Issuu on Google+

CIRCULAÇÃO: Abaeté, Biquinhas, Belo Horizonte, Curvelo, Felixlândia, João Pinheiro, Morada Nova de Minas, Paineiras, Pompéu, São Gonçalo do Abaeté e Três Marias.

www.jornalburiti.com.br

INFORMAÇÃO COM QUALIDADE E PROFISSIONALISMO

ANO 04 - NÚMERO 47 - 22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO /2011

Proteja as Veredas!

Semana Cultural Festa de Manuelzão completa dez anos Ministério Público itiner an itineran antte aattende Três Maria Mariass

Pastorinhas de Andrequicé ○

PÁGINA 07 ○

PÁGINA 03

Cavalgada rumo ao Morro da Garça PÁGINA 04

Antônio Josino é pré-candidato pelo PR em Três Marias

ANTÔNIO Josino pré-candidato

O PR (Partido da República) anunciou a pré-candidatura do empresário Antônio Josino à prefeitura de Três Marias em 2012. O anúncio foi feito durante solenidade organizada pela diretoria do partido, no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de Três Marias. Na ocasião, Josino assinou sua ficha de filiação. O presidente do PR trimariense, Valdinei convidou a todos os presentes para entrar nesta luta do partido. “Três Marias precisa de pessoas para lutar por ela”, enfatizou. A coordenadora do PR e da campanha do deputado federal Lincoln Portela nas eleições de 2010, Maria Helena falou sobre os recursos que o deputado conseguiu destinar para o município de Três Marias. Segundo ela, foram quase R$4 milhões. “Tudo começou com uma conversa informal, quando solicitei ao deputado que me ajudasse a ajudar Três Marias. Aquele bate papo virou desenvolvimento para a cidade”, conta. Maria Helena ainda reafirmou seu compromisso pela

ANTÔNIO Josino ao centro com assessores do Deputado Federal Lincoln Portela

boa política no município. “Eu conheço um lado da política que desenvolve projetos e revela sonhos. Amamos Três Marias e queremos o progresso desta cidade”, declarou. O evento também contou com a presença dos assessores do deputado fede-

ral Lincoln Portela, Elvis Côrtes e Daniel Henrique. Elvis falou do crescimento do PR em todo o país e reiterou o compromisso do deputado em continuar sua atuação em Três Marias. Leia mais sobre a pré-candidatura de Antônio Josino na página 06.


2

para as férias escolares Uma cidade que se propõe a ser turística como Três Marias precisa de mais espaço para o lazer das crianças e famílias. Mês de julho, férias e a maioria dos pais tenta, de todas as formas, prender a atenção de seus filhos com brincadeiras, brinquedos e filmes infantis. Haja criatividade ou dinheiro suficiente para pagar uma babá ou fazer um passeio com a criançada, em um dos caros hotéis e pousadas da cidade. Coisa rara nos dias atuais, pois tanto se fala em crescimento econômico, mas não se reflete no rosto e na vida das pessoas. A expansão econômica, que o governo insiste em divulgar na grande mídia, está longe da realidade. É cada vez maior o número de inadimplentes e empresários com dívidas ao fisco. É comum ouvirmos reclamações em todos os segmentos da sociedade. Mas, não vamos fugir muito do assunto das férias e opções para a criançada. Por essas bandas, falta muito. Não temos atividades de lazer suficientes, destinadas às famílias com filhos menores. Enquanto grandes cidades oferecem inúmeras opções, boa parte dos municípios do interior, inclusive em Três Marias, prefere investir em festas com bebedeiras e shows de péssima qualidade. Salvo a 10ª Semana Cultural Festa de Manuelzão, que oferece atrações culturais durante oito dias no distrito de Andrequicé, que fica há alguns km do centro. Férias escolares no Brasil tem se tornado sinônimo de mais trabalho para os pais e certo tédio para as crianças. Ou os pais tiram férias também e juntam as economias, para curtir o período em outros lugares, ou esperem a boa vontade dos realizadores de eventos e departamentos de lazer. Talvez algum dia, façam algo pela qualidade de vida e diversão das famílias.

A escolha da imagem deste mês foi difícil, diante de tantos acontecimentos importantes, principalmente culturais. Mas a imagem retrata a indignação dos professores da rede estadual, que entraram em greve para reivindicar, como sempre, melhorias nas condições de trabalho e salários dignos. No governo de um professor, as negociações se arrastam, não atendendo as exigências da categoria. Profissionais da educação neste país são guerreiros e merecem mais respeito. Afinal, quem não se lembra daqueles que nos ensinaram a ler e escrever?

Foto: Paulo Emílio/JBT

Famílias precisam de atrações

I MAGEM

DO MÊS

E DITORIAL

O artista Tinga das Gerais em mais uma participação no "Festivelhas" que aconteceu desta vez, em Belo Horizonte. Parabéns Tinga, por difundir a cultura do sertão e os costumes afro-brasileiros. Atendendo a pedidos da nossa amiga e leitora Alzeni Pinheiro: "Minha Filha Klara completa um ano no dia de 29 de Julho . O seu nome completo é Klara Pinheiro de Sousa , filha de Alzeni Pinheiro e Gilmar Soares . Se puder coloque a foto dela no Jornal . Seus pais e sua irmã Karine desejam-lhe feliz aniversário! Um abraço Alzeni".

Foto: FestivelhasDivulga;’ao

Alunos da Escola Municipal Geralda Márcia Pereira Gonçalves, sob a coodenação do professor Waldiney Magella. Esta turma aí fez bonito na terceira etapa dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) disputada em Bocaiúva.

PARTICIPAÇÃO DO LEITOR

Jornal Buriti Diretor de Jornalismo: Paulo Emílio Torga Bellardini Jornalista Responsável: Paulo Emílio Torga Bellardini - MG07665JP Proj. Gráfico e Editoração: Clebiane A. de Lima Endereço: Rua Pernambuco, 180 A - Centro Três Marias (MG) - CEP: 39205-000 Tel: (38) 3754-1237 jornalburiti@gmail.com Para anunciar ligue: (38) 3754-1237 ou 99997649 CNPJ: 05.459.023/0001-82 Impressão: Fumarc "Uma publicação da Speed Produções & Eventos Ltda." "Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores." O JORNAL BURITI autoriza a reprodução das reportagens desde que citada a fonte.

22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011

Acabei de abrir o jornal e estou satisfeitíssima com o presente que você nos deu, pois os contadores de estórias Manuelzão também ficarão lisonjeados com reconhecimento do trabalho. Muitíssimo Obrigada! Até!

OLÁ PAULO EMÍLIO!

○ ○

Gostaria de informar a redação do Jornal BURITI sobre uma “informação errônea” publicada no mesmo. Na matéria sobre a “Duplicação e asfaltamente de avenidas...”, pág. 9 do número 46 do citado jornal foram publicados os nomes de várias ruas onde foram concluídos asfaltamento. Entretanto, a Rua WG do bairro Chico Alexandre não pode constar desta lista uma vez que ainda não foi asfaltada. O prefeito, durante a campanha para as eleições de 2010, se comprometeu a asfaltar a rua até o mês de novembro/10 e até hoje nada foi feito. A Rua WG já possui vários lotes devidamente regularizados (IPTU em dia), e as famílias que ali já residem têm

sofrido com a poeira. A rua ficou como que ilhada no bairro uma vez que as ruas ao seu redor estão quase todas asfaltadas.

BOA TARDE!

E XPEDIENTE

Foto: Paulo Emílio/JBT

Bárbara Melgaço

Edital de convocação de Audiência Pública sobre o ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL E Relatório de impacto ambiental – EIA/ RimA dA PCH (PEQUENA CENTRAL HIDRELÉTRICA) Mateus José, no município de SÃO GONÇALO DO ABAETÉ / MG. O Conselho Estadual de Política Ambiental – COPAM vem convocar os interessados a comparecerem à Audiência Pública sobre o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental – EIA/RIMA do empreendimento PCH Mateus José, localizado no municipio de São Gonçalo do Abaeté, Processo/ COPAM/PA/nº 03716/2010/001/2011, em nome de Lig-Móbile Telecomunicações LTDA, a se realizar em São Gonçalo do Abaeté, no dia 04 de agosto de 2011, às 19:00 horas, no Sindicato dos Produtores Rurais, situado na Rua do Acre, n° 13, Bairro da Luz. Informa, ainda, que o Relatório de Impacto Ambiental - RIMA se encontra à disposição dos interessados na Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Abaeté, situada na Praça Messias Mattos, n° 110, Centro, no horário das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00, na Secretaria de Meio Ambiente de São Gonçalo do Abaeté, situada na Rua 8, n° 8, Bairro Beira Rio, no horário das 8:00 às 11:00 e das 12:00 às 17:00, na Superintendência Regional de Regularização Ambiental do Noroeste de Minas – SUPRAM NOR, localizada na Rua Nossa Senhora do Carmo, n° 18/1° andar, Centro, Unaí, no horário das 8:00 às 11:00 e das 14:00 às 17:00, e estará disponível no Sindicato dos Produtores Rurais de São Gonçalo do Abaeté na data da Audiência. Conselho Estadual de Política Ambiental – COPAM


3

Ministério Público itinerante desenvolve atividades em Três Marias FOTOS: MT /Divulgação

PALESTRAS

Promotor e crianças do Peti

No dia 7 de julho, Três Marias recebeu a visita do Ministério Público itinerante. Com o slogan “O Promotor de Justiça perto de você” o MP promoveu várias ações no município. No auditório do Centro de Convenções da Semec aconteceram duas palestras com temas de grande destaque na atualidade: Pedofilia e Crimes Cibernéticos, que contou com a presença de cerca de 400 alunos das escolas municipais. Enquanto ocorriam as palestras, na Praça João XXIII, no centro da cidade, o caminhão do MP itinerante serviu como um gabinete para atendimento à população. O prefeito de Três Marias, Adair Divino da Silva (Bem-te-vi) destacou a ação do Ministério Público como forma de aproximar as pessoas do poder judiciário. “Quando se fala em polícia, juiz e promotor as pessoas tem certo temor em se aproximar. São pessoas como a gente e o MP tem um papel fundamental na defesa da sociedade”, completa o prefeito. Na Praça João XXIII, além dos estandes do Ministério Público, a prefeitura disponibilizou um atendimento da equipe de saúde, no qual as pessoas podiam verificar o nível de glico-

Dr. Mauro Dra. Arlete e Dr. José Antônio

se, medir pressão e receber dicas de saúde. Para o prefeito, foi uma demonstração de união. O procurador de Justiça e ouvidor do Ministério Público, Dr. Mauro Flávio Ferreira Brandão é um dos coordenadores do projeto e explicou como surgiu a idéia. “O projeto surgiu pela constatação da ouvidoria de que a população, apesar da confiança muito grande na instituição, pouco conhece o trabalho que os promotores de justiça podem desenvolver na defesa dos interesses sociais. A idéia é trazer o MP para as ruas, mostrar o trabalho dos promotores, no que eles podem fazer na defesa dos direitos do cidadão”, relata. De acordo com Dr. Mauro Flávio, o Ministério Público itinerante tem a seguinte estrutura: Bancadas de atendimento: composta por servidores oficiais e analistas do MP e Ouvidoria Geral do Estado. “Colhemos as demandas apresentadas pela população. “O que for do Ministério Público será atendido no interior da carreta e tudo será documentado e encaminhado à promotoria local para solução”, explica.

O promotor de justiça da Comarca de Três Marias, Dr. José Antônio Freitas Dias Leite reforça a questão da proximidade. “O intuito nosso é quebrar aquele gelo entre o cidadão e o promotor. No interior parece que as pessoas tem um certo receio. Neste evento, temos a oportunidade de mostrar que nós somos guardiões da sociedade. De forma alguma não poderíamos estar afastados do cidadão”, ressalta. Para o promotor, a presença do Ministério Público Itinerante reforçou os laços que já eram estreitos entre o MP e o cidadão no município.

As palestras que aconteceram no Centro de Convenções da Semec trouxeram temas pertinentes à atualidade, escolhidos pelo Dr. José Antônio. Segundo o promotor, os assuntos abordados fazem parte de palestras que ele utiliza em escolas. “São temas que vem nos preocupando, ‘bulling’ nas escolas, pedofilia e crimes cibernéticos. Crimes cibernéticos, afeta cerca de 90% dos jovens. As redes sociais, por exemplo, trazem benefícios e armadilhas perigosas. A participação de adolescentes e crianças é muito importante. Vale ressaltar que os pais têm que se inteirar também”, afirma. Sobre sua atuação em Três Marias, Dr. José Antônio conta que sucedeu uma promotora muito acessível, que deixou um bom trabalho na cidade. “Cada membro tem seu modo de agir e pensar. Eu trouxe para Três Marias o meu modo de pensar. Faço um balanço positivo que o MP goza no seio da sociedade trimariense”, comenta o promotor, que aproveita para deixar uma mensagem de otimismo e gratidão. “Sou aquele promotor que trabalha de portas abertas, sei da minha função. Meu salário é pago com o imposto que o cidadão, tenho que atender a contento”. Quanto à questão entre prefeituras e Ministério Público todos são unânimes ao afirmarem que um dos objetivos do projeto é desmistificar a idéia de que promotores e prefeitos são inimigos. Segundo Dr. Mauro, todos tem como objetivo comum o bem estar da sociedade. Depois de passar por Três Marias, o MP itinerante visitou a cidade de Morada Nova de Minas. No segundo semestre, está o projeto deve percorrer mais vinte cidades do sul e centro do estado.

Público das palestras

Apresentação cultural na Praça João XXIII

22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011


4

Cavalgada de Andrequicé ao Morro da Garça Fotos: Welison Lourenço

No dia 23 de junho, o Clube do Galope de Três Marias partiu do distrito de Andrequicé para mais uma cavalgada rumo ao Morro da Garça. Cavaleiros e Amazonas se concentraram em frente à Igreja Nossa Senhora das Mercês, padroeira do Distrito. Local onde pediram proteção durante a viagem. Todos uniformizados e animados para encarar as estradas do sertão mineiro. Para acompanhar a comitiva, veículos de apoio levaram alimentos, bebidas e utensílios para a montaria. Muitos também preferiram seguir viagem em veículos próprios. No caminho, muita poeira e sol forte, em meio às belas paisagens do cerrado. O primeiro ponto de parada aconteceu no Ribeirão do Boi. Lá, os animais se refrescavam nas águas límpidas do ribeirão, enquanto cavaleiros e amazonas preparavam o primeiro de muitos churrascos que viriam pela frente. O clima de confraternização e alegria estava apenas começando. Depois do Ribeirão do Boi, a comitiva seguiu viagem com destino ao município de Morro da Garça. O segundo ponto de apoio foi numa fazenda no meio do caminho. Descanso para os ani-

22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011

mais e mais churrasco para a turma, regrado à música e muita animação. Em seguida, a cavalgada chegou até o local conhecido por Capelinha, já ao anoitecer. Quem pensa que os cavaleiros e amazonas estavam cansados se engana, no galpão próximo à Capelinha, o forró invadiu a madrugada. Ainda teve show com a dupla Thiago e Nael. Na sexta, dia 24 de junho, o sol já estava forte, quando a comitiva partiu da Capelinha rumo a outro ponto de parada, o “Pau D’óleo”. A cada parada, uma confraternização. Já em clima de festa, a turma do Clube do Galope estava quase concluindo o percurso. Faltava apenas mais uma pausa numa bela fazenda, onde já era possível avistar o belo morro que dá nome ao município de destino. Nesta fazenda, o momento era mesmo de repor as energias num reforçado almoço Mais tarde, o grupo se juntaria a vários outros grupos de cavalgada para o tradicional desfile de entrada em Morro da Garça. Era a tradicional Festa da Lavoura, evento que celebra as tradições rurais da região com cavalgadas, desfiles de carros de boi, comidas típicas e shows.


5

NOSSA V IVA !

LÍNGUA... P ÓS - G R A D U A D O EM L Í N G U A PORTUGUESA PELA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DE SETE LAGOAS – MG BACHAREL EM D IREITO PELA UNIFEMM DE S ETE LAGOAS - MG

FÁBIO NASCIMENTO J ESUINO fabiojes@yahoo.com.br Blog:

fabiojes-palavrassentimentos.blogspot.com

Olá, prezado leitor, que bom reencontrá-lo nesta página e continuarmos nossa conversa sobre a querida Língua Portuguesa. Hoje, gostaria de lhe apresentar algumas dicas importantes sobre a concordância verbal, que não raramente se vê desrespeita por descuido vocabular. Partiremos do princípio de que a concordância verbal se faz entre o sujeito da oração e o verbo. Essa concordância vai ocorrer no plural ou no singular. Sujeito singular, verbo no singular; sujeito no plural, verbo no plural. Vejamos na prática como funciona essa regra. • O pai e o filho saíram. Sujeito: o pai e o filho; verbo no plural: saíram. Se invertermos o sujeito, temos duas possibilidades de concordância: 1ª Saíram o pai e o filho (verbo concordando com ambos); 2ª Saiu o pai e o filho (verbo concorda com o núcleo mais próximo, no caso PAI. • BEIJARAM-SE O NAMORADO E A NAMORADA. Havendo reciprocidade, ou seja, ambos se beijaram, o verbo vai OBRIGATORIAMENTE para o plural. • EU E MEU CONVIDADO IREMOS. Temos aqui sujeito composto formado por pessoas gramaticais diferentes (EU/ MEU CONVIDADO = ELE). Nesse caso, a primeira pessoa prevalece sobre a terceira pessoa e com o isso o verbo fica na primeira pessoa do plural (IREMOS). • SE EU, SE VÓS CHEGÁSSEMOS NESTE MOMENTO... A primeira pessoa (eu) prevalece sobre a segunda (vós), e por isso o verbo vai para a primeira pessoa do plural (nós chegássemos); Eu + vós = nós. • TU E ELE SEREIS BEM RECEBIDOS. A segunda pessoa (tu) prevalece sobre a terceira (ele) e por isso o verbo fica na segunda pessoa do plural (vós sereis), ou seja, Tu + ele = vós. • DEUS E TU SÃO TESTEMUNHAS. Aparecendo segunda e terceira pessoas (tu e ele), é aceitável a construção com verbo na terceira do plural (são). • PEDRO ASSEGURAVA QUE ESPÍRITO E CORPO TUDO SE ACABAVA NO SEPULCRO. // JOGOS, CONVERSAÇÃO, ESPETÁCULOS, NADA O TIRAVA DE SEUS OBJETIVOS. Nas duas frases os sujeitos são resumido, ou seja, na primeira, TUDO resume o sujeito composto ESPÍRITO E CORPO e na segunda frase NADA resume o sujeito composto JOGOS, CONVERSAÇÃO, ESPETÁCULOS, por isso os verbos de cada oração ficaram no singular. Na primeira o verbo ficou ACABAVA e na segunda o verbo ficou TIRAVA, em ambos os casos concordando com as palavras TUDO E NADA. São palavras que podem resumir sujeitos compostos: tudo, nada, nenhum, cada um, cada qual, outro, ninguém, isso, isto, aquilo. • O AVÔ COM O NETINHO SAÍRAM. Sujeito composto, ligado por COM, leva o verbo para o plural já que traduz ideia de igualdade de importância entre o avô e netinho, os dois núcleos. • O AVÔ, COM O NETINHO, SAIU. Observe a diferença entre as frases. Um detalhe importante, no caso a presença da vírgula, confere mais ênfase ou destaque ao AVÔ, e por isso o verbo fica no singular. Ficam aqui meu abraço, meu sorriso e meu desejo de muitas felicidade, leitor querido.

Lions Clube de Três Marias elege a primeira presidente mulher Foto: Lions Clube/Divulgação

Em clima de confraternização, realizada no dia 9 de julho, no Clube da Aeronáutica, o Lions Clube de Três Marias empossou a primeira presidente mulher da história da instituição. A CaL. Gilca de Oliveira Costa e Silva, eleita para o ano leonístico (AL) 2011-2012. Gilca recebeu das mãos do ex-presidente José Celestino os símbolos (sino e martelo) que representam as ferramentas para conduzir o Lions Clube. A solenidade de posse contou com a presença de todos os membros do Lions de Três Marias, representantes de outros clubes, autoridades civis e militares. A nova diretoria assume com a tarefa de levar adiante o novo tema que vai nortear os trabalhos: “União que transforma – eu acredito”.

Ap ae rreealiz eir odut or ais Apae alizaa ffeesta junina na FFeir eiraa dos Pr Produt odutor orees Rur Rurais Foto: APAE /Divulgação

Em Três Marias as festas juninas estão cada vez melhores e mais animadas. As escolas da cidade organizam os “arraiás” com muita fartura e alegria. Prova disso foi o “VI Arraiá da Apae”, que aconteceu no dia 8 de julho, na Feira Livre dos Produtores Rurais. Ornamentada com bandeirolas e belos estandartes, a festa foi mais um exemplo de organização de professores e alunos da APAE, o que reforça a interação com pais e toda comunidade. Como não podia deixar de ser, a festança teve quentão, comidas saborosas, gente bonita e as tradicionais danças de quadrilha. Uma legítima festa junina, acompanhada pela alegria contagiante da APAE de Três Marias.

Contatos:

38 9999 7649 38 9115 2066 38 8817 8059 e-mail: speed75pro@gmail.com

• Serviços de filmagem e fotografia. • Cerimonial • Sonorização

• Produção Artistica e Cultural • Organização de Eventos • Comunicação 22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011


6

Antônio Josino é pré-candidato pelo PR em Três Marias

ANTÔNIO Josino assina sua filiação ao PR

O pré-candidato à prefeitura, Antônio Josino contou um pouco de sua trajetória como político e empresário em Três Marias. Quando foi candidato à vice-prefeito pelo PT (Partido dos Trabalhadores) colocou seu próprio emprego em risco. Naquela época era, ao mesmo tempo, supervisor da Votorantim Metais. “Tinha um patrão conservador, meu pai era tradicionalmente de direita e eu estava num partido de esquerda”, comparou. O pré-candidato falou ainda da precariedade da campanha.

Lembrou que, quando começaram a caminhada política, o número de pessoas que os acompanharam no início era irrisório. “Quando fizemos a primeira reunião foi servido um ‘quibebo de mandioca’ e eram apenas quinze pessoas. Agora vejo que começamos com um número bem maior do que na época”.

emocionou ao falar da família. Pediu a todos os familiares que se levantassem e fez questão de destacar a presença de sua irmã que foi a primeira vereadora de Três Marias. “E naquela época não havia salário”, completou. Josino também lembrou vários momentos de sua história, tanto no âmbito da política, quanto na vida de empresário. “Nesta caminhada tive decepções e alegrias. Sou daqui e conheço esta história. Sei que podemos fazer mais, estou com muita vontade de lutar por Três Marias, por isso estou dizendo o meu sim para esta cidade”, declarou.

ANTÔNIO Josino e familiares

EMOÇÃO A história de Antônio Josino com o município já dura cinqüenta anos. Além de relembrar momentos desta trajetória, ele se

FORAM distribuídos panfletos sobre as obras com apoio do Deputado Lincoln Portela

COORDENADORA Maria Helena fala do apoio do dep Lincoln Portela em Três Marias


7

X Semana Cultural Festa de Manuelzão revela a riqueza cultural e histórica do sertão mineiro POR PAULO EMÍLIO

Sessão de leitura

Contadores de Estórias

Cortejo teatral Fotos: Welison Lourenço

De 10 a 17 de julho, o distrito de Andrequicé reviveu mais um momento de sua história como cenário vivo da literatura, presente nas obras do escritor João Guimarães Rosa. Dizer que o vaqueiro Manuelzão foi imortalizado nas obras de Rosa se tornou tão corriqueiro, quanto os eucaliptos que tomaram conta da paisagem na região do distrito. Neste ano, a Semana Cultural Festa de Manuelzão, completou dez anos e trouxe a diversidade da cultura sertaneja para dentro dos espaços tradicionais da festa. Na Tenda dos Gerais teve “contação” de estórias, folia de reis, serestas, dança do Gamba, dança de São Gonçalo, pastorinhas, show de mágica, forró, peça teatrais, estudos, coral e as bênçãos da missa sertaneja. Quanta riqueza tem em nosso universo sertanejo! Na Tenda, aconteceu uma verdadeira mistura em reverência à cultura do sertão mineiro. De dentro da Tenda dos Gerais, as atrações invadiram ruas, casas e praças do histórico distrito. Em vários pontos, as oficinas culturais chamavam novos adeptos a aprender arte, literatura, música, novas mídias, teatro e bordados. Opção também para quem desejava se aprofundar nos conhecimentos. O cortejo teatral com o grupo Redimunho saiu pelas ruas de Andrequicé com causos e estórias, inspiradas no “universo Roseano”. Um convite aos moradores, visitantes e turistas a interagir com seus personagens. Na Praça Uma Estória de Amor, os shows esquentaram as noites frias. Ao som de forró e sertanejo, o público lotou o espaço para se divertir até altas horas da madrugada. Durante o dia, na mesma praça, a lida de vaqueiro era a atração, com brincadeiras e jogos entre vaqueiros e bois na arena. No Museu Manuelzão, um vídeo mostrava a trajetória destes dez anos de Semana Cultural. No museu também, foi

Dança do gamba

Trupe Maria Farinha

Carro de boi

Espetáculos com bonecos

Missa

inaugurado um jardim em homenagem ao servidor público José Carlos Venâncio com a presença do prefeito municipal e de familiares do homenageado. O último dia de festa ainda teve cortejo de carros de boi, cavalgada e o típico almoço sertanejo. Como merecia a comemoração aos dez anos da festa, a Semana Cultural deste ano conseguiu reunir uma infinidade de atrações culturais e transformar um pequeno distrito em um vilarejo cosmopolita. Como disse o poeta e escritor: “O sertão é do tamanho do mundo”, parece que a X Semana Cultural Festa de Manuelzão fez jus a afirmativa.

Bordadeiras de Andrequicé

Coral Votorantim Metais

22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011


8

FALA

SÉRIO! A NTÔNIO J ORGE R ETTENMAIER

A nova Miss Comércio de Três Marias FOTOS: ACE /CDL /Divulgação

ajrs010@gmail.com

Não adianta tentar fugir... Do passado ou do presente, nem do futuro. Eles estarão sempre juntos de nós, seja para o bem ou o mal. Nem sempre o passado foi tão ruim assim para que tenhamos tanta vontade de dele fugir, assim como o presente não deve ser visto tão mau e nem devemos ficar esperando um futuro ainda pior. Quantas vezes já se ouviu o conselho de que devemos esquecer o passado, de que águas passadas não movem moinhos, de que quem vive do passado parou no tempo, e assim por diante. E normalmente também tudo vem seguido de que devemos tocar a vida em frente porque só o futuro interessa e importa, enquanto o mais estranho é de que dificilmente falam do presente. Como se fosse possível passar do passado para o futuro sem ele, o presente. E é justamente nele que está a maior importância desta conjugação de tempos da vida. Seria a mesma coisa do que se pensar em uma laranjeira só com os galhos, os frutos, e esquecer da floração. Ou de uma roseira com os espinhos e as flores, fazendo de conta de que os botões nunca existiram. Me pergunto se seria possível pensarmos em nós, nascendo e morrendo, sem a vida? Quase impossível. Então, se o passado foi o nascer, o futuro será o morrer... Hoje e agora, será simplesmente o viver. Realmente, não adianta tentar fugir do passado ou do presente, e nem do futuro. Cada um tem seu tempo em nosso tempo, e cada um tem seu presente no seu presente. Nós seres humanos somos pateticamente enganados pelos ciclos de nossos tempos. Muitos querem fazer questão de fugir do passado, e nele se escudam para também se esconder do futuro que nem sabem quando e como virá, se chegar. Mas poucos ou quase nenhum tem em conta o presente, que o presente lhes dá. E o pior! Se esquecem de O merecer! ANTONIO JORGE RETTENMAIER, ESCRITOR, CRONISTA E PALESTRANTE, MEMBRO DA AGEI, ASSOCIAÇÃO GAÚCHA DOS ESCRITORES INDEPENDENTES. ESTA COLUNA ESTÁ EM MAIS DE OITENTA JORNAIS IMPRESSOS E ELETRÔNICOS DO BRASIL E EXTERIOR. NO

YOU TUBE ACESSE A FALA SÉRIO! EM VÍDEO ATRAVÉS DO AJORGEFALASERIO.

22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011

Todas as candidatas

Bruna Castro, 16 anos, Miss Comércio 2011 representando a empresa MG Sat

No dia 2 de julho, Três Marias conheceu a nova representante do comércio local. Foi realizado, durante a Expomarias 2011, o desfile das candidatas ao Miss Comércio 2011. Foram seis belas garotas que esbanjaram charme, simpatia e elegância no palco da festa. Uma decisão difícil para os jurados, que elegeram Bruna Caroline Silva a nova Miss Comércio trimariense. Em segundo ficou Wanessa de Oliveira Lima e em terceiro Tatiane Santiago Fonseca. Realizado pela ACE/CDL de Três Marias, o desfile deu um toque especial ao terceiro dia da tradicional Expomarias.

INTERNET BANDA LARGA É AQUI! TEL:. (38)) 3754-2660 w w w.3mne t.c om.br .3mnet.c t.com.br RUA VÁRZEA DA PALMA, 153 SALA 3 CENTRO SUPOR TE TÉ CNIC O: SUPORTE TÉCNIC CNICO 3754-2878

Vencedoras com seus patrocinadores e diretoria da ACE CDL

Todas as candidatas


9

Prefeitura doa terreno para construção da Caixa Econômica Federal A Prefeitura Municipal de Três Marias, através da Lei Municipal nº 2250/2011, oficializou doação de terreno público para construção e funcionamento de agência bancária da Caixa Econômica Federal. A sanção do Prefeito Municipal de Três Marias, Adair Divino da Silva, Bem-ti-vi, foi assinada em 22 de junho de 2011. O terreno em questão trata-se de área confrontando pela frente com Avenida Antônio Carlos Pedroso e pela lateral direita com a Rua John Kennedy, pela lateral esquerda e fundo com terrenos públicos. A área total doada tem extensão de 645,89m² e foi avaliada, segundo laudo emitido pela Comissão Permanente de Avaliação de

Bens Imóveis, em R$ 322.945,00 (Trezentos e vinte e dois mil, novecentos e quarenta e cinco reais). Segundo o Prefeito Municipal de Três Marias, Bem-ti-vi, a busca pela liberação de uma agência da Caixa em Três Marias data de muito tempo e “a atual gestão pública municipal se empenhou em angariar mais uma importante e almejada ação em prol da comunidade e desenvolvimento de Três Marias”. De acordo com os incisos II e III do Artigo 3º da Lei Municipal 2250/2011, a partir da data do registro da Escritura Pública de Doação no Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Três Marias, a Caixa terá prazo de trinta dias para iniciar

os projetos e, a partir da aprovação do projeto pelo município, a Caixa Econômica Federal terá o prazo de noventa dias para iniciar as obras de construção.

Prefeitura realiza a VIII Conferência Municipal de Saúde FOTOS: Welison Lourenço/Arquivo PMTM

No dia 13 de julho a Prefeitura de Três Marias, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou mais uma Conferência Municipal de Saúde. Após composição de mesa, pronunciamentos e leitura e aprovação do Regimento Interno da Conferência foram formados 4 grupos que levantaram propostas para serem levadas à Conferência Estadual de Saúde. GRUPO 1 • Melhoria da Assistência à população através de programas sociais voltados para a saúde com remuneração que permita a con-

tratação de profissionais especializados que atendam de forma satisfatória esses programas. • Melhoria na política de repasse financeiro para os municípios para que os mesmos possam assumir a municipalização dos ações de saúde de forma integrada. • Criar mecanismo de integração das redes de atenção à saúde e a seguridade dos usuários do SUS.

melhoramento da humanização da assistência. • Remuneração condizente com a função e gerenciamento dos recursos humanos, como por exemplo, cumprimento da jornada de trabalho. • Aplicar política de saúde do homem através da educação em saúde, acolhimento, realização de consultas, exames e acompanhamento. • Planejar a atenção básica à saúde nas áreas rurais (mapeamento/implantação) • Rever parâmetros da PPI (Quantidade de procedimentos/ Habitantes/Ano) e financiamento. • Estabelecer acesso para tratamento de dependentes químicos.

• Atendimento médico permanente no CAPS – Credenciamento no prazo de 90 dias (outubro de 2011) GRUPO 3 • Mobilização popular: a) pela aprovação da Emenda 29; b) não pagamento dos juros da dívida externa. • Reajuste dos valores de repasse do financiamento SUS. • Formar Comissão Interna na Sesau para rediscutir real demanda e aplicação dos recursos existentes (planejamento). • Consórcio entre Municípios. • Rever Recursos do TFD’s: melhorar e ampliar a rede de referência no município a fim de reorganizar e economizar recursos.

GRUPO 4 • Garantir a capacitação dos Conselheiros antes de assumir o mandato. • Que seja dado ao Conselheiro representante dos trabalhos da saúde a mesma estabilidade do dirigentes sindicais. • Criar uma identificação para o Conselheiro que garanta autonomia para fiscalização efetiva junto aos órgãos de saúde e conveniados/financiados pelo SUS. • Dar publicidade aos atos do Conselho Municipal de Saúde bem como a divulgação dos seus representantes. • Garantir dotação orçamentária para despesas com o Conselho Municipal de Saúde a partir de 2012.

GRUPO 2 • Qualificação e capacitação/educação continuada dos profissionais da saúde bem como

Ca os de sen an apel social e ambien Cattamig amigos desen senvvolv olvee import importan antte ppapel ambienttal em TTrrês Maria Mariass A Associação é o resultado de uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e os Catadores de Materiais Reaproveitáveis de Três Marias com o objetivo de gerar trabalho, renda e novas e melhores condições de vida para cidadãos trimarienses em situação de vulnerabilidade social. São aceitas doações de diversos tipos de materiais que podem ser reciclados, como: papel, metal e plástico. Ao conhecer o trabalho da Associação, a Ical Energética

Ltda, instalada na Fazenda Morrinhos – zona rural de Três Marias deu o exemplo e doou 3 toneladas de material reciclável à CATAMIGOS, em mais uma ação de responsabilidade social e sustentabilidade ambiental. O material terá destino correto e irá contribuir com um meio ambiente equilibrado. “Não podemos deixar que esta iniciativa se perca, pelo contrário, temos que apoiá-la e assim estaremos ajudando a diminuir o volume

de resíduos encaminhados para o aterro controlado do município, além de dar uma nova perspectiva de vida pra muitas pessoas”, afirma o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Roberto Carlos Rodrigues. Todo o material recebido é pesado, separado e depois comercializado para empresas de reciclagem e a renda é destinada integralmente à Associação de Catadores. “Dar o destino correto aos materiais como vidro, alumí-

nio, papel e plástico contribui significativamente para a diminuição da poluição e contaminação do solo e da água. Medidas simples como separar o lixo, reaproveitar ou reciclar os materiais preserva o meio ambiente, gera empregos e garante um futuro bem melhor para as futuras gerações”, frisa o secretário. Para saber o que doar e como doar ligue para a SEMEIA (Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Três Marias) – Tel.: (38) 3754-5432 / 4934.

VOCÊ SABIA? TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO DOS MATERIAIS Papel: 3 a 6 meses Palitos de fósforo: 6 meses Filtro de cigarro: 5 anos Madeira pintada: 13 anos PET: mais de 80 anos Metal: mais de 100 anos Plástico: mais de 100 anos Tecidos: de 100 a 400 anos Latas de Alumínio: 200 a 500 anos Borracha: indeterminado Vidro: mais de 4000 anos 22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011


10

Cemig realiza Plano de Integração em Três Marias e lança campanha contra o Mexilhão Dourado Foto: Paulo Emílio/JBT

CICLO DE PALESTRAS O meteorologista da Cemig, Arthur Chaves foi um dos palestrantes. Arthur explicou o que ocorreu na região durante o período chuvoso no início deste ano. Ele informou que as chuvas foram bem acima da média, principalmente no mês de março. “A previsão para os próximos meses serão normais dentro da media do período”, completa. Arthur falou ainda sobre o sistema de trabalho utilizado na Cemig. Segundo o meteorologista, são dois horizontes: O primeiro é a previsão do tempo para poucos dias. “Neste horizonte, temos um período com a qualidade superior a 90% para até sete dias’, garante. A outra forma é a previsão sazonal, na qual, segundo Arthur, trata-se de uma questão estatística, pois já não são dias e sim meses. “Não tentamos prever o volume exato de chuvas e sim se ele vai estar abaixo, acima ou em torno da média. Arthur informa que é possível prever dois, três meses para frente e ressalta que, neste caso, já tem um pouco mais de erro. “No caso de energia elétrica funciona, mas se você quiser organizar uma festa, por exemplo, já se torna impossível”, explica.

Público acompanha as palestras

Marcelo de Deus Melo gerente de planejamento hidroenergético

Palestrante Arthur Chaves, meteorologista da Cemig

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig – promoveu em Três Marias nos dias 28 e 29 de junho, uma série de atividades que envolvem o plano de integração da Companhia. Com o objetivo de aproximar a Cemig da comunidade no entorno do reservatório, foram realizadas palestras sobre meteorologia e operação de reservatórios, Programa Peixe Vivo e as ações ambientais de prevenção contra o mexilhão dourado. O evento aconteceu no Centro de Educação Permanente Engenheiro Mario Bhering. Foram dois dias de muitas atividades, que envolveram os moradores da região e profissionais da Companhia, acerca dos procedimentos operacionais da Usina Hidrelétrica de Três Marias. Além de Três Marias, estiveram representados os municípios de Pira-

pora, Buritizeiro, São Gonçalo do Abaeté, Ibiaí e Várzea da Palma (Barra do Guacuí). Os participantes ainda fizeram uma visita guiada à Usina Hidrelétrica de Três Marias. De acordo com Marcelo de Deus Melo gerente de planejamento hidroenergético, a atividade faz parte de um plano de integração. “Nossa intenção e desmitificar um pouco o que é o reservatório, torná-lo mais conhecido e mostrar como operamos. Ficar menos distante da população” comenta. Marcelo de Deus também falou sobre os métodos utilizados para tratar de assuntos mais técnicos. “Procuramos uma linguagem simples, temos várias peças de publicidade, procuramos traduzir técnicas de engenharia para um público leigo. Temos filmes, apresentações, cartilhas”, reforça.

plantas aquáticas como os aguapés. Helen ressaltou ainda que existem várias formas de tratamento nas usinas, prevendo os prejuízos que a espécie exótica pode trazer. “A preocupação neste momento é externa. Impedir que o mexilhão chegue ao meio ambiente é fundamental”, alerta. Helen informa que a Cemig não tem registros do molusco em Minas, mas existe grande ameaça na região do Triângulo Mineiro, onde o molusco é encontrado nas embarcações que buscam soja nos portos locais. Ela explica que o mexilhão pode estar nos cascos de embarcações, caixas de iscas e tralhas de pesca. Para evitar esta ameaça, deve ser feita limpeza dos barcos longe da água, utilizando apenas água sanitária, considerando que o mexilhão sobrevive até sete dias fora da água. A campanha “Sai pra lá mexilhão” envolve a distribuição de cartilhas, uma delas com ilustrações das bordadeiras de Andrequicé, distrito de Três Marias, visitas aos embarcadouros e abordagem a pescadores, barqueiros e velejadores. No Campeonato Brasileiro da Classe Laser de 2012, em, Três Marias, a bióloga planeja trazer uma estação para limpeza de barcos, além de conscientizar a população.

MEXILHÃO DOURADO Outro tema apresentado foi a campanha contra o mexilhão dourado, espécie exótica encontrada em bacias hidrográficas brasileiras que traz prejuízos para os habitats locais. De acordo com a analista de meio ambiente da Cemig, Helen Regina Mota, o molusco pode atrapalhar a geração de energia e a captação de água. “A campanha visa informar a população sobre o problema em toda a bacia hidrográfica. Também serão feitas inspeções nos barcos, principalmente do Projeto Versol e no Clube Náutico, com o intuito de observar se existe o invasor dentro do reservatório”, explica Helen. Segundo a bióloga, o mexilhão dourado vem na água de lastro, que estabiliza as embarcações em alto mar, e consegue se fixar nas embarcações e reproduzir na água doce, inclusive em

Cartilhas da campanha contra o mexilhão

Amostras do molusco alvo da campanha promovida pela Cemig

Cemig solta 850 mil peixes nos rios mineiros A Cemig soltou, durante a temporada de peixamentos deste ano, 850 mil peixes, que equivale a uma biomassa de 16,7 toneladas. O destaque foi para a Estação Ambiental de Itutinga (Sul de Minas), que forneceu o número recorde de alevinos para soltura no Alto Rio Grande: 624 mil. A temporada de peixamentos 2011, que está sendo encerrada, é uma ação do Programa Peixe Vivo, criado para preservar a ictiofauna nas bacias hidrográficas onde a Empresa tem as usinas. Dentre as espécies produzidas, o destaque foi a curimba, o peixe mais cap22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011

turado por pescadores em rios mineiros. Cerca de 556 mil espécies de peixes foram utilizadas nas ações de repovoamento, sendo 320 mil na Bacia do Rio Grande. A Estação Ambiental de Volta Grande, em Conceição das Alagoas (Triângulo Mineiro), foi responsável pela produção de 6 toneladas de peixes. Os peixes foram soltos nas regiões do Sul de Minas, Triângulo, Alto Paranaíba, Norte de Minas, Campo das Vertentes e Vale do Jequitinhonha. Foram 61 peixamentos, realizados em mais de 40 municípios mineiros que fazem parte das bacias

dos rios Grande, Paranaíba, Pardo e Jequitinhonha. A ações contaram com a participação de representantes das comunidades locais, em um trabalho para sensibilizar a população sobre a importância da preservação dos nossos ecossistemas. A iniciativa também favorece a geração de renda nessas regiões, pois parte da produção é realizada em parceria com produtores rurais, que recebem insumos, pós-larvas e assistência técnica. A Cemig fica com metade da produção, enquanto a outra metade é comercializada pelo produtor.

EVENTO INTERNACIONAL A Universidade Federal de Lavras (Sul de Minas) sediou em julho a 3ª Conferência Latinoamericana sobre Cultivo de Peixes Nativos e o 3º Congresso Brasileiro de Produção de Peixes Nativos. Os eventos foram apoiados pela Cemig com o objetivo de reunir, discutir e divulgar informações e novas tecnologias sobre a piscicultura, além de atualizar conhecimentos e promover debates sobre as dificuldades técnicas, econômicas e políticas da piscicultura nos países latinoamericanos, e levantar demandas para a pesquisa científica em conjunto.


11

ENTRE ELAS

Aproveite e ajude as crianças a colorir os ursinhos

S ABRINA B RAGA JORNALISTA

buritientreelas@yahoo.com.br

Crianças em casa nas férias escolares, e agora? Quando os pais conseguem conciliar as férias de trabalho com as férias escolares das crianças tudo fica mais tranqüilo, mas e quando isso não acontece? Calma! Estou com duas pimpolhas bem agitadas em casa e continuo trabalhando. Se estou enlouquecendo? Ainda não, mas posso dizer que, se houver planejamento e bom senso até que ter os filhotes em casa nas férias pode ser divertido. Primeiramente pense que o tempo está passando rápido e que, ainda bem que você pode ter seus filhos por perto, debaixo dos seus olhos mesmo quando eles estão embaixo da mesa, em cima do armário, escondidos em algum lugar... Chegará o dia em que o pequeno crescerá e terá várias opções de férias, mas com os amigos. E vocês, papai e mamãe, vão desejar que o tempo em que ele era aquele pentelho barulhento volte. Então aproveite! Atividades que parecem simples podem fazer toda a diferença. Quer ver só? Se você precisa pegar o carro para ir ao centro da cidade ou qualquer outro local resolver algo, vá a pé e leve os filhos. Fiz isso um dia desses. Coloquei uma roupinha e sapatos confortáveis nas minhas filhas, passei protetor solar, enchi a garrafinha de água e pernas pra que te quero. Andamos por volta de 30 minutos até chegarmos ao centro da cidade, que nos pareceram 10 minutos pelo simples fato de andarmos conversando sobre o que víamos, quem encontrávamos. O mais legal foi observar que as meninas passaram a observar a cidade de outra forma, vista bem de perto e não apenas passando rapidamente pela janela do carro. Andar sobre o viaduto e perceber que os

caminhões cruzavam a BR 040 bem debaixo dos nossos pés foi uma aventura para minha caçulinha de 5 anos: "nossa mamãe, os caminhões e carros estão passando bem aqui embaixo, que bacana". Uma atividade simples e corriqueira? Sim, pra mim e pra muitas pessoas, mas não pra elas que nunca tinham passado por ali a pé. A caminhada da manhã rendeu assunto na hora do almoço e desenhos durante a tarde, onde em folhas de papel expressaram as novidades que tinham desvendado. Foi como se tivéssemos feito um passeio turístico em nossa própria cidade! Outra coisa interessante? Campeonato de jogos e quebra-cabeças! Juntar todos os jogos e lançar um desafio é bem interessante, ainda mais se rolar um prêmio para o vencedor. Tente! A bagunça? Outro desafio, isso mesmo. Quem conseguir arrumar primeiro e melhor também ganha recompensa que pode ser desde escolher o filme para a sessão de cinema na sala de estar ou ser o inventor da brincadeira do dia seguinte. Levar os pequenos para a cozinha é outro passa tempo interessante. Crianças em casa comem o tempo inteiro e preparar o próprio lanche pode ser muito legal! Resolveu fazer um bolo? Deixe que despejem no refratário os ingredientes e que ajudem a mexer a mistura, dispense a batedeira... Você vai ver a alegria da galerinha quando o bolo que sair do forno estiver lindo e principalmente delicioso. Os méritos? Das mãozinhas mágicas que ajudaram a preparar, claro! Tem espaço no seu quintal para pintar uma amarelinha no chão? Então não espere mais tempo! Coloque pincéis nas mãos das crianças que depois irão brincar muito mais satisfeitas, acredite!

As bonecas ou os carrinhos estão sujos? Que tal criar a lavanderia maluca? Bacias com água e sabão neutro, esponjas e toalhas é só o que você vai precisar entregar a eles que saberão exatamente o que fazer. Ir ao supermercado com as crianças também pode ser prazeroso. Como? Diga o que precisa e peça que encontrem pra você associando as marcas que você utiliza. Escolhendo o amaciante de roupas pelo cheirinho... Tudo bem se você não escolhe assim habitualmente, mas abra uma exceção, afinal são férias. Foi assim que consegui encher o carrinho em 30 minutos com duas meninas afoitas dentro do mercado. Elas adoraram e saíram de lá achando que já conseguem fazer compras sozinhas. É hora de dormir! Sabe a tal cabaninha? Faça! Lençóis presos nas camas ou da forma que preferir podem se transformar em verdadeiros castelos de princesas e guerreiros. Use a imaginação! Conte histórias, faça as comidinhas preferidas dos filhotes, deixem que durmam mais tarde e que acordem mais tarde também, brinque, aprenda! Com as crianças a gente aprende todos os dias uma nova lição! Obrigada minhas filhas, Paula e Giovana, que me ensinam muito, sempre! Além de todas as lições de vida, aprendi com elas na última semana que Corinthians é um time de futebol muito famoso e que Jesus tem um pai de sangue e um pai de coração que é o mesmo de todos nós! Palavras de Giovana, 5 anos, e Paula, 6 anos, respectivamente!

Contatos: 38 9999 7649 38 9115 2066 38 8817 8059 e-mail: speed75pro@gmail.com • Serviços de filmagem e fotografia. • Cerimonial

• Sonorização • Produção Artistica e Cultural

• Organização de Eventos • Comunicação

Acesse nosso site: www.jornalburiti.com.br 22 DE JULHO/2011 A 22 DE AGOSTO/2011



Jornal Buriti Ed. 047