Issuu on Google+

FUNDADO EM 1996  ANO 17  NÚMERO 826  ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

8CASO TÚLIO MANEIRA

Suspeitos são interrogados

A Polícia Civil (PC) de Araxá prendeu, está interrogando e, mantém sob custódia, três suspeitos de envolvimento no assassinato do radialista e assessor parlamentar Túlio Maneira. Os três foram presos na manhã desta quarta-feira, 4, às 7h30, e enquanto não forem colhidas mais provas ou houver alguma confissão, os seus nomes não serão revelados. A PC informou apenas que foram detidos um homem e duas mulheres, sendo que uma delas é irmã do suspeito e a outra é sua namorada. 824

COMEÇA A CAÇA AOS VOTOS

22

12

13

8PREFEITO

8PREFEITO

8PREFEITO

8VICE

8VICE

8VICE

LÍDIA JORDÃO

EDNA CASTRO

8COLIGAÇÃO

8COLIGAÇÃO

PR/PP/PMDB/DEM/ PTdoB/PRB/PV/PPS/PSD/ PRP/PTC/PHS/PCdoB/PSL

PDT/PSDB/PTB/ PSOL/PSDC/ PRTB/PSC

WALDIR BENEVIDES

ARACELY DE PAULA

JEOVÁ MOREIRA

TONINHO BARBOSÃO

8COLIGAÇÃO PT/PSB/PCB

OS BASTIDORES DAS CONVENÇÕES QUE DEFINIRAM AS CANDIDATURAS LÔ BORGES ABRE O FESTIVAL DE INVERNO NESTA SEXTA 8 03

SOS: QUASE MEIO SÉCULO DE ASSISTÊNCIA À POPULAÇÃO CARENTE 8 05

CÂMARA MUNICIPAL EM RITMO LENTO POR CAUSA DAS ELEIÇÕES 808

PRESO POR TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA BOCA DA MATA

INTERNACIONAL RETORNA À LIDERANÇA DO AMADORÃO 809

DONA ADÉLIA E CÓRREGO DA MATA SÃO OS FINALISTAS DO RURALÃO 814

815


02

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

EDITORIAL

ANA PAULA MACHADO 8 TARDE É MELHOR DO QUE NUNCA – Ninguém entendeu no decor rer desta gestão como o prefeito Jeová Moreira da Costa pôde delegar a função de assessor municipal de Co municação para o educador e ex-vereador Carlos Alber to Fer reira (Cachoeira). Ele deveria ter atuado onde é a sua praia, o que não ocor reu e impediu que a prefeitura tivesse uma comunicação eficaz. Cachoeira afastou-se do cargo para ser candidato a vereador e, então, finalmente foi ocupado por quem realmente merecia porque já trabalhava lá e é formado na área, o ex-chefe de departamento, jornalista Sérgio Gomes. Há seis meses do fim da atual gestão, acredito que possa pelo menos fazer um bom planejamento para a boa atuação do órgão daqui pra frente, independentemente de quem for prefeito.

Os fechamentos eleitorais

Araxá oferece três opções de voto para prefeito e vice neste pleito, as duplas Aracely e Lídia (PR/PP), Jeová e Edna (PDT/PSDB), Toninho Barbosão e Waldir (PT/ PSB). Tal qual em todo o país, as convenções municipais deste ano demonstraram a fragilidade do sistema partidário brasileiro, onde ninguém sabe mais o que e quem, sendo que a maioria prioriza mesmo o poder político e econômico. Não há um pingo de idealismo, de proposta de governo, de vontade de mostrar ao eleitor o porquê das candidaturas e par tidos. Pelo contrário, tudo é combinado em conchavos, cada vez mais distantes da vontade do eleitor. Mas é aí que mora o perigo, a fer ro e fogo o eleitor, principalmente o politizado, não está engolindo mais tanta falácia. Araxá não é exceção, em nenhuma das convenções par tidárias foram apresentadas metas de gover no, tudo girou em torno dos nomes que vão estar na disputa e foram àquelas horas incansáveis de disse me disse, como se a ignorância ainda prevalecesse num mundo tão avançado em termos de tecnologia da infor mação. O eu tem que ser substituído por nós, queiram ou não os políticos, o que somente ocor re gradativamente e culmina com a efetiva mudança dos sistemas par tidário e eleitoral brasileiro. Até lá, esse aperfeiçoamento vem sendo forjado pelo eleitorado, como no caso do projeto de iniciativa popular Ficha Limpa, mesmo diante das relutantes artimanhas políticas e “legais” que ainda precisam ser banidas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Em Araxá, nada que desabone a ficha dos três candidatos a prefeito quanto à “limpeza”, mas al-

guns esquemas insistem em ainda querer corromper o eleitor, como se ele não tivesse vontade própria. A dupla Aracely e Lídia, conta com a experiência política dele, de quarenta anos de vida pública, sendo seis mandatos consecutivos como deputado federal, além da sagacidade dela e a valorização da mulher hoje enquanto política. No entanto, vão ter dificuldade de administrar desde a campanha quatorze partidos que foram aglutinados em torno da chapa. A dupla Jeová e Edna, conta com a governança, o atual prefeito tem o comando da cidade e recursos para investir em muitas obras, como tem feito. Edna traz para a chapa deles não só o fato de ser mulher, mas também o partido do governador do Estado. No total, contam com sete partidos coligados na majoritária e também proporcional, o que de certa for ma iguala e facilita a disputa para os candidatos a vereador. No entanto, ela terá dificuldades em explicar-se quanto à participação do PSDB na Comissão Processante aberta contra o prefeito, enquanto exercia cargo junto ao governo estadual. A dupla Toninho e Waldir, conta com a renovação que inspira o primeiro e a experiência de já ter sido prefeito do segundo. Eles também vêm de públicos políticos distintos, pois já foram situação e oposição em determinado tempo da história local, o que recicla e denota mudança de postura. No entanto, terão que fazer força para que os aspectos positivos da aliança em termos de potencial de ampliação do eleitorado deles não se convertam em negativos justamente por isso, principalmente pelo próprio PT.

CLARIM

Clarim é uma publicação da Machado e Kikuchi Comunicação Integrada CNPJ: 00.798.200/0001-31 - Inscrição Estadual: Isenta Rua Lázaro Ribeiro da Silva, 61 - São Cristóvão - Araxá/MG Telefax: (34) 3662-3798 - clarim@terra.com.br Jornalista Responsável Ana Paula Machado Kikuchi - DRT/MG 4753 Diretores Sérgio Yashushi Kikuchi e Ana Paula Machado Kikuchi O artigo assinado não reflete a opinião do jornal e é de exclusiva responsabilidade de quem o assina.

8NOVA PRESIDENTE - É mulher, a nova presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), Débora Arantes Afonso Francisco, uma excelente indicação para o cargo. É só conferir o trabalho que realiza como diretora da Escola Municipal de Música desde o início desta gestão municipal. Uma musicista talentosa que tem transformado a escola de música, levando-a até a comunidade e abrigando alunos especiais, além dos cursos de músico profissional que valerão muito para o currículo dos professores com a volta do ensino de música nas escolas públicas. Débora conseguiu rejuvenescer a orquestra municipal e levou a música para as ruas, independente da fundação, porque desde o início desta gestão a escola municipal trabalhou com autonomia. Já a assessora municipal de Projetos Especiais, Neli Alves de Ávila, também cotada para ser presidente da FCCB, volta a trabalhar junto à secretária municipal de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, nos projetos que já desenvolvem na área, como o Quatro Estações. Com o bom entrosamento desse trio de mulheres dinâmicas, a expectativa é a de um profícuo trabalho cultural e turístico na cidade. Em setembro próximo, acontece a esperada primeira edição do Festival Nacional de Cinema de Araxá. 8INTER CÂMBIO COM A FRANÇA - As secretarias estaduais Extraordinária da Copa do Mundo e de Saúde pro moveram uma reunião com representantes do gover no francês, no último dia 27. O encontro foi para os últimos ajustes no Termo de Cooperação Técnica que será assinado entre Minas Gerais, por inter médio do governo brasileiro, e o gover no da França. O objetivo é capacitar os profissionais de saúde para responderem adequadamente a situações de desastres, catástrofes e crises sanitárias, bem como na operação das unidades de saúde, hospitais e Ser viço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). O foco principal é a Copa do Mundo, onde somente Minas Gerais deve receber 196,7 mil turistas estrangeiros e 430,5 mil brasileiros. Araxá também já tem bem encaminhada uma proposta de parceria com o gover no da França, para o incremento do turismo termal e de bem estar, a exemplo da cidade de Vichy, visitada pela missão local do Sebrae MG, no ano passado. O cônsul Manoel Ber nardes disse que a embaixada da França tem interesse em apoiar projetos transfor madores. “Fazemos questão de trocar conhecimentos e podermos aprender com outros países, como o Brasil. Da mesma maneira, que o Brasil está aprendendo a lidar em situações de emergência com a França, uma vez que ela é melhor nisso. Nós também estamos aprendendo com a telemedicina de vocês, que é mais avançada que a nossa.”

8RESPIRANDO CULTURA - O Painel Funarte Regência Coral realizado em Araxá entre os últimos dias 18 e 23, reuniu mais de 70 músicos, tanto de cidades vizinhas, como de outras regiões do país. A diretora da Escola Municipal de Música, Débora Afonso, empossada esta semana como presidente da FCCB, destaca que Araxá é a segunda cidade mineira a sediar um Painel de Coros. “Foi um evento belíssimo, durante toda a semana doze músicas foram estudadas, com ar ranjos ricamente elaborados e um maravilhoso repertório da música brasileira”, explica. Os trabalhos foram dirigidos pelos professores Zeca Rodrigues e Paulo Malagutti (Pauleira), compositores e arranjadores renomados que trabalham com corais no Rio de Janeiro. O co -repetidor, pianista e ar ranjador Mário César, professor de pós-graduação em arranjos e produção musical na Universidade Federal de São Paulo, também participou do evento. Durante toda a semana, a escola apresentou números musicais após as aulas do painel. A coordenadora geral do Painel de Coros da Funarte, Maria José de Queiroz Fer reira, elogiou a organização e o envolvimento da escola de música. Este mês, Débora e mais seis professores vão ao Rio de Janeiro para o Painel de Bandas da Funarte, já vislumbrando a possibilidade de trazer este curso para Araxá no próximo ano.

8MERECIDA ASCENSÃO – Parabéns para o juiz de Direito, Renato César Jardim, cidadão honorário da terra e membro da A cademia Araxaense de Letras (AAL), pessoa ímpar, sensível, músico, escritor, talentoso. Ele acaba de ser designado para auxiliar a presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), no exercício da superintendência administrativa, como juiz de Direito de entrância especial. Além de ter morado aqui muitos anos, não perde a sua ligação com a cidade. Dr. Renato galgou mais um importante degrau em sua carreira profissional. Ele também atuou como juiz corregedor na região e, atualmente, ocupa a direção do Fór um Tito Fulgêncio, em Belo Horizonte. No entanto, com a sua convocação pelo TJMG para auxiliar os trabalhos da presidência, durante este período fica dispensado de suas funções jurisdicionais. A portaria assinada pelo presidente do TJMG, desembargador Joaquim Herculano Rodrigues, foi publicada na segunda-feira, 2.


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

03

Lô Borges abre o Festival de Inverno

Autoridades abrem o Projovem

O secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Hélio Rabelo, esteve em Araxá na sexta-feira, 29, quando junto com o prefeito Jeová Moreira da Costa e a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, participou da cerimônia de abertura do P rograma Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã. A cerimônia realizada às 8h, no Ginásio Dino Baroni, também contou com a presença do diretor-presidente da EcoFran, professor Antonio Mauro Alves, do capitão PM, Fer nando Pires, da secretária municipal de Educação, Maria Célia, do representante da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), Leonardo Machado, e de praticamente todos os mil alunos do projeto. O Projovem Trabalhador é um programa do gover no federal que tem como objetivo capacitar jovens desempregados para o mercado de trabalho, com idade entre 18 e 29 anos e com renda familiar per capta de até um salário mínimo. Em Araxá, estão sendo oferecidos 15 cursos gratuitos que totalizam mil vagas. As aulas começaram nesta quarta-feira, 4, e têm duração de 350 horas a serem ministradas no período de julho a dezembro. Durante a solenidade, o prefeito dirigiu-se aos presentes e, em especial, aos alunos. “ O ensinamento que me tem guiado até hoje foi ministrado pela sabedoria do amor de uma mãe. Aos meus sete anos, ali numa conversa despreocupada, ela me disse uma frase que jamais eu esqueço: ‘Jeová, a vida é maravilhosa. Não tenha medo do caminho, tenha medo de não estar caminhando’. Segundo ele, durate a sua

campanha eleitoral em 2008, ouvia as pessoas falarem que seus filhos não conseguiam emprego porque não tinham formação e nem experiência. “Foi com essa preocupação que procurei o então Ministro do Trabalho, Carlos Lupi, solicitando a instalação do programa em Araxá”, explicou o prefeito na cerimônia. O secretário estadual disse que a Prefeitura de Araxá está seguindo o propósito do governador Anastasia. “Queremos gerar emprego de qualidade, principalmente para os jovens. Queremos ser referência nacional em melhores empregos e oportunidades para os jovens, principalmente agora que as empresas estão tendo muita oferta e falta gente qualificada”, afir mou. Ele parabenizou o esforço nesse sentido que tem sido feito em Araxá. “Realmente, é um esforço enorme. Para todo o Estado de Minas Gerais, nós conseguimos 15 mil vagas para vinte milhões de habitantes e, aqui em Araxá, o prefeito conseguiu mil vagas para 90 mil habitantes”, informou o secretário. Hélio destacou que ao garantir emprego aos jovens, o

governo está ajudando a evitar que entrem “no mundo das drogas e até mesmo do crime”. A secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, disse que a expectativa com o Projovem é muito grande, por que Araxá terá a oportunidade de capacitar mil alunos. “Então, isso é muito importante para o mercado de trabalho, hoje tão competitivo, buscando pessoas com qualificação profissional. É um ganho muito grande para Araxá e eu acho que os jovens têm que agarrar essa oportunidade, para que eles ingressem no mercado de trabalho mais qualificados, mesmo para aquele segmento que ele escolher”, orienta. Alda Sandra afirma que ficou muito feliz com os elogios do secretário Hélio. “Porque a gente tem oportunidade de estar ocupando um cargo por algum tempo, e é gratificante quando você vê que o seu trabalho está sendo mostrado e reconhecido. Isso é gratificante, porque a gente está fazendo uma coisa pra cidade e é este o nosso papel dentro da Prefeitura de Araxá”, diz.

O diretor presidente da Ecofran, instituição executora do Projovem em Araxá, professor Antonio Mauro Alves, explicou como foram definidos os cursos ofertados na cidade. Segundo ele, seis meses antes de apresentar o programa aos jovens com as opções de cursos, é feita uma análise na cidade através de pesquisas junto às associações de classe dos empregadores, do comércio e indústria, e com as grandes empresas, como as mineradoras. “Haja vista, que nós buscamos 150 vagas para metal mecânica, para atender quem, o soldador, o caldeireiro, são funções que as mineradoras e empresas de grande porte precisam”, destacou. O professor disse que o curso oferece um modelo de gestão de forma que, nas últimas 100 horas, ou seja, nos últimos 20 dias letivos, depois que o jovem já estiver preparado emocionalmente e com a sua autoestima resgatada, é encaminhado para fazer um estágio na empresa. Segundo ele, dentre os principais desafios do trabalho dos executores do Projovem está o de fazer com que o aluno acredite que é capaz. Ele acrescenta que outro desafio é uma qualificação que de fato seja de qualidade, séria e honesta. “O terceiro desafio é nós termos essas empresas abertas”, completa. Ele lembra que o empresário num terceiro momento é a resposta do sucesso ou fracasso do projeto. “Porque não adianta nós ter mos o jovem ávido pelo emprego, nós precisamos ter a empresa aberta para recebê-lo como estagiário, sem custo nenhum, sem compromisso empregatício, porque ele já tem esse respaldo. Com isso, nós vamos colocar 50% desses jovens no mercado de trabalho no início de 2013”, disse Antonio Mauro.

Com o objetivo de proporcionar ao público de Araxá e da região uma opção de cultura e lazer, além de atrair turistas para a cidade começa nesta sexta-feira, 6, o Festival de Inverno de Araxá, com a apresentação do aclamado músico mineiro Lô Borges. O evento será realizado no pátio da Fundação Cultural Calmon Bar reto, a partir das 20h e coloca Araxá na vanguarda cultural de Minas Gerais e do Brasil. Esta primeira edição do Festival de Inverno, acontece durante o mês julho e início de agosto e faz parte do Circuito CBMM de Cultura Araxá. A entrada é franca. Lô Borges nasceu em Belo Horizonte em 1952 e é um dos fundadores do Clube da Esquina, gr upo de artistas mineiros que marcou presença na música popular nas décadas de 1970 e 1980. Ao lado de Milton Nascimento, Lô Borges é co-autor, de uma das obras mais representativas da década de 1970, o disco Clube da Esquina, de 1972, considerado um marco na MPB. É um dos compositores mais influentes da música brasileira, e já foi gravado por Elis Regina, Milton Nascimento, Flávio Venturini e até por ídolos do pop-rock, como Nenhum de Nós, Ira!, Skank e Nando Reis, entre outros. Entre suas composições mais famosas destacam-se, entre outras, Paisagem da Janela, Para Lennon e McCartney, Clube da Esquina n.º 2 e O Trem Azul. A produção do festival é da Uirapurus Arte e Cultura que disponibilizou 2000 cadeiras no pátio da Fundação Cultural Calmon Bar reto, além da instalação de

uma praça de alimentação dividida em quiosques com comes e bebes para dar conforto e segurança ao público. Ao todo, o público de Araxá e região poderão desfr utar de cinco grandes espetáculos, que contarão sempre a abertura feita por uma apresentação de artistas locais. ‹ Programação Depois do músico Lô Borges, nas próxiamas semanas, a primeira edição do Festival de Inverno trará a Araxá grandes nomes da Música Popular Brasileira, como João Bosco, Almir Sater, Geraldo Azevedo, Flávio Venturini , que aquecerão o evento com espetáculos de muita musicalidade e poesia. De acordo com os organizadores, este festival promete ser um dos mais interessantes do interior do Brasil, pelo alto nível das atrações e pela estr utura logística montada para garantir ao público conforto, segurança, tranquilidade em um ambiente de pura magia e emoção. Confira as próximas atrações: ‹13/07 - Flávio Venturini ‹19/07 - Almir Sater ‹27/07 - João Bosco ‹03/08 - Geraldo Azevedo

Rotary Club Norte empossa seu novo conselho diretor

O Rotary Club de Araxá Norte e a Casa da Amizade realizam nesta sexta-feira, 6, a solenidade de Posse do Conselho Diretor do Ano Rotário 2012/2013, às 20h na sede do clube, quando o presidente 2011/2012, Marcos de Fátima Ferreira, en-

tregará o cargo para o presidente 2012/2013, Joaquim Alves Ferreira Neto. A presidente 2011/2012 da Casa da Amizade, Jackeline Carla Ferreira passará o cargo para a presidente 2012/ 2013 Célia Aparecida Silva Alves.


04

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

CLARIM


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

05

8SOS

Quase meio século de assistência à população carente Com o lema “Não dê o peixe, ensine a pescar”, o Ser viço de Obras Sociais (SOS) de Araxá vem oferecendo produtos e serviços à população carente há quase 45 anos. De acordo com o presidente do SOS, Jayro do Espírito Santo Brito, para viabilizar essa demanda a entidade conta com o envolvimento de uma diretoria atuante e dedicada, com o apoio expressivo de empresas e instituições públicas locais, de doações feitas pela comunidade e de um grupo de quinze voluntários. “Nós estamos nessa há mais de 40 anos e conhecemos o modo de tratar a classe mais humilde, mais carente. Então, ela está em primeiro lugar”, afirma o presidente. Ele lembra que a entidade foi fundada em 30 de setembro de 1967, pela araxaense Leonilda Montandon. O coordenador do SOS, Eleazar Moreira Vilaça, é responsável pela triagem das pessoas candidatas a receberem os benefícios. Ele revela bem humorado que faz a maioria das visitas às famílias a pé, “especialmente nos bair ros mais perto, velho tem que andar”, brinca. Em média, ele faz dez visitas por dia. O primeiro passo da visita consiste na elaboração do cadastro da família candidata e, posterior mente, ele conversa com os vizinhos para confirmar as informações dadas. “Já vi de tudo nestas visitas, mulher que escondeu o marido debaixo da cama, fingindo não ter ninguém com quem contar; uma outra ar rumou quatro filhos emprestados”, relata o coordenador. Segundo ele, ao final da visita é feita a ficha socioeconômica do solicitante, que às vezes vem espontaneamente à entidade, noutras a própria prefeitura encaminha ou os vizinhos. “De posse desses dados, deter minamos a qual classe ele pertence e destinamos em cotas: máxima, média e mínima”, explica Eleazar. Atualmente, a entidade atende 220 famílias enquadradas na Classe A que inclui todo tipo de necessidades, alimentação, roupas, calçados e remédios, ou seja, no momento cerca de 1.220 pessoas recebem este benefício do SOS. Na Classe B, que recebe ajuda com roupas, calçados e remédios, estão cadastradas 2.330 famílias, ou seja, 11.950 pessoas. Na Classe C, que é uma espécie de ajuda temporária, a triagem é feita semanalmente e inclui gr upos de pessoas que perderam o emprego.

NÚMEROS EXPRESSIVOS ‹ O SOS de Araxá dispõe de uma sede e três postos de distribuição. ‹ No Natal de 2011, foram doadas 350 Cestas de Natal, com 19 itens, dentre eles, doces, panetone, queijo, frango, bolacha e balas. “Algumas pessoas acham esta lista muito supérflua, mas eles merecem”, diz o presidente da entidade, Jayro Espírito Santo Brito. ‹ Muitos políticos ajudam na manutenção dos serviços prestados pelo SOS. ‹ Diariamente, mais de cem pessoas recebem medicamentos da farmácia. ‹ Mensalmente, 150 pessoas são atendidas no consultório odontológico que faz tratamento de canal, restaurações, profilaxia, aplicação de flúor, dentre outros. ‹ O SOS distribuiu mensalmente com mais de 8 mil fraldas geriátricas para idosos e doentes carentes. ‹ Diariamente, são distribuídos entre 60 a 70 litros de leite. ‹ As roupas e os calçados usados doados pela comunidade são disponibilizados no bazar e são vendidos a preços simbólicos, R$ 1 ou R$ 2, com o objetivo de reforçar a afirmação: “o que é de graça não é valorizado”. ‹ Constantemente são distribuídos enxovais de recém-nascidos para gestantes que participam do curso de gestante que conta com aulas ministradas por médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos, dentre outros. Jayro do Espírito Santo - Presidente SOS Elas ganham o que precisam durante quatro semanas, até arrumar trabalho. São os casos de trabalhadores em lavouras sazonais, tais como as de batata que no período de entressafra dispensam os funcionários. Para atender essa demanda, os 18 membros na diretoria, buscam incansavelmente o apoio da comunidade. Em maio passado, por exemplo, a entidade recebeu do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Extração de Metais Básicos e Minérios não Metais de Araxá (Sima) 600 litros de óleo. Outro apoio impor tante está vindo do Juizado de Pequenas Causas, que converte as penas em prestações de ser viços à comunidade. Por conta desse apoio, o SOS adquiriu em junho passado R$ 4.667 em fraldas descartáveis para adultos, que em geral são doadas para os idosos carentes. Eleazar cita que as empresas locais também são grandes parceiras da entidade, como a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) que continua dando impor tantes contribuições como a refor ma da sede, a conclusão da construção da padaria (que eles começaram a fazer e não conseguiam concluir), a doação de carros usados (quando a empresa troca a frota, o que ocorre em média, de três em três anos), a doação do consultório dentário (avaliado em 26 mil), dentre outros benefícios. Ele acrescenta

Diariamente mais de 100 pessoas recebem gratuitamente medicamentos da far mácia

que neste ano, por exemplo, a CBMM doou R$ 14 mil para a compra de cobertores e R$ 12 mil para a aquisição de material para o consultório dentário. Segundo ele, neste momento a empresa analisa a viabilização da constr ução de uma nova sede para a distribuição de cestas básicas, no bairro São Geraldo. “Essa obra está orçada em torno de R$ 180 mil e será constr uída ao lado da padaria, com área coberta e espaços para ministrar palestras e cursos”, informa Eleazar. ‹ Cursos Com o objetivo de contribuir com a formação profissional das pessoas que não têm recursos para estudar, o SOS oferece re-

gular mente cursos de gestante, manicure, pedicuro, cabeleireiro, costura industrial, culinária, digitação, infor mática e padeiro. E esporadicamente, são oferecidos cursos de depilação, massagem corporal, trufas, diversos tipos de tortas e ovos de páscoa. Maria do Carmo de Almeida é aluna do curso de cabeleireiro e como pretende abrir um salão de beleza está se atualizando melhor. De acordo com ela, o curso do SOS é muito bom. “É a prática mesmo, aprendi muito aqui”, elogia. Claudia Miriam Barbassa Oliveira também é aluna do curso de cabeleireira que resolveu fazer apenas porque obteve boas informações da professora. E

Alunas e modelos do curso de cabeleireir o, no SOS todos saem ganhando

agora, além de estar gostando muito do curso, ela acaba de identificar a sua vocação: cuidar da beleza dos outros. “Espero exercer a profissão, eu descobri que gosto de trabalhar com esse tipo de atividade”, revela. Vaidosa com os resultados que vem obtendo, a professora Bernadete Aparecida Diniz comenta que cerca de trezentos cabeleireiros de Araxá um dia foi seu aluno. Ela é aposentada do Sesi/Senai e há quase três anos é voluntária no SOS. Bernadete informa que em média o curso de cabeleireiro tem duração de três meses. “E se vejo que o aluno está apto a trabalhar com segurança, entrego o certificado. Senão, ele continua no curso até eu ver que está bem para enfrentar o mercado”, completa. A professora comenta também que quatro ex-alunos do SOS montaram salão de beleza e todos eles contam com assistência dela. Para se inscrever no curso que abre uma nova turma em agosto próximo, basta fazer a inscrição na sede do SOS, munido de car teira de identidade e CPF. Neste mês de julho, serão ofertados os cursos de depilação, massagem corporal, limpeza de pele e maquiagem. Alminda Aparecida de Jesus já fez o curso de cabeleireira no SOS e para melhorar o atendimento no seu salão está fazen-

do o curso de manicure. “É uma procura muito grande lá e é muito difícil encontrar manicure, eu vou fazer esse atendimento também”, afirma a aluna. Ela se sente grata ao SOS, porque a partir do trabalho da entidade está contribuindo mais e melhor com a estrutura de sua casa. A professora de manicure, Maria Aparecida de Souza Chaves, atua no SOS há 12 anos e também se orgulha ao saber que suas ex-alunas estão se dando bem no mercado de trabalho. “Sem falar na lista de espera de pessoas que querem fazer o curso, porque o mercado de trabalho está precisando, tem salões inclusive que deixam os contatos para nós indicarmos manicures”, comenta Maria Aparecida. Para as aulas práticas, os cursos de beleza do SOS contam com voluntários que são carinhosamente conhecidos como modelos. São pessoas da comunidade que se dispõem a fazer as unhas e cuidar dos cabelos com os alunos, na sua maioria mulheres. Wattina de Menezes Silva está desempregada e é modelo do salão do SOS há muitos anos. “Aqui é tudo de bom! É o SPA dos pobres! É uma coisa muito boa que a gente ganha. Estou desempregada e não tenho dinheiro para ir ao salão. Então, eu venho aqui, sou muito bem atendida, não pago nada e saio linda e maravilhosa”, diz Wattina.

No bazar é possível encontrar r oupas, calçados e acessórios

REPORTAGEM PATROCINADA PELA COMPANHIA BRASILEIRA DE METALURGIA E MINERAÇÃO - CBMM


06

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

PR/PP lança Aracely para prefeito e Lídia vice com o apoio de mais doze partidos

A convenção do PP definiu a vereadora Lídia Jordão como candidata a vice-prefeita na chapa majoritária que tem o deputado federal Aracely de Paula (PR) como candidato a prefeito. A coligação majoritária já denominada “Unidos Nós Podemos” conta com mais doze par tidos além do PR e PP, sendo o PMDB, DEM, PTdoB, PRB, PV, PPS, PSD, PRP, PTC, PHS, PCdoB e PSL. Os quatorze partidos que estão juntos na disputa majoritária, se dividiram em quatro coligações proporcionais menores para a disputa das vagas a vereador. As coligações proporcionais desse gr upo são Araxá Mais Verde (PRB, PV e PPS), Demo cracia e Progresso (DEM e PP), Unidos por Araxá (PMDB e PR) e Projeto Vitória (PTdoB, PRP, PHS, PCdoB e PSL). A convenção do PP aconteceu na sextafeira, 29, a partir das 18h, com o West Sallon lotado pelo público presente, dentre eles, também os vários representantes dos par tidos coligados. Inicialmente, houve uma discussão levantada pelo vereador Carlos Rober to Rosa (PP) que também era pré-candidato a vice-prefeito pelo par tido. Segundo ele, a indicação de Lídia na chapa ocorreu sem a sua par ticipação e antes da convenção do partido, como ficou claro em notícias veiculadas antecipadamente pela imprensa. Ele também questionou o fato da convencional que é um dos membros do diretório com direito a voto ter assinado o livro de ata e ido embora antes da votação das chapas, a educadora Marlene Borges Pereira, ex-secretária de Educação. “Eu lamento, desta forma, o partido não está sendo democrático”, disse. O presidente do PP, Benedito Gonzaga Teixeira, esclareceu em seguida que Marlene já tinha lhe dito que par ticiparia apenas do início da convenção, porque teria que ir embora às 19h, para acompanhar o seu marido, o ex-prefeito Kleber Pereira Valeriano, num tratamen-

Antônio Leonardo, Lídia Jordão, Aracely de Paula e Bosco to espiritual, no complexo do Barreiro. Como pelo estatuto do PP, somente têm direito ao voto os membros da Executiva e os vereadores do partido - que no caso valem por dois -, Roberto pediu na convenção que também votassem os representantes dos partidos coligados. Benedito indeferiu o pedido por “falta de amparo legal”. Em seguida, a representante do PP Mulher de Minas Gerais, Cláudia Campolina, que estava na convenção como representante do vice-governador Alber to Pinto Coelho (PP), se apresentou para os presentes e pediu para que fosse seguido o estatuto do partido. “Vocês vão começar três meses de luta, não podem começar antes disto”, disse. O PP aprovou por 4 votos a 2, a indicação de Lídia como vice e a for-

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA JULIANA A Prefeitura Municipal de Santa Juliana torna público que promoveu alteração do item 8.2 do edital de Pregão 066/2012, para exigir a apresentação do balanço patrimonial e certidão negativa de falência e concordata, juntamente com a documentação de habilitação. Santa Juliana-MG, 03/07/2012. ***** PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA JULIANA A Prefeitura Municipal de Santa Juliana torna público que promoveu alteração do item 4.9 do edital de Pregão 066/2012, para est abelecer que o prazo de entrega será de cinco dias úteis, podendo ser ampliado para os produtos que o fornecedor ou fabricante exigir maior prazo para entrega ao licitante vencedor. Santa Juliana-MG, 04/07/2012. ***** PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA JULIANA A Prefeitura Municipal de Santa Juliana torna público que fará realizar às 09h00min do dia 23 de julho de 2012, em sua sede na Rua Professor Orestes, nº 314, Centro, licitação na modalidade Pregão Presencial nº 072/2012, tipo menor preço por item, objetivando a contratação de pessoa física ou jurídica para prestação de serviços de plantio e poda de grama, combate de pragas, corte e poda de árvores, conforme especificações do edital. O edital completo poderá ser obtido na sede da Prefeitura Municipal de Santa Juliana, no endereço descrito acima, mediante o recolhimento da taxa de R$ 20,00 (vinte reais). ***** PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA JULIANA A Prefeitura Municipal de Santa Juliana torna público que fará realizar às 14h00min do dia 23 de julho de 2012, em sua sede na Rua Professor Orestes, nº 314, Centro, licitação na modalidade Pregão Presencial nº 073/2012, tipo menor preço por item, objetivando a contratação de serviços de hotelaria para hospedagem de pessoas a serviço do Município e autoridades, conforme especificações do edital. O edital completo poderá ser obtido na sede da Prefeitura Municipal de Santa Juliana, no endereço descrito acima, mediante o recolhimento da taxa de R$ 20,00 (vinte reais). ***** PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA JULIANA A Prefeitura Municipal de Santa Juliana comunica que no dia 22/06/2012 foi adjudicado o objeto da licitação modalidade Pregão Presencial 063/2012, à empresa Cledimar Clemente dos Santos, e tudo devidamente homologado pela autoridade competente. Santa Juliana-MG, 02/07/2012 - Ozanei M. F. Barbian – Pregoeira.

mação da coligação proporcional Democracia e Progresso (PP/ DEM), pela qual Roberto acabou sendo candidato a vereador. ‹ Candidata à vice-prefeita A vereadora Lídia não se pronunciou no decor rer da discussão entre o presidente do PP e o vereador Roberto Rosa. Depois de oficializada a sua candidatura a vice-prefeita, ela falou ao público presente, mas com a voz embargada chegou a chorar e, em seguida, rapidamente encerrou o seu discurso que segue abaixo na íntegra. “Boa noite a todos que aqui se fazem presentes, gostaria de agradecer em especial a presença de cada um que hoje destinou o seu tempo para estar aqui conosco e o faço através dos meus pais, Jordão e Ana, que estão aqui conosco. Eu gostaria de agradecer toda a comissão provisória e o faço através do vereador Carlos Rober to Rosa, nosso companheiro, presidente da Câmara Municipal de Araxá. Eu gostaria de dizer a cada um dos membros da comissão provisória que eu agradeço a compreensão pelo meu nome. Agradeço a forma como puderam designar a minha pessoa para figurar na chapa majoritária e gostaria de dizer que podem contar comigo, inclusive todos os partidos coligados. Essa maravilha de partidos que estão aqui conosco e que refletem exatamente a democracia, a importância que é estarmos unidos neste momento. Agradeço a Cláudia Campolina, presidente do PP Mulher que se deslocou de Belo Horizonte para nos proporcionar amanhã (dia 30), um encontro de todas as lideranças partidárias da cidade de Araxá, não só as do Partido Progressista (PP), mas sobretudo a de todos os partidos que estão junto conosco nessa caminhada. Ela se deslocou de lá para estar aqui conosco, meu agradecimento sincero. Leva ao nosso presidente, nosso vice-gover nador Dr. Alberto (Pinto Coelho), o nosso abraço, o nosso carinho especial. Quero dizer a vocês que gostaria muito de colocar a minha fala, mas sinceramente, hoje, eu não consigo falar mais do que duas palavras a cada um de vocês. Muito obrigado, do fundo do meu coração, e tenham certeza que eu vou trabalhar muito por essa cidade que eu amo, que é a minha casa, que aqui eu vivo com muito amor junto da minha fa-

mília. Obrigado ao meu marido e ao meu filho, desculpem por essa dificuldade que nós vamos passar agora durante todos esses três meses, mas eu tenho certeza que é pro bem da nossa gente. Muito obrigada.” ‹ PP Para Benedito, o impasse na convenção foi uma demonstração do exercício de democracia. “Com dois candidatos de peso a vice-prefeito democraticamente foi solucionado, não só democraticamente, mas à luz dos estatutos dos par tidos. E nós esperamos que com essa coligação com o deputado federal a prefeito, nosso querido Aracely de Paula, na verdade muito trabalho nestes próximos três meses. No sentido de que a gente estará fazendo um bom trabalho para viabilizar a candidatura do deputado à próxima direção do município”, disse. Ele acrescentou que as grandes lideranças convergiram para o nome de Aracely. “Inclusive, o prefeito atual, Dr. Jeová, sempre falou e, por muito tempo, da vontade dele inclusive abrir mão para o deputado, o que demonstra a importância da candidatura do deputado”, afir ma o presidente do PP. “Então, essas pessoas abriram mão em nome dessa liderança cogitada por todo mundo. O ex-prefeito Antônio Leonardo abriu mão, o Bosco também que teria todo o direito de vir pleitear, o deputado federal João Bittar também, dando respaldo como o comandante do DEM, o deputado Marcos Montes (DEM) também e outras grandes lideranças aqui locais, que todos convergiram para possibilitar essa grande aliança. E nós vamos fazer todo o possível para que tenha sucesso e quem vai sair ganhando com isso não são as pessoas que vão ser eleitas, na verdade, nos interessa é o resultado final, que a vida das pessoas que vivem na cidade seja melhor do que tá”, diz Benedito. ‹ PR Aracely diz que sai candidato a prefeito de Araxá com muito otimismo. “Embalado principalmente, pelo apoio que eu tenho recebido das diversas camadas da população de Araxá, consciente que nós estamos vivendo o alvorecer de um novo momento na nossa cidade e que depende muito da união de todos os araxaenses, principal-

mente, da experiência que nós acumulamos ao longo dos anos.” Segundo ele, a possível volta à prefeitura é um sacrifício de sua parte. “Porque depois de uma caminhada tão longa, recuar alguns passos representa realmente alguma doação. Mas recuar para que a cidade possa avançar, para nós é um estímulo muito grande. Eu tenho certeza de que realmente estamos sendo convocados para uma jor nada que, se Deus quiser será vitoriosa, em função principalmente dos ideais maiores de Araxá”, explica. Para Aracely, PR e PP foram uma boa composição. “A Lídia é uma pessoa pela qual eu tenho um grande respeito, que representa um segmento da sociedade com muita competência, disposição e muita luta, ela compõe bem a nossa chapa. Nós tínhamos outros companheiros também que poderiam estar nessa chapa, mas entendemos que as coisas estão acontecendo com muita naturalidade e ter hoje a indicação da Dra. Lídia como componente da nossa chapa, não tenha dúvidas, que eu me sinto muito honrado e satisfeito, recompensado, porque eu acho que é uma caminhada que faremos juntos, não apenas eu, a Lídia, mas todos aqueles que acreditam num projeto maior que nós nos desposemos a encetar a favor de Araxá. Então, eu fico muito feliz, acho que todos os problemas que nós tivemos para chegar numa candidatura ideal, foram bons problemas, porque nós tínhamos ótimos candidatos. Uma depuração quase que natural, a coisa fluiu muito mais da vontade da nossa população do que de qualquer interferência nossa.” Segundo ele, a saúde “vai mal em Araxá, em Minas Gerais e no Brasil”, sendo o mote da sua campanha. “Ninguém tem culpa pelo caos da saúde, mas todos nós que militamos na vida pública temos uma responsabilidade maior, até por isto”, diz. ‹ PTdoB O deputado Bosco que preside o PTdoB em Araxá, é uma das lideranças políticas que apoia a chapa majoritária PR/PP e diz que quer participar de forma integral da campanha. “Estamos aí, lançando uma excelente chapa de vereadores para a Câmara Municipal, com a composição na proporcional do PTdoB, PHS, o PRP, PSL e o

PCdoB.” Segundo ele, a coligação lança chapa completa de vereadores, ou seja, trinta candidatos, sendo 21 homens e nove mulheres. “Diga-se de passagem, excelente chapa que eu acredito que nós teremos condições de conquistar boas cadeiras, um número bom na Câmara Municipal. E esse gr upo também está motivado em apoiar a chapa majoritária encabeçada pelo deputado federal Aracely de Paula e a candidata a vice-prefeita Lídia Jordão. Nós entendemos que essa chapa hoje, juntamente com os apoios já consolidados, representa uma boa composição, com uma grande experiência tanto de lideranças de poderes Executivo e Legislativo que poderão com certeza desempenhar um grande projeto em prol de Araxá”, afir ma. ‹ Fechamento O deputado estadual Bosco explica que houve uma reunião há uns dois meses, com a sua presença, do ex-prefeito Antônio Leonardo Lemos Oliveira (PP), do deputado Aracely e de alguns empresários, que acabou dando início à formação da atual composição. “Naquele momento, nessa reunião que contou com várias pessoas, foi lançada essa ideia de se construir aí um grande projeto político para Araxá, para os próximos quatro anos. E foi colocado lá, em aberto, o nome. Então, o Antônio Leonardo foi consultado para que pudesse ser o candidato deste gr upo. Ele por vários motivos colocados lá no momento, não se dispôs. Eu também fui consultado pelo gr upo, inclusive houve uma grande insistência para que eu pudesse colocar o meu nome, mas eu entedendo que o momento nosso agora como deputado estadual é de tamanha impor tância para Araxá e região, não poderia deixar essa cadeira que nós levamos tantos anos sem representatividade e recuperamos agora, nós não podemos sair. Então, o único lá nessa reunião que colocou-se à disposição entre todos, foi o deputado Aracely de Paula”, informa. Segundo ele, a definição foi democrática dentro desse gr upo político. “De lá para cá, o gr upo começou a fazer esse trabalho de construção que foi agora referendado dentro dos partidos que já compõem essa grande coligação”, afirma Bosco. Antônio Leonardo diz que desde o começo das conversações com o deputado Aracely, o PP foi convidado a participar dessas discussões. “E culminou agora, com a composição da chapa majoritária com a indicação da vereadora Lídia. Dentro do que nós entendemos que através da candidatura pode ser também mais uma boa opção para a nossa cidade.” Segundo ele, desde quando decidiu não se candidatar, conversou com todos os préconcorrentes. “Com todos eles, tivemos conversas fr utíferas e culminou com a conversa final com o deputado Aracely, onde também o Bosco participou e, de certa for ma, o resultado final foi esse.” Ele afirma que foi muito difícil a decisão de não ser candidato a prefeito neste pleito. “Existem às vezes motivos para você ser candidato e para não ser, e dentro de uma avaliação pessoal, profissional, eu achei que não era o momento de me lançar candidato a prefeito. Talvez tenha sido a decisão mais difícil da minha vida, porque não ser é mais difícil que ser”, diz Antônio Leonardo.


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

07

Coligação PT/PSB/PCB lança Toninho Barbosão para prefeito e Waldir Benevides para vice

Os convencionais e filiados do PT lotaram o salão do Simma na quinta-feira, 28, a partir das 19h, para o lançamento oficial da chapa majoritária Toninho Barbosão (PT) para prefeito e Waldir Benevides de Ávila (PSB) como vice, pela coligação majoritária PT/PSB/PCB. Os três partidos também estão coligados para a disputa proporcional, com o lançamento de 21 candidatos homens e nove mulheres para vereador, ou seja, chapa completa. A composição estava acertada antecipadamente e a con-

venção do PT ocorreu já num clima de campanha, inclusive com foguetório. “Agora, vamos partir firme para a campanha”, disse Barbosão. Ele acredita que ter um candidato a vice que já foi prefeito e inclusive de outra corrente política amplia as suas perspectivas de voto. “Eu acredito que hoje o candidato com maior potencial nessas eleições, sem dúvida nenhuma, é o nosso nome. Isso já foi demonstrado em pesquisas internas e vamos fazer de tudo para realmente fazer com que esse potencial seja desenvolvido e a gente pos-

sa chegar vitoriosos no dia 7 de outubro”, completou o empresário. “É um prazer muito grande voltar à atividade política, uma coisa que eu gosto e sei fazer. Agora, principalmente, com muito mais disposição e experiência de servir o povo de Araxá”, afirmou Waldir. Ele foi prefeito de Araxá de 1989 a 1992, tendo deixado a política após encerrar o seu mandato. Vinte anos depois, Waldir volta ao cenário político para disputar a vice-prefeitura pela coligação PT/PSB/PCB.

Jeová e Edna são candidatos a prefeito e vice pela coligação PDT/PSDB/PTB/PSOL/PSDC/PRTB/PSC O prefeito Jeová Moreira da Costa (PDT) concorre à reeleição com a vereadora Edna Castro (PSDB) como candidata a vice-prefeita, numa coligação majoritária e proporcional que conta com mais cinco par tidos, PTB/PSOL/PSDC/PRTB/PSC. O consenso antecipado entre os sete partidos da coligação permitiu a realização das convenções par tidárias de forma tranquila, com exceção do PSDB que foi questionado quanto à candidatura de Marco Antônio Rios (PSDB) a vereador, que foi mantida apesar da sua postura política contrária à chapa majoritária. A convenção do PSDB aconteceu na quinta-feira, 28, às 18h, no Salão Ivan Costa, na Acia, com a presença de cerca de cinquenta pessoas, dentre filiados, convidados e imprensa. Na mesa diretora, estavam o tucano João Jacques Afonso de Castro que fez um histórico sobre a par ticipação do PSDB nas últimas eleições municipais, mostrando que o par tido no município já esteve junto com Jeová em outras disputas. Marco Antônio fez a leitura do edital de convocação da convenção par tidária, mas não usou a palavra antes da votação e nem mesmo concedeu entrevistas à imprensa sobre a decisão de ser candidato a vereador pela coligação. “Essa coligação foi tão tranquila, espontânea e tão sem armação, tão sem perturbação que aconteceu naturalmente”, afirma Edna. Ela explica que quando começou a trabalhar o resgate do PSDB em Araxá deixou claro para todos os filiados que nenhuma providência seria tomada no par tido sem a participação de todos eles. “Eu acho que foi isso que deu essa segurança pra gente, porque a partir desse momento foi criando uma confiança, um elo de ligação muito grande, não só partidária, como afetiva também”,

completa. Edna diz que, a partir do trabalho inter no, o PSDB aguardou as conversas par tidárias, deixando em aberto a sua participação, mas foi procurado apenas pelo PDT. “Era da vontade da maioria dos filiados que frequentavam a nossa reunião de estar conduzindo mesmo para ser essa coligação, entre PDT e PSDB. Então, foi assim muito nor mal e natural. Graças a Deus, eu acho que as orações valeram e o empenho de todo mundo. Agradeço demais todas as pessoas que par ticiparam, trabalharam, deram a sua contribuição para que tudo pudes-

se transcor rer nesta paz toda que foi esse momento agora”, disse Edna após a convenção do PSDB. Segundo ela, a campanha começa a ser definida a partir de agora. “Nós vamos começar a entrar nessa questão de plano de trabalho, meta de governo, porque até então a gente tava trabalhando uma possível candidatura própria. Mas, infelizmente, essa questão de candidatura própria envolve muitas questões, principalmente a financeira. A gente ainda não estava preparado pra isso, o partido renasceu agora”, diz. ‹

Questionamento A filiada Maria Regina Silva questionou a forma de votação no decor rer da convenção do PSDB, ou seja, a cédula com apenas sim ou não às chapas majoritária e proporcional formadas pela coligação entre os sete partidos. Segundo ela, dessa forma, a candidatura de Marco Antônio a vereador não estaria assegurada, porque ele não tinha a maioria dos votos na convenção. Apesar do receio da secretária do vereador, o nome dele constou como candidato a vereador pela coligação, embora a sua postura de oposição ao atual governo municipal que

agora disputa mais uma gestão pela sua coligação. ‹ PDT “O nosso primeiro compromisso é com Araxá. Uma vez que nós entendemos que é compromisso de toda a comunidade buscar a construção de uma cidade que venha a ter uma eleição democrática, aonde que os partidos escolhem os seus agentes políticos. E aqui hoje, com a escolha do PSDB, colocando a vereadora Edna na nossa chapa majoritária, nos enriquece muito, uma vez que nós temos o mesmo propósito que é lutar pela cidade”, disse Jeová que

esteve presente na convenção do PSDB. Segundo ele, outro propósito dessa coligação é a estabilidade econômica do município. Da Acia, Jeová seguiu para a Ampla, onde já acontecia a convenção partidária do PDT que foi marcada para o mesmo dia e horário da do PSDB. Segundo ele, a Edna tem sido uma vereadora presente durante o seu governo, ajudando na Câmara Municipal sempre que possível. “Uma vez que a gente sente a necessidade de caminhar mos dando avanço nesses projetos de construção de pessoas, de fortalecimento de famílias, que nós iniciamos em 2009. E a vereadora Edna sempre foi àquela pessoa presente e que teve nos ajudando na Câmara de Vereadores e agora o destino nos colocou juntos, para colocar à comunidade a nossa proposta de governo de 2013 a 2016”, afir ma. O auditório da Ampla ficou lotado para a realização da convenção do PDT que contou com a presença do Secretário de Estado do Trabalho, Hélio Roberto, como representante do diretório estadual e que há trinta anos é filiado ao partido. Para Jeová, a linha da campanha será a continuidade do trabalho iniciado por ele em 2009. “Que é a construção de pessoas, crescimento junto, respeitar a dignidade de cada cidadão ter a sua liberdade e buscar o sustento de sua casa através de um trabalho digno e de um apoio do poder público. Uma vez que nós estamos buscando um governo que venha atender as necessidades das famílias e, principalmente, das mais carentes.” Segundo ele, Araxá tem bons candidatos a vereador, independentemente dos partidos. “A comunidade vai poder escolher aquele candidato que entender que é melhor para o progresso e desenvolvimento da cidade e região.”


08

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

Câmara em ritmo lento por causa das eleições Pela primeira vez na sua história, o Poder Legislativo de Araxá não vai parar as suas atividades no decorrer de julho, quando anteriormente ocorria o recesso parlamentar. Mas a nova medida que conta com a aprovação geral da população começa a vigorar justamente em ano eleitoral, quando os prazos previstos na legislação e a necessidade de fazer campanha política diminuem bastante os trabalhos na Casa. Como as reuniões ordinárias deixam de ser transmitidas nesse período eleitoral até 7 de outubro próximo, não haverá tanto interesse dos vereadores em ocupar a tribuna e, por isto, também se tor nam muito mais rápidas. O Clarim entrevistou o presidente da Câmara Municipal, vereador Carlos Roberto Rosa, não só sobre as recentes mudanças, como também os projetos de lei que continuam em tramitação. Clarim - É o fim realmente do recesso legislativo de julho em Araxá? Carlos Roberto - Realmente, os companheiros vereadores decidiram, nós não temos mais o recesso parlamentar em julho aqui na Câmara Municipal. Em janeiro, passa a ser férias coletivas dos funcionários. Com isso, a Câmara está de portas abertas, fazendo o seu trabalho em prol da

comunidade e seguindo em frente. Existe a reclamação do funcionamento da Câmara Municipal apenas em meio período do dia, por que isto? Qual a previsão da volta ao funcionamento normal da Casa? É um acordo com os vereadores e, tão logo fique pronto o restante da Câmara Municipal, nós vamos passar a funcionar o dia inteiro. No entor no de Araxá, como Uberaba e Uberlândia, todas as câmaras funcionam nesse horário, então, estamos seguindo mais ou menos o mesmo padrão. Em Belo Horizonte, também funciona assim, o período da manhã é reser vado para limpeza e conservação do prédio e no período da tarde é aberto ao público. Mas existe uma perspectiva de logo, logo, estar mos funcionando o dia inteiro. A Câmara passa a ter quinze vereadores a partir de 2013, como está a constr ução dos novos gabinetes? Nós estamos muito felizes pelo desenrolar das obras, tivemos a felicidade de contratar uma empresa boa, que está fazendo um trabalho sério e responsável. Eu tenho a impressão que vamos ter o resultado da obra antes do prazo previsto e, com isto, inaugurar em dezembro, já com os móveis e

tudo no lugar. Existe um projeto do vereador Mateus Vaz de Resende tramitando para que a Câmara Municipal passe a ter duas reuniões ordinárias por semana, a partir de 2013, quando aumenta o númer o de vereadores. Esse projeto ainda está em tramitação? Está, e nós fizemos um levantamento também nas outras câmaras municipais, Belo Horizonte, Montes Claros, Juiz de Fora, Uberaba, Uberlândia, Patos de Minas. O pessoal está mandando pra gente como funciona lá, reuniões e horários e, com isto, vamos ter uma referência. A expectativa é a de que esse projeto possa ser aprovado a par tir de novembro, porque temos que fazer também um pacto financeiro para o próximo ano, já que haverá mudança de presidente em 2013. A Câmara de BH aprovou recentemente o fim do voto secreto que já tinha sido abolido em Araxá, não é mesmo? Assim como, o 14º e o 15º salários para vereadores, já foram extintos? Aqui na Câmara, nós vereadores não temos o 14º salário. Os funcionários têm, mas estamos aguardando uma decisão também do Tribunal de Contas em

Carlos Roberto Rosa relação a isso. Numa iniciativa do vereador José Maria Lemos, o pai, naquela época apresentou uma emenda e acabou com o voto secreto. Então, a Câmara Municipal aqui não tem voto secreto também, é tudo transparente, tranquilo, e este projeto foi apresentado há bastante tempo. Só mesmo para a eleição da presidência da Câmara, é que ainda prevalece o voto secreto, os de-

mais todos são abertos. Um projeto de lei do Executivo e de interesse da população continua tramitando na Câmara Municipal desde março passado, que é o da implantação da Cidade Internacional Tecnológica do Alto Paranaíba e Triângulo Mineir o (Citat), por que ainda não foi colocado em votação pelo plenário? Nós recebemos esta semana, uma manifestação do Ministério Público (promotor Marcus Paulo Queiroz Macêdo), pedindo uma cópia do projeto também. Está tramitando e existe a perspectiva de ser votado na próxima terça-feira (10), pelo plenário da Câmara. Nós vamos ter uma decisão em relação a esse projeto que precisa de sete votos para ser apreciado e, a Câmara, não tem esses sete votos. Nós temos um companheiro vereador que está doente e teríamos que ter o quadro completo para por em votação, até para sermos justos com o projeto. Por que o MP requereu a cópia do projeto, com qual justificativa? Apenas fez uma petição solicitando a cópia do projeto, não se manifestou nem nada. Então, é apenas uma coisa de praxe que o Ministério Público faz, sempre que tem um projeto mais polêmico aqui na Câmara ele pede e é

normal esse acontecimento. O Setor Jurídico da Câmara Municipal já deu o parecer quanto à legalidade e constitucionalidade ou não dessa matéria? Tinha dado o parecer e está o refor mulando, depois do Fórum Comunitário. E na próxima terçafeira, 10, o parecer já vai estar pronto também, dando condições ao vereador de tomar consciência e liberdade do seu voto. Inicia-se um período difícil para os poderes públicos que é o eleitoral, sendo que boa parte dos atuais vereadores disputa a reeleição, como isto afeta a Câmara Municipal, principalmente nos próximos três meses? O ritmo tor na-se mais lento, não vai ter divulgação mais, não vai ter transmissão, nem pela internet e nem pelo rádio, nem pelos jornais. Existe uma determinação do Tribunal de Contas que proíbe. Mas, o Executivo também tomou as providências e mandou os projetos mais importantes que precisava mandar com antecedência. E com isso, neste período dá condições da Câmara fazer o seu trabalho e os companheiros vereadores exercerem a manifestação democrática de buscar o voto, mostrar o seu nome à comunidade.

PMDB coliga com PR na proporcional e apoia Aracely

A convenção municipal do PMDB estendeu-se das 10h às 14h de sábado, 30, quando acabou sendo realizada pelo vice-prefeito Miguel Júnior (PMDB), diante da ausência do presidente municipal, Walter Ogawa. Segundo ele, o partido conversou muito até as últimas horas que antecederam a convenção e também recebeu orientações da executiva estadual, inclusive em função de um projeto nacional. Miguel informa que o PMDB disputa a eleição proporcional coligado com o PR e apoia a chapa majoritária Aracely de Paula (PR) e Lídia Jordão (PP) para a prefeitura. “A executiva estadual pediu que nós procurássemos caminhar com aqueles par tidos que tivessem fazendo par te da base de apoio ao gover no federal. Uma série de informações e sugestões nos foram passadas, conversamos com diversos candidatos e seguindo a orientação da executiva estadual. E num consenso com o diretório local e os candidatos a vereador, o PMDB caminhará na coligação majoritária com o candidato Aracely e Lídia, que foram referendados ontem (29) nas convenções do PP. E na proporcional, o PMDB se coligará com o PR”, destaca. ‹ Eleições 2012 “Na verdade, como os partidos todos, tanto o PT como o PR que são par tidos da base aliada, tinham candidatura própria, nós não tínhamos condições de ser vir a dois senhores”, afir ma Miguel. Ele acredita que o cenário das disputas eleitorais nos municípios de certa forma já é uma preparação para as eleições de 2014. “Lá, em Belo Horizonte, em Brasília, eles já começam a desenhar com uma eleição, a próxima. É sempre um planejamento estrutural de uma próxima, com certeza, então, já passa por essa eleição o pleito futuro”, diz. Segundo ele, o partido em Araxá rebebeu orientação dos deputados federais Antônio Andrade (PMDB) e Paulo Piau, além do estadual Mauro Lopes, que integram a executiva estadual. “A orientação é a de que caminhássemos com o PR, dentro de um pro jeto maior ”, afirma. ‹ A campanha Ele informa que como a coligação majoritária PR/PP tem o apoio de 14 partidos, deverá ter em torno de 9 minutos de televisão, incluindo o PMDB. Miguel diz que em relação à coligação proporcional, o PMDB tem 3,9 minutos de televisão e o PR também conta com um tempo muito importante. “Do ponto de vista do tempo

de televisão, teremos um grande tempo. Teremos nesses dois partidos que se coligaram, PR/ PMDB, uma chapa com grandes nomes, importantes lideranças. Então, será uma legenda que receberá expressiva votação, pelo menos é a nossa expectativa”, afirma. Miguel será candidato a vereador pela coligação PR/PMDB, depois de exercer a vice-prefeitura por oito anos consecutivos que se iniciaram na administração do ex-prefeito Antônio Leonardo Lemos Oliveira (PP) e encerram-se neste ano, com o mandato do prefeito Jeová Moreira da Costa (PDT). Segundo ele, a coligação lança chapa completa para vereadores, com 21 homens e 9 mulheres. “Pois, analisando pessoa por pessoa que estão disputando as eleições, temos muitos nomes com possibilidades de ter no mínimo mil votos. Com certeza, a expectativa é a de que essa coligação tenha algo em torno de 12 mil votos, contando com a legenda. A gente não pode esquecer que quando faz parte da coligação majoritária, o voto de legenda é uma coisa real”, explica. Miguel esclarece que no pleito de 2008 houve partido com mais de 2 mil votos de legenda, o que conta demais para a chapa de vereadores. “Esses dois mil votos, pode eleger um vereador ou até dois, dependendo da sobra dos demais. Eu até hoje, nunca disputei eleição para vereador em partido fácil, sempre tivemos grandes nomes e fui feliz nos pleitos, em alguns puxados por quem tinha mais voto que a gente. Como um político experiente, ele acredita que não vai haver uma abstenção muito grande de eleitores às urnas neste ano e,

O vice-prefeito Miguel Júnior

neste caso, o coeficiente eleitoral (votos necessários para fazer uma cadeira) deve girar em torno de 3,5 mil a 3,7 mil votos. “Mas numa análise positiva, pode cair para 3 mil, 3,2 mil, poderemos ter um panorama mais claro a partir do momento em que tivermos a campanha nas ruas e o sentimento das pessoas for manifestado”, afirma. ‹ De situação a oposição Miguel não respondeu por que pela segunda vez consecutiva fará campanha a favor da oposição, apesar de estar ocupando o cargo de vice-prefeito na situação. Ele preferiu desconversar reafirmando a decisão de ser candidato a vereador. “A campanha a vereador deve-se a uma história política que vem de vinte anos, grande parte da população acompanha, foram vários mandatos de vereador e duas vezes como vice-prefeito. Na verdade, o meu sonho, a minha vontade era poder alçar um passo seguinte que, naturalmente, seria a prefeito. Mas, nem sempre o que a gente quer e planeja é o que acontece; que Deus está reservando pra gente”, diz. Ele acrescenta que inclusive o momento político não é para o lançamento da sua candidatura a prefeito. “Não estava para isso, nós temos o prefeito atual, do qual eu sou vice e vai buscar a sua reeleição. Tem também o deputado Aracely de Paula que resolveu ser candidato, até em função de uma série de conversas que teve antes com outros agentes políticos e houve uma motivação para que fosse e ele aceitou o desafio, então, é outro candidato. Tem o candidato do Partido dos Trabalhadores também, com a sua candidatura. Analisando esse cenário e as orientações do PMDB a nível estadual, de que a nossa situação em Araxá em função do desenho com esses três candidatos, não era favorável; não teríamos recursos financeiros para entrar numa disputa desse nível, com esse perfil de candidaturas. É uma análise pragmática, objetiva, não tem que ficar alugando um ao outro e ficar filosofando. É pá e bola, não temos condições de entrar para um pleito com nomes desse gabarito e campanhas dessa proporção”, destaca. Miguel reafirma que para não encerrar a sua carreira política, optou pela candidatura a vereador. “E numa conversa com as lideranças, o deputado estadual Bosco, Antônio Leonardo, com o Aracely, de que nós devíamos pleitear uma eleição a vereador. Eu fui conversar também com meus amigos e familiares, as pessoas que a vida inteira caminharam conosco”, completa.

Chapa proporcional DEM/PP também apoia o deputado Para o presidente do Democratas (DEM) de Araxá, vereador Mateus Vaz de Resende, o partido sai for talecido para a disputa eleitoral deste ano através de uma boa chapa de vereadores, composta numa coligação com o Partido Progressista (PP). Segundo ele, no total são 17 candidatos a vereador, sendo doze homens e cinco mulheres. O DEM não lançará candidato a prefeito ou vice, decidindo na convenção apoiar a chapa majoritária Aracely e Lídia (PR/PP). “Essa decisão, foi um assentamento de conversas entre as lideranças da cidade, o nosso deputado João Bittar que é do Demo cratas também, amigo do deputado Aracely. Então, foi o consenso de uma conversa em fruto de um projeto maior para 2014”, afirma Mateus. Segundo ele, a principal bandeira da campanha do DEM é a saúde. “A gente sabe que têm problemas com a saúde em vários lugares do Brasil, em Araxá também. E determinamos e conversamos muito com o nosso candidato o deputado Aracely e com todos os que estão for mando o plano de governo, que a batalha, a bandeira dessa futura administração vai ser a saúde, porque sem saúde o povo não tem nada”, diz Mateus. ‹ Deputado João Bittar O deputado federal João Bittar (DEM) esteve presente na convenção do DEM realizada no último dia 29, quando explicou que a cidade é muito especial para ele, onde inclusive tem raízes familiares. “E é por isto que fiz questão de participar da convenção aqui na cidade, para trazer o nosso apoio aos nossos candidatos a vereador, ao presidente Mateus,

ao vereador Juninho. E tenho certeza que o Democratas vai fazer com brilhantismo essa eleição, vai ter uma participação maravilhosa”, disse Bittar. Ele acrescenta que também veio para manifestar o seu apoio à candidatura do deputado federal Aracely de Paula (PR). “Nós avaliamos as candidaturas colocadas, e entendemos que ele na realidade nesse momento tem um projeto para a cidade que nós acreditamos sinceramente que vai ser o melhor para a população de Araxá. Nós sabemos das relações que ele tem em Brasília já de muitos anos de convivência com os dirigentes nacionais, das excelentes relações que mantém também com o governo do Estado. E nós acreditamos sinceramente que trará para uma futura administração uma visão moderna, que Araxá precisa para poder promover o desenvolvimento e melhorar a vida das pessoas”, explicou. João Bittar esclarece que hoje tem cinco deputados federais da coligação que lhe deu a terceira suplência na Câmara Federal disputando prefeituras em Minas Gerais e com possibilidade de sucesso. “Então, não necessariamente, nós precisaríamos de apoiar o Aracely em Araxá, porque existem mais outros quatro deputados federais na minha coligação e que estão disparados nas pesquisas em outros municípios, o Carlile em Betim, o Vítor Penido em Nova Lima, o Márcio em Sete Lagoas e o Geraldo Tadeu em Poços de Caldas. Como eu tenho condições, estou na terceira suplência, a possibilidade de eu assumir efetivamente a partir de 1º de janeiro não dependeria da eleição do Aracely ”, destaca. Ele

acrescenta que o que realmente avaliou para definir esse apoio foram os projetos e o candidato. “É que o Aracely representa, pela sua experiência, pela sua bagagem, o melhor candidato para a cidade”, diz Bittar. ‹ Relação com Araxá O deputado Bittar explica que a sua mãe é nascida em Araxá, Icanuza Marques Bittar, filha do Sr. Miguel Car neiro. “ Vovô Miguel tinha uma padaria na Franklin de Castro que ainda existe ali. Então, meu pai é de Ituiutaba, a minha mãe de Araxá, se casaram aqui na Igreja São Domingos e, desde a minha infância, a gente sempre esteve presente aqui. Eu cresci a minha infância e juventude foi vindo para Araxá e me relacionando com a cidade. O Barreiro pra mim é extremamente familiar, toda a vida de Araxá me é extremamente familiar”, diz. Ele também conta que depois acabou conhecendo o trabalho do José Tadeu na Casa do Caminho, que inclusive é seu parente pelo lado do avô materno. “Eu acredito que somos primos em 3º ou 4º grau, e o trabalho do Tadeu é algo que me sensibiliza muito, até porque eu tenho um trabalho semelhante ao dele. Eu estava começando em Uberlândia há trinta anos um projeto social e o Tadeu aqui também, cuidando de pessoas idosas. O meu trabalho continua sendo com idosos e o dele se transformou num hospital. Nós temos essa ligação com a cidade, um amor profundo por Araxá. Principalmente, pelos vínculos que nós temos aqui e pela votação que tive nas últimas eleições (11 mil votos) que me torna um devedor da cidade de Araxá.”


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

09

POLÍCIA

Tentativa de homicídio na Boca da Mata A Polícia Militar (PM) prendeu P.R.L., 30 nos, por tentativa de homicídio registrada no do mingo, 1º, por volta das 14h, em um bar situado na Boca da Mata, zona r ural de Araxá. No local, as testemunhas disseram que o autor estava em uma mesa do bar e a vítima N.P.S., 41 anos, em outra, ambos ingerindo bebida alcoólica.

Em determinado momento, as testemunhas visualizaram o autor agredindo a vítima com socos no rosto. E após a vítima cair, o agressor bateu a cabeça dela contra o chão por várias vezes e, logo após, evadiu-se pela rodovia MG 428, no sentido Franca (SP). De imediato, o resgate do grupamento de bombeiros militares socorreu a víti-

ma que foi levada para o Pronto Atendimento Municipal (Pam). Ele estava desacordado, com sangramento no nariz, na boca, hematomas em toda a face e um corte no queixo. Logo após, os policiais abordaram o autor na MG 428, imobilizando-o e o conduzindo para o local do crime, onde o autor narrou os fatos. Segundo ele,

agrediu a vítima com socos e chutes na cabeça, porque o xingou. Diante do ocorrido, o autor foi preso em flagrante delito e conduzido à Delegacia de Polícia Civil. O médico de plantão no PAM, disse que a vítima permanece desacordada e na UTI, com traumatismo crânio encefálico e hemorragia intracraniana.

Assalto em mercearia no São Domingos

A Polícia Militar (PM) está à procura do autor de um roubo numa mercearia registrado na terça-feira, 3, às 16h, na r ua Engenheiro José Martins, bairro São Domingos. De acordo com a vítima e uma criança de 12 anos que estava na mercearia, um homem claro, magro, com uma pinta próxima à boca entrou no local. Ele usava uma blusa de frio branca, cinza e preta e, de posse de uma faca de cabo preto, anunciou o assalto. O autor abriu o caixa e roubou R$ 38 em dinheiro, além de duas máquinas de recarga de celular semelhantes a aparelhos de telefonia e, após consumar o assalto, evadiu-se tomando destino incer to. Os rastreamentos prosseguem na tentativa de prender o assaltantes. Š‹Š SUPOSTO ACIDENTE FAZ VÍTIMA DE ASSALTO A Polícia Militar (PM) está à procura dos autores de um roubo registrado na madrugada de quinta-feira, 5, às 2h, na av. José Ananias Aguiar, bairro Guilhermina Vieira Chaer. No local, M.A.R., 26 anos, que é entregador de uma lanchonete tinha sido vítima de um assalto. Ele contou que entregou um lanche em um posto de combustível na avenida e, no momento em que ia embora, quando estava próximo a uma boate, deparou-se com uma motocicleta de preta caída no chão e, ao seu lado, estava um homem deitado no chão, de blusa preta e capacete. Segundo ele, ao parar a sua motocicleta para verificar a situação do homem caído, foi surpreendido por outro homem que saiu do mato com as mesmas vestes do comparsa.

De acordo com o entregador, o assaltante apontou alguma coisa parecida com uma arma de fogo na sua nuca e exigiu que lhe passasse a sua polchete. No interior da pequena bolsa, havia uma carteira os documentos pessoais da vítima e cerca de R$ 350 em dinheiro, além de dois aparelhos celulares. Também estavam guardados na polchete, cerca de R$ 400 referentes a entrega de lanches. No total, os autores levaram R$ 750 da vítima. Após o roubo, eles evadiram na motocicleta, tomando rumo ignorado. A Polícia Militar deu início aos rastreamentos para localizar os autores. Š‹Š DU AS PADARIAS SÃO FURTADAS NO FIM DE SEMANA A Polícia Militar (PM) está à procura do autor dos fur tos em duas padarias registrados no fim de semana. No sábado, 30, por volta das 14h, a PM compareceu numa padaria situada à r ua Padre Anchieta, Centro, onde a proprietária E.M.S.T., 55 anos, disse que J.M.S., 45 anos, já conhecido no meio policial pela prática tinha furtado o seu estabelecimento. O autor subtraiu três desodorantes femininos e os colocou na bermuda, fugindo em seguida. Toda a ação foi filmada pelo circuito interno do local. A PM iniciou os rastreamentos no intuito de localizar o autor e, por volta das 15h, quando os policiais passavam pela av. Vereador João Sena, ele foi visto, mas ao visualizar a viatura policial fugiu deixando pra trás umas sacolas que continham uma peça de salaminho tipo italiano e duas latas de bombons. Ao verificar a etiqueta de pre-

ços dos produtos, a PM verificou serem de uma padaria situada na av. Vereador João Sena. A PM se deslocou até o local, onde foi verificou que o autor realmente passou pelo estabelecimento e efetuou um novo furto que foi registrado pelas câmeras inter nas. Os rastreamentos continuam no intuito de localizar e prender o autor. Š‹Š PRESO POR ROUBAR TRANSEUNTE A Polícia Militar (PM) prendeu o autor de um roubo registrado no domingo, 1º, às 8h, na av. Vereador João Sena, Centro. No local, O.R., 53 anos, disse que estava transitando pela avenida, quando foi abordado por dois homens que lhe pediram dinheiro para comprar bebida alcoólica. A vítima disse que os dois começaram a lhe seguir pela via e, no trajeto, os autores ficaram lhe apalpando a procura de dinheiro. Segundo ele, sentindose pressionado, conseguiu desvencilhar-se deles e entrou num supermercado. Ele disse que pediu a ajuda da funcionária B.L.D.R., 26 anos, que questionou os autores. Então, eles alegaram que estavam aguardando o idoso. Mas passado algum tempo, a vítima saiu pra fora do supermercado, quando foi surpreendida pelos autores. O.R. foi empurrado contra a parede, quando lhe arrancaram a sua carteira e roubaram a única cédula que continha, de R$ 2. Em ato contínuo, os autores jogaram a car teira no asfalto e fugiram pela av. Vereador João Sena, no sentido ao terminal rodoviário, levando o dinheiro. Os policiais ouviram a versão da funcionária do super merca-

do que realmente presenciou a vítima chegar ao local, quando lhe pediu ajuda. Ela disse que percebeu que os autores proferiam ameaça contra o idoso, tais como: “Vamos levar ele para o beco e matá-lo”. Então, ela acionou a polícia. Diante do exposto, a vítima entrou na viatura e, durante o rastreamento pelo caminho de fuga dos autores, eles foram visualizados. Os autores estavam sentados próximos a um pé de manga, no terminal rodoviário. No ato da abordagem, J.P.C., 29 anos, estava com os R$ 2 roubados da vítima. O autor A.P.C., 28 anos, foi localizado com um frasco de aguardente. Eles negaram a autoria do roubo, porém foram reconhecidos pela vítima e testemunha, sendo presos e encaminhados à presença do Delegado de Polícia Civil. Š‹Š ROUBO A TRANSEUNTE A Polícia Militar (PM) está à procura dos autores de um roubo contra transeunte registrado na quinta-feira, 28, às 13h, na av. Sebastião Ferreira Pinto, bair ro Salomão Drummond. E.C.M., 38 anos, disse que tinha acabado de sacar R$ 270 em um supermercado próximo e, no momento em que caminhava em direção a sua residência, foi abordado por três indivíduos. Segundo ele, todos são de estatura mediana e cútis clara. Eles começaram a agredir a vítima com socos e chutes, jogando-a no chão e retirando a sua carteira do bolso. Eles pegaram apenas os R$ 270 e evadiramse em seguida. A vítima foi encaminhada ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), onde foi medicada e liberada. A PM deu início aos rastreamentos para localizar os bandidos.

É agredida, ameaçada de morte e tem a residência destruída por causa do filho A Polícia Militar (PM) está à procura dos autores de uma lesão corporal e ameaça contra G.G.S., 48 anos, registrada na madrugada de quarta-feira, 4, por volta das 2h, na rua Rossini Rodrigues Duar te, bairro Boa Vista. No local, a vítima disse que um homem negro, calvo, acompanhado de mais dois indivíduos e uma mulher, foram até a sua casa atrás do seu filho E.V.M.. Segundo ela, logo após, o grupo começou a promover uma quebradeira na sua casa, danificando duas venezianas, todos os vidros das portas, um portão, uma televisão e algumas telhas de amianto. Ela disse que foi agredida com socos pelo homem negro e calvo, que lhe proferiu ameaças de morte contra todos de sua família. A vítima disse que, em seguida, o homem pegou um botijão de gás vazio e evadiu-se da casa com os seus comparsas, em um Ford/Eco Spor t, preto. De acordo com a mulher, o autor seria dono de um centro de umbanda e acusava o seu filho de ter praticado um furto no seu local de trabalho há alguns dias. Diante do exposto, os policiais iniciaram os rastreamentos. Š‹Š GRUPO AMEAÇA E AGRIDE JOVEM A Polícia Militar (PM) está à procura dos autores de uma agressão registrada no Centro da cidade na segunda-feira, 2, às 18h, na r ua Presidente Olegário Maciel, Centro. De acordo com a vítima, T.G.S., 23 anos, ele saiu da farmácia onde trabalha para dar uma volta pelo Centro. Segundo ele, foi abordado por quatro indivíduos que o ameaçaram, dizendo para ele não mexer com uma deter minada colega de trabalho da far mácia. Em dado momento, os indivíduos o

cercaram e um dos autores passou a agredi-lo com socos, causando-lhe um hematoma acima de seu supercílio. Após as agressões, os autores evadiram-se do local tomando rumo ignorado. A vítima não soube informar o endereço correto dos autores e nem os seus nomes e ele foi orientado para procurar a delegacia de polícia caso tenha mais alguma informação sobre os agressores. Segundo ele, os autores o ameaçaram dizendo que se ele ficar na porta da farmácia e mexer com a garota novamente vão “encher a cara dele de bala”. Os policiais iniciaram os rastreamentos, mas ninguém foi localizado Š‹Š CELULAR É FURTADO A Polícia Militar (PM) está à procura do autor de um furto de celular cometido em uma loja na quinta-feira, 28, às 11h, na av. Antônio Carlos, Centro. De acordo com a vendedora D.B.B., 19 anos, por volta das 10h, atendeu um cliente que se apresentou como A.L.M., 19 anos, residente na r ua João Batista da Silva, bairro São Pedro. A vendedora mostrou os celulares ao cliente e alguns ficaram sobre o balcão. Em certo momento, a moça afastou-se para tirar o xerox dos documentos dele e, quando voltou, notou que ele estava mexendo nos celulares em cima do balcão. Quando o cliente foi embora, a vendedora percebeu que um dos aparelhos não estava onde ela havia deixado. Ela acredita que o homem furtou o celular no valor de R$ 600. A vendedora ainda saiu para a r ua para tentar seguir o autor, porém não o viu mais. Os policiais foram até o suposto endereço do autor, constatando que não existe. A PM realizou os rastreamentos, porém ninguém foi localizado.


10

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

OPINIÃO 8RENATO MUNIZ BARRETTO DE CARVALHO

8MARCELINO PEREIRA DA CUNHA - BOAS PALAVRAS

Para ganhar um dinheirinho a mais

Espero que você seja... Digno

Já descobri um jeito garantido de ganhar um bom dinheiro. Vou me dedicar à produção e à comercialização de um novo produto. Eu conto. Depois de longos anos pesquisando e obser vando algumas atitudes humanas, em especial em cer tas cidades brasileiras, desenvolvi uma linha de produtos que, espero, fará grande sucesso em todo o ter ritório nacional e, quiçá, no estrangeiro. Não tenho grandes ilusões e nem alimento expectativas além das minhas possibilidades, mas já fiz uma boa sondagem do mercado e estudei bastante o compor tamento do consumidor potencial, tudo como sugerem os manuais de administração. Chega de suspense: vou produzir ár vores artificiais. Isso mesmo, ár vores artificiais! Não me decidi ainda sobre o material que empregarei, mas certamente será algum derivado de petróleo, um plástico qualquer, mais resistente às intempéries, aos ventos, às chuvas, aos raios solares, às gar ras dos passarinhos, ao estilete dos apaixonados e ao xixi dos cachor ros. Nada muito aprimorado, pois o produto tem de ser barato e bem acessível a todos. Sem sofisticações, poderá ser manuseado por crianças e idosos. Estudo uma linha exclusiva para órgãos públicos, especialmente prefeituras municipais deste nosso grande país. O produto será do tipo “monte você mesmo”, ou “do it yourself ”. Será enviado numa caixa de papelão reciclável, com um destacado apelo ecológico. O cliente poderá escolher vários modelos, com alturas diferenciadas, dimensões variadas da copa, aplicações diversas e até mesmo algumas espécies selecionadas, de acordo com o gosto pessoal. Isso eliminará alguns incômodos verificados

atualmente, como, por exemplo, o plantio inadequado de eucaliptos e pinheiros nos logradouros de cidades da região do Brasil Central. Elas crescem muito, ou não se adaptam, morrem, caem os galhos e causam problemas. Com as árvores artificiais acabam-se esses inconvenientes, pois é possível comprar uma araucária e plantar, por exemplo, em Gurupi (TO), sem culpa ou remorso. O grande diferencial do produto será o formato da árvore. Estamos desenvolvendo toda uma linha especial para ser colocada debaixo da rede elétrica, já que as companhias de

energia não estão dispostas a trabalhar com fiação subter rânea. Nesses casos, teremos árvores em formato de “V”. Forneceremos também árvores pendidas para um lado ou para o outro, à escolha do freguês e das circunstâncias do imóvel, da calçada, ou do quintal. Se não há espaço entre os postes e a frente do imóvel, poder-se-á adquirir uma ár vore pendida para a direita ou para a esquerda, dependendo do lado da calçada e de onde se queira a sombra. Teremos ainda árvores que já virão podadas no formato que o freguês desejar: redondinhas, em for ma de cone, imitando pinheiros, quadradas, chapéu, copiando bichinhos e o que mais a criatividade conseguir alcançar. É bom ressaltar que, uma vez escolhido o for mato, não serão necessários ser viços de poda anual ou reparos devido ao crescimento de galhos, pois o produto é completamente artificial. Os jardineiros não deverão ficar satisfeitos, mas é o progresso chegando! Outra grande vantagem das árvores artificiais é a ausência de folhas e frutos que caem no chão e sujam os logradouros. Acabam-se os problemas de entupimentos de calhas, de esgotos e a varrição fica mais fácil. E, se alguém quiser atrair pássaros e outros animais, já estamos pensando em criar uma linha paralela de produtos, como ninhos artificiais, ocos especialmente planejados para cor ujas, e até animais exóticos, para pendurar nos galhos, como esquilos etc. Tudo de plástico, é claro! Do jeito que as coisas caminham, acho que o sucesso virá com ânimo total neste meu novo empreendimento. É a força da Economia verde!

Renato Muniz Barretto de Carvalho é geógrafo, professor universitário, escritor e ambientalista.

8CARLOS RUAS - UM SÁBADO QUALQUER

www.umsabadoqualquer.com

8TAROT z ÁS DE COPAS

Por que não abrir o coração? O Tarot emite para você o conselho do Ás de Copas. Este arcano pede que, neste momento, você abra mais o seu centro do coração, deixando que a boa vontade e a afetuosidade brotem de sua alma sem expectativas ou condições. Permita que uma qualidade amorosa – que bate forte, pedindo pra sair – seja der ramada para todos os cantos, inclusive para aquelas pessoas de quem você menos gosta. Muitas boas surpresas ocorrerão à medida que

você compreender que, ao amar sem esperar resultados; os resultados serão melhores do que os originalmente esperados. Abrase ao novo! Não apenas a pessoas novas, mas também a novos olhares, novas perspectivas, de modo que o encantamento se derrame e você se perceba com a alma limpa, renovada, respirando e irradiando amor, tornando-se uma presença atrativa e desejada. É hora de amar! Não se importe se as pessoas

não lhe correspondem. Você aprenderá, neste momento, que o amor faz bem principalmente a quem o emite. E termina sendo algo beneficamente contagioso: magnetiza e afeta, transformando o mundo em tor no de si, tornando-o um lugar melhor. Conselho: Momento de abrir o coração, de renovar.

As coisa boas que chegam em nossas mãos temos a grata alegria em compartilhar com todos. Nossa dignidade depende da alegria que distribuímos no meio social. O texto abaixo, recebi do meu amigo Joamar Zanolini Nazereth (autor) e, com prazer, repasso para a sua apreciação. “Em um mundo onde o conforto e as facilidades tecnológicas nos tentam com uma postura egocêntrica, convidando-nos a pensar exageradamente em nós mesmos, muitas vezes nos afastamos das pessoas que são imprescindíveis para nossa satisfação de viver. E nessa busca desenfreada de valores perecíveis, sim, perecíveis, porque trocamos os valores mais intrínsecos a nós e perenes por bens de consumo que o tempo deteriora, acabamos por vender a alma, tal a sede de obter, ter e reter. Em troca de vantagens, ab-

dicamos de manter nossa consciência integralmente limpa e seguir um caminho mais árduo, mas sem nódoas maiores (somos imperfeitos e falhas acontecem e ainda acontecerão muitas vezes). Podemos idealizar e conquistar benefícios materiais na vida, pois isto não é atitude indecorosa, mas que nossas conquistas sejam sempre pautadas no proceder probo e consciencioso e que jamais nos falte a dignidade. Dignidade de ganhar sem pisar, magoar, lesar ou prejudicar a qualquer pessoa, bem como dignidade para reconhecer que outros também merecem ter os seus ganhos e nem sempre conseguimos o que desejamos.

Ser digno é olhar para a vida e para nosso semelhante com respeito e compreensão, sabendo que todos os dias surgem novo dia e novas oportunidades que poderemos aproveitar, sem manchar nossa alma com a mentira, com a trapaça, com a corrupção, com o ardil, com o menosprezo a outrem. Sendo dignos, o que ganharmos será alegria e satisfação pessoal e o que não ganharmos será também natural, fazendo parte de nossas vidas. O ser humano cresce e se aprimora com as experiências de alegria e tristeza, paz e dor, vencer e perder. A diferença entre o maduro e o imaturo é a dignidade com que se absorve a tudo”. Paz a todos

Marcelino Pereira da Cunha é araxaense, atual presidente do Gr upo Espírita da Amizade, professor de História e Geografia, especializado em Geologia

8DOM PAULO MENDES PEIXOTO

Ato de rejeição

Não temos que aceitar tudo que recebemos, mas nem tudo deve ser deixado de lado, no ostracismo e na rejeição total. Há muitos valores que acrescentam e são fundamentais na nossa existência e realização como pessoas humanas. A Palavra de Deus, por exemplo, é fonte de critérios para uma vida sadia e equilibrada. Jesus disse que, “um profeta nem sempre é bem recebido em sua própria ter ra natal” (Lc 4, 24). Os seus conterrâneos desqualificavam suas palavras por ser “filho de carpinteiro”, portanto considerado, naquele tempo, como pessoa de pouco prestígio. Assim não davam crédito aos ensinamentos que saíam de sua boca. Aos sábados, Jesus ia à sinagoga dos judeus para anunciar uma palavra de fé e vida. Isto causava admiração em algumas pessoas e atitudes de recusa em outras. O mais impressionante é que a recusa

era feita pelos líderes religiosos, por aqueles que deveriam proclamar a Mensagem do Mestre como fonte e motivação para a fé. Jesus anunciava com muita autoridade, mas isto não dependia de sua profissão, de ser carpinteiro. Era ensino com uma sabedoria dada pelo poder divino. Não poderia haver preconceito, mas reconhecimento do valor da Palavra. O preconceito causa fechamento do coração humano e impede a pessoa de ver a Deus através das obras realizadas em Jesus Cristo. Todo aquele que sente o sopro de Deus em sua vida faz o bem e age com muito mais res-

ponsabilidade. Do contrário, seu coração fica endurecido, insensível e suas atitudes às vezes são nefastas, egoístas e voltadas para o seu bem próprio. Isto pode ser identificado, com muita facilidade, nas lideranças mal preparadas, desonestas e aproveitadoras do poder que têm. Somos exortados a viver conforme nos ensinam os Evangelhos de Jesus Cristo. Uma das características é a humildade, a superação do orgulho próprio, o entender que na fraqueza humana está a grandeza do agir de Deus na vida das comunidades. Ele nos fala através de pessoas simples e modestas, com palavras que questionam nosso modo de ser e agir.

Dom Paulo Mendes Peixoto é Arcebispo de Uberaba

8RODRIGO FARNESI DE ARAUJO

Contrato de experiência de trabalho

O contrato individual de trabalho, segundo conceituação legal, é o acordo tácito ou expresso, correspondente à relação de emprego entre as partes. O contrato de trabalho entre empregado e empregador deverá, sempre, ser anotado na carteira de trabalho (CTPS) do trabalhador, no prazo de 48 horas, confor me deter mina o caput do artigo 29 da Consolidação das Leis do Trabalho (CTPS). Trata-se de imperativo legal, que não pode ser afastado sob nenhum pretexto. Como é cediço, os contratos de trabalho podem ser pactuados de forma determinada ou indeterminada. No que se refere aos contratos com determinação de prazo, só serão válidos em se tratando de serviço cuja natureza ou transitoriedade justifique a predeterminação do prazo, em atividades empresariais de caráter transitório e na hipótese de contrato de experiência. O contrato de experiência terá o prazo máximo de 90 (noventa) dias, a teor do disposto no parágrafo único do artigo 445 da CLT. Como dito, é exigência legal

que as relações de trabalho sejam anotadas na CTPS do empregado. Entretanto, alguns empregadores insistem em descumprir os preceitos legais, deixando de realizar a anotação da CTPS do empregado no início do pacto laboral, sob a alegação de que o período de experiência não precisa ser registrado. O argumento mencionado não encontra qualquer suporte legal. Ora, o contrato de experiência é modalidade de contrato de trabalho por prazo determinado, sendo que o empregado faz jus não somente ao registro, mas a todos os direitos decorrentes da relação contratual, como recolhimentos de depósitos para o FGTS e para a Previdência Social, e indenização por rescisão antecipada do contrato. Importante lembrar, ainda, que a Lei n.º 9.983/2000, acres-

centou os §§ 3º e 4º ao artigo 297 do Código Penal, prevendo que o não registro de um empregado em sua carteira profissional caracteriza crime passível da aplicação de pena de reclusão de dois a seis anos. Segundo interpretação literal da lei, basta a omissão no registro para a caracterização do ilícito, sem necessidade de demonstração do dolo. É certo que a sanção aludida no parágrafo anterior recebeu diversas críticas de juristas, por considerarem que o legislador foi extremamente severo e que o dispositivo é distorcido da realidade social. Porém, a norma está em vigor, e pode ser aplicada. Sendo assim, cabe ao empregador que descumpre a lei abandonar a prática ilegal de não anotar a carteira de trabalho do empregado no período de experiência, devendo o trabalhador exigir a assinatura da CTPS desde o princípio da relação laboral.

Rodrigo Farnesi de Araujo é presidente da Or dem dos Advogados do Brasil de Araxá (MG).


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

11

OPINIÃO 8VILMA CUNHA DUARTE

8LETRAS COM DIREITO - LUCÍLIA CANDINI

Ele e eu Nunca pensei em cair na sua rede sedutora. Há muito ele se insinuava tentando forçar minhas barreiras conser vadoras. Sou mineira ou não sou? Mandava recados escancarados e insinuantes e eu me esquivava, tremendo nas bases de insegurança. abab Seu jeito de novo rico, dono do mundo, era uma afronta para a minha incrível timidez na incógnita de acesso a novas experiências tão desafiantes. Apesar do bloqueio, ele mexia com as minhas reser vas de curiosidade. abab Devagarinho, ele foi se impondo na minha imaginação e tive premonições inquietantes. Um dia, sem mais nem quê, ele entrou casa adentro. abab Eu fingia ignorar a sua presença, mas ela me incomodava cutucando aquela vozinha de cobrança antipática alojada num canto qualquer e misterioso da cabeça. Inventava-me mil desculpas para fugir dele, porém como todos os conquistadores de carteira, o danado esbanjava paciência. Fiz até terapia de gr upo a fim de compreendê-lo. Em vão... Pessoas mais motivadas e competentes tiravam-no de letra, e eu ficava lá “boboiano”. abab Sou pertinaz desde o nascimento e tomei a decisão de enfrentá-lo. Que viesse com as suas arti-

manhas. Mulher também tem as próprias. abab Nosso primeiro contato de verdade foi um desastre. O provocante era inteligente demais pro meu bico. Sabia tudo quanto é língua, conhecia o mundo de cabo a rabo, era versátil em qualquer assunto e ainda me esnobava no mínimo tropeço. abab Sei lá! Quem sabe o Nelson Rodrigues tem razão e mulher gosta mesmo de apanhar... Acabei perdidamente apaixonada, e de pirraça vou con-

CALEIDOSCÓPIO

Para Ormy Ramos

quistá-lo também. abab De cara já lhe encontrei um defeito, o que é uma desforra para o meu ego ferido. Tem um vocabulário dos mais mixur ucas. Toda a hora enrubece tremidinho me pedindo socor ro. Adoro vê-lo fraquejar.

abab Com o tempo, meu xodó já mais gentil, começa a me adular com favores. Faz tudo que lhe peço e ainda diz ok. Agora, entregou minha crônica no Clarim num vapt-vupt. abab Estou de caso e complicado com o meu COMPUTADOR.

Vilma Cunha Duar te é escritora e poetisa, membro da Academia Araxense de Letras (AAL)

8DENISE M. OSBORNE

Por que muitos americanos não querem um sistema de saúde pública?

O Supremo Tribunal americano aprovou na semana passada o plano de saúde pública proposto por Obama, um momento histórico no país. Entretanto, o debate sobre a implementação do plano continua sendo um tema controver tido. Os dois candidatos americanos têm uma posição clara sobre o plano: enquanto Obama ganha “momentum” com a aprovação de seu plano, o candidato da oposição, Mitt Romney, declarou ser totalmente contra. Mas, por que muitos americanos não querem um plano de saúde pública no país? Aqui nos Estados Unidos não existe um sistema de saúde pública universal. Até agora, o que os americanos têm são seguros privados, pagos pelas empresas em que trabalham ou pelos próprios usuários. Os seguros, porém, estão cada vez mais caros, fazendo com que muitos americanos deixem de manter seus seguros. Atualmente, 1 em cada 4 americanos não tem plano de saúde; são aproximadamente 48 milhões de pessoas. Um número impressionante! Se há um acidente ou se alguém fica doente e não tem seguro, o hospital trata do paciente e posterior mente envia a conta astronômica. Se o paciente não pode pagar um plano de saúde, como poderá pagar as exorbitantes contas hospitalares? Nos Estados Unidos, até o momento, existem dois tipos de

programa social para saúde pública: Medicare e Medicaid, ambos implantados em 1965. Em geral, o Medicare é designado aos maiores de 65 anos ou pessoas com deficiência; e o Medicaid é designado às crianças, mulheres grávidas e pessoas com certas incapacidades, desde que comprovem serem pobres. Uma das metas de Obama era justamente a implementação de um sistema de saúde pública universal, chamado de Affordable Care Act, ou, como é popularmente conhecido, Obamacare. Este sistema requer que todos os americanos tenham plano de saúde, podendo optar pelo plano do governo ou um plano de saúde privado. De acordo com a proposta do Obamacare, caso o americano não tenha plano de saúde, ele ou ela terá que pagar uma multa. Obamacare também propõe que os planos atuais fiquem proibidos de negar coberturas e de aumentar o premium para pessoas com doenças pré-existentes. O plano de saúde que Obama propõe permitirá que todos os americanos tenham acesso a tratamento de saúde, independente da cobertura oferecida pelo seu plano de saúde. A impressão que temos é que esse plano seria apoiado por todos. Afinal, o dinheiro público seria direcionado à saúde e todos seriam beneficiados. Mas, por incrível que pareça, muitos americanos são contra o plano

de Obama, inclusive muitos dos que não podem pagar por um plano de saúde privado. Como isso é possível? A resposta parece girar em tor no dos princípios americanos. Forçar as pessoas a adquirir um plano de saúde pode ser interpretado como uma invasão à privacidade do cidadão e ao seu direito de escolha. Existe uma resistência muito grande por par te dos americanos em relação ao governo interferir na vida privada dos cidadãos. Muitos americanos consideram o plano de saúde inconstitucional. Esse argumento, entretanto, caiu por terra quando o Supremo Tribunal aprovou o plano, cujo pagamento foi considerado como um novo tipo de imposto. Outro argumento usado pelos americanos é que muitos não usam o sistema de saúde e, por isto, não deveriam pagar por algo que não usufruem. Ou ainda, que não querem pagar pelo tratamento de saúde de pessoas que não merecem, como aqueles que têm comportamentos irresponsáveis (drogados, alcoólicos etc.). Uma dona de casa americana chamada Spike Dolomite

Ward escreveu uma car ta pedindo desculpas ao presidente Obama e a publicou no jornal Los Angeles Times. Mrs. Ward era uma opositora ferrenha das mudanças do sistema de saúde propostas por Obama. Depois de dois anos sem condições de pagar um plano de saúde privado, Mrs. Ward descobriu que tinha câncer de mama, já no terceiro estágio. Sem saber como iria pagar pelo tratamento, ela descobriu que poderia se beneficiar do governo federal através de um plano de saúde para condições preexistentes, par te do plano do Obama para a saúde pública e que já estava disponível desde 2010. Mrs. Ward é agora uma defensora do Obamacare. É difícil de entender porque os americanos não querem um plano de saúde pública universal. Dos 33 países considerados desenvolvidos, como Japão, Inglaterra, Suécia, Canadá, somente os Estados Unidos não têm plano de saúde universal. A completa implementação de Obamacare é prevista para 2014, ou seja, para ser totalmente implantado, Obama terá que ser reeleito. O plano já superou o obstáculo legal. Falta agora, o político.

Denise M. Osborne é araxaense, pr ofessora e doutoranda pela Universidade do Arizona (USA) em Aquisição e Ensino de Segunda Língua (SLAT). E-mail: dmdcame@yahoo.com

Caro Leitor, Coisa de que criança nunca se esquece são férias. Eu costumava passar as minhas em Belo Horizonte, sediada na casa da minha avó Ormy, baldeando-me às vezes para a casa dos meus avós Victório e Dagmar e da Tia Nelly e do Tio Luiz. Naquela época, como já contei antes, Araxá era uma cidade encantada. Mas Belo Horizonte... ah, Belo Horizonte, era um deslumbre. Já na chegada mesmo, sentia um friozinho gostoso na barriga toda vez que o carro atingia o cume de alguma subida de suas avenidas largas e baixava rápido na descida. Era uma sensação inebriante de voo sem sair do chão. E os letreiros de neon? E as luzes dos sinaleiros? E aquele monte de gente e de car ro correndo de lá prá cá e de cá prá lá? Para a menina do interior, aquilo era fascinante. Chegávamos e íamos para a casa do meu Tio Pedro e da Tia Ísis, que na época tinham três filhas – Jussara, Cláudia e Andrea – mas depois vieram a Alessandra (será que foi daí que a minha mãe tirou o nome da minha patinha?) e o Juninho. No fundo da casa deles, também havia uma edícula, como na nossa casa, só que mais distanciada e acessível por uma escada. Ora, lá morava minha inesquecível vovó Ormy. A gente chegava e era uma alegria só. Os adultos se abraçavam e começavam a contar as novidades. Eu e o Lincoln nos uníamos àquela criançada e tocávamos a brincar. Brincávamos de pique de cor rer, de pique de esconder, de bola, de escorregador (não é que lá tinha um de verdade?), de balanço... Daí uns dias, meus pais e meu ir mão voltavam para Araxá e eu ficava até o fim das férias. A casa da minha avó Ormy tinha a for ma da letra “ele”: um quarto, uma sala e outra (que ficava cheia de móveis encaixotados e muito organizados), formavam a primeira “perna” do “ele”. Depois, vinha uma escadinha, que dava para uma pequena área, onde ficava a geladeira, a cozinha e o banheiro, formando a outra “per na”. Na frente da casinha, havia um patiozinho cimentado, com um tanque coberto. Na sala, as primas se reuniam, a avó contava estórias, fazia crochê e tricô, sentada na sua cadeira de balanço... A gente assistia à televisão e eu me encantava com a Rede Globo, que ainda não era transmitida em Araxá. Ela também fazia docinho de coco, que cortava em forma de losangos e arrumava meticulosamente num prato, parecendo uma grande estrela, em alto relevo e cheia de pontas... De noite, eu e ela ficávamos sozinhas e aí era hora de ela me contar estórias de um tempo encantado na vida dela – de quando morou numa fazenda de café, chamada Chapadão, quase na beira do Rio Grande, em Pedregulho, e onde conheceu meu avó Pedrinho, filho do vô Pedrão, italiano que

migrara para o Brasil. Descrevia a Fazenda, falava do vô Pedrinho com tanta emoção!!! Falava também de quando se mudou para a Franca do Imperador com meu pai e meus tios Pedro e Moyséz, ainda meninos pequenos, acompanhando meus bisavós Jacintho e Lucília, assim como os outros “agregados”. Passaram a viver todos numa casa muito grande, onde havia muita alegria e gente trabalhando e proseando o tempo todo. Tinha sempre os olhos úmidos quando se lembrava da mãe e do pai dela... Quando a gente ia se deitar, ela me contava estórias de princesas, de príncipes e de sapos. Cada uma mais bonita que a outra. Ela ia ficando com sono e querendo dor mir, mas eu não deixava: queria ouvir mais estórias. Então, ela começava a falar de um homem que tinha uma fazenda muito grande e que ia se mudar para outra muito longe e precisava levar todos os animais para lá. Aí, ele enchia o caminhão com as vacas e ia. Eu ficava esperando... Ela ficava em silêncio. Eu dizia: vó, esse caminhão não vai chegar? Ela respondia: é longe, demora um pouco. Eu perguntava daí a pouco: Já chegou? E ela: chegou, agora ele vai buscar os porquinhos. Espera que é longe. E assim, de bicho em bicho, ela dor mia e eu também. A minha avó Or my era uma grande companheira e amiga. Saía comigo pela Floresta – bair ro onde quase toda a família morava – e me comprava biscoitos de polvilho na “Mani”, rocambole de doce de leite confeitado com granulado de chocolate, na Padaria, bala de maçã na Lalka, e muito, muito, “Confetti” de chocolate colorido... Com seu dinheiro contado, presenteou a todos os netos com uma coleção de fábulas encantadas (para as meninas) e uma sobre bichos (para o Lincoln, que foi, durante algum tempo, o único menino), que comprava nas bancas de revista todo mês e depois mandou encadernar. Era uma pessoa simples e boa, muito boa... Todo mundo gostava dela. E é por isso que a falta dela dói muito até hoje. Vovó Ormy, um beijo, um abraço e um pedaço de queijo, para a senhora. Abraços também para todos daí, especial para a vovó Lucília, a Tia Glacy e a Tia Emiliana. Amigo Leitor, é muito difícil falar de avós que já se foram... Lucília Candini


12

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

Cidade recebe a mostra artística do Tim Arteducação O que é a beleza? Essa pergunta pode gerar diferentes respostas, ainda mais se os interrogados forem crianças, jovens e adultos. Foi pensando nisso que o TIM ArtEducAção de Araxá, escolheu o tema da Mostra Artística deste ano, que será realizada no dia 10 de julho, às 19h30, no Espaço do Centro Cultural do SESC, na Pousada Araxá. O espetáculo, que é gratuito, é um musical baseado em uma pesquisa de opinião com 200 respostas sobre o significado da beleza. Juntos, música, dança, circo, artes plásticas e artes digitais prometem provocar reflexões no público sobre a busca pelo verdadeiro sentido da beleza. A resposta, filosófica e profunda, vai gerar questionamentos sobre a valorização da simplicidade e das pequenas coisas da vida. A diretora artística do espetáculo, Wanilza Vieira, e idealizadora da pesquisa, explica o tema da mostra. “A beleza é muito abstrata, emocional e espiritual. Na pesquisa, percebemos que não existe beleza na solidão, que o significado dela sempre inclui mais de uma pessoa. A apresentação vai ser um convite para uma viagem interior, onde a experiência de cada um vai dar dimensão aos estados da beleza”. Durante o ano, para o sucesso das Mostras Artísticas, o TIM Ar tEducAção realizou a série “Diálogos” nas 12 cidades que recebem o Programa. Nas oportunidades, Marcelo Andrade, idealizador do TIM ArtEducAção, se reuniu com os arte-educadores para acertar os últimos detalhes de cada espetáculo. Para Marcelo, “os roteiros foram muito bem apresentados e a cada ano os trabalhos amadurecem. Os diálogos foram enriquecedores e os espetáculos vão encantar as plateias. Os pais e alunos vão ficar orgulhosos e juntos, eles vão vivenciar o poder transformador da ar te”, diz. Na Mostra Artística de Araxá, a inovação vai surpreender. O recurso da percussão corporal vai fazer com que a dança e o circo expressem harmoniosamente os ritmos da música, afinal o corpo é um dos símbolos da beleza. A arte digital vai utilizar a tecnologia para a formação do cenário, que também será composto pelo resultado do trabalho das oficinas de artes plásticas, responsável pela elaboração dos figurinos.

Wanilza acredita que as crianças e adolescentes estão bastante interessados pelo tema. “Os alunos perceberam que suas opiniões sobre a beleza foram importantes para a construção do espetáculo e estão se dedicando muito para o sucesso da Mostra”, afirma. Ana Vitória Borges, aluna da oficina de teatro, vai participar pela terceira vez da Mostra Artística. Um texto sobre a beleza, que ela mesma escreveu, vai ser lido no final da apresentação. A adolescente de 14 anos conta sobre a sua expectativa. “Gosto muito de participar das Mostras Artísticas e fico feliz em fazer parte de um espetáculo que contagia o público. O tema é emocionante e foi legal saber que a nossa opinião foi importante para o roteiro da apresentação”, revela. A expectativa de Dilse Carneiro, articuladora do TIM ArtEducAção na cidade para a Mostra Artística, é a melhor possível. “Fico orgulhosa ao ver os pequeninos protagonistas no palco. O trabalho de cada arteeducador deve ser aplaudido, pois eles prepararam muito bem os alunos. Em um mundo cheio de ilusões, acredito que a verdadeira beleza se mostra nas respostas de nossas crianças”, ressalta. Para a secretária de Educação de Araxá, Maria Célia Oliveira, “A Mostra Artística do TIM ArtEducAção valoriza o poder transformador da arte sobre as crianças e adolescentes, fazendo com que eles se tornem protagonistas e se sintam valorizados diante da admiração da plateia”. Realizado desde 2001, o Programa TIM ArtEducAção oferece anualmente, oficinas artísticas a aproximadamente cinco mil crianças e adolescentes da rede pública de ensino, em 12 cidades mineiras. O Programa é coordenado pela ONG Humanizarte e patrocinado pela empresa TIM, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Estado. Em Araxá, cerca de 220 alunos de quatro escolas da rede pública de ensino participam das oficinas artísticas de arte digital, circo, teatro, dança e música. Tudo isso é possível através de parcerias com a Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Educação, Centro de Dança Kathak, Bit Company e Escola de Múscia Maestro Elias Porfírio de Azevedo.

8EDUCAÇÃO

Projeto de conservação no CSU

tiveram uma recepção calorosa por parte dos funcionários e vereadores que não mediram esforços para que sanassem todas as dúvidas relacionadas ao desempenho de cada vereador. Para finalizar a visita, ficaram encantados com o lanche servido. O P rograma Integração AABB Comunidade agradece a todos da Câmara Municipal de Vereadores por propiciarem esta visita transfor mada em conhecimento e que será lembrada por toda nossa vida. Š‹Š Incentivo à Leitura No dia 22 de junho, das 13h às 16h, a Secretaria Municipal de Educação, através do Núcleo de Incentivo à Leitura, em parceria com a Biblioteca Pública, compareceu em Pratinha, atendendo a um convite das alunas do Magistério. Com a chegada da Biblioteca móvel, a criançada compareceu na praça para conferir o acer vo e se encantar com “Ratinete”, a ratinha que procurava um noivo à sua altura. O evento chamou a atenção de toda cidade. É a Secretaria de Educação tecendo leitores nas cidades vizinhas.

Dando continuidade ao Pro jeto Conservação das Florestas - Bioma Cerrado, os alunos do 4º ano da Escola Municipal de Aplicação - Anexo CSU, receberam a visita de Valéria - representante da Educação Ambiental da CBMM, para realização de uma oficina, onde os alunos conheceram o arboreto do Centro Social Urbano e juntos confeccionaram as excicatas. O Projeto está sendo desenvolvido desde o ano passado e tem como objetivo mobilizar alunos e professores a respeito da importância do meio ambiente, promovendo o conhecimento sobre a conservação das florestas do bioma cerrado, estimulando o protagonismo escolar no desenvolvimento de experiências pedagógicas em Educação Ambiental. Š‹Š AABB Comunidade na Câmara dos Vereadores Uma riqueza de experiência foi vivenciada pelos educandos do Programa Integração AABB Comunidade, porque puderam constatar a importância do trabalho realizado pelo corpo legislativo de Araxá. Todos se sentiram engrandecidos, pois,

Campanha da Paula Abdanur Moda beneficia entidades assistenciais

Pelo terceiro ano consecutivo, a Paula Abdanur Moda e Acessórios promoveu a tradicional campanha Inver no Solidário, uma ação de cidadania e solidariedade que faz parte do calendário da loja. Durante os meses de maio e junho os clientes puderam participar doando agasalhos, calçados, roupas, mantas e cober tores que foram entregues a entidades assistenciais da cidade. Este ano uma das beneficiadas foi a CASA - Casa de Acolhimento Social da Adolescente, entidade que acolhe meninas entre 12 e 17 anos que estejam enfrentando problemas de risco social ou pessoal. Segundo a responsável pelo abrigo, Angela Raquel da Silva, o objetivo é fortalecer e resgatar a autoestima das meninas e dos familiares. Hoje a CASA atende 14 meninas que recebem alimentação, acompanhamento escolar, transporte, medicamentos, apoio psicológico, aulas de inclusão digital e natação no Uniaraxá. Também beneficiado, o Lar Santa Terezinha, realiza um tra-

balho social semelhante ao de uma creche. Segundo a coordenadora, Irmã Rita de Cássia Saturno, o Lar acolhe crianças de 1 a 5 anos e meninas de 6 a

16 anos, sem custo nenhum para os pais. As crianças e adolescentes hoje assistidas pelo Lar recebem apoio pedagógico, alimentação básica e realizam

atividades como bordado, dança e teatro, além de aulas de inglês, karatê e judô. Outra entidade beneficiada foi a Casa do Bom Samaritano, que acolhe e dá apoio a soropositivos adultos debilitados e sem condições de inserção na vida social. Segundo a coordenadora, Cleide Aparecida, a casa atualmente acolhe 22 internos que recebem o tratamento fornecido pelo Governo Federal, além de outros medicamentos. Sustentada por doações de roupas e por campanhas de ar recadação promovidas pela população, a entidade carece de produtos de limpeza e, principalmente, fraldas descartáveis. A entrega do material ar recadado foi feito pessoalmente pela empresária Paula Oliveira, que se sentiu honrada em ajudar: “nesses três anos, pude receber o carinho e o afeto destas pessoas que muito me emocionaram. Quero agradecer a contribuição de todos que participaram desta campanha que tem um significado muito especial para mim”, finalizou Paula.


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

13

8º Encontro de Orquestras Enxadristas de de Viola é sucesso em Araxá Araxá na Etapa 8JEMG

Emoção traduzida em modas de viola, esta foi a sensação que o público araxaense sentiu na noite do sábado, 30, no Centro Cultural do Sesc Minas, no Alto Paranaíba. Cerca de 1,5 mil pessoas participaram do 8º Encontro de Orquestras de Violas, que reuniu aproximadamente 85 violeiros de Minas e São Paulo. Para participar, o público doou um litro de óleo de cozinha, que foi desatinado ao Programa Mesa Brasil Sesc Minas – Alimentação e Cidadania. A novidade desta edição foi a redução do número de orquestras nas apresentações. “Neste ano, aprimoramos toda a estrutura do encontro incluindo a redução do número de orquestras nas apresentações. Passamos de 12 para cinco gr upos, a fim de proporcionar ao público, maior tempo de concerto e uma melhor logística para a realização do evento”, explica o Diretor Regional Adjunto do Sesc Minas, Luciano de Assis Fagundes. “A escolha das orquestras foi totalmente democrática. Os grupos foram selecionados através de sorteio, gravado em vídeo, com a autorização dos músicos. Sendo assim, os grupos que não foram agraciados nesta edição terão a preferência das apresentações em 2013, garantindo a participação de todos”, conclui. Ousadia e bom gosto marcaram a noite. Nos reper tórios apresentados estavam músicas como: “Estou apaixonado”, “Rancho dos Ipês”, “Violeiro da Saudade”, “Boiadeiro Er rante” e “A viola e a Saudade”. “Este Encontro, realmente, marca es-

Regional

O evento reuniu mais de 80 músicos que, juntamente com o violeiro Fernando Sodré, encerraram a noite ao som de “Chico Mineiro” paço em Araxá. O Sesc Minas está de parabéns pelo sucesso deste evento, que se tor nou tradicional, não só na cidade, mas também na região”, afir ma o presidente do Sindicomércio Araxá, Emílio Ludovico Neumann. O público também prestigiou a apresentação do violeiro Fernando Sodré, que cantou e tocou clássicos da moda de viola e da música brasileira. De acordo com o aposentado, Antônio Firmino Silva, a apresentação proporcionou um momento de reviver o passado. “Fer nando

Sodré é um violeiro que nos faz voltar à nossa infância. Ele é capaz de fazer o instrumento falar em suas mãos. É um momento de recordar as melhores épocas da minha vida”, afir ma. O violeiro mirim, Lucas Martins, também emocionou o público. Aos dez anos e com apenas dois meses de aprendizado de viola, fez uma apresentação de viola clássica e caipira. “A cultura faz parte da missão do Sesc Minas, investir na área musical, faz parte dos nossos projetos. No caso específico de apoiarmos eventos de viola

caipira, nossa intenção é disseminar esta cultura e também despertar nos jovens a vontade de perpetuarem esta tradição”, afir ma Luciano de Assis Fagundes. Ao final das apresentações, uma surpresa. O público se emocionou com a música “Chico Mineiro”, interpretada simultaneamente pelos 85 violeiros. “A noite não poderia ter minar diferente. Fica o gostinho de quero mais. Já estou ansiosa pela chegada da 9ª edição”, conclui a dona de casa Maria das Dores.

Aconteceu na sexta-feira, 29, a Etapa Regional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) na modalidade Xadrez, em Tupaciguara. O Xadrez araxaense esteve representado pelo Colégio São Domingos (dois alunos) e pela Escola Estadual Dom José Gaspar (um aluno). No Módulo Um Feminino, o Colégio São Domingos conquistou o 5º lugar com a estudante Sabrina Guimarães Leite e 4º Lugar para o Colégio. No Modulo Um Masculino, o mesmo conquistou o 1º lugar, pela 3ª vez consecutiva na Etapa Regional do JEMG. O Campeão foi o estudante Bernardo Parolini, que conquistou 4,5 dos 5,0 disputados. No Módulo Dois Masculino, o Xadrez Araxa-

ense obteve o 13º lugar, com o estudante Lincoln Kailler Gomes Teixeira, da Escola Estadual Dom José Gaspar. Com estes resultados, o Xadrez araxaense será representado na Etapa Estadual pelo estudante do Colégio São Domingos Ber nardo Parolini, que além de conquistar o primeiro lugar no Módulo Um, também garantiu o título de Escola Campeã ao Colégio São Domingos, pelo 3º ano consecutivo nesta etapa e categoria. Bernardo disputou pela 4ª vez a JEMG (Etapa Microrregional, Regional de 2011 e 2012) Nestas quatro etapas, Bernardo não perdeu nenhuma partida, ou seja, está invicto. Um resultado fantástico e histórico para Araxá.


14

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

ESPORTE

Internacional retorna à liderança do Amadorão 2012 GREI

0

X

Fabinho, Marcelinho Paraná (Netinho), Juninho Transcol, Cassiano, Túlio (Vagner Love), Hermano, Monstrinho, Rafael Lemos, Jeferson, Caceba (Anísio Filho) e Bebeto (Ostinho Careca). Treinador: Wellington Bem Bão.

DÍNAMO

0

Ediney, Dunguinha, Igão, Dedé, Kelvin (Zé do Tim), Dalmer, Liniker , Pelezinho (Vertinho), Lucas Ribite (Anderson), Dieguinho (Deninho) e Victor (expulso). Treinador: Fernando Bobobó.

O árbitro do jogo foi Ronaldo Vicente auxiliado por Jose Maria e Mário Lúcio. A representante da LAD foi Helena Correa.

GUARANI

3

X

Xaneco Batata, Joãosinho, Macuco, Eduardinho (Alex Sander), Eduardinho, Alexandre, Tiãosinho (Juninho), Preto (João Paulo), Ezequiel (Lucas) e Alex (Fabinho). Treinador: Marcio Leblanc.

FERROCARRIL 2 Tiago, Alex (Chico), Alexsandro, Mirlano, Adelso (Fu), Merrinho (expulso), Lorran (Lequim), Heli (Tião – expulso), Zóio (Bilu), Marlinhos e Marquinhos. Treinador: Evaldo Juvenal.

O árbitro do jogo foi João Mariano de Andrade auxiliado por Nilson Rodrigues e Anísio Rubens. A representante da LAD foi Camila.

VILA NOVA

0

X

Ricardo, Saulo (Diogo), Bruno, Paulo Tiago, Tiago Piriá, Eder, Vinicius, Matheus Ibiá, Ronaldo, Sávio e Nicolas. Treinador: Nélio Reis.

GEF

0

Robert, Ítalo, Dudu, Emerson, Ere (Roger), Timim, Bruno César (Renê), Arthur, Fernando, Belchiorzinho e Malaia. Treinador: Claudio Macedo.

O árbitro do jogo foi Edilson José, auxiliado por Darlan Arnaldo e Gilberto Moraes. A representante da LAD foi Samara Felipe.

IPIRANGA

1

X

Rony, William (W atson), Cristiano, Juninho, Everton Negão (Diego Silvério), Gustavo (Ademir), Wilton Gaêga (Thiago Souza), Somália, Renailson, Robert Tatsuo e Aloanos (Leonardo). Treinador Macaquinho.

CIT

3

Heli, Zôba, Bené, Anselmo, Sidney, Adriano, Jean Carlos, André, Daniel, Diego (Everton) e Paulo Henrique (Paulinho Fumanchu). Treinador: Prof. Fernandinho.

O árbitro do jogo foi Wanderlei Medina auxiliado por Romeu Sebastião e Vicente dos Reis. A representante da LAD foi Geise.

OPERARIO

2

X

Testa, Clayton, Caju, Gilmar, Mamão (Tiãozinho), Dione, Jardel, Zé Luiz, Bruno, Jackson (Amâncio) e Cinquentinha (Yuri). Treinador Zezé.

CAIÇARA

3

César, Dênio (Patrick) (Leléco), Hélio, Amarildo, Carlinhos, William (Galego), Fabrício, Giovani, Walton, Thiaguinho e Fabinho (Diego). Treinador Marcilio.

O árbitro do jogo foi Marcilio Adriano auxiliado por Pedro Caetano e Washington Borges. A representante da LAD foi Eliane Marins

PALMERI

1

X

Dalminho, Valdo, Zé da Vale, Dinei, Chicandu, Magrão, Dione, Caíque, Valmeres, Fabianinho e Vaguinho (Santinho). Treinador Niltão.

INTER

2

Lucas Tocha, Marreco, Jonathan, Ricardo, Kiko, Robson (Mário), Paulo Tata (Fred), Vitinho, Cristiano (Arlem), Lavras (Cleone) e Flávio (João Copasa). Treinador Ademir.

O árbitro do jogo foi Nivaldo de Souza auxiliado por Gilson Olegário e Carlos Roberto. A representante da LAD foi Abigail.

FERROVIÁRIO 0 Caio, Raniel (expulso), Rafael Negão, Diego, Ricardo, Cadu (João Paulo), Teteu, Eltinho, Ramon, Fred e Coquinho. Treinador: Leandro.

X

COMERCIAL

4

Arlem, Igor Goiaba (Douglas Silva), Raul, Wilton Sargento, Vaninho, Cafu, Dedé (expulso), Augusto Todda, Gerson, Gordim (Serginho) e Caio (Matheus Mota). Treinador Edivaldo Pelanca.

O árbitro do jogo foi Wesley Elias auxiliado por José Roberto e Sérgio Mauricio. A representante da LAD foi Neide Goulart.

A rodada marcou o retorno do Inter nacional à liderança do Amadorão, aproveitando o empate entre Grei e Dínamo por 0 x 0. Destaque também para o Tigrão que goleou o Fer roviário e pulou da 9ª para a 3ª posição. Confira como foram os resultados da rodada: No Dona Adélia, o Tigrão goleou o Ferroviário por 4 x 0 com gols de Caio, Dedé, Gerson e Serginho. A equipe deu um super salto na tabela entrando no G8 e ocupando agora a 3ª posição. No Honorizio Pereira Veloso, o Vila Nova ficou no empate de 0 x 0 com o Gef. Ambas as equipes estão no G8. Na AFV, o Ipiranga sofreu sua segunda der rota consecutiva. Desta vez para o Cit por 3 x 1. Os gols do Cit foram marcados por Paulo Henrique (2) e Jean Carlos. O gol do Ipiranga marcado por Somália. Apesar da vitória, o Cit ainda permanece fora do G8, na 10ª posição. No Oacisto Teixeira, o Caiçara venceu o super clássico do São Geraldo por 3 x 2. Os gols do Caiçara foram marcados por Fabinho, Hélião e Geovani. Para o Operário marcou Bruno e Cinquentinha. No Mangabeiras, o Internacional venceu o Palmeri por 2 x 1 com os dois gols marcados por Cleones. Para o Palmeri descontou Valdo. No Campo do Santa, o Estância bateu o Santa Terezinha por 3 x 2, com gols de Maiquinhos, Alex e Robinho. Para o Santa, marcaram Cidão e Eduardo Picoé. O Santa permanece na zona de rebaixamento na penúltima posição com apenas um ponto. No Vicente Lobo, o Grei e o Dínamo não saíram do 0 x 0 e ambas as equipes permanecem ainda invictas. O Guarani segue embalado e venceu mais uma (a 4ª seguida). Venceu por 3 x 2, a forte equipe do Ferrocar ril, com três gols do atacante tapirense Alex. Para o Ferrocar ril marcaram Lequim e Bilu. Confira os confrontos da próxima rodada: z Vila Nova x Operário – Honorizio Pereira Veloso – 9h z Dínamo x Guarani – Honorizio Pereira Veloso – 11h z Gef x Palmeri – AFV – 8h30 z Grei x Tigrão – Vicente Lobo – 9h z Internacional x Estância – Dona Adélia – 9h z Santa Terezinha x Ferroviário – Campo do Santa – 8h30 z Ferrocarril x Ipiranga – Ernest Duílio Stefani – 9h z Cit x Caiçara – Campo do Santa – 10h30 Š‹Š GUARANI CHEGA A 4ª VITÓRIA CONSECUTIVA A equipe do Guarani, em boa fase na competição, venceu novamente e ocupa agora a 4ª posição. O grande destaque da partida foi o atacante Alex, que marcou os três gols do Bugre. Alex marcou o primeiro aos 12 minutos: O goleiro Xaneco deu um balão pra frente, a bola quicou enganando a marcação e sobrou com Alex que não bobeia e mandou pra rede. Na segunda etapa, o Ferrocarril tentou se igualar ao Guarani em campo, mas a equipe bugrina per maneceu melhor na maior parte do tempo. Aos oito minutos, Preto cobrou falta e Carlinhos tentou, mas não conseguiu bater pro gol em uma boa opor tunidade da partida. Aos 21 minutos, o Ferrocarril chegou com boa chance com Fu na área, que driblou, mas não encontrou espaço para batida. Aos 23 minutos, depois do Guarani perder uma boa chance no ataque, o Ferrocarril desceu em um contraataque com cinco jogadores contra dois defensores e Lequim invadiu a área, tirando do goleiro e batendo forte e rasteiro para empatar: 1 x 1. O Fer rocarril tentou aproveitar o momento do gol,

mas aos 25 minutos, Tião cometeu uma falta dura em cima de Ezequiel e acabou levando o cartão vermelho direto. Na cobrança da falta, aos 27 minutos, Alex cobrou muito bem por sobre a barreira e fez 2 x 1 Guarani. E aos 34 minutos, Alex cobrou novamente uma falta. Desta vez a bola desviou no meio do caminho e acabou enganando o goleiro Tiago: 3 x 1 Guarani. O Guarani ainda seguiu criando boas oportunidades, como aos 35 minutos, em um rápido contra-ataque no qual Ezequiel chegou na cara do gol e tentou por cobertura, com a bola encobrindo também o travessão. Nos minutos finais, o Ferrocarril passou a pressionar o Guarani. Aos 40 minutos, uma boa troca de passes entre Chico e Lequim e a bola chega até Fu, que acabou batendo pra fora. Aos 46 minutos, Bilu recebeu na área e bateu forte no meio do gol para diminuir: 3 x 2. Aos 47 minutos, Merrinho cometeu falta dura e acabou expulso, deixando o Ferrocar ril com nove em campo. Mas, mesmo assim a equipe ainda teve a grande oportunidade de empatar: aos 48 minutos, Lequim chegou em velocidade pela direita e cruzou na área, mas a zaga desviou levemente a bola pra linha de fundo, evitando que Bilu chegasse completando de carrinho pro gol. O Guarani, agora na 4ª posição, enfrentará na próxima rodada o Dínamo, no Honorizio Pereira Veloso, em uma partida de seis pontos. Já o Ferrocarril, volta a atuar em seus domínios contra o Ipiranga às 9h. Š‹Š EMPATE NO CLÁSSICO ENTRE GREI E DÍNAMO Uma partida muito movimentada e bem disputada, entre dois, dos principais favoritos ao título, mas que acabou mesmo com o empate. Ambas as equipes seguem invictas, mas o Grei acabou perdendo a liderança, que retornou ao Inter nacional. Na primeira etapa não teve grandes jogadas do ataque de ambas as equipes e o principal destaque foi o atacante Bebeto, do Grei, ter sentido mais uma vez a perna direita. Assim como na partida anterior, ele teve que ser substituído. Pelo lado do Dínamo, foi Pelézinho que sentiu tonteiras após uma dividida no meio

de campo e teve que ser substituído. No finalzinho da primeira etapa, o Dínamo teve duas boas oportunidades. Aos 41 minutos, Lucas Ribite chegou pela direita e bateu cr uzado com muito perigo, mas a bola seguiu pra fora. E aos 48 minutos, Dieguinho arrancou no meio de campo e foi fintando até a chegada de Juninho Transcol, na área que chegou travando e a bola foi a escanteio. Na segunda etapa, o Dínamo permaneceu com uma leve superioridade em campo. Aos 9 minutos, Victor recebeu na esquerda e chegou batendo forte e cr uzado, com muito perigo. O Grei deu a resposta na sequência, com Vagner Love chegando em velocidade na área. Ele passou por Ediney, mas acabou ficando sem ângulo para a batida e mandou a bola nas redes pelo lado de fora. Aos 14 minutos, Lucas Ribite recebeu na direita e bateu forte para o gol, com a bola passando por sobre o travessão. Aos 30 minutos, Victor dividiu uma bola um pouco mais forte e acabou recebendo o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo. No final da partida, o goleiro Fabinho acabou se destacando por duas grandes defesas: cobrança de escanteio, confusão na área e uma cabeçada pro gol. Fabinho defende e no rebote a bola sobra com Igão, que bate forte e de primeira, para outra grande defesa do goleiro Fabinho. Com o resultado, o Grei perdeu a liderança caindo para a 2ª colocação. Já o Dínamo, caiu para 6ª posição. Ambas as equipes seguem invictas, e na próxima rodada, terão pela frente o Tigrão, no Vicente Lobo às 9h, no caso do Grei, e o Guarani, no Honorizio Pereira Veloso às 11h no caso do Dínamo. Š‹Š CIT BATE IPIRANGA SE APROXIMA DO G8 Jogando na AFV, o Cit não tomou conhecimento do Ipiranga e com boa participação do atacante Paulo Henrique venceu por 3 x 1, encostando na zona de classificação. O Cit abriu o marcador aos 20 minutos, com Paulo Henrique após jogada de Diego. Aos 37 minutos, Renailson marcou contra, ao tentar cortar um cruzamento: 2 x 0. E o artilheiro do dia,

Paulo Henrique, ampliou para 3 x 0, aos 46 minutos do primeiro tempo. O Ipiranga somente descontou aos 25 minutos, com Somália. Na próxima rodada, o Cit entra em campo contra o Caiçara, no Campo do Santa às 10h30. Já o Ipiranga, enfrentará o Ferrocarril no Ernest Duílio Stefani, às 9h. Š‹Š INTERNACIONAL VENCE PALMERI E VOLTA À LIDERANÇA Em partida disputada no campo das Mangabeiras, o Internacional se recupera da derrota para o Grei, e com Dois gols de Cleone, volta a vencer e retoma a liderança da competição. Cleone abre o marcador para o Internacional, e Valdo empata para o Palmeri. Mas, Cleone marca novamente e dá a vitória à equipe do treinador Ademir, que retor na a liderança isolada da competição. Na próxima rodada, o Inter luta para manter a liderança, enfrentando o Estância, no Dona Adélia às 9h. Já o Palmeri, que ainda não pontuou, tenta se livrar da lanterna frente ao Gef na AFV, às 8h30. Š‹Š CAIÇARA VENCE CLÁSSICO Em um clássico de muita rivalidade entre os dois maiores campeões do futebol amador, o Caiçara conseguiu vencer para dar início a sua recuperação na competição. O Caiçara saiu na frente com gol de Fabinho, mas viu o Operário virar com gols de Bruno e Cinquentinha. O zagueiro Helião empatou para o Caiçara, e Geovani pôs a equipe à frente do marcador novamente, com outra virada na partida, e o placar ficou em 3 x 2 para o Caiçara. Agora, a equipe encara o Cit no campo do Santa às 10h30. Já o Operário tem pela frente o Vila, no Honorizio Pereira Veloso. Š‹Š COMERCIAL GOLEIA FERROVIÁRIO O Fer roviário segue fazendo uma péssima campanha e não consegue vencer. Pelo contrário, acaba levando mais uma goleada na competição. Enfrentando o Comercial, um dos favoritos ao título, a equipe foi derrotada por 4 x 0. Os gols, que valeram a 3ª posição ao Comercial, foram marcados por Caio, Dedé, Gerson e Serginho. Na próxima rodada, o Comercial, que agora mira a liderança, enfrenta o Grei no Vicente Lobo às 9h. Já o Fer roviário, tenta sua primeira vitória, contra o Santa Terezinha, no campo do Santa às 8h30. Š‹Š MAIS UMA DERROTA DO SANTA TEREZINHA O Campo do Santa viu mais uma derrota da equipe mandante. O Santa Terezinha não conseguiu, ainda, a sua primeira vitória e foi derrotado por 3 x 2 para Estância. Os gols, que deram a vitória á equipe do Setor Norte, foram marcados por Maiquinhos, Alex e Robinho. Para o Santa Terezinha marcaram Cidão e Eduardo Picoé. Na próxima rodada, o Santa Terezinha tenta escapulir da zona de rebaixamento, em um confronto com um adversário direto, que é o Fer roviário. Já o Estância, que se distanciou do perigo e agora sonha com a classificação, terá pela frente o líder Internacional, no Dona Adélia às 9h. Š‹Š VILA EMPATA COM O GEF Em partida disputada no Honorizio Pereira Veloso, o Vila Nova e o Gef empataram e permanecem no G8. O tricolor segue invicto na competição. Apesar de ter sido uma partida muito disputada, com ambas as equipes criando boas oportunidades, o placar ficou mesmo no 0 x 0. Na próxima rodada, o Vila Nova recebe o Operário, no Honorizio Pereira Veloso, às 9h. Já o Gef, enfrenta o Palmeri, na AFV às 8h30.


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

15

ESPORTE

Boa rodada para o Gansinho

O Gansinho entrou em campo nas três categorias de base e conquistou duas vitórias e um empate. Já classificado no infantil, perto no juvenil e ainda na luta no júnior. Š‹Š JÚNIOR De virada: Gansinho vence Januária por 3 x 1, na raça. Jogando no Fausto Alvim, o Gansinho fez uma partida de superação. Saiu atrás no placar, teve jogador expulso, conseguiu empatar e virar a par tida para delírio dos torcedores presentes. Na primeira etapa, uma par tida muito equilibrada e poucas chances reais de gols. Na segunda etapa, a par tida melhorou e muito. O Januária saiu na frente, aos cinco minutos, num rápido contra-ataque e a bola é lançada para André, que invade a área e bate na saída do goleiro Igor: 1 x 0 Januária. O nervosismo subiu nos garotos do Gansinho e aos nove minutos, Ataíde, que havia levado um amarelo por reclamação um minuto antes, acabou levando o segundo amarelo, no empur rão a André, em uma falta em favor do Ganso, e acabou sendo expulso deixando o Ganso com um a menos. Aproveitando-se do melhor momento, o Januária chegou novamente com muito perigo aos 13 minutos, em um rápido contra-ataque. Everton na área recebe batendo, para defesa de Igor a escanteio. O Gansinho pressionava em busca do empate, mandou bola no travessão, mas somente aos 27 minutos, o Ganso chega ao empate. Cobrança de escanteio e Robert sobe alto, para cabecear e empatar: 1 x 1. Três minutos depois, foi a vez de Januária perder um jogador: Jeferson foi expulso. Pressio-

nando em busca da vitória, que era o único placar que interessava ao Gansinho, Robert recebeu na área e bateu pro gol, com a bola passando sobre o travessão. Em seguida, aos 33 minutos, Robert bate pro gol, o goleiro defende e no rebote, Douglas aproveita para bater e virar: 2 x

ARAXÁ

3

Igor, Matheus Moura (Guilherme), Jorge (Zé Eurípedes), Douglas, Filipe (Robert), Dedimar, Lucas (Molay), Vinicius Riachinho, Ataide (expulso), Gustavo e Guilherme (Maxwell – expulso). Treinador: José Antunes.

oportunidade com Rober t em um contra-ataque, no qual ele chegou na cara do gol e bateu sobre o goleiro. Mas, aos 47 minutos, um novo contra-ataque e Guilher me rola para Robert bater e fazer 3 x 1 Gansinho. Na próxima rodada, neste sábado, 7, o Gansinho enfrenta o Uberlândia, no Parque do Sabiá às 10h. O Gansinho está na 4ª posição e a vitória é importantíssima, para que a equipe siga na luta por uma vaga. Š‹Š Infantil Gansinho goleia Comercial por 4 x 1. O infantil do Ganso, já classificado, venceu de virada o Comercial, na cidade de Belo Horizonte. A partida aconteceu no Campo do Comercial e o Gansinho saiu atrás do placar, mas com a excelente campanha que a equipe do treinador Fernandinho vem realizando na competição, acabou virando o marcador com gols de Nicolas (2), Germano e Breno. Com o placar de 4 x 1 o Gansinho, invicto, chega aos 19 pontos na liderança absoluta da competição e enfrenta na próxima rodada, neste sábado, 7, a equipe do Contagem no Fausto Alvim às 9h. Š‹Š Juvenil Gansinho empata em Belo Horizonte com o Comercial. A equipe do Juvenil, conquistou um bom resultado ao empatar com o Comercial por 0 x 0, em partida disputada no Campo do Comercial. O empate deixa a equipe do Gansinho com 11 pontos, na vice-liderança da chave B e na próxima rodada, neste sábado, 7, o Gansinho poderá dar um importante passo r umo a disputa da próxima fase, quando enfrenta a equipe do Contagem, no Fausto Alvim às 10h30.

1 Gansinho. Aos 39 minutos, uma boa jogada de Guilherme que deixa Maxwell na cara do gol, mas bateu pra fora. E Maxwell, também muito nervoso em campo, acabou sendo expulso pouco depois. Apesar da expulsão, o Gansinho permanecia melhor e teve grande

X

JANUÁRIA

1

Helisson, Daniel Reis, Marcos Henrique, Peter, Starley (Felipe Ferreira), Lucas, Ítalo (André), Wesley (Jeferson), Tarley (Everton) e Clerimar. Treinador: Eder.

O árbitro do jogo foi Wellington Luiz Figueiredo (FMF) auxiliado por Edílson José da Silva (LAD) e Wesley Elias dos Santos (LAD).

Definidos os finalistas do Rulalão 2012 Em uma partida muito disputada, diante de um bom público, o Dona Adélia venceu novamente e está de volta a decisão do Ruralão. A equipe foi campeã em 2010. O gol da vitória foi, mais uma vez, do artilheiro Patrick. O Estiva esteve mais perto de abrir o placar durante a partida, principalmente no primeiro tempo. Na segunda etapa a partida ficou mais equilibrada, mas no finalzinho, aos 46 minutos, o

C. DA MATA

1

Realino, Estevão (Leonardo), Jéder (Renatinho), Renê, Cumbuca (Caio), Bomfim, Grilo, Rildo, Julinho, Leopoldo (Alex Ratinho) e Alvim. Treinador Véio.

atacante Patrick aproveitou uma rebatida da zaga, para invadir a área e tocar por cobertura fazendo 1 x 0 Dona Adélia. Agora, a equipe enfrenta o Córrego da Mata, que venceu a Máfia nos pênaltis, na grande decisão. Š‹Š Córrego da Mata X Máfia Em uma semifinal equilibradíssima, a Máfia e o Córrego da Mata empataram, nas duas partidas por 1 x 1, e decidiram nos

X

MÁFIA

1

Pacote, Dalvan, Marcelo Sílica, Juninho Escova (Daniel), Guilherme, Felipe Zebine, Queijinho, Leandro, Edmilsinho (Fabrício), Juninho Valeriano e Beto Moura. Treinador Antonio do Arico.

O árbitro do jogo foi Amilton Cesar auxiliado por Romeu Sebastião e Wagner José. A representante da LAD foi Geise Kelly.

pênaltis com a vitória do Cór rego da Mata por 7 x 6. A Máfia abriu o marcador com Dalvan aos 17 minutos, e o Cór rego da Mata empatou com o goleiro Realino, cobrando pênalti aos 29 minutos. Os jogadores Rildo, do Cór rego da Mata, e Marcelo Sílica, da Fazenda Máfia, foram expulsos na primeira etapa. Como não havia vantagem para nenhuma equipe, a partida foi para as cobranças de penalidades. Na dis-

ESTIVA

0

Ricardo, Canarinho, Darley (Magrão), Luizinho, Tiãozinho (Éverton), Flávio (Marcilio), Juninho (Roberto), Barrerito, Lucinho (Diego), Urciano e Adrianinho (Dudu). Treinador: Dim.

puta das penalidades, pelo lado da Máfia, Dalvan, Fabrício, Leandro, Queijinho, Juninho Valeriano e Guilher me marcaram e Daniel desperdiçou a cobrança. Já pelo lado do Cór rego da Mata, nenhuma cobrança foi desperdiçada: Alvim, Renatinho, Caio, Julinho, Realino, Leonardo e Grilo marcaram. Agora, o Cór rego da Mata tem pela frente a equipe do Chácara Dona Adélia na grande decisão do Ruralão.

X

TROCA DE PASSES WILTON BORGES – wilton_borges@hotmail.com

Parabéns

AMADOR Meus parabéns para as equipes do Grei e do Dínamo. Fizeram um bom jogo, muito disputado e sem problemas dentro ou fora de campo. As equipes mostram que tem grandes elencos, e que estão ai, na posição de favoritos a conquista do amadorão. Notei que, tanto em um banco como no outro, os treinadores (aliás, jovens treinadores) tinham muitas opções para mexerem na equipe em campo. Ao final, as equipes de Fer nando Bobobó (Dínamo) e Wellington Bem Bão (Grei) permaneceram invictas e seguem bem na competição. Parabéns também para a equipe do Guarani. O Guarani chegou a 4ª vitória consecutiva e mostra que a equipe está escrevendo uma nova história na competição. Acostumado a frequentar as últimas posições e a escapar da queda, sempre nas rodadas finais, o Guarani começou a virar o jogo em 2011, quando se classificou à segunda fase e, neste ano deu

uma tacada certeira, ao trazer reforços do Olympique, atual campeão amador. A equipe está se entrosando e vem fazendo bons jogos. Nesta última rodada venceu o Ferrocar ril por 3 x 2. Š‹Š TAE KNOW DO Parabéns para o mestre e professor Evandro Carlos Silva. Evandro conquistou o Campeonato Mineiro de Tae Know Do na categoria máster, de forma antecipada, ao vencer a etapa de Divinópolis. Š‹Š ACADEMIA DE TÊNIS Parabéns a Jane Porfírio. Foi um grande evento a inauguração de sua academia de tênis. Aliás, muito marcante o momento em que aconteceu a inauguração, com os fogos e com Jane vibrando, e muito, dentro da quadra. Tenho certeza de que será um sucesso. Š‹Š BRASILEIRÃO Parabéns ao Galo no Brasileirão e ao América na Série B. As equipes vêm fazendo grandes campanhas.

TIRA-TEIMA EM ALTA No estalo: Jane Por fírio, Evandro Carlos Silva. E pelo lado do futebol amador o Tigrão que goleou e conquistou seis posições de uma vez. Š‹Š EM BAIXA Ipatinga: mais de 90 dias de salários em atraso. A equipe coleciona derrotas e segue rumo à série C do Brasileirão.

CRAQUE DA RODADA Fabinho: o melhor em campo na partida Grei 0 x 0 Dínamo

DONA ADÉLIA 1 Rodrigo, Branco (Alvaro), Mingau, Abacate, Lucas, Hugo, Edinho (Cicero), Serginho (Leo), Elbert, Patrick (Deley) e Arlem. Treinador: Célio.

O árbitro do jogo foi Darlan Arnaldo auxiliado por V itor Jailsom e Sebastião Prosolino. A representante da LAD foi Priscila Goulart.

Em uma partida muito disputada, com boa movimentação de ambas as equipes, ficou até difícil apontar um destaque apenas. Rafael Lemos foi outro jogador que teve uma boa movimentação em campo, pelo lado do Grei. Assim como Dalmer pelo lado do Dínamo. Mas o destaque ficou mesmo para Fabinho, que nos minutos finais, fez duas grandes defesas, que garantiram a inven-

cibilidade da equipe do Grei. Fabinho recebeu um valelanche “turbinado”, da Pastelaria Ki-Sabor, para duas pessoas na parceria Futebol Araxá/Jornal Clarim. Na rodada anterior, quem recebeu o brinde foi Caceba, também do Grei, que recebeu o mesmo vale-lanche e também uma caixinha de cer veja long-neck. Em toda rodada é eleito um Craque da Rodada.


16

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

IMÓVEIS E CONSTRUÇÃO

Sistema de estaca hélice contínua

Com elevada capacidade de carga, as estacas hélices contínuas são utilizadas em fundações profundas. A escolha por esse sistema de fundação depende não só das características do terreno ou dos custos envolvidos, mas também de aspectos da vizinhança do canteiro. Essas estacas são, por exemplo, mais indicadas do que estacas cravadas quando há restrições relacionadas à vibração ou a impactos sonoros. A opção por estacas hélice contínua pode ser deter minada também pela disponibilidade de equipamentos. A determinação deve ser feita por consultores ou es-

FONE 3661-6690

pecialistas em fundações. As construtoras e incorporadoras geralmente mantêm relações comerciais com empresas de fundações e geotecnia, que são acionadas, no caso da contratação do serviço de estaca hélice contínua, para participar das concorrências. Antes mesmo do início do processo de concorrência é recomendável que a constr utora forneça alguns dados básicos às prestadoras interessadas. Informações como sondagem do ter reno, projeto de fundações e planilha de itens a serem cotados propiciarão mais precisão ao orçamento fornecido.

VEÍCULOS

Citroën C3 Picasso 2013 ganha motor 1.5

PROMO PNEUS ÇÃO DE DE M O TO S 125 E 150

A MELHOR OPÇÃO EM PNEUS REMOLDADOS DE ARAXÁ E REGIÃO

RUA RIO BRANCO, 386/A - (34) 3664-7213

Minivan com novo propulsor chega em de julho por a partir de 45.600 reais

Vende- se um terreno na R. Totonho Pereira, nº 440, B. Santo Antonio, 49 m de comprimento, 20 m de frente e 30 m de fundo. Tratar com Maria Abadia (34) 3313-6219, valor R$ 180 mil.

Rua Santos Dumont nº40, esquina com Antônio Carlos. Telefax-3662-3889

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRATINHA Decreto 18 /2012 "Nomeia servidores aprovados em Concurso Público" O Prefeito Municipal de Pratinha, Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais e constitucionais de acordo com o result ado do Concurso Público 01/2011, Homologado em 27/03/2012, promovido pela ADVISE CONSULTORIA E PLANEJAMENT O LTDA, DECRETA: Art. 1º - Nomear para exercer suas funções na Prefeitura Municipal de Pratinha - MG.

Art. 2º- Os candidatos, ora nomeados, deverão tomar posse no prazo de 30(trinta) dias contados da publicação deste Decreto. Art. 3º- No ato da posse, o candidato deverá apresentar os documentos exigidos no Edital de abertura do Concurso 01/ 2011, não se admitindo pendências e assinar declaração de não acumulação de cargo público e declaração de bens e valores. Prefeitura Municipal de Pratinha - MG Em 29 de Junho de 2012. Antonio Lellis de Faria - Prefeito Municipal

www.clarim.net.br

A Citroën exibiu em seu website nesta quarta-feira, 27, a tabela de preços do C3 Picasso 2013 e também disponibilizou um novo motor para a minivan. Além da recémlançada motorização 1.6 16V de 115 cv e 15,5 kgfm de torque com gasolina, e 122 cv e 16,8 kgfm de força, com etanol, um propulsor 1.5 8V passou a ser oferecido para as versões de entrada do modelo. O novo sistema motriz gera 89 cavalos de potência e 13,4 mkgf de torque máximo com gasolina e 93 cv e 14,2 mkgf com o combustível de origem vegetal ocupando o tanque de combustível. ‹1.5 GL 8V Flex – R$ 45.600 ‹1.5 GLX 8V Flex – R$ 48.500 ‹1.6 GLX 16V Flex automático – R$ 53.500 ‹1.6 Exclusive 16V Flex – R$ 55.500 ‹1.6 Exclusive 16V Flex automático – R$ 58.900

CÂMARA MUNICIPAL DE ARAXÁ Pregão Presencial nº: 04/2012 - Processo nº: 19/2011. Encontrase aberto na Câmara Municipal de Araxa o pregão presencial para aquisição de um veículo novo, tipo sedan médio, 05 lugares, categoria passeio, a realizar-se no dia 20 de julho de 2012, às 15 h, com credenciamento a partir das 13 h, cujo edital poderá ser retirado na sede da Câmara, sito a Av. João Paulo II nº: 1200 - bairro Guilhermina Vieira Chaer - Araxá-MG. As informações poderão ser obtidas pelo tel (34) 3662-3040, nos dias úteis, das 13 h às 18 h. ***** CÂMARA MUNICIPAL DE ARAXÁ Processo nº: 17/2012 - Pregão Presencial nº: 02/2012. A Pregoeira e Equipe de Apoio declaram a licitação deserta, em razão da ausência de empresas interessadas na participação do certame. O presidente da Câmara determinou a repetição do Pregão Presencial e o arquivamento dos autos em epígrafe. ***** CÂMARA MUNICIPAL DE ARAXÁ Processo nº: 14/2011 - Concorrência nº: 01/2011. Julgamento das Propostas Preços: Radix Comunicação Ltda 100 pontos. Lume Comunicação Ltda 100 pontos. A apuração das notas finais: 1º lugar a empresa Radix Comunicação Lt da, com total de 83,10 pontos. Em 2º lugar a empresa Lume Comunicação Ltda com total de 79,80 pontos. Abre-se o prazo recursal com vist as dos autos às empresas interessadas. Ficam intimadas as empresas Ouvidor Comunicação Ltda e Link Comunicação Agência de Prop aganda Ltda para retirarem os envelopes nº: 04 (Proposta Preço) no prazo de 10 dias. ***** CÂMARA MUNICIPAL DE ARAXÁ RESOLUÇÃO INTERNA Nº 002 - 28 DE JUNHO DE 2012. Dispõe sobre a propaganda política-partidária nas repartições da Câmara Municip al de Araxá.

Considerando, o pleito eleitoral que se realizará neste ano de 2012; Considerando, o disposto no §3º do art. 37 da Lei 9.504 (Lei das Eleições): A MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE ARAXÁ, no uso de suas atribuições legais e constitucionais promulga a seguinte RESOLUÇÃO INTERNA, determinando seu imediato cumprimento. Art. 1o - Fica proibida a colocação ou distribuição de qualquer material de divulgação, como panfletos, folders, cartazes ou similares, com propaganda política de qualquer candidato ou candidatura, nas dependências de uso comum desta Casa, inclusive nas paredes e janelas voltadas para à rua. Art. 2º - É proibida a apologia de candidatos ou solicitação de voto para qualquer candidatura nas dependências do prédio desta Câmara, inclusive no interior dos Gabinetes dos Vereadores. Art. 3º. Nas portas e no interior dos Gabinetes dos Vereadores, somente será permitida a afixação da sigla partidária a que pertence o titular do Gabinete. Art. 4º - Nas áreas de uso comum fica proibido qualquer tipo de propaganda política-partidária. Art. 5º - É permitida a permanência de veículos, com adesivos de propaganda política, no estacionamento privativo dos vereadores e servidores da Casa. Art. 6º - A Secretária Geral encaminhará cópia desta Resolução Interna a cada um dos Vereadores e afixará nos murais da Câmara Municipal de Araxá. Art. 7º - Revogadas as disposições em contrário, esta RESOLUÇÃO INTERNA entra em vigor na data de sua publicação. Carlos Roberto Rosa - Presidente José Maria Lemos Júnior - Vice-Presidente Edna de Fátima Alves e Castro - Secretária


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

17

IMÓVEIS PJ:1023

BOANA

CRECI 10148

RUA PADRE ANCHIETA, 323, LOJA B

Av. Getúlio Vargas, 850

TELEFAX 3662-1800 CASAS PARA ALUGUEL - R. Luiz Colombo – Centro. - R. Calimério Guimarães – Centro. - R. Jose Olegário – S. Antonio. - R. Adhemar Rodrigues Valle – Alvorada. - R. Jaime Jacob de Avila – V. Silveria.. - Av. Aracely de Paula – V. Silvéria. - R. Evaristo Afonso Borges – V. cidade. - R. Alexandre gondin – Centro. - R. Jose Vaz da Silva – S. Antonio. - R. Manoel da cunha Oliveira – Centro. - R. Jose jacinto da Silva – Tiradentes. - R. Campos Altos – S .Cristóvão. - R. Pr.Olegário Maciel – Centro. - R. Maria da costa Gomes – S. Rita. - R. Jose de Ávila – Ana Antonia. - R. João Ribeiro – V. J. Ribeiro. - R. João Ribeiro – V. J. Ribeiro. QUITINETES PARA ALUGUEL - R. Ipiaó – Centro. - Av. Senador Montandon – Centro. - R. do Garimpo – Centro. APARTAMENTO PARA ALUGUEL - R. Vicente Rocha – Centro. - R. Calimério Guimarães – Centro. - R. N. Senhora Conceição – Centro. - R. Francisco Verçosa – V. Silvéria. - Av. Getulio Vargas – Centro. - Av. Senador Montandon – Centro. LOJAS PARA ALUGUEL - Av. Senador Montandon – Centro. - Av.Imbiara – V. Silvéria. - Av. Vereador J. Sena – Centro. - R. Belo Horizonte – Centro. SALAS PARA ALUGUEL - R. Mariano de Ávila – Centro. - R. Dom Jose Gaspar – Centro. - Av. Imbiara – V. Silvéria. - R. Uberaba – Centro. - R. Calimério Guimarães – Centro. CÔMODOS PARA ALUGUEL - Tv. Manoel A. Silva – S. Antonio. - Av. Senador Montandon – Centro. - R. Dr. Franklin de Castro – Centro. - R. Alexandre Dumont- Centro. TERRENOS PARA ALUGUEL - R. Dorvalino P. Borges – P. Pezzuti. - Av. Wilson Borges – V. Guimarães. - Av. João Paulo II – S. Luzia. - R. Rosalina Isaura Araújo - Alvorada - Av. Imbiara – Centro. - R. Joana D. Gonçalves – Abolição. - R. Geralda Detoni – Centro. CHÁCARA PARA ALUGUEL - Av. Tancredo Neves – v. Silveira. - Estrada Araxá-Uberlandia – 7km – 57 hectares. CASAS À VENDA - R. Campos Altos – S. Cristóvão. - R. Cláudio Jose de Faria - Av. Wilson Borges – S. Antonio. - R. Clarindo T. Almeida – S. Antonio. - R. Ana Antonia de Resende – S. Antonio. - R. Bernardo Guimarães – Área III - R. Domingos Leandro Silva – N. S. Antonio. - R. Adélia Maria de Resende – Mangueira. - R .Maria Benedita de Oliveira – mangueira. - R. Arisa Rodrigues Oliveira – Mangueira. - R. Pr. Maria Soares Santos – Arasol. - R. Baltazar de Matos – Armando Santos. - R. Joana Matos de lima – J. Natalia. - Av. Diomedes G. Santos APARTAMENTOS A VENDA - Av. Getulio Vargas – (Residencial das Acácias) - Centro. - R. Alexandre Gondin – Centro. - R. Dona Maroca – Centro. - Av. Aracely de Paula – Fertiza. - R. Rosalia Araújo – Alvorada. TERRENOS À VENDA - Av. Gerardo S. Melo – 3025 m2 – B. Vista - Av. Diomedes G. Santos – Barreirinho. - R .Romeu de Castro Alves – Fertiza. - Av. João Paulo II – Alvorada. - R. Jorge Akel – V. Silvéria. - R. Consolação – centro - Riviera do Lago. CHÁCARAS A VENDA - 63.266 metros quadrados a 3km do centro de Araxá. - 14,60,00 há de terras de campos no município de Ibiá – MG. www.constrec.com.br

3661-5307 3661-5683 minasimobiliaria.com.br CASAS À VENDA - Parque Administrativo R$ 350.000,00 - Casa Pão de Açúcar – 04 quartos (sendo 02 suítes, um com banheira de hidromassagem), sala com 02 ambientes, cozinha, área de serviço, garagem para 02 carros R$ 170.000,00. - Casa Pão de Açúcar – 02 quartos, sala, cozinha, banheiro social, quintal, garagem R$ 100.000,00. - BAIRRO SANTO ANTONIO 250.000,00 - Rua Carvalho Lopes - Centro 500.000,00 - CASA PRÓXIMO VEREDAS 250.000,00 - Av. Wilson Borges (cômodo e casa) Santo Antonio 730.000,00 - Rua Dario Castro Alves - Salomão Drumonnd R$ 110.000,00 - Rua Laurindo Baleeiro - Centro R$290.000,00 - Av . Prefeito Aracely de Paula 300.000,00 - Rua Jose Soraggi - Veredas - 3 quartos (01 suíte), 02 salas, cozinha, banheiro social, área de serviço, garagem. - Av. Pedro de Paula Lemos - Av. João Moreira Sales - Bairro Jardim Europa - Bairro Boa Vista - R. Ananias Teixeira - condomínio fechado c/ 08 casas, estacionamento p/ visitante, área de recreação, cada casa c/ 03 quartos (01 suíte), sala, copa, cozinha, lavabo, área de serviço, garagem coberta p/ 02 carros APARTAMENTOS A VENDA - Parque Administrativo - 110.000,00 - Bairro Santo Antonio 300.000,00 - Rua Alberto Tito - Centro - R$ 180.000,00 - Torre Miaui RESIDENCIAL ANDAIARU - R$ 180.000,00 - Rua Almeida Campos - Centro - 03 quartos (01 suíte, 02 com armários), sala, cozinha, banheiro social, área de serviço, garagem. - Av. Imbiara, Fertiza - Rua Abdanur Elias, Centro - Edifício Residencial das Acácias, preço de ocasião - Rua Mário Campos 1° andar - R$ 120.000,00 TERRENOS A VENDA - Bairro Mangabeira - Rivieira do Lago - Jardim Europa - Jardim Imperial - Bairro Alvorada. - Av. Ministro Olavo Drummond CASAS DE ALUGUEL - Rua Victor Purri Filho – V ila Guimarães - Rua Evaristo Afonso Borges - Veredas - Rua Waldomira Lemos – Pão de Açúcar - Rua Jose Primo de Melo – Centro - Rua Dos Beija Flores - João Bosco Teixeira - Rua André Alves Barcelos - Guilhermina Vieira Chaer - Rua Tubal de Freitas - Serra Morena - Rua Hermenegildo Contato - Morada do Sol - Av.João Moreira Sales - Arasol - Rua Benedita Maria de Jesus – Residencial Solaris - Rua Mariana Guimarães – Serra Morena - Av.Imbiara – Centro - Rua Joaquim Geraldo Filho – Orozino Teixeira - Rua Arnaldo França – Armando Santos APARTAMENTO DE ALUGUEL - Av. Prefeito Aracely de Paula - Centro - Rua Joaquim Alves Ferreira - Urciano Lemos - Rua Francisco Verçosa - Vila Silveria - Rua Mario Campos – Centro - Rua Capitão Izidro – Centro - Rua Almeida Campos – Centro - Rua Belo Horizonte – Centro - Rua Nicanor de Souza CÔMODOS PARA ALUGUEL - Rua Mariano de Ávila – Centro - Rua Joaquim Alves Ferreira – Urciano Lemos - AV.Amazonas - São Geraldo - Av. João Paulo II - Alvorada - Rua Argeu Alves da Costa - Vila Silveria - Av. Pedro de Paula Lemos - Santa Rita - Rua Presidente Olegário Maciel - Rua Padre Anchieta - Centro - Av. Getulio Vargas - Centro - Av.Doutor Pedro de Paula Lemos Santa Rita II - Chale Ana Jacinta CHACARA A VENDA - TERRA VERMELHA - PRÓXIMA ARAXÁ/MG - 3.000 m2, com água, luz, no local. R$- 35.000,00

IMOBILIÁRIA

Rua Nossa Sra. da Conceição, 250 PJ: 2232

FONE 3661-3435

RELAÇÃO DE IMÓVEIS PARA ALUGUEL - Rua Adhemar Rodrigues Valle, Bairro Alvorada 500,00 - Rua Imbiaça, Bairro São Pedro 600,00 - Av. João Moreira Sales, B. Padre Alaor 780,00 - Rua Limirio Afonso, Centro 780,00 - Av. Getúlio Vargas, Centro 800,00 - Av. Prefeito Aracely de Paula, Bairro Fertiza 850,00 - Rua Agenor Braga de Araújo, Bairro Silveria 1.200,00 BARRACO R$ - Rua Osvaldo Álvaro Silva, Bairro Estância 300,00 CASA R$ - Rua Limirio Flávio da Silva, Bairro Fertiza 390,00 - Rua Rosemeire Fátima de Rezende, Bairro Jardim Nathália II. 480,00 - Rua João Antonio da Mota, Santo Antônio 480,00 - Rua Amador Carneiro de Melo, Bairro Mangabeiras 550,00 - Av. João Paulo II, Centro 600,00 - Rua José Gomes Pereira, Bairro São Francisco 600,00 - Rua Alameda do Sol, Jardim Residencial Vila Verde 600,00 - Rua José Verissimo Camelo, Bairro Leblon 620,00 - Rua Antonio Pereira dos Santos, Bairro Estância 630,00 - Rua Osvaldo Álvaro Silva, Bairro Estância 650,00 - Rua Juca Gonçalves, Bairro Sto. Antônio 650,00 - Rua José Raimundo Roque, Bairro Francisco Duarte 700,00 - Rua Carlos Alberto da Mota, Bairro Jardim Europa 700,00 - Rua Marechal Deodoro, Bairro Alvorada 750,00 - Rua Araci Perfeito Penello, Bairro Guilhermina Vieira Chaer 750,00 - Rua Corina Maria Luiza, Bairro São Francisco 750,00 - Rua Padre José Zorzal, Mangueira II 800,00 - Rua Marechal Deodoro, Bairro Alvorada 800,00 - Rua Consolação, Centro 850,00 - Rua Maria de Lourdes Moreira, Bairro Sta. Rita II 900,00 - Rua Juca Gonçalves, Santo Antônio 1.000,00 - Alameda Everest, Bairro Guilhermina Vieira Chaer 1.100,00 - Rua Celina de Sousa Silva, Centro 1.600,00 - Rua Primeiro de Maio, Centro (IMOVEL PARA FINS COMERCIAIS) 2.200,00 - Rua Padre Antonio Marcigáglia, Centro 2.500,00 GALPÃO R$ - Av. Dr. Danilo Cunha, Bairro Morada do Sol 1.500,00 - Av. Dr. Pedro de Paula Lemos, Bairro Ana Antonia 2.400,00 - Rua Terêncio Pereira, Bairro Sto. Antonio 3.200,00 - Av. Honório de Paiva Abreu, Residencial Solaris 3.800,00 - Av. Ministro Olavo Drumond, Bairro São Geraldo 4.000,00 KITINETE R$ - Rua Dom José Gaspar, Centro 400,00 - Av. Imbiara, Centro 430,00 LOJA R$ - Av. Getúlio Vargas, Centro 200,00 - Av. Prefeito Aracely de Paula, Sta. Terezinha (Próximo ao Sesc) 250,00 - Rua Dom José Gaspar, Centro 300,00 - Travessa Santa Izabel, Centro 350,00 - Rua Cônego Cassiano, Centro 350,00 - Rua Santo Antônio, Santo Antônio 360,00 - Rua Capitão Izidro, Centro 390,00 - Av. Imbiara, Centro 500,00 - Rua Jhonny Nolli, Centro 500,00 - Rua Presidente Olegário Maciel, Centro 550,00 - Av. Getúlio Vargas, Centro 550,00 - Rua Joaquim Antônio Dutra, Centro 600,00 - Av. Sebastião Afonseca e Silva, Bairro Santa Terezinha 600,00 - Av. João Moreira Salles, Bairro Sta. Terezinha 700,00 - Rua Terêncio Pereira, Bairro Sto. Antonio 700,00 - Rua Belo Horizonte, Centro 800,00 - Rua Calimério Guimarães, Centro (Próximo a CEF) 1.500,00 - Rua Dom José Gaspar, Centro 1.500,00 - Rua Capitão Izidro, Centro 1.600,00 - Av. Getúlio Vargas, Centro 1.800,00 - Praça Dom Bosco, Centro (Antiga M Video) 2.500,00 - Rua Calimério Guimarães, Centro 3.000,00 - Av. Imbiara, Centro 8.000,00 - Av. Antonio Carlos, Centro 12.000,00 SALA R$ - Rua Presidente Olegário Maciel, Centro (Centro Comercial) 300,00 - Rua Presidente Olegário Maciel, Centro (em frente ao Clube Araxá) 465,00 - Av. Getúlio Vargas, Centro (Frente a Construvel) 580,00 - Rua Calimerio Guimarães, Centro (onde funciona a Loja Panamericano) 600,00 TERRENO R$ - Rua Juca Gonçalves, Bairro Sto. Antonio 500,00 - Av. Ministro Olavo Drumond (Próximo ao aeroporto) 1.000,00 RELAÇÃO DE IMÓVEIS PARA VENDA APARTAMENTOS - Rua Capitão Izidro, Apto 203, Centro - Rua Funcionário João Rosa, Apto 202, Centro CASA - Av. Diomedes Gentil dos Santos, Barreirinho - Rua Angela Martins de Oliveira, Bairro Boa Vista - Rua Domingos Leandro Silva, Bairro Novo Santo Antonio - Rua Idélcio José Rufino, Bairro Mangabeiras - Rua Janaina Andrade Teixeira, Bairro Santa Rita - Rua José Cecílio da Trindade, Bairro Jardim Natália - Rua José Raimundo Roque, Bairro Francisco Duarte - Rua Maria Lucinda da Mota, B. Adhemar Rodrigues Valle - Rua Milton Pereira de Rezende, Bairro Pão de Açúcar - Rua Padre José Zorzal, Mangueira - Rua Paul Harris, Bairro João Ribeiro - Rua Piaui, Bairro São Geraldo - Rua Tia Nica, Bairro São Pedro CHÁCARA - Sítio Serra Azul FAZENDA - Fazenda com 138 ha, Ibiá - MG GALPÃO - Rua Manoel da Cunha Oliveira, Centro SITIO - 11800 m², Perdizes - MG TERRENO - Av. Honório de Paiva Abreu, Bairro Bela Vista - Rua Baltazar José Alves, Bairro Pedra Azul - Rua Nestor Castro Alves, Bairro Francisco Duarte

Imobiliária Porto Seguro

CRECI 12.201

Av. Vereador João Sena, 143-A

CRECI - PJ 3710

COMPRA - VENDE - ALUGA ADMINISTRA AV. VEREADOR JOÃO SENA Nº 85

3662-5324

FONE: 3662-1282 FAX: 3362-7883

TERRENOS A VENDA

CASAS Á VENDA - Casa no Bairro Alvorada - Casa na Rua Maria das Dores Carneiro (Francisco Duarte) - Casa no Bairro Armando Santos - Casa no Bairro Pão de Açucar - Casa no Bairro Ana Pinto de Almeida - Casa no Bairro Ana Antonia - Casa no Bairro Alvorada com Cômodo de Comercio - Casa com Cômodo Comercial na Av.Wilson Borges - Casas no Bairro Boa Vista - Casa na Rua Capitão Chaves (Centro) - Casas no Centro - Casa no Bairro Domingos Zema - Casa no Bairro Fertiza - Casa no Bairro Horozino Teixeira - Casa no Bairro Jardim Natalia II e (III) - Casa no Bairro Jardim Imperial - Casa no Bairro Jardim das Palmeiras - Casa no Bairro Jardim Europa - Casa no Bairro João Bosco Teixeira - Casa no Bairro João Ribeiro - Casa no Bairro Leblon - Casa no Mangabeiras I e Mangabeiras II - Casa no Bairro Novo Horozino - Casa no Bairro Santo Antonio - Casa na Vila São Cristóvão - Casa no Bairro São Geraldo - Casa no Bairro Salomão Drumond - Casa no Bairro São Francisco - Casa no Bairro Santa Luzia - Casa no Bairro Santa Rita - Casa no Bairro São Pedro - Casa no Bairro Solaris I - Casas no Bairro Veredas - Casa no Bairro Vila Estância - Casa na Rua Ipiaó - Próx. á Rua Uberaba . - Apto Av. Vereador João Sena - Aptos Vila Silveria - Cômodo no Bairro Veredas - Cômodo no Bairro Santo Antonio TERRENOS - Terras no Município de Sacramento (19 Alqueires) - Chácara Recanto das Gameleiras - Terreno - Jardim das Palmeiras - Terreno - Residencial Vitoria - Terreno no Bairro Urciano Lemos - Terreno na Av. Ministro Olavo Drumond - Terrenos no Bairro Armando Santos - Terreno no Bairro Alvorada - Terreno na Av. Ananias Aguiar - Terreno no Bairro São Francisco - Terreno no Bairro Serra Morena - Terrenos - Jardim Imperial - Terreno no Bairro Parque das Flores - Terreno no Bairro João Bosco Teixeira - Terreno no Bairro João Ribeiro - Terreno no Bairro Fertiza - Terreno no Bairro Veredas - Terreno no Bairro Santa Terezinha - Terreno na Rua Cassiano Lemos esquina com a Rua Garimpo ALUGUEL - Casa Bairro Santo Antonio - Casa na Av. Aracely de Paula - Casa no Bairro Santa Rita II - Casa no Bairro Alvorada - Casa no Bairro São Francisco - Casa no Bairro São Pedro - Casa na Bairro Vila Silveria - Casa no Bairro Mangueiras - Barraco na área Central - Apto na Av. Aracely de Paula - Apto no Bairro Guilhermina Chaer - Apto na Rua 1ª de Maio (Centro) - Kit Net no Bairro São Geraldo - Cômodo Comercial no Santo Antônio - Cômodo Comercial no Bairro Alvorada - Cômodo Comercial na Av. João Moreira Sales - Cômodo Comercial no Bairro Santa Luzia - Terreno na Av.Terencio Pereira (Santo Antonio) - Terreno no Bairro Alvorada - Terreno no Bairro Amazonas

- B. Armando Santos 10x 24 R$ 37 mil

- B. Serra Morena 12 x 30 R$ 45 mil - Av. Pedro de Paula Lmeos, 12 x 30 R$ 48 mil - Santa Rita II, 10 x30 R$ 50 mil - Residencial Camuá 360m R$ 50 mil - Residencial Camuá 437m² R$ 52 mil - Setor Administrativo (próximo Câmara Municipal) 12 x 30 R$ 72 mil - Veredas 12 x 30 R$ 100 MIL CASAS PARA ALUGUEL - Urciano Lemos, 6 qtos, sendo 1 suite, sala, cozinha, wc, garagem para 2 carros R$ 700,00 APARTAMENTOS PARA ALUGUEL - Apartamento central 3 qtos sendo um suíte, 3 salas, cozinha, wc, lavanderia,e vaga p/ 1 carro R$ 1.300,00 SALA COMERCIAL PARA ALUGUEL - Centro Comercial, R$ 415,00 + condomínio CASAS À VENDA - Barraco no Novo Santo Antonio, Travessa Manoel Antonio Silva, 2 qtos, sala, cozinha, WC, lavanderia R$ 45 mil - Casa nova em fase de acabamento B. João Bosco Teixeira 1 qto, sala, cozinha, wc R$ 50 mil. - Francisco Duarte, 3 qts., sala, coz., WC, lav., gar., R$ 70 mil - Salomão Drummond, 3 qts., sala, coz., WC, lav., gar. , cômodo de comércio, R$ 90 mil - Novo Santo Antonio, R. Frederico Ozamar, 3 qtos, sala, cozinha, WC, lavanderia e garagem R$ 90 mil - Armando Santos, 2 qtos, sala, cozinha 2 wc, lavanderia e garagem 2 carros R$ 100 mil - B. Urciano Lemos, 6 qtos, sendo 1 suíte, sala, cozinha, 2 banheiros, garagem 2 carros, R$ 110 mil. - Serra Morena, 2 qtos, sala, cozinha, WC, lavanderia e entrada p/ carro. R$ 120 mil - Bairro SantoAntônio, 3 qts., sala, copa, gar. p/ 2 carros. R$ 130 mil - B. Novo Orozino (casa nova), 2 qtos sendo 1 suíte, sala, cozinha, wc, lavanderia e garagem 2 carros R$ 130 mil. - B. Joaõ Bosco Teixeira, 3 qtos sendo 1 suíte, sala, cozinha, wc, lavanderia e garagem 2 carros. R$ 135 mil. - Santo Antônio (próximo à Nestlè), R$ 180 mil - Casa central na rua Cristóvão Vilela, 4 qts. sendo 1 suíte, sala, copa, coz., WC, lav., área, churrasqueira, gar. p/ 3 carros. R$ 200 mil - B.Veredas (NOVA) 4 qtos, sendo 1 suíte, sala, copa, cozinha, lavanderia, garagem para 2 carros. R$ 240 mil - B. Veredas, 3 qtos, sendo 1 suite, sala, copa, cozinha, WC e lavanderia, área p/ churrasqueira, garagem p/ 2 carros. R$ 250 mil APARTAMENTOS PARA VENDA - Central 3 qtos, sendo 1 suíte, sala, copa, cozinha, WC, lavanderia e vaga p/ 1 carro. R$ 220 mil. CÔMODOS PARA ALUGUEL - Padre Alaor Av. João Moreira Sales, R$ 1800,00

PASSAMOS ESCRITURAS DE IMÓVEIS RURAIS E URBANOS, GARANTIMOS O MELHOR PREÇO. TEMOS OS CLIENTES PARA COMPRAR CASAS E TERRENOS. SE VOCÊ ESTIVER INTERESSADO EM VENDER OU ALUGAR SEU IMÓVEL. ESTAMOS PRECISANDO DE IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO, TEMOS CLIENTES CADASTRADOS. LIGUE 3662-5324

FAÇA-NOS UMA VISITA E CONFIRA. TEMOS VÁRIOS IMÓVEIS URBANOS.


18

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

AGRONEGÓCIOS

Análises de raio X indica potencial fisiológico de semente de girassol Óleo de girassol possui características importantes do ponto de vista culinário e nutricional. Pesquisa da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, desenvolveu procedimentos para agilizar a obtenção de informações precisas sobre o potencial fisiológico de sementes de girassol, para pesquisa e programas de controle de qualidade. O estudo da engenheira agrônoma Cartiane Rocha utilizou análises de raios X, método de precisão não destrutivo, que examina as sementes em detalhes e verifica a localização e extensão de regiões danificadas, além de análise computadorizada de plântulas por meio de um sistema chamado Seed Vigor Imaging System – SVIS®. O trabalho foi realizado utilizando-se 10 lotes de sementes de girassol do cultivar Catissol 01, tanto para avaliação da morfologia interna quanto para a análise de plântulas. As análises relativas à morfologia interna das sementes foram realizadas em apenas uma época, no início da pesquisa. Já as etapas relativas ao sistema computadorizado de imagens de plântulas e demais testes de vigor foram realizados em duas épocas, espaçadas em quatro meses. Os resultados principais mostraram que as análises de imagens de raios X per mitiram identificar danos mecânicos, má for mação do embrião e tecidos deteriorados em semen-

tes de girassol que podem ser relacionados com a presença de plântulas normais, anormais e sementes mortas no teste de primeira contagem de germinação. “Ao mesmo tempo, o SVIS® foi uma alternativa viável para a avaliação do vigor de sementes dessa espécie”, explica Cartiane. ‹ Análise computadorizada De acordo com a engenheira agrônoma, a análise computadorizada está fornecendo resultados bastante interessantes para diversas espécies como ocorreu para o girassol. “As vantagens desse programa incluem os resultados rápidos, consistentes e coerentes quando comparados aos testes tradicionalmente utilizados para a espécie”, ressalta. “Este sistema mi-

nimiza o er ro humano na interpretação dos resultados, aumentando a confiabilidade dos dados para fins de comparação, além da possibilidade de arquivamento das imagens para análise posterior.” Segundo a pesquisadora, o uso de raios X e do sistema Seed Vigor Imaging System – SVIS® em Tecnologia de Sementes no Brasil está, ainda, restrito ao ambiente acadêmico. “A comunidade científica tem feito o seu papel, ou seja, contribuído com infor mações técnicas e científicas sobre a viabilidade de utilização de imagens computado rizadas em sementes e plântulas. O próximo passo será expandir essa tecnologia e implementar a sua introdução em laboratórios de rotina envolvidos em programas de controle de

qualidade de sementes”, conclui A pesquisa foi desenvolvida nos Laboratórios de Análise de Imagens e Análise de Sementes do Departamento de Produção Vegetal (LPV) da Esalq, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O orientador foi o professor Silvio Moure Cicero, do LPV. O crescente interesse pela produção de biodiesel no Brasil e no mundo por conta da necessidade da redução dos impactos ambientais decor rentes da queima de combustíveis fósseis e da diversificação da matriz energética brasileira levou Cartiane a estudar o potencial fisiológico de sementes de girassol. “Além desse potencial energético, o óleo de girassol possui características importantes do ponto de vista culinário e nutricional, apresentando sabor suave e aroma agradável. A semente possui cerca de 24 % de proteínas e 47,3 % de óleo, sendo rica em ácido linoleico, o mais conhecido tipo de ácido graxo, substância que não é produzida pelo organismo, mas é essencial à vida”, afir ma. “Esse óleo também pode ser um aliado na prevenção de doenças cardiovasculares e no controle do nível de colesterol no sangue”. Mais infor mações: (19) 8139-3930; e-mail cartiro cha@yahoo.com.br , com Cartiane Rocha; e-mail smcicero@usp.br, com o professor Silvio Moure Cícero

8DEJETO SUÍNO

Fertilizante pode levar toxicidade a solos Os dejetos de suínos utilizados como fertilizante agrícola podem apresentar toxicidade para a fauna que habita o solo (edáfica). O trabalho da zootecnista Júlia Corá Segat realizado na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, avaliou o potencial toxicológico dos dejetos em solos de Santa Catarina, utilizando como ferramenta a ecotoxicologia terrestre, que mede os efeitos na letalidade, reprodução, desenvolvimento e comportamento dos

‹ PASSAGENS AÉREAS ‹ CRUZEIROS MARÍTIMOS ‹ PACOTES TURÍSTICOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS ‹ EXCURSÕES P/ CONCURSOS INFORMAÇÕES e RESERVAS solangetur@netsite.com.br (34) 3076 1024 - 9144 1094 - 8859 1094

PRECISA-SE

de profissional com experiência na área de panificação

SALGADEIRA E PADEIRO CONFEITEIRO com experiência para trabalhar em Uberaba. Entrar em contato pelos telefones (34) 3312-2999 e (34) 8852-2385

ÓTIMA REMUNERAÇÃO

seres vivos existentes no solo. O estudo de mestrado aponta a impor tância da utilização de solos naturais de diferentes texturas e de diferentes organismos na avaliação de toxicidade. Criação de suínos gera aporte de dejetos, usados como fertilizante, nos solos. A zootecnista avaliou por meio de testes ecotoxicológicos os efeitos de doses crescentes de dejeto de suínos - 0, 25, 50, 75 e 100 metros cúbicos por hectare (m3 ha-1), baseando-se na recomendação da legislação

catarinense para esse resíduo (50 m3 ha-1). Em diferentes tipos de solo (Argissolo Vermelho Eutrófico, Latossolo Vermelho Distrófico, Neossolo Quartzarênico e Solo Artificial Tropical) avaliou-se a sobrevivência, a reprodução e o comportamento de minhocas (Eisenia andrei) e colêmbolos (Folsomia candida), uma espécie de inseto, a par tir de metodologias padronizadas internacionalmente. “Os resultados das avaliações com minhocas mostraram que no Neossolo Quar tzarênico, a toxicidade do dejeto causou letalidade a 100% dos animais nas duas maiores doses testadas”, conta Julia. Para os testes avaliando o potencial reprodutivo, as doses testadas em Neossolo Quar tzarênico tiveram efeitos negativos em minhocas, mas nos outros solos não ocorreu efeito perceptível. Os resultados obtidos para testes em colêmbolos mostraram toxicidade em todas as doses testadas, causando letalidade significativa na menor dose de dejeto aplicada e, baseado nessa resposta, doses menores foram usadas para avaliar o efeito crônico e comportamental (0, 10, 15, 20 e 25 m3 ha-1). As doses usadas para o teste de reprodução causaram redução no número de juvenis gerados em todos os solos testados. “No teste de comportamento foi observada fuga dos organismos do solo tratado com as duas maiores doses de dejeto de suínos”, ressalta a pesquisadora. ‹ Ecotoxicologia terrestre De acordo com a zootecnista, a ecotoxicologia terrestre é utilizada para avaliar efeitos de substâncias que, quando adicionadas aos solos, causam impactos em organismos, mensurando as respostas de alterações na taxa de letalidade, reprodução, desenvolvimento e comportamento de organismos edáficos padronizados. “No Brasil a ecotoxicologia terrestre é

uma ferramenta nova e pouco utilizada, que vem sendo aos poucos implantada no país, em alguns centros de pesquisa. Já na Europa é amplamente usada e até obrigatória para indicar a toxicidade de resíduos que possam ter como destino os solos”, explica a pesquisadora. Júlia enfatiza a necessidade de desenvolver estudos utilizando a ecotoxicologia ter restre como ferramenta de avaliação por apresentar respostas rápidas e confiáveis sobre a toxicidade de substâncias incorporadas a solos. “Os resultados dessas avaliações também ser vem de subsídios para estabelecer valores limites de aplicação de resíduos em solos”, destaca. O trabalho, apresentado no programa de Pós-graduação de Solos e Nutrição de Plantas da Esalq, teve o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A orientadora foi a professora Elke Jurandy Bran Nogueira Cardoso, do Departamento de Ciência do Solo (LSO) da Esalq. O Brasil ocupa atualmente a quarta posição entre os produtores mundiais de carne suína e o Estado de Santa Catarina é responsável por 25% desta produção. Nesse Estado brasileiro, a intensificação da produção em pequena área ter ritorial gera um grande aporte anual de dejetos de suínos por unidade de área agrícola. Isso porque a alternativa mais utilizada para descarte desses resíduos é a sua aplicação como fer tilizante agrícola, prática que tem gerado um dos maiores problemas de poluição ambiental e de impacto nos organismos que habitam os solos (edáficos), especialmente na região Oeste Catarinense. Mais infor mações: e-mail juliasegat@yahoo.com.br, com Júlia Corá Segat


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

IMÓVEIS CRECI -22642 CASAS - Bairro Alvorada R$ 250.000,00. - Rua Manoel Amancio Costa 280.000,00 (Arasol) - Apartamento Vila São Pedro R$ 140.000,00 - Jardim imperial R$ 350.000,00 - Jardim imperial R$ 370.000,00 - Jardim imperial R$ 345.000,00 - Jardim imperial R$ 325.000,00 - Jardim Natalia II (casa com barraco) R$ 150.000,00 - Parque administrativo (acima da nova Câmara Municipal) R$ 290.000,00 - Rua Uberaba R$ 170.000,00 - Novo Santo Antônio R$ 150.000,00 - Vila Silveria R$ 200.000,00 - Rua Rio Branco (Área Comercial) R$ 350.000,00 - Pão de Açucar R$ 100.000,00 - Virgilio de Abreu (centro) R$ 270.000,00 - Capitão Izidro (Apartamento) R$ 150.000,00 - Jardim Europa R$ 185.000,00 - Solaris (IMA) R$ 270.000,00 - Casa central R$ 260.000,00 (ótima localização) - Casa central R$ 120.000,00 (ótima localização) - Casa nova (próximo ao ginásio Santa Luzia) R$ 150.000,00 - Serra Morena R$ 150.000,00 - Santo Antônio R$ 150.000,00 - Condomínio Residencial Monte Jardim R$ 250.000,00 - Apartamento vale do Andaiaru R$ 180.000,00 - Condomínio Residencial Monte Verde R$ 380.000,00 - Rua Campos Altos (São Cristovão) R$ 150.000,00 - Santo Antônio área de 40.000 m2, composta por 4 lagos, casa residencial, estrutura para restaurante. (ótima oportunidade). -Rua Alberto Tito (centro) R$ 160.000,00 -Vila Estância R$ 170.000,00

Residencial Fenícia (Próximo ao CDA do ZEMA) Lotes 12X30 a partir de R$ 39.900,00 financiados em 60 meses. Vale a pena conferir. Lotes p ara Rancho Sentido Antinha 21 km do centro da cidade, Rio Tamanduá a partir de 2.000 m2. Vale a pena conferir.

COMPRA , VENDA DE IMÓVEIS URBANOS E RURAIS, ADMINISTR AÇÃO DE IMÓVEIS, FINANCIAMENTOS, CONSÓRCIOS.

RUA PRESIDENTE OLEGÁRIO MACIEL, 1201 A

(34)3664-1087 - 9108-1087 VENDAS: Casas, Terrenos, Apartamentos, Sítios, Fazendas e Locações.

TERRENOS - Mangabeiras R$ 48.000,00 - Av: Pedro de Paula Lemos (Ana Antônia - área comercial) R$ 80.000,00 - Jardim Cecilia R$ 75.000,00 - Salomão Drumond R$ 40.000,00 - Guilermina Chaer 396 m2 R$ 95.000,00 Solaris (IMA) esquina R$ 85.000,00 - Residencial Bocaina (ágio) + prestação R$ 80.000,00 - Area comercial (Em frente sede nova da prefeitura)(murado,Plano,água e luz) R$ 180.000,00 - Jardim Cecilia R$ 85.000,00 - Vila Univeritária 362 m2 R$ 55.000,00 - Camuá 680 m2 (esquina) R$ 90.000,00 IMÓVEIS RURAIS - Fazenda c/ 10,5 alqueires a 22 KM de Araxá, rumo a Uberlândia, 800 m do asfalto, Sede, topografia levemente ondulada, terra mista gado/leite, estrutura para leite R$ 750.000,00. - Temos também fazendas sentido Araxá-Patos, Araxá-Uberaba, Araxá – Perdizes.

Rua Rio Branco 994 - 3664-4612 - 8816-2726 - 9258-0133

CRECI 6841

RUA DOM JOSÉ GASPAR, 225/101 - 3661-4662 ou 9108-9983

Vende-se uma casa no B.Armando Santos, R. Wagner Tadeu de Rezende, 130, sala, cozinha, wc, garagem, comodo de comercico. Valor R$ 70 mil. Tratar com Leandro 8801-6176 ou 9931-0311. RUA LUIZ COLOMBO, 290

Vende-se apartamento de 2 qtos, em fase final de construção na R. Capitão Izidro,4º andar. Valor: R$ 200 mil. Tratar 3662-5110 ou 8818-6075.

CRECI J 2940 VENDA DE LOTES E CASAS EM VÁRIAS LOCALIDADES

(34) 3662-5080

Praça São Domingos, 353, Sala 2 - Centro

Vende- se um terreno na R. Totonho Pereira, nº 440, B. Santo Antonio, 49 m de comprimento, 20 m de frente e 30 m de fundo. Tratar com Maria Abadia (34) 3313-6219, valor R$ 180 mil.

www.clarim.net.br

19


20

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

Ronaldo Paiva

MOMENTOS

ronaldo@momentosnet.com.br

‹JULIANA E THIAGO‹ Certamente foi um dos mais bonitos casamentos da temporada com cerimônia religiosa na Igreja Nossa Senhora das Graças e, vejam que boa ideia, cumprimentos em tendas montadas na frente da igreja onde foi servido um bolo com champanhe. Cerimônia conduzida pelo padre Antônio Carlos (que falou sobre as diferenças entre as pessoas, mas que se completam com o amor) e fundo musical, elogiadíssimo, com voz de Diany e Vanderlei, som da Audiomix. Os noivos receberam os cumprimentos rodeados pelos elegantes pais Júlio Cesar Mesquita e Eloide e Antônio Gama França e Nilda. Juliana, que fez o dia da noiva na Primeiro de Maio com o sempre

ORO IMAGEM RADIOLOGIA E DOCUMENTAÇÃO ODONTOLÓGICA SERVIÇOS ‹ Radiografias intrabucais ‹ Radiografias Panorâmicas e Telerradiografias ‹ Documentação Ortodôntica Avenida Prefeito Aracely de Paula, 1780 - Fone 3664-7227

aclamado John Romualdo, usou vestido da Ki Amor Noiva, modelo clássico, com bordados, e cabelo preso com trança de um lado. Seu buquê, grife Momentos, era de lírios cor de rosa. Momentos também assinou a decoração da igreja, com flores brancas em suportes de vidro, realçando com iluminação especial e das tendas com bolo (de Maria José) no centro, tapetes espalhados e uma cascata de heras no fundo do local dos cumprimentos. Neste local as flores eram na cor laranja. O bufê era de Heloisa e os bemcasados de Sinara. Na lista dos padrinhos, o irmão da noiva Fernando Luzia França com Karla e o ir mão do noivo Júlio Mesquita Júnior e Marcela.

‹ACADEMIA DE TÊNIS‹

z Contabilidade comercial, industrial e rural z Organização empresarial z Planejamento fiscal e tributário z Processamento de dados

Foi em clima de emoção a abertura da “Academia de Tênis Jane Porfírio Magriotis”, na última 6ª feira. Jane, visivelmente feliz, dizia que era a realização de antigo sonho. Em seu vídeo ela dissertou sobre sua vida, desde os 15 anos, quando se apaixonou pelo tênis, passando pela condição de esposa e mãe, voltando para o esporte primeiramente para a bike e depois para o Triatlon. Falou de suas lutas e de suas vitórias. Enumerou todos aqueles que fizeram (e fazem) parte de sua história de vida, e agradeceu a todos especialmente aos pais os simpáticos Lincoln Porfírio e Walda. Jane estava rodeada de amigos e admiradores que torcem pelo sucesso da Academia. Também usaram a palavra o marido, companheiro de todas

as horas, César Magriotis e Marco Túlio Cardoso Porfírio. Depois do descer ramento da placa foi apresentada a quadra, primeiramente iluminada por uma cascata de fogos e depois os holofotes foram ligados e Jane deu a raquetada inaugural, sob acordes da música de Airton Sena. Raquete e bolas foram levadas pelos 3 filhos de Jane e um grande gr upo de crianças. Tudo muito bonito e, sobretudo emocionante. O ambiente, já muito bonito, com jardins com altas palmeiras, foi decorado pela Momentos e foi servido caprichado coquetel assinado por Daniel Paiva. Sem dúvida foi uma noite especial, para uma pessoa especial marcando o início de uma nova fase no esporte. Resumindo, é um presente que Araxá ganha.

Rua Luiz Colombo, nº 290 - Centro - Araxá/MG

(34) 3662-1124 sed@sedcontabilidade.com.br

Jane e seus homenageados na festa do Tênis

Jane Porfírio Magriotis clicada por João de Lima na abertura de sua Academia de Tênis.

 MOMENTOS RÁPIDOS FDS agitado no Tauá Grande Hotel com o casamento do estilista FRANK PRADO com a modelo KLÍCIAN. Festa decididamente elegante para 250 felizardos convidados, de marcar época, sem contar a simpatia dos noivos. Detalhes depois. *** Ontem jantar festivo do LIONS CLUBE ARAXÁ com posse do casal EDUARDO TANNUS e KÁTIA, no Virgilius Pálace Hotel. Na mesma cerimônia encerramento de gestão e início de nova gestão do casal presidente FÁBIO VICENTE DE PAIVA e CLEONICE. Ainda sobre os Lions animado baile em benefício do INSTITUTO DA VISÃO no Girassol. *** O impor tante nesta vida é estar feliz realizando o seu sonho. Permita que a DANILO DE SOUZA EMPREENDIMENTOS E IMOBILIÁRIA mostre o caminho para isso. Visite o escritório na Praça São Domingos, 353. *** A OCA DA ILHA agitada neste mês de julho com animadas festas todos os finais de semana. Um sucesso. A tur ma está curtindo. *** A bonita THAMIRES TUBERTINE sopra velas de 15 anos, neste sábado, no Eva´s. *** Elegante PAULA LEMOS a todo vapor repaginando residências e escritórios com extremo bom gosto. Vale a pena visitar a TRAÇOS E LAÇOS na Calimério Guimarães, 151. *** Bolo com recheio de pistache para os aniversariantes: dia 3, José Gaudêncio Júnior e escritora BEATRIZ ROSA; dia 4, JOSÉ OTÁVIO LEMOS, HELOISA MANEIRA e médico ABDALLA ELIAS NETO; dia 5, ar quiteto ERNANE LEITE e empresário SÉRGIO CHAER; dia 7, empresária MARA DUTRA e dia 8, FÁBIO VICENTE DE PAIVA e a sempre simpática ZEZÉ PIRES. *** Nasceu Valentina, para alegria dos pais Cintia e Cláudio Marques e avós Fer nando Braga, Maria e Heitor. *** A elegante Jane Cordeiro assinou o bufê da badalada festa comemorando os 40 anos do Jornal da Manhã, em Uberaba.


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

SOCIAIS

Catia Maria Lemos Melo Zema

21

catialemos@terra.com.br

John Romualdo

 TECENDO LEITORES

Cabeleireiros & Equipe

É de emocionar o entusiasmo e a dedicação das professoras... A paixão pela literatura está explícita na foto. No dia 22/06 a Secretaria Municipal de Educação, através do Núcleo de Incentivo à Leitura, em parceria com a Biblioteca Pública, compareceu em Pratinha, atendendo a um convite das alunas do Magistério. Com a chegada da Biblioteca móvel, a criançada compareceu na praça para conferir o acervo e se encantar com “Ratinete”, a ratinha que procurava um noivo à sua altura. Cumprimentando a Profa. Dilse Aparecida Rosa Carneiro, a Co luna cumprimenta e aplaude toda a equipe.

Onde você é mais você! RUA 1º DE MAIO, 50 (34) 3661-1080

Nutricionista Dra. Cintia Stefania Nepomuceno

É a mais nova integrante da equipe Nutrispa, formada em 2005, terminou recentemente uma especialização na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, na área de Suplementação alimentos funcionais e fitoterápicos.

 SUCESSO

No sábado que passou, a cantora Ludmila Rocha, deu um show de talento e carisma no programa do Raul Gil, no quadro “Mulheres que brilham”. Inúmeros amigos foram tomados pela emoção ao assistirem a apresentação de Ludimila, inclusive esta colunista que tem carinho especial pela cantora. Sucesso L udy! Na foto, a tefestejada cantora com sua mãe “tia Rita”, (amiga querida) uma das grandes educadoras da terra.

 ACONTECENDO Acontece nesta sexta-feira, 6, na FCCB, a abertura do Primeiro Festival de Inver no de Araxá, com show imperdível de Lô Borges, um dos grandes nomes do Clube da Esquina e da MPB.  O senador Aécio Neves é relator de projeto de lei que aumenta os royalties da mineração de 2% para 4%. No Canadá, o tributo chega a 7,5%. Já o Deputado Diego Andrade defende ICMS sobre expor tações de minério bruto: “Estão levando o minério como fizeram ao nosso ouro”.  Aconteceu no Centro de For mação Profissional Júlio Dário em parceria com o UNIARAXÁ, o 1º Circuito Interno de Basquete para os alunos da Escola de Basquete viabilizada pelo Programa Aliança pela Vida do Governo do Estado de MG. O evento foi organizado pelo professor Aureliano Leal e o coordenado pelo gestor Emilio Santigo.  Com o término das Convenções Partidárias e com a

homologação dos candidatos à Prefeitura de Araxá, a Coluna deseja a todos os candidatos de todos os partidos, uma campanha limpa, voltada para o povo e com objetivos sérios para a efetivação de uma democracia plena, e que a partir de agora as rixas pessoais deixem de existir no campo eleitoral, respeitando a sociedade e a nós eleitores, que não podemos ser responsabilizados por vaidades e diferenças pessoais.  O abraço especial da Coluna para os festejados aniversariantes: 21/06 – Elenice Veloso de Paulo, Renata Guimarães Borges, Maria Celia de Castro; 23/06 – Vanessa Zago, Camila Montandon Dr ummond, João Bosco Borges, Bruna Aguiar Gontijo, Luciano de Oliveira França; 30/06 – Heloisa Neumann, Lidia Stojanovic Verçosa; 03/07 – Cecilia Beatriz Por firio Rosa, José Gaudêncio Júnior; 04/07 – Dr. Abdalla Elias Neto, Mariana Rios, José Otávio Lemos; 07/07 – Mara Dutra; 08/ 07 – Miguel Junior.

AV. JOÃO MOREIRA SALES, 770 - (34) 3662-9691 - www.clinicacnutrispa.com.br -

Renovando, transformando, criando novas alternativas. Consertos de roupas de qualquer tipo, barras e uniformes.

“Comece a tecer que Deus te fornece a linha” Rua Mariano de Ávila, 115 - loja 05 - Fone 3662-2847

ACADEMIA DE TÊNIS - Com uma tacada certeira, a triatleta, supercampeã e orgulho para terra - Jane Porfírio Magriotis presenteia Araxá com a Academia de Tênis que foi inaugurada na última semana. Presente assim é fruto de muito idealismo, gar ra e amor ao esporte e aos atletas que agora podem vislumbrar uma oportunidade ímpar em Araxá. Parabéns Jane, você engrandece nossa terra.

 CHIC & CHOC Aniversário de amigos. Chic! Não valorizar o esporte Choc! Ar tigos de Dom Paulo Mendes. Chic! Eleição sem conscientização. Choc! John Romualdo & Equipe. Chic!

RAÇÕES ACESSÓRIOS AQUARISMO HOTELZINHO

BANHO E TOSA A PARTIR DE R$ 1O

RUA DOUTOR EDMAR CUNHA, 285 - SANTA TEREZINHA marcosalgado@hotmail.com


22

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

BEM ESTAR

CENTRO DE PSICOLOGIA E TREINAMENTO COGNITIVO

Futuros médicos estudam à distância

Av. P refeito Aracely de Paula 2.526 - Fone 3662-9526

Dr. Fernando Eugênio Machado CRMMG: 5290

ESPECIALISTA.

COLOPROCTOLOGIA Intestino Reto Ânus Hemorróidas com ligadura elástica

AVENIDA ARACELY DE PAULA, 955

FONE (34) 3661-6000

A FARMÁCIA ARAXÁ INFORMA O PLANTÃO DAS FARMÁCIAS DESTE FINAL DE SEMANA , DIAS 27 e 28

Droganova......................................................................................3662-9404 Alô 24 horas.....................................................................................3662-4165 Drogamed (filial)................................................................................3662-4299 Drogaria Santa Terezinha..................................................................3661-2381

Rua Calimério Guimarães, 515 - Fones: 3661-2362 e 3662-2362

Maestrina Maria Cândida G. Borges

Voz, Harpa e Teclado z Casamentos z Abertura de Congressos, Jornadas, Encontros z Eventos Especiaisz Aniversários z Demonstrações de Afeto

(34)9259-7999

Pesquisa realizada na Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) desenvolveu programa de educação à distância (EAD) em Dermatologia para estudantes de medicina de graduação e demonstrou que a modalidade de educação pode melhorar o aprendizado dos alunos. De acordo com a dermatologista e professora universitária Cristiana Silveira, o intuito foi avaliar o impacto deste mecanismo de ensino no aprendizado dos alunos e buscar uma alternativa para a pouca carga horária desta especialidade nos cursos de graduação brasileiros. A pesquisadora explica que, “embora 15% das queixas nos ambulatórios gerais de medicina sejam devido a problemas dermatológicos, os médicos se sentem pouco à vontade para conduzir o tratamento de um paciente com doenças na pele, pois em geral seu contato com doenças dermatológicas na faculdade é muito restrito. Se resume a uma média de 25 horas de aula durante todo o curso”. A pesquisa envolveu 44 alunos do segundo ano de medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de Tecnologia e Ciências de (FTC) de Salvador, na Bahia. O curso foi composto por videoaulas, textos, fórum de discussão e questões de reforço após as aulas. O assunto do curso incluiu anatomia, histologia, fisiologia e propedêutica dermatológica. Os estudantes foram divididos em dois grupos. Após uma avaliação de conhecimento prévio, um dos grupos participou de atividades apenas presenciais. O outro, além das aulas presenciais, teve acesso ao curso de educação à distância. Ao término, foram realizadas novas avaliações e verificado que os alunos que realizaram os dois tipos de atividade tiveram melhor desempenho nas provas. A der matologista explica que “houve uma diferença de 1.15 pontos entre os grupos na avaliação posterior ao curso. A média dos que tiveram acesso às aulas online foi 8.9, enquanto a dos alunos apenas presenciais foi de 7.75”. Outro dado interessante foi a pesquisa de satisfação em que

98% dos alunos que tiveram acesso às aulas online conceituaram-nas entre bom e ótimo. “E passaram a cobrar mais cursos deste tipo, mas existem algumas dificuldades, pois cada aula do curso a distância necessita de um tempo muito maior para ser finalizada, quando comparada ao ensino presencial”, conta. ‹ Ensino à distância Para ela, embora tenha sido trabalhoso fazer o curso pela primeira vez, a vantagem é que depois de finalizado, basta atualizá-lo. Um fato interessante é a possibilidade de se prender a atenção do aluno e de mantê-lo motivado com a associação de imagens, vídeos e áudios às aulas, pois “há maior liberdade neste tipo de curso”. Para a dermatologia, em específico, que é uma especialidade visual, “as imagens complementam a teoria e facilitam o aprendizado”, complementa. A pesquisadora pôde consta-

tar que, de uma forma geral, existem outros benefícios no uso do ensino a distância quando comparado ao ensino presencial. Um deles é o fato de não ser necessário o deslocamento nem do aluno, nem do professor para o local do curso. Outro é a flexibilidade de horário para o aluno. Segundo a pesquisadora, “alguns dos estudantes assistiram ao curso de madrugada ou no final de semana e outros o fizeram de forma contínua, ou seja, assistiram às aulas em um mesmo dia, como um curso intensivo”. Ela diz que o fato de o curso ser a distância “não significa, entretanto, que vá existir uma ausência de contato entre o professor e o aluno. “Houve um fórum online para auxiliar em discussões sobre os assuntos das aulas. O aluno postava uma pergunta e em um período máximo de 12 horas a questão era respondida”, comenta. Para ela, esta iniciativa, na realidade, aumentou o tempo de contato

entre aluno e professor. Ainda quanto a esta relação professor/aluno, ela diz ter se surpreendido, não tanto com o fato de que alunos disciplinados fazerem o curso de maneira disciplinada, mas ao verificar que alunos que possuíam um comportamento tímido no curso presencial participavam ativamente das aulas online. ‹ Segurança das informações Quanto à segurança, o site possui acesso restrito. O aluno só pode acessá-lo por meio de uma senha pessoal. Assim, o conteúdo do curso é disponibilizado apenas para os alunos cadastrados, até mesmo porque o Conselho Federal de Medicina não permite a divulgação de fotos de pacientes sem a finalidade de estudo. ‹ Distância e medicina “Apesar de os cursos de medicina ainda serem essencialmente presenciais, os cursos à distância podem se tor nar uma alternativa para complementar o tempo de treinamento em dermatologia durante o período de graduação”. E reflete que um médico com pouco tempo de treinamento pode não conduzir bem o tratamento de seus pacientes. E com isso, os gastos com saúde aumentam”, diz a pesquisadora. Ela espera que em breve essas novas modalidades de educação passem a fazer parte do treinamento médico em dermatologia. Outra modalidade que utiliza as novas tecnologias a serviço da der matologia é a teleder matologia que tem se tornado “uma nova opção ao atendimento a pacientes que possuem problemas de locomoção ou se encontram em áreas de difícil acesso”. Para o estudo foi desenvolvido um curso a distância em conjunto com o professor Murilo Bar reto do Departamento de Infor mática Médica da FTC. A dissertação de mestrado Projeto de educação a distância em dermatologia voltado para estudantes de graduação em medicina foi orientada pelo professor Paulo Criado, da FMUSP. Mais informações: email silveira.cristiana@gmail.com


CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

23

ESTACIONAMENTO EXCLUSIVO PARA CLIENTES

AV. IMBIARA, 260, LOJA 1

(34) 3612-7075 www.victorotica.com.br atendimento@victorotica.com.br

ALAIR BARBOSA

(34)8866-0039 afclarim@terra.com.br

8ATIVIDADES - Depois da festiva inauguração do novo bar do Clube Araxá, a Diretoria comandada pelo presidente André Luiz da Silva, usando de criatividade e valorizando ainda mais o associado, anuncia para o próximo dia 12 mais uma nova atividade, que também poderá fazer parte do calendário mensal de eventos. A programação denominada Quinta Musical nessa primeira edição será comandada pelo trio de músicos araxaenses Alexandre, Amanda e Levi. Eles vêm se apresentando na noite da cidade com muito sucesso, vale a pena conferir!

8APOIO AO ARAXÁ ESPORTE - No último dia 19, a diretoria do Araxá Espor te Clube, liderada pelo incansável presidente Dailsom Lettieri, reuniu-se com os vereadores na Câmara Municipal em agradecimento ao apoio recebido na disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro, no qual se sagrou campeão. Sempre apoiado pela família, o presidente acha força para caminhar numa nova jor nada, quando novamente terá que ter o apoio de todos os setores da nossa sociedade. A taça de campeão foi levada pela diretoria e permaneceu na Câmara por dois dias. A diretoria recebeu os parabéns de todos e também a promessa de apoio em 2012.

FATOS & FOTOS

8GASTRONOMIA - O Clube da Cozinha Araxaense participou do 1º Festival da Cultura Gastronômica de Araxá realizado na última semana, no pátio da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB). E em parceria com a Fama, ofereceram aos participantes um cardápio extremamente elogiado. Dentre os pratos, um destacado foi o Ar roz com Galinha da Beja Perfumada, preparado pelos gour mets João Castelà e Fernando Braga. O clube mantém intensa atividade, reunindo-se mensalmente e idealizando novos pratos para a satisfação dos sócios e convidados.

8ARRAIÁ DO COLÉGIO ATENA - O Colégio Atena movimentou as instalações da Fundação Cultural Calmon Barreto, na noite fria do último dia 30, reunindo alunos, pais e convidados na 22ª edição da sua festa junina. O Ar raiá do Atena foi uma festa completa: quadrilhas, casamento caipira, comidas típicas, brinquedos e pescaria. A festa é um tradicional evento do colégio, com caráter filantrópico, já que toda a arrecadação é revertida em prol de entidades assistenciais. A festa junina contou com as apresentações dos alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio. Os alunos dançaram músicas folclóricas típicas. Neste ano, o evento recebeu mais de mil pessoas. Parabenizamos os alunos e a equipe Atena pelo sucesso da festa.

8A.A.L.A. - A Associação das Auxiliares dos Lares de Araxá foi fundada em outubro de 1984, idealizada pelos araxaenses Olívia Fonseca Teixeira (em memória) e Fernando Braga de Araujo. A associação foi criada para valorizar essa classe tão laboriosa. E no último dia 28, na sede da A.A.L.A., aconteceu uma reunião festiva com a tradicional Paella Caipira, preparada pelo chefe Dunga. Na reunião, foram traçadas as prioridades da honrada associação.

8O BOM MOMENTO - Sempre com um sorriso estampado no rosto, revelando o bom momento profissional e pessoal, tivemos o prazer de flagrar num momento de descontração o casal Lucimar das Graças Ramos e o namorado Fer nando Antônio Jorge que trabalha na área de vendas. A nossa amiga Lucimar é mãe da gatinha Luiza, de 16 anos, e trabalha prestando grandes serviços à Crediara há cerca de 15 anos, desenvolvendo o seu trabalho no Setor de Crédito desse grande banco da região. Ao belo casal, desejamos que o atual momento prevaleça por muito tempo.


24

CLARIM

ARAXÁ, 06 DE JULHO DE 2012

PC interroga suspeitos da morte de Túlio Maneira A Polícia Civil (PC) de Araxá prendeu, está interrogando e, mantém sob custódia, três suspeitos de envolvimento no assassinato do radialista e assessor parlamentar Túlio Maneira.

Os três foram presos na manhã desta quarta-feira, 4, às 7h30, e enquanto não forem colhidas mais provas ou houver alguma confissão, os seus nomes não serão revelados.

A PC informou apenas que foram detidos um homem e duas mulheres, sendo que uma delas é ir mã do suspeito e a outra é sua namorada. “As duas mulheres estão sob custódia da

PC por força de prisão temporária e também a princípio por dissimulação de provas. Dentro desse período (de investigações), foi verificado que elas estavam acobertando esse princi-

pal suspeito e estavam tentando dissimular provas. Isso é o que nós estamos tentando levantar agora, para saber se elas tiveram participação no crime ou simplesmente estão tentando dissimular essas provas”, explicou o investigador Mauro da Silveira Chaves. Por ser um crime de homicídio de for ma qualificada, foi decretada a prisão dos três por 30 dias que podem ser prorro gados por mais 30. Mauro informou também que “pelas características encontradas no local do crime, a gente já vislumbra qual teria sido a motivação do delito”. Segundo ele, nesse caso específico, pelos requintes de crueldade, o número de disparos de arma de fogo e a própria forma de execução, tende-se a dizer que pode ter eventualmente ocor rido um crime passional ou vingança. “A gente tem que trabalhar com todas as hipóteses, porque pode ser que no curso de uma investigação encontre surpresas que naquele primeiro momento não fazia sentido, mas que depois acabou aflorando e deparando com a outra motivação”, infor ma o investigador. “Evidentemente, por tratar-se de um crime complexo, de investigação ampla e por conta desse decurso de tempo que já transcorreu desde o dia do crime até hoje, mostra o grau de dificuldade pra gente encontrar e levantar mais provas contra os verdadeiros autores”, afirma. Ele acrescenta que essa prisão é justamente para darem início a uma segunda fase da investigação. “A primeira foi composta por todos os levantamentos e agora é a complementação destes, justamente para chegar no outro momento que é realmente identificar quem efetivamente participou dessa empreitada

Túlio foi morto no dia 25 de fevereiro passado criminosa”, esclarece Mauro. Os interrogatórios continuarão sendo realizados nos próximos dias e, de acordo com o delegado regional da PC em Araxá, Heli Andrade, a sua decisão é a de não apresentar nada por enquanto à imprensa, nem mesmo o principal suspeito. “É para não prejudicar as investigações que vão continuar até o dia que for necessário. As pessoas presas estão com pedido de prisão temporária de 30 dias decretado, mas a qualquer momento o caso pode ser esclarecido, um pode ir embora, ou dois podem ir embora, ou até três podem ir embora”, afir ma o delegado. Heli Andrade infor mou também que tem certeza que o carro que foi usado pelo assassino no dia do crime é o mesmo em que estava o suspeito preso. “Então, a pessoa tem que esclarecer: quem é que estava no carro, era ele ou outra pessoa? É isso que nós estamos tentando esclarecer, como ele não quer falar, ele continua afirmando que não, nós temos que trabalhar um pouco mais. Nós temos hoje, quase que uma totalidade de 100%, que o que nos deu o caminho foi o carro usado no crime”, afirma o delegado.


Jornal Clarim Araxá