Page 1

QUINTA-FEIRA, 28 de maio de 2020 • Ano 41 • N° 1970• R$ 2,50 - Santo Antônio da Patrulha/RS

FOTO: GAÚCHA ZH

JUSTIÇA DÁ RAZÃO A SANTO ANTÔNIO E MANTÉM LAGOA PRESERVADA

Pág. 9

ELEIÇÕES

CORONAVÍRUS

FALTOU "EMPATIA"

"Estão brincando com a Prefeitos deCampanha de prevenção à acidentes de batem possí- pandemia", diz filha de trânsito no centro da cidade gera opiniões vel adiamento vítima do COVID-19 divergentes nas redes sociais das eleições por causa da Dois novos casos confirmapandemia de dos em menos de 24 horas COVID-19 em Santo Antônio Pág. 7

Pág. 6

Pág. 7


2 ‑ Folha Patrulhense -

OPINIÃO

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Editorial

Espaço do Leitor

Na semana que passou, uma notícia abalou um número expressivo de patrulhenses: a demissão de mais de 500 trabalhadores de duas unidades de uma das mais tradicionais fábricas do município. Embora muitos queiram culpar os governos estadual e municipal pelo que está ocorrendo, na realidade tudo isso decorre do descompasso na Economia que afeta a maioria dos países em razão da pandemia do Novo Coronavírus. Milhares de mortos no Brasil, o que o coloca numa triste posição de quase liderança mundial em óbitos por esse vírus, termina fazendo com que os pedidos de compras por parte do mercado externo sejam cancelados, porque os países não têm para quem vender a produção em razão da forçada quarentena a que grande parte dos governos tiveram que submeter seus habitantes. É triste, mas é uma realidade trágica da nossa economia. Não queremos ser negativos, mas como já disse um empresário da cidade, o pior ainda está por vir e o que será quando termina o período de pagamento do seguro-desemprego, na qual todo o demitido tem direito e quando também expira o auxílio emergencial do governo federal. As pessoas perdendo seus empregos de uma hora para outra, ficam desorientadas, porque tinham nos seus locais de trabalho, a segurança de que podiam no final do mês pagar suas contas e ter o dinheiro para garantir a alimentação de suas famílias. A grande esperança é de que a vacina, pela qual os cientistas lutam para chegar a um bom termo, seja, enfim, descoberta e comercializada para tirar o mundo desse sufoco em que todos nós estão vivendo. Muita gente já disse que essa pandemia parece cena de filme catastrófico. E quem pensa assim, não deixa de ter razão. Mas o que está se observando, de outra parte, é um reavivar da fé por parte da maioria dos seres humanos. De um momento para outro, muitos que sequer encontravam um tempo para seu diálogo com Deus, de repente se deram conta de que esse elo invisível é fundamental para ajudar a superar as tragédias que estão se abatendo sobre milhares de famílias que estão ficando enlutadas, seja pela perda do pai, da mãe, do esposo, da esposa, dos filhos, enfim, de seus entes queridos. E por isso mesmo, é sumamente importante que todos sigam as determinações sanitárias, porque quem desobedece, não está desafiando governos, mas sim, colocando a si próprio, seus familiares e amigos, numa situação que poderá representar um caminho sem volta. Por isso, vamos usar as máscaras que são fundamentais para que você não se contamine, nem infecte quem está conversando próximo a si. E use, mas use mesmo, álcool em gel, além, é claro, de continuar mantendo o distanciamento em locais públicos. Porque só assim poderemos continuar na bandeira amarela, depois do susto representado pela bandeira laranja. E se o município retorna à essa situação, bem mais confortável, é porque a grande maioria sabe o que significa não cumprir as determinações da Saúde. Siga o exemplo dos mais de noventa e cinco por cento dos patrulhenses. E em breve, muito breve, poderemos estar comemorando o fim dessa pandemia que tanto sofrimento tem causado às famílias.

Enfim, a valorização da EaD!

Redação, Administração e Distribuição Gráfica Editora Santo Antônio da Patrulha Ltda. CNPJ: 93.523.157/0001-82 N° do Reg. Esp. 4053/179 Livro B n° 8 Fls. 76 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores

Veio a pandemia, e fomos obrigados a praticar o distanciamento social. Com isso, todas as áreas foram afetadas, mas, talvez, a que mais soube lidar com isso foi a educação. O ensino a distância tornou-se o único meio de dar continuidade às práticas escolares/acadêmicas. Certamente, você já ouviu alguma posição contrária à educação a distância. Algo do tipo: “EaD não presta, quero aula com o professor na minha frente”. Muito preconceito existiu acerca de tal modalidade de ensino. Boa parte disso se deve ao fato de que as pessoas não são (ou não querem ser) autônomas em seus processos de aprendizagem. Depositam isso em outra pessoa (o professor), que tem a missão de, presencialmente, fazer com que aprendam algo. Finalmente, em 2020, vimos que não é bem assim. Minha experiência com a EaD começou na UNISINOS, em minha graduação em Letras, em 2000 e “alguma coisa”. Havia o AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem. Lembro que, quando isso surgiu, eu logo me matriculei nas disciplinas que seriam ofertadas a distância. Confesso que, de início, minha intenção era baixar o gasto com transporte: quanto mais disciplinas a distância, menos passagens para ir à universidade. Porém o fato é curti a modalidade. Para mim, é muito tranquilo estudar de casa, fazer meus horários, doutrinar-me para isso. Depois da graduação, fiz pós-graduações a distância e atuei como tutor em cursos também a distância. Ou seja, são anos atuando como aluno, tutor ou professor em EaD. Além disso, eu criei dois blogs (um para Inglês e outro para Literatura) para usar com meus alunos, quando eu ainda estava na educação estadual, em tempos em que as ferramentas do Google for Education não existiam.

Av. Paulo Maciel de Moraes, 277 Santo Antônio da Patrulha/RS CEP: 95500-000 Fone: (51) 3662.1777

Site: www.2mnoticias.com.br

E-mails: redacao@folhapatrulhense.com.br comercialfolhapatrulhense@gmail.com

Filiado à ADJORI Representado pelo Grupo de Diários

Com base nessa vivência, penso que há a necessidade de as pessoas perceberem que a educação a distância não é tão a distância assim. Nos cursos dessa forma, há a presença de tutores a distância (normalmente, responsáveis pelos conteúdos) e tutores presenciais (que são os que, de fato, mantém contato, digamos, mais próximo com os alunos, os quais, portanto, não ficam desamparados). Em 2020, o Brasil precisou usar a EaD de forma quase que massiva. Ela saiu dos bancos universitários e passou aos escolares, pois os professores precisaram oferecer conteúdos e práticas aos discentes, a fim de que a educação não parasse. Claro, ficou pesado para os docentes, pois eles viraram You Tubers, necessitaram aprender a usar certas tecnologias, para que suas aulas continuassem a ocorrer. Todavia isso é ruim? Evoluir nas ferramentas educacionais? Penso que não. É difícil adaptar-se a isso? Sim, é, mas é, também, necessário, pois a figura de um ser escrevendo num quadro, “empurrando” conhecimentos, não deve mais ser a ideal. Não estou dizendo que tal prática seja abolida, mas sim que seja complementada com outras mais, como é o caso das ferramentas da educação a distância. O ano de 2020 mostrou-nos que a EaD veio para ficar. Mostrou que, se o sistema educacional não investir em tal modalidade, estaremos fadados a perpetuar um modelo de séculos atrás. Precisamos evoluir, precisamos educar melhor, precisamos não depender tanto de atividades presenciais. Que o momento atual sirva de aprendizado a todos, alunos e professores, e que o preconceito acerca da EaD seja superado.

Márnei Consul, professor

Diretor-presidente: Moacir Oliveira Menezes Jornalista Responsável: Hermógenes Silveira (MTb 3121) Diagramação: Tamara Madeira Secretária e Revisora: Tamara Madeira Composição, montagem e diagramação próprias em laser, arte-final e fotolito

O conteúdo das publicidades é de responsabilidade dos próprios anunciantes

Periodicidade: Semanal (quintas-feiras) | Circulação: Santo Antônio da Patrulha | Colaboração: Antônio Gomes, Hélio B. Braga, Humberto Lauro Ramos, Élio R. de Almeida, Nara G. Massulo, Albano | Preços cm/ coluna: Capa: R$ 45,00 - Contracapa: R$ 35,00 - Pág. Indet.: R$ 25,00


CURTAS

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

- Folha Patrulhense ‑ 3

Troca Solidária

Ocorrerá a partir das 13h do dia 5 de junho, sexta-feira, a Troca Solidária, com o objetivo

de arrecadar alimentos para as famílias carentes de Santo Antônio da Patrulha em troca de uma máscara de proteção. A iniciativa faz parte do trabalho que o Programa de Educação Tutorial da FURG em Santo Antônio vem desenvolvendo para atender às necessidades da comunidade local nesse período de pandemia. Para participar, basta levar 1kg de alimento não perecível ao ponto de coleta em frente ao Supermercado Nacional no dia da troca. Os doadores receberão uma máscara reutilizável de tecido duplo já higienizada. Contamos com a sua participação. Estaremos arrecadando ainda, doações voluntárias de alimentos na FURG em Santo Antônio da Patrulha, situada na Rua Barão do Cahí, nº 125, bairro Cidade Alta. Aqueles que quiserem contribuir, podem entregar a sua doação aos vigilantes na entrada da Universidade.

Coluna do Silva

Lions em ação TEXTO E FOTOS: LIONS CLUBE

O Lions Clube de Santo Antônio da Patrulha, em sintonia com os momentos difíceis, que o mundo está vivendo, aliou-se à UCS - Universidade de Caxias do Sul, para a distribuição de máscaras do tipo "face shields". Foram entre-

AGRADECIMENTO

gues 70 unidades ao Posto de Saúde Central e ao Hospital Santa Casa/Santo Antônio. A enfermeira e Companheira de Clube Daniela Hablich, foi a encarregada de fazer a distribuição.

Familiares de Jorcelina dos Santos Braga, agradecem pelo ágil e ótimo atendimento prestados após o atropelamento ocorrido no último dia 25, perto do horário de meio dia, sendo socorrida imediatamente pelo SAMU e Brigada Militar. Em seguida, foi encaminhada ao Hospital Santa Casa/Santo Antônio e atendida pelo Dr. Marcelo Bartaline Courad, enfermeira Alessandra Cardoso Matos e demais funcionários que auxiliaram. A todos, agradecemos e elogiamos pelo suporte e assistência oferecida.

Matéria sobre patrulhense que mora na Argentina repercute Recentemente a Folha Patrulhense publicou reportagem feita com Eduarda Telles Chaise, uma patrulhense que mora na Argentina, onde cursa Medicina. Sua mãe, Simone, entrou em contato com a redação para informar que a matéria repercutiu muito e que pessoas ligam para saber como é o procedimento, já que seus filhos pretendem seguir o mesmo caminho.

Simone disse inclusive que há jovens que cursam aqui escolas públicas, como a Espírito Santo e Patrulhense, que foi onde Duda estudou. A reportagem está alertando estudantes que pretendem também estudar fora, devido aos altos custos de uma Faculdade de Medicina no Brasil que, segundo ela, tem mensalidades entre R$ 6.500 e R$ 12.000, o que termina desencorajando muitos jovens.

Loja Solidária está fazendo a distribuição de agasalhos A Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social informa os horários para a retirada de agasalhos e também para doações na Loja Solidária de Santo Antônio da Patrulha. O local, que fica junto ao CREAS, ao lado do hospital atende a população para doações nas segundas e quintas-feiras, das 8h às 11h30min. Já, interessados em doar, podem fazê-lo de segunda a quinta-feira das 8h ao meio dia. A coordenadora da Loja Solidária, Sandra

Messagi diz que a Loja está com bom estoque de roupas e calçados, especialmente para mulheres. No entanto, itens masculinos e infantis, bem como roupas de cama, colchões e travesseiros estão escassos. Sandra também explicou que para retirar as doações, as pessoas devem estar cadastradas no CADÚnico e que isso pode ser feito no CRAS, que fica junto à Praça CEU, no bairro Bom Princípio. Segundo ela, este critério faz parte de um controle, para que não

haja desperdício ou mau encaminhamento das doações. A secretária Ana Cristina Ramos disse que a pandemia alterou um pouco o funcionamento da Loja, pois segundo ela, as roupas também precisam passar por quarentena. Além da higienização de costume, também é feita vaporização. A entrada de crianças não está sendo permitida na Loja durante a pandemia e o acesso está restrito a uma pessoa por vez. Mais informações pelo telefone 3662-5796.


4 ‑ Folha Patrulhense -

ENTREVISTA

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Lucas e Priscilla moram no País Basco (Espanha) e falam sobre a pandemia e a experiência que estão vivendo na Europa FOTO: DIVULGAÇÃO

O

patrulhense Lucas Gomes da Silva é cozinheiro e há oito meses mora com a esposa no País Basco que, segundo a Wikipédia, é o nome dado à região histórico-cultural em que residem os bascos, localizada no extremo norte da Espanha e no extremo sudoeste da França, cortada pela cadeia montanhosa dos Pirenéus e banhada pelo Golfo da Biscaia. Compreende as comunidades autônomas do País Basco e Navarra, na Espanha, e o Iparralde, na França. A região basca tem uma cultura própria, sobretudo pela língua, o euskara, idioma que os estudiosos não conseguem saber até hoje a origem exata, mas que existiria desde antes dos romanos invadirem a península ibérica, e sustenta um movimento nacionalista desde fins do século XIX. A campanha dos grupos radicais pela independência cresce com a fundação, em 1959, do grupo separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade) em plena ditadura de Francisco Franco (g. 1939–1975). Com a Constituição Espanhola de 1978, o País Basco conquista alto grau de autonomia, e a maior parte do movimento depõe armas, criando partidos legais. Os remanescentes da ETA, porém, decidem continuar a sua luta, utilizando a violência como meio de coação e intimidação. E é com Lucas que

a Folha Patruhense conversa hoje na série de reportagens sobre a pandemia Coronavírus e como os rapadureiros que moram em outros países têm convivido com essa pandemia mundial. FOLHA PATRULHENSE: Qual a cidade em que moras e há quanto tempo estás aí? LUCAS GOMES DA SILVA: Moro no país Basco, região de Guipuzcoa, na cidade de San Sebastian também conhecida como Donostia, região Norte da Espanha que faz divisa com a França (30 minutos). Estamos vivendo aqui há 8 meses, eu e minha esposa Priscilla Souza, somos cozinheiros e estamos fazendo um curso de gastronomia. A Priscilla já tinha vivido e estudado aqui quatro anos, de 2007 a 2011 e desde que nos conhecemos o plano era vir para cá. Ela sempre foi apaixonada desde que conheceu este lugar e agora eu estou apaixonado também. Aqui o idioma é o Euskera (Basco) e o castelhano. O pessoal nativo e principalmente os mais velhos e de interior se comunicam entre si só por Euskera, os mais jovens usam mais o castelhano. FOLHA: Como está a situação da pandemia na atualidade, se levarmos em conta a tragédia que abalou os espanhóis? LUCAS: Atualmente aqui em San Sebastian, a vida está voltando ao normal aos poucos, em vista do que se passou. Aqui foi uma das regiões mais afetadas pelo vírus da Espanha. FOLHA: Que medidas o governo está mantendo? LUCAS: O início da quarentena foi isolamento quase que total. Mandaram fechar todo o comércio, bares e restaurantes, colégios, universidades e as fronteiras, só ficaram

abertos os supermercados, farmácias e postos de combustível. Só podíamos sair de casa uma vez ao dia para compras e uma pessoa da família. Diferente do nosso país, as leis aqui são cumpridas, teve pouquíssimos casos de resistência por parte da população. Aqui as punições também não são muito atrativas no que se diz respeito ao bolso e o prejuízo de quem se arriscar a descumprir as normas, a multa varia de 200 a 600 euros e até cadeia. Agora a vida já está voltando ao normal, o governo estipulou um plano por etapas 0,1,2,3,4. Na primeira semana da fase 0, liberaram os pais para saírem com as crianças uma hora por dia; na segunda semana liberaram todos com horário estipulado, dividindo a saída entre crianças, jovens e adultos até 45 anos e idosos, e na condição de sair só para fazer exercícios físicos. Agora estamos na fase um que segue o mesmo sistema quanto à saída para esportes. O comércio e os bares abriram as portas, mas com atendimento reduzido e seguindo as normas de proteção. Nessa segunda-feira (25), começamos a fase 2, que permite ir à praia, fazer esportes a qualquer hora do dia e sair da cidade. No meu ver aqui a vida já voltou ao normal, o pior já passou, não ouço mais falar em novos casos de contágio (Obs: não assisto TV aberta). FOLHA: Como tem sido a reação dos espanhóis e de vocês, brasileiros frente à pandemia se levarmos em conta que muita gente continua imaginando ser uma gripezinha como disse o presidente. Como está hoje a situação do ir e vir aí. Há restrições? LUCAS: Acredito que a reação de todo mundo foi a mesma, desde o princípio: de não acreditar e não levar a sério. Lembro que em dezem-

bro em uma conversa por telefone com a minha mãe ela disse "filho, te cuida com esse novo vírus que está se espalhando pelo mundo". E eu respondi: "Mãe, não te preocupa, isso deve ser mais uma notícia para vender jornal". E assim fomos levando. Aqui em casa não assistimos TV e as pessoas do nosso convívio também não comentavam nada sobre o assunto, até começar a chegar as notícias da Itália. Lembro que fomos para Barcelona no carnaval e de brincadeira quando passávamos por um grupo de chineses, atravessávamos a rua. Passando o carnaval, chegamos em Donostia na quarta-feira, e na sexta-feira saiu o boato que iriam fechar tudo e no sábado, o pesadelo virou realidade. Desde então, aqui todos respeitaram as medidas impostas pelo governo, que se propôs a pagar um seguro-desemprego e dar apoio financeiro às empresas. A diferença de cultura para a nossa, em relação ao respeito quanto a vida e as leis é muito diferente e não só dos europeus, mas também da maioria dos imigrantes que vive aqui. É muito triste fazer uma comparação com o Brasil e ver que ainda falta muito. Há 10 anos, tive a oportunidade de viver um ano em outro país e vejo que nada evoluiu no Brasil nesse sentido, e de verdade, não tenho esperanças de ver uma mudança aí tão cedo, nesse rumo de ódio que as coisas vão. Entendo que as condições são diferentes, mas o meu conselho é para não levarem o assunto na brincadeira. Graças a Deus eu não conheço ninguém próximo a mim que passou por isso, mas tenho total noção que não é uma gripezinha. Só tem uma maneira de combater o vírus que é obedecer às normas de proteção. Estando aqui me sinto muito feliz e tranquilo em saber que a

minha família está respeitando as recomendações e se cuidando. FOLHA: Hoje o Brasil está com mais de 20 mil mortos. Aqui no Litoral felizmente temos apenas seis. E no local onde moras como está esta situação? LUCAS: No País Basco tiveram 13.421 casos e 1.483 mortes até agora. FOLHA: E sobre a colônia brasileira aí: ela é expressiva? LUCAS: Aqui em San Sebastian tem poucos brasileiros para uma população de 183.000 habitantes. Conheço pessoalmente umas 20 pessoas, mas na cidade ao total, penso que não tem 100 brasileiros vivendo aqui, sendo que existem muitos imigrantes de todo o mundo, por ser uma cidade universitária, turística, muito conhecida pela beleza arquitetônica, natureza e a gastronomia. Em compensação, nossos hermanos argentinos aqui é chutar uma pedra e saem 10 e não só nessa região, mas em toda Espanha. Acredito que a maior parte de brasileiros está concentrada em Madrid e Barcelona. Nós temos visto de estudo por dois anos, que é o tempo de curso, e também contrato de trabalho que nos permite ficar por mais tempo. Nas condições em que está o Brasil, não dá vontade de voltar a viver aí, comparando toda infraestrutura que temos aqui em termos de segurança, qualidade e custo de vida. Mas o Brasil querendo ou não é a minha casa, aí nossas raízes, família e amigos. Nossos planos são de terminar o curso e se possível ficar mais uns 3 anos aqui para viajar e adquirir experiência profissional, não sabemos se exatamente ficaremos aqui. San Sebastian é referência na gastronomia mundial e onde tem o maior número de restaurantes que estrela Michelin.


COVID-19

Santo Antônio volta à bandeira Amarela

O

município voltou à bandeira Amarela, dentro do Plano de Distanciamento Social do Governo do Estado, conforme anunciado no final da tarde de sábado (23). Significa risco baixo, mas não devemos descuidar. Segundo a nova avaliação, válida até o dia 31 de maio, a condição se dá pela capacidade do sistema de saúde disponível e propagação baixa do vírus. O número de hospitalizados é considerado, não mais o de casos confirmados. A flexibilização altera um pouco o funcionamento de serviços, como na indústria que poderá funcionar com 100% dos trabalhadores no local, respeitando o distanciamento determinado pelo Estado, ou por meio de teletrabalho em todos os segmentos. Setor de alimentação teve sua capacidade aumentada em 25%, porém, buffet con-

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

tinua impedido de funcionar normalmente. Na área de serviços, os clubes sociais e esportivos, foi a principal mudança, podendo abrir com 25% da capacidade. Bares, pubs, casas noturnas, cinemas e teatros não podem funcionar. Parques e praças também estão fechados para o público. A comunidade não deve frequentar esses espaços, pois oferecem risco de contaminação. As informações completas sobre o funcionamento de todos os serviços estão disponíveis no site da prefeitura, www.pmsap.com. br, no banner COVID-19, em DISTANCIAMENTO CONTROLADO RS - TODOS OS SETORES - SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA BANDEIRA AMARELA DE 25 A 31-052020 ou no link file:///C:/Users/pmsap.PMSAP/Downloads/5ebbccaf28098%20(1).pdf

Padre Gilberto testa positivo para COVID-19 FOTO: DIVULGAÇÃO

P

adre Gilberto Fraga, que já trabalhou nas duas paróquias de Santo Antônio (Igreja Matriz e Nossa Senhora da Boa Viagem) desde que foi ordenado sacerdote, surpreendeu a todos há poucos dias, quando em sua página no Facebook, revelou ter testado positivo para COVID-19. O conhecido sacerdote disse que os primeiros sintomas começaram num domingo, quando ele sentiu que alguma coisa não ia bem com sua saúde. Imediatamente procurou se afastar da sua Paróquia (Dom Pedro de Alcântara, pedindo à Diocese que outro padre assumisse temporariamente até que possa estar totalmente curado, retornando às atividades do Ministério Sacer-

dotal. "Me afastei para não infectar as minhas ovelhas", disse ele. Esta foi sua primeira publicação no Facebook após desconfiar de que nao era uma simples gripe: "Desde domingo (17), comecei a sentir efeitos de uma síndrome gripal. Permaneci recluso na casa paroquial e afim de investigar melhor nestes tempos de Coronavírus acessei o hospital de minha confiança e fui submetido a uma série de exames no dia de hoje, dos quais testaram positivo para Coronavírus. A médica me indicou isolamento total de 14 dias, a começar deste 20 de maio. Peço encarecidamente as pessoas que tiveram contato comigo especialmente da última quinta-feira em diante, que comecem a se observar e fazer a quarentena de 14 dias para não infectar mais ninguém. Apesar de um pouco de febre constante e alguma dor no corpo, sinto-me bem, controlando o fluxo respiratório. Confiante na Virgem Santíssima, que em nossa Paróquia possui um santuário belíssimo, na oração fraterna e na caridade que nos une, aproveito esse tempo para rezar ainda mais por cada um e cada uma."

►►OS SINTOMAS O Padre disse que os primeiros sintomas foram febre durante oito dias, dores no corpo, ausência de olfato e paladar, diarreia, saturação sanguínea abaixo de 90, quando o normal é 97-100 e a sua bateu 82. "Depois de dez dias, é que começou a normalizar. Estive duas vezes na UPA em Osório para oxigênio, porque ela é referência para pacientes com COVID-19", revela, acrescentando que só de Maquiné, são 19 nessa situação. ►►LIVES Ativo no Facebook, o sacerdote tem feito lives todas as noites, revelando que já voltou a celebrar missa no quarto da casa de sua mãe em Maquiné, onde cumpre com ela, isolamento familiar já que a mãe também testou positivo, mas deverá ser declarada curada já nesse fim de semana. O padre, deverá ter alta quarta-feira que vem. No entanto, vai continuar com tratamento até que se sinta totalmente curado e sempre tendo os cuidados necessários para preservar a saúde. Uma grande corrente de orações se formou para a obtenção de sua cura e certamente isso tem sido fundamental, porque Deus precisa de sacerdotes como ele.

- Folha Patrulhense ‑ 5

EDITAIS DE CASAMENTO Bel. Édison Renato Kirsten, Registrador do Registro Civil e Especiais de Santo Antônio da Patrulha/ RS, situado na Rua Cel. Vicente Gomes, nº 415., Santo Antônio da Patrulha/RS, horário de atendimento das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h. Faz saber que pretendem se casar: Edital número 6807 - DANIEL TEIXEIRA MARQUES, filho de Marino Marques e Maristela Aparecida Teixeira e KARINE DE OLIVEIRA RABELO, filha de Antônio Carlos Rabelo e Maria Goreti de Oliveira da Silva. Edital número 6808 - LUÍS GUSTAVO DA COSTA, filho de Francisca da Costa e ERONICE ISABEL GODOI, filha de Pedro Godoi e Rosalina Godoi. Edital número 6809 - EUGÊNIO ARINOS ENGELMANN HOEFEL, filho de Julio Arinos Santos Hoefel e Claudete Engelmann Hoefel e AMANDA ROST DA SILVA, filha de Vilson Manoel da Silva e Claudia Maria Rost. Se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da Lei. Santo Antônio da Patrulha/RS, 25 de maio de 2020. BEL. ÉDISON RENATO KIRSTEN Registrador


6 ‑ Folha Patrulhense -

m tempos de pandemia do novo Coronavírus, além da grande preocupação com a saúde de toda a comunidade, é preciso também cuidado e atenção com a saúde de diversos negócios. Como forma de valorizar a participação que cada agente exerce no fluxo da economia local, a ACISAP e CDL desenvolveram a Campanha “Compre em SAP”, destacando a importância que empresas e pessoas representam nesse processo de retomada de toda a cidade de Santo Antônio da Patrulha. O Presidente das entidades, Marcione dos Santos Gomes, destaca que “no momento de crise que estamos vivendo, se faz necessário o entendimento do papel que cada agente, o consumidor, empresas, prestadores de serviços e indústria, representados nesse ciclo, potencializando a força que cada elo tem nessa grande corrente”. A Campanha também visa estimular o consumo de produtos, serviços e a valorização da indústria local, assim como a importância destas empresas na vida de toda a comunidade patrulhense. Compre em SAP significa dar atenção à loja do amigo, ao mercado do vizinho, o serviço do parente. Empresas e serviços formados por gente, que precisam continuar. A ACISAP e CDL acreditam que as ações e o comportamento do consumidor local fazem a grande diferença neste período que estamos enfrentando. “Um vale presente da loja, o pagamento de uma parcela, um pedido de tele-entrega, a peça, o conserto, um serviço pra contratar. Tudo faz diferença. Tudo pode ajudar”, destaca o manifesto emitido pelas entidades. Algumas peças de comunicação elaboradas para a Campanha já estão disponíveis para visualização no Facebook e Instagram oficiais da ACISAP, através do @acisapsap. É tempo de se cuidar. Compre em SAP. Segue os links do vídeo da Campanha Compre em Sap: Para assistir no Facebook: https://bit. ly/2Xyx3Ps Para assistir no Instagram: https://bit. ly/2A82M1V

Confirmados novos casos de Coronavírus em SAP

F

oram confirmados dois novos casos de COVID-19 em Santo Antônio da Patrulha, em menos de 24 horas. Um deles, de uma jovem de 19 anos foi confirmado, mas ela já está curada. O outro foi o de um homem de 55 anos que está internado na UTI de Osório, com os familiares cumprindo o isolamento. O exame do homem foi realizadospelo LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Sul). Os outros oito casos existentes no município já estão curados. A informação foi divulgada pela Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura. ►►NÚMEROS Em Santo Antônio da Patrulha, conforme a 18ª Coordenadoria Regional de Saúde, há este quadro: 48 pessoas monitoradas em casa sem sintomas, 14 casos suspeitos em isolamen-

FOTO: GOOGLE

ACISAP e CDL lançam campanha de incentivo ao comércio, serviços e indústria de SAP

E

ECONOMIA/COVID-19

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

to domiciliar, nenhum caso hospitalizado, 116 amostras coletadas, 108 casos descartados, 8 casos confirmados e 8 recuperados. Por outro lado, o cenário regional aponta 163 casos confirmados, 9 casos hospitalizados, 6 óbitos, 480 pessoas monitoradas em isolamento domiciliar, 388 casos suspeitos em isolamento domiciliar, 1.437 amostras coletadas, 1.371 casos descartados e 114 casos recuperados.

Filha de vítima do Coronavírus fala sobre situação do pai A filha de um caminhoneiro bastante conhecido na cidade e que testou positivo para COVID-19, conforme laudo do LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Sul), conversou com a reportagem da Folha Patrulhense sobre o drama em que ele e a família estão vivendo. Monalisa Santos afirma que há cerca de 30 dias o pai, que está com 55 anos, teve sintomas, chegou a ser medicado, mas que após, sentindo-se bem e julgando que não havia necessidade

Ligue e anuncie

3662.1777

de isolamento como manda a Saúde, decidiu viajar, mesmo com a reprovação da família que queria vê-lo totalmente curado para poder retornar ao trabalho. Ela relata que foi entre São Paulo e Minas que a febre alta voltou, havendo também diarreia e vômitos constantes. Como o quadro se agravou foi determinada a sua remoção para a UTI de Osório. "Ele está lá, a gente não pode visitá-lo e é uma situação muito difícil", afirma chorando.

► ►CUIDADOS A jovem aproveita para lamentar a forma como muitos estão encarando a pandemia. "Estão brincando com uma coisa séria", afirma Monalisa. Ela diz que muita gente não está levando a sério esse problema, mas que somente ela e a família sabem o sofrimento que estão passando por causa do vírus que infectou seu pai. Por isso, apela para que as pessoas se cuidem a fim de que não passem por tudo o que seu pai e a família estão sofrendo.


POLÍTICA

Campanha de Prevenção à acidentes de trânsito causa divergências nas redes sociais FOTO: LEONARDO MENEZES

C

om o objetivo de chocar a população e chamar a atenção para o assunto, dois carros batidos foram colocados em frente à loja Colombo, na entrada da Avenida Porto Emerim, simulando um acidente de trânsito. Junto deles, foram colocados cartazes e laços amarelos. A ação, organizada pela

Comissão Municipal de Acidentes (COMUPA), é alusiva ao Movimento Internacional para Redução de Acidentes de Trânsito, objetivando com o choque causado pela imagem dos veículos destruídos, conscientizar sobre a importância da preservação da vida e da segurança, e que como pequenas atitudes,

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

- Folha Patrulhense ‑ 7

como a de usar o cinto de segurança e de se respeitar a velocidade limite da pista podem ser decisivas no infortúnio momento de um acidente de trânsito. A campanha causou polêmica nas redes sociais. Muitos reclamaram de que presenciar a cena forjada pelo comitê ultrapassa os limites do bom senso, ainda mais em um momento tão triste no qual toda a sociedade luta contra a pandemia de COVID-19. “Eu achei de extremo mau gosto. Violência visual. Já andamos com os olhos e ouvidos cansados de tragédia, longe dos familiares, ninguém está feliz, uns não tem emprego, outros não tem saúde, outros tantos não tem EMPATIA pelo momento vivido por todos”, escreveu uma internauta no Facebook, em resposta a divulgação da campanha na página da prefeitura.

Data das eleições municipais gera debate no TSE U

m dia após o ministro Luís Roberto Barroso ter tomado posse na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) encaminhou ofício ao Congresso Nacional pedindo que as eleições municipais previstas para outubro não sejam realizadas. Um dos principais argumentos apresentados no documento é que, conforme a CNM, se as eleições forem realizadas no prazo previsto, estarão sendo violadas as condições ideais para o pleito, tendo em vista a pandemia do Coronavírus. E há uma sustentação forte para essa solicitação: 1.313 prefeitos têm mais de 60 anos, sendo que 1.040 poderão concorrer à reeleição. Num trecho da carta a Confederação cita textualmente: "A democracia

assegura a todos os cidadãos o direito de votar e de ser votado”. Mas salienta que, caso a eleição venha a ser realizada, existe o risco de que a participação popular não ocorra pelo medo de infecção pelo vírus. Conclui sugerindo que ocorra a unificação dos mandatos, defendendo a realização de um amplo pleito em 2022 através de uma eleição geral. Com isso, caso a decisão seja tomada, os mandatos dos atuais prefeitos, vice e vereadores seriam prorrogados por dois anos para coincidir com a data sugerida. ►FAMURS ► No Estado, os prefeitos também concordam com a ideia de cancelamento do pleito deste ano. O presidente da Famurs e representantes das 27 Associações Regionais de Prefeitos apoiaram a ideia

porque, no entender de Dudu Freire, existem muitas incertezas tendo em vista o avanço da pandemia e as dificuldades que estarão sendo enfrentadas pelos atuais prefeitos até o final deste ano. ►►Mudança gera divergência entre gestores A mudança no calendário eleitoral gera divergências entre prefeitos. Apesar de opiniões diferentes, os prefeitos defendem que haja espaço para eles se manifestarem. “A pauta avança no Congresso e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sem que os prefeitos sejam devidamente escutados”, critica a presidente da entidade e prefeita de Nova Santa Rita, Margarete Ferretti (PT). O prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal (Progressistas) defende que o calendário seja mantido. “Construímos planos de governo de 2016 até 2020, e ouvir a população é necessário”, enfatiza.

O prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier (PSB), também defende o pleito neste ano. Na outra ponta, o prefeito de Guaíba, José Sperotto (PTB), apoia que haja a transferência da eleição para 2022, diante do momento e da fragilidade da economia. “Precisamos reequilibrar a sociedade e canalizar recursos para saúde”, diz, sendo seguido, pelo prefeito de Viamão, Valdir Jorge Elias (MDB). Para Daiçon Maciel (MDB), de Santo Antônio da Patrulha, fazer as eleições em dezembro “compromete o fim de mandato, inviabiliza a transição e pode, inclusive, trazer problemas para o processo de prestação de contas.” Todos os prefeitos acreditam que realizar o pleito no último mês do ano seria um erro, porque atrapalharia o fluxo da gestão pública. ►Discussão ► O presidente do TSE, Luiz Roberto Barroso, vol-

tou a defender ontem o mínimo adiamento das eleições diante da epidemia de COVID-19 no país. Para o ministro, prorrogar os mandatos vigentes esbarra em um impasse constitucional e democrático. “O mandato desses vereadores e prefeitos é um mandato de quatro anos. Não há como, legitimamente, você prorrogar eleições sem um motivo de força maior. A periodicidade das eleições e a possibilidade de alternância do poder são fundamentais para a democracia”, declarou. Para mudar a data da eleição é preciso haver a aprovação no Congresso de uma PEC. O projeto estudado no Congresso Nacional, que prevê adiar o primeiro turno deste ano para 15 de novembro ou 6 de dezembro. Na sexta-feira (29), Barroso e o presidente do Congresso, David Alcolumbre, vão se reunir para discutir o assunto.


8 ‑ Folha Patrulhense -

SAÚDE

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

A

E

Raquel Silveira realiza o agendamento de cirurgias oftalmológicas para a região do Litoral Norte, e, por emendas parlamentares, as cirurgias traumatológicas, ligaduras tubárias e vasectomia. A profissional explica como funciona o trâmite: “A pessoa vai ao ambulatório levando os papéis, onde consta o pedido do médico para a cirurgia, portando consigo os exames pré-operatórios. Depois, o paciente entra em uma fila de espera única e, conforme a liberação de horários é realizado o agendamento cirúrgico”. Após esta fase, o médico se disponibiliza para estar no hospital para um determinado número de procedimentos cirúrgicos, a equipe de Enfermagem fica disponível para a realização dos mesmos, juntamente com todo o suporte necessário para realização segurança destes procedimentos. “Ou seja, uma série de pessoas, estruturas e materiais ficam

Morre Nilton Urbim F

aleceu há poucos dias em Porto Alegre, onde estava residindo, Nilton Urbim que foi o fundador da Pousada de Todos os Santos na Agasa. Grande entusiasta do Turismo, residiu durante algum tempo em Santo Antônio da Patrulha. Natural de Santana do Livramento, nascido em 11 de novembro de 1947, Urbim tinha 72 anos de idade e sua morte surpreendeu e consternou familiares e amigos.

à disposição deste paciente”, finaliza Raquel. Portanto, o hospital solicita que os pacientes sempre entrem em contato quando, por qualquer motivo, não puderem comparecer ao que foi previamente agendado. O contato deve ser realizado pelo telefone 3662-7600, ou solicitar à Secretaria de Saúde do seu município para que este contato seja realizado, tornando, assim, a possibilidade de substituição de paciente em tempo hábil.

FOTO: DIVULGAÇÃO

m decorrência da pandemia de COVID-19 o Grupo da Dor de Santo Antônio da Patrulha não pode dar continuidade à atividade presencial. Diante disto, as fisioterapeutas, idealizadoras do projeto, Isabel Müller e Rossana Meregalli, preocupadas com a possível evolução dos sintomas dos pacientes do grupo, criaram uma maneira de passar as atividades e rotinas virtualmente. Uma vez por semana as atividades são elaboradas, gravadas e direcionadas por vídeo para os pacientes. Neles as profissionais demonstram sua execução com os cuidados posturais necessários para as diversas patologias do grupo. O Grupo de Acompanhamento Fisioterápico da Dor Crônica foi lançado no dia 11 de março, com o objetivo de diminuir a dor de pacientes, através de atividade física regular e orientada com ênfase terapêutica, além de promover o convívio e a troca de experiências entre eles. 40 pacientes avaliados e selecionados para uma primeira fase de tratamento. De acordo com a Isabel, existe uma troca, os pacientes também devem enviar seus vídeos realizando os exercícios. “A ideia é ter o retorno dos pacientes, em vídeo, da atividade proposta. Assim é possível fazer os ajustes, as correções necessárias. Também através de videoconferências, ouvimos as possíveis dificuldades e orientamos os pacientes da melhor maneira possível”, explicou. O trabalho já está sendo desenvolvido desde o início do mês de maio, e com grande receptividade dos pacientes. Isabel informa que em breve os resultados serão mapeados e divulgados.

desistência ou a impossibilidade de comparecer em consultas ambulatoriais e em procedimentos cirúrgicos são situações frequentes que afetam a maioria dos hospitais, incluindo o Hospital Santo Antônio da Patrulha (HSAP), da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. A enfermeira Rafaela Cheruti, supervisora do ambulatório do HSAP, explica que a ida do paciente para a cirurgia que está previamente agendada é de extrema importância. “Caso não seja possível o comparecimento, solicitamos que o paciente ou familiar entre em contato com o hospital entre 24 e 48 horas de antecedência, para, assim, termos tempo hábil para agendamento de outro paciente que está, muitas vezes, aguardando há muito tempo em fila de espera”, completa. Responsável pelo Núcleo Interno de Regulação, a técnica de Enfermagem

FOTO: DIVULGAÇÃO

TEXTO E FOTO: ACS/PMSAP

Grupo da Dor oferece Hospital alerta para a necessidade de atividades online comunicação prévia em caso de não comparecimento em consultas e cirurgias


JUSTIÇA

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

- Folha Patrulhense ‑ 9

Desembargador nega recurso da Corsan e Lagoa continua viva

O

desembargador da II Câmara Cível do Tribunal de Justiça João Barcelos, não concedeu o pedido liminar de antecipação de tutela impetrado pela Corsan, e manteve a decisão da Juíza de 1º Grau dra. Mariana Aguirres Fachel em suspender o funcionamento da ETE de Osório. A decisão do desembargador foi tomada nessa terça-feira (26), às 17h18min. O recurso, conforme informou o Assessor Jurídico da Prefeitura, dr. Luciano Amorim, ainda vai ser julgado pela II Câmara em plenário. A Corsan havia entrado com recurso de Agravo de Instrumento pedindo a antecipação de tutela recursal para suspender a decisão da Juíza de Santo Antônio da Patrulha que havia determinado a suspensão do funcionamento daquela Estação de Tratamento de Esgotos. ►►PREFEITO Tão logo tomou conhecimento da decisão, o prefeito Daiçon Maciel da Silva assim

se manifestou: "É mais uma batalha que vencemos nesta luta travada desde 2009. Depois de tanto tempo o Poder Judiciário faz justiça em defesa da Lagoa dos Barros e consequentemente do Meio Ambiente. Estamos muito felizes com a decisão e em nome de todos os patrulhenses, agradeço. Parabenizo também o servidor municipal, dr. Luciano Amorim, que tem sido brilhante na defesa da nossa lagoa, bem como, a todos que se uniram nesta causa. Continuaremos lutando por ela". ►►BIÓLOGA A Bióloga Sueli Lang, conhecida ativista defensora da preservação daquele manancial e integrante do Projeto Lagoa Viva, manifestou em sua página no Facebook, indignação pelo que está acontecendo: "Até quando o Poder Judiciário vai dar guarida as irregularidades da Corsan, FEPAM e o Município de Osório. Sendo conhecedora do projeto, dos licenciamentos da ETE não posso acreditar

que órgão licenciatório - FEPAM - possa compartilhar com a desonestidade e descumprimento de normativas legais/leis, perante o Meio Ambiente, ajudando a agredir e acabar com mananciais hídricos como a Lagoa dos Barros entre outras. Todos os que desfrutam das águas da nossa Lagoa, estão convocados a lutar para que não a deixemos morrer. Cada um de nós é responsável por aquilo que deixamos fazer com o meio ambiente. Ele é nosso e temos que lutar com garra para não deixar que governantes e instituições matem e destruam o bem mais precioso o qual nos dá condições de se ter vida, pois é com água e com o solo que temos alimento na mesa para sobrevivermos. Jamais permitiremos essa destruição a luz de nossos olhos". A bióloga aplaudiu a decisão do desembargador João Barcelos, manifestando confiança de que a II Câmara mantenha a decisão daquele Magistrado.

MORTE DE ADOLESCENTE NA FREEWAY

PRF conclui sindicância sobre responsabilidade de três agentes na ocorrência Polícia Rodoviária Federal anunciou a conclusão de investigação interna para apurar a responsabilidade de três agentes durante atendimento a acidente de trânsito ocorrido na Freeway no dia 3 de março do ano passado, quando um médico teria abalroado uma moto, causando a morte de uma adolescente que era natural de Tramandaí e que viajava de carona com um parente. Os policiais rodoviários federais demoraram 85 horas para registrar a ocorrência na Delegacia de Polícia de Santo Antônio da Patrulha. Mais de um ano depois do acidente a comissão entregou o processo ao superintentente da PRF no Estado, Luis Carlos Reischak Junior que deverá decidir ainda este mês, qual a pena a ser aplicada, conforme divulga o jornal Zero Hora, que não foi informada sobre qual entendimento chegou a comissão. Em todo esse tempo para apurar a conduta dos policiais en-

volvidos na ocorrência, conforme a comissão formada para investigar o caso, houve análise de documentos, mídias e uma série de diligências, incluindo a coleta de depoimentos de 15 pessoas, contendo de uma pessoa que passava pelo local na hora do acidente e que demorou para ser encontrada, conforme foi dito à Gaúcha ZH. A conclusão da investigação foi adiada cinco vezes sob a alegação do superintendente à Zero Hora de que "o prazo está sendo o estritamente necessário para a completa e profunda elucidação dos fatos denunciados". Ainda em maio do ano passado, o que era sindicância interna se constituiu em procedimento administrativo disciplinar depois que se comprovaram "indícios de que tenha havido erro de conduta", conforme afirmou ao mesmo Jornal o corregedor da PRF no RS, Leandro Wacholtz. "Um dos agentes chegou a ser indiciado por prevaricação — que

é quando um funcionário público deixa de realizar sua função. Depois, o nome dele foi retirado do processo principal para que responda ao judiciário federal. No indiciamento da Polícia Civil, o delegado Valdernei Tonete disse que o policial foi maleável em razão do motorista ser um médico", salienta a matéria do site Gaúcha ZH. ►COMO ► FOI O FATO É de amplo conhecimento público que os agentes não seguiram o procedimento correto de efetuar o teste do bafômetro no motorista, que é um médico, nem no local da ocorrência, nem no hospital, pois ele teria sofrido uma crise de asma. Os policiais disseram que ele se recusou a realizar o teste de bafômetro, mas os agentes não teriam registrado esse fato na ocorrência na Delegacia de Polícia. Em 19 de junho, a Justiça de Santo Antônio da Patrulha tornou o médico réu por homicídio doloso evenFOTO: ARQUIVO PESSOAL

A

tual — quando se assume o risco de matar — duplamente qualificado e outras três tentativas de homicídio. Na denúncia consta que o suspeito estava embriagado e em alta velocidade ao atingir as duas motos, em uma das quais estava Bárbara Andrielli Mendes de Moraes, 15 anos. Nas duas motos viajavam ainda os pais e um amigo da adolescente. Todos foram arremessados pela força da colisão. A mãe, com fraturas nas pernas, segundo o Jornal, até hoje não conseguiu voltar ao trabalho. O médico responde em liberdade.


COLABORADORES

10 ‑ Folha Patrulhense - Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Para anunciar no ClassiFolha, entre em contato pelo telefone (51) 3662.1777 e fale com um de nossos vendedores. O fechamento comercial acontece às 12h de terça-feira.

Serviços

Imóveis

SERVIÇOS EM GERAL - Serviços gerais e corte de grama, com referências. Tel.: 99772.6073 (Nelson).

LIMPEZA E MANUTENÇÃO DE AR CONDICIONADO DE TODAS AS MARCAS - Serviços gerais. Elétrica e hidráulica em geral. Além disso, aquecedor de passagem de água. Tratar pelo fone: 99834-6959 (Roberto) com referência.

VENDE-SE - Corolla preto, modelo XEI 1.8, automático, banco de couro, ano 2004, com direção hidráulica, ar condicionado e sensor de ré. Telefone: (51) 99604-1922.

VENDE-SE RESTAURANTE – Ótima oportunidade de negócio, bem localizado na Rua João Pedroso da Luz, Várzea. Cozinha completa, mesas, cadeiras e louças. Disponibilidade para trabalhar com almoço. Telefone: (51) 99777-1768 VENDE-SE - terreno urbano, medindo 611 m², área comercial, com visão privilegiada na Av. Borges de Medeiros. Grande oportunidade. Valor R$ 180 mil. Tel.: 99729-8812 (CRECI 48.020) ou 99604-1922 (CRECI: 56.491). A Folha Patrulhense informa que não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios publicados nesta seção.

VENDE-SE - Chalé misto, ótima localização no Bairro Pindorama, terreno amplo, seminovo, móveis sob medida, ar condicionado, churrasqueira, garagem fechada, 3 dormitórios, sala e cozinha. Valor R$ 170 mil. Preço abaixo do mercado. Aceita-se proposta. Tel.: 99729-8812 (CRECI 48.020) ou 99604-1922 (CRECI: 56.491).

Ligue e anuncie 3662.1777


POLÍTICA

Quinta-feira, 28 de maio de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 11

Bacana indica ao Poder Executivo o Programa Emergencial de auxílio ao comércio e serviços formais

mpresários de diferentes setores já começam a refletir sobre como evitar que seus negócios se tornem inviáveis em pouco tempo. Diante da dificuldade de caixa das empresas e a fim de fazer frente às obrigações com fornecedores, empregados e com o Fisco, algumas medidas podem ser adotadas. Na segunda-feira, dia 18, o vereador Jair Belloli (MDB) encaminhou a indicação nº 024/20 para que o Executivo Municipal e a Secretaria Municipal de Administração e Finanças que promovam desconto no pagamento de imposto sobre serviços de qualquer natureza (ISSQN) dos micros e pequenas empresas. As medidas de prevenção contra a contaminação do Coronavírus, que incluem isolamento social e restrições de circulação das pessoas, diminuíram o movimento no comércio.

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA 15ª REUNIÃO ORDINÁRIA EM 25.05.2020 EXPEDIENTE Bancada do PTB – Solicita para que o Poder Executivo Municipal envie a esta Casa Legislativa Projeto de Lei instituindo o Programa Emergencial de Auxílio ao Comércio e Prestação de Serviços Formais, em virtude do estado de calamidade pública decorrente do corona vírus; Charlis Santos MDB – Solicita para que a Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança promova a limpeza geral da Rua Maria Fonseca, com a retirada de restos de gelo baiano, sobras de obras, entulhos e lixo em terrenos, comprometendo a largura da rua, próximo à garagem da Unesul; Adelino Stecanela MDB – Solicita para que sejam remetidas a esta Casa Legislativa, no prazo de 30 (trinta) dias, informações sobre o andamento de filetamento de peixe junto à Cooperativa, que está sendo instalada junto à FEASA; Jair Belloli MDB – Encaminha para que a Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança, promova o ensaibramento e envaletamento na Estrada Abrelino Barth Medeiros, que liga a Miraguaia a Catanduvinha. São cerca de 03 quilômetros de extensão; Manoel Adam MDB – Encaminha para que a Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança promova a colocação de luminárias na Estrada Otávio Benjamin, após a subestação da CRT até a Lomba da Alvorada. Tendo em vista que a CEEE trocou os postes e não repôs as mesmas; Bancada do PP - Encaminha para que a Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança promova a recuperação da Estrada de Baixa Grande, na Localidade de Furnas, bem como roçada e limpeza das valetas.

ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 25.05/2020 PL Nº 74/20 que Abre Crédito Especial por Auxílio/ Convênio, no Orçamento Municipal, altera as Leis Municipais nº 7.884/2017, que dispõe sobre o Plano Plurianual do Município para 2018 a 2021, Lei Municipal nº 8.389/2019 que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2020, e Lei Municipal n° 8.441/2019 que dispõe sobre a Lei Orçamentária Anual e suas alterações - R$ 23.512,70; PL Nº 75/20 que Abre Crédito Especial por Auxílio/Convênio, no Orçamento Municipal, altera as Leis Municipais nº 7.884/2017, que dispõe sobre o Plano Plurianual do Município para 2018 a 2021, Lei Municipal nº 8.389/2019 que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2020, e Lei Municipal n° 8.441/2019 que dispõe sobre a Lei Orçamentária Anual e suas alterações R$ 23.480,80; PL Nº 76/20 que Altera dispositivos da Lei Municipal nº 3.015, de 29 de dezembro de 1995, que "Cria o Conselho Municipal de Meio ambiente e Saneamento Básico e o Fundo Municipal de Meio Ambiente e dá outras providências; PL Nº 77/20 que Abre Crédito Suplementar por Superávit Financeiro, no Orçamento Municipal, altera as Leis Municipais nº 7.884/2017, que dispõe sobre o Plano Plurianual do Município para 2018 a 2021, Lei Municipal nº 8.389/2019 que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2020, e Lei Municipal n° 8.441/2019 que dispõe sobre a Lei Orçamentária Anual e suas alterações. Valor R$ 229.067,50 – SEMED; PL Nº 78/20 que Altera dispositivos da Lei nº 8.522, de 12 de maio de 2020 que Autoriza o Poder Executivo Municipal a repassar recursos para desenvolvimento do curso "Educação Patrimonial: redescobrindo a cultura patrulhense.

TEXTO E FOTO: CÂMARA DE VEREADORES

TEXTO E FOTO: CÂMARA DE VEREADORES

P

reocupado com os impactos da pandemia de COVID-19 para trabalhadores e empresários no momento em que vivemos a maior crise sanitária e econômica do país e, consequentemente, do nosso município de Santo Antônio da Patrulha, o vereador João Luis Moreira da Silva (Bacana-PTB), encaminhou sua indicação nº 027/2020 ao Poder Executivo, na tarde desta segunda-feira (25), na 15ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores. Assinaram juntos os ve-

readores Jorge Eloy de Oliveira, Marcelo Gaúcho, Samuel Souza e a vereadora Eronita Andrade. O vereador entende que a calamidade trouxe dificuldades aos empresários e o comércio de Santo Antônio da Patrulha. Afirma, que esta sua indicação de instituir esse auxílio por até três meses, para pagamentos de locações de imóveis no município, com percentual de 30% do valor da locação, busca auxiliar as microempresas consideradas não essenciais que a partir dos decretos federais, estaduais e municipais foram obrigados a fechar as portas por um período e tiveram prejuízos econômicos. Os vereadores da bancada do PTB almejam que o município volte ao seu potencial máximo o mais rápido possível. “Este auxílio beneficiará aqueles micro e pequenos empresários, bem como prestadores de serviços formais que pagam aluguel e que tiveram suas atividades suspensas. Estamos buscando um futuro melhor para Santo Antônio”, finaliza Bacana.

Indicação de Belloli propõe desconto de ISSQN às empresas E

Com estes descontos, as empresas poderão se reestruturar e evitar as demissões em massa. O momento em que a saúde pública deve ser prioridade, as empresas precisam buscar maneiras de sobreviver. “Será mais um importante passo para Santo Antônio da Patrulha”.

LEGISLATIVO INFORMA "Doe Orgãos, Doe Sangue: Salve Vidas!" "Crack: a pedra da morte!" EM TRAMITAÇÃO PL Nº 08/20 inclui no calendário de eventos do município no mês de dezembro, o dia municipal do terno de reis e dá outras providências; PL Nº 11/20 Oficializa o evento TERNO DE REIS como Patrimônio Cultural, Social e Econômico no Município de Santo Antônio da Patrulha, e dá outras providências; PL Nº 29/20 Dispõe sobre o desconto de IPTU a empresas e munícipes que instalarem câmaras de videomonitoramento, denominado CIDADE MONITORADA; PL Nº 44/20 Autoriza contratação temporária de excepcional interesse público e dá outras providências - 02 Visitador/40hs; PL Nº 55/20 Autoriza contratação temporária de excepcional interesse público e dá outras providências" – Instrutores; PL Nº 73/20 Autoriza contratação temporária de excepcional interesse público e dá outras providências" - 01 Instrutor de Artes, 01 Instrutor de Esportes e 01 Instrutor de Música; PL Nº 79/20 Altera dispositivo da Lei Municipal nº 6.312, de 16 de agosto de 2011, que " Estabelece o Plano de Carreira do Magistério Público do Município de Santo Antônio da Patrulha, institui o respectivo quadro de cargos e funções e dá outras providências", com alterações posteriores. 01-Professor Área I e 01-Professor Área II; PL Nº 80/20 Autoriza a contratação temporária de excepcional interesse público e dá outras providências. 02- Atendente de Farmácia; PL Nº 81/20 Institui o Programa de Compensação Vegetal, no âmbito do Município de Santo Antônio da Patrulha, e dá outras providências; PDL Nº02/20 Concede Título de Cidadania Patrulhense Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, Avenida Borges de Medeiros, 602, Cidade Alta. Telefone: 3662.3555.


GERAL

12 ‑ Folha Patrulhense - Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Rua de acesso à escola Patrulhense recebe asfalto

Deco deixa Secretaria de Obras para concorrer

TEXTO E FOTO: ACS/PMSAP

O secretário de Obras, Trânsito e Segurança deixará aquela Pasta a fim de se desincompatibilizar para concorrer nas eleições municipais deste ano. André Randazzo dos Reis disse que sua saída ocorrerá amanhã, sexta-feira, dia 29, em cerimônia no gabinete do prefeito municipal. Como se sabe, Deco é pré-candidato nas eleições majoritárias deste ano, cuja data ainda está em debates, podendo acontecer em outubro, ou então adiadas para dezembro em virtude da pandemia. FOTO: ACS/PMSAP

Bancadas do PP e PTB questionam gastos da Secretaria de Obras N

a segunda-feira (25), a Secretaria de Obras, Trânsito e Segurança, tomando todos os cuidados contra a COVID-19, fez a limpeza da praça da localidade de Monjolo, bem como a recuperação dos brinquedos infantis. Segundo o secretário de Obras, André Randazzo dos Reis, Deco, a comunidade do Monjolo tinha essa demanda e agora, esperando a pandemia passar, pode aproveitar a praça. Outras três praças na sede do município também passam por melhorias. A Praça Getúlio Vargas, conhecida como praça da Valbaru, Praça do Bairro Santa Teresinha e Praça Mara Lúcia Cardoso. As duas primeiras, estão sendo reformadas com recursos da prefeitura, em parceria com emendas parlamentares destinadas pelo deputado Alceu Moreira e pelo vereador Charlis Santos, enquanto a última passou por limpeza e pintura dos meios-fios com recursos próprios da Secretaria.

esta segunda-feira (25), na 15ª Reunião da Câmara de Vereadores, as bancadas do PP e PTB encaminharam o requerimento nº 213/20, solicitando à Prefeitura Municipal e à Secretaria Municipal de Obras (SEMOT) informações sobre os valores gastos nos últimos meses, bem como pediram uma relação de gastos de 2020. Na justificativa, os parlamentares salientaram que as informações têm como objetivo esclarecer rumores de que teria havido neste último mês um gasto muito superior à média mensal. A pandemia do Coronavírus provocou um enorme estrago na economia e está exigindo mudanças nas prioridades dos Governos. A Câmara abriu mão de recursos e quer entender o possível gasto aumentado em relação aos demais meses.

Recolhendo Solidariedade A SERB, em parceria com o Cueca Amarela, estão organizando no sábado (06/06), uma campanha chamada "reCOLHENDO SOLIDARIEDADE". Os voluntários estarão passando por diversas ruas da cidade recolhendo doações. Pede-se que os patrulhenses abram seus guarda-roupas e contribuam com esta ação. Você também já pode deixar sua doação na Mania de Loja, na TZ Corretora ou na Loft105. inbtelecom

Mamãe

é nota

100

100Mb por apenas R$ 99,90

0800 654 3210 www.inbtelecom.com.br

TEXTO E FOTO: CÂMARA DE VEREADORES

Praça da localidade de Monjolo

N

A

Rua Arno Von Saltiel, que dá acesso à escola Estadual Patrulhense, está sendo asfaltada. Conforme o secretário de Obras, Trânsito e Segurança de Santo Antônio da Patrulha, André Ranfazzo dos Reis, Deco, trata-se de uma reivindicação antiga de moradores, mas também de muitos patrulhenses. "Esta rua é uma alternativa de ligação da Cidade Alta ao centro na Cidade Baixa para quem vem da Borges de Medeiros pela 7 de Setembro. Como era de chão batido, exigia manutenção constante por conta dos buracos”. O secretário diz que o investimento de R$ 16 mil aproximadamente é oriundo de recursos próprios e que resultará em economia, tendo em vista o longo período em que a via não necessitará de reparos. No interior, entre os trabalhos executados pela SEMOT nesta semana, Deco aproveita para destacar o ensaibramento, no trecho entre a Freeway, até a Igreja do Morro Grande e na estrada em direção à Barrocadas.


HISTÓRIA

Quinta-feira, 28 de maio de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 13

Figuras folclóricas que a cidade não esqueceu FOTOS: ARLI CORREA - FACEBOOK

Dona Flor

Saião

E

m toda a cidade, sempre há aquelas figuras que são folclóricas que já faleceram ou que ainda convivem entre nós. Em Santo Antônio da Patrulha temos vários personagens, como lembrou o radialista Arli Correa em sua página no Facebook. ►►TIO BRITO Os mais antigos certamente lembram do lendário Tio Brito. Um preto velho que circulava pela cidade com um grande saco nos ombros, onde havia ervas de todo o tipo. Era uma figura folclórica e um quase curandeiro porque ele tinha chá pra tudo. E pela idade que tinha, certamente nasceu nos últimos tempos da Escravidão. Fala mansa, boa pessoa, ele era visto sempre à pé pela cidade. Hoje ele é lembrado, pois tem seu nome dado a uma rua localizada no Bairro Madre Tereza. ►►HOMEM DOS CACHOS Ainda de tempos mais antigos, temos a figura do famoso Homem dos Cachos. Sempre

Jota

Zequinha

Pequinha

Tio Brito

com cabelos dispostos em duas tranças, ele era visto com mais frequência na época de finados no cemitério da cidade. ►►PEPINA & CIBA Duas outras figuras folclóricas foram as do Ciba e Pepina, pessoas que viveram na década de 60 e que também eram vistas diariamente pelas ruas. Também da mesma época temos a figura do Graxaim, outro personagem que marcou a vida da cidade. Sempre à pé, ele era visto diariamente na cidade. Mas tendo dificuldades com a bebida, sempre procurava vender alguma coisa para se manter. Contam que sua história começou quando teria, na juventude, sendo menosprezado por uma moça de quem era apaixonado. Tanto que, quando chegava à Rádio Itapuí, pedia que rodassem para ele uma música de Tonico e Tinoco e que certamente lembravam sua desilusão amorosa, o que o fazia chorar copiosamente. ►►VILMINHO Outra imagem que despertam

Russo

boas lembranças na cidade é a do famoso Vilminho. Com séria deficiência visual, ele, mesmo assim, era um apaixonado torcedor do seu Grêmio, tendo sempre consigo um inseparável radinho de pilha. Morreu ao perder o equilíbrio, caindo de uma ponte. A péssima visão foi a causadora de sua morte. ►►ZÉ ANTÔNIO Não menos folclórico foi Zé Antônio, uma pessoa simples, como todos os demais e que sempre estava pela cidade. ►►NEGA CRISTINA Até hoje a Nega Cristina continua sendo lembrada. Figura carismática, nunca tendo feito mal a ninguém ela gostava de circular pela cidade sempre bem arrumada. Teve morte trágica: foi encontrada caída em uma pedreira e até hoje não se sabe se foi morte acidental, ou proposital. ►►SAIÃO Outro personagem que marcou época foi Saião. Era visto sempre pedalando uma bicicleta. ►►TIMADA

Vilminho

Timada

Foi outra figura histórica. Morava no Bairro Madre Tereza e sempre era vista circulando pela cidade com uma cesta recebendo carinho e alimentos da comunidade. ►►ZEQUINHA Morou a vida inteira na Cidade Alta numa casinha que construiu na frente do cemitério. ►►MAIS LEMBRANÇAS Adão Xeroski: tinha luva em uma das mãos, dizem, para impedir que o forçassem a dar sua aposentadoria para outros. Russo: vendia amendoim torradinho e veio quando novo, da antiga União Soviética. Gasparzinho: outra figura folclórica que nunca causava mal a ninguém. Dodô Raposa: como afirma um internauta, vendia bergamotas. Houve outros personagens que, num momento ou outro da nossa história, viveram na cidade deixando histórias as mais variadas sobre suas vidas. Boa parte dessas recordações foram repassadas por internautas.


SEGURANÇA PÚBLICA

14 ‑ Folha Patrulhense - Quinta-feira, 28 de maio de 2020

U

m homem caiu na tarde de sexta-feira (22), em cima do telhado de sua casa em Vila Palmeira. Conforme o Corpo de Bombeiros Militar, a pessoa, que tem 64 anos mas cuja identidade não foi revelada, estava consertando uma caixa d'água quando se desequilibrou, caindo em cima do telhado. Ele teve contusões nas costas e os bombeiros efetuaram um salvamento delicado, porque precisaram retirar a vítima do telhado em cima de uma maca. Ele foi levado em ambulância do SAMU ao Hospital Santa Casa/ Santo Antônio para uma melhor avaliação do seu estado de saúde. Atenderam a ocorrência os sargentos Ketermann, Chaves e o soldado Dornelles. As informações são do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio com a colaboração de Odília Machado.

FOTO: DIVULGAÇÃO

D

uas ocorrências envolvendo carros e motos ocorreram de maneira simultânea em pontos distintos do município. Uma delas foi em Roça Grande no final da tarde de terça-feira (26), quando o motorista, após atropelar um motociclista, fugiu do local, segundo relato do Corpo de Bombeiros Militar que socorreu a vítima e que foi transportada pelo SAMU ao Hospital Santa Casa/Santo Antônio. ►►NA CIDADE O outro acidente aconteceu na Rua Lothar Machado dos Reis na frente do Mercado Passarela também envolvendo carro e moto. O condutor da moto foi atendido inicialmente pelos Bombeiros e depois levado ao hospital local para melhor avaliação clínica. A motorista prestou socorro à vítima.

aposentado da Brigada Militar foi encontrado sábado (23), por volta de 10 horas na Avenida Afonso Porto Emerim, em Santo Antônio da Patrulha. Identificado como Sérgio Inácio da Silva, ele morava no Bairro Madre Tereza, tendo sido, inclusive, juiz de futebol. Sérgio era pessoa bem relacionada no seu bairro. O corpo apresenta ferimento, provavelmente provocado por arma de fogo. A Brigada Militar isolou o local até a chegada da Perícia. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia local. Colaborou: Odília Machado

Brigada prende dois e termina com festa em tempos de pandemia em Miraguaia

A

Brigada Militar prendeu dois homens e encaminhou à delegacia de Polícia cerca de 20 pessoas que participavam de uma festa não autorizada e realizada em tempos de pandemia. As prisões ocorreram durante a madrugada de domingo (24), na localidade de Miraguaia em Santo Antônio da Patrulha. Após receber denúncias referente a uma festa em que estaria ocorrendo o consumo de bebidas e possivelmente o uso e a venda de drogas, de acordo com a situação vivida atualmente em decorrência da pandemia causada pelo novo Coronavírus, o oficial de serviço externo, 1° tenente Marcos Paulo Zanata, juntamente com o efetivo de Santo Antônio da Patrulha e o apoio do efetivo de Caraá, não mediu esforços para intensificar as averiguações e abordagens no endereço citado na denúncia e arredores, sendo confirmada a informação e constatada a aglomeração de pessoas em virtude da festa. Ao todo, foi possível a abordagem de 21 pessoas e averiguação de 8 veículos.

Um homem assumiu ser o dono da festa e organizador do evento, acionando aos demais. No evento foram localizadas 26,5g maconha, 25g de cocaína, 29 comprimidos de ecstasy, R$ 769 em dinheiro, um celular xiaomi, um celular samsung e um revolver cal.38 municiado com a numeração suprimida. Devido ao grande consumo de bebidas alcoólicas e drogas, dois indivíduos identificados por terem levado os entorpecentes estavam agressivos, querendo brigar entre si, todos precisaram ser contidos e algemados. Os suspeitos foram autuados em flagrante delito, enquanto os demais participantes da festa foram encaminhados à delegacia para prestarem depoimentos e serem autuados pelo Art. 268 CP, crime de descumprimento de determinação do poder público destinado a impedir propagação de doença contagiosa, com pena de detenção de um mês a um ano,

FOTO: BRIGADA MILITAR

Dois acidentes entre carro e moto no mesmo horário

O

FOTOS: FACEBOOK

Homem cai em Corpo de militar aposentado encontrado cima de telhado ao com ferimento de arma de fogo corpo de um sargento consertar caixa d'água

e multa, bem como por desobedeceram os decretos de conscientização e as medidas sanitárias de prevenção a pandemia do COVID-19. Conforme o Tenente Zanata, o celular de quem estava na ocorrência da desobediência ao decreto, não foi apreendido, pois não havia necessidade de tal medida, por ser termo circunstanciado. COMUNICAÇÃO SOCIAL DO 8° BPM TEXTO: Sd Deise Saucedo


Quinta-feira, 28 de maio de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 15

De olho no esporte

Prof. Antônio Gomes

ATUAL SITUAÇÃO

A atual situação não é boa, mas a esperança é a última que morre, e a Secretaria de Esportes tem uma grande facilidade para organizar algum campeonato, caso haja uma melhora nos próximos meses. Alguns exemplos: FOTOS: DIVULGAÇÃO

O futebol de campo é só bater palmas e os clubes aparecem, e no máximo um mês estará pronto. O Futsal é mais rápido ainda, pois as categorias de base estão prontas, com o Feminino, Firmas e o Força Livre, esperando o chamado. Então, se houver uma melhora no máximo dois meses, poderemos ainda ter o nosso ano esportivo.

Campo

Quadra

SERRAMAR Já o Campeonato Serramar será mais difícil, pois tem data para iniciar, e as equipes precisam de datas para suas promoções, e estes espaços a cada dia ficam menores. É provável que não aconteça Serramar em 2020.

COMEBOL: Primeiro a Saúde, depois a competição. FUTEBOL CARIOCA: Prefeito do Rio não aceitou sugestão dos clubes para o dia 14 de junho iniciar o campeonato. CAMPEONATO GAÚCHO: Ainda não tem data de reinício.

Prof. Antônio Gomes tem um programa na Rádio Itapuí, Panorama Esportivo, aos sábados, das 13h às 14h.


QUINTA-FEIRA, 28 de maio de 2020 - Santo Antônio da Patrulha/RS

Termina neste domingo prazo para participação no Poesia na Praça

J

á começa a ser preparada a XXXI edição da Antologia dos Poetas Patrulhenses, a popular Poesia na Praça. Foi dado prazo até este domingo (31), o prazo para quem quiser participar da obra. Ana Clara Maciel informa que os interessados, tanto os que já participam, como os novos, deverão reunir suas poesias que devem ser digitadas na letra Times New Roman, tamanho 12, que poderão ser enviadas para o e-mail: acmaciel.adv@ gmail.com, ou levar em um pen-drive até o seu escritório que fica na Avenida Borges

de Medeiros, na Cidade Alta. Os textos deverão ser entregues até o dia 31 de maio próximo, numa das formas acima referidas. O valor da página será de R$58,00 (cinquenta e oito reais) e deverá ser pago até o dia 30 de junho. Caso não haja o número de poesias que totalize 90 páginas da obra, no mínimo, as mesmas serão devolvidas aos seus autores com o pagamento respectivo, antecipadamente entregue. Ela coloca os seguintes telefones para contato: Ana Clara 99156-1763 ou 3662-2112 e De Lourdes 98428-9711.

www.2mnoticias.com.br

Profile for Jornal Folha Patrulhense

Edição_28052020  

Edição_28052020  

Advertisement