Page 1

Sábado e Domingo

Ano XVI w

NATAL-RN, 3 E 4 DE MAIO DE 2014 w Nº 4.924

R$1,00 w jornaldehoje.com.br

LÍDER DO PMDB É CONTRA PEDIDO DE IMPEACHMENT DE ROSALBA

GARIBALDI FILHO ALEGA QUE AINDA NÃO EXAMINOU O PROCESSO E AFIRMA: “À PRIMEIRA VISTA, NÃO SOU FAVORÁVEL AO IMPEACHMENT”. COORDENADOR DO MARCCO PEDE QUE SOCIEDADE PRESSIONE DEPUTADOS A CASSAR GOVERNADORA POLÍTICA 3 E 5 José Aldenir

> PESQUISA EM MOSSORÓ

Francisco José Jr. continua com maioria de quase 30% dos votos contra Larissa POLÍTICA 3

> VIOLÊNCIA EM NATAL

Italiano diretor do Alecrim Rugby é executado na porta de casa em Capim Macio Enzo Albanese, de 42 anos, foi morto a tiros por volta das 20 horas desta sexta-feira. De acordo com informações da polícia, dupla chegou num Corolla de cor clara e parou em

frente à residência do italiano. Após discussão, um dos acusados desceu do veículo e atirou na cabeça de Enzo. Ainda segundo a polícia, o italiano vinha sofrendo ameaças há alguns dias. CIDADE 10

Heracles Dantas

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE

> PONTA NEGRA

Criminosos atuam diariamente no principal ponto turístico de Natal Assaltos, furtos, ameaças e os mais diversos tipos de ações criminosas acontecem praticamente todos os dias na orla da praia urbana, principalmente nas proximidades do Morro do Careca. Escadarias construídas para

Dalton Mello de Andrade Jurandyr Navarro Marco Emerenciano Públio José Cid Montenegro Elviro Rebouças

OPINIÃO - Página 2

facilitar o acesso das pessoas são utilizadas como rota de fuga dos meliantes. Segundo comerciantes da área, em quase 100% dos casos os criminosos estão armados e são maiores de idade. CIDADE 10 Heracles Dantas

> TREINAMENTO

Corpo de Bombeiros capacita voluntários para agir em casos de emergência na Copa CIDADE 8

> ARENA DAS DUNAS

Clássico entre América e ABC, neste sábado, é o último teste da Fifa para a Copa em Natal ESPORTE 15

Primeiros socorros, controle de pânico e combate a incêndios foram alguns dos assuntos discutidos na manhã deste sábado na UFRN

Marcos A. de Sá

Túlio Lemos

Daniela Freire

Vicente Serejo

Hemetério Gurgel

Página 12

Página 13

Página 14

SYLVIA SÁ INTERINA

Página 7

Página 3

w Em caso de vitória de Sil- w Receita informa procedimenveira em Mossoró, se configu- tos para entrega atrasada da declaração do Imposto de Renda. ra a derrota do acórdão. INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,24 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,32 R$ 2,24

Euro x real R$ 3,10 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 11%

w Kassab disse a Robinson que campanha no RN é uma das 3 prioridades do PSD em 2014.

EMAIL REDAÇÃO:

w As honras e os versos de W. Dantas Cavalcanti nos cem anos de Dorival Caymmi.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE SITE:

w Delivery só de Carne. w Eleição de Mossoró não dá vantagens na Estadual.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

DALTON MELLO DE ANDRADE, professor universitário - aposentado (dandrade@ufrnet.br)

Opinião Artigo

Artigo

Li, confesso que com espanto, a adoção da sharia, a lei islâmica, em tribunais britânicos, especialmente em decisões referentes às mulheres. É o que está nas páginas do "The Telegraph" do dia 23/3 - A lei islâmica é adotada por autoridades legais britânicas -. Uma decisão difícil de entender, mesmo restrita aos muçulmanos. Pior, me parece, a notícia também publicada no mesmo jornal do dia 20 de abril, informando que extremistas muçulmanos procuram "islamizar" escolas na cidade de Birmingham, onde há uma quantidade maior de imigrantes muçulmanos. As autoridades inglesas batizaram essa tentativa de "Cavalo de Tróia", por razões óbvias, e estão desmontando o esquema. Essa ingerência já estava tão avançada, que o departamento de fiscalização do ensino, em alguns casos, está pensando em até fechar algumas dessas escolas. Apenas uma, das 17 escolas inspecionadas, estava com o que se pode chamar de "bilhete azul". Todas as demais estavam contaminadas, inclusive com perseguição aos estudantes não mulçumanos. É o caso de dizer: democracia tem limites, estabelecidos por suas leis. E esse limite é o momento em que começa a ser destruída por extremistas. Ou a Europa acorda, ou perde sua identidade ocidental. E nós, por aqui, especialmente com esse governo entreguista, precisamos estar atentos.

JURANDYR NAVARRO, do Conselho Estadual de Cultura

Ulisses de Góes (2) A Educação, com "a Escola de Comércio do Professor Ulisses de Góes", serviu de alavanca para muitos dos seus alunos ocuparem, na maioridade, posição de relevo na sociedade da Cidade dos Reis Magos. Cooperativismo - na gestão do Bispo D. José Pereira Alves, em Agosto de 1926, é fundada a Caixa Rural e Operária de Natal, com Ulysses de Góes à sua frente. A primeira Cooperativa de Crédito de Natal foi composta de Ulisses de Góes, Perceval Caldas, Juvino dos Santos, Felipe Nery de Andrade e Clidenor Pereira. O seu número teve um crescendo significativo em pouco tempo, levando-se em conta o natural atraso da época. Mesmo assim, no curto período de seis anos - 1931-37, já contava cerca de vinte e quatro Cooperativas, sendo dezessete Caixas Rurais, uma Caixa de Crédito operária e uma Cooperativa de Consumo de Funcionários Públicos. No início dos anos cinquenta já existiam sessenta e dois estabelecimentos de crédito cooperativos no Estado do Rio Grande do Norte. O trabalho encetado pelo Professor Ulisses granjeou adeptos e seus frutos se multiplicaram. Em 1951, a 16 de Julho, a Congregação Mariana criou o Instituto de Assistência aos Cegos e Surdo-Mudos, que ficou sob a direção criteriosa do médico Ricardo Barreto. Mantinha tal Instituto, uma Escola de leitura do método Braile. Desenvolvimento Econômico - Dotado de um cérebro atilado para liderar e administrar não podia ficar insensível à necessidade inadiável, naquele tempo, da implantação da eletrificação, para acionar a incipiente indústria riograndense. Foi com denodo que Ulisses de Góes se atirou de corpo e alma nessa Campanha, nos anos cinquenta para os anos sessenta, até a sua consumação no Governo Aluízio Alves. Imprensa - Em 1922 o Bispo D. Antônio dos Santos Cabral cria o jornal "A Palavra", como órgão da Congregação Mariana. Dois anos depois, o então grande orador sacro, D. José Pereira Alves, funda o jornal "Diário de Natal". Neste matutino o Professor Ulisses teve participação ativa ao lado do Monsenhor João da Matha Paiva, Alberto Roselli, José Ferreira de Souza, Oscar Wanderley e outros. Perdurou até 1932. Neste ano foi criado o "Centro de Imprensa" da Diocese, a 30 de setembro. Inicialmente foi dirigido pela cúpula do marianismo: organizado o centro, surgiu o vespertino "A Ordem"! Compunham a organização Otto de Brito Guerra, o Padre Luiz Monte, Ulisses de Góes, Felipe Nery, Francisco de Oliveira Neco, Francisco Veras Bezerra, Hemetério Serrano Lyra, José Borges de Oliveira, Manoel Genésio Gomes, Vital Joffili, Manoel Rodrigues de Melo, Monsenhor Alves Landim e outros. O seu primeiro número circulou a 14 de Julho de 1935, com o Editorial escrito pelo Padre Luiz Monte, intitulado "Nossos Propósitos". O jornal durou cerca de trinta e cinco anos, até o final da gestão de D. Eugênio Sales como Bispo de Natal. Esse grupo enxergou a grande força do jornal numa comunidade. Na Igreja, o Púlpito deveria ser ampliado. É o jornal o arauto dos tempos modernos. A mensagem humana sempre teve a necessidade de uma tribuna para ditar as normas da sociedade politicamente organizada. Com os Hebreus a Assembleia dos Anciãos pregava a palavra da experiência. Surgiu a Agora da Polis, o Aerópago Ateniense, o Fórum, o Senado Romano. Hoje, a sua voz ecoa do Parlamento político, do Púlpito dos templos religiosos, da Praça pública. Ulisses de Góes visualizava o jornal não com o prisma encarado pela maioria das pessoas, ou seja, de mero divulgador de noticias, espécie de mensageiro que se conduz à frente das revistas e dos livros, a notícia em primeiro lugar, o mensageiro das novidades da política, da economia, das descobertas científicas, registrando a evolução das religiões, o desenvolvimento dos esportes, noticiando a tragédia e a comédia da vida, enfim, tudo que merecesse divulgação. Para ele o jornal não era somente esse diário noticioso, propagador de eventos sociais tinha ele, também, sobretudo, o seu valor intrínseco, como arma poderosa, podendo, com os livros e revistas, ser instrumento do bem ou do mal. Bem orientado e bem dirigido, sustentado pela alavanca da Moral, seria educador por

excelência, complementando a pedagogia das escolas. E, inversamente, acarretaria consequências danosas à sociedade. Daí a diferença entre a chamada imprensa noticiosa e a imprensa educativa. E se esta última envolver em suas matérias o bálsamo salutar da Religião, poderá ser chamada de Boa Imprensa. Esta, a imprensa de Ulisses de Góes. E não somente isto. Ele fazia jornalismo, não por diletantismo ou prazer pessoal, ou ainda profissionalismo; mas, imbuído do intento primacial de difundir o Bem: utilizar um dos veículos mais importantes da comunicação do mundo para essa finalidade, sem a qual, a imprensa seria transformada em balcão para negócios ou servir à politicalha, "a velha barregã e a malária dos povos", no dizer de Rui Barbosa. Incomensurável o valor do jornal, tal, o dos livros, revistas, rádio, televisão. A informação destes últimos são mais voláteis, desaparecendo com o efeito da imagem e do som, em minutos, da nossa percepção sensorial. O efeito do jornal, pelo contrário, perdura como do cinema gravado e da Internet. Passa o jornal de mão em mão, podendo ser lido e relido, continuamente, conduzindo o facho sempre aceso da informação. Ulysses de Góes sabia da importância fundamental da imprensa escrita, do seu fascínio, da sua alta literatura e do seu poder. Antes dele, Pio XI já havia alcançado e percebido o concurso valioso da imprensa católica, ao ponto de declarar ser ela a sua própria voz! Da mesma forma se expressou o seu sucessor, em relação à sua imperiosa necessidade. As afirmações dos dois Pontífices do mundo moderno foram postas em prática pela comunidade do catolicismo universal. São Francisco de Sales, no seu tempo, sentiu, também, a força da palavra escrita, enxergando que os Sermões proferidos dos púlpitos da sua Igreja, somente eram ouvidos por reduzido numero de fiéis. E teve a feliz ideia de redigir boletins e distribuí-los no seio da comunidade em que vivia, Anecí; e, depois, em Genebra, combatendo as heresias de Calvino, alcançando, dessa forma, um dilatado conglomerado social. Depois, essas notas avulsas receberam a denominação de "Controvérsias", por meio das quais, conseguiu converter inúmeros incrédulos. Foi São Francisco de Sales o primeiro jornalista católico, e, por tal, é hoje o Patrono dessa categoria profissional. Ulisses de Góes não só incentivou, e ajudou a criar jornais, mas, neles dava o seu testemunho eloquente, escrevendo muitos artigos e concedendo entrevistas as mais diversas. Pertenceu aos quadros da Associação Brasileira de Imprensa - ABI, e tem matrícula número 01 (um), na Associação do Rio Grande do Norte. O jornal, igualmente ao coração, marca o pulsar de uma sociedade: os seus propósitos, os seus anseios, as suas desditas, a sua esperança... Já houve quem dissesse ser ele uma enciclopédia. Notícias, divulgações, ilustrações de todos os matizes dão um colorido vivo às suas páginas. Cérebros inteligentes descortinam nos seus escritos paisagens de sabedoria Peças literárias radiografam a cultura de um povo. O legado do passado constrói a sua história. Heróis da santidade, do civismo pátrio, imolados da ciência nele recebem a sua homenagem. O jornal tudo registra: o crepúsculo do ancião, a sua dor; a aurora do jovem, a sua felicidade; o sorriso da criança, a sua alegria; o amor dos amantes, a prece do penitente, o heroísmo do mártir, a pureza da donzela, o triunfo do espírito sobre a matéria. A tudo o jornal noticia, fotografa e comenta. E ele o professor, o médico, o advogado, o padre. Podendo, também, ser o bandido... Nas suas linhas a sociedade é retratada e delas se utiliza para o intercambio da linguagem escrita; delas se utiliza para a cobrança de seus direitos postergados; utiliza-se delas para firmar sua cidadania amparada pela justiça e pelas normas civilizatórias. Das suas páginas partiu o J'Acuse! de Zola, que pôs em liberdade um inocente, limpando a honra vilipendiada. Tal o dever da Imprensa. Disto ela não pode se arredar sob pena de se transformar em instrumento propagador do maléfico. A Boa Imprensa, a imprensa católica, a imprensa de Ulysses de Góes, não pode fugir aos ditames das consciências sociais e patrióticas.

MARCO EMERENCIANO, advogado (marco@ferreiraemerenciano.adv.br)

Da cozinha catalã

Fundamentalismo Considero-me um sujeito aberto, sem preconceitos e sem raivas ou iras desmedidas. Daí, tenho muito medo de fundamentalismos. Que vêm se exacerbando nos últimos anos, de uma forma já doentia. Embora haja fundamentalistas políticos, o religioso me parece mais perigoso, com uma intolerância agressiva. Os países europeus, nos últimos anos, têm recebido grande número de mulçumanos. Nos países mais democráticos, especialmente os ocidentais, essa migração foi sempre bem recebida. Alguns outros países fazem restrições, que agora têm se mostrado aceitáveis, dado o comportamento extremista de alguns grupos desses imigrantes. Em vez de se adaptarem e assumirem a cultura dos que os recebem, tentam impor suas idéias e comportamentos. Querem implantar seus costume e preceitos em terra alheia. Poderiam ter permanecido na sua própria. Putin disse há poucos dias: recebemos aqui todos que queiram viver conosco, mas têm que aprender russo e viver como russos. Que não tentem impor suas vontades, pois não vamos aceitar. Certíssimo. Na Inglaterra, sem dúvida o mais democrata dos países, o comportamento desses imigrantes chega à absurdos. Tentam forçar a adoção de sua língua, sua religião, seus costumes, em vez de, como seria natural e óbvio, absorver a cultura na qual se inseriram.

Sábado e Domingo

Dia desses escrevi algumas linhas as quais atribui o título 'Tratados sobre a alimentação'. É um assunto que me interessa, sobretudo pelo aspecto histórico. Me referi a um exemplar de o 'Livro do Cozinheiro' (Libre del Coch, em catalão), versão em português de um manual de receitas medievais com o timbre do Instituto Brasileiro de Filosofia e Ciência Raimundo Lúlio (SP, 2010). A quem interessar, apenas para situar-se, renovo a informação de que Ramón Llull (1232-1315), também conhecido como Raimundo Lúlio, foi um laico próximo dos franciscanos, filósofo, poeta, místico, teólogo e missionário nascido na ilha balear espanhola de Maiorca. É considerado um dos criadores do catalão literário e um dos primeiros em usar uma língua neolatina para expressar conhecimentos filosóficos, científicos e técnicos, além de textos novelísticos. Seu nome serviu de inspiração para uma universidade de perfil humanista e cristão com sede em Barcelona, cujo edifício principal guarda traços modernistas. Uma referência no campo da educação. Esse 'Livro do Cozinheiro' é anterior ao nascimento de Cervantes em Alcalá de Henares. Publicado em 1520 na cidade de Barcelona, é um dos tratados da cozinha mais antigos da península ibérica. O ver-

Artigo

são para o Brasil tem prefácio de Sérgio Paula Santos, médico otorrinolatingologista pela USP, falecido faz alguns anos. Merece registro que, além da intensa atividade dedicada à saúde, foi escritor e cronista de vinhos, com livros publicados. Disse ele, em breves linhas, que estagiou na Universidade de Barcelona no final dos anos noventa e, com tempo suficiente para 'salir de tapas', encontrou em uma livraria um pequeno volume. Na verdade, era uma tese para a Universidade da Basileia, um estudo crítico sobre um livro de cozinha catalã, do século XVI, que na realidade é do século anterior. Em suas palavras, é o 'Libre Del Coch', de Mestre Robert, da filóloga austríaca Veronika Leimgruber. O próprio Sérgio Paula Santos já havia tratado desse livro em "Os primeiros livros de cozinha da Espanha" in "O vinho e suas circunstâncias", de sua autoria. Gostei muito quando ele observa que 'a cozinha catalã tem raízes históricas profundas e sua projeção mundial atual não é um acaso ou modismo, mas uma tradição renovada e divulgada. Os primeiros textos de cozinha da península ibérica são catalães'. Diz, ainda, que existem manuscritos catalães de cozinha mais antigos, com instruções sobre alimentos a serem consumidos ao longo do calendário litúrgico de 1331, e o famoso 'Libre de

Sent Sovi', de 1324, citados por Nestor Luján, na 'História da Gastronomia'. E mais: a primeira edição castelhana do livro do mestre Robert é de 1525, publicada em Toledo por ordem de Carlos V. Obteve sucesso suficiente para merecer entre 1520 e 1577, pelo menos seis edições em catalão e dez na língua da Castela. O titilo original é 'Livro de regras para a boa prática do corte (da carne) e da arte de cozinhar e também para o bom preparo de quaisquer pratos e molhos'. Foi escrito pelo mestre Robert, experiente cozinheiro do rei de Nápoles, D. Fernando, provavelmente Fernando I de Aragão, filho natural de Alfonso V, o Magnífico, e teria introduzido na Catalunha os sabores da cozinha renascentista italiana, na época a mais importante do ocidente cristão. Além disso, traz um desenho que mostra uma cena da vida da corte com um governante sentado à mesa, um servidor ao lado de uma grande panela com uma colher na mão, além de diversos apetrechos de cozinha pendurados. O livro, na percepção de Paula Santos, mostra o amplo panorama alimentar palaciano da península, bem pouco tempo antes da chegada da contribuição do Novo Mundo à cozinha europeia, oferecendo uma visão social da época e seus costumes alimentares. É uma boa e uma viagem ao passado.

PÚBLIO JOSÉ, jornalista (publiojose@gmail.com)

Corrupção vencedora? O Brasil é, realmente, um país singular, como diria aquele intelectual após entornar a quinta dose de uísque. A diferença é que ele falaria com a língua enrolada pelo efeito entorpecedor do álcool. Já eu falo por sentir na própria pele, na qualidade de brasileiro, a gravidade de tal afirmação. No campo médico um paciente é dado como morto, embora apresente alguns sinais de vida, quando a ministração de medicamentos, de remédios, de drogas, mesmo que as mais modernas e de comprovada eficácia, não sinaliza mais seu retorno à vida. O médico não pode afirmar que o paciente está morto - embora também não possa catalogá-lo como um corpo vivo. É nesse estágio que está o Brasil no que diz respeito ao combate à corrução. São tantos os casos, são tantos os envolvidos e, pior, são tantos os processos, as investigações, que o organismo legal brasileiro começa a dar sinais de infecção generalizada. Os sinais de exaustão da máquina jurídica nacional são evidentes. Como são também evidentes os sinais que começam a esborrotar da cabeça da opinião pública brasileira, pelo altíssimo volume de informações, denúncias, investigações, quebra de sigilo telefônico, quebra de sigilo bancá-

Artigo

rio, e mais aquilo, e mais aquilo outro. Quando se analisa a série história que envolve a justiça brasileira, quando se olha para trás e se vê o mundão de casos ainda sem encaminhamento, sem julgamento pela máquina judiciária, quando se observa o sem número de casos de impunidade - e, inclusive, do significativo volume de casos de corrução que envolve membros da própria justiça, a que conclusão devemos chegar? Se os casos anteriores não tiveram, na justiça, o encaminhamento que deveriam ter, a que desfecho chegarão os casos de agora, quando, além do mais, envolvem gente grossa de todos os segmentos? Santa ingenuidade é se esperar que dessa cartola saia algum coelho que nos regenere a esperança. Pois a justiça está tão empanturrada de coisas para fazer, investigar, julgar, que dificilmente se desincumbirá dessa tarefa, mesmo que queira, nos próximos dez, vinte anos. Nesse período outras realidades se instalarão, outros interesses serão estabelecidos, outros modismos ocuparão os espaços da mídia e - o que é pior - a histórica falta de memória do brasileiro se encarregará de jogar tudo em um profundo e insondável mar do esquecimento. O que expresso, portanto, não é fruto de uma

momentânea demonstração de pessimismo, mas a constatação de que o volume de casos de corrução no Brasil chegou a um volume tão alto, e de investigação tão simultânea, que o país, à semelhança de um paciente terminal, não encontra mais forças, no seu espaço judiciário, para buscar as soluções que o momento está a exigir. Soluções à vista? Só o tempo, com sua enorme capacidade de acomodação, pode responder a essa pergunta. O que se depreende do ponto de vista histórico, e também o que pode vir a nos consolar, é que o Brasil já enfrentou períodos indigestos de natureza política, traduzidos em simples tremores e também em terremotos de grandes proporções, e sempre se saiu deles de forma ordeira e pacífica - graças a Deus. Atualmente, do eleitorado pouco se pode esperar pelos motivos já expostos. A esperança talvez resida no surgimento de uma nova liderança. Liderança, afinal, que dê exemplo de decência, de coerência, de visão voltada para o bem comum e para os interesses maiores da nação brasileira. Por hora, só nos resta esperar e sonhar com um provável novo tempo, enquanto, lamentavelmente, assistimos a corrução generalizada ganhando a parada. Palmas para ela. E ela merece?

CID MONTENEGRO, empresário (flabcid@uol.com.br)

Henrique Alves e o RN Alegando suspeição pois sou filiado ao PMDB. Mas justiça seja feita. Estava fora do estado quando soube da vaia que o presidente da Câmara Henrique Alves levou no estádio Arena. Cara pálida posso falar? Diz o cacique. "Até aqui na nossa tribo se anunciar o nome de algum índio em algum evento, índio vaia, toda aldeia não perdoa e vaia". Pois bem. Se é assim em uma tribo onde não existe estresse, trânsito, assalto, assassinato, estupro, imagine aqui na nossa selva de concreto. Fora o Papa Francisco, qualquer um, repito qualquer um levaria uma vaia naquela situação do presidente Henrique Alves. Falo isso com fatos concretos e argumentos pertinentes. Cito entre tantos três exemplos. Um no Rio, outro em Vitória e mais um em Recife. Os então governadores Sérgio Cabral Filho e Jarbas Vasconcelos e o então senador Renato Casagrande tiveram seus nomes citados em shows no Rio, Recife e Vitória respectivamente e foram vaiados, uma grande vaia. Só que... Quatro meses depois os dois foram reeleitos governador e no caso do ES o outro foi eleito também governador, isso em épocas diferentes. Eu tenho ido ao interior e converso com muitos, participo de programas em rádios locais, até em emissoras comunitá-

rias, às vezes escrevo em jornais da região e vejo que o nome de Henrique cresce. As pessoas cada vez mais estão tendo a consciência de não radicalizar, de ver o futuro do nosso estado. Tem a visão de que o deputado Henrique Eduardo é o que tem maiores condições de realizar, de concretizar, de trazer recursos, invocar investimentos para nosso RN que ganhará empregos, o povo quer trabalhar e não pedir. Muitos têm a mesma capacidade mas não tem as mesmas condições. Outra coisa que muitos falam. "O que Henrique fez pelo RN? Eu respondi na rádio de Assu. "Caro ouvinte no futebol Pedro dribla cinco jogadores e o goleiro, dá a bola para Manoel que faz o gol livre. No outro dia só aparece nas manchetes. Gol de Manoel dá a vitória ao clube". Pois bem. Na política quem inaugura é o presidente da República, os governadores e os prefeitos. Eles que fazem o gol, que aparecem e botam placas. Quem arranjou os recursos, ou seja voltando a metáfora, quem driblou cinco jogadores não aparece. Você caro ouvinte sabe quantas obras foram inauguradas por muitos prefeitos e quem viabilizou foi o deputado Henrique Alves? Foram várias. Sei que ele fez a obrigação dele, mas fez e vai fazer

muito mais." Disse isso. Outro item. Eu confio plenamente no comando, na liderança dos deputados, dos ex e atuais prefeitos, dos ex e atuais vereadores, dos suplentes, dos líderes municipais e já vi que virou até uma questão de ferir os brios. Já ouvi muitos falar: "Além de Henrique ser o melhor para o RN, no meu município vou mostrar que existe líder e as urnas vão provar". E eu acredito muito nos serviços prestados dessas pessoas e o reconhecimento do povo. Outra coisa. Alguém diz : "Henrique perdeu duas". Aí lá vem de novo o cacique : "Cara pálida, Lula perdeu três. Abraham Lincoln perdeu mais eleições do que o Vasco em decisão para o Flamengo (risos). Ambos foram presidentes. Cada eleição é uma história. Agora é cada um que lute por seus candidatos, com respeito, democraticamente falando das idéias e do programa de governo. O grande juiz será o povo. Ps. Se tiver 50 mil pessoas e 10 mil vaiarem e 40 mil aplaudirem, vai prevalecer , todos só vão ouvir as vaias. Estou em Assu e amanhã em Mossoró. Enquanto uns preferem as vaias, outros preferem o argumento, o trabalho, o diálogo, o convencimento dentro de uma linha de raciocínio e acima de tudo o exercício da democracia.

Artigo ELVIRO REBOUÇAS, economista e empresário (cifrao@uol.com.br)

Em momento difícil, a presidente da "caixa sem bondades" Com o semblante facilmente perceptível de densa preocupação, acumulando um desgaste aferido em todas as pesquisas publicadas atualmente pelos grandes órgãos da imprensa brasileira, e estando vivenciando o imbróglio vivido pela Petrobras, quando ela era presidente do Conselho Administrativo, com a base petista começando a ir às ruas no grito de "Volta Lula", a inflação extrapolando aos 6,5% neste ano (eleitoral), na iminência de vivenciarmos um novo apagão elétrico, quer pela falta de chuvas no Sudeste, Sul, Centro Oeste e Nordeste, mas também pela falta de investimentos governamentais prometidos, e não cumpridos, e uma arcaica estrutura no setor, a presidente Dilma Rousseff anunciou, na passagem do dia do trabalho,uma correção de 10% nos benefícios do Bolsa Família, não haverá ganho real, já que a inflação acumulada entre o último reajuste, em 2011, e o mês de março foi de 19,6% (segundo o INPC). Em medida considerada eleitoreira pela oposição, DEM e PSDB prometem ingressar com representação contra a presidente no Tribunal Superior Eleitoral por campanha antecipada. Em nota, o PSDB afirmou que a correção "adequada" do benefício deveria seguir a inflação acumulada nos três primeiros anos do governo Dilma, o que somaria um valor "pelo menos duas vezes maior" que o anunciado. Eu acho melhor corrigir do que congelar, digo e repito: que o Bolsa Família, criado acertadamente pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para melhor distribuir renda no País, e aqui não há o que discutir meu caro leitor de Natal ou Mossoró, de Areia Branca ou Luiz Gomes, de Fortaleza ou Rio de Janeiro, atende a famílias em situação de pobreza (renda per capita de até R$ 140,00 ao mês) e de extrema pobreza (renda per capita de até R$ 70,00 ao mês). O valor médio do benefício é de R$ 152,75, associado a contrapartidas como frequência escolar dos filhos. Segundo a proposta de orçamento deste ano, o programa transferirá R$ 23,9 bilhões a cerca de 13,8 milhões de famílias. Com relação à correção da tabela de imposto de renda das pessoas físicas, anunciada na ocasião pela chefe de estado, em 4,5%, para valer a partir de janeiro de 2015, a nossa presidente também não convenceu. Pelo contrário, não houve qualquer bondade. Desde 1996, os contribuintes vêm recolhendo o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) com base nos preceitos da lei 9.250, de 26 de dezembro de 1995, diploma legal responsável por alterar a legislação do imposto, notadamente quando converteu os valores da tabela progressiva referente à tributação das pessoas físicas, até então em Ufir, para o padrão monetário atual. Com o decorrer dos anos, o valor tido como mínimo necessário para satisfação das obrigações do cidadão e os limites das faixas de incidência do IRPF foram corrigidos de forma substancialmente inferior à inflação do período. A partir de estudo realizado pelo Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, depreende-se que, de acordo com a evolução do IPCA, índice oficial do governo federal, medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no período de janeiro de 1996 até dezembro de 2013, já descontadas todas as correções da tabela do imposto, ainda resta uma perda do poder aquisitivo da moeda brasileira da ordem de 62%.(sessenta e dois por cento). O Primeiro de Maio no Brasil, desde a época do presidente Getúlio Vargas sempre serviu de data previsível para o governo anunciar algo novo aos trabalhadores e assalariadas. Já há algum tempo que as bondades (verdadeiras) desapareceram, mas eu, particularmente, a ter minha atenção chamada pelo pronunciamento da Presidente, esperei que algo de concreto viesse no seu bojo, principalmente para desanuviar todas as dificuldades vivenciadas pelos brasileiros, e que viesse justificar ou significar mudança de postura diante da falta de destreza do governo na condução dos nossos maiores assuntos e atuais gravíssimos problemas sócioeconômicos, que vão da elevada inflação à desmontagem da nossa grande indústria automobilística, esta herdada dos saudáveis anos de ouro do tão saudoso presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira. Você leitor me desculpe, procurando ser justo, achei vazio e sem significado o que a Presidente Dilma, com preciosísmo, comunicou. Com todo o respeito a ela, uma mulher séria e democrática, inclusive vítima dos atroses tempos de chumbo, que sabe cumprir a liturgia do seu atual cargo, mas desta vez, ou pela dificuldade da desaprovação popular, em pleno crescimento, ou pela improvisação das "bondades", deixou a desejar. Você leitor me desculpe, procurando ser justo, achei vazio e sem significado o que a Presidente aduziu. Vamos aguardar que um Chefe de Estado, ao se dirigir ao seu povo, sempre tenha algo de concreto a dizer, o óbvio dispensa qualquer predição, mesmo no dia do trabalho. Trabalho se concatena com crescimento, pujança, desenvolvimento econômico, implantação de novos horizontes de emprego e renda, mentalidade atilada de governar para superar ou contribuir na superação de obstáculos mundiais, continentais ou nacionais. Você, meu leitor, concorda?

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITOR DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sábado e Domingo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 3

Garibaldi é contra impeachment da governadora Rosalba Ciarlini LÍDER

DO

PMDB

AFIRMA QUE

MARCCO

É ENTIDADE

“RESPEITÁVEL”,

MAS O QUE IMPORTA É A

“PEÇA

Heracles Dantas

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), se disse contrário, a priori, à instalação de um impeachment contra a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), de quem foi aliado até setembro do ano passado, quando rompeu juntamente com o PMDB, passando a defender a candidatura do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, a governador. Instado a falar se seria favorável ao impeachment, o ministro disse que, à primeira vista, não seria favorável. "Não. Assim, à primeira vista, não sou favorável ao impeachment. Acho que qualquer norte-rio-grandense, com responsabilidade de ser mandatário do povo, teria que analisar detalhadamente", afirmou, evitando aprofundamento na matéria. Instado a falar se seria favorável ao impeachment, o ministro disse

Ministro Garibaldi Filho apoiou Rosalba na disputa pelo Governo do RN e foi conselheiro político dela que, à primeira vista, não seria favorável. "Acho que qualquer norte-riograndense, com responsabilidade de ser mandatário do povo, teria que analisar detalhadamente", afirmou,

evitando aprofundamento na matéria. Sobre o Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO), autor do pedido, Garibaldi disse se tratar de entidade respeitável, mas

ACUSATÓRIA” José Aldenir

Rosalba, porém, perdeu o apoio do PMDB em setembro do ano passado, por decisão do próprio Garibaldi

que o que vale é a fundamentação. "Por mais respeitável que seja a entidade, o que vale é a peça acusatória", disse. A Assembleia analisa, desde a

semana passada, pedido de impeachment contra a governadora Rosalba Ciarlini. A entidade acusa a chefe do executivo de crime de responsabilidade e pede o afastamento dela

do cargo. Na próxima terça-feira, a matéria deverá ganhar um relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que terá de dar parecer sobre a sua admissibilidade.

> COLIGAÇÃO DE CONTRÁRIOS

Deputado confirma aliança de Agripino com Wilma O deputado estadual Raimundo Fernandes (PROS) confirmou, em entrevista ao Jornal de Hoje, a aliança política entre o presidente nacional do DEM, senador José Agripino, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduadro Eduardo Alves (PMDB), e a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB). Ele disse que a aliança em torno da candidatura de Henrique a governador "é boa", por contar justamente com as presenças de José Agripino, do ministro da Previdência e ex-governador Garibaldi Filho (PMDB), e da ex-governadora Wilma de Faria, que disputará o Senado. Raimundo Fernandes é o pri-

meiro político a confirmar a aliança de José Agripino no chamado chapão. Em que pesem as sinalizações de José Agripino, no sentido de apoiar Henrique e Wilma, em nenhum momento o líder do Democratas foi taxativo quanto a esta aliança. Os próprios deputados do DEM, Felipe Maia, Getúlio Rego, José Adécio e Leonardo Nogueira, não admitem publicamente a aliança com Henrique. Tampouco a principal detentora de cargo do DEM no Estado, a governadora Rosalba Ciarlini, que esperaria o apoio do partido para se candidatar à reeleição. "Nossa candidatura é a de Henrique. A aliança é grande, só

precisa ter os votos. Acho que tem. Sempre teve (risos)", afirmou Raimundo Fernandes, ao ser abordado por O Jornal de Hoje. "É boa a aliança. Com Wilma, Zé Agripino, Garibaldi, é de lascar", disse, antes de defender o que considerou o legado dos ex-governadores do Rio Grande do Norte, Agripino, Garibaldi e Wilma. "Consertaram muita coisa. Antes se andava de estrada de barro; hoje é asfalto. Antes tinha lamparina; agora energia. Que não consertou", disse, respondendo aos que criticam "40 anos de atraso no RN". Segundo Raimundo Fernandes, inexiste rejeição do eleitora-

Divulgação

do a Henrique Alves, conforme apontam políticos do interior e da capital. O que falta, segundo ele, é "conversa". "Tem é falta de conversa, mas rejeição não tem não", disse. IMPEACHMENT Quanto ao impeachment de Rosalba, Fernandes afirmou que tomará a posição "que Ricardo disser", ao se referir ao líder do seu partido, Ricardo Motta, também presidente da Assembleia Legislativa. "O PROS vai ouvir Ricardo", salientou, dizendo-se, ainda, sobre o impeachment, "a favor do presidente da Casa, de quem sou liderado".

Deputado do PROS, Raimundo Fernandes confirma presença do DEM na aliança

> PESQUISA ELEITORAL

Francisco José mantém 40 mil votos de maioria contra Larissa Divulgação

Francisco José Jr continua com 48%

José Aldenir

Larissa Rosado ficou na marca dos 19%

Cláudia Regina (DEM) continua fora, Larissa Rosado (PSB) segue com o registro indeferido e Francisco José Júnior (PSD) ainda é o primeiro colocado na preferência dos eleitores, com quase 30% de maioria, ou seja, 40 mil votos. E quem apontou a informação foi a pesquisa do Instituto Certus, divulgada no jornal Gazeta do Oeste neste sábado. A pesquisa foi realizada entre os dias 29, 30 e 1º de maio, com 452 eleitores, tendo sido registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número 00243/2012. Francisco José Júnior teve 48% das intenções de voto, contra 19% de Larissa Rosado. o terceiro colocado foi Cinquentinha com 2,65%, seguido de Gutemberg Dias com 2,21% e de Josué Moreira com 1,99%. O nú-

mero de eleitores que não vota em nenhum candidato é de 15,71% e os que ainda não sabem em quem vão votar que são 8,85%. Na pergunta espontânea, em quem o eleitor votaria para prefeito, sem que nenhum nome fosse citado pelo pesquisador, Francisco José Júnior obteve 36,28% das intenções de votos, em segundo aparece Larissa Rosado com 14,16%. Gutemberg Dias tem 1,33%, Cinquentinha e Josué Moreira estão empatados com 1,11% cada um. É importante ressaltar que, conforme noticiou O Jornal de Hoje nesta sexta-feira, os votos de Larissa Rosado não devem aparecer no resultado oficial da eleição suplementar (previsto para ser divulgado até as 20h deste domingo). O motivo é o indeferimento no regis-

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com NULIDADE Para quem ainda estava em dúvida sobre o que vai acontecer neste domingo em relação aos votos dados a Larissa Rosado em Mossoró, o coordenador de informática do TRE, Marcos Maia, esclareceu: serão considerados nulos. Não se trata de querer, é uma questão do próprio sistema. Foi por causa disso que o Tribunal Superior Eleitoral não conheceu as candidaturas de Cláudia Regina e de Larissa Rosado em seu comunicado oficial sobre a eleição suplementar de Mossoró.

JUSTIÇA O trabalho da Justiça Eleitoral ainda não é o ideal, diante de tantas denúncias existentes de fraudes e abuso do poder econômico em nossas eleições. Porém, seu funcionamento é fundamental para manter o Estado Democrático de Direito. Corrigir distorções impostas pela força do dinheiro ou do poder político, faz da Justiça Eleitoral imprescindível para a democracia. REAÇÃO Diante desse quadro de contaminação do pleito e fraude da

vontade popular, é natural que alguns políticos critiquem a Justiça Eleitoral. Afinal, quanto mais distante, omissa e ineficiente for, melhor para os corruptos. Esquisito é jornalista ser contra o desempenho da Justiça Eleitoral.

REPRODUÇÃO A eleição de Mossoró reproduziu os mesmos palanques que serão postos à prova na majoritária estadual. De um lado, Henrique e Wilma com Larissa; do outro, Robinson e Fátima com Silveira.

ESCONDERIJO Sherloquinho soube, por moradores de um certo edifício, que a ex-governadora Wilma de Faria não viajou para Recife durante a ausência do prefeito Carlos Eduardo. A informação reforça a tese de que a mãe de Lauro se escondeu para não assumir Prefeitura.

REPRODUÇÃO II Evidentemente que cada eleição é uma história. Porém, em caso de vitória de Silveira, se configura a derrota do acordão, que pode ter repercussão no Estado todo, beneficiando a chapa Robinson Faria e Fátima Bezerra.

tro de candidatura dela, que a torna inelegível até que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgue os recursos e altere essa condição. Por sinal, o TSE divulgou nesta sexta-feira uma matéria sobre o pleito suplementar mossoroense e tirou Larissa Rosado e Cláudia Regina da disputa - lembrando que a democrata já até desistiu oficialmente de ser prefeita de Mossoró. "Os candidatos à Prefeitura de Mossoró nestas novas eleições são: Francisco José Lima Silveira Júnior, da coligação "Liderados pelo Povo" (PSD/PTB/PDT/PSC/PT/PTN/PSL /PMN/PV); Gutemberg Henrique Dias (PCdoB); Josué de Oliveira Moreira (PSDC); e Raimundo Nonato Sobrinho (PSol)", afirmou a notícia feita pela assessoria de co-

municação do Tribunal, excluindo a pessebista e a democrata. FRANCISCO DANTAS Além de Mossoró, o município de Francisco Dantas também terá nova eleição neste domingo devido à decretação de inelegibilidade e à cassação dos diplomas do prefeito e do vice eleitos em outubro de 2012, Gilson Dias e Ribeiro Alecrim, por compra de votos. Hoje, o município contabiliza 2.356 eleitores. Apenas o candidato Wandeilton Bezerra de Queiroz, da coligação "Unidos por Francisco Santas" (PMDB/PSD/PSB/PTB), teve o registro deferido pelo TRE do Rio Grande do Norte para concorrer nas eleições deste domingo. A votação será das 8h às 17h.


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Na marca do pênalti Depois de Datafolha (próxima semana, faz pesquisa pluralíssima), Ibope, MDM e Vox Populi, um levantamento desperta preocupação (no governo) e otimismo (na oposição). Trata-se da sondagem assinada pelo instituto Sensus. O resultado começou a ser comentado ontem à noite. A confirmação dos números chegou com o amanhecer deste sábado.

nnn

A presidente da República está na frente no quesito intenção de voto. Quando se compara com índices de fevereiro e março, merece a qualificação 'expressiva' a queda na maioria sobre os desafiantes. No trabalho de Sensus (*), Dilma Rousseff (PT) tem 35% das intenções de voto. Na sequência, Aécio Neves (PSDB), 23,7% e Eduardo Campos (PSB), 11%. O birô da coluna não tem informação a respeito dos números referentes aos postulantes com menor densidade eleitoral.

nnn

O capítulo 'rejeição' é altamente desfavorável à recandidata ao Palácio do Planalto. Resposta ao 'não voto de jeito nenhum em': 1. Dilma - 42%; 2. Eduardo - 35,1%; 3. Aécio - 31,1%.

nnn

(*) Foram entrevistadas duas mil pessoas em 24 das 27 unidades federativas. Divulgação

Sábado e Domingo

Spinelli: “Derrota de Larissa não é bom prenúncio para Henrique” CIENTISTA POLÍTICO APONTA INSATISFAÇÃO DO POVO COM ACORDÃO EM MOSSORÓ Divulgação

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O cientista político Antonio Spinelli acredita que uma derrota da candidata do PSB a prefeita de Mossoró, Larissa Rosado, nas eleições suplementares deste domingo, "não é um bom prenúncio" para a candidatura do deputado federal Henrique Eduardo Alves ao governo do Estado. "Tanto é que Henrique está apoiando ativamente Larissa Rosado. Uma derrota de Larissa Rosado não seria um bom prenúncio para Henrique Alves", afirmou. Na visão do professor da UFRN, a insatisfação do eleitor com o chamado "acordão" em Mossoró poderá gerar forte recusa à candidatura do peemedebista a governador. "Pode ser que a insatisfação que venha a se manifestar em Mossoró possa se manifestar também na eleição estadual; uma recusa, por exemplo, a uma candidatura que parece ser imposta, o que seria a candidatura de Henrique Alves", afirmou. Spinelli acredita que a confirmar-se a eleição do prefeito interino Fransisco José Júnior (PSD), significará a vontade popular "driblando" a farta judicialização do pleito e a vontade por algo novo. "Eu acho

Spinelli: “Pode ser que a insatisfação que venha a se manifestar em Mossoró possa se manifestar também na eleição estadual” que o eleitor está um pouco cansado disso, está querendo algo novo, quer driblar essa situação, e o nome de Francisco José aparece como um nome que não tem essas amarrações que as outras candidaturas têm ou tinham, a candidatura de Larissa e a candidatura de Cláudia Regina".

Neste sentido, segundo ele, "há insatisfação geral do eleitorado com essa situação (judicialização), querendo afirmar sua independência votando em um candidato novo, um nome politicamente novo que não tem essas amarrações que as outras candidaturas têm". Ele diz que a pes-

quisa de intenção de voto que deu maioria de mais de 30 mil votos ao prefeito interino captou um fenômeno real. "Essa insatisfação do eleitorado, tanto com a extrema judicialização, quanto com o quadro definido em Mossoró. Aí já estaria apelando para lideranças novas".

“Acordão pode não ser assimilado pelo povo” REFLEXO DA HORA

Direto do XIV Encontro Nacional do PT, ontem, na capital paulista. Lula da Silva (foto) falou aos companheiros de pouca fé no que ouviram: "Precisamos parar de imaginar que existe outro candidato que não seja a Dilma, nesse partido."

DIRETO AO PONTO

Troca de elogios e críticas na terra de todas as cores e todos os credos. Participantes de encontro ontem, na Bahia, com empresários de elevado percentual no PIB (Produto Interno Bruto) do país, Aécio Neves e Eduardo Campos mostraram-se irmanados na campanha da oposição pela conquista do poder nacional. nnn Marina Silva, a provável vice de Campos, não aderiu aos afagos. A fundadora do partido Rede Sustentabilidade, ainda sem registro, junta na "velha política" tanto o PSDB de Neves quanto o PT de Dilma. nnn Declaração da senhora Silva: "Eu e Eduardo somos uma alternativa e queremos mostrar que é possível fazer uma renovação no Brasil." nnn O troco do tucano foi uma cantada manhosa: "Não vejo como, a partir do próximo ano, não estaremos eu, Eduardo e Marina no mesmo projeto nacional."

LEITURA DINÂMICA t Nem no PMDB, do qual é um dos grão-duques, o alagoano Renan Calheiros tem apoio majoritário para se reeleger presidente do Senado e, portanto, do Congresso Nacional. t Indelicadeza do comandante nacional do PT, Rui Falcão: "Dá indigestão a mistura tapioca e açaí." Referia-se à chapa Eduardo Campos, pernambucano, e Maria Silva, acriana. t Chega ao leitor o livro 'Carlos Lacerda: Cartas 1933-1976'. Após a morte de Cláudio Mello e Souza, que teve a iniciativa da pesquisa, o trabalho foi concluído por Eduardo Coelho. São textos esplêndidos do político e intelectual amado e odiado, talvez na mesma proporção. t De um petista que descrê da ajuda de Michel Temer como vice de Dilma Rousseff: "Ele dá à Presidente um suporte de ele-

gância. Votos ele não os tem." t Um protesto bastante esquisito. Na eleição suplementar para a prefeitura de Mossoró, amanhã, o DEM decidiu pela neutralidade. O ex-PFL foi a maior legenda política no município. t A crise obriga o brasileiro a cultivar a cautela. Ele trocou o consumismo pela quitação das dívidas em atraso. A observação é do departamento de análise da Confederação Nacional de Diretores Lojistas. t É cedo para se avaliar o embate para o governo potiguar. Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) empatam na fraqueza da mensagem. t Segunda-feira, você fica na companhia de Joaquim Pinheiro. Até terça. t Para refletir: "Há dores que dizem em silêncio" (Eduardo Galeano, escritor uruguaio).

Ainda segundo Spinelli, a chapa que terá o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e a viceprefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB), poderá encontrar dificuldades junto ao eleitorado. "Em primeiro lugar porque dá a impressão de algo que em um passado bem recente não foi assimilado, que é a ideia de um acordão, de um chapão. E se isso colar nessa chapa pode trazer prejuízos", afirmou. "Outra dificuldade seria convencer o eleitorado mais afinado com o PMDB e com o PSB a aceitar essa aliança, que é um dado novo e geralmente o eleitor reage com uma certa desconfiança, o que

pode motivar as atitudes das lideranças locais, pode trazer dificuldades", acrescentou o professor. O presidente da Câmara dos Deputados e a vice-prefeita de Natal são os principais nomes do chamado acordão, com Henrique disputando o governo e Wilma, o Senado Federal. Para Spinelli, a disputa Wilma versus deputada federal Fátima Bezerra (PT) promete ser acirrada. Já a competição entre Henrique e o vice-governador Robinson Faria (PSD), segundo ele, poderá ser desequilibrada. "Eu acho que no momento a disputa Wilma-Fátima é uma disputa mais acirrada, mais equilibra-

da. E Robinson-Henrique é uma disputa menos equilibrada, mais favorável a Henrique. Mas isso pode mudar quando a campanha eleitoral começar", afirmou. "Esse é o cenário que eu acho mais provável: você ter uma eleição mais competitiva para o Senado do que para o Governo do Estado. Mas, de repente, as duas podem se tornar competitivas também". FINANCEIRO A avaliação de Antonio Spinelli, quanto à força financeira da campanha de Henrique, e o efeito deste fator numa disputa com uma campanha mais modesta, como a

de Robinson, terá reflexos diretos advindos da resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quanto à proibição ou não de doações privadas. "Eu vejo a candidatura do deputado Henrique como uma candidatura aparentemente muito forte, uma ampla coligação partidária, a inclusão da vice-prefeita Wilma de Faria na coligação é um dado eleitoral muito importante. Ao que tudo indica essa coligação vai agregar apoios econômicos importantes. A não ser que a resolução, a decisão do TSE proíba as doações empresariais, a chapa vai ser economicamente forte também", declarou.

“Existem motivos para o impeachment de Rosalba” Quanto ao impeachment da governadora Rosalba Ciarlini, o cientista político Antonio Spinelli afirmou que, para além do pedido do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO), "existem motivos suficientes para impeachment da atual governadora". "Eu não sei o que é que a população espera dos deputados. A população está extremamente insatisfeita com a administração Rosalba. Existem, para além desses motivos alegados pelo MARCCO, motivos suficientes para se pleitear o impeachment da atual governadora. Inclusive, um processo que estava ocorrendo, apurando prováveis desvios de verbas na área da saúde em Mossoró, há um caos administrativo, enfim, eu acho que motivação para isso há", afirmou o professo do Departamento de Ciências Sociais da UFRN. Apesar disso, ele ressalva que a aprovação da matéria será, em última análise, uma decisão política da maioria dos membros do Poder Judiciário. "Nós sabemos que uma proposta como essa passa por um crivo político que não é o mesmo da população, não é necessariamente a avaliação da população. Acho difícil que passe", afirmou. O MARCCO, na visão do professor, é uma instituição da sociedade civil que tem certa respeitabilidade, mas não tem ampliação da sociedade civil. "Reúne algumas instituições que estão ligadas ao Judiciário, não é tão representativa assim da sociedade civil. Há pleitos ali que são corporativos, não interessam à sociedade de forma geral", destacou, mencionando a "disputa corporativa entre Ministério Público, Governo do Estado, Tribunal de Justiça e Governo do Estado", o que não interessa à população. "Agora, eu acho difícil que saia (o impeachment), porque há interesses políticos outros", completou,

salientando que o vice-governador Robinson Faria "não tem mais o controle da Assembleia", e concluindo: "Acho que não interessa à candidatura de Henrique Alves, por exemplo, que Robinson assuma o Governo do Estado. Portanto eu não vejo muita possibilidade de isso (impeachment) prosperar, embora motivos haja, embora a insatisfação da população com o governo poderia dar respaldo ao impeachment". Antonio Spinelli conclui: "Há, nessa questão de negar o impeachment, principalmente arranjos políticos visando, o que os deputados também têm interesse, visando a sua reeleição. Talvez isso não coincida com a questão do impeachment. O impeachment pode ser prejudicial ou pretensamente prejudicial aos interesses eleitorais dos próprios deputados". "É INTERESSE DO DEM GOVERNADORA FORA DA DISPUTA" Sobre a situação política da governadora Rosalba Ciarlini, Antonio Spinelli destaca o interesse do DEM, no sentido de que a chefe do executivo não saia candidata à reeleição. "Eu acho que o interesse do partido é que a governadora não se candidate à reeleição. Tanto o senador José Agripino quanto como muitas outras lideranças nacionais do DEM têm deixado muito

claro que a prioridade nesse processo eleitoral é nas eleições proporcionais", afirmou. No Rio Grande do Norte, em particular, afirma Spinelli, "a governadora é extremamente impopular, a candidatura dela não traria nenhum aporte ao partido, não seria positivo para o partido, não

coincide com os interesses eleitorais do partido, não coincide com as pretensões do próprio senador José Agripino, que tem a intenção de manter essa própria aliança com o PMDB", diz, finalizando: "Portanto eu acho improvável que a candidatura da governadora possa vingar".


Política

Sábado e Domingo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 5

MARCCO quer que sociedade pressione deputados em favor do impeachment PRESIDENTE

DO

MOVIMENTO

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O pedido de impeachment contra a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) completou uma semana de tramitação na Assembleia Legislativa, com forte viés de não aprovação pelos deputados. Em que pese tramitar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que decidirá pela admissibilidade, vários deputados já se manifestaram "em cima do muro" quanto à possibilidade de instaurarem o processo e afastarem a governadora do cargo. Para o coordenador do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO), Carlos José Cavalcanti, a sociedade civil, especialmente os chamados movimentos sociais, devem se preocupar com a questão, exigindo que os deputados representem a população, e não a si mesmos. "Eu acho que a sociedade civil, os movimentos sociais, devem se preocupar com a questão. Não devem deixar somente que os deputados nos seus gabinetes decidam isso. O assunto interessa a toda a sociedade. Os deputados representam a sociedade. Os deputados recebem um mandamento do povo. Então, são representantes do povo", alerta Cavalcanti, indo ao âmago da questão: "O povo está satisfei-

DE

COMBATE

to com esse governo? Questão da saúde, da segurança, da educação. A forma de governar está ou não está satisfazendo a população? Evidente que não está. Os próprios índices de rejeição da governadora mostram isso". A tese de insatisfação popular, contudo, não é o essencial. "Falo isso no plano macro. Se for para o plano documental, a gente transformou essa insatisfação popular através de ações de improbidade, mudança de orçamento, suplementação em valores acima do permitido, através de querer governar absoluta e sozinha, sem os outros poderes. Está tudo no pedido que a gente fez. Em tirar recursos da educação. Porque ela aplica menos que o percentual constitucional, e utiliza-se de pagamento de inativos para complementar os 25%. Isso é fraude", ataca. "O que estou querendo dizer com isso é que a sociedade civil precisa participar. Os deputados precisam entender que não decidem por eles só. Mas por interesse da sociedade. Eles nada mais são que mandatários, têm um mandato dado pelo povo. Têm, portanto, que representar o que o povo pensa. É meu entendimento. Se assim não fizerem, eles estão pensando por eles próprios, como pessoa física, e não como representan-

A

CORRUPÇÃO

AFIRMA QUE DEPUTADOS NÃO PODEM VOTAR SÓ POR ELES Wellington Rocha

Carlos José: “A forma de governar está satisfazendo a população? Evidente que não está. Os índices de rejeição mostram isso” tes do povo, como eles são", completou o coordenador do MARCCO. IMPEACHMENT Até agora, o placar está de três a três, com três parlamentares posicionando-se a favor do impeachment, e três, contra o afastamento de Rosalba. Outros seis deputados se manifestaram, mas evitaram se comprometer com a aprovação do

pedido, permanecendo "em cima do muro". Doze deputados ainda não se posicionaram. Durante toda esta semana, parlamentares opinaram sobre o pedido de impeachment. Foram obviamente contrários ao pedido os deputados do partido da governadora, o DEM. O líder do governo na Assembleia, Getúlio Rego (DEM), e José Adécio (DEM), se disseram desfavoráveis à proposta, por enten-

derem que não há fundamentação jurídica. Getúlio acusou o MARCCO de omisso, por não ter pedido impeachment da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), em cujo mandato surgiram, segundo ele, "escândalos escancarados", em referência a Foliaduto, Hygia e Ouro Negro. Adécio disse que "dificilmente o impeachment passará no plenário da Assembleia Legislativa".

Aliado de Rosalba, Vivaldo Costa (PROS) opinou contrário ao impeachment. Ele disse ser contra o afastamento, por acreditar que apenas o povo deve pôr e retirar alguém do poder. Já a favor do impeachment se manifestaram os deputados José Dias (PSD), Gesane Marinho (PSD) e Fernando Mineiro (PT). A maior corrente, entretanto, é a dos "em cima do muro". Esta é liderada pelo presidente da Assembleia, Ricardo Motta (PROS), que, como magistrado da Casa, evitou, naturalmente, tomar partido. "Não se trata de ser favorável ou desfavorável ao impeachment. Tem que se analisar. São quase três mil páginas", justificou. Além de Ricardo, adotaram a postura de neutralidade os deputados Kelps Lima (SSD), Fábio Dantas (PC do B), Márcia Maia (PSB), Agnelo Alves (PDT), Hermano Morais (PMDB) e Nélter Queiroz (PMDB). Faltam se posicionar ainda os deputados Antonio Jácome (PMN), Ezequiel Ferreira (PMDB), George Soares (PR), Gustavo Carvalho (PROS), Gilson Moura (PROS), Gustavo Fernandes (PMDB), Larissa Rosado (PSB), Leonardo Nogueira (DEM), Raimundo Fernandes (PROS), Tomba Farias (PSB) e Walter Alves (PMDB).

“Há elementos suficientes para mostrar que a governadora cometeu crime de responsabilidade” Segundo o coordenador do MARCCO, Carlos José Cavalcanti, há elementos consistentes para a instalação de processo de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini. "Inclusive, depois do pedido do MARCCO, já houve nova ação de improbidade contra ela, no caso da operação Assepssia", afirmou. "A gente já mostrou três ações de improbidade. Agora, já tem uma quarta. Acho que já existem elementos mais que suficientes para mostrar que a governadora cometeu crime de responsabilidade, de acordo com a lei 1079/50. Infringiu artigos 7, 9, 10 e 12, inclusive, alguns, mais de uma vez", afirmou. Entre os itens considerados graves, pelo coordenador do MARCCO, consta algumas deze-

Wellington Rocha

nas de desobediencias a decisões judiciais. "Está claro que o governante não pode desobedecer decisão judicial, sob pena de incorrer em crime de responsabilidade, o que enseja um pedido de impeachment. Isso que eu e os membros do MARCCO entendem". SOCIEDADE Diante do aceno dos deputados, no sentido de que não aprovarão o impeachment, o coordenador do MARCCO afirma que é a sociedade que deve se manifestar. "Do mesmo jeito que fez isso em junho do ano passado, foi as ruas, mostrou insatisfação, pediu governantes que não aprovassem a PEC 37, o Congresso foi sensível, e não aprovou. Do mesmo jeito agora. A sociedade deve ir para a rua e questionar, porque é

MARCCO entregou pedido de impeachment aos deputados na semana passada um governante que está traindo os interesses da própria sociedade", diz. "O que espero e imagino é que a sociedade não deve ficar silente. Deve participar ativamente. Os mo-

vimentos devem cobrar dos seus representantes, os deputados estaduais, para adotarem a posição que o povo está querendo. Os índices de rejeição mostram que a população desaprova o atual governo".

O Jornal de Hoje - O líder do governo na Assembleia Legislativa, Getúlio Rego, disse que ocorreram "escândalos escancarados" na gestão passada e o MARCCO não pediu impeachment de Wilma de Faria, sendo, portanto, omisso. Que o senhor diz? Carlos José Cavalcanti - O MARCCO não foi omisso. Tanto que a Operação Hygia que aconteceu e culminou com a condenação de várias pessoas, inclusive o filho dela, o Marcco foi importante nisso, articulou ações nesse sentido. O MARCCO não tem partido, o que o deputado diz, a gente não assume porque não temos partido. É como se a gente tivesse agindo contra o partido dele, em favor de outros partidos. Na época de Wilma a gente não tinha crimes de responsabilidade. Nós tínha-

mos casos que entendíamos de desvio de recursos. Tanto é assim que na Operação Hygia o MARCCO teve enorme participação. O próprio Getúlio e o partido dele utilizaram-se disso. Ele já esqueceu? Quantas vezes o DEM e ele mesmo não criticaram a hoje viceprefeita, com essa questão? Quem estiver no poder e pratica desvio de conduta ou ato de corrupção, estamos atentos em relação a isso. Nós não temos partido nem protegemos a ou b. Defendemos o interesse da sociedade e o adequado uso do dinheiro público em benefício da própria sociedade. O MARCCO é apartidário. Mas não quer dizer que não seja político no sentido de defender a implantação de políticas públicas de acordo com os interesses da sociedade.

> REAÇÃO

Rinaldo Reis: “Ações do MP são baseadas em documentos e depoimentos, não em política” O Ministério Público do RN é uma instituição apolítica, sem qualquer interesse partidário ou eleitoral. Apesar dessa ser uma afirmação, aparentemente, obvia, acabou sendo uma resposta ao que afirmou, nesta semana, a governadora Rosalba Ciarlini, do DEM. A gestora afirmou estranhar o fato do MP ter ingressado com ações civis públicas contra o Governo dela, justamente, no ano eleitoral. "As ações do Ministério Público foram baseados em documentos, escutas telefônicas, depoimentos, quebras de sigilos bancários, não em situação política ou eleições. O MP tem uma postura apolítica. Aos promotores não importa o fato de ser ou não ano eleitoral", respondeu o procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis. Na semana passada, o Ministério Público ingressou com a quarta ação este ano por improbidade administrativa contra a gestão Rosalba Ciarlini. Desta vez, o moti-

vo foi o pagamento supostamente irregular à Instituição Marca para a gestão do Hospital da Mulher, em Mossoró. "Com relação a esta ação, por exemplo, as informações foram provenientes das investigações realizadas na Operação Assepsia, que apurou irregularidades na terceirização do Município e acabou se constatando que havia, também, envolvimento da Associação Marca com o Governo do Estado", afirmou o procuradorgeral de Justiça, ressaltando que houve também, além das informações coletadas na Assepsia, dados importantes apurados para a ação civil pública ingressada ainda no primeiro semestre de 2013, pedindo a suspensão da parceria entre Governo e Marca para a gestão do Hospital da Mulher. "Naquela época ainda não havia elementos suficientes para apontar a participação de Rosalba. Agora já existem", afirmou Rinaldo Reis, re-

Wellington Rocha

Rinaldo revelou que MP ainda pode processar Rosalba pela condenação no TRE lembrando que pode ser adicionado a esse trabalho, ainda, duas inspeções feitas na parceria entre Poder Público e Oscip. "Uma feita pela própria Sesap, que apontou um dano de R$ 8 milhões ao erário; e outra pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE),

que encontrou R$ 11 milhões em prejuízos. Esse trabalho foi muito importante para apontar e subsidiar a ação civil do MP", acrescentou Reis. QUARTA AÇÃO Antes, o Ministério Público já

havia processado o governo do Estado por não repassar integralmente o duodécimo para os poderes; por irregularidades na Fundac e por "maquiar" o investimento na educação para que ele atingisse o mínimo exigido, que é de 30% do orçamento anual. "As ações foram ingressadas agora porque, agora, foi se chegou a uma conclusão baseado no material coletado de informações. Agora foi que se concluiu a análise dos fatos e se confirmou que era importante e que havia fundamentos suficientes para embasar uma ação", explicou Rinaldo Reis o porquê das ações terem sido feitas só agora, ano que Rosalba pode tentar a reeleição. Bom, de qualquer forma, o fato é que as investigações contra a atual gestão ainda não pararam. O MP estuda, também, o contrato firmado com o Inase para a gestão do Hospital da Mulher (o Institu-

to foi contratado para substituir a Marca). "Também estamos analisando o processo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que resultou na condenação de Rosalba por uso do bem público, o avião oficial do Estado, em prol da candidata a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, nas eleições de 2012", revelou o procurador. SILÊNCIO O trabalho do Ministério Público, por sinal, foi uma das ferramentas utilizadas pelo Movimento de Combate a Corrupção (Marcco) para embasar o pedido de impeachment entregue à Assembleia Legislativa na semana passada. Sobre esse tema, no entanto, Rinaldo Reis preferiu não falar. "Prefeito não me intrometer nessa questão do impeachment. Eu, enquanto procurador-geral de Justiça, prefiro ficar de fora dessa questão", silenciou o procurador. (CM)


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

Sábado e Domingo Wellington Rocha

MARCELO LIMA REPÓRTER

Depois de dez dias interditados, os trechos das avenidas Marechal Deodoro da Fonseca e Rio Branco sob o Viaduto do Baldo foram finalmente liberados para o tráfego. A retirada dos blocos de concreto que impediam a passagem de veículos ocorreu ainda nesta última sextafeira (2) à noite. Mas a confiança no serviço feito para a liberação divide opiniões de quem sempre tem o Baldo no seu caminho. Na parada de ônibus que voltou para debaixo do viaduto com o fim da interdição, a dona de casa Ana Cleide Teixeira ainda teme pelo pior. "Eu fico aqui, mas estou morrendo de medo", confessou. Entretanto, a dona de casa não vê problema em ter que andar mais alguns metros em nome da melhoria da estrutura. "Se for pra reformar, eu era de acordo porque só não pode cair na cabeça da gente", disse a dona de casa. A estudante do curso técnico em enfermagem Francimery Dionísio esperava na parada de ônibus, mas observava as condições das avenidas. "Não confio porque eles fizeram tipo uma coisa provisória e tudo que é provisório dá problema", opinou sobre o escoramento da laje do Canal do Baldo. A estudante também foi uma das que teve que se deslocar mais para chegar ao curso e voltar para casa durante a interdição. O comerciante das proximidades Jânio de Oliveira Andrade acredita que o problema estará resolvido se as obras continuarem. "Confio no que eles fizeram porque é uma estrutura bem feita e espero que eles concluam", falou. A interdição do trânsito causou um nó na região tanto para passageiros de ônibus, quanto para motociclistas e motoristas. Os estabelecimentos comerciais da região também sofreram. Os clientes de um lava-jato na rua Mermoz, transversal a Deodoro da Fonseca e Rio Branco, evitaram o estabelecimento nos dias de interdição segundo conta o Josimar da Silva. "Não dava pra os carros entrarem e nem pra sair por causa do

ESCORAMENTO PROVISÓRIO DO CANAL DO BALDO DIVIDE OPINIÕES C OMÉRCIO

DO ENTORNO TAMBÉM SOFREU COM INTERDIÇÃO DE TRECHOS DE AVENIDAS

trânsito", disse o lavador de carros. Na mesma rua, onde se concentrou boa parte do tráfego represado nas duas grandes avenidas do Centro, o comerciante Jânio Andrade, também teve o mesmo problema do lava-jato. "Muito complicado o trânsito. O engarrafamento começou lá na Vila Naval. Eu quase não tinha como sair daqui para ir pra casa na zona Norte", reclamou da interdição. MOTIVOS A interdição do trecho ocorreu depois de uma ação da promotora de Defesa do Meio Ambiente de Natal, Rossana Sudário, na justiça. Conforme a promotoria, o Canal do Baldo, por onde passam as principais avenidas do centro da cidade, corria o risco de desabamento.

O secretario municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Tomaz Neto, defendia que não ocorreria ruptura da estrutura do canal porque não havia indícios, como fissuras ou afundamento. Mas nas proximidades do canal as rachaduras são expressivas, assim como o concreto degradado e as ferragens expostas. Para dar uma solução provisória, a Prefeitura de Natal realizou o escoramento do Canal do Baldo com pontaletes de metal (vigas). Esse foi o principal motivo para o fim da interdição, acertada ontem entre a Procuradoria do Município e a Promotora Rossana Sudário. O acordo também prevê que as obras do canal sejam finalizadas em 90 dias. Mas ainda resta outro grande problema sobre a cabeça de todos,

o Viaduto do Baldo. Com obras paralisadas desde setembro do ano passado e trânsito interrompido desde outubro de 2013 por força judicial, o acordo que diz respeito a essa estrutura prevê que as obras sejam finalizadas até 31 de dezembro deste ano. Em caso de descumprimento do acordo, a Prefeitura pode pagar multa diária de R$ 10 mil. Depois de todos os ajustes no projeto executivo da obra que prevê a recuperação estrutural do viaduto e canal, o valor da obra sairá por R$ 2,2 milhões. Isso representa 24% a mais do que o projeto inicial no valor de R$ 1,7 milhões. Segundo o secretário, com essa recuperação o canal e o viaduto irão ganhar mais 30 anos de trafegabilidade desde que seja feita manutenção a cada dois anos.

> NOVA DESCOBERTA

Sobrecarga em estação elevatória causa transtornos a moradores Wellington Rocha

Carros e pedestres chegam a ser atingidos pelo esgoto que jorra de duas torres. Servidor público Antônio Holanda diz que problema piora em época de chuva Wellington Rocha

O trecho da avenida Amintas Barros, entre as avenidas Xavier da Silveira e Rui Barbosa, no bairro de Nova Descoberta, possui um "defeito especial": chuva de água servida. O problema ocorre em função de duas torres de uma estação elevatória que jorra esgoto eventualmente, alagando a rua, "banhando" pedestres e carros que passam pelo local. O servidor público Antônio Sérgio de Holanda mora nas proximidades do trecho há 15 anos e, segundo ele, o problema sempre existiu nesse período. Segundo ele, uma equipe da Caern sempre aparece no local, mas "sempre é um serviço meia-boca". Um das torres tem cerca de 15 metros de altura e a outra, 10 metros. "Tem dia que está com a vazão bem forte e as pessoas nem passam com medo de se molhar. Até os carros passam devagar", contou. Conforme o servidor público, o problema ocorre com mais freqüência em tempos de chuva e pela manhã. A água servida também causa grande incômodo pelo mau cheiro."E não é água potável não", frisou Holanda. O pior é que outras ruas das redondezas também sofrem. "A água desce nas outras ruas, empossa nas laterais dessa rua. Espero que não se faça mais gambiarra", completou. O estudante João Paulo de Sousa passa pelo trecho da Amintas Barros com freqüência. "Já passei por aqui e está tudo cheio de água e os carros passam e joga água nas pessoas que estão passando", disse. Uma das pessoas que já levou um "banho" de água suja foi o militar reformado Orlando Macêdo. "Coincidiu de estourar quando eu estava passando, aquela neblina caindo", relembrou. Segundo Macedo, a situação tem diminuído de frequência. Por enquanto, só quem tem se beneficiado com a chuva de água servida são as plantas do canteiro

central logo abaixo das torres. Flores de várias cores nasceram e as demais plantas estão aparentemente saudáveis com água que já vem com adubo, já que é originária do sistema de esgoto. CAERN E SEMURB De acordo com a assessoria de comunicação da Caern, o sistema de esgotamento da região funciona perfeitamente. O problema seriam as ligações clandestinas feitas no sistema que acabam o sobrecarregando. Nos períodos de chuva o transtorno fica mais freqüente pois a água das chuvas também são encaminhadas ilegalmente para o sistema de esgoto. Ainda segundo a assessoria de Comunicação, a empresa não tem o poder de polícia para fiscalizar, autuar e multar quem altera a rede de esgoto. Essa função seria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). Mas para o secretário titular da Semurb, Marcelo Toscano, deve

haver uma parceria entre a empresa responsável pelo saneamento da cidade e os fiscais da pasta do Meio Ambiente. "É um trabalho em conjunto, a Caern tem os equipamentos para verificar essas ligações e nos passa. Nós, como Prefeitura,

fiscalizamos", disse. Toscano informou que o trabalho é feito por demanda. Mas neste sábado (3), não havia como checar se já havia sido feita alguma fiscalização na região da estação elevatória conforme o secretário.

Wellington Rocha

Francimery: “Tudo que é provisório dá problema”

Wellington Rocha

Jânio: “Espero que eles concluam”


Economia

Sábado e Domingo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 7

Divulgação

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

SYLVIA SÁ - INTERINA Receita informa procedimentos para entrega atrasada da declaração do Imposto de Renda n O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF/2014) sem multa já venceu. De acordo com a Instrução Normativa RFB nº 1.445, de 17 de fevereiro de 2014, as pessoas físicas que são obrigadas deveriam apresentar a declaração no período de 6 de março até 30 de abril de 2014. n A Delegacia da Receita Federal em Natal-RN explica que a declaração apresentada após 30 de abril de 2014 pode ser transmitida pela internet, desde que os contribuintes nesta situação utilizem a nova versão do Programa Gerador do Imposto de Renda Pessoa, disponível no sítio da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). n Contudo, quando a declaração for realizada após o prazo, será cobrada multa de 1% ao mêscalendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido apurado na declaração, ainda que integralmente pago, sendo que o valor mínimo é de R$ 165,74 e o valor máximo é de 20% do imposto sobre a renda devido. n Assim que transmitir a declaração em atraso, o contribuinte poderá imprimir, no próprio Programa Gerador da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, exercício 2014, a Notificação de Lançamento da multa e o respectivo DARF para pagamento. n O contribuinte tem o prazo de 30 dias, a partir da entrega em atraso, para efetuar o pagamento. Se a multa não for paga até o vencimento, haverá incidência de juros de mora (com base na taxa Selic). n Caso a Declaração em atraso transmitida tenha como resultado Saldo de Imposto a Pagar, também incidirão juros e multa sobre esse atraso, já que a primeira parcela do imposto a pagar venceu também no dia 30 de abril. n Para as declarações com direito a restituição, caso a Multa por Atraso na Entrega da Declaração (MAED) não seja paga dentro do vencimento estabelecido na notificação de lançamento, ela será Natura traz opções para comemorar e presentear todos os tipos de Mães n No Dia das Mães deste ano, a Natura destaca as diferentes manifestações de maternidade: Mãe, Maedrasta, Mais que Mãe, Irmãe, Bisamãe, Multimãe, Mãemãe. n "São novos nomes, novos desenhos, mas o mesmo amor", justifica a marca, que para celebrar essas relações traz 16 opções de presentes para o Dia das Mães. n São composições exclusivas com produtos da Perfumaria Natura, como Kriska e Una, de Natura VôVó, de Natura Mamãe e Bebê, de Natura Tododia e das linhas de maquiagem que estimulam o vínculo e revelam o lado feminino da mãe mulher. n Os cosméticos são a segunda categoria mais lembrada na hora de presentear, ficando atrás apenas de vestuário. E o Dia das Mães é a segunda data em vendas para o mercado, com o segundo maior desembolso em datas comemorativas, segundo a Federação Nacional do Comércio. Empresa Brasileira de Correios apresentará nova marca na próxima semana n Os Correios irão apresentar ao Brasil uma nova marca no dia 6 de maio. No Rio Grande do Norte, o lançamento será realizado na agência Capim Macio,

deduzida, juntamente com os respectivos acréscimos legais, do valor do imposto a ser restituído. n A Receita Federal em Natal-RN alerta ainda que se o contribuinte estava obrigado a declarar e não o fez, o seu CPF ficará com o status "pendente de regularização", sendo impedido de tirar passaporte, prestar concurso público, fazer empréstimos, obter certidão negativa, dentre outras situações que envolvem a vida financeira do contribuinte. n No Rio Grande do Norte, dentro do prazo, foram entregues 284.825 declarações -- que representam 1,05% do total Nacional. Marcas do grupo M. Dias Branco na maior feira de supermercados do Brasil n O Grupo M. Dias Branco participará da Feira APAS 2014, que acontece de 5 a 8 de maio, em São Paulo, e é promovida pela Associação Paulista de Supermercados. n As marcas do grupo pernambucano - com filiais no Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Bahia e Rio de Janeiro - estarão expostas em um estande institucional de 200 metros quadrados, espaço que vai servir para mostrar novidades nos setores de massas e biscoitos. n Entre as marcas do Grupo M. Dias Branco que estarão expostas está a Pilar, que recentemente foi reformulada, aumentou seu portfólio com novos produtos e modernizou as embalagens. n Além do portfólio tradicional, formado por massas longas e curtas, wafers, crackers, biscoitos doces - como maria, maisena, coquinho e amanteigados -, a empresa lançou novidades, como os recheados de morango, trufa, cracker gergelim e massas grano duro nos cortes: spaghetti, fusilli e penne. Esses novos produtos serão destaque no estande montado na Feira APAS. n A marca Vitarella também ganhará destaque na feira, com todo o seu mix de biscoitos e massas, focando principalmente em crackers, recheados, wafers, maria, maizenas e crocks.

às 10 horas, em evento para clientes, parceiros e autoridades. n A nova marca reflete proximidade, inovação, flexibilidade, dinamismo e comprometimento, atributos da relação da empresa com seus clientes. O novo desenho conserva a tradição de um serviço postal com mais de 350 anos e é consequência do processo de revitalização vivido pela estatal. n "É natural que, neste momento de grandes transformações, nossa marca também passe por uma evolução. Conseguimos revitalizar nossa identidade, preservando nosso passado, nossa tradição e nosso maior patrimônio, que é a confiança da sociedade brasileira nos Correios", afirma o presidente da empresa, Wagner Pinheiro de Oliveira. n A partir de 6 de maio, a nova marca passará a ser aplicada em embalagens, site, agências, frota, uniformes e outros pontos de contato da empresa com seus públicos. Festival Gastronômico 'Brasil Sabor' pode ser conferido até 31 de maio n A 9ª edição do Festival Gastronômico 'Brasil Sabor', promovido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), começou nesta quinta-feira e segue até o dia 31 de maio em todo o Brasil. n Em Natal, diversos restauran-

tes, de várias regiões da cidade, estão participando do evento. n O 'Brasil Sabor' é uma ação para promover a gastronomia, em que cada estabelecimento participante oferece um prato especialmente preparado para o evento e que valoriza ingredientes regionais. Na pedida de mais um prato do festival, o cliente recebe 50% de desconto. n "O objetivo do festival é fomentar a gastronomia em todo o país e também em nossa capital. Além disso, é uma oportunidade para mostrar a criatividade de nossos chefs, proporcionando novos sabores ao público local e aos turistas", explica o presidente da Abrasel-RN, Max Fonseca. n O tema do 'Brasil Sabor' deste ano é "O Brasil Inteiro Pedindo Mais Um", em alusão à Copa do Mundo 2014. n Os restaurantes participantes em Natal são: Aquarius, Only Pizza, ConXinChina, Bellanatal Restaurante, Benditas Buteco, Botequim Tá Na Hora, Buongustaio, Casa de Taipa, Cascudo Bistrô, Changay, Chinatown, Dom Miguel, Dom Vinicius, Fast Grill, Galo do Alto, Marina's Camarões, Maturi Restaurante, Paçoca de Pilão, Pittsburg, Sobradinho Creperia e Café, Tábua de Carne de Ponta Negra, Tábua de Carne da Via Costeira, Talher Restaurante e Curva do Vento.

Facção em funcionamento no Seridó: geração de emprego e renda no RN

Pró-Sertão pode instalar mais 80 facções este ano JÁ

SÃO

30

UNIDADES DE PRODUÇÃO EM FUNCIONAMENTO Arquivo

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

O potencial de desenvolvimento do Pró-Sertão continua atraindo o interesse das prefeituras e dos empreendedores do interior do Rio Grande do Norte. O programa do Governo do Estado, apontado como um importante diferencial para ocupação da mão-de-obra e incentivo ao empreendedorismo nos municípios, pode chegar a fechar o ano de 2014 com 80 facções em funcionamento, segundo expectativa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Lançado no ano passado, até o momento o programa já integrou 30 microunidades de produção, responsáveis pela geração de 1.100 empregos com carteira assinada aproximadamente. A Sedec trabalha com a estimativa de que mais 20 unidades firmem parceria com as indústrias âncoras durante apenas o mês de maio. "Já temos essas 20 novas facções confirmadas, que nos dará um número de 50 unidades em funcionamento. Porém, a nossa expectativa é de que esse número cresça, podendo chegar ao final do ano com uma previsão de até 80 facções", explicou Gilenildo Santos, coordenador do Pró-Sertão. "Essa nossa expectativa vai de encontro com a perspectiva de peças produzidas pelas indústrias têxteis. Precisamos aumentar o número de facções e estamos articulando para isso", disse. Na visão do coordenador do programa, uma das maiores dificuldades para a "guinada" no setor de confecções do Rio Grande do

Gilenildo Santos, coordenador do Pró-Sertão, mostra otimismo com o projeto Norte, com o estímulo do Pró-Sertão, é o processo burocrático no qual as indústrias se submetem. "A abertura de uma facção depende de muitas situações, como licenciamento ambiental, qualificação de pessoal, documentações diversas. Para colocar uma facção em funcionamento levamos em média três meses. Já era para termos um número maior de pequenas unidades de produção, mas essas burocracias impedem a celeridade do processo. De todo modo, estamos buscando alternativas", afirmou Gilenildo. A demora na liberação de licenças e a realização de auditorias por parte da principal contratante, a Guararapes, são apontadas entre as dificuldades para aberturas de novas facções. O Pró-Sertão, pro-

grama criado pela Sedec durante a gestão de Rogério Marinho na pasta, é um incentivo à indústria têxtil e promete abrir 300 pequenas confecções no interior potiguar até o ano de 2017. A Hering, que compra peças de facções potiguares há 15 anos, tem interesse em ampliar o número de fornecedores no RN. E o grupo Ztec, que controla a fábrica RMNor, também se mostrou interessado na proposta. Com essas duas empresas, mais a demanda da Guararapes, o Pró-Sertão deverá fixar até 2018 cerca de 360 facções. O projeto também está focado na qualificação da mão de obra produtiva e na melhoria da gestão empresarial, recebendo apoio articulado por parte de instituições parceiras como Sebrae/RN e Fiern.

> DURANTE A COPA

Prefeitura lança edital e busca parceiros para o Fifa Fan Fest A Prefeitura de Natal lançou no Diário Oficial do Município desta última sexta-feira (2) um edital de chamamento para empresas patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo. A intenção da Fundação Capitania das Artes (Funcarte), órgão vinculado à Prefeitura, é que tais empresas possam ampliar suas atuações promocionais e publicitárias no espaço Fifa Fan Fest, que será instalado na Praia do Meio, durante a realização do mundial de futebol em Natal. De acordo com o edital, as propostas/projetos de patrocínios devem ser encaminhadas até o dia 16 de maio à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sempla). Segundo descreve a publicação, "a Prefeitura Municipal de Natal reserva-se ao direito de escolher as propostas que considerar mais vantajosas e sintonizadas com a natureza do evento, e com o interesse público". O direito à exclusividade dos proponentes será objeto de deli-

beração da Secretaria, que poderá concedê-lo ou não, "respeitadas as características e à vantajosidade da proposta". As empresas patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, cujas propostas forem selecionadas, terão direito a expor sua marca dentro das áreas de restrição comercial, e as demais empresas não oficiais a expor em áreas municipais específicas, de acordo com os critérios a serem discutidos em conjunto com a Fundação Capitania das Artes, observando a legislação vigente. Durante visita feita à área de realização da Fifa Fan Fest, na última quarta-feira (30), o prefeito Carlos Eduardo disse que a expectativa da prefeitura é de que o local esteja pronto para a realização do evento no dia 10 de junho. Serão destinados cerca de R$ 6 milhões para a Fifa Fan Fest, mas esse valor deve ser reduzido à metade com a captação de patrocinadores. Segundo Carlos Eduardo, a

capital potiguar irá aproveitar todas as oportunidades para projetar Natal mundialmente durante a competição. "Durante a Copa do Mundo, os olhos de todo o mundo estarão voltados para as cidades-sedes. Receberemos turistas de todas as localidades e não poderíamos deixar de organizar a Fan Fest, que é um evento complementar à Copa do Mundo", destacou o chefe do Executivo Municipal em entrevista a O Jornal de Hoje. Além da Fan Fest, a Funcarte terá outros polos e eventos culturais durante a disputa da Copa do Mundo. Serão dois festivais, sendo um Festival Junino na Zona Norte e o Festival Gastronômico na Praça Cívica; a formatação do dois museus, como o Memorial Natal e Museu de Cultura Popular abertos à população, além da abertura de uma loja conceito, em parceria com o Sebrae, na praça de Mirassol, que qualificará o artesanato de identidade potiguar.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

Cidade

Sábado e Domingo

Fotos: Heracles Dantas

Bombeiros deram orientações para os jovens voluntários sobre situações de emergência durante o mundial

Voluntários recebem capacitação para emergências JOVENS

TRABALHARÃO DURANTE OS DIAS DOS JOGOS DA

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza neste sábado, 3, e domingo, 4, mais uma etapa da capacitação dos voluntários para a Copa do Mundo. Durante todo o dia, os participantes tiveram aulas voltadas para o atendimento pré-hospitalar, controle de pânico e combate a incêndios, ministradas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal e do Rio Grande do Norte. Segundo a pró-reitora adjunta de extensão da UFRN e coordenadora da iniciativa, Conceição Fraga, a ação tem o objetivo de preparar os voluntários para situações nas quais será necessário dar os primeiros socorros a visitantes. "O curso de hoje é uma oficina com o corpo de bombeiros, com 15 grupos de voluntários para treinamento em noções de primeiros socor-

ros, pânico e incêndio. Trabalhos direcionados a multidão, para que possamos recepcionar melhor os nossos visitantes" afirmou. O curso tem a participação de equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, composta por 5 profissionais, e do Rio Grande do Norte, com 21, que coordenam a ação de capacitação dos voluntários. O curso é dividido em 2 momentos, um teórico, realizado no setor de aulas III e outro prático, que utilizará as estruturas do Núcleo de Pesquisas em Alimentos e Medicamentos (Nuplam), com oficinas de simulação. O major Eloízio Ferreira, do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, afirma que com o treinamento, os voluntários estarão preparados para controlar situações de risco e emergência.

"Eles serão os olhos avançados do Corpo de Bombeiros durante o evento. O mais importante é que eles irão receber aqui orientações de como agir, da melhor forma possível, quando se deparar com situações de emergência. Eles irão conseguir detectar uma situação de pré-tumulto e ter como lidar com esse tipo de caso" disse. "Estamos dando a parte teórica em sala de aula e logo depois, faremos uma parte prática de reanimação cardiopulmonar, de uso de extintores e dos hidrantes de parede. Assim, eles estarão aprendendo a utilizar os equipamentos necessários para prevenção de acidentes" disse o major Eloízo quando questionado como seria a capacitação dos voluntários. Ele esclarece que em casos de emergências, os voluntários poderão prestar socorros, mas que todo

COPA

DO

MUNDO

controle da situação ficará sobre comando do Corpo de Bombeiros. "Aqui eles aprenderam as primeiras respostas, verificando se local é seguro para a aproximação, por exemplo, além de saber qual órgão deve contatar inicial. Ele será uma peça chave, já que criará a chamada e poderá iniciar a estabilização do local, podendo, com as informações disponíveis, já iniciar reanimações cardiopulmonares, caso for necessário" disse o Major Eloízio. O treinamento presencial dos voluntários nas cidades-sedes da Copa ocorre por meio do projeto "Desenvolvimento de Processos Inovadores para Formulação de Políticas Públicas de Voluntariado em Megaeventos", desenvolvido pela Universidade de Brasília (UnB) em parceria com o Ministério do Esporte.

QUE SERÃO REALIZADOS EM

NATAL

Major Eloízio Ferreira, do Corpo de Bombeiros: “Voluntários serão peça chave”

> SAÚDE

Riscos com alimentos vendidos na praia são desconhecidos Fotos: Heracles Dantas

Maria Luzinete vende seus produtos na praia e diz não receber reclamações

Com incidência de sol praticamente o ano todo, as praias potiguares tem um constante movimento de pessoas que procuram esses locais em busca de descontração, lazer e atividades saudáveis. Vários alertas sobre os cuidados que se deve tomar nesse tipo de passeio são bem divulgados na mídia, como áreas próprias para o banho e cuidados com a exposição solar, porém, existe um perigo invisível o qual os frequentadores das áreas praianas são surpreendidos: alimentos contaminados. As praias natalenses são conhecidas pelas diversas opções de comidas, como a famosa ginga com tapioca, porém, o consumidor deve ficar atento para o modo como estes alimentos estão acondicionados. Anutricionista Mychelle Kytchia afirma que a população deve evitar o consumo desse tipo de alimento. "É indicado que as pessoas levem lanches para as praias, como barra de cereais, para evitar consumir os alimentos vendidos por ambulantes, que muita vezes não são acondicionados adequadamente" disse. O resultado é que estes quitutes vendidos na praia podem vir com alguns "ingredientes" extras como fungos, vírus e bactérias - que podem ser encontrados nos lanches, petiscos e bebidas - e se desenvolvem nestes alimentos por causa das más condições de higiene. No organismo humano, em poucas horas, podem causar, entre outros males, a temida infecção intestinal.

Ana Regina admite ter cuidado com a alimentação e só consome água de coco A nutricionista ainda conta que o consumidor deve ficar vigilante com as comidas feitas na hora. "Grande parte dos alimentos fritos, reutilizam muitas vezes o óleo aproveitado em outra comida, além disso, mesmo sendo alimentos cozidos, a população deve ficar atenta ao modo como foi armazenado e ao seu preparo" alertou. Alguns frequentadores das praias de Natal colocam em dúvida a qualidade das comidas e bebidas disponibilizadas à venda no local. A assistente social, Ana Regina, que frequenta a praia de Ponta Negra, afirma que prefere consumir água de coco, já que corre um risco menor de contaminações. "Às vezes eu compro comida na praia, mas prefiro água de coco, já que com certeza não existe o devido armazenamento da comida oferecida. As comidas que não ficam bem conservadas, como as congeladas, eu fico de olho, além daquelas que ficam expostas

ao sol e poeira, essas prefiro não comprar" contou. Qualquer comida disponibilizada à venda na praia é propensa à contaminação, já que vai desde a falta de higiene no preparo dos alimentos e a exposição prolongada ao sol sem uma refrigeração adequada. Já os utensílios utilizados como copos, pratos, canudos e talheres, devem ser descartáveis e não podem estar expostos. A vendedora ambulante Maria Luzinete diz que a população não se atenta a questionar a procedência dos alimentos. "Ninguém nunca reclamou sobre os alimentos que vendo, apesar de que às vezes eles perguntam por que não uso luvas. O que sei que é errado" disse. Questionada sobre o que poderia ser feito para adequar o manuseio e armazenamento dos alimentos ela diz que os depósitos utilizados são próprios para comercializar o tipo de comida. Entretanto, o material do

depósito é transparente e, com a exposição ao sol, afeta na qualidade da comida, podendo até estragar. Ao contrário da maioria dos comerciantes, o ambulante Tiago Santos, que comercializa sanduíches, diz que sempre fica atento como o alimento é conservado. "Meus recipientes são adequados para levar esse tipo de alimento. Só quem anda com as caixas abertas, deixando entrar areia e poeira, corre o risco de contaminar os alimentos" disse. Pesquisas realizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) constam que muitas das contaminações encontradas nos alimentos e bebidas são ocasionadas por coliformes fecais (material de fezes) que possivelmente são passadas pelas mãos do vendedor. O indivíduo que ingere coliformes fecais pode apresentar gastroenteria (náuseas, vômito, febre e dores abdominais). Com relação aos alimentos vendidos na praia, a nutricionista Mychelle Kytchia afirma que a instituição tem inúmeras portarias que regulamentam a venda desse tipo de alimento, porém, não é fácil fazer vistorias nas praias, já que os vendedores nem sempre estão no local. "Chegando o período da Copa, os órgãos responsáveis pela fiscalização alimentar no município devem ficar atentos aos casos. Se a pessoa sofreu alguma consequência pelo consumo de alimento infectado, deve denunciar o caso, para que assim se saiba onde e como fazer as fiscalizações" alertou.

> VAIDADE

Cresce procura por tratamentos para o rejuvenescimento da pele Wellington Rocha

Rugas, sulcos, flacidez. Sinais de envelhecimento da pele, temidos por muitos, faz parte do processo natural pelo qual todos nós passamos, mas a esperança de uma aparência jovial é reforçada com o intenso trabalho de especialistas na área de dermatologia, que desenvolvem técnicas que prometem o tão almejado rejuvenescimento da pele. Segundo a dermatologista Regina Jales, atualmente existem diversas técnicas para o tratamento da pele que utilizam laser, toxina botulínica e preenchimento facial, mas é preciso que estas sejam adotas de forma criteriosa. "O ideal é que as técnicas sejam usadas de forma a proporcionar um rejuvenescimento ao paciente, mas que seja de forma natural. É interesse que as pessoas olhem para você e digam: - Como você está bem!- mas sem saber o porquê. Temos que lançar mão da

tecnologia para proporcionar um melhora nas técnicas antienvelhecimento para que sejam de forma natural" afirmou. Sobre o preço médio dos tratamentos dermatológicos, ela explica que vai de acordo com o diagnóstico de cada paciente e de quais técnicas devem ser usadas. "O preço dos tratamentos depende das necessidades existentes em cada pele, dependendo da conclusão feita pela análise do especialista. Tem tratamentos que são únicos, agora quando fazemos tratamentos combinados, tem que haver uma avaliação. O preço do tratamento depende disso". Adermatologista também afirma que para ter uma pele bonita e saudável é preciso ficar atento a cuidados diários com a pele. "Basicamente, para ter uma pele saudável é necessário escolher um sabonete ade-

Regina Jales, dermatologista: “Rejuvenescimento precisa ser de forma natural” quado para seu tipo de pele, uma loção adequada para retirar a maquiagem, para as mulheres, além de hidratante e filtro solar, que devem ser utilizados diariamente", reforçou. Ainda segundo Regina Jales, a

população brasileira naturalmente sofre com a alta incidência de radiação solar e tem uma pele que, de uma forma em geral, é mais oleosa. "Digo sempre que devemos escolher produtos para nosso tipo de pele. O brasileiro tem uma cútis grossa e

mais oleosa, por isso, devemos lançar mão de produtos com texturas mais leves, como loções e séruns, o que cai bem na pele" aconselhou a dermatologista. Sobre as temidas acnes, ela diz que ocorre em 90% das pessoas em alguma fase da vida. A especialista afirma que para esse público, o cuidado deve ser especial. "O arsenal de produtos para tratamento da acne é muito grande. A pessoa que sofre com esse problema deve utilizar um sabonete para pele acneica e produtos que combatam a acne, que varia para cada paciente. O laser retira por completo as lesões inflamatórias causadas por esse problema" disse. Atualmente, as mulheres são o principal público a procurar as técnicas para rejuvenescimento, mas apesar disso, a dermatologista confirma que os homens também vêm aumento seu interesse. "É uma ques-

tão de cuidado, por isso não existe mais aquela exclusividade de ser apenas a mulher que vem ao consultório. Ambos procuram". Regina Jales também alerta que para a calvície - que afeta principalmente os homens - há diversos tratamentos que podem diminuir o problema. "Tratamentos com laser podem trazer uma melhora à calvície. Novos medicamentos estão sendo produzidos para sanar as deficiências existentes para produção capilar" explicou. A dermatologista ainda reforça que os tratamentos de rejuvenescimento devem ser distribuídos em outras partes do corpo e não somente no rosto. "Uma mão manchada pode denunciar a idade. Os tratamentos começam do rosto e partem para outras partes do corpo, como pescoço e locais de flacidez" concluiu. CMYK


Cultura

Sábado e Domingo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Divulgação

Obrigação de ser bela Peça “Razões para ser bonita” está em cartaz neste final de semana em Natal para arrancar sorrisos e reflexões sobre a cobrança pela estampa perfeita CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

A quase quarentona nasceu em uma família de classe média alta, mas sempre relaxou nos estudos. Resultado: chegou à Idade da Loba com salário módico, em troca de um expediente entediante em uma secretaria municipal. O que sobra após pagar as contas mal dá para reabastecer o armário na C&A. Então, dívidas no cartão começaram a crescer, tudo em nome da cobrança desmedida que ela sofre para estar sempre na moda, escovada californianamente, com pele e cabelos impecáveis – pensa que só assim resistirá à influência do tempo. Feito uma adolescente, abundam fotografias em suas contas em redes sociais, com os selfies na dianteira. Remédios para depressão também são registrados na fatura. O amigo leitor conhece alguma balzaca que se enquadra nesse esquema? Eu conheço, e digo onde você pode achar histórias ou situações similares, ou que, no mínimo, lhe recordarão que elas existem – aos montes. Nas noites de hoje e amanhã, no Teatro Riachuelo, a peça Razões Para Ser Bonita, do diretor João Fonseca, traz a ‘aparência’ no mundo moderno para

o centro de uma das sessões dramatúrgicas mais exitosas do país, nos últimos anos. Com Ingrid Guimarães, Marcelo Faria, Gustavo Machado e Aline Fanju no elenco, o texto tem tudo para arrancar sorrisos e angustiar - se é que você me entende. Passagens com sucesso pela Broadway e pelo circuito londrino atestam a qualidade do que o natalense terá à disposição. Uma ligeira sinopse fala de dois casais que partem do padrão de beleza vigente para tratar de seus relacionamentos. A cabeleireira Steph (Ingrid Guimarães) soube, através da amiga Carla (Aline Fanju), que seu namorado Greg (Gustavo Machado) acha seu rosto ‘apenas comum’. Isso é suficiente para o fim da relação, pois saber que ser algo menos que linda é a morte para muita mulher – com direito a cena de vingança em público, com o safado nos braços de outra. Daí em diante, Greg amadurece, Steph tenta uma nova aventura amorosa, mas eles se reencontram. O sujeito conta à Carla que seu melhor amigo e namorado dela, Léo (Marcelo Faria), cheira cangotes alheios e as gargalhadas se sucedem. Para o produtor da peça em Natal, Jorge Elali, a identificação do público é imediata. “Existe essa co-

brança [da beleza 24h] no geral. Mas isso vai muito de cada um. Aqui no Brasil temos esse padrão de mulher gostosona, bonita o tempo inteiro. A peça discute isso com humor, que é uma característica da Ingrid, mas não é puro entretenimento. Ela faz pensar, refletir sobre essa questão”. Potiguar radicado no Rio de Janeiro há 12 anos, Jorge passou os últimos seis meses em negociação para trazer Razões Para Ser Bonita à Natal. “Começou mesmo dois anos

atrás, quando eu vi a peça pela primeira vez no Rio. Como tenho uma parceria com a Ingrid há mais de sete anos, iniciamos as conversar naquele momento”. Agendas coincidentes, tema atual e vontade do público local de fruir o teatro em todas suas vertentes. Casamento perfeito para a chegada da história dos dois casais que circundam a beleza com nossos olhos – a personagem Carla, por exemplo, sofre por ser bonita demais. Olhos que, inclu-

CURTAS

sive, observam o surgimento de fenômenos como o selfie, nada mais que uma obsessão frenética por exposição e elogios (para algumas, o silêncio sobre uma foto postada causa transtornos psíquicos). “O caso do selfie é que está na moda. Vai durar um tempo, mas muita coisa não é real. As pessoas querem mostrar que são bonitas, felizes, de uma forma fake”, diz Jorge que, como todo mundo, vê o volume de imagens autoproduzidas como um retrato do momento.

RAZÕES PARA SER BONITA Dia: Sábado (03) às 21h30 Domingo (04) às 19h Local: Teatro Riachuelo Ingressos: entre R$ 70,00 e R$ 110,00 Informações: 4003-1212

ccpsilva@hotmail.com

NONONONONONONONO

CINEMA PETROBRAS O Cinema Petrobras em Movimento 2014 realiza duas sessões nesta segunda-feira (05), na Associação de Surdos de Parnamirim. O filme “Colegas”, de Marcelo Galvão será exibido às 14h e às 16h. Já em Guamaré, serão quatro sessões na terça-feira (06), na Escola Municipal Profº. Antônio Theodorico. O filme “Brichos2- A Floresta é Nossa”, de Paulo Munhoz, será exibido às 7h30, às 9h30, às 13h30 e às 15h30. LAMPEZÃO E MARIA BOTINA A Companhia Caravana Tapioca (PE) apresenta de hoje a domingo, em Caicó, Parnamirim e Natal, o espetáculo "O Circo Lampezão e Maria Botina". A circulação do espetáculo é parte de um projeto contemplado pelo Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2013 e já passou por Pernambuco e Paraíba. No RN as cidades escolhidas foram Serra Negra do Norte, Caicó, Parnamirim e Natal. Daqui a companhia segue para o Maranhão e Ceará.

MAIO EM NATAL Duas boas atrações prometem lotar o Teatro Riachuelo neste mês. Primeiro, no dia 17, às 21h, o cantor e guitarrista John Pizzarelli apresentará seu quarteto a Natal, dentro de uma pequena turnê nacional. Muitos o conhecem pelo álbum “Meet the Beatles”, quando fez uma releitura de doze temas dos ingleses. Mas suas excursões com Frank Sinatra e Dave Brubeck também o credenciaram como um dos nomes mais acessíveis do jazz atual. Em 01h15, ele desvela seu talento, que inclui uma boa parcela de humor. Ingressos por R$ 190,00. Quatro dias depois (21), a californiana criada no México Julieta Venegas, autora do tema do filmaço Amores Brutos, de Alejandro González Iñárritu, trará números de seu mais recente disco, “Los Momentos”, e uma leva de músicas conhecidas de seus seis trabalhos de estúdio. Com a estante lotada de prêmios Grammy, ela é um sucesso no mundo hispânico (vendeu mais de 6,5 milhões de cópias), com seu pop rock romântico, e já gravou com o pernambucano Lenine (“Medo”). Também às 21h, os ingressos variam entre R$ 50,00 e R$ 230,00. Para ambos os shows, mais informações no www.teatroriachuelo.com.br ou Televendas: 4003 1212.

DISCO MUSIC Hoje, a par tir das 23h, o Taverna Pub retorna aos anos 1970 para uma sessão de disco music. Ao som da orquestra A Discoteca, sucessos de Bee Gees, Village People, Gloria Gaynor e outros farão os frequentadores dançar até o limite da carcaça. A banda Rota 101 completa a noite com hits do pop/rock nacional. Fica ali na rua Dr Manoel Augusto Bezerra de Araújo, 500, Ponta Negra (antiga rua do Salsa) e o telefone é o (84) 3236-3696. SIMPÓSIO O Dep. de Letras e o Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem realizam o II Strad – Simpósio Internacional de Estudos de Tradições Discursivas, de 13 a 15 de maio, no Auditório B do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes. A relação entre tradições discursivas e história da língua estará no centro dos debates. A programação completa no link: cchla.ufrn.br/strad/programa.html.

DESDE CUBA Harold Lopez-Nussa é mais um pianista da nova geração do jazz que merece atenção. Autor de boas composições e de uma técnica refinadíssima, o cubano integra o line up de grandes praças pelo mundo desde quando resolveu apostar no gênero em definitivo, em 2003. Nussa começou no instrumento aos oito anos e a partir daí os prêmios acumularam em sua estante – como o de melhor pianista em Montreux 2005 (escolha popular) e de Talento do Jazz em 2011 por uma das principais sociedades artísticas francesas, a ADAMI. Natural de Havana (mora no Vedado, um dos bairros turísticos da capital), ele tem 31 anos, já excursionou com Omara Portuondo (Buena Vista Social Club) e com Chucho Váldes. Na medida certa, soube mesclar ritmos populares da ilha com o jazz tradicional. Um de seus álbuns é “Cinco Conciertos para Piano y Orquesta de Heitor VillaLobos” (2003), o que só mostra a forte ligação da música cubana com a brasileira. É o tipo de jazz que me agrada, com virtuosismo longe da chatice e muita melodia. No final do ano passado, chegou às lojas seu sexto trabalho fonográfico: “New Day”, pelo selo francês Harmonia Mundí, o mesmo que lança Chucho, Omara e uma lista de cubanos bons de bola. No Youtube tem apresentações dele ao vivo que valem por sua noite de sábado. Uma das melhores é um show em Monte Carlo – o cenário é incrível. Com o baixista Felipe Cabrera e seu irmão batera, Ruy Adrian Lopez Nussa, ele executa oito números que confirmam a excelência de sua música.


10 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

Sábado e Domingo

Fotos: Heracles Dantas

DIEGO HERVANI REPÓRTER

Quando se fala das belezas de Natal, o primeiro local que turistas e moradores lembram é da praia de Ponta Negra, Zona Sul da cidade, que tem o Morro do Careca como maior atrativo. Porém, nem mesmo o principal cartão postal da capital potiguar escapa da violência no Rio Grande do Norte. Assaltos, furtos, ameaças e os mais diversos tipos de ações criminosas acontecem praticamente todos os dias na orla da praia, principalmente nas proximidades do Morro do Careca, onde as escadarias que foram construídas para facilitar o acesso das pessoas estão sendo utilizadas como rota de fuga dos meliantes. "Eles (bandidos) ficam nas escadarias só esperando o melhor momento para atacar. Todos os dias acontecem assaltos aqui. Não tem erro. Dois ou três assaltos por dia. Eles assaltam em todos os horários, mas principalmente no final da tarde e início da noite. Eles roubam e fogem pelas escadarias. Ali somem e não tem o que fazer", destacou um comerciante que trabalha na praia e que não quis se identificar. Ele também lembrou que em quase 100% dos casos os criminosos estão armados e são maiores de idade. "Muita gente fala que quem rouba é menor, mas isso não é verdade. Quem rouba mais aqui é o pessoal maior de idade mesmo. Eles vêm com faca, revólver e já vimos até com metralhadora. Como eu já sei onde eles agem, eu sempre tento avisar aos banhistas para que eles evitem andar por ali e também para tomarem cuidado quando virem essas pessoas paradas nas escadarias". Segundo Luis Carlos, que além de trabalhar como vendedor ambulante no local há oito anos, também é frequentador da praia, a insegurança tem atrapalhado os negócios, já que o número de turistas em Ponta Negra está caindo. "Eu vendo meus produtos geralmente para os turistas e eles estão sempre reclamando da insegurança. Muitos relatam que foram assaltados ou conhecem alguém que já foi assaltado. Isso atrapalha muito, pois os turistas não vêm mais. Temos percebido que o movimento aqui não é mais como antigamente. Antes era mais seguro, uma praia que recebia bem os turistas, mas agora realmente está complicado". Quando a reportagem do Jornal de Hoje esteve no local, lá estava Pedro da Silva, que veio do Rio Grande do Sul junto com a família para passar férias em Natal. Ele conta que assim que chegou foi avisado dos perigos de Ponta Negra. "Realmente eu fui alertado para ficar atento. No hotel e aqui na praia me avisaram para tomar cuidado que muitos assaltos acontecem por aqui. In-

PRINCIPAL PONTO TURÍSTICO DE NATAL TEM ASSALTO TODO DIA R ELATOS

CONFIRMAM QUE CRIMINOSOS ATUAM DIARIAMENTE NO LOCAL

felizmente a violência está em todo lugar. Lá fora, escutamos que Natal é uma cidade muito bonita, o que realmente ela é. Mas ninguém fala da insegurança. Quando chegamos aqui e recebemos esse tipo de informação é frustrante, pois cria um medo na gente". POPULAÇÃO PRESTES A REAGIR Com tanta insegurança na região e sem nenhuma resposta por parte do poder público para melhorar essa situação, a população está quase "perdendo a paciência" e prestes a reagir por conta própria. "Infelizmente, toda essa insegurança já ficou tão rotineira e a impunidade é tão grande, que realmente a qualquer momento a população vai reagir. Cedo ou tarde vai acabar acontecendo como em outros lugares, a população reagindo, amarrando bandido em poste e fazendo justiça com as próprias mãos. O que só irá aumentar a insegurança, pois o cidadão de bem vai está colocando a vida em risco", frisou Daniel Ferreira, de 28 anos e que trabalha na praia de Ponta Negra em uma empresa de Stand up Peddal, esporte também conhecido como SUP. Daniel conta que trabalha no local há cerca de nove meses e que

já presenciou diversos assaltos, o que fez com que ele passasse a conhecer a grande maioria dos marginais e tomasse uma decisão para conseguir continuar seu negócio "em paz". "Eu já fui furtado. Dei bobeira e o cara levou algumas coisas, como máquina de cartão e cerca de R$ 500. Eu conheço 70% dos caras que roubam aqui na região. Muitas vezes eu concedo algumas cortesias para eles andarem no Stand up Peddal, assim eles me deixam tranqüilo. É aquela coisa, temos que tentar sobreviver na selva de leões, pois o Governo não faz nada". Segundo Daniel, uma das soluções para inibir a ação dos bandidos seria a instalação de um posto policial na região, principalmente no início das escadarias. "Aqui temos apenas dois policiais ambientais, mas eles não podem fazer muito e apenas nos dão uma ajuda quando alguma coisa acontece. Se tivesse um posto policial iria ajudar muito. Já pensaram em fechar as escadarias, mas isso só iria atrapalhar", afirmou o empresário, que lembrou uma época que tentou reformar as escadarias para facilitar o acesso dos banhistas. "Me juntei com alguns comerciantes do local e começamos a reformar as escadarias. Porém, a população nos

ao local. "Fui assaltado à mão armada no final da praia da Ponta Negra, juntamente com minha família (filhos pequenos). Não havia uma viatura no local. Fomos à Polícia Turística na via Costeira, onde fomos informados que há somente uma viatura para toda a região da Ponta Negra e que o local é perigoso mesmo, e que nós nem devíamos ter ido lá!!! Pena que ninguém avisou antes. Só restou o trauma. Outra turista do nosso hotel havia sido assaltada no mesmo dia, às 11 da manhã. O que será durante a Copa do Mundo. Natal nunca mais!!!", disse um homem de Jundiaí, em São Paulo. Já outro turista, identificado apenas como Francisco Sanches, classificou Natal como "linda, mas perigosa". "Foi tudo perfeito até que um ato de violência interrompesse a magia da nossa viagem. Segunda-feira (16/09), 8 horas da manhã, costão da praia de Ponta Negra, com muitas pessoas circulando, fui assaltado e levaram tudo, máquina fotográfica, filmadora, celular, relógio. Dois marginais surgiram do nada, aparentemente escondendo armas. Mandaram ficar quieto e entregar tudo. Não reagi, fiz o que mandaram e no fim deu tudo certo. E fico feliz por ter tido essa reação, pois pesquisando no Google por assalto Natal, pode-se verificar a gravidade da situação. Se você está pensando em que cidade realizar a viagem dos sonhos, meu conselho, escolha outra, pois existem outras tão lindas quanto".

Pedro da Silva, turista, veio do RS e recebeu alerta sobre insegurança falou que isso só iria ajudar aos bandidos, pois ficaria mais fácil para eles roubarem e escaparem". O comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Araújo, afirmou que as obras em Ponta Negra têm atrapalhado a ação dos policiais. Além disso, aquela região de mata próxima ao Morro do Careca é de propriedade da Força Aérea. "Aquelas obras dificultam o acesso de carros e motos da polícia, e do pessoal a pé mesmo. Além disso, naquela região a iluminação é muito ruim, o que facilita a ação dos bandidos. A Polícia Ambiental fica por lá, até para impedir

o acesso aos morros, que são de propriedade da Força Aérea". A reportagem tentou contato com o Major Carlos Leão, comandante da Companhia Independente de Proteção Ambiental do RN, mas os celulares estavam desligados. MÁ FAMA NA INTERNET A violência constante na praia mais famosa da capital potiguar vem ganhando repercussão nacional. Fazendo uma rápida pesquisa na internet, é comum encontrar turistas contando as experiências assustadoras que tiveram na praia e aconselhando outras pessoas a não irem mais

Escadaria é utilizada como rota de fuga por bandidos

> MAIS UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA

Diretor do Alecrim Rugby é assassinado com vários tiros na frente de casa em Capim Macio O esporte do Rio Grande do Norte amanheceu de luto nesta sábado. Na noite desta sexta-feira (2), por volta das 20h15, o diretor e membro da comissão técnica do Alecrim Rugby, o italiano Enzo Albanese, de 42 anos, foi morto na área da casa dele, que fica na rua Francisco Pignataro, no bairro de Capim Macio, Zona Sul de Natal. De acordo com informações passadas pelo comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Araújo, uma dupla em um Corolla de cor clara parou em frente à residência de Enzo. O italiano então passou a discutir com um dos homens e tentou correr para dentro de casa. Nesse momento um dos suspeitos, que estava usando capacete, desceu do veículo e começou a atirar em Enzo, que foi atingido na cabeça e não resistiu aos ferimentos, morrendo no local antes mesmo que o atendimento médico pudesse chegar. Os bandidos fugiram do local e ainda não foram encontrados. A polícia descartou que o crime tenha sido um latrocínio (roubo seguido de morte), já que nada foi levado do local, nem mesmo a moto da vítima, que estava do lado de fora da casa. Ainda segundo os po-

Divulgação

José Aldenir

Enzo Albanese tinha 42 anos. Marcas de sangue amanheceram em frente à residência liciais, Enzo vinha sofrendo ameaças há alguns dias. Uma das linhas de investigação pode ser uma possível discussão que Enzo, que estava investindo em corretagem imobiliária, teve com um outro italiano do mesmo ramo de negócios.

Enzo Albanese era divorciado de uma natalense com quem tinha uma filha. Os pais da vítima, que moram na Itália, só devem chegar ao Brasil no início da próxima semana. Até lá o corpo seguirá no Instituto Técnico-Científico da Polícia

(Itep). Em contato com a reportagem do Jornal de Hoje, o técnico do Alecrim Rugby, o sulafricano Franco Siaschi, com quem Enzo trabalhou por cerca de dois anos, lamentou a morte do amigo. "É uma situação que não tem

sentido algum. Onde essa violência irá parar? Não perdemos apenas um ótimo profissional. Perdemos também um grande amigo. O Enzo era querido por todos. Ele veio para nos ajudar a desenvolver o esporte no Rio Grande do Norte.

Era um cara que sabia muito do esporte e exigia bastante. Mas nesse meio sempre acabamos criando uma amizade e o Enzo era um amigo". Questionado se Enzo vinha se queixando de algum problema, Franco respondeu negativamente. "Para mim ele nunca falou nada. Nós conversávamos sobre vários assuntos, mas ele nunca me relatou nenhum tipo de ameaça ou problema que pudesse levar para essa tragédia". Enzo Albanese foi um dos responsáveis pelo crescimento do rugby no Estado, principalmente do Alecrim Rugby. Em 2013, a equipe conquistou o título inédito do Campeonato Brasileiro de Rugby XV da Segunda Divisão - Adulto Masculino. Na final o time derrotou o Churra, do Rio Grande do Sul, por 33 a 7. Com a conquista a equipe garantiu vaga na elite do esporte em 2014. Em uma breve nota em seu Facebook oficial, o Alecrim Rugby lamentou a morte de Enzo. "É com enorme tristeza que informamos o falecimento do nosso manager e amigo Enzo Albanese. Nossos pêsames para a família e amigos. Devido a este acontecimento, o treino de amanhã (hoje) para novatos está cancelado".


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

INVASÃO DA UFRN

Um vilão inesquecível Meu filho adolescente pediu e eu levei para ele o Almanaque Curioso dos Vilões de HQs e Mangás, da Coleção Mundo Estranho, aquela revista de coisas que parecem mentiras, da editora Abril. Há 96 personagens relacionados na publicação. Antes de entregar a encomenda, fui conferir os textos e as ilustrações, buscando os vilões do meu tempo e me inteirando dos atuais, principalmente dos que habitam as aventuras japonesas e os games tipo Playstation, Xbox, Wii e os novos Nitendo. A revista inicia com o popular inimigo do Batman, o Coringa, e segue com o irmão rebelde do Thor, Loki, e Sinestro, rival do Lanterna Verde. Estão lá Magneto, Apocalypse e Galactus, e os clássicos Lex Luthor, Caveira Vermelha e Octopus. Na primeira vista, parece não ter faltado ninguém: Bane, Brainiac, Irmão Metralhas, Brutus, Duas Caras, Duende Verde, Mandarim, MulherGato, Gargamel, Maga Patalójika, Capitão Feio, Charada e Bizarro. Mas, na segunda espiada, faltou um cara. Faltou um dos mais temíveis vilões que eu já presenciei nas histórias em quadrinhos com superheróis da DC Comics, ao tempo da saudosa editora EBAL, do russo brasileiríssimo Adolfo Aizen. O almanaque não poderia ter omitido o mago Mordru. Mordru é um dos mais assustadores e malignos vilões de HQ. Uma figura de olhos endiabrados, sobrancelhas sempre em sinal de mau-humor e uma barba que sugere um misto de Antonio Conselheiro com Fidel Castro. Um bruxo mais poderoso que Merlin. O mais incrível e instigante roteiro com ele saiu num outro almanaque, o de Superboy em 1970. A capa traz o garoto de Kripton com o corpo inerte

de Lana Lang, a namorada, nos braços. O melhor da edição está na aventura "Mordru, o Impiedoso". Parte do que escrevo aqui agora já narrei para os leitores, há alguns anos, quando dediquei crônica a um dos personagens daquela saga da Legião dos SuperHeróis, o grupo adolescente liderado por Superboy e por seu primo Mon-El, a quem me refiro. Foi o mais dolorido e perigoso confronto da Legião, que inicia com Mon-El carregando Superboy nos ombros. O alter ego de Clark Kent desmaiado por causa da luta do encontro inicial com o letal inimigo. Os heróis fogem para se proteger no passado. Enquanto Mon-El comanda a fuga numa máquina chamada "cubo do tempo", atrás de todos cresce uma sombra negra, precedida pela voz cavernosa e assustadora de Mordru a gritar no balãozinho: "Fujam, escondam-se, tremam, encolham-se, legionários!". A sequência dos quadrinhos é um avanço para aqueles anos, há ritmo cinematográfico e uma narrativa de tirar o fôlego, mesmo se relida ainda hoje. Depois de impor pânico e terror nos heróis, o feiticeiro aprisiona os principais e monta um tribunal para julgá-los. Os piores criminosos das galáxias são convidados para atuarem como testemunhas e advogados de acusação. Imóveis e sem poderes, alguns legionários, principalmente Superboy e Mon-El, são condenados. É a vingança de Mordru pela trama anterior. Foram os dois amigos, ou primos, que o prenderam num cofre imune aos seus poderes místicos, onde ele ficou por anos. Mon-El é o elemento do único instante de heresia que eu pratiquei até hoje. Durante anos, após ler a aventura, acreditei ser ele maior que o Superman. (AM)

REJEIÇÃO

O jornalista Milton Neves denunciou ontem, no seu blog, no Twitter e na Rádio Bandeirantes, em São Paulo, que o Campus da UFRN deverá ser interditado por vários dias por causa do vice-presidente dos EUA, que vem a Natal assistir a Copa do Mundo.

Índice mais perigoso para as pretensões da presidente, a rejeição permanece no patamar registrado na última pesquisa Ibope: 42%. O segundo nome mais rejeitado é Marina Silva (35,6%), seguida de Eduardo Campos (35,1%) e de Aécio Neves (31,1%).

INTERDIÇÃO

DESAPROVAÇÃO

A denúncia foi estimulada pela informação postada na área de comentários do blog pelo engenheiro potiguar Ronald de Góes. O vice de Obama, Joe Biden, teria um gabinete e um alojamento na UFRN, onde nem mesmo a reitora da instituição teria acesso.

A desaprovação popular ao governo Dilma chegou aos 49,1%, enquanto que mais da metade do país, 50,2%, acha que a economia do país não está no rumo certo. Apenas 29,6% acha o governo positivo, enquanto a soma de negativo e regular chegou a 66,1%.

INTERDIÇÃO II

CAI O PT

DILMA CAIU

VICE DE AÉCIO

Segundo a postagem no blog de Neves, a interdição por vários dias seria em virtude da presença do vice e também pelo fato da seleção norte-americana usar um campo de futebol da UFRN como local de treinamento para o jogo diante da seleção de Gana.

Outro dado cheio de novidade na pesquisa é a queda vertiginosa das intenções de voto na legenda do PT, que historicamente tem entre 16% e 18%. Apenas 9,6% dos entrevistados votam no partido de Dilma, menos do dobro do PSDB, com 5,1%.

Nova queda de intenção de votos da presidente Dilma Rousseff, agora em pesquisa do Instituto Sensus feita para a revista IstoÉ, que está nas bancas. A petista desceu para 35% e o tucano Aécio Neves foi a 23,7%. Estabelecido o quadro de segundo turno.

O nome do senador potiguar José Agripino (DEM) voltou a ser comentado nas rodas de apostas sobre o vice do senador tucano na eleição de outubro. Outros nomes seguem especulados, como Aloysio Nunes, Miguel Torres e a ex-ministra do STF, Ellen Gracie.

OPOSIÇÃO

MOSSORÓ

A pesquisa IstoÉ/Sensus, realizada entre os dias 22 e 25 de abril, em 24 estados do país, revela que os dois principais candidatos da oposição seguem crescendo. O pernambucano Eduardo Campos (PSB) tem agora 11% da preferência nacional.

Na segunda pesquisa Certus/Gazeta do Oeste, o candidato Silveirinha (PSD) segue firme para vencer amanhã, com 48,7%. O nome de Larissa Rosado (PSB) foi citado por 19,1%. A candidata aguarda ainda hoje liminar do TSE liberando sua candidatura.

Fora Dilma

Quanto mais a presidente diminui seus índices de intenção de votos, mais aumenta a produção dos adesivos com a mensagem "Fora Dilma" que estão circulando nos vidros de automóveis e outras superfícies pelo país afora. A arte para impressão serigráfica da peça está sendo também disponibilizada para download, com a função de manter o padrão visual em escala nacional.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

Eleição e temas morais JANGUIÊ DINIZ MESTRE E DOUTOR EM DIREITO – REITOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU

Quais os temas que os presidenciáveis devem debater nesta eleição? Esta pergunta veio à tona após o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato à presidência da República, declarar que é contra o aborto e a redução da idade penal. Lemos, em variados meios de comunicação, que as opiniões de Eduardo Campos ganharam espaço na mídia em razão da ausência de propostas por parte dos competidores na disputa presidencial. Homens públicos precisam ser transparentes. Homens públicos precisam se posicionar. O ex-governador Eduardo Campos foi transparente e se posicionou, sem titubear, diante de dois temas considerados polêmicos e, por vezes, evitados em debates eleitorais. É possível que Eduardo tenha respondido com base em pesquisas de opinião pública. Entretanto, observamos que as respostas do presidenciável foram instintivas. Portanto, sinceras. Eduardo Campos pode, obviamente, ter perdido eleitores nas classes A e B, já que é possível que neste universo eleitoral existam eleitores favoráveis ao aborto por motivos diversos. Por outro lado, ele pode ter conquistado admiradores tanto nestas quanto em outras classes, tudo em razão do seu posicionamento firme e transparente. Quanto ao tema redução da idade penal, variados institutos de pesquisas já mostraram que gran-

de parte do eleitorado brasileiro é favorável à redução. Neste caso, a hipótese que surge é que o presidenciável do PSB também perdeu eleitores em razão da resposta ofertada. Entretanto, voltamos a afirmar: Eduardo Campos pode ter conquistado eleitores em razão do seu firme posicionamento. Candidatos à presidência da República precisam responder à perguntas inconvenientes durante a campanha eleitoral. Temas polêmicos e que dividem a opinião da população estarão sempre em debate. A principal diferença é que, se a indagação for feita num momento em que o candidato está em franco crescimento, qualquer resposta que gere polêmica poderá impedilo de crescer. Baseado nesta teoria, consideramos, portanto, que ao se posicionar sobre a redução da idade penal e o aborto antes dos grandes debates eleitorais que devem surgir até a data das eleições, Eduardo Campos se livrou de futuras polêmicas e suas respostas não serão mais surpreendentes, caso os temas sejam abordados pela mídia. A presença de temas morais na disputa eleitoral não é novidade, no entanto, esse temas caracterizam-se como uma armadilha. E não como ausência de propostas. Qualquer candidato sábio tende a provocar o outro competidor através de indagações que requeiram respostas polêmicas. Nestes casos, o indagado precisa ser ainda mais sábio para ofertar a melhor resposta. E qual é a melhor resposta? A sinceridade. Ela irá permitir a conquista de eleitores.

REFORÇO

O prefeito Carlos Eduardo Alves resolveu exonerar Elias Nunes do cargo de diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico de Natal, a Arsban. Em seu lugar, já foi nomeado o exdeputado estadual Cláudio Porpino. Wilmista histórico, o ex-parlamentar fortalece de forma considerável o time da Prefeitura, a quem colocará sua capacidade de trabalho e de articulação. O curioso, é que Cláudio também foi secretário da gestão Micarla de Sousa, quando assumiu a Secretaria de Serviços Urbanos.

AGENDA POSITIVA

Por falar no prefeito, após seu retorno a Natal depois de uma viagem a Europa, o gestor cumpriu uma série de compromissos públicos, incluindo visitas aos principais projetos do município em andamento. Na segunda, vai as obras de mobilidade urbana.

IMAGINE NA COPA

A Prefeitura publicou edital de chamamento para as empresas patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo e todas as demais interessadas em firmar parcerias de publicidade com os eventos que serão realizados por Natal, durante o FIFA Fan Fest. Quem desejar, deve enviar as suas propostas para a sede da Secretaria de Planejamento até 16 de maio. A escolha das melhores propostas ficará sob a responsabilidade da Fundação Capitania das Artes.

ATRASOS

Quem passa por perto das obras nas vias de acesso ao Aeroporto de São Gonçalo duvida, e até aposta, como o projeto não ficará pronto na data prevista para inauguração, no próximo dia 22 de maio. Neste sábado, a Tribuna do Norte informou que nenhum poste de iluminação, de 290 previstos, ainda foi instalado no local. Corrida contra o tempo.

Gira Mundo Divulgação

Quando a gente pensa que já viu de tudo, o brasileiro sempre inventa alguma novidade. Em São Paulo, no pequeno município de Monte Azul Paulista, um leão de 300 quilos foi roubado de uma Ong de proteção e recuperação de animais. A Polícia acredita que ele tenha sido dopado por dardos e arrastado até uma jaula em uma camionete. As suspeitas recaem sobre o ex-dono do animal, que mora no Paraná.Filmagens também mostrariam a ação de três homens e uma mulher. Coisas do Brasil

Megafone Divulgação

“Ninguém vai conseguir me separar do Lula ou ele de mim. Sei da lealdade dele, e ele, da minha. Isso não me pega” DILMA ROUSSEFF PRESIDENTE DA REPÚBLICA, SOBRE A ONDA DO “VOLTA LULA” ENTRE OS ALIADOS

INTERDIÇÕES

LUTO

Ponto para a Prefeitura o fato de ter conseguido liberar as avenidas Rio Branco e Deodoro da Fonseca, que passam por baixo do Viaduto do Baldo. Apesar de curto, o período em que as vias ficaram interditadas foram ainda mais caóticos. A população espera, agora, que os administradores da cidade busquem realizar as obras no próprio Viaduto, fechado para trânsito há quase dois anos. Vergonha.

Lamentável a notícia do assassinato do italiano Enzo Albanese, diretor do time de rugby do Alecrim. Mais uma vítima da violência em uma terra onde a lei é determinada por quem tem uma arma na mão. O crime ocorreu em frente a residência da vítima, no bairro de Capim Macio, por volta das 20 horas desta sexta-feira (02). Os criminosos, claro, fugiram sem muitas dificuldades em um veículo.

NOVIDADE

SDASDASDA

Já começam a chegar em Natal as primeiras bicicletas elétricas, abastecidas a energia. Quem desejar conhecer o equipamento, o Natal Shopping disponibiliza para uma espécie de “test drive”. O equipamento também faz parte de uma promoção do estabelecimento, que sorteará 11 bicicletas neste mês das mães. Opção de economia e de praticidade.

Para conscientizar a população sobre a importância desse gesto que salva tantas vidas, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio da Coordenação Estadual de Aleitamento Materno, promove de 12 a 19 de maio, em todo o estado, a Semana Estadual de Doação de Leite Humano. Para doar, é preciso entrar em contato com o Banco de Leite mais próximo de sua casa.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

Cidade

Sábado e Domingo Cedida

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br João Neto

w APOIO NACIONAL

A passagem do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, pelo RN, na última quarta-feira, serviu não apenas como reforço a candidatura de Francisco José Silveira em Mossoró... >>> Kassab também veio para dizer ao vicegovernador Robinson Faria, presidente da sigla no Estado, que a sua candidatura a governador é uma das prioridades do PSD nacional para a eleição de outubro. >>> E que ele tem total apoio do partido.

O belo potiguar - e estudante de Medicina - Bruno Fonseca já está contando os dias para disputar o concurso Mister Brasil Mundo, que acontece no próximo dia 10 de maio, no hotel do Bosque, em Angra dos Reis/RJ. Ele, que é o atual Mister RN, é considerado um dos favoritos para levar o troféu. Além da beleza, o concurso exige que o candidato esteja participando de um projeto social e Bruno ajuda com doações para o hospital da Liga Contra o Câncer

w CANDIDATURA ELOGIADA

Bobflash

Isso porque, segundo o próprio Kassab contou por aqui, o RN está na lista do PSD como o terceiro Estado com maior chance de vitória na eleição para o Governo. >>> As boas novas trazidas por Kassab deixou Robinson com brilho nos olhos...

GIRO PELO TWITTER ...do apresentador esportivo Milton Neves: "Senhores, vejam se pode. O governo americano quer interditar o campus e a

w REPERCUTINDO

Depois do presidente do PMDB Henrique Alves comentar no Twitter sobre o encerramento da campanha de Larissa Rosado em Mossoró, a senadorável Wilma de Faria também utilizou a rede social para falar sobre a multidão que acompanhou a carreata de encerramento da campanha da deputada do PSB. >>> Wilma disse ter ficado extasiada com a população que desceu o Alto São Manoel juntamente com a candidata a prefeita, afirmando que viu o desejo de milhares de mossoroenses de votar na sua candidata. >>> "Nas carreatas e comícios-relâmpago, tivemos a certeza que o mossoroeense já se definiu e domingo sua opção", disse, elogiando Larissa, a qual considerou uma "excelente gestora, deputada brilhante e faz campanha propositiva pensando nos mossoroenses de todas as classes".

própria UFRN de Natal por um mês só para a seleção americana treinar"; ...do Deputado Felipe Maia: "O reajuste no Bolsa Família, anunterá impacto de R$ 1,7 Bilhão nas contas públicas de 2014";

Márlio Forte

...da

colunista

Mônica

Bergamo: "A única candidata aqui presente é a Dilma, diz

A boate Pink Elephant bombou na véspera do feriado do Trabalhador com a presença de lutadores de MMA... Entre eles Rony Jason, vencedor do 1º TUF Brasil, na Globo

Lula em seu discurso no encontro do PT". Mulheresnofds

w DICA

Há cinco anos, no mês de maio, o Grupo Maranello promove a festa "Maranello White", considerada uma das melhores do Nordeste. Esse ano, o Maranello virou Pink Elephant e no dia 23 de maio vai acontecer a 1a Pink White Party. >>> Para a festa, uma atração internacional: o duo Kyau & Albert da Alemanha, um ícone do trance mundial, com mais de 25 anos de estrada. Noite que contará ainda com o projeto Sax In The House e o DJ Felipe Diniz. >>> Os ingressos já estão à venda na Pink Elephant.

w SEGURANÇA EM

PAUTA ELEITORAL Falando em Wilma... >>> ...no Twitter ela aproveitou para criticar a Segurança Pública do RN. >>> Disse que o atual governo age com descaso, falou sobre a situação do ITEP mostrada em matéria do Jornal da Globo e ressaltou que a Segurança do RN está "abandonada pelo Governo". >>> "A que ponto chegamos? No ITEP do RN, usam peixeiras, conchas, facões, martelos, tesouras de jardinagem e até serras nos cadáveres. Agora, os agentes penitenciários ameaçam paralisar os trabalhos por falta de investimentos do governo. Não bastasse, enfrentamos alto índice de homicídios. Só esse ano já foram 550 vítimas. Chega de violência no RN!", escreveu.

ciado pela Presidente Dilma,

Getulio Madruga no lançamento do novo livro de Graça Silveira

Foi assim que o ministro dos Esportes Aldo Rebelo desfilou pela Escola de Governo essa semana: de braço dado com a governadora Rosalba Ciarlini

w COBRANDO

O deputado Fernando Mineiro (PT) apresentou requerimento cobrando informações do Governo do Estado sobre a aplicação dos recursos oriundos do empréstimo de R$ 614,5 milhões, aprovado pela Assembleia Legislativa em 2012. >>> Na opinião do parlamentar, não

há como aprovar o novo pedido de empréstimo do Executivo, no valor de R$ 850 milhões, sem a prestação de contas desse crédito anterior. >>> A nova solicitação do governo foi enviada ao Legislativo em dezembro de 2013 e ainda será analisada pela Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF).

w CONTRIBUINDO...

A arquiteta e empresária da Artefacto/Home D, Ysnara Almeida, comemora o mês do Artista Plástico pelo segundo ano consecutivo, e dessa vez através de um leilão com renda revertida ao Hospital Infantil Varela Santiago. >>> A ideia é mostrar que o universo das artes está ao alcance de todos. >>> Dorian Gray, Demétrius Coelho, César Revoredo, Flávio Freitas, Clarisse Torres, Mag Revoredo, Marcelus Bob, Carlos Sérgio Borges, Jackie Monteiro e Francisco Eduardo são os artistas que participam da 2ª edição do evento e aceitaram o convite engajados na causa social do Hospital infantil. >>> As obras estão expostas na loja, localizada na Hermes da Fonseca sob a batuta do empresário Marino Eugênio Almeida.

DesFile Natal Shopping Fashion Days

CMYK


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br

Seu W. é de Wellington e seu D. de Dantas. Nomeiam um Wellington Dantas Cavalcanti. Assim, W. D. Cavalcanti é natalense, poeta de ‘Adiantamento da Legítima’, o belo livro de poemas de 2010, publicado aqui, pela editora Una, e lançado no Brasil. Raramente sai do seu mistério. A não ser quando desencanta, como ontem. Sem avisar, estavam aqui o texto sobre Dorival Caymmi e os dois poemas que escreveu para homenagear Dorival Caymmi, de quem ‘o canto é bênção e o silêncio é lição’. E como não gosta, pelo muito que há de injusto e hipócrita, nas festas oficiais, aceitou republicar os dois poemas feitos há décadas para fugir da batida do ponto burocrático na data redonda dos cem anos de Caymmi. Festa que vem vindo por ai (VS).

CAYMMI As honras da hora e outras ondas W. D. CAVALCANTI Caymmi, negro como convém a quem de fato é fruto de amor gerado na Bahia, mas de sangue e nome também italianos, nasceu há cem anos, na Saúde de uma Salvador não irremediavelmente doente como a de hoje, quando os trilhos urbanos ainda não haviam demolido a Sé primacial. Portanto, euroafrobaiano é o santo, desapegado de tudo o que viria a ser, em desacordo com o seu legado, o empopecimento da canção. Fundante e dissidente, seu canto é bênção e seu silêncio é lição. Agora, é hora de bater o burocrático ponto das celebrações oficiais no redondo da data, com todas as pompas urgentemente improvisadas para que as homenagens pareçam menos inconsistentes do que são. Há sempre nessas comemorações inegável justiça e oportunismo hipócrita. No entanto, outras ondas existem... Desde a infância, dão colorido à minha memória os improváveis azuis de Caymmi e o Mar, com ondas rebentando em rochas ante um estoicamente impassível e jovem senhor, a olhar para algum além de que não se sabe, mas que inequivocamente está fora do enquadramento. Sem as pressas do agora, na calma que Dorival inspira, escrevi, há décadas, dois poemas, publicados em 2010 no livro Adiantamento da Legítima, de minha autoria. Neles, assim o evoco com a admiração da criança que cedo o ouviu por gosto e apontamento dos pais: Anacoreta avesso à fome de fama, ele cantou muito sabiamente: "Pobre de quem acredita na glória e no dinheiro para ser feliz". Logo, São Francisco Salvador. Sim, euroafrobaiano é o santo. Soterofranciscano. E o que lhe foi circunstante nos é bem menos longe e exótico do que possa parecer. Tudo o que ele nos cantou nos é tão próximo e ainda está tão perto, apesar de cada vez mais triste e dessemelhante. Salvador, 30 de abril de 2014.

DIÁLOGO QUE FLUI Dorival diz: só louco amou como eu amei, só louco sabe o bem que eu quis; ao que Rimbaud dispara: já é uma grande vantagem que eu possa rir dos velhos amores ilusórios. Heráclito discorre: não podemos nos banhar duas vezes no mesmo rio porque suas águas se renovam a cada instante. Eu deságuo: insisto em mergulhar nesse inconstante e também rio. Paulo de Souza

W. D. CAVALCANTI

URGÊNCIA É doce morrer no amar, antes que o amar amorteça. Nos olhos verdes do amar, antes que o amar não mais veja. Nos braços fortes do amar, antes que o amar desfaleça. Nas pernas rijas do amar, antes que o amar enfraqueça. No colo quente do amar, antes que o amar desaqueça. É doce morrer no amar, antes que o amar esmoreça. Nos lábios tintos do amar, antes que o amar emudeça. No riso pleno do amar, antes que o amar entristeça.

Na cabeleira do amar, antes que o amar já não cresça. Nos seios firmes do amar, antes que o amar amoleça. É doce morrer no amar antes que o amar só padeça. Nas ondas verdes do amar, antes que o amar madureça. Nas águas claras do amar, antes que o amar anoiteça. No tempo presente do amar, antes que o amar esqueça. No infinitivo do amar, antes que o amar findo esteja. É doce nadar no amar, antes que o amar nada seja.

Cantinho do Zé Povo BOB MOTTA - bobmottapoeta.com.br bobmottapoeta@gmail.com - Telefone: 9965-6080

A separação do matuto Êita, qui sodade do matuto João Motta, meu pai! Papai era daquele matuto brabo; qui aprendeu a lê o suficiente mode lê tudo o qui era de jorná qui aparicêsse na sua frente... E minha gente; purêsse simpres mutivo; êle era o qui pudia se chamá de um "arto-didata"; qui sem ir à escola, trabaiô feito doido e "fundô uma firma qui ôtos afundô" aiguns ano adispôi da sua morte; e o ingraçado nisso tudo; se num fôsse trágico; é qui quem afundô sua imprêsa; "num foi o seu fíi alcoólatra e inrresponsáve"... Inda hoje o pobre do véio deve de tá se remexendo de disgôsto, dento da catatumba... Mais, dêxando isso prá lá; ramo falá do qui reaimente tem importânça; dais peripéça do nosso irmãozíin matuto.O matuto é um ser humano tão dispruvido de mardade no seu coração, de uma purêza tão cristalina, qui cunsegue arranjá mutivo prá surrí inté dais suas própria dificulidade, qui muntas vêiz se acumula in Pg, progressão geométrica (valei-me meu quirido e sodoso Professô João Faustino Ferrêra Neto, de quem tenho munto orgúio in tê sido aluno...). Pois é, minha gente! Esse "leriado" é a porta de entrada do nosso causo de hoje. Nuis tempo de antigamente, quando soutian inda era "califon" e King Kong inda era um "sonhíin"; uis hôme e ais muié, nuis seus casamento, era de uma seriedade muntas vezes inté "machucante"... Falá in sexo na frente duis fíi; nem pensá... Um simpres bêjo na bôca, era mutivo suficiente para a obrigatoriedade de um casamento. Uma "lapimbochadazinha de leve"; nem in sonhe; pudia dá inté in morte. O rapaiz, quando robava uma môça. "era môça mêrmo"; tinha cabaço in todos uis buraco do côipo; só num tinha nuis zóio, pruquê chorava p'ru quaiqué bestêra... E tem maise; assim qui robava a dita, cuja, referida (como diria o saudosíssimo Cel. Ludrugero); o rapaiz guardava-a na casa de uma famía de sua cunfiança, inquanto resôivia a questão cum a famía da pretensa noiva. Da casa daquela família, a môça só saia p'rú

o cartóro ou prá igreja... Pois bem, conta a sabedoria do Zé Povo, qui um casá criado nesses padrão de cumportamento, brigô e resôiveu se separá. O hôme, se era "grosso qui só papé de inrrolá prego; a muié dizia; sai da frente qui eu quero passá"... E do jeito qui era cumpricado o casamento, era cumpricado se discasá tombém; tinha qui tê a assistênça jurídica p'rú riba de pau e peda... E êsse casá, de pôcas posse, procurô um "adevogado sem fóimação universitára, ô sêja, um rábula" mode vê se cunsiguia ficá livre, um do ôto... E êsse adevogado qui foi procurado, era tipo meu quirido e sodoso amigo Ramiro Pereira da Silva, de Lages-RN; o Ramiro Capitão; cuja inrreverênça chegô nêle e parô. E fôro dereto ao interrogatóro de praxe, quando o rábula se dirigiu aos dois: - Por que vocês estão querendo se separar ? Não tem jeito de fazerem as pazes não ? A muié foi quem arrespostô premêro: - De jeito e qualidade; esse véio, dispôi duis setenta, só qué vivê puros putêro de bêra de istrada; fora de casa é um leão; dento de casa é um rato numa casa de ferrage; num come naaaada... - E você, meu amigo o que tem a me dizer ? - É isso mêrmo; ela num tá mintindo não. - Então vocês estão dispostos a se separarem mesmo ? - Tamo; e logo. - O que é que vocês tem para ser dividido ? O homem gritou logo: - Eu num tenho porra ninhuma; só a vida aperriada junto dessa muié... - E a senhora, tem alguma coisa? - Munto mais pió; eu só tenho disgôsto e má lembrança do tempo qui passei cum êsse peste. Então, o rábula, depois de pensar um pouco, disparou: - A questão é munto tôla; aqui mêrmo eu lhes disquito. Fique você cum sua rôla. e você, cum seu priquito!... CMYK


14 O Jornal de HOJE

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

Cidade

Hemeterio Gurgel Dicas -

Melissa Mafra

BENEFÍCIOS DO ABACATE Melhorar a pele, pois tem boas quantidades de vitamina A, E e C; previne doenças congênitas pois contém ácido fólico; protege as células pela sua riqueza em antioxidantes. PARA A MUSCULAÇÃO Abacate na musculação evita a fadiga muscular e combate os radicais livres, evita o envelhecimento celular precoce.

NA GRAVIDEZ Na gravidez previne doenças congênitas em bebês. É essencial o consumo de folato ou ácido fólico e ele tem muita desta vitamina. PARA O DIABÉTICO Para diabéticos ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue. Isso por ter uma grande quantidade de carboidrato e alto teor em fibra.

Fast Food GRIL IN BOX DELIVERY

ENDEREÇO: Alameda das Acácias, 250 - Neópolis, Natal Tel.: (84) 3217.8656 - Funciona das 11h às 14h, das 18h às 22h de terça à domingo. EMPRESÁRIOS O Restaurateur é Sérgio Farias que lançou uma novidade em Delivey: um serviço só de Carnes. Como ele bem define, trata-se de uma empresa familiar, assim trabalham com ele a mulher Tânia Nogueira, e os dois filhos Karoline Romana e Sérgio Filho. Acredito em empreendimento assim com toda a família integrada, isso representa economia de mão de obra e tudo o mais. A PROPOSTA - MENU A Grill in Box, tem como proposta opções de picanha, maminha, costela de porco, frango e até mesmo camarão, para variar. Usa também a imaginação na criação dos pedidos. Por exemplo: o mistão grill, que leva picanha, frango e lingüiça. No geral, são cinco opções de pratos com carne, seis de frango, como o peito de frango grelhado ou o frango grill cheese, outras duas opções de camarão, bem como duas de saladas. Os acompanhamentos disponíveis no Grill in Box são: macaxeira frita, purê, farofa, linguiça de frango. O DIFERENCIAL QUE DÁ MAIS SABOR - EMBALAGENS As carnes do Grill in Box são elaboradas numa revolucionária máquina a raios ultravioleta. Não é usado nem brasa e nem chapa. Esse é o grande toque e o sucesso dessas carnes maravilhosas. São 3 tamanhos de embalagens, elaboradas cientificamente para manter o gosto e a temperatura ideal até chegar a casa: grande, média e pequena. Tudo foi elaborado obedecendo à melhor técnica da alta gastronomia no preparo não só das carnes como dos acompanhamentos. COMEÇOU O BRASIL SABOR - NATAL PROMOÇÃO: - Este é um evento promovido

todos os anos pela ABRASEL - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes. A associação em Natal tem como presidente o competente Max Azevedo, dono do Restaurante Galo do Alto. Começou no dia 1º de Maio e irá até o dia 31/05. CARACTERÍSTICA A promoção tem o objetivo de promover os costumes gastronômicos locais. Isto é, cada cidade usa a cozinha de sua região ou do próprio local onde funciona. Há sempre um prato especial a preço também especial. PARTICIPAM EM NATAL: Fast Grill - Maturi Tom Maior - Dom Miguel - Dom Vinicius - Talher Marina´s Camarão - Pittisburg - Tabua de Carne - Chinatown - Aquarius e Galo do Alto. JORNALISTA TOINHO COMPLETA 38 ANOS Aconteceu no Versailles - Cidade Jardim. O nobre Toinho não era aniversariante, embora espiritualmente tenha menos de 38 de Old, mas de colunismo aqui no RN e sempre com êxitos em suas promoções. O tema foi dedicada a cidade de Dubai, sua paixão: BUDDHA BAR. O melhor da nossa cidade do socialite a altas autoridades prestigiaram o evento. Versailles estava lindo. DECORAÇÃO: Clodoaldo Bahia com peças do Antiquário Época e Flor de Bali, animação: Orquestra Prime's. AAIMÊ Lingerie fez um desfile inesquecível, ao grande Toinho abraços. Foto: Jornalista Toinho e a Governadora Rosalba.

Sábado e Domingo

www.saboresaber.com(breve) RECEITA: -

Chef Sanylle

Faraj

te e alho, acrescentar a manteiga e o gorgonzola até o queijo derreter, acrescentar o creme de leite, finalizar com a noz moscada.

ISCA DE FILÉ AO GORGONZOLA INGREDIENTES: 500g de filé cortado em cubinho - 20ml de azeite - 1 colher de sopa de alho amassado - 200g de queijo gorgonzola picadinho - 300g Creme de leite - 60g de manteiga - 5g de noz moscada.

DICA DA CHEF: Servir com torradas crocantes acompanhada de um bom vinho... Delicioso!

MODO DE PREPARO: Refogar o filé com azei-

Conversa de Restaurante ELEIÇÃO DE MOSSORÓ PARA A SUCESSÃO ESTADUAL NÃO DECIDE NADICAS IMPEACHMENT AGORA? E SEM FUNDAMENTAÇÃO JURÍDICA! RECIPROCIDADE A ELEIÇÃO DE MOSSORÓ SOB A ÓTICA DA VERDADE RESTAURANTE GALO DO ALTO - Prazerosa-

mente vendo a banda passar naquela varanda agradabilíssima. Logo atrás de nossa mesa havia um grupo, que não tenho a menor dúvida, era de políticos da zona Oeste do RN. Pautavam, com firmeza, as eleições de Mossoró, lamentando a judicalização, com a benção do juiz local, cujo único objetivo real era afastar da disputa as duas maiores lideranças daquela cidade: a deputada federal Sandra, do PSB e a Governadora Rosalba do DEM. E teve êxito! Agora será uma vitória de Pirro. Ninguém consegue formar uma liderança instantânea! Há 50 anos essas duas lideranças comandam a política da capital do Oeste. Para completar o juiz determinou que os possíveis votos de Larissa fossem contados como nulos. Então sabemos que o prefeito chama-se Silverinha. Agora, vamos ver quem tem força mesmo nas eleições para Governo e Senado, se será Rosalba ou quem ela apoiar, se será Henrique já apoiado por Sandra; ou Silveirinha com o vice Robinson. É um bom tira-teima. O juiz passa, mas os Rosados permanecerão ali ainda durante muitas décadas. Mas dará tempo de ele ver que juiz é uma coisa, e política é outra muito diferente. Fotos: Rosa, Silveirinha e Sandra. E O TAL DO IMPEACHMENT DO MARCCO? LEGITIMIDADE JURÍDICA- Restaurante Guinza - Falam do tal do Impeachment, diziam de saída que até o embasamento jurídico foi feito erroneamente, esse instrumento é regido pela Lei 1079/50. Só que nos casos de Governador os artigos são os 75 e 76. Aí, depois de ouvir eu tive a curiosidade de verificar essas citações: Vejam: "Art. 75. É permitido a todo cidadão denunciar o Governador perante a Assembléia Legislativa, por crime de responsabilidade. Art. 76. Adenúncia assinada pelo denunciante e com a firma reconhecida, deve ser acompanhada dos documentos que a comprovem, ou da declaração de impossibilidade de apresentá-los com a indicação do local em que possam ser encontrados.” Nos crimes de que houver prova testemunhal, conterão rol das testemunhas, em número de cinco pelo

menos. "E concluíram: é uma balela jurídica, pois o MARCCO, não tem personalidade jurídica. A Lei é meridiana quando explicita que todo cidadão pode entrar com o impeachment. E adiante diz que o documento assinado pelo denunciante terá de ter a "firma reconhecida" e acompanhada dos documentos. Que são carteira de Identidade, titulo de Eleitor etc... PORQUE SÓ AGORA? E ANTES O QUE HOUVE O incrível terminou o papo é que uma ruma de gente tão importante perde seis meses redigindo um documento errado, quando deveriam estar, isso sim, julgando os processos que estão parados no foro e na procuradoria por falta de despacho de seus responsáveis. E vem uma indagação que deixou todo mundo encucado na mesa: Tivemos um governo de 8 anos com Foliaduto, Foliatur; Operação Higia, Ouro Negro, Ponte Forte-Redinha; prisão do filho da governadora, processos de irmãos e parentes. E ONDE ANDAVA O MARCCO? Por que eles Marcco - não exigem o julgamento dessas ações? É de lascar de mesmo, encerrou, sob apalusos dos que estavam na mesa. PORQUE NÃO A RECIPROCIDADE? Restaurante Camarões Potiguar: Aí o assunto era a ação de improbidade impetrada pelo procurador chefe da Procuradoria Geral do Ministério Público do RN, Rinaldo Reis Lima. Nela ele pede inclusive a indisponibilidade dos bens da governadora para garantir os possíveis prejuízos do Estado. Aí veio o xeque-mate. Falaram: já está sendo redigido uma representação contra essa atitude inusitada do chefe do MPE. Porque seus dois antecessores e inclusive ele, não apuraram a responsabilidade da COMPRA DE UMA EDIFÍCIO POR 850 MIL REAIS há 6 anos, abandonado por ser imprestável? Quem vai ressarcir o Estado desse prejuízo? Os três, isto é, o atual Chefe que só tomou providências depois que a imprensa abriu a boca no mundo denunciando? Ou seus dois antecessores, o que comprou e o outro que ficou caladinho da silva? Quem vai restituir o nosso dinheirinho? Vocês acreditam num inquérito dirigido pelo próprios promotores, subordinados, ao procurador chefe? Vamos ver o que o Conselho Nacional do Ministério Público vai dizer do relatório enviado denunciando-os? E o Promotor flagrado em corrupção e que foi aposentado com gordo salário? O Risco que corre o pau corre o machado!!!

Mas... quando me virei... NÃO VÍ NINGUÉM.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Apenas uma parte do Terminal de Passageiros do Porto de Mucuripe operará na Copa do Mundo NATAL Navio BKM 104 Cornélius I Lagoa Paranaense Marfret Marajó Marfret Guyane CMA-CGM Herodote CMA-CGM Platon G29-Garcia D’Avila Prinsendam Seven Seas Mariner Gemini

Bandeira Chipre Panamá Brasil França França Inglaterra Inglaterra Brasil Holanda I. Marshall Bahamas

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 10/05 17/05 24/05 26/05 12/06 12/06 15/06

Destino Roterdam/HOL Roterdam/HOL -Algeciras/ESP Vigo/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Rio de Janeiro(RJ) Fortaleza(CE) Fortaleza(CE) Fortaleza(CE)

Carga/Des. Balsa Rebocador Rebocador Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres Operação Turismo Turismo Turismo

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Eagle Paraíba Ajax

Malásia Bahamas

No Porto Salvador (BA) 12/05 Salvador (BA)

Óleo Cru Óleo Cru

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

TÁBUA DE MARÉS Dia Hora Altura (M) 03 12:58 0.5 19:23 1.9 04 01:06 0.6 07:36 2.0

FASES DA LUA Crescente (07/04 - 05:32h) Cheia (15/04 - 04:44h) Minguante (22/04 - 04:53h) Nova (29/04 - 03:16h)


Esporte

Sábado e Domingo

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

José Aldenir

O Jornal de HOJE 15

DÊNIS MARQUES É VETADO O técnico Zé Teodoro não vai poder contar com o seu principal jogador, o atacante Dênis Marques. Com o tornozelo direito bastante inchado, devido a uma forte pancada no jogo contra o Boa Esporte, Marques foi vetado pelo Departamento Médico alvinegro e desfalca a equipe no clássido desta tarde, na Arena das Dunas. Em compensação, o treinador ganhou o reforço de três atletas. O volante Michel e os meias Xuxa e Rogerinho, todos recém-chegados, foram regularizados e relacionados para a partida de logo mais. Xuxa treinou no time principal durante a semana e deve fazer sua estreia no time principal. Liel, que chegou antes e aguardava regularização, também deve fazer sua estreia como titular, enquanto Michel e Rogerinho ficam como opção para o segundo tempo.

CLÁSSICO COM PADRÃO FIFA AMÉRICA

ABC

SE ENFRENTAM NA

América e ABC se enfrentam neste sábado pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Mais que um clássico, o jogo será o último evento-teste da Fifa antes dos jogos da Copa do Mundo na Arena das Dunas. O principal detalhe da organização estará focado na segurança. Ao todo 600 policiais militares participarão da simulação. Na Copa, a estimativa é de que 2.200 homens participem do esquema. Foram tomadas as seguintes providências: parte do policiamento escalado para o jogo será distribuído em um raio de cinco qui-

lômetros do estádio; será instalado um Juizado Especial Criminal e uma delegacia nas dependências do estádio, e o policiamento será constituído de homens do Batalhão de Choque, da Cavalaria e do Corpo de Bombeiros. Também será testado o perímetro de segurança estabelecido pela Fifa, que restringe a circulação de veículos, em uma área que compreende uma extensão de dois quilômetros no entorno na arena. De acordo com o comandante geral da PM, coronel Araújo, a Secretaria de Mobilidade Urbana vai instalar três Pontos de Verifi-

E

José Aldenir

ARENA

DAS

DUNAS

cação de Veículos. "Pretendemos fazer uma simulação do esquema e seu funcionamento, pois será assim na Copa e só terá acesso à área de segurança aqueles veículos que estiverem credenciados", explicou Araújo. O clássico também contará com uma vistoria rigorosa. Os torcedores não poderão entrar na Arena portando latas, garrafas ou material coloque em risco a integridade física de outros torcedores e jogadores. Os produtos serão retidos e guardados. O torcedor receberá um cartão para retirada do material após o jogo.

NO ÚLTIMO EVENTO -TESTE DA

COPA

3ª RODADA - SÉRIE B Bragantino Joinville Santa Cruz Boa Esporte Vasco Ceará América-RN Ponte Preta Vila Nova Sampaio Corrêa

2x2 2x1 1x1 x x x x x x x

Portuguesa Icasa Paraná América-MG Atlético-GO Náutico ABC Luverdense Avaí Oeste

PÚBLICO DO ESTADUAL TEVE 57% DE AUMENTO O Campeonato Potiguar Chevrolet Onix 2014 terminou na última quarta-feira (30), na Arena das Dunas, quando o América foi campeão em cima do Globo, e o saldo foi considerado altamente positivo pela Federação NorteRio-Grandense de Futebol (FNF). De acordo com um levantamento feito pelo pesquisador Marcos Trindade, o aumento de público foi de 57% em relação ao ano

passado. Para o presidente da Federação, a nova tabela proposta e as ações da FNF foram fundamentais para o sucesso da competição. "Como o calendário foi apertado, com muitas competições e em razão da Copa do Mundo, realizamos um campeonato com duas fases. O torcedor gostou desse formato e abraçou o Estadual de uma

forma bastante positiva", destaca o presidente. O público pagante total do Campeonato Potiguar Chevrolet Onix nos 86 jogos disputados foi de 129.229 torcedores. Média de 1.503 torcedores pagantes por jogo. De acordo com dados de Marcos Trindade, a média final deste ano em comparação com a média do ano passado, de 953 pagantes, é 57,71% maior.

AMÉRICA DEFENDE TRÊS TABUS Campeão estadual, o América entra em campo decidido a defender três tabus. O primeiro e mais importante é a invencibilidade sobre o rival, que já dura 12 jogos oficiais. O segundo é a série de sete meses invicta como equipe mandante e a outra é a invencibilidade de 14 partidas na Arena das Dunas. Para manter todo esse retrospecto, o técnico Oliveira Canindé contará com três reforços. Aparecem pela primeira vez na relação dos convocados o zagueiro Roberto Dias e o meia Daniel Costa. O time também terá reforço do lateral-esquerdo Wanderson. o goleiro Andrey, o volante Thiago Dutra e os alas Marcelinho e Thiago Cristian seguem entregues ao departamento médico. Wálber, eleito um dos destaques do time no campeonato estadual, deve reassumir a lateral-direita.

ALERTA LIGADO O América é campeão potiguar, tem um plantel muito bom, mas vale lembrar que a equipe de Oliveira Canindé não vence há dois jogos. Vem de uma derrota para o fraco Oeste e um empate com o regular Globo. O alerta está ligado e uma eventual derrota no clássico pode abalar a confiança do grupo.

Fábio Pacheco fabiopachecorn@gmail.com

Divulgação

AS CHANCES DO ABC Como diz o ditado mais tradicional do futebol mundial: clássico é clássico e não tem favorito. Mas neste sábado (3), na Arena das Dunas, vai estar mentindo quem usar esse jargão. É verdade que tem a tradição das duas camisas e a rivalidade das duas torcidas, só que não dá para esconder que o time do América chega muito mais preparado para o confronto. Campeão estadual com todos os méritos, a equipe de Oliveira Canindé está pronta, definida há mais tempo e jogando um futebol redondo. Tem um plantel qualificado e entra em campo como o grande favorito. Se pelo menos Dênis Marques estivesse com condição de jogo, até diria que o ABC poderia equilibrar a briga no ataque. É verdade que tem a estreia de Xuxa, mas sozinho não vai resolver nada. O grupo de Zé Teodoro só tem uma chance de ganhar esse clássico, se conseguir anular os dois principais jogadores alvirrubros: Arthur Maia e Fabinho, neutralizando o meio-campo americano. E óbvio: se Gilmar voltar a jogar pelo menos 50% de sua capacidade. Também seria bom Lúcio Flávio e Somália darem uma mãozinha e aparecerem mais no SONHO BRASILEIRO A Uefa pagou R$ 15 milhões para cada um dos quatro semifinalistas da Liga dos Campeões 2013/2014. Os finalstas Real Madrid e Atlético de Madrid receberão: campeão, R$ 33,6 milhões e vice, R$ 20 milhões. No total, somando todas as fases da competição, o dono do título levantará cerca de R$ 120 milhões. A Uefa arrecadou R$ 4,2 bilhões com o torneio e destinou R$ 80% do valor aos clubes. Aqui no Brasil é ao contrário, a maior parte fica com a CBF.

ONIX ZERO Globo e América, campeões do primeiro e do segundo turno, respectivamente, receberão um carro cada. Essa não é a primeira vez que a Federação oferece essa premiação para os vencedores do Campeonato Potiguar. Como a competição é patrocinada pela Chevrolet, a maior montadora de veículos do mundo, o carro oferecido será o Onix, um dos destaques da marca.

JUSTA HOMENAGEM Considerado o maior jogador da história do América Futebol Clube, o meia Souza acumulou durante a sua carreira passagens pelos maiores clubes do futebol brasileiro, como Corinthians, São Paulo e Flamengo, além da Seleção Brasileira, e foi convidado para receber uma homenagem na Arena das Dunas, antes da decisão. MUAY THAI A primeira etapa do Campeonato Estadual de Muaythai Tradicional do Rio Grande do Norte será realizado neste domingo (4), no ginásio poliesportivo Edilson de Albuquerque Bezerra, em Macaíba, a partir das 10h.

FESTA DOS MELHORES Promovido anualmente para homenagear os grandes destaques do Campeonato Potiguar, o Prêmio Craque já tem data marcada. O evento acontecerá na Arena das Dunas, dia 12 de maio, às 19h. Na ocasião, ocorrerá também a etapa final do concurso da Musa do Futebol Potiguar. No ano passado, Zaira Ferreira, representante do ABC, foi a grande vencedora. Os dez representantes da Primeira Divisão estarão representados pelas suas musas. AÇÃO SOCIAL Os torcedores de ABC e América poderão ajudar o Hospital Infantil Varela Santiago a comprar um tomógrafo. Basta adquirir a camisa do Varela que estará sendo vendida na Arena das Dunas por R$ 25. Já que o governo não faz a sua parte, vamos fazer a nossa e ajudar as crianças potiguares.


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 3 e 4 de maio de 2014

Sábado e Domingo

MANTER-SE NO TOPO F LUMINENSE

DEFENDE LIDERANÇA DO

Com 100% de aproveitamento, o Fluminense defende a liderança do Campeonato Brasileiro contra o Vitória, hoje, às 21h, no Maracanã, pela terceira rodada. Se vencer e a combinação de resultados favorecer, o tricolor carioca poderá disparar na frente, abrindo uma vantagem de até cinco pontos sobre o segundo colocado. Para passar pelos baiano, o Flu vai valer-se dos dois últimos resultados positivos e do retrospecto favorável. Nas duas primeiras rodadas, o time carioca bateu Figueirense (3 x 0) e Palmeiras (1 x 0), se isolando na liderança, com seis pontos. Já o Vitória tem apenas um ponto e vem de um ruim empate com o Atlético-PR, por 2 a 2. Se o momento é favorável ao Flu, a história confirma este favoritismo. Até hoje, Tricolor e Leão se enfrentaram em 44 oportunidades. São 21 vitórias tricolores, 14 empates e nove vitórias rubro-negras. O clube das Laranjeiras marcou 70 gols e sofreu 41. Para o jogo desta noite, o técnico Cristóvão vai manter a formação que vem utilizando com Rafael Sobis e Fred formando a dupla

B RASILEIRÃO

CONTRA O

V ITÓRIA

Fotos: Divulgação

Técnico Cristóvão vai contar com o artilheiro Fred

de ataque, além dos meias Conca e Wagner. Walter reclamou de ficar no banco do Fluminense após a vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras. O atacante perdeu espaço no time após a chegada de Cristóvão e, até agora, nada indica que ele voltará

a ser titular. Pelo lado do Vitória, o técnico Ney Franco mudou meio time. A começar pelo ataque. Isso porque o atacante Dinei sofreu uma lesão de grau dois no tornozelo e ficará duas semanas em tratamento. Com

isso, o treinador optou por escalar Souza. No meio-campo, Luiz Gustavo volta a atuar como volante. Outras novidades são os laterais Ayrton e Juan, o meia Hugo e o atacante Marquinhos. Eles entram nas vagas de Nino Paraíba, Euller,

SÃO PAULO TORCE POR TROPEÇO CARIOCA O São Paulo pode assumir a liderança isolada do Campeonato Brasileiro neste sábado (3), mas para isso não pode apenas vencer o Coritiba, em partida marcada para as 18h30, no Pacaembu. Além de

fazer sua parte, o Sampa terá que torcer por um tropeço de um outro tricolor: o Fluminense. Na vice-liderança com quatro pontos - vitória sobre Botafogo e empate com Cruzeiro -, o São Paulo está atrás

apenas do Fluminense. O técnico Muricy deve optar pela saída do meia Paulo Henrique Ganso e a entrada do atacante colombiano Pabon, formação que treinou no coletivo da última quinta-feira. Re-

serva contra o Cruzeiro, o atacante Osvaldo foi elogiado pelo técnico e será titular. "O Osvaldo contra o Cruzeiro entrou e deu profundidade nas jogadas. Não podemos tirá-lo", disse.

> BOTAFOGO

CARLOS ALBERTO VAI JOGAR COM SHEIK O Botafogo anunciou em seu site oficial a contratação do meia Carlos Alberto, uma semana depois de acertar o empréstimo de Emerson Sheik junto ao Corinthians. A chegada de mais um jogador polêmico foi o principal assunto do dia no clube. O técnico Vagner Mancini, que já havia trabalhado com o atleta no Vasco, em 2010, teceu elogios do novo comandante, que revelou ter tido um contato telefônico com o apoiador para traçar planos em sua nova casa. Antes mesmo de a chegada de Carlos Alberto ser oficial, Mancini já falava sobre o atleta e como ele será utilizado na equipe. Pela versatilidade do jogador de 29 anos, o treinador tem duas opções: mais próximo do gol ou armando as jogadas vindo de trás. Carlos Alberto é um velho conhecido da torcida alvinegra. A primeira passagem foi em 2008 e o meia deixou o Botafogo pelas portas do fundo, depois de ter

Botafogo acertou a vinda de outro jogador polêmico

ganho uma ação na Justiça alegando três meses de salários atrasados, além de outros pagamentos. As duas partes teriam entrado em um acordo para acertar as pendências antes dele ser confirmado como reforço.

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br Divulgação

Chuteiras cegas

Resolvi conferir para evitar uma tontura. Terminei nauseado ao confirmar pesquisando em velhos guias de campeonatos brasileiros. Ele é mesmo ele. O Alan Kardec, razão da guerra do Palmeiras, de onde está saindo, para o São Paulo, abrindo-lhe portas com status de craque é aquele Alan Kardec visto por mim cerca de sete anos passados num domingo à tarde. Maio de 2007. Gastaram uma grana alta para reformar o Machadão. Serviu pra nada. Nem estádio existe mais. O América estreava pela Série A contra o Vasco (RJ). Dois times nivelados e um jogo de doer, ao qual compareci por obrigação profissional de passageiro de função pública. Tribuna de honra cheia de políticos sorrindo e eu emburrado. O Vasco era uma piada com onze pernas de pau e o América não havia formado um bom time em seu segundo acesso nos últimos 18 anos. Tanto verdade que desceu. O brilhante Souza em monólogo com a bola. Lembro do atacante desajeitado, sem habilidade, incapaz de um drible, de uma arrancada com a camisa 11 usada por Romário, ainda resistindo aos 41 anos. Romário não veio a Natal, poupado para o jogo seguinte, quando fez o milésimo gol contra o Sport, contando partidas profissionais, amadoras, peladas de rua, chutes em pneus no quintal e coletivos em todos os clubes por onde passou. O Baixinho não precisava daquela estatística armada por Eurico Miranda, o Pitágoras vezes zero. O jogo seguia morno, sem graça, os políticos iam saindo de fininho, aproveitando a concentração raivosa do público no duelo terrível. Vaias ecoavam pelas arquibancadas tomadas por 20 mil pessoas. No início do segundo tempo, Alan Kardec foi o escolhido para a crucificação dos torcedores vascaínos de Natal e de outras cidades nordestinas. Tocava na bola, começava o berreiro: "burro, caneludo, retardado" e um manual de palavrões sórdidos e mesclados de geração a geração. As mulheres, algumas lindíssimas, recitavam os piores impropérios, diante de maridos claramente manicacas, abobalhados, dominados, escravos descendo ao bar para buscar cerveja e deixando as dadivosas aos nossos gulosos olhares. >>>>>> Cheguei a sentir pena de Alan Kardec, humilhado em terra estranha, tropeçando, caindo sozinho, subindo e cabeceando rajadas de vento. O (vade retro) retranqueiro técnico Celso Roth, um dos que mais capricharam para a decadência do Vasco, finalmente resolveu poupar o pobre farrapo humano e o substituiu por um baixinho argentino bem habilidoso: Darío Conca. O Vasco venceu por 1x0, gol de um quase gêmeo de Alan Kardec, chamado André Dias, lutou para cair em 2007 até conseguir em 2008 com Roberto Dinamite. Alan Kardec, muito ruim de bola, boiou na caravana de náufragos que, dentre tantos, afogou Valdir Papel, Valdiram, Martín Garcia, Abedi, Fábio Braz e vamos parando que a enxaqueca vai começando a mostrar seus primeiros sinais. O Palmeiras está em pé de guerra porque Alan Kardec decidiu botar banca e vestir a camisa tricolor, onde é tratado como um verdadeiro Messias. O noticiário é tenso e intenso. Vou procurar um psicanalista para saber se o anormal sou eu mesmo. Alan Kardec seria 869o reserva de qualquer time de futebol (de botão) fosse do Vasco, do Palmeiras ou do São Paulo. Quando orgulhava seus apaixonados, o Vasco brilhava com atacantes sensacionais: Ademir Queixada, Vavá Peito de Aço, Almir, Silva Batuta, Dé, Tostão, Roberto Dinamite, Ramon, Jorge Mendonça, Mauricinho, Luizão, Evair, Donizetti, Edmundo e o melhor de todos no universo inteiro contado o tempo eterno: Romário. O Palmeiras teve Mazzola, Vavá, Servílio, Tupãzinho, César Maluco, Leivinha, Edu Bala, Jorge Mendonça, Eneas, Jorginho, Edmar, Edu Manga, Evair , Edilson, Edmundo, Muller, Rivaldo, Paulo Nunes, Viola. O São Paulo esbanjou Frienderich, Leônidas da Silva e suas bicicletas, Gino Orlando, Prado, Luizinho, Maurinho, Pedro Rocha, Mirandinha, Canhoteiro, Muller, Careca, Raí, França, Luis Fabiano e, tenho que admitir corroendo gengivas, Serginho Chulapa. Vou gastar uma grana, mas preciso de orientação médica. Não é possível que meu caminhão de argumentos tenha entrado na faixa contrária da carreta do óbvio. Compare com cada um atacante verdadeiro lembrado e Alan Kardec não terá valido um centímetro de página, um segundo de comentário de rádio, um frame de imagem de tv, um post de blog. Talvez na próxima encarnação, ele volte jogador de futebol. Hoje, é rei (imposto) em terra de chuteiras cegas. SEM RESSACA O América deve ter moderado nas comemorações pelo título estadual, ganho com justiça, menos pela partida chata contra o Globo, mais pela absoluta superioridade sobre os outros. O América tem de estar prontinho porque o ABC será parada complicada esta tarde, quando O Jornal de Hoje estiver ganhando as ruas de Natal.

Ronaldinho, Xisté descontando. TROCO O América ficou com o campeonato de 1977, o da famosa briga generalizada na decisão, pugilato com destaque para o zagueirão Pedro Pradera, faixa-preta de karatê. No Brasileiro, o ABC amenizou a dor da perda do bi, ganhando de 3x0, gols de Danilo Menezes, Santa Cruz e Noé Macunaíma.

XUXA O ABC areja seu meio-campo com o armador Xuxa. É algum talento (espera-se) no exército de marcadores. O técnico Zé Teodoro foi feliz na frase sobre não perder nem jogar com medo. Ainda que insista em Daniel Amora, que nada tem jogado no alvinegro. No América, ele fez algumas partidas interessantes.

EMPATES Em 1978, dois empates por 1x1, o primeiro com Marinho Apolônio para o América e Baltasar para o ABC e no outro, Ronaldinho para os vermelhos e Jorge Costa para os alvinegros. Em 1979, o América venceu o Estadual e perdeu no Brasileiro por 1x0, gol de Dentinho, centroavante trombador.

NO BRASILEIRÃO Houve, tempos pretéritos, uma regra prática na disputa de ABC com o América. Quem ganhava o Estadual, geralmente disputado antes, perdia no Campeonato Brasileiro. Em 1976, o ABC levantou a taça, impediu o tricampeonato rubro e levou 3x1 no dia 7 de setembro, gols de Pedrada, Garcia e

MÃE DINAH Em previsão agasalhada pela penugem do preconceito, a Revista Placar aponta ABC e América como rebaixados para a Série C junto ao cearense Icasa. Vamos guardar a revista, que não surpreende. Em 1990, fez edição jurando que Neto, do Corinthians, era melhor que Diego Maradona.

03052014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you