Revista 1000 Maiores

Page 1



especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

Editorial Caros leitores (as) Desde o início do Maiahoje tivemos edições especiais, temáticas, que, pelo seu interesse, tiveram sempre enorme êxito. Estou a lembrar-me das muitas Revistas de Natal, dos especiais do Circuito da Boavista no Porto que bateram o nosso record de 60.000 exemplares distribuídos, ou mesmo do especial “na hora” dedicado ao Dr. Vieira de Carvalho. Estas iniciativas deram razão ao nosso cognome “Jornal Regional de Grande Informação” e ultrapassaram “fronteiras”, atribuídas à imprensa regional, como o demonstrou o convite para que o Maia-

hoje fosse o jornal oficial do “RedBull Air Race”, ou a única acreditação TV atribuída pela Eurosport e FIA no WTCC do Porto. Hoje, a nossa publicação é reconhecida a nível nacional, sendo candidata a melhor jornal de imprensa regional e líder da imprensa regional não diária a Norte. Este sucesso e a importância destas iniciativas revelaram a necessidade de criarmos um Departamento de Projectos Especiais que com esta primeira edição das “1.000 maiores” inicia a sua actividade, mais uma vez pioneira no distrito. Cabe-me a mim a sua gestão, o planeamento e coordenação com as diversas

áreas. Como sempre “nesta casa”, serão prioridades o rigor da informação, o interesse, a diversificação de opiniões, a qualidade gráfica e apresentação. Tenho a certeza que “As 1.000 maiores”, será um projecto de elevado interesse para colecionar. Termino agradecendo ao tecido empresarial maiato que nos incentivou à sua colocação em prática, bem como à fantástica equipa que comigo tem trabalhado. Manuela Sá Bacelar Administração Jornal MaiaHoje Direcção de Projectos Especiais

FICHA TÉCNICA Revista 1000 Maiores parte integrante da edição 396 de 17 Junho 2016 Edição Dep. Edições Especiais do Jornal MaiaHoje Rua Pedro Julião, 114 - R/c Maia - Tel 22 406 21 26 dee@maiahoje.pt Coordenação Manuela Sá Bacelar

Director de Informação Artur Bacelar Design & Paginação Cátia Bukh José Machado Fotografia Júlio Sá Ornelas Manuel Jorge Costa

Colaboração António Ferreira da Silva Câmara Municipal da Maia Fep Junior Consulting Ignios Vitor Dias Consultor Comercial José Manuel Pinto

Impressão Publireferência - Maia Tiragem 10.000 exemplares

www.maiahoje.pt /maiahoje oficial

PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

AUTARQUIA

Maia representa 4 % do Produto Interno Bruto

Estimad(a)os leitores e empresários, A minha primeira palavra é para saudar o jornal Maia Hoje pela iniciativa de elaborar esta publicação em torno das 1000 maiores empresas da Maia. Bem-haja! A Maia é uma Terra de contrastes. Lado a lado com o crescente desenvolvimento urbano e empresarial conservamse, quase intocadas, parcelas de genuína ruralidade, onde a relação entre o Homem, a Terra e a Natureza se conserva equilibrada desde há séculos. O Povo da Maia sempre se caracterizou por gente humilde e trabalhadora que tem brio e orgulho no seu trabalho pelo que o sucesso da Maia, enquanto Concelho referência de qualidade de vida, reside, em grande parte, no sucesso de todos os seus empresários Dos maiores aos mais pequenos todos dão um contributo decisivo para que a Maia contemporânea, seja reconhecida por todos os quadrantes como um território que se caracteriza por um fortíssimo pendor empresarial e industrial, dos mais pujantes do País. Concelho vale 7 mil milhões de euros Hoje são cerca de 15.000 as empresas sediadas na Maia e, estima-se, porque não há dados oficiais, que sejam cerca de 20.000 as instaladas no Concelho. A riqueza produzida, pelas empresas da Maia, representa 4 % do Produto Interno Bruto Português com valores próximos dos 7 mil Milhões de Euros. No que diz respeito às exportações, a Maia é o 3º Concelho que mais exporta em toda a região norte e relativamente às importações é o 2º Concelho que mais importa traduzindo-se num Concelho transformador. Maia não é dormitório «Se houvesse um 04

muro à volta da Maia, todos os Maiatos teriam emprego no Concelho». Os números do Instituto Nacional de Estatística também revelam que a Maia está nos restritos Municípios do País em que os fluxos pendulares são positivos, ou seja, são mais as pessoas que entram na Maia para trabalhar do que as pessoas que saem da Maia para trabalhar noutros Concelhos. Aliada a esta realidade os números oficiais revelam um dado muito importante: O número de trabalhadores das empresas da Maia é superior à população ativa. Costumo caricaturar este aspeto com o seguinte exemplo: Se houvesse um muro à volta da Maia, todos os Maiatos teriam emprego no Concelho. Nesta medida conclui-se que a Maia não é dormitório de ninguém, quando muito, outros serão dormitório da Maia! Mas esta realidade, num Concelho integrante de uma Grande Área Metropolitana que tem numa outra cidade maior, no caso o Porto, a âncora da região constitui um facto assinalável, e um dos poucos casos em toda a Europa, em que a cidade mais pequena tem vida própria e não está dependente da cidade maior. Nesta medida, a Maia é um concelho polarizado, ou seja um Concelho estruturado. Mas tudo isto não acontece por acaso. Apoio às empresas é uma das prioridades Isto acontece porque para nós, o apoio às empresas é uma das três prioridades da atividade municipal juntamente com a Educação e a Proteção Social dos mais desfavorecidos. Ajudar as empresas da Maia a crescerem, a modernizarem-se e a fortalecerem-se, por forma a criar condições para que a atividade económica se desenvolva e gerem emprego é um dos nossos principais objetivos. Condições ímpares Por isso hoje, fruto das condições ímpares que o Concelho proporciona através das boas acessibilidades pelas quatro autoestradas, pelo fácil acesso ao aeroporto internacional que está na Maia bem como ao porto de mar de Leixões que está apenas a 10 minutos de distância, a Maia tem um potencial de competitividade diferenciador no contexto regional e nacional. Complementarmente às excelentes acessibilidades a Câmara Municipal, oportunamente, organizou o território de forma © JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

adequada criando várias áreas de acolhimento empresarial, devidamente infraestruturadas, que representam mais de 10% da área do Concelho entre as quais se destaca a Zona Industrial Maia I, que é a zona industrial com o maior número de empresas instaladas em todo o País. Centros de saber e investigação Além destes aspetos procuramos ter na Maia sinergias positivas com os centros de saber, nomeadamente as Universidades e Politécnicos, para que as empresas Maiatas tirem partido desse potencial de conhecimento. Nesta medida o TecMaia, Parque de Ciência e Tecnologia da Maia, onde estão instaladas mais de 60 empresas e onde trabalham mais de 1500 trabalhadores, altamente qualificados, assume-se como dínamo central desta estratégia de desenvolvimento económico. Aliado a todos estes domínios a Câmara Municipal, através do seu Gabinete de Apoio ao Investimento, o MaiaInveste, tem sempre presente o fator facilitador, quer na captação de novos investimentos para o Concelho, quer na ajuda às empresas Maiatas nos vários domínios da esfera de atuação do Município, particularmente junto das entidades da administração central, particularmente o IEFP, o IAPMEI e a AICEP. Várias têm sido as empresas que se têm instalado na Maia nos últimos anos fruto deste trabalho que de forma serena mas eficaz, sem parangonas nos jornais a vender ilusões, tem cumprido a sua missão com grande assertividade. E os números isso demonstram. A Maia tem bons empresários Termino estas minhas palavras agradecendo a todos os empresários da Maia, bem como a todos os que têm negócios na Maia, o trabalho diário de todos para estes resultados que a todos nos orgulha. É uma honra para o Concelho que estejam entre nós. Espero que cá continuem por muitos e bons anos. Se a Maia é o que é hoje muito o deve aos seus empresários. A todos o meu agradecimento pela Amizade e pelo carinho que sempre demostram ter para comigo. Se a Câmara Municipal da Maia puder ajudar em algo que necessitem o meu gabinete está inteiramente ao vosso dispor, como está ao dispor de todas as pessoas. António Bragança Fernandes Presidente da CM Maia


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

ENTREVISTA

especial maiahoje

António Silva Tiago, vice-presidente da CM Maia

“…As pessoas são, a meu ver, o capital mais crítico para o sucesso de uma empresa…”

O Vice-Presidente da Câmara Municipal da Maia concedeu, no seu gabinete, uma entrevista exclusiva à “1000 maiores empresas da Maia”, ao longo da qual expressou o seu pensamento político-estratégico sobre a economia local. Que avaliação faz do tecido empresarial da Maia? António Silva Tiago (AST): O concelho da Maia tem no seu território um tecido empresarial caraterizado por uma grande diversidade de setores de atividade. Importa sublinhar desde logo que estão sediadas na Maia, algumas das maiores empresas do país, cujo contributo para o PIB nacional é muito expressivo. Empresas que criaram bases sólidas, que souberam desenvolver-se, expandir os seus negócios e crescer de forma sustentada, facto que lhes permitiu enfrentar as dificuldades próprias do crescimento, mais as que vieram por via da conjuntura económica, e levar de vencida todas as adversidades. Temos hoje um tecido empresarial que na sua maioria é robusto, está bem estruturado e a laborar de forma estável. Devo dizer que conheço pessoalmente quase todos os empresários maiatos, e nutro por todos eles um enorme PUB

respeito e admiração pessoal e institucional. Enquanto Vice-Presidente da Câmara Municipal, sinto um imenso orgulho por termos na Maia, empresários com visão estratégica de futuro, dinâmicos e arrojadamente empreendedores que assumem de forma consciente e muito responsável, a vocação que carateriza os empresários de sucesso, refiro-me é claro, á vocação para correr o risco da sua atividade e dos seus investimentos. Podia aqui invocar umas larguíssimas centenas de empresários ousados que assumem o risco e têm sido inequivocamente bem-sucedidos, gerando riqueza e criando emprego. Só não o faço porque não quero deixar ninguém de fora. E olhe que teria muitas pessoas para nomear. Entende que há espaço para que esse tecido empresarial possa crescer? Sim! Sem dúvida!... A Maia soube atempadamente, planear e preparar o futuro. Hoje graças á nossa visão estratégica, temos as empresas sediadas em áreas de acolhimento empresarial, onde as infraestruturas cruciais para o desenvolvimento da sua atividade foram devidamente acauteladas. Refiro-me naturalmente às acessibilidades adequadas às necessida-

des do transporte pesado de mercadorias, ás redes de telecomunicações, às redes de abastecimento de energias, ás redes de abastecimento de água e ao saneamento básico, a que acresce igualmente um sistema de recolha de resíduos industriais que também disponibilizamos. Devo dizer-lhe que no quadro do programa Portugal 2020, submetemos 7 candidaturas que visam a melhoria significativa das condições de acessibilidade das respetivas áreas de acolhimento empresarial. Assim que os projetos inerentes a essas candidaturas estiverem concretizados, a nossa capacidade para aumentar significativa e substantivamente o nosso tecido empresarial será uma realidade. Na sua perspetiva há setores preferenciais que interessam mais ao concelho da Maia? Devo afirmar com toda a clareza que a nossa preferência vai sobretudo para os projetos empresariais que apresentem maior potencial de criação de emprego sustentável e qualificado. Depois, também nos interessam empresas que aportem um maior potencial de geração de riqueza, contribuindo de forma inequívoca para o PIB concelhio, e que isso se repercuta em benefícios evidentes para a comunidade concelhia, em primeiro lugar pela via dos seus contributos fiscais, e naturalmente também pelas políticas empresariais de responsabilidade social. No entanto, estamos sempre recetivos a acolher e a avaliar qualquer projeto empresarial que pretenda instalar-se na Maia. A nossa forma de nos relacionarmos com os empreendedores e investidores, é sermos parte da solução, procurando dentro das nossas possibilidades e limites próprios, ajudar a equacionar eventuais problemas ou dificuldades. Observando o escrupuloso cumprimento da Lei, o nosso posicionamento sempre foi de um parceiro facilitador do investimento produtivo, gerador de emprego e de riqueza.


PUB


P

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

Na sua opinião que fatores são mais importantes para alavancar a economia concelhia? As pessoas. As pessoas são, a meu ver, o capital mais crítico para o sucesso de uma empresa. Pessoas dotadas de competências que lhes confiram um alto perfil profissional, são a melhor alavanca para o sucesso dos projetos. E isso é verdade nas empresas, como é verdade no setor público. Neste sentido, creio que a Maia tem condições excecionais para proporcionar às empresas colaboradores cujas qualificações técnicas e profissionais respondam cabalmente às suas necessidades em matéria de recursos humanos, e por essa via, possam ajudar ao crescimento da economia concelhia. A Câmara Municipal da Maia tem uma estratégia de captação de investimento? Qual? A nossa estratégia não é nenhuma novidade. Basta dar uma volta pelo concelho, e facilmente se percebe que teve que haver aqui uma estratégia de atração do investimento, que não começou hoje nem ontem. Dir-lhe-ia que a nossa estratégia nesta matéria é uma corrida de fundo. Quem observar o nosso território numa perspetiva geográfica, percebe que há uma organização estrutural que demonstra a preocupação de reservar áreas vocacionadas para a atividade empresarial, e preservar as áreas habitacionais do bulício da atividade económica. Também se percebe que houve o cuidado e a vontade de qualificar espaços verdes para o lazer e a fruição de atividades de ar livre. Sabe, hoje quem procura um território para investir, não quer apenas um terreno para construir uma ou várias naves industriais, ou só uns armazéns para um entreposto de mercadorias, bem pelo contrário. Hoje, verificamos que os investidores querem assim uma espécie de um mix de soluções. Procuram acessibilidades de qualidade, procuram proximidade de portos e de aeroportos, procuram proximidade de boas escolas para os filhos dos seus colaboradores, procuram boas redes de PUB

apoio social, procuram bons serviços de apoio à sua atividade económica, como bancos, serviços públicos, mas também procuram qualidade urbanística. E nós, na Maia, temos tudo isso em harmonia e com qualidade. Estou certo que é por todas essas razões que somos procurados por muitos investidores. Quase todos os dias somos procurados por empresas que selecionaram a Maia como território preferencial para os seus projetos de investimento. E nas conversas que vamos tendo com esses empresários e gestores, tomamos consciência que os fatores que os levaram a procurar a Maia foram aqueles que acabei de lhe enunciar. Em que medida a Câmara Municipal pode facilitar a atividade económica e a iniciativa privada? Diz bem, facilitar a atividade económica. Sublinho isto, porque não nos compete substituir a iniciativa privada. A nossa missão pública é assumir o papel de entidade reguladora do território que o planeia e gere, sem embargo de conciliar essas funções, com a nossa vocação de entidade facilitadora. Estamos a preparar um pacote de medidas, que vai acrescer a algumas que já tínhamos, para estimular o incremento da atividade económica, em diversos setores. Vamos criar condições de fiscalidade mais favorável, utilizando até ao limite do possível, todas as prorrogativas que a Lei permite aos municípios. Para além disso, vamos rever o sistema de taxas e licenças municipais, com vista a apoiarmos também por essa via, o investimento. Acresce ainda a esse pacote de medidas de política municipal de incentivo ao investimento, a criação de equipas especialmente focadas na agilização de processos, que melhorem efetivamente a nossa capacidade de resposta, principalmente ao nível da celeridade. Que futuro antevê para a Maia na próxima década? Bom!... Para quem, como eu, tem a paixão de pensar a Maia, essa é uma pergunta que precisava de várias horas para eu lhe responder.

especial maiahoje

O meu desejo é que a Maia na próxima década seja toda ela, autenticamente uma “smart city”, quer dizer, que todo o Concelho possa beneficiar de uma gestão inteligente de todos os seus recursos e equipamentos, melhorando continuamente a qualidade de vida dos maiatos. Desejo que a Maia seja uma terra de pleno emprego, mas de emprego qualificado e sustentável, com padrões de qualidade de vida e de bem-estar, ao nível dos países nórdicos. Há projetos que estão em marcha e cujos resultados são muito animadores, como por exemplo ao nível da educação para a saúde, em que somos pioneiros no que toca á sensibilização das crianças e jovens, para a prevenção das chamadas doenças da civilização. Como também lhe posso citar o trabalho que estamos a realizar com os seniores, com programas regulares que visam ajudar os mais velhos a ter uma vida mais saudável. Acalento uma funda convicção que só através da educação conseguiremos melhorar as performances da nossa economia e pôr essa melhoria ao serviço de toda a comunidade. É por isso que estou a trabalhar num projeto de educação para o empreendedorismo. Acredito que se conseguirmos, logo desde o ensino básico, estimular nas crianças a sua imensa capacidade criativa e inovadora, ajudando-as a perceber como poderão pôr em prática algumas das suas ideias mais criativas, estaremos a formar empreendedores dotados de potencial de competência que lhes poderá ser muito útil pela vida fora, seja na sua futura profissão, como no exercício da sua cidadania participativa. Penso que a escola, com todas as virtudes que lhe reconheço, e são muitas, tem ainda espaço para proporcionar às nossas crianças e jovens, formação que tire partido da sua natural energia criativa e da sua, não raras vezes até, prodigiosa imaginação. Estou certo que na próxima década teremos uma Maia mais eficiente, socialmente mais coesa e solidária, e sobretudo uma Maia ainda mais próspera.


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

AEBA

especial maiahoje

Associação Empresarial do Baixo Ave

O movimento associativo: Processo de criação de valor nas empresas ou mero cumprimento do protocolo institucional desde há décadas?

O exemplo da AEBA é claramente de aposta na criação de valor às empresas associadas, aportando para o movimento associativo uma visão de projecto sustentável, criando essa sustentabilidade nas mais valias que constrói para a comunidade de empresas que operam na região do Baixo Ave, no profundo respeito pela individualidade de cada organização, congénere ou não, bem como pelo ambiente. A AEBA - Associação Empresarial do Baixo Ave é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, fundada a 12 de Abril de 2000 e reconhecida como entidade de Utilidade Pública, por despacho publicado em Diário da Republica, em 26 de Junho de 2012. As empresas fundadoras da AEBA, pretenderam com este projecto associativo criar uma estrutura capaz de apoiar e representar as empresas e os empresários, de todos os sectores de actividade, abrangendo sobretudo os concelhos da Trofa, Santo Tirso, Vila Nova de Famalicão, Maia e Vila do Conde. A AEBA foi fundada por 17 empresas de referência desta região e conta já com um grupo coeso e activo de empresas associadas que dão corpo a esta associação e que se têm empenhado em criar

um espírito de cooperação, solidariedade e entreajuda, entre estes e a Administração Pública e ainda com os organismos privados congéneres, de forma a contribuir para o progresso e desenvolvimento de toda esta região. A AEBA “exerce predominantemente a sua acção no plano regional do Baixo Ave, mas assume-se como motor de cooperação activa em todos os sectores da vida socioeconómica nacional, abrangendo todas as empresas singulares ou colectivas que exerçam qualquer actividade industrial, comercial ou de prestação de serviços quer no concelho da Trofa (onde tem instalações) quer em qualquer concelho limítrofe e nela se queiram inscrever”, conforme Estatutos. Mais de 1000 inscritos Desde Abril de 2000, a AEBA totaliza mais de mil inscrições de empresas, número que assume uma tendência crescente fruto da crescente abrangência da associação quer em termos geográficos, quer em termos de portefólio de serviços que disponibiliza. Actualmente conta com cerca de 700 empresas activas, com as quais se relaciona regularmente. A visão é clara: “Ser o apoio natural e a escolha estratégica das empresas da Região e assim afirmar-se como a associação mais representativa das empresas e empresários na Região do Baixo Ave”. As actividades diárias de apoio às empresas cumprem a sua missão: “Disponibilizar às empresas, com eficiência e simpatia, soluções completas e integradas de serviços de apoio ao seu desenvolvimento, que satisfaçam as necessidades e exigências de cada uma em particular e da região em geral”, dando sempre corpo aos valores corporativos da Honestidade, do Rigor, da Competência, do Trabalho, da Eficiência, da Confiança e da Simpatia. Facility Business Center – FBC Actualmente o maior esforço desta instituição está na operacionalização do Facility Business Center – FBC. E o que é? É um espaço de desenvolvimento de negócios,

que fomenta a partilha do conhecimento das empresas e dos empresários, a cooperação a todos os níveis entre as empresas associadas, faz a pedagogia da iniciação e do envolvimento com aprendizagem das micro e pequenas empresas para os mercados externos. Fomenta a apresentação de novos produtos, serviços e tecnologias entre associados ou a partir de associados para outras empresas convidadas, promove e disponibiliza toda a informação do potencial económico da região e sua capacidade de resposta em subcontratação e faz a representação de mostruário físico de produtos e serviços das associadas. Sendo um espaço de promoção objectiva de negócios, não poderia deixar de ser também um espaço com apoio à incubação de novas empresas, ou seja, é um projecto que pretende em si mesmo promover a melhor e a mais saudável cooperação estratégica com todas as áreas e instituições pró-economia, envolvendo a Administração Pública Central, Regional e local bem como as restantes organizações de desenvolvimento, inovação, formação e educação de referência nos sectores e nas actividades económicas de futuro! Um facilitador Aqui fica o descritivo da nossa visão do que deverá ser e representar o movimento associativo empresarial: um facilitador, um organismo de criação de valor nas empresas e nas regiões, sem complexos, assumindo as responsabilidades de informar correctamente, formar (ou promover a formação) nas mais diversas competências necessárias ao crescimento saudável das empresas, dar apoio técnico nas mais diversas áreas, desde a produção à qualidade, inovação ou mesmo na área fiscal, promover os negócios e a sua ética e, assim, FAZER PONTES sem complexos de inferioridade ou de superioridade, tendo antes em conta a criação de valor nas diferentes sociedades. José Manuel Fernandes Presidente da Direção da AEBA PUB


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

OPINIÃO Managing Partner da Strategy XXI

Portugal 2020 - um desafio à gestão!

Aquele que para muitos é considerado como o pai da gestão moderna, deixou-nos um legado de ensinamentos e reflexões que ainda hoje deveremos procurar incutir no planeamento estratégico e operacional das nossas empre-

sas e organizações. Peter Drucker, um dos mais reconhecidos pensadores dos efeitos da globalização na economia em geral e nas organizações em particular, defendia que as empresas que consigam vender os produtos/ serviços certos, aos clientes certos, com a distribuição adequada, por um preço ajustado e no momento oportuno, verão o seu esforço de vendas reduzido a quase zero, na medida em que as vendas se tornarão automáticas, por se ter avaliado corretamente a procura e trabalhado devidamente a oferta. Esta visão, aparentemente simples e bastante lógica, é, na verdade, exigente e complexa, na medida em que obriga a um constante planeamento e definição estratégica e operacional por parte dos gestores responsáveis pelas empresas e organizações. Os desafios à gestão atual, são, assim, cada vez mais e mais exigentes.

Garantir a sustentabilidade Também o Portugal 2020, certamente uma excelente oportunidade para as empresas portuguesas, acrescenta um novo e interessante desafio à gestão, na medida em que o sucesso de cada candidatura, dependerá diretamente da capacidade de execução por parte das empresas, mas, também, da sua visão e alinhamento com o mercado. Torna-se assim imperativo que as empresas definam e implementem um Modelo de Gestão alinhado com as suas necessidades e capacidades, com o mercado e estratégia regional e nacional. Este Modelo de Gestão deverá procurar construir uma visão de futuro assente na inovação, na melhoria constante, na criação de valor, no reconhecimento das equipas e na valorização dos recursos. Em suma, deverá procurar garantir a sustentabilidade de longo prazo da organização.

PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

Preparar o futuro Peter Drucker dizia que “Planeamento de longo prazo não lida com decisões futuras, mas com um futuro de decisões presentes”. Assim, a construção da visão e do Modelo de Gestão, são fundamentais e deverão resultar da capacidade de tomada de decisão por parte dos gestores, num processo de antecipação das grandes tendências e da evolução dos mercados. A Comissão Europeia, no seu relatório “Preparar o futuro: conceber uma estratégia comum para as tecnologias facilitadoras essenciais na União Europeia”, defende que uma parte significativa dos bens e serviços que estarão disponíveis no mercado em 2020 são ainda desconhecidos. Torna-se assim evidente que a antecipação e a capacidade de analisar e identificar as tendências na área de atuação da sua empresa, serão vitais e condições de base para garantir o sucesso. E parafraseando, novamente, Drucker, “A melhor forma de prever o futuro, é criá-lo!”. Inovação e Internacionalização Uma forma de criar o futuro, será, porventura, com o apoio dos fundos dis-

PUB

poníveis no Portugal 2020. Então, o que poderão, afinal, esperar as empresas deste instrumento? No essencial, poderão contar com financiamento para os seus projetos na área da inovação e da internacionalização. Este financiamento, que por princípio é reembolsável, poderá ser convertido, em parte, em não reembolsável, caso as empresas consigam executar, com sucesso, as suas candidaturas e ultrapassar as metas a que se propuseram. Candidatura aprovada não é sinónimo de sucesso Deveremos medir o sucesso na aprovação da candidatura? Claramente, não! Ter uma candidatura aprovada não é, nunca, garantia de sucesso. Pelo contrário, pode ser o maior problema da empresa e dos seus gestores. O sucesso da operação, apenas se mede no fim. Só depois de executado (leia-se, bem executado) é que se poderá considerar, ou não, que se teve sucesso na candidatura. Se não houver capacidade de concretização, mesmo com a candidatura aprovada, é preferível não fazer nada. Garantir metas

especial maiahoje

Assim, um bom modelo de gestão, será um instrumento fundamental para garantir o acompanhamento de qualquer operação e, enquanto gestor, deverá acompanhar de perto a operacionalização do processo, garantir

que se estão a cumprir as metas intercalares, entregar os relatórios intercalares, e, caso se antecipem desvios, apresentar os pedidos de reprogramação atempadamente. Deverá também, garantir e verter para os contratos com os seus prestadores de serviços, o seu planeamento e a garantia de cumprimento e


especial maiahoje

entregas atempadas. “Vender” o projecto A apresentação de uma candidatura ao Portugal 2020, deverá, por isso, assentar num conjunto de premissas base. Os gestores, deverão previamente, com

tempo e método, avaliar o projeto que pretendem candidatar e aferir a sua sustentabilidade futura, a capacidade e real interesse da empresa em implementar o projeto, a mais-valia resultante do mesmo (um novo produto e/ou serviço, a inovação de um já existente, a abordagem a novos mercados, etc.), entre ou-

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

tros aspetos. Depois, deveremos encarar qualquer candidatura, como se estivemos a apresentar uma proposta a um cliente. Ou seja, temos que “vender” o nosso projeto ao avaliador e isso faz-se com a fundamentação e justificação da nossa proposta. O que não se expressar na candidatura, é como se não existisse. Gestores não devem delegar Outro aspeto importante, é nunca descurar o papel da empresa na candidatura. Deverá ser a empresa a definir a sua estratégia, a descrever o seu produto, a fundamentar a sua abordagem aos mercados e a inovação dos processos, bens ou serviços. Só quem conhece a estrutura, o produto e o seu potencial, poderá apresenta-los de forma simples e convincente. Os gestores não deverão, nunca, delegar em terceiros este trabalho. Será a empresa a vincular-se com um contrato de financiamento e que em caso de incumprimento, resultará em penalizações. Modelo e estratégia O Modelo de Gestão do projeto deverá estar perfeitamente alinhado com a estratégia da empresa e esta com o

mercado. Todos os pressupostos e metas que se apresentarem numa candidatura, deverão ser validadas pelo mercado. De outra forma, dificilmente se conseguirá garantir o sucesso da operação e se a mesma não for viável, será preferível não a operacionalizar. Como se percebe, com ou sem a necessidade de apresentação de candidaturas ao Portugal 2020 ou a outros instrumentos de financiamento, tornase, cada vez mais, essencial que as empresas definiam, incorporem e implemento um Modelo de Gestão eficaz e alinhado com a organização e com o mercado. O Modelo de Gestão deverá assentar na aposta na diferenciação relativamente à concorrência, num profundo conhecimento dos mercados, na inovação enquanto fator diferenciador e na afirmação da marca. Desta forma, tornar-se-á mais simples ajustar a oferta à procura e tornar as vendas num processo automático. Filipe Gonçalves Managing Partner da Strategy XXI Consultor em Estratégia PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

ENTREVISTA | Luís Filipe Reis, CCCO (Chief Corporate Center Officer) da SONAE

«A expansão internacional é uma prioridade estratégica»

Sendo este Grupo um dos mais importantes sediados no Concelho da Maia, gostaríamos de saber quais os objectivos definidos para 2016? A estratégia da Sonae assenta em três principais pilares estratégicos. A expansão PUB

internacional é uma das nossas principais prioridades estratégicas e continuaremos a investir na oportunidade de reforçar a nossa presença internacional e de transformar a Sonae numa corporação multinacional. A diversificação do estilo de

investimento faz também parte dos nossos pilares estratégicos, alavancando os nossos recursos e a eficácia da implementação da nossa estratégia, adotando o estilo de investimento mais apropriado ou uma mistura de estilos de investimento em cada negócio. O terceiro pilar estratégico está relacionado com o alavancar e reforçar a base de ativos e competências, reforçando a nossa posição competitiva e explorando novas oportunidades de negócios que estimulem a nossa base excecional de ativos em Portugal, como forma de aumentar o nosso portefólio de opções para o crescimento futuro. Esta estratégia tem como objetivo cumprir a nossa missão de criar valor económico e social a longo prazo, levando os benefícios do progresso e da inovação a um número crescente de pessoas. Com o primeiro trimestre já consolidado e com o abrandamento do crescimento económico na Península Ibérica e a elevada agressividade concorren-


especial maiahoje

cial que se verifica nestes setores, considera que estão a ser cumpridas as metas definidas? Os resultados do primeiro trimestre da Sonae demonstram uma evolução favorável na generalidade dos negócios da Sonae, com crescimentos importantes ao nível das vendas e a continuação do reforço das posições competitivas nos vários negócios. A Sonae MC aumentou as vendas em 4,6% reforçando a sua quota de mercado. O Continente está a transferir valor para os seus clientes, com uma atividade promocional que inclui descontos diretos e em cartão, entre outras iniciativas. A Sonae SR aumentou as suas vendas em 10,9%. A Worten sustentou a sua posição de liderança no mercado eletrónico português com crescimento de quota e continuou a aumentar as vendas por m2 em Espanha. A Sonae Sierra continua a sinalizar a qualidade dos seus centros comerciais com o crescimento, na Europa, das vendas dos lojistas e das taxas de ocupação. A NOS divulgou fortes resultados, com crescimento em todos os indicadores operacionais e financeiros.

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

Adicionalmente é de salientar que a Sonae IM continuou a explorar oportunidades de crescimento na área da tecnologia e lançou a Bright Pixel, um “company builder studio” que promove o surgimento de novos e inovadores negócios. Qual o peso do mercado nacional vs mercado internacional? A Sonae é hoje uma empresa multinacional, presente em mais de 80 países. O peso varia de negócio para negócio. Por exemplo, a WeDo, a Sonae Sierra e a Zippy têm mais de metade da sua atividade gerada no exterior. Já o retalho alimentar tem um peso muito importante em Portugal. Teme o aumento da exposição ao mercado internacional? Pelo contrário. A expansão internacional é uma prioridade estratégica, pois permite-nos diversificar as fontes de receita e potenciar o nosso conhecimento e capacidade de inovação. Hoje, quando os nossos negócios desenvolvem um produto pensam na sua afirmação não só em Portugal como a nível global.

O sucesso a nível internacional permitenos gerar valor acrescentado em Portugal, criando riqueza e emprego. Diz-se que a Maia é um bom Concelho para viver. Pode-se dizer o mesmo em relação a negócios? Em termos de infra-estruturas o que poderá fazer falta para facilitar o empreendedorismo maiato? A Maia é o concelho onde a Sonae está implementada desde a sua fundação e que contribuiu para a Sonae se tornar na empresa multinacional que hoje é, com presença em diversos setores de atividade, nomeadamente nas áreas de retalho, serviços financeiros, tecnologia, centros comerciais e telecomunicações. Ao longo dos anos temos sentido o apoio das várias estruturas do concelho, com as quais temos colaborado para tornar a Maia um local ainda melhor. Para além disto, na Sonae acreditamos na melhoria contínua, pelo que estamos permanentemente à procura de oportunidades de fazer mais e melhor. Acreditamos que este princípio deve ser adotado por todas as instituições, pelo que será possível fazer da Maia um local ainda melhor. PUB


PU

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

OPINIÃO

especial maiahoje

João Armando Lobo de Sousa Couto, professor universitário da FEP

O contexto económico atual Quando me convidaram para escrever um artigo sobre este tema, senti-o como um desafio: deveria ser otimista ou pessimista face ao desenvolvimento económico no futuro próximo? Analisar o passado (e os erros económicos) ou as perspetivas de futuro da economia portuguesa? Preferi ir por outro caminho, deixando ao leitor a hipótese de ser ele mesmo, a tirar as suas conclusões. Neste texto, faz-se uma retrospetiva de alguns factos marcantes da história do País que acabaram por determinar o seu percurso económico influenciando, também, as suas decisões estratégicas e de trocas comerciais. Portugal, um dos países mais antigos da Europa (independente desde 1143), tem mantido uma certa estabilidade territorial conservando os seus 92 mil Km2 ao longo dos tempos. A nível demográfico verificouse um aumento (mais ou menos recente) de população. Só no Sec. XIX passou de 2,9 para 5,2 milhões (1) chegando aos 10,6 milhões de habitantes no Séc. XXI. Contudo, num passado recente, a área geográfica passou para 2.195 Km2 (soma das áreas correspondentes às chamadas "coIónias"), o que perspectivava um novo tipo de desenvolvimento económico. O principal objetivo económico passava a focar-se na obtenção de uma maior quantidade de produtos, ate então, invulgares na Europa (incluindo, bens agrícolas e/ou extractivos) e em sentido inverso um canal baseado em produtos tradicionais portugueses de menor qualidade (2). Nesta fase, Portugal não conseguia garantir o mercado do tráfego naval internacional (uma vez que Inglaterra detinha a maior parte das empresas do ramo), assegurando apenas o trafego entre o continente e as ilhas. Para o resto do mundo exportavam-se os produtos tradicionais (minério de volfrâmio, têxtil, cortiça e vinho). Ap6s 1974 este modelo de exportação/importação sofre um grande abalo empurrando o País para a procura de novos mercados, impedindo a alteração do seu modelo económico. Nesta fase, o país apresentava (I) produtos de baixa qualidade e baratos ou produtos com maior qualidade mas a preços pouco competitivos; (II) mercados independentes da polí-

16

tica do país; (III) retomo populacional inerente à independência das "colónias" (traduzindo-se numa população a aumentar dos 8,7 para os 9,8 milhões de habitantes na década de 80). Desde então, a conjuntura existente coloca Portugal numa situação frágil dado que o montante da divida pública se toma excessivo, levando o país a três pedidos de resgate (1978, 1983 e 2011). Na atualidade, assistimos a uma forte tentativa de recuperação de mercado e de estímulo para o crescimento e criação de empresas nacionais. Em 2014, as 10 maiores empresas (3) a nível de volume de facturação estão nos sectores petrolífero (2), distribuição de energia e de gás (4), grande retalho (2) e prestação de serviços (2). Em todas elas existe algum factor exportador mas que, ainda assim, poderia ser bastante mais acentuado. Por seu turno, nalgumas, a própria matéria-prima não é nacional, aumentando a carga de importação. O atual modelo económico português apresenta vectores que merecem alguma reflexão. O primeiro vetor tem a ver com a predominância de micro, pequenas e medias empresas (PME) em Portugal. Segundo dados do INE de 2010 (4), das 350 mil PME existentes em 2008 (representando 99,7% das sociedades do sector não financeiro), 86% correspondiam a microempresas. Por seu turno, ainda em 2008, as PME asseguraram 72,5% do emprego nas sociedades do sector não financeiro e foram responsáveis por 57,9% do volume de negócios e por 59,8% do VAB gerado (4). O segundo vetor assenta na capacidade de "criar futuro" nomeadamente a nível das reais capacidades das “startups” se fixarem no mercado. Contudo um trabalho recente (5) conclui que 40% das “startups” criadas a partir de 2009 desaparecem ao fim de um ano, o que acaba por se traduzir numa "não solução". O terceiro vetor prende-se com o envelhecimento da população, o que se reflete num problema de sustentabilidade social do sistema. Se na década de 70 existia um rácio de 100 jovens para cada 34 idosos, em 2014 o rácio passa para 100 jovens para cada 138 idosos. Esta situação, conjugada com o Índice Sintético de Fecundidade

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

que passou de 3,0 em 1970 para 1,23 em 2014, e cujo valor mínimo deveria ser de 2,1, levanta problemas demográficos muito complicados. Poderá fazer espécie ao leitor, não ter referido os problemas financeiros da banca nacional, muito em voga nos dias de hoje. Mas, na realidade, os créditos que a banca concede estão, em última análise, dependentes das entidades a quem são concedidos. Assim, e assumindo que as entidades económicas praticam atos corretos, quer em termos legais, quer em termos éticos, a falência de um banco depende, em grande parte, das empresas e dos setores de que são credores. No contexto económico atual uma grande mudança de paradigma seria uma efetiva comunicação entre os diferentes agentes económicos e financeiros. O papel das empresas é absolutamente primordial no equilíbrio da balança financeira portuguesa. Sem dúvida, o sucesso das "nossas" empresas influencia a estabilidade do país e, por sua vez, o próprio contexto económico atual. Até à próxima!

Professor universitário desde 1977 Consultor de projetos de investimento, em empresas particulares. Colaborador com Agências Estatais, no estudo da pertinência e viabilidade de projetos de investimento. Professor convidado nas Faculdades de Letras (do Porto) de Engenharia (do Porto) Lusíada (Porto) Colaborador com o gabinete de estudos do banco BPA

Indicadores Auxiliares (1) Teresa Rodrigues et al. (2004), "A população Portuguesa no seculo XIX"- Edições Afrontamento (2) Francisco Louçã et al. (2010). "Os donos do poder"- Edições Afrontamento (3) www.listagem.pt/melhores/, acedido em 18/05/2016 (4) Estudos Estruturais das Empresa (2010) INE, Junho 2010 (5) José Soeiro et al. (2016), "A falácia do de-


PUB


PU

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

EVERJETS

Reforçar a aviação comercial

José Pereira de 49 anos, licenciado em Ciências Aeronáuticas e Militares é há cinco anos o Diretor executivo desta empresa privada de aviação. A Everjets tem na sua génese prestar um serviço único aos seus clientes «como costumamos dizer, queremos proporcionar aos nossos passageiros uma verdadeira experiência de viagem», diz o director. Iniciaram a actividade no âmbito da aviação executiva, com o objectivo de proporcionar aos clientes mais exigentes, produtos e serviços de excelência, elementos que são considerados fundamentais neste ramo da aviação. No final do ano passado, iniciaram «a nossa projecção na aviação comercial com a realização de voos regulares dentro do espaço aéreo nacional e com a operação de voos charters para diversos destinos nacionais e internacionais, que representam actualmente cerca de 78% do negócio da Everjets. Trata-se de uma aposta justificada com a elevada rentabilidade deste modelo de negócio na aviação comercial, e que não deixa de estar ligado ao nosso core business, caracterizado pela concessão de aeronaves», diz José Pereira. Atualmente contam com oito helicópteros, um jato Phenom, um Airbus A-320 e dois Boeing B734. Além da atuação no âmbito da aviação comercial e executiva,

18

asseguram igualmente, desde fevereiro de 2015, a operação e manutenção dos helicópteros KAMOV do Estado. O ano de 2015 para esta empresa «foi bastante positivo face aos anos anteriores. Relativamente a 2016 verificou-se um crescimento do tráfego aéreo mundial em cerca de 6,5%, embora este crescimento se deva à diminuição das tarifas, que se traduziu numa queda dos preços médios da aviação em cerca de 5%, o balanço não deixa de ser positivo. As companhias aéreas europeias, por exemplo, registaram uma taxa média de ocupação na ordem dos 82,6%», refere. A estratégia da Everjets passa inevitavelmente pela exploração de todo o potencial da aviação comercial, a par da operação no âmbito da aviação executiva «neste campo, a Everjets beneficia de acordos com as melhores operadoras internacionais, o que permite garantir uma maior abrangência dos destinos em que operamos. Através destes acordos conseguimos potenciar a realização de voos charters para os mais diversos destinos, dentro e fora da europa. No imediato, a nossa aposta está focada na realização de voos charters para o Funchal e Porto Santo, e também para outros destinos internacionais», salienta. Para José Pereira há um compromisso em contribuir para o desenvolvimento da economia nacional e do turismo em par-

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

ticular «a nossa colaboração com operadores turísticos contempla a realização de voos a partir de diferentes países, tais como Espanha, Itália, entre outros, com destino à Madeira e a Porto Santo. Porém, já realizámos vários voos charter para outros destinos fora do continente europeu, como Cabo Verde», refere. Relativamente a perspectivas para futuro e novos investimentos «esperamos este ano reforçar a nossa frota de aviões comerciais. No final deste mês iremos receber um Airbus A-320, que será decorado com a nova imagem da Everjets, especialmente pensada para o sector da aviação civil. Apostámos num grafismo moderno mas ao mesmo tempo assertivo, em que se destacam os tons vermelho e cinzento como forma de assinalar esta aposta da empresa na aviação comercial. Apesar desta aposta mais focada na aviação comercial, e como referimos, vamos naturalmente continuar a prestar serviços no âmbito da aviação executiva. Neste contexto asseguramos não só a realização e planeamento de voos, mas também a formação de profissionais na nossa escola de pilotos de avião e de helicóptero, com base nos conhecimentos e experiência das nossas equipas. O nosso objectivo passa por treinar pilotos não só para a aviação executiva, mas que possam também operar aeronaves no âmbito da aviação comercial, disse a terminar o CEO.


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

GARLAND

Centro Logístico da Garland na Maia ampliado apenas quatro anos após inauguração Esta é a unidade de negócio mais recente do Grupo que este ano comemora 240 anos de atividade. Desde janeiro de 2012, altura em que o então Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, descerrou a placa de inauguração do Centro Logístico da Maia, a Garland somou aos então 19.000 m2 de armazém – 7.000 m2 na Abóboda e 12.000 m2 nas recém-inauguradas instalações – mais cerca de 50.000m2. Iniciou-se então um ciclo de investimento e crescimento sustentado na mais recente área de negócio do Grupo, que está já a ampliar as suas instalações no concelho maiato, apenas quatro anos após a sua construção na Zona Industrial. Só no mercado nacional, a Garland Logística, que marca ainda presença na Abóboda (Cascais), Famalicão, Gaia e Mealhada, viu a sua faturação aumentar, em 2015, 17,5% comparativamente ao ano anterior. A área de negócio de Transportes

PUB

e Logística é, aliás, a que mais tem contribuído para o desenvolvimento do Grupo que, em termos globais, cresceu no ano passado 11%. O alargamento das atuais instalações na Maia, que pressupõe a criação de uma nova “mezzanine” sobre os cais de carga a Norte, num total de mais 900m2 de área, surge na sequência do plano de expansão da Garland Logística. O novo espaço terá dois pisos e permitirá suportar o crescimento das atividades de marcas líderes no sector da moda. Possibilitará igualmente criar uma capacidade adicional de armazenamento em “rack” de cerca de 2.300 paletes. O Centro Logístico da Maia ficará assim com uma ocupação otimizada ao máximo, a qual é já de 100%. O Grupo Garland – que está a comemorar 240 anos de existência, sendo uma das cinco empresas mais antigas do país – arrancou com a atividade logística em 1994, disponibilizando atualmente um conjunto

completo de serviços logísticos que permite gerir toda a cadeia de abastecimento dos seus clientes em regime de outsourcing. Com operação em todos os sectores de atividade e com todo o tipo de produtos, possuindo contudo uma forte especialização na área têxtil e na distribuição de moda, a Garland Logística sustenta a sua atividade num dos mais modernos Sistemas de Gestão de armazéns do mercado (WMS), que utiliza avançadas soluções tecnológicas, como interfaces diretos e facilitados com qualquer software dos clientes, assim como terminais portáteis com radiofrequência e leitura ótica, entre outras. «A aposta efetuada em 2012 na construção de um novo Centro Logístico na Maia foi o momento de viragem para o crescimento exponencial que a Garland Logística tem registado nos últimos anos. A qualidade das instalações, equipadas com as melhores e mais atuais tecnologias do mercado,


especial maiahoje

e a sua excelente localização, perto do aeroporto, do porto de Leixões e dos principais eixos rodoviários, tornou distintiva a oferta, que muito rapidamente foi totalmente ocupada por novos clientes. A dinâmica criada por este sucesso de comercialização, permitiu alargar os hori-

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

zontes da empresa, que desde então tem arrendado novos armazéns todos os anos, tendo previsto atingir no final do presente ano mais de 80.000m2. A expansão agora concluída do Centro Logístico da Maia visa responder a novas necessidades dos atuais clientes, reforçar a aposta na logística do

sector têxtil e de moda, e oferecer um serviço logístico de apoio à atividade de comércio eletrónico dos clientes que apostam neste canal de distribuição», revela Ricardo Sousa Costa, administrador do Grupo Garland responsável pela área da Logística.

PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

SAFIRA FACILITY SERVICES

Safira quer ser líder em Serviços de Suporte – Facility Services

A Safira Facility Services, SA iniciou a sua atividade em 2000 tendo desde então, vindo a consolidar a sua posição no mercado, crescendo sempre de forma sustentada. No passado dia 31 de Agosto de 2015, a Safira foi integralmente adquirida pela DERICHEBOURG Multiservices, grupo que até esta data detinha uma posição minoritária mas já considerável (49%) das ações da Safira. Para liderar a realidade portuguesa, o grupo designou o luso-francês Victor Rodrigues, de 43 anos, como Director-geral da Safira, que garante a autonomia da casa mãe e a diversificação no negócio que procuram. Para o gestor «a safira é um barco grande em Portugal que engloba todos os seus colaboradores». O Grupo Derichebourg pretende assim manter a marca Safira «impulsionando-a com o seu know-how em outras áreas de negócio», explica o diretor-geral, o espírito impregnado pelo grupo Derichebourg pretende consolidar a posição da Safira no mercado dos facility services, sendo atualmente considerada a segunda maior entidade no setor, em Portugal. O Grupo Derichebourg é um grupo dinâmico e em constante crescimento, que tem como base o respeito e valorização dos co-

22

laboradores e uma política de não acomodação. Trata-se de um grupo internacional com 2800 milhões de euros de volume de negócios, com 44 mil colaboradores. O grupo, de origem francesa, apresenta cerca de 18 valências divididas em duas áreas: ambiente e multisserviços. No que diz respeito ao ambiente, os serviços prestados estão relacionados com a recolha e tratamento de resíduos, limpeza urbana ou tratamento de águas. Já na vertente dos multisserviços, onde a Safira está integrada, o trabalho realizado prende-se com limpezas, aeronáutica, recrutamento, energia, manutenção, iluminação pública, indústria nuclear e ambientes especiais, segurança e espaços verdes entre outros. Em Portugal, a Safira continua em crescente expansão, sendo a raiz da Safira a prestação de serviços de limpeza, primam pela qualidade ao nível dos procedimentos que se reflete na qualidade do trabalho final prestado ao cliente. Com sede na maia, actuando de Norte a Sul e Ilhas, com bases operacionais em Lisboa, Algarve e nas ilhas‚ um volume de negócios que ronda os 36 milhões e cerca de 5.000 funcionários, a Safira atua na prestação de serviço de limpeza especializada

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

em setores tão diversos como o Retalho, Centros Comerciais, Unidades de Saúde, Hospitais, Hotéis, Unidades desportivas entre muitos outros locais. Ciente que uma empresa para continuar desenvolver-se tem de diversificar, a empresa que presta serviço de limpeza em locais tão diversos como: escritórios, Lojas, Hipermercados, Metropolitanos, Hospitais, estabelecimentos desportivos entre muitos outros, iniciou, no passado mês de outubro a atividade na Jardinagem. Antes do verão iniciarão a atividade no ramo da manutenção e mantêm outras áreas em estudo como a recepção de eventos ou gestão de resíduos, que são a raiz do grupo Derichebourg. «O grande objectivo é dar aos clientes serviços de suporte nas áreas que não são as deles. Para os colaboradores da Safira será também oportunidades de crescimento. Em oito meses já se nota o crescimento e estamos a recrutar novos trabalhadores», afirma o luso-francês «estamos abertos e atentos a oportunidades de mercado, diversificando na centralização de serviços de suporte que o tecido empresarial procura». Para Victor Rodrigues, o objectivo é focarem-se na qualidade do serviço e auscultar constantemente os clientes.



As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

MARSIL

Humana e tecnologicamente preparados para o futuro Em 1953 a visão empreendedora do fundador Joaquim António Moreira fez nascer a MARSIL, tendo para o efeito adquirido o alvará a Maria Mesquita de Silveira, cujo nome inspirou a ainda hoje designação da empresa. Na sua primeira morada, um pequeno espaço situado na Rua Conde Vizela nº76, no Porto, começou um grande desafio que fez com que hoje seja uma das 1000 maiores e mais antigas empresas do concelho da Maia. Com mais de meio século de experiência e com o seu Core Business actualmente centrado nas Artes Gráficas e Gestão de Economato bem como toda a logística associada a este serviço, o negócio teve um percurso, ao longo dos anos, levado a cabo sempre pelos mesmos princípios «uma dedicação reforçada e sempre com a ambição de todos os dias fazer mais e melhor em prol dos nossos clientes», diz a gerência da empresa. Quando a empresa foi fundada, num período pós-guerra, estava Portugal a atravessar uma época propícia à expansão PUB

económica. Decorria a «idade de ouro» e daí até à conquista de um importante segmento de mercado institucional, com destaque para instituições financeiras de referência à data, como Banco Borges & Irmão e Banco Espírito Santo, foi um passo. Hoje, a empresa continua nas mãos da família que a fundou e a sua gestão segue já na terceira geração, mantendo sempre a estabilidade e credibilidade que se comprometera desde sempre com os seus clientes e colaboradores. Permitindo assumir um papel importante como parceiros de referência de grandes entidades dos mais diversos setores de atividade como, por exemplo, o Novo Banco, o Santander, a Caixa Geral de Depósitos, o Millenium BCP e BPI, na banca; a Fidelidade, a Tranquilidade e a Mapfre, no sector das seguradoras, o grupo PESTANA, o SANA, o TIVOLI e o Sheraton, na hotelaria; o Grupo Luz Saúde, na Saúde, comunicação PT, os CTT, bem como o setor dos transportes, e outros sectores de actividade. Este é um trabalho que tem sido reconhecido e com-

provado pelos clientes e por entidades que reconhecem a excelência do trabalho e serviços prestados, tendo já a Marsil recebido distinções emitidas pelo IAPMEI, SGS, Prémios Papies (Prémio atribuído aos melhores trabalhos gráficos do ano), entre outras. Mais recentemente, o fundador da empresa foi também agraciado com a atribuição do seu nome a uma rua no concelho da Maia, sendo este a soma de mais um motivo de orgulho para esta empresa histórica e familiar. Os desafios da economia Apesar dos últimos anos se revelarem desafiantes para a Marsil, face às profundas mudanças de um dos principais setores de atividade com o qual trabalham, a banca, e pelo surgimento de diferentes formatos de gráficas com estruturas mais reduzidas e preços mais competitivos, a empresa não parou e procurou no mercado novas oportunidades e soluções de inovação para continuar a garantir o sucesso. Reinventaram e renovaram as estruturas e o parque de máquinas, reforçaram a presença nos


especial maiahoje

mercados que melhor conhecem e traçaram um caminho de consolidação e conquista de novos mercados, tendo já contactos estabelecidos em países como a Angola, Moçambique, Espanha e França de onde proveio já mais de 10% do total da faturação no ano de 2015. A estratégia para o futuro e para a longevidade No futuro ambicionam conquistar novos segmentos de mercado, os setores da moda e calçado entre outros, mantendo uma estratégia de contínua conquista dos mercados actuais, associando a Marsil a

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

marcas nacionais e internacionais, levando-lhes todo o Know-How e valores que defendem: Confiança, Proximidade com o Cliente, Cumprimento de Prazos e Flexibilidade. «Com as mudanças que temos vindo a empreender nos últimos anos, ao nível de recursos humanos e tecnológicos, estamos a preparar a nossa empresa para um desenvolvimento sustentado e mais próximo de novos desafios» diz a direção da organização. Para isso, a empresa tem já um investimento preparado a partir de um plano de incentivos, alinhado nos novos

quadros comunitários, que irão auxiliar a cumprir desafios mais ambiciosos. Internamente, continuam igualmente o reforço das competências, da relação com os clientes, bem como com a criação de novas ferramentas de comunicação e comerciais com o objetivo de aumentar a visibilidade e a notoriedade da marca e empresa. Com ideias bem assentes e definidas, para a empresa e para toda a sua equipa estes são motivos para acreditar no futuro da empresa e, assim, garantir a contínua longevidade da Marsil nas mãos da família Moreira.

PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

FRULACT

A indĂşstria transformadora que mais contribui para a economia nacional

PUB


especial maiahoje

A Frulact surgiu da vontade do Comendador Arménio Pinheiro Miranda, que, com a experiência profissional acumulada ao longo de 20 anos, identificou a oportunidade deste negócio e concebeu este projecto, associando ao mesmo os seus dois filhos. Esta empresa do ramo de produção de preparados, de primeira e segunda transformação da indústria alimentar, tem sete fábricas, a saber, três em Portugal, Maia (a base de controlo e de gestão), Ferro e a gigantesca unidade de Tortosendo, na Covilhã. Tem ainda uma em França, duas em Marrocos e outra em Pretória, na África do Sul. Durante 2016 nascerá a oitava unidade fabril, no Canadá, num investimento de 13,9 milhões de euros. João Miranda, é actualmente o presidente do conselho de administração «é a partir desta fábrica, desta base aqui na Maia, que acabamos por fazer a gestão dessas unidades. Centralizamos tudo que tem a ver com a vertente de compras, área comercial, marketing, desenvolvimento, inovação, área financeira, tudo o que é

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

centralizável, mesmo planeamentos, o que se torna uma operação bastante complexa porque gerimos duas mil matérias-primas, cerca de mil produtos acabados», refere. O grupo tem cerca de 600 pessoas. A partir do Frutech, o seu centro de investigação, desenvolvimento e inovação (IDI), trabalham 45 pessoas, entre técnicos, mestres e doutorados, concebendo soluções para os seus clientes. Cerca de 2,8 % daquilo de facturam (110 milhões de euros), investem nas atividades de IDI, ou seja um total de cerca de três milhões de euros (no ano passado). Este investimento faz com que consigam ao longo destes anos, crescer de forma mais consistente. A propósito o administrador refere que «em 2002/2004 facturávamos cerca de 15 milhões de euros. Actualmente estamos com uma facturação de 110 milhões de Euros. Este ano, no primeiro trimestre, voltamos a crescer em Portugal», disse. Sendo uma empresa fortemente voltada à exportação «exportamos cerca de 95%, para Espanha, França. Entra-

mos no mercado Francês em 2002/2003, um mercado muito exigente, em termos de inovação e dos seus consumidores» explica, acrescentando que «as nossas ferramentas de análise de mercado permitem-nos trabalhar, ao nível de centro de inovação, num conhecimento que nos torna capazes de fazer propostas e uma partilha de conhecimentos de mercado, dos diversos mercados e fazer uma leitura dos consumidores. Os mercados sendo geograficamente diferentes, são exigentes, com perfis de consumo diferentes. A exigência em termos de qualidade é a mesma, porque nós estamos em mercados de África, mas mercados que têm hábitos de consumo. O Norte de África tem hábitos de consumo per capita bastante significativos, talvez metade dos consumos da Europa. Mas são consumidores exigentes, porque conseguem diferenciar muito bem o que é a qualidade. Nessas regiões de África, também querem o melhor, são consumidores exigentes onde as melhores marcas estão presentes e querem os melhores produtos», diz.

➙ PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

Este gestor vê o actual orçamento de estado com algumas preocupações e algumas reticências «há coisas que me preocupam como o deixar uma política de suporte, apoio à exportação e à internacionalização e isso vêse até pela redução no orçamento de estado. É um sinal de que o estado está muito mais focado naquilo que é o apoio ao estímulo da procura interna e eu acho que não é a procura interna que vai fazer mover a economia Nacional. A economia Nacional só pode crescer com um círculo virtuoso que é a exportação, onde se ganha escala, ganha dimensão, somos mais competitivos, e com isto, geramos mais emprego, produzimos mais. Espero estar muito enganado, mas não tenho muita fé e tenho muitas dúvidas em relação a muita coisa que se vai passar», defende. Em relação aos jovens deste país João Miranda é claro «há um tema muito importante, que são os valores. Prefiro um Quadro com atitude, do que um bom Quadro. Conseguimos ensinar facilmente a parte técnica a um jovem, mas a atitude, isso PUB

é difícil e essa garra e essa vontade, deve ser das primeiras coisas que nós devemos sentir. Não precisamos de pessoas que queiram uma zona de conforto. Infelizmente, uma vez mais o mundo global, levou-nos para uma zona em que temos que ter opções e, se queremos viver do trabalho, vamos ter que lutar, vamos ter que estar dispostos a sair das nossas casas, da nossa família, da nossa aldeia, da nossa sociedade, do nosso País e temos de pensar global. A mim irrita-me quando ouço “coitados dos jovens que têm de emigrar”, temos é que criar condições em Portugal para os cativar. Eu digo aos meus filhos, saiam, vão conhecer novas culturas, porque não é isto que vemos aqui; o que se vê na televisão não é a realidade; o mundo são coisas bem diferentes. Só na verdade a interacção e a vivência, fora da zona de conforto, fora dos Pais, dos amigos é que nos permite viver uma vida bem diferente e ter o prazer de viver», defende. Sobre o concelho da Maia, o administrador diz ser um dos que criou as

especial maiahoje

melhores condições, as melhores infra-estruturas para o empresário poder chegar, se instalar e ter todas a infra-estruturas fundamentais «temos o Aeroporto, o Metro é fantástico, a zona industrial da forma como está estruturada, acho que é excelente e vê-se uma dinâmica e uma atitude diferente como o Tecmaia que é um exemplo. Para quem conhece zonas industriais, esta não fica nada a dever a muitas outras. E por isso, mesmo nós que recebemos todas as semanas pessoas estrangeiras que nos visitam, sejam produtores, sejam clientes, ficam com uma boa impressão e isso também é importante. O País também é um bom cartão-de-visita. Tudo isto, um ecossistema muito interessante e vejo também, que desde o tempo do Professor Vieira de Carvalho, que a dinâmica é excelente, não com facilitismo, mas com facilidade, ou seja, com algum rigor daquilo que são as abordagens, com a facilidade de interacção. A Maia é uma boa gestora para trabalhar», elogia.


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

MAVIDEO

Nº1 Samsung em Portugal A Mavídeo está, há cerca de 26 anos, desde 13 de Outubro de 1990, no ramo da electrónica, reparações e assistência técnica. Volvidos cerca de dois ou três anos, fruto da qualidade de serviço e know-how técnico, é reconhecida como concessionária nº 1 da Samsung, sempre na reparação da chamada linha castanha (Lcd’s, Televisores, etc.). Recentemente e ainda sob os auspícios da marca, entrou recentemente na área dos Telemóveis. Para Mário Almeida Ferreira, o carismático sócio gerente desta empresa que conta com cerca de duas dezenas de funcionários «no global, a Mavideo, a nível de facturação, manteve-se estável, em linha com os anos transactos. A nível de estratégia para o gerente esta passa pela «reparação dos telemóveis, onde há uma outra exigência por parte do cliente, por ser uma reparação urgente, exigindo ter pessoal bem preparado para se diagnosticar e proceder à reparação dos casos que nos surjam.

PUB

Neste ramo específico a Samsung é uma marca líder a nível de mercado, é uma marca que foi muito bem aceite no mercado devido à qualidade e é uma marca que se posiciona num segmento de gama alta. É uma marca que vai evoluindo todos os anos e obriganos a constante formação para dar resposta ao cliente», refere. Em relação ao futuro Mário Almeida Ferreira, diz ser complicado prespectivar «temos quase de viver o dia-a-dia,

somos sempre afectados pelas condições políticas e por essas coisas todas. Não podemos ter um planeamento que tenha uma linha a seguir. Tentamos fazer isso, mas podemos ter algumas perturbações pelo caminho. Há esta aposta nos telemóveis, para ter outro tipo de produto, diversificar os produtos de reparação, para seguir essa tal linha que pensamos ser a melhor orientadora de futuro, disse a terminar.


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

NORLIFT

especial maiahoje

Elevadores e Escadas Rolantes

Investir na formação e motivação para melhor servir

Maurício Mouriño, engenheiro eletrónico de 43 anos, sócio-gerente há 7 anos na empresa, após ter trabalhado aproximadamente 12 anos numa multinacional, maioritariamente em cargos de chefia, sentiu o apelo de criar algo próprio, algo que o realizasse pessoalmente e profissionalmente. A sua formação na área de Engenharia Eletrónica juntamente com o Know-how adquirido ao longo desses anos, permitiramPUB

lhe, sem grande dificuldade, enveredar por esse caminho. Por coincidência tomou conhecimento de que um colega de trabalho, com grande Knowhow a nível técnico e comercial partilhava esse mesmo sonho, Paulo Pinto, que acabou por se tornar co-fundador e sócio gerente. Estavam reunidas as condições para avançar com este novo projeto e foi fundada a Norlift em Janeiro de 2009. PUB

A Norlift é uma empresa especializada na manutenção, reparação e modernização de elevadores e escadas rolantes com sede na Maia. O seu mercado-alvo é, à data, o Grande Porto «podemos dizer que atualmente o nosso portefólio ultrapassa as 1000 unidades de elevadores multimarcas, resultado de um crescimento estruturado e constante. Este crescimento deve-se à dedicação de toda a equipa de trabalho, à qualidade dos serviços como é óbvio, e também, e no nosso entender não menos importante, à proximidade com o nosso cliente. O nosso foco é o cliente, é assim que nos diferenciamos», disse Maurício Mouriño. Para este gerente os últimos anos não foram fáceis «sem dúvida que, nos últimos 7 anos, temos assistido a uma queda constante na área de venda de novos elevadores, motivada pela crise que se verificou no segmento da construção civil. Tal queda limita significativamente o crescimento dos portefólios


especial maiahoje

das empresas de elevadores. Esta descida também se fez notar na área da manutenção de elevadores, ainda que com menos expressão» Para fazer face a estas dificuldades, a Norlift, empresa em franco crescimento, com uma quota significativa no mercado em que atua, atendendo à dimensão e aos anos de existência no mesmo pretende «dar continuidade ao plano inicialmente conjeturado mantendo a nossa estratégia atual de forma consistente, será com certeza o caminho a seguir», afiançou, acrescentando que «quanto a novos mercados, estamos na fase final da análise e estudo de um segmento de mercado em que temos boas perspetivas de entrar num futuro próximo», dise. Em termos de futuro, tanto a nível económico como de investimento, referem estar muito otimistas quanto ao futuro «o segmento de mercado em que atuamos é na sua maioria o de elevadores existentes. A nossa maior aposta é na prestação de serviços destes equipamentos, pelo que mantermo-nos no que dominamos, fazendo uma boa utilização dos recursos alheios disponíveis

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

e maximizando os recursos internos faznos acreditar que podemos crescer de uma forma estruturada, criando valor. Aliás, a nossa postura proactiva para aumentar a nossa quota de mercado tem mostrado bons resultados, o aumento de pedidos de cotações para contratos de prestação de serviços por parte de novos clientes tem sido bastante significativo. Isto vem mostrar-nos que estamos no caminho certo e que temos razões para ter boas perspetivas futuras de crescimento», disse. Quanto ao investimento «apesar de podermos pensar que o contexto económico global não “convida” a investir, sabemos que para poder aumentar a nossa posição no mercado precisamos

fazê-lo. E, investir na motivação e formação do nosso pessoal, que tem um papel ativo no desenvolvimento da nossa empresa, é nossa prioridade. Fazê-los sentir que o trabalho deles conta, que a missão da empresa não é só uma frase bonita, que eles fazem parte dessa realidade, que é da responsabilidade deles cumpri-la e sentiremse motivados ao fazê-lo e que assim seremos mais produtivos, cumpriremos os objetivos, que até podem parecer ambiciosos mas que são realistas. Acreditamos que apostar na formação e motivação das pessoas trará resultados muito positivos a curto prazo», referiu a terminar o administrador da empresa.

PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

FARMÁCIA SOUSA TORRES

Da Maia para o Mundo

Sob o desígnio de Farmácia do Mosteiro, a Farmácia Sousa Torres (FST) surge em 1956 no lugar de Ardegães em Águas Santas, na Maia. No ano de 2005, a farmácia transfere-se para modernas e cómodas instalações do Centro Comercial MaiaShopping, garantindo um serviço inovador e de ele-

vada qualidade e eficiência. Em 2008 a Farmácia Sousa Torres adere ao serviço de entrega e distribuição individualizada de medicamentos a Instituições tendo em conta, uma vez mais, a comodidade e satisfação do cliente. No ano de 2015 é criado o projeto web: o sítio “www.asuafarmaciaonline.pt”,

com aplicações para telemóvel Iphone, Android e na rede social Facebook: “a sua farmácia online”. A Farmácia possui uma equipa sólida e dinâmica, onde diariamente procura manter com o utente uma relação firme e de confiança. Gerida por Carla Pinto,45 anos, presidente do Conselho de Administração Mestre e há 8 Anos na empresa «atualmente a Farmácia Sousa Torres é a maior farmácia do Concelho da Maia. É a farmácia de referência para a população da cidade da Maia e Ermesinde. Quando o utente se desloca à Farmácia Sousa Torres sabe que vai encontrar o medicamento que necessita», diz a administradora. Em termos financeiros o ano de 2014 foi o melhor ano desde 2008. O ano de 2015 superou as expectativas tendo sido ainda melhor do que 2014. Para Carla Pinto «a nossa estratégia é ter o medicamento que o cliente precisa, para isso temos uma equipa constituída PUB

PU


especial maiahoje

por várias pessoas que acompanham com antecedência o abastecimento desses medicamentos ditos “esgotados” ou em “rutura no laboratório”», acrescentando que «o mercado da venda dos medicamentos ao domicílio será alargado para o Concelho da Maia e Concelhos Limítrofes (Porto, Matosinhos, Vila do Conde, Trofa, Santo Tirso, Valongo, PUB

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

Gondomar, Matosinhos e Vila Nova de Gaia (com Farmácia da Corujeira)», refere. O mercado de venda de outros produtos farmacêuticos através do site: ”www.asuafarmaciaonline.pt” irá ser alargado durante o ano de 2016 para fora da União Europeia. A nível de investimento foi efetuado um

elevado investimento com a abertura da Farmácia Moreira Barros (Rotunda dos Maninhos) na freguesia da Cidade da Maia no ano de 2015 e início de 2016 «desta forma fizemos chegar ao centro da Maia todo o Know-how da Farmácia Sousa Torres», declarou. A Farmácia Moreira Barros está aberta 365 dias por ano das 8h às 24h.


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

AV CONTROLO

Crescimento em contra ciclo

Antonio Garcia, 45 anos de idade é o Sóciogerente desta empresa de apenas quatro anos «iniciei a actividade em 1991 numa empresa de material eléctrico, na área da instalação, tendo no entanto’em 1993 e até hoje, integrado os quadros de uma empresa com sede em Lisboa, na área da automação e do controlo industrial. Passei por vários patamares, empregado de armazém, motorista, empregado de balcão, comercial interno, comercial externo, e ainda não na minha empresa, como sóciogerente numa outra empresa que tive com mais dois sócios». O conhecimento que detém do mercado específico com que trabalha deve-o, segundo diz a três entidades «fundamentais para a minha formação como empreendedor e conhecedor do mercado, no qual me insiro, automação, industria, e fabricantes de máquinas. Tive também o privilégio de representar marcas de renome na área de automação, e muita formação nas mesmas, que hoje me dão a bagagem certa para perceber e entender o exigente mercado, que é o industrial», diz. No entanto só em 2012 arranca com o seu projecto «com duas pessoas, hoje quatro PUB

anos volvidos duplicamos e já somos quatro com a intenção de até ao final do ano dar entrada de mais uma pessoa para comercial externo, que terá as funções de gerir uma área de mercado em específico», aponta. Com uma equipa jovem mas experiente e motivada «mesmo com as pressões diárias do nosso leque de clientes que é muito exigente, ou seja, o mercado está a trabalhar “para ontem”, os tempos não têm sido fáceis, aliás, quando arranquei estavam a fechar muitas empresas na mesma área, mas com a ajuda de algumas marcas, muita coragem e determinação estou cá com um leque de produtos capaz de responder as exigências do mercado. Com o tempo fomos desenvolvendo parcerias, na área do fabrico de quadros eléctricos, e na programação e desenvolvimento de software, parcerias essas que hoje são uma maisvalia pois também são nossos clientes», refere. Em 2014, dois anos apenas da sua fundação o gerente diz ter tido um «crescimento normal de uma empresa que está a começar, tendo sido 2014 um excelente ano para nós. No global as “grandes máquinas”

tiveram um decréscimo, tendo algumas ficado aquém dos objectivos propostos», diz. Aponta como estratégia «a continuação de uma boa resposta técnica e comercial que nos classifica, um bom stock, uma resposta imediata às solicitações dos nossos clientes e sobretudo a seriedade e o respeito comercial que hoje se exige num mercado muito exigente». O mercado da indústria química é uma das áreas a desenvolver «com mais empenho e determinação, fazendo um trabalho mais aprofundado com uma das nossas representadas». Quanto ao futuro, apesar de não ser muito fácil falar dele «a mutação do mercado é muito elevada e isso leva-nos a estar atentos,em várias frentes e gerir da melhor forma os recursos que temos. A nível de investimentos, pensamos seriamente em adquirir instalações maiores, podendo assim melhorar o poder de resposta ao mercado, alargando o leque de produtos e referências, trazendo assim uma melhoria e qualidade aos nossos clientes, mas também, não menos importante, de trabalho aos meus colaboradores», disse.


PUB


PU

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

LAPA E PACHECO

Especialistas Stanley, Black + Decker, Dewalt e Facom Decorria o ano de 1999 quando, dando continuidade ao trabalho anteriormente desenvolvido na Black & Decker Portugal, Manuel Lapa – responsável de vendas zona norte, e Jorge Pacheco – responsável pelo serviço técnico do Porto, formaram sociedade e fundaram em 1999 a empresa Lapa & Pacheco, Lda. A sua principal missão é dar assistência técnica exclusiva às marcas Stanley, Black + Decker e Dewalt e todas as atividades subsequentes, tais como, manutenção e reparação, comércio de peças, prestando serviços de assistência a nível nacional. A Lapa & Pacheco faz parte da rede de concessionários autorizados. Para acompanhar o crescimento e evolução de vendas, em 2012, com a mudança de instalações para a Maia, a empresa ampliou a área de assistência técnica e o espaço de atendimento ao público. A partir de setembro de 2015 passa a ser o concessionário oficial e exclusivo, a nível nacional, para os produtos da marca Facom. Para o gerente Paulo Machado, a empresa possui uma vasta experiência profissional «onde a satisfação dos nossos clientes e o serviço de qualidade junto

PUB

das marcas que representamos é a nossa motivação», disse, acrescentando que «a responsabilidade para com a sociedade e para com sócios da empresa orienta-nos para a criação de valor, através da melhoria contínua do nosso conhecimento, da nossa eficácia e eficiência dos resultados». Pese embora, inseridos no sector da construção civil, que ao longo dos últimos anos se tem ressentido com a crise económica, investiram numa postura de proximidade junto dos seus clientes pelo que «invertemos a tendência, facto que nos leva a apresentar um crescimento sustentado. O perfil dos nossos Clientes é bastante heterogéneo, atendemos desde o cliente particular às grandes marcas com superfícies comerciais, e temos cobertura a nível nacional». Em termos de estratégia pretendem reforçar a parceria com as marcas representadas, dando-lhes total suporte técnico «continuaremos focados no mercado nacional, e apostaremos na capacitação dos colaboradores para dar a melhor assistência ao cliente, consideramos ser essa “a chave do sucesso” para uma efetiva fidelização», disse, acrescentando que «a estratégia delineada

assenta em 3 pilares fundamentais, a saber, dotar o nosso centro de reparações com equipamentos e utensílios que impulsionem a nossa “fábrica/laboratório”, dando origem a um significativo aumento ao nível da velocidade, volume e qualidade das reparações; Fazer a aposta digital que nos vai permitir agilizar o feedback aos Clientes, sem descurar o fator segurança. Adotar novas ferramentas de diagnostico e investir nas redes sociais, de forma a potenciar o relacionamento com todos os parceiros, abrangendo quer os Clientes quer os Fornecedores e Investir na formação contínua sobre novos produtos», referiu. Em termos de futuro Paulo refere o facto de terem sido nos últimos anos distinguidos como centro de assistência 5 estrelas «facto que muito nos orgulha. Queremos continuar a fazer mais e melhor, porque entendemos que existe espaço para crescimento. Valemo-nos do know-how adquirido e somos verdadeiros especialistas das Marcas que representamos. Temos uma rota traçada para futuro que visa dotar a empresa com condições, equipamentos e competências necessárias à sua expansão», disse a terminar.


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

NORBAT

Antecipar o futuro criando soluções de vanguarda A Norbat é uma empresa com mais de quinze anos de experiência no sector dos produtos petrolíferos, lubrificantes e de baterias, tendo iniciado a sua actividade no dia 15 de Março de 2001. Mafalda e Nuno Trigo, Com mais de uma década de experiência anterior no ramo, são os sócios gerentes que se lançaram no «sonho de desenvolver o nosso próprio negócio», para o qual contam com a colaboração de empresas de referência no sector: «pretendemos pôr à disposição dos nossos clientes uma assistência com soluções úteis, tecnicamente sustentadas, estando próximos e dando valor aos interesses dos consumidores», dizem. Para esta dupla de gestores o objectivo «sempre foi e será alcançar a excelência em todas as tarefas que nos são propostas. Consolidamos assim o apoio e a confiança dos nossos clientes como consequência das variadas soluções

38

que providenciamos», referem. A empresa tem como missão ter sempre a melhor e a mais competitiva das ofertas, trabalhar em contacto permanente com o cliente, de forma a garantir maior agilidade e rapidez na solução dos problemas que a qualquer momento lhe possam surgir e corresponder plenamente às expectativas dos clientes e colaboradores. Quanto a propostas, estas passam pela qualidade «atingir a excelência em tudo o que fazemos, exigir o melhor de nós próprios e acrescentar valor aos nossos clientes. Queremos aumentar os nossos padrões em cada oportunidade, pois temos prazer e brio no nosso trabalho». Relativamente aos principais parceiros da Norbat, é representante oficial de duas grandes companhias petroliferas: CEPSA e REPSOL. No entanto, para servir todos os públicos, também trabalham com outras

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

marcas do mercado, do ramo petrolífero. Explora três postos de abastecimento de combustível, um em Moreira de Cónegos, um em VN Famalicão e o terceiro no centro do Porto, mais propriamente, na Rua Faria Guimarães - um posto Cepsa, que tem o preço mais baixo da cidade do Porto, tanto no combustível, como no seu mini mercado. A aposta constante na inovação, designadamente no que concerne à distribuição, comercialização e prestação de serviços, merecem já a confiança de mais de 3.000 clientes espalhados por todo o norte e centro do país. A disponibilidade, a partilha ativa de informações e ideias e onde «cada cliente é único e especial, e não é apenas um número» é um dos atributos. O seu lema «Antecipar o futuro criando soluções de vanguarda».


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

SAFIC ALCAN PORTUGAL

O nosso maior investimento é em capital humano O Grupo Safic Alcan é um grupo Francês, fundado em 1847. A sua base de negócio era a negociação de Produtos Tropicais tais como a Borracha Natural, Latex Natural, Óleos Naturais tais como os Óleo de Palma, Coco e outros. Hoje em dia o panorama alterou-se radicalmente pois os produtos naturais foram substituídos por produtos sintéticos e de especialidade das mais variadas fontes. Atendendo à posição privilegiada que tinha com as empresas consumidoras de Borracha, muitos produtores de matériasprimas aproximaram-se do Grupo no sentido de criar parcerias e otimizar recursos na distribuição dos seus produtos. Um dos produtores mais conhecidos é a “Dupont de Nemours” cuja parceria existente é anterior à segunda guerra mundial. Esses mesmos produtores possuíam no seu portfólio gamas de produtos para mercados distintos dos originais tais como Plásticos, Tintas Vernizes, Cosmética, Farmácia, Detergência, entre outros e aproveitando a oportunidade o grupo decidiu apostar também nestas áreas. O Grupo está presente não só em quase PUB

todos os Países Europeus mas também em Países tão distantes como a China, Estados Unidos ou Dubai. O seu “Core Business“ é essencialmente a distribuição de matérias-primas, mas possuem também alguns produtos por eles fabricados e muitas vezes inclusive à medida do cliente. Álvaro Ferreira, 50 anos, mestre em Engenharia Química é o Diretor-geral desta companhia e questionado sobre como classificaria o ano de 2014 (2015) no seu sector/no global diz que «o Pais está/esteve apreensivo em termos Bancários, pelo que alguns clientes poderão ter tido alguma dificuldade no acesso a crédito. No entanto dizemos “poderão” pois de uma forma geral os clientes têm-se mostrado muito cumpridores não nos transmitindo tais constrições». No entanto os anos 2014 e 2015 foram anos em que os preços das matérias-primas a nível mundial tiveram reduções de preço contínuas e substanciais «assim, o que á partida pareceria benéfico para os clientes Portugueses acaba muitas vezes por o não ser, pois a concorrência de Paí-

ses com custos fixos inferiores faz-se sentir de imediato. Quando o preço das matérias-primas é elevado, o impacto dos custos fixos das empresas Europeias não se faz sentir de forma tão acentuada no produto final», aponta o administrador.

A estratégia do grupo é «a expansão continua utilizando essencialmente sinergias internas quando já estamos instalados e através de aquisições quando não estamos. Passo a passo vamos alargando a nossa presença a outros Países e dentro de cada País a novos mercados», diz Álvaro Ferreira. Quanto ao futuro, tanto a nível económico como de investimento «as perspetivas são boas pois acreditamos que os mercados se restauram e equilibram. O Grupo SAFIC ALCAN está em investimento permanente. Apesar de estarmos continuamente a adquirir empresas, o nosso maior investimento é em capital humano pois acreditamos que o sucesso de uma empresa comercial está essencialmente dependente das pessoas», disse a terminar.


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

FANTOFFICE

Desenvolver a marca “fantoffice”

A Fantoffice foi fundada em 1997 e completará no próximo ano duas décadas de existência. Começou por ser uma empresa apenas dedicada ao comércio de mobiliário de escritório e sistemas de divisórias, tendo ao longo dos anos diversificado a sua oferta, até ao que hoje representa. Hoje posiciona-se como uma empresa de referência na área do “fit-out” para escritórios, oferecendo aos seus cliente soluções globais, respondendo dentro dos diversos segmentos de produto e conseguindo desta forma apresentar-se como um parceiro fiável e de confiança «paralelamente, nos últimos anos alargamos a nossa oferta à área da hotelaria e mais recentemente ao sector residencial, tendo conseguido realizar um conjunto de trabalhos de qualidade, que têm sido reconhecidos pelos nossos clientes. Alargamos ainda a nossa actividade aos mercados internacionais e

desde o ano 2011, temos dado o nosso singelo contributo para a fileira exportadora», acrescentou Nuno Miguel Fernandes, 45 anos, sócio-Gerente, há 13 Anos na empresa. Os últimos anos têm sido, para a Fantoffice, trabalhosos e simultaneamente animadores «trabalhosos porque o mercado não tem crescido ao ritmo que todos gostaríamos e desejaríamos e portanto exige que as empresas se tornem mais competitivas e agressivas na busca de oportunidades de negócio e animadores, porque esta exigência e competitividade nos torna melhores como empresa e como profissionais e também, porque desde 2011 temos conseguido crescer todos anos, quer em termos de volume de negócios, que em termos de resultados», justificou o gerente. Para Nuno Miguel Fernandes «a estratégia para os próximos anos, passa por ir consolidando a nossa posição no mercado na-

PUB

40

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

cional, continuando a crescer, passa por desenvolver a internacionalização da marca “Fantoffice”, começando por Moçambique, para onde começamos a vender em 2011 e onde abrimos uma delegação no início deste ano em parceria com dois sócios locais. Passa ainda por procurar novas oportunidades de negócio e pela aposta em produtos novos e inovadores», disse. Em termos de futuro, a empresa, fruto do seu crescimento nos últimos anos, tem vindo a fazer diversos investimentos, quer sejam no aumento dos recursos humanos disponíveis, recorrendo cada vez mais a profissionais com formação superior, quer seja na melhoria dos meios de trabalho, investindo constantemente, em meios informáticos disponibilizados às áreas comercial, de projecto e de gestão, quer ainda em equipamentos que melhorem a qualidade dos serviços prestados pelas nossas equipas de montagem «as perspectivas em relação ao futuro são para já bastante animadores, baseadas nos resultados de 2015, nos projectos já ganhos no início de 2016 e na carteira de negócios existente neste momento», refere. Apesar de todas as notícias que envolvem a economia portuguesa não serem as mais animadoras neste momento, para a Fantoffice tudo indica que 2016 voltará a ser um excelente ano e já estão a ser trabalhados projectos para 2017, que lhes permitem encarar o futuro com optimismo.


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

AUTO JARDIM DA MAIA

Tecnologia e polivalência na reparação automóvel

Fundada em 20 de Maio de 1970, tem na sua génese a actividade de reparação de Automóveis Multimarca. Há 46 anos que prestam serviços com comprovada qualidade, rapidez e profissionalismo. Com uma área total na oficina de 1,840 mts2, executam todos os serviços de reparação e manutenção automóvel como Chaparia, Pintura, Electricista, Mecânica, Estofador, Revisões, Substituição de Vidros, Serviço de limpeza de estofos e interiores, entre outros «somos uma oficina com po-

livalência para todas as reparações do género automóvel, desde carros ligeiros a pesados. Dispomos de tecnologia de ponta nomeadamente o que é de mestras, computadores para fazer as descodificações de avarias e áreas de preparação e estufas. O Staff que ao longo dos anos mantemos, tem a necessária formação na reparação geral automóvel», conta o sócio gerente Aníbal Moreira Azevedo. Alargando o leque de serviços, dispõem de serviço de reboques permanentes, 24 horas.

Para Aníbal Moreira Azevedo «em termos financeiros, todas as empresas estão com alguma dificuldade em ter espaço de manobra, mas felizmente terminamos o ano sem complicações financeiras e este ano continuamos nessa senda. Sentimos muito o início da crise económica, há cinco ou seis anos, mas melhorou bastante e notase claramente que o mercado está a reactivar e nós tudo fazemos para corresponder às expectativas do cliente», refere sobre a situação. Em termos de futuro para este gerente é essencial «manter a empresa com esta qualidade de trabalho, a mesma qualidade de serviço e continuarmos a ser uma referência no mercado até porque somos oficina recomendada por praticamente todas as companhias de seguros. É nosso objectivo prestar um bom serviço, quer para o cliente, quer para a companhia e acima de tudo, manter o bom nome da Auto-Jardim da Maia, uma referência de garantia e honestidade», disse.

EMPILHAPEÇAS

A alternativa às marcas na manutenção de empilhadores A Empilhapeças foi constituída em abril de 2002 com o objectivo de colmatar uma lacuna existente no fornecimento de peças alternativas às originais para todo o tipo de marcas e modelos de empilhadores, sejam a combustão ou eléctricos. Actualmente, também fornecem peças alternativas para máquinas industriais. Além das peças, fornecem material de desgaste (ex. pneus maciços e pneumáticos, garfos) e de segurança. Para darem resposta às necessidades dos seus clientes, o compromisso é a entrega da peça no prazo máximo de 24 horas, e para isso, trabalham diariamente com fornecedores de vários pontos do mundo. Têm um stock constante de mais de 20.000 itens de peças e 4.000 unidades de pneus, para poder dar uma resposta imediata, assim como o serviço de montagem/desmontagem especializado em prensa de 120 toneladas e 25 polegadas. Líderes no mercado nacional, lutando afincadamente para manter esta posição de liderança, estão constantemente a inovar, a

42

investir na formação de pessoas, e em novos equipamentos. Esforçam-se para dar uma melhor solução aos problemas, às necessidades dos seus clientes, para que o equipamento esteja parado o menor tempo possível. Desde o ano 2008, que a Empilhapeças tem vindo a crescer anualmente em dois dígitos. Para este ano de 2016, um dos ob-

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

jectivos, será a exportação para Espanha. A maior aposta, para este ano, será a venda on-line dos seus produtos. A equipa, este ano, vai ser aumentada com mais dois colaboradores, para prestar um melhor serviço, estando mais em contacto com o cliente, privilegiando assim a relação de proximidade.


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

SISMA

especial maiahoje

SÁ COUTO & MONTEIRO S.A.

«Parcerias de uma Vida» com os seus clientes

Constituída em 1986, a SISMA produz peças técnicas com um serviço de muito elevado valor acrescentado, tendo como clientes empresas em áreas e setores de grande exigência tecnológica como a indústria automóvel, a aeronáutica, a indústria ótica, a engenharia de processo, os componentes hospitalares/médicos e os pequenos eletrodomésticos. Nesse âmbito

encontra-se especialmente vocacionada para a produção de pequenas e médias séries. Com um volume de negócios anual de 4 milhões de euros, a SISMA encontra-se altamente internacionalizada, sendo de referir que cerca de 97% da sua produção se destina, direta ou indiretamente, aos mercados de exportação. Entre os muitos paí-

ses para onde são encaminhadas as peças produzidas pela SISMA pontificam mercados altamente exigentes e restritivos como são os casos da Suíça, Alemanha, França, Reino Unido, Suécia, entre outros. No domínio específico da certificação, registe-se que a SISMA se encontra certificada em Qualidade pela ISO 9001, em Qualidade associada à produção de Dispositivos Médicos pela ISO 13485 e em Ambiente pela ISO 14001. Encontra-se atualmente em fase de implementação a certificação pela EN 9001, associada à produção para a Indústria Aeronáutica. A SISMA tem como missão ser líder na categoria de fornecimento de serviços de maquinação, através da garantia da mais elevada qualidade de produtos/serviços, superando sempre todas as expectativas, por forma a assegurar «parcerias de uma vida» com os seus clientes.

WORKPLANET (WP Safety e WP Home)

Levar ainda mais longe a etiqueta “Made in Portugal”

A Workplanet, é uma empresa 100% Portuguesa fabricante de todo o tipo de vestuário profissional, para todos os sectores de atividade. Fundada originalmente em 1998, tem como principal valor a qualidade do fabrico aliado aos maiores níveis de competitividade. Em 2013 criaram duas novas marcas próprias, a WP Home e a WP Safety, que surgem da necessidade da expansão da empresa ao fabrico de têxteis hoteleiros e à comercialização de equipa-

44

mentos de proteção individual (EPI´S), dando resposta aos muitos pedidos por parte dos seus clientes. Jorge Lopes, 42anos, director-geral, há 17 anos na empresa sobre o ano de 2014, diz que «apesar de nesse período estarmos em plena recessão global, o ano de 2014 revelou-se o melhor ano de sempre da Workplanet, fruto de uma filosofia de trabalho, insistência, competência e seriedade, valores e qualidades constantemente presentes em toda a equipa que constitui a empresa. O surgimento das novas marcas, o seu desenvolvimento e expansão, aliada a uma estratégia de marketing bem-sucedida, foram também fatores preponderantes que contribuíram positivamente para a estabilidade e crescimento económico/financeiro da empresa», diz. Como parte da sua história e ambição, querem hoje mais do que nunca continuar a estar presentes em Portugal Continental e Ilhas, Europa, PALOP´s e levar ainda mais longe a etiqueta “Made in Portugal” «a Workplanet enquadra-se ainda na catego-

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

ria de trading, pelo que somos também parceiros de confiança no auxílio às importações e exportações dos nossos clientes, servindo regularmente de plataforma de compras dos mais variados produtos, muitas vezes até descontextualizados do nosso “core business”», diz Jorge Lopes. Em termos de futuro o administrador diz que adquiriram recentemente duas máquinas de bordar novas «para personalização das marcas/logotipos dos nossos clientes, estamos a desenvolver uma linha de calçado de segurança com marca própria e em negociações com uma marca europeia de vestuário profissional de alta qualidade em exclusivo para Portugal. O objetivo é continuar a crescer todos os anos, como tem vindo a ser uma constante, quer económica, quer comercialmente, por forma a podermos alargar cada vez mais a nossa oferta de produtos e serviços aos nossos clientes, buscando atingir cada vez mais um grau de excelência no que concerne a serviço, qualidade, rapidez, diversidade e competitividade», refere a terminar.


PUB


P

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

AUTOPNEUS DA MAIA

Crescimento assente na qualidade e atendimento

A Auto Pneus Maia foi fundada pelo sócio António Pereira, sendo inicialmente apenas uma pequena estrutura baseada na venda de pneus e lavagens auto. Volvidos quase 30 anos a actividade da empresa é substancialmente diferente, já que alcançaram a internacionalização e especializaram-se em Pneus, Electricidade e Mecânica de automóveis, actividades que constituem hoje o Core Business, oferecendo no entanto um leque mais alargado de serviços aos seus clientes. Para Manuel Machado e Almerinda Martins, actuais gerentes «a empresa, apesar do seu crescimento e da liderança no mercado, não abandonou o caracter familiar e

devemos este crescimento não só ao sócio fundador como também às pessoas que trabalham diariamente connosco, ao longo destes anos, com grande lealdade e profissionalismo, bem como a todos os fornecedores que sempre nos apoiaram nesta nossa actividade», dizem. 2014, apesar das contrariedades financeiras do país, foi um ano de franco crescimento, sendo que para Manuel Machado tudo se deveu «ao empenho no atendimento e na qualidade dos serviços e produtos que comercializamos». Com todos os marcadores a apontar para o crescimento de 2% na venda de pneus ligeiros e pesados, a Auto Pneus Maia tem como estratégia/objectivo «consolidar a sua posição, alargando as parcerias com rentings para além da Arval, Finlog e RNA, entidades públicas, bem como com as empresas locais, as que mais privilegiamos e que temos orgulho em trabalhar há 28 anos, apesar da nossa abrangência alcançar alguns pontos de outras regiões do nosso país», referem. As perspectivas de futuro são promissoras «uma vez que estamos envolvidos em vários projectos de investimento, os quais incluem o aumento, melhoria e

modernização das nossas instalações que deverão terminar este ano. Estando ligados à marca líder no mercado de pneus (CONTINENTAL) através da rede nacional ContiService e Pneuport, só podemos ser optimistas relativamente ao futuro da empresa, já que oferecemos os melhores serviços, produtos/marcas com excelentes preços», defendem. A Auto Pneus Maia aposta ainda na responsabilidade social adoptando acções que promovam o bem-estar dos seus públicos, sejam eles internos ou externos. São exemplos destas acções, o patrocínio às equipas de andebol da 1ª divisão do Águas Santas, Maia Basket 1ª divisão, Futebol do Nogueirense, Automobilismo e Drift, iniciando ainda este ano patrocínio ao ciclismo. No âmbito da responsabilidade ambiental, a Auto Pneus Maia sempre esteve comprometida com o meio ambiente e sustentabilidade do planeta. Neste sentido além da política interna, na qual todas as tarefas executadas visam eliminar o desperdício e racionalizar ao máximo o uso de recursos, possuímos ainda parcerias com entidades que nos auxiliam a minimizar o impacto ambiental.

VARANDAS DO SOL

UMA EQUIPA COM VALÊNCIAS MÉDICAS COM VISTA À QUALIDADE DE VIDA Fundada em agosto de 2012,a casa de repouso Varandas do sol, tem como ideia base proporcionar uma qualidade de vida superior aos idosos. E a diferença advém do amor pela profissão, porque é necessário gostar-se muito desta área para poder exercer um bom trabalho «é uma responsabilidade que nos envolve 24h sobre 24h. As pessoas que procuram estes serviços “exigem muito trabalho” e normalmente a procura é com urgência o que nem sempre podemos dar resposta. Mas a qualidade é fundamental, por isso a opção é manter um número reduzido de utentes, de forma a dar resposta às necessidades dos mesmos», dizem Natália Barbeitos e Cristina Correia, gerentes do estabelecimento. Na busca da qualidade total, a gerên-

46

cia é assistida por uma equipa composta por cinco Assistentes Operacionais, uma cozinheira, um médico, um fisioterapeuta e uma animadora sócio cultural. Uma equipa alargada que prima pela cooperação e qualidade de forma a proporcionar uma resposta eficaz às necessidades de quem habita este espaço. Um dos pontos de referência da casa de repouso Varandas do Sol é a busca pelo lado familiar «espelho disso é ausência de uma estrutura convencional ou do tradicional ambiente de lar. O objetivo é recriar um ambiente caseiro e acolhedor. Sabemos o que cada um gosta para o pequeno-almoço, do que mais gostam para almoço e tentamos confecionar ao gosto dos utentes. Os lares normalmente servem o mesmo pequeno-al-

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

moço e o lanche para todos os utentes, com um horário estabelecido. Nós não o fazemos. O pequeno-almoço é servido mediante o horário de cada pessoa, dando-lhe a liberdade de se levantarem a gosto, tomando a primeira refeição mediante as suas necessidades», referem. Outra das mais-valias desta instituição é o acompanhamento clínico «com as valências médicas da equipa “praticamente” todos os problemas são resolvidos internamente, evitando transtorno no dia-a-dia do idoso e uma proximidade que permite resolver os problemas de forma célere e cómoda. Sem dúvida uma aposta constante e empreendedora na qualidade e profissionalismo, tendo em vista a qualidade de vida dos mais idosos», afirmam a terminar.


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

OPINIÃO

especial maiahoje

Vitor Dias, investigador

O papel da inovação na inteligência competitiva

A inteligência competitiva é uma disciplina cada vez mais presente na gestão estratégica. Competir com inteligência é competir com recurso a um conjunto de conceitos, técnicas e instrumentos práticos que já foram amplamente testadas noutras áreas, nomeadamente para fins militares e de segurança dos estados. Mas não é, de todo, fazer espionagem. E não é, porque essa atividade além de ilegal, é eticamente reprovável e pode ser letal para qualquer empresa. Nos nossos dias, em que a economia tende cada vez mais para uma crescente sofisticação dos negócios, a inovação assume um fortíssimo peso na performance competitiva das empresas. Uma performance competitiva que é tanto melhor, quanto mais se basear a gestão, no conhecimento e na sua aplicação concreta em inovação diferenciadora que aporte vantagens competitivas. A tomada de consciência do valor do conhecimento transposto para inovação, tem levado à mudança de paradigma na governança das organizações. Hoje, sem embargo do foco nos resultados, há uma relevante preocupação com a produção de co-

PUB

nhecimento, e o desenvolvimento de novos produtos e de soluções inovadoras, tendo em conta que é por essa via que se alavanca o crescimento e o reforço da posição competitiva. A ligação à Ciência, através de uma cooperação proactiva com os centros universitários de referência, onde se investe, com propósitos e com um sentido de aplicação prática, na investigação científica e no desenvolvimento de testes experimentais que visem a aderência dos projetos à realidade e à sustentabilidade económica, é a orientação política mandatória para que qualquer país se desenvolva. Em Portugal, muito se tem feito nesta matéria. A verdade é que os setores que se têm ligado às universidades portuguesas de referência, encontram-se atualmente a beneficiar, com evidente sucesso, dessa cooperação. No entanto, há ainda uma enorme margem para evoluir significativamente nessa relação positiva com a Ciência e com as universidades. Segurança do conhecimento adquirido ou produzido Sublinho agora um aspeto que reputo de extraordinariamente sensível, considerando que uma parte significativa dos empresários com quem tenho contatado e com os quais abordo estas questões, não revelam grandes preocupações com a segurança da informação crítica que circula nas suas empresas. Informação, essa, que na maioria dos casos é conhecimento inerente à inovação desenvolvida “in door”. Como se sabe, e é hoje do senso comum, conhecimento é capital. Logo, a fuga de conhecimento corresponde na prática à fuga de capital. A questão pode parecer simples, mas na realidade é, por vezes, bem complexa e dotada de uma gravidade ex-

trema, ao ponto de fazer perigar toda a estratégia de uma empresa, para a competitividade. O problema da segurança da informação crítica versus conhecimento chega a atingir proporções difíceis de controlar, sobretudo quando não se acautelou atempadamente de a suportar em bases consistentes e acessíveis à liderança de topo, deixando que permanecesse apenas na mente de um ou vários colaboradores. E quando não se tomaram estas cautelas, o risco da perda do capital de conhecimento está diretamente ligado ao grau de dependência dos recursos humanos, que uma organização tem, se esse capital só estiver depositado na mente de pessoas, que a qualquer momento, podem deixar de colaborar com ela. A inteligência competitiva propõe hoje, um conjunto de constructos conceptuais e ferramentas práticas que permitem às empresas, dotar-se de um sistema que as proteja, quer das ameaças externas, como daquelas que podem circular no seu interior. Quantas patentes, em todo o Mundo, não puderam ser registadas pelos seus legítimos autores, porque houve fuga de conhecimento, levando à antecipação do seu registo por parte dos usurpadores? É claro que existem tribunais e que o recurso à via judicial é sempre uma possibilidade. Mas os danos entretanto causados, podem não se compadecer com o custo e os “timings” da Justiça. Principalmente se o processo tiver de correr em Portugal. Creio que concordarão comigo, que o melhor é mesmo prevenir e cuidar de guardar bem a “alma” de todo o negócio, ou seja, os seus segredos… Victor Dias Investigador na área da Inteligência Competitiva


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

FACULDADE DE ECONOMIA DO PORTO

especial maiahoje

Junior Consulting (FEP-JC)

Análise 1000 maiores empresas – Maia

A Margem de Lucro trata-se de um simples indicadores de rentabilidade que é obtido dividindo o Resultado Líquido do Período (RLP) pelo total de Volume de Negócio (VN) da entidade. Como indicador de rentabilidade, apresenta a percentagem do VN que a empresa consegue converter em Resultado Líquido, sendo este posteriormente utilizado para remunerar acionistas, sob a forma de dividendos, e criar parte dos fundos para autofinanciamento da empresa. Desta forma, este indicador é um indicador sintético da eficiência da atividade da entidade, sendo que uma maior Margem de Lucro tenderá a implicar que uma empresa apresenta uma maior capacidade de gerar lucros através das suas vendas, assumindo que a mesma apresenta uma política estável de divulgação de gastos (isto é, não altera políticas de gastos, como Amortizações e Depreciações, constantemente). Da mesma forma, uma Margem de Lucro negativa implica que a empresa em questão cria um resultado negativo por cada venda que faz. Assim sendo, é um indicador interessante, mas que deve ser analisado com atenção visto que diferentes indústrias se apresentam com diferentes estruturas produtivas. A amostra consiste nas 1000 maiores empresas da Maia, encontrando-se representados todos os setores de atividade (de acordo com a CAE – secção A a S), e

50

várias atividades dentro destes, com dados referentes ao ano económico de 2014. Neste grupo insere-se uma dispersão de VN entre 390 milhões de euros e 440 mil euros, apresentando uma média de aproximadamente 5 milhões de euros e uma dispersão, medida pelo desvio padrão de cerca de 20 milhões, tal como seria de esperar face à disparidade de valores englobados na análise (o valor máximo da amostra é 871 vezes superior ao menor valor). Quanto aos RLP apresentados, estes variam entre 959 milhões de euros e -8 milhões de euros, apresentando uma média de aproximadamente 1 milhão de euros e uma dispersão, também medida pelo desvio padrão de cerca de 30 milhões de euros. Neste último caso, é interessante reparar que sendo o maior RLP um claro outlier – um valor bastante afastado da média e restantes valores, expurgando-o da análise, a média dos RLP diminui bruscamente para cerca de 161 mil euros, demonstrando o forte pendor de RLP negativos existentes da amostra, embora apenas 144 empresas (aproximadamente 14,4%) os apresentem. (VER QUADRO 1) Interessa denotar que existem diferenças visíveis entre as freguesias/localidaddes com melhor posicionamento em cada uma das variáveis analisadas, considerando-se a média das variáveis por fre-

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

guesia. Por exemplo, a localidade das Guardeiras, sendo a 2ª melhor classificada por VN médio, cai para a 8ª posição a nível de RLP médio, posicionando-se novamente como 3ª classificada a nível de Margem de Lucro (ML). Esta distribuição indica que existe uma clara disparidade geográfica a nível das variáveis em análise, fruto também da elevada área geográfica do concelho, sendo que também o tipo de indústria presente é também de ponto fulcral para perceber esta variabilidade, atente-se, por exemplo, ao caso do Castêlo da Maia, que cai bastantes posições a nível de ML (podendo-se apontar como causa, a existência de indústrias capital intensivas) e o caso da Maia, onde a nível de VN não tem uma posição tão favorável como tem a nível de RLP e de ML. As conclusões a tirar são ainda mais interessantes quando nos focamos no indicador de ML. Existindo 144 empresas com resultados negativos, estas apresentam obrigatoriamente ML também negativa, sendo que estes valores variam entre míseros -0.02% até -232,7% (este último valor, implica que por cada € 1 de VN, a empresa incorre num prejuízo de € 2,32, o que pode em muitos casos ser um indicador de perigo para a continuidade da empresa, a não ser que a mesma tenha armazenado previamente reservas que lhe permitam acomodar esses resultados


especial maiahoje

tão negativos. Tal como os anteriores indicadores, também a ML varia geograficamente, existindo locais como Outeiro e Carriça que apresentam ML média negativa de -0,79% e -9,44% respetivamente. No entanto, neste caso existe uma clara diferenciação por Ramo de Atividade, seguindo-se os que apresentam ML média acima de 10%. Atividades financeiras e de seguros apresentam a maior ML média, sendo englobadas pelas SGPS da Sonae, Frulact, Sodecia e Cerealis, apresentando todas ML superiores a 70%. De seguida, atividades imobiliárias apresentam uma ML média de 36,73%, com o Cascaisshopping (com sede em Espido) a apresentar uma ML de 486%, e atividades de informação e de comunicação, com uma ML média de 10,31%, sendo Wipro PT, S.A. a apresentar o ML máximo da categoria, com 42,87%, note-se que nesta 3ª categoria, não existem empresas na amostra com ML negativa. Já os ramos de atividade com pior classificação neste indicador, são as atividades de saúde humana e apoio social, com ML média -8,48%, com o Centro de Radiologia da Maia com uma ML de -233,70%, as atividades artísticas, de espetáculo, desportivas e recrea-

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

tivas, com uma ML média de -5,46%, sendo que a empresa Casa da Agra, Lda, liderou as perdas com uma ML de 10,82%, note-se também que as restantes empresas da categoria apresentaram também ML negativa, por fim, em terceira pior classificação, o ramo da construção, com uma ML média de -2,58%, sendo as perdas lideradas pela empresa Joaquim da Silva Moreira, S.A. com ML de -114,88%. Os restantes ramos de atividade têm ML médias a variar entre -2% e 10%, apresentando uma maior concentração em valores intermédios entre 3% a 7%. A decomposição dos ramos de atividades por percentagem de empresas com ML negativa é a seguinte: (VER QUADRO 2) Na zona da Maia existe uma tendência geral para que em cada setor se apresente uma taxa de ML negativa de cerca de 19%, o que equivale a dizer que em média, 1,9 em cada 10 empresas apresentaram RLP negativos, implicando um indicador negativo. No entanto, expurgando a Secção de atividade artísticas de espetáculos, desportivas e recreativas, esta taxa diminui para 14%. Interessante notar também, que os resultados mais

elevados de percentagem de ML negativa, se apresentam em secções com atividades mais relacionadas com atividade física ou com a gestão de instalações desportivas, podendo ainda sofrer de uma reduzida procura por falta de rendimento disponível das pessoas da região. Desta análise pode-se referir que o concelho da Maia apresenta uma atividade económica diversificada, com um elevado número de empresas com VN acima de 1 milhão de euros e que apresentam um potencial de criação de lucro bastante interessante, demonstrando boas oportunidades de investimento, por uma ótica de rentabilidade total. No entanto, de referir que existe uma heterogeneidade entre ramos de atividade, locais geográficos e rentabilidade das empresas aí instaladas, podendo em parte ser por influência de variáveis como infraestruturas disponíveis, mão-de-obra disponível e procura pelos serviços apresentados. Disclaimer A entidade em apreço não se responsabiliza pela veracidade ou incorreção dos dados analisados.

TABELA 1 – Ranking Top 5 por critério Freguesia/Local ...................Ranking VN....................................Ranking RLP ......................................Ranking ML S. Pedro Fins ............................................1.....................................................................3 ........................................................................4 Guardeiras................................................2.....................................................................8 ........................................................................3 Espido........................................................3.....................................................................2 ........................................................................2 Castelo da Maia......................................4.....................................................................9.......................................................................20 Vermoim ...................................................5.....................................................................4 ........................................................................9 Maia...........................................................14....................................................................1 ........................................................................1 Espido........................................................3.....................................................................2 ........................................................................2 S. Pedro Fins ............................................1.....................................................................3 ........................................................................4 Vermoim ...................................................5.....................................................................4 ........................................................................9 Crestins .....................................................6.....................................................................5 ........................................................................6 Maia...........................................................14....................................................................1 ........................................................................1 Espido........................................................3.....................................................................2 ........................................................................2 Guardeiras................................................2.....................................................................8 ........................................................................3 S. Pedro Fins ............................................1.....................................................................3 ........................................................................4 Águas Santas...........................................9.....................................................................7 ........................................................................5

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

51


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

TABELA 2 - Número de empresas por secção CAE e percentagem de empresas com ML negativa Secção CAE descrição da secção .................................................................................. nº empresas...........%ML Neg. A B C D E F G H I J K L M N P Q R S

Agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca ...................................................................3.............................0% Indústrias Extractivas................................................................................................................................1.............................0% Indústrias Transformadoras...............................................................................................................203 ..........................16% Electricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio ...................................................................9 ..........................11% Captação, tratam. e distrib. de água; saneamento gestão de resíduos e despoluição ....8 ..........................13% Construção.................................................................................................................................................70 ..........................23% Comércio por grosso e a retalho; reparação de veículos automóveis e motociclos ....451 ..........................12% Transportes e armazenagem ..............................................................................................................78 ..........................15% Alojamento, restauração e similares.................................................................................................19 ..........................26% Actividades de informação e de comunicação ............................................................................18 ..........................22% Actividades financeiras e de seguros .................................................................................................4.............................0% Actividades Imobiliárias........................................................................................................................22 ..........................18% Actividades de consultoria, científicas, técnicas e similares ....................................................45.............................7% Actividades administrativas e dos serviços de apoio.................................................................44 ..........................11% Educação.......................................................................................................................................................5 ..........................20% Actividades de saúde humana e apoio social...............................................................................12.............................8% Actividades artísticas, de espectáculos, desportivas e recreativas..........................................2 ........................100% Outras Actividades de serviços.............................................................................................................5 ..........................40%

PUB



As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

SECÇÃO C CAE 10 Indústrias Transformadoras - Alimentares CAE 10730 10611 10712 10891 10893 10720 10712 10393 10830 10893

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 7 12 36 50 119 131 160 168 221 249

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL CEREALIS - PRODUTOS ALIMENTARES, S.A. CEREALIS - MOAGENS, S.A. MOAGEM HARMONIA PANIKE - INDÚSTRIA DE PRODUTOS ALIMENTARES CONGELADOS, S.A CREDIN PORTUGAL - PRODUTOS ALIMENTARES, S.A. ALIBAR - INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTARES, LDA. DU BOIS DE LA ROCHE (PORTUGAL) - AGRO ALIMENTAR, LDA. CASA DOS PROFITEROLES - COMERCIO E INDUSTRIA PASTELARIA E GELADOS, S.A FRULACT NUTRIÇÃO, LDA. TENCO CAFÉS, LDA BEIRAFROST - TRANSFORMAÇÃO DE FRUTA,S.A.

Nº EMPREG 440 184 198 72 25 49 90 6 19 3

VOLUME NEGOCIOS 107.474.504,00 € 88.310.054,00 € 23.311.282,00 € 15.601.379,00 € 6.607.241,00 € 5.753.575,00 € 4.700.367,00 € 4.536.188,00 € 3.379.126,00 € 3.008.473,00 €

NOME NOME Nº EMPRESA COMERCIAL EMPREG CONFETIL, S.A. 264 VESTIRE, S.A. FÁBRICA DE MALHAS TENTAÇÃO 89 PAULA BORGES, CONFECÇÕES, LDA. 41 SANVITEXTEIS II - CONFECÇÕES E SERVIÇOS, LDA. 18 LUSIPANT SARTORIA PORTUGAL, LDA 2 UNIFARDAS - CONFECÇÃO, S.A. 17 CORIO - CONFECÇÕES DO RIO, LDA. 59 CMA CORPORATE WORKWEAR, LDA 3 CRISTAMOD, UNIPESSOAL LDA 1 FRANCISCOS - INDUSTRIA, COMÉRCIO ARMAZENAGEM DE ARTIGOS EM PELE, LDA. 28

VOLUME NEGOCIOS 40.937.582,00 € 8.776.181,00 € 1.917.723,00 € 1.660.016,00 € 1.408.761,00 € 1.180.222,00 € 829.955,00 € 735.976,00 € 622.140,00 € 508.785,00 €

SECÇÃO C CAE 14 Indústrias Transformadoras - Vestuário CAE 14390 14390 14131 14131 14131 14120 14131 14120 14131 14190

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 20 89 374 420 476 542 682 734 816 934

SECÇÃO C CAE 18 Indústrias Transformadoras - Impressão e Reprodução de Suportes Gravados CAE 18110 18120 18120 18120 18140 18130 18120 18120 18120 18130

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 150 169 211 233 315 560 608 633 685 695

NOME EMPRESA NAVEPRINTER - INDUSTRIA GRÁFICA DO NORTE, S.A GRÁFICA MAIADOURO, S.A. SIGN - IMPRESSÃO EM GRANDE FORMATO, S.A. MARSIL - ARTES GRÁFICAS, LDA. UVPLAST - ACABAMENTOS GRÁFICOS, UNIPESSOAL, LDA SERSILITO-EMPRESA GRÁFICA, LDA. TIPOGRAFIA LESSA DE FLOR. MART. S. LESSA & FILHO, LDA COLORFUL, S.A. ITEKPRINT, MARKETING URBANO, UNIPESSOAL, LDA CONCEPT IMAGE - ARTES GRÁFICAS, LDA

NOME COMERCIAL

TIPOGRAFIA LESSA

Nº EMPREG 65 81 25 37 25 27 17 7 3 11

VOLUME NEGOCIOS 4.859.026,00 € 4.508.946,00 € 3.456.780,00 € 3.228.671,00 € 2.324.540,00 € 1.114.549,00 € 974.232,00 € 937.094,00 € 826.277,00 € 800.085,00 €

SECÇÃO C CAE 20 Indústrias Transformadoras - Fabri. de Prod. Quimicos e Fibras Sinté. ou Artificiais CAE 20301 20301 20110 20301 20301 20593 20592 20420 20592 20301

54

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 9 22 23 29 58 85 106 138 229 238

NOME EMPRESA CIN - CORPORAÇÃO INDUSTRIAL DO NORTE, S.A CIN - INDÚSTRIA, S.A PRAXAIR PORTUGAL GASES, S.A TINTAS TITAN, S.A. FÁBRICA DE TINTAS 2000, S.A. FUCHS - LUBRIFICANTES UNIPESSOAL, LDA RIVAZ QUÍMICA, S A CASTELBEL - ARTIGOS DE BELEZA, S.A. QUITERMA - INDUSTRIA QUIMICA, S.A. JOSE DIAS FERREIRA SUCESSORES, LDA

NOME COMERCIAL

TINTAS 2000

TINTAS DOURO

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

Nº EMPREG 563 88 59 139 125 20 14 97 8 31

VOLUME NEGOCIOS 96.641.468,00 € 35.628.047,00 € 35.443.339,00 € 28.649.698,00 € 13.340.319,00 € 8.956.710,00 € 7.264.426,00 € 5.337.498,00 € 3.287.975,00 € 3.144.387,00 €


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

SECÇÃO C CAE 22 Indústrias Transformadoras -Fabricação Produtos Borracha e de Matérias Plásticas CAE 22210 22292 22210 22292 22292 22210 22210 22192 22292 22292

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 44 126 154 241 290 492 505 550 594 614

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL SONAE - INDUSTRIA DE REVESTIMENTOS, S.A. SIR VIDROPOL - ESTRATIFICADOS DE FIBRA DE VIDRO, S.A MULTITUBOS - COMÉRCIO DE TUBOS E ACESSÓRIOS PARA SANEAMENTOS, S.A MATELCOMP - INDÚSTRIA DE MOLDES E COMPONENTES PLÁSTICOS, S.A. MOLDECARPLAST - INDÚSTRIA DE PLÁSTICOS E FERRAMENTAS, LDA PPRR - PLÁSTICOS S.A. ALTO - PERFIS PULTRUDIDOS, LDA. LUSOROL - REVESTIMENTOS DE CILINDROS E BORRACHAS INDÚSTRIAIS, S.A. MATRIVAG - INDÚSTRIA DE ARTIGOS SANITÁRIOS, LDA MUNDIPLÁS - PLÁSTICOS TÉCNICOS, LDA.

Nº EMPREG 85 114 18 40 27 18 26 20 10 19

VOLUME NEGOCIOS 17.576.666,00 € 6.104.263,00 € 4.778.237,00 € 3.124.787,00 € 2.575.758,00 € 1.325.147,00 € 1.283.227,00 € 1.140.126,00 € 1.021.301,00 € 970.121,00 €

SECÇÃO C CAE 25 Indústrias Transformadoras -Fabricação produtos Metálicos (exepto máq. e equip.) CAE 25610 25720 25720 25110 25992 25620 25992 25992 25734 25734

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 76 91 105 194 220 239 274 337 340 344

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL MOLD-TECH PORTUGAL - TRATAMENTO E REVESTIMENTO DE METAIS, LDA STA - SOCIEDADE TRANSFORMADORA DE ALUMINIOS, S.A VARINCO - FERRAGENS, LDA. SARDAÇO - SOCIEDADE DE ARMADURAS DE AÇO, S.A SÁ COUTO & MONTEIRO, S.A FERNANDO PINTO CATÃO & IRMÃO, LDA. CUSNAG, SERRALHARIA, LDA. INTERVEGA - SINALIZAÇÃO E SEGURANÇA, LDA MOLDECAR-INDUSTRIA DE MOLDES, UNIPESSOAL, LDA. MILON - INDUSTRIA METALOMECÂNICA E DE MOLDES, LDA.

Nº EMPREG 103 131 21 19 36 22 42 30 32 32

VOLUME NEGOCIOS 9.898.946,00 € 8.545.018,00 € 7.414.869,00 € 3.862.340,00 € 3.381.087,00 € 3.143.401,00 € 2.771.469,00 € 2.162.369,00 € 2.141.078,00 € 2.082.129,00 €

SECÇÃO C CAE 28 Indústrias Transformadoras -Fabricação de Máquinas e de Equipamentos, N.E CAE 28300 28221 28300 28110 28992 28992 28410 28910 28910 28222

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 130 140 166 202 314 346 411 430 442 474

NOME NOME Nº EMPRESA COMERCIAL EMPREG PULVERIZADORES ROCHA, S.A 48 LIFTECH, S.A 33 SOCIDIAS - ESTRUTURAS E REVESTIMENTOS METÁLICOS, LDA 32 WARTSILA PORTUGAL, S.A 16 ROBOTSOL - ENGENHARIA INDUSTRIAL, LDA 7 SYSADVANCE - SISTEMAS DE ENGENHARIA, S.A 19 CONIEX - PRODUTOS QUIMICOS E MÁQUINAS, S.A. 7 AGROARCO - ARMINDO J. F. CORREIA , UNIPESSOAL LDA 31 PPRR - METAL, LDA 23 INDÚSTRIA DE COMPONENTES MECÂNICOS DE FREIXIEIRO, LDA"""ACL"" ""INCOMEF""" 33

VOLUME NEGOCIOS 5.811.676,00 € 5.239.392,00 € 4.586.236,00 € 3.647.695,00 € 2.339.205,00 € 2.076.747,00 € 1.680.007,00 € 1.615.701,00 € 1.560.215,00 € 1.409.740,00 €

SECÇÃO F CAE 41 Construção -Promoção Imobiliária, Construção Edificios CAE 41200 41100 41100 41200 41200 41200 41200 41200 41100 41200

56

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 31 177 273 285 358 364 368 369 373 424

NOME EMPRESA COBELBA - SOCIEDADE DE CONSTRUÇÃO CIVIL, S.A. MONTE DA ERVILHA RESIDENCES - PROMOÇÃO IMOBILIÁRIA, S.A. SONDIS - IMOBILIARIA, S.A. ARTEFACTO - CONSTRUÇÕES E DECORAÇÕES, LDA CONSTRUÇÕES EZEQUIEL PINHO MOREIRA, LDA GUACAMAIA - EMPREITADAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL, LDA. ESTILOIMAGE - DECORAÇÃO DE ESPAÇOS LDA SOCIEDADE DE CONSTRUÇÕES - VBL, LDA PRUMO CERTO - INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS, S.A. SONHO LINDO - EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS, LDA.

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

NOME COMERCIAL

Nº EMPREG 93 3 14 30 38 12 19 2

VOLUME NEGOCIOS 26.335.457,00 € 4.233.050,00 € 2.777.388,00 € 2.615.780,00 € 2.013.541,00 € 1.969.652,00 € 1.948.894,00 € 1.940.363,00 € 1.921.948,00 € 1.635.947,00 €


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

SECÇÃO H CAE 49 Transportes e Armaz. - Transp. Terrestres, Transp. por Oleodutos ou Gasodutos CAE 49410 49410 49410 49410 49410 49410 49410 49392 49410 49410

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 14 26 39 75 111 113 153 174 253 255

NOME NOME Nº EMPRESA COMERCIAL EMPREG TRANSPORTES AZKAR ( PORTUGAL), SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA 170 LUSOCARGO - TRANSITÁRIOS, S.A. 90 RANGEL - DISTRIBUIÇÃO E LOGISTÍCA, S.A. 373 LORDTRANS - TRANSPORTES URGENTES, LDA SEUR 55 TRANSITRANS - TRANSPORTES, ARMAZÉNS, TRANSITÁRIOS, LDAGRUPO TT (PORTUGAL) 8 CONTIBERICA - TRANSPORTES, S.A. 131 TRANSPORTES MALAU, LDA 84 V T BUS, LDA 20 TRANSPORTES MARTINEZ SOUTO, LDA 9 TKW CARGO (PORTUGAL), LDA 42

VOLUME NEGOCIOS 71.813.308,00 € 33.543.305,00 € 21.184.990,00 € 9.946.154,00 € 6.952.934,00 € 6.889.234,00 € 4.813.893,00 € 4.407.323,00 € 2.974.363,00 € 2.916.260,00 €

SECÇÃO H CAE 52 Transportes e Armaz. - Armazenagem e Actividades Auxiliares dos Transportes CAE 52291 52291 52291 52292 52291 52292 52291 52291 52291 52291

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 27 38 43 57 73 84 93 97 102 107

NOME EMPRESA RANGEL INTERNACIONAL - AÉREA E MARÍTIMA, S.A. RANGEL - TRANSITÁRIOS, S.A. PORTOCARGO - TRANSITÁRIOS, S.A. DACHSER PORTUGAL, S.A RANGEL EXPRESSO II, S.A. SPEDYCARGO, TRANSITÁRIOS, S.A. WLP - TRANSITÁRIOS, LDA GRUPOLIS - TRANSITÁRIOS, S.A UNICORDAS - SOCIEDADE DE TRANSPORTES MARÍTIMOS, LDA NEOTRANS - TRANSITÁRIOS (PORTO), LDA.

NOME COMERCIAL

Nº EMPREG 75 85 41 30 87 35 33 44 20 32

VOLUME NEGOCIOS 31.000.814,00 € 21.446.168,00 € 18.148.155,00 € 13.616.557,00 € 10.253.101,00 € 9.041.501,00 € 8.388.516,00 € 8.127.082,00 € 7.781.939,00 € 7.231.274,00 €

Nº EMPREG 129 83 42 35 50 39 19 25 19 26

VOLUME NEGOCIOS 9.796.935,00 € 5.144.041,00 € 2.289.742,00 € 2.087.641,00 € 2.033.796,00 € 1.253.536,00 € 1.171.989,00 € 970.444,00 € 714.591,00 € 697.821,00 €

Nº EMPREG 26

VOLUME NEGOCIOS 34.702.005,00 € 12.468.193,00 € 5.160.812,00 € 2.585.944,00 € 2.380.893,00 € 2.355.955,00 € 2.216.261,00 € 2.216.118,00 € 2.180.000,00 € 1.846.352,00 €

SECÇÃO I CAE 56 Alojamento, Restauração e Similares- Restauração e Similares CAE 56290 56102 56107 56290 56103 56101 56107 56107 56303 56102

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 80 143 320 343 352 517 544 612 755 769

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL CLA - CATERING LINHAS AÉREAS, S.A SABORES DO AEROPORTO - RESTAURAÇÃO, LDA M 110 - GESTÃO HOTELEIRA, LDA. MCDONALD'S JOREST - FABRICO DE PRODUTOS ALIMENTARES, UNIPESSOAL, LDA. MARMISA 2 - RESTAURANTE, LDA JOÃO MIRANDA MENDES - HOTELARIA, LDA. O GRELHADOR DA GIESTA - CHURRASCARIA, LDA. MR CHURRASCO, CHURRASQUEIRA, LDA MISTER CHURRASCO MKC - PADARIAS, LDA CHURRASQUEIRA PORTUGUESA DA MAIA, LDA.

SECÇÃO L CAE 68 Actividades Imobiliárias - Actividades Imobiliárias CAE 68100 68100 68200 68100 68200 68200 68200 68200 68100 68100

58

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 25 62 142 287 310 311 330 331 335 385

NOME EMPRESA SONAERP - RETAIL PROPERTIES, S.A MARVERO - EXPLORAÇÃO HOTELEIRA E IMOBILIÁRIA, S.A CASCAISHOPPING - CENTRO COMERCIAL, S.A. CRITÉRIO ATENTO - EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS, LDA IMOPLAMAC - GESTÃO DE IMÓVEIS, S.A. RIO SUL - CENTRO COMERCIAL, S.A PREDICOMERCIAL - PROMOÇÃO IMOBILIÁRIA, S.A TECMAIA- PARQUE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA MAIA, S.A. E.M. IMOSÁ - SOCIEDADE DE MEDIAÇÃO IMOBILIÁRIA, LDA. BOAVIAGEM - SOCIEDADE DE ADMINISTRAÇÃO IMOBILIÁRIA, S.A.

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

NOME COMERCIAL

1

8 3 7


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014 PUB

PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

SECÇÃO F CAE 43 Construção - Actividades Especializadas de Construção CAE 43222 43222 43290 43290 43290 43221 43210 43222 43210 43210

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 16 98 148 186 189 235 247 279 362 400

NOME EMPRESA SISTAVAC, S.A POLITÉRMICA ENGENHARIA, LDA ENOR - ELEVAÇÃO E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS, LDA ENERGYTOP - INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS E TOPOGRAFIA LDA ENERGEST - ENGENHARIA E SISTEMAS DE ENERGIA, S.A. TUBIVAL - INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS, LDA. JUSTSERVICES LDA FRILIDER - REFRIGERAÇÃO INDUSTRIAL E COMERCIAL, LDA A. VALERIO DE FIGUEIREDO, LDA COEM - ELECTRICIDADE E INSTRUMENTAÇÃO, S.A.

NOME COMERCIAL

Nº EMPREG 426 47 60 16 43 47 182 17 98 32

VOLUME NEGOCIOS 53.450.140,00 € 8.008.327,00 € 4.922.681,00 € 4.106.964,00 € 4.053.184,00 € 3.188.092,00 € 3.016.934,00 € 2.716.310,00 € 1.979.211,00 € 1.731.000,00 €

SECÇÃO G CAE 45 Comércio por Grosso e a Retalho- Com., Manut. e Repar. Veículos Auto. e Moto. CAE 45110 45200 45110 45110 45110 45110 45110 45310 45310 45110

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 8 223 297 302 334 370 376 398 407 483

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL SOCIEDADE COMERCIAL C. SANTOS, LDA. CARVALHOS & M. MOURA, LDA. RICARDO RIBEIRO, AUTOMÓVEIS, UNIPESSOAL LDA RGC AUTOMOVEIS, UNIPESSOAL, LDA TRIBALCAR II-COMERCIO DE AUTOMOVEIS, LDA AUTO MAIAMOTOR, LDA. CLASSE RÁPIDA - AUTOMÓVEIS, UNIPESSOAL, LDA BMG TRADING, LDA ADAICO - AUXILIARES DE AUTOMAÇÃO, INDÚSTRIA E CONSTRUÇÃO, LDA. CARDAN - GRANDE PORTO, S.A.

Nº EMPREG 235 16 5 1 13 11 4 5 5 22

VOLUME NEGOCIOS 100.426.480,00 € 3.361.487,00 € 2.508.213,00 € 2.476.903,00 € 2.187.705,00 € 1.934.078,00 € 1.900.811,00 € 1.750.668,00 € 1.711.976,00 € 1.371.982,00 €

SECÇÃO G CAE 46 Comércio por Grosso e a Retalho - Comércio por grosso (inclui agentes) CAE 46421 46720 46731 46350 46382 46450 46421 46711 46720 46390

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 6 17 24 28 37 40 46 48 52 54

NOME EMPRESA FASHION DIVISION, S.A. J. SOARES CORREIA - ARMAZÉNS DE FERRO, S.A. J PINTO LEITÃO, S.A. CARLOS MANUEL PASCOAL FARINHA, UNIPESSOAL, LDA FERBAR - FERNANDO BARROS - PRODUTOS ALIMENTARES LDA YVES ROCHER (PORTUGAL) - COSMÉTICOS, S.A LIGHT WEAR - REPRESENTAÇÕES TEXTEIS, LDA. NORBAT - BATERIAS, COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES, LDA NORDESFER - ARMAZÉNS DE FERRO, S.A HENISA - COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTARES, LDA.

NOME COMERCIAL

CASA FARINHA FERBAR

Nº EMPREG 153 100 110 21 76 87 12 18 32 29

VOLUME NEGOCIOS 121.902.638,00 € 50.992.748,00 € 35.302.444,00 € 29.763.073,00 € 22.740.971,00 € 19.596.797,00 € 16.727.028,00 € 15.952.457,00 € 14.719.631,00 € 14.447.792,00 €

SECÇÃO G CAE 47 Comércio por Grosso e a Retalho- Com. a Retalho exepto de Veículos Auto. e Moto. CAE 47640 47640 47300 47540 47300 47111 47300 47750 47300 47111

60

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 3 35 53 56 115 125 139 156 170 176

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL SDSR - SPORTS DIVISION SR, S.A. SPORT ZONE CACIFO - COMÉRCIO DE ARTIGOS DE DESPORTO, S.A. MEGA SPORT STREETFUELS - GESTÃO E SERVIÇOS, LDA INFOFIELD - INFORMÁTICA, S.A VOBIS AUTO MODERNA DA MAIA - COMBUSTIVEIS, LDA AUTO MODERNA DA MAIA SUPERGUEIFÃES - SUPERMERCADOS, LDA INTERMARCHE ANTONIO CARMO DE OLIVEIRA & CIA., LDA. BP GIESTA LVM - FORMAÇÃO E COMÉRCIO DE PRODUTOS PARA CABELEIREIRO, LDA PETRO DAC - COMBUSTIVEIS E SERVIÇOS, LDA. SODITELHA - SUPERMERCADOS, LDA INTERMARCHÉ

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

Nº EMPREG 1368 235 31 72 8 34 13 53 9 34

VOLUME NEGOCIOS 195.687.354,00 € 24.145.445,00 € 14.654.894,00 € 13.631.705,00 € 6.780.580,00 € 6.113.981,00 € 5.284.931,00 € 4.761.733,00 € 4.485.959,00 € 4.311.106,00 €


PUB


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

SECÇÃO M CAE 70 Acti. Consult. Cient. Técn. e similares - Sedes Sociais ; Consultoria para Gestão CAE 70220 70220 70220 70220 70220 70220 70220 70220 70220 70220

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 34 96 110 123 520 526 532 764 842 917

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL SONAESR - SERVIÇOS E LOGÍSTICA, S.A. RODOME - CONSULTORES COMERCIAIS, LDA SC - SOCIEDADE DE CONSULTADORIA, S.A. RANGEL INVEST - INVESTIMENTOS LOGISTÍCOS, S.A PROSETWIN - SERVIÇOS DE MARKETING, LDA EXERTUS - CONSULTORIA EM ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGIA EMPRESARIAL, LDA RELY ON TALENT, LDA ESTEVES, PINHO & ASSOCIADOS, SROC, LDA SPRINGTIDES - TECNOLOGIAS E SOLUÇÕES AMBIENTAIS E ENERGÉTICAS, LDA CASTRO, PINTO & COSTA, LDA

Nº EMPREG 440 3 85 98 6 12 5 10 6 8

VOLUME NEGOCIOS 24.878.021,00 € 8.165.483,00 € 7.010.396,00 € 6.166.815,00 € 1.244.974,00 € 1.230.411,00 € 1.201.899,00 € 702.700,00 € 597.882,00 € 523.457,00 €

SECÇÃO M CAE 70 Acti. Consult.Cient. Técn. e similares -Arq. Eng. ;Técn.Afins;Activ. ensaios;Ana.Técn. CAE 71120 71120 71120 71200 71120 71120 71120 71120 71200 71120

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 5 32 147 230 278 306 317 347 463 537

NOME NOME EMPRESA COMERCIAL EFACEC - ENGENHARIA E SISTEMAS, S.A. EFACEC HANDLING SOLUTIONS, S.A. CAPWATT MAIA - HEAT POWER, S.A. MARIA ISABEL & PEREIRA, LDA CAPWATT - BRAINPOWER, S.A. FIXUP - ENGENHARIA, S.A. EUROCOLD - ELECTROMECÂNICA E SERVIÇOS, S A F.DUARTE, LDA BIOGERM, S.A. BIOGERM CIVI 4 - PROJECTISTAS E CONSULTORES DE ENGENHARIA CIVIL, LDA

Nº EMPREG 717 73 4 3 14 33 26 17 26 29

VOLUME NEGOCIOS 171.031.826,00 € 25.328.016,00 € 4.954.313,00 € 3.281.338,00 € 2.737.499,00 € 2.414.554,00 € 2.301.770,00 € 2.073.388,00 € 1.452.509,00 € 1.188.794,00 €

SECÇÃO N CAE 81 Acti. Adm. e Serv. Apoio - Relacionadas com Edifi. Plantação e Manu. de Jardins CAE 81210 81300 81210 81210 81210 81100 81220 81220 81210 81300

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 21 193 292 589 606 660 673 735 796 815

NOME NOME Nº EMPRESA COMERCIAL EMPREG SAFIRA FACILITY SERVICES, S.A. 4856 RED - RELVADOS E EQUIPAMENTOS DESPORTIVOS, LDA 54 PORTOLIMPO - FACILITY SERVICES, LDA 545 SPARKEL - LIMPEZAS INDUSTRIAIS, LDA. 166 BIODOURO PRODUTOS E EQUIPAMENTOS DE LIMPEZA , LDA 115 SGM - SERVIÇOS GERAIS DE MANUTENÇÃO, LDA 19 NOVA ERA - SERVIÇOS DE LIMPEZA, LDA 93 A. GAITEIRO, UNIPESSOAL, LDA 44 MAIALIMPA - LIMPEZAS, MANUTENÇÃO E COMÉRCIO DE PRODUTOS CONEXOS, LDA. 69 VIVER-JARDINS URBANOS, LDA. 13

VOLUME NEGOCIOS 35.960.700,00 € 3.863.796,00 € 2.569.797,00 € 1.031.573,00 € 978.717,00 € 877.854,00 € 850.838,00 € 735.622,00 € 657.164,00 € 622.686,00 €

SECÇÃO N CAE 82 Acti. Adm. e Serv. Apoio - Serviços Administ. e de apoio prestados ás empresas CAE 82110 82990 82990 82990 82922 82990 82990 82990 82990 82990

62

RANK CAE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

RANK GERAL 11 83 104 158 208 271 341 382 431 663

NOME EMPRESA SONAE CENTER SERVIÇOS II, S.A SOCIEDADE PORTUGUESA DE OXIGÉNIO, LDA. MIPA- AGENCIA DE SERVIÇOS TEXTEIS, LDA. SODÉCIA - CENTRO TECNOLÓGICO, S.A. NEFAB - RA, PRODUTOS DE EMBALAGEM, S.A. EFACEC MARKETING INTERNACIONAL, S.A SONAECOM - SERVIÇOS PARTILHADOS, S.A. ADIDAS BUSINESS SERVICES, LDA D'AR SAÚDE, S.A. CONDE & MOTA, LDA

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

NOME COMERCIAL

Nº EMPREG 1041 13 6 31 21 14 63 79 13 3

VOLUME NEGOCIOS 92.317.232,00 € 9.437.788,00 € 7.546.486,00 € 4.713.096,00 € 3.490.448,00 € 2.807.537,00 € 2.133.734,00 € 1.865.607,00 € 1.612.400,00 € 873.909,00 €



As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

metodologia as 1000 maiores

especial maiahoje

A listagem das 1000 maiores empresas da Maia foi solicitada para este fim de publicação, resultando da recolha e análise de dados por parte da IGNIOS – Gestão Integrada de Risco, S.A, e serão assim os dados nela contida, da sua total responsabilidade, salvo erro tipográfico ou de paginação. Os dados recepcionados reportam ao dia 4 de Fevereiro de 2016. Esta listagem, relativa ao ano de 2014, está organizada por ordem decrescente de volume de negócios. Apresenta por cada empresa os seguintes índices, a saber: Posição no Ranking/ Designação Social/ CAE (classificação de actividade económica)/ Capital Social/ Nº Empregados/ Volume de negócios e Resultados líquidos. Sabemos que faltarão outros dados como por exemplo o VAB (Valor Acrescentado bruto), índices essenciais para uma melhor análise, e os comparativos com outros anos. Neste sentido, pensamos vir a editar ainda no corrente ano, os dados referentes ao Ano de 2015, e aí uma análise comparativa entre os dois últimos anos. Análise sectorial Foi apurado um top 10 das empresas pertencentes aos vinte principais CAEs (Classificação das Actividades Económicas a seguir a nível nacional) existentes no Concelho.

PUB

RANK NOME

DENOMINAÇÃO

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

SN MAIA - SIDERÚRGIA NACIONAL, S.A. SONAE INDÚSTRIA - PR.COM. DEV. MADEIRA, S.A SDSR - SPORTS DIVISION SR, S.A. RGVS IBÉRICA - SOC. IB.PROD. ART. DESP. UNIP. LDA EFACEC - ENGENHARIA E SISTEMAS, S.A. FASHION DIVISION, S.A. CEREALIS - PRODUTOS ALIMENTARES, S.A. SOCIEDADE COMERCIAL C. SANTOS, LDA. CIN - CORPORAÇÃO INDUSTRIAL DO NORTE, S.A SAKTHI PORTUGAL, S.A. SONAE CENTER SERVIÇOS II, S.A CEREALIS - MOAGENS, S.A. LANKHORST EURONETE PORTUGAL, S.A TRANSPORTES AZKAR ( PORTUGAL), SOC. UNIP., LDA FICO CABLES - FÁB. ACESSÓRIOS E EQUIP. IND., LDA. SISTAVAC, S.A

24100 16211 SPORT ZONE 47640 32300 71120 46421 10730 45110 20301 29320 82110 MOAGEM HARMONIA 10611 13942 49410 29320 43222

17

J. SOARES CORREIA - ARMAZÉNS DE FERRO, S.A.

46720

4.250.000,00 €

100

50.992.748,00 €

218.947,00 €

18 19 20

LINDE SAÚDE, LDA. WEGEURO - INDUSTRIA ELÉCTRICA, S.A CONFETIL, S.A.

86906 27110 14390

3.357.221,00 € 5.836.801,00 € 4.370.765,00 €

211 310 264

42.702.114,00 € 41.413.559,00 € 40.937.582,00 €

6.771.887,00 € 2.989.881,00 € 1.174.281,00 €

21

SAFIRA FACILITY SERVICES, S.A.

81210

3.500.000,00 € 4856

35.960.700,00 €

59.920,00 €

22 23 24 25

CIN - INDÚSTRIA, S.A PRAXAIR PORTUGAL GASES, S.A J PINTO LEITÃO, S.A. SONAERP - RETAIL PROPERTIES, S.A

20301 20110 46731 68100

35.628.047,00 € 35.443.339,00 € 35.302.444,00 € 34.702.005,00 €

3.391.293,00 € 7.102.377,00 € 1.132.971,00 € 7.216.483,00 €

64

CAE

CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS

RESULTADOS

22.000.000,00 € 310 390.823.684,00 € 10.760.416,00 € 17.898.430,00 € 576 239.374.022,00 € -530.945,00 € 3.150.000,00 € 1368 195.687.354,00 € -6.549.752,00 € 150.000,00 € 37 176.847.898,00 € 1.487.078,00 € 11.250.000,00 € 717 171.031.826,00 € -4.237.687,00 € 25.800.000,00 € 153 121.902.638,00 € -5.485.534,00 € 8.250.000,00 € 440 107.474.504,00 € 2.601.590,00 € 3.000.000,00 € 235 100.426.480,00 € 1.009.371,00 € 25.000.000,00 € 563 96.641.468,00 € 3.254.472,00 € 6.035.460,00 € 484 93.339.012,00 € 2.214.074,00 € 50.000,00 € 1041 92.317.232,00 € 5.440.490,00 € 7.500.000,00 € 184 88.310.054,00 € 606.296,00 € 8.140.000,00 € 848 79.339.963,00 € 4.778.735,00 € 680.900,00 € 170 71.813.308,00 € -780.934,00 € 1.745.793,00 € 816 58.590.875,00 € 4.101.754,00 € 3.900.000,00 € 426 53.450.140,00 € 1.073.382,00 €

250.000,00 € 1.790.650,00 € 3.850.000,00 € 50.000.000,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

88 59 110 26


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK NOME

DENOMINAÇÃO

26

LUSOCARGO - TRANSITÁRIOS, S.A.

27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46

RANGEL INTERNACIONAL - AÉREA E MARÍTIMA, S.A. CARLOS MANUEL PASCOAL FARINHA, UNIP, LDA TINTAS TITAN, S.A. FRULACT - INDÚSTRIA AGRO-ALIMENTAR, S.A. COBELBA - SOCIEDADE DE CONSTRUÇÃO CIVIL, S.A. EFACEC HANDLING SOLUTIONS, S.A. OLIVEIRA SÁ, S.A. SONAESR - SERVIÇOS E LOGÍSTICA, S.A. CACIFO - COMÉRCIO DE ARTIGOS DE DESPORTO, S.A. PANIKE - IND. PROD. ALIMENTARES CONGELADOS, S.A FERBAR - FERNANDO BARROS - PROD. ALIMENT. LDA RANGEL - TRANSITÁRIOS, S.A. RANGEL - DISTRIBUIÇÃO E LOGISTÍCA, S.A. YVES ROCHER (PORTUGAL) - COSMÉTICOS, S.A RANGEL EXPRESSO, S.A. WIPRO PORTUGAL, S.A PORTOCARGO - TRANSITÁRIOS, S.A. SONAE - INDUSTRIA DE REVESTIMENTOS, S.A. PORT'AMBIENTE - TRAT. RESIDUOS INDUSTRIAIS, S.A LIGHT WEAR - REPRESENTAÇÕES TEXTEIS, LDA.

47

CAE

CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS

RESULTADOS

49410

750.000,00 €

90

33.543.305,00 €

487.662,00 €

52291 46350 20301 10393 41200 71120 CORDOARIA OLIV. SÁ 13941 70220 MEGA SPORT 47640 10712 FERBAR 46382 52291 49410 46450 FEDEX 53200 62020 52291 SIR 22210 38212 46421

500.000,00 € 500.000,00 € 7.500.000,00 € 5.350.000,00 € 500.000,00 € 3.500.000,00 € 5.500.000,00 € 69.500,00 € 58.000.000,00 € 846.600,00 € 1.246.995,00 € 500.000,00 € 125.000,00 € 102.100,00 € 250.000,00 € 51.390,00 € 1.021.700,00 € 10.000.000,00 € 299.279,00 € 100.000,00 €

75 21 139 272 93 73 220 440 235 198 76 85 373 87 128 193 41 85 46 12

31.000.814,00 € 29.763.073,00 € 28.649.698,00 € 28.520.432,00 € 26.335.457,00 € 25.328.016,00 € 25.234.633,00 € 24.878.021,00 € 24.145.445,00 € 23.311.282,00 € 22.740.971,00 € 21.446.168,00 € 21.184.990,00 € 19.596.797,00 € 18.565.594,00 € 18.445.768,00 € 18.148.155,00 € 17.576.666,00 € 17.442.789,00 € 16.727.028,00 €

347.360,00 € 156.164,00 € 402.063,00 € -17.929,00 € 1.263.018,00 € 897.820,00 € 1.367.312,00 € -139.311,00 € 1.014.816,00 € 1.434.816,00 € 216.598,00 € 85.670,00 € 591.164,00 € 1.925.723,00 € 416.890,00 € 7.907.413,00 € 357.503,00 € -264.465,00 € 3.418.760,00 € 158.693,00 €

ZOLLERN & COMANDITA

24520

1.000.000,00 €

166

16.312.248,00 €

2.147.723,00 €

48

NORBAT - BATERIAS, COMBUSTÍVEIS E LUBRI., LDA

46711

500.000,00 €

18

15.952.457,00 €

5.411,00 €

49 50 51 52 53

PÚBLICO - COMUNICAÇÃO SOCIAL, S.A. JORNAL PÚBLICO CREDIN PORTUGAL - PRODUTOS ALIMENTARES, S.A. MODELO.COM - VENDAS POR CORRESPONDÊNCIA S.A. NORDESFER - ARMAZÉNS DE FERRO, S.A STREETFUELS - GESTÃO E SERVIÇOS, LDA

58130 10891 63120 46720 47300

50.000,00 € 798.077,00 € 2.500.000,00 € 2.500.000,00 € 1.000,00 €

186 72 255 32 31

54

HENISA - COM. PRODUTOS ALIMENTARES, LDA.

46390

99.760,00 €

29

55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73

SOLINCA - HEALTH AND FITNESS, S.A. INFOFIELD - INFORMÁTICA, S.A VOBIS DACHSER PORTUGAL, S.A FÁBRICA DE TINTAS 2000, S.A. TINTAS 2000 EFACEC ELECTRIC MOBILITY, S.A. EPME - EMP. PORT. MONTAGENS ELÉCTRICAS, S.A QUICKCODE - COM. MODA INTERNACIONAL, S.A. MARVERO - EXPL. HOTELEIRA E IMOBILIÁRIA, S.A COMPANHIA TÉRMICA TAGOL, UNIPESSOAL, LDA XYLEM WATER SOLUTIONS PORTUGAL, UNIP., LDA TELEVÊS ELECTRÓNICA PORTUGUESA, LDA CEREALIS INTERNACIONAL - COM. CEREAIS E DERIV. S.A R2MC - RANGEL, PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. PIUBELLE - CONFECÇÕES, INDÚSTRIA E COMÉRCIO, S.A. SYSTEMAIR, S.A. DE'LONGHI PORTUGAL, UNIPESSOAL LDA CENTRIMPOR-COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES, LDA. CASA ANGOLA INTERNACIONAL - IMP. E EXP S.A. RANGEL EXPRESSO II, S.A.

96040 47540 52292 20301 27900 42220 46421 68100 35112 46690 26400 46214 46460 13920 46690 46430 46900 46390 52291

1.220.445,00 € 50.000,00 € 600.000,00 € 524.000,00 € 3.000.000,00 € 1.500.000,00 € 200.000,00 € 600.000,00 € 5.000,00 € 498.798,00 € 359.135,00 € 50.000,00 € 50.000,00 € 750.000,00 € 1.000.000,00 € 5.000,00 € 299.279,00 € 1.000.000,00 € 125.000,00 €

180 72 30 125 96 104 19

74

SAFIC ALCAN PORTUGAL - SOCIEDADE UNIP, LDA.

46750

249.399,00 €

10

10.044.528,00 €

400.263,00 €

75

LORDTRANS - TRANSPORTES URGENTES, LDA

49410

50.000,00 €

55

9.946.154,00 €

189.985,00 €

76

MOLD-TECH PORTUGAL - TRAT. E REVEST. METAIS, LDA

25610

50.000,00 €

103

9.898.946,00 €

2.087.346,00 €

CASA FARINHA

SEUR

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

1 30 47 9 131 25 11 21 29 87

15.746.654,00 € -2.588.364,00 € 15.601.379,00 € 1.705.136,00 € 15.453.694,00 € 641.585,00 € 14.719.631,00 € 21.896,00 € 14.654.894,00 € 118.008,00 € 14.447.792,00 €

188.853,00 €

13.737.013,00 € -279.556,00 € 13.631.705,00 € 159.558,00 € 13.616.557,00 € 510.776,00 € 13.340.319,00 € 479.713,00 € 13.134.309,00 € 123.355,00 € 12.991.255,00 € -1.485.402,00 € 12.881.639,00 € 225.662,00 € 12.468.193,00 € 3.998.323,00 € 12.288.967,00 € 265.480,00 € 12.283.903,00 € 402.193,00 € 12.273.796,00 € 76.179,00 € 12.031.912,00 € 306.105,00 € 11.676.226,00 € 447,00 € 11.633.104,00 € 105.865,00 € 11.405.232,00 € 152.750,00 € 10.710.405,00 € 263.649,00 € 10.659.786,00 € 398.657,00 € 10.307.787,00 € 132.571,00 € 10.253.101,00 € 39.694,00 €

65


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

RANK 77 78 79 80 81 82 83

NOME DENOMINAÇÃO DALKIA INTERNATIONAL - SUCURSAL EM PORTUGAL ANO 2000, LDA SILVA ALVES & ALVES, LDA. PERFUMARIA MASS CLA - CATERING LINHAS AÉREAS, S.A DRAUTEX - PRODUTOS TEXTEIS, LDA. LCPOWER - LUÍS CARNEIRO, SOLUÇÕES ENERGIA, S.A. VICTRON SOCIEDADE PORTUGUESA DE OXIGÉNIO, LDA.

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 35113 9.806.973,00 € 46390 300.000,00 € 8 9.802.400,00 € 46450 500.000,00 € 64 9.798.815,00 € 56290 1.048.000,00 € 129 9.796.935,00 € 46180 53.000,00 € 4 9.649.460,00 € 46900 1.000.000,00 € 39 9.639.573,00 € 82990 50.000,00 € 13 9.437.788,00 €

84

SPEDYCARGO, TRANSITÁRIOS, S.A.

52292

253.000,00 €

35

9.041.501,00 €

72.263,00 €

85 86

FUCHS - LUBRIFICANTES UNIPESSOAL, LDA AQUITEX - ACABAMENTOS QUÍMICOS TÊXTEIS, S.A.

20593 46750

1.500.000,00 € 500.000,00 €

20 22

8.956.710,00 € 8.953.136,00 €

593.511,00 € 603.831,00 €

87

EVERJETS - AVIAÇÃO EXECUTIVA, S.A.

51100

2.000.000,00 €

12

8.834.800,00 €

-522.608,00 €

88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113

ENERLOUSADO - RECURSOS ENERGÉTICOS, UNIP, LDA VESTIRE, S.A. FABR. DE MALHAS TENTAÇÃO G. LEAL & CIA, S.A STA - SOCI. TRANSFORMADORA DE ALUMINIOS, S.A SAINT GOBAIN ABRASIVOS, LDA WLP - TRANSITÁRIOS, LDA CHARGEURS ENTRETELAS IBERICA, LDA ADI CENTER PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA RODOME - CONSULTORES COMERCIAIS, LDA GRUPOLIS - TRANSITÁRIOS, S.A POLITÉRMICA ENGENHARIA, LDA MAPRIL - PROD.QUÍMICOS E MÁQ. PARA A IND., LDA LABORIAL - SOLUÇÕES PARA LABORATÓRIO, S.A MONTANHÊS COMERCIAL - PROD. ALIMENTARES LDA UNICORDAS - SOCIEDADE DE TRANSP. MARÍTIMOS, LDA AÇOS BOIXAREU , SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA MIPA- AGENCIA DE SERVIÇOS TEXTEIS, LDA. VARINCO - FERRAGENS, LDA. RIVAZ QUÍMICA, S A NEOTRANS - TRANSITÁRIOS (PORTO), LDA. MAR - CA TRANSITÁRIOS S.A. CTE - CENT. TERMOELÉCTRICA DO ESTUÁRIO, UNIP, LDA SC - SOCIEDADE DE CONSULTADORIA, S.A. TRANSITRANS - TRANSP, ARM, TRANSIT, LDA GRUPO TT (PORTUGAL) MT - MADEIRAS, S.A CONTIBERICA - TRANSPORTES, S.A.

35112 14390 46720 25720 23910 52291 46410 46750 70220 52291 43222 46750 31093 46382 52291 46720 82990 25720 20592 52291 52292 35112 70220 49410 16101 49410

5.000,00 € 1.050.000,00 € 500.000,00 € 2.035.240,00 € 374.098,00 € 120.950,00 € 560.000,00 € 100.000,00 € 255.010,00 € 400.000,00 € 500.000,00 € 1.111.500,00 € 180.000,00 € 750.000,00 € 200.000,00 € 500.000,00 € 50.000,00 € 500.000,00 € 200.000,00 € 500.000,00 € 100.000,00 € 249.400,00 € 5.000.000,00 € 317.000,00 € 7.500.000,00 € 1.212.500,00 €

89 20 131 31 33 10 12 3 44 47 29 86 37 20 16 6 21 14 32 12 11 85 8 39 131

114

FRANCO VAGO - TRANSITÁRIOS, UNIPESSOAL, LDA

52291

99.880,00 €

22

6.791.350,00 €

141.054,00 €

115

AUTO MODERNA DA MAIA - COMB, LDA

47300

7.500,00 €

8

6.780.580,00 €

93.857,00 €

116

MAIAMBIENTE, E.M

38112

1.496.394,00 €

131

6.742.411,00 €

137.300,00 €

117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131

MOVELPARTES - COMPO. PARA A IND. MOBI, S.A. HARKER XXI, S.A. ALIBAR - INDÚST. E COM. PRODUTOS ALIM, LDA. CRITICAL MANUFACTURING, S.A. HIDURBE - GESTÃO DE RESÍDUOS S.A. SOON BUSINESS SOLUTIONS, S.A. RANGEL INVEST - INVESTIMENTOS LOGISTÍCOS, S.A SABORES DAS QUINAS - COMÉRCIO ALIMENTAR LDA SUPERGUEIFÃES - SUPERMERCADOS, LDA INTERMARCHE VIDROPOL - ESTRATIFICADOS DE FIBRA DE VIDRO, S.A SERMEC II - INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS, S.A. MAIS AUTOMAÇÃO - DIST. PROD. DE AUTOMA.IND. LDA TIRGAL - TRANSITÁRIOS DE PORTUGAL, LDA PULVERIZADORES ROCHA, S.A DU BOIS DE LA ROCHE (PT) - AGRO ALIMENTAR, LDA.

31091 46690 10893 58290 38212 62020 70220 46382 47111 22292 32996 46900 52291 28300 10720

445.000,00 € 500.000,00 € 99.760,00 € 300.000,00 € 3.500.000,00 € 150.000,00 € 1.000.000,00 € 50.000,00 € 200.000,00 € 1.500.000,00 € 1.752.500,00 € 144.000,00 € 250.000,00 € 1.000.000,00 € 100.000,00 €

80 31 25 83 99 15 98 5 34 114 45 19 24 48 49

6.622.091,00 € -1.108.819,00 € 6.617.300,00 € 138.122,00 € 6.607.241,00 € 168.304,00 € 6.500.054,00 € 1.538.847,00 € 6.418.973,00 € -5.579.672,00 € 6.291.488,00 € 84.597,00 € 6.166.815,00 € 1.371.267,00 € 6.146.346,00 € 42.745,00 € 6.113.981,00 € -107.957,00 € 6.104.263,00 € -755.482,00 € 6.061.251,00 € 234.801,00 € 6.047.048,00 € 393.296,00 € 5.980.991,00 € 104.635,00 € 5.811.676,00 € 527.965,00 € 5.753.575,00 € 135.146,00 €

66

AUTO MODERNA DA MAIA

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

RESULTADOS -183,00 € 72.399,00 € 465.579,00 € 1.678.882,00 € 331.377,00 € 827.303,00 € 3.166,00 €

8.833.682,00 € 261.189,00 € 8.776.181,00 € 88.975,00 € 8.649.976,00 € 40.619,00 € 8.545.018,00 € 595.525,00 € 8.493.048,00 € 505.440,00 € 8.388.516,00 € 15.985,00 € 8.295.361,00 € 227.119,00 € 8.239.307,00 € 452.212,00 € 8.165.483,00 € 13.487,00 € 8.127.082,00 € 161.739,00 € 8.008.327,00 € 376.470,00 € 7.982.236,00 € 19.636,00 € 7.976.413,00 € 30.230,00 € 7.878.592,00 € 21.208,00 € 7.781.939,00 € 72.583,00 € 7.725.795,00 € -236.466,00 € 7.546.486,00 € 51.649,00 € 7.414.869,00 € 2.048.832,00 € 7.264.426,00 € 268.439,00 € 7.231.274,00 € 739,00 € 7.117.732,00 € 125.449,00 € 7.098.425,00 € 431.076,00 € 7.010.396,00 € 31.278,00 € 6.952.934,00 € 200.172,00 € 6.918.258,00 € -7.590.304,00 € 6.889.234,00 € 15.776,00 €


especial maiahoje

RANK 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

NOME DENOMINAÇÃO SOVE - SOCIEDADE DE VEDANTES E MÁQUINAS, S.A. PRISMAPOR - PRODUTOS ELÉCTRICOS, LDA. CAPWATT COLOMBO - HEAT POWER, S.A. MAIACERVE - DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS, LDA. REDEGÁS - PROJECTO E INSTALAÇÕES DE GÁS, S.A MACAMBIRA & ARAÚJO - PROD. MERCHAN. E PUB. LDA M & A CASTELBEL - ARTIGOS DE BELEZA, S.A. ANTONIO CARMO DE OLIVEIRA & CIA., LDA. BP GIESTA LIFTECH, S.A UDEX - IMPORTAÇÃO E REPRESENTAÇÕES, S.A CASCAISHOPPING - CENTRO COMERCIAL, S.A. SABORES DO AEROPORTO - RESTAURAÇÃO, LDA FACTOR PLUS - PROD. MÉDICOS E HOSPITALARES, LDA AGAMI - SOCIEDADE DE REPRESENTAÇÕES, LDA ABÍLIO SILVA & SEMANAS, LDA. COMPACT RECORDS CAPWATT MAIA - HEAT POWER, S.A. ENOR - ELEVAÇÃO E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS, LDA ABER - EMBRAI.S E COMANDOS HIDR. ANTÓNIO BERNARDES, LDA NAVEPRINTER - INDUSTRIA GRÁFICA DO NORTE, S.A EQUITUBOS - TUBOS E EQUIPAMENTOS, S.A. ICC - IMPORTAÇÃO E COMERCIO DE CARVÕES LDA TRANSPORTES MALAU, LDA MULTITUBOS - COM. TUBOS E ACESS. SANEAM, S.A TINTAS MARILINA, S.A LVM - FORMAÇÃO E COM. PROD. CABELEIREIROS, LDA F. GONÇALVES RAMOS & FILHOS, LDA. SODÉCIA - CENTRO TECNOLÓGICO, S.A. PROHS - EQUIP. HOSPITALAR E SERV. ASSOCIADOS, S.A CASA DOS PROFITEROLES -, S.A HARKER SOLUTIONS, S.A. MATRIZ-SOCIEDADE DE CONSTRUÇÕES LDA ÂNGELO COIMBRA & CIA., LDA. GASTRADE - SOCIEDADE DE REPRESENTAÇÕES, LDA COELHO & TORRES, LDA. SOCIDIAS - ESTRUTURAS E REVESTI. METÁLICOS, LDA COMPORTO - SOCIEDADE DE CONSTRUÇÕES, S.A FRULACT NUTRIÇÃO, LDA. GRÁFICA MAIADOURO, S.A. PETRO DAC - COMBUSTIVEIS E SERVIÇOS, LDA. HORTO DA FOLGOSA MA. OLIVEIRA GOMES & FILHOS, LDA. IMPORTINOX - IMPORT. E EXPORT. DE METAIS, LDA. CALEFFI - COMP. HIDROTERMICOS, SOC. UNIP., LDA. V T BUS, LDA G. HOFLE, LDA. SODITELHA - SUPERMERCADOS, LDA INTERMARCHÉ MONTE DA ERVILHA RESIDENCES - PROMO IMOB, S.A. N VENDING - OPERADOR DE VENDING, UNIP, LDA FILIPE BELA, S.A. PROMOCOMPO, LDA DAVID MIGUEL SILVEIRA ROCA, UNIPESSOAL LDA PORTUGAL PET EMPACOTAL - SOCI. EMPACO. GÉNEROS ALIMEN, LDA. EMPACOTAL INOSAT - CONSULT. INFOR. S.A. INOSAT - LOCALIZAÇÃO DE VEÍCULOS VINOTECA - COMÉRCIO DE BEBIDAS, S.A HOTPINK - COMÉRCIO, LDA. ENERGYTOP - INSTALAÇÕES ELÉCT. E TOPOGR LDA DINIS & MESQUITA SAÚDE, LDA SALEM - TRANSIT. INTERNACIONAIS E INSULARES, LDA. ENERGEST - ENGENHARIA E SISTEMAS DE ENERGIA, S.A. DIAS DE SOUSA - INSTRUMENT. ANALITI. E CIENTI. S.A. PORFITE - ACESS. PARA CANALIZAÇÕES, UNIP., LDA. RANGEL INVEST- ÁFRICA, S A RED - RELVADOS E EQUIP. DESPORTIVOS, LDA SARDAÇO - SOCIEDADE DE ARMADURAS DE AÇO, S.A

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS RESULTADOS 46690 1.000.000,00 € 70 5.743.387,00 € 365.183,00 € 27122 250.000,00 € 38 5.717.793,00 € 324.529,00 € 35112 50.000,00 € 5 5.618.305,00 € 230.638,00 € 46341 102.000,00 € 30 5.498.737,00 € 21.281,00 € 42210 1.250.000,00 € 76 5.478.190,00 € 205.422,00 € 46900 1.000.000,00 € 23 5.360.431,00 € 134.402,00 € 20420 125.000,00 € 97 5.337.498,00 € 799.621,00 € 47300 5.000,00 € 13 5.284.931,00 € 5.880,00 € 28221 600.000,00 € 33 5.239.392,00 € 73.856,00 € 46690 2.000.000,00 € 38 5.206.980,00 € 37.478,00 € 68200 7.525.000,00 € 5.160.812,00 € 25.091.153,00 € 56102 100.000,00 € 83 5.144.041,00 € 460.973,00 € 46460 1.000.000,00 € 13 5.041.805,00 € 499.895,00 € 46750 160.000,00 € 10 5.000.535,00 € 286.568,00 € 46494 60.000,00 € 12 4.969.297,00 € 455.549,00 € 71120 50.000,00 € 4 4.954.313,00 € 115.543,00 € 43290 250.000,00 € 60 4.922.681,00 € 1.228.313,00 € 33120 960.000,00 € 81 4.890.993,00 € 233.269,00 € 18110 3.750.000,00 € 65 4.859.026,00 € 75.004,00 € 46740 500.000,00 € 16 4.850.963,00 € 379.477,00 € 46712 748.200,00 € 22 4.850.468,00 € 18.117,00 € 49410 400.000,00 € 84 4.813.893,00 € 164.538,00 € 22210 2.900.000,00 € 18 4.778.237,00 € -178.692,00 € 46732 415.000,00 € 38 4.766.780,00 € 14.957,00 € 47750 40.050,00 € 53 4.761.733,00 € 140.220,00 € 24540 498.798,00 € 7 4.721.478,00 € -103.930,00 € 82990 1.304.600,00 € 31 4.713.096,00 € 593.826,00 € 32502 500.000,00 € 17 4.706.410,00 € 262.900,00 € 10712 512.500,00 € 90 4.700.367,00 € 298.955,00 € 46690 500.000,00 € 30 4.700.331,00 € 112.823,00 € 42990 2.000.000,00 € 70 4.685.329,00 € 4.708,00 € 46750 250.000,00 € 20 4.658.510,00 € 14.466,00 € 46732 25.000,00 € 9 4.630.695,00 € 574.751,00 € 46350 5.000,00 € 5 4.618.530,00 € 195.910,00 € 28300 100.000,00 € 32 4.586.236,00 € 71.612,00 € 42990 1.000.000,00 € 43 4.552.959,00 € 10.468,00 € 10393 250.000,00 € 6 4.536.188,00 € 61.251,00 € 18120 1.750.000,00 € 81 4.508.946,00 € 410.031,00 € 47300 50.000,00 € 9 4.485.959,00 € 752,00 € 46220 9.976,00 € 9 4.483.468,00 € 674.482,00 € 46720 150.000,00 € 13 4.458.259,00 € 464.581,00 € 46900 225.000,00 € 18 4.409.619,00 € 66.643,00 € 49392 100.000,00 € 20 4.407.323,00 € 33.844,00 € 46620 125.000,00 € 15 4.394.241,00 € 155.498,00 € 47111 110.000,00 € 34 4.311.106,00 € 84.478,00 € 41100 1.000.000,00 € 3 4.233.050,00 € 170.033,00 € 47990 250.000,00 € 48 4.228.348,00 € 27.673,00 € 46690 1.500.000,00 € 13 4.187.228,00 € 91.711,00 € 46160 250.000,00 € 14 4.167.000,00 € 40.762,00 € 46230 350.000,00 € 36 4.162.100,00 € 10.022,00 € 46361 350.000,00 € 13 4.152.890,00 € 164.688,00 € 62010 1.000.000,00 € 41 4.142.803,00 € 1.112.513,00 € 46341 150.000,00 € 21 4.112.590,00 € 18.078,00 € 47711 400.000,00 € 11 4.108.777,00 € 58.069,00 € 43290 30.000,00 € 16 4.106.964,00 € 748.327,00 € 47730 200.000,00 € 15 4.106.827,00 € 298.580,00 € 52291 125.000,00 € 20 4.070.749,00 € 66.706,00 € 43290 300.400,00 € 43 4.053.184,00 € 425,00 € 46690 200.000,00 € 31 4.016.965,00 € 225.888,00 € 46740 538.702,00 € 8 3.982.806,00 € 7.774,00 € 52291 1.000.000,00 € 7 3.923.012,00 € 452.323,00 € 81300 200.000,00 € 54 3.863.796,00 € 112.464,00 € 25110 200.000,00 € 19 3.862.340,00 € -210.807,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

67


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

RANK 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204

NOME DENOMINAÇÃO MAINETTI - CABIDES, LDA. CEREALIS SGPS, S.A FADASA (PT) - FÁB. ACESS.PARA VIDRO DUPLO, S.A SODECIA - PARTICIPAÇÕES SOCIAIS, SGPS, S.A. PM2S - COMPANHIA DE ASSIST.TÉCNICA IBÉRICA, LDA TEV 2 - DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAL ELÉCTRICO, LDA. ALBERTO SANTOS - COMÉRCIO DE FERRAGENS, LDA WARTSILA PORTUGAL, S.A EUROVINIL - COMÉRCIO DE REPRESENTAÇÕES, S.A. RONFEGEN - RECURSOS ENERGÉTICOS, LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 46421 5.000,00 € 8 3.779.756,00 € 64202 12.500.000,00 € 45 3.774.000,00 € 46762 100.000,00 € 9 3.741.242,00 € 64202 64.442.910,00 € 26 3.694.208,00 € 33130 500.000,00 € 56 3.680.899,00 € 46900 5.000,00 € 17 3.664.224,00 € 47521 800.000,00 € 26 3.652.732,00 € 28110 199.519,00 € 16 3.647.695,00 € 46762 400.000,00 € 13 3.614.760,00 € 35112 5.000,00 € 3.608.180,00 €

205

FARMÁCIA SOUSA TORRES, S.A.

47730

100.000,00 €

25

3.588.480,00 €

176.344,00 €

206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219

HARSCO METALS CTS - PREST. SERV. TÉC. ALUG. EQUIP. UNIP LDA LÍDER - SERVIÇOS GERAIS DE VIGILÂNCIA, LDA LÍDER SEGURANÇA NEFAB - RA, PRODUTOS DE EMBALAGEM, S.A. ATREL - REPARADORA AGRO-TÉCNICA, LDA. EDUARDO RANGEL - DESPACHANTE OFICIAL, LDA. SIGN - IMPRESSÃO EM GRANDE FORMATO, S.A. TRADE GAME - IMPORT. COMÉ. E REPRES, S.A JUILMAR - SOCIEDADE DE PROD. ALIMENTARES, LDA. SOFIA MATOS & TEIXEIRA - DECOR E CONFORTO, S.A. SANMARTIN - SOCIEDADE TÊXTIL, LDA. ED. PINHEIRO TORRES & IRMÃOS, LDA. NONIUSSOFT - SOFTW. E CONSULT. TELECOM, S.A D'ACCORD - TRABALHO TEMPORÁRIO, S.A SOARES & CASAL, LDA. SOCASA

38112 80100 82922 46630 52292 18120 46900 46381 47192 46410 46762 58290 78200 46732

124.700,00 € 250.000,00 € 300.000,00 € 400.000,00 € 125.000,00 € 100.000,00 € 100.000,00 € 249.399,00 € 50.000,00 € 623.497,00 € 250.000,00 € 3.000.000,00 € 250.000,00 € 50.000,00 €

37 237 21 24 39 25 9 9 51 39 13 41 95 4

3.508.116,00 € 3.492.106,00 € 3.490.448,00 € 3.481.359,00 € 3.472.321,00 € 3.456.780,00 € 3.451.001,00 € 3.438.522,00 € 3.406.815,00 € 3.398.273,00 € 3.392.820,00 € 3.388.187,00 € 3.387.464,00 € 3.381.344,00 €

425.849,00 € -7.959,00 € 216.442,00 € 177.886,00 € 22.207,00 € 68.167,00 € 430.078,00 € 63.440,00 € 64.367,00 € 6.968,00 € 76.417,00 € 320.530,00 € 115.030,00 € 25.355,00 €

220

SÁ COUTO & MONTEIRO, S.A

25992

200.000,00 €

36

3.381.087,00 €

226.049,00 €

221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232

TENCO CAFÉS, LDA WHITE PORTUGAL BUSINESS SOLUTIONS, UNIP. LDA CARVALHOS & M. MOURA, LDA. EMPRESA DO BOLHÃO, S.A. PACKIGRÁFICA FEIO & CIA, S.A. KLINGER PORTUGAL, LDA ANTONIO C MOREIRA IMPORT EXPORT, UNIP. LDA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DIAS, S.A. QUITERMA - INDUSTRIA QUIMICA, S.A. MARIA ISABEL & PEREIRA, LDA FILSAT - EQUIPAMENTOS MÉDICO-CIENTÍFICOS, LDA. FITEMBAL - MATERIAIS, MÁQUINAS E SIST. EMBA, LDA.

10830 47781 45200 17212 46690 46690 46390 47523 20592 71200 46900 46900

2.000.000,00 € 10.000,00 € 50.000,00 € 3.000.000,00 € 300.000,00 € 74.820,00 € 100.000,00 € 1.250.000,00 € 425.000,00 € 50.000,00 € 1.000.000,00 € 99.760,00 €

19 28 16 60 16 12 28 8 3 23 18

3.379.126,00 € 3.374.261,00 € 3.361.487,00 € 3.353.079,00 € 3.350.871,00 € 3.347.981,00 € 3.327.430,00 € 3.314.023,00 € 3.287.975,00 € 3.281.338,00 € 3.274.254,00 € 3.268.721,00 €

614.292,00 € 289.365,00 € 140.012,00 € -373.230,00 € 31.605,00 € 188.241,00 € 5.641,00 € 30.159,00 € 90.057,00 € 351.448,00 € 196.288,00 € 85.173,00 €

233

MARSIL - ARTES GRÁFICAS, LDA.

18120

400.000,00 €

37

3.228.671,00 €

-476.631,00 €

234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251

ISMAEL ANTUNES DE SOUSA, LDA. TUBIVAL - INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS, LDA. MARTIBÉRICA - TÊXTEIS, S.A. MICROPONTO - SIST. INFORM. E MANUT. EQUIP, LDA. JOSE DIAS FERREIRA SUCESSORES, LDA TINTAS DOURO FERNANDO PINTO CATÃO & IRMÃO, LDA. SOUTO & OSÓRIO, S.A MATELCOMP - INDÚS. MOLDES E COMP. PLÁSTI., S.A. JOSÉ JOAQUIM ROCHA, LDA AUXILIARES DE MEMÓRIA, S.A. PRONEFRO - PRODUTOS NEFROLÓGICOS, S.A MAIBAC - COMÉRCIO DE BACALHAU, LDA. MAB - ARTIGOS DE PAPELARIA, LDA JUSTSERVICES LDA PEDISANA - COMPONENTES DE CALÇADO, S.A. BEIRAFROST - TRANSFORMAÇÃO DE FRUTA,S.A. PLASPUR - SOCIE. DE MATERIAIS PLÁSTICOS, UNIP, LDA NG FECHOS - FÁBRICA DE FECHOS DE CORRER, LDA

46690 43221 46410 47410 20301 25620 46732 22292 52291 46750 32502 46381 46491 43210 15202 10893 46762 32992

250.000,00 € 24.940,00 € 50.000,00 € 74.820,00 € 400.000,00 € 110.000,00 € 750.000,00 € 75.000,00 € 202.000,00 € 75.000,00 € 59.400,00 € 234.000,00 € 374.000,00 € 50.000,00 € 50.000,00 € 50.000,00 € 275.000,00 € 50.000,00 €

19 47 3 1 31 22 21 40 13 12 77 3 19 182 93 3 2 22

3.200.637,00 € 3.188.092,00 € 3.166.753,00 € 3.148.652,00 € 3.144.387,00 € 3.143.401,00 € 3.133.883,00 € 3.124.787,00 € 3.115.555,00 € 3.109.992,00 € 3.061.436,00 € 3.058.376,00 € 3.041.306,00 € 3.016.934,00 € 3.009.403,00 € 3.008.473,00 € 3.002.963,00 € 2.990.185,00 €

54.448,00 € 4.405,00 € 133.774,00 € 7.064,00 € -253.375,00 € 36.652,00 € -89.555,00 € 40.385,00 € 8.260,00 € 6.845,00 € 19.807,00 € 9.022,00 € 23.412,00 € 63.523,00 € 192.965,00 € 522.409,00 € 12.660,00 € 77.547,00 €

68

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

RESULTADOS 146.014,00 € 2.753.894,00 € 110.406,00 € 3.359.820,00 € 113.457,00 € 3.303,00 € 60.747,00 € 610.048,00 € 153.217,00 € 230.599,00 €


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 252 253 254 255 256 257 258

NOME DENOMINAÇÃO GROLMAN, LDA TRANSPORTES MARTINEZ SOUTO, LDA INTERSPED - TRÂNSITOS E NAVEGAÇÃO, LDA TKW CARGO (PORTUGAL), LDA CASA NOÉ, LDA POSTO DE ABASTE. DE COMBUS. BOA-HORA, LDA. MOBILITEC - COM. ASSIST. MATER. ORTOPÉ. E HOSPI., LD

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 46750 50.000,00 € 5 2.984.241,00 € 49410 300.000,00 € 9 2.974.363,00 € 52291 100.000,00 € 6 2.953.029,00 € 49410 125.000,00 € 42 2.916.260,00 € 46350 10.000,00 € 3 2.911.956,00 € 47300 49.880,00 € 8 2.910.245,00 € 47740 15.000,00 € 37 2.906.560,00 €

259

EMPILHAPEÇAS - COM. PEÇAS E COMPO. EMPILHA. LDA

46690

100.000,00 €

7

2.898.153,00 €

189.135,00 €

260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 301 302 303 304 305 306 307 308 309 310 311 312

REIMAN - COMERCIO DE EQUIPA. INDUSTRIAIS, LDA. 46690 MAFERMAQ - MAQUINAS FERRAMENTAS, LDA 46620 DA HORA - ARTIGOS DE EMBALAGEM, LDA. 46762 BOMBAS WILO - SALMSON PT- SIST. HIDRAU., LDA. 47523 VIA ACTUAL - COMERCIO INTERNACIONAL, LDA. 31093 MAITEX - INDUSTRIA TEXTIL, S.A. 13993 TÊELGÊ - TRANSFORMAÇÃO DE METAIS, LDA. 46740 DOM DUARTE - INDU. DE PROD. ALIMEN. UNIP, LDA 10840 CALDEIRA, CLEMENTE & CIA., LDA. 47521 JOÃO MANUEL LOPES DE BARROS, LDA. 46750 ANTÓNIO BARBOSA & CASTRO, LDA. ABC 46430 EFACEC MARKETING INTERNACIONAL, S.A 82990 SCA - SOCIEDADE COMERCIAL DE ALUMINIOS LDA 46720 SONDIS - IMOBILIARIA, S.A. 41100 CUSNAG, SERRALHARIA, LDA. 25992 AUTO ABASTECEDORA ARAÚJO & PINHO, LDA. 47300 FORMULAB - ADITIVOS ALIMENTARES, LDA 10893 ITL - ISOLAMENTOS TÉRMICOS, LDA 24200 CAPWATT - BRAINPOWER, S.A. 71120 FRILIDER - REFRIGERAÇÃO INDUSTRIAL E COMER, LDA 43222 BEIRAPRADOS- - INDÚS. E COMÉ. PROD. ALIMEN, S.A. 46382 FRULACT - SOCI.GEST. PARTICIPAÇÕES SOCIAIS, S.A. 64202 RAMOS TEIXEIRA & CARMO, LDA. ESTALAGEM/RESTAURANTE LIDADOR 55113 INTSIS - INTEGRAÇÃO E MANU. DE SISTE. INFOR., LDA. 47410 FRILABO II, LDA 46900 ARTEFACTO - CONSTRUÇÕES E DECORAÇÕES, LDA 41200 PROX - COMPANHIA DE PRODUTOS QUIMICOS, LDA. 46750 CRITÉRIO ATENTO - EMPREENDIMENTOS IMOBI, LDA 68100 LUSO HIGIN - PROD. DE HIGIENE INDUSTRIAL, LDA. 46442 FRICERVE II - SOCI. DISTRI. BEBIDAS DE MATOSI., LDA 46341 MOLDECARPLAST - INDÚ. PLÁST. E FERRAME, LDA 22292 AZEVEDO & ALBUQUERQUE - EQUIPA. GRÁFICOS, LDA 47784 PORTOLIMPO - FACILITY SERVICES, LDA 81210 DAGOL NORTE - IMPOR.E COM. ACRÍ E POLICARBO, LDA 46732 AÇOMETAIS - CENTRAL DO NORTE, S.A 46720 AUTO ESTRELA DA CIDADE, LDA. AUTO ESTRELA 49410 SOPSA - REPRESENTAÇÕES E COMÉRCIO, S.A 46900 RICARDO RIBEIRO, AUTOMÓVEIS, UNIPESSOAL LDA 45110 KURT GLOYSTEIN - SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA. 46410 RUDOLF - PRODUTOS QUIMICOS, S.A. 20130 A. F. BARBOSA, LDA 46740 MITOS & SÍMBOLOS - UNIPESSOAL, LDA 46341 RGC AUTOMOVEIS, UNIPESSOAL, LDA 45110 LOPES PEREIRA & PEREIRA, LDA. LOPES DOS LEITÕES 46320 EQUIPLEVA - EQUIP. DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE, LDA. 46690 CAPWATT VALE DO CAIMA - HEAT POWER, S.A. 35112 FIXUP - ENGENHARIA, S.A. 71120 SONERES - ILUMINAÇÃO PÚBLICA, S.A 27400 INFORSOFT - DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE, LDA. PAPELARIA ALVORADA47620 SISTIMETRA - SISTEMAS E MEDIDAS INDUSTRIAIS, LDA. 46900 IMOPLAMAC - GESTÃO DE IMÓVEIS, S.A. 68200 RIO SUL - CENTRO COMERCIAL, S.A 68200 PHF - PROD. HOSPITALARES E FARMACÊUTICOS, LDA 46460

150.000,00 € 30.000,00 € 150.000,00 € 40.000,00 € 30.000,00 € 1.500.000,00 € 500.000,00 € 500.000,00 € 250.000,00 € 49.880,00 € 349.159,00 € 250.000,00 € 50.000,00 € 50.000,00 € 200.000,00 € 5.000,00 € 50.000,00 € 250.000,00 € 50.000,00 € 200.000,00 € 50.000,00 € 4.000.000,00 € 65.890,00 € 25.000,00 € 300.000,00 € 10.000,00 € 132.181,00 € 5.100,00 € 100.000,00 € 300.000,00 € 300.000,00 € 120.000,00 € 100.000,00 € 5.000,00 € 500.000,00 € 200.000,00 € 100.300,00 € 25.000,00 € 5.000,00 € 500.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 500.120,00 € 1.000.000,00 € 50.000,00 € 100.000,00 € 600.000,00 € 6.000,00 € 82.000,00 € 648.437,00 € 275.000,00 € 175.000,00 €

17 12 23 10 8 33 8 37 6 11 12 14 14

2.888.136,00 € 2.887.672,00 € 2.886.767,00 € 2.882.865,00 € 2.879.076,00 € 2.872.910,00 € 2.853.419,00 € 2.832.346,00 € 2.815.313,00 € 2.809.442,00 € 2.809.412,00 € 2.807.537,00 € 2.804.947,00 € 2.777.388,00 € 2.771.469,00 € 2.767.056,00 € 2.754.913,00 € 2.746.314,00 € 2.737.499,00 € 2.716.310,00 € 2.714.689,00 € 2.695.692,00 € 2.662.182,00 € 2.650.213,00 € 2.638.591,00 € 2.615.780,00 € 2.601.910,00 € 2.585.944,00 € 2.585.788,00 € 2.579.280,00 € 2.575.758,00 € 2.574.465,00 € 2.569.797,00 € 2.550.297,00 € 2.536.126,00 € 2.528.203,00 € 2.511.799,00 € 2.508.213,00 € 2.506.327,00 € 2.490.866,00 € 2.486.878,00 € 2.481.213,00 € 2.476.903,00 € 2.445.327,00 € 2.440.757,00 € 2.420.196,00 € 2.414.554,00 € 2.407.251,00 € 2.406.407,00 € 2.391.224,00 € 2.380.893,00 € 2.355.955,00 € 2.346.405,00 €

425.280,00 € 306.934,00 € -4.545,00 € 30.214,00 € 374.927,00 € 142.632,00 € 125.582,00 € 298.433,00 € 11.924,00 € 9.097,00 € 64.046,00 € 1.566.423,00 € 39.731,00 € 1.301.843,00 € 167.311,00 € 19.305,00 € 274.216,00 € 47.847,00 € 25.861,00 € 251.046,00 € 178.832,00 € 3.754.184,00 € 47.690,00 € 160.564,00 € 41.965,00 € 432.678,00 € 117.049,00 € 263.073,00 € 22.254,00 € 2.165,00 € 87.395,00 € 157.162,00 € 13.053,00 € 172.464,00 € 4.695,00 € -198.061,00 € 365.677,00 € 4.434,00 € 89.527,00 € 53.301,00 € 6.991,00 € -12.500,00 € 10.343,00 € 2.327,00 € 269.216,00 € 180.367,00 € 155.434,00 € -195.188,00 € 34.404,00 € 4.141,00 € 471.033,00 € 1.019.050,00 € 11.782,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

42 4 10 50 14 17 4 18 3 15 18 14 8 1 19 19 27 14 545 10 13 41 13 5 2 6 10 1 17 22 3 33 33 13 18

4

RESULTADOS 93.982,00 € 38.722,00 € 49.012,00 € 20.903,00 € -6.073,00 € 5.254,00 € 30.175,00 €

69


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

RANK 313 314 315 316 317 318 319 320 321 322 323 324 325 326 327 328 329 330 331 332 333 334 335 336 337 338 339 340 341 342 343 344 345 346 347 348 349 350 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 361 362 363 364 365 366 367

NOME DENOMINAÇÃO SOUSA, CAMPOS & PEREIRA, LDA CASA SOUSA ROBOTSOL - ENGENHARIA INDUSTRIAL, LDA UVPLAST - ACABAMENTOS GRÁFICOS, UNIP., LDA FARMÁCIA BOM DESPACHO, UNIPESSOAL, LDA EUROCOLD - ELECTROMECÂNICA E SERVIÇOS, S A EXPOFORMA - DESIGN DE ESPAÇOS E CONSTR., S.A. HORQUIM - REPRESENTAÇÕES, LDA. M 110 - GESTÃO HOTELEIRA, LDA. MCDONALD'S BARBOCOL - COLAS E EQUIPAMENTOS, LDA REAL GRANITO - GRANITOS, S.A. GOLDEN LAND - IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO, LDA. DUARTE JACOB, LDA. R6LIVING, ENGE. DE CONST. E REABILITAÇÃO, S.A. DSA - DESENVOLVIMENTO DE SIST. AUTOMAÇÃO, LDA CANDELAS CAFÉS, UNIPESSOAL, LDA ONEBODY NUTRITION RESELLER, UNIPESSOAL LDA INDIMANTE - FERRAMENTAS DIAMANTADAS, LDA PREDICOMERCIAL - PROMOÇÃO IMOBILIÁRIA, S.A TECMAIA- PARQ. CIÊNCIA E TECNO. DA MAIA, S.A. E.M. FRATEZI, LDA FRATO TORNIPEÇAS - INDÚS. TORNE.E FURA. AUTOMÁ., LDA. TRIBALCAR II-COMERCIO DE AUTOMOVEIS, LDA IMOSÁ - SOCIEDADE DE MEDIAÇÃO IMOBILIÁRIA, LDA. INVESCORTE - COMPUTADORES E SISTEMAS, S.A. INVESTRÓNICA INTERVEGA - SINALIZAÇÃO E SEGURANÇA, LDA SGSV - SILVÉRIO GUILHERME SANTOS VALENTE, LDA TRANSPORTES SILVA & MAGALHÃES, LDA. MOLDECAR-INDUSTRIA DE MOLDES, UNIP., LDA. SONAECOM - SERVIÇOS PARTILHADOS, S.A. URBANMINT DESIGN, UNIPESSOAL, LDA JOREST - FABRICO DE PROD. ALIMENTARES, UNIP, LDA. MILON - INDUS. METALOMECÂNICA DE MOLDES, LDA. GRUINSA SL - GRUPO DE INCÊNDIOS, LDA. SYSADVANCE - SISTEMAS DE ENGENHARIA, S.A F.DUARTE, LDA MARESANA - SERVIÇOS, LDA SIGNORTE - COMÉ. DE REPRESENTAÇÕES, UNIP, LDA NUALUX - AUTOMAÇÃO E INSTA.S INDUSTRIAIS, LDA JOAQUIM ALBERTO FERREIRA GUEDES - UNIP, LDA MARMISA 2 - RESTAURANTE, LDA SOCIVEDA - COMERCIALIZAÇÃO DE PROD. ARAME, S.A. NORDIMETA - COMÉ. E ASSISTÊ.DE EQUIP. INDUST., LDA INVITECNICA - MATERIAL ELECTROTECNICO, LDA. LASERMAQ - UNIPESSOAL, LDA ONBIT-MATERIAL INFORMÁTICO,UNIPESSOAL,LDA CONSTRUÇÕES EZEQUIEL PINHO MOREIRA, LDA VIACHEM, S.A ESTÁ NA HORA - EMP. TRABALHO TEMPORÁRIO, LDA. METROMOLDE - TECNOLOGIA DE MOLDES, LDA. A. VALERIO DE FIGUEIREDO, LDA SMARTCAKE - INDUS. DE PASTELARIA E PADARIA, LDA GUACAMAIA - EMPREITADAS DE CONSTR. CIVIL, LDA. MAIA & BORGES, LDA. FINDER PORTUGAL, LDA. FÁBRICA DE TINTAS ISOLACA, LDA. TINTAS ISOLACA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 46731 60.000,00 € 10 2.340.051,00 € 28992 200.000,00 € 7 2.339.205,00 € 18140 50.000,00 € 25 2.324.540,00 € 47730 5.000,00 € 14 2.315.718,00 € 71120 50.000,00 € 26 2.301.770,00 € 74100 50.000,00 € 21 2.301.344,00 € 46750 254.459,00 € 15 2.291.609,00 € 56107 100.000,00 € 42 2.289.742,00 € 46750 49.880,00 € 5 2.285.403,00 € 23701 2.694.600,00 € 32 2.284.314,00 € 46190 50.000,00 € 3 2.275.665,00 € 47300 5.000,00 € 6 2.264.403,00 € 46731 330.000,00 € 9 2.259.162,00 € 46690 50.000,00 € 9 2.239.533,00 € 46370 500.000,00 € 17 2.228.432,00 € 46382 60.000,00 € 3 2.224.802,00 € 46740 200.000,00 € 8 2.216.742,00 € 68200 6.325.000,00 € 2.216.261,00 € 68200 5.489.000,00 € 8 2.216.118,00 € 31091 200.000,00 € 21 2.207.805,00 € 29320 116.000,00 € 32 2.200.474,00 € 45110 100.000,00 € 13 2.187.705,00 € 68100 5.000,00 € 3 2.180.000,00 € 46900 230.000,00 € 18 2.175.183,00 € 25992 5.000,00 € 30 2.162.369,00 € 46630 150.000,00 € 13 2.160.244,00 € 49410 250.000,00 € 1 2.151.374,00 € 25734 150.000,00 € 32 2.141.078,00 € 82990 50.000,00 € 63 2.133.734,00 € 74100 5.000,00 € 7 2.121.720,00 € 56290 5.000,00 € 35 2.087.641,00 € 25734 49.880,00 € 32 2.082.129,00 € 46690 655.000,00 € 9 2.080.344,00 € 28992 400.000,00 € 19 2.076.747,00 € 71120 75.000,00 € 17 2.073.388,00 € 46450 145.598,00 € 18 2.057.288,00 € 46900 50.000,00 € 8 2.049.301,00 € 33200 15.000,00 € 32 2.042.478,00 € 47593 50.000,00 € 16 2.040.654,00 € 56103 100.000,00 € 50 2.033.796,00 € 46740 263.500,00 € 16 2.026.409,00 € 46900 25.000,00 € 7 2.025.633,00 € 46520 100.000,00 € 13 2.024.031,00 € 47784 50.000,00 € 10 2.021.533,00 € 47410 5.000,00 € 6 2.020.716,00 € 41200 100.000,00 € 30 2.013.541,00 € 46750 50.000,00 € 4 2.007.554,00 € 78200 10.005,00 € 191 1.993.841,00 € 25734 225.000,00 € 27 1.980.514,00 € 43210 249.399,00 € 98 1.979.211,00 € 10711 160.000,00 € 41 1.971.637,00 € 41200 100.000,00 € 38 1.969.652,00 € 32400 49.880,00 € 64 1.968.086,00 € 46520 500.000,00 € 8 1.965.524,00 € 20301 100.000,00 € 13 1.963.025,00 €

368

ESTILOIMAGE - DECORAÇÃO DE ESPAÇOS LDA

41200

250.000,00 €

12

1.948.894,00 €

70.448,00 €

369 370 371 372 373

SOCIEDADE DE CONSTRUÇÕES - VBL, LDA AUTO MAIAMOTOR, LDA. EASY CHEM-PRODUTOS QUÍMICOS, LDA. ONLYBATTERY - PILHAS E BATERIAS, S.A. PRUMO CERTO - INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS, S.A.

41200 45110 46750 47784 41100

24.940,00 € 125.000,00 € 5.001,00 € 650.000,00 € 150.450,00 €

19 11

1.940.363,00 € 1.934.078,00 € 1.926.413,00 € 1.925.855,00 € 1.921.948,00 €

-31.668,00 € -3.364,00 € 4.632,00 € 177.984,00 € -152.742,00 €

70

ONLYBATTERY

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

15

RESULTADOS 78.901,00 € 27.005,00 € 139.519,00 € 164.807,00 € 95.441,00 € 1.668,00 € 8.086,00 € 122.740,00 € 79.449,00 € 58.245,00 € 297.045,00 € 58.400,00 € 24.892,00 € 152.999,00 € -470.876,00 € 84.395,00 € 7.965,00 € 1.136.490,00 € -824.835,00 € 20.287,00 € 177.311,00 € 74.307,00 € 423.398,00 € 205.490,00 € 5.276,00 € 492.398,00 € 237.645,00 € 100.979,00 € 677,00 € 275.325,00 € 232.665,00 € 297.027,00 € 10.281,00 € 222.111,00 € 574.043,00 € 9.651,00 € 37.489,00 € 96.537,00 € 65.822,00 € 39.039,00 € 81.448,00 € 41.097,00 € 102.668,00 € 347.820,00 € 123.842,00 € 53.851,00 € -56.418,00 € 29.979,00 € 63.218,00 € -446.700,00 € 6.691,00 € 6.774,00 € 30.982,00 € 131.474,00 € 56.924,00 €


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 374 375 376 377 378 379

NOME PAULA BORGES, CONFECÇÕES, LDA. HBM FIBERSENSING, S.A. CLASSE RÁPIDA - AUTOMÓVEIS, UNIPESSOAL, LDA AGRI-PESCA - ENTREPOSTO FRIGORIFICO, LDA FARMÁCIA DO CASTELO, LDA. TPT - TRANSITOS E SERVIÇOS ADUANEIROS, LDA.

DENOMINAÇÃO

380

FANTOFFICE, LDA

47591

125.000,00 €

14

1.885.791,00 €

10.107,00 €

381 382 383 384 385 386 387 388 389 390 391 392 393 394 395 396 397 398 399 400 401 402 403 404 405 406 407 408 409 410 411 412 413 414 415 416 417 418 419 420 421 422 423 424 425 426 427 428 429 430 431 432 433 434

UNCETA - COMÉRCIO INTERNACIONAL, LDA ADIDAS BUSINESS SERVICES, LDA SPIREL - SOCIE. PORTU. E INDUS. DE RELOJOARIA, LDA ANTÓNIO JOSÉ RIBEIRO DA COSTA - UNIPESSOAL, LDA BOAVIAGEM - SOCIE. ADMINIS. IMOBILIÁRIA, S.A. S M SENRA - COMÉR. INDÚS. E REPRES. TÊXTEIS, LDA. PURMAQ - COMÉRCIO DE SISTE. DE POLIURETANO, LDA TERMOVAPOR - INDÚSTRIA DE CALDEIRAS, S.A. FÁBRICA DE TINTAS KAR, LDA TINTAS KAR NOVAZE - SISTEMAS E EQUIP. PARA EMBALAGEM, LDA A.J. OLIVEIRA, LDA. FERNANDO COSTA ALMEIDA, LDA. GELMATOS - COMÉRCIO DE PROD. ALIMENTARES, LDA. AMMERAAL BELTECH - CORREIAS INDUSTRIAIS, S.A E.C.E. - TRANSITÁRIOS, LDA MOG TECHNOLOGIES, S.A ACHITEX MINERVA PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA BMG TRADING, LDA JOAQUIM VICENTE & VICENTE, LDA. COEM - ELECTRICIDADE E INSTRUMENTAÇÃO, S.A. JOSÉ MARCELO - INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS, LDA. INVERMA - MANUFACT. INDUS. TINTAS E VERNIZES, LDA TRUKING-TRANSPOR,LDA TRUCKING-TRANSPORTES RODRIGUES & BRANDÃO, LDA. SOTINAR - PORTO, TINTAS E SIST. DE PINTURAS, LDA MILÉNIO 3 - SISTEMAS ELECTRÓNICOS, S.A. ADAICO - AUXILIARES DE AUTOMAÇÃO, INDÚS. E CONST., LDA. PACK 4 - EMBALAGEM, LDA DAMACENO & ANTUNES,TECIDOS DE DECOR, LDA GRIPEN WHEELS IBERIA, UNIPESSOAL, LDA. CONIEX - PRODUTOS QUIMICOS E MÁQUINAS, S.A. ULTRA CONTROLO INTERNATIONAL LDA CITRUP - CENTRO INTEGRADO DE RESÍDUOS, LDA. FERRUMPLUS - ENGE. E ESTRUT. METÁLICAS, LDA. DUOTEX - IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO, LDA. LHR, LDA NATCAL - PROD. QUÍMICOS E MÁQUINAS TÊXTEIS, LDA. COA4 - DISTRIBUIÇÃO E REPRESENTAÇÕES, LDA SPRYNESS , LDA SANVITEXTEIS II - CONFECÇÕES E SERVIÇOS, LDA. EDENCOLORS - PRODUTOS QUIMICOS, LDA AGENCIA DE VIAGENS E TURISMO SOLNORTE, LDA. IRINA & SOUSA, LDA SONHO LINDO - EMPREENDIMENTOS IMOBI, LDA. C2B - SOLUÇÕES EMPRES. EM CONSUL.DE GESTÃO, S.A. ANTÓNIO DA SILVA CRUZ & FILHOS, LDA PARACENTRO - GESTÃO DE GALERIAS COMERCIAIS, S.A. ARCOPY - COMÉ. ARTIG. REPOGRAFIA E CÓPIA, LDA IT PEERS - SERVIÇOS EM TECNOLOGIAS DE INFOR, S.A. AGROARCO - ARMINDO J. F. CORREIA , UNIP LDA D'AR SAÚDE, S.A. MAGCOP(PORTO) - DISTRIB. DE EQUIP. GRÁFICOS, LDA. CRESCENDO TEXTEIS, UNIPESSOAL, LDA TRAÇOS ORIGINAIS - ARTES GRÁFICAS, UNIP, LDA.

46762 82990 26520 52240 68100 46421 46750 25300 20303 46690 46442 47784 46362 46690 52291 62020 46750 45310 16101 43210 43210 20301 49410 46762 46750 26200 45310 46900 46410 46900 28410 46690 38212 42990 46410 46320 46750 47784 46740 14131 46750 79110 46410 41200 62020 49392 68200 46510 62020 28910 82990 46690 46410 17290

10.000,00 € 5.000,00 € 948.150,00 € 125.000,00 € 16.764.000,00 € 57.000,00 € 45.000,00 € 80.000,00 € 965.805,00 € 150.000,00 € 49.880,00 € 11.600,00 € 7.482,00 € 520.000,00 € 50.000,00 € 439.458,00 € 225.000,00 € 15.000,00 € 299.280,00 € 250.000,00 € 100.000,00 € 150.000,00 € 200.000,00 € 50.000,00 € 150.000,00 € 3.000.000,00 € 74.820,00 € 25.000,00 € 128.000,00 € 5.000,00 € 250.000,00 € 30.000,00 € 5.000,00 € 120.000,00 € 124.699,00 € 5.000,00 € 100.000,00 € 20.000,00 € 100.000,00 € 75.000,00 € 18.406,00 € 249.399,00 € 100.000,00 € 249.399,00 € 50.000,00 € 1.000.000,00 € 50.000,00 € 90.000,00 € 120.000,00 € 100.000,00 € 50.000,00 € 500.000,00 € 500.000,00 € 38.000,00 €

3 79 46 14 7 13 3 37 28 10 10 28 5 17 6 33 6 5 14 32 20 13 24 4 11 28 5 10 8 2 7 9 6 14 6 2 9 6 14 18 11 6 14 2 18 40 1 3 17 31 13 12 35 37

1.876.368,00 € 1.865.607,00 € 1.852.546,00 € 1.851.763,00 € 1.846.352,00 € 1.834.121,00 € 1.832.910,00 € 1.820.782,00 € 1.812.564,00 € 1.810.692,00 € 1.803.814,00 € 1.791.269,00 € 1.786.770,00 € 1.771.905,00 € 1.765.799,00 € 1.764.076,00 € 1.759.044,00 € 1.750.668,00 € 1.742.597,00 € 1.731.000,00 € 1.727.638,00 € 1.726.756,00 € 1.717.284,00 € 1.716.117,00 € 1.714.859,00 € 1.713.422,00 € 1.711.976,00 € 1.711.176,00 € 1.701.040,00 € 1.700.998,00 € 1.680.007,00 € 1.676.810,00 € 1.676.795,00 € 1.674.444,00 € 1.671.253,00 € 1.669.640,00 € 1.667.699,00 € 1.665.320,00 € 1.664.258,00 € 1.660.016,00 € 1.656.112,00 € 1.640.926,00 € 1.636.875,00 € 1.635.947,00 € 1.634.720,00 € 1.633.062,00 € 1.623.775,00 € 1.619.244,00 € 1.619.170,00 € 1.615.701,00 € 1.612.400,00 € 1.610.919,00 € 1.594.372,00 € 1.589.046,00 €

129.317,00 € 103.894,00 € 90.033,00 € 3.923,00 € 363.394,00 € 25.709,00 € 25.716,00 € 30.661,00 € 15.697,00 € 54.454,00 € 13.347,00 € 194.424,00 € 59.677,00 € 95.828,00 € 1.347,00 € 439.885,00 € 60.375,00 € 249.990,00 € 45.560,00 € -323.479,00 € 98.173,00 € 32.228,00 € 42.626,00 € 78.192,00 € 77.845,00 € 199.720,00 € 9.814,00 € 32.478,00 € 65.791,00 € 13.428,00 € -54.062,00 € 25.507,00 € 602.410,00 € 41.124,00 € 3.163,00 € 5.913,00 € 28.645,00 € -9.485,00 € 28.279,00 € 104.945,00 € 59.310,00 € 31.790,00 € 64.143,00 € 15.633,00 € 5.409,00 € -7.336,00 € -58.253,00 € 1.184,00 € -10.353,00 € 39.531,00 € 263.685,00 € 4.920,00 € -556.817,00 € 1.088,00 €

FARMÁCIA CASTELO

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS RESULTADOS 14131 5.000,00 € 41 1.917.723,00 € 34.784,00 € 26512 2.700.000,00 € 40 1.904.770,00 € -1.394.654,00 € 45110 10.000,00 € 4 1.900.811,00 € 16.810,00 € 46381 349.160,00 € 14 1.893.768,00 € -31.778,00 € 47730 150.000,00 € 12 1.891.507,00 € 130.231,00 € 52291 180.000,00 € 8 1.887.921,00 € 81.780,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

71


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 435 436 437 438 439 440 441 442 443 444 445 446 447 448 449 450 451 452 453 454 455 456 457 458 459 460 461 462 463 464 465 466 467 468 469 470 471 472 473 474 475 476 477 478 479 480 481 482 483 484 485 486 487 488 489 490 491 492 493 494 495 496 497

72

NOME DENOMINAÇÃO RENOPEL-RENOVAÇÃO E LIMPEZA DE PELES, S.A. TRANSPORTES MERCADORIAS ANTÓNIO CORREIA, LDA ARMANDO JOSÉ BARROS, LDA TORRE DUPLA, S.A. EUROSTEP LDA TIPSAL - TÉCNICAS INDUS . PROTECÇÃO E SEGUR, LDA. MAIA & RODRIGUES, LDA. LOGIA PPRR - METAL, LDA BRILHO IBÉRICA, LDA ESPAÇO MUNI. - RENO. URB. E GEST. DE PATRI., E.M., S.A NELSON - FLORES II - COMÉRCIO DE FLORES, LDA JOSE ALEXANDRE FELIX, LDA. A. BIANCHINI INGENIERO - PORTUGAL, UNIP, LDA RG - QUIMICA,LDA. LANAFILATE, LDA DYTRUST-COMÉRCIO DE PRODUTOS QUÍMICOS, LDA. IBERSAFETY - COMÉ. ARTI. DE PROT. LABO., UNIP., LDA ALEATÓRIO - UNIPESSOAL, LDA RAPIDGAS - INSTA, REDES DE GAS E AQUE. CENT. LDA. AMADEU RAMOS DOS SANTOS & CIA, LDA. ARSEC JOAQUIM DA SILVA MOREIRA, S.A BUD - COMÉRCIO DE TÊXTEIS, LDA. JAIME REBELO, LDA. REFRAL TRIFLUIDO - TÉCNICAS DE FLUÍDOS, UNIPESSOAL, LDA ELEVATRANS - PRÉ-FABRICADOS, S.A. SPOMAN IBÉRICA, LDA A. PEREIRA JORDÃO, LDA. MEID - MECÂNICA E ELECTRICIDADE INDUSTRIAL, LDA. BIOGERM, S.A. BIOGERM SOCIEDADE DE CONSTRUÇÕES MARIO FREITAS, LDA. BELFILENE - PRODUÇÃO E GESTÃO DE ENERGIA LDA DECMODIL - DECORAÇÃO DE INTERIORES, LDA. ROTA LATINA, LDA DOCEMISTÉRIO - INDÚ. E DISTRIBUIÇÃO ALIM, S.A. E D C - ADRASA, LDA VITORINOX - REPRES. E ACESS. PARA FLUIDOS, LDA. FICOSA INTERNACIONAL SOC.SERVIÇOS FINANCEIROS E COMERCIAIS, LDA. TECNINVICTA-PRODUTOS E EQUIPAMENTOS, LDA. HIDROMAIA - COMÉ. E INDÚS. DE EQUIPAMENTOS, LDA INDÚS. DE COMPO. MECÂNICOS DE FREIXIEIRO, LDA SPEEDAPPROACH - LDA LUSIPANT SARTORIA PORTUGAL, LDA MAJESFRAPE - MAQ. FERRAMENTAS E REPRES, LDA. TECNIMASTER FL - SISTEMAS ELECTRÓNICOS,LDA TECNOVIVO - COMERC. EQUIP. TÉRMIC. E DE GÁS, LDA NORURB, S.A SONUPLASTEX - COMÉRCIO E INDÚSTRIA TÊXTIL, LDA. CUNHA BRANCO & BARBOSA, LDA FARMACIA GRAMAXO CARDAN - GRANDE PORTO, S.A. LASER BUILD - COMÉRCIO DE EQUIP. INDUS, UNIP, LDA. MAQUIMENTA - IMPOR, EXPOR,COM. MÁQ. E FERRA,LDA IMERYS CERAMICS PORTUGAL, S.A. OFICINAS GERAIS DE DESENHOS INDUS, SOCI. UNIP, LDA MATOS & OLIVEIRA - REPRESENTAÇÕES, LDA. BLUEPACK - COMÉRCIO DE EMBALAGENS, LDA JOAQUIM DA COSTA FERREIRA & FILHOS, LDA. BIOSCKIN, MOLECULAR AND CELL THERAPIES, S.A. PPRR - PLÁSTICOS S.A. FARMÁCIA AGRA, UNIPESSOAL LDA FARMACIA AGRA IGTEC, LDA LUSOTEMPRA - INDUS.TRANSFOR. E COMÉ. DE VIDRO, LDA MEEVO - TRADING E REPRESENTAÇÕES, LDA OAK LEAF, LDA

especial maiahoje

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS RESULTADOS 96010 150.000,00 € 35 1.582.590,00 € -85.803,00 € 49410 125.000,00 € 26 1.579.923,00 € 23.267,00 € 43210 500.000,00 € 17 1.573.731,00 € 52.807,00 € 46732 135.000,00 € 8 1.572.629,00 € 23.230,00 € 46422 5.000,00 € 2 1.569.080,00 € 12.787,00 € 46494 100.000,00 € 21 1.567.937,00 € -27.369,00 € 47711 100.000,00 € 7 1.560.825,00 € 29.951,00 € 28910 30.000,00 € 23 1.560.215,00 € 86.191,00 € 46494 30.000,00 € 7 1.559.514,00 € 1.801,00 € 41100 12.686.640,00 € 26 1.555.837,00 € 20.476,00 € 46220 5.000,00 € 8 1.550.318,00 € 33.086,00 € 46341 50.000,00 € 13 1.547.333,00 € 1.965,00 € 46900 260.000,00 € 3 1.538.103,00 € -84.954,00 € 46750 125.000,00 € 9 1.530.266,00 € 6.960,00 € 46410 120.000,00 € 5 1.527.794,00 € 22.138,00 € 46750 100.000,00 € 11 1.522.286,00 € 69.039,00 € 46900 250.000,00 € 11 1.510.524,00 € 73.319,00 € 47260 5.000,00 € 5 1.500.373,00 € 13.817,00 € 43221 155.000,00 € 16 1.496.480,00 € 32.869,00 € 46720 1.200.000,00 € 15 1.495.042,00 € 9.179,00 € 41200 1.000.000,00 € 8 1.490.083,00 € -1.711.804,00 € 46421 110.000,00 € 4 1.486.502,00 € 143.493,00 € 46732 99.760,00 € 10 1.482.081,00 € 10.458,00 € 43221 15.000,00 € 30 1.480.472,00 € 2.348,00 € 77390 349.880,00 € 11 1.474.015,00 € 15.361,00 € 46494 5.100,00 € 21 1.473.561,00 € 8.409,00 € 46214 399.038,00 € 14 1.464.158,00 € -73.295,00 € 25290 7.482,00 € 19 1.462.542,00 € 37.421,00 € 71200 250.000,00 € 26 1.452.509,00 € 10.772,00 € 41200 60.000,00 € 49 1.447.884,00 € 68.077,00 € 35112 5.000,00 € 1 1.441.064,00 € 78.225,00 € 47591 40.000,00 € 19 1.427.607,00 € 710,00 € 49410 50.100,00 € 51 1.427.491,00 € 488,00 € 47910 200.000,00 € 38 1.422.130,00 € 16.762,00 € 46750 20.000,00 € 10 1.418.185,00 € 4.074,00 € 46494 100.000,00 € 20 1.417.532,00 € 15.684,00 € 69200 17.500,00 € 12 1.415.381,00 € 91.612,00 € 46140 10.000,00 € 4 1.414.476,00 € 76.316,00 € 47784 5.000,00 € 8 1.410.075,00 € 30.561,00 € 28222 125.000,00 € 33 1.409.740,00 € -108.676,00 € 52291 50.000,00 € 3 1.408.890,00 € 4.728,00 € 14131 5.000,00 € 2 1.408.761,00 € 83.855,00 € 46620 249.399,00 € 6 1.407.061,00 € 28.062,00 € 27900 50.000,00 € 10 1.396.491,00 € 45.775,00 € 46740 35.000,00 € 6 1.391.360,00 € 14.574,00 € 16101 550.000,00 € 106 1.388.592,00 € -139.870,00 € 13920 35.000,00 € 9 1.379.913,00 € 17.381,00 € 47730 13.468,00 € 9 1.376.616,00 € -17.340,00 € 45110 100.000,00 € 22 1.371.982,00 € 4.210,00 € 46690 5.000,00 € 10 1.366.472,00 € 6.699,00 € 46620 50.000,00 € 7 1.365.432,00 € 50.854,00 € 08121 1.501.765,00 € 2 1.356.701,00 € 92.250,00 € 47591 25.000,00 € 5 1.352.480,00 € 13.057,00 € 46731 49.880,00 € 4 1.351.477,00 € 22.474,00 € 46900 5.000,00 € 6 1.345.895,00 € 4.164,00 € 49392 250.000,00 € 9 1.345.650,00 € 19.905,00 € 21100 990.000,00 € 11 1.328.997,00 € 216.090,00 € 22210 50.000,00 € 18 1.325.147,00 € 83.269,00 € 47730 5.000,00 € 7 1.323.290,00 € 116.266,00 € 46520 50.000,00 € 10 1.318.680,00 € 6.888,00 € 23120 104.748,00 € 13 1.313.493,00 € 19.177,00 € 46900 30.000,00 € 1 1.307.063,00 € 66.431,00 € 46900 50.000,00 € 1 1.304.291,00 € 16.549,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 498 499 500 501 502 503 504 505 506 507 508 509 510 511 512 513 514 515 516 517 518 519 520 521 522 523 524 525 526

NOME DENOMINAÇÃO CODIVECTOR, UNIPESSOAL LDA AMARAL & SOUSA, LDA. ARMAZÉM DE BEBIDAS MORAIS, LDA SOGIFRETE - TRANSITÁRIOS, LDA. NOVAROCHA - SISTEMAS DE REGA, LDA. JARDIMAIA - JARDINS, DECOR E ANI, SOCI.UNIP, LDA JARDILAND MAIA NCPT - DISTRIBUIÇÃO INFORMÁTICA, UNIPESSOAL LDA ALTO - PERFIS PULTRUDIDOS, LDA. ÍCONE DE GLAMOUR - UNIPESSOAL LDA AVEPA - STAINLESS STEEL PRODUCTS S.A. DACUNHA-COMERCIO DE PNEUS E ACESS, UNIP,LDA ROLISA - ROLAM, PEÇAS E ACESSÓ.PARA A INDUS. LDA BHP - COMÉRCIO DE PRODUTOS TÊXTEIS, LDA. LIDERAR - SOLUÇÕES DE ENGENHARIA, LDA. TURBO PEÇAS - COMÉ. DE ACESSÓRIOS AUTO, LDA. MARAVILHA GRATUITA CALÇADOS UNIPESSOAL LDA DOMINGOS & MORGADO 2 - EQUIPAMENTOS, LDA. FARMACIA CENTRAL DE CATASSOL, LDA. FARMACIA CENTRAL ANTÓNIO EDUARDO MACHADO, UNIP. LDA TRANSPORTES MACHADO JOÃO MIRANDA MENDES - HOTELARIA, LDA. FOLHADELA REBELO, LDA ALFACOMER - EQUIP. AGRICOLAS E INDUS LDA PROSETWIN - SERVIÇOS DE MARKETING, LDA EMPIZINHOS-PEÇAS E ASSIST. DE EMPILHADORES, LDA. SABER - COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES, LDA ADI HIGIENE, LDA SKIN COLOUR COSMETICS, LDA JOFAPAN - COMERCIO DE PROD. ALIMENTARES, LDA EXERTUS - CONSULT. ORGANI. E ESTRAT.EMPRE, LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 46460 37.000,00 € 3 1.301.563,00 € 49410 251.394,00 € 20 1.301.123,00 € 46341 200.000,00 € 9 1.299.579,00 € 52291 50.000,00 € 6 1.297.714,00 € 46610 300.000,00 € 11 1.293.746,00 € 47761 500.000,00 € 17 1.291.254,00 € 46510 5.000,00 € 5 1.283.927,00 € 22210 26.000,00 € 26 1.283.227,00 € 47711 5.000,00 € 13 1.280.796,00 € 25620 100.000,00 € 1.277.924,00 € 45310 50.000,00 € 5 1.277.263,00 € 46690 249.399,00 € 14 1.275.854,00 € 46410 150.000,00 € 10 1.266.482,00 € 43221 30.000,00 € 7 1.266.375,00 € 45320 120.000,00 € 7 1.260.680,00 € 47721 15.000,00 € 8 1.257.412,00 € 46690 134.000,00 € 9 1.257.045,00 € 47730 137.169,00 € 6 1.256.428,00 € 49410 250.000,00 € 19 1.255.742,00 € 56101 5.000,00 € 39 1.253.536,00 € 46900 60.000,00 € 8 1.250.765,00 € 46610 595.000,00 € 8 1.250.055,00 € 70220 10.000,00 € 6 1.244.974,00 € 46690 125.000,00 € 18 1.244.436,00 € 46493 100.000,00 € 17 1.237.263,00 € 46450 25.000,00 € 4 1.235.697,00 € 46450 30.000,00 € 16 1.234.085,00 € 46382 65.000,00 € 7 1.231.387,00 € 70220 25.000,00 € 12 1.230.411,00 €

527

VITAMINPEOPLE - TRABALHO TEMPORÁRIO, LDA

78200

40.000,00 €

3

528 529 530 531 532 533 534 535 536 537 538 539 540 541 542 543 544 545 546 547 548 549 550 551 552 553 554 555 556 557 558

XBS - LOG, LDA EDUARDO & LUIS - TRANSPORTES, LDA. VITOR CARDOSO CAR SERVICE LDA BLOCO Q - SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, S.A. RELY ON TALENT, LDA INFOMERCADO - ESTUDOS E AVALIAÇÃO DE MERC, S.A. GRANIBERO - IMPORT. E EXPORT. DE GRANITO, LDA IRMÃOS CERDEIRA PINTO, LDA NAS TEIAS DA SEDA UNIPESSOAL LDA CIVI 4 - PROJECTISTAS E CONSULT. DE ENGE. CIVIL, LDA QUINTINHA DA CONCEIÇÃO, SOUSA & SILVA, LDA. SOMFY ESPANA S.A. - SOCI. UNIPERSONAL SUCURSAL EM PORTUGAL SABA - SOCI. ABASTECEDORA DE AERONAVES, LDA. FARMÁCIA DO AERO.COM.MEDICA. PROD. FARM.,LDA. UNIFARDAS - CONFECÇÃO, S.A. IMFU - INDÚS.DE MOLDES, FERRA. E UTENSÍLIOS, S.A O GRELHADOR DA GIESTA - CHURRASCARIA, LDA. TPM - TECNOLOGIA DE PRODUÇÃO MECÂNICA, LDA AMORIM & MARIO SANTOS, LDA. TRANSPORTES PRESUNÇÃO, LDA. NORPEÇAS - COM., IMP. E EXP.DE EQUIP. INDUS,LDA AMBIRENT - ALUGUER EQUIP. INDUS. LIMPEZA, LDA. LUSOROL - REVESTI CILIN. E BORRACHAS INDÚS, S.A. STAUBLI PORTUGAL, REPRESENTAÇÕES, LDA. DIAS ARAUJO & SOBERANO SANTOS, LDA MAIAPACK QUALIAÇO - FABRICO DE MÓVEIS EM AÇO, UNIP, LDA MASTER TEST MAIA - INSPECÇÃO DE VEICULOS, S.A. ENERGIMAC - SOLUÇ. CLIMATI. E DESENFUMAGEM, LDA FARMÁCIA LIMA COUTINHO, UNIP. LDA FARMACIA LIMA COUTINHO INTERNATIONALCAR PORTO LDA SOCIEDADE COMBUSTÍVEIS ALTO DA MAIA LDA

52291 49410 45200 41100 70220 73200 23703 46382 47711 71120 87301 33200 52230 47730 14120 25734 56107 25620 25110 49410 46620 46620 22192 47784 46494 31092 71200 46430 47730 77110 47300

5.000,00 € 125.000,00 € 10.000,00 € 50.000,00 € 5.000,00 € 50.000,00 € 25.000,00 € 180.000,00 € 5.000,00 € 25.000,00 € 100.000,00 €

2 15 9

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

7.981,00 € 100.000,00 € 149.400,00 € 198.000,00 € 24.940,00 € 300.000,00 € 5.000,00 € 250.000,00 € 30.428,00 € 10.000,00 € 150.000,00 € 90.000,00 € 5.000,00 € 120.000,00 € 120.015,00 € 150.000,00 € 5.000,00 € 50.000,00 € 5.000,00 €

5 52 2 16 13 29 43 5 20 8 17 29 19 23 25 20 13 9 20 10 7 18 13 7 7 3 5

1.223.949,00 €

RESULTADOS 19.663,00 € 116.388,00 € 718,00 € 13.582,00 € 58.747,00 € -259.296,00 € 12.086,00 € 17.604,00 € 69.503,00 € 118.029,00 € 16.804,00 € 44.798,00 € 7.401,00 € 1.715,00 € 19.207,00 € -2.161,00 € 13.012,00 € 13.829,00 € 229.091,00 € 39.847,00 € 146.058,00 € 36.857,00 € 17.166,00 € 105.941,00 € -289.256,00 € 43.310,00 € 138.088,00 € 78.056,00 € 15.155,00 € -2.020,00 €

1.222.587,00 € 8.156,00 € 1.220.004,00 € 6.606,00 € 1.213.326,00 € 50.013,00 € 1.202.751,00 € -1.025.267,00 € 1.201.899,00 € 1.724,00 € 1.198.661,00 € 147.861,00 € 1.198.018,00 € 68.168,00 € 1.191.911,00 € 3.265,00 € 1.191.072,00 € 1.967,00 € 1.188.794,00 € 21.740,00 € 1.188.298,00 € 1.293,00 € 1.183.268,00 € 178.322,00 € 1.182.984,00 € 816,00 € 1.181.836,00 € 58.762,00 € 1.180.222,00 € 37.992,00 € 1.175.750,00 € 1.740,00 € 1.171.989,00 € 49.055,00 € 1.171.363,00 € 6.067,00 € 1.169.861,00 € 2.696,00 € 1.166.636,00 € 3.799,00 € 1.162.766,00 € 4.787,00 € 1.154.683,00 € 27.989,00 € 1.140.126,00 € 813,00 € 1.136.898,00 € 231.599,00 € 1.135.757,00 € 52.365,00 € 1.129.270,00 € 147.953,00 € 1.128.207,00 € 162.004,00 € 1.126.763,00 € 9.158,00 € 1.122.038,00 € 28.761,00 € 1.121.830,00 € 31.361,00 € 1.120.154,00 € 6.221,00 €

73


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

RANK 559 560 561 562 563 564 565 566 567 568 569 570 571 572 573 574 575 576 577 578 579 580 581 582 583 584 585 586 587 588 589 590 591 592 593 594 595 596

NOME DENOMINAÇÃO TRATERME - TRATAMENTOS TERMICOS, LDA. SERSILITO-EMPRESA GRÁFICA, LDA. CENTRO DE RADIOLOGIA DA MAIA, SERVI. MEDIC, S.A. HABILAVRA - IMOBILIÁRIA, LDA. ERNESTO SÃO SIMÃO, LDA. SERRALHARIA DA FONTE DA MOURA LDA ROLAMENTOS PONTE DA PEDRA, LDA. ROLPEDRA TESTRANA - BALANÇAS E MÁQUINAS, LDA. LUIS LACERDA (EUROPA)-TRANSITÁRIOS, LDA. NORTAVIA - TRANSPORTES AÉREOS, S.A. FERNANDO ALVES - MÁQUINAS E FERRAMENTAS, LDA MANUEL FERNANDES DOS SANTOS & FILHOS, S.A. GELADOS GLOBO ORNOFE TRANSITÁRIOS, LDA. DEVAN - MICROPOLIS, S.A. JUNG PORTUGAL, S.A. CCAD - SERVIÇOS DE ENGENHARIA, LDA SAYCARS PORTUGAL, LDA FERNANDO FRANCISCO DA SILVA & FILHOS, LDA FERSIFIL SINERFLUIDO INSTAL. INDUS E PROJ. DE ENG, LDA LUSOGLASS - COMÉRCIO DE MÁQUINAS, LDA. HARPA DOURADA - TRANSPORTES, LDA AUGUSTO RODRIGUES & BARROS, LDA REPRESENTAÇÕES AUREOBAR AUTO GARAGEM NOGUEIRENSE, LDA. NUNO & PINTO LDA STAND PINTO SOCIJOFRA - SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, S.A. BENIREGION, LDA ORTOMEDIFAR - IMPOR. DISTRI. ARTI. MÉDIC. ORTOPÉ, LDA DIFFERENT SMILE - TABACARIA E PAPELARIA, LDA GLC QUIMICA, UNIPESSOAL, LDA SOPROTEX - SOCIE. IMPORT. DE PROD. TEXTEIS, LDA. SPARKEL - LIMPEZAS INDUSTRIAIS, LDA. PREFER - EQUIPAMENTOS PARA DECAPAGEM, LDA. MAIATRÓNICA - ARTIGOS DE ELECTRÓNICA, LDA MAIALOG - LOGISTICA,TRANSPORTE E DISTRI. LDA ÉPOCA DA FRUTA - MINI MERCADO LDA MATRIVAG - INDÚSTRIA DE ARTIGOS SANITÁRIOS, LDA M. M. TEDIM MAIA, LDA SUVITA-PRODUTOS ALIMENTARES, LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS RESULTADOS 25610 99.760,00 € 15 1.119.812,00 € 28.760,00 € 18130 399.038,00 € 27 1.114.549,00 € -90.150,00 € 86220 1.366.147,00 € 15 1.113.677,00 € -2.602.615,00 € 41200 25.000,00 € 1.113.500,00 € -632.530,00 € 25734 250.000,00 € 17 1.112.640,00 € 13.682,00 € 25110 50.000,00 € 33 1.109.766,00 € -40.673,00 € 46620 39.904,00 € 12 1.108.751,00 € 46.971,00 € 46900 7.482,00 € 7 1.097.699,00 € 82.698,00 € 52292 24.940,00 € 11 1.097.557,00 € 33.027,00 € 85530 333.333,00 € 10 1.097.229,00 € -242.406,00 € 46620 50.000,00 € 7 1.095.049,00 € 75.764,00 € 10520 750.000,00 € 23 1.093.453,00 € 1.086,00 € 52291 51.000,00 € 3 1.090.943,00 € 3.906,00 € 72190 337.984,00 € 8 1.084.315,00 € 1.491.366,00 € 46430 250.000,00 € 3 1.079.386,00 € 56.051,00 € 71120 30.000,00 € 8 1.074.773,00 € 54.385,00 € 47192 3.000,00 € 9 1.074.644,00 € -19.118,00 € 25992 44.892,00 € 19 1.074.117,00 € 23.847,00 € 71120 20.000,00 € 9 1.073.240,00 € 119.437,00 € 46690 50.000,00 € 3 1.070.335,00 € 99.308,00 € 49410 125.000,00 € 25 1.064.025,00 € 19.847,00 € 23910 20.000,00 € 11 1.062.073,00 € 4.761,00 € 47300 5.000,00 € 4 1.061.838,00 € -225.857,00 € 45110 5.000,00 € 3 1.060.052,00 € 27.402,00 € 68100 50.000,00 € 1.056.495,00 € 392.740,00 € 47910 531.328,00 € 12 1.050.976,00 € 36.530,00 € 46460 30.000,00 € 9 1.046.397,00 € 72.840,00 € 47620 5.000,00 € 4 1.045.786,00 € -4.495,00 € 46900 100.000,00 € 2 1.042.697,00 € -994,00 € 46750 500.000,00 € 9 1.034.935,00 € 4.634,00 € 81210 25.000,00 € 166 1.031.573,00 € -4.642,00 € 46900 100.000,00 € 6 1.025.132,00 € 116.556,00 € 46520 40.000,00 € 12 1.023.791,00 € 6.907,00 € 49410 125.000,00 € 22 1.023.284,00 € -7.412,00 € 47112 5.000,00 € 6 1.021.363,00 € 12.053,00 € 22292 40.000,00 € 10 1.021.301,00 € 68.484,00 € 46732 250.000,00 € 9 1.018.720,00 € 7.937,00 € 46390 49.880,00 € 7 1.013.052,00 € 9.764,00 €

597

ALIPIO DA SILVA GOMES & FILHOS, LDA.

47521

100.000,00 €

6

1.010.396,00 €

140.882,00 €

598 599 600 601 602 603 604 605

BORMAN PORTUG. QUÍMICOS E SIST. DE HIGIENE, LDA. DIVERKARGO & TRADE, S.A. CARTANGOLA - EMBALAGENS INDUSTRIAIS, LDA. NORCOMB - COMBUSTÍVEIS, LDA PEDGAS - COMÉRCIO DE PRODUTOS PARA GÁS, LDA. IBEROBUS - TRANSP. PASSAG. EM AUTOCA TURIS, LDA. CIMPOTÊXTIL - COMÉRCIO, LDA. TALENT CAPITAL - TECNOLOGIAS DE VENDA, LDA

46450 52291 17212 46711 46740 49391 46410 47420

49.880,00 € 200.000,00 € 54.000,00 € 100.000,00 € 100.000,00 € 150.000,00 € 498.798,00 € 30.000,00 €

13 5 13 1 7 7 7 4

997.876,00 € 997.712,00 € 993.864,00 € 992.960,00 € 990.355,00 € 989.637,00 € 983.148,00 € 979.250,00 €

17.339,00 € 5.814,00 € -49.867,00 € 14.407,00 € 8.776,00 € 4.395,00 € 4.768,00 € 63.939,00 €

606

BIODOURO PRODUTOS E EQUIPA. LIMPEZA , LDA

81210

450.000,00 €

115

978.717,00 €

19.327,00 €

607 608 609 610 611 612 613 614

VIVEIROS SOL POENTE, LDA TIPOGR. LESSA FLORENTINO MARTINS SILVA LESSA & FILHO, LDA TIPOGRAFIA LESSA EXPORCALÇADO, COMÉR. DE CALÇADO UNIP, LDA F.C.S. - EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS, LDA. INDIMESA - INDU. METALOMECÂNICA E SOLUÇ. AMBI, LDA MR CHURRASCO, CHURRASQUEIRA, LDA MISTER CHURRASCO TUNA & BONIFACIO, LDA. MUNDIPLÁS - PLÁSTICOS TÉCNICOS, LDA.

47761 18120 47721 46640 25110 56107 46762 22292

5.003,00 € 160.000,00 € 10.000,00 € 200.000,00 € 50.000,00 € 12.470,00 € 5.000,00 € 124.699,00 €

14 17 19 6 11 25 6 19

974.271,00 € 974.232,00 € 974.099,00 € 971.562,00 € 970.843,00 € 970.444,00 € 970.223,00 € 970.121,00 €

53.671,00 € 40.480,00 € 17.049,00 € 36.959,00 € 61.724,00 € 57.562,00 € 39.955,00 € 21.900,00 €

615

COLÉGIO CCG, LDA

88910

6.000,00 €

27

969.901,00 €

214.955,00 €

74

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 616 617 618 619 620 621 622 623 624 625 626

NOME DENOMINAÇÃO SOFIXPRO, UNIPESSOAL, LDA RE DESIGN - DECORAÇÃO E MOBILIÁRIO LDA FARMÁCIA DAS GUARDEIRAS, LDA FARMÁCIA DAS GUARDEIRAS COROB SERVICE, S.L. - REPRESENTAÇÃO EM PORTUGAL COFACET TRAC PORTUGUESA - PROD. TÊXTEIS, LDA. MUNDINOX - FABRICO DE EQUIP. HOTELEIROS, LDA PCJ - PÚBLICO, COMUNICAÇÃO E JORNALISMO, S.A. TWENTY 1-CONSULTORES E SERVIÇOS, UNIP, LDA BRILUMEN - PRODUTOS ELÉCTRICOS, LDA FORMICASA INTERIORES - COMÉ.DE MOBILIÁRIO, LDA. BIO MICRO - AR COMPRI, PROCE. E TECNO. INDUS., LDA BIOMICRO

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 46750 30.000,00 € 8 969.351,00 € 31010 250.000,00 € 11 966.225,00 € 47730 10.000,00 € 6 963.685,00 € 33120 16 963.037,00 € 46410 100.000,00 € 3 961.294,00 € 28293 300.000,00 € 18 959.393,00 € 58130 50.000,00 € 4 959.332,00 € 69200 5.000,00 € 9 956.212,00 € 46430 100.000,00 € 9 953.137,00 € 47591 248.000,00 € 11 952.226,00 € 71200 10.000,00 € 7 950.706,00 €

627

FAIXA VERTICAL - UNIPESSOAL, LDA

43210

50.000,00 €

21

948.985,00 €

6.564,00 €

628 629

ENOTEXT - COMÉRCIO DE PRODUTOS QUÍMICOS, LDA CAPWATT MARTIM LONGO - SOLAR POWER, S.A.

46750 35113

10.000,00 € 50.000,00 €

6

944.544,00 € 942.522,00 €

42.757,00 € 302.515,00 €

630

AIR SEA LOPES - TRANSITÁRIOS, LDA

52291

100.000,00 €

10

942.388,00 €

-11.053,00 €

631 632 633 634 635 636 637 638 639 640 641 642 643 644 645 646 647 648 649 650 651 652 653 654 655 656 657 658 659 660 661 662 663 664 665 666 667

FILTAPORTO - SOCIE. GESTÃO EQUIPA. HOTE, LDA 38112 JOÃO BARREIROS, LDA. 45110 COLORFUL, S.A. 18120 BAJELAC CONSTRUÇÕES, LDA 41200 KEY - CENTRO DE FORMAÇÃO, LDA. 85591 MARTINHO MOUTINHO & CIA, LDA 38322 SUPERMAIA - SUPERMERCADOS, LDA 47111 OFITURBO, LDA 45320 EDIÇÕES LIVRO DIRECTO, LDA 58110 ARTURAI - TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO, LDA. 58290 PROCOAT - TINTAS E REVESTI. INDUS ECÓLOGICOS, LDA 46732 THERA - SOCIEDADE INDUS. DE CONFECÇÕES, LDA. 46421 RAMOS & COSTA SILVA, LDA 46690 GRAPHPACK - INDÚS E COMERC. DE EMBALAGENS LDA 17212 SÉRGIO FILIPE M.T. SOUSA - UNIPESSOAL LDA 45110 EFALIFT - SISTEMAS E TECNO. PARA ELEVADORES, LDA 27900 GOHOME II - DISTRIBUTIONS, LDA 46732 EXTRA LARGE - PROMO. E MERCHANDISING, UNIP, LDA 73110 RESPALDA - ENGENHARIA E ADMINIS.IMOBILIÁRIA, S.A 68321 TINOCO & FILHO, S.A. 46720 ALFREDO CARDOSO & CA., LDA. ACL 28222 FTR - VENTILAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO, LDA 43222 WEARTECH - REPRESE. E SERVIÇOS INDUS., LDA 46180 COSTA FERREIRA & AMADEU, LDA. INPORFER 46900 MATTSSONS PARAFUSOS, LDA. 46740 A. J. FONSECA LDA 26120 FIELMOTOR - COM. VEICU. AUTO, SOCIEDADE UNIP LDA 45110 FIELMOTOR - COM. VEICU. AUTO, SOCIEDADE UNIP LDA 45110 FLAVIAL - COM. E ALUGUER EQUIP. CONST. CIVIL LDA 77320 SGM - SERVIÇOS GERAIS DE MANUTENÇÃO, LDA 81100 ULTRATERMA - ELEMENTOS DE AQUECI. ELECTRI, LDA. 27900 VALDEMAR & NEVES, LDA. 73110 CONDE & MOTA, LDA 82990 CLEAN BREEZE ENGENHARIA E SERVIÇOS LDA 43222 IMOHOTEL - EMPREENDI. TURÍSTICOS IMOBILI, S.A. 68100 FARRESA ELECTRÓNICA, LDA. 46180 SIRS - SOCIE. INDEPEN. RADIODIFUSÃO SON., S.A RÁDIO NOVA - MEMÓRIA FM60100

57.680,00 € 300.000,00 € 450.000,00 € 10.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 21.000,00 € 20.000,00 € 125.000,00 € 144.000,00 € 250.000,00 € 150.000,00 € 100.000,00 € 205.000,00 € 5.000,00 € 47.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 50.100,00 € 500.000,00 € 205.000,00 € 9.976,00 € 50.000,00 € 24.940,00 € 14.965,00 € 349.159,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 50.000,00 € 5.000,00 € 99.760,00 € 7.500,00 € 125.000,00 € 50.000,00 € 50.000,00 € 10.724,00 € 50.000,00 €

24 2 7 16 9 11 9 10 11 8 6 8 4 14 2 10 7 5 4 14 16 13 10 8 5 21 2 2 17 19 14 6 3 29 3 19

941.112,00 € 937.123,00 € 937.094,00 € 936.353,00 € 931.998,00 € 926.095,00 € 924.953,00 € 923.229,00 € 922.762,00 € 921.533,00 € 918.220,00 € 915.578,00 € 913.909,00 € 908.694,00 € 905.448,00 € 905.240,00 € 905.007,00 € 903.823,00 € 897.870,00 € 896.943,00 € 895.665,00 € 894.768,00 € 891.122,00 € 888.052,00 € 883.979,00 € 880.779,00 € 879.520,00 € 879.520,00 € 878.177,00 € 877.854,00 € 874.645,00 € 874.613,00 € 873.909,00 € 871.704,00 € 870.325,00 € 867.746,00 € 866.645,00 €

13.528,00 € 74.969,00 € -295.876,00 € 225.553,00 € 238.901,00 € 27.643,00 € 226,00 € 43.368,00 € -13.674,00 € 354.906,00 € 8.808,00 € 7.270,00 € 16.211,00 € 17.806,00 € 7.909,00 € 16.776,00 € 3.626,00 € 14.286,00 € 155.796,00 € 71.930,00 € 3.568,00 € 676,00 € 42.689,00 € 45.123,00 € 134.342,00 € -105.185,00 €. -21.453,00 € -21.453,00 € 16.880,00 € 82.047,00 € 74.955,00 € 122.713,00 € 5.640,00 € 26.292,00 € -382.738,00 € 258.425,00 € -72.750,00 €

668

AUTO-JARDIM DA MAIA, LDA

45200

50.000,00 €

20

866.400,00 €

-33.324,00 €

669 670 671 672

ELECTRO AS - SOCIEDADE DE MATERIAIS ELÉCTRI, LDA. DOMARSA - CONSTRUÇÕES, LDA NR NATURE - NATU. RESOURCES MANAGEMENT, LDA PORTO OCEANO - PRODUTOS ALIMENTARES, LDA

43210 41200 01300 46381

200.000,00 € 10.000,00 € 50.000,00 € 5.000,00 €

28 17 6 2

864.069,00 € 859.283,00 € 857.444,00 € 856.573,00 €

10.923,00 € 19.092,00 € 54.505,00 € -5.609,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

RESULTADOS 11.806,00 € 77.874,00 € 33.060,00 € 4.556,00 € 675,00 € 45.500,00 € 264.562,00 € 100.055,00 € 12.621,00 € 1.853,00 € 135.456,00 €

75


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 673 674 675 676 677 678 679 680 681 682 683 684 685 686 687 688 689 690 691 692 693 694 695 696 697 698 699 700 701 702 703 704 705 706 707 708 709 710 711 712 713 714 715 716 717 718 719 720 721 722 723 724 725 726 727 728 729 730 731 732 733 734 735

76

NOME DENOMINAÇÃO NOVA ERA - SERVIÇOS DE LIMPEZA, LDA NUNES GAITEIRO, TRABALHO TEMPORÁRIO, LDA MARQUES DA SILVA & NEVES, LDA. SOPSA - AMBIENTE, LDA TEIXEIRA & SILVA TEIXEIRA, LDA VICENTES - REPRES«, IMPORT. EXPORT.COMP. E VEND. IMÓ, LDA CARDOSO & TEIXEIRA, LDA CONFETIL - SERVIÇOS TÊXTEIS, S.A. SUPERHIGIENE - SOCIE. EQUIP. E HIGIENE INDUS. LDA CORIO - CONFECÇÕES DO RIO, LDA. REBITEC-TECNICA DE FIXAÇÃO, LDA. DENTALMAIA-LABORATÓRIO, LDA ITEKPRINT, MARKETING URBANO, UNIPESSOAL, LDA TRANSPORTES FARINHA DA COSTA, LDA. TETRACASA-INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LDA NAVIMPOR - IMPORT. E EXPOR. NAVEGA, FILHOS & CIA. LDA BLASQEM, LDA MAITEC - PROJECTOS METALOMECANICOS, LDA. IMPLUVIA - IMPERMEABILIZAÇÕES E REVESTI, LDA. MOLDRA - INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PLÁSTICOS, LDA SALKIKA UNIPESSOAL LDA A.G. BASÍLIO & FILHOS, LDA CONCEPT IMAGE - ARTES GRÁFICAS, LDA MECÂNIDRAULICA - AMBI.E METALOMECÂNICA, S.A CHEEK TO CHEEK-MÁQUINAS TÊXTEIS, UNIP. LDA ISOCORTEN, LDA. MAXDIGITAL - IMPRESSÕES DIGITAIS, LDA FISIMAIA - CLINICA FISIATRICA DA MAIA, LDA. M. CÉU SANTOS-TABACOS, UNIPESSOAL, LDA. M. CAETANO & CIA., LDA. OVERSPEED - TRANSP. CORREIO EXPRESSO, UNIP., LDA CLINEFE - CLÍNICA MÉD. CIRÚRGICA DE GUEIFÃES, S.A. MEIOAZUL - DESIGN, IMAGEM E PUBLICIDADE, LDA SERRALHARIA SEPULVEDA, UNIPESSOAL, LDA. MARIO PINHO FERREIRA, LDA. FARMÁCIA EUGÉNIA PENA SILVA-UNIPESSOAL, LDA. ANTÓNIO SOARES SILVA & FILHOS, LDA. FABRICA DE TECIDOS LIDADOR WERTCHEMIE, LDA. HEXACOR 2007 COM, LDA. ARICALOR - INSTALAÇÕES ELECTROMECÂNICAS, LDA. A.J. MONTEIRO, LDA. ABC ATELIER - CONCEPÇÃO E CONSTR.-SOCI. UNIP, LDA SILVA & ALMERINDA , LDA MAIS RÁPIDO - ENTREGAS AO DOMICILIO,LDA. MOTORCAP-COMERCIO PECAS E ACESS. AUTO, LDA FLORANGE - IMPORTAÇÃO E COMÉ. DE FLORES, LDA UNIGAMAS - SERVIÇOS DE ENGENHARIA LDA RYLENE PLAST - PLÁSTICOS TÉCNICOS, LDA. RODALEGRE - UNIPESSOAL LDA GALARDI NORTE, LDA X-MAIA-IMAGIOLOGIA MÉDICA, LDA. TRANSPORTES MARINHO & MIRANDA, LDA. SURGYLINE - DISPOSITIVOS MÉDICOS CIRÚRGICOS LDA DOMCEL - COMERCIO DE EQUIP. ELECTRICO, LDA OFIAUTO-OFICINA DE REPARAÇÕES DE AUTO, LDA. IBEROESTE - COMÉ.E REPAR.DE EQUIP. DE LIMPE, LDA LUIZ, CÉSAR & CARLOS, LDA. EASYCONTROL - COM. SISTE. GESTÃO TÉCNI. EDIFI, LDA EXPOQUIMXEL - INDÚSTRIA PROD. QUIMICOS, LDA TABACARIAS AC, LDA THE BEST TEAM, LOGÍSTICA UNIPESSOAL LDA TBT CMA CORPORATE WORKWEAR, LDA A. GAITEIRO, UNIPESSOAL, LDA

especial maiahoje

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 81220 5.000,00 € 93 850.838,00 € 78200 10.000,00 € 50 850.767,00 € 46120 9.976,00 € 5 845.404,00 € 77390 5.000,00 € 843.772,00 € 43992 40.000,00 € 2 840.416,00 € 46740 5.000,00 € 15 840.061,00 € 16230 14.964,00 € 12 835.726,00 € 82990 500.000,00 € 22 831.000,00 € 46450 72.000,00 € 6 830.348,00 € 14131 300.000,00 € 59 829.955,00 € 46740 150.000,00 € 10 829.318,00 € 32502 132.000,00 € 19 828.923,00 € 18120 5.000,00 € 3 826.277,00 € 49410 125.000,00 € 13 824.492,00 € 41100 100.000,00 € 1 823.692,00 € 46900 50.000,00 € 8 823.626,00 € 46762 50.000,00 € 2 821.346,00 € 25110 5.000,00 € 12 820.707,00 € 41200 25.000,00 € 22 819.768,00 € 22292 249.399,00 € 14 815.626,00 € 46382 500,00 € 1 813.155,00 € 28250 25.000,00 € 13 808.119,00 € 18130 50.000,00 € 11 800.085,00 € 25110 198.000,00 € 21 798.488,00 € 46640 5.000,00 € 1 798.337,00 € 25120 21.000,00 € 20 794.361,00 € 82300 200.000,00 € 15 793.061,00 € 86906 60.000,00 € 26 790.643,00 € 46350 5.000,00 € 1 789.158,00 € 46620 5.000,00 € 8 785.437,00 € 53200 45.000,00 € 12 783.139,00 € 86220 50.000,00 € 18 781.103,00 € 74100 116.000,00 € 14 780.757,00 € 25120 5.000,00 € 15 777.850,00 € 46160 49.880,00 € 1 774.921,00 € 47730 50.000,00 € 4 773.676,00 € 13203 400.000,00 € 18 772.364,00 € 20594 25.140,00 € 6 772.129,00 € 46900 25.000,00 € 11 770.729,00 € 43221 359.134,00 € 24 766.247,00 € 45200 5.000,00 € 13 763.647,00 € 42990 5.000,00 € 8 763.607,00 € 41200 5.000,00 € 7 762.707,00 € 47990 20.000,00 € 3 762.238,00 € 45310 5.986,00 € 7 760.636,00 € 46220 6.000,00 € 4 760.576,00 € 71120 200.000,00 € 751.789,00 € 46494 115.000,00 € 6 751.282,00 € 49410 125.000,00 € 3 749.869,00 € 52291 40.000,00 € 5 749.573,00 € 86906 10.000,00 € 14 747.578,00 € 49420 125.000,00 € 12 747.337,00 € 46460 15.300,00 € 4 747.101,00 € 46520 5.000,00 € 1 744.955,00 € 45200 250.000,00 € 13 743.030,00 € 46690 25.000,00 € 9 742.740,00 € 47240 250.000,00 € 22 741.303,00 € 46630 250.000,00 € 10 739.042,00 € 46750 15.000,00 € 4 737.842,00 € 47260 65.000,00 € 7 736.704,00 € 49410 125.000,00 € 22 736.602,00 € 14120 80.000,00 € 3 735.976,00 € 81220 10.000,00 € 44 735.622,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

RESULTADOS 106.045,00 € -25.830,00 € -38.649,00 € 10.263,00 € 146.434,00 € 3.386,00 € 47.185,00 € 343.508,00 € 6.016,00 € 7.298,00 € 11.630,00 € -10.394,00 € 39.984,00 € 43.492,00 € -72.952,00 € 730,00 € 8.525,00 € 10.714,00 € 32.228,00 € 38.350,00 € 16.385,00 € 22.640,00 € 59.011,00 € -31.361,00 € 42.616,00 € 1.230,00 € 4.103,00 € 1.828,00 € -5.898,00 € 1.047,00 € 18.488,00 € 114.435,00 € 1.121,00 € 107.970,00 € 10.458,00 € 70.758,00 € 20.125,00 € 123.696,00 € 43.189,00 € -66.130,00 € 97.399,00 € -15.493,00 € 16.567,00 € 1.171,00 € 45.744,00 € 19.202,00 € 126.812,00 € -79.845,00 € 45.697,00 € -21.044,00 € 10.147,00 € 10.541,00 € 235.269,00 € 100.499,00 € 23.762,00 € 8.312,00 € 10.990,00 € 2.586,00 € 1.183,00 € 5.504,00 € -24.107,00 € 20.296,00 € -67.927,00 €


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 736 737 738 739 740 741 742 743 744 745 746 747 748 749 750 751 752 753 754 755 756 757 758 759 760 761 762 763 764 765 766 767 768 769 770 771 772 773 774 775 776 777 778 779 780 781 782 783 784 785 786 787 788 789 790 791

NOME DENOMINAÇÃO LUSO MARKET-PRODUTOS DE CONSUMO, LDA. SMILETORNADO II, LDA HISPAMAROC PORTUGAL - UNIPESSOAL LDA TRANSPORTES DA SILVA & HUVIG, LDA. TRANSPORTES TDH IBÉRICA EQUIMAIA - SOCIE. DE EQUIP. DE BETÃO DA MAIA, LDA SOCIDIAS - EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS, LDA. TRANSPORTES TIRMAIA, LDA. SERRALHARIA MOUTINHO, LDA CANAL 5 - RADIODIFUSÃO E GESTÃO MEIOS PUB LDA NEWCLIMA - INSTALAÇÕES E MANUTENÇÃO, LDA CARLOS ALBERTO MARTINS VIEIRA, LDA PRESTIGENSAIO - UNIPESSOAL, LDA PAPEL VITAL, LDA AREAGRÁFICA BOACARN, UNIPESSOAL LDA LADYVEST - CONFECÇÕES, LDA ABEL & GRAÇA, LDA. GNEISSE - INDUSTRIA DE COZINHAS, LDA. IMPORFASE - FABRICO DE SISTEMAS DE ESCAPE, LDA. ROSA MARQUES & JOAQUIM LDA MKC - PADARIAS, LDA WAXDECOR - ARTIGOS DECORATIVOS, LDA. INTERALBATROSS - CARGO SERVICES, S.A. NEVES & MESQUITA, LDA. IDONIC, LDA. DIFERENTES LATITUDES - TRANSP. MERCAD, UNIP, LDA PINHO & AROSO, LDA VANGUARDA - SOLU. GESTÃO E ORGA. EMPRE. LDA A POLTRONA-COMÉ. DE EQUIP.ORTOP., UNIP LDA ESTEVES, PINHO & ASSOCIADOS, SROC, LDA AS TORRES DO MONDEGO - URBA. E CONSTR, LDA IBERTAL - EMPRESA DE TRABALHO TEMPO, UNIP, LDA MARQUES FERREIRA & SILVA, LDA. A. NOGUEIRA DA COSTA, LDA. CHURRASQUEIRA PORTUGUESA DA MAIA, LDA. HIGIMAIA - ARTIGOS DE HIGIENE E PAPELARIA, LDA. CARREIRAS, MOSCATO & CARVALHO, LDA ILDA DA COSTA FERREIRA BOMPASTOR, LDA NOVA COSMETICA WORLD SHOP - IMPOR. E EXPOR ARTIGOS DECOR, LDA JACINTO COELHO, LDA MULTICHURRASCO - CHURRASQUEIRA, LDA VAZ DE CARVALHO & SOARES, LDA. ALTIX-ETIQUETAS METALICAS COLISA - COMERCIO DE PRODUTOS ADESIVOS, LDA. STEELWAY, UNIPESSOAL, LDA JOSÉ BARROS VELOSO, LDA ACTIVEWOODPARTES, LDA MANUEL FERNANDO DA SILVA MARTINS DE MOURA, UNIP, LDA. TRANSPORTES CENTRAIS DE VILAR DO PINHEIRO, LDA FUNDWELL - FUNDIÇÃO INJECTADA LDA PORTUGEL - COMÉRCIO ALIMENTAR, LDA ORQUITRANS-TRANSPORTES, LDA. AGÊNCIA FUNERÁRIA ERNESTO SILVA, LDA FEIRA DOS COLCHÕES SPECIAL, LDA APLAUDERIGOR CONSTRUÇÕES - UNIPESSOAL, LDA QUINTA NOVA-COMÉ. DE PROD. PARA ANIMAIS, LDA. FARMÁCIA MENDONÇA - UNIP, LDA FARMÁCIA MENDONÇA QUADRIMAR - FABRICO DE QUADROS ELÉCTRICOS, LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 46900 100.000,00 € 4 730.886,00 € 10712 5.000,00 € 14 730.776,00 € 82990 5.000,00 € 1 729.761,00 € 49410 125.000,00 € 3 729.736,00 € 77390 50.000,00 € 10 729.375,00 € 28300 50.000,00 € 5 729.354,00 € 49410 125.000,00 € 11 727.554,00 € 25120 15.000,00 € 23 727.035,00 € 73110 250.000,00 € 11 726.102,00 € 43222 50.000,00 € 16 725.529,00 € 45320 100.000,00 € 3 724.418,00 € 45110 5.000,00 € 2 723.273,00 € 18130 20.000,00 € 10 722.976,00 € 47990 5.000,00 € 1 721.495,00 € 46421 25.000,00 € 38 720.561,00 € 46494 29.928,00 € 8 718.933,00 € 31020 450.000,00 € 16 716.846,00 € 29320 139.880,00 € 5 716.449,00 € 46381 5.000,00 € 4 716.291,00 € 56303 15.000,00 € 19 714.591,00 € 46494 5.038,00 € 9 713.191,00 € 52291 72.000,00 € 4 709.920,00 € 49410 125.000,00 € 19 708.296,00 € 47410 25.100,00 € 10 706.896,00 € 49410 50.000,00 € 3 706.205,00 € 46711 200.000,00 € 6 705.966,00 € 62010 37.500,00 € 16 705.086,00 € 46494 10.000,00 € 9 703.577,00 € 70220 30.200,00 € 10 702.700,00 € 41200 225.000,00 € 702.458,00 € 78200 250.000,00 € 31 700.454,00 € 47592 5.000,00 € 3 698.760,00 € 49392 250.000,00 € 13 698.460,00 € 56102 49.880,00 € 26 697.821,00 € 47620 5.000,00 € 7 694.757,00 € 25110 15.000,00 € 13 692.648,00 € 46494 74.820,00 € 11 692.031,00 € 46494 5.000,00 € 8 690.200,00 € 43210 5.000,00 € 8 688.654,00 € 56107 10.000,00 € 20 686.165,00 € 25992 150.000,00 € 13 685.596,00 € 46750 179.000,00 € 1 682.507,00 € 46180 10.000,00 € 2 680.747,00 € 82990 5.000,00 € 8 680.383,00 € 31091 65.000,00 € 8 678.798,00 € 45110 25.000,00 € 1 678.302,00 € 49410 125.000,00 € 26 677.969,00 € 24530 7.500,00 € 9 675.690,00 € 47112 10.000,00 € 1 674.257,00 € 49410 50.000,00 € 12 673.187,00 € 96030 5.000,00 € 11 672.289,00 € 47591 1.000,00 € 3 671.137,00 € 41200 5.000,00 € 1 670.839,00 € 46211 51.000,00 € 7 667.185,00 € 47730 50.000,00 € 5 665.470,00 € 27121 25.000,00 € 4 665.236,00 €

792

AUTO-PNEUS MAIA, LDA.

45320

164.603,00 €

11

664.684,00 €

8.500,00 €

793 794

PINTO COELHO & REAL, LDA FIRMOVAP - COMÉDE ELECTRODOMÉSTICOS, UNIP LDA

41200 46430

250.000,00 € 5.000,00 €

3 1

664.000,00 € 659.549,00 €

21.989,00 € -49.484,00 €

795

LAPA & PACHECO, LDA

46620

25.000,00 €

7

659.472,00 €

60.272,00€

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

RESULTADOS 78,00 € -4.730,00 € 31.586,00 € -41.964,00 € 12.611,00 € 60.848,00 € 3.696,00 € 2.151,00 € 9.109,00 € 21.651,00 € 52.811,00 € -1.258,00 € 25.255,00 € 3.860,00 € 3.266,00 € 4.928,00 € 5.184,00 € 116.473,00 € 12.935,00 € -39.726,00 € 7.734,00 € 4.772,00 € 21.804,00 € 33.128,00 € -62.498,00 € -40.561,00 € 2.281,00 € 16.970,00 € 2.667,00 € -556.825,00 € 8.972,00 € 11.222,00 € 26.675,00 € -92.607,00 € 22.197,00 € 72.410,00 € -6.117,00 € 9.310,00 € 44.475,00 € -110.430,00 € 5.009,00 € 18.285,00 € 2.295,00 € 84.709,00 € -6.567,00 € 18.892,00 € -83.168,00 € 11.981,00 € 11.698,00 € 55.925,00 € 85.026,00 € 27.517,00 € 5.061,00 € 3.482,00 € 24.696,00 € 23.203,00 €

77


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

RANK 796 797 798 799 800 801 802 803 804 805 806 807 808 809 810 811

NOME DENOMINAÇÃO MAIALIMPA - LIMP., MANUT. E COMÉ. PROD. CONE, LDA.81210 AM - MONTAGENS ELECTRICAS, LDA. INCALCULÁVEL - UNIPESSOAL, LDA INCBIO SILENCIO-INSONORIZAÇÕES PROFISSIONAIS, LDA. A.M. AZEVEDO & MARTINS, LDA. JOSÉ DOS SANTOS MONTEIRO, LDA BRAGA & MOUTINHO, LDA. SUPERLAC JONUF - INDÚSTRIA METALOMECÂNICA, LDA ABEL HIPÓLITO FONSECA & CIA., LDA. IMOFLOP - INVESTIMENTOS E SAÚDE, S.A. STEELVER, LDA OLHARILUSTRE - LDA OBRIPHARMA CONSTRUÇÃO E DECOR ESPAÇOS, LDA SOLECO - EQUIPA E SOLUÇÕES ECOLÓGICAS, LDA PORNOVA - PORTAS E AUTOMATISMOS, LDA. NUMARGO, LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 60.000,00 € 69657.164,00 € 7.345,00 € 43210 75.000,00 € 13 656.172,00 € 46140 5.000,00 € 11 655.917,00 € 71120 100.000,00 € 12 653.505,00 € 25732 5.000,00 € 10 653.449,00 € 78300 125.000,00 € 32 648.384,00 € 46750 99.760,00 € 10 643.786,00 € 29200 130.000,00 € 11 640.740,00 € 49410 150.000,00 € 16 639.652,00 € 86906 50.000,00 € 1 638.036,00 € 28992 25.000,00 € 17 637.471,00 € 47782 70.000,00 € 10 635.744,00 € 43992 5.000,00 € 4 634.013,00 € 46190 5.000,00 € 5 627.814,00 € 25120 55.000,00 € 12 627.349,00 € 46494 10.000,00 € 7 627.255,00 €

812

AVCONTROLO - MATERIAL ELECTRICO, UNIP, LDA

46690

80.000,00 €

3

626.469,00 €

3.206,00 €

813 814 815 816 817 818 819 820 821 822 823 824 825 826 827 828 829 830 831 832 833 834 835

ENDOXIM - EQUIPAMENTOS MÉDICOS, LDA MANUEL AZEVEDO & SÉRGIO SANTOS, LDA. VIVER-JARDINS URBANOS, LDA. CRISTAMOD, UNIPESSOAL LDA IVO RIBEIRO, UNIPESSOAL, LDA CONCRET BALANCE EXPLORAÇÃO HOTELEIRA LDA ROGERIO RIBEIRO SILVA, LDA. MUNDESTRA (PORTO)-CONSIG, FRETA. E TRANS, LDA. FARMÁCIA VALES UNIPESSOAL, LDA FARMÁCIA VALES NEOINGREDIENTES - MATÉRIAS PRIMAS ALIM. LDA MICROCROSSWISS, UNIPESSOAL LDA FTP - COMERCIO DE EQUIPA. INFORMATICO, LDA. QUIMILOUREIRO - PRODUTOS QUIMICOS, LDA. PAULO SILVA & SILVA- COMÉRCIO DE AUTO, LDA CROWN WHEEL - FORMAÇÃO, EQUIPA. E SERVI, LDA TELECOF - SOLUÇÕES GLOBAIS DE TELECO, LDA CARNES DA RENDEIRA - COMERCI. DE CARNES LDA FREITAS & DORES, UNIPESSOAL, LDA CRIAÇÕES J.D. BIBUS PORTUGAL, LDA INDU3M - INDÚS. MOLDES E METALOMECÂNICA, LDA DISTRI. DIAMIL- COMÉR. CARN. E AVES, UNIP LDA HELICORTE - ARTES GRÁFICAS E INFORMÁTICA, LDA FILOMENA MOREIRA, LDA. PUBLIMPOR

47740 46491 81300 14131 43210 55111 15202 52291 47730 46900 28293 46510 46750 45110 85591 46660 47293 24540 46690 25734 46320 18130 73110

6.000,00 € 250.000,00 € 5.000,00 € 10.000,00 € 50.000,00 € 100.000,00 € 5.000,00 € 200.000,00 € 237.500,00 € 250.000,00 € 10.000,00 € 20.650,00 € 24.940,00 € 6.000,00 € 68.600,00 € 150.000,00 € 30.000,00 € 124.699,00 € 100.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 50.000,00 € 20.000,00 €

2 8 13 1 5 11 18 7 3 4 11 10 6 4 3 7 6 10 5 8 1 4 3

624.758,00 € 623.688,00 € 622.686,00 € 622.140,00 € 621.719,00 € 620.637,00 € 620.274,00 € 620.127,00 € 620.091,00 € 619.753,00 € 618.092,00 € 617.056,00 € 615.197,00 € 614.449,00 € 614.428,00 € 610.992,00 € 607.168,00 € 606.935,00 € 605.428,00 € 604.520,00 € 602.460,00 € 602.035,00 € 600.134,00 €

44.552,00 € -102.384,00 € 61.766,00 € 15.221,00 € 68.933,00 € 111.328,00 € 11.867,00 € 2.253,00 € 46.366,00 € -168.718,00 € -484.456,00 € 36.223,00 € 21.413,00 € 27.069,00 € 28.547,00 € -44.656,00 € -1.076,00 € 20.374,00 € 43.187,00 € 118.405,00 € 5.845,00 € 69.086,00 € 8.382,00 €

836

NORLIFT - ELEVADORES E ESCADAS ROLANTES, LDA

43290

5.000,00 €

13

600.017,00 €

62.482,00 €

837 838 839 840 841 842 843 844 845 846 847 848 849 850 851 852 853 854

ALFREDO BARBOSA DA FONSECA - DESPA. OFICIAL, LDA DREAM GIFT, LDA CODIPROF, LDA GLOBAL AVIATION SERVICES CARGO, LDA. TOP PET, LDA SPRINGTIDES - TECNO. E SOLU. AMBI.E ENERGÉ., LDA MONOPREÇO-COME.DE ARTI.DE PREÇO UNICO, LDA. JOTOMAIA-CONSTRUÇÕES J. PORT, SOCI. UNIP, LDA QUEIRÓS & CORREIA - REPRES. DE PROD COSMÉ, LDA MAIA CLUB - ANIMAÇÃO TURÍSTICA, LDA. RUCODEL - REPARAÇÃO DE JANTES LDA VHL - EQUIPAMENTOS, UNIPESSOAL LDA DATOTECHICAL - SERVIÇOS TÉCNICOS, UNIP LDA CARGOLINEA - TRANSITÁRIOS, LDA AGOSTINHO SILVA RUA, UNIPESSOAL, LDA. MOCABEL - MONTAG. E CABLAGENS ELÉCTRICAS, LDA. IRREVERÊNCIAS - PROMOÇÃO IMOBILIÁRIA, S.A. EUROAMBIENTE - TECNOLOGIAS DO AMBIENTE, LDA

52292 47620 46690 52291 47762 70220 47784 41200 46450 94991 45200 46430 46690 52291 24530 26110 41100 71110

14.964,00 € 5.000,00 € 25.000,00 € 30.000,00 € 40.000,00 € 40.000,00 € 25.500,00 € 250.000,00 € 25.000,00 € 100.000,00 € 25.000,00 € 10.000,00 € 5.000,00 € 100.000,00 € 25.000,00 € 49.880,00 € 1.950.000,00 € 200.004,00 €

14 3 5 2 10 6 10 20 5 10 24 1 8 4 7 10 1 9

598.543,00 € 598.443,00 € 598.376,00 € 598.321,00 € 597.890,00 € 597.882,00 € 597.237,00 € 596.857,00 € 595.318,00 € 595.195,00 € 592.832,00 € 589.779,00 € 589.266,00 € 586.934,00 € 585.097,00 € 583.595,00 € 583.560,00 € 580.339,00 €

13.503,00 € 12.010,00 € 190,00 € -7.676,00 € -66.447,00 € 13.311,00 € 10.199,00 € -189.330,00 € 23.421,00 € 34.998,00 € 2.509,00 € 15.132,00 € 15.271,00 € 18.760,00 € 66.024,00 € 24.168,00 € 78.011,00 € 31.366,00 €

78

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

RESULTADOS 104,00 € 45.847,00 € 83.592,00 € 108.319,00 € 8.928,00 € 42.458,00 € 19.325,00 € 26.617,00 € 279.887,00 € 14.929,00 € 24.808,00 € 5.292,00 € 9.247,00 € 25.329,00 € 133,00 €


especial maiahoje

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

RANK 855 856 857 858 859 860 861 862 863 864 865 866 867 868 869 870 871 872 873 874 875 876 877 878 879 880 881 882 883 884 885 886 887 888 889 890 891

NOME DENOMINAÇÃO GOMES & TAVEIRA, LDA. TECNIPOR JOAQUIM DA SILVA & MACEDO, LDA. JOASILMA NEUROGRAFIA-CLINICA DE ELECTROMIOGRAFIA, LDA PREDIPALMA - EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS, LDA CMOBILE - CONSULT. E VENDA TELECOM, UNIP. LDA JOMRO-COMÉ. MÁQ. INDÚS.TEXTIL E CONFECÇÃO, LDA KEYVALUE-SOLUÇÕES DE GESTÃO, LDA. VLB - MONTAGENS ELÉCTRICAS, LDA. MEGAJOULE II - CONSUL. ENERGIAS RENOVÁVEIS, S.A INDAGROP - INDÚSTRIA AGRO PORTUGUESA, LDA OBJECTAZUL MONTAGEM E FIXAÇÃO, LDA. EUROVERNIZ, LDA. JOÃO LAGO - ENGENHARIA E SISTEMAS DE SEGUR, LDA KITEVUC - EQUIP. E VEIC. UTILITÁRIOS E COMER, LDA ISABEL RUBIM, LDA SACAZ-MANUTE. INDUS. E TECNO.ELECTROMECANICA, LDA. UNIMAIA - AGENCIA DE SERVIÇOS TEXTEIS, LDA. MOLLITIA - COMÉ. PROD. MÉDI. E FARMAC. SERVI., LDA EMPATEC - FABRICA DE EMPANQUES, LDA. AUTOMATISMOS PUJOL PORTUGAL, LDA IMAGENS SOLTAS - MEIOS PUBLICITÁRIOS, LDA BRANDÃO & MARTINS-EMPRE. TURIST., LDA. HOTEL CENTRAL PARQUE ATUSMIC - REPRESENTAÇÕES PROD. QUÍM, UNIP. LDA LIDERTEORIA - UNIPESSOAL, LDA INTERPARTNER, LDA RUI & MILHO, LDA SOCI. DE CONST. EDUARDO MARTINS MOURA, LDA. JOSÉ MOREIRA SILVA QUINTAS, LDA MARIA DO ROSARIO CASTRO, MONT.CABOS AUTO, UNIPL, LDA. SPINVESTE - PROMOÇÃO IMOBILIÁRIA, S.A. UNION PARTS - COMÉRCIO PEÇAS AUTO, LDA CUMULATIVA - SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, S.A. ECOLUSITÂNIA - RECUPERAÇÃO DE METAIS, LDA REPLETO DE VIDA - LDA AZULINO - IMOBILIARIA, S.A. DOMINGOS & MORGADO-COMÉ. PEÇ. E EQUIP. AUTO, LDA. COREPLUS, LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 23610 250.000,00 € 14 579.880,00 € 25992 30.000,00 € 9 579.270,00 € 86220 5.000,00 € 5 576.134,00 € 41200 1.000.000,00 € 12 572.000,00 € 61900 2.500,00 € 26 571.829,00 € 46640 5.000,00 € 3 571.689,00 € 62090 5.000,00 € 17 570.413,00 € 43210 15.000,00 € 17 568.684,00 € 74900 100.005,00 € 12 568.415,00 € 10395 72.000,00 € 4 566.757,00 € 46740 10.000,00 € 5 564.999,00 € 46750 202.842,00 € 7 564.159,00 € 80200 15.000,00 € 2 563.280,00 € 82990 20.000,00 € 6 563.148,00 € 46421 40.000,00 € 3 563.081,00 € 33120 24.940,00 € 6 561.331,00 € 82990 50.000,00 € 6 560.954,00 € 46460 50.000,00 € 3 560.043,00 € 23140 76.000,00 € 11 559.366,00 € 46690 14.964,00 € 3 559.307,00 € 73110 5.000,00 € 5 558.681,00 € 55121 49.880,00 € 15 558.284,00 € 46750 10.000,00 € 4 557.254,00 € 25620 5.000,00 € 3 556.880,00 € 46732 5.000,00 € 1 555.014,00 € 56301 1.995,00 € 18 554.420,00 € 68100 75.000,00 € 3 553.500,00 € 46771 11.223,00 € 1 552.843,00 € 29320 5.000,00 € 41 552.623,00 € 68100 22.827.160,00 € 552.383,00 € 45310 80.000,00 € 8 551.341,00 € 68100 50.000,00 € 551.239,00 € 46773 50.000,00 € 15 550.821,00 € 46494 5.000,00 € 8 550.803,00 € 68100 50.000,00 € 549.957,00 € 45310 50.000,00 € 3 548.866,00 € 46510 250.000,00 € 4 548.595,00 €

892

WORKPLANET, LDA.

47784

5.000,00 €

5

546.377,00 €

17.814,00 €

893 894 895 896 897 898 899 900 901 902 903 904 905 906 907 908 909 910 911 912 913 914 915

PERCURSO IDEAL, LDA MAIPEXSPORT, S.A. POSITIVE+PAPER, LDA EUROMA 21, LDA. HIPERJANELAS, LDA MARTINHO AUGUSTO & ALZIRA OLIVEIRA, LDA. EDL COMBUSTÍVEIS - UNIPESSOAL, LDA SMILE LINE, LDA TRANSPORTES ANTÓNIO CLEMENTE, UNIP, LDA. O GATINHO - INFANTÁRIO, LDA PERCATO - ACESSORIOS PARA A INDUSTRIA, LDA. WE CARE A LOT - IMPORTAÇÃO E DISTRI. MÚSICA, LDA. JORGE FLORES CONGELADOS, SOCIEDADE UNIP, LDA VALE DE LEANDRO - AGRO-PECUÁRIA LDA AMBIVALOR - GESTÃO GLOBAL DE RESÍDUOS, LDA COSFIBEL - PORTO, INDÚSTRIA DE EMBALAGENS, LDA DIVERSTOCK - ENTERTAINMENT, LDA VELOCIPRESS - TRANSPORTES, LDA J.M. SANTOS - IMPOR. E DISTRI. PROD. ALIME, LDA IGIMO - SOCIEDADE IMOBILIARIA, S.A. EMPINOVA - ASSIS, VEND. E ALUG. EMPILHA, LDA RUI AZEVEDO SILVA - SOLUÇ. ACABAM. TAMPOGRAFIA, UNIP., LDA GÁSPOL - ASSISTÊNCIA E DISTR. DE GÁS, UNIP, LDA

49410 73120 46491 43222 47784 43992 46711 86230 49410 85100 47191 46494 46381 01410 38112 22292 46190 49410 10893 68100 47784 18120 47783

50.000,00 € 50.000,00 € 5.000,00 € 50.000,00 € 50.000,00 € 49.880,00 € 10.000,00 € 30.999,00 € 125.000,00 € 12.470,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 10.000,00 € 50.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 € 125.000,00 € 25.000,00 € 50.000,00 € 100.000,00 € 5.000,00 € 5.000,00 €

21 2 10 7 7 12 3 8 11 22 1 7 3 5 18 12 5 9 14

545.138,00 € 542.701,00 € 538.887,00 € 536.727,00 € 536.667,00 € 535.944,00 € 535.770,00 € 535.256,00 € 534.736,00 € 534.599,00 € 533.907,00 € 532.470,00 € 532.251,00 € 531.599,00 € 531.041,00 € 530.972,00 € 530.598,00 € 528.555,00 € 528.128,00 € 528.107,00 € 526.856,00 € 525.532,00 € 524.742,00 €

3,00 € 8.219,00 € 2.748,00 € 33.759,00 € 4.513,00 € -119.166,00 € 3.046,00 € 65.844,00 € 36.697,00 € 1.104,00 € 1.301,00 € -127.728,00 € 23.437,00 € 4.105,00 € 4.014,00 € -295.739,00 € 65.574,00 € 43.521,00 € -101.823,00 € 51.226,00 € 825,00 € 49.964,00 € 2.457,00 €

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

11 7 5

RESULTADOS 8.233,00 € 47.869,00 € 52.872,00 € 30.006,00 € 17.325,00 € 7.254,00 € 1.322,00 € 5.030,00 € 35.246,00 € 7.888,00 € 703,00 € -53.283,00 € 102.740,00 € 9.810,00 € 745,00 € 73.669,00 € 29.095,00 € 1.022,00 € 2.006,00 € 62.095,00 € 120.929,00 € 12.712,00 € 1.909,00 € 18.176,00 € 25.173,00 € -2.346,00 € 15.519,00 € 8.995,00 € -1.070,00 € -62.709,00 € 1.533,00 € 234.951,00 € 44.278,00 € -22.360,00 € 46.336,00 € 8.602,00 € 10.181,00 €

79


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

especial maiahoje

RANK 916 917 918 919 920 921 922 923 924 925 926 927 928 929 930 931 932 933 934 935 936 937 938 939 940 941 942

NOME DENOMINAÇÃO ETIQUETAS PACHECO, LDA CASTRO, PINTO & COSTA, LDA SCAT - TINTAS E VERNIZES, LDA. WEATHERCOLOR - TINTAS E VERNIZES, UNIP LDA ENZILAB - COMÉ. ADITIVOS E TECNO. ALIMENTAR LDA CANASTA - EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS, S.A. INVICTAGEL - CONSUMI. HIGIENE E PROD. QUIM, LDA. MECANO-ALVES-SERRALHARIA MECANICA, LDA. MQS - MAKERS OF QUALITY SEATING, UNIPESSOAL LDA ASSISLEADER-COM. ASSIST. EQUIP. ESCRIT. CONTAB. CONSU. LDA ENVINOR - EMPRESA DE VIDROS DO NORTE, LDA BCM-SUL, LDA. JOAQUIM SILVA SANTOS, LDA VERSAPOWER - SISTEMAS DE ENERGIA, LDA CONSTEXPERT-SOCI. DE CONSTRUÇÃO, UNIP, LDA. EMPRESA METROPOLITANA DE ESTACI. DA MAIA, EMM PALVIT - DROGARIA E MATERIAIS DE CONSTR, LDA. CICLO VERDE - COMÉRCIO DE EQUIP. INDUSTRIAIS, LDA FRANCISCOS - IND., COM. ARMAZE. ARTIG. PELE, LDA. ANGOBER - GESTÃO E SERVIÇOS, LDA MM - DESINFECÇÕES, LDA. JOAQUIM SOUSA MARTINS, LDA. CASA DA AGRA - EVENTOS,TRADIÇÕES E SERV. LDA. AGRACLUB CARVIELLE - SOCIEDADE TEXTIL, LDA. MIRA PARQUE - PADARIA PASTELARIA, LDA. SERVENTAR - SERVIÇOS, VENTILAÇÃO E AR LDA ATRATIVAPALAVRA - UNIPESSOAL LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 32996 15.000,00 € 4 524.256,00 € 70220 25.000,00 € 8 523.457,00 € 46732 29.948,00 € 2 522.918,00 € 47522 20.000,00 € 522.421,00 € 46382 5.000,00 € 2 521.217,00 € 68100 70.000,00 € 520.429,00 € 46450 5.000,00 € 4 520.382,00 € 28293 5.000,00 € 9 519.369,00 € 31091 10.000,00 € 9 519.197,00 € 47781 50.000,00 € 9 519.005,00 € 23120 120.000,00 € 7 517.573,00 € 41100 720.000,00 € 517.200,00 € 47783 5.000,00 € 4 516.274,00 € 71200 5.000,00 € 11 515.595,00 € 41100 5.000,00 € 8 513.865,00 € 52211 124.699,00 € 21 511.809,00 € 47522 5.000,00 € 2 511.255,00 € 46620 5.000,00 € 6 509.768,00 € 14190 24.940,00 € 28 508.785,00 € 69200 5.000,00 € 8 508.335,00 € 81291 5.000,00 € 11 508.296,00 € 25620 5.000,00 € 8 507.903,00 € 93110 50.000,00 € 9 507.716,00 € 46421 150.000,00 € 7 507.048,00 € 10711 145.000,00 € 12 506.641,00 € 28250 5.000,00 € 13 505.233,00 € 47260 5.000,00 € 5 505.113,00 €

943

DETALHE VIRTUAL - SISTEMAS TÉCNICOS, LDA

47410

5.000,00 €

5

504.082,00 €

9.244,00 €

944 945 946 947 948 949 950 951 952 953 954 955 956

SERAFIM ALVES TEIXEIRA, LDA MAIA & DAVILA, LDA. JOSE CARLOS SOUSA SILVA, UNIPESSOAL, LDA BIOZOO-PLANTAS E ANIMAIS DE COMPANHIA, LDA. VILAJOIA - REPRESENTAÇÕES DE OURIVESARIA, LDA. METRO AO QUADRADO - PRODUTOS TÊXTEIS, LDA RUI MOURA, UNIPESSOAL, LDA ESPAÇO MÃMÃS - COMÉRCIO DE VESTUÁRIO, LDA. ALBINO RODRIGUES FERREIRA, SOCIEDADE UNIP. LDA RIOBOM TRADING, LDA FILIFIOS - COMERCIO E INDUSTRIA DE TEXTEIS, LDA CHURRASCARIA MIRA-METRO , LDA VIVEIROPLANTAS-ABEL DE PINHO MOREIRA, LDA.

46382 10711 46732 47762 46480 13962 47220 47712 43222 46130 46410 56102 46220

50.000,00 € 65.000,00 € 10.000,00 € 20.000,00 € 5.000,00 € 710.000,00 € 25.000,00 € 5.000,00 € 50,00 € 80.000,00 € 49.880,00 € 10.000,00 € 49.880,00 €

4 15 3 9 1 3 5 5 18 5 8 10 14

502.939,00 € 497.942,00 € 497.567,00 € 497.477,00 € 497.098,00 € 496.750,00 € 494.916,00 € 494.554,00 € 493.953,00 € 489.829,00 € 489.578,00 € 487.923,00 € 487.267,00 €

24.222,00 € 8.932,00 € 822,00 € 3.020,00 € 14.915,00 € 136.024,00 € -8.371,00 € 43.424,00 € 5.283,00 € -10.448,00 € 11.905,00 € 16.992,00 € -8.014,00 €

957

MJL MECÂNICA E MANUTENÇÃO, SOCI. UNIP, LDA

45200

5.000,00 €

10

487.232,00 €

-17.498,00 €

958 959 960 961 962 963 964 965 966 967 968 969 970 971 972 973 974

PURAFRAGRÂNCIA UNIPESSOAL LDA SELIFA - SOCIEDADE DE EMPREENDIMENTOS IMOB, S.A. DOT BRIGHT LDA BESTCONFORT - COMÉ. E REPAR. AUTO, UNIP, LDA MARIA CLAUDINA OLIVEIRA AZEVEDO, UNIP. LDA FARMÁCIA GEMUNDE SONAE - SGPS, S.A. EURO-ASSESSOR - CONSULTORIA DE GESTÃO, LDA. CUIDACARINHOS, UNIPESSOAL LDA ALUNIK (NORTE) - ALUMÍNIOS, LDA. MULTI ENERGY - INSTALAÇÕES ESPECIAIS, LDA ALEXANDRINO BARROS DE SOUSA, UNIPESSOAL LDA X - ONE, UNIPESSOAL, LDA MANUEL DUARTE & PAIVA, LDA. PRETENSA - EQUIPAMENTOS E MATERIAIS DE PRÉ-ESFORÇO, LDA VITOR M. SANTOS - SERVIÇOS LIMPEZA, JARDINAGEM, LDA FERREIRA & SANCHES, LDA. FERNANDO FERREIRA & FILHOS, LDA. MESTRE PASTELEIRO

47750 1.000,00 € 68200 50.000,00 € 47420 5.000,00 € 45200 35.000,00 € 47730 75.000,00 € 64202 2.000.000.000,00 € 70220 25.000,00 € 87301 5.000,00 € 46720 481.856,00 € 43210 25.000,00 € 01191 10.000,00 € 27900 25.000,00 € 46740 200.000,00 € 42990 50.000,00 € 81210 5.100,00 € 47410 5.986,00 € 46382 5.000,00 €

4

80

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

5 12 2 13 13 14 4 9 16 7 7 6 30 6 4

RESULTADOS 17.107,00 € 55.241,00 € 13.151,00 € 3.204,00 € 249,00 € 218.844,00 € 10.515,00 € 2.702,00 € -153.622,00 € 6.293,00 € 19.386,00 € -7.906,00 € -9.866,00 € 16.027,00 € 6.764,00 € 48.873,00 € 21.500,00 € 13.797,00 € 997,00 € -97,00 € 35.964,00 € 63.125,00 € -54.943,00 € -10.068,00 € 4.144,00 € 46.350,00 € -19.037,00 €

483.405,00 € 85.810,00 € 483.346,00 € 123.929,00 € 481.648,00 € 3.916,00 € 480.181,00 € 1.387,00 € 478.250,00 € 4.326,00 € 477.612,00 €959.024.034,00 € 477.497,00 € 25.427,00 € 473.657,00 € 46.505,00 € 473.472,00 € 18.202,00 € 471.382,00 € 4.860,00 € 471.188,00 € 3.107,00 € 470.465,00 € 9.933,00 € 470.185,00 € -35.817,00 € 469.832,00 € -19.618,00 € 469.819,00 € 22.208,00 € 469.648,00 € 36.621,00 € 469.625,00 € 15.764,00 €


especial maiahoje

RANK 975 976 977 978 979 980 981 982 983 984 985 986 987 988 989 990 991 992 993 994 995 996 997 998 999 1000

As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

NOME DENOMINAÇÃO MEMORIA VISUAL - PRODUÇÕES DIGITAIS, LDA INFANTÁRIO MONFORTINHOS DE REAL, SOCIEDADE UNIPESSOAL LDA BANQUETE - SUPERMERCADO DE PEDRAS RUBRAS, LDA. RAINHA DA FRUTA - COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTARES, LDA MAIAFIT - ESPAÇOS DESPORTIVOS, S.A. RODRIGUES & FERNANDES - RESTAU. E SIMILARES, LDA. REST. O INDUSTRIAL TERRAÇOS DO SOUTO - SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, S.A. CONFEITARIA MIRAMAIA GOURMET, LDA RR - TRANSITÁRIOS INTERNACIONAIS, LDA URBECALMA, UNIPESSOAL, LDA ANIBAL GUIMARÃES-SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA. ELGUI MOBILE ON SHOW, LDA COMTT - COM. ACESS. TODO-O-TERRENO SÉRGIO F. MOR. MATOS UNIP.LDA SASA - PRODUTOS DE GENEROS ALIMENTICIOS, LDA. INOBEST - ASSESSORIA E CONSULTORIA DE GESTÃO, LDA SERRALHARIA AGOSTINHO MIRANDA CERQUEIRA, UNIPESSOAL, LDA. FIREPRIN - EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO CONTRA INCÊNDIOS, LDA VITORINO ALVES DOS SANTOS, LDA. AGÊNCIA FUNERÁRIA SECULAR CASA MOREIRA, LDA. INTER RACK ESTANTES PORTUGAL, LDA SERALOG - SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E LOGISTICOS, LDA BRIDGEBYBRIDGE II PORTUGAL, LDA DOBRAVIGA - CONSTRUÇÃO CIVIL, UNIPESSOAL, LDA MARIA HELENA NOGUEIRA DA COSTA SANTOS, UNIPESSOAL LDA INFORSTAL - INSTALAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS, LDA MAIAVIP - ACTIVIDADES HOTELEIRAS, LDA

CAE CAPITALSOCIAL EMP. VOL_NEGOCIOS 62020 50.000,00 € 12 468.725,00 € 85100 65.000,00 € 20 468.545,00 € 47112 7.781,00 € 2 466.234,00 € 47210 5.000,00 € 4 466.170,00 € 93192 500.000,00 € 3 463.627,00 € 56101 25.000,00 € 11 462.831,00 € 68100 240.000,00 € 462.012,00 € 56303 1.000,00 € 20 461.613,00 € 52291 333.760,00 € 1 460.961,00 € 41200 30.000,00 € 17 460.960,00 € 13961 4.988,00 € 26 460.086,00 € 45190 100.000,00 € 17 459.394,00 € 45320 5.000,00 € 3 458.770,00 € 46170 10.000,00 € 4 458.312,00 € 70220 20.000,00 € 5 458.290,00 € 25120 5.000,00 € 11 455.771,00 € 46900 75.000,00 € 6 455.139,00 € 46762 5.000,00 € 5 454.891,00 € 96030 5.000,00 € 8 454.826,00 € 46900 40.000,00 € 2 454.396,00 € 82990 10.000,00 € 13 453.357,00 € 77320 1.000,00 € 6 451.844,00 € 41200 70.000,00 € 8 451.336,00 € 47730 77.663,00 € 4 450.252,00 € 43210 7.500,00 € 4 449.098,00 € 56101 10.000,00 € 24 448.788,00 €

RESULTADOS 42.955,00 € 10.877,00 € -42.044,00 € 14.266,00 € -496,00 € 2.898,00 € 72.810,00 € -9.854,00 € 17.478,00 € 471,00 € -9.516,00 € 4.886,00 € 1.343,00 € -444,00 € 1.704,00 € 8.480,00 € -89.224,00 € 16.001,00 € 1.685,00 € -157,00 € 6.224,00 € 446,00 € 1.450,00 € 880,00 € 51.955,00 € 2.501,00 €

Mário Frota, presidente da Associação Portuguesa de Direito de Consumo

Pilar da Transparência Negocial, Direito Fundamental do Consumidor

I EXCESSO DE INFORMAÇÃO = DÉFICE DE INFORMAÇÃO? O último inquérito em torno da capacidade dos consumidores europeus, editado pela Comissão Europeia, mostra que . 1 (um) em 4 (quatro) consumidores afirma sentir falta de confiança e . cerca de 2 (dois) [em rigor, mais do que 1 (um)] em 3 (três) consideram-se mal informados;

. apenas 2 % responderam correctamente a questões sobre os direitos de [arrependimento ou desistência nos contratos], as garantias e a protecção de que gozam contra práticas desleais. A notória carência de informação prejudica a capacidade de defenderem os direitos que nos textos da UE e dos Estados se lhes reconhecem. II DIREITOS QUE, NA PRÁTICA, NÃO SE RESPEITAM Na década que transcorre: cerca de 2 (dois) em 5 (cinco) europeus tiveram problemas com um produto ou serviço na UE, o que de todo seria motivo de queixa. Os prejuízos sofridos pelos consumidores montaram a cerca de 0,5 % do PIB da UE. Apesar de elevado o nível garantido pela legislação da UE, os problemas que aos consumidores se deparam ficam, muitas vezes, por resolver: O EUROBARÓMETRO registava em tempos que: apenas 26 % dos comerciantes conhecem

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

o prazo exacto de devolução pelo consumidor de um “produto defeituoso”. muitos dos litígios de consumo ficam por resolver pelo simples facto de o consumidor não agir. O inquérito revela ainda que dos consumidores afectados: apenas 16 % recorrem a associações ou a entidades públicas para a sua resolução (na maior parte dos casos, nem sequer equacionam a hipótese de seguir as vias judiciais se infrutífero se mostrar o contacto inicial com o estabelecimento, se os montantes em causa forem de escasso valor). A UE aposta agora decisivamente nos meios extrajudiciais de resolução de litígios (mediação, conciliação, arbitragem) para que o acesso à justiça seja real, efectivo. III DE QUE CARECEM, AFINAL, OS CONSUMIDORES? Surpreendentes os números recolhidos nos 28 Estados-membros. A despeito de muitas efabulações e de

81


As 1000 MAIORES empresas do concelho da Maia - 2014

ideias em contrário que por aí viciosamente circulam, do que os consumidores portugueses carecem é de: educação para o consumo, a principiar nas escolas, de modo horizontal, desde a mais tenra idade; informação adequada acerca dos direitos veiculada tanto nos meios propriedade do Estado (radiodifusão áudio e audiovisual, paga directamente por consumidores e contribuintes), para além de disponível nos serviços municipais de consumidores, por criar em mais de 4/5 dos municípios); como de instâncias de resolução de litígios céleres, seguras e graciosas ou de baixo custo (dos 18 distritos administrativos existentes, só 6, no Continente, dispõem de tribunais arbitrais de conflitos de consumo…). Na região Centro, distritos demograficamente relevantes como Aveiro, Leiria, Viseu, Castelo Branco, Santarém, para só referir estes, não dispõem de qualquer estrutura do estilo… A receita é simples e nem sequer se afigura onerosa. Ponto é que se avie sem detença e o fármaco seja administrado com eficiência. IV DE QUE CARECEM OS EMPRESÁRIOS? De análogo modo se nos afigura que os empresários carecem de informação. Para que possam, por seu turno, transmitir informação. Para que possam exercer as suas actividades com a maior transparência. Para que as práticas negociais adoptadas sejam, como se exige, pontuadas pela lealdade ante a dignidade do cidadão-consumidor que todos somos, afinal. O poder-dever que radica nos empresários em matéria de informação decorre, em Portugal, da LDC – Lei de Defesa do Consumidor. No seu artigo 8.º se estabelece um conjunto de regras em que importa atentar em particular. Ei-las: O fornecedor deve, tanto na fase de negociações como na fase de celebração de um contrato, informar o consumidor de forma clara, objectiva e adequada, a não ser que tal informação resulte de forma clara e evidente do contexto, nomeadamente sobre: As características principais dos bens ou serviços, tendo em conta o suporte utilizado para o efeito e considerando os bens ou serviços em causa; A identidade do fornecedor, nomeada-

82

mente o seu nome, firma ou denominação social, endereço geográfico no qual está estabelecido e número de telefone; Preço total dos bens ou serviços, incluindo os montantes das taxas e impostos, os encargos suplementares de transporte e as despesas de entrega e postais, quando for o caso; Modo de cálculo do preço, nos casos em que, devido à natureza do bem ou serviço, o preço não puder ser calculado antes da celebração do contrato; A indicação de que podem ser exigíveis encargos suplementares postais, de transporte ou de entrega e quaisquer outros custos, nos casos em que tais encargos não puderem ser razoavelmente calculados antes da celebração do contrato; As modalidades de pagamento, de entrega ou de execução e o prazo de entrega do bem ou da prestação do serviço, quando for o caso; Sistema de tratamento de reclamações dos consumidores pelo profissional, bem como, quando for o caso, sobre os centros de arbitragem de conflitos de consumo de que o profissional seja aderente, e sobre a existência de arbitragem necessária; Período de vigência do contrato, quando for o caso, ou, se o contrato for de duração indeterminada ou de renovação automática, as condições para a sua denúncia ou não renovação, bem como as respectivas consequências, incluindo, se for o caso, o regime de contrapartidas previstas para a cessação antecipada dos contratos que estabeleçam períodos contratuais mínimos; A existência de garantia de conformidade dos bens, com a indicação do respectivo prazo, e, quando for o caso, a existência de serviços pós-venda e de garantias comerciais, com descrição das suas condições; j) A funcionalidade dos conteúdos digitais, nomeadamente o seu modo de utilização e a existência ou inexistência de restrições técnicas, incluindo as medidas de protecção técnica, quando for o caso; Qualquer interoperabilidade relevante dos conteúdos digitais, quando for o caso, com equipamentos e programas informáticos de que o fornecedor ou prestador tenha ou possa razoavelmente ter conhecimento, nomeadamente quanto ao sistema operativo, a versão necessária e as características do equipamento; As consequências do não pagamento do

© JORNAL MAIA HOJE - JUNHO 2016

preço do bem ou serviço. A obrigação de informar impende também sobre o produtor, o fabricante, o importador, o distribuidor, o embalador e o armazenista, por forma que cada elo do ciclo produção-consumo possa encontrar-se habilitado a cumprir a sua obrigação de informar o elo imediato até ao consumidor, destinatário final da informação. Os riscos para a saúde e segurança dos consumidores que possam resultar da normal utilização de bens ou serviços perigosos devem ser comunicados, de modo claro, completo e adequado, pelo fornecedor ou prestador de serviços ao potencial consumidor. Relevo para este ponto em especial, em geral ignorado pelos destinatários: Quando se verifica falta de informação, informação insuficiente, ilegível ou ambígua que comprometa a utilização adequada do bem ou do serviço, o consumidor goza do direito de retractação do contrato relativo à sua aquisição ou prestação, no prazo de sete dias úteis a contar da data de recepção do bem ou da data de celebração do contrato de prestação de serviços. O fornecedor de bens ou o prestador de serviços que viole o dever de informar responde pelos danos que causar ao consumidor, sendo solidariamente responsáveis os demais intervenientes na cadeia da produção à distribuição que hajam igualmente violado o dever de informação. O dever de informar não pode ser denegado ou condicionado por invocação de segredo de fabrico não tutelado na lei, nem pode prejudicar o regime jurídico das cláusulas contratuais gerais ou outra legislação mais favorável para o consumidor. O incumprimento do dever de informação sobre as consequências do não pagamento do preço do bem ou serviço determina a responsabilidade do fornecedor pelo pagamento das custas processuais devidas pela cobrança do crédito. Mário Frota Presidente da APDC R. Vilaça da Fonseca, 5 • 3030-321 Coimbra Apartado 4444 • 3030-901 Coimbra Tel. 239 404 733 • Fax. 239 404 738 apdc.cedc@mail.telepac.pt www.apdconsumo.pt



PUB