Page 1

BAIRRO NOSSO

www.jnbonline.com.br

O jornal da comunidade

Joinville - SC

2ª quinzena - Janeiro - 2013 - Ano 02 - Edição 19

Compartilhe este exemplar com um amigo

Distribuído em todos os bairros de Joinville

GRÁTIS

Funcionários convocados não comparecem aos CEIs em plantão, com isso quem foi trabalhar está sobrecarregado

PLANTÃO NOS CEIs

03 06

Região

A

Gincana Catarinense de Pesca de Arremesso está marcada para ocorrer na Praia da Península, no balneário de Barra Velha, nos dias 26 e 27 de janeiro. A Gincana da Sojopa, como é conhecida, abre a temporada da pesca esportiva no Sul do Brasil. (Leia mais...)

15 Boca no Trombone

O ano de mudanças

Cemitério abandonado no Vila Nova Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

DESTAQUES

Inscrições abertas para Gincana da Sojopa

Economia

Foto: Jacson Carvalho

04

É

comum a herança das despesas do ano anterior, depois das festas, presentes e viagens, resta o saldo negativo bancário para a grande maioria das famílias brasileiras. Nada está perdido. É recolocar o trem nos trilhos para ganhar velocidade e chegar ao final de ano com tudo planejado. (Leia mais...)

R

ua dos Suíços, no bairro Vila Nova, é uma das ruas da região cercada pela natureza, acompanhada de tranquilidade e sossego. Exceto pelo cemitério que fica na mesma rua e está totalmente abandonado. Agora a entrada do cemitério virou depósito de lixo e ponto de encontro de usuários de drogas. (Leia mais...)

Foto: Rogerio da Silva/Secom Prefeitura

Professores faltam


Expediente: Gestor Executivo/Jornalista Responsável: Jacson Carvalho (2452/SRTE-SC) Marcos Aurélio Costa Executivo de Contas Email: comercial@jnbonline.com.br Hudson H. Baptista Executivo de Contas Email: hudson@jnbonline.com.br Projeto gráfico e diagramação: Jacson Carvalho • Ilze Moreira Jornalista - Colunista “Repercussão” Email: ilze.moreira@gmail.com • Ariane Pereira Jornalista - Colunista “Farejando” Email: farejando@jnbonline.com.br • Marcelo Santos Colunista “Esporte” Email: esporte@jnbonlie.com.br • Geizieli Neumann Colunista “Moda” Email: moda@jnbonline.com.br • Rozane Campos Jornalista - Colunista “Esporte/Aventura” Email: esporteaventura@jnbonline.com.br • Elaine Cristina Borges Colunista “Turismo” Email: turismo@jnbonline.com.br • Major Coelho Major da PM, Comandante da 2ª Companhia de Aviação da PM-SC Colunista “Polícia” Email: policia@jnbonline.com.br • Ezequias Anacleto Professor e Consultor de Economia e Vendas Colunista “Economia” Email: economia@jnbonline.com.br • Pedro Campos Colunista “Comunidade” Email:comunidade@jnbonline.com.br

PROMOÇÃO o = 50% de desconto Você + 1 amig onto r o T m e o s r u c o n

• Camilla Gonçalves Repórter e Revisão de conteúdo Email: jornalismo@jnbonline.com.br • Ingrid Passos Hille Jornalista - Colunista “Prato feito” Email: pratofeito@jnbonline.com.br • Jeferson Corrêa Jornalista - Colunista “Política” Email: politica@jnbonline.com.br • Bárbara Vicente de Souza Colunista “Saúde” Email: saude@jnbonline.com.br • Rosangela Chiodini Colunista “Emprego” Email: emprego@jnbonline.com.br

Contato: WWW.JNBONLINE.COM.BR Email: jnb@jnbonline.com.br Fone: (47) 3467-5158 / (47) 9911-1016 O JORNAL NOSSO BAIRRO é publicado quinzenalmente e distribuído deforma gratuita nos bairros de Joinville. Qualquer publicação por parte dos anunciantes e colunistas são de inteira responsabilidade dos que assinam. Filiado:

Edição anterior:


JOINVILLE

jornalismo@jnbonline.com.br

03

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013 Camilla Gonçalves

Professores faltam

Professora de CEI denuncia a falta de professores para o regime de plantão Foto: Rogerio da Silva/Secom Prefeitura

Matrículas Abertas

- Valor da Mensalidade R$ 95,00 - Aula uma vez por semana com carga horária flexível - Material didático gratuito

São três CEIs em regime especial com 60 professores para atender 440 crianças

A

reclamação partiu de uma das professoras convocadas para trabalhar em regime de plantão no Centro de Educação Infantil (CEI). Segundo ela, que prefere não se identificar, na segunda-feira (14) a diretora do CEI Espaço Encantado do bairro Bucarein comunicou às funcionárias que o CEI estava sem professores o suficiente e que por isso elas teriam que trabalhar além de suas cargas horárias normais. “Eu fiquei indignada. Fazemos concurso público para 40 horas semanais e ganhamos por isso, nada mais. Não tenho como resolver o problema que é da prefeitura”, afirma a denunciante. Como forma de compensar as horas trabalhadas a mais, a diretoria instruiu as professoras que explicassem a situação para as diretorias de seus postos fixos durante o ano para que fossem compensando essas horas. “Não se faz banco de horas na Prefeitura, é uma orientação errada; como diretora ela deveria saber”, conta. A professora também relata que o horário de almoço delas foi baseado, pela diretora, na fome de cada uma. “Ela disse que quem estivesse com ‘mais fome’ fosse primeiro e demorasse uns 20, 25 minutos para comer. Já quem estivesse com ‘menos fome’ fosse por último e demorasse 10, 15 minutos. Nunca vi disso na minha vida”, diz. Na terça-feira (15), primeiro dia das crianças nos CEIs, a denunciante relata que foi almoçar enquanto os alunos dormiam. “Revezei com a auxiliar para as crianças não ficarem sozinhas”, conta.

O atendimento nos CEIs de Joinville está ocorrendo em regime de plantão até o dia 8 de fevereiro. Somente três Centros de Educação foram abertos para atender as 440 crianças que foram inscritas. São eles, CEI Espaço Encantado (Bucarein), Espaço da Criança (Adhemar Garcia) e Ivan Rodrigues (Iririú). De acordo com informações da Prefeitura de Joinville, 60 profissionais foram convocados para este período. No momento, toda a demanda foi atendida e não há vagas em aberto.

Sindicato orienta Revoltada com a situação, a professora procurou orientação no Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville (Sinsej) na segunda-feira (14) após seu expediente. Segundo o coordenador do departamento de comunicação do Sinsej, Jean Almeida, nenhum funcionário deve exceder suas horas semanais. “Se existir algum caso extremo em que haja urgente necessidade de se trabalhar mais que oito horas por dia, o funcionário deve receber hora extra, não banco de horas”, esclarece. Na terça-feira (15) o CEI Espaço Encantado recebeu a visita do Sinsej que foi conversar com a direção sobre as denúncias feitas. Segundo a diretora informou aos sindicalistas, os horários de almoço estão sendo feitos, garantindo uma hora ou duas, conforme entrada e saída, contrariando a denúncia da funcionária. Mesmo assim, a orientação dada pelo Sindicato é de que as professoras

não cumpram nenhuma jornada que exceda as oito horas e que tenham seu intervalo de almoço de modo integral. “Qualquer medida diferente elas devem comunicar o sindicato”, finaliza Almeida.

Prefeitura explica

A conduta da diretora foi reprovada pela Prefeitura de Joinville. Segundo a Secretaria de Comunicação, o número de professores e auxiliares é suficiente para o número de alunos inscritos e a orientação da diretora, para que trabalhassem algumas horas a mais, foi equivocada. A assessoria informou também que um grupo de professores convocados para trabalhar durante o período de férias, não compareceu. Alguns apresentaram atestados médicos e outros faltaram sem justificativa. “O setor de Recursos Humanos da Prefeitura já convocou outros professores para substituir os que faltaram”, confirma o departamento de comunicação. No caso do CEI Espaço Encantado, dos 22 professores, nove faltaram. Este CEI atende a 160 crianças. Segundo eles, na quarta-feira (16) a situação deverá ser normalizada para os professores.

Não se faz banco de horas na Prefeitura, é uma orientação errada; como diretora ela deveria saber.”

(47) 3422-8735 / 9159-6532

MOTOS RW SEMPRE O MELHOR PREÇO

Confira as ofertas: • KIT DE RELAÇÃO AÇO 1045

R$ 39,90 para YBR, TITAN, BIZ

• PNEU DE MOTO A PARTIR DE:

R$ 64,90

dianteiro e traseiro para YBR, TITAN, BIZ

• ÓLEO DE MOTO IPIRANGA

R$ 9,90

Todos os itens das ofertas, a colocação é grátis!

3422-4301 8483-7050

Rua: Albano Schimidt nº 1189 - Boa Vista - Joinville Em frente à Mecânica Industrial Vick Ltda. ou após a Vanessa Modas


REGIÃO

04

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

jornalismo@jnbonline.com.br

Inscrições abertas para Gincana da Sojopa 16 anos

Barra Velha Foto: Divulgação

Fornecendo qualidade!

Temporada da Pesca Esportiva ocorre nos dias 26 e 27 de janeiro

A

Solicite a visita de um de nossos vendedores! Matriz: Av. Marquês de Olinda, 110 Costa e Silva

(47) 3435-0106 Filial: Rua Guaira, 1111

Iririú (47) 3427-2450 Filial: Av. Paulo Schoereder, 1550 Petrópolis (47) 3027-6996

www.reidastelhas.com.br

Gincana Catarinense de Pesca de Arremesso está marcada para ocorrer na Praia da Península, no balneário de Barra Velha, nos dias 26 e 27 de janeiro. A Gincana da Sojopa, como é conhecida, abre a temporada da pesca esportiva no Sul do Brasil. A Comissão Organizadora, formada pela Sojopa e Fundação de Municipal de Turismo, Esportes e Cultura, conta com um número situado entre 100 e 120 equipes na competição. Nas reuniões já foram acertados todos os detalhes de infraestrutura da Gincana. Para definir posições quanto à preservação ambiental uma reunião foi mantida entre a representante do Ministério Público, promotora Dra. Theane Tavares Fenner, o Presidente da Fundação Municipal de Turismo, Thiago Pinheiro, da presidente da Funde-

ma (Fundação Municipal do Meio Ambiente), Maria Luiza Duarte de Oliveira e, do presidente da Sojopa, Dorval M. Schmitt. Na ocasião o presidente da Sojopa fez uma ampla explanação sobre a filosofia da Sojopa, demonstrando a preocupação, não só da diretoria da Entidade, mas das próprias equipes participantes em preservar a área de restinga, cuidando principalmente da limpeza do local, durante e após a realização do evento, ilustrando com fotos suas palavras e também apresentou o regulamento da Gincana. A promotora pediu o empenho dos Organizadores e da Fundema para que durante o evento façam um trabalho de conscientização junto aos participantes, visando principalmente coibir qualquer abuso, que posteriormente possam gerar comentários desairosos sobre a

Gincana. As inscrições estão abertas e a premiação contempla com troféus as 20 primeiras equipes colocadas e seus participantes recebem medalhas. Na categoria feminina e juvenil a premiação vai até o 3º lugar. Os pescadores que capturarem os maiores peixes receberão troféus até o 5º lugar. Prêmios especiais (troféus) serão conferidos à equipe mais distante, a mais animada, o uniforme mais original e o uniforme mais bonito. Cinco troféus serão conferidos às equipes que acamparem e que apresentarem o acampamento mais organizado. Dentre os quesitos a serem observados, terão destaque a limpeza do local e o cuidado com a preservação da vegetação nativa da restinga. Informações pelo telefone 47 3456 0375 / 9984 0586 ou domarazul@domarazul.com.

São Francisco do Sul

Prefeitura oficializa repasse às escolas de samba

P

residentes das escolas de samba de São Francisco do Sul receberam na segunda-feira (14) a entrega do convênio referente ao repasse do Executivo Municipal à Liga Independente das Escolas de Samba, do vice-prefeito, Marcos Scarpato, e do secretário de Turismo, Augusto Kolling.

No total, a Liga recebeu R$ 340 mil. Parte do recurso deve ser aplicada na estrutura para o desfile competitivo das quatro escolas de samba. E no dia 26 de janeiro será feita a escolha da Rainha, Princesas e Rei Momo do carnaval. O evento inicia, às 20 horas, na Enseada.

Interessados em participar podem se inscrever na Fundação Cultural, das 13 às 19 horas. Para concorrer ao título de Rei Momo, o candidato deve ter entre 16 e 45 anos de idade. Já para o título de Rainha, entre 16 e 30 anos de idade.


REALIDADE

Jacson Carvalho jnb@jnbonline.com.br

05

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Geração Vaga-lume As aventuras de uma coleção que marcou uma geração á faz mais de 40 anos desde que o primeiro livro da coleção infanto-juvenil Vaga-Lume foi lançado. Uma geração foi marcada por inúmeros títulos que consagraram autores e inspiraram jovens e adolescentes a entrar no mundo mágico da literatura. Em 1972 a editora Ática teve a felicidade de criar um verdadeiro acervo de sonhos. Títulos como o “Rapto do Garoto de Ouro”, “O mistério do cinco estrelas”, “Um cadáver ouve rádio” e tantos outros que consagraram autores como Marcos Rey, Lúcia Machado de Almeida, Francisco Marins, Sylvio Pereira e outros escritores. Mas em particular um livro mudou meus pensamentos e me fez querer ser um jornalista. Na minha adolescência “devorava” os livros desta coleção. Como não podia comprar por não ter as melhores condições financeiras na família, eu emprestava da biblioteca das escolas por onde passei em Santa Catarina. Lembro-me de ficar algumas tardes lendo na própria biblioteca pública. Aquilo era mágico, me deixava curioso, queria chegar logo nas últimas páginas do livro para poder começar a próxima leitura. Mas o livro que tanto mexeu comigo tem o título “Açúcar Amargo” de Luiz Puntel. A história acontece em um canavial, onde homens e mulheres buscavam trabalho para sustentar suas famílias. Fala sobre o preconceito da mulher e o quanto elas ganhavam menos que os homens. Na época os chamados “gatos” eram quem contratavam os trabalhadores que passavam horas em situações precárias com um facão na mão no corte da cana-de-açúcar. O que mais me chamou a atenção foi uma greve que acontecera no canavial em que os humildes trabalhadores uniram forças para protestar contra aquelas condições. Um exemplo na história foi dado. Um trabalhador pegou apenas uma cana e quebrou no joelho, depois ele pegou um feixe de cana de tentou quebrar do mesmo modo, mas, logicamente não conseguira. Aquela expressão mostrou o quanto uma comunidade unidade é forte. Foram histórias como estas que marcaram a infância de muitos meninos e meninas ao longo de anos. Sementes de união, exemplos de vida foram dados e o principal: o objetivo de incentivar a literatura foi bem sucedido. Hoje as histórias de vampiros em um verdadeiro “Crepúsculo” vendem mais títulos, o próprio videogame tira muito mais a atenção das crianças, seriados de TV também ocupam a preferência da grande massa, enquanto isso os livros

Foto: Divulgação

J

Bombeiros Voluntários de Joinville. Voluntários a serviço da vida. criam poeira nas estantes. O motivo de eu escrever esta coluna sobre a literatura foi por que neste mês de janeiro, enquanto caminhava pela rua Dr. João Colin, resolvi entrar no “O Sebo” e confesso que fiquei meio perdido em meio a tantos livros. Logo minha lembrança apelou para a infância e relembrei o quão era bom ler os livros desta coleção e o quanto ela me inspirou. Foi aí que perguntei para o atendente se existia algum título da coleção Vaga-Lume. Fiquei surpreso em rever muitos títulos e pude adquirir o livro que plantou a semente jornalística na minha vida, não pensei muito e levei para casa este “Açúcar Amargo”; um outro título que também me ajudou a decidir minha carreira, “ A primeira Reportagem” de Sylvio Pereira. Que tal agora você reler um título desta coleção? Que tal presentear seu filho ou sobrinho(a) com um pedacinho desta viagem ao tempo? Boa leitura e até a próxima edição.

Foram histórias como estas que marcaram a infância de muitos meninos e meninas ao longo de anos.”

Desde 1892, os Bombeiros Voluntários de Joinville são os nossos guardiões preparados para enfrentar situações de urgência e emergência no dia a dia da cidade. A gente nunca sabe quando, mas pode precisar dos Bombeiros Voluntários de Joinville. E eles estarão prontos para nos atender.

Colabore com os Bombeiros Voluntários de Joinville, ligue: 0800-6430193.


06

ECONOMIA

Ezequias Anacleto

economia@jnbonline.com.br

O ano de mudanças

Anuncie no jornal que circula em todos os bairros de Joinville.

Foto: Divulgação

Uma dica financeira para realizar

A

jnb@jnbonline.com.br

(47) 9688.9797 (47) 9911.1016 (47) 8888.3339

www.jnbonline.com.br

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

no novo, de expectativas renovadas, hora de agir e pôr em prática os desejos e promessas para este ano. E uma ideia adicional. É comum a herança das despesas do ano anterior, depois das festas, presentes e viagens, resta o saldo negativo bancário para a grande maioria das famílias brasileiras. Nada está perdido. É recolocar o trem nos trilhos para ganhar velocidade e chegar ao final de ano com tudo planejado. De preferência com recursos financeiros. O mês de janeiro é para pagar contas, este está definido. Agora, em fevereiro é possível poupar alguma coisa, que tal uns 5%? Para alguém que tem um salário de R$ 1000,00, representaria R$ 50,00. Tranquilo para poupar, certo!?? Para os meses seguintes o ideal seria aumentar para 10%. Sim, é necessário aumentar o percentual do seu projeto de investimento. Vamos chamar este projeto de “Projeto pessoal”. Numa etapa mais adiante (segundo semestre) é importante atingir uns 30% de investimento. Este é um bom

percentual para o seu projeto. A pergunta de sempre é: como fazer isto se ainda tenho compromissos a pagar? A regra é mudar as ordens das prioridades. Mudar o grau de importância dos compromissos. Analisemos. O que é realmente importante para você? As dívidas das lojas ou seu projeto pessoal? Quando o seu projeto se torna a sua prioridade, a primeira conta a ser “paga” será o seu investimento. É a mudança de postura em relação ao seu dinheiro. Você em primeiro lugar. Para alguns o dinheiro não será suficiente para pagar as prestações, as dívidas em janeiro e fevereiro. A dica é renegociar algumas dívidas, ou tomar empréstimo para pagamento adiantado e parcelar com juros menores, porém no mês seguinte os gastos deverão ser recalculados conforme a planilha. O primeiro mês deve equilibrar as contas e partir de fevereiro pôr em prática o investimento. É uma questão de definir prioridades, priorizar o seu “Projeto Financeiro”, com depósitos regulares e crescen-

tes. Seguindo o exemplo acima, com depósitos constantes poderá ser acumulado até dezembro de R$ 2.000,00 a R$ 2.500,00. Parece pouco, mas não é! Para um povo acostumado a chegar em dezembro com dívidas seria fantástico ter este dinheiro na conta. Agora imagine 10 anos de depósitos! Uns R$ 25.000,00? Não! Muito mais que isto, pois se na poupança terá o acréscimo dos juros, se for para o Tesouro Direto* dobra este percentual de juros e caso for investido na Bolsa de Valores as chances são muito superiores (para o prazo de 10 anos). A primeira etapa então é mudar o hábito. Poupar. Antes de pagar qualquer compromisso deve-se retirar o percentual para o seu “Projeto Financeiro”, afinal você é mais importante que qualquer outra dívida. Priorize-se * É uma modalidade de investimentos através da compra de títulos da divida publica, acesse o site www.tesourodireto.gov.br para saber mais.


POLÍTICA

07

Jeferson Corrêa

politica@jnbonline.com.br

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Joinville é a prima rica esquecida Foto: Divulgação

Amnésia do governo do Estado por Joinville ainda não teve cura

governador Raimundo Colombo está bem feliz anunciando obras e liberação de recursos do programa Pacto Por Santa Catarina. O nome, por sugestão, deveria se chamar: Pacto por Santa Catarina, exceto Joinville. É que mais uma vez a cidade foi esquecida pelo governo estadual. A vinda de recursos volumosos, a não ser para construção ou aberturas de ruas, está difícil de vir para cá. No final da primeira quinzena de 2013, durante um vídeo publicado no YouTube, Colombo estava otimista. “Passamos dois anos planejando e conhecendo as prioridades. Terminamos praticamente todas as obras que estavam em andamento quando assumi. Agora vamos acelerar para realizar outras obras. Começamos o ano com o pé direito.” É bem provável que a equipe de planejamento do governador se esqueceu da maior cidade do Estado, e que mais arrecada impostos. Tudo bem que há cidades que precisam de mais investimento que Joinville, mas deixar só as migalhas é complicado. Na lista de investimentos do governo estão obras de reabilitação da SC-114, entre os municípios de Painel e São Joaquim, investimento de mais de R$ 55 milhões previsto no pacote de 12 obras de infraestrutura que serão executadas com recursos que somam R$ 650 milhões. Cidades

Foto: Divulgação

O

que ficam na região serrana, berço eleitoral de Colombo. A região Sul de Santa Catarina também vai ganhar dinheiro para a Via Rápida de acesso à BR101, em Criciúma. Outras regiões também ganharam fatias do bolo orçamentário. É o caso do anúncio das obras para a ligação entre Jaborá e Ouro pela SC-467, no Meio-Oeste, e o trecho que liga São Lourenço do Oeste a São Domingos. O Vale do Itajaí também vai receber grana para implantação de novas estradas e para recuperação das que já existem. Claro que a queridinha capital, Florianópolis, não ficaria de fora. Raimundo Colombo também confirmou a autorização para duas: o acesso ao Aeroporto Hercílio Luz e a recuperação do Terminal Rita Maria, em Florianópolis. Juntos, os dois investimentos somam mais de R$ 90 milhões.

E aqui pra região Norte, nada? Tem sim, uma migalhinha. Virá um dinheirinho para construir o tão prometido contorno de Garuva. E a lista de investimentos localizados termina assim. O vice-governador Eduardo Pinheiro Moreira esteve em Joinville, há alguns dias, junto com o secretário estadual de infraestrutura, Valdir Cobalchini. O secretário afirmou que o Estado tem interesse em assinar a ordem de serviço para duplicação da Avenida Santos Dumont. O dinheiro vem pelo BNDES. Mas pra isso a prefeitura tem que dar um jeito de conseguir dinheiro para pagar as desapropriações. Então, dinheiro fácil mesmo, não vem. Entre os cofres de Joinville e do governo do Estado em Florianópolis tem uma via de mão única, que só vai para a capital. O nosso imposto só vai, não volta.

Frase

“O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.” Martin Luther King, líder norte-americano.


08

VEÍCULOS

2ª quinzena - Janeiro - 2013 - Joinville

Procurando por carro?

Range Rover Evoque ganha versão Sicilian Yellow Limited Edition

Nova versão inclue exterior na cor Sicilian Yellow contrastando com teto em Santori Black, ou exterior em Santori Black e teto e retrovisores na cor Sicilian Yellow Foto: Divulgação

Que modelo de carro você procura?

jornalismo@jnbonline.com.br

47 3436-0593 47 9964-3392 Rua Santa Catarina, 588 Bairro Floresta - Joinville -SC

O

Range Rover Evoque está se preparando para a primavera do hemisfério norte com o modelo de sua nova edição limitada Sicilian Yellow Limited Edition, que estreou mundialmente na quinta-feira, 10, no Salão do Automóvel de Bruxelas, na Bélgica. Baseado no Evoque 2013 Dynamic Plus, a nova versão do Evoque conta com uma série de características únicas que lhe dão o verdadeiro aspecto impressionante. As encomendas do Range Rove Evoque Sicilian Yellow Limited Edition já podem ser feitas, mas as entregas

do modelo só começam a acontecer em Maio. No Brasil está prevista a chegada da versão preta com teto amarelo no segundo semestre deste ano. O Evoque consolidou-se como o veículo mais desejado da marca britânica e um dos modelos mais requisitados em todo o mundo, tendo vendido mais de 100 mil unidades ao redor do mundo com apenas um ano no mercado. Sua nova versão oferece aos clientes variadas opções de estilos, o que reforça o seu apelo global. O novo Evoque Sicilian

Yellow Limited Edition está disponível em outros mercadados nas versões coupé e 5 portas, com opção de duas cores exteriores exclusivas para a edição limitada do modelo, baseadas no novo Black Design Pack. As opções incluem exterior na cor Sicilian Yellow contrastando com teto em Santori Black, ou exterior em Santori Black e teto e retrovisores na cor Sicilian Yellow. Os acabamentos internos contam com costuras contrastantes na cor amarela nos bancos, área de armazenamento central e painéis das portas. [ ABN NEWS ]


POLÍCIA

09

Major Coelho

policia@jnbonline.com.br

A um passo de desestruturar uma sociedade

ltimamente a cada texto que tento escrever voltado à questões mais pontuais de segurança como, dicas, por exemplo, sou surpreendido com questões ou notícias que afetam ela diretamente, e cada vez mais teremos os cidadãos de bem, trabalhadores e cumpridores de suas obrigações presos à sistemas de segurança dentro de suas casas, e nossas crianças estarão à mercê e vulneráveis à influência do tráfico de drogas e de usuários, que por não terem mais a noção da realidade aliciam pessoas para sustentar seu próprio vício ou cometem os mais diversos delitos para sustentar sua insanidade. Uso os termos vício e insanidade sim, pois, são duas coisas de certa forma distintas. Vício está relacionado àquelas coisas que temos dificuldade ou não conseguimos viver sem; e insanidade é quando este altera a nossa psique tirando-nos a noção da realidade, e isto as drogas fazem e de forma generalizada. Não podemos de forma alguma tratar diferentemente as drogas como sendo leves ou pesadas, até porque uma leva a outra, em menor ou maior intensidade. Mas, pasmem leitores, há rumores de que existe um movimento para descriminalizar o uso da maconha (cannabis sativa) e isto veio a se concretizar nesta última semana; e fiquem agora atordoados: não por políticos, mas por juristas. Pois bem, existe um grupo de juristas que estão tratando da modernização do Código Penal, que para muitos é ultrapassado, e dentre tantos outros temas estão propondo a descriminalização das drogas. Desta forma não seria mais crime o cidadão que for flagrado usando ou portando consigo quantidade suficiente para uso próprio por até cinco dias. Acreditem, não terá mais imputação penal alguma, o usuário poderá apenas sofrer sanções alternativas se fizer uso em público ou próximo a crianças e escolas. Diante desta possibilidade podemos criar alguns cenários e, você leitor, também tem a total liberdade. Imagine um cenário com drogas liberadas, leitor? E nesta linha de pensamento me dou o direito de apresentar um que imagino: os seus vizinhos terão plantado em suas casas pés de maconha, irão beneficiá-la e farão uso o quanto quiserem. Você se sente incomodado e chama a polícia e ela poderá já por telefone dar a seguinte resposta: “senhor, é um direito dele agora, se ele estiver fazendo barulho,

Foto: Divulgação

U

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

perturbando o sossego seu e de seus vizinhos, poderemos mandar uma viatura”. Vou falar de algo que boa parte dos joinvilenses conhecem, “não há um acidente ou incidente com causa nova! Todo ele é uma repetição de acidentes já ocorridos”. Isto se fala em segurança do trabalho, mas, me pergunto, o que tem a ver? Da mesma forma “aprenda com o erro dos outros”, ok? Nesta linha de raciocínio afirmo, sem sombra de dúvidas, que mudanças legais que não precisamos; ou usarmos nossa nação em ensaios que não precisamos realizar, basta apenas observar exemplos pelo mundo a fora que legalizaram as drogas. E sabe por quê? Uns que liberaram a maconha e estão voltando atrás em suas decisões. Basta os senhores lerem a matéria publicada na revista Veja de 5 de março de 2008. É, senhores, de 2008. Sob o título “Mudanças na Vitrine”, do jornalista Thomaz Favaro, fazendo referências à Holanda, Suíça e Dinamarca. Nestes países a liberação das drogas, prostituição não trouxeram benefícios, seja eles quais forem. Apenas pioraram ainda mais as questões de saúde pública e continuaram a ficar à mercê do crime organizado. O texto da matéria afirma: “O objetivo da descriminalização da maconha era diminuir o consumo de drogas pesadas. Supunham os holandeses que a compra aberta tornaria desnecessário recorrer ao traficante, que em geral acaba por oferecer outras drogas”. E, pasmem leitores, este mesmo argumento é utilizado por integrantes desta comissão. Será que as pessoas que propõem isso têm filhos? Estão preocupadas com a saúde mental do cidadão? Ou apenas desconhecem? Ou são do tipo que leem apenas escritos de uma única linha doutrinária. Não há nem lógica, nem fundamento nesta decisão, até porque estes

se descrevem como liberalistas, ou seja, prezam pela liberdade de escolha do indivíduo. E tenho que concordar que o indivíduo tem o direito divino do livre arbítrio, porém, deverá ele arcar com as consequências e não impô-las à sociedade como querem e afirmam seus integrantes. Com esta decisão e teoria estaremos impondo mais riscos e custos ao sistema público de saúde, e é uma conta que todos terão que pagar e, digo com todas as letras, é um absurdo. E de certa forma autorizar é sim legalizar o suicídio. Algumas pessoas, ironicamente, colocaram que os juristas do senado “fumaram” (mas, na gíria: “deram um tapinha; enrolaram um baseado; foi um fininho ou deram um tapa”) durante a seção, pois, além disso, eles já propuseram a legalização do aborto, a definição do crime de homofobia (que entra em um viés jurídico delicado) e agora querem descriminalizar as drogas. O México é um desses países com legalização, e vejam o que passa o México: a mais recente foram 49 corpos mutilados no último dia 13; é isto que os senhores querem? Mas como também não me considero o dono da verdade, caberá ao congresso aprová-las. E como o congresso é representação da sociedade, teremos aquilo que a sociedade quer. Mas quero lembrar algumas ações adotadas no estado e que diminuíram a violência: a proibição de bebidas alcoólicas nos estádios; e cidades como Guaramirim, que adotou o fechamento de bares após as 22 e 23 horas, e estão tendo diminuição nos índices da violência. Inclusive em alguns casos com restrição ao trânsito para menores de idade sem estarem acompanhados dos pais ou responsável, também tem surtido efeitos muito promissores.[Artigo publicado na edição 04]

Visite nosso novo site!

www.jnbonline.com.br


10

ESPORTE/AVENTURA Rozane Campos 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Joinville - esporteaventura@jnbonline.com.br

Mountainboard

Foto: Divulgação

O Mountainbord é uma mistura de vários esportes, entre eles está o surf, skate, longboard, sandboard e snowboard

• • • • • • •

Primeira habilitação Segunda via da CNH Adição de categoria Carteira definitiva Mudança de categoria Reciclagem Renovação da CNH

Ligue agora!

47) 3027-2786 47) 3029-2786 cfcaventureiro@hotmail.com www.cfcaventureiro.com.br

Rua Tuiuti, 1.694 Avetureiro - Joinville-SC

O

s apaixonados por esportes estão sempre inventado algo novo. A busca por romper limites é o alvo desses aventureiros. O Moutainboard foi criado em São Francisco, na California, em 1993, por Patrick McConnell e Jason Lee, ambos estavam atrás de um esporte tão radical quanto o snowboarding, mas que não precisasse ser praticado na neve e somente no inverno, foi então que nasceu o moutainboard. Nesta modalidade os atletas descem montanhas com um skate adaptado. O mountainboard pode ser praticado em qualquer tipo de terreno e para isso basta estar devidamente equipado. Por ser um esporte radical, o mountainboard exige equipamentos básicos de segurança. Não se devem ignorar estas dicas, pois os tombos são inevitáveis e o objetivo dos equipamentos de segurança é diminuir os danos. Os equipamentos são: calça ou bermuda com proteção lateral, luvas, capacete, joelheira, cotoveleira, e, de preferência, tênis reforçado ou de cano longo. Além do uso dos equipamentos necessários é importante o praticante seguir algumas recomendações, como análise detalhada do terreno antes de dropar, verificar se existem pedras, buracos e não praticar o esporte perto de cerca de arame farpado. Não deve utilizar vias com tráfego de veículos e as presilhas (binding) são partes importantes do equipamento. Serão elas que manterão seus pés firmes na prancha. Como é praticado em meio à natureza, o praticante deve ter consciência ecológica e saber onde praticar sem danificar o meio à sua volta.

Em condições favoráveis, o praticante com seu equipamento pode chegar a velocidades de até 70 km/h no asfalto, portanto, o equipamento de segurança é fundamental. Outra dica importante é o praticante saber o seu limite técnico nas manobras e percursos. Suas medidas variam de acordo com o estilo e as dimensões profissionais podendo ser de 80 a 140 cm. Os freios localizam-se nas rodas traseiras, ativado manualmente por um cabo semelhante ao de uma bicicleta de montanha em que há um sistema de ligação que libera as tiras do pé facilmente em caso da perda de equilíbrio ou queda. No Japão, EUA, Nova Zelândia e

Reino Unido esta modalidade é bastante praticada. Alemanha, França e Países Baixos são atualmente os países europeus onde o há o maior número de praticantes. Apesar de o Brasil ser um excelente lugar e muito indicado para a prática desse esporte, pois temos muitas montanhas, muitas trilhas e muitas ladeiras, o esporte ainda é pouco conhecido. O Mountainbord é uma mistura de vários esportes entre eles está o surf, skate, longboard, sandboard e snowboard. Portanto, se você curte todos esses esportes, mas se incomoda com o frio das montanhas, nada melhor do que se aventurar no Moutainboard! Foto: Divulgação

Serviços


ESPORTE esporte@jnbonline.com.br

11

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Jec lança o sócio-presente partir de agora, torcedores e sócios têm uma nova opção de produto com a marca Jec para presentear um amigo, familiar ou parceiro de torcida. Trata-se do “sócio-presente”, uma maneira fácil e diferente de convidar pessoas para fazer parte do quadro associativo do clube. O “sócio-presente” é um cartão que pode ser adquirido nas lojas Toca do Coelho para presentear quem você quiser com o título de sócio do Jec por 3, 6 ou 12 meses, a partir de sua ativação. Basta escolher o plano ideal e você recebe um cartão-presente para oferecer a alguém. Em um prazo de 20 dias, o presenteado deve comparecer ao departamento de sócios da Arena para trocá-lo por uma carteirinha de sócio-torcedor e, sem custos de mensalidade adicional, usufruir das vantagens de fazer parte da maior torcida de Santa Catarina. Simples assim. Há três opções de cartão-presente. O preto, para sócios de três meses, o vermelho, para seis me-

Foto: Divulgação

A

ses, e o branco, para um ano. Junto com o cartão, seu amigo ou familiar também recebe um folder personalizado que, com algumas dobraduras, ganha o formato de um troféu. “É divertido reunir os amigos para assistir a uma partida de futebol. Se for ao vivo então, junto com toda a torcida do Jec, nem se fala. O cartão sócio-presente vem como uma alternativa para presentear amigos queridos, aproximá-los do time do coração

e de quebra aproveitar a boa companhia durante um campeonato, ou até mesmo o ano inteiro”, diz Laura Freitas, gerente de marketing do clube. Os cartões podem ser encontrados nas três lojas Toca do Coellho: Arena, Mueller e Joinville Garten Shopping. * Valores correspondem às mensalidades. O cartão preto na descoberta, por exemplo, custa R$ 144,00 (3 x de R$ 48,00). [Assessoria JEC]

Basquete

Retorno para casa com uma importante vitória

A

equipe Cia. do Terno/Romaço/ Joinville retorna depois de dois jogos no Rio de Janeiro com uma importante vitória. Na tarde de sábado (12), o único representante catarinense no NBB 5 (Novo Basquete Brasil) venceu o Tijuca por 79 a 58 (37 a 35 no primeiro tempo). O resultado positivo vem depois de cinco derrotas. A delegação chegou a Joinville no início da manhã de domingo (13) e os atletas se reapresentaram na manhã de segunda-feira (14) com treino programado para o ginásio do Grêmio Whirlpool e que visa o próximo jogo já na quinta-feira (17/1), quando recebe Winner/Kabum/Limeira. A quinta vitória da Cia. do Terno/ Romaço/Joinville nas disputas do NBB 5 foi mais uma prova da superação e da garra do elenco. Em partida difícil e definida apenas na metade do último quarto, o representante catarinense teve cinco atletas com pontuação atingindo dois dígitos. O pivô Ricardo Probst, com 19 pontos, foi o cestinha da partida. O quinteto pontuador teve ainda Thyago Aleo (18

pontos), Durval e Mathias, ambos com 14, e Victor, com 12. O ala Diego contribuiu com dois pontos. O primeiro quarto foi uma mostra do esforço e da superação da equipe Cia. do Terno/Romaço/Joinville. Para começar, o time catarinense virou o placar e ensaiou uma pequena vantagem. A menos de um minuto para fechar a primeira parcial, o técnico Enio Vecchi manteve o mesmo quinteto que iniciou a partida – com Thyago Aleo, Ricardo Probst, Durval, Diego e Mathias. A única troca foi a entrada do armador Victor no lugar do ala Diego. O importante: a vitória na primeira parcial pela diferença de sete pontos (20 a 13). No segundo quarto, depois de abrir uma vantagem que chegou a dez pontos, a equipe Cia. do Terno/Romaço/ Joinville buscou forças para não deixar o adversário passar à frente, chegando ao empate por 33 a 33 a menos de um minuto para o final da parcial. O primeiro tempo foi concluído com o time do técnico Enio Vecchi na frente no placar com uma vantagem

de dois pontos (37 a 35). A terceira parcial continuou com a oscilação no placar até os segundos finais. E mais uma vez o time catarinense segurou a dianteira, fechando a parcial com a vantagem de nove pontos (58 a 49) – a maior até o momento. A última parcial começou com a maior a maior diferença do jogo. Os catarinenses chegaram a ficar 17 pontos na frente (66 a 49). Em quatro minutos, a Cia. do Terno/Romaço/Joinville havia marcado oito pontos e nenhum sofrido, com destaque para a boa produção do ala Durval e do pivô Mathias. A três minutos do final a situação se repetiu, ficando mais uma vez 17 pontos na frente (71 a 54), revelando o bom momento no jogo do Basquete de Joinville. E faltando 1min17s a diferença disparou com os catarinenses com 21 pontos na frente (77 a 56). A diferença não foi alterada e o placar final apontou a vitória da equipe Cia. do Terno/ Romaço/Joinville por 79 a 58.

Mais informações ligue agora mesmo! APARTAMENTOS A PARTIR DE R$ 85 MIL


• • • • • •

Forros Sancas Meia cana Decorações Divisórias Forros acartonados

Orçamento gratuito

(47) 9972-2573 / (47) 9236 8716 Inova Gesso

Email: inovagesso2010@hotmail.com

14

“REPERCUSSÃO”

Ilze Moreira

ilze.moreira@gmail.com

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Idosos pedem socorro

A

lei natural da vida é nascer, ser criança, adolescente, jovem, adulto e idoso. A partir dos 60 anos, homens e mulheres já são considerados idosos e já podem usufruir de alguns benefícios como, passagem de ônibus gratuita, atendimentos preferenciais nos bancos, serviços públicos em geral. Ganham preferência em muitos lugares e situações. Mas onde mais precisam acabam sofrendo, nas filas do Sistema Único de Saúde (SUS). Sofrem nas mãos de alguns familiares por maus tratos, sofrem de abandono, de descaso e extorsão do dinheiro da aposentadoria. O idoso rico ganhou nos últimos anos muitos projetos de empreendimentos luxuosos para atendê-los com conforto, beleza, qualidade e luxo. O idoso pobre ganhou mais desconforto nas filas de espera do atendimento de saúde pública, estão morrendo mais por negligência, estão nas mãos de filhos e netos que deveriam estar na cadeia porque tratam o idoso como se fossem da pior espécie. Falar de idosos nesta década é lembrar o aumento da expectativa de vida que vem subindo a cada ano pelo crescimento populacional da terceira idade. Os velhos vivem mais e com baixa qualidade de vida. Nem todos, mas milhares estão neste exato momento jogados em um quarto sujo, abandonados, sem alimentação adequada, sem banho, sem atendimento médico, pedindo para morrer. Quando assistimos reportagens sobre idosos que estão com seus corpos malhados, cheios de saúde, é porque o dinheiro os garantiu isso. Quando ouvimos dizer que a polícia está investigando denúncias de maus tratos contra idosos, o histórico é de família pobre, ou pertence a famílias ricas que pagam cuidadores para que eles tenham liberdade e vida boa. Muitos não querem mais perder tempo com quem está com 70, 80, 90 e até 100 anos. Dizem que já deveriam ter partido pra outra. Expectativa de vida cresce, assim como os maus tratos A população joinvilense está vivendo mais. A expectativa de vida na cidade, que em 1991 era de 70,6

Foto: Divulgação

INOVA GESSO

anos, passou a ser de 74,5 em 2008, conforme estimativa do IBGE, número acima da média nacional, de 72,7 anos. No Censo de 2000 Joinville tinha 28 mil idosos. Os números do censo a serem detalhados no início de 2011 devem confirmar o aumento para 43 mil habitantes com mais de 60 anos. São 54% mais idosos em dez anos. Nos próximos 20 anos, a população idosa do Brasil poderá ultrapassar 30 milhões de pessoas e deverá representar cerca de 10% da população ao final deste período. Ocorre que agora contamos com o Estatuto do Idoso que em seu Artigo 4° prevê expressamente: “Nenhum idoso será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos.” O importante, para mudar este triste quadro, é denunciar para a polícia, para os conselhos comuni-

tários, para as autoridades que estão responsáveis pelo bem estar do idoso. Deixar o idoso sofrer nas mãos de pessoas maldosas é crime. Olhar o idoso como uma pessoa que já passou por muitos momentos na vida e venceu até a idade que atingiu, é orgulhar-se como um vencedor. Hoje somos adultos, amanhã seremos idosos, para que se cumpra o que a vida já determinou. Sejamos respeitadores. Tenhamos o idoso como conselheiro, amigo, exemplo de vida e bondade. Nenhum ser humano é digno de isolamento e esquecimento em nenhuma fase da vida. A visão da Bíblia sobre os idosos Na Bíblia, em Provérbios 16,31, os cabelos brancos são visto como, “coroa de glória” ou de “honra”. Nos tempos bíblicos era comum o respeito e a reverência aos mais velhos, sobretudo aos da própria família.


BOCA NO TROMBONE

Envie sua sugestão de matéria para jornalismo@jnbonline.com.br 2ª quinzena - Janeiro - 2013

15

Joinville - www.jnbonline.com.br Camilla Gonçalves

Foto: Jacson Carvalho

Cemitério abandonado no Vila Nova Eu Reclamo

Foto: Jacson Carvalho

Nome: Rosangela Floriano Liberato Profissão: Dona de casa Bairro: Vila Nova

R

ua dos Suíços, no bairro Vila Nova, é uma das ruas da região cercada pela natureza, acompanhada de tranquilidade e sossego. Foi ali que a dona de casa, Rosangela Floriano Liberato, 44 anos, criou seus cinco filhos. Ela vive no mesmo local há 27 anos e não tem do que reclamar, exceto pelo abandono de um cemitério que fica na mesma rua. Para ela, o local deveria ser preservado porque faz parte da história daquela região e da cidade, mas, não é isso que acontece. “Eu me lembro que sempre via, especialmente no Dia das Almas, pessoas que vinham deixar flores nos túmulos”, conta. “Tinham muitos túmulos de uma família chamada Becker”. De uns tempos pra cá, a entrada do cemitério virou depósito de lixo. O mato cresceu e encobriu os

Eu Respondo Nome: Dilney Cunha Função: Historiador da Fundação Cultural de Joinville

P

rimeiramente, a equipe de jornalismo do JORNAL NOSSO BAIRRO procurou por respostas ao abandono deste cemitério na Prefeitura Municipal de Joinville. De acordo com a assessoria de comunicação, a Prefeitura de Joinville, por meio da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), setor de Administração dos Cemitérios (localizado no Cemitério Municipal) é responsável por dez cemitérios da cidade. Mas, nenhum destes fica na Rua dos Suíços. O departamento da Prefeitura

túmulos e vândalos violaram os caixões para roubar ouro, segundo a dona de casa. Rosangela recorda que eram 36 os túmulos do cemitério, e agora é difícil encontrar menos que a metade. Em contato com a Prefeitura de Joinville e Secretaria Regional do Vila Nova, no ano passado, ela diz que espera até agora a averiguação que ambos disseram que fariam. “Nunca veio ninguém aqui averiguar isso, e agora está ficando pior porque usuários de drogas

estão frequentando o cemitério”, afirma. A dona de casa garante que, pelo menos uma vez na semana, caminhões descarregam lixo na fachada do cemitério, inclusive invadindo parte da rua. “No final do ano passado um caminhão passou por cima dos túmulos, destruindo ainda mais”, diz. “Eu acho que o cemitério, que era tão bonito, deveria ser preservado, faz parte da história dos imigrantes que estiveram na cidade”, concluiu.

Cemitério sem dono

acredita que, possivelmente, o cemitério era particular e foi desativado. A informação obtida com o historiador da Fundação Cultural de Joinville, Dilney Cunha, que é autor do filme Suíços Brasileiros – Uma História Esquecida, é resultado do trabalho de pesquisa feito por ele e foi usada como base para o filme. Cunha explica que os poucos registros de movimentação encontrados naquele cemitério, data de 1868 (século 19). Segundo o historiador, provavelmente, este cemitério era da comunidade luterana que, posteriormente, delegou a responsabilidade do local

para a extinta Associação dos Suíços da cidade. A maioria das pessoas enterradas naquele cemitério eram imigrantes suíços, e o terreno pertencia à Sociedade Colonizadora de Hamburgo. Mais tarde, este terreno foi vendido para a família Schneider, e pertence a eles até o momento. Hoje ninguém tem responsabilidade sobre esse cemitério abandonado, que também não se sabe o nome e que está se tornando depósito de lixo e ponto de encontro para usuário de droga.


CONTRATAÇÕES IMEDIATAS 300 AUXILIARES/OPERADORES DE PRODUÇÃO

ANALISTA DE OPERAÇÕES Ensino superior cursando ou completo. Necessária experiência com Gestão de escalas de motorista, controle de jornada de trabalho, controle de KM rodado de cada funcionário, programação de rota e monitoramento de frota.

ESTAGIÁRIO TÉCNICO EM MECÂNICA OU ELETROMECÂNICA Oportunidade de estágio até o limite do curso.

CONFERENTE DE ESTACIONAMENTO ROTATIVO Ensino fundamental completo. Não é necessária experiência na função. Para atuar 06 horas por dia.

ESTAGIÁRIO – TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Indispensável estar cursando superior em Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Sistemas de Informação ou Administração de Empresas.

COORDENADOR DE QUALIDADE Ensino técnico ou superior completo. Desejável conhecimento na área têxtil.

ESTAGIÁRIO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Oportunidade de estágio até o limite do curso.

FONOAUDIÓLOGO Não é necessário experiência na função. Apenas formação.

CUIDADOR DE IDOSOS - URGENTE

INSPETOR DA QUALIDADE

Desejável experiência na função. Para atuar em horário comercial.

Não é necessária experiência. Ensino médio completo.

Vagas para a empresa Orcali Joinville: Os interessados devem comparecer na Unidade da Back RH em Joinville ou encaminhar currículo para jessica.cunha@ orcali.com.br RECEPCIONISTA URGENTE– Necessário ensino médio completo e experiência na função para trabalhar próximo do centro de Joinville de segunda a sexta-feira horário das 08:00 ás 18:00. SERVENTE DE LIMPEZA HOSPITALAR – Necessário conhecimento na função para trabalhar no bairro Boa Vista escala 12x36. SERVENTE DE LIMPEZA – Necessário conhecimento na função. Para trabalhar em condomínio, escala de segunda a sábado, jornada de trabalho: 08h00minmin às 12h00minmin. Empresa oferece salário compatível com a função e amplo pacote de benefícios. SERVENTE DE LIMPEZA – Para atuar em todos os bairros de Joinville. Necessário possuir disponibilidade de horários. SUPERVISOR OPERACIONAL – Necessário conhecimento na área ensino médio completo. Irá atuar na área de limpeza e conservação em Joinville. VIGILANTE– Necessário ensino funda-

mental completo curso de vigilante e reciclagem em dia. Desejável conhecimento na função, para atuar em agência bancária. ZELADOR – Com disponibilidade para horário comercial. Início imediato.

Vagas para Jaraguá do Sul: TÉCNICO EM LABORATÓRIO – Necessário superior completo em Engenharia de Alimentos ou Química Industrial. Desejável vivência com desenvolvimento de produtos/matérias primas para salgados. Interessados devem enviar currículo para sarajane.ludero@orcali.com.br

VAGAS COMERCIAIS: SUPERVISOR COMERCIAL – Experiência na função. Ensino Superior Completo. Desejável conhecimento na área têxtil. Disponibilidade para viagens.

AJUDANTE DE OPERAÇÕES – Para empresa de concreto. Serviços gerais. AJUDANTE GERAL – Para trabalhar com enlonamento de caminhões. Não é necessário experiência. AUXILIAR DE COZINHA – Desejável experiência na área e residir em Pirabeiraba ou regiões próximas. AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS - Não é necessária experiência na função. ESTOFADOR – Ensino fundamental completo. Experiência na função. ESTOQUISTA – Ensino médio completo. Não é necessária experiência na função. EXPEDIÇÃO – Não é necessária experiência na função. Ensino médio completo.

VENDEDOR – Não é necessária experiência na função. Para trabalhar em loja de roupas íntimas.

OPERADOR DE PRODUÇÃO (PARA FUNDIÇÃO E GALVÂNICA) – Necessário ensino fundamental completo. Desejável experiência na função.

MECÂNICO DE CAMPO PARA MÁQUINAS PESADAS – Experiência em mecânica de empilhadeiras, caminhões etc.

VIGIA – Desejável curso de vigilante. Para atuar apenas nos finais de semanas.

VAGAS TÉCNICAS/ ESPECIALISTAS: ANALISTA DE COMÉRCIO EXTERIOR – Ensino Superior completo. Necessária experiência com importação. ANALISTA DE VENDAS – Ensino superior completo em Marketing. Necessário inglês fluente e vivência com vendas externas. ANALISTA DE PROCESSOS - Ensino superior completo. Necessária vivência com Lean manuf. Tany, FMEA, PDCA e 6 Sigmas. ANALISTA DE SISTEMAS – Necessário ensino superior completo ou em andamento, preferencialmente em Ciências da Computação ou Engenharia. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO FINANCEIRO – Necessária experiência com contas a pagar/receber, faturamento e noções contábeis. ASSISTENTE FINANCEIRO – Desejável superior completo ou em andamento. Necessário conhecimento em rotinas administrativas e financeiras. AUXILIAR ADMINISTRATIVO – Ensino Médio completo. Necessário conhecimento

com planilhas. AUXILIAR DE COMPRAS – Ensino superior Cursando em Direito, Engenharia Materiais ou Administração. Necessário conhecimento com informática e Excel. AUXILIAR DE TOPOGRAFIA – Para atuar com medições de terrenos, caminhar em área aberta, disponibilidade para viagens. BALANCEIRO – Necessário ensino médio completo, experiência na função e conhecimento em logística, informática e liderança. COMPRADOR – Necessária experiência com PCP e compras. S UPERVISOR DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS – Superior Completo. Necessário conhecimento em EMS 2.06/5.06/ HCM. TRAINNE - Ensino superior Cursando em Engenharia de produção e Plásticos. . TÉCNICO DE MANUTENÇÃO – Necessário técnico completo em Telecomunicações, Eletrotécnica, Eletrônica, Informática, Mecatrônica, Redes de computadores ou Eletromecânica. Necessário possuir CNH B. VENDEDOR – Ensino superior completo. Necessária vivência com vendas de produtos para utilidades domésticas.

Empresa Ciser contrata: Empresa Opentech contrata:

OPERADORES DE PRODUÇÃO PARA DIVERSOS SETORES.

AJUDANTE DE DEPÓSITO/CARGA E DESCARGA – Não é necessário experiência.

VENDEDOR – Experiência na função. Desejável superior completo ou cursando. Disponibilidade para viagens. Conhecimento em locação de equipamentos, vendas de veículo e acessórios automotivos.

MAIS... URGENTE DOCOL METAIS SANITÁRIOS CONTRATA COM URGÊNCIA:

VAGAS OPERACIONAIS/ PRODUÇÃO:

AUXILIARES DE PRODUÇÃO Não é necessário experiência.

Empresa FRANKE SISTEMAS DE COZINHAS, em parceria com a ORCALI RH contrata com urgência:

AUXILIARES DE PRODUÇÃO GALVANIZAÇÃO

AUXILIAR DE PRODUÇÃO

Operador de Monitoramento de Veículos. Vagas para todos os turnos. Não é necessário possuir experiência.

Vaga para todos os turnos. Irá trabalhar na unidade do Parque Perini.

Empresa OTM contrata: ALMOXARIFE I Vagas para todos os turnos. Não é necessário experiência.

Não é necessário experiência. Empresa não exige escolaridade.

Orcali RH– Unidade Joinville Rua Dona Francisca 952 – Bairro Saguaçú – Joinville. Atendimento de segunda a sexta-feira das 08h às 18h – sem fechar para o almoço. Confira a listagem de vagas completas e se cadastre também em nosso site www.orcali.com.br/rh


EMPREGO

Rosangela Chiodini emprego@jnbonline.com.br

17

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Comunicação empresarial Foto: Divulgação

Integração – a chave do sucesso

anter a sua equipe motivada e alinhada com as metas e objetivos da empresa, com o andamento dos trabalhos realizados e atenta ao mercado em que está atuando, depende de um processo que é básico e, ao mesmo tempo essencial, chama-se integração. Absolutamente nenhum profissional consegue, ou deve ser obrigado a entender sobre todas as áreas ou setores de uma empresa, mas, saber e conhecer os perfis adequados, as funções que devem ser exercidas para o sucesso da atividade individual, é essencial aos profissionais que atuam na área de recrutamento das organizações. Nesse contexto a comunicação interna é a área que cria a conexão entre os variados setores, entre os agentes de uma instituição ou empresa, mantendo atualizados todas as áreas que concretizam as parcerias, e dando veiculação e publicidade às atividades efetuadas pelas equipes. Uma importante medida em favor do desenvolvimento e motivação dos grupos de profissionais. Quando cada equipe percebe a importância fundamental de cada membro que operacionaliza as atividades, quem sai ganhando é o cliente que recebe informações e produtos adequados ao serviço contratado.

Foto: Divulgação

M

Anuncie no jornal que circula em todos os bairros de Joinville.

jnb@jnbonline.com.br

Não há dúvidas de que todos nós deveríamos estar dispostos a perdoar erros e problemas ocorridos durante alguns processos, desde que sejamos capazes de compreender o porquê do ocorrido. A integração entre os profissionais de uma empresa possibilita, de modo geral, um comportamento colaborativo para lidar com dificuldades e, mais que isso, permite que o cliente seja informado de forma adequada sobre o esforço interno na resolução dos problemas decorridos ao longo dos processos. A integração de equipes e de profissionais deve ser desenvol-

vida por vários canais de comunicação, a começar pelo verbal. Mas, em se tratando de assuntos mais complexos, quando envolve inúmeras áreas da organização, é necessário registro e arquivamento para acúmulo de conhecimento futuro. Esses canais são de maior eficiência porque poderão ser consultados futuramente para compreensão e avaliação de novas soluções. O importante na abordagem desse assunto é que em qualquer negócio é imprescindível integrar como sinônimo de alinhar todos os profissionais numa postura colaborativa.

(47) 9688.9797 (47) 9911.1016 (47) 8888.3339

www.jnbonline.com.br


18

TURISMO

Elaine Cristina Borges Scalabrini Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

3025-1667 / 3433-0588

O

Ginástica na praia de Itapoá

programa de verão de Itapoá oferece ginástica na praia para os turistas. Todos os dias entre 9h30 às 10h30 e 17h às 18h30 o morador local e turista pode quebrar a preguiça com muita animação na areia da praia.O local da atração é entre a primeira e a segunda pedra. Com o ritmo da música e os incentivos dos atletas todos caem na dança, ou melhor, na ginástica. E aos finais de semana a prefeitura oferece outras atrações para aquecer o verão na cidade. Tem torneios de futebol, voleibol e outras atividades. Todas as informações estão no site da prefeitura, www.itapoa.sc.gov.br. O município vizinho, Itapoá, localizado cerca de 80 km de Joinville, é a última praia do litoral de Santa Catarina já na divisa com o Paraná. Para chegar lá o joinvilense tem duas opções. Uma delas é atravessar no Fer-

Foto: Divulgação

Servimos buffet de segunda a sábado das 11h às 15h

turismo@jnbonline.com.br

ry Boat na Vigorelli. O valor da travessia para veículos pequenos é de R$13,40, para caminhões, a partir de R$23,80. Durante a semana tem travessia de hora em hora, já aos domingos, é bom ficar atento, sendo que a empresa respeita apenas

4 horários, segundo a empresa responsável pelo serviço, pode haver mais ou menos travessias, dependendo do movimento. A outra opção é ir pelo município de Garuva, dando um total de aproximadamente 80 km até o destino. [Jacson Carvalho]

Situada em uma das regiões mais bonitas de Joinville

O Parque Aquático Cascata do Piraí oferece o máximo em comodidade e lazer para toda a família. Localizada em uma das mais belas regiões de Joinville, o parque possui estrutura de quiosques, toboáguas e piscinas para sua diversão. Longe do stress da cidade, você estará em constante contato com a natureza Oferece aos visitantes Lanchonete / restaurante Quiosques com churrasqueiras 17 Toboáguas em caracol ( 2 extensos: 80 e 200 m de comprimento) 2 Toboáguas em caracol com 17 m. de altura 17 piscinas 1 piscina com cachoeira (1 milhão de litros de água) 4 piscinas para vôlei 1 piscina para mergulho (3 m de profundidade) 6 piscinas para crianças de 20 a 50 cm 1 piscina Semi-Olímpica e outras

www.cascatapirai.com.br Estrada Piraí P. 102 - Vila Nova - Joinville - Santa Catarina Fone: (47) 3439-5403 / Email: cascatapirai@cascatapirai.com.br


Rolê ...

Envie sua foto para jnb@jnbonline.com.br

19 Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Reservas e tele-entrega

3029-0343 www.getuliochapaquente.com.br

De Segunda à Sábado

BUFFET Com carnes chapeadas e sobremesa


20

FAREJANDO

Ariane Pereira

2ª quinzena - Janeiro - 2013

Joinville - farejando@jnbonline.com.br

Ajude um amigo coluna de hoje conta várias histórias de bichos que estão precisando de ajuda. Informações sobre como ajudar e contatos estão nos textos abaixo. E, lembrese: cada um ajuda a causa que quiser! Ainda bem que tem gente que ajuda animais, tem gente que ajuda crianças, tem gente que ajuda idosos... o importante é fazer a sua parte. Se todos - incluindo o governo - fizessem, o mundo seria um lugar muito melhor pra se viver.

SHUK

Resgatado no bairro Profipo, infestado de pulgas e carrapatos e com problemas de locomoção. Não consegue controlar direito as perninhas traseiras, provavelmente por ter sido atropelado. Está fazendo exercícios para fortalecer a musculatura e melhorar a sensibilidade. Para saber como ajudar, envie um e-mail para viralata@jlle1.com ou entre no Facebook.com/projeto.viralata.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

EVA

KIM

AUTO PEÇAS

Lataria e acessórios em geral Horário de atendimento: 8h00 às 12h00 - 13h30 às 18hoo

3034-0073 3043-0018 8832-5514 97165580

cada um ajuda a causa que quiser! Ainda bem que tem gente que ajuda animais, tem gente que ajuda crianças, tem gente que ajuda idosos... o importante é fazer a sua parte.”

BRUCE

Foto: Divulgação

NECA

Foi encontrado no Terminal do Itaum e está com uma lesão na córnea. Corre o risco de ficar cego. Já está medicado. A princípio, o grupo que o resgatou ia levar apenas Judy, uma outra cadela que estava grávida, mas quando viram o Kim, não puderam deixá-lo assim. Precisa de ração de boa qualidade pra ficar forte e de ajuda financeira para o tratamento. Pontos de coleta: Agropecuária Agrolar (Rua Agulhas Negras, 638 - Fátima), Agro Shop Paraíso (Rua Otto Pfuetzenreunter, 304 - Costa e Silva), 4 Patas Clínica Veterinária (Rua Coronel Santiago, 36 - Anita Garibaldi), CAF - Centro de Atendimento Fonoaudiológico (Rua Blumenau 314, 1º andar - Centro). Outros pontos podem ser conferidos no Facebook.com/guapecasjoinville. Contato: contato@guapecas.com. br.

Foi atropelada no bairro Fátima. Foi encontrada na rua, no meio do asfalto quente nos dias mais quentes de verão. Teve que colocar fixadores de ferro nas patinhas. Além disso, estava com cistite (infecção urinária). Já está sendo tratada. Doação de ração e contribuição financeira são bemvindas. Para saber como ajudar, envie um e-mail para viralata@ jlle1.com ou entre no Facebook. com/projeto.viralata.

Foi encontrado na virada do ano, na Enseada. A pessoa que o resgatou não conseguiu virar as costas. O quadro é delicado: sarna sarcóptica, pata quebrada e cinomose, doença que, se não tratada a tempo, pode ser fatal ou deixar sequelas muito graves. Mas Bruce é um lutador, e está tomando um super coquetel de remédios. Precisa de ração super premium e remédios especiais, além de vitaminas. Para ajudar financeiramente, dá para participar da Vakinha http://www.vakinha.com.br/ VaquinhaP.aspx?e=186876, ou então deixar ração num dos postos de coleta (os mesmos do Kim, acima). Dúvidas e informações, Facebook.com/guapecasjoinville ou contato@guapecas.com.br.

necaautopecas@gmail.com

Rua: Fátima, 1971 - Fátima 89229-101 - Joinville

Adoção Atenção: para adotar animais do Projeto Vira-Lata você deve ser maior de 18 anos, apresentar CPF e comprovante de residência, fazer uma entrevista e assinar um termo de responsabilidade. Assim, o Projeto garante que os animais vão ser bem cuidados pelos novos tutores.

Foto: Divulgação

A


SAÚDE

21

Bárbara Vicente de Souza saude@jnbonline.com.br

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Alterações das gorduras no sangue

Atendemos os convênios:

Hiperlipidemia hiperlipidemia consiste em valores anormalmente elevados de gorduras (colesterol, triglicerídeos ou ambos) no sangue. Os valores das lipoproteínas, particularmente o colesterol LDL, aumentam com a idade. Os valores são normalmente mais altos nos homens do que nas mulheres, mas nelas começam a subir depois da menopausa. Os outros fatores que contribuem para elevar os valores de certos lipídeos (como o VLDL e LDL) compreendem os antecedentes familiares de hiperlipidemia, a obesidade, uma dieta com alto conteúdo de gorduras, a falta de exercício, um consumo moderado a elevado de álcool, fumar cigarros, a diabetes mal controlada e uma glândula tireóide hipoativa. A maior parte das subidas nas concentrações de triglicerídeos e colesterol são temporários e não são graves, devendo-se principalmente à ingestão de gorduras (por exemplo, carne, queijo, creme, ovos e mariscos), ou quando o corpo produz muito colesterol e gordura, ou ambos. O corpo tem três classes de lipoproteínas: lipoproteína de baixa densidade (ou LDL); lipoproteína de alta densidade (ou HDL); triglicerídeos. Um excesso de LDL, ou colesterol “RUIM”, pode se acumular nas artérias (os vasos sanguíneos que transportam o sangue através de todo o corpo) e, com o tempo, pode causar uma enfermidade cardíaca ou um derrame cerebral. Se, ao contrário, o corpo tem um excesso de HDL, o colesterol “BOM”, este protege o coração porque ajuda a eliminar o LDL acumulado nas artérias. Um nível baixo de HDL e triglicerídeos elevados pode também aumentar o acúmulo de gordura nas artérias e causar enfermidades cardíacas, especialmente nas pessoas obesas ou diabéticas. Cada pessoa elimina as gorduras do sangue em um ritmo diferente. Uma pessoa pode comer grandes quantidades de gorduras animais e nunca ter o valor do colesterol to-

Foto: Divulgação

A

• • • • • • • • • • •

Bradesco Unimed Agemed Vitaserv Assefaz SC-Saúde Sindicatos Planos assistenciais Convênio Werner Particulares Sociais Horário de atendimento

• Segunda - sexta / 6h30 - 18h30 • Sábado / 7h00 - 12h00 Endereços • Rua: Tenente Paulo Lopes, 200 - Bairro: Boa vista • (47) 3434-1293 • Rua: Tuiuti, 1447 - Bairro: Aventureiro • (47) 3467-7152

www.laboratoriowerner.com.br tal acima dos 200 mg/dl, enquanto outra pode seguir uma dieta com poucas gorduras e nunca ter o valor do colesterol total abaixo de 260 mg/dl. Esta diferença parece ser em parte determinada geneticamente e, na sua maior parte, relacionada com as diferentes velocidades com que as lipoproteínas entram e são eliminadas do sangue. Também pode ocorrer por uma doença hormonal, como diabetes melitus, o hipotireoidismo e a Síndrome de Cushing; ou pode ser devido a certos medicamentos, por exemplo, as pílulas anticonceptivas, a reposição hormonal da menopausa, e alguns diuréticos ou betabloqueadores que se utilizam para tratar doenças cardíacas.

Sintomas e diagnóstico Em geral, os valores elevados das gorduras não provocam sintomas. Por vezes, quando os valores são particularmente altos, os depósitos de gorduras formam aglomerações nos tendões e na pele chamados

xantomas. As concentrações muito altas de triglicerídeos (800 mg/dl e mais) podem causar uma inflamação no pâncreas.

Tratamento Uma alimentação com baixo conteúdo de colesterol e de gorduras saturadas reduz os valores de LDL. O exercício pode ajudar a diminuir as concentrações no sangue de colesterol LDL e aumentar as de colesterol HDL. Beber uma pequena quantidade de álcool todos os dias pode elevar o nível do colesterol HDL e diminuir o nível de LDL, embora beber mais de dois copos possa causar o efeito oposto. Geralmente, o melhor tratamento para as pessoas que têm valores elevados de colesterol ou de triglicerídeos é perder peso se tiverem excesso de peso, deixar de fumar, reduzir a quantidade total de gorduras e colesterol na sua dieta, fazer mais exercício e, caso seja necessário, tomar um medicamento que reduza os lipídeos.

- Dra. Suely Keiko Kohara CRM: 5682 – Responsável Técnica - Dra. Goretti Silveira Rodrigues CRM 6175 - Dra. Rejane Baggenstoss CRM 6973 - Dra. Bárbara Vicente de Souza CRM 12403

Venha conhecer a mais nova academia do floresta Em frente à Caixa Econômica Federal

Matricule-se já 3804 0564 / 3804 0524

Rua Alexandre Dohler, 129 Sala 1005 10º andar – Fone: 3028-3894

Rua: Santa Catarina 557


MODA

22

Geizieli Neumann

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Plus size Foto: Divulgação

- Corte Masculino - Corte Feminino - Hidratação - Blindagem Capilar - Escova Progressiva - Manicure - Pedicure

Rua: Tuiuti, 1590, Aventureiro (em frente a Madereira Sinop)

- Moda masculina - Moda feminina - Moda infantil - e para toda família

Preço único de R$10 (a peça)

Estrada Lagoinha, 425 Morro do Meio

uem disse que mulheres gordinhas não possuem estilo? Como a mulher usa a roupa pode valorizá-la ou detoná-la. Se você é uma mulher plus size, leia as dicas de moda para aprender a vestir sem medo. 1. Compre a roupa do seu tamanho! Não se engane! Reconheça o seu real tamanho. 2. Escolha a roupa íntima que lhe ajude. Sutiã bem ajustado, um body, uma calcinha exatamente para o seu tamanho ajuda a camuflar as protuberâncias dos quilinhos a mais. 3. Não esconda suas curvas. Não compre aquelas roupas exageradamente largas! Você não precisa parecer que está vestindo um saco! Valorize-se. 4. Não use roupas grudadas demais. Esse é o erro mais comum de mulheres plus size. Joga todo o “look” no chão. 5. Saias devem terminar na altura do joelho, onde termina a rótula. Desse jeito fica mais elegante. 6. Chame a atenção para os seus pés. Use sapatos poderosos, coloridos, chiques. A atenção pode ficar nos seus pés com charme e estilo, sem perder todo o resto da sua produção. Por isso, combine cores, texturas. Você irá arrasar!

7. Evite elástico na cintura. Em geral, calças, shorts ou saias com elástico aumentam o volume. Disfarce o volume! 8. Decotes abertos são mais interessantes! Decote V alonga o pescoço e traz a atenção para o colo. 9. Cores nas roupas. Esqueça aquela máxima: “preto disfarça”. Tudo sempre preto deixa o “look” muito cansativo e chato, além do mais você não é nenhuma viúva, né. Use e abuse das cores. Isso demonstra que a mulher não está o tempo todo interessada em se esconder atrás do uso do preto. A moda é um mundo colorido de possibilidades. 10. Use e abuse dos acessórios. Bijuterias, pulseiras e cintos podem fazer maravilhas por você. Para disfarçar o volume de algumas regiões, você pode chamar a atenção para outras partes do seu corpo com esses acessórios.

Adapte peças como: - Vestidos longos: “são bonitos e superfemininos. Invista naqueles que têm um leve plissado logo abaixo do busto”. - T-shirts: “são básicas, bonitas

e podem ser usadas dentro da moda plus size, só fique de olho nas estampas, procure as mais neutras, com estampas suaves”. - Camisa jeans: cai bem em todas as garotas! Use solta ou amarradinha. “Nesse caso ela vai acinturar, dando um efeito superbonito”.

O que é proibido? Os modelos tomara que caia, calças baixas e mini blusas estão proibidas! “Se quiser usar o tomara que caia invista em um macacão, marque a cintura e coloque uma jaquetinha bem curta: o efeito é muito legal. Já nas calças, procure modelos mais altos”. Por último, lembre-se: “mostre apenas o que você gosta no seu corpo. Experimente, por exemplo, usar blusas ombro a ombro, assim você mostra apenas pescoço, ombros e braço, assim o foco do olhar vai direto para a região exposta, deixando as gordurinhas para segundo plano”. Não erre! Explore seu guarda roupa sem medo! Estilosa, feminina e chiquérrima! Você tem o mesmo brilho das outras mulheres, valorize-se, não tenha medo de ousar... Foto: Divulgação

Q

3435-6632

moda@jnbonline.com.br


PRATO FEITO

23

Ingrid Passos Hille pratofeito@jnbonline.com.br

Joinville - 2ª quinzena - Janeiro - 2013

Foto: Divulgação

Comida afetiva

S

abe aquele sabor que te leva para sua infância na casa dos avós? Ou aquele aroma que desperta saudades de um momento gostoso e aconchegante? Então, nesta edição vamos falar sobre Comfort Food, também conhecida como Comida Afetiva.

Comfort Food é aquela comida que se revela como um abraço de lembranças e memórias, que alimenta o emocional. Ela não tem seu cardápio específico, porque revela a memória gustativa de cada indivíduo. Para mim, por exemplo, saborear bolinho de chuva em um dia nublado é fazer

uma viagem à infância. Para outros, quem sabe, seja o tilintar de um garfo batendo uma gemada na caneca. Para esta coluna, minha sugestão é perfumar a casa com o aroma irresistível de cookies sendo assados. Aproveite as férias da criançada e experimente esta delícia!

Ingredientes: - 4 xícaras de farinha de trigo - 1 colher de chá de fermento em pó - 1 colher de chá de sal - 1 e 1/2 xícara de chá de manteiga derretida - 2 xícaras de açúcar mascavo - 1 xícara de açúcar branco - 2 colheres de sopa de essência de baunilha - 2 ovos inteiros - 2 gemas - 2 barras de chocolate ao leite (aproximadamente 170 gramas, cada) - 1/2 xícara de aveia em flocos grossos *Rende cerca de 30 cookies grandes

Modo de preparo: - Reserve alguns pedacinhos de chocolate picado e aveia para enfeitar os cookies antes de assar - Em uma tigela grande, misture bem os açúcares, os ovos inteiros, as duas gemas e a baunilha - Derreta a manteiga e acrescente à mistura, mexendo até homogeneizar - Peneire sobre a mistura a farinha, juntamente com o sal e o fermento - Acrescente a aveia e o chocolate picado - Misture bem, tampe e leve à geladeira por, no mínimo, 3 horas; pois, a massa deve ficar bem dura - Depois de gelar, unte 2 formas grandes com manteiga e farinha e faça discos de 4 a 5 cm de diâmetro com a massa - Deixe um espaço de 2 dedos de distância entre um cook e outro - Decore com o chocolate picado e a aveia reservados - Asse em forno pré-aquecido a 190 graus, por 12 minutos

Dicas: -Não guarde a massa mais do que 1 dia na geladeira - Após o tempo de forno, pode parecer que ainda não estão prontos, mas deixe amornar, pois o cozimento ainda continua depois de retirados do forno. Fonte: http://tudogostoso.uol.com.br

FEITO COM AMOR festas • Bolos • Tortas • Docinhos • Empadão • Salgados fritos • Salgados assados • e muito mais

Encomendas:

3465-0997 Entrega em domicílio


Quer saber o que acontece em seu bairro?

www.jnbonline.com.br

JORNAL NOSSO BAIRRO  

Edição 19 Segunda quinzena - Janeiro - 2013 Joinville - SC

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you