Page 1

ano 50

fevereiro de 2014

nº 573

Mercado muito competitivo em 2014

Tecnologia é a palavra chave do mercado de reparação automotiva. De um lado estão as oficinas, que buscam aprimorar o serviço e do outro os fabricantes, que seguem atrás das novidades para continuar surpreendendo o mercado, sempre com produtos de ponta que atinjam todas as camadas de clientes. “As oficinas querem produtos que melhorem sua produtividade e, consequentemente, a rentabilidade de seus negócios e isso motiva os fabricantes”, explica Rodrigo Soares, coordenador de produto Sikkens, da AkzoNobel.

08

Mercado de tintas antichamas e intumescentes evolui no Brasil

Tintas Coral apresenta tons vibrantes como destaques no verão 2014

O trágico incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), que matou 242 pessoas há pouco mais de

Na estação mais quente do ano, os tons vi-

um ano (o acidente ocorreu em 27 de janeiro de 2013) acabou sendo foco para a sociedade e órgãos

brantes vêm à tona e nada melhor do que

públicos se conscientizarem mais sobre a importância da prevenção e proteção contra incêndios

aproveitar o clima com a energia positiva de

nos ambientes. Nessa linha, o ocorrido influenciou muito o aumento pela procura de tintas anti-

uma casa renovada. A Tintas Coral aponta para

chamas. “A tragédia de Santa Maria foi um marco neste mercado. Neste último ano a procura e

o verão 2014 cores intensas, quentes e alegres,

venda deste tipo de produto aumentou significativamente”...

22

que iluminam o ambiente...

04


EDITORIAL

Nessa edição abordamos com destaque o segmento de tinta antichama. O produto tem o poder de retardar a propaga­ ção das chamas, o que pode ser fundamental em caso de incên­ dio, já que permite um tempo maior para as pessoas evacua­ rem o local. Impossível não se lembrar do trágico acidente na boate de Santa Maria (RS) há pouco mais de um ano. O ocor­ rido alavancou as vendas destas tintas e acelerou o processo de normas e fiscalização. Confira a matéria! Elaboramos também uma

reportagem especial sobre com­ plementos automotivos. Nesse setor, a tecnologia sai na frente, pois as oficinas buscam cada vez mais produtos que melhorem sua produtividade e rentabilidade nos negócios; e o consumidor final agradece já que não tem mais tempo de aguardar vários dias para que seu veículo seja libe­ rado. Profissionais de reparação foram consultados e explanam suas opiniões e produtos. Visitamos a fábrica da Grandi­ ter em São Paulo (SP) que produz uma linha de máquinas airless 100% nacional, que conta com um

sistema exclusivo que promete gerar melhores resultados de aplicação. Em entrevista para o JP, o gerente comercial da em­ presa, Roberto Corona, divulga todos os detalhes. Nas próximas páginas, o leitor ainda confere a nova versão do Pentox Cupim, fabricado pela Montana, que agora passa a ser base água; a nova linha premi­ um de revestimentos de­corativos da Ibratin; os tons vibrantes suge­ ridos pela Tintas Coral para esse verão muito quente de 2014; assim como artigos de interesse do mercado gentilmente cedidos

Foto: Douglas Moreira

tinta também pode salvar vidas!

pela Montana, Sincomavi, Argalit e Solventex. Boa leitura!

. .. >> A RTI G O << . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .............................................................................................

Como manter o otimismo? Por Reinaldo Pedro Correa, Presidente do SINCOMAVI

EXPEDIENTE

Nem bem começou 2014 e muitas pessoas já entregaram os pontos. O ano já é dado como perdido, não terá crescimento, a inflação vai explodir, o Brasil perderá a Copa do Mundo... Em outras palavras, o pessimismo está contaminando todos os setores do País. Mas a pergunta que fica é: Como não ser pessimista diante de tanta incompetência? E a resposta parece mais simples do que se supõe: trabalhando duro como nos anos anteriores. Apesar de desamarrar o crédito e dar incentivos pontuais para alguns setores, que reconhecidamente empregam bastante mão de obra, o Governo Federal pouco fez nos últimos anos. A tão sonhada reforma tributária nem é mais mencionada e os cortes nos impostos foram esquecidos com a contagem final na última eleição. Hoje, a sociedade brasileira paga caro por todos os seus serviços, pelo inchaço da máquina

e pela incompetência de todas as esferas da administração pública. A baixa qualidade de produtos e serviços, a corrupção, violência, insegurança, impunidade, transporte público precário e as ideias mirabolantes de alguns administradores, que criam faixas exclusivas sem ter ônibus para ocupá-las, servem apenas para fomentar essa sensação de impotência e de desanimo entre a população. Os brasileiros mais experientes, como no meu caso, já estão acostumados com tais obstáculos: inflação, dificuldades e medidas que mudam ao sabor do vento. E, apesar do governo e seus desmandos, a economia do País tem crescido nos últimos anos. Por essa razão, o melhor é ficar atento ao noticiário, mas não perder nunca de vista que o importante é redobrar esforços, pois não existe nada mais motivador do que uma conta para vencer.

Fundador: F. L. Morrell •18-03-1927 •23-10-2001 | Diretor Comercial: Francis Louis Morrell Júnior | Diretora Executiva: Francely Morrell | Projeto Gráfico: Kinthos Criação e Design | Colaboradores: Gabriela Lozasso (Mtb. 26.667) e Sandra Scigliano (Mtb. 25.798) | Publicidade: Carlos Alberto Cunha e Patrícia Cordeiro | Representantes: Rovenda - Repres. Poderoso (Aracaju/SE) Tel.: (79) 3254-5627/Fax: (79) 3211-3266 |Flexa Representações (Maceió/AL) Tel.: (82) 355-6112/Fax: (82) 3032-1339 | A. F. Gusmão (Belo Horizonte/MG) Telefax: (31) 3496-0738 | Edição mensal Ano 50 - Fevereiro/14 - nº 573 - As opiniões dos artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores. Dispensada da emissão de documentação fiscal, conforme pedido de Regime Especial Protocolo 2.346/91 de 04/07/91. Não é permitida a reprodução de maté­rias, no todo ou em parte, sem prévia autorização e citação da fonte. “JORNAL DO PINTOR” é marca registrada pela MORRELL EDITORA TÉCNICA desde 1962 e sua utilização, sem autorização, é vedada em qualquer forma.

2 • fevereiro_2014

JORNAL DO PINTOR ONLINE Mais uma novidade! Agora você conta com um link direto para o Jornal do Pintor Online, para isso, baixe um leitor de QR Code em seu celular ou tablet, fotografe o código ao lado e boa leitura!

Administração, Redação e Publicidade: Rua Filomena Parmigiani Fiorda, 140 | Santo Amaro | 04756-130 - São Paulo/SP Tel: (11) 5645-0505 | Fax: (11) 5645-0509 jp@jornaldopintor.com.br | www.jornaldopintor.com.br

facebook.com/jornaldopintor

twitter.com/jornaldopintor /jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 3


. .. >> Core s < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ............................................................................................

Tintas Coral apresenta tons vibrantes como destaques no verão 2014

Na estação mais quente do ano, os tons vibrantes vêm à tona e nada melhor do que aproveitar o clima com a energia positiva de uma casa renovada. A Tintas Coral aponta para o verão 2014 cores intensas, quentes e alegres, que iluminam o ambiente e demonstram personalidade. Azuis energizantes, amarelos, laranjas e tons de verdes são as grandes apostas da marca para renovar os ambientes. “A cor está no nosso DNA. Temos, por exemplo, a mais completa paleta do mercado. Além disso, investimos constantemente em ferramentas que ajudam os consumidores no momento da escolha. Todo esse conhecimento nos permite indicar tendências de tons anualmente”, diz Benito Berretta, diretor de marketing da Tintas Coral.  Dentre mais de duas mil opções de cores do leque da Tintas Coral, a marca destaca para o verão as nuances “Tom Dourado”, “Azul Milão”, “Laranja Chinatown”, “Vermelho França”, “Sol Poente”, “Verde Pasto” e a cor de 2014, o azul esverdeado “Lagoa Particular”. Tais tona-

4 • fevereiro_2014

Fotos: Divulgação

Para aproveitar ainda mais essa estação, a fabricante sugere aliar às tonalidades alguns efeitos que estão em alta na decoração, como listras, degradê e mix de cores

lidades, combinadas com neutros, criam um efeito harmonioso e agradável tanto para ambientes externos - a exemplo de varandas gourmet -, quanto para salas de estar, cozinhas e até quartos infantis. Tons neutros quentes como “Cascalho” e “Meditação”, e frios como “Troféu de Prata” e “Pelicano”, são indicados para se chegar a um estilo moderno e arrojado. Para aproveitar ainda mais o verão

com um toque diferente, a Tintas Coral sugere aliar às tonalidades alguns efeitos que estão em alta na decoração, como listras, degradê e mix de cores. No caso das listras, as horizontais dão impressão de um ambiente maior, e as verticais causam a sensação de que o local é mais alto, ou seja, são ideais para recintos com pé direito baixo. Já o efeito degradê e também mix de cores podem ir do ambiente romântico

ao descolado: cores claras e mescladas criam paredes suaves, enquanto tons escuros e bem definidos são jovens e de atitude. “Pretendemos inspirar e dar a oportunidade aos consumidores para decorarem suas casas com frequên­cia, proporcionando mais bem-estar. Buscamos também incentivar a todos a usufruírem do efeito benéfico e transformador que a cor pode trazer para as suas vidas”, finaliza Berretta.

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 5


. .. >> Re v e stim entos < < . . . . . . . . . .......................

Ibratin apresenta a linha Artline Effeti para o mercado de engenharia Com características de escamas douradas e transparentes, a linha possui três opções de revestimentos decorativos A Ibratin acaba de lançar um produto inovador: o Artline Effeti, a nova linha premium de revestimentos decorativos ideal para a pintura de áreas internas e externas em qualquer tipo de obra. Com características de escamas douradas e transparentes, a linha possui três revestimentos decorativos, acrílico-repelentes com alta resistência e durabilidade. São eles: o Effeti, o Effeti Predial e o Effeti Line.  O revestimento Effeti apresenta como característica final escamas finas, dando um toque rústico ao ambiente. Já o Effeti Line possui nuances douradas que dão um toque de luxo ao local.  O Effeti Predial possui como característica escamas finas e seu brilho pode ser intensificado, se lavado após o tempo de secagem indicado. Sua aplicação é feita com rolo de lã, em que primeiramente é usada uma demão de Permalit Selador Premium (para este processo é necessário deixar secar, no mínimo, 6 horas para aplicação do acaba-

6 • fevereiro_2014

mento). Em seguida aplica-se o produto Effeti com uma desempenadeira de aço isenta de ferrugem, em que é necessário retirar o excesso. O acabamento pode ser conferido com desempenadeira de aço ou acrílico com movimentos circulares (horário e anti-horário).  “A linha Artline Effeti tem alta durabilidade e uma grande facilidade durante a aplicação, tornando-o bastante atrativo no mercado de engenharia”, afirma Dijan Barros, gerente de vendas & mar­keting da Ibratin. A linha Artline Effeti já pode ser encontrada no showroom da marca ou por meio de representantes da marca.

... >> N ovidade << .........................................

Montana lança Pentox Cupim base água A eficácia do cupinicida Pentox o consumidor já conhece, mas agora ele chega ao mercado com a formulação à base água

A Montana Química lança o inovador Pentox Cupim base água nas versões aerossol 400 ml e embalagem de 900 ml. O novo produto é ideal para tratamento preventivo e curativo contra ataques de insetos em madeiras que irão receber qualquer tipo de acabamento. Segundo a fabricante o Pentox Cupim é seguro, tem secagem rápida e baixa toxicidade, sob medida para dar conta

somente dos cupins e brocas. O produto, nas duas versões, tem registro legal junto à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), vinculada ao Ministério da Saúde. E o fato de sua formulação ser à base de água traz um incremento ainda maior à sua reconhecida alta performance, já que gera mais segurança na aplicação e ao usuário, tem baixo odor, minimiza os impactos ao meio ambiente e pode receber qualquer tipo de acabamento, seja base água ou solvente. Pentox Cupim aerossol vem com mangueira flexível e bico injetor. O mecanismo permite injetar o produto, sob pressão, nos pequenos furos deixados pelos insetos na superfície da madeira. No caso de tratamentos curativos sua eficiência é ainda maior. Pentox Cupim na embalagem de 900 ml tem ação preventiva e é para a aplicação tradicional, com pinceladas fartas em todas as superfícies da madeira.  Pode ser aplicado em portas, janelas, esquadrias em geral, móveis e objetos decorativos de madeira maciça.

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 7


.. . >> C ompl e m e ntos a u tomotivos << ....................................................................................

Mercado muito competitivo em 2014 É desta forma que a maioria dos fabricantes de complementos automotivos acha que o ano irá se comportar

Tecnologia é a palavra chave do mercado de reparação automotiva. De um lado estão as oficinas, que buscam aprimorar o serviço e do outro os fabricantes, que seguem atrás das novidades para continuar surpreendendo o mercado, sempre com produtos de ponta que atinjam todas as camadas de clientes. “As oficinas querem produtos que melhorem sua produtividade e, consequentemente, a rentabilidade de seus negócios e isso motiva os fabricantes”, explica Rodrigo Soares, coordenador de produto Sikkens, da AkzoNobel. Filipe R. Colombo, diretor presidente da Anjo Tintas complementa: “o consumidor final não tem mais tempo de aguardar vários dias para que seu veí­ culo seja liberado, principalmente em casos de pequenos reparos. As indústrias, por sua vez, buscam a tecnologia para oferecer alternativas de produtos que trazem esse diferencial”. Fabiana Verbickas, líder de desenvolvimento de produto da Axalta, ressalta todos estes pontos, porém, lembra que os produtos devem ter um custo que não sacrifique a rentabilidade da oficina. “O recurso mais importante em uma oficina é o tempo de mão de obra, portanto o fabricante deve sempre buscar preservar esse recurso através de produtos com cada vez mais tecnologia e que simplifiquem o processo de reparação. Dessa forma, o mercado busca por uma linha de complementos automotivos que além de possuir bom preço, traga valor para o seu negócio”, relata. Com um produto recente no mercado, a Brasolv diz estar se adaptando ao mercado. De acordo com Juliana Pellegrino, gerente de vendas, a empresa quer atender às exigências para poder obter um expressivo aumento nas suas 8 • fevereiro_2014

vendas. Assim como a Brasolv, a expectativa para este ano para muitos fabricantes é positiva. Muitos deles lançaram produtos recentemente ou estão para colocar novidades no mercado, em breve. “Realizamos investimentos para atender a crescente demanda”, diz Thiago Tavares, coordenador de Marketing Luztol. Já Reinaldo Richter, diretor superintendente da WEG Tintas, afirma que a quantidade de veículos novos e usados vendida no Brasil amplia as expectativas de grandes negócios no segmento de repintura automotiva. Portanto, ele acredita que o mercado continue com o crescimento constante verificado nos últimos anos, gerando bons resultados para o segmento. R. Bigal, gerente nacional de vendas da Roberlo, concorda ao ressaltar as novas marcas de veículos no mercado. “A Roberlo está com uma estrutura própria no Brasil e seremos mais agressivos neste ano!”. A competitividade é outro fator citado pelos fabricantes. Mauro Pacheco, diretor comercial da Evercoat, acredita em um mercado estável, com muita competição. “O número de oficinas não deve aumentar, mas ainda existe muita oportunidade, estamos otimistas”. De acordo com Rodrigo Gouvea, especialista de produto da divisão de reparação automotiva da 3M, a estratégia da empresa para ampliar sua atua­ ção no mercado é através do oferecimento contínuo de produtos diferenciados de alta tecnologia, que possam garantir maior produtividade no processo de reparação. A Sherwin-Williams Divisão Automotiva adota estratégia semelhante: “buscamos a melhoria continua e mensalmente lançamos diversos produtos, sejam eles novos desenvolvimentos ou os de linha em novas embalagens

ou com volumes diferentes. Atualmente, a empresa foca na área de pesquisa e desenvolvimento de produtos com baixa emissão de VOC e alta produtividade”, conta Renato de Souza Freitas, analista de comunicação. Leia a seguir os principais complementos automotivos do mercado. A 3M destaca os seguintes complementos: 3M Glaze Platinum Plus, um produto bicomponente à base de poliés­ ter que, segundo Rodrigo Gouvea, especialista de produto da divisão de reparação automotiva da empresa, apresenta performance altamente diferenciada, promete ser uma massa super macia e oferece bom tempo de secagem. Além disso, a 3M garante um acabamento impecável, totalmente livre de porosidades e como principal vantagem para a oficina, o produto possibilita o aumento da produtividade a partir da economia de tempo e materiais usados durante o

processo de reparação como primer e lixas abrasivas.  Recomendado para a reparação de diversos tipos de superfícies como aço, aço galvanizado, alumínio, e-coat, plásticos, SMC, fibra de vidro, primer/tinta curados, madeira e concreto, é também uma solução para reparação de barcos, calhas, móveis e diversas peças metálicas. Está disponível em embalagens de 710 ml e 887 ml. A 3M Massa Poliéster Linha Gold  foi relançada e, agora, conta com uma nova

formulação. “O produto oferece um bom tempo de secagem e é macio para lixar. Além disso, asseguramos um bom poder de preenchimento, graças a presença da tecnologia 3M Glass Bubbles, que são microesferas de vidro, em sua formulação”, diz Gouvea. Como resultado, a empresa afirma que preenche até 40% mais volume que outros produtos da categoria.  A flexibilidade do produto é outra vantagem a ser destacada: apresenta boa adesão em diferentes tipos de superfície como aço, aço galvanizado, alumínio, e-coat, plásticos, SMC, fibra de vidro, primer/tinta curados, madeira e concreto; disponível em lata de 700 g. Por fim, a 3M Massa Acrílica Green é uma solução indicada para a correção de pequenas porosidades e imperfeições sobre a superfície a ser reparada, podendo ser aplicada sobre massa poliéster ou primer. O novo produto da 3M é considerado pela marca como macio para aplicar, oferece um bom poder de preenchimento, é fácil para lixar e, como resultado final, promete um ótimo acabamento. Está disponível em bisnaga de 409 g. A AkzoNobel lançou recentemente dois produtos importantes para o segmento de repintura automotiva. O primeiro é o Primer PU HS Sikkens, que tem como principais diferenciais sua excelente aplicação e fácil lixamento, o que garante a redução no tempo de trabalho e maior economia de material para as oficinas, de acordo com Rodrigo Soares, coordenador de produto da marca. O PU HS Sikkens está disponível em duas tonalidades de cinza que podem ser mescladas e utilizadas para diferentes cores de acabamentos, possibilitando uma grande flexibilidade de /jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 9


.. . >> C ompl e m e ntos a u tomotivos << .................................................................................... serviço. É uma opção única para ambos os sistemas, tanto lixável e não lixável, e também possui excelente característica de enchimento, o que proporciona economia de tempo e de material. O segundo é a Massa Poliéster Wanda que tem como principal atributo o lixamento macio, que garante ao preparador menos esforço, em menor tempo e com melhor resultado, tornando-­­o um produto completo e eficaz. “O enchimen-

to é outro diferencial, já que a nova massa permite preencher melhor os defeitos da peça, bem como a rápida secagem e o aspecto sem poros”, afirma Sandro Lemos, coordenador de produto Wanda.

bilidade e aplicação, vem acompanhado de catalisador e é indicado para a pintura geral ou parcial de automóveis. Pode ser utilizado sobre selador para plástico em para-choques e fibras em geral. “O Primer PU 4:1:1: pode ser utilizado sobre as mesmas superfícies que o produto anterior. Ele possui alto teor de sólidos e alto poder de enchimento, melhorando assim a correção de pequenos defeitos (riscos de lixa) e furinhos”, diz Filipe R. Colombo, diretor presidente da Anjo. Já o Primer PU 5:1: tem como principal característica o bom poder de enchimento e a fácil aplicação.

A Anjo Tintas recentemente investiu no reposicionando de alguns produtos da linha de complementos automotivos, tais como a linha de Primers PU, com os seguintes produtos: Primer PU 8001 – oferece bom poder de enchimento, lixa-

A Axalta possui para cada segmento, um portfólio bem definido e completo de produtos. Seu mais recente lançamento, no mês passado, é o P1600, um primer PU, que complementa a linha CorMax. Ele possui rápida secagem, fácil

10 • fevereiro_2014

lixamento e resistência a solvente, com catálise 5:1. A empresa ainda oferece ao mercado a linha Duxone, que possui uma diversa gama de complementos para atender todo o tipo de necessidade das oficinas de pequeno a médio porte. São eles: primer PU DX1504 e DX1820 – “todos com bom poder de enchimento, rápida secagem, fácil lixabilidade e resistência a solventes, atrelado a um preço competitivo de mercado”, ressalta Tales L. Mello, líder de segmento tradicional. Na linha de alta tecnologia, a Axalta possui a linha ChromaPremier Pro, que apesar de ser uma linha base solvente, apresenta produtos alto sólidos e de baixo VOC, alinhados com a plataforma de recursos globais. Nesta linha está o Primer PU 3344XS, de grande versatilidade, pois possui o sistema Value Shade, que permite o preparo do primer na cor que mais se adequa. “Ele

é um produto de alta produtividade, possui grande poder de enchimento e também apresenta a característica de controle de lixamento, que facilita na finalização do acabamento para a pintura”, explica Fabiana Verbickas, líder de desenvolvimento de produto. Para o mercado de base água, a Axalta possui a linha de complementos Standox VOC. Esta linha veio completar o portfólio dos produtos ambientalmente corretos, primer e vernizes de alto poder de sólidos e baixo VOC. Como principal característica desta linha estão os primers, que prometem facilidade de aplicação, alto poder de enchimento, secagem rápida e facilidade na lixabilidade, tornando a oficina cada vez mais produtiva. A Axalta também possui, para clientes que querem incrementar as vendas em sua oficina, o sistema de pintura MPR (Micro Paint Repair). Este sistema é composto de uma massa e um primer com secagem UV, que proporciona a conclusão de pequenos reparos em poucas horas. De acordo com Fabiana, este sistema agrega muito valor na venda de reparos pequenos, já que hoje, dentro de uma linha normal de reparação, o veículo pode ficar mais de um dia para a conclusão do serviço.

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 11


... >> C omplementos automotivos << .......... “Com o MPR a oficina pode trabalhar com uma linha independente e aumentar seu faturamento com serviços particulares, já que o carro pode ser entregue em poucas horas ao cliente, caso utilize o sistema”. Já a massa, que também compõe o sistema de pintura, possui secagem com lâmpada UV de 250 watts de dois minutos. O primer com esta mesma lâmpada apresenta secagem em três minutos e está pronto para lixar e realizar o acabamento. Ambos possuem facilidade de aplicação, pois não necessitam de catalise; o primer é aplicado em spray eliminando a necessidade da pistola convencional. A Brasilux oferece aos seus clientes uma gama de produtos para auxiliar o profissional no preparo de pinturas automotivas. Dentre eles, Ricardo Araújo, da equipe técnica da empresa, destaca a massa rápida e o primer, que oferecem alto poder de enchimento e secagem rápida à base de poliuretano ou laca nitrocelulose.

Há um ano, a Brasolv lançou no mercado sua linha de complementos automotivos, chamada Original Car. De acordo com Juliana Pellegrino, gerente de vendas, trata-se de uma linha completa, que inclui desde as massas plásticas, poliéster e rápida, até os primers Universal e PU, seladora para plásticos, batida de pedra, removedor pastoso e promotores de aderência, tais como preto fosco vinílico e wash primer.

A Brazilian oferece ao mercado uma ampla linha de complementos automotivos. “Os produtos oferecem o que há de melhor no mercado, com inovações e tecnologias para o segmento automotivo”, explica Margareth Pummer, gerente de marketing da empresa. Os produtos em questão são: Seladora para plástico - utilizada na aplicação em peças de plástico para promover a aderência da tinta; Fundo selador, que é um promo12 • fevereiro_2014

tor de aderência e anticorrosivo indicado para a preparação de superfícies de metais ferrosos e não ferrosos, promovendo a aderência e protegendo contra corrosão. O produto está disponível em Wash Primer e preto fosco vinílico; Batida de Pedra - não inflamá-

vel, indicado para ser aplicado na parte externa e inferior da carroceria do veículo, está disponível nas cores preta e branca; Massa Rápida - produto de alta consistência, indicado para corrigir pequenas imperfeições, disponível nas cores branca e cinza; Removedor Pastoso - de consistência gelatinosa é indicado para a remoção de tintas; Retardador usado em pequenas proporções na diluição de tintas, realça o brilho e evita o branquea­mento; Nivelador de toque – é indicado para nivelar as extremidades do retoque em acabamento automotivo; Solução Desengraxante - indicada para remover a oleosidade das peças antes da aplicação da tinta; Primer Universal Colormix - indicado para a preparação de superfície metálica ou de madeira, possui secagem rápida e fácil lixamento; Primer PU Colordur – possui alto poder de enchimento, excelente flexibilidade, ótimo rendimento e fácil de lixar. Devido a sua excelente flexibilidade é ideal para aplicar sobre para-choque; Quick Primer PU HS – de secagem rápida, oferece alto poder de enchimento, excelente rendimento e fácil de lixar, de acordo com Oliveira. Aplicado em condições normais e secado a 25ºC, após uma hora já pode ser lixado. O produto é comercializado na catalise 5:1 e também 4:1:1. A Evercoat apresenta três produtos para o segmento de complementos automotivos: A Z Grip é uma massa poliés­ ter de última geração e de alta performance, segundo informa o diretor comercial Mauro Pacheco. “De aspecto leve e liso é de fácil aplicação, rápida secagem, muito fácil para lixar e não deixa poros”, afirma. Além disso, o produto adere em alumínio, zinco, aço galva-

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 13


.. . >> C ompl e m e ntos a u tomotivos << .................................................................................... nizado e fibra, entre outros. O Poly-­flex é uma massa poliéster destinada a plásticos (para-choques), possui aspecto leve e liso, é de fácil aplicação e lixamento, rápida secagem e bastante flexível, prometendo não se romper até um ângulo de 77º e nem trincar, e também aderindo aos mesmos substratos do produto anterior. Finalmente a Evergold é uma massa poliéster ultrafina, perfeita para acabamento final de pequenos e grandes reparos, pode ser aplicada por cima da tinta e oferece, de acordo com Pacheco, excelente adesão, rápida secagem e fácil lixamento, além de ser resistente a manchas. A Luztol está lançando, dentro de sua linha de complementos automotivos, dois produtos já conhecidos do mercado, mas que a empresa ainda não os

14 • fevereiro_2014

fabricava. São eles: Wash Primer Vinílico Amarelo e o Luztol Removedor Pastoso. O primeiro é um produto com características próprias, de acordo com o químico responsável Claudemir Rodrigues, utilizado na indústria para a aplicação em superfície de difíceis aderências, como por exemplo, substratos metálicos, galvanizado, zincado, metais ferrosos e não ferrosos. Já o Removedor Pastoso é um produto que tem como principal função retirar resíduos de difícil remoção. Nos últimos dois anos a Maxi Rubber lançou para o mercado de repintura automotiva diversos produtos. A Massa Poliéster, disponível em embalagens de 750 g, 1 Kg e 1,5 kg, é um produto de alta tecnologia destinado à correção de imperfeições em diferentes substratos como superfícies metálicas, alumínio, galvanizado, fibra de vidro e madeira. Segundo Leandro Carlos, diretor de arte da empresa, suas principais vantagens são a fácil aplicação e o excelente lixamento. A empresa disponibiliza uma linha completa de primers PU. São cinco opções do produto, com destaque para os dois últimos lançamentos: Primer PU 51 - catalisado apenas onde não há ne-

cessidade de diluição (pronto para uso); e o Primer PU 611 - na cor preta é ideal para o preparo de superfícies que recebem tintas escuras, gerando maior economia de produto. “Toda a linha oferece bom desempenho e diferentes opções de catálise. Sua principal vantagem é o rendimento e a secagem rápida, otimizando o trabalho realizado”, conclui Carlos. A Roberlo apresenta o Siltex800, um revestimento que dispensa o uso de primer para a proteção de batidas de pedra, que pode ser pintado úmido sobre úmido. Outro destaque é a Massa Poliés­ ter Plus 12, que se apresenta em uma nova embalagem. “O produto oferece mais rapidez e facilidade no lixamento”, promete R. Bigal, gerente nacional de vendas. Já o Primer Platinum, de acordo com Bigal, é a última geração de primer na Europa, que chega ao Brasil

com enchimento sem igual no mercado, além de secagem e lixamento incrível. A Roberlo ainda oferece ao mercado a Massa Alumínio, com pigmentos de alumínio, leve e com superenchimento e isolamento perfeito. Da linha de massas poliéster, a empresa disponibiliza a Resinplast e a Masticplast, ambas com fibra de vidro (longas ou retalhadas) e a SN96, que é um produto que pode reconstruir partes em aço que sejam utilizadas como suporte e criar roscas para parafusos, prometendo tanto resistência, quanto dureza. “Apresentamos ainda a Massa A80, uma massa inédita e exclusiva, líquida, para ser aplicada em grandes superfícies. Ela é fácil de lixar e possui secagem rápida’, finaliza Bigal.

A Sherwin-Williams Divisão Automotiva oferece uma completa linha de complementos para o mercado de repintura automotiva. São desde produtos para as oficinas tradicionais até produ-

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 15


.. . >> C ompl e m e ntos a u tomotivos << .................................................................................... traPrime P31 A (cinza) é o um primer semelhante aos anteriores, porém indicado para grandes áreas, dispensando o uso de controle de lixamento e de aditivos flexibilizantes para plásticos.

tos com tecnologia de ponta, indicados para as oficinas de alta produtividade. Os mais recentes são: SpectraPrime P30 A (cinza), P30B (preto), P30W (branco) e P30 R (vermelho) – são primers de alta performance, indicados para a preparação de superfícies metálicas em pequenas áreas, especialmente para receber acabamentos como AWX e Ultra7000 Ultrabase. Possui alto teor de sólidos, excelente poder de enchimento, lixamento rápido e fácil. Sua secagem pode ser acelerada quando utilizado em conjunto com o diluente acelerado SR15 (20 minutos ao ar) ou AS8 (45 minutos ao ar), conforme necessidade de utilização. Dispensa o uso de controle de lixamento e de aditivos flexibilizantes para plásticos. “Quando utilizados juntos em mesclas, possibilitam economia na aplicação de cores com baixo poder de cobertura e pode reduzir em até 50% o número de passadas de tinta”, explica Renato de Souza Freitas, analista de comunicação. O Spec-

16 • fevereiro_2014

A Skylack disponibiliza para o mercado a Skydur Alto Sólidos, uma linha de complementos automotivos desenvolvidos para aumentar a produtividade das oficinas e colaborar com o meio ambiente, já que possui menor índice de VOC em relação à linha tradicional. Além dos vernizes, a linha compreende: Primer Poliuretano HS Cinza 9.500, um produto bicomponente de alto rendimento e alta performance, que apresenta propriedades de secagem ultrarrápida, alto teor de sólidos, alta resistência a intempéries e boa resistência ao thinner. “Além disso, apresenta ex-

celente aderência, dureza e flexibilidade e possui cargas e resinas nobres, resultando em um acabamento de fácil lixamento. É indicado para o preparo de superfícies ferrosas, para acabamento com base poliéster, esmalte PU, esmalte sintético e laca nitrocelulose”, explica Vanessa Rossi, do marketing da empresa. A empresa também disponibiliza ao mercado o Primer Poliuretano HS 9450 5:1, que é um produto de alto rendimento, apresenta fácil manuseio e secagem ultrarrápida resultando em agilidade na oficina. Da mesma linha ainda destaca-­se a Massa Poliéster K7, indicada para correções de defeitos e imperfeições em superfícies metálicas (ferro, alumínio, zinco e estanho) e também em fibra de vidro. Segundo Vanessa, ela apresenta alto teor de sólidos, menor porosidade, excelente enchimento e aderência. Possui fácil aplicação e lixamento, secagem ultrarrápida e boa aderência sobre aço, galvanizado e alumínio. Na linha tradicional, a Skylack reformulou os seus primers no ano passado, com a finalidade de atender ainda mais as exigências do mercado de repintura automotiva. São produtos que prometem secagem em quatro horas, ótimo enchimento, alastramento e lixamen-

to. Seus nomes comerciais são Primer 9000, 9100, 9200 e 9300. Dos diversos produtos lançados pela Weg Tintas para o segmento de complementos automotivos, Reinaldo Richter, diretor superintendente da Weg, cita os seguintes: Multi Primer, um produto 3 em 1, que é selador, flexibilizante e primer de enchimento. De cor cinza, possui altos sólidos, excelente poder

de enchimento, ótimo rendimento e fácil lixamento. O Wet Primer Cores que é um primer de enchimento e é para aplicação úmido sobre úmido. Colorido, o produto é ideal para ser aplicado na mesma cor da tinta de acabamento a ser utilizada na repintura, o que resulta em economia de tinta, a etapa mais cara do processo.

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 17


... >> A RTI G O < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ..............................................................................................

Alice no país do planejamento Mesmo os contos infantis não são assim tão inocentes e ensinam: quem não sabe aonde quer chegar, pode não chegar a lugar algum Por Rafael Ferreira, Gerente de Marketing e Comunicação da Montana Química S.A.

Quem não se lembra do gato, ao falar com Alice no “País das Maravilhas”? A conversa entre os dois é mais ou menos assim: “Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui?” “Isso depende muito de para onde queres ir” - respondeu o gato. “Preocupa-me pouco aonde ir” - disse Alice. “Nesse caso, pouco importa o caminho que sigas” - replicou o gato. O que tem a ver esta história com o planejamento de uma loja de tintas? Tudo. Se você não sabe aonde ir, qualquer caminho serve. É só lembrar que todo começo de ano é o momento ideal para que o lojista inicie seu planejamento com base nos resultados do período anterior. O planejamento estratégico é fundamental não só para as grandes lojas, mas também, e particularmente, para as pequenas e médias. É o instrumento que definirá o posicionamento, o perfil pretendido, as ações, os concorrentes, os pontos fortes e os fracos, as ameaças e oportunidades de seu negócio. Por meio do planejamento é possível estabelecer ações de curto, médio e longo prazo, para que o negócio possa ser bem-sucedido e tenha um rumo ao lon-

18 • fevereiro_2014

go do ano. Contudo, avaliações periódicas da implementação das ações planejadas e até reavaliações são importantes no decorrer do período. Não basta estabelecer metas e esquecer-se de medir os resultados. Os números são indispensáveis para as medições dos resultados. Por exemplo, abrir uma loja em determinado bairro, melhorar as margens, vender produtos de valor agregado, estratégias para atrair mais pintores

e com eles mais e novas oportunidades. Com planejamento, cada lojista é capaz de definir metas realistas e que adiante proporcionarão retorno em lucratividade. Retomando a conversa entre o gato e a Alice, fica uma lição importante. Para uma loja que não tem parâmetros ou caminhos bem definidos a serem seguidos, qualquer caminho serve. Pense nisto e bom planejamento para 2014.

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 19


. .. >> Air l e ss < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ...............................................................................................

Granditer apresenta máquinas de pintura airless que aliam alta tecnologia com custo acessível A marca é 100% nacional e garante reposição de peças, custo inferior aos das máquinas importadas, suporte e assistência técnica local, além de diferenciais no processo de aplicação Após dois anos de pesquisas e desenvolvimento, chega ao mercado as máquinas de pintura airless da marca Granditer. Com investimento da ordem de R$ 8 milhões, os equipamentos foram desenhados, projetados e fabricados no Brasil pela Granditer, empresa que faz parte do grupo Profit Bank. A fábrica está localizada na zona norte de São Paulo (SP) e, inicialmente, sua linha compreende dois modelos de forte destaque: GT 3000 e a GT 1000. Ambos são equipamentos robustos, silenciosos e elétricos. Contam com um sistema exclusivo de controle absoluto da pressão, do fluxo e do jato da tinta, fator que gera alta economia de produto e melhores resultados de aplicação.

“Nossa tecnologia garante controle total do RPM do motor, o que proporciona controlar a velocidade para cada tipo de aplicação. Desta forma, o usuário consegue executar o serviço em áreas grandes, médias e pequenas da forma mais adequada possível. Este é o maior diferencial das máquinas Granditer em relação às existentes no mercado.”, constata o gerente comercial da empresa, Roberto Corona. O modelo GT 3000 é considerado de alta performance. Pode trabalhar com duas pistolas, sendo ideal para serviços em residências e indústrias. Foi desenvolvido para aplicar tintas látex, acrílica, verniz, esmalte, epóxi de baixa e média viscosidade, impermeabilizantes, mas-

Roberto Corona (à direita), gerente comercial da Granditer, ao lado da máquina de pintura airless GT 3000 fabricada no Brasil

sa corrida e texturas lisas. Possui motor trifásico com entrada monofásica 220v e tem um pressostato digital programável que garante máxima precisão da pressão desejável para cada tipo de aplicação, podendo trabalhar com o mínimo de 150 até 3600 PSI. Já a versão GT 1000 possui características similares, entretanto, trabalha com uma pistola e foi desenvolvida para aplicação somente de tintas. As duas versões possuem 6 meses de garantia. Benefícios por ser 100% nacional Segundo Corona, a Granditer é a primeira fabricante brasileira de máquinas para pintura airless na América do

20 • fevereiro_2014

Sul e isso tem vantagens significativas, principalmente para o bolso do pintor. De acordo com o gerente comercial, o equipamento da marca pode chegar a custar 40% menos se comparado aos preços dos importados. A venda é feita diretamente na fábrica que possui capacidade atual de produção em torno de 60 máquinas/mês. “Sendo produzido no Brasil, o cliente não fica dependendo das variações do dólar e custo do frete. Conseguimos melhor preço e garantimos facilidades de pagamento, pois queremos ajudar o pintor no aperfeiçoa­ mento de seu trabalho. Com o airless, ele tem condição de melhorar a eficiên­ cia e qualidade do serviço de pintura, além de conseguir melhores obras”, ressalta Corona ao destacar também o excelente atendimento promovido pela Granditer: “Temos profissionais qualificados para dar treinamento aos clientes e todo o suporte técnico e comercial que for necessário. Além disso, garantimos a reposição de peças com nosso estoque local”. E como o objetivo da empresa é levar o sistema airless ao alcance dos profissionais de pintura como já é feito em todo mundo, em breve a Granditer irá inaugurar uma loja que comercializará as máquinas da marca e acessórios (multimarcas). Além disso, prevê o lançamento da GT 5000, novo modelo de máquina de pintura airless que será elétrica e à gasolina, com capacidade de vazão de 8 litros e podendo ser trabalhada com três pistolas. /jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 21


. .. >> Tintas antic h amas < < . . .................................................................................................

Mercado de tintas antichamas e intumescentes evolui no Brasil

O trágico incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), que matou 242 pessoas há pouco mais de um ano (o acidente ocorreu em 27 de janeiro de 2013) acabou sendo foco para a sociedade e órgãos públicos se conscientizarem mais sobre a importância da prevenção e proteção contra incêndios nos ambientes. Nessa linha, o ocorrido influenciou muito o aumento pela procura de tintas antichamas. “A tragédia de Santa Maria foi um marco neste mercado. Neste último ano a procura e venda deste tipo de produto aumentou significativamente”, comenta o gerente técnico da Liko, Dênio S. Guerra. Com isso, conforme salienta o chefe de marketing da WEG Tintas, Sandro Oliveira, as empresas aceleraram seus projetos e incrementaram o portfólio com mais opções de tintas intumescentes e antichamas. “Com certeza a tragédia de Santa Maria contribuiu para acelerar estes desenvolvimentos. Infelizmente tivemos que passar por algo assim para despertar o interesse por tintas com estas propriedades”, menciona. Rodrigo Arce Quintanilla, da área de comunicação comercial da Selak, concorda que o acidente em Santa Maria movimentou o mercado de proteção passiva e explica que, a partir daí, o mercado anunciou que a fiscalização seria mais rigorosa e isso aumentou automaticamente a demanda por produtos que atendessem as exigências do fiscalizador. “De fato, no nosso caso, o volume de vendas aumentou e tivemos que aumentar a produção e o processo de fabricação teve que se adaptar ao mercado, sendo o pós-venda fundamental, já que cada cliente tem uma necessidade específica”, conta Quintanilla. Gabriel Esteban Zenobi, gerente América do Sul para proteção passiva contra fogo da International Paint, marca da unidade Marine Protective Coatings da AkzoNobel, também notou que, após a tragédia, houve um maior número de consultas e de requerimentos sobre os produtos antichama e acredita que, no futuro, a demanda deste mercado continuará aumentando e requerendo soluções cada vez mais específicas. Normas mais rígidas e busca por informações mais precisas Contudo, o diretor da Renner Coatings, Luiz An22 • fevereiro_2014

dré Ortiz, afirma que o mercado já estava em expansão antes do acidente. Segundo o executivo, as normas de segurança federais, estaduais e municipais vêm sendo cada vez mais rigorosas. “O ocorrido em Santa Maria acelerou as ações que já estavam planejadas”, diz. Um outro ponto, que é observado por Marcel Picheli, gerente de produto, e Priscila Tavares, coordenadora de desenvolvimento de mercado, ambos da Sherwin-Williams, unidade Sumaré, é a existência de uma mudança de cenário decorrente não somente de incêndios, como também pelo aumento de novos projetos que envolvem grandes estruturas metálicas e, com isso, o emprego de novas tecnologias de proteção passiva.  “Não só a tragédia em Santa Maria, mas outros diversos incidentes, bem como os investimentos em novos projetos de centros tecnológicos, museus, hotéis e shoppings, que ocorreram no último ano, contribuí­ ram para o aumento da atenção nesse segmento de proteção passiva contra incêndios”, atentam Picheli e Priscila, ao ressaltarem que o mercado de revestimentos intumescentes passou a ser mais demandado também em função das exigências cada vez mais rígidas por parte dos órgãos reguladores competentes. Entretanto, apesar de mudanças na legislação e do maior rigor do Corpo de Bombeiros, na opinião do gerente técnico da Liko, Dênio S. Guerra, o mercado ainda carece de informações mais precisas quanto à especificação, normatização e uso destes produtos. “Tanto o consumidor final como alguns técnicos ainda encontram dificuldades para especificar onde, quando e qual produto utilizar em cada caso. Certamente este assunto ainda precisa ser mais explorado!”, atenta Guerra. Nesse sentido, Akiko Ribeiro, diretora de negócios da divisão Protective & Marine Coatings da PPG Industries do Brasil, também nota que na maioria dos casos ainda é ausente o conhecimento da importância de se aplicar o produto correto, da forma correta. Segundo ela, para que a função PFP (Passive Fire Protection) seja garantida, é necessário que os parâmetros técnicos e os produtos aplicados sejam muito bem definidos. “É fundamental a certificação em testes que se certifiquem que a espessura aplicada é realmente

a necessária para a proteção naquela determinada condição, pelo tempo esperado. Falhar em obter essas informações pode nos levar a surpresas com impacto em vidas no momento em que conta-se com o desempenho do produto. Em contrapartida, é evidente o interesse do Corpo de Bombeiros em garantir que o produto certo seja aplicado da maneira correta”, analisa Akiko.   Proteção ao fogo Nesta matéria, o leitor terá a oportunidade de conhecer as tintas antichamas disponíveis no mercado brasileiro que têm como principal função agir no retardo da propagação da chama. Sua formulação especial permite que a chama sobre o filme se apague, evitando a propagação da mesma e de novos focos de incêndio. Numa situação de emergência, essa tinta permite um tempo maior para as pessoas evacuarem o local, retardando a propagação das chamas por aproximadamente 30 minutos, cerca de vinte vezes mais tempo do que as tintas convencionais, e sem a emissão de gases tóxicos. O segmento conta também com a tinta intumescente que tem finalidade diferente: sua função é a de evitar o colapso da estrutura metálica em caso de incêndio. Este produto impede também a formação de fumaça e irá intumescer até o período que foi programado, que normalmente é de 1 hora até entrar em colapso e desabar. Outro produto citado é o acabamento ignífugo que pode retardar a propagação de chamas em ambientes com grande uso de madeira, como teatros, cinemas, hotéis e mesmo residências. A tecnologia mantém a madeira isolada da chama por mais tempo. A International Paint, marca da unidade Marine Protective Coatings da AkzoNobel, tem forte destaque em revestimentos intumescentes de proteção contra fogo para aço estrutural, com produtos testados pelos mais rigorosos padrões para assegurar tanto a proteção a vida das pessoas como proteção da propriedade. Através das marcas Interchar e Chartek a empresa atende a uma variedade de mercados, desde infraestruturas comerciais até o mercado de óleo e gás /jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 23


. .. >> Tintas antic h amas < < . . ................................................................................................. offshore e instalações de processamentos químicos. Gabriel Esteban Zenobi, gerente América do Sul para Proteção Passiva Contra Fogo, explica que a linha Interchar, de intumescentes da International Paint, foi desenvolvida para fornecer segurança às pessoas, protegendo o aço estrutural do fogo celulósico por períodos de até três horas. “Estes revestimentos são associados a uma variedade de aplicações, incluindo edifícios e infraestruturas comerciais como aeroportos, escritórios, escolas, hospitais, lojas e estádios”, aponta. Segundo Zenobi, a linha Chartek é

24 • fevereiro_2014

reconhecida como líder do mercado de óleo & gás e sinônimo de proteção contra fogo intumescente. “Capaz de oferecer o menor peso aplicado do que qualquer outro produto de proteção contra fogo, o Chartek 7 é a primeira opção para a proteção de estruturas metálicas em situações de incêndio de Hidrocarbonetos, tanto em plataformas offshore quanto em refinarias e plantas petroquímicas”, afirma. Por meio de constantes pesquisas e desenvolvimento de novos produtos para o mercado de fogo celulósico, a International Paint lançou, recentemente, vários produtos intumescentes à base d’água focados na proteção para 60, 90 e 120 minutos, são eles: Interchar 1160, 1190 e 1120 que serão introduzidos no mercado brasileiro ao longo do ano. “Na linha específica para proteção contra fogo de hidrocarbonetos – o Chartek - continuamos no processo de pesquisa e desenvolvimento para otimizar ainda mais a performance dos nossos materiais e esperamos lançar uma nova geração do Chartek ainda neste ano”, avisa o gerente ao destacar que com a marca International Paint, a AkzoNobel está comprometida em promover à indústria de proteção passiva contra fogo novas soluções para proteger pes-

soas e ativos. “Ao compartilhar o nosso conhecimento e trabalhar em parceria com nossos clientes, vamos continuar fornecendo soluções tecnológicas de ponta”, finaliza Zenobi. A Liko Tintas Industriais oferece ao mercado o Likchamas, tinta e verniz retardantes de chama (antichama). O produto é oferecido nas versões Verniz Base Água e Sistema Tintométrico base solvente (colorido). O gerente técnico da Liko, Dênio S. Guerra explica que, como o próprio nome já diz, o Likchamas tem a finalidade de retardar a propagação das chamas e aumentar o tempo para que as pessoas consigam deixar o ambiente. Esta tinta pode ser aplicada em ambientes internos e externos, como: portas corta-fogo, saídas de emergência, corredores, forros, vãos de escadas e demais áreas onde se necessita de proteção antichama. Aplicável em madeira, concreto, alvenaria, ferro, galvanizado, entre outros, sempre sobre primer recomendado. A fabricante assegura ao produto secagem extra rápida, fácil aplicação e alta performance que garante retardar o avanço das chamas em até 30 minutos. “Vale lembrar que o Likchamas não utiliza compostos bromados ou clorados

na sua composição, e por isso não emite gases tóxicos quando exposto às chamas”, acrescenta Guerra ao destacar também que a Liko continua focada no desenvolvimento de produtos de alta tecnologia, e deve lançar em 2014 uma nova linha de retardantes de chama com características superiores aos atuais. A Perfortex Tintas oferece três produtos neste segmento antichama. Um deles é o Durathene 35 Anti-Flama SB - Ref. 22.154, tinta poliuretano/alifático de acabamento desenvolvido para ter excelente desempenho no retardamento da propagação do fogo. Segundo Gustavo Lopes, da área de marketing, possui boa resistência à produtos químicos, abrasão e intempéries. Outra opção é o Perforlack Acaba-

/jornaldopintor


/jornaldopintor

2014_fevereiro â&#x20AC;˘ 25


. .. >> Tintas antic h amas < < . . .................................................................................................

mento SB Anti-Flama - Ref. 22401, tinta de acabamento que promete fácil aplicação, alto poder de cobertura e rápida secagem, além do bom desempenho no retardamento da propagação do fogo. Possui boa resistência às intempéries urbana, rural ou marítima. A empresa conta ainda com o Perforterm Anti-Flama Intumescente - Ref. 22110. Sob ação do fogo, este produto desenvolve uma espuma microporosa que ajuda a impedir a propagação do fogo durante seu tempo de atuação. Este tempo está diretamente relacionado à intensidade da chama. A PPG Industries do Brasil, através da divisão Protective & Marine Coatings, possui duas linhas de produtos neste segmento: Pitt-Char® XP que é indicado para fogo de Hidrocarboneto (ex. petroquí-

26 • fevereiro_2014

micas, refinarias, plataformas), e a linha Steelguard indicada para fogo celulósico e que possui aprovações internacionais como Norsok e é certificada por institutos de renome mundial. “Além disso, é um produto já utilizado no Brasil com enorme sucesso e reconhecido mundial e localmente por sua facilidade de aplicação e qualidade de proteção”, informa Akiko Ribeiro, diretora de negócios da divisão Protective & Marine Coatings da PPG Industries do Brasil. Essa linha Steelguard deve ser aplicada em ambientes internos e externos, e em diferentes níveis de agressividade, variando de C1 a C4, oferecendo resistência passiva por diferentes períodos de tempo (60, 90 e 120 minutos), de acordo com a necessidade apontada pelo Corpo de Bombeiros.

Quanto ao revestimento Pitt-Char® XP, no segundo semestre de 2013 o produto evoluiu, ganhando uma nova aplicação. Nela, o revestimento – um epóxi intumescente flexível – oferece tanto proteção passiva contra o fogo (Passive Fire Protection) como contra temperaturas extremamente baixas, como nos casos de derramamento de líquido criogênico. “É importante destacar que o Pitt-Char® XP possui como característica uma maior flexibilidade, que garante a integridade do filme após explosões, certificando a sua função de proteção nesses casos”, explica Akiko ao ressaltar que, além de proteger na hora do acidente, esse produto também auxilia na proteção anticorrosiva, garantindo o desempenho adequado nas horas mais importantes. A executiva reforça que, além de fornecedora dos produtos, a PPG também oferece orientações quanto à preparação da superfície, critérios de aplicação e cálculos de espessura de acordo com as certificações internacionais, garantindo 100% da eficiência da proteção passiva em caso de incidente. Para a linha de produtos antichamas, a Renner Coatings acaba de lançar o Polidura Firecoat, tinta e verniz para uso

residencial, comercial e industrial. Conforme explica o diretor Luiz André Ortiz, o produto age retardando a propagação das chamas durante um incêndio evitando também a emissão de gases tóxicos gerados pela queima do substrato. De fácil aplicação, é indicada para concreto, reboco, madeira, papelão, espuma de PU e metais previamente pintados com tintas base água e base solvente de alta qualidade. Para o primeiro trimestre de 2014 a empresa também se prepara para o lançamento de uma linha antichamas direcionada para a pintura de portas corta-­ fogo, a qual, segundo Ortiz, garantirá a mesma proteção e a facilidade de aplicar o produto direto sobre o substrato, sem necessidade de primer ou promotor de aderência. Já para a linha de proteção passiva

/jornaldopintor


. .. >> T intas antic h amas < < . . . ................................................................................................ intumescente, a Renner Coatings conta com o Stofire em sua linha industrial. É uma tinta base água monocomponente que se expande formando uma camada de espuma capaz de retardar o colapso do aço das estruturas metálicas que são expostas ao calor gerado por incêndios. Ortiz esclarece que, por se comportar como isolante térmico, o revestimento protege a estrutura metálica por 30, 60 e até 90 minutos, permitindo um tempo maior de fuga para as pessoas presentes no local do sinistro. O novo Polidura Firecoat começa a ser comercializado a partir deste mês (fevereiro) nas revendas da região Sul e Sudeste, e o Stofire está disponível por pedido, via representantes comerciais regionais ou pela Central de Soluções Renner. O acabamento ignífugo da Sayerlack, disponível em sistema pigmentado e transparente, torna os ambientes mais seguros ao retardar a propagação das chamas em madeira e emitir menos fumaça, possibilitando mais tempo para a evacuação da área e facilitando o trabalho do corpo de bombeiros no combate ao fogo. Desenvolvida nos laboratórios do Brasil e Itália, após inúmeros estudos e

/jornaldopintor

testes de resistência,a essa tecnologia chegou ao ponto ideal em que, ao contato com as chamas, a camada do verniz ou laca é carbonizada, o que mantém a madeira isolada da chama por mais tempo. No site da Sayerlack e no YouTube é possível assistir a um vídeo que demonstra a ação desse acabamento (www.sayerlack.com.br/acabamento-­ ignifugo/).

Sibélia Vito Moreno, do departamento de marketing da empresa, explica que, por ser à base d’água, o acabamento ignífugo da Sayerlack tem baixa emissão de VOC (Compostos Orgânicos Voláteis) para a atmosfera, o que faz dele um produto ecologicamente correto - não agride o meio ambiente, tem baixíssimo odor e preserva a saúde humana. “Mesmo quando exposto à chama, o produto não libera toxinas na fumaça, permitindo o abandono da área com maior segurança”, reforça Sibélia. O sistema na versão pigmentado é

indicado para divisórias, móveis em geral, portas de madeira, casas pré-fabricadas de madeira, forros, telhados e revestimentos acústicos de uso interno, entre outras aplicações. Já o transparente é indicado para divisórias internas, portas e janelas em condomínios residenciais e pisos de madeira para qualquer tipo de construção. A Selak fabrica e comercializa sua linha de segurança contra incêndio Firelak Retardante de Chama e Firelak Intumescente, já conhecida no mercado. São revestimentos para aplicação em madeira, tanto de verniz incolor quanto de tinta branca, além de proteção para estruturas metálicas. Ao longo do ano de 2013, a empresa trabalhou na ampliação de sua carteira de clientes e no lançamento de novos produtos . “Felizmente, esse trabalho de pré e pós-venda deu frutos, principalmente no segundo semestre do ano passado, o que permitiu dar continuidade ao desenvolvimento de aplicações mais específicas. Esperamos que 2014 seja o ano da ampliação de nossa linha”, declara Rodrigo Arce Quintanilla, da área de comunicação comercial da Selak. E essa projeção já teve seu primeiro

resultado. Neste mês de fevereiro, a empresa apresenta uma nova linha de Tinta Intumescente. “Foram quase 15 meses de estudo de mercado e negociação em busca de um produto de primeira linha, que conseguisse atender ao mercado de proteção passiva para estruturas metálicas”, conta Quintanilla. A nova linha é a Promapaint, da multinacional Promat, que será inicialmente vendida e distribuída pela Selak. “Para isso, contamos com as especificações técnicas do produto traduzidas e juramentadas ao português, pois queremos vender um produto que o cliente também possa conhecer e recomendar em nosso idioma”, diz o executivo ao lembrar que, além disso, todo o material no idioma original (inglês), bem como a tradução juramentada, também foram apresentadas ao Corpo dos Bombeiros para análise. “Atualmente, a exigência de proteção passiva em estruturas me-

2014_fevereiro • 27


. .. >> Tintas antic h amas < < . . ................................................................................................. tálicas chega até 120 minutos, e estaremos em condições de atender isso. Se as vendas acompanharem, também há planos de fabricação do material localmente”, avisa Quintanilla. Cabe destacar também que neste ano a Selak mudará de endereço. A empresa sairá da atual fábrica na zona sul de São Paulo (SP) para uma nova unidade fabril, maior e mais moderna, no município de Mogi das Cruzes (SP). Nessa nova fase, a Selak estreará nova imagem, logo e processo de fabricação com o objetivo de aumentar significativamente as vendas. E não acaba aí. A companhia também planeja para 2014 novos ensaios de produtos com aplicações mais específicas, tais como tecidos e carpetes, sistemas elétricos, entre outros.

Em 2013 passou a fazer parte do port­fólio da Sherwin-Williams, unidade Sumaré, a linha de revestimentos intumescentes Firetex, composta por produtos para proteção passiva contra fogo a base de hidrocarbonetos indicada para os mercados offshore e onshore, como refinarias e instalações químicas. Os produtos podem ser usados em cenários de pool fire e jet fire.

Marcel Picheli, gerente de produto, e Priscila Tavares, coordenadora de desenvolvimento de mercado, ambos da Sherwin-Williams, unidade Sumaré, esclarecem que o Firetex funciona com o calor: “em contato com o fogo, o produto começa a se expandir para que o aço seja protegido e não entre em colapso, dando mais tempo às pessoas para evacuarem o local, em caso de incêndio”, explicam.

28 • fevereiro_2014

Segundo os executivos, além disso, a empresa está investindo no desenvolvimento de uma linha de proteção contra incêndio celulósico - produtos base água e base solvente - indicados para o mercado civil como hotéis, galpões, shoppings, hospitais, entre outros projetos como instalações industriais que não envolvam combustíveis orgânicos. A grande novidade da WEG Tintas nes­ se segmento de mercado é o Weglack FRA 952. Trata-se de um novo esmalte sintético da linha indicado para aplicação em madeiras e, conforme destaca o chefe de marketing, Sandro Oliveira, atende a Classe A, segundo a norma NBR 9442, ou seja, atende o melhor desempenho em retardamento de chamas. “Além do esmalte sintético Weglack FRA 952 - que é a nossa grande novidade -, temos outros desenvolvimentos em fase final de testes e em homologação; e já em teste em alguns clientes. São desenvolvimentos que serão lançados ainda no primeiro semestre”, diz. A empresa também possui outros produtos como o primer-acabamento epóxi Wegpoxi FRD 313; o acabamento poliuretano Wegthane FRA 501; e o Politherm 20 Antichama. Para ambientes externos o indicado é

a pintura com o acabamento poliuretano Wegthane FRA 501; em ambientes abrigados a fabricante recomenda o Wegpoxi FRD 313; e o Politherm 20 Antichama pode ser usado em peças e estruturas que fiquem em áreas abrigadas ou desabrigadas que não recebam alta incidência de luz solar.

As tintas antichama da marca têm como principal função agir no retardo da propagação da chama e podem ser aplicadas sobre qualquer estrutura em que se queira garantir uma maior proteção contra a chama: estruturas metálicas, móveis metálicos, portas, sobre máquinas e equipamentos como painéis, caixas de som, entre outros. Os produtos da marca têm como parâmetros as normas internacionais que definem por quanto tempo uma tinta deve resistir e retardar a propagação da chama.

/jornaldopintor


. .. >> Prot e ção < < . . . . . . . . . . . . . . . . . . .................................................................................................

Proteja a casa da umidade das chuvas de verão e da maresia Não deixe a ação do clima deteriorar o seu patrimônio. Siga as dicas da Solventex! A estação mais quente do ano é também a mais chuvosa em boa parte do país. Dessa forma, a umidade advinda das tempestades de verão tende a ser um pesadelo para algumas pessoas, já que as construções podem apresen-

tar mais mofo, infiltrações e ferrugem. Quem tem imóvel em cidades litorâneas também aproveita o período para cuidar de esquadrias, janelas, portões e preservar as estruturas da ação da maresia.

/jornaldopintor

Existem atitudes que podem ser tomadas para prevenir o problema. Quem não sonha com uma casa linda, nova, sem umidade, rachaduras ou imperfeições? É muito mais fácil e econômico do que se imagina. Uma solução é a aplicação de textura e gel envelhecedor nas paredes que apresentarem este problema. A textura é hidrorrepelente, evitando a ocorrência de umidade. É necessário que vazamentos ou infiltrações sejam consertados antes da aplicação da textura. Estas duas técnicas dão um efeito incrível e transformam totalmente o visual, corrigindo imperfeições e resultando em uma casa com aparência de recém-construída. Na hora da pintura, o tipo de acabamento deve ser levado em consideração para evitar os efeitos negativos que a influência do clima pode causar. As tintas

com acabamento semibrilho e acetinado, por exemplo, são as mais indicadas para esta situação, por conta de sua película impermeabilizante que dificulta o surgimento do bolor. Nas áreas externas, o uso do látex acrílico, como o da linha  Viniltex Premium, é uma boa opção, já que embeleza o ambiente e ainda protege a construção da ação do tempo. A maresia pode levar ao enfraquecimento das estruturas ferrosas da construção e também a enferrujar janelas, portões e demais partes metálicas do imóvel. Por isso, é importante proteger esses materiais aplicando o Zarcotex, um primer de alta proteção anticorrosiva a base de óxido de ferro metálico, com diversos tipos de acabamento e cores como vermelho, preto ou laranja, que pode ser usado tanto em ambientes internos quanto externos. O Primertex também pode ser usado em superfícies ferrosas e de madeira para proteger da ação da maresia antes de receber acabamento. Também pode ser aplicado em ambientes internos e externos e tem mais variedade de cores:

branco, preto, cinza, verde, vermelho e laranja. Para um melhor resultado, estes produtos devem ser aplicados na superfície limpa, isenta de mofo, gordura, poeira, graxa ou oxidação. Lembre-se de que a escolha do produto adequado garante proteção e longevidade ao imóvel, sem comprometer sua aparência.

2014_fevereiro • 29


G U IA

30 • fevereiro_2014

DE

P ROD U T O S

&

S ERVI Ç O S

/jornaldopintor


ONDE COMPRAR BEM higienópolis

caxingui

butantã

vila formosa

Butantã

A loja mais completa de São Paulo

Central Televendas [11] 3746-3450

Vl. Sonia

Av. Prof. Francisco Morato, 3777 - (11) 3746-3450

ipiranga

Butantã

Rua Camargo, 99 - (11) 3819-5000

Jabaquara

Av. Jabaquara, 1863 - (11) 5587-1000

Osasco

Av. dos Autonomistas, 413 - (11) 3743-4000

www.tintasfamosas.com.br

TUDO PARA A PINTURA DE SUA CASA E CARRO Rua Silva Bueno, 1.949 - Tel. 2914-0955 Av. Paes de Barros, 3.354 - Tel. 2274-1433 Via Anchieta, 1.200 - Tel. 2914-6800 www.comapitintas.com.br pirituba

/jornaldopintor

2014_fevereiro • 31


ONDE COMPRAR BEM zona leste

BAURU/sp

Boituva/SP

Santo André/SP

Tintas das melhores marcas, com o melhor preço para o acabamento de sua construção. (15) (15)

3363-1303 3363-1304

www.jctintas.com.br Av. Mário Pedro Vercellino, 362 - Centro

piracicaba/SP

itajaí/sc

tintas e artigos para pintura em geral

[47]

tintajai@brturbo.com.br

Rua Alfredo Eicke, 114 Barra do Rio

piracicaba/SP

ZONA SUL

rio de janeiro/rj

A Casa Do Ramo Que Mais Barato Vende Especializada em Tintas para Automóveis e Construção • Vernizes • Esmaltes • Solventes • Pincéis, etc. Entregas Rápidas

r. Joaquim Floriano 442 - Itaim Bibi - 3074-9840 Av. Prestes Maia 635 - Centro - 3228-3611 Av. Morumbi 8281 - Brooklin - 5531-7112 R. Domingos de Moraes 749 - Vl. Mariana - 5081-7330 R. Rui Barbosa 226 - Bela Vista - 3253-0123 Av. Rangel Pestana 1400 - Brás - 3313-2418

Matriz: Av. Dom Hélder Câmara, 7721 (antiga Suburbana) Piedade - Rio De Janeiro/RJ PABX (21) 2597.2644 Fax (21) 2596.8010 Filial: R. Barão de Ipanema, 43 - Loja A Copacabana - Rio De Janeiro/RJ / PABX (21) 2235.2910 e-mail: mar@mardastintas.com.br | www.mardastintas.com.br

Santo André/SP

barueri/sp

tintas automotivas • imobiliárias • industriais • artesanato e afins

rio de janeiro/rj

Pensou em Pintar, venha para ...

Tintas Automotivas, Frota, Hospitalar, Imobiliária, Industriais e Acessórios em geral

Sistemas:Selfcolor - Coral - Lukscolor - Lazzuril [automotiva] Matriz: Rua da Prata, 652 - Jd. dos Camargos/Barueri Fone/Fax [11] 2543-6131 - sulamerica.tintas@terra.com.br Filial: Av. Independência 4911 Éden - Sorocaba/SP Fone [15] 3325-2523/3739 - Fax [15] 3325-3354 sulamericatintas@superig.com.br

av. dom helder câmara, 9440 - Cascadura - RJ tel.: [21] 2599-2606 | fax: [21] 2593-6122 www.colorimetria.com.br e-mail: colorimetria@colorimetria.com. br

Aqui não fazemos só tinta. Fazemos também amizade!!!

anuncie aqui

Para anunciar nesta seção sua loja pagará somente

R$ 203,00 por mês e receberá 25 exemplares do Ligue para: (11) 5645.0505 32 • fevereiro_2014

/jornaldopintor


BOLSA DE SERVIÇO DA rePINTURA automotiva - 2014 Esses valores são sugestivos podendo variar de região para região e não incluem montagem, desmontagem, parte elétrica e tapeçaria

SUGESTÃO BÁSICA DE ORÇAMENTO PARA REPINTURA AUTOMOTIVA:

esmalte sintético - 2014 CAPÔ

esmalte poliuretano - 2014

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

204.84

241,06

277,27

PEÇA NOVA

301,04

361,02

396,81

PEÇA RECUPERADA

241,06

277,27

313,49

PEÇA RECUPERADA

339,52

396,11

430,85

PARA-LAMA

CAPÔ

PARA-LAMA 96,20

120,53

144,86

PEÇA NOVA

168,63

204,84

241,06

120,53

144,86

181,08

PEÇA RECUPERADA

204,84

241,06

277,27

96,42

120,53

144,86

PEÇA NOVA

219,56

253,51

288,59

PEÇA RECUPERADA

120,53

144,86

181,08

PEÇA RECUPERADA

253,51

288,59

325,94

TETO

217,29

241,06

301,04

TETO

361,02

422,14

458,35

TRASEIRA COMPLETA

361,02

422,14

482,12

TRASEIRA COMPLETA

724,31

843,14

964,24

FRENTE COMPLETA

422,14

482,12

543,23

FRENTE COMPLETA

843,14

964,24

1.084,20

1.205,30

1.446,36

1.810,77

2.169,53

2.892,71

3.374,83

PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

LATERAL TRASEIRA PEÇA NOVA

PINTURA TOTAL

LATERAL TRASEIRA

PINTURA TOTAL

base poliéster - 2014 CAPÔ

base água - 2014

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

PEÇA NOVA

301,04

361,02

422,14

PEÇA NOVA

543,23

602,08

663,20

PEÇA RECUPERADA

339,52

396,11

458,35

PEÇA RECUPERADA

543,23

602,08

663,20

PEÇA NOVA

168,63

204,84

241,06

PEÇA NOVA

482,12

543,23

602,08

PEÇA RECUPERADA

204,84

241,06

277,27

PEÇA RECUPERADA

482,12

543,23

602,08

PARA-LAMA

CAPÔ

PARALAMA

LATERAL TRASEIRA

LATERAL TRASEIRA

PEÇA NOVA

217,29

252,38

288,59

PEÇA NOVA

602,08

663,20

724,31

PEÇA RECUPERADA

253,51

288,59

325,94

PEÇA RECUPERADA

602,08

663,20

724,31

TETO

361,02

422,14

458,35

TETO

724,31

0,00

0,00

TRASEIRA COMPLETA

724,31

843,14

964,24

TRASEIRA COMPLETA

724,31

724,31

724,31

843,14

964,24

1.084,20

FRENTE COMPLETA

1.205,30

1.446,36

1.810,77

2.169,53

2.892,71

3.374,83

PINTURA TOTAL

4.821,19

6.026,48

7.243,10

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

96,42

120,53

144,86

FRENTE COMPLETA PINTURA TOTAL

laca nitrocelulose - 2014 CAPÔ PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

CARRO PEQUENO

CARRO MÉDIO

CARRO GRANDE

204,84

241,06

277,27

PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

120,53

144,86

181,08

TETO

217,29

241,06

301,04

TRASEIRA COMPLETA

361,02

422,14

482,12

FRENTE COMPLETA

422,14

482,12

543,23

1.205,30

1.446,36

1.810,77

241,06

277,27

313,49

96,20

120,53

144,86

120,53

144,86

181,08

PARA-LAMA PEÇA NOVA PEÇA RECUPERADA

LATERAL TRASEIRA

PINTURA TOTAL

JP Diverte Certo dia, dois amigos estavam conversando sobre suas respectivas famílias na mesa de um bar. Depois de muito falarem sobre seus filhos, veio à vez de falar sobre a família de suas mulheres: - E você, o que tem para falar sobre sua sogra? – perguntou um deles. Após refletir por alguns minutos, ele respondeu: - Queria que minha sogra fosse uma batata... O outro perguntou: /jornaldopintor

- Como assim? É isso mesmo! - Mas explique isso direito... Isso não é justo – brincou o amigo. - Sim. Se ela fosse uma batata, já nasceria debaixo da terra! # Vendo o boletim do neto com notas vermelhas, o avô lhe dá um sermão: - No meu tempo, Zezinho, eu era o melhor aluno em história. Só tirava dez...

- Tudo bem, vô só que tem um negócio. No seu tempo, havia 60 anos a menos de história para estudar, né? # Uma mulher estava fritando um ovo, tranqüila, quando o marido chegou e começou a gritar: - Cuidado! Cuidado! Jogue mais óleo! Antes que ela tivesse qualquer reação, ele continuou: - Vai grudar no fundo! Cuidado! Vira,

vira, vira! A mulher começou a ficar nervosa: - Olha o cabo da panela! Meu Deus! O sal! O sal! Então, ela protestou: - Escuta aqui! Por acaso, você acha que eu não sei fritar um ovo? Não estou entendendo nada! - Eu sei que você sabe querida! Eu só quero que você saiba como eu me sinto quando dirijo e você está ao meu lado! 2014_fevereiro • 33


BOLSA DE SERVIÇO DA PINTURA - 2014 PREÇOS BASEADOS EM CUSTO TOTAL FINAL APURADO

PLANILHA DE COTAÇÃO

(Mão-de-obra, leis sociais, faturamento, tintas, massas ou

Acima de 3 metros Nível A: Andaime

m² = Metro quadrado

vernizes em geral, ferramentas e equipamentos gerais,

Acima de 6 metros Nível B: Cadeira Suspensa

ml - Metro linear

inclusive balancins, etc), com responsabilidade total de

Acima de 6 metros Nível C: Balancim Manual

m = Metro

PINTURA PRONTA.

Acima de 6 metros Nível D: Balancim Elétrico

S/B - Semibrilho

CONCRETO OU TIJOLO APARENTE Silicone base de água............................................................................................................................................. 12,40 m2 Silicone base solvente............................................................................................................................................. 18,58 m2 Verniz acrílico base de água..................................................................................................................................... 14,51 m2 Verniz acrílico base de solvente............................................................................................................................... 22,41 m2 Verniz poliuretano monocomponente..................................................................................................................... 27,39 m2

fundos e restaurações Descascamento de Superfície até 3 m..................................................................................................................... 0,42m² Descascamento de Superfície acima de 3 m......................................................................Nível A........................... 0,52m² Descascamento de Superfície acima de 6 m...................................................................... Nível B...........................0,70m² Descascamento de Superfície acima de 6 m...................................................................... Nível C...........................0,80m² Descascamento de Superfície acima de 6 m......................................................................Nível D...........................0,94m² Aplicação de Fundo Preparador até 3 m..................................................................................................................15,19m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 3 m..................................................................Nível A..........................16,03m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m.................................................................. Nível B..........................16,93m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m.................................................................. Nível C.......................... 17,36m² Aplicação de Fundo Preparador acima de 6 m..................................................................Nível D.......................... 19,23m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante até 3 m..................................................................................................... 18,20m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 3 m......................................................Nível A..........................19,05m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m...................................................... Nível B..........................19,88m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m...................................................... Nível C......................... 20,73m² Aplicação de Fundo Impermeabilizante acima de 6 m......................................................Nível D.......................... 21,57m² Restauração de Fissuras até 3 m.............................................................................................................................. 1 ,09ml Restauração de Fissuras acima de 3 m..............................................................................Nível A............................ 1 ,45ml Restauração de Fissuras acima de 6 m.............................................................................. Nível B.............................1 ,74ml Restauração de Fissuras acima de 6 m.............................................................................. Nível C............................. 2,1 1ml Restauração de Fissuras acima de 6 m..............................................................................Nível D............................2,47ml Restauração de Trincas de Massa até 3 m...............................................................................................................3,73ml Restauração de Trincas de Massa acima de 3 m ..............................................................Nível A............................4,22ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m .............................................................. Nível B........................... 5,06ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m............................................................... Nível C............................ 5,91ml Restauração de Trincas de Massa acima de 6 m...............................................................Nível D............................6,27ml Restauração de Trincas de Alvenaria até 3 m.......................................................................................................... 6,20ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 3 m..........................................................Nível A........................... 6,87ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m.......................................................... Nível B............................ 7,47ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m.......................................................... Nível C............................8,32ml Restauração de Trincas de Alvenaria acima de 6 m..........................................................Nível D........................... 8,79ml Execução de Emboço até 3 m....................................................................................................................................6,1 5m² Execução de Emboço acima de 3 m ..................................................................................Nível A........................... 7,59m² Execução de Emboço acima de 6 m .................................................................................. Nível B...........................8,50m² Execução de Emboço acima de 6 m................................................................................... Nível C........................... 9,52m² Execução de Emboço acima de 6 m...................................................................................Nível D...........................1 0,13m²

pintura interna - TETOS E PAREDES Látex PVA simples c/fundo uniformizante - sobre emboço........................................................................................ 7,80 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão comercial - sobre emboço ou gesso..................................................................10,93 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão luxo e retoques c/iluminação farta no local sobre emboço ou gesso............................................................................................................................. 14,45 m2 Látex PVA c/massa corrida padrão luxo e retoques sobre emboço ou gesso c/acabamento final em verniz sobre látex (liquibrilho)........................................................................................... 15,00 m2 Só massa corrida para receber papel de parede sobre emboço..............................................................................6,86 m2 Óleo simples c/faixa sinalizada para barras de garagem......................................................................................18,09 m2 Óleo c/massa corrida e faixas sinalizadas para barras de garagem.....................................................................20,93 m2 Esmalte acetinado c/massa corrida sobre emboço fino padrão luxo..................................................................... 22,40 m2 Esmalte automotivo tipo laca brilhante c/massa corrida........................................................................................49,00 m2 Quantil ou similar sobre fundo látex simples..........................................................................................................15,93 m2 Quantil ou similar sobre massa corrida e fundo látex............................................................................................. 21,74 m2 Epóxi bicomponente simples................................................................................................................................... 50,33 m2 Epóxi bicomponente c/massa corrida adequada....................................................................................................68,02 m2 Poliuretano bicomponente simples..........................................................................................................................51,97 m2 Poliuretano bicomponente c/massa corrida adequada.......................................................................................... 74,80 m2 Borracha clorada simples......................................................................................................................................... 38,16 m2 Textura - Externa | Interna...........................................................................................................................18,19 | 22,95 m2 Pátina........................................................................................................................................................ 27,00 | 33,75 m2 Pintura Manchada....................................................................................................................................... 10,80 | 17,55 m2 Aplicação de Massa PVA até 3 m.............................................................................................................................5,06m² Aplicação de Massa PVA acima de 3 m ........................................................................... Nível A............................ 5,82m² Aplicação de Massa PVA acima de 6 m ............................................................................Nível B............................ 6,72m² Aplicação de Gesso sobre Emboço até 3 m.............................................................................................................. 5,33m² Aplicação de Gesso sobre Emboço acima de 3 m............................................................ Nível A.............................6,15m² Aplicação de Gesso sobre Emboço acima de 6 m.............................................................Nível B............................. 7,21m² Aplicação de Massa Única até 3 m.......................................................................................................................... 21,70m² Aplicação de Massa Única acima de 3 m ........................................................................ Nível A..........................22,06m² 34 • fevereiro_2014

Aplicação de Massa Única acima de 6 m .........................................................................Nível B.......................... 23,02m² Aplicação de Textura até 3 m................................................................................................................................... 14,70m² Aplicação de Textura acima de 3 m ................................................................................ Nível A........................... 15,73m² Aplicação de Textura acima de 6 m .................................................................................Nível B...........................16,39m² Aplicação de Textura Tipo Rústica até 3 m...............................................................................................................19,62m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 3 m ............................................................. Nível A..........................20,97m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m ..............................................................Nível B...........................21,84m² Látex PVA sobre Massa até 3 m................................................................................................................................ 9,52m² Látex PVA sobre Massa acima de 3 m ............................................................................. Nível A............................9,52m² Látex PVA sobre Massa acima de 6 m ..............................................................................Nível B........................... 10,74m² Látex PVA sobre Massa Única até 3 m.................................................................................................................... 10,49m² Látex PVA sobre Massa Única acima de 3 m ................................................................... Nível A...........................10,79m² Látex PVA sobre Massa Única acima de 6 m ....................................................................Nível B............................11,82m² Látex PVA sobre Gesso até 3 m................................................................................................................................11,45m² Látex PVA sobre Gesso acima de 3 m ............................................................................. Nível A............................11,86m² Látex PVA sobre Gesso acima de 6 m ..............................................................................Nível B...........................12,99m² Látex PVA sobre Textura até 3 m..............................................................................................................................12,60m² Látex PVA sobre Textura acima de 3 m ............................................................................ Nível A...........................13,04m² Látex PVA sobre Textura acima de 6 m .............................................................................Nível B........................... 14,28m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso até 3 m.................................................................................................................17,72m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso acima de 3 m ............................................................... Nível A........................... 18,73m² Látex Acrílico Fosco sobre Gesso acima de 6 m ...............................................................Nível B........................... 19,74m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso até 3 m...................................................................................................................19,50m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso acima de 3 m .................................................................. Nível A..........................20,63m² Látex Acrílico S/B sobre Gesso acima de 6 m ...................................................................Nível B...........................21,70m²

pintura EXTERNA Látex PVA tipo interior/exterior até 6m alt................................................................................................................. 7,54m2 Látex acrílico c/fundo uniformizante de textura até 6m alt........................................................................................ 15,17m2 Idem acima de 6m alt................................................................................................................................................. 21,11m2 Textura acrílica c/calafetação e látex acrílico............................................................................................................19,01m2 Aplicação de Massa Acrílica até 3 m....................................................................................................................... 16,39m². Aplicação de Massa Acrílica acima de 3 m ...................................................................... Nível A.............................. 17,11m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m .......................................................................Nível B............................ 17,72m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m........................................................................Nível C.......................... 30,56m² Aplicação de Massa Acrílica acima de 6 m....................................................................... Nível D........................... 19,65m² Aplicação de Massa Única até 3 m...........................................................................................................................18,20m² Aplicação de Massa Única acima de 3 m ........................................................................ Nível A........................... 19,05m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m .........................................................................Nível B............................19,77m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m..........................................................................Nível C...........................20,55m² Aplicação de Massa Única acima de 6 m......................................................................... Nível D............................21,82m² Aplicação de Textura Acrílica até 3 m....................................................................................................................... 16,39m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 3 m ..................................................................... Nível A............................ 17,47m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m ......................................................................Nível B............................18,20m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m.......................................................................Nível C............................19,77m² Aplicação de Textura Acrílica acima de 6 m...................................................................... Nível D............................21,57m² Aplicação de Textura Tipo Rústica até 3 m................................................................................................................19,67m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 3 m ............................................................. Nível A...........................20,87m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m ..............................................................Nível B............................21,84m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m...............................................................Nível C........................... 23,72m² Aplicação de Textura Tipo Rústica acima de 6 m.............................................................. Nível D........................... 27,33m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica até 3 m.....................................................................................................16,87m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 3 m .................................................. Nível A............................ 17,84m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m ...................................................Nível B........................... 18,80m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m....................................................Nível C............................19,34m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Acrílica acima de 6 m................................................... Nível D...........................20,37m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única até 3 m.......................................................................................................17,96m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 3 m .................................................... Nível A............................18,44m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m .....................................................Nível B............................19,34m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m......................................................Nível C...........................20,25m² Látex Acrílico Fosco sobre Massa Única acima de 6 m..................................................... Nível D............................20,61m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura até 3 m................................................................................................................18,20m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 3 m ............................................................. Nível A........................... 19,05m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m ..............................................................Nível B............................19,88m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m...............................................................Nível C...........................20,73m² Látex Acrílico Fosco sobre Textura acima de 6 m.............................................................. Nível D............................21,57m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica até 3 m........................................................................................................18,57m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 3 m ..................................................... Nível A........................... 19,66m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m ......................................................Nível B...........................20,67m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m.......................................................Nível C............................21,28m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Acrílica acima de 6 m...................................................... Nível D........................... 22,43m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única até 3 m..........................................................................................................19,77m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 3 m ....................................................... Nível A...........................20,97m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m.........................................................Nível B............................21,28m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m.........................................................Nível C...........................22,30m² Látex Acrílico S/B sobre Massa Única acima de 6 m........................................................ Nível D...........................22,66m² /jornaldopintor


BOLSA DE SERVIÇO DA PINTURA - 2014 Látex Acrílico S/B sobre Textura até 3 m.................................................................................................................. 20,01m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 3 m.................................................................. Nível A...........................20,97m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m..................................................................Nível B............................21,88m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m..................................................................Nível C........................... 22,78m² Látex Acrílico S/B sobre Textura acima de 6 m................................................................. Nível D........................... 23,74m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente até 3 m.......................................................................................................16,87m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 3 m .................................................... Nível A............................ 17,84m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m .....................................................Nível B........................... 18,80m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m......................................................Nível C............................19,34m² Verniz Acrílico sobre Concreto Aparente acima de 6 m..................................................... Nível D...........................20,37m² Látex Acrílico sobre Piso............................................................................................................................................ 14,23m² Látex Acrílico sobre Piso (Faixas de Demarcação)...................................................................................................... 6,51ml

SUPERFÍCIES METÁLICAS Só repintura em esmalte, grafite ou alumínio........................................................................................................... 15,77m2 Desoxidação esmalte, grafite ou alumínio c/fundo zarcão....................................................................................... 20,61m2 Idem c/fundo especial - galvanizados ou alumínio................................................................................................... 23,19m2 Esmalte, grafite ou alumínio em perfis, cantoneiras, batentes e tubulações aparentes até 4”........................................................................................................................................................ 7,97m2 Idem calhas ou rufos.................................................................................................................................................. 8,26m2 Esmalte grafite ou alumínio com massa automotiva.................................................................................................. 34,11m2 Tratamento, zarcão e epóxi bicomponente e acabamento...................................................................................... 76,78m2

REGRAS DE MEDIÇÃO Venezianas: multiplicar por 3. Vitrô basculante: multiplicar o vão por 3. Vitrô não-basculante e janelas: multiplicar por 2. Grade: multiplicar por 3. Caiação interna ou externam borracha clorada ou epóxi: não descontar vãos até 4,00 m2. Para vãos superiores a 4,00 m2 deduzir apenas o que exceder a este valor. Têmpera de gesso, cola, têmpera lavável e látex: não descontar vãos de até 2,00 m2. Para vãos superiores a 2,00 m2 deduzir apenas o que exceder a este valor. Espaletas, faixas, vigas e molduras isoladas com largura de até 40 cm., são medidas por metro linear e cobradas a razão de 50% dos preços unitários por m2. Caixilhos de ferro, ferragens pesadas: multiplicar a área do vão-luz por 2.

MAPA DE CÁLCULO DE DILUIÇÃO, Nº DE DEMÃOS E RENDIMENTO DAS TINTAS

TIPO DE TINTAS

SOLVENTES

SUPERFÍCIES DE MADEIRA Óleo sem massa - obras populares........................................................................................................................... 14,71m Idem rodapés............................................................................................................................................................. 4,20m Idem beirais até 60 cms. larg. madeira à vista......................................................................................................... 12,57m2 Verniz poliuretano tipo naval - obras populares....................................................................................................... 17,00m2 Idem rodapés.............................................................................................................................................................. 7,81m Idem beirais até 60 cms. larg. madeira à vista..........................................................................................................13,01m2 Esmalte acetinado c/massa corrida padrão comercial.............................................................................................. 22,91m2 Idem rodapés............................................................................................................................................................. 9,45m Esmalte acetinado c/massa corrida a óleo padrão luxo...........................................................................................27,34m2 Idem rodapés............................................................................................................................................................. 11,82m Esmalte automotivo alto brilho c/massa corrida adequada e lixa d’água................................................................ 7,67m2 Idem rodapés........................................................................................................................................................... 35,08m Laqueação, acabamento pome em pó..................................................................................................................... 83,41m2 Lustração natural c/cera a boneca padrão comercial...............................................................................................21,50m2 Lustração natural c/goma laca padrão luxo............................................................................................................. 31,77m2 2

diversos Caiação até 3 m......................................................................................................................................................... 5,15m² Caiação acima de 3 m ...................................................................................................... Nível A.............................5,45m² Caiação acima de 6 m ......................................................................................................Nível B.............................5,78m² Caiação acima de 6 m....................................................................................................... Nível C............................ 6,08m² Caiação acima de 6 m...................................................................................................... Nível D.............................6,37m² Verniz Filtro Solar Marítimo......................................................................................................................................38,93m² Esmalte Sintético........................................................................................................................................................8,79m² Barrado de Garagem em Esmalte Sintético............................................................................................................. 47,95m² Pintura de Tubulação e Corrimão em Esmalte Sintético............................................................................................ 35,67ml

fachadas Lavagem Externa com Hidrojateamento até 3 m........................................................................................................ 1,27m2 Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 3 m..................................................... Nível A............................. 1,99m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m......................................................Nível B............................ 2,60m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m......................................................Nível C.............................2,89m² Lavagem Externa com Hidrojateamento acima de 6 m..................................................... Nível D.............................3,59m² Instalação de Tela Fachadeiro.................................................................................................................................. 6,15m² Bandeja Nível A........................................................................................................................................................ 55,21ml Bandeja Suspensa acima de 3 m..............................................................................................................................91,96ml

/jornaldopintor

Estrutura metálicas planas: multiplicar a área de projeção horizontal por 2. Estruturas metálicas ou de madeira em arco: aumentar 30% a área de projeção horizontal e multiplicar por 2. Estruturas metálicas: multiplicar a área do vão-luz por 2. Elementos vazados: multiplicar a área por 5. Terças e elementos de sustentação de telhas: multiplicar a área de projeção horizontal por 2. Esquadrias de madeira: Portas ou janelas-guilhotina com batentes: multiplicar a área do vão-luz por 3. Portas ou janelas-guilhotina sem batentes: multiplicar a área do vão-luz por 2. Caixilhos com venezianas: multiplicar a área do vão-luz por 5.

Líquido Base PVA Incolor Líquido Base Acrílico Incolor Líquido Impermeabilizante a Óleo Selador Pigmentado PVA Selador Pigmentado Acrílico Primer a Óleo para Madeiras Primer Surfacer Zarcão Comum Fundos Anticorrosivos Sintéticos Zarcão Preparado tipo Petrobras Zarcão Borracha Clorada Zarcão Epóxi Catalisado Cromato de Zinco Primer Epóxi Catalisado Óxido Primer Epóxi Catalisado Branco Primer para Galvanizados Massa PVA e Acrílica Super Extra Massa a Óleo e Sintéticas Massa Epóxi Catalisada Massa para Madeira Tinta Látex PVA Super Extra Tinta Látex PVA 2ª Linha Tinta Acrílica 100% Super Extra Tinta a Óleo Fosca Tinta a Óleo Brilho Super Extra Esmalte Sintético Brilho Super Extra Esmalte Sintético Semibrilho Super Tinta Grafite Super Extra Tinta Alumínio Super Extra Esmalte Epóxi Brilhante Catalisado Esmalte Epóxi Semibrilho Catalisado Esmalte Poliuretano Catalisado Esmalte Borracha Clorada Tinta Demarcação Borracha Clorada Tinta Cerâmica Super Extra Stain Semitransparente para Madeira Stain Cores Sólidas para Madeira Verniz Copal Brilhante Verniz Marítimo Brilhante Verniz Seda Sintético Semibrilho Verniz Epóxi Catalisado Verniz Poliuretano Catalisado Verniz Premium Duplo Filtro para Madeira

Água Água Aguarrás Água Água Aguarrás Thinner Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Água Aguarrás Solvente próprio Água Água Água Água Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Aguarrás Solvente próprio Solvente próprio Aguarrás

DILUIÇÃO Trincha

Rolo

Pistola

Nº de Demãos

Rend. p/ Demão

15% 30% 20% 10% 10%

50 a 100% 15% 40% até 30% até 20% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% 10% 15% 10% até 15% até 15% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% até 10% 10% 20% 20% 20% 25% 20% 20% 5%

10 a 20% 20% 20% 30% 20% 20% 40% 40% 20% 20% 20% 20% 20% 20% até 25% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 20% 30% 20% 30% 30% 30% 30% 30% 30% 10%

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 3 3 4 finas 3 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 3 2 3 3 3 2 2 3

30 m2 30 m2 30 m2 25 m2 25 m2 25 m2 25 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 50-70 m2 50-70 m2 50-70 m2 08-12 m2 5 m2 5 m2 14--15 m2 30-35 m2 25-30 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 40-45 m2 25-30 m2 25-30 m2 18 m2 70 m2 50 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30-40 m2 30 m2

10% 10% 30% 30% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 15% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 15% 15% 15% 20% 15% 15% -

- Os rendimentos apontados são válidos para a embalagem: galão 3,6 litros. - O rendimento real, dependendo do método de aplicação preparo de superfícies e condições de trabalho.

2014_fevereiro • 35


JP #573  

Jornal do Pintor - Edição de Fevereiro 2014

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you