura pop. Combinando textos que se tornaram sucesso nas redes sociais com material inédito, o autor acha novos significados para os signos do zodíaco, para clichês indispensáveis como paixão e saudade e para as atualíssimas match e crush. Uma história de amor correspondido entre um jovem e sua musa a escrita.

Sessões de Cinema VIDEIRA - Videira Shoping uLego Nijago - 3D - Dub. Todos os dias às 15h00; uPica Pau - O Filme - 2D - Dub. Todos os dias às 14h50, 16h50 e 18h50; uKingsman: O Circulo Dourado - 3D - Dub. Todos os dias às 20h45; uBlade Runner 2049 - 2D - Dub. Qui. Seg. Ter. Qua. e Sáb. Dom. às 20h20; Todos os dias às 17h05; uBlade Runner 2049 - 2D - Leg. Sextas às 20h20; Fonte: Editora Cultura

LAGES - Arcoíris Marrocos uBlade Runner 2049 - Dub. 2D Quarta às 17h30. uPica Pau: O Filme - Dub. 2D Quarta às 15h00 e 20h30. FRAIBURGO - Grupo Cine uBlade Runner 2049 - Leg. Sexta às 20h40; uBlade Runner 2049 - 3D - Dub. Sex. Sáb. Dom. Seg. Ter. Qua. às 20h40; uPica Pau, O Filme - Dub. Sex. Sáb. Dom. Seg. Ter. Qua. às 16h30 e 18h40;


6

Publicidade

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

O Celeiro


O Celeiro

Saúde

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

7

É preciso falar sobre o câncer de mama Foto: Divulgação/Jornal O Celeiro

Mastologista Fernando Vequi Martins participa da programação do Outubro Rosa em Campos Novos e fala sobre a importância da quebra de paradigmas na prevenção e tratamento da doença. Embora possa ser um tema difícil de tratar, falar abertamente sobre o câncer pode ajudar a esclarecer mitos e verdades e, com isso, aumentar a chance de enfrentamento da doença. Um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Mas muitos pacientes, por medo ou desconhecimento, preferem não falar no assunto e acabam atrasando o diagnóstico. Por isso, é preciso desfazer crenças sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal incurável e inevitável. “Falar sobre o câncer de mama sempre é muito importante, pois a cada ano surgem novas atualizações, novos conceitos e nova quebra de paradigmas. É sempre uma informação diferente, o câncer de mama é uma doença com muitas mudanças no que se refere a diagnóstico e tratamento e desta forma as mulheres podem ser atualizadas regularmente”, afirmou o mastologista Fernando Vequi Martins. Dr. Fernando participou nessa quarta-feira, 18, da Noite Cor de Rosa, mais um evento realizado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Campos Novos, dentro da programação do Outubro Rosa. O evento aberto a todas as mulheres e comunidade em geral, aconteceu na Associação Atlética Copercampos e

Fernando Vequi Martins teve também a presença da psicóloga Marileia Ramos da Silva, tendo como ingresso um quilo de alimento não perecível. Conforme o mastologista, alguns tipos de câncer, entre eles o de mama, apresentam sintomas e sinais em suas fases iniciais. A detecção precoce ajuda a reduzir a mortalidade e traz melhores resultados no tratamento. “Quando a gente estimula a prevenção, a fazer a mamografia ou procurar o mastologista, o principal objetivo é descobrir a doença no começo, pois quanto mais acesso à prevenção, existe uma tendência a aparecer mais casos de câncer, por isso o Outubro Rosa é importante e eficiente. Não precisa ter medo, o aumento da incidência não é um ponto a se preocupar, mas sim, se esse aumento da incidência é acompanhado do diagnóstico precoce. Geralmente as mulheres que se previnem conseguem descobrir a doença mais cedo. Hoje um câncer de mama quando diagnosticado na fase inicial, as taxas de cura se aproximam de 100%”.

Fernando Vequi Martins também chama atenção para a idade preconizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na realização do exame de mamografia, a partir dos 50 anos e até 69 anos e a cada dois anos, ou seja, 10 mamografias em toda a vida. “Se seguirmos as recomendações do SUS somente iremos atingir 46% de pacientes com diagnóstico de câncer de mama. Ou seja, há mais cânceres de mama fora da faixa etária recomendada pelo SUS do que dentro da idade orientada. Por isso a gente sempre orienta que a mulher comece a fazer a mamografia aos 40 anos”. A orientação da Sociedade Brasileira de Mastologia é que toda mulher sem sintomas inicie com as mamografias aos 40 anos e realize o exame anualmente até o fim da vida. Uma mudança no tratamento cirúrgico também está sendo estimulada informou o mastologista, a fim de reduzir o tamanho do nódulo, para posteriormente proceder com a retirada. “A gente tem mudado bastante o nosso conceito em deixar a cirurgia para depois. Quando não se consegue preservar a mama, se aplicam tratamentos que possam reduzir o tamanho do nódulo, como por exemplo, a quimioterapia. Reduzido o tamanho do tumor, é possível fazer uma cirurgia muito mais conservadora, praticamente sem diferença nenhuma entre uma mama e outra”.

Fatores de risco O câncer de mama está entre os assuntos mais importantes no que se refere à saúde da mulher. De acordo com dados

divulgados pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva), o câncer de mama é o segundo câncer mais comum no mundo e representa 28% dos casos novos que surgem por ano. A doença é caracterizada pela produção rápida e desordenada de células, que formam um tumor maligno na região mamária. De acordo com Fernando Vequi Martins, o maior fator de risco é um histórico familiar, especialmente mãe ou irmã com câncer de mama. Há também os fatores ambientais como obesidade, sobrepeso, sedentarismo, consumo de bebida alcoólica e exposição frequente a radiações ionizantes ((raios X, mamografia e tomografia). Manter o peso corporal adequado, praticar atividade física e evitar o consumo de bebidas alcoólicas ajudam a reduzir o risco de câncer de mama. A amamentação também é considerado um fator protetor.


8

Geral

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

O Celeiro

Reforma trabalhista preocupa representantes sindicais sembleia neste ano, que tradicionalmente acontece em novembro em função da reforma trabalhista que está por vir e a gente não sabe o que vai acontecer, porque o processo é complicado”, salientou o sindicalista. O Sindicato dos Comerciários também reúne no dia 27 na mesma assembleia, colaboradores das cooperativas do município.

Tratativas das negociações para reajustes salariais tem início e reforma trabalhista vigora a partir de 13 de novembro. Sancionada em 13 de julho de 2017, a nova legislação trabalhista ((PLC 38/2017), entra em vigor dia 13 de novembro. É a maior alteração da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), desde sua criação em 1º de maio de 1943. Os impactos sobre a vida do trabalhador parecem não terem sido percebidos ainda pela maioria das pessoas, pelo menos esta é a impressão de Edson Damin, presidente do Sindicato dos Comerciários para a região de Joaçaba, que também representa a classe em Campos Novos. Na sua avaliação geral, é possível perceber a perda de muitos direitos conquistados ao longo de décadas de luta da classe. “A nova lei para a classe trabalhadora de um modo geral, é preocupante porque fere vários direitos que até então estão garantidos e foram conquistados a duras penas. Isso acaba dificultando tanto a negociação, quanto a manutenção desses

Principais mudanças da reforma trabalhista

direitos. Só vamos entender os efeitos da reforma a hora que for aplicada. Temos muitas dúvidas ainda, pois alguns direitos que foram retirados da CLT acabam ferindo a constituição federal. O que vai refletir na negociação a gente só terá conhecimento depois que a lei vigorar”.

Grandioso Baile no clube 07 no dia 12 de Novembro com inicio as 14:00h Animado pelo Grupo Bicho do Parana e Cardoso. Valor do ingresso R$ 10,00 e haverá sorteio de brindes. Contrate seu evento conosco! Casamentos, Formaturas, Bailes e festas em geral.

O Sindicato dos Comerciários de Joaçaba representa 1.600 trabalhadores do comércio de Campos Novos e marcou para 27 de outubro no auditório da CDL/ ACRICAN, a partir das 20hs, assembleia geral para definir a pauta da convenção coletiva da categoria. “Adiantamos a as-

Ao todo, 119 artigos da CLT foram modificados pela reforma trabalhista. Edson citou exemplo. “Um dos principais que eu acho que é muito complicado é a questão da gestante trabalhar em local insalubre. Até a lei vigente não é permitido, mas a partir da nova legislação ela poderá trabalhar nestas condições. Imagine o mau que isso pode causar para a gestante e o lactante”.

Confira outras mudanças - Vale o que for combinado entre empresa e trabalhador: O ca-


O Celeiro

Geral

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

ráter vai prevalecer, pois a lei explica que o que for combinado entre patrão e empregado tem força de lei, ou seja, é o que vale. Mas como determina a lei nacional, os contratos (inclusive os de trabalho) podem tratar de tudo que não seja contra a lei, e no caso dos contratos de trabalho, não podem ser negociados os direitos essenciais, que são salário mínimo, férias, décimo terceiro salário e FGTS. - Acaba a obrigação do empregado pagar imposto sindical: Cada trabalhador, até agora era obrigado a “dar” o valor de um dia de trabalho para os sindicatos, mas agora isso acabou. Na prática quer dizer o trabalhador poderá sim contribuir para o sindicato, desde que entenda que é bom para ele, portanto, o sindicato terá que demonstrar o que está fazendo de bom e que merece contribuição. - Férias podem ser parcelada em até três períodos: A empresa, com concordância do empregado, pode conceder férias em até três períodos, desde que um período tenha pelo menos 14 dias, e os outros dois tenham mais de 5 dias corridos, por exemplo, pode ser 16 + 8 + 6 = 30. Ah, também fica proibido que o início das férias aconteça em até 2 dias que antecedam feriados ou dias de descanso semanal, ou, seja, não pode dar férias para iniciar na quinta feira, por exemplo. - Flexibilidade da jornada diá-

ria: A jornada diária poderá ser ajustada e compensada desde que essa compensação aconteça no mesmo mês e se respeite o limite de dez horas diárias, já previsto na CLT. Este item, no entanto, pode ser negociado entre patrão e empregado, com força de lei. E a jornada de 12 horas também pode negociada, mas tem que respeitar 36 horas ininterruptas de descanso. - Intervalo intrajornada: Agora é possível negociar intervalos menores que uma hora de almoço, permitindo que o trabalhador, ao fazer menor horário de almoço, entre mais tarde ou saia mais cedo. Lembre-se que é negociado, ou seja, tem que ter concordância de empresa e do trabalhador. - Novas jornadas parciais e temporárias: A jornada parcial de trabalho poderá ser de até 30 horas (antes era de 25 horas), mas não tem possibilidade de horas extras, ou é possível tratar 26 horas com a possibilidade de até 6 horas extras. Nestes casos permanecem todos os direitos trabalhistas como férias, décimo terceiro salário, FGTS, e salário mínimo (mas neste caso o salário mínimo deve ser proporcionalizado para a jornada parcial). - Agora pode jornada intermitente: A jornada intermitente é aquele trabalho super flexível, que acontece em dias alternados da semana, ou só algumas horas por semana, que tem interrupções.

E o trabalhador é convocado com pelo menos 5 dias de antecedência. - Terceirização: É permitida a terceirização de funcionários da atividade fim da empresa, ou seja, antes só podia terceirizar quem não era atividade fim. E para segurança do trabalhador existem mecanismos de segurança, que proíbem que o funcionário seja dispensado e logo em seguida terceirizado (por um período de 18 meses), por pessoa jurídica ou terceirizada. - Em relação à gestantes e lactantes: Agora elas poderão trabalhar em atividades de grau médio ou mínimo

9

de insalubridade, a gestante deverá ser afastada quando apresentar atestado de saúde de um médico de sua confiança. Pela regra atual, gestantes e lactantes são proibidas de exercer qualquer atividade insalubre. - Demissão em acordo agora é legal: A demissão em comum acordo da empresa e do empregado agora passa a ser legal. Por esse mecanismo, a multa de 40% do FGTS é reduzida a 20% e o aviso prévio fica restrito a 15 dias. Além disso, o trabalhador tem acesso a 80% do dinheiro na conta do Fundo, mas perde o direito a receber o seguro-desemprego.


10

Opinião/Variedades

Mosca Azul Embora tenha tudo para ser um jogo de cena a “crise” entre Michel Temer e Rodrigo Maia, tendo como pano de fundo as eleições de 2018 (o presidente da Câmara ensaia candidatura ao governo do Rio de Janeiro e movimenta-se para não colar a imagem ao governo federal, cuja popularidade está na sola do sapato), é fato que a mosca azul parece ter picado o chefe do Legislativo. Provavelmente insuflado pelo pai, Cesar Maia, economista muito inteligente, porém com várias restrições no campo ético, o presidente da Câmara ajeita-se na poltrona principal do Legislativo de olho na cadeira mais estofada do Palácio do Planalto. Nunca é demais lembrar que Rodrigo Maia é o sucessor direto do presidente da República em caso de vacância do cargo, uma vez que não existe mais a figura do vice-presidente neste mandato. No tiroteio que começou sábado e adentrou a semana, o filho de Cesar Maia mandou o recado ao seu eleitorado no Rio de Janeiro, aos seus pares na Casa (tentando passar a imagem de independência em relação ao Executivo), mas também sinalizou a Temer e companhia no melhor estilo “não cochilem, porque estou aqui.” Brincadeira tem hora, Rodrigo Maia!

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

Frouxidão O atual presidente da Câmara deixa muito a desejar no quesito comando, liderança e autoridade para decisões fundamentais. Demonstra um estilo frouxo. Resguardadas as questões éticas, na seara do comando do Legislativo, Maia deixa muito a desejar em relação ao antecessor, o notório bandido Eduardo Cunha.

Almoço em família Outro fator que deve ser levado em consideração no jogo de cena entre Rodrigo Maia e Michel Temer é a questão familiar. O deputado é genro do ministro Moreira Franco, um dos mais próximos do presidente.

Histórico Mas também há pontos que pesam para azedar de vez a relação Temer-Maia, embora, por ora, esteja sob controle. Não faz muito, o PMDB manobrou para esvaziar o DEM, tirando deputados federais da sigla de Maia.

Tripé Tribunal de Justiça encaminhará ao governador do Estado lista tríplice com o nome dos procuradores que continuam na disputa pelo cargo de desembargador, em vaga destinada ao Ministério Público por meio do quinto constitucional.

O Celeiro

Votação Em sessão extraordinária do Pleno do TJ na manhã de segunda-feira, 16, o colegiado definiu a composição da lista entre os seis nomes originalmente apresentados, com os procuradores Gladys Afonso (70 votos), Durval da Silva Amorim (69 votos) e Sidney Eloy Dalabrida (51 votos).

Fé Aconteceu em Campos Novos no dia 12 de outubro a 40ª Romaria em Honra a Nossa Senhora Aparecida, a procissão contou com aproximadamente 65 mil romeiros uma demonstração de fé já reconhecida como a maior romaria do sul do Brasil.

Falando em Campos Novos O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), confirma palestra em Campos Novos nesta quinta-feira, 19, às 19h30min com o Governador João Raimundo Colombo. O Governador falará sobre o momento econômico do Brasil e as conquistas de Santa Catarina. A palestra acontece no Clube Aqua Camponovense.

Com a Adjori você fala com todo o Estado

www.adjorisc.com.br twitter.com/adjorisc

facebook.com/Adjorisc

(48) 3298-7979

~~~~~~~~~~~~~~~~HORÓSCOPO SEMANAL~~~~~~~~~~~~~~~~ Áries

20/03 a 20/04 Esta semana os nativos de Áries poderão contar com uma conjuntura auspiciosa onde verão a sua vida evoluir por vezes de uma forma inesperada. No plano afetivo: Não terá motivos para estar inseguro ou desconfiado, pelo contrário, a conjuntura é de grandes afinidades e deveras propícia ao crescimento afetivo.

Touro 21/04 a 20/05 Semana de grande grau de exigência e intensidade para Touro que está particularmente ativo e ansioso. No plano afetivo: Esta semana pode trazer uma grande reviravolta na sua vida, de repente os sentimentos e as vivências ganham novos contornos com que não contava. No plano profissional e material: Não há grandes evoluções, revelará grande esforço e empenho no trabalho.

Gêmeos 21/05 a 20/06 A conjuntura define uma semana em que Gêmeos se sentirá mais calmo e em alguns casos mais preparado para enfrentar coisas que não dependem só de si. Há tendência para modificações benéficas. No plano afetivo: A semana é positiva, mas sem grandes surpresas. Podem surgir novos conhecimentos, mas que não o impressionarão.

Câncer 21/06 a 21/07 Esta semana algumas situações vão mexer com o seu coração e sensibilidade, não vale a pena fugir do que é óbvio. No plano profissional e material: Está particularmente criativo, tudo indica que problemas pessoais não serão transportados para este setor. A vida economica estará instável. Na saúde esta semana o seu sistema nervoso apresenta alguma instabilidade.

Leão 21/07 a 22/08 A conjuntura recomenda que pondere bastante e analise a fundo todas as questões. Não são aconselháveis pressas ou precipitações dado que tende a cair em situações ilusórias ou instáveis. No plano profissional e material: Neste campo terá de enfrentar posições diferentes das suas, e que não serão nada fáceis de ultrapassar neste momento.

Fonte: http://www.portalangels.com/

Sagitário 22/11 a 21/12 Embora a conjuntura confira bom entendimento das situações e compreensão de fragilidades, esta semana Sagitário não se sentirá muito satisfeito com as voltas do destino. Aceite, as consequências serão, em devido tempo, bastante benéficas. No plano profissional e material: Terá de dar maior atenção à vida profissional e financeira, já que está sujeito a perdas graves.

Virgem

Capricórnio

23/07 a 22/09

22/12 a 20/01

Esta semana a conjuntura fornece meios que desbloqueiam as situações e estão previstas grandes evoluções. Não perca tempo e atue rapidamente. No plano profissional e material: Não deve deixar os seus créditos por mãos alheias, agarre o que lhe interessa com determinação. Passos importantes podem ser dados, ainda que nem tudo se resolva durante os próximos dias.

Libra 23/09 a 22/10 Esta semana Libra terá uma conjuntura de expansão, terá agora a possibilidade de ver recompensados os seus esforços. No plano profissional e material: Se pretende efetuar mudanças ou alterar estratégias de atuação chegou o momento certo para dizê-lo e fazê-lo. Seja muito claro na demonstração das suas ideias.

Escorpião 23/10 a 21/11 Escorpião esta semana está sob a influência de uma conjuntura positiva, embora muito forte e mesmo radical. No plano profissional e material: Terá esta semana muitos desafios, deverá rodear-se das pessoas certas e tirar do seu caminho quem não se rege pelos mesmos parâmetros ou regras. Na saúde não vai ter problemas, mas poderá sofrer alterações sem que se aperceba.

Vai encontrar a força necessária que permitirá vencer os obstáculos que marcam a conjuntura da semana. Evite cair em posições obstinadas que apenas o farão perder tempo, seja rápido e objetivo a atuar. No plano afetivo: Jogam-se emoções fortes e estão em causa grandes definições. As questões inerentes ao amor devem ser encaradas com serenidade.

Aquário 21/01 a 18/02 Esta semana Aquário terá dados muito objetivos para tomar decisões importantes na sua vida. Tente fazê-lo sem pessimismo ou dramatismo. No plano afetivo: Este setor evolui num sentido positivo e tranquilo. As ligações em curso podem consolidar-se. A semana promete ser compensadora. No plano profissional e material: Semana de muito trabalho e alguma dispersão.

Peixes 19/02 a 19/03 Esta semana Peixes deve procurar o equilíbrio tentando ser mais realista, moderado e objetivo. A conjuntura permite organizar a sua vida de forma mais facilitada. No plano afetivo: A vida sentimental tem indicadores de instabilidade e a melhor forma de evitar atritos é tentar ser calmo e bom ouvinte, assim tudo se resolverá da melhor forma.


O Celeiro

O Celeiro

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

11

da Cultura

Ano 2 - Edição: 64, Campos Novos, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

Celeiro de fé


O Celeiro da Cultura 12

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

O Celeiro

Celeiro de fé Fotos: Bruna Fagundes/O Celeiro

Romaria de Nossa Senhora Aparecida em Campos Novos reúne aproximadamente 65 mil pessoas. A chuva que persistiu durante todo o final da manhã de quinta-feira, 12 de outubro, não impediu que os romeiros comparecessem no evento religioso, que já é considerado o maior do Sul do País e tido como a Romaria Estadual de Nossa Senhora Aparecida. Muitos já se deslocaram ainda na tarde e noite anteriores a pé, em peregrinação pelas rodovias, vindos do interior de Campos Novos e de municípios vizinhos, como acontece todos os anos. Mais uma vez o evento surpreendeu pelo expressivo número de fiéis vindos da região e de vários outros municípios de Santa Catarina e de outros estados brasileiros. O que se vê em Campos Novos todo dia 12 de Outubro, é um misto de amor, emoção, fé e devoção. Devotos que vem para louvar, agradecer e pedir novas graças à mãe de Jesus. “Uma referência de mãe, uma ligação de fé, de amor, de respeito, de carinho, de manifestação forte no coração do nosso povo brasileiro. Todos tem um apreço especial a Nossa Senhora Aparecida, porque ela toca os nossos corações. Ela é mãe e nunca desampara seus filhos e filhas”, reforçou o Bispo Diocesano, Dom Mario Marquez. O número de romeiros nesta 40ª Edição foi estimado em aproximadamente 65 mil, transformando Campos Novos mais uma vez em palco de uma das maiores demonstrações de fé e devoção à

Virgem Maria neste evento que se assemelha à romaria nacional de Aparecida, destacou ainda Dom Mario. Milhares de fiéis rendem graças à mãe de Jesus, agradecem e renovam seus pedidos por uma

Imagem meramente ilustrativa.

vida mais digna. “A romaria de Campos Novos é o que mais reúne fiéis em um único local em Santa Catarina, considerada a romaria de Santa Catarina no sentido de maior aglomeração no dia de Nossa Se-

* Último ano da Educação Infantil.

FISK CAMPOS NOVOS | Tel.: 3541-2930 | Rua Duque de Caxias, 151

nhora Aparecida. Tenho percebido que a devoção a Nossa Senhora Aparecida tem aumentado a cada ano em Campos Novos e em particular a novena que é celebrada em preparação ao evento, que marca profundamente a preparação espiritual. E neste dia 12, é uma verdadeira multidão que nos encanta e emociona. É um momento de piedade popular, devoção e ação de graças. Campos Novos reúne a maior concentração de devotos em um único dia, aproximando-se, assemelhando-se ao que acontece lá em Aparecida, São Paulo, neste dia 12 de outubro”. Uma grande estrutura foi preparada para acolher os milhares de romeiros em Campos Novos para 40ª Romaria ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, praticamente duplicando a população do município. Perto de 500 voluntários contribuíram para a grandiosidade do evento religioso, principal referência de fé à Virgem Maria em todo o Sul do Brasil. A estrutura montada para os ambulante retirou os vendedores da Avenida Sagrado Coração de Maria, fazendo com que o momento religioso e o comércio pudessem integrar o mesmo evento separadamente. A Praça de Alimentação destinada às entidades sem fins lucrativos e capelas, também foi uma inovação que deu certo, com uma estrutura adequada tanto física, quanto sanitária. Um evento coordenado e promovido pela Paróquia São João Batista, mas construído a várias mãos, sob as bênçãos da Mãe Aparecida. Um exemplo de que quando se quer e se tem organização, independentemente de qualquer situação, as coisas acontecem da melhor maneira.


O Celeiro

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017 QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

A fé no poder de Nossa Senhora Aparecida Escolhido para compor o hino em homenagem aos 300 anos de Aparecida, o Padre Ezequiel Dal Pozzo foi um dos grandes responsáveis por fazer com que a emoção tomasse conta dos fieis que acompanharam a 40ª Romaria de Nossa Senhora Aparecida em Campos Novos. Na ocasião, ele interpretou a canção que fez, emocionando aos romeiros. O sacerdote animou a caminhada da Matriz ao Santuário de Aparecida em Campos Novos e realizou show de evangelização na quintafeira à tarde no palco montado na Avenida Coração de Maria. Acreditando no poder e na intercessão de Nossa Senhora Aparecida, o sacerdote dedicou a nova produção a ela. “Possamos entender que temos uma mãe que nos ama e intercede por cada um de nós. Quem invoca Maria jamais fica sem ser atendido, que possamos retornar o nosso amor filial por Maria, pois ela é nossa mãe e advogada”, diz o sacerdote. Para Padre Ezequiel Dal Pozzo, Maria é quem revela os traços necessários

para unidade, a comunhão e o respeito que todos os cristãos tem pela mãe de Jesus. "Quando nós vamos diante de Maria, claro que as pessoas esperam bênçãos, saúde, proteção para família, amparo para os problemas, mas Maria é muito mais do que isso, ela nos conduz a escutar da palavra de Jesus”. Padre Ezequiel também destaca que a romaria em Campos Novos, assim como em outros lugares, revela um momento de fé que reúne pessoas das mais diversas classes sociais. "Aparecida se tornou a imagem, o traço forte da mãe de Jesus, a mãe morena, a semelhança. A festa de Aparecida também está ligada a simplicidade das pessoas que buscam Maria, isso é um dos traços marcantes, onde pessoas do interior e de muitas cidades que têm o peso das dificuldades da vida, vem encontrar amparo na mãe", reforça o sacerdote.

13 O Celeiro da Cultura Fotos: Bruna Fagundes/O Celeiro

ainda durante o dia e noite de quarta-feira, 11 de outubro, muitos vieram a pé de municípios vizinhos e de outras regiões do estado. Marcia Kemer Cruz da Fazenda Carazinho de Brunópolis relata que há 4 anos a família vem a pé e a romeira acompanha de carro. “Faz quatro anos que nós viemos a pé, toda a família, neste ano veio meu marido Gilberto, minha filha Pâmela, meu filho Jonathan, minha sobrinha Talia e meu vizinho Junior. Sempre viemos para agradecer, pela saúde da família e por tudo de bom que conseguimos, agradecemos e renovamos os pedidos. Sou devota e qualquer coisa que acontece eu apelo para Nossa Senhora e sempre sou atendida”.

Claudinei da Silva Ribeiro muito alcóolatra e estava com minha vida comprometida. Tive essa graça pela interseção de Nossa Senhora Aparecida, com a ajuda também dos alcóolicos anônimos e agora no dia 27 de outubro, vai fazer 39 anos que eu parei de beber e a minha vida estava comprometida entre 6 a 8 meses. É uma graça impagável e eu sempre venho agradecer”.

Testemunhos de Fé A cada ano novos relatos e testemunhos de fé, devoção e de graças alcançadas pela interseção de Nossa Senhora Aparecida na Romaria de Campos Novos. Romeiros que chegaram ao município

Marcia Kemer Cruz e família

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Participe da grandiosa festa em honra Nossa Senhora Aparecida, na Capela Aparecidinha, Fazenda Aparecida. Dia 14 de janeiro 2018, com santa missa ás 10 hrs, ao meio dia suculento churrasco, com saladas, cucas , bolos e bebidas em geral, a tarde o tradicional “Encontro Dos Gaiteiros”.

Também a pé de Brunópolis nossa reportagem encontrou na rodovia Claudinei da Silva Ribeiro, que mora em Joinville e fez o trajeto a pé a partir do município vizinho Brunópolis trazendo nos braços a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Rogério José Hermes veio de São Bento do Sul e acompanha há 10 anos a Romaria de Nossa Senhora Aparecida em Campos Novos, antes era morador de Abdon Batista. “Eu acompanho há 10 anos a romaria, eu tive uma graça alcançada sobre o alcoolismo. Fui um homem

Rogério José Hermes


14 O casal Ivanor e Nilce Maziero vieram a pé de Curitibanos, saíram do município à meia noite de quarta-feira e chegaram à Campos Novos no final da tarde. Emocionados também testemunharam a devoção a Nossa Senhora Aparecida. “Agradecer a nossa santinha, ela ajudou a criar nossos filhos e estamos vindo hoje só para agradecer. Estamos nos sentindo realizados, com os pés cheios de bolhas e machucados, mas muito felizes. Eu morei em Campos Novos 24 anos e agora faz 9 anos que moramos em Curitibanos e muitas vezes eu ia na BR levar água para quem vinha a pé, era tradição, muita devoção. Hoje na verdade os idosos não vem

O Celeiro daO Celeiro Cultura

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

Fotos: Bruna Fagundes/O Celeiro

mais porque estão cansados e os novos são poucos que vem. Mas nós enquanto pudermos vamos vir e especialmente nos 40 anos não podíamos deixar de vir e se Deus quiser ano que vem estaremos aqui novamente”. Há mais de 20 Evelize Aparecida Moreira e Ivanir Moreira também fazem o trajeto até Campos Novos a pé para participar da romaria. Nos últimos 5 anos vieram da Fazenda dos Varões e anteriormente da localidade de São Simão, como relatou Evelize. “Faz mais de 20 que fazemos o trajeto a pé, de São Simão desde a

Fabiana de Souza e família

Nilce e Ivanor Maziero

Evelize, Ivanir Moreira e Júnior

época em que trazíamos os santos padroeiros e agora há 5 anos viemos da Fazenda dos Varões”. Neste ano acompanhou as irmãs o jovem Junior Patrick Dapper. Do Ibicuí uma família de 9 pessoas veio na tarde de quarta-feira. Fabiana de Souza testemunhou a redução de nódulos no fígado. “Eu tenho dois nódulos no fígado e com a graça de Maria diminuíram os nódulos e estou aqui, estou de pé, vim para agradecer”. Sabrina de Souza também testemunhou. “Eu tenho uma menina de quatro anos, ela quase faleceu no hospital, quando ela nasceu os médicos disseram que ela ia durar só 15 dias, então eu fiz a promessa se ela sobrevivesse eu vinha a pé. Desde então viemos todos os anos junto com a família”. E assim a devoção a Nossa Senhora Aparecida se renova a cada dia.

Assine “O Celeiro” (49) 3541.0597


O Celeiro

Publicidade

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

I N S T I T U T O

15


16

Noticias

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

RCN - 440 Edição de Outubro 2017 Semana III

rcn@adjorisc.com.br

O Celeiro

adjorisc adjori

SC

A notícia que você lê aqui, mais de 800 mil pessoas também leem em toda Santa Catarina FELIPE GÖTZ/O CELEIRO

Eleições no CREA/SC

Última safra foi boa em qualidade e em quantidade, mas aumento da oferta baixou o preço

Menos milho na lavoura Área plantada para produção do grão neste ano é a menor registrada nos últimos 20 anos. Em busca de rentabilidade, produtores catarinenses têm preferido plantar soja Na próxima safra, Santa Catarina colherá a menor área de milho plantada dos últimos 20 anos. Pela projeção do setor, o Estado deve ter 318 mil hectares de produção do grão para o ano que vem - menos da metade do que teve em 1997: 766 mil hectares. A redução é histórica e tem se tornado um problema para a economia do Estado. As razões da queda são explicadas, principalmente, pela baixa rentabilidade ao produtor. Mesmo com incentivo governamental, tem sido financeiramente vantajoso apostar na soja e é provável que esta diferença permaneça para os próximos anos. Sem garantia de preço, os agricultores estão deixando o milho de lado. O reflexo é que, aos poucos, o Estado vai perdendo o protagonismo do agronegócio. O milho é insumo para ração animal e a queda encarece a produção de carnes. Santa Catarina já perdeu o posto de maior produtor de frango para o Paraná nos últimos anos e pode perder também o de maior criador de suínos. O problema é de infraestrutura, diz o vice-presidente da Fiesc para o Agronegócio, Mario Lanznaster. Para ele, seria necessário que o governo federal investisse em armazenagem e logística. Hoje, parte do milho consumido

EVOLUÇÃO DA ÁREA PLANTADA

(mil hectares/ano)

Soja

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (CREA/SC) iniciou processo eleitoral para escolha do novo presidente da entidade. A votação será no dia 15 de dezembro. São cinco chapas inscritas e os filiados ao Conselho devem confirmar local de votação até o dia 5 de novembro. Os candidatos são: engenheiro agrônomo Ari Geraldo Neumann, engenheiro eletricista Celso Ternes Leal, engenheiro agrônomo Leonel Neide Ferreira Júnior, engenheiro mecânico Júlio Fialkoski e engenheiro agrônomo José Carlos Paiva Filho.

Gestão de Finanças Pessoais O Sicoob SC/RS promove, nos dias 23 e 24 de outubro, na sede da Federação Catarinense de Dirigentes Lojistas (FCDL), no Centro de Florianópolis, uma palestra sobre Gestão de Financas Pessoais, com o supervisor comercial Juliano Oliveira Fernandes. O encontro abordará os temas da relação das pessoas com o dinheiro, o orçamento pessoal e familiar, crédito e endividamento, consumo, investimentos, seguros e aposentadoria. O evento tem a parceria do Banco Central do Brasil e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/SC). As inscrições são gratuitas e limitadas em 100 participantes por turma (serão quatro turmas).

Alta no crédito cooperativo Milho

FONTE: IBGE

no Estado vem do Centro-Oeste ou do Paraguai, com alto custo de transporte e sem condições adequadas de estocagem. Para o presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo, as agroindústrias deveriam se unir para garantir um preço mínimo. O agricultor está frustrado porque sente no bolso, diz. Ele afirma que “sempre vamos sofrer” com esse problema se não houver garantia de rentabilidade. Para piorar, a plantação este ano começou atrasada. Devido à estiagem de setembro, muitos produtores ainda nem semearam e outros terão que replantar o grão. Na última safra, mesmo com colheita de qualidade e quantidade acima da média, o agricultor não conseguiu ter ganhos satisfatórios devido ao au-

mento da oferta. Por outro lado, há um crescimento da produção de milho para silagem, destinado à produção leiteira. Segundo o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa), da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, a área ocupada para o milho silagem será de 226 mil hectares, cerca de 70% da área em comparação com os 318 mil hectares reservados ao milho grão. Para o secretário de Estado da Agricultura, Moacir Sopelsa, a saída é otimizar a vinda de milho grão de outros lugares. Segundo ele, esta é uma “dificuldade boa”, porque mostra a força da agroindústria de produção de carnes e leite ao consumir muito milho e ser referência do setor no mercado interno e externo.

O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 3,6 milhões de associados e atuação em 21 estados brasileiros, manteve o desempenho positivo no primeiro semestre de 2017. O resultado líquido da instituição cresceu 36,4%, quando comparado ao mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 1,2 bilhão. A instituição também obteve crescimento no desempenho da caderneta de poupança no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, de janeiro a agosto, ultrapassando R$ 4,7 bilhões. O resultado é 27% superior ao registrado no mesmo período de 2016.

Baixa na inadimplência O volume de brasileiros com contas em atraso e registrados nos cadastros de devedores teve queda no mês de setembro. Segundo dados do indicador do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), houve uma retração de -0,89% na quantidade de inadimplentes na comparação entre setembro deste ano com o mesmo mês de 2016. A estimativa é de que o Brasil encerrou setembro com aproximadamente 59,1 milhões de brasileiros com alguma conta em atraso e com o CPF restrito. O número representa 39% da população com idade entre 18 e 95 anos.


O Celeiro

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

Publicidade

17

PROGRAMA MUNICIPAL DE AUXÍLIO TRANSPORTE – ANO 2017 EDITAL Nº 003 DE 10 DE OUTUBRO DE 2017 O Município de Campos Novos, Estado de Santa Catarina, em conformidade com a Lei Municipal nº. 4.370, de 19 de setembro de 2017, torna público edital de convocação aos discentes que desejarem participar do processo de seleção para o Auxílio Transporte destinado aos Estudantes Universitários de primeira graduação e de Cursos Técnicos contemplados no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos-INEP, que estiverem devidamente matriculados no segundo semestre do ano letivo de 2017. As inscrições somente serão realizadas presencialmente, na Prefeitura Municipal de Campos Novos, localizada a Rua João Batista Expedicionário de Almeida, nº. 323, centro, durante o período compreendido entre os dias 16 a 30 de outubro de 2017, em dias úteis das 08:00h às 11:00h e das 13:00h às 17:00 horas, horário de Brasília. O Edital poderá ser obtido por meio do Site da Prefeitura Municipal de Campos Novos através do link: <http://www.camposnovos.sc.gov.br/>. Esclarecimentos e maiores informações poderão ser obtidos na Prefeitura Municipal de Campos Novos, pelo telefone: (49) 3541-6200. Campo Novos/SC, 10 de outubro de 2017.

SILVIO ALEXANDRE ZANCANARO Prefeito Municipal JUVILDE GONÇALVES PADILHA Secretaria Municipal de Educação e Cultura


18

Abdon Batista

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

O Celeiro

Prefeito Lucimar participa de encontro para avaliar Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos Foto: Divulgação/PMAB

Pública Municipal. Às 18h30min, os prefeitos serão recebidos pelo Governador Colombo, que estará no município para uma palestra. A Comissão de Constituição e Justiça do Senado deverá analisar o PLC 315/2009 antes da matéria seguir ao Plenário.

Fomento Econômico O prefeito de Abdon Batista e presidente da Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas - AMUSUH - Lucimar Antônio Salmoria, participou nos dias 09 e 10 de outubro em Brasília, (DF), de encontro com membros da Diretoria Executiva, dos Conselhos e prefeitos da maioria dos 21 estados que possuem usinas hidroelétricas para estabelecer as estratégias de tramitação do Projeto de Lei que atualiza os critérios de distribuição da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH), destinada aos 727 municípios e para propor uma ação judicial que visa rever a perda da compensação advinda da revisão da Tarifa Atualizada de Referência (TAR).

A reunião do dia 09 definiu a realização de mobilizações dos prefeitos em cada estado para clamar apoio dos governadores à revisão da TAR. Uma simples resolução da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) derrubou a TAR de R$ 93,35 por MWh em dezembro 2016 para R$ 72,20 a partir de janeiro de 2017. Se o valor de 2016 tivesse sido devidamente corrigido monetariamente, a TAR praticada em 2017 estaria em R$ 99,35. Outra pauta das reuniões dos prefeitos e governadores foi o pedido de apoio ao Projeto de Lei da Câmara (PLC 315/2009), que propõe o aumento de 45 % para 65% da parcela da CFURH reservada às prefeituras. Esta é uma urgente demanda para os 727 municípios sedes de usinas

e alagados. Só a mobilização dos governadores e de todos os prefeitos fará a diferença na aprovação desta matéria. A nova divisão da CFURH vai diminuir em menos de meio por cento do total das receitas dos estados, enquanto para os municípios essa mudança representa um acréscimo de 44% nos valores recebidos pela perda das terras produtivas atingidas pelas barragens. Agora a AMUSUH irá aguardar os resultados das reuniões entre os prefeitos e governadores para montar a estratégia junto aos senadores. A previsão é de que em 40 dias as mobilizações já tenham sido realizadas. Uma das mobilizações de prefeitos acontece hoje em Campos Novos, a partir das 15h20min na Biblioteca

A produção de pescados em tanques-rede nos lagos das usinas também foi debatida na reunião. A transferência da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca para a Presidência da República promulgada recentemente deverá dinamizar as ações. O encontro da AMUSUH contou também com a presença Deputado Federal Evandro Rogério Roman (PSD-PR), Relator Setorial na área de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Agrário da proposta de Lei Orçamentária para o ano de 2018 na Comissão Mista de Orçamento, e com representantes da Secretaria de Aquicultura e Pesca e do Ministério da Integração. A associação e os palestrantes estão otimistas na busca de alternativas para diminuir as dificuldades do cotidiano do setor.

Assine “O Celeiro” (49) 3541.0597


O Celeiro

Informe Campos Novos

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

1º Encontro de escolas Multisseriadas

O evento ocorreu na quarta-feira (11/10) nas dependências da Associação dos Servidores Públicos Municipais alusivo ao dia da criança com várias atividades e almoço. Participaram alunos das escolas Padre Jósimo Tavares, Pinhal Preto, Encruzilhada, Carlotina Antunes, Maria Delavi Becker, Corredeira, São Simão, Andreia Durigon e Lides Titon.

Agentes Ambientais

19

Projeto “Gravidez na adolescência é coisa séria. Previna-se!”

Foi concluída com sucesso a primeira etapa do programa, sendo que nesta primeira fase a equipe técnica do CRAS abordou os temas “Adolescência: mudanças físicas e emocionais” e “Gravidez na adolescência”, contanto com a participação de 259 adolescentes. As escolas que estão sendo atendidas pelo projeto são: André Rebouças, do Distrito Barra do Leão, José Faria Neto do Distrito de Ibicuí e Rafael Dal Pai do Distrito de Dal Pai. Neste mês de outubro a Secretaria de Saúde fará uma abordagem sobre a Saúde do Adolescente.

Guarda patrimonial Municipal

A Secretaria de assistência social efetuou na manhã do dia 11/10 a entrega de Kits de IPIs, ou seja equipamentos de segurança para os agentes ambientais. O ato de entrega ocorreu na própria secretaria. A disponibilização destes equipamentos era uma preocupação da secretaria em dar mais segurança ao importante trabalho que estes agentes prestam em nossa cidade.

Foram entregues durante ato no auditório da Casa da Cultura, os uniformes da Guarda Patrimonial Municipal, fardamento que foi utilizado na 40ª Romaria e nos demais dias, com o intuito de identificar estes servidores no exercício de suas funções mantendo a segurança e a ordem de nossa cidade. Na ocasião foram entregues também alguns elogios a guardas que tiveram destaque no cumprimento de suas funções, abordando pessoas praticando atos indevidos em locais públicos colaborando na detenção dos mesmos. *Texto, Fotos e Informações: Assessoria de Imprensa/Prefeitura Municipal de Campos Novos


20

Celso Ramos

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

O Celeiro

Terceiro passo é dado rumo à Legalização da Cachaça de Celso Ramos Fotos: Divulgação/PMCR

No dia 11 de outubro aconteceu mais um passo na caminhada rumo à legalização da produção de cachaça em Celso Ramos. Neste dia, a Secretária Municipal de Agricultura, Marcia Surdi juntamente com o Engenheiro Agrônomo, Renato Carlos Maciel acompanharam a Consultora Credenciada do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Rossana Podestá em uma visitação aos produtores Iziário Pelozato, Jair Guarda e Danilo Santos da Silva. Na ocasião, a Consultora do SEBRAE entrevistou os produtores e coletou inúmeros dados a serem utilizados na elaboração de um diagnóstico, que servirá de embasamento para traçar o projeto que irá resultar na implantação das agroindústrias. Conforme o Consultor Credenciado do SEBRAE, Ricardo Klein e o Coordena-

dor Regional Planalto Serrano - SEBRAE, Altenir Agostini, em novembro o SEBRAE/SC irá lançar o Projeto “Produtos Gourmet e com Identidade Territorial da Serra Catarinense”. Neste projeto, serão priorizados produtos gourmet e de origem com potencial mercadológico, como por exemplo, goiaba serrana, pinhão, vime, orgânicos, maçã Fuji, frescal, queijo serrano, truta e mel de melato de bracatinga, buscando ampliação de mercado e maior rentabilização dos produtores. O objetivo é a ampliação da competitividade e sustentabilidade dos pequenos negócios atendidos e promover desenvolvimento territorial, dinamizando e fortalecendo a economia regional. Para esses, além da identificação de produtores e quantificação da produção, serão estruturadas ações de cujos resultados estimu-

lem o desenvolvimento e aprimoramento de habilidades na gestão empresarial, na utilização de inovações e tecnologias em processos e produtos e o acesso a mercado. Portanto, a visita da Consultora Rossana Podestá buscou conhecer e levantar empreendedores, empresas e produtos que possam fazer parte da seleção de unidades que serão beneficiadas pelo Projeto. A visitação pela consultora do SEBRAE foi o terceiro passo dado rumo à legalização da cachaça de Celso Ramos, sendo que os anteriores consistiriam em uma reunião acerca dos procedimentos de formalização de uma empresa de produção e comercialização, e, uma visitação à tradicional Indústria de Cachaça Wruck. De acordo com a equipe do SEBRAE, os próximos passos serão as consultorias tecnológicas do SEBRAETEC e ações de

estruturação e consultoria de apoio na formalização das agroindústrias, como micro destilarias artesanais, podendo estas serem optantes do SIMPLES Nacional, a partir de 2018. A equipe também destacou que a AMPLASC (Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catarina) já está executando a parte do projeto ambiental e de engenharia (planta baixa) das unidades. “A Administração Municipal faz questão de acompanhar de perto cada etapa deste trabalho de legalização da produção de cachaça em Celso Ramos, além de ser um projeto que irá beneficiar diretamente os produtores e profissionalizar este setor no nosso município, eu também considero este projeto uma realização de um sonho” ressaltou a Secretária Municipal de Agricultura, Marcia Surdi.


O Celeiro

Ibiam

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

21

Assuntos Debatidos na Sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Ibiam Aconteceu na noite de terça (17) mais uma Sessão ordinária do Poder Legislativo de Ibiam. Após leitura e aprovação da ata da sessão anterior, procedeu-se a leitura dos expedientes recebidos e indicações pelo secretário Mauri Dissegna (PT). Foram lidas e aprovadas as seguintes indicações: - Indicação 031/17 do vereador José Henrique Ramos Moreira (PSD), sugere ao Poder Executivo que seja aumentada a carga horária a ser prestada pelo médico pediatra na unidade de saúde. - Indicação 032/17 também do vereador José Henrique Ramos Moreira sugerindo ao Poder Executivo, que seja requerido junto ao juiz da comarca que os condenados a pagarem penas alternativas, possam prestar o serviço no município de Ibiam, ao menos uma vez ao mês, sendo que há condenados no município e a cidade faz parte da comarca. Na sequência, a presidente Marcia Gomes encaminhou o Projeto de Lei Complementar 083/17 à Comissão de Constituição Legislação e Justiça para seu parecer. Na Ordem do Dia, aconteceu a 2ª Discussão e votação do Projeto de Lei 680/17 (Dispõe sobre as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária do Município para o exercício de 2018 e dá outras providências), sendo aprovado. 2ª Discussão e votação do Projeto de Lei Complementar 082/17 que institui a contribuição para custeio dos ser-

viços de iluminação pública, COSIP, e dá outras providências). Após a leitura todos os vereadores falaram que são contrários a lei e que ainda não é a hora certa para que seja aprovada. Reiteraram que a lei já foi encaminhada por três mandatos seguidos a casa legislativa, mas enquanto puderem segurar, será rejeitada. Na votação votaram contrários: José Henrique Ramos Moreira, Sérgio Antonio Ramos (PSDB), Jocimar Tesck de Oliveira (PMDB), Miguel Felicetti (PMDB), Mauri Dissegna e Daniel Andrique (PP), Irineu Salvadori (PDT), Clodomir Parise (PMDB) se absteve do voto, sendo assim o projeto foi rejeitado por 07 votos e uma abstenção. Na Palavra Livre o vereador Irineu Salvadori disse que saiu um laudo do poço que foi perfurado na Linha “Gramadinho” e que “Será necessário fazer uma reunião com os moradores. Segundo informações o poço teve a vazão de 10 mil litros e isso é pouco para abastecer a comunidade. A reunião deve ser feita para ver se os moradores apoiam que seja perfurado mais profundo para resolver o problema”. Sobre o caso do “Feirão do Brás” o mesmo ficou decepcionado por ter ficado sabendo que o evento vai acontecer. “Tudo que era preciso pra impedir foi feito, segundo o que sei a prefeitura expediu 12 alvarás e reduziu o número de dias, antes era 07 dias agora serão 03 dias. Acredito que precisamos aumentar as taxas e tentar impedir para que isso aconteça”.

José Henrique Ramos Moreira se manifestou dizendo que se “Feirão” não tivesse onde se instalar não iria acontecer. “O presidente da Hípica havia comentado que não ia alugar o espaço e agora resolveu alugar, vários lojistas ameaçaram “Fechar as portas” se isso acontecer. O CTG 03 de Outubro negou o espaço e mesmo assim acharam uma brecha, acho isso um absurdo”. Sérgio Antonio Ramos também se manifestou e comentou: “Quero primeiramente agradecer aos vereadores que na primeira votação do “Projeto da Cosip” foram a favor e agora se demonstraram contra e nos ajudaram a “derrubar”. Sobre o “Feirão”, quem está alugando deveria dar explicações”. Clodomir Parise comentou: “Não tenho conhecimento da liberação do “Feirão”, achei que este ano não ia acontecer. Sobre o “Projeto da Cosip” também agradeço os votos dos vereadores e a rejeição. Parabenizo a indicação do vereador José Henrique sobre o aumento da carga horária do pediatra e quero deixar aqui que a ponte da Linha “Gramadinho” que falam que está prestes a ser reformada, acho ótimo, mas deixo registrado que a ponte da Linha “São Sebastião” também está em péssimas condições”. Jocimar Tesk de Oliveira se manifestou: “Agradeço os votos contrários ao “Projeto Cosip” e quero deixar claro que estou decepcionado sobre a realização do “Feirão”, acho isso também uma falta de interesse do prefeito. Quero agradecer a todos que participaram da festa da capela da nossa Matriz e dizer que foi uma das maiores de todos os tempos, não podemos ir contra os comerciantes e depois ficar pedindo apoio nas festas que acontecem aqui, se continuar assim a comunidade vai ficar contra o nosso município”. Miguel Felicetti disse na Palavra Livre: “Faço aqui uma Indicação Verbal para abertura das estradas da Comunida-

de de “Vista Alegre” e também da propriedade do Sr. Oscar Pereira. Quero registrar que se em 10 meses de governo fizeram 12km de estrada e ir nesse passo a administração vai precisar de 05 mandatos para terminar todo perímetro de Ibiam, acho isso uma vergonha, poderiam ter feito mais”. Irineu Salvadori respondeu ao vereador Miguel e disse que o prefeito vai cumprir o seu “Plano de Governo” e chamou a atenção que a culpa da realização do “Feirão” não é do prefeito pois ele não pode recusar alvarás se as documentações estão certas, quem é culpado é quem cedeu o local para realizar o evento. Daniel Andrique comentou: “Acho engraçado, agora a administração precisa fazer todas as pontes em 2017? Eu não sabia que para isso tinha prazo, e me pergunto, por que não fizeram as reformas antes? Quero lembrar a todos que quem governa, governa por 04 anos!”. Mauri Dissegna comentou: “Parabenizo as indicações do José Henrique, e sobre as consultas quero comentar que a prefeitura ganhou na justiça o Processo do Ministério Público e poderá aceitar consultas e exames particulares como era antes. Sobre o “Feirão”, fui contrário desde a primeira vez e a administração não quer realizar, mas também não pode impedir. José Henrique chamou a atenção: “Estamos pagando uma empresa e a empresa não percebeu que precisa aumentar a carga horária do pediatra? Estão querendo contratar uma enfermeira, mas para contratar mais um médico não tem dinheiro? Estou indignado”. Jocimar Tesk pediu a limpeza das calçadas e concordou com as colocações do vereador José Henrique. “Se vocês lerem o edital de contratação, vão perceber que a empresa não está cumprindo nada do que está lá”. A próxima sessão do legislativo de Ibiam está marcada para dia 24 de outubro às 19h30min.


22

Vargem

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

O Celeiro

Atividades do dia da criança e do professor são realizadas em Vargem Fotos: Divulgação/PMV

A Administração Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação de Vargem, em parceria com as escolas municipais, CEI Chapeuzinho Vermelho, Grupo Escolar Municipal Padre Alberto Leopoldo Bosing, CEI Marodim,

CEI Criança Feliz e CEI Laranjeira, comemoraram no dia 11 de outubro o Dia das Crianças, lembrado em 12 de outubro, feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Várias atividades foram realizadas durante toda a semana

que antecede a data. Todas as crianças receberam presentes da Administração Municipal. Para comemorar o dia do professor, lembrado em 15 de outubro, foi promovido um almoço de confraternização

com a presença do Secretário Municipal de Educação Luilson Cezar Gazzola e da Prefeita Milena Andersen Lopes Becher, com a entrega de uma lembrancinha para todos os profissionais da educação.


O Celeiro

Agronegócio

uQUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017

23

Educação ambiental como ação permanente embalagens de agrotóxicos comercializadas podem ser recicladas.

Central de Campos Novos responde por 10% do volume de embalagens de agrotóxicos devolvidas na região de abrangência da Regional do INPEV em Santa Catarina. Tendo como peça chave o produtor rural que faz corretamente a tríplice lavagem, o Sistema Campo Limpo implantado em 2002 no Brasil pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (INPEV), é referência mundial. Um sistema de excelência que coloca o Brasil como o país que mais destina de forma ambientalmente correta embalagens plásticas de agrotóxicos utilizadas no meio rural. A ação foi reforçada pelo Coordenador Regional de Operações do INPEV em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Eurípedes da Veiga Rodrigues, em visita a Campos Novos na terça-feira, 17 de outubro, quando se reuniu com veículos de comunicação e com o gerente e responsável técnico da Central Redutora de Embalagens de Agrotóxicos de Campos Novos, Engenheiro Agrônomo Marco Ubaldo Filho. Conforme o coordenador, o Brasil é o único país que produz embalagem de agrotóxicos e realiza o processo de reciclagem, com um índice de 94% de destinação ambientalmente correta de embalagens de plástico. “Hoje várias organizações e institutos parecidos com o INPEV no mundo inteiro vem ao Brasil para conhecer o Sistema Campo Limpo, porque disparado nós somos o país que mais recebe e mais destina as embalagens utilizadas no campo, com 94%. O Brasil não reutiliza as embalagens, que são recicladas. Esse material é processado e é feita a Triex, que é o nome desta embalagem. O Sistema tem uma indústria que chama Campo Limpo, responsável por produzir materiais recicláveis e tampas para serem utilizadas em embalagens de agrotóxicos”. O Sistema também conta com outras 11 recicladores, que produzem

Sensibilização permanente

uma série de outros materiais. Além da tríplice lavagem o coordenador reforça ainda a necessidade da inutilização. “O papel do produtor é tríplice lavar esta embalagem e inutilizar, fazendo um furo no fundo desta embalagem para garantir que não sirva para mais nada. Se ele não inutilizar podem sobrar resíduos de produto, o que pode gerar um problema sério nas Centrais”, afirmou o coordenador. Feita a tríplice lavagem e inutilização, o produtor pode entregar embalagens e tampas separadamente. Até o final do ano a Central Redutora de Embalagens de Agrotóxico de Campos Novos, como as demais espalhadas pelo país, num total de 114, estarão devidamente licenciadas para receber também, embalagens com restos de pro-

dutos ou com produtos vencidos, que serão destinados à incineração. Até que saia o licenciamento ambiental, o produtor deve armazenar esses produtos em local seguro, com a devida identificação. Na área de atuação da Coordenação Operacional do INPEV do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, são 15 centrais redutoras e 50 postos de recebimento. A eficiência do Sistema Campo Limpo se dá devido à responsabilidade compartilhada entre os elos do sistema, que são a indústria (dando o destino adequado), os canais de distribuição (oferecendo local para devolução das embalagens), os agricultores (que devem realizar a tríplice lavagem e inutilização da embalagem) e os poderes públicos (responsáveis pela fiscalização). 95% de todas as Foto: Bruna Fagundes/O Celeiro

Eurípedes da Veiga Rodrigues e Marco Ubaldo Filho

A sensibilização do produtor para que faça a devolução correta é permanente. Em 2017, informou Eurípedes da Veiga Rodrigues, o número de embalagens devolvidas registrou queda em relação anos anteriores. “Esse ano a gente observou que tivemos uma queda drástica na devolução de embalagens comparadas com os últimos anos em vários locais. Essa queda aconteceu por diversos fatores, desde condições climáticas com a utilização de menos produto até a decisão do produtor em postergar a entrega, tendo em vista que o prazo é de um ano para devolução”. Na Região de Campos Novos, a maior queda foi na devolução das embalagens de papelão, que podem ter tido a entrega direcionada a outras recicladoras sem licenciamento, o que é proibido.

Números de 2017 em Santa Catarina De janeiro a setembro deste ano, foram destinadas em Santa Catarina 573 toneladas de embalagens de agrotóxicos. Em 2015 o número chegou a 940 toneladas e em 2016 a 1.006 toneladas, sendo que deste volume 10% foram da Central Redutora de Campos Novos, com 100 toneladas em 25 municípios de abrangência. E nos últimos 15 anos, de 2002 a 2017, Santa Catarina já destinou adequadamente 8.416 toneladas de agrotóxicos. Eurípedes destacou ainda o recebimento itinerante, que tem contribuído de maneira fundamental para a devolução. Todo o Sistema Campo Limpo vem sendo otimizado ano a ano pelo INPEV a fim de facilitar a devolução pelo produtor. O maior volume das embalagens é destinado para reciclagem no estado de São Paulo. O Sistema abrange todos os estados brasileiros, com mais de 400 unidades de recebimento, entre centrais redutoras e postos de recebimento.


24

Publicidade

QUINTA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO DE 2017t

O Celeiro

1501  

Jornal O Celeiro, Edição 1501 de 19 de Outubro de 2017