__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Ano XXXVI | N º 1217 | 18 de junho de 2021 Circulação em Marau, Vila Maria e Camargo

Marau chega a 90 óbitos em decorrência da covid-19

PÁGINA PÁGINA

Vereador apresenta projeto para retirada de fios inutilizáveis

PÁGINA

06

Innovar entrega Praça e Horta Comunitária ao Madero Living Club

PÁGINA

03

14

Marau já aplicou cerca de 20 mil doses de vacinas contra a Covid-19

De acordo com a Prefeitura de Marau, além dos grupos prioritários como idosos e pessoas com comorbidades, o público em geral a partir dos 49 anos já receberam a oportunidade da primeira imunização. Página 03


2

OPINIÃO

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

Por Carlito Silvestri - Jornalista e Advogado

ESQUINAS DO MUNDO

Fim das pensões vitalícias dos Governadores gaúchos

Salão Nobre do Palácio Piratini

Está na pauta do Plenário da Assembleia na próxima terça feira o projeto que acaba com a pensão vitalícia de nove ex-governadores do Es-

tado e quatro viúvas de governadores. O texto é de autoria de Pedro Pereira (PSDB). O valor de cada uma das pensões é de mais de R$ 32 mil mensais. In-

Candidatos ao legislativo estadual e federal pela região

Sérgio Turra (PP), Cherini (republicano), Luciano Azevedo (PSD) vão a federal. Estadual Vilmar Zanchin (MDB), Francescon ainda sem partido. Numa entrevista no Espaço Plural da Vang, sugere especular o nome do Secretário Munici-

pal em Passo Fundo, ex-prefeito de Marau, João Antônio Bordin, pelo (PSD). Tabuleiro é de 15 meses antes da eleição de 2022. Muita água pode passar por debaixo desta ponte.

clusive com direito a 13ª salário. Existe uma emenda do deputado de Marau, Sérgio Turra, estabelecendo que a partir de Eduardo Leite, o subsídio mensal após o término do mandado, seja de um ano e não de quatro anos, como é atualmente. Em caso de assumir outro cargo eletivo, o ex-governador perde o subsídio. O tema fim das pensões estava no foco do STF (Supremo Tribunal Federal) mas acabou sendo retirado de pauta, sabe lá por que capricho ou força política dos beneficiados, e sem data para retomada. Vai para uma gaveta do esquecimento, com certeza. Em tempo: ex- governadores que recebem pensão: Jair Soares, Alceu Collares, Pedro Simon, Antônio Brito(morando em Miami), Tarso Genro, germano Rigotto, Ieda Crusius, José Ivo Sartori e mais quatros viúvas dos ex governadores Euclides Trichês (quase 100 anos), Marilia Guilhermina Martins Pinheiro, viúva de Leonel Brizola, Esposa de Amaral de Sousa, Sinval Guazzeli.

Nascimentos e divórcios na pandemia Estatísticas mostram menos nascimentos que mortes no Brasil, embora o isolamento dos casais em casa. Certamente reflexão sobre medo de colocar mais vidas em perigo durante o Covid. De outra parte também um levantamento mostra dados interessante: Neste período de isolamento social somado ao estresse e medo pela Covid elevaram as tensões dos familiares. Anos e anos comprimidos em um, sem trégua para respirar. Volta ao que parece a famosa história, de perto ninguém é normal. Já na formalização da União Estável é a substituição do “ deixa como está para ver como é que fica”, “ por quem sabe ,juntamos os trapinhos de vez “

Constatações e utilidade -São impenhoráveis os valores de até 40 salários-mínimos (atualmente R$ 44 mil) depositados em qualquer tipo de conta bancária. Julgamento em última instância de uma Ação em Santa Catarina forma Jurisprudência (Resp. nº 1. 812.780). -O voto impresso defendido pelo presidente Bolsonaro começa a ganhar sustentação no Congresso. Já há apoio da maioria na comissão de constituição e justiça e de Cidadania na Câmara. Dos 32 integrantes, 21 são favoráveis à Emenda Constitucional para tal objetivo.

Pré-lançamentos de candidaturas Líderes dos Progressistas (PP) dizem que o nome do Senador Luís Carlos Heize já é consenso para o governo do estado. Não sofre prejuízo de sua posição no Senado, pois tem ainda seis anos de mandato. De parte do MDB há uma dúvida que será o nome. Declarado pretendente, Alceu Moreira enfrenta resistência. Mais cotado seria o ex-governador Sartori, que prefere a vaga de Senador e com boas possibilidades. Nome forte é o Ministro Onix Lorenzoni com ótimo desempenho em Brasília concorrendo pelo Democratas. Outros partidos são periféricos e com pouca capilaridade eleitoral. Atual governador sempre afirma que não buscará reeleição pelo

Atual senador pelo PP, Luiz Carlos Heinze

PSDB. Sonha em voo mais alto, ser candidato à presidência da República pelo partido de FHC.


JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

GERAL

3

Marau já aplicou cerca de 20 mil doses de vacinas contra a Covid-19

A prefeitura afirma que somente nas últimas duas semanas mais de três mil doses de vacinas foram aplicadas em Marau, um recorde desde o início da campanha. Agora o Município aguarda a chegada de mais imunizantes para prosseguir com a vacinação. O prefeito de Marau, Iura Kurtz, disse que a tendência é nos próximos dias iniciar a imunização de pessoas abaixo de 49 anos. "A vacinação em Marau é muito eficiente. Parabenizo a todos os profissionais envolvidos pela organização e competência na aplicação das doses. Estamos com a logística e planejamento pronto. Aqui, as doses chegam e de forma imediata já é realizado o trabalho para a realização do Drive-Thru no parque municipal”.

Além dos grupos prioritários, o público em geral a partir dos 49 anos já receberam a oportunidade da primeira imunização

Cadastro obrigatório A Prefeitura solicita que todos os marauenses acima dos 18 anos e que ainda não realizaram nenhuma dose façam de forma imediata o pré-cadastro obrigatório no site www.pmmarau. com.br, pois esse cadastramento auxilia a equipe da Secretaria da Saúde a planejar e organizar as etapas de vacinações. Mais informações sobre a vacinação pode ser obtida na Secretaria de Saúde pelo telefone 31750900.

Desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, cerca de 20.000 doses de vacinas já foram aplicadas em Marau. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde e disponibilizados no portal oficial do Governo do Estado.

Das aplicações, em torno de 15 mil pessoas já receberam a 1ª dose. A 2ª dose já foi aplicada em cerca de 5 mil pessoas. Segundo a Prefeitura de Marau, a taxa de vacinação na capital é de 35%.

Marau chega a 90 óbitos em decorrência da covid-19

HCR suspende consultas sem caráter de urgência

AMPLA adotará novas ações contra a pandemia

Nesta quinta-feira (17), o COE/Centro de Operações Emergenciais de Marau confirmou mais três óbitos em decorrência da covid-19, com isso o total de mortes sobe para 90. Os óbitos foram registrados na última sexta-feira (11), sendo um homem de 75 anos, que estava internado no HCR em Marau; na segunda-feira (14), sendo uma mulher de, 82 anos, também internada no HCR; e na terça-feira (15), sendo um homem de 50 anos, internado em hospital de Passo Fundo. Ainda, foram divulgados 31 novos casos e mais 25 pacientes estão recuperados. Assim, a taxa de recuperação é de 95,9%. Até o momento são 6.816 casos confirmados e 6.541 pacientes recuperados e sem sintomas da doença. Desta forma, o total de pacientes com sintomas ativos nesse momento é 185. Ainda, há registro de 15 internações hospitalares de casos confirmados (residentes em Marau), sendo 10 em Marau no HCR, três em Passo Fundo, um em Porto Alegre e um em Venâncio Aires.

A Direção Técnica, os médicos plantonistas da emergência e a equipe de enfermagem tornam pública a decisão de suspender o atendimento das consultas sem caráter de urgência no setor de Pronto Atendimento do Hospital Cristo Redentor por prazo indeterminado. A medida é adotada devido à superlotação do setor, a utilização de mais de 100% da capacidade técnica da unidade, a ausência de disponibilidade de leitos de UTI no Estado e um elevado número de pacientes sob intubação orotraqueal no setor, bem como com o objetivo de manter a segurança dos pacientes e a boa prática médica. Enfatiza-se que permanecerá somente o atendimento para os casos de emergência médica, como por exemplo: acidentes de trânsito, infartos, politraumas, acidente vascular cerebral, entre outras. A Direção do HCR desde já agradece a colaboração e compreensão de toda a população de Marau e região.

Os prefeitos dos 17 municípios que compõem a Associação dos Municípios do Planalto (AMPLA) definiram, durante reunião nesta quarta-feira (16), a adoção de novas medidas e protocolos sanitários com o objetivo de reduzir a velocidade de circulação viral e a consequente diminuição dos casos ativos e das internações hospitalares. Além da manutenção do decreto que estabeleceu a suspensão das atividades não essenciais entre as 21h e 06h, os gestores pactuaram também a execução de outras ações consideradas importantes para o enfrentamento da Covid-19. Três medidas regionais passarão a compor as iniciativas com foco na mitigação do Coronavírus. Os municípios da AMPLA vão, em conjunto, reforçar as operações de fiscalização e combate às aglomerações, sobretudo as festas e eventos clandestinos que não atendam aos protocolos previstos nos decretos estadual e municipais; iniciar uma campanha regional em veículos de imprensa; e a restrição de permanência em espaços públicos, como praças e parques, aos finais de semana.


4

GERAL

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

Pagamento do IPTU 2021 inicia na próxima semana

Prefeitura vai criar o Centro de Atendimento da Mulher

O pagamento em cota única tem desconto é de 8% e vencimento dia 21 de junho

Prefeito encaminhou nesta quinta-feira (17) para a Câmara de o projeto de lei

O pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) do ano de 2021 inicia no próximo dia 21 de junho (segunda-feira). A quitação no município teria início no mês de abril, mas em virtude de toda a calamidade do coronavírus, a Prefeitura definiu novas datas para auxiliar aos proprietários de imóveis a ter mais planejamento para quitar o débito. Portanto, nesta próxima segunda-feira (21) é o vencimento para

O Município de Marau passará a contar com um Centro Especializado de Atendimento da Mulher. O Prefeito Iura Kurtz encaminhou para a Câmara de Vereadores o projeto de lei que cria o espaço de acolhimento e proteção, especialmente para as vítimas de violência. O local funcionará na rua Nicandro Oltramari, junto ao prédio do CREAS, ao lado do Fórum. “Essa é uma ação importante para proteger as mulheres que são vítimas de violência, tanto física como verbal. Além disso, o espaço também vai proporcionar programas de capacitação para inserção no mercado de trabalho, bem como a orientação para que elas possam ter acesso aos projetos sociais do município”, esclarece o Prefeito. O Secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Paulo César Dal Paz, explicou que a unidade se propõe a fazer um atendimento às mulheres vítimas de violência com serviços psicológicos e jurídicos, entre outras atividades. “Será um local para que as mulheres tenham as orientações e apoios necessários para saírem do ciclo de violência, no sentido de ser ouvida e encaminhada para fazer o registro de ocorrência. Teremos ainda um espaço feminino com oficinas e cursos, para que elas tenham oportunidade de ter independência financeira. Um Espaço público que busca promover e garantir o acesso à justiça, cidadania e direitos das mulheres ”, disse Paulo.

pagamento em cota única, com desconto de 8%. Para quem quiser realizar o pagamento no dia 20 de julho, com cota única, o desconto é de 6%. O IPTU pode ainda ser parcelado em quatro vezes, sem desconto, com vencimentos nos dias 20/07, 20/08, 21/09 e 20/10. Os carnês podem ser acessados no site www.pmmarau.com.br/area-tributaria/iptu e informações podem ser obtidas pelo telefone 3342 9503.

Aprovadas moções em apoio a profissionais de saúde

Ambas de autoria da Vereadora Adriela Balotin Tonin, do MDB, duas moções foram aprovadas por unanimidade na sessão desta segunda-feira (14) da Câmara de Vereadores de Marau. A primeira delas foi em apoio ao Projeto de Lei que tramita na esfera federal e visa estabelecer o piso salarial nacional dos Profissionais de Enfermagem e jornada de trabalho de 30 horas semanais. A proposta define para enfermeiros o valor não inferior de R$ 7.315,00 mensais, para técnicos de enfermagem R$ 5.120,00 e para auxiliar de enfermagem e parteiras R$ 3.657,50 mensais. Isso tanto para o se-

tor público quanto privado, inclusive entidades filantrópicas e organizações sociais de saúde. A segunda moção aprovada menciona aplausos a todos os profissionais de saúde. “É a forma que encontramos de manifestar nosso afeto e reconhecimento aos profissionais que atuam na área da saúde com presteza e habilidade no enfrentamento desta situação que vivemos”, diz Adriela. A moção é direcionada aos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, Hospital Cristo Redentor, Hospital São Lucas, Conselho Municipal de Saúde e Comitê de Enfrentamento à COVID-19 (COE).

O Centro de Atendimento da Mulher que tem como finalidade assessorar, assistir, apoiar, articular e acompanhar ações, programas e projetos voltados à mulher, terá a competência também de: I - Acolher as mulheres em situação de violência, orientando-as sobre os diferentes serviços disponíveis para a prevenção, apoio e assistência em cada caso particular; II - Promover o atendimento especializado e continuado às mulheres em situação de violência; III - Articular os meios que favoreçam a inserção da mulher no mercado de trabalho e em programas de capacitação para o trabalho, quando couber; IV - Garantir à mulher assistida as condições de acesso aos Programas e projetos existentes no município; V - Propiciar, à mulher assistida, os meios para obter o apoio jurídico necessário a cada caso específico; VI - Prestar informação e orientação por meio de atendimento telefônico às mulheres. VII- Articular a rede de atendimento e otimização de levantamento dos dados/ notificações referentes a violência contra a mulher Após a apreciação e aprovação dos vereadores, o projeto será regulamentado pela Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Social.


JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

5


6

GERAL

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

Pattinare participa de campeonato de patinação

CEFA retoma atividades das escolinhas em Marau

Atletas estiveram presentes no Campeonato Gaúcho em Venâncio Aires/RS

As inscrições continuam abertas para todas as categorias

A Pattinare Escola de Patinação, retomou a participação dos campeonatos de patinação artística após a liberação dos eventos competitivos depois da paralisação por conta da pandemia de Covid-19. A equipe composta de atletas de Passo Fundo e Marau participou no final de maio do Campeonato Gaúcho de Patinação Artística em Venâncio Aires/RS. E no último final de semana, quatro atletas de Passo Fundo disputaram o Torneio Nacional de Patinação Artística, em Joinville/ SC. Os eventos aconteceram seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19 e com testagem prévia de atletas e técnicos.

Neste sábado (12), o CEFA retomou as atividades de suas escolinhas no ginásio da Escola Pedro Rigo, respeitando todas as normas padrões de distanciamento exigidas. Sob o comando do professor João Dilda, os alunos das categorias Fraldinha Misto (06 aos 09 anos), Mirim Misto (10 aos 13 anos), Infantil Feminino (14 aos 17 anos) e Infanto Masculino (Acima dos 16 anos) iniciaram os treinamentos para o ano de 2021. Na quinta-feira (10) já haviam voltado aos treinamentos os atletas da categoria Master Misto (acima dos 35 anos). As inscrições continuam abertas para todas as categorias e os interessados podem entrar em contato pelas redes so-

No Campeonato Gaúcho participaram 13 atletas, sendo 8 de Passo Fundo e 5 de Marau. Luísa Gavioli Casa (Livre Aspirantes N1 Tots) ficou com a medalha de bronze e Yasmim Maria Zanatta com a quarta colocação na prova de Novatos Livre Mini até 11 anos. Ana Laura Posser (Livre Aspirantes N1 Infantil) se classificou em 7º lugar, Isabela Liberali Bortolon (Livre Aspirantes N1 Júnior) em 8º e Luísa Lima Migliorini (lugar Livre Aspirantes N1 Cadete) em 12º lugar. A competição, realizada em maio em Venâncio Aires, reuniu mais de 700 atletas de 25 clubes de patinação do Rio Grande do Sul.

Vereador apresenta projeto para retirada de fios inutilizáveis

Vereador Laércio Zancan

O vereador marauense, Laércio Zancan, apresentou na sessão da Câmara de Vereadores um projeto que dispõe sobre a observância de normas técnicas para o uso de espaços públicos de distribuição de energia elétrica e sobre a retirada de fios inutilizados na cidade. No projeto de lei, consta ainda que “a empresa concessionária de serviço público de distribuição de energia elétrica, detentora da infraestrutura de postes, deve observar o correto uso

do espaço público de forma ordenada em relação ao posicionamento e alinhamento de todas as fiações e equipamentos instalados em seus postes. Ainda consta que “os fios inutilizados deverão ser retirados pela Distribuidora”. Em sua justificativa para apresentação do projeto, o vereador Lalá explicou que a intenção é corrigir uma grave distorção que vem tomando conta das ruas de Marau: “O abandono de cabos e fios baixos soltos em postes, após as empresas de energia, telefonia, TV a cabo, internet, dentre outras, realizarem reparos, trocas e substituições. Como sabemos, a existência desses fios soltos é altamente prejudicial para a sociedade, na medida em que eles são ótimos condutores de energia elétrica e podem, facilmente, eletrocutar um transeunte, levando-o inclusive à morte. É preciso acabar com o excesso de fios mal posicionados, soltos, amarrados, em desuso, para garantir mais segurança à população e amenizar o impacto de poluição visual”, declarou. No momento o projeto segue em análise das comissões.

ciais que destinaremos seu contato para os responsáveis de cada categoria. No Facebook @cefamarau e no Instagram no @cefamarau. O valor da inscrição é de R$ 80,00 e da direito à camiseta oficial de treinos, além de já valer como mensalidade do primeiro mês. Para os demais meses o valor será de R$ 70,00 para quem treina duas vezes por semana, de R$ 50,00 uma vez. Irmãos pagam R$ 60,00 para duas vezes e R$ 50,00 uma vez. Alunos das escolas municipais e filhos de associados da SERP pagam R$ 35,00 para uma ou duas vezes por semana. Na categoria master o valor é de R$ 50,00 para um treino na semana.

Prazo para alistamento é prorrogado

Foi prorrogado o prazo para Alistamento Militar dos jovens nascidos em 2003 no município de Marau. A motivação da prorrogação pelo segundo ano consecutivo é a pandemia. Conforme Luciano Armiliatto, Coordenador da Junta Militar de Marau, os jovens têm até a data de 31 de agosto para realizar o alistamento, seja de forma on-line ou pessoalmente na sede da Junta Militar. “Até o momento tivemos apenas 156 jovens que efetivaram o alistamento, de um número de mais de 300 jovens. A ´procura ainda é pequena, mas pedimos que os marauenses da classe em questão se atentem ao prazo”, explicou Armiliatto. No ano passado dos 302 jovens alistados, 200 passaram para nova etapa, 58 jovens ficaram aptos a servir e 10 foram dispensados, ou seja, 48 estão servindo ao exército tanto no BCAD (Bateria de Comando da Artilharia Divisionária), quanto junto à EASA (Escola de Aperfeiçoamento de Sargento das Armas). A primeira inspeção militar dos jovens alistados (classe 2003), já está agendada para a semana de 21 a 25 de setembro, na Casa da Cultura de Marau.

Cesurg debate o mercado financeiro

A Faculdade CESURG promove no dia 23 de junho, às 19h15min, através do Programa Acelerador de Carreira, o Workshop Conquistando as Certificações para o Mercado Financeiro: CPA 10, CPA 20. ANCORD, CEA, CGA e CFP. Os convidados irão debater a importância destas certificações para quem deseja atuar na distribuição de produtos de investimento para clientes dos segmentos de varejo de alta renda, private, corporate e investidores institucionais em agências bancárias ou em plataformas de atendimento e as oportunidades que estas certificações abrem para quem deseja ingressar nesta carreira profissional. Estarão presentes no evento, que será realizado de forma on-line, através da plataforma Google Meet, os professores e profissionais do mercado Financeiro: Tiago Dalla Corte, Geizi Cássia B. do Amarante, Gustavo Piva Guazzelli e Gustavo Ponzoni. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site: www.cesurgmarau. com.br. Os interessados receberão o link de acesso no dia do evento por e-mail.


JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

SAÚDE

7

Hospital Cristo Redentor rumo à acreditação da ONA

A Acreditação ONA permite auxiliar as organizações na gestão integrada e na maturidade institucional

Há mais de um ano, o Hospital Cristo Redentor iniciou processo de implementação de Sistema de Gestão com vistas à certificação ONA- Organização Nacional da Acreditação. A primeira fase, foi coordenada pelo consultor Geraldinho Buffon da QPC- Consultoria e Treinamento Empresarial LTDA. Já a segunda etapa, que iniciou dia 1º de junho teve por base ajustes mais pontuais dos vários setores, com a Assessoria da EJRos Brasil- uma das mais completas, conceituadas empresas do país com mais de 19 anos de experiência no mercado de soluções em gestão. Para a implementação da certificação, praticamente todos os setores do HCR passam por melhorias de processos. Entre as principais mudanças já realizadas na primeira etapa, teve: o desenvolvimento de macrofluxo, criação de comitê gestor da qualidade, centralização do processo de compras, revisão

Cranberry Tratamento e prevenção das infecções do trato urinário.

dos POP’s (Procedimento Operacional Padrão), criação do manual de comunicação interna, criação do manual da qualidade, análise Swot (avaliação global das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças), treinamento- reflexão sobre treinamento, indicadores de gestão, pesquisa de clima organizacional, Revisão e definição de novo organograma funcional. A próxima etapa para certificação no nível I após a implementação destes processos específicos nos setores, é a organização de saúde superar em 70% ou mais, os padrões de qualidade e segurança definidos pela ONA. De acordo com Nilva Lima- Analista de Qualidade do HCR e profissional que está acompanhando e supervisionando o andamento das ações, “para a certificação, serão avaliadas todas as áreas de atividades incluindo aspectos estruturais, assistenciais e de gestão”.

Enxerto ósseo para implantes dentários: qual é o efeito Para aqueles que vivem a falta de um ou mais dentes, o efeito estético de um implante dentário é extremamente positivo. Os implantes dentários funcionam e têm a mesma aparência de um dente normal, cumprem seu papel da mesma maneira que um dente regular, e um implante bem feito é imperceptível. É sempre importante ter a certeza de compreender todos os vários aspectos de uma cirurgia bucal, e com os implantes dentários não é diferente. Uma das principais questões a ser considerada é a possibilidade de necessitar de um enxerto ósseo para implantes dentários. Um implante dentário é composto por duas partes: um pino metálico que é colocado no osso do maxilar e funciona como a raiz do dente, e uma coroa que é posicionada sobre a primeira peça. O cirurgião-dentista pode sugerir um enxerto ósseo para o implante dentário se ele julgar que o osso da sua mandíbula é muito fino ou mole para manter o implante no lugar em seu atual estado. Se o osso não conseguir dar suporte ao implante, a cirurgia poderá ser mal sucedida. Em um procedimento de enxerto ósseo, o cirurgião dentista poderá usar um material sintético

para enxerto ósseo ou do próprio paciente. Portanto, você terá que aguardar alguns meses, para que o enxerto ósseo forme um osso forte para garantir que o implante fique estável e seguro. É possível que, se você só precisar de um enxerto pequeno, o procedimento possa ser feito ao mesmo tempo que a cirurgia do implante, mas seu dentista decidirá o que fazer. Um enxerto ósseo bem feito permite que o osso do maxilar seja forte o suficiente para suportar o implante dentário. Assim que o enxerto ósseo estiver concluído, o restante da cirurgia de implante poderá ter continuidade. Como todo procedimento cirúrgico, é importante conversar com seu dentista a respeito do seu histórico médico e todos os riscos e benefícios da cirurgia. Uma vez decidido que você está em condições de ser submetido ao procedimento, você poderá aspirar pelo novo sorriso. Por Dr. Giovani Tibola Especialista em Ortodontia – USP Mestre em Implantes dentários – SL Mandic/ Campinas


8

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021


JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

09


10

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

HOSPITAL CRISTO REDENTOR

ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU

www.hcrmarau.com.br

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ENCERRADAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 E 2019 I - BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO CIRCULANTE Disponibilidades Caixa Bancos Aplicações Financeiras Créditos Contas a Receber Créditos de Convênios Adiantamentos a Empregados/Férias/ Adiantamentos a Fornecedores Estoque de Material e Medicamentos Tributos a Recuperar Total do Circulante NÃO CIRCULANTE Investimentos Sicredi/Crediplan Imobilizado Terrenos Prédios e Benfeitorias Construção em Andamento Computadores e Comunicação Aparelhos e Equipamentos médicos Equipamentos Hosp. Convênio Instalações Máquinas e Equipamentos Móveis e Utensílios Veículos (-) Depreciação Prédios e Benfeitorias Computadores e Comunicação Aparelhos e Equipamentos Médicos Máquinas e Equipamentos Móveis e Utensílios Veículos Intangível Fundo Comércio Hospital Providência Ltda Sistemas de Computadores (-) Amortização Fundo Comércio Hospital Providência Ltda

2020

2019

5.329.195,16 15.340,61 4.231.758,30 1.082.096,25 3.166.079,90 252.080,77 2.188.383,52 65.878,43 15.095,21 640.752,35 3.889,62 8.495.275,06

2.722.174,38 15.214,92 2.691.112,25 15.847,21 4.539.202,64 235.137,44 3.807.428,54 48.710,35 54.418,72 392.879,95 627,64 7.261.377,02

4.128,45 4.128,45 26.612.173,80 2.316.284,00 12.286.429,95 646.976,14 431.181,34 8.055.615,10 239.429,00 19.422,36 38.500,00 2.550.835,91 27.500,00 -7.615.895,89 -2.251.682,10 -219.274,27 -4.156.666,20 -30.957,91 -933.872,32 -23.443,09 1.203.469,85 1.183.283,45 20.186,40 -1.195.925,55 -1.183.283,45

1.363,72 1.363,72 24.057.538,27 2.101.980,00 4.016.698,66 8.269.731.29 301.184,99 6.794.286,36 239.429,00 19.422,36 38.500,00 2.248.805,61 27.500,00 -6.242.691,16 -1.613.561,10 -172.745,30 -3.625.260,39 -27.107,94 -787.013,38 -17.003,05 1.203.469,85 1.183.283,45 20.186,40 -1.195.424,80 -1.183.283,45

Sistemas de Computadores

-12.642,10

-12.141,35

Total do Não Circulante

19.007.950,66

17.824.255,88

Total do Ativo

27.503.225,72

25.085.632,90

ADELAR CONFORTIN Presidente CPF: 251.454.520-04

MARCELO BORGHETTI Administrador CPF: 817.458.180-49

PASSIVO

LEANDRO ATILIO RIGO Contador CRC: 0471130-O RS CPF: 401.688.160-91 2020

2019

CIRCULANTE Empréstimos e Financiamentos Obrigações Trabalhistas e Sociais Provisões Trabalhistas Obrigações Tributárias Fornecedores

1.111.071,22 520.449,01 720.662,49 125.707,88 2.208.129,25

396.357,94 486.705,51 734.460,06 112.969,39 2.475.588,45

Total do Circulante

4.686.019,85

4.206.081,35

NÃO CIRCULANTE Empréstimos e Financiamentos Outros Débitos

1.881.746,15 7.932.270,27

3.399.097,56 5.062.215,77

Total do Não Circulante

9.814.016,42

8.461.313,33

CNPJ 88.417.787/0001-32 Fone: (54) 3342 9400 Rua Bento Gonçalve, 10, Marau/RS

Receitas c/Doações Receitas Recuperação de Despesas Eventuais Total Outras Receitas (Despesas) Operacionais

551.175,05 52.187,60 -4.664.826,77

312.292,36 57.043,56 -3.467.895,28

Superávit do Período

695.230,38

1.061.317,44

ADELAR CONFORTIN Presidente CPF: 251.454.520-04

I - CONTEXTO OPERACIONAL NOTA 01 A ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU, inscrita no CNPJ sob o nº 88.417.787/0001-32, é uma entidade civil leiga, beneficente, administrativa e financeiramente autônoma, sem quaisquer preconceitos ou restrições políticas, raciais ou sociais e regidos pelo estatuto e pela lei civil, e tem por finalidade proporcionar assistência médico-hospitalar ao povo em geral, mediante remunerações compatíveis; dentro de suas possibilidades financeiras proporcionar o maior número de leitos gratuitos aos doentes e desvalidos e prestar assistência social; e colaborar com a pesquisa e com o ensino. II - BASE DE PREPARAÇÃO E APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NOTA 02 As demonstrações contábeis foram elaboradas em conformidade total com as práticas contábeis adotadas no Brasil de acordo com a Resolução CFC 1.255 de 2009. BALANÇO PATRIMONIAL E DEMAIS DEMONSTRAÇÕES – Foram apresentados e elaborados de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade aplicáveis às PMEs, Pequenas e Médias Empresas. Em decorrência da obrigatoriedade da convergência às Normas Internacionais de Contabilidade, instituídas pela Lei 11.638/2007 alterada pela Lei 11.941/2009 e a Resolução CFC 1.255 de 2009. III - RESUMO DAS PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS

-400.861.06 -637.660,15 -189.351,37 -980.278,26 -1.691,264,13 46.174,59 16.009,18

NÃO SUS

TOTAL

% SUS

Diárias Internações/ Paciente Dia

7.317

4.254

11.571

63,24%

Atendimentos Ambulatoriais

150.815

10.450

161.265

93,52%

Participação Ambulatorial conforme § 2º art. 155 Portaria de Consolidação GM/MS nº 1, de 2017:

10,00%

Percentual final apurado SUS conforme Portaria de Consolidação GM/MS nº 1, de 2017:

73,24%

TIPOS DE ATENDIMENTOS

Número de atendimentos no ano (2019) % SUS

14.931

57,65%

NOTA 04 As aplicações financeiras são avaliadas pelo valor de aplicação, acrescido dos rendimentos auferidos até a data do balanço, não excedendo o valor de realização.

Atendimentos Ambulatoriais 175.526 11.251 186.777 Participação Ambulatorial conforme § 2º art. 155 Portaria de Consolidação GM/MS nº 1, de 2017:

93,98% 10,00%

Percentual final apurado SUS conforme Portaria de Consolidação GM/MS nº 1, de 2017:

67,65%

NOTA 05 Os outros créditos estão assim distribuídos: Adiantamento de Folha Pagamento a Funcionários Adiantamento de Férias Adiantamento de Fornecedores Adiantamento de Funcionários por Insuficiência de Saldo Total

R$ R$ R$ R$ R$

4.644,31 56.906,07 15.095,21 4.328,05 80.973,64

Mesmo não se valendo da gratuidade para fins de Certificação, em atendimento as disposições das Normas Contábeis, e conforme disposto dos Estatutos, demonstra o que concede em gratuidades, através dos seus Projetos Assistenciais em Saúde: EXERCÍCIO

2020

2019

Atendimentos Gratuitos em Saúde TOTAL GRATUIDADES

R$ 1.402.964,21 R$ 1.402.964,21

R$ 1.759.412,80 R$ 1.759.412,80

NOTA 06 Os Estoques referem-se à medicamentos e material cirúrgico, gêneros alimentícios e material de limpeza. Estes estoques estão avaliados pelo custo (médio) de aquisição, que não supera o valor de mercado.

NOTA 17 De acordo com o Item 9B, da ITG 2002 (R1) que trata das Entidades Sem Finalidades de Lucros, não devem passar pela Receita o reconhecimento das isenções usufruídas, assim, a entidade apresenta as contribuições sociais usufruídas conforme quadro a seguir:

NOTA 07 Os investimentos estão demonstrados ao custo de aquisição, que não supera o valor de realização.

Exercício 2020:

NOTA 08 O imobilizado está demonstrado ao custo de aquisição ou construção, ajustado pelas reavaliações e por depreciações acumuladas, calculadas pelo método linear, a taxas estabelecidas em função do tempo de vida útil estimada dos bens, demonstradas a seguir:

25.085.632,90

-323.532,60 -730.782,25 -84.862,14 -1.084.630,92 -3.099.579,22 61.310,64 -6.112,93

SUS

TOTAL

12.418.238,22

-6.587.648,08 -4.996.745,50 -10.481,18 -445.639,18 -483.059,14 -651.723,08 -12.075.143,02 -65.576,41 -257.070,39 -494.817,89 -349.944,53 -29.721,12 -583.818,71 -179.304,65 -3.910.290,07 -251.287,96 -1.759.412,80 -3.811.130,24 -59.064,40 -323.703,85 -18.662.791,10 4.529.212,72

Número de atendimentos no ano (2020)

(Descrição dos serviços prestados)

6.324

27.503.225,72

-6.889.367,16 -5.120.584,39 -18.496,54 -537.220,95 -492.185,68 -720.879,60 -11.595.967,41 -61.082,38 -230.973,23 -443.924,87 -196.958,36 -22.00 -529.654,53 -232.128,98 -4.134,175.94 -101.844,24 -1.402.964,21 -3.839.022,00 -59.710,00 -363.506,67 -18.485.334,57 5.360.057,15

TIPOS DE ATENDIMENTOS

NÃO SUS

13.003.189,45

2019 3.158.532,66 4.887.068,87 6.230.806,99 7.753.342,80 317.111,42 174,521,17 1.759.412,80 -1.017.547,17 -71.245,72 23.192.003,82

NOTA 16 A Entidade atende indiscriminadamente a todos os usuários que buscam seus serviços na área da saúde, disponibilizando 60% da sua capacidade total instalada aos pacientes do SUS no município e região. Em atendimento ao disposto na Lei nº 12.101/2009 regulamentada pelo Decreto nº 8.242/2014 e combinado com a Portaria GM/MS nº 834/2016 e Portaria de Consolidação GM/MS nº 01/2017, a Entidade entrega junto aos documentos requeridos para prestação de contas, a Carta de Oferta dos seus serviços ao SUS para o Gestor Público local, contrato dos serviços prestados no exercício e alimenta os sistemas DATASUS com as informações SUS e NÃO SUS, conforme legislação aplicável e atinge percentual bem maior do que os 60% estipulado. Praticou os seguintes percentuais ao SUS:

8.607

Total do Passivo + Patrimônio Líquido

2020 2.694.540,87 5.822.868,54 6.242.393,82 7.147.952,57 351.050,27 1.370.411,63 1.402.964,21 -279.888,37 -906.901,82 23.845.391,72

NOTA 15 As gratuidades oferecidas à comunidade carente são registradas de forma segregada no grupo de contas Custos com Filantropia, apuradas pelo critério de rateio, estando respaldadas em documentação hábil e respectivas planilhas de apuração.

Diárias Internações/ Paciente Dia

Total do Patrimônio Líquido

RECEITA BRUTA Receita Ambulatório SUS Receita Ambulatório Não SUS Receita Internação SUS Receita Internação Não SUS Receita Convênio Municipal Receitas de Vendas Receitas Atendimentos Gratuitos ( - ) Glosas, Devoluções e Tributos ( - ) Custo das Mercadorias Vendidas Total das Receitas DESPESAS OPERACIONAIS SAÚDE Pessoal e Encargos Sociais Salários e Ordenados Despesas Segurança e Medicina Trabalho FGTS Décimo Terceiro Despesas de Férias e Encargos Demais Despesas Saúde Ocupação, Utilidades e Serviços Bloco Cirúrgico Ocupação, Utilidades e Serviços Raio X Ocupação, Utilidades e Serviços Nutrição e Dietética Ocupação, Utilidades e Serviços Lavanderia Ocupação, Utilidades e Serviços Laboratório Serviços Públicos: Água, Luz, Telefone Despesas com Gasoterapia Honorários e Serviços terceiros PJ Honorários e Serviços terceiros PF Despesas com Gratuidades em Saúde Despesas c/Materiais e Medicamentos Despesas com Informática Despesas c/Alimentação Total Despesas Operacionais Saúde Resultado Operacional Bruto OUTRAS RECEITAS (DESPESAS OPERACIONAIS) (-) Despesas Financeiras (-) Depreciação e Amortizações (-) Despesas Tributárias (-) Despesas Pessoal Administrativo (-) Demais Despesas de Administração Receitas Financeiras Receitas c/Aluguéis

NOTA 14 As despesas da entidade são apuradas através de Notas Fiscais e Recibos em conformidade com as exigências legais e fiscais. As despesas são compostas pelas contas de material e medicamentos, despesas com pessoal, materiais de consumo, despesas administrativas, quotas de depreciações, despesas tributárias e despesas financeiras.

SUS

Terrenos e Terras

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ENCERRADAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 E 2019 II – DEMONSTRAÇÃO DO SUPERÁVIT DO EXERCÍCIO

NOTA 13 Os recursos da entidade foram aplicados em suas finalidades institucionais, de conformidade com seu Estatuto Social, demonstrados pelas suas Despesas e Investimentos Patrimoniais.

(Descrição dos serviços prestados)

6.098.952,59 5.257.968,19 1.061.317,44

LEANDRO ATILIO RIGO Contador CRC: 0471130-O RS CPF: 401.688.160-91

NOTA 12 As receitas são provenientes de atendimentos a pacientes do SUS, particulares, e outros convênios, serviços de diagnósticos, medicamentos, urgência e emergência e outras Receitas Operacionais e não Operacionais.

NOTA 03 As receitas e despesas são apropriadas obedecendo ao regime de competência.

7.462.153,87 4.845.805,20 695.230,38

MARCELO BORGHETTI Administrador CPF: 817.458.180-49

LEANDRO ATILIO RIGO Contador CRC: 0471130-O RS CPF: 401.688.160-91

NOTAS EXPLICATIVAS SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ENCERRADAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020 e 2019

PATRIMÔNIO LÍQUIDO Patrimônio Social Reserva de Reavaliação Superávit do Exercício

ADELAR CONFORTIN Presidente CPF: 251.454.520-04

MARCELO BORGHETTI Administrador CPF: 817.458.180-49

no passivo não circulante.

Ativo

Taxas

Ano 2020

Ano 2019

2.316.284,00

2.101.980,00

12.286.429,95

4.016.698,66

Construções em andamento

646.976,14

8.269.731,29

Investimento em Urgência e Emergência

19.422,36

19.422,36

Construções

2,44%

a) Cota patronal INSS + SAT + Terceiros =

R$

1.949.959,77

b) Contr. Para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) =

R$

806.619,13

a) Cota patronal INSS + SAT + Terceiros =

R$

1.860.573,33

b) Contr. Para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) =

R$

811.899,21

Exercício 2019:

NOTA 18 A ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU possui seguro contratado com: 1) PREVIDENCIA DO SUL SEGURADORA, com vigência de 14/09/2020 a 13/09/2021, conforme Apólice nº 11009930005738. As coberturas da presente apólice são:

Equipamentos Hospitalares

10,00%

8.295.044,10

7.033.715,36

Garantia Básica de Morte – (GMB)

R$ 5.233.079,25

Equipamentos de Informática

20,00%

431.181,34

301.184,99

Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente - IPA

R$ 5.233.079,25

Móveis e Utensílios

10,00%

2.550.835,91

2.248.805,61

Central de Ar Comprimido Proposta 057075/2010 Veículos

10.00%

38.500,00

38.500,00

20,00%

27.500,00

27.500,00

Incêndios, Raios e Explosão (Básica)

R$ 5.000.000,00

Subtotal

26.612.173,80

24.057.538,27

Depreciações Acumuladas

-7.615.895,89

-6.242.691,16

Total do Imobilizado

18.996.277,91

17.814.847,11

Fundo de Comércio Hospital Providência Ltda

1.183.283,45

1.183.283,45

20.186,40

20.186,40

Amortização e Depreciação

-1.195.925.55

-1.195.424,80

Danos Elétricos e Curtos-Circuitos Vendaval/Granizo/Impacto de Veículos Vidros/Anúncios Luminosos/Letreiros Equipamentos Eletrônicos Responsabilidade Civil – Operações Responsabilidade Civil – Empregador Perda/Pagamento de Aluguel (P.I. 6 MESES) Despesas Fixas decorrentes da Básica (P.I. 6 MESES)

R$ 150.000,00 R$ 200.000,00 R$ 10.000,00 R$ 150.000,00 R$ 300.000,00 R$150.000,00 R$ 100.000,00 R$ 500.000,00

Total do Intangível

7.544,30

8.045,05

Recomposição de Registro e Documentos Roubo e Furto de Bens

R$ 50.000,00 R$ 10.000,00

Software e Programas

10,00%

NOTA 09 As dívidas financeiras estão compostas pelas seguintes obrigações:

Badesul Desenvolvimento S.A.

Exigível Curto Prazo

Valores em 31/12/2020 1.046.994,12

3,5% + TJLP a.a.

15/11/2022

Banrisul S/A Empréstimo

61.213,77

0,85% a.m.

15/11/2021

Total Curto Prazo

1.108.207,89

Exigível Longo Prazo

Encargos

Encargos

Vencimento Final

Badesul Desenvolvimento S.A.

Valor em 31/12/2020 697.777,47

3,5% + TJLP a.a.

15/11/2022

Vencimento Final

Unisaúde

442.457,33

99% do CDI

31/12/2021

Cedil-Centro de Estudos de Diagnósticos

741.511,35

4.5% a.a

Subvenções Governamentais a realizar

7.932.270,27

Total Longo Prazo

9.814.016,42

Total

10.922.224,31

NOTA 10 Demais ativos e passivos circulantes são registrados pelos valores nominais conhecidos ou estimados, atualizados até a data do balanço, quando aplicável. IV - OUTRAS INFORMAÇÕES NOTA 11 A Lei nº 11.638 de 29 de dezembro de 2007 revogou a letra “d” do § 1º do art. 182 da Lei nº 6.404/76 que permitia lançar no patrimônio líquido as doações e subvenções para investimentos com vigência a partir de 01/2008. Em cumprimento a referida legislação e também à Resolução CFC nº 1.143 de 21 de novembro de 2008, as subvenções recebidas da Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul são classificadas como: (i) subvenções para investimentos, contabilizadas no passivo e transferidas para o resultado em conta retificadora da despesa de depreciação, na mesma proporção dessa despesa referente aos bens adquiridos com estes recursos e o saldo ainda não utilizado encontra-se registrado

2) HDI SEGUROS, com vigência de 28/04/2020 ATÉ 28/04/2021, conforme PROPOSTA n.º 07490520. As coberturas da presente apólice são:

3) Mapfre Seguros Gerais S.A., com vigência de 12/04/2021 a 12/04/2022, conforme apólice 3355080355031, no valor de R$ 1.308,94, Seguro do Veículo FORD FIESTA 1.0 8V FLEX/CLASS 1.0 8V FLEX 5P. NOTA 19 A ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU tem o objetivo final de tornar-se referência regional que venha suprir a deficiência encontrada hoje em outros hospitais da região e oferecer à população da região um serviço completo em saúde. NOTA 20 A ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU possui imunidade tributária dos impostos sobre renda, patrimônio e serviços tendo em vista que cumpre o Art. 14 do CTN, para tanto: a.Aplica integralmente o seu eventual resultado líquido na manutenção e desenvolvimento de seus objetivos institucionais, conforme previsto em seu Estatuto Social. b.Os dirigentes, conselheiros, ou associados, instituidores, benfeitores, ou equivalentes, não percebem remuneração, vantagens ou benefícios por qualquer forma ou título, em razão das competências, funções ou atividades que lhes são atribuídas estatutariamente. c.Não distribui lucros, dividendos ou bonificações, conforme previsto no seu Estatuto Social. d. Mantém escrituração de suas receitas e despesas em livros revestidos de formalidades que asseguram sua exatidão, conforme mencionado na Nota 02. ADELAR CONFORTIN Presidente CPF: 251.454.520-04

MARCELO BORGHETTI Administrador CPF: 817.458.180-49

LEANDRO ATILIO RIGO Contador CRC: 0471130-O RS CPF: 401.688.160-91

V - PARECER DO CONSELHO DELIBERATIVO Na qualidade de membros do Conselho Deliberativo da Associação Hospitalar Beneficente de Marau, com sede na Av. Bento Gonçalves, l0, Centro, na Cidade de Marau-RS, e no uso das atribuições do Estatuto Social, conforme artigo 14, examinamos o Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício findo em 31 de dezembro de 2020. Encontrando tudo em conformidade, razão pela qual aprovamos. Marau-RS, 14 de abril de 2021. Antônio Roso CPF n.º 119.055.730-49

Constante Caetano Fuga CPF n.º 124.194.780-53

Clodoaldo Andreis CPF nº 234.103.020-34


11

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

HOSPITAL CRISTO REDENTOR

ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU

www.hcrmarau.com.br

RELATÓRIO DO AUDITOR INDEPENDENTE SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

Ilmos. Srs. Diretores e Conselheiros da ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU Marau/RS Opinião Examinamos as demonstrações contábeis da ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU (Associação), que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2020 e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, bem como as correspondentes notas explicativas, incluindo o resumo das principais práticas contábeis. Em nossa opinião, as demonstrações contábeis acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR BENEFICENTE DE MARAU em 31 de dezembro de 2020, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. Base para opinião Nossa auditoria foi conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Nossas responsabilidades, em conformidade com tais normas, estão descritas na seção a seguir intitulada “Responsabilidades do auditor pela auditoria das demonstrações contábeis”. Somos independentes em relação à Associação, de acordo com os princípios éticos relevantes previstos no Código de Ética Profissional do Contador e nas normas profissionais emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade, e cumprimos com as demais responsabilidades éticas de acordo com essas normas. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião.

CNPJ 88.417.787/0001-32 Fone: (54) 3342 9400 Rua Bento Gonçalve, 10, Marau/RS

Responsabilidades da administração e da governança pelas demonstrações contábeis A administração da Associação é responsável pela elaboração e adequada apresentação das demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração dedemonstrações contábeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Na elaboração das demonstrações contábeis, a administração é responsável pelaavaliação da capacidade da Associaçãode continuar operando, divulgando, quando aplicável, os assuntos relacionados com a sua continuidade operacional e o uso dessa base contábil na elaboração das demonstrações contábeis, a não ser que a administração pretenda liquidar a Associação ou cessar suas operações, ou não tenha nenhuma alternativa realista para evitar o encerramento dasoperações. Os responsáveis pela governança da Associação são aqueles com responsabilidade pela supervisão do processo de elaboração das demonstrações contábeis. Responsabilidades do auditor pela auditoria das demonstrações contábeis Nossos objetivos são obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis, tomadas em conjunto, estão livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro, eemitir relatório de auditoria contendo nossa opinião. Segurança razoável é um alto nível de segurança, mas não uma garantia de que a auditoria realizada de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria sempre detectam as eventuais distorções relevantesexistentes. As distorções podem ser decorrentes de fraude ou erro e são consideradas relevantesquando, individualmente ou em conjunto, possam influenciar, dentro de uma perspectivarazoável, as decisões econômicas dos usuários tomadas com base nas referidas demonstraçõescontábeis. Como parte da auditoria realizadade acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria, exercemos julgamento profissional e mantemos ceticismo profissional ao longo daauditoria. Além disso: Identificamos e avaliamos os riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro, planejamos e executamos procedimentos de auditoria em resposta a tais riscos, bem como obtemos evidência de auditoria apropriada e suficiente para fundamentar nossa opinião. O risco de não detecção de distorção

al ter nati va

relevante resultante de fraude é maior do que o proveniente de erro, já que a fraude pode envolver o ato de burlar os controles internos, conluio, falsificação, omissão ou representações falsas intencionais. Obtemos entendimento dos controles internos relevantes para a auditoria para planejarmos procedimentos de auditoria apropriados às circunstâncias, mas, não, com o objetivo de expressarmos opinião sobre a eficácia dos controles internos da Associação. Avaliamos a adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis e respectivas divulgações feitas pela administração. Concluímos sobre a adequação do uso, pela administração, da base contábil de continuidade operacional e, com base nas evidências de auditoria obtidas, se existe incerteza relevante em relação a eventos ou condições que possam levantar dúvida significativa em relação à capacidade de continuidade operacional da Associação. Se concluirmos que existe incerteza relevante, devemos chamar atenção em nosso relatório de auditoria para as respectivas divulgações nas demonstrações contábeis ou incluir modificação em nossa opinião, se as divulgações forem inadequadas. Nossas conclusões estão fundamentadas nas evidências de auditoria obtidas até a data de nosso relatório. Todavia, eventos ou condições futuras podem levar a Associação a não mais se manter em continuidade operacional. Avaliamos a apresentação geral, a estrutura e o conteúdo das demonstrações contábeis,inclusive as divulgações e se as demonstrações contábeis representam ascorrespondentes transações e os eventos de maneira compatível com o objetivo de apresentação adequada. Comunicamo-nos com os responsáveis pela governança a respeito, entre outros aspectos, do alcance planejado, da época da auditoria e das constatações significativas de auditoria, inclusive as eventuais deficiências significativas nos controles internos que identificamos durante nossos trabalhos. Porto Alegre, RS, 20 de abril de 2021. EXACTO AUDITORIA S/S CRC/RS 1544 DANIEL EDUARDO RODRIGUES CONTADOR CRC/RS 030361/O-2

sicredi.com.br

SAC - 0800 724 7220

Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria 0800 646 2519.

Existe o consumo consciente. Existe o desenvolvimento sustentável. Existe a cooperação.

Existe alternativa. O Sicredi é a alternativa para você, sua empresa ou seu agronegócio. Aliamos as suas necessidades financeiras com a economia local, a educação e o desenvolvimento das regiões em que atuamos. É com esses valores que queremos construir uma sociedade mais próspera. Que valores tem o seu dinheiro? Escolha o Sicredi, onde o dinheiro rende um mundo melhor.

Aponte a câmera do celular e saiba mais.


12 7

OPINIÃO

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

Reflexões da vida Emmanuel Reichert Pesquisador e Doutor em História

Cidades-irmãs

C

idades-irmãs são um desses fenômenos ao mesmo tempo muito antigos e muito recentes. Antigos, porque vem de longa data a ideia básica de uma associação simbólica entre cidades. Apenas para dar um exemplo, as cidades da Grécia antiga enviavam parte da população para ocupar novos territórios. As cidades recém-fundadas dessa maneira eram politicamente independentes, livre de qualquer controle formal, o que não impedia o hábito de manter as instituições da cidade de origem e preservar os laços afetivos. Em contrapartida, a prática moderna de estabelecer laços com cidades distantes é recente e vem crescendo em importância. Podemos pensar no fenômeno a partir de um caso específico. Hoje a gaúcha Marau é irmã da italiana Isola Vicentina e da alemã Mühlhausen. Existe uma pitada generosa daquele vínculo emocional antigo dos descendentes de colonos com as terras natais de seus ancestrais, certamente. Mas existem novidades que os gregos de outrora não podiam imaginar. A irmandade entre cidades de continentes diferentes reflete uma época de transportes e comunicações mais fáceis que nunca, onde gaúchos, italianos e alemães podem em segundos buscar informações uns sobre os outros e em questão de horas conseguem se visitar. Grande diferença daqueles tempos em que o único contato entre nós e a Europa se dava pelos navios transatlânticos que levavam semanas para cruzar o mar, em que o único contato eram as lentas trocas de cartas entre os parentes que iam e os que ficavam. Além disso, são uma resposta aos desafios da era global, quando a diplomacia tradicional entre países não dá conta da velocidade das transformações politicas e econômicas. Afinal de contas, o estabelecimento de cidades-irmãs é uma forma de “relações diplomáticas” diretas entre cidades, sem a intermediação dos governos centrais. As cidades do interior traçam os próprios caminhos e buscam oportunidades onde surgem, tecendo redes de contatos de acordo com as necessidades locais. Resumindo: laços de amizade são bons; quando trazem benefícios culturais e econômicos para todos, são ainda melhores. E não há nada de errado nisso. Pelo contrário, merece ser motivo de celebração.

Wilian Dal’Ponte Wilian Dal’Ponte Professor, Especialista em Língua Portuguesa. Mestre em Letras e Doutorando em Letras.

Me dá um dinheiro aí: no discurso contra o pobre, a autorrenovação do “ele” – Parte I

Pecado capital da humanidade, senhor da desigualdade, sempre diz quem é que manda”. Os versos do samba-enredo da agremiação carnavalesca carioca Imperatriz Leopoldinense traduzem bem a essência do dinheiro e a relação dele com o homem. Em tempos de crise, principalmente econômica, “Me dá um dinheiro aí” ecoa como um clamor de resistência bem-humorado frente à desigualdade e à opressão. O atual momento sóciocultural brasileiro suscita discussões de diversas naturezas, principalmente as mobilizadas na esfera midiáticodiscursiva. A academia – espaço de diálogo e construção de conhecimentos – não estando indiferente quanto aos fatos sociais, propõe, hoje, uma reflexão que seja capaz de aproximar elementos que dialogam: língua, linguagem, discurso e teorias que estudam o texto. A autorrenovação do “ele” é um aspecto que merece observações. O “ele” (não-pessoa) é sempre o mesmo elemento externo ao qual se faz referência no discurso, autorrenovando-se no âmbito da irreptibilidade, sendo novo a cada enunciação. O objetivo deste trabalho é discutir esse conceito a partir da Linguística da Enunciação de Émile Benveniste, baseando-se, principalmente, nos textos Estrutura das relações de pessoa no verbo (1946), A natureza dos pronomes (1956) e Da subjetividade na linguagem (1958). Quem, afinal, é o “ele” acerca do qual tanto discutimos, adotando para isso princípios benvenistianos de análise? Qual sua verdadeira natureza? Como se manifesta o seu comportamento no eixo enunciativo? Não há respostas definitivas a essas indagações, visto que no processo de trocas interativas entre o enunciador e o enunciatário o “ele” é sempre exterior, colocando-se fora da alocução, em função da dependência existente entre o “eu” e o “tu”, fato que o torna mais instável e menos precisa sua definição. Com a intenção de comprovar que a não-pessoa “ele” se autorrenova a cada enunciação, escolhemos como objeto de análise o texto intitulado O plano cobre, de autoria da jornalista, cronista e curadora de imagens Silvia Pilz, reproduzido integralmente no blog “serfelizeserlivre”, no ano de 2015. Em seu discurso perpassado ora pela ironia ora pelo humor debochado e figurativização caricatural dos menos favorecidos economicamente, ela aborda a relação existente entre o brasileiro pobre e o uso, feito por ele, do plano de saúde.

Guilherme Paixão Educador Físico

Cristiano Ronaldo x Coca Cola

N

os deparamos com um fato, nesta semana, que vem gerando muita polêmica. Fato ocorrido, aconteceu no início da entrevista coletiva do atleta da seleção portuguesa de futebol Cristiano Ronaldo, aonde ele retira de sua frente duas unidades do refrigerante da Coca-Cola, e salienta a todos que bebessem água e mostra a sua garrafa de água. Vamos aos questionamentos dessa atitude do atleta. – Por quê desta atitude perante as câmeras? – Qual a importância? – Consequência desta atitude? Sabemos que, Cristiano Ronaldo é uma das referências do futebol mundial, sendo pela qualidade como atleta e também por ser um atleta influente em seus hábitos de vida que espelham muitas pessoas. E um desses hábitos é o não consumo de bebidas alcoólicas e refrigerantes. Até então, está atitude culminada a saúde é exemplar, pois reflete diretamente ao seu rendimento físico para seu desempenho como atleta de futebol. Sendo assim, um hábito que muitas pessoas deveriam seguir, não só com refrigerantes, mas com inúmeros hábitos saudáveis que beneficiam a saúde das pessoas. Porém, vamos lembrar um pouco de física- “ toda ação gera uma reação”- No dia seguinte da entrevista, as ações da Coca-Cola tiveram uma queda monstruosa, fazendo com que a empresa perdesse entorno de 4 bilhões de dólares em valor de mercado. Lembrando que o atleta já realizou propaganda para a marca em 2008. Vamos concluir esse assunto com dois pontos de vista! Primeiro, se você fosse o atleta teria certeza que está atitude seria louvável, pois beneficiaria no seu modo de vida e consequentemente ajudaria no seu desempenho, seja qual for seu esporte ou sua saúde em geral. Segundo, você é o organizador da competição, e o quanto importante é este patrocinador ter a imagem vinculada nas entrevistas coletivas, aonde o mundo todo estaria focado no que o jogador iria falar naquele momento, tendo pagado um valor altíssimo para expor a marca. Indiretamente a empresa é uma incentivadora do esporte, de forma que investe o dinheiro na modalidade, e consequentemente valorizando a competição. Sendo assim, os atletas ganhando seus salários através da exposição das marcas empresariais, gerando valores exorbitantes principalmente no futebol. A reflexão é sua, a saúde também.


JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

SEGURANÇA

13

Jovem marauense é encontrado morto em Paim Filho

PRF prende contrabandista em carro clonado na região

O corpo foi encontrado dentro de veículo às margens da rodovia

A carga é estimada em 12 mil maços, com valor de mercado de R$ 60 mil

Um jovem marauense foi encontrado baleado e sem vida às margens dada ERS 126, no interior de Paim Filho, próximo à Comunidade da Bragatinga. Ele foi identificado como Paulo Elvis Prelle de Moura, 23 anos, na tarde de domingo (13) e, após perícia, houve a constatação que ele morava em Marau. A Polícia havia sido acionada para atender uma possível saída de pista. Mas ao chegar no local en-

controu a vítima, já sem vida dentro de um GM Celta, que estava fora da rodovia. A Brigada Militar constatou que havia uma arma de fogo, sobre o banco do carona e preservou o local, até a chegada da Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias. O rapaz teria vindo a Paim Filho passar o final de semana, conforme relatou a proprietária do veículo onde ele foi encontrado. A Polícia Civil investiga o caso.

Mulher que tentou tirar a vida da filha em acidente é presa

Fato ocorreu em Lajeado no mês de maio

A mulher envolvida em um acidente com a filha de dois anos, ocorrido em 17 de maio, na BR-386, em Lajeado, foi presa preventivamente na quarta-feira (16). Ela é suspeita de ter provocado o acidente, segundo a polícia. Após o ocorrido um vídeo em que ela fala em tirar a própria vida e levar a filha junto viralizou nas redes sociais. Ela inclusive incentivava a filha a dizer que as duas iriam se matar. A mulher de 34 anos estava internada desde o dia da colisão no Hospital Universitário de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ela passou por uma cirurgia no

sábado (12) e teve alta nesta quarta. A polícia já havia pedido a prisão preventiva dela, que foi decretada pela Justiça em 21 de maio. De acordo com o delegado Márcio Moreno, o inquérito será finalizado até o fim deste mês. Relembre o acidente: Mulher e filha trafegavam em um carro com placas de Cruzeiro do Sul na BR-386 quando teriam batido de frente em uma carreta. Um terceiro veículo, de Ijuí, acabou batendo na traseira do automóvel. . A filha dela, uma menina de 2 anos, foi retirada do carro por moradores, com alguns arranhões.

Na sexta-feira (11), a Polícia Rodoviária Federal prendeu um contrabandista que transportava aproximadamente 12 mil maços de cigarro contrabandeado do Paraguai em um carro clonado, em Sananduva. A carga é estimada em 60 mil reais. Policiais Rodoviários Federais realizavam operação de combate à criminalidade quando abordaram um Clio que vinha de Santa Catarina. Quando o motorista avistou a viatu-

ras, tentou retornar e fugir, mas foi interceptado logo depois.O Clio utilizava placas clonadas e estava carregado com cigarros contrabandeados do Paraguai, empilhados em cima dos bancos dos passageiros, no porta-malas e até no forro das portas. O preso tem 27 anos e é de Cascavel/PR. Ele foi encaminhado, com o cigarro e o veículo, à área judiciária para registro do flagrante, e recolhido ao presídio.


14

REGIÃO

JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

Zanchin é relator de projeto que trata sobre áreas indígenas

Índice é de 1,2 focos por imóvel positivo

Zanchin é relator de projeto que garante propriedade de terras a agricultores

Joel Vargas

Divulgado resultado do LIRA realizado em Vila Maria

No último mês foi realizado o LIRAa/LIA no município de Vila Maria. Na oportunidade, Vigilância Ambiental em Saúde em conjunto com as Agentes Comunitárias de Saúde realizaram visitas nos imóveis para verificar o índice de infestação predial bem como a possibilidade de surtos de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Estavam programados a visita em 356 imóveis e foram realizadas 338 visitas. Destas, foram encontradas

cinco amostras sendo quatro positivas para Aedes aegypti, o que determinou baixo risco de surtos de doenças relacionadas ao vetor. Com índice de 0,9% dos imóveis com probabilidade de presença de focos porém com índice de 1,2 focos por imóvel positivo. Os principais criadores encontrados foram reservatórios com água da chuva e potes, lembrando que os reservatórios para água da chuva devem ser bem vedados.

O deputado estadual Vilmar Zanchin emitiu, na terça-feira (15), relatório favorável ao projeto de lei que garante propriedade de terras a agricultores, pecuaristas e empreendedores rurais do Rio Grande do Sul. O PL 31/2015, de autoria do deputado Elton Weber e o qual Zanchin é relator, determina que propriedades de até 300 hectares não sejam demarcadas como terras indígenas. A tramitação da proposta avança na Comissão de Constituição

e Justiça da Assembleia Legislativa. A demarcação de áreas indígenas é um tema historicamente sensível, especialmente nos municípios da região norte do estado. De acordo com o parlamentar marauense, a proposta evita insegurança no campo e impede prejuízos às pequenas propriedades. “Estamos atentos para que o tema seja amplamente discutido e não prejudique quem possui terras produtivas adquiridas legitimamente”, ressaltou Zanchin.

Innovar entrega Praça e Horta Comunitária ao Condomínio Madero Living Club

Índice é de 1,2 focos por imóvel positivo

A empresa Innovar Participações e Incorporações Ltda. realizou, neste sábado (12), a entrega da Praça e Horta Comunitária e novos acessos que ligam a Av. João Posser e a Rua José

Pastre ao Condomínio Residencial Madero Living Club, que são obras implantadas pela Innovar como contrapartida ao município de Marau pela instalação do empreendimento e um ato de alusão

ao Dia Mundial do Meio Ambiente. A praça entregue contém áreas de estares, uma horta comunitária, uma composteira para tratamento dos resíduos orgânicos como grama, folhas e erva-mate que forem gerados no local, e os equipamentos instalados foram feitos com materiais reutilizados e de baixo impacto, trazendo uma pegada sustentável para o local. A horta comunitária foi instalada em um espaço urbano anteriormente ocioso que vinha sofrendo invasões e sendo alvo de descarte irregular de resíduos, sendo fonte de prejuízos à saúde pública. O objetivo, portanto, foi solucionar tais problemas, bem como melhorar o aspecto visual do local, promover a integração social entre os moradores locais e oportunizar o contato com a terra.

No ato fizeram-se presentes as seguintes autoridades: Prefeito Municipal, Sr. Iura Kurtz; Gestor de Planejamento, Captação e Meio Ambiente, Sr. Silvio Augusto Confortin; e o Secretário de Cidade e Segurança e Trânsito, Sr. Vilmo Perin Zanchin. Também estavam presentes colaboradores da Innovar, membros do Comitê de Supervisão Ambiental do Madero Living Club, representantes da diretoria da Comunidade Santo Expedito, que assumirá a gestão da horta, e o sócio-diretor da Faculdade Cesurg, Prof. Me. Leandro Paludo e o Prof. Dr. Diogo da Silva Moura, coordenador de Pesquisa e Extensão do curso de Agronomia que, através de uma parceria entre a empresa e a faculdade, estão prestando todo o suporte técnico para o manejo e a gestão da horta comunitária.


JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

Projeto Shobu-Kan é exemplo para outros municípios

ESPORTE

15

Pelo mundo do esporte Guilherme de Abreu Repórter da Vang FM

Lideranças de Cruz Alta estiveram em Marau para conhecer o trabalho desenvolvido com as crianças e adolescentes

Marau novamente é referência para outras cidades do Estado. Na última semana, estiveram na sede da Shobu-Kan lideranças de Cruz Alta que vieram conhecer o projeto que envolve centenas de crianças e jovens. Na ocasião as Secretárias de Educação e de Cultura, Esporte e Lazer, Simone Costenaro Ribeiro e Josiane Bedin, explanaram sobre a importância do projeto em Marau, especialmente na questão que envolve as crianças e os adolescentes da rede pública. O Professor Juarez da Silva enfatizou sobre os benefícios que o karatê traz para o futuro e presente dos alunos. De Cruz Alta estavam presentes o Secretário de Cidadania e Esporte João Marangon, o Coordenador Odiel Cordova e o professor de Karate, Rodrigo Machado. A meta agora é implantar um projeto nestes moldes no município. Em 2021, a Shobu-kan completa 33 anos e conta com centenas de alunos, divididos entre núcle-

os como o Projeto Adote um Campeão, a Escola Shobu-Kan Karate-Do e o Projeto AABB Comunidade. Também neste ano, Marau comemora um feito histórico na área esportiva: há cinco anos o município se tornava Capital Gaúcha do Karate. A honraria abriu caminhos e trouxe ainda mais reconhecimento ao projeto que tem à frente a Associação Shobu-kan de Karate Do. A iniciativa da distinção foi do deputado marauense, Vilmar Zanchin, com apoio do também deputado marauense, Sérgio Turra. O projeto de lei nº 14.872, aprovado pelo parlamento, foi sancionado pelo então Governador José Ivo Sartori em 2016. A conquista é fruto de um trabalho muito mais antigo, que já trilhou o caminho de muito esforço, dedicação e também de conquistas. O primeiro título conquistado pelo karate marauense no Estado, por exemplo, data de 1995, foi com o 2º lugar no Campeonato Estadual ITKF. Desde lá, já são 59 títulos estaduais.

AMF dá adeus à Taça Farroupilha Região Serra

Equipe foi derrotada em Carlos Barbosa

Na noite desta quarta-feira (16), a AMF – Associação Marauense de Futsal entrou em quadra pela semifinal da Taça Farroupilha – Região Serra. Na Capital Nacional do Futsal, Carlos Barbosa, a equipe acabou derrotada pela ACBF e deu adeus à competição.Sem o técnico Nuno no banco, o time marauense foi surpreendido por Igor, que abriu o placar para os donos da casa. No minuto seguinte, a ampliação veio com Vini. Na segunda etapa, em lance rápido, Mayke marcou novamente para a ACBF. E, no final da partida, Igor, de novo, fechou o placar em 4 a 0. Com o resultado, em jogo único, a AMF se despede da competição. Agora, a quipe marauense volta seu foco para o Gauchão Série A. Neste sábado (19), a AMF enfrenta o Lagoa Futsal, a partir das 17 horas. O jogo acontece em Marau, no Ginásio Jatyr Francisco Foresti.

AMF Na noite de quarta-feira (16), a AMF se despediu da Taça Farroupilha após ser derrotada pelo time sub-20 da ACBF em Carlos Barbosa, por 4 a 0, em jogo único da semifinal. Na primeira fase o time havia empatado contra o Lagoa Futsal e vencido o ASF de Serafina Corrêa. A partir de agora, foco total no Gauchão, onde o time ainda não venceu. Na estreia, empate em casa contra o Passo Fundo, e na sequência, derrota para o Atlântico em Erechim. O próximo confronto será neste sábado (19), contra o Lagoa Futsal, em Marau, às 17h. Gauchão Série B Uma novidade para a região na competição, agora o APF de Gentil vai disputar a Série B. O time já havia confirmado participação na Terceira Divisão, mas, devido a ajustes na tabela, foi promovido direto a Segunda Divisão. O time se junta agora aos vizinhos XV de Novembro de Vila Maria, Sercca de Casca, ASF de Serafina Corrêa e AGE de Guaporé na disputa desse torneio. Terceirona Pelos gramados, a Terceirona do Gauchão já está na semifinal. Gaúcho de Passo Fundo contra Rio Grande; e Santa Cruz contra São Borja serão os confrontos, sendo que os vencedores serão promovidos para a Divisão de Acesso de 2022.


JORNAL DE MARAU | SEXTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2021

www.vangfm.com.br | 93.7

Prefeitura de Marau vai criar o Centro de Atendimento da Mulher

SAÚDE

Hospital Cristo Redentor rumo à acreditação da ONA Página 07

ESTADUAL Pattinare participa de campeonato de patinação Página 06

SEGURANÇA Prefeito encaminhou nesta quinta-feira (17) para a Câmara de Vereadores o projeto de lei. Página 04

Pagamento do IPTU inicia na próxima semana

Jovem marauense é encontrado morto em Paim Filho Página 13

REGIÃO

Divulgado resultado do LIRA realizado em Vila Maria Página 14

ESPORTE

Projeto Shobu-Kan é exemplo para outros municípios Página 15 O pagamento em cota única tem desconto é de 8% e vencimento dia 21 de junho. Página 04

Profile for Jornal de Marau

Jornal de Marau 18.06.2021  

Jornal de Marau 18.06.2021  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded