Issuu on Google+

Quarta-feira

Ano XV w NATAL-RN,

12 DE DEZEMBRO DE 2012 w Nº 4.513

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> ORÇAMENTO DO FUTURO PREFEITO

Carlos Eduardo terá R$ 2 bilhões para administrar Natal em 2013 CÂMARA MUNICIPAL

VOTARÁ AMANHÃ A LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL. LIMITE DE REMANEJAMENTO AINDA DEVE RENDER DISCUSSÕES ENTRE OS VEREADORES POLÍTICA 3 José Aldenir

> DEZ DIAS DE GESTÃO

Ney Lopes Júnior anuncia auditoria na Prefeitura e propõe parceria com o MP POLÍTICA 3

> VERBA PARA COMBATE ÀS DROGAS

Justiça arrecadará mais de R$ 300 mil com veículos apreendidos pela PF/RN CIDADE 10

> PLANO DE CARGOS

> TAXA DO IDIARN

Servidores da FJA fazem dois dias de vigília permanente

AL adia votação e atrapalha o planejamento contra aftosa

CIDADE 6

ECONOMIA 7

Cento e quarenta lotes de automóveis, motocicletas, caminhões, sucatas, entre outros, foram leiloados hoje. Auditório do Sest/Senat estava lotado Canindé Santos

> MUNDIAL DE CLUBES

Corinthians vence Al Ahly e disputará título no domingo COM O GOL MARCADO PELO PERUANO GUERRERO, TIME BRASILEIRO GARANTE VAGA NA FINAL CONTRA O CHELSEA OU O MONTERREY ESPORTE 16

> TRATAMENTO DE REFERÊNCIA

Confraternização natalina reúne crianças no Hosped PROGRAMA, QUE EXISTE NO RN DESDE 2003, ASSISTE CERCA DE 500 CRIANÇAS QUE NASCERAM COM LÁBIO LEPORINO OU FENDA PALATINA Pacientes e familiares participaram da confraternização do Programa de Assistência à Criança Portadora de Fenda Labiopalatal

CIDADE 9

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Daniela Freire

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 3

Página 7

Página 12

Página 13

Página 16

w O que deputados querem, com apoio de alguns policiais, é excluir o MP das investigações.

w Grupos Real Solar, Ener- w Ricardo Motta defende autobrax e Bacilieri querem pro- nomia dos poderes e diz que duzir painéis solares no RN. não interferirá na Câmara.

w Marketing eleitoral fez da política um carrossel e dos eleitores aqueles cavalinhos.

w Uma saudade danada dos homens que me ensinaram a expressão dupla de ataque.

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Juarez Chagas Janguiê Diniz João da Mata Costa Fernando R. C. de Oliveira Lianna Karinne G. C. Lopes Elísio Augusto de M. e Silva Afranio Pires Lemos OPINIÃO - Página 2 INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,08 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,14 R$ 2,08

Euro x real R$ 2,71 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 7,25%

E-MAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 12 de dezembro de 2012

FERNANDO ROBERTO C. DE OLIVEIRA, assinante/colaborador (fernandorco@hotmail.com)

Amancio

Quarta-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Recorde dos prefeitos Acabo de ler no jornal, que teremos um novo prefeito da cidade. Ele "assumirá" a cadeira por dez dias úteis. Bem, na verdade serão dez dias inúteis. De qualquer forma vamos aguardar o seu "plano de governo". Mutirão pela limpeza não dá mais. Depois do Exército, Marinha, Aeronáutica, escoteiros, bombeiros, blogueiros, farofeiros, e ETc, a cidade está um brinco. Como é um rapaz moço, e não foi reeleito para vereador, pode ser que em dez dias surpreenda. Não lhe faltará certamente o apoio da Câmara Municipal, nem dos secretários em fim de carreira, querendo "mostrar serviço". Só não dá tempo de concluir o calçadão de Ponta Negra. Pelo visto é obra para uns dez prefeitos. De tudo ele tem uma certeza: o risco de perder o "mandato" é mínimo. Por mais ágil que seja a justiça, mesmo que toque os pés pelas mãos, não dá tempo para uma liminar. Só se for uma preliminar. Em matéria de prefeitos, entramos

Artigo

certamente com louvor para o Livro dos Recordes. Afinal de contas, num período de cerca de trinta dias tivemos nada mais nada menos do que quatro. Ou seja, é muito prefeito para pouca prefeitura. É a força da democracia. Ou por outra, a do voto. O eleitor vota num prefeito e elege três. Ainda bem que o ano está se acabando. Se tivesse mais uns 30 dias cabiam mais uns três, antes do prefeito de verdade assumir. Este por sua vez, não pode se queixar que não houve uma transição "democrática". Está sucedendo a três de uma vez só. Outra grande vantagem é poder botar a culpa logo no início pelo que não fez, na administração anterior. Ninguém vai se sentir acusado. Em todo caso, como a todos é dado o direito de defesa, "democraticamente", eles têm como dividir a culpa sem muito esforço. Aliás esta "transição", está tão rápida que não tem dado tempo nem de um falar do outro. Novos tempos estes na política do município.

LIANNA KARINNE GERMANO CHAVES LOPES, farmacêutica da Casa Durval Paiva

Automedicação - Um alerta Muitas pessoas não resistem a tentação de receitar um remédio - é remédio natural, um comprimido para dor, outro para azia, o medicamento que a vizinha tomou quando ficou de cama com gripe ou ainda aquele 'famoso', que segundo o dito popular "se não fizer bem, mal não faz". Essa prática comum, não só entre os brasileiros, podemos chamar de automedicação e está cercada de sérios riscos. Riscos estes que não são colocados de forma clara às pessoas. Estas, muitas vezes, se deixam levar por anúncios maciços e desenfreados que até inserem a recomendação "persistindo os sintomas procure o seu médico", como que isentando de qualquer responsabilidade. Sabe-se que a realidade da saúde no Brasil é precária e hoje até aqueles que possuem um plano de saúde têm dificuldades para marcar consultas podendo até passar meses; a dificuldade e o custo de se conseguir acesso ao atendimento médico ou odontológico leva o paciente ao caminho mais curto que é a farmácia mais perto para comprar o medicamento que alguém orientou na dosagem que acha que é a mais indicada ou ainda tenta não só a orientação mas também se consultar com o farmacêutico ou até mesmo o balconista. Há uma frase de Paracelso, famoso cientista suíço, que ajuda a clarificar esse assunto: "não há nada na natureza que não seja venenoso. A diferença entre remédio e veneno esta na dose de prescrição.", portanto, a mesma substância que, usada nas doses e nos momentos certos, é remédio se usada inadequadamente, pode ser veneno. A automedicação pode mascarar um diagnóstico na fase inicial da doença, quando o paciente costuma tomar o remédio por conta própria para aliviar alguns sintomas iniciais e só vai se dar

Artigo

conta da situação quando o quadro clínico já esta mais avançado. Um exemplo são as neoplasias gástricas e intestinais que podem ser diagnosticadas tarde, pela melhora de sintomas com medicamentos que agem no tubo digestivo. Sabemos que para a cura do câncer, quanto mais cedo for diagnosticado, melhor. Essa prática de se automedicar pode, inclusive atrapalhar a quimioterapia, devido a um problema denominado como interação medicamentosa. Evento clínico no qual os efeitos de um medicamento são alterados pela presença de outro medicamento, alimento, bebidas ou drogas capaz de anular os efeitos de um remédio ou aumentar a toxicidade de algum dos medicamentos. No acompanhamento do tratamento dos pacientes da Casa Durval Paiva se faz necessário o trabalho de orientação não só dos benefícios das medicações, mas um alerta quanto as consequências da administração incorreta. Lidar com pacientes com câncer requer um cuidado, um olhar a mais. Toda ou qualquer medicação, até prescrita por outro médico, deve ser informada ao oncologista pediatra. Nada justifica a falta de cuidados com a saúde. Por mais insignificante que pareça, nenhum medicamento deve ser ingerido sem prescrição ou orientação médica. Não se deve acreditar em "receitas de amigos", por mais que queiram ajudar, são leigos no assunto e podem comprometer a saúde do paciente, lembrando ainda que o mesmo medicamento pode produzir efeitos diferentes de organismo para organismo. Há medicamentos que podem ser comprados sem a receita médica, porém é sempre recomendável informar-se com o farmacêutico quanto ao produto e seus efeitos colaterais, todo cuidado é pouco, principalmente, quando tratamos de crianças.

JOÃO DA MATA COSTA, professor do Depto de Física - UFRN (damata@dfte.ufrn.br)

O Dia de Clarice e o Ovo "Deus devia ser um matemático." gar a ver o ovo. - Olhar curto e indivisíClarice. vel; se é que há pensamento; não há; há o ovo. - Olhar é o necessário instrumenBrilha no céu uma estrela. É a hora to que, depois de usado, jogarei fora. Fidela. É a hora da Estrela Clarice. Seu bri- carei com o ovo. - O ovo não tem um silho não para. Novos livros e traduções são mesmo. Individualmente ele não exislançados. "Minha liberdade é escrever". te." (O Ovo e a Galinha. Clarice LispecA palavra era o seu domínio sobre o tor). Quem veio primeiro o ovo ou a gamundo. A nossa cegueira sua palavra faz linha eis a pergunta filosófica que inenxergar como num jardim. Lídia vê um quieta o homem desde sempre. Para Clacego mascando chiclete e fica transtorna- rice o Ovo não existe individualmente da. Beth Goulart em Simplesmente Cla- … No dia dez de dezembro é comemorice trouxe esse cego para nós em Natal. rado o dia D de Clarice Lispector, e lemLídia perde a estação de chegada do bonde bro do belo conto "Ovo e a Galinha" do e cai dentro do Jardim Botânico, com livro Legião Estrangeira. Esse conto foi seus cérebros apodrecidos. "Tão bonito filmado com roteiro a quatro mãos do que ela teve medo do inferno." A súbita cineasta Luiz Carlos Lacerda em parcepercepção do coração selvagem do jardim ria com Clarice. Luiz morava na famoque apodrecia, gotejava, germinava, le- sa Casa 9 no bairro de Botafogo/RJ, revava-a à beira da insanidade. "A loucura duto de grandes artistas e abrigo para é vizinha da mais cruel sensatez, escre- muitos que chegavam ao Rio de Janeiveu Clarice." (in Perto de Um Coração ro. Na casa 9 não tinha telefone e o ciSelvagem). Uma grande atriz interpreta neasta narra no documentário homônimo uma escritora maravilhosa e singular na como recebeu um telefonema - via viziliteratura brasileira. O enorme Teatro Ria- nho - da famosa escritora. Ao atender o chuelo lotado para ouvir as confissões de telefonema, entre perplexo e maravilhauma escritora que não gostava de se mos- do, o Luiz respondia com palavras isotrar. Beth vestiu-se de Clarice e nos pre- ladas. Não podia demonstrar toda a sua senteou com um grande banquete literá- euforia na frente dos vizinhos desconherio. Clarice estava ali, viva, e bem vesti- cidos que ouviam a conversa. Depois da Ela gostava de se sentir bonita. Rece- Clarice vem na Casa 9 para conversar bia muitas cartas. Numa delas, um cida- com Lacerda de viva voz e sugere coidão a chamava da Mãe do Brasil. A ma- sas mirabolantes. A presença daquela ternidade dói mais é bom. Sem o filho fi- mulher bem vestida e séria chamou a camos mais solitários. atenção de todos. Pena que não ficou re"De manhã na cozinha sobre a mesa gistro da visita da nobre senhora. O rovejo o ovo. Olho o ovo com um só olhar. teiro foi concluído em 1974 e filmado Imediatamente percebo que não se pode com grande elenco; Lucélia Santos, Carla estar vendo um ovo. Ver o ovo nunca se Camurati, Chico Diaz, Louise Cardoso, mantém no presente: mal vejo um ovo e Karla Martins, Claudio Perotto e Rodney já se torna ter visto o ovo há três milê- Pereira. O filme foi dirigido pela sobrinios. - No próprio instante de se ver o ovo nha de Clarice, a cineasta Nicole Algranele é a lembrança de um ovo. - Só vê o ti. Um curta-metragem de 11 m em ovo quem já o tiver visto. - Ao ver o ovo 35mm. Uma bela homenagem à escritoé tarde demais: ovo visto, ovo perdido. ra da Hora da Estrela, outro belo texto seu - Ver o ovo é a promessa de um dia che- filmado.

AFRANIO PIRES LEMOS, escritor (afrapil@Yahoo;com.br)

Dr. Dalton - VI

Artigo

JUAREZ CHAGAS, professor do Centro de Biociência da UFRN (Juarez@cb.ufrn.br)

James Dean, uma lenda americana A América não tem apenas uma lenda. São inúmeras lendas e cada uma delas com sua história peculiar que se espalha pelos continentes como se a eles todos pertencessem. Esse é o valor e a representação de uma lenda: ela acaba pertencendo a todos quando a todos representa, devidamente. Ainda não tinha escrito sobre James Dean, com essa especificidade, o Rebelde Sem Causa, como se tornou mais conhecido pela juventude americana e os demais jovens mundo a fora. Não que não tivesse o que falar do ícone da "juventude transviada" (Rebels without a cause, 1955) ou do jovem ambicioso e retraído, em sua personagem Jet Rink de "Assim Caminha a Humanidade" (Giant, 1956) ou do complicado e solitário Cal Trask que fora abandonado pela mãe e vivia sob opressão do pai em "Vidas Amargas" (East Of Eden, 1955). Estes foram seus únicos três filmes (isso sem falar, evidentemente, em alguns filmes secundariamente desconhecido e participações em televisão) que, juntamente com seu estilo de vida, temperamento e personalidade o tornaram uma lenda. James Byron Dean (1931-1955)

Artigo

era filho único e, dizem que seu nome foi uma alusão ao poeta inglês Lord Byron, preferido de sua mãe, a qual perdeu muito cedo, quando tinha 9 anos, o que para ele foi uma marca que carregou por toda vida. Sobre isso, ficou claro depois quando, já astro cinematográfico, se apresentou ao set de Hollywood e se ofereceu para filmar Vidas Amargas, cujo papel protagonista era de um rapaz solitário e introvertido, cuja mãe desconhecia. São muitas as nuances da vida de James Dean e, em minha opinião, acho sua vida cotidiana muito mais rica em todos os conteúdos do que sua gloriosa carreira cinematográfica. Cultivava as artes (especialmente drama), música (tocava flauta e violino) e velocidade em carros e motos. Outros rebeldes contemporâneos e, até seus amigos, como Elvis Presley e Marlon Brando, depois de um certo tempo, ofuscaram-se em sua presença sem que ele nada fizesse para isso. Tanto é que hoje, mesmo com o reconhecimento mundial de Elvis como o Rei do Rock e Marlon Brando como o Indomado, Dean é considerado um dos maiores ícones culturais e a melhor

personificação da rebeldia e angústias próprias da juventude da década de 1950 ou dos anos pós-guerra. Suas maiores paixões era velocidade, dança e artes dramáticas, morreu vítima da primeira com apenas 24 anos de idade, dado à sua impetuosidade. Sua frase e pensamento "Mais vale a angústia da busca do que a paz da acomodação" reflete sua própria personalidade e desafios na busca de seus ideais que, normalmente quebravam os tabus sociais de sua época. Na realidade, na estrada solitária que Dean percorria parecia estar sempre buscando algo que parecia fora de seu alcance e, era justamente, isso que o impulsionava. Desafiava os limites, desafiava a velocidade, desafiava a vida e isso, tornou-lhe uma lenda, uma lenda que representa ainda hoje, a juventude rebelde, contraditória e sem causa, dos anos 50 e 60 que mudou a história de toda uma geração ávida por mudanças, direitos e lierdade de expressão. Lendas são construídas com histórias pessoais e individuais para que o coletivo as reverencie (http://juarezchagas.blogspot.com/).

JANGUIÊ DINIZ, mestre e doutor em Direito (janguie@sereducacional.com)

O luto da arquitetura mundial Morreu, esta semana, o centenário Oscar Niemeyer. Aos 104 quatros, Niemeyer foi, sem dúvidas, o arquiteto brasileiro de nome mais influente na arquitetura moderna. E aqui não falamos apenas da arquitetura nacional, mas sim internacional. Suas obras estão espalhadas pelo mundo. Niemeyer foi pioneiro na exploração das possibilidades construtivas do concreto armado, técnicas muito além do seu tempo. Seu trabalho foi marcado pelas curvas, que tornavam seu estilo inconfundível e, por este motivo, teve grande fama nacional e internacional desde a década de 1940. Grande amigo do ex-presidente Juscelino Kubistchek, seus trabalhos mais conhecidos são os edifícios públicos que projetou para a cidade de Brasília, a pedido do então presidente. Profissional, político e visionário. Curiosamente, grande parte das obras

Artigo

mais importantes de Niemeyer, repletas de traços marcantes e modernos, serviu a projetos políticos: o Conjunto da Pampulha, o parque Ibirapuera e Brasília, com os prédios do Itamaraty, da Alvorada, do Congresso, da Catedral, da Praça dos Três Poderes e tantos outros. Há muitos anos o reconhecimento de Oscar Niemeyer ultrapassou as barreiras brasileiras e seu nome entrou para a história da arquitetura. Um grande marco de sua carreira foi o desenvolvimento da sede da ONU em Nova York, nos Estados Unidos. O arquiteto costumava falar que não é era o ângulo reto que o atraia, nem a linha reta. Niemeyer falava que era atraído pela curva livre e sensual, encontrada nas montanhas do Brasil, no curso sinuoso dos rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. Definitivamente um apaixonado pelo Brasil e que soube, das belezas do nosso

país, extrair o seu melhor. Seu prestígio foi e será sempre grande, seu nome é histórico. Não à toa, ele recebeu todos os prêmios imagináveis da arquitetura, incluindo o Pritzker em 1988 e a Ordem do Mérito Cultural. Feliz comentário do cantor Chico Buarque ao comentar que o arquiteto "foi um dos maiores artistas do seu tempo e um homem maior que a sua arte". Mas que isso, Niemeyer foi uma inspiração, um revolucionário. "A gente tem que sonhar, senão as coisas não acontecem", dizia Oscar Niemeyer. Poucos homens sonharam tão intensamente e fizeram tantas coisas acontecerem como ele. A história de Niemeyer ficará eternizada nos traços, na beleza de suas obras e em cada uma de suas magníficas construções, todas alheias a uma arquitetura ideal, desobediente a princípios preestabelecidos. Este era Oscar Niemeyer.

ELÍSIO AUGUSTO DE M. E SILVA, empresário, escritor e presidente da Fundação Amigos da Ribeira (elisio@mercomix.com.br)

Um jantar maravilhoso em 1942 Ao chegarem à recepção do restaurante, o jovem casal percebeu o extremo bom gosto do refinado e agradável ambiente. Inúmeros casais, elegantemente vestidos, também esperavam na recepção para se dirigirem às suas mesas, previamente reservadas. Na porta dois garçons uniformizados, um ao lado do outro, recebiam os clientes, tratando-lhes por seus nomes e confirmando suas reservas. O casal foi levado através do salão até uma mesa, no canto direito do restaurante. Dois garçons acendiam compridas velas brancas... O casal olha para a mesa e fica maravilhado! No centro, entre as velas, havia flores brancas e cor-de-rosa colocadas em um vaso de porcelana branca com bordas douradas. O maître de smoking vermelho os ajudou a sentarem-se. O cardápio, em cima da mesa, era pintado à mão em aquarela. Na capa, via-se um trem de carga que soltava nuvens de fumaça pela chaminé para o canto direito; à esquerda, destacava-se o desenho do rosto de uma jovem de longos cabelos pretos. Olhavam com tanta atenção e deslumbramento que não perceberam o garçom que se aproximava discreto. - Aceitam um coquetel? Pergunta o solícito garçom. Ambos pediram um gim com água tônica, gelo e limão. Não chegaram a repetir e o jantar começou a ser servido.

Um verdadeiro festival gastronômico! A prata dos talheres reluzia e o cristal dos copos brilhava a luz das velas, dando um toque romântico ao ambiente. No ar, o cheiro de azeite, ervas e condimentos finos. Ao fundo, a orquestra tocava um bolero suave. O serviço de mesa era constante, atencioso, discreto e cada prato parecia mais apetitoso que o anterior: filé de esturjão do mar Cáspio; lagostas grelhadas; peito de frango na sidra, acompanhado de legumes e salada verde; filé ao molho madeira; camarões à provençal; e peito de vitela recheado. Mais ou menos no meio do jantar, o maître novamente aproximou-se da mesa do casal. – Boa noite! Vim apenas para ver se tudo está bem. – Sim! Sim! O casal apressou-se a responder. Logo em seguida, o pianista deixou o seu lugar e dirigiu-se com passos miúdos à mesa do jovem casal, para que pedissem sua música desejada. "Summer of 42", responderam ao mesmo tempo. Finda a refeição, o garçom veio oferecer-lhes no carrinho duas excelentes sobremesas: marjolaine, uma torta gelada de chocolate, avelã e creme... uma divina receita francesa; e sacripantina, uma delicada massa de pão de ló, recheada com creme e licor

de cereja, coberta com farofa de pão de ló - acompanhada de chantilly e calda de frutas. Duas delícias! Ficava difícil resistir. Depois da sobremesa, um licor de cassis, seguido de um cheiroso e fumegante cafezinho. Antes do jovem acender um charuto, um dos garçons disse-lhe que o chamavam ao telefone da recepção. Seguiu o garçom, imaginando quem poderia estar telefonando. Ao chegar à recepção, o maître estava aguardando por ele e, estendendo a conta, disse-lhe: Achamos que preferiria não recebê-la na mesa. Então, ele conferiu o total, pagou e voltou à mesa. A esposa estava curiosa quanto ao telefonema. - Quem era? Perguntou. - Nada de importante... apenas negócios. Respondeu. Ele segurou a mão dela, guiandoa gentilmente para a pista de danças, no outro lado do salão, onde vários outros casais já dançavam. O pianista tocava a música pedida por eles, que agradeceram com um leve cumprimento. Em seguida, o casal voltou para a mesa. De repente, o garçom que os atendera apareceu com uma garrafa de champanhe francesa, e, após encher duas taças de cristal com o borbulhante líquido, disse: É cortesia da casa! A todos os casais em lua de mel! Levantaram as taças e brindaram a felicidade daquela noite de sonho do verão de 1942.

– Soqui em 1945, fui transferido pro Liceu Paraibano. Embarquei no Trem da Great Western, com baldeação em Entroncamento, depois de l5 horas de viagem. Assim, no começo de março lá estava eu no Liceu, para meu espanto, colégio grandioso, de mandar ver brasa. Você veja aí; um pobre aluno sair do Atheneu caindo aos pedaços, prair prum Liceu, novinho em folha. O Governo terminara de construir. E tinha de tudo: auditório, primeiro andar, salão de Biomédica, salões, escadaria, espaço para todos os esportes, laboratório, salão de música, biblioteca - olhem aí! Biblioteca! E tudo o mais. – E você lá? – Firme e forte. Me encontrei logo com Jurandir e Anselmo, companheiros daqui e vi a beleza das meninas passeando. O Liceu seria misto. Olhem aí! Assim, ainda meio bambo com tanta vantagem, olhei mais as caras. Já os caras tomavam pé entre eles, quando, em junho a papeira me pegou. – Papeira? O que é papeira? – Tem até graça, cês não saberem o que é papeira! Aquele pescoço de boi que pega as crianças desprevenidas. – E pegou você? – Na mosca. E fui alertado: "Cuidado. Ela desce." Aí foi aperreio, corre-corre, e depressa me mandaram pra Jardim, a melhor cidade do Nordeste. Vejam aí, que filme! Você entra em Natal, cai em João Pessoa e revive em Jardim; onde fiquei oito meses, seis dias e duas horas. Feliz e satisfeito em meu habitat. – E não concluiu o ginásio? – Não em 1945, como deveria ser; se Deus permitisse. Acho que Ele examinou a situação e testou-me. Voltei pra João Pessoa em 1946, com gosto de gás, para acabar, de vez por todas, com o sacrifício do Ginasial e chegando lá, vi que faltava um jornal na turma, fato que já pensara no ano anterior. Faltava um jornal na turma. – Um jornal? – Assim nasceu A Xepa, jornal aí de mais consideração, com quatro páginas, falando da gente, e do Liceu, impresso em papel almaço, de bodega. Nascia-me aí, aquela força. Fazer jornal cada vez mais importante a partir da sala de aula, hum? Tanto que não guardei nenhum, pois a turma disputava na marra, seus exemplares, semanais, dependendo das noticias, sempre locais. E últimas tiragens, com ilustrações coloridas, o que foi o máximo do máximo. – A Xepa? – Ao seu dispor. As meninas adoravam-na e eu adorava uma delas, fora a Diva e a Eva. Você veja como é a natureza. Todo mundo namora mocinha com nome terráqueo. Eu fui escolher logo uma Eva e, noutra hora, uma Diva, divindade de mesmo. – E aí? – Aí entre divas e Eva, fiz poesia. Treinei e fiz alguns contos, mais rascunhos para futura estratificação. E fiquei pra festa de fim de ano nem a Formatura, já com nome na placa de metal e tudo o mais. Vim pra Natal com o pai, e fui pra Jardim, a felicidade. Fiquei por lá, pois quem chegava ali, ficava. – E ficou lá? – Não, não. Voltei pra fazer o Científico, em João Pessoa. Ainda estaríamos lá. Matriculei-me no 1o Científico, pondo nos punhos do paletó uma estrela, e comecei o danado, meio assim chateado, já que eu pensava mesmo era no Clássico. – Mas ficou? – Fiquei. Até quando, no fim do mês de março, me entra pela porta um bedel, pede licença, e diz ao lente, que o diretor Dr. Elmano, queria falar comigo. Surpreso, levantei-me e fui. E lá, o assombro: "Fizemos levantamento das notas do ano passado e o senhor não conseguiu a média 5 em Matemática. Volte pro Ginasial." – Absurdo! – Dos maiores. Quis me atracar ali mesmo com o diretor. Mas depois vi o drama, com cavilações até caseiras, e joguei todas as fichas na roleta da sorte. "Seja feita a sua vontade, sor; mas o senhor me paga". Ele achou graça. O cara! – E aí? A POESIA SERVE, SI SERTANEJO Pequeno caiu grande desse tamanho pelo espírito só de sobrevivência

O JORNAL DE HOJE recebe colaboração pelo correio (Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova - Natal-RN, CEP 59056570), por fax (0xx84 3221-5058) e por email: artigos@jornaldehoje.com.br. Pede-se que os textos sejam concisos e contenham nome completo, endereço e telefone. O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de selecionar e publicar trechos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 3

Gestão Ney Jr: 10 dias de auditoria e “transparência total” na Prefeitura EM

SUA CURTA PASSAGEM PELA CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

O vereador Ney Lopes Júnior, do DEM, ainda não sabe se realmente assumirá a Prefeitura de Natal. Prefere aguardar o anunciou oficial do prefeito Paulinho Freire (PP), renunciando ao cargo para ser diplomado na sexta-feira - o anúncio deve ser feito amanhã. Contudo, o parlamentar democrata já tem ideias para aplicar na administração municipal se realmente se tornar gestor: realizar uma auditoria interna para "separar o joio do trigo" e propor uma parceria com o Ministério Público do RN, que terá conhecimento de todos seus atos, com "transparência total". A auditoria na Prefeitura seria para estabelecer um marco, uma espécie de divisão dos atos que ele vier a tomar para as atitudes dos gestores anteriores. Não apenas as de Paulinho Freire, inclusive, mas as de Micarla de Sousa (PV) também. A intenção é que fique claro e transparente que as medidas que Ney Júnior tomar na Prefeitura serão medidas dele e, consequentemente, resguardá-lo de qualquer responsabilização no futuro de que

PREFEITURA,

ele compactuava com alguma eventual irregularidade que ainda esteja sendo praticada na Prefeitura de Natal - afinal, Micarla de Sousa foi afastada devido a irregularidades apontadas pelo Ministério Público do RN. A respeito da parceira com o MP, Ney Júnior estaria disposto a solicitar a presença física de um membro do Ministério Público na Prefeitura, acompanhando seus atos e os atos da gestão, aumentando a transparência de sua gestão e se justificando, inclusive, pelo fato da Administração Municipal está sendo, no momento, investigado pelo próprio MP. A "transparência total" também teria como característica a divulgação, na internet, de todo e qualquer ato da administração Ney Júnior. Assinaturas, medidas, gastos, tudo será publicado pela Secretaria de Comunicação do Município. A intenção de Ney Jr é ter uma agenda intensa durante o período na Prefeitura, que na verdade será de apenas 18 dias, ou melhor, 10 dias úteis - isso se houver expediente normal nos dias 24 e 31. Ney Júnior quer se encontrar com o desembargador Amauri

VEREADOR ANUNCIA AUDITORIA PARA

“SEPARAR José Aldenir

Ney Lopes Jr. quer um representante do Ministério Público acompanhando todas as suas ações na Prefeitura de Natal Moura Sobrinho, relator do processo de afastamento da prefeita Micarla de Souza (PV); os Tribunais de Justiça, Regional Eleitoral e o de Contas do RN, além do presidente da Assembléia Legislativa. O propósito de Ney é manter a estabilidade dos serviços públicos munici-

pais, neste período de final de ano. Segundo Ney Jr, a intenção é cumprir "a missão que a lei lhe impõe, com serenidade, equilíbrio e espírito público. Não poderia faltar à Natal num momento de transição. Preservarei o interesse público, sem milagres. Só isto". Quer também ga-

rantir o pagamento dos servidores municipais neste final de ano e os serviços essenciais à população. Por sinal, o vereador do DEM já comunicou a possibilidade de assumir o Executivo municipal à governadora Rosalba Ciarlini, sua colega de partido, através do se-

JOIO DO TRIGO” cretário Esdras Alves e ao senador José Agripino, presidente do DEM, através do deputado Felipe Maia. Com a posse de Ney Jr, o DEM passará a administrar a capital e o Estado do RN. CARLOS EDUARDO A respeito de Carlos Eduardo Alves, Ney Júnior negou que tivesse qualquer problema pessoal com o prefeito eleito - apesar de ter contra ele um processo por declarações ofensivas contra o vereador, ditas pelo pedetista antes da campanha eleitoral. "Seu eu assumir, serei o administrador da cidade. Os posicionamentos que tive na Câmara (ele foi um dos que votou pela condenação do ex-prefeito pelas contas dele de 2008) foram de acordo com minha consciência e de forma técnica e jurídica", afirmou Ney Júnior. O possível substituto de Paulinho Freire garantiu, ainda, que a Prefeitura "vai estar ainda mais aberta à equipe de transição de Carlos Eduardo, para que ele assuma a Prefeitura na melhor situação possível para poder desempenhar um bom trabalho nos próximos quatro anos".

> VOTAÇÃO NA CÂMARA

Carlos Eduardo terá mais de R$ 2 bilhões para gastar em 2013 e margem do orçamento é dúvida A Câmara Municipal de Natal deve votar nesta quinta-feira a Lei Orçamentária Anual (LOA), ou seja, o orçamento que o futuro prefeito, Carlos Eduardo Alves, do PDT, terá quando assumir a Prefeitura de Natal, a partir de 1º de janeiro de 2013. E mesmo com o alto valor orçamentário, quase R$ 2,18 bilhões, são poucas as discussões previstas. Afinal, boa parte das emendas será consensual e os vereadores têm se mostrado compreensivos com a próxima gestão, aceitando praticamente tudo que foi proposto pelos apoiadores do prefeito eleito e a equipe de transição dele. Contudo, pelo menos um tema ainda deve render discussão na Casa Legislativa: o limite de remanejamento que o prefeito eleito Carlos Eduardo Alves, do PDT, terá em 2013. Raniere Barbosa, do PRB e do lado de Carlos Eduardo, propõe 20% de teto. Enildo Alves, do DEM, opositor ao prefeito eleito, acredita que 10% "está de bom tamanho". Segundo o vereador Raniere Barbosa, a LOA já foi apresentada em audiência pública, discutida e votada pela primeira vez. Na tarde de quinta-feira, será a 2ª votação na Câmara Municipal. "Foram 37 emendas, a princípio consensuais, discutidas com vereadores e a equipe de transição do próximo gover-

Heracles Dantas

Wellington Rocha

Carlos Eduardo vai dispor de um orçamento generoso para aplicar em 2013

Enildo Alves quer estabelecer margem de remanejamento em 10% do orçamento

no (municipal). A maioria para reformas de praças e academias da terceira idade", explicou Raniere Barbosa. Segundo o vereador, considerado por muitos o mais próximo do prefeito eleito Carlos Eduardo na Câmara Municipal e quem presidiu as discussões sobre a LOA, a próxima gestão ficou satisfeita com a discussão do Orçamento. Inclusive, pelo reajuste feito nos recursos destinados a Saúde Pública, atendendo a apelo do Conselho Municipal

para a próxima gestão. Tira a importância do parlamento na discussão do orçamento, fragiliza o legislativo", analisa Enildo Alves sobre a proposta de 20%. Segundo o vereador do DEM, a Câmara deveria propor um teto de 10%. "Vemos que a Assembleia Legislativa deverá ter um teto de 5% de remanejamento, mas como o orçamento é de uma gestão para outra, é importante os 10% para dar mais margem. Agora 20% é demais. Não vou brigar, mas vou defender

10%. Raniere mesmo nunca foi a favor de 20% para a gestão atual, porque agora vai ser?", questionou Enildo Alves. Para o vereador Fernando Lucena, do PT, um dos que também participou das discussões sobre o orçamento, divergências como essa já eram esperadas. Sem emitir opinião, o petista afirmou que "nunca é fácil a discussão do orçamento e o ideal é que o pessoal do futuro governo participe ativamente e os vereadores tenham

vários convênios com o Hospital Infantil Varela Santiago. Porém, de acordo com relatório oficial de execução dos convênios, não houve nenhuma liberação em 2012. E o Estado é governado por uma médica pediatra.

BLOCOS III Os dois novos blocos que se formam, reúnem deputados de oposição ao Governo Rosalba Ciarlini. Seus líderes terão força para travar urgência de projetos de interesse da mulher de Carlos Augusto. E os líderes são os experientes e destemidos Mineiro e Zé Dias.

de Saúde, que viu que os valores inicialmente propostos não eram suficientes para custear a pasta durante o ano todo. Porém, em um ponto parece que vai haver discussão: o limite de remanejamento. Em contato com O Jornal de Hoje, Raniere afirmou que a proposta é que Carlos Eduardo possa remanejar até 20%, o que representaria quase R$ 440 milhões, dos 2,18 bilhões orçados para o Município em 2013. "Isso é dar um cheque em branco

a compreensão exata". VALORES Segundo o vereador Raniere Barbosa, a Saúde Pública deve ter um orçamento estimado de R$ 556 milhões e a Educação, R$ 382 milhões, mostrando que, assim como prometido, a pasta da Saúde deve ser mesmo uma das prioridades da próxima gestão. É importante ressaltar também que de receitas próprias da Prefeitura, os valores destinados as duas pastas também estão no limite constitucional. Isso, porque a LOA prevê uma destinação de R$ 213,2 milhões para a Saúde, o que representaria 22% das receitas próprias da Prefeitura - o mínimo exigido pela Constituição é 15%; e R$ 290,8 milhões para a Educação - o valor representa 30%. Obedecendo à Constituição, o Orçamento deve ser votado e aprovado até o final da gestão legislativa, não podendo a Câmara Municipal entrar em recesso até então. O orçamento anual contempla os objetivos e metas propostas no Plano Plurianual (PPA), segundo as diretrizes estabelecidas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A Câmara Municipal de Natal terá uma dotação orçamentária de R$ 56,1 milhões.

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS SECA Muita gente do Governo ainda não percebeu a dimensão de prejuízo imposto pela seca ao homem do campo. O gado não tem o que comer, o Governo não chega com ajuda, a Conab humilha e mente sobre entrega de milho e os produtores estão sofrendo e desesperados. SECA II Enquanto o homem do campo sofre na pele os efeitos da estiagem, a assessoria do Governo destaca no site oficial a importante 'notícia' que vai mudar a vida de todos: "Rosalba vibra com segundo dia de Carnatal". Sem comentários. PEC 37 O lobby dos políticos que temem a ação do Ministério Públi-

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / @tuliolemosrn

co e quer ver promotores longe das investigações criminais, é acrescido de policiais que há muitos anos não pisam numa delegacia de polícia, esqueceram como se investiga, mas querem exclusividade para investigar sem a parceria do MP. Aí tem coisa. PEC 37 II O que deputados querem, com apoio de alguns policiais, é excluir o Ministério Público das investigações. Atualmente, a polícia pode investigar o que julgar conveniente e conta com o respaldo do MP que chega a evitar que a investigação sofra pressão indevida e mude seu curso; se a PEC passar, o MP estará impedido de investigar e a polícia fica com exclusividade, passível de todo o tipo de pressão; especialmente de políticos. É isso que eles querem?

VOTO Por falar nisso, parte da bancada do RN continua em misterioso silêncio quanto ao voto na PEC 37. O deputado Henrique Alves, que é líder de uma das maiores bancadas na Câmara, é contra o MP ou não? Não custa repetir: Quem é contra o MP, ou é ladrão ou está pensando em ser. PARLAMENTAR Hoje o deputado Walter Alves recebe o título de Parlamentar do Ano, fruto de votação feita pelos jornalistas que cobrem o Comitê de Imprensa da Assembleia. O filho de Garibaldi pavimenta estrada para novos desafios na política. Em 2014, Waltinho será candidato a deputado federal, a governador ou a vice-governador. CONVÊNIOS O Governo do Estado firmou

BLOCOS Os novos blocos partidários que se formaram na Assembleia, podem complicar ainda mais a situação do Governo no próximo ano. O PDT de Agnelo Alves e Carlos Eduardo se uniu ao PSD de Robinson Faria, Gesane Marinho e José Dias, que será o líder do bloco. BLOCOS II Outro bloco que se forma na Assembleia reúne o PT de Mineiro, o PHS de Fábio Dantas e o PTB de Ezequiel Ferreira. O líder do bloco será Mineiro.

PHD Por falar em Zé Dias, o marido de Diúda tem um grande motivo para comemorar: o filho procurador da república Marcelo Alves, defendeu e teve sua tese de doutorado aprovada na King's College London. O filho de Dedé e Diúda é PHD com louvor, para orgulho da família e do RN. PREFEITO O vereador Ney Lopes Jr ao assumir a Prefeitura de Natal, até a

posse do novo prefeito, ocupará a cadeira na qual já esteve como titular, o seu avô, Dr. Claudionor Telógio de Andrade, já falecido. Também em substituição temporária à então prefeita Wilma de Faria, o seu pai, ex-deputado Ney Lopes, foi prefeito da cidade de Natal (ele era o vice da mãe de Lauro à época). NOME Caso o vereador Ney Lopes Jr se recusasse a assumir a PMN, o nome da vez seria o vereador Júlio Protásio, primeiro secretário da Câmara Municipal. Será que ele correria o risco de uma impugnação pelo exercício simultâneo de dois mandatos, após a diplomação, como diz claramente a CF? Ou agiria como Paulinho e Edivan, que aplicaram a regra: "Na dúvida, duvide"?


Natal, 12 de dezembro de 2012

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

A decisão é no voto Recorde histórico o número de candidatos a líder do PMDB na Câmara dos Deputados. Levantamento na manhã desta quarta-feira contabiliza nove aspirantes. Parlamentares de cinco áreas do País participam do embate que motiva os 78 filiados à sigla: Do Norte: José Priante (PA). Três integram a bancada do Nordeste: Marcelo Castro (PI), Danilo Forte (CE) e Manoel Júnior (PB). O Sudeste também é representado por um trio: Saraiva Felipe (MG), Eduardo Cunha (RJ) e Rose de Freitas (ES). Cristão-novo do partido, o goiano Sandro Mabel defende as cores do Centro-Oeste. É gaúcho o pretendente do Sul: Osmar Terra. nnn Quem está mais bem posicionado entre os colegas é Eduardo Cunha, carioca que tem problemas de relacionamento com o Palácio do Planalto. Se ele for o escolhido, endurecem as negociações da bancada com o governo Rousseff. nnn Pós-escrito: a escolha está marcada para 30 de janeiro, uma quarta-feira. Na sexta, primeiro dia de fevereiro, Henrique Eduardo Alves, atual titular da liderança peemedebista, deve ser eleito presidente da Casa.

Tempo de revisão

As mudanças no primeiro escalão federal foram transferidas para abril. É o que está aparentemente decidido pela presidente da República. Fica para o quarto mês de 1013, por quê? Quem decide preferiu aguardar a definição das mesas diretoras do Senado e da Câmara e a composição das comissões permanentes nas duas casas do Congresso. Depois de examinar a nova correlação de forças, Dilma Rousseff ajusta o ministério para a travessia da segunda metade do mandato. nnn Trata-se, para dizer a coisa certa, da recomposição da equipe para a jornada em busca da reeleição, se a economia não atrapalhar. Ora, neste 2012, incluídos todos os países da América Latina, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro – mais ou menos, 1,2% – só será maior que o do Paraguai. A projeção é de entidades internacionais.

Política

Quarta-feira

José Agripino quer depoimento de Marcos Valério no Senado APÓS INDAGAÇÃO DO DEMOCRATAS, O PRESIDENTE DA CCJ SE COMPROMETEU EM COLOCAR DOCUMENTO EM VOTAÇÃO ANTES DO FIM DOS TRABALHOS LEGISLATIVOS Um dos autores do requerimento convite para o operador do mensalão, Marcos Valério, comparecer ao Senado, o líder do Democratas, José Agripino (RN), lamentou a decisão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) de não colocar em pauta a votação do documento na sessão desta quarta-feira (12). Segundo o senador, as declarações de Marcos Valério à Procuradoria Geral da República (PGR) - e amplamente divulgadas pela imprensa - de que dinheiro do mensalão teria sido usado para pagar despesas pessoais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva precisam ser esclarecidas quanto antes. "O esclarecimento dos fatos se impõe. É fundamental ao Brasil conhecer a verdade em torno das declarações de Marcos Valério à Procuradoria Geral da República e, por isso a apreciação desse requerimento se impõe. A sociedade brasileira exige os esclarecimentos dos fatos o quanto antes", disse Agripino. Após indagação do parlamentar potiguar, o presidente da CCJ, Eunício Oliveira (PMDB-CE), se comprometeu a colocar o requerimento em votação antes do fim dos trabalhos legislativos. Além do requerimento convite para que Marcos Valério compareça ao Senado, Democratas, PSDB e PPS apresentarão ainda esta semana requerimento à PGR solicitando

José Aldenir

Senador José Agripino Maia quer que Marcos Valério, operador do Mensalão, diga no Senado o que disse ao MPF o acesso às treze páginas de depoimento do pivô do mensalão à própria PGR e a abertura de investigação sobre suas declarações. "A oposição quer ter acesso ao

depoimento do pivô do mensalão e quer ouvir do próprio Marcos Valério aquilo que ele disse à PGR. A reportagem traz dados concretos, circunstanciando o depoimento, que

está assinado pelo subprocuradorgeral da República e pelo advogado de Valério. São fatos gravíssimos que precisam ser esclarecidos", disse José Agripino.

> DESPESAS NÃO COMPROVADAS

TCE condena ex-prefeito de São Rafael a ressarcimento de R$ 400 mil Rodízio no ninho Hoje, escolha consensual para líder do PSDB na Câmara Federal. Carlos Sampaio (foto), paulista de Campinas, vai suceder a Bruno Araújo, pernambucano do Recife. Vai comandar, durante um ano, a bancada de 50 tucanos. A transmissão do cargo será no próximo mês, data a ser agendada. nnn Sampaio, promotor público, tem 49 anos de idade. Foi vereador no seu município, mas não conseguiu ganhar nenhuma das três campanhas para a prefeitura. Passou pela Assembleia Legislativa de São Paulo e está no terceiro mandato em Brasília.

LEITURA DINÂMICA t Sexta-feira, Natal recebe correta e destemida parlamentar brasileira. É Luiza Erundina (PSB), ex-prefeita de São Paulo. A deputada dá palestra, às 15h, no auditório da OAB. Tema: “Memória, verdade e justiça”. t Quando tiver oportunidade, leve seu filho a uma livraria. Incentive-o a frequentar esse templo do saber e do conhecimento. t Dois possíveis candidatos ao Palácio do Planalto – Aécio Neves e Eduardo Campos – participaram manhã de hoje, na Câmara dos Deputados, do debate Cenário Brasileiro. Promoção da Frente Parlamentar Mista da Gestão Pública. t Comentário repetido no Congresso: só haverá reforma político-partidária, de fato, se for excluída a permissão de coligações para os pleitos proporcionais. É o caso da eleição para vereador e deputado (estadual e federal). t Everton Vieira Vargas troca a tranquilidade de Berlim pela chefia da missão diplomática em

Buenos Aires. Parece castigo ao diplomata, porque é confusa e nervosa a situação políticoeconômico-jurídica na Argentina. t Gilmar Mendes, ministro do Supremo, tribunal que presidiu, admite concorrer ao governo de Mato Grosso, em 2014. Ele é um quadro cobiçado pelo líder da seção mato-grossense do DEM, senador Júlio Campos, ex-chefe do Executivo estadual. t No momento em que Ciro Gomes é criticado por figurões do governo federal e lideranças do PSB, ainda seu partido, o prefeito eleito de Fortaleza, o socialista (?) Roberto Cláudio, joga confetes no ex-governador e ex-ministro: “Para mim, ele é uma referência, pela capacidade e pela coragem cívica.” t Aniversariante no dia 14, Dilma Rousseff passa a data no frio de Moscou. Nem precisa colocar o champanhe no balde gelo. t Para refletir: “Nada é mais vivo que uma palavra” (Philip Morgan, jornalista brasileiro residente em Londres).

O ex-prefeito de São Rafael, Gladstone Santos da Costa foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado a restituir ao erário público municipal a quantia de R$ 431.073,12, referente a despesas não comprovadas de sua administração no primeiro bimestre de 2006. O processo foi relatado pelo conselheiro Renato Costa Dias na sessão da Segunda Câmara de Contas, na última terça-feira, 11 de dezembro. Na mesma sessão, o conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves relatou processo da Câmara Municipal de São José de Campestre, prestação de contas do exercício financeiro de 2009, a cargo do Sr. Jailson José da Silva. O voto foi pela imputação de multa de R$13.370,40 pela ausência de divulgação dos

Relatórios de Gestão Fiscal do referido período. Também relatou processo da Prefeitura de Coronel João Pessoa, inspeção ordinária do exercício de 1997, sob a responsabilidade da sra. Ana Cristina de Figueiredo Fernandes Fernando. O voto foi pelo ressarcimento de R$15.288,00 referentes a viagens e diárias sem comprovação de destinação pública e R$10.602,87 de valores pagos a mais. Por fim, relatou processo da Câmara Municipal de Alexandria, Inspeção ordinária relativo ao exercício de 1995, com voto pela irregularidade das contas do ordenador de despesas, sr. Osivan Barreto Nobre, condenando-o à restituição de R$146.437,01 referente a gastos com pagamento de pensão vitalícia a seis vereadores.

Divulgação

Ex-prefeito Gladstone Santos terá que devolver mais de R$ 400 mil ao erário

Luciano Ramos toma posse sexta-feira na procuradoria-geral junto ao TCE O procurador Luciano Ramos tomará posse no cargo de procurador-geral junto ao TCE na próxima

sexta-feira(14), às 10h, no auditório do Tribunal de Contas do Estado em solenidade que contará com

a presença de autoridades e convidados especiais. O procurador irá exercer o cargo durante o biênio 2013/2014. O nome de Luciano Ramos foi uma escolha do Conselho Superior do Ministério Público junto ao Tri-

bunal de Contas acatado pela governadora Rosalba Ciarlini e referendado pela Assembleia Legislativa. O novo procurador é baiano de nascimento, mas já identificado com a comunidade norte-rio-grandense.


Política

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 5

Oposição se fortalece com a criação de dois novos blocos na Assembleia BLOCOS

PODEM DIFICULTAR OU FACILITAR TRAMITAÇÃO DE PROJETOS NAS COMISSÕES TÉCNICAS DO Wellington Rocha

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

Os deputados estaduais formaram blocos neste final de legislatura, indicando que, em 2013, o quadro de parlamentares oposicionistas e governistas estará mais nítido na Assembleia Legislativa. O destaque é a formação de dois fortes blocos de oposição, PT/PTB/PHS e PSD/PDT. Ambos se somam ao bloco do PSB, até então único formado com feição oposicionista. Com isso, a oposição soma três votos no Colégio de Líderes, onde se define o regime de tramitação das matérias. O governo conta com três votos neste colegiado, dos blocos de PMDB, PMN e PR. Um novo bloco, com DEM, PSDB e PV, estaria em vias de ser formalizado na manhã de hoje, este de caráter governista. Os blocos são importantes porque seus representantes têm direito a voto no Colégio de Líderes, onde se define se uma matéria terá tramitação normal ou de urgência. Se for urgente, o texto segue direto para votação em plenário. Do contrário, tramita pelas comissões temáticas da Casa, num processo mais demorado. Como o governo envia as matérias apenas no final da legislatura, os deputados terminam sendo obrigados a dispensar a tramitação. Do contrário, o projeto não é apreciado, ficando para o ano seguinte. "Hoje existe um sentimento

Deputado estadual José Dias vai se unir a Gesane Marinho, também do PSD, e a Agnelo Alves, do PDT entre os deputados de que não se deve mais deixar para enviar as matérias apenas durante a votação do orçamento. É preciso mudar essa cultura, que vem de gestões passadas, de modo a permitir que as matérias sejam melhor apreciadas, tramitando normalmente pelas comissões", admite o deputado governista Leonardo Nogueira. BLOCOS No campo da oposição, foi oficializado o bloco de PT, PHS e PTB, com os deputados Fernando Mineiro (PT), Fabio Dantas (PHS) e Ezequiel Ferreira (PTB), sob a

liderança do petista. Mineiro é oposição ao governo Rosalba e recebe agora o apoio de oposicionistas que até então trabalhavam com neutralidade. Dois episódios resultaram no endurecimento do tom em relação ao governo de Ezequiel e Fábio Dantas. O petebista sentiu-se apunhalado pelo governo no processo que resultou na sua saída da presidência estadual do PTB. Já Fabio Dantas também credita ao governo uma manobra de última hora que gerou sua derrota na disputa pela indicação de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ambos

PARLAMENTO Arquivo

Minieiro era oposição ao governo e agora recebe apoio de quem até então trabalhava com neutralidade

votavam com o governo e agora assumem postura total de oposição. Outra novidade é a junção dos deputados José Dias e Gesane Marinho, ambos do PSD, com o deputado estadual Agnelo Alves (PDT). Tratou-se de uma articulação do vice-governador Robinson Faria (PSD), que rompeu com o governo com menos de um ano de gestão, abdicando de três secretarias, passando a fazer oposição ao governo Rosalba. Aliado de Agnelo e Carlos Eduardo, o presidente do PSD juntou o deputado do PDT e o depu-

tado José Dias, que, aliás, não se dariam muito bem. Quanto a Gesane, a parlamentar votava com o governo e, a exemplo de Ezequiel e Fábio Dantas, passa à condição de oposicionista declarada. Os dois novos blocos oposicionistas se somam ao bloco do PSB, formado pelos deputados Márcia Maia, Gustavo Carvalho, Larissa Rosado e Tomba Farias. Deste grupo, apenas Carvalho tem votado com o governo. Até o fechamento desta edição, a oposição tinha três blocos, o mesmo número de blocos do governo. Os blocos do governo são PMDB, dos deputados Walter

Alves, Gustavo Fernandes, Poti Júnior, Nélter Queiroz e Hermano Morais; PR, dos deputados Vivaldo Costa, Kelps Lima e George Soares; e PMN, de Ricardo Motta, Raimundo Fernandes e Antonio Jácome. Discute-se ainda a formação de um quarto bloco, com a junção dos deputados do DEM, PSDB e PV. Neste bloco estão os deputados Getúlio Rego (DEM), Leonardo Nogueira (DEM), Gilson Moura (PV) e Dibson Nasser (PSDB). Apesar disso, não houve confirmação da formação deste bloco até o fechamento desta edição.

> ORÇAMENTO SERÁ VOTADO AMANHÃ

Rosalba terá R$ 11 bilhões para 2013 Os deputados votam nesta quarta-feira o Orçamento Geral do Estado (OGE) para o exercício de 2013, que já foi apreciado pela comissão de Finanças e Fiscalização, na semana passada. O projeto tem valor global de R$ 11 bilhões. Relatório da Comissão de Fiscalização e Finanças acatou 318 emendas apresentadas pelos deputados. Uma das modificações aprovadas na Comissão foi a redução de 15% para 5% por cento a margem de remanejamento pelo Executivo, sem precisar solicitar permissão do Legislativo. Caso o plenário acate esta proposta, o governo ficará engessado durante o ano de 2013, tendo inclusive que se sujeitar ao Poder Legislativo se quiser remanejar acima deste valor. "Na verdade é Assembleia versus governo. Ou a Assembleia exerce as prerrogativas, ou transfere seu poder para o Executivo. Porque, na

Heracles Dantas

realidade, diminuir a margem de remanejamento, fortalece nosso poder de fiscalização", explicou o presidente da Comissão de Finanças, deputado José Dias (PSD). Apesar disso, o governo estava trabalhando pela derrubada desta emenda, encartada pela Comissão de Finanças. A governadora Rosalba Ciarlini enviou à Assembleia Legislativa os secretários Esdras Alves (Articulação) e Demétrio Torres (Copa e DER) para ajudar nas articulações conduzidas pelo líder do governo, Getúlio Rego. PROJETOS Até o fechamento desta edição, os deputados estavam reunidos no gabinete da Presidência, discutindo se seria ou não dispensada a tramitação de outras 11 matérias encaminhadas pelo governo do Estado para apreciação do plenário. O maior entrave eram os dois projetos de operação

Sofrendo com a má avaliação de sua gestão, Rosalba Ciarlini vai ter R$ 11 milhões para projetos e custeio no próximo ano de crédito, que solicitam autorização legislativa para fazer um realinha-

mento de empréstimo de R$ 612 milhões ao Bird e outro uma nova linha

de crédito junto ao Banco do Brasil, no valor de R$ 40 milhões.

Enfraquecido, o governo tentava obter apoio do Colégio de Líderes, mas as exigências dos oposicionistas dificultavam as negociações. O projeto que cria a taxa de inspeção animal, por exemplo, foi rechaçada pelos líderes. Sequer entraria na pauta de votação. Os oposicionsitas também lutavam para arrancar do governo o compromisso de contratar os 824 concursados da Polícia Civil em troca do apoio a determinadas matérias. "Estamos conversando", disse o líder do Getúlio Rego. O procuradorgeral do Estado, Miguel Josino, que compareceu para esclarecer aspectos jurídicos dos projetos do governo, admitiu a "intransigência" da oposição. Ele se colocou favorável à contratação dos 824, afirmando que as vagas - mais de mil - já existem. "Sempre fomos favoráveis à contratação, porque ganha o Estado", afirmou. Contudo, tal posição não assegurava o acordo.

> IRREGULARIDADES

TRE adia decisão de vereadores para quinta-feira Raniere Barbosa (PRB) e George Soares (PC do B) ou Edivan Martins (PV) e Cláudio Porpino (PSB)? Ficou para a manhã desta quinta-feira a decisão sobre quais deles integraram a lista dos vereadores eleitos em Natal a ser diplomados na sexta-feira, na Câmara Municipal. O processo está com o juiz relator no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Nilson Cavalcanti, e foi adiado por ele devido a necessidade de encaminhar a matéria para o Ministério Públi-

co Eleitoral, antes de levá-la a julgamento. Na manhã de hoje, em contato com O Jornal de Hoje, o vereador Raniere Barbosa afirmou estar confiante, até pelo julgamento da reclamação no próprio TRE, que permitiu a ele e a George Câmara voltarem a lista de eleitos - pelo menos até o julgamento do mérito, quinta-feira. "Na discussão da liminar já foi analisado isso e dessa forma ficamos muito confiantes em um resultado positi-

vo", afirmou Raniere. Quando venceu na liminar (por 4 a 2), Raniere afirmou que essa era uma vitória da democracia, visto que o voto do eleitor tinha sido respeitado na Câmara. As palavras se explicam pelo fato de George e Raniere, pelos votos conseguidos em outubro, serem os reais ocupantes da relação de eleitos. O que se questiona no TRE é a participação do PT do B na coligação deles, que terminou por anular todos os votos recebidos e proporcionar a entrada

de Edivan e Porpino na relação de vencedores. Hoje, por sinal, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou em seu site a lista, baseada na correção feita pela liminar do TRE. "Ficamos muito feliz com isso. Isso nos dá ainda mais confiança", afirmou Raniere. Mesmo com a listagem no TSE, o julgamento do mérito, se for negativo a Raniere e a George, eles não serão diplomados, e sim Edivan e Porpino. Está nas mãos do TRE.

Wellington Rocha

Raniere Barbosa aparece na lista de eleitos divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral

> IRREGULARIDADES

Jardim de Angicos: MP e PM deflagram Operação Ilíada O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN), em parceria com a Polícia Militar, deflagrou na manhã de hoje a Operação Ilíada para desarticular uma quadrilha acusada da prática de crimes contra a administração pública "de forma reiterada no município de Jardim de Angicos", conforme colocou a comunicação

do MP. Foram quatro mandados de busca e apreensão contra os suspeitos tanto na cidade do interior do Estado, quanto em Natal. Durante a investigação realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) foram constatados "fortes indícios da prática dos crimes e diversas condutas ir-

regulares" realizadas pela tesoureira do município de Jardim de Angicos, Helena Bandeira de Lima Lisboa, que seria irmã do atual prefeito da cidade, Manoel Agnelo Bandeira Lima. Ela fazia saques na "boca do caixa" da conta do FPM do município de Jardim Angicos num montante de quase R$ 4 milhões

e meio no período de fevereiro de 2011 a setembro de 2012. Em razão dessa prática, em 20 de junho de 2012, o município teve significativa quantia de valores tomada por suposto assalto quando da saída da referida tesoureira da agencia do Banco do Brasil de João Câmara, fato esse ainda sob investigação. Foi expedido man-

dado de prisão contra Helena Lisboa, mas ela não foi encontrada. O Ministério Público ajuizou Ação Civil Pública visando regularizar o pagamento do funcionalismo público daquele município que enfrenta alarmantes atrasos, chegando, não raras vezes a sete ou oito meses em alguns casos. Em razão dessa ACP, o Poder Ju-

diciário determinou, liminarmente o bloqueio de 54% do FPM até o restabelecimento da normalidade. Até o fechamento desta edição, a informação é que os mandados de buscas e apreensões e o mandado de prisão estão sendo cumpridos na cidade de Natal e Jardim de Angicos.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 12 de dezembro de 2012

Cidade

Quarta-feira

Servidores paralisam atividades e fazem vigília em frente à Fundação José Augusto até amanhã GOVERNADORA AINDA NÃO ASSINOU SENTENÇA QUE DETERMINA O CUMPRIMENTO DO PLANO DE CARGOS DA CATEGORIA Os servidores da Fundação José Augusto (FJA) estão com os braços cruzados e estão em vigília permanente durante dois dias - hoje e amanhã - em protesto contra o descumprimento da ordem judicial do pagamento de Plano de Cargos da categoria pelo Governo do Estado. A decisão foi tomada, de forma unânime entre os servidores, na última assembléia, mas a expectativa da organização do movimento é que haja uma adesão de 70% à paralisação. Durante esta quarta e quintafeira, além da Fundação José Augusto, as atividades dos museus, biblioteca e do Teatro Alberto Maranhão também deverão ser atingidas pela paralisação de advertência. A mobilização teve início na manhã de hoje e deve se estender pela noite, com funcionários se revezando em turnos de duas horas, até às 17h desta quinta-feira, dia 13. A vigília tem a finalidade de chamar a atenção da sociedade, imprensa e governo para as dificuldades enfrentadas pela categoria que não recebe ajustes salariais há quase 20 anos. "Não vamos desistir, por bem ou por mal. O Governo vai ter que pagar", disse o presidente do Sindicato dos Servidores da Administração da Administração Indireta do Estado (Sinai), Santino Arruda. Ao todo, são cerca de 400 servidores que trabalham na Fundação José Augusto e que esperam o cumprimento do Plano de Cargos. Em

Canindé Santos

Decisão do movimento foi tomada durante última assembleia da categoria e vigília deverá ter adesão de 70% dos servidores sentença proferida pela juíza Sulamita Pacheco, ficou determinada a prisão de secretários e/ou bloqueios de verbas públicas, em caso de novo descumprimento por parte do Governo do Estado. "Desde 2010 os servidores aguardam pela implantação de seu Plano de Cargos e Salários quando foi publicado no DOE em forma de Lei e implantado parcialmente em 30% pelo governo anterior. A forma de pagamento pela lei

seria em três parcelas respectivamente em outubro de 2010 (30% já implantado), março e junho de 2011 (70% restantes que o governo Rosalba se nega a cumprir)", lembra. Santino Arruda explica que o Governo do Estado tem o prazo máximo de 48 horas para cumprir a determinação judicial. No entanto, esse prazo ainda não começou a contar, pois a governadora Rosalba Ciarlini ainda não assinou o comunicado

do oficial de Justiça. "Temos a informação de que está no Gabinete da Governadora para que ela assine e depois que ela assinar é que começa a contar esse prazo. Caso ela descumpra, o Governo está sujeito a prisões e a bloqueio de verbas. Esperamos que isso não aconteça e que possamos encerrar de vez essa batalha que tem sido dura e sofredora para os servidores", afirmou o sindicalista.

O presidente do Sinai conta que o impacto mensal que a implantação do Plano de Cargos dos servidores da Fundação José Augusto terá nas contas do Estado será de R$ 1,2 milhão. "Para uma folha de pagamento de R$ 300 milhões, esse impacto é mínimo", disse. Santino Arruda disse que o Plano deverá ser pago retroativo a 25 de julho deste ano. Euzamar Mesquita trabalha na Fundação José Augusto há 34 anos. Hoje ela faz parte da direção do Sinai e é presidente da Associação dos Servidores da FJA. Ela conta que apesar de a assembléia ter deliberado pela paralisação e pela vigília, a adesão não será completa e deve ficar em torno de 70%. A servidora conta que o clima entre os servidores é de muita revolta. "Ninguém quer trabalhar, e quando vem, não querem fazer nada. Os servidores estão muito desmotivados. Sou a favor que o servidor tenha que trabalhar, mas do jeito que está fica complicado cobrar produtividade dos servidores. A nossa expectativa é que na segunda-feira seja resolvido, pois não dá para agüentar mais com esse clima", afirmou. A presidente da Associação conta que em outubro os servidores receberam um 'contracheque falso', pois indicava o reajuste, mas o dinheiro nunca chegou a entrar na conta dos servidores. Em novembro, os servidores já receberam os salários antigos. Euzamar Mesqui-

ta conta que diante da revolta, a direção da FJA tem encontrado dificuldade para conseguir a presença dos servidores nos eventos da Fundação. Ela conta, por exemplo, que no Agosto da Alegria, a direção teve que contratar uma empresa terceirizada, pois nenhum servidor participou da organização das festividades. "Com exceção dos cargos comissionados", pontua. TERCEIRIZADOS PARAM Os trabalhadores terceirizados da empresa Safe que prestam serviço aos hospitais estaduais de Natal paralisarão as atividades a partir desta quinta-feira (13). O motivo que levou os funcionários a cruzarem os braços é o atraso nos salários dos trabalhadores. Todos os meses os trabalhadores vêm enfrentando problemas e atrasos para receberem os salários. O deste mês deveria ter sido pago na última sextafeira (7), o que não ocorreu. Na segunda-feira (10), foi realizada uma assembléia pelo Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do Rio Grande do Norte (Sipern), no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em que decidiram pela greve a partir do dia 13, mas a expectativa era de que antes disso os salários fossem pagos, o que até o momento não ocorreu. Os trabalhadores devem se reunir, em protesto, em frente ao Hospital Walfredo Gurgel a partir das 8h de amanhã.

> POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Livro aborda requisitos para adequação ambiental O projeto de adequação ambiental dos postos de combustíveis de Natal, que conta com a atuação conjunta da 45ª Promotoria do Meio Ambiente, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), visa tornar a atividade do setor menos agressiva ao meio ambiente e à saúde humana. Através de avaliações dos postos, adequações e recuperação de áreas degradadas, diversos postos de Natal aderiram ao Selo Verde - situação que virou tema de livro. Coordenado pela Promotora de Justiça do Meio Ambiente, Gilka da Mata, o livro 'Adequação Ambiental', lançado na manhã desta quarta-feira na Procuradoria Geral de Justiça, aborda os requisitos necessários para a adequação dos postos de combustíveis e recuperação de áreas degradadas por derivados de petróleo em Natal, decorrentes da atividade. O projeto, iniciado desde 2009, resultou no levantamento de diversos

dados a cerca dos 110 postos da capital potiguar. Após as investigações, todos os postos assinaram os Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) para a adequação segundo as normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). O livro traz informações da realidade encontrada atualmente. As pesquisas revelaram que de 2009 para hoje, 53% dos postos já possuem o Selo Verde - licença que garante que o estabelecimento cumpre com todas as normas de a Licença Ambiental, sem prejudicar o meio ambiente. Os resultados apontados no livro também constam 6% dos postos já estão aptos a receberem o Selo Verde; 22% foram detectados sem contaminação, mas ainda devendo alguns ajustes; e 19% ainda estão em estado de contaminação. "O livro traz todos os detalhamentos de todas as adequações que foram e ainda precisam ser realizadas. Essa primeira tiragem, com 900 exemplares, será para distribuir gratuitamente às instituições

públicas, órgãos ambientais e entidades para que a informação seja passada com fácil acesso", disse a promotora Gilka da Mata. Os principais assuntos do livro estão relacionados à formulação do projeto de adequação ambiental de postos de combustíveis; desenvolvimento sustentável; direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado; normas e padrões ambientais; radiografia geral dos postos de combustíveis na cidade de Natal; posto ilegal; Posto legal ou ecológico; Instalações para revenda de GNV; noções sobre metrologia e direito do consumidor - informação, segurança e meio ambiente. "Esse livro reflete uma parte praticamente concluída do projeto que começou a ser desenvolvido pelo Ministério Público, UFRN e Semurb em 2009. Começamos um pouco sem estrutura, mas aos poucos foi se tornando um projeto grandioso. As aplicações das medidas estabelecidas aos empresários dos postos serão obrigações continuadas para manter o padrão de excelência que a gente conquis-

tou", afirmou Gilka. A construção do livro conta com a contribuição de dez profissionais, entre promotores, professores mestres e doutores da Universidade Federal e técnicos da Semurb. A atividade de controle e fiscalização dos postos de combustíveis é praticada em todo o território nacional, onde se contabiliza uma estimativa de 38.235 postos distribuídos pelas cidades brasileiras. De acordo com a promotora coordenadora do livro, apesar da atividade já ser praticada em todo o País, ainda é preciso mais fiscalização nos postos, uma vez que eles apresentam muitos riscos. "A gente não imaginava o quão prejudicial é essa atividade. Constatamos durante o desenvolvimento do projeto há contaminação de corpos d'água subterrâneos, contaminação do solo, do ar, danos à saúde humana, riscos de incêndio e riscos de explosão. A toxidade dos combustíveis derivados de petróleo também foi um fator apontado como de alto risco", disse Gilka da Mata.

José Aldenir

Livro coordenado pela promotora do Meio Ambiente, Gilka da Mata, foi lançado hoje

> ESCOLA DE GUERRA

Seminário discute estratégias para segurança nacional Atingir o status de sexta economia mundial, postulante a uma cadeira definitiva no Conselho de Segurança da ONU e ser o vigente líder de uma região conturbada, ainda que sem guerras internacionais, exige medidas coordenadas entre poderes. Preocupada com a troca de informações acerca da segurança nacional para seus integrantes e demais participantes da sociedade civil, a Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg) promove, nesta semana, um seminário sobre política e estratégia com oficiais e professores da Escola Superior de Guerra (ESG), no auditório da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte, localizado na avenida Afonso Pena, 1155, Tirol. Um dos palestrantes é o Capitão de mar e guerra, Adalberto de Souza Filho. Carioca especializado em Gerenciamento de Crise, Estudos de Defesa e Planejamento Estratégico, temas abordados na exposição da noite de hoje, cujo início está programado para as 19h30, ele visitou a sede d'O Jornal de Hoje, nesta quarta-feira (12), e expôs ideias circundantes sobre "Incerteza e ameaças do mundo atual e a estratégia nacional de defesa", que se-

riam as palavras-chave de sua contribuição para o seminário. "Hoje há uma ideia no mundo de que é difícil determinar o inimigo, porque antigamente vivíamos em um mundo bipolarizado, com inimigos claramente definidos. Queremos manter um diálogo permanente com a sociedade". Preocupação com o narcotráfico nas grandes cidades e na zona de fronteira, a vastidão da Amazônia, o contrabando de armas e as imigrações em território nacional, como no caso dos haitianos no Acre e em Rondônia e o Atlântico Sul (por onde transitam 95% das exportações brasileiras) estarão na pauta. "[O seminário] é uma forma de mantermos a discussão sobre temas da atualidade, determinar carências e apontar sugestões, buscando ajudar na realização de um futuro melhor". Desde segunda-feira (10), a concepção do seminário, o pensamento da Escola Superior de Guerra, o papel da Adesg e o papel dos organismos multilaterais nos centros mundiais do poder foram assuntos levantados pelos oradores. O comandante Adalberto enfatiza a ligeira alteração da política federal do Governo Dilma Rousseff em re-

Canindé Santos

Capitão Adalberto de Souza Filho irá palestrar no seminário promovido pela Adesg lação ao do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Se este era focado nos vizinhos, dentro de uma parceria 'Sul-Sul', aquele apresenta inclinações pró-europeus e norte-americanos, mesmo com o crescente poder chinês. "Foi aprovado pela Câmara Federal um documento para o reaparelhamento das Forças Armadas e que

regula a Estratégia Nacional de Defesa. Dentre as diretrizes está a criação de uma nova esquadra, aquisição de meios de superfície e aéreos, além do fortalecimento da Tropa de Elite nacional". Afetados por avanços tecnológicos constantes, armamentos, satélites, navios blindados e demais aparelhos bélicos precisam de atualização. Bem como na área de

pesquisas e engenharia naval - estão previstos investimentos de R$18,7 milhões para o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub) até 2024. Há pouco mais de dois meses está em andamento o projeto do primeiro submarino com propulsão nuclear brasileiro, em contrato firmado entre a Marinha e a empresa francesa DCNS, que ainda prevê a construção de um estaleiro e uma base naval, na região de Itaguaí (RJ), e quatro submarinos convencionais. Quadro permanente da Adesg Nacional, comandante Adalberto também é Diretor de Coordenação das Delegacias de Representação da Escola Superior de Guerra. Percorre o País inteiro, sobretudo as 90 cidades que compõem o sistema. O que o credencia para tecer uma analise da polêmica participação das Forças Armadas no combate ao crime organizado. De um lado, segmentos da sociedade e do meio político que pedem o uso do principal contingente humano voltado para a segurança. Do outro, militares que alegam a desproporcionalidade que seria uma ação completa em área urbana e a mudança de sentido no real objetivo da Marinha, Exército e Aeronáutica.

"Se um território dominado pela bandidagem é a ameaça à segurança nacional, podemos intervir. Mas o emprego das Forças Armadas é complexo, depende de exigências legais. É a última instância que temos para recorrer". Por isso, a semana de debates montada pela Adesg-RN, associação presidida pela Procuradora de Justiça Zélia Madruga, que, em 2013, completará 40 anos, ganha relevo. Com a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, explicar o funcionamento da estratégia de segurança nacional para a juventude é um das preocupações da Adesg para o futuro próximo. Além das palestras de hoje à noite com o comandante Adalberto e o prof. Gustavo Alberto Trompowsky Heck, do corpo permanente da Escola Superior de Guerra, o seminário terá seguimento nesta quinta-feira (13), com o Comandante da Base Naval de Natal, Flávio Macedo Brasil, e o tema "A Amazônia Azul e sua importância para o saliente nordestino"; e na sexta-feira (14), com o prefeito eleito, Carlos Eduardo Alves, e o "Programa de Governo para Natal no quadriênio 2013/2016".


Economia

Quarta-feira

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Grupos Real Solar, Enerbra e Bacilieri querem produzir painéis solares no RN n O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Sílvio Torquato, recebeu ontem em audiência um grupo de empresários interessado em investir na implantação de fábricas de equipamentos geradores de energia fotovoltaica no Rio Grande do Norte. n Diretores das empresas Real Solar, Enerbrax e Bacilieri Equipamentos Elétricos anunciaram ao secretário que estão planejando, em conjunto, aplicar a soma de R$ 782 milhões no Estado, na montagem de uma indústria de painéis solares, de outra de equipamentos elétricos complementares, e ainda na instalação de um parque gerador de energia solar no município de Arez, a cerca de 40 quilômetros de Natal. n No total, esses empreendimentos poderão proporcionar a criação de 700 empregos diretos e ampliar enormemente a participação potiguar na exploração de fontes renováveis e não poluentes de energia. n Porém, para que os investimentos aconteçam, este grupo de empresas aguardará a aprovação, pelo Governo Federal, de um marco regulatório que contemple a geração de energia elétrica através da fonte primária solar (a exemplo do que já aconteceu com a fonte eólica) e que permita a participação de projetos solares nos leilões de venda de energia a serem promovidos pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Norte Shopping comemora 5o aniversário com volume de vendas de R$ 210 milhões n Este mês o Norte Shopping, localizado na zona Norte de Natal e considerado o terceiro maior centro de compras da cidade, está comemorando cinco anos de operação e em fase acelerada de crescimento. n Hoje, o empreendimento - que tem à frente o ex-senador Fernando Bezerra - já está com 94,7 por

BB e construtoras Promovem Mega Festival de Imóveis n O Banco do Brasil negociou com as construtoras Moura Dubeux, Capuche, BSPAR, Ecocil, Constel, Patrimônio, Viverde, Montana Construções, Haroldo Azevedo Construções e Bi & Di Real Estate condições especiais para a venda financiada de unidades residenciais por elas colocadas no mercado. n Nesse sentido, o BB, em parceria com todas elas, promoverá em Natal, entre amanhã e domingo, um Mega Festival de Imóveis, no estacionamento do supermercado Carrefour Zona Sul, onde será montada uma grande estrutura com estandes

cento de sua ABL (área bruta locável) alugada e conta com um mix de 77 lojas, além de um hipermercado, agências bancárias e grande Praça da Alimentação. n O faturamento alcançado pelo Norte Shopping este ano superará em quase 25 por cento o de 2011, ultrapassando a marca dos R$ 210 milhões, com um ticket médio de R$ 150,00. n Para os primeiros meses de 2013 está prevista a inauguração do novo deck da Praça de Alimentação, climatizado, com vista panorâmica de Natal e espaço para mais 200 pessoas. Até julho próximo também está confirmada a abertura ao público de seis salas de cinema (com 1.600 lugares), que será operada pelo grupo mexicano Cinépolis. n A administração do Norte Shopping aguarda pelos resultados de uma pesquisa de mercado para, com base nos números que ela apresentar, desenvolver um plano de expansão para os exercícios de 2014 e 2015, quando o empreendimento deverá aumentar sua ABL em cerca de 10 mil metros quadrados. Midway Mall passa a funcionar em horário estendido no período natalino n Para proporcionar maiores facilidades ao consumidor nesta época do ano em que cresce o movimento nas lojas, a administração do Midway Mall - maior shopping Center do Rio Grande do Norte irá ampliar seu horário de funcionamento já a partir desta sexta-feira. n Até a véspera do ano novo, aos domingos o estabelecimento abrirá mais cedo e fechará mais tarde as suas lojas (das 10:00 às 22:00 horas), enquanto que nos dias úteis estenderá o expediente até as 23:00 horas, sendo que do dia 19 ao dia 23 o funcionamento irá até meia-noite. n Dia 24, véspera do Natal, o Midway abrirá das 9:00 às 19:00 horas, e no feriado (dia 25) apenas a Praça de Alimentação, a Game Station e as salas do Cinemark abrirão nos horários tradicionais.

e local para atendimento exclusivo aos clientes do próprio Banco, que poderão adquirir unidades prontas para morar e financiá-las através do BB Crédito Imobiliário, com as menores taxas do mercado. n Foram selecionados empreendimentos localizados nos melhores bairros da cidade, contando com a garantia de qualidade das construtoras parceiras, além de diferenciais para os clientes BB, como descontos nos valores das unidades a serem comercializadas durante o evento. n O Mega Festival de Imóveis funcionará no horário das 9:00 às 21:00 horas. Codern e Fecomércio discutiram a implantação da cabotagem em Natal n Durante reunião-almoço realizada no começo da tarde de hoje no Versailles Tirol, empresários vinculados ao Sistema Fecomércio RN participaram de mais uma edição do programa "RN em Foco", que teve como convidado o economista Fabrizio Pierdomenico, especialista em transportes marítimos e operações portuárias.

n Ele fez uma palestra sobre "Como Viabilizar a Cabotagem no Porto de Natal", assunto de grande interesse para dezenas de grandes empresas do comércio potiguar que desejam alternativas mais seguras e mais baratas para o transporte das mercadorias adquiridas em outras regiões do país, já que hoje dependem exclusivamente do transporte rodoviário. n Também participou do "RN em Foco" o diretor-presidente da Cia. Docas do Rio Grande do Norte (Codern), o engenheiro Pedro Terceiro de Melo. Cancelada visita do presidente do BNB à governadora do RN n Foi cancelada de última hora a visita que o novo presidente do Banco do Nordeste, Ary Joel de Abreu Lanzarin faria na manhã de hoje à governadora Rosalba Ciarlini, embora estivesse agendada desde a semana passada. n A iniciativa foi do Gabinete Civil do Governo do Estado, sob a justificativa de que a governadora precisou, mais uma vez, viajar a Brasília.

Natal, 12 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 7

Adiada para 2013 a votação da Taxa de Inspeção Animal GOVERNADORA QUERIA, MAS BASE PARLAMENTAR NÃO DEIXOU MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

A Assembléia Legislativa desistiu de votar este ano a mensagem Institui a Taxa de Defesa e Inspeção Animal e Vegetal (TDIAV). A decisão foi transmitida ontem à noite pelo líder do governo na Assembléia, Getúlio Rêgo, à diretora geral do Idiarn, Fabiana Lo Tierzo Gameleira. A taxa vinha sendo defendida pela governadora Rosalba Ciarlini por se tratar de uma exigência do Ministério da Agricultura para alterar o "status" do RN como livre com vacinação da aftosa. Diante da decisão de só votar essa matéria em março, a diretorageral do Idiarn apressou-se a informar o ocorrido ao Ministério da Agricultura, em Brasília, eximindo qualquer responsabilidade do governo estadual no adiamento da entrada em vigor da cobrança, que provocou muitos debates esta semana por ser cogitada justamente numa época de estiagem. Nesta quarta-feira, uma reunião marcada na sede da Federação da Agricultura para discutir as tabelas de cobrança que entrariam em vigor depois da aprovação na Assembléia foi cancelada. Hoje, a diretora-geral do Idiarn, Fabiana Lo Tierzo, disse estar decepcionada com o desfecho, pois vinha negociando com os deputados a entrada em vigor da cobrança só depois de passado o período de seca. "Parece que isso não foi suficiente para instituirmos uma medida que influenciará diretamente não só nosso ingresso na condição de livre com vacinação da aftosa, como também possibilitará a transferência de 20% do que fosse arrecadado pelas taxas para o Fundo de Defesa Agropecuária", afirmou Lo Tierzo. Segundo explicou, há outra mensagem na Assembléia propondo esse fundo, mas tecnicamente ele só poderia se beneficiar de contribuições privadas que, nesse caso, só seriam viabilizadas por meio da Taxa de Defesa e Inspeção Animal e Vegetal e que teve sua votação postergada. As taxas do Idiarn já podem

José Aldenir

Arquivo

Rosalba temia, mas bancou medida...

... Getúlio Rêgo preferiu não arriscar

ser consideradas "uma novela" porque sua implantação vem sendo tentada desde o segundo governo Willma de Faria, quando o então presidente do instituto era agropecuarista Romildo Pessoa, que deixou o cargo em março de 2010. Seu sucessor, o então superintendente do Ministério da Agricultura no estado, Orlando Procópio, ainda chegou a criar as tabelas, barradas pelo governador em exercício, Iberê Ferreira de Souza, de olho na sucessão estadual. Hoje, lembra Orlando Procópio, as taxas projetadas na época eram muito mais "salgadas" do que as atuais, pois se baseavam na média cobrada por outros estados da região. Apesar de constar no estatuto de criação do Idiarn, elas são apenas cobradas em três estados brasileiros: Rio Grande do Norte, Paraíba e Piauí. Na semana passada, durante o primeiro encontro entre a governadora Rosalba Ciarlini e o superintendente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no estado, Orlando Procópio, o tema voltou à tona. A diretora-geral do idiarn, Fabiana Lo Tierzo, estava prwesente ao encontro. A governadora estava preocupada com os efeitos políticos da cobrança

que nunca foi sequer cogitada desde a fundação do Idiarn, no primeiro governo de Wilma de Faria.E, pior, no auge da seca que devasta o interior, dizimando rebanhos e ressuscitando os carros pipa, um dos mais contundentes símbolos do atraso. Pesando os prós e contras da cobrança, Rosalba mostrou-se pelo menos naquele momento convencida que deveria manter a votação, ao passo que sua base na Assembléia, não. Assim, a mesma depecção sofrida por Fabiana Lo Tierzo se repetiu quando o presidente do Idiarn era Orlado Procópio e teve a mensagem de criação das taxas barrada pelo então governador em exercício, Iberê Ferreira de Souza, de olho na sucessão estadual. Embora apóie a criação das taxas, o presidente da Federação da Agricultura do RN, José Álvares Vieira, chegou a apoiar a opinião de outras lideranças que consideraram inoportuna o debate neste momento por causa da seca. Mais tarde, percebendo que só com a votação a cobrança do Idiarn viabilizaria a irrigação do Fundo de Defesa Agropecuária, Vieira voltou atrás de apoio à TDIAV na página da Faern da internet.

> SECA Divulgação

Rosalba alerta os prefeitos da morosidade em Brasília Com base no prognóstico pouco animador de chuvas, que só prometem cair com mais intensidade só a partir de março, a governadora Rosalba Ciarlini reuniu-se ontem (11) com prefeitos eleitos e reeleitos dos municípios em estado de emergência. Dos 167 municípios potiguares, 142 estão em estado de emergência por causa da seca, sendo 139 declarados em Situação de Emergência pelo Governo do Estado, reconhecido posteriormewnte pelo Governo Federal. Nessa lista não entraram os municípios de Monte Alegre, Jucurutu, Nova Cruz e Passagem decretaram estado de calamidade de forma independente. Rosalba explicou para os prefeitos eleitos e reeleitos todas as ações e trâmites de auxílio junto ao Governo Federal justamente apara que não fiquem adormecidos em Brasília, uma vez que a previsão de chuvas para a governadora é apenas para março de 2013.

"Apesar de podermos contar com o Governo Federal, o trajeto para que o auxílio chegue é muito demorado e burocrático", queixouse Rosalba, que espera uma mobilização mais efetiva dos prefeitos como uma forma de pressionar os donos dos recursos. Para o tenente-coronel Josenildo Acioli, coordenador da defesa civil estadual, "as verbas para o auxílio em caso de catástrofes e calamidades existem, mas só são liberadas mediante o envio de documentação específica e o trâmite é feito diretamente junto ao Governo Federal. Coordenada pelo Exército brasileiro, a Operação Pipa atende hoje 94 municípios do Estado, mas de acordo com o tenente coronel Geraldo de Almeida, coordenador da Operação, o trabalho já atingiu um ponto máximo no atendimento das demandas. "Recebo ligações quase diárias

de prefeitos solicitando a inclusão de seu município na Operação e aproveito esta reunião para frisar que, além termos esgotado nossa capacidade operacional, a inclusão de municípios não é feita nem pelo Exército e nem pelo governo do Estado, e sim pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, em Brasília", informou Almeida. Mesmo com todos os esforços realizados, o tenente coronel Geraldo de Almeida também lembrou que a Operação Pipa também depende do volume de água dos reservatórios e a potabilidade da água. "A água da Operação Pipa é destinada ao consumo humano para beber e cozinhar, portanto deve estar em condições sanitárias adequadas, o monitoramento desses reservatórios é de responsabilidade da prefeitura, que deve estar atenta para evitar a contaminação de uma água que está cada vez mais escassa", afirmou Almeida.


8 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 12 de dezembro de 2012

Quarta-feira

Centros de Convivência da Pessoa Idosa serão reinaugurados com novas instalações CENTROS IVONE ALVES GÉSSICA RIBEIRO GESSICAJORNALISTA.UFRN@GMAIL.COM

A população idosa de Natal receberá dois grandes presentes de Natal nesta semana, com a reinauguração de dois Centros de Convivência da Pessoa Idosa. O Centro Ivone Alves, localizado na zona Norte de Natal, foi reinaugurado nesta tarde com uma grande festa. Na ocasião, os idosos serão recebidos para conhecerem as novas instalações. Na próxima quinta-feira (13), será a vez do Centro de Convivência Marly Sarney, que fica no bairro de Nazaré, abrir as suas portas para receber a melhor idade em um espaço ainda mais apropriado para eles. A festa de reinauguração acontecerá a partir das 13h30h e será aberta aos idosos da comunidade que tiverem interesse em aproveitar o ambiente. Os Centros de Convivência da Pessoa Idosa são administrados pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), mas por muito tempo ficaram abandonados. Para dar continuidade no atendimento aos idosos, foi neces-

E

MARLY SARNEY

sária a reestruturação das casas, que estavam em condições deficitárias. De acordo com a coordenadora geral do Programa de Apoio à Pessoa Idosa, Marcela Caldas, as mudanças foram necessárias para que as atividades para os idosos fossem ampliadas. "Temos muitas opções para os idosos em nossos Centros, mas as atividades estavam limitadas devido a estrutura dos prédios. Então, solicitamos uma reforma, para podermos oferecer um trabalho de maior qualidade para eles. A partir de agora, temos certeza de que mais pessoas virão participar e a nossa intenção é melhorar a cada dia, para atender à esse público que é tão especial e que tanto contribuiu para a formação da sociedade", disse Marcela Caldas. A reestruturação dos espaços irá permitir diversas possibilidades de lazer, socialização e entretenimento, em todas as atividades voltadas aos idosos, como sala de alfabetização, aletiê para atividades de artesanatos, telecentros, salão de dança, sala de música, sala de assistência social e psicológica, refeitório, salão de eventos e piscinas para as aulas de natação e hidroginástica, além

FORAM REFORMADOS PARA QUE OUTRAS ATIVIDADES FOSSEM INCLUÍDAS Herácles Dantas

Maria do Céu já participa das atividades há anos e aguarda com expectativa a reabertura do local: “É a melhor parte do dia” da horta comunitária, que será cuidada por eles. Para a coordenadora do Centro

Marly Sarney, Socorro Rosendo, a melhoria nos Centros trará muitos benefícios aos idosos na comunida-

de. "A pessoa idosa geralmente fica ociosa, se sentindo inútil e triste. Os Centros de Convivência mexem com

eles, as atividades realizadas faz com que eles se sintam mais vivos, e a interação com mais pessoas da mesma idade, deixa-os mais à vontade. Essas melhorias irão ajudar a melhorar a qualidade de vida dos idosos, pois teremos mais atividades para eles, o que impactará diretamente em suas vidas, até como forma de prevenção de doenças", ressalta Socorro Rosendo. A aposentada Maria do Céu, de 65 anos, participa das atividades dos centros há anos, e para ela, o melhor momento do dia é quando está ali. "Sempre venho ao Centro Marly Sarney. Me divirto, faço amigos e aprendo muitas coisas. Para mim é a melhor parte do dia. Aqui eu me sinto importante, pois todos nos tratam com amor e nós somos as estrelas da casa", disse a idosa, com entusiasmo. Os Centro de Convivência da Pessoa Idosa Marly Sarney e Ivone Alves, funcionam de domingo a domingo, pela manhã, das 8h às 12h e no período da tarde, das 14h às 17h. Qualquer idoso, a partir de 60 anos de idade, pode fazer parte das atividades, basta se dirigir a uma das unidades.

> METAS

Mulheres da carreira jurídica dão posse à nova diretoria A condição social da mulher e quem é tratado desigual por razão sua inserção no mercado jurídico é do sexo - masculino ou feminino, uma ideia que vem sendo trabalha- deve buscar a igualdade", disse da há 25 anos no Rio Grande do Maria Soledade Fernandes durante Norte através da Associação Brasi- seu discurso de posse. "A busca leira de Mulheres de Carreira Jurí- dessa igualdade deve ser construídica (ABMCJ). Protegendo a natu- da através de políticas públicas, mas reza da lei que defende a promoção também de práticas internas nos didos direitos iguais entre homens e versos órgãos que compõem o Esmulheres, a nova diretoria da tado", afirmou ABMCJ locada no RN, em nome de Ainda no discurso de posse, a sua nova presidente, a juíza de di- presidente alegou que vem ocorreito Maria Soledade de Araújo Fer- rendo nos últimos anos um interesnandes, afirma que lutará nos pró- se maior na construção da cidadaximos anos pelo princípio da não nia da mulher, deixando de lado a discriminação à mulher de carreira visão mais assistencialista e clienjurídica. telista. "Mas percebemos que ainda Segundo Soledade, que tomou temos muito a conquistar, principosse do cargo em sessão solene palmente no campo político", disse. realizada na Assembleia LegislatiReconhecendo a pouca particiva nesta última terça-feira, a Asso- pação da mulher na política, o Conciação irá trabalhar nos próximos gresso Nacional, em 1995, aprovou anos para conquistar maior visibi- uma lei que exige cotas para as canlidade para as mulheres, resgatan- didaturas de mulheres. Com as do o valor da carreira jurídica femi- cotas, esperou-se um aumento no nina perante a sociedade civil. número de mulheres candidatas em "Vamos buscar mais apoio junto às todo o Brasil para que, em médio instituições jurídicas para que essas prazo, existisse nos poderes a memulheres se sintam mais valoriza- tade de cada gênero da população das e possam galgar cargos cada brasileira como representantes do vez mais importantes", povo brasileiro. afirmou a presidente. "Porém, pouco Dentre os princímudou. No âmbito da “Vamos buscar pios defendidos pela orpolítica temos muito ganização, que está re- mais apoiopara que a fazer. As mulheres, essas mulheres presentada na maioria embora tenham sido se sintam mais dos estados brasileiros, agraciadas com esse está a defesa e promo- valorizadas e possam direito às cotas, contição dos direitos da mu- galgar cargos cada vez nuam em inferioridalher, buscando a consde gritante nas câmamais importantes” cientização enquanto ras municipais, assem-

cidadãs e incentivando sua participação no mercado jurídico. Além disso, a Associação deve promover a elaboração de teses de caráter jurídico e social sobre a mulher, especialmente as de carreira jurídica, pesquisando a legislação nacional e internacional. De acordo com os Direitos e Deveres Individuais e Coletivos que constam na Constituição Federal Brasileira, homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. "Se homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, não pode haver qualquer tipo de discriminação na família, no trabalho, nem na sociedade. Com esta lei,

bléias legislativas e congresso nacional. Isso ocorre também na própria OAB, órgão representativo da classe dos advogados. Não temos nenhuma mulher presidindo uma seccional, nem tampouco representação expressiva como conselheiras federais. Somos minoria. Entretanto, estamos em maior número nas faculdades de direito", apontou Maria Soledade. A ABMCJ é uma organização não governamental de caráter cultural, sem fins lucrativos, fundada em Belo Horizonte em 1985. Ao longo desses anos de atividades, expandiu a sua representação a 24 Estados da Federação. Atualmente conta com inúmeras associadas, compreendendo advogadas, magistradas, promotoras, procuradoras, professoras universitárias, delegadas, assessoras e estudantes de Direito. CMYK


Cidade

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 9

Pacientes do Hosped participam de festa natalina COMEMORAÇÃO

FOI PROMOVIDA PELO

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Centenas de crianças tiveram uma manhã mágica nesta quartafeira (12), no Hospital de Pediatria Professor Heriberto Ferreira Bezerra (Hosped). Com direito a sorteio de presentes, distribuição de lancheiras, bolos e refrigerante, e a presença especial de Papai Noel, crianças, pais e funcionários se confraternizaram na tradicional Festa Natalina do Programa de Assistência à Criança Portadora de Fenda Labiopalatal. A festa foi realizada no ambulatório do Hosped e foi animada pela Orquestra Infantil dos Sonhos, que alegrou ainda mais o Natal das crianças que fazem tratamento na unidade. O programa assiste cerca de 500 crianças que possuem a deformação congênita conhecida como lábio leporino ou fenda palatina, uma abertura no lábio ou palato (céu da boca). A deformidade acontece ainda na gravidez entre a quarta e a décima semana de gestação. Desde 2003, Natal conta com um programa e equipe multidisciplinar especializados no atendimento a crianças com problemas de fissura lábio-palatal. O Programa de Atendimento ao Paciente Fissurado funciona no Hospital de Pediatria da UFRN e é referência no Rio Grande do Norte no atendimento a pessoas com fissuras. O Programa funciona com uma equipe multidisciplinar e conta com fonoaudiólogo, dentista, pediatra, cirurgião plástico e demais especialidades médicas. Cintiane Couto é mãe do pequeno Lukas Jaime, de um ano e dois meses. Ela conta que o filho começou o tratamento assim que nasceu. "Assim que ele nasceu, no Hospital Santa Catarina, já me encaminharam para cá e desde então ele vem sendo bem acompanhado. Como mãe, percebemos que tem algo diferente. Foi uma surpresa, mas nada alarmante. Hoje ele é um menino saudável e leva uma vida normal", destacou. Cintiane conta que Lukas passou pela primeira cirurgia no lábio, em agosto deste ano e que ainda faltam, pelo menos, mais duas cirurgias, sendo uma no céu da boca e outra na gengiva. Hoje, ela comemora a evolução no tratamento do filho e compartilha com outros pais o sucesso no tratamento de Lukas Jaime. "Desde que cheguei aqui fomos muito bem acolhidos. Essa é a segunda festa de Natal que passo aqui

e é um momento de nos confraternizamos com as pessoas que convivemos diariamente e que termina se tornando a extensão da nossa família. É um momento também de troca de experiência e mostrar para as mães que estão chegando que a fissura não é algo estrondoso", afirmou a mãe de Lukas Jaime. Lenilda Rogério da Silva é outra mãe em que o filho é atendido pelo Programa. Ela é mãe do adolescente Mateus Augusto. Hoje, Mateus tem 15 anos, mas desde os quatro anos ele é acompanhado pela equipe médica do Hospital. "Aqui é tudo muito bom. Se não fosse o atendimento do Hosped não sei o que seria de nossas vidas. Somos bem assistidos e temos tudo o que precisamos aqui. E essa festa vem coroar todo o trabalho que é feito", afirmou a mãe. Graças ao aperfeiçoamento do ultrassom, o lábio leporino pode ser diagnosticado antes mesmo do parto. Isso permite que logo após o nascimento a cirurgia corretiva seja realizada. Sandra Regina de Oliveira, vice-coordenadora do Programa e fonoaudióloga, explica que hoje o trabalho começa com as gestantes, que são identificadas no programa de Gestação de Alto Risco, da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), que imediatamente são encaminhadas para o Programa do Hosped. "Chegando aqui, trabalhamos na comunicação intrauterina e no estimulo do vínculo e na relação dos pais com o bebê ainda na barriga da mãe. O pai e a mãe com isso vão se preparando para recebê-lo. Esse trabalho é importante, porque na hora que nasce um filho, também nasce um pai e uma mãe. Além disso, é importante que eles se conscientizem que as crianças apenas têm uma fissura, mas que elas não são a fissura. Quando os bebês nascem, as mães ficam temerosas em poder amamentar os filhos, mas orientamos que elas podem amamentar normalmente", explica Sandra Regina de Oliveira. A fonoaudióloga conta que o tratamento, normalmente é demorado, mas que, se começado desde após o nascimento, aos três anos a criança já consegue adquirir a linguagem sem nenhum mecanismo de compressão nasal. O desafio, segundo Sandra Regina de Oliveira, é melhorar as condições de atendimento e ampliar a quantidade de serviço oferecido à população, além da construção da casa de apoio, que dará suporte as famílias do interior.

PROGRAMA

DE

ASSISTÊNCIA

À

CRIANÇA PORTADORA

DE

FENDA LABIOPALATAL Fotos: Canindé Santos

Durante o evento houve o sorteio de presentes, distribuição de lancheiras, bolos e refrigerante. O Papai Noel também participou e alegrou as crianças presentes

Festa foi realizada no ambulatório da unidade e contou com a presença de centenas de crianças atendidas pelo programa, além de familiares e funcionários

> ADOTE UMA CARTINHA

Unimed Natal promove campanha virtual e solidária A Unimed Natal lançou uma campanha para apadrinhamento de cartas de crianças neste natal. A campanha foi embasada na realizada todos os anos pelos Correios, que disponibiliza cartas de crianças em suas unidades para que os cidadãos adotem uma delas e comprem os presentes pedidos. No entanto, a campanha 'Adote uma Cartinha', da Unimed Natal, tem um diferencial em relação a outras campanhas de apadrinhamento, pois esta é virtual. As cartas estão disponíveis na página da cooperativa na internet e pode ser acessada por meio do endereço eletrônico www.unimednatal.com.br/adote. Para participar, basta que o interessado leia e esco-

lha uma carta para apadrinhar. Porém, a campanha ainda conta com outro diferencial, pois o 'padrinho' não precisará comprar nada, apenas responder um recado para a criança escolhida. Os presentes serão comprados pela própria instituição. Para a supervisora de marketing da Unimed Natal, Larissa Fernandes, o espírito de solidariedade que floresce no natal, deve ser aproveitado para coisas positivas, e dessa forma gerar bons resultados. "Devemos aproveitar o espírito de solidariedade e amor ao próximo que predomina durante o natal e canalizá-lo para coisas positivas. Nessa era digital, as coisas são mais rápidas e como todos estão conec-

tados, aproveitamos essa ferramenta para divulgar essa campanha solidária, pois com a rapidez com que pode ser feita, não podem haver muitas desculpas para não adotar alguma cartinha e responder carinhosamente à essas crianças", disse Larissa Fernandes. As cartinhas disponibilizadas no site foram escritas por crianças da Escola Estadual Jean Mermoz e das escolas municipais Francisca Ferreira e Professor Zuza. Ao todo, 550 cartas estão disponíveis para adoção, e até o final desta manhã, 445 delas já haviam sido apadrinhadas. Cada carta pode ser apadrinhada três vezes e elas estarão disponíveis até o próximo dia 21 de dezembro. Divulgação

Para adotar uma cartinha, basta acessar ao site da instituição, escolher uma delas e mandar um recado para a criança

De acordo com a supervisora de marketing da Unimed Natal, o objetivo da campanha é demonstrar sentimentos pelas crianças e não apenas entregar presentes. "A campanha é muito simples, pois queremos algo prático para as pessoas. Por isso, optamos por fazê-la virtualmente, para alcançar um número maior de padrinhos, já que é

um procedimento tão rápido, e que pode ser feito de qualquer lugar. Nosso objetivo maior é fazer com que estas crianças sintam que tem pessoas que se importam com os sonhos delas, pessoas que vão lhes oferecer palavras de apoio e carinho. Esse espírito de amor e solidariedade, que é tão evidenciado no Natal, é o que queremos mos-

trar a elas. A parte dos presentes será um adicional", disse Larissa Fernandes. Os recados enviados pelos padrinhos serão entregues junto com os presentes comprados pela própria Unimed para as crianças, entre os dias 26 e 27 de dezembro. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3220-6201.


10 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 12 de dezembro de 2012

Quarta-feira

MJ espera arrecadar R$ 300 mil no leilão VENDA DOS 140 LOTES COM PRODUTOS QUE PERTENCIAM A TRAFICANTES É DESTINADA À PREVENÇÃO E COMBATE ÀS DROGAS José Aldenir

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Cento e quarenta lotes de veículos apreendidos de traficantes de drogas no Rio Grande do Norte foram a leilão na manhã de hoje, em Natal. Entre o material leiloado, estavam automóveis, motocicletas, caminhões, sucatas e outros objetos, com lances iniciais a partir de R$ 50. Os recursos arrecadados serão destinados a ações preventivas e de combate ao tráfico de entorpecentes, como o desenvolvido pelo programa RN Vida, lançado em agosto passado. O superintendente da Polícia Federal no RN, Kandi Takahashi, acompanhou o leilão. Segundo a coordenadora do RN Vida, Sonali Rosado, já há projetos prontos para serem beneficiados por estes recursos, que são de extrema importância para a realização de ações de prevenção e combate ao tráfico no Estado. Ela disse que a expectativa é que sejam arrecadados mais de R$ 300 mil com a venda dos 140 lotes.

Lances iniciais foram de 50 reais. Entre o material leiloado estavam carros, motocicletas, caminhões, sucatas e eletroeletrônicos "Estamos muito felizes e esperançosos por um bom resultado deste leilão, que tem um objetivo muito

nobre e valioso para nossa sociedade que é a prevenção e combate às drogas. Já temos vários projetos

> SÃO GONÇALO DO AMARANTE

prontos, só aguardando o final do evento e a destinação dos recursos arrecadados", explicou Sonali.

Conforme a legislação, 80% dos recursos arrecadados serão destinados para o próprio Estado, para que sejam aplicados em políticas públicas de enfrentamento ao consumo e ao tráfico de drogas, como redução da oferta de entorpecentes, tratamento e reinserção de usuários e dependentes. Já os 20% restantes permanecerá com o Fundo Nacional Antidrogas (Funad), para ser destinado a ações de capacitação, orientação e prevenção ao uso de entorpecentes. O leilão dos lotes de veículos apreendidos no Rio Grande do Norte foi realizado em um acordo de cooperação entre a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça (Senad/MJ) e a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). A ação foi conduzida pelo leiloeiro público Erick Câmara e ocorreu no auditório do Sest/Senat, na Avenida Omar O'Gray, no conjunto San Vale. Aproximadamente 700 pessoas disputaram os lances para arrematar os lotes oferecidos, entre eles um

veículo Polo 1.6, modelo 2003, que teve lance inicial de 7 mil e foi comprado por R$ 8,7 mil; um caminhão Mercedes/Benz 709, modelo 1994, arrematado por 28,2 mil e uma motocicleta Verucci Challenger 50 cilindradas, que teve lance inicial de R$ 50 e foi vendido por R$ 1,5 mil. Além do preço final, os compradores também terão que arcar com despesas relacionadas a débitos dos veículos no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Estado de origem dos bens. De acordo com informações do Ministério da Justiça, o Fundo Nacional Antidrogas (Funad) é constituído, entre outros, de recursos da alienação de bens apreendidos de traficantes e de envolvidos com o tráfico de entorpecentes. Os recursos dos leilões são destinados ao desenvolvimento, à implementação e à execução de ações, programas e atividades de repressão, de prevenção, tratamento, recuperação e reinserção social de dependentes de drogas.

> FELIPE CAMARÃO

Suspeito de assassinar PM em Acusados de praticar assaltos Lages Pintadas já está preso são executados com tiros de 12 Suspeito de ter assassinado um policial militar durante uma perseguição na área rural do município de Lages Pintadas, no dia 5 de novembro passado. O acusado estava escondido em uma residência em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Natal, quando foi surpreendido por policiais civis ontem à noite, que chegaram com um mandado de prisão em seu nome. Emanuel de Lima Valdevino, de 27 anos, já vinha sendo investigado desde o dia do crime, quando o soldado Francisco Quirino do Nascimento foi executado com vários disparos, quando perseguia o acusado e seu comparsa, identificado como João Batista de Queiroz. Os dois assaltaram dois estabelecimentos comerciais nas cidades de São Tomé e São Paulo do Potengi no dia da ocorrência. Após as vítimas acionarem a Polícia Militar, o soldado Quirino e o sargento Emanuel saíram em diligências, para localizar e prender a dupla, no entanto, eles acabaram caindo em uma emboscada preparada pelos bandidos e foram baleados. O soldado não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no

Sérgio Costa

Emanuel de Lima estava escondido local, já o sargento foi ferido em uma das pernas e encaminhado para o Hospital Walfredo Gurgel, em Natal. Desde esse dia, a dupla vinha sendo investigada pela Polícia Civil, que conseguiu identificar os bandidos através de imagens captadas pelo sistema de vigilância eletrônica de um dos estabelecimentos invadidos pelos criminosos. Com isso, os policiais conseguiram um mandado de prisão em nome dos acusados e ontem, prendeu Emanuel.

Após a prisão dele, a polícia continua as diligências para localizar e deter João Batista Queiroz, que ainda está foragido. O crime revoltou a categoria dos policiais militares, já que o soldado Quirino estava trabalhando quando sofreu a emboscada e foi executado pela dupla de assaltantes. FORAGIDO DE PARNAMIRIM É RECAPTURADO POR ROCAM Ontem à noite, policiais militares da Companhia de Ronda Ostensiva com o Apoio de Motocicletas (Rocam) conseguiram localizar e prender um foragido da Penitenciária Estadual de Parnamirim. Erivaldo Pereira da Silva, 25 anos, estava escondido no conjunto Parque Industrial, no bairro de Emaús, quando foi surpreendido. Ele estava caminhando por uma rua do conjunto, quando foi abordado pelos policiais militares que faziam patrulhamento de rotina no local. Ao fazerem a identificação do homem, os oficiais descobriram que ele já tinha passagem pela polícia e que era foragido. Ele foi encaminhado para uma unidade prisional e está à disposição da Justiça.

Um duplo homicídio chamou a atenção dos moradores do bairro de Felipe Camarão ontem à noite. As vítimas, identificadas como Walace Medeiros da Costa e José do Nascimento, são acusadas de praticarem diversos assaltos na região e possuírem envolvimento com o tráfico de drogas local. Eles foram mortos com disparos de espingarda calibre 12, quando dormiam em uma cabana improvisada no alto de um morro. De acordo com informações da Polícia Militar, a suspeita é que Walace, que era conhecido pelo apelido de "Novato" e José, o "Cabeça", foram mortos por vingança ou por disputa pelo comando do tráfico local. Após tomarem conhecimento do assassinato da dupla, os policiais militares realizaram diligências pela região, mas, diante da mata cerrada e da escuridão, não conseguiram prender ninguém. Relatos policiais revelam que a dupla costumava aterrorizar os moradores de Felipe Camarão e bairros vizinhos e que usavam o local onde foram mortos como esconderijo, para onde fugiam após cometerem os crimes. A cabana ficava no

Sérgio Costa

“Novato” e “Cabeça” estavam em barracas no alto do morro quando foram mortos topo de um morro, o que dificultava o acesso pelos policiais, em caso de uma possível perseguição. A Polícia Militar foi chamada após testemunhas terem ouvido o barulho de disparos no local. Ao

chegarem lá, encontraram os dois já mortos. Os corpos foram removidos para o Instituto TécnicoCientífico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN), onde passaram por perícia.

> POLÊMICA

Polícia e MP divergem sobre a 'PEC da Impunidade' Os policiais civis e federais aguardam com ansiedade a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 37/2011, que está sendo chamada de "PEC da impunidade" por parte dos integrantes do Ministério Público no país. Ela, que estabelece a exclusividade da investigação criminal às polícias Civil e Federal, já foi aprovada pelas comissões Especial e de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, em Brasília. Segundo o diretor da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol do Brasil), Magnus Barretto, o texto da PEC 37 é escla-

recedora ao delimitar as atribuições exatas de cada instituição nas etapas de uma investigação criminal. Para ele, isso vai diminuir o desequilíbrio gerado pela intervenção do Ministério Publico nos inquéritos policiais, já que o orgão não possui conhecimento prático e teórico para investigações. "Infelizmente, há interesse pessoal, total desconhecimento da matéria e também maldade de quem é contra a aprovação da PEC, para que ela não seja aprovada. Porque, quem conhece a PEC, sabe que ela não retira, em absoluto, o poder de nin-

guém, porque não podemos retirar algo de alguém que não tem esse poder", explicou Barretto. Ele, que também é presidente do Conselho Estadual de Entorpecente, afirmou que a PEC 37, proposta pelo deputado Lourival Mendes (PTdoB/MA) altera o artigo 144 da Constituição Brasileira, estabelecendo a exclusividade da investigação criminal nas mãos das policias Civil e da Federal. "O Ministério Público está presente na Constituição Brasileira, onde estão elencados suas atribuições no artigo 129, que diz, entre outras coi-

sas, que o orgão pode pedir diligências, requerer instauração de inquérito policial, promover ação civil pública, efetuar o controle externo da atividade policial e outras atividades. No entnto, não pode fazer investigação criminal", disse. MP LANÇA CAMPANHA NACIONAL CONTRA PEC 37 A aprovação da PEC em duas comissões da Câmara dos Deputados fez os integrantes do Ministério Público reagirem contra e, na manhã de hoje, o Conselho Nacional de Procuradores Gerais (CNPG) e as-

sociações representativas do orgão lançaram a campanha "Brasil contra a Impunidade". O objetivo da ação é chamar a atenção da sociedade para a PEC e seus efeitos. O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), Manoel Onofre, está em Brasília, onde participou do lançamento da campanha. Para ele, o documento é uma ofensa à sociedade brasileira e um golpe vital no combate à criminalidade presente no país. "Essa proposta é um acinte à população brasileira. Pode representar um golpe mortal no combate à cri-

minalidade, principalmente aquela em que bandidos do colarinho branco desviam recursos públicos da saúde e da mesa do trabalhador honesto. Seria um retrocesso sem precedentes para o País a aprovação da PEC 37", afirmou. Onofre disse ainda que, caso seja aprovada, a proposta favorecerá a total impunidade. "Um episódio deplorável que permitirá o coroamento da impunidade de criminosos em um país onde esta ainda insiste em ocorrer. De fato, uma grande derrota, não para a Instituição, mas para toda a sociedade brasileira", alertou.


Cidade

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

LULAGATE

Morreu Ravi Shankar O músico indiano Ravi Shankar, que ajudou a divulgar a cítara no Ocidente e influenciou músicos como os Beatles e Philip Glass, morreu nesta quarta-feira, no Sul da Califórnia aos 92 anos. Vencedor de três prêmios Grammy nos EUA, onde vivia, o artista e pai da cantora Norah Jones padecia há vários anos de alguns problemas de saúde. O primeiro-ministro indiano diz que o país perdeu um "tesouro nacional". A morte de Shankar foi confirmada pela família e pela fundação batizada com o nome do músico. Os familiares relataram que o mestre da cítara se submeteu a uma cirurgia para substituir uma válvula cardíaca na quinta-feira da semana passada, mas nem assim o estado de saúde melhorou. "Infelizmente, apesar dos esforços dos cirurgiões e dos médicos que cuidaram dele, o corpo não suportou o esforço da operação. Estivemos ao lado dele quando morreu", disseram a mulher Sukanya Rajan e a outra filha, Anoushka Shankar Wright, em declarações citadas pela agência Reuters. Na Índia, o primeiro-ministro comentou via Twitter a morte desta figura lendária da música. Lamentou "o desaparecimento de um tesouro nacional" e de um embaixador global da cultura indiana e garantiu que toda a nação está unida numa homenagem ao "talento insuperável, à arte e humildade" do músico. A última vez que subiu ao palco foi em 4 de

novembro, em Long Beach, Califórnia. Na véspera de se submeter à cirurgia foi nomeado para mais um prêmio Grammy, atribuído pela indústria da música nos EUA, pelo álbum mais recente, "The Living Room Sessions, Part 1". Homem de múltiplos talentos, Shankar popularizou as sonoridades indianas em trabalhos que envolveram muitos outros músicos de reconhecimento global, entre os quais o violinista Yehudi Menuhin. Foi ele quem inspirou George Harrison, dos Beatles, a aprender a tocar cítara, levando a banda inglesa a gravar "Norwegian Wood" (1965) e Within You, Without You" (1967). Subiu ao palco de Woodstock e Monterey Pop, dois míticos festivais, no fim da década de 1960, e escreveu a trilha sonora do filme "Gandhi", indicado ao Oscar de 1982. Produziu também teatro, assinou diversos livros e chegou a exercer funções na câmara alta do parlamento indiano, entre 1986 e 1992. Tudo começou, porém, na dança. Natural de Varanasi, a cidade santa da Índia, Robindra Shankar, como foi batizado, viveu na pobreza até aos cinco anos, altura em que se mudou para Paris com o irmão mais velho, que levou a família para França. Durante oito anos dançou na companhia fundada pelo irmão, e que se dedicava ao folclore e danças populares indianas. Na década de 1930 mudou de rumo dentro das artes. Ao longo da vida foi agraciado pelo estado britânico, pela França e pela Índia. (Jornal Público, Lisboa, e Reuters)

de TV e Internet entre Candelária e Lagoa Nova. Hoje E o PT agora diz que Marcos Valério não merece cedo, tinha torcedor do Corinthians subindo pelas pacrédito. Exatamente o cara a quem o partido confiou redes. O problema começou às 5h da matina. toda a operação de empréstimos bancários à época do mensalão. Ou seja, o publicitário mineiro perdeu va- MUDANÇA Qualquer que seja a empresa americana que está lidade, só prestava para os negócios. comprando a Cabo, vai precisar melhorar muito o serviço que vem sendo prestado pelo grupo argentino e CONTADOR INFORMAL Desde os tempos do Sebrae, o japa Paulo Okamo- seus sócios brasileiros. Os prejuízos laborais e emoto é uma espécie de cão de guarda financeiro de Luiz cionais não podem ser calculados. Inácio, o seu Meyer Lansk. Depois que assumiu o controle do Instituto Lula, ganhou divisas econômicas e CARNATAL Moradores e comerciantes de Lagoa Nova estão disse tornou o Law Kim Chong do petista. postos a retomar a antiga luta do Ministério Público contra a realização do Carnatal na via pública. Em diJULGAMENTO O TRE julga na quinta-feira a pendenga das duas versas cidades, as micaretas privadas passaram a ter vagas na Câmara Municipal e diploma já na sexta os um caráter indoor, longe das ruas. novos vereadores. Por enquanto, Raniere Barbosa (PRB) e George Câmara (PCdoB) são os eleitos, mas FIM DO MUNDO Faltam dez dias para o apocalipse, de acordo com o próprio tribunal já os derrubou antes. o calendário maia. Contrapondo o fanatismo religioso dos que acreditam na profecia, muitas festas e conPERDOADO O ex-vereador Renato Dantas festejou nas redes so- fraternizações natalinas estão sendo marcadas para a ciais e no seu blog a decisão judicial numa corte de data. É a razão botando humor na cegueira. Pernambuco que o absolveu no caso do incidente na cidade de Caicó, quando foi preso acusado de dirigir LIVROS A história do rock 'n' roll vem sendo debulhada embriagado. A Justiça derrubou o bafômetro. numa série quase interminável de bons livros narrando a epopeia das bandas e ídolos. Para quem tem amiAGRESSÕES Depois de comparar o ministro Garibaldi Filho gos e parentes que curtem o assunto, nada melhor para (PMDB) a um cão, o twiteiro sem bom exemplo em presente de natal do que alguns títulos. casa partiu para achincalhar a deputada federal Fátima Bezerra (PT). Não faz muito tempo, fez de tudo ROCK PRESENTE Eis alguns já nas livrarias de Natal: "A Balada de para ganhar uma boquinha no governo Micarla (PV). Bob Dylan", "A Batalha Pela Alma dos Beatles", "Mick Jagger", "Conversas com Jimmy Page", "Jagger, a IRRITAÇÃO Não está fácil para quem é usuário da Cabo Tele- Biografia", "As Cartas de John Lennon", "O Som da com. Já são dois dias de quedas intermitentes do sinal Revolução", "Mick Hagger e os Rolling Stones".

SUPERMAN A parceria entre Zack Snyder (direção) e Christopher Nolan (produção) promete fazer do novo filme do maior super-herói da DC não só um dos melhores de 2013 mas também um dos mais marcantes no segmento dos personagens saídos das HQ. O segundo trailer divulgado de "O Homem de Aço" parece sugerir isso, como se Snyder buscasse um toque cult do histórico filme de Richard Donner, de 1978, com o saudoso Christopher Reeve.

Nova diretoria do Instituto Histórico e Geográfico do RN quer revitalizar estrutura física da sede e informatizar acervo GRUPO COMPOSTO POR NOVE INTEGRANTES ASSUMIRÁ EM MARÇO DE 2013, PROMETENDO GESTÃO INOVADORA O Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN) é a mais antiga e tradicional entidade cultural do Estado, e possui um rico acervo sobre a história colonial do Estado. Fundado em 1902, pelo desembargador e escritor Vicente Simões Pereira de Lemos, o Instituto sempre foi composto por um grupo de intelectuais, que tinham o mesmo propósito de preservar a memória histórica do RN. Durante mais de 80 anos, o IHGRN foi dirigido por apenas duas pessoas, o intelectual Nestor Lima e posteriormente seu sobrinho Enélio Petrovick, que esteve na direção do Instituto por 48 anos, e faleceu há um ano. Com a necessidade de alguém para ocupar o cargo e manter a administração da entidade, os sócios e parceiros realizaram uma eleição para definir a nova diretoria do Instituto. Anova diretoria do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN) irá assumir em março de 2013, e é composta por 9 integrantes: o presidente Valério Mesquita, o vice-presidente Ornuz Simonetti, o secretário Carlos Gomes, o secretário adjunto Odúlio Botelho, o diretor financeiro George Veras, os consultores João Felipe Trindade e Edgar Ramalho, o conselheiro fiscal Tomislav Femenick e o orador Adalberto Targino. Com essas mudanças, o Instituto passa agora por um processo de renovação, tanto em sua gestão quanto em seus projetos, e para mostrar as novas propostas e inovações, a direção eleita compareceu à sede d´O Jornal de Hoje para se apresentar e firmar mais uma parceria de apoio com o veículo de comunicação. Para o Presidente do IHGRN, Valério Mesquita, a parceria do Instituto com O Jornal de Hoje ajudará a deixar a população mais próxi-

Fotos: Canindé Santos

Membros da nova diretoria do IHGRN estiveram reunidos com o diretor deste JH, Marcos Aurélio de Sá, para apresentação de projetos e parceria. Valério Mesquita é o novo presidente do Instituto ma à entidade. "O Instituto sempre se manteve às custas de emendas parlamentares e convênios com instituições governamentais, e também pela colaboração mensal de seus integrantes, mas ainda assim, enfrentamos muitas dificuldades, e precisamos trabalhar e investir no Instituto, com projetos para melhorar a estrutura física e o acervo, para atender melhor ao público. Como O Jornal de Hoje sempre colaborou com os movimento culturais e com o Instituto, viemos aqui apresentar nossos projetos, pois sabemos que podemos contar com seu apoio, e manter nossa parceria para divulgar o Instituto vai nos ajudar a conquistar essas mudanças, que trarão benefícios a sociedade", disse o presidente do Instituto, Valério Mesquita. Um dos principais projetos da nova direção do Instituto diz respeito à modernização e informatização

do acervo e de acordo com o secretário adjunto, Odulio Botelho, esse será um grande passo para tornar a entidade mais conhecida e interessante para a sociedade. "Queremos modernizar o Instituto e divulgá-lo, para que seja um entretenimento cultural para a sociedade norte-rio-grandense, e também para os turistas, que sempre visitam o a entidade. Nossa diretoria tem a preocupação de abrir as portas para todas as camadas da sociedade, para que o conteúdo do nosso acervo sirva como estímulo ao intelecto de quem o acessar, nosso instituto é muito rico em materiais históricos, mas eles não podem ser guardados, precisam ser mais bem aproveitados." Outro investimento previsto para o próximo ano, diz respeito à mudanças estrutura do prédio, investindo em segurança, climatização e acessibilidade. Para o vice-presidente, Ormuz Simonetti, mesmo pequenas

mudanças facilitarão o acesso e permanência dos visitantes no local. "Temos projetos para melhorar o acesso ao instituto, com paradas de ônibus e local para estacionar, pois assim, os visitantes ficarão despreocupados. Climatizar o ambiente também trará maior conforto e assim, os visitantes poderão se concentrar e aproveitar ainda mais o acervo de está disponível. Acessibilidade também é um fator no qual vamos investir, para que qualquer pessoa, independente te suas limitações, tenha acesso ao conhecimento histórico obtido através do material que temos", disse Ormuz Simonetti. Até que a nova diretoria assuma suas funções, os futuros gestores estão realizando um planejamento estratégico para começar as mudanças necessárias, assim que possível. O conselheiro fiscal Tomislav Femenick disse que essas medidas são

necessárias, para melhorar o atendimento ao público. "Estamos em uma fase de planejamento, determinando prioridades e recursos técnicos meterias, humanos e financeiros para viabilizar essas mudanças, tanto na estrutura quanto em relação a informatização do acervo. Não queremos apenas digitalizar o material, mas estamos estudando qual a melhor forma de acesso, para que a sociedade possa acessá-lo por meio da rede. Queremos que o instituto seja um castelo da sociedade, de acesso fácil e ágil à cultura, de forma útil, e é isso que essas mudanças previstas proporcionarão", afirmou Tomislav Femenick. Um grande objetivo da nova diretoria Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte é estabelecer um convênio com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, para que tanto os estudantes,

quanto os professores e pesquisadores tenham um melhor acesso ao acervo histórico da entidade. Para o consultor João Felipe Trindade, essa possibilidade será um grande passopara ambas as entidades. "Freqüentei por muitos anos o Instituto, enquanto aluno e pesquisador, e o acesso que tive ao acervo me ajudou muito na minha formação intelectual e profissional. Estou trabalhando na tentativa de unir a UFRN com o Instituto, pra que este sirva de laboratório pra os alunos. Se conseguirmos este convênio, será positivo para todos, pois para a classe estudantil, o instituto é de grande importância pois contém acervos que a própria universidade não têm, e que assim como fez a mim, pode influenciar positivamente na formação de todos eles, independente de sua área", disse o consultor João Felipe Trindade.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 12 de dezembro de 2012

Cidade

Daniela Freire

I

Quarta-feira

I

I

POLÍTICA E SOCIAL - danifreire.costa@yahoo.com.br

w MOTTA E A CÂMARA

Márlio Forte

João Neto

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PMN), atribui à irreverência do vereador eleito Luiz Almir, seu amigo de longas datas, a declaração de que irá atuar na sucessão da Mesa da Câmara Municipal.

w AUTONOMIA

Ricardo Motta defende a autonomia dos poderes e, da mesma forma que ele não admitirá interferências externas nas questões do Palácio José Augusto, jamais pensou em articular num processo exclusivo dos vereadores.

Conversa mais reservada entre a Rosa e o deputado Ricardo Motta durante a entrega de Medalhas do Mérito na AL

Portanto, Ricardo Motta, adepto da lei popular do "cada qual no seu quadrado", não vai se meter na eleição da Câmara de Natal.

Luiza Moreira e Felipe Cortez curtindo o Carnatal 2012 no Nana

w MAIS UM

DeSaboya.com

O próximo encontro dos 17 vereadores está marcado.

w NEM TUDO SÃO FLORES

Para o próximo sábado numa granja do vereador Adão Eridan.

Falando na Casa...

Churrasco no cardápio. ...amanhã fará uma semana que a Assembleia Legislativa elegeu o deputado Poti Júnior, por um voto de maioria, para ser o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

w O CARA C ed id a

Feliz da vida, ele publicou agradecimento no Twitter: "Agradeço a confiança da bancada do meu PSD que me escolheu para representar o partido na eleição da Mesa".

Mas... ...até agora não foi publicada a decisão no Diário Oficial do Estado.

w QUESTIONADO

No âmbito do Poder Legislativo Estadual, fala-se que Poti Júnior poderá renunciar na véspera da posse.

A bela Thaiany Ewelly completa hoje 18 anos. Prima do nosso colega Fábio Ewerton, a aniversariante comemora também a data histórica: 12/12/12, agora só em 100 anos...

Toda vovó-coruja, Sandra Elali festejou muito a pequena Nicole, filha de André Elali e Ju Flor Bobflash

É que as constantes pressões e questionamentos feitos pelo Marcco/RN podem estar mexendo com a segurança da indicação.

w NO PONTO

Mulheresnofds

Ele diz que se não pudesse ser conselheiro, também não podia ser deputado estadual. E alega que os processos aos quais responde não têm condenação de colegiado... É aguardar!

...do blogueiro Marcos Dantas: "'Estamos decepcionados e desacreditados na Justiça e com o Governo do Estado', diz Família de F. Gomes";

...do jornalista Jorge Bastos Moreno: "Se os petistas, in-

cerem os erros e promover Desfile GIG no Minas Trend Preview Inverno 2013

faxina, será bom para todos. Mas sem essa de botar culpa na mídia";

A delegada da Polícia Federal, Ohara Fernandes, membro do Marcco, por exemplo, garante que Poti não pode tomar posse como conselheiro por conta disso.

w

GIRO PELO TWITTER

clusive do Twitter, reconhe-

Aliás, esta colunista adiantou, logo após o resultado da eleição para o TCE na semana passada, que o nome de Poti poderia ser questionado pela Justiça devido aos processos que ele responde.

ACREDITANDO... Poti, por sua vez, demonstra estar tranquilo quanto à sua posse no TCE.

Ontem, o deputado Fábio Faria foi escolhido para representar o PSD na Mesa Diretora da Câmara.

...do deputado estadual Ezequiel Ferreira: "O governo desonerou a folha de pagamentos da construção civil, destinou R$ 54 bilhões para a amA belíssima Andressa Suitá circulando pelo Camarote Skol e atraindo olhares...

w OS 17 SE REÚNEM...

pliação e modernização dos portos, reduziu a taxa de juros de longo prazo de 5,5% ao

E ontem foi dia de mais um encontro do "grupo dos 17" vereadores unidos para lançar um candidato a presidente da Câmara Municipal de Natal.

ano para 5% e, principalmen-

Dessa vez, a reunião ocorreu na residência de Dikcson Nasser Jr e não na casa de Júlia Arruda, como estava programado - uma fonte garantiu que o encontro não aconteceu na residência da bela devido à divulgação antecipada nesta coluna.

BNDES para financiar proje-

Pois bem, segundo observadores e fonte presente à reunião, o grupo está cada vez mais forte e certo de que dali sairá o presidente da próxima legislatura.

sas brasileiras. @RevistaIS-

te, ampliou em R$ 100 bilhões as linhas de crédito do tos de inovação e a compra de bens de capital das empreTOE".


Cidade

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w ESPERA Na cabeça de alguns políticos mais experientes na luta o PMDB ainda não foi além das palavras no seu desgosto em ser aliado do governo. Aliás, como dizem, o jogo parece muito mais de negociação.

w GRATIDÃO - I A Luiz G.M. Bezerra: grato pela xerox em tamanho natural da matéria de página inteira que fiz com D. Amelinha, a Viúva Machado, publicada na edição de 10.12.78, domingo, em O Poti, há 34 anos.

w RECORDE - I O norte-rio-grandense Jussier Ramalho bateu o recorde este ano: fez 133 palestras, média de treze a cada trinta dias, e ainda tem duas neste dezembro: em Santos, São Paulo e uma em Apodi, do Sebrae.

w MÉRITO - II Sem você, Luizinho, amigo de D. Amelinha, não teria sido o sonho de conversar com ela, conhecer a história daquele palacete, seu clube para as festas de família, seu abrigo antiaéreo, suas recordações.

w AGENDA - II Para 2013 Jussier já tem quarenta palestras agendadas, vinte para empresas da maior cooperativa de crédito do Paraná, e dez fora do Brasil. É top de sucesso e um dos dez maiores palestrantes do Brasil.

w MILAGRE - III Seu arquivo outra vez salva a pátria deste seu amigo. Um dia, de boa fé, emprestei esse recorte da página ao um estudante que pesquisava sobre reportagem em Natal e ele nunca mais trouxe de volta.

w SACADA A Fundação Itaú - seu lema é 'Antes de ensinar a ler, é preciso gostar de ler' - distribui pelo seu site livros infantis. E funciona. Quem solicita seus livros, de excelente qualidade, recebe. Gratuitamente. w |ATENÇÃO Dermi Azevedo, ex-preso político, um dos fundadores do Movimento Nacional de Direitos Humanos lança dia 14 no Bella Napolli o livro 'Travessias Torturadas: Direitos Humanos e Ditadura no Brasil'. w CHICO Uma matéria especial de Paula Scarpin que ocupa várias páginas na revista Piauí tenta explicar a seus leitores o lado misterioso das obras do canal de transposição do S. Francisco que não acabam nunca. w RÁDIO Os noventa anos do rádio, o meio de comunicação mais popular no Brasil é o tema de capa da edição da revista Continente em dezembro. Além da homenagem da revista aos cem anos de Luiz Gonzaga.

De carrossel e cavalinhos N

inguém precisa mais de lei do que o governo. Muito mais do que os cidadãos. Primeiro para legitimar seus atos e, depois, para limitá-los ao estado democrático de direito. Para manter a ordem e a segurança dos governados. Para usar com critérios transparentes e crivos justos o dinheiro que a sociedade lhes põe nas mãos na forma de impostos. Para cuidar, sem achar que é favor, dos seus deveres - saúde, educação e segurança. Para fazer a vontade da maioria e não a imposição de alguns. É comum ouvir um discurso legalista de governo a justificar a aplicação da lei quando garante benefícios aos governantes. Agora mesmo, o Governo Rosalba Ciarlini acaba de exigir uma forma engenhosa de diagnosticar servidores fantasmas na saúde exigindo que cada um preencha e declare com as próprias mãos o que faz, onde faz, a que horas e por quanto. Seria justo se o governo por seu turno também cumprisse a lei em todos os sentidos e não apenas no que proporciona boa economia. A sociedade já não suporta a assimetria de posicionamento em nome das crises. O melhor exemplo é sua postura na caça aos fantasmas. Ora, se é justo procurá-los, afinal são remunerados pelos cofres estaduais, também é justo que cumpra o que a lei garantiu por decisão judicial. Se o governo vai ao Ministério Público entregar a relação dos fantasmas, este também deve para fazê-lo cumprir o que a Justiça determinou, pois a lei é para todos e o governo não está isento de respeitá-la.

Os funcionários da Fundação José Augusto - eis um exemplo legal - tiveram os valores do seu plano de cargos, carreiras e salários garantidos por decisão do Tribunal de Justiça, mas até agora o governo não depositou. Descumpriu a lei e o Ministério Público silencia. A quem os funcionários devem cobrar? Como devem fazer diante da ilegalidade? Enfrentar o governo noutra arena fora do plenário do Judiciário, fórum da sociedade democrática? O que deve fazer um desvalido do poder? Quando o Estado, como um ente público, é acusado de ser um sistema perverso, voltado para desrespeitar o direito dos cidadãos, basta sua própria prática para comprovar. É injusto por si mesmo, desigual por vício, arbitrário por vocação. Se antes os programas de governo eram democráticos só nas palavras - os signatários não estavam comprometidos com o que assinavam - com o marketing eleitoral a deformação é mais calculada. Inventaram um carrossel e os eleitores são os cavalinhos. O governo não é mais um abrigo de democratas. É a casamata dos que desejam o poder pelo poder. É conquistado com as cores, gestos e hinos que os publicitários criam como uma trilha visual e sonora de uma retórica inventada e populista. Um jogo ardiloso. A verossimilhança imita a verdade. Quem vence ou perde a campanha é o candidato e, a rigor os marqueteiros ganham sempre, na vitória ou na derrota. Com os candidatos vencendo ou perdendo, o único que perde, de verdade, é o povo.

w DATA De hoje, 12 de dezembro, até dia 24 de novembro de 2013, os franceses festejam os 850 anos de história da bela Catedral de Notre Dame que do alto das suas gárgulas contempla a beleza de Paris. w AVISO Hoje é o dia 12 de 12 de 2012. São doze os meses, as horas do dia e da noite, os apóstolos, os signos, as tribos de Israel e as doze portas de Jerusalém. É cabalístico, um símbolo da mãe terra e da saúde. w HUMOR De um velho morador da Redinha que há anos e anos acompanha a vila nesse entra e sai de prefeitos prometendo milagres: 'Se o Carnatal tivesse sido aqui esse lixo todo já teria desaparecido das ruas'. w POESIA Do poeta Eucanaã Ferraz no seu novo livro Sentimental, estes versos que nem parecem sentimentais, no entanto também falam de coração: 'Quase só músculo a carne dura / é preciso morder com força'.

Prefácio CONRADO CARLOS - ccpsilva@gmail.com

Juventude Flamejante Poucos escritores personificam um período da história como Frances Scott Fitzgerald. Laureado como o “homem que escreveu a bíblia da juventude flamejante” – frase da intelectual Gertrude Stein após o livro de estréia do americano, “Este Lado do Paraíso” – ele desfiou a sociedade americana do começo do século retrasado, sobretudo a ‘fabulosa década de 1920’. Logo após a Primeira Guerra Mundial, teve início a Revolução Americana. Não com armas e inspiração bolchevista, mas feita dentro dos lares, comandada por jovens. Enquanto o país prosperava, hábitos e costumes eram burlados sob o slogan apocalíptico: “Vamos comer, beber e nos divertir, porque amanhã estaremos mortos”. A modernidade trazia conforto às mulheres. Novos utensílios abreviavam seus afazeres domésticos, sobrando tempo para o lazer e a vaidade. Com a legalização do sufrágio feminino, igualaram-se aos homens em importância social. Fumavam, bebiam e aproveitavam o sexo livre, sem amarras puritanas. E Scott Fitzgerald foi o escritor mais raivoso dessa geração. Se “Este Lado do Paraíso” fez com que as mães soubessem o que as filhas faziam longe de casa, nos “Seis Contos da Era do Jazz e Outras Histórias”conflitos sociais entre a aristocracia americana e a emergente classe média são retratados. Nas nove narrativas, dândis, patricinhas, escritores fracassados, sebistas, playboys, nerds se misturam em uma época em que “pela primeira vez na história da república, quase todo negro, ao norte da Geórgia [estado limítrofe do Deep South], podia tocar uma nota de um dólar”. DESTACO TRÊS CONTOS. Na abertura, “O Boa-vida” traz Jim

Powell, jovem outrora rico, que vê suas pretensões sociais escoarem pelo ralo com a morte do pai. Vê a imensa casa transformada em pensão, e consegue trabalhos esquisitos para padrões vigentes. Vira um poor white. Súbito, alimenta nojo pela arrogância e soberba dos amigos. Sua paixonite por Nancy, linda, fútil e endinheirada colega de escola ganha novo impulso ao receber uma garrafa de uísque de um amigo durante um baile. Sob efeito do álcool, Jim é beijado por Nancy. A paixão aumenta, assim como o tormento com a decadência financeira. Já em “As Costas do Camelo”, Fitzgerald brinca com a frivolidade da nobreza americana. O playboy Perry é noivo de longa data da patricinha Betty, filha do ‘homem do alumínio’. Ele quer casar, ela nem tanto. Ao propor matrimônio, ouve a recusa. Resolve embriagar-se para esquecer o fora. Está enjoado de festas e das convenções sociais que é obrigado a cumprir. Pensa na morte. “Quantos homens não perderíamos se o suicídio não fosse uma coisa assim tão covarde?”. Para além da rebeldia, vai a um baile a fantasia vestido de camelo. A noite é tragicômica. O deboche dos nobres americanos surge na voz de Perry: “[...] fingem essa simplicidade consciente que começou a ser a marca de identificação da aristocracia americana”. Por fim, o conto “Ó feiticeira Ruiva!”. Merlin é um resignado funcionário de uma livraria, voyeur da vizinha Caroline. Ela recebe visitas de homens elegantes, sempre efusiva e próxima à janela, para seu desespero e deleite. Certo dia, ela entra na livraria e propõe algo inusitado ao pobre vizinho, que aceita de pronto. Sr. Moonlight Quill, dono do estabelecimento, é categórico: “Se aquela moça tornar a vol-

tar aqui, diga-lhe que se comporte”. Merlin tem nesse episódio o paradigma de toda uma vida, influindo em seu destino – e até mesmo em seu casamento. O desejo em eternizar lembranças sofre avarias com o pesar da idade. “Merlin chegou aos trinta e um, aos trinta e dois...e, depois, numa disparada, àquela idade em que, apesar de todas as massagens e loções faciais, só se consegue um simples punhado de matéria precisa de que é feita a juventude: completa trinta e cinco anos”. Fitzgerald morreu aos 44 anos. Foi um inveterado amante da boemia. Bebia e torrava dinheiro na mesma proporção que produzia seus escritos. A fase áurea de sua literatura foi em meio à devassidão etílica e sexual. Igualmente a seus personagens, era um jovem extasiado com a juventude transviada americana.

SEIS CONTOS DA ERA DO JAZZ E OUTRAS HISTÓRIAS Autor: F.Scott Fitzgerald Editora: José Olýmpio Preço: R$ 40,00


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 12 de dezembro de 2012

Quarta-feira

Escolas do Estado iniciam preparação para 2013 JORNADA PEDAGÓGICA REUNIRÁ TÉCNICOS DA EDUCAÇÃO PARA AVALIAR ANO LETIVO E DEFINIR METAS PARA O PRÓXIMO ANO A partir desta quinta-feira (13), técnicos de todos os setores pedagógicos da Secretaria de Estado da Educação e das Diretorias Regionais – DIREDS, estarão reunidos, em tempo integral, no Centro de Treinamento da Emater – CENTERN, em São José de Mipibu, para avaliar o ano letivo 2012 e definir as metas para 2013. É a Jornada Pedagógica, importantete momento do calendário da Educação do Estado. “É importante que a gente crie um sentimento de que o ano letivo inicia com a jornada e tem que concluir com a jornada, num verdadeiro balanço das ações pedagógicas realizadas pelo conjunto das DIREDS e das escolas. Por isso, convidamos os diretores das DIREDS e a equipe pedagógica da secretaria, pra gente organizar melhor o calendário escolar da Educação. Partindo dos resultados que temos conseguido, até as necessidades que estão surgindo dessa própria avaliação”, destacou a secretária de Educação, Betania Ramalho, que vai comandar os trabalhos no CENTERN. Betania Ramalho lembrou ainda que todas as ações colocadas em prática pela secretaria estão inseridas no Programa de Educação do Governo do Estado, que abrange sete dimensões e 20 metas. “Vou aproveitar para fazer uma apresentação confrontando os desafios postos, como as 20 metas que constam no Programa de Educação e mostrar que houve avanços. Hoje, por exemplo, podemos dizer que as escolas tem mais assessoria. Ainda precisamos avançar nesse sentido, mas já conseguimos dar passos importantes.” A secretária ressalta ainda mais a implementação do Programa de Educação do Estado, com foco no ensino, na aprendizagem e no acompanhamento do aluno. “Apesar dos esforços para prestar uma maior assistência em relação à infraestrutura, aos prédios escolares, merenda e transporte, o nosso

principal objetivo é melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem, a parte pedagógica das escolas, tornando o currículo mais atrativo, com interligação entre as disciplinas, aplicando novos métodos para apresentação dos conteúdos. A jornada pedagógica é um instrumento para que essas orientações cheguem às escolas.” Desde 2011, a Secretaria de Educação realiza jornadas pedagógicas com o objetivo de repassar essas orientações às escolas. Em 2012, já ocorreram jornadas na abertura do ano letivo e na preparação para o segundo semestre. Segundo a coordenadora de Desenvolvimento Escolar, da Secretaria de Educação, professora Isabel Pinheiro, a jornada que começa nesta quinta-feira e vai até o dia seguinte, é apenas o primeiro momento da jornada 2013. “Pois desse encontro entre os técnicos da secretaria e as DIREDS, vai surgir uma série de jornadas regionais, para que as orientações cheguem a todas as escolas e elas possam iniciar o ano letivo organizadas, no dia 18 de fevereiro.” Isabel Pinheiro diz ainda que entre as novidades previstas para o planejamento pedag��gico de 2013 está a inserção de programas de Educação Profissional, como o Projovem Urbano, e do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - PNAIC, que demandam novas orientações. “Também teremos orientações para programas já existentes, com base no diagnóstico de desempenho das DIREDS. O objetivo é trabalhar em cima das dificuldades para obtermos melhores resultados.” Segundo a professora, a secretaria está trabalhando em cima do combate ao abandono, à evasão escolar, e para isso será intensificada a expansão de programas que tem dado certo, como Mais Educação, Ensino Médio Inovador, Ensino Médio Noturno Diferenciado, Pronatec e Escotismo na Escola. Além disso, existe uma

Fotos: José Aldenir

Secretária Betania Ramalho comandará o encontro atenção especial para correção da distorção idade série, com a parceria do projeto Conquista, da Fundação Roberto Marinho. “Especificando esse ponto, a nossa proposta é estender o projeto Conquista, que hoje atende aos estudantes da segunda série do Ensino Médio, para os alunos do nono ano do Ensino Fundamental, porque não há sentido trabalhar apenas no Ensino Médio e deixar a faixa final do Fundamental aberta, fazendo com que a distorção vá se perpetuando. Também estamos atentos ao ciclo de alfabetização correto, para alfabetizar os alunos na idade certa. Por isso, aderimos ao PNAIC”, disse Isabel. A coordenadora de Desenvolvimento Escolar falou ainda do objetivo de ampliar a matrícula nos âmbitos da Educação de Jovens e Adultos - EJA, Educação do Campo, Indígena e Quilombola. Ela ressalta que a EJA está com uma nova resolução e traz com ela o Projovem Urbano, atendendo a estudantes na faixa dos 18 aos 29 anos, com ênfase na profissionalização. Outros programas importantes, que terão destaque nas orien-

Programas de Educação Profissional estão entre as novidades do planejamento pedagógico para 2013

tações repassadas às escolas, são os de leitura. Nesse sentido, a Secretaria de Educação está finalizando o Plano Estadual de Leitura, que terá o seu texto base apresentado na jornada. Esse plano estabelece e orienta uma politica de estado da educação para leitura e livro didático. Ainda em relação ao plano, uma consulta pública será aberta no mês de janeiro, para que em seguida, o texto possa ser enviado à Assembleia Legislativa para aprovação. “O tão esperado Plano Estadual de Leitura trará orientações de como deve acontecer a leitura no século XXI, onde temos alunos digitais e professores analógicos. Com soluções para que o processo de leitura ultrapasse o espaço físico da biblioteca da escola e seja reproduzido na escola como um todo, para que faça parte do dia-a-dia do professor, de forma interdisciplinar. Estamos trabalhando para despertar em nossos alunos não apenas a vontade, mas o prazer em ler, mostrando as possibilidades de formação, de adquirir conhecimento e, acima de tudo, despertar a imaginação.”, concluiu a professora Isabel Pinheiro.

Conscienciologia Regina Neves, voluntária do INTERCAMPI em Recife CONSCIENCIOLOGIA@INTERCAMPI.ORG

Fone: 3211-3126

Pacificação íntima Pacificação íntima é o estado de serenidade em que a consciência expressa equilíbrio entre os pensamentos, sentimentos e as ações, transmitindo harmonia e tranquilidade. A autora percebe que uma forma de atingir a pacificação intima é através da desrepressão de sentimentos e ideias, reprimidas por insegurança ou medo da reação dos outros. Por esse motivo, a consciência nega as suas reais necessidades e adota as imposições da sociedade. Nesse contexto, mudará sua forma de agir para se adaptar ao fluxo do meio onde nasceu. Com o tempo terá dificuldade em identificar quem é realmente, e o que veio fazer neste mundo. A dissociação entre seus verdadeiros objetivos e o que foi incorporado na vida em sociedade provocará incoerência entre os pensamentos íntimos e as ações, reforçando a repressão e o emocionalismo. Estas emoções reprimidas podem provocar inquietação, insatisfação, apatia e em alguns casos depressão. Como é possível reverter essa realidade e implementar estratégias para alcançar a pacificação íntima? A Conscienciologia, ciência que estuda a consciência de forma integral, ressalta que a partir do estudo e da autopesquisa pode-se descortinar uma visão diferente sobre a própria existência, proporcionando condições para pensar e agir de forma distinta do usual. Assim sendo, as pessoas que apresentam essas características podem identificar comportamentos reprimidos que provocam dissociação entre o que é pensado e expressado, e a reciclagem pessoal ser um dos caminhos para se alcançar a pacificação íntima. As seguintes posturas podem auxiliar na realização da autopesquisa para a identificação de traços pessoais que precisam ser reci-

clados, com vistas à obtenção da harmonia íntima: 1. Incômodos. Verificar por que ações imaturas do colega, cônjuge e filhos irritam, incomodam. 2. Reeducação. Empenhar-se na reeducação de posturas agressivas que foram reprimidas sem terem sido compreendidas de forma racional. A consciência sentirá prazer em estar com ela mesma e esse bem-estar será transmitido para os ambientes. 3. Pensenes. Estar atenta à qualidade dos pensamentos, sentimentos e energias - pensenes - emitidos no dia a dia para identificar e analisar os pensamentos e/ou sentimentos predominantes. 4. Observação. Observar que as palavras e frases utilizadas em um texto ou de forma oral auxiliam na compreensão do modo de ser. Quais são as palavras que mais repito no dia a dia? Explosão, imposição, conquista, controle são palavras que provocam ou incitam a agressividade, enquanto palavras como tranquilidade, amizade, superação, harmonia expressam uma energia pacifista. No livro Homo sapiens pacificus (Vieira, Waldo, Foz do Iguaçu; CEAEC, 2007), o autor observa que os provérbios bélicos propagam mensagem em defesa da guerra e a manutenção dos conflitos interconscienciais, enquanto que os provérbios antibelicistas podem inspirar ideias pacifistas, sadias. Tais provérbios, quando repetidos em um momento de crise, podem auxiliar na condição de acalmia íntima da pessoa. 5. Assistência. Perceber que na tarefa do esclarecimento, mais importante do que se mostrar assistencial é ser assistencial. Quanto mais verdadeira for consigo mesma, mais tranquilidade e harmonia transmitirá para os outros. Para auxiliar a promover a pacificação íntima, a Conscienciolo-

gia tem como um dos projetos a construção do primeiro laboratório de autopesquisa sobre a paz no Campus do Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia, em Saquarema, no estado do Rio de Janeiro. A equipe interessada no projeto percebeu que para dar início à construção era necessário o desenvolvimento individual da autopesquisa com o objetivo de melhor se conhecer, e a partir das reciclagens individuais ocorreria a mudança do grupo. Essa reciclagem grupal seria necessária para a construção do laboratório da paz. Passeatas e movimentos sobre a paz são cada vez mais frequentes. Mas para conseguir a paz coletiva é necessário que cada pessoa perceba a necessidade da mudança individual de respeito por si e pelas outras pessoas, para depois expandir para o amadurecimento grupal e repercutir nos ambientes. A pacificação íntima é um processo gradual, cuja manutenção depende da qualidade dos pensenes emitidos nas relações intra e interconscienciais. Para sustentar essa condição de harmonia, o principal desafio é manter a calma, a tranquilidade e a compreensão ao lidar com os diferentes tipos de consciências. Assim, é fundamental compreender a forma de ser de cada pessoa e os posicionamentos contrários, sem preconceitos, mas explicitando suas dúvidas, questionamentos e realizando críticas construtivas. A pacificação íntima começa pelo investimento individual no autoconhecimento, se consolida com as autossuperações dos conflitos intra e interpessoais e reverbera nos ambientes e nos grupos. Dessa forma, a vivência do estado de pacificação íntima é uma meta a ser alcançada no caminho autoevolutivo.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

A interdição do Porto Ilha de Areia Branca pelo Ministério do Trabalho e Emprego repercurte no Brasil NATAL Navio Azamara Quest Ocean Stalwart Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Gemini Marfret Guyane UBC Toronto CMA-CGM Homere CMA-CGM Aristote Marfret Marajó

Bandeira Bahamas Vanuato Brasil Brasil Brasil França Chipre Inglaterra U. Kingdom França

Lobato

Brasil

Agência Superservice Seamaster W. Sons W. Sons W. Sons W. Sons NML/JSF CMA-CGM CMA-CGM W. Sons

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto No Porto 15/12 16/12 22/12 29/05 05/01

Destino Recife(PE) Guamaré(RN) ---Algeciras/ESP Cabedelo/PB Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algecira/ESP

Carga -Pesquisa Em Operação Em Operação Em operação Contêineres -Contêineres Contêineres Contêineres

Descarga Turismo -----Trigo ----

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Petrobras

17/12

Fortaleza (CE)

Água

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Loyalty

Dia 12 13

Libéria

A. Marítima Ao Largo

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 15:45 2.5 21:41 0.0 04:17 0.4 10:00 0.1

Paranaguá(PR)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal

--

FASES DA LUA Minguante (06/12 - 12:31h) Nova

(13/12 - 05:42h)

Crescente

(20/12 - 02:19h)

Cheia

(28/12 - 07:21h)


Esporte

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 15

ZAGUEIRO ANUNCIADO EM SETEMBRO PODE

DESEMBARCAR NO ABC JOGADOR

FOI ANUNCIADO EM SETEMBRO NO PACOTE DE CONTRATAÇÕES QUE TROUXE OUTROS TRÊS, MAS TEVE

TRANSFERÊNCIA VETADA PELA DIRETORIA DO Após a reeleição confirmada na última segunda-feira após formação do Conselho Deliberativo para os próximos dois anos, o presidente do ABC, Rubens Guilherme, não perdeu tempo e retomou o processo de contratações para a temporada 2013. Volante, zagueiro e superintendente seriam os alvos recentes do clube da capital potiguar. Jogador que já havia acertado com o clube em setembro, o zagueiro Rafael Schmitz, do Atlético-PR, acabou não se apresentando ao time de Natal. O defensor foi anunciado em setembro no pacote de contratações que trouxe o atacante Baiano, o lateral direito Raulen e o lateral-esquerdo Esquerdinha. Apesar da confirmação feita pelo presidente à época, o defensor acabou com a transferência vetada pela diretoria do Furacão e não chegou a Natal. Após realizar apenas uma partida na temporada passada com a camisa do Furacão - ainda pelo Campeonato Paranaense -, o jogador está deixando o clube ao término do seu contrato que se encerra agora em dezembro. Antigo sonho de Rubens, o jogador estaria em negociação para enfim defender o alvinegro. Curiosamente, Rafael completará 32 anos no próximo dia 17 deste mês, justamente na data marcada para apresentação do elenco abecedista para a temporada 2013. O defensor catarinense acumula na carreira passagens por Corinthians/PR, Valenciennes/FRA,

ATLÉTICO -PR. VOLANTE AUDÁLIO

DEVE SER CONFIRMADO HOJE Fotos: Divulgação

Schmitz está cotado para retornar ao ABC. Presidente nega acordo e descarta nova tentativa pelo jogador Lille/FRA, Birmingham/ING, Krylia Sovetov/RUS, além do próprio Atlético PR. O presidente do ABC, contudo, negou qualquer contato com o jogador, apesar da informação de a negociação estar em estágio avançado. Segundo ele, não há a menor intenção de trazer o jogador após o acerto ocorrido em dezembro não ter se concretizado para que Rafael defendesse o clube potiguar ainda a Série B. "É um jogador que não nos interessa. Fechamos com ele e o procurador da outra vez, mas houve um desencontro por parte deles. Nós anunciamos a con-

tratação e ele não se apresentou, então não nos interessa mais", disse o cartola descartando completamente a contratação. VOLANTE PODE SER REPATRIADO Outro que também pode pintar no ABC é o volante Audálio. O jogador que chegou a participar de uma reunião com dirigentes do América pode ser anunciado a qualquer momento pelo time alvinegro. Segundo informações apuradas pela reportagem do JORNAL DE HOJE, o atleta recebeu um primeiro contato do presidente abecedista e

Audálio teve primeiro contato com presidente no qual teria manifestado interesse em retornar ao ABC

mostrou simpatia por um eventual retorno ao clube da Rota do Sol. Titular absoluto na equipe do ASAAL na Série B deste ano, Audálio fez 34 partidas, marcou dois gols e recebeu oito cartões amarelos. O volante já defendeu o alvinegro na temporada 2009, oportunidade em que o time acabou rebaixado para a Série C após uma campanha desastrosa, na qual o defensor foi um dos poucos que conseguiu apresentar um futebol convincente. De lá para cá, já vestiu a camisa dos paulistas do Mogi Mirim e Barueri, além do alvinegro alagoano. O discurso em relação ao volante

do ASA, entretanto, foi outro. Apesar de tentar tratar o assunto com certa indiferença, Rubens confirmou ter tido contato com o jogador e que ele teria demonstrado interesse em defender o ABC, mas negou ter feito proposta. O mandatário, contudo, não conseguiu negar o interesse em ter o jogador para a próxima temporada. "É um bom jogador e certamente gostaríamos de contar com ele, mas não conversamos sobre isso. Ele estava na casa de um amigo em comum, me ligou e conversamos sobre outras coisas. Ainda esperamos uma definição sobre outro assunto", comentou.

O assunto levantado pelo presidente é a confirmação da contratação do novo superintendente de futebol. Segundo ele, após uma conversa no final da tarde de ontem, o profissional teria pedido para dar resposta se aceita ou não a proposta alvinegra na tarde de hoje. Ocílio Costa, ex-Fortaleza, e Leandro Sena, ex-América, estão entre os nomes especulados para o cargo. "Conversei com o Givanildo e vamos definir primeiro a questão do superintendente. Não queremos apressar as coisas e repetir erros, queremos acertar desta vez", ponderou.

> REFORÇO NO CAIXA

AMÉRICA ENTRA NA RETA FINAL PARA GARANTIR MAIOR PATROCÍNIO PARA 2013 Com seis concursos para o fim da edição deste ano da Timemania, o América espera garantir o acesso ao primeiro grupo da loteria federal e assegurar seu maior patrocínio para a temporada 2013. A expectativa dos dirigentes, em especial do presidente Alex Padang, é de que com o apoio da torcida, o clube consiga ultrapassar o Avaí e terminar o ano no G20. Na reta final da Timemania para garantir um reforço financeiro importante, o América reduziu ainda mais a distância para o Avaí após a apuração feita pela loteria. Numa reação incrível, os alvirrubros conseguiram reduzir a distância que em

outubro era de 118 mil apostas para pouco mais de 7 mil. "Faltam seis concursos e nenhum time na história, teve uma ascensão como essa. A paixão do torcedor americano refletiu na Timemania, vejo como uma forma de agradecimento por tudo que o América representou esse ano. "Os jogadores ficaram de férias, mas o torcedor não saiu de campo", comentou. O departamento de marketing do clube criou uma série de estímulos para o torcedor apostar. Caso apresente na sede social americana 20 apostas de timemania do sorteio da semana, garante a entrada para a estreia rubra, em casa, pela Copa do

Nordeste. O americano tem ainda a opção por um bilhete para concorrer a uma moto ou para participar do churrasco de confraternização a ser realizado no centro de treinamentos do clube. "Além de ajudar, o torcedor ainda pode escolher um desses benefícios, sem falar que pode acabar milionário", afirmou o cartola. Segundo Padang, caso o América conquiste o acesso para o grupo dos 20 maiores apostadores da Timemania, o clube terá poder para montar uma equipe forte e com objetivos mais ousados para a temporada que vem. "Estamos perto de conquistar o maior patrocínio que o

América já teve na sua história e isso só depende do nosso torcedor. Restam seis concursos e não podemos comemorar nada ainda. É preciso que o torcedor continuo apostando", convocou o dirigente. Ele explica que pela situação financeira delicada do clube, a loteria se mostra uma tábua de salvação para que o alvirrubro possa montar uma equipe condizente com as competições que disputará em 2013 e que, caso não se concretize a ascensão de grupo, o elenco deverá ter juniores ainda em fase de amadurecimento como parte maior do grupo. "A Timemania hoje é uma

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro VIRA CASACA PROFISSIONAL Pré temporada é sempre a mesma coisa. Especulações sobre contratações, rescisões, mas principalmente, o troca-troca de jogadores entre clubes rivais. Certo como a gravidade e a transformação da Arena das Dunas em "elefante branco", são as críticas dos torcedores em relação a saída de seu clube para o maior adversário. É fato que a identificação e criação do vínculo entre torcedor e jogador é inevitável, mas esse laço afetivo não pode beirar a irracionalidade. Torcedores, cronistas esportivos e pitaqueiros em geral costumam tratar diariamente a necessidade de profissionalização do futebol potiguar. Nada mais comum numa atividade profissional, do que um funcionário aceitar uma proposta para receber um salário maior - ou melhores benefícios - numa outra empresa ou instituição que deseja contar com o trabalho de-

senvolvido por ele. Na história do futebol potiguar, são inúmeros os casos de jogadores que foram crucificados ao trocar de time e que tiveram sua história atirada ao vento. Ninguém lembra, contudo, que no final do mês, não são as críticas que pagarão as faturas que, façam chuva ou Sol, chegarão. E muitos menos, que o futebol potiguar, está longe de pagar salários astronômicos como em outras regiões do país. Então amigos, antes de apontar, vale lembrar que o vira casaca de hoje, foi o herói de ontem, e o profissional de sempre. DEBANDADA Se depender das especulações, o América deverá ter meio time do ABC para a temporada 2013. O goleiro Andrey - já de contrato renovado com o Alvinegro -, lateralesquerdo Renatinho Potiguar, meias Cascata, Raul, Jérson, além do atacante Éderson já foram cotados como possíveis reforços do

clube. Do sexteto, três deles chegaram a confirmar contato, mas nenhum deles afirmou qualquer acerto. AMISTOSO Uma partida amistosa deve ser realizada entre América e Potyguar de Currais Novos antes da estreia oficial das duas equipes na temporada 2013. Um contato entre dirigentes foi feito e a data da partida deve ser definida pelo treinador americano. O alvirrubro inicia a preparação para a temporada no próximo dia 26. A equipe seridoense já iniciou suas atividades e deve começar os trabalhos com bola na próxima semana. CONTRA O TEMPO Se a expectativa era de ter um elenco com 28 jogadores e mais três das categorias de base, o ABC tem o seu projeto encaminhado para temporada 2013. Isso, claro, não fosse o fato de que faltam apenas seis dias para a apresentação

questão de sobrevivência de maneira forte. Se não conseguirmos, nosso treinador vai ter que trabalhar com muito juniores precitadamente. Mas confio no torcedor americano, desde aquele que aposta R$ 2 até R$ 10 mil. Precisamos de apoio, seja de onde ele vier para alcançarmos essa última vitória no ano", concluiu. A Timemania foi criada pela Comissão de Futebol e Marketing do Ministério do Esporte em conjunto com a Caixa Econômica Federal para auxiliar aos clubes a equacionar os débitos fiscais mantém com a União. Na loteria, o apostador poderá marcar 10 números entre os 80 do

PisandonaBola AMÂNCIO

do grupo. Segundo o site oficial do clube, 20 jogadores estão confirmados, sem levar em conta o trio da Copa São Paulo. Em conta rápida, o Alvinegro ainda precisa contratar mais oito atletas para chegar ao número pretendido pelo técnico Givanildo Oliveira. E pelo andar da carruagem, o mais provável é que esse número só seja alcançado no ano vem. É SELEÇÃO! O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) convocaram 24 atletas, entre 15 e 17 anos, para compor a seleção escolar da modalidade. Dentre as atletas convocadas, destaque para duas potiguares: Larissa Rocha e Aline Carla Oliveira, ambas do Expansivo Colégio e Curso, em Natal. As atletas farão um período de treinos no centro de treinamento da Confederação na cidade de Saquarema, no Rio de Janeiro, a partir de janeiro de 2013.

volante de aposta e, ainda, escolher o Time do Coração entre 80 disponíveis na cartela para concorrer aos prêmios. A loteria terá premia apostadores que acertarem 7, 6, 5, 4 ou 3 números sorteados, além de pagar prêmios pelo acerto do Time do Coração. De acordo com a Lei 11.345/06, que criou a Timemania, os clubes terão direito ao rateio de 22% da arrecadação bruta, como contrapartida à cessão do direito ao uso de suas marcas para o pagamento de débitos fiscais com a União (INSS, FGTS, Receita Tributária, Receita Previdenciária e Procuradoria Geral da Fazenda Nacional).

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 12 de dezembro de 2012

Esporte

Quarta-feira

Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Dupla de ataque Na superação, centroavante Guerrero marcou gol da vitória do Timão após passe de Douglas

Em jogo sofrido, Corinthians bate Al Ahly e está na decisão o Mundial C OM GOL MARCADO PELO YOKOHAMA NO DOMINGO O Toyota Stadium recebeu mais de 31 mil pessoas nesta quarta-feira para assistir a a vitória sofrida do Corinthians deu sobre o Al Ahly por 1 a 0. Após um bom primeiro tempo, no qual teve tranquilidade para abrir o placar em um cabeceio do ótimo Guerrero, o Timão caiu demais na etapa final. A equipe recuou e levou pressão dos egípcios até o apito final de Marco Rodríguez. O resultado colocou o Alvinegro em sua segunda decisão de Mundial. Campeão em 2000 no Rio de Janeiro, o time do Parque São Jorge vai a Yokohama no domingo buscar o troféu em um duelo contra Chelsea ou Monterrey, adversário que será definido nesta quinta.

PERUANO

G UERRERO, C ORINTHIANS

VAI A

PARA LUTAR PELO BICAMPEONATO MUNDIAL

No início, o Corinthians foi inteligente e fez um jogo de paciência. O Al Ahly recuou suas linhas de marcação e tirou o espaço de ação de Paulinho e Douglas, o que obrigou o "time da casa" a trocar passes sem pressa, à espera da oportunidade. Nos minutos iniciais, a bola só chegou à área egípcia em batidas de lateral diretas. O Alvinegro demonstrava algum nervosismo, do qual destoavam o tranquilo Danilo e o extremamente participativo Guerrero, aparentemente livre da lesão no joelho que pôs em risco sua atuação no Japão. Para desequilibrar a marcação dos africanos, Tite tirou Emerson da esquerda, onde o combate de Fathi incomodava, e o trocou de lado com Danilo. Deu resultado, e o Timão

passou a rondar mais perigosamente o gol defendido por Ekramy. De uma das boas jogadas de Danilo, saiu o escanteio no qual o placar foi aberto. Aos 29 minutos, Douglas fez uma cobrança ruim, mas recebeu de Fábio Santos no rebote. Uma trivela precisa do camisa 10 achou a cabeça de Guerrero, em condição legal graças a um erro de Gomaa. O Corinthians manteve o domínio até o final do primeiro tempo, mas caiu após o intervalo. O Al Ahly ganhou campo, passou a ficar mais com a bola e, a partir dos nove minutos, apostou no atacante Aboutrika, que havia começado no banco. O experiente jogador entrou muito bem e soube aproveitar o posicionamento extremamente recuado do Corinthians. Ele deixou

Fathi em ótima posição para marcar, mas o lateral, atrapalhado por Cássio, bateu para fora. Na sequência, Hamdy teve chance e perdeu o domínio. Só Guerrero manteve o nível na etapa final, brigando muito, o que levou Tite a trocar Emerson por Romarinho, em tentativa de fechar o lado direito e ganhar opção de contra-ataque. Pouco depois, Jorge substituiu Douglas para fazer o mesmo pela esquerda. Melhorou um pouco, mas o Timão teve de suportar pressão até o final, com direito a cinco minutos de acréscimo por conta de uma lesão do goleiro Ekramy. O campeão sul-americano se fechou de vez com Guilherme Andrade e deu à Fiel a vitória com sofrimento que ela tanto queria.

> CAUTELA

Especialista alerta para segurança fora dos estádios da Copa 2014 A segurança fora e ao redor dos locais onde serão disputadas as copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014) e as Olimpíadas de 2016 deve receber tanta atenção quanto dentro dos estádios, por causa do risco de atentados contra essas instalações. Essa é a opinião do comandante do Grupamento de Operações de Produtos Perigosos (Gopp) do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, tenente-coronel André Morgado, um dos participantes do 1º Simpósio Internacional de Emergências com Produtos Perigosos, que ocorre até amanhã (12) na sede da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Para Morgado, a integração entre os órgãos de segurança é fun-

damental, tendo a defesa civil estadual como centro de comando. Porém, segundo o comandante, o planejamento para essas ações nos eventos esportivos está atrasado no Brasil, pois os prazos não foram cumpridos e a situação se agrava devido à demora na compra de equipamentos necessários, em decorrência das exigências da Lei de Licitações. "Quando se pensa num evento como um jogo de futebol, é preciso lembrar que, para chegar até lá, as pessoas usarão transportes, como metrô e trem, e até agora não fizemos nenhum treinamento integrado entre as forças de segurança para agir em situações de emergência. O que houve foram apenas treina-

mentos pontuais e isolados de alguns órgãos de segurança", disse. O coronel considera que, no Rio de Janeiro, a maior preocupação em relação aos produtos perigosos é com possíveis ameaças às instalações da indústria petroquímica, como a Refinaria Duque de Caxias. "Digo isso porque essas instalações podem ser alvo de um atentado para desviar a atenção do verdadeiro objetivo, que seria o estádio esportivo, e que seria então atacado com mais facilidade", disse o coronel Morgado. Segundo o comandante, é necessário também fortalecer os centros de Comando e Controle dos Grandes Eventos, inclusive com a participação da rede de saúde públi-

ca, pensando em um atendimento rápido para possíveis vítimas. O tenente-coronel Morgado citou episódios em que Gopp atuou no Rio de Janeiro. Um deles foi na Favela de Irajá, próximo à Ceasa, quando um grupo de moradores retirou ascarel, óleo altamente tóxico e cancerígeno de transformadores desativados do metrô, e passou a usar o produto químico para cozinhar, inclusive para fritura de bolinhos vendidos no comércio local. "Deu muito trabalho para convencer os moradores da comunidade que não poderiam usar aquele óleo na cozinha, pois ninguém admitia que tinha retirado o ascarel dos transformadores", contou. Canindé Santos

Confesso: Até hoje me dá uma saudade danada dos homens que me ensinaram a expressão dupla de ataque, homens na faixa dos 50, 60, 70 ou mortos pela impiedosa cronologia, amenizada de ciclo natural da vida. Uma ova. Os bons deveriam viver sempre, como numa fábula de infância, e os maus, dispensados cedo, para nunca perpetuar sua perversidade. Seria monótono, mas bem sossegado um mundo só com gente boa de papo, cerveja em botequim, admiradora de música letrada, gente solidária sem cobrar depois. Daqueles homens, muitos deles, mortos, ouvi frases que me incomodavam, quando falavam sobre futebol: “Nunca haverá uma dupla igual a Zizinho e Ademir Queixada(Ademir Menezes). Os dois se completavam na genialidade simples”, Assim escreveu meu pai em sua coluna dos anos 1970, ele próprio, um viúvo da Copa do Mundo perdida em 1950, quando contava apenas 9 anos no calor de Pixoré, em Santana do Matos, Região Central do Rio Grande do Norte. Zizinho e Ademir, depois Pelé e Vavá em 1958 que não formavam exatamente uma parceria sublime. Pelé, a perfeição, Vavá, a força goleadora e a raça nordestina que lhe deu a alcunha definitiva de Leão da Copa. “Vocês falam de Pelé, Didi e Garrincha, mas bom mesmo era o tal do Vavá”, dizia meu tio Derval Marinho, que gostava tanto de futebol quanto eu aprecio Big Brother Brasil. Não gostava de jeito nenhum, mas, pelas ondas do rádio, ecoavam os gols de Vavá e gol era o importante, segundo o homem mais metódico e pragmático que conheci. >>> Pelé e Tostão juntaram, no improvável das teorias, esquadros e pranchetas, a inteligência, a capacidade artilheira do goleador e a técnica do meio-campista criativo. O que fizeram nas Eliminatórias de 1969 e na Copa do Mundo de 1970, jogando com o raciocínio em proporção maior que com os pés, só revendo nos vídeos. Tabelinha mesmo foi Pelé e Coutinho, maravilhosa em seus toques, feita de desamor fora dele. Se Coutinho compreendesse, ele um sujeito ameno e de pouca conversa, que a grandeza de Pelé não o diminuía, os dois bailarinos teriam jogado juntos três Copas sem ninguém a ameaçar o centroavante gorducho e feiticeiro da grande área. Toninho Guerreiro nunca quis o lugar do Rei. Foi servido como um príncipe, sem um naco do talento de Coutinho. Pagão, antecessor até de Pelé, enxergou cedo. Aceitou o papel de segundo e, com o camisa 10, desenhou quadros de Portinari pelos campos, cujas imagens foram perdidas na poeira. Pelé e Coutinho, Pelé e Pagão, Pelé e Toninho, a tabelinha como infantaria sambista a apavorar zagueiros mundo afora. Pelé, quando estava com um tosco na seleção, tabelava na canela do zagueiro e recebia na frente. Pelé nunca deu bolas para um diálogo poético com Dario, Claudiomiro ou Roberto Miranda, do Botafogo. Falta a tabelinha, o passe, o entendimento da dupla de área, que cheguei a ver, para eternidade apenas minha, em Marinho Apolônio e Silva, do ABC campeão de 1983. Marinho Apolônio e Silva, ainda que somente no direito menino de sonhar, foi, em lances contorcionistas, a minha dupla Pelé e Coutinho. Aquela que pude ver e, por ela, aprender a amar o futebol encantado de dribles e gols. ETAPA SUPERADA Rubens Guilherme Dantas reeleito e Sílvio Bezerra de vice foram aclamados. Ives Bezerra, que continua à frente do Conselho Deliberativo, foi elegante. Soube vencer. Homenageou o deputado Agnelo Alves, um dos articuladores de sua vitória. Leonardo Arruda, que representou a chapa minoritária, fez um discurso histórico e moderado, sepultando a pecha do radical que jamais foi. FIGURAS HISTÓRICAS Leonardo Arruda evocou figuras históricas como José Nilson de Sá, Severo Câmara, responsáveis pelo seu ingresso direto no futebol do clube em 1980, o falecido ex-presidente Edson Teixeira. Também citou sua participação nas administrações de José de Paiva Torres e José Wilson Gomes Neto e sua convivência na administração de Judas Tadeu Gurgel. GERAÇÃO Ex-Procurador Geral de Justiça, promotor público, líder estudantil na juventude, Fernando Vasconcelos engrandece uma geração inteira de alvinegros ao assumir a Vice-Presidência do Conselho Deliberativo do ABC. Fernando representa, sobretudo, o torcedor de arquibancada, dos velhos degraus de cimento do Castelão (Machadão) quando começou seu amor ao alvinegro. Tempos de Danilo Menezes e Alberi. TEMPO É correr contra o relógio. A eleição, que teve um resultado incontestável e terminou num clima de civilidade, deve encerrar um período de extremismos e arrogância que em nada colaborou com o ABC. A hora é de unir todos.

Segurança fora e ao redor dos locais das partidas devem receber tanta atenção quanto dentro dos estádios

METAS Pela pujança da vitória, o presidente Rubens Guilherme

sabe que será cobrado em dobro. Pode partir para um estilo mais democrático com a torcida. Sua presença considerada indispensável joga-lhe o peso da obrigação de vencer. A torcida espera, pela ordem, a Copa do Nordeste, o Estadual e o acesso à Série A. SOLIDARIEDADE O América Futebol Clube, em parceria com a América Store e a GolStore! Social, promove, em dezembro, a ação “Fazendo um golaço com o América”. A ação servirá para arrecadar alimentos não perecíveis para a instituição Amico esforço heroico do médico Madson Vidal. ARREDACAÇÃO A arrecadação está sendo realizada desde o dia primeiro e irá até o dia 31 de dezembro na América Store, sendo a entrega dos alimentos programada entre os dias 07 e 14 de janeiro de 2013. A cada 1kg de alimento doado o torcedor irá receber um cupom para concorrer a uma Camisa Oficial do Mecão. LOCAIS Será sorteada uma camisa a cada 50kg de alimento doado. Torcedor alvirrubro marque também este golaço. Posto de Coleta: América Store Av. Rodrigues Alves, 950 Bairro Tirol, 59020-020, Natal, Rio Grande do Norte Fone: 84 3201 2744 Entrega dos Alimentos: Amico Av. Amintas Barros, 1350 Natal - RN, 59075-710 Telefone: 3204.0356 / 84 9659-4445 TAPETÃO A briga agora é entre ABC e América no tapetão. Confrontos assim, desnecessários, geram cicatrizes que reabrem em discussões mais importantes para o futuro dos dois clubes. Aquele empate em 2x2, uma vergonha pela bagunça, já está no anedotário do futebol potiguar.


Cultura

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 17

Academia de Letras Jurídicas do RN tem novo presidente e três novos imortais WALESKA MAUX ESPECIAL PARA O JH

Foi empossada recentemente a nova diretoria da Academia de Letras Jurídicas do RN – ALEJURN para o biênio 2012/2014. O presidente eleito é o procurador Adalberto Targino, tendo como vicepresidente a procuradora de justiça Zélia Madruga. Targino reforça a importância da ALEJURN na sociedade potiguar. “ A Academia tem por objetivo resgatar a memória jurídica potiguar e lutar pela modernização do judiciário, destacando a celeridade da prestação jurisdicional”. Na ocasião, foram eleitos três novos imortais, que após passarem pelo crivo da diretoria da ALEJURN, foram aprovados pela Comissão de Ética e Sindicância. Todos são professores universitários na área do Direito há mais de cinco anos, doutores em Direito e autores de obras jurídicas, sendo nomes com grande referência na área jurídica. A seguir, entrevista com o presidente da ALEJUR, procurador Adalberto Targino.

Divulgação

e tornar efetivamente exequível a aproximação, com respeito mútuo, entre magistrados, representantes do Ministério Publico, Advocacia Pública, Defensoria Pública, Magistério das Ciências Jurídicas e Advocacia Privada.

O JORNAL DE HOJE - Quais seus projetos como novo presidente da ALEJURN? Adalberto Targino - Possibilitar a real parceria nos objetivos culturais, institucionais e coletivos naquilo que for comum e viável entre a ALEJURN e os poderes Judiciário, Legislativo e Executivo, Ministério Público, Procuradoria Geral do Estado, Defensoria, OAB, entidades de defesa da cidadania, da legalidade e transparência no serviço público. Buscamos, ainda, a proximidade com a imprensa livre (escrita, televisionada, radiodifusão e online) que queira reescrever a verdadeira história do direito e a sua visão ampla, profunda e multifacetada. Ademais, esta Academia não se limitará tão somente a fins recreativos, mas servirá de facho de luz em O JORNAL DE HOJE - A ALEbusca de novos horizontes na JURN foi criada em 2007. Quanprestação jurisdicional, no matos acadêmicos fazem parte de sua gistério do Direito responsável, composição e quais os principais no respeito dos princípios consobjetivos da Academia? titucionais da dignidade da pesAdalberto Targino - A Acadesoa humana, da justiça, da mia de Letras Jurídicas do RN igualdade e da democracia. – ALEJURN, reconhecida de Ante o notório saber jurídico e utilidade púparadigmática blica e filiavida pública dos da a Acadeacadêmicos da mia BrasileiALEJURN, prera de Letras tendemos, logo “A cultura jurídica e literáJurídicas, foi em março de ria, no sentido lato e ecléticriada em 2013, iniciar co, é essencial à civilização 2007 sob a ciclo de confeinspiração rências e debates de um povo, especialmente do procurasobre temas nade um povo de memória dor e escritor cionais imporcurta, democracia nova e Jurandyr Natantes à nação e história oscilante” varro e ratique exigem norficada por teamento por um seleto pessoas cultas e grupo de jucomprometidas ristas e intecom a ética e o lectuais militantes e instalada arcabouço jurídico. em 08 de novembro de 2008 Temos inúmeras metas, objeti(dia da justiça). A composição vos e planos na gestão da ALEestatutária do Colégio AcadêmiJURN/2013, cujo planejamenco é de 40 membros, visto que to e execução serão consequênabsorveu os moldes da Acadecia do trabalho integrado de mia Francesa. todos os membros da Nova DiEntre os objetivos fundamentais retoria e, sem dúvida, dos 40 da ALEJURN, estão: alavanvalorosos integrantes do Colécar a cultura jurídica; respaldar gio Acadêmico. os jovens advogados nas suas criações científicas; lutar pela O JORNALDE HOJE - Com uma consolidação dos avanços tec- Academia formada por juristas renológicos no modus operandi nomados, há perspectivas de alado judiciário; pugnar pela pres- vancar projetos e ideias que contação jurisdicional eficiente, tribuam para a modernização do transparente e célere; resgatar a judiciário? memória dos ícones do direito Adalberto Targino - Não só é

sugestões diretas e indiretas. Defesa permanente do aparelhamento material e humano do Judiciário e dos órgãos essenciais à Justiça, bem como a reforma da legislação vigente e ultrapassada, notadamente a processual. O JORNAL DE HOJE - O senhor assume a Academia já empossando três novos imortais, os desembargadores federias Edilson Pereira Nobre e Luiz Alberto Gurgel de Faria e o juiz Artur Bonifácio. Quais serão os próximos passos da ALEJURN em relação a nova diretoria e aos novos integrantes? Adalberto Targino - Para regozijo nosso e gáudio da sociedade potiguar foram eleitos, por unanimidade, três exponenciais juristas à ALEJURN, três magistrados de vida pública e privada irreprocháveis, autores de livros conhecidos nacionalmente, doutores em Direito e professores renomados. Será uma honra empossar no primeiro semestre de 2013 os novos acadêmicos. O JORNALDE HOJE - Aprimeira revista da ALEJURN foi lançada em 2012. Haverá mudanças para a próxima edição, como por exemplo, artigos ou teses de operadores do Direito? Adalberto Targino - A nova diretoria irá acolher todos os projetos e políticas administrativas da gestão pretérita. No entanto, reunindo esforços e dividindo responsabilidades, conforme determinações estatutárias e regimentais, iremos reunir a Diretoria e até mesmo o Colégio Acadêmico, com a aquiescência da emérita acadêmica Anna Maria Cascudo Barreto, diretora da revista, para traçarmos novos parâmetros no pertinente a referida publicação .

possível e desejável como uma expectativa justa da sociedade. Projetos, na perspectiva estatutária, não. Contudo, por congregarmos ministros de tribunais superiores, desembargadores, professores universitários de Direito, membros do Ministério Público, da Advocacia Pública, escritores con-

Cultura HOJE

sagrados, intelectuais das ciências jurídicas e sociais e doutores em Direito, certamente serão incrementadas ideias, propostas, sugestões e críticas construtivas a favor da modernização do Judiciário. Afinal, estamos numa democracia que afirma a representação e faculta, no possível, a participação

dos diversos seguimentos sociais. O JORNAL DE HOJE - Como a Academia pode contribuir para tornar a justiça mais célere? Adalberto Targino - Como já o afirmamos anteriormente: contribuindo com livros e trabalhos jurídicos sobre o assunto,

O JORNALDE HOJE - Para promover a cultura jurídica e literária, o que seria necessário dentro dos parâmetros da ALEJURN? Adalberto Targino - A cultura jurídica e literária, no sentido lato e eclético, é essencial à civilização de um povo, especialmente de um povo de memória curta, democracia nova e história oscilante. Para contraporem-se a essas graves mazelas anticulturais, necessitamos da união das entidades ditas culturais, da imprensa responsável e da consciência cidadã dos homens públicos. Em suma: investir na cultura não é desperdício, pois ela não é produto de elucubrações de filósofos e poetas lunáticos.

com Dani Pacheco

DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com

ERRATA Dani querida, boa tarde! Leitora assídua de sua coluna, não pude deixar de ler suas notas referentes a "para encerrar o ano" e as seguintes, tendo, portanto, que prestar esclarecimento acerca das informações que lhe chegaram. A Funcarte, por mim representada, não está participando de nenhum festejo natalino, conforme é de conhecimento público, apesar de elaborarmos e aprovarmos o projeto por conta própria e as nossas expensas pessoais, não houve captação em meio das circunstâncias nas quais o Município atravessa. Não fui convidada para nenhuma reunião alusiva à árvore de natal, nem tampouco aos possíveis shows em seu entorno, não tivemos nenhum contato com artistas no sentido de doação de cachês ou de qualquer outra proposta similar, já que o calendário festivo oriundo da Funcarte foi cancelado na sua integridade. As informações que disponho sobre a árvore e o calendário alternativo dela advindo são noticiadas pela mídia, pela sua coluna e de outros colegas seus, haja vista não estar participando de nenhum grupo de trabalho alusivo ao natal. Agradeço sua prestigiosa atenção de sempre. Um abraço, Camilla Cascudo.

ÁRVORE DE MIRASSOL Agora, uma coisa é fato, todos os anos desde que foi criada quem organizava os evento de fim de ano na famosa árvore era a Funcarte. Bem, se é o braço da gestão municipal responsável para desenvolver esse trabalho e promover a cultura potiguar, no mínimo é uma falta de atenção com a Presidente da Funcarte e todos os servidores públicos que ali se encontram aptos para desenvolver a coordenação da programação cultural. E, A SAGA CONTINUA... Mas, para quem pensa que não vai ter programação cultural na Árvore do Mirassol. Está enganado! Foi divulgado ontem para toda a imprensa através de um release via e-mail que o Grupo Amigos do Reggae vai coordenar a programação cultural da tal árvore. Segundo o assessor do grupo (que é o mesmo que faz declarações no texto apresentado para os veículos de comunicação) “O grupo, formado por artistas e músicos, organizou um cronograma de atividades a ser desenvolvidas durante 20 dias na árvore de Natal, no bairro de Mirassol e, para colocar em prática, contou com apoio do SEBRAE que disponibilizou palco, som e iluminação, já a Prefeitura do Natal entrará com todo apoio logístico necessário”. E, MAIS... “A previsão do grupo é que toda a programação esteja fechada na próxima quinta-feira (13/12). Um dos articuladores do grupo lembra que, “todos os músicos e grupos que irão se apresentar no “Viva Natal” doaram os seus cachês em virtude da não realização do Natal em Natal” disse, Gilberto Oliveira”, porta voz e assessor de imprensa do grupo Amigos do Reggae. REPERCUSSÃO O “Viva Natal” já repercute no Facebook, confira algumas opiniões: “Que tipo de músico se sujeita a uma situação dessa? Desse jeito vamos acabar sentindo saudades dos tempos negros da OMB, que pelo menos exigia um mínimo de profissionalismo da categoria”, vicepresidente do Sindicato dos Músicos do RN, Paulo Sarkis. “... da OMB não dá pra ter saudades... mas a categoria, não tem a menor categoria...”, Manoel Neto. “Nós produtores culturais lutamos tanto para conseguir cachês para os músicos potiguares. Aí, vem um movimento como este e nos faz desanimar. Já enfrentei gestores para se ter um mínimo de dignidade para os artistas locais. E, ações como estas desmobilizam e termina por tira a credibilidade de todo um trabalho construído que já é árduo no cenário cultural potiguar”, Yanna Medeiros, produtora cultural.

SEBRAE O então Prefeito de Natal, Paulinho Freire e o superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, assinaram termo de parceria para garantir a realização da Feira da Árvore, evento já tradicional promovido no final de ano no bairro de Mirassol, zona sul da capital. O evento inclui mostra e feira de artesanato, além de apresentações culturais. Pelos termos da parceria, proposta pelo prefeito em razão da difícil situação financeira vivida pela Prefeitura; o Sebrae se encarregará de montar e administrar a Feira do Artesanato da Árvore, contemplando cerca de 250 artesãos. A mostra e a feira de artesanato serão abertas no próximo dia 18, prosseguindo até 6 de janeiro, quando se encerra o chamado período natalino. O JORNAL DE HOJE entrou em contato com a assessoria de imprensa sobre informações sobre a programação cultural e como o diretor responsável está em transito vindo de Brasília para a capital potiguar até o fechamento desta edição não se teria tempo hábil para conseguir mais esclarecimentos. Já que a assessoria não tem informações sobre o Grupo Amigos do Reggae que diz coordenar a programação cultural da feira e doar seus cachês. E, POR FALAR... Doar os cachês para quem?


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 12 de dezembro de 2012

Canal 1

BATE-REBATE w O Espaço Kitsch Club, em São Paulo, recebe dia 18 um encontro artístico promovido por Julio Soutto e Graça Cunha – ela, cantora do “Altas Horas”. w No roteiro desse “encontro”, números musicais, circenses, filmes, poesias, teatro e leituras. w Fernando Rocha está apresentando o "Bem Estar", da Globo, sozinho. E vem dando conta do recado. w Mariana Ferrão, sua companheira de programa, está em férias na

Divulgação

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery

Maisa volta a apresentar programa em 2013 Nos bastidores do seu programa, Silvio Santos já conversou com a Maisa e seus responsáveis. Então está combinado. Existe o desejo de ela voltar a atuar como apresentadora, mas só no segundo semestre do ano que vem. Maisa, inclusive, sempre falou da sua preferência a este tipo de trabalho do que fazer novelas. O que também elimina qualquer chance de participar de “Chiquititas” Resta definir também como acontecerá essa volta. Se à frente de um novo formato, como é o desejo do dono da emissora, ou simplesmente reassumindo as suas funções no “Bom Dia” e “Sábado Animado”. A primeira opção é, certamente, a mais interessante, uma vez que provocaria expectativa no público e no próprio mercado. Além disso, driblar a mesmice é algo sempre saudável.

w PLIM PLIM Depois de trocar o SBT pela Record, para integrar o elenco de “Balacobaco”, Thais Pacholek, deve fazer mais uma troca de emissora ao fim desta novela. Já existe um movimento, silencioso ainda, para que ela possa trabalhar na Globo em 2013. w SONHO DE VIDA Sabrina Sato, desde os tempos de Rede TV!, tem como objetivo comandar seu próprio programa. E, agora, na Bandeirantes não seria diferente. Porém, para chegar lá, primeiro ela terá que se entender com a produtora do “Pânico”. Existe, como se sabe, a tal cláusula de exclusividade. w RECARREGAR Ainda a propósito da Sabrina Sato, que não pôde integrar a “co-

mitiva” de bando de loucos no Japão devido aos seus muitos compromissos por aqui, ela viaja para os Estados Unidos, no dia 23, em férias. Mas, sempre com agenda apertada, Sabrina levará na bagagem o roteiro da comédia “Concurso Público”, que filmará em janeiro com direção de Pedro Vasconcellos. w ORDEM MANTIDA A Globo vai manter a mesma ordem deste 2012 na sua terceira faixa de shows no ano que vem. Primeiro, em abril, entra o “Globo Mar”, com Poliana Abritta e Ernesto Paglia. Na sequência, “Amor e Sexo”, da Fernanda Lima, e por último o “Na Moral”, com o Pedro Bial, em sua segunda temporada. w EDIÇÃO JOGOU CONTRA “The Vampire Diaries”, do canal Warner, é um sucesso da televisão americana, atualmente na 4ª temporada. Porém, em sua estreia pelo SBT, nas férias do Ratinho, entre 26 de dezembro de 2011 e 13 de janeiro de 2012, pouco representou em resultados de audiência devido à edição, sofrível, realizada pela emissora. Muitas cenas foram cortadas. Numa dessas, é melhor não botar no ar.

RELACIONAMENTOS COMPLICADOS Depois de “Rebelde”, Pérola Faria foi confirmada no elenco de “Dona Xepa”, próxima novela da Record. A personagem é Yasmin, uma jovem criativa, que desenha as próprias roupas e trabalha num ateliê. Serão muitos os problemas com a mãe preguiçosa, Marcela Muniz, e também com a mãe do namorado, Edson, Arthur Aguiar, filho de Xepa – atriz ainda não definida.

w AÍ... É assim: esta santa coluna falou que determinado programa pararia nesta temporada. Não estava nos planos da sua emissora para o ano que vem. Um dos “donos” dele, todo sentido e melindrado, esbravejou e choramingou. Disse que não era daquilo. Virou inimigo de infância. Pior é que agora tudo se confirma. O programa vai mesmo acabar. Que chato! w EM BUSCA DE UM DESAFIO Convidada para o elenco de “O Pequeno Buda”, a Nathalia Dill, inicialmente, foi oferecido um tipo comportado. Mas, decidida a sair desse uni-

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Viajar de repente fica mais interessante do que nunca: Mercúrio entra Sagitário! O que estava tão longe parece mais próximo e você vai atrás de informações novas. Arejamento, aventura e novidade são o tempero da sua vida agora.

Leão 22/07 a 22/08 Mercúrio em Sagitário é a novidade de hoje. Movimentação esperada no campo amoroso, sem duvida, e alguma preocupação envolvendo filhos e como cria-los e educa-los. Sua criatividade vai aos céus, aproveite a boa onda.

Sagitário 21/11 a 21/12 Todo aquele monte de coisas que você amaria dizer ás pessoas finalmente pode ser expresso - mas é essencial que mostre ser adaptável e pronto a rever alguns pontos de vista. Mercúrio traz também nervosismo e dispersão.

Touro 21/04 a 20/05 O planetinha dos comunicadores, Mercúrio, passa a Sagitário agora; ai a comunicação se faz mais difícil por causa da fé. A fé não combina com questionamentos. Negocie bem seus preços, evite gastar o que ajuntou até agora.

Virgem 23/08 a 22/09 Como planeta que comanda seu signo, Mercúrio sinaliza muitos de seus caminhos. Agora, por exemplo, ele informa que chegou o momento dos altos papos com a família. Mas seja flexível, e humilde ao discutir para ser aceito.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Que tem um monte de gente que exagera no que fala para impressionar você, é coisa que já sabe. Agora começa uma fase de mais exageros e adulações, promessas vazias, passageiras. Ainda bem que você percebe tudo na hora.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Seu planeta regente vai ao outro lado do horizonte. Em Sagitário, as formas do entendimento se multiplicam, o planeta da fragmentação entra em curto circuito. Você nas mãos do outro, os outros nas suas. Paralisia ou invenção?

Libra 23/09 a 22/10 Um cur to período de curiosidade intensa começa hoje. Mercúrio em Sagitário é como um desper tar de habilidades adormecidas; você só tem de maneirar na hora de explicar o que acha e como entende o que faz.

Aquário 21/01 a 19/02 Entre seus amigos, um há que pode mostrar sentimentos um tanto românticos agora. Você fica sem saber com quem está lidando. Não leve em conta as conversas insistentes. É para impressionar e confundir.

Câncer 21/06 a 21/07 A partir de hoje e até o começo de 2013 você tem mais é que caprichar no cuidado com a saúde. Tenha paciência com os detalhes - na hora de contar ao médico o que sente de verdade. Atenção a papeis e documentos.

Escorpião 23/10 a 21/11 Clima astral movimentado com a chegada de Mercúrio em Sagitário, o signo que domina suas finanças. Você recebe de volta um monte de coisas que foram prometidas desde o mês passado. Bônus e pagamentos, enfim!

Peixes 20/02 a 20/03 Seu cônjuge se tornará enfático para mostrar o quão ocupado e ligado em seus próprios interesses estará. Os eventos sociais a que ele terá de cumprir são muito chatos pra você. Faça seu programa. Problemas com clientes.

19:00 / 21:40 CINEMARK 7 - HORA:21:50 TRÊS HISTÓRIAS, UM DESTINO - (10 ANOS) MOVIECOM 3 - HORA:17:00 / 21:20

19:45 / 21:50 CINEMARK 5 - HORA:14:20 / 16:30 / 18:50 / 21:10; HORA:23:20 (SÁB) A ORIGEM DOS GUARDIÕES (LIVRE) MOVIECOM 6 - HORA: 15:10 / 17:20 / 19:30 CINEMARK 7 - HORA:14:30 / 17:00 / 19:20 CINEMARK 7 - HORA:11:00 (SÁB)

CINEMA A ORIGEM DOS GUARDIÕES (LIVRE) MOVIECOM 1 – HORA:14:00 / 16:10 / 18:20 / 20:30 GONZAGA - DE PAI PRA FILHO - (12 ANOS) MOVIECOM 2 - HORA:16:35 / 21:35 CINEMARK 4 - HORA:12:30 / 15:00 / 17:55 / 20:50 AMANHECER - PARTE II - (12 ANOS) MOVIECOM 2 - HORA:14:10 / 19:10 MOVIECOM 6 - HORA:21:40 MOVIECOM 7 - HORA:14:00 / 16:30 / 19:00 / 21:30 CINEMARK 1- HORA:12:40 / 15:20 / 18:00 / 20:40; HORA: 23:15 (SÁB) CINEMARK 6 - HORA:13:40 / 16:20 /

ERA UMA VEZ EU, VERÔNICA - (16 ANOS) MOVIECOM 3 – HORA:15:00 : 19:20 OS PENETRAS - (14 ANOS) MOVIECOM 4 - HORA:15:05 / 17:15 / 19:25 / 21:35 CINEMARK 2 - HORA:14:00 / 16:10 / 18:30 / 21:00; HORA: 23:30 (SÁB) QUATRO AMIGAS E UM CASAMENTO - (16 ANOS) MOVIECOM 5 – HORA:15:35 / 17:40 /

Praia do Jericoacoara, Ceará. w Com muita classe e elegância, Anelise de Oliveira apresentou o “Jornal do SBT – Noite”, ao lado do Carlos Nascimento. w A titular, Karyn Bravo, foi deslocada para o evento do João Doria. w Tiago Leifert gravou o “Altas Horas” do Serginho Groisman. w O SBT possui quatro opções de formato para André Vasco e os jurados do “Astros”, mas a direção ainda não fez a sua escolha.

C´EST FINI Desde a chegada de Gilberto Barros à Rede TV!, surgiram rumores de que, além de um programa aos sábados, ele poderia comandar um outro, também semanal ou até diário. Todos sabem das dificuldades, principalmente técnicas, que o apresentador encontra, atualmente, na emissora. De qualquer forma, ele já tem alguns títulos à sua disposição, como “Domingo Total” e “Domingaço”. A coluna não poderia terminar sem uma festinha particular ao Silvio Santos. O nosso herói está chegando hoje a vitoriosos 82 anos de vida. Parabéns. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

>> TV - TUDO w VICTOR VAI CASAR Mais um caso de amor à primeira vista. Ou paixão fulminante como preferem alguns. Fato é que o namoro do cantor Victor, da dupla com Léo, está a caminho de um altar muito próximo. A escolhida é Cláudia Swarowsky, apresentadora comercial do “Domingão do Faustão”. O casamento foi marcado para fevereiro.

Quarta-feira

O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA - (10 NOS) CINEMARK 1 – HORA:23:55 (QUI) OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

verso das patricinhas ou de mocinhas acima de qualquer suspeita, com jeitinho, ela encaminhou pedido à direção da novela para fazer uma coisa bem diferente de tudo isso. E foi atendida. w NADA A VER No fim da semana passada, alguns funcionários do SBT repercutiam a notícia que a emissora teria conseguido uma liminar na justiça para barrar a obra do heliporto, que está sendo construído ao lado da sua sede, em Osasco. Mas não. Consultado, o jurídico da emissora diz que eles não entraram com ação nenhuma. Foram feitas apenas matérias jornalísticas.


Cidade

Quarta-feira

Natal, 12 de dezembro de 2012

Voluntários fazem campanha para aumentar o estoque de sangue GRUPO

SAIRÁ ÀS RUAS ENTREGANDO PANFLETOS E CONVIDANDO DOADORES

Para ajudar a regular o estoque de sangue em todo o Brasil, um grupo de voluntários organizou uma campanha para angariar um grande número de doadores, em um movimento solidário. A Campanha Doe Sangue Brasil, está em sua segunda edição, começou no último dia 25 de novembro e segue até o próximo dia 15, e neste ano tem como tema "Seja super HEROI, faça a sua campanha pela VIDA!". No Rio Grande do Norte, a campanha está sendo divulgada e organizada pelo grupo Doe Sangue RN, liderado por jovens voluntários que fazem um trabalho de conscientização através de mídias sociais, postando informações, pedidos, e notícias sobre a importância da doação de sangue. O movimento com apoio de membros da Ordem DeMolay e da Ordem Internacional das Filhas de Jó, que trouxeram o projeto em 2012 para o Rio Grande do Norte. O movimento está realizando ações de conscientização nos municípios de Natal, Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros. De acordo com o coordenador do Movimento Doe Sangue RN, Auklley Cabral, a população precisa realizar esse ato com maior freqüência, pois o sangue é uma necessidade praticamente diária no período de festas. "O Brasil todo têm apenas 2% de doadores de sangue, que o fazem regularmente, e em virtude desse baixo número, os estoques nunca são suficientes. Por isso organizamos essa campanha, para incentivar mais pessoas a fazerem o mesmo, pois nesse período de festas de fim de ano, e férias, é um período bas-

Herácles Dantas

Para o coordenador Auklley Cabral, a população deve entender a doação de sangue como hábito rotineiro a ser mantido tante crítico, onde há maior índice de acidentes, enfim, é um momento em que os bancos de sangue devem estar lotados, mas que infelizmente não estão. Por isso criamos por iniciativa própria este

No próximo sábado será o "Dia D" da Campanha estenderá até o dia 15 de dezembro, denominado DIA "D" da Campanha Doe Sangue Brasil, que além do Rio Grande do Norte, será realizada no Rio

O período de festas de fim de ano, e férias, é um período bastante crítico, onde há maior índice de acidentes movimento aqui no Rio Grande do Norte, e contamos com a colaboração de todos, para fazer a diferença pelo menos em nosso Estado", disse Auklley.

de Janeiro, Paraíba, Alagoas e Minas Gerais. No Rio Grande do Norte, integrantes do Movimento Doe Sangue RN sairão às ruas entregando

panfletos e distribuindo cartazes em estabelecimentos, convidando a população a dirigir-se aos pontos de coleta de sangue. Para participar da campanha, basta ir ao Hemocentro mais próximo e fazer a doação. Em Natal, as doações de sangue podem ser feitas: Na sede do Hemocentro (avenida Alexandrino de Alencar, Tirol ), de segunda à sábado, das 7h às 18h. Unidade Móvel - Centro (em frente à Catedral Metropolitana ) de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h30 e das 13h30 às 17h. Posto de Coleta Zona Norte Centro Cultural de Natal (Avenida João Medeiros Filho, Potengi), de segunda à sábado, das 8h às 17h.

> EXPO CONECT WORLD

Natal receberá a feira de tecnologia e conectividade em agosto de 2013 Geeks, nerds, gamers, cientistas e, sobretudo, empreendedores que trabalham ou desconhecem a importância de atividades para inovação, ciência, cultura e entretenimento digital têm um encontro marcado. Entre os dias 19 e 23 de junho de 2013, no Centro de Convenções de Natal, será realizada a Expo Connect World, feira de tecnologia e conectividade que promete alterar configuração do mercado local. Realizada pela O.S. Comunicação, o evento é voltado para empresas, instituições e prestadores de serviço que, de forma integral, incipiente ou como projeto futuro, pensam na tecnologia como ferramenta de trabalho. Com 196 estandes a serem comercializados, dois auditórios preparados para palestras com profissionais e especialistas locais e nacionais, a proposta é de divulgar produtos, conhecer e interagir com as novidades sobre o nicho que mais cresce no mundo dos negócios. Segundo Ocimar Damásio, um dos organizadores da feira, "ao contrário de feiras anteriores, que eram focadas na venda de equipamentos, queremos alertar e mostrar para as empresas as possibilidades de trabalhar com conectividade, seja através da mídia, redes sociais, softwares e qualquer estratégia de mercado que envolva tecnologia. Os empresários que não pensam nisso vão se surpreender com o evento e verão que estão ficando para trás". Inspirada na icônica Campus Party, feira espanhola criada há 16 anos, que em 2008 estreou com grande sucesso em São Paulo, a Expo Connect World ocorrerá du-

Wellington Rocha

Evento acontece durante cinco dias no Centro de Convenções e expectativa é de receber mais de 40 mil visitantes rante cinco dias, com a expectativa de receber mais de 40 mil visitantes. "Foram dois anos de pesquisa, em que viajei pelo Brasil e pelo mundo conhecendo outras feiras para assegurar que faremos, aqui, uma igual ou, pelo menos, semelhante, no que se refere a profissionalismo. Estaremos no mesmo nível das similares da região, pela forma com que faremos o evento". Em um momento de transformações culturais impulsionadas pela tecnologia, a oportunidade de reunir durante um curto, porém intenso período, idéias, ferramentas e soluções deve ser observada por empresários locais como um encontro com o futuro. "O pessoal

está acordando para a realidade de que precisa estar conectado. Ainda há muito o que avançar, mas acredito que, em dois anos, Natal estará bem equiparada com as grandes capitais do Nordeste". Além de empresas locais que já são referência nacional na área de tecnologia e serviços correlatos, como na criação de sites, softwares e aplicativos, instituições educacionais que oferecem ensino à distância, escolas que possuem laboratório de informática e centros de tecnologia estão na rota de interesse da Expo Connect. "O mundo esatá plano. Só vai sobreviver a empresa que trabalhar desta forma. E mesmo leigos, queremos abrir a

mente dos empresários para essa realidade". Se, no passado, eventos dessa natureza eram divulgados através de convites impressos que sujam a cidade, "agora, usamos o Facebook, o Twitter, mensagens de texto nos celulares e atingimos muito mais gente. Vamos discutir com os expositores se podemos abrir a feira o dia inteiro, em vez do tradicional horário das 14h às 22h. Seria interessante para podermos levar alunos na parte da manhã", conclui Ocimar. As empresas interessadas em adquirir estandes na Expo Connect World devem procurar a O.S. Comunicação através do telefone 3206-2255.

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 12 de dezembro de 2012

Quarta-feira

Érika Nesi erikamnesi@hotmail.com

O homenageado hoje é Guilherme Vasconcelos Mendes, ícone no esporte, especificamente no futebol, onde sempre se revelou um craque, tendo acumulado inúmeras medalhas e troféus (de artilheiro). Era filho de Gregório Mendes da Silva e Iranise Vasconcelos da Silva (in memorian), tendo nascido em 18/11/1965, na cidade de Parnamirim/RN, e falecido em 15/06/2012, após uma difícil batalha contra um câncer no pâncreas (após ter vencido, em 2009, outra contra um na região linfática). Integram, ainda, a sua família as irmãs Flávia Vasconcelos Mendes Cascudo Rodrigues, casada com Jorge Ivan Cascudo Rodrigues Filho, e Sílvia Vasconcelos Mendes Ferreira, casada com Newton Gonçalves Ferreira, e os sobrinhos Pedro Henrique Mendes Ferreira e João Victor Mendes Ferreira. Formado em Engenharia Civil e Ciências Contábeis (na UFRN), foi funcionário público da Justiça Federal do Rio Grande do Norte de 1993 a 2012, onde, após a sua partida, foi homenageado com a colocação de seu nome na Secretaria da 4ª Vara, que passou a se chamar "Secretaria Guilherme Vasconcelos Mendes". Outras homenagens lhe foram prestadas, dentre as quais: a dos amigos e contemporâneos do Marista, nos jogos do Colégio deste ano, tendo o time dos ex-alunos do Pré de 83, ao qual ele pertenceu, usado, em sua camisa, a inscrição "Amigos de Guilherme"; a do TRF da 5ª Região (sediado em Recife/PE), cujas últimas Olimpíadas tiveram o seu torneio society denominado "Torneio Guilherme Vasconcelos Mendes", e a da Associação dos Servidores do TRT da 21ª Região (com sede em Natal), cujo XII Campeonato de Mini-Futebol premiou os atletas da equipe vencedora - a da Justiça Federal do RN, que tantas vezes ele defendeu, e que dedicou essa vitória a ele com medalhas que tinham gravadas, no verso, uma foto dele e seu nome. UNANIMIDADE "Guilherme era uma pessoa especial, não por ser meu irmão, mas porque era um ser humano diferenciado. Quem conviveu com ele sabe que era um menino crescido. Naquele corpo de homem, nos seus 46 anos, batia, em verdade, o coração de um menino bom, puro, ingênuo, sincero. Talvez isso explique a sua enorme empatia com as crianças. Em meio a tanta saudade, conforta-me saber que ele era querido por todos que o conheceram. Foram muitas, mas muitas mesmo, as demonstrações de solidariedade, admiração, carinho e bem-querer pelo ser ímpar que ele era, tanto que não há uma só pessoa que não gostasse dele. Para gostar de Guilherme bastava conhecê-lo. Ele era uma unanimidade. Isso me foi dito várias vezes quando das muitas visitas, telefonemas e mensagens enviadas pelos amigos quando de sua internação e após a sua partida. Amigos das ruas onde morou, do Marista, da pelada (o futebol era a sua grande paixão, torcedor que era do América e do Flamengo) e da Justiça Federal." (Flávia Vasconcelos) BELEZA DA ALMA "Agradeço a Deus por ter me dado um irmão maravilhoso e ter me permitido conviver com ele todo esse tempo. Essa convivência representou para mim amor, amizade, união e respeito. Acho que conseguimos aprender o que os nossos pais nos ensinaram com tanta dedicação. Agradeço a Deus por cada momento que passei com meu irmão, na alegria e na tristeza. Não precisávamos de palavras. O nosso amor não era pronunciado através delas, mas revelado em gestos e atitudes. Quem conheceu Guilherme sabe do ser humano que ele era. Totalmente do bem, sem maldade. A ponto de as pessoas dizerem que ele tinha a inocência e a pureza de uma criança. Ele era lindo por fora, mas sua beleza maior era a de dentro, a da sua alma." (Sílvia Vasconcelos) SERVIDOR DO PÚBLICO "Discreto, Guilherme, nos vários anos nos quais trabalhou na 4ª Vara, foi um servidor exemplar. Honesto, dedicava não somente o tempo regulamentar de sua jornada de trabalho, mas o tempo necessário ao bom andamento dos serviços. Atuava sempre com extremado zelo no exercício de suas tarefas. Foi mais

ÍCONE FASHION Guilherme Vasconcelos Mendes

do que um servidor público, pois, na realidade, foi um servidor do público. Isso sem prejuízo de cultivar boa amizade e de momentos de recreação com os seus colegas de trabalho.Lamentavelmente, foi, como a maioria das grandes pessoas, colhido pelos desconcertos da vida." (Desembargador Federal Edilson Nobre) SIMPLICIDADE E MODÉSTIA "Sua dedicação e produtividade eram assustadoras. Sempre um dos primeiros a chegar e dos últimos a sair do trabalho. A Justiça Federal era uma extensão de sua família. Tenho certeza que nenhum funcionário ficará sentido se eu disser que ele era o melhor funcionário da Vara. Aliás, os próprios colegas o elegeram o melhor. Mas ele não quis ser eleito. Fez 'campanha' pelo nome de outro excelente servidor e seu amigo, Orlando. Era de uma simplicidade e de uma modéstia comovedoras. Guilherme tinha um jeito próprio de ser. Era americano. Mas achava sempre um jeito simpático de mostrar que o seu time América, ganhara no dia anterior, sem dizer nada, sem gozação. Era de uma fidalguia exemplar também no atendimento ao público, principalmente com os mais pobres. As partes e os advogados o adoravam. Soube por um deles que Guilherme chegava a dar dinheiro para o lanche da pessoa que atendia, quando identificava que ela estava com fome. Grande perda a nossa. Mas Deus promove também por merecimento. E acho, sem nenhuma preocupação com o lugar-comum, que o cha-

mou cedo porque ele era um dos melhores. Foi ter com o Pai cedo por merecimento." (Juiz Federal Janilson Bezerra de Siqueira) AMOR AO TRABALHO "Para quem, como eu, que teve uma convivência com Guilherme na 4ª Vara, quando lá estive em substituição, silenciar e nada expressar em relação a ele é cometer o maior dos pecados. Desfilar algumas palavras de gratidão e de reconhecimento, ainda que timidamente, como bem o identificava, parece se revelar na melhor forma de homenageá-lo e confortar a família e os amigos, que sofrem com a dor da saudade. Diria eu que Guilherme fez parte de uma geração de servidores da JF de elevada competência e amor à instituição. Existe uma leva de funcionários da Justiça que, verdadeiramente, a ela dá mais do que recebe, como preconiza a famosa oração de São Francisco. E Guilherme não fugia a essa lição. Por isso, representa - e representará sempre - o nosso orgulho. Dedicado, que se antecipava sempre às metas estabelecidas. Era prestativo, solidário, não contava os minutos para ir embora da Justiça, ao final do expediente, e, principalmente, tinha um coração enorme. Para mim, a bondade de seu agir era a maior de suas virtudes, não a timidez." (Juiz Federal Carlos Wagner) “GRANDE GVM” "Meu orgulho e gratidão ao destino por ter sido amigo de Guilherme, - a quem eu sempre saudava dizendo 'grande GVM'-, pessoa ilu-

minada, que só pensava no bemestar comum, amigo de todos, cativante pela sua espontânea vontade em sempre e desinteressadamente servir. Daí a expressão 'como o jeito Guilherme de ser', que todos da 4ª Vara sempre dizíamos - e continuaremos saudosamente dizendo -, quando em referência a alguma atitude altruísta ou cortês por parte de alguém. Sua história, para todos nós que lhe conhecemos, não terminou nem terminará. Tomando de exemplo seu modelo de lealdade e devoção aos amigos, à família e à causa pública, seguiremos, na tentativa constante e obstinada de nos aprimorarmos enquanto seres humanos, e de, espelhados em suas sábias e nobres atitudes, sermos melhores em tudo a que nos propusermos fazer." (Márcio Fabiano L. Silva) FUTEBOL, MÚSICA E CINEMA "Dele guardarei, para sempre, algumas grandes recordações: seu desprendimento em presentear os colegas; seu jeito companheiro, generoso, discreto e parceiro, sempre disposto a ajudar, inclusive servidores de outras secretarias ou recém-empossados, fazendo-o com maestria e paciência; seu comprometimento com nossa instituição, sua pontualidade britânica e a ausência de pressa de ir para casa até em um ensolarado sábado. Um verdadeiro 'trator'. Suas três conhecidas grandes paixões: futebol, música e cinema. No primeiro, sempre foi um exímio atacante e goleador, americano convicto e espectador assíduo das resenhas esporti-

vas transmitidas pelas rádios. Na música, quem não tem um playlist dos temas de cinema que Guilherme selecionou com tanto bom gosto? E, no cinema, como colecionador, era nossa verdadeira enciclopédia ambulante. Por todas essas boas lembranças, fica aqui a certeza de que Deus, que está ao seu lado, reservou a Guilherme um descanso merecido. Sabemos que a sua missão foi cumprida e que o grande ser humano que ele foi está feliz, iluminandonos, amigos e familiares, com todo o seu brilho e amor. Esta luz, temos a certeza, jamais se apagará." (Orlando Gomes Cortez) HOMENAGEM 'Hoje outros craques repetem as suas jogadas; ainda na rede balança seu último gol; mas pela vida impedido parou; e para sempre o jogo acabou; suas pernas cansadas correram pro nada; e o time do tempo ganhou'. Chega 1977, outubro, o mês mais esperado do ano. Até mesmo do que o das férias. Tudo por conta das Olimpíadas Infantis. A 5ª Série era a mais velha do período vespertino e essa foi a nossa última olimpíada infantil. A partir da 6ª Série jogaríamos a Champagnat, um nível acima, com os maiores. As séries foram distribuídas com nomes de países. Minha turma - 5ª 'E' - seria a Inglaterra. Mas o craque mesmo naquela olimpíada infantil foi um magrelo, esguio, que no alto dos seus 11/12 anos já demonstrava para todos o que era jogar futebol. Sua habilidade com a bola aliada ao biótipo físico se impunha frente os

demais garotos, quase todos franzinos e pequenos. Os maiores como chamávamos os reprovados -, nem eles eram páreo para Guilherme, esse o nome do menino que chegara novato no colégio para encantar quem o via jogar. Era introvertido, resguardado, tímido em excesso. A alegria com que jogava bola era inversamente proporcional ao seu acanhamento. Parecia que tinha vergonha até mesmo de comemorar seus tantos gols a cada jogo. Guilherme virou Guilherme 'Vareta', alcunha infanto-juvenil que carregou para sempre. O futebol de salão lapidou o garoto. O ginásio do Maristão passou a ser o salão onde ele brincava o seu carnaval, dando um baile nos adversários, sem máscaras, com aquele rosto sério partindo com a bolada colada nos pés em direção ao gol oposto como que cantasse 'ô abre alas que eu quero passar'. Era um mestre-sala que contribuía para a evolução do time e incendiava a bateria da torcida. A nota 10 ao fim do jogo era o enredo que se sabia antes mesmo de entrar em campo. E assim passou o tempo. Tantas outras olimpíadas, depois representando o Marista em jogos escolares estaduais e regionais. Nosso time era perfeito, apesar da sorte nos dar as costas nos momentos de decisão.O introvertido Guilherme somente com poucos amigos se mostrava mais relaxado. Era no 'Alvorada', um grupo de jovens sob a liderança do Ir. Milson, nos encontros de formação na casa dos Irmãos em Ponta Negra. Ali ele virava moleque. Ao sair do colégio manteve-se a desfilar seu futebol habilidoso no time de Engenharia Civil da UFRN, num outro time imbatível que também fez história nos Jogos Universitários nos anos 80. Dividia-se entre o futebol - o América e o Flamengo - e a música, outra de suas paixões. Comprava LP's, CD's, DVD's, revistas sobre músicas, colava notícias em cadernos específicos das bandas e de cantore(a)s de sua preferência. Da universidade seguiu para a Justiça Federal, onde foi aprovado em concurso público. Lá fez outros amigos, passou a ser tão admirado quanto em nosso colégio, mas não mudou sua forma de agir. Com alguns mais próximos colegas de trabalho revelou-se aquele mesmo molecão que só nós, do Grupo Alvorada, conhecíamos. Como alguém tão intimista podia atrair tanto bem-querer? Então o destino, como um zagueiro viril que segue impiedosamente o craque-artilheiro, se pôs a sua frente para interromper uma trajetória vitoriosa e feliz. Guilherme usou ainda sua habilidade, sua ginga, driblou o destino uma vez, e com a ajuda de um exército de amigos e de times adversários que se uniram para pedir a Deus pela sua vitória pessoal, seguiu em frente, elegantemente, certo de que havia vencido aquela loteria. Mas o zagueiro-destino, traiçoeiramente, surgiu inesperado, derrubando o craque, o atleta, o moleque, o menino, o homem, o filho, o irmão, o amigo, o colega, interrompendo a sequência ao caminho do gol que ele tantas vezes encontrara, justamente na véspera da partida decisiva do time em que ele tantas vezes ajudou a erguer a taça. Um cara que viveu do seu jeito, que escolheu viver sozinho, mas que surpreendentemente arrebanhou amigos que estiveram do seu lado até o fim. Que foram fiéis e leais a sua história, ao seu legado, e que aplaudiram de pé teu último lance nesse jogo da vida, quando a laje se pôs sobre aquele curto espaço em que foi colocado e que para você, numa quadra, num campo de futebol ou de pelada, seria um latifúndio. Como os versos da música 'Balada número 07', de Moacir Franco, que abriu esta homenagem,todos nós que tivemos oportunidade de te conhecer, de jogar, estudar, trabalhar com você, cantaremos, emocionados, o refrão: 'Cadê você, cadê você, você passou, O que era doce, o que não era se acabou, Cadê você, cadê você, você passou, No vídeo tape do sonho, a história gravou'. Até um dia, amigo.Obrigado por ter convivido com a gente." (Kolberg Luna)


FLIP 12/12/2012