Issuu on Google+

Jaguaruna/SC

Copa do Mundo 2014

A história a favor do Brasil no grupo A

Abertura do Natal Solidário 2013 em Jaguaruna

Página 15

Página 10

A VOZ DO POVO

Vox populli, vox Dei Ano IX - n

o

222

@jornalavp

/jornalavp

jornalavp.com

jornalavp@yahoo.com.br

R$ 1,75

Quinta-feira, 12 de dezembro de 2013.

Capivari de Baixo - Tubarão - Jaguaruna - Braço do Norte - Gravatal

-

Sangão - Armazém

O mundo dá ‘adeus’ à Nelson Mandella Página 03

Natal

Tubarão/SC

Chegada do Papai Noel foi adiada para hoje (12) Página 05

‘Bom Velhinho’ já chegou em Capivari de Baixo Página 05


02 Jornal A VOZ DO POVO

EDITORIAL

Direto da Redação jornalavp@yahoo.com.br

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

www.DIRETODAINTERNET.com

Quanta futilidade... Fiquem à vontade e sejam bem vindos à mais uma leitura informativa e educativa, caros leitores do jornal A Voz do Povo. Quanto mais eu tento, menos vontade de estar conectado à uma rede social eu sinto. Talvez eu esteja sendo muito radical e esteja exigindo demais, mas tudo me parece tão fútil, sem objetividade. A rede social se estabeleceu como uma forma de comunicação revolucionária, onde todos estão conectados em rede ou individualmente de forma instantânea. Mas percebo que as pessoas não estão preparadas para informar e nem para absorver tanta informação. Eu sei que o Mussum era um cara super divertido e que seu bordão ainda permanece vivo em nossas memórias. Mas ficar colocando fotos do coitado com expressões do tipo 'Que calorsis', 'Oi Gentis' e 'Tchausis' parece meio forçado. Estão apagando a imagem bonita, alegre e positiva que o artista construíu. Dificilmente eu vejo alguém postar uma fábula de La Fontaine ou um documentário de Jacque Cousteau. Parece que o rebaixamento do time tal é mais importante que a própria vida humana. Não sou contra as brincadeiras com os amigos, tirar sarro da derrota do clube ou zoar o tombo na escola faz parte do convívio social. Mas passar o dia inteiro postando essas fotos, e pior, perder tempo editando essas montagens é muita futilidade para um mundo tão corrido como hoje. Acho que a internet é um meio de comunicação incrível, revolucionário. Acredito se tratar de um dos maiores avanços tecnológicos e evolutivos da existência humana. Mas é preciso rever o verdadeiro objetivo de uma adesão às redes sociais. Precisamos nos educar para utilizar de forma mais segura e eficiente essa tecnologia tão avançada. Afinal as pessoas estão expondo as próprias vidas a quem quiser e tiver tempo para vasculhar. O uso de forma inconsequente e indiscriminada acabará direcionando a humanidade para a inércia. Estamos formando uma geração de seres inanimados e sem iniciativa. Precisamos pensar melhor na hora de fazer uma postagem. Uma ótima semana e boa leitura a todos.

As Tiras de Maurício Nunes vulgonunes.blogspot.com

A Bola

A VOZ DO POVO THAYUS CESAR DOMINGOS ME / CNPJ: 11.621.473/0001-22 Diretor Responsável: Thayus Domingos / Produção e Redação: Thayus Domingos Edição e Diagramação: + Comunicação & Marketing / Impressão: Gráfica Soller Tiragem: 1.000 exemplares. N° de páginas: 16 a 20 / Circulação: Capivari de Baixo, Tubarão, Jaguaruna, Sangão, Armazém e Gravatal. Colaboradores: Chirle Ponciano, Jaque Espíndola, Marco Aurélio Rodrigues, Eduardo Titon, Antônio Faustino, Maurício Nunes, Camila Teixeira, Rafael Martins, Maurício da Silva, Luiz Henrique da Silveira, Leo Rosa e Marcelo Corrêa da Silva. Fone: 48 3623-3548 ou 9936-5810 E-mail: jornalavp@yahoo.com.br Endereço: Rua Santa Lúcia, 378 - Centro - Capivari de Baixo/SC

Ex-presidentes e a presidente Dilma na mesma aeronave a caminho do velório de Mandela

CLASSIFICADOS Vendo Imóvel Comercial com Residência na Rua Cel. Afonso Penna, 485 no centro de Capivari de Baixo. Com excelente localização e preço de ocasião. O imóvel possui 240m² de área coberta e 300m² de área total. Interessados entrar em contato com Gilberto no fone: |48| 3623-4427.


Geral

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Jornal A VOZ DO POVO

03

Falecimento

Divulgação / AVP

Morre Mandela, o maior ícone da raça negra no Mundo

Barbaridades em Armazém O leitor Vagner de Souza nos enviou um e-mail fazendo uma série de reclamações quanto ao descaso do poder público para com a cidade de Armazém: “Venho por meio desta solicitar à vocês um apoio de divulgação referente aos absurdos que estão acontecendo no município de Armazém. Em primeiro lugar é referente ao fiscal da vigilância sanitária, noticia que vocês já divulgaram anteriormente que até o momento continua rolando, segundo fontes seguras, provas de várias irregularidades foram encontradas, apresentadas e a administração publica não exonerou do carne, podendo voltar a qualquer momento. Segundo lugar, é a palhaçada que estão fazendo com os funcionários efetivos, onde na penúltima sessão da câmara de vereadores, o vereador Sergio Mallmann levou um projeto de lei até as mesas dos demais presentes pedindo a assinatura de todos, apenas argumentando que era para dar aumento de 8% no salário dos funcionários. Detalhe, na verdade é um projeto para modificar os funcionários celetistas para regime estatutário, sem ao menos apresentar aos funcionários o estatuto e o que irão modificar. Para agilizar a "tramoia" deles, marcaram uma sessão extraordinária para segunda-feira, para aprovação do mesmo.

Festival de Bandas para apoiar o Moysa Mandela passou 27 anos na prisão por se opor ao regime do apartheid O primeiro presidente negro da África do Sul, que lutou contra o regime de segregação racial vigente no país até 1994, começou em junho deste ano a ter complicações decorrentes de uma infecção pulmonar. Milhares de pessoas saíram às ruas das principais cidades da África do Sul para homenagear o maior líder do país. Zuma declarou luto em toda a África do Sul. Uma cerimônia está prevista para ser realizada em um estádio de 95

mil lugares nos arredores de Joanesburgo na segundafeira. Seu corpo será então velado por três dias na capital, Pretória, antes de ser levado para um funeral com honras de Estado na aldeia de Qunu, em Cabo Oriental, onde ele cresceu. Em Johanesburgo, milhares de moradores do bairro de Soweto tomaram as ruas próximas à casa onde Mandela morou. Além de dançar, eles cantavam músicas famosas na época em que ele estava preso e que pedi-

am sua libertação. "Estou triste, chateada", disse Thumelo Madikwe, de 29 anos. "Mas ao mesmo tempo ele teve seu papel e o cumpriu muito bem. Ele já estava velho, tudo bem ele partir." Diante da casa onde Mandela passou os últimos meses recebendo cuidados médicos, moradores acendiam velas e entoavam canções para homenagear o ex-presidente.

Com a participação de músicos e bandas tarimbadas como Bandativa, Top Bannda, Sandro Rios, Marília Dutra, Jamaica Groove, Trio BBB Instrumental, Alexandre Cachoeira, Lucas Cruz e Nara Buss entre outros, o Moysa Festival foi idealizado por profissionais da área artística, amigos do músico Moyses de Jesus que sofreu um acidente automobilístico em novembro deste ano e está impossibilitado de trabalhar. O baixista, mais conhecido como Moysa é um dos principais instrumentistas do país. A arrecadação do evento será revertida ao músico. O ingresso pode ser adquirido por R$15,00 com direito a um CD com participação do baixista e está à venda no B&C Studio e Loja A Musical em Tubarão. O Show das bandas acontecerá no dia 16 de dezembro segunda-feira a partir das 20 horas no Salão de Atos do Parque Ambiental Tractebel em Capivari de Baixo.

Audiência para prestação de Contas O presidente da Câmara Municipal de Capivari de Baixo, Manoel Guimarães convida a todos para prestigiar e participar da Audiência Pública sobre a prestação de contas de 1º de Janeiro de 2013 a 31 de Dezembro de 2013, que será realizada no dia 16/12/2013 (segunda-feira) às 19:00 horas, no Plenário desta Casa Legislativa.

83 anos da Emancipação de Jaguaruna O município de Jaguaruna completou 83 anos de emancipação política-administrativa neste dia 11 de dezembro. Assim, o Prefeito Luiz Arnaldo Napoli fez questão de lembrar o aniversário do município na manhã de terça-feira (11). Vale a lembrança de que Jaguaruna teve o começo de sua história no século XIX, precisamente no ano de 1867. Porém, a sua efetivação definitiva como município ocorreu no dia 11 de dezembro de 1930, pelo Decreto Estadual n. 25.


04 Jornal A VOZ DO POVO

Capivari de Baixo Exécito

Defesa Civil

Reforma no telhado da Escola Vitório Marcon

Sec. de Obras atuou em conjunto com a Defesa Civil A secretaria de Obras de Capivari de Baixo realizou nesta semana uma reforma do telhado da escola municipal de Educação Básica Vitório Marcon, na localidade de Ilhotinha, após a Defesa Civil municipal ter constatado riscos aos ocupantes da edificação. De acordo com o laudo da Secretaria de Planejamento do município, foram constatadas deformações no telha-

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

do, com despregamento de tábuas e estacas, além da presença de cupins, que atingiram a estrutura do forro e armação do telhado. No período de chuva também eram constatadas goteiras, o que aumentava o risco de queda do telhado, pelo aumento de absorção de umidade das telhas, com o natural aumento de peso da estrutura. Poda de segurança No Centro de

Educação Infantil Amélia Zanelatto, que fica ao lado da escola Vitório Marcon, um mutirão formado pelos Bombeiros, Defesa Civil e servidores da prefeitura fez a pode de uma árvore de mais de 10 metros de altura, cujos galhos representavam um risco à vida de crianças e professores, pela possibilidade de queda em cima da edificação.

MBC

Capivari recebe homenagem nos 52 anos do 3° Batalhão de Infantaria do Exército em Tubarão

Prefeito Moacir recebeu um livro contando a história do Batalhão A 3º Companhia nesta manhã, uma solenides. "É muito importante do 63º Batalhão de Infandade com a presença do que esta data seja lembrataria do Exército de Tuba- prefeito de Capivari de da, pois ela é um grande rão comemora nesta sexBaixo, Moacir Rabelo, o marco todos nós”, destaca ta-feira (6), 52 anos de presidente da Câmara de o prefeito. Durante a procriação. Para lembrar a Vereadores, Manoel Guigramação, militares e autodata, a unidade promoveu marães e demais autorida- ridades foram homenagea-


Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

05

Capivari de Baixo

Natal

Apresentações artísticas e chegada do Papai Noel dão início as festividades em Capivari Nem mesmo a chuva atrapalhou a chegada do Papai Noel na noite de ontem (11), no Parque Ambiental Tractebel, em Capivari de Baixo. O momento mais aguardado aconteceu por volta das 21 horas, quando o trem que transportava o bom velhinho foi visto na entrada do parque. Uma multidão se formou próximo ao trem e fez “escolta” ao Papai Noel até o local, onde recebeu as chaves da cidade das mãos do prefeito Moacir Rabelo. O evento ainda contou com a apresentação da Banda Santa Cecília, da Academia Performance, da 4ª Geração, da Orquestra Mirim, da Energia da Dança e do Grupo de Música e Balé Fadas da Natureza da Tractebel Energia. Mais uma vez o Natal contou com a participação da sociedade capi-

variense, que compareceu em massa à festa. Depois, todos seguiram para a Casa do Papai Noel, montada na entrada do Parque e o bom velhinho foi apresentado à sua “nova casa”. Cada criança teve a oportunidade de abraçar o Papai Noel, recebendo em troca um saquinho com doces. Para o prefeito Moacir Rabelo, a chegada de Noel e os momentos que antecedem o Natal devem remeter as pessoas à reflexão e às suas obrigações na sociedade. “Que todos tenham um Natal iluminado, repleto de amor ao próximo e magia. Que o nascimento do menino Jesus reflita na vida das pessoas um dos sentimentos mais importante para os seres humanos, que é o sentimento de irmandade”, disse. Apesar da chuva, a chegada do Papai Noel atraiu grande público

Câmara de Vereadores de Capivari de Baixo/SC Av. GENERAL MENDONÇA LIMA - 400 - ED. VER. ROBERTO PEDRO PRUDÊNCIO - FONE: |48| 3623-1599 CEP 88745-000 - CENTRO - CAPIVARI DE BAIXO - SANTA CATARINA

Sessão Ordinária de 06/12/2013

Sessão Ordinária de 10/12/2013

Foi realizada na Câmara Municipal de Capivari de Baixo, no dia 03/12/2013 (terça-feira) às 19:00hrs, Sessão Ordinária, onde os nobres Edis tiveram a 1ª Discussão e 1ª Votação do Projeto de Lei Ordinária n°072/2013 (056/2013 na origem) que: Estima a receita e fixa a despesa do município de Capivari de Baixo para o exercício de 2014, de autoria do Poder Executivo. - 1ª Discussão e 1ª Votação.

Foi realizada na Câmara Municipal de Capivari de Baixo, no dia 10/12/2013 (terça-feira) às 19:00hrs, Sessão Ordinária, onde os nobres Edis aprovaram após a 2ª Discussão e 2ª Votação, o Projeto de Lei Ordinária n°072/2013 (056/2013 na origem) que: Estima a receita e fixa a despesa do município de Capivari de Baixo para o exercício de 2014, de autoria do Poder Executivo. - 2ª Discussão e 2ª Votação.

Os vereadores de Capivari de Baixo desejam a todos os cidadãos deste município, um Feliz Natal e Próspero 2014! Manoel Guimarães - Presidente; Jonas Machado dos Santos - Vice-Presidente; Elto Aguiar Ramos - 1° Secretário; Fernando Oliveira - 2° Secretário; Arleis Ribeiro, Arlei da Silva, Jean Rodrigues, Ismael Martins, Ailton Bitencourt, Edison Duarte e José Nazareno - Vereadores.


06

Jornal A VOZ DO POVO

Tubarão

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Plano Diretor

Câmara entrega Plano Diretor à Prefeitura A Câmara de Vereadores entregou na tarde desta terça-feira (10) ao prefeito Olavio Falchetti o projeto do Plano Diretor de Tubarão, em encontro realizado no Paço Municipal. Estiveram presentes à reunião, além do prefeito, o secretário de Governo, Matheus Madeira, de Urbanismo Vânio de Freitas Junior, e de Gestão, Ricardo Alves. Pela Câmara, se fizeram presentes o presidente Evandro Almeida (membro da Comissão do Plano Diretor), e os vereadores Nilton de Campos (relator da Milhares de crianças estavam na expectativa da chegada do Papai Noel Comissão) e Caio Torcaski (presidente da Comissão). Por vontade comum dos poderes ExeO Projeto foi entregue na terça-feira (10) cutivo e Legislativo, a ideia é de que se realize a vota- um substitutivo global. Almeida, a votação acon- Casa Legislativa entra em realizada pela secretaria de Urbanismo é necessáção ainda este ano, através Segundo o presi- tecerá em sessão extraor- recesso nesta semana. dos encaminhamentos de dente da Câmara Evandro dinária, uma vez que a A análise que será ria para colocação de trâ-

mites legais ao processo de votação Em discussão desde 2006, o Plano Diretor é composto por um conjunto de sete leis, e que foram elaboradas em vista do resultado de diversas audiências públicas realizadas tanto pela Câmara quanto pela prefeitura. O Plano Diretor é formado por leis que regem o sistema viário; zoneamento, uso e ocupação do solo; parcelamento do solo; perímetro urbano; revisão do Código de Obras; revisão do Código de Posturas e Plano Diretor. “Nossa expectativa é de que até a próxima semana já consigamos marcar a sessão extraordinária para finalmente votarmos este projeto tão esperado pela nossa população”, comentou Evandro.


Tubarão

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Natal

Papai Noel chega hoje (12) à cidade Azul

Jornal A VOZ DO POVO

07

Nelson Mandella Prof° Maurício da Silva

Divulgação / AVP

A chegada do ‘bom velhinho’ estava prevista para terça-feira (10), mas o mau tempo adiou a festa para quinta-feira (12) up. O ponto de saída será a ponte Manoel Alves dos Santos, no Morrotes, por volta das 20h30. De lá, o Papai Noel e um grupo de mais 29 pessoas saem em direção ao Centro, até a ponte Dilney Chaves Cabral. Da ponte, seguem em um cortejo especial para o palco montado em frente ao Centro Municipal de Cultura - Museu Willy Zumblick, onde o prefeito Olavio Falchetti entregará a chave da cidade ao Noel.

A previsão de chegada no Centro é entre 21h15 e 21h30. Logo após, o Papai Noel segue para o Vila Natal dos Sonhos, no Paço Municipal, onde permanecerá até o dia 22 de dezembro recebendo as crianças diariamente, das 18 às 22 horas. As atrações previstas na programação para acontecer nesta terça-feira (10) também foram transferidas para o dia 12.

Dr. Cleberson José Garcia Diretor Técnico - Médico CRM 7252

Contato: 48 3628-2919 Rua Porto Alegre, 318 - Aeroporto - 88705-200 - Tubarão/SC psicomedclinica@hotmail.com

mauricio.silva@unisul.br

Na luta contra a segregação racial, Nelson Rolihlahla Mandela, falecido no dia 5 de dezembro de 2013, aos 95 anos, foi o maior entre os maiores Zumbi dos Palmares, Rosa Parkes, Malcon X, Martin Luther King e tantos outros - embora todos fossem fundamentais. Pela luta em favor da pacificação de seu país, destacou-se como uma das maiores personalidades do século XX. Mandela foi o rei das resistências. Resistiu contra o Apartheid, regime sanguinário, em que a minoria branca segregava, oficialmente, a maioria negra na África do Sul. Resistiu aos 27 anos de prisão devido à luta contra o citado regime, o que foi decisivo para derrocá-lo. Resistiu à vingança contra os brancos, temida e incentivada, quando ao sair da prisão foi eleito o primeiro negro presidente da mesma África do Sul. Ao contrário, deu importantíssima lição para o mundo ao praticar a conciliação entre brancos e negros. Por último, resistiu bravamente à grave doença. Desde julho de 2013, o mundo aguardava pela trágica notícia de sua morte. Pelos feitos, ganhou reconheciment o mundial e foi laureado com o Nobel da Paz, e a ONU instituiu o D i a Internacional N e l s o n Mandela (no dia d e s e u nascimento, 18 de julho), como f o r m a d e valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia. Com a sua morte o mundo perde a maior referência na luta contra a segregação racial, contra a injustiça e o autoritarismo e em favor da paz, dos direitos e das oportunidades iguais para todos. Ficam, não obstante, as lições de comprometimento com a coletividade, de persistência, coragem, pacifismo, inteligência e perdão que, com certeza, encorajarão, ainda mais, os que prosseguem na luta pela dignidade de todos. Afinal, mesmo com tantas batalhas, tantos avanços e tantos 'mandelas', homens e mulheres negras, no mundo inteiro, ainda ocupam as camadas subalternas e empobrecidas das sociedades. São vítimas do preconceito, da exploração e dos péssimos serviços públicos, principalmente, os da educação e da saúde. Tantos outros sofrem e lutam contra outras formas de preconceito, discriminação e opressão. Uma de suas célebres frases inspirou o lema da XXI ZUMBIAFRO, que ocorreu no dia 17 de novembro de 2013 em Tubarão: “Chegará o dia em que todos se levantarão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos”. Nelson Mandela mostrou possibilidades, quando se vivia apenas tragédia, e concórdia, quando se esperava revanche. É o exemplo de líder que o mundo, cada vez mais incerto, clama, precisa e merece. Prof°. Maurício da Silva

Eli Wenberg (1961) / Divulgação / AVP

Devido à previsão de chuva para esta terça-feira (10) e ao bloqueio realizado na BR-101 pelo Movimento Carga Pesada, a chegada do Papai Noel que estava prevista para acontecer à noite, foi transferida para quinta-feira (12). A chegada oficial do Papai Noel em Tubarão integrará as atividades da Vila Natal do Sonhos. Neste ano, o Bom Velhinho virá pelo Rio Tubarão de stand-

Mestre em Educação


08

Jornal A VOZ DO POVO

Variedades

Imagens

z do Povo A Vo

da

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Semana Fotos: Divulgação / AVP

A 3º Companhia do 63º Batalhão do Exército de Tubarão comemorou sexta-feira (6), 52 anos.

Nossa colunista Jaque Espíndola ‘cumple años’ dia 11/12. Parabéns, felicidades, saúde e sucesso. A homenagem é do esposo Thayus, do filho Vinícius (foto), dos familiares e amigos

1ª Diretoria da CDL de Sangão, a 194ª em Santa Catarina

Leonardo e Kelvin viverão o Rei Pelé na Telona

Arte com extintores reciclados em frente ao Bombeiro de Capivari de Baixo

Árvore do Conhecimento no Senac de Tubarão/SC

Banda Preserva Roots, na Prainha - Farol de Sta. Marta. Essa vibe positiva rolou no Domingo (08) ensolarado


Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Receitas Práticas

Variedades

Jornal A VOZ DO POVO

09

Frases da Semana por Jaque Espíndola e Camila Teixeira

Otimismo Sempre Otimismo sempre, a todo instante, Quem tem o coração fortalecido pelo otimismo afasta os sentimentos negativos e atrai

Biscoitinhos de Natal Ingredientes       

250 g de farinha; 125 g de açúcar; 125 g de margarina; 1 ovo inteiro; 1 colher (chá) rasa de fermento em pó; 1 pitada de sal; 1/2 colher de essência de baunilha

Modo de Preparo 1 – Bata a manteiga amolecida com o açúcar, junte o ovo e bata bem. 2 – Acrescente, aos poucos, a farinha e misture. 3 – Forme uma bola, embrulhe-a em um filme plástico e deixar repousar na geladeira durante 30 minutos. 4 – Retire a massa da geladeira e abra ela em pequenas porções sobre uma mesa com bastante farinha, a farinha evita da massa colar na mesa. É aconselhável que a massa tenha em torno de 1 a 2 cm de espessura. 5 – Corte a massa com cortadores com motivos natalínos (sinos, bengala, estrela, papai noel, árvore de Natal, bolas, etc.). 6 – Coloque os biscoitos cortados numa assadeira untada com farinha ou forrada com papel manteiga no forno pré aquecido a 170ºC, durante cerca de 10 minutos, até as pontas começarem a ficar douradas. Decoração de biscoitos de natal 7 – Bata 2 claras em castelo e junte açúcar em pó até fazer uma pasta consistente, divida a mistura por várias taças e junte corante alimentar de diferentes cores. Depois é só usar a imaginação.

“Eu não estou à altura de Madiba, mas ele me faz querer ser um homem melhor", disse o presidente dos EUA, Barack Obama, nesta terça-feira (10), que Nelson Mandela foi um "gigante da história", que moveu bilhões pelo mundo. "Eu me relaciono com homem, mulher, flor, fruta...com quem eu quiser", diz trecho de texto divulgado pelo ator Paulo Gustavo, após sofrer preconceito na web com relação a sua sexualidade. "Nunca fui a um casamento em que a noiva chegasse na hora, mas nunca vi um casamento deixar de acontecer por causa disso", diz ministro do Esporte Aldo Rebelo, ao confirmar que estádios da Copa não ficarão prontos no prazo estipulado pela Fifa.

saúde, prosperidade e amor. O otimismo limpa o coração da tristeza. Afasta a má vontade e supera os obstáculos que se tornam pequenos diante da grandeza de quem tem o otimismo no coração. Você é o que você faz. O que você planta. Por isso plante sementes de otimismo. Amanhã você estará colhendo os frutos doces da alegria e da harmonia. Pense todos os dias, ao acordar, que você é parte do espetáculo radiante da vida e tudo, tudo mesmo, vai dar certo. Para o otimista a vida é a maior poesia de Deus. O otimista vê os obstáculos como lições. Como oportunidades de crescimento. Amadurecimento. Fortalecimento. Sinta com prazer as coisas simples da vida que chegam até você. O barulho da chuva batendo na janela. O cheiro de terra molhada. O canto dos pássaros. É Deus mandando um recado. Tocando uma linda canção no seu coração para que você seja sempre otimista ! Otimismo é certeza de que o amanhã será

Anita e Garibaldi - antes de heróis Giuseppe Garibaldi, 32 anos, comandante dos rebeldes republicanos que invadem Laguna, Santa Catarina, durante a Guerra dos Farrapos (1835 - 1845), encontra sua alma gêmea em Anita, 18 anos, esposa do sapateiro local. Entre a paixão e as batalhas, eles definirão o rumo de suas vidas e influenciarão o curso da revolução.

melhor do que hoje! Para o otimista não existem dias difíceis. Otimismo é certeza de prosperidade. Confie em Deus. Seja otimista e tenha sempre um bom dia.


10

Jaguaruna

Jornal A VOZ DO POVO

Social

Divulgação / AVP

Abertura do Natal Solidário 2013

Papai Noel chegou à cidade no carro dos Bombeiros A Prefeitura Municipal de Jaguaruna, através da Secretaria Municipal de Esportes, Turismo, Juventude e Eventos, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), realizou a abertura da programação do natal solidário 2013 nesta sexta-feira (06). Ocorreu, durante a abertura, a chegada do Papai Noel desfilando no caminhão dos Bombeiros Voluntários, acompanhado pela Banda Amor à Pátria desfilando pelo centro da cidade.

Ao chegar na Praça da Igreja Matriz, o papai noel foi recepcionado pelo Prefeito Municipal Luiz Arnaldo Napoli, pela primeira dama Salete Napoli e pelo presidente da CDL Sandro Silvano. Na sequência, Luiz entregou a chave da cidade para o bom velhinho e fez uma saudação especial a todos os presentes, colocando Jaguaruna oficialmente no natal de 2013. Após, as crianças puderam conhecer a casa do papai noel, que fez a alegria dos pre-

sentes. Luiz aprovou a abertura do natal solidário em 2013 e ressaltou que a parceria com a CDL fará o natal para o comércio muito mais dinâmico. Para os cidadãos, significa muito mais conforto e opções na hora de comprar seus presentes de natal. Além disso, o chefe do executivo fez o convite para que todos pudessem acompanhar a sequencia da programação do natal solidário, que vai até o dia 21 de dezembro.

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Temporada de Verão

Posto Guarda-Vidas no Campo Bom Na sexta-feira (06), ocorreu no Balneário Campo Bom a inauguração do segundo posto salva vidas da comunidade. A obra foi concluída pela Associação de Moradores em parceria com diversos colaboradores. O total orçado foi de R$ 23.978,25 (vinte e três mil novecentos e setenta e oito reais e vinte e cinco centavos). Ao ato, diversas autoridades se fizeram presentes. Entre elas, estavam o Prefeito Municipal Luiz Arnaldo Napoli, o presidente da associação de moradores local Juceli Teixeira, o Sargento dos Bombeiros Militares Osvaldo, o

O posto é uma reivindicação antiga da comunidade Secretário de Obras Braz so, lembrou-se da valoriCrescêncio e os vereadores zação que o Balneário Santo Stippe e Milton Gou- em questão tem para o lart. município de Jaguaruna. O Prefeito Luiz resAinda, a Assosaltou o feito da associação ciação tem como meta a e dos colaboradores que aju- construção de mais dois daram a trazer segurança postos, um deles ainda para os banhistas. Além dis- em 2014.

Educação

Formatura do Pré-Escolar de Jaguaruna

No Clube 1º de Janeiro, uma bela formatura foi organizada pela equipe de educação e cultura na quinta-feira (06). Ao

longo do acontecimento, pais e alunos do préescolar puderam se emocionar com este momento de transição dos alunos para o

ensino fundamental. As crianças já estão ansiosas para iniciar a nova fase nos estudos.


Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Pela Amurel

Jornal A VOZ DO POVO

11

Braço do Norte/SC

O Financiamento das Eleições Braço do Norte assina convênio Luiz Henrique da Silveira Senador da República Há cerca de um mês, realizou-se na sede da ONU (Organização das Nações Unidas), a Assembleia da União Interparlamentar, reunindo deputados federais e senadores, embaixadores e ministros de Estado de todo o mundo. Durante os debates, alguns assuntos foram recorrentes, como combate à pobreza e à corrupção; respeito aos direitos humanos; desenvolvimento sustentável, conciliando o incremento da produção à proteção do meio ambiente; priorização da saúde, educação, ciência, tecnologia e inovação. Mas um dos assuntos que monopolizou os debates foi a crise da democracia representativa, que se enuncia pelo baixo índice de consideração pelos partidos políticos e seus integrantes. Vários discursos identificaram como principal causa da baixa credibilidade dos homens públicos e de suas legendas, a prática (generalizada nos cinco continentes) de financiamento privado das eleições, feita por grandes corporações, empreiteiras de obras e até mesmo concessionárias de serviços públicos. O financiamento privado é o grande vilão da baixa estima pelos políticos. Cria nexos indesejáveis entre os eleitos e os seus financiadores, como assinala Al Gore, em seu novo livro, “O Futuro”. “Enquanto a televisão comercial dominar o debate político, os candidatos vão julgar imprescindível arrecadar somas de dinheiro cada vez mais vultosas entre indivíduos, empresas e financiadores com interesses específicos, a fim de comprar o acesso à “praça púbica” mais importante de uma sociedade, em que os eleitores passam a maior parte de seu tempo "de olho na tela” (de TV). Graças a esse mecanismo, no que se refere à tomada de decisões na democracia norte-americana, consolidou-se a obscena dominação de um mesmo grupo de contribuintes abastados, em especial os lobbies das grandes empresas. (...) trata-se de um golpe de estado corporativo em slow-motion, que ameaça destruir a integridade e o funcionamento da democracia (...)”. E prossegue: “Este novo padrão auto-organizado do Congresso dos Estados Unidos atende a interesses especiais, que garantem a maioria do dinheiro com que os políticos (de situação e oposição) pagam suas campanhas eleitorais na televisão. Portanto, não corresponde mais às preocupações mais legítimas do povo norte americano. Seus ocupantes ainda são chamados de “representantes”, mas a maioria deles, hoje, representa apenas as pessoas e empresas que fazem doações de campanha, e não os eleitores”. O oposto a essa situação é o financiamento público, ou a combinação dele com doações populares que não possam atingir mais do que um salário mínimo. E a TV ao vivo, sem pré-produção, nem recursos de computação gráfica, e a maquiagem que esconde quem é o verdadeiro candidato. Al Gore, ex vice-presidente da República, decidiu não mais se candidatar. Pois, esta é a principal razão pela qual eu disse que não mais me candidataria.

Luiz Henrique da Silveira Senador da República

para reforma de casas

Convênio entre prefeitura e Cohab liberará R$ 5 mil para 26 famílias do município . O prefeito Ademir da Silva Matos, juntamente com a assistente social, responsável pelo setor de habitação da Prefeitura Municipal de Braço do Norte, Leonor Mendes, assinaram ontem na capital do Estado o convênio com a Cohab – Companhia de Habitação do Estado de Santa Catarina, para participação no Programa Reforma Cidadã, que contemplou 26 famílias do município com a reforma de suas casas no valor de R$5 mil. Puderam participar da programa famílias com renda de até dois

salários mínimos e que estivessem com suas casas em condições precárias. A secretária de Assistência Social e da Família não mediram esforços no cadastramento e Braço do Norte foi o Município do Estado que mais cadastrou famílias. Foram realizados pela secretaria mais de 300 cadastros e consequentemente, foi o município um dos maiores contemplados, nesta primeira etapa. “Nosso esforço foi reconhecido pela Cohab, que se comprometeu a contemplar mais de nossos cadastrados nas próximas etapas do ano que vem”, contou a assis-

tente social, Leonor Mendes. O Prefeito Ademir da Silva Matos, que assinou convênio, aproveitou a oportunidade para destacar as necessidades de Braço do Norte no setor habitacional e da importância do apoio e parceria da Cohab nesses projetos. “Estamos empenhados e participar do maior número de projetos que beneficiem aqueles que mais necessitam em nosso Município. Estamos empenhados em realizar com eficiência nossos cadastros e lutar para que todos sejam beneficiados”, destacou.


12

Jornal A VOZ DO POVO

Pelo Estado

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Assitência Social

Estado entrega 218 veículos para a Assistência Social dos municípios Catarinenses O governador Raimundo Colombo; o vice Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), João José Candido da Silva, entregaram nesta terça-feira, 10, 194 veículos para as prefeituras catarinenses, que serão usados na prestação dos serviços de assistência social. Outros 24 veículos, também entregues, darão suporte operacional da SST, aos Centros de Trabalho, Emprego e Renda, distribuídos em 13 municípios e a Escola de Ofícios Dom Jaime, em Palhoça, na Grande Florianópolis. Os veículos serão usados pelas prefeituras para a busca ativa e a proteção social dos idosos,

O Objetivo é equipar o setor e localizar as quase 28 mil famílias catarinenses que precisam de apoio

pessoas com deficiência, mulheres, crianças e adolescentes, que não acessam os programas governamentais e estão desprotegidos. Também ajudarão a dar suporte para os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas). “A intenção é fazer com que esses veículos façam um trabalho de proteção social e que todas as prefeituras tenham um equipamento melhor para realizar o trabalho nos bairros. Nossa prioridade em 2014 será de atender, de forma muito forte e melhor, as pessoas, em especial os mais pobres”, destacou o governador.


Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Geral

Jornal A VOZ DO POVO

13

Sustentabilidade

Governo certifica empreendimentos TABULEIRO da Economia Verde Solidária

Por Marcelo Corrêa

Destinos incertos

São distintas as posições sobre o destino de Vasco e Fluminense em 2014 no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Enquanto os integrantes do tribunal acreditam que a Portuguesa de fato perderá os pontos pela escalação irregular de um jogador (seja a partir de uma ação do procurador Paulo Schimitt ou do próprio Fluminense), a situação do Vasco é oposta. Roberto Dinamite anunciou na noite de segunda-feira que entrará na Justiça Desportiva pedindo a anulação da partida contra o Atlético PR devido aos incidentes na arquibancada da Arena Joinville. Não vai dar em nada, garante-se nos bastidores no STJD. Chance zero.

Mandela

O governo do Estado entregou certificados para 43 empreendimentos produtivos coletivos selecionados pelo programa Economia Verde e Solidária. O evento foi na quarta, 11, na Casa D’Agronômica, em Florianópolis. “Esta é uma ação que visa fortalecer a base da nova economia catarinense. As associações receberão até R$ 300 mil, a fundo perdido, além de apoio técnico para seus projetos”, explica o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen. O Economia Verde e Solidária foi desenvolvido para cooperativas e associações de produção coletiva que utilizam resíduos sólidos, que gerem trabalho e renda. Foram analisadas 145 propostas que passaram por várias etapas, como habilitações jurídicas e técnicas, além de visitas. Serão disponibilizados R$ 20 milhões, dos quais R$

10 milhões são do Governo do Estado, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), para diagnósticos setoriais, estudos, consultorias e participações em feiras e rodadas de negócios. Os outros R$ 10 milhões são de financiamento com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para execução dos projetos. Um dos empreendimentos selecionados foi a Associação de Artistas Artesãos e Produtores Rurais de Campo Alegre, que conta com 27 participantes. Eles utilizam resíduos de vasilhames plásticos, retalhos de tecidos e resíduos de madeira, caixas de leite, jornais e revistas, latas, dentre outros. Criada há 12 anos, a associação disponibiliza espaço para a venda dos artigos, realiza cursos, oficinas e workshops. O valor disponibilizado por

meio do Economia Verde e Solidária será investido na construção de uma casa artesã, onde os produtos podem ser comercializados, uma máquina para lavar lã e outra para tricô. “Esta é uma excelente oportunidade que o Governo do Estado está dando para pessoas que precisam”, diz a artesã Relinda Alandt. Outro projeto habilitado foi da Associação de Artesanato Videira das Artes, onde trabalham 34 mulheres que produzem os artigos em suas casas e expõem em um espaço cedido pela Prefeitura Municipal de Videira. Segundo a artesã, Nair Mai, a entidade se inscreveu no programa com objetivo de montar uma loja, onde os produtos poderão ser comercializados. “Também queremos fazer cursos para que mais mulheres do município possam trabalhar e garantir uma renda extra”, conta.

O corpo de Nelson Mandela já se encontra na capela instalada no palácio presidencial da África do Sul, o Unions Buildings, em Pretória, e está aberto para visitas dos cidadãos sul-africanos. Nesta quarta-feira, o cortejo fúnebre, que inicialmente percorreria várias partes da cidade, fez apenas o trajeto do Hospital Militar até a sede do governo. Centenas de pessoas acompanharam a passagem de Mandela pelas ruas de Pretória. O local permanecerá aberto até as 17h locais (13h de Brasília), quando o corpo será levado novamente para o Hospital Militar, operação que se repetirá amanhã e sexta-feira. Nelson Mandela morreu na quintafeira passada aos 95 anos e será enterrado no domingo em Qunu, aldeia onde cresceu na África do Sul. O governo da África do Sul recomendou aos chefes de Estado que estão no país para homenagear Mandela, que não compareçam ao enterro na pequena aldeia, devido à falta de infraestrutura. O mesmo pedido vale para a população sul-africana, que foi orientada a não seguir para Qunu e respeitar o sepultamento de Nelson Mandela, que deve ser enterrado apenas com a presença de familiares e uma pequena comitiva do governo.

Mandela II É preciso lembrar que Mandela era um prisioneiro político, o qual, até o ano de 1973, quando foram abrandadas as condições carcerárias em Robben Island, vivia praticamente confinado numa minúscula cela e com apenas uns poucos minutos diários para trocar algumas palavras com os outros presos, quase privado de toda comunicação com o mundo exterior. Contudo, sua tenacidade e sua paciência tornaram possível o impossível. Mandela permaneceu preso de 1964 a 1990. Neste 26 anos, tornou-se o símbolo da luta anti-apartheid na África do Sul. Mesmo na prisão, conseguiu enviar cartas para organizar e incentivar a luta pelo fim da segregação racial no país. Neste período de prisão, recebeu apoio de vários segmentos sociais e governos do mundo todo.

Manobras econômicas Quando anunciou, em rede nacional, no Dia Internacional da Mulher, que a cesta básica teria desoneração dos impostos PIS e Cofins (cuja alíquota de 9,25% foi zerada), a presidente Dilma Rousseff afirmou que o corte de impostos seria, em breve, refletido nos preços. “Conto com os empresários para que isso signifique uma redução de pelo menos 9,25% no preço das carnes, do café, da manteiga, do óleo de cozinha, e de 12,5% na pasta de dentes, nos sabonetes”, afirmou a presidente em discurso, à época. O anúncio foi feito em março e a lei foi sancionada em julho. Mas, até agora, as reduções no bolso do consumidor se consumaram apenas nos casos do arroz, açúcar, feijão e óleo vegetal. O principal objetivo das desonerações anunciadas era conter o avanço inflacionário num período em que a população começava a se dar conta da corrosão de sua renda, sobretudo com a disparada dos preços do tomate — que, apesar de não pesar no IPCA, era o alimento que tornava a inflação mais visível. O próprio ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu, à época, que o freio na alta dos preços era a verdadeira razão dos cortes. Só mesmo o desespero tardio com a inflação explicava o fato de a presidente Dilma ter vetado essas mesmas desonerações quando propostas pelo PSDB, um ano antes.


14 A Voz do Povo

Geral

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Transporte e Logística

Laço Branco Leo Rosa de Andrade www.leorosa.com.br

Leo Rosa de Andrade Doutor em Direito pela UFSC. Psicólogo e Jornalista

Isaac de Sousa Ribeiro / Librelato / Divulgação / AVP

Essa questão da liberdade das mulheres, se muitos a têm como resolvida, a mim me parece que está em plena revolução. O padrão de comportamento machista é coisa arraigada e sua valorização e reprodução foi e é obra de ambos os sexos. Poucos homens e não muitas mulheres empreendem uma luta por transformação desta cultura. Tal é a dimensão dos tristes resultados do embate, que, em junho de 2007, foi sancionada a Lei 11.489, a qual estabelece: “Fica instituído o dia 6 de dezembro como o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres”. Trazem-me o assunto a proximidade da data e um vídeo publicado no Facebook de Marion da Silva Bittencourt: “A GoldieBlox, empresa norteamericana de brinquedos infantis, lançou uma campanha publicitária que tem dado o que falar, com o intuito de vender uma linha de produtos que incentiva garotas a serem engenheiras. O comercial brinca com vários clichês femininos, ao passo que três meninas constroem um complexo sistema que joga todos os brinquedos ‘de princesinhas’ que elas têm para o ar. As protagonistas do vídeo ainda cantam versos que impressionam: ‘Nossos brinquedos parecem os mesmos e nós gostaríamos de usar nossos cérebros. Somos mais do que princesas donas de casa’, dizem” . O vídeo que refiro, creio, capitaliza a campanha Laço Branco, que nasce quando, “no dia 6 de dezembro de 1989, um rapaz de 25 anos invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica de Montreal, Canadá. Ele ordenou que os homens se retirassem. Gritando: “vocês são todas feministas!?”, começou a atirar enfurecidamente e assassinou 14 mulheres. Em seguida, suicidou-se. O rapaz deixou uma carta na qual afirmava que havia feito aquilo porque não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente dirigido ao público masculino. O crime mobilizou a opinião pública, gerando amplo debate sobre as desigualdades entre homens e mulheres e a violência advinda desse desequilíbrio social. Assim, um grupo de homens do Canadá decidiu se organizar para dizer que existem homens que cometem a violência contra a mulher, mas existem também aqueles que a repudiam. Elegeram o laço branco como símbolo e adotaram como lema: jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não fechar os olhos frente a essa violência. Lançaram a primeira Campanha do Laço Branco” . O vídeo execra a fantasia de “princesinha”, privilegia a inteligência, põe a circular a noção de igualdade de gêneros. Igualdade é luta por espaços de poder. A cultura é disputa, raramente é concessão, por isso comentei publicação que o portal www.atualidadesdodireito.com.br fez sobre o tema. Escrevi: “A culpa é dos homens, mas estranho certa submissão cúmplice, ‘esperançosa’, que as mulheres têm de que ‘as coisas vão mudar’”. Contesta-me Maitê Lemos: a “esperança” seria fruto de violência psicológica. Admito. Ademais disso, há casos de vulnerabilidade e hipossuficiência. Contudo, muitas mulheres com independência intelectual, social e financeira preservam o “esperançoso” desejo de atenuar situações agressivas. Além dessas, há outra alegação sempre justificadora dessa submissão, o condicionamento social. As mulheres aturariam seus homens machistas porque foram educadas nos hábitos patriarcais. Pode ser, mas se atribuímos à educação machista toda a permanência da submissão “esperançosa” da mulher, teremos, igualmente, que atribuir à mesma educação a brutalidade com que muitos homens levam sua relação afetiva. A educação pode explicar o estado de coisas, mas não pode justificar sua continuidade, seja pela condenável prática dos homens, seja pela submissa “esperança” das mulheres de que o “seu” homem vai mudar e “tudo vai ficar bem”. De fato, a culpa pessoal e a responsabilidade histórica de casos de violência, ambas são dos homens. Afinal, os homens são fisicamente mais fortes e estavam no controle quando essas coisas foram produzidas como cultura. De acordo. Mas, e agora? Quanto às mulheres não esclarecidas, capturadas por circunstâncias culturais, claro, como se há de responsabilizá-las? Contudo, há razoável circulação de conhecimento sobre a questão. Muitas mulheres estão no espaço público, estão informadas, detêm poder econômico. Já, até, produzem reflexão sobre o tema. Já podem, pois, muitas mulheres, dizer: basta. É o que, simplesmente, creio, devem fazer.

Librelato prevê expansão com implantação de nova unidade fabril no Espírito Santo

Empresa assina protocolo de intenções com o governo do Espírito Santo Fabrine Jeremias

A Librelato S.A. Implementos Rodoviários de Santa Catarina continua com o projeto de expansão e adquire mais um imóvel. A mais nova propriedade da empresa está localizada no município de Linhares ao norte do estado do Espírito Santo. Na última quinta-feira, 05 de dezembro, além da compra, a Librelato assinou um Protocolo de Intenções com o governo do estado do Espírito Santo onde foi firmado o acordo da empresa em implantar uma unidade industrial destinada à fabricação de implementos rodoviários, inicialmente nos modelos: furgão alumínio, semi reboques furgão lonado, semirreboques graneleira e semirreboques porta contêiner. A comitiva da Librelato formada pelo CEO José Carlos Sprícigo, pelo vice presidente do Conselho, Gilmar Librelato e pela gerente de marketing e jurídico da empresa

e Conselheira, Thayni Librelato juntamente com o representante do Fundo CRP VII, André Lenz foi recepcionada pelo governador do Espírito Santo Renato Casagrande, pelo prefeito de Linhares Nozinho Correa, o secretário estadual de desenvolvimento Nery de Rossi e demais autoridades presentes. O governo se comprometeu a enviar esforços para a concessão de incentivos fiscais do empreendimento e apoiar atos de gestão com órgãos federais. O investimento, não só para a compra do terreno de 560.000m², mas desde a implantação da fábrica até os equipamentos será de R$ 40 milhões de reais. A capacidade estimada é de 200 implementos/mês, com a geração de 300 empregos diretos. A construção da nova planta industrial iniciará em julho de 2014, iniciando sua produção em 2015. Segundo o governador Renato Casagrande

há mais de 10 meses o Estado do Espírito Santo estava em negociação com a Librelato. “A Librelato é referência no ramo de implementos rodoviários e para o Estado do Espírito Santo é uma honra receber uma empresa que é destaque no país. Nossa equipe visitou a empresa no ano passado e ficou encantada com a tecnologia de ponta aplicada na fabricação de seus produtos”, declara o governador. Segundo o CEO da Librelato, José Carlos Sprícigo a Librelato contribuirá muito para o desenvolvimento da região. “Nossa empresa, além do foco em resultados, se preocupa com o cunho social dos municípios onde está inserida. Acreditamos que esta parceria será de grande valia para continuarmos com o desenvolvimento de todo país”, enfatiza Sprícigo.


Esporte

Capivari de Baixo, 12 de dezembro de 2013.

Copa do Mundo 2014

A História a favor do Brasil

Jornal A VOZ DO POVO

15

Esporte Regional por Antônio Faustino - antoniofaustino@bol.com.br

Repugnante Não podemos mais conviver com as barbáries que aconteceram no último domingo, na arena Joinville, quando do jogo Atlético-PR 5x1 Vasco da Gama, um bando de bandidos, nas arquibancadas promovendo pancadarias, chegando a vias de fatos e quase a morte, e ninguém faz nada, porque estes baderneiros são os mesmos que aprontam a muito tempo , nos campos de futebol, e continuam soltos, convivendo com pessoas de bem, famílias e rindo da nossa cara, que parecemos otários, pagamos nossos impostos, cumprimos os nossos deveres e não temos direito nem de ir a um jogo de futebol em segurança, isto é um absurdo, a paixão pelo futebol está sendo confundida e infiltrada por bandidos, para agredir, roubar e matar, o que falta para por na cadeia.

E a culpa

Divulgação / AVP

Olha só posso garantir, minha não é, nem minha e nem de nenhum cidadão que cumpre com o seu dever, e que é o maior prejudicado com tudo isto, agora cara de pau é o nosso ministro dos esportes, eu quero saber de quem é a culpa, ora bolas, a culpa é das pessoas, que comandam este Brasil ministro, sua que é dos esportes e finge que não é com você, do ministro da justiça, que não luta para por cadeia estes bandidos, lembram da briga de Vasco e Corinthians lá no inicio do campeonato, quantos vascaínos que voltaram a brigar domingo, poderiam estar presos, e esta da policia militar dizer que por orientação do ministério público não devem fazer segurança dentro de estádios, e declarar que a briga começou antes do jogo e fora do estádio, então porque não prenderam os brigõe s neste momento, meu sentido neste momento é um só indignação.

Ao futebol Neymar em ação. Esperança de gols na Copa do Mundo Todos confrontos serão, para o Brasil, reedições de duelos de Copas passadas. A estreia em 2014, inclusive, será contra a Croácia, mesma adversária do jogo de abertura da campanha canarinho em 2006, na Alemanha. Na ocasião, Kaká deu a vitória à Seleção. As lembranças de Camarões também são boas. Nos Estados Unidos, em 1994, com gols de Romário, Bebeto e Márcio Santos, o Brasil aplicou 3 a 0 e conquistou a vaga na segunda rodada do torneio que veria o capitão Dunga erguer a taça. Contra o

México, será o quarto confronto em uma Copa. Até agora, são três vitórias brasileiras, com 11 gols marcados e nenhum sofrido. Na última delas, em 1962, a Seleção também terminou com o troféu nas mãos. Acontece que, no caso dos mexicanos, é inevitável mencionar, lado a lado com esse retrospecto positivo, uma série recente de derrotas frustrantes, em momentos decisivos. Apenas finais perdidas pela Seleção foram quatro: a da Copa das Confederações da FIFA 1999, a do Torneio

Olímpico de Futebol de Londres 2012 e as de duas edições da Copa Ouro, em 1996 e 2003. Isso para não falar das categorias inferiores, em que os brasileiros caíram para o México, por exemplo, na decisão da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA Peru 2005 e, recentemente, nas quartas de final do Sub-17 dos Emirados Árabes 2013, em outubro. Na teoria é relativamente fácil a tarefa dos comandados de Scolari, na primeira fase. Complicado será enfrentar Holanda ou Espanha logo nas oitavas.

Me deixa falar um pouco de futebol, senão fica parecendo uma coluna policial e não esportiva, a salvação do Criciúma, veio para a glória do estado de Santa Catarina, 3 representantes na série A, Tigre, Chapecoense e Figueirense, o estado está na mídia de todo o mundo e óbvio que muita gente vai querer saber o segredo de nosso estado no futebol, além disto são mais dois na B, Avai e Joinville, ou seja entre os 40 melhores 5 são barriga verde, e na A, só perdemos para São Paulo que tem 5, ou tinha, e já falo por que, todos os demais estados da confederação tem número menor de participantes, é ou não é uma boa noticia para o futebol catarinense.

Mais confusão Depois da baderna de Joinville, agora pinta outra bomba, da escalação de Heverton pela Portuguesa no jogo contra o Gremio na última rodada e de André Santos pelo Flamengo, contra o Cruzeiro também na última rodada, os jogadores teriam sido julgados na última sexta feira, no STJD, teriam sido punidos e portanto estavam suspensos e não poderiam ser escalados, e dai meus amigos, a baderna é dos clubes, não se pode aceitar que clubes deste tamanho com departamentos jurídicos bem remunerados, cometam tamanho disparate, se for real, tem que punir e pronto, se isto acontecer o Fluminense fina na A, e a lusa vai para a B, e se for é por pura incompetência, quando ao Flamengo se for punido vai se safar por um pintinho, isto é vergonha, dos clubes claro.

B Catarinense Vai começar depois da Copa do Mundo, a segunda divisão de Santa Catarina, a antiga divisão especial que a partir de 2014, passa a se chamar série B, os clube, em número de 10 estiveram reunidos na segunda feira e ficou definido que a competição inicia em 20 de julho, uma semana após o término da copa do mundo, que será aqui no Brasil, mais uma vez, a esperança de nosso torcedor é que nossos representantes, Hercílio e Atlético, formem bons times, para retornar a primeira divisão, está mais que na hora de nossa cidade voltar a elite, e já que temos dois representantes que pelo menos um chegue lá, se não for possível os dois, outro representante da Amurel é o Imbituba, que ameaçou não participar da competição, mas que voltou atrás e continua normalmente.< /p>

Recadinho O de hoje é familiar, ao meu filhão Juninho , que recebeu diploma de melhor aluno do ano, em sua turma no CEDUP, e o Rodolfo, outro filhão que me orgulha, ficou entre os 3 melhores no mesmo colégio, pode me chamar de pai coruja, mas eu precisava registrar.


QUEM COMPRA AQUI! FAZ + POR CAPIVARI! 1 Sempre que o consumidor compra em qualquer estabelecimento comercial...

Parte do imposto, por sua vez, é repassado ao município onde a compra foi realizada...

3

... uma porcentagem do valor que o consumidor gastou, é revertido em impostos...

2 IPI ICMS ISS

4 ...e o dinheiro é transformado em melhorias para os cidadãos como: educação, saúde, lazer e segurança!

Valorize o comércio de Capivari de Baixo e desenvolva junto com o seu município! Uma Campanha:

Apoio:

Guia de Compras

O DE $CONTÃO

Indispensável pra quem quer economizar!


Edição 222