Issuu on Google+

Auto

PUBLICAÇÕES PERÍÓDICAS

AUTORIZADO A CIRCULAR EM INVÓLUCRO FECHADO DE PLÁSTICO OU PAPEL PODE ABRIR-SE PARA VERIFICAÇÃO POSTAL

1

23/05/2013

DE02852011SNC/GSCCN

Na Internet

Automóveis de Aluguer

www.jornaldetondela.com.sapo.pt

VISEU TONDELA AEROPORTO DE LISBOA, PORTO, FARO Mais 40 estações em todo o País

PREÇO AVULSO C/ IVA 6% INCLUIDO

N.º 1153 * 23 de Maio de 2013

*

II Série

GILBERTO FERRAZ HOMENAGEADO EM LONDRES

*

Ano XXIII

Director: Manuel Ventura da Costa

TONDELA

Fial

Festa solidária com receita para a Cooperativa “VÁRIOS” pág. 13

Castelões

VI EDIÇÃO DO MERCADO DE PRODUTOS LOCAIS “AO’SABOR” ESTÁ A CHEGAR pág. 7

MUSEU TERRAS DE BESTEIROS INAUGURA EXPOSIÇÃO DE BRONZES CHINESES pág. 5

MOLELOS

DOMINGO DE BOA GASTRONOMIA FESTA DE ANIVERSÁRIO DA FARMÁCIA

Tondela

pág. 7

CENTRAL DE RESERVAS Telef.: 232 81 30 26 Mail: tondela@visturauto.pt

A caminho da eficiência energética

pág. 5

CANAS DE SANTA MARIA CENTRO PAROQUIAL DE CANAS DE SANTA MARIA

ALMOÇO DE SOLIDARIEDADE pág. 8

DESPORTO

PERCURSOS PEDESTRES – ROTA DOS LARANJAIS

CD TONDELA ADIA CONSTITUIÇÃO DA SAD

Exposição de fotografia:

pág. 13

Núcleo de Escalada da ACERT

“QUAL A IMAGEM DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO”

A EQUIPA DE ESCALADA MAIS JOVEM DO PAÍS

Introdução da Prova de Regularidade é a grande novidade de 2013

ESPECTACULAR REVIRAVOLTA NO MARCADOR

PROVA ESPÍRITO DO CARAMULO REGRESSA JÁ NESTE SÁBADO pág. 9

pág. 13

II Liga

pág. 9

Molelos

Data histórica assinalada com protocolo de 60 mil euros pág. 4

Tondela, 4 – Arouca, 2

pág. 14

Campeonato de Honra da AFV

A ALEGRIA DOS CONDENADOS

A. Molelos, 3 – V. Benfica, 0 pág. 14


2 OPINIÃO

23/05/2013

Reflexões de cidadania HÉLIO BERNARDO LOPES

Nova nota de 5 euros em circulação. Esteja atento e não vá em conversa fiada! No dia 2 de Maio de 2013 entrou em circulação uma nova nota de 5 euros, que fará parte da nova série de notas – série Europa. Estas novas notas serão colocadas em circulação, gradualmente, em todos os países da zona euro, pelas instituições financeiras ao longo dos anos. As mesmas serão distribuídas pelas várias agências e pelas caixas multibanco, pelo que não é preciso trocar as notas. Na verdade, durante algum tempo, as novas notas vão circular em paralelo com as antigas, que serão retiradas de circulação gradualmente. Segundo o Banco de Portugal, a data em que as notas da primeira série deixarão de ter curso legal será anunciada com muita antecedência e manterão o seu valor, podendo ser trocadas nos bancos centrais nacionais do Eurosistema por um período de tempo ilimitado. Esta iniciativa visa quer o reforço das medidas de segurança, incorporando novos e melhorados elementos, a fim de evitar ao máximo a contrafacção, quer a manutenção da confiança na moeda. Segundo o Banco Central Europeu, um elemento de segurança novo que se destaca é o número esmeralda, o qual, dependendo do ângulo de observação, muda de cor, passando de verde-esmeralda a azul-escuro, e apresenta um efeito luminoso de movimento ascendente e descendente. No que respeita à sua durabilidade, a mesma é maior, o que significa que as notas serão substituídas com menor frequência. Depois das de cinco euros, entrarão em circulação, e por esta ordem, as de 10, 20, 50, 100, 200 e 500 euros. Importa ainda referir que as novas notas contemplam, nas margens esquerda e direita da frente, pequenas linhas impressas em relevo, destinadas a facilitar a identificação das mesmas, especialmente, por cidadãos invisuais. Os padrões e as cores das novas notas serão idênticos aos da primeira série. Como medidas para a introdução das novas notas, o Banco de Portugal celebrou um protocolo com a Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal a fim dos seus associados poderem estar informados sobre estas mudanças. Foram ainda promovidos cursos de e-learning para bancos, assim como, formadores para fazer face às necessidades de formação presencial em todo o país. Assim, sempre que sejamos abordados na rua ou nas nossas residências, por alguém “simpático”, com boa apresentação e que se intitule funcionário de alguma instituição financeira, cujo trabalho respeita à recolha de notas antigas, não deveremos tomar em consideração tal abordagem. Naturalmente, estaremos perante uma tentativa de burla, pelo que denunciar tais factos às autoridades será o procedimento recomendado. Deste modo, devemos estar atentos, não dar atenção a “conversa fiada”, pois não temos a obrigação de agilizar a troca do nosso dinheiro, tal tarefa é feita internamente pelas instituições financeiras. TÂNIA SANTANA JURISTA DECO COIMBRA Os leitores interessados em obter esclarecimentos relacionados com o Direito do Consumo, bem como apresentar eventuais problemas ou situações, podem à DECO, bastando, para isso, escreverem para DECO – Gabinete de Apoio ao Consumidor – Rua Padre Estêvão Cabral, 79-5º, Sala 504-3000-317 Coimbra.

O NOVO PATRIARCA DE LISBOA

H

á algum tempo atrás, logo que surgiu a público o caso da queixa do padre José Nuno Ferreira da Silva junto da Nunciatura Apostólica em Lisboa, num dos nossos canais televisivos foi apontado o atual bispo de Leiria-Fátima como a personalidade que viria a suceder, com probabilidade alta, ao cardeal Policarpo na Diocese de Lisboa. Sem muita informação sobre o tema, a verdade é que sempre pressenti que viria a ser escolhido o bispo Clemente, até há pouco à frente da Diocese do Porto. Bom, acabei por acertar. Acontece que Mário Soares, em artigo de opinião recente, referiu, e muitíssimo bem, o estranho silêncio da hierarquia da Igreja Católica Portuguesa em face das terríveis, injustas e ideológicas provações que estão a ser sofridas pelos portugueses. Salvaguardou, em todo o caso, um ou outro bispo – raros – e um ou outro frade, por acaso também raros. Como teria de dar-se, mal se soube da escolha do bispo Clemente para novo patriarca de Lisboa, choveram loas de todos os lados. Uma verdadeira maravilha. Só virtudes e sem um único defeitinho. E, em abono da verdade, também eu penso que o novo bispo de Lisboa é uma personalidade de grande cultura, com um poder grande no uso da palavra e muito simpático. Simplesmente, com exceção do primeiro atributo – só tenho a cultura que tenho –, também eu satisfaço aos dois restantes: falo muito bem, como todos sempre reconhece-

CRISTIN A B APTIST A CRISTINA BAPTIST APTISTA

NEUR OL OGIA NEUROL OLOGIA

CONSULTAS E MARCAÇÕES

TRATAMENTO DE ENXAQUECAS/CEFALEIAS DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO

PEDIATRIA Tondelmédica Telef.: 232 821 815

Rua Dr. Flausino Torres - Tondela

DR. PETER GREBE CONSULTAS E MARCAÇÕES Tondelmédica Telef.: 232 821 815 Rua Dr. Flausino Torres - Tondela

ram e sou muito simpático. Até brincalhão. A verdade é que Mário Soares teve toda a razão em quanto escreveu, sendo que eu não incluo o bispo Clemente naquele reduzido grupo de membros da hierarquia da Igreja Católica que, com a sua voz, apontou o dedo ao caminho de desgraça que tem vindo a ser percorrido pela (des)governação portuguesa. As suas palavras quase não tiveram eco por lado algum, e ficaram a anos-luz de outras intervenções em situações complexas, como se deu com D. Manuel Martins, ou D. António dos Santos, a propósito do caso do padre do seminário menor do Fundão, ou mesmo de D. Jorge Ortiga, hoje em Braga, ou de D. Januário, com intervenções que têm valido na inversa proporção do generalizado silêncio da Igreja Católica Portuguesa. Pois, ontem mesmo, este último voltou a usar da palavra, salientando que Portugal vive um período de indecência impensável. E, em face das novas funções do bispo Clemente, pediu-lhe que use de capacidade crítica quanto à situação do País. Mas o mais importante nas palavras de D. Januário foi o reconhecimento de que a Igreja não tem tido voz contra a situação que Portugal atravessa. A tal evidência que Mário Soares expôs no seu artigo, para mais usando como termo de comparação a crescente importância e impacto das palavras do Papa Francisco. Ora, o que foi que o bispo Clemente disse na sua despedida da Diocese do Porto? Bom, apelou aos governantes que sejam claros, pragmáticos e solidários com os portugueses. Mas será que os nossos governantes não satisfazem a estes critérios? Alguém lhes ouviu dizer que não os satisfazem, ou o que sempre dizem é o contrário? Ou

seja e de um modo mais simples de entender: estas palavras que impacto têm? Nunca o bispo Clemente as havia pronunciado? E se já o havia feito, qual foi o efeito? Nenhum! E como poderia ter sido de outro modo, usando frases híbridas ou muito pouco diretas ou claras?... Mas o novo Patriarca de Lisboa disse mais: que o que o preocupa mais é o desfasamento entre a capacidade de resistência das pessoas e a falta de ligação entre as propostas que se fazem nacional e internacionalmente. Bom, trata-se de uma frase correta, bem expressa, mas o leitor acha que a mesma tem algum impacto? Sabia que a mesma havia sido feita? Qual a percentagem dos nossos governantes a quem chegaram estas palavras? E que reação terão tido? Nenhuma, como se torna evidente! E então o antigo bispo do Porto deixou-nos este mimo: era bom que (os nossos governantes) fossem, ao mesmo tempo, solidários e pedagógicos. Pois era. O problema é que não são, nem o que está em causa é dessa natureza. O que está em causa é o que foi referido há dias pelo Papa Francisco, tema sobre o qual pude já escrever. Por fim, o patriarca Clemente deixa-nos esta pleníssima garantia: os casos de abuso na Igreja devem andar para a frente. De facto, La Palice não diria melhor. Sem um infinitésimo de má vontade, estas palavras do novo bispo de Lisboa constituem, em termos de efeito, um punhado repleto de nada. Termino com as palavras do Papa Francisco neste domingo, em Roma, onde alertou para os riscos de haver grupos fechados em estruturas caducas que perderam capacidade de acolhimento dentro da Igreja Católica. E deixo esta pergunta: a quem se estaria a dirigir o Papa Francisco?


OPINIÃO 3

23/05/2013

Crónicas de Londres

Riscos n´Areia CÍLIO CORREIA

GILBERTO FERRAZ (COMENDADOR)

MALDIÇÃO DE BELA GUTTMANN

POMPEIA E HERCULANO EM LONDRES

C

stas duas cidades italianas, sepultadas no primeiro século AD, quais Fénix ressuscitadas, ou parcialmente ressuscitadas, das cinzas. estão de visita a Londres numa invulgar e única exposição, no vetusto Panteão da Arte e Cultura, chamado Museu Britânico. Patente até finais de setembro, nela se podem observar, e reviver, através de 250 vívidos, empolgantes e, muitos deles chocantes documentos, o que subitamente aconteceu a partir de um meio-dia, e em apenas 24 horas, nos longínquos idos anos 97 AD (ou, como os cientistas agora afirmam, em vez de AD, BP (BeforePresent – Antes do Presente). Porém, quanto a mim, numa opinião puramente pessoal, embora a imprensa britânica tenha colocado esta exposição nos pináculos da fama, não atinge os níveis de outras a que assisti no mesmo Museu, nomeadamente a inolvidável do Faraó Tutankamum, realizada em 1979, ou a mais recente, de há uma década, também sobre Herculano, neste caso, o Imperador. Embora seja evidente a colaboração do MoseoNazionaleArchiologicodi Napoli, sem a qual esta mostra não seria possível, nos muitos dos raros achados encontrados até ao momento, (tanto mais que as escavações, devido à exigida morosidade, ainda estão, e estarão por muitos anos, em curso), desejar-se-ia mais. Conquanto belos e descritivos frescos, estátuas de bronze quer do Imperador da época, Augustus (LuciusMaximusMaximus) e de sua bela e esbelta mulher, a Imperatriz Lívia, como outra de mármore da sacerdotisa Eumachia, mosaicos como o magnífico da Casa de Orfeu a retratar um pujante e insaciável canino, enriqueçam esta mostra, nela não faltam chocantes documentos, como a figura de dois cães petrificados ou, pior ainda, o drama, a dor de uma mãe, e marido, igualmente petrificados, a tentar agarrar e salvar os filhos quando, sucumbidos, tentavam abandonar o seu rico lar. Abundam, igualmente,

umpriu-se mais um episódio da “maldição de Bella Gutmann”, impedindo o Benfica de ganhar uma Taça europeia, que foge há 52 anos, apesar do ex-treinador estar morto e enterrado. A cabeçada do “tovarish” (camarada em russo) Ivanovic deu a vitória ao Chelsea. Convém descer à terra, ao dia-a-dia. Bem sei que estamos num momento em que vale tudo, até o recurso à inspiração divina, a Nossa Senhora de Fátima ou S. Jorge para tratar das coisas mundanas. Nos tempos em que estudei o catecismo e a religião e moral era pecado invocar o nome de Deus em vão. Mas como não sou um letrado nessa matéria, talvez as coisas tenham mudado. Não parece, mas enfim. “Maldição de Bela Guttmann” à parte, tivemos o “momento zen” no dia 13 de Maio, quando surgiu a conclusão da 7ª avaliação e o ineditismo de medidas em banhomaria, como a “TSU dos pensionistas”. Reunidos numerologistas, tarólogos e demais especialistas da adivinhação não descortinaram nas análises financeiras e mapas estratégicos outra influência senão a da troika e do governo para compensar os maus resultados orçamentais. Os “donos do dinhei-

ro”, de quem se espera a (re)industrialização e o fomento da economia nacional preferem o investimento especulativo: dá mais lucro e menos risco. As empresas produtivas deram lugar à manipulação financeira. A exportação do pastel de nata, presunto de Chaves, alheira de Mirandela, morcela da Beira, pão-de-ló de Ovar, figos secos do Algarve etc., não chega aos calcanhares do negócio dos despojos do Estado Social. Faz temer o pior. Com efeito, postos ante a perspectiva dos depósitos acima de 100.000 euros poderem ser taxados para “salvar bancos”, trataram de se acautelar. Fez ricochete. A tipologia do resgate financeiro do Chipre e as incertezas geradas pela crise geral que assola o País e pelo braço de ferro no seio do governo levaram, não só a que tocassem as sirenes como ao arrastamento da 7ª avaliação desde fevereiro até maio. É tudo uma questão de confiança. A Banca, por sua vez, no que se refere aos juros comporta-se como a EDP no que toca às tarifas: imutáveis. Os bancos deixaram de ser bancos. Deixaram de fazer o que se esperava numa economia de mercado. O leilão promovido pela DECO veio oferecer 5% de desconto aos consumidores, através da Endesa. Perante

ANTÓNIO FIGUEIREDO

ORTOPEDISTA CONSULTAS EM PARADA DE GONTA ÀS SEGUNDAS FEIRAS PELAS 15 HORAS Telem.: 962 403 564

uma eventual debandada de clientes a EDP oferece, agora, o mesmo desconto (5% na energia e 10% no gás). Havia margem para baixar!... Com a indústria farmacêutica também se determinaram baixas nos preços e nas margens de comercialização e hoje temos significativas poupanças na saúde. E só não são extensivas às parcerias público-privadas, aos produtos petrolíferos e afins, sem falar nos “swaps” de empresas públicas, apenas por manifesta falta de vontade política. Sejamos realistas, o tempo não vai para acreditar numa “maldição à Bela Guttmann”. Sejamos claros: não falta gente, com nome e BI, a ganhar muitíssimo dinheiro com a pobreza e a desgraça alheias. Não é despiciendo sublinhar que os resultados do combate à fraude e evasão fiscal de 2011 são insignificantes, numa máquina fiscal vocacionada para sacar impostos diretos a quem vive dos rendimentos do trabalho, reformados e pensionistas. Ninguém vai mudar o estado de coisas por nós. Lá dizia uma poetisa negra norte americana e feminista, June Jordan: “não esperamos por outros senão por nós”… O resto são cantigas e a estas leva-as o vento.

E

VENDE-SE

APARTAMENTOS T2, T3 e Duplex LOJAS, ARMAZÉNS E GARAGENS Rua Dr. Almiro Vale - TONDELA (Junto ao Campo de Futebol) Vende: Consurbanas, SA Av. Alberto Sampaio, 134 - Viseu Telf.: 232 429537

utensílios de cozinha, assim como comida, ou alimentos, estes refletidos no pão da época, obviamente petrificado, ornamentos em ouro e até o abandonado boletim de nascimento de uma criança possivelmente no seu móvel de quarto. E, a refletir o intenso e súbito calor das engolfantes cinzas um chocante berço ou um banco de jardim carbonizados. O que os expositores conseguiram, tal como o tema da exposição reflete, foi retratar, quanto possível, a vida diária das duas cidades: as casas dos ricos e dos pobres, incluindo atos amorosos e até sexuais refletidos nos vários frisos presentes. Tudo isto, para mim, a lição mais chocante foi a surpresa do inesperado, prova da fragilidade humana e da sua insegurança e incerteza sobre o seu futuro. aliás muito bem traduzidos na interrogação do escritor da época. Stacius: “No futuro, assim que os campos verdejem e as devastadas plantas floresçam, será que alguém reconhecerá, que cidades, mansões e habitações foram sepultadas?” Afinal, tudo aconteceu subitamente, em apenas 24 horas. Não obstante os prévios avisos do vizinho e até então dormente vulcão do Monte Vesúvio, trepidante e ameaçador, a vida continuou como habitualmente. Num meiodia, como outro qualquer, do longuíssimo ano de 79 AD, subitamente, do estrondo, o Vesúvio começou a vomitar chamas, enormes nuvens de cinzas, juntamente a incandescentes rochas, escurecendo tudo ao redor. A população, agora consciente, tentou fugir. Primeiro Pompeia, que em poucas horas ficou cerca de 1/3 submersa em 5 metros de altura de cinzas, sepultando 1150 pessoas, seguindo-selhe a vizinha, bela e luxuosa estância balnear de Herculano, ambas na Baía de Nápoles, esta última, mais pequena, afetada em 2/3 e soterrada em 20 metros de profundidade, mas com apenas 350 vítimas. As escavações, iniciadas nesta última, ocorreram em 1740 e as de Pompeia em 1748.

CENTR OVID A CENTRO VIDA UROLOGIA DR. EDSON RETROZ

Centro de Consultórios Médicos Av. Dr. Adriano Figueiredo, 158 - MOLELOS Telef:/FRax: 232812379 * Email: centrovida.molelos@gmail.com


4 REPORTAGEM

Molelos

Data histórica assinalada com protocolo de 60 mil euros

O dia da freguesia foi comemorado em Molelos no domingo, 19 de maio, mas na realidade esta efeméride aconteceu quatro dias antes, conforme consta de um documento “Memórias Paroquiais”, escritas em 15 de maio de 1756, fornecido pela Torre do Tombo em Lisboa. No salão da junta de freguesia compareceram muitos populares, para assistir à evocação desta data que foi celebrada

com a assinatura de um protocolo de colaboração financeira entre a Junta de Freguesia de Molelos e o Município de Tondela. Horácio Rodrigues na sua intervenção salientou que este dinheiro servirá para fazer uma pequena regeneração urbana na parte antiga de Molelos – Rua do Casal Novo até igreja, Rua do Alto do Concelho, estando também reservado outro montante para alguns alargamentos e reposição de pavimen-

23/05/2013

tos. O presidente da junta fez votos para que o dia da freguesia continue a ser festejado por quem o suceder nas suas funções, fazendo votos quem o fizer porventura com outro brilhantismo. O vice-presidente do Município de Tondela, José António de Jesus dedicou as primeiras palavras ao presidente da Junta de Freguesia de Molelos, este que foi o primeiro ato público em

que o autarca participou depois do período complicado de saúde porque passou recentemente. Foi destacada a vontade, dinamismo e determinação que continua a manifestar em querer vencer, afirmando que este “é o principal guerreiro que corporiza as gentes de Molelos…”. Para José António de Jesus esta continua a ser uma terra diferente não porque se sinta distinguida pelos seus privilégios, mas pelas características das pessoas. E, olhar para Molelos é sentir esse dinamismo positivo com um sentimento empreendedor que ao longo de séculos daqui partiram grande parte dos oleiros que deram essa força que venceu a fronteira da freguesia”. Uma terra que se destaca também, pela força da construção civil, no fundo a força de se ser empreendedor, querer dar um passo em frente e sonhar com um dia melhor. O autarca enalteceu o gosto especial de ao longo dos últimos anos de partilhar o sentimento de identidade desta freguesia, “quer por razões pessoais, de afetividade e por aquilo que nos marca”. José António de Jesus acredita que em Molelos existe a verdadeira essência que é a alma de um povo. Por isso, no dia em que se comemora um dia importante da história desta freguesia: “São a grande parte destas pessoas que fazem a diferença deste território”.

O VALOR DA APOSTA NO BEMESTAR DAS PESSOAS O autarca reconhece

que o valor do montante do protocolo assinado poderá não ser compatível com a ambição da junta de freguesia, mas também lembra que o importante é que todos estejam imbuídos no mesmo espirito. Para que os compromissos sejam cumpridos, dando a entender que se amanhã houver a possibilidade de dar resposta a outros desafios é o que será feito. Para além do trabalho que será executado com o dinheiro do protocolo de 60 mil euros está prevista uma intervenção que resultará da extensão da rede de saneamento na zona das Raposeiras. Ao nível cultural está também em andamento, a Estação de Arte Rupestre de Molelinhos que terá uma importante intervenção, na ordem dos 150 mil euros, permitindo que este seja um espaço visitado “como centro de interpretação para que estejamos a preservar um monumento dos mais relevantes que a freguesia tem. E desta forma dar um contributo para que do ponto de vista da aprendizagem, da dimensão pedagógica, aquele espaço possa ser valorizado…”. Na sua intervenção, José António de Jesus, lembrou que da parte do Município de Tondela a Extensão de Saúde de Molelos continuará a funcionar na freguesia com os mesmos recursos, “mesmo que outros no passado não tenham acautelado o futuro e garantido que esta nunca estivesse em causa, são agora os primeiros a desanimarem…”. O vice-presidente do Município de Tondela afirmou que não gosta de populismos nem de ser

enganado, mas garante que o princípio daquilo com que se comprometer será uma bandeira. O autarca acredita que cada vez mais áreas como a saúde, educação e proximidade social são determinantes para garantir o bem-estar, a qualidade de vida e acima de tudo o acesso a bens essenciais que nos dias de hoje são muito determinantes. Mesmo assim, José António de Jesus não acredita em soluções milagrosas para nos próximos tempos porque a crise em que vivemos desde 2008 poderá atenuar, “mas demorará pelo menos uma década até que possamos reequilibrar o rumo do nosso país que tem um grau de endividamento muito acima daquilo que é suportado…”. Apesar disso, em seu entender, os políticos com funções autárquicas têm obrigação de encontrar a melhor atenção para aqueles que têm maior dificuldade em ultrapassar os obstáculos. Essa é a missão que o Município de Tondela, Junta de Freguesia de Molelos, dando dignidade às pessoas para viver com a tranquilidade necessária, “um ponto de partida que a todos deve mobilizar. Está nas nossas mãos traçar o rumo do nosso futuro, da nossa parte não faltará determinação, coragem e vontade…”. Este domingo de festa terminou com uma pequena atuação vocal dos membros do Rancho Folclórico “As Cantarinhas de Molelos” para todos os presentes. ARMÉNIO PEREIRA


GERAL 5

23/05/2013

Museu Terras de Besteiros inaugura exposição de bronzes chineses

Foi inaugurada na passada sexta-feira, dia 17 de Maio, no museu municipal Terras de Besteiros, mais uma importante exposição temporária. Desta feita: Bronzes chineses. Festins, rituais e cerimónias. A exposição transporta-nos para o esplendor, o simbolismo, o requinte e o fausto das celebrações do culto dos antepassados na china antiga. As peças expostas, réplicas de objectos utilizados nos rituais, nas cerimónias e nos festins da aristocracia imperial chinesa, desde a época da dinastia Xia, há quase quatro mil anos, estendem-se até ao período dos reinos Combatentes (475221 a.C.), passando pelas dinastias Shang e Zhou. Esta exposição, que conta com o apoio da embaixada da República Popular da China em Portugal, é uma oportunidade para os tondelenses conhecerem mais de perto uma das mais antigas culturas do mundo, com um passado histórico milenar e cheio de acontecimentos. China e Portugal, duas

antigas nações situadas em extremos opostos do Continente Euro-Asiático, começaram os contactos entre si desde o século XVI. Este relacionamento culminou em 1999, com a transferência pacífica de Macau e em 2005, pelo estabelecimento da Parceria Estratégica Global Sino-Portuguesa. Hoje, a cooperação entre os dois estados dá resultados frutíferos em variadas vertentes, em múltiplos sectores de actividade, com parcerias comerciais consolidadas no campo internacional. A Parceria Estratégica Global é assim um novo campo do relacionamento bilateral. No plano dos intercâmbios culturais, o museu Terras de Besteiros traz novamente até Tondela uma exposição representativa da cultura chinesa. Para realçar o momento cultural deste evento em Tondela, deslocou-se até nós o Sr. Shu Jianping, Conselheiro Cultural da Embaixada da China, para juntamente com os autarcas do município e as dezenas de visitantes

presentes, inaugurarem tão distinto evento. Presente na cerimónia oficial o Sr. Presidente do Município, Carlos Marta, o sr. Vice-presidente e Vereador do Pelouro da Cultura, José António de Jesus, restantes autarcas do município, os Presidentes de Junta de Freguesia de Tondela, Vila Nova da Rainha, São Miguel do Outeiro, o Sr. Comandante do posto da Guarda Nacional Republicana de Tondela, o Sr. Comissário da exposição, Paulo Sá Machado, responsável pela itinerância em Portugal e amigo de longa data de Tondela e funcionários do município. Além da comunicação social local, assim como a Emissora das Beiras. Após a intervenção do comissário da exposição, Paulo Sá Machado, responsável também por ter trazido em 2011 a Tondela a exposição “Instrumentos Musicais chineses”, o Conselheiro Cultural, Shu Jianping, felicitou todos os presentes e agradeceu ao Município e ao Museu Terras de Besteiros terem

DIVULGAÇÃO DE ACONTECIMENTOS Temos vindo a verificar que certas Instituições, querendo divulgar as suas actividades nos enviam os respectivos cartazes para que, a partir deles, façamos a notícia. Tanto por uma questão de ética jornalística como para evitar interpretações erradas, pedimos a todos os interessados na divulgação dos eventos que organizam o favor de enviarem o texto da notícia referente ao conteúdo dos cartazes. Evitar-se-á dessa maneira a não publicação de certos acontecimentos, pois que além dos motivos acima indicados, também não dispomos de meios necessários para efectuar esses trabalhos extra.

organizado e montado a exposição. Depois de um breve resumo histórico e cultural da importância dos objectos de bronze na cultura chinesa e para o quotidiano da aristocracia imperial chinesa, realçou a importância da preservação patrimonial do legado histórico e cultural por parte das comunidades locais hoje em dia. Expressou o seu contentamento em ver concretizada mais uma parceria cultural entre a China e Portugal, fazendo votos para que os visitantes desta exposição saibam tirar o devido proveito. De seguida interveio o Sr. Vice-presidente da autarquia, José António de Jesus, que agradeceu a disponibilidade e o empenho do Sr. Conselheiro cultural da embaixada da

China em se deslocar à Cidade de Tondela. Referiu a dinâmica criada em torno do museu municipal, como pólo cultural da cidade, as suas iniciativas e realizações. O museu municipal é mais um importante espaço de cultura aberto a todos, contributo de afirmação de um concelho em desenvolvimento. Finalizou a sua intervenção, realçando a importância cultural, didáctica e pedagógica da exposição que agora era apresentada no museu. Após os discursos oficiais, seguiu-se uma troca de lembranças, reforçando os laços entre os intervenientes e as instituições. Aberta a exposição, com explicações por parte do Sr. comissário e do Sr. Conselheiro cultural, seguiu-se um brinde

com todos os presentes, através de uma saudação com vinho espumante, produto de exportação para a China de uma conceituada marca de vinhos produzidos no concelho de Tondela. O serviço esteve a cargo de alunas do curso de restauração restaurante e bar da Escola Profissional de Tondela, que assim souberam demonstrar e pôr em prática os conhecimentos que estão a adquirir. A exposição Bronzes chineses. Festins, rituais e cerimónias pode ser visitada de 17 de Maio a 30 de Julho, de terça a sexta, das 10.00h às 12.30h e das 14.00h às 18.00h. Sábados, Domingos e Feriados, das 10.00h às 13.00h e das 15.00h às 18.00h. Entrada livre. HELDER ABRAÇOS

JORNAL DE TONDELA - A CIDADE E O CONCELHO SEMPRE EM FOCO


6 GERAL

23/05/2013

ASSOL – Excelência em Serviços Sociais

CARTAS AO DIRECTOR

“OS ANDORINHAS” – FUNDAÇÃO JOÃO ALMIRO – CAMPO DE BESTEIROS Tomo a liberdade de lhe dirigir esta carta para, por seu intermédio, divulgar esta Fundação junto dos seus estimados leitores, coisa que nunca foi muito corrente. Somos uma IPSS que assegura a sobrevivência de 30 utentes com os mais variados problemas, seja, eles físicos, mentais, motores ou de vária ordem. Tudo isso sem qualquer apoio oficial, quer directamente do Estado, quer através da Câmara Municipal, quer da Segurança Social, até porque já fomos rotulados de “loucos”. Os apoios que temos tido chegam através de iniciativas avulsas vindas de empresas da região, tais como algumas Juntas de Freguesia, as firmas Francisco Coimbra de Figueiredo & Filhos, Huff, Labesfal, Touripan, Rosicar e outras impossíveis de enumerar nas mais diversas freguesias do concelho. mas também de Organizações como o Rotary Clube de Tondela, Lyon’s Club ou os Escuteiros e Escolas. Contamos ainda com a ajuda de várias pessoas singulares espalhadas pelo País e até pela Europa, tendo que dar destaque a um grupo de residentes na Suíça que nos tem doado imensas coisas, incluindo alimentos. Não podemos aqui deixar de referir a D. Aurora da Praça de Tondela que nos fornecia fruta aos fins-de-semana e que, desde que fechou, passou a dar-nos donativos regularmente. Por fim referir o apoio que temos tido de tribunais, médicos e enfermeiros dos mais diversos serviços dos Hospitais de Tondela, Viseu e Coimbra. Mas tudo isto vai continuando a ser pouco para esta tarefa de tão grande dimensão. Por isso lhe rogamos que transmita a todos o nosso apelo pedindo o que nos possa ajudar, assegurando a todos que será sempre dada a maior valorização e o rumo mais apropriado a tudo o que nos quiserem dar. Com toda a nossa gratidão JOÃO ALMIRO - MÉDICO FICHATÉCNICA

Registo na DGCS nº 109 629 Depósito legal nº 54581/92 Semanário Regional Independente (Fundado em 10/08/1989) DIRECTOR: Manuel Ventura da Costa E-mail:mventuracosta@sapo.pt REDACÇÃO Arménio Pereira E-mail: armeniopereira@mail.telepac.pt PAGINAÇÃO E MONTAGEM Angelo M. S. Ferreira

SETENTA E NOVE ANOS DO ROTARY CLUB DE VISEU Quando em trinta e quatro reuniram Uns quantos paladinos sonhadores, Que indiferentes a tantos dissabores Em acto fraternal as mãos uniram, Não se sabe ao certo o que sentiram Nesse papel de tímidos actores, Ao pisarem um terreno de valores Que antes, em Viseu, nunca se viram. Foi, porém, essa gente devotada, De mente aberta, a novas causas dada, Que legou aos vindouros, sem vaidade, Um tal desejo de empunhar a espada Para fazer do bem uma cruzada, Que há-de levar o Clube à eternidade. JOSÉ DE CAMPOS 13/05/2013

JORNAL DE TONDELA Online

A ASSOL Associação de Solidariedade Social de Lafões, viu reconhecido o seu trabalho com a certificação atribuida por unanimidade pela Comissão Internacional EQUASS, do nível de Excelência em Serviços Sociais (EQUASS Excellence). Esta certificação veio complementar a anterior, atribuida por esta mesma Comissão, ao nível do 1.º nível EQUASS, há cerca de 3 anos atrás. Para a ASSOL este projeto, ainda que muito trabalhoso, foi desenvolvido com muita convicção de que conseguiriamos chegar ao fim com o nível de excelência, pois as pessoas apoiadas com quem trabalhamos, os nossos parceiros e a comunidade, reconhecem o nosso trabalho e fazem-nos diáriamente acreditar que é sempre possível. A auditoria final decorreu durante três dias (16,17 e 18 de abril) tendo estado em Tondela no dia 17, a coordenadora da auditoria (Marjon Minartz). Durante este dia, além da equipa de técnicos, estiveram representados em painéis diferentes as pessoas apoiadas em Tondela e Castro Daire (Formação Profissional e Projeto Integrado); familiares das pessoas apoiadas (Intervenção Precoce, Projeto Integrado e Formação Profissional); parceiros que colaboram com a ASSOL no desenvolvimento das suas atividades (Câmara Municipal de Tondela; Acert; Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido de Figueiredo; Centro de Emprego; Tecido Empresarial – HUF e Supermercado Mathias). A limitação do número de pessoas para cada painel não nos permitiu alargar ao grande número de empresas / serviços com quem diáriamente, a ASSOL conta, pelo que estes foram representativos de todos os outros parceiros. O balanço deste dia de trabalho foi muito positivo pelo que a ASSOL agradece a colaboração de todos. No próximo dia 7 de junho, na Festa de Verão da ASSOL, a realizar no Largo da Feira em Oliveira de Frades, pretendemos proceder à entrega oficial do diploma de certificação, pelo que contamos com a presença das pessoas apoiadas, seus familiares, colaboradores, sócios e todos os parceiros.

Também nos pode ler na Internet em: http://jornaldetondela.com.sapo.pt

COLABORADORES: Hélio Bernardo Lopes, Cílio Correia, Maria da Conceição Marques Correia, João A. Ventura da Costa, Comendador Gilberto Ferraz (Londres), Rui Vale, Artur Jorge Amaral Leitão. CORRESPONDENTES: Elísio Gomes de Matos (Barreiro de Besteiros), Optacílio de Matos Fragoso (Cortiçada), Hermínio Henriques (Corveira), António Lopes da Silva (Ermida), António Pais Ferreira (Lobão da Beira), José da Cruz Mendes ( Mosteiro de Fráguas), Rodrigo Marques Xavier ( Parada de Gonta), Amadeu Dias dos Santos ( Tonda), Antonino Coimbra dos Santos (Vila Nova da Rainha), Paulo Manuel L. pereira da Fonseca (Campo de Besteiros), Eduardo Pereira Marques (Mouraz), Fausto Varela Macedo ( Alvarim) Graciete Gomes ( Ferreiros do Dão), José Fernando (Nandufe) Manuel da Costa (Tourigo) PROPRIEDADE / ADMINISTRAÇÃO COMPOSIÇÃO SEDITON - Soc. Editora Tondelense, Lda Registo na DGCS nº 215 348 - Nº Cont. 502468076 Detentores com mais de 10% do Capital da Empresa, Eduardo António Ferreira Marques Arménio Ferreira Marques R. Dr. Marques da Costa Apartado 97 - 3461-909 Tondela E-mail: jornaldetondela@mail.telepac.pt Site: jornaldetondela.com.sapo.pt

ASSOL OS COLABORADORES DO PÓLO DE TONDELA IMPRESSÃO CORAZE - Oliveira de Azeméis Telf.: 910252676 / 910253116 / 914602969 E-mail: geral@coraze.com ASSINATURAS E PUBLICIDADE Eduardo A.F. Marques TELEFONE: 232 822 137 FAX: 232 821 118 ASSINATURAS ANUAL (52 nºs) - NACIONAL = 25,91 Euros (c/IVA) ANUAL (52 nºs) - ESTRANGEIRO(Europa) = 55,12 Euros (c/IVA) ANUAL (52 nºs) - ESTRANGEIRO(Resto Mundo) = 68,35 Euros (c/IVA)

Avulso = 0,60 Euros (c/IVA) Números atrasados = 2,00 Euros (c/IVA) Dia de Saida: Quinta-Feira TIRAGEM NESTA EDIÇÃO 3.000 Exemplares ASSOCIADO DA

Jornal de Tondela, como orgão de informação independente, apartidário e apolítico, está aberto à participação de todos os cidadãos, pelo que a sua colaboração reflecte apenas ideias pessoais que não vinculam o estatuto editorial do Jornal.


REPORTAGEM 7

23/05/2013

CONTACTAR 919 318 355 ARRENDA-SE

T1

ARRENDA-SE

T2 ARRENDA-SE

T2 MOBILADO

ARRENDA-SE

VI Edição do Mercado de Produtos Locais “Ao’Sabor” está a chegar A VI Edição do Mercado de Produtos Locais “Ao’Sabor” é já no próximo sábado, dia 25 de Maio, junto à Câmara Municipal. A freguesia convidada é Canas de Santa Maria, que ficará responsável pela animação do espaço, bem como da parte gastronómica. O grupo Cana Verde atuará no recinto por volta das 11 horas e trará à memória as tradicionais músicas portuguesas, relembrando temas que fizeram delícias de inúmeras gerações. A degustação será confecionada pela Confraria dos Carolos e das Papas de Milho, sedeada na freguesia anfitriã, que e fazendo jus ao nome, dará a provar carolos em vinha d’alhos e papas de milho com sardinha frita, promovendo e valorizando o que é local. Quintas de Sirlyn, um produtor emergente da área agrícola e vinícola, será o responsável pelos paladares diferenciadores do vinho do dão. Atreva-se a apreciar o que é local!!!!

T3

CONVÍVIO DOS NASCIDOS EM 1945

ARRENDA-SE

Vai realizar-se no próximo dia 2 de Junho do corrente ano o tradicional almoço convívio A comissão organizadora queria que todos comparecessem. São 68 os anos vividos, (ou quase), e era bom que todos aparecessem para convivermos e relembrarmos passagens das nossas vidas. Vamos a isso? O programa será o seguinte: - 11,00 - Concentração no Senhor dos Aflitos, em Mosteiro de Fráguas. - 12,00 – Missa em sufrágio dos que já partiram e pelas intenções de todos. (Se o tempo o permitir, a missa será campal, se não, será na igreja matriz). - 13,00 – Almoço no restaurante Varanda do Criz. O preço será 22,50 • por pessoa Para as inscrições, que agradecemos sejam o mais rápido possível, serão para os seguintes contactos: Fernando Teixeira – Canas de Santa Maria – 966037046 Célio Viegas – Tourigo – 963290225 José de S. Bento. S.João do Monte – 934754828 Virgílio Lunet – Mosteiro de Fráguas – 962601587/933738445

C/GARAGEM

LOJAS COMERCIAIS EM TONDELA

ARRENDA-SE

GARAGENS ARRENDA-SE

VENDE-SE

GILBERTO FERRAZ HOMENAGEADO EM LONDRES

Gilberto Ferraz cumprimentado pelo Principe Carlos O Tondelense colaborador do nosso jornal, Gilberto Ferraz, um dos mais antigos membros da agora vasta Comunidade Portuguesa no Reino Unido foi alvo de uma considerada justa homenagem, no passado sábado, dia 11, na Gala do Jornal as Notícias realizada no Hotel Pestana Chelsea Bridge, na capital Britânica e assistido por vasta audiência. Contemplado com artística placa, o homenageado, sensibilizado, agradeceu-a, particularmente por lhe ter sido atribuída pelos seus pares. José Silva Amador, que foi vice-cônsul em Londres, e um dos grandes pilares da construção da Comunidade, principalmente a partir da década de 70, e que propositadamente se deslocou a Londres, assinalou o acontecimento como “justo e há muito devido”. Além de ser um reputado veterano jornalista, 30 anos na BBC e idêntico período para o Jornal de Notícias, o primeiro

correspondente no estrangeiro depois do 25 de Abril de um órgão da comunicação social nacional, uma década de idênticas funções para a TSF Rádio Jornal e desde 1989, sempre que solicitado, para a RTP, Gilberto Ferraz desempenhou, igualmente, importante papel na formação das associações da nossa Comunidade no Reino Unido. Além disso, foi durante muitos anos, desde 1977, Presidente do PSD no Reino Unido. Sempre que solicitado, Gilberto Ferraz, tem sido um esteio na representação do nosso país em assuntos de países lusófonos nos media britânicos, nomeadamente em jornais como o The Times, The Guardian, The Daily Express, estações de rádio e estrangeiras, assim como televisão, como a BBC e a SKY. Este tondelense foi, igualmente, influente junto dos media Britânicos aquando da crise do rapto da pequenita “Maddie” McCann, em que as nos-

sas instituições foram fortemente vilipendiadas principalmente pelos tablóides ingleses. Gilberto Ferraz desempenhou também um papel importante, nesse mesmo período, na defesa e campanha a favor do nosso então embaixador, Dr. Santana Carlos, igual e invulgarmente atingido por certos jornais. Nota do Director: Toda a equipa do Jornal de Tondela felicita o homenageado, não só pela sua brilhante carreira, mas também por ser mais um tondelense a ficar na História da nossa terra pelos váriostrabalhos prestados à Sociedade ao longo dos anos, mormente na construção e dedicação à Comunidade Portuguesa no Reino Unido. A sua assídua colaboração no Jornal de Tondela é para nós motivo degrande orgulho, demonstrando também um grande apego às suas raízes beirãs.

T2

ACTUALIZE A SUA ASSINATURA

VENDE-SE

CONTACTE-NOS PELO TELEFONE: 232 822 137

MOBILADO

919 318 355


8 CONCELHO

23/05/2013

CENTRO PAROQUIAL DE CANAS DE SANTA MARIA

ALMOÇO DE SOLIDARIEDADE

Molelos

Domingo de boa gastronomia O Rancho Folclórico “As Cantarinhas de Molelos” promove no domingo dia 26 de maio um dia dedicado à boa gastronomia na sede do rancho na antiga escola da Vela da freguesia com início marcado para o meio dia e meio.

A ementa é composta por três pratos especiais que podem ser escolhidos no ato da inscrição – Carolos, Chanfana e Bacalhau à Brás – através dos contactos 967274956 e 964237840 com um custo de 7 cantarinhas. Da parte da tarde ha-

verá vários petiscos, peixes do rio e bom vinho. Esta iniciativa conta com a colaboração da Câmara Municipal de Tondela e da Junta de Freguesia do Molelos, havendo ainda uma tarde musical com o Grupo de Cantares da Terra de Nelas. ARMÉNIO PEREIRA

Molelos

Festa de aniversário da farmácia Apesar do egoísmo reinante e da crise em que vivemos, o nosso dever como cidadãos responsáveis deve centrar-se mais naqueles que pela doença ou pela idade têm necessidade da nossa ajuda e do nosso carinho. Uma das formas de o fazer é ajudar as Instituições de Solidariedade Social, as IPSS, que lutam com inúmeras dificuldades na sua missão de proporcionar aos mais carenciados e aos idosos um “entardecer” com dignidade e carinho. O Centro Paroquial de Canas de Santa Maria, como todos sabem, é uma IPSS de referência que deve orgulhar quem a dirige, quem ali trabalha, quem ali faz voluntariado, mas que também pela sua missão de bem-fazer cativa os que reconhecem a sua obra em prol dos mais frágeis e mais desprotegidos, que são os idosos. Como já em tempos referimos, todos os dias os responsáveis dão de si em prol de outros, assim como os profissionais que dão o seu melhor, as Irmãs religiosas que usam o Hábito da fraternidade,

os Voluntários que partilham o coração, tudo ali se conjuga para distribuir generosidade a quem dela precisa, nas diversas formas de promover sorrisos e criar felicidade. Infelizmente o Poder instituído não cumpre na medida da sua obrigação a quota-parte com que deveria ajudar nas múltiplas despesas do dia-adia estas casas de bemfazer, que são as Instituições de Solidariedade Social, as IPSS. Há, por isso, necessidade de recorrer a outras maneiras de angariação de fundos para fazer face às despesas cada vez maiores. E foi o que aconteceu no passado Domingo, dia 19, no Centro Paroquial de Canas de Santa Maria, onde se reuniram, num almoço solidário, mais de cento e vinte pessoas, entre utentes, familiares e amigos, que e irmanados no mesmo sentimento de partilha, contribuíram com a sua ajuda para minorar as dificuldades daquela Instituição. Apesar de o Inverno ter vindo passar a Primavera a Portugal, trazendo com ele toda a comitiva - a chuva, o vento e o frio –

no salão, o calor humano (com deus Baco a ajudar) viveram-se momentos de agradável confraternização e a boa disposição não faltou. Quanto à refeição, tanto os habituais petiscos de entrada, como o prato principal, foram, como sempre, bem apreciados e regados segundo os preceitos pantagruélicos. A doçaria, autenticada com o respectivo “carimbo conventual” fez as delícias dos mais gulosos. A animação, a cargo do Rancho Folclórico “Boa União” da Naia, encheu o salão com os seus acordes e fez com que muitos dos presentes rodopiassem ao som da música tradicional portuguesa. A venda de rifas, com três prémios a atribuir, contemplou três dos participantes no almoço. Belos e inesquecíveis momentos os que se viveram no Centro Paroquial de Canas de Santa Maria e que mostram que a partilha e a solidariedade continuam de mãos dadas em favor dos mais desprotegidos. MANUEL DA COSTA

A Farmácia Molelos festejou com alguns clientes na manhã de quintafeira, 16 de maio, o 17.º aniversário. Este momento foi partilhado pelos seus proprietários, Jorge e Carla Soares, o presidente da Junta de Freguesia de Molelos, Horácio Rodrigues e o médico José Pardal, bem como, toda a equipa que exerce funções nesta unidade farmacêutica do concelho de Tondela. Jorge Soares antes do corte do bolo de aniversário afirmou aos presentes

que valeu a pena apostar na freguesia de Molelos: “Encontrámos pessoas extremamente afáveis, amigas e que fazem parte da nossa família…”. O empresário lembrou também que em anos anteriores este aniversário era comemorado juntamente com a realização da caminhada, mas este ano tal não foi possível por força da conjuntura difícil que se vive no país. Mas para Jorge Soares mais importante que a caminhada era ter um dia de convívio que transformava o momento em algo

especial, anunciando para breve uma iniciativa em moldes diferentes, mas da mesma forma importante. O empresário dedicou ainda uma palavra de reconhecimento à sua esposa que tem sido ela a impulsionadora do projeto. Foi com esta fórmula de sucesso que valeu a pena acreditar “na sua determinação que representa uma garantia de futuro e a nossa vontade é continuar a transmitir essa confiança às gentes de Molelos…”. ARMÉNIO PEREIRA


GERAL 9

23/05/2013

Castelões

Percursos Pedestres – Rota dos Laranjais

Tondela

A caminho da eficiência energética

Na promoção e animação dos percursos pedestres do concelho, vai realizarse no próximo dia 26 de Maio, a Rota dos Laranjais, nesta Freguesia. Como tem sido hábito é uma iniciativa de diversas entidades particularmente o Município de Tondela a Junta de Freguesia e o grupo de ginástica da Castelões, inseridos no projeto de combate ao sedentarismo. A organização do evento será da responsabilidade do Grupo de Ginástica de Castelões, havendo reabastecimento de bebidas e fruta no parque de Sº Lourenço e o almoço convívio no final no parque do Coração de Maria. As inscrições deverão ser feitas até ao próximo dia 24 (sexta-feira), através da Profª Barbara, Junta de Freguesia de Castelões e telefone 968 603 411. O preço é de 1 euro a caminhada e reforço e de 6 euros a caminhada, reforço e almoço. O início da concentração será a partir das 8,30 horas, com distribuição de senhas para o reforço e almoço, haverá um período de aquecimento com ginástica e zumba e a partida para a caminhada será por volta das 9,00 horas da manhã. Participe, venha valorizar a sua saúde e conhecer a nossa Freguesia.

Exposição de fotografia: “Qual a imagem da Segurança e Saúde no Trabalho” A Biblioteca Municipal Tomás Ribeiro de Tondela acolhe, de 13 a 31 de maio, a exposição de fotografia “Qual a imagem da Segurança e Saúde no Trabalho”. A iniciativa, promovida pela Unidade Local de Viseu da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), em parceria com a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA), conta com o apoio da Câmara Municipal de Tondela. Realizada com o objetivo de assinalar o Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho e de sensibilizar os cidadãos para as questões que se prendem com a segurança e saúde no trabalho, esta exposição é composta por imagens de grande formato (60/80cm) referentes ao concurso pan-europeu de fotografia 2011. Este concurso desafiou fotógrafos profissionais e amadores a captarem imagens que correspondessem à ideia de Segurança e Saúde no Trabalho, mostrando como empregadores e empregados podem trabalhar em conjunto no sentido de evitar os acidentes de trabalho e as doenças profissionais. A exposição esteve patente de 1 a 16 de abril na Biblioteca Municipal de Mangualde e de 22 de abril a 6 de maio, no Palácio do Gelo, em Viseu.

Introdução da Prova de Regularidade é a grande novidade de 2013

PROVA ESPÍRITO DO CARAMULO REGRESSA JÁ NESTE SÁBADO 21 DE MAIO DE 2013 O Espírito do Caramulo, a prova de velocidade organizada pelo Museu do Caramulo em parceria com o Clube Automóvel de Viseu, regressa à Rampa do Caramulo já no próximo sábado, dia 25 de Maio. A prova tem lugar na mítica e reconhecida Rampa do Caramulo, um traçado com cerca de 2.800 metros de extensão e que serve, também, de palco ao Caramulo Motorfestival. A grande novidade da edição de 2013 é a introdução da categoria de Regularidade, que permite a participação de automóveis sem o arco de segurança (rollbar), alargando a prova a todo um grupo novo de automóveis e participantes que privilegiam este formato. Outra das novidades para 2013 é, também, a introdução de um prémio para pilotos femininas, reconhecendo assim a importância da sua participação no desporto automóvel. Como já vem sendo tradição, vão decorrer em paralelo vários passeios, como a concentração do Clube Lancia Delta Integrale, o Passeio do Clube Automóvel de Viseu e o Passeio Comemorativo dos 50 Anos do Lancia Fulvia. Todos estes passeios farão o percurso da rampa em desfile, logo após a última subida oficial. Programa: 10h30 – Chegada ao Caramulo do Clube Lancia Integrale Portugal 11h00 – Início das subidas de treino: 2 subidas 11h45 – Chegada do Passeio do Clube Automóvel de Viseu 12h30 – Chegada do Passeio 50 Anos do Lancia Fulvia 13h00 – Desfile do Clube Lancia Delta Integrale pelo percurso da rampa 14h30 – Início das subidas de prova: 3 subidas 17h30 – Desfile das várias concentrações pelo percurso da rampa

O projeto E3DL – Eficiência Energética e Ambiental nos Centros Urbanos da Região Dão Lafões foi apresentado, no domingo, 19 de maio, em Tondela numa aposta na redução da dependência energética externa, energias renováveis e implantação de soluções de eficiência energética. Estão disponíveis para serem utilizadas de forma gratuita cinco bicicletas elétricas, que podem ser requisitadas no Posto de Turismo ou no Parque Urbano de Tondela. O carro elétrico que está estacionado em frente do edifício da Câmara ficará para uso experimental da autarquia mas que poderá mediante supervisão rigorosa merecer utilização pública. Os principais objetivos são melhorar a qualidade do ambiente nos três centros urbanos participantes no projeto, Mangualde, Tondela e Viseu. Criar uma rede de pontos de abastecimento elétrico na região Dão Lafões, promover a utilização do veículo elétrico junto da população e setor empresarial. Valorizar os modos suaves de transporte nos cen-

tros urbanos e na sua articulação com as zonas envolventes. A crescente preocupação destes municípios com a eficiência energética, associada à riqueza que o território apresenta em fontes de energia renovável, fez com que aderissem a este projeto piloto inovador que beneficia uma população aproximada de 150 mil habitantes. No caso concreto da implementação do projeto em Tondela está prevista a instalação de 3 postos de carregamento rápido de baterias de veículos elétricos, instalação de 3 abrigos para estes veículos com cobertura de painéis fotovoltaicos, com vista à produção energética, aquisição de um micro carro elétrico e de bicicletas elétricas. No total estamos a falar de um investimento global de 116.567,00 euros comparticipado pelo Programa Operacional de Valorização do Território (POVT). Este projeto procurou proceder à instalação das unidades de carregamento rápido de baterias de veículos elétricos, em lo-

cais de fácil acesso ao público, nomeadamente, três parques de estacionamento. As zonas escolhidas são o pavilhão municipal, edifício da Câmara e estação de Caminhos de Ferro de Tondela. No último domingo o carro elétrico partiu do primeiro posto de abastecimento conduzido pela vereadora Carla Pires até ao parque urbano para onde estava prevista apresentação pública do projeto, mas devido à chuva foi alterado o local da cerimónia presidida por Carlos Marta para a Biblioteca Municipal Tomás Ribeiro. Os postos de carregamento instalados estão inseridos na rede nacional de posto de carregamento de baterias de veículos elétricos - MOBI.e, o que significa que qualquer pessoa aderente à rede poderá carregar a bateria do seu veículo nestes postos de carregamento. O projeto E3DL está a ser executado pela Comunidade Intermunicipal da Região Dão Lafões em articulação com os municípios de Mangualde, Tondela e Viseu. ARMÉNIO PEREIRA


10 CONCELHO

“XV EDIÇÃO DOS JOGOS DESPORTIVOS DO CONCELHO DE TONDELA” Foi esta Freguesia de Nandufe a escolhida para realizar a abertura da XV Edição dos Jogos Desportivos do Concelho de Tondela, assim, o nosso Presidente da Junta de Freguesia, Carlos Santos, começou por dar as boas vindas e agradecer ao Presidente da Câmara, Dr Carlos Marta, por ter escolhido Nandufe para proceder à abertura dos Jogos Desportivos. Naturalmente satisfeito por ver na sua Freguesia as 23 representações de cada Associação de diversas modalidades. A declaração de abertura dos Jogos foi efetuada pelo senhor Vereador do Desporto do Município de Tondela Eng. António Dinis em que desejou a todos os participantes boa sorte e um excelente convívio.

“TORNEIO DE FUTEBOL DE 5 INTER FREGUESIAS” Realizou-se no passado dia 5 de Maio a final deste Torneio no campo de jogos de Canas de Santa Maria entre a Freguesia de Nandufe que perdeu por 3-4 com a Freguesia do Tourigo. Apesar de ser a única derrota que tivemos ficamos em segundo lugar, cumprimos sempre os regulamentos e com todo o fair-play que proporcionámos, transmitimos sempre boa disposição e alegria em todos

23/05/2013

Nandufe

Vila Nova da Rainha

O CESTEIRO

ANTONINO DOS SANTOS

os jogos por onde passámos nas diferentes Freguesias.

“PEREGRINAÇÃO NANDUFENSE AO SANTUÁRIO DE FÁTIMA” A Associação Peregrina de Nandufe levou acabo e com sucesso a Peregrinação ao Santuário de Fátima, entre os dias 8 e 11 de Maio. Salientamos aderência de inúmeras pessoas, tanto a caminhar, como a prestar auxilio, a cozinhar e a aprontar tudo para que quando os peregrinos chegassem tudo estar a postos, todos com muito sacrifício, cumpriram os seus objetivos. Também nesta nobre missão o nosso Presidente da Junta de Freguesia, senhor Carlos Alberto Santos tomou parte nesta peregrinação, lutou arduamente e conseguiu alcançar o seu objetivo que foi chegar ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, juntamente com todos os outros que com ele partiram de Nandufe. A nossa fé tem muita força é com ela que conseguimos alcançar grandes feitos.

“EDP” Os responsáveis da EDP andam ou parecem andar esquecidos com esta Freguesia. Já em edições anteriores alertámos para mudança de dois postes que se encontram por regularizar na Rua dos Pisões. Há muito que foi feito o pedido de recolocar os postes na via pública! Lamenta-

mos a atitude que a EDP esteja a tomar, pois como dizia um Semanário na semana passada, “ é um escândalo os lucros da EDP” e ver os tarifários com que os portugueses se deparam nas suas faturas energéticas! Mais, agora até aparecem com palavrinhas mansas para convencer as pessoas a não mudarem de operador, o mesmo é dizer não saiam da EDP! A meu ver todos deviam sair e mudar para aquele que neste momento faz mais barato que se chama “Endesa”! Se tiverem dúvidas basta ligar com a Deco-Proteste e naturalmente vão ficar esclarecidos. É tempo de acabar com este monopólio, para de uma vez por todas esta empresa passar a ter mais respeito para com os seus consumidores!

“SPORTING CLUBE DE NANDUFE” O Sporting Clube de Nandufe vai levar a efeito o 1.º Torneio de Futebol de 7,que irá decorrer a partir do próximo dia 1 de Junho. O valor de inscrição por equipa é de 180 bolas, cada equipa poderá ter o máximo de 12 jogadores. As inscrições vão decorrer até 26 de Maio. Os contactos que se seguem são dos responsáveis por este Torneio. Paulo Freixo 964732874, Tonito 917558365 e Manuel 960382501. Dado que os prémios são bastante valiosos, esperamos obter muitas inscrições, por isso inscreva-se e participe “O desporto faz bem”!

ACTIVIDADES DA CASA DO POVO DE TONDELA Dia 26 de Maio 2013, Pic-Nic no Parque Jerónimo Lacerda no Caramulo, reservado a sócios e familiares. Dia 01 de Junho de 2013 jantar comemorativo dos 40 anos da Instituição e dos 11 do Coro Polifónico com jantar no Restaurante “Casa Maçaroco”. Dia 08 de Junho no Auditório Municipal XIV Encontro de Poesia com Nuno Barroso. Contactos: 922208948 e 9672995769

PASSEIO TURÍSTICO DA JUNTA DE FREGUESIA Nos passados dias 18 e 19 do mês presente, a Junta de Freguesia levou a efeito o seu passeio anual. Este ano foi escolhida a província do Alto Alentejo com preferência a Barragem do Alqueva, sendo, também, escolhida para dormir o Hotel de Moura. Já no dia de domingo a caravana turística pôs-se a caminho até à fronteira para uma visitinha ao café “DELTA” em Campo Maior, sendo que Elvas e Évora foram vistas em passagem para uma visitinha ao Museu dos Coches em Vila Viçosa. De acordo com a informação de que disponho, a viagem correu bem no ponto de vista social. Só o inverno se meteu na primavera com um pouco de chuva e frio. Arrepiou os turistas, obviamente, também os ânimos alegres de um passeio. Na hora que estou a escrever este texto já chegaram e bem.

AOS 94 ANOS A INFORMAR Olá caro colega. Aos 94 anos de vida de caneta na mão!!! O que tem o senhor Viegas que nós não temos? Claro que tem mais dez pontinhos do que eu. São os belos ares, despoluídos do seu Freimoninho? Faça o favor de esperar por mim por ir atrás com os tais 10 pontinhos. Não sou o “Benjamim” da nossa “turma” de caneta na mão. Ou melhor: a malta do papel higiénico como diz o actor humorista Herman José. Olhe sr. Joaquim Viegas, não tenho o prazer de o conhecer - disso culpo a Administração do nosso jornal por não proporcionar um encontro/ convívio de Correspondentes. Não calcula o quanto gostei da merecida referência que o nosso Jornal lhe fez. Não deixo de salientar

tal facto, testemunho de gratidão para quem dá tudo para dar vida ao nosso SEMANÁRIO. Aceite sr. Joaquim Viegas da Conceição, os meus sinceros parabéns e que vivamos muitos mais a acompanhar a arte da informação.

FALECIMENTO Faleceu no hospital Santa Maria em Lisboa no passado dia 16 de Maio, Alzira dos Santos Gonçalves, com 94 anos de idade viúva de António Ferreira Neves há 32 anos. A nonagenária era mãe de Maria Zaida Neves de Matos, viúva de Aurélio Henriques de Matos e de Maria Cidália dos Santos Ferreira, casada com José Eduardo Santos. Avó de Maria de Fátima Henriques e de Carla Marisa dos Santos, bisavó de Raquel Santos e de Rafaela Bailão. Alzira com o avanço da idade recorreu - como está em uso ao acolhimento de suas filhas com quem esteve vários anos. Por razões várias, as filhas colocaram-na em Lar. Entretanto o seu estado de saúde cada vez mais se agravava, voltou às filhas. Sentindo-se mal foi internada. De mal a pior, a Alzira deixou a terra dos vivos. Em vida, disse dese-

jar ser sepultada na terra onde nasceu. No Sábado pelas 14h00 o seu corpo chegou como seu desejo. A Alzira foi a ultima a partir para o SENHOR, dos quatro irmãos. Após missa de corpo presente, seu corpo foi levada a sepultar no cemitério da sua terra sob os suspiros, especialmente de suas filhas e netas. Pedimos que sua alma esteja no eterno descanso. Condolências à família

VISITA PASTORAL O Senhor Bispo D. Ilídio, esteve na nossa paróquia na terça-feira. Volta hoje e às 5h00 visita as Empresas da freguesia. Às 6h00 visita aos doentes. Às 6h30 visita Viveiros Rainha. As 7h00 encontra-se com c a t e q u i s t a s , catequizados e jovens. Às 21h00 Encontro Geral com a Comunidade, órgãos de corresponsabilidade, catequistas, Irmandade, Grupo Coral, Zeladores das Capelas, Famílias. No sábado às 4h00 - Confissões. Finalmente no domingo e às 10h30 Missa e Crisma. Às 12h30 Almoço Convívio. Terminará assim a primeira visita à nossa paróquia, do Reverendíssimo D. Ilídio Pinto Leandro.

PRATIQUE DESPORTO, DESPORTO FAZ BEM À SAÚDE


CONCELHO 11

23/05/2013

V PASSEIO CONVÍVIO DE MOTORIZADAS Como estava programado, decorreu este passado domingo, dia 19 de Maio, o tradicional Passeio Convívio de Motorizadas que decorreu com saída e chegada à Associação do Carvalhal com passagem por: Botulho; Molelinhos; Vale do Porco; Corveira; Barreiro de Besteiros; Tourigo; Mortazel; Tojeira (Sra. Do Bom Sucesso); Eólicas; Malhapão de Cima; Almofala; Teixo (Praia Fluvial e piqueta); Dornas; Bezerreira; Ceidão; Caramulo; Janardo; Figueiral; Campo de Besteiros; Molelos; Tondela. O tempo frio e chuvoso afastou alguns elementos que tradicionalmente participam neste evento, mas apesar de tudo ainda houve a presença de uns 30 participantes que não tiveram medo

Carvalhal (Tondela)

Tourigo

AF

MANUEL DA COSTA

nem da chuva nem do frio. Frio esse que foi uma constante em todo o percurso, principalmente quando se sobe a Serra do Caramulo, já a chuva marcou presença quando foi feita a paragem para a “piqueta” mas também foi breve, fazendo-se o resto do percurso sem “pinga”. Apesar das condições não terem sido as ideais devido ao tempo, principalmente para se apreciar a paisagem e desfrutar da Serra do Caramulo, no final o balanço foi positivo já que não houve acidentes e todos chegaram nas melhores condições. O almoço foi servido em “self-service” por um restaurante com muita variedade de comida e em fartura que a todos agradou e ajudou a aquecer do passeio. Foi mais um tradicional evento organizado pelo Centro Social Cultural Desportivo e Recreativo do Carvalhal e esperemos que para o ano haja mais.

BAILES NA ASSOCIAÇÃO Nos dias 18 e 19 de Maio, sábado e domingo, realizaram-se bailes na Associação como estava programado. Segundo informações ambos estavam muito fracos, com falta de aderência por parte das pessoas. Infelizmente era já uma previsão de que tal iria suceder dada a falta de entusiasmo que estes eventos têm no Carvalhal, talvez isto aconteça por falta de hábito de não se realizarem bailes com alguma regularidade, como sucedia antigamente, e também por falta de interesse da juventude. De qualquer jeito foi uma boa iniciativa que só pecará talvez por falta de continuidade para que assim se possa tornar um hábito, apesar que será sempre um risco devido aos valores que envolve sempre a contracção de qualquer artista, conjunto ou banda.

NOTÍCIAS AFERT NOITE DE FOLCLORE Realizou-se no passado sábado, dia 18 de Maio, a segunda Noite Viva de 2013, dedicada especialmente ao folclore. Esta noite de folclore contou com a presença do Rancho Folclórico Rosas do Tourigo e do Rancho Infantil e Juvenil Várzea de Candosa, Tábua. O objetivo do convívio passou pela apresentação dos novos membros do Rancho da casa, que pelo elevado número – o rancho recebeu quinze novos elementos – mereciam uma estreia em palco excepcional perante familiares e amigos. Toda a noite permaneceu em completa harmonia e boa disposição devido ao trabalho concretizado pelos membros da AFERT, por familiares e amigos dos mesmos, e pela amabilidade proporcionada da parte do Rancho de Várzea de Candosa.

Portanto, a todos eles um bem-haja. Uma palavra de agradecimento ainda ao Centro Cultural e Desportivo do Tourigo que no bom clima de entreajuda que o movimento associativo potencia, se associou ao evento, cedendo as suas instalações.

CICLO PEREGRINAÇÃO E PASSEIO DE SÓCIOS O próximo fim de semana, último do mês de Maio (dias 25 e 26), encontrará a AFERT em plena actividade. Para começar, no sábado, realizar-se-á a Ciclo Peregrinação Tourigo Fátima; Um evento que pretende aliar a prática de um desporto tão salutar como é o ciclismo a uma componente mais religiosa, de peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima. A cicloperegrinação conta já com bastantes corajosos

inscritos, dos quais destacamos um grupo de ciclistas que virá de véspera do Algarve para o Tourigo. Relativamente ao domingo dar-se-á a concretização do Passeio de Sócios, este ano com destino à cidade do Porto. Durante a manhã os associados terão a oportunidade de visitar as caves de vinho da Offley efetuando a respetiva prova de vinhos. Terão ainda a oportunidade de fazer uma viagem de barco pelo rio Douro. Depois do repasto terão oportunidade de conhecer de perto algumas zonas histórias do Porto. Miúdos e graúdos poderão tirar proveito deste fim de semana exemplar em enriquecimento físico e cultural, bem como poderá ainda servir para uma reflexão intrapessoal relacionada com a fé. TEXTO MÁRCIA PEREIRA

O ESTADO DO TEMPO PARA OS PRÓXIMOS DIAS DIA

TEMPO

MÁX.

MIN.

5.ª

Ensolarado

23.ºC

11.ºC

6.ª

Ensolarado

23.ºC

11.ºC

Sáb.

Ensolarado

22.ºC

10.ºC

Dom.

Ensolarado

21.ºC

9.ºC

2.ª

Ensolarado

20.ºC

11.ºC

3.ª

Ensolarado

21.ºC

10.ºC

4.ª

Ensolarado

22.ºC

11.ºC


12 CONCELHO

DOSES DE ALCATRÃO EM RUAS Onde a necessidade a isso obrigava, o executivo accionou colocação de quantidade de alcatrão em várias vias da freguesia. Manutenção, acentuada numa ou outra via preserva e melhora ruas inter-freguesia.

LOBÃO “USUFRUI” DE ROTUNDA Não se trata, pois não, de criação de uma rotunda dentro da freguesia. Trata-se sim de se poder vir a utilizar uma dessas melhorias públicas recentemente erigidas no Tojal do Moinho/Canas de Santa Maria com ligação à povoação do Casal, pela rua da Tojeira/Lobão da Beira. Para Lobão trabalhos semelhantes, quem sabe, um dia virão…

INDICAÇÃO DE LOCALIDADE A nossa freguesia está carente de boa informação a quem nos deseja visitar. Ela existe quer de Canas/Lobão, quer de Tondela/Lobão. O tempo diz-nos que elas não dão dignidade suficiente e cuidada quando informa Lobão da Beira. Então, quando chegamos à antiga Nacional 2, ao olhar-se para a direita, se não nos situarmos quase dentro da estrada, por inestética suja e mal colocada, a dita não enobrece a terra que nos viu nascer. No Tojal do Moinho deveria rever-se sinalização mais actualizada. Há muito que vimos focando estas anomalias, mas os executivos estão-se marimbando para nós que tão só somos mensageiros de muitos fregueses.

PROJECTO E OBJECTIVOS DO ARTERRA Ultima actividade entre tantas que se vão fazendo, versou a temática do telemóvel. Com a mestria de : “estou á espera de utilizadores de telemóvel”, diz-nos o mentor, do projecto “que para fazer um trabalho duma performance mais acertada e objectiva pediu para tal, colaborado-

23/05/2013

Lobão da Beira

Ermida (Tondela)

ANTÓNIO PAIS FERREIRA

ANTÓNIO LOPES DE SOUSA

res/as. Reuniu junto de si um leque alargado de pessoas que assim proporcionaram maior criatividade a Keven Jesuino artista canadiano/português, com um bacharelato em arte pela universidade de British. Residiu no Arterra de 05 a 19 Maio. Resultado do seu labor, esteve patente no espaço “internet” coberto/ sala, no jardim Cândido de Figueiredo ao lado do coreto. Conversas gravadas, reproduziam-se, dando ideia da valia da actividade trazida a público. A era do telemóvel tem-se desenvolvido. A reprodução dos diálogos que se reproduzem prova bem o que foi o caminho e domínio, deste meio de comunicação. Kevin tem experiência no teatro/produtor, entre outras faces do seu mister.

LEI DAS SEMENTES GERA CONFLITOS Os produtores que utilizam sementes de sua lavra reconhecidas há muito e tidas como válidas para a sementeira de suas terras, por motivo da lei 10711 de 05 de Agosto de 2003, ficam sujeitos a condições especiais de âmbito alargado que, neste espaço, é impossível focar integralmente. A troca de sementes entre amigos e/ou vizinhos, obrigação de regras da Comunidade Europeia que ultimamente vem sendo tornadas publicas está a gerar manifestações de desacordo em diversos pontos do Pais.

Só agora, os lentes agrícolas pretendem mostrar/impor “conhecimentos”, fazendo crer que as sementes tão enraizados nas nossas gentes e há tanto usadas, não servem. Não será para dificultar a vida dos pequenos produtores em proveito dos grandes senhores económicos? Solicita-se, a consulta da lei. Não se ajusta à vida do pobre português, daí a revolta que vai provocando.

FURTAM-SE FLORES NOS JARDINS PRIVADOS Chamam-nos à atenção de que, caminhantes pela noite e não só, se abeiram dos locais particulares onde existem jardins. Posto isso, sem mais, cortam as mais belas flores do local deixando num desconsolo donos/as das suas coisas. Bom seria respeitar-se. O que cada pessoa gera a seu gosto, não deve ser adulterado, muito menos devassado. Diz o ditado: “o respeito cabe em toda a parte” e, “ o que é de cada um a si pertence”.

O QUE FAZ A METEOROLOGIA Parece neve mas não é. Uma descarga de granizo em domingo dia 19 de Maio 2013. Não haverá estragos a registar, contudo, foi significativa a quantidade caída. Foto, deferência, de Ruben Silva. Retirada de Lobão da Beira WEB

FALECIMENTO

1.ª CAMINHADA

Com 82 anos faleceu dia 19/05/13 Joaquim Augusto Robalo Oliveira, residente na Amadora. Deixa viúva Maria dos Anjos Maltez de Oliveira, filhas: Ivone Maria Maltez de Oliveira Botelho e Laura Maria Maltez Oliveira Garcia e os netos respectivamente: Joana Botelho e Pedro Garcia. Em parte, residiram no lugar de Várzea, porém cerca de 50 anos foram residir para a cidade atrás referida. Os derradeiros dias de vida de Joaquim Augusto tornaram-se muito atribulados. Homem de trabalho, um bom pai, amigo e bom marido, problemas de saúde agravados após os oitenta, foram na verdade determinantes. Muito auxiliado pela esposa que lhe devotou o máximo cuidado, saber e carinho em suma a enfermeira próxima, viu sua companhia chegar ao fim. Seu corpo regressou em cortejo e veículo fúnebre, entrando no edifício da Igreja Matriz de Lobão da Beira pelas 12,30 horas. Pelas 16 horas teve exéquias de corpo presente, indo a sepultar no cemitério da freguesia. Juntaram-se muitos familiares e amigos. O Senhor o tem na morada para ele reservada. Aos enlutados, expressamos nossos sentidos pêsames.

A Associação de Cultura e Recreio Ermidense realizou a sua primeira caminhada pelos pinhais e mata da Ermida, Várzea do Homem e Molelinhos, na distância de 14 quilómetros. Só participaram 15 e informações por nós recolhidas, foi do agrado dos participantes, só a lamentar na parte final a grande chuvada que a todos encharcou. O percurso muito bem sinalizado previamente, foi de muito agrado e esperamos que com a continuação com certeza que vai haver mais participantes.

2.º TORNEIO DE SUECA As inscrições para o 2.º Torneio de Sueca relâmpago que a Associação vai realizar no dia 1 de Junho, devido ao adiamento que foi feito do dia 11 de Maio para o dia 1 de Junho, o Torneio vai ser realizado às 20h30. Estão abertas as inscrições. O primeiro prémio é um presunto. Se gosta de jogar à sueca é só preciso inscrever-se e trazer um amigo.

Freimoninho (Mosteirinho) JOAQUIM VIEGAS DA CONCEIÇÃO

O TEMPO QUE SE FAZ SENTIR Já estamos quase no fim do mês de maio e continua a chuva, muito frio, pelo menos foi o que se fez sentir na aba poente da serra do Caramulo. Noutros locais caiu bastante neve, o que nesta altura em plena Primavera e apenas a um mês do verão já não era para acontecer estas mudanças bruscas de temperatura que não ajudam nada aos que trabalham a terra. Já temos uma agricultura que mortifica o trabalho, afetando e de que maneira as colheitas. Eu pela minha experiencia porque também já fui agricultor, o ano de 2013 não será um ano muito risonho, mas é como diz o povo “haja saúde e coza o forno”.

DOENTE Teve alta no Hospital São Teotónio em Viseu a D. Glória Pereira natural do Freimoninho como se tem noticiado nas últimas edições. Está bastante melhor junto dos seus familiares e amigos.

AGRADECIMENTO Quero agradecer ao Jornal de Tondela por se ter lembrado do meu aniversário e pela tão bela dedicatória que me dirigiu, o meu agradecimento a todos quantos trabalham no jornal e ao seu diretor que também me telefonou a dar os parabéns. O meu muito obrigado a todos.

de José Manuel Cruz

Limpeza de sistemas de exaustão Limpeza de chaminés sem sujar Limpeza de caleiras / algerozes

Tlm: 919 281 411 - 963 840 938 Av. Dr. Afonso Costa, 443 * 3465-051 CAMPO DE BESTEIROS


REPORTAGEM 13

23/05/2013

Fial

CD Tondela adia constituição Festa solidária com receita da SAD para a Cooperativa “VÁRIOS”

Anabela Figueira e Nazaré Gouveia Anabela Figueira é um nome desconhecido no concelho de Tondela mas esta mulher espalha generosidade pelo mundo. Há vários anos partiu do Fial, freguesia de São Miguel do Outeiro rumo à Suíça e como muitos portugueses residentes nos cinco continentes tem protagonizado um bemsucedido trajeto profissional. Até aqui nada de novo, mas na realidade esta mulher sente um prazer imenso em partilhar o seu sucesso com os mais necessitados, revelando um pouco por onde passa a sua faceta altruísta. Anabela Figueira tem bom coração e por isso gosta com os recursos que possui ajudar quem mais precisa. É “madrinha” de muitas crianças de vários países que tem visitado. Mas, a Anabela Figueira faltava ajudar alguém da sua terra, tendo surgido a oportunidade quando teve conhecimento do trabalho desenvolvido pela Cooperativa VÁRIOS – Instituição de Solidariedade Social. Na altura da Páscoa deste ano visitou estas instalações em Tondela. A sensibilidade desta emigrante na Suíça aumentou ainda mais o apelo interior em querer contribuir com algo de diferente. Neste contexto surgiu a ideia de fazer uma Festa solidária, no Fial, realizada no sábado, 18 de maio, tendo como cabeça de cartaz, o cantor popular Quim Barreiros.

Nesta noite Anabela Figueira subiu ao palco para oferecer à diretora da Cooperativa VÁRIOS, Nazaré Gouveia um cheque de 5 mil euros, montante calculado de forma simpática, porque dificilmente as receitas desta festa atingiriam essa verba. Ao nosso jornal afirmou sentir-se feliz por poder ajudar os outros porque também se sente todos os dias ajuda por Deus. Depois a vontade de colaborar com quem precisa do seu concelho falou mais alto. Mas para Anabela Figueira, o trabalho solidário até nem é recente, “ajudo muitas crianças pelo mundo fora, como em África ou América do Sul. Assim pensei se ajudo quem é de tão longe porque não ajudar os que estão perto de mim?”. Seguiu-se a visita à Cooperativa VÁRIOS, na Páscoa e confessa: “Fiquei apaixonada por eles to-

dos…”. É a primeira vez que apoia uma instituição de solidariedade social do concelho de Tondela, mas espera que não seja a última, até porque foi muito fácil organizar a festa do Fial, “foi feito com muito amor e carinho…”. O cheque entregue por Anabela Figueira a Nazaré Gouveia tem como objetivo adaptar três quartos no lar residencial da “VÁRIOS” para os utentes com mais deficiências desta instituição. É de recordar que antes da realização desta festa solidária Anabela Figueira tinha oferecido à Cooperativa VÁRIOS um conjunto de material técnico, concretamente, uma cama articulada automática, duas cadeiras de rodas, uma cadeira balança e outra para dar estabilidade. Na verdade este é um exemplo que deve ser seguido. ARMÉNIO PEREIRA

Quim Barreiros

O Clube Desportivo de Tondela tinha decidido em Assembleia-Geral realizada em fevereiro avançar para a constituição da Sociedade Anónima Desportiva (SAD). Terminado o campeonato e perante a realidade que neste momento está em cima da mesa o presidente Gilberto Coimbra considera que o mais lógico é adiar a decisão para mais tarde, optando pelo modelo alternativo de constituição de uma Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ). O dirigente considera

que “investidores há muitos mas preto no branco há pouco…” e como não gosta de promessas, mas sim de dados palpáveis o clube seguirá por um caminho mais seguro, “por forma a ficarmos devidamente legalizados e optar pela constituição da SDUQ”, confirmando assim esta decisão como um dado adquirido. Gilberto Coimbra reconhece contudo que a SAD fica em aberto e poderá mesmo avançar ainda no decurso deste ano, “desde que sejam reunidas as condições que eu entendo como melhor para o

clube não desvirtuando a sua identidade. O presidente do Tondela considera que numa semana é possível transformar a SDUQ em SAD, mas para isso, é necessário que entre capital para fazer melhoramento substancial do plantel. Algo que neste momento não acontece e como tal o clube ficará para já com o total dos seus ativos e quando aparecerem os investidores fidedignos será cedido o capital correspondente ao investimento. ARMÉNIO PEREIRA

Núcleo de Escalada da ACERT

A equipa de escalada mais jovem do país A equipa do Núcleo de Escalada da ACERT está a marcar a diferença no Circuito Nacional de Escalada da Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada, por ser a equipa que apresenta os elementos mais jovens. Ema do Mar, Gustavo Cunha e João Coelho, participaram na primeira prova do circuito 2013, com 7, 8 e 9 anos respetivamente. Estes 3 jovens escaladores, já praticam escalada, em alguns dos casos há mais de 3 anos, nos treinos de escalada, do Núcleo de Escalada da ACERT, no pavilhão municipal. A equipa decidiu que este ano eles começassem a participar no circuito de provas de escalada da federação, apesar da sua tenra idade e baixa estatura. A primeira prova foi no passado dia 28, em Soure e os resultados desportivos, não sendo a questão essencial desta notícia, foram muito gratificantes. Estes três “minis” escalam com grande nível técnico e um entusiasmo que contagia os mais velhos. A próxima prova será no próximo fim-de-semana, nos dias 25 e 26 na Maia, na qual, os 3 “minis” voltarão a participar para dar o seu melhor e representar as cores da camisola da equipa da ACERT e também o patrocínio da Escola de Montanha. Esperamos que estes 3 jovens continuem a praticar escalada com entusiasmo e segurança e que atrás deles venham outros, nesta modalidade que não para de crescer. PROF. NELSON CUNHA


14 DESPORTO

23/05/2013

Campeonato de Honra da AFV

A alegria dos condenados

A. Molelos, 3 – V. Benfica, 0 As dúvidas continuam a existir nesta verdadeira embrulhada de quantas equipas descem nesta Divisão, uns dizem que são sete, outros cinco, ou seis, outros ainda que são só três, enfim, nesta história rocambolesca ainda não há certeza nenhuma. De qualquer maneira estas duas históricas formações, neste último jogo do Campeonato, proporcionaram no Vale da Pata, um excelente espectáculo de futebol, com alegria e vivacidade, sem pensar o que o futuro pode reservar. Quanto à marcha do marcador, os golos foram obtidos por Nuno Rato e Júlio que bisou na partida em que globalmente o Atlético foi superior. Como nota final, jogaram ainda Cabaças, Nando e Róias.

Jogo disputado no complexo desportivo do Vale da Pata.

II Liga

Espectacular reviravolta no marcador Tondela, 4 – Arouca, 2 AO INTERVALO: 0-2 Na mesma medida EMOÇÕES AO RUBRO que o Arouca se desorienCOM QUEIXAS À tava o Tondela empolgavaARBITRAGEM se no sentido inverso, aca-

MOLELOS: Filipe Azevedo Pacheco Matateu Lelo Ivo Dani Filipe Júlio Rato Patrick Zé Russo

Suplentes: Rui Almiro Cabaças Antony Nando Róias E agora, o que é que eu vou fazer domingo à tarde!? MACARINHO

Material e Produtos de ferro para Serralharia Civil e Construção Civil

MATERIAL PARA APICULTURA ADIÇA - TONDELA TELEF.: 232 816 963 * FAX: 232 817 805 E-MAIL: geral@araufer.pt

SENHORA, COM 45 ANOS DE IDADE, OFERECE-SE PARA CUIDAR DE IDOSOS E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, COM EXPERIÊNCIA E CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA ÁREA DE AUXILIAR DE SAÚDE E PORTADORES DE DEFICIÊNCIA. COM VIATURA PRÓPRIA E CARTA DE CONDUÇÃO. DISPONIBILIDADE DIA/NOITE. CONTACTAR ATRAVÉS DO TELEMÓVEL: 963 769 324

Vítor Oliveira deu a titularidade a muitos jogadores menos rotinados mas mesmo assim o Arouca foi mais seguro nas suas ações na primeira meia hora de jogo, domínio traduzido com o golo de Roberto à passagem do quarto de hora aproveitando dentro da área um ressalto defensivo. O golo madrugador do Arouca destabilizou a equipa tondelense, situação agravada por João Capela ao assinalar uma grande penalidade duvidosa por falta de Jô sobre Gabi que ainda por cima foi expulso no mesmo lance. Prova dessa desorientação foi comprovada de novo no primeiro minuto do segundo tempo com Idris a agarrar Boubacar dentro da área, castigo máximo bem marcado, mas o jogador do Arouca a ser poupado ao segundo amarelo. Piojo reduziu a vantagem, a sua equipa acreditou que podia dar a volta ao marcador passando a jogar melhor reduzido a dez unidades. Quando o jogo caminhava para o final, o argentino caiu na área, o árbitro assinalou a marca de grande penalidade que o mesmo Piojo transformou no golo do empate, num lance muito contestado pelos visitantes.

Jogo no Estádio João Cardoso em Tondela. Árbitro – João Capela (A.F. Lisboa) Árbitros Assistentes: Pedro Garcia e Tiago Rocha

TONDELA: AROUCA:

bando por virar o marcador em lances de contra-ataque com a equipa da casa a marcar o 32 pelo defesa Pedrosa e o da confirmação pelo extremo Benvindo que tinha entrado pouco antes do fim do encontro.

Armando Tomé Pica Tiago Barros Pedrosa Ericsson (Fábio Lopes, 76) Boubacar Luís Aurélio (Benvindo, 81) Jô Piojo (cap.) Fonseca (Vasil, 72)

MELHOR EM CAMPO: Piojo – O talentoso avançado argentino filtrou todo o jogo de ataque da sua equipa com pormenores técnicos deliciosos. Reduziu a desvantagem no primeiro penalty. Fez acreditar a sua equipa. Sofreu a falta no segundo que converteu no golo do empate e ainda ajudou na reviravolta no marcador.

TREINADOR DO AROUCA: Vítor Oliveira – Penso que o jogo tem pouco a ver com o resultado que é absolutamente falseado pela péssima atuação da equipa de arbitragem. Não tenho a mínima duvida que os dois penaltis contra o Arouca não existem. Também não tenho dúvidas de que o terceiro e quarto golo são obtidos em “off-side” absolutamente claro. Nem preciso de ver na televisão e só não viu quem não quis.

TREINADOR DO TONDELA: Vítor Paneira – Não

Treinador: Vítor Paneira

Rua Dr. Marques da Costa (junto à Escola de Condução) Tondela - Telef. 232 813 026 ou 91 762 79 57

Treinador: Vítor Oliveira

Golos:

Tática

Piojo (grande penalidade, 46), Piojo (grande penalidade, 79), Pedrosa (85) e Benvindo (91)

4X3X3

Tática:

Golo: Roberto (14m), Gabi (grande penalidade, 35)

4X3X2X1

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hemiliano (38), Roberto (40), Rui Gomes (44), Idris (44), Pica (48), Ericson (50), Idris (78), Luís Dias (84), Boubacar (90). Vermelho por acumulação para Idris (78). Cartão Vermelho direto para Jô (34) queria falar da arbitragem na última jornada, mas também tenho de dizer que o primeiro penalty não existe, tal como, a expulsão que nos condicionou. Não tenho dúvidas de que os dois penaltis a nosso favor existem e sobre os fora de jogo não comento porque estava do lado contrário, se não te-

TEM AUTOMÓVEL? O SEGURO É OBRIGA TÓRIO! OBRIGATÓRIO! Está consciente das coberturas contratadas? Tenha entre si e a companhia de seguros um especialista. Preços especiais. CONTACTE: Eduardo Marques - Mediador de Seguros

Igor Luís Dias Miguel Ângelo (cap.) Zarabi Vicente Idris Gabi Hemiliano (Laurindo Tavares, 70) Roberto (Luís Pinto, intervalo) Rui Gomes (Hugo Monteiro, 70) Clemente

nho a certeza do que estou a dizer não vou fazer qualquer comentário. Na primeira parte o Arouca dominou completamente. Na segunda-parte tudo se alterou, fomos mais ambiciosos e pressionantes. ARMÉNIO PEREIRA


DESPORTO / INFORMAÇÃO 15

23/05/2013

ZON SAGRES JORNADA ANTERIOR

DISTRITAL DE HONRA

JORNADA ANTERIOR

J V E D

F

C

P

Lusitano

30 22

5

3

56

24

71

C. Daire

30 22

2

6

67

27

68

M. Beira

30 20

6

4

64

30

66

Sátão

30 15

8

7

53

21

53

Paivense

30 14

6

10 43

30

48

Mangualde

30 12

8

10 23

24

44

Fornelos

30 12

7

11 49

46

43

Sernancelhe

30 11

7

12 43

41

40

C. Senhorim

30 10

9

11 38

40

39

Resende

30 11

6

13 32

44

39

Tarouca

30 11

5

14 43

46

38

J V E D F

C

P

MOLELOS

30

8

6

16 33

61

30

Crasto

4

4

0

0

10

1

12

Sp. Lamego

30

7

7

16 26

46

28

Pinguinzinho

4

3

0

1

8

8

9

Campia

30

6

9

15 25

37

27

V. Benfica

Viriatos

4

0

1

3

4

7

1

30

6

4

20 25

63

22

Vouzela

30

2

7

21 19

59

13

TONDELA

4

0

1

3

5

11

1

V. Guimarães --------- 0 R.Ave -------------------- 1

V. Guimarães B ------ 1 Oliveirense ------------- 0

Olhanense ------------- 0 Marítimo ---------------- 0

Penafiel ----------------- 2 Sporting B -------------- 1

B. Mar ------------------ 1 Sporting ----------------- 4 G. Vicente ------------- 1 Estoril ------------------- 3 P. Ferreira -------------- 0 FC Porto ---------------- 2 Nacional ---------------- 2 Académica ------------ 1 V. Setúbal -------------- 0 Sp. Braga -------------- 1 Benfica ------------------ 3 Moreirense ------------- 1

Leixões ----------------- 0 Covilhã ------------------ 1 Portimonense --------- 2 Atlético ----------------- 1 D. Aves ----------------- 0 Marítimo B ------------- 2 TONDELA -------------- 4 Arouca ------------------ 2 U. Madeira ------------- 5 Trofense ---------------- 3 Belenenses ------------ 2 Freamunde ------------ 1 Naval -------------------- 0 FC Porto B ------------ 0

DISTRITAL JUNIORES A S19

C

P

J V E D F C

P

3

1

1

10

5

10

Lusitano

6

5

0

1 22

4

15

TONDELA

5

3

1

1

9

6

10

PESTINHAS

6

4

0

2

9

8

12

Lusitano

5

2

1

2

8

10

7

O. Frades

6

2

0

4

4

12

6

Viriatos

5

0

1

4

3

9

1

Cracks Lamego 6 1 0 5

8

19

3

P 78

Benfica

30 24

5

1

77

20

77

P. Ferreira

30 14 12

4

42

29

54

SP. Braga

30 16

4

10 60

44

52

Estoril

30 13

6

11 47

37

45

Sporting

30 11

9

10 36

36

42

Rio Ave

30 12

6

12 35

42

42

Nacional

30 11

7

12 45

51

40

V. Guimarães

30 11

7

12 36

47

40

J V E D

F

C

P

Marítimo

30

9

11 10 34

45

38

Belenenses

42 29

75

41

94

Académica

30

6

10 14 33

45

28

Arouca

42 21 10 11 65

48

73

V. Setúbal

30

7

5

18 30

55

26

Leixões

42 18 14 10 49

36

68

Olhanense

30

5

10 15 26

42

25

Sporting B

42 17 15 10 62

46

66

Gil Vicente

30

6

7

17 31

54

25

D. Aves

42 16 17

47

42

65

Moreirense

30

5

9

16 30

51

24

Portimonense

42 17 13 12 61

50

64

Beira Mar

30

5

8

17 35

55

23

Benfica B

42 15 17 10 71

54

62

Oliveirense

42 16 12 14 52

49

60

Penafiel

42 16 12 14 48

44

60

S. Clara

42 15 14 13 55

48

59

TONDELA

42 16 11 15 55

60

59

Naval

42 13 18 11 51

50

57

Feirense

42 15 11 16 60

59

56

U. Madeira

42 13 17 12 47

46

56

FC Porto B

42 13 15 14 49

49

54

Maritimo B

42 14

21 40

46

49

J V E D F

C

P

Sp. Braga B

42 12 13 17 39

51

49

Ac. Viseu

4

3

1

0

8

3

10

Atlético CP

42 12

8

22 45

63

44

Crasto

4

1

3

0

8

5

6

Trofense

42

9

13 20 41

60

40

Sp. Covilhã

TONDELA

4

1

2

1

5

6

5

42

7

17 18 37

52

38

V. Guimarães B

Drizes

4

0

0

4

2

9

0

42

7

15 20 30

56

36

Freamunde

42

7

12 23 46

75

33

(Junto às piscinas) R. Comandante João Matos Ferreira, 88

Especialidades Medicina Geral e Familiar Psiquiatria Psicologia Terapia da Fala Podologia Fisioterapia Acupunctura Serviços de Enfermagem

Outros Serviços Análises Clínicas Exames Auditivos

Avaliação de condutores Electrocardiogramas

PAULA M. PENEDOS

MÉDICA DENTISTA CONSUL TAS TODOS OS DIAS ÚTEIS CONSULT ACORDO C/ SAMS ENFERMÉDICA-Tel.: 232 813 556 Largo Visconde de Tondela (Finanças) - TONDELA

Tondela

5

C

t: 232 821 959 / 91 7373426 www.centromedicodetondela.com

Guardão

J V E D F

14

Centro Médico de Tondela

Farmácia Soares -------------------- 232 841 323

Sp. Lamego

F

7

FUTEBOL 7 - S12 SÉRIE B2

TONDELA - Viriatos Lusitano - Sp. Lamego

DISTRITAL JUNIORES B S17 JORNADA ANTERIOR

Lageosa do Dão Molelos Farmácia de Molelos --------------- 232 813 957

J V E D F

C

P

6

5

1

0

21

10

16

S. João do Monte

V. Benfica

6

2

1

3

15

19

7

Farmácia Ribas de Sousa -------- 232 862 119

V. 2001

6

1

3

2

17

19

6

PESTINHAS

6

1

1

4

10

15

4

Tourigo Farmácia do Tourigo ---------------- 232 871 042

FUTEBOL 7 - S10 SÉRIE A2

CENTROS DE SAÚDE

JORNADA ANTERIOR

PRÓXIMA JORNADA

232 841 259 232 822 304 232 822 237 232 822 227

Mortágua

TONDELA -------------- 2 Crasto ------------------- 2 Drizes ------------------- 1 Ac. Viseu -------------- 3

Farmácia Gama Vieira ------------Farmácia Horta ---------------------Farmácia Moura --------------------Farmácia Tomaz Ribeiro -----------

Farmácia Lageosa ------------------ 232 957 478

PRÓXIMA JORNADA

Crasto - Drizes Ac. Viseu - TONDELA

FARMÁCIAS

Campo de Besteiros

Canas de Santa Maria

FUTEBOL 7 - S13 SÉRIE B2

70

9

HOSPITAL DE TONDELA -------- 232 819 060

Farmácia Almiro --------------------- 232 851 290

Pinguinzinho - Crasto TONDELA - Viriatos

Sp. Lamego ------------ 1 TONDELA -------------- 2

0

6

Viriatos ----------------- 1 Pinguinzinho ---------- 2

Farmácia do Caramulo ------------- 232 861 257

6

7

112 - NÚMERO NACIONAL DE EMERGÊNCIA 117 - PROTECÇÃO À FLORESTA 800 206 656 - RECADOS DA CRIANÇA 800 203 531 – LINHA DO CIDADÃO IDOSO

Lusitano ---------------- 3 Viriatos ----------------- 2

J V E D

Feirense ---------------- 3 Sp. Braga B ----------- 0

Crasto ------------------- 3 TONDELA -------------- 0

JORNADA ANTERIOR

30 24

Benfica B -------------- 2 S. Clara ----------------- 2

TELEFONES ÚTEIS

JORNADA ANTERIOR

PRÓXIMA JORNADA

FC Porto

Gastrenterologia Medicina Dentária Pediatria Otorrinolaringologia Urologia Cardiologia Cirurgia Geral Dermatologia

DISTRITAL JUNIORES C S15

SEGUNDA LIGA

V. Benfica Pinguinzinho PESTINHAS ----------- 3 Repesenses ----------- 6 J V E D F

C

P

Repesenses

5

5

0

0

40

10

15

PESTINHAS

5

2

0

3

16

20

6

V. Benfica

4

1

0

3

7

27

3

Pinguinzinho

4

1

0

3

7

13

3

PRÓXIMA JORNADA

Barreiro de Besteiros --------------Campo de Besteiros ---------------Canas de Santa Maria ------------Caparrosa ----------------------------Caramulo -----------------------------Lageosa do Dão --------------------Lobão da Beira ---------------------Molelos -------------------------------S. João do Monte ------------------Santiago de Besteiros ------------Tonda ----------------------------------Tondela -------------------------------Vilar de Besteiros -------------------

Pinguinzinho - Repesenses PESTINHAS . V. Benfica

de: António Luís Simões Dias - CANALIZAÇÕES - MONT AGENS MONTA

Energia Solar Ar Condicionado Aquecim. Central

- ELECTRICID ADE ELECTRICIDADE Telem.: 966 083 869

R. Principal, N.º 538 * Eiras * Castelões * 3465-126 Campo de Besteiros

B. V. Tondela

232 871 209 232 851 497 232 841 172 232 856 290 232 861 499 232 958 347 232 822 434 232 822 638 232 866 137 232 851 112 232 816 373 232 814 040 232 841 319

BOMBEIROS

Tondela -------------------------------- 232 814 110 Lageosa do Dão --------------------- 232 957 366

B. V. V. Besteiros Campo de Besteiros ---------------- 232 857 000 S. João do Monte ------------------- 232 866 166

GNR Campo de Besteiros ---------------Caramulo -----------------------------Tondela -------------------------------Guarda Florestal --------------------

232 851 387 232 861 326 232 819 370 232 813 775

TRANSPORTES Táxi (Tondela) ------------------------ 232 822 067 Táxi (C. S. Maria) ------------------- 232 841 123

MUNICIPAIS Municipio de Tondela --------------- 232 811 110 Posto Turismo de Tondela -------- 232 811 121 Posto Turismo do Caramulo ------ 232 861 437


16

Sudoku

Momentos de Poesia 23/05/2013

MARIA DA CONCEIÇÃO

SOLUÇÃO DO NÚMERO ANTERIOR

Deus é o génesis, porque Omnipotente, De toda a criação, até humana, Cremos vir d’Ele amor pra toda a gente, Quer viva em palacete ou em choupana. Porque germina, então, tanta semente De miséria, afiada durindana? Por quê, há, meu bom Deus Omnisciente, Aqui, um rico, ali, um pobretana? O Mundo só quis vida de esplendor, Agora, vive grande angústia e dor, Prós teus desígnios há razão de ser… A muitos crentes, vida nega a sorte, Quantos ateus, ricos até à morte, Senhor! Senhor! Só quero entender…

Caleidoscópio MVC

CITAÇÃO

Palavras cruzadas MANUEL DA COSTA Horizontais: 1-Pessoa que faz adivinhação pela inspecção das linhas da mão (pl.). 2-Chapeu de sol. Quatromais quatro. 3-Água em francês. Concordar. 4-Sigla da nossa transportadora aérea. 5-Fruto silvestre. Habitações. 6-Um dos naipes das cartas de jogar. 7-Veda com arame. Não digam. 8-Igreja episcopal. 9-Nome de certos compostos que ao contacto com a água produzem ácido. Antigo artigo. 10-Folha de ferro estanhada. Sorrira. 11-Vista escrita ao contrário. aplicar cores a. Verticais: 1- Prenome relativo. Junta para procriação. 2-Feminino de um. Mulher trigueira (pl). 3-IBU. Capa sem mangas. Pau ferro. 4-Acusada. Pernada de árvore. 5-Folha de palmeira que se preparava para escrever. Pega. 6-Dificuldade (fig.). O mesmo que eiró. 7-Dili sem a última vogal . 8-Serão prolongado. Rezo. 9-Dorna baixa de forma oval (pl.). Parecença. 10-Local de paragem de um grupo de corredores. 11-Abreviatura de senhor. Partícula afirmativa. A nossa casa.

“Sei que Vosselências ignoram-no, mas eu posso garantir-lhes: o serrano, que os senhores se propõem imolar nas aras dum pretendido progresso, é um misto de desespero, orgulho, mansidão, meio lobo, meio carneiro, formado desta vegetação rastiça e humilde, da paciência imensurável que representa uma rês a encher a barriga percorrendo léguas, aqui esponta um broto, ali apanha uma paveia seca, e de tantas outras coisas que se veem, calcam e respiram, sem se dar conta. A serra é por assim dizer a extensão universitária destas aldeias rupestres, desabridas e broncas, autênticas terras do Demo.” AQUILINO RIBEIRO- QUANDO OS LOBOS UIVAM

ORIGEM E SIGNIFICADO DA EXPRESSÃO “CARAPAU DE CORRIDA” O peixe é vendido pelos pescadores nas lotas, em leilões «invertidos», ou seja, com os preços a serem rapidamente anunciados por ordem decrescente, até que o comprador interessado o arremate com o tradicional «chiu!». Isto implica que o melhor peixe, e o mais caro, é o que é vendido primeiro, ficando para o fim o de menor qualidade. Em tempos anteriores ao transporte automóvel, as peixeiras menos escrupulosas compravam esse peixe no fim da lota, por um preço baixo, e corriam literalmente até à vila ou cidade, entanto chegar ao mesmo tempo que as que tinham comprado peixe melhor e mais caro na lota (e tentando vendê-lo, evidentemente, ao mesmo preço que o de melhor qualidade). Nem sempre os fregueses se deixavam enganar, e percebiam que aquele carapau era «carapau de corrida», comprado barato no fim da lota e transportado a correr até à vila. Hoje ainda, o que se arma em carapau de corrida julgase mais esperto que os outros, mas raramente os consegue enganar.

ORIGEM DA EXPRESSÃO “ERRO CRASSO” Na Roma antiga, o poder era dividido por três pessoas. O primeiro triunvirato era constituído pelos generais Caio Júlio, Pompeu e Crasso. Este último foi incumbido de atacar um pequeno povo chamado Partos. Confiante na vitória, resolveu abandonar todas as formações romanas clássicas e simplesmente atacar. Ainda por cima, escolheu um caminho estreito e de pouca visibilidade. Os partos, mesmo em menor número, conseguiram vencer os romanos, sendo que Crasso foi um dos primeiros a morrer. Desde então, sempre que alguém tem tudo para acertar, mas comete um erro estúpido, dizemos que se trata de um erro crasso.

Reflexão da Semana Soluções do n.º 1152 Horizontais: Carpideiras, ermo, olmo, o, má, sara, com, ruela, rústica, ser, aluar, c,a, suara, lavra, pl, d, aa, ir, abade, r, catálogos, aias, raia.

Ponto Final

INCERTEZAS

A nossa pátria é onde nos sentimos bem. ARISTÓFANES

MANUEL VENTURA DA COSTA

Memórias (Excerto)

O

avião tinha baixado e era possível, lá do alto, distinguir as cabanas das aldeias e ver o fumo que delas saía. Entre os passageiros encontravam-se missionários, freiras e outros civis, homens e mulheres. Já quase a chegar ao destino, um dos motores começou a “tossir”, fez-se silêncio no interior do aparelho e um padre missionário, desapertou o cinto de segurança, ajoelhou-se e começou a rezar... Ao contrário do que acontece hoje em quase todos os voos, nesse tempo e nas linhas aéreas do interior do País, não havia hospedeiras. Geralmente eram três os membros da tripulação – o piloto, um co-piloto (às vezes) e um mecânico. Por isso, nesse momento de inquietação, não houve ninguém que viesse tranquilizar ou explicar o que se passava. Cada qual podia fazer a sua avaliação pessoal. Assim aconteceu e quase poderia garantir que não houve propriamente pânico. Depois de sair do inferno... é difícil ter-se medo!... Entretanto, e com a hélice do motor direito “em bandeira”, o avião adornou um pouco e foi baixando, baixando... e de repente o asfalto da pista trouxe um pouco de tranquilidade. Dois ou três solavancos, uma pequena derrapagem, uns ziguezagues e, por fim o deslizar sereno do avião em direcção à aerogare. Como já o disse, os pilotos eram experientes, os rios serviam de referência e, muitas vezes, as palmeiras serviam de “balizas” para a aterragem. Durante a minha permanência de trinta anos não se registou qualquer acidente com os aviões apesar de, como dissemos, os meios de navegação aérea serem rudimentares e, por vezes até “artesanais”! Muitos sustos é verdade, mas sem consequências de maior. Em viagens do interior para a capital ou vice-versa, quando passávamos a linha do Equador, raro era o voo em que não houvesse que contar! Muitas vezes era tal a turbulência e tantos os poços de ar, que todos os passageiros emudeciam. As trovoadas e as tempestades tropicais com chuvas intensas eram tão fortes que o comportamento do avião era o de uma cadeira de montanha russa!... Muitas vezes, a chuva, juntava-se a nós, entrando pelas minúsculas frinchas das velhas carlingas dos famosos DC3. De vez em quando o avião era desviado da sua rota porque era necessário ir buscar um doente a uma Plantação perdida na floresta e então aterrávamos em pistas cobertas de capim e era um “espectáculo” estranho ver as asas do bimotor a ceifar as ervas que encontravam na pista. Sucedia que os passageiros não eram informados da alteração da rota e podem adivinhar a sensação de medo quando se acendiam as luzes para apertarmos os cintos e de repente, pelas janelas, víamos os arbustos a serem degolados e o avião a rolar envolto numa nuvem de pó!...


JT 1153