Page 1

48(0/È6$%(248(',= FUNDADOR: MÁRCIO PASSOS - DESDE 1984

30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

Ano 38 - Edição 2644 - R$1,00

Divulgação

Mais empregos na ArcelorMittal O novo laminador da em operação em janeiro mana, o início das ati- Usina. O equipamento, milhões. A expectativa balho. Prefeitura, vereaArcelorMittal em João de 2022. vidades aponta para o pronto desde 2015, é fru- inicial é a geração de dores e Sindicato comeMonlevade deve entrar Anunciado nesta se- aumento da produção da to de projeto de US$280 novas 125 vagas de tra- moraram. Página 3

2644.indd 1

29/07/2021 20:06:56


30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

2 Opinião

CHARGE

EDITORIAL

Boa notícia acende otimismo No duro ano de 2021, a notícia do início da operação do novo laminador na Usina de Monlevade acende o otimismo. Em tempos de desemprego, queda na arrecadação e dificuldades financeiras, chega em boa hora, a informação que o novo laminador vai gerar, a princípio, 125 empregos diretos em Monlevade. Porém, a boa notícia se contrasta com o desejo de anos atrás, de ver a promessa de duplicação da capacidade de produção concretizada. Desde 2008, estava no ar a expectativa desse projeto de duplicar a produção da Usina local, com a criação de centenas de empregos e também considerável aumento na arrecadação municipal. A retomada do projeto agora é positiva. Sem dúvida, a cidade deve comemorar o aquecimento do mercado mundial do aço, que possibilitará a entrada em ação do terceiro laminador, pronto desde 2015.

Trata-se de um recomeço e, portanto, a torcida legítima é que também ocorra, nos próximos anos, a retomada do projeto original, com construção também de outro alto forno e outros setores necessários para o seu funcionamento. Por outro lado, não se pode fazer um castelo de areia e ir morar dentro dele. Primeiro, é preciso ver a realidade se confirmar para depois confiar nas mudanças trazidas por ela. Caso contrário, a cidade vai voltar a viver de sonhos e se decepcionar se eles não se realizarem. O novo laminador traz a esperança de emprego, trabalho e aquece a economia tão castigada pela pandemia. É um sopro positivo na vida de João Monlevade e da região, tão sofridas, assim como os brasileiros, com as mortes pela Covid e por toda a crise provocada. É bom acreditar que um novo tempo raia no horizonte.

* Charges e textos assinados não retratam necessariamente a opinião do jornal.

Mais deputados para a região (*) ERIVELTON BRAZ

Com 17 cidades e mais de 400 mil habitantes, é estranho pensar que o Médio Piracicaba esteja há mais de 20 anos sem um representante na Câmara dos Deputados e com apenas dois na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). É um contransenso que a representatividade política seja quase nula, na região, berço da Vale e que abriga gigantes da siderurgia mundial, como a ArcelorMittal e Gerdau. Além disso, por aqui, onde passam 25% do PIB do Estado. Essa falta de deputados reflete diretamente nos municípios, que só perdem com isso. Sem nomes em Brasília e com apenas dois na Assembleia, a região tem pouca força política para lutar por seus interesses. Caso houvesse deputados federais e mais deputados estaduais, seria mais fácil defender a duplicação da BR-381, por exemplo. Poderíamos ter um aeroporto regional. O Hospital Margarida já poderia ter a situação financeira resolvida, com mais repasses e ajuda para o custeio. Haveria mais incentivo ao turismo. Haveria mais incentivo à inciativa privada para a geração de empregos. Apenas para citar algumas das possibilidades. É inegável que outras regiões mineiras, como o Triângulo e Sul, são bem mais desenvolvidas que a nossa. Além da economia e das particularidades de lá, há muitos deputados no Congresso e na ALMG que representam esses lugares. O Sul de Minas, por exemplo, elegeu nove deputados estaduais e cinco deputados federais nas eleições de 2018. Já pelo Triângulo e Alto Paranaíba, foram seis deputados estaduais e seis deputados federais eleitos. São muitos parlamentares na esfera federal e estadual que levantam as bandeiras que elas mais precisam. O atual prefeito de São Domingos do Prata, Fernando Rolla, concorreu às eleições a deputado federal em 2018 e recebeu 17.749 votos, sendo o mais votado em nossa região. No entanto, os votos foram insuficientes para elegê-lo. Se as lideranças regionais

tivessem abraçado a candidatura dele, ao invés de dividir votos em apoio a políticos de outras regiões, ele estaria na Câmara Federal lutando pelos interesses do Médio Piracicaba. Faltando pouco mais de um ano para o período eleitoral começar para valer, é preciso pensar: Por que não eleger mais deputados federais e estaduais que sejam do Médio Piracicaba? Por que não abraçar nomes que fortaleçam mais essa representatividade? O que falta para as cidades vizinhas se unirem em torno de políticos com histórico local? A cada quatro anos, há décadas, a história se repete: candidatos paraquedistas chegam aos montes por aqui, montam suas bases com apoio de vereadores, prefeitos e demais políticos e pulverizam os votos. Muitos já eleitos e reeleitos sustentam-se com o repasse de emendas, distribuídas sem exclusividade, a diversas regiões do estado. É um aparelhamento feito a partir de pequenos repasses para cidades onde há algum apoio, criando um ciclo vicioso. É uma esmola o que é repassado: R$200 mil, R$100 mil, R$50 mil... Para se ter ideia, o orçamento de 2021 permite a cada deputado federal apresentar R$16,3 milhões em emendas individuais. Imagina se tivéssemos ao menos três, para repassar esses recursos para as cidades do Médio Piracicaba? Só com essas emendas, seriam R$50 milhões para melhorar a vida das pessoas. Em outubro de 2022, teremos eleições para deputado estadual, federal, senador, governador e presidente. Será que vamos deixar passar mais essa oportunidade de escolher representantes da região para outras esferas políticas? Quatro anos demoram muito a passar. Por que não elegermos mais deputados federais e estaduais para o Médio Piracicaba? É hora de pensar num futuro mais próspero.

(*) ERIVELTON BRAZ é editor do A Notícia e fundador da Rotha Assessoria em Comunicação

Volta às aulas, desejo real de aprender e conviver (*) MARIA EUGÊNIA FREITAS Mais um mês de agosto chegando, porém, professores e alunos nunca estiveram tão ávidos e desejosos de compartilhar, no ambiente escolar, experiências e momentos de descontração vivenciados durante o recesso. Infelizmente, grande parte da comunidade escolar não conseguiu curtir a chegada do recesso, pois o controle e o fim dessa doença é uma incerteza que assola a todos. Parece que a pausa no processo de aulas on-line não ofereceu oportunidade de experimentar e saborear ambientes de lazer aos educandos, em virtude de se sentirem privados do contato físico e aglomeração. A pandemia conseguiu alterar toda rotina do processo de aprendizagem e parece que o retorno ao ambiente escolar tornou-se um objeto de desejo, inalcançável aos educandos. O simples fato de adentrar a uma escola, passou a ser um desejo comum pra alunos e professores, uma vez que esse espaço possibilita a convivência

e consolida o processo de ensino e aprendizagem. Voltar a essa rotina é tão importante e necessária, que por um instante, parece que a pandemia pode ser suprimida ou deletada , tamanho o desejo de retomar a rotina escolar. Mas, que essa volta às aulas, seja propiciada com segurança, bom senso e devidos cuidados sanitários. Que as instituições escolares estejam devidamente equipadas e cumprindo todos os protocolos de higienização e combate a pandemia. Que o retorno ao interior do educandário, seja seguro e prazeroso pra todos e que consiga diminuir a defasagem do processo de aprender somente em telinhas e celulares. Afinal, durante essa pandemia, todos tivemos tempo de reconhecer que a formação humana, acadêmica e social perpassa e se consolida primordialmente, dentro de um espaço físico, denominado Escola.

(*) MARIA EUGÊNIA FREITAS é pedagoga

COXIA Vacinas

“É muito melhor tomar qualquer vacina disponível do que ficar vulnerável à Covid-19. E, ao se vacinar, você ajuda a aumentar a cobertura vacinal, que é o mais importante neste momento. Por que não devo escolher minha vacina? É urgente criar imunidade individual contra a Covid. É preciso acelerar e aumentar a cobertura da população. Vacina não é marca de cerveja ou de refrigerante. É prioridade evitar a circulação do vírus e novas variantes. Salvar vidas é também uma responsabilidade coletiva”. O texto é da Prefeitura de Bela Vista de Minas, que tem como prefeita, Samantha Ávila (PSDB), que é enfermeira. Recado dado.

Proteção

“Vacina protege, mas não faz mágica, principalmente em pessoas acometidas por outras doenças. Sim, estamos recebendo no CTI pessoas já vacinadas, portanto, continuem se cuidando. Um alerta especial aos jovens ainda não vacinados, andando livremente sem máscara, aglomerando, e levando o vírus para casa ou para a casa dos avós”. A afirmação é da médica intensivista do CTI do hospital, Maria Eugênia Tótola. Fica a dica.

Câmara

“A Saúde de João Monlevade está uma droga”. A sentença é do ex-prefeito Carlos Moreira, em seu programa de rádio, na manhã de ontem (28). Moreira criticava a eficiência do setor. De quebra, ele mandou o atual prefeito, Laércio Ribeiro, que é médico, ir aplicar anestesia no hospital, alegando que ele não está dando conta.

Vidro

Moreira se esqueceu que até o fim do ano passado, quem comandava a cidade era sua esposa, Simone Carvalho (PTB). Segundo governistas atuais, ela deixou mais de 6 mil exames não realizados, em fila de espera. Quem não tem teto de vidro, que atire a primeira pedra.

Zema

Pesquisa DataTempo/Cp2 aponta que o atual governador, Romeu Zema (Novo) lidera a intenção de votos em cidades do interior de Minas. Aproveitando a popularidade, ele cumpriu agenda nesta semana no Vale do Aço e, hoje, estará em São José do Goiabal, inaugurando obra de 100% de esgotamento sanitário. Faltam um ano e dois meses para as eleições.

Vereadores de Monlevade retornam aos trabalhos na próxima semana. E uma das pautas quentes a serem debatidas é a que cria o chamado Orçamento Impositivo. Conforme os bastidores, os parlamentares podem definir o destino de cerca de R$26 milhões. Há grupos que prometem fazer pressão para a medida ser derrubada. Vejamos as cenas dos próximos capítulos.

Cultura

Centrão

Sujeira

Pelas posturas, a maioria dos vereadores de João Monlevade está mais para centrão do que para oposição ou base governista. Se o prefeito Laércio (PT) vetar o orçamento impositivo, pode azedar a relação com a Câmara. Se aprovar, pode ficar na mão da Câmara.

“Prova de fogo”

Esse debate será um bom teste, ou melhor, uma prova de fogo para os ex-vereadores e hoje no governo, Gentil Bicalho e o vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante)

Articulador

O peso da fotografia na vida da sociedade

Droga

Inclusive, é justamente o vice que faz a maioria das articulações políticas da atual gestão. Não deve enfrentar dificuldades, já que foi o responsável pela candidatura da maioria dos atuais parlamentares.

A Fundação Casa de Cultura abriu edital para contratação de artistas para a programação cultural da entidade e da Prefeitura Municipal de João Monlevade. São R$180 mil disponíveis para trabalhadores da cultura, sobretudo, artistas prejudicados pela pandemia. Mais informações na Fundação Casa de Cultura.

A Prefeitura de Monlevade anunciou um cronograma de limpeza urbana para o mês de agosto, passando por vários bairros. A iniciativa é fundamental para que o cidadão viva com o mínimo de higiene e salubridade. No entanto, pouco adiantará se alguns porcalhões continuarem usando as vias públicas como depósito de lixo. Tenha mais educação.

Abandono

Mas como se não bastasse o lixo, o monlevadense ainda precisa desviar dos excrementos de animais deixados nas calçadas. É um triste (e sujo) sinal do aumento do abandono dos bichos, que vagam pelas ruas, sujeitos a todo tipo de doença, ataque ou acidente. Em alguns bairros, é possível ver grupos de cães. Abandoná-los é a prova da falta de amor ao próximo e ao animalzinho.

(*) FLÁVIA NÚBIA VIDAL Sou Flávia Núbia Vidal, 48 anos, nascida e criada em João Monlevade. Sou empresária no ramo de fotografia e atuo também na construção civil. Sou apaixonada por essa cidade e pela fotografia, na qual estou há 29 anos, sendo 12 anos como hobbies e 17 como profissional. Atualmente, faço parte como membro da Acimon Mulher. Quando falamos sobre ser referência no ramo fotográfico, afirmo que não é só colocar uma câmera na mão e sair por aí fotografando, e sim, assumir um compromisso de eternizar uma história e ainda fazer parte dela. Estou sempre em busca de conhecimento e inovação, para eternizar momentos e sentimentos. Estou ciente da minha responsabilidade social, e saber que recebo para fazer o que eu amo, nem é um trabalho, é um luxo, é muito gratificante.

Diante da pandemia, foi necessário ter um olhar diferenciado sobre a empresa. Foi preciso reorganizar e adaptar para um novo cenário. Pude perceber uma valorização nos registros, pois muitas pessoas que perderam seus entes queridos, quiseram ter nas mãos as fotografias, para se lembrarem dos momentos felizes. Se posso dar uma dica para vocês é: façam o sonho se tornar realidade, façam uma seção de fotos dos seus filhos, do casal, da família, mas, principalmente, para as mulheres, aquelas que desejam ser fotografadas com fotos intimista ou casual. Se olhem com mais amor, admirem-se, aumentem sua autoconfiança por meio da fotografia, independentemente da sua idade. Finalizo este texto citando André Kertész: “A câmera é meu instrumento. Através dela dou uma razão a tudo o que me rodeia.”

4XHPOrVDEHRTXHGL] Diretora Geral: Maria Cecília A. Passos Registro profissional: MG07860JP

Editor: Erivelton Braz Assistente: João Vítor Simão Diagramação e Arte: Julieta Bittencourt Gráfica Nina: Guilherme Bessa e Sanzio Miranda Impressão: Editora Gráfica Nina Publicado desde 1984 - Propriedade da empresa A Notícia Regional Ltda. Circulação: João Monlevade e região Av. Rodrigues Alves, nº 78, República, João Monlevade/MG

(*) FLÁVIA NÚBIA VIDAL é empreendedora, fotógrafa e integrante da Acimon Mulher

2644.indd 2

29/07/2021 20:07:14


Geral 3

30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

Laminador 3 da Usina inicia produção em janeiro com 125 novos empregos O laminador 3 da ArcelorMittal Monlevade deve começar a funcionar no início do ano que vem, conforme anunciado pela Usina, que destacou o aquecimento do mercado. Há expectativa de geração de 125 vagas de emprego diretas. Os interessados já podem cadastrar currículos no site vagas. com/arcelormittal e selecionar a unidade de João Monlevade. O TL3, como também é chamado, foi construído em 2015, em um projeto orçado em US$ 280 milhões. O equipamento integra o plano de duplicação da capacidade de produção da Usina, esperado desde 2008, mas que não entrou em operação por questões econômicas. Apesar do anúncio da produção do TL3, não há previsão de duplicação de demais setores da Usina.

ANÚNCIO COMEMORADO Nesta quarta-feira (28), o Sindicato dos Metalúrgicos (Sindmon-Metal), a Prefeitura e a Câmara de João Monlevade foram comunicados sobre a ativação do laminador. Nos encontros online, os participantes celebraram a abertura, enfatizando que o novo trem de laminação contribui para o desenvolvimento do município. O gerente da aciaria da Usina, Alin Júnior Machado Chaves, participou de uma reunião com o prefeito, Laércio Ribeiro (PT), com o vice-prefeito e secretário de Planejamento, Fabrício Lopes (Avante), o gerente de Recursos Humanos da ArcelorMittal Monlevade, Vander Ferraz Neves, e o analista de comunicação Lucas

Vilela. Neves e Vilela também participaram de outra reunião virtual com o presidente da Câmara Municipal, Gustavo Maciel (Podemos), e os vereadores Fernando Linhares (Democratas), Pastor Lieberth (Democratas) e Revetrie Teixeira (MDB) para dar a notícia da operação do equipamento. O prefeito Laércio Ribeiro disse que a inauguração vai gerar novos empregos e aquecer a economia local. "Esta notícia nos traz muita esperança neste momento tão difícil, por conta da pandemia, que tirou tantos empregos em nossa cidade", explica. Já Fabrício Lopes ressalta que “este é um momento único e de grande importância para João Monlevade e região”. O Sindmon-Metal tam-

Ponte do Santa Cruz: um ano e meio sem travessia

Erivelton Braz

PONTE está destruída após fortes chuvas em 2020

Moradores do bairro Santa Cruz, próximo à divisa, sofrem há um ano e meio sem poder atravessar o rio Piracicaba da rua C, para a rua Tupiniquins. Nas chuvas de janeiro de 2020, a cheia do rio destruiu a chamada ponte de

arame, prejudicando o acesso de moradores ao ponto final da linha 151. A ponte já havia sido destruída, mas foi refeita, na gestão do ex-prefeito Teófilo Torres (PSDB). Questionada, a Prefeitura respondeu que, há cerca de 10

dias, foi contratado o projeto da ponte. Segundo a administração, a empresa ganhadora tem prazo de 30 dias para a realização do serviço e, após a entrega do projeto, a execução da mesma será licitada.

Monlevade vacina pessoas de 38 anos ou mais amanhã A Prefeitura de João Monlevade amplia a vacinação contra o coronavírus para as pessoas de 38 anos ou mais. A aplicação da primeira dose desta faixa etária será neste sábado (31), de 8h às 15h, em três locais: drive-thru, na Policlínica (Antigo PA) no bairro Belmonte, e a pé, no Centro Social Urbano (CSU) no bairro Loanda e no Centro Educacional no bairro Carneirinhos. Também amanhã, a Prefeitura vacina os trabalhadores industriais com 29 anos de idade, no centro de saúde do bairro Cidade Nova, de 8h às 15h, a pé. A vacinação dos trabalhadores industriais respeita a lista de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e pode ser conferida no site da prefeitura no link: https://www. pmjm.mg.gov.br/uploads/publicacao/CNAE_(127).pdf Em função da falta de cartões fornecidos pelo Governo do Estado, a Visa solicita que o cidadão leve o próprio cartão de vacinas para o registro da imunização.

2644.indd 3

Arquivo JAN

VACINAÇÃO ocorre em três locais amanhã

SEGUNDA-FEIRA Na segunda-feira (2), prossegue a aplicação da segunda dose de vacinas. As pessoas que tomaram AstraZeneca, há pelo menos 84 dias, receberão a segunda aplicação no Centro Educacional, de 8h às 15h, a pé. Quem recebeu a primeira dose de CoronaVac, há pelo menos 28 dias, deverá se dirigir ao centro de saúde do bairro Novo Cruzeiro, para receber

a segunda dose. A vacinação ocorre de 7h30 às 10h30 e de 13h às 15h, a pé. A aplicação da segunda dose de trabalhadores e profissionais de saúde prossegue no centro de saúde Padre Hildebrando, no bairro Vila Tanque, de 7h30 às 10h30 e de 13h às 15h. A primeira dose para gestantes continua sendo aplicada segunda-feira, no CSU, bairro Loanda, de 7h30 às 10h30 e de 13h às 15h. Leia mais sobre a vacinação na página 5.

Arquivo JAN

NOVO laminador está pronto desde 2015 e entrará em operação no ano que vem

bém comemorou o anúncio, dizendo que ele era “uma

vitória dos t rabalhadores, que têm garantidas a pro-

dutividade e a qualidade desta Usina”.

MPMG investiga se vereadores tinham “cotas” de exames na Secretaria de Saúde O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) investiga se vereadores de João Monlevade tinham uma “cota” de exames na Secretaria de Saúde. Através de sua assessoria, o promotor Igor Citeli Fajardo Castro confirmou a existência de um procedimento para apurar essas informações. O MPMG não especificou quem são os investigados e nem deu mais detalhes sobre o caso, alegando que os trabalhos correm em sigilo. O caso veio à tona quando uma integrante do Conselho

Municipal de Saúde (CMS) fez a denúncia durante uma reunião. O vereador Belmar Diniz (PT), líder do Governo na Câmara, confirmou o assunto ao A Notícia. Segundo ele, também estavam na reunião, os colegas Marcos Dornelas (PDT), Revetrie Teixeira (MDB) e Thiago Titó (PDT). Os parlamentares questionaram quem seriam os responsáveis pelas cotas. “Ela (a conselheira) relatou ter recebido informações de um funcionário do setor sobre possíveis privilégios concedidos a vere-

adores. No entanto, não quis identificar quais seriam os beneficiados, dizendo que o faria apenas para a [então] secretária de Saúde, Mirellié Santos”, lembra Belmar. Ele disse que manifestou contrariedade com a negativa da conselheira em dizer os nomes, pois, em sua visão, a denúncia era grave. O petista considerou vagas as explicações fornecidas, ao mesmo tempo em que repudiou a possível “cota” de exames e procedimentos na Secretaria de Saúde.

Rodovias da região podem ter pedágios antes da duplicação A BR-381 e a BR-262 podem ter pedágios antes de estarem duplicadas. Nesta quarta-feira (28), o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou os editais de concessão das rodovias para a iniciativa privada. Serão licitados os trechos da BR-381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares e da BR-262 entre João Monlevade e Viana (ES). Agora, caberá à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicar o edital. O

leilão deve acontecer em outubro deste ano e a assinatura do contrato no início de 2022. O edital tratará da concessão das duas rodovias por 30 anos, prorrogáveis por mais cinco. Dos 590 quilômetros das duas rodovias, 200 devem estar duplicados do terceiro ao oitavo ano de vigência do contrato, e o restante, até o 21º ano. A iniciativa privada deve aportar R$7,7 bilhões em melhorias nas estradas e mais R$6,9

bilhões no custeio das despesas de operação. Os ministros do TCU estudam se ambulâncias e motocicletas podem ser isentas do pagamento dos pedágios. Em toda a extensão duplicada, devem ser instalados cinco postos de cobrança na BR-381 e seis na BR-262. Inicialmente, os valores a serem cobrados são calculados entre R$7,33 e R$8,81. Os valores podem ser cobrados já no início das obras.

Deputado e representantes de associações comerciais cobram retomada da duplicação da BR-381 O deputado estadual Bernardo Mucida reuniu representantes de associações comerciais do Médio Piracicaba para cobrar do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) a continuidade da duplicação da BR-381. O grupo foi recebido na manhã desta terça-feira (27) pelo superintendente do Dnit em Minas Gerais, Gustavo Frederico Boerger, que informou aos participantes que há uma proposta de leilão de concessão para a exploração da infraestrutura e da prestação de serviço, além da operação, monitoração, conservação e implantação de melhorias e manutenção da via. A empresa concessionária ficará responsável pela continuidade das obras. Com membros de associações comerciais de Itabira, São Gonçalo do Rio Abaixo, Barão de Cocais, Santa Bárbara, João Monlevade, Nova Era e São Domingos do Prata, Bernardo Mucida defen-

deu a imediata retomada das obras de duplicação da BR-381. Segundo o parlamentar, a conclusão da duplicação “é imprescindível para o desenvolvimento econômico e turístico da região”. “A BR-381 é uma estrada fundamental para Minas Gerais e nós estamos neste trabalho de mobilização da sociedade civil e de outras lideranças políticas para que esta obra não fique esquecida. Foram importantes os primeiros trechos que estão em fase de conclusão, mas entendemos que é preciso avançar ainda mais nestas obras”, defendeu o deputado.

PRESENÇAS Entre os participantes do encontro com o superintendente do Dnit estavam: Cássia Menezes, presidente Associação Comercial, Industrial, de Serviços de Agropecuária de Itabira (Acita), Eduardo Drumond de Melo, presidente da

Associação Comercial, Industrial e Prestação de Serviços de João Monlevade (Acimon), Bruno Quintão, presidente da Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Barão de Cocais (Aciabac) e Robson Morais, presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Nova Era (Aciane) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Também estiveram na reunião, Ângelo Silva, gerente executivo da Associação Comercial e Empresarial Industrial Agropecuária e Prestação de Serviços de Santa Bárbara (Acisb) e CDL, Fernando Henrique de Barros, gerente executivo da Associação Comercial de São Domingos do Prata (Aciap) e CDL e Bruna Benício, gerente executivo da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Gonçalo do Rio Abaixo (Aciasgra).

29/07/2021 20:07:15


4

30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

Região

São Gonçalo do Rio Abaixo se prepara para o 17º Festival de Inverno EVENTO DE 13 A 22 DE AGOSTO TEM PROGRAMAÇÃO GRATUITA COM LIVES DE ARTISTAS RENOMADOS São Gonçalo do Rio Abaixo se prepara para o seu 17º Festival de Inverno, que será realizado neste ano, de 13 a 22 de agosto. Mais uma vez online, devido aos protocolos de prevenção à Covid-19, e totalmente gratuita, a programação contará com lives exclusivas pelo YouTube. Entre as atrações, estão confirmadas

apresentações do cantor e compositor Paulinho Pedra Azul, que divide o palco com duas “pratas da casa”: a cantora Graci e Deângelo Silva, pianista, compositor e arranjador da nova geração da música instrumental. Outros nomes estão incluídos no festival: o cantor e humorista Saulo Laranjeira, a banda Tianastácia e a dupla sertaneja Marcelo & Ryan, que também receberão artistas são-gonçalenses em seus

shows. A programação terá, ainda, um dia especial para as crianças, o grupo de música infantil Pé de Sonho. Durante o mesmo período, acontece o 3º Festival Gastronômico de São Gonçalo do Rio Abaixo, distribuindo R$15 mil em premiações aos melhores pratos do ano, dentre opções criadas exclusivamente por 15 estabelecimentos da cidade, que possui cerca de 12 mil habitantes. Os menus participantes poderão ser pedidos por delivery ou, em alguns casos, retirados no local. “A ideia é colaborar com a classe artística e com o setor alimentício, tão afetados pela pandemia. Esperamos que os estabelecimentos consigam ter vendas significativas, principalmente pelo delivery, que tanto tem sido importante. Também é uma forma de valorizar

os artistas da cidade, que praticamente não tocam há mais de um ano, e principalmente de viabilizar seus trabalhos”, afirma o secretário municipal de Cultura de São Gonçalo do Rio Abaixo, Aulus de Souza Rodrigues. Para o secretário, a realização do 17º Festival de Inverno e do 3º Festival Gastronômico reforça a importância de preservar a história e o patrimônio cultural do município, muito conhecido por suas riquezas mineiras. Desde 2006, a mineradora Vale atua em São Gonçalo, de forma cada vez mais expansiva. “Nos últimos 15 anos, São Gonçalo passou por um crescimento muito expressivo por conta da atividade da mineração, o que fez com que muita gente de fora viesse morar na cidade. Diante disso, acredito que eventos como o Festival de Inverno são importantes para preservar a cultura

Setor de Patrimônio realiza coleta de dados para cadastro no Iepha “MESTRE DO SABER POPULAR” QUER ETERNIZAR A SABEDORIA DO MODO DE FAZER SÃO-GONÇALENSE Coletar dados, cadastrar, inventariar e futuramente tombar bens imateriais de São Gonçalo do Rio Abaixo. Um trabalho minucioso feito pelo setor de Patrimônio da Secretaria de Cultura, a fim de resgatar saberes locais, difundi-los e permitir que se eternizem a futuras gerações através do reconhecimento do Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artísitico - Iepha. Para isso, na manhã do dia 27, terça, os servidores Danilo Souza e Edson de Oliveira fizeram mais uma vistoria, desta vez, na localidade do Una. Na ocasião, foi feito o cadastro para Inventário da Cultura Alimentar relacionada às Farinhas de Milho e Mandioca em Minas Gerais - Cadastro dos Moinhos de Milho e Casas de Farinha. Dona Antônia da Costa (Tonica) aprendeu a fazer farinha com o pai, Raimundo Braz, e divide a produção caseira com a vizinhança do Una. Uma farinha com sabor especial, com coloração diferente, segundo ela, devido à época de plantio e colheita da mandioca. Junto com o marido Agildo da Costa fabrica

de forma artesanal a farinha de mandioca e milho. Através do relato da tradição do modo de fazer que atravessa gerações o Instituto pode considerá-los “Mestre do Saber Popular”. Mas a pesquisa do setor da Secretaria de Cultura são-gonçalense não se limita as atividades do Iepha e até se antecipa ao cadastro que ainda deve ser aberto, o dos produtores de derivados de cana de açúcar. A titularidade também será a de Mestre. Assim, aproveitaram a visita na localidade para cadastrar a prima de Tonica, dona Olinda da Costa Oliveira, 73, que aprendeu com o pai Raimundo Oliveira a fazer rapadura e ensinou o ofício a filha, Lourdes de Oliveira. Dona Olinda recolhe a cana doada pelos vizinhos e divide a produção com os mesmos, sem comercializá-las. “Aqui a gente troca. Se um produz farinha, a gente troca por rapadura ou qualquer outro alimento produzido”, ressaltou. Da produção surgiram o café e a broa de milho adoçados com rapadura, oferecido pelas senhoras que

da cidade e promover suas características históricas, contribuindo para que ela continue culturalmente ativa, sem perder a essência. Por isso, a população local abraça o evento de uma forma tão bonita, há tanto tempo”, afirma.

HISTÓRICO Nesses 17 anos, o Festival de Inverno de São Gonçalo já recebeu nomes como Milton Nascimento, 14 Bis, Jair Rodrigues, Maria Gadu, Ed Motta, Jorge Vercílio, Frejat, Titãs, Pato Fu, Paralamas do Sucesso, entre outros tantos artistas de projeção nacional, além de promover apresentações de artistas locais de diferentes gêneros musicais. “A gente sempre inclui uma grande variedade de estilos e linguagens artísticas. Desta vez, temos heavy metal, sertanejo, música católica, música instrumental, jazz”, comenta Aulus de Souza Rodrigues, ressaltando que a Prefeitura de São Gonçalo nem pensou em desistir do Festival de Inverno na pandemia. “Pelo contrário. Desde o princípio, pensamos em como realizá-lo de maneira satisfatória. Perdemos o contato com o público, aquele ambiente democrático da praça; mas, com o online, ganhamos em alcance. Então, a ideia é amplificar ainda mais as vozes de São Gonçalo”, finaliza o secretário.

FESTIVAL GASTRONÔMICO

Nívia Martins / AcomPMSGRA

O SENHOR Agildo da Costa mostra o moinho de milho e mandioca que atravessa gerações

mantêm também a tradição mineira de boa hospitalidade. Conforme a Prefeitura, a etapa de coleta de dados e envio de relatórios para

ao Iepha continua para toda Minas Gerais. O resultado da avaliação deve ser divulgado no final do ano, no mês de dezembro.

Trazendo como conceito a história e as memórias afetivas, o terceiro Festival Gastronômico de São Gonçalo do Rio Abaixo acontece nos finas de semana de 13 a 15 de agosto, e de 19 a 22. Entre os 15 participantes, estão 13 estabelecimentos alimentícios, além de uma cervejaria e uma cachaçaria. “Neste ano, estamos trabalhando as origens. Pratos que valorizem a memória afetiva e a história de São Gonçalo. Temos

muita variedade: são estabelecimentos que servem hamburger, carne de panela, pizza, peixe, costela”, conta a consultora Laura Cota, coordenadora da equipe de consultoria gastronômica do festival. Todos os participantes tiveram que inscrever dois pratos: um que já servem em seus espaços e outro criado exclusivamente para o festival, com ingredientes produzidos em São Gonçalo do Rio Abaixo. “A cidade tem uma coisa do quintal, do ingrediente da horta. A ora pro nobis, a goiaba. O doce de frutas, as compotas. O requeijão, o queijo caseiro. Muita banana, que é comum na região. Sopa de banana, banana chips”, afirma Laura Cota, reiterando o destaque aos doces, como a goiabada de Barão de Corais. “Não é função do festival descobrir o ingrediente típico de São Gonçalo, mas com certeza ele ajuda a fazer esse resgate, a levantar esse histórico”, afirma. Os participantes receberam consultorias com o chef André Barreto, do blog Cozinhe para Ela. Na primeira etapa, Barreto viu os pratos e incentivou os participantes virtualmente, antes de, enfim, visitar as cozinhas e provar os menus, para dar sugestões de ajustes e opiniões. Na próxima visita, o chef apenas provará os pratos e dará suas notas. Na fase final, quem decide é o público. Avaliados pelos critérios de “origem”, “inovação” e “serviço”, os cinco primeiros colocados receberão premiações em dinheiro. “O Festival Gastronômico é uma forma de ajudar a construir outra vertente econômica que não seja só essa pautada na mineração. Temos visto resultados, já que as inscrições seguem aumentando a cada ano e o setor continua ativo, mesmo diante dos desafios da pandemia”, diz Cota. Programação completa em saogoncalo.mg.gov.br

Governador inaugura obra de saneamento em São José do Goiabal

Centro Cultural de São Gonçalo do Rio Abaixo completa 14 anos de incentivo à arte O Centro Cultural de São Gonçalo do Rio Abaixo completou, na última terça-feira (27), 14 anos de incentivo as atividades das mais variadas expressões artísticas da cidade, região, nacionais e internacionais. Inaugurado em 2007 pelo atual prefeito, Raimundo Nonato de Barcelos (Nozinho-PDT), é um marco de fomento cultural são-gonçalense e promove atividades literárias, musicais, artesanais e teatrais desde sua inauguração. A escritora Miriam Stella Blonski fez um apanhado geral do significado da Casa para a cidade e alguns destaques. Para ela, o Centro Cultural é algo que está gravado na história de São Gonçalo. Nele já estiveram presentes artistas de renome nacionais e internacionais, como de Portugal, o que culminou em um intercâmbio cultural. Artesanato, crenças e costumes locais foram expostos, também,

2644.indd 4

naquele país. “Isso valorizando ainda mais os artistas da terra, os filhos de São Gonçalo que nos ajudam a fazer nossa história e preservá-la”, explicou. Desde sua inauguração, o local foi palco de exposições de artistas plásticos e de histórias de instituições como o Clube de Futebol Operário. Lançamento de livros de escritores são-gonçalenses e de outras cidades, muitos através da Lei de Incentivo à Cultura do município. Atrações musicais como a Corporação Santa Cecília, Corais, Grupos de Câmara e Orquestras foram recebidas no auditório que possui excelente acústica. Muitos estudantes da cidade expuseram seus talentos no mesmo palco e ganharam o mundo. Para o prefeito Nozinho, o Centro Cultural, proposta realizada em seu primeiro mandato, atendeu sua visão de que “um povo sem cultura, é um povo sem história”, se referindo ao trabalho realizado de incentivo

à criação artística da população. “O Centro (Cultural) abriu portas para o intercâmbio entre a cultura local, nacional e até mundial e proporcionou aos são-gonçalenses a expansão de horizontes para a diversidade cultural”, reforçou. Assim, o Centro Cultural, que já promoveu 70 dias de atividades contínuas em sua inauguração, proporciona à comunidade momentos inesquecíveis e se tornou referência regional pela qualidade, tanto de estrutura física, como de variedade de atrações. Mesmo com a pandemia, o Centro não deixa de promover cultura.

ATIVIDADE CONSTANTE Mesmo com as restrições de público, a Secretaria de Cultura tem utilizado a estrutura física do Centro Cultural para promover ações online desde o início do ano, através do Programa Cultura em Casa que engloba

os projetos - Live Musicais e Panorama Cultural de entrevistas. Todas as atividades já realizadas durante esse período de restrições podem ser conferidas no canal: youtube. com/culturasaogoncalo. A questão do resgate e apanhado histórico da cidade também está em pleno andamento durante esse período de limitações, através do setor de Patrimônio Histórico. A equipe da Biblioteca Municipal Josef Jerzy Blonski realiza um levantamento de personagens, locais, edificações etc, que fazem parte das memórias são-gonçalenses. Um trabalho documental que ficará registrado para as gerações futuras. A Biblioteca também permanece oferecendo o Delivery Literário, com a escolha de livros através de link da internet, pedido por telefone e retirada na portaria do Centro, com todos os cuidados de higienização.

Reprodução

OBRA vai tratar 100% do esgoto

O governador de Minas, Romeu Zema (Novo), cumpre agenda hoje (30), em São José do Goiabal. O município inaugura seu novo sistema de esgotamento sanitário, obra idealizada e realizada pela gestão do prefeito José Roberto Gariff, o Beto (PSB). Conforme o prefeito, na obra financiada pela Funasa e pela Fundação Renova, foram

investidos R$4,6 milhões em redes coletoras, interceptores e estações elevatórias e, agora, praticamente todo o esgoto gerado na sede será tratado. A obra do sistema de esgotamento poderá beneficiar diretamente até 5 mil moradores na sede. Além disso, vai contribuir para a melhoria da qualidade da água do Rio Doce.

29/07/2021 20:07:16


5

Geral

30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

Quem burlou vacinação pode ter de pagar danos morais coletivos, diz MP NOMES DOS ENVOLVIDOS SEGUEM EM SIGILO NA INVESTIGAÇÃO As pessoas que burlaram a vacinação contra a Covid-19 em João Monlevade podem ter de pagar indenização por danos morais coletivos e prática de crime. A informação foi confirmada ao A Notícia, pelo promotor de Justiça do município, Igor Citeli Fajardo Castro, através da assessoria do Ministério Público (MPMG). A prática de crime, como a falsidade ideológica, também pode estar incluída. No entanto, diz o promotor, “somente as circunstâncias de cada caso podem determinar a sanção a ser aplicada”. O promotor confirmou que o MPMG recebeu denúncias da Prefeitura sobre a vacinação irregular contra o coronaví-

rus, mas diz que a investigação corre em sigilo. Denúncias sobre ilegalidades podem ser enviadas por e-mail dirigido à Promotoria de Justiça da Saúde (1.ª Promotoria de Justiça de João Monlevade); por telefone, inclusive WhatsApp; ou pelo Canal da Ouvidoria do MPMG.

RELEMBRE

Arquivo JAN

CASO segue investigado pelo Ministério Público

Voluntários arrecadam mais de 8 mil pacotes de fraldas

Vacinação contra a Covid-19 chega a 42% dos monlevadenses Conforme dados do último vacinômetro, divulgado pela Prefeitura de João Monlevade, 42,57% da população já recebeu ao menos uma das doses da vacina contra o coronavírus. Os dados contemplam as aplicações feitas até a última sexta-feira (23), e indicam que o imunizante foi ofertado a 34.236 moradores do município. Destes, 12.459 já receberam a segunda dose, o que significa 15,49% da população de 80.416 habitantes. Outros 1.529 receberam a vacina em dose única, representando 1,9% dos monlevadenses. Esses dados representam uma imunização plena de 13.988 cidadãos, ou 17,39% do total. Em João Monlevade, foram ofertadas vacinas CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer, que demandam duas minis-

trações, e a Janssen, de dose única. Essa foi ofertada, prioritariamente, a motoristas profissionais e a trabalhadores da limpeza urbana.

PERFIL DOS VACINADOS Conforme dados do governo estadual, até terça-feira (27), João Monlevade havia aplicado 50.241 doses. As mulheres respondem por 57,39% das imunizações já realizadas, enquanto que os brancos receberam 28,77% das doses; os orientais, 26,16%; os pardos, 15,55%; e os negros, 10,25%. Também no município, o público mais numeroso é o das pessoas com comorbidades, com 7.008 indivíduos registrados. Em seguida, aparecem os 4.444 cidadãos entre os 60 e os 64 anos completos, que também são o maior número

de primeiras doses aplicadas: 4.202. Já os idosos entre 65 e 69 anos representavam a faixa que mais recebeu a segunda aplicação, com 3.150 doses. A vacinação contra o coronavírus, até hoje (30), atende a grupos prioritários. A continuidade da imunização por faixa etária e dos trabalhadores da indústria depende da chegada de nova remessa de vacinas no município, destinadas a estes grupos. A expectativa, conforme o recebimento de doses, é que seja aberta a vacinação para pessoas com idades entre 38 e 39 anos.

NA REGIÃO No Médio Piracicaba, o município que mais aplicou doses foi também o mais populoso: Itabira, com 64.975 vacinas aplicadas. João Mon-

Em sua edição publicada na última sexta-feira (23), o A Notícia divulgou com exclusividade que a Prefeitura suspeitava que três pessoas haviam burlado o sistema de vacinação contra a Covid-19 no município. No primeiro caso, foi identificado que um CPF foi utilizado

em Ipatinga para receber a primeira e a segunda dose da vacina CoronaVac, mas o mesmo documento foi usado em João Monlevade para receber uma dose da vacina Pfizer. No segundo caso, um outro CPF foi apresentado em João Monlevade para receber duas doses da CoronaVac, e depois foi usado em outra cidade para receber duas doses da AstraZeneca. Já um terceiro foi mostrado para receber a primeira dose de Pfizer na vacinação de pessoas com comorbidades, e depois, o mesmo documento foi utilizado para receber outra dose da Pfizer durante a aplicação aos profissionais da educação.

levade está em segundo. Em terceiro lugar está Barão de Cocais, com 22.793 vacinas aplicadas. Santa Bárbara registrou 16.560 vacinados. Em São Domingos do Prata, foram 13.208 doses aplicadas. Rio Piracicaba, por sua vez, já ministrou 12.640 vacinas, enquanto Nova Era aplicou 12.306, e Alvinópolis, 10.516. Em São Gonçalo do Rio Abaixo, já foram vacinadas 9.829 pessoas, enquanto Santa Maria de Itabira vacinou 9.280 cidadãos. Em Dionísio, foram ministradas 6.173 vacinas, enquanto Bela Vista de Minas aplicou 4.657 doses e Bom Jesus do Amparo, 4.384. Em Dom Silvério, foram realizadas 4.307 aplicações, enquanto em São José do Goiabal foram 4.294, em Catas Altas foram 3.206 e em Sem-Peixe, 2.301.

Lutador monlevadense vence competição internacional de Jiu-Jitsu PARA JOHN MAYCON DOS SANTOS, A VITÓRIA REPRESENTA A SUPERAÇÃO

Divulgação

DOAÇÕES da comunidade foram recolhidas na escadaria da igreja Nossa Senhora da Conceição

As escadarias da matriz Nossa Senhora da Conceição, em João Monlevade, ficaram novamente repletas de donativos no último domingo (25). Os degraus abrigaram os 8.026 pacotes de fraldas geriátricas doados pela comunidade. Conforme os organizadores, serão repassadas 3,3 mil fraldas para o Asilo Lar São José de João Monlevade; 2,2 mil para o asilo de Rio Piracicaba; 500 para a Associação Maria Efigênia (AME); 500 para as Mães que Oram pelos Filhos; 500 para as Amigas que Correm; 500 para as Amigas Solidárias e 526 fraldas para o

Rotary Club, além de doações avulsas. O padre Marco José de Almeida e o bispo emérito de Itabira-Fabriciano, dom Odilon Guimarães Moreira, participaram da arrecadação, que ocorreu das 9 às 16 horas da véspera do dia de Santa Ana e São Joaquim, os padroeiros dos avós. A iniciativa foi da paróquia Nossa Senhora da Conceição, Rotary Club, Lions Club, Amigas que Correm, Amigas Solidárias, LabLúdico, Pró-Voluntário, Mães que Oram pelos Filhos, Rotaract, Interact, Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP) e Monlevade Solidária.

Casa da MÃE JOANA 419 Participe desta coluna mandando sua foto para o e-mail anoticia@anoticiaregional.com.br ou se preferir faça a denúncia através do telefone (31) 3851-1791. WhatsApp: (31) 99954-1111

Divulgação

MONLEVADENSE faturou mais uma competição internacional ficando em primeiro lugar

O lutador monlevadense John Maycon dos Santos conquistou mais um título no jiu-jitsu em sua carreira. No sábado (24), ele venceu o campeonato internacional “Masters South América” da Confederação (CBJJ /IBJJF) no Rio de Janeiro. A competição reuniu mais de 2 mil atletas, de vários países do mundo, no Parque Olímpico da Vila Militar.

2644.indd 5

O atleta, de 30 anos, disputou a categoria peso pesado, de 90kg a 94,3 kg, na faixa marrom. John pratica Jiu-Jitsu há seis anos e para ele, a vitória tem um peso grande. “A conquista de um campeonato internacional me coloca no topo do ranking mundial de Jiu-Jitsu. O título em si é uma superação. Vim do interior de Minas e não tenho tanto acesso quanto outros atletas profissionais.

Lutei com atletas que possuem boa estrutura, treinam em academias grandes. Para mim e minha equipe, é a superação dentro do Jiu-Jitsu, conseguir fazer muito com pouco”, afi rma. O lutador John Maycon terminou o ano de 2020 sendo o 1º do mundo pela AJP Tour e em 5º pela CBJJ/IBJJF. Amanhã (31), o atleta monlevadense tem mais um desafio pela frente. Ele disputa o

Campeonato Internacional da AJP TOUR, também no Rio de Janeiro. Para participar das competições e treinar, o atleta conta com patrocínio da CFJM, Balm das Dores, Fruto de Goiás, Clínica Amor e Vida, Longévité, Dr Kaue e Marina Fontana. John já venceu campeonatos Mineiro, Sul Americano, Grand Slam Abu Dabhi, Copa do Brasil de Jiu-Jitsu, entre outros.

Divulgação

LIXO, sujeira e entulho se acumulam na rua Luiz Prandini

Cena que se repete em cada canto da cidade: entulhos com restos da construção civil, móveis velhos e lixo se acumulam. A foto é de trecho da rua Luiz Prandini, em Carneirinhos, e foi enviada por uma leitora. A

Prefeitura divulgou calendário de limpeza em vários bairros, para recolhimento desses materiais. No entanto, é dever de cada um, não depositar detritos em locais inapropriados, para o bem da coletividade.

29/07/2021 20:07:16


6

30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

Geral

Distrito Industrial ganha mais duas empresas OUTRAS DUAS INDÚSTRIAS JÁ PLEITEIAM A AUTORIZAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO DE ÁREA NO LOCAL A Campos Minerals & Metals (CMM) e a Sollar Soluções Ambientais e Reciclagem são as mais novas empresas contempladas com terrenos no Distrito Industrial de João Monlevade. Segundo a Prefeitura, os contratos de Permissão de Uso das áreas foram assinados pelo prefeito Laércio Ribeiro (PT), na segunda-feira (26). “A regulamentação desses lotes é uma forma de atrair indústrias e gerar empregos para o cidadão monlevadense. Estamos focados em retomar o desenvolvimento econômico de nossa cidade”, destacou o prefeito. Ele enfatizou que a administração municipal está trabalhando para o fortalecimento dos pequenos negócios, para a abertura de empresas e atração de investimentos. Os dois empreendimentos foram aprovados pela Comissão de Avaliação de Propostas para o Distrito Industrial. Composta por representes do Executivo, do Legislativo e da Sociedade Civil organizada, a Comissão avaliou a proposta de utilização da área e o plano de negócio, conforme determinação da Lei Municipal 1.831/2009, e deu parecer favorável. Conforme a administração, outras duas indústrias já pleiteiam a autorização para utilização de área no Distrito.

PREFERÊNCIA A CEO da CMM, Pamella Faustina Campos, contou que a escolha do município para instalação da indústria se deve por ser monlevadense e querer gerar recurso onde nasceu. Ela citou a localização da cidade e o incentivo da Prefeitura como diferenciais. “Ter um local adequado, com as licenças e com uma área especifica para ser produzida, é extremamente importante para a empresa se desenvolver. Sem contar a localização estratégica que permite atender tanto o norte quanto o sul do Brasil”, pontuou. O sócio da Sollar, Reginaldo Pinheiro Correia, disse que recebeu proposta para instalar sua empresa em um município vizinho, mas optou por João Monlevade por ter raízes na cidade. Ele também considerou relevante o apoio da administração municipal para o desenvolvimento do Distrito. “Monlevade é terra da gente. Eu não queria sair daqui. Com este apoio vou poder investir em equipamentos, infraestrutura e funcionários. Esse governo está fazendo o que nenhum conseguiu: colocar o Distrito para funcionar”, afirmou. O vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Fabrício

Monlevade perde Teotônio Cota, dono do antigo Comil

Reprodução

Faleceu o comerciante Teotônio Cota (foto), um dos mais conhecidos de João Monlevade. Ele tinha 89 anos e deixa um legado de boas obras no município, além de filhos, netos e bisnetos. Teotônio foi fundador do tradicional Bar Alvorada, centro de debates políticos nas décadas de 1960 e 1970. Posteriormente, foi um dos fundadores do supermercado Comil, um dos mais importantes estabelecimentos do varejo de alimentos na cidade, que funcionou durante cerca de 30

anos em Carneirinhos. Teotônio era conhecido pela fala ponderada e pela amizade que cativou ao longo da vida. Religioso, participava ativamente da comunidade, sobretudo, a de Santa Rita de Pacas. O empresário Hélio Leite, também supermercadista, lamentou o falecimento de Teotônio Cota, de quem era amigo por décadas. “Nós vamos sentir muito a falta dele. Ele era um senhor especial. Deixará uma história em Monlevade. Um homem de coração muito bom, muito trabalhador. Deixará muito exemplo”, afirmou. O vice-prefeito Fabrício Lopes (Avante) também manifestou pesar e exaltou a memória de Teotônio. “Teotônio Cota. Comerciante, empresário e um profundo admirador da arte de observar. Ponderado em todas as suas colocações, mas sempre autêntico. João Monlevade perde sua presença física, mas seu legado é eterno. Esteja em paz! Aos familiares e amigos, meus sinceros sentimentos. Obrigado por tudo Teotônio”, escreveu nas redes sociais. A Câmara de Dirigentes Lojistas de João Monlevade (CDL) também publicou uma nota de pesar pelo falecimento, manifestando solidariedade aos familiares e amigos de Teotônio e a todas as vidas perdidas para a Covid-19.

Lopes (Avante), ressaltou sua satisfação em saber que os empresários escolheram João Monlevade. “Nesses seis meses de governo, temos trabalhado para reestruturar o Distrito. Vamos investir mais de R$1 milhão de recurso próprio no local. Fico muito satisfeito em saber que as empresas escolheram ficar aqui. Isso para nós realmente é importantíssimo. É uma conquista da nossa equipe”, frisou. Membro da Comissão de Avaliação, o vereador Bruno Cabeção (Avante) parabenizou o governo e desejou sucesso aos empreendedores. “O futuro da nossa cidade passa pelo Distrito e esse investimento do governo é histórico. Desejo sorte a vocês empresários e ressalto que precisamos de vocês para a economia da nossa cidade girar”, salientou.

MELHORIAS NO LOCAL A Prefeitura de João Mon-

levade abriu processo licitatório para contratar empresa para a execução de obras de infraestrutura do Distrito Industrial. Os serviços consistem na pavimentação de cerca de 1 km de vias, que contará com investimentos próprios em torno de

R$1.020.244,54. Aberta no dia 7 de julho, a licitação encontra-se em fase de recurso. De acordo com o prefeito e com o secretário de Planejamento, o investimento vai trazer melhores condições para as empresas atuarem no local.

“Estamos empenhados em executar esse projeto, que era uma demanda antiga da população. Já estamos na fase de licitação para contratar a empresa para começar os trabalhos o mais breve possível', informaram.

Sistema eletrônico para notificar multas de trânsito é implantado A Prefeitura Municipal de João Monlevade aderiu ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), disponibilizado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Entre as mudanças, está o acompanhamento e o pagamento antecipado de multas com descontos de até 40%. Com o novo sistema, os proprietários de veículos são comunicados eletronicamente sobre as notificações, mas para ter o desconto, precisam assumir a infração, sem apresentar defesa prévia ou recurso contra a autuação. Para aderir ao SNE, é necessário baixar ou atualizar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). Em caso de pessoa jurídica, o acesso também poderá ser registrado por meio de certificado digital da empresa responsável pelo veículo. É possível fazer download do App do Siste-

CONDUTOR poderá visualizar detalhes de infrações através de sistema eletrônico

Divulgação - Acom - PMJM

ma de Notificação Eletrônica gratuitamente através do Play Store para Android e App Store para sistemas iOS. Ao se cadastrar no SNE, o condutor/proprietário poderá visualizar todos os detalhes de cada infração no próprio aplicativo. Para o primeiro acesso será necessário um cadastro, in-

formando CPF, e-mail, Carteira Nacional de Habilitação e o Código de Segurança do CRV-E. Para o chefe de Setor de Processamento, Arrecadação e Controle de Multa de Trânsito da Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari) de João Monlevade, Adriano Soares Pereira, o sistema traz gran-

de vantagem para o cidadão, que acessa o serviço com mais rapidez e pode quitar a autuação com desconto. "O SNE também é uma excelente ferramenta de tecnologia. Os condutores podem acompanhar e gerenciar as infrações cometidas por meio do seu celular", destacou.

Hospital Margarida homenageia médico José Nelson Fagundes O Hospital Margarida prestou homenagem ao médico José Nelson Fagundes, falecido em abril deste ano, e que, por décadas, muito colaborou com a Casa de Saúde. Na quarta-feira (28), a diretoria da Associação São Vicente de Paulo (ASVP), entidade mantenedora do Hospital, inaugurou uma área de lazer e descanso dos funcionários, que recebeu o nome do saudoso médico.

Reprodução

Placa traz nome do médico

2644.indd 6

Acom/PMJM

EMPREENDEDORES reunidos com o prefeito Laércio, vice Fabrício e vereador Bruno Cabeção

A área, localizada na parte dos fundos hospital, abrigava até o início do ano, materiais de manutenção, que ganharam um novo galpão. O espaço foi revitalizado, alguns materiais foram restaurados e reutilizados no local e a natureza preservada. O espaço também será utilizado para treinamentos, reuniões e cursos ao ar livre, além dos eventos de confraternização entre os funcionários. Participaram da solenidade, a viúva e companheira de décadas do médico, Maria do Carmo Alvarenga Fagundes, os filhos Tales Alvarenga Fagundes e Tiago Alvarenga Fagundes e sua esposa, Carolina Gonçalves Bretas Fagundes. Também presente, o prefeito e médico Laércio Ribeiro (PT) lembrou os tempos de trabalho junto ao homenageado e parabenizou o hospital pela iniciativa. O provedor do Margarida, José Alberto Grijó, agradeceu a presença de todos e também exaltou a memória de José Nelson. Ao fi m, o padre Marco José de Almeida abençoou o local. Vereadores, o vice-pre-

Reprodução

FILHOS e esposa do médico José Nelson Fagundes juntos ao provedor do hospital

feito Fabrício Lopes e toda a diretoria da Associação São Vicente de Paulo, médicos e funcionários também prestigiaram o evento. José Nelson Fagundes ingressou no Hospital Margarida na década de 1970 para trabalhar como clínico. No início de 1980, a convite da então diretora, Maria Deia Ramos

de Almeida (Dra. Deia), assumiu o comando do então laboratório do Margarida, onde implantou uma das primeiras Comissões de Combate à Infecção Hospitalar no Estado de Minas Gerais. Seu trabalho sempre foi referência como exemplo de dedicação à promoção da saúde.

29/07/2021 20:07:17


Geral 7

30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

POR ENQUANTO

Monlevade e região ficam fora da greve nas escolas estaduais As escolas estaduais de João Monlevade e região não devem aderir, por agora, à greve sanitária convocada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG). Essa greve sanitária só é válida para a rede estadual, nas cidades onde houve convocação para o retorno presencial. De acordo com a coordenadora da subsede local da entidade, Cida Ribeiro, o retorno às aulas presenciais na região foi autorizado apenas em Rio Piracicaba. A adesão ou não do município será avaliada em plenária virtual. Segundo Ribei-

ro, Rio Piracicaba não aderiu a uma paralisação convocada entre os dias 5 e 16 de julho. A área da subsede regional engloba Catas Altas, Santa Bárbara, Barão de Cocais, São Gonçalo do Rio Abaixo, João Monlevade, Rio Piracicaba, Bela Vista de Minas, Nova Era e São Domingos do Prata. Segundo Cida Ribeiro, “a justificativa para a greve é que o retorno presencial seguro só se dará após a vacinação em massa da população. Não só os trabalhadores em Educação, mas toda a população precisa estar vacinada no mais curto espaço de tempo. Defendemos que

ocorra pelo menos a imunização dos educadores como requisito para o retorno presencial, já que os alunos não são obrigados a retornarem presencialmente. Inclusive, houve um número muito baixo de alunos nas escolas nesse primeiro momento”.

RISCO DE CONTÁGIO A entidade sindical diz que faltam equipamentos de proteção individual (EPIs), a ventilação das salas de aula é deficiente, os auxiliares de limpeza ficarão sobrecarregados e o distanciamento dificultará o trabalho dos professores. Cida

Ribeiro cita como exemplo a Escola Estadual Antônio Fernandes Pinto, em Rio Piracicaba: “Essa escola foi reaberta para atividades presenciais no dia 5 de julho e teve de fechar o turno matutino na semana seguinte devido à Covid confirmada em uma servidora e afastamento de outros que tiveram contato muito próximo com ela. Não havia alunos na primeira semana, o que certamente reduziu o problema”, afirmou. O Sind-UTE/MG ainda critica o planejamento para o retorno gradual e híbrido às aulas, dizendo que ele será insuficiente para o aprendizado e

Voluntários ajudam famílias com doações Fotos: Reprodução

que o sindicato não foi consultado; a falta de equipamentos para docentes e estudantes para o ensino à distância; e o governo estadual, por falta de diálogo com a categoria.

RETORNO Em João Monlevade, está programado para o fim de setembro o início das atividades presenciais nas escolas das redes municipal, estadual e privada. A Prefeitura optou por dar início à retomada apenas quando todos os profissionais de educação receberem as duas doses da vacina contra o coronavírus e

que o município esteja com 55% da população vacinada. Conforme o calendário estabelecido pela Prefeitura, as creches e a educação infantil podem retomar suas atividades em 22 de setembro, enquanto as aulas do Ensino Fundamental e a Educação para Jovens e Adultos Fundamental – EJA para essa faixa retornam em 29 de setembro. Já as escolas de Ensino Médio (também incluído o EJA) e profissionalizantes poderão retornar a 5 de outubro, enquanto o Ensino Superior e os cursos de pós-graduação recebem os estudantes a partir de 7 de outubro.

Presidente do Sindmon-Metal fala sobre reforma tributária

“A população tem que se manifestar, se posicionar contra esse desgoverno”

ENTRE as ações dos voluntários está a distribuição de marmitex para servir às pessoas que necessitam

Os “Trabalhadores do Bem” são uma Organização de João Monlevade composta por voluntários de diversas profissões e personalidades, mas que possuem um propósito em comum: ajudar o próximo. Por trabalhar com todo tipo de doação, o grupo atende, junto à assistência social da Prefeitura, cerca de 160 famílias em situação de pobreza. O auxiliar de laboratório e um dos fundadores do grupo, Hélio Dias de Assis, explica que qualquer pessoa que queira ajudar pode se agregar e colaborar como puder: “No grupo, somos 40 voluntários, todos com o mesmo ideal de servir e cada um dentro de suas possibilidades e características”. Segundo ele, a motivação para a criação da Organização foi o desejo de ajudar o próximo através de uma grande rede de solidariedade e voluntariado para João Monlevade e região. Ele conta que a ideia começou no bairro Loanda, com a ajuda de outros amigos, e que, aos poucos, a cozinha foi transferida para a sede do centro espírita Luz do Caminho, até se mudar para a casa da Graça Lemos, outra fundadora do grupo. Recentemente, ela teve a ideia de também servir café da tarde na frente do Hospital Margarida, às quarta-feiras,

após sucesso de marmitex nas noites de sexta. Apesar de já funcionar há 5 anos, o grupo "Trabalhadores do Bem" ainda está em formação e passou a ser mais ativo nas redes sociais ultimamente. Hoje, conforme Graça, os voluntários planejam obter registro de CNPJ e um lugar próprio. A voluntária explica que essa conquista será importante para a participação em campanhas grandes.

ÁREAS DE AJUDA Segundo Hélio, o grupo trabalha com quatro linhas de ajuda: Cidadania, Educação, Saúde e Meio Ambiente. Em cidadania, ele diz estarem bem adiantados com a Graça liderando a entrega de cestas básicas, a distribuição de café da tarde e marmitex na frente do Hospital Margarida, e o atendimento às famílias que precisam de ajuda, sendo a maior parte nos bairros Planalto, Santa Cecília e Estrela D'alva. Já na área da Saúde, por enquanto apenas facilitam o aviamento de receitas médicas e a marcação de consultas com profissionais, além de providenciar fraldas e outros utensílios para doação. Para ajudar o meio ambiente, já foram distribuídas 12 caixas ao total para recolher o lixo de lâmpadas fluorescentes, pilhas e baterias em pontos da cidade.

“Vamos trabalhando e servindo até onde der de forma que o Trabalhadores do Bem seja um grupo aberto a todos que queiram realmente trabalhar e servir a comunidade”, explica o fundador.

DOAÇÕES As doações estão sendo entregues na casa da Graça, mas, de acordo Hélio, o grupo já está caminhando para ter um local próprio onde poderá ser enviado qualquer tipo de doação: “Desde cesta básica até roupas e cobertores. Trocas de móveis que as pessoas querem fazer e não sabem para onde enviar os antigos, e então procuram a gente e no mesmo instante buscamos um destinatário para eles”. Ele ainda explica como a Organização realiza o gesto de ajudar o próximo com o objetivo de promover, apoiar e cuidar do ser humano para que ele possa crescer e estar bem na comunidade. Apesar de ter começado com grande influência da religião Espírita, ele explica que o Grupo é aberto a todos: “O ato de ajudar o próximo independe da religião, é inato da pessoa que já tem essa tendência”, afirma.

CAFÉ E SOPA “Como o grupo dispõe de 40 voluntários, quem estiver com tempo disponível e queira colaborar para servir o café, participa com a Graça. Em torno de 15h eles estão na frente do Hospital para servir

às pessoas que ficam horas e horas esperando atendimento médico”. A finalidade da ação é a mesma que a da entrega das marmitas a partir de 20h. Nesse caso, além de atender na frente do Hospital, ele explica que também distribuem na região central do bairro Carneirinhos para catadores de papelão, frentistas e qualquer pessoa que esteja precisando de alimento. É entregue de 60 a 80 unidades, mas a meta é poder realizar essa atividade todos os dias.

REDES SOCIAIS “Elas olham e se sensibilizam”, diz Hélio sobre as pessoas que passaram a acompanhar a Organização pelas redes sociais. No Instagram @trabalhadoresdobemjm, o Grupo procura ser transparente para que os seguidores possam ver o processo com clareza, e, por isso, cada vez mais gente passou a entrar em contato com o intuito de realizar doações. “No Trabalhadores do Bem temos pessoas de todos os níveis sociais que podemos imaginar: desde donas de casa, pessoas mais simples e semianalfabetas, até aqueles que trabalham como médico, dentista, ou profissionais da área judiciária”, afirma o fundador. Quer ajudar, entre em contato acessando o QR code

Também fazem parte das ações dos voluntários o café da tarde na frente do Hospital Margarida e a distribuição de cestas básicas

2644.indd 7

Wir Caetano

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal), Otacílio das Neves Coelho, aponta alguns pontos do projeto de reforma tributária proposto pelo Governo Federal, em trâmite no Congresso Nacional. De acordo com ele, os trabalhadores poderão ser afetados de forma negativa, inclusive aposentados e pensionistas. Segundo ele, a população tem que se manifestar, se posicionar contra. Confira: Como o Sindicato vê a reforma tributária proposta pelo governo federal em trâmite no Congresso Nacional? Esse tema tem sido objeto de discussão das centrais sindicais e entidades afiliadas. A postura da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e sindicatos cutistas é de rejeição da proposta em sua totalidade por entenderam que ela atende apenas ao projeto neoliberal desse desgoverno: aumentar a concentração de renda em vez de combater a desigualdade social. Quais são os prós e contras dessa reforma? Esse é o momento mais adequado? Prós? Como dito na questão anterior, o que se pode ter é POSIÇÃO CONTRA. E, em um momento de pandemia, com aumento da pobreza e de múltiplas carências, a proposta vem apenas atender às intenções do atual desgoverno de consolidar o apoio de suas bases. E que bases suas essas? Ora, a “elite do atraso” (na expressão do sociólogo Jessé de Souza) que viabilizou a eleição de Bolsonaro e o mantém lá. Em que e como ela pode impactar os trabalhadores, aposentados e pensionistas? Conforme análise não só da CUT, mas de outras entidades comprometidas com um projeto de combate à desigualdade, essa proposta não ataca o problema dos impostos indiretos, que incidem sobre o consumo e pesam tanto sobre a sociedade. Assim, quem acaba pagando imposto de fato é o povo, os segmentos populares e a classe média assalariada – isso a proposta não muda. O que o Sindicato pensa da proposta de isenção de Imposto de Renda das entidades de previdência fechada e aberta, os conhecidos fundos de pensão? Esses fundos de pensão têm neles dinheiro dos trabalhadores e das trabalhadoras. É um contrassenso que a mesma elite que ataca a Previdência Pública enfraqueça fundos de pensão, alguns deles de empresas públicas ou mistas, cujo patrimônio é construído pela classe trabalhadora. Qual é o papel da população nesse processo? A população tem que se manifestar, se posicionar contra esse desgoverno. Mas ela não tem como fazer isso sem entender que está em curso um projeto é contra seus interesses, principalmente nesse mundo em que fake news tomam conta das redes sociais para ludibriar as pessoas. É importante que haja espaço para que lideranças populares se manifestem e desmontem o discurso elitista, concentrador e impopular desse desgoverno.

29/07/2021 20:07:17


30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

8 Classificados/Geral

Votação do prêmio 100 Melhores prossegue em agosto EMPRESAS PODEM ACESSAR MATERIAL DE DIVULGAÇÃO NO SITE DO JORNAL PARA PEDIR VOTOS Ainda dá tempo de participar da pesquisa que elege as empresas mais lembradas da cidade. A votação dos 100 Melhores, que chega à sua 20ª edição em 2021, está intensa e vai prosseguir até meados do mês de agosto. Para votar, basta acessar o site do jornal A Notícia (https://www.anoticiaregional.com.br/100melhores.php) e responder a, no mínimo, 60% do questionário. Quem não tem acesso à internet também pode participar através de questionários impressos que estão disponíveis nas ruas com pesquisadores do Instituto DataMG, responsável pela coleta e apuração dos dados. Para conhecer os vence-

dores, a pesquisa utilizada é no estilo “Top of Mind” que significa topo da mente, ou seja, o que cada indivíduo se lembra primeiro a respeito de qualquer coisa. A marca que primeiro vier à mente em cada categoria deve ser a respondida. Neste ano, foram colocadas 120 categorias para votação e serão premiadas as 100 mais votadas. Os levantamentos são espontâneos, sem qualquer indicação ou interferência dos realizadores. Diversas empresas já fazem campanha em suas redes sociais pedindo a votação dos clientes. Quem ainda não fez pode acessar a página do questionário de votação no site do jornal A Notícia, clicar

em “Material de apoio para divulgação”, e terá acesso a artes para pedir voto, bastando apenas colocar a marca da empresa. O 100 Melhores é a única premiação da cidade em que os premiados são eleitos por votação popular. “Pelo 13º ano seguido o DataMG é parceiro do jornal A Notícia para quantificar as marcas mais lembradas do mercado de João Monlevade, que é o centro comercial do Médio Piracicaba. A pesquisa tem como meta apontar as empresas mais lembradas de 100 segmentos e faz parte da mais tradicional premiação empresarial da região. Parte da amostra é coletada pelo meio online e outra parte pe-

las ruas da cidade com pessoas que não tem acesso à internet. Isso serve principalmente para que a amostra seja mais homogenia possível e fiel ao pensamento da população. É um

orgulho nosso estar participando desse evento junto com o A Notícia”, afirma Adilson Simeão, responsável pelo instituto DataMG. O evento conta com apoio da Associação Co-

mercial, Industrial e Prestação de Serviços de João Monlevade (Acimon) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade.

A empresa EMB Madeiras LTDA., inscrita no CNPJ n° 18.419.144/0001-42, por determinação da Superintendência Regional de Meio Ambiente SUPRAM LM (Leste Mineiro), torna público que solicitou, por meio do Processo Administrativo nº 2021.06.01.003.0001386, Licença de Operação Corretiva, para as atividades de Tratamento químico para preservação de madeira (código B-10-07-0) no endereço Sitio Bastos, S/N, Zona Rural, Alvinópolis – MG.

1 Aluguel

IMÓVEIS APTO em Belo Horizonte, rua Paraíba, Savassi, c/135m², 4 qtos (sendo 1 suíte), sala, copa, cozinha, banheiro social, área de serviço, dependência c/banheiro, 2 vagas de garagem. Tr. Mariana 99196-0171 ________________ APTO na av. Getúlio Vargas, em cima do Magazine Luiza, c/3 qtos (1 c/suíte), dependência. Bom p/ comércio. Tr. 98771-2900 ________________ APTO na rua Guanabara, 253, apt.106, bairro República. C/2 qtos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Tr. 3852-2048 ________________ APTO na rua Nozinho Caldeira, bairro Novo Horizonte, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala p/2 ambientes, cozinha planejada, banheiro social, área de serviço, quarto de despejo c/banheiro, garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/2 qtos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos 98681-8835 ________________ APTO na rua Tiradentes, bairro José Elói, c/3 qtos (sendo 1 suíte c/sacada), sala p/2 ambientes, cozinha c/armário, banheiro social, área de serviço, 1 vaga de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Alvorada, c/3 qtos (suíte), sala p/2 ambientes, banheiro social, cozinha, área de serviço e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, rua Dona Clara, bloco 19, apt. 102, c/2 qtos, sala, cozinha e banheiro. Tr. Genivaldo 99589-0930 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área

2644.indd 8

de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ BARRACÃO na rua Richard, nº 40, fundo com av. Getúlio Vargas 4.375, c/100m² livre, s/divisória, 2 banheiros. Tr. 98771-2900 ________________ CASA na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/sala, 2 qtos, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos (31) 98681-8835 ________________ CASA no bairro República, c/3 dormitórios, sem garagem, ótima localização. Tr. Luzia 3852-4190/98010-4190 ________________ DUPLEX/COBERTURA na rua Brasília, bairro Lucília, 1° pav. c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala, cozinha, DCE, área de serviço, banheiro social. 2° pav. c/sala, área privativa, lavabo. 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOJA na av. Alberto Lima, 1977. Tr. 99918-5050 ________________ LOJA na av. Getúlio Vargas, bairro Carneirinhos, c/aprox. 200m², 2 banheiros e 1 cozinha. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOJA no bairro Santa Bárbara, c/aprox. 60m², banheiro. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, c/1 qto, sala, cozinha e banheiro social. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ QUITINETE na rua Guanabara, 209. Tr. 997814345/99602-6759 ________________ QUITINETE na rua Mumbica, bairro José Elói. Tr. Luzia 3852-4190/98010-4190 ________________ QUITINETE na rua Olinda Dias Fernandes, bairro Santa Bárbara. Tr. Luzia 38524190/98010-4190 ________________ QUITINETE na rua Tiradentes, bairro José Elói, c/1 qto, cozinha, banheiro, área de serviço. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ QUITINETES (novas) na av. Getúlio Vargas, nº 4.375, bairro Carneirinhos. Tr. 98771-2900 ________________ QUITINETES (novas) na rua do Andrade, bairro José Elói, c/garagem. Tr. 38524190/98010-4190 ________________ QUITINETES (novas) nos bairros Rosário e José Elói. Tr. 3852-4190/98010-4190 ________________

RESTAURANTE montado, onde funcionava o Buteco da Vila, em frente à Funcec. Tr. 98771-2900 ________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, c/banheiro e área de 35m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, no edifício São Gonçalo. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ SALA na rua Fernão Dias, bairro Rosário, c/aprox. 28 metros, banheiro. Tr. 38513596 PJ857

2 IMÓVEIS Compra e Venda

APTO na rua Etelvino Rocha, bairro Vale do Sol, c/3 qtos (sendo 2 c/móveis planejados), banheiro, cozinha planejada, uma vaga na garagem. Tr. Mauro 99946-9636 ________________ APTO na rua Gomes Batista, 639, apt. 202, bairro Lourdes, c/2 qtos (c/armários), sala, cozinha, banheiro, área de serviço, 1 vaga de garagem. Tr. 98510-1759/98201-0840 ________________ APTO na rua Guanabara, nº 209, bairro República, c/2 qtos, 2 banheiros, área de tanque e garagem. Tr. 997814345 ________________ APTO no bairro Carneirinhos, c/3 qtos, sala c/varanda, banheiro social, copa, cozinha planejada, área de serviço c/ banheiro, 1 vaga de garagem. Terraço c/1 qto suíte, banheiro social, área de serviço e quintal. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro JK, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala p/2 ambientes, banheiro social, cozinha c/armários, área de serviço, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857

________________ APTO no bairro Paineiras, c/2 qtos (sendo 2 suítes), sala conjugada, banheiro social, cozinha, copa, área de serviço, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ CASA em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2 qtos, toda murada. Aceita-se carro. R$120 mil. Tr. 97510-2426/996079699 ________________ CASA na av. Isaac Cassimiro Gomes, nº 1667, Loanda. Tr. 3850-8405/98011-3482 ________________ CASA na av. W3, nº 125, bairro Loanda, c/3 qtos, sala, copa, cozinha, banheiro, área. Tr. 97211-0340 ________________ CASA na rua Palmeiras, 178, bairro Alvorada, c/510m², 8 qts, 3 salas, 6 banheiros, sendo 3 suítes. Garagem p/2 carros. Área livre no lote de 150m². Aceita-se troca por apartamento em Monlevade ou Belo Horizonte, ou lote. Tr. 98765-2269 ________________ CASA no bairro Cruzeiro Celeste, c/3 qtos, sala, banheiro social, cozinha, área de serviço, quintal cimentado, terraço coberto, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA no bairro José Elói, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala, banheiro social, cozinha, área de serviço c/banheiro, qto de despejo, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA no bairro Paineiras, c/ área de 307m² e lote 388m², sendo frente de 14m e fundos área verde c/42m². Tr. 38515121 PJ3637 ________________ CASA/GALPÃO no bairro Nossa Senhora da Conceição, área construída c/aprox. 327m², 2 lotes c/área total de 600m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ CHÁCARA em Bom Jesus do Amparo, c/2000m², c/ um imóvel de 10 cômodos. R$165 mil. Tr. 99626-6721 ________________ CHÁCARA no bairro Boa Vista, c/casa, 1200m². Tr. 98704-0531 ________________ CHÁCARAS (4) de 5 mil metros cada em São Gonçalo do Rio Abaixo, perto da Porteira Amarela. Valor a combinar. Aceita-se carro. Tr. 3851-

0102/98962-0102 ________________ LOJA, sobreloja e quintal na av. Alberto Lima, 1977. Área total de 714m². Tr. 999185050 ________________ LOTE na rua Castanheiras, bairro Sion, c/360m². Tr. 98758-0195 ________________ LOTE na rua Emílio Gonçalves, bairro Cruzeiro Celeste. R$65 mil. Aceita-se carro ou moto novos. Tr. Antônio 38525189/99808-3598/987049455 ________________ LOTE na rua Trinta, bairro Loanda, c/360 m². Tr. 987455636 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, urbanizado, c/360m². Tr. 98758-0195 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, c/390m², na rua 38, quadra 19. R$100 mil. Tr. 98912-9665 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, rua 2, c/360m², escritura, urbanizado, próximo ao Rael. Vende-se ou troca-se por caminhão MB 3/4. Tr. 995483693 ________________ LOTE no bairro Metalúrgico. Tr. c/Edna ou Daniel 38510102 ________________ LOTE no bairro Santa Bárbara (avenida Getúlio Vargas), c/aprox. 175,90m², sendo 7,22m de frente; 7,21m de fundos; 24,78m pela direita e 24,05m pela esquerda. Tr. 3851-3596 PJ857

________________ LOTE no bairro Vera Cruz, c/aprox. 395m², c/9,74m de frente; 10,69m de fundos; 41,53m do lado direito e 38,24m do lado esquerdo. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOTE no loteamento Parques do Vale, ao lado da Lagoa Silvana, em Ipatinga, c/área total de 376m², em área residencial. C/escritura. R$120.000,00. Somente interessados. Tr. José Luiz (31) 99963-0778 ________________ LOTES no bairro Sion, c/ área de 360m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ PONTO COMERCIAL na av. Alberto Lima, nº1977, loja, sub loja e quintal. Área 714m². Tr. 99918-5050 ________________ PRÉDIO de 3 andares na av. Cândido Dias, bairro Loanda, nº1513 (possui 3 aluguéis). Tr. Edmilson 97501-8265 ________________ QUITINETE no bairro Rosário, rua Angelina Ponce Martins, c/quarto, sala, cozinha, banheiro, c/52m². Vende-se ou troca-se. Tr. 98721-8650 ________________ TERRENO c/7 hectares, casa colonial, ou chácaras. Na região de Abre Campo. Aceita-se troca no negócio. Tr. c/Edna ou Daniel 3851-0102 ________________ TERRENO em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2,5 hectares c/muita água de nascente. Aceita-se carro. Tr. 975102426/99607-9699

4

________________ TERRENO na rua Magalhães Pinto, bairro Cruzeiro Celeste, c/6.300m². R$600 mil. Tr. Antônio 3852-5189/998083598/98704-9455 ________________ TERRENO no bairro José Elói, c/190m². R$45 mil. Aceita-se moto ou carro de menor valor como parte do pagamento. Tr. 98721-8650

3

DIVERSOS

COMPRA-SE desengrosso de mesa usado. Tr. Tunico 99956-2038 ________________ TROCA-SE cesto esmaltado de Brastemp antiga por cesta básica (em ótimo estado). Tr. Tunico 99956-2038 ________________ VENDE-SE esterco. Tr. 99530-0471/3852-2474 ________________ VENDE-SE suporte de mesa para celular. Tr. Tunico 999562038 ________________ VENDEM-SE areia e brita. Tr. Rogério 98608-0943

SERVIÇOS

INVESTIGADOR particular c/10 anos de experiência. Tr. 99555-9153 ________________ PEDREIRO, serviços de alvenaria, lajes, ferragens, construção, acabamento. Tr. 98681-3393 ________________ PEDREIRO de alvenaria e acabamento. C/referência. Tr. 99921-1657 ________________ REALIZA-SE serviço de demolição em geral e limpeza. Tr. Adriano 98721-8650 ________________ SERVIÇOS GERAIS, passadeira. Tr. Marina 38514365/98838-4232

Faz saber que pretendem se casar: REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS Registro Civil das Pessoas Naturais Oficial Titular: Rosa Maria Bedetti Frade Tavares Rua Brasília, n. 91, Lucília 35930-010 - João Monlevade - MG 020325 - ALESSANDRO HENRIQUE MARTINS, maior, Técnico Segurança do Trabalho, residência Rua Tapajós, nº 573, Centro Industrial, João Monlevade-MG, filho(a) de GERALDO MONTEIRO MARTINS e LEONY TEREZA MARTINS; e MARCÉLIA HERMES MATOZINHOS, maior, Assistente Administrativo, residência Rua Bicas, nº 67, Lourdes, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ MATOZINHOS e MARIA RAIMUNDA MATOZINHOS; 020326 - LEON NAZARIO HELMER, maior, Inspetor de qualidade, residência Rua São Bernardino, nº 763, Apto 401, Bloco 8, Serra, João Monlevade-MG, filho(a) de INOEL FLORIANO HELMER e SOMARA DAS DORES HELMER; e TARCILA MARTINS MORAES, maior, Recepcionista, residência Rua São Bernardino, nº 763, Apto 401, Bloco 8, Serra, João Monlevade-MG, filho(a) de QUINTILIANO DE MORAES e ERCI DAS GRAÇAS MARTINS MORAES; 020327 - JOSÉ VICENTE TEIXEIRA, maior, Borracheiro/Aposentado, residência Rua Alameda Dinamarques, nº 175, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de ANTÔNIO ANACLETO TEIXEIRA e NAZARITA PINTO; e MARIA ZACARIAS DE MORAIS, maior, Do lar, residência Rua Alameda Dinamarquesa, nº 175, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ CECÍLIO DE MORAIS e MARIA APARECIDA MARTINS DE SOUZA; 020328 - LUCAS HENRIQUE SOARES PAULINO CARDOSO, maior, Comerciante, residência Avenida Isaac Cassemiro Gomes, nº 1600, Loanda, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ FRANCISCO CARDOSO e CLEONICE APARECIDA SOARES PAULINO CARDOSO; e JEANE GLEICE ARAÚJO VIEIRA, maior, Comerciante, residência Rua Capivari, nº 46, Loanda, João Monlevade-MG, filho(a) de MARCO ANTÔNIO VIEIRA e ROSEMARY ARAÚJO VIEIRA;

Os contraentes apresentaram os documentos exigidos pelo art.1525 do Código Civil Brasileiro. Se alguém souber de algum impedimento, que os impeçam de se casar, que o faça na forma da Lei: João Monlevade 29/07/2021 ROSA MARIA BEDETTI FRADE TAVARES Oficial do Registro Civil Cartosoft - Automação de Cartórios do Registro Civil | www.cartosoft.com.br

29/07/2021 20:07:18


Polícia 9

30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

PM prende três por assalto a bar em Rio Piracicaba Três homens foram presos por suspeita de envolvimento em um assalto a um bar nesta terça-feira (27) na zona rural de Rio Piracicaba. De acordo com o relato de testemunhas, os homens chegaram ao estabelecimento, na localidade de Buraco dos Coelhos, e atiraram para o alto, anunciando o assalto. Eles roubaram dois telefones celulares, mas fugiram em direção à mata quando o proprietário do estabelecimento sacou um revólver calibre .38 e atirou na direção dos bandidos. A Polícia Militar foi acionada e iniciou as buscas pelos criminosos, encontrando e

prendendo um suspeito, de 32 anos. O patrulhamento também revelou vestígios de sangue na mata densa. O homem preso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade. A PM de Santa Bárbara foi informada sobre o crime, montou um cerco e iniciou as buscas na estrada de terra que liga Rio Piracicaba ao distrito de Costa Lacerda. Por volta das 7h30 desta quarta-feira (28), as equipes encontraram dois suspeitos, que portavam uma garrucha calibre .36 com um cartucho. Eles confirmaram serem os ladrões do bar, disseram que caminharam

à noite pela estrada de terra, dormindo no mato, e que por medo de serem presos, atiraram os celulares roubados no rio. Um dos homens presos, de 31 anos, tinha uma lesão na mão direita, atribuída por ele próprio ao tiro disparado no bar. Ele foi levado à Santa Casa Nossa Senhora das Mercês, onde foi atendido e está internado sob escolta policial para tratar os ferimentos dos estilhaços. O outro, de 20 anos, foi levado para a Delegacia de Polícia Civil com o material apreendido. A arma do proprietário do bar também foi recolhida.

Cinco presos e mais de 50 pedras de crack apreendidas no Planalto Cinco homens foram presos nesta terça-feira (27) em uma ação da Polícia Militar contra o tráfico de drogas no bairro Planalto, em João Monlevade. Por volta das 16h40, militares do Tático Móvel patrulhavam a rua Albertino Leão Ferreira, quando notaram um grupo de pessoas em atitude suspeita em um local já conhecido como ponto de venda de entorpecentes. Ali, havia 52 pedras de crack, uma bucha de maconha, R$200,00 em dinheiro, um telefone celular e várias embalagens vazias. Cinco homens, de 19, 24, 25 e dois de 18 anos foram presos.

Divulgação/PMMG

DROGAS, dinheiro, celular e embalagens estavam em poder dos presos

Divulgação/PMMG

UMA garrucha que estava em poder dos suspeitos foi apreendida

Polícia apreende menor com maconha em Itabira Um adolescente de 17 anos foi apreendido nesta segunda-feira (26) por tráfico de drogas em Itabira. Por volta das 22 horas, uma equipe da Polícia Militar fazia uma operação no bairro Santa Marta, quando viu um menor com um cigarro de maconha na boca, e que tentou fugir quando notou a presença da viatura. Ele caiu enquanto andava de bicicleta, e a abandonou para continuar a fuga a pé. O adolescente ainda tentou correr em direção à rua José João Bernardino, mas foi alcançado e apreendido. Consigo, havia uma porção e seis tabletes de maconha. Ele e a droga foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.

Divulgação/PMMG.

DROGA foi apreendida com o adolescente

Carro capota na BR-262

Quatro vão para a cadeia após arrombarem loja de celulares

Divulgação/Bombeiros Voluntários de São Domingos do Prata Divulgação/PMMG

DIVERSOS materiais eletrônicos foram apreendidos

Quatro homens foram parar na cadeia no último domingo (25) depois de um furto a uma loja de celulares em João Monlevade. A Polícia Militar foi informada de que os responsáveis pelo arrombamento estariam caminhando pelo bairro República, e iniciaram as buscas por

eles. Um dos procurados foi localizado em uma obra no bairro de Lourdes, e ao fim das ações, quatro homens, de 21, 26, 28 e 35 anos estavam detidos. Com o quarteto, foram apreendidos uma arma de fogo com cinco cartuchos, 40 telefones celulares, 30 tablets, dois

consoles PlayStation 5, um computador portátil, caixas de som, R$14.193,25 em dinheiro, relógios, blusas, uma balança de precisão, pinos plásticos e outros dispositivos eletrônicos. Os suspeitos e todo o material foram levados à Delegacia de Polícia Civil.

ACIDENTE aconteceu na última segunda. Vítimas foram levadas para Ponte Nova

Um carro capotou na manhã desta segunda-feira (26) no quilômetro 142 da BR-262, no trecho entre São Domingos do Prata e Rio Casca. Por volta das 7h40, o Chevrolet Astra, com placas de Ribeirão das Neves, seguia no sentido Rio Casca, quando escorregou e capotou, perdendo uma das rodas. Os Bombeiros Voluntários de São

Domingos do Prata compareceram ao local para prestar os primeiros atendimentos às vítimas, sendo auxiliados por uma ambulância municipal de Rio Casca. Uma mulher de 42 anos sofreu fraturas na clavícula e nas costelas, e tinha uma suspeita de hemorragia interna quando foi socorrida. Já uma moça de

29 anos, que sofreu escoriações, reclamava de dores no braço e na perna. O motorista nada sofreu. As vítimas foram conduzidas por Bombeiros Militares para o Hospital Arnaldo Gavazza Filho, em Ponte Nova. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de João Monlevade registrou o acidente.

Preso em Monlevade homem que matou e enterrou a mãe no Vale do Aço A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com auxílio da Polícia Civil, prendeu na última sexta-feira (23), em João Monlevade, um homem acusado de matar e enterrar a própria mãe em Santana do Paraíso, no Vale do Aço. Vizinhos do homem denunciaram o crime à polícia local, que comprovou que a idosa, de 78 anos, estava ilegalmente enterrada no quintal do imóvel.

2644.indd 9

As testemunhas também informaram que o suspeito do crime, de 48 anos, teria saído de bicicleta com uma mala em direção ao centro de Ipatinga. Sabendo disso, as polícias Militar e Civil dirigiram-se ao local onde o homem apontado estaria, quando descobriram que ele estaria em um ônibus de viagem que seguia para Juiz de Fora. Com o apoio das polícias

Militar e Rodoviária Federal, foi possível interceptar o veículo em Rio Casca, mas os agentes descobriram que o suspeito havia descido em João Monlevade. A equipe da PRF em Monlevade foi até a rodoviária e conseguiu localizar e prender o homem, que confessou o crime aos policiais civis de Ipatinga que vieram a Monlevade para recolhê-lo. Ele relatou que que-

ria mudar-se para Juiz de Fora, mas a mãe não aceitava a sua decisão, e por isso os dois tiveram vários desentendimentos. Na última briga, ele acabou por atingi-la com um golpe de facão no pescoço. Ele foi autuado por homicídio qualificado, que pode, em caso de condenação, render pena de até 30 anos de cadeia.

29/07/2021 20:07:19


30 de Julho a 5 de Agosto de 2021

10 Geral

Itabira cria programa de acolhimento a pessoas em situação de rua A expectativa é de que este fim de semana seja de frio intenso no Médio Piracicaba. As baixas temperaturas atingem, principalmente, as pessoas em situação de rua, que precisam

2644.indd 10

de toda forma fugir à hipotermia. Por conta disso, a Prefeitura de Itabira desenvolveu um programa de abordagem diurna e noturna a esse público. Durante a abordagem, será

oferecido o serviço de acolhimento, com cama, banho e três refeições diárias. O número de vagas cresceu 25%, conforme a administração. Caso atinja a lotação máxima, a Prefeitura disponibilizará abrigo em local adequado. Na hipótese de a pessoa não aderir à oferta do acolhimento, serão doados agasalhos e cobertores. Na quarta-feira (28), a Compdec Itabira recebeu cobertores e agasalhos doados pela Associação dos Corredores de Rua de Itabira – Speedy Fox. Nesta semana, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais também se colocou à disposição para dar

assistência à população de rua. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicou onda laranja na região, apontando para acentuado declínio de temperaturas. A previsão é que os termômetros na região fiquem entre 7º e 20º, até a próxima segunda-feira (2), uma das mais baixas dos últimos anos.

29/07/2021 20:07:20

Profile for jan regional

Edição 2644  

Edição 2644  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded