Page 1

► CIDADE

► REPERCUSSÃO

Shopping Gravataí tem “Festa dos Capacetes” amanhã

Prefeitura envia nota sobre problemas no Conselho Tutelar

Pág. 5

Pág. 6

ANO 9 - EDIÇÃO 1761ª - DIÁRIO - TERÇA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2013 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► ENQUETE

Na sua opinião, a inflação voltou? Pág. 3 ► EVENTO

Sindilojas convida para 3º Chef na Cozinha

Pág. 8 ► REGISTRO

Alunos do Dom Feliciano conhecem a cidade com Medonha

► ESPECIAL

"A dependência química não tem cura. É uma doença crônica",

diz coordenadora da SMS

Gravataí oferece tratamentos com internações em clínicas e comunidades terapêuticas

Pág. 7

Contracapa


Opinião/Serviços

Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 2 AS GRAVATADAS

O Direito e a Poesia marcam encontro João Baptista Herkenhoff

A

Limpeza em mais de 100 locais De acordo com demandas da comunidade, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU) planeja atender mais de 100 locais da cidade nesta semana. Estão previstos serviços de capina mecanizada, roçada e pintura de meio-fio do bairro São Marcos e ruas Sete Quedas, lateral ao Arroio Barnabé, e Botafogo, além da Avenida Gravataí. O recolhimento de entulhos ocorrerá em 42 endereços, começando pela Rua Morro dos Conventos, Margens do Arroio Barnabé, seguindo pela Rua Haiti, Avenida Jaqueline e Barão do Rio Branco. O serviço de recolhimento de galhos será realizado por dois caminhões e irá passar em 32 localidades. Para incluir sua rua no cronograma ligue para 3432-2677 ou envie e-mail para smsu@gravatai.rs.gov.br. Voltaremos... Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

LOTERIAS QUINA - Conc. 3239 - 15/07/2013 24 - 26 - 63 - 72 - 75

PREVISÃO DO TEMPO Terça-feira Mín. 6° Máx. 17° Sol com algumas nuvens. Não chove.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADI Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Karina de Freitas e Claudio Oliveira Editor-chefe e Diagramador: Giulliano Pacheco Colaboradora: Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 - Pda. 64 CEP 94.060-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

cabo de lançar um novo livro, que saiu sob a chancela de GZ Editora, do Rio de Janeiro. Dei à obra este título: Encontro do Direito com a Poesia – crônicas e escritos leves. O leitor questionador pode logo perguntar. É possível o Direito encontrar-se com a Poesia? Isto não é uma contradição? As leis estabelecem penas que devem ser aplicadas aos que praticam atos proibidos: sanções criminais ou sanções civis. O jurista, servidor da lei, procura estabelecer a ordem e impõe as penas previstas, quando necessárias. Já o poeta avista horizontes, luta

por um mundo ideal, bem diferente do mundo real. Na busca do sonho, o poeta afronta a lei, sempre que a lei é empecilho aos avanços sociais. Em muitos casos só se alcança o Direito pelo caminho da transgressão. É o que sempre se viu através da História. Os inconfidentes mineiros opuseram-se à Lei do Quinto. Graças a sua rebeldia, o Brasil veio a conquistar a Independência. É preciso distinguir transgressão violenta e transgressão pacífica. No Brasil de hoje, regido por uma Constituição cidadã, conforme epíteto criado por Ulisses Guimarães, não se pode aprovar a transgressão violenta. A transgressão pacífica, entretanto, deve ser

exaltada, como símbolo democrático. Que são os movimentos de desobediência civil senão a transgressão pacífica e coletiva das leis? Foi este o caminho escolhido por Nelson Mandela, que afrontou o apartheid e transmitiu à posteridade um legado, que não pertence apenas aos seus concidadãos sul-africanos, mas à Humanidade inteira. Disse Eduardo Couture que o dever do jurista é lutar pelo Direito. Mas no dia em que encontrasse o Direito em conflito com a Justiça, lutasse pela Justiça. A recomendação do professor quase octogenário que escreve este artigo, endereçada aos jovens rebeldes de hoje, que

participam de passeatas ou atos em Vitória, no Espírito Santo e no Brasil, é a de que sejam transgressores pacíficos. Tenham sensibilidade para separar alhos de bugalhos. Não se deixem envolver por pessoas que ontem, hoje e amanhã souberam, sabem e saberão utilizarse, hipocritamente, de bandeiras nobres para alcançar objetivos escusos. Sejam transgressores com idealismo e poesia. João Baptista Herkenhoff é

Reforma urgente, antes que o “(im)paciente morra” Edson Luís Kossmann Das manifestações que brotaram das ruas nos últimos dias ficou visível a insatisfação popular provocada por um malestar que atinge a sociedade brasileira. Esse mal-estar pode ter sua gênese (entre outros motivos) no que Nietzsche chamou de uma mistura de classes absurdamente repentina (não coloco aqui esse fenômeno num sentido negativo, pelo contrário). Grande parte da população, que era identificada como classe baixa (classes D e E), migrou, em um curto período de tempo, para patamares da classe média (classe C). Atualmente – por uma série de mudanças socioeconômicas que ocorreram nos últimos anos como aumento do acesso ao crédito, elevada taxa de empregabilidade e distribuição de renda - a população brasileira classificada como classe média já representa mais da metade. Essa mudança no perfil socioeconômico também produziu uma mudança nos perfis sóciopolítico e cultural dessas mesmas pessoas. Uma das implicações imediatas é o fato dos espaços públicos (mesmo os privados), antes ocupados por determinado número

de pessoas da classe média, terem um significativo e imediato aumento de “ocupação” sem os correspondentes aumentos de espaço. Assim, mais pessoas ocupam os mesmos espaços antes tomados por menos pessoas. Isso é visto nos aeroportos, nos espaços de lazer, na cultura, nos esportes e na educação, e principalmente, nas ruas das cidades, que tiveram um considerado aumento de veículos, sem o mesmo aumento na infraestrutura. A classe média tradicional, que ocupava esses espaços (como sendo seus), passou, então, a ter de dividi-los com a nova classe média, que também passou a se entender portadora do direito do uso desses mesmos espaços. A antiga classe média passou a se sentir “incomodada” com a repentina presença dessa nova classe em ascensão, no seu espaço (de)limitado. E mais: a nova classe média que conseguiu adquirir sua casa, seu carro, trocar os eletrodomésticos, comprar computador, telefone celular e até mesmo viajar de avião e disfrutar de pacotes turísticos, passou a compreender que “pode”, que tem direitos que antes “não tinha”. E, se pôde o que já conquistou, pode mais! A gama de reivindicações que surgiu das ruas pode ser dividida

em duas linhas muito claras: uma que busca o efetivo atendimento dos direitos prestacionais que o Estado se comprometeu em suprir ao torná-los constitucionalmente exigíveis: saúde, educação (os mais visíveis), segurança pública, meio ambiente ecologicamente equilibrado etc. A outra linha refere-se à questão da legitimidade e da representatividade política. Como um mantra, ecoou das ruas o grito de “não me representa”. Embora essa clara cisão entre a linha do dever prestacional do Estado e a da crise de representatividade, a primeira é, em certo aspecto, consequência da segunda. Por isso, urge a discussão séria e responsável (sem maniqueísmos) sobre a necessária reforma político-eleitoral que, embora algumas louváveis iniciativas, é infinitamente protelada pelo Congresso Nacional. Temas como a forma de financiamento das campanhas eleitorais (público, privado ou misto), voto obrigatório, voto distrital, voto em lista, candidaturas avulsas (sem partidos), a eleição de suplentes de senadores (ou mesmo a necessidade ou não do Senado Federal, com a possibilidade de um Congresso unicameral), as famosas emendas

parlamentares (que embora não seja objeto direto de regras eleitorais, produzem um evidente resultado nefasto que privilegia sempre as candidaturas à reeleição dos parlamentares nos mandatos – que possuem verbas oficiais para distribuírem as suas bases - em detrimento de demais candidatos), a quantidade de reeleições possíveis para o mesmo parlamentar etc. Essas questões precisam urgentemente entrar na pauta de debate da sociedade (e do Congresso), não podendo ficar a mercê de discussões intermináveis se as reformas devem vir através de plebiscito, referendo ou outra forma. A forma (embora importante) é o instrumento que deve ser usado, não devendo ser motivo de inviabilização do conteúdo (a não ser que se use estrategicamente a discussão da forma para esvaziar a da própria reforma). Portanto, se a discussão sobre os instrumentos a serem usados se prolongar por muito tempo, é grande o risco do paciente (cuja paciência já se encontra no limite) não suportar a espera e, quando a decisão finalmente acontecer, a “operação” pode ocorrer tarde de mais. Edson Luís Kossmann Dallagnol Advogados Associados


Comunidade

enquete JG Via página do Jornal de Gravataí no Facebook

Analistas do mercado financeiro acreditam que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2013 será mais alto do que o projetado inicialmente. Na sua opinião, a inflação voltou?

"Com certeza! O povo está sentindo bastante quando vai ao mercado. E o pior é que o governo continua camuflando o índice verdadeiro. O ministro Mantega disse uma vez que não tem "bola de cristal". Que bom, porque ninguém iria pagar para ver o futuro com ele já que não acerta uma" Milton Silva

" E algum dia ela foi? Se foi, nem deu para notar"

Cleunice Antunes

" Voltou mesmo. Sentimos no rancho mensal já esta mais bem caro. Na feira o pão aumentou e o dinheiro termina bem antes que o mês complicado." Frida Soeli Konrad Fontana

" A pressão para um enxugamento dos gastos do governo e temores de uma aceleração dos preços de fato limitam as concessões que o governo pode fazer no curto prazo. Para médio e longo prazo, uma solução seria avançar em reformas que economizariam recursos para serem usados em educação e saúde, como a reforma previdenciária ou uma ampliação das parcerias com o setor privado em algumas áreas, sem dúvida alguma a inflação voltou"

Carla Oliveira Dos Santos

"Sim, gradativamente. Vai comendo mais um pedacinho e não me digam que é problema "sazonal" que é inverno, que determinados produtos estão realmente em alta por essa razão.O problema é que todos os produtos estão em alta, sem justificativas plausíveis. Isso nos causa medo, insegurança Será os que velhos tempos estão de volta?"

Nita Dalpiaz

Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 3

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone (51) 3421.3381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu nome, telefone e endereço.

Sem esmola oficial... O Silva abre a coluna hoje com nova contribuição da Vó Maria, professora aposentada e internauta maior de 60 anos, que mora no Parque Florido. Ela fala sobre a ineficácia dos programas sociais a médio e longo prazo. Leia a seguir: “Boa noite Silva! Ontem, na nossa roda de chimarrão, falamos sobre os programas sociais que têm sido criados no País. O seu Jacinto lembrou do tempo em que tinha o valeleite, que ajudou muitas famílias carentes, não só porque tinha o produto para alimentar os filhos, mas as pessoas também trocavam por cigarros e bebidas, infelizmente. Era uma política assistencial que favorecia a corrupção. Isso matou a fome e os vícios por um tempo, mas não tirou as pessoas da miséria. Assim é hoje, com o bolsa família, no qual as pessoas continuam dependentes de um sistema, ao invés de terem mais oportunidades de trabalho e serem bem remuneradas. Por que alguém que tem um dinheirinho garantido, por pouco que seja, por mês, vai ter interesse em fazer curso de qualificação e ter que trabalhar e concorrer por vagas no mercado de trabalho. Está aí outra coisa que precisa mudar neste Brasil. Políticas sociais são boas quando ajudam as pessoas a mudar de vida. Não podem virar esmola oficial e manter pessoas dependentes do Estado para sobreviver”. Recado dado. Por um ICMS mais justo... Comerciantes gaúchos estão mobilizados hoje, na busca de regras mais justas para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A preocupação deles é com a diferença chamada “imposto de fronteira” que praticamente dobra os valores da arrecadação do tributo no Estado, tanto para importados como para mercadorias adquiridas em outros estados, de forma antecipada. As entidades que representam o setor querem que os decretos que estipularam a regra sejam revogados, porque a norma fiscal está causando falência e desemprego entre as empresas comerciais de menor porte. Para pressionar a mudança, comerciantes acompanham nesta manhã a reunião da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, que deve votar requerimento neste sentido de autoria do deputado Frederico Antunes. À tarde, por pelo menos uma hora, as lojas de Gravataí serão fechadas, em protesto contra a lei do jeito que vigora atualmente. O Silva torce para que os parlamentares sejam sensíveis a esta demanda do setor. Som automotivo também protesta... Por falar em protesto, quem também prepara uma manifestação são os apreciadores e praticantes do chamado som automotivo. Eles preparam ato que deve bloquear ruas da cidade, exigindo a designação de local apropriado para as competições e para reunir os apreciadores desse tipo de hobby. A manifestação ainda não tem data, mas já tem muitos adeptos. Sem ônibus para o Parque... O Silva compartilha a seguir desabafo de cliente do transporte público, indignado com o tempo de espera de ônibus municipal. Leia a seguir: “Não costumo entrar no Face esta hora, mas hoje, excepcionalmente, quero fazer um protesto. Pessoas chegaram na parada em frente ao Carrefour, inclusive pessoas que tinham horário para começar a trabalhar e o ônibus para o Parque dos Anjos nada de vir. Passaram três municipais até o Centro, um urbano, e para o Parque... nada. Onde está o funcionário que faz a escala? Pois o bendito ônibus passou às 14h, enfim veio um Mato Alto cheio... Senhor Administrador, por favor, 40 minutos para passar um ônibus para o Parque? Por favor qual atitude que irão tomar?”. Recado dado. Senha do dia:

"Com certeza!" Iolanda Tosmann

“Quer protestar? Entra na fila...”


Opiniăo

Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 4

Cidadão gravataiense

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Região Metropolitana conhece hoje Plano de Mobilidade Urbana A Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional e a Secretaria de Obras Públicas Irrigação e Desenvolvimento Urbano apresentam hoje aos governos do Estado e Municipais, o Sistema Integrado de Transporte que assegura a efetiva integração do transporte público da região metropolitana de Porto Alegre com a Capital. A região metropolitana representa 37% da população do Estado. Compreende 32 municípios e quase 4 milhões de habitantes. O Plano de Mobilidade que será apresentado incentiva que o transporte público seja sobre trilhos, que poderá aliviar o número de veículos nas ruas e a procura por ônibus. O SIT conta com solução funcional - através da Rede Estrutural Multimodal Integrada, cuja linha estruturadora na Capital é o Metrô de Porto Alegre - que harmoniza os modelos físico-operacional, tecnológico e tarifário, no curto, médio e longo prazo. Além disso, representa uma proposta de solução para unificar o planejamento estratégico e a gestão através de uma entidade multi-federativa, tal como consórcio metropolitano de transporte. — Com esse sistema, espera-se colocar o transporte público coletivo numa posição de prioridade e qualidade, capaz de competir com o automóvel e estimular a redução do seu uso para deslocamentos rotineiros, casa-trabalho-escola — avalia o superintendente da Metroplan, Oscar Escher. De acordo com os técnicos da Metroplan, o SIT deverá melhorar a acessibilidade e a permeabilidade na rede de transportes, permitindo com isso um equilíbrio territorial da RMPA. Outra vantagem, está na redução do tempo total de viagem, o que favorece o aumento da demanda de passageiros no transporte público. O encontro ocorre no Tribunal de Contas do Estado e representa uma oportunidade para redefinir e qualificar o transporte público de Porto Alegre e da região metropolitana. Estarão presentes representantes dos governos do Estado e municipais, o secretário estadual de Obras, Luiz Carlos Busato, o superintendente da Metroplan, Oscar Escher, o diretorsuperintendente do trensurb, Humberto Kasper, Francisco Horbe, representante da EPTC, e Luiz Claudio Ribeiro, coordenador de projetos do Metropoa.

O vice-presidente da Acigra, Edson Cunha, recebe o título de Cidadão Gravataiense na próxima quinta-feira (18), às 19h30, em sessão solene na Câmara de Vereadores.

Redução da passagem intermunicipal pode ser definida hoje

A

pesar da reação das empresas de ônibus, o Conselho Superior da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Agergs) vota hoje a redução de 4,69% das tarifas de transporte intermunicipal na região Metropolitana de Porto Alegre. A Diretoria de Tarifas do órgão sugeriu um percentual de 4,69%, considerado elevado pela Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos de Passageiros (ATM). O diretor Érico Michels defende que a redução deva ser menor, levando em conta os custos das empresas com insumos. Ele ressaltou que houve aumento nos gastos com combustível e folha de pagamento,

por exemplo. Michels deixa claro que é favorável ao benefício concedido ao usuário após a desoneração pelo Governo Federal do PIS e Cofins, mas sem prejuízo aos concessionários. Assim, a associação vai pedir uma análise mais apurada dos fatores que determinaram o percentual de redução. O processo de reajuste, concedido anualmente, teve início em março, com o protocolo do pedido pelo Sindicato de Transporte de Cargas e Logística do Rio Grande do Sul (Setergs) e ATM na Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan). Após a manifestação de um índice de reajuste de 5,88% pelo Conselho Estadual de Transporte Metropolitano

(CETM), o processo foi suspenso até a publicação da Medida Provisória 617/2013, do Governo Federal, que desonerou o serviço do PIS/Cofins. A partir da publicação, o CETM baixou o índice de acréscimo para 1,74%, e encaminhou a proposta à Agergs no começo de junho. Depois de reuniões com a Metroplan e a Secretaria de Obras Públicas, Irrigação e Desenvolvimento Urbano, a Diretoria de Tarifas da Agergs recalculou o percentual encaminhado pelo CETM, aplicando critérios que incluem, além das desonerações federais no setor previdenciário, a atualização dos preços de insumos e de itens de rodagem, e sugeriu ao Conselho Superior a redução de 4,69%.

Manifestação do comércio Entidades representativas do comércio do RS, entre elas o Sindilojas Gravataí, estão se movimentando e convocando os empresários do setor, para se manifestarem nesta terça-feira, Dia do Comerciante, na luta para acabar com o ICMS de Fronteira. Duas ações já estão planejadas para hoje: um manifesto diante da Assembleia Legislativa do RS, a partir das 8h30; e o fechamento de lojas das 16h às 17h. A atividade da manhã visa pressionar a votação do Requerimento Diverso nº 109/2013, de autoria do deputado estadual Frederico Antunes (PP), que acontecerá na Assembleia às 9h. O documento instauraria a sustação dos Decretos nº 46.137/2009 e 46.485/2009, que tratam da cobrança do diferencial de alíquotas de ICMS para empresas optantes pelo Simples Nacional. À tarde, o fechamento das lojas, é outra forma de protesto contra a cobrança abusiva, de iniciativa do Movimento Lojista, com apoio do Sindilojas Gravataí. — Vamos fechar nossas lojas, protestando contra essa cobrança abusiva, que está dando baixa em todos os municípios gaúchos — convida o presidente do Sindicato, José Rosa. A diferença injusta O governo gaúcho vem cobrando de empresas varejistas optantes do Simples, que adquirem produtos de fornecedores de fora do RS, uma diferença de alíquota de 4% a mais para importados e 5% para nacionais, duplicando a carga tributária do setor. Segundo representantes das empresas do setor, a cobrança pode acarretar na falência de muitas empresas pequenas, gerando um alto nível de desemprego, tendo em vista que o comércio é um dos setores que mais emprega no RS. Pedido de apoio

Cachoeirinha terá queda no preço da passagem e passe livre A Prefeitura e a Câmara de Vereadores de Cachoeirinha fecharam acordo para que dois projetos de lei beneficiem os moradores da cidade com redução no preço da passagem de ônibus e passe livre estudantil, esse último benefício em vigor, pelo menos até o fim de 2016. Os detalhes dos anúncios devem ser feitos hoje, a partir das 9h, pelo prefeito Vicente Pires e pelo presidente do Parlamento, Antônio Teixeira. As medidas devem beneficiar 20 mil pessoas por dia.

A redução das passagens dos serviços de transporte vale também para os lotações. Em Cachoeirinha, a tarifa de ônibus custa R$ 2,80 e a do lotação, R$ 3,80, e ainda não havia ocorrido reajuste em 2013. O índice de redução, que segue sendo calculado para que se defina, ainda nesta terça, o texto de um dos projetos de lei, decorre das desonerações de impostos - dois deles federais (PIS e Cofins) e um municipal (ISSQN). Já o passe livre para os

estudantes, que vai embasar um segundo projeto de lei, é fruto de uma parceria entre o Executivo e a Câmara, que recebeu o apoio de 15 dos 17 parlamentares. A fim de financiar a gratuidade – de cerca de R$ 4 milhões, ao longo de três anos e meio -, a Câmara abre mão de parte do repasse do duodécimo, assegurado pela Constituição. O Parlamento vai ter de extinguir cargos e fazer economia em alguns setores. O impacto do corte também deve ser detalhado nesta terça.

Uma comitiva gravataiense liderada pelo vereador Paulinho da Farmácia esteve ontem visitando a Assembleia Legislativa. O deputado Ronaldo Santini (PTB) recebeu os lojistas Rogério Mattos e Régis Mattos, que pediram ao parlamentar apoio na votação de hoje pelo fim da cobrança de diferença na alíquota de ICMS de empresas cadastradas no Simples ao adquirirem produtos de fornecedores. Santini afirmou ao grupo que a proposta dificilmente entrará em votação na sessão de hoje, pois necessita ser melhor debatida nas comissões e junto ao Governo do Estado. Participaram da reunião o secretário de Esportes de Gravataí, Luciano Oliveira, e o assessor jurídico do gabinete do vereador Paulinho, Laerte Oliveira.


Geral

Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 5

Amanhã tem “Festa dos Capacetes” no Shopping Gravataí Cerimônia organizada pelo MGrupo para 300 convidados marca o início das obras de cada uma das lojas que funcionará dentro do complexo Foto: Divulgação/MGrupo

O

dia da inauguração do Shopping Gravataí está cada vez mais próximo. Amanhã, às 10h, a direção do MGrupo recebe aproximadamente 300 convidados entre autoridades e lojistas para a tradicional “Festa dos Capacetes”. O momento marca a entrada dos comerciantes para que comecem as suas obras dentro do shopping. O Shopping Gravataí será o primeiro do gênero na cidade e será inaugurado na segunda quinzena de outubro, com aproximadamente 160 operações. Entre elas estão as cinco salas do GNC cinemas e lojas

como Renner, Riachuelo, Americanas, Manlec, Paquetá, Panvel 24h, McDonald’s, Trópico, Boticário, Pompéia, Burger King e Gang, entre outros estabelecimentos de peso. O shopping terá, em sua primeira etapa, 32 mil metros quadrados de área construída e 23 mil metros quadrados de área bruta locável. Serão 160 lojas comerciais, com três grandes âncoras, praça de alimentação completa, praça de serviços, cinco salas de cinema – duas delas em 3D – e estacionamento com 1.400 vagas. A expectativa é que gere mais de 4 mil empregos diretos e indiretos.

O grande centro de compras estará dentro de um complexo econômico que também está sendo construído no local, com duas torres comerciais – Unique Business, um hotel com a bandeira Intercity Express, três torres residenciais e o Majestic, torre comercial de 42 andares (a mais alta do RS). A expectativa dos investidores é de que o empreendimento trará milhares de clientes da cidade e de municípios vizinhos, oferecendo um mix completo de compras, serviços, entretenimento, cultura, lazer e gastronomia. Na cerimônia desta quarta, estarão presentes o dire-

A partir de amanhã lojistas iniciam obras de instalação no complexo

tor-presidente do MGrupo, Lorival Rodrigues, e

o presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, que virá

especialmente de São Paulo para a ocasião.

Sistema de automação é o mesmo do Empire State Building Além de grandes lojas e um complexo econômico e habitacional em volta do empreendimento, o Shopping Gravataí vai contar com um dos mais modernos sistemas de automação de operação do mundo, permitindo uma economia de 18% nos custos operacionais. Isso é motivado pelo aumento da agilidade na prestação dos serviços e principalmente na garantia da redução da margem de erro. O sistema é o mesmo utilizado no Empire

State Building, na cidade de Nova Iorque. Com isso, o Shopping Gravataí será o primeiro inteligente da grande Porto Alegre. O novo sistema vai gerenciar as funções do prédio como controle de acesso, prevenção de incêndio, controle do ar-condicionado, manutenção programada dos equipamentos, além do monitoramento de 196 câmeras de circuito fechado de tevê, com capacidade de armazenamento de 30 dias e gestão do

consumo de energia elétrica, bem como iluminação, permitindo o melhor aproveitamento da luz solar. O Shopping Gravataí vai contar também com um departamento de proteção e combate a incêndios de acordo com as normas atuais e utilizando a água em conjunto com o sistema de ar-condicionado, sendo três vezes mais eficiente do que os padrões exigidos por lei.

Comerciantes na luta contra o ICMS de fronteira Entidades representativas do comércio gaúcho, entre elas o Sindilojas Gravataí, estão se movimentando e convocando os empresários do setor, para se manifestarem hoje, Dia do Comerciante, na luta para acabar com o ICMS de Fronteira. Pela manhã eles acampam diante da Assembléia Legislativa, a partir das 8h30. À tarde, das 16h às 17h, acontece o fechamento das lojas, em protesto contra a forma como o imposto vem sendo cobrado. O presidente do Sindilojas, José Rosa, explica que a atividade da manhã visa pressionar a votação do Requerimento Diverso nº 109/2013, de autoria do deputado estadual Frederico An-

tunes (PP), que acontecerá na Assembléia às 9h, durante reunião da Comissão de Constituição e Justiça. O documento pode instaurar a sustação dos Decretos nº 46.137/2009 e 46.485/2009, que tratam da cobrança do diferencial de alíquotas de ICMS para empresas optantes pelo Simples Nacional. A tarde, o fechamento das lojas, é outra forma de protesto contra a cobrança abusiva, de iniciativa do Movimento Lojista, com apoio do Sindilojas Gravataí. – Vamos fechar nossas lojas, protestando contra essa cobrança abusiva, que está dando baixa em todos os municípios gaúchos – convida o presidente do Sin-

dicato. Diferença injusta José Rosa reclama que o governo gaúcho vem cobrando de empresas varejistas optantes do Simples, que adquirem produtos de fornecedores de fora do Rio Grande do Sul, uma diferença de alíquota de 4% a mais para importados e 5% para nacionais, duplicando a carga tributária do setor. Segundo representantes das empresas do setor, a cobrança pode acarretar na falência de muitas empresas pequenas, gerando um alto nível de desemprego, tendo em vista que o comércio é um dos setores que mais emprega no estado.

Aprovação do Governo Se os deputados estaduais aprovarem o requerimento, o mesmo ainda deverá ser aprovado pelo governador Tarso Genro, que terá

até dez dias para assinalar sua decisão. Para não deixar o assunto esfriar durante o período de decisão do governador, os empresários do setor já programaram mais uma ação, para o dia 23 de

julho, quando comitivas de empresários e trabalhadores do interior e Região Metropolitana se deslocarão a Porto Alegre para reivindicar uma resposta positiva de Tarso.


Geral

Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 6

Problemas nos Conselhos Tutelares de Gravataí repercute Prefeitura de Gravataí envia nota esclarecendo reclamações

A

Prefeitura de Gravataí, nesses primeiros seis meses de gestão do prefeito Marco Alba, tem trabalhado para resolver problemas históricos, de graves deficiências em estrutura material, em especial. Mesmo assim, alguns avanços já começam a ser consolidados, a partir da definição de estratégias de longo prazo, para a aplicação segura de políticas públicas voltadas para as áreas sociais, especialmente. Com uma administração focada em gestão e no interesse do cidadão, a Prefeitura, apesar dos seis meses do atual governo, começa a resolver problemas gerados (e não-resolvidos) durante 14 anos.

Material à disposição Com relação às deficiências apontadas pelo Conselho Tutelar, no entanto, o secretário municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS), Marcelo Soares, pondera que a alegada “falta de material de trabalho”, como folhas de ofício, não procede, porque o pedido feito pelos conselheiros foi atendido. Novos veículos Quanto aos veículos que atendem os conselhos, o secretário admite que realmente existem problemas, tanto que o prefeito Marco Alba autorizou a licitação de 128 veículos para locação (o proces-

so está parado por causa de liminar impetrada na Justiça por representantes da oposição). Um desses veículos será destinado ao Conselho Tutelar. Créditos nos telefones Quanto aos créditos liberados para os telefones móveis (celulares) de serviço, houve de fato uma diminuição, não só para os conselheiros, mas para todos os telefones da Prefeitura, dentro da política de austeridade financeira, justamente para o Município fazer frente a serviços essenciais. O valor da tarifa baixou, e a cota destinada aos Conselhos é a mesma destinada aos secretários municipais.

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL TABELIONATO DE PROTESTOS DO MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ AV. JOSÉ LOUREIRO DA SILVA, 1826 - Fone: 3488.1800

Vagas em creches Quanto à falta de vagas em escolas de educação infantil (Emeis), recentemente, o prefeito esteve em Brasília em busca de liberação de verba para a construção de mais oito unidades. A Secretaria Municipal de Educação (Smed) já está providenciando o início dessas construções. Os veículos que atendem aos alunos, como de resto toda a frota do Município, estão em situação precária. Com a licitação para a locação de 128 veículos, a Prefeitura espera resolver o problema (o processo está parado por causa de liminar impetrada na Justiça por representantes da oposição).

EDITAL

FAZ SABER que, se encontram neste Ofício para serem protestados os títulos abaixo discriminados. Nome do Devedor

Protocolo

Valor Original

Documento

Cod. Espécie

Credor Original

ADRIANO ELOI

1324711-6

R$ 553,00 15010501

IDM

MADELEI PROD PARA MOVEIS E DECORACAO LTD

C A COM E PRESTACOES DE SERVI

1323688-9

R$ 491,70 423164490

IDM

IBRAP IND BRAS ALUM PLAST SA

CLAUDEMIR ALMEIDA ME

1324485-1

R$ 165,50 59550/A 1

IDM

DIST AUTO PECS MOTORS IMPORT

CLAUDEMIR ALMEIDA ME

1324486-6

R$ 193,50 59441/A 1

IDM

DIST AUTO PECS MOTORS IMPORT

CLAUDEMIR ALMEIDA ME

1324491-7

R$ 254,50 59545/A 1

IDM

DIST AUTO PECS MOTORS IMPORT

CLAUDEMIR DE ALMEIDA

1324497-4

R$ 376,00 0066690/01

IDM

WGS DIST DE AUTO PECAS LTDA

CLAUDEMIR DE ALMEIDA

1324503-6

R$ 504,33 0064782/02

IDM

WGS DIST DE AUTO PECAS LTDA

CLAUDEMIR DE ALMEIDA

1325010-4

R$ 261,00 90137-402C

IDM

IB-COMPONENTES PARA INJECAO DIESEL LTDA-ME

CLAUDEMIR DE ALMEIDA ME

1324405-2

R$ 414,00 009075

IDM

BM DIESEL BOMBAS INJETORAS LTDA

CLAUDEMIR DE ALMEIDA ME

1324444-2

R$ 560,00 009344

IDM

BM DIESEL BOMBAS INJETORAS LTDA

DENISE FATIMA DA SILVA IRENO

1323876-1

R$ 13.259,85 630322422

CCBI

BV FINANCEIRA SA ,CRED,FINANC E INV

ELTON LUIZ BRAUN

1323826-3

R$ 840,00 11230001

IDM

CANQUERINI AGRO COMERCIAL LTDA-ME

EMERSON SALIB SANTOS

1324488-5

R$ 228,93 0100

IDM

SIMON SANGIOGO A ASSOCIADOS

EVA FABIANI DA ROSA SANTOS

1323800-9

R$ 480,80 62905/59599

IDM

EMBALAGENS GRAVATAIENSE LTDA

FABIO LUIZ JARDIM

1324492-1

R$ 281,00 123142-1/2

IDM

FATIMA FIGUEIREDO

1324688-0

FIBERBOYS CHAPAS LTDA

1325383-1

IDM

DELAMINAS COMERCIO E EXPORTACAO LTDA

FRANCISCO NORONHA HENRIQUE

1324899-4

R$ 29.990,00 125613

CCBI

BANCO GMAC S/A

GERONI DA SILVA MELO

1324140-6

R$ 164,00 008

IDM

MICHELE SUSANA DICKEL - ME

ISMAEL FREITAS DA SILVA

1324240-9

R$ 380,00 0008759/1

IDM

RT CANOAS REFORMAS DE PNEUS LTDA

JEAN DE OLIVEIRA CASA NOVA

1324241-3

R$ 380,00 248-2

IDM

CRISTIANO CRIVELLA FIGUEIREDO ME

JOAO LUCIANO DA ROSA

1324171-1

R$ 350,00 C269A273

IDM

EVALDO FRANCISCO DA ROSA

JORGE HENRIQUE PINTO BITELLO

1324173-0

R$ 370,00 3909-4/10

IDM

ROMS CAR COMERCIO DE VEICULOS

JOSE ANACLETO SCHUARTZHAUPT

1324570-8

R$ 419,00 014574/C

IDM

BATERIAS LIDER LTDA

R$ 602,66 26500030100

IDM

RODMASTER COMERCIO DE BATERIAS LTDA

IDM

GERDAU ACOS LONGOS SA

JOSE ANACLETO SCHUARTZHAUPT 46477802015 1324482-8 MANSERVICE LTDA

1324517-8

R$ 22.465,00 20018011422PARC3A60 CFIN R$ 883,08 139854/03

R$ 3.342,67 001859002

INDUSTRIA TEXTIL APUCARANA LTD

R$ 647,04 568

IDM

MICHELE CAROLINE BELZARENO ALVES

MAXCYMILYANO DA SILVA PACVZELAK

1325318-9

R$ 122,00 06/13-0336

IDM

GOETZ E GOETZ LTDA

NEY LUIZ FINATTO

1323712-9

R$ 1.252,58 406405

IDM

ASSOCIACAO ANTONIO VIEIRA

R$ 1.433,00 004681/02

IDM

HBF IMPORTADORA LTDA

PROSEG SEGURANCA ELETRONICA -AP

1325433-5

R$ 465,00 E01572

IDM

GRASP SISTEMAS E COMERCIO LTDA

SAMUEL MAX ANCELINO DUTRA

1324631-0

R$ 462,86 015/3070004098-5 CDD

ZELI DE OLIVEIRA GERMANN-ME

SANTA RITA PISOS E REVESTIMENTOS LTDA 1319480-7

R$ 388,62 2964-4

DM

PINHAL IND DE FORNOS E FUNILARIA LTDA ME

SIMONE LIPPERT DE JESUS

1319865-3

R$ 250,00 2529979

IDM

LIZIANE LIANE KLUGE

TAIANNE SANTOS DA FONTOURA

1324465-4

R$ 357,07 2325255352

IDM

ASSOCIACAO PRO ENSINO SUPERIOR EM NOVO H

Estas pessoas encontram-se em alguma das situações definidas pelo art. 15 da Lei nº 9.492, de 10.09.97, razão pela qual é publicado o presente edital, na forma do parágrafo 1º do mesmo artigo, ficando intimada a virem pagar no Tabelionato os respectivos títulos, evitando o protesto, ou oferecer resposta, que não evitará o protesto, tudo no prazo de três (03) dias úteis, contados a partir da data de publicação deste edital. Gravataí, 16 de julho de 2013.

Mais médicos nos postos Com relação à falta de médicos, um problema que historicamente preocupa a população de Gravataí, que se ressente da falta de um hospital público, a Secretaria Municipal da Saúde deu início nesta segunda-feira (15) ao contrato de terceirização com a Clínica Médica Serrana, para atender a todos os postos de saúde, mais o SUE 24 Horas, principalmente com oferta de pediatras, atendendo a uma demanda urgente de comunidades carentes, que mais sofrem com as doenças do frio. Atendimento de saúde mental Quanto ao atendimento para crianças e adolescentes na área da saúde mental, a porta

de entrada é o Centro de Atendimento Psicossocial - Álcool e Drogas (Caps-AD). O acolhimento é aberto. O município disponibiliza nove leitos no SUE 24 horas, na emergência psiquiátrica. São seis leitos no Hospital Dom João Becker. Destes, três são para pacientes com problemas de álcool e três para tentativa de suicídio. Quanto à internação para atendimento psiquiátrico, são 18 vagas na Clínica Libertar, e na Comunidade Terapêutica são 25 vagas para adultos. São mais dez vagas para atendimento feminino em clínicas terapêuticas. Adolescentes em muitos casos são encaminhados para internação. Como a população pode perceber, apesar dos problemas que se apresentam, acentuados em gestões anteriores, o prefeito Marco Alba tem definido ações que começam a produzir resultados práticos, com respostas eficazes em favor da população. Há muito ainda o que fazer. É o começo de uma gestão que está arrumando a casa, para que os gravataienses tenham serviços públicos dignos da quarta maior economia do Estado.

CIA DE CREDITO,FINANC E INVEST RENAULT DO BRASIL

MARIA THEREZINHA CARDOSO DA SILVA ME 1323371-5

OTAVIO VERGILIO A RODRIGUES FILHO - ME 1324414-1

Novas salas de aula Quanto à construção de novas salas de aula na Escola Municipal Nova Conquista, a licitação para a obra é nesta terça-feira (16), às 14h. A Smed afirma que não houve prejuízo para os alunos. Na Eemef São Marcos, o setor de manutenção da Smed já está resolvendo o problema.

VALECY CABELEIRA BITELO - OFICIAL

publicação legal CASAMENTOS Edital nº 054/2013

VALECY CABELEIRA BITELO - Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, faz saber, que se habilitaram para casar por este Cartório: 1 – UILSON MACEDO GARCIA e MARIA ELIANE DE SOUZA JORDÃO 2 – EDERSON DOS SANTOS HERBSTRITH e MARILIN LUIZ DA SILVEIRA Quem conhecer algum impedimento, acuse-o na forma da Lei no endereço Rua Dr. José Loureiro da Silva, 1826. Gravataí, 16 de julho de 2013 Valecy Cabeleira Bitelo Oficial de registro


Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 7

ESPECIAL

"A dependência química não tem cura. É uma doença crônica", diz coordenadora da SMS Gravataí oferece tratamentos com internações em clínicas e comunidades terapêuticas Karina de Freitas

A

internação voluntária é o tratamento em que o paciente aceita ser internado e ser tratado. Essa é considerada a parte fundamental para sua recuperação do viciado. Conversamos com Ana Maria Lutz, coordenadora dos serviços especializados da Secretaria Municipal de Saúde de Gravataí, que explicou que na cidade os dependentes são encaminhados a rede conveniada. Em casos de urgência, os usuários são direcionados para a primeira parte do trata-

mento que é a desintoxicação no Serviço de Urgência e Emergência 24 horas (SUE) na ala de psiquiatria. O Hospital Dom João Becker também recebe os dependentes para desintoxicação. São seis leitos para internação pelo Sistema Único de Saúde, que são realizadas as solicitações pela Central de Leitos do SUS do Rio Grande do Sul. Clínicas na capital disponibilizam 18 leitos para atendimento. Quando o paciente se recusa ao tratamento, ou é menor de idade a família pode solicitar a internação involuntário junto ao Minis-

tério Público, a cidade possuí 8 jovens menores de idade internados para desintoxicação por ordem judicial, segundo a coordenadora. O tratamento também depende de qual entorpecente o indivíduo faz uso, alguns concentram alto nível de dependência como o crack, "A dependência química não tem cura. É uma doença crônica", alerta Ana Maria. Após a desintoxicação, os pacientes são levados para as Comunidades Terapêuticas, onde ficam internados por cerca de 9 meses para reabilitação. A Prefeitura

fiscaliza e acompanha 14 comunidades terapêuticas no município, situadas na área rural. A cidade conta com convênios em três comunidades terapêuticas disponibilizando 45 vagas para internação, sendo 35 masculinas e 10 femininas. A Prefeitura está realizando convênios com clínicas para tratamento de adolescentes nas comunidades, aponta Ana. Contudo, a Prefeitura não soube informar quantos dependes químicos de Gravataí estão em lista de espera para internação, em razão da procura ser maior do que tem disponível.

Ana Maria Lutz apresenta o Projeto Nacional

Tratamento em Centros de Atenção Psicossociais drogas pelo sujeito pode estar associado a genética, traumas e a vulnerabilidade social como a perca de familiares ou trabalho", aponta a coordenadora.

Após a reforma psiquiátrica o sistema modificou a forma tratamento clínico de doenças mentais a drogadição, eliminando gradualmente a internação como forma de exclusão social. A rede territorial de serviços proposta na Reforma Psiquiátrica inclui Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Centros de Convivência e Cultura, e Comunidades Terapêuticas, previsto na Lei Federal que institui o Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Os pacientes considerados casos estáveis ingressam no CAPS - AD que realiza trabalho de acolhimento do paciente. O Centro funciona de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h, com reuniões dos grupos de apoio.

Cada paciente é acompanhado por responsável técnico para ser realizado Plano Terapêutico Individual (PTI). Nele é analisado pelo psicólogo e assistente social dependendo do caso, a qual tratamento o indivíduo será submetido. No Centro, o paciente é acompanhado pelo profissional e realiza suas atividades em grupo de ação ao dependente. A instituição conta com um grupo de prevenção de recaídas auxiliando na diminuição do índice de reincidentes no vício. Importância da família na recuperação do viciado O principal ativo para um tratamento bem sucedido contra às drogas é a vontade do usuário em lar-

gar o mundo dos vícios. O apoio da família deve estar associada a essa vontade de se ver livres dos narcóticos. Para esse auxílio ao paciente a família necessita estar bem amparada psicologicamente por mais que o uso dos entorpecentes destruam os laços afetivos por parte do viciado que esquece dos seus vínculos afetivos. Em Gravataí o CAPS AD também conta com grupo de apoio as famílias de drogaditos, onde são realizadas reuniões semanais de apoio psicológicos aos familiares e de conscientização. As famílias é parte fundamental no tratamento do dependente, "A dependência necessita de tratamento, o uso de

Programa Federal contra crack Gravataí estará assinando ainda este ano o termo de adesão ao Programa do Governo Federal "Crack, é possível vencer", projeto que abrange municípios com mais de 200 mil habitantes com a finalidade de diminuir os índices do uso de drogas no país. O programa dividido em três eixos temáticos: prevenção, cuidado e segurança, estará envolvendo quatro secretarias do Governo municipal, secretaria de saúde, educação, assistência social e segurança pública. O eixo de Prevenção,

deverá contar com escolas de turno integral, pela diminuição do risco de aumento de usuários, contando com cursos de capacitação profissional para os jovens. As drogas Droga é toda substância capaz de modificar a função do organismo humano, alterações fisiológicas ou de comportamento. Substâncias podem modificar a função física, ocasionando aumento da pressão sanguínea e mudança comportamental desencadeada pelo trabalho excessivo dos neurônios no uso de entorpecentes. Originando a perca do sono e a falta de apetite. Estas são algumas das alterações cerebrais que a droga provoca. As drogas são dividias em lícitas, álcool e cigar-

ros, e ilícitas maconha, cocaíca, crack, ecstasy, LSD, inalantes, heroína, morfina entre outras, em sua maioria causam dependência química e psicológica, prejudicando no convívio familiar, atenção no trabalho e levando a perca dos sentidos neurológicos. Com a repetição do consumo, perdem o significado todas as fontes naturais de prazer e só interessa aquele imediato propiciado pela droga, mesmo que isso comprometa e ameace a vida do usuário, e abstinência que leva o uso compulsivo da droga. Facilidade de acesso às drogas é outro fator relevante na dependência. A droga prejudica as funções do cérebro impossibilitando, que o paciente consiga definir o que faz bem ou não a sua vida e saúde.


Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 8

Geral

Sindilojas convida para 3º Chef na Cozinha

J

Corpo de Bombeiros de Gravataí será a instituição beneficiada nesta edição do evento beneficente

á estão à venda os ingressos para a 3ª edição do evento gastronômico beneficente, Chef na Cozinha, que será realizado em 17 de agosto, a partir das 20h, no Ginásio do Paladino Tênis Clube (Rua João Maria da Fonseca, 1000, Passo das Pedras). Promovida pelo Sindilojas Gravataí, a iniciativa contará com 24 cozinhas de empreendimentos e instituições do município e Porto Alegre. “Convidamos a todos para mais uma edição deste maravilhoso evento, que além de oportunizar a degustação de deliciosos pratos, destina verbas para boas causas”, convoca o presidente do Sindicato,

José Rosa. Durante o 3º Chef na Cozinha cada empresa/entidade participante prepara cardápios de qualidade, elaborados especialmente para a ocasião. A sobremesa fica por conta da Cacau Show. Enquanto degustam os pratos feitos na hora, os convidados assistirão a apresentação do show “Tributo a Raul Seixas”, com Cleiton Amorim. A verba adquirida nesta edição do evento beneficiará o Corpo de Bombeiros de Gravataí. Interessados podem adquirir seu ingresso na sede do Sindilojas ou com os empreendimentos/instituições participantes. Mais informações pelo telefone 3488-4586.

Igreja Evangélica Cruzada Pentecostal Brasileira comemora 11 anos A Igreja Evangélica Cruzada Pentecostal Brasileira de Gravataí, comemorou, no domingo (14), seus 11 anos com a nova administração e inauguração do novo templo. O ato teve o início as 9h30 em frente do templo. O pastor e presidente local José Gonçalves falou aos presentes e, logo após, conduziu a abertura da faixa de inauguração. Estiveram no evento, o presidente das Cruzadas, José Mario da Cidade de Canoas ,

pastores convidados e o vereador Gerson Rovisco – PV, que representou as autoridades da cidade de Gravataí. A igreja recebeu convidados para o culto de celebração e louvor pelo evento. O pastor local José Gonçalves falou sobre a história e trajetória da Igreja - IECPB no município, relatando seu crescimento. A Igreja – IECPB está localizada na Estrada Passo do Carvalho n° 20 na Parada 79.

Fundarc estimula participação no programa 'Mais Cultura nas Escolas' Apostando na transversalidade das políticas públicas para a promoção do desenvolvimento humano, social e econômico, a Prefeitura de Gravataí, através da Fundação Municipal de Arte e Cultura de Gravataí (Fundarc), estimula e apoia programas e ações que

valorizem a interface entre as áreas da cultura, educação e cidadania. Conforme Simone Luz Ferreira Constante, chefe de Divisão de Projetos e Eventos da Fundarc, este incentivo ocorre, principalmente, quando as atividades impulsionam a

MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ – RS EXTRATO DO EDITAL n° 67/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ, pessoa jurídica de direito público, representado pelo Prefeito Municipal, Sr. Marco Alba, torna público que estão abertas as inscrições para a formação de CADASTRO RESERVA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EM CARÁTER EMERGENCIAL, no período de 15/07/2013 a 29/07/2013, para os cargos de Assistente Social e Psicólogo. O texto completo do Edital está divulgado no painel de publicações do Município de Gravataí - situado na Av. Dr. José Loureiro da Silva, 1350, Centro da Cidade - e no site www.gravatai.rs.gov.br. Gravataí, 15 de julho de 2013. Marco Alba Prefeito Municipal de Gravataí

economia da cadeia produtiva. Este tema foi uma das pautas na IV Conferência Municipal de Cultura, realizada no último dia 6, em Gravataí. Recém-lançado pelo Ministério da Cultura, em parceria com o Ministério da Educação, o programa “Mais Cultura nas Escolas” tem foco na política pública de fomento à formação, criação artística, produção, difusão e consumo de bens culturais por parte de estudantes, educadores e a comunidade em geral. A partir disso, as escolas são convidadas a realizar programas integrados com agentes culturais locais, para o desenvolvimento artístico e cultural da comunidade escolar. O programa vai apoiar diversas linguagens artísticas (música, teatro, audiovisual, literatura, circo, dança, contação de histórias, artes visuais) e manifestações da cultura (rádio, internet, jornal, culinária,

mitologia, vestuário, mestre e saberes populares). Os projetos devem ser cadastrados e enviados pelos responsáveis das escolas, via Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec). O processo de avaliação será conduzido pelos ministérios da Cultura e da Educação. Segundo a Fundarc, serão investidos R$ 100 milhões da União, ainda em 2013, para financiar cinco mil projetos. Cada um dos contemplados vai dispor de valores entre R$ 20 mil e R$ 22 mil, que financiam, entre outros itens, a contratação de serviços culturais necessários às atividades artísticas e pedagógicas. Os valores serão repassados diretamente às escolas. A Fundarc está incentivando as escolas públicas de Gravataí para que participem desse programa, disponibilizando material de divulgação e co-

locando a equipe à disposição para assessorar os interessados, o que inclui os agentes culturais da cidade. As inscrições para o Programa Mais Cultura nas Escolas podem ser feitas até o dia 10 de agosto de 2013. Outras informações podem ser obtidas pelo site www.cultura. gov.br/maisculturanasescolas, ou diretamente na Fundarc.


Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 9

Polícia

Prisão por tráfico no bairro Vera Cruz

Recuperado trator furtado

Com o suspeito foi apreendido 37 pedras de crack e 59 reais

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Constantina recuperaram, no dia 09 de julho, um trator que foi furtado há cerca de dois anos no município de Roca Sales. Segundo o delegado Adilson José da Silva, o trator tem o valor estimado em R$ 70 mil e estava em uma propriedade agrícola do município. As investigações continuam para tentar identificar quem furtou e quem teria negociado. Conforme o delegado, as primeiras informações dão conta de que a negociação teria ocorrido na cidade de Palmeira das Missões.

FotoS: DIVULGAÇÃO/JG

N

esta sexta-feira (12), por volta das 23h50, foi abordado o individuo por uma guarnição do POE - Policia de Operações Especiais. O fato ocorreu na Rua Cachoeira do Sul, bairro Vera Cruz. Com o suspeito foi apreendido 37 pedras de crack, e 59 reais em dinheiro. O homem foi encaminhado para a DPPA - Delegacia de Policia de Pronto Atendimento, onde foi autuado em flagrante por tráfico.

Polícia realiza ações comemorativas aos 23 anos do ECA Policiais civis do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (DECA), coordenados pelos delegados Adalberto Lima e Andrei Luiz Vivan, realizaram duas ações preventivas. As ações aconteceram em comemoração aos 23 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Na manhã da última sexta-feira (12/07), em parceria com o SAS/DAP, através do serviço de odontologia, com as agentes (dentistas) Karina Lacorte Dias e Anete Rejane Michel, foram ministradas palestras e apresentação de

vídeo sobre prevenção de higiene bucal com as crianças do Programa SASI, na Fundação Pão dos Pobres. Na parte da tarde, no saguão do CIACA, foi promovida uma exposição de fotos das atividades lúdicas das crianças e fotos de operações realizadas pelo DECA durante o ano, assim como a divulgação das campanhas contra a venda de bebidas alcoólicas para menores e exploração sexual infantil. Nos dois eventos foram distribuídos exemplares do ECA e material impresso sobre os encaminhamentos

Acadepol realiza campanha do agasalho

necessários às vítimas de violência infantil. Dentre os que prestigiaram a amostra fotográfica, estavam o Dire-

tor do Denarc, Joel Souza de Oliveira, e as delegadas Sonia Maria Dall’Igna e Elisa Ferreira de Souza.

Policiais recebem curso de qualificação em idiomas para Copa No Rio Grande do Sul, o reforço e a qualificação do policiamento civil para 2014 ganha o auxilio dos cursos de idiomas disponibilizados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Todos os policiais podem realizar os cursos gratuitos de inglês e espanhol, principalmente aqueles que terão contato direto com o público durante a Copa. "Os policiais que realizam os cursos de idiomas já estão no policiamento de Porto Alegre e da região Metropolitana, mas também existe a possibilidade de que profissionais da área de segurança dos Centros de Treinamentos de Seleções da Copa realizem a qualificação", afirma

o diretor da Divisão de Ensino da Polícia Civil, delegado Fábio Motta Lopes. Os cursos de idiomas realizados pelo Pronatec Copa na Empresa, programa do Governo Federal em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Turismo, e com o apoio de instituições como o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), neste caso, disponibiliza, atualmente, 53 vagas para profissionais da Polícia Civil que desejem realizar qualificação para 2014. Além da apresentação de materiais específicos sobre os idiomas, as aulas possuem em sua metodologia simulações de

como os profissionais da área de segurança pública devem agir em caso de abordagem a possíveis excessos realizados por turistas estrangeiros. "A oportunidade está sendo muita boa para aprender novas informações e relembrar o que por ventura havia esquecido de outros cursos que realizei a alguns anos atrás", afirma a escrivã da Polícia Civil, Denise Matos que realiza o curso de Espanhol Intermediário. O investimento do governo Federal e Estadual em parceria com o Senac, facilitou a elaboração e a execução da capacitação dos profissionais da área de segurança pública. "Após a confirmação de que o Brasil seria sede da Copa, eu fiquei um pouco ansioso, principalmente pela área de ensino, pois no momento em que foi solicitada a realização de cursos de idiomas, devido a dificuldade de recursos orçamentários, nós não conseguíamos atender essa demanda. Então a parceria entre governo Federal e Estadual foi importante nesse sentido, auxiliando na realização da qualificação da Polícia Civil." disse o diretor da Divisão de Ensino da Polícia Civil, delegado Fábio Motta. Com a previsão de que cer-

ca de 50 mil turistas visitem o Estado durante a Copa, a capacitação dos policiais civis em idiomas será de suma importância para melhor recebê-los. "A preparação para os policiais, tanto da brigada, quanto da policia civil e outros órgãos da segurança pública é essencial, pois estaremos auxiliando os turistas, servindo de exemplo para os gaúchos", relata o escrivão da Polícia Civil, Fabricio Bonfriglio que realiza o curso de Espanhol Intermediário. Diversos setores do Estado, assim como os participantes dos cursos de idiomas aguardam o início da Copa do Mundo, devido a possibilidade da vinda de grandes seleções para o Rio Grande do Sul. " Se houver a oportunidade, gostaria de assistir uma partida de seleções da América Latina, como a Argentina e o Uruguai, devido o grande apoio que as torcidas dessas equipes exercem durante os jogos", destacou Fabricio. As primeiras turmas de policiais civis do curso de nível básico e intermediário em espanhol que iniciaram os trabalhos em março se formarão em Porto Alegre, em agosto, iniciando no mesmo mês a capacitação do nível intermediário e avançado, respectivamente.

A Academia de Polícia Civil (Acadepol) realizou Campanha do Agasalho e fez a entrega de doações nesta segunda-feira (15/07), aos representantes da Associação Educacional e Beneficiente Emanuel. Segundo o Diretor Geral da Acadepol, delegado Francisco José Salatino Tubelo, que coordenou as atividades da campanha, foram doadas, principalmente, peças de roupas e cobertores. A doação contou com a colaboração de funcionários, professores e alunos da Acadepol. A Associação Educacional e Beneficiente Emanuel é uma entidade civil sem fins lucrativos, de caráter filantrópico, que se propõe a acolher pessoas que necessitam de acolhimento e ajuda social. A Associação está localizada na Avenida Assis Brasil nº 1079. Ao todo, entre internos e assistidos, são atendidas cerca de 600 pessoas. Entre estas, encontramse jovens com problemas de drogatização, alcoólatras, mulheres abandonadas, mendigos e doentes terminais que foram abandonados pelos familiares. A associação é mantida graças a doações, ao voluntariado e ao engajamento de recuperados que se propõem a ajudá-la e mantê-la. Interessados em voluntariado ou em realizar doações podem fazer contato com a Associação Emanuel através do fone 3341-2615 ou através do site www.emanuel.org.br.


Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 10

Esporte

Resultados da nona rodada da Categoria Especial Amador

Cancelado Em virtude das intensas chuvas que atingiram o Estado desde o último final de semana, foi cancelado o jogo-treino que ocorreria na tarde desta segunda-feira (15), entre Caxias e Cerâmica. A partida, marcada para o Campo Suplementar do Estádio Centenário, em Caxias do Sul, não pode ser realizada devido as condições do local. A equipe de Gelson Conte irá treinar esta tarde e fará seu primeiro amistoso na quarta-feira (17) contra o time Sub20 do Grêmio. A partida será realizada no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, às 15h30.

Propostas por Bressan Uma das jovens apostas trazidas do Juventude despertou o interesse do futebol do Exterior. Bressan deve ser o próximo jogador ser vendido até o final desta janela de transferências. Entre os dias 5 e 6 de julho, quando a delegação estava em Curitiba para a partida contra o Atlético-PR a direção do Grêmio se reuniu com o empresário Marcelo Lipatín e definiu o preço que aceitaria negociar o zagueiro de 20 anos. Mesmo reconhecendo que clubes do Exterior estejam de olho nos destaques gremistas, o diretor executivo Rui Costa garantiu que não houve a formalização de propostas pelo Bressan. - O Grêmio não tem nenhuma proposta pelo Bressan. O que temos são muitos jogadores sendo observados. Ele é um jogador de 20 anos com passaporte comunitário, mas não há nada de proposta - afirmou Rui Costa. O empresário do jogador ressalta que o Grêmio é quem definirá se negocia Bressan. Mesmo perdendo um titular, a reposição já está encaminhada. Rhodolfo, do São Paulo, está sendo contratado. - O Grêmio é o soberano da situação, o clube tem 70% dos direitos econômicos do jogador - disse Lipatín. Apesar de não ter sido apresentada a ele, Lipatín acredita que o Grêmio já recebeu propostas concretas de venda, na casa dos 5 milhões de Euros. O empresário afirmou que recebeu várias sondagens de clubes interessados em contar com Bressan. - Temos recebido sondagens frequentes pelo Bressan. Além da sequência e da regularidade, o passaporte comunitário permite que grandes clubes como Juventus, Chelsea e Liverpool se interessem mais. É um jogador de 20 anos, isso é algo que os clubes avaliam e perguntam - explicou.

Três Estrelas segue na liderança da competição organizada pela Secretaria Municipal de Esporte

A

nona rodada do Campeonato Municipal de Futebol da Categoria Especial Amador ocorreu neste domingo (14), com quatro jogos. Destaque para a vitória do Três Estrelas sobre o Nacional pelo placar de 3 x 2, que manteve a equipe na liderança da competição. O campeonato é realizado pela Liga Gravataiense de Futebol em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Recreação, Esporte e Lazer (SMEL).

Resultados 9ª Rodada: Três Estrelas 3 x 2 Nacional (no Vila Branca); Parceiros Rincão 4 x 5 Bagé (no Centenário); Gravataí 3 x 1 Gravataiense (no Vila Branca); União VU 1 x 1 Unidos da Vila (no Centenário);

10ª Rodada: Jogos da 13h10: Unidos da Vila x Vila Branca (no América); Gravataiense x Nacional (no Vila Branca); Jogos das 15h10: União VU x Três Estrelas (no América) Bagé x Gravataí (no Vila Branca)

Classificação da Categoria Especial Amador 1º lugar / GE Três Estrelas / 18 pontos ganhos 2º lugar / Gravataí FC / 16 pontos ganhos 3º lugar / EC Vila Branca / 14 pontos ganhos 4º lugar / EC Unidos da Vila / 12 pontos ganhos 5º lugar / EC Bagé / 11 pontos ganhos 6º lugar / Parceiros do Rincão / 10 pontos ganhos 7º lugar / União VU / 9 pontos ganhos 8º lugar / Gravataiense / 6 pontos ganhos 9º lugar / Caveirense / 5 pontos ganhos 10º lugar / Nacional / 0 pontos ganhos

FotoS: DIVULGAÇÃO/JG

Copa do Brasil: Inter tem semana de decisão de vaga contra o América-MG O Internacional terá uma semana decisiva na Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, a partir das 21h50, o time colorado enfrenta o AméricaMG por uma vaga nas oitavas de final do torneio nacional. O jogo será disputado no Estádio Independência, em Belo Horizonte, e mesmo uma derrota, desde que seja por um gol de diferença, garante a classificação ao Colorado, uma vez que venceu o duelo de ida por 3 a 1 no Centenário. O clima é de mobilização total, tanto que a delegação não retornou para Porto Alegre após a partida contra o Fluminense. O grupo colorado permanece no Rio de Janeiro até terça-feira à noite, quando embarca

para Minas Gerais. Antes, fará dois treinos na capital carioca, na Gávea, na tarde desta segunda e manhã de terça-feira. Pelo Brasileirão, o Inter volta a jogar no próximo domingo (21/7), como mandante, diante do Flamengo. Ao final da sétima rodada, o time colorado ocupa a quinta posição, com 12 pontos. Arbitragem O jogo decisivo em Belo Horizonte será arbitrado pelo paranaense Edivaldo Elias da Silva (PR). Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Souza Santos Renesto (PR) serão os auxiliares.

Letreiro “Grêmio - Campeão do Mundo” Trinta anos depois de ser instalado no Olímpico, um dos símbolos que representa o momento mais marcante da história do Grêmio será transferido para a Arena. O letreiro Grêmio Campeão do Mundo, que desde 1983 compõe a fachada do estádio, passará a fazer parte da nova casa do Tricolor no bairro Humaitá. O letreiro receberá uma nova

pintura antes de ser colocado no lado oeste da Arena, em frente à BR 290 e à chegada da BR 448. A expectativa é de que todo o processo seja concluído até o final do mês de julho. “A transferência de parte do patrimônio do Grêmio para o novo estádio está dentro do que planejamos. Esse símbolo será restaurado e instalado na Arena. Dessa forma, a Arena passa

a ter, cada vez mais, a assinatura do Grêmio”, comentou o CEO do Grêmio, Felipe Hermann. A retirada do letreiro, iniciada na semana passada, deve ser finalizada na tarde dessa segunda-feira. O trabalho envolve uma equipe de oito profissionais, com a presença de metalúrgicos, operadores de maquinário, um técnico de segurança do trabalho e o engenheiro

responsável pela operação. No total, a estrutura pesa quase duas toneladas, o que exige o apoio de um guindaste para a realização da tarefa. “Foi realizada a retirada de partes inteiras do letreiro, uma vez que as peças são soldadas e a utilização do guindaste possibilita esse método de trabalho”, destacou o engenheiro civil Gabriel Meneghetti.


Gravataí, 16/07/2013 - Pág. 11

Entretenimento Resumo de Novelas ria

Áries: Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano movimentando seus relacionamentos. Você estará mais impulsivo do que nunca durante todo dia. Marte se une a Júpiter e faz tenso aspecto com Plutão pedindo calma.

Culiná-

Pão de queijo master calabresa

Touro: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta seus projetos de trabalho. O dia pode trazer imprevistos no setor. Marte se une a Júpiter em Câncer beneficiando as viagens rápidas e as amizades.

u Ingredientes PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS 1/2 xícara de chá de leite, 1/2 xícara de chá de água, 1/2 xícara de chá www.coquetel.com.br © Revistas 2011de chá de polvilho azedo, 1 xícara de chá de queijo Flor do caribe de COQUETEL óleo, 2 xícaras Local de trabalho a crédito Relativo à idade Maria Vender Adília pede perdão do pintor3 ovos, óleo para untar, sal a gosto. Recheio: 1 colher de óleo, ralado, Produto de modernas Grupo de alunos de Atrativo de algumas câmaras fotográficas 1 cebola para Veridiana, e a família umasesala pizzarias picada bem miudinha, 300 g de linguiça moída e 1 pitada de Esporte orégano. abraça Sílaba emocionada. Maria das de "fictício" corridas de cavalo Adília avisa aos filhos que ninguém u Modo de preparo Sufixo de "formol" pode saber que ela voltou. AmaraDistraídos Leve a água, o óleo, o leite e o sal para ferver. Assim que levantar (fig.) lina entrega os documentos pedidos Bebida fervura leve o polvilho e escalde. Reserve. Assim que esfriar, acrescencubana Azedar e começa a trabalhar por Lindaura (o leite) (?) Toledo, te 1 ovo por vez, batendo cada vez que adicionar. Acrescente o queijo humorista na empresa, dirigindo o bugue.(?)Mae misture. Recheio: Refogue todos os ingredientes. Montagem do pão Master: Abra porções de massa, RavaSelo de Agir como che, atriz qualidade recheie com a linguiça (no centro) e feche a bolinha. Leve ao forno pré-aquecido em forma untada. ria Adíliao marido confessa a mãe que está total Inseto que infiel (sigla) canta com medo(?)de ter voltado. Rondônia Mistura (sigla) flexível: Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br de terra Arruda e um capanga seguem disquete Honesto; e água (Inform.) sincero Samuel, que pega o ônibus para Apartamento Natal. Ester conta a Cassiano que (bras. pop.) Prisãopouco, por estranha e fala LaurinhaAndei está para aves cima de Boné, de AlGoiás principalmente na presença em inglês (sigla) Tipo a de Alberto que O Preposiberto. Guiomar conta texto de primeiro ção que jornal do indica Fernandoandar morreu por causa de Dioprédio falta União (fig.) Em + a nísio. Alberto e Dionísio discutem. Preço de um Retirou produto Arruda sequestra Samuel. o lacre Interjeição gaúcha

Peça que imobiliza fraturas Morcego, em inglês Parte de chapéus Antônio Lopes, técnico de futebol

Pedro (?), jornalista brasileiro

© Revistas COQUETEL 2011

Dois profissionais que trabalham em circos Reunido para procriação

Ficar encantado (por alguém)

Pavor repentino 7a nota musical

Preparador das luzes do teatro

A parte mais profunda do dente

(?) Sangalo, cantora 100 m2

(?)-gigante, brinquedo Móvel com gavetões

Abrigo de escoteiros Patada de cavalo

R

Onde está? (pop.) Telefone público Bens da (pop.) noiva

Máquina da área de serviço da casa

Sílaba de "elmos" (?) Toledo, piadista

O

D

Substância que previne as cáries

A

A criança sem pais Roda; vira

Oro A máquina como o avião

Inseto saltador Apartado; afastado A mãe de Jesus Injeto a vacina

Residência típica de milionários

Trabalho do curso de doutorado Tonalidade Passa a vassoura (?) Fischer, atriz Estudaram o texto

O número indivisível por dois (Mat.) 6 de janeiro

Solução

R A I Z C U

D O O R T E E L H F Ã L O U O M R A N I S T Ã R O

BANCO

Virgem: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta sua vida material e financeira. Não faça nenhum novo investimento no dia de hoje, pois há risco de perdas. Marte e Júpiter se unem e intensificam sua vida social.

Escorpião: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta suas emoções mais profundas. Um assunto ou uma pessoa do passado pode ressurgir. Este pode ser um dia de imprevistos emocionais.

Capricórnio: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta seu trabalho e pode colocar em cheque questões relacionadas a um novo projeto. Conte com imprevistos no setor. Mantenha o autocontrole.

Tempo (símbolo)

P C A L A N A D I V E C A O D A O R G R I RI A A T V E L A S E R E RA R M E T

66

Enraivecer; enfurecer

4/dote — irar — rezo. 5/gamar. 6/aplico.

O relógio do juiz de futebol

Leão: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta intensamente seu mundo mental. O momento é ótimo para começar um novo curso. Marte se une a Júpiter e intensifica suas emoções mais profundas.

Sagitário: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta sua vida social e as amizades. Um romance também pode acontecer neste dia. Prepare-se, pois haverá imprevistos. Sensualidade e necessidade de intimidade em alta.

Imposto Territorial Rural (sigla)

Aquelas pessoas

G A S M I A R A R C E O M A DO R A R E A D I N O

A E R E O S R

AT F E O L R I N E O A L L A E M N A H A T A A L L A

Marco Pigossi em Sangue Bom

Câncer: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e pode trazer algumas confusões e imprevistos em sua vida doméstica. Marte se une a Júpiter e, em tenso aspecto com Plutão, pede paciência nos relacionamentos.

Libra: A Lua Crescente em seu signo faz um tenso aspecto com Urano e movimenta seus relacionamentos. Mantenha a calma e o autocontrole, pois o dia pode trazer alguns imprevistos. Possibilidade de problemas domésticos.

A P L I C O

Solução

www.coquetel.com.br

P A I L H B A Ç C O R E D V O I M A D O C R

64

A B R I U

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Solução anterior E M T U H A R I R I R C O I L G A I A P R E O R B A R P A A B D E A

3/bah — bat — cap — elo. 5/disco — turfe.

AMOR À VIDA Patrícia se enfurece com Michel, que tenta se explicar. Paloma conta para Paulinha que elas terão que fazer um novo exame de DNA. Ordália tem um mau pressentimento quando Bruno fala sobre o exame. Glauce concorda com o plano de Félix. Michel tenta invadir a casa de Patrícia. Valdirene entra no banheiro com Luciano Huck. Rafael ouve Pilar e Bernarda falando sobre o mistério que envolve o nascimento de Paloma. Leila avisa a Thales sobre o jantar que Pilar vai preparar para ele. Vivian fala para Marilda procurar a polícia. Michel se desentende com Adoniram por insistir em sair com Patrícia. Valdirene é expulsa do avião e pede ajuda a Márcia, que manda Carlito resgatar a filha. Ordália tem outro mau pressentimento quando o material de Paulinha é colhido. Leila coloca uma das joias de Nicole nos pertences de Lídia. Elenice vê Glauce trocar os frascos para o exame de DNA e as duas se enfrentam. Elenice morre.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

F F I C C O A L T R A O S D I S P I S E G O I C T E R V A L O C L O N I S E C S A L A

sangue bom Emília defende Malu, e Amora se irrita. Salma expulsa Bárbara de Número Produzir Iodo (símbolo) divisível animal sua casa.como Wilson afirma a Damáris por 2 a Falta de Sandra de chuvas (?), cantora (Mat.) Dolly que vai reconquistar Charlene. Tina Local de e Vitinho atuação sedo beijam. Brenda pede caprofessor rona a Nelson para provocar Rosemere. Filipinho tenta convencer Xande a arrumar um emprego. Bárbara BANCO reclama de ter que se esconder na casa de Madá. Wilson implora que Charlene reate com ele. Bento não atende o telefonema de Amora. Kévin aconselha Malu a tomar cuidado com Amora. Renata chora quando Érico pede para ela apressar a venda de seu apartamento. Maurício conhece Margot. Irene se apavora ao ver sua foto no programa de Sueli Pedrosa. Filipinho reconhece Irene.

Gêmeos: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta questões relacionadas ao amor e aos romances. O dia é ótimo para sair e se divertir. Marte se une a Júpiter e, em tenso aspecto com Plutão, pede cuidado com novos investimentos.

Aquário: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e movimenta questões relacionadas a viagens internacionais ou a projetos que envolvam pessoas estrangeiras. O momento envolve aumento da fé e do otimismo. Peixes: A Lua Crescente em Libra faz um tenso aspecto com Urano e intensifica suas emoções. Sensualidade e emoções estarão à flor da pele. Marte se une a Júpiter intensificando ainda mais seus sentimentos. Uma nova paixão pode acontecer.


JORNAL DE GRAVATAÍ www.jornaldegravatai.com.br

Terça-feira, 16 de julho de 2013

Alunos do Dom Feliciano conhecem a cidade com Medonha

A

lunos das turmas 42, 43, 44 e 45, do Colégio Dom Feliciano, foram conhecer de perto o trabalho da escritora e artista visual Denise Pacheco Lopes, autora do livro recém-lançado “Conhecendo Gravataí, com Medonha”. Acompanhados das professoras Eliane, Ana Paula, Fernanda e Thaize, eles estiveram no Ateliê da Associação dos Artistas Visuais Vale do Gravataí (Agir) na semana passada, como parte do trabalho desenvolvido em sala de aula sobre a cidade. Os estudantes que fizeram projeto haviam recebido Denise e o artista visual Waldemar Max com suas telas sobre Gravataí, na própria escola para um bate-papo em abril.

Antes de irem ao Ateliê, passaram pela Fonte do Forno, um dos locais históricos descritos no livro. Na Agir, ficaram encantados e muito curiosos com as obras, manequins e a estrutura do ateliê, que conta inclusive com um pequeno teatro. – Uma das alunas que nos visitaram disse pedirá a sua mãe para fazer um ateliê em casa – comemorou Denise. Os visitantes conheceram um pouco sobre o processo criativo dos artistas, sobre a construção do livro e o cuidado e respeito que todos devem ter com a cidade. – Ao contrário do que dizem, nossa cidade tem sim muitos locais legais para conhecermos e visitarmos – reforça a escri-

tora. Todos os alunos receberam os livros gratuitamente, autografados na hora pela autora. As professoras ajudaram na distribuição e os alunos ficaram com o convite para que retornem ao Ateliê da Agir quando tiverem vontade e oportunidade. Denise relembra ainda que para receber o livro "Conhecendo Gravataí, com Medonha", basta enviar e-mail para arteagir@hotmail.com para agendar ida a Ateliê ou receber em sua escola ou instituição. Por exemplo, a Escola Sonho de Criança (Centro) já agendou um encontro com a escritora para o próximo dia 19, às 18h30. Ela também irá à Acoban (Neópolis) dia 23, às 19h30.

ANO 9 - EDIÇÃO 1761ª - DIÁRIO - TERÇA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2013 - R$ 1,00  

ANO 9 - EDIÇÃO 1761ª - DIÁRIO - TERÇA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2013 - R$ 1,00

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you