Page 1

ARUJÁ l BERTIOGA l BIRITIBA MIRIM l FERRAZ l GUARAREMA l ITAQUAQUECETUBA l MOGI DAS CRUZES l POÁ l SALESÓPOLIS l SÃO SEBASTIÃO l SANTA ISABEL l SUZANO

ONIPRESENTE Um curso realizado em Salesópolis fez a população pedir que seja investigada a participação simultânea do vereador Rodolfo (PDT) em dois eventos. Um na própria cidade e outro em Pindamonhangaba. Os dois eventos aconteceram no mesmo dia. P.7 ANO 10 | NO 229 | 14 A 20 DE ABRIL DE 2018

DIRETOR: LAERTON SANTOS | DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

FEZ-SE A LUZ

Itaquá retoma manutenção em mais de 16 mil postes de iluminação Contratada para o serviço, a empresa Tecnolamp promete mudar cenário em um prazo de três meses BRUNO ARIB

Técnicos se desdobram para diminuir a escuridão que assola o município Desde a última segunda-feira (9) os moradores de Itaquaquecetuba convivem com um serviço que não atuava no município há muito tempo: a manutenção da rede pública de iluminação. Repassado à Tecnolamp do Brasil, o serviço deve atingir a normalidade em três meses, de acordo com as previsões da empresa. No mercado há 23 anos, a companhia paulistana tem a missão de recuperar os cerca de 16 mil pontos de luz na cidade. Experiente, a empresa traçou um cronograma de prioridades e deu início ao trabalho. P.8e9

Bertaiolli: de favorito a réu na Justiça e odiado nos protestos P.3 Ferraz

Disputa acirrada no transporte público P.4

BRUNO ARIB

Eleições

DESAMPARADOS A Favela da Portelinha, em Suzano, é o retrato fiel de uma administração alheia ao sofrimento do povo, travestida de falsa preocupação com os menos favorecidos. Os moradores pedem tratamento digno e as respostas que têm são promessas de que tudo será resolvido. “Mas, até quando esperar pela boa voltande dos políticos?”, questionam eles. P.5

www.leiaogazeta.com.br -

/gazetaregional

SUGIRA PAUTAS 11 9 9508-6950


OLHAR CRÍTICO so�e o Alto Tietê

EDITORIAL A rodovia Mogi-Bertioga se converte em uma difícil passagem para o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) seguir sua ambição de ser presidente do Brasil, disputa que ele já conheceu o sabor da derrota em 2006, quando enfrentou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Embora Lula esteja preso, ainda está difícil o acesso do líder dos tucanos ao comando do go-

No meio do caminho, toneladas de pedras verno federal. Ao menos no âmbito regional – que deve ter alguma importância no cenário político nacional. As toneladas de pedras, terra e vegetação caindo insistentemente serra a baixo, não só obstrui a pista como altera a rotina e põe em risco vidas que sobem e descem a litorânea, já banhada com sangue humano. O caso mais triste está presente na memória de todos: foi a queda do ônibus

dos estudantes, cujo saldo de mortes foi de 17 pessoas, todas muito jovens. Por conta dessa tragédia, e de outras que já se apresentam como anunciadas, seria racional que os órgãos competentes se debruçassem sobre a questão com a seriedade que ela pede, não fazendo apenas pequenos remendos – popularmente chamados de gambiarras – para uma situação de extrema gravidade, como

Língua de Trapo O vereador mogiano Caio Cunha (PV), que quer ser deputado estadual, pegou a via rápida para chegar a Brasília. Foi direto ao escritório do ex-deputado federal Valdemar Costa Neto (PR), no DF. Entrou lá com uma mala e saiu com ela felicíssimo. A cena virou um vídeo e Caio caiu nas redes sociais. O caso lembrou o de Rocha Loures, ex-assessor de Michel Temer, cuja mala tinha R$ 500 mil. A mala do vereador mogiano, também preciosa, estava cheia de verdes esperanças, segundo as más línguas.

Olhos nas municipais

Na região, alguns vereadores que vão concorrer a deputado estadual e federal farão desse pleito uma prévia para as Eleições Municipais de 2020. A ideia é avaliar o saldo das urnas agora para ver se eles têm condições de disputar as prefeituras de suas respectivas cidades. A Coluna antecipa que haverá casos de políticos que terão a certeza que não ganharão nem para síndico. Mas, podem tentar a Alesp, Brasília e as prefeituras: ser ridículo é um direito de todos.

Birutices e amnésias

A fama do político é levar o povo no bico. Pra levar alguém no papo é só prometer,

e nada mais. O prefeito de Ferraz Zé Biruta é bom nisso. Sabedor de que o povo tem memória curta ficou uns anos fora do poder, esperou esquecerem tudo o que ele fez – porque é difícil se lembrar de nada -, e aí voltou! A Radial gostou do retorno, trabalha igual ao Biruta e os dois levam o povo...

A queda do real

Especialistas que atuam no Mercado Paralelo dizem que a coisa continuando como está tende a fazer que logo-logo o real saia de cena para dar lugar a propina, com essa virando a moeda oficial do Brasil. Ocorre que nos meios políticos empresarias o real já caiu faz tempo. Até mesmo o noticiário não cita que tal obra custou X reais, dizem apenas que foi paga com propina ou que receberam propina para fazer o serviço.

que só idiotas votam em Bolsonaro os jornalistas ficaram frustrados com a observação. É que uma pesquisa de intenções de votos, divulgada recentemente, mostra que no Estado de São Paulo, lá no topo da torre da Babilônia, aparece o próprio. Ao invés de constrangimento foi só gargalhadas. Jornalistas são acostumados às desgraças do cotidiano.

Baixada petista

Alckmin quando descer a serra rumo ao Litoral de SP verá sua candidatura à presidência sujeita a raios, chuvas, trovões, queda de barreiras e encostas. Esse é o mapa político meteorológico na Baixada Santista, cuja maioria dos prefeitos ou é do partido dos tucanos ou apoia Alckmin. A popularidade deles está como a Mogi-Bertioga: interditada. Como os alckmistas, na rodovia tudo está caindo. Uns dizem que isso é obra dos deuses do Atlântico, que eles são todos petistas.

BRUNO ARIB

Estilo Rocha Loures

Infeliz observação

Ao comentarem na redação

DIRETOR RESPONSÁVEL: Laerton Santos REDAÇÃO: Aristides Barros, Lailson Nascimento e Renan Xavier COMERCIAL: Djalma Raphael e Marcos Aquino EDIÇÃO DE ARTE: André Jesus FOTOGRAFIA: Bruno Arib ASSESSORIA JURÍDICA: Gilson Pereira dos Santos - OAB/SP 266711

ANO 10 | NO 229 | 14 A 20 DE ABRIL DE 2018

Telefones: (11)4312-2497 | (11)99508-6950 | (11)99916-5804 E-MAIL: reportagem@leiaogazeta.com.br | reportagemgazetaregional@gmail.com ARUJÁ - BERTIOGA - BIRITIBA MIRIM - FERRAZ DE VASCONCELOS - GUARAREMA - ILHABELA - ITAQUAQUECETUBA - MOGI DAS CRUZES - POÁ - SALESÓPOLIS - SANTA ISABEL - SÃO SEBASTIÃO - SUZANO O GAZETA REGIONAL NÃO SE RESPONSABILIZA PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS, NEM PELA CREDIBILIDADE DOS ANUNCIANTES E A QUALIDADE DOS PRODUTOS POR ELES OFERECIDOS, SENDO TODOS DE ÚNICA E EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DOS ANUNCIANTES ARTIGOS ASSINADOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DO JORNAL; A DIVULGAÇÃO ACONTECE VISANDO AMPLIAR O DEBATE DEMOCRÁTICO

é hoje a Mogi-Bertioga. A opinião muito lúcida de um funcionário aposentado da prefeitura mogiana, com alto teor de conhecimento, além de diagnosticar a dramática falta de segurança da rodovia gritou o que está atravessado na garganta de muitos. Ele disse que o momento é de pressionar o Estado para liberar os recursos necessários a todos os trabalhos que precisam ser feitos. Evocou a JONNY UEDA/DIVULGAÇÃO

2

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

urgência de estudos e intervenções para devolver a segurança aos usuários do acesso, e o olhar do Estado para a questão da duplicação. Alckmin e o seu partido já governam São Paulo há mais de 25 anos. Houve tempo suficiente para corrigir esse problema em que a Natureza tem dado a sua cartada final, destruindo tudo para que se construa algo novo, bom e melhor.

Imagem da Semana

Interditada mais uma vez, Mogi-Bertioga vai se dissolvendo

Artigos

Fake News: Cuidado com o que você compartilha Por Leonardo Freire A proximidade das eleições aqueceu o debate acerca das chamadas fake news, aquelas “notícias” disseminadas nas redes sociais e aplicativos de mensagens, com o claro objetivo de deturpar fatos e achincalhar com a imagem das pessoas. A disseminação de notícias falsas, as famosas fofocas que antes corriam apenas de boca em boca, não é um acontecimento moderno. O que é novo, e daí o potencial destrutivo, é o alcance dessas fofocas, veiculadas por meio da Internet. Por trás de muitas das fake news espalhadas todos os dias, muitas vezes, estão verdadeiras quadrilhas virtuais. O mecanismo é simples: um grupo cria, o outro hospeda e um terceiro se encarrega de espalhar. A partir de então, surge um quarto personagem, que é justamente quem vai dar alcance à fake. Estou falando do dito “cidadão de bem”, o sujeito ingênuo que acredita em tudo o que lê, não checa a fonte e viraliza verdadeiros absurdos. Essas mentiras, de tanto que são repetidas, acabam se “tornando” verdades.

Longe de ser um fenômeno brasileiro, as fake news foram demasiadamente utilizadas nas eleições norte-americanas, havendo quem acredite que foram decisivas para a vitória de Donald Trump. Por aqui, o Tribunal Superior Eleitoral está atento e disposto a refrear essa onda de mentiras, já tendo anunciado a criação de um grupo de trabalho conjunto com a Polícia Federal e a Procuradoria Geral da República, para coibir a propagação de notícias falsas durante o período eleitoral. Ou seja, muito além de uma simples diversão, a divulgação de fake news pode levar o divulgador, mesmo aquele ingênuo, a responder por crimes de injúria, calúnia e difamação, além de crime eleitoral, se a notícia tiver o objetivo de favorecer algum candidato ou prejudicar a outro. Portanto, antes de compartilhar, consulte a fonte e, na dúvida, não passe o conteúdo adiante.

Leonardo Freire

é advogado especialista em direito eleitoral. contato@leonardofreire.com.br


POLÍTICA em Debate

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

BRUNO ARIB

ELEIÇÕES SURGEM PRIMEIRAS AMEAÇAS À ELEIÇÃO DO CACIFE POLÍTICO DE MOGI

O amargo ano de Bertaiolli

Ex-prefeito virou réu, contraiu novos adversários e foi alvo por tabela de protestos Por Renan Xavier renanxavier@leiaogazeta.com.br

Outrora dada como certa, a ocupação de uma cadeira em Brasília pelo ex-prefeito mogiano Marco Bertaiolli está sendo posta à prova neste início de ano eleitoral. Desde janeiro, o cacife político do PSD virou réu na Justiça, viu seu nome virar vidraça dos protestos contra o reajuste de até 60% de IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) no município e ganhou fortes adversários na corrida por uma cadeira em Brasília. Em fevereiro, o político tornou-se réu após a Justiça aceitar denúncia de improbidade administrativa oferecida pelo MP-SP (Ministério Público de São Paulo). Ele será julgado

pela compra supostamente irregular de equipamentos pedagógicos para o município, em 2014, quando ainda era prefeito e, se condenado, pode ter sua candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa. A empresa contratada por inexigibilidade de licitação na época, a Edacom, tem histórico contratos considerados irregulares pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) e foi alvo de investigações pelo MP com prefeituras do Interior e da Região Metropolitana de SP. Em Jaú, município localizado a 350 quilômetros de Mogi, manobra semelhante rendeu a suspensão dos diretos políticos do ex-prefeito da cidade.

TETO DE VIDRO - Tido por manifestantes como

“pai” da proposta de aumento do IPTU, Bertaiolli assistiu a sua imagem, até então intacta, derreter em meio à revolta que sacudiu o município e culminou no recuo do governo, que desistiu do teto de reajuste do imposto de 60% para 10%. Antes mesmo de os atos tomarem as ruas, Bertaiolli previu o iminente desgaste e chegou a renegar diversas vezes sua participação na proposta de reajuste do imposto. Mas convenceu poucos e chegou a ganhar um caixão simbólico durante os protestos. E o cenário, que já era intranquilo, agravou-se com a ascensão do também ex-prefeito Junji Abe (MDB) ao Congresso Nacional, substituindo o ex-deputado condena-

do por corrupção Paulo Maluf. Dono de eleitorado cativo, Abe já declarou sua intenção de concorrer no próximo pleito a mais um mandato na Câmara, o que prenuncia uma disputa de votos entre os ex-prefeitos de Mogi das Cruzes. Há uma semana, Junji e seu filho, o vice-prefeito Juliano Abe, debandaram do partido de Bertaiolli para o MDB e dispararam contra o ex-correligionário, dando o tom da disputa eleitoral e do cenário cada vez mais nebuloso. Em entrevista coletiva na semana retrasada, o veterano não desperdiçou a chance de alfinetar Bertaiolli. “No MDB teremos mais espaço para trabalhar visando a coletividade e não um projeto único”, disse.

3

CONGRESSO

Junji consegue R$ 10 milhões para a Saúde O deputado federal Junji Abe (MDB) garantiu a destinação de R$ 10 milhões da União para a rede municipal de saúde de 31 cidades, nas regiões do Alto Tietê, do Vale do Paraíba e Litoral Norte, e de Presidente Prudente. São recursos federais para programas governamentais, conseguidos pelo parlamentar, em pouco mais de um mês de atuação neste segundo mandato. O Alto Tietê será beneficiado com a maior parcela dos recursos para saúde: R$ 6,4 milhões. Além de R$ 3 milhões para Mogi das Cruzes, o trabalho de Junji garantirá R$ 500 mil para Biritiba Mirim e igual montante para Salesópolis. Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Santa Isabel e Suzano receberão R$ 400 mil, cada uma. O trabalho responde a pedidos de lideranças políticas e comunitárias, intermediados pelo vice-prefeito de Mogi das Cruzes, Juliano Abe (MDB), para adequações de unidades básicas de saúde e aquisição de equipamentos. O governo federal pretende efetivar a liberação do dinheiro ainda no primeiro semestre deste ano pelo Ministério da Saúde. DIVULGAÇÃO

Deputado Junji Abe


CIDADES em Contexto

VERMELHO CONDUTORES SE DIZEM ALVO DE TRAMA POLÍTICA

Motoristas rebatem notícia sobre transporte alternativo

REPRODUÇÃO FACEBOOK

4

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

Rede social esquenta discussão sobre transporte público Por Aristides Barros aristidesbarros@leiaogazeta.com.br

A página do Facebook intitulada “Disk Denúncia Ferraz” aumentou a polêmica sobre a possível mudança no transporte público de Ferraz de Vasconcelos ao “informar” que o prefeito Zé Biruta (PRB) e o secretário municipal de Transportes Antônio Carlos Alves Correia apoiam o transporte alternativo no município. Segundo a “informação”, além do prefeito e do secretário, os vereadores Claudio Ramos, Aparecido Marabraz e até o vereador paulistano Senival Moura – todos do PT –, estão por trás do “transporte clandestino que surgiu na cidade”.

Os motoristas Luiz Fernando de Paula e Ronaldo Craveiro, ambos representantes dos trabalhadores do transporte alternativo em Ferraz acharam absurda a informação. “Já tentamos diversas vezes conversar com o prefeito sobre isso, e o prefeito nunca abriu a porta do gabinete para falar com a gente”, falou Luiz Fernando. “O Zé Biruta nunca nos recebeu”, completou Craveiro. “Dizer que eles estão com a gente é ridículo”, afirmaram. “Não contamos com apoio de nenhum político. Sabemos que têm vereadores interessados em votar um projeto pela melhoria do transporte público, o que é diferente de

nos apoiar”, disse Craveiro. Segundo os representantes do transporte alternativo, eles atuam em Ferraz de Vasconcelos com 16 carros e operam quatro linhas, todas de bairros da periferia.

SEM ACORDO – O secre-

tário de Comunicação da Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, Fernando Felippe, rebateu a “notícia” de que Zé Biruta estaria por trás do transporte alternativo na cidade. “Não procede, o prefeito não aprova a ideia. Essa ‘notícia’ é coisa de gente que não tem o que fazer”. Claudio Ramos disse que é absurda a ideia de que ele esteja por trás do transporte alternativo.

DEU NA REDE - Desinformação causou toda a polêmica “Conversei sobre a necessidade de melhorar o transporte coletivo na cidade com todos os setores envolvidos no tema.” Marabraz tem posição igual a de seu colega de partido, defendendo a de mais segmentos transportando a população do município. “Os vereadores não são filhos de pais assustados. Não estamos ligados a essa ou aquela empresa. Os ferrazenses

Você tem um compromisso com o futuro de Mogi.

Sessões ordinárias: toda terça e quarta-feira, a partir das 15h. Participe.

querem a melhoria no transporte público e estamos tentando isso”. Os alternativos acrescentam: “Os políticos não são a favor do transporte alternativo. A população dos bairros Vila Cristina, Jardim das Flores, CDHU, Vila Margarida, São João e Parque dos Sonhos é que são favoráveis ao nosso serviço. São 5 mil usuários por dia, há 20 anos”, concluem.

A câmara trabalha de sol a sol pra fazer o melhor por nossa cidade. Mas toda terça e quarta-feira são especiais. Nesses dias acontecem as sessões ordinárias que farão de Mogi das Cruzes um lugar melhor pra você e sua família. Por isso venha participar dos trabalhos que definem o seu futuro e os rumos da cidade. A câmara está de portas abertas para você: Avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, nº 381, Centro Cívico. www.cmmc.sp.gov.br


CIDADES em Contexto | 5

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

EXCLUÍDOS ABANDONADA PELA ATUAL ADMINISTRAÇÃO, FAVELA EXALTA TRABALHOS DO GOVERNO ANTERIOR

Moradores da Portelinha reclamam de cobras, de ratos e dos políticos

“O Ashiuchi pediu votos, ganhou e sumiu; só o Marcelo Candido ajudava os favelados”, disseram os moradores

Espremidos pelo rio Jaguari, cujas enchentes castigam a localidade, e pela Estrada Mario Covas Junior, onde carros e caminhões põem vidas em risco devido a da falta de aparatos de segurança na pista, os moradores da Favela Portelinha têm o sofrimento aumentado pelo descaso da classe política de Suzano, desatenta aos problemas das mais de 300 famílias que subvivem naquela parte da cidade pertencente ao Miguel Badra Baixo. A favela inteira “grita” aos políticos suzanenses para que, além de se compadecer da situação difícil, façam alguma coisa para diminuir o peso do fardo de quem já vive marcado pelo preconceito de morar em um barraco erguido em uma área ocupada irregularmente. Para isso é que os moradores esperam ser removidos para os 500 apartamentos do Conjunto Bosque das Flores – no Jardim Europa –, que estava para ser entregue entre o fim do ano passado e o início deste ano. Por conta dessa remoção, ainda sem data, cerca de 30 famílias mais ameaçadas de sofrer danos materiais e de vida foram retiradas de áreas de risco sob a condição de receber aluguéis sociais no valor de R$ 2 mil até que aconteça a remoção para

blemas e trazia a solução. Esse que está aí, Rodrigo, nem chegou a entrar aqui, ficou lá na frente. Prometeu que iria ajudar a resolver os problemas, só que quando ganhou nunca mais apareceu”, disse um morador que preferiu não se identificar.

FOTOS: BRUNO ARIB

Por Aristides Barros aristidesbarros@leiaogazeta.com.br

PEÇONHENTOS – Os po-

NA MÃO Moradores mostram os bichos que infestam a localidade e oferecem riscos a todos

o Bosque das Flores. Após terem sido cadastradas no programa social e passado mais de três meses, muitas reclamam que ainda não receberam um centavo do que foi prometido. “Os políticos precisam se sensibilizar, não tem como enfrentar tudo

isso sem apoio algum. São pessoas extremamente carentes e necessitadas da ajuda do poder público”, afirma a aposentada Odete Babosa, de 63 anos de idade, que mora na favela já há oito anos. A revolta e a história são as mesmas contadas

e repetidas por outras dezenas de moradores que falaram à GAZETA na manhã de sábado (14). “Esse prefeito e esses vereadores não ligam para favelados. Quando o Marcelo Candido era prefeito ele vinha aqui, falava com a gente, ouvia nossos pro-

líticos não aparecem, mas na falta deles cobras e ratos infestam a favela. Com a forte incidência das invasões nocivas os moradores sequer precisam caçar os bichos, que entram diurnamente nos barracos. Um “ratinho” foi pego por um dos filhos da dona de casa Talita Laurieri de Mendonça Ferreira, 27 anos, que mora no local há sete meses. “Precisamos que a prefeitura faça a capinação do local, todo dia alguém pega cobra e rato aqui. É um risco à saúde e à vida de todos. Queremos que limpem o rio e que retirem o lixo, pois fizeram isso, mas deixaram o lixo na margem, foi um serviço de porco”, reclamou o morador.

cadastros sociais e de habitação. Aproximadamente 500 famílias cadastradas deverão ir para o Conjunto Bosque das Flores. Elas devem ser removidas quando o empreendimento for entregue. A construtora responsável atrasou a data de entrega em razão da invasão que ocorreu no local no ano passado e acabou causando

estragos no conjunto, que passa por reformas. A Secretaria de Serviços Urbanos informa que a limpeza às margens do córrego só poderá ser realizada quando as chuvas diminuírem e os sedimentos secarem. As chuvas do mês de abril vêm prejudicando os serviços de manutenção no município.”

RESPOSTA DA PREFEITURA Questionada, a Prefeitura de Suzano enviou resposta. “As famílias cadastradas são aquelas que sofreram com a última grande chuva que ocorreu na cidade, ocasionando na demolição das casas que estavam em risco de desabamento, seguindo as orientações dos relatórios da Defesa Civil.

O aluguel social é para as famílias que realmente precisam deste benefício. Os processos estão em análise no Departamento Jurídico para liberação dos recursos (lembrando que este é um benefício provisório). Esta análise é criteriosa e leva em conta diversos fatores, como o registro no CADÚnico e outros


6 | CIDADES em Contexto

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

SALESÓPOLIS CÂMARA APROVA NOVA LEGISLAÇÃO MUNICIPAL QUE REGERÁ MUNICÍPIO PELOS PRÓXIMOS 10 ANOS

Novo Plano Diretor abre caminho para regularização de loteamentos Por Renan Xavier renanxavier@leiaogazeta.com.br

A Câmara Municipal de Salesópolis aprovou na semana passada o Plano Diretor Participativo do município. Além de determinar as diretrizes que a cidade deve seguir para o desenvolvimento de áreas como educação, saúde e turismo, o documento abriu a possibilidade de regularização fundiária de cerca de 60 loteamentos hoje irregulares da cidade. A aprovação do Plano Diretor foi comemorada pelo prefeito Vanderlon Gomes (PR), que descreveu o projeto como um dos mais importantes de sua gestão. “Essa legislação é importante porque compatibiliza nosso Plano Dire-

BRUNO ARIB

Administração da Estância avalia que lei válida pelos próximos 10 anos deva amenizar drama fundiário mente, levar infraestrutura para esses locais”, diz. Com validade de dez anos, o Plano Diretor corrige distorções entre a legislação municipal e a estadual. O lote mínimo no município, por exemplo, é de 250 metros de acordo com a lei estadual e, segundo o plano anterior, de 500 metros. Também havia divergências com relação ao perímetro urbano da cidade. Bairro do Prolop será o primeiro a ser beneficiado com as mudanças do novo Plano Diretor, diz prefeito tor com a Lei Específica, de 2015. Muitas coisas que não conseguimos avançar nesse período, principalmente nessa questão fundiária, foi por conta dessa falta de compatibilidade entre as leis”, explicou o prefeito. Ainda de acordo com o

prefeito salesopolense, loteamentos dos bairros Prolop e Narciso estão no topo da lista de prioridade. Outros bairros como os Buenos e Totozinho Cardoso vêm em seguida. “Com a aprovação do plano teremos condições jurídicas de

AQUI É TEMPO DE COLHEITA! Todo mundo já conhece a força do campo em Mogi: um dos maiores produtores de hortifrutigranjeiros do estado, abastece a cidade de São Paulo, a nossa região e ainda envia produtos para várias partes do Brasil. Nosso cinturão verde é um grande festival de cores e sabores, que alimenta nossa gente e produz riqueza para a cidade. E, no meio de toda essa fartura, existe um produto que se destaca: você sabia que Mogi é o maior produtor nacional de CAQUI? Pois é, e agora é a melhor hora para você saborear essa delícia, porque estamos em plena época de colheita. Aproveite e aprecie! É a nossa terra e a nossa gente gerando alimentos, riquezas e desenvolvimento para quem é do campo e para quem é da cidade. Cada vez mais. MOGI É DIVERSIDADE. MOGI É AGRO.

fazer um trabalho forte no sentido de regularizar esses loteamentos e, posterior-

Prolop e Narciso são prioridade em regularização

PARTICIPAÇÃO - Antes da formulação do Plano Diretor aprovado foram realizadas seis reuniões setoriais, denominadas “oficinas”, com segmentos da sociedade civil e população em geral. Também foram criados canais para envio de sugestões, seja por e-mail ou por meio de urnas distribuídas na cidade.

SAFRA DO CAQUI 2018.


CIDADES em Contexto | 7

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

MISTER M SALESOPOLENSES PEDEM À CÂMARA QUE INVESTIGUE A “ONIPRESENÇA” DE PARLAMENTAR

Cidade quer desvendar mistério da dupla aparição do vereador Rodolfo O vereador Rodolfo Rodrigues Marcondes (PDT) pode ser investigado se a Câmara Municipal de Salesópolis ouvir a voz do povo intrigado com a suposta dupla aparição do político: é que em apenas um dia ele teria participado de um Curso de Manejo de Bananas na própria cidade e de um evento político em Pindamonhangaba. A distância que separa ambos os municípios é de cerca 115,2km, que percorrida de carro leva aproximadamente duas horas, segundo o Google Maps. O curso com duração de três dias foi ministrado pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Por conta disso, a participação simultânea do legislador nos dois eventos domina as conversas dos bastidores políticos da cidade, cujos comentários fartos seguem do pedido de que o “caso sobrenatural” seja apurado pelos demais vereadores por meio de uma CEI (Comissão Especial de Investigação). A reportagem ouviu moradores dos bairros Fartura, Totozinho Cardoso e do Centro que opinaram sobre a polêmica. O mistério pode ser desvendado se for atendido o pedido do estudante Richard Renan Melo, 19 anos. “Tem de

Participantes confirmam ausência

2 DE DEZEMBRO - À esquerda, vereador em Pindamonhangada; à direita, participação em curso na mesma data FOTOS: LAERTON SANTOS

Por Aristides Barros aristidesbarros@leiaogazeta.com.br

ANDRÉ MOREIRA/BLOG DA ESTÂNCIA

O povo quer saber qual o poder mágico que faz o político conseguir estar em duas cidades ao mesmo tempo

“Ele deveria comparecer ao curso, onde deveria estar“

“É o dinheiro do povo que está sendo usado“

Kauâni Diniz

Luiz Antonio dos Santos

ser investigado para ver o que aconteceu”, disse ele. A dona de casa Ingrid Aparecida engloba: “Todos têm de ser investigados, quem não deve não teme.” Outra dona de casa, Kauâni Souza Diniz, desta-

ca. “Sim, tem de ser investigado. Ele deveria comparecer no curso, onde realmente deveria estar.” Simone Aparecida dos Santos, 34 anos, é enfática. “Tem de investigar, se a gente vota neles tem de ter

alguém para investigar.” Em tom inquisitivo, Luiz Antonio dos Santos chama a Justiça. “Se está constando que tem algo que está errado, é o dinheiro do povo que está sendo usado. Essa corrupção tem de parar”, ordena. Guilherme Ribeiro da Silva, 21, é taxativo. “Pau que bate em Chico também bate em Francisco e a investigação tem de acontecer”, concluiu.

OUTRO LADO

O jornal falou por telefone com o vereador sobre a possibilidade de ele ser alvo de uma CEI (Comissão Especial de Investigação) na Câmara, para a apuração do “Caso da Banana”. Rodolfo Marcondes disse que “não teria motivos para isso” e acrescentou que já havia explicado o assunto durante sessão plenária no Legislativo salesopolense. Ele rebateu todas as acusações.

A denúncia veio à tona quando o Blog da Estância – do blogueiro André Moreira –, noticiou que o vereador Rodolfo não participou do Curso de Manejo de Bananas, mas assinou presença de 100%. O curso foi realizado nos dias 1, 2 e 3 de dezembro de 2017, no Sítio Juca do Arroz. Conforme a denúncia, no dia 2 de dezembro Rodolfo não participou do curso e assinou sua presença. Ocorre que no mesmo dia ele estava em Pindamonhangaba. O blogueiro André Moreira entrevistou três participantes do curso, que confirmaram a ausência do vereador. Um dos entrevistados afirmou: “Sinto muito, ele (Rodolfo) é meu amigo, mas eu não vi ele trabalhando com a gente lá não”, disse. Outros dois entrevistados confirmam a informação de que o parlamentar não participou em nenhum dos dias em que foram realizados o curso. Em Pindamonhangaba, a presença de Rodolfo Marcondes – entre outros políticos e parlamentares de Salesópolis – foi registrada pelo Blog da Estância. (A.B)


8 | CIDADES em Contexto

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

RECONSTRUÇÃO CONTRATO ENVOLVE MAIS DE 15,5 MIL PONTOS DE LUZ ESPALHADOS PELOS 440 BAIRROS

Faça-se a luz em Itaquaquecetuba Por Lailson Nascimento lailsonnascimento@leiaogazeta.com.br

Já passava das 20h da última sexta-feira (13) quando o encarregado de manutenção Sergio de Paula Oliveira, de 52 anos, foi surpreendido: o veículo que faz a manutenção dos pontos de iluminação pública de Itaquaquecetuba estava na porta da sua residência. Nem sempre foi assim, relembra ele. “A escuridão era tanta que há alguns dias roubaram duas máquinas do meu quintal. Ainda bem que resolveram mexer nisso.” O caminhão que causou surpresa a Oliveira pertence à Tecnolamp do Brasil. No mercado há 23 anos, a empresa paulistana assumiu a gestão da iluminação pública de Itaquá na última segunda-feira (9), quando iniciou o trabalho de recuperação dos mais de 15,5 mil pontos de luz na cidade. Segundo a prefeitura o contrato prevê troca, eficientização, manutenção corretiva e preventiva de toda rede elétrica do município. De início serão trocadas quase 16 mil lâmpadas de mercúrio por equipamentos de vapor de sódio, que garantem 30% a mais de luz com economia de 20% na conta de energia.

FOTOS: BRUNO ARIB

Empresa com 23 anos de experiência começa a recuperar iluminação pública da cidade

LUZ DA CIDADE - Em uma semana na cidade, os funcionários da empresa já passaram por diversos pontos que não contavam com iluminação

ANTES E DEPOIS - Na noite em que a GAZETA acompanhou o trabalho de manutenção, caminhões da Tecnolamp reacenderam diversos pontos de iluminação, como é o caso de uma rua próxima ao CS-II

TRABALHO - Na sexta

(13), a reportagem acompanhou as equipes de manutenção em pontos com maior circulação de veículos e pedestres, tais como a Estrada Mario Covas Júnior e a Rodovia Alberto Hinoto (Estrada de Santa Isabel), além dos quarteirões próximos ao CS-II (Centro de Sáude), na área central. Em todos os locais, uma constatação: a cidade não recebia serviços de reparação há muito tempo. Mais cedo, a GAZETA foi recebida na sede da empresa pelo gerente Bruno Campos. Na ocasião, ele falou sobre

as más condições dos pontos de iluminação encontrados pela Tecnolamp, mas garantiu que, num prazo de três meses, Itaquá terá uma nova

identidade visual. “O nosso desafio é colocar a situação em ordem. Eu não sei qual é a motivação, mas a cidade tem muitos pontos de

iluminação pública apagados, muito mais que a média das cidades onde a gente já trabalhou. Mas, a pedido da prefeitura, a partir do terceiro

mês de trabalho a cidade já vai estar visualmente modificada. Nós só pedimos a paciência da população nesse período”, disse Campos.


CIDADES em Contexto | 9

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

RAPIDEZ EMPRESA SEGUE CRONOGRAMA DE PRIORIDADES

Experiência e tecnologia: Itaquá terá acesso ao que há de mais moderno em iluminação Aplicativo ‘Luz da Cidade’ auxilia as equipes de manutenção BRUNO ARIB

Na sede da Tecnolamp, os funcionários fazem testes nos equipamentos no laboratório de ensaios O trabalho de manutenção da rede elétrica de Itaquaquecetuba não é para qualquer empresa. Devido ao tempo em que o setor ficou sem receber ações de conservação, a iluminação pública atingiu um nível de degradação complexo, conforme relatam os diretores da Tecnolamp. “Antes de iniciar o trabalho nós sobrevoamos a cidade, para fazer um pré-diagnóstico, e o cenário é desafiante”, revelaram. Para dar conta da demanda, a empresa implantou em Itaquá uma sede de 500 metros quadrados, além de contratar 20 funcionários – sendo 80% de moradores do município. Desde a última segunda-feira (9), toda a estrutura está dedicada a recuperar a rede de iluminação. O trabalho, que neste momento segue um cronograma de prioridades, está dividido entre as equipes de manutenção e

de troca de lâmpadas. Do dia 9 até 12 os técnicos já haviam trocado 583 lâmpadas, segundo o gerente Bruno Campos. O ritmo intenso deve permanecer, pois está na média de 90 dias para a recuperação completa da rede.

Empresa investe em ferramentas que aceleram o trabalho de manutenção TECNOLOGIA - Mesmo

com o baixo custo – a prefeitura vai gastar R$ 6 em média por ponto de luz, enquanto que São Paulo, por exemplo, gasta em torno de R$ 25 -, o serviço realizado pela Tecnolamp conta com um importante aliado para uma cidade com as dimensões de Itaquá: o software de gestão e gerenciamento dos pontos de iluminação “Luz da Cidade”.

Adotado em outros municípios onde a empresa já atua, como é o caso de Cerquilho, Itatinga, Araçoiaba da Serra, Laranjal Paulista e Guaratuba, o Luz da Cidade é um sistema próprio da Tecnolamp voltado à gestão eficiente de serviços preventivos, corretivos e administrativos da empresa, além de ser uma plataforma por meio da qual a população pode registrar as suas reclamações. “É um dos mais modernos softwares do mercado, investimos muito nisso. Pelo Luz da Cidade o cidadão de Itaquá vai poder fazer sua reclamação e acompanhar o andamento, pelo aplicativo, do protocolo que ele abriu, sem custo nenhum”, explica Campos. Além do aplicativo, a empresa também conta com um laboratório de ensaios, onde realiza testes nos produtos utilizados em seus serviços. (L.N.)


10 | CIDADES em Contexto

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

INTEGRAÇÃO AS ATIVIDADES VÃO ATENDER PESSOAS DE IDADES VARIADAS E DE DIVERSOS BAIRROS

Poá terá programa de esporte e oferecerá diversas modalidades Da Redação reportagem@leiaogazeta.com.br

O prefeito de Poá Gian Lopes (PR) assinou na última sexta-feira (13) um termo de colaboração com a Comunidade Kolping São Francisco de Guaianases, para realização do Programa Esporte e Cidadania, que vai oferecer a prática de modalidades esportivas em dez pontos da cidade. As atividades atenderão pessoas de idades variadas e, segundo Gian Lopes, o objetivo é contribuir para a formação do cidadão e também favorecer o desenvolvimento da comunidade. “Com esse programa esportivo temos a oportunidade de oferecer práticas espor-

FLÁVIO AQUINO / DIVULGAÇÃO

Dez pontos da cidade vão contar com as atividades do programa educacional e esportivo

Assinatura do termo de colaboração entre prefeitura e instituição contou com autoridades municipais tivas e contribuir para a melhoria das capacidades físicas e habilidades motoras, além de melhorar a qualidade de vida dos participantes. É necessário acrescentar que o acesso ao Esporte também é uma forma de diminuir a exposição dos nossos jovens aos riscos sociais e tenho certeza que em breve essa nossa iniciativa será refe-

rência no Alto Tietê.” O Programa Esporte e Cidadania será realizado nos seguintes equipamentos: Ginásio de Esportes Américo Franco (Fonte Áurea); Cantinho da Melhor Idade; Centro de Artes Marciais; Skate Park; Praça dos Eventos; Clube de Xadrez; Complexo Esportivo Dailson Souza de Brito (Vila Pe-

reta); Centro Esportivo Killiam Burguer (Bosque da Nova Poá); Centro Esportivo Antonio Sanches (Vila Monteiro); e Complexo Esportivo Renato Barbieri (Calmon Viana). De acordo com o secretário de Cultura e Esportes, Mário Sumirê, o gerenciamento e execução do Programa Esporte e Cidadania contempla o desen-

volvimento de atividades individuais e em grupos nas seguintes modalidades: futebol de campo, ginástica, handebol, jiu-jitsu, judô, skate, basquete, xadrez, zumba, dança circular, exercícios físicos terapêuticos para Terceira Idade, além de promover a participação dos atletas e equipes em competições. “Este programa tem o objetivo de ampliar a oferta de modalidades esportivas na cidade e assim oferecer à população a oportunidade de participar de atividades para fomentar a prática esportiva, a melhoria da saúde e qualidade de vida, aprimorar a integração entre diversas faixas etárias, descobrir novos talentos, além de possibilitar a reconstrução de vínculos”, acrescentou Sumirê.


CIDADES em Contexto | 11

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL 14 a 20 de abril de 2018 |

SEGURANÇA APROVAÇÃO DO TRANSPORTE ESCOLAR GRATUITO DE BIRITIBA MIRIM É UNANIMIDADE ENTRE OS PAIS

Empresa de transporte escolar de Biritiba recebe avaliação positiva Entrevistados não fizeram críticas quanto ao serviço realizado pela LBAK, que é responsável pela atividade FOTOS: BRUNO ARIB

Empresa contratada pela Prefeitura de Biritiba Mirim oferece tranquilidade aos pais de alunos

Por Aristides Barros aristidesbarros@leiaogazeta.com.br

Em Biritiba Mirim o clima é de tranquilidade entre os pais de alunos que afirmam estarem satisfeitos com o trabalho de transporte escolar realizado pela LBAK. O positivismo foi constatado na EMEF Professora Helena Ricci, onde estudam 350 crianças. Mãe da estudante Ana Laura, de 8 anos, a autônoma Michele de Oliveira Braga, 28 anos, disse: “Até hoje não tenho nada a reclamar, o serviço está

ótimo”. Elas moram no bairro Rio Acima. A dona de casa Lais Cristina de Almeida, 29 anos, mãe da estudante Paloma, segue o relato da autônoma. “A forma como eles trabalham nos deixam tranquilos.” Irlan Miranda, 35 anos, pai da Maria Eduarda 8 anos, atesta que “a seriedade da empresa dá a certeza que os nossos filhos são transportados de forma muito segura”. O autônomo Walter da Silva Dias, 49 anos, pai do estudante Walter, 6 anos, praticamente repe-

te o que já foi dito durante o curso da reportagem. “A empresa tem trabalhado muito bem, não tenho o que reclamar”, falou.

TRÂNSITO

– Sobre a questão da segurança da empresa que transporta as crianças para a escola, não existem queixas. No entanto, quanto à segurança nas proximidades da unidade de ensino, as críticas vão para a Prefeitura de Biritiba Mirim. O alvo da reclamação dos pais dos alunos é a faixa de pedestres que deveria ser defronte à

“A empresa tem trabalhado muito bem“ Walter Dias, autônomo

escola. Todos os entrevistados concordaram que o dispositivo de segurança deveria estar no local de entrada e saída dos alunos porque é o ponto onde se concentra o maior fluxo de pessoas que vão levar e buscar os estudantes. A faixa de pedestres fica cerca de 20 metros da entrada da escola, o que oferece risco a todos. A ressalva é que a escola fica na altura do Km 18 na Mogi-Salesópolis, no Bairro Iroy, e a pista apresenta um trânsito bem movimentado.


12 | CIDADES em Contexto

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

PREJUÍZO RENATO CAROBA VÊ “VÍCIOS” NO PROCESSO LICITATÓRIO QUE CONTRATOU A EMPRESA METODO

Vereador propõe CEI para apurar compra de uniformes escolares Por Renan Xavier renanxavier@leiaogazeta.com.br

Após dispensar a empresa que ofereceu o menor preço para a produção de uniformes escolares, a Prefeitura de Arujá convocou para o serviço a terceira colocada no certame, cuja proposta foi cerca de R$ 1,6 milhão mais cara. Este foi apenas o mais recente episódio de uma insólita novela que se arrasta desde o ano passado. A primeira licitação, aberta em junho de 2017, foi contestada na Justiça por duas empresas e terminou sendo revogada. Enquanto isso, mais de 10 mil alunos da rede municipal seguem sem uniformes. Agora, o vereador de oposição Renato Caroba

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Governo Zé Luiz monteiro convocou 3ª colocada no pregão por um preço R$ 1,6 milhão superior ao da vencedora mento a mais se justifica, pois, a diferença de valores é espantosa, não pode ser ignorada”, argumenta o vereador. Para investigar o caso a fundo, Caroba ainda propõe a criação de uma CEI.

Renato Caroba quer saber o motivo do governo Zé Luiz Monteiro optar por compra mais cara (PT) pretende criar uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) na Câmara para apurar possíveis irregularidades da eventual contratação. O que chamou atenção do petista foi o abismo entre os preços propostos no certame. Enquanto a CCM

Comercial ofereceu um custo de R$ 2.890.000,00, a empresa Metodo, que terminou convocada para o serviço, cobrou R$ 4.553.450,00. Para Caroba, há indícios de que o certame foi viciado e de que, se confirmada, a contratação da terceira colocada gere

prejuízos à cidade. “As amostras de uniformes confeccionados pelas duas empresas deveriam ser submetidas a uma análise do Inmetro para que a autarquia desse um parecer técnico sobre a qualidade. Só então saberíamos se esse investi-

OUTRO LADO - Questionado, o governo José Luiz Monteiro (MDB) afirmou, por meio da Secretaria Municipal de Educação, que a licitação ainda está em andamento, embora na fase final de análise de amostras no laboratório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), credenciado pelo Inmetro. Também procuradas pela reportagem as empresas CCM e Metodo, protagonistas do impasse, mas elas não se manifestaram até o fechamento desta edição.


CIDADES em Contexto | 13

leiaogazeta.com.br

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

CAMPANHA COMBATE ÀS INUNDAÇÕES ERA PROMESSA DE FÁBIA

Limpeza em ribeirões ‘livra’ Santa Isabel das enchentes

CULTURA PREFEITURA MANTÉM ATIVIDADES

Por Lailson Nascimento lailsonnascimento@leiaogazeta.com.br

Depois de dez anos contínuos de enchentes, Santa Isabel passou o primeiro verão sem registrar um ponto sequer de alagamento. Beneficiado pelo desassoreamento dos ribeirões que serpenteiam a área central, o município ‘sobreviveu’ às chuvas intensas do início de 2018 e ficou entre as únicas cidades do Alto Tietê cuja população não foi submetida às tradicionais inundações de começo de ano. Com maquinário e autorização do DAEE (Departamento Estadual de Águas e Energia Elétrica), a Prefeitura de Santa Isabel realizou a limpeza de cerca de três quilômetros

BRUNO ARIB

Depois de dez anos, cidade termina verão sem registrar alagamentos

Inscrições para oficinas

Ribeirões da cidade receberam serviços de desassoreamento de ribeirões. Além disso, as equipes da Secretaria de Serviços Municipais limparam as bocas de lobo da região central. O titular da Pasta, Rodrigo Butterby, apontou o trabalho de limpeza dos ribeirões como principal causa para a falta de enchentes. “Desde o

início do mandato, a prefeita Fábia Porto (PRB) deixou claro que Santa Isabel não poderia mais passar por enchentes. Portanto, temos satisfação em cumprir a ordem da prefeita e, por consequência, proteger a nossa população desse grande problema”, concluiu.

Devido ao grande sucesso de adesão ao Programa Oficinas Culturais, a Prefeitura de Santa Isabel, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, abriu vagas para novas turmas, sendo elas: Percussão; Berimbau; Capoeira;

Instrumentos de Sopro; Fotografia com Celular; Ballet/Jazz e Teatro. As inscrições vão até o dia 27 de abril, das 9h às 12h e das 13h às 16h, na Secretaria Municipal da Cultura, localizada na Avenida da República, 118 – Centro.

CLASSIFICADOS www.clipx.com.br Anuncie aqui

( de GRAÇA )

Ou envie uma mensagem via WhatsApp para (11) 9 4341-7186

PRESTADORES DE SERVIÇO

IMPOSTO DE RENDA 2018 - FISICA E JURIDICA VENDE -SE Vendo casa em frente ao shopping de Suzano. Imóvel com três dormitórios, sala, cozinha e dois banheiros. R$ 580 Mil. Tratar com Ademir (11) 4746-3253. Ligue hoje mesmo! Não perca esta grande oportunidade de ter sua casa própria.

Vendo FORD KA GL Ano 2007 - 1.0, está em ótimo estado de conservação Direção hidráulica .......................... mais informações ......................... ligar para Juan .................... (11) 9 7147-0380 ......................... VAGAS EMPREGO Vendedor Externo em Mogi das Cruzes 3 vagas - salário a partir de R$ 1.000,00 formação - Ensino Médio Área comercial e Vendas . para mais informações acesse o site www.balcaodeempregos.com.br

Abertura - Encerramento Fiscal Depto. Pessoal - IR Física e Jurídica

Rua: Antônio Candido Vieira, 412 - Centro Mogi das Cruzes - SP - CEP 08710-200 Telefone: (11) 4726-1291 / 9 9888-6834 e-mail: cac.contabil@hotmail.com

Você já declarou seu Imposto de Renda? ANUNCIE DE GRAÇA (11) 9 4341-7186 WWW.CLIPX.COM.BR

CONVITE

Vôcê é nosso convidado!

Dia 21 de Abril de 2018 estaremos inaugurando nosso estabelecimento com os melhores salgados, pães e doces da região. Venha fazer uma visita! Rua: Joaquim João Frederico Muhleise Nº 146 - Vila Rubens - Mogi das Cruzes

FLASH19MAIO19H.

NOITE

Representante Comercial na cidade de Guararema com Ensino Médio completo ter experiência de 1 ano na função carteira Nacional de Habilitação B. Irá trabalhar de Segunda a Sexta-Feira. Informações Prefeitura de Guararema.

BACK SÍTIO BELA VISTA

SÁBADO

( CHÁCARA DO VINHHO) - POÁ

Informações

(11)

UTILIDADE PÚBLICA

9 9808-1170

Ve n d e m o s B o l s a s e A c e s s ó r i o s Temos diversos tipos e modelos de : Bolsas - Bolsas Térmicas - Carteiras Necessarie - Mala de Viagem - Mochilas todos os tipos para todos os gostos. Entre em contato agora mesmo (11) 9 7478-7317 Gisele Borges

Farmacêutico em Mogi das Cruzes - SP 1 vaga - salário a partir de R$ 3.000,00 formação Superior Completo Área Farmacêutica, para mais informações acesse o site e procure pelo código Be1415667 - www.balcaodeemprego.com.br

LIMPE AGORA SEU NOME E DE SUA OUÇA RÁDIO CLIPX EMPRESA - sem quitar os seus débitos Aqui você ouve uma programação diferente. MuiWBRASIL CONSULTORIA EM NEGÓCIOS ta música e informação Rua: Major Franco, 455 - Centro - Mogi das w w w . c l i p x . c o m . b r Cruzes - SP - CEP: 08710-220 ligue para (11) 9 4979-9700 / 9 4922-0016 consulte e faça seu orçamento. Informe o Código CLIPX

Vendo 2 DRONES PHANTON 3 poucas horas de voo. Acompanha mochila para transportes. NÃO VENDO SEPARADO! Valor R$ 4.000,00 - Grande oportunidade de compra. Ligue para (11)94728-8849 Polako - Mogi das Cruzes - SP

Empregada Doméstica com Ensino fundamental indiferente; ter experiência em serviços domésticos; para trabalhar de Segunda à Sábado. Local Guararema. Mais informações na Secretaria de Emprego e Desenvolvimento da Prefeitura de Guararema.

9 MOVIE - produzimos seu vídeo de casamento, aniversário. Cobrimos qualquer evento em toda região do ALTO TIETÊ. Ligue hoje mesmo para (11) 98310-4666 falar com DIEGO.


14

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 | CONTATO (11) 98285-0352 colunasocialgr@gmail.com

Marcos Aquino

Social

#portaAporta A velha forma de vender produtos “porta a porta” passou a ser uma fonte de renda muito forte nos dias atuais. A ABEVD (Associação Brasileira de Empresas de Venda Diretas) leva em consideração os R$ 20,9 bilhões gerados no primeiro semestre de 2017 e prevê um ótimo ano para 2018, pois alguns profissionais da nossa região já estão se destacando nesse primeiro trimestre. A venda porta a porta é feita com diversos produtos, desde cosméticos, materiais de limpeza e até alimentos, mas um dos mais encantadores é o da moda íntima. Existe um exército de revendedoras de lingeries espalhadas pelo Brasil e muitas outras querendo ingressar nesta empreitada. Com 23 anos de experiência no setor, Daniel Eggdorne percebeu a carência de informação para essas pessoas que querem empreender no setor e ficam literalmente perdidas, sem saber como agir. Então, desde o ano de 2012 tem se dedicado juntamente com Ana Paula Gil a auxiliar esses empreendedores com um programa de capacitação, fornecendo dicas e orientações com um trabalho de mentoring e técnicas de coaching gratuitamente aos seus clientes ativos. Juntando essa iniciativa e a previsão do crescimento das vendas “P a P” os participantes deste programa têm crescido em direção a seus objetivos. Confira algumas empreendedoras que estão atingindo sucesso neste seguimento!

#Empreendedores DeSucesso Vou citar uma empreendedora que a cada dia que passa vem alcançando suas metas, a Andressa R. Cantero Alves. Em 2005, era apenas uma revendedora de lingerie trabalhando em consignação, mas, ao primeiro momento percebeu que poderia comprar no atacado, notou que poderia investir em seu próprio negócio, porém, para isso seria necessário um investimento. Com tanta certeza do seu objetivo Andressa procurou o Banco do Povo e fez um empréstimo. Com o dinheiro em mãos efetuou a sua primeira compra e deu início ao seu sonho. Satisfeita com o seu novo empreendimento deixou de trabalhar para terceiros, alcançando o sucesso e ampliando o seu faturamento neste setor. Hoje Andressa administra sua própria equipe de revendedoras “porta a porta” e é diretora proprietária da loja Victory’s Lingeries, em Bertioga, no litoral paulista. Parabéns Andressa por acreditar em você mesma!

Bernadete Nascimento, de Jandira

Viviane Chaves Correia, de São Paulo

Elaine Soares, de S. Bernardo do Campo

Leticia Flor, de Mogi das Cruzes

Rosângela L. Honório, de Suzano

Josy da Silva Pires, de Suzano

#ButecoImperador

Foi inaugurado no dia 06 de abril, no bairro do Jardim Imperador, a mais nova choperia de Suzano. BUTECO IMPERADOR, um ambiente familiar com música ao vivo e todas as terças-feiras aulas de sertanejo, vanera e samba rock. A primeira aula é gratuita. Venha conferir!

Andressa Ribeiro Cantero Alves, de Bertioga

Ana Paula Gil danieleggdorne@gmail.com |

11 9 5559-0796

Lingerie


BELEZA Regional

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

Por Bruno Arib

15

belezaregional@leiaogazeta.com.br

Bianca Souza

Do Mirante do Gerbásio às pontes da Ilha Grande, a guararemense Bianca Souza não passou despercebida pelos olhares atentos de quem acompanhava de longe o ensaio fotográfico de Bruno Arib. Estudante de recursos humanos, a bela tem 21 anos.

FONE (11) 4735-5272

Rua Dr. Sidney Alves Sant`Anna, 179, Mogilar Mogi das Cruzes - SP VENDA Apartamento - Mogilar

Terreno - Vila Brasileira

Terreno - Botujuru

Apartamento c/ 3 dorm., suíte, sacada, área de serviço ampla c/ banheiro, área de lazer completa, 15º andar, 2 elevadores, 1 vaga - R$ 340 Mil

Terreno com 590m², 10x59 em declive R$ 140 Mil

Terreno com 500m², 10x50, financia direto com o proprietário - R$ 140 Mil

Sobrado - Alto do Ipiranga

Casa - Jd. Cecília

Casa - Jd. Esperança

Sobrado em condomínio, 2 dorm., wc, sala, cozinha, lavabo, área de serviço, 1 vaga R$ 260 Mil (estuda permuta)

Casa c/ 2 dorm., sala, cozinha, copa, wc, 2 vagas, quintal amplo com canil, churrasqueira, quarto com banheiro e área de serviço, terreno 9x35 - R$ 320 Mil

Casa com 2 dorm., 2 vagas, edícula nos fundos, terreno 10x25 R$ 230 Mil (estuda permuta)

LOCAÇÃO Apartamento - Rodeio

Apartamento 1º Andar c/ 2 dorm., sala, cozinha, wc, área de serviço e 1 vaga, Cond. Ônix R$ 850,00 (taxa de Cond. e IPTU já inclusos)

Casa - Mogilar Casa c/ 2 dorm., sala cozinha, banheiro, área de serviço,  2 vagas - R$ 850,00

Apartamento - Socorro Condomínio Flamboyant: apartamento c/3 dorm. suite, sacada, área de serviço ampla com banheiro, 2 vagas, área de lazer completa

R$ 2.100,00 (taxa de Cond. e IPTU já inclusos)

Apartamento - Mogilar Apartamento c/ 2 dorm., sala 2 ambientes, wc, cozinha, área de serviço, 95m² de área útil - R$ 1.100,00


16

ESPORTES e Lazer

| GAZETA REGIONAL | 14 a 20 de abril de 2018 |

HOMENAGEM GAZETA TRAZ CARTUNS COM PERSONALIDADES QUE REPRESENTAM A TORCIDA CORINTHIANA

DO CARILLE...

REPRODUÇÃO PÔSTER KALUNGA

Técnico fatura bicampeonato paulista pelo Corinthians

Ronaldo Fenômeno

Leonardo Pegoraro

Ex-jogador

Advogado

ORGULHO - Time comandado por Carille terminou 2018 como Campeão do Campeonato Paulista Por Lailson Nascimento lailsonnascimento@leiaogazeta.com.br

William Harada

Secretário na Prefeitura de Itaquaquecetuba

Marcelo Brás

Comerciante e líder político em Mogi

“Nunca foi fácil”. Com esse sentimento, o Sport Club Corinthians Paulista iniciou 2018 faturando mais um título do Campeonato Paulista. Melhor da década no Brasil, mais uma vez o Timão submeteu sua torcida à emoção de vencer um campeonato nos últimos minutos. Depois de uma primeira fase difícil, o

Corinthians chegou à final com o arquirrival Palmeiras – disputa de campeão do torneio não acontecia há 20 anos entre os dois times. E após dois jogos tensos, com uma vitória para cada lado, o clube alvinegro faturou o bi-campeonato nas penalidades máximas. Reclamações alviverdes a parte, os corintianos não perderam a oportunidade de comemorar o título e zoar os

torcedores rivais. Para não deixar o título passar em branco, a GAZETA decidiu homenagear torcedores ilustres do Coringão – a maioria do Alto Tietê. Nas charges que ilustram a página, todas assinadas por Elizeu Silva, tratam-se de personalidades que se destacam nos seus meios de atuação e, por esse motivo, representam a grande massa corinthiana da região. Confira.

Eduardo Boigues

Mauro Araújo

Rodrigo Ashiuchi

Delegado e líder político em Itaquaquecetuba

Vereador em Mogi das Cruzes

Prefeito de Suzano

João Bico Empresário

Vanderlon Gomes Prefeito de Salesópolis

Gazeta Regional - Edição 229  
Gazeta Regional - Edição 229  
Advertisement