Issuu on Google+

Ano 10 - Nº 118 - Novembro de 2013 - publicação oficial da Associação dos Criadores de Gado Holandês de minas Gerais

inter eXpHomiG 2013: eDiÇÃo espeCiAl NA VersÃo DiGitAl Do JorNAl HolANDÊs WWW.JorNAlHolANDes.Com.br

páGiNAs 13 a 15 páGiNA 10 e 11

CADerNo

super

SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO LINEAR PARA CARACTERÍSTICAS DE TIPO: saiba a importância desse serviço e como ele pode influenciar na produtividade e na longevidade das vacas leiteiras de sua propriedade. PÁGINA 6

rank

produtividade e longevidade


boa dica!

eXPedienTe

ediTorial

Jornal Holandês

Publicação oficial da associação dos Criadores de gado Holandês de minas gerais Conheça a nossa publicação digital, acesse www.jornalholandes.com.br

Avenida sete de setembro, 623 Centro Juiz de fora - MG - Cep 36070-000

tel: (32) 4009-4300

presidente leonardo moreira Costa de souza

informações: 32 4009 4300

registro fácil, rápido e sem burocracia. Agregue valor ao seu rebanho.

Comissão editorial antônio de Pádua martins armando eduardo de lima menge Cleocy Fam de mendonça Júnior equipe vAlor eDitorA

GRUPO DE COMUNICAÇÃO

projeto Gráfico e editorial: equipe de Criação da Valor editora edição e Diagramação Helô Costa - mtb 00127/mg editor de fotografia Wagner Correa revisão linguística Professora mariza moura Colaboração esther Figueiredo Contato imprensa: editora@jornalholandes.com.br Departamento Comercial - executivo de Contas: Wagner Correa | 31 2526- 2527 | 31 9105-7737 comercial@jornalholandes.com.br

Jornal Holandês Novembro de 2013

impressão: o Tempo serviços gráficos participe do jornal, envie sugestão de pautas, reclamações, agenda de eventos e deixe seus comentários, esse é o canal direto com o produtor: editora@jornalholandes.com.br a Valor editora é a única empresa responsável pela comercialização de espaços dentro do jornal impresso e site do jornal assim como qualquer outra negociação que diz respeito ao Jornal Holandês conforme acordo firmado com a associação dos Criadores de gado Holandês de minas gerais. Qualquer dúvida entre em contato com a nossa equipe.

reCADAstrAMeNto Para continuar a receber o Jornal Holandês acesse www.jornalholandes.com.br e preencha todos os dados corretamente.

JORNAl HOlANDêS NO FACEBOOK http://pt-br.facebook.com/holandesonline

2

JORNAl HOlANDêS NO TWITTER twitter.com/jornalholandes o Jornal Holandês não se responsabiliza pelas matérias assinadas e pelos conceitos emitidos nos artigos assinados, sendo de responsabilidade de seus autores. É vetado a reprodução parcial ou integral de qualquer conteúdo do Jornal Holandês.

AssoCiAÇÃo Dos CriADores De GADo HolANDÊs De miNAs GerAis

lEONARDO MOREIRA COSTA DE SOUZA PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE GADO HOLANDÊS DE MINAS GERAIS

Novembro A capa da edição de novembro do Jornal Holandês resume a essência da vaca Holandesa e o objetivo dos criadores da raça que mais produz leite no Brasil e no Mundo: produtividade agregada à longevidade. A raça destaque-se principalmente por sua grande produtividade. É uma verdadeira usina de leite. Quanto a este fator conseguimos agregar a longevidade, isto é, a manutenção desta alta produção por vários anos gerando um retorno ainda maior para o produtor. Nos dias de hoje, dificilmente um sistema de produção resiste às dificuldades do mercado sem produtividade e eficiência, seja ele o confinamento total ou parcial. Posto isso, a vaca Holandesa, anos atrás rotulada, oportunamente, como um animal frágil, quando na verdade a fragilidade estava no sistema de criação, vem demonstrando irrefutavelmente o seu maior propósito: produzir muito, mas muito leite. Em razão dessa característica, a Associação assiste aos seus associados com o serviço de Classificação Linear. Esta é a ferramenta capaz de demonstrar ao criador o potencial de longevidade da sua vaca. O tipo do animal diz muito sobre a sua capacidade de perpetuar a sua condição produtiva. Não percam a oportunidade de conversar com os técnicos da Associação Mineira sobre esta importante ferramenta. Outra reportagem interessante é a maior exposição da pecuária de leite mundial, em Madison, nos Estados Unidos. A leitura vale à pena! Este mês teremos também a Exposição Nacional da Raça Holandesa - Expohol, que deixa de ser realizada na capital paulista e segue para a cidade de Avaré, interior do Estado de São Paulo. É mais uma quebra de paradigma e espera-se um grande evento da raça. Vamos acompanhar. Gostaria de chamar a atenção de todos também para o movimento de queda do preço do leite. Há menos de dois meses informavam que não existia leite no mundo capaz de sustentar o crescimento do consumo. Agora, a alegação é de aumento na captação, etc... Coincidência ou não, foi nas últimas semanas que assistimos na televisão notícias alegando ser o leite um dos vilões da inflação... Parece-nos tudo, no mínimo, muito estranho. O que pode estar realmente acontecendo? O que podemos esperar em 2014? Acreditamos na solidez do mercado e no retorno dos preços logo no início do ano, pois consideramos artificial o movimento de queda atual. Uma boa leitura e um forte abraço.

presiDeNte leonardo moreira Costa de souza viCe-presiDeNtes Peter Jordan, armando eduardo de lima menge e ellos José nolli Diretor tesoureiro antônio de Pádua martins e mauro antônio Costa de araújo Diretor seCretÁrio GerAl Cristovam edson lobato Campos Diretor seCretÁrio sancho José matias e gilberto Vilela de oliveira CoNselHo fisCAl efetivo aniceto manuel aires, marcelo elias rigueira, raul Pinto, renato José laguardia e rosano alberto reis CoNselHo fisCAl supleNte antôno augusto de souza Praça, lucas Pimenta Veiga e lúcia mara Yamaguti Kono superiNteNDeNte tÉCNiCo Cleocy Fam de mendonça Júnior cleocyjr@gadoholandes.com

represeNtAÇÕes reGioNAis: esCritÓrio DA AssoCiAÇÃo MiNeirA eM BH avenida amazonas, 6020 - gameleira CeP 30510-050 - Belo Horizonte - mg (31) 3334-8500

Nughoman - Núcleo dos Criadores de Gado Holandês da Mantiqueira presidente - almir Pinto reis rua João Baptista scarpa, 666 CeP 37464-000 - itanhandu - mg (35) 3361.2404

Nughobar - Núcleo dos Criadores de Gado Holandês de Barbacena presidente - gérson rodegheri avenida amílcar savassi, s/n Caixa Postal 126 CeP 36200-000 - Barbacena - mg (32) 3332-8673


noTas SEMEX CONFIRMA qUAlIDADE NAS PISTAS DA EXPHOMIG A equipe Semex marcou presença na maior feira de gado Holandês de Minas Gerais, a 22ª edição da Exphomig, com um espaço para receber seus convidados. Durante o evento, o Coordenador do Programa Semex Progressive, Flávio Junqueira, realizou a palestra: “Construindo a Vaca de Leite Moderna e Eficiente”. O encontro, que reuniu criadores e estudantes de várias cidades da região, colaborou para expandir o conhecimento técnico dos participantes. Ao lado dos representantes das regionais de Barbacena, BH Sul, Cataguases e Leopoldina, os visitantes também tiveram a oportunidade de conhecer melhor os benefícios do programa Immunity+, que vem proporcionando vacas com maior resposta imune a doenças. Nas pistas de julgamento, a Semex mais uma vez se destacou com cerca de 70 progênies de touros Semex sendo premiadas em 17 categorias, confirmando a qualidade nas pistas de julgamento da Exphomig 2013.

eDiÇÃo ridge atwood Beauty conquistou o título de grande Campeã Fêmea Jovem SElECT SIRES CONqUISTA óTIMOS RESUlTADOS NO WDE 2013 A Select Sires do Brasil marcou presença na exposição mais importante de raças bovinas leiteiras, World Dairy Expo, realizado na cidade de Madison, Wisconsin – EUA. No julgamento das vacas Holandesas, a empresa alcançou número significativo de touros com progênie, entre eles, destacamos touros como Sanchez, GW Atwood, Alexander, Damion, Braxton, Guthrie, Atlantic, Dempsey, Dusk, Advent-Red (que foi eleito o Premier Sire no Holandês VeB e também colocou filhas no Holandês PeB). O sucesso da bateria Select Sires começou quando a filha de GW ATWOOD, Cameron Ridge Atwood Beauty, foi Grande Campeã Fêmea Jovem e chamou a atenção de todos por seu estilo, beleza e caracterização leiteira na pista.

3

espeCiAl, NA VersÃo DiGitAl, Do JorNAl HolANDÊs

Jornal Holandês Novembro de 2013

CRv lAGOA lANçA NOvO APlICATIvO PARA DISPOSITIvOS ANDROID Já contando com aplicativos para tablets e smartphones da Apple, a CRV Lagoa lança agora seu novo aplicativo para dispositivos que operam com o Android, o sistema operacional que mais cresce no Brasil. A plataforma, que pode ser baixada gratuitamente, contém informações de todos os reprodutores e também os catálogos e revistas publicados pela Central. Para baixar, basta acessar o Google Play no celular ou tablet e digitar “CRV Lagoa” na busca. Em seguida, é só instalar o aplicativo e todas as informações serão disponibilizadas no aparelho. É possível acessar informações detalhadas sobre todos os reprodutores dos segmentos de Corte e Leite que integram a bateria da Central, divididos por raça, inclusive com opção de busca dos touros. Entre os recursos disponíveis, o aplicativo possibilita a obtenção da ficha completa dos reprodutores, incluindo comentários, fotos, vídeos e catálogo no formato PDF Adobe Reader. “O melhor da genética agora está na ponta dos dedos. Com o lançamento deste aplicativo, reforçamos, mais uma vez, o compromisso da CRV Lagoa com a inovação. O objetivo é facilitar, cada vez mais, a interação com clientes e parceiros na busca de melhoria contínua em nossos produtos e serviços”, destaca o gerente de Marketing, Fernando Avona.

DivulGAÇÃo seleCt sires

WWW.JorNAlHolANDes.Com.br

holandÊs

A 45ª exposição Nacional da raça Holandesa – expohol acontecerá nesse mês, em sp. Mais informações: www. expohol.com.br

eXposição


assessoria

um giro do Holandês de Minas

O Superintendente Técnico Cleocy Fam com o Dr. Phillippe Monteiro ajustando os detalhes BARBACENA | MG – PARTE 2 Foram realizados vários cursos durante a 22ª Exphomig e a ACGHMG estava à frente na organização, ensino e total apoio a todos os participantes que vieram de vários locais do Brasil especialmente para participar dos cursos. A ACGHMG agradece em especial ao amigo Ricardo Bertola, que engrandeceu os cursos com o seu amplo conhecimento em gado Holandês.

Médico Veterinário e Superintendente Substituto ACGHMG, Dr. Silvano Carvalho durante aula prática mostrando importantes detalhes da raça Holandesa

fotos wagner correa

4

No comando da noite, o Presidente da ACGHMG Leonardo Moreira Costa de Souza e...

... o Superintendente Técnico Cleocy Fam entregaram as premiações de uma forma bem descontraída PRESENÇA NACIONAL: prestigiando os Melhores de Minas, o Presidente da Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa, Sr. Hans Jan Groenwold, diretamente do Paraná para dar os parabéns aos criadores mineiros

BARBACENA | MG – PARTE 3 A mais importante premiação do gado Holandês de Minas Gerais fez parte da extensa programação da Exphomig 2013 e todos tiveram a oportunidade de conhecerem os Melhores de Minas! O evento aconteceu no dia 20 de setembro, no Hotel Senac/ Grogotó, em Barbacena-MG. A Associação Mineira agradece a todos que prestigiaram o evento e, sobretudo, a todos que com a sua presença prestigiaram os amigos da raça Holandesa, que realizaram com muita competência um belo trabalho no ano passado. Obrigado especial àqueles que trabalharam meses antes, ajustando os detalhes para a realização de uma acolhedora festa.

Jornal Holandês Novembro de 2013

profissionalismo A equipe técnica da ACGHMG é formada por profissionais que estão

sempre atentos as novidades do mercado. Dúvidas, consulte um técnico.

BARBACENA | MG – PARTE 1 No período de 16 a 21 de setembro aconteceu a maior exposição de gado Holandês de Minas Gerais – a Exphomig 2013. A equipe da Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais começou cedo os trabalhos. Meses antes, o Superintendente Técnico Cleocy Fam e a sua equipe já estavam a todo vapor, organizando uma das maiores exposições de gado Holandês do Brasil e a responsabilidade dobra por ser referência entre as maiores. O evento deste ano contou ainda com um grande desafio: aconteceram vários eventos durante toda a semana. Enfim, foi uma semana com muitos abraços, muita conversa boa, muita gente bonita, muitos cursos, muitas homenagens e muita qualidade em pista. A equipe da ACGHMG agradece a todos que de alguma forma ajudaram a tornar realidade esse importante evento para a raça Holandesa.

O zootecnista e Superintende Técnico da ACGHMG, Cleocy Fam, ministrando aula para um público diversificado

Arquivo pessoal

O Zootecnista e Superintende Técnico da ACGHMG Cleocy Fam acompanhando concentrado o julgamento, com o Médico Veterinário e Superintendente Substituto ACGHMG Dr. Silvano Esteves Carvalho MADISON | EUA Profissionais da Associação Mineira antenados com o mundo! No mês passado, o Zootecnista e Superintende Técnico da ACGHMG, Cleocy Fam, juntamente com o Médico Veterinário e Superintendente Substituto da ACGHMG, Dr. Silvano Esteves Carvalho, viajaram para Madison, Wisconsin – USA para visitarem a tradicional World Dairy Expo. Além dos julgamentos do Holandês Vermelho e Branco e Preto e Branco tiveram a oportunidade também de acompanhar outras raças como Jersey, Pardo-Suíço, Ayrshire, Guernsey e Milking Shorthorn. Além disso, visitaram a feira de equipamentos agrícolas e produtos para pecuária de forma geral. Para o Dr. Silvano, que visita pelo segundo ano a World Dairy Expo, “todo profissional que trabalha com pecuária de leite, principalmente com raça leiteira e está envolvido com melhoramento genético, quando visita a exposição de Madison fica impressionado com a qualidade dos animais, organização, empenho dos profissionais, realmente são exemplos a serem seguidos. O que chama muita atenção é a homogeneidade dos animais, há categorias com grande número de vacas (por exemplo, 55 vacas na mesma categoria) e a diferença entre elas é muito pequena. É emocionante poder ver vacas famosas, de famílias importantes que contribuem com melhoramento da raça Holandesa no mundo inteiro. Um fato que chamou muito a minha atenção e de todos que estavam presentes no julgamento de Vermelho e Branco foi a Grande Campeã KHW REGIMENT APPLE-3-RED-ETN é um CLONE do animal D-KHW REGIMENT APPLE-RED-ET que foi Reservada Campeã, e a Terceira colocada no Grande Campeonato foi MS CANDY APPLE-RED-ET que é uma filha da Reservada Campeã. Isso nos mostra a padronização da criação destes animais e como trabalhar as famílias é de extrema importância. No Brasil temos bons exemplares, que poderia brigar nas pistas pelo mundo, mas novamente repito o que chama atenção é a quantidade, o número destes exemplares que eles possuem em seus criatórios. Tivemos ainda a oportunidade de visitar a feira de equipamentos agrícolas, produtos para pecuária de forma geral, desde um brinco para vacas até robôs utilizados em ordenha, equipamentos que vão do mais simples ao mais sofisticado. Tudo que envolve a pecuária está presente nesta feira”, comenta. É a equipe da Associação Mineira trazendo mais informação e agregando qualidade aos seus serviços para melhor atender aos seus associados!


experimente! Faça parte da Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais Ser associado é simples e o custo é bem menor do que você imagina. Além do Registro de Animais, que valoriza o seu rebanho, a Associação ainda oferece vários serviços e oportunidades. Não importa se seu rebanho é pequeno, médio ou grande. Aqui todo mundo sai ganhando com a união. Não perca mais tempo, experimente, ligue para nós e tire suas dúvidas. Você vai descobrir que a ACGHMG existe para apoiar você.

Agende uma visita de um dos nossos técnicos em sua fazenda

(32) 4009 4300


jornal holandÊs distribuição gratuíta a nível nacional. informações: 31 9105 7737

mostre o seU prodUto! prestigie a única publicação específica de gado Holandês do país, com

Jornal Holandês Novembro de 2013

6

arTigo

em busca das medidas certas

FranK angelo TomiTa Bruneli médico Veterinário e Pesquisador da embrapa gado de leite glauCYana gouVea dos sanTos médica Veterinária e Pesquisadora da embrapa gado de leite Jaime arauJo CoBuCi Zootecnista e Professor da universidade Federal do rio grande do sul Claudio naPolis CosTa Zootecnista e Pesquisador da embrapa gado de leite

A crescente demanda dos consumidores por produtos lácteos tem aquecido o setor e refletido em maior pagamento aos produtores de leite. Além disso, a alta do dólar encareceu o produto importado favorecendo a pecuária nacional. Mesmo com este cenário, o produtor precisa elevar a sua lucratividade, sem depender tanto dos fatores “além da porteira”, mas aumentando a produtividade do rebanho pela seleção das vacas mais produtivas. Todavia, pesquisadores têm demonstrado que vacas de alta produção tendem a uma vida produtiva (longevidade) reduzida, decorrente do descarte involuntário, no geral, por problemas de saúde do sistema mamário, reprodutivo e locomotor. A alternativa, como em outros países, seria associar características de produção e de tipo por meio de índices de seleção. Contudo, vale ressaltar que quanto maior for o número de características que compõem um índice de seleção, menores serão os ganhos genéticos para cada característica ao longo das gerações. Para a raça Holandesa no Brasil, o sistema de classificação linear para características de tipo segue o padrão de avaliação canadense, favorecendo a constituição equilibrada das vacas para produção, saúde e bem-estar animal, sendo os resultados divulgados anualmente desde 2004. Os animais recebem notas em cada característica, numa escala de um a nove (1 a 9), exceto para Condição Corporal, que varia de um a cinco (1 a 5), de modo que estejam agrupadas em quatro seções corporais: Garupa, Sistema Mamário, Pernas e Pés e Força Leiteira (Tabela 1). Os valores genéticos estimados são expressos como a Capacidade Prevista de Transmissão Padronizada (do Inglês, STA), no intuito de permitir a comparação entre as diferentes características de tipo de um mesmo animal. Em 2012, as avaliações genéticas incluíram os registros de 79.064 vacas da raça Holandesa nascidas de 1990 a 2010, com idade média de 40,7 ± 15,8 meses. Em geral, o progresso genético nas características de tipo tem sido positivo e significativo, ou seja, as orientações do sistema de classificação linear e as estratégias de acasalamento adotadas pelos criadores têm sido efetivas em promover a melhoria do tipo leiteiro e padrão racial no Brasil. Também foi avaliada a Pontuação Final (PF) que representa a conformação geral da vaca e é atribuída após a avaliação do conjunto/seções das características de tipo. De forma simples, quanto mais alto for o seu valor, maiores serão as chances da vaca em sustentar altas produções por muitas lactações. Na Figura 1, é possível observar que as vacas estão sendo classificadas em idade cada vez mais precoce, chegando à média de 37,9 meses no ano de 2012. Outro aspecto é que o ganho médio de 0,06 ± 0,01 pontos ao ano na PF tem proporcionado às vacas mais jovens atingirem com mais frequência pontuações acima do desejado (80 pontos), ou seja, tem apresentado uma melhoria da sua conformação geral. Além disso, a PF pode ser utilizada como critério de seleção na melhoria de seus rebanhos, visto que a herdabilidade estimada para PF (0,20 ± 0,11) é superior a algumas das características de tipo, se consideradas individualmente. Em outro estudo com vacas da raça Holandesa no Brasil, a PF apresentou correlações genéticas próximas de zero, com as produções de leite, gordura e proteína. Isso sugere que conjuntos distintos de genes são responsáveis pela expressão das características de tipo e de produção e que a seleção de vacas apenas pela maior PF não necessariamente acarretará em aumento no volume e qualidade de leite produzido.

Portanto, a utilização de um índice de seleção contemplando tanto as características produtivas como as morfológicas, torna-se uma ferramenta interessante à seleção genética de animais do rebanho brasileiro, influenciando a produtividade e a longevidade das vacas leiteiras. E, nesse sentido, a ABCBRH e a Embrapa Gado de Leite estão finalizando os estudos para disponibilizar índices de seleção para características de produção, para compostos de características de tipo, e entre produção e tipo a fim de auxiliar os criadores na seleção de animais da raça Holandesa no Brasil.

FIGURA 1. EvOlUçãO ANUAl DA IDADE À ClASSIFICAçãO DE CARACTERíSTICAS DE TIPO E DA PONTUAçãO FINAl (PF) EM vACAS DA RAçA HOlANDESA NO BRASIl


CASUAL, SUA MELHOR OPÇÃO DE GENÔMICO. LARCREST CASUAL-ET TOURO

LARCREST CRIMSON-ET EX-91 MÃE Pedigree: Super x Ramos x Shottle x Outside

TPI

NM$

LEITE

PTA Tipo

+2414

+784

+1.454 Lbs

+3.10

COMP. ÚBERE

COMP. PERNAS

+2.67

+2.44

Uma das melhores famílias da atualidade. Produziu Cancun, o touro N°10 da raça para TPI (agosto 2013) e várias vacas entre as melhores da atualidade, sendo: Larcrest Cale N°3 (irmã materna de Casual), Larcrest Cake N°5 (irmã materna de Crimson), Larcrest Crimson N°14 (mãe de Casual) e Larcrest Case N°17 (irmã materna de Casual) para CTPI.* *Lista TOP 100 CTPI vacas agosto 2013.

(34) 3319.5400 www.abspecplan.com.br


verifique a documentação e a vacinação. informações: 32 4009 4300

não passe aperto! Ao levar o seu animal para participar de uma exposição homologada,

atenção

fotos flÁvio JuNqueirA

inTernaCional

World Dairy expo foi o “Centro do universo” do Gado de leite “Uma das melhores exposições até hoje...É incrível, mas a qualidade aumenta a cada ano" AGriGrApHiCs

a Campeã suprema de todas as raças foi a Holandesa Bonnacueil goldwyn maya

Surpreendente, a melhor de todos os tempos, beirando a perfeição... comentários que faziam parte do dia a dia de uma das maiores exposições de gado Holandês do mundo, a World Dairy Expo, por isso o Jornal Holandês conta com uma coberta especial deste importante evento. Os profissionais da Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais – ACGHMG marcaram presença aprimorando ainda mais os seus conhecimentos e agregando cada vez mais informações aos nossos criadores mineiros. Contamos também com a participação especial do Médico Veterinário, Dr. Flávio Junqueira, mostrando para os nossos associados e leitores os detalhes dos vários dias de julgamentos. Informações importantes para todos os criadores que estão sempre antenados com a evolução da raça Holandesa no mercado mundial. Vale a pena conferir o Holandês no mundo!

apple 3 – red foi a Campeã 4 anos e se tornou a grande Campeã do Holandês VeB

Jornal Holandês Novembro de 2013

CleoCY fAM

8


9 CleoCY fAM

FlÁVio marCos JunQueira CosTa médico Veterinário

Fêmea, e também foi escolhida como Melhor Úbere da exposição. Apple é irmã do touro vermelho Advent-Red e filha de uma vaca Durham que é classificada 95 pontos, Advent foi pelo quinto ano consecutivo o Melhor Touro da exposição do vermelho. Nas vacas jovens uma excepcional 2 Anos Júnior ficou com o Campeonato Vaca Jovem, Charpentier Destry Sidney- Red (Destry x Starfire) e sua Reservada foi a 2 anos Senior, Lookout Elmbridge Lady Rouge (Director x Fireman), uma vaca que terá um futuro

muito promissor. No Campeonato Fêmea Jovem, o título ficou com uma Bezerra Sênior, extremamente equilibrada e correta, Hanalee G Dusty Babe (Glacier x Intensifier) e sua Reservada foi a Vezerra Menor Sejane Camden Vania (Camden x Rubens). Este ano, com uma boa vantagem, o melhor expositor foi WestCoast Holsteins, do Canadá, e o melhor criador foi Milsource Genetics, grupo que atualmente ordenha em torno de 25.000 vacas em 4 localidades, e tem um núcleo de animais de Elite.

Jornal Holandês Novembro de 2013

Na primeira semana de outubro aconteceu a World Dairy Expo 2013, exposição realizada em Madison - EUA, marcada por uma semana com temperaturas altas para o típico outono do meio oeste americano. Este ano o tema de Madison foi o Centro do Universo, em termos de bovinocultura leiteira, e de certa forma foi, além disso, a qualidade que se viu foi fora desse planeta. No vermelho e branco, a exposição

foi composta por 246 animais e dominado pelas “maçãs”, na verdade a Apple, vaca vermelha e branca que já é uma lenda, fez história em 2013 com um fato nunca antes visto. Esse fato foi histórico e espetacular, a Reservada Grande Campeã foi ela como Vaca Vitalícia, KHW Re g i m e n t A p p l e - Re d ( Re g i m e n t x Durham x Prelude x Jubilant) e seu clone Apple 3 – Red foi a Campeã 4 anos e tornou-se a Grande Campeã. E tem mais! Ms Apple Candy (Talent x Apple), sua filha, foi Campeã 5 Anos e Terceira Melhor

O título de Campeã Suprema de todas as raças foi conquistado pelo Holandês teau) e sua Reservada e Melhor Úbere da categoria foi Ms Goldwyn Alana (Goldwyn x Skychief x Starbuck), uma filha de Goldwyn do clone da Shoremar Alicia. Na categoria Vaca Adulta a vitória ficou com Bonaccueil Goldwyn Maya (Goldwyn x Thunder), uma vaca de excepcional estrutura leiteira e com sistema mamário de como deve ser uma vaca adulta, como comentou o Jurado Justin Burdette. Sua Reservada foi Whitakker Stormatic Rae (Stormatic x Aspen), animal descendente da família Roxy. Na categoria Vaca Vitalícia a vitória foi de Vangoh Durham Treasure (Durham x Linjet), uma vaca com sistema mamário que beira a perfeição, sendo o

úbere classificado 99 pontos. No grande momento do dia, quem comemorou foi o pessoal da Jacobs, por terem sido os melhores criadores, mas principalmente pelo Grande Campeonato, que ficou com Bonnacueil Goldwyn Maya, a vaca adulta que acabou superando a excepcional 4 Anos, Cookviem Goldwyn Monique. O Melhor Touro da exposição pelo sexto ano consecutivo foi Braedale Godwyn. O melhor expositor foi MilkSource Genetics. No final do dia a Campeã Suprema de todas as raças foi a Holandesa Bonnacueil Goldwyn Maya e sua Reserva KHW Regiment Apple-3, a Grande Campeã Vermelha e Branca.

descontos

serviços

mamário, Extondale Sid Iams (Sid x Goldwyn) e sua Reservada Arethusa Fever Almira (Fever x Jasper), vaca recém-parida mas que tende a evoluir muito para a Royal Winter Fair. Na categoria 2 Anos Júnior a campeã foi Belfast Goldwyn Lasenza (Goldwyn x Durham), uma vaca jovem que é filha de uma irmã inteira da Lila Z. Na categoria 2 Anos Sênior, a Campeã foi Charwill Attic Marcy (Attic x Leduc) e 3 Anos Júnior a vencedora foi Ehrhardt Gold Beauty (Goldwyn x Starbuck x Tony), e como curiosidade ela é neta da lendária Rainyridge Tony Beuty, vaca que foi por duas vezes foi Grande Campeã de Madison. Mas a grande categoria das vacas jovens ficou na 3 Anos Sênior com a vitória indo para Butler-Butz Gold Barbara (Goldwyn x Shottle x Durham Barbie), vaca muito comentada e negociada por preços recorde nos bastidores, sua Reservada foi outra vaca de muita qualidade, a meu ver, com futuro brilhante pela frente, BVK Goldwyn Amenda (Goldwyn x Skychief x Starbuck), sendo ela filha direta da Shoremar S Alicia (EX 97), que foi a Grande Campeã da Royal em 2000, Amenda foi o melhor preço do leilão da Morsan em setembro, sendo negociada por 87 mil dólares. O campeonato Vaca Jovem ficou com essas duas, 3 Anos Sênior, Campeã e Reservada. A categoria 4 Anos foi mais disputada e equilibrada, mas prevaleceu a excepcional CookView Goldwyn Monique (Goldwyn x Igniter) e sua Reservada foi Robrook Goldwyn Cameron (Goldwyn x Dundee). Na categoria 5 Anos a vencedora foi Rosedale Lexington (Goldwyn x Cous-

Associado da Mineira possui vantagens e pacotes especiais nos serviços prestados pela ACGHMG. informações: 32 4009 4300

A exposição do preto e branco contou com 407 animais em pista e dois dias fenomenais de julgamento. Na primeira categoria de Bezerras Mirins, a vitória foi de uma bezerra preta de tremenda qualidade leiteira e aparência geral, Godin Bless Windbrook (Windbrook x Goldwyn) começava aí o que seria uma exposição do Goldwyn, seus filhos e netas. As categorias Bezerra Menor e Júnior foram vencidas por duas filhas de Goldwyn, Jacobs Goldwyn Lenny (Goldwyn x Dundee), bezerra da família Lydia, e a Bezerra Júnior foi Petitclerc Goldwyn Saltalamachia (Goldwyn x Jasper x Triumphant), outra bezerra de uma família conhecida, sua mãe Jasper Spades é filha da Triumphant Spooky, vaca com muitas estrelas de progênie no Canadá. Na categoria Bezerra Intermediária, a ganhadora foi Quad-R Attic Malibu (Attic x Outside). Na Bezerra Sênior venceu Cameron-Ridge Atwood Beauty (Atwood x Jasper), e a Novilha Menor foi Welsh-Edge Fever Huggable (Fever x Stormin Norman). Na última categoria do dia, Novilha Júnior, o prêmio ficou com Fanico Reginald Marty (Reginald x Eleven). No Campeonato Fêmea Jovem, a vitória ficou com a Bezerra Sênior Cameron Ridge Atwood Beauty e sua Reservada foi a Novilha Júnior, Fanico Reginald Marty. No sábado houve o julgamento das vacas paridas e apesar de soar como repetição, esta foi na opinião de muitos que estavam presentes, uma das melhores exposições até hoje, se consideramos todos os animais das categorias. É incrível, mas a qualidade aumenta a cada ano. A categoria 1 ano Parida foi vencida por uma vaca de excepcional sistema


artigo

apoio

Agrupamento de vacas leiteiras de acordo com características produtivas

Jornal Holandês Novembro de 2013

os seus associados. Agende uma visita - 32 4009 4300

profissionalismo A ACGHMG prossui competentes profissionais para atender cada vez melhor

Paulo Eugênio Câmara Especialista em pecuária leiteira

10

Agrupar vacas leiteiras por características de produção é prática comum nas propriedades do Brasil. Porém, a grande maioria dos produtores e técnicos utiliza um único critério para isso: o volume de leite que as vacas produzem. As vacas, por sua vez, possuem outras particularidades no decorrer da lactação, como requerimentos nutricionais, exigências reprodutivas, produtivas e sanitárias. Alguns pesquisadores estudaram e dividiram o ciclo de produção das vacas em lactação em períodos, de acordo com as diferentes características de cada momento. Para cada período, diferentes estratégias de manejo devem ser utilizadas. Assim, características negativas de cada fase podem ser minimizadas e as positivas, maximizadas. Figura 1 – Períodos do ciclo produtivo das vacas em lactação

A figura acima ilustra muito bem os quatro períodos do ciclo produtivo de uma vaca leiteira. Ela mostra: a curva de ingestão de matéria seca, que é o quanto a vaca está consumindo de alimento; a curva de lactação ou produção de leite diária; o crescimento fetal ou gestação da vaca; e os ganhos e perdas de peso, correlacionados com redução ou aumento de escore de condição corporal. Para compreender melhor, segue abaixo o detalhamento de cada período: 1. PERÍODO SECO: O período seco é o momento de preparação para a próxima lactação. Um manejo ruim nessa fase pode impactar negativamente na lactação subsequente. Vacas que sofrem algum tipo de estresse no período seco não iniciam bem a lactação, estando mais propícias à incidência de distúrbios como: cetose clínica e subclínica, retenção de placenta, deslocamento de abomaso, metrite, mastite, parto difícil e febre do leite. A figura 1 demonstra um período seco de aproximadamente 60 dias. Esse intervalo de tempo é o período médio recomendado para que haja a recuperação da glândula mamária e renovação das células epiteliais produtoras de leite. Períodos menores que 60 dias, em torno de 30 a 40 dias, que é o período mínimo para a glândula mamaria se recuperar totalmente, não toleram erros de manejo. É fundamental atenção para evitar falhas de anotação que provoquem um período de descanso inferior a 30 dias, o que comprometerá a próxima lactação, como também a qualidade do colostro, elevando as taxas de mortalidade das bezerras recém-nascidas. O critério principal de divisão de lotes no período seco é que as vacas com menos de 30 dias pré-parto sejam agrupadas e mantidas com dietas compostas pelos mesmos alimentos que serão fornecidos no pós-parto imediato, pois o rúmen necessita de pelo menos 20 dias para

adaptação da microbiota ruminal. Vacas adaptadas às dietas de pré-parto tendem a ter menor incidência de problemas no parto ou pós-parto imediato. Isso é importante para reduzir o intervalo entre partos e estimular o consumo de alimentos, o que contribuirá para maior produção durante a lactação. O Escore de Condição Corporal (ECC) ideal nesse período é de 3,5 a 3,75.

Um bom observador de vacas deve saber identificar animais com tendência a ganhar peso. Geralmente são animais que direcionam a energia fornecida pela dieta para acúmulo de gordura, e não para produção de leite. São vacas que tendem a produzir menos leite que as demais vacas no mesmo período de lactação. Esses animais devem ser direcionados para lotes que consomem dietas mais fibrosas.

2. INICÍO DA LACTAÇÃO: Após o parto, geralmente as vacas leiteiras tem dificuldades de atingir o consumo de alimento necessário para a produção de leite. A curva de lactação atinge seu ponto máximo antes da ingestão de matéria seca atingir. Dessa maneira, a exigência para a produção de leite é maior do que o que a vaca pode consumir, criando um déficit de energia disponível, chamado “balanço energético negativo”. Esse processo já ocorre antes mesmo do parto, devido à presença do bezerro no útero, ocupando muito espaço no abdômen, comprimindo o rúmen e impedindo a sua expansão dentro da cavidade abdominal. A partir do parto, a vaca pode atingir seu maior consumo de alimento, porém leva certo tempo para que o rúmen atinja a expansão necessária. Conhecendo a dificuldade da vaca nesse momento, busca-se fornecer dietas mais energéticas e menos fibrosas, já que apesar de não consumirem grandes volumes, têm elevada exigência nutricional. No inicio da lactação, não devem ser formuladas dietas com referência na produção de leite dos animais e sim no pico de lactação médio do rebanho. Isso porque é importante oferecer um desafio nutricional visando alcançar maior volume de leite a ser produzido pela vaca, induzir as funções reprodutivas e impedir maior perda de escore de condição corporal. Quanto maior for a perda de escore de condição corporal nas primeiras semanas pós-parto, menor é a eficiência reprodutiva deste animal, conforme a tabela 1 a seguir.   Tabela 1 – Relação entre a perda de condição corporal nas primeiras semanas pós-parto e eficiência reprodutiva. (STAPLES et. al. 1990)

4. FINAL DA LACTAÇÃO: No final da lactação, a vaca está produzindo pouco, consome altos volumes de alimento e o balanço energético é totalmente positivo, ou seja, a vaca está ganhando peso. Nesse período, já não se espera aumento da produção de leite. A meta é que as vacas estejam com prenhez avançada. Esse período é ideal para atingir e manter a condição corporal à secagem e ao parto. A meta de escore de condição corporal é de 3,0 a 3,5. O manejo adotado no final da lactação deve preparar a vaca para a secagem. Esse é o momento de economia de dieta, com maior concentração de fibra e menores volumes de concentrado, apenas para manutenção das necessidades fisiológicas da vaca. Nesse momento, a tendência é que elas ganhem peso, e vacas gordas e pesadas tendem a reduzir o consumo de matéria seca no pós-parto, devido ao excesso de reservas corporais disponíveis.

3. LACTAÇÃO MÉDIA: Esse período representa o momento de maior produção de leite, quando o maior consumo de matéria seca foi atingido. Assim, o balanço energético negativo já não deve existir mais. A partir do momento que começa a ganhar peso, ela tende a retornar suas funções reprodutivas e já pode ser inseminada ou coberta. A estratégia de manejo adotada para esse período deve ser direcionada para alcançar e manter a maior produção de leite. Além disso, deve objetivar ganho de peso e concepção.

Estratégia de agrupamento Depois de conhecer todas as variáveis que envolvem o ciclo produtivo das vacas leiteiras, resta saber como agrupá-las em lotes de acordo com suas necessidades. Figura 2 – Modelo esquemático de um agrupamento de vacas

A figura 2 exemplifica um agrupamento de vacas leiteiras. As setas indicam que os animais podem ser agrupados de acordo com seu período de lactação, produção de leite, ganho de peso, momento do parto e secagem. O conteúdo das dietas nos lotes pode ser definido como: dietas com alta, intermediária ou baixa energia (níveis de concentrado utilizados), e dietas de alta, intermediária ou baixa fibra (quantidade de volumoso). Conclusões • Vacas especiais necessitam de cuidados especiais; • Observe bem as vacas e busque agrupá-las de acordo com suas necessidades; • Cuidado com vacas muito gordas e vacas muito magras no momento da secagem; • Maximize o consumo de matéria seca de suas vacas. Fonte: Rehagro


11

Jornal Holandês Novembro de 2013

classificação linear Conheça bem o seu rebanho, utilize mais esse serviço da Associação e saiba como investir certo. Informações: 32 4009 4300

economize


Jornal Holandês Novembro de 2013

criadores. Agende a visita de um profissional - 32 4009 4300

classificação linear Mais um serviço de qualidade que a Associação Mineira presta aos

importante!

simPÓsio...Cursos... noTa

12

AvARÉ | SP Acontecerá a 45ª Exposição Nacional da Raça Holandesa – Expohol no período de 11 a 16 de novembro em Avaré – SP. É a última oportunidade do ano para vêr de perto como anda o desenvolvimento da raça pelo Brasil. A exposição será realizada no Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel e haverá julgamento separado para o gado VeB e PeB. Além da exposição acontecerá também a entrega da premiação Suprema, a maior premiação da raça Holandesa a nível nacional. Vale a pena prestigiar! Mais informações: www.expohol.com.br IGARAPÉ | MG Entre os dias 16 e 20 de dezembro será realizado o Curso de Inseminação Artificial em Bovinos na fazenda experimental Professor Hélio Barbosa, em Igarapé. O curso é promovido pela Escola de Veterinária da UFMG desde 2006 e acontece uma vez por mês. Ministrado pelo aluno de pós-graduação Dimitre Giancarlo e orientado pelo professor Álan Maia, o curso se baseia em tripé resumido em: montagem do aplicador e inseminação, observação de cio e manejo do botijão. O evento é voltado basicamente para alunos de veterinária, funcionários das fazendas e produtores rurais. Mas também é aberto ao público em geral. Para que o curso aconteça é necessário no mínimo 8 alunos. As inscrições tem o valor de R$ 605,00 Mais informações: (31) 3534-3708 ou pelo e-mail fazendavet@yahoo.com.br. ITAPETINGA | BA A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), por meio do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, realiza, entre os dias 4 e 6 de dezembro, o II Simpósio Brasileiro de Produção de Ruminantes, no auditório do campus de Itapetinga-BA. O evento, que contará, mais uma vez, com a participação de vários pesquisadores do Brasil, tem como objetivo discutir a produção animal, abordando assuntos relevantes para a cadeia produtiva de bovinocultura de leite e corte, assim como para ovinocaprinocultura. Os organizadores tem expectativa da participação de 450 a 500 inscritos no evento, sendo o público alvo discentes de graduação e pós-graduação, docentes e produtores de todo o país. As inscrições ocorrem até o dia 4 de dezembro de 2013. Estudantes de graduação investem R$130,00; estudantes de pós-graduação, R$195,00; e profissionais, R$260,00. Quem quiser participar do simpósio como ouvinte também deve se inscrever até 4 de dezembro. Mais informações: (77) 3261 8628 ou pelos e-mails sbpruminantes@gmail.com (comissão organizadora) e ppzootecnia@yahoo.com.br (Programa de Pós-Graduação em Zootecnia).

OPORTUNIDADE Está aberto o processo de seleção de candidatos ao cargo de Chefe-Geral da Embrapa Pecuária Sudeste, de São Carlos – SP. As inscrições devem ser realizadas até 20 de novembro, exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico www.embrapa.br/ selecaochefe. Podem participar candidatos pertencentes ou não ao quadro de pessoal efetivo da Embrapa. As demais etapas do procedimento de seleção ocorrem em datas a serem comunicadas previamente aos candidatos. Os interessados em concorrer devem preencher um formulário eletrônico no qual constam, entre outras informações, três referências profissionais. Além do preenchimento do formulá-

rio, no ato da inscrição o candidato a Chefe-Geral deverá encaminhar uma proposta de trabalho para mandato de três anos, renovável pelo mesmo período, além de memorial, currículo e descrição de sua experiência gerencial, dentre outros documentos. Outra etapa do processo prevê apresentação de memorial e defesa pública da proposta de trabalho e arguição por parte dos membros do Comitê de Avaliação e Seleção (CAS) e pelos empregados. Ao final da avaliação, na qual será apreciada a documentação apresentada pelo candidato e julgada sua capacidade e potencial gerencial, o Comitê indicará à Diretoria-Executiva da Embrapa até três candidatos pré-selecionados.

eXperimeNte! Faça parte da Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais

Ser associado é simples e o custo é bem menor do que você imagina. Além do Registro de Animais, que valoriza o seu rebanho, a Associação ainda oferece vários serviços e oportunidades. Não importa se seu rebanho é pequeno, médio ou grande. Aqui todo mundo sai ganhando com a união. Não perca mais tempo, experimente, ligue para nós e tire suas dúvidas. Você vai descobrir que a ACGHMG existe para apoiar você.

Agende uma visita de um dos nossos técnicos em sua fazenda

32 - 4009 4300


Super Rank CADERNO

13

Este caderno é um oferecimento:

10 maiores produções individuais diárias por rebanho PRODUÇÕES INDIVIDUAIS DE ANIMAIS SUBMETIDOS AO CONTROLE OFICIAL AFERIDAS EM setembro/2013 2 ORDENHAS PROPRIETÁRIO

MUNICIPIO

NOME DO ANIMAL

NÚMERO COMP. REGISTRO RACIAL BX384776 PO BX393242 PO SRM416359 1/2 BX359375 PO BX383887 PO BR1545996 GC-01 BX380486 PO BR1613472 PCOD BX423114 PO BX373924 PO

PRODUÇÃO DIÁRIA 64,8 60,8 60,2 59,0 57,6 57,6 53,6 52,8 51,6 47,8

DATA DO CONTROLE 16/09/2013 30/09/2013 26/09/2013 10/09/2013 11/09/2013 17/09/2013 24/09/2013 03/09/2013 12/09/2013 05/09/2013

NÚMERO COMP. REGISTRO RACIAL BX404562 PO BR1557075 GC-02 BX364397 PO BX389784 PO SRM414318 BX379123 PO 1761D 3/4 BR1677856 PCOD BR1519017 GC-01 BX381123 PO

PRODUÇÃO DIÁRIA 86,7 67,0 63,8 62,2 61,6 60,3 60,2 59,7 58,6 57,0

DATA DO CONTROLE 20/09/2013 24/09/2013 16/09/2013 05/09/2013 02/09/2013 11/09/2013 17/09/2013 24/09/2013 17/09/2013 24/09/2013

Jornal Holandês Novembro de 2013

CAYUABA GENETICA & PECUARIA LTDA ENTRE RIOS DE MINAS ALFY CAYUABA PARADOX2 DANIA DIRCEU DE MANCILHA ITANHANDU GALENA NAZARETH SHARKY OTHON MARTINS DE SOUZA SUMIDOURO CRISTALINA PAIOL AZ ICE RAUL PINTO ITANHANDU LODEWIJKA ACTIVIST MARGRIET 629 WILSON EUGENIO ASSIS SANTA RITA DE CALDAS WASSIS BAILARINA 334 TRIBUTE MARCOS PAIVA FROTA E/OU PATRICIA N.P.FROTA CARMO DA CACHOEIRA FZ-BA DUDA 249 STOPPER MAURILIO FERREIRA MACIEL CRUZILIA CRUZILIA XAQUIRA CHRISSY GERALDO MAGELA DE MORAIS PIRACEMA GERE CAMPHANA FLORA VICENTE ANTONIO MARINS E FILHOS TRES CORACOES VAM LONA SHOTTLE-TE MANUEL JACINTO GONCALVES ITANHANDU BOCAINA DRAKE VANDA ZEZE

3 ORDENHAS PROPRIETÁRIO

MUNICIPIO

NOME DO ANIMAL

Melhores médias de produção por rebanho - Holandês Com a alteração das tabelas para divulgação de médias em 2 e 3 ordenhas, o rebanho que tiver encerramentos em 2 e 3 ordenhas no período referido poderá aparecer nas duas tabelas caso alcance médias entre as cinco melhores de cada categoria

MÉDIA DE REBANHOS REFERENTES AO PERÍODO

MÉDIA DE REBANHOS REFERENTES AO PERÍODO

setembro DE 2012 A AGOSTO DE 2013 - 2 ORDENHAS

setembro DE 2012 A AGOSTO DE 2013 - 3 ORDENHAS

PROPRIETÁRIO

MUNICÍPIO

LACTA. ENCERRA.

LEITE N. TIPO 305IA ORDEN. CONTROLE

Rebanhos com 10 a 25 Vacas Encerradas(30 Rebanhos Concorrentes) 1 DIRCEU DE MANCILHA

ITANHANDU - MG

24

12.853

2X MENSAL

JESUANIA - MG

17

10.847

2X MENSAL

CONCEICAO DO RIO VERDE - MG

15

10.453

2X MENSAL

PIRACEMA - MG

11

9.396

2X MENSAL

ITANHANDU - MG

18

9.326

2X MENSAL

2 GEYSA MARIA PEREIRA VILLELA MENDES LOPES 3 GUSTAVO GOMES FERNANDES E OUTROS 4 GERALDO MAGELA DE MORAIS

5 ALMIR PINTO REIS

Rebanhos com 26 a 50 Vacas Encerradas(08 Rebanhos Concorrentes) 1 MARCOS PAIVA FROTA E/OU PATRICIA N.P.FROTA

10.647

2X BIMESTRAL

40

10.561

2X MENSAL

SUMIDOURO - RJ

32

9.863

2X MENSAL

ITANHANDU - MG

37

9.547

2X MENSAL

5 FUNDACAO DE APOIO AO ENSINO PESQ.E EXTENSAO LAVRAS - MG

31

8.371

2X MENSAL

3 OTHON MARTINS DE SOUZA 4 ALTAIR DA SILVA REIS

CARMO DA CACHOEIRA - MG

Rebanhos com 51 a 75 Vacas Encerradas(06 Rebanhos Concorrentes) 1 EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA 2 RAUL PINTO

CARMO DO PARANAIBA - MG

ITANHANDU - MG

74

11.293

2X MENSAL

54

10.080

2X MENSAL 2X BIMESTRAL

3 CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO

TRES PONTAS - MG

72

9.458

4 GILBERTO VILELA OLIVEIRA

CARMO DO RIO CLARO - MG

68

8.285

2X BIMESTRAL

5 AGRO PECUARIA JM LTDA

CAMPOS GERAIS - MG

63

8.003

2X BIMESTRAL

Acima de 100 Vacas Encerradas(01 Rebanhos Concorrentes) 1 VICENTE ANTONIO MARINS E FILHOS

TRES CORACOES - MG

160

9.598

2X MENSAL

MUNICÍPIO

LACTA. ENCERRA.

LEITE N. TIPO 305IA ORDEN. CONTROLE

Rebanhos com 10 a 25 Vacas Encerradas(09 Rebanhos Concorrentes) 1 LUIZ FERNANDO RODRIGUES OLIVEIRA MONTE ALEGRE DE MINAS - MG 2 JOSE ADIR LOIOLA ESPIRITO SANTO DO DOURADO - MG 3 GEYSA MARIA PEREIRA VILLELA MENDES LOPES JESUANIA - MG 4 JOSE ENIO CARNEIRO MENDES ITANHANDU - MG 5 LUIZ CARLOS G FACCO E/OU CRISTINA G F FACCO SERRANOS - MG

15 19 13 24 11

11.979 11.660 10.755 10.409 9.394

3X BIMESTRAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL

Rebanhos com 26 a 50 Vacas Encerradas(08 Rebanhos Concorrentes) 1 MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS DELFIM MOREIRA - MG 2 DIEGO VAZ DE OLIVEIRA ALPINOPOLIS - MG 3 MAURO ANTONIO COSTA DE ARAUJO SETE LAGOAS - MG 4 DJAIR BOSCATTI ITAPEVA - MG 5 RAFAEL TADEU SIMOES POUSO ALEGRE - MG

40 34 29 46 45

12.396 12.286 11.891 11.074 10.826

3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL

Rebanhos com 51 a 75 Vacas Encerradas(13 Rebanhos Concorrentes) 1 ELLOS JOSE NOLLI CAETE - MG 2 EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES GUAXUPE - MG 3 MANUEL JACINTO GONCALVES ITANHANDU - MG 4 FABIO EUSTAQUIO SILVEIRA SAO GONCALO DO SAPUCAI - MG 5 GERALDO VIOTTO TURVOLANDIA - MG

67 59 57 55 71

12.827 12.692 11.408 11.126 10.649

3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL

Rebanhos com 75 a 100 Vacas Encerradas(03 Rebanhos Concorrentes) 1 COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA RESSAQUINHA - MG 2 MARCIO FLAVIO PENIDO OLIVEIRA SAO GONCALO DO SAPUCAI - MG 3 MARCUS VINICIUS BORGES DE CARVALHO JUIZ DE FORA - MG

76 84 85

11.902 9.489 8.399

3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL

Acima de 100 Vacas Encerradas(06 Rebanhos Concorrentes) 1 ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE POUSO ALEGRE - MG 2 CAYUABA GENETICA & PECUARIA LTDA ENTRE RIOS DE MINAS - MG 3 SEKITA AGRONEGOCIOS RIO PARANAIBA - MG 4 WLADIMIR ANTONIO PUGGINA ALFENAS - MG 5 ROGERIO LUIZ SEIBT PRESIDENTE OLEGARIO - MG

162 103 346 190 108

13.944 11.973 11.255 10.284 9.933

3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL 3X MENSAL

boa ideia!

45

ANTONIO CARLOS - MG

2 ANICETO MANUEL AIRES

PROPRIETÁRIO

vacinação

Vacine o seu gado nas datas corretas e fique em dia com a saúde de seu rebanho.

JOAQUIM HENRIQUE NOGUEIRA CAPIM BRANCO MENGE BAXTER VIRGINIA 1392-TE EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES GUAXUPE EF & LS TEIA WILDMAN-TE ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE POUSO ALEGRE MENGE TALENT SAUDADE 1058 COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA RESSAQUINHA COLLEM MARCUS MORGANA JOSE RENATO DA SILVA GUARANI HENEL SALSA DJAIR BOSCATTI ITAPEVA BOSCATTI GATA BARRY RAFAEL TADEU SIMOES POUSO ALEGRE PAMELA RS RANCHO ALEGRE JOSE AHIR DE MANCILHA POUSO ALTO AHIR BRANCA CARLOS FABIO NOGUEIRA RIVELLI E OUTRO ALFREDO VASCONCELOS RIVELLI WILDMAN BRINDADA 278 MAURO ANTONIO COSTA DE ARAUJO SETE LAGOAS BRAUNAS DUNDEE SAMANTHA KIM-TE


valorize

305 dias 2 ANOS JUNIOR

procedência. Informações: 32 4009 4300

Controle Leiteiro Oficial Melhores Lactações por Classe

primeira divisão 305 dias 2 ordenhas - PERÍODO 01/08/2013 A 31/08/2013 RAÇA: HOLANDESA Nome Animal

1 ANO PARIDA

REGISTRE SEU ANIMAL Registro não é apenas um papel. Animal registrado é animal com

Este caderno é um oferecimento:

2 ANOS SENIOR 3 ANOS JUNIOR 3 ANOS SENIOR 4 ANOS JUNIOR 4 ANOS SENIOR 5 ANOS 6 ANOS 7 ANOS ADULTA JUNIOR ADULTA SENIOR

Registro

class

idade

dias lact.

prod leite

prod gord.

% prod gord prot.

% prot.

tit.

proprietário

primeira divisão 305 dias 3 ordenhas - PERÍODO 01/08/2013 A 31/08/2013

Jornal Holandês Novembro de 2013

Nome Animal

1 ANO PARIDA 2 ANOS JUNIOR 2 ANOS SENIOR 3 ANOS JUNIOR 3 ANOS SENIOR 4 ANOS JUNIOR 4 ANOS SENIOR 5 ANOS 6 ANOS

14

7 ANOS ADULTA JUNIOR ADULTA SEnior

uf

nome do pai

RECORDISTA MINEIRA COLLEM MARTY CRYSTAL BX283720 B+-82 01-11 305 12374,0 374,8 3,03 347,6 2,81 LM COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA 2003 RICECREST MARTY-ET E.A.B. ROLEX BERINJELA 239 BR1652076 01-08 305 9108,8 268,7 2,95 298,2 3,27 LE EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG LATUCH ROLEX-ET MENGE OUTBOND X1601 BX416845 B 79 01-11 305 7486,1 199,2 2,66 223,9 2,99 -- ELCIO MENDES VILANOVA E SILVA MG SHILLDALE OUTBOUND-ET RECORDISTA MINEIRA E.A.B. AUGUSTA ZORAIDE 113 BR1652017 MB-85 02-05 305 15970,5 800,0 5,01 443,7 2,78 LE EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA 2012 LADYS-MANOR AUGUSTA E.A.B. AUGUSTA AMORA 192 BR1652062 B 79 02-01 305 10130,2 449,6 4,44 317,5 3,13 LM EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG LADYS-MANOR AUGUSTA E.A.B. JUNEAU ARETUZA 204 BR1652064 02-01 305 9162,1 354,9 3,87 296,5 3,24 LE EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG RONLAND JUNEAU RECORDISTA MINEIRA GALENA ETICA GARTER BX387671 B+-83 02-11 305 14328,3 442,4 3,09 430,0 3,00 LE DIRCEU DE MANCILHA 2012 WELCOME GARTER-ET E.A.B. CUTIA SR25206 02-11 305 10993,2 386,5 3,52 322,6 2,93 LM EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG E.A.B. AUGUSTA ARIEL 156 BR1677430 02-07 290 10178,7 517,9 5,09 322,1 3,16 LE EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG LADYS-MANOR AUGUSTA RECORDISTA BRASILEIRA VERA CRUZ PROVINCIA BX246790 B+-82 03-02 305 15502,0 590,0 3,81 439,0 2,83 LE VICENTE ANTONIO MARINS E FILHOS 2002 FRAELAND LEADOFF-ET E.A.B. GOLDPLATE DIAMANTINA 116 BR1652016 03-02 305 11731,3 490,7 4,18 352,3 3,00 LM EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG COMESTAR GOLDPLATE-ET MEARA FABIOLA ATWIND BR1557039 03-04 272 8771,8 272,3 3,10 267,1 3,05 LM GERALDO MAGELA DE MORAIS MG ROYOLA ATWIND ET RECORDISTA MINEIRA AVANI PETECA GOLD DUSTER BX251440 MB-88 03-11 305 15532,0 533,0 3,43 0,00 LM COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA 2000 WOODBINE-K GOLD DUSTER-ET C.S.C.S. PEROLA DRAKE 500 BR1535023 MB85 03-10 305 9278,9 300,2 3,24 289,4 3,12 LM CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO MG FAR-O-LA DEBBIE-JO DRAKE ET J.M.A. ESMERALDA DEVOTED 295 BX400728 B 78 03-10 248 7995,4 223,7 2,80 246,1 3,08 -- AGRO PECUARIA JM LTDA MG FAR-O-LA DEVOTED ET RECORDISTA MINEIRA SANTA PAULA IVINA DAZZLER BX345332 B+-83 04-01 305 15664,0 475,8 3,04 438,1 2,80 LM SIDNEY NERY 2008 RADINE BELLTONE DAZZLER-ET LUCIA JUDIA LUCAN BX391172 MB86 04-01 305 12113,4 261,7 2,16 373,3 3,08 -- RAUL PINTO MG OCONNORS LUCAN ET GVO RESENHA MORTY-TE BX379107 MB85 04-04 305 10330,6 271,6 2,63 322,4 3,12 -- GILBERTO VILELA OLIVEIRA MG STOUDER MORTY-ET RECORDISTA MINEIRA GALENA ALFA JUMBO BX428035 MB-87 04-08 305 14932,9 506,8 3,39 450,7 3,02 LE DIRCEU DE MANCILHA 2012 GALENA JUMBO INTEGRITY LUCIA INES FINES BX380453 MB86 04-11 305 11259,4 171,4 1,52 339,7 3,02 -- RAUL PINTO MG PENN-GATE FINEST ET LUCIA JORNALISTA ROYLANE BX383858 MB86 04-06 275 9806,3 241,6 2,46 299,3 3,05 -- RAUL PINTO MG ROYLANE JORDAN-ET RECORDISTA MINEIRA JARDIM GENUINA BX208241 B+-83 05-01 305 17189,2 400,9 2,33 529,4 3,08 LM ANDRE LUIS MOREIRA DE ANDRADE E OUTRA 2002 B-HIDDENHILLS MARK-O-POLO FAEPE FRAN DIE-HARD 273 BR1466309 B 78 05-11 305 9037,5 355,7 3,94 269,5 2,98 -- FUNDACAO DE APOIO AO ENSINO PESQ.E EXTENSAO MG REGANCREST RBK DIE-HARD-ET EVAJOY BALANCA DIE-HARD BR1483506 05-07 305 6247,9 162,4 2,60 185,5 2,97 -- ARGEMIRO MAGALHAES NETTO MG REGANCREST RBK DIE-HARD-ET RECORDISTA MINEIRA CRUZILIA RENDILHA JOE BX317348 MB-88 06-11 305 18062,7 821,0 4,55 535,0 2,96 LM MAURILIO FERREIRA MACIEL 2010 BOCAINA MANDEL SASSY JOE TE C.S.C.S. LEDA G.DURHAM 349 BX350008 MB87 06-11 305 12079,7 425,1 3,52 359,2 2,97 LM CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO MG C.S.C.S. GALENO BLACKSTAR DURHAM-TE C.S.C.S. IGOR MEGABUCK PROGRESS-TE C.S.C.S. MARGARETE I. PROGRESS-390 BR1465502 B+81 06-03 305 9989,7 302,1 3,02 290,5 2,91 LM CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO MG RECORDISTA BRASILEIRA GENOVA GOLD BELL DE SANTA PAULA BR1048927 B+-83 07-10 305 17110,0 340,0 1,99 0,00 LE SIDNEY NERY 1999 TRI-Q-CHEKD GOLD BELL LANDEMART NEWTON FALESIA 1244 BR1442180 B+84 07-01 305 9938,3 322,3 3,24 319,6 3,22 LM ANTONIO DE PADUA MARTINS MG RODENBERG EMORY NEWTON-ET LUCIA GRACA REVENUE BX353881 B+80 07-03 246 9416,4 241,1 2,56 265,0 2,81 -- RAUL PINTO MG EASTVIEW NBO REVENUE MATTIE RECORDISTA MINEIRA BEATRIZ ECILA BR1015226 09-04 304 16404,0 669,0 4,08 0,00 LE NILSON GONCALVES PEREIRA 1999 A.M.A. RAIDER LULU-511 BX335073 MB85 08-04 305 11422,7 411,5 3,60 336,4 2,95 LM ANICETO MANUEL AIRES MG HANOVERHILL RAIDER-ET RIVELLI GLORIA 097 BR1551502 08-03 305 8587,4 377,4 4,39 277,6 3,23 -- CARLOS FABIO NOGUEIRA RIVELLI E OUTRO MG RECORDISTA MINEIRA DOUTORA ENCHANT RILENE J.C. BR1049810 10-05 305 15658,3 542,6 3,47 397,9 2,54 LM SIDNEY NERY 2004 A SIR ENCHANT ET CONCHITA ESTEVES Z2980 15-06 305 9547,2 339,4 3,56 275,9 2,89 LM GILBERTO CARVALHO ESTEVES MG WASSIS MOEDA 193 BR1476766 B+83 11-04 305 8000,5 246,0 3,07 217,3 2,72 -- WILSON EUGENIO ASSIS MG

Registro

class

idade

dias lact.

prod leite

prod gord.

prod % gord prot.

% prot.

tit.

proprietário

RAÇA: HOLANDESA uf

nome do pai

RECORDISTA MINEIRA EF & LS COPACABANA WILDMAN BR1544771 MB-86 01-11 305 15996,8 405,1 2,53 460,3 2,88 LM EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES 2012 LADYS-MANOR WILDMAN ET MENGE MAC X1600 BX416848 MB85 01-11 305 11667,9 312,2 2,68 336,7 2,89 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE MG REGANCREST-HHF MAC ET MENGE SHOTTLE X1613-FIV BX421818 B+83 01-11 305 11382,0 324,8 2,85 361,3 3,17 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE MG PICSTON SHOTTLE-ET RECORDISTA MINEIRA EF & LS LILIANA TOYSTORY BX404701 B+-82 02-05 305 15482,9 475,2 3,07 489,7 3,16 LE EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES 2011 JENNY-LOU MRSHL TOYSTORY ET SEKITA LICIA 1916 BERTIL BR1624758 B 77 02-01 305 13070,6 488,3 3,74 377,0 2,88 LM SEKITA AGRONEGOCIOS MG BEEKMANSHOEVE BERTIL LIMASSIS SOLENE PRIMA WILDMAN BX461118 02-00 286 11995,7 334,9 2,79 329,9 2,75 LM MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS MG LADYS-MANOR WILDMAN ET RECORDISTA MINEIRA C.A.A. JESSICA BR1449849 MB-86 02-11 305 16711,9 466,3 2,79 536,4 3,21 LM CARLOS ALBERTO ADAO 2007 MENGE GOLDWIN II VALDETE 1399 BX402787 MB87 02-11 305 13129,2 420,8 3,21 407,6 3,10 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE MG BRAEDALE GOLDWYN II - TN MENGE BAXTER VERTICAL 1447-TE BX405116 B+81 02-11 305 12874,1 369,7 2,87 396,9 3,08 LE ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE MG EMERALD-ACR-SA T-BAXTER RECORDISTA MINEIRA J.E.N. CONDESSA BOLTON-TE BX381065 MB-86 03-03 305 18335,3 391,2 2,13 553,8 3,02 LM ELLOS JOSE NOLLI 2012 SANDY-VALLEY BOLTON ET ALFY CAYUABA LUKE-RED DUQUESA-TE BX409567 B+83 03-04 305 16581,3 481,8 2,91 441,2 2,66 LM CAYUABA GENETICA & PECUARIA LTDA MG MR RI-VAL-RE P LUKE-RED-ET LIMASSIS RARA HALUX DAKOTA-TE BX410481 B 77 03-02 305 15086,8 385,2 2,55 443,6 2,94 LM MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS MG CREEK BWMARSHALL DAKOTA ET RECORDISTA MINEIRA VALE DO MILK’ DELICADA II BR1271165 MB-87 03-09 305 19947,0 612,0 3,07 241,0 1,21 LM VINICIUS DA SILVA SALGADO 2000 ALFY CAYUABA MATTISON DININHA-TE BX393503 B+83 03-11 305 14001,9 504,5 3,60 422,8 3,02 LM CAYUABA GENETICA & PECUARIA LTDA MG BARBI-LYN M MATTISON-ET LOIOLA CHIVUCA 303 BR1615300 03-09 305 12407,3 347,4 2,80 436,5 3,52 LM JOSE ADIR LOIOLA MG RECORDISTA MINEIRA C.A.A. JESSICA BR1449849 MB-86 04-03 305 19204,6 592,2 3,08 533,3 2,78 LM CARLOS ALBERTO ADAO 2009 LIMASSIS PANTERA HAVANA PAYDAY BX393209 MB86 04-04 253 10651,0 316,8 2,97 298,4 2,80 -- MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS MG PARADISE-RV PAYDAY ET RS RANCHO ALEGRE ARAXA 376 FREDERICK BR1527378 04-04 305 10258,1 373,4 3,64 292,6 2,85 LM RAFAEL TADEU SIMOES MG CLINITA ZACK FREDERICK-ET RECORDISTA MINEIRA J.E.N. BUENA SORTE JEROM RED-TE BR1480978 B+-82 04-11 305 19250,5 301,3 1,56 518,4 2,69 -- ELLOS JOSE NOLLI 2012 JEROM MEARA 3068 SRM416544 04-11 305 10546,6 259,2 2,46 312,1 2,96 -- AGROPECUARIA BARREIRO ALTO MG SERRAZUL JOCASTA LOGISTIC BR1512036 04-09 305 10373,2 381,6 3,68 329,6 3,18 LM JOSE ENIO CARNEIRO MENDES MG WALKERBRAE LOGISTIC RECORDISTA MINEIRA C.A.A. AMERICA BR1449851 EX-90 05-07 305 21605,7 519,4 2,40 609,1 2,82 LM CARLOS ALBERTO ADAO 2007 ECILA LAURA MOSCOW BX371150 B+83 05-04 305 15183,4 432,0 2,85 421,9 2,78 LE MANUEL JACINTO GONCALVES MG ROBTHOM MOSCOW ET SEKITA GOIABA 964 BR1544426 MB87 05-05 305 14097,8 504,0 3,57 429,8 3,05 LM SEKITA AGRONEGOCIOS MG RECORDISTA MINEIRA C.A.A. LILIAN LUKE BR1452387 06-06 305 18311,4 522,5 2,85 507,1 2,77 LM CARLOS ALBERTO ADAO 2009 NORRIELAKE CLEITUS LUKE-TW KLAAS TIETJE 818 BX355463 B+83 06-03 305 12748,5 525,1 4,12 400,8 3,14 LM MANUEL JACINTO GONCALVES MG NUNESDALE DURHAM RUDY-ET NORREMOSE 851 ANGEL MAXIE BX364408 B+83 06-01 305 12147,5 311,0 2,56 375,6 3,09 -- DORA NORREMOSE VIEIRA MARQUES MG KERNDT MAXIE-ET RECORDISTA MINEIRA SANTOS REIS CHARISMA GRAYCE BX303469 MB-89 07-04 305 17410,1 473,0 2,72 492,0 2,83 LM ALTAIR DA SILVA REIS 2010 PETINESCA CHARISMA-ET J.D.F. ADELE 929 LEEVIS BX348823 MB85 07-02 305 11265,5 476,0 4,22 342,3 3,04 LM MANUEL JACINTO GONCALVES MG KILDARE LEEVIS SISSI KIKO SRM416903 07-02 305 9400,7 246,2 2,62 277,7 2,95 -- AGROPECUARIA BARREIRO ALTO MG RECORDISTA MINEIRA MARIA’S MORENA PRELUDE-TE BX192263 B+-84 305 15723,7 526,7 3,35 462,2 2,94 ELY BONINI GARCIA 2003 RONNYBROOK PRELUDE-ET RS RANCHO ALEGRE ELLEN BR1498702 08-01 305 9923,6 316,6 3,19 307,3 3,10 -- RAFAEL TADEU SIMOES MG BOCAINA LEADER PETALA TURISTA BX326564 MB85 09-01 305 9004,2 381,1 4,23 277,7 3,08 -- MANUEL JACINTO GONCALVES MG COMESTAR LEADER-ET RECORDISTA MINEIRA C.A.A. LAGOA BR1449850 MB-88 10-00 305 18353,5 550,9 3,00 482,2 2,63 LE CARLOS ALBERTO ADAO 2008 ONDA SUL CASCATA BR1483561 B+80 13-06 274 6627,1 183,3 2,77 191,2 2,89 -- BRENO CORREA PERES E/OU MG LANDEMART CALANDRA 935 BR1426605 B+83 11-00 183 2967,4 111,3 3,75 101,2 3,41 -- ANTONIO DE PADUA MARTINS MG


365 dias

Este caderno é um oferecimento:

Controle Leiteiro Oficial Melhores Lactações por Classe

primeira divisão 365 dias 2 ordenhas - PERÍODO 01/08/2013 A 31/08/2013 Nome Animal

1 ANO PARIDA 2 ANOS JUNIOR 2 ANOS SENIOR 3 ANOS JUNIOR 3 ANOS SENIOR

4 ANOS SENIOR 5 ANOS 6 ANOS

7 ANOS ADULTA JUNIOR

class

idade

dias lact.

prod leite

prod gord.

% prod gord prot.

% prot.

tit.

proprietário

3 ANOS JUNIOR 3 ANOS SENIOR 4 ANOS JUNIOR 4 ANOS SENIOR 5 ANOS 6 ANOS

ADULTA JUNIOR

class

idade

dias lact.

prod leite

prod gord.

% prod gord prot.

% prot.

tit.

proprietário

RAÇA: HOLANDESA uf

nome do pai

RECORDISTA BRASILEIRA EF & LS COPACABANA WILDMAN BR1544771 MB-86 01-11 365 19222,2 527,9 2,75 561,4 2,92 LM EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES 2012 LADYS-MANOR WILDMAN ET MENGE MAC X1600 BX416848 MB85 01-11 365 13382,1 370,8 2,77 393,1 2,94 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE MG REGANCREST-HHF MAC ET SERRAZUL RAQUIA PARRA BX423085 01-11 365 13287,6 380,3 2,86 409,7 3,08 LM JOSE ENIO CARNEIRO MENDES MG WIDEVIEW PARRA RECORDISTA MINEIRA MENGE BAXTER XANDOCA 1563-TE BX413344 B+-83 02-00 365 18400,2 659,4 3,58 544,2 2,96 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE 2013 EMERALD-ACR-SA T-BAXTER EF & LS BEIJA-FLOR FORTALEZA WILDMAN-TE BR1621103 B+81 02-00 365 12909,1 471,2 3,65 407,3 3,15 LM EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES MG LADYS-MANOR WILDMAN ET AGRINDUS 2844 FINEST-TE BX413665 MB85 02-03 365 12293,2 424,1 3,45 383,4 3,12 LM SEKITA AGRONEGOCIOS MG PENN-GATE FINEST ET RECORDISTA MINEIRA C.A.A. JESSICA BR1449849 MB-86 02-11 365 18928,1 542,1 2,86 609,5 3,22 LM CARLOS ALBERTO ADAO 2007 MENGE GOLDWIN II VALDETE 1399 BX402787 MB87 02-11 365 14402,4 468,1 3,25 456,8 3,17 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE MG BRAEDALE GOLDWYN II - TN MENGE BAXTER VERTICAL 1447-TE BX405116 B+81 02-11 365 14157,3 414,8 2,93 439,5 3,10 LE ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE MG EMERALD-ACR-SA T-BAXTER RECORDISTA MINEIRA J.E.N. CONDESSA BOLTON-TE BX381065 MB-86 03-03 365 21167,2 451,0 2,13 650,7 3,07 LM ELLOS JOSE NOLLI 2012 SANDY-VALLEY BOLTON ET ALFY CAYUABA LUKE-RED DUQUESA-TE BX409567 B+83 03-04 365 18997,8 564,8 2,97 520,2 2,74 LM CAYUABA GENETICA & PECUARIA LTDA MG MR RI-VAL-RE P LUKE-RED-ET LIMASSIS RARA HALUX DAKOTA-TE BX410481 B 77 03-02 365 16533,3 423,4 2,56 489,4 2,96 LM MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS MG CREEK BWMARSHALL DAKOTA ET RECORDISTA BRASILEIRA VALE DO MILK’ DELICADA II BR1271165 MB-87 03-09 365 24051,0 792,0 3,29 367,0 1,53 LM LUIZ HENRIQUE SILVA E SORAYA T.A.MENDES SILVA 2000 ALFY CAYUABA MATTISON DININHA-TE BX393503 B+83 03-11 365 15022,3 556,8 3,71 463,4 3,08 LM CAYUABA GENETICA & PECUARIA LTDA MG BARBI-LYN M MATTISON-ET LOIOLA CHIVUCA 303 BR1615300 03-09 365 14243,3 412,9 2,90 503,4 3,53 LM JOSE ADIR LOIOLA MG RECORDISTA MINEIRA MENGE SPIRTE TAORMINA 1143 BX409542 EX-90 04-00 365 21781,4 612,0 2,81 618,5 2,84 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE 2012 CEDARWAL SPIRTE J.B.O. NOTICIA MYRON BX383465 B+82 04-03 365 11926,8 324,3 2,72 365,8 3,07 -- MARCIO FLAVIO PENIDO OLIVEIRA MG HARTFORD MYRON ET LANDEMART HOMESTEAD JAGUARINA 037-08-1580 BX439481 B 76 04-02 365 11022,1 356,4 3,23 362,7 3,29 -- ANTONIO DE PADUA MARTINS MG BOMAZ HOMESTEAD-ET RECORDISTA MINEIRA J.E.N. BUENA SORTE JEROM RED-TE BR1480978 B+-82 04-11 338 20907,1 324,5 1,55 569,9 2,73 -- ELLOS JOSE NOLLI 2012 JEROM SERRAZUL JOCASTA LOGISTIC BR1512036 04-09 365 11896,1 452,2 3,80 391,6 3,29 LM JOSE ENIO CARNEIRO MENDES MG WALKERBRAE LOGISTIC MEARA 3068 SRM416544 04-11 365 11619,6 296,3 2,55 350,9 3,02 -- AGROPECUARIA BARREIRO ALTO MG RECORDISTA MINEIRA C.A.A. AMERICA BR1449851 EX-90 05-07 350 23153,7 564,1 2,44 655,6 2,83 LM CARLOS ALBERTO ADAO 2007 ECILA LAURA MOSCOW BX371150 B+83 05-04 365 16724,5 520,2 3,11 468,3 2,80 LE MANUEL JACINTO GONCALVES MG ROBTHOM MOSCOW ET SEKITA GOIABA 964 BR1544426 MB87 05-05 365 15965,0 588,2 3,68 493,2 3,09 LM SEKITA AGRONEGOCIOS MG RECORDISTA MINEIRA C.A.A. LILIAN LUKE BR1452387 06-06 364 20778,0 598,4 2,88 587,9 2,83 LM CARLOS ALBERTO ADAO 2009 NORRIELAKE CLEITUS LUKE-TW KLAAS TIETJE 818 BX355463 B+83 06-03 365 15057,4 613,1 4,07 476,0 3,16 LM MANUEL JACINTO GONCALVES MG NUNESDALE DURHAM RUDY-ET NORREMOSE 851 ANGEL MAXIE BX364408 B+83 06-01 365 13741,5 345,0 2,51 430,7 3,13 -- DORA NORREMOSE VIEIRA MARQUES MG KERNDT MAXIE-ET RECORDISTA MINEIRA LAGOS STORM LEILA 457 BX251613 B+-80 07-08 365 20238,5 616,6 3,05 517,9 2,56 LM ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE 2008 MAUGHLIN STORM-ET J.D.F. ADELE 929 LEEVIS BX348823 MB85 07-02 365 12611,5 547,7 4,34 393,1 3,12 LM MANUEL JACINTO GONCALVES MG KILDARE LEEVIS SISSI KIKO SRM416903 07-02 365 10635,5 283,5 2,67 315,5 2,97 -- AGROPECUARIA BARREIRO ALTO MG RECORDISTA MINEIRA MARIA’S MORENA PRELUDE-TE BX192263 B+-84 365 17819,0 643,0 3,61 534,0 3,00 ELY BONINI GARCIA 2003 RONNYBROOK PRELUDE-ET RS RANCHO ALEGRE ELLEN BR1498702 08-01 365 11702,6 363,9 3,11 367,9 3,14 -- RAFAEL TADEU SIMOES MG BOCAINA LEADER PETALA TURISTA BX326564 MB85 09-01 334 9339,6 394,9 4,23 289,6 3,10 -- MANUEL JACINTO GONCALVES MG COMESTAR LEADER-ET

Registre o seu animal e agregue valor ao seu rebanho. Agende uma visita de um técnico na sua fazenda: 32 4009 4300

benefícios!

7 ANOS

Registro

condições especiais

2 ANOS SENIOR

nome do pai

Associados da Mineira possuem vantagens especiais. Fique atendo aos descontos nos serviços. Informações 32 4009 4300

primeira divisão 365 dias 3 ordenhas - PERÍODO 01/08/2013 A 31/08/2013

2 ANOS JUNIOR

uf

RECORDISTA MINEIRA ALFY CAYUABA WALLACE TUCA BX283766 B+-84 01-11 365 14611,1 420,0 2,87 449,0 3,07 LE CAYUABA GENETICA & PECUARIA LTDA 2003 ETAZON WALLACE E.A.B. ROLEX BERINJELA 239 BR1652076 01-08 313 9314,4 273,6 2,94 305,9 3,28 LE EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG LATUCH ROLEX-ET MENGE OUTBOND X1601 BX416845 B 79 01-11 365 8914,1 243,2 2,73 270,4 3,03 -- ELCIO MENDES VILANOVA E SILVA MG SHILLDALE OUTBOUND-ET 2 ANOS JUNIOR RECORDISTA MINEIRA E.A.B. AUGUSTA ZORAIDE 113 BR1652017 MB-85 02-05 365 18096,6 876,0 4,84 515,3 2,85 LE EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA 2012 LADYS-MANOR AUGUSTA E.A.B. AUGUSTA AMORA 192 BR1652062 B 79 02-01 365 12082,2 494,3 4,09 390,8 3,23 LM EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG LADYS-MANOR AUGUSTA FZ-BA ELOA 281 SHARKY BR1587136 B+80 02-03 365 10664,3 338,8 3,18 350,2 3,28 LM MARCOS PAIVA FROTA E/OU PATRICIA N.P.FROTA MG JEWELED-ACRES SHARKY ET 2 ANOS SENIOR RECORDISTA MINEIRA ITAGUACU TIANINA 2627 BR1558539 02-07 365 14988,2 494,7 3,30 407,2 2,72 LM RUBENS ARAUJO DIAS E/OU 2006 E.A.B. CUTIA SR25206 02-11 346 11950,8 407,8 3,41 356,5 2,98 LM EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG REUNIDAS HD CARETA 11841 NORSKI BX402514 02-09 365 11364,7 255,5 2,25 313,7 2,76 -- HD PATRIMONIAL LTDA MG ARROYO-VISTA NORSKI-ET 3 ANOS JUNIOR RECORDISTA MINEIRA CALANDRA CARLOTA BLACKSTAR BX158589 B -78 03-05 365 17120,0 623,0 3,64 0,00 LM MARCOS ARRUDA VIEIRA 1996 TO-MAR BLACKSTAR-ET E.A.B. GOLDPLATE DIAMANTINA 116 BR1652016 03-02 325 12329,3 518,5 4,21 371,7 3,01 LM EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA MG COMESTAR GOLDPLATE-ET J.M.A. EUFENICE DEVOTED 313 BX397650 B 79 03-01 365 9910,0 341,5 3,45 328,5 3,31 LM AGRO PECUARIA JM LTDA MG FAR-O-LA DEVOTED ET 3 ANOS SENIOR RECORDISTA MINEIRA GALENA ESTETICA CESARE BX384765 MB-87 03-07 365 17914,9 520,2 2,90 575,5 3,21 LM DIRCEU DE MANCILHA 2012 ENGENHO DA RAINHA CESARE 429 MARSHALL-TE C.S.C.S. PEROLA DRAKE 500 BR1535023 MB85 03-10 346 10574,5 344,7 3,26 334,0 3,16 LM CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO MG FAR-O-LA DEBBIE-JO DRAKE ET J.M.A. DEFESA GRANDPRIX 250 BX387697 B 76 03-10 365 5930,2 227,1 3,83 224,6 3,79 -- AGRO PECUARIA JM LTDA MG HIMSTER GRANDPRIX 4 ANOS JUNIOR RECORDISTA MINEIRA A.M.A. ASTRE CAMILA BX190727 MB-88 04-01 365 17388,3 594,7 3,42 0,00 LM COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA 1999 DUREGAL ASTRE STARBUCK-ET LUCIA JUDIA LUCAN BX391172 MB86 04-01 365 13307,5 303,9 2,28 419,9 3,16 -- RAUL PINTO MG OCONNORS LUCAN ET GVO RESENHA MORTY-TE BX379107 MB85 04-04 365 11865,9 321,4 2,71 379,2 3,20 -- GILBERTO VILELA OLIVEIRA MG STOUDER MORTY-ET 4 ANOS SENIOR RECORDISTA MINEIRA C.J.C. ROCKY DOIDINHA BX146418 MB-85 04-08 365 16730,0 518,0 3,10 0,00 LM JOSE ALAIR COUTO 1996 SHI-LA STRAIGHT PINE ROCKY LUCIA INES FINES BX380453 MB86 04-11 337 11893,0 188,1 1,58 365,7 3,07 -- RAUL PINTO MG PENN-GATE FINEST ET GVO ROMA WILDMAN-TE BX400146 MB85 04-09 365 8718,7 288,9 3,31 273,5 3,14 -- GILBERTO VILELA OLIVEIRA MG LADYS-MANOR WILDMAN ET 5 ANOS RECORDISTA BRASILEIRA JARDIM GENUINA BX208241 B+-83 05-01 365 19940,7 442,9 2,22 621,4 3,12 LM ANDRE LUIS MOREIRA DE ANDRADE E OUTRA 2002 B-HIDDENHILLS MARK-O-POLO FAEPE FRAN DIE-HARD 273 BR1466309 B 78 05-11 365 10266,0 402,4 3,92 311,6 3,04 -- FUNDACAO DE APOIO AO ENSINO PESQ.E EXTENSAO MG REGANCREST RBK DIE-HARD-ET EVAJOY BALANCA DIE-HARD BR1483506 05-07 313 6364,7 165,9 2,61 189,2 2,97 -- ARGEMIRO MAGALHAES NETTO MG REGANCREST RBK DIE-HARD-ET 6 ANOS RECORDISTA MINEIRA CRUZILIA RENDILHA JOE BX317348 MB-88 06-11 365 19488,5 818,7 4,20 601,4 3,09 LM MAURILIO FERREIRA MACIEL 2010 BOCAINA MANDEL SASSY JOE TE C.S.C.S. LEDA G.DURHAM 349 BX350008 MB87 06-11 365 13954,7 493,2 3,53 428,3 3,07 LM CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO MG C.S.C.S. GALENO BLACKSTAR DURHAM-TE

Nome Animal

1 ANO PARIDA

RAÇA: HOLANDESA

Jornal Holandês Novembro de 2013

4 ANOS JUNIOR

Registro

15


16 Jornal Holandês Novembro de 2013

Prestigiem a versão digital do Jornal Holandês e aproveite para conhecer edições anteriores. Tenham todos uma ótima leitura!

www.jornalholandes.com.br

na era digital


Novembro de 2013 - ESPECIAL DIGITAL

WAGNER CORREA

Para sempre... O Jornal Holandês traz nesta edição um especial fotográfico com muitos momentos marcantes e conquistas... um especial para ser guardado... um especial para a história da raça Holandesa.

EDIÇÃO ESPECIAL


EXPEDIENTE: holandês | Especial digital edição, Projeto gráfico e diagramação - Valor Editora Fotografia: Suelen pereira e wagner correa


Um verdadeiro show de qualidade


INOVAÇÕES

Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

O maior desafio da Exphomig é surpreender a todos e por isso a exposição tornou-se referência nacional. A fórmula para o sucesso é o empenho na organização do evento, com muito trabalho durante todo o ano. O nosso muito obrigado a todos que de alguma forma ajudaram a concretizar mais um ano de novidades.

CURSOS MELHORES DE MINAS

6

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO

ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOL

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company


7

PLACAR ELETRÔNICO

PATROCÍNIO

Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

PROGRAMAÇÃO VISUAL QUE VALORIZA O PATROCINADOR

REALIZAÇÃO ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOLANDÊSDEMINASGERAIS

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company


EXCELÊNCIA

Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

Olhou... abaixou... virou... andou... e andou... parou... pensou... andou mais um pouco... Assim foi o dia a dia do jurado americano Paul Trapp, que teve muito trabalho durante os dois dias de julgamento da Exphomig 2013. “Um show em Barbacena” comenta Trapp.

8

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO

ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOL

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company


9 Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

A família sempre presente: Paull Trapp com sua esposa

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOLANDÊSDEMINASGERAIS

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company


RECONHECIMENTO

Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

2013 foi um ano de muito trabalho, dedicação e como resultado, a conquista de importantes prêmios durante a maior exposição de gado Holandês de Minas Gerais. Abaixo, alguns felizes premiados. Parabéns a todos que participaram!

10

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO

ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOL

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company


11 Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOLANDÊSDEMINASGERAIS

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company


FLASHES

Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

Durante a Exphomig 2013, vários momentos foram registrados pelas lentes de nossos fotógrafos, e é mais do que justo compartilhar com os nossos criadores e leitores.

12

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO

ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOL

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company


13 Jornal Holandês - edição especial - formato digital Novembro de 2013

PATROCÍNIO

REALIZAÇÃO ASSOCIAÇÃODOSCRIADORESDEGADOHOLANDÊSDEMINASGERAIS

shaping tomorrow’s nutrition A Cargill Company



Jornal holandes novembro2013