Page 1

PUB

Caixa da Batalha

Nº DE27042006MPC

ECONOMY DE00992011SNC|GSCCS

Preço 0,80 € (IVA inc.)

Jornal da Golpilheira Estrada do Baçairo, 856 2440-234 GOLPILHEIRA

O Banco da (nossa) terra.

Tel. 965 022 333 Fax 244 766 710 geral@jornaldagolpilheira.com

CA Seguros | CA Consult | CA Gest Director: Luís Miguel Ferraz | Mensal | Ano XVI | Edição 174 | Dezembro de 2011

R. Inf. D. Fernando, 2 • 2440-901 BATALHA Tel. 244 769 270 • Fax 244 769 279

P. 4 e 5 | Golpilheirenses respondem

Como era o Natal na sua infância? P. 3 | Mensagem de D. António Marto

Natal de esperança, de sobriedade e de solidariedade P. 6, 12 e 14 | Reportagem

As nossas festas de Natal

LMFerraz

...desejamos a todos os leitores Santo Natal e Feliz Ano 2012! PUB

Feliz Natal e Óptimo Ano Novo

Feliz Natal

PetroFM

e bom Ano Novo!

--------------------DAS 07h30 às 22h00 ---------------------

Combustíveis --------------------Lubrificantes --------------------Produtos Auto nto ---------------------Desco ITRO! Gás (BP/REPSOL/GALP) L / --------------------Lavagem/Aspiração 5 CEeNmTtodsotsívoesis ---------------------u comb Também com RAÇÕES Rua Forno da Telha, 1385 • Quinta do Retiro • Barreira • 2410-251 LEIRIA para animais Tlf. 244834445 • Tlm. 919701359 • Fax 244892250 • petro.fm@hotmail.com

BOAS FESTAS!


2

Jornal da Golpilheira

. pub .

Dezembro de 2011

HISTÓRIA ANTIGA Era uma vez, lá na Judeia, um rei. Feio bicho, de resto: Uma cara de burro sem cabresto E duas grandes tranças. A gente olhava, reparava, e via Que naquela figura não havia Olhos de quem gosta de crianças. E, na verdade, assim acontecia. Porque um dia, O malvado, Só por ter o poder de quem é rei Por não ter coração, Sem mais nem menos, Mandou matar quantos eram pequenos Nas cidades e aldeias da Nação. Mas, Por acaso ou milagre, aconteceu Que, num burrinho pela areia fora, Fugiu Daquelas mãos de sangue um pequenito Que o vivo sol da vida acarinhou; E bastou Esse palmo de sonho Para encher este mundo de alegria; Para crescer, ser Deus; E meter no inferno o tal das tranças, Só porque ele não gostava de crianças. Miguel Torga | Antologia Poética

O Município da Batalha deseja a todos os seus Munícipes um Feliz e Santo Natal


Jornal da Golpilheira

. abertura . Natal .

Dezembro de 2011

.editorial.

Mensagem de D. António Marto para o Natal de 2011

Natal de esperança, de sobriedade e de solidariedade

Luís Miguel Ferraz Director

Programa de vida

Nesta edição, damos primazia às cores natalícias. As festas, os espectáculos, as ideias e sugestões próprias da quadra, sem esquecer a solidariedade, que deverá ser todo o ano, mas nesta altura está mais acesa. Damos conta, também, daquilo que foram e ainda são as tradições de Natal dos golpilheirenses. É interessante verificar como a crise de que agora nos queixamos não chega ainda aos calcanhares daquela que conheceram os nossos pais e avós. E quanto a mensagens, fazemos nossa a do Bispo de Leiria-Fátima: é preciso manter a esperança, aprender a sobriedade e praticar a solidariedade. Belo resumo para programa de vida, no novo ano que aí vem. Para si, leitor, os nossos votos de Santo Natal e boa entrada em 2012.

3

1. No Natal, os nossos olhares convergem para o Menino Jesus chamado também “Príncipe da Paz”. É um tempo especial oferecido aos homens para eles se redescobrirem irmãos uns dos outros e reconhecerem os laços espirituais que os unem na relação a um mesmo Pai. Este convite a viver os valores evangélicos de “inocência” e de bondade universais é-nos dirigido particularmente nesta festa em que Deus toma o rosto terno, indefeso e vulnerável de um menino. Quem acolhe este menino, pode chamá-lo pelo nome: “Tu és o Emanuel, Deus comigo, Deus connosco”!

Deus mesmo vem ao coração do nosso mundo na fragilidade da nossa carne humana para afirmar a dignidade infinita de cada pessoa; vem tecer os laços filiais e fraternos que nos unem para além de todas as diferenças; vem comunicar ao coração dos homens a força de amar que permite viver de modo solidário. A celebração do Natal convidanos, pois, a elevar o coração para Deus e a aprender d´Ele a verdadeira humanidade. 2. Como boa parte da Europa, também o nosso país é atingido por uma crise de tremendas consequências sobejamente conhecidas. Esta crise é um apelo a celebrar e a viver este Natal de modo mais autêntico e a dar-lhe uma importância acrescida. Não são só as soluções técnicas, os ajustamentos adaptados que põem fim a esta crise. São precisas mudanças culturais profundas, conversão de mentalidades, novos modos

de vida pessoal, familiar, social – um novo estilo de vida mais sóbrio para ser mais solidário. Desta grave situação de emergência só sairemos todos juntos e solidários, com o contributo de todos e de cada um. O Natal de 2011 desafianos a crescer em solidariedade e em entreajuda partilhando generosamente com as pessoas e as famílias mais fragilizadas e carenciadas. Há iniciativas concretas que nos incentivam e em que todos podemos facilmente participar. A Caritas acaba de lançar a campanha “10 milhões de estrelas – um gesto pela paz”: uma vela por um euro ilumina a vida de quem mais precisa. 65% do montante que for recolhido destina-se a apoiar famílias portuguesas em situação de carência; 35% será para o povo da Somália vítima de uma crise alimentar. Nos primeiros dez meses de 2011, as Caritas diocesanas apoiaram cerca de 28

mil famílias portuguesas, o que representa um acréscimo significativo em relação ao mesmo período do ano anterior. O apelo da Caritas torna-se mais premente ao lembrar-nos “que nenhuma criança deixe de ter o apoio necessário neste momento de fragilidade, nomeadamente que fique impossibilitada de frequentar as creches e os jardins-de-infância, e tenha acesso aos cuidados de saúde fundamentais”. Ninguém permaneça indiferente ao sofrimento dos nossos irmãos em dificuldade. Os gestos de solidariedade são sinais de esperança no meio da crise; ajudam a tornar o mundo mais humano, mais belo, mais cristão. A todos os diocesanos desejo um santo Natal, sóbrio, fraterno e solidário em Cristo! Leiria, 9 de Dezembro de 2011 † António Marto, Bispo de Leiria-Fátima pub

O NOV ÇO ESPA R. Filipa de Lencastre, 5-A Tel. 917 889 579

Shopping Batalha, Lj 3 Tel. 244 767 897

Desejamos aos nossos clientes e amigos

Santo Natal e Bom Ano Novo!

Av. M. Pombal, Lt3 - R/cE Tel. 244 813 358

Cristal Atrium, Lj 18 Tel. 244 502 981

BOAS FESTAS! ENCOMENDE: TEL. 244 766 106 • 919 903 666

> PIZZAS > PASTAS > RESTAURANTE < TAKE AWAY

VISITE-NOS: R. ANTÓNIO CÂNDIDO ENCARNAÇÃO, 4 • BATALHA


4

Jornal da Golpilheira

. entrevistas .

Dezembro de 2011

Golpilheirenses respondem

Como era (é) o Natal na sua infância? O Natal é uma data incontornável do calendário festivo cristão, o que quer dizer que está profundamente integrado na nossa cultura tradicional, tal como em praticamente todos os países da cultura Ocidental. Mas… será que ainda há tradições? E essas tradições ainda são o que eram? Fomos fazer um “voz de vós” largado neste mês, para destaque da nossa edição especial de Natal. Percorrendo um pouco as várias camadas etárias, perguntámos como era (ou como é, no caso dos mais novos) a vivência do Natal. Curiosamente, parece que há boas tradições que se mantêm, sobretudo quando à gastronomia popular seleccionada. E também o hábito religioso de ir à Missa do Galo ou à Missa do dia de Natal, também faz ainda parte da rotina de muitos golpilheirenses. A diferença, claro, está no número e no valor das prendas. Queixamo-nos agora da crise, mas os mais velhos ainda se lembram dos tempos em que a crise era um estado permanente de vida, com a maioria a ter dificuldade em conseguir sequer uma refeição melhorada. Talvez a actual situação não venha a ser tão grave, pelo menos para a maioria de nós. Mas talvez essa seja também uma oportunidade para voltarmos a dar valor às coisas mais simples, como a presença da família, o conforto da lareira ou alegria de estrear uma meias novas…

Maria, 68 anos

Era um Natal muito pobre. Comia canja com a galinha criada em casa e era com a carne da canja que se fazia o prato. Também comia filhoses, que só havia uma vez por ano. As prendas… era o mínimo possível: rebuçados ou bolachas, meias, um lenço. Era apenas uma recordação do Menino Jesus, que vinha pela chaminé. Deixávamos lá os sapatos e, como só havia uns sapatos, tínhamos de os limpar muito bem para o Menino Jesus lá ir. Ilídio Santos, 64 anos Era um Natal típico de uma família pobre da época. Praticamente, não havia presentes, mas a minha mãe tinha a preocupação de, com as suas economias, comprar um par de meias. Comíamos batatas com bacalhau, com

uns nabos e couves do quintal – era a tradição. Na ceia, a minha mãe fazia as filhoses e o café da avó (café de cafeteira). No outro dia de manha, íamos à missa.

ao Menino Jesus e fazíamos filhoses. Depois da meia-noite, percorríamos as casas da aldeia para tomar qualquer coisa, por exemplo, vinho do porto. Fui algumas vezes à Missa do Galo, mas o mais comum era ir à missa no dia de Natal e beijar o Menino Jesus. Recebia prendas simbólicas: meias, sapatos, calças, camisolas, coisas simples. Os meus pais eram pobres e os brinquedos quase não existiam, apenas os que o meu pai trazia de França, da festa dos trabalhadores da empresa. Mas era, e continua a ser, um dos dias mais preciosos para mim. Fátima Guerra, 49 anos

Manuel Rito, 54 anos

Era muito diferente de agora. Juntávamo-nos no centro da Golpilheira, fazíamos uma grande fogueira, cantávamos os versos

Em família, comíamos o bacalhau com couves e também havia sempre filhoses. Fazíamos a fogueira de Natal e saltávamos. Na juventude, roubávamos as vides e

pub

Roupa Deseja a todos os clientes e amigos

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

das marcas DISNEY UBS.2 BOBOLI SEISSA

Rua D.ª Filipa de Lencastre, Loja 6 A • 2440-116 BATALHA • Tel. 244 765 812 Deseja a todos Feliz Natal e um ano 2012 saudável e com ambiente mais puro

R. Leiria, 73 - Cividade Joaquim Vieira 2440-231 GOLPILHEIRA Reciclagem Tel/Fax 244 767 839 e comercialização Tlm. 919 640 326 reciklena@iol.pt de consumíveis informáticos

Agente Gás Shell e Galp Serviço de entrega ao domicílio

GOLPILHEIRA • Tels. 244 768 246 / 966 791 425 / 963 432 306


Jornal da Golpilheira

. entrevistas .

Dezembro de 2011

5

. voz de vós . especial Natal . Por Ângela Susano e Vanessa Silva

a lenha para a fogueira. Púnhamos o sapato na lareira engraxado e depois punha-se lá um pacote de bolacha baunilha. Também costumava estrear roupa no dia de Natal, para irmos à missa e à procissão à tarde.

Vera Rito, 28 anos

vemos, o meu pai costuma tocar guitarra. Vamos à Missa no dia de Natal. A guitarra eléctrica foi uma prenda que me marcou. Este ano, pedi um trombone. Beatriz Miranda, 11 anos

Goreti Bagagem, 36 anos

Em minha casa, o Natal é sempre muito preenchido, pois tenho uma família muito grande. Jantávamos e almoçávamos em família. Comíamos batatas com bacalhau e filhoses, que ainda hoje a minha mãe faz. Não havia muitas prendas, apenas uma lembrança para os mais pequenos. Eu gostava de receber prendas ligadas à cozinha, lembro-me que recebi um conjunto de panelas que gostei muito. Nunca recebi bonecas. Tinha a tradição de ir à Missa do galo e no dia 25 de manhã também ia à missa.

O meu Natal de criança era, basicamente, como é vivido agora – em família. Fazíamos o presépio e a árvore de Natal. Antigamente, a Consoada era em casa dos meus avós. Costumava comer o típico bacalhau com couves e batatas, que é tão bom, e no dia de Natal o peru no forno. Lembro-me de colocar a bota na lareira e só abrir os presentes no dia 25. Recebia “nenucos”, mas a prenda que mais me marcou foi um quadro de ardósia branco e vermelho que a minha mãe me deu. Vamos sempre à Missa no dia de Natal. João Alves, 26 anos Não era passado com grandes luxos, mas havia comida e algumas prendas. Fazíamos a árvore de Natal e o presépio, comíamos o bacalhau em família, ceávamos e abríamos

os presentes à meia-noite. Normalmente recebia roupa. No dia de Natal, íamos à missa. João Monteiro, 16 anos O Natal costuma ser com a família, falamos e jantamos todos juntos. Comemos bacalhau, bolo-rei e filhoses. Faço a árvore de Natal e o presépio e tenho prendas. Costumo receber roupa, maquilhagem…. Mas o que mais gosto é das roupas.

Enfeitamos a casa, fazemos o presépio e a árvore. A ceia de Natal é em minha casa, com a minha família. Costumamos comer peru e caras de bacalhau, leitão… Convipub

Também com

Lingerie e pronto a vestir

Desejamos aos nossos clientes e amigos Feliz Natal e Bom Ano 2012

Rua da Barbeira - 2440-234 Golpilheira • Tel. 244 765 679 IC2 - Santo Antão 2440-053 BATALHA Tel. 244 765 523 / 244 767 754 Fax. 244 767 754 E-mail. cruzarte@gmail.com

Um Natal muito feliz e um novo ano 2012 cheio de prosperidade são os nossos votos para todos os clientes,fornecedores e amigos!

Comércio Grossista de Flores e Artigos de Decoração Fabrico de Artigos em Vime Festas Felizes!

Aos nossos clientes e amigos desejamos Santo Natal e Próspero Ano 2012!

Tel. 244 766 105 Tintas Telem. 919 194 756 Drogaria Casal da Ponte Nova Ferragens 2440 BATALHA Ferramentas Materiais de Construção


6

Jornal da Golpilheira

. Natal .

Dezembro de 2011

Avizinhando-se a época natalícia, o Serviço Educativo do Museu da Comunidade Concelhia da Batalha (MCCB) programou diversas actividades lúdicas e pedagógicas destinadas a crianças com idades compreendidas entre os 6 aos 12 anos. As acções visam o contacto directo e contextualizado com o espólio do MCCB, proporcionando e estimulando a criatividade. As actividades compreendem uma visita natalícia ao Museu com uma personagem mistério, diversas oficinas temáticas, visitas-jogo e a hora do conto de Natal. A decorrer nas tardes de 20 a 23 e de 27 a 30 de Dezembro, das 14h00 às 17h30. O custo é de 20 euros por criança, incluindo lanche e seguro. Inscrições no local ou para: geral@museubatalha.com ou 244769878.

Até 8 de Janeiro na Batalha

Presépios no Mosteiro À semelhança dos anos anteriores, o Mosteiro da Batalha está a organizar a IV Exposição de Presépios no interior da igreja deste monumento. Esta iniciativa visa a interacção das várias faixas etárias existentes nas mais diversas instituições da comunidade local, bem como mostrar o que significam os presépios aos olhos dos mais jovens e dos mais idosos. A exposição estará patente até 8 de Janeiro.

Museu de Arte Sacra e Etnologia

“Ó Meu Menino Jesus” Por ocasião das férias de Natal, o Museu de Arte Sacra e Etnologia, dos Missionários da Consolata, em Fátima, irá promover de 19 a 23 de Dezembro a actividade “Ó Meu Menino Jesus”. A iniciativa destina-se a crianças dos 6 aos 12 anos de idade, consistindo em visitas orientadas à “Sala dos Presépios e Meninos Jesus” com jogos de descoberta, oficinas de pintura, música e escrita, podendo as crianças apreciar a magnífica colecção de Presépios e Meninos Jesus do Padre António Rosado Belo, constituída por peças eruditas e populares do século XVI aos nossos dias, procurando-se assim chamar a atenção para o verdadeiro significado do Natal. O número mínimo para a realização de cada sessão é de 6 participantes, tendo como número máximo 20. Estão previstas duas sessões por cada dia, a primeira pelas 10h00 e a segunda às 14h00, com duração de 90 minutos, aproximadamente. É possível, mediante disponibilidade, agendar outras datas e horários. A inscrição é obrigatória e pode ser efectuada online através do blogue do museu “masefatima.blogspot.com” ou para o telefone 249539470.

Comerciantes unem-se no Natal Uma vez que o Município da Batalha foi um dos muitos que este ano, mercê das medidas de austeridade, cortou nas iluminações de Natal, os comerciantes da rua Filipa de Lencastre não baixaram os braços e, à imagem do ano anterior, reuniram-se para manter o espírito natalícia nesta rua central da Vila. Assim, trataram da iluminação, com arcos em toda a rua e árvores de natal iluminadas, som ambiente, passadeiras vermelha junto às lojas, árvores naturais enfeitadas, decoração das lojas, e ainda diversas actividades aos fins-de-semana e feriados, como passeios de póneis, pinturas faciais, distribuição de brindes e balões às crianças pelo pai-natal, e ainda danças latinas.

LMF

Férias de Natal no Museu

Na rua Filipa de Lencastre

Aspecto da rua

No sábado dia 10, por exemplo, o comércio esteve aberto até às 23h00, com espectáculos de rua, fogo, danças sevilhanas e descontos especiais. Durante todo o mês de Dezembro e até ao dia 7 de

Janeiro, “os nossos clientes habilitam-se a um sorteio de 16 prémios oferecidos pelos comerciantes”, lembram os lojistas que promoveram esta iniciativa. A finalidade é simples: “manter o espírito natalício da nossa vila da

Batalha e desenvolvimento do comércio local”. Para ajudar a isso, “basta que a população faça as suas compras de Natal nesta rua, para que nos anos seguintes este tipo de iniciativas se possa realizar”.

No Mosteiro da Batalha

Magníficos concertos de Natal A igreja do Mosteiro da Batalha recebeu, no passado dia 10 de Dezembro, um magnífico Concerto de Natal com o Coro do Orfeão de Leiria e o Coro de Câmara da mesma instituição, dirigidos pelo maestro Pedro Miguel. Na nave central da Igreja juntaram-se cerca de uma centena de pessoas, que desfrutaram deste momento musical de alta qualidade, onde só faltou uma moldura humana mais numerosa a encher o imenso espaço para se dizer que foi grandioso. Giovanne d’Amore No dia 16 de Dezembro, foi a vez de um concerto de

pub

SAPATARIA VALA VALA OUTLET Deseja a todos os clientes e amigos Santo Natal e Próspero Ano 2012 Praça D. João I, 7B - 2440-901 BATALHA • Tlfs. 244 765 439 / 964 573 624

LMF

Para crianças dos 6 aos 12 anos

No final actuaram os dois coros juntos

Natal pelo tenor Giovanne d’Amore, também na igreja do Mosteiro da Batalha. O tenor, para este concerto especial de natal, escolheu um reportório clássico sacro com alguns temas bem conhecidos, relacionados com esta quadra festiva. O recital teve como instrumento principal o piano e o artista foi acompanhado pelo maestro Nuno Lopes, do Teatro

Nacional São Carlos. Dada a divulgação algo tardia, este concerto teve ainda menos público, cerca de três dezenas de pessoas, e foi pena, dada a “extraordinária qualidade deste espectáculo”, como referiu Pedro Redol, director do Mosteiro, ao Jornal da Golpilheira. “Recebemos a divulgação deste concerto muito em cima da data e

não foi possível fazer melhor, mas aprendemos com esta experiência e pretendemos no futuro potenciar este tipo de eventos neste espaço privilegiado do nosso património”, afirma aquele responsável. De referir que parte da receita de bilheteira, a 10 euros por pessoa, foi canalizada para a obra social da paróquia da Batalha.


Jornal da Golpilheira

. cultura .

Dezembro de 2011

7

Dirigentes da APOM e do ICOM visitam a Batalha

Momento da visita

A partir de Janeiro, visitas guiadas no 1.º domingo O MCCB vai lançar, a partir do próximo mês de Janeiro, sempre nos primeiros domingos de cada mês, um programa de visitas guiadas. As visitas decorrem entre as

futuro”; “Magnífico equipamento museológico”; “Este museu honra os profissionais e os mentores portugueses ligados à história, património deste Portugal criativo e dinâmico”.

11h30 e as 12h30 e são dirigidas a todo o público interessado em conhecer e aprofundar conhecimentos sobre o Museu e as suas colecções, garantindo, desta forma, um acompanhamento personalizado. Aponte-se que, desde a abertura do MCCB, têm sido diversas as sugestões realizadas pelos visitantes deste equipamento cultural, apontando para a importância da implementação de visitas guiadas. Segundo a equipa que dinamiza o espaço, “com esta abordagem, pretende-se criar uma proximidade entre a instituição e o visitante, promovendo a integração e a partilha de conhecimento e experiências”.

Remessa de livros e roupas

Batalha solidária com Cabo Verde A Câmara Municipal da Batalha, no seguimento das acções solidárias que tem vindo a manter com Cabo Verde vai enviar uma remessa de Natal, no final desta semana, com destino

à Ilha da Brava e ao Concelho de São Lourenço dos Órgãos. Trata-se de um conjunto de cerca de 3000 livros, oferecidos a partir do espólio da Biblioteca Municipal e da

Biblioteca do Agrupamento de Escolas da Batalha, e ainda de vestuário que foi recolhido em colaboração com a Loja Social da Batalha. Segundo a autarquia,

“esta é uma forma de darmos um Natal mais alegre às populações mais carenciadas daquele país africano, com o qual mantemos longas tradições de colaboração e amizade”.

DR

O Museu da Comunidade Concelhia da Batalha (MCCB) recebeu, no dia 5 de Dezembro, a visita de dirigentes da APOM – Associação Portuguesa de Museologia e do Comité Português do ICOM – International Council of Museums. Tratou-se de uma delegação de personalidades conhecedoras de museus em todo o mundo, o que permite a qualquer instituição do género perceber como é avaliado o seu trabalho num contexto mais global e especializado. E essa avaliação, no caso do Museu da Batalha, pode verificar-se nos comentários deixados: “O Museu do presente feito com o passado a projectar o

DR

Especialistas elogiam o Museu

Autor agradece o prémio

Academia Portuguesa da História

Prémio para livro sobre a Batalha A Academia Portuguesa da História realizou no dia 7 de Dezembro último a sessão solene do Dia da Academia, que decorreu no Palácio dos Lilases, em Lisboa. Comemorando os 750 anos do nascimento do rei D. Dinis, foi apresentada uma conferência sobre o tema por Maria José Azevedo Santos. Nesta cerimónia foram ainda entregues os prémios 2011 aos autores de nove obras seleccionadas. Tal como anunciámos na última edição, entre eles constou o Prémio de História Calouste Gulbenkian – História da Europa, que foi atribuído a Jean-Marie Guillouët pelo livro “O portal de Santa Maria da Vitória de Batalha e a arte europeia do seu tempo”, apresentado em 14 de Agosto de 2011 na Batalha. Este foi um de três prémios instituídos na Academia Portuguesa da História sob o patrocínio da Fundação Calouste Gulbenkian, no valor de 2 mil euros cada um, denominados “Prémios de História Calouste Gulbenkian”, a fim de galardoarem obras históricas de reconhecido mérito. Jean-Marie Guillouët deslocou-se de Paris a Lisboa para receber o merecido galardão e, em palavras de circunstância, explicou a razão do livro agora premiado e agradeceu àqueles que o ajudaram nas investigações e no estudo desenvolvido, designadamente ao historiador leiriense Saul António Gomes. Teve ainda um apalavra de agradecimento para com aqueles que proporcionaram a edição do livro – a editora Textiverso, de Leiria, e a tradutora da obra, Cecília Gomes Basílio. pub

Quotas e Assinaturas Caro sócio do Centro Recreativo e assinante do Jornal da Golpilheira Poderá pagar as suas quotas ou assinaturas em qualquer altura do ano no bar do Centro

Ajude a sua associação!

Mário de Sousa Monteiro Pedreiro

Biscateiro de Construção Civil

Festas Felizes! Rua Mestre António Almeida Grosso, 112 2440-234 GOLPILHEIRA Telef. 244 767 698 • Telm. 967 403 627

Cafetaria Princesa

os os a tod Desejam e amigos tes os clien s!

festas

EMISSÃO ONLINE

felize

www.radiobatalha.com Tel. 244 729 720

Deseja a todos os ouvintes e amigos festas muito felizes!

Deseja a todos festas felizes!

CAFÉ FIDALGO

Com os votos de festas muito felizes para todos os nossos clientes e amigos!

Tel. 244 765 183 • Rua do Outeirinho • GOLPILHEIRA


8

Jornal da Golpilheira

. sociedade .

Dezembro de 2011

Documentos aprovados por unanimidade

DR

Batalha com orçamento “realista” em “constrangimento financeiro”

Medida adoptada a partir de Janeiro

REN mede campos eléctricos na subestação do Celeiro O Município da Batalha e a REN – Rede Eléctrica Nacional chegaram a acordo para a disponibilização ao público, a partir do próximo mês de Janeiro, de uma aplicação informática no site do Município e que passará a indicar, em tempo real, a medição dos campos eléctricos na subestação do Celeiro, freguesia de Reguengo Fetal. Esta medida tem como objectivo difundir junto da população do Concelho os valores dos campos eléctricos registados naquela zona, que têm sido alvo de inúmeras manifestações por parte da população local, como é do conhecimento de todos. Segundo António Lucas, presidente da Câmara Municipal da Batalha, esta nova ferramenta “vai contribuir para o esclarecimento dos munícipes quanto aos valores exactos dos campos eléctricos”, o que, com certeza, permitirá analisar mais concretamente as consequências que aquela infra-estrutura terá na saúde e bem-estar das pessoas que vivem nas suas proximidades.

Foi aprovado por unanimidade, na Assembleia Municipal do passado dia 9 de Dezembro, o Orçamento e o Plano Plurianual de Investimentos para o Concelho da Batalha, num valor que ascende aos 15 milhões de euros, sendo 7.694.189 para despesa corrente e 7.424.925 para despesa de capital (investimento). Na apresentação do documento, António Lucas, presidente da Câmara Municipal da Batalha, explicou os fortes constrangimentos financeiros que o ano de 2012 representará para todos os municípios, mercê de factores como a redução das transferências do Orçamento do Estado (FEF), o decréscimo das taxas das operações urbanísticas e a diminuição geral das receitas, que, no caso da Batalha, se prevê na ordem dos 5,1 por cento. O autarca explicou ainda que 2012 obrigará a uma racionalização total dos recursos financeiros, humanos e logísticos do Município,

com o intuito de, por um lado, “fazer face às limitações impostas pelo Orçamento Geral do Estado” e, noutra perspectiva, “corresponder às solicitações crescentes e de diversa ordem que se fazem sentir por parte dos munícipes”. Face às diversas candidaturas efectuadas aos Fundos Comunitários, o Orçamento do Município da Batalha vê 38 por cento das suas receitas advirem da Europa, totalizando 26 projectos de investimento que representam mais de 5,6 milhões de euros, enquadrados em programas como o Mais Centro, POVT, REPRU, RUCI e PRODER. Destes, destacam-se a construção de um pólo termal na Unidade de Cuidados Continuados, em par-

ceria com o Hospital Nossa Senhora da Conceição (Misericórdia da Batalha), a construção do Centro de BTT da Pia do Urso, na freguesia de São Mamede, a requalificação urbanística da vila da Batalha e a construção do novo Pavilhão Gimnodesportivo Municipal, na freguesia da Golpilheira. Com um esforço significativo de redução da despesa, o Orçamento apresentado vê cair 14 por cento, face ao ano de 2011, a rubrica referente às despesas com o pessoal, não estando previstas progressões nas carreiras e assistindo-se mesmo à redução de 3 por cento do número de trabalhadores, fruto das aposentações. Destaque, ainda, para o facto de a despesa corrente crescer em 2012 signifi-

Principais investimentos do Município para 2012 - Ordenamento do Território – 3,31 milhões de euros - Cultura e Desporto – 2,09 milhões de euros - Educação – 1,55 milhões de euros - Saneamento – 1,27 milhões de euros - Resíduos Sólidos – 0,86 milhões de euros

cativamente, devido a três variáveis “não controladas pelos municípios”, como explica o presidente da autarquia. Nomeadamente, “o aumento do IVA nos custos energéticos, sendo que, por mais racionalidade que se implemente, nunca compensará o aumento do IVA de 6 para 23 por cento (cerca de 100 mil euros), o aumento exponencial do custo com o tratamento de efluentes, mercê do aumento de tarifas e do aumento da cobertura do concelho da Batalha em saneamento e que ascende a cerca de 85 por cento de cobertura, atingindo a factura em 2012 cerca de 1 milhão de euros, impossível de fazer repercutir no cidadão, e, por último, os custos com a recolha e tratamento de resíduos, que ascenderão a cerca de 900 mil euros, não obstante todas as campanhas de sensibilização já efectuadas”.

pub

Manuel Luís Marques da Silva

LIVRARIA E PAPELARIA

Deseja a todos Festas Felizes!

CONDESTÁVEL

Oficina de manutenção e reparação de veículos automóveis

Deseja a todos os clientes e amigos festas felizes!

Desejamos a todos os nossos clientes e amigos festas felizes!

Santo Antão • BATALHA • Tel. 244 765 742 • Tlm. 914 038 603

Pç. D. João I • 2440-108 Batalha • Tel/Fax 244765131 • Telm. 918685448

Tel. 244 767 046 • Cova do Picoto • 2440-233 Golpilheira

RUMOS COM LUZ, LDA. de Manuel do Rosário Monteiro

ELECTRICIDADE CANALIZAÇÕES REDES DE GÁS

AQUECIMENTO CENTRAL

Deseja aos clientes e amigos

um Santo Natal e um Feliz Novo Ano 2012!

INSTALAÇÕES INTELIGENTES ENERGIA SOLAR ASPIRAÇÃO CENTRAL

Rua Pe. Joaquim Coelho Pereira, 287 • 2440-234 GOLPILHEIRA Tel. 244 765 401 / 244 766 782 • Tlm. 968 051 957 • Fax 244 766 266


Jornal da Golpilheira

. solidariedade .

Dezembro de 2011

“Os Samaritanos” lançam campanha

Meias e televisões para o Natal dos reclusos A associação “Os Samaritanos”, da Pastoral Carcerária da nossa diocese, está a promover uma campanha de solidariedade de Natal para angariar meias para os presos que, nas suas celas, sofrem com o frio e a humidade de modo espe-

cialmente agreste. Ao mesmo tempo, uma vez que com a transição do modo de difusão da televisão para a TDT muitas pessoas vão deixar de usar algumas das suas antigas televisões, “Os Samaritanos” estão também a

aceitar a oferta desses aparelhos (apenas interessam os mais pequenos, dado o espaço limitado das celas). As prisões foram equipadas com um sistema central de captação TDT, pelo que as velhas televisões poderão servir para que os reclusos

tenham um pouco mais de distracção neste Natal. Quem tiver alguns destes materiais para entrega, poderá contactar para os telefones 918703005 (Joaquim Carrasqueiro) ou 919338382 (Ana Matos).

Missão Sorriso, constituído pela directora de Serviços de Administração da Direcção Geral de Saúde, Belmira Rodrigues, pela coordenadora do Observatório Português dos Sistemas de Saúde, Ana Escoval, e pelo administrador de Marketing da Sonae MC, Miguel Osório. Recorde-se que este ano foram convidados, pela primeira vez, a apresentar projectos a concurso todos os hospitais e agrupamentos

de centros de Saúde pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde e as instituições sem fins lucrativos e de interesse público que actuam nas áreas da saúde maternoinfantil ou envelhecimento activo. A votação está a decorrer em www.continente.pt e todos os portugueses estão convidados a votar nos seus projectos favoritos.

Instituições de Leiria concorrem

“Missão Sorriso” Seis instituições do distrito de Leiria concorrem este ano à “Missão Sorriso”, para receber verbas para a implementação de projectos de intervenção nas áreas de Saúde materno-infantil ou do envelhecimento activo: o Centro Hospitalar do Oeste Norte (Caldas da Rainha), a Sociedade Artística Musical dos Pousos, o Centro Hospitalar Leiria-Pombal, a Associação Dianova Portugal (Monte Redondo), o ACES

Pinhal Litoral 1 (Pombal) e a Acompanha – Cooperativa de Solidariedade Social (Peniche). Este ano foram recebidos 123 projectos, um número recorde de participações, que estão já disponíveis para votação no site do Continente, até 31 Dezembro. Até ao momento já foram feitas mais de 120.000 votações. Após esta votação, serão ainda avaliados pelo júri

Cerca de 200 amigos da Cercilei abraçaram, no passado dia 26 de Novembro, o Jantar de Solidariedade Social “O sabor do seu Sorriso” a favor da Instituição. Rece-

beram a luz, a cor e a alegria dos nossos jovens, tornando esta noite, especial e mágica no domínio da solidariedade. Uma noite repleta de boa disposição, música e dança,

Pão para as crianças do padre João Campanha de solidariedade O padre João Monteiro da Felícia, um missionário da Consolata natural da Golpilheira, paróquia da Batalha, está há já alguns anos no Brasil, onde oferece o seu amor a Jesus Cristo, no serviço aos mais desfavorecidos. Daqueles que, ainda antes da fé, precisam de pão para a boca. O Jornal da Golpilheira tem em curso uma campanha para a oferta de uma “cesta de alimentos”, no valor de 10 euros, que é a ajuda que o padre João tenta entregar todos os meses às famílias que têm crianças a morrer à fome. Desde Janeiro de 2006, enviámos um total de 4460 euros = 446 cestas... Este mês recebemos euros: - Vítor Martins - 100 euros (5 cestas) - Maria Olinda C. Pereira - 20 euros (2 cestas) - António Rito Ferraz - 20 euros (2 cestas)

Colabore! Seja solidário... Contacte:

• CRG - R. Baçairo, 856 - 2440-234 GOLPILHEIRA • Pe. José Gonçalves (Pároco da Batalha) • António Monteiro Rosa (Casal Mil Homens)

...e poupe nos impostos!

Os Missionários passam recibo da sua oferta, que poderá deduzir no IRS. Basta que junte ao donativo o seu nome, morada e o n.º de contribuinte.

Cercilei agradece solidariedade

“O sabor do seu Sorriso”

9

nesta quadra natalícia. Só possível com o empenho de todos, a Cercilei agradece às entidades oficial, nomeadamente, Câmara Municipal de Leiria,

Governo Civil, Centro Distrital de Segurança Social, à comunicação social, às empresas, particulares, famílias, jovens e colaboradores da Instituição, que marcaram pre-

sença neste grande evento e que caminham lado a lado com a Cercilei apoiando-a e apadrinhando-a sempre. A todos bem-haja. Cercilei pub

Tel./Fax: 244 768 353 Telm.: 918 700 998

de Franclim Sousa

Aberto das 9h00 às 13h00 e das 15h00 às 19h30 Telefone 244 768 256 | Telemóvel 917 861 577

Comércio de Mobiliário e Carpintaria Festas Felizes!

Festas Felizes!

Estrada dos Forneiros, 4 • Rebolaria • 2440-075 BATALHA

Profissionais de Caixilharia

Rua do Depósito de Água Tojeira • 2460-619 ALJUBARROTA

Tel. 262 596 896 geral@caixifer.com www.caixifer.com

Festas felizes!

Na Batalha

Centro Comercial Ponte Nova Tel. 244 767 497

CANALIZAÇÕES • AQUECIMENTOS BOMBAS • SISTEMAS SOLARES ASPIRAÇÃO CENTRAL

Boas festas de Natal e Ano Novo para todos!

Desejamos aos nossos clientes e amigos festas muito felizes!

Deseja a todos os clientes e amigos festas felizes!


10

Jornal da Golpilheira

. solidariedade .

Dezembro de 2011

Agradecimento pela ajuda

João Pipoca já voltou a casa

Campanha de solidariedade

“1 brinquedo - 1 chupa” AR

Há uns meses, divulgámos no nosso Jornal um pedido de ajuda para o João “Pipoca”, que sofre de fibrose pulmonar e tinha de efectuar um tratamento caro, para o qual não tinha posses. Várias pessoas responderam, em vários locais, um deles numa caixa colocada no Centro da Golpilheira. Esta caixa já foi entregue ao João, como podem ver na foto, com o valor acumulado de 62,26 euros. Agradecemos a todos os que contribuíram, mesmo as mais pequenas ajudas fizeram a diferença. O João foi operado, está a recuperar, no dia 14 de Dezembro terminou os tratamentos no Hospital Dom Manuel de Aguiar, o que, infelizmente, não significa que esteja totalmente bem, pelo que deverá voltar a fazer tratamentos no próximo ano.

Aproveitamos também para agradecer a todo os que já anteriormente tinham contribuído, como

votos de um Santo Natal e Um Ano Novo cheio de sucessos! André Rosa

A Policlínica D. Nuno, os Bombeiros Voluntários e a Loja Social da Batalha associaram-se numa campanha de solidariedade nesta época natalícia, intitulada “1 brinquedo - 1 chupa”. Nesse âmbito, serão recolhidos brinquedos e guloseimas que a população queira oferecer, estando prevista a sua distribuição pelas crianças de 50 famílias carenciadas do concelho da Batalha no próximo dia 22 de Dezembro. Os destina-

divulgação

JOSÉ CID

Espectáculo solidário

13 de Janeiro de 2012

Quartel dos Bombeiros Voluntários da Batalha Bilhetes e informações: 244 768 500 pub

PRONTO-A-VESTIR 0 AOS 20 ANOS E PRÉ-MAMÃ

BRINQUEDOS

MATERIAIS DIDÁCTICOS

PUERICULTURA

ACESSÓRIOS PARA BEBÉS

os Desejam a todos uito festas m ! es f eliz

Loja em LEIRIA Av. Comb. Grande Guerra, 32 Tel. 244 837 317

tários deste “carinho” serão devidamente seleccionados pelas entidades competentes. Segundo os responsáveis da Policlínica D. Nuno, mentora desta iniciativa, esta corresponde a um “desejo de ter um papel preponderante nestas acções de solidariedade, como membro contributivo para a responsabilidade social”. Na mesma linha, está prevista já para Fevereiro uma nova campanha de responsabilidade social da empresa.


Jornal da Golpilheira

. pub .

Dezembro de 2011

11

Adelino Bastos

Licença de Exploração Industrial N.º 50/2010 SEDE: TRV. DO AREEIRO, 225 • ZONA IND. JARDOEIRA • 2440-373BATALHA FILIAL: CASAL DE MIL HOMENS • 2440-231 GOLPILHEIRA TELS: 244 768 766 • 917 504 646

Elisabete Cruz - Consulting, Lda tre Lencas ipa de 1 - 1º B/C il F . D Rua Lote BATALHA 718 AB• CELUL l. 244 766 411 e 9 T 9 0 2 2 Tlm. 9 onsulting.ptt g.p ec-c info@ c-consultin www.e

de um Votos atal N Santo ovo ano n e um cesso u com s dos! to para

Boas Célula B - BATALHA - Tel. 244 765 293 festas! ---------------------------------------------------


12

Jornal da Golpilheira

. reportagem .

Dezembro de 2011

O Centro Recreativo da Golpilheira organizou no dia 9 de Dezembro a habitual festa de Natal destinada a todas as crianças da freguesia. A animação esteve a cargo dos alunos das escolas de Música e Dança da colectividade, que aproveitaram para revelar o fruto do seu trabalho neste primeiro período escolar. Uma sala bem cheia de miúdos e graúdos aplaudiu com entusiasmo os artistas da casa, que proporcionaram um bom espectáculo a todos os presentes. E, no final, o pai-natal deixou a todos os mais pequenos uma lembrança natalícia, com a promessa de tentar voltar no dia 24… se a crise não se agravar muito até lá.

Fotos: Célia Capitão

Festa de Natal do Centro Recreativo da Golpilheira

Tal como anunciámos, realizou-se no dia 11 de Dezembro uma festa de Natal dos alunos do pré-escolar e 1.º e 2.º CEB do Agrupamento de Escolas da Batalha, organizada pela Associação de Pais. O pavilhão multiusos da vila encheu-se numa tarde recheada de actividades destinadas às crianças, com a animação de alguns grupos de dança, destacando-se a participação dos palhaços Cardinali e a actuação do bem conhecido ventríloquo Zé Freixo & Donaltim. Este ano contou ainda com a surpresa de alguns bonitos cavalos, que proporcionaram aos mais pequenos uma simpática volta pelo recinto, a cavalgar ou numa bonita charrete. Na sexta-feira seguinte, dia 16, entre as 20h30 e as 02h00, realizou-se no mesmo espaço a “White Party” (Festa Branca), dirigida aos alunos do 3.º ciclo e da Secundária, com DJ e muita animação.

Fotos: LMFerraz

Festas de Natal do Agrupamento de Escolas da Batalha


Jornal da Golpilheira

. pub .

Dezembro de 2011

Há 15 anos na Batalha A cuidar da sua segurança

29 ANOS AO SEU SERVIÇO!

Célula B• 2440-122 Batalha

Desejamos a todos os clientes, amigos e colaboradores Feliz Natal e próspero Ano Novo!

Tel. - 244 765 451 Fax - 244 765 558 Telem. - 91 870 3006

Rua da Batalha, 25 • 2440-233 GOLPILHEIRA • Tel. 244 765 711

E.N. 356, n.º 29 JARDOEIRA 2440-386 BATALHA Tel. 244 768 846 Tel 244 768 499 Fax 244 768 499

Desejamos a todos os clientes e amigos um Santo Natal e um Ano Novo muito seguro

Desejamos a todos festas muito felizes!

geral@hipertintas.pt

Desejamos aos nossos clientes e amigos um Santo Natal e um ano 2012 em segurança!

13


14

Jornal da Golpilheira

. reportagem .

Dezembro de 2011

No dia 15 de Dezembro, o salão de festas do Centro Recreativo encheu-se de crianças, pais e professores das escolas da freguesia da Golpilheira para a sua tradicional festa de Natal. Os apresentadores (Matilde e Tomás) começaram por convidar todos a “partilhar a alegria, porque saber encontrar a alegria dos outros é o segredo para a felicidade”. E logo cederam o lugar no palco aos meninos e meninas do Jardim-deInfância, a cantarem “Pinheirinho, Pinheirinho” e “O Rodolfo”. Também os pais destes mais pequeninos ofereceram ao público uma bonita encenação de Natal, em que revelaram os seus talentos de representação, poesia e música. Depois, foi a vez de os alunos da Escola do 1.º Ciclo apresentarem “Um sonho de Natal”, uma encenação em que todos participaram, com vários e variados quadros natalícios, em que as várias turmas foram completando um bonito presépio vivo. Não faltou a música, a poesia, a representação, a ginástica e o Inglês. Não faltou nada para uma noite bem divertida e com muitos sentimentos bonitos a lembrar por que é que o Natal é uma festa tão importante para todos nós. No final, depois da distribuição de presentes pelo pai-natal, houve ainda tempo para o convívio à volta de uma mesa recheada de boas sobremesas que os participantes trouxeram para partilhar.

Fotos: LMFerraz

Festa de Natal das escolas da Golpilheira


Jornal da Golpilheira

. pub .

Dezembro de 2011

15

• Oficina de reparações gerais • Testes computorizados a motores • Serviços de ar condicionado

Votos de um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo! RUA DO OUTERINHO, N.º 20 GOLPILHEIRA (JUNTO AO CAFÉ FIDALGO) Telef./Fax 244 767 863 Telm. 914 961 543 / 918 757 536 E-mail jcferraz.seguros@gmail.com

AGENTE PRINCIPAL

Quinta da Fonte Velha 2440-234 GOLPILHEIRA Tel. 244767375 • Tlm. 919854478

Boas festas!

Certificado N.º CQ 1436

Certificação de Qualidade Norma ISO 9001:2008

SUPERMERCADO

S. BENTO

Telas • Esculturas • Azulejos Móveis • Peças Decorativas Sempre exclusivo e original!

os! VisG OitLeP I-LnH E I RA

Desejamos a todos um Feliz Natal e Bom Ano 2012!

na

Rua do Choupico, 129 Casal de Mil Homens 244765498 / 965170426 nelson.c.gomes@hotmail.com

Deseja a todos festas muito felizes! Procura a casa dos seus sonhos? Quer reduzir a prestação do empréstimo?

A Solução na Habitação...

Pç. Município, Lt.5-r/c D. 2440-107 BATALHA Tel. 244766202 / 912230888 SOCIEDADE DE MEDIAÇÃO IMOBILIÁRIA, LDA. Licença AMI n.º 7416

Pesquise as promoções a nível nacional:

Quiosque da Batalha de José Manuel Matos Guerra

A casa que faz

milionários

APOSTE!

jornais • revistas • promoções e vários serviços...

...há 25 anos ao seu dispor!

BOAS FESTAS

TOTOBOLA TOTOLOTO JOKER LOTARIAS RASPADINHAS

LG. MESTRE MATEUS FERNANDES • APARTADO 24 • 2441-901 BATALHA Tel 244 767 720 • Fax 244 767 228 • Email: quiosquebatalha@mail.telepac.pt

WWW.LENINVESTE.PT rantido! a g o t n e m ia Financ Representante das marcas

Votos de festas felizes!

Rua D. Filipa de Lencastre, N.º 7 A • 2440 BATALHA • Tel. e Fax 244766569

Urbanização Aldeia de Santa Marta Zona calma na Calvaria de Cima Vivendas individuais • 140.000 euros

Hélio Videira

Deseja aos seus clientes e amigos feliz Natal e bom Ano Novo!

Rua da Freiria - Lt 7 - r/c • 2440-046 BATALHA • Telm. 919 327 418

Desejamos a todos os nossos clientes e amigos um Santo Natal e um ano 2012 cheio de sucessos!

• Electricidade • Sistema de Alarmes • Telecomunicações • Canalização Água • Aspiração Central • Climatização • Ar Condicionado • Painéis Solares • Aquecimento Central


16

Jornal da Golpilheira

. temas .

Dezembro de 2011

. desporto. Equipas do CRG

. combatentes .

. vinha .

Coluna da responsabilidade do Núcleo da Batalha da Liga dos Combatentes

FUTSAL

Natal triste

Seniores Femininos – Distrital da Divisão de Honra 03-12 – AD Vidais – 0 / CR Golpilheira – 2 08-12 – GD Ilha – 0 / CR Golpilheira – 8 (Taça) 10-12 – CR Golpilheira – 5 / AR Amarense – 1 17-12 – A. Caranguejeira – 1 / CR Golpilheira – 4 Próximos jogos 07-01, 21h30 (Louriçal) ACRD Louriçal / CR Golpilheira 14-01, 19h00 (Batalha) CR Golpilheira / C Casal Velho 21-01, 18h00 (Óbidos) GD Usseira / CR Golpilheira

Juniores Femininos – Torneio de Abertura - Série B 01-12 – CRP Ribafria – 3 / CR Golpilheira – 7 04-12 – CE Fátima – 5 / CR Golpilheira – 1 08-12 – CR Golpilheira – 6 / GD Ilha – 0 (Taça)

FUTEBOL Benjamins A – 1.º Torneio Distrital - Série C 03-12 – CR Golpilheira – 1 / UD Serra – 3

Infantis Sub-13 – Campeonato Distrital - Série D

03-12 – CR Golpilheira – 1 / GC Alcobaça “B” – 5 17-12 – CR Golpilheira – 11 / CD Pataiense – 0 Próximos jogos - Torneio Distrital – Grupo B – Série C 07-01, 11h00 (Valado dos Frades) Acad. Qta Pinheiro / CR Golpilheira 14-01, 11h00 (Barrocas) CR Golpilheira / Esc. Ac. SPG Mª Grande “B” 21-01, 11h00 (Cruz da Légua) CD Andorinhas / CR Golpilheira

Estágio nacional

Clube Portugal Jovem 2010 O atletismo jovem leiriense está representado no Estágio Nacional do Clube Portugal Jovem 2012, que vai ter lugar no Centro de Alto Rendimento de Atletismo do Jamor, entre 19 e 22 de Dezembro. A Federação Portuguesa de Atletismo (Sector Juvenil) convocou para este estágio Jessica Galvão, do Arneirense, Juliana Pereira, Marta Mendes, Miguel Lavrador e Sarah Dias, todos da Juventude Vidigalense, e mais trinta dos jovens promessas do atletismo nacional. A orientação desta actividade formativa estará a cargo dos técnicos nacionais de sector, onde estão incluídos os leirienses Paulo Reis (lançamentos) e Carlos Carmino (marcha atlética), e respectivos colaboradores. A coordenação estará a cargo de José Costa, responsável pelo departamento juvenil da FPA. Esta será mais uma oportunidade formativa para estes cinco promissores atletas leirienses, que já deram provas de poderem vir a fazer parte da elite do atletismo da ADAL.

José Jordão Cruz | Eng. Técnico Agrário

Casta Cercial A casta Cercial é cultivada em diferentes regiões vitícolas. De acordo com a região, pode adoptar diferentes grafias e apresentar características ligeiramente diferentes. São conhecidas a Cercial do Douro e do Dão, a Cerceal da Bairrada e a Sercial da Madeira, também denominada de Esgana Cão, no Douro. As principais características das variedades da Cercial são a elevada produção e boa acidez. “Esta casta produz o famoso vinho generoso Sercial da Madeira, um vinho seco que depois de envelhecer adquire características excepcionais”. Como dizem os enólogos, “os vinhos monovarietais desta casta são geralmente um pouco desequilibrados, por isso é costume lotar a Cercial com outras castas como a Bical, Fernão Pires ou Malvasia Fina. Nestes vinhos, a característica herdada da Cercial são a acidez elevada e os aromas delicados”. Esta casta é autorizada nos encepamentos brancos, na Região das Beiras, na zona de Pinhel. Nesta zona, temos muitos agricultores a pedirem-nos esta casta. Como podem verificar os amigos do nosso Jornal, nas fotos que apresentamos, os cachos, os ramos novos e as folhas jovens apresentam no conjunto uma videira bem bonita. É uma videira de porte médio, quando enxertada no porta-enxerto adequado ao terreno propício. Os seus cachos também são médios, embora o pedúnculo forte e curto, mas bem lenhificado. Os bagos também são médios.

Filipa Silva

Festas Felizes!

Festas Felizes!

Estrada de Fá�ma, n.º 16 - B, R/C Esq., 2440-100 Batalha (Junto à escola de condução Espírito Santo e Reis, Lda)

Cabeleireiro & Estética Desejamos a todas as clientes e amigas festas muito felizes!

Solicitadora

Telf./Fax. 244 765 466 Telm. 910 865 979 E-mail: 4830@solicitador.net

Porque estamos em plena época natalícia, apetece-nos desabafar um pouco sobre algo que diz respeito à grande massa anónima e sofredora da nossa população, onde, infelizmente, também se incluem dezenas de milhares de combatentes. Durante quase todo o mês de Dezembro cria-se, sem dúvida, uma ambiência especial, que nos deixa mais tolerantes e também nos devia deixar mais serenos, fraternos e felizes. Infelizmente, a dificílima situação que vivemos em Portugal, e que atinge particularmente os mais desfavorecidos, faz com que estes cerca de dois milhões de cidadãos vivam, provavelmente, uma das quadras natalícias mais preocupantes e tristes das suas vidas. Sabemos que, praticamente desde a sua fundação, em Portugal vive-se em quase endémica situação de crise económica. Também sabemos que, desde sempre, a penúria nunca atinge as classes mais privilegiadas, que só o são porque detêm o poder e criam as leis que mais convêm aos seus interesses, fechando os olhos à imensa miséria que grassa à sua volta. Nos primeiros quase 4 séculos da nossa existência, foi valendo aos mais desvalidos a vocação humanística da Igreja. Em 1498, com a fundação da primeira Misericórdia, a que se foram seguindo outras por todo o País, deuse mais um passo em frente na ajuda ao povo, sempre sacrificado e quase escravizado. Nos quase 5 séculos seguintes, foram estas duas Instituições interligadas – Igreja e Misericórdias – quem continuou a mitigar as carências das populações, evitando que muita gente morresse à míngua. Só após o “25 de Abril”, com a criação do “Estado social”, estas Instituições passaram um pouco mais ao anonimato, mas quase só em teoria, porque na prática continuaram a ser a salvação de muitos, visto que a miséria nunca foi banida do nosso país. Mas, mesmo esse curto período de falsa abundância, durante o qual os nossos sucessivos (des)governantes, banqueiros e quejandos nos andaram a impingir falsos “bezerros de oiro”, terminou abruptamente em 2008 e desde então que estamos de novo a enfrentar uma das maiores crises da nossa história. E, mais uma vez, para lhe tentar fazer frente, aí estão de novo as Misericórdias, a Igreja e ainda outras instituições de cariz religioso ou laico, a procurar desempenhar, com denodo e afinco, o papel que ao Estado social devia caber, procurando ajudar a sobreviver um povo explorado, desmoralizado e muito dele já faminto, que ainda não quer acreditar que, os “senhores” de sempre, o atiraram, de novo, para o fundo do poço. Mas também é nestes momentos de crise profunda, económica e de outros valores, que se vê a força de um povo, como sempre connosco aconteceu! Criadas, caldeadas e formadas na adversidade, são também as massas anónimas habitualmente as mais generosas, sempre prontas a ajudar quem mais precisa. Basta estarmos atentos e é fácil observarmos frequentes actos de altruísmo e generosidade, praticados por pessoas quantas vezes a precisarem de tanta ajuda como aqueles que ajudam! Entretanto, vão aparecendo por aí uns “vendilhões do templo” que, quais aves agoirentas, até o amor-próprio e o orgulho de sermos portugueses nos querem tirar. Não o conseguirão, porque o que em mais de 8 séculos nos têm feito sofrer transformou-nos em gente de rija têmpera, de “antes quebrar do que torcer”. Que ninguém se deixe abater! A todos, um Natal tão feliz quanto possível. E, por favor, não esbanjem! Se tiverem umas coisitas a mais, não se esqueçam de ser solidários e partilhem-nas com os muitos que pouco ou nada têm. BEM HAJAM!

t a m b é m n a i n t e r nmês!e t al este

Especiulação + Brushing Corte + Ond 50 euros!

CONSTRUÇÕES

MARCAÇÕES: 244 815 818

MARGARIDA RITO Edifício Arcadas - Piso 0 - Lj 1 • Av. Marquês Pombal - LEIRIA


Jornal da Golpilheira

. temas .

Dezembro de 2011

. engenharia .

David Lucas Engenheiro Civil

. saúde .

Ana Maria Henriques Enfermeira

Adobe / Tijolos

Bolos e bolinhos

A minha iniciação na vida académica não podia ter sido feita sem que passasse por umas belas praxes, agarrado a um tijolo ao qual me fizeram dar o nome de Nicolau – que saudades! Foi com esta memória que me lembrei do próximo tema: tijolos e adobe. Remonta à antiga Mesopotâmia e ao Antigo Egipto (6000 a.C.) a utilização de tijolos em estruturas como torres-zigurates, muralhas, ou ainda em algumas abóbadas. Nesta época, havia dificuldade na obtenção de pedra nestes locais, daí a adopção de novos materiais. Além da razão mencionada, a mudança de hábitos do homem também contribuiu para a utilização de materiais resistentes (à temperatura e humidade) e que o fizessem permanecer em tempo indeterminado em certos locais. Ainda com pouco conhecimento das propriedades resistentes destes materiais, começaram a construir-se as primeiras alvenarias em tijolo cerâmico seco ao sol (adobe). A amassadura dos materiais constituintes era feita com os pés e era usual utilizar palha (fibra vegetal) para os reforçar. O desconhecimento das propriedades resistentes dos materiais, a falta de experiência e de procedimentos de cálculo racionais levava à adopção de grandes espessuras nas obras realizadas e a desperdício de materiais. Após alguns anos, revelou-se como um elemento estrutural essencial quando bem aplicado, revolucionando as condições de conforto e habitação. Relativamente à sua constituição, actualmente verifica-se que a argila é um dos seus principais constituintes e que a qualidade deste material depende do grau de purificação da mesma, da amassadura, cozedura e secagem. Hoje em dia, temos cada vez mais variantes destes materiais de construção. Há, por exemplo, tijolos construídos de forma ecológica, com materiais resultantes de efluentes (20%) e argila (80%). Além deste modelo, existe ainda um outro tipo de tijolo mais tecnológico e que é colocado com o objectivo de monitorizar deslocamentos de uma estrutura, assegurando a sua correcta funcionalidade. As características deste elemento construtivo indicam que no futuro será alvo de mais e melhores avanços tecnológicos, tanto em termos de composição como de utilização. No entanto, a sua base primordial manter-se-á, evidenciando-se a inteligência dos povos mais antigos na procura de soluções para as suas necessidades.

O Natal é uma época deliciosa para as crianças, mas é um terror para os doentes que têm um cuidado redobrado com a alimentação, tal como diabéticos, hipertensos, com colesterol alto, etc. Umas festas descansadas e sem repercussões nas próximas análises ao sangue são festas com conta, peso e medida. Estas doenças que requerem uma alimentação cuidada, ao serem diagnosticadas, são sempre acompanhadas por informação relativa aos cuidados a ter. Normalmente, além de menos gorduras, açúcares ou sal, o incentivo ao exercício físico está sempre presente. Mesmo sendo um dia de festas, não se esqueça da sua caminhada diária e tente mexer-se mais do que nos outros dias. Colaborar com a confecção das comidas ou ajudar a preparar a sala pode ser um excelente exercício. A quantidade de comida deve ser controlada e, para isso, nada melhor que comer o que tem no prato. Isto quer dizer que, no jantar de Natal, o prato do jantar deve ser feito consoante o que gosta e o que pode comer devido às restrições que existem. Assim, cumprindo a regra de não repetir, a quantidade gorduras e hidratos de carbono podem ser controladas. Para os fatídicos doces da sobremesa, é importante ser realista e perceber ao que não vai resistir, escolhendo uma pequena quantidade de doces. Após esta selecção, é aconselhável afastar-se o mais possível da mesa, pois será bem mais difícil resistir ao que está constantemente à sua frente. Um truque fácil que pode usar é comer mais em casa antes de ir para o jantar ou almoço de Natal. Comer pequenos lanches saudáveis durante o dia, ajuda a saciar e a diminuir a vontade de comer nas alturas de maior tentação. É muito importante não esquecer as bebidas. Os sumos devem ser totalmente evitados e as bebidas alcoólicas muito limitadas. Os sumos são bombas calóricas disfarçadas e que podem facilmente ser substituídos. Quanto ao álcool, restrinja-se a um copo de vinho durante a refeição. A convivência do Natal é feita à volta da mesa, e a mesa costuma estar recheada de comida com bom aspecto, mas pouco saudável. Seja realista e consciente. Se não consegue resistir a tudo, estabeleça uma excepção: ou um frito, ou uma fatia de bolo, ou mesmo um bocado de carne gorda. Mas saiba que foi uma excepção e que a sua doença continua a necessitar de uma alimentação saudável e com regras.

17

Agrupamento de Escolas propõe

“Caminhadas na Batalha” O Grupo de Educação Física da Escola Básica e Secundária da Batalha, no âmbito do Projecto de Educação para a Saúde e Sexualidade e do Projecto Pessoa, do Agrupamento de Escolas da Batalha, está a promover um conjunto da caminhadas, com periodicidade mensal, entre Dezembro de 2011 e Maio de 2012, que terão lugar em vários locais dos concelhos da Batalha e de Porto de Mós. A primeira caminhada realizou-se já no dia 17 de Dezembro, no percurso da Mata do Cerejal. O ponto de encontro foi a entrada da Escola Secundária da Batalha, pelas 09h15, com a partida marcada para daí a meia hora junto à Capela de São Mateus, nas Alcanadas. Vão seguir-se novas propostas para os passeios, nas seguintes datas e locais: 28 de Janeiro – Buraco Roto (Reguengo do Fetal) 25 de Fevereiro – Rota dos Moinhos (S. Mamede) 24 de Março – Caminho do Ferro Mineiro 28 de Abril – Fórnea (Alcaria) 26 de Maio – Serra da Pevide (Porto de Mós) O grupo organizador convida à participação de toda a comunidade, “por uma vida mais saudável”. pub

www.misericordiabatalha.com

CENTRO HOSPITALAR Nª SRª DA CONCEIÇÃO NOVOS EQUIPAMENTOS E NOVA EQUIPA

RADIOLOGIA Exames todos os dias úteis

Protocolos com Serviço Nacional de Saúde e outros sub-sistemas de saúde

„

Faça já a sua marcação!

Desejamos aos utentes, familiares, funcionários e voluntários, e a todos os irmãos e amigos da Santa Casa da Batalha uma quadra de Natal e um Ano Novo abençoados pelo Menino da Misericórdia!

Centro Hospitalar Nossa Senhora da Conceição Rua Principal, 26 I Brancas I 2440-090 Batalha T. 244 769 430 | F. 244 769 439

CLÍNICA DENTÁRIA E OSTEOPÁTICA DA BATALHA Direcção Clínica: Dr.ª ANA FREITAS • Psicoterapia e Hipnose Clinica • Medicina Dentária Geral • Psicologia de Crianças e Adolescentes • Osteopatia • Aulas de Preparação para o Parto • Terapia da Fala • Acunpuntura Médica, Estética e Tratamento da Dor

Festas felizes!

Acordos: SSCGD, SAMS, Multicare, Advance Care, Associados do Montepio, WDA e outros

Contactos: 911 089 187 • 964 108 979 R. dos Bombeiros Voluntários, Loja D - BATALHA

CONSULTAS de Segunda-Feira a Sábado


18

Jornal da Golpilheira

. sugestões de leitura .

. livros .

Dezembro de 2011

“A vingança da Lua” e “Os 7 maiores tesouros” Texto: Rita Vilela / Ilustração: Ana Sofia Caetano Paulus

Colecção perguntas à procura de resposta

De uma forma leve e divertida, esta colecção infantil, aconselhada pelo Plano Nacional de Leitura, procura promover a reflexão em torno de princípios e de outros aspectos relevantes para a criança e para a sua relação com os outros. Em cada livro, princesas, animais, personagens imaginadas falam-nos de realidades e de problemas do universo dos mais pequenos. No final de cada história, os educadores encontram uma ficha com questões destinadas a promover a comunicação em torno das mensagens a partilhar. Uma colecção que ajuda crianças e adultos a conhecerem-se melhor. “A vingança da Lua” aborda temas como a justiça, a raiva, as dolorosas consequências da vingança e importância de se perdoar. “Os 7 maiores tesouros” fala dos verdadeiros tesouros da nossa vida e a importância de valorizarmos as pequenas coisas do nosso quotidiano.

À espera de Deus - profetas e profecias

Mapas bíblicos para a catequese Texto: Roberta Taverna Ilustração: Michela Ameli Paulus Numa única grande folha, frente e verso, são apresentados diversos elementos referentes à espera do Messias em Israel. Apresenta elementos históricos que ajudam a compreender as profecias que anunciavam a chegada do Salvador, bem como a ligação entre os dois testamentos. Fala-nos dos “Rostos do Messias”, da “Origem do Advento”, da “Novena do Natal”, das “Tradições do Advento” e de quem é esse “Menino Esperado”. Tem sugestões para um trabalho em grupos e para a construção do calendário do Advento. Em formato gigante, apresenta um mapa com a palestina do Antigo Testamento e as cidades dos profetas.

A minha paróquia de papel

José Carlos de Jesus Nunes Paulus Ao longo da última década, habituamo-nos a acompanhar os comentários sempre actuais e pertinentes do Pe. José Carlos Nunes logo nas primeiras páginas da “Família Cristã”. Essa revista foi por longos anos o seu púlpito, a sua “paróquia de papel”, incorporando profundamente o espírito da sua missão paulista, que é evangelizar através da palavra, da pregação escrita. No presente livro, a PAULUS Editora seleccionou os seus textos mais significativos e emblemáticos. As reflexões escolhidas reflectem o pensamento do Pe. José Carlos sobre diversos temas e estão intimamente ligados à sua experiência de fé, família, Igreja e sacerdócio, que o enriquecem a cada dia e enriquecem o leitor que com ele faz este percurso.

Liturgia - Mysterium salutis Guido Marini (mestre das celebrações litúrgicas pontifícias)

Paulus A liturgia é o local habitual e indispensável para o nosso encontro com Deus. Ali, tudo deve falar de Deus, tudo deve conduzir para Ele, tudo deve ser caminho para a contemplação, para a adoração da Sua presença e do Seu mistério de salvação. Este livro, simples e objectivo, aborda elementos muito específicos e actuais referentes à liturgia. Enfatiza temas referentes ao “espírito” da liturgia, como a atitude necessária para se celebrar e o significado da adoração eucarística. Procura ainda explicar algumas acções litúrgicas reintroduzidas pelo Papa Bento XVI, como a cruz no altar e a comunhão de joelhos. Um excelente subsídio de actualização e aprofundamento para os que se interessam por liturgia, sejam leigos ou clérigos.

S. Vicente de Lisboa: Legendas, Milagres e Culto Litúrgico Aires A. Nascimento

Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa O estudo subjacente a esta obra, preparado no âmbito das comemorações do centenário da (re)fundação da Universidade de Lisboa, aborda questões relacionadas com o culto de S. Vicente, patrono de Lisboa e da Universidade. A investigação realizada por Aires Nascimento problematiza também a génese dos textos (legendas) e da sua funcionalidade cultural. Desde os primórdios que a Universidade nunca esqueceu o seu patrono, constando da Súplica dirigida ao Papa Nicolau IV para a fundação da Universidade, em 1288, que fora assinada, com a anuência do rei D. Dinis, pelos eclesiásticos que se comprometeram a sustentar a instituição. Neste sentido, não se estranha que nas armas da Universidade de Lisboa esteja representada a barca que, segundo a legenda, trouxe o corpo do mártir, acompanhado pelos corvos que o assistiam.

Couseiro ou Memórias do Bispado de Leiria

Transcrição da 2.ª edição (1898) Textiverso Trata-se do livro mais notável da bibliografia de Leiria, sobretudo dos finais do século XVI até à primeira metade do século XVII. De autor desconhecido, a sua consulta é essencial para a compreensão da história do Bispado de Leiria e do povoamento de toda a diocese, dando pormenores genuínos sobre a fundação das paróquias e informações sobre os seus oragos e capelas e obrigações dos párocos e dos fregueses ou organizações religiosas. Na presente edição, foram incluídos diversos suplementos que atingem mais de centena e meia de páginas com informação diversa relativa ao século XIX, dos diversos seminários e outros institutos religiosos à ordem da procissão de Corpo de Deus antes da invasão francesa, ao testamento do enforcado João Amado e às doenças das vinhas, terminando com dois opúsculos, um sobre a «Confirmação da Fundação da Sé Catedral de Leiria na pessoa do seu verdadeiro fundador» e outro transcrevendo uma boa parte do processo de supressão do Bispado.

Uma gente muito católica

Nuno Magalhães Guedes Lucerna O Francisco era um zero na faculdade. Qualquer pensamento negro a propósito de nunca mais acabar o curso, de deixar arrastar umas miseráveis cadeiras que não havia meio de despachar era rapidamente equilibrado com facetas mais risonhas da sua existência. Como a namorada do momento, o torneio de futebol de sete das terças-feiras, um filme de pancadaria na sessão da meianoite. Mas eis que uma cunha de uma prima «beata» lhe abre as portas não só do mundo do trabalho, mas também de um universo que lhe é completamente estranho. Uma nova e surpreendente experiência de consequências imprevisíveis na sua vida, de que o presente volume revela os primeiros passos... A pretexto da conversão do protagonista, o autor passa em revista alguns dos movimentos católicos presentes em Portugal evidenciando as suas particularidades.

Conspiração 365 - Dezembro Gabrielle Lord

Contraponto Este é o décimo segundo e último livro da série Conspiração 365. Lançada em Janeiro deste ano, esta colecção tem doze volumes, correspondendo a cada título um mês do ano. Conspiração 365 conta a história de um jovem de 15 anos, Callum Ormond, que na véspera de ano novo é seguido por um estranho que lhe alerta: “Mataram o teu pai. Vão matar-te. Tens de sobreviver nos próximos 365 dias!”. Durante estes 12 meses, perseguido pela lei e por criminosos, Cal tem de descobrir a verdade sobre a misteriosa morte do pai e um segredo capaz de mudar o rumo da história, mas o jovem fugitivo vai ter a vida muito complicada. Será que vai descobrir o que aconteceu ao pai? Conseguirá ele sobreviver ao bater da meia-noite? Só o tempo o dirá… Uma coisa é certa: algumas pessoas irão perder a vida nesta luta final, e Cal faz de tudo para não ser uma delas!

Sangue Ruim Rhiannon Lassiter

Contraponto Roley, Catriona, Katherine e John chegam à casa de família de Fell Scar. Descobrem uma divisão secreta, lêem uns livros bolorentos e libertam umas bonecas sem olhos da caixa onde se encontravam guardadas. Mas não compreendem o que fizeram. Numa casa há muito fechada, a porta de um dos armários abre-se para uma espécie de sala de jogos. Coberta de pó, uma colecção de livros infantis apresenta os nomes das personagens brutalmente riscados. No passado, três crianças jogaram aqui ao jogo do faz de conta, sacrificando os sonhos, pois acreditavam que ao fazê-lo tornariam real o em que acreditavam. No entanto, o jogo não chega ao fim e, no bosque por trás da casa, algo esfomeado espera pelo único alimento que conhece…

A Estrada da Vida Cremilde Monteiro

Câmara Municipal da Batalha Este livro mostra-nos uma grande lição de vida: apesar de todas as contrariedades e de todos os obstáculos, vale a pena viver, vale a pena sonhar e vale a pena sorrir. A Cremilde mostra-nos isso nos seus poemas singelos: os seus sonhos, a sua alegria em escrever um poema ou em pintar um quadro, a história da sua vida espelhada em versos, os seus sentimentos de amor, luta, desespero e esperança. Fala da família e das terras que são as suas raízes, fala da natureza e de tudo o que a rodeia. E fala de Deus, de Nossa Senhora, da fé que lhe dá ânimo e ajuda a ultrapassar dificuldades. Sem pretensões de grande escritora, conhece as suas limitações, reconhece as suas dificuldades, mas sente-se feliz com o que faz e não tem medo de mostrar aos outros aquilo que é.

Os Presidentes Silvino F. Gaspar

Junta de Freguesia das Colmeias No dia 10 de Dezembro, a Junta das Colmeias homenageou os 15 autarcas que assumiram as funções naquela freguesia nos períodos da Primeira República, Ditadura Militar, Estado Novo e pós-25 de Abril de 1974, até à actualidade. Nessa ocasião foi inaugurada uma exposição permanente com as fotografias dos referidos ex-presidentes, de 1913 até 2009. E foi também apresentado o livro “Os Presidentes”, sobre o mesmo tema, com foto, currículo e a recordação de alguns acontecimentos notáveis da época de cada presidente. O autor, o colmeense Silvino Gaspar, fez uma investigação da realidade autárquica deste período e efectua nesta obra o retrato demográfico e das origens da freguesia das Colmeias.


Jornal da Golpilheira

. sugestões musicais .

Dezembro de 2011

. álbuns . editora Universal Music Portugal .

. CD .

Lioness: Hidden Treasures Amy Winehouse

Universal Music Portugal «Lioness : Hidden Treasures», o terceiro álbum de Amy Winehouse, sem dúvida, uma das mais talentosas, originais e adoradas artistas a surgir na música popular, em largas décadas, foi editado no dia 5 de Dezembro, pela Island Records, e entrou directamente para o 1.º lugar do top de álbuns, tanto na contagem de discos físicos, quer na tabela de downloads digitais. Testemunho do excepcional talento de Amy Winehouse, este álbuim póstumo ‘Lioness’ acaba por ser um documento biográfico que nos dá as primeiras e as últimas canções gravadas pela artista. Este desfile de 12 canções – que inclui momentos inéditos, versões alternativas de clássicos e novíssimas composições de Amy – foi reunido pelos seus parceiros musicais de longa data, Salaam Remi e Mark Ronson, em perfeita união com a família, o management e a editora de Amy, a Island Records. «Lioness: Hidden Treasures» revela-se um apropriado tributo à artista, ao seu talento e à mulher, servindo como testamento do extraordinário poder de Amy enquanto compositora, cantora e intérprete de clássicos.

. 3 CD .

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> www.universalmusic.pt <<<

. DVD .

20 anos – a obra completa

“One Nigth in Central Park” Andrea Bocelli

Ornatos Violeta

Universal Music Portugal Nove anos após terem terminado a sua carreira, os Ornatos Violeta continuam a ser uma referência maior da música portuguesa dos anos 90, reunindo hoje uma legião de fãs de todas as idades. Para comemorar o seu 20.º aniversário (1991-2002), a Universal lança este Natal uma caixa que junta num só objecto a (quase) totalidade do espólio gravado da banda. Esta caixa contém as reedições dos álbuns Cão! (1997) e O Monstro Precisa de Amigos (1999) e ainda um terceiro CD, Inéditos/Raridades, que reúne temas da banda até agora dispersos por compilações e outros que nunca chegaram a ser editados. Na parte das raridades, sucedem-se: “Dez Lamúrias por Gole”, o primeiro registo dos Ornatos (1995, que saiu numa colectânea da revista Ritual); “Tempo de Nascer” (1998, que integrava o alinhamento da compilação Tejo Beat), “Circo de Feras” (1999, a cover do tema dos Xutos & Pontapés, para o álbum-tributo XX Anos XX Bandas) e “Marta” (1999, “lado B” do CD-single de “Ouvi Dizer”). Do lado dos inéditos, recuperam-se “Como Afundar”, “Há-de Encarnar”, “Devagar” e “Rio de Raiva”, das sessões de gravação de O Monstro Precisa de Amigos (1999) e ainda “Pára-me Agora”, das sessões de Monte Elvis (2001), o tal anunciado terceiro álbum da banda que nunca viu a luz do dia.

Universal Music Portugal No dia 15 de Setembro de 2011, Andrea Bocelli deu um concerto único, inesquecível e gratuito no imenso relvado do Central Park. Este espectacular acontecimento, uma noite mágica e uma das mais deslumbrantes actuações da sua carreira, foi um magnífico presente do cantor à cidade de Nova Iorque e deu origem à mais recente compilação de Bocelli – tão apelativa para os seus fãs mais leais quanto para os seus admiradores mais recentes. Numa edição em CD, DVD e Blu Ray, «One Night in Central Park» reúne, pela primeira vez num só disco, as várias paixões musicais de Bocelli. A acompanhar o tenor está a orquestra The New York Philharmonic, com direcção musical de Alan Gilbert, e também Celine Dion, Tony Bennett, Bryn Terfel, Chris Botti, David Foster, Andrea Griminelli, Nicola Benedetti, Anna Maria Martinez e Pretty Yende, como convidados especiais.

. DVD .

. DVD .

Lady Gaga

PJ Harvey

The Monster Ball Tour Universal Music Portugal Lady Gaga, a multi-platinada artista, vencedora de vários Grammys, edita uma versão em Blu-ray e DVD do seu aclamado programa especial, «Lady Gaga Presents The Monster Ball Tour at Madison Square Garden», transmitido pelo canal HBO (em Portugal através da FOX) e distinguido com um prémio Emmy. Ao mesmo tempo, foi editado o álbum «Born This Way The Remix» – uma colecção de 14 remisturas assinadas por alguns dos mais proeminentes artistas, DJs e produtores da actualidade, entre os quais Foster the People, Michael Woods e The Weekend. Estes novos títulos estarão igualmente disponíveis num formato especial, intitulado «Born This Way, The Collection», colocados à venda a 21 de Novembro. Os seus singles – entre os quais «Born This Way», «Judas», «The Edge of Glory» e «Yoü and I» – só nos Estados Unidos já venderam mais de 7 milhões de exemplares. Em menos de três anos, Lady Gaga acumulou numerosas distinções, entre as quais cinco prémios Grammy (de entre 12 nomeações), dois recordes no livro do Guinness e vendas estimadas em 23 milhões de álbuns e 64 milhões de singles, em todo o mundo.

. DVD . Days of Our Lives

. CD . Noel! Noel! Noel!

Disco de Natal junta Jamie Cullum, Iggy Pop, Madeleine Peyroux, Rufus Wainwright, Carla Bruni, entre muitos outros

É o disco de Natal mais cool de sempre! Jamie Cullum, Iggy Pop, Madeleine Peyroux, Rufus Wainwright, Carla Bruni, entre muitos outros, interpretam temas intemporais de Natal. Absolutamente imperdível. O disco «Noel! Noel! Noel!» apresenta temas imperdíveis, como «Let it Snow», «White Christmas», «Silent Night», entre muitos outros, que o maestro Michel Legrand juntou para as grandes vozes de talentos tão diversos. Com arranjos criados para orquestra sinfónica (34 músicos) com jazz big band (16 músicos), o disco foi gravado em Nova Iorque e conta ainda com um original intitulado: “Noël d’Espoir”. A edição está disponível para o mercado físico e digital. No caso especial do iTunes, o disco conta com 3 músicas exclusivas interpretadas por Renan Luce, Olivia Ruiz e –M-.

19

Let England Shake Universal Music Portugal O novo álbum de PJ Harvey foi gravado numa igreja do século XIX, em Dorset, num penhasco sobranceiro ao mar. Foi criado com um grupo de músicos que inclui gente que colabora desde há muito com PJ Harvey, entre os quais Flood, John Parish e Mick Harvey. É o oitavo álbum de PJ Harvey, no seguimento do aclamado White Chalk, de 2007, e de A Woman A Man Walked By, fruto da parceria Harvey/Parish. Agora em versão DVD, com 12 short films assinados por Seamus Murphy, Let England Shake evoca o espírito perturbado de 2010 mas também olha para trás, para tempos e lugares da memória colectiva inglesa. Em consonância com estas imaginativas intenções, a sua música tem uma amplitude e um poder emocional raros. O que Let England Shake tem de notável é a sua música, a sua atmosfera e, em particular, as suas palavras. Quase duas décadas depois dos primeiros discos de PJ Harvey, prova a vitalidade da autora e revela que a sua confiança criativa poderá estar no auge. Será seguro afirmar que nunca tínhamos ouvido nada assim.

. DVD .

Queen

From The Sky Down

Universal Music Portugal Os Queen continuam as celebrações do seu 40º aniversário – agora, com a exibição de um documentário, transmitido pela BBC TV em duas partes. Concebido pelo departamento de produção da Universal Music, a Globe TV, em colaboração com a BBC e as produções Queen, «Queen: Days Of Our Lives» encontra Roger Taylor e Brian May a recordar a incrível carreira da banda. O produtor executivo do programa e director geral da Globe TV, Iain Funnell, afirmou que «poder trabalhar com um arquivo de imagens e um catálogo de canções tão ricos quanto os dos Queen foi um sonho tornado realidade. Acho que conseguimos criar o documentário fundamental sobre o grupo: o realizador Matt O’Casey e o produtor Simon Lupton fizeram um trabalho fantástico na narração de uma das mais fenomenais histórias do rock’n’roll. Os Queen foram a primeira banda de estádio – e acho que, ao longo destes programas, se compreende porquê». O documentário aborda cada um dos oito álbuns de estúdio do grupo, as lendárias digressões mundiais dos anos 70 e 80 (que os encontraram à conquista da América e da Ásia), o Live Aid e o seu duradouro sucesso, desde a morte de Freddie até ao presente, com a sua popularidade em constante crescimento, ano após ano. O extenso espólio de imagens inéditas inclui entrevistas de arquivo com Freddie Mercury, que, assim, acaba por ajudar a contar esta história – nas suas próprias palavras.

Universal Music Portugal No início de 2011, os U2 voltaram ao Hansa Studio, em Berlim, para recordar a criação de «Achtung Baby». O resultado é «From The Sky Down», o novo filme assinado pelo oscarizado realizador, Davis Guggenheim («It Might Get Loud», «Waiting for Superman», «Uma Verdade Inconveniente»). E «From The Sky Down» já fez história: pela primeira vez, o prestigiado Toronto International Film Festival arrancou com um documentário. Vinte anos depois da edição de «Achtung Baby» (1991), Davis Guggenheim regressa ao percurso que deu origem a este álbum incontornável. Para revelar aquele que é, hoje, considerado um dos mais importantes capítulos da história dos U2, Guggenheim recorreu ao uso de animação, lado a lado com filmagens inéditas de Berlim e Dublin e diversas conversas com os principais intervenientes no processo. «No que diz respeito ao processo de criação rock’n’roll, é, simplesmente, um dos mais transcendentes olhares a que alguma vez assisti» – Entertainment Weekly. «Quando se fala em bandas rock – a implosão ou a explosão parecem inevitáveis. Mas os U2 têm vindo a desafiar a força de gravitação rumo à destruição… Esta banda resiste e prospera. “From The Sky Down” explica porquê». Davis Guggenheim

U2


20

Jornal da Golpilheira

. diversas .

. mãos namassa

Dezembro de 2011 unindo as pontas laterais e enrole. Passe os crepes por ovo batido e pão ralado e frite-os. Estão prontos a servir. Nota: Os crepes ser congelados panados e retirados do congelados apenas na hora de fritar

Crepes simples Sofia Ferraz

Ementa de Natal Crepes de fiambre e queijo, panados (+/- 14 crepes)

Ingredientes 1 Receita de crepes simples 80g de margarina 1 Cebola pequena picada 80g de farinha 500 ml de leite 200g de fiambre em cubos 200g de queijo em cubos Sal, pimenta, noz-moscada q.b. Ovo batido, pão ralado e óleo para fritar q.b. Preparação: Num tacho refogue, ligeiramente, a cebola na margarina. Junte a farinha e mexa muito bem. De seguida junte o leite sem nunca parar de mexer. Depois de o molho começar a ferver, junte o fiambre e o queijo e apague o lume. Tempere, a gosto, com sal, pimenta e noz-moscada. Envolva tudo muito bem. Em cada folha de crepe, coloque uma colher de sopa de recheio, feche o crepe

Ingredientes 6 Ovos 200g de farinha 400 ml de leite 100g de manteiga derretida Óleo e sal q.b. Preparação: Parta os ovos para uma tigela. Junte um pouco de sal e comece a bater. Com a batedeira. Sem parar de bater junte, lentamente a farinha, o leite e por fim a manteiga derretida. Frite de ambos os lados, cada crepe (+/- 1 concha de massa) numa frigideira anti aderente. Nota: Os crepes simples depois de fritos podem ser congelados, para utilizar posteriormente.

2 Alhos franceses (parte branca) 2 Cebolas 4 Tomates 2 dl de azeite 4 Ovos cozidos 2 Ramos de orégão fresco Pimenta branca moída na altura q.b. Preparação: Ligue o forno a (200ºC). Corte o alho francês em rodelas, as cebolas em meialua fina e o tomate em gomos. Disponha os legumes no fundo de um tabuleiro. De seguida, coloque as postas de bacalhau por cima e tempere de sal e pimenta. Espalhe os orégãos em volta e regue com o azeite. Leve ao forno durante 25 minutos. Corte os ovos cozidos em rodelas. Retire o bacalhau do forno. Coloque as rodelas de ovo sobre as postas e espalhe o Bechamel por cima. Leve novamente ao forno, por mais 20 minutos. Acompanhe com uma salada verde e legumes cozidos.

Tronco de Natal - Torta

Ingredientes 5 Ovos inteiros 5 Gemas 180 G de açúcar 115 G de farinha 1 a 2 gotas de essência de baunilha Preparação: Bata os ovos inteiros com as gemas, até ficarem em espuma. Adicione aos poucos o açúcar, sem parar de bater. Junte as gotas de baunilha e, por fim, peneire a farinha e envolva-a no preparado. Verta para um tabuleiro untado e forrado com papel vegetal igualmente untado, e leve ao forno, aquecido a 200°, durante 10 a 15 minutos. Desenforme sobre uma superfície polvilhada com açúcar.

. poesia .

Ingredientes 4 dl de Bechamel 4 Postas bacalhau demolhado

. obituário .

Por lapso nosso, o agradecimento da família de António Vieira Patrício, na última edição, saiu com a foto errada. Publicamos de novo, com um pedido de desculpas à família e aos leitores.

Se para ti há Natal A estrela dá-te alegria no coração O Céu resplandece em todo o mundo Para haver a sincera união. Natal algo simboliza No olhar de cada criança É o carinho e o amor de um ser Que o mundo alcança. Natal é a flor mais bela Com a neve branca e fria Os sinos tocam a rebate Uma bela melodia. Todos louvam esse hino Com glória e louvor Se as famílias fizerem a união Natal é de verdadeiro amor. Cremilde Monteiro

Agradecimento

Agradecimento

António Vieira Patrício

N. 01-07-1927 F. 04-11-2011 Golpilheira Seus Filhos, Netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer de forma especial a todas as pessoas de suas relações e amizade que neste momento de dor e tristeza manifestaram o seu pesar. A todos, muito obrigado.

Com sincera amizade E gratidão Por este meio quero agradecer Os que colaboraram Para eu concretizar O meu sonho. E muitos que têm recebido O meu livro: Um muito obrigada! Desejo a todos vós Um santo Natal Com muita saúde e coragem Para começar o novo ano. UM SANTO NATAL FELIZ ANO NOVO Cremilde Monteiro

Baba de Camelo (Receita da Lígia)

Ingredientes 1 Lata de leite condensado 4 a 6 claras de ovo 1 ou 2 pacotes de natas Whisky q.b. Preparação: Coza, na panela de

pressão, durante 45 minutos a lata do leite condensado. Deixe arrefecer até ficar morno. Retire o leite condensado da lata e mexa-o até obter um creme fofinho. Misture as claras batidas em castelo e de seguida envolva as natas, também batidas em castelo. Misture um pouco de whisky. Leve ao frigorífico durante algumas horas antes de servir. Nota: a quantidade das claras e das natas varia em função do tamanho dos ovos e da doçura que pretende dar ao doce. Pode ainda acrescentar algumas nozes picadas.

Feliz Natal e Bom ano novo!

O nome Natal

Natal faz a união

Bacalhau no forno com legumes e bechamel

Cobertura e recheio Ingredientes 1 Tablete Chocolate 2,5 dl de Natas 200 G Margarina Preparação: Derreta o chocolate com a manteiga e as natas, deixe ferver. Retire do lume e deixa arrefecer até ficar morno. Recheie a torta com parte do creme e enrole. Barre a torta com o restante creme, corte uma das extremidades e coloque-a por cima do bolo com enfeites natalícios. Com um garfo, faça riscos leves no creme para dar o aspecto de tronco. Nota: a torta pode ser recheada com compota ou creme de pasteleiro.

Quanta casa sem luz, É esta a quadra festiva Existe no coração a cruz E a dor é bem viva. Ninguém está contente, Sinto tristeza com o sofrimento Com a amargura de tanta gente Sem nada para alimento. É este o nome de Natal, Cada um no seu cantinho Vive o Natal bem ou mal Não gostando da palavra coitadinho. Vive o Natal à sua maneira, Com uma lágrima no rosto Come e bebe o que tem à fogueira E pensa na triste vida com desgosto. O nome de Natal É momento lindo e desejado Mas nunca será igual Enquanto houver o abandonado. Entrai Jesus, vem comigo comer, E traz um irmão contigo pobre É natal não te queria esquecer Queria semear um gesto nobre. Natal 2011, José António Carreira Santos

Se tu o dizes… Penso que assim seja. Dar cabo de um pé Por andar à caça deles?... Eu não correria tanto! Prefiro esperar que te canses Só depois vou atrás deles… O cansaço é o melhor remédio… Para apanhar um gato Não é preciso ter cão… É preciso apenas ter razão! Miguel Portela in “Quem Sabe?!...”

É Natal onde estás saudade A ti saudosa mulher, Maria da Graça Rodrigues Santos (15-12-2002 a 15-12-2011) Os dias vão passando, A noite cada vez mais fria Para alívio vou chorando A saudade de cada dia. Vai acabando a alegria de viver, Nada mais do que esta mensagem Para te dizer que nunca te vou esquecer Peço apenas a força da coragem. Quando a noite cai e eu sem ninguém, E vejo-me num lugar tão vazio Medito e olho o além Meu coração desolado fica frio. Nove anos de tanta desilusão, Que a vida me tem oferecido É o preço sem cura no meu coração Que no meu peito não esta perdido. É natal onde estás saudade, Pareço alegre e indiferente É um silêncio de liberdade Que em dor meu coração sente. Com uma oração minha, Paz à tua alma. José António Carreira Santos (poeta jardineiro)

pub

Agência Funerária Santos & Matias, L.da SERVIÇOS

FÚNEBRES

Brancas (Residência e Armazém) – ' 244 765764 Batalha (Escritório) - ' 244 768685 fune_santosematias@sapo.pt • 96 702 7733


Jornal da Golpilheira

21

. útil . lazer .

Dezembro de 2011

Bombeiros Voluntários da Batalha G.N.R. Batalha Junta de Freguesia Golpilheira Câmara Municipal Batalha Extensão de Saúde da Golpilheira Centro de Saúde da Batalha Centro Hospitalar N. S. C. - Brancas Hospital de Santo André Farmácia Padrão – Golpilheira Farmácia Padrão (Batalha) Farmácia Ferraz (Batalha) Escola Primária da Golpilheira Jardim-de-Infância da Golpilheira Agrupamento Escolas Batalha Segurança Social (Geral) Conservatória R. C. P. C. Batalha Finanças da Batalha Misericórdia da Batalha Correios (CTT) - Batalha Posto de Turismo da Batalha Biblioteca Municipal Batalha Cinema/Auditório Municipal Museu Comunidade Concelhia Batalha Mosteiro de Santa Maria da Vitória EDP - Avarias (24 horas) Águas do Lena (Piquete: 939 080 820) Rodoviária – Agência Batalha Táxis da Batalha Rádio Batalha Centro Recreativo da Golpilheira

244 768 500 244 769 120 244 767 018 244 769 110 244 766 836 244 769 920 244 769 430 244 817 000 244 767 856 244 765 449 244 765 124 244 766 744 244 767 178 244 769 290 808 266 266 244 764 120 244 765 167 244 766 366 244 769 101 244 765 180 244 769 871 244 769 870 244 769 878 244 765 497 800 506 506 244 764 080 244 765 505 244 765 410 244 769 720 244 768 568

Então, cá estamos em mais um Natal! Este ano nem lembra... não há luzes, não há dinheiro, não há compras...

É a crise, amigo!... Olha, aproveita o que nos resta desta quadra e que não custa dinheiro: a paz, o amor, a solidariedade, a amizade...

Por falar nisso... deixa-me ir mudar a água ao bacalhau, que já me esquecia!... Boas festas!!!

O Natal que resta...

. fotos do mês. LMF

. Segurança rodoviária .

Coluna em parceria com a associação Cap Magellan

Ficha Técnica

A miudagem foi rápida a largar os barretes de pai-natal no final da festa das escolas da Golpilheira. O problema depois foi encontrar os donos das respectivas carapuças. Lá ficaram as auxiliares às aranhas com tanta confusão, numa verdadeira dança de barretes.

... e o cuco

A coreografia foi estudada ao pormenor e nem mesmo o relógio de cuco faltou à festa, a marcar a meia-noite para a chegada do pai-natal...

Nome _____________________________________________

Assinatura anual PT : 8 euros Europa: 12 euros Resto Mundo: 15 euros

5

6

8

4 7

Rua _______________________________________________ Nº ___________

1

5

Localidade _______________________________________________________________

2

9

6

3

Código Postal __ __ __ __ - __ __ __

9

1

________________________________________

Tel. _____________ Email: _________________________ Data Nasc. ___ / ___ / _____ Entregar ou enviar para: Centro Recreativo - Est. Baçairo, 856 - 2440-234 GOLPILHEIRA

Sudoku 26 (Dificuldade: média)

7

2 8

3 4

9 3 1 6 4 8 7 2 5

5 4 9 1 8 3 2 6 7

8 7 2 4 9 6 5 3 1

6 1 3 2 7 5 8 4 9

1 2 5 8 3 4 9 7 6

4 9 6 5 2 7 1 8 3

3 8 7 9 6 1 4 5 2

Soluções do Sudoku 26

Dança dos barretes...

. passatempo .

Registo ICS . 120 146 / Depósito Legal . 104.295/96 Contribuinte . 501 101 829 Director . Luís Miguel Ferraz (CP 5023) Dir.-adjunto . Manuel Carreira Rito (TE-395) Composição . Paginação . Luís Miguel Ferraz Clube de Jornalismo do CRG . Ana Rito, Anabela Lopes, André Rosa, Ângela Susano, Carlos Meneses, Catarina Bagagem, Cristina Agostinho, David Lucas, Joana Valério, Nuno Rosa, Vanessa Silva. Outros colaboradores . Ana Maria Henriques, António Ferraz (assinaturas), Carlos Santos, Carolina Carvalho (secretária), Célia Capitão, Cremilde Monteiro, Filomena Meneses (assinaturas), Joaquim Santos, José António Santos, José Jordão Cruz, José Travaços Santos, Marco Ferraz (publicidade), Pedro Jerónimo, Rui Gouveia. Propriedade/Editor . Centro Recreativo da Golpilheira (Instituição Utilidade Pública - D.R. 239/92 de 16/10) Presidente: Belarmino Videira dos Santos Almeida Sede . Estrada do Baçairo, 856 - 2440-234 Golpilheira Tel. 965022333 / 244 768 568 . Fax 244 766 710 Composição. Est. do Vale, 100 - 2440-232 Golpilheira Impressão . Empresa Diário do Minho, Lda . Tel. 253303170 Tiragem desta edição . 1500 exemplares Sítio: www.jornaldagolpilheira.com Blog: http://jgolpilheira.blogspot.com Twitter: http://twitter.com/jgolpilheira Email: geral@jornaldagolpilheira.com

4

3

1 2

8

3

6

6 7

6 2 3

4 8 5

1 9 4

2 3 1

5 4

7

8

5 8 4 pub

Festas Felizes!

Festas felizes!

Na Célula B - Batalha (junto ao café Princesa)

Telf. 244767337 Tlm. 914116511 Palmeiros 2440 BATALHA


22

. infantil .

Jardim-de-Infância da Golpilheira Olá a todos! Então… é Natal! Tempo de paz Tempo de Amor Festa e muita cor! Ai, que bom seria Se em todos os lugares E para todos os meninos Fosse um tempo de alegria. Um Santo natal para todos! A educadora, Dora Felizardo

Jornal da Golpilheira Dezembro de 2011


Jornal da Golpilheira

. pub .

Dezembro de 2011 ITVM - Batalha

Desejamos

EXPOSALÃO - Batalha

a todos os clientes fornecedores e amigos SEMINÁRIO DE LEIRIA

s a t s e F ! s e z i fel

HÁ 36 ANOS A CRIAR VALOR Pela qualidade e rigor do que construímos. Pela certeza da perfeição. Pela satisfação do cliente.

FESTAS FELIZES

só dependem de si...

23


24

. pub .

Jornal da Golpilheira Dezembro de 2011

! s a t s as fe

a Desej

Bo

1112 Jornal da Golpilheira Dezembro 2011  

Edição de Dezembro de 2011 do Jornal da Golpilheira - publicação mensal da freguesia da Golpilheira, concelho da Batalha, distrito de Leiria...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you