__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

48(0/È6$%(248(',= FUNDADOR: MÁRCIO PASSOS - DESDE 1984

18 a 24 de Junho de 2021

Ano 38 - Edição 2638 - R$1,00

Aulas presenciais só voltam com 55% de vacinados A Prefeitura de João Monlevade quer vacinar pelo menos 55% da população, incluindo todos os profissionais da educação, antes de voltar com as atividades presenciais nas escolas. Assim, todas as instituições

de educação da cidade, sejam municipais, estaduais, federais ou particulares, só terão aulas presenciais a partir de decisão do prefeito Laércio Ribeiro (PT). A definição ocorre mesmo após o Governo

de Minas autorizar o retorno das aulas presenciais na rede estadual de ensino. Isso, porque a palavra final é de cada município. Até o momento, não há data para a volta às salas de aula na cidade. Página 3

Mudanças no embarque e desembarque

CONTA DE ÁGUA DEVE FICAR 13,2% MAIS CARA EM MONLEVADE

PÁGINA 3

Sérgio Henrique Braga/ACOM-PMJM

MUDANÇAS no embarque e desembarque em Carneirinhos começam na próxima semana

O embarque e o desembarque de passageiros nos pontos de ônibus ao longo da avenida Wilson Alvarenga, em Carneirinhos, vão mudar a partir da terça-feira (22). Cada linha terá sua parada específica. Para sinalizar os locais, o Setor de Trânsito e Transportes

(Settran) está instalando placas indicativas, com o número das linhas que vão parar em cada ponto. Segundo a Prefeitura, a mudança vai otimizar o trânsito e, consequentemente, promover melhorias no transporte público. Página 6.


18 a 24 de Junho de 2021

2 Opinião

CHARGE

EDITORIAL

Que perca o vírus Enquanto a Seleção Brasileira disputa a Copa América e times nacionais brigam pelo campeonato Brasileiro, a torcida, na verdade, é que a saúde vença o vírus. Ninguém quer perder familiares e nem ser derrotado pela doença. O país se aproxima de 500 mil óbitos, números tão inacreditáveis quanto inaceitáveis em se tratando de uma doença causada por vírus que poderia ser evitada com a vacina. João Monlevade tem 25% da população vacinada em primeira dose, mas apenas 13,7% em segunda. O ideal, conforme especialistas, é que cheguemos a 70% de imunização para termos uma vida mais segura, com menos riscos de contaminação. Por enquanto, é preciso repetir que os cuidados são fundamentais: evitar aglomeração, lavar as mãos e usar máscaras sempre. Mesmo os vacinados, não podem relaxar, por enquanto. A vacina da AstraZeneca, aplicada em professores, por exemplo, exige um espaço de 84 dias entre a primeira e a segunda dose. Portanto, são quase três meses sem cobertura total do imunizante.

Conforme os últimos boletins do Hospital Margarida, o número de internados na casa de saúde na enfermaria supera o de internados no CTI. Isso é motivo para comemorar? Sim. Afinal, é a prova de que as vacinas têm surtido efeitos. Mesmo os internados, não chegam em estado tão grave à casa de saúde. Mas isso não significa que se pode abrir mão dos cuidados, ignorando a doença, seus efeitos colaterais e suas vítimas fatais. É muito bom acreditar que a vitória contra o vírus está próxima. Mas ainda estamos em plena luta, dependendo dos esforços de cada um para vencermos. Quem tomou a primeira dose, assim que chegar o prazo para a segunda, deve tomar. Quem não tomou a primeira e já pode ser contemplado, também precisa procurar os postos de vacinação. Somente com a vacina, poderemos retomar à chamada vida normal. Sem vacina, não há recuperação da economia, não há volta às aulas e nem ao convívio social sem medo. Não é hora de trégua. É hora de empenho para que o vírus perca. Ele já causou males demais.

COXIA

* Charges e textos assinados não retratam necessariamente a opinião do jornal.

O retorno está próximo (*) FLÁVIA SILVA

Felizmente, a comunidade escolar começou a se vacinar e se prepara para um retorno seguro às atividades presenciais, embora parcelas da sociedade acreditem que já deveríamos estar em sala de aula ou que nem deveríamos ter saído. Mas não culpo as famílias. Essas são vítimas de uma estratégia adotada e propagada por governos que pregam a crença de que trabalhamos por amor, justificando assim nossa péssima remuneração, a falta de investimentos na escola e, agora, vendem a ideia de que deveríamos estar nas escolas, sem condições adequadas, expostos ao vírus, para “salvar a educação”. Durante 15 meses fomos agredidos, julgados e responsabilizados pelo stress das crianças, pela depressão dos adolescentes e pelo desemprego das famílias que encontraram as creches fechadas. Viramos testa de ferro de um governo incompetente e irresponsável que deixou de responder 81 e-mails oferecendo vacinas e ainda assim, a romantização da nossa profissão, faz com que a culpa do fechamento das escolas, por ingerência de pandemia, recaia sobre nós. Embora o início tardio da vacinação tenha causado a falsa impressão de “controle da pandemia”, ontem morreram 3 mil pessoas no Brasil. Nesse sentido, não justifica expor a comunidade escolar ao

risco de contágio, já que falta tão pouco para alcançarmos a cobertura ideal para um retorno seguro. A Prefeitura de João Monlevade, por sua vez, anunciou ontem, de forma acertada, o retorno das atividades presenciais após a imunização de 55% da população de nossa cidade, priorizando a vida e a segurança de todos. Decisão condizente com a realidade de algumas escolas estaduais em Monlevade que não possuem estrutura, sequer, para proteger nossos alunos da chuva. Nesse sentido, cabe ainda defender um retorno unificado da educação, já que uma das bandeiras da educação é a inclusão. As escolas que protegem da chuva e aquelas que protegem da fome, devem retornar aos seus espaços físicos juntas. Afinal, nossa missão é atender a todos, sem distinção. A nossa luta é formar pessoas melhores para o mundo, porém, sem o apoio das famílias, a educação seguirá rechaçada e desvalorizada. Perdemos familiares e colegas para a Covid-19, sofremos o julgamento e a insegurança do retorno, mas seguiremos de cabeça erguida, lutando por uma educação de qualidade, pela segurança de nossos alunos e por dias melhores e por sorrisos descobertos nas salas de aula.

(*) FLÁVIA SILVA é professora da educação básica de João Monlevade

Preconceito contra os patrões (*) MARCOS MARTINO Uma vez, dois empresários conversavam e um falou pro outro: - Não adianta você fazer agrados. Funcionários não gostam de patrão. E não há nada que você possa fazer. - Mas que absurdo! Saiba que sou um ótimo patrão e garanto todos os direitos aos funcionários. Aliás, funcionários não. Meus colaborares que sustentam suas famílias com os salários que pago a eles, todos os meses, sem atraso. - Sei... Mas, vamos fazer uma aposta? Faça o seguinte: contrate um ator e o infiltre na empresa como novo funcionário, mas com microfone escondido. Ele vai fazer perguntas para saber o que as pessoas pensam sobre você. - Apostado, valendo milzim? - Tá valendo. E assim foi feito... uma semana depois os dois se encontraram - E ai? Fez a pesquisa? - Fiz... - E o que deu? - Teve funcionário que falou que sou bandido, que fiquei rico

roubando meu pai e sonegando impostos. - Que isso... - Isso não é nada. Outro falou que sou carrasco, pois faço o pessoal fazer hora extra no final de semana e não pago a mais nada por isso. - Mas não é verdade, né? - Muito pelo contrário. Só dou regalias. Outro falou que sou gay e que transo com um rapaz mais novo, que elevei a chefe sem merecer. - Caramba... - Outro chegou a falar que minha mulher tem caso com o personal da academia. Esse cara é o irmão dela. - Tá vendo? Toma aqui o meu pix. - PIX? para quê Pix? - Uai, para você depositar meus milzim... E fim de papo. Qualquer semelhança com a coincidência é pura realidade.

(*) MARCOS MARTINO é compositor e ativista cultural

Os desafios de uma jovem empreendedora

Vacinômetro Monlevade vacinou, até a última semana, um total de 20.554 pessoas. Porém, dessas, apenas 11.020 tomaram as duas doses e podem ser consideradas imunizadas contra a Covid. Esse número equivale a 13,7% da população. Devagar e sempre, já que a vacinação depende do envio de doses por parte do Governo Federal.

Tudo em paz Após a vitória do prefeito Laércio Ribeiro (PT), tudo está bem no partido da estrela. Antes do pleito, havia rumores de rachas entre grupos na legenda, inclusive, quase comprometeram a candidatura petista. Nada como uma vitória para fechar as feridas e deixar qualquer grupo mais unido. Vida que segue.

Oposição Chegando a seis meses de governo, quem faz oposição ao governo Laércio Ribeiro? No Legislativo, a maioria dos vereadores afirmaram que são “independentes”, que não são nem oposição e nem situação, votando conforme suas consciências. Mas quem é a voz que pode surgir como oposição ao governo municipal? Ainda não apareceu e será que vai?

Trânsito A Prefeitura fez a ligação das avenidas Getúlio Vargas e Gentil Bicalho, retornando com o acesso a quem sai da rua Joana Darc e segue sentido bairro Santa Bárbara. Agora, a pista da direita da avenida Wilson Alvarenga não é mais “livre” e os motoristas precisam parar no semáforo. A mudança, segundo o Settran, garante mais respeito aos pedestres. Atenção ao passar pelo local.

Estacionamento Está cada dia mais difícil conseguir estacionar na avenida Getúlio Vargas em Carneirinhos. As vagas de Estacionamento Rotativo são ocupadas permanentemente por vendedores ambulantes de todos os tipos e até carros de promoções e sorteios são expostos em plena avenida. Falta fiscalização para garantir melhor acesso à região comercial. Não dá para fazer de conta porque a situação está cada dia pior.

Na tribuna (*) STEPHANNY KAREN BUENO NUNES Minha história como empreendedora começou muito cedo. Eu cresci dentro do Katuny e sempre fui acostumada a fazer parte do dia a dia dos meus pais lá dentro. Com 16 anos, saí de casa para morar em Viçosa e estudar Farmácia, curso pelo qual me apaixonei. Logo após a formatura, com 21 anos, eu tive que tomar uma das decisões mais difíceis da minha vida: escolher entre seguir a carreira de farmacêutica ou mergulhar de cabeça na empresa da minha família. A partir do momento que eu tomei a decisão de ficar ali, eu não olhei mais para trás e em nenhum momento surgiu dúvida se eu fiz a escolha certa. Parte disso se deve a bela receptividade que eu tive da minha mãe, em poder dividir a administração da empresa com ela na época. Meus pais são minha maior fonte de força e inspiração. Eu sempre vou falar deles com muito orgulho. Para quem não conhece a história do Katuny, meus pais fundaram a empresa sozinhos em 1989 e, juntos, construíram a potência que é hoje. Eles eram muito novos quando começaram a empreender e conquistaram seu espaço muito cedo, por isso são referência. Então, eu tenho meu maior exemplo dentro de casa e, da mesma forma, quero ser orgulho para eles também. E é daí que surge força e coragem pra enfrentar qualquer desafio. Falando em desafios, a pandemia foi um dos grandes, mas a rede de apoio que construímos ao longo do tempo foi essencial para me dar mais segurança. Começando com nossos colaboradores, que são pessoas em quem confio muito. Alguns estão conosco praticamente desde que a empresa começou e outros há muitos anos lá. Além disso, eu e minha mãe sempre fomos muito a favor de trazer

para a empresa profissionais que pudessem nos ajudar a crescer, que completassem nossa administração em pontos que não éramos tão fortes. E esses profissionais me ajudaram muito durante essa crise. Outro ponto importante foi ter o apoio de vários outros donos de materiais de construção que fazem parte da mesma rede que o Katuny, a Rede GMinas. O nosso associativismo nos faz trocar experiências diárias e, durante o período de crise, ter a opinião de pessoas que já estão há mais tempo nessa caminhada foi essencial. Resumindo: ninguém vai longe sozinho. Assim, o ponto principal que me ajudou a encarar a pandemia da melhor forma possível com o Katuny foram as pessoas que Deus colocou ao meu redor. E uma das melhores partes de empreender envolve justamente crises como essas. Afinal, são momentos de grande aprendizagem. Começar a empreender muito jovem me trouxe maturidade bem cedo, pois eu sempre tive responsabilidades na empresa, mesmo quando tinha minha mãe ao meu lado, como sócia e mentora. Outro ponto positivo de começar cedo, é a conquista de independência. Eu valorizo muito ser independente e sou muito grata por meus pais terem me criado dessa forma desde nova. Quando se começa cedo, você tem o tempo a seu favor, e assim, mais chances de conquistar aquilo que deseja. Então, principalmente para mulheres jovens empreendedoras como eu, a dica que eu dou é: tracem seus objetivos, seus planos, suas metas e comecem sem medo. Os obstáculos sempre vão existir, independente da sua idade, mas quanto antes você começa, mais cedo você aprende e cresce, como profissional e como pessoa.

(*) STEPHANNY KAREN BUENO NUNES é proprietária da empresa Katuny e integrante da Acimon Mulher

Usando microfones da Câmara, vereadores não poupam críticas à empresa TI Mob, responsável pelo Estacionamento Rotativo. Mas isso não tem sido suficiente para resolver os problemas do trânsito em João Monlevade. É necessário mais empenho tanto do Legislativo

quanto do Executivo para melhorar a situação.

Na Câmara O vereador Gustavo Prandini (PTB) é o mais ferrenho crítico do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) na Câmara de Monlevade. Praticamente desde a posse, ele aponta dedos para a gestão de Jair Messias em Brasília. Mas, nesta semana, o presidente da República ganhou defensores: Rael Alves (PSDB) e Pastor Lieberth (Dem). Clima deve esquentar até 2022.

Repúdio Após repúdio da Associação de Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba (Amepi) à Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a empresa vai mandar representantes para conversarem com prefeitos da região. Eles eram esperados para uma assembleia no fim do mês de maio para responderem às demandas do Médio Piracicaba, mas não vieram ao encontro, alegando que não viriam para ouvir críticas. A Amepi mandou um duro recado para a Cemig e também para deputados estaduais. Após a nota, a fornecedora de energia confirmou presença no próximo encontro de prefeitos, no dia 25 deste mês.

CPI na Cemig Falando em Cemig, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) recebeu nesta quarta-feira (16) requerimento para abertura de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar irregularidades na gestão da Cemig. Nem Tito Torres (PSDB) e nem Bernardo Mucida (PSB), que representam a região, assinaram o documento.

400 caminhões A Prefeitura de João Monlevade, segundo o vereador Bruno Cabeção (Avante), recolheu 400 caminhões de lixo desde o início do ano. É muito lixo sendo jogado em vias públicas. O parque do Areão, que tem projeto de revitalização, também está repleto de lixo, próximo ao antigo campo do Guarani, entre os bairros de Lourdes e Satélite. Um absurdo.

Ecopontos Uma medida que poderia ser implantada em Monlevade e que funciona em outras cidades é a instalação de ecopontos para o cidadão despejar entulhos de pequenos reparos. Ação simples que faria diferença e retiraria lixo das ruas.

4XHPOrVDEHRTXHGL] Diretora Geral: Maria Cecília A. Passos Registro profissional: MG07860JP

Editor: Erivelton Braz Assistente: João Vítor Simão Diagramação e Arte: Julieta Bittencourt Gráfica Nina: Guilherme Bessa e Sanzio Miranda Impressão: Editora Gráfica Nina Publicado desde 1984 - Propriedade da empresa A Notícia Regional Ltda. Circulação: João Monlevade e região Av. Rodrigues Alves, nº 78, República, João Monlevade/MG


Geral 3

18 a 24 de Junho de 2021

ANTES DA VOLTA ÀS AULAS PRESENCIAIS

Prefeitura quer vacinar 55% da população e todos os profissionais da educação Mesmo após o anúncio do retorno às salas de aula na rede estadual de ensino, feito pelo Governo do Estado na última quinta-feira (10), em virtude de decisão judicial, a retomada das atividades presenciais nas escolas de João Monlevade segue sem data para acontecer. A palavra fi nal para retorno das atividades presenciais cabe ao município, conforme a autonomia conferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no combate à pandemia. O município vai se valer da autonomia para garantir a manutenção das atividades online nos estabelecimentos de ensino da cidade. Assim, todas as instituições de educação, sejam municipais, estaduais, federais ou particulares, só terão aulas presenciais a partir de decisão do Governo Municipal. Em conversa com o A Notícia, o assessor de Comunicação do Executivo, Geraldo Magela Gonçalves, o Dindão, afi rmou que o governo de-

fende a segurança e a vida da população. “A preocupação do Executivo no momento é com a segurança e a vida da população. Portanto, o primeiro passo para retornar é vacinar todos os profissionais da educação e pelo menos 55% da população”, informou. Segundo Dindão, até o momento, não há definição de data para o início de aulas presenciais em João Monlevade. “Se iniciou a vacinação dos profissionais agora, com a vacina AstreZeneca, é no mínimo três meses pra segunda dose”, explicou. A Prefeitura de João Monlevade criou um Grupo Especial de Trabalho, formado por representantes de várias secretarias: Assistência Social, Planejamento, Saúde e Educação, bem como representantes da rede particular de ensino, municipal e Superintendência Regional de Ensino que avalia o cenário. Monlevade vacinou, até a última semana, um total de 20.554

pessoas. Porém, dessas, apenas 11.020 tomaram as duas doses e podem ser consideradas imunizadas contra a Covid. Esse número equivale a 13,7% da população.

RETORNO Conforme protocolo definido pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), as escolas estaduais localizadas em municípios que estão em onda verde ou amarela do Programa Minas Consciente e cujas Prefeituras não apresentarem restrições puderam retornar presencialmente na última segunda-feira (14). O objetivo é preparar os espaços para a volta dos alunos, prevista para a próxima segunda (21). Monlevade está na onda vermelha. Rio Piracicaba, Itabira e Passabém, municípios da região, estão aptos a retornarem. O retorno será seguro, segundo o Estado, com regras de distanciamento e de higienização. O início das aulas tam-

Conta de água deve aumentar 13,2% em João Monlevade

Divulgação

ESTAÇÃO de tratamento de água nas Pacas abastece João Monlevade

A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento Básico de Minas Gerais (Arisb-MG) emitiu, no último dia 11, uma nota técnica com revisão tarifária dos serviços de água e esgoto do município de João Monlevade. No documento, a agência afirmou a necessidade de reposicionamento tarifário de, inicialmente 15,56 %. No entanto, segundo a Prefeitura, após considerações e retirando valores para investimentos, ficou definido 13,24% de aumento. Ainda não há prazo para início da cobrança da nova tarifa. A agência alega que o índice ocorre “devido ao desequilíbrio entre o atual patamar de receitas e a soma das despesas de exploração projetadas e investimentos previstos”. Ainda na nota, a agência pede uma reavaliação das condições gerais da prestação de serviços e do DAE. As informações da Nota Técnica estão disponibilizadas no site do DAE. A população também pode avaliar os serviços prestados pela autarquia, por meio de uma Consulta Pública, que vai até o dia 24 de junho. Os documentos estão disponíveis no site do DAE: www.daejoaomonlevade.com.br.

AUDITORIA Segundo a Prefeitura, as contas do Departamento de Águas e Esgotos de João Monlevade (DAE) vão passar por criteriosa análise técnica feita por empresa especializada em auditorias. A ação visa dar mais transparência aos dados públicos, além de apontar eventuais irregularidades ou informações que precisam ser corrigidas visando a saúde financeira da instituição. O diretor do DAE, José Afonso Martins, disse que o edital do processo licitatório para a contratação da empresa está em fase de elaboração e será publicado nos próximos dias. Ele também explicou que a auditoria poderia ser contratada por meio de profissionais com notória especialização na área, mas o DAE optou pela licitação para garantir ainda mais transparência e lisura ao processo. A auditoria no DAE é um dos pedidos da população e compromisso assumido pelo governo do prefeito Laércio Ribeiro (PT).

CÂMARA O assunto repercutiu na Câmara Municipal nesta se-

mana. O vereador Vanderlei Miranda (PL) apelou para que o reajuste não aconteça: "Eu tenho certeza que o Executivo não vai acatar isso neste ano, por causa dessa pandemia. Sabemos que muitas pessoas não estão conseguindo pagar a conta de água". O líder do governo, Belmar Diniz (PT), solicitou o agendamento de uma reunião dos vereadores com representantes da Arisb-MG para debater o caso. Segundo Belmar, uma das grandes despesas do DAE é com a energia elétrica, atualmente com tarifa em "bandeira vermelha", mais cara.

bém será gradual, começando apenas com as turmas do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental e facultativo. Ou seja, cada família decide se quer retornar presencialmente. Em Monlevade, as escolas estaduais que estariam aptas ao retorno são a João XXIII, Antônio Papini, Antônio Loureiro Sobrinho, Laranjeiras e Rumia Maluf. Conforme a SEE, todos os gestores escolares precisam cumprir uma lista de tarefas, em cada unidade de ensino, para organizar o ambiente da escola para recebimento dos estudantes e funcionários. Seguindo o protocolo sanitário, as escolas deverão obter equipamentos de proteção e produtos de higiene como dispensador com sabonete líquido, álcool em gel, copos descartáveis, papel toalha, luvas e lixeiras com tampa e pedal, entre outras recomendações. O presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de João Monlevade,

Arquivo JAN

SALAS vazias por tempo indeterminado

vereador Leles Pontes (Republicanos), concordou com o adiamento do retorno às aulas presenciais. Para Leles, que também é professor, a retomada deve ser feita somente quando houver condições de segurança sanitária. Ele coloca a marca de 70% de vacinados como um parâmetro para um retorno mais

Conselho de Saúde define nova regulação e debate infraestrutura O Conselho Municipal de Saúde de João Monlevade (CMS) funcionará sob nova regulação. Na terça-feira (15), a entidade reuniu-se para acertar o projeto de lei que será enviado à Câmara Municipal para adequá-la à legislação federal, vigente desde 2012. Entre as mudanças, os representantes dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) passam a ser escolhidos através de organizações da sociedade civil. Segundo a presidente do CMS, Jalva Ribeiro, será solicitada ao promotor de Justiça a dilatação do prazo permitido para a apreciação do texto no Legislativo. Após a aprovação, será permitida a eleição do conselho definitivo, já que a atual composição é provisória. Também foram discutidos assuntos como a conservação

de centros de saúde, como o do Cidade Nova, que não teria as tubulações exigidas para o funcionamento das cadeiras odontológicas, e a Casa do Bem Viver, que sofre há largo tempo com o mofo. Jalva Ribeiro e outros conselheiros também apelaram para que a comunicação da Prefeitura sobre a saúde seja mais eficiente, evitando desencontros de informações e idas desnecessárias de pacientes às unidades. Outra denúncia apontada é de que pacientes da hemodiálise estavam sendo transportados em uma van cuja porta era fechada com arames. Para contornar o problema, foi ofertado um veículo da Fundação Crê-Ser, mas que não atendia completamente às necessidades dos tratados. A opção de os pacientes usarem um ônibus cedido por

alguma entidade esbarrava na falta de motoristas disponíveis. No entanto, a contratação de condutores para esses veículos poderá resolver a situação. Ao A Notícia, Jalva Ribeiro esclareceu que está sendo preparado um relatório com a apuração da denúncia de que dietas estariam indevidamente acondicionadas na sede da Secretaria de Saúde. Jalva diz que, agora, já não há mais nenhuma dieta vencida no prédio. Entre os participantes da reunião, estavam a futura secretária de Saúde, Raquel Drumond, que assume o cargo em 1º de julho, os vereadores Thiago Titó (PDT) e Belmar Diniz (PT). Uma reunião extraordinária está agendada para a próxima terça-feira (22).

Vereador quer que Farmácia Municipal atenda pacientes de clínicas privadas

MELHORIAS NO DAE Em nota enviada à imprensa, na tarde ontem (17), a Prefeitura de João Monlevade informa que o DAE, nos últimos seis meses, tem promovido diversas melhorias em todo o sistema de produção e distribuição de água. O governo aponta para a duplicação de rede na região das Pacas, troca das chaves fusíveis e para-raios da rede elétrica da Estação de Tratamento de Água (ETA); manutenção preventiva/corretiva nos painéis da ETA e troca e instalação de novos registros nas redes adutoras e melhoria na distribuição para a região do Cruzeiro Celeste.

acertado. Hoje (18), a Prefeitura de João Monlevade, começa a vacinar contra o coronavírus os trabalhadores da educação do ensino profissionalizante e educação de jovens e adultos (EJA). Também prossegue a vacinação dos trabalhadores da educação do ensino médio, fundamental, infantil e creche.

Divulgação

FERNANDO Linhares sugere que remédios sejam entregues a todos

O vereador Fernando Linahres (DEM) quer que pacientes que consultaram em clínicas privadas possam pegar remédios ofertados pela Farmácia Municipal. Na semana passada, o parlamentar queixou-se da limitação no fornecimento de medicamentos, pois, segundo ele, os pacientes que se consultavam em clínicas privadas

enfrentavam limitações para conseguir os remédios no setor público. Fernando diz que essas pessoas precisam remarcar suas receitas na Secretaria Municipal de Saúde, num procedimento moroso e burocrático. Por conta disto, ele protocolou um ofício junto à Prefeitura pedindo a revogação desse procedimento. Linhares sustenta

que boa parte dos pacientes de clínicas particulares não possui condições de comprar seus remédios nas drogarias comerciais, recorrendo à rede pública. “Elas consultam com médicos particulares porque o caso é grave e não podem esperar atendimento da rede pública municipal, mas necessitam do Município para conseguirem seus remédios”, diz o legislador. Ao A Notícia, Fernando manteve a posição de que a Farmácia Municipal deve fornecer os medicamentos prescritos por clínicas privadas, pois, no seu entendimento, a Saúde é um direito garantido na Constituição Federal para todos os cidadãos. No entendimento do parlamentar, os procedimentos municipais não podem se sobrepor à Carta Magna, e a Farmácia Municipal não pode fazer distinção entre a origem da receita. Ontem (17), o vereador visitou a Farmácia Municipal, conversando com os profissionais do setor.


4

18 a 24 de Junho de 2021

Geral

Distrito Industrial de Monlevade receberá obras de mais de R$1 milhão PROMESSA É DE MELHORIA DA ESTRUTURA PARA ABRIGAR MAIS EMPRESAS O Distrito Industrial de João Monlevade vai receber investimentos de cerca de R$1.151.751,44. Está programada para o dia 2 de julho, a abertura dos envelopes de uma licitação para obras no espaço. Segundo a Prefeitura, as intervenções são consideradas a maior obra já realizada na história do Distrito Industrial, que pode abrigar cerca de vinte empresas. Estão previstos serviços de pavimentação asfáltica com instalação de meio fio, sarjetas e drenagem de bocas de lobos e redes coletoras pluvial das ruas onde estão instaladas as empresas atuais e possibilitará a instalação de novos empreendimentos. O prazo da obra é de seis meses, contados a partir da assinatura da ordem de serviço. A intenção da concorrência, conforme o vice-prefeito e secretário municipal de Plane-

jamento, Fabrício Lopes (Avante), é atrair mais empresas para se instalarem no espaço, gerando empregos e aumentando a renda do município. Um zoneamento deve ser realizado para determinar quais áreas não podem ser ocupadas por certos tipos de firma, especialmente, por atividades que apresentem risco ambiental. Uma comissão avaliará a aptidão das empresas candidatas. Com as obras, a expectativa é que a realidade ali seja transformada. “Estamos confiantes com essa obra, porque o Distrito Industrial de João Monlevade pode se tornar uma potência regional e tem condição de abrigar mais empresas para o desenvolvimento, não só de João Monlevade, como também da região”, afirma Fabrício Lopes. O presidente da Associação Comercial, Industrial e de

Prestação de Serviços de João Monlevade (Acimon), Eduardo Drumond, também está confiante. “Todo investimento no Distrito é necessário, e já está atrasado há quase 30 anos e, por isso, é tão importante e empolgante ver que a gestão municipal atual, atendendo ao compromisso assumido junto à Acimon, iniciará as obras de infraestrutura e urbanização, o que alavancará certamente a geração de emprego e renda. O Distrito Industrial é o caminho para o município, seja para instalação e novas empresas e mesmo para outras que já estão instaladas no município e necessitando expandir sua atividade”, afirmou. Para o presidente da Acimon, é importante aproveitar as potencialidades locais para desenvolver o município e fomentar o empreendedorismo. Arquivo JAN

Prefeitura quer implantar Incubadora de Empresas em São Gonçalo

Daniel Cota/ Acom PMSGRA

EQUIPE de São Gonçalo conheceu Incubadora de João Monlevade

Com a intenção de oferecer maior suporte e abrir oportunidades de crescimento de microempresas e microempreendedores individuais, a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de São Gonçalo do Rio Abaixo, liderada pela secretária Maria Inês de Araújo Moreira, foi conhecer a Incubadora de Empresas de João Monlevade na manhã de terça-feira (15). Antes, a equipe se encontrou com o vice-prefeito e secretário de Planejamento de João Monlevade, Fabrício Lopes (Avante), que destacou que a ideia da incubadora é fazer com que o empreen-

dedor busque o local como ponto de apoio. Ele ressaltou, ainda, que ao criar a incubadora, as empresas instaladas nela devem receber todo suporte técnico necessário para que possam prosperar. O vereador de João Monlevade Bruno Nepomuceno Braga (Bruno Cabeção) acompanhou a visita. Após o encontro, a comitiva seguiu para a Incubadora da cidade, acompanhada pelo assessor da Secretaria de Planejamento e agente de Desenvolvimento Econômico de João Monlevade, Thiago Henrique dos Santos, onde pôde conferir de

perto a infraestrutura do local, assim como estatuto e funcionamento. Maria Inês destacou que a visita foi muito proveitosa e foi possível ter um norte em relação ao espaço utilizado, para ver de perto o funcionamento e criar soluções para fomentar o crescimento das pequenas empresas. “Não adianta somente ceder um espaço para a empresa. É necessário todo o suporte para que elas possam se desenvolver nos primeiros anos de atividade”, disse a secretária.

ENTRADA do Distrito Industrial mostra abandono e descaso

“João Monlevade tem uma área muito pequena em relação aos demais municípios do Médio Piracicaba, mas também uma localização geográfica privilegiada, que a faz polo regional. E, assim, torna-se cada vez mais importante aproveitarmos todas as nossa potencialidades, malha rodoviária e ferroviária com capacidade de escoamento para grandes centros e Porto de Vitória, gasoduto que corta toda extensão do distrito, podendo fornecer energia necessária aos processos industriais e uma cultura extremamente empreendedora, tudo isso aliado a seu comércio pujante, cadeia forte na área de prestação de serviços e termos a ArcelorMittal, referência na Siderurgia Mundial”, afirma o presidente da Acimon.

DISTRITO Idealizado em 1995, na última gestão do ex-prefeito Germim Loureiro, o Bio (já falecido), o Distrito Industrial

tem 400 mil metros quadrados de área, metade de preservação ambiental e outra metade útil para abrigar empreendimentos empresariais. Passados 26 anos, o espaço recebeu poucos investimentos em sua infraestrutura, para motivar a instalação de empresas. A área do Distrito não dispõe de energia elétrica suficiente e não há calçamento nem rede de esgoto, o que levou as empresas a construírem fossas para acomodar os detritos. Nos últimos anos, apenas foi construída a ligação de água para a área. Agora, são esperadas melhorias em urbanização, serviços de telefonia, iluminação, segurança, entre outras.

REUNIÃO Recentemente, o vereador Bruno Cabeção (Avante) convidou lideranças municipais, do Vale do Aço e empresários instalados na área para visitarem o local e debaterem melhorias. Do encontro, participaram

o prefeito de João Monlevade, Laércio Ribeiro (PT), o vice-prefeito Fabrício Lopes (Avante), o presidente da Acimon, Eduardo Drumond, os diretores David Roosevelt e Carlos Arthuso e Iarlei Fraga, gerente da entidade. Também estiverem presentes, pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço, o diretor geral, João Luiz Teixeira Andrade, e o chefe de gabinete Mauro Sérgio Guimarães, além dos empreendedores da Fusão Ligas e Móveis Angelya, empresas instaladas no distrito. “Estimo o poder da parceria e da união de esforços para que os problemas do Distrito Industrial de nossa cidade sejam solucionados, contribuindo para atrair novas empresas e consequentemente ampliar o potencial de geração de emprego dos atuais mais de 100 postos para 600 novos ofícios”, afirmou o vereador.

Casa da MÃE JOANA 416

Participe desta coluna mandando sua foto para o e-mail anoticia@anoticiaregional.com.br ou se preferir faça a denúncia através do telefone (31) 3851-1791. WhatsApp: (31) 99954-1111

Divulgação

Um bueiro entupido constantemente tornou-se motivo de dor de cabeça para moradores e comerciantes de trecho da avenida Castelo Branco, no bairro República, em João Monlevade. Conforme relatos de leitores, o problema causa mau cheiro que incomoda bastante. Além dis-

so, segundo relatos, a Prefeitura já foi acionada várias vezes e a resposta é sempre a mesma: é preciso esperar, pois existem outras prioridades parecidas na cidade. “Lamentável o descaso e falta de compromisso com o cidadão”, escreveu uma leitora. Procurada, a Prefeitura,

através da Assessoria de Comunicação, disse que sabe da situação e que o serviço está programado para o início da próxima semana e será executado na segunda (21) ou na terça-feira (22).


Região 5

18 a 24 de Junho de 2021

Vale apresenta Plano de Ação e Emergência para Barragens a Nozinho A mineradora Vale apresentou na terça (15), à Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, o Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM) do Complexo de Brucutu. O prefeito, Raimundo Nonato de Barcelos - Nozinho (PDT), Defesa Civil, Jurídico e Desenvolvimento Social estiveram atentos às explicações da equipe da Vale que necessita da aprovação municipal para sua Nívia Martins/ACOM-PMSGRA

EQUIPE da Vale e Prefeitura reunidos durante apresentação do Plano de Ação

Câmara lança pesquisa para estudantes sobre Parlamento Jovem A Escola do Legislativo Isabel Rodrigues, da Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, lançou uma pesquisa para verificar o interesse dos estudantes matriculados no Ensino Médio em participar do Parlamento Jovem 2021. Em decorrência da Pandemia da Covid-19, a Escola do Legislativo propõe que o Parlamento Jovem seja realizado este ano de maneira remota - ou seja, virtual -, seguindo os protocolos de segurança contra a propagação do vírus. Sendo assim, a pesquisa busca analisar quantos estudantes teriam condições de participar a distância. Em seguida, será decidido o número de vagas para que as inscrições sejam abertas. O projeto tem a duração prevista de cinco meses. Para responder à pesquisa, acesse o site oficial da Câmara de São Gonçalo: www.camarasaogoncalo.com.br.

LANÇAMENTO No dia 7 de maio, o presidente da Câmara de São Gonçalo, Diego José Ribeiro (PDT), participou virtualmente do Lançamento Estadual do

Parlamento Jovem de Minas Gerais, que completa 18 anos em 2021. Durante o evento, foi anunciado que a temática 'Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável' continuará sendo estudada e debatida no PJ Minas. Essa decisão foi tomada, de forma coletiva, pela Coordenação Estadual, coordenações municipais e regionais do projeto. A extensão da edição 2020 tem em vista as limitações impostas pela pandemia de Covid-19. A continuidade do debate sobre o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável se justifica também por ser um assunto necessário e atual, inclusive em tempos de coronavírus. Em 2020, as Plenárias Municipais, Regionais e Estadual foram suspensas para adequação do calendário em função do novo coronavírus. A interação com os grupos de jovens e as atividades de formação temática e política continuaram em andamento de forma remota, mas dentro das possibilidades de cada Câmara parceira. Os subtemas que orientam os estudos e debates também em 2021 são: mudanças climáticas e proteção da biodiversidade; práticas sustentáveis e desenvolvimento econômico;

recursos hídricos e saneamento básico.

PROGRAMA O Parlamento Jovem é um programa de educação para cidadania e formação política voltado aos alunos do Ensino Médio. Surgiu há 18 anos, dirigido apenas aos estudantes de Belo Horizonte. Com o passar dos anos, a Assembleia Legislativa de Minas e a Escola do Legislativo buscaram a parceira das Câmara Municipais para a interiorização do programa. Em 2021, o projeto reúne 123 câmaras municipais mineiras. Os estudantes são convidados a estudar a temática e, ao final do processo, propor ações e projetos de leis.

A Escola do Legislativo Isabel Rodrigues foi criada na Câmara Municipal de São Gonçalo após a aprovação da resolução 307/2015. O espaço, inaugurado no dia 12 de julho de 2018, é destinado à promoção de palestras, debates e cursos com foco na formação política e no fortalecimento da cidadania.

A Prefeitura de Nova Era anunciou nesta semana que abriu cadastro para a população em geral acima de 18 anos para a vacinação contra a Covid-19. O registro deve ser feito exclusivamente por formulário disponível no Portal da Prefeitura, até o dia 30 de junho. Os que não possuem acesso à Internet, podem procurar a unidade de saúde mais próxima

de casa, de 13h às 16h. Segundo a Prefeitura do município, “os documentos apresentados são de total responsabilidade de quem preencheu as informações. Informa-se que o cadastro será enviado aos órgãos de controle externo e, em caso de informações falsas, ficarão sujeitos às responsabilizações administrativas, civis e penais aplicá-

veis”, alerta a administração. Ainda segundo a Prefeitura, o andamento da vacinação está sempre disponível para consulta nas redes sociais do município. Até quarta-feira (16), o município vacinou 7754 pessoas, o que equivale a 31,5% da população vacinada com a primeira dose e 12,53% em segunda dose.

Em São Gonçalo, Ouvidoria atendeu 750 pessoas neste ano

Nívia Martins/ACOM-PMSGRA

ATENDIMENTOS presenciais e eletrônicos fazem parte da rotina diária do setor

A Ouvidoria Pública de São Gonçalo do Rio Abaixo atendeu, até a última semana, 750 pessoas neste ano. Devido à

demanda, a Prefeitura ampliou a sala de atendimento, que também passou por reestruturação e ganhou novo mobiliário.

Segundo a administração, o atendimento presencial acontece em duas salas totalmente reformadas e amplas, o que agiliza o serviço e evita aglomerações. Para o responsável pelo setor, Breno Augusto Aranda Vieira, o novo espaço busca atender as pessoas de forma mais humanizada e acolhedora, proporcionando escuta qualificada e cidadã. O setor atende diversos tipos de manifestações através de seus canais de atendimento presencial e eletrônico. Sugestões, elogios, solicitações, reclamações e denúncias sobre serviços e políticas públicas são as mais comuns. O telefone de contato da Ouvidoria é o (31) 3820-1951 e o e-mail: ouvidoria@saogoncalo.mg.gov.br.

Prefeito de Itabira anuncia retorno da casa de apoio em BH

Divulgação

AS ESCOLAS de Educação Infantil, de Tempo Integral e Fundamental da rede municipal participaram da formação na semana passada

mação adequada é fundamental para construir escolas, cidadãos e profissionais mais competentes, éticos e humanos”, ressaltou. A capacitação promovida pela equipe, através das formadoras Anésia Marina de Sena e Maria de Lourdes Guedes Melges, abrangerá ao todo 58 profissionais. A capacitação é para todas as escolas da cidade e encerra essa semana com os profissionais do Centro Educacional de São Gonçalo do Rio Abaixo (Cesgra). A secretária de Educação,

do Plano referentes a Evacuação e Abastecimento de Água. A determinação que divide o Plano em cinco seções foi alterada para adequação a legislação aprovada em fevereiro. De acordo com a Vale, as mudanças são referentes a apresentação das informações, com novas instruções técnicas e alterações no processo de aprovação.

Nova Era abre cadastro para população acima de 18 anos

ESCOLA DO LEGISLATIVO

Inclusão é tema de formação de Assistente de Educação Básica

A Secretaria de Educação (SME) de São Gonçalo do Rio Abaixo encerra, nesta semana, a formação de Assistente de Educação Básica. O tema central é a Leitura e Escrita e Análise do Sistema de Escrita Alfabética (SEA). Segundo a coordenadora da equipe de Educação Inclusiva, a pedagoga Cristiane Carla Pereira, o objetivo é incentivar a leitura e a escrita dos alunos e capacitar os professores que os acompanham, promovendo uma maior interação e aprendizagem. “Uma for-

ampliação de atividade no território. Esta é uma nova versão do Plano apresentado em abril. O gerente de relações Institucionais, Pedro Scaltini, e a equipe coordenadora do PAEBM explicaram que o Plano também seria apresentado a Defesa Civil do Estado, mas antes fez questão de apresentar à Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo. O motivo são as alterações nas Seções

Lucinda Imaculada de Barcelos Santos, afirmou que a Prefeitura vem investindo em educação especial, com uma equipe específica para essa linha educacional e a contratação e formação dos Assistentes de Educação Básica para promover um acompanhamento de qualidade aos estudantes. A rede municipal possui 37 alunos com laudo para educação especial, porém há mais de 130 casos em análise.

O prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage (PSB), autorizou, nesta quarta-feira (16), a abertura do processo de contratação da casa de apoio para pacientes em Belo Horizonte. O chefe do Executivo tratou do assunto com a secretária municipal de Saúde, Luciana Sampaio, e pediu celeridade para que o espaço volte a funcionar na capital mineira. A casa de apoio é um ambiente para acolher pessoas de Itabira que fazem tratamento em Belo Horizonte. O espaço era ofertado pela Prefeitura até o início de 2017, quando foi suspenso pela gestão anterior. Desde então, os pacientes estão sem um local para passar o dia enquanto todos os atendimentos daquela data são realizados na capital. De acordo com a secretária Luciana Sampaio, cerca de 300 itabiranos são levados a Belo Horizonte mensalmente para tratamentos diversos, sobretudo aqueles de alta complexidade, como radioterapia, cateterismo, arteriografia e outros. Esses pacientes muitas vezes fazem o procedimento pela manhã e precisam ficar em BH o dia inteiro, até que todos os transportados pela Prefeitura também concluam seus exames. “A casa de apoio

Acom/PMI

PREFEITO Marco Antônio Lage e a secretária Luciana Sampaio

vem para trazer dignidade à jornada que essas pessoas vivem diariamente, que por si só já é muito delicada. De maneira inexplicável, esse serviço tão importante foi suspenso nos anos passados, mas era uma meta já anunciada por nós, ainda durante a campanha, retomar com a Casa de Apoio”, afirma o prefeito. Ele lembra ainda que a retomada da casa de apoio foi demandada também pela Câmara Municipal, inclusive, com uma indicação do vereador Marcelino Guedes logo no início da atual legislatura.

VISITAS A secretária Luciana Sampaio comenta que técnicos da

pasta já visitam casas de apoio em Belo Horizonte desde o mês de fevereiro, para conhecer estruturas oferecidas e elaborar o edital de licitação para o espaço a ser contratado pela Prefeitura. A estrutura deverá dispor de cama, sala com TV, quatro refeições diárias e equipe preparada para prestar toda assistência aos itabiranos. Segundo a secretária, os documentos necessários para a licitação já são levantados e o procedimento deverá seguir com o rito de tramitação nos próximos dias. A expectativa é de que a casa de apoio já esteja em funcionamento a partir do início do segundo semestre.


6

18 a 24 de Junho de 2021

Geral

Ônibus passam a parar em pontos alternados em Carneirinhos O embarque e o desembarque de passageiros nos pontos de ônibus ao longo da avenida Wilson Alvarenga, em Carneirinhos, vão mudar. Agora, cada linha terá sua parada específica, no trecho entre a Praça Domingos Silvério e o Centro Educacional, dos dois lados da avenida. Na prática, segundo a Prefeitura, a modificação vai otimizar o trânsito e, consequentemente, promover melhoras no transporte público. “A intenção é garantir mais conforto para quem usa o transporte coletivo, evitando o congestionamento ao longo da avenida. Além disso, a mudan-

ça possibilita mais agilidade no trânsito”, explicou o chefe do Settran, José Jayme Figueiredo Franco. A alternância das paradas vai entrar em vigor na terça-feira (22). Portanto, os usuários devem ficar atentos. Para sinalizar os locais, o Setor de Trânsito e Transporte da Prefeitura de João Monlevade (Settran) está instalando placas indicativas com o número das linhas específicas que irão parar nos locais. A relação completa dos itinerários e os pontos em que cada um deles vai parar estão abaixo:

LINHAS POR PONTOS DE ÔNIBUS Praça Domingos Silvério Parada das linhas: 11, 12, 20, 30, 33, 40, 104, 141, 151 e 155 Banco Mercantil Parada das linhas: 11, 12, 22, 30, 33, 40, 42, 45, 104, 141, 151, 152, 154 e 155 Praça do Lindinho Parada das linhas: 20, 22, 42, 152, 154 e 155

Praça do Povo Parada das linhas: 11, 12, 30, 33, 40, 42, 45, 104, 141, 151, 152, 154 e 155 Varejão Sacola Cheia Parada das linhas: 13, 14, 20, 22, 42, 45, 104, 152, 154 e 155 Centro Educacional Parada das linhas: 11, 12, 13, 14, 30, 33, 40, 42, 141 e 151 ITINERÁRIOS 11 (Lourdes - Beira Rio) 12 (Boa Vista - Jacui) 13 (Rosário - Beira Rio) 14 (Rosário - Hospital) 20 (Lucília - Sion) 22 (Satélite - Nova Monlevade) 30 (Estrela D´Alva - Hospital) 33 (Laranjeiras - Planalto) 40 (Estrela D´Alva - Belmonte) 42 (Circular - Centro) 45 (Pedreira - Santa Bárbara) 104 (Teresópolis - Santa Bárbara) 141 (República - Hospital) 151 (República - Divisa) 152 (Rodoviária - Santa Bárbara) 154 (ABM - Santa Bárbara) 155 (Promorar - Carneirinhos)

Sérgio Henrique/AcomPMJM

PLACAS indicativas com o número das linhas estão sendo instaladas

Carros abandonados são retirados das ruas

Campanha “O Aço Salva Vidas” repassa cestas básicas ao Fundo de Assistência Social ARRECADAÇÃO DE DOAÇÕES CONTINUA ATÉ 30 DE JUNHO

Divulgação/Acom-PMJM

SETTRAN notificou donos de carros abandonados

Divulgação

FORAM entregues 1.559 cestas básicas nesta semana

A ArcelorMittal entregou, nesta quarta-feira (16), a primeira parte das cestas básicas provenientes dos recursos doados pela comunidade e pela empresa por meio da campanha “O Aço Salva Vidas”. As primeiras cestas foram montadas com doações feitas até o dia 31 de maio. “Nesta primeira parcela estão sendo adquiridas 1.559 cestas básicas ao Fundo de Assistência Social de João Monlevade, que serão utilizadas pelo município ao longo do ano em benefício das famílias cadastradas pela Secretaria de Assistência Social”, informa a empresa. Segundo a ArcelorMittal, a campanha de arrecadação de

recursos foi prorrogada até 30 de junho. A dinâmica da campanha prevê que, a cada R$1,00 arrecadado por meio de doações da comunidade, a empresa doará mais R$1,00 até o teto de R$1,2 milhão. “A expectativa é destinar um total de R$2,4 milhões a instituições dos municípios nos quais a ArcelorMittal está inserida no Brasil”, afirma a empresa. O doador poderá escolher qual instituição será beneficiada. Em João Monlevade, a instituição cadastrada é o Fundo Municipal de Assistência Social, assim como na cidade de Bela Vista de Minas. Para o gerente de Pessoas da ArcelorMittal Monlevade, Vander Neves, a campanha reforça

o compromisso da empresa em contribuir com a sociedade. “Desde o início da pandemia temos feito um trabalho de apoio à comunidade. Foi assim com o Hospital Margarida no início da pandemia e agora contribuindo para amenizar a situação da fome no nosso município. O mais importante dessa campanha é que ela desperta o sentimento de solidariedade em toda a sociedade. A empresa faz a doação dela, mas estimula que outras pessoas, empresas, entidades possam fazer também. Agradecemos a todos que participaram e que nos ajudaram a promover a campanha”, disse. Além de Vander Neves, participaram da entrega da primei-

ra parcela das cestas básicas o prefeito Laércio Ribeiro, o vice-prefeito Fabrício Lopes e a secretária municipal de Assistência Social, Marinete da Silva Morais.

COMO DOAR As contribuições poderão ser efetuadas por meio do portal de doações www.fundacaoarcelormittal.org.br/doacao. Nesse ambiente, os interessados escolhem quais instituições desejam beneficiar e o valor a ser destinado para cada uma, com emissão de boleto para pagamento do valor total.

Para evitar reboque, proprietários de 13 carros retiraram os veículos que estavam abandonados nas ruas de Monlevade nesta semana. Quatro desses estavam estacionados na avenida Armando Fajardo, no bairro Loanda; um na rua Maçônica, no bairro Belmonte; um na rua Inglaterra, no bairro Teresópolis; quatro na rua Marquês de Alegrete, no bairro Novo Cruzeiro; dois na avenida Getúlio Vargas, no bairro Belmonte; e um na rua Antônio Luiz Sobrinho, no bairro Lucília. A ação ocorreu após notificação feita por agentes de trânsito. No mês passado, numa primeira ação de notificação e re-

boque de veículos estacionados de forma irregular pelas ruas da cidade, agentes do Setor de Trânsito e Transporte (Settran), com apoio da Polícia Militar, notificaram quatro donos de carros com indícios de abandono. Três automóveis foram rebocados. Segundo a Prefeitura, a população pode continuar denunciando os veículos abandonados. Todas as queixas são conferidas. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 3851-4430, das 7h às 17h. Uma equipe do Settran faz a vistoria no local informado pelo denunciante e notifica os proprietários dos veículos.

Donativos de campanha de agasalho entregues para albergue de Monlevade

Escola promove arraiá solidário em prol do Lar São José Solidariedade e diversão. É com esse propósito que o Centro Educacional Pedacinho do Céu vai promover seu “25º Arraiá” no próximo domingo (20), a partir das 15h, de forma online devido à pandemia do coronavírus. O evento será em forma de live, através do canal da escola no Youtube. “Queremos proporcionar alegria e ajuda para quem necessita. Neste ano, estamos arrecadando fraldas, caixas de leite, Mucilon e outros para atender ao asilo Lar São José”, informa a diretora da escola, Léia Espíndola. A live será transmitida do auditório da Acimon e será apresentada por Walex Ribeiro e Édio Souza, que prometem muita interatividade com o público. O show musical fica-

rá por conta de Leidy Godoy e Willian Salgado, com participação especial do aluno Luiz Otávio Vital e do professor de música Guilherme Gomes. Na oportunidade, serão exibidos vídeos com as danças juninas dos alunos. Também ocorrerá a premiação do concurso Rei e Rainha do Pedacinho do Céu. As fotos dos alunos foram postadas no Instagram da escola e os que ganharem mais curtidas serão os vencedores. “Mais uma vez realizaremos um evento com a certeza de garantir a diversão de todos os participantes, oferecendo conforto, interatividade e seguindo com os protocolos de segurança”, afirma Léia O evento vai contar ainda com drive thru de comidas tí-

Ramínie Moreira

PRIMEIRA remessa de doações foi entregue nesta semana

picas (caldo, canjica, pastel, doce, tropeiro). O kit junino está à venda e deverá ser retirado na sede da Acimon, na rua Floresta, nº 105. As doações para o asilo também podem ser entregues na Acimon, ou ainda no Buffet Barenze, na

Ótica Novo Mundo ou na escola Pedacinho do Céu. Quem preferir, pode entrar em contato direto com a escola através do telefone (31) 99927-9470, tanto para doações quanto para reserva dos kits juninos.

Os donativos arrecadados durante a campanha de doação de agasalhos movida pelos servidores da Prefeitura de João Monlevade foram direcionados para o albergue do município. Essa foi a primeira remessa de agasalhos arrecadados já que a campanha continua internamente. Segundo a responsável pelo Albergue, Maria de Lourdes Fernandes (Filinha), as roupas doadas passarão por uma triagem e as que não forem utili-

zadas pelos albergados (roupas infantis, por exemplo) serão encaminhadas para outros locais e entidades. A campanha foi encabeçada pelos servidores Márcio Mery Prado (vigia) e Ramínie Moreira (setor de Parcerias) que mobilizaram os demais trabalhadores para a doação de agasalhos. A campanha interna conta com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, que em breve informará novos pontos de coleta dos agasalhos.


Geral 7

18 a 24 de Junho de 2021

Imóveis em João Monlevade estão mais caros que em Itabira, diz pesquisa

Arquivo JAN

VISTA da região central de Monlevade

O metro quadrado dos imóveis em João Monlevade está, no momento, na média, mais

caro que o de terras itabiranas. É o que diz levantamento do DataMG, Centro de Informa-

ção e Pesquisa, realizado nos meses de maio e junho, junto às principais imobiliárias do mer-

cado das duas cidades. A pesquisa revela que o preço médio do metro quadra-

do das casas, lojas e lotes em João Monlevade é superior aos desses imóveis em Itabira. O valor do metro quadrado de uma casa em Monlevade é R$3.428,57 contra R$1.760,46 em Itabira. Os lotes têm preço médio de R$530,12 o metro quadrado em Monlevade e de R$484,29 em Itabira. Já o preço médio do metro quadrado de lojas em João Monlevade é de R$6.274,73 contra R$3.842,93 em Itabira. A exceção é o preço médio do metro quadrado dos apartamentos nos municípios. Enquanto em João Monlevade o preço é R$3.048,78, em Itabira, o valor é R$3.630.95. “O deta-

lhe é que os apartamentos monlevadenses são, em média, mais caros que os de Itabira, porém são maiores em metragem”, diz o Instituto. Conforme o DataMG, o estudo foi realizado em pesquisa nos sites das 12 maiores imobiliárias dos dois municípios, 7 em Itabira e 5 em João Monlevade. “Ao todo, foram considerados o preço médio e a metragem de 510 imóveis entre casas, lotes, apartamentos e lojas para venda. Foi calculado o valor por metro quadrado baseado no preço médio do tipo de imóvel dividido pelo tamanho médio da unidade”, afirma o Data MG.

Pandemia aumenta atividades de transporte de passageiros e mercadorias, diz Sebrae

Valor do metro quadrado por tipo de imóvel Relação preço médio x Metragem média

POR OUTRO LADO, REDUZ REGISTROS DE TRANSPORTE ESCOLAR E EVENTOS

UNIMED JOÃO MONLEVADE COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA. CNPJ 66.191.263/0001-33 EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA COOPERATIVAÇÃO DE MÉDICOS

Em conformidade com o Regimento Interno da Unimed João Monlevade Cooperativa de Trabalho Médico Ltda, o Conselho de Administração COMUNICA a todos os médicos interessados e devidamente habilitados, que serão abertas as inscrições no período de 18/06/2021 a 28/06/2021 para o ingresso de médicos no quadro de cooperados da Unimed João Monlevade, visando o preenchimento de 02 vagas, considerando as seguintes especialidades:

Especialidade

Quantidade de Vagas

Neurologia Clínica

01

Anestesiologia

01

1 - INSCRIÇÕES 1.1 Os interessados deverão entregar a documentação abaixo relacionada na Sede da Unimed João Monlevade, situada à Rua Florianópolis, nº 27, Bairro Nossa Senhora da Conceição, em João Monlevade-MG, CEP 35930-018, aos cuidados da Diretoria Executiva, a ser protocolado na Central de Atendimento. 2 - REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO 2.1 O candidato deverá ser portador do Título de Especialista emitido pela Sociedade da Especialidade ou Residência Médica credenciada pelo MEC, ambos com registro no CRMMG (RQE). 2.2 Exercer atividade profissional em pelo menos um dos seguintes municípios, os quais compõem a área de atuação da Unimed João Monlevade: João Monlevade, Rio Piracicaba, São Domingos do Prata, Nova Era, Bela Vista de Minas, São José do Goiabal, Alvinópolis, Dom Silvério, São Gonçalo do Rio Abaixo, Dionísio. 2.3 Disponibilidade e local de trabalho definitivo (consultório / hospital / clínica, conforme especialidade) para atendimento efetivo e aceitar as normas administrativas da Unimed João Monlevade; 2.4 Estar inscritos no Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais; 2.5 Possuir residência e exercício da profissão de no mínimo 1 (um) ano, na área de ação da Unimed João Monlevade. 3 – DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO 3.1 - O médico candidato a se associar à Unimed João Monlevade deverá apresentar correspondência aos cuidados da Diretoria Executiva, contendo local, horário e telefone de atendimento, indicando o interesse no processo de cooperativação, bem como cópia dos seguintes documentos que serão protocolados na Cooperativa conforme definido no item 1.1 deste edital: Cópia autenticada do título de residência médica, com duração mínima de dois anos consecutivos, reconhecido pelo MEC e/ou título de especialista fornecido pela Sociedade Brasileira da especialidade, reconhecida pela Associação Médica Brasileira e registrado no Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (RQE); a) Solicitação de cooperação na especialidade e suas respectivas áreas de atuação, de acordo com a Resolução CFM nº 2149/2016 e seus anexos, bem como suas modificações futuras; b) Curriculum vitae; c) Diploma; d) Inscrição no CRM-MG; e) CPF e Carteira de Identidade; f) CTPS - Carteira de Trabalho e Previdência Social; g) Comprovante de regularidade de anuidade perante o CRM/MG; h) Declaração que reside na área de ação da Unimed João Monlevade, com endereço da residência e comprovante de endereço em nome do candidato; i) Comprovante de inscrição como autônomo no INSS; j) Comprovante de registro no CNES do seu consultório e/ou estabelecimento de saúde onde atende dentro da área de ação da Unimed João Monlevade; k) Declaração constando o local de trabalho definido (consultório / hospital / clínica) para atendimento efetivo de beneficiários, devendo este possuir estrutura mínima exigida pela legislação vigente. Apresentar cópia de alvará sanitário e de localização; l) Comprovante de recolhimento anual do ISSQN junto a Prefeitura Municipal da cidade onde o médico atua; m) Informações bancárias para depósito no Banco Credicom: Banco, Agência, Conta Corrente. 4 - CRITÉRIOS DE DESEMPATE 4.1 - Havendo número de candidatos superior ao número de vagas disponíveis, serão considerados os seguintes critérios de desempate: a) O candidato que atingir maior pontuação na prova escrita, que contemplará questões sobre ética, cooperativismo e técnica, devendo ter um aproveitamento mínimo de 50% (cinquenta por cento); b) Permanecendo o empate, será aprovado o candidato com maior tempo de exercício na especialidade. 5 - CONDIÇÕES PARA COOPERAÇÃO 5.1 – Para cooperar-se os médicos deverão ainda preencher as seguintes condições: a) Concordância com o Estatuto Social, Regimento Interno e demais atos normativos e exigência da Cooperativa; b) Além dos dispositivos legais vigentes, deverá realizar cursos sobre Cooperativismo a serem disponibilizados pela Cooperativa; c) Integralização de quotas partes no valor mínimo estabelecido pelo Conselho de Administração; d) Assinar o livro de matrícula de cooperados juntamente com o presidente da Unimed João Monlevade. 6 - OBSERVAÇÕES 6.1 - O preenchimento dos requisitos dispostos no presente edital dão direito ao médico a candidatar-se à vaga divulgada, porém, não garante ao mesmo a cooperação, que será objeto de parecer do Conselho Técnico Disciplinar e deliberação posteriormente pelo Conselho de Administração, que poderá negar a admissão de qualquer proponente, desde que a decisão resulte da aprovação dos membros do Conselho presentes na reunião de apreciação das solicitações; 6.2 - Caso a (s) vaga (s) ofertada (s) no edital publicado não seja (m) preenchida (s), quer seja por falta de inscritos ou por não preenchimento dos requisitos dispostos, o referido edital terá validade por um ano, contado da data da sua publicação, podendo novos proponentes se inscreverem a qualquer tempo durante a vigência do mesmo; 6.3 - A Unimed-JM poderá, a qualquer tempo, eliminar deste Processo Seletivo, o candidato que porventura descumprir as normas ou o regulamento do presente Edital. 6.4 - Os dados pessoais disponibilizados pelo candidato serão tratados pela Unimed João Monlevade em conformidade com a legislação vigente, em especial a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, exclusivamente para fins de comprovação dos requisitos exigidos no presente edital, bem como para o ingresso dos médicos selecionados no quadro de cooperados da Unimed João Monlevade. 6.5 – Ao se candidatar, o titular dos dados manifesta o seu interesse no processo seletivo, de forma que consente e concorda com o tratamento dos seus dados na forma acima prevista, estando também ciente que a Unimed João Monlevade poderá permanecer com os dados pelo período mínimo necessário para comprovar a integridade do processo seletivo.

João Monlevade, 18 de junho de 2021. Marcelo Lopes da Mota Diretor Presidente

Erivelton Braz

TRANSPORTE de mercadorias cresceu em todo o estado

O Sebrae Minas realizou uma análise das principais mudanças ocorridas no perfil das atividades empresariais do microempreendedor individual (MEI) durante a pandemia. Apesar do saldo geral positivo de mais de 204 mil MEI entre março do ano passado e março deste ano, um crescimento de 19% no período, algumas atividades cresceram muito com as medidas de restrição adotadas, enquanto outras sofreram bastante e, em alguns casos, estão à beira da extinção. O levantamento mostra que as atividades relacionadas à transporte de pessoas e mercadorias (serviços de aplicativo) e à venda de peças e acessórios para motocicletas estão entre as que mais cresceram no período. Em sentido oposto, a maior retração de registros de MEI durante a pandemia foi em atividades obsoletas, a exemplo de locação de DVD e fitas de vídeo, ou fortemente impactadas pela pandemia, como é o caso dos profissionais que trabalham com transporte escolar independente. Até 2020, João Monlevade registrava 5.096 MEI´s. De janeiro a abril deste ano, foram registradas 309 novas formalizações no município. As atividades de destaque em 2021 foram cabeleireiros, manicure e pedicure, segundo o Sebrae. Atualmente, Minas Gerais tem 1.358.943 MEI, contingente que representa 63% dos pequenos negócios do Estado.

EXPANSÃO Considerando número de MEI registrados em Minas Gerais os maiores aumentos foram: Motorista de Aplicativo Independente foi a atividade que mais aumentou (114%) no período, passando de pouco mais de 5 mil microempreendedores para quase 11 mil motoristas registrados como MEI. A distribuição por sexo é de 92% ho-

mens e 8% mulheres. Em segundo lugar, entre as atividades do MEI que mais aumentaram durante a pandemia, com 106% de aumento, aparece a de Comerciante de Peças e Acessórios Usados para Motocicletas. Eram 67 registrados em março de 2020 e, um ano depois, já eram 138 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo não apareceu no Portal do Empreendedor. Entregador de Malotes Independente teve um crescimento de 89%, passando de pouco mais de 1,1 mil, em março do ano passado, para cerca de 2,2 mil no mesmo mês deste ano. A distribuição por sexo é de 82% homens e 18% mulheres. Proprietário(a) de bar, com entretenimento (crescimento de 86%), eram 2.528 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 4.698 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo não apareceu no Portal do Empreendedor. Serviço de preparação de terreno, cultivo e colheita (crescimento de 63%), eram 2.151 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 3.512 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 88% homens e 12% mulheres. Editor (a) de vídeo independente (crescimento de 55%), eram 2.085 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 3.241 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 70% homens e 30% mulheres. Fabricante de calçados de couro independente (crescimento de 52%), eram 2.546 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 3.875 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 27% homens e 73% mulheres. Clicherista independente (crescimento de 50%), eram 1.082 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 1.619 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 61% homens e 39% mulheres. Digitador(a) independente

(crescimento de 46%), eram 10.723 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 15.606 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 45% homens e 55% mulheres. Proprietário(a) de restaurante independente (crescimento de 42%), eram 15.119 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 21.488 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 44% homens e 56% mulheres.

RETRAÇÃO Segundo o estudo do Sebrae Minas, o número de MEI reduziu apenas em atividades que já estão defasadas ou que foram muito afetadas pela pandemia. As cinco atividades que mais fecharam no período foram: Proprietário(a) de fliperama independente (redução de 7%), eram 103 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 96 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 75% homens e 25% mulheres. Locador(a) de fitas de vídeo, dvds e similares (redução de 5%), eram 210 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 199 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 60% homens e 40% mulheres. Comerciante de discos, cds, dvds e fitas (redução de 5%), eram 457 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 434 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 72% homens e 28% mulheres. Transportador(a) escolar independente (redução de 4%), eram 7.780 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 7.491 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 72% homens e 28% mulheres. Locador(a) de palcos, coberturas e outras estruturas (redução de 2%), eram 485 em março de 2020 e agora, em março de 2021, são 476 MEI nessa atividade. A distribuição por sexo é de 76% homens e 24% mulheres.


18 a 24 de Junho de 2021

8 Classificados/Geral

Yoga para manter saúde PRÁTICA AJUDA A MANTER EQUILÍBRIO MENTAL E FÍSICO DURANTE PANDEMIA, DIZEM ESPECIALISTAS

Divulgação

PROFESSORES falam dos benefícios da prática

1 Aluguel IMÓVEIS

APTO em Belo Horizonte, rua Paraíba, Savassi, c/135m², 4 qtos (sendo 1 suíte), sala, copa, cozinha, banheiro social, área de serviço, dependência c/banheiro, 2 vagas de garagem. Tr. Mariana 99196-0171 ________________ APTO na av. Getúlio Vargas, em cima do Magazine Luiza, c/3 qtos (1 c/suíte), dependência. Bom p/ comércio. Tr. 98771-2900 ________________ APTO na rua Atenas, bairro Nova Aclimação, c/2 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social, garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO na rua Dirceu da Fonseca, bairro Mangabeiras, c/3 qtos (sendo 1 suíte c/guarda roupa), sala p/2 ambientes c/ sacada, cozinha c/armário, banheiro social, área de serviço, DCE completa, garagem p/3 carros, elevador. Tr. 38513596 PJ857 ________________ APTO na rua Guanabara, 253, apt.106, bairro República. C/2 qtos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Tr. 3852-2048 ________________ APTO na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/2 qtos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos 98681-8835 ________________ APTO no bairro Alvorada, c/3 qtos (suíte), sala p/2 ambientes, banheiro social, cozinha, área de serviço e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, rua Dona Clara, bloco 19, apt. 102, c/2 qtos, sala, cozinha e banheiro. Tr. Genivaldo 995890930 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ BARRACÃO na rua Richard, nº 40, fundo com av. Getúlio Vargas 4.375, c/100m² livre, s/divisória, 2 banheiros. Tr. 98771-2900 ________________ CASA na rua Guanabara, 209. Tr. 99781-4345/996026759 ________________ CASA na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/sala, 2 qtos,

cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos (31) 98681-8835 ________________ CASA no bairro República, c/3 dormitórios, sem garagem, ótima localização. Tr. Luzia 38524190/98010-4190 ________________ DUPLEX na rua Sabará, bairro Lourdes, c/2 qtos (sendo 1 suíte c/closet), sala p/2 ambientes c/ sacada, escritório, 2 banheiros sociais, cozinha c/sacada, área de serviço, área gourmet coberta fechada c/vidro, 2 vagas da garagem, aquecedor solar. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOJA na av. Alberto Lima, 1977. Tr. 99918-5050 ________________ LOJA na av. Getúlio Vargas, bairro Carneirinhos, c/aprox. 45m², sobreloja e banheiro. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOJA no bairro Santa Bárbara, c/aprox. 60m², banheiro. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ QUITINETE atrás do EPA. Tr. 99781-4345/99602-6759 ________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, bairro Carneirinhos, c/1 qto, cozinha, banheiro. Tr. 38513596 PJ857 ________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, c/1 qto, sala, cozinha e banheiro social. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ QUITINETE na rua Mumbica, bairro José Elói. Tr. Luzia 38524190/98010-4190 ________________ QUITINETE na rua Olinda Dias Fernandes, bairro Santa Bárbara. Tr. Luzia 3852-4190/980104190 ________________ QUITINETES (novas) na av. Getúlio Vargas, nº 4.375, bairro Carneirinhos. Tr. 98771-2900 ________________ QUITINETES (novas) na rua do Andrade, bairro José Elói, c/ garagem. Tr. 3852-4190/980104190 ________________ QUITINETES (novas) nos bairros Rosário e José Elói. Tr. 38524190/98010-4190 ________________ RESTAURANTE montado, onde funcionava o Buteco da Vila, em frente à Funcec. Tr. 98771-2900 ________________ SALA na av. Getúlio Vargas, bairro Carneirinhos, c/aprox. 30m², banheiro. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, c/banheiro e área de 35m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, no edifício São Gonçalo. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ SALA na rua Fernão Dias, bairro Rosário, c/aprox. 28m², banheiro. Tr. 3851-3596 PJ857

O Dia Internacional do Yoga, comemorado em 21 de junho, próxima segunda-feira, tem o objetivo de valorizar a prática de exercícios e meditação para o corpo e a mente. Durante a pandemia da Covid-19, muitas pessoas passaram por dificuldade para se adaptar ao novo estilo de vida exigido pelo isolamento social, para frear a disseminação do vírus. Por isso, o yoga acabou sendo uma alternativa para quem buscava uma maneira de relaxar e manter o corpo ativo e a mente relaxada, longe do estresse, da ansiedade ou da depressão que acometeu muitas pessoas. Originária na Índia há mais de 5 mil anos, a atividade – que em sânscrito significa unir – compreende um grupo de

2 IMÓVEIS Compra e Venda APTO na rua Etelvino Rocha, bairro Vale do Sol, c/3 qtos (sendo 2 c/móveis planejados), banheiro, cozinha planejada, uma vaga na garagem. Tr. Mauro 99946-9636 ________________ APTO na rua Gomes Batista, 639, apt. 202, bairro Lourdes, c/2 qtos (c/armários), sala, cozinha, banheiro, área de serviço, 1 vaga de garagem. Tr. 985101759/98201-0840 ________________ APTO na rua Guanabara, nº 209, bairro República, c/2 qtos, 2 banheiros, área de tanque e garagem. Tr. 99781-4345 ________________ APTO no bairro Campos Elíseos, c/2 qtos, sala, cozinha planejada, banheiro social, área de serviço e garagem. Tr. 38513596 PJ857 ________________ APTO no bairro Carneirinhos, c/2 qtos (sendo 1 suíte), sala, cozinha conj. c/área de serviço. Pode ser usado como ponto comercial, excelente localização. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ CASA em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2 qtos, toda murada. Aceita-se carro. R$120 mil. Tr. 97510-2426/99607-9699 ________________ CASA na av. Isaac Cassimiro Gomes, nº 1667, Loanda. Tr. 3850-8405/98011-3482 ________________ CASA na av. W3, nº 125, bairro Loanda, c/3 qtos, sala, copa, cozinha, banheiro, área. Tr. 972110340 ________________ CASA na rua Palmeiras, 178, bairro Alvorada, c/510m², 8 qts, 3 salas, 6 banheiros, sendo 3 suítes. Garagem p/2 carros. Área livre no lote de 150m². Aceita-se troca por apartamento em Monlevade ou Belo Horizonte, ou lote. Tr. 98765-2269 ________________ CASA no bairro Loanda, c/2 qtos, sala, 2 banheiros, copa, cozinha planejada, área de serviço, área externa c/churrasqueira, varanda, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA no bairro Paineiras, c/ área de 307m² e lote 388m², sendo frente de 14m e fundos área verde c/42m². Tr. 38515121 PJ3637 ________________ CASA no bairro São Jorge, excelente localização, c/3 qtos (sendo 1 suíte), 2 salas, banheiro social, cozinha, área de serviço, varanda, garagem descober-

técnicas que engloba aspectos físicos, mentais e espirituais. Em celebração ao dia internacional da prática, A Notícia conversou com dois professores de yoga de João Monlevade. Nivaldo Martins, mais conhecido como Guim, dá aulas desde 1991 e está à frente do NGA Studio, no bairro Alvorada. Já Valéria Vieira inaugurou o Kami Studio de Yoga em 2019, no Loanda. Ambos falaram sobre as vantagens da prática milenar.

BENEFÍCIOS O yoga oferece diversas ferramentas que podem ser úteis no momento atual da pandemia. “A meditação tranquiliza o coração e aquieta a mente,

ta p/3 carros. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA/GALPÃO no bairro Nossa Senhora da Conceição, área construída c/aprox. 327m², 2 lotes c/área total de 600m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ CHÁCARA em Bom Jesus do Amparo, c/2000m², c/um imóvel de 10 cômodos. R$165 mil. Tr. 99626-6721 ________________ CHÁCARA no bairro Boa Vista, c/casa, 1200m². Tr. 987040531 ________________ CHÁCARAS (4) de 5 mil metros cada em São Gonçalo do Rio Abaixo, perto da Porteira Amarela. Valor a combinar. Aceita-se carro. Tr. 38510102/98962-0102 ________________ LOJA, sobreloja e quintal na av. Alberto Lima, 1977. Área total de 714m². Tr. 99918-5050 ________________ LOTE na rua Castanheiras, bairro Sion, c/360m². Tr. 987580195 ________________ LOTE na rua Emílio Gonçalves, bairro Cruzeiro Celeste. R$65 mil. Aceita-se carro ou moto novos. Tr. Antônio 38525189/99808-3598/98704-9455 ________________ LOTE na rua Trinta, bairro Loanda, c/360 m². Tr. 98745-5636 ________________ LOTE no bairro Campos Elíseos, c/aprox. 312,32 m², sendo 12,8m de frente e fundos; 24,4m nas laterais. Murado nas laterais e fundos. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, urbanizado, c/360m². Tr. 98758-0195 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, c/390m², na rua 38, quadra 19. R$100 mil. Tr. 98912-9665 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, rua 2, c/360m², escritura, urbanizado, próximo ao Rael. Vende-se ou troca-se por caminhão MB 3/4.Tr. 99548-3693 ________________ LOTE no bairro Metalúrgico. Tr. c/Edna ou Daniel 3851-0102 ________________ LOTE no loteamento Parques do Vale, ao lado da Lagoa Silvana, em Ipatinga, c/área total de 376m², em área residencial. C/escritura. R$120.000,00. Somente interessados. Tr. José Luiz (31) 99963-0778 ________________ LOTES (3) no bairro Laranjeiras, cada um medindo aprox. 285m². Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOTES no bairro Sion, c/ área de 360m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ PONTO COMERCIAL na av. Alberto Lima, nº1977, loja, sub loja e quintal. Área 714m². Tr. 99918-5050 ________________ PRÉDIO de 3 andares na av. Cândido Dias, bairro Loanda, nº1513 (possui 3 aluguéis). Tr. Edmilson 97501-8265

________________ PRÉDIO no bairro Loanda, c/2 aptos, sendo apto térreo c/2 qtos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. Apto 2º andar c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala de visita, cozinha, banheiro social, varanda, área c/piscina e quintal, 2 vagas de garagem, banheiro na garagem. Tr. 38513596 PJ857 ________________ QUITINETE toda mobiliada no bairro Rosário, rua Angelina Ponce Martins, c/quarto, sala, cozinha, banheiro, c/52m². R$160 mil. Tr. 98721-8650 ________________ TERRENO c/7 hectares, casa colonial, ou chácaras. Na região de Abre Campo. Aceita-se troca no negócio. Tr. c/Edna ou Daniel 3851-0102 ________________ TERRENO em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2,5 hectares c/muita água de nascente. Aceita-se carro. Tr. 975102426/99607-9699 ________________ TERRENO na rua Magalhães Pinto, bairro Cruzeiro Celeste, c/6.300m². R$600 mil. Tr. Antônio 3852-5189/998083598/98704-9455 ________________ TERRENO no bairro José Elói, c/190m². R$45 mil. Aceita-se moto ou carro de menor valor como parte do pagamento. Tr. 98721-8650

3 DIVERSOS VENDE-SE esterco. Tr. 995300471/3852-2474 ________________ VENDEM-SE areia e brita. Tr. Rogério 98608-0943

4 SERVIÇOS INVESTIGADOR particular c/10 anos de experiência. Tr. 99555-9153 _________________ PEDREIRO, serviços de alvenaria, lajes, ferragens, construção, acabamento. Tr. 986813393 ________________ PEDREIRO de alvenaria e acabamento. C/referência. Tr. 99921-1657 ________________ REALIZA-SE serviço de demolição em geral e limpeza. Tr. Adriano 98721-8650 ________________ SERVIÇOS GERAIS, passadeira. Tr. Marina 38514365/98838-4232

combatendo efetivamente o estresse e a ansiedade. Os pranayamas (exercícios respiratórios) são imprescindíveis em todas as estações, pois tonificam e revigoram os pulmões, um dos órgãos mais afetados pela Covid-19. Os ásanas (posturas físicas e psicofísicas) tonificam, alongam e equilibram o sistema imunológico”, explica Guim. “O yoga pode ajudar quem pratica a melhorar a saúde física, mental, emocional e espiritual”, conta Valéria. Além disso, a professora começou recentemente a dar aulas para crianças. “Para os pequenos, é também uma busca de autoconhecimento, mas na linguagem deles. A atividade acalma a mente, trabalha valores éticos na linguagem adequada à faixa etária e desenvolve coordenação, concentração, e equilíbrio físico, mental e emocional”, explica.

YOGA ONLINE A quarentena desencadeada pelo avanço da pandemia do coronavírus fez com que as aulas de yoga também fossem adaptadas para o modo online. Guim conta que aderiu ao regime remoto de imediato, mas que a princípio foi complicado

se ajustar às mudanças por falta de habilidades com os aparelhos eletrônicos, “a vontade de continuar fazendo o que eu faço há décadas me impulsionou, fui me adaptando e continuo aprimorando.” Seu lema é “Devemos praticar yoga para a vida”. Segundo ele, no início da pandemia houve uma queda de alunos, mas novas pessoas também procuraram pela prática. Valéria, conta que a procura se deve à busca de autoconhecimento, equilíbrio e controle da ansiedade. Hoje, ambos já voltaram com as aulas presenciais, mas não deixaram de ensinar através do meio online e híbrido. Apesar de haver quem prefere assistir às aulas pela internet para manter o isolamento social, também há pessoas de outras cidades que aderiram à prática e, devido à distância, só podem acompanhar remotamente. Valéria conta que, em Minas Gerais, tem alunos em Ipatinga, Rio Casca e Ubá, e no estado do Pará, em Canaã dos Carajás. “A aula online permite ao aluno que mora em um lugar onde não tem Studio de yoga estar aderindo à prática, então acho que, de certa forma, a internet conseguiu nos aproximar nesse momento difícil”, afirma.

ORION CONSULTORIA REPRESENTACOES & MINERACAO LTDA., inscrita no CNPJ sob o nº 08.601.752/0002-09, por determinação da Superintendência Regional de Meio Ambiente – SUPRAM Leste Mineiro, torna público que solicitou, por meio da solicitação via SLA Nº 2021.01.01.003.0001958, o Licenciamento Ambiental Concomitante – LAC1 (Licença Prévia – LP, Licença de Instalação – LI e Licença de Operação – LO, concomitantemente, em uma única fase), para o empreendimento localizado na Fazenda Ouro Fino – Matrícula 2.750, Zona Rural, CEP 35.955-000, município de Alvinópolis, no Estado de Minas Gerais, vinculado ao processo ANM Nº 831.817/2016, atividade de lavra a céu aberto – minério de ferro (A-02-03-8 – produção bruta de 300.000 t/ano), Classe 2. O requerente informa que foram apresentados os Estudos de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), e que o RIMA encontra-se à disposição dos interessados na Superintendência Regional de Meio Ambiente – SUPRAM LM, das 8h30min às 11h30min e das 13h00min às 16h30min, no local estabelecido pela publicação no “Minas Gerais”. O requerente comunica que os interessados na realização da Audiência Pública deverão formalizar a sua solicitação, conforme previsto na Deliberação Normativa COPAM nº 225, de 24 de agosto de 2018, na SUPRAM LM, localizada na Rua Oito, 146 – Ilha dos Araújos – Governador Valadares/MG, CEP: 35020-700, das 8h30min às 11h30min e das 13h00min às 16h30min, dentro do prazo de 45 dias a contar da publicação da SUPRAM LM na Imprensa Oficial de Minas Gerais – IOF/MG.

Faz saber que pretendem se casar: REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS Registro Civil das Pessoas Naturais Oficial Titular: Rosa Maria Bedetti Frade Tavares Rua Brasília, n. 91, Lucília 35930-010 - João Monlevade - MG

020278 - WESLEY BRENO LEANDRO, maior, Vigilante, residência Rua Joaquim Paulo Roberto, nº 120, Apto 104, José de Alencar, João Monlevade-MG, filho(a) de ROBERTO CARLOS LEANDRO e GERALDA DOS SANTOS LEANDRO; e MARINA DA SILVA MENDES, maior, Do lar, residência Rua Joaquim Paulo Roberto, nº 120, Apto 104, José de Alencar, João Monlevade-MG, filho(a) de LUIZ CLAUDIO MENDES e ANGELA LUCIA MENDES; 020279 - FRANCISCO REIS DANIEL, maior, Mecânico, residência Rua Israel, nº 67, Teresópolis, João Monlevade-MG, filho(a) de JOAQUIM PEDRO DANIEL e IRENE DAS DORES REIS DANIEL; e LARISSA RAFAELA RODRIGUES DE SOUZA FERREIRA, maior, Autônoma, residência Rua Israel, nº 67, Teresópolis, João Monlevade-MG, filho(a) de RAIMUNDO APARECIDO FERREIRA e RITA TÂNIA RODRIGUES DE SOUZA; 020280 - HELENILTON FRANCIS MIRANDA MARQUES, maior, Motorista, residência Rua Colatina, nº 641, Industrial, João Monlevade-MG, filho(a) de GERALDO DE FREITAS MARQUES e MÁRCIA HELENA MIRANDA MARQUES; e MILENE DUARTE DOMINGUES, maior, Opreadora de máquina, residência Rua Colatina, nº 641, Industrial, João Monlevade-MG, filho(a) de ANGELO CUSTÓDIO DOMINGUES e CONCEIÇÃO DE SOUZA DOMINGUES; 020281 - TÚLIO CÉSAR MARTINS DOS SANTOS, maior, Motorista, residência Rua José Faustino Taveira, nº 981, Boa Vista, João Monlevade-MG, filho(a) de ADILSON GERALDO DOS SANTOS e JEANE MARTINS DE SOUZA; e DÉBORA CRISTINA DE FREITAS, maior, Vendedora, residência Av. Getúlio Vargas, nº 6901, Santa Bárbara, João Monlevade-MG, fi lho(a) de GERALDO MAGELA DE FREITAS e ELIANE REGINA DOS SANTOS FREITAS; 020282 - FABRICIO MENDES FRAGA, maior, Supervisor de montagem, residência Av. Santa Helena, nº 72, Novo Cruzeiro, Ipatinga-MG, filho(a) de JOSÉ OTACILIO FRAGA e SALETE MENDES FRAGA; e NATÁLIA ALVES DOS SANTOS, maior, Autônoma, residência Av. Armando Fajardo, nº 798, Loanda, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ AGOSTINHO DOS SANTOS e NEUSA MARIA ALVES DOS SANTOS; 020283 - ADILSON RODRIGUES DE ASSIS, maior, Vendedor, residência Rua Chile, nº 65, Petrópolis, João Monlevade-MG, filho(a) de RAIMUNDO FRANCISCO DE ASSIS e ILDA JOAQUINA RODRIGUES; e ELÍZIA MARIA FERREIRA, maior, Faturista, residência Rua São Bernardino, nº 763, Apto 301, Bloco 10, Serra, João Monlevade-MG, filho(a) de JOÃO BOSCO FERREIRA e MARIA DE FÁTIMA FERREIRA; 020284 - BRUNO CALDEIRA DE SOUZA, maior, Vendedor, residência Rua Wilson de Souza, nº 35, Laranjeiras, João Monlevade-MG, filho(a) de LUIZ AUGUSTO DE SOUZA e MARIA MARTA CALDEIRA DE SOUZA; e JULIANA MARA MALTA PERDIGÃO CARICATI, maior, Estudante, residência Rua Magnólia, nº 252, Recanto Paraíso, João Monlevade-MG, filho(a) de RONIVALDO PERDIGÃO CARICATI e ROSANA MALTA MORAES PERDIGÃO CARICATI; 020285 - MÁRCIO ANTUNES SOARES, maior, Aposentado, residência Rua Vereador Nozinho Caldeira, nº 514, Novo Horizonte, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ ALVES SOARES e NEUZA ANTUNES SOARES; e MÔNICA MARIA COURA, maior, Comerciante, residência Rua Vereador Nozinho Caldeira, nº 514, Novo Horizonte, João Monlevade-MG, filho(a) de SEBASTIÃO MENDES COURA e ABGAIL MENDES DE SÃO JOSÉ; 020286 - RICARDO NEVES DE OLIVEIRA, maior, Autônomo, residência Rua Manoel Bandeira, nº 57, Rosário, João Monlevade-MG, filho(a) de RAUL DE OLIVEIRA SOBRINHO e NILZA DAS NEVES; e LILIANA NAIR DA SILVA, maior, Do Lar, residência Rua Januário, nº 169, Loanda, João Monlevade-MG, filho(a) de EDSON WILLIAM DA SILVA e MARIA DAS DORES LEITE DA SILVA;

Os contraentes apresentaram os documentos exigidos pelo art.1525 do Código Civil Brasileiro. Se alguém souber de algum impedimento, que os impeçam de se casar, que o faça na forma da Lei: João Monlevade 17/06/2021 ROSA MARIA BEDETTI FRADE TAVARES Oficial do Registro Civil Cartosoft - Automação de Cartórios do Registro Civil | www.cartosoft.com.br


Polícia 9

18 a 24 de Junho de 2021

Monlevade registra oito casos de violência contra idosos João Monlevade recebeu, nos seis primeiros meses deste ano, oito notificações de violência contra pessoas idosas. O número equivale a 80% de todas as denúncias deste tipo realizadas ao longo de 2020. A informação é do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). Segundo o órgão, em 2020, foram 10 notificações e, em 2019, foram 25. A coordenadora do Creas, Tatiana Meireles, acredita que esteja havendo subnotificação, principalmente, pelo fato dos idosos estarem em isolamento social, o que dificulta a realização da denúncia. Para denunciar casos de violência contra ido-

sos, qualquer pessoa pode telefonar para o Disque 100. O serviço é prestado 24 horas, inclusive em finais de semana e feriados.

CAMPANHA Em 15 de junho é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, conforme declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa no ano 2006. No mês de conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, a Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Assis-

tência Social, juntamente com o Conselho Municipal da Terceira Idade (Comti), Creas e Centro de Referência de Assistência Social (Cras), realizam ações para orientar a população sobre serviços, garantia dos direitos e canais de denúncia. Segundo o presidente do Comti, Hélio Fuscaldi Ribeiro, o objetivo da campanha é abordar as medidas para prevenir e identificar situações de violência, negligência e abuso contra os idosos. Ele alerta que as principais violências identificadas contra o idoso são as física, sexual, de abuso financeiro ou material, além de abandono e negligência.

Menores roubam celular, fogem da polícia, caem de moto e são apreendidos em Monlevade Dois adolescentes, ambos de 14 anos, foram apreendidos na noite de terça-feira (15) no bairro Cruzeiro Celeste, em João Monlevade. Por volta das 19h, a dupla saltou de um matagal na rua Polônia, no bairro Petrópolis, atacando um transeunte. Um deles, aplicou um golpe “mata-leão”. Segundo a PM, vítima e bandido caíram ao chão. Após, os infratores fugiram a pé em direção ao bairro Teresópolis, levando um telefone celular, que arrancaram do bolso do assaltado. A vítima acionou a Polícia Militar, que iniciou um rastreamento no entorno pelos ladrões, que foram encontrados em uma motocicleta na rua Suécia. Quando os dois perceberam que seriam abordados,

eles fugiram na moto, sendo perseguidos pelos policiais. Enquanto tentavam escapar, um dos meliantes tentou livrar-se de uma mochila, arremessando-a em direção à calçada. A perseguição terminou na avenida Nova Iorque, já no bairro Cruzeiro Celeste, quando os fugitivos perderam o controle da moto e caíram ao chão. Os dois sofreram apenas pequenos arranhões com a queda. Um deles teve uma pequena escoriação na mão direita e o outro machucou-se nos dois joelhos e no pé direito. Ambos foram levados para o Hospital Margarida, onde foram atendidos e, em seguida, levados à Delegacia de Polícia Civil. Por serem menores de idade, eles foram acompanha-

Divulgação/PMMG

MOCHILA atirada por menores continha pistola falsa

dos por conselheiros tutelares. Os militares conseguiram recuperar a mochila lançada pelos marginais, que continha uma pistola falsa. Um dos adolescentes confirmou que a motocicleta foi furtada

em Ipatinga. Uma consulta ao sistema informático constatou que a placa que estava na motocicleta não lhe pertencia de fato, e que o seu chassi estava raspado, impossibilitando a sua identificação.

Cartaz do Junho Violeta: mês dedicado contra a violência à pessoa idosa

Homem é atropelado por caminhão em Vargem Linda Um homem de 44 anos foi atropelado ontem (17) em Vargem Linda, distrito de São Domingos do Prata, por um caminhão. Segundo integrantes do Grupo Bombeiro Voluntários do Prata, que fizeram o resgate, a vítima caminhava ao longo da BR-262, quando, na altura do quilômetro 172, foi atingida pelo veículo. O condutor não prestou socorro. O homem sofreu uma fratura exposta na perna esquerda, próxima ao tornozelo,

perdendo bastante sangue e reclamando de fortes dores. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Margarida, em João Monlevade. Conforme informações, o caminhoneiro foi parado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e preso por embriaguez ao volante e lesão corporal culposa. Não foi informada a quantidade de álcool que ele havia ingerido. O caminhoneiro foi levado à Delegacia de Polícia Civil para depoimentos.

Jaguatirica atropelada é enviada para UFV

Dupla que invadia residências em Itabira é presa em Sabará As polícias Militar e Rodoviária Federal puseram fim na segunda-feira (14) à trajetória de dois ladrões em Itabira. Durante a tarde, a corporação foi chamada ao bairro Panorama, onde dois apartamentos foram arrombados e furtados. Os bandidos levaram dois televisores, um computador, um videogame e jóias. Os policiais conseguiram informações sobre os marginais e o carro que eles usavam, compartilhando-as na rede de vizinhos protegidos. Assim, foi possível apurar que eles estavam em diversos bairros, observando as casas. A placa do carro foi identificada, e os

militares traçaram uma possível rota de seu trajeto. As informações foram repassadas à Polícia Rodoviária Federal (PRF), que conseguiu deter os dois homens, de 30 e 31 anos, no trecho de Sabará da BR-381, recuperando também alguns dos objetos furtados. Os policiais verificaram que os ladrões, especializados em invadir residências para furtar, também agiam em Conselheiro Lafaiete. Antes do furto no bairro Panorama, eles também tentaram entrar em uma moradia no bairro Amazonas, mas foram surpreendidos pelo alarme.

Divulgação

ANIMAL foi recolhido após morrer atropelado

Divulgação/PRF/PMMG

DUPLA invadia residências para furtá-las em Itabira

Segundo informações, o Chevrolet Onix usado nos crimes também era furtado. A Polícia Militar ressalta a importância

da participação da população nas ações de combate ao crime, em especial através das redes de vizinhos protegidos.

Homem perde R$1.600 em golpe Um itabirano, de 31 anos, procurou a Polícia Militar após descobrir que havia sido vítima de estelionato. Ele informou aos policiais na noite de terça-feira (16) que, ao tentar comprar uma caixa de som por meio das redes sociais, teve um prejuízo de quase R$1.600,00. O homem relatou que encontrou o produto à venda em uma rede social e entrou em contato com o vendedor. Ele prometeu enviar a caixa de som pelos Correios, após confirmação de pagamento, que deveria ser feito por meio de transferência bancaria

via PIX. O suposto vendedor mandou fotos e vídeos do produto para a vítima, inclusive, repassou um código de rastreamento da mercadoria que foi fornecido pelos Correios. Diante do fato, o homem realizou o pagamento da caixa de som no valor de R$1.580,00. Porém, alguns dias depois, a vítima verificou que no código de rastreio informado, constava que a agência dos Correios ainda estava aguardando a postagem do objeto. O homem tentou contato por meio do aplicativo de

AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 020/2021 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 020/2021 REGISTRO DE PREÇOS O DAE - Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade – MG, torna público que fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial do tipo menor preço por item, nos termos das Leis nº 8.666/93, nº 10.520/02 suas alterações conforme Lei nº 8.883/94 e 9.648/98, e Decreto Municipal nº 123/2020, cujo objeto é o REGISTRO DE PREÇOS para possíveis aquisições de materiais de copa/cozinha e materiais de limpeza em geral para o DAE de João Monlevade, tudo em conformidade com as especificações constantes no Edital e seus anexos. Valor Estimado: R$ 33.488,05 (trinta e três mil quatrocentos e oitenta e oito reais e cinco centavos). O Edital completo encontra-se à disposição dos interessados na sede do DAE, situado à Rua Duque de Caxias, 192 – Bairro José Elói, no horário de 08:00 às 11:00 horas e de 13:00 às 17:00 horas ou pelo site www.daejoaomonlevade.com.br, sendo a entrega das propostas até as 14:00 horas do dia 01/07/2021, no Protocolo do Setor de Suprimentos. João Monlevade, 14 de junho de 2021. José Afonso Martins Diretor do DAE

WhatsApp, mas teve o número bloqueado. O homem então constatou que havia sido vítima de um golpe e, por isso, procurou a

PM. A ocorrência de estelionato registrada pelos militares foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil, que irá instaurar um inquérito para investigar o caso.

AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 021/2021 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 021/2021 O DAE - Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade – MG, torna público que fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial do tipo menor preço por item, nos termos das Leis nº 8.666/93, nº 10.520/02 suas alterações conforme Lei nº 8.883/94 e 9.648/98, e Decretos Municipais nº 123/2020 e nº 126/2013, cujo objeto é a contratação de empresa para fornecimento de Sulfato de Alumínio e Ácido Fluossilícico, para tratamento de água, para o Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade. Valor Estimado: R$ 501.250,00 (quinhentos e um mil duzentos e cinquenta reais). O Edital completo encontra-se à disposição dos interessados na sede do DAE, situado à Rua Duque de Caxias, 192 – Bairro José Elói, no horário de 08:00 às 11:00 horas e de 13:00 às 17:00 horas ou disponível para download através do site www.daejoaomonlevade.com.br. A entrega das propostas será até as 14:00 horas do dia 05/07/2021, no Protocolo do Setor de Suprimentos. João Monlevade, 17 de junho de 2021. José Afonso Martins Diretor DAE

Uma jaguatirica foi atropelada no início desta semana no trecho de João Monlevade da BR-381. De acordo com a Polícia Militar do Meio Ambiente (PMAmb), o animal era um macho, da espécie "Leopardus pardalis", tinha cerca de 20 quilos e foi encontrado nas proximidades do bairro ABM. As jaguatiricas, diz a PM ambiental, são comuns na região, muito por conta das extensas áreas de mata e da disponibilidade de água. Este já é o quarto atropelamento com morte de um felino de grande porte na região em menos de um ano, conforme o Tenente Flávio, da PMAmb. Após ser recolhido, o corpo da jaguatirica foi entregue na terça-feira (15) para a Universi-

dade Federal de Viçosa (UFV). Segundo Pollyana Alves de Barros, doutoranda do programa de pós-graduação em Biologia Animal e do Museu de Zoologia João Moojen, da universidade, o animal sofreu alguns ferimentos na cabeça. Segundo a especialista, esses felinos são geralmente ariscos, de difícil encontro com o homem, e não costumam atacar rebanhos. Como as jaguatiricas e, principalmente, as onças precisam de largos espaços para sobreviverem, o desmatamento acaba por levá-las a procurar áreas urbanas e rodovias. Em caso de atropelamento ou qualquer incidente com animais silvestres, a Polícia Militar do Meio Ambiente deve ser acionada, via 190.

AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N° 022/2021 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2021 O DAE - Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade – MG, torna público que fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial para REGISTRO DE PREÇOS, do tipo menor preço por item, nos termos das Leis nº 8.666/93, nº 10.520/02 suas alterações conforme Lei nº 8.883/94 e 9.648/98, e Decretos Municipais nº 123/2020 e nº 126/2013, cujo objeto é a aquisição de 18.000 (dezoito mil) quilos de ORTOPOLIFOSFATO de SÓDIO em base seca, contido em solução aquosa a 55% de concentração, específico para uso em água potável, para o DAE – Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade. Valor Estimado: R$ 439.920,00 (quatrocentos e trinta e nove mil novecentos e vinte reais). O Edital completo encontra-se à disposição dos interessados na sede do DAE, situado à Rua Duque de Caxias, 192 – Bairro José Elói, no horário de 08:00 às 11:00 horas e de 13:00 às 17:00 horas; pelo e-mail compras@daejoaomonlevade.com.br ou ainda; disponível para download através do site www.daejoaomonlevade.com.br. A entrega das propostas será até as 14:00 horas do dia 06/07/2021, no Protocolo do Setor de Suprimentos. João Monlevade, 17 de junho de 2021. José Afonso Martins Diretor DAE


10 Informe

18 a 24 de Junho de 2021

Adeus a Eustáquio Parreiras

POR MAIS DE 30 ANOS, ELE PRESTOU RELEVANTES SERVIÇOS A JOÃO MONLEVADE Faleceu, em Belo Horizonte, na noite de segunda-feira (14), o administrador Eustáquio Vanderlei Campos Parreiras. Ele tinha 77 anos e, segundo informações, estava internado em virtude de problemas hepáticos. Ele foi casado com Regina Coeli Albernaz Parreiras, com quem teve três filhos: Juliana, Moema e Leonardo, já falecido. Eustáquio Parreiras nasceu em 11 de outubro de 1944 em Belo Horizonte, mas foi em João Monlevade que consolidou a sua carreira, por mais de trinta anos, com uma longa

folha de prestação de serviços para empresas e entidades. Ele chegou a Monlevade contratado pela então Companhia Siderúrgica Belgo Mineira (hoje, ArcelorMittal), em 1975, para administrar o Hospital Margarida, cuja manutenção passou a ser exercida pela Associação Monlevade de Serviços Sociais (AMMSS). Integrou o Conselho Diretor da Fundação Cultural Educacional e Comunitária (Funcec) em 1994 como vice-presidente, assumindo a presidência em 1995. Recon-

duzido em 1998 e em 2002, dirigiu a entidade em dois de seus quadriênios mais fecundos, marcados por intenso crescimento e realizações extremamente significativas. No entanto, sofreu bastante com os contratempos e percalços da parceria com a Univaço, que gerou uma intervenção do Ministério Público na entidade. Em meio a essa situação e no ápice dos desdobramentos gerados por ela que, em junho de 2004, renunciou à presidência da Funcec e retornou a Belo Horizonte em 2005, onde

morou até falecer. Como presidente da Funcec, levou a instituição a parceria com a Federação Mineira de Fundações de Direito Privado (Fundamig) de cuja diretoria passou a participar na Diretoria Financeira na gestão 2006/2007.

LEGADO Além da Funcec, participou de entidades como membro e/ ou dirigente: Legião Municipal de Assistência Social, Rotary Club de João Monlevade (Fundador), Loja Maçônica Harmonia, Associação Comercial e Industrial de João Monlevade (presidente por dois mandatos), Agência de Desenvolvimento de João Monlevade, Cooperativa de Crédito do Médio Piracicaba (fundador), Fundação Municipal do Bem Estar do Menor, Embaúba Tênis Clube (fundador), Conselho de Integração e Desenvolvimento Regional do Médio Piracicaba, que congregava 13 Associações Comerciais da região, ligado à Federaminas – Federação das Associações Comerciais de Minas Gerais, Associação dos Artesãos de João Monlevade e Cônsul do Clube

Divulgação

EUSTÁQUIO Parreiras faleceu em BH nesta semana

Atlético Mineiro em João Monlevade. “Pode seu nome ser inscrito, com justiça, no panteão das grandes personalidades da cidade de João Monlevade”,

afirma o amigo Geraldo Eustáquio Ferreira, professor Dadinho, que gentilmente forneceu informações biograficas para essa matéria.

MINAS RECOMEÇA COM VOCÊ, MINAS RECOMEÇA COM TODOS. A pandemia interrompeu sonhos. Agora é hora de juntar forças e recomeçar. Todos têm direito a uma nova oportunidade. A Assembleia, que já destinou quase meio bilhão de reais à Saúde, ouviu os mineiros para traçar novos rumos para retomar a economia, gerar empregos e enfrentar questões sociais.

Acesse almg.gov.br/ recomecaminas e saiba mais

AGORA É LEI: r3&%6¬«0%&*.10450440#3& 130%6504&4&37*¬04 r$&45"#¦4*$"$0.%&*.10450 r$3­%*50&41&$*"-1"3".*$30&  1&26&/"4&.13&4"4 r%&4$0/504%&"5­&..6-5"4  &+6304/"4%±7*%"4%&*$.4 r*17"&."5­7&;&4$0.+6304  &.6-5"4.&/03&4

Profile for jan regional

Edição 2638  

Edição 2638  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded