Page 1

48(0/È6$%(248(',= FUNDADOR: MÁRCIO PASSOS - DESDE 1984

23 a 29 de Julho de 2021

Ano 38 - Edição 2643 - R$1,00

SUPOSTA FRAUDE NA VACINAÇÃO

Prefeitura denuncia pessoas que tomaram mais de duas doses As suspeitas de vacinação irregular contra o coronavírus chegaram a João Monlevade. Três casos de pessoas que receberam a imunização fora das re-

MONLEVADE GANHARÁ ARTE EM GRAFFITI

gras estabelecidas estão sendo investigados. Em duas situações, as pessoas receberam a imunização de um tipo de vacina em Monlevade e de outro fa-

bricante fora do município, totalizando mais de duas doses. A Prefeitura enviou os casos para o Ministério Público de Minas Gerais. Página 3

EMC Divulgação

GRAFFITI de Ítalo Nanais, um dos artistas que vai pintar mural em Monlevade

Em comemoração aos 100 anos de operação do segmento de Aços Longos no Brasil, João Monlevade vai receber painéis de graffiti, con-

feccionados por renomados artistas mineiros. A iniciativa vai colorir muros em torno da Usina e também outros espaços da cidade, como a Pra-

ça do Povo e a Fundação Casa de Cultura. A ação é da ArcelorMittal Brasil e realizada pela Fábrica de Graffiti. Veja na página 7

$EHUWD WRGRVRV GRPLQJRV

ÈOFRRO $VVHSWPD[

6DERQHWHtQWLPR 'HUPD2QHNLW FRPXQLGDGHV

5 $Y*HW~OLR9DUJDV 7HOH (QWUHJD

 

2643.indd 1

2)(57$ O

D

(VSHFL

22/07/2021 19:08:22


23 a 29 de Julho de 2021

2 Opinião

CHARGE

EDITORIAL

Fraude na vacinação é mau caratismo Situação que já ocorreu em outras cidades brasileiras também aconteceu em João Monlevade: pelo menos três pessoas fraudaram a vacinação, tomando outras doses, de forma intencional e desnecessária. A medida revela uma falta de humanidade e de respeito à fila de vacinação na pandemia que já matou 546 mil pessoas no Brasil. O momento é de aflição para quem ainda aguarda a sua hora de vacinar. As três pessoas, literalmente, tomaram a vacina de outros, prejudicando o ritmo da aplicação. Tal conduta pode comprometer o Plano Municipal de Vacinação, com o desvio de doses que deveriam ser direcionadas ao restante da população ainda não imunizada.

A questão é séria e fruto da desinformação de que uma vacina é melhor que outra. Vale lembrar que vacina boa é vacina aplicada no braço. Se não foi por desconhecimento, certamente, trata-se de um caso claro de mau caratismo e negação à ciência. Enquanto há mortes, pessoas se apropriam de doses que não são suas, em total falta de respeito, quiçá, de humanidade. Também, não se pode esquecer, da gourmetização das vacinas por parte de alguns, alegando que umas marcas são melhores que outras. A Prefeitura não informou nomes ou endereços. Mas sabe-se que eles foram enviados ao Ministério Público para as devidas averiguações. Que o órgão faça a devida apuração e que os “espertinhos” façam as devidas reparações.

* Charges e textos assinados não retratam necessariamente a opinião do jornal.

Já começou a corrida eleitoral de 2022

(*) ERIVELTON BRAZ

A caminhada para as eleições de 2022 já começou. Independentemente das questões partidárias e da “polarização” iminente entre o ex-presidente Lula (PT) e o atual, Jair Bolsonaro (sem partido), é preciso não perder de vista os pleiteantes à Câmara dos Deputados, Senado, Assembleia Legislativa de Minas e ao Governo Estadual. Faltam 14 meses para o pleito e a pré-campanha já está a todo o vapor, com candidatos mostrando suas ideias, propostas e ações de mandatos (no caso dos que querem a reeleição), em busca da consolidação de uma reputação positiva. Não estão errados. É o que sempre digo quando presto consultoria política: a trajetória de vida de cada um é fundamental para quem quer seguir a vida pública. Quem acha que faz campanha com 45 dias está muito enganado. A ficha política vem de anos. É preciso trabalhar históricos, vivências, percepções, atitudes, entre outros atributos, nessa caminhada antes do pedido de voto. Campanha mesmo é para reafirmar compromissos, divulgar o número e consolidar a votação. Por isso, a corrida para 2022 segue em ritmo acelerado e quem quer disputar o pleito e ainda não se posicionou, já está atrasado. Quem está de olho na reeleição não perde a oportunidade de destacar suas ações. No entanto, aparecer apenas em momentos específicos é muito pouco para quem precisa de milhares de votos para se eleger no ano que vem. Ditado antigo, mas sempre atual, é que “o povo não é bobo e sabe quem o representa e quem faz de conta”. Por isso, falta a muitos, uma assessoria profissional para que o político, de fato, tenha um mandato aberto, de interação e proximi-

dade com o eleitor. Quem acha que postar foto e vídeo em uma ou duas redes sociais é o suficiente, está enganado. É preciso estar ativo o tempo todo, participando do dia a dia das comunidades que representa. Pior ainda são aqueles que receberam votos em João Monlevade e região e só apareceram por agora, tendo ficado longe, desde que assumiram. A política se faz todos os dias e todos os dias é possível comunicar uma mensagem nova, que faça com o que o eleitor não esqueça o rosto, reconheça a postura e guarde bem o nome. Quem não é visto não é lembrado. E 2022 promete entrar para a história como um dos pleitos mais politizados dos últimos tempos. O país, os estados e as cidades estão divididos. Não há espaço para os que ficam “em cima do muro”. Também será difícil para quem prefere ponderar argumentos. O cenário político se converteu em um “Galo e Cruzeiro” de opiniões. Portanto, quem vai disputar as eleições, deve ter um posicionamento claro sobre sua preferência partidária e não se importar com as críticas que certamente virão de quem está do outro lado. Pode até ser que, até lá, surja uma terceira via para disputar contra a polarização entre Bolsonaro e Lula. Mas ela ainda não vingou e é incerta. Enquanto isso, as redes sociais se transformaram em um grande front de discussão entre grupos opostos. Mas nem sempre as discussões se fixam na troca de ideias, o que é péssimo para a boa política. Não são raras as vezes em que debates viram mera troca de insultos. É preciso olhar para frente, para o país e estado que queremos. E aos candidatos, que se apresentem logo como tal.

(*) ERIVELTON BRAZ é editor do A Notícia e fundador da Rotha Assessoria em Comunicação

Compliance: vale estar em conformidade (*) RENATA CELY FRIAS O Compliance é o novo diferencial de empresas e também de segmentos públicos, que se preocupam com a sua reputação. O termo inglês vem do verbo “to comply” e pode ser entendido como algo que está em acordo com as regras, com as normas, ou seja, estar em conformidade com algo preestabelecido. Ele representa o cumprimento das leis, das normas e regulamentos, fortalecendo a imagem, prevenindo fraudes e abrindo caminhos para novas oportunidades, mais transparente e validada por instrumentos de gestão. Resumindo, o propósito do Compliance é ser utilizado como uma ferramenta de controle, proteção e prevenção de práticas ilegais e imorais. Num primeiro momento, a finalidade era criar mecanismos de controle e monitoramento das relações entre as pessoas. Hoje em dia, os Programas de Compliance vão além da questão meramente formal de criação de regras internas ou instruções normativas. Eles podem ser utilizados como uma proteção da integridade, com a redução de riscos, aprimoramento do sistema de controles internos e combate à corrupção. E, por isso, a prática também tem chegado à gestão pública, criado nos municípios, a função de fiscalizar e gerenciar seus processos. A ação cabe às controladorias internas, de acordo com o art. 31 da Constituição Federal. Somente através da implementação das rotinas de Compliance será possível atender as demandas de orientação e fiscalização impostas como missão aos Controles Internos Públicos. Os programas passam efetivamente pela governança pública, haja vista que as principais características para se alcançar a efetividade de uma boa gestão, estão ligadas diretamente a transparência, integridade, equidade e responsabilidade dos administradores públicos em gerir os recursos públicos e principalmente prestar contas de suas gestões. Em Minas Gerais, as Prefeituras de Uberlândia e Santa Luzia

são exemplos de governos que implantaram programa de integridade. Em João Monlevade, a boa notícia é que o Governo Municipal, com intuito de melhorar a gestão, implantou a Política de Governança Pública, Risco e Compliance no âmbito do Poder Executivo. A medida contribui para melhores resultados da gestão, transparência e ações anticorrupção. Sem dúvida, um avanço para João Monlevade. Pode dizer que um Programa de Integridade bem concebido serve para renovar a gestão, com iniciativas que promovam o fortalecimento dos valores individuais e institucionais, dos princípios éticos de conduta e padrões de desempenho dos servidores, bem como promover a transparência e a gestão adequada de recursos.

SAIBA MAIS:

Os pilares do Compliance consistem nos seguintes elementos: 1- comprometimento da alta direção da organização pública ou privada com o programa; 2- avaliação de riscos internos e externos; 3- monitoramento contínuo das atividades desenvolvidas e diligenciamento adequado; 4- processos e procedimentos estruturados, profissionais e bem definidos; 5- instauração de um código de conduta; 6- definição de normas e regras objetivas e claras; 7- criação e difusão da cultura de transparência, cooperação, integridade e Compliance; 8 - consolidação de canais de comunicação que garantam a fidedignidade da informação e sigilo do usuário; 8 - contabilização e gestão documental; 9 - promoção de treinamentos e capacitações internas; e 10 - aprimoramento das políticas de relacionamentos pessoais e institucionais com altos padrões éticos e morais. Entendeu a importância do Compliance e como aplicar essa ideia? Então, é hora de dar o próximo passo para regularizar os negócios nas esferas públicas e privadas.

(*) RENATA CELY FRIAS é Advogada especialista em Direito Previdenciário e pós graduada em Compliance pela PUC Minas. OAB/MG 79846

COXIA Filas da vacina

O anúncio da vacinação contra a Covid-19 para pessoas entre 42 e 45 anos em João Monlevade provocou longas filas à porta dos pontos de aplicação. Algumas pessoas relataram mais de três horas de espera. Mesmo assim, muitos voltaram para casa sem a primeira dose injetada no braço.

(*) ELIZETE VIDAL A pandemia trouxe para todos nós ensinamentos que vamos levar para a vida toda. A partir de agora, principalmente, encarar com positividade tudo isso. Olhar para o nosso lado e ver os outros, ver as necessidades das pessoas, não só material, mas emocional. Estar mais próximos uns dos outros, e ainda mais, da família. O principal aprendizado profissional que tive foi reinventar o meu negócio, pois o meu setor foi um dos que fechou primeiro e seria o último a ser reaberto. Sendo assim, tive que pensar muito rápido e tomei a decisão de não demitir como tantos outros estavam fazendo. Isso por vários motivos. Um deles foi por ter uma equipe treinada e muito comprometida com o Buffet Barenze, além de fi delizada. Como sempre falo, somos uma família e, em momentos de dificuldades, a primeira coisa que fazemos é nos unir. Graças a Deus, tomei esta decisão, pensamos rápido e transformamos o buffet em delivery, que era o que realmente poderia funcionar naquele momento. Foi muito desafiador esta nova proposta de festas “em caixa”. Estávamos acostumados com festas grandes e, de repente, passamos a fazer festas até para duas pessoas (rsrs...). Mas em nenhum momento deixamos o brilho apagar e conseguimos, durante todo

este tempo, realizar os eventos de acordo com as liberações do município. O que nos ajudou a manter o equilíbrio emocional e profissional foi dedicarmos muito ao trabalho e à busca pelo conhecimento. Tivemos que aprender muita coisa nova, principalmente, com as redes sociais, que se tornaram a maior ferramenta de vendas. Aproveitei tudo isso para empreender com ideias inovadoras, buscando através do delivery mais um segmento para a minha empresa, que sempre foi referência por sua excelência em tudo que faz. A pandemia solidificou ainda mais o que sempre nos propusemos a fazer, que é realizar sonhos. A lição que tiro disso tudo é o quanto somos frágeis e quanto devemos buscar a nossa evolução. Sempre tive projetos sociais engavetados, pois não tinha tempo. Com a pandemia, tenho conseguido realizar e só tenho muita gratidão por tudo que veio junto, tantos ensinamentos. Tivemos muitas perdas de pessoas próximas e de outras que não conhecíamos. Mas acredito que tudo tem um propósito de Deus em nossas vidas. Tenho certeza que saímos disso tudo muito melhores e, principalmente, administrando nossa empresa com um olhar diferente e mais humanizado.

Vereadores de Monlevade curtem 15 dias de recesso e só retornam às reuniões ordinárias na primeira semana de agosto. O segundo semestre promete debates quentes, com os 15 parlamentares animados com o descanso e querendo mostrar serviço.

Paraquedas

Realidades

Por mais que se explique, é inevitável que o cidadão pense que Monlevade está “atrasada” em relação a outras cidades quanto à abertura da vacinação para mais faixas etárias. Afinal, ver Nova Era vacinando moradores com 35 anos, Rio Piracicaba com 32 e Santa Maria de Itabira com 28 desperta a cobrança do monlevadense. Não se pode esquecer que cada cidade tem uma realidade diferente de outra...

Salto maior

No entanto, ao que parece, a Prefeitura de João Monlevade tentou responder à demanda e deu um salto maior que as pernas. Ou seja, abriu o leque de quatro faixas etárias para tentar reduzir a fila da imunização.

De volta

A boa notícia é que a vacinação para as faixas etárias de 42 a 45 anos retorna hoje. A aplicação ocorrerá a pé no Centro Educacional e em modelo veicular (drive-thru) na igreja Sagrado Coração de Jesus. Quem for cedo tem mais chances de não sofrer com a espera.

PSF

Segundo o assessor de Comunicação da Prefeitura, Geraldo Magela “Dindão”, o problema das filas é Monlevade não ter equipes completas de ESF em todos os bairros, o que dificulta acesso ao número da população em cada faixa etária. Segundo ele, há 20 anos, quando Laércio deixou a Prefeitura em sua primeira gestão, havia 11 equipes completas. Quando voltou, havia 9 incompletas. Após seis meses de governo, a gestão conseguiu ampliar para 13 completas. Número ainda insufiente para atender a população de João Monlevade.

Mamografia

A pandemia e seus ensinamentos

Recesso

A Prefeitura de João Monlevade retomou o agendamento das mamografias. Os exames voltaram a ser realizados na manhã desta quinta-feira (22), por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Piracicaba (Cismepi), presidido pelo prefeito de Monlevade, Laércio Ribeiro (PT). Notícia boa para toda a região.

E o clima das eleições 2022 já começa a esquentar em João Monlevade. Vereadores se alinham com deputados estaduais e federais, que devem concorrer no pleito do próximo ano. Falam sobre recursos e parcerias para o município. Temporada de políticos de paraquedas que só chegam a cada quatro anos.

Iluminação

Monlevade está substituindo as lâmpadas convencionais pelas de LED na iluminação pública. A mudança, que começou na avenida Castelo Branco, já chegou à praça do bairro Planalto. A iniciativa é boa, pois traz mais segurança e embeleza a cidade. Mas falta atender às intermináveis queixas por lâmpadas apagadas em vários bairros de Monlevade.

“Fria e fraca”

Segundo o Zé Marreta, publicação oficial do Sindmon-Metal, os adjetivos são atribuídos pelos trabalhadores à alimentação fornecida no restaurante industrial da Usina. “Enquanto o patronato insiste em reduzir custos no prato do trabalhador, em total desrespeito à categoria, muitos trabalhadores e trabalhadoras estão esquentando a marmita na área ou ficando sem refeição em razão da baixa qualidade da comida”, afirma a publicação. A gente não quer só comida...

Anticorrupção

A controladoria interna da Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo adotou o Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC), uma proposta inovadora lançada pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), com coordenação e execução da Rede de Controle nos Estados, patrocinada pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A iniciativa visa a auxiliar os gestores das organizações públicas a diagnosticarem sua suscetibilidade à corrupção e melhorarem os seus sistemas institucionais de prevenção. Exemplo a ser seguido.

4XHPOrVDEHRTXHGL] Diretora Geral: Maria Cecília A. Passos Registro profissional: MG07860JP

Editor: Erivelton Braz Assistente: João Vítor Simão Diagramação e Arte: Julieta Bittencourt Gráfica Nina: Guilherme Bessa e Sanzio Miranda Impressão: Editora Gráfica Nina Publicado desde 1984 - Propriedade da empresa A Notícia Regional Ltda. Circulação: João Monlevade e região Av. Rodrigues Alves, nº 78, República, João Monlevade/MG

(*) ELIZETE VIDAL é empreendedora, proprietária do Buffet Barenze e integrante da Acimon Mulher

2643.indd 2

22/07/2021 19:08:36


Geral 3

23 a 29 de Julho de 2021

Prefeitura leva ao MP suspeitas de vacinação irregular em Monlevade

Arquivo JAN

VIGILÂNCIA em Saúde denunciou irregularidade na vacinação

A Prefeitura de João Monlevade investiga três casos de irregularidades na vacinação contra o coronavírus. As suspeitas foram levantadas pela Vigilância em Saúde (Visa) através dos Cadastros de Pessoa Física (CPF) dos imunizados. Os nomes não foram divulgados. No primeiro caso, foi identificado que um CPF foi utilizado em Ipatinga para receber a primeira e a segunda dose da vacina CoronaVac. O mesmo documento foi usado em João Monlevade para receber uma

dose da vacina Pfizer. No segundo caso, um outro CPF foi apresentado em João Monlevade para receber duas doses da CoronaVac, e depois foi usado em outra cidade para receber duas doses da AstraZeneca. Já um terceiro foi mostrado para receber a primeira dose de Pfizer na vacinação de pessoas com comorbidades, e depois, o mesmo documento foi utilizado para receber outra dose da Pfizer. Porém, na aplicação aos profissionais da educação. Os casos podem render dor de cabeça aos envolvidos. Se-

Retomada vacinação de pessoas com 42 anos ou mais contra a Covid-19 Será retomada hoje (23) a vacinação de pessoas com 42 anos ou mais contra o coronavírus em João Monlevade. A aplicação ocorrerá a pé no Centro Educacional e em modelo veicular (drive-thru) na igreja Sagrado Coração de Jesus, das 8 às 15 horas. A ministração para esse público começou na última terça-feira (20), mas, já no primeiro dia, a demanda foi maior que a oferta. As filas de interessados em receber a vacina, a pé ou de carro, dobravam quarteirões. No Centro Educacional, a fila de pessoas a pé dobrava as esquinas das ruas Duque de Caxias, São Domingos do Prata e Tiradentes. Já nas imediações da igreja Sagrado Coração de Jesus, por volta das 8 horas, a fila de carros ocupava a faixa da direita da avenida Wilson Alvarenga até o cruzamento com a rua Hildebrando Santana, além de ruas próximas do bairro JK. Na igreja, por exemplo, os primeiros carros chegaram por volta das 4 horas, enquanto no Centro Educacional a fila já alcançava as laterais do colégio às 6 horas. Mesmo as-

sim, o clima era de satisfação por receber a primeira dose da vacina. Ipotijara Gomes chegou por volta das 6 horas ao CEJM, e lamentou apenas que o imunizante que recebeu não tenha dose única. Já Rosane Nunes, que também chegou pouco depois das 6 horas, relatou que foi contaminada duas vezes pelo coronavírus num espaço de dez meses, felizmente sem complicações. Já na igreja, Elaine Cristina contou que também chegou por volta das 6 horas, quando a fila dava voltas nos quarteirões vizinhos, mas estava satisfeita em receber o imunizante. No entanto, os frascos acabaram antes que todos recebessem a vacina, e muitos tiveram de dar meia-volta antes de recebê-la. De acordo com Geraldo Magela “Dindão” Gonçalves, assessor de Comunicação da Prefeitura, “toda vez que se abrem faixas etárias com grande número de pessoas, as vacinas acabam. Como já previsto, a divulgação que fizemos orienta as pessoas sobre a situação”. Ele diz ainda que a falta de cobertura total da Estratégia de Saúde da Família acaba por prejudicar o pla-

dio da Secretaria Municipal de Saúde. “É mais uma demanda da nossa comunidade que estamos conseguindo solucionar”, disse o prefeito. Também estavam presentes a secretária Executiva do Cismepi, Elaine Cristina Barros Caldeira, a secretária de Saúde, Raquel de Souza Paiva Drumond, e a secretária adjunta de Saúde, Simone Borba. Elaine Caldeira explicou que os exames estavam suspensos desde dezembro de 2020 porque o

2643.indd 3

rie de setores da Secretaria de Saúde. A coordenadora do Serviço Complementar, Ariadne Pereira do Patrocínio, informou que o primeiro passo foi efetuar reuniões com médicos da rede municipal, para repassar um novo protocolo a ser adotado para novos pedidos. O objetivo é otimizar recursos e melhorar o acesso aos exames, dando uma resposta aos pacientes em tempo menor. Com esta decisão, os agen-

O Ministério Público ajuizou, no dia 12 de junho, Ação

Prefeitura realiza consulta pública para o PPA

Arquivo JAN

PPA discute futuro da cidade com participação dos moradores João Vitor Simão

VACINAÇÃO ocorreu na igreja Sagrado Coração de Jesus e no Centro Educacional de João Monlevade.

nejamento da ministração.

SEGUNDA DOSE A Prefeitura de João Monlevade também aplicará nesta sexta-feira (23) a segunda dose da vacina AstraZeneca em idosos com 60 anos ou mais, que foram vacinados com a primeira dose do imunizante há pelo menos 84 dias.

A imunização ocorrerá no Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal), no bairro José Elói, das 8 às 15 horas, a pé. A vacinação dos demais grupos prioritários e por faixa etária segue cronograma de vacinação já divulgado nos canais de comunicação oficiais da Prefeitura.

mamógrafo do Cismepi precisava de manutenção. Além disso, a sala da Secretaria de Saúde onde o equipamento está instalado necessitava de adequações. “O Cismepi realizou a manutenção e adequação do espaço. Em seguida, a Gerência Regional de Saúde (GRS) esteve aqui para averiguar o local e o equipamento, liberando o atendimento”, informou. Os recursos são provenientes do Cismepi.

Com o funcionamento do equipamento, a Prefeitura está agendando 15 mamografias por dia e planeja ampliar para 30. O objetivo é normalizar o atendimento deste tipo de exame até o fim do ano. Raquel Drumond destacou que a prioridade é atender 76 pedidos de exames que foram solicitados devido a descoberta de nódulos. “Estamos agendando primeiro porque são situações que podem ser graves e exigem mais atenção”, afirmou.

Município tem mais de 6 mil pedidos de exames de alto e médio custo Segundo a Prefeitura, o governo Laércio “herdou” 6.040 pedidos de exames de médio e alto custo que não foram realizados até dezembro de 2020. O número de mamografias acumuladas no município chegou a 854. “Só do mandato anterior haviam 603 aguardando agendamento”, informa a atual administração. Para agilizar o serviço e liberar a demanda, a Prefeitura afirma que reestrutura uma sé-

PUNIÇÃO

Civil Pública (ACP) de reparação por dano moral coletivo e social contra um casal de Belo Horizonte que recebeu três doses de vacina contra a Covid-19, sendo duas de Coronavac e a terceira da Pfizer, caso idêntico aos de Monlevade. A Justiça já concedeu antecipação de tutela para impedir que eles tomem outras doses, sob pena de multa de R$1 milhão. O MPMG pede também pagamento de R$500 mil por dano moral coletivo e o mesmo valor por dano social a cada um dos demandados devido à gravidade da conduta.

MONLEVADENSES PODEM DAR SUA OPINIÃO NO SITE OFICIAL DO MUNICÍPIO

Através do Cismepi, João Monlevade retoma exames de mamografia A Prefeitura de João Monlevade retomou o agendamento das mamografias no município. Os exames voltaram a ser realizados na manhã desta quinta-feira (22), por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Piracicaba (Cismepi). O prefeito de João Monlevade e presidente do Cismepi, Laércio Ribeiro (PT), e o vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante), acompanharam o início dos atendimentos no pré-

gundo a Prefeitura, “as três situações foram encaminhadas ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Procuradoria Jurídica do Município. Os relatórios foram enviados ao órgão, porque o Ministério Público é o titular responsável por ações penais e esta é uma questão que pode ter repercussão penal e demanda investigação”.

damentos serão realizados por critério de gravidade e risco individual. Outra modificação envolve os serviços de marcação de consultas e de exames de média e alta complexidade, que foram centralizados. A coordenadora do setor de Marcação de Consultas, Maria Perpétua Euzébio Aguiar “Petinha”, destacou que o setor de protocolo do Serviço Complementar passa a ser a única porta de entrada dos pedidos de exames. “Antes, um

exame chegava à Secretaria por diversas formas e pelas mãos de várias pessoas. Agora, a solicitação entra apenas por um setor. Isso garante igualdade de tratamento e dá segurança ao paciente de que seus exames serão encaminhados para os devidos fins”, disse Petinha. A Prefeitura também planeja fazer um mutirão de exames, para diminuir o número de solicitações acumuladas.

Você sabe o que é Plano Plurianual (PPA)? É através do PPA que a administração norteia quais são os investimentos prioritários do governo para um período de quatro anos. Ele tem vigência do início do segundo ano de um mandato até o final do primeiro ano do mandato seguinte. Nele, constam como serão executadas as políticas públicas para alcançar os resultados esperados para promover o bem-estar da população nas diversas áreas. É a partir do PPA que se define o orçamento da Administração Municipal para cada exercício, dentro do prazo vigente do plano. Trata-se de um planejamento a longo prazo que visa identificar problemas sociais para serem resolvidos pelo Poder Público. O PPA é montado coletivamente por cidadãos e cidadãs que tenham interesse em participar da construção de políticas públicas em sua localidade. A Prefeitura de João Monlevade iniciou, na semana passada, a consulta pública para a elaboração do documento. A pesquisa objetiva saber os anseios da população acerca de obras e serviços para os bairros da cidade para o quadriênio 2022-2025. O questionário quer saber qual é a prioridade para as políticas públicas nas áreas de Iluminação, Cultura, Esporte, Geração de Emprego e Renda, Segurança Pública, Assistência Social, Infraestrutura Urbana, Educação, Água/Saneamento, Transporte Público, Modernização da Gestão Pública, Gestão Ambiental Sustentável, Saúde e Limpeza Pública. Além dessas, a Prefeitura pede que a população classifique as propostas de investimentos de acordo com mais ou menos “urgência” com que o assunto deve ser tratado pela administração: Melhorias no acesso aos serviços de saúde; ampliação da cober-

tura do Programa Saúde da Família; Implantação de uma Casa de Apoio para pacientes que fazem tratamento em BH; Reforma/Ampliação da antiga Políclínica; Implantação do Centro de Referência para tratamento pós Covid-19; Reestruturação dos serviços de cuidado animal (castração, canil, carrocinha); Ampliação dos investimentos em iluminação pública, incluindo lâmpadas de LED; Intensificação dos projetos de pavimentação/asfaltamento de vias públicas; Revitalização do Parque Areão; Ampliação do sistema de abastecimento de água (Melhorias DAE); Melhoria/Ampliação dos serviços públicos de transporte coletivo; Revitalização e modernização da avenida Getúlio Vargas; Revitalização de praças, pistas de caminhada e outras áreas de lazer; Desburocratização/Modernização dos serviços públicos (emissão de guias online; solicitações e agendamento; redução de prazos dentre outros); Retomada do Orçamento Participativo (Escolha popular de investimentos públicos). Há perguntas também sobre como a população avalia as ações de combate à pandemia Covid-19 desenvolvidas pela Prefeitura; como avalia o trabalho da equipe de fiscalização da Covid-19 da Prefeitura; como avalia as ações desenvolvidas pelo governo até agora. A Prefeitura também quer saber qual secretaria/órgão da Prefeitura é mais difícil de conseseguir atendimento e qual a principal falha do governo até o momento. Além de espaços para sugestões ou críticas. O cidadão poderá dar a sua sugestão por meio de formulário on-line disponibilizado no site da Prefeitura (www.pmjm.mg.gov.br) ou ainda respondendo o questionário aplicado por pesquisados em diversos pontos da cidade.

22/07/2021 19:08:37


4

23 a 29 de Julho de 2021

Geral

Monlevade implanta atendimento em ginecologia em todos os postos EXPANSÃO DO SERVIÇO DE SAÚDE BUCAL TAMBÉM ESTÁ EM PLANEJAMENTO Todos os postos de saúde de João Monlevade contam com serviços de ginecologia. De acordo com a Prefeitura, a especialidade passou a ser ofertada na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Carneirinhos, a antiga sede da Policlínica Central, no início de julho. Este era o único centro de saúde que, até o fi m de junho, não oferecia esse cuidado. O Executivo diz que não houve a contratação de mais profissionais, mas de mais plantões, e que como esses

exames são geralmente rotineiros, normalmente, não há demanda reprimida. A Prefeitura diz também que trabalha na expansão das equipes de saúde bucal dos postos. O Executivo enviou em 6 de julho ao Ministério da Saúde a documentação para credenciar nove equipes do serviço odontológico. Novos consultórios para tratamentos dentários devem ser abertos nas unidades dos bairros Industrial e Cidade Nova, além do novo posto de saúde 24 horas do bairro Novo

Cruzeiro. As equipes trabalharão de acordo com a Estratégia de Saúde da Família (ESF). Atualmente, os atendimentos em saúde bucal estão disponíveis no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e no Centro de Saúde do bairro Laranjeiras. Os consultórios das unidades do Monlevade Centro, Padre Hildebrando, Novo Cruzeiro, Santo Hipólito e UBS Carneirinhos aguardam estruturação e equipamentos de proteção individual (EPIs) em conformidade com as reco-

mendações federais para o trabalho durante a pandemia. Conforme a Prefeitura, será preciso contratar cirurgiões-dentistas e auxiliares de saúde bucal para as unidades em construção. Por conta da Covid-19, os serviços considerados como “não-urgentes” estão suspensos. A Prefeitura diz que “vem se esforçando para que sejam feitas todas as adequações necessárias nos ambientes odontológicos e, assim, possamos retomar os atendimentos da forma mais segura possível”.

Imagem ilustrativa

SERVIÇOS odontologicos devem chegar a todos os postos

Voluntários querem ajudar venezuelanos a chegar a Monlevade Um grupo de voluntários organiza uma campanha para trazer uma família venezuelana para João Monlevade. Os “Trabalhadores do Bem” querem trazer ao município a família Carvajal, que, atualmente, reside na cidade paulista de Nova Odessa e enfrenta dificuldades financeiras. Por conta disso, eles arrecadam fundos para pagar a mudança da família, para que ela possa estabelecer-se em Monlevade e aqui reerguer sua vida. Uma das líderes dos Trabalhadores do Bem, Maria das Graças, conta que o grupo recebeu uma carta dos Carvajal através de outros venezuelanos que já residem em João Monlevade. Segundo ela, a família, composta por um casal e duas filhas, de um e três anos, mora no Brasil há cerca de dois anos e vive das confecções produzidas por conta própria, com

2643.indd 4

suas máquinas de costura. No entanto, relata Maria, eles recebem R$7,00 por cada peça produzida: “Muitas vezes, ao fi m do dia, eles têm apenas R$14,00 ou R$21,00. Eles precisam de ajuda”. Por conta disso, os “Trabalhadores do Bem” decidiram ajudá-los a vir para João Monlevade. No entanto, o grupo precisa de fundos para pagar o transporte dos venezuelanos e dos seus bens: o frete mais barato que conseguiram foi de R$2,4 mil. Os monlevadenses podem ajudar a vinda da família através da chave PIX (trabalhadoresdobem@gmail.com). Após a chegada, os voluntários pretendem alocar os Carvajal em um imóvel onde possam morar e trabalhar no mesmo espaço, dispensando a necessidade de dois aluguéis. Maria das Graças não esconde sua admiração pelos refugia-

Divulgação

JOSÉ ANTÔNIO, Eliagnis Teresa e as filhas querem ter a oportunidade de morar em Monlevade

dos venezuelanos que conhece: “Eles não querem esmola, mas apenas uma oportunidade para recomeçarem suas vidas pelas próprias pernas. Não reclamam de nada, são gratos por tudo e amam muito o nos-

so país”. Em 2019, o A Notícia contou a história da família Rondón, que deixou a Venezuela e se estabeleceu em João Monlevade, fugindo da crise que assolou o seu país.

22/07/2021 19:08:38


5

Geral

23 a 29 de Julho de 2021

Obras públicas seguem inacabadas GOVERNO LAÉRCIO DIZ QUE ENTREGA ALGUMAS ATÉ O FIM DO ANO João Monlevade continua convivendo com várias obras públicas, iniciadas há anos, mas ainda inacabadas. Edificações de saúde, de educação e de saneamento básico estão sendo construídas ou reformadas, desde a gestão Simone Carvalho (PTB), mas ainda estão longe de ser entregues ao cidadão, passados seis meses do governo do prefeito Laércio Ribeiro (PT).

CRECHE DO JOSÉ DE ALENCAR Anunciada em 2016, a creche do bairro José de Alencar é uma promessa para diminuir a escassez de vagas para crianças com menos de 4 anos em João Monlevade. O prédio vem sendo construído em ritmo lento, com recursos provenientes do governo federal. Mesmo com a inauguração anunciada para várias datas diferentes, sua conclusão ainda não é realidade. De acordo com a Prefeitura, a obra está com 70% dos serviços concluídos e deve estar pronta até dezembro, ao custo de R$1.717.654,40.

POSTO 24H

dela terminou e a obra segue sem conclusão. Questionada, a Prefeitura disse que os serviços estão em fase de acabamento, e que a construção está orçada em R$2.105.648,98, já incluídos o aditivo, o reajuste e o reequilíbrio. A edificação deve ser entregue até dezembro, segundo a atual administração.

Uma das promessas das campanhas da ex-prefeita Simone Carvalho (PTB) em 2016 e 2020, foi a construção de um centro de saúde no bairro Novo Cruzeiro, que funcionaria 24 horas. A unidade começou a ser levantada em janeiro de 2020, na esquina das ruas Marquês de Valença e Marquês de Maricá, e em seu projeto, estão previstos ambulatórios, central de ambulâncias, salas de atendimento e espera, banheiros e cozinha. Porém, o mandato

CRESB E POLICLÍNICA O Centro de Referência Especializado em Saúde Bucal (Cresb) foi fechado para reformas em agosto de 2018, e nunca mais abriu as portas. Segundo a

Erivelton Braz

CRECHE do bairro José de Alencar foi anunciada ainda em 2016

Divulgação

IMÓVEL desocupado é motivo de reclamação no bairro Santa Cruz

dra, foi cedido em regime de comodato pela ArcelorMittal à Cáritas. Ela diz ainda que a limpeza do prédio é sempre feita pelos vizinhos, mesmo com as cessões para atividades comunitárias sendo negadas pela entidade. Um abaixo-assinado deve ser entregue pedindo a reativação do espaço, segundo ela. Após contato do A Notícia, o padre Elson Vital, responsável pela Cáritas Diocesana, respondeu que o projeto Arte e Vida foi encerrado por falta de público, já que as crianças e adolescentes, antes atendidos pela iniciativa, já cresceram. A diretoria da entidade, segundo ele, pretendia implantar um projeto com idosos e hipertensos em parceria com a Secretaria Municipal

de Saúde, mas a ideia foi inviabilizada pela pandemia. Ainda conforme o padre, há cerca de 15 dias, a Cáritas pagou um trabalhador para limpar o imóvel e retirar o lixo e o entulho. O padre Elson Vital diz ter ficado “muito decepcionado” com o fato de que o descarte é feito por alguns dos moradores. Ele diz ainda que alguns vizinhos lhe falaram sobre a intenção de criar uma associação de bairro e que a sede da Cáritas está aberta para eles. No entanto, a comunidade chegou a ser convidada para uma reunião, mas ninguém compareceu. O padre disse ainda estar à disposição para, quando o espaço voltar à normalidade, acordar o compartilhamento do prédio.

“Servindo com alegria”

Reprodução

NO CLIMA: chefe de gabinete, Geraldo Giovani, prefeito Laércio e vice Fabrício

Servidores da Prefeitura de João Monlevade, secretários, além do prefeito Laércio Ribeiro (PT) e o vice,

2643.indd 5

do primeiro andar está pronto, em fase de elaboração da planilha orçamentária. Um possível segundo andar está em fase de anteprojeto.

POSTO DO INDUSTRIAL Fechado em 2018 para obras de reestruturação, desde então, o Posto do bairro Industrial não abriu as portas para os pacientes. A abertura do Centro de Saúde do bairro Cidade Nova, em abril de 2019, aliviou a demanda, mas não diminuiu as críticas pela obra, que se arrasta por mais de três anos. De acordo com a Prefeitura, a previsão é a de que o posto do bairro Industrial seja entregue em outubro.

ETE CARNEIRINHOS

Moradores do Santa Cruz denunciam abandono de espaço comunitário

Moradores do bairro Santa Cruz denunciam o abandono de um espaço comunitário. Um imóvel, instalado na avenida Santa Cruz (próximo ao antigo depósito de carvão), abriga as instalações da Cáritas Diocesana, que promovia ali oficinas de esportes e cultura. No entanto, a queixa é de que o prédio está abandonado há três anos. A ativista e moradora do bairro, Alexsandra Fernandes, divulgou em suas redes sociais um vídeo no qual mostra o estado de degradação da casa. O mato é alto, o piso está muito sujo e há buracos no muro. Ela relata que a última limpeza, realizada pelos próprios moradores, retirou até restos de animais mortos do interior do imóvel, que segundo Alexsan-

então secretária de Saúde, Andréa Peixoto, o serviço odontológico foi pulverizado para as unidades de saúde dos bairros, aumentando o número de atendimentos, e não voltaria para o prédio do bairro José Elói. Segundo o Executivo, o futuro do imóvel está em fase de anteprojeto, que está sendo discutido com a Secretaria de Saúde. A menos de 100 metros do Cresb, está instalada a antiga Policlínica Central, construção da década de 1970 e que foi fechada em novembro de 2019 para reforma. De acordo com a Prefeitura, o projeto de reforma

Fabrício Lopes (Avante) entraram no clima das festa juninas. Além de enfeitar o prédio com bandeirolas, eles

vestiram trajes típicos. Não faltaram xadrez, chapéus, vestidos f loridos e alegria. Balancê...

Quem passa pelo encontro das avenidas Wilson Alvarenga e Getúlio Vargas, no bairro Baú, nota os tapumes que cobrem a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Carneirinhos. A obra, lançada em julho de 2019, tinha conclusão prevista para junho de 2020, mas mais de um ano depois, ainda não está completada. Segundo o ex-diretor-geral

do Departamento Municipal de Águas e Esgotos (DAE), Cleres Roberto Souza, as chuvas do início do ano passado atrasaram o cronograma de obras. Questionado, o prefeito Laércio Ribeiro afirmou que sua gestão vai entregar a obra, fundamental para o tratamento do esgoto sanitário do município.

PRAÇA DO POVO Em 25 de agosto do ano passado, a praça do Povo, no coração de João Monlevade, começou a ser cercada com tapumes para a revitalização. As obras tinham data de término estipulada para 20 de março de 2021, mas não foram concluídas a tempo. Os recursos para as intervenções, que não poderiam ser utilizados para outros fi ns, são de emendas parlamentares, destinadas pelo deputado federal Mário Heringer (PDT), obtidas através da intermediação do então deputado estadual Raimundo Nonato Barcelos, o "Nozinho" (PDT). A obra, no valor de R$242.100,54, já está com 90% das intervenções concluídas, e deve estar pronta em setembro, conforme a Prefeitura.

Secretaria de Saúde implanta senha eletrônica para exames O prédio da Secretaria Municipal de Saúde (Antigo PA) agora tem senha eletrônica, para os pacientes que procuram o setor de exames laboratoriais. Localizado no primeiro andar do prédio, com acesso pela avenida Wilson Alvarenga, o laboratório é onde os pacientes fazem exames como hemograma, glicemia, colesterol, urina, secreção, entre outros. A bioquímica Arielle Oliveira, que trabalha no setor, explica que além de otimizar o fluxo dos pacientes, a senha eletrônica aperfeiçoou o atendimento. “Ficou mais organizado. Antes acontecia de chamar o paciente e ele não ouvir. Com a senha eletrônica os pacientes não enfrentam mais este problema”, explicou. Segundo a Prefeitura, uma série de mudanças e reformas estão sendo realizadas no prédio para melhorar o atendimento à população. De acordo com a secretária de Saúde, Raquel de Souza Paiva, outras alterações são relativas à Policlínica,

que funciona no terceiro andar, com acesso pela avenida Getúlio Vargas. No local, oito salas, entre elas cinco consultórios médicos, passam por reformas. Os ambulatórios dedicados ao atendimento ginecológico e a medicação estão completamente reformados. As demais estão com a pintura em fase de conclusão. O setor de arquivo, com os prontuários médicos existentes na Secretaria de Saúde, foi transferido do primeiro para o terceiro andar. A coordenadora da Policlínica, Márcia Aparecida Fonseca, explicou o motivo da mudança. “Ocorria de um paciente procurar a Policlínica e, quando era necessário o prontuário, ele precisava se deslocar até o primeiro andar e trazer o documento para o andar de cima”, informou.

RECEPÇÃO E ATENDIMENTO PÓS-COVID

Ainda conforme a Prefei-

tura, a recepção da Policlínica também foi modificada e agora está na porta de entrada. Antes, o paciente que buscava atendimento, ao adentrar no recinto, tinha que atravessar um corredor que passa pelos consultórios médicos, para só depois chegar à recepção. A secretária de Saúde explica que esta melhoria serve a dois propósitos. O primeiro é que os pacientes sejam recepcionados assim que acessarem o prédio pela avenida Getúlio Vargas. O segundo objetivo está relacionado à transformação do Serviço de Fisioterapia Municipal (Sefim) em um centro de reabilitação, com atendimento pós-Covid e a pessoas com deficiência. “O espaço que antes era ocupado pela recepção, será utilizado para implantação de serviços que são compromissos da atual administração, como o atendimento pós-Covid”, concluiu.

Casa da MÃE JOANA 418 Participe desta coluna mandando sua foto para o e-mail anoticia@anoticiaregional.com.br ou se preferir faça a denúncia através do telefone (31) 3851-1791. WhatsApp: (31) 99954-1111

Cena lamentável que se repete em quase todos os bairros: A Casa da Mãe Joana desta edição mostra despejo de lixo no bairro Satélite, onde moradores reclamam da situação. Entulho e móveis velhos ocupam as laterais da rua Alvoni de Castro e da avenida Amazonas. Um dos moradores relata ter flagrado um casal retirando madeiras de uma caminhonete e jogando-as na via pública, bem debaixo de uma placa que diz “proibido jogar lixo”. Procurada, a Prefeitura diz que faz um trabalho de limpeza das ruas, mas que algumas pessoas insistem com o descarte ilegal. A implantação do programa Cidade Mais Segura ajudará na repressão ao abandono de materiais. No entanto é necessário que as pessoas se conscientizem e evitem jogar lixo nas vias públicas.

Divulgação

CENA LAMENTÁVEL: lixo e entulho jogados no bairro Satélite

22/07/2021 19:08:41


6

23 a 29 de Julho de 2021

Região

São Gonçalo implanta projeto de aceleração de Cidades Inteligentes

Reprodução

CIDADE avança com a proposta de desenvolvimento

São Gonçalo do Rio Abaixo aposta em um programa para se consolidar como cidade inteligente. Nesta semana, o prefeito Raimundo Nonato Barcelos, o

Nozinho (PDT), o vice-prefeito Leandro Amora, o Léo Amora (PSB), e o secretariado municipal participaram de uma reunião online com a consul-

tora em aceleração de Cidades Inteligentes e presidente do Instituto de Gestão Territorial e Geotecnologias (IGTECH), Grazi Carvalho.

A reunião teve por objetivo realizar o alinhamento do Plano Plurianual (PPA), para colocar São Gonçalo do Rio Abaixo no caminho das Cidades Humanas, Eficientes, Sustentáveis e Inteligentes. Durante a conversa, a consultora apresentou o método CHESI, uma oficina de aproximadamente 16 horas de aceleração de Cidades Inteligentes. A oficina tem como objetivo a definição da “Cidade que temos” e da “Cidade que queremos” para apoio na elaboração do Planejamento Estratégico Municipal, seja através do Plano de Governo, Plano Plurianual, ou Plano Diretor Municipal. Segundo a Prefeitura, através do mapeamento de aproximadamente 16 indica-

EM ALVINÓPOLIS Ativistas defendem criação de Parque Ecológico

dores para cada uma das quatro rodas CHESI, irá realizar o alinhamento entre os interesses e expectativas dos quatro agentes da inovação. Para a correta implementação das Rodas CHESI e diagnóstico da “Cidade que temos” e da “Cidade que queremos”, o grupo participante da oficina deve ser diverso, com representantes dos quatro agentes da Inovação, sejam da área urbana, sejam da área rural. Em São Gonçalo do Rio Abaixo, além do prefeito e vice-prefeito, serão convidados a participar das oficinas os vereadores, servidores municipais, representantes da indústria e comércio, professores da educação infantil, jovens, adultos e universitários, além e lideranças

comunitárias e conselheiros municipais. Ao todo participarão da oficina, 40 pessoas. De acordo com a consultora Grazi Carvalho, essa ação é muito importante pois definirá as prioridades do município que entrarão no Plano Plurianual. “É extremamente importante o que está sendo feito e também de forma muito inovadora. O Nozinho está trazendo pela primeira vez na história de São Gonçalo do Rio Abaixo, uma oficina de participação popular para defi nir as prioridades do PPA desta gestão. Temos aplicado essa oficina em alguns lugares no Brasil e, realmente, o município vai ganhar muito com isso”, ressaltou.

CONSUMO CONSCIENTE DAE pede economia para manter abastecimento em São Gonçalo

Divulgação

REUNIÃO no gabinete do deputado Gustavo Santana debateu o parque com ativistas

A ONG Cachorro do Mato, que atua na área ambiental e cultural com sede em Ribeirão das Neves, busca desenvolver a ideia de um parque ecológico em Alvinópolis. O fundador do coletivo, o servidor público estadual, Carlos Henrique Crepaldi de Lima, é alvinopolense e fala sobre como a ideia nasceu quando notou a degradação que ocorre em um local com grande potencial. “Tivemos a oportunidade de rever a área, seu estado atual e as possibilidades ali existentes”, explica. Além de ajudar o meio ambiente, a ideia propõe fornecer à população um bom lugar para lazer e atividades. O formato do parque ainda não está definido, mas Carlos já compartilha quais são os planos para o projeto, que “prevê a criação de quatro equipamentos, quadra esportiva, lago, centro comunitário e playground, que calculamos ocupar cerca de trinta por cento da área, sendo o restante destinado a recupe-

ração da mata nativa”, informa. Segundo ele, o poder público recebeu a proposta criada pela ONG de maneira positiva, e já estão tomando as providências burocráticas necessárias para a realização do mesmo, como a criação do fundo de meio ambiente e a regularização da área. O lugar escolhido está localizado na periferia do município, próximo aos bairros Manoel Puig, Novo Cruzeiro e Carimbó, e ainda não é exato, mas o espaço é entre 4,5 a 6 hectares.

para ajudar a reverter o aquecimento global. Seguindo o ponto de vista econômico, o parque também gera empregos e renda proporcionada pelo atendimento ao público frequentador, o que favorece o comércio, turismo e economia local. “Outro fator principal é que se torna um projeto piloto que, após implantado, pode vir a ser replicado em outros pontos da cidade, bem como em municípios vizinhos”, completa o ativista ambiental.

BENEFÍCIOS

APOIO

“Os ganhos são vários. A população vai se beneficiar com cultura, esporte e lazer acessíveis e gratuitos; qualidade de vida”, explica Carlos. Além disso, o parque irá contribuir diretamente com a urbanização do entorno, que se encontra em estado de degradação. Pensando em um bem maior, ele ainda explica como isso também inclui na responsabilidade que cada município tem de plantar mais árvores

Recentemente, o deputado estadual Gustavo Santana (PR) recebeu em seu gabinete o prefeito de Alvinópolis, Maurosan Machado (MDB), os secretários Rogério Pontes e Raíssa Machado, os vereadores Elmo Bastos e Bidão Pontes e os voluntários do projeto para discutir a ação. O parlamentar anunciou repasse de R$50 mil para a primeira parte do projeto. Também esteve presente o ex-deputado José Santana de

Vasconcelos, que demostrou grande interesse pelo Parque do Carimó. Segundo os ativistas, o primeiro passo será a regularização e legalização do terreno e delimitação da área do parque pela Prefeitura de Alvinópolis. Ainda foi ressaltada a necessidade de um estudo de custo e do projeto estrutural.

PARTICIPANTES Além de Carlos Henrique Crepaldi representando a ONG Coletivo Cachorro do Mato, ele também ressalta a colaboração de Beatriz Caetano, a servidora pública estadual que elaborou o projeto inicial do parque em Alvinópolis. Há cerca de doze pessoas participando da iniciativa ao todo, e entre os demais colaboradores foi ressaltado Adão Trindade, Alfredo Henrique, José Geraldo Barros, Jovelino Carvalho, Juliana Ferreira Gomes, Juciley Nazário, Marcos Martino e Paulo Cesar Rodrigues.

Secretarias avaliam equipamento para tratamento de lixo A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo avalia a aquisição de um equipamento mais moderno para tratamento do lixo. Na última semana, o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Eduardo Quaresma, e a secretária de Meio Ambiente, Eunice Florência dos Santos, além de Rodrigo de Souza e Vanessa Ferreira, membros da

2643.indd 6

equipe, estiveram em Contagem para conhecer novas alternativas para tratamento do lixo de forma mais sustentável. Em visita técnica à empresa Direção Consultoria e Engenharia - do grupo Dmaq - foi apresentado o Decompositor Termomagnético de Resíduos (DTR 05). O equipamento tem o objetivo de redução do vo-

lume de resíduos orgânicos e derivados de petróleo, através de uma tecnologia japonesa de decomposição termomagnética. Este tratamento é ideal para o lixo contaminante ou tóxico, em especial resíduos provenientes de serviços de saúde, urbanos, industriais e do agronegócio, pois elimina agentes biológicos, químicos e físicos.

O equipamento é fabricado com alta tecnologia, é compacto e não utiliza nenhum tipo de combustível fóssil para sua operação, reduzindo os custos e também o impacto ambiental. A máquina tem capacidade de tratamento de 85 a 210 quilos de lixo por hora conforme suas dimensões.

Nivia Martins/AcomPMSGRA

NASCENTE em São Gonçalo do Rio Abaixo: população deve economizar água

A coordenadora do Departamento de Água e Esgoto (DAE), Karine Lacerda, alerta sobre o consumo de água em São Gonçalo do Rio Abaixo neste período de estiagem. “São Gonçalo do Rio Abaixo possui excelentes fontes naturais, mas sabemos que as fontes não são renováveis. É preciso consumir com responsabilidade”, afirmou. Segundo ela, o município não cobra tarifa para o fornecimento da água, o que não exime os cidadãos do compromisso da economia. “Uma vez que, é consenso mundial que se não houver economia deste bem natural, a médio prazo poderemos sofrer com a escassez de água. E a melhor solução é combater o desperdício e reutilizar a água potável”, alerta. Ela reforçou que a escassez de água neste período é percebida por todos, uma vez que a precipitação diminui, a umidade relativa do ar atinge níveis preocupantes, e o nível das nascentes, rios e córregos diminui visivelmente. A vasão da nascente principal do rio Santa Bárbara, por exemplo, em março estava no nível de 40 centímetros e nesta semana não passa de 10 centímetros. O que torna de suma importância a contribuição

da população em pequenas atitudes como desligar a torneira ao lavar as vasilhas e ao escovar os dentes, realizar a lavagem de calçadas apenas quando de extrema necessidade, entre outras atitudes simples e rotineiras em nosso dia-a-dia, que ajuda a preservar este bem tão valioso que é a água.

FONTES NATURAIS A água é um recurso natural imprescindível, considerado estratégico em razão da sua importância para a vida das pessoas. É fundamental para o desenvolvimento socioeconômico, para a produção de energia e alimentos, para a construção de ecossistemas saudáveis e para a sobrevivência da espécie humana. A água é também essencial para fazer frente às alterações climáticas, instrumento importante entre a sociedade e o meio ambiente. Em São Gonçalo, os cuidados com as fontes naturais é contínuo e de responsabilidade tanto do DAE, quanto das secretarias de Serviços Urbanos e Meio Ambiente. Essa última pretende realizar o mapeamento das nascentes e protegê-las, garantindo sua preservação.

22/07/2021 19:08:42


Geral 7

23 a 29 de Julho de 2021

Monlevade vai ganhar murais grafitados por artistas mineiros PROJETO DA ARCELORMITTAL VAI GRAFITAR ESPAÇOS PARA COMEMORAR 100 ANOS DE AÇOS LONGOS NO BRASIL

Divulgação

ARTISTAS vão colorir muros de João Monlevade com projeto da ArcelorMittal

João Monlevade vai ganhar murais grafitados por 15 artistas mineiros, que vão criar a maior empena grafitada do município com 18 metros de altura e 50 de comprimento no entorno da Usina de Monlevade. Essa é uma ação da ArcelorMittal Brasil, fomentada pela Lei de Incentivo à Cultura e realizada pela Fábrica de Graffiti, em comemoração aos 100 anos de operação do segmento de Aços Longos no Brasil.

2643.indd 7

Os trabalhos autorais levarão mais cores para o ambiente industrial e cotidiano dos moradores, criando um circuito cultural de amplo acesso a todos e aproximando a cidade da prática da arte urbana. Os artistas convidados são: Alberto Tadeu (Tot), Barbara Daros, Bruna Ferreira Gonçalves (Pimenta), Bobylly, Daniel "Jack" Nery, Fernando dos Santos (Fhero), Gabriella Biga, Ítalo Nanais, Kaká Chazz, Lídia

Viber, Mariana Marinato, Pedro Stryper, Sâmela Moreira, Silvana Assunção (Sil) e Thiago Moska. Em João Monlevade, o projeto prevê a pintura de construções no entorno da área industrial da ArcelorMittal e, em seguida, a ação será realizada em espaços públicos na região central da cidade, por meio de uma parceria com a Fundação Casa de Cultura. “No ano em que comemora-se 100 anos

de operação de Aços Longos no Brasil, a empresa escolheu ofertar essa galeria de arte à céu aberto à comunidade monlevadense”, afirmou Vander Neves, gerente de RH da unidade de Monlevade. Ainda segundo Vander, a iniciativa promove ainda a igualdade de gêneros. “A seleção dos artistas de cada edição é pautada pela equidade de gênero, ou seja, convidamos o mesmo número de mulheres e de homens para compor a curadoria artística. Essa é uma prerrogativa da ArcelorMittal, desde 2018, em função de sua Política de Diversidade e Inclusão”, destaca Neves. O graffiti de João Monlevade se somará às outras ações promovidas pela empresa em parceria com a Fábrica de Graffiti, responsável pelo maior mural das cidades de Conta-

gem (MG) e Feira de Santana (BA). Em Barra Mansa (RJ), a ação promoveu a realização do maior mural em extensão do Brasil. O projeto já ocupou 15.500 metros quadrados em graffiti e, em sua frente social, formou cerca de 500 novos artistas urbanos. Segundo Hérick Marques, diretor presidente da Fundação ArcelorMittal, a iniciativa foi um sucesso em outras cidades, transformando a realidade no entorno das usinas. “É uma transformação com impactos positivos nas comunidades, levando mais cor, leveza e arte para os moradores”, afirma. A mesma opinião tem a co-fundadora da Fábrica de Graffiti, Paula Mesquita Lage. “Nosso objetivo é humanizar espaços industriais por meio da valorização da street art e capacitar novos ar-

tistas, valorizando o potencial local. São projetos de grande impacto nas cidades anfitriãs”, afirma. “Nosso trabalho vai além, preparamos toda a infraestrutura, como a reforma dos muros, fazemos a interface com todos os agentes para a realização dos trabalhos, como empresas e poder público, e realizamos cursos de desenvolvimento de habilidades artísticas e sociais de crianças e jovens de escolas públicas da localidade”, completa o co-fundador da Fábrica de Graffiti, Vitor Canesso. Em 2021, o Fábrica de Graffiti se consolida como o maior projeto de graffiti do Brasil. Além da ação em João Monlevade, no segundo semestre, estão previstas ações em Sabará (MG), também junto à ArcelorMittal.

22/07/2021 19:08:42


23 a 29 de Julho de 2021

8 Classificados/Geral

Escola monlevadense recebe prêmio da Secretaria Estadual de Educação A Escola Estadual Antônio Loureiro Sobrinho, localizada no Santo Hipólito, é a única de João Monlevade a receber o Prêmio “Escola Transformação”. A iniciativa é da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) que tem, como objetivo, reconhecer publicamente as práticas e experiências bem sucedidas das escolas estaduais no processo de melhoria da qualidade do ensino. A premiação foi na etapa ‘Anos Iniciais do Ensino Fundamental’, juntamente com outras unidades de ensino do estado. A diretora da escola, Gilda

Divina Teixeira, explica que, para obter o sucesso alcançado, foram realizadas práticas de aprendizagem voltadas para o público atendido, lidando com os alunos de forma individualizada durante a pandemia, de forma que conseguiram alcançar 100% de participação. “É bom ter o nome da escola enaltecido em uma premiação, mas é melhor ainda saber que, de fato, na prática temos alcançado aprendizado”, relata ela à Assessoria de Comunicação da Prefeitura. Gilda é educadora há 18 anos e participa da gestão da Escola Antônio Lourei-

ro há dois anos. Segundo ela, na escola, há grupos de reforço com professoras alfabetizadoras que buscam o atendimento individual, o que tem sido um diferencial influente durante o ensino remoto. Gilda explica a importância de trabalhar com os estudantes com singularidade: “Identificar e reconhecer o nível de aprendizagem dos alunos é uma ferramenta essencial, pois a partir daí traçamos o que fazer para atender a necessidade de cada um.” Ela ainda acrescenta a funcionalidade da entrega do material impresso a todos os estudantes e a disponibilização

dos arquivos no canal oficial Conexão Escola e nos grupos de Whatsapp. “Acredito e busco uma educação que humaniza e transforma, mesmo que ainda seja preciso esperar por uma valorização da Educação Nacional”, afirma a educadora, segundo a Assessoria de Comunicação. Gilda ainda explica que, como gestora, ela procura implementar e incentivar ações que se aproximem das realidades dos alunos, abrindo a escola para o diálogo.

PRÊMIO A Superintendência Re-

gional de Ensino de Nova Era (SRE) elogiou as escolas premiadas da região e informou em suas redes sociais que, a partir da iniciativa, serão distribuídos até R$90 milhões para unidades de ensino que apresentarem os melhores resultados e crescimento nos indicadores de fluxo e aprendizagem. Além de ‘Anos Iniciais do Ensino Fundamental’, as categorias também incluíram ‘Anos Finais do Ensino Fundamental’ e ‘Ensino Médio’. A lista com os nomes das 300 unidades de ensino premiadas nesta primeira edição pode ser encontrada no

site da Secretaria de Educação de Minas Gerais. Para a escolha dos prêmios, foram analisadas as instituições estaduais que obtiveram as maiores médias entre a taxa de participação dos estudantes na primeira avaliação diagnóstica do ano, iniciada em março, e o índice de utilização pelos professores da plataforma online indicada pela SEE durante o mês de junho, conforme estabelecido pela Resolução SEE nº 4.524/2021. No segundo semestre deste ano, será realizado um evento on-line com a participação das premiadas.

UNIMED SERRA DO CARAÇA COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA CNPJ Nº 01.150.489/0001-40 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A Diretoria Administrativa da Unimed Serra do Caraça Cooperativa de Trabalho Médico Ltda, Dra. Ariadny Rodrigues Nunes de Souza, no uso de suas atribuições que lhe confere o artigo 17 do Estatuto Social, convoca os senhores cooperados para se reunirem em Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 25 de agosto de 2021, no Recanto Real Eventos, sito à Rua Hum, 157 , Residencial Recanto Verde, Santa Bárbara, Minas Gerais, em 1ª convocação às 17:00h, com a presença de 2/3 (dois terços) do número de cooperados; em 2ª convocação às 18:00h, com a presença da metade mais 01(um) dos cooperados, ou ainda em 3ª convocação às 19:00h, com a presença no mínimo de 10 (dez) cooperados, para deliberarem o seguinte: ORDEM DO DIA 1. Eleição da nova Diretoria, até 31/03/2022. NOTA: Para os efeitos legais e estatutários, declara-se que o número de cooperados com direito a voto da cooperativa nesta data é de 24 (vinte e quatro). Santa Bárbara, 21 de julho de 2021.

Dra. Ariadny Rodrigues Nunes de Souza Diretora Administrativa

1 Aluguel

IMÓVEIS APTO em Belo Horizonte, rua Paraíba, Savassi, c/135m², 4 qtos (sendo 1 suíte), sala, copa, cozinha, banheiro social, área de serviço, dependência c/banheiro, 2 vagas de garagem. Tr. Mariana 99196-0171 ________________ APTO na av. Getúlio Vargas, em cima do Magazine Luiza, c/3 qtos (1 c/suíte), dependência. Bom p/ comércio. Tr. 98771-2900 ________________ APTO na av. Getúlio Vargas, bairro Santa Bárbara, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala, copa, banheiro social, cozinha, área de serviço, garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO na rua Guanabara, 253, apt.106, bairro República. C/2 qtos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Tr. 3852-2048 ________________ APTO na rua Nozinho Caldeira, bairro Novo Horizonte, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala p/2 ambientes, cozinha planejada, banheiro social, área de serviço, quarto de despejo c/banheiro, garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/2 qtos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos 98681-8835 ________________ APTO no bairro Alvorada, c/3 qtos (suíte), sala p/2 ambientes, banheiro social, cozinha, área de serviço e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, rua Dona Clara, bloco 19, apt. 102, c/2 qtos, sala, cozinha e banheiro. Tr. Genivaldo 99589-0930 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ BARRACÃO na rua Richard, nº 40, fundo com av. Getúlio Vargas 4.375, c/100m² livre, s/divisória, 2 banheiros. Tr. 98771-2900 ________________ CASA na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/sala,

2643.indd 8

2 qtos, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos (31) 98681-8835 ________________ CASA no bairro República, c/3 dormitórios, sem garagem, ótima localização. Tr. Luzia 3852-4190/980104190 _________________ DUPLEX na rua Brasília, bairro Lucília, 1° pav. c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala, cozinha, DCE, área de serviço, banheiro social. 2° pav. c/ sala, área privativa, lavabo. 2 vagas de garagem. Tr. 38513596 PJ857 ________________ LOJA/GALPÃO na av. Gentil Bicalho, bairro Carneirinhos, c/aprox. 500², 2 banheiros e 1 cozinha. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOJA na av. Alberto Lima, 1977. Tr. 99918-5050 ________________ LOJA no bairro Santa Bárbara, c/aprox. 60m², banheiro. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, c/1 qto, sala, cozinha e banheiro social. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ QUITINETE na rua Guanabara, 209. Tr. 997814345/99602-6759 ________________ QUITINETE na rua Mumbica, bairro José Elói. Tr. Luzia 3852-4190/98010-4190 ________________ QUITINETE na rua Olinda Dias Fernandes, bairro Santa Bárbara. Tr. Luzia 38524190/98010-4190 ________________ QUITINETE na rua Tiradentes, bairro José Elói, c/1 qto, cozinha, banheiro, área de serviço. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ QUITINETES (novas) na av. Getúlio Vargas, nº 4.375, bairro Carneirinhos. Tr. 98771-2900 ________________ QUITINETES (novas) na rua do Andrade, bairro José Elói, c/garagem. Tr. 38524190/98010-4190 ________________ QUITINETES (novas) nos bairros Rosário e José Elói. Tr. 3852-4190/98010-4190 ________________ RESTAURANTE montado, onde funcionava o Buteco da Vila, em frente à Funcec. Tr. 98771-2900 ________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, c/banheiro e área de 35m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, no edifício São Gonçalo. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ SALA na rua Fernão Dias, bairro Rosário, c/aprox. 28 metros, banheiro. Tr. 38513596 PJ857

2 IMÓVEIS Compra e Venda

APTO de 3 qtos (1 suíte), próximo à empresa Gontijo. Tr. Anderson 98912-9665 ________________ APTO na rua Etelvino Rocha, bairro Vale do Sol, c/3 qtos (sendo 2 c/móveis planejados), banheiro, cozinha planejada, uma vaga na garagem. Tr. Mauro 99946-9636 ________________ APTO na rua Gomes Batista, 639, apt. 202, bairro Lourdes, c/2 qtos (c/armários), sala, cozinha, banheiro, área de serviço, 1 vaga de garagem. Tr. 98510-1759/98201-0840 ________________ APTO na rua Guanabara, nº 209, bairro República, c/2 qtos, 2 banheiros, área de tanque e garagem. Tr. 997814345 ________________ APTO no bairro Paineiras, c/2 qtos (sendo 2 suítes), sala conjugada, banheiro social, cozinha, copa, área de serviço, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Santa Bárbara, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala conj. c/cozinha planejada, banheiro social, área de serviço, 1 vaga de garagem. Prédio c/elevador; circuito de segurança. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ CASA em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2 qtos, toda murada. Aceita-se carro. R$120 mil. Tr. 97510-2426/996079699 ________________ CASA na av. Isaac Cassimiro Gomes, nº 1667, Loanda. Tr. 3850-8405/98011-3482 ________________ CASA na av. W3, nº 125, bairro Loanda, c/3 qtos, sala, copa, cozinha, banheiro, área. Tr. 97211-0340 ________________ CASA na rua Palmeiras, 178, bairro Alvorada, c/510m², 8 qts, 3 salas, 6 banheiros, sendo 3 suítes. Garagem p/2 carros. Área livre no lote de 150m². Aceita-se troca por apartamento em Monlevade ou Belo Horizonte, ou lote. Tr. 98765-2269 ________________ CASA na rua Salvador, bairro

Baú, c/4 qtos, toda reformada. Tr. Anderson 98912-9665 ________________ CASA no bairro Mangabeiras, c/4 qtos (sendo 1 suíte), sala de TV, sala de jantar, banheiro social, cozinha planejada, área de serviço, fogão a lenha, espaço gourmet c/piscina e churrasqueira, pomar, canil, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA no bairro Paineiras, c/ área de 307m² e lote 388m², sendo frente de 14m e fundos área verde c/42m². Tr. 38515121 PJ3637 ________________ CASA no bairro Santa Bárbara, c/4 qtos (sendo 1 suíte), sala p/2 ambientes, copa, cozinha c/armários, banheiro social, área de serviço, canil, garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA/GALPÃO no bairro Nossa Senhora da Conceição, área construída c/aprox. 327m², 2 lotes c/área total de 600m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ CHÁCARA em Bom Jesus do Amparo, c/2000m², c/ um imóvel de 10 cômodos. R$165 mil. Tr. 99626-6721 ________________ CHÁCARA no bairro Boa Vista, c/casa, 1200m². Tr. 98704-0531 ________________ CHÁCARAS (4) de 5 mil metros cada em São Gonçalo do Rio Abaixo, perto da Porteira Amarela. Valor a combinar. Aceita-se carro. Tr. 38510102/98962-0102 ________________ GALPÃO no bairro Campos Elíseos, c/aprox. 1.480m², piso usinado, subestação transformador 150 kva c/banco capacitor; pé direito de 7 metros, escritório c/banheiro, 2 vestiários c/box em granito, 3 salas, 1 recepção c/banheiro, 2 entradas para caminhão. Escritório c/3 salas, banheiro, antessala p/refeitório, cozinha. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOJA, sobreloja e quintal na av. Alberto Lima, 1977. Área total de 714m². Tr. 999185050 ________________ LOTE na rua Castanheiras, bairro Sion, c/360m². Tr. 98758-0195 ________________ LOTE na rua Emílio Gonçalves, bairro Cruzeiro Celeste. R$65 mil. Aceita-se carro ou moto novos. Tr. Antônio 38525189/99808-3598/987049455 ________________ LOTE na rua Trinta, bairro Loanda, c/360 m². Tr. 987455636 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, urbanizado, c/360m². Tr. 98758-0195 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova,

c/390m², na rua 38, quadra 19. R$100 mil. Tr. 98912-9665 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, rua 2, c/360m², escritura, urbanizado, próximo ao Rael. Vende-se ou troca-se por caminhão MB 3/4. Tr. 995483693 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, c/aprox. 410m², na rua principal, excelente oportunidade. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOTE no bairro Metalúrgico. Tr. c/Edna ou Daniel 38510102 ________________ LOTE no bairro Santa Bárbara (avenida Getúlio Vargas), c/aprox. 175,90m², sendo 7,22m de frente; 7,21m de fundos; 24,78m pela direita e 24,05m pela esquerda. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOTE no loteamento Parques do Vale, ao lado da Lagoa Silvana, em Ipatinga, c/área total de 376m², em área residencial. C/escritura. R$120.000,00. Somente interessados. Tr. José Luiz (31) 99963-0778 ________________ LOTES no bairro Sion, c/ área de 360m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ PONTO COMERCIAL na av. Alberto Lima, nº1977, loja, sub loja e quintal. Área 714m². Tr. 99918-5050 ________________ PRÉDIO de 3 andares na av. Cândido Dias, bairro Loanda, nº1513 (possui 3 aluguéis). Tr.

Edmilson 97501-8265 ________________ QUITINETE no bairro Rosário, rua Angelina Ponce Martins, c/quarto, sala, cozinha, banheiro, c/52m². Vende-se ou troca-se. Tr. 98721-8650 ________________ TERRENO c/7 hectares, casa colonial, ou chácaras. Na região de Abre Campo. Aceita-se troca no negócio. Tr. c/Edna ou Daniel 3851-0102 ________________ TERRENO em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2,5 hectares c/muita água de nascente. Aceita-se carro. Tr. 975102426/99607-9699 ________________ TERRENO na rua Magalhães Pinto, bairro Cruzeiro Celeste, c/6.300m². R$600 mil. Tr. Antônio 38525189/99808-3598/987049455 ________________ TERRENO no bairro José Elói, c/190m². R$45 mil. Aceita-se moto ou carro de menor valor como parte do pagamento. Tr. 98721-8650

4

3

SERVIÇOS DIVERSOS

COMPRA-SE desengrosso de mesa usado. Tr. Tunico 99956-2038 ________________ TROCA-SE cesto esmaltado de Brastemp antiga por cesta básica (em ótimo estado). Tr. Tunico 99956-2038 ________________ VENDE-SE esterco. Tr. 99530-0471/3852-2474 ________________ VENDE-SE suporte de mesa para celular. Tr. Tunico 999562038 ________________ VENDEM-SE areia e brita. Tr. Rogério 98608-0943

INVESTIGADOR particular c/10 anos de experiência. Tr. 99555-9153 ________________ PEDREIRO, serviços de alvenaria, lajes, ferragens, construção, acabamento. Tr. 98681-3393 ________________ PEDREIRO de alvenaria e acabamento. C/referência. Tr. 99921-1657 ________________ REALIZA-SE serviço de demolição em geral e limpeza. Tr. Adriano 98721-8650 ________________ SERVIÇOS GERAIS, passadeira. Tr. Marina 38514365/98838-4232

Faz saber que pretendem se casar: REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS Registro Civil das Pessoas Naturais Oficial Titular: Rosa Maria Bedetti Frade Tavares Rua Brasília, n. 91, Lucília 35930-010 - João Monlevade - MG 020318 - JOSÉ CUSTÓDIO DE OLIVEIRA FILHO, maior, Pintor, residência Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 109, Apto 302, Aclimação, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ CUSTÓDIO DE OLIVEIRA e MARLI SANTOS GONÇALVES OLIVEIRA; e CAROLINA ELAINE FERREIRA, maior, Administradora, residência Rua Eurico Gaspar Dutra, nº 70, República, João Monlevade-MG, filho(a) de MIGUEL ARCANJO FERREIRA e CRISTINA IZABEL FERREIRA; 020319 - DANIEL BRANDÃO SALES, maior, Motorista, residência Rua 13 de maio, nº 105, Novo Horizonte, João Monlevade-MG, filho(a) de ISAIAS GILSON DE SALES e EVERLI APARECIDA BRANDÃO; e AMANDA KAREN ALVES XAVIER, maior, Estudante, residência Rua Viçosa, nº 524, Belmonte, João Monlevade-MG, filho(a) de ANTÔNIO RODRIGUES XAVIER e MARLETE BATISTA ALVES XAVIER; 020320 - PEDRO HENRIQUE PENA FIRMO, maior, Coordenador, residência Rua Sayonara, nº 17, Apto 08, Carneirinhos, João Monlevade-MG, filho(a) de PEDRO FIRMO JÚNIOR e HELENICE DE SOUZA PENA FIRMO; e GLAUCIONE MENDES FERREIRA, maior, Biomédica, residência Rua Sayonara, nº 17, Apto 08, Carneirinhos, João Monlevade-MG, filho(a) de GILBERTO FERREIRA RÔLA e MARIA GERALDA MENDES RÔLA; 020321 - PAULO CÉSAR DOS SANTOS, maior, Metalúrgico/Aposentado, residência Rua Boa Vista, nº 127, Loanda, João Monlevade-MG, filho(a) de ANTÔNIO PROCÓPIO DOS SANTOS e MARIA EUGÊNIA SILVEIRA DOS SANTOS; e JULIANA SOARES EGÍDIO, maior, Gerente Administrativo, residência Rua Boa Vista, nº 127, Loanda, João Monlevade-MG, filho(a) de DIMAS EVANGELISTA EGÍDIO e MARIA APARECIDA SOARES EGÍDIO; 020322 - CARLOS EDUARDO ROCHA ARTHUSO, maior, Empresário, residência Rua Betim, nº 130, Apto 302, de Lourdes, João Monlevade-MG, filho(a) de ROBERTO GRACIANO ARTHUSO DE OLIVEIRA e MARIA ELISA ROCHA ARTHUSO; e JORDANA ÂNGELO CARNEIRO, maior, Farmacêutica, residência Rua Valdir Moreira de Souza, nº 104, Santa Bárbara, João Monlevade-MG, filho(a) de DANIEL MARTINS CARNEIRO e RITA DE CÁSSIA ÂNGELO CARNEIRO; 020323 - RICHARD DA SILVA ROSA, maior, Marceneiro, residência Rua Caetés, nº 180, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de ADAUTO OLIMPIO ROSA e SAYONARA DA SILVA ROSA; e RAIARA MOTTA SILVA, maior, Auxiliar fiscal, residência Rua Caetés, nº 180, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de ANTÔNIO TOMAZ DA SILVA e MÊRE MOTTA SILVA; 020324 - MÁRCIO EUSTÁQUIO FERREIRA JÚNIOR, maior, Consultor de vendas, residência Rua Calafate, nº 261, Lucília, João Monlevade-MG, filho(a) de MÁRCIO EUSTÁQUIO FERREIRA e LENI PONCIANA DE CARVALHO FERREIRA; e JUSCILENE MARA RIBEIRO, maior, Manicure, residência Rua Calafate, nº 261, Lucília, João Monlevade-MG, filho(a) de JOÃO NEVES RIBEIRO e GENILDA VITA RIBEIRO;

Os contraentes apresentaram os documentos exigidos pelo art.1525 do Código Civil Brasileiro. Se alguém souber de algum impedimento, que os impeçam de se casar, que o faça na forma da Lei: João Monlevade 22/07/2021 ROSA MARIA BEDETTI FRADE TAVARES Oficial do Registro Civil Cartosoft - Automação de Cartórios do Registro Civil | www.cartosoft.com.br

22/07/2021 19:08:44


Polícia 9

23 a 29 de Julho de 2021

Polícia Civil prende avô suspeito de estuprar a neta em Monlevade PAI DA MENINA, DE NOVE ANOS, FOI QUEM FEZ A DENÚNCIA Um idoso de 68 anos foi preso na quarta-feira (21) por suspeita de violentar sexualmente a própria neta em João Monlevade. A denúncia chegou à Polícia Civil através do pai da vítima, uma menina de nove anos. O inquérito foi instaurado e em menos de um mês foi concluído e remetido à Justiça, com

pedido de prisão preventiva do investigado. O mandado foi cumprido pelos policiais de João Monlevade e o homem preso. A Polícia Civil pede que a população faça a denúncia de crimes, para que a instituição possa realizar as investigações. A denúncia pode ser feita discando 190 (Polícia Militar), 180

ou ainda diretamente na delegacia, que fica à rua Bernardino Brandão, n° 180, bairro Rosário. Importante destacar que não só a vítima, mas qualquer pessoa que tenha conhecimento de situações de violência e crime pode fazer a denúncia. O sigilo é garantido.

Casal é preso em BH por homicídios e tráfico em Monlevade

Divulgação/PCMG

PRISÕES ocorreram por trabalhos conduzidos pela 5ª Delegacia Regional, de Betim

A Polícia Civil prendeu em Belo Horizonte um casal suspeito de cometer homicídios e liderar o tráfico de drogas em João Monlevade. A prisão ocorreu na segunda-feira (19). Conforme a Polícia, a mulher era alvo de cinco mandados de prisão, e o homem, de três. Eles estavam foragidos desde 2012 por homicídios em João Monlevade e em Governador Valadares, geralmente, relacionados ao tráfico de drogas e com crueldade.

Segundo informações da Polícia Civil, a mulher tinha cinco ordens judiciais em aberto e é suspeita de ser mandante de, ao menos, dez assassinatos, já tendo sido condenada a 43 anos de prisão por um homicídio no qual a vítima foi esquartejada e teve os restos mortais sepultados em uma cova rasa. O marido dela, com três mandados em aberto, é apontado como líder do tráfico de drogas em João Monlevade. Não foi informado onde esse crime foi

praticado. As investigações mostram que o casal tinha uma vida aparentemente normal, tendo inclusive, alguns trabalhos informais, para os quais não mostravam seus documentos. De acordo com as apurações, eles residiam no bairro Citrolândia, em Betim, enquanto a prisão ocorreu na capital mineira. A prisão foi efetuada pela 5ª Delegacia de Polícia Civil de Betim, com o apoio da Inteligência da Delegacia Regional.

Homem é preso por incendiar lote em Itabira

Divulgação/PMMG

HOMEM alegou que queria queimar restos da limpeza de um lote

Um homem foi preso na quarta-feira (21) por atear fogo a um lote em Itabira. No fim da tarde, a Polícia Militar recebeu um chamado para o bairro Jardim Belvedere, no qual moradores denunciavam que um homem de 53 anos havia iniciado uma queimada num terreno. O

homem foi encontrado ainda no local, e justificou que trabalha para uma empresa da cidade. Ele queria queimar os restos da limpeza de um lote, mas as chamas atingiram outros cinco terrenos. Ele foi preso e conduzido a um posto policial, onde assinou um Termo Circunstanciado de

Ocorrência (TCO), comprometendo-se a comparecer em juízo. O caso foi também enviado para Polícia Militar de Meio Ambiente para lavratura de uma multa administrativa que, nos casos de queimada em área urbana, pode variar de R$1.200,00 a R$2.400,00.

PM detém dois com maconha e armas no Santo Hipólito Um rapaz foi preso e um adolescente apreendido na terça-feira (20) com armas e drogas no bairro Santo Hipólito, em João Monlevade. Por volta das 15h30, as equipes do pelotão Tático Móvel empreenderam uma ação na rua Waldir de Azevedo para verificar denúncias anônimas. Ao perceber a presença dos mi-

2643.indd 9

litares, um grupo de pessoas correu em direção a uma mata próxima. Um dos fugitivos apontou uma arma na direção da polícia, que revidou. Os militares cercaram a área e montaram um bloqueio, encontrando um rapaz de 18 anos e um adolescente de 16, que foram imediatamente detidos. As varreduras encon-

traram também 65 buchas, nove tabletes e uma barra de maconha, um revólver calibre .38 com oito cartuchos, uma pistola falsa, dois telefones celulares e R$20,00 em dinheiro. Os dois e todo o material apreendido foram levados à Delegacia de Polícia Civil.

Acom/PCMG

HOMEM foi preso pela polícia civil

PC indicia sete por crimes contra a honra em Itabira A Polícia Civil itabirana concluiu duas investigações por crimes contra a honra. Em uma delas, seis pessoas foram indiciadas pelos crimes de injúria e difamação por, no ano passado, terem criado perfis falsos em redes sociais para denegrir adolescentes, em sua maioria moças. Os indiciados publicavam fotos desses menores com frases ofensivas. O outro caso teve como vítima o vereador José Júlio Rodrigues, o “Júlio do Combem” (Progressistas), que concedeu uma entrevista sobre o seu voto contrário a uma moção de aplausos à mineradora Vale. A publicação recebeu um comentário que apontava depreciativamente para a cor negra da pele do parlamentar. O suspeito foi ouvido pela Polícia Civil e disse ter ficado revoltado com o voto de Júlio, mas afirmou que pediria perdão ao vereador. Ele foi indiciado pelo crime de injúria racial. O delegado regional de Itabira, Helton Cota Lopes,

Divulgação/PCMG

DELEGADO regional de Itabira, Helton Cota, falou sobre os crimes contra a honra cometidos pela internet

afirma que a Polícia Civil se empenha diariamente para investigar todos os crimes ocorridos em Itabira e região, inclusive os virtuais. “Muitas vezes as pessoas pensam que ficarão impunes ao praticarem um delito às escondidas, ‘atrás’ de um computador ou de um aparelho telefônico. Isso é ilusão, pois temos diversos métodos eficazes para identificar preci-

samente as pessoas responsáveis por todas as publicações e mensagens enviadas”, alerta. Quanto às vítimas, o delegado destaca que “por se tratarem de crimes de ação penal privada, as vítimas devem comparecer no Fórum para o oferecimento da queixa-crime. Somente assim os autores poderão ser condenados e responder pelos crimes consumados".

Caso Lívvia Bicalho: inquérito é enviado à Justiça Foi remetido à Justiça o inquérito que apurou a tragédia com as mortes da cantora e influenciadora digital Lívvia Bicalho e do seu ex-namorado, Rafael Ribeiro, ocorridas em 21 de abril em João Monlevade. De acordo com a Polícia Civil, os trabalhos investigativos apontaram para a ocorrência de um feminicídio seguido de suicídio. Desde 26 de maio, o processo está sob a custódia do Poder Judiciário. As apurações demonstraram que, poucas horas antes do crime, Lívvia entrou em contato com a Polícia Militar para denunciar alegadas ameaças que estaria recebendo do ex-companheiro, e que foram confirmadas por sua filha aos militares que entraram em contato. A cantora disse ter medo de Rafael, e foi instruída a procurar o quartel da corporação. Os policiais se dirigiram ao apartamento de Rafael, e encontraram Lívvia Bicalho ali, dizendo que precisava recolher alguns pertences para, em seguida, dirigir-se à casa de uma amiga. Então, os militares pediram que o ex-namorado deixasse Lívvia subir para o que precisasse. Algum tempo depois, a Polícia Militar foi novamente chamada ao bairro JK, onde vizinhos contavam ter ouvido disparos. Rafael havia atirado contra a cantora e, em seguida, contra si próprio. Um revólver estava em suas mãos. O crime consternou a comunidade monlevadense e repercutiu nacionalmente.

Arquivo JAN

LÍVVIA chamou a polícia poucas horas antes de ser morta por Rafael

22/07/2021 19:08:45


23 a 29 de Julho de 2021

10 Geral

São Gonçalo do Rio Abaixo tem saldo positivo de empregos AGORA, MUNICÍPIO AMPLIA DEMANDA POR QUALIFICAÇÃO Oportunidades para o mercado de trabalho. Segundo a Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, no comparativo entre trabalhadores admitidos e demitidos ao longo do semestre, o município tem saldo positivo na geração de empregos. O saldo é de 1.135 postos de trabalho ativos até o mês de maio. “Essa informação é do Governo Federal por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). No período foram 2.414 trabalhadores admitidos e 1.279 demitidos”, informa a Prefeitura.

2643.indd 10

Também de janeiro a maio deste ano, o Sistema Nacional de Emprego (Sine) de São Gonçalo do Rio Abaixo encaminhou dezenas de candidatos a vagas em empresas da região. No acumulado do ano, são 137 candidatos aprovados. Desse total, 117 candidatos são residentes em São Gonçalo, equivalente à 85,4% dos aprovados. Tendo em vista esse número de contratações e a demanda atual das empresas que prestam serviços no município por uma mão de obra ampla e devidamente capacitada, a Prefeitura busca oferecer por meio da

unidade de qualificação técnica do Senai, presente na cidade, vários cursos específicos para capacitar a sua população trabalhadora. Segundo a administração, os contatos com a entidade se desenvolveram desde o início do ano e o planejamento dos cursos está sendo feito de acordo com as orientações fornecidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Em decorrência da pandemia de Covid-19, entretanto, houve a necessidade de criar uma forma segura de ministrar as aulas (necessariamente presenciais) e preparar um número determinado de vagas para cada curso. O Senai está finalizando os preparativos e as aulas devem começar ainda no mês de agosto. Uma pesquisa específica por atividade econômica mostra que o maior número das contratações diz respeito às obras de montagem industrial, com 1.154 trabalhadores admitidos nos primeiros cin-

co meses do ano, seguido pela construção de edifícios e outras obras de engenharia civil, além das atividades de comercialização de partes e peças de máquinas e equipamentos de terraplenagem e mineração. É com base nesses estudos que, a princípio, serão oferecidos os cursos de aperfeiçoamento na área da construção civil, de operador de máquinas e operador de caminhão munck; na área administrativa, em informática básica, pacote office e qualificação em atendimento comercial. Também será oferecido o curso técnico em Administração, que terá duração de 18 meses. Serão disponibilizadas 30 vagas em todos

Nívia Martins/AcomPMSGRA

CIDADE amplia postos de emprego

os cursos, que são inteiramente custeados pela Prefeitura. Futuramente, conforme a Prefeitura, serão oferecidas vagas para os cursos de soldagem (eletrodo revestido e aperfeiçoamento

profissional), eletricista industrial, montagem de andaimes, pedreiro de alvenaria, atendente comercial e aperfeiçoamento em boas práticas de fabricação de alimentos e bebidas.

22/07/2021 19:08:46

Profile for jan regional

Edição 2643  

Edição 2643  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded