Page 1

ARUJÁ l BIRITIBA MIRIM l FERRAZ l GUARAREMA l ITAQUAQUECETUBA l MOGI DAS CRUZES l POÁ l SALESÓPOLIS l SANTA ISABEL l SUZANO

Poá

Município ganha escola que atende 600 crianças na Vila Perracine P.5

Mogi

Ferraz

Marcus Melo busca solução para enchentes junto ao DAEE P.6

Saúde

Procurador Instituto afastado comenta Oncológico de processo Mogi promove e dispara: campanha “Afastamento é de doação de ilegal” P.4 medula óssea P.8

ANO 11 | NO 281 | 18 A 24 DE MAIO DE 2019

DIRETOR: LAERTON SANTOS | DISTRIBUIÇÃO GRATUITA BRUNO ARIB

Esporte

As apostas para o Brasileirão de 2019 Assim como o advogado Leonardo Pegoraro, que ilustra a capa da edição, torcedores dos quatro maiores clubes de futebol do Estado de São Paulo estão confiantes de que suas

equipes serão campeãs do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019. Confira as personalidades do Alto Tietê que representam Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo. P.11

‘PRA FRENTE, SANTA ISABEL’

Fábia Porto escolhe serviço mais caro para Santa Isabel Renovação

Itaquá recebe o prefeito de Colatina

BRUNO ARIB

Em licitação para contratação de empresa fornecedora de caminhão pipa, administração municipal escolhe empresa que ofereceu preço mais caro P.7

A convite do presidente da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba, Edson da Paiol (Podemos), o prefeito de Colatina, Sérgio Meneguelli, deu palestra na cidade. P.3

www.leiaogazeta.com.br -

/gazetaregional

SUGIRA PAUTAS 11 9 9508-6950


2

OLHAR CRÍTICO so�e o Alto Tietê

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

EDITORIAL

Algum consultor, cacique do PSL, editor da hilária Rede Record ou profissional de marketing e comunicação pública precisa chamar com urgência o presidente Jair Bolsonaro para instrui-lo, mostrando a ele a liturgia que recai sobre um chefe de estado, as particularidades na vida e na agenda de um homem público e os compromissos que são inegociáveis. Entre eles, a educação.

O ataque à educação Essa parece ser uma reivindicação muito complexa para os valores que ele representa, um clã capaz de encontrar atalhos verborrágicos para defender o Exército numa ação em que se metralha um músico, na frente da própria família, com 200 tiros no Rio de Janeiro. É pedir demais que Bolsonaro e seus filhos compreendam a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

O texto, de dezembro de 1948, fala de valorização do ser humano, respeito, liberdade, dignidade, igualdade de direitos entre homens e mulheres, dignidade, progresso social... E trata, no artigo 26, do direito à instrução, à educação portanto. Até agora, Bolsonaro, desambientado num cambaleante governo provisório, só deixa claro o quanto nem eles mes-

IGOR SMITH/DIVULGAÇÃO

Imagem da Semana

Registro de ato pró-educação realizado em São Paulo

Artigo

Aposentadoria especial Por Marco Bertaiolli Uma sociedade só pode ser considerada democrática em sua essência quando os direitos são iguais e a justiça social é um mantra a ser entoado por todos. A Democracia em seu estado de governo se torna disfuncional quando cidadãos sentem que o sistema carrega vícios e que alguns poucos têm acesso a privilégios em detrimento de tantos outros. Estamos, neste momento, em Brasília, discutindo a Reforma da Previdência Social e todas as correções que precisam ser feitas para acabar com as distorções que se arrastam há anos e para que o sistema não entre em falência. Por isso mesmo, é necessário que todos tenhamos muita responsabilidade e consciência para que ninguém puxe a sardinha para a sua brasa e deixe o carvão queimando para

tantos outros. Abri mão da minha aposentadoria especial como deputado federal. Assinei um ofício no dia 9 de maio de 2019 e o encaminhei à Direção Geral da Câmara dos Deputados. Ficarei sob o regime previdenciário do INSS para o qual contribuo destes os 14 anos de idade quando comecei a trabalhar com carteira assinada. Sou contra algumas mudanças no texto da reforma, como por exemplo, alterações na aposentadoria dos trabalhadores rurais e no pagamento do benefício especial para os idosos carentes, sem qualquer renda, e às pessoas portadoras de deficiência. Tantas outras alterações ainda estão em análise e serão, por mim, esmiuçadas sempre sob o cunho da verdade, da justiça social e da responsabilidade a mim imputada por mais de 137 mil eleitores.

Somos 513 deputados que representam cerca de 210 milhões de brasileiros, que é a população estimada pelo IBGE para 2019. É só fazer a conta para entender o tamanho da responsabilidade em nossas mãos. Por isso, é hora de abrirmos mão de paixões partidárias, esquerdistas e direitistas. Fui criado sob a base de um ditado antigo: a palavra de um homem vale o seu fio de bigode, dizia meu avô. Abrir mão da aposentadoria especial, como disse, não é e nem pretende ser um ato de supremacia bondade com o País. Não. É levar para o papel, aquilo que carrego como certo dentro de mim. Marco Bertaiolli , 51 anos, é deputado federal e vice-presidente da Federação das Associações Comerciais de São Paulo (Facesp)

DIRETOR RESPONSÁVEL: LAERTON SANTOS JORNALISTA RESPONSÁVEL: Lailson Nascimento | MTB 85.607/SP REDAÇÃO: Giovanna Figueiredo e Gabriel Dias COMERCIAL: Djalma Raphael EDIÇÃO DE ARTE: André Jesus FOTOGRAFIA: Bruno Arib ASSESSORIA JURÍDICA: Gilson Pereira dos Santos - OAB/SP 266711

ANO 11 | NO 281 | 18 A 24 DE MAIO DE 2019

Telefones: (11)4255-3070 | (11)99508-6950 | (11)99916-5804 E-MAIL: reportagem@leiaogazeta.com.br | reportagemgazetaregional@gmail.com ARUJÁ - BERTIOGA - BIRITIBA MIRIM - FERRAZ DE VASCONCELOS - GUARAREMA - ILHABELA - ITAQUAQUECETUBA - MOGI DAS CRUZES - POÁ - SALESÓPOLIS - SANTA ISABEL - SÃO SEBASTIÃO - SUZANO O GAZETA REGIONAL NÃO SE RESPONSABILIZA PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS, NEM PELA CREDIBILIDADE DOS ANUNCIANTES E A QUALIDADE DOS PRODUTOS POR ELES OFERECIDOS, SENDO TODOS DE ÚNICA E EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DOS ANUNCIANTES. ARTIGOS ASSINADOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DO JORNAL; A DIVULGAÇÃO ACONTECE VISANDO AMPLIAR O DEBATE DEMOCRÁTICO.

mos acreditavam que poderiam ganhar a eleição. O presidente precisa deixar o discurso de candidato desequilibrado de lado para se portar como chefe de Estado. A mais recente insensatez do governo dele não teve como alvo os índios, as minorias... Dessa vez, eles miraram na maioria mesmo: focaram em demonizar a educação, reduzindo verbas e mergu-

Língua de Trapo ILUSTRE DESCONHECIDO

O prefeito de Colatina (ES), Sérgio Meneguelli, deu uma passada rápida na Câmara de Itaquá e, durante sua palestra ao people itaquaquecetubense, disse que em sua cidade fez isso, aquilo e aquilo outro, e saiu fazendo. Uma grande administração, se comparada a do Japa, cujos trabalhos na cidade são do tamanho do pingolim nipônico, que essa Coluna jura - nunca viu. E sai pra lá e vai com essa pica pra outro lugar.

BATENDO NO JAPA 2

O prefeito capixabense golpeou um samurai e deu um tapa de pelica em outro, quando foi indagado se nomearia a mesma pessoa para chefiar três secretarias. Meneguelli deu a entender que o “três em um” soaria como falta de capacidade de outros agentes governistas. Essa Coluna entende que três cargos a uma só pessoa é preguiça de procurar gente competente na equipe, ou, então, falta mesmo de gente competente no governo. E a “pancada” acertou o saco do Willian Harada que já foi tri-secretário na mamorada.

SÓ MAL ACOMPANHADO

Da base aliada do prefeito Mamoru não foi ninguém, só apareceu o vereador Rolgaciano, que deu as caras, bocas, braços e pernas para ser visto pelos nobres camareiros. Aliás, ele já lançou sua pré-candidatura a prefeito pelo Podemos. Podemos dizer aqui que a população está rolgando que ele saia com apoio do atual prefeito. Assim, os dois - o Rolga e o Japa -, já vão sair da vida

lhando o Brasil num mar de atraso, num caminho que pode nos levar grandes retrocessos sociais. O que leva um presidente da república a olhar para a educação como inimiga social? Por que o acesso à universidade da filha de um lixeiro ou do filho de uma empregada doméstica incomodam tanto? Quem ainda tem a coragem de dizer que Deus é brasileiro?

pública de Itaquaquecetuba.

NINGUÉM TRAMPA

Virou moda nas ‘aceçorias’ de imprensa dizer que as informações solicitadas por jornais e seus respectivos jornalistas estão no Portal da Transparência. Isso é uma saída dos coleguinhas para não responderem o que não tem respostas. Exemplo: a Gazeta traz nesta edição reportagem sobre a contratação de uma empresa que, mesmo sendo desclassificada logo na pré-classificação e com o maior preço, venceu a licitação. K7!

‘ACEÇORIA’ RESPONDE!

Questionada sobre o motivo de escolher o preço mais caro de uma empresa desclassificada, a Prefeitura de Santa Isabel, por meio de seu povo comunicativo, mandou a GAZETA pra (calma!) procurar resposta no Portal da Transparência. E teve quem pensou que tinham mandado o jornal pra gente que KH no mato.

BALA NO ZÓIO

Uma bala de hortelã perdida deve ter atingido a visão da administração municipal de Arujá. Na edição passada o jornal fez a reportagem indicando a cidade como a 9ª mais perigosa do Estado de São Paulo. A resposta seca e cega do prefeito Zé Luiz. “O estudo do Instituto Sou da Paz não merece credibilidade porque não leva em conta critérios da SSP”. Uma pergunta pro Zé e pro Luiz, pois duas cabeças pensam melhor que uma. “Se não utiliza critérios e dados da SSP, de onde são então?”.


POLÍTICA em Debate

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

EXEMPLO POLÍTICO TEM LEVADO MENSAGEM DE HONESTIDADE POR TODO O PAÍS

3

ENTRELINHAS #Retomada

O produtor de teatro Maciel Fama é pré-candidato a prefeito de Santa Isabel. Presidente do Diretório Municipal do PSC, o ex-vereador do município entre os anos de 1982 e 1992 confirmou à GAZETA a intenção de disputar uma nova eleição no município, dessa vez ao cargo majoritário nas eleições de 2020. Ao demonstrar que possui projeto para a cidade, Fama já tem incomodado eventuais adversários.

Em Itaquá, Sérgio Meneguelli fala sobre política responsável Da Redação reportagem@leiaogazeta.com.br

A Câmara Municipal de Itaquaquecetuba recebeu na quinta-feira (16) a palestra do prefeito de Colatina, no Espírito Santo (ES), Sérgio Meneguelli (sem partido). Com o tema “Como fazer a diferença e como ser a diferença”, o político falou por mais de uma hora e meia sobre sua gestão pública, a qual considera como “eficiente, honesta e transparente”. O evento contou com a presença de autoridades e moradores de todo Alto Tietê. Por volta das 19 horas, o presidente da Câmara, vereador Edson Rodrigues (Podemos), o Edson da Paiol, deu as boas vindas e anunciou o nome do palestrante da noite. Meneguelli agradeceu o convite e começou a contar um pouco de sua história dentro da política e em especial na prefeitura de Colatina. Em seguida, ele explicou como tem feito para driblar a crise financeira e realizar ações produtivas na cidade. Outro tema em destaque foi a forma com que ele se veste e trabalha. “Eu uso a mesma roupa que o funcionário da prefeitura, para ele ver que não estou acima dele, que sou igual e estou na luta junto com ele. Vou de bicicleta ao trabalho. Ajudo em mutirões não porque não tem

FOTOS: BRUNO ARIB

Prefeito de Colatina, no Espírito Santo, é reconhecido pela ética à frente do cargo e tratou de vários temas, como se tinha interesse em ser prefeito de Itaquaquecetuba. “Eu amo Colatina”, respondeu. Meneguelli ainda elogiou o trabalho feito pelo presidente da Casa, Edson da Paiol, como médico veterinário. “Nunca tinha visto um castramóvel. Gostei muito e está de parabéns”, falou o prefeito, que depois recebeu uma placa de homenagem e agradecimento pela visita à Itaquaquecetuba.

Famoso nas redes sociais, chefe do Executivo do município capixaba falou sobre sua experiência administrativa em Colatina

quem faça isso, mas porque não existe nada que me proíba de fazer isso”, explicou. O prefeito de Colatina repetiu a frase que o deixou famoso em todo

o Brasil: “Ninguém rouba sozinho. Se o prefeito rouba é porque os vereadores são coniventes”. Em determinado momento, ele começou a responder perguntas feitas pelo público

ORGANIZAÇÃO - O prefeito Sérgio Meneguelli teve de sair às pressas ao final da palestra, pois tinha outro evento em Sorocaba, e por isso não pode atender a imprensa. Por conta disso, a cobertura da GAZETA se deu principalmente na fanpage que o jornal mantém no Facebook. No vídeo, que continua à disposição dos internautas, seguidores da página puderam acompanhar a palestra de suas casas, além de fazerem considerações sobre os temas tratados durante o encontro. Ao jornal, o presidente do legislativo fez balanço positivo do evento. “Foi bem bonito. O objetivo era mostrar que é possível se fazer uma renovação política, com pessoas novas, que têm vontade de trabalhar pelo município, pessoas pró-ativas. Nós conseguimos passar a mensagem ao público.”

#Retomada II

Em um breve bate-papo com a reportagem, Maciel Fama explanou o motivo da retomada política. “Estava morando em São Paulo, pois sou produtor de teatro, e alguns amigos me pediram que voltasse à política. Eu pensei muito para tomar essa decisão, mas vendo a situação da cidade, que está num completo abandono e eu fui de um tempo em que nós cuidávamos do povo realmente, resolvi voltar. Estou aqui já com meu nome aparecendo como pré-candidato a prefeito, o que de fato sou pelo PSC, partido que presido.”

#Retomada III

Durante a conversa, Maciel Fama também falou sobre gastos com folha de pagamento. “Vamos falar que eu chegue aos 43% [de percentual de gastos do orçamento com folha de pagamento]. São 10% a menos, o que representaria R$ 15 milhões por ano, R$ 1,2 milhões por mês que a prefeitura joga no lixo para pagar comissionados, amigos. Eu não sou um homem de grupo, eu não quero governar para grupelhos, quero governar para uma multidão. Não busco montar grupo, quero montar uma legião que vai fazer parte o povo, porque aprendi que em qualquer circunstância o povo é prioridade.” LAILSON NASCIMENTO

PROJETO - Maciel Fama


4

CIDADES em Contexto

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

FOGO AMIGO GUSTAVO ROSSIGNOLI DIZ QUE THAISE PIZOLITO AGIU DE FORMA “CLANDESTINA E ANTIÉTICA”

Afastamento dos procuradores de Ferraz é ilícito, diz um dos acusados

Afastados do cargo nesta semana por mais 60 dias, advogados municipais não trabalham há 9 meses BRUNO ARIB

Por Lailson Nascimento lailsonnascimento@leiaogazeta.com.br

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos decidiu adiar, por mais 60 dias, uma definição a respeito de processo administrativo disciplinar que envolve cinco procuradores municipais. Afastados do cargo desde agosto de 2018, os advogados do município também foram indiciados pela Comissão Permanente de Sindicância nesta semana. Ao garantir inocência, Rossignoli argumenta que o afastamento é ilegal, pois o artigo 195 do estatuto dos servidores públicos de Ferraz de Vasconcelos permite o afastamento por 60 dias prorrogáveis por mais 60. Já a Comissão de Sindicância argumenta que a prorrogação, que leva o processo a quase um ano de tramitação, se deve à “complexidade do caso, bem como a pluralidade de diligências a serem ainda produzidas”.

Na ata de deliberação e indiciamento publicada no BOM (Boletim Oficial Eletrônico) do dia 8 de maio, Gustavo Rossignoli é acusado, entre outras coisas, de “ações ajuizadas com suposta motivação política e com fins de obtenção de vantagem pessoal, com o acobertamento de possíveis irregularidades praticadas pelos próprios acusados”, além de supostamente ter “participado de proposta de acordo ilícito em troca do arquivamento de processos disciplinares em seu desfavor no dia 8 de agosto de 2018”. Ao relembrar que em agosto de 2018 ele estava de férias na Venezuela e que, portanto, sequer teve conhecimento de suposto acordo que englobaria o seu nome - Thaise Pizolito teria mantido conversa com três agentes políticos com proposta para extinguir oito ações judiciais de improbidades e buscas e apreensões em troca do arquivamento de processo

administrativo -, o procurador devolve a acusação do interesse político que envolve a sindicância. “Quando fomos afastados do cargo existiam oito ações ajuizadas contra agentes políticos ligados ao prefeito e até mesmo contra o prefeito [ José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biru-

ADMINISTRAÇÃO GASTOS ELEVADOS COM PAPEL

Ferraz gasta R$ 800 mil por ano com aluguel de impressoras Por Giovanna Figueiredo giovannafigueiredo@leiaogazeta.com.br

O mundo é digital, mas as repartições públicas ainda são reféns dos papéis e, consequentemente, de impressoras. A GAZETA procurou as prefeituras da região para saber quanto elas gastam por mês com esse tipo de serviço. Ferraz de Vasconcelos é a que mais gasta com o aluguel dos equipamentos, segundo o levantamento. Quatro das 10 cidades deram retorno aos questionamentos. As perguntas foram sobre o número de impressoras que o município possui, quantas ela aluga e qual o gasto médio mensal com tintas e folhas. Entre as quatro cidades, Ferraz tem o gasto mais alto: R$ 861.399,59,

sendo 266 equipamentos ao custo de R$ 269 cada por mês. Cada impressora sai, por ano, por mais de R$3 mil. Mogi tem 374 impressoras alugadas no valor mensal de R$135. Guararema tem 126 equipamentos alugados e gasta uma média de R$214 por mês por cada uma delas. Poá não tem equipamentos locados. O que chama atenção em relação aos gastos em Ferraz com esse tipo de equipamento é que, no início do ano, a prefeitura adquiriu nove impressoras por R$ 1,9 mil cada. Com o valor que a cidade gasta com aluguel de 266 impressoras por ano, daria para comprar 435 euipamentos. Quando questionada o porquê alugar e não comprar os equipamentos, a prefeitura não respondeu.

“Nosso trabalho era a fiscalização interna” Gustavo Rossignoli, procurador afastado ta]. Houve uma ação judicial contra o prefeito em decorrência da omissão dele em relação a julgar a

sindicância da Radial em decorrência do contrato [de concessão do transporte coletivo] vencido há mais de 30 anos. Houve a omissão e por isso nós ajuizamos ação contra o prefeito”, relembrou. Questionado pela reportagem se o trabalho da Procuradoria Municipal causaria medo na classe política de Ferraz de Vasconcelos – dois ex-prefeitos [Acir Filló e Jorge Abissamra] foram presos por conta de ações do órgão fiscalizador -, Rossignoli discordou. “Eu não considero como medo, porque a procuradoria exerce o seu papel de fiscalização interna. A gente visualizava atos ilícitos, irregularidades, e fazia apuração mediante processo administrativo interno. Apurando responsabilidades, danos ao erário, a gente propunha ações pertinentes para ressarcimento e responsabilização dos causadores do ato”, concluiu.

Ferramentaria e estamparia Ricabens LTDA Torna público que recebeu da Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, a renovação de licença de operação n. 17/2019, válida até 23/04/2021, para a produção de artefatos estampados de metal – 2532-2/01.  À Rua Papoula, nº 49 - Quinta da Boa Vista – CEP: 08597-550 - Itaquaquecetuba/SP.


CIDADES em Contexto | 5

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

PRIORIDADE ENQUANTO UNIÃO CORTA ORÇAMENTO, CIDADE INVESTE RECURSOS PRÓPRIOS NA EDUCAÇÃO

Poá ganha escola para 600 alunos Da Redação reportagem@leiaogazeta.com.br

O prefeito de Poá, Gian Lopes (PR), inaugurou na manhã de sábado (11) a escola municipal Antonia Mello Regianni, na Vila Perracine. A entrega é considerada pela administração municipal como “uma grande conquista no bairro e um avanço para Educação de Poá”, já que a unidade de ensino pode ser considerada uma das mais bonitas do Alto Tietê. A escola vai atender aproximadamente 600 estudantes. A obra tem mais de três mil metros quadrados de área construída, sendo que, além da quadra poliesportiva com arquibancada e vestiários masculino e feminino, a escola tem no piso térreo, sala de vídeo com palco, sala técnica e pátio coberto. No primeiro pavimento são 11 salas de aula, sanitários masculino e feminino e brinquedoteca. Já o segundo pavimento conta com recepção, secretaria, almoxarifado, sala de professores,

É triste ver a vida perder para a falta de respeito.

coordenação, direção, entre outros. “Reforço que melhorar a Educação em Poá é o nosso compromisso. Estamos entregando uma escola com grande estrutura, para oferecer as melhores condições de ensino para os nossos estudantes. Importante ressaltar, também, que esta é uma obra que mudou a realidade da Vila Perracine e os moradores estão muito felizes com essa escola”, afirmou o prefeito. O deputado estadual André do Prado (PR) ressaltou que investir em educação é abrir portas para o futuro. “Esta escola chega para reforçar a rede municipal de Ensino. Deixo meus parabéns ao prefeito Gian, ao secretário de Educação, professor Humberto Martins, e aos poaenses. Vamos em busca de outras conquistas para beneficiar a cidade e o Alto Tietê”, ressaltou.

FLÁVIO AQUINO / DIVULGAÇÃO

Unidade de ensino foi inaugurada pelo prefeito Gian Lopes no sábado (11), na Vila Perracine

MAIS UMA - Obra valoriza a educação municipal e a Vila Perracine Para o secretário de Educação, professor Humberto Martins, a entrega da escola é uma antiga e justa reivindicação do bairro. “Estamos priorizando o cuidado com as pessoas. Fico muito feliz em participar desta inauguração, já que esta é uma demanda antiga dos moradores da Vila Perracine e que felizmente esta

No mundo, os acidentes de trânsito causam cerca de 1,35 milhão de mortes ao ano*. É 3 vezes o número de habitantes de Mogi das Cruzes **. * OPAS/OMS Brasil ** IBGE

gestão está conseguindo atender”.

OUTROS PROJETOS – No

final de dezembro de 2018, o prefeito iniciou as obras para realização de adequações e construção de uma quadra poliesportiva com vestiários masculino e feminino e arquibancada para melhor atender os alunos da escola munici-

Mogi está fazendo a sua parte com obras e ações em prol da mobilidade urbana que estão ajudando a diminuir, gradativamente, os números de acidentes nas ruas e estradas da região. Com a sua ajuda, vamos conseguir alcançar os nossos objetivos.

Respeite as leis de trânsito.

Maio Amarelo. No trânsito, o sentido é a vida.

pal João Pedro de Almeida, no Jardim São José. Iniciou também as obras para construção do novo prédio da Escola Municipal Estância Hidromineral, em uma área na Avenida Prefeito Jorge Francisco Correa Allen, na região central, no antigo salão de baile A.A. Poaense. Por fim, Gian Lopes anunciou aquisição, por parte da Prefeitura de Poá, de um terreno na esquina da Avenida Lucas Nogueira Garcez e Rua Vitória Maluf, para construção da nova escola municipal Subhi Alexandre Maluf. “Pegamos uma cidade com diversos desafios e demandas. Mas com muito trabalho a escola da Vila Monteiro já foi entregue para população poaense. Também entregamos esta obra da escola da Perracine, que era uma grande demanda da população. Estamos fazendo também o trabalho de zeladoria e planejando diversas outras melhorias e reformas necessárias nas escolas, para que os alunos tenham uma melhor estrutura”, concluiu o republicano.

mog idascr uzes. sp. gov. br


6 | CIDADES em Contexto

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

REUNIÃO PREFEITO ESTEVE COM O SUPERINTENDENTE DO ÓRGÃO

SAÚDE UNIDADE SERÁ INAUGURADA EM JUNHO

Melo pede atenção do DAEE Denis vistoria obra da contra enchentes em Mogi UBS no Suzanópolis Por Gabriel Dias gabrieldias@leiaogazeta.com.br

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB), se reuniu na quarta-feira (15) com o superintendente do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), Heitor Brandão de Azevedo. Durante o encontro, o prefeito reiterou as solicitações para o desassoreamento do Rio Jundiaí e do trecho urbano do Rio Tietê. “O Rio Jundiaí passou por desassoreamento há cerca de 10 anos e se faz necessário um outro trabalho na calha”, afirmou o prefeito, lembrando que as chuvas registradas no mês de março causaram prejuízos para cerca de 1,2 mil imóveis às margens do rio. O prefeito destacou ainda que o DAEE tem um contrato em andamento para o desassoreamento do Tietê na região, mas que ele não contempla grande parte da área urbana de Mogi das Cruzes, entre o ribeirão

NEY SARMENTO/DIVULGAÇÃO

Chuvas de março causaram prejuízos em 1,2 mil imóveis

AÇÃO - Prefeito e vereadores durante reunião na sede do DAEE Ipiranga e a divisa com Biritiba Mirim. “O trecho urbano acaba sendo assoreado, o que é natural. Não estamos tendo problemas nesta região, mas é importante que o trabalho de desassoreamento possa ser feito.” Outra solicitação, também para o Tietê, foi o desassoreamento de um canal de cerca de 500 metros na Ilha Marabá. O superintendente informou que o DAEE vem realizando levantamentos técnicos para que

os trabalhos de desassoreamento possam ser realizados. “Esses estudos estão bem evoluídos. Nossos técnicos já fizeram os levantamentos”, disse Brandão de Azevedo. COBRANÇAS - O desassoreamento dos rios em Mogi das Cruzes já foi tema de reuniões entre Marcus Melo e o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido. Em 18 de março, o secretário esteve em Mogi para tratar do tema.

Na sexta-feira (17), acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, Luís Claudio Guillaumon, o vereador de Suzano Denis Claudio da Silva (DEM), o filho do Pedrinho do Mercado, esteve na UBS (Unidade Básica de Saúde da Família) “Onesia Benedita Miguel”, no Jardim Suzanópolis. O objetivo da visita ao local é a etapa final da conclusão das obras realizadas na unidade. A inauguração está prevista para a segunda quinzena de junho. O vereador Denis, que destinou uma emenda no valor de R$ 420 mil para a conclusão das obras, lembra que a conquista é resultado de uma luta antiga, travada ainda na administração anterior. “Essa planta começou na gestão passada e estou desde o início acompanhando esse processo. Briguei e briguei muito, devido às várias paralisações durante esse tempo”, afirmou. “Agradeço o empenho e a dedicação do nosso secretário de Saúde, doutor Luís, e do prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR), que enten-

deu a importância dessa obra para os moradores da região e deu continuidade ao nosso trabalho. Considero até uma conquista pessoal, mas sem dúvidas quem ganha é a população”, finalizou. Para o secretário de Saúde, a união entre o poder público e a comunidade foi fundamental. “Meu partido é a saúde, por isso fico feliz com a conclusão das obras da UBSF Jardim Suzanópolis. Acredito que é assim que funciona: vereador, prefeito, secretarias e população trabalhando unidos pela saúde de Suzano”, concluiu Guillaumon. DIVULGAÇÃO

PARCERIA - Denis e Luís

JUNTOS, VAMOS ESQUENTAR ESTE INVERNO. BARRACAS - Empreendedores se instalam na Praça da Matriz COM A SUA PARTICIPAÇÃO O FRIO NÃO TEM CHANCE NENHUMA! PEQUENOS GESTOS MUDAM VIDAS. FAÇA A SUA DOAÇÃO.

TURMA DO

ESQUENTA

POSTOS DE ARRECADAÇÃO • Sede da Prefeitura • Corpo de Bombeiros • Polícia Militar • Polícia Civil • Escolas municipais, estaduais e particulares • Mogi Shopping • Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) • Terminal Central • Terminal Estudantes • Câmara Municipal de Mogi das Cruzes • Rede de supermercados

DOAÇÕES ATÉ 26/7

Informações: (11) 4798-5143 mogidascruzes.sp.gov.br fundosocialmogi fundosocialmogi


CIDADES em Contexto | 7

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 18 de a 24 de maio de 2019 |

ESTRANHO PREFEITURA QUER CONTRATO POR R$ 90 MIL; PROCESSO SEGUE EM ANDAMENTO

Após licitação, Fábia Porto escolhe serviço mais caro para Santa Isabel Por Gabriel Dias gabrieldias@leiaogazeta.com.br

A empresa Tulio Martello, de Guarulhos, pode ser a vencedora de uma licitação em Santa Isabel pelo valor de R$ 90 mil. Ela terá que fornecer caminhão pipa para a zona rural da cidade, que, segundo informações, sofre com abastecimento de água. Mesmo desclassificada ainda na primeira fase do processo licitatório, como consta na ata da sessão, a Tulio Martello terminou como vencedora. Dentre outros fatos, a empresa ofereceu o valor mais alto entre as cinco concorrentes, cerca de R$ 18,8 mil a mais do que a primeira colocada na primeira fase, a Mais Águas Serviços Multiserviços. Segundo o especialista em Administração Pública, Álvaro Nicodemus, “a Prefeitura de Santa Isabel teria que contratar a empresa que ofereceu o menor valor”, disse, mas, não foi o que aconteceu. Ainda na primeira fase da licitação, as empresas Tulio Martello e a Center Leste, que deram seus valores de serviço para o fornecimento de caminhões pipa para Santa Isabel, foram desclassificadas, restando apenas três empresas, a Mais Águas, Caesa Comércio de Materiais para Construção e Destine Soluções e Serviços. As três entidades que passaram para a segunda

REPRODUÇÃO

Gestão opta por empresa que deu maior valor e descarta opções mais acessíveis

PROCESSO - Ata mostra que a empresa Tulio Martello foi desclassificada já na pré-classificação fase da licitação ofereceram novos valores para o serviço, dessa vez ainda mais baixos do que na primeira. A Caesa, por exemplo, na primeira fase, executaria o trabalho por R$ 90 mil, mas, na segunda chamada, baixou o preço para R$ 65,8 mil, ficando em primeiro lugar. A empresa Mais Água, na primeira fase, deu o preço de R$ 75 mil, mas na segunda fase, diminuiu para R$ 66,4 mil. Já a Destine Soluções disse que forneceria caminhão pipa por R$ 80,5 mil, no entanto, na segunda fase, ela não baixou o preço, sendo a única empresa a manter o valor inicial.

SUSPEITA – Embora outras

empresas tenham apresentado valores mais acessíveis para atuar na cidade com caminhão pipa, a prefeitura optou por escolher a Tulio Martello, que já havia sido desclassificada e que deu o maior preço de todas, R$ 93,8 mil. Sem entender o que es-

tava acontecendo, a Center Leste e a Destine Soluções entraram com pedido de impugnação contra o fato de a empresa de Guarulhos ter ganhado a licitação. Como forma de inabilitar as empresas que tinham interesse em trabalhar na cidade por valores mais acessíveis, a prefeitura passou a inabilitar estas entidades, justificando que, em cada uma delas, havia irregularidades. A Caesa, que ofereceu o menor preço de todas, foi descartada pela prefeitura porque não havia assinatura em um dos documentos apresentados no dia da escolha das empresas. Procurada, a Center Leste disse que foi desclassificada devido a um erro de digitação, acrescentando que “é tudo muito suspeito.” E assim foi com as outras entidades, menos com a Tulio Martello, cuja documentação, segundo a Center Leste, também continha erros. “Eles não apresentaram atestado de capacidade

técnica”, afirmou a diretoria da empresa. A GAZETA entrou em contato com a empresa Caesa, no entanto, ninguém falou sobre o caso. Também fez contato telefônico com a empresa Tulio Martello, e o próprio Tulio disse que a reportagem deveria procurar a prefeitura para tratar sobre o caso.

PREFEITURA – Questiona-

da sobre o que fez a prefeitura escolher a Tulio Martello como vencedora da licitação, sendo que além de ser desclassificada, foi a que ofereceu o maior valor de serviço, a gestão de Fábia Porto (PRB) se isentou da responsabilidade de responder os fatos, e apenas disse que a reportagem deveria coletar informações no Portal da Transparência. Novamente questionada se a cidade atravessa mais uma crise de abastecimento de água, e se por isso realizou a licitação para caminhões pipa, a prefeitura se calou.

ARUJÁ

PM apreende 243 kg de maconha Na última quinta-feira (16), a PM (Polícia Militar) realizou em Arujá sua maior apreensão de drogas dos últimos anos. Cerca de 243 Kg de maconha foram encontrados dentro de um carro que circulava pela cidade. Eram 275 tabletes da droga empilhadas dentro do veículo. O condutor do automóvel, que levava a droga, ganharia pelo serviço a quantia de R$ 2,5 mil para deixar os entorpecentes em outro carro, afirma a PM. À GAZETA, o Capitão Rodrigo disse que a PM atua diariamente no combate ao tráfico de drogas na cidade, e pede a participação das pessoas para que denunciem. (G.D.)

GUARAREMA

Cidade terá mutirão de mamografias A Prefeitura de Guararema inicia a partir do dia 21 de maio um mutirão de exames na Unidade Móvel de Mamografia para as mulheres que já realizaram a solicitação nas unidades de saúde até o dia 31 de março. A realização do mutirão contará com o apoio do deputado estadual André do Prado, que destinou uma verba de R$ 400 mil para a Saúde de Guararema. Com o recurso já estão sendo realizados exames de ultrassom, laboratoriais e serão realizadas 600 mamografias até o dia 15 de junho.


8

SAÚDE em Sua Vida

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

AÇÃO SOCIAL INICIATIVA É DO INSTITUTO DE ONCOLOGIA EM PARCERIA COM A SANTA CASA DE SÃO PAULO

Seja doador de medula e salve vidas Por Giovanna Figueiredo giovannafigueiredo@leiaogazeta.com.br

“A doação de medula óssea salva não apenas uma vida, mas toda a família”. Essas foram as palavras de Luiz Fernando Afonso, coordenador do Pró Medula de São Paulo, que passou pelo transplante há cerca de cinco anos e desde então dedica parte do seu tempo para conscientização sobre importância da doação. Na última quarta-feira (15), ele e outras pessoas que atuam no setor estiveram em Mogi das Cruzes para uma coletiva de imprensa sobre o cadastramento de doadores, que ocorrerá no dia 25 de maio na cidade. Durante a coletiva, Lilian Schwed Razaboni,

responsável pelo Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, explicou que na região não há um ponto para essa coleta e que o ponto mais próximo fica na Santa Casa de São Paulo. No entanto, a equipe do hemocentro estará em Mogi para fazer o cadastramento dos interessados em doar. “Para fazer o cadastramento é bem simples, uma amostra de sangue de 4 ml será coletada para exame de compatibilidade (HLA), serão coletados os dados cadastrais e posteriormente as informações serão incluídas no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME). A doação só será feita quando encontrado um receptor compatível. Mas é importante que a pessoa que

DIVULGAÇÃO

Participe do cadastro para doação de medula óssea em Mogi das Cruzes; evento ocorre no dia 25 zero. “A doação também é procedimento simples, pode ser feito com retida de sangue pelo braço, que passará por um filtro que retira a medula e devolve o sangue ou por pulsão lombar. O tipo de doação depende da doença de quem deve receber o transplante. Os dois procedimentos são tranquilos e não oferecem risco ao doador.” EQUIPE - Grupo fala sobre a importância da doação de medula se cadastra esteja certa que fará a doação quando necessário”, explicou Lilian. Muitas pessoas ainda têm medo de fazer a doação, por acreditar que ela oferece riscos ao doador, mas o hematologista Paulo Villas Boas de Carvalho afirma que o risco é quase

Mogi vai receber campanha de doação de medula óssea. Iniciativa, marcada para o dia 25, é do Instituto de Oncologia

MUTIRÃO EM MOGI – No

dia 25 de maio haverá a campanha de doação de medula óssea, organizada pelo Instituto de Oncologia de Mogi em conjunto com a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. O evento será no ComVem Patteo Mogilar, que fica na rua Manuel de Oliveira, 269, no bairro Mogilar, das 9 às 12h.


DESTAQUE Regional

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

9

DA FAVELA PARA O MUNDO ONG INICIADA EM POÁ JÁ TEM CINCO UNIDADES ESPALHADAS POR TODO O PAÍS

Gerando Falcões: ‘Nós não temos esperança, nós somos a esperança’ Por Giovanna Figueiredo giovannafigueiredo@leiaogazeta.com.br

“N

ão importa de onde você veio, mas para onde vai”. Esse é um dos principais lemas do Instituto Gerando Falcões, que tem como missão levar a atual favela para o museu e erguer territórios marcados pela cidadania e dignidade. A organização tem uma unidade em Poá, onde todo o trabalho começou. A GAZETA esteve na sede da ONG, que fica no bairro Cidade Kemel. A equipe de reportagem foi recebida pela Gerente de Novos Negócios da instituição, Amanda Boliarini, que contou um pouco de como foi o início do projeto e qual o objetivo do grupo.

Trabalho da ONG teve inicio na cidade de Poá, com Edu Lyra “Eu conheci o Edu Lyra (fundador da ONG) através de um amigo, e ele estava escrevendo o livro “Jovens Falcões”. Ele precisava de alguém para diagramar o livro, e eu sou designer gráfica. A proposta que ele me fez foi: ‘Olha, eu não posso te pagar, mas para

FOTOS: BRUNO ARIB

A ONG Gerando Falcões, com sede em Poá, diz que sua missão é levar a favela para o mundo

CRESCIMENTO - Iniciado há 8 anos, trabalho da Gerando Falcões já possui dezenas de parceiros onde eu for tu vai comigo.’ Eu abracei a causa e me tornei a primeira voluntária da Gerando”, explicou Amanda. Isso aconteceu em 2011, e em seguida eles acreditaram que quem precisava ler os livros eram os jovens da periferia, então começaram a vender de porta em porta e, com o dinheiro da venda do livro, deram início ao trabalho da intuição. A princípio eles ofereciam palestras de Edu Lyra nas escolas, posteriormente o rapper Lê Maestro começou a integrar a equipe, criou-se o projeto ‘MCs pela Educação’, que leva mensagens de ostentação da educação para as escolas. Atualmente a ONG está com cinco unidades, sendo elas: Poá; Vila Prudente; Vila Nova Cachoeiri-

IMPORTÂNCIA – Quando

ESTRUTURA - Projeto oferece oportunidade aos jovens da periferia nha - inaugurada no mês passado em parceria com o Instituto Resgatando Vidas -, além de Maceió, no Estado de Alagoas, em parceria com o projeto Manda Ver; e em São José do Rio Preto, em parceria com As Valquírias. A Rede Gerando Falcões oferece projetos focados em esporte e cultura para crianças e adolescentes e qualificação profissio-

Recomeçar: resgatando vidas O Recomeçar é um projeto conduzido por Leonardo Precioso, que mediante a sua trajetória de vida resolveu ajudar quem passou por

O líder Leonardo Precioso

situações semelhantes. “A ideia surgiu devido ao fato de eu já ter passado pelo sistema prisional. O Edu lutou e me ajudou a sair daquela vida, eu estudei Educação Física, comecei a trabalhar na Gerando e vi que da mesma maneira que fizeram por mim, eu poderia fazer por alguém, falei com o Edu, ele topou e começamos o projeto”, conta Leonardo. O objetivo do projeto é

para ser a primeira sede da ONG porque foi o lugar onde cresceu e passou boa parte de sua vida. Na cidade, a rede oferece cursos profissionalizantes e tem polo cultural e esportivo na Escola José Antonio Bortolozzo. Além disso, há também o projeto Recomeçar, que visa a reinserção social de ex-presidiários (as). Uma cooperativa de costureiras localizada no município também tem o respaldo da Gerando, que oferece todo maquinário e ajuda em contato com clientes.

a reintegração do egresso no mercado de trabalho por meio de parcerias com empresas brasileiras, gerando a oportunidade do trabalho e renda. Mas antes desse encaminhamento ao mercado, há todo um trabalho psicológico e psicossocial, quando o egresso está pronto ele é encaminhado à vaga e posteriormente segue sendo acompanhado pela Gerando. (G.F.)

nal para jovens e adultos, sendo um motor de geração de renda para famílias, inclusive egressos do sistema penitenciário.

ESPERANÇA – “Nós não te-

mos esperança. Nós somos a esperança”. Esse é outro lema da rede, que acredita e luta diariamente para mostrar para os jovens e crianças da periferia que eles podem chegar aonde quiserem e o caminho para isso é a educação. Bruna Ribeiro, 19 anos, foi aluna da Gerando e hoje é jovem aprendiz dentro da organização. Ela conta que não sabia muito bem o que queria fazer da vida e a Gerando foi um divisor de águas. “Eu entrei aqui e não sabia o que eu queria e nem do que eu gostava, e a Gerando me ajudou a descobrir isso”, explicou Bruna.

POÁ – A cidade teria sido

escolhida por Edu Lyra

perguntamos a importância da ONG para seus colaboradores as repostas foram motivadoras. Amanda disse que a Gerando é sua família, Leonardo falou que a Gerando é o sangue que corre em suas veias, e que o Recomeçar é a causa que ele escolheu para defender. Bruno Luis, coordenador do Polo Cultural e Esportivo de Poá, falou sobre a importância da ONG para a cidade. “A rua oferece coisas ruins o tempo todo para as crianças e jovens, e a gente tira as crianças da rua, dá uma nova perspectiva, mostra para ela que ela pode, nós mostramos que elas são empreendedoras e a primeira coisa que elas podem empreender são elas mesmas, e isso é muito importante para a cidade.” COMO PARTICIPAR Para fazer parte de um dos projetos da Gerando, é só procurar a ONG através das redes sociais ou no telefone (11) 3426-9800. Tem também o e-mail: contatogf@gerandofalcoes. com. Através desses canais você terá informações sobre vagas e os cursos oferecidos pela instituição. A Gerando de Poá fica na Avenida Niterói, 96 – Cidade Kemel.


10

ESPORTES e Lazer

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

SONHO PROJETO SOCIAL TIRA CRIANÇAS DA RUA E LEVA JOVENS A SONHAREM COM FUTURO MELHOR NA CIDADE

‘Bom na Escola, Bom de Bola’, em Mogi, esbarra na falta de parceiros Por Gabriel Dias gabrieldias@leiaogazeta.com.br

A falta de banheiros/ vestiários e bebedouros para as crianças do projeto social “Bom na Escola, Bom de Bola”, no bairro Santa Tereza, em Mogi das Cruzes, dificulta a atividade dos meninos e meninas que frequentam as aulas de futebol realizadas todas as quartas-feiras e sextas-feiras pela manhã e pela tarde. O líder comunitário Raimundo de Jesus, um dos idealizadores do projeto, decidiu tomar atitude ao passo que notava as crianças e os adolescentes ociosos dentro e fora de casa. “Não podemos perdê-los para as drogas”, disparou o comentário que dera luz ao projeto no dia 06 de fevereiro deste ano – há quatro meses. Para que a ideia fosse colocada em prática, Jesus precisou da ajuda de dois amigos, Sâmela e Valdir. Ambos dão aulas e seguram os impulsos das crianças e dos adolescentes quando entram na quadra society do bairro. Enquanto ele fica do lado de fora recebendo os

FOTOS: BRUNO ARIB

A ideia de fazer jovens sonharem com futuro melhor ainda requer interessados em ajudar no projeto

TRABALHO - Centenas de crianças de Mogi participam do projeto ‘Bom na Escola, Bom de Bola’ pais e os alunos com largo sorriso no rosto e nas horas vagas, aproveita seus conhecimentos para pleitear ajuda financeira com objetivo de fazer o projeto dar certo, mas ainda falta muita coisa, uma delas, atenção do poder público. Ele explica que por algumas vezes foi até a Pre-

feitura de Mogi das Cruzes para conversar com secretário de Esportes e Lazer, Nilo Guimarães, no entanto, não foi atendido nenhuma vez. “Fui até lá com objetivo de pedir ajuda para construir banheiros, vestiários para os meninos e as meninas e inserir bebedou-

“Eles têm oportunidade de sonhar e conquistar objetivos. Muito não serão jogadores, mas terão respeito” Raimundo de Jesus, líder comunitário

ros, mas ninguém falou comigo. Agora peço ajuda para os empresários. Meu objetivo com isso é ajudar as crianças. É dar a eles a oportunidade de sonhar e conquistar seus objetivos. Muitos que estão aqui nem serão jogadores de futebol, mas terão disciplina, respeito e amor ao próximo. Entenderão que o dever do ser humano é ser pacificador”, explica.

PAIS - Fabio de Queiroz, de

45 anos, é porteiro e vê seu filho de 9 anos jogar bola no projeto social. Ele sabe das dificuldades e vê a luta que os idealizadores Jesus, Sâmela e Valdir têm em fazer esta iniciativa dar certo.

“Sei que para eles não é fácil. É um projeto que deu certo. O que falta é estrutura, e isso a prefeitura pode dar. Meu filho quando precisa ir ao banheiro tem que procurar algum lugar próximo”, lamenta Queiroz. A GAZETA procurou a Prefeitura de Mogi das Cruzes e, em nota, a administração de Marcus Melo (PSDB) disse que dentro do que é permitido pela legislação e respeitando a dotação orçamentária da Secretaria de Esportes e Lazer, a prefeitura vai apoiar a iniciativa. “Ele solicitou apoio para reparos no espaço e fornecimento de material esportivo. Mas é preciso ver o orçamento”, diz a nota. “Os pedidos serão analisados com carinho, porque reconhecemos a importância do trabalho desenvolvido por Raimundo para manter as crianças e jovens longe dos riscos das drogas e da violência”, conclui a prefeitura.

AJUDE – Raimundo conti-

nua a pedir ajuda das pessoas, e quem puder colaborar com o projeto social basta ligar para (11) 9-64778099 – falar com Raimundo de Jesus.

EXPECTATIVA COM ARENA DE VÔLEIBOL, MUNICÍPIO RETOMA TRADIÇÃO NO CENÁRIO NACIONAL DO ESPORTE

Suzano de volta a elite do vôlei nacional? Por Artur Figueiredo Especial para a GAZETA

Diante de rumores sobre a volta da cidade de Suzano ao cenário do vôlei nacional, o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) tratou de criar um clima ainda mais positivo para a torcida suzanense que tem o voleibol em seu DNA. A famigerada equipe do Report Suzano, que teve vários parceiros/in-

vestidores, mais uma vez pode estar de volta. Recentemente, a cidade cedeu as finais da Superliga Masculina. Evento que teve a equipe do Taubaté Funvic como campeã do maior e mais importante torneio do País. A conquista veio diante do Sesi São Paulo em cinco partidas memoráveis, marcadas pela emoção, equilíbrio e o talento nato do puro vôlei ‘brazuca’. Com o ginásio reforma-

do, a Arena Suzano se mostrou como preparada para grandes competições. Ashiuchi vê com bons olhos a volta da cidade no certame nacional. “Primeiro, gostaria de agradecer a você e todos pela oportunidade, agradecer ao Sesi e Taubaté, a Confederação que nos ajudou a trazer os jogos para cá. Fica na mente não só do torcedor suzanense, do povo do Alto Tietê, principalmente o povo de nossa cidade que ama o voleibol e vê a possibilidade de ter um time. Nós estamos trabalhando muito nisso”, destaca.

Com a expectativa de ter um time para a próxima temporada, o prefeito de Suzano destaca os esforços que estão sendo feitos para poder ter uma equipe de auto rendimento para a próxima temporada. Perguntado se, de zero a dez, qual é a possibilidade de a cidade contar com uma equipe, Ashiuchi mostrou otimismo, mas cautela para ‘cravar’ uma suposta definição sobre o futuro da ‘cidade do vôlei’. “A gente está trabalhando muito. Se Suzano voltar, tenho a certeza que volta um grande campeão para disputar

a Liga também, e se não voltar, a Arena está preparada pra sediar os grandes jogos. De 0 a 10 não dá para falar, mas a vontade é mil. Então, estamos trabalhando forte nisso”, demonstra Ashiuchi o sentimento de esperança para o torcedor do Alto Tietê. O time de Suzano teve grande sucesso na década de 1990 com vários títulos, entre conquistas estaduais, nacionais e astros, como: Rodrigão, André Nascimento, Murilo, Ricardinho, Rodrigão, entre vários outros. A Arena foi inaugurada em 8 de julho do ano de 2018.


| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

11

BRASILEIRÃO A LUTA PELO TÍTULO DO MAIOR CAMPEONATO DE FUTEBOL DO PAÍS PARA TORCEDORES DA REGIÃO

A expectativa para o Brasileirão Georges Antonios Jreige Filho, proprietário da rede Mago de supermercados, aposta no Timão

Vitório Di Bello, empresário do ramo imobiliário e de postos de combustíveis, torce para o Palestra

O governador de São Paulo, João Doria, quer o oitavo título brasileiro do Santos Futebol Clube

O também empresário Gleucio William aposta no sucesso do São Paulo Futebol Clube


12

Dani de Paula

ESPECIAL DIA DAS MÃES PARTE I Com muito carinho e dedicação, no último dia 14 realizei o lançamento da exposição “Ser mãe é minha melhor função” na Câmara Municipal de Itaquaquecetuba. Com o objetivo de elevar a autoestima das mulheres, fiz uma parceria com a querida Mary Mabu, dona do Espaço Mabu Cabelo e Estética, e com o renomado fotógrafo Rodrigo Nagafuti. Funcionários do espaço produziram as homenageadas com serviços de cabelo e maquiagem e Nagafuti realizou o ensaio fotográfico. O lançamento contou com a participação de autoridades, amigos e familiares e quem mais quiser conferir, as fotos ficarão expostas no Hall da Câmara até o final do mês. Confiram na próxima edição as fotos das homenageadas.

| GAZETA REGIONAL | 18 a 24 de maio de 2019 |

colunasocial@leiaogazeta.com.br (11) 94737-3481

Feliz Aniversário Eu desejo toda a felicidade do mundo, muito amor, sucesso e saúde para todos vocês!

VEREADOR EDSON DA PAIOL

Dani de Paula com a Mary Mabu

O MÉDICO DO SEU PET

José Osdival de Paula

Divido a foto com o fotógrafo Rodrigo Nagafuti

Eu com meu filho Enzo de Paula

Com minha mãe Maria José Angela Abade

Santiago, Vandão, Dani de Paula, Pelé da Sucata, Armando Neto, Lucas do Liceu e Edson da Paiol

Com meu colega de profissão, o jornalista Leandro Dilon Ana Luiza Rosa

Luana Santana, Aleph Tenório, Diih Santos e a jornalista Dani de Paula

O cantor Fernando Maque

Ao lado de Mary Mabu e Cleunice Vieira de Almeida, diretora geral da Câmara

CLUBE DE CAMPO DE MOGI TERÁ NOITE ESPECIAL PARA OS NAMORADOS Com o tema “Mil e uma noites de amor” o Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) terá uma ação do Dia dos Namorados, que deve esquentar o clima de romance entre os casais, em 12 de junho, a partir das 21 horas, no aconchegante Salão Privê “Airton Nogueira”. A atração especial será o cantor Fernando Maque, que trará um repertório romântico, com destaque aos sucessos de Michael Bublé. Os convites poderão ser adquiridos na Administração do Clube a partir de quinta-feira (16/05). O valor para os casais associados é de R$180 e para convidados R$ 230. Mais informações: (11) 4728-5600.

João Luiz

Profile for Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional - Edição 281  

Gazeta Regional - Edição 281  

Advertisement